Dobra o número de imóveis que vão para leilão por falta de pagamento – Jornal Hoje

Você pode gostar...

Comments
  • carioca_real 31 de maio de 2016 at 15:26

    Será o começo do fim?

    16+
    • avatar
    • Lucas 31 de maio de 2016 at 15:50

      fica frio
      o rioé imune
      o rio tem praia
      o rio tem gangbang de muié gostosa

      35+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Dr. Brown 2 de junho de 2016 at 06:54

      Lembrei daquela música do Camisa de Vênus.

      2+
  • Chapolin 31 de maio de 2016 at 15:34

    Mais imóveis para aumentar o estoque….Estes ainda com descontos maiores, pois o banco quer se livrar logo, afinal, muitos ainda virão.

    Mas os corretores podem pensar, “olha só, eles tinham casa e não tem mais, está aumentando o déficit habitacional!” 😉

    51+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • andy.gamme 31 de maio de 2016 at 15:43

    Calama Dona Adriana Fernandes Ruiz, nem tudo esta perdido….ainda dá para se defender sem um adevogado atráves da lei de Gérson – chegou a hora de morar um pouco ‘de graça’ antes da “desgraça”. Pare de pagar tudo – IPTU, condominio, e parcelas e deixa o banco levar a leilão…quando e se vender no leilão vc cai fora…simples assim.

    18+
    • avatar
    • joselito 31 de maio de 2016 at 16:52

      Em que mundo vives, que achas que as pessoinha saem assim, de boa, logo após o leilão? Morar de graça é mato! (morar e ainda almoçar de graça, ai é cadeia mesmo)

      12+
      • avatar
  • Lucas 31 de maio de 2016 at 15:49

    FASES DA BOLHA

    JÁ estamos começando a entrar na fase da DEPRESSÃO, quando imóveis começam a ser vendidos por preço abaixo ao do custo de produção.
    Tem um estoque imenso de imóveis vazios, outros tantos de inadimplentes para serem jogados no mercado, mas diferente dos EUA, ou mais parecido com Espanha, o setor vai ficar empacado por anos e anos.

    E dane-se tal demanda reprimida, o que importa é a renda, portanto veremos aumento de favela, favelização de bairros e condos abandonados ou inviáveis, invasão de terreno, puxadinho, subir +1lage, voltar pra casa da mãe e toda sorte de bizarrice e convulsão soçial

    “https://www.clubedospoupadores.com/wp-content/uploads/2015/07/fases-bolha-especulativa.jpg

    35+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 31 de maio de 2016 at 16:41

      veio agora nao precisa mais por aspas….kkk

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 31 de maio de 2016 at 19:58

      Pelas planilhas que fiz de simulação de custos de construção, pelo menos aqui em Brasília terá que cair + 40-50% para começar a valer a pena comprar.

      19+
      • avatar
      • Lucas 6 de junho de 2016 at 13:30

        tem leilão dando 60% de desconto

        0
  • odorico 31 de maio de 2016 at 15:50

    Acelerando…..
    -http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/05/imoveis-tomados-pela-caixa-por-falta-de-pagamento-sobem-53-em-1-ano.html

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CarlosL 31 de maio de 2016 at 16:00

    *Dúvida bem pertinente

    Quando o imóvel passa para o banco para ir a leilão, por um acaso ele está certamente desocupado ???

    12+
    • avatar
    • fanfarraum 31 de maio de 2016 at 16:17

      Não

      13+
      • avatar
      • avatar
    • Lord of All 31 de maio de 2016 at 16:28

      Não. A propriedade plena apenas se consolida em favor do credor fiduciário, no caso o banco. Uma vez que o banco se torna proprietário “integral” do imóvel (sempre foi na verdade), passa a ter tbm o direito de dispor – vender – a coisa, mesmo com a posse nas mãos de outro. A partir daí o banco tem duas possibilidade: ou vende assim mesmo por leilão extrajudicial (maioria absoluta dos casos), ou pede a reintegração da posse.

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • odorico 31 de maio de 2016 at 16:31

        Taí uma coisa que eu acho que vai mudar nos próximos anos, os bancos sabem que a reintegração de posse por parte do adquirente em leilão é algo que deprecia o valor e demora. É bem provável que nos próximos anos os bancos passem a tocar por conta própria a reintegração, já que eles tem uma equipe de advogados ou mesmo podem contratar escritórios especializados para isso. Enquanto o adquirente em leilão tem muito trabalho para tirar o ocupante. Eu mesmo já pensei em entrar em leilões, mas quando vejo que a maioria está ocupada, nem participo. Sem contar que o preço é descontado por causa desse problema.

        19+
        • avatar
        • avatar
        • Lord of All 31 de maio de 2016 at 16:38

          Talvez com o “loby” forte dos bancos seja possível que o trâmite fique à eles mais favorável.
          Conheci um cara que “investiu” (entre aspas mesmo) uma grana nesses “títulos podres” há uns 5 anos atrás. Não conseguiu a imissão na posse e até hj tenta reaver a grana.

          13+
          • avatar
          • avatar
        • FabianoSJC 2 de junho de 2016 at 16:10

          odorico um colega meu tentou se aventurar nesse mundo dos leilões de imoveis , pois bem comprou um apto da caixa que estava ocupado , foi tentar negociar para o cara sair mas quando puxou a capivara do sujeito o cara tinha 2 passagens por tentativa de homicidio rs , resultado não teve nem conversa. Depois de uns 8 meses do cara fugindo das notificações , recursos etc ele foi surpreendido por um oficial de justiça na porta da casa dele , o tal morador do apto tinha entrado com um processo de Usucapião contra o coitado kkk , já tem 2 anos e ele ainda briga com o cara na justiça , detalhe ta pagando condominio , IPTU para o pilantra morar no apto dele kkk

          10+
          • avatar
    • Lord of All 31 de maio de 2016 at 16:30

      Complementando: e é claro que o banco não quer saber de disputa judicial pela posse do imóvel; ele deixa essa tarefa ingrata para o futuro – e inocente – adquirente.

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CarlosL 31 de maio de 2016 at 16:33

        Ou seja: Não, não vai…

        8+
        • avatar
        • odorico 31 de maio de 2016 at 16:44

          Mas aí o Banco não recebe e não vende. E com o passar dos tempos os adquirentes vão sabendo do embrolho e vão desistindo ou precificado. No caso do Banco, depois de certo prazo sem vender no leilão isso deve afetar balanços e provisões. Enfim, acho que se a coisa pegar eles vão agilizar. Banco não é besta, senão não era banco. Acredito no “lobby” que o colega acima falou e também em escritórios de advogados especializados em retiradas (até negociadas) a fim de agilizar e vender no leilão.

          18+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • joselito 31 de maio de 2016 at 16:57

            O que não falta é escritório especializado nisso ai.
            Jurídico próprio não faria isso diretamente, muita “mão de obra”, pois são muitos imóveis e seria 1 ação para cada imóvel.
            Outro ponto na disputa de posse é que estamos na Banânia e, aqui, tudo é possível, inclusive o possuidor irregular ameaçar o comprador do imóvel……..ou então quebrar tudo, levar chuveiro, azulejo, telhado? rsrsrs

            14+
            • avatar
            • Lord of All 31 de maio de 2016 at 17:11

              Sem contar que aparecem aquelas teses esdrúxulas para defender a posse, tais como usucapião (sim, já vi esse absurdo), adimplemento substancial etc…

              12+
              • joselito 1 de junho de 2016 at 08:29

                Ah sim, em discussão de posse defende-se com tese de propriedade.
                Boooota eXdruCHula nisso! kkkkkkk

                2+
    • tmarabo 1 de junho de 2016 at 10:15

      pra mim o principal problema são juízes criados à base de marxismo infantil (como se existisse versão pra adultos rsrsrsrs) e que se compadecem dos caloteiros e, contra a lei!!, dificultam a retomada do imóvel.
      o Brasil é essa bagunça com muita participação do Judiciário, que passa a mão na cabeça de quem faz errado – contra a lei!!!!!

      8+
  • Lucas 31 de maio de 2016 at 16:30

    Por falar em leilão e BANCOS

    Estão acompanhando a treta entre o presidente do BRADESCO e a Policia Federal ???

    Trabuco irá preso? será?

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Awulll 31 de maio de 2016 at 16:47

      Será um marco hein.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • FabianoSJC 31 de maio de 2016 at 16:51

      Depois que prenderam o André Esteves tudo é possivel rs

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • From_The_Tower 31 de maio de 2016 at 17:22

    Ardam todos os BRICK lovers !!!
    Ardam todos os corruptos da nova república !

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 31 de maio de 2016 at 17:25

    Sobre o tópico, trata-se do Subprime II.

    Relembrando:

    BOLHA IMOBILIÁRIA AMERICANA – PARTE I:

    Fannie Mae e Freddie Mac, seguindo ordens do governo americano, passaram a oferecer uma linha de crédito mais barato e por prazo mais longo, para famílias mais pobres, contando com apoio de alguns bancos que entraram neste esquema que mais tarde viria a ser chamado de subprime.

    BOLHA IMOBILIÁRIA BRASILEIRA – PARTE I:

    Subprime I: PDG e Gafisa, sob orientação de pais das bolhas imobiliárias americana e espanhola, passam a oferecer vendas na planta, por prazos maiores (36 meses no lugar de 24 meses) e parcelinhas mais baixas (no total dos meses, 10% do preço do imóvel), focando nas famílias mais pobres e contando com a propaganda do crédito barato e fácil da CEF.

    Subprime II: CEF, seguindo ordens do governo federal, passa a praticar a menor taxa de juros do crédito imobiliário, se torna a pioneira no aumento dos prazos, garantindo assim as menores parcelas e foca nas famílias mais pobres.

    BOLHA IMOBILIÁRIA AMERICANA – PARTE II:

    O subprime vai crescendo, envolvendo cada vez mais bancos, graças a interesses financeiros dos agentes: nos bancos, a aprovação do crédito imobiliário é “extremamente facilitada”, pois os bancários que aprovam este crédito ganham uma comissão, os executivos dos bancos ganham bônus, o governo ganha votos, a imprensa ganha anúncios, logo, todos mantém e ampliam este lucrativo esquema.

    A expansão desenfreada do subprime ocorre utilizando-se de subterfúgios para FAZER DE CONTA que o cliente terá condições de pagar pelo financiamento. Os preços dos imóveis disparam de forma anormal. Todos os agentes envolvidos, muito beneficiados financeiramente pelo esquema, fazem vista grossa.

    BOLHA IMOBILIÁRIA BRASILEIRA – PARTE II:

    O subprime I vai crescendo, envolvendo cada vez mais construtoras, graças a interesses financeiros dos agentes: nas imobiliárias e construtoras, a aprovação da venda na planta é “extremamente facilitada”, pois as imobiliárias e construtoras que aprovam estas vendas ganham uma comissão, os executivos das construtoras ganham bônus, o governo ganha votos, a imprensa ganha anúncios, logo, todos mantém e ampliam este lucrativo esquema.

    A expansão desenfreada do subprime I ocorre utilizando-se de subterfúgios para FAZER DE CONTA que o cliente terá condições de adquirir o crédito imobiliário na entrega do imóvel. No Brasil, o corretor “esquece” de mencionar o reajuste do saldo total pelo INCC, quando lembra, fala que é só “zero virgula alguma coisa”, às vezes, “esquece” de fazer uma simulação para saber se cliente poderá adquirir o crédito imobiliário, em outras situações, a própria construtora se oferece para vender na planta “sem comprovação de renda” e daí por diante. Os preços dos imóveis disparam de forma anormal. Todos os agentes envolvidos, muito beneficiados financeiramente pelo esquema, fazem vista grossa.

    O subprime II vai crescendo, graças a interesses financeiros dos agentes: na CEF, a aprovação do crédito imobiliário é “extremamente facilitada”, pois os bancários que aprovam este crédito ganham uma comissão, os executivos dos bancos ganham bônus, o governo ganha votos, a imprensa ganha anúncios, logo, todos mantém e ampliam este lucrativo esquema.

    A expansão desenfreada do subprime ocorre utilizando-se de subterfúgios para FAZER DE CONTA que o cliente terá condições de pagar pelo financiamento. No caso da CEF, ela aceita transferência entre contas como “comprovante de renda informal”, aceita mais pessoas para compor a renda avaliada do que aqueles que efetivamente pagarão as parcelinhas, dentre outros artifícios. Os preços dos imóveis disparam de forma anormal. Todos os agentes envolvidos, muito beneficiados financeiramente pelo esquema, fazem vista grossa.

    BOLHA IMOBILIÁRIA AMERICANA – PARTE III:

    A bolha imobiliária traz aumento na inflação, obrigatoriedade de aumento nos juros, aumento absolutamente anormal na inadimplência do crédito imobiliário, forçando relevante aumento nos imóveis retomados por bancos e nos leilões, o crédito imobiliário vai secando cada vez mais, fica clara uma super oferta no mercado que leva a redução de lançamentos, super distorção entre oferta e procura, prejuízo recorde e necessidade dos agentes que mais forneceram o crédito podre (bancos que mais estimularam o subprime) para reduzir ao máximo os preços dos imóveis, afetando todo o mercado, levando a reduções sensíveis nos lançamentos e assim nos empregos da construção civil, o que retroalimente a crise, o desemprego e portanto a necessidade de novas reduções nos preços, o que ocorre de forma intensa.

    BOLHA IMOBILIÁRIA BRASILEIRA – PARTE III:

    Subprime I: os distratos começam a aparecer e crescem de forma absolutamente anormal, ficando clara uma super oferta no mercado que leva a redução de lançamentos, super distorção entre oferta e procura, prejuízo recorde e necessidade dos agentes que mais fizeram as vendas FALSAS na planta de reduzir ao máximo os preços dos imóveis, afetando todo o mercado, levando a reduções sensíveis nos lançamentos e assim nos empregos da construção civil, o que retroalimente a crise, o desemprego e portanto a necessidade de novas reduções nos preços, o que ocorre de forma intensa.

    Subprime II: a bolha imobiliária traz aumento na inflação, obrigatoriedade de aumento nos juros, aumento absolutamente anormal na inadimplência do crédito imobiliário, forçando relevante aumento nos imóveis retomados por bancos e nos leilões, o crédito imobiliário vai secando cada vez mais, fica clara uma super oferta no mercado que leva a redução de lançamentos, super distorção entre oferta e procura, prejuízo recorde e necessidade dos agentes que mais forneceram o crédito podre (bancos que mais estimularam o subprime) para reduzir ao máximo os preços dos imóveis, afetando todo o mercado, levando a reduções sensíveis nos lançamentos e assim nos empregos da construção civil, o que retroalimente a crise, o desemprego e portanto a necessidade de novas reduções nos preços, o que ocorre de forma intensa. Aqui no Brasil, esta fase do subprime II ainda não atingiu seu ápice, mas estamos no caminho e acelerando, com a CEF tendo o triplo da inadimplência no crédito imobiliário do que é a média do mercado, com esta inadimplência tendo praticamente dobrado nos últimos anos, como consta no artigo do tópico de hoje, com informações de que ela tem um rombo de cerca de R$ 40 bilhões, com o crédito imobiliário ficando caro e se tornando raro de forma anormalmente rápida, dentre diversas outras evidências.

    —————————————————————————————————————————————————————————————————-

    Como dizem os especialistas “isentos” do segmento imobiliário, que tem grande parte ou a totalidade de seus ganhos vinculados ao segmento imobiliário, não temos nenhuma semelhança entre a bolha imobiliária americana e a brasileira, não é mesmo (rs)?

    93+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 31 de maio de 2016 at 17:26

      Imagina .
      .
      .
      .
      .
      Psiu, vai ser pior .

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • wade 31 de maio de 2016 at 22:26

      Foi praticamente o mesmo pensamento que tive quando li a notícia. Lembrança das imagens dos agentes indo bater na porta dos proprietários, esvaziando suas casas.

      E uma parte subestimada é que novamente muito pouco de um episódio importante da história de nosso país vai ser registrado, documentado. Nos EUA no ano seguinte já eram publicados livros, documentários, filmes, apresentações no youtube, e até hoje aparece algumas coisa (Margin Call 2: The Big Short). No Brasil, imagino que o melhor que vai aparecer, com tudo bem documentado, será videos no youtube de gente pouco conhecida (Sachsida, Constantino) e algum artigo do Leandro Roque cheio de links para publicações passadas desde no mínimo 2012. F#da.

      8+
      • avatar
    • vitera 1 de junho de 2016 at 10:13

      Esse texto me fez pensar o seguinte: na Bolha americana, como não havia vendas na planta, o prejuízo era 100% das pessoas e consequentemente dos bancos. Na brasileira, parte do prejuízo ficará com o banco (pessoas que conseguiram o financiamento) e parte com as construtoras (ciclo dos distratos).
      Outro ponto é a velocidade de retomada dos bens: enquanto na americana a retomada é rápida, na brasileira provavelmente será lenta (apartamentos ocupados, em sua maioria por pessoas que compraram para morar). Pode a lentidão na retomada dos imóveis afetar a velocidade da queda dos preços, ainda que exista a super distorção entre oferta e procura?

      2+
      • Lucas 1 de junho de 2016 at 12:32

        De fato o prejuízo da bolha brasileira será cozinhando entre especuladores + bancos + construtoras + povo via inflação para deteriorar o preço dos juros. A grande questão política é quem vai pagar essa conta, o PT quer enfiar tudop no povo via inflaçao e salvar os sócios do governo.

        Por outro lado vc se engana quanto ao “casa pra morar”
        80% a 90% dos que compraram imóvel na planta já tinham casa própria e pretendiam especular (a maioria, 80%) ou fazer upgrade e um mínimo destes ter uma segunda casa na praia ou no sítio.

        8+
        • avatar
        • avatar
    • Lucas 1 de junho de 2016 at 12:33

      CA merce tópico

      coloca umas cores ou uns charts pra ilustrar e organizar o texto e estará perfeito
      me surprendeu um texto assim em P&B com 40 likes isso mostra o madurecimento e o reconhecimento dobelo trabalho

      E sim vai ser pior

      4+
      • avatar
  • zedabolha 31 de maio de 2016 at 17:27

    “Eu fui tentar pagar três parcelas atrasadas. Eu tinha sido orientada pela funcionária do banco a tentar juntar e pagar. Quando eu fui pagar, ela olhou no sistema e falou pra mim: ‘Olha, você já perdeu o seu apartament

    CarlosL

    *Dúvida bem pertinente

    Quando o imóvel passa para o banco para ir a leilão, por um acaso ele está certamente desocupado ???

    4+

    Nunca desocupado. Os caras não tem tempo a perder. Deveu vai pro pau. Já foi o tempo que se dava tempo até que o imovel se desocupasse. Era um tempo em que as pessoas tinha vergonha de receber uma notificação e o vizinho ficar sabendo. Hoje não é mais assim. Assim penso, né. Heheheheeeee

    16+
    • avatar
    • avatar
    • CarlosL 31 de maio de 2016 at 17:44

      Então isso vai dar ruim porque dificilmente haverão interessados suficientes com verba para topar pegar algo que está “tomado”

      12+
  • OdeioTijolos 31 de maio de 2016 at 18:52

    Acompanhei dois sites de leilões online , para ver os lances de carros de financeiras e por curiosidade olhei a categoria de imoveis, os 2 sites tem 2 coisas em comum. Imoveis com ocupação e nenhum lance.

    21+
    • avatar
    • Danibolhista 31 de maio de 2016 at 20:51

      Eu estudei com uma mulher que comprou ocupado, ela falou que demorou 7 anos para entrar no apartamento. Mas a minha mãe conhece uma mulher que o marido dela vive (ou vivia, essa história já tem um tempo) de comprar imóvel ocupado e vender mais caro depois de desocupado. Ela falou que valia muito a pena, que as pessoas não estava mais demorando pra sair. Duas historias bem distintas, mas eu acho perigoso, não dá pra prever o comportamento das pessoas.

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • joselito 1 de junho de 2016 at 08:48

        Bom, caso haja um esquema de desocupação “extrajudicial”, se é que você me entende, pode ser que isso se agilize.
        Esse mercado, realmente, seria lucrativo……..

        6+
        • avatar
        • Danibolhista 1 de junho de 2016 at 10:02

          Ouvi dizer que tem gente que oferece dinheiro para o ocupante deixar o imóvel. Pode funcionar para uns e não funcionar para outros. Exemplo, o valor do arremate foi 200 mil, porém o ocupante pagou 100 mil, como ele não tem condições, oficialmente ele deve deixar o imóvel com uma mão na frente e outra atrás, se o novo dono oferecer 15 mil para ele vazar, caso ele aceite, ele está no lucro, pois ia ter que sair sem isso, e pra o novo dono também é bom, já que o dos 300 mil ele pagou 215, ainda está “bom”. Mas pode ter ocupante que ache um desaforo aceitar 15mil sendo que ele pagou 100 mil, entende? não dá pra prever o comportamento das pessoas.

          11+
  • W.K. 31 de maio de 2016 at 19:27

    Já tem imóvel bom a menos de 10k?

    Se não tiver nem precisa me avisar.

    Desisti da banânia. Vou investindo na minha pessoa e quando puder eu vazo daqui…

    16+
    • avatar
    • wade 31 de maio de 2016 at 22:28

      Aluguel R$ 50,00? Demorô.

      3+
  • odorico 31 de maio de 2016 at 19:54

    Quem tem bobonews play procure no milênio: Economista Ruchir Sharma cita dez conselhos para o Brasil sair da crise. Ele é bem cético em relação ao que precisa ser feito e se o Brasil vai fazer. E alerta sobre a china. Preparem-se para a bolha da china e essa vai ser hard pro mundo.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Luladranus 31 de maio de 2016 at 20:32

    Chamada JN agora:
    Proprietários tem que baixar o valor do aluguel para conseguir inquilinos.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Dutra 31 de maio de 2016 at 20:32

    Jornal da Globo irá falar agora da queda do valor do aluguel.

    11+
    • avatar
  • My name is James Bond 31 de maio de 2016 at 21:15

    Recebi este mês da contabilidade o imposto abaixo no valor de R$ 153,00, referente 2015, 2016 (Prefeitura de SP). Nunca tinha visto falar neste imposto, vence em julho. Fica ai o alerta.

    TFE (TAXA DE FISCALIZAÇÃO DE ESTABELECIMENTOS)

    A TFE será calculada e lançada pelo próprio sujeito passivo, independentemente de prévia notificação, podendo, a critério da Administração, ser lançada de ofício, com base nos elementos constantes nos assentamentos da Municipalidade, no Cadastro de Contribuintes Mobiliários (artigo 18 da Lei 13.477/2002).
    https://www.youtube.com/watch?v=PzhMSCRtkMY

    4+
  • wade 31 de maio de 2016 at 22:18

    “Eu tinha sido orientada pela funcionária do banco a tentar juntar e pagar. Quando eu fui pagar, ela olhou no sistema e falou pra mim: ‘Olha, você já perdeu o seu apartamento, foi pro leilão’.”

    WTF??

    9+
    • avatar
    • MARK 31 de maio de 2016 at 22:23

      Lembrei agora daquele gif do John Travolta olhado de um lado pro outro tipo “hã… onde? o quê?” kkkkkkkkkkkkk

      8+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 1 de junho de 2016 at 00:14

    referencias bolhograficas, espanha
    Los embargos de la burbuja: el 60% de las hipotecas ejecutadas se firmó entre 2005 y 2008

    http://www.elmundo.es/economia/2016/03/04/56d8a477e2704ed96b8b457c.html

    4+
  • Alemon Fritz 1 de junho de 2016 at 00:19

    El número de ejecuciones hipotecarias iniciadas sobre viviendas habituales desciende un 13% en 2015
    Uno de los peores efectos de la crisis económica de los últimos años sigue remitiendo. El número de ejecuciones hipotecarias iniciadas sobre viviendas habituales descendió un 13% en 2015 respecto a 2014.
    Del total de procesos iniciados, más de ocho de cada 10 (51.625) afectaron a viviendas usadas, con un descenso anual del 12,7%. Las ejecuciones sobre viviendas nuevas sumaron 8.183, un 27,7% menos.

    http://www.elmundo.es/economia/2016/03/03/56d7efdee2704edf248b45b1.html

    4+
    • avatar
  • Cesar_DF 1 de junho de 2016 at 07:23

    E no Jornal Nacional o aluguel da casa caindo de 4500 para 2500 é SOFT

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Ogami 1 de junho de 2016 at 07:43

    Mas o pessoal não diz que está pagando algo que é já ele dele? Como assim o banco toma? Onde está no contrato? Está mesmo… Vou atrasar o condomínio e o gás esse mês então… dia 10 vence a 2a parcela atrasada do Renegade… mas o cunhado empresta… pq dia 20 acho que entra uma grana….
    Ainda bem que vira o cartão e da pra curtir o feriadão na praia… essa vida estressa.

    37+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Ilusionista 1 de junho de 2016 at 08:33

    bom dia brasil hj falando de novo sobre o aumento da inadimplência dos condomínios, se já não estão pagando as parcelas do financiamento também deixam de pagar as taxas de condomínio, causando com isto, aumento do valor para os demais condôminos.
    Alguns chegando a 30% das unidades, dá quase um torre inteira e um grande conjunto em Guarulhos.
    Quanto a ação de cobrança e penhora do imóvel tem algumas situações,
    1-se o proprietário reside no imóvel e já esta quitado, se o inquilino deixou de pagar e o imóvel está quitado, se o imóvel está financiado mas com o proprietário residindo, ou pior, se está financiado e o inquilino não pagou…

    10+
    • avatar
    • Ogami 1 de junho de 2016 at 13:07

      Guarulhos está hard… prédio com menos de 30% de ocupação ou nem isso, como a cidade Maia, ao lado do shopping e onde já teve uns 157 feiroes…

      6+
      • avatar
  • Master Yi 1 de junho de 2016 at 10:00

    Estava olhando ontem a prestação de contas do condomínio onde moro. Desde fevereiro vem com defict na receita. Abril foi o pior mês, R$ -31.000,00 em defict. A sorte é que o condomínio ainda tem uma reserva de aproximadamente R$ 230.000,00. Vamos ver até onde aguenta.

    9+
    • avatar
    • wade 1 de junho de 2016 at 14:55

      Onde estou está parecido. Atrasaram a luz e internet predial por meses, ninguém nem sabe explicar porque não cortaram.

      5+
      • avatar
  • Scaravelhoo 1 de junho de 2016 at 10:06

    Patroa já começa a fazer pressão para ficarmos alertas a possíveis oportunidades de compra, com o aprofundamento da crise e inadimplência…
    Na opinião de vocês, quando será este limite onde aparecerão boas oportunidades de compras… ?

    No meu caso, seria compra para morar pelo menos por uns 10 anos.
    (vale ressaltar que gastei no ultimo ano R$ 22800 de aluguel + R$ 8400 de condominio)

    Se eu encontrasse uma casa que valia supostamente 700k, e conseguisse por 450K, valeria a pena?????

    8+
    • avatar
    • avatar
    • Minions 1 de junho de 2016 at 10:10

      Eu penso que a descida só está começando! O desespero começou a bater na galera e os preços começaram a cair com força.
      O fundo do poço deve chegar no 1S17. A questão é: como pretende comprar o imóvel? À vista ou financiado? As taxas de juros da CEF não devem baixar nos próximos meses, considerando que eles não tem mais $$$ barato disponível.

      9+
      • avatar
      • Cesar_DF 1 de junho de 2016 at 13:02

        Concordo!

        4+
        • avatar
      • Lucas 1 de junho de 2016 at 13:16

        scaravelho
        pelo aluguel que vc paga, mire em 340k, incluso impostos e taxas

        mas fica de olho, o aluguel tbm pode afundar, foi esse o meu erro
        acompanhe os encalhados e pergunte até quanto de aluguel Há disponibildiade de abaixar
        numa dessas vc pode, sem querer, até mesmo baixar seu custo em 50% e ainda conseguir uma casa melhor, conforme vários relatos daqui.

        4+
        • avatar
    • Danibolhista 1 de junho de 2016 at 10:36

      Depende.
      Fiz as contas, você quer morar 10 anos certo? 450 mil dividido por 120 meses dá 3.750.
      Se você gastou com aluguel + condomínio 2.600 por mês, aparentemente comprar vai sair mais caro.
      Mas por que aparentemente? depois dos 10 anos que você morou, você ainda pode vender, vai sair no lucro se vender pelo mesmo preço que pagou, vai ser equivalente a ter morado sem pagar por 10 anos. Ao passo que no aluguel, depois dos 10 anos, você simplesmente pagou pelo uso da casa.

      Só que o seguinte, neste espaço o pessoal é mais favorável que se você tiver 450 mil, você aplique, pois os juros vão cobrir um aluguel bacana e no final você ainda tem seu dinheiro corrigido.

      Por exemplo, eu queria dobrar meu dinheiro. Consegui uma opção que faz o dinheiro dobrar em 2023 no TD. Em 7 anos tenho o dobro do que tenho hoje. Se você aplicar seus 450, em 7 anos você vai ter 900 mil e duvido que em 7 anos você gaste 450 mil de aluguel, então entre morar 10 anos e recuperar 450 mil e aplicar 7 anos e ter 900 mil você deve avaliar o que é melhor pra você. Se você é amante de tijolos, vai na fé, mas se você é amante de investimento, com essa dinheirama toda aí, eu nunca mais trabalhava, só surfaria nos juros (brincadeira).

      32+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Awulll 1 de junho de 2016 at 10:49

        Perfeito.
        Pena que a maioria dos bananenses só conseguem entender até o seu segundo parágrafo.

        6+
        • avatar
        • Godinez 1 de junho de 2016 at 11:19

          Muito didático Danibolhista…a divisão entre amante de tijolos e amante de investimento ficou engraçada, eu mudaria estas duas classes de pessoas para “você toma decisões racionais com seu dinheiro” versus “você é levado mais pelo emocional”. Se você se decide pelo racional, coloca tudo na ponta do lápis (incluindo suas emoções), avalia a melhor opção e toma sua decisão. Comprar para morar não é ruim, desde que você busque oportunidades do mercado e que esta compra não implique um fardo nas suas finanças que o impeçam de poupar e investir.

          Os “brick lovers” (by Pandeiro) tem esta alcunha porque são basicamente movidos pela emoção/satisfação de “ter” o imóvel e sacrificam muitas coisas em nome disto (desde a qualidade de vida, até toda a sua vida financeira).

          8+
          • avatar
        • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 11:24

          kuáááááá!
          Galera vocês não tem noção do que está para vir. Eu acompanho 07 sites de leilão todos os dias. As pessoas simplesmente não tem mais dinheiro , não tem mais como pedalar.

          13+
          • avatar
          • avatar
      • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 11:21

        Pára tudo !!!!!!
        Danibolhista……. você bateu a cabeça…………??
        Agora é Interest-LOVER???
        kkkkk

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • eam 1 de junho de 2016 at 11:33

        Apenas uma pequena ressalva no trecho abaixo, Danibolhista:

        “Só que o seguinte, neste espaço o pessoal é mais favorável que se você tiver 450 mil, você aplique, pois os juros vão cobrir um aluguel bacana e no final você ainda tem seu dinheiro corrigido.”

        Na verdade você só terá o dinheiro corrigido se vc usar somente a parte dos juros que ficou acima da inflação pra pagar o aluguel, isso se supormos que seu investimento dê um retorno maior q a (mal)dita, caso contrário vc não corrigirá seu montante e a (ma)dita vai corroer seu valor, confere produção?

        10+
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 11:36

          O mundo ideal é esse. Pegar um título que paga acima da inflação e pagar o aluguel do imóvel com os cupons recebidos.
          Até porque é complicado avaliar se a compra do imóvel de 450k é adequada. Talvez esse imóvel nunca seja vendido. Talvez tenha potencialidade. É complicado colocar todos os imóveis da BNN no mesmo balaio.

          9+
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 11:39

            P.S. Todo mundo critica os juros reais recebidos de Títulos do Tesouro mas não tem a mesma postura de criticar imóveis que perdem para inflação de goleada todos os meses. Por quê isso????

            Tem imóvel rendendo 0,18%, 0,20% por mês. (perdendo até para a TR)
            E agora , José?

            17+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
    • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 11:23

      Ideal nesse seu caso e nesse patamar de aluguel era encontrar imóvel anunciado por 600k e comprar por 320k,talvex 340k pela qualidade.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 11:27

        Tabela Véio Lucas de relação aluguel x compra
        100 x o valor do aluguel = ótima compra
        150 x o valor do aluguel = compra regular
        200 x o valor do aluguel = compra ruim – grandes perdas de oportunidade de gerir o capital

        Não é comprar e vender. e SIM como VOCÊ COMPRA e COMO VOCÊ VENDE.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 11:28

          Isso vale para operações á vista.
          Financiando o imóvel a conta é outra.

          4+
          • avatar
          • Lucas 1 de junho de 2016 at 13:12

            especialistas americanos calcularam x180 como ponto de inflexão, todavia mantenho a faixa 100-200, essa curva não é simétrica, ainda não parei pra estudar o porquê, ou talvez pela questão da realidade americana os juros de finame estar por volta de 4%ao ano.

            lembrando que historicamente já vivemos no BR um mercado com x80 como índice básico do setor, isso era época de juros nas alturas
            e que numa bolha acompanhamos casos de atingir x400 (americana) e x500 (brasileira)

            verdade, os juros do finame são um agravante cruel.

            7+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Cesar_DF 1 de junho de 2016 at 15:17

              Exatamente Lucas, a taxa de juros mais baixa no EUA faz com que a inflexão seja em 180X, com a taxa de juros brasileira a inflexão deve estar em 120X

              8+
              • avatar
              • avatar
    • Danibolhista 1 de junho de 2016 at 13:55

      Scaravelhoo,

      Estou supondo que os 450 mil seriam à vista.
      Se estiver pensando em financiar, as contas já mudam, já tem outras variáveis a considerar.

      4+
      • avatar
  • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 11:34

    CVR
    Pessoa próxima pretende comprar imóvel financiado na CEF em 30 anos. Está esperando papelada e aprovação no banco.
    Parcela nº 1 – 1,847,00.
    Vai abater apenas 399,00 no primeiro mês. Ou seja 1.447,00 são juros, taxas e taxas de seguro.

    Eu pensei comigo que só com o valor da entrada – 50k – a mesma pessoa poderia faturar 600,00 por mÊs de juros e alugar o mesmo imóvel por 800,00 . E sabem por quê? Porque a construtora permutou 30 unidades com a antiga dona do terreno ou seja uma senhora BRICK LOVER tem 30 apêzinhos fechados – prontinhos para alugar. Eu calculei que com o mesmo esforço de poupança e juros a favor eles poderiam comprar a vista em 6 anos. Talvez até menos se achassem uma barganha no empreendimento.

    29+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • alemaobnu 1 de junho de 2016 at 12:05

      Gentileza poderia indicar qual aplicacao está rendendo nesse patamar? Nao estou duvidando de vc nobre bolhista, to perguntando pq minhas aplic nao estao rendendo neste nivel e gostaria de obter este retorno tambem.
      Obrigado.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:03

        CDB a 105% do DI.
        LCI LCA 94% do DI
        TD – alguns títulos mais de 2% a.m.

        7+
        • avatar
        • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:08

          Não é onde você aplica e sim como e quando você aplica.
          Os melhores meses de TD para títulos atrelados ao IPCA foram setembro de 2015 e fevereiro de 2016.
          Tá lindo demais !!!
          CDB a 118% do DI topa?
          LCI que pagava 96% do DI você entraria?

          4+
          • avatar
          • tmarabo 1 de junho de 2016 at 13:28

            em que bancos isso?

            3+
            • avatar
            • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:41

              CDB – 118% a 121% do DI – Fibra via corretora
              CDB – 105 % do DI – Santander
              LCI a 96 e 97 % do DI – Indusval via corretora
              TD – corretora easynvest
              tenho conta na Walpires e Clear tb.

              5+
              • avatar
              • avatar
              • RecebendoJuros 1 de junho de 2016 at 15:09

                Pandeiro, continua usando a Walpires ?
                Estou tirando meu dinheiro de lá aos poucos. Os investimentos em RF que antes pagavam muito mais que a Easy não estão mais tão atrativos. Estão pagando o mesmo que a Easy e ainda cobram $ 6,20 a cada TED.

                1+
                • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 16:25

                  Só utilizo para ver gráficos avançados. Para renda fixa é péssimo.

                  1+
        • Manoel Joaquim 1 de junho de 2016 at 13:15

          Falando nisso, como estão as taxas de transferência de bancos brasileiros para bancos americanos?

          Dá última vez que transferi (quando o dólar estava a 2 reais), paguei 0,38% de IOF apenas.

          1+
          • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:19

            Itaú Uniclass – estava 80,00 de taxas + IOF de 0,38%( encerrei a conta em Janeiro de 2016) – talvez tenha aumentado (online)
            Santander 95,00 sendo cliente Select (precisa fazer cadastro prévio na agência e realizar via telefone a remessa)

            1+
            • MINEIRO SPY 1 de junho de 2016 at 13:31

              Importante avaliar o spread. Cobrar 60 reais e spread de 2 a 4% não dá.
              Dependendo do montante, banco brasil cobra 1% spread e taxa limitada a 150 dólares. Indusval cobra 50 dólares e negocia o spread. Depende do montante.

              1+
              • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:33

                Sim. Exato. Tem que analisar o CET.

                1+
            • Leonardo M. 5 de junho de 2016 at 00:35

              Hoje em dia é tanta taxa é Imposto pra tirar nosso dinheiro dessa zona de guerra que logo logo vai sair mais barato alugar um jatinho e levar o dinheiro pessoalmente até os EUA.
              Lembram da cena do Lobo de wall street fazendo isso levando pra na pra Suíça? Kkkkkk

              0
      • Danibolhista 1 de junho de 2016 at 13:07

        alemaobnu
        Eu fiz a simulação deste:
        RESULTADO DA SIMULAÇÃO
        Título: Tesouro Prefixado (LTN)
        Dias corridos entre a data de compra e a de vencimento: 2404
        Dias corridos entre a data de compra e a de venda: 2404
        Dias úteis entre a data de compra e a de vencimento: 1653
        Dias úteis entre a data de compra e a de venda: 1653
        Valor investido líquido: R$ 450.000,00
        Rentabilidade bruta (a.a.): 12,97%
        Taxa de Negociação (0,0%): R$ 0,00
        Taxa de administração na entrada: R$ 1.800,00
        Valor investido bruto: R$ 451.800,00
        Valor bruto do resgate: R$ 1.005.519,18
        Valor da taxa de custódia do resgate: R$ 14.373,75
        Valor da taxa de administração do resgate: R$ 16.253,96
        Alíquota média de imposto de renda: 15,00%
        Imposto de renda: R$ 78.733,72
        Valor líquido do resgate: R$ 896.157,75
        Rentabilidade líquida após taxas e I.R. (a.a.): 11,01%

        6+
        • avatar
        • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:12

          Agora pense quem pegou LTN a 16.01% em Janeiro de 2016.
          🙂

          5+
          • avatar
          • avatar
        • Lucas 1 de junho de 2016 at 13:22

          agora pensa quem pegou IPCA com 8% + inflação hoje em redor de 11% anualizado

          6+
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:26

            Aí é muita humilhação.
            Eu peguei a 7,82% e devia ter pego mais. 😉
            A questão é : Você prefere manter a PROPRIEDADE DO DINHEIRO e gastar parte dos juros recebidos para morar ou PREFERE pagar JUROS ao banco ou deixar de RECEBER JUROS do mercado PARA TER A PROPRIEDADE DO IMÓVEL ?

            10+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:29

              Hoje eu prefiro PROPRIEDADE DO DINHEIRO pois eu sei que o mercado foi inflacionado por quem comprou SEM DINHEIRO.
              Quando toda essa gente arder pela escolha e o mercado estiver mais restrito e com menos dinheiro criado pelo governo aí eu penso em dar uma olhada.
              Mas foi bom durante a euforia. eu vendi todos os meus tijolos. Tudo é timing.

              19+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • MINEIRO SPY 1 de junho de 2016 at 13:34

                Cada dia penso nisso.
                O que é ser feliz…isso muda de pessoa para pessoa.
                Felicidade para mim é ter liberdade de escolha, é poder comer bem, viajar e poder mudar o rumo da vida de forma menos impactante. Para tudo isso, preciso somente da propriedade do dinheiro. A propriedade do tijolo tende a inviabilizar todas as variáveis em minha equação da felicidade.

                17+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:37

                  É o que eu tenho feito nos últimos 18 meses.
                  Tenho liberdade de fazer o que eu quiser e a hora que eu quiser.
                  Tenho consciência que se estivesse com os 07 imóveis que eu tinha (parceria com o irmão) eu estaria passando sufoco para vender ou alugar por um bom preço . (retorno sobre capital investido).

                  Foi bom ter comprado tijolos , construído , comprado e vendido? Sim. Digamos que foi.
                  Está sendo bom receber juros e dividendos e aprendendo cada dia mais sobre a mecânica de renda fixa e renda variável? Sim. Melhor ainda.

                  14+
                  • avatar
                  • avatar
                  • Lucas 1 de junho de 2016 at 15:17

                    por falar nisso, o que vc me indica sobre punta cana?

                    0
                    • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 16:20

                      Os canela brancas e red necks inflacionaram Punta Cana. É um paraíso para curtir as belezas naturais, os passeios ao mar e a gentileza do povo dominicano. Prepara o bolso e escolha um belo resort em Bávaro Beach. É a melhor localização.

                      1+
  • Manoel Joaquim 1 de junho de 2016 at 12:24

    CVR:

    Tentei fazer um TED do Putanilitê para a corretora que tenho conta e o TED voltou duas vezes.

    Entrei em contato com a gerente:

    Manoel: Gostaria de saber qual o motivo do TED ter voltado para a minha conta.
    Gerente: Você tem que usar a opção TED-C ao invés de TED-D. Agora eles mudaram. Aconteceu a mesma coisa comigo…
    Manoel: Hã??????
    Gerente: Ops…

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:03

      Haha. Até os gerentes sabem que o Itaú paga pouco.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Zé do Brejo 1 de junho de 2016 at 13:40

        Principalmente se disser que vc está investindo na XP… 😛

        3+
        • avatar
        • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 13:42

          Desbanquerize já !!! (sic)

          7+
          • avatar
          • avatar
  • Money_Addicted 1 de junho de 2016 at 14:06

    OFF – ta surgindo uma viagem para a terra dos livres e ate hj ainda nao executei o manual do anonymous, acabei de alterar a fatura do cartao de digital para papel para eu ter o comprovante de endereco para abrir a conta la.
    Eu viajo na segunda quinzena de junho, caso nao chega a fatura antes de eu ir, alguma outra opcao q vcs conhecem?

    valeu

    1+
    • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 14:09

      Pegue uma fatura on-line mesmo.
      Faça uma boa impressão.

      1+
      • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 14:10

        Lembrando que nem todos os bancos gringos agora aceitam endereço fora dos EUA. Talvez você tenha que tentar em mais de um banco.
        Ordem de preferência: Wells Fargo, Citibank, Bank of America, Chase.

        1+
        • Money_Addicted 1 de junho de 2016 at 14:37

          blz, vou pesquisar esses tres.

          Valeu

          2+
  • Money_Addicted 1 de junho de 2016 at 14:46

    Locacao Campinas – Acho que esta na hora de gastar um pouco mais de dinheiro e estou a procura de uma casa maior/melhor aqui em campinas, alguem aqui no blog da regiao q tenha feito alguma negociacao recentemte?

    Estou pensando em gastar no max 2k entre condominio e aluguel e tenho visto algumas casas na faixa de 3k, 3 e pouco e estou pensando em fazer oferta de uns 1.5k para chegar nos 2k contando o condominio.

    vamos ver

    [] s

    2+
    • Palmeirense Bolhudo 1 de junho de 2016 at 14:55

      Tem esse site que que tem imóveis ai em Campinas,
      https://www.quintoandar.com.br/

      1+
    • Manoel Joaquim 1 de junho de 2016 at 17:08

      Já morei em Campinas em 2014. Lembro que também queria casa em condomínio e desisti por causa dos preços pornográficos que pediam.

      Acabei fechando o aluguel em um apartamento legal, do lado do Shopping Dom Pedro. A principal dica é ficar de olho e não ter pressa. Proprietários de imóveis com condomínio mais caro são mais suscetíveis de aceitarem propostas mais agressivas.

      3+
      • avatar
  • wade 1 de junho de 2016 at 15:17

    OFF (eu acho):

    estou vivendo de parte da renda passiva desde o início do ano já, quando pedi demissão. Estou conseguindo poupar uns 40% do rendimento mensal. Achei que esse cenário seria bom para iniciar um negócio próprio (não quero entrar em muitos detalhes sobre o que seria, até porque idéias e possibilidades não faltam, e não defini ainda qual seria a melhor). Como já tenho essa mixaria por mês pagando minhas contas, poderia fazer a coisa direitinho, sem pressa de gerar renda e f*der com tudo no longo prazo (coisa que já vi acontecer com vários que abriram seu negócio). Alguém aí que começou do zero tem alguma experiência pra compartilhar?

    4+
    • avatar
    • Money_Addicted 1 de junho de 2016 at 16:00

      NAO faca isso, continua na renda passiva, vc esta poupando 40% do seu rendimento ja eh bom, procure aumentar a sua rentabilidade e se for o caso consiga um emprego, mesmo q pague relativamente pouco, eh muito melhor ser empregado do q ter o governo como socio e ter q empregar bananenses

      [ ]s

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Ilusionista 1 de junho de 2016 at 18:39

      na minha opinião é melhor não arriscar, aguarde até o final do ano ou pós carnaval para ver os “pacotes” lá de Brasília.

      http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2016/06/desemprego-cresce-e-esta-mais-dificil-ate-conseguir-um-bico.html

      4+
  • Ilusionista 1 de junho de 2016 at 15:18

    “Se não paga prestação também não paga condomínio”

    Se dobrou o número de imóveis que vão a leilão por falta de pagamento das prestações aumentou também em 40% o número de ações para cobrança de condomínio. Alguns conjuntos com mais de 30 % das unidades devedoras em Guarulhos City.
    Penhorar imóvel financiado com banco para cobrar condomínio atrasado vai ser complicado..

    http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2016/06/acoes-judiciais-contra-calote-no-condominio-crescem-40-em-sp.html

    8+
    • avatar
    • avatar
  • wade 1 de junho de 2016 at 15:22
    • Awulll 1 de junho de 2016 at 15:37

      duvido

      4+
  • Diego F. 1 de junho de 2016 at 16:57

    CVR

    Voltei a procurar imóvel para alugar. Situação ainda é complicada aqui em Florianópolis:
    1) Pouquíssimos proprietários aceitam negociar;
    2) Praticamente não há anúncios direto com o proprietário. Rodei por toda a minha área de interesse (2 bairros) e só encontrei 2 aptos;
    3) Pedidas 20 a 30% acima daquelas de 1 ano e meio atrás, quando fiz essa “caça” mais ampla pela última vez. Desde então acompanhava de longe, pela internet;
    4) Oferta limitadíssima no aluguel. Para vender tem muita coisa encalhada, mas aquele efeito de “não vende, coloca para alugar” ainda é pouco notado por aqui. Também tem muito imóvel para aluguel há mais de mês, mas são aqueles com condomínio altíssimo e dono brick lover (TM Padeiro) que não baixa 1 centavo.
    5) Os porteiros aqui são, via de regra, inúteis. Sabem de NADA sobre os imóveis do condomínio.

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Manehzsp 1 de junho de 2016 at 17:17

      Eu diria que Floripa é uma cidade a parte no Brasil, aqui ou demora a chegar ou as pessoas não se tocam.

      11+
      • Diego F. 1 de junho de 2016 at 17:24

        É um mini-RJ… Muitos aposentados ricos, altíssimo índice de FPs (que são tipicamente desconectados da realidade), muitos migrantes, muito dinheiro sujo, etc.

        25+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Manehzsp 1 de junho de 2016 at 17:29

          Totalmente isso, muitos aposentados e funcionarios publicos totalmente desconectados da realidade.

          10+
          • avatar
    • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 18:56

      Complicado né Diego! Sei bem como é por aí . Que um iluminado te alugue e os 02 tenham êxito . Equilíbrio de forças .

      3+
      • Diego F. 1 de junho de 2016 at 22:25

        Valeu! Estou precisando de um upgrade, mas quero mudar com o menor impacto possível no orçamento. Logo aparece alguma oportunidade.

        2+
    • wade 1 de junho de 2016 at 21:55

      Seu comentário me faz pensar se não é Santa Catarina inteira. Estou vendo desde início do ano o aluguel em Blumenau e arredores. Estava subindo, mas depois do carnaval parou um pouco, agora parece que está subindo bem de novo.

      Minha teoria de boteco é que está havendo uma migração praí. Em conversas informais, vejo um interessente crescente pelo Sul(Floripa e Curitiba), e nos últimos anos alguns conhecidos se mudaram para lá ou estão planejando. Como RS parece estar quebrado ( e PoA, que parecia ser o único ponto de atração não turística, parece perecer) e Curitiba (que também parece ser único ponto de atração no Paraná) já tem bastante informação boca a boca que “saturou”, sobra SC. Some-se a isso que em São Paulo havia propagandas do governo daí, que me parecia ser direcionado para investidores e profissionais qualificados(“Conheça Santa Catarina!”), e matéria surreal sobre Pomerode no Globo Repórter recentemente. Parece que eles (ou era outro canal?) já andavam fazendo reportagens sobre “a Alemanha brasileira” também.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • Diego F. 1 de junho de 2016 at 22:20

        Acho que você tem razão. Nessas minhas buscas eu entrei nesses grupos de aluguel do Facebook e vi muita gente de fora pedindo informação sobre Floripa e SC como um todo. Os que já estão aqui fazem propaganda dizendo que sobra emprego, que não voltam de onde vieram, etc.
        Nessas crises mais pesadas a migração sempre se intensifica e SC parece ser a bola da vez.

        5+
        • wade 2 de junho de 2016 at 14:13

          Eu era um desses que já estava de mala pronta pra chutar o pau da barraca e ir para lá. Fazia muitos anos que estava de olho. Reavaliei melhor, com mais cuidado, e achei que não valia mais a pena pelo custo de vida que já não parecia mais tão baixo quanto antes, e o custo-benefício não acompanhou. Acho que posso encontrar o que procuro no interior de SP ou sul de Minas, mas tenho que avaliar melhor. Estou aceitando palpites de quem conhecer.

          4+
          • Diego F. 2 de junho de 2016 at 14:47

            O que você procura, wade?

            Não conheço interior de SP e de MG, mas SC tem suas vantagens. Criminalidade ainda é baixa, se comparada com a maioria dos outros estados, população um pouco mais educada, a serra e a praia estão sempre por perto, etc. Por outro lado, aqui nem sempre é fácil para quem vem de fora, pois somos bem mais fechados do que o resto do país (mais ainda no norte e no vale do Itajaí). Nos últimos anos pioramos – como a maioria do país – na educação, na limpeza, no custo de vida e na tranquilidade.
            É um estado muito bonito, mas também muito diverso. A experiência de viver em Florianópolis é muito diferente da de viver em Joinville, que é muito diferente da de viver em Criciúma, que é diferente de Lages, etc.

            4+
            • avatar
            • wade 2 de junho de 2016 at 17:05

              Senta que lá vem a história:

              O principal:
              – sossego
              – custo de vida (aluguel e mercado, praticamente)
              – povo de fácil comunicação (não tem problema serem fechados, como descreveu)
              – internet suficiente pra Full HD por menos de R$ 100,00.

              Hoje tenho todos, mas acho que posso melhorar bem o segundo. O segundo, como disse, não parece ser muito atrativo em SC, mas o terceiro me fez desistir também. Não tem problema serem fechados(eu sou assim também), mas se você anuncia um imóvel para aluguel, eu esperaria que ao menos fosse mais receptivo quando eu ligasse. Não procurava amigos, nem caridades ou favores, eu só preciso de informações que você não colocou no anúncio. Verdade seja dita, teve outros que foram tão corteses que só faltaram se oferecer pra apresentar a cidade.

              Outros negociáveis:

              – gosto muito de natureza exuberante, tipo mata atlântica, montanhas. Morretes tinha isso e gostei muito. Petrópolis também, mas parece que está favelizando(Fucking Petrópolis. Favelizando. Inacreditável.). Mas posso viver sem.

              – rodoviária interestadual (ou facilidade de chegar em uma).

              E interessante, porém dispensável: praia (por isso MG), mulheres “liberais” (conheci alguns lugares que tinha bastante, e não vou falar onde pra não causar rebuliço. Mas não eram lugares que eu moraria).

              Uma região que posso estar subestimando é o interior do RS(São Pedro?). Não sei o quão impactante é a falência do estado para cidades muito pequenas, mas imagino que seja muito menor do que para metrópoles. Alguns dizem que gaúcho é bem fechado(o que vejo como uma coisa boa, já que sou também), ou arrogante. Ao menos pela minha experiência, é o povo mais hospitaleiro que já conheci no Brasil.

              A rigor, seria isso né.

              1+
              • Diego F. 2 de junho de 2016 at 18:42

                Bah… É realmente difícil encontrar um lugar que combine todas essas características. Primeiro, não sei como você viria (se sozinho, com família) e com o que você trabalha, mas as oportunidades são bem limitadas no interior.

                Se mobilidade interestadual é importante, você tem que focar nas cidades próximas da BR-101, basicamente. Tem a BR-116, mas não é uma região muito interessante.

                Os lugares sossegados do nosso litoral não têm infraestrutura (internet >=10mb baratinha? Difícil), já os lugares com melhor infraestrutura (Balneário, Floripa) não são sossegados e têm alto custo de vida. Tive um professor que morava em Porto Belo e não trocava por nada… Mas não sei como é o custo de vida e é uma cidade bem pequena. No sul tem Imbituba e Garopaba, que são sossegadas mas têm alguma vida e infraestrutura. São cidades bem liberais também e o povo é mais fácil de lidar, apesar da malandragem litorânea. Eu não recomendaria para qualquer um, mas tem quem goste (minha preferida é Imbituba, Praia da Vila, muito tranquila e com o centrinho logo ali, mas confesso que morreria de tédio no inverno).

                Voltando ao comportamento liberal… Já ouvi muitas histórias sobre Rio do Sul, que parece reunir as características que você citou (talvez com exceção do custo de vida), mas não é uma cidade tão bem localizada.

                Fugindo um pouco da civilização (mais para o oeste), Joaçaba é uma cidade que me pareceu muito agradável e tem um povo hospitaleiro. Mas é longe de tudo.

                Já quanto ao RS eu não posso opinar muito… Conheço só a região de Porto Alegre e a serra. Moraria sem pensar duas vezes em Bento Gonçalves. Muito agradável, bonita, tranquila e com um povo legal. Não sei quanto ao custo de moradia.

                No Paraná, tenho ótimas referências de Umuarama de 2 colegas que já moraram lá. Não custa pesquisar.

                1+
                • Diego F. 2 de junho de 2016 at 18:44

                  PS: A serra catarinense eu não recomendo. Precisa melhorar muito, ainda. Cidades muito pequenas (<20 mil hab.) daqui também não... O povo costuma ser bem desconfiado.

                  1+
                • Diego F. 2 de junho de 2016 at 18:50

                  Ah, minha terra natal (Tubarão) tem todas essas características que você citou, menos a praia (apesar de estar a menos de 30 minutos de carro). O problema é que anda mal cuidada e o povo é meio besta/ostentador.

                  1+
        • Skidwasted 2 de junho de 2016 at 15:34

          Eu já planejo isso há 2 anos e apesar de não achar mesmo que SC acompanha a tendência nacional, comparando os valores dos aluguéis aí BH ainda está mais alto e com uma qualidade de vida e de imóveis bem pior.
          Infelizmente, a migração em massa do interior do Estado de MG para BH acabou com a cidade e não vejo outra saída a não ser eu fazer o mesmo, mas um lugar que apresente uma qualidade melhor.

          3+
          • avatar
  • fcasalen 1 de junho de 2016 at 19:44

    cara, não achei nenhum título do tesouro dando mais de 14% ao ano ou IPCA mais 7%. Daí pra 2% ao mês tem uma diferença grande…o único jeito pra conseguir isso é ficar operando com TD,c omprando e vendendo, quando o governo fica mudando taxa de juros…mas aí é praticamente renda variável

    Sobre os CDBs, 118% do CDI ou 96% do CDI com LCI também não dá 2% ao mês. E depois disso tudo tem que descontar no mínimo 15% de IR caso fiquei com o título por mais de 2 anos….

    From_The_Tower

    CDB a 105% do DI.
    LCI LCA 94% do DI
    TD – alguns títulos mais de 2% a.m.

    3+
    1+
    • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 19:52

      Quem disse que CDB era para dar 2% a.m.?
      Kkk
      Leia direito o que eu escrevi .
      Estava falando sobre 1,2% a.m.
      50k aplicados resultando em 600,00 de juros por mês .
      TD a 2% no mês eu tenho alguns exemplos . PMJ !

      5+
      • avatar
      • fcasalen 1 de junho de 2016 at 21:20

        1,2% de rendimento por mês antes de imposto. Depois de tirar o imposto 1,02% ao mês se for de longo prazo. Contar com dinheiro que vai pro governo não faz sentido.

        TD com 2% ao mês, como disse, só se houver variação da taxa de juros motivado pelo governo ou então uqando a selic está perto de 24%, o que não acontece desde 2003. Ter rentabilidade de 2% ao mês de forma consistente é algo bem diferente do que ter a rentabilidade de 2% ao mês esporádico. Variações da taxa de juros podem resultar em ganhos expressivos de curto prazo pra quem opera TD. Agora quem compra e segura TD no longo prazo, isso não vai acontecer. Vai receber a taxa que está lá, que tem estado bem longe de 2% ao mês há mais de uma década.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 23:18

          Cara eu falei 1,2% a.m. de rendimento bruto para pagar aluguel de apê. Apenas para isso.
          Que parte dos 50k dado para corvo e destrutora que você não entendeu?

          5+
          • avatar
          • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 23:21

            Você está querendo distorcer o assunto?
            O foco da estratégia era ficar com os 50k de entrada…. trabalhar o máximo de juros possíveis no período . Poupar o que seria jogado fora com juros para o banco e comprar á vista após 72 meses. Não estou falando de estratégias de investimento a longo prazo , estou falando de ser menos motumbado e estabelecer uma estratégia coerente com a mentalidade dos juros á favor.

            6+
            • avatar
            • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 23:25

              P.S. Quanto deu o retorno de quem pegou a curva de juros á favor em 2008? Nas 2035 deu mais de 50% em alguns meses.

              Veja esse que eu comprei em Fevereiro:
              29,02% no ano.
              17/02/2016
              2035 NTNB Principal

              18,49%
              em 08 meses
              Tesouro IPCA 2020 com cupons

              5+
              • avatar
              • fcasalen 2 de junho de 2016 at 17:33

                Não estou entrando no mérito do foco da estratégia e sim como ela é feita. Não posso falar que estou ganhando 1,2% de CDB então vou ter 600 pra botar na história quando na verdade o governo vai comer mais de 90…. Tem que comparar o líquido e não o bruto

                sobre quem pegou os juros a favor em 2008, com certeza valorizou bem pois a queda dos juros resulta no aumento do valor do título. Mas em compensação a queda dos juros também resulta no aumento dos valores dos bens, tanto que em diversos momentos o CA colocou aqui que a queda dos juros era um dos principais fatores que causou a bolha imobiliária. Quem comprou imóvel em 2008, com juros altos, e vendeu em 2012/2013 com juros baixo lucrou bem mais do que a aplicação em TD;

                veja o gráfico da sua NTN-B (http://tdcharts.info/titulos/NTNBPrincipal/150535)
                você ganhou isso pois nos últimos meses houve reduções nas taxas que motivaram o aumento do valor do título. Em compensação que comprou em 2013 está no 0 a 0. Achar que esse ganho vai ser eterno e considerá-lo numa estratégia de longo prazo é loucura.

                O ponto é: não adianta colocar esse ganho de curto prazo que vc teve com o TD pois ele não será constante. A probabilidade de se manter esse ganho é quase a mesma que operar na bolsa. Se você conseguir manter esse 2% ao mês de ganho você estará entre os TOP10 de gestores de fundos do país. A comparação tem que ser com a taxa que o título oferece, que é o que o cabloco vai ganhar resgatando o título no vencimento, sem ficar operando TD a todo momento, correndo os riscos, inclusive de prejuízo, dessa operação. E nesse ponto, as taxas de TD são praticamente as mesmas dos títulos de renda fixa. E aí voltamos para os 600, que na verdade são 500.

                2+
  • Leandro sp 1 de junho de 2016 at 19:53

    Cvr
    Aqui vejo os predios comerciais derreteram.. prédio entregue a quase 1 ano “helbor offices são paulo 3” com total de 300 salas comerciais com ILAC17 em 20 salas.. imagine um prédio de 300 salas com somente 20 funcionando e com luz acessa as 17hs.. GAME OVER..

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 1 de junho de 2016 at 19:55

      Cada um colhe aquilo que planta. Ardam !!!!

      4+
      • avatar
    • Godinez 2 de junho de 2016 at 07:57

      CVR

      Entreguei uma sala comercial há 3 anos na capital de SP (encerrando a empresa) e neste mês o proprietário da sala entre em contato informando que precisa que eu faça atualização cadastral na Receita Federal e Junta Comercial pois conseguiu alugar o imóvel para outra empresa e ela está tendo dificuldades em mudar o endereço para lá…quase três anos com a sala sem alugar !!!

      7+
      • avatar
  • alemaobnu 1 de junho de 2016 at 20:29

    Vejo vários topicos similares ao teu relato aqui no interior de SC. Proprietarios q nao conseguem vender e ainda reajustam o preço para cima. Inclusive ja postei um CVR de uma senhora que vinha há anos tentando vender certo imovel sem sucesso. Mesmo assim aumentava anualmente o preco, entre 5 a 10% a.a., mesmo sem vender. Dizia ela que era a valorizacao e ela nao iria ser passada pra trás, etc ect. Faleceu sem vender, imovel ficou para os herdeiros.
    Vejo tb locatarios que nao aceitam negociar o preço, mesmo com o imovel parado há meses. Vejo terrenos em bairros afastados custando 80% do preco de um apto na regiao central da cidade.
    Tenho impressao de que grande parte da populacao alem de estar desconectada da realidade, acreditam profundamente no “quem compra terra nao erra”.

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 1 de junho de 2016 at 21:09

      eh a questao entre querer e precisar
      enqto os brick lovers tiverem outra fonte de renda, vao amargando o prejuizo e batendo no peito dizendo q sao milhonarios e q seu patrimonio soh valoriza.
      mas pergunta pra um desses qtas vezes ja foi pra europa? kk

      [ ]s

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • MARK 1 de junho de 2016 at 21:11

      É isso mesmo alemaobnu, aqui em Santos não está sendo diferente. Muita gente sem noção insiste em aumentar o que não está nem em sonho vendendo. Com isso aparecem distorções incríveis. Uma sobreposta triplex custando o mesmo que casas com grande área e piscina e muito mais próximas da praia 1,5kk, por exemplo. Eu mesmo estou tentando vender a minha por um preço mais na realidade 540k, milhares já olharam, mas pergunte quem de fato veio ver? Poucos! Ofertas só umas absurdas tentando passar apartamento velho ou minúsculo por quase o mesmo preço que estou pedindo. Dou risada né…

      6+
  • Money_Addicted 1 de junho de 2016 at 21:11

    OFF ?

    Vi no JN agora sobre a manifestacao dos Sem alguma coisa e um otario com uma bandeira

    “H*G0 Keys Guarulhos ” WTF?? eh q esses otarios nao tem ideia d nada, mas da vontade d perguntar se ele quer ir pra venezuela ja q ama o cidadao

    5+
    • avatar
    • MARK 1 de junho de 2016 at 21:29

      Money, concordo com você e acho que podíamos fazer uma troca com a Venezuela, quem achar que é golpe vai pra lá e quem estiver incomodado por lá, viria pra cá. Quem sabe, não seja desse povo ordeiro que o Maduro esteja precisando para fazer funcionar a combalida Venezuela?

      7+
      • avatar
    • tmarabo 2 de junho de 2016 at 10:23

      aqui no RS todos os FPs aplaudiram quando o Atraso Genro deu aumentos muito acima da inflação para os outros governos pagarem. Agora que o RS tá quebrado e atrasando salários a culpa é do atual governador….
      vejam bem: sou FP e só acho legítimo que se reponha o valor da inflação dos salários. acho que o aumento acima da inflação é medida excepcional e quase sempre injustificável, pois aumento acima da inflação para FP é um dos mecanismos mais perversos de concentração de renda que há.

      8+
      • avatar
      • avatar
  • Palmeirense Bolhudo 2 de junho de 2016 at 07:44

    Crise inaugura o “Minha Casa, Minha Vida” ao contrário: Caixa está tomando imóveis de volta por falta de pagamento

    O que leva uma pessoa a perder a própria casa por falta de pagamento? O drama aflige cada vez mais pessoas. Essa reportagem mostrou que houve alta de 53% na retomada de imóveis por falta de pagamento este ano. Na comparação com 2010, houve alta de 93%, quase o dobro.

    Muita gente relata, além das dificuldades econômicas, quase impossibilidade de negociação e informações erradas e desencontradas dos gerentes. O consultor em finanças André Massaro diz que há problemas nos contratos, mas o banco pode retomar as casas. “Este é um caso, por exemplo, que as regras da alienação fiduciária permitem. O imóvel, no caso, está em nome do banco que, se houver atraso nas parcelas, pode retomar”.

    http://blog.jovempan.uol.com.br/radioatividade/2016/06/01/crise-inaugura-o-minha-casa-minha-vida-ao-contrario-caixa-esta-tomando-imoveis-de-volta-por-falta-de-pagamento/

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 2 de junho de 2016 at 08:15

      como é o mundo dos negócios em terras tupiniquins..

      “”As pessoas estavam desesperadas para comprar, os gerentes de banco desesperados para vender financiamento imobiliário, né, aproveitando uma onda positiva. E, em situações de euforia, as pessoas deixam de tomar cuidados. Você tem, de um lado, um cliente que está vulnerável e muitas vezes empolgadão, louco para fechar o negócio, ainda mais uma casa própria que, para muitos, é o objetivo máximo da vida, e do outro tem alguém que está com a faca na mão, né?”, explica André Massaro.

      A Caixa Econômica Federal explicou que a alta gigantesca na retomada de imóveis está dentro do previsto pela política de crédito da instituição. “É assustador quando a gente ouve ‘dentro do previsto’, né? Quer dizer que eles estavam prevendo então que o mercado imobiliário iria ficar paralisado e continuaram fazendo as transações? Deram essa resposta apenas para dizer ‘todos meus movimentos são friamente calculados’, né? É a escola mexicana de finanças. Chapolin Colorado ensinando todo mundo”.

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • tmarabo 2 de junho de 2016 at 10:19

      na verdade o bananense achou que seria como nos anos 80/90, em que a CEF levava 10 a 15 anos pra retomar um imóvel.
      esqueceram que hoje tudo é eletrônico. três meses de atraso é praticamente automático: SPC, notificações do cartório etc.
      sem contar que há leis desde os anos 90, melhoradas nos anos 2000, que simplificam a retomada do imóvel. claro, a retomada “no mundo jurídico”, pois no “mundo dos fatos” os bolhistas já comentaram a respeito das dificuldades de se retirar quem está no imóvel.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 2 de junho de 2016 at 09:09

    canalhada
    Apesar do estoque de imóveis em Manaus atingir 3,5 mil unidades, a maioria dos bens a serem postos à venda está na planta. (!!!!!!! )
    “O feirão não possui imóveis usados”, disse o diretor da Ademi, Henrique Medina, ao adiantar que somente 30% dos empreendimentos já foram entregues pelas construtoras.

    Feirão da Caixa em Manaus terá 70% dos imóveis na planta para serem comercializados
    Banco diz que há crédito de sobra
    http://new.d24am.com/noticias/economia/feirao-caixa-manaus-tera-70-imoveis-planta-para-serem-comercializados/152892

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 2 de junho de 2016 at 09:11

      mais 2k imóveis na planta… já tendo estoque de 3,5unidades, (estoque para 2 anos)

      7+
      • avatar
      • avatar
  • joselito 2 de junho de 2016 at 09:14

    OFF
    Considerando o rombo de 170bi, o primeiro ato TEMER de reajuste aos FP´s Federais, foi boa?

    3+
    • fanfarraum 2 de junho de 2016 at 09:27

      Impacto nas contas será de ao menos R$ 56 bi até 2019.
      Então, eu diria que não.

      5+
      • avatar
      • tmarabo 2 de junho de 2016 at 10:14

        não acredites nas contas de quem é contra o aumento. bom, nem mesmo nas contas de quem é a favor rsrsrsrsrs
        mas o impacto é beeem menor. nesta conta “bolhuda”, seria 56 bi de 2014 a 2019. Já nos enrolam há dois anos e o impacto ainda vai ser de 56 bi de 2016 a 2019?? e a partir de 2019 vai ser de quanto???

        6+
        • avatar
      • tmarabo 2 de junho de 2016 at 10:24

        e sem contar que se o impacto de 56 bi fosse verdadeiro, então já tens uma noção do quanto o governo lucra ao não repassar a inflação para os servidores, pois esta aumento dos FPs federais não paga nem a inflação de 2009 até hoje.

        10+
        • avatar
        • avatar
  • CA 2 de junho de 2016 at 09:51

    Complementando sobre o tópico e quanto a comentário que fiz mais acima em que comparo a bolha imobiliária americana com a brasileira, segue um trecho de artigo publicado NA SEMANA PASSADA (27/maio/2016), falando sobre os efeitos da bolha imobiliária americana que são perceptíveis ATÉ HOJE, passados 8 ANOS desde que ela foi reconhecida mundialmente e 10 ANOS desde que as anomalias típicas da explosão de uma bolha imobiliária passaram a aparecer de forma mais clara nos EUA:

    http://www.thefiscaltimes.com/Columns/2016/05/27/Housing-Market-Horror-Story-Isn-t-Over-Yet

    “…according to the Pew Research Center, for the first time since the 1880s, more young people aged 18-34 are living with a parent than with a spouse or romantic partner.”

    “A decade after the housing bubble started to collapse, people remain shattered by foreclosure or continue to fight for their homes. More than one in three homes valued at $100,000 are still “underwater,” meaning the borrower owes more than the home is worth. The foreclosure fiasco totally crushed families, and would-be buyers reasonably look at that mess and opt out.”

    Tradução (NÃO LITERAL, adaptei termos sem mudar conteúdo, só para facilitar entendimento) do que consta acima:

    “…de acordo com o centro de pesquisas Pew, pela primeira vez desde os anos 1880, mais pessoas jovens entre 18 e 34 anos estão vivendo com parentes do que com esposo (a) ou namorado (a).”

    “Uma década depois que a bolha imobiliária começou a colapsar, as pessoas continuam quebradas devido a hipotecas executadas ou continuam a lutar por suas casas. Mais de uma em cada três casas avaliadas em US$ 100.000 ainda estão “debaixo d´água”, o que significa que a dívida é maior do que aquilo que a casa vale. O fiasco da execução de hipotecas destruiu completamente as famílias e potenciais compradores olham para esta bagunça e optam por cair fora”.

    Comento sobre o que consta acima:

    Muitas vezes temos um pessoal aqui no blog que comenta ACHAR que aqui a explosão é soft, porque as coisas não acontecem “da noite para o dia”. Para eles, só é hard, se o preço cair em um ano o suficiente para que volte ao normal, recuperando anormalidades que ocorreram por quase uma década “da noite para o dia” e a partir daí, como em “Alice no país das Maravilhas”, a retomada à normalidade já ocorre, todos passam a poder comprar seus imóveis pelo preço justo, etc.

    Como podemos ver pelos trechos acima, passada uma DÉCADA do início da EXPLOSÃO da bolha imobiliária americana, continuam sendo observadas as consequências destrutivas desta bolha, o que continua afetando a relação entre oferta e demanda e também os preços. No caso americano, assim como no brasileiro, estes efeitos são mais intensos para a população de baixa renda, que foi o grande alvo do GOLPE do subprime que foi aplicado e procurei demonstrar no comentário anterior.

    Lembrando que a bolha imobiliária americana é o grande exemplo MUNDIAL de uma bolha que teve uma explosão considerada HARD LANDING, isto porque no ano que foi o auge da explosão, os preços caíram 18%, sem considerar a inflação. Em São Paulo, nos últimos 12 meses, os preços de imóveis usados caíram mais de 20%, fora a inflação (fonte: CRECI SP). Se considerarmos que nossa inflação é muito maior que a americana, este exemplo de São Paulo foi muito mais “hard”. Quanto a continuidade dos efeitos, não se iludam pela total DESINFORMAÇÃO do segmento imobiliário, que a galera soft compra sem nenhum espirito crítico, a verdade é que os efeitos negativos de nossa bolha imobiliária tendem a perdurar por mais de uma década, mesmo tendo uma explosão hard…

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • tmarabo 2 de junho de 2016 at 10:12

      aqui no BR, se a “emprensa” tivesse analistas independentes (independentes dos anúncios das construtoras e do governo) já teríamos registrado nas matérias que a bolha estourou – e hard!!

      talvez quando o Temer for coroado definitivamente passe a interessar ao PT falar em bolha e então a mídia vai alardear o assunto.

      uma coisa é certa: a mídia tb age no efeito manada. isto é, quando o assunto bolha furar o bloqueio, vai viralizar.

      7+
  • Alemon Fritz 2 de junho de 2016 at 10:31

    Otimo CA
    dados da caxa
    O ativo imobiliário da carteira imobiliária saltou 268% no intervalo de 2010 a 2015.
    chegou a R$ 374 bilhões,
    O banco possui 4,35 milhões de contratos imobiliários ativos. O percentual de imóveis retomados pelo banco em 2015 (13.137) equivale a 0,3% do total em carteira.

    Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/economia/cresce-numero-de-imoveis-retomados-no-pais-19411998.html#ixzz4AQYaF7WM

    5+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 2 de junho de 2016 at 10:43

      Legal.
      Mas seria bom o CA confirmar se isso são apenas contratos para pessoas físicas…… pois crédito para construção, reforma não entra nesse bolo. Total se eu não me engano em 2014 era de 480 bilhões.

      7+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 2 de junho de 2016 at 10:41

    Feirão da Casa Própria começa nesta sexta-feira em São Paulo
    O evento vai oferecer mais de 75 mil imóveis, entre novos e usados.
    35 k usados e 40k novos…
    só de usados daria pra + 2 anos de vendas
    http://g1.globo.com/economia/seu-dinheiro/noticia/2016/06/feirao-da-casa-propria-comeca-nesta-sexta-feira-em-sao-paulo.html

    5+
    • avatar
    • fanfarraum 2 de junho de 2016 at 10:48

      Ia postar aqui, mas tu foi mais rápido! hehehe

      Considerando o acumulado dos últimos 12 meses de vendas de imoveis novos pela SECOVI-SP (20.268,00) temos 2 anos de imóveis novos a venda apenas neste leilão.
      Nos 3 primeiros meses, são 2.856 imóveis novos vendidos. Temos 42 meses (3 anos e meio) de vendas de imóveis novos, considerando a média dos últimos 3 meses.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 2 de junho de 2016 at 11:00

        otimo, mais detalhado essa sua analise,
        e nota-se que o número em estoque está se igualando aos de “na planta”
        isso só considerando as ofertas que estão no Feirão. temos 6 anos de vendas ai.

        4+
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 2 de junho de 2016 at 11:13

    Brasília – A taxa de investimento nunca foi tão baixa no país. O desempenho da construção civil e a queda na produção e na importação de máquinas e equipamentos foram os principais responsáveis por uma Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) 17,5% menor no primeiro trimestre de 2016 em relação a igual período do ano passado. Com isso, a taxa de investimentos ficou em 16,9% do Produto Interno Bruto (PIB), a mais baixa para o período de toda a série histórica, iniciada em 1992. “Para o país crescer razoavelmente bem, a taxa de investimento deveria ficar em 25% do PIB”, destacou Rodrigo Ventura, economista do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo ele, a construção civil tem um peso de 55,5% no indicador de investimentos, enquanto máquinas e equipamentos representam 30,5% da FBCF.

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 2 de junho de 2016 at 11:37

    o investimento fixo caiu mais que o pib na Espanha.
    o grafico mostra a relaçao entre a bolha (households), PIB e investimentos lá
    bem interessante ver até onde chega . Lá o PIB caiu a -4%…
    http://www.eleconomista.es/economia/noticias/7410887/03/16/Sin-la-ayuda-de-burbujas-Espana-no-alcanzara-nunca-el-pleno-empleo.html

    5+
  • Alemon Fritz 2 de junho de 2016 at 11:43

    é interessante ver que a retomada do PIB foi rápida (1 ano ou 2) mas houve uma nova queda logo após, por + 3 anos.

    4+
  • Moreira 2 de junho de 2016 at 11:57

    E agora que passou o aumento/recomposição dos salários? Analista judiciário vai pra quase 13 k inicial e final 19k. Isso sem alimentação, gratificação de titulação e outras benesses. Temer não vai vetar!!!! 170 bilhões de deficit? Quem paga a conta? Ela vai chegar!

    8+
    • avatar
    • Nuno Rj 2 de junho de 2016 at 12:02

      Vai vetar não. Nem poderia. A negociata fez parte do pacote impeachment. Na folha, o título da matéria já diz que os R$ 58 bi tem o aval do temer.

      7+
      • avatar
      • eam 2 de junho de 2016 at 13:21

        Passa agora, mas ano que vem a galera pode começar a apertar os cintos… serão 2 anos sem reajustes, no mínimo.

        3+
        • ravoc 2 de junho de 2016 at 13:35

          Já estavam há quase 10 anos sem reajuste. Isso aí veio pra tentar cobrir esse período. Muita gente aqui disse que não passaria, mas passou kkkkkkkkkkkkk
          Minha esposa agradece, eu também.
          Lembrando que esse aumento será escalonado até 2019, ou seja, 4 anos “sem reajuste”, levando-se em consideração que isto foi aprovado por conta dos últimos 10 anos. Depois de 2019, provavelmente mais uns 3-4 anos sem reajuste.
          Galerinha desempregada da privada pira! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          13+
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 2 de junho de 2016 at 13:41

            Fala xarope !!! E aí beleza?
            kkkkkkkkkkkk

            1+
            • ravoc 2 de junho de 2016 at 13:45

              Tudo tranquilo padeiro, e aí?

              2+
              • From_The_Tower 2 de junho de 2016 at 13:47

                Tudo certo ravoc.
                Abraços para você e família.
                PNJ !!!
                PVS ! (paguem vosso salário)
                kkkkkkkkk

                4+
                • ravoc 2 de junho de 2016 at 13:56

                  Muito obrigado! Pra você também.
                  PMJ! PMS! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

                  Ah, um CVR pra galerinha do funcionalismo público:
                  Estão cortando gastos, tudo, redução de horário, estagiários, comida, ar condicionado, até água… Mas tem aumento, pra poder justificar o aumento dos Ministros do STF e o efeito cascata (juízes e promotores). E claro, lembrando do moralíssimo auxílio moradia.
                  Mas o problema é o aumento de 1-3k no salário do funcionário público escalonado em 4 anos, após 10 sem reajuste… Mas os 4k do auxílio moradia para os que já recebem acima de 30k, mesmo com moradia própria, ninguém comenta ^^
                  Ravoc pira nos princípios constitucionais plenamente garantidos! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

                  10+
                  • avatar
                  • avatar
                  • joselito 2 de junho de 2016 at 14:19

                    “Ninguém comenta” é exagero…..

                    Só fiquei na dúvida se, depois de aumentar despesa (sem adentrar no mérito da despesa), o governo TEMER vai?

                    3+
                  • Diego F. 2 de junho de 2016 at 14:29

                    Não conte com o ovo no sistema excretor da galinha! Ainda tem o Senado e a sanção. Com a pressão da imprensa e da população, muita coisa pode mudar.
                    Já vimos que o Temer não é o cara mais firme em suas convicções.

                    6+
                    • avatar
                    • avatar
                  • Rampion 2 de junho de 2016 at 15:24

                    Os troxinhas, ops, coxinhas não falam nada porque o governo em exorcismo esta acabando com a corrupção. kkkk. SQN. Viva a hipocrisia e o cada um por si!

                    6+
          • SampaBoy 2 de junho de 2016 at 13:55

            Nao pira nao…quer dizer, a nao ser que nao tenha dinheiro investido. Esse aumento no setor publico nao tenho duvidas que acaba , no final das contas, mantendo os juros altos. Dinheiro não nasce em arvore, se voce joga pra um lado, isso tem uma consequencia….no caso, seja por inflacao, ou por divida do governo, ele acaba mantendo titulos com juros altos…..PNJ

            5+
            • avatar
            • From_The_Tower 2 de junho de 2016 at 13:58

              As variáveis se entrelaçam.
              De que adiantou a enta baixar os juros para 7,25% ? Não durou muito…. o mercado cobrou o preço. Assim como toda essa bagunça nas finanças a afastou da presidência. 😉

              3+
              • SampaBoy 2 de junho de 2016 at 14:27

                exatamente, mercado e dinheiro nao toleram desaforo, se o governo fabricar dinheiro ou for ineficiente ele paga a conta e quem ganha é quem tem dinheiro rendendo juros, por isso eu nao tenho receio de governo inepto, eles podem aprontar o que quiserem e adiar a reforma que for….contanto que paguem em dia os seus compromissos

                4+
      • tmarabo 2 de junho de 2016 at 14:18

        Dizer que a “negociata” faz parte do pacote do impeachment é furada pois a Dilma já havia aprovado tais aumentos exatamente na esperança de se safar do impeachment.
        Sou servidor federal e aqui havia um desânimo: “logo agora que foi acertado o aumento com a dilma vão trocar o presidente”.
        Talvez o Temer esteja aceitando os aumentos acertados com a Dilma para evitar mais pressões, mas não é nada que a Dilma não tenha prometido fazer.

        5+
        • eam 2 de junho de 2016 at 14:27

          A diferença é q o Congresso, percebendo a implosão da economia, não dava mais condições de governabilidade pra dita cuja, o negócio era tirá-la de lá antes q ela matasse a vaca leiteira. Com ela no comando, era óbvio q, cedo ou tarde, os congressistas não teriam mais leite pra tirar, logo o “impichi” da dita era necessário pra continuarem a ordenha futura.

          4+
          • tmarabo 2 de junho de 2016 at 15:30

            aí tem como concordarmos. é que como estava antes parecia que a dilma estaria brecando aumentos por responsabilidade fiscal (risos) e o impeachment seria para poder continuar com a irresponsabilidade.

            2+
            • joselito 2 de junho de 2016 at 15:36

              Breca aumentos pros juízes nessa mão, e entrega créditos subsidiados pro povão noutra.
              (as demais linhas de créditos, para os tubarões, não costumam ser muito alterados entre este ou aquela governo, né?)

              2+
    • Bruna 3 de junho de 2016 at 09:52

      Isso em 2019. Com 10% de inflação ao ano, vai significar menos do que ganha hoje. Como o próprio Temer disse, foi um ótimo negócio pro governo. Sem contar que o sindicalismo é tomado pela CUT, e não pouparia esforços para (diferente dos últimos 13 anos) mobilizar a categoria caso o Temer peitasse essa luta. E fique tranquilo: os auxílios do analista judiciário são mixaria. Devíamos nos preocupar é com o auxílio-moradia dos juízes, que vale mais de 4k por mês, independente do cara morar casa própria, aluguel, financiado ou o que for. Mas isso passa na moita.

      1+
  • neto 2 de junho de 2016 at 13:08

    Dados da poupança:

    SBPRL: – 9,16 Bilhões (01/05/2016 até o dia 27/05/2016) – Acumulado de 2016: – 41,45 Bilhões
    SBPE: – 6,04 Bilhões (01/05/2016 até o dia 27/05/2016) – Acumulado de 2016: – 33,78 Bilhões
    RURAL: – 3,12 Bilhões (01/05/2016 até o dia 27/05/2016) – Acumulado de 2016: – 7,67 Bilhões

    5+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 2 de junho de 2016 at 13:41

      Çamus Ricos !!!!

      2+
  • Rogerio M. 2 de junho de 2016 at 15:41

    CVR – Colega de trabalho comprou uma casa há 4 anos e pagou R$ 300K, se divorciou e resolveu vender, Diz que após as reformas a casa vale R$ 1.8M e a colocou a venda… Faz uns 6 meses e nada, agora aumentou pra R$ 1.9M mas que vai brigar com o marido para não vender a casa pois o terreno é grande.. A casa fica na ZN do lado de lá da marginal… Não entendo como conseguiu chegar em um valor de quase R$ 2M.. Não conheço a casa mas pelas fotos notei que o terreno é grande ( 600 m2) porem o acabamento não é de 1a… R$ 2 milhões é muito dinheiro….

    ABS

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Minions 2 de junho de 2016 at 15:53

      bananenses são muito inteligentes e ricos!
      eu que sou um pobre otário pobre

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Thiaguinho 2 de junho de 2016 at 16:24

        kkkk somos 2

        5+
    • fanfarraum 2 de junho de 2016 at 16:04

      Penso que esses que aumentam o preço do imóvel que não está sendo vendido é pra “dar um desconto MAIOR ainda”.
      Tenta vender por 500k e as pessoas oferecem 450k. Ai o cara aumenta pra 550k pras pessoas oferecerem 500k.

      Sinceramente, acho que funciona pro bananense médio…

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Resimob 2 de junho de 2016 at 16:21

    Olá..
    Acabei de publicar.
    Recomendo como tópico.

    Título: Esqueça o FGTS Pró-Cotista!
    http://www.resimob.com.br/esqueca-o-fgts-pro-cotista/

    Abraços a todos.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 2 de junho de 2016 at 16:55

      estava na dúvida se era você mesmo (autor e nick do site).
      Valeu !

      5+
      • avatar
      • avatar
      • Resimob 2 de junho de 2016 at 18:49

        Soy yo…

        3+
    • Resimob 2 de junho de 2016 at 18:48

      A reportagem diz o seguinte: “Para este ano, o Minha Casa Minha Vida tem orçamento de R$ 11,7 bilhões, dos quais R$ 6,8 bilhões são da União e R$ 4,8 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esses recursos, porém, serão usados para o pagamento das obras das moradias que já foram contratadas.”

      Ou seja, o FGTS não tem mais condições de suportar o mercado imobiliário, seja o MCMV seja o SFH.

      O artigo que publiquei hoje mostra exatamente isso.
      http://www.resimob.com.br/esqueca-o-fgts-pro-cotista/

      5+
      • avatar