#BolaDeCristal – Preço dos imóveis deve cair ao menor nível em 2017 – Exame

Você pode gostar...

Comments
  • Baby Boy 21 de dezembro de 2016 at 12:02

    Campanha:
    #Por mais fernandus na banania!
    Meu juros não podem parar de trabalhar!

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Baby Boy 21 de dezembro de 2016 at 12:21

      666 = meus macaquinhos e escravos

      11+
      • avatar
      • avatar
  • Brazil mode OFF 21 de dezembro de 2016 at 12:05

    Faz sentido pois se a economia e credito melhorarem um pouco, será a oportunidade de ouro (única) das construtoras de desovarem seus estoques.

    9+
    • avatar
    • avatar
  • Antigo 21 de dezembro de 2016 at 12:11

    Além disso, as construtoras já estão com margens bastante apertadas para diminuir preços, diz João da Rocha Lima, professor do Núcleo de Real State da Poli-USP. “Não há espaço para mais quedas”

    As empresas estão quebradas e estão pensando em margem de lucro?
    É como um pai que está sem comida na geladeira para alimentar os filhos e tenta vender a TV da sala para um amigo, com lucro. Não vende se não tiver lucro. Enquanto isso, família passando fome.

    É um pensamento bem coerente.

    68+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CarlosL 21 de dezembro de 2016 at 12:19

    “as construtoras já estão com margens bastante apertadas para diminuir preços, ”

    Faz sentido, dependendo de quantos recebem “% doações” até hoje devido as regras MCMV, estímulos construção civil, habite-ses ……..

    8+
    • avatar
    • Lucas 21 de dezembro de 2016 at 14:34

      A margem não é a causa dos preços, margem não forma preço
      eu posso construir algo muito caro, seu preço será zero se for algo inutil
      isso é o básico do básico do primeiro ano de economia na FEA ali do lado da sede da Fipe
      isto é a prova que eles mentem com consciencia de que estão enganando.
      RATOS! não é a toa o nucleo de batuque da poli chama rateria

      28+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CarlosL 21 de dezembro de 2016 at 16:25

        Joga-se palavras ao vento; Pega a brisa quem quiser…

        6+
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 21 de dezembro de 2016 at 22:29

        Lucas não é Uspiano mas matou a xarada…

        Esse pessoal da POLI-USP claramente se faz de besta…qualquer aluno de estatistica do primeiro ano do IME-USP prova que estão blefando. Tem grana por trás desse galera aí… Antes a suspeita era que só FEA-USP era vendida …agora os grupos da POLI-USP tb. Pena que não temos grupos de estudo de Real Estate no IF-USP ou IME-USP, mas por isso contrato gente apenas de lá pra treinar.

        Como ex-Uspiano sinto extrema vergonha desses politrecos…

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • EngenheiroSP 22 de dezembro de 2016 at 11:18

          Separe bem: Grupo da PRODUÇÃO, onde fica esse núcleo de real estate. Departamento esse que o resto da Poli desconsidera

          3+
      • Fernando 22 de dezembro de 2016 at 00:42

        So um pequeno detalhe: imóvel próprio é o sonho da maioria dos brasileiros.

        Todo o seu raciocínio é completamente inútil diante desse fato.

        7+
        • avatar
        • avatar
        • Money_Addicted 22 de dezembro de 2016 at 11:19

          nesse ponto concordo plenamente -> imovel proprio eh sonho da grande maioria dos brasileiros 🙂

          E a maioria aqui os ajuda a realizar esse sonho em troca de um singela contribuicao de 1% ao mes, o qual usamos muito bem.

          Nessa epoca d natal, meus sinceros agradecimentos, estou falando serio, a voce Fernando e a todos como vc q financiaram em 35 anos.

          Obrigado e boas festas

          []’s e nao se esqueca PMJ

          15+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • odorico 22 de dezembro de 2016 at 12:25

          Deus abençoe o Fernando e milhões de brasileiros que sonham com imóvel próprio. Finalmente, um herói para nossas galinhas de juros. Eu não sei porque o CA, Lucas e outros ainda rebatem o Fernando. “Cultivai Fernandos de mão cheia”…. Eu só falo mal de imóvel aqui no blog, fora sou polishop “Comprem, comprem, comprem……”

          7+
          • avatar
  • SampaBoy 21 de dezembro de 2016 at 12:26

    Incrivel, mesmo na lama o discurso é de que esta tudo bem e eles podem manter “margens”. Afinal, prejuizo é impossivel não é ? …kkk, precisa avisar que ninguem quer mais preço “atrativo”, todos querem preços no minimo absolutamente obscenos e humilhantes.

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 21 de dezembro de 2016 at 12:28

    Segue um artigo excelente, que recomendo a leitura:

    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2591

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Zamoht 21 de dezembro de 2016 at 13:21

      As taxas de juros para a população no Brasil sempre são justificadas pelo mercado com muito embasamento. Só não consigo entender os critérios dos bancos para o limite de crédito concedido. Acho que eles trabalham como traficantes de dinheiro, dão um limite absurdo para todos e escravizam quem realmente quer pagar.

      8+
      • Zamoht 21 de dezembro de 2016 at 13:24

        No texto não fala, mas talvez seja o caso de um dos efeitos seja ajustar o limite de crédito para a realidade das pessoas, que hoje está totalmente fora da realidade.

        7+
      • Ilusionista 21 de dezembro de 2016 at 14:10

        um limite de 30% da renda seria seguro, só que eles elevam o limite a 300% da renda com a facilidade proposital de parcelar o saldo no rotativo. Para ajudar, grande parte da população ainda pensa que crédito faz parte da renda…..

        13+
        • avatar
        • avatar
        • Zamoht 21 de dezembro de 2016 at 14:15

          Tenho a impressão que se apertassem as regras essa farra acabava.

          4+
          • avatar
    • Zamoht 21 de dezembro de 2016 at 13:24

      (cortou o meu comentário)

      No texto não fala, mas talvez seja o caso de um dos efeitos seja ajustar o limite de crédito para a realidade das pessoas, que hoje está totalmente fora da realidade.

      4+
    • Nelson Schadenfreude 21 de dezembro de 2016 at 13:35

      ARTIGO INCOMPLETO! Ele omite um detalhe muito importante: na situação atual, o LOJISTA financia o comprador, pois recebe só depois de semanas, e os intermediários recebem suas comissões. Na situação planejada (2 dias para o pagamento), o BANCO financia o tomador. E, afinal, essa é a função do banco. E o BANCO vai deixar EXPLÍCITA a taxa de juros desse financiamento na fatura do cartão. Na situação atual, o LOJISTA repassa seus custos financeiros para os preços (cobra mais) e acaba apenas PARECENDO que o comprador não paga juros (ele paga embutido nos preços dos bens).
      A medida do GOVERNO está CORRETA, tendo em vista que o objetivo é deixar explícito para os compradores os custos da compra com o cartão, e permitir que ele escolha alternativas mais baratas (dinheiro, débito). Quanto às fintechs, se não estiverem agregando valor (e não estão), que que se explodam.

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Libertario 21 de dezembro de 2016 at 14:37

        Muito bem colocado.
        Porem, embora alguns lojistas possam ter previsto algum “jurinho” no seu produto, por conta do prazo maior para recebimento, duvido que com esta medida eles eliminarão este mesmo custo/juro das suas margens, em função do adiantamento do pagamento.
        E mesmo se reduzirem, é mínimo este juro – emprestimo para investir é menor que para consumo, como o texto mesmo explica.
        Em contra partida, as instituições financeiras elevarão os juros do rotativo e custos de anuidade.
        Ou seja, o usuario do cartão quem vai se ferrar mais.

        4+
        • avatar
      • CA 21 de dezembro de 2016 at 14:51

        Nelson,

        Entendo o que você quer dizer, mas creio que este não seja o objetivo principal do governo. Esta é uma medida POPULISTA, do tipo que serve para ILUDIR as pessoas e fazer parecer que esta é a “tábua de salvação” para os pequenos negócios que estão AFUNDANDO nos últimos anos, com recorde de quebra de pequenas lojas e muitas que estão deixando de abrir.

        Quanto a maior transparência e melhor decisão financeira dos consumidores, que você mencionou, na verdade hoje todos os consumidores que se utilizam do cartão de crédito já sabem, decor e salteado, que os juros são abusivos, sabem disto muito antes de se enrolarem em dívidas impagáveis, se a transparência é um diferencial para uma melhor opção financeira individual, por que isto nunca fez nenhuma diferença para estes consumidores? É o mesmo exemplo quanto a vendas falsas e distratos, ou seja, como regra as pessoas não tem tido esta sabedoria financeira e não resta a menor dúvida de que isto ocorre apesar de terem amplo acesso à informação.

        O Governo quer PASSAR A IMAGEM de que está punindo os malvados dos bancos e daqueles que estão envolvidos nesta operação de crédito e salvando os bonzinhos dos lojistas. Toda vez que o governo banca Deus para determinar quem são os bons e os maus e se intromete no mercado sem medir as consequências, o resultado é sempre o pior possível.

        Para começar, esta mudança não é a “tábua de salvação”, pelo simples motivo que o afundar das lojas não teve como causa RAIZ a relação destas com empresas de administração de crédito. Tanto é que os EFEITOS COLATERAIS explicados no artigo, deixam claro que o prejuízo será maior que o benefício. Não podemos nos iludir, Bancos e outras empresas ligadas à este negócio não ficarão no prejuízo, este prejuízo só irá aparecer de outra forma, mas maior do que era antes desta intervenção do governo (detalhes no artigo).

        Se o governo quisesse resolver os problemas das lojas, um ponto essencial seria acelerar a explosão da bolha imobiliária. Se vemos um recorde de lojas fechando já há alguns anos, se observamos depoimentos em diversas reportagens sobre lojas que não conseguem pagar o aluguel, isto se deve essencialmente ao fato do preço dos aluguéis comerciais terem subido sem fundamento e de forma exagerada (*), combinado com o fato da bolha imobiliária ter sugado liquidez do mercado e ter juros subsidiados excessivos para apenas um setor em detrimento dos demais que pagam a conta destes juros (SELIC menos efetiva), juntamente com aspectos ligados a desemprego gerado pela bolha, queda na renda disponível para famílias com endividamento exagerado com o crédito imobiliário (menos dinheiro para consumir produtos e serviços), etc., etc., etc… É ÓBVIO que este governo não irá fazer isto, então o que eles fazem? Tampam uma hemorragia com esparadrapo, que é esta medida que eles estão adotando. Resolve o problema? Não resolve, cria outros problemas e por não estar atacando a causa raiz do problema, ao contrário, estar apagando incêndio com gasolina (novos apoios subsidiados para setor de construção leve), só aumenta as distorções existentes e os efeitos danosos decorrentes.

        Exemplo: de 2007 a 2011, segundo pesquisa da FGV, a rentabilidade do aluguel comercial quase TRIPLICOU. Quem pagou a conta?

        20+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Nelson Schadenfreude 21 de dezembro de 2016 at 16:17

        Libertário,
        Os lojistas podem até tentar engordar suas margens de lucro com a economia dos encargos financeiros e não repassando ao consumidor, mas não terão tanto sucesso porque estão sujeitos à concorrência.
        CA,
        A maioria das medidas apresentadas pelo BC e pelo governo nesse “pacotinho” são decentes ajustes microeconômicos que ajudam a melhorar a eficiência da economia, e nisso são OK. O fato é que o governo juntou um monte de medidazinhas que tem impacto pequeno e de longo prazo para criar um factóide positivo no meio das notícias de queda da atividade. Aí, fica com cara de propaganda enganosa.
        Quanto à bolha imobiliária: ela não é causa da crise econômica (a causa foi a Nova Matriz Econômica) e nem o seu mais importante fator (é o desajuste fiscal). Mas tampouco é o rabo do cachorro, está mais para a pata da frente. É canal importante de ampliação do ciclo econômico (em tempo, no jargão economês, ciclo são flutuações em torno da tendência de crescimento de longo prazo da economia. Mesmo a crise de 2008 é considerada um parte do ciclo. Ciclo<>periodico). Mas não é centro da crise.

        Que os custos financeiros dos meios de pagamento sejam claros e explícitos. A luz do sol é o melhor desinfetante.

        11+
        • avatar
        • avatar
        • CA 21 de dezembro de 2016 at 18:03

          Vamos por partes:

          1) No caso das lojas especificamente, disse que a bolha imobiliária fazia parte da causa RAIZ para os problemas que elas enfrentam, embora não tenha dito que era a causa exclusiva, mas sem dúvida, a sua participação na causa RAIZ no caso das lojas, é muito relevante, ainda mais do que no caso da economia como um todo. Neste caso especificamente, entendo que a bolha imobiliária em si causa muito mais prejuízos do que a questão fiscal;

          2) Temos um elefante que está tentando sair pela porta, sem sucesso, porque não passa por ela, obviamente, que é a crise política. Temos um bode que está na sala, que quando o retirarem, todos pensarão que a situação da economia vai melhorar de imediato, que é a crise fiscal. Temos um cabrito na sala, que ajuda a gerar muitos sustos nos desavisados e afeta em primeira instância a crise política e em segundo a própria crise fiscal, é o cabrito que incomoda o elefante e o bode. Por trás de todos estes animais, está escondida a bolha imobiliária. Se encaminharem de forma excepcionalmente boa a recuperação fiscal, algo que seja muito acima do esperado e se a Lava-Jato e demais operações policiais não trouxerem mais surpresas desagradáveis para o Governo, daí é que vão descobrir a pequena falta de liquidez na ordem de R$ 1 TRILHÃO, com queda de 25% em 1 ano e voltando ao patamar de 2012, vão descobrir que quase 50% das grandes empresas não tem geração de caixa operacional sequer para pagarem os juros das suas dívidas e portanto, elas não terão fôlego para retomar investimentos, por mais que estejam “otimistas” com o ajuste fiscal ou com uma queda mais rápida da SELIC, vão descobrir que o super-endividamento das famílias, que se mantém em patamar próximo do recorde, não vai se resolver de imediato, porque o seu financiamento imobiliário com peso elevado no orçamento vai durar mais algumas décadas, com isto sem permitir também que elas usufruam de um aumento de consumo, vão descobrir que a inadimplência, em função destes fatores e alguns outros, vai permanecer ainda anormalmente elevada, forçando spreads igualmente altos e por consequência, juros finais de empréstimos bancários ainda proibitivos para que o consumo e investimentos possam crescer, vão descobrir que os preços de aluguéis comerciais continuam proibitivos, que os super-estoques de imóveis em proporção à vendas não permitem aumentos em lançamentos, até porque não haverão aumentos de vendas milagrosas, com isto não terão a recuperação rápida dos empregos da construção civil e ao terem estas “descobertas”, dentre uma infinidade de outras, é que começarão a ver como a bolha imobiliária também tem uma “parcelinha” relevante nesta crise.

          9+
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 21 de dezembro de 2016 at 22:44

            CA ,

            onde eu vejo que 50% das empresas não tem geração de caixa nem para pagar os juros das suas dívidas?

            E essas 50% referem-se apenas ao conjunto das que tomaram crédito, correto? Digo, dentre as que precisaram de crédito(qual a porcentagem disso no conjunto de todas as CNPJs?), 50% nao the Caixa nem para pagar os jurostos das dívidas…certo?

            3+
            • avatar
  • Alemon Fritz 21 de dezembro de 2016 at 13:18

    Na contramão da crise, Terracap fecha o ano no azul

    ..em 2016 a Terra vendeu 447 imóveis (!!!) , tendo lucro..
    ….agora faltam apenas 16.000 no estoque…para ser disponibilizado de imediato.

    http://noticias.r7.com/distrito-federal/jornal-de-brasilia/na-contramao-da-crise-terracap-fecha-o-ano-no-azul-21122016

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 21 de dezembro de 2016 at 13:20

      …O interessante não é vender quantidade, mas vender qualidade para não ter a inadimplência que a Terracap tem hoje…. kuaa estavelmente de preferencia

      4+
      • avatar
    • Cesar_DF 21 de dezembro de 2016 at 13:41

      O custo da TERRACAP é de 250 milhões por ano.
      Nos “áureos” tempos do auge da bolha, vendiam mais de 2 bilhões por ano.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 21 de dezembro de 2016 at 13:26

    Bolha Imobiliária Brasileira X Quebra de 1929

    https://www.youtube.com/watch?v=jYliiRSEuD4&feature=youtu.be&t=16m30s

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Ilusionista 21 de dezembro de 2016 at 13:26

    exemplos práticos nas novas regras previdenciárias, um site bem informativo…

    http://koetzadvocacia.com.br/reforma-previdenciaria/

    3+
    • avatar
  • Cesar_DF 21 de dezembro de 2016 at 13:26

    O que tenho falado das bolhas pipocando no mundo por causa dos 3 bilhões de dolares injetados pelo FED na economia.

    https://www.youtube.com/watch?v=SkEud1CajYA

    3+
    • avatar
  • Cesar_DF 21 de dezembro de 2016 at 13:29

    Como tem tudo a ver com o tópico, publicando novamente este texto

    Sobre o leilão do apartamento de 2 quartos, 61 m2, no bairro da Saúde – SP, terminou agora pouco.
    http://www.zukerman.com.br/ns/p/sp/sao-paulo/leilao-de-apartamento-jardim-sao-saverio-zona-sul/10013/106459?telaCat=1
    LOTE 001
    Apartamento – São Paulo/SP
    1º Leilão ( Sem Licitantes ) – Lance Mínimo R$ 304.210,57
    2º Leilão – Lance Mínimo R$ 77.338,99 (75% abaixo do valor do 1º Leilão)
    Maior lance R$ 155.338,99 ( Manual ) 41 lance(s)

    Fiz uma pesquisa no ZAP IMÓVEIS pelos semelhantes a ele, com área entre 60 e 70 m2, onde foram encontrados 836 apartamentos.
    https://www.zapimoveis.com.br/venda/apartamentos/sp+sao-paulo+zona-sul+saude/#{“precomaximo”:”2147483647″,”areautilminima”:”60″,”areautilmaxima”:”75″,”parametrosautosuggest”:[{“Bairro”:”SAUDE”,”Zona”:”Zona Sul”,”Cidade”:”SAO PAULO”,”Agrupamento”:””,”Estado”:”SP”}],”pagina”:”1″,”ordem”:”Relevancia”,”paginaOrigem”:”ResultadoBusca”,”semente”:”1687545621″,”formato”:”Lista”}

    Na primeira página extrai os valores anunciados e encontrei um valor médio R$516K, ou seja R$ 7,9K/m2

    No leilão saiu por 2,5K/m2, 68% a menos do que os valores anunciados.

    O detalhe é que no FIPEZAP, entre janeiro de 2008 a novembro de 2016 o índice de locação subiu 83,07%, o de venda subiu 237,23%, indicando que precisaria ocorrer uma queda de 65% para eles entrarem em reequilíbrio.
    http://fipezap.zapimoveis.com.br/

    O valor do lance vencedor neste leilão está batendo com a queda prevista pela relação ALUGUEL / VENDA.

    A previsão é que hoje, no bairro da Saúde – SP, onde um apartamento de 2 quartos é ANUNCIADO a 7,9K/m2 tende a cair para um “median line” de 2,7K/m2 quando terminar a bolha.

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • LZ 21 de dezembro de 2016 at 13:36

      Isso em SP.
      Imagina em outras cidades menos bolhudas.
      Mas para uma média interessante… entre 50 a 70% de queda é necessário para voltar a normalidade.

      Que bela motumbada !!

      6+
      • avatar
      • avatar
    • chigo 21 de dezembro de 2016 at 14:19

      O problema é quando imóvel está ocupado. na final vai estar totalmente destruido

      4+
    • Lucas 21 de dezembro de 2016 at 14:20

      ISSO UM IMÓVEL POPULAZARENTO nos cafundós da saúde, atrás do zoo
      acredito que na renda média-alta o soco seja ainda maior

      tenho aplicado esta técnica há anos
      o que tenho visto é imóveis top na vila olimpia que anunciavam por 7 milhões sendo leiloado por pouco mais de 1milho e alguns ainda dar vazio.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Fernando 22 de dezembro de 2016 at 00:46

      Isso não é um fato, é um desejo, ou talvez um sonho…

      4+
      • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 11:05

        é um leilão fake
        não existe esse site zukerman
        eu inventei

        5+
        • avatar
        • avatar
      • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 12:19

        Então né Fernando, só na hora que você vê apartamento saindo por 2.5K/m2 que percebe a merda que fez né rsrsrs

        2+
        • Fernando 22 de dezembro de 2016 at 17:08

          Vai lá e compra…

          1+
        • Fernando 22 de dezembro de 2016 at 17:14

          É exatamente o contrário…

          1+
  • calango_df 21 de dezembro de 2016 at 13:31

    Louro José 21 de dezembro de 2016 at 11:24
    Socorro aos bancos italianos
    Mundo 21.12.16 12:17

    O parlamento italiano aprovou hoje a criação de um fundo de até 20 bilhões de euros, com o objetivo de socorrer bancos em dificuldade.

    O que mais preocupa, no momento, é o Banca Monte dei Paschi, que vem tentando levantar 5 bilhões de euros entre investidores privados para reforçar o caixa e evitar uma intervenção pública.
    ——————-
    ta com cara que esta crise na Italia sera a janela do td que estou esperando. Deem uma olhada nesta analise: http://ggc-mauldin-images.s3.amazonaws.com/uploads/pdf/161203_TFTF.pdf

    4+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 21 de dezembro de 2016 at 13:41

      Tem que contaminar a Europa inteira…. aí temos uma chance de bater aqui.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • calango_df 21 de dezembro de 2016 at 15:20

        ai q esta a questao. italia eh a 5 economia do mundo. nao eh a grecia e tampouco, vendo como esta a economia grega apos 7 anos de politicas de austeridade imposta pela troica, nao parece q o eleitorado italiano estara disposto a aceitar o mesmo remedio. dai que existe, dada o alto endividamento publico e do sistema bancario, a possibilidade de a italia mandar um “live and let die” a zona do euro e pular fora. Banco central europeu nao teria condicoes de socorrer a italia e, mesmo que tivesse essa possibilidade, os outros paises membros ficariam putos da vida (“quer dizer q para a sardinha – grecia, portugal e etc – eh a musica da austeridade e para os tubaroes, a sinfonia brasileira – socorro sem contrapartida?”)

        5+
    • Nelson Schadenfreude 21 de dezembro de 2016 at 13:44

      Caros, a janela do TD deverá vir do fracasso do ajuste fiscal (o dos Estados já começou a micar ontem). E aí, prefiro estar dolarizado. Se o ajuste sair (principalmente a previdência), aí as NTN-Bs explodem.
      Minha aposta: o ajuste dos Estados vai ficar de meia boca para baixo (porque tiraria dinheiro dos políticos, já) mas o da Previdência passa (vai tirar dinheiro dos velhinhos, no futuro).

      5+
      • avatar
      • avatar
      • calango_df 21 de dezembro de 2016 at 14:12

        sem duvida o fracasso do ajuste Estados + crise Europa para ser o grão de areia que derruba qq esquema ponzi

        3+
      • Lucas 21 de dezembro de 2016 at 14:26

        pra inflaçãoc air 4% TD caiu 1%
        bom negócio pra nós.
        nominalmente recebemos menos, mas proporcionalmente recebemos muito mais.

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • calango_df 21 de dezembro de 2016 at 13:45

    vishi…ja comecou a fagocitose.
    “RJ paga 13º salário da Procuradoria Geral antes das demais categorias”
    http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/rj-paga-13-salario-da-procuradoria-geral-antes-das-demais-categorias.ghtml

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • calango_df 21 de dezembro de 2016 at 14:10

      sempre quis estudar a sustentabilidade de sistemas dinamicos submetidos exclusivamente a Lei de Gerson. Obrigado RJ, por financiar a minha pesquisa!

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 21 de dezembro de 2016 at 14:18

        No caso do Hell de Janeiro, nada é tão ruim que não possa piorar

        Crise no RJ: cerca de mil menores infratores serão liberados por falta de verba para manter unidades de internação

        A grave crise econômica que assola o Estado do Rio de Janeiro tem afetado o trabalho de ressocialização de menores infratores. Cerca de 1.000 adolescentes apreendidos terão que ser liberados para passar as festividades de Natal e Ano Novo em casa devido à falta de verbas para a manutenção das unidades de internação.

        A dívida do governo estadual com as empresas responsáveis pela prestação de serviços básicos ao Degase (Departamento Geral de de Ações Socioeducativas do Estado) chega a R$ 50 milhões. Algumas empresas já estão sem receber há mais de um ano.

        http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/crise-no-rj-cerca-de-mil-menores-infratores-serao-liberados-por-falta-de-verba-para-manter-unidades-de-internacao-20122016

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Antigo 21 de dezembro de 2016 at 14:20

          É o certo, toda criancinha tem direito a um natal feliz! Aposto que vão todas ver o papai noel.

          Só que não.

          7+
          • avatar
        • socrates 21 de dezembro de 2016 at 20:04

          isso com o inicio do verão !!!
          Turismo no rio vai ser um sucesso na estação. Se já é impossivel nao ver ondas de assaltos na orla em fins de semana com sol, agora, com essa medida entao… Tem que ser muito corajoso para visitar mesmo

          5+
          • avatar
  • Lucas 21 de dezembro de 2016 at 14:17

    olha a incoerência
    “a inflação caia, os preços devem ficar estáveis até voltarem a subir”
    os preços sobe mas a inflação cai, sim isso tem muita lógica sim.

    a euforia do crédito irreponsável para consumo gerou que ao antecipar uma renda fictícia, antecipou-se consumo do que nunca será nem produzido

    O problema sempre são os preços dos outros
    os meus preços sempre são os mais justos.
    PSICOPATAS BANDIDOS

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 21 de dezembro de 2016 at 14:30

    FESTIVAL DE DESCULPAS

    esse nucleo da Poli já debatemos com eles antes, é um grupo formado apenas por especuladores do mercado, suas análises são totalmente enviesadas, erraram todas as previsões e agora vem com mais das mesmas desculpas, de sempre: os custos, os estoques…

    Pelo menos não conseguem mais negar que os preços estão caindo, se eles falam em 2017 pode ter certeza que vai pra 2018.
    O dia que for verdade mesmo ninguem vai acreditar, venderam a creibilidade por esmola.

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Fernando 22 de dezembro de 2016 at 00:48

      Certo está vc, que compra imovel hj a 1k o m2… daí vc acorda…

      1+
      • avatar
      • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 11:00

        nunca disse que comprei imovel a 1k
        se existir é lá pro interior do BR

        essa técnica de enganar se chama técnica do espantalho

        vc cria um espantalho do seu adversário
        (por exemplo inventa algo que ele não disse, acusa de algo que ele não é, ou fez)
        depois ataca o espantalho

        4+
        • avatar
      • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 11:04

        é pela ponta do dedo que s ereconhece o gigante
        basta ele escrver 1 linha para gente perceber todo o mau caráter de uma pessoa

        0
  • Seguidor do Bolha BH 21 de dezembro de 2016 at 14:38

    Se alguém ainda tem dúvidas de quanto vale um imóvel, o Finge Zap responde.
    hahahahahaha

    https://www.zapimoveis.com.br/quanto-vale

    7+
    • avatar
    • Antigo 21 de dezembro de 2016 at 14:56

      Oitenta reais para saber quanto vale um imóvel com características semelhantes na mesma região, coisa que qualquer um pode descobrir pesquisando de graça no próprio site.

      É o produto perfeito do Jumentus Brasilis. Zap se superou nessa. Só não vai bombar porque não dá para parcelar esse valor em 10x.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Minions 21 de dezembro de 2016 at 15:01

    Nós, os pessimistas, já previmos que 2017 será outro ano de recessão e fundo do poço. Agora, os Economistas estão adotando este discurso.

    “O período de lua-de-mel do governo com os mercados e analistas está praticamente acabando”, diz a pesquisadora do Instituto Peterson de Economia Internacional, Monica de Bolle. “O governo não deve conseguir recuperar a confiança da qual ele já gozou, o que deve fazer de 2017 um ano complicado e é difícil imaginar que a economia saia do lugar.”

    Na avaliação da economista, o BC perdeu o “timing” e já deveria ter promovido corte mais agressivo na taxa de juros para aliviar o quadro econômico. “A situação do Brasil é tal que os balanços dos setores público e privado, dos Estados e das famílias estão arrebentados”, disse.

    http://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2016/12/21/analise-temer-tem-poucas-armas-e-apenas-2017-para-colocar-economia-nos-eixos.htm

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • calango_df 21 de dezembro de 2016 at 15:27

      comentario de economista da midia e comentarista de futebol é sempre a mesma: ficam encima do muro, sempre com previsoes genericas, que dao a eles uma porta de saida. sao frases do tipo: “dolar pode subir, mas tb pode cair” , “bolsa da bons retornos, mas fique atento”, “para ganhar a partida, o time tem q meter mais gols do que tomar”.

      ate entendo o lado deles. se errarem, perdem credibilidade e a boquinha. caso contrario, continuam mamando na teta.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Nelson Schadenfreude 21 de dezembro de 2016 at 16:23

      “BC perdeu o timing…” Quero ver essa senhora me explicar onde estaria a inflação de 2016 (e 2017) se o Bacen tivesse baixado os juros mais rápido. Tinham que recuperar a credibilidade destruída pelo Pombini.
      De resto, minhas LFTs agradecem.

      7+
    • Fernando 22 de dezembro de 2016 at 00:49

      Vcs também previram que o dólar ia subir, e o mesmo caiu.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Libertario 22 de dezembro de 2016 at 11:47

        Faltou completar:
        Prevíamos isso se a Anta continuasse no processo de Venezuelazação do Brasil.

        Com temeroso e reformas iniciou outra história com a moeda.

        0
        • Fernando 22 de dezembro de 2016 at 17:12

          É…

          0
  • Moreira 21 de dezembro de 2016 at 15:22

    Banco abc brasil s.a, LCI, 5k a 10,6%, 180 dias, na rico. Recomendam? quem puder ajudar, agradeço!

    4+
    • From_The_Tower 21 de dezembro de 2016 at 15:27

      Peguei LCA a 93% do DI ontem. 24 meses.
      Mete ficha !!!

      4+
      • avatar
      • Antigo 21 de dezembro de 2016 at 17:03

        To pegando CDBs de financeiras agora. Tem umas ofertas interessantes de 110% até 120% do cdi.
        Sempre confiro a situação da instituição no site banco data:
        http://www.bancodata.com.br/

        É uma mão na roda. Ultimamente algumas financeiras andam melhor que os bancos pequenos. Aí estou preferindo.

        5+
    • Antigo 21 de dezembro de 2016 at 17:03

      E respondendo ao Moreira, o ABC é um dos bancos médios mais sólidos que tem. Dá para conseguir taxas melhores, mas pode investir sem medo.

      4+
  • fanfarraum 21 de dezembro de 2016 at 15:40

    Pegando o comentário lá de cima do Antigo:

    Além disso, as construtoras já estão com margens bastante apertadas para diminuir preços, diz João da Rocha Lima, professor do Núcleo de Real State da Poli-USP. “Não há espaço para mais quedas”

    As empresas estão quebradas e estão pensando em margem de lucro?
    É como um pai que está sem comida na geladeira para alimentar os filhos e tenta vender a TV da sala para um amigo, com lucro. Não vende se não tiver lucro. Enquanto isso, família passando fome.

    É um pensamento bem coerente.

    ———————————————————–

    Pra seguir o paralelo:

    Com fome, os filhos não vão trabalhar e não ganham dinheiro.

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 21 de dezembro de 2016 at 16:54

      Bom paralelo.

      Do mesmo jeito que bolhudo é nem-nem (nem vende nem aluga), o filho também acaba virando nem-nem (nem estuda nem trabalha).
      Acho que como essas construtoras viveram muito tempo no fantástico mundo do crédito farto, há certa dificuldade de assimilar a realidade.

      Mas a realidade chega. Ela vem firme, vem sem falhar. Bate forte e derruba no chão. E jorra sangue…

      5+
  • Alemão 21 de dezembro de 2016 at 16:00
    • CA 21 de dezembro de 2016 at 18:23

      Alemão,

      Acho que é uma correlação forçada, pelo menos para os tempos atuais. Como nos exemplos que o Lucas deu outro dia quanto a aumento de afogamentos nos mesmos dias que aumentam as vendas de picolé de limão.

      O que acontece é que o mercado imobiliário, quando está em situação de clara anormalidade, precisa ficar INVENTANDO boas notícias e de uma certa forma, os “arranha-céus” são uma boa forma de você passar uma imagem “otimista” que desvie a atenção de todos quanto aos graves problemas enfrentados, mas eles não são uma “maldição”, ou uma coincidência qualquer, são só o bode posto na sala, quando não se tem mais “criatividade” sobre alternativas para ILUDIR o grande público. Digo que apesar disto o que consta no artigo seria uma correlação forçada, pelo menos para os tempos atuais, porque a criatividade já está dando conta de encontrar outros caminhos para o ILUSIONISMO IMOBILIÁRIO, até porque os Arranha-Céus já estão ficando “manjados”.

      Especificamente no caso do Brasil, a “fórmula mágica” para passar um otimismo UTÓPICO se chama vendas FALSAS na planta. Aqui, de forma geral, não precisamos de “Arranhas-Céus”, embora eles possam aparecer em cidades como Camboriu, por exemplo.

      Querem passar otimismo UTÓPICO? É só repetir o que fizeram em São Paulo em Setembro/2016: aumentem os lançamentos, mesmo com uma desproporção entre estoque e vendas “como nunca antes na história deste país” e aproveitem isto para dispararem nas vendas para aqueles que não terão condições para adquirir o crédito imobiliário na entrega do imóvel. Pronto, eles conseguem uma AMPLA divulgação na mídia e SIMULAM que o segmento imobiliário é MÁGICO e habita um Universo paralelo, onde a crise não tem vez. Outra forma é acreditar CEGAMENTE nas promessas do governo: agora vai, o governo reduziu em 1 milhão a meta do MCMV no 1S16 porque estava sem dinheiro, mas agora que o déficit fiscal aumentou muito mais do que naquela época e a previsão do PIB para 2017 despencou, iremos disponibilizar muito mais projetos do MCMV, utilizaremos o FGTS mirabolante para cobrir a ausência do SBPE e por aí vai. As utopias brasileiras já estão montadas, não precisamos dos Arranha-Céus…

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 21 de dezembro de 2016 at 19:29

        é uma coincidencia famosa essa e bem antiga
        ocorre no mundo todo, onde a especulação acelera, esses troços costumam aparecer, e depois desaparecer.

        não tenho preconceitos, um arranha céu pode ser um bom sinal ou um mau sinal
        em NY manhatan faz todo sentido
        no sudeste da asia, não me soa estranho não
        já nas planicies eternas de abudabi me cheira mal, não fui a fundo
        nos pastos infinitos do planalto da mata atlantica, tenho certeza, balela.

        um arranha ceu precisa de toda uma infra em volta para sustentar ele
        no BR quando essas coisas aparecem 80% das vezes é associado com mal planejamento urbano + Oportunistas,
        – “veja que SP está virando NY”
        arrã tá sim, vai lá meu filho, vai na frente, faz quenem os amigos do job, compra 2 que daqui uns anos vale o dobro, só não me perguntem pq vendem se vai valer o dobro amanhã

        5+
        • avatar
  • Lucas 21 de dezembro de 2016 at 16:45

    CVR
    leilão amigável na classe média-alta, do próprio dono
    5k/m²
    desocupado rico em fotos, uma belezura

    esse assim nos áureos tempos se anunciava por mais de 10 milhões em revistas chic patrocinadas por corvolárias
    até no 123i que é beeeeem moderado avalia-se pelo dobro do leilão
    fingezap nem vou entrar pra ver, com certeza valia mais que 12 k da v. mariana, suponho que chega em 20k.

    é A realidade sorrindo e acenando pra quem precisa vender de verdade

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 21 de dezembro de 2016 at 16:51

    espanha espumando:
    Tribunal anulou as “cláusulas solo”, que impediam a redução das taxas de juros sobre as hipotecas a juros variáveis abaixo de um certo limite, mas só obrigou as entidades a reembolsar os créditos obtidos a partir da publicação da sentença.

    Justiça europeia obriga bancos espanhóis a reembolsar juro abusivo

    http://oglobo.globo.com/economia/negocios/justica-europeia-obriga-bancos-espanhois-reembolsar-juro-abusivo-20679027#ixzz4TVIJ09IQ
    © 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

    1+
  • Lucas 21 de dezembro de 2016 at 17:10

    transcrição resumida da entrevis ta do binho ometto, 1 dos principais chairman deste país (quase 100bi/ano de faturamento):

    – recuperação somente pra 2018 a frente
    – temer as reformas são certas, o pacote é só um respiro
    – trump, ninguém pode advinhar, mas pela equipe de emrpesários, a coisa vai ficar mais justa (cabou dinheiro facil especulativo)
    – eleição 2018, o brasileiro está melhorando
    – ele: 2017 é hora de pensar em fazer investimentos meter a bota em quem sangra.
    – pessimismo/otimismo: não se importa com isso, tem que fazer as coisas certas.
    – Serra: um bom homem a defender os interesses do BR.
    – bananense: é preciso acabar com a cultura de gerson para o proprio bem
    – preocupação: está tranquilo, somente crescendo no ramo logistico, o resto caindo como previsto, mas com as medidas preventivas, tudo tranquilo.

    Achei as opiniões dele um típico participante deste blog
    E pra quem acha que eu torço pro PMJ, tenho uma meia dúzia de projetos na agulha, talvez em 2018 eu descongele algum, talvez!
    (não sou nem 1 caralhésimo do binho, mas posso muito bem emular os bons pensamentos no meu mundinho)

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 21 de dezembro de 2016 at 17:14

      Projetos você diz empreender? No Brasil?

      Admiro mas não tenho coragem.

      8+
      • avatar
      • avatar
  • calango_df 21 de dezembro de 2016 at 17:47

    job 19 de dezembro de 2016 at 13:58
    CVR “O correto é diversificar (comprar um apartamento em cada bairro da cidade, pra investir)”: Em mais uma discussão totalmente desagradável com 4 BrickLovers nesse final de semana, onde fui questionado o porque eu ainda não invisto em imóveis (pra tirar aluguel por temporada, estavam se vangloriando que tiram mais 10% do valor investido ), fui completamente massacrado. Riram de mim e ainda fizeram chacota. Expliquei que tenho metade do dinheiro necessário pra comprar o imóvel na praia pra que pudesse tirar lucro por aluguel de temporada, e recebo o dobro do que pago de aluguel pra morar, em juros. Mas a lógica do 666 que estava tentando me convencer a investir em imóveis é essa: imóvel é um investimento que vc vê, é palpável, dinheiro não. Até não questionei que o aluguel por temporada seja um investimento ruim, se for verdade mesmo aquela porcentagem que o 666 me falou, entretanto quem garante que sempre vai render isso? Comentei que limpo tiro mais de 10% do valor investido, por ano, e recebi a seguinte resposta, “mas imóvel sempre valoriza, daqui 10 anos vai tar valendo mais que o dobro do que vale hoje”.
    Realmente fiquei sem argumentos pra responder essa afirmação, apesar do meu feeling me dizer que isso não vai ocorrer. Aí que o 666 que puxou a conversa toda me solta essa pra finalizar, “o bom é diversificar, comprar um imóvel em cada bairro”. Ainda começaram a fazer piadinhas no estilo, “somos investidores de sucesso do ramo imobiliário”, e dalhe gargalhadas pra todo lado.
    Pra mim foi o estopim, saí na hora, muito chateado, completamente fora de mim, vermelho de raiva por terem rido da minha cara, ainda quase bati o carro. Já tinha prometido pra mim mesmo que não ia mais entrar em discussões inúteis como essa, mas dessa vez fui questionado o porque raios eu não comprava um ap pra investir. Não me segurei, mas me arrependo muito de ter perdido mais uma tarde da minha vida com esse tipo de discussão inútil.
    ————
    “pq a ralé é levada pela aparência e pelo sucesso; e há apenas ralé no mundo”. Perceba que a cabeça do cerumaninho não mudou mto desde q maquiavel escreveu “o príncipe”. Se parte do mundo hj tem uma qualidade de vida melhor que na época de maquiavel, credite isso a meia dúzia de grandes homens. O resto foi só remora que veio atras.

    portanto, o fato de sua intuição não aceitar certas coisas da ralé só revela que vc a ela não pertence e a sua revolva é o seu inconsciente te lembrando a origem do seu pedigree.

    suba ao panteão dos grandes, comungue das obras deles…vc está espiritualmente preparado não só para isso, mas tb para aceitar o isolamento social desta época em trocada da experiência de todas as épocas.

    de resto, pratique a caridade e, do alto, observe todos esses hamsters em suas gaiolas, pedalando a roda da fortuna. abs

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 21 de dezembro de 2016 at 19:32

      se dobra em 10 anos é mal investimento
      produtos financeiros dobram o valor hoje em 6 ou 7 anos no maximo, uns aí em 2 anos…

      se isso fosse bom, ninguem vendia, esperava valer o dobro pra vender lá na frente e ainda rende aluguel no período.

      Só falta combinarem com os russos

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 21 de dezembro de 2016 at 20:37

    agora vai
    Governo flexibiliza lei trabalhista e libera saque de até R$ 1 mil do FGTS

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/12/21/internas_economia,834425/governo-flexibiliza-lei-trabalhista-e-libera-saque-de-ate-r-1-mil-do.shtml

    -Reforma da Previdência elevará demanda por Tesouro Direto, diz governo
    -http://www.valor.com.br/financas/4815075/reforma-da-previdencia-elevara-demanda-por-tesouro-direto-diz-governo ….
    ai que mora o perigo.

    4+
    • avatar
    • EngenheiroSP 22 de dezembro de 2016 at 07:12

      Meu medo é que já estou vendo muito engraxate de wall street falando de tesouro direto, mal sinal

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 21 de dezembro de 2016 at 20:41

    a liberação de recursos de contas inativas do FGTS não vai prejudicar o “funding” do fundo para a construção civil.
    “Eles (a CBIC) se acalmaram”, disse uma fonte do governo. (a liquidez do FGTS é de 130 bilhoes…) …. kkkk, tá tranquilo.

    3+
  • Alemon Fritz 21 de dezembro de 2016 at 20:46

    o momento de investir é agora..

    PDG Realty anuncia que não pagará juros a detentores de debêntures

    Em razão do não pagamento, ficou caracterizado o vencimento antecipado das Debêntures, cujo saldo devedor nesta data é aproximadamente R$ 206.400.k (duzentos e seis milhões e quatrocentos mil reais). A Companhia está em contato com os titulares das Debêntures com o objetivo de negociar uma solução consistente com os princípios e propositos da “Reestruturação”…

    http://www.valor.com.br/empresas/4814375/pdg-realty-anuncia-que-nao-pagara-juros-detentores-de-debentures

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lord of All 21 de dezembro de 2016 at 22:46

    Já q o ano está acabando e esse egrégio blog é famoso por suas previsões certeiras, aqui vão mais algumas:

    1 – Trump assume e começa a perseguir os imigrantes. Esses, por sua vez, deixam os Eua. Como todo mundo sabe, os Eua são dependentes dos estrangeiros, quer seja pela mão de obra, quer seja pelo turismo. Nessa confusão, os Eua deixam de ser uma potência.

    2 – países emergentes continuam a murchar.

    3 – Brexit traz a tona a tendência de desglobalização. Países começam a se isolar.

    4 – Russia, com a parceria de Trump, começa a se aparecer como nova super potência mundial.

    6+
    • avatar
    • fanfarraum 22 de dezembro de 2016 at 06:52

      Só creio na 2.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Gute 21 de dezembro de 2016 at 23:17

    Prezados,

    recebi de um colega. Anúncio de terreno de 490k por 89k. Há 2 anos seria inimaginável um anúncio desses.

    http://pe.olx.com.br/grande-recife/terrenos/candeias-terreno-escriturado-e-com-muro-255085160?xtmc=candeias&xtnp=1&xtcr=2

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Libertario 21 de dezembro de 2016 at 23:30

      5 mil eu pago.

      8+
      • avatar
      • Gute 21 de dezembro de 2016 at 23:31

        Faça a proposta ao anunciante.

        4+
    • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 06:26

      Bonito demais isso. Não conheço a cidade, mas pelo google maps parece bem localizado o lote.

      Obrigado por compartilhar. Perda de 82% do valor, não é pouca coisa não. Vamos ficar de olho nas oportunidades, que imóvel não é investimento, mas com 82% de desconto pode até ser. Tem dois dias de anuncio já, sinal que provavelmente dará para chorar mais ainda redução kkk.

      Quem compra terra não erra!

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Cadeludo 22 de dezembro de 2016 at 00:37

    de 490 pega a varinha de condão e plim salabim 89
    ofereci 450 mangos de entrada, um corsa 2011 e um caiaque mistral
    vamos ver

    7+
    • avatar
    • Ilusionista 22 de dezembro de 2016 at 06:40

      pior situação no Rio de Janeiro.
      O inimigo é outro”
      policiais que sempre foram treinados para combater a criminalidade nos morros cariocas com armas de grosso calibre, agora, com pagamento atrasado, tendo que combater “colegas de trabalho” que protestam contra a falta de salários……resultado…

      http://revistatrip.uol.com.br/trip/suicidio-de-policiais-militares-abala-estado-do-rio-de-janeiro

      3+
    • Ilusionista 22 de dezembro de 2016 at 06:48

      triste mesmo foi ver esta matéria sobre a situação dos FP que estão sem receber..

      http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/edicoes/2016/12/21.html

      1+
        • Manoel Joaquim 22 de dezembro de 2016 at 07:13

          Na hora de comprar Iphone, cruzeiro na pqp ou ter uma penca de filhos, não chora né?!

          Se você depende de qualquer rendimento para pagar as contas, você está Fu****.

          6+
          • avatar
          • fanfarraum 22 de dezembro de 2016 at 07:24

            As vezes, como agora, acho que as pessoas são arrogantes aqui só por serem arrogantes.

            Nem todo FP (ou não-FP aliás, muitas empresas estão atrasando salários) que tá sofrendo por causa dos atrasos é 666.

            14+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Manoel Joaquim 22 de dezembro de 2016 at 07:31

              Não ter 1 ou 2 meses de reserva é normal? É muita ilusão achar que as coisas vão continuar perfeitinhas como estão. Tem que ser muito alienado mesmo.

              Pra mim isso é 666 extra. Aliás, como dizem, nasceu para coió. Eu si divirtu.

              5+
              • avatar
              • avatar
              • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 07:52

                Posso dar CVR próprio, quase todos os meus colegas FPs, muito bem remunerados, entrariam em desespero se o salário atrasasse 3 meses.
                Existem outras realidades, funcionários do estado do RJ são em grande maioria mal remunerados. O piso salarial dos professores da rede pública é por volta de 1200 reais, com os adicionais chega a dois mil e pouco. Considerando que o custo de vida carioca é alto, mesmo os mais austeros poderiam ter problemas com atrasos reiterados de salário.

                Dou bastante pancada nos brick lover, dos 666 e nos jumentus brasillis, que são pessoas com condições financeiras mas com absoluta incapacidade intelectual. Mas reconheço que tem muita gente simples sofrendo com a crise sem ter feito nada especialmente ruim para merecer isso.

                15+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • Manoel Joaquim 22 de dezembro de 2016 at 08:03

                  Certamente há os casos de pessoas que, por qualquer motivo de vontade alheia, tiveram que usar as reservas e realmente necessitam desses pagamentos. Porém, eu considero que é a ecessão da ecessão.

                  Brasileiro é coió por natureza. Até consegue guardar um, dois meses de salário na poupança. Porém, sabe o que acontece?! Aquele dinheiro parado, quietinho, fica piscando: gaste-me, gaste-me, gaste-me. Aí sabe o que acontece? Eles gastam! Trocam de carro! Compram porcarias só porque está barato, em promoção! Compram presentinho pra netinha porque está querendo muito, apesar de ter 2 mil brinquedos jogados que não usam mais (minha mãe se inclui nisso).

                  Novamente, a regra é ser bocó, burro, imbecil financeiramente. E eu não tenho dó nenhuma. Aposentou e continua morando no Rio de Janeiro???? Pela madrugada! É burrice extra power.

                  Enfim, na verdade eu tenho que agradecer a estupidez brasileira. É, na verdade, onde rendem os meus juros.

                  Um brinde!

                  10+
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • fanfarraum 22 de dezembro de 2016 at 08:08

                    Ai o cara é aposentado, tem filhos, netos, sobrinhos, irmãos, amigos na cidade, e não quer se mudar.
                    Ai é burro.
                    Deveria ir pro interior aonde não vai ter condições de visitar/ser visitado frequentemente pelos amigos e familiares.

                    9+
                    • avatar
                  • BolhistaBR 22 de dezembro de 2016 at 10:43

                    Por favor, diga-nos que você escreveu “ecessão” propositalmente….
                    No seu texto você chama os outros de “burro”….
                    Pega mal demais! kkkkkkkkkkkk

                    19+
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                • Herr Deutsch 22 de dezembro de 2016 at 09:13
                  • BolhistaBR 22 de dezembro de 2016 at 10:47

                    Muito recebedor de bolsa família, meu caro…….
                    Com aquele discurso fdp da presidAnta de que o concorrente ia acabar com o programa… aí já viu, né?
                    RJ é só favela! Eles são maioria!
                    O que vc queria?? 55% ainda foi pouco!

                    5+
                    • avatar
    • Money_Addicted 22 de dezembro de 2016 at 09:56

      na minha opniao a questao eh, agt acaba se “comovendo” vendo a situacao do outro, mas por outro lado o cerumano se coloca nessa situacao voluntaria ou involutariamente.

      ngm tem culpa d nascer pobre, mas tem culpa se morrer pobre -> sem mais

      [ ]s

      4+
      • avatar
      • BolhistaBR 22 de dezembro de 2016 at 10:48

        Você acabou de me fazer lembrar do que Nietzsche fala sobre a compaixão.

        3+
  • thiago fm 22 de dezembro de 2016 at 07:26

    Como surgiu o assunto, seguem dois gráficos para que se tenha uma ideia melhor da evolução da rentabilidade dos imóveis comerciais apurada pelo IBRE/FGV, não apenas sobre um período específico, mas também após 2011.

    https://s28.postimg.org/voox2wtwd/IGMI_C_IBRE.png

    4+
    • avatar
  • Vai de Grails! 22 de dezembro de 2016 at 07:33

    Pessoal, não sei se já postaram, mas olha só o que NINGUÉM ESPERAVA (Sarcasmo)
    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/negocios/20161222/com-divida-total-pdg-vai-pedir-recuperacao-judicial-janeiro/444289

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 07:34

    Este mês não terá pagamento de salários no Hell de Janeiro

    O governo do Rio informa que um novo bloqueio no valor de R$ 128 milhões será efetuado, nesta quinta-feira (22), nas contas do Tesouro estadual, pelo não pagamento de dívida com a União. Segundo o estado, devido ao bloqueio, o Estado está impossibilitado de pagar as duas primeiras parcelas dos salários de novembro, anteriormente programadas para os próximos dias 23 e 29.

    http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/rj-diz-que-novo-bloqueio-impede-pagamento-das-primeiras-parcelas-do-salario-de-novembro.ghtml

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • job 22 de dezembro de 2016 at 07:56

    Pessoal, preciso de uma consultoria meio urgente.
    A situação é a seguinte: estou saindo do apartamento A e indo pro B. Teoricamente teria que dar um mês de aviso prévio no A, fazer a pintura e ajustes e vistoria, etc, pra poder entregar as chaves. Entretanto, um conhecido meu está interessado em ir pro A. Descobri que posso fazer uma transferência de locatário, dessa forma não precisaria dar aviso prévio nem fazer vistoria, apenas pintar o ap, fazer os ajustes e entregar as chaves pro meu conhecido. Liguei pra imobiliária do A, eles logicamente aceitam fazer isso, pois é a forma que fica melhor pra todo mundo. É feito um novo contrato de locação pro meu conhecido, e também é feito um contrato onde o novo locatário se responsabiliza pela vistoria do meu contrato.
    Até aí tudo bem, fica bom pra todo mundo, pro proprietário que não vai ficar um dia sem receber aluguel, pra imobiliária pois agiliza a locação e também não vão ficar sem receber sua fatia do aluguel além de ter menos burocracia, pro meu conhecido que quer muito o ap, e pra mim tb, não vou ter sobreposição de aluguel nem vistoria.
    Entretanto, a imobiliária do A me falou que cobram uma taxa de 30% do valor do aluguel pra fazer isso, e eu seria o responsável por pagar esse valor, e quando perguntei o pq dessa taxa, responderam que eram taxas referentes às confecções dos contratos. Achei estranho, é como estivessem me punindo por ter achado um cliente pra eles. No meu ver quem deveria pagar alguma taxa seria o proprietário do imóvel.

    Alguém pode me dar uma luz nessa situação?

    1+
    • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 07:59

      Vê o que fica mais barato e o que vai te dar menos dor de cabeça. Às vezes vale mais a pena pagar essa taxa inventada do que correr atrás dos direitos.

      Você pode simplesmente fazer pirraça e entregar o apartamento, e um dia depois o seu amigo vai na imobiliária e faz um novo contrato, de graça. Mas aí provavelmente você vai ter sobreposição de aluguel e vistoria, que é chato.

      3+
      • avatar
      • job 22 de dezembro de 2016 at 08:05

        Exato antigo, na pior das hipóteses, pago essa taxa e evito dor de cabeça. Se tiver sobreposição de aluguel mais vistoria vai ser muito mais caro. Mas acho que não custa nada questionar a imobiliária com relação à essa taxa, achei meio estranho isso aí. Acho que pra eles também é muito interessante uma transferência de locatário, pois provavelmente também vão ter custos pra fazer vistoria e a burocracia toda.

        1+
        • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:10

          A imobiliária vai tentar te combrar qualquer coisa que puderem, ou que te convencerem que tem que pagar.
          Tem que precificar a sua “dôr de cabeça”, para avaliar se vale a pena, este negócio de vender tranquilidade e facilidade anestesia o racioncínio das pessoas e elas acabam pagando por coisas que não precisam.

          6+
          • avatar
          • avatar
        • BolhistaBR 22 de dezembro de 2016 at 10:54

          Numa dessas da uma vontade gigante de chutar o balde.. 30% de taxa é ridículo!
          Mas como a outra opção sairá mais cara, sugiro que engula o orgulho e tente negociar.
          Taxa de 30% pra abrir um .doc, trocar o nome do locatário e adicionar uma cláusula?
          Tudo bem que tem o cartório, mas tá alto demais.

          0
          • job 22 de dezembro de 2016 at 11:18

            Eu to aguardando o email da imobiliaria, vou responder numa boa perguntando se está previsto no contrato essa taxa. Como não está, vamos ver a resposta deles. Vou guardar o email, e até pago, pois é a forma mais barata de sair do ap.
            Mas dpois de assinados todos os contratos, vou mandar outro email pedindo essa taxa de volta, anexando as fontes que encontrei onde diz que essa cobrança é abusiva e ilegal. INclusive pedindo danos morais.

            2+
            • avatar
            • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 11:24

              Eles tem despesas pela elaboração do novo contrato, no caso de uma locação normal o primeiro aluguel vai para a imobiliária, a título de indeniza-la pelos gastos com propaganda e elaboração de contrato, os 10% dos meses seguintes são a título de despesas administrativas.
              Então, estes 30% seriam a cargo do LOCADOR e não sua.

              0
              • job 22 de dezembro de 2016 at 11:36

                Exatamente

                0
            • job 22 de dezembro de 2016 at 11:37

              Vou ameaçar entrar na justiça pedindo danos morais inclusive, não vou pedir danos morais pra imobiliária, logicamente…

              0
    • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:01

      Diz para o propriotário que não vai pagar taxa nenhuma se ele quiser você agiliza o teu amigo e transfere os contratos.
      Ele não tem nada a ganhar com isto, pelo contrário, só tem a perder.
      Creio que este tipo de cobrança não tenha nenhuma previsão legal.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:03

        job, esquecí de perguntar: Qual o motivo da pressa?
        Se não tiver necessidade cozinhe um pouco ou dê o aviso, a pressa é sua inimiga, vai tirar o teu podêr de barganha e te deixar exposto para os predadores.

        3+
        • job 22 de dezembro de 2016 at 08:07

          Estou pra assinar o contrato no ap B até o final de semana, e estou tentando agilizar as coisas todas. É muita coisa pra sincronizar.
          Mas você tem razão, não há necessidade pra ter tanta pressa.
          Tentei ligar pro SICOVI mas estão de recesso até dia 3 de janeiro.

          2+
          • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:13

            Dê o aviso aviso e empurre com a barriga então, a menos que só tenha um imóvel que satisfaça as suas necessidades você tem a vantagem.
            Que precisa do seu dinheiro e está desesperado são os proprietários e imobiliárias, não você, você está pagando.

            2+
            • job 22 de dezembro de 2016 at 08:15

              Pois então, acho que conversando dá pra chegar num meio termo. Também não gostaria de bater o pé e ter que gastar mais 2k por causa dessa taxa. Estou aguardando contato da imobiliária pra questionar essa tal de taxa.

              1+
              • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:18

                Não se esqueça de que quem está desesperado são eles e não você 😀

                1+
                • job 22 de dezembro de 2016 at 08:20

                  Com certeza, normalmente eu esqueço desse ponto Carlos.

                  1+
  • Alemon Fritz 22 de dezembro de 2016 at 08:01

    mercado estável
    Cenário
    Na cidade do Rio, de janeiro a novembro deste ano, os leilões de construtoras cresceram 172% !!!!! e os de bancos, 23%. Já os distratos tiveram alta de 89%. Os dados são da AmuRio
    -Fechamos o contrato com um valor inicial de prestações de R$ 1.740. Mas, no fim de 2015, a simulação do financiamento feita com o banco gerou prestações de R$ 3.489.

    Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/economia/o-que-aconteceu-com-nova-classe-media-perda-de-renda-obriga-familias-desistirem-ou-adiarem-casa-propria-20681176.html#ixzz4TZ0JGSrv

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:05

      O mercado está estável da mesma maneira que o oceano dá aquela acalmada quando um tzuname se aproxima }:D

      2+
      • avatar
    • LZ 22 de dezembro de 2016 at 08:10

      Só acho que agora estão começando a se dar conta do tamanho da trolha.
      Tem bastante empreendimento sendo entregue e distratado.
      Fora os que nunca ficarão prontos, casos PDG e VIVER.

      Quem será a próxima ?
      – Rossi
      – MRV
      – Cyrela
      – Tecnisa
      – Ezertec

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 08:11

        Todas elas. Queimem. Ardam, para nunca mais fazerem fraudes aqui.

        3+
      • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:15

        Podemos apostar, que tal criar um destrutora dead pool?
        Apostamos na ordem dos cadáveres e que acertar a ordem ganha um presente do boss.

        3+
    • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 08:12

      “Obrigado a optar pelo distrato do contrato imobiliário, o casal ainda luta na Justiça, com o auxílio da Associação dos Mutuários da Cidade do Rio (Amurio) a reaver 90% do total pago, valor ao qual tem direito.
      — Esperávamos que os salários subissem, mas aconteceu o contrário. Minha mulher foi despedida e não consegue arrumar outro emprego.”

      Olha aí o que estávamos discutindo ali em cima. Burrice pura. Nesse caso não tenho pena, tome motumbada. A pessoa fica com otimismo achando que vai ganhar mais…

      Gostei do nome da associação dos 666. Amurio, me lembra a palavra amuado.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • LZ 22 de dezembro de 2016 at 08:15

        Nego faz contas com projeções de dinheiro que não tem e nem ganhou. PQP
        Nesse caso nem é otimismo é BURRICE mesmo.

        4+
  • LZ 22 de dezembro de 2016 at 08:11

    Qual é a próxima vítima ?

    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/negocios/20161222/gafisa-vai-reduzir-entregas-para-controlar-distratos/444294

    “A Gafisa espera que as devoluções de imóveis em sua carteira tenham uma redução no próximo ano em meio a um menor número de entregas de unidades, afirmou o presidente da companhia, Sandro Gamba.

    “Os distratos foram o item que mais prejudicou o volume de vendas do setor neste ano, mas esperamos que reduza em 2017 à medida que vamos entregar menos unidades”, explicou, nesta quarta-feira, 21, em reunião com analistas.

    A expectativa da Gafisa, segundo Gamba, é de que o patamar dos distratos fique em torno dos R$ 100 milhões nos próximos trimestres. No quarto trimestre, a empresa estima R$ 102 milhões, ante R$ 106 milhões no terceiro. No primeiro trimestre, a cifra de devoluções havia sido de R$ 170 milhões.

    De acordo com o executivo, a baixa demanda e a dificuldade de viabilizar projetos impactou no número de lançamentos ao longo de 2016. Ele considerou, porém, que a Gafisa foi mais assertiva nos lançamentos do segundo semestre e que, a despeito da redução no número de lançamentos em São Paulo e Rio de Janeiro, a companhia seguiu ampliando sua participação de mercado e volume de vendas. Para este ano, a Gafisa espera alcançar R$ 774 milhões em vendas líquidas, abaixo dos R$ 915 milhões de 2015. O volume no quarto trimestre, disse Gamba, deve ficar em R$ 319 milhões, acima dos R$ 258 milhões registrados nos três meses anteriores.

    O presidente da Gafisa disse ainda que a empresa segue com foco relevante em seu estoque de unidades comerciais. O diretor executivo financeiro e de RI da companhia, Andre Bergstein, afirmou que é provável que a geração de caixa aumente no próximo ano. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.”

    4+
    • avatar
  • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 08:12

    Produção do DF cai há sete trimestres e pode piorar
    Na comparação entre julho e dezembro de 2016, com o mesmo período do ano passado, as vendas despencaram 40%.
    http://www.jornaldebrasilia.com.br/cidades/producao-do-df-cai-ha-sete-trimestres-e-pode-piorar/

    2+
    • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 08:15

      O DF em algum momento teve produção para cair?

      7+
      • avatar
      • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 08:19

        “A empresária Valdenice Pereira luta contra a crise todos os dias. Dona de uma loja de móveis na W3 Sul, a empreendedora diminuiu os preços dos produtos e começou a procurar novos clientes. ”

        Conheço a loja. Tá sempre vazia, como todas da W3. Brasília é o exemplo de como planejamento central não funciona. Governo abandonou totalmente uma das principais avenidas da cidade. Os comerciantes são obrigados a conviver com mendigos, calçada quebrada, pichações, iluminação ruim e bandidos quando anoitece.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:27

          Brazólia ainda para piorar tem aquele planejamento comunista idiota de setores comerciais do Niemeyer, Lúcio Costa e seus acólitos, coisa de “jênio”.

          3+
          • avatar
          • BolhistaBR 22 de dezembro de 2016 at 11:04

            Morei em Brasília por 5 anos e sempre gostei dessa divisão. Deixa as coisas bem organizadas.
            Você sabe onde encontrar cada coisa.
            Aí você se afasta do plano piloto um pouco e vê o caos que é sem essa organização..
            Apareça lá em Taguatinga…

            1+
            • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 11:14

              Isto depende das suas espectativas, de onde você morava antes e até de sua situação atual se tem filhos ou não por exemplo.
              Eu sempre achei uma merda, você não encontro este tipo de planejamento em nenhum país decente, tem no leste europeu.

              0
      • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:20

        Até acredito que se o DF não produzir nadica de nada isto seja muito melhor para o país.
        Obram, no sentindo de cagar mesmo, regras, burocracia e outras excrecências como estes documentos do MEC.

        3+
  • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 08:24

    Nível de atividade da indústria no ano deve ser o pior desde 2001
    Índice que mede a ociosidade das fábricas se aproxima de seu pior nível em 15 anos, segundo a FGV

    http://veja.abril.com.br/economia/industria-deve-fechar-2016-com-maior-inatividade-desde-2001/

    3+
    • avatar
    • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 08:26

      Voltamos 20 anos no tempo, alguns falam em 30.

      Mesmo sem investir em educação os brasileiros conseguiram inventar a máquina do tempo. E ainda diziam que era impossível, segundo as leis da física. Não conheciam as leis de Gérson.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 08:30
      • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:34

        O problema não é só o bananil regredir, os outros estão evoluindo…
        Já falei aquí neste espaço várias vezes:
        A produtividade chinesa era 20% da brasileira a duas décadas, hoje é 5% maior.
        Indonésia, Índia e outros países do pelotão de traz se aproximando do bananistão e até na frente em algums setores.
        Hoje se concorre a nível mundial e o bananistão está perdendo a corrida.
        Capital, empresas e negócios se movem muito rapidamente, coisa de 2 a 5 anos, antigamente se levava uns 50.

        4+
        • avatar
    • From_The_Tower 22 de dezembro de 2016 at 08:31

      Um banco de loucos avisou isso aí!
      Lembra véio que eu falei que voltaríamos aos patamares de 2002?

      3+
      • avatar
    • Carlos 22 de dezembro de 2016 at 08:38

      Obviamente segundo os idiotas do diário do cú do mundo e seus seguidores a culpa é do temerozo, das elites e do capetalismo.
      Esta gentalha não perde a oportunidade de mostrar como são retardados.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Leandro 22 de dezembro de 2016 at 08:55

    Na opinião de vocês, faltam quantos meses para o desespero e bota fora de empresas e particulares ?

    2+
    • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 09:00

      Na minha opinião 2017 vai ser ainda pior que 2016. Algumas empresas e particulares certamente estarão em desespero. Mas ao longo dos próximos 3 ou 4 anos vamos ver muita gente nessa situação.

      A grande questão é que não há nenhuma luz no fim do túnel, nenhum sinal de recuperação. Quem fala em retomada em 2017, 2018, 2019 o faz com base somente em otimismo, porque não há nada palpável que indique essa situação.

      6+
      • avatar
      • LZ 22 de dezembro de 2016 at 09:05

        Nenhuma reforma foi feita atacando os principais problemas.
        Só são coisas superficiais.
        Previdência salva uma parte.

        Ngm fala em simplificar os impostos, redução de carga tributária e simplificação de processos e otimização de atividades.
        Enquanto a carga foi extremamente alta não vamos pra lugar nenhum.

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 09:15

          Exatamente, as medidas até agora não são CONSTRUTORAS DE RIQUEZAS.

          Pelo menos a medida de limitação nos gastos já ataca um DESTRUTOR DE RIQUEZAS que é o ENDIVIDAMENTO DO ESTADO

          5+
          • avatar
          • avatar
    • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 09:14

      Nos cálculos que fiz, no DF falta cair pelo menos 22% para iniciar a fase do DESPAIR, que se caracteriza por estar abaixo da “median line”
      Em São Paulo e no Hell de Janeiro ainda precisará cair 60%

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • LZ 22 de dezembro de 2016 at 09:17

        Onde a bolha se iniciou antes vai chegar na fase antes.
        SP vai demorar ainda, sendo que a inflação tá fazendo sua parte já.
        Em Campinas estão lançando coisas ainda, aqui começou mais tarde.
        Só vai começar a coisa a andar lá para 2018, 2019

        4+
        • avatar
        • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 09:41

          Exatamente
          No DF os pontos de inflexão na quantidade de lançamentos e no valor dos imóveis ocorreu de 1 a 2 anos antes de SP e RJ
          Acredito que isto tenha ocorrido devido a quantidade de “investidores”, funcionários públicos que pensaram que teriam uma boa rentabilidade com os aluguéis.
          Tanto é que muitos caíram nesta mentira:

          Metro quadrado pode chegar a R$ 25 mil nas áreas mais nobres de Brasília
          O valor dos imóveis em Brasília avançará em ritmo mais lento nos próximos anos, mas certamente chegará a 2022 bem mais caro do que é hoje. Os últimos terrenos livres do Plano Piloto, como as Quadras 500 do Sudoeste e o Setor Noroeste, deverão estar ocupados.
          http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2011/12/28/interna_cidadesdf,284326/metro-quadrado-pode-chegar-a-r-25-mil-nas-areas-mais-nobres-de-brasilia.shtml

          De agosto de 2010 até novembro de 2016 o IGP-M: foi de 52.45%
          Podemos ver que em todos os casos houve uma valorização negativa em relação ao IGP-M
          De acordo com o FIPEZAP a valorização no período e os pontos de inflexão no valor dos imóveis foram:
          Tipo_____Valorização___Inflexão
          1 Quarto___47,88%____01/2014
          2 quartos__38.55%____06/2012
          3 quartos__23.65%____07/2012
          4 quartos__02.31%____09/2012
          http://fipezap.zapimoveis.com.br/

          Somente lembrando que no EUA o ponto de inflexão ocorreu em 2005 e o estouro da bolha foi em 2008.

          3+
          • avatar
      • BolhistaBR 22 de dezembro de 2016 at 11:10

        Torço muito pra cair aqui no Hell, mas não é o que tenho visto….
        Lógico que quem precisa da grana vende mais barato..
        O grande problema é que a maioria que tem apartamento na Zona Sul e quer vender não precisa de grana. É gente que mora em Ipanema e vende apt em Copa. Ou que mora no Leblon e vende o que morava em Ipanema. Ou foi pra Barra…. Ou foi pro exterior…..
        Enfim….. na zona sul os preços não caem tanto.. Estou de olho!
        Quem explica isso?

        1+
        • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 11:17

          Do ponto de vista financeiro, é irrelevante se o valor de venda cair ou não, enquanto o Fator X estiver acima de 150 SEMPRE irá valer mais a pena alugar.

          1+
          • BolhistaBR 22 de dezembro de 2016 at 12:53

            Concordo.
            O que mais tem em Ipanema é apartamento legal pedindo 4000 de aluguel. Alguns menos, outros mais.. Preço de venda? Pouquíssimos abaixo de 1 milhão.
            Morar de aluguel é a melhor opção financeiramente falando.
            Mas nem por isso traz menos dor de cabeça.
            Quando termina contrato e o mercado está “a favor” do locador é aquele deus nos acuda….
            Proprietário e corvolaria querendo aumentar em 30% valor do aluguel.
            Se vc não aceita, tem que correr pra achar outro, fazer mudança, se adaptar….
            Garantias absurdas e etc…..
            Enfim…… convenhamos que nem tudo são rosas.
            Apesar disso e apesar de ter grana pra comprar, devo alugar qdo for pra ZS.
            É o mais inteligente, embora não o mais cômodo.

            2+
            • geofisico 22 de dezembro de 2016 at 13:11

              COmpartilho da sua visão. Nao vejo os preços cairem. Hoje moro na ZS de aluguel e nao há minima chance de comprar. Pago 2k de aluguel e o apt “vale” 1 milhao.
              Nos outros lugares do Rio vejo baixando bastante, Recreio principalmente, onde planejo comprar pra viver. Moro na ZS enquanto trabalho no Centro mas nao planejo ter essa vida por mto tempo. Pais de conhecido comprando apt no Leblon por 10k o m2. Enquanto isso outro considera pagar 10k o m2 em Vila Isabel. Ta uma doideira do cacete isso aqui. Surreal. Nao tem padrão nenhum.

              2+
              • avatar
  • Leandro 22 de dezembro de 2016 at 09:09

    Sinceramente, acho que muita gente que vive de aparências vai quebrar a cara. Lembram das pessoas que abriam a boca para dizer que trabalhavam com petróleo ? Gente que fazia questão de ir no banco de macacão ?

    4+
    • EngenheiroSP 22 de dezembro de 2016 at 09:17

      Em Rio Grande, ninguém mais anda na cidade de macacão laranja…

      3+
      • fanfarraum 22 de dezembro de 2016 at 09:20

        Faz muito tempo que não vou a Rio Grande, mas era absurdamente caro almoçar lá (considerando que aqui no RS temos um custo bem baixo de alimentação. Na capital, Porto Alegre, se come muito bem por R$ 16-20). Lembro que paguei cerca de R$ 40 num buffet mais ou menos, nada chique. Comida era boa, mas o local era normal.

        2+
  • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 09:30

    FGTS inativo liberado
    http://g1.globo.com/economia/noticia/temer-anuncia-liberacao-para-saque-de-contas-inativas-do-fgts.ghtml

    Fiquei feliz, vou poder sacar meu dinheiro que rende 3% e investir a 14%.

    E olha que eu quase comprei um bolhudo só para dar de entrada esse valor e parar de ter rendimento negativo considerando a inflação.
    Viva o blog que me impediu de fazer isso.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • LZ 22 de dezembro de 2016 at 09:39

      Só pode sacar o limite de 1K acho.
      Pelo menos é alguma coisa.

      2+
      • avatar
      • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 09:43

        liberaram tudo até dezembro de 2015, segundo a matéria

        5+
  • Libertario 22 de dezembro de 2016 at 10:10

    Lucas

    Sobre aquele belíssimo texto que vc escreveu, de picolés de limão e os afogamentos.

    Achei essa outra interessante: tocar os dedos dos pés x problemas do coração.

    Não deixe de fazer o teste. É mais barato que um checkup………

    https://www.google.com.br/amp/s/www.natureba.net/ao-tocar-os-dedos-do-seu-pe-voce-vai-saber-se-tem-ou-nao-problema-do-coracao/amp/

    1+
    • avatar
    • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 10:55

      não vi o link, sem tempo

      sou esportista, sei faz tempo, existe uma correlação indireta entre flexibilidade do corpo e das artérias

      eu mesmo sou outliner, por praticar esportes de alto impacto (exceto xadrez) minha flexibilidade é bem pior que minha condição cardio, existem inumeros fatores extras, raça e sexo, mulheres e orientais tendem a ter mais flexibilidade, mesmo que passe o dia comendo bacon.
      a propósito se alguem precisar de site para o melhor e +barato whey do BR, seja nacional ou import. mando o link e as dicas.

      1+
      • Libertario 22 de dezembro de 2016 at 11:39

        Velho, maconheiro, encesteiro e bombado!

        4+
        • avatar
  • CarlosL 22 de dezembro de 2016 at 10:11

    Off….

    http://www.uol/noticias/especiais/ano-que-nao-terminou.htm#nunca-foi-so-por-20-centavos

    Algo começou em 2013 e ainda está em curso….

    1+
  • chigo 22 de dezembro de 2016 at 10:14

    Pessoal
    Hoje, qual o melhor titulo do Tesouro Direto para comprar e deixar até o vencimento?

    1+
  • Seguidor do Bolha BH 22 de dezembro de 2016 at 10:24
  • Baby Boy 22 de dezembro de 2016 at 10:39

    Como é bom chegar o final do ano e ver que progredi na vida. Não tem preço.
    Zero de dividas, dinheiro pingando todo dia.
    é botar a cabeça no travesseiro e dormir em 2 minutos
    9 horas de sono tranquilo todos os dias

    6+
    • avatar
    • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 10:46

      check in
      coincidencia estava pra escreve sobre isto ver cvr)

      1+
      • avatar
    • CarlosL 22 de dezembro de 2016 at 10:49

      Poxa, e eu que estava achando que tem um pessoal desesperado para que 2016 acabe logo porque entrando 2017 zera tudo …….

      2+
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 10:51

    CVR

    sabe aqueles “amigos” marxistas da universidade publica que os matenha à vista pelo mesmo motivo que as vezes vou no zoo???
    Pois bem, eles lá destilando ódio à classe média (alguns começam a acordar)
    Raiva do temer
    Raiva do golpe
    Raiva do lula
    Raiva do opressorado coxinha rentista
    Raiva das reformas
    a lista é looooooooooooonga

    E eu?
    se acertei ou se errei, só o tempo dirá, os resultados serão minhas testemunhas
    até o exato momento o bay boy escreveu por mim, é aquilo lá
    no momento mesu problemas são do tipo: será que tem forma suficiente no fogão a lenha pro peru e pra costelinha???
    será que tem engov suficiente pro fim do ano
    pago a conta pelo netbanking do celular ou do lap???
    … semtempo ….Fui

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 10:56

      Interessante palestra que entre diversos tópicos, aborda a falta de rumo da órfãos do esquerdismo, devido ao desmoronamentos dos paradigmas da “esquerda moral, ética e competente”

      https://www.youtube.com/watch?v=3i6diTG9sTY

      2+
      • avatar
    • CarlosL 22 de dezembro de 2016 at 11:01

      2017 deve ser o ano que a panela de pressão da comoção social irá explodir… O start será na previdência e não será nada igual a quando houve os 0,20 a mais para andar enlatado em ônibus.

      Anotem….

      7+
      • avatar
    • Manoel Joaquim 22 de dezembro de 2016 at 11:11

      Tem uma correlação direta entre pensamento Marxista e ser looser na vida, quando avalio as pessoas que se formaram comigo em universidade pública.

      Preciso, agora, identificar se ser looser é causa ou consequência. Está mais para causa.

      4+
      • avatar
  • From_The_Tower 22 de dezembro de 2016 at 10:52

    Véio Lucas, vá buscar seu dinheiro !
    😉

    https://servicossociais.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01&produto=FGTS

    Utilidade Pública
    Ajudem vossos parentes, amigo e conhecidos.
    A maioria tem dinheiro no sistema e não sabe.

    “Tem direito aos Rendimentos do PIS o trabalhador cadastrado como participante do Fundo PIS/PASEP até 04/10/1988, que ainda não sacou o saldo de Quotas na conta individual de participação.

    Sim, em decorrência de distribuição de quotas realizada após o saque, lembrando que a distribuição de quotas ocorreu entre 1971 e 1988. O trabalhador poderá realizar a consulta através do site https://webp.caixa.gov.br/cidadao/beneficios/frepw001.asp​

    Se a pessoa tiver uma poupança na CEF facilita muito….. pois provavelmente a pessoa já recebe 1x por ano os rendimentos das Quotas do PIS.

    Caso a pessoa queira receber todo o valor (sacar tudo) ela precisa de um Certificado (http://www.previdencia.gov.br/servicos-ao-cidadao/todos-os-servicos/certidao-para-saque-do-pis-pasep-fgts/)

    Com esse certificado em mãos ela dirigi-se até uma agência da CEF (na parte de FGTS) e solicita o resgate. Pronto. Eles irão marcar uma data e um protocolo para saque. e no caso do FGTS eles depositam em conta mesmo.

    Abraço !”

    1+
    • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 11:03

      CEF não passo nem na porta, nem de graça, muito menos pagando

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 11:03

      não mexo com drogas

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 11:01

    Fernando

    Certo está vc, que compra imovel hj a 1k o m2… daí vc acorda…

    1+

    Essa técnica de enganar dos homus fernandus se chama técnica do espantalho

    vc cria um espantalho do seu adversário
    (por exemplo inventa algo que ele não disse, acusa de algo que ele não é, ou fez)
    depois ataca o espantalho

    é pela ponta do dedo que s ereconhece o gigante
    basta ele escrver 1 linha para gente perceber todo o mau caráter de uma pessoa

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 11:07

    Fernando

    So um pequeno detalhe: imóvel próprio é o sonho da maioria dos brasileiros.

    Todo o seu raciocínio é completamente inútil diante desse fato.

    2+

    na etiópia o mairo sonho é comida
    quantos restaurantes estrelados da michelã existem lá?

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 23 de dezembro de 2016 at 05:46

      K.O. Fatality !
      kkkk

      3+
  • Lucas 22 de dezembro de 2016 at 11:11

    O Cramulhao de FHCigienopolis45

    Lucas não é Uspiano mas matou a xarada…

    Esse pessoal da POLI-USP claramente se faz de besta…qualquer aluno de estatistica do primeiro ano do IME-USP prova que estão blefando. Tem grana por trás desse galera aí… Antes a suspeita era que só FEA-USP era vendida …agora os grupos da POLI-USP tb. Pena que não temos grupos de estudo de Real Estate no IF-USP ou IME-USP, mas por isso contrato gente apenas de lá pra treinar.

    Como ex-Uspiano sinto extrema vergonha desses politrecos…

    1+

    cramulhão,
    existe gente maravilhosa na USP
    aquele estudo que fiz do ciclo de seca no sudeste, e da falsa crise hídrica se baseia nos maiores especialistas do planeta sobre este assunto, todos de lá
    infelizmente eles estão acuados pelo “Facismo cultural” (ou outra expressão que vc preferir)
    já vi caçarem cursos que não deram amém pro PT, um dos meus diplomas da USP foi caçado (cassado, eu sei!)
    dou nomes, sobrenomes e números, mas não aqui, não quero expor essas pessoas.

    3+
    • avatar
  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 22 de dezembro de 2016 at 11:20
    • Libertario 22 de dezembro de 2016 at 11:44

      Deixa eu ver se entendi.
      Primeiro eles fazem uma manobra que acabará aumento juros e tarifas do cartão (matéria Mises ontem).
      Daí hoje eles anunciam que irão reduzir os juros do rotativo no canetaço.

      No final vão conseguir é reduzir o consumo, pois o crédito ficará mais difícil pro 666.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 11:47

        Sim. É a famosa caneta mágica. Se eu quero, vai acontecer. Escreva uma lei e cumpra-se.

        Pensamento do governo alinhado com o 666 médio do Brasil. Quero um bolhudo, escreva um contrato de financiamento e pague-se. Se o dinheiro faltar eu vejo depois, só peru morre de véspera né?

        Afinal, a realidade é meramente opcional. Leis básicas da economia são desnecessárias.

        4+
      • Cesar_DF 22 de dezembro de 2016 at 11:55

        Outra medida populista que no final não agrega valor, ou seja NÃO GERA RIQUEZA

        3+
        • avatar
  • Manoel Joaquim 22 de dezembro de 2016 at 11:25

    CVR

    Metas para 2017:

    – Vender meu carro, investir o $$$ e andar só de Uber (aproveitar a crise e os otários que trabalham pro Uber basicamente levando prejuízo – quem duvida que a conta não fecha, é só fazer umas continhas básicas de matemática);

    – Cortar mais alguns gastos. Atualmente economizo 65% do líquido que ganho; Aumentar para 75%, mesmo continuando morando muito bem.

    – Continuar sem filhos e/ou mulheres (permanentes) para encher o saco.

    – Estudar mais horas por dia, aprofundar em áreas não correlatas ao meu trabalho.

    – Coletar os juros das aplicações e re-investi-los sabiamente.

    26+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Camika 22 de dezembro de 2016 at 13:14

      Pessoal até hoje não entendeu que Uber é, ajudando muito, marketing multinível. E a gente sabe como MMN dá dinheiro, vide que vende Herbalife e Mary Kay.

      4+
  • Antigo 22 de dezembro de 2016 at 11:39

    Fernando tá inspirado hoje. Que bobagem ele escreveu.

    3+
    • avatar
    • From_The_Tower 22 de dezembro de 2016 at 12:12

      Fernando fazendo fernandice?
      😉

      1+
  • Libertario 22 de dezembro de 2016 at 12:33

    Mudanças na mentalidade da população nos últimos anos:

    CD => Obsoleto
    Hoje em dia paga-se uma mensalidade para obter acesso a praticamente todas as músicas e sons do mundo. Não existe imobilizacao de patrimônio, nem necessidade de espaço para guardar as mídias.

    DVDs de Filmes => Obsoleto
    Dá mesma forma que nas músicas, paga-se uma mensalidade para acesso a diversos filmes e séries.

    Automóvel próprio=> Obsoleto
    Com a chegada do Uber ao mercado e outros aplicativos de mobilidade urbana, a necessidade de possuir carro próprio está cada vez menor. Soma-se isto ao fato de já termos pontos de automóveis elétricos para locação (como sistema de bikes) em diversos países dá Europa, e projeto para criação de sistema subterrâneo para veículos autônomos.

    Imóvel próprio =>……

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 23 de dezembro de 2016 at 05:45

      Exato !
      Eu penso que a do carro vai demorar um pouco mais !
      Mas já está acontecendo.

      3+