Eduardo Paes: Crise dificulta venda de apts feitos para Olimpíada – UOL

Você pode gostar...

Comments
  • henriquekravitz 20 de fevereiro de 2016 at 10:52

    Os apartamentos vão ficar todos pra turma do Aedes…

    34+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Zek Ariok 20 de fevereiro de 2016 at 10:57

    Essa vila olímpica (Ilha Pura no nome comercial) foi uma loucura. Um condomínio enorme localizado no fim do mundo.
    No lançamento a Fernanda Montenegro anunciava dizendo “venha encontrar o seu lugar em ilha pura”, mas nem o investimento megalomaníaco no condomínio e no cachê altíssimo da atriz pôde alavancar as vendas, que nem chegam a 10% dos apartamentos. Ali tem tão pouca gente que não vai ter nem apocalipse zumbi.

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Conde Marcos 20 de fevereiro de 2016 at 11:03

    Os traficantes vão assumir tudo.

    Os impostos dos cidadãos são usados para isto.

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Crocs 20 de fevereiro de 2016 at 11:41

      Como disse o Conde, prevejo MST, craqueiros, traficantes, oportunistas, MTST e uma infinidade de outros “tipinhos” invadindo aquilo ali!

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Jovem Estudante 20 de fevereiro de 2016 at 11:52

        Vai ser tipo aquela invasão de prédios que rolou na Chavezuela.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Jovem Estudante 20 de fevereiro de 2016 at 11:37

    Menos de 300? E ainda foi muito.

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cadeludo 20 de fevereiro de 2016 at 11:50

      nesse caso menos de 300 deve ser 201

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Espectador 20 de fevereiro de 2016 at 11:49

    Deixa invadir, depois é só cercar, colocar guardas e mudar o nome para presídio de Ilha Pura!!!

    47+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • wade 20 de fevereiro de 2016 at 17:06

      Toca fogo e não se fala mais nisso.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Trader 20 de fevereiro de 2016 at 13:02

    Lembro que há alguns meses, o Esporte Espetacular faz uma matéria com os futuros moradores da Vila Olímpica. Achei muito estranho, pois a reportagem dava a entender que quase tudo estava vendido.
    Os preços desses imóveis estão exorbitantemente altos.
    Já prevejo um POST dizendo que moradores compraram apartamentos por X antes dos JOGOS e agora a imobiliária esta vendendo por X/3.

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 20 de fevereiro de 2016 at 13:12

    Para seduzir os clientes, as construtoras gastaram 40 milhões de reais em um gigantesco estande de vendas, onde se instalou a maior maquete já vista na cidade. O investimento, porém, tornou ainda mais amargo o fracasso comercial do projeto. De um total de 3 604 apartamentos, 600 foram ofertados, mas apenas 230 foram efetivamente vendidos no primeiro ano. “Isso é coisa nenhuma, não representa nem 10% do negócio”

    http://vejario.abril.com.br/materia/cidade/mercado-imobiliario-enfrenta-sua-pior-crise-em-decadas/

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 20 de fevereiro de 2016 at 13:34

      Após a olimpíada o dono da Ilha Pura terá que escolher: continuar tudo encalhado ou dar “desconto” de 50%.
      Para os 230 que compraram, se foi financiado vai compensar para de pagar o financiamento para depois comprar outro com este “descontão” kkkk

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Skidwasted 20 de fevereiro de 2016 at 18:57

      Como eu gosto de ler essas coisas! 🙂

      13+
      • avatar
  • Urso 20 de fevereiro de 2016 at 13:55

    Que comecem os jogos!

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Urso 20 de fevereiro de 2016 at 13:55

    E que recebam também, é claro!

    8+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de fevereiro de 2016 at 14:54

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Falam até na bolha Imobiliária pra TENTAR DESOVAR O ESTOQUE


    O ano de 2016 está apenas começando, momento propício para colocar os planos, objetivos e investimentos em ação – especialmente o da casa própria. Mas, o que podemos esperar para o mercado imobiliário em 2016?

    O setor imobiliário, assim como todos os outros, também sentiu os respingos da crise econômica pela qual o Brasil vem passando e ainda se fecha na “bolha imobiliária” que, desde 2003 dá evidências de que diversas capitais brasileiras superaram os indicadores de inflação do país.

    Em 2007 foi previsto um ajuste de mercado estimado em quatro anos, porém, ainda fica a dúvida. “Naturalmente quando temos uma grande procura por produtos e crédito à disposição, a tendência é de elevação no valor do mesmo”, explica Wagner Guimarães, corretor de imóveis da Apolar Imóveis.

    Muitas construtoras, incorporadoras e imobiliárias descartam o uso do termo “bolha” e justificam o efeito devido à alta dos custos, em relação a terrenos e mão de obra. Portanto, fica evidente que neste momento muitos dos interessados na compra de imóveis são incapazes de pagar preços tão elevados e de assumir financiamentos a longo prazo.

    Para Guimarães, “a crise econômica realmente colabora para este quadro, mas junto a ela também existem outros fatores, como o fato de uma grande entrega de produtos por grandes construtoras e incorporadoras, fazendo com que as prateleiras fiquem ainda mais cheias. Com isto, ou se oferece atrativos como bons descontos e outros “brindes”, ou o cliente pode optar pelas diversas opções na concorrência”.

    A probabilidade de que os patamares dos últimos anos não se sustentem, é grande, resultando inclusive na queda do valor do metro quadrado, o que pode vir a ser uma vantagem para quem deseja comprar um imóvel em 2016. “A queda é muito pequena, em média de 1 a 2%. Eu penso que se deve a ajustes e descontos ofertados na hora da negociação final, para que o imóvel venha a ser efetivamente vendido. Isto se faz necessário em um mercado recheado de opções de venda, mas com uma demanda diminuta em relação aos produtos ofertados”, afirma.

    Quanto às expectativas para o setor, ”imagino que teremos um ano tão complicado quanto 2015, mas vejo que em 2016 as coisas podem começar a mudar gradativamente. Os meses de janeiro e fevereiro têm dado indícios disto”, já para quem está interessado em comprar, “aconselho a ficarem atentos às oportunidades de negócios que se apresentam em virtude de uma oferta de produtos alta e necessidade de efetivação de venda por parte dos proprietários, agora é a hora de buscar aquele 5% a mais de desconto, ou um diferencial do tipo uma cozinha planejada, pisos e etc.” explica o corretor.

    No quesito financeiro, “uma ótima opção para quem ainda pode esperar um pouco mais, é a carta de crédito, infinitamente vantajosa em relação ao financiamento bancário, e não tem outra medida a se tomar a não ser, poupar, apertar a torneira e trabalhar com o seu dinheiro enquanto economiza para a compra do imóvel”.

    Para quem deseja colher bons frutos com o investimento, deve saber que “imóvel é um investimento seguro e rentável, por mais que hoje não renda anualmente os seus médios 20% de valorização anual como em anos anteriores, ainda assim sempre vai dar um bom percentual de retorno. Eu não deixaria meu dinheiro parado na poupança”, defende Guimarães.

    Outra dica importante é fazer uma boa pesquisa de preços, levando em consideração um fator importantíssimo: localização. No portal Chaves na Mão você encontra as melhores opções de imóveis em diversas regiões do Brasil, tanto para comprar quanto para alugar. Acesse:”

    “https://www.bemparana.com.br/noticia/429790/curitiba-o-que-esperar-para-o-mercado-imobiliario-em-2016”

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • My name is James Bond 20 de fevereiro de 2016 at 15:49

      O infeliz que escreveu a reportagem deveria deixar seu nome completo na fonte da matéria. Tudo indica que é um corvo. Sempre a mesma conversa, agora é a hora… o sonho da casa própria… nunca desvaloriza.

      Ontem no globo repórter a jornalista utilizou a mesma abordarem para falar de sonho da casa própria e como sempre as maiores vítimas são da crasse C.

      Está Banania não tem jeito mesmo.

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Pepper 20 de fevereiro de 2016 at 15:40

    É sempre a mesma história:

    1 – Mercado está bom: “Compre agora antes que fique caro demais”
    2 – Mercado está ruim: “Compre agora antes que o Mercado se recupere e os preços subam”

    27+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 20 de fevereiro de 2016 at 18:49

      São uns cínicos ! Cambada de larápios !!!

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 20 de fevereiro de 2016 at 16:43

    Corvo legal preocupado com seu dinheiro, não deixe na poupança, passe pra ele.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Ipanemense 20 de fevereiro de 2016 at 17:22

    OlimPIADAS News
    Prefeito alerta para risco de atraso na Linha 4 e propõe corredor de ônibus
    Paes pede o COI que considere possível esquema de contingência pelo município
    http://oglobo.globo.com/rio/prefeito-alerta-para-risco-de-atraso-na-linha-4-propoe-corredor-de-onibus-18714434#ixzz40jnXbbUK

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Skidwasted 20 de fevereiro de 2016 at 19:02

      Estou torcendo muito para que essa Olímpiadas seja o maior fiasco a História!

      24+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Zizu 21 de fevereiro de 2016 at 09:40

        Vai ser uma Zika

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • L.A. 20 de fevereiro de 2016 at 17:57

    CVR voz do Brasil

    Luciano: 19 mil pessoas foram beneficiadas hoje com uma nova casa.
    Helen: É o Minha Casa Minha Vida que entregou quase 5 mil moradias em sete cidades do país.
    Luciano: Uma delas, Petrolina, Pernambuco. Lá a presidenta Dilma Rousseff participou da entrega das chaves.
    Repórter Luana Karen: Os primeiros passos do novo lar foram acompanhados de muita emoção. A auxiliar de serviços gerais, Eldaniza Vitor da Silva, custou a acreditar que estava realizando o sonho da casa própria. Mãe de duas meninas, ela está desempregada, e todo mês desembolsava R$300 para o aluguel. Agora vai pagar R$25 por um imóvel do programa Minha Casa Minha Vida.
    Auxiliar de serviços gerais – Eldaniza Vitor da Silva: Porque quando você mora de aluguel você tem aquela preocupação de todo mês você ter que ter aquele dinheiro, e aqui não, eu vou pagar só R$25 reais. Pelo amor de Deus, onde é que eu não vou ter, não é?

    Aqui você leu primeiro: “http://www.bolhaimobiliariabrasil.com/2016/01/12/fazenda-estuda-elevar-prestacao-da-faixa-1-do-minha-casa-minha-vida-folha/
    1. “Segundo assessores, a última proposta discutida com o setor da construção civil elevava o valor mínimo das prestações da primeira faixa do programa de R$ 25 para R$ 80, para famílias com renda de até R$ 800,00, e percentuais entre 10% e 20% do ganho mensal quando este ficar entre R$ 800,01 e R$ 1.800,00.

    Agora desempregada pela terá que dispor de R$ 80,00 barbosetas por mês.

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • wade 20 de fevereiro de 2016 at 18:30

    Ótimo. Cheguei ao ponto que não ligo mais. Vou assistir tudo de longe, do meu humilde barraco no meio do nada, tomando “meus bom drinqui” aquecido pelo fogo na lareira improvisada.

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 20 de fevereiro de 2016 at 18:49

      Quero mais é que se explodam e paguem nossos juros !!!

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • wade 20 de fevereiro de 2016 at 19:08

        Tipo isso. Anos dando nó em fumaça pra explicar pra todo mundo que as vacas gordas acabariam, que deveriam se preparar. Agora que a conta chegou, é um puxando o tapete do outro pra tentar sobreviver. Não tem minha simpatia. Colheu, agora planta.

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • wade 20 de fevereiro de 2016 at 20:27

          Esqueci de citar os deboches, os risos, o assunto que traziam de volta do nada para me fazer alvo de mais chacota e destilarem suas arrogâncias desinformadas.

          11+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • Alemon Fritz 20 de fevereiro de 2016 at 20:41

        Ardam!

        2+
        • avatar
  • SBC 20 de fevereiro de 2016 at 18:39

    Minha nossa. O “Adevogado bananense” pretendia comprar um ap. de 3 quartos no Méier e só tinha 17.000 mil mandiocas para a entrada…….
    Motumbo , meu filho, para você JAMAIS faltará na pátria educadora.
    http://vejario.abril.com.br/materia/cidade/mercado-imobiliario-enfrenta-sua-pior-crise-em-decadas/

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • SBC 20 de fevereiro de 2016 at 18:40

    * JAMAIS, faltará EMPREGO.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • From_The_Tower 20 de fevereiro de 2016 at 18:51

    Presença ilustre hoje do Bolha Boss no meu humilde lar.
    Sempre bom conversar com você. Obrigado por todas as dicas de T.I.
    Abraços !!!!

    PNVC ! Paguem nossa Variação Cambial !!!!
    😉

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Bolha BOSS 20 de fevereiro de 2016 at 21:29

      Eu que agradeço pelo container de Lindt que trouxe, minha pascoa esta garantida…hahaha. É sempre bom conversar com nossos amigos bolhistas.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Final Countdown 20 de fevereiro de 2016 at 21:57

        papo capitalistas ostentador e opressor.
        Inveja mode ON

        8+
        • avatar
        • avatar
  • Luffy - One Piece 20 de fevereiro de 2016 at 19:10

    Logo logo cai a mascara do FINGE-ZAP

    Apto 2 dorm Jabaquara-SP , 50m2 , 1 vaga

    FINGE: R$340.000 (anuncio de urubularia)
    PROPRIETARIO OLX: R$ 260.000 (aceita proposta).

    btw, vendi o meu em Jan/2013 formato identico a este acima, metro conceicao por R$ 270.000 🙂 (paguei 120k em 2008).

    Nao é só este. existem anuncios de aptos 3dorm por 290k, e claro, aceitam proposta.

    Creio que OLX esta uns 25% mais barato que mesmos tipos em 2013.

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 20 de fevereiro de 2016 at 20:10

      Um dia a realidade se impõe. Não dá para mascar a realidade por muito tempo. As contas e os custos vão chegando…. e imóvel tem péssima liquidez. Só teve liquidez média na euforia.

      11+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 20 de fevereiro de 2016 at 19:43

    ““A desconfiança vai continuar. E o resultado dela será mais recessão e desemprego”, afirma Velho. Ele lembra que o Palácio do Planalto defende o corte da taxa básica de juros (Selic), que está em 14,25% ao ano. Mas ficará cada vez mais difícil para o Banco Central afrouxar a política monetária com a gastança prevalecendo. “Se realmente quisesse juros menores, o governo deveria cortar gastos para reduzir a pressão sobre a inflação”, acrescenta.

    O Brasil, infelizmente, tornou-se exemplo de aberração no mundo. Conseguiu, em cinco anos, destruir pilares que permitiram avanços extraordinários na economia. O equilíbrio nas contas públicas, construído a muito custo desde 1997, se esvaiu por completo. A inflação e o desemprego empurraram de volta quase 4 milhões de pessoas para a pobreza. É enorme o risco de o PIB cair por três anos seguidos, algo sem registro em mais de 100 anos de estatísticas. Esse é o Brasil de Dilma.”

    “http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/farra-fiscal/”

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 20 de fevereiro de 2016 at 20:14

      Belas palavras.

      5+
      • avatar
    • maragato 20 de fevereiro de 2016 at 20:39

      Corrige: “Esse é o Brasil de Dilma.” para , Esse é o Brasil do PT.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • wade 20 de fevereiro de 2016 at 20:18

    Alguém lembra ou conheceu o Ricardo do Trading Cafe? Ele parou de postar do nada. Alguém sabe o que aconteceu?

    https://www.youtube.com/user/tradingcafetv/videos

    https://tradingcafe.wordpress.com/

    4+
    • avatar
  • Leonardo M. 20 de fevereiro de 2016 at 20:43

    De repente aqui em Floripa começou a pipocar de anúncios de casas em morro por R$40 mil e “não tem ponto de droga”

    Back to reality??
    Ainda não!

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 20 de fevereiro de 2016 at 20:53

      kk… e que os terrenos de marinha serão de 4mil pra 30mil imóveis … recebam!!
      quer dizer… paguem!!

      2+
      • avatar
      • Leonardo M. 20 de fevereiro de 2016 at 20:59

        Verdade!

        O governo tem sede de impostos e quer abocanhar metade de Floripa com este novo imposto.

        Aperta o 1 e depois o 3 otários!

        5+
        • avatar
        • avatar
  • Moreira 20 de fevereiro de 2016 at 22:37

    tem banco em bsb financiando 80% do imóvel, BRB. Mas ele sozinho não consegue manter a sede das construtoras. O volume de empréstimo nem se comprara com o da CEF em tempos “áureos”. Aguardando a queda em BSB. Ah, esses dias conversando com um conhecido, ele me falou que pagou 550 mil em um apto, de 68m na 215 da asa norte, comprado em 2013. Gastou mais uns 25k em reformas. Disse que agora na quadra e condomínio apartamentos semelhantes estão anunciados na faixa de 630k. Mas não vende um! Perguntou a mim quanto eu ofereceria se ali fosse comprar e eu falei que pagaria no máximo 400k. E aí, metro quadrado na região por 5.900 em prédios antigos e nesse contexto de vacas magras para muitos é um delírio meu???????

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Death 20 de fevereiro de 2016 at 22:43

      Depende do ponto de vista. Aqui no blog vc já sabe a resposta…

      5+
      • avatar
      • avatar
    • SERTO 20 de fevereiro de 2016 at 22:52

      No Quarto Amarelo, Adélia, Renan e Maria Claudia papeiam enquanto não adormecem. O modelo começa a falar sobre ser um finalista no jogo e dispara: “Imagina ganhar R$ 1,5 milhão. É muita grana!”. A advogada pergunta se ele acha muito dinheiro mesmo e explica, “Sabe o que que é? Eu estava vendo preço de casa, umas casas que eu estava interessada e as casas eram em torno de R$ 3 milhões. Aí pensei, um prêmio desses não dá para comprar nem uma casa”.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • wade 21 de fevereiro de 2016 at 00:16

        Não dá nem pra comprar um jeans pras filhas.

        15+
        • avatar
        • avatar
  • Lindolfo 21 de fevereiro de 2016 at 00:48

    CVR

    Coleguinha moradora do Bairro de Fátima, no centro do Rio, reclama que o valor do condomínio foi subindo, foi subindo, até passar de R$ 700. Detalhe: prédio antigo, em que o único conforto que tem é porteiro 24 horas. O apartamento dela é um simples quarto-e-sala. A justificativa do síndico, além dos sucessivos aumentos na conta de luz, é a inadimplência dos moradores. Agora ela acaba de mostrar aviso do síndico: vão deixar de pagar água, por causa da inadimplência.

    As pessoas não têm nem mais dinheiro pra pagar condomínio…

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • wade 21 de fevereiro de 2016 at 17:13

      Fallout Rio.

      1+
    • Skidwasted 21 de fevereiro de 2016 at 21:50

      Aqui no meu pombal, uma empresa paga o condomínio dos inadimplentes e depois os cobra judicialmente, podendo até alienar o imóvel (o que acho difícil a Justiça dar tirar a moradia de uma família para se pagar dívida).

      2+
      • avatar
      • Margarida 22 de fevereiro de 2016 at 09:35

        Tira, sim. Por enquanto.

        1+
  • RalaTudo 21 de fevereiro de 2016 at 01:24

    OFF – Compra de consórcio de Motumbados – Ao “O Bancário”

    Caro colega bolhista. Eu tive a oportunidade de colocar em prática (no papel) as suas sugestões de comprar consórcio com deságio.

    Eu estudei o assunto de vários ângulos, partindo de diferentes descontos durante a compra e verificando o tempo total e as prestações. Em nenhuma das minhas simulações o consórcio bateu um investimento conservador baseado em TD Selic.

    Então tenho algumas possibilidades : ou eu assumi alguns parametros erroneamente (pois não sei exatamente todo o mecanismo do consórcio) ou realmente não há maneira de obter lucro devido ás altas taxas de administraçao.

    O colega gostaria de discutir em OFF e fora deste foro (para não abusar do blog) ?

    7+
    • avatar
    • Azufre 21 de fevereiro de 2016 at 09:08

      “realmente não há maneira de obter lucro devido ás altas taxas de administraçao.” -> meu voto

      Quem ganha no consórcio é só a administradora

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • O Bancário 21 de fevereiro de 2016 at 11:35

      Tem pessoas que vivem disso.
      Bom, se quiser, pegue o meu e-mail com o Boss. Estou a disposição.

      1+
      • avatar
  • Rolde 21 de fevereiro de 2016 at 06:52

    “http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,gm-estuda-cancelar-investimento-no-pais,10000017442”

    4+
    • avatar
  • Rolde 21 de fevereiro de 2016 at 06:53

    “http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,tivemos-de-pedir-leite-para-os-vizinhos,10000017435”

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Rolde 21 de fevereiro de 2016 at 06:55

    “http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,como-chegamos-ate-aqui,10000017488”

    4+
    • avatar
  • Rolde 21 de fevereiro de 2016 at 06:56

    “http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,o-brasil-em-queda-livre,10000017422”

    4+
    • avatar
  • Rolde 21 de fevereiro de 2016 at 07:00

    Bom dia cambada,pleno domingo e só desgraça nas noticias.Se não conseguir ler pela net,tem o aplicativo no cel ,do Jornal Estadão.

    5+
    • avatar
  • solrac 21 de fevereiro de 2016 at 07:54

    TOPICO

    Mercado imobiliário esfria e preços de venda caem até 25%.

    21 de Fevereiro de 2016 00h00

    “”http://m.correiodoestado.com.br/cidades/campo-grande/mercado-imobiliario-esfria-e-precos-de-venda-caem-ate-25/271189/

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 21 de fevereiro de 2016 at 07:58


      Somado a esse cenário econômico bastante desfavorável, está a dificuldade de conseguir financiamento, fator considerado decisivo para a baixa de preços dos imóveis em Campo Grande pela presidente do Sindimóveis-MS, Marta Recalde Lino. “A análise de crédito pela Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e até os bancos privados ficou mais criteriosa e há demora para liberação do financiamento”, avalia. Outro fator, segundo ela, é que muitas vezes os bancos não dispõem de dinheiro para dotação e têm que esperar para poder liberar o crédito, o que contribuiu sobremaneira para as vendas de imóveis recuarem. “

      3+
      • avatar
      • Cajuzinha 21 de fevereiro de 2016 at 08:00

        ““Quem quer comprar vive de aluguel e está enfrentando dificuldade para obter a casa própria, então está preferindo sair do imóvel atual para locar outro de valor mais baixo. Isso não é só para a pessoa física, mas também para as empresas”, explicou. Diante desse conjunto de fatores, a presidente do Sindimóveis-MS acredita que na Capital a queda nos preços de imóveis tenha sido ainda maior que o anunciado para o País pela Moody’s, em torno de 25%. “É um cenário muito negativo para o profissional de vendas”, alertou.”

        7+
        • avatar
        • avatar
    • Alemon Fritz 21 de fevereiro de 2016 at 09:32

      nos EUA caiu 18% já era bolha

      8+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 21 de fevereiro de 2016 at 09:04

    Casal é agredido a pauladas após discussão sobre aluguel em Guarujá
    Seis homens abordaram casal em lanchonete da cidade do litoral paulista.
    Homem permanece desacordado.

    -http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2016/02/casal-e-agredido-pauladas-apos-discussao-sobre-aluguel-em-guaruja.html

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Azufre 21 de fevereiro de 2016 at 09:07

      Compre imóvel para investir, SIM!

      É seguro
      Não dá dor de cabeça

      13+
      • avatar
      • avatar
  • Unreal_Estate 21 de fevereiro de 2016 at 09:21

    Skidwasted 20 de fevereiro de 2016 at 19:02
    Estou torcendo muito para que essa Olímpiadas seja o maior fiasco a História!

    Difícil superar os 7×0 da Copa

    5+
    • avatar
    • Azufre 21 de fevereiro de 2016 at 09:55

      Não precisa fazer nada

      Essa olimpíada não ter como não ser um fiasco

      Só a história da água contaminada já é suficiente

      9+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 21 de fevereiro de 2016 at 10:30

    Descontos de até 40% tiram atrativo de imóvel comprado ainda na planta

    -http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/02/1741516-descontos-de-ate-40-tiram-atrativo-de-imovel-comprado-ainda-na-planta.shtml

    44% é o limite de queda pros bancos

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Annoying Brick in The Wall 21 de fevereiro de 2016 at 10:45

      Alemon Fritz.

      Tava lendo justamente essa notícia agora. Parece aquele grito de torcida.

      Ahhhh. Eu já sabia…

      PMJ

      5+
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 21 de fevereiro de 2016 at 10:52

        fase de capitulation: perceberam que o preço de imóvel cai sim, 40% nas construtoras,. pra competir tem que dar ser 50%…
        já ja …vem o despair…

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Cajuzinha 21 de fevereiro de 2016 at 10:58

        Poste parte, por favor, pois acabaram meus acessos do mês, RS.

        3+
        • avatar
        • Alemon Fritz 21 de fevereiro de 2016 at 11:06

          não dá, comofaz pra copiar um trecho.. a Foia não deixa…

          1+
          • avatar
          • Azufre 21 de fevereiro de 2016 at 11:09

            Descontos de até 40% tiram atrativo de imóvel comprado ainda na planta
            EDSON VALENTE
            COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

            21/02/2016 02h00
            Compartilhar4
            Mais opções
            Comprar um imóvel na planta era uma forma de conseguir um preço mais em conta quando o bem ainda era só uma promessa. A regra era que o apartamento valesse mais depois de pronto.

            Mas, devido ao excesso de estoque, muitas construtoras e incorporadoras têm vendido empreendimentos prontos com descontos de até 40% do valor pedido anteriormente, dimensiona Reinaldo Fincatti, 44, diretor da Embraesp.

            Segundo a consultoria, em 2015, o valor médio dos apartamentos lançados no município de São Paulo caiu 8,51%.

            Com isso, muitos compradores que pagaram cerca de 30% do imóvel durante a fase de construção descobrem, na entrega das chaves, que o que resta para quitar o imóvel excede o valor de unidades idênticas, prontas, que estão com desconto.

            O resultado é que eles cancelam a compra e engrossam o número de casos de distrato, que, segundo a agência Fitch, bateu em 41% em 2015 no país, considerando nove empresas do setor.

            Entre os desistentes estão também aqueles que perderam o emprego ou não conseguem financiamento.

            “Quando o comprador fez o acordo com a construtora, há dois ou três anos, a taxa de juros permitiria que ele financiasse o restante da dívida depois das chaves”, diz Celso Amaral, diretor da consultoria Amaral d’Avila Engenharia de Avaliações e sócio da empresa de análises imobiliárias Geoimovel.

            “Os juros subiram e esse mesmo comprador não consegue mais o crédito.”

            Os apartamentos devolvidos acabam sendo oferecidos também com desconto, o que eleva o número de distratos de quem comprou na planta.

            BRIGA JUDICIAL

            Os escritórios de advocacia, por sua vez, veem crescer as causas que pedem a devolução do dinheiro pago na fase de obras. No Tapai Advogados, por exemplo, os casos praticamente dobraram entre 2014 e 2015, segundo o sócio Marcelo Tapai, presidente do Comitê de Habitação da OAB-SP. O problema passou a superar as queixas por atraso na entrega.

            Os contratos preveem em geral restituir 30% do valor em dez vezes, além de multa. Mas, segundo Tapai, o Judiciário tem determinado restituições de até 100%, corrigidos e em uma única parcela.

            Na sua opinião, como o imóvel será recolocado à venda, a construtura só precisa reter uma parcela para os custos dessa nova venda.

            Já para o sindicato do setor, o distrato prejudica não só a empresa mas também os outros compradores.

            “Não é justo devolver o imóvel porque ele não se valorizou como se imaginava”, diz Flavio Amary, 45, presidente do Secovi-SP. “Nos casos de quem não consegue crédito por dificuldade de renda, porém, as empresas têm sido mais flexíveis.”

            Celso Amaral ressalta que quem comprou na planta deve negociar. “Muito provavelmente o incorporador dará desconto, porque precisa pagar suas dívidas e sai perdendo ao ter o imóvel de volta.”

            8+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Azufre 21 de fevereiro de 2016 at 11:12

              “Não é justo devolver o imóvel porque ele não se valorizou como se imaginava”, diz Flavio Amary, 45, presidente do Secovi-SP.”

              Como não é justo prometer (mas não colocar em contrato) valorização eterna. Corvos e 666, recebam.

              11+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
            • Cajuzinha 21 de fevereiro de 2016 at 11:14

              Valeu!

              2+
              • avatar
              • avatar
    • Ilusionista 21 de fevereiro de 2016 at 12:17

      imobilizar capital em “algo” que vem caindo de preço e que, ainda, não podem nem dispor para moradia ou alugar.
      é o meio mais cruel para perder dinheiro. E olhe que nem chegaram os boletos das “parcelinhas intermediárias bem “bolhudinhas com plus do INCC”,
      Isto sem falar que, ainda terão gastos extras com cartório, materiais de acabamento e mobilia, antes de chamar as visitas para chamar de “meu lar”.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 21 de fevereiro de 2016 at 10:56

    De 4 bilhões por 500 milhões tá até bom…

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


    10h59: Rossi (RSID3, R$ 2,58, +17,27%)
    As ações da Rossi disparam 29% nos últimos 2 pregões. Os papéis reagem à notícia de que pretende vender EntreVerdes por até R$ 500 milhões, segundo o Valor Econômico. Ontem, as ações da companhia dispararam 10%. O banco de terrenos da EntreVerdes tem 12 áreas distribuídas no interior do Estado de São Paulo e na Região Metropolitana de Porto Alegre, com Valor Geral de Vendas (VGV) potencial de cerca de R$ 4 bi. Os terrenos são mais centrais do que os da maior parte das empresas de desenvolvimento urbano e têm perfil para projetos de uso misto. ”

    “http://m.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/4563956/bradesco-dispara-apos-cancelar-oferta-acoes-rossi-salta-dias”

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 21 de fevereiro de 2016 at 11:05


    Para quem tem imóveis à venda, será necessário abrir mão, cada vez mais, do valor pretendido inicialmente. Com isso, o indicativo é de que os valores possam cair ainda mais, embora o mercado em Campo Grande acredite que está ocorrendo apenas acomodação dos preços. O setor ainda tem estoque para queimar e, com isso, novas construções estão suspensas, o que mantém os índices de desemprego nas alturas. A bola de neve não para.”

    Adorei o título: ” Desaquecimento em alta”

    “http://m.correiodoestado.com.br/opiniao/confira-o-editorial-deste-domingo-desaquecimento-em-alta/271184/”

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 21 de fevereiro de 2016 at 11:13

    “o levantamento do Secovi identificou que o preço médio do m² teve uma queda de 12,4%, baixando de R$ 44,73 em janeiro para R$ 39,16 em dezembro de 2015. Para se ter uma ideia, esse valor se aproxima do que era praticado em 2012.”


    Em relação ao volume de imóveis disponíveis para alugar, o Rio registrou o pico de 7.866 unidades em dezembro do ano passado, 45,32% a mais que no mesmo mês em 2014. Levando-se em conta um intervalo maior, os números chamam ainda mais atenção: de janeiro de 2012 a dezembro de 2015, verificou-se um aumento de 116,3% na oferta de apartamentos para alugar.

    Esse cenário no setor de locações se desenhou porque, com a crise e a redução no volume de crédito imobiliário, muitas unidades disponíveis encalharam e migraram para o mercado de alugueis.”

    “http://m.oglobo.globo.com/economia/valor-medio-do-aluguel-cai-124-mercado-precisa-se-flexibilizar-18707873”

    3+
    • avatar
  • Alemon Fritz 21 de fevereiro de 2016 at 11:14

    kkk esses eufemismos de corvo, tão acostumados a tudo subir, tiro no pé.

    2+
    • avatar
  • Azufre 21 de fevereiro de 2016 at 11:15

    CVR

    666 vermeia compra apto na planta. Construtora atrasa uns cinco anos na entrega, e até hoje o lote não foi nem capinado! Acho que não vai entregar. rs. 666 perde uns 30k.

    Aí a 666 aprende e fica esperta. Ou não: compra um lixinho financiado em décadas, e diz “ao menos é meu!”. (Não é não, mas deixa para lá). Aí aos poucos a 666 percebe que o apto não é lá essas coisas, tem uma coisa torta aqui, outra ali, que o banheiro é um caco. A 666 começa a ficar desesperada, e o marido dela nem aí “é um lixo mesmo e vai ficar assim”.

    Receba!

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • odorico 21 de fevereiro de 2016 at 11:27

    Pessoal, gostaria de opiniões sobre PGBL.
    Recentemente li um artigo que diz que compensa fazer PGBL se tiver a capacidade de reinvestir o valor restituído no ano seguinte (meu caso)
    Exemplo. Se eu pagar 1000 por mês no ano seguinte vou declarar 12000 e ter de volta por volta de 3000 na restituição do ano seguinte devido ao pgbl. Pego os 3000 e reinvisto em algo, LCI, LCA e TD. Após 10 anos posso sacar o PGBL com alíquota de 10% de IR, enfim, trocando 27,5 para 10 em 10 anos. Lembrando que consigo reinvestir o for restituído devido a esse lançamento e vou colocar em aplicações conservadoras em 10 anos.
    Referências:
    “http://economia.uol.com.br/financas-pessoais/noticias/redacao/2015/12/23/vale-a-pena-investir-em-previdencia-para-pagar-menos-ir-em-2016.htm”
    ‘http://queroficarrico.com/blog/2010/09/23/saiba-quando-o-pgbl-e-a-melhor-opcao/”

    3+
    • avatar
    • RecebendoJuros 21 de fevereiro de 2016 at 12:11

      O grande problema dos fundos PGBL é a taxa de adm. além de taxa de carregamento, taxa de saída, e outras taxas. No final das contas o que perde com taxas não compensa o que ganhou na diferença de I.R.
      Os fundos de bancos grandes geralmente ficam com uma % do aporte, além de uma taxa de adm. anual na faixa dos 2% e no final de 10 anos vc não saca tudo, deixando uma % pro banco.
      Sugiro fugir dos bancos grandes. Tenho Porto Seguro e Metlife. Ambos e não têm taxas de carregamento nem saída. Taxa de adm na casa de 0,7% a 1%.

      4+
      • avatar
      • avatar
    • Nilson 21 de fevereiro de 2016 at 18:07

      Sim é ótimo negócio. Tenho um na icatu (1% adm) e faço exatamente isso. Porém reaplico a restituição corrigida na própria Pgbl, que segue a selic. Ou seja depois do primeiro ano, o aporte anual é o mesmo mas o desembolso de dinheiro novo é cerca de 30% menor.

      1+
      • avatar
  • Cajuzinha 21 de fevereiro de 2016 at 14:04


    “O mercado imobiliário desaqueceu. É preciso pesquisar e negociar. No cenário atual da economia, com uma retração de preços e muitos imóveis vagos, os proprietários não estão encontrando inquilinos para alugar. É importante negociar o aluguel e colocar tudo na ponta do lápis”, orientou.”

    “http://g1.globo.com/mg/centro-oeste/noticia/2016/02/inicio-do-ano-letivo-movimenta-mercado-imobiliario-em-divinopolis.html”

    5+
    • avatar
    • avatar
  • SERTO 2 de março de 2016 at 19:53

    Enquanto isso no “agiotas.org” Tenho um imóvel avaliado em R$ 700.000(Setecentos Mil Reais) – preciso de um empréstimos de 300.000(Trezentos Mil) quero coloca-lo como garantia, além disso possuo Farmácias e Supermercados, mas o nome sujo, como poderia ser ajudado por vcs?
    no aguardo, obrigado.
    Será que vai?

    0