Pergunta do R$ 1 milhão

Você pode gostar...

Comments
  • MrK 19 de outubro de 2011 at 13:01

    Bolha, as prévias são um bom artificio pras empresas, pois nesses documentos eles são livres pra escolher o que dizer, como dizer e contra que base comparar.

    Basicamente eles apontam só o lado bom da história: Crescimento de receita (o que será inevitável mesmo com a queda das vendas em unidades, dado que o preço medio subiu muito)

    E eles não abordam os pontos delicados: Perfil da divida, capital de giro, custos, lucro etc..

    Qualquer investidor mais avisado sabe disso e não tomará decisões importantes com base unicamente na receita dessas empresas.

    0
    • Carcará 19 de outubro de 2011 at 17:34

      Mrk,
      certamente correndo o risco de ser repetitivo, deve-se repudiar inteiramente essas vendas informadas, as tais vendas contratadas, pois são exatamente elas o ponto fulcral da bolha brasileira. São nelas que se escoram os especuladores de 20%. Se não houvesse a possibilidade desse tipo de venda (tendo como alternativa apenas o pgto a vista ou financiamento total), não haveria jamais bolha imobiliária no Brasil, pois o construtor teria uma ideia exata da real demanda. Foram as tais vendas contratadas (juntamente com o crédito farto) que possibilitaram a SAM & CIA estabelecerem o conceito de real estate e PLOC!
      A máscara cairá, contudo, quando os especuladores de 20% forem maciçamente rejeitados por bancos, ou, por iniciativa própria, devolverem o abacaxi. Aí teremos uma inovação contábil – As devoluções distratadas. Como disse anteriormente, isso não é balanço contábil. Isso é carteado da mãe-Diná

      0
      • MrK 19 de outubro de 2011 at 19:19

        concordo integralmente com seu texto

        0
  • MrK 19 de outubro de 2011 at 13:02

    HOJE OGLOBO PUBLICOU MAIS UMA MATERIAZINHA PAGA SOBRE VALOR DO M2 NA ZONA SUL DO RIO

    durante a materia “isenta” fica citando vários lancamentos “exclusivos” dando nome e endereço, até detalhes do numero de unidades a venda tem lá… agora pergunta se eles abriram espaco pra comentários?? CLARO QUE NÃO!!!

    0
    • Sant'Anna 19 de outubro de 2011 at 13:51

      MrK, estão tão empenhados em dar noticias dessa forma para enganar o povo, que até uma materia do Mauro Halfd na cbn a um tempo atras onde ele alertava a uma bolha que estava se formado, foi tirada do site da cbn, pelo menos voltei varios meses e não encontrei essa matéria.

      0
      • AMDKC 19 de outubro de 2011 at 15:12

        Eles não abriram para comentários, muito esquisito é díficil pensar que seja por acaso, é claro que tá com uma cara de matéria paga para desencalhar imóvel em planta na ZS. Realmente só trouxa o pior são os argumentos pqp, não tem lugar mais para construir, mas vejam o exemplo de Copacabana o bairro já está completamente saturado faz uns 30 anos e os preços nunca foram esses, só trouxa mesmo cai nesse lero-lero. Isso vai dar merda se já assim na censura é pq a situação já deve estar preta, mas infelizmente existe ainda muita gasolina para fogueira queimar antes de explodir de vez.

        0
      • Jedi 20 de outubro de 2011 at 18:12
    • Ana Paz 19 de outubro de 2011 at 18:08

      Q ódio não abrirem para comentários!! Super parcialidade descarada desse jornal comprado. Imóveis a venda estao encalhados há, pelo menos 6 meses na zona sul. Só no meu quarteirao tem 6 com placas, sem contar os discretos, como o meu vizinho do andar de baixo, que não baixa preço, nem coloca placa. hehehe
      E a bolha ta começando de cima para baixo. Os maiores imóveis não têm compradores e estão tendo que reduzir preço para vender. Ai, já viu, ne? O 4 qtos se aproxima do de 3qtos, este do de 2 quartos, e, se este nao baixar, perde o comprador…

      0
  • Andre Luiz 19 de outubro de 2011 at 13:10

    Mais uma do excelente blog “O Observador do Mercado”.

    Vejam o último parágrafo quando a Tecnisa atribui o volume fraco das vendas “À MOROSIDADE NO PROCESSO DE APROVAÇÃO DOS PROJETOS.” HAHAHAHAHAHA

    Só rindo mesmo.

    Exame: Lançamentos e vendas de imóveis despencam
    A Tecnisa – que está entre as maiores construtoras do País – encerrou um terceiro trimestre mais fraco que o do mesmo período do ano passado em dois indicadores essenciais para o mercado imobiliário: volume de lançamentos e vendas.

    Segundo os dados operacionais preliminares, entre julho e setembro, a Tecnisa lançou seis empreendimentos, totalizando 495,2 milhões de reais. A parcela da Tecnisa corresponde a 312,3 milhões. A cifra representa uma queda de 44,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

    No comunicado à Bovespa, a incorporadora não menciona claramente o que contribuiu para a redução do volume lançado, mas faz menção a uma “maior morosidade no processo de aprovação” dos projetos.

    agá tê tê pê exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/tecnisa-ve-lancamentos-e-vendas-cairem-no-terceiro-trimestre

    0
    • Andre Luiz 19 de outubro de 2011 at 13:11

      Retificando: menor volume de lançamentos e não de vendas.

      0
    • Anonymous 19 de outubro de 2011 at 14:04

      Quem é da área de construção civil sabe como proceder para aprovar projetos na Banânia RAPIDINHO.

      0
  • DM 19 de outubro de 2011 at 13:22

    Acho que vou jogar megasena, achei uma boa máteria sobre como comprar o seu imóvel, e as vantagens em muitos casos em aplicar o $$$ e alugar ao inves de financiar.

    “Pagar aluguel e investir pode ser melhor que financiar”, diz economista (Folha)

    Fonte: w w w 1.folha.uol.com.br/livrariadafolha/992055-pagar-aluguel-e-investir-pode-ser-melhor-que-financiar-diz-economista.shtml

    0
    • aiwww 20 de outubro de 2011 at 13:57

      Já comentamos extensivamente esse assunto. Em geral o valor do (aluguel)/(valor do imóvel) empata para a (poupança – inflação).

      0
  • Richard S Miranda 19 de outubro de 2011 at 13:40

    Boa tarde a todos

    No site do O Globo de hoje tem uma reportagem informando que existem lançamentos na Zona Sul do Rio de Janeiro por R$ 50.000,00 o metro quadrado. Unidades com aprox. 100 m2, ou seja, R$ 5.000.000,00.

    Desculpem a minha ignorância. Quem compra isto ? Que tipo de perfil são estes compradores ?

    0
    • MrK 19 de outubro de 2011 at 13:48

      por favor, veja meu comentário acima (o 2o deste post), eu mencionei essa reportagem

      é totalmente paga, ela dá detalhes e até endereco dos empreendimentos, tem total cunho de ajudar nas vendas dos mesmos, diz que sao os ultimos biscoito do pacote (nessas palavras) e cita exemplos de quem ganhou dinheiro com isso (uma pessoa comprou por 8 e vendeu pro 16 milhoes) tentando incentivar a fazerem o mesmo…

      a materia não aceita comentários, por que será?

      0
    • Anonymous 19 de outubro de 2011 at 14:09

      Miliotário = Milionário + Otário.

      Estou na Alemanha. Veja o que dá para comprar com 80% de somente UM m2 dessas unidades. Um bangalo de 40 m2, num terreno de 600 m2, numa região de veraneio distante cerca de 70 km de Berlin, por apenas 40 mil Reais.

      www . remax . de/330201001-14

      0
    • augusto 19 de outubro de 2011 at 14:39

      Ou são mentecaptos otários, ou estão fazendo lavagem de grana

      0
    • Lucas Mendes 19 de outubro de 2011 at 15:48

      Quem compra isso? Vou te dar um nome….pergunte ao Palocci o apartamento que ele comprou em Ribeirão Preto……..Olha tem esse preço por que tem gente que está pagando, convenhamos não seria pra justificar o dinheiro? (lavagem). Ora pergunte pro Ministro dos Esportes (Sr. Orlando Silva) por que comprou um terreno e pagou a vista. (algo a ver com dutos da Petrobrás). Amigos não sejamos tolos, com Copa e Olimpíada tem muita gente se dando bem, e uma das maneiras de “esquentar o dinheiro” é comprando imóveis. Parafraseando Lula: Nunca antes neste país…

      Abraços do Lucas Mendes

      0
  • Ar Quente 19 de outubro de 2011 at 13:54

    economia.estadao.com.br/noticias/economia%20brasil,mais-provisoes-bancarias-em-tempo-de-incertezas,88593,0.htm

    Mais provisões bancárias em tempo de incertezas

    SÃO PAULO – Os indicadores de inadimplência das pessoas físicas e das empresas não são, por ora, preocupantes, mas os bancos privados têm aumentado as provisões contra devedores duvidosos, em proporção maior do que os bancos públicos, mostrou reportagem do Estado, domingo. O reforço das provisões é medida prudencial, justificável em fase de desaceleração da economia. Mas, se as provisões forem excessivas, poderão limitar a oferta de crédito.

    Entre junho e agosto, segundo o Banco Central, para cada R$ 1,00 provisionado, os bancos privados emprestaram R$ 9,10 e os bancos públicos, R$ 34,90. No período, as operações de crédito aumentaram 3,6%, nos bancos privados, e 5,8%, nos públicos, mas as provisões cresceram, respectivamente, 6,5% e 3,7%. Os públicos estariam menos “protegidos” contra calotes, portanto.

    Se o governo, como controlador do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal e do BNDES, repetir o que fez na crise de 2008, a tendência será de aumento da oferta de crédito pelos bancos públicos, em comparação com os bancos privados. Essa política foi bem-sucedida, do ponto de vista do crescimento econômico. Quanto à qualidade dos créditos, só se saberá no futuro, quando vencerem as operações longas, algumas de maior risco, como no setor de carnes ou, agora, na construção de estádios para a Copa.

    Cabe reconhecer que os bancos federais desfrutam de condições excepcionais em relação aos privados, pois seriam socorridos pelo Tesouro em caso de necessidade. Entre 2008 e 2010, o Tesouro liberou R$ 236 bilhões para o BNDES, somente para assegurar o aumento do crédito, inclusive quando já não era preciso adotar uma política anticíclica.

    Os dados da Serasa Experian mostram que a inadimplência do consumidor cresceu entre março e agosto, mas diminuiu em setembro – e a tendência é de queda em 2012. No caso das empresas, a inadimplência deverá crescer ligeiramente até o fim do ano, estabilizando-se em 2012.

    Salvo em operações de maior risco, como o cheque especial e cartões de crédito, a inadimplência é baixa – inferior a 2% no crédito imobiliário garantido por alienação fiduciária.

    Historicamente, os grandes bancos privados aumentam muito as provisões em momentos de incerteza. Infelizmente, se essa política for acompanhada de redução da oferta de crédito, as empresas que dependem dos bancos serão penalizadas – algumas, sem recursos, sairão do mercado.

    Não parece haver, por ora, motivos para uma forte elevação de provisões e um grande corte no crédito.

    0
    • Eduardo Zé 19 de outubro de 2011 at 14:17

      Acho que a inadimplência só vai aumentar. O planeta em crise, vai consequentemente encolher as exportações aumentando o desemprego.

      A GM do Brasil já abriu programa de demissão voluntária, não consegue diminuir o estoque daquelas velharias fabricadas aqui.

      A inadimplência dos financiamentos automotivos saltou de 2,6 % para 4,4% (noventa dias).

      http://www.noticiasautomotivas.com.br/financiamento-inadimplencia-ja-e-de-44-e-preocupa-mercado/

      A bola está crescendo.

      0
      • Luiz 19 de outubro de 2011 at 15:41

        numa questão judicial, se vc provar que ele te ameaçou publicamente antes do processo, o cara toma de contra ataque um processo por litigancia de má fé, curiosamente os mais perigosos são os que ficma em silencio, o que não é o caso dessa molecada,

        Que se por acaso ganharam “um faz me rir” a mais ficam se achando os genios, acontece que desses a natureza cuida, easy comes easy goes, ou vai em remedio ou em mais drogas, ou seilá, … Vcs acham mesmo que pessoas com esse nivel etico e cultural vão longe?

        Vão nada, e vou falar mais a ambição é tamanha que eles sempre apostam cada vez maior, devem estar todos em posição comprada vendo os 500% de lucro virar a zero ou até em prejuízo, senão não teria o porquê do desespero.

        Se coloque no lugar de alguém que realment etem 1 milhão na mão… O que vc faria? Em quem vc acreditaria? Num imbecil que pensa que Cape town fica em Miami, que os parisienses são todos sem teto… ou na gente?

        Eles podem falar, mas não conseguem provar, pelo contrario quanto mais corda, mais se enforcam.

        ps: Bolha, mais atenção na moderação.

        0
        • Luiz 19 de outubro de 2011 at 16:23

          Zé ninguem ta comprando carro pq em janeiro vence o prazo do aumento do IPI, tá todo mundo guardando pra comprar um carro chines ou coreano em 2012.

          sou capaz de afirmar que foi a internet que mudou para sempre o cartel dos autos no Brasil

          0
  • Annibal 19 de outubro de 2011 at 14:36

    COMEÇOU A TEMPORADA DE ATAQUES E LEVANTES CONTRA O SITE DA BOLHA…

    Um defensor anônimo das construtoras participante de um fórum de bolha de BSB posto contra o site…

    ” Originally Posted by Fullgencio View Post
    Só um alerta quanto a esse site bolha imobiliária: o dono do site viola sistematicamente a privacidade dos usuários que argumentam contrários à tese do site, divulgando informações pessoais dessas pessoas.

    Recentemente o dono do site divulgou o e-mail profissional (de um grande banco) de um usuário, em represália por esse usuário ter argumentado contra a existência de bolha imobiliária. (Espero que as vítimas dessas violações tomem as providências judiciaiscabíveis contra esse tipo de coisa, que vai muito além de desvios éticos. Espero também que as vítimas denunciem o site ao Google, pois o mesmo viola políticas do AdSense).

    Além disso, se você procura informações ou dados sobre a existência ou não de bolha em mercados, na minha opinião, um site mantido por um técnico de informática, que se identifica como “Bolha”, que ganha 2k/mês e viola os princípios mais básicos de privacidade dos usuários, e divulga seletivamente dados pessoais das pessoas, talvez não seja a melhor fonte de informações.

    E, por fim, na minha opinião, quem indica ou divulga informações ali postadas, compactua, concorda e avaliza esse tipo de conduta (anti-ética, para dizer o mínimo) adotada por esse site.”

    Ele deve ser um dos q veio aqui pra criar confusão …. seus argumentos vazios se encaixam com os de alguns q vieram aqui e sumiram… provavelmente percebeu q não iria ter o êxito q teve neste fórum, pois lá ele conseguiu confundir muita gente… daí resolveu atacar a distância…

    fonte: skyscrapercity.com/showthread.php?s=e42106549734f64c5a2bbff4b4a05257&t=1127753&page=121

    0
    • Jack Imoveis 19 de outubro de 2011 at 14:41

      Se alguém é advogado, por favor avalie se procede. Eu pessoalmente acho que não há problema nenhum em expor o e-mail de quem comenta.

      Isso é outro bom sinal do que estamos incomodando.

      Abraços

      Jack – consultivo

      0
      • Andre Luiz 19 de outubro de 2011 at 15:07

        Jack,

        Eu sou advogado.

        Pelo que me lembro, o Bolha não divulgou o e-mail do usuário. Este se identificou como funcionário de um determinado banco, mas o e-mail que ele mesmo informou no site é de outro banco. Aí o Bolha esclareceu os fatos, APENAS perguntando porque o usuário dizia que era do “Banco A”, se usava e-mail do “Banco B”.

        Vale lembrar que o e-mail informado não precisa ser necessariamente verdadeiro. O usuário pode inventar o e-mail que quiser.

        De fato, ao postar um comentário, é comunicado que o e-mail não será divulgado. Assim, se o Bolha tivesse divulgado o e-mail da pessoa e este fosse verdadeiro, poderia, em tese, ser responsabilizado. Mas não foi o que aconteceu.

        Essa é a minha opinião, que não necessariamente seria acatada em uma eventual demanda judicial.

        0
        • Luiz 19 de outubro de 2011 at 15:43

          lugar certo agora

          numa questão judicial, se vc provar que ele te ameaçou publicamente antes do processo, o cara toma de contra ataque um por litigancia de má fé daqueles de arrebentar, curiosamente os mais perigosos são os que ficam em silencio, o que não é o caso dessa molecada.

          Que se por acaso ganharam “um faz me rir” a mais ficam se achando os genios, acontece que desses a natureza cuida, easy comes easy goes, ou vai em remedio ou em mais drogas, ou seilá, … Vcs acham mesmo que pessoas com esse nivel etico e cultural vão longe?

          Vão nada, e vou falar mais a ambição é tamanha que eles sempre apostam cada vez maior, devem estar todos em posição comprada vendo os 5.000% de lucro virar a zero ou até em prejuízo, senão não teria o porquê do desespero.

          Se coloque no lugar de alguém que realmente tem 1 milhão na mão… O que vc faria? Em quem vc acreditaria? Num imbecil que pensa que Cape town fica em Miami, que os parisienses são todos sem teto… ou na gente?

          Eles podem falar, mas não conseguem provar, pelo contrario quanto mais corda, mais se enforcam.

          ps: Bolha, mais atenção na moderação.

          0
        • Carlos Eduardo 19 de outubro de 2011 at 16:38

          eu mesmo nunca postei com meu email verdadeiro!

          0
    • augusto 19 de outubro de 2011 at 14:46

      É realmente muito duro para alguem, não ter o que fazer pois clientes não mais procuram para comprar imóveis.
      Alem do mais o desespero pode aumentar pois não ganham dinheiro, e se for alguem que recentemente comprou imóveis para investir fica ainda pior, pois o prejuizo é iminente

      0
    • Gil 19 de outubro de 2011 at 14:53

      Você está pegando a mensagem fora do contexto.
      Acompanho tanto aqui como lá e sei quem é o autor dessa mensagem.
      Ele defende especulação em imóvies na planta. Se não estou enganado, já ganhou 500% nas transações dele, desde 2007.
      Ele colocou essa mensagem postada por você em resposta a um usuário que citou uma mensagem do bolhaimobiliária. E só. Logo em seguida ele deixa bem claro que não mais fará referência a esse blog.
      Não gosto das idéias do autor da mensagem, mas ele não está totalmente errado no que disse não.

      0
      • Annibal 19 de outubro de 2011 at 15:11

        ahahah… contexto… q contexto…

        Q resposta q ele deu… NENHUMA….

        Se limitou a tentar desmoralizar o site todo com base em um episódio único… e ainda afirmou q se trata de um comportamento sistemático… ele está sim fomentando um movimento contra o site com base na conduta do bolha…. é o mesma coisa se eu disser q sua análise técnica é péssima pq vc espiona seus colegas de trabalho… não tem sentido nem contexto…

        Esse cara tem um comportamento uniforme… tbm acompanho esse fórum… ele argumenta repetindo tudo, q é a fvr do mercado, como verdade absoluta… retruca inclusive corretores e nunca se abala com ataques pessoais… sempre com declarações sem firmar direito sua opinião pessoal… ele faz uma verdadeira bagunça no fórum sem trazer nada de novo em suas argumentações…. vai acabar sendo contratado pelo Secovi…

        0
        • Annibal 19 de outubro de 2011 at 15:13

          se ele ganhou 10 milhoes ou 1 real é problema dele… não estamos discutindo isso aqui… ao contrário dele.. não acho q o salário de uma pessoa é requisito para comprovar sua capacidade…

          0
    • Eduardo Zé 19 de outubro de 2011 at 14:55

      O cara ficou nervoso!!

      Não fica trite não, vocês vão todos os apartamentos, e o preju vai ficar com os desinformados. E os contribuintes.

      0
      • Eduardo Zé 19 de outubro de 2011 at 14:55

        “triste”

        0
    • MrK 19 de outubro de 2011 at 15:01

      Ele está desviando o assunto, estamos aqui pra falar de BOLHA IMOBILIARIA, se a mesma existe e como pode explodir.

      O que ele faz, que considero totalmente infundado, é querer invalidar o site, seus argumentos e seus contribuidores baseado no salário do “bolha” ou num email de banco, dá um tempo, né? Isso é tatica de desesperado.

      0
      • Bolha Imobiliária 19 de outubro de 2011 at 15:10

        Pois é, eu apenas achei estranho, o sujeito falou que trabalhava no HSBC, e o e-mail pessoal dele era do outro banco, apenas argumentei. E dizer que eu entrei no skyscrapercity, que não tinha argumentações e vazei…Na verdade eu nem sabia que existia uma discussão por lá.

        0
      • LEOTEX 19 de outubro de 2011 at 16:25

        “Ele defende especulação em imóvies na planta. Se não estou enganado, já ganhou 500% nas transações dele, desde 2007”

        Eu nunca comprei nada na planta, mas também ganhei algum dinheiro com imóvel nesse período, meio por acaso inclusive. Comprei à vista e aluguei quando a relação preço – aluguel estava razoável. Quando o contrato acabou, percebi que o preço de venda estava alto. Vendi. Sou então um gênio especulador?
        Não, ao contrário, sou totalmente leigo. Apenas dei sorte. Sinal de que estava muito fácil ganhar. Mas nem por isso recomendo a ninguém especular com imóveis HOJE. Se até os corretores já falam em estagnação…

        0
    • Bolha Imobiliária 19 de outubro de 2011 at 15:03

      Não precisa nem dizer quem é o cara que esteve criando confusão estes dias atrás aqui no blog…

      0
      • Observador 19 de outubro de 2011 at 15:46

        É… Isso pode originar demanda judicial. Além de expor o e mail do cara, me lembro de voce dizer que iria rastrear o IP dele, pois era adm de rede e tal. Lembro-me de uns participantes colocando pilha e voce gostando da farra.

        Naquele mesmo topíco varios bons colaboradores sdeclararam deixar de frequentar o forum, pois a bagunça e desrespeito é nitido por aqui ultimamente.

        O pior é que se der merda, vc vai segurar a bucha sozinho.

        Briguei aqui ontem com um bando de imbecis pelo mesmo motivo de desrespeito…

        0
        • ESI 20 de outubro de 2011 at 21:21

          Eu acho engraçado, as pessoas tem a impressão que blogs são instituições de jornalismo sujeitas a regras especificas. Blogs são diários pessoais, com um bonus de poderem se comentados, é como se voce emprestasse seu diario e alguem fizesse anotações nele. Dito isso, blogs não são democracias, se eles não desrespeitarem as leis DO PAIS ONDE ESTÃO HOSPEDADOS, podem ter normas de conduta bem particulares o que inclui poder satirizar quem quiser entrar e sim expor dados como emails e IPs, internet não é uma terra onde o anonimato é um direito inalienável.

          I.P significa internet protocol, um protocolo que é resolvido em servidores de DNS, servidores de dominio de nomes traduzindo. Todo trafego da internet é publico ate seu provedor de origem. De lá até sua casa é outra historia. Tornar publico endereços de email e números de ip não é algo passível de processo por ambos serem coisas publicas per se. Ninguém cria um endereço de email para mante-lo escondido num cofre. A partir do momento em que você o passa para outra pessoa o mesmo se torna publico.

          Ameaçar o proprietário de um blog de processo por ter seus dados de cadastro e ip revelados é o mesmo que ir em uma assembleia pública berrar seu numero de telefone e reclamar que estão ligando para você. Um simples comando whois num link permite toda e qualquer pessoas saber esses dados.

          Traduzindo pura falácia, o senhor cercado de treinar cavalos (paddock), me parece uma criança mimada que quer atenção e que se não concordarem com ele ameaça roubar a bola do parquinho. Outro detalhe, onde você cadastra seu email e esta escrito will no be published é uma promessa do wordpress, não do dono do blog, e o wordpress realmente nao publicou dados de email de ninguém, eu pessoalmente mudaria o tema do blog e colocaria ali, o dono do site se reserva ao direito de publicar seus dados e te ridicularizar se você disser besteiras, se você preencher esse campo esta concordando com isso. Isso é legalmente inócuo mas já espantaria kilos de trolls mimadinhos e histéricos.

          Detalhe dois, vocês realmente acham que uma figura que acha que Cape Town é nos Estados Unidos e que fala o que falou de Paris, vai ter dinheiro suficiente para processar alguém? Tempo todos nós sabemos que ele tinha aos montes porque era o cidadão que mais posts tinha, com captcha ou não.

          0
      • Luiz 19 de outubro de 2011 at 16:09

        bolha, só pra completar o que escrevi acima sobre essa molecada

        se alguem te acusar de crime em algum forum virtual, vc pdoe chamar essa pessoa judicialmente.
        Qdo ele acusou vc de “violar sistematicamente a privacidade de alguém”, ele acaba de cometer algo que pode ser incluido no código legal (veja como eu usei as palavras).

        ma so fato é que não vale a pena, esses corretorzinho se fingindo de investidor não devem ter onde cair morto. Eles gozam com o pau dos outros

        ps: repito, vc deve ter + cuidado na moderação daqui em diante.

        0
      • Tales 19 de outubro de 2011 at 16:22

        Bolha,

        No outro post teve um comentário do Pedrão que foi muito falado mas sumiu.

        O comentário foi apagado?

        0
        • Bolha Imobiliária 19 de outubro de 2011 at 16:52

          O próprio pediu para apagar, para preservar

          0
          • Tales 19 de outubro de 2011 at 22:11

            blz

            0
    • veigalex 19 de outubro de 2011 at 15:03

      Não sabe brincar, não desce para o Play!

      0
    • Ar Quente 19 de outubro de 2011 at 17:48

      O bolha é legalmente responsável pelo fórum. Acho que você devia pelo menos consultar algum advogado da área para saber o que você pode fazer para se defender juridicamente. Quando a gente faz um post aqui, o campo mail aparece

      Mail (will not be published) (required)

      Não entendo nada do jurídico mas isso pode ser interpretado como um contrato tácito.
      Enfim. Não vou ficar chutando aqui sobre coisas que eu não sei, mas acho que você devia pelo menos pesquisar profundamente sobre o assunto.

      Abraço

      0
      • Diego 19 de outubro de 2011 at 18:49

        Sou advogado, mas essa questão posta em Juízo iria demandar muitas discussões e o seu resultado é imprevisível.

        Contudo, me parece que se o “bolha” afirma que o e-mail não será divulgado, no mínimo violaria a boa-fé objetiva ao torná-lo público. Isso, em tese, gera o dever de indenizar (tenho dúvidas se houve um contrato).

        Contudo, acompanho o blog e o “bolha” não divulgou o e-mail do participante e tampouco o identificou. Apenas referiu o domínio do e-mail cadastrado.

        É isso.

        0
        • Luiz 19 de outubro de 2011 at 19:06

          caros advogados
          necessitaria haver um motivo
          todo crime precisa de um motivo
          aí eu fico imaginando a cena

          “ah, o motivo é porque ele queria me desmoralizar porque discutimos num blog sobre bolhas”.

          É capaz do juiz mandar prender o cidadão na hora, por abuso do sistema jurídico, desacato.
          Isso se o juiz não cair na gargalhada.

          ô Bolha sou doutorado neste assunto por vivencia propria.

          PODE DORMIR TRANQUILO, isso aí não passa de intimidação de moleque, vc e todo mundo que escreve aqui, durmam em paz, a não ser que tenham comprado imovel na planta recentemente

          0
          • Bolha Imobiliária 19 de outubro de 2011 at 19:15

            É tudo muito estranho, uma pessoa querer derrubar um site “sozinho”. Deve ter alguma força grande para encoraja-lo, não acha ??
            E outra…Não xinguei ninguém, não revelei o e-mail dele, muito menos ip, apenas moderei o cidadão, por motivo de bagunça. O que tem de errado nisto ?

            0
            • Luiz 19 de outubro de 2011 at 19:23

              opinião pessoal, vc demorou, ele sforam se empolgando e conseguem encher os aco ao memsmo tempo que impressionam os mais sensíveis e inexperientes.
              a casa é sua, vc põe as regras. se fosse a minha esse xeretador já tava fora desde ontem.
              repare na qualidade dos posts, percebeu que mta gente boa sumiu depois que ele apareceu

              0
              • Bolha Imobiliária 19 de outubro de 2011 at 19:26

                Eu sei Luiz

                Ultimamente ando bastante atarefado, e não consigo moderar com qualidade o pessoal…Tenho que ler por cima, e e aceitar…É muito transito no site.

                0
                • Luiz 20 de outubro de 2011 at 10:48

                  Bolha dei um pulo no skycraper, eu uso muito este site como fonte de informação na área de engneharia e obras, mas no caso da bolha nenhum dos posts tem nem 10% da qualidade deste aqui, resume-se na discussão de meia dúzia de corretor que mal sabe os fundamentos da matematica financeira. Só tem conta atrapalahda lá. Ser mal falado lá deve ser motivo de orgulho.
                  Se algum idiota acreditou naquelas contas e veio aqui pertubar, não dura 3 dias, vc sabe o nivel alto daqui. Eles lá tem todos os jornais à disposição pra divulgar as suas bobagens, melhor esperar eles publicarem a gente copia aqui e analisa, não tme necessidade eles virem aqui, vc permite se vc kiser, ou não.

                  0
  • MrK 19 de outubro de 2011 at 15:28

    durante esses meses de site, várias pessoas viera aqui argumentar contra a teoria de bolha: André, josé, Classe Média, Kassia (equipe Lopes), Menino do Rio, etc…

    Mas nenhum conseguiu me responder uma questão muito simples: Hoje as vendas já estão fracas, se considerarmos as vendas pra moradores então, estão MUITO fracas (Vide que imovel usados parou de vez), com esse cenário e com uma avalanche de imóveis vendidos na planta pra especuladores chegando ao mercado (são imoveis que precisarão ser revendidos, pois o aluguel não paga nem os juros do financiamento e em muitos casos o dono só conseguia pagar o financiamento dos 20% na planta e não sobre os 100%), como esses imoveis serão desovados pra moradores aos precos atuais (afinal especulador não compra nas chaves)???????

    0
    • Pensativo 19 de outubro de 2011 at 15:52

      MrK,
      simples; ou ampliam o crédito/fomento às classe média ou diminuam o preço do imóveis.

      O governo federal é que ainda está mantendo o mercado imobiliário aquecido com o MCMD. Se não fosse este subsídio, a bolha já teria estourado e o desemprego estaria agora nas nuvens (mercado imobiliário é massivo empregador de mão de obra desqualificada, a qual temos de sobra).

      Só os pouco estudados acham que 10k o metro é um valor sustentável em um país pobre, desigual e atrasado como o nosso. Estes nunca foram a um país de primeiro mundo para perceber que demoraremos décadas para chegarmos no nível atual de desenvolvimento e civilidade das nações ricas.

      O que vejo muito é ufanismo irracional, enquanto estou na minha epifania sobre a economia nacional.
      Pergunta aos tolos: já viram algum país terceiro mundista tornar-se desenvolvido apenas exportando bananas e congêneres? Pois é!!! É Exatamente esta falácia que querem que acreditemos.

      2012 promete!!!

      0
      • Luiz 19 de outubro de 2011 at 16:17

        Pensativo, gostei muito dos seus ultimos posts, hj toh meio sem tempo p comenta rcomo merecia.

        So pra te completar, estes corretorzinhos que agora chama a si próprios de consultor de investimentos não têm a menor capacidade de repsponder questão nenhuma, mal sabem o que se passa.

        O maximo que conseguem é manobrar a documentação de comrpa e venda e rapinar as migalhas do mercado, com a tolerancia e a conivencia temporária das construtoras que estão começando a perceber o mal que é ter cambista na porta da obra.

        O mercado está virando, tá certo que os resultados das construtoras e outros boatos vieram fortes e a coisa ainda não explode tão cedo, ninguem sabe quando vai ser o dia “D” da grande liquidação.

        Vc lembra quando do dia pra noite as linhas de telefone passaram a valer nada?
        Lembra quantos viviam disto e faliram?

        Vai se dar o mesmo, vamos galgar um novo patamar ou a bolha explode, ou ambos ao mesmo tempo, como foi com o telefone.

        0
  • Jr. 19 de outubro de 2011 at 15:55

    Preços de imóveis usados voltam a crescer
    Após queda durante dois meses, em São Paulo, preços de imóveis usados voltam a crescer

    São Paulo – Depois de dois meses de queda, os preços dos imóveis usados e do aluguel residencial deram um salto em julho no Estado de São Paulo. A variação média foi 36,44% em relação a junho, maior percentual desde setembro do ano passado. As vendas de casas e apartamentos foram 13,53% maiores que as de junho e a locação de imóveis residenciais cresceu 26,06%.

    Continua: http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/imoveis/noticias/precos-de-imoveis-usados-voltam-a-crescer

    Comentário: Esta bolha ainda vai demorar (e muito) pra muchar e quando acontecer os preços não recuaram mais do que 30%. Como não para de subir, melhor quem está sem casa, comprar logo, pois até quem está especulando não para de ganhar.

    Testemunho: Comprei (por 39k) um terreno popular em São José dos Campos em fevereiro (justamente quando entrei neste site como leitor e fiquei assustado com a gritaria). No feriado, dia 12/10, vendi por 55k (recebi a grana ontem rs). Um lucro bruto de 41% em 8 meses = 5,1% a. m. Isto porque eu estava com medo de comprar por causa da tal bolha.

    0
    • augusto 19 de outubro de 2011 at 17:03

      Ora bolas não conseguiu convencer ninguem, pois mentecaptos e otários são cada vez mais escassos.
      Caia na real meu amigo, acabou a fase de “investir” em imóveis, pois quando atingem o pico o negócio é vender (o problema é para quem) e nunca comprar

      0
    • Pensativo 19 de outubro de 2011 at 17:31

      “Testemunho: Comprei (por 39k) um terreno popular em São José dos Campos em fevereiro (justamente quando entrei neste site como leitor e fiquei assustado com a gritaria). No feriado, dia 12/10, vendi por 55k (recebi a grana ontem rs). Um lucro bruto de 41% em 8 meses = 5,1% a. m. Isto porque eu estava com medo de comprar por causa da tal bolha.”

      O seu testemunho apenas reforça tudo o que aqui é dito. Não há sustentação para os preços atuais, eles estão descolados da realidade. Uma hora o pessoal acordará e perceberá que tudo isso é apenas especulação.

      Engraçado, o seu comentário parece muito com os que compraram ações da Mundial (MNDL4) há três meses atrás (antes do estouro do ativo). Na época a ações da empresa já tinham subido muito (mais de 1600%) sem nenhuma explicação plausível para isso; ou seja, o ativo inflou apenas por ganância e desconhecimento dos amadores. Pois é: um dia a casa caiu, em um período três pregões as ações preferenciais passaram de R$5,11 para R$ 0,69 e todos que recém tinham entrado na ciranda deste mico pagaram o pato. Até hoje tem gente com o papel na carteira esperando a próxima leva de troxas surgir.

      0
    • Jonathas 19 de outubro de 2011 at 17:32

      Variação MÉDIA de 36% em relação a JUNHO???????

      QUE ABERRAÇÃO É ESSA?????????

      O acumulado do ano até junho estava em 0,19% e, em um mês, subiu 36,44%!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      O volume de vendas de usados estava 16,48% menor do que no mesmo período em 2010 com a venda de SOMENTE 928 imóveis?

      www. crecisp.gov.br/arquivos/pesquisas/estadual/2011/pesquisa_estadual_julho_2011.pdf

      0
      • Luiz 19 de outubro de 2011 at 17:47

        o desespero é pq eles foram pegos no contrapé

        A gente aqui falava em estouro da bolha pra lá de 2012, eu mesmo falava em 2015

        acontece que antes do estouro vem o bear trap, esse momento em que é quase impossível negociar um imovel, por isso o desespero e a raiva, erramos nossas previsões, a merda estourou antes, eles acredaram que ia até a copa, hahahaha

        0
        • Luiz 19 de outubro de 2011 at 17:55

          terreno a 55k não é preço de terreno popular em SJC, é quase classe alta (1%).
          Quem comprou, casou com o terreno, não vende nunca mais.

          0
          • Antonio 21 de outubro de 2011 at 14:30

            Eu tenho um terreno popular em Sao José e tento vendê-lo há mais de dois anos com um lucro de 200% em 9 anos e nao consigo.

            0
  • mahmoud 19 de outubro de 2011 at 16:02

    Alguém viu essa entrevista do economista Ricardo Amorim? Ele diz com todas as letras que não há nenhuma possibilidade de bolha, mas só usa o mesmo clichê do crédito. Não comenta nada sobre o aumento desproporcional dos preços, esse sim o maior motivo de uma bolha. A partir de 08:14 ele comenta a parte da bolha.

    http://www.youtube.co m/watch?v=JNtHbY8a_HM&feature=related

    0
    • Roberto Cesar 20 de outubro de 2011 at 06:14

      Mahmoud,

      O Ricardo Amorin previu a 2 anos atras que a Bovespa chegaria aos 200 mil pontos em 2014. Eu duvido que isso aconteça.

      Tudo que ele falou é muito lógico e eu até entendo que um estrangeiro tenha essa visão, mas ele como Brasileiro deveria conhecer melhor o nosso mercado e saber que o foco da especulação está no imóvel na planta. Aí temos uma situação com várias similaridades com o subprime Americano:
      1. Fartura de crédito. No momento que a construtora te vende o Ap na planta ela ta te dando um crédito, ou seja, você está fazendo uma dívida. Só que essa dívida não tem lastro algum pois o AP nem existe ainda.
      2. Credito Facil: Como se dizia nos USA, “se você consegue embaçar um espelho você tem crédito”. A compra na planta é a mesma coisa, sem documentação, sem renda comprovada.
      3. Número excessivo de investidores, ou seja, especuladores. Li uma reportagem dizendo que mais de 40% das novas compras são de investidores. Isso é absurdo e insustentável.

      E mais um argumento que qualquer um que viu as bolhas americanas, espanholas, etc, deveria saber é o descolamento do preço dos imóvel do valor médio, ou seja, crescer mais rápido que os salários.

      O argumento de que uma possível bolha não atingiria os bancos porque há muito rigor na
      aprovação de crédito e os bancos exigem pelo menso 20% do valor do imóvel, isso é furado. Sim, os bancos são rigorosos na aprovação de crédito, mas os bancos estão sempre corrigindo o valor de avaliação dos imóveis para acompanhar o mercado. Como a subida nos últimos 2 anos foi muito maior que 20%, uma correção de 20% ou mais é possível. Daí vamos ver muitos mutuários debaixo d’agua.

      0
  • Mahmoud 19 de outubro de 2011 at 16:11

    por VLADIMIR SAFATLE

    “Enquanto eu cobrava R$ 100 por sessão, tinha poucos pacientes. Quando comecei a cobrar R$ 200, por incrível que pareça, os pacientes afloraram.” Esta afirmação de um amigo psicanalista talvez valha um capítulo na teoria geral da formação de preços, ao menos no Brasil.

    A mudança no preço de sua sessão não foi o resultado de alguma nova conformação das dinâmicas de oferta e de procura. Ela foi, na verdade, a descoberta de que, em países com alta concentração de renda, certas pessoas estão dispostas a pagar mais simplesmente devido à crença de que as coisas caras foram feitas para ela.

    Por mais que economistas gostem de dizer o contrário, a ação econômica é baseada em sistemas de crenças e expectativas cuja racionalidade é fundada em fortes disposições psicológicas “irracionais”-pois estão ligadas a fantasias.

    Atualmente, alguns dos aluguéis mais caros do mundo podem ser encontrados em cidades improváveis como, São Paulo, Moscou e Luanda (capital angolana).

    A razão é que tais sociedades emergentes crescem com alta desigualdade de renda, o que faz com que uma parcela mínima da população, com poder aquisitivo exorbitante, puxe para cima a cadeia de preços. Para o resto da população, melhor seria que essa parcela simplesmente não existisse.

    Qualquer pessoa que frequenta restaurantes nessas cidades percebe que a disparada de preços pouco tem a ver com a flutuação do valor dos alimentos. Nossos agricultores continuam recebendo, em larga medida, valores irrisórios. Tal disparada vem da existência de pessoas que não sentem diferença entre pagar R$ 30 ou R$ 70 por um prato. Mobilizando a crença de que as coisas caras são exclusivas, elas geram, assim, um forte problema econômico.

    Há de perguntar-se por que, sendo a inflação uma questão tão premente na vida nacional, nunca encontramos reflexões sobre a relação, aparentemente tão evidente, entre pressão inflacionária e desigualdade social.

    Ao contrário, vê-se apenas pessoas dispostas a falar contra os “gastos públicos”, isto em um país onde, vejam só vocês, escolas e saúde pública são subfinanciadas e grandes investimentos públicos em infraestrutura são urgentes.

    Talvez um dia descobriremos que a economia brasileira só estará mais bem defendida contra a inflação quando a desigualdade e o consumo conspícuos que ela gera forem realmente combatidos.

    O que é melhor do que reduzir os mecanismos de controle da pressão inflacionária à definição de taxas de juros, pois a disparidade de renda, além de gerar fratura social e conflito de classe, é fator de instabilidade econômica

    0
    • Ana Paz 19 de outubro de 2011 at 18:17

      Volto a dizer. O limite dessa graça, é o bolso. Uma hora nao vai ter quem possa pagar…

      0
      • Carcará 19 de outubro de 2011 at 19:43

        Perfeito, Ana Paz.

        É exatamente isso. E já não há como voltar. A farsa do brasil dos milionários acabará à medida que os empreendimentos forem entregues.

        Abs

        0
  • Richard S Miranda 19 de outubro de 2011 at 16:34

    Quem tem uma quantia dessas não pode ser otário. E se estes lançamentos de R$ 5.000.000,00 na zona sul do Rio forem apenas objeto de especulação. Pode ser que eles nunca serão vendidos para os famosos miliotários.
    Na minha profunda ignorância, talvez estes imóveis já estejam vendidos ou já encaminhados. O pretexto de vender é apenas parecer que o mercado está aquecido e que imóvel é um bom negócio com os preços atuais. Uma manobra benéfica para as construtoras.

    0
    • Ader 19 de outubro de 2011 at 16:50

      Seria um tipo de contra-informação… se for, quem faz isso é muito canalha…

      0
  • jarbas 19 de outubro de 2011 at 16:43

    pra quem tá com o dinheiro parado, perdendo pra essa inflação que não para de subir, segue uma excelente oportunidade de investimento.

    Jarbas vasconcelos:
    Boa Tarde. já vi as apresentações do empreendimento Atrium e gostaria de saber o preço das unidades menores, de 68,95 m2, para investimento. E também qual o percentual a ser pago durante a bora
    Jarbas vasconcelos:
    *obra

    Boa tarde Sr. Jarbas qual seria a sua dúvida em relação ao Atrium?

    Jarbas vasconcelos:
    já vi as apresentações do empreendimento Atrium e gostaria de saber o preço das unidades menores, de 68,95 m2, para investimento. E também qual o percentual a ser pago durante a obra-

    Jarbas, as unidades menores são os lofts e como estamos em fase de pré-lançamento ainda não temos a tabela com a forma de pagamento do projeto

    Jarbas vasconcelos:
    mas tem uma ideia do preco por m2?

    Jarbas, o preço médio do empreendimento está em média r$7.000

    tem vista pras comunidades das redondezas?

    Jarbas, isso vai depender da coluna, vai ter algumas colunas que terão e outras não.

    Jarbas vasconcelos:
    sabe qual a expectativa de valorização até a entrega das chaves?

    Jarbas, o mercado está muito aquecido e a região se valoriza cada vez mais, tem uma demanda reprimida grande na região tanto que todos os lançamentos até o momento foram vendidos no méximo em um final de semana. Sendo assim a tendencia de valorização é grande.

    0
    • jarbas 19 de outubro de 2011 at 16:44

      isso fica na Tijuca, ao lado do Salgueiro

      0
      • Leonardo 19 de outubro de 2011 at 19:22

        Pagar R$7.000 no m² nesta região é maluquice,não sei quem compra… Mesmo alguém que se diz “investidor” sabe que isso não vai se valorizar, ainda mais com os dizeres “algumas unidades terão vista para a comunidade”. Só falta dizer que esta vista vai se valorizar pq upp é moda!

        0
      • Philis 20 de outubro de 2011 at 01:25

        Eu vi no final de semana!!! Se não me engano, a rua é uma das entradas para o morro!!! Absurdo cobrarem isso!

        0
  • MrK 19 de outubro de 2011 at 16:55

    Vejam bem, uma reportagem séria sobre o assunto teria o cunho de ANALISAR esse valor de R$50mil o m2, essa reportagem ao contrário parece comemorar o alto valor, sem em momento algum questionar o mesmo ou ouvir opiniões diferentes das figurinhas de sempre! Não estão preocupados em avaliar como chegou a esse preço ou se isso é sustentável.

    A matéria é tão descarada que fornece o endereco e detalhe dos empreendimentos, claramente querendo ajudar nas vendas, depois cita exemplos de quem ficou rico “flipando” imóvel

    isso não é reportagem séria, isso é matéria paga até a última gota e o fato de não permitirem comentários só corrobora isso.

    0
    • Richard S Miranda 19 de outubro de 2011 at 17:16

      Ou a globo tem muitos imóveis nessa região ou deve estar levando uma boa grana por fora.

      Acredito que a grande maioria das vndas não devem passar pelos ídices IPEZAP, imobiliárias da vida, etc …

      Teve um amigo meu que comprou direto com o proprietário recentemente um ap de 3 quartos com 80 metros a 2 quadras da praia no Recreio por R$ 160.000,00. Talvez o proprietário não estava sabendo dos índices ou valores de FIPEZAP e imobiliárias.

      Estes índices são do tipo se colar colou !!!

      Acredito que muita gente está fazendo negócio fora desses índices enganosos.

      0
      • Pensativo 19 de outubro de 2011 at 17:38

        Richard,
        tenho a mesma impressão. Vejo que há uma dupla especulação, uma real e outra marketeira. É claro que os preços dos imóveis subiram nos últimos anos (tanto compra quanto aluguel), porém que é colocado nos meios de comunicação não é real (especulação em cima de especulação).
        Tenham o meu exemplo que aluguei a poucos meses um apartamento por um preço 40% menor do que o de mercado. E se estivesse chorado, o preço cairia ainda mais.

        0
        • Richard S Miranda 19 de outubro de 2011 at 18:05

          Quando eu vou a SP eu sempre fico nos Hoteis Mercure.
          O preço na portaria custa R$ 500,00 a diária. Na internet custa R$ 180,00.
          Uma vez, quando eu estava fazendo o check-out no hotel, eu ví um funcionário receber uma ligação no qual a pessoa do outro lado perguntava o valor da diária e o funcionário disse R$ 500,00. A pessoa do outro lado informou que estava muito caro, e o funcinário prontamente disse que o preço era aquele mesmo e era para procurar os Hoteis IBIS pois tem tarifas mais baratas. Em nenhum momento ele disse para acessar o site do Mercure Hotel.

          Eu acho que sempre tem uma porta de saída (back door). Nós estamos nos baseando em sites (FIPEZAP, Globo, etc …) que podem ser muito especulativos. Que se procurar em outras fontes poderá achar valores menos especulativos.

          0
          • Guilherme Eduardo 20 de outubro de 2011 at 00:01

            Boa dica…

            eu sempre fico procurando no site reclameaqui.com.br , lá tem que fala dos problemas são os próprios compradores. Geralmente eu procuro os empreeendimentos na região que moro/trabalho. Dois que fico acompanhando são o ECO CLUB NOVA BARUERI, em Barueri/SP, e o INNOVA SÃO FRANCISCO, em Osasco/SP.

            0
          • Matheus 20 de outubro de 2011 at 07:38

            Tem tambem iniciativas como o proprietariodireto.com.br, ainda incipientes, mas que permitem negociacao direto com o dono a precos mais baixos. Pelo menos nos livra dos corretores e sua falacia que alimenta a especulacao.

            0
  • Anonymous 19 de outubro de 2011 at 18:23

    Será que está todo mundo louca na Banânia? Será que alguma coisa foi adicionada na água?

    Custo de mão de obra na construção dispara – 19 de outubro de 2011
    www1 . folha . uol . com . br/fsp/mercado/me1910201103.htm

    Mestre de obra com boa qualificação já ganha de R$ 12 mil a R$ 18 mil em SP; pedreiro recebe até R$ 5.000 mensais

    0
    • Leo 19 de outubro de 2011 at 18:33

      Agora ta explicado.. o pessoal que ta comprando AP na zona sul do Rio trabalha com obra… os que compram em Ipanema sao os Mestres de obra… agora entendi!
      Brincadeira…

      0
      • Mahmoud 19 de outubro de 2011 at 19:47

        Os mestres de obra estão comprando na Zona Sul e os pedreiros na Barra kkk

        0
    • Dan 19 de outubro de 2011 at 18:50

      Enquanto isso, na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, abre-se um concurso para professor adjunto; O indivíduo precisa de graduação, mestrado e doutorado em ciências biológicas, preferivelmente com experiência na área de Taxonomia de Grupos Recentes (a maioria dos leitores precisará procurar o significado do termo no google).

      O Salário = R$ 5294,08

      (vide edital, link no final do post)

      Pago por 40 horas semanais, para desenvolver importantes pesquisas e formar futuros biólogos.

      Resumo da ópera:

      Graduação em Ciências Biológicas = 4-5 anos

      Mestrado = 2-3 anos

      Doutorado = 4 anos

      O indivíduo precisa de 10 a 12 anos de estudo no ENSINO SUPERIOR. A esmagadora maioria dos candidatos a esse tipo de vaga, após o término do doutorado, permanece algum tempo na situação que se chama de “limbo”. Pode perdurar por anos. Enfim, um sujeito super especializado, mas desempregado, aguardando um concurso na área. Vive, quando tem sorte ou competência, de bolsas de estudo (pós doutorado) sujeitas a cancelamento e/ou atrasos por fatores diversos. Terá, durante essa fase, mais de 30 anos de idade sem nunca ter trabalhado formalmente.

      Melhor mesmo é ser pedreiro… não é?

      Como um cientista, costumo acreditar que disparidades absurdas e repentinas em resultados são forte indício de erro de metodologia, ou de situações insustentáveis. Aos senhores, as devidas conclusões.

      h t t p://www.srh.uerj.br/docente/saida.asp

      0
      • Luiz 19 de outubro de 2011 at 18:58

        aconteceu a mesma coisa na espanha

        lá muitos universitarios abandonaram a faculdade pra ficar rico como pedreiros, hoje eles não tem emprego nem diploma e muitos ainda fizeram dívida de imovel.

        (antes que venham com criticas idiotas, aviso que um pedreiro europeu não se parece em nada com os seres tratados aqui em condições subhumanas)

        0
      • Álvaro 19 de outubro de 2011 at 19:07

        Dan, entendo sua revolta mas o mercado de trabalho funciona desse jeito. Oferta de mão de obra e demanda.

        Faça uma pesquisa para ver quanto que um especialista em martelinho de ouro ganha quando uma chuva de granizo em altas proporções ocorre em uma cidade grande …

        Advogado, professor … temos aos montes.

        Agora vai achar um operário de boa qualificação em acabamento, a título de exemplo … Estudar engenharia civil nos anos 90 era sinônimo de desempregado ou filho de dono de empreiteira/construtora. Hoje colocam estagiários para supervisionar obras …

        No mais, algumas vezes já penso que existe uma certa ansiedade do pessoal no sentido dos preços dos imóveis abaixarem bruscamente. Também sofro deste sentimento de frustração, já poderia comprar um imóvel de boa qualidade com o que tenho poupado, se não fosse essa loucura que virou o mercado imobiliário.

        Mas começar a criticar determinadas profissões somente pelo fato de não demandarem esforço intelectual propriamente dito já começa a cheirar a recalque …

        0
        • Dan 19 de outubro de 2011 at 19:32

          Álvaro não me entenda mal.

          Minha visão sobre o assunto é propositalmente, e absolutamente pragmática. Tem apenas dois focos: primeiro, a comparação entre o tempo de investimento em formação x remuneração; segundo, a brusca elevação da remuneração de profissões sabidamente mal remuneradas, alavancadas por um cenário descontrolado.

          Pedreiros, mestre de obras, professores do ensino fundamental, seja o que for: o fato é que esse salto de remuneração absurdo é reflexo de um mercado completamente descontrolado. Se por algum motivo externo a remuneração dessas profissões em específico foi alavancada a níveis estratosféricos se comparada à de um “nicho” completamente desvinculado da realidade da construção civil (professor de biologia no ensino superior, no caso), por conta desse descontrole de mercado, há aí um indício de que as coisas beiram o absurdo.

          Não quero desmerecer as referidas profissões. De fato esperava observações dessa natureza enquanto escrevia o post.

          0
        • Guilherme Eduardo 20 de outubro de 2011 at 00:25

          O problema é que quando noticiam que “pedreiro está ganhando R$ 5.000,00” muitos jovens vem seu sonho realizado: Ganhar um ótimo salário sem esforço, porque não é necessário fazer concurso e nem faculdade. Pode sim haver algumas regiões do Brasil que tenham pedreiros ganhando R$ 5.000,00/mês por fatores locais, como população baixa, difícil acesso, etc. O correto seria dizer que no lugar X, Y e Z há pedreiros que ganham 5k, mas que a média é de 1k, 2k.

          Para que fazer faculdade durante 4/5 anos, gastar R$ 50.000,00 nesse período, fora o stress e as noites de balada perdidas por ter de estudar para provas? Vamos fechar as faculdades e abrir canteiros de obra!!! Vamos deixar só uma meia dúzia de pé para os engenheiros civis. —–> Entenderam onde quero chegar?

          0
    • RT 19 de outubro de 2011 at 19:52

      Pedreiro ganha 5 mil?

      Então, os pedreiros da obra ganham próximo (se não ganharem mais) que o engenheiro civil da mesma obra??

      Ou isso não existe, ou eu estou maluco e o Brasil virou um país de rico…

      0
    • lopes51 20 de outubro de 2011 at 00:55

      Por isso que as greves estão pipocando cada vez mais, bancário tem piso de 1.400,00 Reais Correios piso de 920,00 (isso com os aumentos).
      Mais uma hora isso passa, e as coisas retornam a sua normalidade, como o supra citado já aconteceu tal pintura na Espanha.
      Hoje vejo muitas pessoas descontentes com seus recebimentos, pois os salários foram desvalorizados em relação ao salário minimo, como o SM subiu os itens basicos subiram acima da média.
      Mais as vezes posso ser somente mais uma pessoa que so reclama e não percebe que a renda de todos subiram e a minha está estagnada acompanhando somente a inflação e olha olha, ESTOU SERIAMENTE PENSANDO EM VIRAR PEDREIRO OU CORRETOR.
      OBS: Já fiz serviço de pedreiro e pintor varias vezes pra minha familia e sinceramente hoje em dia me sinto mais estimulado a fazer isso cada vez mais.

      0
  • MrK 19 de outubro de 2011 at 19:28

    Aviso aos navegantes

    já comecei a ver apartamentos na zona sul do RJ no zap baixarem o preço em relação ao preço ofertado semana passada, não foram muitos casos não, e a redução da ordem de 5% (pequena), porém pode ser um sinalizador

    eu não espero que essa bolha arrebente caindo de preço 40% da noite pro dia, certamente será um processo longo (como toda bolha imobiliaria) e do topo ao chão pode levar mais de 1 ano, com quedas médias de 3% a 4% ao mes, já que os proprietários não cedem facilmente.

    é aguardar pra ver…

    0
    • Leo 19 de outubro de 2011 at 19:37

      Sabe informar se o numero de oferta aumentou e qual bairro do imovel que teve reducao ?

      0
      • MrK 19 de outubro de 2011 at 19:45

        Leo, eu nao monitoro muitos imoveis em muitos bairros não, é bem pouca coisa…vejo pouca coisa na zona sul, onde vi esse efeito foi na gávea

        uma outra coisa notei e vale pra todos os bairros, aquelas subidas sem noção pararam de ocorrer, pelo menos os imoveis que monitoro há uns 2 meses ou mais que não sobem preço

        0
        • Leo 20 de outubro de 2011 at 08:06

          Valeu pela info…. vou passar a monitorar tbm.

          0
          • Ana Paz 25 de outubro de 2011 at 14:02

            Eu monitoro o “Morar Bem” desde janeiro de 2010. Guardo anúncios de Copacabana e Flamengo. Nos últimos meses e, com certa frequencia, os imóveis estão se repetindo com preços mais baixos, de semana para outra.
            Além disso, moro em Copa (Posto 6) e, desde maio, vejo diversos imóveis “empacados” com placa de venda, a maioria de três e quatro quartos. Outros, que sei que estão a venda, simplesmente não têm placa. Se tivessem, veríamos o real efeito da valorização desmedida dos imóveis dos últimos tempos.

            Acredito que o processo de “bolha” tenha se iniciado “de baixo para cima”, ou seja, com valorização dos imóveis de maior liquidez primeiro (menores), os quais, em geral, são mais visados por quem está na primeira aquisição, e isso tenha refletido nos preços dos maiores (já que pessoas que viram seu imóvel valorizar, aproveitaram o financiamento fácil para migrar para imóveis maiores, fazendo o chamado “efeito cascata” do menor, para o maior).
            No entanto, redução de preços está acontecendo no sentido inverso, ou seja, “de cima para baixo”. Os maiores ficam sem compradores primeiro (em razão do limite dos bolsos, obviamente) e “encalham”.
            É exatamente o está acontecendo em Copa neste momento.
            Seus preços têm que ser reduzidos e, assim, alcançam os menores, que não vão ser preferidos, se as condições de preços forem iguais. Assim, eles têm que baixar proporcionalmente. E assim sucessivamente.
            Andei ligando e vendo alguns imóveis por lá… os preços anunciados de 3 e 4 quartos já estão cerca de R$7.000,00 o metro quadrado, com garagem, o que significa uma redução em comparação ao fim do ano passado. Isso sem contar a negociação, que frequentemente é oferecida no próprio anúncio (tipo, “aceito proposta”), o que não ocorria no mesmo período do ano passado.
            Aliás, alguns deles, que recusei, já “baixaram” MAIS DE 10% depois do meu desprezo.
            Ressalto que estou no mercado porque tenho sim interesse em comprar um imóvel, mas não agora. Estou deixando bem claro, sempre, os limites das minhas intenções: encontrar um preço razoável. Para isso, nada mais que “entrar” no mercado de compradores.
            É a melhor forma de ver exatamente o que está acontecendo com os preços nesse momento. Não caio em papo de comprador. Conheço o mercado de perto.
            Considerando que, em 2007 (primeira vez que procurei imóveis por la), a média de preço na região era de R$3.000,00/m², considero razoabilíssimo que, hoje, tenha valorizado para R$5.000,00/m² (em um país de inflação supostamente controlada, é mais que razoável). Vejo que é para lá que os preços estão caminhando.

            Desafio aqueles que não acreditam na tese a “meterem a cara” no mercado como estou fazendo. Experimentem anunciar os seus imóveis pelos preços que dizem que ele vale (ou que vocês acreditam que ele vale). Experimentem ainda subir os preços, mensalmente, de acordo com os índices oficiais de valorização.
            Vão ver que estão errados.
            Mas cuidado: quando todo mundo resolver testar esse mercado, vai chover oferta e todos sabem as consequencias dessa chuva…
            Esperto vai ser o que conseguir vender logo!!

            0
  • Elias 19 de outubro de 2011 at 19:58

    Há cerca de dois meses, comecei a receber e-mails de empreendimentos imobiliários, sem requisitar.

    Recentemente, esses e-mails tornaram-se quase diários. Já direcionei para a lixeira.

    Hoje, recebi um ligação oferecendo um apartamento, de uma grande incorporadora.

    Considerando que isto tem ocorrido também com muitos aqui no blog, o que não entendo é, se tiveram que cancelar o Salão do Imóvel por falta de oferta, porque esta insistência em vender?

    A atitude não confere com a discurso.

    0
    • RT 19 de outubro de 2011 at 20:00

      De fato, as atitudes e fatos não vêm condizendo com o discurso.

      Apesar das vendas em queda e da visível dificuldade que proprietários estão tendo para vender apartamentos (quem conhece algum que está tentando sabe), volta e meia vem um zé mané aqui no blog jurar que o mercado está aquecido, falar de fundamentos sólidos e perguntar “cadê a tal bolha”, como se os fatos não estivessem falando por si só.

      0
    • MrK 19 de outubro de 2011 at 20:39

      Elias, no Brasil não se cancela evento por excesso de demanda, quando ocorre isso simplesmente se joga o preço nas alturas e pega-se então o pedaço da demanda que está disposta a pagar (ágio).

      JAMAIS cancelariam esse evento se fosse pela razão alegada, seria um pretexto pra subir mais os preços, eles cancelaram pela publicidade negativa que ocorreria, vulgo fiasco.

      Quanto aos spams, todo mundo tem recebido e realmente não acho que seja “coincidencia”

      0
      • AJW 19 de outubro de 2011 at 22:59

        Propaganda negativa não se vincula, veja a feira de imoveis de Curitiba, depois da divulgação do fiasco na visitação, não saiu nenhuma matéria (nem paga) sobre o feirão. Olhando o site de uma grande imobiliairia participante (a da tartaruga) o número de imoveis só subiu após o feirão. Varreram a sujeira para baixo do tapete…

        0
  • Leo 19 de outubro de 2011 at 20:37

    Cortaram mais 0.5 da Selic…

    Olha o q a materia do G1 diz:

    ” A prévia do PIB, divulgada pela autoridade monetária, mostrou recuo de 0,53% em agosto, ao mesmo tempo em que a produção industrial, e as vendas do varejo de agosto, também indicaram desaceleração da economia. Dados dos empregos formais, assim como a arrecadação, também mostram sinais de arrefecimento do nível de atividade. ”

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2011/10/copom-reduz-juros-para-115-ao-ano.html

    0
  • Jonathas 19 de outubro de 2011 at 20:59

    Ê lelê!

    Copom reduz juros para 11,5% ao ano
    g1. globo.com/economia/noticia/2011/10/copom-reduz-juros-para-115-ao-ano.html

    0
    • MrK 19 de outubro de 2011 at 21:13

      com uma inflação a 7.5% (a oficial, porque na prática…) o copom baixar juros é sinal de que realmente o cenário que vem pela frente é negro

      sabe aquela sensação de ver nuvens negras e carregadas chegando logo a frente?

      os indicadores de inadimplencia, endividamento do consumidor e estoque da industria apontam pra um cenário complexo que fatalmente impactará o nivel de emprego

      aguardemos

      0
      • Thiago Ferreira 19 de outubro de 2011 at 21:23

        MrK o negócio já esta negro amigo

        aqui em são josé dos campos a fabrica da GM tinha dado férias coletivas a 300 funcionarios no final de Agosto , e agora anunciou a abertura do PDV ( plano de demissão voluntaria) resumindo muita gente vai perder o emprego tendo em vista que poucas pessoas aderem a este tipo de plano.
        passo em frente a GM quase todos os dias e posso dizer que o patio esta lotado de carros , coisa que não se via no começo do ano.

        0
        • MrK 19 de outubro de 2011 at 21:32

          É MUITO BOM nesse blog que podemos trocar informações como essa

          aqui no Rio o setor forte é o de servicos, mas notei algo curioso, no inicio do ano muitos colegas trocaram de emprego por propostas melhores, eu mesmo recebi muitas propostas, mas há alguns meses isso simplesmente parou, parece que por aqui o negocio também já muda de cara…

          0
      • Augusto 19 de outubro de 2011 at 21:37

        Desemprego, puxa inadimplencia e baixo consumo, o que puxa mais desemprego, que puxa mais inadimplencia e baixo consumo, o que puxa…………………………

        0
  • MrK 19 de outubro de 2011 at 22:09

    eu entro no site do oglobo e tem algumas propagandas de imoveis na 1a página

    a primeira : não perca a ultima oportunidade de investimento do ano “fusion work e life”

    logo abaixo: unique office – seu investimento tem endereço certo

    depois: invista no melhor ponto da vila da penha: “punto offices da brooksfield”

    [email protected], três propaganda seguidas de sala comercial??? tudo como “investimento”???? hmmmmm

    0
  • Mineiro BH 19 de outubro de 2011 at 22:10

    Pessoal, vamos avançar nas discussões e deixar de lado um pouco os trolls que, não tenham dúvida, vão aparecer aqui em número cada vez maior, até o PLOC DEFINITIVO? Ou seja, até que a bolha se torne algo absolutamente indiscutível e óbvio, até para os mais abobalhados?

    Fico pensando como passará o mercado nos próximos meses. São muitos fatores, que atuarão de forma entrelaçada e fora do controle de todos…

    Vejamos alguns deles:

    – Evolução da crise na Europa: estabilização da situação das dívidas nacionais ou não; prestígio do Euro; situação dos bancos europeus;

    – o caso americano: evolução da economia daquele país, cenário muito interligado com a camapnha eleitoral para o sucessor de Obama;

    – o grande enigma, a meu ver: o que de fato acontece na China??? Talvez pouquíssimas pessoas no mundo saibam isso; talvez apenas quem esteja no “manche” daquela economia; os dados são tidos como manipulados ou manipuláveis; há quem fale em dívidas gigantescas dos governos locais e regionais… haverá uma debacle, um pouso suave ou o gigante seguirá seu atual caminho?

    – tudo isso impacta tremendamente nosso país; como disse alguém aí em cima, não podemos nos iludir que viramos potência ou país desenvolvido vendendo minério e soja pra Ásia… (vide brilhante artigo de Delfim Neto há uns 3 meses, na Folha…)

    – as construtoras vão baixar a bola ou vão mesmo falir?

    – o Governo Federal terá interesse em salvá-las com dinheiro público?

    – ou melhor: haverá dinheiro público para salvar esse povo? Lembrem-se: poderemos ter queda de arrecadação, dificuldade em fechar as contas ou mesmo problemas com a balança comercial… a ilusão construída pelo ex-presidente Lula, o mito da riqueza quase infinita, já não engana quem pesquisa um pouco…

    Agora falemos sobre tempo…

    – por quanto tempo os investidores e os particulares em geral, e tb as construtoras, conseguirão segurar os imóveis em suas mãos? 1 ano? 2? 3? 4? 5? Isso tem a ver com o caixa de todo mundo…

    – quanto tempo a mídia irá demorar para “adaptar” o discurso? Um dia, por mais corrupção e pressão que haja por parte dos construtores e corretores, os jornais não terão mais como tampar o sol com a peneira… é como publicar QUE ESTÁ SOL LÁ FORA, QUE A PRAIA SERÁ ÓTIMA, ENQUANTO TÁ CHOVENDO HÁ DIAS…

    – finalmente, uma coisa “psicológica”: quanto tempo alguém demora pra “internalizar” a idéia de que, infelizmente, terá de se desfazer de um imóvel pela metade ou menos do valor que, um dia, lhe disseram que o mesmo valia????

    0
    • MrK 19 de outubro de 2011 at 22:53

      excelente post, irei dar minhas opiniões

      Europa e EUA – Acho que as 2 crises serão enfrentadas com as mesmas armas: Impressão de dinheiro (gerando inflação) e corte de gastos dos governos pros anos futuros (empurrando o problema pra frente pra evitar mais desgaste politico), nos 2 casos o impacto no Brasil se dará puxando nossa inflação pra cima (via preco de commodities) num momento delicado.

      China – Creio que simplesmente irão desacelerar, eu não acredito que a china viva uma bolha generalizada em função do crescimento daquele país ter sido acompanhado de forte crescimento na produção, é algo real, tangível. Acho que o impacto no Brasil ocorrerá, mas não será grande.

      Construtoras – O Governo já demonstrou com as montadoras (IPI) que vai jogar pesado pra manter os empregos, podemos esperar isso também na construcao civil, mas o que o governo pode fazer é limitado, ele pode facilitar fusões e aquisicoes, financiar suas dividas via BNDES..coisas assim, mas não pode obrigar o povo a continuar pagando esses valores exorbitantes.

      Investidores de imóveis – Sugiro separar em 2 tipos: Donos de usados e de novos

      Os donos de usados podem esperar um bom tempo, geralmente possuem imoveis quitados, algumas vezes moram neles, ou na pior das hipoteses recebem aluguel nesses imóveis, o desespero não é tão grande.

      Os donos de novos tem um pepino enorme, esses que compraram na planta pra vender nas chaves não conseguirão se segurar muito tempo, tem financiamento caro pra pagar, seus imoveis estão vázios, o aluguel nao paga nem os juros do financiamento, esses aí serão os que sofrerão primeiro puxando o mercado pra baixo, depois só vem os donos de usados

      são minhas opiniões, abracos

      0
      • Bee 20 de outubro de 2011 at 00:26

        Mrk,

        Sobre a questão de resguardar os empregos promovidos pelas construção civil, acho que é importante considerar a possibilidade de um aumento do capital destinado a financiamentos. O governo pode direcionar mais dinheiro para essa finalidade (vi algumas reportagens sinalizando essa hipótese), além de aumentar o tempo de financiamento para 35 ou até 40 anos. Poderia ainda continuar aumentando as faixas de renda do MCMV (como já fez nesse ano; não foi efetivo nas grandes cidades, mas em outras regiões pode ter dado alguma folga). Claro que isso inflaria mais ainda a bolha, mas o governo pode ter justamente esse objetivo – pq aí o prejuízo e a crise seriam adiados. Eu acredito que teremos surpresas do governo, e não apenas com o intuito de salvaguardar os empregos, pois é nítido o seu comprometimento com grandes empresários e especuladores de capital em geral (a pobreza diminuiu, mas a desigualdade social aumentou, ou seja, os milionários estão rindo de uma orelha a outra com a nova situação do país). É importante lembrar ainda que a nova classe C é mais suscetível à manipulação psicológica, e a casa própria é um sonho dourado, símbolo de status. Talvez vejamos um “nicho” de mercado nesse segmento, com construções específicas viabilizadas por incentivos fiscais e facilidade de financiamento.

        0
        • Guilherme Eduardo 20 de outubro de 2011 at 01:08

          Verdade, podem alterar algumas regras que facilitem a tomada de crédito sem atrapalhar o lucro das empresas envolvidas no processo, como as construtoras e os bancos. Podem, como você comentou, aumentar o prazo de 360 para 480 meses, ou obrigar os bancos públicos a alterarem o percentual de comprometimento de renda num MCMV 3, por exemplo, para 40%.

          Essas alterações levariam, por exemplo, muitas pessoas que ganham R$ 3.000,00 e que podem financiar aproximadamente R$ 100 mil atualmente a terão direito a, sei lá, R$ 30.000,00 a mais. O que iria acontecer? todos aumentariam seu imóveis no mesmo percentual. Ajuda mas não resolve, piora.

          0
        • MrK 20 de outubro de 2011 at 09:37

          olha, das atitudes do governo para manter a bolha inflada, uma que acho provavel seria mudar o teto pro FGTS, depois podem vir outras

          0
      • Bee 20 de outubro de 2011 at 00:28

        Ah, e favor não divulgar meu email, pois todos descobrirão que na verdade eu sou o batman.

        0
    • Roberto Cesar 20 de outubro de 2011 at 17:04

      >- Evolução da crise na Europa:

      Os bancos Europeus estao super alavancados com a dívida soberana dos países periféricos. Um haircut de 50% na divida Grega vai gerar um riple efect em toda a comunidade Européia. Os bancos vão ter que ser recaptalizados. Porém tem boas notícias: Sarkozy e Merkel já anunciaram que vão colocar 2 trilhões de Euros no fundo de ajuda Européia. A má notícia é que ninguem sabe de onde virá esse dinheiro. Eu escrevi um artigo sobre a dívida Grega.
      http://rcesar.net/?p=113

      Não se esqueça que logo-logo terão que lhe dar com a dívida de Portugal e Irlanda. Espanha e Italia vem logo depois. Resumindo: vai ser uma carnificina.

      >- o caso americano:

      Os USA estão tão alavancado quanto a Europa porém eles tem o benefício da maquininha de fazer dinheiro e por terem a reserva de valor. No entanto os 4 big banks estão atolados em Derivativos. Estima-se que os 4 big tem 93% de todos os derivativos do mundo. Estamos falando de 600 trilhões de dolares, ou seja, 10 vezes o PIB mundial. A crise Européia está aumentando o CDS das dívidas soberanas e aumantando a exposição dos 4 big. o CDS da divida Francesa dobrou em nos ultimos 4 meses e as agências de risco já colocaram um warning de rebaixamento na França. Se a coisa ruir na Europa (o que é muito provável) os 4 big implodem na sequ^encia. O que o Bernanke vai fazer? Vai imprimir dinheiro até cobrir o Everest. Possibilidade de Hiperinflação é muito grande mas podemos ter um período de depressão antes.

      >- o grande enigma, a meu ver: o que de fato acontece na China???

      Exise muita controversia sobre o destino da China. Eu acredito que será um hard landing. Pra China entrar em colapso basta uma forte redução no crescimento. China vem crescendo a taxas de 10% aa, se isso cair para 5% será o caos. Com Europa e USA entrando em recessão não vai ter quem compre os produtos chineses. lembre-se que China tem uma bolha imobiliária 7 vezes maior que a Americana e a inflação está aumentando muito rapido, especialmente para comida. Chances de conflitos e guerra civil é grande.

      >- tudo isso impacta tremendamente nosso país;

      Sim. Vendeos muito minerio e comida pra China. haverá fuga de capita do Brasil tambem. Inflação vai subir rápido. Dessa vez não vai ser uma marolinha. O crescimento do Brasil dos últimos anos deveu-se muito ao mercado imobiliário e a expansão da dívida do consumidor que praticamente dobrou em 4 anos.

      >- as construtoras vão baixar a bola ou vão mesmo falir?
      >- o Governo Federal terá interesse em salvá-las com dinheiro público?
      >- ou melhor: haverá dinheiro público para salvar esse povo?

      Nunca substime a capacidade dos governos em fazer a coisa errada pra salvar a pele dos “amigos”. Não tenha dúvidas que o governo iria tomar algumas decisões malucas em vez de deixar o mercado tomar o seu curso normal e fazer a correção. A desculpa seria sempre a de proteger o povo, manter empregos, etc.

      >- por quanto tempo os investidores e os particulares em geral, e tb as construtoras, conseguirão segurar os imóveis em suas mãos?

      Os especuladores, aqueles que compraram na planta esperando valorização, não tem dinheiro pra pagar o imóvel e não tem como financiar, vao ter que vender imediatamente ou perder o que ja pagou. É isso que vai dar uma paulada no mercado, até porque o número de investidores é muito grande. Aqueles que tem imóveis quitados não tem porque vender e não vão querer vender se o mercado estiver em baixa.

      >- quanto tempo a mídia irá demorar para “adaptar” o discurso?

      Normalmente a mídia convencional leva de 6 meses a 1 ano pra reportar o que é notícia na mídia alternativa hoje. Tudo que estamos falando aqui vai hoje vai ser notícia daqui a 1 ano.

      >- finalmente, uma coisa “psicológica”: quanto tempo alguém demora pra “internalizar”
      >- a idéia de que, infelizmente, terá de se desfazer de um imóvel pela
      >- metade ou menos do valor que, um dia, lhe disseram que o mesmo valia????

      Pra voce ter uma idéia, muitas pessoas nos USA que não perderam suas casas ainda mas estão debaixo d’água ainda esperam pela recuperação do mercado. Olha que a bolha Americana estourou há 4 anos atrás. Resumindo: algumas pessoas nunca vão aceitar esse fato.

      0
  • Carlos Eduardo 19 de outubro de 2011 at 23:17

    Olá! acompanho alguns imoveis residenciais em SP…

    e já vi baixa de 10%

    prefiro não comentar o local! mais acho que aqueles que não tem rabo prezo com construtora já está vendo que se não vender agora, vai perder a chance! Pode ser também influencia de algum corretor morto de fome!

    pelo tempo que o mercado tá travado acredito que o bolso de alguns já esta pegando!

    0
    • Guilherme Eduardo 20 de outubro de 2011 at 00:37

      Pode ser uma aposta do dono da imobiliária: O cara resolve dar um desconto bom agora e desovar os imóveis, assim quando a tormenta começar, ele estará mais tranquilo. Em outras palavras, mesmo com os 10% de desconto, com certeza o cara terá lucro, e será melhor vender agora do que esperar mais e ter prejuízo.

      0
  • Pedro 20 de outubro de 2011 at 00:26

    China para obras por falta de dinheiro
    Do Estadão
    aga te te pe : / / economia ponto estadao ponto com ponto br/noticias/economia+internacional,china-para-obras-por-falta-de-dinheiro,88935,0.htm

    Construção de ferrovias foi interrompida e rodovias correm o risco de paralisação por atrasos nos pagamentos às empresas de engenharia
    19 de outubro de 2011 | 23h 00

    Cláudia Trevisan, de O Estado de S. Paulo
    PEQUIM – A construção de inúmeras ferrovias na China está interrompida por falta de recursos, enquanto obras de estradas correm o risco de paralisação por causa de atrasos de até três meses nos pagamentos a empresas de engenharia, segundo reportagens publicadas em jornais oficiais do país.

    As dificuldades são um indício da perda de fôlego do modelo de investimentos fomentados por crédito fácil que sustentou o crescimento chinês desde o fim de 2008. Em declarações ao China Daily, editado pelo governo central, Wang Mengshu, vice-engenheiro-chefe da estatal China Railway Tunnel Group, disse que a construção de 10 mil quilômetros de ferrovias foi suspensa por falta de dinheiro. De acordo com ele, há atrasos de meses no pagamento de salários de milhares de operários contratados para construir os trilhos.

    “Cerca de 6 milhões de trabalhadores migrantes estão empregados em obras ferroviárias em todo o país. Se os projetos não forem retomados logo, essas pessoas e suas famílias vão sofrer as consequências”, disse Wang. Segundo o engenheiro, muitas das empresas responsáveis pelas obras devem “grandes somas” a fornecedores de cimento e aço.

    O Ministério das Ferrovias foi um dos mais beneficiados pelo pacote de estímulo de 4 trilhões de yuans (US$ 635 bilhões) anunciado por Pequim em novembro de 2008, logo depois que a quebra do banco Lehman Brothers desencadeou a mais grave crise global das últimas sete décadas.

    Mas o canal de transmissão do estímulo foram os empréstimos bancários, o que elevou a dívida do Ministério dos Transportes a 2 trilhões (US$ 317,5 bilhões). “A situação do setor é extremamente difícil e o governo terá de injetar recursos para retomar as obras”, disse ao Estado o professor Zhao Jian, da Universidade Jiatong de Pequim.

    Na segunda-feira, o Ministério dos Transportes divulgou relatório no qual dizia que algumas províncias têm atrasos de dois a três meses no pagamento a empresas de engenharia responsáveis pela construção de estradas. O teor do documento foi divulgado pelo Diário do Povo, porta-voz do Partido Comunista. De acordo com a publicação, haverá queda de 20% nos investimentos em estradas neste ano na comparação com 2010.

    Outro estudo oficial mostrou que o boom de construção de estradas nos últimos três anos provocou uma enorme dívida, que poderá levar a uma extensão do período máximo para cobrança de pedágios. De 16 províncias que revelaram seus dados, apenas quatro não tiveram perdas na gestão de suas estradas com pedágios no ano passado.

    De acordo com reportagem do China Daily, a maioria dos recursos com os pedágios é destinada ao pagamento do serviço da dívida com a construção de estradas, que no ano passado somou 1,268 trilhões de yuans (US$ 200 bilhões) nessas 16 províncias.

    O endividamento dos governos locais foi um dos efeitos colaterais do pacote de estímulo que sustentou o crescimento chinês. Estudo divulgado em junho pelo Escritório Nacional de Auditoria estimava que as províncias haviam acumulado débito de US$ 1,65 trilhão no fim de 2010 e dizia que algumas delas não conseguirão pagar o que devem – o equivalente a 25% do PIB chinês.

    Desde o início de 2009, os novos financiamentos cresceram cerca de 70%, um ritmo altíssimo que vai gerar créditos podres, com efeitos negativos sobre a saúde do sistema bancário. A enorme expansão monetária ajudou a alimentar a inflação, que em agosto atingiu o mais alto nível em três anos: 6,5%. O índice cedeu para 6,1% no mês passado, mas continua acima da meta do governo, de 4% este ano.

    Na tentativa de controlar a alta de preços, o Banco do Povo da China (banco central) apertou a política monetária a partir de outubro de 2010, o que dificultou a obtenção de recursos por várias empresas. Milhares de companhias privadas sofrem o impacto negativo da restrição ao crédito e há uma onda de falências em Wenzhou, cidade da província de Zhejiang que é símbolo do empreendedorismo chinês.

    0
    • Guilherme Eduardo 20 de outubro de 2011 at 00:54

      Alguém corretor que sabe escrever em mandarim poderia mandar um e-mail ao Partido Vermelho ofertando imóveis na planta em Brasília e no Rio para investimento!!! Valorização de no mínimo 30%a.a.!!!!

      Parece piada… ! …. é uma piada!!! kkkkkkk

      Falando sério, se a China frear o mundo anda para trás. [A solução seria (infelizmente) a 3ª Guerra Mundial. Nessa situação as industrias do mundo voltariam a produzir em “ritmo chinês” para produzir material bélico.]

      0
      • Eduardo Zé 20 de outubro de 2011 at 09:32

        A China vai frear. Os maiores mercados consumidores dos produtos chineses estão em crise, EUA, Europa.

        Em 1994 quando amigos meus foram para a China fazer calçados, um trabalhador chines recebia o equivalente a R$150,00, hoje 2011 estão pagando R$700,00. Lógico ainda é um bom negócio, mas já foi melhor, as condições de trabalho estão mudando naquele país.

        0
    • Pedro 20 de outubro de 2011 at 12:09

      Bom, ontem quando coloquei a notícia a mesma permitia comentários no site do Estadão. Hoje já não permite mais. Toda notícia negativa para a economia (e para os anunciantes do jornal) ou é censurada pela área comercial do jornal ou não permite comentários.

      0
  • Richard S Miranda 20 de outubro de 2011 at 08:53

    O ZAP realmente é uma ferramenta de especulação!!! E só tem gente louca.

    Más de vez em quando aparecem alguém normal colocando imóveis para alugar a preços normais. Normalmente sem passar por imobiliárias. São raros e alugam rápido.

    0
  • NTL 20 de outubro de 2011 at 09:06

    Pessoal,

    olhem a propaganda que recebi por e-mail. Veio de uma imobiliária de São Paulo que só trabalha com imóveis usados. O site tem os seguintes destaques:

    *****Direto com os proprietários*****
    *****Preços abaixo das tabelas das construtoras

    Os “investidores” já estão precisando tomar ações mais elaboradas para repassar seus “investimentos”. Parece que “a água já começou a subir” mesmo…

    0
  • Orozimbo 20 de outubro de 2011 at 09:33

    Bom dia,
    Há cerca de um mês um vizinho do meu prédio colocou seu apartamento de 70 metros quadrados à venda por 530k e precisando de reforma. O zelador me disse que o último apartamento foi vendido no ano passado por 350k, e era reformado. Agora já está aceitando 450k… Em tempos de irracionalidade, cada um pede o valor de acordo com seus delírios. Acho que as pessoas perderam totalmente o contato com a realidade.
    Abraços.

    0
    • RT 20 de outubro de 2011 at 09:45

      Orizimbo,

      Em que cidade vc mora? Pra ter base de comparação…

      0
      • Orozimbo 20 de outubro de 2011 at 09:53

        Em São Paulo, próximo ao metrô, na zona oeste. É um prédio que tem uns 30 anos de construção.

        0
        • Orozimbo 20 de outubro de 2011 at 09:56

          E moro de aluguel. Pago 1.8k por mês. Quando comecei a morar aqui, há 3 anos, o aluguel era 1k…

          0
          • Joselito 20 de outubro de 2011 at 11:08

            Preço justo de um imóvel tem que ser baseado no preço do aluguel.
            Historicamente essa relação é:
            Preço do imóvel: 200 x preço aluguel
            Isso dá um retorno de 0,5% (retorno da poupança)

            No seu caso como o aluguel é 1,8k o preço justo do imóvel é 360k de acordo com a última venda efetuada.

            Qualquer pessoa que pague mais que isso está jogando dinheiro no lixo.

            0
            • Joselito 20 de outubro de 2011 at 11:09

              Só corrigindo uma frase:

              No seu caso como o aluguel é 1,8k o preço justo do imóvel é 360k.
              O que parece estar de acordo com a última venda efetuada.

              0
    • RT 20 de outubro de 2011 at 10:19

      “Acho que as pessoas perderam totalmente o contato com a realidade”

      Moro no Rio.

      Há quatro anos, morava no Humaitá com meus pais, num apartamento de três quartos, em um prédio comum (com garagem, mas sem play).

      Por aquela época, uma vizinha nossa estava tentando vender seu apartamento. Após recusar uma oferta de 300 mil, acabou só conseguindo um comprador que pagasse 280 mil.

      Naquela mesma época, meus pais venderam um quarto e sala excelente no mesmo quarteirão por 160 mil.

      Nessa região, esse quarto e sala custaria hoje mais de 300 mil. Já vi de 2 quartos custando 650 mil. Nem imagino quanto custaria um 3 quartos (todos em prédios sem luxos, como ressaltei).

      Preços mais que dobrados, sem que a renda dos potenciais compradores acompanhasse nem de perto essa escalada.

      Uma pena que os “especialistas” que negam a existência de bolha nos jornais passem batidos por essa questão prática, justificando a subida de preços com aumentos salariais que no máximo passam um pouco da inflação, e com o surgimento da tal “nova classe média” cuja renda não paga nem os preços antigos, quem dirá os novos.

      0
    • Ader 20 de outubro de 2011 at 10:38

      Uma coisa que percebo aqui em BH é que quase todos os imóveis a venda divulgados por imobiliárias na internet não estão desocupados (fato observado através de fotos). Será que realmente estão a venda ou há uma especulação visando a manutenção dos altos preços? Penso que quem realmente quer vender precisa do imóvel desocupado para agilização do negócio além de proporcionar para o comprador uma vistoria adequada das condições das instalações.

      0
  • Menino do Rio 20 de outubro de 2011 at 10:34

    Setor imobiliário: Ágora atualiza modelo e mexe em recomendações

    http://www.infomoney.com.br/acoes/noticia/2236027-setor+imobiliario+agora+atualiza+modelo+mexe+recomendacoes

    Estão recomendando comprar todas IMOB.

    Cadê a Bolha Imaginária?

    0
    • Bolha Imobiliária 20 de outubro de 2011 at 11:00

      Acreditar em recomendação de corretoras é tiro no pé…

      0
    • Annibal 20 de outubro de 2011 at 11:16

      Poxa, agora q vc mais q duplicou seus rendimentos, poderia colocar todo excesso de capital na renda variável, mais especificamente na Gafisa (GFSA3)… boa sorte

      0
    • MrK 20 de outubro de 2011 at 11:33

      rapaz, o fato de recomendarem essas ações pra mim é um bom indicativo de bolha e não o oposto hahaaha

      se voce quiser acreditar nesses relatórios, desejo toda sorte do mundo! aproveite e acredite nas reportagens do oglobo também, como aquela que comparava botafogo a paris

      botafogo está para paris como o galeão pro aeroporto charles de gaule

      0
      • Luiz 20 de outubro de 2011 at 12:11

        Se a dica é tão boa assim, fico pensando pq eles estão divulgando ao invés deles mesmos comprarem tudo.

        É muita gente bacana querendo me fazer um novo milionário do dia pra noite

        0
        • Luiz 20 de outubro de 2011 at 12:14

          pra me tornarem milionario vcs vem aos montes com boas intenções,
          pra discutir de forma educada, só xingam

          Se vcs que xingaram tanto a gente, pq vcs ainda vem aqui dar dicas boas pra gente.

          0
      • Jonathas 20 de outubro de 2011 at 13:56

        Sabe o que me dá mais pena? Ver ELPL caindo proporcionalmente mais do que GFSA.

        0
    • Dr. Estranho 20 de outubro de 2011 at 12:18

      Que bom! Graças a notícia sem qualquer suspeita e totalmente isenta, vou retirar meu suado dindin da poupança e comprar ações de contrutoras. Vou aproveitar tb para comprar ações da Petrobrás.

      0
    • Fernando 20 de outubro de 2011 at 15:14

      Estão correndo atrás dos Idiotas Úteis. o Sr conhece esse conceito?

      0
  • Ar Quente 20 de outubro de 2011 at 10:37

    dci.com.br/Construcao-ja-reduz-ritmo-de-expansao-7-395319.html

    Construção já reduz ritmo de expansão

    são paulo – Cautela para o começo de 2012 é a palavra de ordem do setor de construção civil, apesar dos excelentes resultados ainda vistos pelas empresas do ramo este ano. Um termômetro da acomodação é o da construtora Gafisa, que, apesar de ter alcançado R$ 1 bilhão em vendas no último trimestre, lançou em igual período 15% menos imóveis. “Mas é prematuro afirmar se a Gafisa irá atingir a meta de R$ 5,3 bilhões [de vendas no ano]”, diz José Conceição Lemes, pesquisador da Faculdade Ibmec.

    A redução do ritmo do setor também se deve à análise do mercado sobre os efeitos da turbulência internacional e ao grau de endividamento do brasileiro, que agora parece menos eufórico com a compra de um imóvel. Ao mesmo tempo há apagão de mão de obra, mais ampla com a corrida para a execução de obras de infraestrutura, em detrimento das de moradia, por conta da Copa do Mundo e Olimpíadas.

    O foco de turismo de negócios virou a meta da mineira Casanova Construtora, que há mais de 30 anos trabalhava com obras residenciais. A empresa ergue agora na cidade de Sete Lagoas (MG) o Atlas Hotel, que abrirá em janeiro de 2012. “O projeto já tem quase 10 anos e agora será realidade”, afirmou Gabriel Ferrari Oliveira, representante da Casanova.

    No varejo de material de construção, decoração e design também há uma mudança de comportamento. Com a desaceleração das vendas, o setor de material de construção reviu para baixo o crescimento para este ano, que inicialmente era de 9%, e agora está previsto em 5% – em cima de uma base forte, pois o ano de 2010 foi recorde para o setor.

    Mas as redes de lojas de design de interiores, como a Etna, concorrente da Tok&Stok, ao contrário, vão dobrar o número de lojas este ano para mobiliar o maior número de residências que estão sendo entregues ainda este ano. Fundada em 2004 por Nelson Kaufman – também dono da joalheria Vivara -, a Etna vai inaugurar a sua 14ª unidade este ano, em Fortaleza (CE), no modelo megastore, comenta Maurício Queiroz, proprietário da MQ Arquitetura, responsável pelo gerenciamento de projetos da Etna.

    0
    • MrK 20 de outubro de 2011 at 10:53

      pode anotar e me cobrar:

      vai haver desespero dessas construtoras pra vender imoveis num futuro proximo, como toda grande empresa e que tem acionistas, elas precisam de muitas vendas pra se manter de pé e crescer lucro, hoje ainda conseguem o minimo, mas pela tendência , em breve não conseguirão mais

      essa historia de dar carro ainda é a pontinha do iceberg, daqui a pouco vão dar tudo pra vender imoveis

      em algum momento no futuro proximo o desespero virá a tona

      0
      • Pensativo 20 de outubro de 2011 at 11:18

        O próximo passo é oferecer todos os móveis, eletrodomésticos e decoração junto com o imóvel. Mas não vai adiantar, os preços tem é que cair.

        2012 PROMETE !!!

        0
      • Murdoch 20 de outubro de 2011 at 11:27

        Mrk, concordo.
        Talvez no RJ a coisa seja um pouco diferente.
        Ontem, por conta de umas conversas, uma suspeita ficou evidenciada.
        O que está rolando de lavagem de dinheiro com imóvel não é brincadeira! Pelo que me contaram está a farra do boi.
        Some-se a isso, os corruptos que estão investindo em imóvel e aí preço não é problema.

        0
    • Luiz 20 de outubro de 2011 at 11:00

      essa Etna e tokstok traz projetos importados, se vcs soubessem quanta custa mesma mesa a mesma cadeira no exterior acho que niguem mais comprava movel tbm

      eu vi ontem nas casas bahia uma cadeira com espuma fininha que eles chamam de poltorna na promoção por 999 reais, com esse valor da pra comprar uma passagem ida e volta até Miami e ainda pagar lá uma poltrona melhor e mandar de navio.

      0
      • Fernando 20 de outubro de 2011 at 15:19

        Algo interessante sobre a Tok & Stock. Existe uma cidade que fica a 100 km de Curitiba, chamada São Bento do Sul. Lá tem uma porção de fabricas de móveis, muitas delas fabricam para a Tock & Stock. Tenho um amigo meu que mora lá e ele volta e meia me manda ofertas dessas lojas. Voce consegue comprar o MESMO móvel que a T&S vende por uma diferença de 400, 500%.
        E se der uma chorada, o frete sai grátis.

        PS: é impressão minha ou as ofertas de compras de sites de compras coletivas estão aumentando exponencialmente?

        Abraço!

        0
  • Menino do Rio 20 de outubro de 2011 at 10:40

    Neste período (4 anos), meu salário mais que dobrou (2,35 vezes para ser exato). Acho que as pessoas que continuaram no mesmo emprego não devem ter tido este aumento, mas as que aproveitaram as oportunidades do crescimento econômico, se qualificaram e mudaram de emprego devem ter tido rendimento mais que dobrados sim !

    0
    • Anonymous 20 de outubro de 2011 at 10:48

      Meu salário também multiplicou-se nesse período. Na verdade, triplicou!
      Passou de 500 pra 1500.
      Tô rico? Já posso comprar apezinho?

      0
      • Luiz 20 de outubro de 2011 at 10:54

        pode sim comprar um apê financiado,
        entrada facilitada, vc pode pagar com cartão de credito
        crédito pré aprovado e ainda te damos uma moto de presente.

        não quer levar 3 apês. Daqui 1 ano vc revende 2 e com o agio vc paga o que vai morar

        0
    • Annibal 20 de outubro de 2011 at 11:11

      hahaha… o meu tbm… ta 3x maior (aproximadamente), mas continuo sem poder comprar um imovel decente a um preço decente…. em valores relativos tudo é lindo… ainda bem q a maioria dos brasileiros está sempre se qualificando… agora ta explicado o aumento do preços dos imóveis… deve ser a massa de trabalhadores da classe média de se especializaram todos juntos nos últimos 3 anos… depois de 10 anos parados…

      Pensei q ja tivessemos passado dessa linha de argumentação no segundo mês do site…

      0
    • Pensativo 20 de outubro de 2011 at 11:22

      Descobrimos a profissão do Menino do Rio, PEDREIRO!!!!

      0
    • MrK 20 de outubro de 2011 at 11:39

      menino, parabéns se conseguiu isso, mas o preço médio do mercado deve subir com o aumento da renda média da população

      o aumento médio deve ter girado em torno de 40% nesses 4 anos, você individualmente pode ter virado presidente da sua empresa e sua renda subiu 500%, e daí? isso justifica alta dos imóveis?

      pra encerrar o assunto: Veja se mesmo sua renda subindo 100% se voce está consumindo muito mais, verá que a inflação real comeu grande parte desse seu aumento,ou seja, não sobrou tanto assim pra voce “investir”

      0
      • Luiz 20 de outubro de 2011 at 12:09

        90% do aumento médio de 40% está concentrando em quem ganha salario mínimo ou próximo disto, coisa que aconteceu com força no interior do nordeste.

        Estou esperando alguém deles me explciar o que isto tem a ver com o Leblon???

        0
        • Leo 20 de outubro de 2011 at 12:21

          Acabei de sair do leblon… morava em um ap de 1 qt que estao pedindo 1.200.000 . Estou morando agora na ZN aguardando o momento p/ voltar p/ la…. É obvio que vai dar M …. To apostando tanto nisso que vendi um AP que tinha na Tijuca p/ aproveitar melhor esse momento.

          Que venha !!!!!!

          0
          • MrK 20 de outubro de 2011 at 13:20

            honestamente eu torco muito pra voce ser premiado pela sua coragem, seu movimento tem tudo pra dar certo, só não pode ter pressa, é preciso esperar atentamente como uma cobra pelo momento certo de dar o bote!

            0
            • Leo 20 de outubro de 2011 at 14:11

              Nao é e nao foi um movimento facil… mas é isso, estou com a estrategia bem definida. Defini a minha “perda maxima” em caso de continuidade da valorizacao. Isso caso continue valorizando mais que as minhas aplicacoes durante um longo periodo… O que acho muito improvavel…. ainda mais com a crise que esta acontecendo.

              Posso esperar ate 2018… entao vamo q vamo ! 🙂

              0
              • Luiz 20 de outubro de 2011 at 14:43

                muita paciencia amigo, pq vai subir, pode até bater arrependimento, mas que outra alternativa vc tinha?
                comprar o ape de 1 quarto por 1,2 milhão???
                se eu fosse vcs pensava em mudar de cidade, mas aí mexe com sentimento

                0
                • Leo 20 de outubro de 2011 at 15:06

                  Sinceramente acho que os valores ja deram uma pausada na corrida da alta… mas é isso… fiz uma aposta que pode dar certo ou errado… Estou assumindo o risco. Caso de errado e meu dinheiro tenha se distanciado muito dos valores, terei que startar o “Plano B”.

                  Nao acredito que ainda reste muita força compradora… As unicas pessoas que conheco que ainda pensam em comprar imoveis estao na categoria dos especuladores da alta… com objetivo em comprar na planta para desovar. Pode ate ser que o fim dessa lenga lenga de valorizacao dos imoveis nao se de por culpa da propria valorizacao… acredito que o que vai startar (acredito ate que ja tenha iniciado) isso é a crise mundial. Podem me achar pessimista mas acho que estamos caminhando para algo muito feio… tipo o que aconteceu em 1929… claro que com suas devidas proporcoes.

                  Durante as crises economicas as grandes fortunas trocam de maos….

                  0
                  • Luiz 20 de outubro de 2011 at 15:22

                    Leo, o diabo está nos detalhes, são eles que fazem toda a diferença

                    Se o seu objetivo é voltar pra ipanema leblon, me parece que vc acertou, pq nestes 2 casos a curva já deu a primeira inflexão e ninguém acredita que vá reagir.
                    Se o ponto é sobreviver à crise, do meu ponto de vista, dinheiro na mão é uma das piores opções.

                    Acertar o timng destas coisas todas é realmente mto difícil, parabéns pela ousadia, de todo modo o aluguel q vc paga deve estar bem abaixo do rendimento no mesmo valor do imovel em foco.

                    Só quero sublinhar que isto que vc fez, não pode ser considerado uma fórmula de sucesso, varia de caso a caso, o lucro esta nestes detalhes.

                    0
                    • Leo 20 de outubro de 2011 at 15:28

                      Minha maior dificuldade foi e em partes ainda é proteger o dinheiro da crise e ainda ter bala na agulha para aproveitar o reajuste nos precos. Como acredito que o Brasil nao deva Quebrar… coloquei a maior parte em titulos e deixei uma boa quantia em previdencia e fundos com liquidez… focando sempre no rendimento conforme inflacao.

                      Tento acompanhar o mercado diariamente a fim de tentar antecipar qualquer movimento que possa gerar uma quebra dos bancos onde possuo aplicacao.. caso identifique que isso esta para acontecer, minha estrategia é movimentar 80% do que tenho fora dos titulo para novos titulos.

                      Essa foi a unica saida que consegui encontrar…. alguma sugestao ?

                      0
                    • Luiz 20 de outubro de 2011 at 15:45

                      Previdencia fui me informar e na verdade não passa de uma poupança

                      tem mtos sites na internet sobre isto, um deles o do pequeno investidor ponto com.
                      tem os gerentes dos bancos
                      e tem os cdb’s

                      o negócio é pegar a calculadora e bater perna pelos sites.
                      já que estamos nessa é o que nos resta fazer, abrx

                      0
              • Bob Alex 20 de outubro de 2011 at 16:04

                Torço contigo Leo!

                0
        • Leo 20 de outubro de 2011 at 16:04

          Respondendo por aqui pq ficou muito estreito.

          A vantagem da precidencia é o rendimento e a protecao do dinheiro. Caso a aplicacao fique em CDB ou poupanca a unica protecao é feita pelo FGC que garante até 70k.. entao se vc tiver mais q isso e se o banco quebrar.. vc só vai receber 70k de volta.

          Eu tava com um pouco em CDB.. mas nao ta rendendo quase nada…

          De qualquer maneira acho que vale a pena usar fundos de investimento com CNPJ diferente do banco… desse modo o gestor do fundo pode mover o fundo para outro banco evitando assim a quebradeira….

          Boa sorte para nós ! 🙂

          0
          • Luiz 20 de outubro de 2011 at 16:25

            Leo, duvido que os grandes bancos quebrem.
            essa é a nossa única vantagem, eles são os + conservadores do mundo

            dito isto, quem se dispõe a dar credito arriscado são lojas com linhas de crediário e as construtoras.

            as cosntrutoras já estão faz tempo trabalhando pra ganhar tempo, atrasando obra, quebrando contrato, entregando menso do que o prometido.

            Olha, na minha visão quem não errar já vai estar ganhando, quem me acompanha sabe que fui dos ultimos a acreditar na bolha, mas antes disto já percebia que imovel na planta era mau negocio, agora recentemente percebo que imovel como investimento já virou furada na certa.

            0
          • Leandro 20 de outubro de 2011 at 17:50

            Leo,
            Investimento alto se faz em banco publico, ainda mais títulos que não há diferença de rendimento nenhuma, banco publico nunca quebra.
            Mesmo porque que se o banco for quebrar com certeza vc será o ultimo a saber, no caso da quebra do Banco Santos, O Jereissati, senador da republica, ou seja um cara bem informado morreu com 2 milhões, se ele não teve tempo para movimentar o dinheiro, imagine vc.
            Vai te poupar boas noites de sono.

            0
            • Leo 20 de outubro de 2011 at 18:48

              Obrigado pela dica !!

              Vou amanha no BB bater um papo com eles…

              0
              • Leandro 20 de outubro de 2011 at 18:59

                Vá em uma agência pequena, que também pode ser da Caixa, com essa grana vc vai ser praticamente o dono da agência, o gerente da agência pequena não tem esse tipo de investidor, se duvidar ele vai levar pessoalmente o seu talão de cheque.

                0
  • Ar Quente 20 de outubro de 2011 at 10:44

    folha.uol.com.br/mercado/993574-fracassa-fusao-no-setor-de-credito-imobiliario.shtml

    Fracassa fusão no setor de crédito imobiliário

    Fracassou a tentativa de fusão das três maiores empresas de infraestrutura de crédito imobiliário — BFRE (Brazilian Finance & Real Estate), BS (Brazilian Securities) e Cibrasec — no país. Ontem, as empresas anunciaram que desistiram do negócio por falta de “sinergias estratégicas”.

    As empresas são líderes na securitização de crédito imobiliário, negócio que consiste em transformar títulos de dívida imobiliária em aplicações financeiras. O modelo é visto como alternativa para complementar os recursos do financiamento imobiliário, que depende da poupança.

    A ideia era criar uma grande securitizadora capaz de padronizar contratos, ganhar escala e tornar o mercado de capitais um financiador da expansão imobiliária.

    “O receio era que a fusão colocasse em risco dois modelos diferentes, mas de sucesso. A Cibrasec tem DNA de banco, modelo operacional e princípios bancários. A Brazilian também tem modelo de sucesso, mas com visão de empresa independente e com acionistas estrangeiros”, disse Fernando Brasileiro, presidente da Cibrasec.

    Entre os acionistas da Cibrasec, estão os 17 maiores bancos do país, que têm interesse em continuar dando as cartas do setor imobiliário.

    Já a Brazilian tem acionistas independentes dos grandes bancos e investidores estrangeiros, que defendiam um modelo com participação do mercado de capitais.

    0
  • Luiz 20 de outubro de 2011 at 10:49

    Acabo de receber no farol um folder de lançamento imobiliario.
    Advinhem de quem é: imobiliaria Lopes.

    (mandaram os corretores trabalhar no farol, e sem terno que é pra não ficar tão ridiculo).

    0
    • Luiz 20 de outubro de 2011 at 10:51

      ilustração com sugestão de decoração = a escala dos móveis que colocamos aqui não existe no mercado

      0
  • Jack Imóveis 20 de outubro de 2011 at 11:20

    Jack Imóveis,

    É bom lembrarmos sempre que essa bolha só começou pela promessa da valorização eterna de 30% ao ano dos imóveis.

    Nos últimos tempos temos visto sinais de que os preços estão estabilizando. Não acho que crédito por si só irá manter o setor aquecido.

    Lembrando que o déficit habitacional é grande apenas da classe C para baixo.

    0
  • Ar Quente 20 de outubro de 2011 at 11:43

    oglobo.globo.com/economia/miriam/posts/2011/10/19/serasa-explica-razoes-para-queda-da-demanda-por-credito-412033.asp

    Serasa explica razões para queda da demanda por crédito

    O agravamento da situação financeira internacional e a desaceleração da economia brasileira afetaram negativamente a busca das empresas por crédito em setembro. É o que diz a Serasa Experian. Segundo indicador da consultoria divulgado hoje, a demanda caiu 6,7% no mês passado na comparação com agosto. Em relação a setembro de 2010, o avanço foi de 3,9%.

    Em nota enviada ao blog, a Serasa informa que as micro e pequenas empresas puxaram essa queda da demanda. Aumentou, no entanto, a procura por parte das médias e grandes. A consultoria explica os possíveis motivos:

    – O crescimento das demandas por crédito das médias e grandes empresas, indo na direção contrária, pode ser um sinal de que, diante do agravamento do quadro financeiro externo, essas empresas estariam se voltando para fontes internas de financiamento, num movimento semelhante ao ocorrido na crise de 2008 – diz.

    0
  • NTL 20 de outubro de 2011 at 11:58

    Um pouquinho off-topic, mas nem tanto. É impressionante como quase todos se submetem a preços absurdos sem qualquer tipo ponderação. De eletrônicos a imóveis, tudo parece custar muito mais do que vale de fato e quase ninguém parece se importar em pagar o que é pedido.

    Brasil tem a banda larga mais cara do mundo
    http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=28112&sid=8

    O Brasil tem a banda larga – fixa e móvel – mais cara do mundo e com custo muito acima do praticado em países emergentes e até mesmo com economias menos desenvolvidas, revela estudo da UNCTAD(Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento), da ONU(Organização das Nações Unidas), divulgado nesta quarta-feira, 19/10.

    De acordo com estudo, divulgado no país pelo Comitê Gestor da Internet, o custo do mbps móvel está em US$ 51, enquanto no Quênia fica em US$ 4 e na Turquia, US$3. Na banda larga fixa brasileira, o custo do megabit está estimado em US$ 61.

    “A telefonia celular no Brasil segue sendo a mais cara do mundo apesar da redução de 17% constada do ano passado para cá. Mas os nossos preços ficam muito além do cobrado mundialmente. E o celular é a ferramenta de inclusão e de acesso”, afirma Carlos Afonso, do Comitê Gestor da Internet, que colaborou com a pesquisa da ONU, enviando dados de pesquisas como TIC Empresas e TIC Domícilios, realizadas no país.

    (..)

    Por meio do SindiTelebrasil, elas declaram que ‘a cesta considerada pela UNCTAD está longe de refletir o perfil médio de utilização da telefonia celular no Brasil”. Dessa vez, o estudo focou na banda larga, e no caso do país, segundo o Comitê Gestor foram levados em conta dados do IBGE, dos estudos da própria entidade e do SEBRAE.

    0
  • Augusto 20 de outubro de 2011 at 13:39

    Na pesquisa do Creci SP sobre venda de imóveis usados em julho em relação ao preço por m2 dos imóveis vendidos, observa-se para algumas das principais cidades do Estado ,que foram pagos os seguintes preços máximos por m2 em reais:

    Araçatuba = 1.350
    Marilia = 1827,00
    Piracicaba =2.077,00
    Ribeirão Preto = 3.750,00
    São José dos Campos = 2.272,00
    São José do Rio Preto = 2641,00
    Guaruja = 3.166,00
    Mongagua = 1923,00
    Praia Grande = 2.071,00
    Caraguatatuba = 2.777,00
    Ubatuba = 2.571,00
    Peruibe = 1.430,00
    Santos = 5.866,00

    Algumas dessas cidades conseguiram no mes vender poquissimos aptos de 2, 3 e 4 qtos, e muitas vezes nenhum

    0
    • Thiago Ferreira 20 de outubro de 2011 at 14:59

      2.272,00 o preço do metro quadrado em são josé dos campos faz me rir né
      se fosse eu já teria comprado um apto maior , estou procurando um apto de 3 quartos com varanda já tem mais de um ano e não consigo achar nada por menos de 3200 , 3500 o metro quadrado.
      eu comprei meu apto de 2 quartos 58 metros quadrados em Julho de 2008 paguei na epoca 75 mil fiz um bom negócio tendo em vista que o dono do apto estava indo embora do Brasil e precisava vender , hoje o mesmo apto esta sendo vendido a 140 mil reais o que eu acho uma loucura total por um imovel simples e pequeno.
      lançamentos na cidade aptos de 2 domitórios com suite ou 3 dormitórios vc não acha por menos de 200 mil reais , lógico sem contar mrv ou tenda que são de péssima qualidade.

      0
      • augusto 20 de outubro de 2011 at 16:58

        Os dados estão disponiveis no sitre do Crecisp. é só ir lá e conferir.

        0
  • MrK 20 de outubro de 2011 at 13:58

    CURIOSIDAMENTE DEPOIS DA NOSSA RECLAMAÇÃO, o jornal oglobo abriu pra comentários a reportagem sobre o m2 do Rio

    foram bombardeados por comentários criticando a loucura e citando a bolha, hahahaha

    agora ficou claro porque eles não queriam abrir e esperaram 2 dias pra isso

    0
    • MrK 20 de outubro de 2011 at 13:59

      * CURIOSAMENTE

      0
      • Dr. Estranho 20 de outubro de 2011 at 15:15

        A notícia sumiu!!!!!!

        0
    • Dr. Estranho 20 de outubro de 2011 at 15:05

      Fiz o comentário em outra notícia. Reservo somente meu humor negro para este jornal.

      0
    • Annibal 20 de outubro de 2011 at 15:23

      Olha ae o q um postou lá….

      “XXXXXXXXXXXxx
      20/10/2011 – 12h 01m

      Isso cheira à propaganda da Cyrela. Comprei apartamento deles e me ferrei. Qdo vc vê paga um monte de coisa por fora. Não entregaram no prazo. Parei de pagar após vencer o prazo de eles me entregarem e tive que fazer um acordo em que só eu perdi.
      Ainda veio escritório me cobrando, e tive que pagar, condomínio da época em que eles ainda não tinham me passado o imóvel, o que é ilegal. Cuidado com esta propaganda!!!”

      Eu tenho pena de quem caiu nessa conversa de elevação eterna de preços… sei q demora mto pra juntar algum dinheiro aqui no Brasil….

      0
  • Dr. Estranho 20 de outubro de 2011 at 15:02

    O presente da MRV (moto) na compra de um imóvel com subsídios da União (traduzindo: meu, o seu, o nosso imposto=MCMV) atenta contra princípios da administração pública. Resumindo; o agente público que conceder o crédito, dolosamente, incorre em improbidade administrativa. Mas, segundo o STF, a forma culposa não caracteriza o ilícito administrativo, ou seja, todos dirão: eu não sabia……

    0
    • Ader 20 de outubro de 2011 at 15:26

      Hoje recebi duas mensagens no celular a respeito dessa promoção…

      0
  • FQ 20 de outubro de 2011 at 15:39

    COPA 2014 – Divulgação dos Jogos

    Somente uma palavra para definir: DECEPÇÃO.

    Somente uma pergunta: O que os corretores vão falar agora?

    Oh grande copa de 2014, tão esperada e ansiada, depois de virar a máxima do entusiasmo e o jargão que justifica tudo e todos, começa a aparecer clarões da realidade, nos mostrando que com exceção da Fifa, seus patrocinadores e empreiteiros, ninguém mais ficará rico com este embuste.

    A Fifa acaba de divulgar a tabela de jogos e sedes, a querida seleção Brasileira somente jogará 1 jogo no Rio, isso mesmo, um único jogo no Rio de Janeiro, e mesmo assim somente se chegar a final. Senão, o maracanã nem sequer irá ver a amarelinha na Copa. Decepção. A Seleção da CBF jogará mais em Fortaleza do que no Rio…

    Além disso, ao todo o Maracanã e o Rio de Janeiro sediarão míseros 7 jogos da Copa do Mundo.

    Pelo jeito, a Copa além de rápida (poucas semanas) vai passar desapercebida por grande parte da população, que continuará a vê-la pela TV, como sempre vemos.

    0
    • Luiz 20 de outubro de 2011 at 15:48

      vão falar que tem olimpiadas
      como todo bom vendedor malandro, desvia a conversa

      0
    • FQ 20 de outubro de 2011 at 15:59

      Primeiro Tiraram a Capital do Rio de Janeiro. Depois praticamente reduziram a zero os investimentos federais no Rio. Sucatiaram toda a infraestrutura do Estado (estradas, ferrovias, portos). Tiraram até os amistosos da Seleção Brasileira do Maracanã.

      Agora tiram a Copa do Mundo e os Royalties do Rio de Janeiro.

      Só falta levar a Sede da Petrobrás para o Maranhão!

      E não me falem dos progressos e obras dos últimos anos, pois comparados a São Paulo e ao Nordeste não fizemos nada!

      0
      • FQ 20 de outubro de 2011 at 16:08

        Agora a Pergunta:Valerá a pena ter destruído o Maracanã, reconstruir outro pior, ficar 2 anos sem ver jogos no maracanã para sediar míseros 7 joguinhos da copa sem a Seleção Brasileira?

        Parabéns Cabral e Paes! Enquanto vocês fazem Blitz da Lei Seca, destroem o Maracanã, a perimetral e a rebocam nossos carros, somos saqueados!

        0
        • Carlão_RJ 20 de outubro de 2011 at 16:26

          Infelizmente, a meu ver já passou da hora da população da região sudeste começar a boicotar turisticamente os estados desses políticos do tipo Renan Calheiros, Sarney etc. Deveríamos escolher um estado específico e simplesmente riscar do mapa turístico durante o verão do ano seguinte. Seria uma maneira de protestar contra esse coitadismo na região nordeste e insiste em reeleger esses caras. Não que aqui também não tenha uma corja, mas é que a população da região sudeste tem q sustentar a corja daqui e a de lá. Acho que deveríamos iniciar uma campanha no Facebook começando por Alagoas (terra do Renan). Estou viajando ou a região sudeste está sendo sacaneada demais a população não faz nada?

          0
          • LEOTEX 20 de outubro de 2011 at 16:46

            boicote turístico ao nordeste? além de bobagem, não é off topic?

            Mas achei a idéia ótima. Atenção, ninguém vá pra Alagoas nesse verão!
            Estou planejando dar um pulo lá, vai ser uma delícia aproveitar o paraíso sozinho…

            0
            • Bananense 26 de outubro de 2011 at 09:42

              Tá indo para Alagoas? Boa sorte!
              Lá tem praias bonitas e só!
              A violência é a mais alta do país em Alagoas. Miséria lá é equivalente a de naçōes pobres da África. Pistolagem, povo mal educado e sujeira se alastram em Macéio!
              Tenho imóveis em Alagoas e minha mãe mora lá. Ela se arrependeu até o ultimo fio de cabelo de ter saído do RJ e ter ido para o ” paraíso” que é Alagoas.
              Alerto a vc que jamais coma frutos do mar em Alagoas. Ainda há corpos de pessoas e animais que foram vítimas das chuvas de 2 anos atrás em decomposição na lagoa de Mundaú que desagua diretamente no mar. As pessoas de lá sabem disso! Boa sorte na terra da miseria evda pistolagem!
              Agora se vc quer mesmo curtir ferias num paraiso de verdade sugiro que vá para as praias do golfo do México (na parte que fica na Flórida claro!). É seguro, as pessoas são educadas e é mais barato que ir pro “paraíso” Bananense que é Alagoas.
              Todos os anos vou para o Golfo na Flórida e dói ter que sair de lá quando termina as férias!
              Se Alagoas é o paraíso o inferno deve ser mesmo bem pior do que eu imaginei!!!

              0
          • Anonymous 20 de outubro de 2011 at 17:08

            Sugiro o tópico “Carlão e a Choradeira Anti-Nordestina”.

            0
            • Carlão_RJ 20 de outubro de 2011 at 18:30

              Não sou anti-nordestino, não, seu mulambo. Sou anti Renan Calheiros e Sarney que são os donos daquilo lá. Chega de a população da região sudeste (o que inclui os nordestinos que trabalham aqui, seu burro) sustentar a vagabundagem da politicalha de lá. Já basta termos que sustentar a vagabundalha daqui. A garfada que esses safados deram no RJ e ES é coisa de pilantra. E quem apoia esse tipo de quebra de contrato das áreas já licitadas é pilantra também. Inclua-se aí o tal do Ibsen Pinheiro lá do Sul, mas creio que ele vai sambar logo logo por lá.
              A população seja de onde for tem que pagar o preço das escolhas que faz do mesmo jeito que nós pagamos aqui. Tô cagando se falar isso é politicamente incorreto, mas quebraram o pacto federativo com esse assalto que estão fazendo ao RJ e ES patrocinado por um bando de políticos safados. Você tá parecendo nordestino com complexo de inferioridade. Vai ver é de lá ou tem parente lá e se doeu. Problema seu. Estudei muito para ter que sustentar a família de quem elege e reelege vagabundo e ladrão. Acho que os estados de SP, MG , RJ e ES deveriam se mobilizar mesmo. O próximo da fila é MG com os royalties do minério. Passaram dos limites.
              Ao tal do LEOTEX – que é nome de camisinha, o que me faz imaginar qual seria o conteúdo do rapaz ou da rapariga, sei lá – desde quando jogo da copa do mundo e destruição do Maracanã são on topic, jumento? Por que vc não reclama com o FQ também?,Seu turistinha de alagoas.
              O boicote turístico pode ser inviável do ponto de vista prático ou simplesmente uma péssima ideia, mas alguma coisa tem que ser feita para frear o avanço dos políticos NORDESTINOS, é isso mesmo, NOR DES TI NOS, ou eles seriam russos? Tá na hora de chamar as coisas pelo nome.
              Caro Bolha, vão aí minhas desculpas por ter usado o espaço do seu blog com esse assunto, Seu Blog é espetacular é não tem nada de politicamente correto.
              Saudações
              Ps: já sei: não reclamar do palavreado. Bonecas.

              0
              • Jonathas 20 de outubro de 2011 at 19:33

                Carlão,

                Reveja seus conceitos. Pernambuco, Ceará e outros estados do NE têm tido um ritmo de crescimento chinês. Dentro de 10 anos vão dobrar o seu PIB. Não são coitadinhos. O sudeste não está trabalhando para sustentar o NE, que, por sua vez, não vive de esmolas decorrentes do Turismo.

                Sei que você deve estar chateado com a redistribuição dos royalties do petróleo, mas não pode criar generalizações dessa forma.

                Forte abraço

                0
                • Carlão_RJ 20 de outubro de 2011 at 21:02

                  Caro Jonathas
                  Acredito que os estados ditos mais desenvolvidos devem contribuir para o crescimento dos estados ditos menos desenvolvidos. Sou contra a quebra de contratos em nome seja lá do que for. Cansei do discurso de que o Nordeste é uma região sofrida e por isso blá, blá, blá. O seu comentário só confirma o que eu estou falando. Não sei quem são os reais beneficiários desse crescimento que você mencionou, mas sei que a sangria de recursos dos estados da região sudeste continua e parece interminável. O episódio dos royalties das áreas já licitadas é a meu ver INACEITÁVEL. É coisa de pilantra. Essa vigarice deveria ter uma reação da população do sudeste que de alguma maneira se refletisse em perda financeira para os estados dos politicos sem-vergonha que patrocinaram essa barbaridade. Se não vai feder nem cheirar, não sei, mas algo tem que ser feito. O alvo são os políticos e não a população. Mas se a população gosta dos políticos que patrocinam o roubo a outros estados, sinto muito, que se [email protected] eles. Aliás, acho que a população decente dos estados não produtores não deve estar gostando nada dessa história. Sé é boicote turístico ou se é outro tipo de ação, tanto faz. O que não dá é prá ficar calado com esse ataque as finanças de um estado da federação.
                  Não me orgulho de ser carioca, não. Acho isso uma babaquice sem tamanho. Mas não venham me dizer que não estão SAQUEANDO as finanças do RJ e ES e que por ser carioca estarei sendo bairrista ao me indignar com o assunto.
                  Essa vagabundada passou dos limites a meu ver. Estão dando início a um processo muito perigoso e que não é para beneficiar a população coisa nenhuma, é para ter mais dinheiro para roubar. Vamos ver o desdobramento dessa sem-vergonhice.
                  Forte abraço prá vc também.

                  0
                  • Fred Henrique 21 de outubro de 2011 at 12:47

                    Pfff, é sério, um carieouca querendo falar do Nordeste!?!?

                    Filho, antes de grasnar tanta besteira, imagino que você faça um movimento de reflexão
                    que poderá servir ao desenvolvimento do seu, aparentemente, atrofiado cérebro:

                    Tenho alguns amigos carieoucash que reclamam que a imagem que o brasileiro que não é do Rio tem do Rio de Janeiro é de uma cidade inserida no caos urbano, na violência homicida em cada esquina, na corrupção policial generalizada, no tratamento à la Lei de Gérson dado ao turista, entre outras coisas que são pintadas do RJ para o restante do Brasil.

                    Sim, para mim, o RJ é um estado completamente fora das minhas pretensões de moradia. E tenho a impressão de que a grande maioria dos nordestinos não querem nem saber de, sequer, visitarem o Rio (para quê ir para o RJ, bater foto com uma estátua?! Praias?! As daqui são centenas de vezes melhores. Hospitalidade?! Sério, hospitalidade?!). Mesmo nunca tendo ido para lá e, provavelmente, sendo um estado que só visitarei uma vez na vida, na final da Copa de 2014 (e sendo extorquido desde as passagens aéreas à cervejinha dentro do estádio) sei que a visão que tenho do RJ é superficial e não pauto as pessoas que moram no RJ pela minha opinião sobre o RJ.

                    E como dizem meus amigos carieoucash, se o Rio fosse tão ruim assim, as pessoas fugiriam de lá. Mas, se o nordeste é tão ruim assim, para que você diz que passa férias aqui (e agora quer boicotar)? Há inúmeras praias em outros países, vá para elas, gaste no Caribe o que poderia ter gasto aqui com melhor qualidade.

                    Outra coisa, tenho certeza que você não/nunca foi turista na região nordeste – aliás, pode até ter sido, mas daqueles pacotões de uma semana de São Luís a Salvador, que mal dá para descer do ônibus – pois se realmente visitou a região com bastante tempo para entender o que se passa por aqui, sabe que turismo é só uma parte da economia local, que é voltada principalmente para serviços e indústria. A participação do Turismo no PIB do Ceará é de cerca de 3 a 4%. É quase troco de caldo.

                    Portanto, você, aparentemente, é o tipo de “turista” que não viaja; quando viaja, não gasta; quando gasta, reclama; e quando reclama, é porque nunca tem razão. É o tipo de gente que faz uma “ruma” de Nordestino ter “abuso” de carieouca. Conselho, siga o seu próprio conselho e não dê as “caras” por aqui, não, seu “fi de quenga”.

                    0
                    • Carlão_RJ 26 de outubro de 2011 at 12:22

                      Mais um com complexo de inferioridade.
                      Não dirigi uma palavra de desapreço ao nordeste e lá vem o sabichão a desancar uma enxurrada de jumentice contra o Rio de Janeiro. A coisa funciona assim: primeiro o cabra da peste ignora o que foi falado sobre os políticos ladrões do nordeste (uma raça vagabunda mesmo), depois ele faz de conta que eu falei mal do nordeste e da população de lá (o que é politicamente incorreto, embora lá seja o reduto da vagabundagem política) e aí por fim ele desanda a falar mal do RJ. Eu chamo essa técnica de Vagabundagem Coitadistíca. Não escreveu uma palavra sobre o assunto do meu post a respeito da região sudeste ser sangrada interminavelmente, além de ser roubada nos royalties das áreas já licitadas e termos que sustentar a politicalha vagabunda de lá além de sustentar a politicalha vagabunda daqui. Parece que a única coisa que a besta quadrada gosta da região sudeste o do DINHEIRO FÁCIL. O dinheiro é lindo. O resto é feio. E se o dinheiro for ROUBADO com o patrocínio da cambada de políticos nordestinos? Ah, não tem problema. Se for ROUBADO a gente MUDA O ASSUNTO e faz de conta que o sujeito que reclamou está sendo anti-nordestino e que está falando mal do Nordeste, sacou? aí a gente ganha razão automaticamente, pois ninguém podem falar mal de uma região em que a população é tão sofrida.
                      A questão é simples: o sujeito não fala da vagabundagem política praticando uma vagabundagem intelectual, se é que se pode dizer que uma coisa dessas tem intelecto.

                      PS: Esqueci de incluir políticos da região norte nessa corja.
                      PS1: É EVIDENTE que toda regra tem exceção. Há políticos lá que não podem ser incluídos nessa generalização. Creio que já estejam todos mortos, mas devem ser lembrados.

                      Em respeito ao bolha deixem prá responder depois no tópico esfriar prá não encher o saco de quem estava aqui prá ler assuntos relacionados à bolha. Mas creio que o tema seja importante e por isso fiz questão de responder. É impressionante como tem mulambo que não sabe ler.

                      0
                    • Fred Henrique 26 de outubro de 2011 at 21:58

                      Complexo de inferioridade, eu? Quem foi que veio chorando? Tá de brincadeira!

                      Eu sei que não adianta discutir, mas, leia o que eu escrevi direito. Não tenho o menor interesse em ir ao Rio por que moro em um lugar que tem tudo que o Rio tem (tem até estatua, do Padre Cícero que nasceu e morreu aqui, em Juazeiro do Norte), só que melhor em quase tudo. Não entendi de onde tirou o “complexo de inferioridade”. Se der para explicar…

                      Inclusive, eu disse que, se for para fazer turismo, eu viajo pelo Nordeste mesmo, que tem um povo muito mais hospitaleiro que qualquer outro. Cadê o complexo de inferioridade? Não sei, não sei.

                      Em relação aos políticos, não, os daí não são melhores que os daqui. São iguais. Vide Sérgio Cabral, “brother” do Lulla, vide Lindbergh Farias (que ajudou a derrubar o Collor e agora é amigão dele). Acorda, filho, político é tudo igual pois eleitor é tudo igual.

                      0
              • RT 20 de outubro de 2011 at 19:50

                Sobre a questão dos royalties do petróleo… é impressionante como hipocrisia e política quase sempre andam de mãos dadas.

                Faz pouco tempo que a Petrobras descobriu uma certa quantidade de petróleo na costa sergipana. Boato ou não, surgiram especulações de que estudos poderiam confirmar que se trata de uma nova província petrolífera.

                Não demorou para se falar que talvez o estado de Sergipe mudasse de lado nessa questão dos royalties, para não perder o seu.

                Ou seja: “Pra distribuir o dos outros, eu apóio. Pra distribuir o meu, voto contra”. Se é JUSTO ou não, pouco importa.

                Não vou entrar no mérito aqui se distribuir os royalties do petróleo é justo ou não… é um debate interessante, mas infelizmente os bairrismos andam ocupando mais espaço nesse debate que as questões técnicas relacionadas.

                Mas uma coisa é fato: se a idéia é distribuir a riqueza pra fazer “justiça”, então, o certo é distribuir a riqueza de todos! Por mim, o governo do Estado do Rio deveria propor distribuir o que puder de diversas indústrias localizadas Brasil a fora. Aí é que a hipocrisia vai rolar solta!

                Hehehe, perdoem o desabafo de um carioca inconformado. Feel free to comment, mas me poupem de bairrismos. Não creio que tenha ofendido nenhuma região em particular em meu discurso.

                0
                • RT 20 de outubro de 2011 at 19:54

                  Sobre o lance de Sergipe que citei:

                  “http://oglobo.globo.com/economia/mat/2011/09/21/descoberta-de-petroleo-em-sergipe-muda-tabuleiro-de-royalties-925415943.asp”

                  0
              • xyz 20 de outubro de 2011 at 21:18

                Caro,
                Me enquadro no seu conceito de pilantra.
                Os recursos mineras pertencem a união e a lei/constituição pode mudar a distribuição a qualquer tempo. Não há qualquer quebra de contrato, pois quem define isso não é contrato é lei e leis não são imutáveis.
                Infelizmente políticos de todos os cantos do Brasil vão embolsar boa parte destas riquezas.

                0
                • Carlão_RJ 20 de outubro de 2011 at 21:43

                  Pelo seu comentário vi que você não tem, digamos, vocação para as coisas da decência, pois sequer sabe diferenciar “legal” de “moral”. Essa, aliás, é uma característica própria dos pilantras mesmo.

                  0
              • LEOTEX 21 de outubro de 2011 at 11:57

                “jumento, bonecas, mulambo, nordestino com complexo de inferioridade…”

                Carlão, você tem razão, eu não tenho conteúdo nenhum. Mas, com todo respeito, o seu conteúdo também não está me parecendo interessante para o blog. Você acha mesmo que essa discussão nordeste/sudeste, ainda mais cheia de ofensas, está contribuindo com alguma coisa?

                Tenho uma proposta: pq nós dois, os sem conteúdo, não nos retiramos? Já que não temos o que acrescentar, devíamos apenas ler.

                saudações

                0
                • Carlão_RJ 26 de outubro de 2011 at 12:32

                  1) Se você tivesse seguido o seu próprio conselho não teria feito a piadinha que fez sobre o meu comentário.
                  2) Eu avisei que as bonecas iam reclamar do vocabulário. É o normal quando não sabem apresentar ou contestar argumentos.
                  3) Quanto ao conteúdo… cada um fique com o seu. E deixo claro: pelo seu primeiro comentário não achei você sem conteúdo, ao contrário …
                  4) Comento o post que eu quiser, da maneira que eu quiser e falando o que eu quiser. Só falta agora um bobalhão que gosta de fazer piadinha querer dar lição de moral em alguém.

                  0
              • Bananense 26 de outubro de 2011 at 09:51

                Apoio o Carlão e 100 por cento de suas palavras!
                Tá corretíssimo!
                Sou descendente de Alagoanos e falo com toda a certeza que aquilo lá é a nata da pilantragem no Brasil! Político nordestino infelizmente é o que temos de pior que a nossa sociedade brasileira já produziu!
                Parabéns pela sua sinceridade Carlão! E qdo a bolha estourar aquilo lá vai se transformar numa espécie de Zimbábue em termos de economia!

                0
                • Carlão_RJ 26 de outubro de 2011 at 12:41

                  Caro Bananense
                  Obrigado pelo apoio. Também tenho parentes queridos lá. Sei bem da pobreza daquela região e o quanto de ajuda eles precisam mesmo. O que eles não precisam é daquela CORJA VAGABUNDA de políticos que tem lá e que é abastecida em grande parte com recursos das regiões mais ricas. É subsídio prá tudo que é lado. É ICMS intestadual diferenciado. É divisão de não sei o que etc. Os caras não são cobrados de PORRA NENHUMA e se protegem numa panela sem vergonha no congresso. Ninguém é cassado ou preso.
                  Mas esse assunto é muito aborrecido.
                  Sigamos em frete.
                  Um forte abraço.

                  0
          • trackback 20 de outubro de 2011 at 17:34

            Início do mês passei duas semanas na Bahia, nas cidades de Teixeira de Freitas, Itabuna e Porto Seguro.

            Diárias em reais: (hotel no centro das cidades, não é luxo, mas de boa qualidade)
            Teixeira de Freitas: R$ 60,00
            Itabuna: R$ 50,00
            Porto Seguro: R$ 40,00

            Quando o rapaz me disse o valor da diária no hotel de Porto, perguntei o porquê do preço. Ele me disse que mês de Outubro é baixa temporada, na alta temporada, a diária vai para R$ 120,00.

            Mesmo por R$ 120,00; tá barato comparando com outras cidades do interior do sudeste.

            0
            • Evandro CPS 20 de outubro de 2011 at 17:44

              Vou pra Guarujá-SP segunda feira, e vou pagar 200 a diaria num hotel simples, pelo menos é de frente pro mar. Eu acho caro!

              0
            • Paty 20 de outubro de 2011 at 18:18

              nossa trackback eu tbm estava ai na Bahia no começo do mes, eu estava em ilheus e em itacaré..mais minha diaria foi de 120 reais… Depois fui para o recife e agora tô na rota Italiana em Santa catarina e depois vou a Floripa … Das cidades que passei achei ate agora recife a mais salgada em relaçao a comida e hospedagem.. um motorista de taxi me contou um pouco da loucura de preços de imoveis no Recife e tbm estou dando uma bisbilhotada nos preços em SC. Eu acho que a loucura dos preços se espalhou por todo Brasil e todos ja começam a notar que as coisas nao andam boas..

              0
              • trackback 20 de outubro de 2011 at 23:52

                Boa viagem! Cuidado com os preços!

                0
          • Fernando 20 de outubro de 2011 at 19:06

            Poderiamos tambem boicotar o estado da familia Garotinho, o que voce acha?

            0
            • Carlão_RJ 20 de outubro de 2011 at 21:17

              Acho que você é burro. E não vou tentar te explicar por que, porque sei que você não vai entender.

              Mais uma vez peço desculpas ao Bolha. Por mim não falo mais nesse assunto aqui para não poluir esse blog espetacular.

              0
              • Fernando 20 de outubro de 2011 at 23:42

                Vamos lá Carlão, não perca a esportiva. Explique-se. Mesmo que eu seja burro, é só vc fazer um desenho. Seja didático, ora bolas. Coragem, voce consegue!

                0
              • Anonymous 21 de outubro de 2011 at 08:54

                Carlão, por acaso você não teria uma máquina produtora de petróleo?
                É que até hoje só conhecia extratora…

                0
            • GPTFN 24 de outubro de 2011 at 01:32

              Eu acho que o Bolha deveria organizar o site como um forúm.
              O problema aqui é que muito conteudo bom se perde a medida que os topicos mais novos são lançados ( os mais antigos “morrem”).
              E além disso há muito “OFF TOPIC” atrapalhando a continuidade das matérias.

              0
              • Leo 24 de outubro de 2011 at 08:34

                Tem um forum… mas o pessoal nao costuma usar…

                0
        • Richard S Miranda 20 de outubro de 2011 at 16:57

          Isso sem falar em garstar R$ 1 Bi só para “reformar” o Maracanã. Seria mais barato derrubar e construir outro.

          http://www.caoscarioca.com.br/2011/marquise-da-discordia/

          0
      • FQ 20 de outubro de 2011 at 20:57

        De qualquer forma, abordei o tema pois acredito que nem a Copa e nem o Pré-Sal ajudarão o Rio a sair do ostracismo político e estrutural ou muito menos fomentará o desenvolvimento imobiliário.

        A Copa nos custou muito caro! Perdemos o Maracanã por quase 4 anos em reforma e em troca ganharemos 7 joguinhos da copa do mundo (sem a seleção Brasileira).

        Os Royalties do Pré-sal que era a esperança das cidades fluminenses para investir em infra-estrutura acabou!

        Hoje os principais estaleiros do Brasil estão fora do Rio.

        A Petrobras está construindo uma Sede na cidade de Santos para o Pré-Sal.

        Ploc para a Zona Sul Carioca!

        0
        • Pensativo 20 de outubro de 2011 at 23:28

          amém!!!

          0
        • manuelao 21 de novembro de 2011 at 17:13

          o q me parece é q o Rio está dando umade filho pródigo q contava com a mesada do papai governo federal p poder sair na noitada e agora q o papai resolveu redestribuir o bolo fica charamingando e requerendo os privilégios perdidos

          0
    • augusto 21 de outubro de 2011 at 08:25

      O Cabralzinho, e o Paes devem ir se queixarem ao Moluscão.

      0
  • Fernando 20 de outubro de 2011 at 16:05

    Olhando o Mercado Livre, fiquei espentado com a subida bastante abrupta de gente repassando financiamento de imovel na planta…
    A coisa tá se desenrolando…

    0
    • MrK 20 de outubro de 2011 at 17:15

      se voce for em imoveis e digitar “planta” como palavra chave, vem um monte

      alguns são normais e outros são repasse, tem uns engraçados do tipo “Abaixei o preço!!”

      ahhaah

      0
  • Luiz 20 de outubro de 2011 at 16:57

    HUMILHAÇÃO DO GOVERNO

    STF suspende aumento imediato do IPI para importados
    A elevação do imposto vai valer apenas a partir de 15 DE DEZEMBRO

    “Em matéria tributária no Brasil, o princípio do não susto já seria bem-vindo”, disse a ministra Carmen Lúcia.

    O decano do STF, Celso de Melo, afirmou que a cobrança imediata do aumento do IPI era de uma “patente inconstitucionalidade”.

    FONTE: ESTADAO

    0
    • Murdoch 21 de outubro de 2011 at 12:13

      Achei lindo!
      Dá até uma certa esperança com relação ao BR. Começa a ficar com cara de país decente.
      Pena que ainda é tão pouco.

      0
  • Elias 20 de outubro de 2011 at 18:19

    Há poucos dias um professor do INSPER comentou que o principal canal de transmissão da crise internacional para o Brasil seria a redução do crédito.

    Hoje saiu essa notícia na capa do jornal:

    BC CORTA JUROS A 11,5%. CRÉDITO COMEÇA A SUMIR
    Autor(es): Vânia Cristino
    Correio Braziliense – 20/10/2011

    (…) A piora no cenário externo é sentida pelas maiores companhias nacionais, que começaram a esbarrar em dificuldades para tomar empréstimo no exterior. Com isso, elas passaram a disputar crédito no mercado interno com as micro e pequenas empresas
    (…)

    E essa também:

    Acúmulo de dívidas pode inibir consumo no Natal
    O Estado de S. Paulo – 20/10/2011

    Porcentual de consumidores com dívidas a pagar em setembro é o maior para o mês em 3 anos

    ———

    Na minha opinião, está ficando cada vez mais nítida a nova fase da bolha, o “Financial Distress”, momento em que os alavancados não encontrarão mais a liquidez sempre presente nos períodos de euforia. Encontrarão cada vez mais dificuldades em refinanciar/rolar sua dívidas. Essa fase pode durar alguns meses. Na bolha do Japão, chegou a haver 6 “rallies” de alta após as primeiras quedas, até se consolidar a tendência de baixa.

    Até o momento em que pedirão água e terão que se desfazer em massa dos ativos para gerar caixa (efeito manada) – fase seguinte, “crash and panic”.

    Impressionante como o curso da bolha é regular, cada fase se instalando uma após a outra, passo a passo, como já ocorreu em outros lugares.

    0
  • Jonathas 20 de outubro de 2011 at 19:44

    Enquanto isso, no Housing Market BR (#euri):

    Anônimo disse…
    Cada vez que alguém quer justificar o preço de imóveis no brasil comparando-o com outras cidades mais desenvolvidas e com 5 a 10 vezes mais renda per capita, uma criança morre de fome no mundo. Lembrem-se disso antes de qualquer comentário.

    19 de outubro de 2011 19:14

    Andre disse…
    Porra anonimo, tu tá de brincadeira né??? Só pode ser…

    Já estou (estamos) ficando de saco bem cheio desse tipo de comentário.

    Melhor ir bagunçar o “bolha” e não aqui…

    Só liberei pra poder responder.

    Abs

    19 de outubro de 2011 22:23

    0
    • Bolha Imobiliária 20 de outubro de 2011 at 23:36

      Hahahahaha. Esta foi boa

      0
  • Leo 20 de outubro de 2011 at 21:38

    Pessoal… comecou sem duvida.

    Hj comentaram aqui sobre anuncios no mercado livre. Pois entao.. encontrei um de um condominio no Recreio e o ap ainda esta na planta. Coloquei uma pergunta simples p/ saber se quem estava vendendo era o “proprietario” ou alguem representando a construtora/imobiliaria. Pasmem… minutos depois toca o telefone da minha casa e era o cara… ele disse que mora em frente ao “Empreendimento” e que precisa vender devido a problema financeiro…. entendo o problema dele.. inflacao subindo… zumzumzum sobre bolha… preços estacionados… Melhor ele apertar o cinto e segurar e peruca…

    Infelizmente esse ai vai aprender a investir da pior maneira..

    Segue o anuncio:

    http://apartamento.mercadolivre.com.br/MLB-206458267-condominio-wonderful-recreio-_JM

    0
    • Paulo - RJ 21 de outubro de 2011 at 09:43

      Vi duas situações interessantes
      Levando em consideração que foi pago 20% do valor do imóvel

      Um caso, o cara tem um ap. próximo ao Norte Shopping, disse que foi transferido para São Paulo. Repassa por 30K e o comprador assume os 87K restantes. Fazendo uma conta simples, ele pagou em torno de 22K. Deu 38% de retorno

      No outro caso, na barra (deve ser na “nova” barra), pede-se 90K para assumir 83K. se pagou 20% foi nem torno de 21K. Dá em torno de 300% de retorno.

      OBS: estou calculando em cima de suposições, pode ser que os valores de entrada sejam diferentes.

      Já o cara do Recreio que está com dificuldades pede singelos 385K

      0
      • Leo 21 de outubro de 2011 at 09:55

        Entendo o q disse. Mas o problema agora é ele conseguir vender… deu para perceber no bate papo que nao esta nada facil…. . . .

        De todo modo vou ficar monitorando e entrando em contato p/ ver o tempo que isso vai demorar.. isso se ele conseguir vender. Afinal, agora tem empreendimento dando carro 0, moto, 50% de desconto nas parcelas durante a obra na compra de imovel… concorrencia ta complicada pros especuladores !

        0
        • Paulo - RJ 21 de outubro de 2011 at 10:08

          Leo,
          na verdade, eu misturei dois assuntos.
          O primeiro foi fazer um paralelo entre as duas vendas. O cara do ap do Norte Shopping me pareceu ser especulador. Dentro da loucura dos preços até me pareceu razoável. Já o da Barra, me pareceu ser um especulador dos bons. No local, com um monte de empreendimento aparecendo, acho difícil que ele venda neste preço, a não ser para os desinformados

          O outro assunto foi ironia mesmo. 385K no Recreio, acho que ele vai ter que baixar mais, a não ser, claro, que apareça o desinformado.

          0
  • Carcará 20 de outubro de 2011 at 21:53

    Voltando um pouco ao tema atual, ações da construtora

    Incrível como estão brincando com as ações da GAFISA. Com a divulgação do carteado da mãe-Diná (não tenho nome mais razoável para uma contabilidade que registra vendas contratadas), as ações deram um subida e tanto. É verdade que já haviam subido depois de quase romper a barreira dos 4. Contudo, parece que todos sabem que o defunto tá morto, mas estão tentando reanimá-lo para ver se ainda conseguem retirar algum espólio…
    Digressões à parte, só foi encostar no 6 e logo voltou correndinho para os 5. Seria interessante os volumes das variações para baixo e para cima. Alguém sabe? Quem são hoje os grandes detentores da ações das construtoras?
    Ah, a Gávea Investimentos comprou 31.75% das ações da CAMIL. Se soubesse também tinha comprado. Junto com o Armínio, claro. Aliás, por que um sujeito tão brilhante não comprou ações de construtora que são, conforme dizem os insider, a quintaessência?

    0
    • MrK 20 de outubro de 2011 at 22:44

      amigo, creio que quem está movimentando essas acoes são basicamente traders curtos, grafistas e gente que tenta dar tiros curtos pra ganhar na volatilidade, conheco alguns assim

      só não conheco gente que esteja encarteirando essas empresas, porque é uma loucura, hoje mesmo elas se afundaram, a gafisa sobe muito num dia pra afundar muito no outro, não é sério

      0
    • trackback 20 de outubro de 2011 at 23:27

      Se olhar o gráfico da ação, vc vai ver como foi a queda dela:

      https://www.mycap.com.br/Analises-e-Mercados/Mercados/Cotacoes/ResultadoDetalhamentoAtivos.aspx?FindSymbol=gfsa3

      clique no campo “+zoom” e coloque 1 ano

      0
    • Luiz 21 de outubro de 2011 at 12:13

      carcará, eu venho monitorando isso

      Quando sobe = o numero de negocios é alto e o volume é baixo
      Quando desce = o numero de negocios é baixo e o volume é alto

      interpretação, o preço médio está caindo mesmo que a açao suba

      motivo provavel:
      os grandes saindo e as sardinhas entrando, quem fica por ultimo paga a conta

      0
      • Carcará 21 de outubro de 2011 at 19:59

        Valeu Luiz, Trackback e Mrk,
        agora fica mais clara a suspeita de que estão apenas brincando com a ações da Gafisa, exatamente como faz a Orca antes de destroçar a foca.

        Abraços

        0
  • Juca 20 de outubro de 2011 at 21:58

    Olha o desespero sendo anunciado como jogada de marketing!!
    matéria do Estadao…

    http://blogs.estadao.com.br/radar-imobiliario/marketing-de-lancamentos-inclui-padarias-e-postos-de-combustivel/

    0
  • Carcará 20 de outubro de 2011 at 22:01

    Em relação a Armínio,
    como ele próprio percebeu que há muito risco no ar… Hora de trocar areia, brita e cimento, por feijão, arroz, café, etc. Mesmo os sem-teto precisam comer…

    0
  • roberto 20 de outubro de 2011 at 22:07

    Bolha gostaria de saber o motivo do meu comentario não ter sido postado sou de Curitiba tambem e antigo usuario ?

    0
  • xangai 20 de outubro de 2011 at 22:48

    todo dia chega mais uma , ate a EZTEC :::

    EZTEC – Promocao DEZ vantagens para comprar seu imovel em outubro :::

    h t t p //www.eztec.com.br/mail/dezsul2/index.html?__akacao=619363&__akcnt=8113c2cb&__akvkey=41a9&utm_source=akna&utm_medium=email&utm_campaign=dezsul2pc_20102011

    0
    • MrK 20 de outubro de 2011 at 23:07

      bonus de 32mil reais… 6 meses de condominio gratis… hmmmm

      a gente falou muito aqui sobre essas coisas, que seriam o 1o passo para baixar o preço sem mexer no psicologico dos “investidores”, pois se eles veem preços caindo eles param de comprar pra investir e a ciranda desarma toda

      esses bonus, motos, carros, condominio gratis nada mais são que redução de preços disfarcados

      ou seja, não há deficit nenhum

      0
      • xangai 21 de outubro de 2011 at 00:04

        sem falar na “demanda aquecida” !

        0
      • Mineiro BH 21 de outubro de 2011 at 10:38

        MrK,
        Modéstia nossa a parte, tudo começa a parecer meio um roteiro de novela… o roteiro já foi divulgado aqui, em linhas gerais, por vários participantes… daí, quando acontece (materializa) é exatamente como observado, só que “colorido” pelas peculiaridades de cada ator/participante…
        Eu, particularmente, temo um desastre maior, se o colchão representado pelo cenário externo mega-ultra-hiper-favorável para o Brasil, nos últimos anos, deixar de existir, e virar um cenário bem desfavorável… daí, esse cenário desfavorável vem se somar com as nossas inconsistências internas… sei lá, tomara que tenhamos sorte…

        0
  • augusto 21 de outubro de 2011 at 08:50
  • Annibal 21 de outubro de 2011 at 09:34

    Saiu ontem em algum jornal… acho q foi ou globonews ou cnt…

    Rio de Janeiro tem o segundo maior valor de diária, de hospedagem, do mundo…. só perde pra new york…

    0
    • trackback 21 de outubro de 2011 at 09:53

      Isso já vem desde o ano passado, se bobear até mais

      colunistas.ig.com.br/guilhermebarros/2011/03/21/rio-de-janeiro-tem-a-segunda-diaria-mais-cara-do-mundo-em-hoteis-5-estrelas-diz-pesquisa/

      0
  • Philis 21 de outubro de 2011 at 10:14
    • danilo 21 de outubro de 2011 at 11:23

      Típico exemplo de R$30 mil o metro quadrado.

      0
  • John 21 de outubro de 2011 at 10:31

    Pessoal, é um assunto batido mas venho acompanhando essas discussões e notícias e parece que o crédito com recursos da poupança deve secar nos próximos anos. Mas de que outra fonte o governo vai tirar dinheiro em um cenário de economias desaquecidas aqui e no resto do mundo? Se em Brasília aproximadamente 75% dos veículos são financiados, o que dizer dos apartamentos? Creio que especuladores querendo se desfazer dos ativos não é nada perto dos efeitos de um possível arrefecimento do crédito.

    0
    • ildeu 21 de outubro de 2011 at 10:51

      75% dos veiculos são financiados? acho que é mais , um vendedor me falou un tempo atrás que 90% dos carros novos são financiados.No Brasil até ingresso de micareta é financiado .

      0
      • John 21 de outubro de 2011 at 11:18

        Se for 90% pior ainda. E eu não me surpreenderia se o percentual fosse esse mesmo (90%). Do jeito que carro no brasil é caro, é complicado pagar a vista…um sedã médio chega a custar o preço de um lote em alguns lugares.

        0
    • Pedro 21 de outubro de 2011 at 11:15

      Pelo que eu li em relação aos números da poupança, ano que vem a fonte seca.
      Quero ver em que lugar vão conseguir recursos captados a 6% ao ano + TR para emprestar. Duvido que consigam.
      Parece que o FGTS também já está no limite. Quero ver aonde vão conseguir captar a 3% ao ano + TR. Além do FGTS estar no limite os saques tendem a aumentar e os depósitos a diminuir com o desaquecimento da economia e consequente aumento do desemprego iminentes.
      Aguardem o estouro. É óbvio que o governo vai tentar salvar ao máximo os grupos amigos, mas isto tem limite, como evidenciado nos USA, Espanha, Irlanda, Portugal, Japão e Grécia.
      Abçs e bom final de semana a todos

      0
      • John 21 de outubro de 2011 at 12:10

        Então, Pedro. Me pergunto se o Brasil teria “bala na agulha” para sustentar o setor imobiliário até que o cenário externo melhorasse. E olha que para os preços dos imóveis se sustentarem é preciso produção e geração de emprego e renda. Ou seja, além do crédito para financiar imóveis ainda seria preciso fomentar a produção e os investimentos. Vejo que o mundo – e não só o Brasil – abusou do crédito, essa é a realidade. Banalizou-se a dívida.

        0
  • DM 21 de outubro de 2011 at 10:54

    Notícia um pouco off topic para o Brasil, mas interessante:

    Trump vende mansão por preço 40% menor que o pedido em 2010

    fonte: not.economia.terra.com.br/noticias/noticia.aspx?idNoticia=201110211118_TRR_80373253

    0
    • DM 21 de outubro de 2011 at 10:55

      A minha pergunta é quando os nossos novos milionários também vão vender as mansões de 2 ou 3 dormitórios mais baratos?

      0
  • MrK 21 de outubro de 2011 at 11:01

    “A compra parcelada de roupas e calçados foi a principal causa de inadimplência dos consumidores, em setembro. Segundo pesquisa realizada pela Boa Vista Serviços e pela Associação Comercial de São Paulo, 26% dos entrevistados afirmaram que o consumo desses produtos resultou em inadimplência. Em setembro de 2010, o percentual era de 21%.

    Os eletrodomésticos foram apontados pelo estudo como a segunda maior causa de inadimplência, com 19% do total. Em seguida apareceram empréstimo pessoal e alimentação, ambos com 10%.”

    Pergunto: Cadê aquele figurão que escreveu outro dia que não havia bolha de crédito, só bolha de equivocos?

    Pergunto de novo: Com várias industrias desaquecendo e superestocadas, só postergando uma realização de prejuizos, como seus empregados endividados vão honrar essa farra de crédito?

    0
  • Marcos 21 de outubro de 2011 at 11:19

    Chalita, Haddad e Covas Sabem da Dívida de São Paulo?

    Muitos candidatos à Prefeitura de São Paulo parecem que não sabem na fria que estão se metendo.

    Ou, não leram a Lei de Responsabilidade Fiscal.

    Estarão comprando uma bomba relógio que explodirá nas mãos do eleito. Uma dívida exponencial que ruma aos R$ 250 bilhões, sem contar os bilhões que serão acrescentados pela Copa e Olimpíadas.

    A dívida só com os juros sobre juros nos próximos dois mandatos chegará a R$ 50 mil por habitante. Ou seja, irá destruir todo habitante da cidade e o Prefeito terá que achar meios de aumentar os impostos de uma forma ou outra.

    Por que deixaram este problema acumular sem fazer absolutamente nada? Por que nunca elegemos prefeitos treinados para não deixar problemas acumular e elegemos somente quem promete gastar em saúde e educação?

    O único que tem chance de resolver este problema, e mesmo assim só uma chance, é o candidato Henrique Meirelles, ex-Presidente de Banco Central, responsável pela blindagem do Brasil contra a crise mundial.

    Em vez de acumular dívidas como fizeram os quatro prefeitos que tivemos, ele acumulou reservas financeiras, que era o que a Cidade de São Paulo também deveria ter feito e não fez.

    blog.kanitz.com.br/2011/10/draft-4.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+stephen_kanitz+%28Stephen+Kanitz+the+blog%29

    IPTU neles. Não é aumento de imposto, apenas pagamento do imposto pelo valor atualizado do imóvel.

    Preparem-se que isto deve ocorrer por todo Brasil. IPTU mais caro para todos feliz “propriotários” da casa própria!

    Hora de acumular reservas e evitar dívidas.

    0
    • MrK 21 de outubro de 2011 at 11:31

      Estive aqui pensando numa coisa…

      o IPTU normalmente é repassado a quem aluga o imóvel

      só que os alugueis são dados da REALIDADE, estão bem mais longe que os preços de bolha, tanto é que subiram significativamente menos que o valor dos imóveis… assumindo que os alugueis já estão no limite, como esse IPTU será repassado?? o unico jeito vai ser o dono absorver esse aumento (deixando de aumentar o aluguel ou até baixando ele pra compensar), mas isso faria o imovel ser um investimento ainda pior

      sei lá como sairão dessa

      0
      • Felipe 21 de outubro de 2011 at 11:54

        Já bati nessa tecla há alguns meses aqui e o que esse cara falou em cima tem tudo a ver.
        Eu acho que daqui há 2 ou 3 anos vamos ter uma “readequação”, como eles gostam de chamar, dos preços dos IPTUs.
        Nas cidades grandes vai acontecer primeiro.

        0
      • FQ 21 de outubro de 2011 at 11:57

        Com certeza!

        Na realidade, na hora de alugar um imóvel, considera-se o valor total referente ao custo mensal do mesmo: Aluguel + Condomínio + IPTU.

        Isso vale para o proprietário, para o inquilino obviamente, e a para a administradora do contrato, que avalia a capacidade financeira do inquilino sobre o montante total.

        Imóveis com condomínios baratos tendem a ter seus aluguéis ligeiramente mais elevados, repassando todo ou parte do desconto para o aluguel.

        No final da história, quem paga (de forma passiva) o condomínio e o IPTU é o proprietário que deixa de recebe-los.

        0
        • Luiz 21 de outubro de 2011 at 12:07

          concordo com as conclusões dos senhores, mas a noticia é falsa e tem viés político

          o muinicipio de SP está com o maior caixa de toda a sua história

          0
    • Marcos 21 de outubro de 2011 at 11:59

      Temos que lembrar que imóvel na planta não paga IPTU.

      Quando estiver pronto, qual o valor venal para este imóvel? Se for o valor de mercado, haja coração!

      0
      • Luiz 21 de outubro de 2011 at 12:22

        isso aí mesmo,
        imovel novo tem iptu novo,
        bem mais alto que o iptu dos antigos.

        acredito que a scosntrutoras ainda tme força politica pra segurar isso aí,
        a jiripoca vai chiar quando tudo isto aí que tá em obra cair na mão dos particulares

        0
        • Felipe 21 de outubro de 2011 at 13:38

          pensou a alíquota de IPTU pra um imóvel de R$ 500.000,00 ?

          0
  • Luciano 21 de outubro de 2011 at 11:50

    Uma notíca (vídeo) sobre o desaquecimento do mercado em BH. (Aqui já começou tbm)

    h t t p://www.otempo.com.br/noticias/videos/?v=3037&IdCanal=1&IdSubCanal=9

    0
  • Murdoch 21 de outubro de 2011 at 12:22

    Ontem tive nova info.
    Um corretor de imóveis, conhecido nosso, está há 4 meses sem vender nenhum.
    Só trabalha com mercado de luxo Zona Sul do RJ.

    0
  • Ricardo 21 de outubro de 2011 at 12:32

    Do site IG / coluna do Ricardo Gallo (20/10/2011):

    “Boa notíca para quem pretende comprar imóveis, pois preços devem parar de subir ou até cair em alguns casos.

    Péssima notícia para quem comprou no lançamento no ano passado e pretendia vender na entrega das chaves: mercado deve perder liquidez e tais especuladores travestidos de investidores poderão perder dinheiro.”

    0
    • Leo 21 de outubro de 2011 at 12:35

      Pode postar o link de referencia ?

      0
      • Ricardo 21 de outubro de 2011 at 12:47

        colunistas.ig.com.br/ricardogallo/2011/10/20/imoveis-vendas-continuam-baixas-em-sampa/

        0
    • Tiago 21 de outubro de 2011 at 12:58

      PQP!!!

      PELA PRIMEIRA VEZ EU VEJO UMA OPINIÃO DECENTE NO MERCADO!!!!
      ATÈ QUE ENFIM RECONHECERAM QUE A PALHAÇADA ACABOU…

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Boa notíca para quem pretende comprar imóveis, pois preços devem parar de subir ou até cair em alguns casos.

      Péssima notícia para quem comprou no lançamento no ano passado e pretendia vender na entrega das chaves: mercado deve perder liquidez e tais especuladores travestidos de investidores poderão perder dinheiro.

      ESSE KRA MERECE UM PRESENTE… ANOTEM O NOME DELE!!!!!

      AHHHH EU TO MALUCO!!!

      PESSOAL O TERMO CERTO PARA O MERCADO IMOBILIÁRIO É STALL (PERDA DE SUSTENTAÇÃO)…

      0
    • Ader 21 de outubro de 2011 at 13:17

      Eu já sabiaaaaaaaaaaaaa…………………………………………….

      0
    • Paulo - RJ 21 de outubro de 2011 at 13:23

      Acredito que a tendência será o valor dos imóveis serem comidos pela inflação daqui a algum tempo

      0
      • Paulo - RJ 21 de outubro de 2011 at 13:25

        Mas aguardem ainda muito bombardeio da grande imprensa tentando negar este fato, através dos “especialistas” de sempre. Muita calma nesta hora.

        0
        • Leo 21 de outubro de 2011 at 13:29

          É Paulo.. pensei a mesma coisa. Por outro lado, ja esta tudo tao bagunçado que acho que ate a imprensa vai ficar sem ferramentas p/ sustentar essa irrealidade. Nao duvido nada que daqui a pouco comecem a divulgar noticias mostrando que a farra dos imoveis acabou e que a tendencia agora é, pelo menos, um pequeno ajuste.

          Na minha opiniao, isso ja ja comeca a acontecer…

          0
          • Luiz 21 de outubro de 2011 at 13:40

            Para entender precisamos nos colocar na posição de quem comprou na planta:

            1. Inflação alta: as parcelas da entrada começam a subir
            2. O saldo devedor corrigido pela inflação sobe
            3. O valor do imovel estaciona e começa a perder para a inflação
            4. Demora muito vender

            O cara pode tomar 2 decisões:
            1. Passar pra frente o mais rapido possível, minimizando a perda
            2. Segurar o prejuízo até o fim, se puder, e se o banco aprovar o financiamento.

            a) Se 1 > 2 o preço despenca
            b) Se 2 > 1 o preço estabiliza

            Em qual vcs apostam?

            0
            • Paulo - RJ 21 de outubro de 2011 at 13:56

              As duas realidades são possíveis. Eu acho que se a crise for uma marolinha no Brasil, opção b. Se a coisa desandar e afetar o Brasil em cheio, opção a.

              0
  • Marcos 21 de outubro de 2011 at 14:10

    Explicando a demanda. Troque o suco por imóveis e veja qual a demanda reprimida no mercado de imóveis!

    4.bp.blogspot.com/-Hp4AOYDO4Nk/TqB8te783OI/AAAAAAAABh0/gIxSh0KTnck/s1600/calvin_supply.jpg

    0
    • Luiz 21 de outubro de 2011 at 15:41

      sensacional essa tirinha do calvin,
      ele flaa igual os pilantras que vinham aqui argumentar
      agora sabemos onde o pessoal do Secovi aprendeu economia

      0
  • peterson 21 de outubro de 2011 at 14:12

    Olá colegas, sou matemático, programador e doutor em sistemas de movimentação de divisas, o volatil mercado Forex, felizmente faço parte dos 10% que se dão bem neste mercado, sou bem sucedido e curioso por assuntos diversos, pois bem, resolvi por curiosidade modelar uma compilação de dados oficiais do mercado IMOB do sudeste, pasmem, sou cético em bolhas a curto prazo, mas o grafico de tendencias mostrou um Crash em 06/2012, com riple positivo em 10/11, 12/11, 04/12. Se os juros baixarem em 2012 o crash migra para 2013, estou pasmo, isso a um ano atraz era inimaginável, eu pensava que a bolha estouraria ou até murcharia em 2015, 2017 ou 2020, não ano que vem ou até antes da copa, será que o governo sabe disso? olha coloquei as barbas de molho total, as fichas contra o EURO e aposta no CHINA effect no MELHOR cenário possivel protela o crash para 2013, meu deus, o mercado imobiliário brasileiro cometeu suicidio…. Em tempo, criei um EA para me avisar de riples positivos pois quero saber o que faz a bolha inflar nesses meses, só por curiosidade, para aprender, não ganho nada com isso pois não é meu mercado, nem será, (risos)…

    0
    • Ar Quente 21 de outubro de 2011 at 14:21

      Caraca! Falou tão difícil que deve estar certo! LOL!

      0
      • Carlão_RJ 21 de outubro de 2011 at 14:26

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        0
        • Alanbrado 21 de outubro de 2011 at 14:31

          hahahahhahaha

          0
    • Murdoch 21 de outubro de 2011 at 16:36

      Prezado Peterson, mto interessante seu ponto.
      Não conheço seu modelo, muito menos as premissas, mas acredito que vc deve considerar um valor x que o Governo esteja disposto a gastar para segurar esse preju, certo?
      Do que ando conversando com gente que trabalha no Governo Federal, a mentalidade é a de segurar tudo que puder. Não medir esforços! Gastar mesmo.
      Acho que vão continuar baixando taxa de juros pra manter a festa. Suspeito eu que, se conseguirem, até meados ou final de 2014. Aí, passadas as eleições o bicho pega. Acho até que segurariam até 2016, mas vai ser impossível.
      Acho que as grandes variáveis aí são mesmo o futuro da China e o tamanho do buraco europeu. Podem adiar ou antecipar a porrada.

      0
      • peterson 27 de outubro de 2011 at 14:52

        nenhum governo consegue segurar a variação de mercado, tentarão mas terá o mesmo efeito que tentar segurar uma onda do mar, será levado junto…

        0
    • Anonymous 21 de outubro de 2011 at 19:22

      Peterson,

      Entendo do que voce está falando. Entretanto, gostaria de observar que muitos aqui chegaram nas mesmas conclusões usando somente o bom sendo e a intuição, apenas com uma calculadora de 4 operações.

      0
  • peterson 21 de outubro de 2011 at 14:32

    kkkk desculpa aí colega, crash é uma rampa quase vertical de tendencia, riple são picos temporários, apostar contra o Euro é acreditar que não salvarão a europa, china effect é a desaceleração da china e consequente redução de valor das commodities, o melhor cenário (sonho de dummies) é a europa protelar as dividas sabe-se lá como e a china crescer 8%aa, derrepente eles vendem a alma vai saber, EA = expert advisor, especie de programa que monitora automaticamente um indicador do mercado, Forex é o mercado de troca de moedas, existem alguns detalhes omitidos nestas explicações acima… abraços!

    0
    • Paulo - RJ 21 de outubro de 2011 at 15:51

      Com legenada ficou mais fácil, eheheheheheh

      0
    • Luiz 21 de outubro de 2011 at 16:06

      bem vindo
      vc me lembra o peterson foca da radio aquele surfista que ninguem entendia nada, rsrs

      agora sério: a gente aqui já sabia de tudo isto, modéstia a parte, mas não com essa precisão matemática. Gostaria de saber grosso modo quais inputs vc considera no modelo.

      Em tempo, concluimos antes aqui que o ponto de não retorno foi agora no começo de 2010.

      Acho que é isso que vc chama de suicídio, pode ser apenas que sobreviva sem uma das pernas

      0
    • Bananense 26 de outubro de 2011 at 19:11

      Ahhhh Peterson…
      Não me diga que vc usa os EAs do Metastock.
      Vc utiliza o Metastock para Forex Trading???

      0
      • peterson 27 de outubro de 2011 at 15:02

        Não eu crio meus EAs mas gosto de modelos compliados (prontos) para aprender, uso a MT5 sim e consulto outras bases, os imputs que eu utilizei fora historico de variação imobiliária (secovi) indices gerais de preços (M-C-A) variação cambial historica, taxa de crescimento habitacional (ibge), indice de endividamento, taxa de inadimplencia historica, indice de formação de preços CC, indice de custos materiais da CC, indice de inflação ao consumidor, selic historica, TTL de ações IMOB, indices de investimento CE em imob (bovespa), variação do custo aluguel historico, datas de eleições, reuniões do copom e indicadores externos: PIB chinês, PIB americano, zona do euro, variação entre cotações, endividamento publico e indicadores de papéis do tesouro direto (classe). Não consegui colocar outros inputs e só gerei um gráfico de +30 dias por isso os dados serem em meses e anos… não tenho interesse em aprimorar este EA não só quero entender como esta bolha infla e desinfra como aprendizado, apenas para obter experiencia de mercado… a bolha existe isso é certeza!!!

        0
  • Paulo - RJ 21 de outubro de 2011 at 15:52

    digo, legenda

    0
  • Marco Antonio 21 de outubro de 2011 at 16:08

    Para todos os “grandes viajados” do bolha, que falam com uma propriedade unica sobre Paris, Cape Town, Londres, Eua, segue um relatório do Itaú sobre o metro quadrado de várias cidades do mundo.

    http://www.fileserve.com/file/tx8vgT9/untitled.bmp

    http://www.fileserve.com/file/eYVqqhC/untitled2.bmp

    0
    • Murdoch 21 de outubro de 2011 at 17:54

      Caro Marco,

      por que tanta revolta com os viajados? Não entendo a ironia.
      Pode ter gente que já viveu fora, como é o meu caso.
      Aliás, sugiro a vc, que ainda é bem jovem, que separe uma parte dos seus grandes recebimentos para viajar bastante. Ajuda a abrir a cabeça, traz mais cultura, conhece gente diferente, enfim, engrandece o ser humano, o que é sempre bom…

      0
      • Marco Antonio 21 de outubro de 2011 at 18:05

        Murdoch, desculpa generalizar. A lguns de vocês, para qualquer pessoa que entra com uma idéia contrária, já saem dizendo que conhece Paris de cabo a rabo, que qualquer corretorzinho de merda, que fica debaixo de sol no farol(essa é foda hahaha) não tem conhecimento de nada…o maximo que conhece é o quintal de casa.

        Também já viajei bastante. Graças a deus sou de uma familia que sempre teve condições de me proporcionar ótima viagens e depois que comecei a ganhar meu dinheiro também consegui fazer algumas.

        Mais uma vez, me desculpem quem realmente não tinha que escutar isso.

        0
        • Luiz 21 de outubro de 2011 at 18:15

          Murdoch, conheço brasileiros que viajaram muito e não aprenderam nada.
          Alguns voltam piores, revoltados até.

          A questão não é o dinheiro é a qualdiade da educação, vc esteve fora sabe como é barato reunir com os amigos no parque na praça beber um vinho, conversar, não precisa ser rico pra viajar ou aprender, em certos casos atrapalha.

          o tipo recem formado classse média-alta é muito requistado no mercado pq eles vão abrir portas dso circulo social que o marketing convencional não consegue. Vi vários casos assim de amigos que venderam as maiores porcarias, pra parente, amigo, tia, primo, mãe

          O idiota contratado compra blacberry, terno, celular, expõe todo o seu circulo social na enrascada, e depois que usam e abusam até esgotar, o cara é demitido.

          O Marcão pode usar isso aqui de aprendizado, ou continuar apanhando, a escolha é dele.

          0
  • Marco Antonio 21 de outubro de 2011 at 16:09

    Para todos os “grandes viajados” do bolha, que falam com uma propriedade unica sobre Paris, Cape Town, Londres, Eua, segue um relatório do Itaú sobre o metro quadrado de várias cidades do mundo.

    h t t p://w w w.fileserve.com/file/tx8vgT9/untitled.bmp

    h t t p://w w w.fileserve.com/file/eYVqqhC/untitled2.bmp

    0
    • Samuel 21 de outubro de 2011 at 16:39

      Prezado amigo,

      Eu não consigo abrir tais aquivos aqui no serviço… o senhor poderia fazer um breve resumo de sua leitura e postá-lo aqui junto com citações do referido documento. Por favor.

      Grato.

      Samuel.

      0
      • Luiz 21 de outubro de 2011 at 16:44

        eu fico imaginando como um Banco do nivel do itau publica um relatório em bmp

        puxa nem pdf, nem jpg

        estou tão impressionado que não vou nem tentar abrir

        0
        • Jack Imóveis 21 de outubro de 2011 at 17:26

          Nem percam o tempo com isso.

          Jack – Detectando Fumaça

          0
    • Leo 21 de outubro de 2011 at 17:00

      Se isso fosse verdade eu acreditaria.. ehehe

      A sua ideia ou de seu amigo qd fez esse “slide” foi dar a entender que o valor do m2 em media em SP custa 2.6 e que monaco em media custa 59.8 ? hehe

      Vo fala feito os manos… “C ta me tirano mano” ?

      Reparem que sao paulo esta escrito com o e com U …

      brincadeira hein…. depois a gente que viaja… 😉

      0
    • Leo 21 de outubro de 2011 at 17:03

      Eh tao tosco… mas tao tosco.. que ate as datas nao estao batendo.

      Primeiro que esta escrito Mai/2011 e nao May/2011 como deveria.. afinal o documento esta em ingRes…

      segundo que no rodape esta escrito CONFIDENCIAL 2010 ..

      Brincadeira….

      Só pode ser coisa de corretor de imoveis.. hehehe

      0
    • Leo 21 de outubro de 2011 at 17:05

      Ainda falo mais.. é tao ridiculo e tao limitado intelectualmente que nao soube nem gerar um PDF.

      As fontes estao COMPLETAMENTE fora do padrao de slide usado pelo ITAU.

      R I D I C U L O !!!

      0
  • Marco Antonio 21 de outubro de 2011 at 17:05

    Esqueci que tudo que pessoas que não acreditam na bolha postam é FAKE!!

    Vocês manjam mesmo!!!

    0
    • Leo 21 de outubro de 2011 at 17:08

      Marcao.. meu caro corretor.

      Tenta explicar os defeitos que identifiquei na sua tentativa FRUSTRADA de nos enganar… Ate que voce prove o contrario, voce nao passa de um fanfarrao !!! Isso que voce fez é ilegal !!! Voce inventou um documento que nao existe com dados ridiculos… e tudo muito mal feito !!

      Estamos aguardando suas justificativas em relacao aos erros GRAVES no slide apresentado !!!

      0
      • Luiz 21 de outubro de 2011 at 17:17

        2 correções Leo:

        – o garoto aí não é corretor, é estagiário desses que ficam no farol
        – a ilegalidade é mais que isso, pode ser chamada de falsidade ideologica (se passar por outra pessoa), ou caso tenha pirateado o relatorio deles seria ainda pior, veja bem pode ser. Ele ainda tem o benefício da dúvida

        Cuidado!

        0
        • Marco Antonio 21 de outubro de 2011 at 17:25

          Deve ser triste você saber que um estagiário de 26 anos ganha 4 vezes mais que um Sr. de idade como você, né Luiz?

          0
          • Luiz 21 de outubro de 2011 at 17:30

            errou de novo
            tenho quase a sua idade
            e se vc ganha 4x mais que eu, tomara que sim, faça um curso de português e outro de informática
            pq o seu MBA não serviu pra nada.
            Bmp eu usava ainda adolescente, saber escrever aprendi aos 12.
            Entendeu pq vc acha que eu sou muito mais velho?
            Aprendi antes.

            0
            • Leo 21 de outubro de 2011 at 17:32

              Essa foi com classe.

              0
            • Jack Imóveis 21 de outubro de 2011 at 17:32

              Estagiário com 26 anos é meio velho né?

              Marcão, Está na hora de pedir uma promoção para corretor junior.

              Jack – Não se pode perder a piada

              0
              • Marco Antonio 21 de outubro de 2011 at 17:39

                Vamos lá Jack, vou tentar explicar novamente.

                Qualquer pessoa que queira tirar o creci tem que estagiar por 1 ano. Quer que eu desenhe?

                0
                • Jack Imóveis 21 de outubro de 2011 at 17:41

                  Marcão!!

                  Me perdoe a ignorância!

                  Espero que esse ano passe logo e você seja promovido merecidamente a corretor junior.

                  Jack – Não sei nada sobre carreira de corretor

                  0
                • Luiz 21 de outubro de 2011 at 17:43

                  que bom
                  vc sabe desenhar
                  no paint brush?

                  0
          • Fernando 21 de outubro de 2011 at 17:56

            Marco Antonio

            Apelou, perdeu.

            Abraço.

            0
            • Marco Antonio 21 de outubro de 2011 at 18:06

              É algum jogo aqui e ninguém me avisou Fernando? Sacanagem hein!!!

              0
  • Marco Antonio 21 de outubro de 2011 at 17:14

    Faz o seguinte, Leo, O SABICHÃO, já que o que fiz é ilegal e falso, tenta entrar em contato com alguém do Itaú e fala que um louco inventou um relatório deles e precisa ser processado. Te passo até meu contato real com telefone, tá?! Mas apresenta esse slide que eu publiquei a titulo de informação para vocês.

    Que nem a algum tempo atrás que eu era um fake de uma mina que postava aqui…e falaram com a maior propriedade do mundo…

    Volto a falar, vocês manjam muitoooo mesmo!

    0
    • Leo 21 de outubro de 2011 at 17:26

      Vamos la Marcao.

      Seguinte, quem chegou aqui com uma certa arrogancia e apresentando um documento que, NO MINIMO, é MUITO DUVIDOSO foi voce. PORTANTO quem tem que fazer alguma coisa para provar que esta certo É VOCE !!!!

      Se voce nos passar seu telefone eu terei o maior prazer em te ajudar a entender isso 🙂

      Por gentileza, meu caro, nos explique a causa de tanto erro… ok?

      0
  • Marco Antonio 21 de outubro de 2011 at 17:34

    Não sei, pergunta pro pessoal do Itaú o porque disso. Um amigo, com quem eu trabalhava no Credit, sabendo que hoje estou trabalhando no mercado imobiliario, me enviou.

    Mas sinceramente, acabei ficando irritado, porque tudo quanto é coisa que sai na internet, ou alguém posta no blog que não seja a favor da bolha é colocado como fake, mentiroso e inventado. Já sobrou pra presidente do BC, que chegou lá por ser incompetente, é claro, na visão dos ULTRA MEGA SUPER BLASTER participantes desse blog.

    Não vou ficar mais irritado, quer acreditar beleza, senão joga pra lixeira!!! Bem mais facil!

    0
    • Leo 21 de outubro de 2011 at 17:38

      Tranquilo Marcao, na paz !

      Mas da uma verificada antes de divulgar algo pois podem pensar que voce fez intensionalmente.

      Depois fala na maciota com seu amigo e conta sobre as falhas….

      Jao jogo na lixeira de forma alguma, essa vai pra pasta das Perolas ! Assim como o historico desse topico 🙂

      0
    • Luiz 21 de outubro de 2011 at 17:41

      Segue o link do relatorio do Credit suisse, onde o seu amigo trablaha

      h t t p://pt.scribd.com/doc/68277912/CS-HOMEBUILDERS031011

      O formato não é pdf, é melhor que pdf.

      Ah! e o Credit acredita em risco de bolha, conforme discutimos semana passada, mas acho que vc estava na rua e perdeu a discussão.

      beijos

      0
      • Leo 21 de outubro de 2011 at 17:46

        eheh confesso que pensei na mesma coisa..

        Mas resolvi nao falar mais nada pra deixa quieto…

        Agora só me resta rir… hehhe

        0
        • Luiz 21 de outubro de 2011 at 17:51

          tbm podia ter falado palavras como contradição, inconsistência, ou até mentira
          mas preferi não falar, ops, falei

          0
          • Leo 21 de outubro de 2011 at 18:17

            É Luiz… mas pensa só.. isso é ate interessante, nao acha ? Pode ate nao ter sido o cara mas alguem fez e certamente alguem que trabalha no mesmo ramo que ele. Isso mostra que a situacao realmente nao esta boa. Se nao esta boa para eles… é pq a hr esta chegando !!

            Fiquei ate mais animado com isso 😉

            0
            • Luiz 21 de outubro de 2011 at 18:24

              nada Leo, isso é pior do que parece

              eles devem imprimir essa porra e mostrar pros coitados que vão lá no stande, isso depois de se certificarem que o alvo não vai perceber a fraude.

              Ainda devem fazer aquela cara de quem têm “relacionamentos” e acesso a “arquivos confidenciais”.

              Leo a questão ética é um monstro, tive dificuldade em introduzir isto noblog memso entre bolhistas, a coisa é muito muito grave, me espanta que algusn como o estagiario aí acreditam de verdade. Faz idéia do tanto que esse mloeque é desmiolado

              Outro dia ele proetue rendimento de 5x em 20 anos
              Em outro disse que punha a mão no fogo se todas as empresas grandes não exigissem comprovação de renda.

              Dá até pena denunciar ele, é só um peão nesse jogo.

              0
              • Leo 21 de outubro de 2011 at 18:34

                Nao tinha olhado dessa forma… realmente preocupante.

                0
  • Fred Henrique 26 de outubro de 2011 at 22:15

    “lá vem o sabichão a desancar uma enxurrada de jumentice contra o Rio de Janeiro”

    Vamos por partes, como a jumentice está na cabeça de quem lê e não entende, então eu vou explicar, com a paciência dos bons, o que eu disse:

    Parte 01: Tenho alguns amigos carieoucash que reclamam que a imagem que o brasileiro que não é do Rio tem do Rio de Janeiro é de uma cidade inserida no caos urbano, na violência homicida em cada esquina, na corrupção policial generalizada, no tratamento à la Lei de Gérson dado ao turista, entre outras coisas que são pintadas do RJ para o restante do Brasil.

    ‘Carieocash’ é uma brincadeira que eu faço com o sotaque carioca. Nesta parte, eu procurei expôr que alguns amigos meus, que são cariocas, não gostam da visão que o restante do Brasil tem do Rio de Janeiro.

    Parte 02: Sim, para mim, o RJ é um estado completamente fora das minhas pretensões de moradia. E tenho a impressão de que a grande maioria dos nordestinos não querem nem saber de, sequer, visitarem o Rio (para quê ir para o RJ, bater foto com uma estátua?! Praias?! As daqui são centenas de vezes melhores. Hospitalidade?! Sério, hospitalidade?!)

    Nesta parte, eu escrevi sobre minhas inexistentes pretensões de morar no Rio, expliquei os motivos e questionei sobre a ‘hospitalidade’ carioca. Hospitalidade, que geralmente é atribuída aos nordestinos, portanto, não faria sentido sair da minha região para procurar ‘hospitalidade’.

    Parte 03: Mesmo nunca tendo ido para lá e, provavelmente, sendo um estado que só visitarei uma vez na vida, na final da Copa de 2014 (e sendo extorquido desde as passagens aéreas à cervejinha dentro do estádio) sei que a visão que tenho do RJ é superficial e não pauto as pessoas que moram no RJ pela minha opinião sobre o RJ.

    Neste trecho, deixei claro que nunca visitei o Rio, e que, provavelmente, só o farei uma vez na vida, na ocasião citada. Afirmei que serei extorquido (coisa que acontecerá em todo o Brasil, e não só no Rio) e ressaltei que minha opinião sobre o estado não influencia minha opinião sobre seus moradores.

    Parte 04: Outra coisa, tenho certeza que você não/nunca foi turista na região nordeste – aliás, pode até ter sido, mas daqueles pacotões de uma semana de São Luís a Salvador, que mal dá para descer do ônibus – pois se realmente visitou a região com bastante tempo para entender o que se passa por aqui, sabe que turismo é só uma parte da economia local, que é voltada principalmente para serviços e indústria. A participação do Turismo no PIB do Ceará é de cerca de 3 a 4%. É quase troco de caldo.

    Portanto, você, aparentemente, é o tipo de “turista” que não viaja; quando viaja, não gasta; quando gasta, reclama; e quando reclama, é porque nunca tem razão. É o tipo de gente que faz uma “ruma” de Nordestino ter “abuso” de carieouca. Conselho, siga o seu próprio conselho e não dê as “caras” por aqui, não, seu “fi de quenga”

    Nesta parte eu esculhambo você. Vou repetir, para que você tenha uma nova chance de entender: eu não esculhambei o estado do Rio nem sua população, eu esculhambei VOCÊ!

    Deu para entender agora, ou vou precisar desenhar e colocar o link para você?

    0
    • Fred Henrique 26 de outubro de 2011 at 22:19

      Infelizmente, não saiu no lugar certo, não cabia mais lá.

      Uma última provocação, torça para que a seleção chegue na final em 2014, para que você possa assisti-la na sua cidade. Só não esqueça o boicote e não pise em Fortaleza nos dois jogos que a seleção terá que jogar aqui para ir à final.

      Desculpe Bolha por mudar o assunto de forma tão radical.

      0
      • Carlão_rj 26 de outubro de 2011 at 22:34

        Aí Mução… Vai assistir um jogo da seleção, hein!!! Parabéns!!!

        Só rindo mesmo.

        0
        • Fred Henrique 27 de outubro de 2011 at 09:47

          Conseguiu entender agora ou vou precisar te indicar um curso de leitura e interpretação de texto?

          0