A explosão da bolha imobiliária em São Paulo, os 5 porques e expectativas – CA

Você pode gostar...

Comments
  • Rolde 1 de fevereiro de 2016 at 08:44

    Bom dia ,galera vou falar ,ontem pela primeira vez aqui em Dubai paulista eu vi queda real. Fiz uma oferta especulativa,em um apt de 65 m2 que esta abaixo do valor de mercado.Estam pedindo 200K,ofereci 150 e recebi um convite para conhecer o apt.De resto o mesmo ,todos sem dinheiro,comercio afundando, um marasmo só.GRACAS a Deus aqui é diferente,sqn.

    38+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Jovem Estudante 2 de fevereiro de 2016 at 04:36

      Em que bairro isso?

      4+
  • navlig00 1 de fevereiro de 2016 at 08:53

    A renda necessária para financiar um imóvel em 20 cidades
    01/02/2016 05:00

    *http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/a-renda-necessaria-para-financiar-um-imovel-em-20-cidades

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Unreal_Estate 1 de fevereiro de 2016 at 08:58

    CVRs

    1. Companhia aérea internacional descontinuou duas linhas para os EUA, e fechou duas lojas nessas cidades. Gente com 18 anos de casa foi mandada embora. Noticiaram também que este ano não vai ter reajuste.
    2. Pessoal de montadora no Vale do Paraíba em férias coletivas e PPE – Programa de Proteção ao Emprego: redução e 20% no salário e carga horária.

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • L.A. 1 de fevereiro de 2016 at 09:16

      Curiosidade: qual a companhia do cvr1?

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Julio 1 de fevereiro de 2016 at 09:18

        Se for brasileira é a TAM, que por sinal fechou seu museu no último final de semana.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • johny 1 de fevereiro de 2016 at 09:14

    ótimo tópico

    mas acho que faltou acento circunflexo no “porques”.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • MARK 1 de fevereiro de 2016 at 09:14

    Noooossa, KA… que análise mais impecável, cara. Congratulações! Bastante esclarecedor e didático. Fiquei orgulhoso de você, garoto! auhsuahsuhasuhasuh

    10+
    • avatar
    • avatar
  • L.A. 1 de fevereiro de 2016 at 09:15

    Curiosidade: qual a companhia do cvr1?

    2+
    • avatar
  • Cesar_DF 1 de fevereiro de 2016 at 09:24

    Imóvel com desconto e crise motivam ‘boom’ de pedidos de devolução 41% das vendas tiveram distratos nos 9 primeiros meses de 2015, diz Fitch.

    Nos primeiros nove meses de 2015, as construtoras receberam de volta 41% das unidades vendidas em lançamentos, um total de R$ 4,9 bilhões, apontou um relatório divulgado este mês pela agência Fitch. Em 2014, esse percentual foi de 29% e, em 2013, de 24%.

    O estudo abrange as nova incorporadoras avaliadas pela agência. “Em um cenário em que 35% das unidades vendidas programadas para serem entregues sejam canceladas, os distratos poderiam totalizar R$ 6 bilhões em 2016”, prevê o relatório.

    “http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/02/imovel-com-desconto-e-crise-motivam-boom-de-pedidos-de-devolucao.html

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 1 de fevereiro de 2016 at 10:10

      Cesar_DF,

      Este artigo é interessante e também complementa o que consta no tópico. De qualquer forma, a previsão da Fitch para 2016 é exageradamente OTIMISTA. Explico:

      A Fitch não tem a menor ideia quanto a mega especulação que foi promovida em todo o país nos lançamentos e vendas na planta em 2013, que terão os imóveis entregues agora em 2016, levando os distratos a crescerem absurdamente porque os investidores verão que não será possível obter o aluguel esperado e muito menos o ágio que desejavam para revender.

      Outro ponto que a Fitch também não tinha visualizado ainda quando fez o prognóstico acima, é que a sangria da poupança pode aumentar muito em 2016, uma vez que só em janeiro e até o dia 25, a captação liquida (depósitos menos retiradas) ficou negativa em mais de R$ 11 bilhões, enquanto no ano inteiro de 2015 a captação liquida ficou negativa em R$ 50 bilhões, ou seja, 2016 pode ser MUITO pior que 2015 quanto a disponibilidade de verba para o SBPE, que é o que sustenta o crédito imobiliário mais barato.

      Um aspecto no mínimo curioso na “especulação” da Fitch em torno dos 35% de possíveis distratos em 2016, é que este percentual não segue nenhuma lógica em relação ao histórico recente e expectativas: entre 2013 e 2014, os distratos já estavam acima de R$ 5 bilhões e ficavam entre 20% e 29% do total das vendas, segundo a própria Fitch, em 2016 estes distratos tendem a superar R$ 7 bilhões (faltam resultados do 4T15 para confirmar) e com percentual superior a 40%. Se a crise está piorando, com aumento em desemprego, inadimplência, inflação ainda alta, etc., por qual motivo os distratos se reduziriam para 35% justamente agora? Até para especularem sobre o que é possível acontecer eles tentam ser extremamente conservadores, para não “assustar o mercado”.

      Por fim, mais um aspecto que a Fitch não considerou na previsão para 2016, é o volume enorme de distratos ainda não contabilizados, onde encontramos centenas de depoimentos no ReclameAqui quanto a sua demora excessiva para serem reconhecidos (alguns há mais de 1 ano em “análise”).

      É, o pior é que mais de 99% da população não faz a menor ideia do que está acontecendo e este é exatamente o objetivo do segmento imobiliário e seus parceiros, incluindo é claro a imprensa. Veremos pessoas “surpresas” com o que acontecerá…

      35+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 1 de fevereiro de 2016 at 11:23

        CA, concordo contigo, eles estão sendo muito otimistas.
        Considerando a quantidade de famílias endividadas e o grau de endividamento, qualquer incremento na queda da renda aliada a uma inflação de 10% provoca um efeito avalanche. Por exemplo, uma família que receba 10K e gaste 9.5K, com uma inflação de 10% seus gastos foram para quase 10.5K, ou seja, a conta não fecha.
        Além das 20,9% das famílias inadimplentes, devem existir outras 20% que estão no limiar para se tornarem inadimplentes, e com uma perspectiva de disparar o desemprego, pode significar que em 2017 tenhamos 40-50% de famílias inadimplentes.
        Para saírem da inadimplência elas terão que reduzir seus gastos, começam reduzindo o entretenimento (cinema, viagens, tv por assinatura, restaurantes, etc), depois alimentação e transporte, passa pela transferência dos filhos da escola privada para a pública e por último vendem seus carros e residências.
        Este filme já passou em vários lugares: Irlanda, Grécia, Espanha, etc, e não será diferente aqui.

        “http://g1.globo.com/economia/seu-dinheiro/noticia/2016/01/1-em-cada-5-familias-esta-inadimplente-diz-cnc.html
        “O número médio de famílias com contas ou dívidas em atraso (inadimplentes) alcançou 20,9% do total (1 em cada 5 famílias) – alta de 8,4% em relação a 2014.
        Já o total de famílias que relataram não ter perspectiva de pagar suas contas em atraso alcançou 7,7% do total – aumento de 23,2% em comparação com o ano anterior. Ao final de 2015, a taxa chegou a 8,7% das famílias – a maior para um mês de dezembro desde o início da série histórica, em janeiro de 2010.”

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Number0101 1 de fevereiro de 2016 at 09:48

    “http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/02/imovel-com-desconto-e-crise-motivam-boom-de-pedidos-de-devolucao.html

    BOOM dia bolhistas

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • L.A. 1 de fevereiro de 2016 at 09:48

    Focus de 29.01.2016

    Item – 2016 – 2017
    IPCA (%) 7,26 5,80
    Taxa US$ final do período 4,35 4,40
    PIB (%) -3,01 0,70

    6+
    • avatar
    • avatar
  • CA 1 de fevereiro de 2016 at 09:56

    Este artigo que foi publicado hoje, ajuda a complementar as informações do tópico:

    “http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/a-renda-necessaria-para-financiar-um-imovel-em-20-cidades

    Segundo o artigo acima, a renda para financiar um imóvel de 70 M2 no Rio de Janeiro tem que ser superior a R$ 23 mil bruto por mês.

    O que é óbvio para qualquer um que tenha um conhecimento MÍNIMO sobre a realidade da renda no Brasil, é que os preços anunciados estão completamente fora daquilo que é viável para as famílias adquirirem e ainda, o volume de imóveis ofertados por estes preços inviáveis é absurdo e em alguns casos, nem que esperasse por toda a eternidade encontrariam compradores.

    Pena que as reportagens, em consideração aos seus anunciantes do segmento imobiliário, sempre esqueçam de mencionar como é a distribuição de renda, qual o volume de anúncios por faixa e portanto o quanto tudo isto não passa de um grande Mundo de ILUSÃO…

    29+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Number0101 1 de fevereiro de 2016 at 10:00

      Estamos perto de um colapso, o que ainda não sei é quando vai estourar e respingar pra todo lado.

      10+
      • avatar
      • avatar
    • inteRIOrrr 1 de fevereiro de 2016 at 19:58

      Foi isso que me trouxe ao blog. Em 2013 não vislumbrava nenhuma chance de comprar um imóvel decente no Rio. Tenho mestrado em minha área e minha esposa médica, tínhamos uma renda alta, mas os preços extremamente elevados para o que ofereciam. Ia morar em 50 m2? Pra isso estudei tanto? Havia alguma coisa errada.

      Ler seu post hoje me trouxe um grande alívio, pois fiz a coisa certa, graças a vocês aqui. Me mantive líquido, e a oportunidade apareceu. Já expliquei em outro post, fiz uma permuta. Terminar a obra de um prédio em troca de uma unidade, como tinha o dinheiro, estou tocando a obra (30% do “valor” da unidade)

      Obrigado pelo excelente post, CA!

      8+
  • DRN 1 de fevereiro de 2016 at 10:22

    Mal-ddad ou Radar-dad mandou os boletox de IPTU aqui. Roubo mesmo, na cara dura.

    O negócio é morar na roça e pagar ITR.

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Crocs 1 de fevereiro de 2016 at 10:28

      DRN,

      Estou percebendo uma subida nos juros da Tesouro IPCA+ 2019 (NTNB Princ) = 6,37%. Pode ser uma janela se abrindo!

      3+
      • avatar
      • DRN 1 de fevereiro de 2016 at 10:31

        Crocs, estão feios de mais esses juros da NTNB 2019. Eu iria de 2024. Cerca de 1% de diferença é muita coisa.

        5+
        • avatar
        • avatar
        • DRN 1 de fevereiro de 2016 at 10:32

          Agora é hora de liquidar 2019 comprada por 8,03 com bastante lucro e migrar para 2035. 7,80 na semana passada, mas 7,60 ainda está bom. Ou para 2024 mesmo, se não quiserem prazo muito longo.

          4+
          • avatar
          • Crocs 1 de fevereiro de 2016 at 12:03

            Sim, com certeza! Estou com as metralhadoras apontadas para 2024 e 2035! Aquelas 2019 a 8,03% são as meninas dos olhos! Dei muita sorte!

            2+
            • avatar
            • RecebendoJuros 1 de fevereiro de 2016 at 14:24

              As 2024 acabaram de subir pra 7,50.
              E as 2026 pagando 7,43 são uma ótima opção pra quem procura juros semestrais.

              1+
              • avatar
          • Seifer_POA 1 de fevereiro de 2016 at 17:04

            Vale a pena vender o que comprei por 8,03 agora mesmo ? mesmo pagando o IR mais alto ? Não consigo calcular isso tão bem assim, DRN.

            1+
            • avatar
        • RecebendoJuros 1 de fevereiro de 2016 at 11:14

          Olhando o histórico das últimas semanas a 2024 foi a que menos oscilou e se mantém próxima dos picos máximos deste ano. A 2035 caiu 0,20% como mencionado.
          Voltei a comprar 2024 e parei de comprar 2035.

          3+
          • avatar
    • navlig00 1 de fevereiro de 2016 at 10:28

      O meu pulou de R$ 646,00 para R$ 730,00. 🙁

      3+
      • avatar
    • DRN 1 de fevereiro de 2016 at 10:41

      Coloquem na lista um Toyota bandeirantes 1995 para o cotidiano e um sedã mercedes 1995 para a família. Acabou IPVA também.

      7+
      • avatar
      • Louro José 1 de fevereiro de 2016 at 10:58

        Uno 91 com GNV
        Se estiverem interessados eu recompro do meu primo e revendo com lucro kkkkk

        2+
        • avatar
    • RecebendoJuros 1 de fevereiro de 2016 at 11:01

      Eu esperava uma facada esse ano no IPTU. Mas o meu veio “só” 10% mais alto.

      3+
      • avatar
      • RecebendoJuros 1 de fevereiro de 2016 at 11:02

        O seu IPTU aumentou quanto do ano passado pra esse ?

        3+
        • avatar
      • Ilusionista 1 de fevereiro de 2016 at 11:38

        neste ano tem eleições municipais e nenhum candidato a reeleição quer ficar “mal na fita”.
        garantido o trono, a motumbada virá com um “plus” acumulado só em 2017..

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Julio 1 de fevereiro de 2016 at 13:11

          Isso para os municípios com reeleição ou com eleito do partido situacionista. Nenhum prefeito vai aumentar o IPTU para ficar de mal com o povo e dar dinheiro para o adversário.

          Aliás, este é o ano para negociar IPTU atrasado com bons descontos. Querem catar o que pode antes de sair. Como o Lula, levam até a mobília embora no fim do mandato.

          4+
          • avatar
          • avatar
  • Cajuzinha 1 de fevereiro de 2016 at 10:31


    Nas estimativas do grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções, o chamado Top 5 da pesquisa Focus (médio prazo), a previsão para a Selic no fim de 2016 passou de 13,75% ao ano para 13,25% ao ano – um mês atrás, estava em 13,75%. Para o encerramento de 2017, esses mesmos analistas projetam agora uma taxa de 12,50% ao ano ante mediana de 12,63% ao ano vista no documento anterior, e de 12,75% de um mês antes.”

    3+
    • avatar
    • Pepper 3 de fevereiro de 2016 at 21:03

      Hora de mudar a composição da Carteira com TD atrelados a Inflação no lugar de LCI e CDB atrelados a Selic..

      0
  • Dr. Brown 1 de fevereiro de 2016 at 10:37

    Boss um CVR meio off-topic mas mostra como a ganância das pessoas faz com que tomem na cabeça.
    Uma prima minha um dia desses me perguntou o que ela tem que fazer no caso de um website que não entregou um produto. Fui pesquisar para saber qual era o dito cujo e descobri que era um tal de Mambo Eletro.
    Eles anunciam (na verdade anunciavam) produtos muito baratos, mas na hora de pagar não aceitavam cartões de crédito e ofereciam a opção de pagar em boleto dando um desconto ainda maior. Digamos um produto de 200 reais era anunciado por 100 e na hora diziam que pelo boleto seria 90 reais.
    Claro que depois do boleto pago simplesmente não entregavam.
    Pesquisei ainda mais, e descobri que o domínio foi registrado em maio, a razão social aberta em agosto em um endereço falso, e em novembro já era uma empresa entre as mais “famosas” no reclame aqui. Parece que faziam propaganda no SBT e Record (não sei porque não vejo TV).
    Agora o site está fora do ar.
    A pilantragem desse pessoal explora exatamente a pilantragem do consumidor. Claro até eu adoro uma superpromoção, mas eu sempre desconfio de algo que parece ser bom demais para ser verdade. As pessoas ficam tão animadas em levar uma vantagem que ficam cegas, perdem o bom senso.

    43+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 1 de fevereiro de 2016 at 11:45

      “quando a esmola é muita o santo desconfia”.
      antes de comprar não custa consultar….

      http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Julio 1 de fevereiro de 2016 at 13:13

      Eu já encontrei sites assim, sem endereço físico. Os preços eram excelentes, mas até agora só comprei em lojas tradicionais (Bahia, Ponto Frio, Luiza, Wallmart e Submarino), que por enquanto ainda estão entregando.

      5+
      • avatar
    • Azufre 1 de fevereiro de 2016 at 13:33

      Consultar e-bit antes
      Olhar o endereço no Google Street View

      Erro de mirim

      4+
      • avatar
    • Diego F. 1 de fevereiro de 2016 at 15:21

      Aquele “Pank” deu golpe parecido em uma galera também. Até propaganda em jogo da seleção 1×7 fizeram. Não adianta… Tem que ser cauteloso, pesquisar reputação e ver há quanto tempo a empresa está no ar (já vi usuário de Mercado Livre começar fazendo tudo direitinho por uns meses para criar reputação e depois dar golpe em milhares de compradores, isso na época que todo mundo comprava no ML por boleto). Se for arriscar comprar de um fornecedor suspeito, que ao menos o faça via PayPal, MercadoPago, etc.

      1+
      • avatar
  • Margarida 1 de fevereiro de 2016 at 12:16

    CA, a primeira tabela mostra comentário sobre valor de venda, mas os dados são se valor de aluguel.

    1+
    • avatar
    • CA 1 de fevereiro de 2016 at 12:24

      Margarida,

      A primeira coluna é valor de aluguel, a segunda coluna é inflação e a terceira coluna é preço de venda. Dê uma olhada nos títulos das colunas de cada tabela e depois logo embaixo da tabela tem qual a base e no caso de venda especifica que é o preço do M2.

      Observe ainda que coloquei um retângulo vermelho exatamente sobre os valores acumulados de VENDAS em cada período.

      2+
      • avatar
      • avatar
      • Margarida 1 de fevereiro de 2016 at 13:48

        Ok, obrigada a, não tinha visto mesmo.

        1+
        • avatar
  • Mr.Brightside 1 de fevereiro de 2016 at 12:20

    CVR
    Minha Irmã tem pos graduação em historia comprou um bolhudo em planta até ai beleza disse para fazer um caixa para sobreviver e pagar as prestações
    até fez um montante mais decidiu que a vida curta (viajou 3 vezes leste europeu socialista terra do Zangief e ainda pelo brasil)
    como é profissional liberal depende da economia para estar bem
    Me ofereceu fazer serviço de faxina de diarista no sábado pelo valor de R$120,00
    Disse a ela:
    – Isto é muito e nem preciso de diarista moro sozinho em 50 m² . por que preciso de diarista

    58+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Inside 1 de fevereiro de 2016 at 16:10

      Se minha irmã pedisse para limpar a minha casa por 120 dilmas eu mandava ela ir pra aquele lugar, sem dó…

      1+
      • avatar
    • Uso Capiau 1 de fevereiro de 2016 at 16:44

      Eu jogaria toda a pontuação que você não usou, na cabeça dela!

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 1 de fevereiro de 2016 at 13:02

    Estou olhando a página de leilões nos itens que já tiveram segunda praça, encontrei 22 imóveis.
    ZERO PORCENTO deles receberam lances na segunda praça !!!!
    Desespero batendo nos bancos !

    “http://megaleiloes.com.br/imoveis/sp/sao-paulo?type=1

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Melekento 1 de fevereiro de 2016 at 13:05

    Bom dia bando de munhecas e jurocratas!
    CVR daqui do Centro Oeste: Empresa de grande porte da construcao civel de apartamentos inicia o ano com a seguinte promocao: 30% de entrada (com ajuda do banco) e 70% em 60 meses, direto com a Construtora.
    Ap de 150m2 sai a bagatela de R$750.000,00 em bairro bom.
    30% de entrada: R$225.000,00 financiado com o banco em 10 anos para pagar: parcela de R$2.250,00 mais o restante de R$8.750,00, direto com a construtora, com juros de 1% ao mes mais correcao monetaria.
    Total por mes: R$11.000,00 (onze mil reais).
    Barato! vou la comprar tres… vai subir ainda mais… 30% ano
    Abs.

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Julio 1 de fevereiro de 2016 at 13:15

      Qual seria a garantia do banco? O apartamento não é, pois o banco sabe que possivelmente nunca ficará pronto e nem vale os 225 mil.

      3+
      • avatar
      • Melekento 1 de fevereiro de 2016 at 13:20

        Julio, a garania e o imovel, pois esta pronta para morar.
        Aqui temos varios imoveis prontos, sem nenhum morador.
        Abs.

        3+
        • avatar
        • avatar
        • Julio 1 de fevereiro de 2016 at 22:12

          E qual a garantia da construtora?

          0
    • Pantaneiro_cba 1 de fevereiro de 2016 at 15:35

      Aqui na terra da Arena Pantanal, existe uma construtora chamada CX(que se chamava Caixa e teve que mudar). Tal construtora mirava a classe AAA e só lançava imóveis de R$ 1.000.000,00+. Insider disse que os sócios sugavam d+ a empresa e fizeram várias cagad4s. Resultado: tá quebrada e lutando para entregar um empreendimento que o AP do 1º andar “vale” R$ 2.500.000,00.
      Demais empreendimentos vão ficar sem conclusão e a CX ainda faz feirões para atrair trouxa que nem sonha que perderá tudo.
      PS: Existe um lançamento da mesma com valores iniciais de R$ 2.500.000,00, com algumas unidades vendidas à vista(quanto $$$), porém esse não sai nem a fundação.
      E segue o bonde!!!!

      7+
      • avatar
      • avatar
  • Mr.Brightside 1 de fevereiro de 2016 at 13:13

    Lendo
    63% dos americanos não tem grana suficiente para cobrir um emergência financeira de 500 dólares
    só que a matéria está em Inglês
    imagine aqui no brasil
    site:http://www.forbes.com/sites/maggiemcgrath/2016/01/06/63-of-americans-dont-have-enough-savings-to-cover-a-500-emergency/#6075fb0d6dde

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Julio 1 de fevereiro de 2016 at 13:16

      Aqui temos o Bolsa Família que cobre isso.

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Azufre 1 de fevereiro de 2016 at 13:31

    CA, a pesquisa do Secovi utilizada para calcular os anos necessários para vender o estoque levam em consideração todas as vendas?

    Em BH é só uma amostra.

    1+
    • avatar
    • Avestruz que te seduz 1 de fevereiro de 2016 at 13:52

      Qual pesquisa de BH? Essa “http://web.ipead.face.ufmg.br/site/publicacoes/mercadoImobiliario ?

      1+
      • avatar
      • Azufre 1 de fevereiro de 2016 at 15:00

        Isso

        1+
        • avatar
        • Avestruz que te seduz 1 de fevereiro de 2016 at 15:16

          Pois é, estou acompanhando essa pesquisa nos últimos meses e pelo que eu entendi em BH as coisas estão andando de lado. Nada de sinal do estouro ainda.
          Mas pode ser que eu esteja interpretando errado.

          3+
          • avatar
    • CA 1 de fevereiro de 2016 at 14:17

      Azufre,

      Tanto as vendas, quanto os estoques e lançamentos são do mercado como um todo.

      É a mesma pesquisa que todos os jornais referenciam todos os meses para falarem sobre a evolução das vendas de imóveis na cidade de São Paulo. No passado o próprio SECOVI SP falava sobre os meses de estoque utilizando exatamente este cálculo, só deixaram de fazer porque se tornou muito anormal e não queriam divulgar esta informação.

      Na realidade, a situação da distorção entre oferta e procura é ainda pior do que consta no tópico, porque eles OMITEM imóveis que já tem mais de 36 meses em relação aos lançamentos, pois não são mais considerados “novos”.

      Ocorre que 90% dos distratos ocorrem no momento da entrega do imóvel, porque quem “comprou” não tem renda para adquirir o crédito imobiliário e tem que cancelar a venda, sendo que temos distratos bilionários todos os anos que não estão entrando nestes estoques do SECOVI SP, porque passam de 36 meses do lançamento. Considere que os distratos crescerem bastante nos últimos anos, ou seja, a distorção entre oferta e procura é MAIOR do que a que consta no tópico e não menor.

      Lembrando que não entra na conta os imóveis recebidos por investidores (40% das vendas) neste ano e em anteriores e que estes investidores estão colocando para revender. O que consta no tópico, é só o que está em poder das construtoras.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Azufre 1 de fevereiro de 2016 at 15:01

        Obg, CA.

        A coisa está ruim mesmo para quem quer/precisa vender.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 1 de fevereiro de 2016 at 13:45

    “Pelos cálculos da CNC, independentemente do pacote do governo, mais de 1 milhão de pessoas perderão o emprego ao longo de 2016. Os mais pessimistas falam no fechamento de 2 milhões de vagas com carteira assinada. Nesse contexto, não há como falar em aumento do consumo. As estimativas são tão ruins que os varejistas só falam em fechar lojas. A Casas Bahia, a maior rede do país, deve encerrar a atividade de cerca de 100 pontos de vendas, a maior parte da marca Ponto Frio.

    Técnicos mais sensatos do governo reconhecem o momento dramático da economia, que ainda está cavando o fundo o poço. Para eles, de nada adianta o governo lançar mão de remendos e paliativos sem resolver o maior dos problemas — o fiscal, que está na base da desconfiança que mina o Produto Interno Bruto (PIB). Quando incluídos os gastos com juros da dívida, o setor público o regista deficit nominal equivalente a 10,3% de todas as riquezas produzidas pela país. Trata-se de um buraco quatro vezes maior do que registrado no início do primeiro mandato de Dilma.

    “Vivemos tempos tenebrosos na economia”, admite um ministro com grande trânsito no Palácio do Planalto. “Não há um só indicador que se sustente de pé”, acrescenta. Ele ressalta ser assustador a falta de visão da equipe econômica, que gira, gira, e volta pelo mesmo caminho, cometendo os mesmos erros. “Chega a ser constrangedor ver uma pessoa como Nelson Barbosa (ministro da Fazenda) falando, prometendo isso e aquilo, sabendo que não pode cumprir.””

    “http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/erros-em-serie/”

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 1 de fevereiro de 2016 at 14:11

      Cajuzinha,

      Muito boa a matéria acima, concordo com o que eles dizem quanto a análise da situação atual, em pelo menos 90% do que foi colocado.

      Os 10% que discordo dizem respeito a crença de que resolvendo a questão fiscal, a economia poderá voltar a fluir. A questão fiscal foi muito agravada a partir de 2012, com gastos do Governo subindo muito, assim como subsídios para empresas na expectativa que não aumentassem preços, segurar reajustes de combustíveis da Petrobrás, diminuir tarifa de energia elétrica, etc., exatamente porque naquela época queriam atingir o menor juros histórico e “precisavam” de medidas heterodoxas para “conter” a inflação sem aumentar os juros e também para “estimular” a economia via crédito imobiliário e para consumo.

      O que conseguiram com ações acima? Estimular as bolhas imobiliária e de consumo, gerando efeito muito mais destrutivo logo em seguida. Ocorre que a causa raiz não foi resolvida, ao endereçarem a questão fiscal do Governo, o que vão fazer com as dívidas das famílias que foram exacerbadas com créditos imobiliários hiper-inflados e que inibiram e muito o consumo, estimulando a inadimplência geral? O que irão fazer com os empregos da construção civil leve ao resolverem o ajuste fiscal, se os lançamentos não param de cair a cada ano em virtude da explosão da bolha e dos distratos correspondentes que acrescentam estoques cada vez maiores? Há uma miopia muito grande quanto a diversos números que são gerados pelo próprio Governo e insistem em jogar 100% da responsabilidade na questão fiscal, que sem dúvida é impactante, mas não é a causa raiz da crise…

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 2 de fevereiro de 2016 at 00:07

        Quem comanda a economia não é o Ministro da Fazenda, mas a própria presidenta, manda no preço da gasolina, da energia elétrica, a selic, tudo

        0
  • DRN 1 de fevereiro de 2016 at 14:13

    OFF – Dirceu, herói do povo brasileiro, é RENTISTA OPRESSOR CONFESSO:

    “Dirceu diz que Gustavo Franco ajudou a aumentar o seu patrimônio
    Brasil 01.02.16 13:49

    No depoimento de sexta-feira, José Dirceu disse que o seu patrimônio, antes de 2006, praticamente dobrou por causa de Gustavo Franco, presidente do Banco Central no governo FHC: “Durante três anos, o sr. Gustavo Franco pagou 27,5% de juro real aos poupadores deste país. O meu patrimônio praticamente dobrou”.

    Até quando enriquecem os petistas põem a culpa nos tucanos”.

    29+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • DRN 1 de fevereiro de 2016 at 14:14

      Tsc, tsc, tsc…

      O que Che-quer-vara, Lenin, Mao e Fidel diriam sobre isso, hein Dirçola???

      5+
      • avatar
      • DRN 1 de fevereiro de 2016 at 14:30

        Quero ver algum petis-tola reclamar do rentismo. Vou esfregar na cara dele que aprendi com o dirçola, herói (cof. cof. cof.) do povo brasileiro.

        7+
        • avatar
        • avatar
        • Polaco 1 de fevereiro de 2016 at 14:38

          Dirçola disse ainda que não embolsou R$ 40 milhões como consultor. “Minha empresa faturou R$ 40 milhões, mas 85% são despesas”.

          4+
          • avatar
          • Diego F. 1 de fevereiro de 2016 at 15:13

            Só 6 milhões, então. Dinheiro de pinga.

            3+
            • avatar
            • EngenheiroMG 1 de fevereiro de 2016 at 15:27

              Sem falar nos absurdos 85% de despesa em consultoria.

              5+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Awulll 1 de fevereiro de 2016 at 16:37

                Isso que ele mesmo falou que não produzia relatórios.

                2+
                • avatar
                • avatar
  • Annoying Brick in The Wall 1 de fevereiro de 2016 at 14:18

    Caramba. Mais uma vez me surpreendo com essas análise do CA. Muito massa!

    Agora, avaliando pela ótica da demanda agregada, o que vai ser do PIB da construção civil. Consumo, Investimento e Poupança em queda livre…

    Não vai sobrar pedra sobre pedra. Talvez seja o início de um ciclo que dure pelo menos uma década, pois apenas após a recuperação da confiança dos agentes econômico e por do cenário econômico é que as vendas melhorarão. E apenas após isso, com a queda dos estoques é que as contrutoras (as que sobrarem) se aventurarão a mais lançamentos.

    Cara, penso sobre o que vai acontecer aqui em Brasília no Noroeste. Mas que motumbada!!!

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Annoying Brick in The Wall 1 de fevereiro de 2016 at 14:20

      “recuperação da confiança dos agentes econômicos e pela melhora do cenário econômico”.

      Maldito teclado…

      2+
      • avatar
    • Melekento 1 de fevereiro de 2016 at 14:28

      Por favor, me corrijam se eu estiver errado. O boom imobiliario e de credito farto, que foram as maquinas do PIB nacional, durou mais ou menos 8 anos, onde tudo foi em exagero, gastos e mais gastos, corrupcao e mais corrupcao, parecia que o mundo iria acabar em 2015. E acabou.
      Agora, quem sobreviveu creio que no minimo vao ser os mesmos 8 anos para colocar a economia no lugar e ajustar a oferta com a demanda nos imoveis. Que foi formiga, nao vai passar necessidades, agora a cigarras, com esse juros e tombo dos valores, tanto dos imoveis quanto da economia no geral, estes vao penar, sera algo pra nunca mais esquecer.
      Mais como diz um amigo cigarra: Mermao, a vida e hoje!
      Eu respondo. Realmente a vida e o hoje, boa sorte Mermao!
      Abs.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Inside 1 de fevereiro de 2016 at 16:29

      Ah.. aquele barroeste onde um amigo meu paga 1250 Dilmas de condominio para um ap de 2/4….

      4+
      • avatar
      • Annoying Brick in The Wall 1 de fevereiro de 2016 at 16:56

        Sem iluminação pública, sistema de drenagem de água, segurança pública, transporte público…

        Sem parque Burle Marx, sem comércio local, sem prédios..

        Aquele em que quando chove, inunda as garagens de dá PT nos carros.

        É Inside. É esse mesmo.

        4+
        • avatar
        • avatar
    • Cesar_DF 2 de fevereiro de 2016 at 00:12

      No Noroeste os apartamentos eram vendidos em 2011 por 14k/m2 e hoje por menos de 8k/m2. Considerando a inflação é uma queda de quase 60%

      0
  • Paulo Pedregulho 1 de fevereiro de 2016 at 14:35

    TAXA SELIC

    Saiu uma matéria na INFOMONEY falando que o governo está querendo reduzir o valor da taxa SELIC ainda este ano.

    SERÁ????

    “http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/4556345/ibovespa-ameniza-perdas-dolar-recuam-com-rumor-corte-selic-2016

    6+
    • avatar
    • avatar
    • L.A. 1 de fevereiro de 2016 at 14:35

      Com certeza.
      Até o Boletim Focus já está prevendo isso.

      5+
      • avatar
      • avatar
    • Bolha BOSS 1 de fevereiro de 2016 at 14:49

      2011 remember

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • odorico 1 de fevereiro de 2016 at 14:55

      Acho que o dólar está caindo mais pela perspectiva de que os EUA não vão subir juros, logo melhor aproveitar as taxas daqui, mas se a Selic cair, aí lá volta a ficar competitivo e o dolar deverá subir…..pode ser uma janela para quem ainda acredita que vai piorar antes de melhorar.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Azufre 1 de fevereiro de 2016 at 15:03

      Aí começamos a flertar com inflação na casa dos 20%

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Inside 1 de fevereiro de 2016 at 16:33

        A economista Monica de Bolle disse aí, 20% de inflação mais o pão que o diabo amassou…

        1+
        • avatar
        • Azufre 1 de fevereiro de 2016 at 16:43

          de Bolle tem falado muita coisa esquisita, andado com gente esquisita…

          1+
          • avatar
          • Azufre 1 de fevereiro de 2016 at 16:44

            Mas isso de 20% eu não vi. Um cara do Credit Suisse (que tem boa área de pesquisa) também disse isso.

            1+
            • avatar
    • Davy Jones 1 de fevereiro de 2016 at 15:07

      Que país vagabundo esse. Ninguém sabe o que vai acontecer. Como tomar uma decisão frente aos humores desta PaTota. Muita coisa vai mudar. Congresso volta. Cunha — que tá igual o Jason do filme sexta-feria 13 — ainda vive e amedronta. Louco quem aposta a médio e longo prazo neste circo de bizarrices políticas e econômicas. O objetivo é estar líquido e vencer o dragão, ou que pelo menos seu adversário corra menos que você.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Azufre 1 de fevereiro de 2016 at 15:08

      O Trombose é tão idiota.

      Nesse momento qualquer rumor de baixar os juros só vai fazer a inflação esperada aumentar, o que aumenta a inflação HOJE. É um custo sem benefício.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • carioca_real 1 de fevereiro de 2016 at 15:15

    É, pois é… Imóvel nunca desvaloriza, rentabilidade de 30% a.a., blá blá bla…
    BOOM!!!
    http://observadordomercado.blogspot.com.br/2016/01/portal-r7-construtoras-adiam.html

    Destaco o trecho:
    “O vice-presidente de Operações da construtora PDG, Antonio Guedes, diz que a estratégia tem como foco o bolso do cliente.

    — Olhando geral, a média nossa de descontos tem ficado em torno de 13% a 15%. Lógico que se você tem aquela última unidade que voltou, que é lá no primeiro andar, no fundo, não muito boa, vai ter um desconto de 25%. […] Existe a demanda, a gente fez um ajuste de preço, o imóvel estava ficando pronto e aquele cliente que tinha o dinheiro foi lá e fez um bom negócio.”

    E ainda tem muita ladeira para descer…

    5+
    • avatar
    • avatar
    • CA 1 de fevereiro de 2016 at 16:14

      carioca_real,

      Impressionante a CARA-DE-PAU desta galera.

      A PDG é campeã em distratos, mais de R$ 1 bilhão em distratos por ano. Em 2015 devem ter batido recorde, porque só no 3T15 foram mais de R$ 500 milhões.

      Agora eles vão dizer que estes distratos neste volume absurdo estão sendo revendidos com “pequenos descontos” e maiores descontos só quando é andar baixo, localização ruim, etc? Vejamos alguns depoimentos do ReclameAqui desde 2013 que relatam que a PDG estava fazendo vendas de imóveis em promoções envolvendo grande quantidade de apartamentos e mais baratos do que os clientes pagaram na deles na planta com reajustes do INCC (em tese, como o preço do imóvel crescia muito mais que o INCC, para “compensar” esta diferença em 2 ou 3 anos, teria que ser um desconto elevado, de 20% a 30%). Será que era tudo no primeiro andar (rs)?

      Link: http://www.reclameaqui.com.br/6798190/pdg-incorporacoes/xag/
      “Boa noite estou procurando o reclameaqui para manifestar minha indguinaçao referente ao investimento que fis a tres anos atras e aconpanhei o meu dinheiro desvalorizar e os altos juros pdg encolherem meu dinheiro e no fim de tudo acompanhar a enchurradas de unidades oferecidas por eles tres anos depois mais barato do que juntando meu fluxo e saldo devedor…”

      Link: http://www.reclameaqui.com.br/6792650/pdg-incorporacoes/pdg-prejudica-os-clientes-investidores/
      “2 anos atrás comprei um apartamento na planta da PDG (Torres do Jardim I – Piracicaba), para investir e vender.
      Para minha surpresa, 2 anos após, estou tentando vende-lo e descubro que a propria PDG está vendendo os mesmos apartamentos cerca de 20 mil abaixo do que paguei…”

      Link: http://www.reclameaqui.com.br/7003019/pdg-incorporacoes/distrato-village-parana-unidade-1003/
      “Em 12/07/2013 solicitei distrato com a PDG conforme email abaixo devido a PDV na época estar ofertando o mesmo apartamento por R$ 179.000,00, enquanto estaria pagando em torno R$ 206.067,92.mes fizeram um feirão oferecendo um desconto de R$ 50.000,00 e oferecendo outras benefícios.”

      Link: http://www.reclameaqui.com.br/6695928/pdg-incorporacoes/desorganizacao-e-falta-de-comprometimento-com-o-cliente/
      “Através deste gostaria de abrir os olhos , de quem está buscando um IMÓVEL ,seja para morar ou investimento, que não compre PDG,segue abaixo motivos de minha reclamação pública:”
      “Promoverem feirões de queima de estoque vendendo unidades á preços com desconto maiores, dificultando á rentabilidade dos investidores, em meu caso, estou tentando vendar á unidade adquirida com prejuízo de 10 á 15 %, sem sucesso…”

      3+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 1 de fevereiro de 2016 at 16:21

        Ah, “detalhe”:

        Entrem no ReclameAqui e procurem por “PDG distrato”. São mais de 400 ocorrências na pesquisa que fiz hoje. Pelo que observei das primeiras páginas, grande maioria relacionado a distrato que a PDG teria aceito após um looongo (sic) prazo, às vezes superior a 1 ano para reconhecer o distrato, mas para o qual ela está pedalando, não cumprindo o prazo combinado e não depositando as parcelas do distrato.

        Isto ocorre porque o esquema de vendas FALSAS na planta destruiu os resultados da empresa, ela está em processo de “Reestruturação de dívidas” e usa os ex-clientes para “fazer caixa”. Se ele vier a entrar em Recuperação Judicial ou Falência, muitos destes distratos e vários outros imóveis em construção ficarão “a ver navios”…

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Carlos BT 1 de fevereiro de 2016 at 15:16

    O mês de janeiro foi péssimo para o comércio.
    Muitas demissões já aparecem no horizonte.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • edson 1 de fevereiro de 2016 at 15:34

    Para quem gosta de aplicar $$$ em dolar, encontrei uma falha na venda de dolares no EBANX, o que ocorre, Se vc fizer uma compra ( emissão de boleto ) antes da abertura do dolar , ou seja antes das 9:00hs vc paga a cotação do dia anterior, mas o vcto do boleto é para o dia posterior, dando assim a oportunidade de acompanhar a cotação por 2 dias, se por exemplo aumentar 2% em cada dia, o boleto já tem um lucro de 4 % mesmo antes de ser pago, lucro garantido, e se caso a cotação for de queda é só desconsiderar o boleto.E antes que digam que a cotação turismo, na venda tb pagam pelo turismo, sem desconto nenhum, mesma cotação compra/venda.

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • lamense 1 de fevereiro de 2016 at 16:43

    CA ou alguém,

    Existe alguma pesquisa (ex: Creci-RJ) feita com base em preços negociados para o Rio de Janeiro?? Seria interessante ver uma análise do tipo desta que foi feita para SP para o contexto do RJ…

    4+
    • avatar
    • avatar
    • CA 1 de fevereiro de 2016 at 18:33

      lamense,

      Infelizmente as pesquisas sobre o RJ não são consistentes e agora nem são mais acessíveis para o público em geral.

      3+
      • avatar
  • edson 1 de fevereiro de 2016 at 17:03

    Na Órama:
    Banco Máxima CDB 02/02/2016 29/01/2021 1823 dias
    19.57% ao ano.
    Dá quase 1,40 a.m. liquido.

    3+
    • avatar
    • avatar
    • Seifer_POA 1 de fevereiro de 2016 at 17:15

      Boa em ! Pq eu só to vendo as taxas cairem na easy. ;/

      1+
      • avatar
    • Leo 1 de fevereiro de 2016 at 17:16

      Tem que ter sangue frio para botar dinheiro por 5 anos num banco pequeno, ainda que exista o fundo garantidor

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Seifer_POA 1 de fevereiro de 2016 at 17:19

        No longo prazo dá muita diferença. Cabe a cada um ajustar o seu risco. Eu tenho uns 40% em TD o resto tudo em banco médio com taxas variando e o top é pré em 19,10% a.a e um com 125% cdi.

        2+
        • avatar
        • avatar
  • Pao de queijo com cafe 1 de fevereiro de 2016 at 17:30

    Uma contribuição para o debate.

    ———–

    FEVEREIRO
    – Governo pressiona COPOM pela redução da SELIC;
    – Inflação segue firme rumando para 8%;
    – Mais montadoras paralisam produção.

    MARÇO
    – SELIC reduzida em meio ponto;
    – Dólar = 4,50 reais (o oficial);
    – Epidemias ligadas ao Aedes avançam no país;
    – 5 importantes delegações estrangeiras cancelam participação na Rio-16;
    – 1 milhão de pessoas já perderam o emprego em 2016;
    – Leilões de imóveis em segunda praça fracassam em todo o país;

    ABRIL
    – Inflação de 2016 com prévia de 9%; inflação de 2017 prevista a 6,5%, já no teto da meta;
    – Devolução de ingressos para a Rio-16 é recorde;
    – Governo tenta retorno da CPMF e perde no Congresso; dólar = 5,50 reais (cotação oficial);
    – Rumores de mudança na equipe econômica;
    – Eduardo Cunha renuncia; Jarbas Vasconcelos é o novo presidente da Câmara;
    – Renan Calheiros renuncia à presidência do Senado;
    – José Sarney é ouvido em Curitiba por Sérgio Moro;
    – PIB previsto de 2016: -4%;

    MAIO
    – Mais delegações cancelam participação na Rio-16;
    – Lula é ouvido por Sérgio Moro;
    – Em improviso, Governo eleva CIDE para substituir a CPMF;
    – Eduardo Cunha, Renan Calheiros e Fernando Collor são presos pela Lava-jato na etapa denominada “Operação Côncavo e Convexo”;
    – Ataque especulativo ao real reduz reservas internacionais pela metade;
    – Imóveis tem queda de preço de até 80% em todas as capitais do país;

    JUNHO
    – Reunidos no presídio, Collor, Delcídio e Renan montam o Partido da Papuda (PPUDA), e participam de sessões do Senado por teleconferência;
    – Inflação de 2016 rumando para 10%, querendo superar a de 2015;
    – Inflação de 2017 rumando para 7%
    – Tombini é demitido do BC; Nelson Barbosa assume seu cargo;
    – PIB previsto de 2016: -4,5%;
    – Peugeot e Citroen anunciam que vão deixar o país;

    JULHO
    – Inflação é pressionada pela CIDE e ruma para 11% em 2016; BC desiste da baixa e coloca SELIC novamente em alta, até os 14,5%, alegando necessidade momentânea e crise internacional;
    – Belluzzo assume o Ministério da Fazenda e promete retomada imediata do crescimento;
    – Dólar a 6 reais;
    – Rumores do indiciamento de Sarney na Lava-jato;
    – Dívida pública em disparada;

    AGOSTO
    – FIAT fecha metade de suas linhas de produção em caráter definitivo;
    – 2 milhões de desempregados em 2016;
    – Lula é preso no sábado, dia 13 de agosto;

    SETEMBRO
    – Inflação de 2017 rumando para 8%
    – PIB previsto de 2016: -5%;
    – Lula em depoimento, sobre Marisa: que loura baranga é essa aí?

    OUTUBRO
    – PIB previsto para 2017: -1%;
    – Eleições: PT perde 80% das prefeituras do partido;
    – Apartamentos são trocados por carros semi-novos em São Paulo;

    NOVEMBRO
    – Com o fim das eleições Dilma autoriza novo ciclo de alta leva SELIC a 15%
    – Dólar retorna aos 5 reais;

    DEZEMBRO
    – 2,4 milhões de desempregados;
    – PIB de 2016 fecha em -5%, inflação em 11,5%;
    – Natal: o que é isso?

    Concluindo: e aí, agora vai?

    40+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • edson 1 de fevereiro de 2016 at 17:33

      Se ocorrer isso tudo, então vamos virar uma Venezuela, ai ferrou de vezzzzzzz/

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Polaco 1 de fevereiro de 2016 at 17:49

      Você guardou esse post completo? Tinha umas previsões até 2018… acho que foi a Rosinha que fez…

      1+
      • avatar
      • Pao de queijo com cafe 1 de fevereiro de 2016 at 17:52

        kkkkkkkkkkkk

        o meu é só de 2016……….

        2+
        • avatar
        • Crocs 1 de fevereiro de 2016 at 17:57

          PDQ atualizou a tragédia para 2016!

          2+
          • avatar
    • Uso Capiau 1 de fevereiro de 2016 at 18:52

      “Que loura baranga é essa aí?” kkkkk
      Excelente!

      3+
      • avatar
    • Annoying Brick in The Wall 1 de fevereiro de 2016 at 20:28

      Cara, você foi criativo nessa.

      Tem uns trechos que se referem ao PT que adoraria ver acontecer hahahahahaha

      1+
    • Inside 1 de fevereiro de 2016 at 22:09

      Deus te ouça!

      0
    • Cesar_DF 2 de fevereiro de 2016 at 00:28

      2,4 milhões de desempregados em dezembro??? Você é muito OTIMISTA

      1+
  • Libertario 1 de fevereiro de 2016 at 18:01

    Comprei 100k de doletas a 4,15 e agora está 3,95….

    Que sofrimento para um bolhista ver seu dinheiro escorrendo….

    E aí?

    Me desfaço, ou espero retomar….

    2+
    • avatar
    • RecrutaZero 1 de fevereiro de 2016 at 18:03

      Espera retomar rapá…

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Seifer_POA 1 de fevereiro de 2016 at 18:51

      e eu pensando em comprar 1k. uasdhuasduashduashudsahudhaudasd 😉

      2+
      • avatar
      • avatar
    • Seifer_POA 1 de fevereiro de 2016 at 18:57

      e asssim como já falaram aqui que o TD não pode passar mto de 8% pq o governo não conseguiria se pagar. As vezes penso nessa mesma ideia pro dolar. Penso em teto de R$ 4,20. Mas, é só achismo. 😉 Por que não passa disso “nunca” nos ultimos tempos.

      1+
      • avatar
    • Pao de queijo com cafe 1 de fevereiro de 2016 at 19:02

      tá maluco?
      logo essa bagaça vai a 4,5, espere…

      3+
      • avatar
      • avatar
      • Crocs 1 de fevereiro de 2016 at 19:03

        In PDQ we trust!

        1+
        • avatar
        • Pao de queijo com cafe 1 de fevereiro de 2016 at 19:15

          Calma lá.
          Relativize.
          Sou apenas uma cesta falante de pães de queijo.
          🙂

          4+
          • avatar
  • maragato 1 de fevereiro de 2016 at 18:22
  • CA 1 de fevereiro de 2016 at 18:44

    Enquanto isto, em Niterói, no Rio de Janeiro…

    http://www.atribunarj.com.br/noticia.php?id=16061&titulo=ALUGU%C9IS%20MAIS%20BARATOS%20E%20440%20IM%D3VEIS%20COMERCIAIS%20FECHADOS

    Trecho do link acima:

    “Outro fator que preocupa é o preço de aluguel na cidade. Os valores estão em queda, os imóveis comerciais tiveram redução de 83,3% e os residenciais 23,3%. “

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • carioca_real 1 de fevereiro de 2016 at 18:55

      83%????
      Seria Çofiti CA?

      4+
      • avatar
      • CA 1 de fevereiro de 2016 at 19:13

        kkkk

        Com certeza, porque vão dizer que hard é só se passar dos 100% (rs)

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Uso Capiau 1 de fevereiro de 2016 at 19:01

    Abriu TD…

    Tesouro IPCA+ 2019 (NTNB Princ) 15/05/2019 IPCA 6,21% R$ 2.301,70
    Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ) 15/08/2024 IPCA 7,33% R$ 1.535,26
    Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026 (NTNB) 15/08/2026 IPCA 7,25% R$ 2.633,92
    Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 (NTNB) 15/05/2035 IPCA 7,30% R$ 2.478,44
    Tesouro IPCA+ 2035 (NTNB Princ) 15/05/2035 IPCA 7,44% R$ 705,67
    Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTNB) 15/08/2050 IPCA 7,30% R$ 2.436,97
    Tesouro Prefixado 2019 (LTN) 01/01/2019 prefixado 15,23% R$ 663,58
    Tesouro Prefixado 2023 (LTN) 01/01/2023 prefixado 15,62% R$ 368,14
    Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2027 (NTNF) 01/01/2027 prefixado 15,95% R$ 718,96
    Tesouro Selic 2021 (LFT) 01/03/2021 SELIC 0,00% R$ 7.490,09

    4+
    • avatar
  • Ilusionista 1 de fevereiro de 2016 at 19:03

    bem nas vésperas das Olimpíadas….

    ……….A OMS (Organização Mundial da Saúde) declarou nesta segunda-feira (1º) que o surto de zika vírus é uma emergência de saúde pública internacional, que exige uma resposta urgente e única, com vigilância máxima pelos governos de todo o mundo. A decisão deve acelerar ações internacionais de cooperação (com financiamento e envio de pessoas) e de pesquisa.

    Segundo os especialistas, o vírus está se espalhando muito e de maneira rápida, com consequências devastadoras. Apesar de os sintomas de zika serem de pouca gravidade, há evidências que vinculam a doença ao número excepcionalmente elevado de casos de bebês que nascem com microcefalia, uma má-formação do cérebro. A informação mudou o perfil de risco de zika, que é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, de uma leve ameaça a algo de proporções alarmantes………..

    http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2016/02/01/oms-declara-emergencia-internacional-por-surto-de-zika.htm

    2+
    • avatar
  • Pao de queijo com cafe 1 de fevereiro de 2016 at 19:12

    CA,
    Grato pela explanação do tópico anterior.
    Trocando a conclusão em miúdos, se vc me permite, eu poderia dizer o seguinte?
    “Ainda que o MCMV permaneça criando algum piso, seja lá qual for para seja lá qual metragem e região, o tal “piso” será atropelado pela realidade, sendo a realidade um imóvel bem melhor – ainda que mais velho – sendo vendido por um preço bem mais barato?”
    Captei?

    2+
    • avatar
    • CA 1 de fevereiro de 2016 at 19:21

      PdQ,

      Não há de que. A propósito, excelente sua análise mais acima, grato por compartilhar conosco!

      Sim, o raciocínio é basicamente este, mas no desespero e como a continuidade da lei de oferta e procura, nada impede que justifiquem valores menores que o “piso” psicológico do MCMV também para imóveis novos em regiões menos “nobres” (Zonas “C”, “D” e “E”, usando a nomenclatura do CRECI), só mudando a desculpa, restringindo apenas à questão do crédito mais barato que permite “parcelinhas” mais acessíveis no MCMV e por isto que ele é mais caro. Desculpas ESFARRAPADAS e justificativas inverossímeis nunca foram um problema para o segmento imobiliário.

      O piso que até desenhei no tópico, é muito válido para euforia, na depressão não funciona bem e daí, só desculpas e mais desculpas. O Governo tentará adiar o momento em que os preços mais baratos cairão, focando verbas extras do FGTS e outras que vier a conseguir nestes imóveis, mas é um esforço inútil, é como “enxugar gelo”…

      2+
      • avatar
      • Pao de queijo com cafe 1 de fevereiro de 2016 at 20:07

        Valeu CA.
        2016.
        Piso, R.I.P.

        2+
        • avatar
  • CA 1 de fevereiro de 2016 at 19:16

    O tópico está desatualizado!

    Olhando hoje a sangria da poupança, contando com o dia 26/janeiro/2016 já passou dos R$ 12 BILHÕES!

    Quem quiser conferir, acesse no link abaixo, especificamente na pasta SBPE que é a relacionada a verbas utilizadas para o crédito imobiliário.:

    https://www.bcb.gov.br/pre/SalaImprensa/port/Poupan%C3%A7a%20Di%C3%A1ria.xls

    Se por acaso continuar neste ritmo ou próximo disto, vai dobrar a sangria de 2015 e com isto, a falta de crédito imobiliário barato ocorrerá de forma avassaladora, sendo que os R$ 10 bilhões extras do FGTS não vão cobrir nada. Vamos continuar acompanhando…

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Bolhista2009 1 de fevereiro de 2016 at 23:50

      CA, você acredita que se o governo não tivesse cedido a pressão das construtoras e tivesse mantido o valor do MCMV no mesmo patamar de 2009, inicio do programa, com reajustes racionais, teríamos uma bolha menor e mais “administrável”? Desconsiderando outros fatores econômicos.

      1+
  • Soy Bananes 1 de fevereiro de 2016 at 19:53

    Perdão o OFF mas finalmente voltei!!! Valeu BOSS

    1+
    • avatar
  • Margarida 1 de fevereiro de 2016 at 19:57

    CVR

    Dia desses achei um anúncio velho de uma construtora, de lançamento do condomínio ‘x’. Unidades a partir de 70 mil, 50m2, em 2005 (na planta). Atualizando pra 2016, usando IPCA ou INCC, hoje um assim custaria uns 147 mil – quase 3 mil reais o m2.

    Em 2014 vi um lançamento muito semelhante, inclusive quanto à localização. A panfletagem anunciava a quase 7 mil reais o m2. Na planta!

    Como qualquer pessoa normal e honesta pode dizer que não tem bolha?

    Nota: o condomínio ‘x’, lançado em 2005, foi um sucesso retumbante, completamente vendido na planta, diziam. Foi entregue em 2009. Atualmente ainda se pode comprar unidades direto com a construtora. Tá lá no website. Os anúncios nesse prédio, na média, são de 300 mil por unidade.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • belchior 1 de fevereiro de 2016 at 20:00

    vendemos um terreno de herança no interior por 60mil dilmas, super caro – super bolhudo, e só precisou falar que ia vender, regiao de catanduva ainda tem uma folga

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Margarida 1 de fevereiro de 2016 at 20:05

    CVR (2)

    Na mesma região que a do CVR anterior, tenho acompanhado os preços, que já vêm caindo bem devagarinho. Usados são anunciados nessa região, na média, uns 4,5 a 5,5 mil / m2.

    Apartamentos menores estão com preços iguais aos de um ano atrás, só a inflação comendo aos poucos. Apartamentos acima de 120m2, especialmente os com taxas de condomínio mais caras, já são outra história: alguns já são anunciados por 3 mil / m2.

    Perguntei semana passada a uma corva o preço de um determinado apartamento, e quando eu achei caro e disse que ia comprar quando encontrasse um que me interessasse por, no máximo, 3 mil/m2, ela me disse “Você não vai encontrar por esse preço nunca! Obrigada!” E bateu o telefone na minha cara.

    Nem sei por que ela me agradeceu, eu nem contei pra ela que eu já tinha encontrado alguns por esse preço.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • BOLHA JOKER 1 de fevereiro de 2016 at 20:06

    CVR BANCARIO –

    No inicio de 2015 financiei um apartamento que na época foi avaliado por R$360 mil no 8º andar, esse mês foi um cliente na minha agência que comprou o mesmo apartamento a vista por menos de R$260 mil reais direto com a construtora. Detalhe….o caro que comprou financiado, financiou R$250 mil reais ou seja a entrada dele foi pro lixo mais de R$100 mil reais!!

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 1 de fevereiro de 2016 at 20:11

      vc tem os dados do primeiro? manda um spam como sendo uma construtora ou algo soh pra ele sentir o gostinho 🙂

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • BOLHA JOKER 1 de fevereiro de 2016 at 20:34

        tenho mais e sacanagem, se não o cara não vai pagar e vai estourar nossa inadimplência kkkk

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Leandro zn sp 2 de fevereiro de 2016 at 01:02

      O cara que compra um imóvel de quase 400k financiado vai pagar por volta de 1,2kk ou seja 100k a mais nem pega nada. Como diria minha sábia mamãe. O que é um Peidinho para quem está çagado.

      2+
      • avatar
  • O Bancário 1 de fevereiro de 2016 at 21:31

    CVR

    Pra início de conversa, minha namorada e o pai dela são “brick-lovers” de carteirinha.
    Enfim, surgiu uma oportunidade de comprar um sobrado, de aproximadamente uns 89m2, 2 quartos, 2 banheiros e uma vaga esquisita de garagem, até agora não sei se cabe um ou dois carros. Fica aqui pela ZN de SP esse sobrado, boa localização, apesar de ser próximo de um Cingapura. Valor do bem: R$ 250.000,00. Existe um rolo judicial de separação, se até março desse ano não for vendido, o imóvel vai pra leilão judicial.
    Fomos lá, o corvertor, eu, minha namorada e o pai dela. O pai dela não parava de falar:
    – É um ótimo negócio! Imóvel só valoriza! Se eu tivesse dinheiro eu comprava agora! (Nessa hora eu só pensava no blog kkkkk)
    Tive a impressão que o meu sogro estava mais animado que o corvetor.
    Só de olhar a cara da minha namorada, eu vi que ela ODIOU (ainda bem). Teria que gastar praticamente uns 70k no mínimo pra tornar aquele imóvel habitável. Estava tudo detonado, um lixo total, teria que trocar tudo e pintar tudo, de cima em baixo.
    Aí o corvetor:
    – É uma ótima oportunidade de investimento! Estava sendo anunciado por 320k mas os vendedores aceitam 250k! Tem que avisar ainda essa semana pra avisar o juiz pra não ir pra leilão!
    Eu prontamente:
    – Blz champs!

    Como já é sábido, corvetor adora mentir, por isso eu fiquei bastante desconfiado a respeito desse imóvel ir pra leilão. Porém antes do corvetor chegar, nós havíamos chegado antes no endereço do imóvel para visitar, e por pura sorte, o tiozinho do Correio tinha entregue uma correspondência na caixinha no portão. Dava pra pegar tranquilo os papéis. Não pensei duas vezes, puxei os papéis, e um deles tinha o IPTU. Dei um leve sorriso e enfiei o papel no bolso, já que o bem encontra-se vazio.

    Puxei a capivara pelo meu amigo Google e descobri tudo. Esse imóvel já está agendado para ir pra leilão. 1a praça 320k e 2a praça 254k. Ainda diz no site do leilão que o imóvel foi avaliado pelo TJSP por 318k (kkkkkkkk).
    É sério pessoal, eu não entendo nada de imóvel, mas o meu bom senso diz que aquele troço não vale nem 100k (LIXOS!). Detalhe o imóvel é ISENTO de IPTU, vou repetir. ISENTO!
    Imóvel avaliado em 318k isento de IPTU, alguém consegue me explicar isso?

    Pra quem assistiu “The Big Short”, hoje eu me senti naquela parte em que o Mark Baum vai pra Miami ver a bolha “de perto”, e no fim das contas ele confirma “There’s a bubble!”.
    Hoje eu posso confirmar pra vocês, eu vi a bolha pessoalmente.

    Vou acompanhar o leilão/venda do imóvel e colocarei o desfecho aqui no fórum.

    Abraços.

    45+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Rodrigo ABCDM-SP 1 de fevereiro de 2016 at 21:46

      Que belo CVR

      1+
      • Final Countdown 1 de fevereiro de 2016 at 23:18

        belíssimo. acompanharei com gosto

        2+
        • avatar
    • Margarida 1 de fevereiro de 2016 at 21:51

      O problema desses leilões judiciais, pelo que eu entendi, funcionam assim: primeiro leilão é necessariamente pelo preço de avaliação, que é baseado num laudo absurdo feito por algum perito baseado em não sei que regras, mas que no fim das contas são valores tão fora da realidade quanto os anunciados no fingezap. Dá pra ler esses laudos nos leilões. Se não for vendido, vai a leilão pelo valor mínimo da dívida, mais multas, despesas de cartório, comissão do leiloeiro e talvez mais alguma coisa que eu esqueci, tudo até a data do leilão. Ou seja, geralmente um valor equivalente a um imóvel semelhante, só que desembaraçado, como tem pra escolher aos montes. Conclusão: não vende mesmo, o devedor leva a quitação e o credor fica com o imóvel.

      Justiça trabalhista parece que é diferente. Leilão pelo maior preço e pronto.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Margarida 1 de fevereiro de 2016 at 21:52

        Maior lance, digo.

        2+
        • avatar
    • Leandro zn sp 2 de fevereiro de 2016 at 00:57

      Verifique a área total dele. Se for lote inteiro com 10mts de frente pode valer alguns trocados. Lembro que antes dessa loucura de preços um lote inteiro custava de 150 a 200k, hoje na zn de SP chego a ver loucos pedindo 450k

      1+
  • Mijanomuro Murokai 1 de fevereiro de 2016 at 21:54

    Não sei se já comentaram, mas explodiu também a bolha automobilística…
    Essa crise mundial do zica poderia ser debitada na conta da Banânia? Que vergonha, heim!
    Vendas de carros desabam em janeiro…
    Tata motors vai mudar o nome de um dos seus modelos, o Zica… Tudo por causa do zica…

    8+
    • avatar
    • O Bancário 1 de fevereiro de 2016 at 22:04

      To rindo horrores desse nick e foto.
      Essa foto não é daquele japonês corrupto que pediu desculpas publicamente e chorou litros?

      8+
      • avatar
  • Cajuzinha 1 de fevereiro de 2016 at 22:36

    “http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/02/01/internas_economia,730493/venda-total-de-veiculos-novos-cai-38-81-em-janeiro-diz-fenabrave.shtml”

    5+
    • avatar
  • Sir Ploc 1 de fevereiro de 2016 at 22:57

    Pessoal, qual índice devo usar para calcular o valor justo de um imóvel com base num valor de 2006?
    Um imóvel que em janeiro de 2006 custou 150k, qual seria seu valor justo hoje?

    1+
    • O Bancário 1 de fevereiro de 2016 at 23:34

      Corrigindo pelo IPCA até Nov/2015 daria R$ 263.298,69.
      Porém quem define preço é mercado.
      Boa sorte.

      2+
      • Sir Ploc 2 de fevereiro de 2016 at 00:13

        Só quero mesmo um parâmetro para tentar chegar num valor justo nos casos em que eu souber o valor de anos atrás. Talvez o INCC também seja um bom índice para fazer este cálculo.

        1+
  • Cajuzinha 1 de fevereiro de 2016 at 23:11

    “http://atarde.uol.com.br/mobile/economia/noticias/1743946″


    “Nós não fomos consultados e, se tivéssemos sido, mostraríamos nossa posição contrária a esse tipo de operação. Poderiam ter sido encontradas outras fontes”, afirmou o presidente da Abrainc. O executivo afirmou ainda que a entidade está produzindo um estudo sobre o impacto negativo no mercado imobiliário e deve apresentar a análise ao governo ainda nesta semana. “Não estamos confortáveis com essa situação”, acrescentou.

    O comprometimento do FGTS com garantia para crédito consignado também pode afetar o programa Minha Casa Minha Vida. De acordo com o presidente da Abrainc, a questão pode inibir o ritmo da contratações de empreendimentos na terceira fase da iniciativa habitacional. “Deveriam criar condições para que todos os recursos disponíveis no FGTS se voltassem para geração de riqueza de uma indústria que depende disso. E não passar para outros segmentos”, afirmou.”

    3+
    • CA 2 de fevereiro de 2016 at 07:42

      Cajuzinha,

      “Sensacional” esta declaração do segmento imobiliário (Ironic Mode on).

      Olhando para os gráficos deste tópico que falam sobre endividamento das famílias em relação a renda, percebemos que enquanto de 2010 a 2015 triplicou no caso da dívida para aquisição de imóvel, caiu no caso da dívida para consumo, assim como neste mesmo período o PIB consumo das famílias veio em queda acentuada e a inadimplência geral do consumidor subiu 2,5 vezes mais rápido neste período do que nos 5 anos anteriores.

      Vale observar também, que de 2005 a 2010, a dívida de consumo das famílias com relação a sua renda havia dobrado e o PIB consumo das famílias vinha crescendo de forma pujante.

      Outro gráfico interessante de se observar no tópico quanto a isto, é o do crescimento do crédito imobiliário com verba do SBPE (poupança), que demonstra que o crédito imobiliário concedido em 2011 foi 22 vezes aquele que foi concedido em 2005.

      Tradução do que consta acima: a bolha imobiliária brasileira foi tão “pujante” (batendo vários recordes mundiais), em grande parte graças aos subsídios excessivos do Governo para este setor, que ajudou a explodir a bolha de consumo e destruir os resultados de todos os outros setores, além de estarem cavando cada vez mais fundo a cova do próprio segmento imobiliário.

      O Governo sabe muito bem do que consta acima, quase todos os números acima vieram de órgãos do próprio governo. O que ele fez?

      Distribuiu a verba do FGTS dando R$ 22 bilhões para o FI-FGTS (antigo bolsa Odebrecht, para financiar obras de infraestrutura pesada), R$17 bilhões como garantia para empréstimos consignados (para cobrir o rombo do orçamento das famílias que o próprio governo incentivou via bolhas) e “apenas” R$ 10 bilhões para o crédito imobiliário (mini bolsa especulação imobiliária). Como vimos, estes R$ 10 bilhões não serão o suficiente sequer para cobrir o rombo da poupança em janeiro, por isso que o segmento imobiliário está de mimimi (sic).

      O governo sabe que não dá mais para inflar a bolha imobiliária e que se tentasse fazer isto, não conseguiria e destruiria ainda mais rápido os outros setores, então ele optou por tentar apenas amortecer a queda, só que a situação é tão grave que nem isto será possível…

      2+
      • avatar
      • Cajuzinha 2 de fevereiro de 2016 at 08:07

        Exatamente, CA. “por isso que o segmento imobiliário está de mimimi (sic).”

        A D O R O!!!!!!!!

        0
  • Bolhicio 1 de fevereiro de 2016 at 23:39

    OFF
    Como os amigos bolhistas fazem pra comprar dolar? Acho que casa de cambio vai me motumbar… Das ultimas vezes que precisei pra viajar comprei no banco do brasil e fiquei feliz com as taxas comparando com as casas de cambio que liguei…

    Tem alguma forma de fazer isso de maneira virtual? Tipo, ter uma conta que armazene obamas?

    0
  • marchi 1 de fevereiro de 2016 at 23:47

    PLOC … Brookfield / Even / Gafisa ….
    A agência de classificação de risco Moody’s rebaixou nesta quarta-feira ratings e perspectivas de incorporadoras residenciais brasileiras.
    http://www.valor.com.br/empresas/4413266/moody%253Fs-rebaixa-ratings-de-brookfield-even-e-gafisa

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Marcus A 2 de fevereiro de 2016 at 02:51

    SAÍDA DEFINITIVA
    BRASILEIRO INVESTIU R$ 24 BILHÕES EM IMÓVEIS LÁ FORA

    “http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=48519956970

    3+
    • Marcus A 2 de fevereiro de 2016 at 02:52

      Topic?

      0
  • Rouxinou 2 de fevereiro de 2016 at 07:39

    Pessoal por favor se alguém puder me responder, apliquei em lci no santander, consultando o saldo pela site deles me aparece o saldo bruto e o saldo líquido e é até considerável a diferença dos dois, a minha pergunta é já que o saldo líquido que aparece é bem menor e as lcis não tem imposto de renda o que pode tá sendo descontado?

    1+
    • Kurtrover 2 de fevereiro de 2016 at 09:37

      Se aplicou a menos de 30 dias é o IOF, que depois deste 30 dias não é cobrado.

      1+
  • PersonaBH 2 de fevereiro de 2016 at 07:46

    Crise faz Vallourec encerrar a produção de aço no Barreiro

    http://www.otempo.com.br/capa/economia/crise-faz-vallourec-encerrar-a-produ%C3%A7%C3%A3o-de-a%C3%A7o-no-barreiro-1.1224646

    A unidade que atende o mercado externo está em lay off desde o ano passado. Esta unidade atende o mercado interno…

    2+
  • Cajuzinha 2 de fevereiro de 2016 at 07:50

    NÃO PERCAM!

    “A Kemp Engenharia lançou a campanha “Paixão de Verão” e os seus descontos chegam a R$ 120 mil. Como é o caso do Ilhas do Caribe, que tem unidade que custava R$ 369.672,45 está saindo por a partir de R$ 249.900. O edifício já está pronto para morar e os apartamentos são de um e dois quartos com suíte.”

    “Confira abaixo:

    Ilhas do Caribe – 32% de desconto

    Pronto para morar

    Construtora: Kemp Engenharia”

    “http://m.folhavitoria.com.br/economia/noticia/2016/02/imoveis-na-grande-vitoria-continuam-com-promocoes-em-fevereiro.html”

    4+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 2 de fevereiro de 2016 at 07:51

    Tópico de Carnaval

    “http://alalao.blogfolha.uol.com.br/2016/02/02/fantasias-encalham-e-sobram-casas-para-aluguel-no-carnaval-do-recife/”

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 2 de fevereiro de 2016 at 07:53

      Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      DISTRATOS DE ALUGUEL, será que vai? Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      “Pedro também tem se deparado com devoluções de imóveis que estavam praticamente com contrato fechado.

      “Não chega a 10% ainda, mas é um número alto de desistências. Em mais de 40 anos, eu não lembro ter vivido um ano tão ruim”, afirma.”

      4+
      • avatar
  • Curioso 2 de fevereiro de 2016 at 12:21

    Meu registro de PARABÉNS ao CA!!!
    Cada nova postagem, é visível o aprimoramento das pesquisas e aprofundamento das conclusões e teses.
    Toma meu LIKE, mesmo que atrasado!

    3+