Mutuário do ‘Minha Casa, Minha Vida’ com prestações em atraso terá que devolver subsídio ao governo – HojeEmDia

Você pode gostar...

Comments
  • Cesar_DF 30 de junho de 2017 at 12:09

    APESAR DA FORTE REDUÇÃO NOS LANÇAMENTOS, ESTOQUE DE IMÓVEIS EM BRASÍLIA CONTINUA SUBINDO

    De acordo com o relatório do SECOVI-DF o estoque de imóveis de seus associados continuam a aumentar, mesmo com uma redução acima de 50% nos lançamentos de imóveis desde 2014, sendo que em 2012 já havia ocorrido uma forte redução nos lançamentos.
    http://www.secovidf.com.br/novoportal/images/arquivos/pdf/boletins/2017/Boletim_Imobiliario_Julho_2017.pdf

    Com 42% de lançamentos a menos em 2012 e novas quedas depois, 2014 se encerrou com um estoque anormal e suficiente para 21 meses de vendas. A causa? Distratos (cancelamentos das vendas) de R$ 17,6 bilhões no período entre 2011 e 2014, ou seja, boa parte do crescimento das vendas de imóveis (na planta ou em construção) do passado não se concretizou, virou estoque e concorreu com lançamentos posteriores.
    Junta-se a isto ainda cerca de 40% de vendas para investidores pessoais, concorrendo com construtoras e quedas nas vendas brutas (sem abater os distratos) em 2012 e 2014. A alta flutuação em lançamentos imobiliários afetou os empregos?
    https://incorporacaoimobiliaria.com/tag/embraesp/

    Indicadores da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc)-Fipe referentes ao último trimestre de 2015 registraram um recuo de 29,6% face ao mesmo período de 2014, com 17.794 unidades lançadas.
    https://oglobo.globo.com/economia/volume-de-lancamentos-de-imoveis-no-ano-passado-foi-193-inferior-2014-18706663

    Especulação leva à queda de preço nos lançamentos de imóveis em Brasília – 31/12/2013
    Destoando de outras grandes capitais, os preços dos imóveis lançados em Brasília apresentaram uma forte queda neste ano, com redução de 35,5% na comparação com os valores cobrados em 2012, segundo dados da Geoimovel.
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/12/1391790-especulacao-leva-a-queda-de-preco-nos-lancamentos-de-imoveis-em-brasilia.shtml

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Seguidor do Bolha BH 30 de junho de 2017 at 13:28

      Aqui em BH o que tem de prédios inteiros sem vender nenhuma unidade ou com apenas uma ou duas unidades vendidas. E não param de levantar prédios residenciais na região onde eu moro.

      35+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • lendo e observando 30 de junho de 2017 at 14:00

        Na cidade do RJ isso ocorreu principalmente na zona oeste (recreio, jacarépagua e outros).
        Tem prédio pra caralho e a demanda sumiu!!!
        Imagina quanto capital imobilizado jogado fora num país fudido como o nosso.
        Depois os marxistas da ala tomas pikety falam que rendimento do capital eh crescente no tempo.
        PQP santa burrice. Deviam ler uns artigos do mises br sobre ciclos econômicos e mal investimentos.
        Mas isso nunca vai ocorrer pq vermelho é imune a aprendizado sério.
        A praia deles além da maconha é repetir baboseira de sétima série, como por exemplo mais valia e teoria do valor trabalho, coisa que nem os idiotas formados em economia na unicamp tem coragem de repetir atualmente.
        Só mesmo prof de historia e geografia usa esses termos hj em dia pra enganar aluno bobinho.

        29+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Buck 30 de junho de 2017 at 15:21

        Região do Castelo/Ouro Preto são bairros que estão completamente vazios…meu primo comprou um ap em um condomínio com mais de 200 ap’s, e nos prédios ao redor, é o mesmo esquema que você citou: dois apartamentos vendidos por prédio e olhe lá…

        9+
        • avatar
  • Cesar_DF 30 de junho de 2017 at 12:10

    O OTIMISTA

    O bancário Rodrigo Hori, de 33 anos, financiou há seis meses, um apartamento de dois quartos, suíte, banheiro social, dependência de empregada e garagem, na Octogonal, bairro de classe média. Ele comprou o imóvel, de 75 metros quadrados, todo reformado, por R$ 580 mil. Segundo ele, foi um bom negócio, com preço abaixo do mercado, porque o dono tinha pressa:
    – Acredito que meu imóvel, por estar reformado, já vale uns R$ 700 mil. Não consigo ver desaquecimento em Brasília.
    https://oglobo.globo.com/economia/em-brasilia-mercado-esta-quase-parado-15535103#ixzz4lUxNDW2J

    A REALIDADE

    Elza Salles, gerente de uma imobiliária, está penando para vender seu apartamento de três quartos e 120 metros quadrados na Rua Santa Clara, coração de Copacabana. Anunciado por R$ 1,5 milhão cinco meses atrás, ela não recebeu nenhuma ligação pelo imóvel. Mês passado, Elza baixou o valor para R$ 1,25 milhão. Nada ocorreu. Até o momento, a melhor proposta que recebeu foi de R$ 1,1 milhão, mas insiste no preço pedido:
    – É um apartamento que venderia como quisesse antes da Copa. Hoje, tenho dificuldade.
    http://www.gazetadopovo.com.br/economia/com-vendas-em-baixa-setor-imobiliario-sofre-com-queda-de-precos-91ft6e2rz3dwai0xxqn1eq181

    43+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 30 de junho de 2017 at 12:27

      Vi no Linkedin que este Rodrigo Hori é Gerente Executivo na Caixa Econômica Federal em Brasília
      kkkkk

      57+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lord of All 30 de junho de 2017 at 13:07

        580k, por 75 metros quadrados, e ainda acha q foi um bom negócio.
        E eu preocupado com uns míseros reais a mais que vou ter q desembolsar com a alta do euro pra viajar kkkkk.
        Ver q tem gente nessa situação (intelectual e financeira) faz me sentir um bem danado kkkk.

        46+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • to bolhado 30 de junho de 2017 at 12:29

      É o q vcs falam… o estoque de otario com dinheiro ta acabando. Tem um ou outro ainda, mas é pouco

      28+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • socrates 30 de junho de 2017 at 13:26

      3 quartos por 1,1 milhão em uma rua cercada por duas favelas . DUAS.

      28+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Intendente 30 de junho de 2017 at 13:38

        Realmente, mais de 1 milhão para viver no meio de favelas.
        Nessa semana já deu uma merda grande na favela pavão-pavãozinho, os vagabundos jogaram UMA GRANADA, meu amigo.
        Isso em Ipanema, triste.

        Resultado: um porteiro morto(o azarado tinha saído para almoçar e recebeu esse chamado divino).

        http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/homem-morre-apos-explosao-de-granada-em-tiroteio-no-pavao-pavaozinho-em-ipanema-28062017

        18+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • socrates 30 de junho de 2017 at 13:58

          pois é…

          engraçado como os “chamados divinos” são menos frequentes na Europa, Oceania e America do Norte. Mesmo em vizinhos , como Chile, Uruguai e Argetina. E para não sair da Banania, no Sul ou em SP… Impressionante como a “vontade de Zeus” é diferente nos países muito corruptos e nos países menos corruptos

          36+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Intendente 30 de junho de 2017 at 16:35

            O BR é um país religioso, kkkkkk

            9+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
  • Cesar_DF 30 de junho de 2017 at 12:11

    NOTÍCIA DE DEZEMBRO DE 2015
    2016 será um bom ano para comprar imóveis; veja tendências

    João da Rocha Lima, professor titular de real estate da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), diz que não é possível saber, ao menos por ora, quando a crise política se encerrará, mas se isso ocorrer no começo do ano, o mercado imobiliário deve se recuperar a partir do segundo semestre de 2016.

    Diante da expectativa de preços menores em 2016, o ano pode ser uma boa oportunidade para comprar imóveis com o objetivo de investir, segundo o professor de Real Estate da Poli-USP.

    Ele afirma que o mercado imobiliário está se desestruturando neste momento já que as empresas estão buscando desovar seus estoques e reduzindo seus níveis de produção. Portanto, quando a economia se recuperar, a demanda que estava reprimida, mas não extinta, deve voltar e a oferta pode ser insuficiente. Assim, os preços podem ser pressionados.

    “As empresas podem demorar a retomar sua capacidade de produção, o que pode gerar escassez de oferta. O investidor que enxergar isso e conseguir investir em um imóvel agora pode conseguir vendê-lo por um bom valor lá para o final de 2017, em um cenário pós-crise”, diz Rocha Lima.

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 30 de junho de 2017 at 12:22

    os corvos e o mercado ainda vão notar que criaram uma aberração:
    – a galera quer imóvel novinho.. na planta… ai o que acontece: sobra 25% das “últimas unidades”, junto com a galera que quer alugar ou vender… aí 666 olha pro novo lançamento (menor e mais barato) enquanto os investiotários segurando mandioca achando que vale 300k..
    Ouri fato : os usados encalhados ou a galera querendo trocar por um novo…kkk
    Aqui tem prédio novo com placa de ultimas unidades e mais 3 de vende-se ou aluga-se do lado e 2 prédios subindo na mesma quadra… kkk

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 30 de junho de 2017 at 12:26

    aqui ficou tão aberrante que não tem flipagem de imóvel.. o investiotário compra e empaca.. nos EUA o mesmo imóvel era vendido mais de 2x ao ano… kkk
    Até em portugal tem flipagem pra vender pra madonna…

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 30 de junho de 2017 at 12:31

    É do anterior, mas como tem relação com o tópico de hoje, replico aqui:

    Um trecho interessante da notícia acima:

    “Essas mudanças foram introduzidas de última hora no texto, a pedido do governo, e sequer foram discutidas no plenário da Casa. Elas chegam em um momento em que a inadimplência na Faixa 1 do ‘Minha Casa, Minha Vida’ atinge o elevado patamar de 35,2% no Brasil (284,8 mil unidades) e 32,9% em Minas Gerais (25,5 mil) , segundo o Ministério das Cidades. Em 2015, as taxas eram de 28,1% e 26,8%, respectivamente.”

    Peraí, temos 284.800 imóveis inadimplentes só no MCMV faixa 1???

    Para quem não sabe, no caso da faixa 1 o pagamento é integral pelo Tesouro, o mesmo que já está QUEBRADO!

    Há várias informações interessantes nesta notícia:

    1) A inadimplência acima de 90 dias, que o BC informou que no total equivale a 233.000 contratos, sequer inclui o MCMV faixa 1, ou seja, o número total da inadimplência do crédito imobiliário é mais que o DOBRO daquele informado pelo BC que já era absurdo;

    2) Se a CEF deve responder por no mínimo 80% da inadimplência de outros contratos de crédito imobiliário, ela já tinha mais de 180.000 imóveis com inadimplência acima de 90 dias, SEM CONTAR com o MCMV faixa 1. Agora, além destes ela ainda tem que cobrar mais de 284.000 imóveis inadimplentes só do MCMV faixa 1? Avaliando a INADIMPLÊNCIA TOTAL do crédito imobiliário, só daquilo que é responsabilidade da CEF e só dos imóveis que tem contrato com inadimplência acima de 90 dias e que já deveriam ter sido retomados e oferecidos em leilão, é de mais que o TRIPLO do que todo o estoque de imóveis da SOMATÓRIA de TODAS as construtoras do Brasil, uma situação completamente ABSURDA que só pode existir quando temos uma explosão de bolha imobiliária!

    3) O caso do MCMV faixa 1 é a “evidência viva” de que a COMPLACÊNCIA com a inadimplência estimula e muito que a inadimplência continue a crescer sem parar. Em 2014 a inadimplência da faixa 1 já era superior a 20%, agora ela está superior a 35%! Isto ocorreu, entre outros motivos, porque a CEF não retomou imóveis, em alguns casos sequer cobrou o cliente, em outros cobrou, mas não insistiu, etc, ou seja, quanto mais os mutuários viam que não havia NENHUMA penalidade pela inadimplência, mais a informação se espalhava e mais e mais pessoas optavam por não pagar, afinal estava mais do que demonstrado que não perderiam nada se deixassem de pagar, então, para que pagar? A CEF está fazendo exatamente o mesmo com os contratos de crédito imobiliário que estão inadimplentes e não fazem parte do MCMV faixa 1, além disto ela está FAZENDO DE CONTA que estes imóveis não estão inadimplentes, que estão em “renegociação”. Certamente a informação vai se espalhando também e cada vez mais pessoas chegam a seguinte “conclusão”: pra que pagar, se não corro nenhum risco de perder o imóvel?

    4) Lembrando que o governo está completamente quebrado, falta dinheiro para imprimir passaporte, falta dinheiro para pagar seguro-desemprego, falta dinheiro para o Tesouro fazer os repasses do MCMV faixa 1, falta dinheiro para TUDO. O déficit fiscal previsto para 2017, o segundo maior de todos os tempos, pode bater o RECORDE se o governo não fizer novos cortes radicais de gastos e não aumentar impostos e o detalhe é que quando ele fizer isto, de qualquer forma a arrecadação vai diminuir e forçar novos ajustes fiscais, dentro de um circulo vicioso que estimula a crise. É neste contexto que o governo está recebendo um calote monstruoso do MCMV faixa 1.

    5) A CEF está quebrada com “N” ROMBOS que no total significam DEZENAS DE BILHÕES DE REAIS em prejuízos que DESTROEM a liquidez dela e não são simples MAQUIAGENS ou mudar o nome de inadimplência para renegociação que vão fazer com que estes ROMBOS desapareçam milagrosamente. O ENORME INCENTIVO À INADIMPLÊNCIA dado pela CEF é o que normalmente leva bancos a QUEBRAREM, principalmente quando estas inadimplências ABSURDAS do crédito imobiliário ocorrem em paralelo com uma infinidade de golpes e negócios ruins, como empréstimos BILIONÁRIOS à empresas quebradas (OGX, Sete Brasil, PDG, etc, etc, etc…), prejuízos BILIONÁRIOS com projetos FURADOS, como o do Porto Maravilha, envolvimento em esquemas ILEGAIS aplicando golpes (Panamericano / BTG, créditos podres FALSOS / BTG, FII que levou vice-presidente da CEF para cadeia, envolvimento em dezenas ou centenas de processos de corrupção relacionados ao MCMV, etc), MAQUIAGENS envolvendo a inadimplência em TODAS as outras linhas de crédito, de forma análoga ao que fazem com o crédito imobiliário, chamando de “renegociação”, etc, etc, etc…

    37+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 30 de junho de 2017 at 12:50

      imagina a hora que investidores do MCMV se tocarem da besteira: conheço 3 que compraram muquifos pra alugar ano passado no medo do impitima e aposentadoria. pegaram o fgts e “investiram” pra futura na aposentadoria.. e agora tá sobrando estoque kkk e já pagaram tudo direitinho…

      8+
      • avatar
    • Fernando-SSS 30 de junho de 2017 at 15:40

      CA, estre esta e outras que acho que vai ser HARD.

      6+
      • avatar
  • anti_corvo 30 de junho de 2017 at 12:33
    • Cadeludo 30 de junho de 2017 at 13:09

      Orçado em R$ 20,7 milhões, o residencial teve R$ 18,6 milhões financiados pelo Banco do Brasil — dos quais 63% foram liberados
      286 apes custaram 20 milhoes = custo unitário 69k = custo de venda 500k

      35+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 30 de junho de 2017 at 13:33

        e nosso antigo ministro de relações exteriores ainda veio a publico para dizer que o Brasil não é um país fechado comercialmente…Que lucro é esse??????????? Nada contra empresa querer faturar o mais alto possivel, isso é benefico a ela e ao mercado, mas quando isso ocorre porque o governo garante reserva de mercado com leis ultra complexas e manipulaveis (stj e stf que o digam) além de informações privilegiadas com lobistas de foro privilegiado , o resultado é o que vemos na Banania… Em um mercdo realmente livre a margem de lucro seria MUITO menor porque ninguem é tão bom assim para fazer algo que nenhum outro faz. E ainda piora: a reserva de mercado garantida aos socios do rei (o termo talvez seja mais adequado que amigos), resulta no lenga lenga que sao as obras no Brasil: aqui um prédio demora 2 anos para crescer. Na China, uma torre de 50 andares cresce em semanas.
        https://www.youtube.com/watch?v=KDfxp1cxOHk

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Fernando-SSS 30 de junho de 2017 at 15:06

          Quem faz a margem é o mercado.
          Brazukinha acha que é milionário e “paga”, este é o problema.

          20+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • Cesar_DF 30 de junho de 2017 at 13:34

        Uma vez eu fiz uma postagem, montando um histórico do valor médio do imóvel X CUB de Brasília.
        Não me lembro muito bem dos números, mas o valor de venda era aproximadamente de 12X o CUB em 2011 e havia caído para 8X o CUB em 2015

        18+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 30 de junho de 2017 at 13:20

    Observação numero 4:
    – a bananazuela conseguiu uma bolha sem imóveis, metade foi golpe, inacabada e ou muito atrasada (só buraco no chao)… imagina a qtidade de famílias retiradas do mercado com esses prejuízos… corvos dando golpes, pseudo corvos, construtoras falidas etc… pra mais de 100k imóveis..

    – provavelmente o dinheiro só está rodando na “quimica de papel” desvios, avaliações exorbitantes, seguros, cartórios, terrenos, loeamentos, interviniente quitante, mututário,..

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 30 de junho de 2017 at 13:23

    e nos créditos podres, fundos, potencial construtivo, certificados rurais, regularização, consórcios, consignado, securitização… kkk
    ainda bem que não construiram tudo… roubaram antes e o banco quebrou… vantagens.

    8+
    • avatar
  • fanfarraum 30 de junho de 2017 at 13:45

    http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/gdi/noticia/2017/06/em-porto-alegre-obra-de-apart-hotel-na-rua-24-de-outubro-esta-parada-ha-tres-anos-9828912.html

    Em 2011, a família do arquiteto Fabrício Maragno fazia planos para melhor aproveitar uma área nobre de 1,6 mil metros quadrados, no cruzamento das ruas 24 de Outubro e Mariland, no bairro Auxiliadora, na Capital. O terreno ganharia um novo empreendimento, valorizando ainda mais a região.

    Em um contrato de permuta assinado entre o M.Grupo e a família Maragno, o terreno foi cedido para a construção do Apart-hotel 24 de Outubro, um prédio de 17 andares que seria a mais nova opção de hospedagem de turistas durante a Copa do Mundo de 2014 na cidade. Há três anos, a obra parou quando estava 71% concluída.

    11+
    • avatar
    • avatar
  • ABUTRE 30 de junho de 2017 at 13:49

    CA, em relacao ao seu post que segundo o BC temos 233.000 contratos em atraso superior a 90 dias, e mais MCMV faixa 1 com 284.000 contratos em atraso, isso ja nao seria o suficiente para a caixa ficar insolvente? Se sim, qual o efeito disso no sistema financeiro e oq poderia acontecer com os outros bancos?

    Comeco a ficar muito preocupado com a situacao, o caminho que estamos seguindo é muito parecido com o da grecia.

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 30 de junho de 2017 at 15:20

      ABUTRE,

      O funding do MCMV faixa 1 foi o Tesouro e dos demais, um mix de FGTS e Poupança, mais uma parcela menor de LCI e outros.

      A CEF em teoria fala sobre “renegociação”, que é permitir que o cliente pague UMA parcela em atraso dentre “N” outras e deixe o restante da dívida acumular no “saldo” do financiamento, para cobrança “futura”, repetindo o TRUQUE e aumentando a escala no ano seguinte, gerando uma monstruosa BOLA DE NEVE.

      Claro que se no caixa da CEF ela esperava receber no exemplo acima, 10 parcelas de “N” mil Reais em 2017 e recebeu só 10% disto e esta PEDALADA se replica centenas de milhares de vezes, isto destrói e muito a liquidez dela. Daí vem a pergunta: como reembolsar poupança, FGTS, LCI, etc? Quem vai ficar com o prejuízo final, a CEF, ou todos estes outros fundos que cederam o dinheiro para a CEF? Há uma “zona nebulosa” aqui, porque estão usando e MUITO a liquidez do FGTS para OCULTAR esta situação, estão contando com o saldo da poupança e que ela não vai sangrar muito mais para esconder este desequilíbrio, idem com LCI e outras fontes de recurso para o crédito imobiliário. O Tesouro? Bem este é MAIS UM dos INÚMEROS ROMBOS que ele já tem, se a CEF não repassar os pagamentos em virtude da inadimplência do MCMV faixa 1, ela se coloca como mera “intermediária” e este rojão se acumula nos rombos do Tesouro.

      Em outras palavras, esta monstruosa inadimplência está sendo MAQUIADA com as consequências sendo distribuídas entre diversos entes distintos, de forma a DILUIR a visibilidade do tamanho do ROMBO. Como o governo / CEF tem controle total sobre todos estes entes, inclusive o FGTS que continua “chapa-branca”, esta situação vai ficando OCULTA e até os balanços da CEF saem bonitos.

      Analogamente a isto, para MAQUIAR parte das consequências, a CEF não retoma nem 10% do total de inadimplência acima de 90%, do que ela retoma, que ainda assim é muito, ela tenta distribuir entre leilões, vendas diretas por corretores, feirões da caixa, venda de títulos podres (estão planejando criar empresa Abutre própria), etc, etc, etc. É outro mecanismo de DILUIÇÃO, para que a realidade não apareça e SIMULEM normalidade. Análogo ao que a Viver e a PDG, dentre outras, praticaram por ANOS quanto a vendas FALSAS na planta e adiamento do “reconhecimento” de distratos, mas sabemos como estas histórias estão terminando e o resultado esperado para CEF não difere muito disto…

      A Enron e a WorldComm no início deste século fizeram jogadas similares, em um caso “classificando” despesas como se fossem investimentos, em outro, “transferindo” despesas dos EUA para outras filiais, para que os resultados ficassem “mais bonitos” na Bolsa de Nova York, este último caso análogo ao que a CEF faz transferindo os BURACOS gerados para estes outros entes. A consequência para Enron, WorldComm e o resto do Mundo? Milhares de americanos perderam sua aposentadoria, outros milhares e milhares perderam GRANDE parte de seu patrimônio. Uma das “big five” de auditorias internacionais simplesmente deixou de existir. Criou-se uma regulamentação enorme que afeta TODO O MUNDO para que tal golpe não pudesse se repetir (SOX). Muitos se enganam achando que aqui os nossos “jênios” (sic) “ultra-poderosos” irão superar o que já aconteceu com estas empresas, ou o exemplo um pouco mais recente do Lehman Brothers na explosão da bolha imobiliária americana. O pessoal acha que é só fazer uma transferência de Ativos Podres em larga escala para a EMGEA que está tudo resolvido, só se esquecendo de como o dinheiro poderia retornar para FGTS, Poupança, LCI, etc e que uma hora, este BURACO vai não só aparecer, como também arrastar um monte de gente para ele…

      Tudo isto sem contar o grande número de outros ROMBOS da CEF que já mencionei várias vezes por aqui e que sequer podem ser maquiados com os golpes acima, que representam mais BURACOS, da ordem de DEZENAS DE BILHÕES DE REAIS.

      Por enquanto, estamos no mundo da FANTASIA, alguém ainda tem a coragem de dizer que o governo “cobre”, mesmo estando visivelmente sem dinheiro e sem condições de pedalar, mas uma hora a conta vai chegar para ser paga e isto poderá gerar inclusive algum pânico quanto a risco sistêmico.

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 30 de junho de 2017 at 15:24

        Correção:

        “Analogamente a isto, para maquiar parte das consequências, a CEF não retoma nem 10% do total de inadimplência acima de 90 DIAS…”

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • AGE DF 30 de junho de 2017 at 14:01

    voces viram essa parte da reportagem?

    Para os demais interessados no imóvel, caso o proprietário não queira arrematá-lo, o valor mínimo do leilão estará sujeito à correção do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis Inter-Vivos (ITBI) – que é cobrado pela prefeitura a partir de cotação do imóvel feita no momento da venda. Com isso, a tendência é que haja aumento do valor dos imóveis leiloados. Antes, a referência para a venda, era o valor do que constava no contrato de compra do antigo proprietário.

    Ou seja, nao estao vendendo nada nos leiloes , a solução? Aumentar o preço! é isso mexxxmo produssão?

    30+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • anti_corvo 30 de junho de 2017 at 14:16

      Isso mesmo, mas sabemos que isso não vai dar certo.
      É tipo os leilões de imóveis já tomados pelos bancos, por exemplo lance mínimo na primeira praça R$ 800.000,00. Não havendo interessados, lance mínimo em segunda praça R$ 350.000,00.
      Quem que vai dar um lance sequer em primeira praça, sabendo que haverá uma segunda onde o valor será a metade ou até menos do que a primeira praça? É esperar milagre.

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 30 de junho de 2017 at 15:40

        tem que tomar cuidado, tem prefeitura que considera o valor avaliado pelos corvos e fiscais parceiros que ganham proporcional e por mais que esta no contrato… se o imóvel estiver em 300k mas eles disserem que vale 800k (kkkk) assim que vai… olho grande deles,

        6+
  • Longa Manus 30 de junho de 2017 at 15:22

    CDB na Rico a 117% do CDI…

    8+
  • Longa Manus 30 de junho de 2017 at 15:29

    CVR Minha Casa Minha Vida
    Área onde trabalho aqui no meu lindo e querido RJ. Cheio de condomínio que a Dilma entregou antes do impedimento.
    Agora estou recebendo vários mandados de Reintegração de posse. Num desses locais porteiro disse que de 25 blocos todos tem invasores.
    Que inclusive estão com salários atrasados (portaria, serviços etc)
    porque poucas pagam a taxa condominial…

    39+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • antifragile 30 de junho de 2017 at 16:23

      Muito interessante. Você trabalha em que área?

      Depois descola uns CVRs pra gente.

      6+
      • avatar
      • Longa Manus 30 de junho de 2017 at 18:47

        Trabalho na zona Oeste do RJ. Não posso dar a exata localização ok? Vez em quando eu posto umas coisas por aqui….

        7+
        • avatar
    • Intendente 30 de junho de 2017 at 16:39

      Com certeza mesmo!
      Pense num monte de favelados morando em um prédio. O miserável não tem cultura alguma, é uma desgraça, acha errado pagar condomínio, faz algazarra no AP achando que é casa etc.

      Tenho pena de quem trabalhou para comprar um AP bolhudo nessas favelas planas.

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 30 de junho de 2017 at 18:31

      “A gente pode sair da favela, mas a favela não sai da gente”, diz Naldo durante churrasco de Nego do Borel

      13+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 30 de junho de 2017 at 15:45

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2017/06/30/internas_economia,880380/pais-pode-ter-mais-um-ano-de-pib-negativo-diz-pesquisadora.shtml

    postado em 30/06/2017 10:37 / atualizado em 30/06/2017 11:49
    Agência Estado
    A escalada da crise política desde a delação da JBS pode postergar ainda mais a recuperação da economia e fazer o Brasil registrar o terceiro ano consecutivo de crescimento negativo do Produto Interno Bruto (PIB), afirma a pesquisadora do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV), Silvia Matos. “A economia não vai reagir, ao contrário, ela pode sofrer mais.”

    Mas é insano, o País vai ao abismo e não tem uma reação dos políticos. A gente precisa reconstruir essa pinguela até 2019.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Intendente 30 de junho de 2017 at 16:42

      3º ano de crescimento negativo ? Qual a dificuldade em dizer que a economia está em depressão ? Que esta crise é a pior de todas, ultrapassando até a façanha do Collor ?

      Será que não podem mencionar que nunca na história desse país o nível de atividade econômica regrediu tanto ?

      21+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lord of All 30 de junho de 2017 at 16:51

      Claro que não tem nenhuma reação dos políticos. Nem nunca vai ter. A classe política no país nada mais é do que a representação da ética (ou a falta dela) do povão. Eles só estão preocupados com eles mesmos e ponto final. E o pior que essa constatação não é mera crítica pessoal, isso é um fato assumido publicamente, abertamente. Se tem algum projeto de lei importante para aprovar, político vota em sentido contrário, pensando no Brasil? claro que não, pensando em si mesmo e no próprio partido.
      isso não é só no Brasil, é em qualquer país, a única diferença é q em Estados mais desenvolvidos existe medo, receio, de punição, as regras de controle são melhor observadas.
      Não duvide do que Thomas Hobbes disse:
      “O homem é o lobo do homem”

      4+
      • avatar
      • socrates 30 de junho de 2017 at 18:54

        engraçado que esse ditado não vale para metade do mundo…
        Mas aqui na Banania ele serve para justificar e colocar a culpa nos outros, né?

        5+
    • Cesar_DF 30 de junho de 2017 at 18:41

      3º ano de crescimento negativo
      Será que vou acertar minha previsão de PIB 0,5% negativo para 2017?

      6+
      • avatar
  • Marcos_SP 30 de junho de 2017 at 16:26

    Será que o FGC vai dar conta? Quem tem $$ no Original?
    “http://exame.abril.com.br/negocios/fitch-coloca-rating-b-do-banco-original-em-observacao-negativa/”

    3+
    • avatar
    • odorico 30 de junho de 2017 at 16:45

      Eu tenho, mas dentro do fgc…. Aliás tenho dinheiro no inter, que é da família MRV, enfim, se o fgc não segurar a onda, será sistêmico….

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Money_Addicted 30 de junho de 2017 at 17:39

        sim, tenho uns trocados no original sem liquidez, mas o volume maior esta em cdb com liquidez diaria, abri mao de uma rentabilidade maior para caso seja algo sistemico eu ter tempo de resgatar

        4+
        • avatar
  • Coelho da pascoa 30 de junho de 2017 at 16:41

    “Mudanças introduzidas pela Medida Provisória 759/16, aprovada na última quarta-feira na Câmara dos Deputados, preveem que as famílias com dívidas acima de 90 dias terão os contratos rompidos e serão obrigadas a devolver inclusive o valor do subsídio dado pelo governo federal para a aquisição do imóvel, o que não era exigido anteriormente”

    Hahahahahahahahahahahahahahaha (respira) huehuehueheuheuheuehueheuheueheueu

    Vão cobrar oque? o rim dos caras? Uma dívida a mais, uma dívida a menos! oque importa pra esta gente???

    34+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • odorico 30 de junho de 2017 at 16:46

      Isso é só para melhorar o balanço contábil….. “Recebíveis” Aí se for o caso lançar um derivativo no mercado e pulverizar a benga…..

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 30 de junho de 2017 at 18:57

        contabilidade criativa…
        Existem países em que a matemática é uma ciência exata. E existe o Brasil.

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Coelho da pascoa 3 de julho de 2017 at 10:38

          Uau! tenho que marcar esta frase no meu caderno!!! bati foto e compartilhei com meus amigos, ri demais!

          0
    • rafa_fv 30 de junho de 2017 at 16:55

      Como ele vai devolver algo que não recebeu? O subsidio quem recebe é a construtora, esse dinheiro não passa nem perto da mão do ‘proprietário’.

      21+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Zé do Brejo 30 de junho de 2017 at 16:55

    https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2017/06/30/seguirei-no-exercicio-do-mandato-que-me-foi-conferido-diz-aecio-em-nota.htm
    Sempre acreditei na justiça do meu país, sempre acreditei que ela não funciona, então AQUI NESSA BHOSTA, O CRIME COMPENSA.

    35+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • ABUTRE 30 de junho de 2017 at 17:18

    No futuro essa época vai virar um filme ( de terror ).

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cadeludo 30 de junho de 2017 at 17:20

      ou lembraremos que éramos felizes e não sabíamos…

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • ABUTRE 30 de junho de 2017 at 17:19

    Nossa geracao sera estudada nas aulas de historia nas escolas e universidades.

    8+
    • avatar
  • Cesar_DF 30 de junho de 2017 at 18:18

    O que é uma “Bolha” na economia?
    Canal Idéias Radicais
    https://www.youtube.com/watch?v=gzS780QZ-48

    4+
    • avatar
  • N _ campos 30 de junho de 2017 at 18:48

    Como meu primeiro post aqui, gostaria de agradecer copiosamente a vocês pelo incentivo, hoje cheguei ao meu primeiro “3 digitos após o 000,00” investido.
    Já observo o blog desde 2013, mas demorei a criar uma conta e também quando criei o boss demorou a aprovar tbm kkkk.
    Fica a alegria de encontrar pessoas parecidas, nesse país que todo mundo só quer pagar juros.

    CVR Meu:

    Moro em Curitiba a 5 anos, estava pagando 700,00 no apt de 2 quartos e ia fazer a besteira de comprar um apt novo, confesso que a vida de aluguel é muito boa, mas algumas coisas como no nosso contrato de que qualquer pet é necessário toda reforma do assoalho após a saída desanima um pouco.

    Com o aumento do numero de carros em Curitiba, fui em busca de um apt com garagem, e depois de muita pão durice fechei por R$ 900,00 um apt que estava anunciado a R$ 1100,00 ou R$ 350.000,00 (não entendo como alguem consegue lucrar cobrando 1000,00 em um apt de 350k.

    Como o financiamento ia dar mais de 2 mil por mes, optamos por ficar mais um bom tempo no aluguel, nesse apt novo com garagem e portaria, o que o outro nao tinha.

    A unica coisa que desanima em mudança de aluguel é vistoria de saída, acredito que eu não seja o unico a ter passado dor de cabeça por isso.

    Mandei pintar o apt inteiro e ao entregar, a imobiliaria se recusava a aceitar a chave e cobrou incríveis 1900,00 de pintura em 40m2

    No fim optei por pagar, pra ter menos dor de cabeça, pois ja havia pintado, faltava 5 dias para virar o Mês e informaram que iriam cobrar novo aluguel e condominio se nao fosse mais uma vez aprovada.

    Alguem ja passou por isso tbm?

    um abraço!

    41+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 30 de junho de 2017 at 19:05

      Nas duas mudanças que fiz de apartamento fui eu mesmo que pintei
      Sovina extreme mode !

      24+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • to bolhado 30 de junho de 2017 at 19:14

      aluguel tem as suas desvantagens tb, ou encheções de saco. Mas a diferença financeira é muito grande e compensa.

      6+
      • avatar
    • Coelho da pascoa 3 de julho de 2017 at 10:41

      Tem uma solução muito prática! nunca mais alugue em imobiliária! Dá mais trabalho pra achar o imóvel mas a dor de cabeça é menor.

      1+
    • deuruim 3 de julho de 2017 at 10:51

      Eu tb já paguei mil contos pra imob pra me livrar logo, falaram q a pintura não estava boa e cobraram uma ducha higiênica que nunca existiu e não constava na vistoria, mas fui trouxa e paguei pra me livrar, não faço isso nunca mais. No que estou morando agora fiz uma contravistoria bem detalhada, vamos ver como vai ser na hora da entrega, o importante é o q o aluguel está pago c os juros

      1+
  • fernando-ctba 30 de junho de 2017 at 19:27

    Queridos, preciso novamente de uma ajuda.
    Trabalho com pesquisa clinica e ha 2 meses estou prestando serviço para uma empresa americana. O trabalho consiste em telefonar para pacientes e aplicar uma escala. E a empresa me manda uma ordem de pagamento sempre na ultima semana do mes.
    Ocorre que sou correntista do BB. Já faz 10 dias que pedi a ordem de liquidação do mes de maio e eles nao fizeram ainda. O gerente hj me deu uma desculpa de que “o horario do cambio ja tinha passado”. Esse banco so me da desgosto.
    Alguem tem alguma experiencia com algum banco melhorzinho para receber ordem de pagamento do exterior?

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Fernando-SSS 30 de junho de 2017 at 19:57

      Trabalhei com o Itaú e gostei, taxa fixa para fazer o fechamento, +- 2 horas para creditarem na C/C e caso tenha e-cpf fode assinar eletronicamente.
      Tenho amigos que trabalhavam com o hsbc e era bem recomendado, mas agora teria que se informar pois virou Bradesco.
      Importante frisar que é C/C PJ ok.

      1+
      • avatar
      • fernando-ctba 30 de junho de 2017 at 19:57

        valeu!

        0
      • Fernando-SSS 30 de junho de 2017 at 20:02

        Xará, só um detalhe…
        O Itaú demora de 1-3 meses para aprovar o cadastro na corretora.
        Como sou sortudo o meu demorou 3 meses. :o(

        1+
        • Margarida 30 de junho de 2017 at 20:08

          Outro detalhe: “pode”. XD

          0
    • antifragile 1 de julho de 2017 at 08:04

      Fernando-ctba, eu uso o Banco Rendimento para receber pagamentos em dólar do Google. Veja se ele pode lhe ajudar.

      0
  • Alemon Fritz 30 de junho de 2017 at 19:58

    chegou um vizinho… o casal já vivia de aluguel e comprou móveis agora… 2 camas.. etc.. elas não fazem a volta na escadaria, teve de subir por fora do predio.. na escadaria não passa uma geladeira grande .. comprou e esqueceu de calcular o tamanho da encrenca.. os bombeiros mandaram colocar corrimao e a escada agora ficou apertada… kkk bananazuela abnt e segurança…

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 20:05

    Ficou no tópico passado mas só para lembrar

    Sofisa lci 6 meses 91% do CDI voltou!!!
    Eu peguei mais um pouco e garanti meus juros opressores para vencer dia 26/12 e 28/12.
    Enquanto a alguns já estarão sem dinheiro por terem gasto todo o 13 salário, eu estarei recebendo juros gordos e obesos!!!

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 30 de junho de 2017 at 20:11

      ah… eu peguei TD SELIC para minha mãe
      ela recebeu LCI de banco nanico hoje
      fiquei com preguiça de criar mais uma conta

      5+
      • avatar
      • avatar
    • Bolha BOSS 1 de julho de 2017 at 10:18

      Fiz a mesma coisa ontem. Tinha mandado para o intermedium a 90% , mas enquanto o TED rodava vi o sofisa a 91%. Voltei a grana…haha

      3+
      • avatar
      • avatar
  • From_The_Tower 30 de junho de 2017 at 20:16

    Perceberam alguns serviços públicos falharem na execução ….!?
    qualidade eu nem questiono

    Passaportes via PF
    Seguro Desemprego via FAT
    FIES via M. Educação
    Bolsa Balada no Exterior M. Educação
    Pró Cotista do Caixão

    e assim vai
    2018 promete

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 30 de junho de 2017 at 20:19

      Fora os repasses para hospitais públicos federais… etc

      alguém lembra de mais alguma coisa?

      2+
      • avatar
      • Antigo 30 de junho de 2017 at 20:30

        Alguns órgãos federais não possuem orçamento para dar o reajuste acordado lá no começo do governo temer.
        Ouvi falar do fantasma de não ter dinheiro para pagar férias de quem resolver tirar só no quarto trimestre.
        Não faço ideia como vai ser.
        Por enquanto é só boataria de corredor, mas ano que vem promete.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 21:12

        Forças armadas sempre são os primeiros a terem cortes.
        Como não querem diminuir contingente então eles preferem não comprar armas novas.
        A marinha do Brasil tem mais de 70mil em seu contingente e aviões caindo aos pedaços da década de 1970.
        Força aérea brasileira já chegou a ser uma das maiores do mundo e hoje perde em número de caça até pra Suécia, Suíça,Egito e outros países bem menores que o Brasil.
        Exército é o melhorzinho e com pé na chão mas mesmo assim com rifles Fal da década de 70.

        Eu lembro no ano de 2000 ou 2001 que a PM de Londrina e região não tava recebendo combustível. Aí as viaturas são iam até a denúncia e pararam o patrulhamento.
        Sim, vai acontecer isso em 2018!!?!

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 21:20

          Tb entre 2000/01 quando teve aquela desvalorização do real muitas prefeituras tiveram queda na arrecadação pois a inflação aumentou e a economia estagnou.
          Londrina mato de 2mtros d altura, centro todo esburacado, prefirerias sem asfalto…

          2018 eu prevejo

          1 – Governo não tendo dinheiro para imprime papel moeda e cancelando notas de R$5, R$20 e R$100
          2 – Caixa econômica trabalhando das 12h até às 16h para diminuir custos
          3 – Governo não reajustado salário mínimo ou dando no máximo inflação de 2.5%
          4 – PM não tendo gasolina para viaturas
          5 – Ambulância quebrando no meio do caminho por falta de manutenção
          6 – Mato, dengue, cobras, lagartos, ratos por toda parte da cidade.
          7 – doenças aumentando por causa do número 6
          8 – Hospitais tendo mais antedimentos por causa do número 7
          9 – Paraguai virando meio de sobrevivência de noiva só brasileiro.
          10 – Pessoas vendendo beijinho, brigadeiro, geladinho , frituras em casa para pagar a contas.

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Intendente 30 de junho de 2017 at 22:05

          Orçamento das forças armadas para 2018, se eu não me engano, ficou em 800 milhões.

          E pode ter certeza que vão acioná-las para garantia da lei e da ordem, pelo menos no RJ.

          3+
          • avatar
          • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 22:48

            Orçamento das forças armadas do Brasil é maior que da Austrália.

            Mas lá eles tem F-18/35,Fragatas modernas, aviões modernos, etc…

            Aqui temos uma folha enorme para pagar de aposentados e soldados…
            Quem sabe se um dia alguém invadir agente nossa banda militar de medo com sua pompa e música…

            Ahhhh o mundo real….

            10+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
        • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 22:49

          Mais gente morrendo por falta de remédio e população com todos certeza ira aumentar, logo precisamos de mais casas para atender a demanda. Sqn!!!

          4+
          • avatar
          • avatar
  • De-boa-na-bolha 30 de junho de 2017 at 21:19

    Gasto com militar inativo é 17 vezes maior que com aposentado comum, aponta TCU.
    De acordo com o documento do TCU, enquanto a despesa com cada beneficiário do RGPS custou no ano passado ao governo R$ 5.130,66, na média, com cada militar inativo ou pensionista de militar foi de R$ 89.925,30, também na média.
    http://g1.globo.com/economia/noticia/gasto-com-militar-inativo-e-17-vezes-maior-que-com-aposentado-comum-aponta-tcu.ghtml

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Intendente 30 de junho de 2017 at 22:09

      Esse cálculo está enviesado, já que as FFAA não possuem um fundo de previdência para os militares na reserva remunerada.

      Todo o dinheiro arrecadado com a pensão militar, descontada no contracheque, tanto do militar na ativa ou na reserva, vai para o tesouro.

      O governo queima todos os recursos e o caixa reinicia no exercício financeiro subsequente.

      É triste ver essas desinformações que vem sendo veiculadas para jogar na conta dos militares o rombo da previdência.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 30 de junho de 2017 at 22:22

        Por que todos.nao podem escolher aonde investir? Miliatares, poderes nem ninguem deve ter privilegio. Depois afirmam nao saber o motivo do exercito nao fazer nada diante de toda sujeira escancarada…

        0
        • Intendente 30 de junho de 2017 at 22:31

          Meu amigo, as forças armadas estão cumprindo o dever constitucional devido a elas.

          O pior dos mundos para o BR seria uma intervenção militar. Loucura total.

          Sobre os “privilégios”, acredito que o que os militares ainda possuem é devido ao princípio da isonomia, que é diferente da igualdade. Querer que um militar se aposente por idade é loucura, em 10 anos os quadros funcionais começariam a ruim, pois para atender a uma demanda de serviço como essa, você terá tenentes, 3º sargentos com mais de 30 anos de idade, haja saúde para acompanhar o ritmo dos cabos e soldados, cujas idades são de 19 a 25 anos.

          5+
          • avatar
          • avatar
          • Intendente 30 de junho de 2017 at 22:36

            Começariam a ruir*

            2+
    • rafa_fv 3 de julho de 2017 at 08:40

      O que me causa estranheza é a média da previdência estar batendo no teto de 2016. Segundo o relatório da Secretária de Previdência do MF este valor ficou em R$ 1.283,93 no ano de 2016.

      0
  • De-boa-na-bolha 30 de junho de 2017 at 21:21

    Militares – 55% se aposentam com menos de 50 anos
    Levantamento do TCU sobre as Forças Armadas mostra ainda que 7% se retiram antes dos 45 anos; Defesa estuda ‘reestruturar’ carreira
    http://www.defesanet.com.br/cm/noticia/26014/Militares—55–se-aposentam-com-menos-de-50-anos/

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 21:26

      As forças armadas do Brasil são uma vergonha em termos de organização.
      Você vai pra Floripa e tem hospital da marinha e do exército. Poha um médico da marinha não pode atender da força aérea e só exército? Ou ele fez algum curso específico para os marinheiros?

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Intendente 30 de junho de 2017 at 22:34

        Sobre hospitais, isso é uma questão de dotação de pessoal das forças. Cada uma tem o efetivo dos quadros de saúde, administração, logística, comunicações etc.

        3+
        • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 22:51

          Ou seja nada racional…

          Só ler a história da empreitada Argentina na guerra de 1982 contra os britânicos.
          Exército tinha uma estratégia, marinha outra e força aérea outra.
          Inglaterra tinha uma estratégia só, ganhar!

          8+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Intendente 30 de junho de 2017 at 22:24

      Vamos lá, para defesa dos milicos:

      Basicamente temos 2 quadros de carreira nas forças armadas atualmente. Ou o cidadão entra na carreira das praças ou como oficial.

      Daí para frente, são 30 anos no serviço ativo.

      A carreira militar é peculiar, pessoal. É muito diferente do analista, do técnico judiciário etc. E desde já ressalto que cada um no funcionalismo público tem o seu valor.

      Pois bem, dos 30 anos, garanto que os 15 primeiros são árduos, com mais operacionalidade. O militar possui uma relação de trabalho direto x responsabilidade, sendo essa relação aumentando para a responsabilidade conforme o mesmo vai ficando antigo na instituição.

      Por exemplo, um tenente em média tem 50 homens para comandar (pelotão); capitão/major, 100-150 (subunidade) ; Coronel (organização militar) 400-600.

      Generais, seja de 2, 3 ou 4 estrelas já ficam em um nível regional/setorial, comandando milhares.

      A carreira dos praças é vinculada a do oficial, é como se fosse um técnico trabalhando com um analista.

      O que eu quero ressaltar é o tamanho da carga que o militar tem de lidar. O trabalho é excepcional, não estou reclamando, de forma alguma. Mas creio que estão fazendo uma injustiça horrenda com as forças armadas, que infelizmente, fazem muito com pouco, caminhando para o sucateamento.

      Ps: o militar cumpre muitas missões que ultrapassam o horário do expediente. Em 30 anos de serviço, se levarmos em conta as horas trabalhadas a mais, o camarada trabalhou o equivalente a mais de 45 anos.

      Vídeo explicando o sistema de proteção social dos militares(previdência): https://www.youtube.com/watch?v=FzqVdvWPGyw

      Tabela de remuneração dos militares: http://www.defesa.gov.br/arquivos/2015/mes12/tabela_de_soldos_militares_ffaa.pdf

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 21:31

    CVR

    Tive que pagar uma darf e como bom bolhista esperei até o último dia para pagar e deixar o governo sem meu dinheiro antecipado. Enquanto isso ficou rendendo juros em um CDB com liquidez diária.
    Se eu pudesse eu nem pagaria Darf e depois esperava uma anistia…mas se tem uma coisa que funciona bem nessa boshta é a Receita federal.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 30 de junho de 2017 at 22:14

      Pra valores pequenos acho q não funciona tão bem assim não, eu não pago e até hoje não deu nada

      2+
      • avatar
      • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 22:36

        Eh que vendi FIIs com lucro, da problema sim!
        Outro blog sobre FIIs o pessoal fala que se não pagar é multa + dor de cabeça.
        Então pelo sim pelo não, melhor pagar logo essa porcaria e pelo menos declaro ano que vem no IRPF quando apurar lucros de FIIs e deu.

        1+
  • De-boa-na-bolha 30 de junho de 2017 at 22:27

    Temer suspende aumento do Bolsa Família por falta de dinheiro
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/06/1897549-temer-suspende-aumento-do-bolsa-familia-por-falta-de-dinheiro.shtml
    Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/06/1897549-temer-suspende-aumento-do-bolsa-familia-por-falta-de-dinheiro.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress ([email protected]). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Falido.com 30 de junho de 2017 at 22:34

    Três padeiros, todos com 18 anos, recebem durante 10 anos salários iguais. O padeiro 1 gosta de festas e gasta a maioria do seu salário nelas, o padeiro 2 é casado e gasta todo o seu salário no sustento da família, o padeiro 3 poupa metade do seu salário e monta a sua padaria com 28 anos. Os dois colegas se oferecem para trabalhar na nova padaria,mas somente se o lucro for dividido por igual entre os três, eles não querem ser explorados. A maioria da população acha essa proposta justa, mas basta vc perguntar, o padeiro 1 escolheu as festas, o 2 montar uma família, o 3 não teve as alegrias das festas e da família, escolheu poupar e montar a sua padaria, é justo ele ganhar o mesmo que seus colegas? sempre que eu faço essa pergunta os que consideravam justo passam a ver a grande injustiça.
    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1856

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Intendente 30 de junho de 2017 at 22:39

      Esse é justamente o problema da igualdade.

      2+
      • Falido.com 30 de junho de 2017 at 22:44

        Eu não acho não.
        Se vc dá condições pessoais pra cada um realizar, sempre terá alguém que teoricamente sabe aproveitar melhor sua oportunidade, sem ser acusado de ter recebido privilégios….

        1+
        • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 08:53

          Este justamente é o problema da REDISTRIBUIÇÃO DE RENDA
          Os impostos deveriam apenas sustentar os serviços públicos, mas eles são usados para “corrigir desigualdades sociais.”, o famoso welfare estate
          Assim, ele tira dinheiro dos mais produtivos e dá para os produtivos
          Tira dinheiro dos poupadores e dá para os gastadores
          Tira dinheiro do sóbrio e dá para o ébrio
          Tira dinheiro do saudável para dar para o fumante, o obeso, o sedentário
          Desta forma ele estimula o gasto, o desperdício, a falta de poupança, etc
          Os países sem welfare estate a carga tributária não passa de 20%

          16+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Intendente 1 de julho de 2017 at 11:02

            Problemas do sistema tributário brasileiro:

            Carga tributária alta;
            Alta concentração em Impostos indiretos (efeito regressivo) – uma pessoa que possui uma renda de 1 bilhão de reais paga o mesmo imposto de 2mil em cima de uma TV 60″ que o bananense também comprou na promoção, no crediário amigo de 72 prestações.
            Para também não falar do imposto de renda, que também não possui uma estrutura de cobrança correta e ainda por cima se encontra defasado, o governo nem ao menos corrigiu os valores levando em conta a inflação.

            Sobre a distribuição de renda, na minha opinião, os programas assistencialistas ( bolsa família, bolsa gás, relativos à descentralização de recursos para famílias pobres) são bons para o combate à miséria – prestem atenção aqui, eu não disse pobreza, disse miséria. Além também de beneficiar a economia, dado o efeito multiplicador, que aumenta o nível de produção da economia.

            Lembrete: Aumenta a renda, aumenta o consumo, aumenta a produção, logo, desloca-se a curva IS para a direita***

            Não precisamos ser incisivos na crítica destes programas, eles possuem diversos pontos negativos, como a justificativa de dar o peixe e não ensinar a pescar etc. Porém eles afetam positivamente até quem realmente trabalha no país.

            Exemplo: Com esses programas, cambaleantes, a renda domiciliar per capta do Maranhão é de 575 reais. Vocês não acham que esse resultado não poderia ser pior se não houvesse a ajuda governamental às famílias carentes ?
            Fonte: ftp://ftp.ibge.gov.br/Trabalho_e_Rendimento/Pesquisa_Nacional_por_Amostra_de_Domicilios_continua/Renda_domiciliar_per_capita/Renda_domiciliar_per_capita_2016.pdf

            6+
            • avatar
            • avatar
            • Falido.com 1 de julho de 2017 at 13:03

              Veja, eu olho pelo lado do “uso” do subsídio público como um remédio ineficaz para o problema em longa escala(o cidadão não deixa de ter necessidades por ter sua renda melhoradsa para 575 reais) e o “uso” dessas políticas sociais para a formação de um curral eleitoral. (o cidadão que recebe o bolsa esmola tende a sempre votar no mesmo político/partido pra não perder o “benefício”)
              Sei que até nos EUA há benefícios do governo aos mais pobres mas numa escala muito menor.
              E se o governo “dá subsidios” pode ser mais negligente com os programas de melhoria realmente necessários como melhoria da educação, austeridade no gasto público, melhor politica industrial e tecnológica, política fiscal realista, proteção da produção primária de insumos naturais, só pra citar alguns….

              0
              • Intendente 1 de julho de 2017 at 13:22

                Realmente temos diversos pontos negativos com o uso das “bolsas”. Acima só tentei mostrar o lado positivos dessas políticas.
                Sinceramente, um investimento massivo em educação, saúde e saneamento básico já resolveria o problema das próximas gerações. Mas não temos muito o que fazer, justamente pelo problema do curral eleitoral. Políticos medíocres sempre se apoiarão na causa dos pobres, sempre resolvendo os problemas a curto prazo, mantendo a massa pobre e alienada.

                É complicado. Realmente o BR não é para amadores.

                1+
                • to bolhado 1 de julho de 2017 at 14:02

                  o conceito de bolsa não é errado. Friedman já pregava o imposto de renda negativo. O ruim no Brasil, como quase sempre, é a deturpação do conceito e a execução. O bolsa famílila no Brasil foi fortalecido para criar massa de manobra de votos, não para resolver o problema da miséria.

                  1+
          • Falido.com 1 de julho de 2017 at 12:55

            Exato…. Acho uma matemágica danosa e cai sempre no apadrinhamento das “bolsas” esmola que não ajuda o “çer umano” a se desenvolver PLENAMENTE (social, financeira e psicologicamente). Sempre teremos “pedintes” do governo subdesenvolvidos e se achando coitados o suficiente para cometer crimes, desvios e acharques. E quem paga a conta já que segundo Margareth Tatcher, o Estado não produz dinheiro?
            http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/a-mentira-de-levy-e-desmontada-pela-licao-de-margaret-thatcher-8216-nao-existe-essa-coisa-de-dinheiro-publico-existe-apenas-o-dinheiro-dos-pagadores-de-impostos-8217/

            0
    • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 22:44

      Aí o governo fala para o 3 padeiro:
      “Você deve dar lucro igual ao seu para seus funcionários”

      Padeiro baixa a cabeça, fecha a padaria, transfere seu capital é conhecimento para um país opressor e capitalista e vai fazer pão por lá!
      Padeiro 1 e 2 modem de fome…

      Fim!

      30+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Falido.com 1 de julho de 2017 at 00:15

        Boa solução… Acaba com a palhaçada de bolsas-esmolas e MCMD e ainda faz controle de natalidade forçada evitando futuros “clientes passivos do governo”…

        4+
        • avatar
        • Intendente 1 de julho de 2017 at 10:45

          Mas aí fica difícil, camarada.

          Qual vai ser a atratividade para o dono do capital investir em um país assim ?

          O custo de oportunidade de uma política dessas é muito alto, seria mais vantajoso ao capitalista investir em outro país.

          Querendo acreditar ou não, mas o que move a produtividade de uma nação é o lucro. Nunca que vão investir pesado em novas tecnologias para o “bem social”.

          Um livro fantasioso, mas que retrata bem a regressão que causa a falta de produtividade é a “Revolta de Atlas”.

          5+
          • avatar
          • avatar
          • Falido.com 1 de julho de 2017 at 13:07

            Consegue explicar isso com exemplos?
            Não acho que falta investimento em países com menos subsídios do governo, é isso que vc refuta?

            1+
            • Intendente 1 de julho de 2017 at 13:42

              O que quis dizer é que uma nação capitalista em sua essência é o lugar ideal para o dono do capital se estabelecer e investir.
              Ele investe vislumbrando um lucro no futuro. Se houver um país que retenha totalmente o lucro do investidor, ele não terá atração alguma em imobilizar seu capital naquele lugar, logo, sairá de lá e procurará outro local mais atrativo para investir.

              Exemplo real: http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2017/04/1877124-gm-encerra-operacoes-na-venezuela-apos-confisco-de-fabrica-da-montadora.shtml

              O governo, no melhor dos casos, deve interferir produzindo demanda, gastando, fazendo obras, estradas etc.

              Um subsídio, por incrível que pareça, reduz o excedente do consumidor e aumenta o do produtor, pois o dinheiro utilizado pelo governo, reduzindo o valor do produto, vem do próprio consumidor por meio de impostos.

              Ou seja: governo, fique longe dos preços.

              2+
  • Leonardo M. 30 de junho de 2017 at 22:44

    Morrem*!!!

    1+
  • Carlos 30 de junho de 2017 at 23:42

    É “çoft”

    O governo Michel Temer decidiu suspender o reajuste do Bolsa Família que pretendia anunciar em julho. O presidente queria conceder um aumento de 4,6% no benefício como um dos instrumentos para ganhar popularidade, mas a área econômica avaliou que, em meio à crise financeira, não há espaço no Orçamento para isso.

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/06/1897549-temer-suspende-aumento-do-bolsa-familia-por-falta-de-dinheiro.shtml

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Falido.com 1 de julho de 2017 at 00:21

    O Governo sabia em 2010 que estava errado provocando um crescimento “artificial” do país, injetando dinheiro no sistema bancário e plastificando tudo com manipulação cambial….
    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=837

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Libertario 1 de julho de 2017 at 00:36

      Poxa Falido, que legal!
      Tô vendo você postar esses links do mises, e acredito que você esteja estudando a respeito.
      Show de bola! É importante entender o outro lado, escrito verdadeiramente pelo “outro lado”.

      E desculpa se lhe importunei esse semana. Nas quartas feiras jogo um futebol e acabo tomando umas cervejinhas a mais. Então quando respondi para você tarde da noite já estava meio alto, e posso ter sido indelicado.
      Ando com pouca paciência com comunistas ( não que você seja um comunista, apenas as fontes que usava).

      Inclusive andei fazendo reclamação de um para a síndica do prédio aonde possuo um apê.
      Se der ao longo da semana posto uma foto para ilustrar porque estava de cara com o cidadão.
      Falows.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 07:53

        Libertario
        Eu respondi educadamente ao Falido.com porque o meu “desonestimetro” não apitou kkkkk

        2+
        • Falido.com 1 de julho de 2017 at 12:35

          não entendi… Eu não sou MAV. Só não acho que ter um lado é necessariamente ter razão. Alguém aqui falou que ler blogs de esquerda serve também para sabermos quais argumentos são usados por eles e eu concordo. Mas ainda acho que, no Brasil, trata-se de 3 coisas: Dinheiro, poder e ego.
          Ou separadas ou juntas sempre encontrei pelo menos uma delas
          nas políticas públicas, sociais e de governo.
          Posso estar errado(não seria a 1a vez,kkk) mas como cidadãos estamos sendo enganados desde Dom Pedro I que não proclamou a independência porque era uma ser humano excepcional e estava alinhado com a necessidade do povo.
          Em tempo para descobrir se um indivíduo é MAV..
          http://www.digestivocultural.com/colunistas/coluna.asp?codigo=3981&titulo=Como_detectar_MAVs_(e_bloquear)

          8+
          • avatar
      • Falido.com 1 de julho de 2017 at 12:18

        ok… Só quero a verdade… Sem ser manipulado, ou tentar ser o menos manipulado possível….
        O debate respeitoso e com fatos e argumentos é que faz de um punhando de pessoas uma nação…

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • jodorowsky 1 de julho de 2017 at 01:02

    Libertario, qual a fonte do de dados desse primeiro gráfico? Qual o comparativo desse gráfico com o de outros países divido pelo PIB per capta por exemplo? Veja bem, não estou duvidando da informação, realmente acredito que houve uma oferta de crédito extranha naqueles anos, mas precisamos debater com dados confiáveis.

    1+
    • jodorowsky 1 de julho de 2017 at 01:04

      E complementando, quais seriam as alternativas para crescimento do PIB? A culpa foi do desenvolvimentismo? Reduzir a oferta de crédito ajudaria no crescimento do PIB? Qual seria a opção?

      2+
      • CA 1 de julho de 2017 at 08:58

        Vamos supor um pai com seu filho: o pai compra tudo que o filho quer e dá um cartão de crédito sem limites para ele, dizendo que se o filho gastar cada vez mais, vai fazer a economia girar e isto acontecendo, o pai vai ganhar um salário cada vez maior e o filho vai poder gastar cada vez mais, em um “eterno” círculo virtuoso que vai deixar a todos cada vez mais felizes.

        A cada ano havia uma eleição para eleger o pai mais legal de todos e adivinhem quem sempre era eleito?

        Infelizmente um belo dia os preços começaram a subir muito, os juros tiveram que subir, o pai estava super-ultra endividado e ninguém mais queria emprestar dinheiro para ele, sendo que quando emprestavam, eram com juros altíssimos. Aquele pai já não conseguia pagar sequer o básico. Fizeram novas eleições e aquele pai ficou em último lugar, sendo “exonerado” de sua função, com desonra.

        O que o pai do caso acima deve fazer?

        a) Convencer a todos que se fizerem uma nova rodada de crédito barato e farto tudo vai se resolver, de forma a agradar seu filho, não deixar ele sofrer e nem obriga-lo a trabalhar, na esperança de que tudo vai acabar bem e todos continuarão felizes? (=ILUSIONISMO a base de apagar incêndio com gasolina, só piorando a situação = Grécia)

        b) Cortar tudo que é supérfluo, não contar com nenhuma solução MIRABOLANTE, quebrar os cartões de crédito e focar no básico. Trabalhar muito, cortar todas as mamatas do filho e fazer com que ele ganhe seu próprio dinheiro, com muito suor. No futuro, quando às custas de muito esforço conseguirem se recuperar das consequências desastrosas de todo o estrago que eles mesmos plantaram, investirem mais em educação, usarem de mais tecnologia e de melhor logística para evoluirem (o que um país como Coreia do Sul fez quando décadas atrás estava no mesmo nível de desenvolvimento que o Brasil é hoje está disparado na frente).

        Qual pai do exemplo acima você gostaria de ser, o “a)” ou o “b)”? Você preferiria que o Brasil se tornasse a Grécia ou a Coreia do Sul?

        Pense no seguinte: focar exclusivamente no curtíssimo prazo e pensar em soluções simples, mirabolantes e que não requerem nenhum esforço, foi o que fez com que cada vez mais o Brasil se aproximasse de uma Grécia e se distanciasse de uma Coreia do Sul. Nenhum pais do Mundo gerou riqueza só focando em aumentar crédito para consumo ou compra de imóveis e todos que focaram só nisto, sempre enfrentaram crises depois que foram muito maiores do que os benefícios obtidos durante o período de euforia. Se você continuar pensando no curtíssimo prazo e em como fazer para que o PIB volte a crescer o quanto antes, mesmo que de forma obviamente insustentavel, apenas continuará cometendo os mesmos erros de sempre e torcendo por resultados diferentes e como Einsten nos ensinou, isto é a definição de LOUCURA…

        28+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Intendente 1 de julho de 2017 at 11:22

          Infelizmente, o que impulsionou o BR foi o crédito e não o aumento da renda.
          Um financiamento basicamente é abdicar de consumo futuro para usufruir de maior consumo presente.
          O governo deveria ter investido, aproveitando a onda de crédito farto e juros baixos pois isso reduz o custo de oportunidade do capital, incentivando a investimentos, que, por definição é sacrifício de consumo presente para maior consumo futuro.

          Agora a conta está chegando, o nível de atividade econômica caiu, a arrecadação diminuiu, quem olha de longe, acha que tudo está conspirando para o declínio do BR, porém o que ocorre atualmente foi devido à políticas econômicas míopes – curto prazo melhor ao custo de um longo prazo prejudicado.

          NOVA MATRIZ ECONÔMICA – http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2120

          7+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Falido.com 1 de julho de 2017 at 12:25

          praticamente resumiu o artigo de 2010 oque postei e com uma analogia simples e didática ao mesmo tempo. Certíssimo!
          Só fico pasmo que se o Mises e alguns outros sabiam, claro que a equipe econômica e seus mandatários sabiam também… ou seja “fizeram” sabendo de antemão o resultado que se seguiria.
          Portanto concluo que a “sensação” que hoje o governo e seu ministro da fazenda passam para o público em geral que estão surpresos, que está sendo uma recessão “surpresa” e que com todo o aparato governista NÃO tinha como prever é outra falácia sem vergonha e danosa para a população (desde aquele que recebe salário mínimo até o investidor).

          4+
      • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 09:49

        jodorowky
        É só copiar de quem deu certo, saiu do estatismo e foi para o liberalismo
        É só fazer como a Nova Zelândia e Taiwan
        Até mesmo a Suécia, que enriqueceu com o liberalismo até os anos 1960 e depois foi para o estatismo, agora está voltando para o liberalismo, tanto que a carga tributária está em queda e os impostos e regulamentos sobre empresas são menores do que no Estados Unidos.
        Já os países que sairam do Liberalismo e foram para o estatismo: como Cuba e Venezuela

        Referências (matando a cobra e mostrando o pau)

        Como a Nova Zelândia reduziu o estado, enriqueceu e virou a terceira economia mais livre do mundo
        http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2260

        Como era Cuba antes da Revolução?
        https://spotniks.com/como-era-cuba-antes-da-revolucao/

        Um breve histórico da Venezuela: da quarta população mais rica do mundo à atual mendicância
        http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2687

        Cinco fatos sobre a Suécia que os social-democratas não gostam de comentar
        http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2548

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • jodorowsky 2 de julho de 2017 at 14:24

          Cesar_DF,

          é só se inspirar sim e fazer reformas que tenham como objetivo melhorar a sociedade e não simplesmente sair cortando tudo à moda caramba como querem fazer por aqui e ter resultados trágicos. O texto que você referiu sobre a nova zelândia parece coerente para mim (o original, pois não me ative ao da tradução), e trata exatamente disso, li algumas partes, uma que ele fala da redução do imposto sobre o salário de 66% para 33%. É coerente que um país ao atingir um estado de bem estar social queira rever algumas políticas, já que países com bem estar social possuem, via de regra, altos encargos sobre seus cidadãos. No entanto, mesmo assim é um número alto, talvez um dos mais altos do mundo, como indica a fonte que deixarei no final. Nesse texto que eu me refiro, vi que a carga tributária referente à previdência social na NZ é zero. Fui levado a pensar que lá as pessoas devem economizar para ter o mínimo na aposentadoria, mas resolvi pesquisar e lá eles tem um benefício chamado Supperannuation, pago de duas em duas semanas para as pessoas habilitadas para tal a partir dos 65. Então, é fácil lançar um texto “reduziu o estado” como forma de propaganda, sem se ater
          https://www.nexojornal.com.br/grafico/2016/06/13/Como-%C3%A9-composta-a-carga-tribut%C3%A1ria-de-diferentes-pa%C3%ADses
          https://www.workandincome.govt.nz/eligibility/seniors/superannuation/payment-rates.html

          1+
          • jodorowsky 2 de julho de 2017 at 14:30

            O texto saiu incompleto:
            ater…ao fato de que é um país ainda com altos encargos. Sem se ater à aspectos básicos como a composição da carga tributária, aos benefícios e outros “detalhes”. Aqui, no Brasil atual, a proposta é resolver tudo na marretada, sem à devida atenção aos estudos, experiências de sucesso como a da Nova Zelândia. É só ver como os assuntos são debatidos na TV e na câmara, só marretada, chute e pouco estudo sério.

            4+
            • Carlos 3 de julho de 2017 at 07:07

              Superannuation ou super é o nosso fundo de garantia, só que você tem liberdade de escolher que administra, normalmente um fundo de investimentos. Não é dado, é depositado pelo empregador.

              3+
              • avatar
    • jodorowsky 1 de julho de 2017 at 01:05

      estranha*

      1+
  • Carlos 1 de julho de 2017 at 05:08

    OFF – Violência, esquerda, direita, extremos, desumanização.

    Uma coisa que me preocupa muito mesmo atualmente é o crescente clima de polarização, esquerda x direita, ricos x pobres, heteros x homos, pessoas querendo se armar, pena de morte, linchamentos, milícias e tudo o mais.
    Estamos nos acostumando a ter e aceitar reações violentas e muita vezes isto termina muito mal mesmo, precisamos urgentemente tentar colocar a cabeça no lugar.
    Vejam este caso ocorrido na Tailândia, um homem entra em uma delegacia ameaçando os policiais com uma faca, um policial calmamente conveçe o cidadão a entregar a faca e dá um abraço nele.
    Eles conversam e o cara estava somente desesperado, sem receber seu salário, teve coisas roubadas, coisa que acontece todos os dias, nos níves de stress que as pessoas andam no Brasil ou nos EUA este cara estaria morto.

    https://www.youtube.com/watch?v=Q9tvn83t1yY

    Reportagem meia boca do r7 onde os retardados falam que foi em Taiwan:
    http://noticias.r7.com/balanco-geral/videos/homem-invade-delegacia-com-faca-na-mao-e-policial-tem-reacao-inesperada-30062017

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 08:24

      Carlos
      Na últimas pesquisas que vi, a dicotomia não é entre sul ou norte, ricos ou pobres, mas sim pelo nível de instrução.
      Os mais instruídos querendo menos governo, menos impostos e mais empreendedorismo
      Os menos instruídos e esquerdistas de carteirinha querendo mais governo e mais “direitos sociais”

      Para Luiz Pondé “o esquerdismo é uma ceita, uma forma de religião, uma forma de obsessão”.
      https://www.youtube.com/watch?v=7-R5yWWUlYI

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Alemon Fritz 1 de julho de 2017 at 08:30

      eu estou tbm preocupado:
      perdemos as referências e a humanização mesmo (vide caso dos skatistas e carro recente). Ate agora não sei o que foi que aconteceu verdadeiramente lá.
      O pior é uma juventude fazendo cara de “qual é o problema”.
      Exemplo: amigo meu dando uma aula quebrou o notebook. Uma aluna emprestou e ele usou o pendrive.. em segundos ela copiou tudo que tinha dentro e espalhou pra turma.. Tinha fotos da filha dele no Balet e ele viu 2 alunas vendo em plena sala. E elas com aquela cara “qual o problema, não tenho culpa” a famosa “dialética”.
      Ele me contou tbm que os alunos desligam o ar condicionado via aplicativo de celular. No meio da aula, um ou outro liga e desliga e vc não consegue localizar o bendito que normalmente se acha o ixperto. O jovem acha que pode fazer o que quer (tá frio ou calor) e o professor fica tendo que colocar limites a todo instante pra esses imbecis.
      ta froids nas universidades…

      22+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 1 de julho de 2017 at 09:30

        Pois é. Imagina essa juventude lixo vivendo no Brasil do futuro?
        Simplesmente não possuem os equipamentos morais, intelectuais e sociais para sobreviver em um ambiente de crise que vai durar talvez décadas.
        Dizem que as crises unem as pessoas, que só trabalhando junto para sobreviver. Mas com pessoas sendo criadas desse jeito, o que dá para imaginar é que vai ser um salve-se quem puder…

        Não é problema meu, mas acaba sendo. A sociedade é uma só e por mais independente que eu seja com os meus juros, sempre respinga alguma coisa.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Intendente 1 de julho de 2017 at 11:32

        Meu amigo, não sei se à época do desabamento você viu essa reportagem, mas essa imagem retrata bem a desumanização da sociedade atualmente.
        –Cara, olha lá, dois corpos na praia !
        –Ah viado, bota essas porras no canto, levanta a bola aí.

        https://extra.globo.com/noticias/rio/cena-de-grupo-jogando-altinho-perto-de-corpos-em-sao-conrado-choca-internautas-rv2-2-19142329.html

        Acho que o jornal forçou a barra, mas não duvido de que o altinho continuou perto dos corpos.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • Carlos 1 de julho de 2017 at 18:23

          Nem me preocupo com “intelectuais” ou barbudinhos brigando com fãs do bolsonaro nas universidades e muito menos nem-nems skatistas, minha percepção é que este discurso de ódio, enfrentamento e revolta contaminou a sociedade, muita gente mesmo nem sabe o significado de esquerda ou direita mas já tem na cabeça quem é o suposto “inimigo”, daí para duas ou mais pessoas, todos pacatos cidadões, se encontrarem um dia no momento que dois ou mais estão tendo um “dia de fúria” e a coisa toda virar uma grande m… é um pulinho, ainda mais com a tendência das pessoas se armarem.
          Não foi na linha amarela no hell que uma mulher foi atropelada e o corpo ficou lá sendo atropelado por outros veículos durante horas como se fosse um cachorro sem dono? Não consigo encontrar o artigo mas o abaixo é bem parecido.

          “Um motociclista, identificado como Luis Rainerio Alves de Melo, morreu em um acidente no quilômetro 74 da BR-116, em Quatro Barras, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na madrugada desta terça-feira (26). O rapaz foi atropelado por vários veículos, entre eles uma carreta, e nenhum dos motoristas teria parado para prestar socorro.
          Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motociclista seguia sentido a Curitiba quando caiu na pista. Um caminhão não teria visto a queda e o atropelou. Em seguida, outros veículos que passavam pelo local também atropelaram o motociclista, que não teve nem chances de sobreviver.
          O corpo do rapaz ficou espalhado pela pista, enquanto a moto caiu no canteiro da rodovia. De acordo com a PRF, Luis era funcionário da Renault, em São José dos Pinhais (RMC).”
          http://www.tribunapr.com.br/noticias/parana/motociclista-e-atropelado-varias-vezes-na-br-116-e-ninguem-para-pra-ajudar/

          6+
          • avatar
          • avatar
  • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 08:12

    QUALQUER SEMELHANÇA NÃO É MERA COINCIDÊNCIA
    Podemos constatar que o IVG-R e o FIPEZAP subiram exclusivamente em função do dinheiro artificialmente injetado na economia, e como qualquer coisa artificial, depois que o “estímulo” é removido, os números retornam aos valores originais.

    No primeiro gráfico temos a evolução do volume total de crédito concedido, tanto por bancos estatais quanto privados, para o setor privado industrial, o setor privado comercial, o setor privado de outros serviços, o setor privado rural, o sistema habitacional e para pessoas físicas, desde agosto de 1994.

    No segundo gráfico o IVG-R

    No terceiro gráfico o do FIPEZAP (observem apenas a partir de 2001 para coincidir com os gráficos anteriores)

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 08:26

      As curvas no período 2001 a 2014 são praticamente idênticas

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 1 de julho de 2017 at 09:21

        Excelente gráfico.
        Impressionante… É visualmente idêntico mesmo.
        Você acredita que vai sangrar até patamares de 2001?

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 09:54

          Antigo
          Acredito que voltará a existir um equilíbrio com a RENDA PER CAPITA
          Como, no Brasil, a renda per capita subia 0,9% ao ano, de 2001 até 2013, é provável que o ponto de reequilíbrio seria 10% acima da renda de 2001
          Mas devido ao efeito inercial, ocorrerá um DESPAIR, que provavelmente durará 3-4 anos

          13+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 10:18

          Antigo
          Acho que se for fazer um cálculo de correlação estatísticas entre as 3 curvas, no período de 2004 a 2014, o resultado tenderia = 1
          Ou seja, o aumento do valor dos imóveis deveu-se exclusivamente ao aumento do crédito e não da demanda.

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • Longa Manus 1 de julho de 2017 at 09:33

    Pessoal, alguém que é
    servidor público e recebe seus vencimentos pelo Banco Inter pode me dar opinião acerca da eficiência e segurança? Quero sair do Banco do Brasil urgente!

    1+
    • Intendente 1 de julho de 2017 at 11:11

      Recebo pelo santander e não tenho do que reclamar.
      Conta corrente com 2 cartões(limites altos – shell e correntista) com 0 anuidade.*
      *É só pagar uma conta com o cartão para não ter anuidade e o shell é só abastecer(desconto de 0,05 cents a cada litro) além de 200 reais no mês.

      Obs: dão muita corda, crédito farto. Se você resolver gastar 4x seus ganhos mensais em um único mês, eles te dão todo o apoio possível =D

      1+
    • DAN 4 de julho de 2017 at 22:43

      Colega, pq quer sair do banco do brasil? Nao esta glstando pq?

      0
  • claudio 1 de julho de 2017 at 10:06

    esse é topico , kkkkk
    tipico do cara que compos renda, e agora sem renda …
    dar de cara com isso no face , e nao lembrar do blog e impossivel.
    fogo , kkkk
    https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=693625590842748&id=100005859404615

    4+
    • avatar
    • Antigo 1 de julho de 2017 at 10:10

      O cara é novo, pela foto.
      Por que não pega uns bicos em fast food, uber ou algo do tipo?
      Meio zoado isso de pedir 8 mil na internet

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cadeludo 1 de julho de 2017 at 10:39

        se der certo milhões de pessoas farão igual
        mas não vai dar certo

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Intendente 1 de julho de 2017 at 11:15

          Será que teremos uma bolha das vaquinhas? Será que aqui no BR os pais vão cegar os filhos para eles pedirem esmolas ?

          Apesar que a cegueira já é feita deixando-os de ir à escola para venderem bala no sinal – esquerdista feelings =/

          8+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Alemon Fritz 1 de julho de 2017 at 12:33

            essa semana vi um estilo “Tuco da grande familia”(parasita desempregado, nem nem) pedindo grana pra ir prum congresso na espanha p lutar pela causa dos índios. PQ p o cara não faz josta nenhuma e ainda quer grana pra ir “pensar” na causa dos outros. Era um negócio de direito de povos.. nem li direito pois era aquela asneira de “[email protected] me ajudem a sentir-pensar na causa e contra o colonialismo blablabla..”

            15+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Alemon Fritz 1 de julho de 2017 at 13:00

              a gente consegue perceber quem é da linha de “pensamento” parasita pelos pelos comentários abaixo desses textos: muito bem amigo… “roubartilhei”

              6+
              • avatar
              • avatar
              • Intendente 1 de julho de 2017 at 13:51

                kkkkk, é cada uma.

                2+
                • avatar
            • Leonardo M. 1 de julho de 2017 at 13:47

              Kkkkkkkkk até eu queria lutar pelos direitos dos índios na Europa.
              Agora oferece para ele uma passagem de ônibus da sua cidade até uma aldeia no norte de Roraima para ver se ele quer ir lutar pelos direitos dos índios?

              24+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • EngenheiroSP 1 de julho de 2017 at 15:39

                Só quem mora em cidade grande longe de índio é que gosta de índio

                19+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
          • dermaRoger 2 de julho de 2017 at 05:06

            ??????????

            5+
            • avatar
            • avatar
  • Rodrigo ABCDM-SP 1 de julho de 2017 at 11:29

    CVR triste do meu ABCDM-SP

    Amigo de infância, amigo mesmo, sabe, de ir na casa, jogar video game etc, em março recebeu uma herança de 150k. Foi mandado embora também em março e poderia retirar quase 200k de FGTS. Estava abalado pelo avô-pai que morreu e por ser mandado embora da empresa que entrou aos 16 e estava até então… pois bem… ele perguntou para mim e mais 2 amigos no futebol o que deveria fazer.

    Eu: “aplique em CDB do BRadesco Prime”, ele já tinha conta lá, o cara é formado em Técnico automotivo, com especialização de um monte de coisa, mas não entende nada e não quer entender de finanças.

    Amigo B: “compra uma franquia e toca a vida”

    Amigo C: Compra 2 apartamentos aqui em SBC e põe pra alugar”

    Pois bem, eu deixei de ir no futebol de março até agora por causa de um curso de sábado. Fui hoje.

    Advinhe… ele não comprou 2 apartamentos?

    Meu, que vontade de dar um soco nele.

    Pior que até agora não arrumou emprego, só bicos, tem que pagar R$ 2800,00 todo mês de prestação e pelo menos a sorte dele é que um ele comprou “alugado” e se “paga” segundo ele.

    Pensa você com 30 anos 350k sem filhos e torrar em 2 apartamentos e faze dívida de mais de 150k… é pra [email protected]#%$#$%

    55+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 12:41

      Economia deveria ser matéria obrigatória na escola

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 1 de julho de 2017 at 15:13

        mas em “paises” mequetrefes, “o homem é o lobo do homem”
        Para que educar se é possivel explorar?

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Carlos 1 de julho de 2017 at 18:43

        Economia e até economia doméstica já fizeram parte da educação escolar, nos EUA as crianças aprendiam a fazer o “balanço” de contas na escola primária antigamente, controlar gastos e calcular juros compostos. As garotas ainda aprendiam economia doméstica, uma disciplina que ensinava como economizar o máximo possível na compra e preparo de alimentos, pequenos consertos de roupas e outras coisas.
        Depois tudo virou bagunça na minha opinião por dois interesses principais: Correntes ideológicas de esquerda empurrando um monte de coisa com o objetivo de “formar cidadões”, ainda não sei o que isto significa, e interesses capitalistas e dos governos que querem pessoas dependentes e pagadoras de juros.
        De alguma maneira esta gente aparentemente em lados contrários soube se unir e se organizar muito bem e tomar conta do ensino e o resultado e este que temos hoje em dia.

        Vejam que estes cursos foram descontinuados ou transformados em cursos de assistência social, com raras excessões assistentes socials são um dos grupos que mais abomino, completo lixo marxista propagado por uma gentalha que se acha melhor do que as outros por estar praticando “justiça social”.
        —————————————————————————————————————————
        A ideia da criação de Cursos de Economia Doméstica, no Brasil, surge em 1945, por ocasião da III Conferência Interamericana de Agricultura, realizada em Caracas, com o tema A mulher e o fomento agrícola. Era necessário pessoal técnico para orientar o agricultor e sua família sobre as formas e os melhores métodos de administração doméstica e de aproveitamento de produtos rurais. Em 1952, foi implantada a primeira Escola Superior de Ciências Domésticas, na Universidade Rural do Estado de Minas Gerais, hoje Universidade Federal de Viçosa.

        https://pt.wikipedia.org/wiki/Economia_dom%C3%A9stica

        Para combater os altos índices de obesidade e doenças crônicas nos Estados Unidos, uma professora de história, da Universidade de Michigan, sugere o retorno da disciplina Economia Doméstica (EC) nas escolas públicas. No artigo “Tempo para reviver a Economia Doméstica”, publicado no jornal The New York Times, Helen Zoe Veit, defende a inclusão de aulas de culinária no currículo escolar.
        http://www.malaguetacomunicacao.com.br/noticia/historiadora-defende-aula-de-economia-domestica-nas-escolas/

        6+
    • From_The_Tower 2 de julho de 2017 at 07:36

      Tem muito rolo com a loteadora G. Laffite …….
      aquela que vendia terreno em Camboriú por 45k em 2007

      7+
      • avatar
  • Jean Cherem 1 de julho de 2017 at 12:44

    Seguidor do Bolha BH

    Aqui em BH o que tem de prédios inteiros sem vender nenhuma unidade ou com apenas uma ou duas unidades vendidas. E não param de levantar prédios residenciais na região onde eu moro.

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar

    Perto de onde trabalho desde o início de 2014, tem um prédio com placa de anúncio e apenas 30% está ocupado. Sei porque sempre conto pelas luzes e fico no trabalho até depois das 19:00 com frequência.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 13:45

      É a faixa de “últimas unidades”?
      Kkkk

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Jean Cherem 1 de julho de 2017 at 20:37

        Era a três anos. Agora é apenas de oportunidade. Não tem como esconder que não são as ultimas unidades. A loja abaixo do prédio onde trabalho está fechada a mais de um ano e a outra sala do andar onde trabalho também. Esta não deve ter recebido 10 visitas de interessados desde a disponibilidade, em 03/2016.

        6+
  • Alemon Fritz 1 de julho de 2017 at 13:11

    basicamente nem pegou o fgts, virou tijolo da caixa e depois volta novamente pra caixa numa venda e nova compra…

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 1 de julho de 2017 at 13:39

    rapidinha
    jornal hoje falando de imóveis encalhados. baixa do aluguel em 25%.
    Aluguel comercial de vazio a estagnado. investidor se lascou..
    Aparece velhota que aluga 120m2 por 3k… mas vende se aparecer um….( otário).
    a situação tá dificil pra todo mundo.

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 13:43

    Saiu no Jornal Hoje, na Globo:
    Oferta de emprego negativa nas regiões metropolitanas e positiva no interior.
    Para quem não está preso a tijolos é uma oportunidade de melhora na qualidade de vida, mudando-se para o interior

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 1 de julho de 2017 at 14:43

      Sou prova disso!

      Além do custo de ser bem menor

      Custo Floripa X Chapecó

      Aluguel R$650 por uma kitnet de 28m2 sem garagem coberta
      Aluguel apartamento 65m2+sacada+churrasqueira+garagem coberta R$844

      Estacionamento centro R$4,90/hora
      Estacionamento centro R$1,20/hora

      Gasolina por mês R$400/500
      Gasolina por mês R$50/70

      Manutenção do carro por semestre R$500/800
      Manutenção do carro por semestre 300/400

      Pão francês no meu bairro Carianos R$13,90 o kg
      Pão francês no meu bairro em Chapecó R$9,90

      Saída para comer um filé a parmegiana e bebidas R$100,00
      Mesma saída e mesma comida R$70

      Luz o dono da kitnet em Floripa cobrava a + de mim gastava R$70
      Aqui mesmo kW/h pago R$33

      Churrascaria R$120 por uma picanha no espeto + acompanhamentos
      Churrascaria aqui R$40 por pessoa é come a vontade

      Chopp R$12,00 em qualquer barzinho legal
      Aqui R$8,00

      Enfim… Os números falam por si só!

      29+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Rico 2 de julho de 2017 at 01:49

      Me inclua fora disso… Tempos atrás tentei a vida no sul de minas, tentando trabalhar remotamente pela internet. A cidade so era atendida de internet pela Oi que só instalava onde queria e ainda cobrava o que queria… Isso para maravilhosos 5mb. Outra opção era por rádio, instável e com velocidade caindo para 0,20 MB/s no horário de pico. Fora que uma vez saiu do ar por uma chuva e fiquei sem internet 5 dias. Não me descontaram nada no valor da mensalidade (150 reais por 3 MB).
      Emprego esquece… Qualquer coisa com muita sorte me pagariam 1/10 do que ganho em sp. A cidade é turística e os alugueis não eram tão mais baratos que sp. Combustível caríssimo, coisa de 4,50 reais o litro, já que os postos formam cartéis. Mercado era um pouco mais barato sim, mas porque a população em geral era refém dos empregadores da cidade, umas 5 famílias que pagavam o mínimo possível.
      A separação entre ricos e pobres era absurda, a ponto da churrascaria da cidade (uma solene bosta) So ser frequentada pela elite.
      Sai de lá sem saudade nenhuma e vontade alguma de me enfiar de novo em fins de mundo.
      A cidade era considerada média com quase 200 mil habitantes.
      Fico aqui com minha poluição e internet de 50mb e lanchonete de madrugada se sentir larica…

      27+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Rico 2 de julho de 2017 at 01:57

        Sem falar que a cidade tem uma grande parcela de descendentes de italianos… Se consideram europeus, mas na verdade não passam de um Nando de caipiras bairristas.

        7+
        • avatar
      • Carlos 2 de julho de 2017 at 05:27

        Interior é muito complicado mesmo, só moraria se estivesse a menos de 50km de uma grande cidade, muitos serviços são realmente precários sem falar do comércio geralmente bem limitado.
        Sinto falta de variedade tb, 15 dias em uma cidade pequena e já fico maluco, não tem opção de diversão e nem pessoas para conversar de assuntos diversos.

        8+
        • avatar
  • Alemon Fritz 1 de julho de 2017 at 13:47

    vai ser a bolha rural … e em agosto vai ser liberado pra estrangeiros comprarem terras.

    7+
    • avatar
    • avatar
  • ABUTRE 1 de julho de 2017 at 15:43

    Vao liberar mesmo para estrangeiros? Ja esta confirmado?

    4+
    • avatar
    • Alemon Fritz 1 de julho de 2017 at 16:02

      até começo de junho tava engatilhado e foi aprovada A nova Lei de Migração no Diário Oficial da União e tem 180 dias pra vigorar. Possibilita acesso a moradia, saude,politica, trabalho e não ser preso se estiiver ilegal.
      O empecilho pode ser a vergonheira passada por causa do desmatamento da amazonia que aumentou e pelo corte de verbas de preservação. Pode atrasar, mas tbm pode receber nova roupagem e outras mudanças..

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Rico 2 de julho de 2017 at 02:01

        Te juro que não entendi até agora. Eu aprendi que Migração é referente a pessoas que mudam de região de mesma nacionalidade. De outra nacionalidade seria imigração. Aprendi errado?

        2+
        • avatar
        • Cesar_DF 2 de julho de 2017 at 09:47

          Migração = dentro do próprio país
          Imigração = do exterior para cá
          Emigração = de cá para o exterior

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Alemon Fritz 2 de julho de 2017 at 10:36

            sim, eu copiei do site do senado camara pela PL 2516/2015
            “Projeto de nova Lei de Migração segue para o Plenário”… kkk vai ver nem sabem o que estão fazendo por lá…

            5+
            • avatar
            • Rico 2 de julho de 2017 at 19:47

              Pois é.. O pior que já deve estar no aurélio, pois tudo que se repete 3 vezes vai pro aurélio. Outra coisa que me dói o ouvido é Penalisar, que não existe no português e é corruptela do ingles Penalt, que significa punir. Penalisar significa o ato de fazer alguém ficar com pena, e não punir.

              3+
              • avatar
  • jodorowsky 1 de julho de 2017 at 18:36

    Olha, já estão apelando para produções audiovisuais no ZAP. Gostei da trilha sonora sofisticada, mas esperava ao menos uma jacuzzi ou varanda gourmet. Detalhe para a gloriosa vista e a relutância do diretor em mostrar o banheiro.
    https://www.zapimoveis.com.br/oferta/aluguel+apartamento+2-quartos+flamengo+zona-sul+rio-de-janeiro+rj+60m2+RS2100/ID-13712509/?paginaoferta=28

    3+
  • Margarida 1 de julho de 2017 at 19:08

    Off – Todo socialista, feminista, coitadista, mimimizista, legislação trabalhista blablabla empresário opressor blablabla oportunidades iguais blablabla, etc, deveria ver isso aqui.

    A mulher é ainda jovem (39), começou um negócio e acertou em tudo. Na criação, no marketing, ralou muito e explodiu num mercado muito competitivo com companhias poderosas liderando a concorrência, e em menos de dez anos vendeu a empresa pra L’Oreal por $1.2 bilhões. Isso porque a distribuição era restrita praticamente só aos US.

    Tem um video é curtinho que é ótimo:
    https://www.forbes.com/sites/chloesorvino/2017/05/17/jamie-kern-lima-loreal-beauty-it-cosmetics/#44f8c3763b4f

    Imaginem uma coisa dessas no Brasil. Nem com muita imaginação, hem?

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 1 de julho de 2017 at 19:34

      Eu acho impressionante como a maior parte das feministas lê sobre tudo, menos sobre empreendedorismo.
      É sempre sobre mudar as atitudes e pensamentos dos outros, e nunca sobre aperfeiçoar a si mesma.

      Quer empoderamento melhor para as mulheres do que ser dona do próprio negócio, do próprio dinheiro e assim dona do próprio destino?
      Empreender liberta. Discurso, textão, passeata não.

      24+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 1 de julho de 2017 at 20:52

        O objetivo do movimento feminista atual não é a equidade mas sim a misandria

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Carlos 1 de julho de 2017 at 20:00

      O feminismo militante atual não é sobre se construir coisas mas sim sobre tomá-las dos opressores, os homens.
      Elas querem bons empregos, bons salários e podêr mas tudo isto dado ou tomado dos outros, bem ao estilo socialista.
      Não criam nada de novo mas simplesmente invadem e querem “a sua parte” em tudo: tecnologia, desenvolvimento de software, games, esportes e outras áreas. Tudo aquilo que foi construído arduamente por outros homens e mulheres e tem algum sucesso esta gente quer meter o bedelho, o resultado é que os criadores estão se bandeando para outros lugares onde provavelmente poderão ter sucesso novamente pois são gente com muita capacidade e as antigas estruturas acabam virando “echo chambers” estéreis cheias de militantes.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 1 de julho de 2017 at 20:03

        São apenas caronistas chatos e metidos a besta, pena que acabam destruindo muita coisa no seu caminho pois não se limitam a entrar no seu veículo e ficar tentando te ensinar como dirigir mas tentam pegar na direção te mandando na maioria das vezes de cara num barranco ou de frente com um caminhão de esterco de porco.

        4+
        • avatar
    • to bolhado 1 de julho de 2017 at 22:06

      perfeito. Tem gente q fica de mimimi. Tem gente q vai a luta

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • From_The_Tower 2 de julho de 2017 at 09:56

    Me digam o que vocês acham dessa opinião.. ou seria uma constatação evidente?
    Maurício Noblat – FB
    “Sejamos sinceros, a economia no Brasil é mera questão de não permitir afundar de vez e só. Do modo como é desenhado o Estado brasileiro, pouco se tem a fazer para que a economia cresça de fato. Apenas tentamos evitar que despenque. E já é muito. E faz grande diferença em nossas vidas. O formato adotado pelo pacto social socialista impede que se tenha um músculo econômico capaz de gerar crescimento real. CLT, Justiça Trabalhista, Sindicatos, Intervencionismo, tributação desenfreada, ONGs,etc… são aspectos estruturais do Brasil. E não há nem cultura nem base popular para transformações estruturais. Formaram-se classes no serviço público, a Justiça do Trabalho é uma economia dentro da própria economia e aí por diante. Não se vai jogar pessoas inocentes no mar, né ?

    Eis porque me parece raso se falar em grandes habilidades econômicas dos ditos economistas que cercam o tucanato. O que vejo no Brasil é que só em evitar desastres como a famigerada matriz econômica Dilmista e a bolha lulista já se possibilita a normalidade. O Temer é a prova clara disso. Nos termos atuais, a economia brasileira só consegue dar saltos de crescimentos artificialmente e em cima de crédito falso e fabricação de moeda, com o porém de que não há mais como endividar o Estado ainda mais para criar a farsa. O preço a ser pago seria muito alto e rápido como demonstrou o período Dilma.Todo e qualquer discurso em torno do econômico não passa de retórica vazia. Algumas medidas pontuais podem ser adotadas, é claro, mas nada que crie transformações expressivas. O econômico no Brasil se resume a apenas se frear a loucura bolivariana. E só. Feito isso, a economia cresce o pouco que essa Constituição permite. No mais é aguardar alguma renovação na cultura e gerações para que se possa estabelecer um novo pacto social menos doentio. Hoje, com uma Constituição mega tributária e socialista, com uma cultura também identificada com o Estado de Bem Estar Social e com segmentos e classes já estabelecidas em suas posições dentro do tecido construído, me parece infantil crer que qualquer governante será capaz de redesenhar a economia como num grande milagre. A espinha da coisa impede grandes saltos. Daí oportunistas como o Lula apostarem nos falsos milagres econômicos baseados em fabricar moeda e gastar o que não se tem , que são de fato pactos com a tragédia total. Economia no Brasil se resume a evitar a tragédia. Nada mais do que isso.”

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • to bolhado 2 de julho de 2017 at 11:22

      Sem tirar nem por. Deixaram a esquerda dominar o ambiente sócio cultural por 50 anos, e ai do nada acham q a sociedade vai aplaudir medidas liberais? Não rola

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Rico 2 de julho de 2017 at 11:22

      Padeiro, acho que o problema é mais profundo e antigo do que é apresentado. Diríamos que o que vemos hoje é resultado de 50 anos de negligência e busca de perpetuação no poder iniciado pelos militares por volta de 1967/68. A reforma da educação em 67, a extinção da polícia de roubos e assaltos e entregando a segurança a PM, despreparada. O milagre econômico utilizando dinheiro das aposentadorias e petrodólares. Todo o alicerce politico e social Brasileiro é baseado em políticas européias, com a diferença de não termos construído um alicerce.
      Na nova revolução social que o mundo está passando com energias renováveis e comunicação o Brasil tem uma grande vantagem. Por exemplo, tem regiões que venta e faz sol o ano inteiro, permitindo a geração de energia solar e eólica. Isso é a salvação do nordeste, que em um futuro pŕoximo será matriz energética do mundo. Desertos também são sérios candidatos a serem produtores de energia.
      Temos 12% do total de água potável do mundo também. As plantas da amazônia e da mata atlântica são matérias primas para remédios. Não acredito uma decorrada do Brasil igual aconteceu na Venezuela, por esses motivos. O mundo precisa da gente… Venezuela basicamente só tem petróleo e recursos que não são mais interessantes em um futuro próximo. (apesar de uma grande floresta e bastante água potável) . O PT só se manteve esse tempo todo por causa dos amigos. Se voltar não fará nada de revolucionário.
      Basicamente a tragédia não vai acontecer por esses motivos.

      3+
      • Carlos 2 de julho de 2017 at 12:34

        Posso estar sendo pessimista demais mas não me anima nada saber que aquilo o que “o mundo precisa da gente” está enterrado ou nasce sozinho. Quer dizer: não depende do brasileiro, do Brasil existir ou nem muito se isto se desenvolva, continue sendo uma república de bananas ou se torne outra experiência socialista fracassada, no último caso é só esperar explodir, vir e pegar como a Venezuela que aliás também tem recursos preciosos e parte da Amazônia.

        8+
        • avatar
        • Rico 2 de julho de 2017 at 21:18

          É bem por aí… Bananistão a meu ver vai continuar eternamente…

          3+
          • avatar
          • Rico 2 de julho de 2017 at 21:24

            Em um momento como que estamos passando o cenário de Bananistão acho que é o melhor possível…

            1+
            • avatar
    • Cesar_DF 2 de julho de 2017 at 11:49
  • Cesar_DF 2 de julho de 2017 at 11:55

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 2 de julho de 2017 at 12:23

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 2 de julho de 2017 at 12:42

    CVR

    Já contei esse CVR várias vezes e tenho novas notícias.

    666 no Vila Velha ES vendeu o AP e queria comprar um novo é maior próximo a praia, com xoxotecas,psicina, espaço gourmet e bla bla bla.
    Conseguiu passar os tijolinhos mágicos para outro 666 financiar. Pagou a dívida com a caixa e ainda sobraria um dinheiro legal. O que ela é o esposo fizeram?

    Assinaram um contrato de compra venda desse AP mais caro.
    Caixa por motivos que já conhecemos(falta de grana para o MCMV) está demorando 7 meses para liberar a venda para esse 666.

    Mas esse casal como assinou o contrato, olha só e prestem a atenção.
    Vão começar em julho a pagar IPTU, condomínio e mais uma multa para “segurar” o AP até a caixa liberar o dinheiro e depois o financiamento para eles.
    É senhores! Eles vão pagar despesas de outra pessoa é a caixa ainda não liberou o financiamento.
    O cada que vendeu deve estar sorrindo atoa, pois estava alugado e o cara saio e ainda conseguiu uns 666 para pagar condomínio e IPTU até a caixa liberar a grana para ele.

    Deu no na cabeça??? Na minha tb deu! Mas vou desenhar

    Ponto 1
    Vendeu ap para um 666
    Ponto 2
    Caixa ainda não liberou o dinheiro para este 666 e já faz 7 meses.
    Ponto 3
    Assinou contrato para segurar o AP novo e vai pagar as despesas como condomínio e IPTU
    Ponto 4
    Caixa ainda não garantiu nada
    Ponto 5
    Vão se fuderam
    Ponto 6
    São 6666

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 2 de julho de 2017 at 12:42

    Imóveis de inadimplentes serão leiloados
    Minas Gerais é o Estado recorde em imóveis que vão a leilão no próximo mês. A falta de planejamento e a crise são dois fatores que colaboram com esse atual cenário
    https://www.alterosa.com.br/programas/alterosa-alerta/imoveis-de-inadimplentes-serao-leiloados/

    3+
    • avatar
    • Margarida 2 de julho de 2017 at 13:16

      Olha aonde chega a falta de noção e realismo: o cara passou a ganhar 45% a menos e foi tentar negociar com o banco pra ver se podia reduzir a parcela contratada de acordo. “Mas eles não quiseram.”

      Campeão só o advogado, dizendo que a lei garante os direitos do comprador: ele pode garantir até o último minuto que o imóvel não seja arrematado num leilão. Basta pagar a dívida.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • socrates 2 de julho de 2017 at 18:53

    Para mídia ser grande em um “capitalismo” de cumprades, a moral não pode existir para seus donos, certo?

    http://odia.ig.com.br/imoveis/2017-07-02/lotes-com-prestacoes-ao-alcance-entre-o-mar-e-a-montanha.html

    3+
  • Alemon Fritz 2 de julho de 2017 at 20:48

    Vendas de imóveis em Portugal para brasileiros dispara
    Se antes o perfil dos compradores era formado por aposentados e investidores brasileiros, agora a procura maior é por casais jovens com filhos pequenos..
    (deficit habitacional…kk
    https://www.noticiasaominuto.com.br/economia/409641/vendas-de-imoveis-em-portugal-para-brasileiros-dispara

    3+
    • avatar
    • Rico 2 de julho de 2017 at 21:21

      Fui para lá em Abril. Vou dizer que nunca vi tanto estrangeiro em um lugar só, acho que nem a Disney está assim… E os imóveis dos centro são bem antigos, parece muito com os imóveis do centro de São Paulo. Não moraria no centro histórico de Lisboa, me parece muito com aquela parte central de São Paulo, Entre a Paulista e a Av. D. Maria Paula.

      5+
      • avatar
      • Rico 2 de julho de 2017 at 21:22

        Corrigindo, parece muito com a região da Av. Brigadeiro Luiz Antonio, entre a Paulista a e Av. Dona Maria Paula. Sim, tão degradado quanto…

        5+
        • avatar
  • Leonardo M. 2 de julho de 2017 at 21:57

    Fantástico

    2390 morreram no RJ só este ano em tiroteios. É, e ainda dizem que todos(que não moram no RJ)tem inveja do RJ kkkkk
    É fantástico!!!!!

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 2 de julho de 2017 at 23:13

      Se colocar uma rã numa panela e aquecer bem devagar, ele não tentará fugir e será cozida viva.
      Se colocar um ixperto no Hell de janeiro e ir colocando merda as poucos, ele se afogará na merda sem reclamar

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Moreira 3 de julho de 2017 at 06:52

    Como esse blog tem a característica de “pensar a frente”, compartilho com vocês a revolução em transportes que esta em fase final de testes. Leiam na íntegra. Industria automobilística no saco, cadeia de valor do petróleo diretamente afetada (estima-se o colapso do petróleo já em 2021; barris a 25 dólares). Até 2030 espera que 95% do americanos se desloquem por meio de serviços compartilhados de viagens (tipo uber). Fim dos transportes públicos como no formato atual, carros valendo zero. O preço de manter o carro próprio sendo muito mais caro do que o de compartilhar viagens (isso já não é mais novidade). Mas a previsão é que haja o abandono literal. Redução de acidentes, poluição e otimização do custo benefícios das viagens (substituição por veículos elétrico e autônomos; mais passageiros transportados por milha-KM; aproveitamento do tempo de uso do carro; hoje um automóvel chega a ficar parado quase 95% do tempo; com essa revolução, os veículos terão seu uso otimizado, estando disponível e em circulação quase toda hora.
    https://static1.squarespace.com/static/585c3439be65942f022bbf9b/t/59122a6c2e69cfca477235c5/1494362762632/RethinkX+Report_050917.pdf

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 3 de julho de 2017 at 07:15

      Petróleo não serve só para carros, existem caminhões, tratores, máquinas de todos os tipos, locomotivas e toda a cadeia de derivados como plásticos e fertilizantes, não creio que vá ser substituído tão rapidamente nem muito menos facilmente.

      6+
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 07:47

      Mesmo que exploda uma guerra no oriente médio, não tem mais como um barril de 200 litros de petróleo custar mais do que US100, pois o custo de produção do biodiesel atualmente é de US$ 0.50 / litro

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 3 de julho de 2017 at 07:51

        Sim, e eu creio que uma das causas desta crescente tensão no oriente médio e do movimento islâmico estar tão nervosinho seja a percepção que vão voltar a viver de coco de camelo. Claro que tem os sauditas e outros promovendo o caos.

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Moreira 3 de julho de 2017 at 06:53

    Campos de petróleo encalhados… Países que se sairão bem já na largada dessa revolução: EUA, Japão e Alemanha.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 07:52

      Da mesma forma que os royalts do petróleo sustentaram o Hell de Janeiro way of life, países com a Arábia Saudita vão se lascar com o petróleo a US$ 25

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • bolhista fulano de tal 3 de julho de 2017 at 08:38

        Será? De acordo c/ Heritage Foundation, a Arábia está em processo de abertura econômica. Se isso continuar, uma queda forte no barril será só uma marolinha.

        2+
        • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 11:55

          Bolhista fulano de tal
          Na Arábia Saudita vigora a SHARIA
          Não existe separação entre judiciário e religião
          A Sharia estabelece a forma legal de agir das pessoas, das empresas e do governo.
          A Sharia é incompatível com o livre mercado.
          https://pt.wikipedia.org/wiki/Charia

          5+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • bolhista fulano de tal 3 de julho de 2017 at 13:09

            Hum… não sabia.

            0
  • Moreira 3 de julho de 2017 at 06:56

    Na visão desse camarada, haverá ganhos com o novo modelo. Contudo os atuais players não serão os principais beneficiados. Apenas alguns tem capacidade financeira e tecnológica de passar pela transição em curso.

    1+
    • Carlos 3 de julho de 2017 at 07:45

      Dei uma olhada por cima no relatório deles e achei meio “ultra otimista”, muitas das coisas que eles falam ainda não são realidade e nada aponta que serão, como por exemplo carros elétricos que duram 500.000 e que são baratos. Dois dos maiores problemas dos carros elétricos atuais são justamente o custo e a confiabilidade. São máquina realmente muito complexas e não alcançaram a escala de produção econômica. Precisa de toda a infraestrutura de carregamento das baterias e um bom incremento na capacidade geradora já que carro elétrico não funciona magicamente com pum de ?.
      Tem uma discussão que está ficando interessante no seeking Alpha.

      https://seekingalpha.com/article/4074195-major-disruption-coming-decimating-entire-industries-says-new-report

      5+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 3 de julho de 2017 at 07:47

        Só para resumir, eu acredito que isto é um caminho sem volta mas acho que vai levar bem mais tempo do que a previsão dos caras.

        3+
        • avatar
      • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 07:50

        Daqui a pouco bolam uma turbininha a gasolina de uns 20 KW para ser acoplada no carro elétrico, para quando precisar fazer uma longa viagem.

        1+
        • Carlos 3 de julho de 2017 at 07:53

          Isto já existe e se chama carro híbrido, vejo dezenas deles todos os dias, praticamente todo táxi aqui é híbrido ?

          1+
          • Carlos 3 de julho de 2017 at 07:55

            Veja que o motor a gasolina ou gás do carro híbrido já é bem mais eficiente do que o usado em automóveis comuns pois trabalha em regime de carga constante, usam até um ciclo termodinâmico diferente.

            2+
            • Carlos 3 de julho de 2017 at 07:56
              • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 08:08

                Se pegassem os veículos atuais e conectassem a saída da água quente a um motor sterling e não a um radiador, iriam conseguir mais alguns cavalos só nisso.

                https://pt.wikipedia.org/wiki/Motor_Stirling

                1+
                • Carlos 3 de julho de 2017 at 08:54

                  Não sei se seria econômico porque vc ia ter que carregar peso extra, a industrial automobilística atual já está bem avançada em eficiência, os fatores que estão segurando o consumo dos carros são os acessórios e a quantidade de equipamentos de segurança que adicionam bastante peso tb.

                  2+
      • bolhista fulano de tal 3 de julho de 2017 at 08:35

        Dê uma olhadinha no documentário: “Quem matou o carro elétrico” no youtube e verá que o caro elétrico chegou a funcionar perfeitamente bem nos EUA nos anos 90, sendo que ele era barato, tinha boa autonomia e era tão rápido quanto um 2.0.
        Até os globalistas acabarem com tudo…

        4+
        • avatar
        • avatar
  • bolhista fulano de tal 3 de julho de 2017 at 07:55

    Na crise, proprietários de imóveis já dão até três meses no aluguel de graça

    Leia mais:
    https://oglobo.globo.com/economia/na-crise-proprietarios-de-imoveis-ja-dao-ate-tres-meses-no-aluguel-de-graca-21545978

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 3 de julho de 2017 at 08:13

      bolhista fulano de tal,

      Trechos interessantes:

      “Os proprietários estão abrindo mão de exigências para assinatura do contrato, como fiador. Além disso, aceitam redução de 30% a 33% em relação ao valor pedido inicialmente. Já há casos em que o inquilino consegue uma carência de até três meses, período em que paga somente os encargos.”

      “A queda de preço é ainda maior se for um imóvel de alto padrão, com desvalorização de até 25% em um ano.”

      “Com o mercado imobiliário patinando por causa da crise, um fenômeno contribui para o aumento da oferta de apartamentos para locação: são proprietários que não conseguem vender o imóvel ou não aceitam preços mais baixos e decidem alugá-lo para não arcar com pagamento de condomínio e taxas. Além disso, as construtoras finalizaram a entrega de unidades de grandes empreendimentos, contratados antes do agravamento da crise. Para o gerente geral de Imóveis da Apsa, Giovani Oliveira, o aumento de 300% desde 2015 no número de imóveis disponíveis para locação também pode ser atribuído à devolução de apartamentos que antes estavam alugados.”

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 08:15

        Notem que isso piora mais ainda o Fator X, indicando que está cada vez melhor alugar do que comprar.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • CA 3 de julho de 2017 at 09:09

          Cesar_DF,

          Interessante os “malabarismos” que eles fazem:

          Dizem que as quedas nas vendas de imóveis ajudarão na recuperação do equilíbrio para o mercado de locação, porque segundo eles, isto significa maior demanda para o mercado de locação (a pessoa desiste de comprar, mas “tem” que alugar um imóvel), mas em outros trechos destacam que muitos jovens estão voltando a morar com os pais, que outros estão adiando a saída de casa, que está aumentando o volume de imóveis compartilhados com diferentes arranjos entre parentes e amigos, tudo isto prejudicando e muito a demanda, ao mesmo tempo que informam que a oferta aumentou 300%, em grande parte exatamente porque as pessoas não conseguem vender os imóveis e como não conseguem ou não querem arcar com prejuízos de ficar pagando IPTU, condomínio, etc, sem receber nada, colocam imóveis para alugar, só fazendo com que esta anomalia da distorção entre oferta e procura aumente cada vez mais. Eles se contradizem dentro de um mesmo artigo!

          Este é um dos MUITOS círculos viciosos que cercam toda bolha imobiliária:

          Os preços de aluguéis subiram muito mais do que a renda subiu, consumindo uma parcela cada vez maior do orçamento das famílias. Idem quanto às prestações de imóveis comprados financiados, que passaram a roubar uma parcela muito maior da renda das famílias. Isto vai se intensificando por anos, juntamente com a natural queda do consumo, afinal as famílias ficam com cada vez menos dinheiro disponível. Com esta queda de consumo, a economia local primeiro desacelera para depois cair, levando a aumento no desemprego, queda na renda, etc, o que por sua vez, FORÇA a redução de preços dos imóveis, tanto para venda quanto aluguel. Os proprietários de imóveis resistem a baixarem os preços, isto rouba liquidez deles, que deixam de receber por imóveis alugados e passam a arcar com despesas de IPTU, condomínio, etc, com esta queda de receita eles reduzem o consumo e incentivam a retomado do círculo vicioso que destrói a economia.

          Outro caso ligado à bolha imobiliária, com consequências similares: os imóveis comerciais tiveram os preços de venda e aluguel disparando de forma anormal, isto tornou um grande número de negócios inviáveis, levando a fechamento recorde de lojas, perda de empregos, queda nas rendas, destruição para a economia local e cada vez menos condições das pessoas pagarem os preços pedidos por imóveis, seja para compra ou aluguel. Os proprietários de imóveis comerciais resistem a baixarem os preços, isto rouba liquidez deles, que deixam de receber por imóveis alugados e passam a arcar com despesas de IPTU, condomínio, etc, com esta queda de receita eles reduzem as despesas / investimentos e incentivam a retomado do círculo vicioso que destrói a economia.

          No caso do RJ, não podemos nos esquecer que existem ainda alguns agravantes, que fizeram com que eles tivessem as maiores distorções, o que naturalmente levará as maiores quedas de preços:

          A euforia com preços do petróleo e a “expectativa de invasão” de executivos de outros estados e países que viriam trabalhar neste segmento, INFLOU artificialmente os salários do setor e também os custos para se alugar ou comprar um imóvel. Na medida em que esta especulação explodiu, os preços que estavam nas alturas se tornaram inviáveis, colaborando para o círculo vicioso acima.

          A corrupção institucionalizada também tem influência relevante no RJ, assim como em grande parte do país: MUITOS projetos só foram para frente graças a corrupção e geraram parte da propina milionária com pagamento através de imóveis. Como se não bastasse, mesmo nos casos em que o pagamento não foi através de imóveis, o dinheiro gasto com a propina, ajudava a aquecer o mercado local, em especial para itens mais luxuosos / caros. Na medida em que este esquema de corrupção explodiu, tanto a venda de imóveis sofreu queda, quanto o consumo de forma geral foi prejudicado, em ambos os casos, ajudando para o círculo vicioso que leva à derrocada da economia local e do segmento imobiliário.

          A combinação do que consta acima, com a euforia com as obras da copa do mundo E olimpíadas, levou a um crescimento absolutamente anormal e muito rápido dos empregos para construção civil, gerando mais um efeito em cadeia, não só para aumento nos empregos, quanto na renda. Conforme todos estes esquemas iam explodindo, ou no caso de copa do mundo e olimpíadas, se encerrando, o desemprego e a queda de renda da construção civil foram disparando, novamente com efeitos em cascata, prejudicando o consumo e a economia local de forma geral e mais uma vez, alimentando o círculo vicioso. Isto também se intensificou em função do esquema das vendas FALSAS na planta e a MEGA ESPECULAÇÃO, que geraram SUPER-ESTOQUES, tanto de imóveis comerciais quanto residenciais, novamente causando derrocadas nos lançamentos dos imóveis, nos empregos e na renda, sendo um novo combustível para este círculo vicioso.

          Como se não bastassem todos estes pontos, o governo estadual aproveitou a EUFORIA com o petróleo e com consumismo desenfreado que gerava mais impostos e aumentou mais do que no restante do país a sua já inchada folha de pagamento do funcionalismo público. Estes ajudaram a inflar e muito os preços também, mas agora que o CAOS fiscal surgiu como consequência de todos estes ABUSOS, estes funcionários públicos veem seus rendimentos atrasarem e muito, o governo para de contratar serviços (interrupção radical que destrói muitos empregos), dentre outras consequências que mais uma vez alimentam o círculo vicioso mais acima.

          Para finalizar quanto ao RJ, cabe lembrar que na EUFORIA IRRACIONAL com todos os esquemas acima, até a violência que já era endêmica caiu, mas foi só termos todos os efeitos da volta à realidade que a criminalidade voltou a recrudescer, levando cada vez mais pessoas que tinham condições a se mudarem para outros estados ou países e só para variar, mais combustível para o círculo vicioso.

          Quebrar círculos viciosos é algo difícil. Soluções MIRABOLANTES apenas agravam as consequências e no caso do RJ, com algumas situações aplicáveis a todo o país, uma queda muito relevante nos preços dos imóveis é INEVITÁVEL e quanto mais vierem com soluções paliativas, mais gasolina será jogada no incêndio e piores serão os resultados finais…

          11+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 10:46

            Conforme previsto aqui
            “muitos jovens estão voltando a morar com os pais, que outros estão adiando a saída de casa, que está aumentando o volume de imóveis compartilhados com diferentes arranjos entre parentes e amigos,”

            Outra previsão foi a BOLHA DOS HOTÉIS
            https://www.youtube.com/watch?v=iMZtdVFrIFw

            CA
            Na minha opinião, da maior para a menor vacância seria
            HOTÉIS > SALAS COMERCIAIS > LOJAS > GALPÕES LOGÍSTICOS > RESIDÊNCIAS
            Sendo que, a menor de todas vacâncias, em São Paulo, Hell de Janeiro e Brasília já deve ter batido 20%

            8+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
      • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 08:36

        os corvos agora sofrem a espiral negativa:
        – invista, a prestação é menor que o aluguel,
        – sonho da casa própria..
        – vai valorizar….compre dja. como eu falei 666 vai preferir se enrascar no que “é dele” e novinho. Pena que já existe paraquedas pro cara saltar da varanda gourmet.

        Constatação: já está sobrando imóvel pra alugar, pra vender e pra emprestar. um record olimpico.
        agora é espiral negativa, até se tiver alguma retomada a galera vai pra planta novamente e não num “usado” ou distratado.

        3+
        • avatar
        • avatar
      • carioca_real 3 de julho de 2017 at 08:59

        CA, depois dessa é despair mode on.
        Com uma manchete dessas na capa os brick lovers vão pirar.
        Vou dar até uma olhada na região onde moro para ver se chamo o proprietário para renegociar meu aluguel.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • CA 3 de julho de 2017 at 09:15

          carioca_real,

          Acontece de uma forma ou de outra: já vi casos de pessoa que tinha dois imóveis, no primeiro momento não reduziu os preços como deveria para tentar vender pelo menos um deles, passou por necessidades, os dois imóveis foram para leilão a “preço de banana” e no final a pessoa faleceu. Existem INÚMERAS histórias como esta, ou seja, aqueles proprietários que baixarem mais os preços agora, poderão ficar com um prejuízo menor, aqueles que resistirem IRRACIONALMENTE, verão os preços derreterem, senão por iniciativa de outros proprietários, através de bancos via leilões, como sempre ocorreu em toda explosão de bolha imobiliária ao redor do mundo…

          No caso do RJ, o conjunto de ABUSOS e ALIENAÇÕES bateram todos os recordes nacionais e também o recorde mundial, isto significa que a queda para volta á realidade terá que ser a maior de todas e quanto mais “resistirem”, maior será o sofrimento e o tamanho do prejuízo, isto é INEVITÁVEL. Detalhei em comentário logo acima…

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 09:20

          15% dos imóveis do Rio estão vagos….
          são 9 milhoes de domicilios… isso dá 1.300.000 imóveis vagos… !!!!

          5+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 09:25

            compartilhe no FACEbuki, já tem 3 curtidas essa do aluguel (multiplique por 11 quem viu o post até agora)..

            2+
            • avatar
    • Coelho da pascoa 3 de julho de 2017 at 11:16

      Tópico! Temo que da mesma forma que os escritórios estão deixando o RJ e migrando pra SP o mesmo esteja ocorrendo com os moradores, a cidade pode estar perdendo população. Detroitnização

      4+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 11:53

        Apenas estão se mudando do Hell de Janeiro aqueles que não dependem do governo e tem um bom currículo
        Detroitização mesmo !

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 08:00

    Bom dia Brasil
    Fraudes em concursos pra FP e a gangue presa investia em imóveis em Joao Pessoa. Mais de 40 imóveis foram comprados pra lavar o dinheiro.
    da bolha bananense metade é de propina, desvio, lavagem, fraude, conluio…

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 08:04

    pensando no futuro, o que vamos fazer..

    Reforma da Previdência pode usar lei ordinária….
    Outra mudança importante refere-se à garantia de não haver sucessão de dívida em caso de compra de ativos de companhias em recuperação.

    http://www.valor.com.br/brasil/5024150/reforma-da-previdencia-pode-usar-lei-ordinaria

    2+
  • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 08:12

    Prefeitura encontra irregularidades em 250 imóveis do ‘Minha casa, Minha vida’ em Ituiutaba
    Fiscais visitaram 300 casas de abril a junho.
    Dos 300 imóveis visitados, os fiscais encontraram irregularidades em 250. ……… kkkkkkkkkk
    Principais problemas são residências alugadas, vendidas, cedidas a terceiros e abandonadas.

    abandonas, alugadas e emprestadas… ou seja já está sobrando..

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 08:35

    CONVÊNIO CAIXA/CRECI FINANCIA IMÓVEIS COM DESCONTO DE ATÉ 65%

    Em razão da inadimplência de proprietários, a Caixa Econômica Federal adjudicou diversos imóveis no intuito de recolocá-los no mercado. Ao todo, são 164 terrenos, apartamentos e casas nesta situação em todo o Estado. Os imóveis estão com um desconto de até 65%.

    Diante disto, um convênio entre a Caixa e Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (Creci-PI) busca facilitar o acesso dos consumidores aos imóveis adjudicados, que já foram a pregão e não foram vendidos. Grande parte das habitações faz parte do programa Minha Casa, Minha Vida, sendo que estes possuem valores a partir de R$ 60 mil.

    “A Caixa financia qualquer tipo de imóvel, seja casa, apartamento ou terreno. Quando as pessoas deixam de pagar, é feita a adjudicação. Esse imóvel vai a leilão duas vezes, caso ninguém se interesse, o imóvel retoma à propriedade da Caixa. Esses imóveis serão distribuídos para os corretores revenderem”, explica Rui de Sousa Rodrigues, coordenador do convênio Caixa-Creci.

    O recomendado é buscar o Creci para não cair nas mãos de corretores não autorizado. “Os corretores e imobiliárias precisam estar credenciados e habilitados no convênio para vender estes imóveis. E quem quer comprar basta procurar o Creci e ter a renda adequada para determinado imóvel”, acrescenta o coordenador.

    Estão disponíveis imóveis de R$ 8 mil até R$ 1 milhão. “Temos até casas em condomínio fechado. São vários tipos de imóveis. A lista no Piauí inteiro tem 164 imóveis, e estão até 65% mais baratos que o valor convencional”, conclui Rui de Sousa Rodrigues.

    https://anoticiaeosfatos.com.br/2017/06/30/convenio-caixacreci-financia-imoveis-com-desconto-de-ate-65/

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 08:37

    Venda de imóveis quase dobra em 2017 em relação ao ano passado, diz Ademi-GO
    Número se refere aos negócios fechados de janeiro a abril, DESCONTANDO A QUANTIDADE DE DEVOLUÇÕES

    http://g1.globo.com/goias/mercado-imobiliario/noticia/venda-de-imoveis-quase-dobra-em-2017-em-relacao-ao-ano-passado-em-goias-aponta-ademi.ghtml.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 08:43

    Cadê o PIB que estava aqui? – Parece que o Mantega foi para o Banco Mundial kkkkk

    Desde a crise de 2008 e a feste keynesiana de crédito economistas de todos os tipos previram enormes crescimentos para o mundo e os EUA. E erraram tudo.

    A teoria calculou que a impressão desenfreada faria o mundo decolar, quando apenas criou bolhas. Economistas do FED prometem crescimentos enormes e em questão de semanas os reduzem para quase zero.

    Tem algo de errado aí.

    E são estas mães Diná da econometria que estão calculando sua aposentadoria, o orçamento estatal, como irão intervir na sua vida e muito mais.

    São os mesmos economistas que não viram a crise de 2008 chegando. Que não viram a crise brasileira chegando. E não estão vendo a crise americana chegando.

    Fontes:
    FMI não consegue prever nada certo:
    http://www.zerohedge.com/news/2016-03-17/our-economic-growth-system-reaching-its-limits-strange-way
    Atlanta FED corta de novo perspectiva de crescimento do PIB americano.
    Achou que Q1 2017 seria 2,5%, depois mais de 3%. Foi 0,2%.
    http://www.zerohedge.com/news/2017-04-27/atlanta-fed-throws-towel-cuts-final-q1-gdp-forecast-just-02
    E veio dizendo que Q2 seria 4,3%. Depois 3,2%, depois 2,9%.
    http://www.zerohedge.com/news/2017-05-01/after-disastrous-quarter-atlanta-fed-now-expects-q2-gdp-hit-43
    http://www.frbatlanta.org/cqer/research/gdpnow.aspx
    Um mês depois virou 1,86% nas mãos do FED NY
    http://www.zerohedge.com/news/2017-05-01/after-disastrous-quarter-atlanta-fed-now-expects-q2-gdp-hit-43
    E PIB é corrigido por inflação. Então se eles manipularam os dados em ,3%, Q1 foi negativo.
    Se foi manipulado em 1%, pior ainda.
    E tem um cara que diz que a inflação é três vezes maior do que o que é publicado pelo estado.
    http://www.zerohedge.com/news/2017-04-27/atlanta-fed-throws-towel-cuts-final-q1-gdp-forecast-just-02

    https://www.youtube.com/watch?v=ctc8xSpV3lM

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 09:04

      pelo jeito vai caindo até 2020.. a 2,5%

      3+
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 09:08

        É impressionante a distância entre o “otimismo” e a realidade.
        O mundo está dando sinais claros de que todos aqueles trilhões de dolares e euros injetados na economia não estão mais sustentando um modelo artificial de crescimento, pois como bem sabem os liberais e libertários, o crescimento sustentável do pib só acontece por aumento da produtividade e não pelo consumo.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 08:52

    Para quem estiver preso a tijolos e for vizinho desta mulher

    Justiça proíbe mulher de manter 150 animais em imóveis residenciais

    Embora seja louvável a conduta filantrópica de quem tira animais da rua, o direito de mantê-los em casa encontra limite quando passa a causar extremo incômodo aos vizinhos. Com esse entendimento, a 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro proibiu uma mulher de manter 130 cachorros, 20 gatos e até um porco sob seus cuidados em dois imóveis de sua propriedade.

    http://www.conjur.com.br/2017-jul-02/justica-proibe-mulher-manter-150-animais-imoveis-residenciais

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 3 de julho de 2017 at 08:56

      Ter mais do que três animais já é considerado problema psicológico ou psiquiátrico, pergunte a um bom veterinário.

      7+
      • avatar
      • avatar
    • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 09:09

      eu li no new york times que cerca de 4,4 a 7,7% das pessoas em NY são acumuladoras compulsivas. Aqui todo mundo conhece pelo menos 2 pessoas que guardam tudo que podem.. isso é um perigo.
      Tá ficando pior ainda com a mania de reciclar: conheço um cara que fica fazendo compostagem em casa e ensinando os outros (vendendo kit de compostagem), mas não fala onde coloca o adubo.. o melhor é produzir menos lixo. A galera tá guardando pote pensando que pode ser útil algum dia..

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Leonardo M. 3 de julho de 2017 at 10:23

      Cara eu tinha um colega de trabalho que tem 7 cachorros e 5 gatos.
      Uma vez fui na casa dele é só cheiro de animal+ração+pelo+fedor

      Um cachorro as vezes já incomoda imagina 7?
      Por isso aluguel é nliberdade, se mudar um vizinho com 10 cachorros para meu lado eh só se mudar..

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • loucola 3 de julho de 2017 at 09:35

    https://oglobo.globo.com/economia/na-crise-proprietarios-de-imoveis-ja-dao-ate-tres-meses-no-aluguel-de-graca-21545978

    Na crise, proprietários de imóveis já dão até três meses no aluguel de graça.

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Babuíno 3 de julho de 2017 at 09:35

    Viram?

    A Bolha de Hotéis Brasileira – ‘https://www.youtube.com/watch?v=iMZtdVFrIFw

    3+
    • avatar
  • pedrobenevides 3 de julho de 2017 at 09:38

    “Na crise, proprietários de imóveis já dão até três meses no aluguel de graça”

    “RIO – Na crise, a cidade do Rio já tem 14,4% de imóveis residenciais vagos para locação, o maior nível em um ano. O dado faz parte do relatório de Inteligência Imobiliária da corretora Apsa referente ao mês de maio. Segundo especialistas, a faixa ideal é de, no máximo, 10%. Neste cenário, vale tudo para não ficar com o imóvel vazio. Nos últimos 12 meses, o preço do aluguel cobrado pelos proprietários recuou 5,74%, para R$ 34,17 o metro quadrado, segundo levantamento da FipeZap. Os proprietários estão abrindo mão de exigências para assinatura do contrato, como fiador. Além disso, aceitam redução de 30% a 33% em relação ao valor pedido inicialmente. Já há casos em que o inquilino consegue uma carência de até três meses, período em que paga somente os encargos. O tempo médio com imóvel vazio na cidade varia de 45 a 60 dias, mas, na prática, dependendo do bairro, pode ultrapassar os três meses.

    — É um momento muito favorável para quem deseja alugar imóvel. Há muita chance de barganha, o mercado está totalmente na mão do inquilino. A queda de preço é ainda maior se for um imóvel de alto padrão, com desvalorização de até 25% em um ano. Copacabana está sofrendo mais com o grande número de oferta de imóveis, e a área da Grande Tijuca sente o efeito do aumento da violência — explica Leonardo Schneider, vice-presidente do Sindicato da Habitação (Secovi-Rio)”.

    Leia mais: https://oglobo.globo.com/economia/na-crise-proprietarios-de-imoveis-ja-dao-ate-tres-meses-no-aluguel-de-graca-21545978#ixzz4lltdY9Wg
    stest

    Pretendo me casar e começar a locar um apartamento aqui no Hell daqui a exatamente 1 ano, será que consigo pagar apenas condominio e iptu ? rs
    Tenho visto muitos alugueis mais baratos que taxa de condominio, acho que os “investidores ” não aguentam segurar essa por mais um ano rs

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 3 de julho de 2017 at 09:45

      Isso aí, por anos tiraram o couro de quem aluga para morar, parece que o jogo mudou não é mesmo?

      Investir em algo que tem custo fixo mensal, parece loucura para mim…
      Nunca entendi, não entendo nem nunca entenderei a cabeça do 666.

      7+
      • avatar
      • avatar
    • Louro José 3 de julho de 2017 at 10:01

      É tópico, p*!!!!!

      7+
      • avatar
    • Ilusionista 3 de julho de 2017 at 10:43

      Estamos falando em endividamento de longo prazo, com redução de renda para consumo de outros bens pelos próximos 30 anos, serão 3 décadas, quase 1/3 de um século…é muito tempo.

      Muita gente já sabe disto, por isto se já não vendia antes com aquelas taxas de juros mais baixas, imagine agora com este aumento.
      Com tantas incertezas de como será o dia seguinte, isto sem falar na reforma trabalhista que, se por um lado poderá baratear a mão de obra para diminuir o desemprego, mas por outro lado, teremos menor renda comprometendo o consumo, crédito e arrecadação de impostos no futuro.
      Endividamento de longo prazo, sem a certeza de garantia de emprego com aumento de renda, é um verdadeiro suicídio financeiro para quem contrata.

      6+
      • avatar
  • Zé do Brejo 3 de julho de 2017 at 10:11

    BOSS cadê o novo tópico? Já colocaram várias opções
    Abs 🙂

    2+
  • Leonardo M. 3 de julho de 2017 at 10:32

    Focus traz previsão de recuo de 0,20% do PIB no 2º tri ante 2º tri de 2016

    Os economistas do mercado financeiro mantiveram a projeção de recuo de 0,20% para o Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre de 2017, ante o mesmo período de 2016. Isso é mostrado na abertura dos dados do Relatório de Mercado Focus, divulgado na manhã desta segunda-feira, 3, pelo Banco Central.
    No mês passado, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os dados do PIB no primeiro trimestre deste ano: houve queda de 0,4% ante o mesmo período de 2016 e avanço de 1,0% ante o quarto trimestre do ano passado.

    O Sistema de Expectativas do Mercado, atualizado nesta segunda pelo Banco Central, não traz as projeções das instituições para o PIB na margem – ou seja, para o segundo trimestre de 2017 ante o primeiro trimestre deste ano.

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Zé do Brejo 3 de julho de 2017 at 10:46

    Galera, por favor, me ajudem entender uma coisa
    https://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2017/06/30/desemprego-e-de-133-e-atinge-138-milhoes-de-trabalhadores-diz-ibge.htm
    Se temos 13,3% de desempregados e isso representa 13,8 milhões de pessoas, isso significa que temos cerca de 104 milhões de trabalhadores.
    50% da população ativa, me desculpem mas esse número não me parece real. Diria que se muito devemos ter no máximo uns 50 milhões de trabalhadores sustentando 150 milhões de parasitas.
    Confere produção?

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 11:03

      Zé do Brejo
      Este número do IBGE de população desocupada compreende as pessoas que não tinham trabalho e estavam efetivamente procurando trabalho, em um determinado período de referência e incorpora o conceito de disponibilidade para assumir o trabalho na semana de entrevista, o que não é investigado na pesquisa atual, então pessoas que não estava procurando trabalho, como os nen-nem, pessoas que estou gozando do seguro-desemprego ou do bolsa família, não entram como desempregados.

      Por força de lei, o IBGE teve que mudar a metodologia, para seguir o padrão mundial definido pela OIT
      http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/indicadores/trabalhoerendimento/pme/pmemet3.shtm

      O IBGE ao invés de dar o nome DESEMPREGADOS, utiliza o nome SUB-OCUPADOS e hoje seriam 26,5 milhões, ou cerca de 24,1% da PEA
      http://g1.globo.com/economia/noticia/mercado-tem-265-milhoes-de-trabalhadores-subutilizados.ghtml

      Em 2013, a população em idade ativa (PIA), isto é, com 15 anos ou mais de idade, chegou a 156,6 milhões. Nesse universo, cerca de 102,5 milhões (65,5%) compunham a população economicamente ativa (PEA) e 54,1 milhões de pessoas (34,5%) formavam a população não economicamente ativa (PNEA). Os dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)
      http://jornalggn.com.br/noticia/populacao-brasileira-em-idade-ativa-atingiu-1566-mi-em-2013

      Na Europa, a PEA é de 75%-80%

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Zé do Brejo 3 de julho de 2017 at 11:10

        Valeu Cesar,
        Realmente os números não batem, sua demonstração ficou bem clara, obrigado!
        Abs

        1+
        • avatar
  • Louro José 3 de julho de 2017 at 10:47

    CA

    bolhista fulano de tal,

    Trechos interessantes:

    “Os proprietários estão abrindo mão de exigências para assinatura do contrato, como fiador. Além disso, aceitam redução de 30% a 33% em relação ao valor pedido inicialmente. Já há casos em que o inquilino consegue uma carência de até três meses, período em que paga somente os encargos.”

    “A queda de preço é ainda maior se for um imóvel de alto padrão, com desvalorização de até 25% em um ano.”

    “Com o mercado imobiliário patinando por causa da crise, um fenômeno contribui para o aumento da oferta de apartamentos para locação: são proprietários que não conseguem vender o imóvel ou não aceitam preços mais baixos e decidem alugá-lo para não arcar com pagamento de condomínio e taxas. Além disso, as construtoras finalizaram a entrega de unidades de grandes empreendimentos, contratados antes do agravamento da crise. Para o gerente geral de Imóveis da Apsa, Giovani Oliveira, o aumento de 300% desde 2015 no número de imóveis disponíveis para locação também pode ser atribuído à devolução de apartamentos que antes estavam alugados.”

    4+
    • avatar
      Carlos
    • avatar

    Nós previmos tudo isso hahahahahahaha

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Grilo Falante 3 de julho de 2017 at 10:57

    Bom dia, nobres bolhistas,
    Antes da crise do Temer, quando tudo parecia que ia melhorar, apliquei 57% do meu patrimônio em CDBs prefixados dos bancos BMG, Pine e Pan, sem liquidez até 2020. E agora estou muito arrependido, com medo de risco sistêmico, quebradeira.dos.bancos e FGC não dar conta de resgatar. Estou perdendo o sono até. Alguem sabe se existe alguma brecha pra conseguir resgatar meu dinheiro? Já pedi o resgate, via assessor da XP, mas segundo ele os bancos negaram. Mercado secundário? Vcs acham que pode mesmo haver quebradeira.de bancos, principalmente após a delação do Palocci? E risco sistêmico? CA, me dá uma luz! To perdendo o sono com isso…
    Desde já, obrigado a todos!

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 3 de julho de 2017 at 11:12

      Fique tranquilo, a situação do país não é boa, mas ainda não há motivo para perder o sono.
      2020 está logo aí.

      Não acho que haverá quebradeira de bancos, no máximo um ou dois até 2020, e nesse caso o FGC dá conta.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Renato C 3 de julho de 2017 at 11:16

        Concordo com o Antigo!

        3+
    • Zé do Brejo 3 de julho de 2017 at 11:13

      Itaú e Bradesco abraçadinhos na lava-jato tb 🙂

      6+
      • avatar
      • avatar
    • tnumaboa 3 de julho de 2017 at 11:15

      Fala sério! Delação do Paloci, delação do Cunha, delação da pqp, não muda nada! Eu também tenho CDB/LC prá 2 anos! O que acho é q o juros vêm caindo e a tendência é cair mais com a recessão. Se aplicar no curto prazo, juros baixíssimos, se aplicar no médio ou longo prazo, juros um pouco melhores, ou seja, se ficar o bicho pega, se correr, o bicho come! Hora de diversificar e começar a pensar em investir no exterior! Chega de só risco Brasil!

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Deralian 4 de julho de 2017 at 11:45

        Felizmente há males que acontecem para o bem. Depois de prejuízos substanciais na Banania levei meu capital para outro país. Fazia trades no bovespa e a rentabilidade é muito penalizada pela corrupção, pois toda hora tinha que apertar F5 nas páginas da Receita e polícia Federal para saber se a empresa estava involvida em algum esquema. Isso quando o governo Bolivar da Banania não atrapalhava com alguma intervenção descabida.

        1+
    • From_The_Tower 3 de julho de 2017 at 12:07

      Fique tranquilo.
      Em alguns casos é até melhor que quebre antes ….. aí você recebe antes.
      O FGC é muito organizado..leia os relatórios deles e a maneira como eles protegem o capital.

      4+
      • avatar
    • From_The_Tower 3 de julho de 2017 at 12:25

      Quem tem que perder o sono são os endividados….
      não os poupadores.
      relax …. aproveite o PMJ !

      5+
      • avatar
      • avatar
  • lendo e observando 3 de julho de 2017 at 11:13

    Essa matéria do o globo já foi postada várias nesse tópico, mas merece virar tópico próprio pra entrar pra história do blog rs.

    “https://oglobo.globo.com/economia/na-crise-proprietarios-de-imoveis-ja-dao-ate-tres-meses-no-aluguel-de-graca-21545978#ixzz4lltdY9Wg

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • lendo e observando 3 de julho de 2017 at 11:16

      Principalmente esse trecho.

      “o aumento de 300% desde 2015 no número de imóveis disponíveis para locação também pode ser atribuído à devolução de apartamentos que antes estavam alugados.”

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • lendo e observando 3 de julho de 2017 at 11:17

        É ou não é o que ocorreu em São José do Campos???
        Os antigos do blog lembrarão!!!

        3+
        • avatar
    • Coelho da pascoa 3 de julho de 2017 at 11:17

      Em algum momento vamos ouvir noticias de que os barracos nas favelas estão começando a ser abandonados.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 3 de julho de 2017 at 11:21

    MELHOR CHAMADA! TÓPICO!

    http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/economia/credito-imobiliario-da-sinais-de-que-chegou-ao-limite/?cHash=ba0b6543f20090591413a550a4a8967c

    Crédito imobiliário dá sinais de que chegou ao limite
    Suspensão da pró-cotista serve de alerta para o mercado

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 3 de julho de 2017 at 11:23

      O volume do SBPE na Caixa despencou de R$ 14,963 bilhões de janeiro a março de 2014 para R$ 4,26 bilhões em igual período deste ano –a queda é de 71%

      “A linha acabou, pois o orçamento para o ano já está dado”, diz o vice-presidente de Habitação do Sindicato da Indústria da Construção do Estado (Sinduscon), Ronaldo Cury. “O mercado vai continuar a produzir e vender, mas o cobertor é curto e faltará dinheiro”.

      Procurada por A Tribuna, a Caixa diz que a linha pró-cotista tem orçamento previsto para este ano de R$ 6 bilhões. “Os recursos disponibilizados para a referida linha já foram utilizados”, diz a nota do banco. Já o Ministério das Cidades, responsável pelos investimentos na habitação, não dá a linha como encerrada para este ano. A pasta afirma que para o exercício de 2017 foram “inicialmente” disponibilizados R$ 5 bilhões à pró-cotista, com suplemento de R$ 2,54 bilhões em maio (este valor também já acabou, segundo o mercado). Perguntada se pode destinar mais recursos à linha, a pasta não respondeu diretamente: “por fim, informamos que até o presente momento não recebemos novo pedido de suplementação de recursos”.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 11:28

      Pelo jeito estamos no ponto de ruptura.
      Vi folder no supermercado de corvolária: Pronto pra morar 2014!! oferta. 3 entrega em 2017, últimas unidades.
      Postei no face falando da “sobra de imóveis”… 8 curtidas sendo uma curtida de uma que aluga e comentou “é vedade” kkkk
      Quem vai comprar esse ano.. nessa instabilidade… kkk congelados, imagina outro impitima..

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 11:31

      Como coloquei mais acima, o que provocou o aumento no valor dos imóveis foi o crédito e não a demanda.
      Acabando o crédito o valor tende a voltar ao que era antes
      Para descobrir o valor que cairão os imóveis, seria só pegar o valor em 2014 e aplica o IGP-M aos terrenos e o INCC aos imóveis prediais, isso depois da fase de DESPAIR, onde o valor ficará abaixo do mediam line.

      https://www.bolhaimobiliariabrasil.com/2017/06/30/mutuario-do-minha-casa-minha-vida-com-prestacoes-em-atraso-tera-que-devolver-subsidio-ao-governo-hojeemdia/#comment-143594

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 3 de julho de 2017 at 12:06

      Cajuzinha,

      O SBPE despencou muito mais do que a verba da poupança em si. Isto ocorre porque as famílias não estão mais conseguindo comprar imóveis, nem com os juros da poupança, que são menores que de outras fontes de recursos como a LCI, por exemplo.

      A única forma que o mercado ainda consegue PEDALAR é com dinheiro do FGTS, onde o juros é menor ainda. Só que daí o Pró-Cotista não dá conta, precisa de aportes adicionais o tempo inteiro.

      Pior: isto não significa que depois as pessoas vão conseguir pagar, só porque o juros do dinheiro vindo do FGTS é menor, basta ver o MCMV faixa 1, o financiamento mais subsidiado de todos, onde o Tesouro banca QUASE tudo e que está com 35% de inadimplência, com mais de 288.000 contratos com atraso acima de 90 dias, ou ainda, as demais modalidades de crédito imobiliário onde segundo o BC, temos mais de 233.000 contratos com atraso no pagamento superior a 90 dias. Na soma destes números, se pegarmos a parte da CEF e ela viesse a retomar os imóveis de toda esta inadimplência, SOZINHA ela teria um estoque equivalente a mais que o TRIPLO de todas as construtoras juntas! Isto porque as construtoras já estão com super-estoques equivalentes a ANOS de vendas…

      Enquanto isto, o FGTS sendo SUGADO de todas as formas possíveis e imagináveis e o pessoal do segmento imobiliário e asseclas FINGINDO que este dinheiro vai durar para sempre. De um lado, os próprios ROMBOS da inadimplência do MCMV faixas 2 e 3, de outro, “N” golpes com uso do dinheiro do FGTS, como o que levou vice-presidente da CEF para cadeia, ou os bilhões de R$ jogados no lixo no “Porto da Alice no País das Maravilhas”, dentre outros, fora as “bondades” do governo, como a liberação de verba para inativos e o fato da própria queda da SELIC colaborar para reduzir o retorno dos investimentos feitos com saldo do FGTS e a desaceleração do mesmo em virtude do cenário quanto ao desemprego.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 11:46

      E o condomínio nem está tão caro assim

      2+
      • avatar
    • Zé do Brejo 3 de julho de 2017 at 11:53

      ALTO PADRÃO… hahahahahahaha
      Fica no 45o andar? Cada piada que me aparece que só rindo mesmo.

      2+
      • avatar
      • avatar
  • lendo e observando 3 de julho de 2017 at 11:55

    Muito estranha é a afirmação:
    “a cidade do Rio já tem 14,4% de imóveis residenciais vagos para locação” na matéria do o globo.
    PQ? pq menos de 15% de vacância ainda é muito pouco pra criar toda essa onda de “benefícios”.
    A reportagem é meio sacana pq não diz qual a vacância por outros motivos: venda, inventário (morte do proprietário) e outros…
    Quando lemos vagos logo pensamos na vacância total, ainda mais que eles não citaram os outros números.
    Mas reparem que no final da frase eles dizem “para locação”.
    E se considerarmos os imóveis que estão inadimplentes e serão vendidos mesmo estando ocupados isso aumenta ainda mais o número de imóveis disponíveis pra serem transacionados no mercado. Digamos que sejam uns 3% nessa categoria leilão.
    E digamos que sejam uns 7% os imóveis vagos pra venda.
    Aí sim dá pra entender pq as condições pra compra e aluguel hj estão melhores! (pros bolhistas)
    A vacância total está bem acima de 20% e a quantidade de imóveis disponíveis pra serem vendidos, quando se somam os leilões, realmente está mostrando oferta alta e demanda baixa, o que não deve ser resolvido tão cedo.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • pedrobenevides 3 de julho de 2017 at 11:58

      Enquanto isso comprei a pipoca e aguardo, vão sangrar mais, deixar os investidores sangrarem até me implorarem pra alugar o imóvel deles, quem sabe rachando o condominio e tudo kkk

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • lendo e observando 3 de julho de 2017 at 12:08

        Exatamente!!!
        Como já disse antes vi um parente ficar uns 10 anos com o preço do imóvel quase parado.
        Acho que após a queda num primeiro momento, veremos um segundo momento em que os preços ficarão novamente parados por grande período de tempo. E aí a inflação fará o seu trabalho tb.

        5+
        • avatar
        • avatar
    • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 12:04

      Lendo e observando
      14,4% vagos para locação
      XX,X% vagos para venda
      YY,Y% vagos abandonados
      ZZ,Z% vagos de uso eventual
      Quanto será a somatória de tudo isso? Só em 2021 saberemos pelos censo do IBGE

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • lendo e observando 3 de julho de 2017 at 12:11

        perfeito…o que achei sacana foi que eles não deram os outros números e isso deu a entender q seria a vacância total pra quem lê o texto sem atentar pra esse detalhe maroto rsrs.

        3+
        • avatar
    • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 12:16

      Lendo e observando
      Só para você ter uma referência, seguem os números dos associados com a SECOVI DF
      Em maio de 2017, dos 57.847 imóveis vagos
      39.436 residencial para venda
      9.505 residencial para aluguel
      5.446 comercial para aluguel
      3.460 comercial para venda
      http://www.secovidf.com.br/novoportal/images/arquivos/pdf/boletins/2017/Boletim_Imobiliario_Julho_2017.pdf

      Estima-se que os números dos associados da SECOVI-DF representem menos de 50% do universo disponível de imóveis, nas mãos de pessoas físicas ou de pessoas jurídicas não associadas a SECOVI.

      Pelo IBGE em 2010 – http://www.censo2010.ibge.gov.br/sinopse/index.php?dados=22&uf=53
      Total 856.635
      Particular 855.506
      Particular Ocupado 774.922
      Particular Uso ocasional 17.607
      Particular Vago 62.977
      Então é provável que hoje, o número de vagos esteja entre 120 a 180 mil

      4+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • From_The_Tower 3 de julho de 2017 at 12:11

    CVR
    lembram daquela conhecida que comprou casa e se arrependeu?
    fez financiamento no BB para 26 anos e pagava cerca de 600,00 mensais para manter um imóvel que não utilizava.
    (interior do Paraná)

    ela aceitou minha dica e baixou 30k o preço em relação aos vizinhos.
    conseguiu vender para um casal assalariado.

    P.S. Casal não deu entrada pois não tinham… e conseguiram financiar cerca de 95k no BB. e ainda darão mais 5k em 10 vezes. (promissórias)

    Essa conhecida está me agradecendo muito …. pois se verá livre das prestações . E concordou que agiu sem nenhum pingo de racionalidade… financiou porque todos da família estavam fazendo isso para alugar… P.S. financiado imóveis pelo MCMV.

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 3 de julho de 2017 at 12:12

      P.S 2 . Não tem nenhum centavo guardado. E agora terá 12k.
      Adivinha o que pretende fazer?

      ???

      Eu si divirtu.

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 3 de julho de 2017 at 12:14

        O bananense já se acostumou sem dinheiro.
        O que não se acostumam é ficarem sem dívidas.

        PMJ !!!
        Tá bom demais.

        18+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 12:21

          foi o que comentei lá acima
          “financiou porque todos da família estavam fazendo isso para alugar…” por isso 80% dos mcmv estão irregulares..kkk

          Paradoxo: frase “aluguel é dinheiro jogado fora”,… “vou investir pra alugar na aposentadoria”….

          13+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 3 de julho de 2017 at 12:24

            mas ela viu o condomínio encarecer e a destrutora com mais 18 unidades de sobradinhos geminados sem vender …..
            aí percebeu a trolha.
            Ela teve que abaixar o preço … justamente para ficar competitivo com os demais…. pois os demais ainda podem dar mais de 15k de subsídios fora os 4,5% de juros na parcela + TR.
            Resumindo: é por isso que a BNN está do jeito que está.

            7+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
  • From_The_Tower 3 de julho de 2017 at 12:19

    Quem recebeu Juros Semestrais das 2027 pré ?
    \o/

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 3 de julho de 2017 at 12:50

      Vendi meu ipca +6,01% com 3,46% de lucro
      Comprei dia 18/05

      Teve um dia que chegou a bater 3,96% bobiei e não vendi. Fica a lição…pelo menos sai com um belo lucro!

      3+
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 3 de julho de 2017 at 13:17

        Boa garoto !!!
        Por isso que é importantíssimo ter aplicações financeiras em D+0.
        😉

        2+
        • avatar
        • Leonardo M. 3 de julho de 2017 at 13:25

          Agora acho que vou pegar essa grana e colocar em uma LCI da Sofisa por 3 meses.
          88% d CDI nada mal!

          Uma pena que a banania é muito instável se não colocaria em um CDB deles de 110% por 3 anos que seria 96,5% de uma LCI.

          Mas banania é banania
          LFT,lci,CDBs,etc com liquidez d+0 e D+1 são necessárias.

          1+
          • avatar
  • lendo e observando 3 de julho de 2017 at 12:23

    Ainda sobre a frase:
    “o aumento de 300% desde 2015 no número de imóveis disponíveis para locação também pode ser atribuído à devolução de apartamentos que antes estavam alugados.”
    Pra cada 100 unidades em 2015 hj temos 400 unidades pra alugar!!!
    Dá pra dizer tranquilo que ainda teremos muita “promoção” no aluguel em 2017 e 2018 pelo menos.
    E isso vai deixar muito investijolo sem dormir.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 3 de julho de 2017 at 12:34

      Sim!
      Investijolo imobiliza o capital, paga os juros do financiamento, e no final aluga de graça tendo o morador apenas que dar conta do IPTU e condomínio.

      Nova sigla para o blog, #PMA => Pague meu aluguel!

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 3 de julho de 2017 at 12:40

    Pedidos de visto de brasileiros para estudar em Portugal aumentam 148%
    Hoje, 22 universidades portuguesas aceitam o Enem como forma de ingresso
    2300 estudantes sairam…. (hahaha e se voltarem atrasam o casamento, não compram uma casa,e preferem migrar novamente)..
    Leia mais: https://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/pedidos-de-visto-de-brasileiros-para-estudar-em-portugal-aumentam-148-21486765

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 3 de julho de 2017 at 13:23

    TÓPICO NOVO

    2+
  • lendo e observando 3 de julho de 2017 at 13:23

    CRV 3
    Um dia estava caminhando com a antiga namorada em vila isabel, bairro que ela jurava ser não ser da zona norte rsrsrs
    Ate hj rio quando lembro que zoava, falando que tinha razão e que vila isabel fazia parte da zona sul e ficava ao lado do leblon rsrs
    Voltando ao que interessa… estávamos andando e vimos um prédio que seria construído e resolvemos visitar e perguntar o preço.
    Isso antes da copa e jogos olímpicos…
    2 quartos por módicos 800K rsrsrssrsrsrsrsrsrsrrssrsrrs
    Falei com o corretor que esse preço não se sustentaria após os eventos
    Claro que ele disse que após seria ainda mais caro rsrsrsrsrsrs

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar