Ano já acabou para a construção civil, diz setor – Folha

Você pode gostar...

Comments
  • Cajuzinha 3 de maio de 2019 at 09:59

    Produção industrial cai 1,3% em março, pior resultado desde setembro

    Na comparação com março do ano passado, queda foi de 6,1%, segundo o IBGE. Em 12 meses, setor registrou 1º resultado negativo desde agosto de 2017, reforçando a leitura de perda de ritmo e maior fraqueza da economia.

    Economia mostra fraqueza nos primeiros meses do ano
    Os primeiros meses do ano tem sido marcado por uma perda de força da recuperação econômica em meio a uma frustração de expectativas de empresários e percepção de que a tramitação da reforma da Previdência deverá levar mais tempo do que o inicialmente esperado.

    Uma série de indicadores tem mostrado uma perda de ritmo da economia e uma maior fraqueza da atividade econômica e do mercado de trabalho.

    Na véspera, pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontou queda tanto da atividade como do faturamento do setor em março.

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 3 de maio de 2019 at 11:42

      Cajuzinha,

      Temos um conjunto de fatores conjunturais e estruturais que explicam a piora percebida na economia:

      1) Patamar recorde de inadimplentes e super-endividados (fruto de BOLHAS imobiliária e de consumo) que não tem capacidade de consumo e agentes (governo, lojas, bancos,etc), fazendo todo o possível para aumentar ainda mais este contingente, para garantir que vai ficar cada vez PIOR. O que vemos neste começo de ano tem a ver, por exemplo, com o “recorde” do Black Friday de 2018, onde 75% daqueles que já estavam super-endividados ou inadimplentes recebiam o décimo terceiro e iam as compras ao invés de pagarem as dívidas, daí agora, de onde tirar o dinheiro ou crédito para consumir? ;

      2) Efeito Brumadinho / Vale;

      3) Efeito CAOS da Argentina, prejudicando muito a exportação de industrializados para este país que é o principal importador;

      4) Perda de fôlego das PEDALADAS anteriores via GAMBIARRAS. Exemplo: estímulos artificiais e insustentáveis para setor automotivo via PcD ampliado ao extremo e sem fiscalização nos últimos 2 anos, mais Uber e afins disparando via degradação dos empregos e comprando carros para trabalharem, vendas FALSAS na planta que geravam “euforias” 100% FALSAS para o setor imobiliário, o esquema do crediário super prolongado e sem critério dado diretamente por lojas que também disparou, etc, etc, etc;

      5) Não conseguimos ter resultados excepcionais para Agricultura todos os anos! Em 2017 foi a safra recorde de 20 anos, em 2018 foi muito bom, em 2019, não está sendo tão bom assim. Depende do clima, o que é um fator de SORTE e não é sempre que vai ajudar;

      6) Não temos verbas NÃO RECORRENTES para ajudar. Se em 2017 tivemos o FGTS dos inativos e em 2018 foi o PIS / PASEP de décadas anteriores, o novo governo ainda não achou nenhum coelho para tirar da cartola em 2019;

      7) A profunda DEGRADAÇÃO NOS EMPREGOS causa uma queda na renda REAL e LÍQUIDA de forma INTENSA. Isto DESTRÓI qualquer capacidade de recuperação do consumo, principalmente quando combinado com todos os fatores que constam aqui;

      8) Promessas UFANISTAS versus REALIDADE: em função das promessas UFANISTAS que se MULTIPLICARAM, alguns empresários que ainda podiam (não estavam SUPER-ENDIVIDADOS), saíram comprando mais componentes ou produtos acabados, aumentaram contratações, etc, mas quando veio a REALIDADE, ficaram com SUPER-ESTOQUES, maior OCIOSIDADE nas linhas de produção e muito mais endividados, neste contexto, tiveram que cortar muito mais do que se não tivessem caído no conto do vigário da recuperação MIRABOLANTE na base de PROMESSAS;

      9) O governo, em virtude dos déficits fiscais muito elevados e ainda, para respeitarem meta de teto de despesas e outros, foi obrigado a contingenciar muito seus gastos e como a economia brasileira ainda depende muito do governo para gerar crescimento no PIB, tem este efeito contracionista;

      10) O MENOR de todos os motivos foram aqueles empresários que puseram o pé no freio porque a reforma da previdência está atrasando e tem risco de ser desidratada. Foram só aqueles que ainda não estavam super-endividados, não decidiram apostar nas promessas mirabolantes, não tinham uma enorme ociosidade já percebida e nem se enquadravam nas situações acima, ou seja, apenas as EXCEÇÕES, ao contrário do “diagnóstico” dos “especialistas economistas”.

      19+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 3 de maio de 2019 at 10:02

    Em recuperação judicial, Avianca começa a demitir funcionários
    Oitenta pessoas que trabalhavam no Aeroporto de Guarulhos, em SP, foram desligadas. A maior parte das dispensas foi de atendentes dos guichês da empresa, dos setores de check-in, despacho de voos e terminal de cargas.

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 3 de maio de 2019 at 10:04

    https://economia.uol.com.br/noticias/estadao-conteudo/2019/05/02/economia-anuncia-remanejamento-de-r-36-bi-para-atender-5-ministerios.htm

    A situação ainda pode piorar e afetar áreas mais sensíveis para a população
    nos próximos meses porque, até o momento, a área econômica não vê sinal de
    melhora na arrecadação, algo essencial para dar um “fôlego de sobrevivência”
    aos órgãos.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • ravoc 3 de maio de 2019 at 10:22

    @TOPICO
    Tudo petralha esse povo aqui, o bolsonaro só tá há 5 meses no poder… calma que 2021 melhora! kkkkkkkkkkkkkkk

    37+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • tmarabo 3 de maio de 2019 at 13:32

      não são petralhas, são os “isentominions”.

      16+
      • ravoc 3 de maio de 2019 at 13:42

        Eu não sou isento, eu sou contra governo imbecil, como era contra o PT e agora contra o PSL
        Se amanhã vier PSDB, MDB, PSOL, REDE, NOVO, etc, e for um governo imbecil, também serei oposição.
        O que não tenho é admiração por corrupto e incompetente… e você?

        54+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • tmarabo 3 de maio de 2019 at 14:20

          “Eu não sou isento, eu sou contra governo imbecil”
          Nossa, quem pode ser a favor de um governo imbecil, isentominion??

          14+
          • CA 3 de maio de 2019 at 14:29

            Ser a favor de um governo IMBECIL, é ser ainda mais IMBECIL que o próprio governo, ou seja, ser o famoso IDIOTA ÚTIL.

            Ser a favor de um governo que repete as PEDALADAS do crédito que foram feitas por Lula / Dilma por mais de uma DÉCADA e ainda, em grande parte via banco PÚBLICO e ainda se declarando “liberal” (kkk) é o cúmulo da IMBECILIDADE…

            Idem para promessas UFANISTAS que em todos os casos ao redor do globo sempre significaram M*RDA amplificada para todos, surtos de intervencionismo, recorde em casos de corrupção no entorno do presidente e daí para pior…

            SE algum dia tivermos um governo liberal DE VERDADE, que não repete o que os esquerdopatas faziam, daí sim será digno de ser elogiado, até lá, enquanto só estiveram COPIANDO o que os petistas faziam quanto àquilo que foi o mais DESTRUTIVO para economia e sociedade, deixamos os IDIOTAS ÚTEIS seguirem o governo CEGAMENTE, ele estará bem acompanhado…

            15+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • CA 3 de maio de 2019 at 15:24

              Aliás, o SÍMBOLO MÁXIMO da IMBECILIDADE de um Bolsominion é DEMONSTRADO DIARIAMENTE por aqui, basta ler o que o indioBOSTA escreve. c.q.d.

              14+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • tmarabo 3 de maio de 2019 at 16:27

                claro, a atitude do indiobolhista é claramente generalizável, todos os que têm simpatia pelo atual governo são assim….
                agora, quando o isentominion do CA diz no outro tópico “Imbecil, analfabeto funcional, alienação dos bolsominions, “Bolsomínions tem (sic) cérebro?” “acéfalo” etc. etc.” é o quê??? em que isto se diferencia do indiobolhista???

                11+
                • avatar
            • socrates 3 de maio de 2019 at 18:25

              voce esta brincado , né CA? Por que voce se estressa ainda? Esta na cara que ou são trolls ou há interesse pessoal. Tem muita gente ganhando $$$ no caos e eles enxergam/criaram uma lógica para sustentar isso.
              Não se estresse, CA.
              O tempo fará isso ser uma goleada muito maior que o 7×1.
              Infelizmente.

              9+
              • avatar
              • avatar
          • ravoc 3 de maio de 2019 at 14:39

            Claramente você… kkkkkkkkkkkkkk

            9+
            • avatar
            • avatar
        • Paulo Avelar 7 de maio de 2019 at 02:07

          Na verdade, o governo bolsonaro enviou para ser votada uma ótima reforma da previdência, o ministro da Justiça enviou uma ótima legislação anticrime, o básico para a economia deslanchar, porém quem está contra o Brasil é centro-esquerda e esquerda ou picaretas na direita cabeça branca. Bolsonaro faz um ótimo governo, o Congresso com metade de Chavistas e picaretas cabeça branca é que atrasa tudo.

          6+
  • CA 3 de maio de 2019 at 10:47

    Sobre o tópico:

    O pessoal da construção civil está preocupado à toa!

    TODA SEMANA o governo faz uma nova promessa de que vai fazer o possível e impossível via banco PÚBLICO (governo liberal?! KKKKK) para salvar este setor e perpetuar enquanto puder todos os esquemas PODRES e a DESTRUIÇÃO para a economia.

    Segue a promessa desta semana do governo (trazida por Carlos no tópico anterior), com trechos que destaquei, entre “aspas”:

    https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2019/05/02/entrevista-caixa-economica-preve-levantar-r40-bi-com-vendas-de-ativos-em-2-anos-diz-ceo.htm

    “No setor habitacional, o banco baixou a taxa do empréstimo com recursos do SBPE…”

    “Agora, com um índice de Basileia em torno de 20%, Guimarães avalia que o banco está em condições de retomar a liderança no financiamento habitacional pelo SBPE…”

    Sobre os trechos acima:

    O índice de Basiléia vai dar o número que eles quiserem.

    Lembram das ABERRAÇÕES no rating de credito da CEF que o Cesar_DF DEMONSTROU por aqui e que depois foram confirmadas por um relatório da CGU do ano passado?

    Então, é só continuarem MANIPULANDO os números que no final, dará o resultado que quiserem e poderão PEDALAR a vontade!

    A única diferença é que antes, sob governos de PT e MDB, Cesar_DF considerava o que consta acima um crime e agora, sob o governo PSL, ele considera algo “bonito” de se fazer, mas fora isto, não mudou NADA.

    Ops, correção, mudou sim: não podemos esquecer que estão prometendo DOBRAR o crédito imobiliário via Banco PUBLICO e DERIVATIVOS, como no subprime americano!

    Sim, é isto mesmo, o novo governo socialista bolivariano que foi eleito, pretende disparar com mais crédito PODRE via Banco PÚBLICO, DOBRANDO A META do Lula e da Dilma, só para salvar a galera do setor imobiliário, afinal, COMPARSAS não podem ser deixados à deriva, ou ninguém se lembra que o Guedes foi presidente do Conselho da PDG, a empresa de construção civil leve mais SUJA do planeta e trouxe para presidente da CEF, um ex-BTG, onde a BTG foi a PARCEIRA DE CRIMES conjuntos com CEF e PDG? Ele já deve ter dito pra galerinha dele: tamo junto! kkkk

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 3 de maio de 2019 at 10:56

      “Desovando a pedalada”
      Creio que já foi postado aqui mas não me lembro.

      Bancos não conseguem dar vazão a imóveis retomados

      Apesar de terem voltado a acelerar no crédito imobiliário, os bancos ainda têm de resolver uma herança deixada pela crise. As cinco maiores instituições financeiras do país – Banco do Brasil (BB), Itaú Unibanco, Bradesco, Santander e Caixa – fecharam 2018 com nada menos que R$ 18,7 bilhões em bens retomados em garantia de empréstimos inadimplentes. Cerca de 90% do valor se refere a imóveis.
      O estoque já vinha em escalada desde 2015, mas voltou a dar um salto no ano passado, quando cresceu 32,3%. Em dois anos, o aumento foi de 78%. Nas levas mais recentes, destaca-se a retomada de imóveis de valor mais baixo, muitos deles ligados ao programa habitacional Minha Casa, Minha Vida (MCMV), operado principalmente pela Caixa.

      O outro parceiro do Bradesco é a Enforce, empresa de recuperação de créditos do BTG Pactual, conforme apurou o Valor. Para ela, o banco tem destinado imóveis retomados de pessoas físicas e considerados “problemáticos”. Entram aí unidades com documentação incompleta ou irregular, moradias invadidas ou ocupadas, entre outras questões.

      Maior banco de crédito habitacional do país, a Caixa também busca soluções para se desfazer de um estoque de 62,9 mil imóveis, dos quais 29,5 mil entraram no balanço ao longo de 2018. Um dos caminhos em estudo é oferecer a investidores institucionais lotes de imóveis com características em comum. Segundo uma fonte do setor, a Caixa planeja fazer um leilão de unidades consideradas complexas – não residenciais ou com algum tipo de problema – que tendem a ser mais atrativas para gestoresCom dificuldades para se desfazer desses bens, o BB adotou uma nova política de preços nos leilões, voltados a pessoas físicas. A partir da segunda metade de 2018, os imóveis começaram a ser oferecidos com descontos de até 50%. Antes, a política era vendê-los num patamar próximo ao valor de mercado, mas a adesão era muito baixa. Com a mudança, a expectativa é que haja uma melhora, apesar de o mercado imobiliário ainda não mostrar uma reação tão forte.

      O Santander optou pela criação de um canal próprio para vender seus imóveis. O site se assemelha ao de uma imobiliária, e oferece unidades com descontos de 20% a 70% em relação ao preço de mercado. Mais da metade das ofertas se refere a imóveis avaliados em até R$ 250 mil. “O resultado foi muito positivo tanto no compromisso que tínhamos quanto em relação a vendas”, diz Fábio Gusmão, superintendente de patrimônio do banco.

      Outra estratégia que as instituições vêm adotando é agir antes de chegar ao ponto de tomar o bem em garantia. De acordo com uma fonte, o Itaú tem procurado se antecipar nas renegociações com clientes quando nota uma deterioração do crédito, tentando evitar que o imóvel vá para o balanço. O banco também começa a fazer vendas de imóveis em bloco a gestoras, enquanto continua promovendo leilões de unidades. Procurado, o Itaú não se manifestou..

      https://www.valor.com.br/financas/6211435/bancos-nao-conseguem-dar-vazao-imoveis-retomados

      9+
      • avatar
      • CA 3 de maio de 2019 at 11:03

        Carlos,

        Pois é, o mais engraçado é que em meio a tudo isto, o governo quer que os bancos façam hipoteca reversa com idosos, dando dinheiro para eles mensalmente e quando eles morrerem, o imóvel fica para os bancos!

        A CEF é a maior proprietária de imóveis do PLANETA, isto porque não retomou nem 20% do que deveria, imagine quando ela mergulhar de cabeça nesta nova empreitada, o que certamente vai acontecer, porque este governo “liberal” (cof, cof, cof), sempre promete aumentar o crédito via banco PÚBLICO?

        Pois é, como disse abaixo, a CEF vai se transformar nos “Guardiões dos imóveis das Galáxias”, ou vamos ter tanto, mas tanto imóvel com banco, que a CEF vai ser os “Guardiões das Galáxias de Imóveis”. Seja como for, vai dar filme!

        E tem muito mais ESTRAGOS do que este, comentei logo abaixo…

        20+
        • avatar
        • avatar
        • tmarabo 3 de maio de 2019 at 13:35

          “Pois é, o mais engraçado é que em meio a tudo isto, o governo quer que os bancos façam hipoteca reversa com idosos, dando dinheiro para eles mensalmente e quando eles morrerem, o imóvel fica para os bancos!”
          Pode vir a ser uma ÓTIMA ideia para o idosos. Melhor do que vender a casa, torrar toda a grana (especialmente com a família de olho) e ficar sem grana e sem casa.

          7+
          • ravoc 3 de maio de 2019 at 13:46

            E o que a sua lógica muda de um financiamento de 35 anos? Troque suas afirmações por um financiamento de 35 anos, que o dinheiro ficaria parado, seria usado para outras coisas inúteis, poderia perder para família, etc… Dá no mesmo.
            Mas é porque foi o Bolsonaro que fez né? kkkkkkkkkkkkkkkkkk

            13+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • CA 3 de maio de 2019 at 14:12

              ravoc,

              É mil vezes PIOR.

              É que este pessoal não faz a menor ideia do significado da palavra LIQUIDEZ para bancos, não sabem que a CEF é a detentora do maior estoque de imóveis do PLANETA e não conseguem juntar com o SUICÍDIO que é, neste contexto, os bancos pagarem para ficarem com mais imóveis ainda!

              Não sabem que tal DISTORÇÃO absurda que já existe vai ficar pior e via perda de LIQUIDEZ dos bancos, pressionar juros finais maiores que prejudicam investimentos e consumo de forma GERAL na economia (como já aconteceu em virtude da disparada do crédito e da inadimplência em mais de uma DÉCADA)…

              Não sabem que estão estimulando de qualquer forma que o super-endividamento e inadimplência cresçam, exatamente o que Lula e Dilma fizeram por mais de uma DÉCADA, sequer tem noção que foi o que fizeram na bolha imobiliária americana e deu no que deu…

              E por aí vai.

              Se o governo implantar mesmo o que consta acima e os bancos entrarem nessa MISSÃO SUICIDA, assistiremos de camarote até que o ÓBVIO aconteça e venham as consequências, como já cansamos de ver quanto a outras PEDALADAS…

              8+
              • avatar
              • tmarabo 3 de maio de 2019 at 14:23

                bom, então o CA está concordando comigo (ou eu com ele rsrsrsrs): tem tudo pra ser ruim para os bancos, se forem mantidas avaliações bolhudas e considerando que isto levará a uma imobilização dos bancos.

                4+
            • tmarabo 3 de maio de 2019 at 14:25

              “E o que a sua lógica muda de um financiamento de 35 anos? Troque suas afirmações por um financiamento de 35 anos”
              Em um financiamento o banco desembolsa a bolada de uma vez e sabe-se lá se receberá tudo ou se terá que leiloar o imóvel.
              Na hipoteca reversa, o banco vai pagando aos pouquinhos.
              Sou eu que elogio por ser o governo bolsonaro (pelo que postaram no outro tópico a ideia nem é dele ou de alguém de seu governo, vem de antes) ou tu que és contra por ser um isentominion???

              6+
              • Rico 4 de maio de 2019 at 07:05

                Vamos começar a infantilizar porque desenhar não está funcionando mais:
                Joãozinho tem 200 maçãs. A mãe de Maria oferece 2 maçãs por dia para que Joãozinho varra a calçada todo dia. Depois de 2 semanas Joãozinho tem 228 maçãs. A mãe de Chiquinha oferece 1 maçã para que Joãozinho varra a calçada a tarde. Joãozinho deve varrer a calçada para a mãe de Chiquinha?

                3+
      • Wolf 8 de maio de 2019 at 12:51

        Vamos combinar, os bancos querem cobrar o valor cheio do imóvel.
        Até aprece que eu vou me incomodar com morador, etc e pagar o mesmo valor de mercado em um imóvel.

        2+
        • avatar
  • CA 3 de maio de 2019 at 10:58

    Olhem só que título “simpático” da notícia abaixo: governo mira “renda extra para idosos”. Quanta generosidade, pagam um valor mensal e quando o idoso morrer, o imóvel que ERA dele fica para o banco, que bacana, não é? Chega a ser “emocionante”…

    https://www.terra.com.br/economia/governo-mira-renda-extra-para-idosos-com-regulacao-de-financiamento-imobiliario-reverso,adfe7c753f33c870110215255fb973afp7wqr8ir.html

    “Talvez” tenham só alguns “pequenos detalhes” quanto a mais esta estratégia de PEDALAR a qualquer custo com o crédito para tentar alimentar o consumo de forma APELATIVA:

    1) Estão COPIANDO outra modalidade de hipoteca que também foi utilizada para ampliar os efeitos destrutivos da bolha imobiliária americana, vejam só que referência excelente que eles utilizam, depois de copiarem o esquema de derivativos do subprime americano para salvar o setor imobiliário, agora a jogada é ampliar as hipotecas! ;

    2) A CEF é a maior proprietária de imóveis do PLANETA e olha que ela não retomou nem 20% do que deveria, imagine quando começar a tomar os imóveis de todos os idosos que faleceram e tiverem feito esta hipoteca com ela, somando com o que falta retomarem, vão se tornar os maiores proprietários de imóveis das Galáxias! Serão os “guardiões dos imóveis das Galáxias”, vai dar filme! ;

    3) Pra que LIQUIDEZ no sistema financeiro, não é mesmo? Isto é uma mera bobagem, inventada por capitalistas tolos para iludir os pobres, certos mesmo estavam o Lula e a Dilma que já praticaram a expansão do crédito por mais de uma década, usando o mesmo princípio de todos os socialistas bolivarianos: “o socialismo dura, enquanto durar o dinheiro dos outros”. Este é o mesmo princípio do Guedes, por isto que ele é fã do Lula! ;

    4) E o que mesmo que o Cesar_DF havia me ensinado sobre a TACE? Ah, lembrei! Ele dizia que pela Teoria Austríaca dos Ciclos Econômicos (TACE), depois de uma OVERDOSE de credito como a que tivemos, um governo capitalista e liberal naturalmente estimularia a poupança e não o crédito! Então, posso deduzir que se o governo atual está DOBRANDO A META de Lula e Dilma que são esquerdistas socialistas e bolivarianos e também estão fazendo o CONTRARIO do que diz a TACE, é porque o governo e aqueles que o seguem de maneira CEGA e sem NENHUM espírito crítico, “esquecendo” o que diziam até outro dia, são socialistas bolivarianos e não estão nem aí para a teoria dos Ciclos Econômicos, certo?

    5) E o governo e seus fiéis seguidores também não estão preocupados com a super maquiagem que existe no sistema financeiro, as já profundas distorções existentes no sistema imobiliário, o RECORDE de inadimplência e super endividamento de famílias e empresas, o recorde de super endividamento dos idosos via consignados (CEF lançou há pouco cartão de crédito consignado para idosos!), nem qualquer outra coisa, o que interessa é PEDALAR e rezar para que a bomba que eles estão ampliando imensamente com esta TURBINADA semanal e exponencial no crédito só venha a explodir de forma estrondosa no proximo governo, certo?

    Mas, para muitos, o que consta acima são apenas meros “detalhes”, insignificante, assim como era para os esquerdopatas que frequentavam o blog e que ficavam reclamando quando fazíamos os mesmos comentários na época de Lula e Dilma e depois, vimos no que deu, com a maior crise já vivida no país. Ah, bobagem, pra que se preocupar, só porque estão DOBRANDO A META?

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 3 de maio de 2019 at 11:07

      Isto é nefasto por todos os ângulos, será que os bancos públicos vão continuar cumprindo sua “função social” comprando imóveis pelos valores bolhudos? Neste caso a velharada ainda leva vantagem pois muitos iriam morrer de fome acorrentados a suas pilhas de tijolos. Não sei se este ângulo faz sentido mas passou pela minha cabeça.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 3 de maio de 2019 at 11:08

        Por comprar quis dizer aceitar hipotecas por preços inflados finge ZAP.

        4+
        • avatar
        • Alemon Fritz 3 de maio de 2019 at 12:02

          é a mesma coisa que dar imóvel em garantia, o cara compra outro com dinheiro e entrega o super-avaliado pra caixa… isso já aconteceu aqui em balneário.. a construtora deu um terreno em garantia pra caixa, que não pode ser ocupado vendido ou alugado… kkkk

          14+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • CA 3 de maio de 2019 at 12:28

            Alemon Fritz,

            Bem lembrado!

            Fora o SUPER-ESTOQUE de imóveis retomados em função de inadimplência dos compradores, temos ainda uma grande quantidade de imóveis dados como garantia pelas construtoras e correndo por fora, muitos imóveis retomados por falta de pagamento de condomínio, dentre outras situações!

            Todas as construtoras QUEBRADAS deixaram imóveis em DAÇÃO com os bancos como “pagamento”. Estes imóveis estão SUPER-AVALIADOS, ou seja, o banco nunca vai conseguir revendê-los pelos preços que constam nos balanços deles.

            Por isto que os bancos não se esforçam tanto nos leilões, para não terem que registrar os prejuízos, só que um dia a LIQUIDEZ vai para o vinagre de vez, independente das MAQUIAGENS e daí não terão salvação.

            E lembrando que a ação do governo acima, da hipoteca às avessas, só vai acelerar a perda de liquidez dos bancos…

            Outro detalhe:

            É exatamente em função da situação acima, que os bancos estão DESESPERADOS e aumentando o crédito imobiliário para imóveis NOVOS. Quanto mais construtoras QUEBRAREM, mais e mais imóveis eles terão em estoque, com valores SUPER-AVALIADOS, pelos quais eles nunca conseguirão revender.

            Só que OBVIAMENTE, o fato dos bancos aumentarem os financiamentos de imóveis novos, só aumenta o tamanho do BURACO onde estão enterrados. Para quem pensa que se os bancos afundarem “tudo bem”, lamento informar, mas uma crise sistêmica é extremamente destrutiva para economia e sociedade como um TODO, através dos mais diversos canais.

            Estes “detalhes” só reforçam o tamanho da INSANIDADE que é o governo estimular bancos a ficarem com imóveis de idosos dando dinheiro para eles mensalmente, o contexto do mundo REAL exige exatamente o CONTRÁRIO!

            11+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
      • CA 3 de maio de 2019 at 11:14

        Carlos,

        A DESTRUIÇÃO proposital da LIQUIDEZ dos bancos, é um crime inafiançável para economia e sociedade!

        É exatamente esta destruição de liquidez, feita por mais de uma DÉCADA por Lula e Dilma, que obriga os bancos a manterem juros mais elevados que TRAVAM qualquer recuperação da economia. Estão ignorando solenemente os fatos, as consequências já sentidas e pedalando “como se não houvesse amanhã”!

        Como imaginar que em um banco PÚBLICO, que já possui o maior estoque de imóveis do PLANETA, não só eles vão voltar a serem os maiores fornecedores de crédito imobiliário, como prometido acima, mas ainda, vão entrar de cabeça neste esquema de hipoteca em que ficarão com os imóveis dos velhinhos?!

        O que consta acima é INSANO e se você parar para pensar que é um governo “liberal” que está promovendo isto via banco PÚBLICO, é um DELÍRIO que dá de dez a zero em Alice no País das Maravilhas!

        11+
        • avatar
        • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 12:51

          SIMULANDO
          Uma casa de 1 milhão de reais, com depreciação de 2% ao ano, um “Desconto” para venda em leilão 40% e durante um prazo de 15 anos

          300K de depreciação
          280K de desconto (700K * 40%)
          100K de margem de lucro do banco
          Teria então 320K para distribuir em 15 anos = 1.78K / mês
          Com o custo administrativo, cairia para uns 1.5K/mês

          Problemas:
          – Depreciação adicional porque não será feita a manutenção do imóvel, sabendo que ele ficará com o banco
          – Insegurança jurídica na hora da posse do bem. Imaginem os filhos vivendo neste imóvel e alegando que é o único bem da família.

          Conclusões:
          1 – para o banco só valeria a pena este tipo de transação se for um TERRENO e não um imóvel predial.
          2 – um “financiamento imobiliário reverso” de uma imóvel de 1 milhão só receberá pouco mais de 1 salário-mínimo por mês.
          3 – se vender imediatamente este imóvel por 700K (“desconto” de 30%), e aplicar no TD a 0,6% ao mês, por 15 anos poderá resgatar mensalmente R$ 6.332

          11+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • socrates 3 de maio de 2019 at 13:41

            César, será que a ação não teria o condão apenas de forçar os “velhinhos” a venderem os bolhudos por preços abaixo do mercado?
            Como aluguelentra no cálculo da inflação e, bem ou mal, o preço do imóvel influencia nisso, seria uma forma de segurar a deflação caso não exista desculpa para jogar o petroleo em 200 dolares, nao?

            2+
            • avatar
            • avatar
            • socrates 3 de maio de 2019 at 13:42

              forçar os velhinos a NAO venderem o imovel, quis dizer.
              Assim, “mantendo as aparências”

              7+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 14:14

                Socrates, não sei, acho mais provável que foi uma ideia de alguém que não parou para fazer as contas.
                Vou refazer a conta, agora com uma expectativa de vida de apenas 5 anos.
                Valor do imóvel 1 milhão
                100K de depreciação (2% x 5 anos)
                270K de desconto (900K * 30%)
                100K de margem de lucro do banco
                Teria então 530K para distribuir em 5 anos = 8.83K / mês
                Com o custo administrativo, cairia para uns 7.5K/mês

                Ou seja, é bom para o banco quando o velhinho estiver “com um pé na cova” mas péssimo para o banco quando o velhinho tiver uma expectativa de vida maior que 10 anos.

                7+
                • avatar
                • avatar
                • odorico 3 de maio de 2019 at 15:03

                  Pelo que eu já li do modelo americano, tem bastante coisa em contrato, como inspeções anuais, cláusulas de manutenção, contas e seguro. Uso (por exemplo) nada de pegar o imóvel e vender para o banco e ainda botar no airbnb. Enfim, banco não dá ponto sem nó. Procurem os resultados dos 3 maiores bancos do país e verá que foi o setor (financeiro) que mais expandiu, mesmo na crise. Enfim, banco ganha no boom e na crise.

                  4+
                  • avatar
                  • avatar
                  • socrates 3 de maio de 2019 at 16:29

                    a legalidade é feita por e para eles,né

                    2+
                    • avatar
              • Ilusionista 3 de maio de 2019 at 14:23

                que negócio confuso:

                empréstimo voltado para pessoas de “idade avançada” com imóvel quitado, melhor dizendo, idosos com mobilidade bem reduzida ou nenhuma, doentes graves, acamados, meio que mais para lá do que para cá, dinheiro emprestado a longo prazo para quê?
                muitos deles a anos quem gere as contas são os filhos e netos, isto sem falar no assedio dos parentes em busca de dinheiro dos velhinhos
                ainda tem a questão do valor do seguro de vida para esta faixa etária? estará embutido no valor da parcela?
                e para fechar com chave de ouro:
                “O endividamento aumenta e a riqueza diminui”, “caso queira se mudar terá que quitar a dívida”, com que dinheiro?
                e ainda tem a “opção” de quitar o empréstimo antes de morrer….

                https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/05/02/governo-quer-regulamentar-nova-modalidade-de-credito-com-garantia-em-imovel-quitado.ghtml

                5+
                • avatar
                • CA 3 de maio de 2019 at 14:37

                  ilusionista,

                  O objetivo é um só: turbinar os gastos dos velhinhos para aquecer a economia “no fórceps”, emprestando dinheiro para eles em troca da casa deles.

                  Um dos maiores problemas é a CEF ter o maior estoque de imóveis do planeta, mesmo tendo recuperado só 20% da inadimplência, os bancos terem super estoque de imóveis que não conseguem leiloar e daí vem a solução “jenial” (sic): por que não motivar os bancos a ficarem com ainda mais imóveis?!

                  E com a profunda perda de LIQUIDEZ se os bancos entrarem nessa manobra SUICIDA, a consequência será juros finais maiores para todos (lei de oferta e procura, quanto menos dinheiro disponível, mais caro ele se tornará = juros mais altos).

                  O problema da economia NÃO É falta de crédito, falta de fontes novas para crédito, etc. O problema é o contrário: o excesso de crédito ao longo de mais de uma DÉCADA, gerou as ANOMALIAS, turbinar o crédito agora, repito, é SUICÍDIO!

                  Mas como disse acima, vamos aguardar e ver as consequências ÓBVIAS destas PEDALADAS, não adianta, este governo já deixou bem claro que a disparada no crédito é o caminho para eles, sabemos que é o CONTRÁRIO, mas existem muitos interesses a mais que impedem que o mínimo de bom-senso prevaleça…

                  10+
                  • avatar
                  • avatar
    • indiobolhista 3 de maio de 2019 at 14:59

      bem lacrado CAmarada, os bancos tem que ser generosamente progresistas e pagar de graça uma aposentadoria porque esses malvadões capitalistas vividores de juros e abusivos vai ficar com a propriedade dos aposentados lacrou e falou tudo, 🙂 shuashuashuashua COMUNISTA FINGIDO DE MERDA

      4+
      • CA 3 de maio de 2019 at 15:22

        indioBOSTA,

        Quanta IMBECILIDADE, você se supera a cada dia!

        Obrigado por DEMONSTRAR que não entende NADA do que é escrito e por isto é o Bolsominion MODELO, parabéns!

        Falou TUDO AO CONTRÁRIO, não faz ideia do que é bolha imobiliária, não tem a menor noção do que é LIQUIDEZ para bancos, não entende NADA de P*RRA NENHUMA, mas fala M*RDA como ninguém!

        Continue assim, precisamos desta demonstração intensa do que é ser um Bolsominion, você com certeza é o ORGULHO do outro lado da rua, contamos com as suas contínuas demonstrações de IMBECILIDADE por aqui!

        9+
        • avatar
        • Alves 3 de maio de 2019 at 16:24

          Não alimentem os trolls….

          8+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • Alemon Fritz 3 de maio de 2019 at 12:09

    gambiarras:
    -Acidentes com origem elétrica causaram 622 mortes em 2018.
    DeFato Online. 4 h.
    -Mortes por acidentes aumentam em Ji-Paraná.
    Diário da Amazônia-16 min.
    -Altos índices de mortes e acidentes de trabalho no Brasil. Como garantir o exercício seguro da profissão?
    2850 pessoas por ano.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 3 de maio de 2019 at 17:45

      Precarização dos empregos + gente fazendo aquilo que não tem treinamento ou conhecimento, gente “empreendendo” na marra, fora os criminosos pé de chinelo tentando roubar fios de cobre, gasolina, etc
      E a tendência é piorar.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 12:33

    13/02/2019 – Construção quer criar 1 milhão de empregos
    O setor promete criar as vagas sem nenhum centavo de subsídios do governo
    https://jconline.ne10.uol.com.br/canal/economia/nacional/noticia/2019/02/13/construcao-quer-criar-1-milhao-de-empregos-371263.php

    27/03/2019 – Confiança da construção cai 2,5 pontos em março ante fevereiro, revela FGV
    Esta é a maior queda na margem desde junho de 2018, quando o recuo foi de 2,9 pontos
    https://jconline.ne10.uol.com.br/canal/economia/nacional/noticia/2019/03/27/confianca-da-construcao-cai-25-pontos-em-marco-ante-fevereiro-revela-fgv-374759.php

    10/04/2019 – Após 2013, Construção Civil perdeu quase 3 milhões de empregos, revela Fiesp
    https://jconline.ne10.uol.com.br/canal/economia/nacional/noticia/2019/04/10/apos-2013-construcao-civil-perdeu-quase-3-milhoes-de-empregos-revela-fiesp-375944.php

    5+
    • avatar
    • CA 3 de maio de 2019 at 14:16

      Cesar_DF,

      Quanto à geração de 1 milhão de empregos, o problema é como vão fazer este milagre, certamente estão contando com algum “apoio”, provavelmente o mesmo do começo de nossa bolha imobiliária, o “banco público AMIGÃO”, aquele que assimila crédito PODRE à rodo. Falando nisso, a CEF abaixo reiterando suas “intenções”:

      https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2019/05/02/entrevista-caixa-economica-preve-levantar-r40-bi-com-vendas-de-ativos-em-2-anos-diz-ceo.htm

      “No setor habitacional, o banco baixou a taxa do empréstimo com recursos do SBPE…”

      “Agora, com um índice de Basileia em torno de 20%, Guimarães avalia que o banco está em condições de retomar a liderança no financiamento habitacional pelo SBPE…”

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 14:31

        CA
        Eu já esperava que o governo fosse tentar insuflar artificialmente um otimismo, até a aprovação das PECs
        Mesmo que tudo fosse aprovado imediatamente pelo congresso, ainda assim o esperado é que ocorresse uma queda no PIB por 2 anos, até o mercado se adaptar a uma realidade de livre mercado.
        Hoje o governo Bolsonaro está apanhando muito no discurso ideológico, e não por causa de suas ações concretas, mas sabemos que a mídia irá colocar em destaque justamente 1 “surra” do que 100 acertos.
        Falta alguém com experiência em comunicação, para melhorar a imagem do governo, onde qualquer tipo de comunicação seria através dele, e não dos ministros, tipo um Alexandre Garcia, Willian Wack ou um Felipe Moura Brasil. Veja como os ministros militares não dão nenhum piu, e por isso não são alvo da esquerda.

        5+
        • avatar
        • CA 3 de maio de 2019 at 14:40

          Cesar_DF,

          Preocupa-me MUITO MAIS a obsessão do governo em toda a semana inventar uma nova ação para disparar com o crédito e muitas delas via banco PÚBLICO (CEF). A causa RAIZ da crise foi o excesso de crédito e não o contrário, sendo que a CEF ajudou muito na destruição, ao adotarem estas ações, estão PIORANDO as consequências.

          E não adianta dizer que é só em função de aprovação de reformas, eles estão convictos e prometendo e executando VÁRIAS AÇÕES em sequência para TURBINAR o crédito, algo MUITO LONGE de ser só “para Inglês ver” e ganhar votos, esta é a convicção deles, um erro lamentável…

          12+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • indiobolhista 3 de maio de 2019 at 14:53

            Bem dito CAmarada, camarada Boulos, Haddad e Lula agradecem seu apoio incondicional, bem dito cachorro da lacração, estrelinha vermelinha revolucionaria na sua frente

            6+
            • CA 3 de maio de 2019 at 14:57

              indioBOSTA,

              IMBECIL, o apoio incondicional é do IPiraNaGrana que elogiou o Lula, já mandou o “Chupa que é de Lula” para ele ou não?

              IDIOTA, o apoio incondicional do PT é feito pelo seu MESSIAS, quando replicam o esquema de disparar com o crédito que foi adotado pelo PT por mais de uma DÉCADA e que é a principal causa para a crise na economia.

              E só um RETARDADO como você que ainda não entendeu o que consta acima e acha o seu governo o máximo por copiar o PT! kkkkk

              10+
              • avatar
              • indiobolhista 3 de maio de 2019 at 15:00

                AIMMMMM BOSTA, AAAAIIIIIMMM IMBECIL, ANDA TOMAR NO CÚ LACRADOR FINGINDO DE LIBERTEEN

                4+
                • CA 3 de maio de 2019 at 15:03

                  indioBOSTA,

                  E aí, consegue entender algo do que foi explicado inúmeras vezes? ÓBVIO que não, se admira um governo que COPIA o PT descaradamente e ainda acha isto bonito, dizendo que aqueles que criticam esta cópia descarada é que são “petistas” (?!?!?!) que cérebro poderia ter alguém assim?

                  8+
                  • avatar
              • Rico 3 de maio de 2019 at 15:42

                indioBOSTA, hahahahahahahahahahah

                7+
                • avatar
                • avatar
                • DouglasteR 3 de maio de 2019 at 16:58

                  Prezados, o que é isso ? (gesticulando pra cima e pra baixo).

                  Sentem aqui, vamos conversar !

                  3+
                  • avatar
                  • avatar
                  • Rico 3 de maio de 2019 at 17:23

                    Cara, senta e pega a pipoca… Está muito divertido.

                    6+
                    • avatar
                    • avatar
  • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 12:35

    Desemprego na capital paulista atinge mais de 16% da população
    https://blogdacidadania.com.br/2019/04/desemprego-na-capital-paulista-atinge-mais-de-16-da-populacao/

    Bolsonaro acha que desemprego é maior… e é mesmo
    Jair Bolsonaro voltou a questionar hoje a metodologia adotada pelo IBGE e disse acreditar que a taxa de desemprego no país é maior do que a divulgada. Em discurso durante evento no Planalto, o presidente afirmou que acha que o número atual de pessoas sem emprego no país é superior a 12 milhões.
    https://www.oantagonista.com/economia/bolsonaro-acha-que-desemprego-e-maior-e-e-mesmo/

    4+
    • avatar
  • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 12:43

    Desde 2014 o Valor Adicionado Bruto da construção civil teve uma queda nominal de 15,3%
    Esta foi a quinta queda consecutiva.
    Como o IGP-M de 01/2014 a 12/2018 foi de 31,4216400%, a queda real foi de 35,5608%

    Fonte CBIC – IBGE
    http://www.cbicdados.com.br/menu/pib-e-investimento/pib-brasil-e-construcao-civil
    http://www.cbicdados.com.br/media/anexos/tabela_02.D.04_12.xlsx

    3+
    • avatar
  • Alemon Fritz 3 de maio de 2019 at 12:46

    Puxa e empurra, motumba:

    -Jonas propõe ‘lei do puxadinho’ à Câmara e prevê regularização de 200mil imóveis.(puxadinhos)
    G1-17 de abr de 2019.
    A Câmara de Campinas (SP) recebeu na tarde desta quarta-feira (17) o projeto chamado de “Lei do Puxadinho”, que terá validade de quatro anos, se aprovado, para que moradores regularizem as construções clandestinas ou irregulares.

    -Prédios em situação irregular se multiplicam ao redor das metrópoles
    RedeTV!-15 horas atrás . Só em São Paulo, já são mais de 830 mil “puxadinhos” (! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! !)

    4+
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 13:26

    Com a saída da Maria Cristina Frias da direção de redação da Folha de São Paulo eu achei que o Sérgio Dávila, editor-executivo por 9 anos, iria diminuir a lacração.
    Agora, com a entrevista do Lula e contratação do Fernando Haddad como colunista não resta dúvida que manterão o mesmo rumo.

    Da tiragem diária de 470 mil que tinha em 2000, hoje está em 170.000
    O principal negócio do Grupo Folha não é mais o jornal, mas sim o PagSeguro, com faturamento de 4.3 bilhões

    https://conexaopolitica.com.br/ultimas/fernando-haddad-e-o-novo-colunista-da-folha-de-sao-paulo/
    https://www1.folha.uol.com.br/colunas/paula-cesarino-costa-ombudsman/2019/03/novo-diretor-de-redacao-explica-mudanca-no-comando-da-folha.shtml

    6+
    • avatar
    • avatar
    • socrates 3 de maio de 2019 at 13:44

      a Folha virou uma “referência bibliográfica” de luxo para as teses que eles quiserem inventar

      7+
      • avatar
      • avatar
    • ravoc 3 de maio de 2019 at 14:07

      E qual não é? Porque dos “grandes” jornais, o que eu sempre gostei foi o Estadão. Embora tenha certo viés em alguns aspectos, no geral é bem “imparcial” para transmitir notícias, diferente da Folha e Globo.
      Agora, a imprensa “independente” é ridícula, seja de qual lado for: Brasil247, jornalistas livres, pragmatismo político, O Cafezinho, etc… É claramente de viés esquerdista… Enquanto jornais como jornal da cidade (salvo engano), república de curitiba, folha política, etc… Tudo com viés direitista…
      Dá para confiar em algum deles também? Nenhum pouco… se é parcial, não é de confiança…

      10+
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 14:21

        ravoc

        Por isso eu gosto da Band, não acho eles enviesados, eles tem tanto jornalistas com ideologia individualista como os coletivistas

        A Globo depois que demitiu o Willian Wack e o Alexandre Garcia, deixou apenas os esquerdistas, tem uma exceção mas que é apenas comentarista econômico é o Samy Dana. A Leda Nagle deu uma entrevista para o Pondé, falando como era antes e como está hoje.
        https://www.youtube.com/watch?v=4AzM-ijkklY

        A redação da Folha de São Paulo é 99% PSOL

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • tmarabo 3 de maio de 2019 at 14:26

        a questão é que globo, folha, estadão etc. Brasil247 cada vez menos se diferem de “jornalistas livres, pragmatismo político, O Cafezinho”.

        5+
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 3 de maio de 2019 at 14:37

    kkkkkkkkkkkkk

    É muita cara de pau!

    O mercado imobiliário é um dos setores que mais se beneficia da gradual recuperação econômica no Brasil. O que tem tornado o cenário mais otimista para os investidores é o reaquecimento na compra e venda de imóveis residenciais.

    https://exame.abril.com.br/negocios/dino/recuperacao-economica-atrai-investimentos-no-mercado-imobiliario/

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 3 de maio de 2019 at 14:48

      Cajuzinha,

      kkkk

      É aquele Dino que patrocina a notícia, a Exame até se isenta logo no começo…

      Este cara distorce tudo, trabalha com estatísticas enviesadas, omite, engana, etc. É pior que a Betina e a Empiricus.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 14:50

    #OFF
    Liberdade na Coreia do Sul, só a econômica
    Coisas proibidas na Coreia do Sul
    1) Nadar no mar nos meses de setembro a junho
    2) Pornografia pela internet
    3) Tirar fotos sem fazer barulho
    4) Chamar pessoa mais velhas que você pelo nome da pessoa
    5) Fazer tatuagem
    6) Ter arma de fogo

    https://www.youtube.com/watch?v=V_1mYH7Za7A

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 3 de maio de 2019 at 14:51

    Equipe econômica planeja reduzir renúncia fiscal em um terço
    Essa é a primeira indicação de meta concreta de corte nos benefícios feita pela equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes

    Fontes da área econômica evitam dar pistas sobre quais renúncias entrariam primeiro na mira do governo para não antecipar resistências que devem ser enfrentadas no Congresso Nacional, endereço sensível ao lobby de setores interessados nos benefícios.

    Hoje a maior renúncia é com o Simples Nacional, regime simplificado para empresas com faturamento bruto até R$ 4,8 milhões anuais recolherem tributos. Pensado para micro e pequenas empresas, o Simples acaba abarcando a maior parte das companhias brasileiras, à exceção das grandes, causando uma renúncia de R$ 74,8 bilhões. Integrantes da equipe econômica já defenderam publicamente que a modalidade seja mais restrita.

    4+
    • avatar
  • indiobolhista 3 de maio de 2019 at 15:03

    DISCURSO LACRADOR DO BIB247 E DO BRASIL247 É EXATAMENTE O MESMO, DISSEM FICAR PREOCUPADOS COM O BRASIL E SÓ CRITICAM SEM FUNDAMENTO

    https://www.brasil247.com/pt/247/economia/391963/Com-reforma-da-Previd%C3%AAncia-mais-pobres-v%C3%A3o-pagar-o-pre%C3%A7o-da-crise-econ%C3%B4mica-diz-Pochmann.htm
    COM REFORMA DA PREVIDÊNCIA, MAIS POBRES VÃO PAGAR O PREÇO DA CRISE ECONÔMICA, DIZ POCHMANN
    Agência Brasil

    Para o economista e ex-diretor do Ipea, a economia de R$ 1,2 trilhão anunciada pelo governo com a reforma da Previdência não tem fundamento econômico; segundo ele, Bolsonaro quer salvar da crise setores já privilegiados do país

    1 DE MAIO DE 2019 ÀS 07:21

    Por Rosely Rocha, da CUT – O governo de Jair Bolsonaro (PSL) anunciou oficialmente os números da economia que fará com a reforma da Previdência, caso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 006) seja aprovada pelo Congresso Nacional. Pelos cálculos, em dez anos a “economia” será de R$ 1,237 trilhão, ou seja, R$ 165 bilhões (15,4%) acima dos de R$ 1,072 trilhão, do que vinha sendo divulgado.

    Só há uma avaliação para a diferença nos cálculos anunciados, segundo o presidente da Fundação Perseu Abramo, o economista Marcio Pochmann: “o discurso do combate a privilégios do governo Bolsonaro é inócuo porque a pretensão dele é transferir para os mais pobres o ônus da crise econômica e salvar os setores já privilegiados, como os bancos”.

    “Os números do governo mostram que mais de 80% da economia vem do Regime Geral da Previdência Social (RGPS), que é o INSS, cujo rendimento médio dos beneficiários é de R$ 1.300,00”, diz.

    Já outros impactos da reforma da Previdência que atingem os mais pobres são a pífia economia de 2,8% com as mudanças de regras do Benefício de Prestação Continuada (BPC) pago a idosos pobres a partir de 65 anos e de 13,7% do abono salarial.

    “Esses números [da economia que o governo pretende fazer com a reforma] mostram que o governo Bolsonaro não conseguiu demonstrar a importância de se economizar com a retirada de benefícios dos mais pobres”, avalia o economista.

    Segundo Pochmann, a verdadeira intenção da equipe econômica é a transição para a capitalização, modelo previdenciário que prevê que o trabalhador faça uma poupança para se aposentar, dando aos bancos a oportunidade de lucros maiores do que ganham atualmente.

    “Os bancos comandam o ritmo do Brasil, e eles serão os mais beneficiados com a reforma da Previdência”.

    Governo não é transparente com dados apresentados

    O economista acredita que o governo não está sendo transparente e democrático com a população ao esconder informações, pois não apresentou base técnica que permita aos estudiosos da Previdência, economistas e mesmo o Congresso Nacional, avaliarem se as informações sobre a “economia” anunciada estão corretas.

    “Quando eu faço um estudo econômico eu apresento uma tese, uma dissertação em que informo a origem das informações e a base de dados. O governo meramente apresentou os dados, e não dá para ninguém avaliar se estão corretos. A relação de custos não tem essas informações”, afirma o economista da Unicamp.

    Segundo ele, a falta de cálculo e informações quantitativas descaracteriza o debate sobre a reforma.

    “Qual a base de cálculo, qual a maneira para chegar ao resultado. Como se chegou a essa fórmula e, se for correta, como apresentou essa projeção de várias variáveis?”, questiona Pochmann.

    Lula tem razão ao criticar a reforma da Previdência

    Pochmann critica que diante da mais grave crise do capitalismo brasileiro, após seis anos sem geração de emprego e sem ampliação da produção, a resposta do atual governo seja cortar gastos, retirar do orçamento políticas públicas, como a seguridade social.

    Ainda segundo ele, diante da ausência do atual governo e da gestão anterior, do golpista e ilegítimo Michel Temer (MDB-SP), em atuar para a retomada da economia a partir da geração de empregos, o ex-presidente Lula está certo ao apontar, durante entrevista realizada na última sexta-feira (26), que a saída para a Previdência é criar emprego com carteira assinada.

    O economista lembra que de 1983 a 1988 um quadro recessivo comprimiu o número de vagas de emprego e naquela época houve um debate sobre a necessidade de reforma da Previdência. Mas, com o crescimento da economia, esse debate foi deixado de lado porque o desequilíbrio das contas desapareceu. O mesmo ocorreu na recessão de 1990 a 1992, no governo Collor de Mello. Já durante os governos Lula e Dilma, a Previdência foi superavitária com a criação de 19,2 milhões de empregos até 2014, quase o dobro dos 10,4 milhões de postos gerados durante os governos Fernando Henrique Cardoso, Itamar Franco e José Sarney.

    “Hoje são seis anos de recessão profunda que ainda foi piorada com a reforma Trabalhista que praticamente acabou com o emprego com carteira assinada”, afirma Pochmann, lembrando que “em todo lugar do mundo em que há crise econômica aumenta a procura por benefícios sociais”.

    “A volta do crescimento econômico é o que equilibra as contas. Lula está certo, ao dizer que a saída para o suposto déficit da Previdência é criar mais emprego”, defende o economista Marcio Pochmann.

    3+
    • CA 3 de maio de 2019 at 15:18

      indioBOSTA,

      SEMPRE criticamos os esquerdopatas neste blog.

      No novo governo, estão COPIANDO o que os esquerdopatas faziam e por isto estamos criticando isto.

      O nome de tal comportamento mantido neste blog é COERÊNCIA.

      No seu caso, você nos critica porque somos contra as ações PETISTAS do novo governo e ainda nos chama de esquerdopatas.

      Neste seu caso, tem vários nomes, começa em PROFUNDA INCOERÊNCIA, passa por DESONESTIDADE INTELECTUAL (sic), HIPOCRISIA e termina em COMPLETA FALTA DE CÉREBRO!

      kkkk

      14+
      • avatar
      • avatar
  • indiobolhista 3 de maio de 2019 at 15:05

    AAAIIIMMMMM O PAÍS VAI PARA A MERDA, LACRADORES QUAL É A NOVIDADE??? A CULPA É DO BOZO, OU A CULPA É DOS SEUS BUMBUMS GULOSOS E NERVOSOS? CAGARAM A BANANIA POR 30 ANOS E LACRAM PORQUE NÃO FOI AJEITADA EM 4 MESES, OU 4 ANOS, FALTA MISERÁVEIS

    PRODUÇÃO INDUSTRIAL BRASILEIRA CAI 1,3% DE FEVEREIRO PARA MARÇO
    Reuters

    Em mais um indicativo da paralisia econômica promovida pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo seu ministro da Economia, Paulo Guedes, a produção industrial brasileira recuou 1,3% na passagem de fevereiro para março, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal no Rio pelo IBGE; foram registradas quedas em todos os tipos de comparação temporal

    3 DE MAIO DE 2019 ÀS 10:00

    247, com Agência Brasil – Em mais um indicativo da paralisia econômica promovida pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo seu ministro da Economia, Paulo Guedes, a produção industrial brasileira recuou 1,3% na passagem de fevereiro para março, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal divulgados hoje (3), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mês anterior, a indústria havia crescido 0,6%. Os dados refletem o desmonte que veio com força a partir de 2016, quando houve um golpe contra Dilma Rousseff e impôs uma agenda ultraliberal, baseada na entrega de setores estratégicos para estrangeiros. A Confederação Nacional das Indústrias (CNI) já havia divulgado uma pesquisa Indicadores Industriais apontando que em março o faturamento industrial caiu 6,3%, as horas trabalhadas na produção diminuíram 1,5% e a utilização da capacidade instalada recuou 0,9 ponto porcentual em relação a fevereiro na série livre de influências sazonais.

    Sobre o recuo de 1,3% foram registradas quedas em todos os tipos de comparação temporal: em relação a março do ano passado (-6,1%), média móvel trimestral (-0,5%), acumulado do ano (-2,2%) e acumulado de 12 meses (-0,1%). Dezesseis das 26 atividades industriais pesquisadas tiveram queda na produção na passagem de fevereiro para março, com destaque para os alimentos, que recuaram 4,9%.

    Outros setores que influenciaram a queda de 1,3% da indústria em março, na comparação com fevereiro, foram automotores, reboques e carrocerias (-3,2%), coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-2,7%), indústrias extrativas (-1,7%) e outros produtos químicos (-3,3%).

    Nove segmentos tiveram alta na produção e evitaram uma queda maior da indústria no período, com destaque para produtos farmoquímicos (4,6%).

    Entre as quatro grandes categorias econômicas, apenas os bens de capital, isto é, as máquinas e equipamentos usados no setor produtivo, tiveram alta (0,4%). A maior queda foi observada nos bens intermediários, isto é, os insumos industrializados usados no setor produtivo (-1,5%).

    Entre os bens de consumo, houve queda de 1,3% nos bens duráveis e de 1,1% nos bens semi e não duráveis.

    2+
    • CA 3 de maio de 2019 at 15:13

      indioBOSTA,

      E aí DEMENTE, consegue trazer algum CONTEÚDO para explicar o que o governo está fazendo de positivo para reverter isto?

      Será que a RÉPLICA de Lula / Dilma, de TURBINAR o crédito PODRE via banco PÚBLICO, é a iniciativa “liberal” para reverter a situação? Toda semana inventam nova ação na mesma linha…

      Será que PROMESSAS UFANISTAS salvarão a todos? Lula / Dilma prometiam Copa do Mundo, Olimpíadas, Pré-Sal e Trem-Bala, mas o IPiraNaGrana foi muito além, promete ações para o PIB crescer 60% (4 TRILHÕES em apenas 4 ações), 8 MILHÕES de empregos em 4 anos e daí para pior. Seria este DOBRAR A META de Lula e Dilma nas VIAGENS NA MAIONESE que vão salvar o país?

      E a corrupção no entorno do presidente, que apareceu em tempo recorde, muito mais rápido do que com Lula e Dilma, superando os mestres petistas deste governo, seriam as ações de recuperação?

      E o intervencionismo incurável do Messias, o DILMO, este é o “diferencial” em relação ao PT?

      kkkk

      13+
      • avatar
      • indiobolhista 3 de maio de 2019 at 21:00

        vou explicar o que para voce miserável esquerdopata fingindo de liberal minarquista, vai tomar no cú

        6+
  • indiobolhista 3 de maio de 2019 at 15:10

    Comentario dum bolhista de verdade:

    minha casa não, não comprei, aliás, a casa financiada nunca foi de ninguém, foi sempre do banco, até que se pague até a última parcela um valor 3 vezes maior que o valor a vista e que depois de 35 anos só sobre um imóvel envelhecido, a solução era todo mundo ter se juntado e se recusado a comprar, é preciso abrir os olhos, não tem lógica nenhuma se ajoelhar aos caprichos de uma construtora e pagar 5 mil/6 mil o metro num monte de tijolos em São Paulo, desde quando pobre tem 240 mil pra dar numa casa? Minha casa minha vida foi transformada numa armadilha nojenta por construtoras que deveriam ter aumentado a produção de imóveis ao invés de aumentar os preços. Vou continuar fazendo oque sempre fiz, não vou comprar, não vou pagar, digo as construtoras “fiquem com seus imóveis que eu fico com meu dinheiro” entre pagar aluguel e pagar juros de banco eu pago o aluguel, gosto da dona da minha casa, ela merece meu dinheiro muito mais que uma construtora ou um banco.

    26+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 3 de maio de 2019 at 15:14

      indioBOSTA,

      Pois VOCÊ devia comprar!

      Se o seu governo idolatrado está DOBRANDO o crédito imobiliário com verba da poupança e você diz que tudo que eles fazem é certo, trata-se de uma IMENSA INCOERÊNCIA, aliás, como tudo que os Bolsominions fazem, NENHUMA novidade…

      7+
      • avatar
      • avatar
  • ravoc 3 de maio de 2019 at 15:19

    Sabe o vegano chato? O ateu chato? O crossfiteiro chato? Então, aqui temos o bolsominion chato! Lhes apresento o indiobolhista kkkkkkkkkkkkkkk

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 3 de maio de 2019 at 16:05

      bolsominion chatos que compartilham politica no facebook já caiu 95% neste inicio de ano, os 5% que sobraram ainda não se deram conta que todos os amigos virtuais já colocaram ele em “soneca eterna” , dá até pena, escrevem e compartilham diariamente para um vazio, zero de curtidas a meses….

      16+
      • avatar
      • tmarabo 3 de maio de 2019 at 16:33

        ninguém saudável politicamente fica postando em facebook sobre política passadas as eleições (até mesmo nas eleições é intragável). só os esquerdistas conseguem fazer isso o ano todo mas, como eu disse, não é politicamente saudável politizar a rede social.

        6+
        • avatar
        • Carlos, o vermelho lacrador 3 de maio de 2019 at 18:00

          “só os esquerdistas conseguem fazer isso o ano todo”

          tô vendo…
          Vcs tem problemas mentais ou problemas com a verdade, ou ambos? 😀

          11+
    • indiobolhista 3 de maio de 2019 at 20:58

      a piada foi boa rabo guloso e nervoso shuashuashuashuashua, continua lacrador

      8+
  • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 15:20

    O mercado imobiliário brasileiro está num caminho entre o espanhol e o japonês

    Envelhecimento da população leva Japão a dar casas até de graça

    Um relatório do governo, feito em 2013, informa que mais de 8 milhões de propriedades em território japonês estão desocupadas e que quase 25% destas foram abandonadas indefinidamente. As informações são do jornal The Japan Times.

    E a expectativa é a de que esse número aumente ainda mais nas próximas décadas, pelo fato de a quantidade de mortes estar superando a de nascimentos no país.

    Segundo o Nomura Research Institute, a população japonesa deve cair 30% até 2065. Tal fenômeno deverá elevar o número de residências abandonadas para 21,7 milhões até 2033.

    Os bancos akiya fornecem uma lista online de milhares de propriedades abandonadas, que são negociadas a preços mais baixos. Muitas dessas casas tiveram moradores idosos que morreram.

    Tem sido cada vez mais comum os herdeiros, por algum motivo, não quererem utilizá-las. Há propriedades que estão sendo oferecidas gratuitamente.

    Uma residência em Wakayama e outra na província de Yamaguchi, por exemplo, estão sendo oferecidas de graça, pelo fato de terem sido herdadas por crianças que não desejam assumir a responsabilidade pelos imóveis.

    https://noticias.r7.com/internacional/envelhecimento-da-populacao-leva-japao-a-dar-casas-ate-de-graca-05122018

    8+
    • avatar
  • Ilusionista 3 de maio de 2019 at 15:33

    não está nem conseguindo resolver os problemas básicos do Brasil como desemprego e violência, agora decidiu virar um “palpiteiro do futuro das crises e conflitos mundiais” bem ao estilo secretário geral da ONU.

    Já opinou sobre a construção do muro da fronteira dos EUA, arrumou a maior confusão sobre o conflito entre Israel e Palestina com a mudança da embaixada brasileira e voltou atras, botou mais fogo na crise na Venezuela empurrando o Guaidó para um levante precipitado mal sucedido e, agora, quer mudar o resultado das próximas eleições na Argentina “ohhhhhh”.

    https://g1.globo.com/politica/noticia/2019/05/03/nao-queremos-outra-venezuela-mais-ao-sul-do-nosso-continente-diz-bolsonaro-sobre-argentina.ghtml

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 3 de maio de 2019 at 16:10

    Leilão Santander- 10939 – Desconto 20% – Aracaju/SE

    Avaliação: 1.365.000,00
    Lance mínimo: 1.095.000,00

    https://se.olx.com.br/sergipe/imoveis/leilao-santander-10939-desconto-20-aracaju-se-612978060

    5+
    • avatar
    • avatar
    • tmarabo 3 de maio de 2019 at 16:30

      + 10% pagando à vista!!!
      parece um belo apartamento.

      2+
    • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 16:32

      Área útil de 171 m2, ou seja avaliado a 8,0K/m2 e a venda por 6.4K/m2
      Próximo tem um parecido, por 5.2 K/m2, que com um “choro” pode chegar facilmente a 4.5K/m2 e sem bichinho de goiaba.
      https://www.imovelweb.com.br/propriedades/apartamento-com-4-quartos-no-jardins-2941651059.html

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 3 de maio de 2019 at 16:33

        Apesar de no Viva Real garantirem que “vale” 8.5K/m2
        https://www.vivareal.com.br/condominio/mansao-benjamim-de-carvalho-jardins-id-368698e6-c783/

        4+
        • avatar
      • Cajuzinha 6 de maio de 2019 at 08:15

        Esse ap é BEM inferior ao do leilão, fica em uma rua estreita, a varanda dá de testa para o prédio da frente e é mais antigo. O do leilão, apesar de ser frente sul, o que não é bom em Aracaju, tem vista livre para o parque da sementeira, existe uma saída pela garagem que dá acesso ao bairro garcia (academia, lojas, restaurantes, curso de inglês, etc). O problema é o valor do condomínio, porque são só dois aps por andar, mais ou menos R$1.600,00

        1+
        • avatar
  • Jacob 3 de maio de 2019 at 17:44

    Fala aí bolhistas, como estao?

    Queria dizer que sumi porque agora alem de bolhista convicto sou escritor, e minha vida nao está fácil, já que ganho R$ 0,71 por e-book vendido.
    Alias, a amazon colocou o meu livro em promocao na semana nerd. Deem uma olhada la.

    https://www.amazon.com.br/dp/B07LBDHFFW/ref=dp-kindle-redirect?_encoding=UTF8&btkr=1

    27+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 3 de maio de 2019 at 18:01

    Artigo abaixo é interessante, mas vale mais de uma leitura sobre o mesmo:

    https://www.infomoney.com.br/blogs/carros/o-mundo-sobre-muitas-rodas/post/8286987/o-alto-preco-dos-carros-e-o-jeitinho-brasileiro

    Pra começar, falam que as vendas de automóveis cresceram 9% na comparação do primeiro quadrimestre de 2019 com mesmo período de 2018.

    Depois, informam que nas vendas DIRETAS (PcD, Ubers, Locadoras, etc), cresceu 25% e nas vendas via concessionárias CAIU 1%.

    OBS: o que consta acima, é o que falamos HÁ ANOS por aqui.

    Colocaram a culpa nos impostos e disseram que se reduzir os impostos, o carro fica mais barato e venderia mais, todos ganhariam, eventualmente, menos o governo.

    Mas há algo extremamente IMPORTANTE e que extrapola em muito a LÓGICA acima:

    Na realidade, o PcD super-ampliado e com fiscalização FROUXA dos últimos anos, que aparentemente está se mantendo em 2019, mais a disparada de Ubers e afins, no primeiro caso, é reflexo de um SUBSÍDIO mascarado e no segundo, uma ação APELATIVA para ter algum ganho frente à falta de empregos e que requer um outro “subsídio”, que é o preço com desconto pago pela Locadora de veículos ou o desconto de comprar via MEI direto da montadora.

    Ocorre que, como em todo e qualquer SUBSÍDIO DIRECIONADO, a “conta” a ser paga pela sociedade como um todo, é muito maior. Explico:

    – Vamos imaginar que VÁRIAS pessoas usufruem do SUBSÍDIO (e este é o caso, o crescimento acima é RELEVANTE), aproveitando para comprarem os carros. O dinheiro que elas usarão para pagar, na maioria das vezes FINANCIADO por ANOS, deixará de estar disponível para o consumo de outros itens no mês a mês. Só os carros tiveram este “benefício fiscal” e se tornaram mais “tentadores” e “viáveis” para serem adquiridos, os demais produtos e serviços não, então, na prática, ao aumentar as vendas de carros via SUBSÍDIOS, você está “roubando” consumo de todos os demais produtos e serviços!

    – Já do lado das montadoras de veículos, como elas tem um volume maior de vendas graças a estes SUBSÍDIOS para vendas diretas, isto sustenta bem o custo fixo e as margens que precisam para se manter, então, pra que reduzirem os preços? É fato que os impostos tem peso elevado, mas também é verdade que as margens são abusivas, muito acima do que é o padrão para estas montadoras em outros países e completamente incompatível com a realidade da economia e da renda das famílias, que não para de despencar! Só que enquanto existir esta “válvula de escape” das vendas diretas com subsídios fiscais, eles irão usufruir delas e manter folgadamente suas margens para demais vendas. Em outras palavras, todos nós vamos continuar pagando mais caro pelos carros graças aos ganhos de uma parte que vai pagar mais barato e no final, todos pagam caro, porque até o PcD e demais vendas diretas não são totalmente compatíveis com o quanto os carros realmente VALEM! Estamos adulterando a lei de oferta e procura às custas de “N” prejuízos para todos, como os descritos aqui.

    – Por fim quanto às AMOSTRAS dos prejuízos, são gerados VÁRIOS prejuízos em cascata dentro do próprio setor automobilístico: primeiro, as concessionárias sofrem com quedas nas vendas para clientes finais ano após ano, assim como as revendas de veículos semi-novos, que ficam mais caros que PcD e outros que tem “benefícios fiscais”. Futuramente, o PcD se tornará um impacto indesejado para os governos pela perda de receitas (o que já deveria ter acontecido) e vão tornar mais firmes as fiscalizações e menos frágeis as concessões (já PROMETIDO por governo atual, pelo jeito ainda não aconteceu), assim como novas levas de desempregados verão o quanto se tornar um Uber ou afim é INVIÁVEL, por ter que operar no PREJUÍZO em função da SUPER OFERTA e quando combinarmos isto com as concessionárias que já estarão combalidas, mais os efeitos negativos para a economia e sociedade como um todo, que levarão as pessoas a terem ainda menos renda disponível para adquirir um carro, veremos um novo tombo do setor.

    E o que consta acima acima quanto à carros, é MUITO PIOR quanto a imóveis.

    E no final, continuamos pagando a conta, entra governo, sai governo e nenhum deles se propõe a corrigir estas distorções, ao contrário, continuam com promessas de aumentarem as “facilidades” e “subsídios”, ver exemplo recente do presidente da CEF falando que quer aumentar em muito o crédito imobiliário via este banco que foi o campeão nacional em “facilidades”.

    Vai? Não, não vai…

    16+
    • avatar
    • avatar
    • Godinez 3 de maio de 2019 at 18:23

      CA,

      E um item que não foi tratado…além do carro no Brasil ser caro, ele tem qualidade inferior aos carros dos países não emergentes (pois passam pelo processo de “depenação”, tirando tudo que dá para reduzir custos). Lembro que no início da década de 10 eu estive no Chile e custei a ver um VW Gol rodando em Santiago… só dava Mazda, Hyundai, Toyota, Suzuki, Kia e outras chinesas de que nunca tinha ouvido falar. Ford, Fiat , GM e VW não se destacavam. Como lá não há reserva de mercado para as fabricantes (creio que nem existam), a concorrência entre as marcas é forte, as coreanas e japonesas vendem bem e os preços praticados são menores do que o que temos aqui (fazendo aquela conversão de peso para real). Lembro que um diretor da Honda uma vez disse na imprensa que o carro deles aqui no Brasil era mais caro porque o brasileiro pagava o preço pedido (via parcelas a perder de vista…), e que não seria a Honda (uma empresa que visa lucrar) que iria baixar seus preços por uma questão de “justiça”. A verdade é que além desse fator, os altos impostos de importação que garantem a reserva de mercado para as marcas que fabricam aqui ajudam a manter esse cenário. As montadoras recentemente pressionaram para que o governo brasileiro não mantivesse o livre comércio de veículos com o México previsto para iniciar esse ano. Acertadamente, o governo manteve o acordo de livre comércio, extinguindo as cotas…quem sabe isso venha a servir como pontapé para mais acordos e maior abertura desse mercado, afinal, esse governo tem uma ala liberal que precisa mostrar a que veio!

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 3 de maio de 2019 at 18:35

        Australia e Chile nem fabricam carros.
        E não perdem nada por isso

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Money_Addicted 3 de maio de 2019 at 18:02

    CVR – completou um ano meu aluguel, advinhem qto de aumento ?? -> 0

    PMR

    30+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 3 de maio de 2019 at 18:07

      Money_Addicted,

      O meu está indo para o terceiro ano sem reajuste…

      “Detalhe”: no prédio tem outro imóvel para alugar a 2,5 anos sem encontrar inquilino. Idem para imóveis que estão à venda HÁ ANOS, só vendeu um porque anunciou por preço 40% inferior à demais.

      Este é o mundo REAL, saindo um pouco das estatísticas muitas vezes ENVIESADAS pelo setor…

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Godinez 3 de maio de 2019 at 18:25

        Não consegui essa façanha…mas o proprietário aceitou trocar o IGPM pelo IPCA. Na região que moro, há poucos imóveis no perfil que alugo e os que existem e estavam anunciados não tinham preços que empolgassem o suficiente para eu estudar uma mudança de endereço. Quem sabe ano que vem!

        12+
        • avatar
        • avatar
      • Money_Addicted 4 de maio de 2019 at 09:22

        exato, no mundo real as pessoas precisam pagar as contas.

        estou a 12 meses aqui, sem nunca atrasar um dia, vc acha mesmo q eles iriam qrer correr o risco de eu sair e eles alugarem para um bananense tipico?

        13+
        • avatar
        • avatar
        • Krakenvader 4 de maio de 2019 at 19:44

          Mesma coisa aqui.
          Em 3 anos de negociação (além da negociação na locação inicial), tive aumento nominal de 3.2% e reajuste real de -17.8%. Ainda acho pouco!

          PMJ

          6+
          • avatar
      • Avulso 5 de maio de 2019 at 08:26

        O meu foi para o 4º ano sem reajuste. Mas desta vez, enquadrei o prop.: falei que o condomínio está caro (e sem xoxotecas). Ameacei dizendo que ano que vem dificilmente continuo no imóvel pelo valor que pago de aluguel e condomínio.

        6+
        • avatar
  • Tróia 3 de maio de 2019 at 18:25

    CVR
    Acompanho uma casa na região da grande São Paulo que faz 3 anos que foi a leilão,passou por todas as etapas ( leilão 1° e 2° , licitação,venda direta) foi incluída na tentativa de venda em lote,sem lograr êxito .
    E uma boa casa,um bairro bom.
    Valor venal 470mil
    A caixa pedia 317 mil,depois baixou para 305 mil,depois 270 mil.
    Ninguém comprou e a casa sumiu dos anúncios caixa.
    Eis que ligo na GILIE caixa e o atendente informa que depois de 3 anos a caixa tentou renegociar com os moradores ( sabe como é o fator social 😁) mas que já faz 5 meses que não pagam novamente!!
    Pergunto: esse país tem jeito?

    37+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • bolhista cearense 3 de maio de 2019 at 20:30

    Já acabou o ano? Vixe! Nem percebi. Vou ali gastar meu 13°…

    9+
    • avatar
    • avatar
  • indiobolhista 3 de maio de 2019 at 21:06

    explica para idiotas esquerdopatas é impossivel, por isso nem perdo o tempo dando explicação de nada, pode provocar um surmenage na merda que chaman cerebro.
    Fazer liberalismo econômico puro e duro é impossível nessa merda de país, até porque o 99% dos cidadãos são esquerdopatas no fundo do seus patéticos seres ALEM QUE MUDAR ESSES MISERAVEIS DE PENSAMENTO É IMPOSSIVEL SÓ OLHANDO VOCES COMO FICAM COM SEUS BUMBUMS GULOSOS, É PARA RIR REALMENTE.

    8+
    • socrates 3 de maio de 2019 at 23:15

      indio, que país liberal você cita como melhor exemplo?

      9+
  • indiobolhista 3 de maio de 2019 at 21:12

    SÓ PARA BAIXAR A RAIVA DOS ESQUERDOPATAS DE PLANTÃO
    Bolsonaro hoje no lanchinho e suquinho de canudinho com alunos do Centro Educacional – 03/05/2019
    https://www.youtube.com/watch?v=3PK-CLfZ4Ck
    JA SEI O QUE VAI FALAR O POVO, QUALQUER BESTEIRA E QUE TEM QUE TRABALHAR E NAO TOMAR LANCHINHO, ISSO SEI CHAMA FALAR POLITICA, BRASILEIRO MEDIO COM IQ DE 70 A 80 GOSTA DESSAS COISAS

    4+
    • Carlos, o vermelho lacrador 3 de maio de 2019 at 22:45

      Obrigado por comprovar como seu messias além de inútil é um populista inútil 😄

      9+
  • Dr. Estranho 3 de maio de 2019 at 22:35

    Cristina lacra na Argentina? Rimou. Hahahahaha! Lá e aqui. O que tem ou terá de diferente?

    8+
    • avatar
  • Carlos, o vermelho lacrador 3 de maio de 2019 at 22:43

    Pedaladas…

    Para injetar cerca de R$ 10 bilhões na economia, governo vai reabrir saques de PIS e Pasep
    Por Cristiana Lobo e Valdo Cruz

    03/05/2019 16h56 Atualizado há 5 horas

    Preocupado com o ritmo fraco da economia, que deve ganhar impulso mais forte com a aprovação da reforma da Previdência, o governo do presidente Jair Bolsonaro vai reabrir a autorização para saques de quem tem cotas do PIS e Pasep.

    https://g1.globo.com/politica/blog/cristiana-lobo/post/2019/05/03/para-injetar-cerca-de-r-10-bi-na-economia-governo-vai-reabrir-saques-de-pis-e-pasep.ghtml

    6+
    • avatar
    • CA 4 de maio de 2019 at 07:58

      Carlos,

      Comentei sobre isto no começo do tópico.

      Nos anos anteriores, a combinação de fatores NÃO RECORRENTES, como recorde de safra agrícola mais saque de inativos do FGTS em 2017 e saque do PIS/PASEP em 2018 foram os ÚNICOS motivos para o “crescimento do PIB”, sem eles, ficaríamos no “zero a zero”.

      Agora, passados os efeitos TEMPORÁRIOS da sorte com clima para safra agrícola e dos saques apelativos que constam acima e com a volta à REALIDADE, vêem a necessidade de nova APELAÇÃO.

      E na sequência, a PROMESSA de sempre é o Santo Graal da reforma da previdência, que vai ressuscitar as empresas mortas, dar vida eterna ao crescimento do crédito IRRESPONSÁVEL e ao crescimento do PIB, dentre outros MILAGRES…

      Fazer o que deve ser feito e combater de frente às bolhas que causaram os estragos e que continuam impedindo a recuperação?

      Esqueça!

      Só quando for eleito um governo liberal DE VERDADE e com coragem para isto, por enquanto o que temos são cópias de Lula / Dilma quanto à DISPARADA no crédito IRRESPONSÁVEL, promessas UFANISTAS, surtos intervencionistas e corrupção e cópias da dupla Temer / Meirelles quanto à ações APELATIVAS e algumas boas iniciativas microeconômicas, mas PERIFÉRICAS, de pequeno impacto frente aos maiores problemas e que não mudam em nada o rumo de contínua degradação dos empregos, da renda, do endividamento e da inadimplência o que garante também a manutenção de PIBs MEDÍOCRES e prejuízos contínuos para toda a sociedade, aumentando cada vez mais a FRUSTRAÇÃO com o governo.

      E só daqui a um ano vão descobrir que a reforma da previdência NÃO É o Santo Graal que muitos apostaram todas as fichas, ficará claro que foi um novo estelionato, prática esta de prometer o impossível e gerar frustração, que copiaram da Dilma.

      Para tal situação inevitável, estão preparando o próximo bode expiatório para levar a culpa pelo fracasso “inesperado”, que será a demora da aprovação da reforma da previdência e a sua desidratação pelo congresso.

      Tentarão eleger ainda algum novo Santo Graal que a tudo resolverá, mas a esta altura, a credibilidade da equipe econômica estará muito abalada, porque vão “descobrir” que os 4 TRILHÕES de Reais e os 8 MILHÕES de empregos, dentre outras promessas, eram gigantescas VIAGENS NA MAIONESE, ao mesmo tempo que os efeitos da bolha das bolhas e demais bolhas ao redor do globo, inclusive as nossas, ficarão mais visíveis.

      Triste ficar assistindo a filmes repetidos e monótonos, com roteiros pobres e sem criatividade, onde desde a primeira vez que víamos, logo no começo do filme já sabíamos o final…

      8+
      • avatar
      • avatar
  • DouglasteR 3 de maio de 2019 at 23:08

    To doido pra tirar meu FGTS, prq do jeito que está jaja ele nao valerá nada msm

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Carlos, o vermelho lacrador 4 de maio de 2019 at 02:06

    OFF – É cada ministro um mais demente que o outro, preparem as malas 😀
    Não era este o governo que iria revolucionar o critério de contratações, alguma coisa sobre mérito e capacidade?

    Damares decide demitir Tia Eron da Secretaria de Políticas para as Mulheres
    Ministra se queixava da produtividade da subordinada da pasta na pasta Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

    Ao demitir Tia Eron, Damares justificou ter se incomodado com a “falta de produtividade” dela no ministério e também com a quantidade de pessoas “ligadas à esquerda” que ela teria nomeado para a pasta. Tia Eron foi secretária Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza de Salvador (BA) e sua passagem por lá foi considerada “desastrosa”.

    https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,damares-decide-demitir-tia-eron-da-secretaria-de-politicas-para-as-mulheres,70002815047

    4+
  • socrates 4 de maio de 2019 at 06:55

    A bomba que incluiu a prisao de famosos no eua aconteceu na terça e so chegou aqui na sexta? O que esta acontecendo com a justiça americana? Eles estao precisando de uma consultoria do Gilmar Mendes,nao?
    https://www.google.com/amp/s/noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2019/05/03/familia-chinesa-denuncia-fraude-de-us-65-milhoes-em-doacao-para-stanford.amp.htm

    6+
    • avatar
    • socrates 4 de maio de 2019 at 06:57

      Sigilo judiciario… A treta começou no inicio do ano!

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Igor N 4 de maio de 2019 at 08:25

    Mal posso esperar por mais pedaladas e por uma reforma da previdência , estou com o mesmo olhar de esperança de um operador de caixa que acaba de ser contratado por salário mínimo , agora a vida melhora de vez…

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 4 de maio de 2019 at 09:51

      Igor N,

      Sobre o saque do PIS que o “novo” governo vai fazer para PEDALAR com os problemas, vale lembrar que por enquanto o que temos são cópias de Lula / Dilma e Temer / Meirelles.

      Governo atual copiando de Lula / Dilma:

      – DISPARADA no crédito IRRESPONSÁVEL, em especial via Banco PÚBLICO;

      – Promessas UFANISTAS, incluindo a da reforma da previdência ser o Santo Graal;

      – Surtos intervencionistas do presidente;

      – Corrupção no entorno do presidente.

      E copiando da dupla Temer / Meirelles:

      – Ações APELATIVAS, como a do saque do PIS;

      – Algumas boas iniciativas microeconômicas, mas PERIFÉRICAS, de pequeno impacto frente aos maiores problemas.

      Triste ficar assistindo a filmes repetidos e monótonos, com roteiros pobres e sem criatividade, onde desde a primeira vez que víamos, logo no começo do filme já sabíamos o final.

      Ou, como dizia Einsten:

      “Não há maior sinal de loucura do que fazer uma coisa repetidamente e esperar a cada vez um resultado diferente.”

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 4 de maio de 2019 at 16:42

        Por que o governo “liberal” nao libera o empregador logo para incorporar o pis ao salario, com as devidas adaptacoes, acabando logo com mais essa obrigaçao acessoria? Muito melhor para todos que obrigar uma poupança forçada todo ano e depois liberar. O pis rende quanto enquanto nao disponibilizado? Bem, na mesma toada o governo “liberal” deveria fazer o mesmo com o fgts

        5+
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 4 de maio de 2019 at 08:29

    Jornal da Globo mostrando Inteligencia artificial (ELIS) que está revisando a dívida dos baianos. O sistema analisa os docs, analisa a renda e propriedades e emite a multa de dívida do IPTU…kkkk .já emitiu 70mil multas e decisões (que levaria 2 anos pra fazer). a esperança é arrecadar 5bilhoes de reais. O sistema bloqueia contas,e sugere carros e imóveis pra confisco… kkkk a galera vai descobrir que sua casa valorizou mesmo.

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 4 de maio de 2019 at 09:32

      Parece que existe a recomendação de implantar em todos os estados… é um sistema do tribunal pra evitar que funcionários e juízes fiquem analisando demoradamente os casos, tenham de acessar contas manualmente (pedir pra receita), fazer processos com protocolos etc… Elis é o nome da filha do criador.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 4 de maio de 2019 at 08:36

    estavelmente:
    -Santander realiza leilão de imóveis com até 86% de desconto
    EXAME.com-1 h No total, 280 unidades em todo país, entre imóveis residenciais.
    -Cidades mineiras afetadas por barragens enfrentam desvalorização …
    G1-22 h. de acordo com o Sindicato dos Corretores de Imóveis de Minas Gerais, o valor de uma casa no vilarejo caiu de 20% a 30%.
    -Diadema propõe arrecadar imóveis abandonados.
    Diário do Grande ABC-1 h atrás Tramita na Câmara de Diadema projeto para…

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Dr. Estranho 4 de maio de 2019 at 09:21

    O Jornal errou na notícia. Na verdade não acabou o ano para construção civil. Ele nem começou. KKKKKKK

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Dr. Estranho 4 de maio de 2019 at 10:32

    Sold anunciando leilão sem o bicho de goiaba.
    https://www.sold.com.br/lote/ver/1276848

    5+
    • avatar
    • LZ 6 de maio de 2019 at 09:36

      Só avisando os amigos.
      Leilão Santander com ou sem bicho de goiaba é bucha.
      Senhora LZ trabalhou na área de regularização destes imóveis.
      Tem imóvel vendido no leilão desocupado com mais de 8 meses sem enviar a documentação ao cliente.

      3+
  • CA 4 de maio de 2019 at 11:39

    https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/05/04/numero-de-empresas-aereas-aptas-a-operar-voo-regular-cai-pela-metade-em-oito-anos.ghtml

    O que está descrito no artigo acima é uma situação típica de bolhas, que aconteceu do mesmo jeito com setores imobiliário, automobilístico, transportadoras, educacional, aviação, etc, etc, etc…

    Durante a EUFORIA do inflar das BOLHAS via crédito PODRE, no nosso caso bancado na maior parte por bancos PÚBLICOS, a demanda dispara, os negócios se ampliam quanto a sua capacidade produtiva, fala-se sobre “novos paradigmas” e crescimento sustentável e garantido SEM ESFORÇO, vem as promessas UFANISTAS, a DESINFORMAÇÃO em larga escala e daí por diante.

    Quando ocorre a INEVITÁVEL volta à REALIDADE, as empresas, famílias e governos estão em sua grande maioria QUEBRADOS, existe OCIOSIDADE relevante quanto à capacidade produtiva instalada, muitas empresas dos setores inflados artificialmente deixam de existir, dentre inúmeros outros prejuízos para a sociedade e economia.

    E o que tem sido feito pelos governos anteriores e atual?

    Eles FINGEM não ver as INÚMERAS evidências que constam acima e vivem de DOBRAR A META, oferecendo cada vez mais crédito PODRE, fazendo promessas cada vez mais UFANISTAS, cada vez mais GAMBIARRAS e PEDALADAS e rezando para que a bomba que eles estão alimentando só estoure de vez no proximo governo…

    9+
    • avatar
    • avatar
    • motumbo_hardcore 4 de maio de 2019 at 11:57

      O transporte aéreo no Brasil sempre foi mergulhado em corrupção. O Estado, ao invés de se limitar a regular, sempre funcionou intervindo, destruindo as empresas inimigas e subsidiando as amigas. Basta ler a respeito de como a VARIG mandava no mercado e como destruíram a Panair. São leituras interessantes, lições de história.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 4 de maio de 2019 at 12:18

        motumbo_hardcore,

        Sim, para piorar, tem ainda a eterna prática de “amigos do rei”.

        Mas no caso acima, vale lembrar dos discursos UFANISTAS do Lula, de que no governo dele o pobre podia comprar imóvel novo, podia comprar carro zero, podia viajar de avião, podia colocar o filho na faculdade e por aí vai.

        De onde veio tal “milagre econômico e social”?

        Veio do FIES SUBSIDIADO por crédito PODRE concedido por banco PUBLICO, de credito PODRE via MCMV com verba SUBSIDIADA tanto do FGTS quanto do governo, veio do crédito imobiliário “facilitado” via CEF, do crédito “facilitado” para aquisição de automóveis, de caminhões, do crédito “facilitado” do Minha Casa Melhor, dos cartões de crédito fornecidos a rodo e sem critério, as vezes com limites de algumas vezes a renda das pessoas e ainda aceitando FRAUDES na comprovação de renda, etc…

        E o que o governo atual está fazendo?

        O super-ministro da economia elogiou o Lula por tudo que consta acima e que na prática levou governos, empresas e famílias a um super endividamento e inadimplência que bateram todos os recordes e nos colocaram na crise que estamos hoje!

        E de quebra, estão DOBRANDO A META do crédito PODRE!

        Este é o principal problema hoje. Existem sim situações de “amigos do rei” em vários setores, que também causam seus estragos, mas nada comparável à DESTRUIÇÃO que consta acima.

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • socrates 4 de maio de 2019 at 16:49

          E , Ca, o pior é que pessoas, da mesma familia, acabaram brigando porque acreditaram na briguinha teatral… Nem precido citar a quantidade de casais que se separaram por causa “do mito”, né?

          4+
          • avatar
          • avatar
    • Krakenvader 5 de maio de 2019 at 02:11

      Permitam-me contribuir em dois detalhes:

      – A Avianca Brasil começou como lavanderia a.k.a. OceanAir (e pelo que podemos ver agora, nunca deixou de ser). A Ocean nunca teve um masterplan definido. Foi crescendo aí de um jeito meio doido, trouxe 757 e 767, voou para o México, só prejú. Depois começou a pagar naming rights pra uma empresa do mesmo grupo (conhecem meio mais simples de mandar dinheiro para o exterior?). E por fim, começaram a voar pra NYC e MIA sem conectividade interna, brigando com as gringas e se pendurando no pincel da Star Alliance. Óbvio que ia dar merda!

      “Ah Kraken, mas é fácil ser profeta do acontecido.”

      Em 2017 tive a chance de trabalhar lá. Arremeti, porque achei as propostas otimistas demais.

      A diferença entre as duas é que:

      Se olhar em perspectiva, a falência da PanAir tinha muito mais a ver com a TV Excelsior e o regime militar do que com a Varig em si. A Varig se beneficiou da quebra da PanAir por “right place at right time”. A Varig faliu com créditos a receber de ordem bilionária, ainda que sua administração fosse lamentável nos anos finais. Em valores ajustados, se os slots nos aeroportos fossem mantidos (utopia, lógico) daria pra ressuscitar a empresa na manhã seguinte ao recebimento destes créditos. Uma falência muito mais política do que a da PanAir, uma vez que a quebra da Varig tinha dois objetivos:

      1 – Interesses privados do José Dirceu com o aumento do preço das ações da TAM. (Algo nunca apurado por razões óbvias nos últimos anos, mas basta abrir a caixa-preta que muita coisa será encontrada)

      2 – Popularização do transporte aéreo com o crescimento da GOL. Propaganda gratuita para o governo populista. (Revelado pelo Julian Assange no Wikileaks, onde estão disponíveis os detalhes da manobra jurídica de compra da marca Varig pela GOL sem o ônus das dívidas).

      A Avianca nasceu falida em forma de lavanderia com um roubo interno da Rio-Sul (subsidiária da Varig) que entregou E-120s à preço de banana pra Ocean (o então diretor foi convidado a deixar a empresa, mas tarde demais). Daí em diante, eles só pedalaram as dívidas e escolhiam quem não pagar mês a mês. Até que em 2018 os credores se reuniram e cobraram de uma vez, assim como os lessors dos aviões começaram a arrestar os aviões.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 07:30

        Obrigado pelas informações Krakenvader.

        3+
        • avatar
  • Alemon Fritz 4 de maio de 2019 at 14:12

    mega sena: corvo recomenda…
    A carteira de investimentos seria:
    1- Dez apartamentos, ao custo de R$ 4 milhões cada, com quatro quartos e duas vagas na garagem, na quadra da praia nos bairros de Copacabana, Ipanema e Leblon, ao subtotal de R$ 40 milhões;
    2 – Dez casas, também ao custo de R$ 4 milhões cada e com quatro quartos e duas vagas na garagem, na região da Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes, mais R$ 40 milhões;
    3 -Duas fazendas no interior do Estado do Rio de Janeiro, no valor de R$ 15 milhões cada, para o investimento no cultivo de alimentos orgânicos, somando mais R$ 30 milhões;
    4 – E cinco casas na Região dos Lagos para o investimento em aluguel de temporada, ao valor de R$ 4milhões cada, nas cidades de Búzios, Cabo Frio e São Pedro da Aldeia, acrescentando R$ 20 milhões.

    O total dos investimentos recomendados soma R$ 130 milhões. Com os R$ 10 milhões restantes, ele recomenda o investimento em ações.
    esta carteira de patrimônios renderia , em dois anos, R$ 280 milhões – o dobro da bolada deste sorteio. kkkkk
    (recomendo o governo comprar imóveis pra previdência)

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 4 de maio de 2019 at 14:29

    Ostentação à carioca: confira o que os R$ 140 milhões da Mega-Sena …
    G1-4 horas atrás. Mas, segundo o diretor do Creci – que já fez duas apostas para esta Mega-Sena e também sonha com o prêmio -, torrar tudo num apartamento.só..

    8+
    • avatar
    • avatar
  • Alves 4 de maio de 2019 at 17:35

    Sustentada por locadoras e aplicativos, venda de carro não acompanha o lucro
    Crescimento do mercado automotivo em 2019 se deve à comercialização a frotistas

    https://www1.folha.uol.com.br/colunas/eduardosodre/2019/05/sustentada-por-locadoras-e-aplicativos-venda-de-carro-nao-acompanha-o-lucro.shtml?utm_source=whatsapp&utm_medium=social&utm_campaign=compwa

    Esta notícia é para o CA. Impressionante como o pessoal do blog antecipa tudo. Muito bacana.

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Filósofo 4 de maio de 2019 at 20:30

    Tenho um CVR sobre o despair level hard.
    Dirigindo no Hell, avistei um carro com um anúncio de venda. Coisa normal, né… Mas era um anúncio de venda de apartamento! Um anúncio “pequeno”, “discreto” (sqn!).
    E como eu mato a cobra e mostro o pau, tirei uma foto do carro! Se o motorista me viu tirando a foto, pensou que eu estava interessado no apartamento! kkkkkkkkk!!
    < img src=”https://www.4shared.com/photo/WgeaGeHxee/CVR_final.html">

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Filósofo 4 de maio de 2019 at 20:32

      A URL acima não ficou como um link… Precisa copiar e colar no navegador. Como faço pra deixar como um link direto?

      3+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 4 de maio de 2019 at 22:38

        Seu link está errado.

        “img src” está apontando para um HTML deve apontar para uma imagem, imagem ponto alguma coisa: jpg, gif, png etc

        2+
        • avatar
        • avatar
    • Minino do TI 4 de maio de 2019 at 23:37

      Achei tal engraçado que re-upei para você, valeu a pena haha

      28+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Minino do TI 4 de maio de 2019 at 23:39

        Complementando o que o Carlos disse, você pode usar o site tinypic para upload de imgs. Valeu!

        5+
        • avatar
        • avatar
      • Filósofo 5 de maio de 2019 at 09:50

        Valeu!!

        3+
        • avatar
      • Filósofo 5 de maio de 2019 at 09:55

        Acho que a próxima fase vai ser tipo “carro da pamonha”, com nego berrando seus apartamentos pelos alto falantes!

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • indiobolhista 4 de maio de 2019 at 21:41

    Bolsonaro versus reitores das universidades federais: A batalha anunciada
    04/05/2019 às 20:12

    Vamos assistir uma enxurrada de Universidades Federais ameaçando fechar as portas por conta do corte de 30% nas verbas

    Normal, faz parte da “resistência” e já era previsto pelo governo. Previsto não, aguardado.

    Vamos analisar o caso considerando o mecanismo de conquista do cargo, o poder limitado do reitor e as consequências de seus atos administrativos:

    – Quem escolhe o reitor é a comunidade acadêmica (os professores, técnicos administrativos e estudantes), em via de regra, cria-se uma listra tríplice que é analisada pelo MEC. Já houve casos onde um ministro nomeou o reitor da federal do RJ; ou seja, o governo pode escolher novos reitores.

    – “O reitor da Universidade vai demitir todo mundo.” Não, não tem esse poder.

    Servidor universitário federal é concursado, nem o presidente da República pode demiti-lo, apenas um órgão colegiado e o salário dos servidores federais está em dia.

    -“O reitor disse que vai fechar o campus!” Ele também não tem essa autoridade! A menos que ele tenha comprado a Universidade, então ela é particular. Se um reitor fechar um campus, ele também perderá o emprego, deverá responder por má gestão dos recursos públicos e no dia seguinte entra um reitor alinhado ao governo e reabre o campus.

    – Reitor é um administrador temporário de um bem público, não tem tanto poder quanto gostaria. Ou alguém realmente acredita que o diretor de uma escola pública tem o poder de demitir todos os professores concursados, mandar fechar a escola e mandar todas os alunos para casa sem o diploma?

    Acham mesmo que um reitor poderia intervir drasticamente no processo de obtenção do diploma de curso universitário, ou, proibir acesso de novos estudantes ao ensino público superior? Bobagem…

    Só mais um movimento para tentar espalhar o pavor às comunidades. Não esqueçam que eles também se sustentam com o campus, não iriam fechar as portas, nem que pudessem!

    O que estamos assistindo é a boa e velha estratégia do “arrocha”, (quem é da área de economia e administração sabe que a política de cortes numa corporação também funciona assim), se reduz os atrativos financeiros da equipe, mantendo apenas o básico, quem se sobressai são os profissionais econômicos, os catedráticos, os comprometidos e os criativos, já os que chegaram ao cargo por qualquer outro motivo, irão tentar inflamar a opinião popular para deixar tudo como está, mas só conseguirão a própria exoneração.

    É uma questão de ajustes, todos nós já passamos por isso nas empresas onde trabalhamos e em nossas vidas pessoais, mas sobrevivemos, já li uma nota de universidades que chegam a usar o termo: “Constrangimento”, referindo-se às dificuldades de pagarem os serviços de limpeza depois do corte.

    Impossível não lembrar do exemplo do Japão, onde cada um limpa seu espaço, do porteiro da Universidade, até o reitor, cada um mantém sua sala e banheiros limpos, afinal, é um ambiente seleto, frequentado apenas por mentes brilhantes, não há constrangimento em ser humilde e higiênico; constrangedor mesmo, é usar dinheiro público para promover ações políticas dentro do campus, ignorando que há outras vertentes frequentando o mesmo espaço.

    O que o povo deve ficar atento é que esse valor de 30% que saiu do ensino superior, seja de fato aplicado na educação básica!

    Se houve “arrocha” de um lado, deverá haver fartura do outro! Mais vagas, melhorias na infraestrutura das escolas, na alimentação, nos turnos integrais, mais professores contratados, enfim… Haverá melhorias.

    8+
  • indiobolhista 4 de maio de 2019 at 21:44

    Construção de fábrica asiática de celulose deve criar mais de 7 mil empregos no interior de SP
    Obras que devem ser finalizadas no fim de 2021 mobilizam ações de qualificação de mão de obra em várias cidades no entorno de Lençóis Paulista (SP), sede do empreendimento.

    Canteiro de obras da fábrica de celulose ocupa uma área de mais de 1,2 milhão de metros quadrados em Lençóis Paulista — Foto: Grupo Bracell/Divulgação Canteiro de obras da fábrica de celulose ocupa uma área de mais de 1,2 milhão de metros quadrados em Lençóis Paulista — Foto: Grupo Bracell/Divulgação
    Canteiro de obras da fábrica de celulose ocupa uma área de mais de 1,2 milhão de metros quadrados em Lençóis Paulista — Foto: Grupo Bracell/Divulgação

    Um canteiro de obras montado em uma área de quase 1,2 milhão de metros quadrados, em Lençóis Paulista (SP), está movimentando o mercado de trabalho em cidades do Centro-Oeste Paulista, principalmente nas que são vizinhas do empreendimento.

    Apenas os trabalhos de construção de uma fábrica asiática de papel e celulose têm a expectativa de empregar cerca de 7 mil trabalhadores até o fim de 2021, prazo estipulado pela empresa para conclusão da obra. A empresa deve contratar outros 2 mil trabalhadores para atuar na empresa.

    A nova planta da fábrica se estende por dois municípios, Lençóis Paulista e Macatuba. No canteiro de obras já trabalham cerca 300 funcionários, atualmente nos serviços de terraplenagem.

    Obra em empresa de celulose em Lençóis Paulista deve gerar milhares empregos para a região

    Segundo a empresa, o projeto de ampliação prevê empregar até 7,5 mil trabalhadores durante o pico de implantação, com uma média fixa de 3,5 mil postos. Ainda estão previstos mais 2,1 mil empregos diretos quando a empresa começar a produzir.

    A demanda fez que com várias prefeituras da região organizassem mutirões de qualificação de mão de obras. Só em Lençóis Paulista, a prefeitura estima que cerca de 1,5 mil pessoas participaram de curso realizado no teatro municipal da cidade.

    Em Macatuba, outras 860 pessoas se inscreveram para um curso gratuito oferecido pela prefeitura, o mesmo acontecendo com Pederneiras, onde a administração ofereceu 400 vagas para curso de qualificação destinado apenas a moradores da cidade.

    Cursos de qualificação foram realizados em grandes auditórios de cidades da região — Foto: TV TEM/Reprodução Cursos de qualificação foram realizados em grandes auditórios de cidades da região — Foto: TV TEM/Reprodução
    Cursos de qualificação foram realizados em grandes auditórios de cidades da região — Foto: TV TEM/Reprodução

    Os cursos ensinaram, basicamente, noções de segurança no trabalho, educação ambiental, higiene, ética e cidadania.

    “Aqui na região temos instituições, escolas técnicas e universidades que são um diferencial em relação ao resto do Brasil em termos de formação de gente. E isso é importante porque, tanto na ampliação como na operação, teremos uma grande demanda de mão de obra”, explica Pedro Stefanini, diretor de operações da empresa.

    A obra da fábrica de celulose já começa a refletir no aquecimento do mercado de trabalho em Lençóis Paulista.

    Segundo Caged, índice que mede empregos formais (com carteira assinada), no primeiro trimestre desse ano foram 2.138 contratações contra 1.599 demissões, um saldo positivo de 539 empregos criados.

    A empresa diz que o projeto de expansão da fábrica deverá criar oportunidades de emprego não apenas em Lençóis Paulista e Macatuba, mas também para cidades da região, como Agudos, Areiópolis, Borebi, Bauru, Pederneiras, São Manuel, Barra Bonita, Jaú e Igaraçu do Tietê.

    5+
    • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 06:32

      Vai ser inaugurada em 2021 pelo Ciro Gomes 😆

      3+
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 06:34

        É fim de 2021, provavelmente 2022, se o painho do falido sair da cadeia pode estar na inauguração também 😄

        4+
        • avatar
        • Falido.com 5 de maio de 2019 at 09:57

          In painhu We Trust…. 🙂

          4+
          • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 06:36

        Ops, errei, são 7 mil na construção e 2 mil depois, vai aquecer a construção cívil 😆

        5+
        • avatar
  • Alemon Fritz 4 de maio de 2019 at 22:40

    Em Laguna SC: após 6 anos compradores ainda não receberam imóveis.
    Dezenas de compradores esperam que se resolva o loteamento moradas de Santa Marta. Construtora, imobiliaria pularam fora e ninguém foi citado ou preso até hoje. O dono original diz que vendeu pra imobiliaria que diz que intermediou pra um realestate… 25k cada lote em 2013. Creci não se manifestou.

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 00:02

    Muito do que discutimos aqui.

    O país está parado. O primeiro trimestre, no campo econômico, foi perdido. O otimismo pós-eleitoral se desmanchou no ar. As expectativas criadas a partir do último bimestre de 2018 foram frustradas. Nada indica que o crescimento do PIB neste ano passe de 1,5%, mesmo com a aprovação da reforma da Previdência. O perigo é a contaminação de 2020. Neste cenário econômico teremos o primeiro biênio presidencial com resultados tímidos, próximos aos dos anos 2017 e 2018. Está descartada uma recuperação em ritmo acelerado. Lembrando que a economia internacional deve crescer neste e no próximo ano acima de 3%. Portanto, as razões para a paralisia são internas.

    http://www.blogdovilla.com.br/politica-no-brasil/artigo-do-prof-villa-na-istoe-crise-e-incompetencia/

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 5 de maio de 2019 at 08:04

      Carlos,

      Ele está constatando uma situação que já é pública e notória, que havíamos previsto por aqui desde o segundo semestre do ano passado, quando alertávamos que pelo terceiro ano seguido, com as mesmas “justificativas” (promessa de reforma da previdência, SELIC e inflação baixas, Tsumoney, etc), teríamos uma onda de otimismo UFANISTA via promessas MIRABOLANTES de recuperação imediata sendo feitas no segundo semestre de um ano, para logo no começo do ano seguinte termos a FRUSTRAÇÃO com a volta à REALIDADE.

      Sobre o diagnóstico da causa para tal situação, ele culpa uma crise política e amadorismo por parte do executivo e legislativo, o que atrasa as reformas, além de um plano de governo que não existe e ações de governo que “não conversam entre si”.

      Como todo “especialista”, ele está profundamente enganado quanto ao diagnóstico.

      Não havia a menor possibilidade de qualquer recuperação aparecendo já no primeiro trimestre de 2019.

      Os efeitos das BOLHAS ainda são muito intensos.

      O diagnóstico para a causa, tem a ver com as BOLHAS, o SUBSÍDIO DIRECIONADO e intenso para alguns setores levou uma INFINIDADE de pessoas, empresas e governos a quebrarem.

      O caminho de volta, QUANDO INICIADO, será longo e doloroso.

      Já sobre o governo, o seu maior crime é focar na reforma da previdência como Santo Graal e ao invés de combater as BOLHAS, estar estimulando-as, garantindo assim que as consequências DESTRUTIVAS sejam cada vez PIORES, que a recuperação demore cada vez mais para se INICIAR e que sejam levadas cada vez mais pessoas e empresas para o SUICÍDIO FINANCEIRO em função do otimismo UFANISTA combinado com novas disparadas em crédito PODRE e novas modalidades de crédito, mais diversas ações da CEF para turbinar os financiamentos e por tabela o super-endividamento e a inadimplência ANORMAL já existentes.

      14+
      • avatar
      • avatar
  • indiobolhista 5 de maio de 2019 at 02:46

    Que delícia ser de esquerda.
    Que bom ser comunista em Nova York!
    No verão, caminhar no Central Park,
    curtir o acervo fixo do MoMA,
    e o que quiser tomar, vai lá e toma.

    Difícil é ser convicto em Havana,
    viver com vinte dólares por mês,
    com trinta, ser taxado de burguês,
    e então ser condenado a comer Granma.

    E que comuna irá para Caracas
    gozar das maravilhas do Maduro
    forçado a deglutir as próprias cacas
    no vago desespero de um futuro?

    Tiburra, Caetânus, Chicu e Jânus:
    presumem ser sublimes, são tiranos.

    Autor: Vicente Pessoa

    10+
    • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 06:23

      Outro invejoso, talvez queira que todos pastem no bananistão e comam m… do seu messias…
      Quanta preocupação com a vida dos outros, sinal de vidinhas medíocres e gente idem.

      11+
      • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 06:28

      Economia está na UTI e os retardados da nova direita preocupados com as besteiras que pessoas postam na internet, acham que os problemas econômicos serão resolvidas com oração e pedidos a jesuis porque o messias na terra tem coisas mais importantes para cuidar como por exemplo quem não está lavando o pipi direito 😄

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 5 de maio de 2019 at 08:17

      Cajuzinha,

      É interessante que falam no subtítulo sobre a redução de atividades de lazer e até a venda de utensílios domésticos por famílias para sobreviverem.

      Isto tem a ver com o que sempre dizemos por aqui:

      Quando temos um excesso de subsídios (exemplo: MCMV, PcD para automóveis, etc), “incentivos” e facilidades (exemplo: CEF “facilitando” credito imobiliario, reduzindo taxas, prometendo DOBRAR o credito imobiliario e voltar a liderança nesta concessão de crédito, etc), que são DIRECIONADOS para determinados setores, ou algum fator que leve um enorme contingente a priorizar gastos para setores isolados (exemplo: desemprego impulsionando Ubers e por tabela setor de Locação de carros e montadoras), na pratica, em um primeiro momento todos os outros setores não beneficiados por estes fatores observam queda de demanda e em um segundo momento, os próprios setores beneficiados por estes fatores ficam no prejuízo também!

      É um círculo vicioso: beneficia carros e imóveis, rouba demanda dos demais setores, que sofrem com perda de receitas, estes outros setores são obrigados a demitirem muitas pessoas, o emprego aprofunda sua degradação, a renda geral cai e com isto, os crescimentos para os setores de imóveis e carros vão minguando até se transformarem em quedas, mas os governos só dobram as metas das “facilidades” e fazem vista grossa para os SUBSÍDIOS e daí o ciclo continua…

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Leonardo M. 5 de maio de 2019 at 07:52

    CVR

    Prédio que fica na última rua do bairro mais afastado da cidade.
    Achei um anúncio por 85k avista, sendo que o preço normal pedido é de 145k.
    Quase 50% né produção?

    CVR 2
    Nosso casal bananense preferido financiou um carro para o marido trabalhar de Uber pois ficou desempregado.

    CVR 3
    Achei um AP de 600k sendo alugado por 1700 mensais(um prédio todo na verdade com 3 tipos de configuração.
    Configuração 1: Apartamento de 900k sendo alugado por 2k -suite e 3 quartos – 129m2
    Configuração 2: 600k por 1700 – 2 quartos e suite -89m2
    Configuração 3: 450k 1 quarto porém bem grande com 72m2 e sendo alugado por 1200
    Está 90% vazio

    38+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 07:55

      A hora dos líquidos está chegando, vai ter bolhudo pra escolher…

      10+
      • avatar
      • Leonardo M. 5 de maio de 2019 at 09:06

        Mas esse de 145k e agora está 85k ainda está muito caro. R$70k seria um preço mais justo, 60k pra baixo preço de banana.

        São apartamentos com parede de gesso/isopor/oco por dentro
        Se você tiver conversando com sua esposa o vizinho do lado vai entender 90% do assunto
        Tô fora desses pombal

        21+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 09:15

          Sim, tem que ter paciêncie e esperar se for comprar.
          Falo pra alugar mesmo, os preços e as exigências ridículas de antes.

          5+
          • avatar
          • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 09:26

            Previsão: Um grande problema será que mesmo reduzindo o valor, o comprador vai descobrir que vai ter de pagar ITBI sobre o que a prefeitura ACHA que vale (de 470k fica em 650k) e o vendedor ficará indignado pois achará que está dando o apto pro comprador ou não entenderá que não valorizou como prometido pelo corvo.
            Os negócios ficarão no limbo por mais 6 meses até cada entender que é assim.

            13+
            • avatar
            • avatar
      • indiobolhista 5 de maio de 2019 at 22:23

        CAMARADA CHARLIE ESTÁ TRAINDO A MORAL MARXISTA, ATÉ PARECE UM SUJO CAPITALISTA COM DINDIN LIQUIDO

        2+
  • Avulso 5 de maio de 2019 at 08:33

    CVR 1 Aluguel: O meu foi para o 4º ano sem reajuste. Mas desta vez, enquadrei o prop.: falei que o condomínio está caro (e sem xoxotecas). Disse ainda que dificilmente continuo no imóvel ano que vem pelo valor que pago de aluguel e condomínio (silêncio).
    CVR 2: No mesmo prédio, um colega de trabalho tem um apt, só que ele foi transferido para outra cidade. Tenta vender o apt há um ano, começou com 480, depois, 470, 440, 430 e agora 415 e nada. Comprou em 2012 por 350, será que valorizou?Será que vende? Por quanto? Cena dos próximos capítulos.

    33+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 5 de maio de 2019 at 09:24

      bem interessante esse relato, e vc estando a 4 anos sem dar trabalho (obviamente) ele aceitara diminuir o valor do aluguel para mante-lo

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 09:29

    ver ´previsão acima, os negócios vão ficar no limbo por muito tempo…

    5+
    • avatar
  • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 10:04

    -Treta do ITBI
    DIARINHO-15 de abr de 2019
    -Prefeitura vai cobrar diferença do ITBI de 10.832 imóveis em BH.
    Bhaz-11 de abr de 2019.
    -Representantes do setor imobiliário denunciam cobrança abusiva de IPTU (kkkkkKKKK, tomem)
    Jornal da Manhã – Uberaba-10 de abr de 2019

    8+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 10:21

      Vai valorizar 30% 😄

      Faz tempo que não usam o número mágico.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 10:27

    Do Jardim Europa ao Rubem Berta: veja extremos da nova cobrança …
    Zero Hora-2 de mai de 2019. Em alguns imóveis, há inquilinos que, na prática, pagarão quase dois aluguéis: um ao proprietário, outro à prefeitura em razão do IPTU.. (kkkkk)

    10+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 10:30

    tá chegando a hora da iluminação:
    -Contribuinte reclama de aumento do IPTU no município.
    Rondônia Dinâmica-4 de mai
    -Moradores reclamam de reajuste no IPTU de Três Corações, MG.
    G1-27 de abr. O carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Três Corações está chegando com o valor reajustado.
    -Metade dos contribuintes terá aumento no IPTU de Porto Alegre
    Jornal do Comércio-2 de mai. Com a aplicação do texto a partir do próximo ano, 383 mil imóveis de Porto Alegre terão o IPTU majorado…. (kkk)

    6+
    • avatar
    • avatar
  • CA 5 de maio de 2019 at 11:29

    A situação abaixo infelizmente prolifera como nunca em tempos de crise aguda e degradação profunda e contínua dos empregos:

    https://www.terra.com.br/economia/com-desemprego-crescente-aumentam-relatos-de-golpes-com-vagas-falsas-tentam-tirar-proveito-da-angustia-alheia,089076e75350e7b4e7777da3e52d460fmetd0tet.html

    8+
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 5 de maio de 2019 at 14:02

      Que triste! Abusar da boa fé alheia é um dos atos mais covardes que existe. Igualo a pedofilia.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:37

        Tem gente fazendo curso de Uber e pagando caro por cursos de como ficar rico na bolsa, destes eu não tenho dó, talvez aprendam algo 😆

        9+
        • avatar
        • avatar
      • socrates 5 de maio de 2019 at 23:12

        Em reino onde a ma-fé é induzida (o “melhor” é aquele que age de ma fe de forma mais imperceptivel) , os de boa fé sempre irao afundar. A ma fe começa por quem julga.

        1+
  • Dr. Estranho 5 de maio de 2019 at 12:03

    O que nos assola? Bolhas, corrupção, extremos políticos, ideologias, sectarismo, sincretismo religioso, estelionatários, os “sem noção” ou tudo isso no mesmo balaio? Não temos bolas de cristal, mas é nítido que o andar dessa carruagem levarnos-à ao precipício. Votei no Bozo, mas apenas porque fiquei sem opção. É claro que eu esperava mudanças. Simples; o arroz com feijão até as coisas estabilizarem. Tratava-se de um voto de confiança. Um ato de fé. Abrir a caixa preta da Caixa, do BB e do BNDES seria o novo paradigma histórico. Uma ruptura do antigo sistema. Mas a realidade está bem clara. É o mais do mesmo. Os marginais da coisa pública se passando por salvadores da Pátria. Articulações para livrar o detento de Curitiba. O filho miliciano escondo. O filho do outro, catador de cocô de elefante bem protegido também. E a imprensa em todos os níveis trabalhando disrupçao cognitiva. Não. Não vai mesmo. E segue o féretro.

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 5 de maio de 2019 at 14:21

      Dr. Estranho,

      E o que acho mais engraçado é a PROFUNDA INCOERÊNCIA do governo:

      – Recebem relatório da CGU apresentando uma série de ANOMALIAS, suspeitas de manipulação de rating e preocupações quanto à CEF NÃO estar seguindo as melhores práticas quanto ao crédito imobiliário. Frente a isto, o que decidem fazer, uma auditoria mais profunda na CEF, reduzir o crédito concedido, rever as práticas e ajusta-las às recomendações? Não! Eles fazem um aumento ridiculamente baixo nas provisões contra devedores, só para TAPEAR e prometem DOBRAR a oferta de crédito imobiliário com verba da poupança e retomar a liderança do Banco para estes financiamentos, mantendo todas as práticas não recomendadas!

      – O governo se diz “liberal” e supomos que isto signifique reduzir o tamanho da participação do governo na economia, liberando mais espaço para a iniciativa privada e o que eles fazem? A CEF, que é um banco PÚBLICO, não só prometeu retomar a liderança do crédito imobiliário, como também lançou novo cartão de crédito consignado para idosos e também um crédito para financiar até 100% do valor de caminhões, dentre outras iniciativas para AUMENTAR a participação de um banco PÚBLICO e assim REDUZIR as oportunidades para bancos privados!

      – O vice-presidente da CEF anuncia que ela é a maior proprietária de imóveis do PLANETA, graças ao que eles retomaram de imóveis vindos de INADIMPLÊNCIA. Um agravante desta situacao é que a CEF do retomou 20% ou menos do total de imóveis inadimplentes. E o que ela faz? Contém o crédito imobiliário, aumenta juros, etc? Não! Tudo ao contrário, não só quer ser a número 1 em financiamentos imobiliários, como está baixando os juros para o crédito imobiliário e de quebra o governo está lançando hipotecas reversas para que os bancos fiquem com imóveis de idosos para os quais fariam pagamentos mensais e assim, possa aumentar o seu estoque de imóveis que já é ABSURDO, com novas perdas de LIQUIDEZ, que é o CORAÇÃO de qualquer banco!

      Acima só AMOSTRAS, como sempre.

      E qual a causa para tão PROFUNDAS e ABSURDAS incoerências?

      O mesmo de sempre, uma combinação de interesses escusos entre os líderes da economia e seus antigos parceiros do setor imobiliário e também o desejo de PEDALAR com os problemas e assim AUMENTA-LOS, na esperança que as consequências só apareçam no proximo governo, nada diferente do que tínhamos nos governos anteriores…

      16+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:40

        Por falar em governo liberal a quantidade de posts e links do Mises diminuiu 100% aqui, será que é porque o namoro acabou e estão criticando o desgoverno?
        Tem gente que é muito cara de pau mesmo 😆😉

        5+
        • avatar
        • Falido.com 5 de maio de 2019 at 22:19

          Quantidade nem sempre é qualidade…. Eu continuo gostando desse espaço.. menos do CA esse descrente da igreja apostólica neoliberal conservadora agrícola bolsonarista…. 🙂

          6+
          • avatar
          • avatar
    • socrates 5 de maio de 2019 at 23:08

      Um monte de normas e leis programaticas. O que tem de fato novo? Exs:Os postos continuam com obrigaçao de ter frentistas; os cartorios continuam fisicos e taxas absurdas , totalmente desnecessarias, continuam sendo cobradas; o governo NEM CITA A UNIFICAÇAO DOS IMPOSTOS. Ora e ainda dizem que querem favorecer o empreendedor?

      3+
      • avatar
      • avatar
  • CA 5 de maio de 2019 at 12:16

    https://www.istoedinheiro.com.br/em-video-skaf-cobra-do-governo-retomada-economica-e-sugere-liberacao-do-fgts/

    Considerando-se que o governo já está pensando em copiar a medida APELATIVA do saque do PIS / PASEP do Temer / Meirelles, assim como estão COPIANDO deles as medidas micro-econômicas de impacto PERIFÉRICO, por que não copiar também o saque dos inativos do FGTS? Pelo menos variam um pouco e deixam de copiar só o Lula e a Dilma, não é mesmo?

    Apesar de ser medida APELATIVA e que não resolve a causa RAIZ dos problemas, tal medida seria interessante por 2 aspectos:

    1) Poderíamos sacar o dinheiro do FGTS enquanto ele ainda não foi completamente DESTRUÍDO por CEF / segmento imobiliário na infinidade de GOLPES aplicados com este dinheiro (desvios do FI FGTS, crédito PODRE do MCMV em escala assombrosa, etc);

    2) Por tabela, ajudaria a reforçar o muro no qual os carros de corrida das construtoras INEVITAVELMENTE vão bater de forma catastrófica. Secando o FGTS ainda mais (DEGRADAÇÃO dos empregos e desvios acima ja estão detonando o FGTS) o MCMV veria suas verbas ainda mais abaladas e este credito SUBSIDIADO e fortemente destrutivo para economia e sociedade seria minado, acelerando e tornando mais visível a explosão da bolha imobiliária.

    Só que não sei se dá para ficarmos otimistas quanto à possibilidade acima…

    Cabe lembrar que o super-mimistro da economia foi presidente do Conselho da PDG, a empresa mais SUJA do mundo dentro do segmento de construção civil leve.

    Além disto, ele também fundou a BTG e colocou um ex-BTG na CEF, a famosa raposa para tomar conta do galinheiro, pois a BTG fez VÁRIOS negócios escusos com a CEF e a PDG no passado.

    Sem contar que a raposa do Guedes no galinheiro da CEF está fazendo promessas semanais para os COMPARSAS deles do segmento imobiliario prometendo DOBRAR o credito imobiliário com verba da poupança, fora outras ações de disparada no crédito também.

    Será que eles iriam contrariar os CÚMPLICES deles em tantos CRIMES cometidos, só para APELATIVAMENTE gerarem outro pulinho no fundo do poço quanto ao PIBinho, via nova liberação do FGTS dos inativos?

    A conferir…

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Dr. Estranho 5 de maio de 2019 at 12:50

    Escrevi errado. Sorry. o Correto é “levar-nos-á”. É a [email protected] do corretor.

    4+
    • avatar
  • Rico 5 de maio de 2019 at 13:08

    Esquerdistas e conservadores parecem duas pontas da ferradura: Parecem tão distantes mas estão bem próximos.
    Adaptado do filme “O que é isso companheiro”. Filme genial. Não poupa ninguém. Deveria ser visto por todos antes de vir aqui vomitar besteiras.

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Rico 5 de maio de 2019 at 13:29

    É off-topic mas nem tanto porque tem a ver com o mercado de trabalho e consequente venda de imóveis:
    Antes de ler, sou profissional de TI a 20 anos. Estou recebendo propostas ridículas em salário e exigência. Estão pedindo exigência de 5 anos em ferramentas que a curva de aprendizagem não dura mais que uma semana. Setor de seleção virou massageador de ego.

    Mas enfim, enquanto um lado sofre com o desemprego o outro sofre com a falta de profissionais e vagas que nunca serão preenchidas. Sempre foi assim e sempre será.
    =======================================================================================
    Contratações no setor de tecnologia ficam mais flexíveis
    Para alguns cargos, exigência de ensino superior foi substituída pela de curso técnico; concursos abertos aumentam chances para novatos

    Fernando Scheller, Mônica Scaramuzzo, O Estado de S. Paulo

    05 de maio de 2019 | 05h00

    Diante da dificuldade em encontrar mão de obra, o mercado de tecnologia está mais flexível. No ano passado, mesmo em um cenário ainda difícil para a economia, as empresas de tecnologia associadas à Brasscom, principal entidade do setor, contrataram 28 mil funcionários, número que só não dobrará em 2019 por causa da falta de pessoal qualificado. Nas 5 mil novas startups (empresas nascentes) de tecnologia que devem surgir no mercado brasileiro em 2019, o total de vagas pode chegar a 50 mil.

    “A disputa por cérebros para o mercado de tecnologia está mais acirrada, dada a escassez de mão de obra não só em startups como também para área de tecnologia de grandes empresas tradicionais”, diz Ricardo Basaglia, diretor executivo da empresa de recrutamento Michael Page, que criou uma divisão dedicada à área de tecnologia por conta da demanda por profissionais da área.

    Para atrair mão de obra, as empresas passaram a olhar de forma mais generosa para diplomas de cursos técnicos. Cargos como desenvolvedores de softwares, antes reservados para graduados em Ciência e Engenharia da Computação, agora estão abertos para profissionais com formação técnica, apesar de estarem entre os mais estratégicos na área de tecnologia, diz Amure Pinho, presidente da Associação Brasileira de Startups (Abstartups).

    Segundo a empresa de recrutamento Revelo, hoje a posição de desenvolvedor paga salário médio inicial de pouco menos de R$ 6,5 mil, bem mais do que cargos nos quais há mais oferta de profissionais, como especialista em mídias sociais, cuja média salarial está em R$ 3,7 mil.
    Criatividade e competência técnica

    Na hora de buscar profissionais, as empresas adotam ferramentas para testar a competência técnica e a capacidade de solucionar problemas dos candidatos – independentemente de formação acadêmica. A fintech Warren, por exemplo, usou um “enigma” em um processo de seleção. “Só quem conseguisse decifrar a mensagem codificada tinha acesso ao e-mail para enviar o currículo. Queríamos testar o prazer das pessoas em resolver desafios”, diz André Gusmão, cofundador da empresa.

    Com base em Campinas (SP), a CI&T presta serviços de tecnologia para clientes como Itaú e Google. Com atuação nos mercados do Brasil, dos EUA e da China, a empresa criou uma campanha de contratação na forma de desafio digital, que atraiu 5,3 mil candidatos. Batizada You Global, ela permitiu que a empresa conseguisse encontrar cem novos funcionários, diz Marcelo Trevisani, diretor de marketing da CI&T. Hoje, a companhia tem 2,5 mil empregados, com previsão de contratar mais 500 até dezembro.

    Diante da necessidade de escalar negócios, o setor vêm priorizando a velocidade. A Revelo trabalha com uma ferramenta na qual os profissionais são filtrados por uma sistema automatizado, que hoje já reúne 500 mil cadastros. Assim, uma pessoa só é apresentada a uma companhia quando as chances de contratação são altas. Segundo Mateus Pinho, diretor da Revelo, a seleção para uma vaga, que costuma levar um mês, pode ser resolvida em uma semana. “As empresas hoje têm pressa”, diz ele, que calcula que a ferramenta receba 30 mil currículos ao mês.

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:33

      Exigir curso superior para ti e na área era uma exigência burra das empresas brasileiras, as gringas nunca ligaram muito a menos que fosse mandatório por exigência de algum cliente.

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 13:44

    nenhuma novidade:
    – Carros elétricos e híbridos irão chegar mais rápido do que o previsto .
    Ambiente Energia -4 de mai de 2019. “Estamos plenamente cientes de que o nosso negócio não é mais só vender carros”, diz Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.
    -O “alto” preço dos carros e o jeitinho brasileiro!
    InfoMoney-3 de mai de 2019 Neste primeiro quadrimestre do ano, vendemos mais de 800 mil carros, crescimento de quase 9%.

    9+
    • avatar
    • felipeBH 5 de maio de 2019 at 18:56

      vou te contar um caso
      3 inversor 600w 220vv da china 1.500
      6 paineis 4.000 320w cada
      total 5.500 durabilidade 25 anos
      o carro eletrico será caro, mas mandar a o estado e os frentista para pqp não tem preço.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:30

        Felipe, não sei se duram 25 anos, os de boa qualidade prometem 10 anos, a eletrônica falha em média com 5 anos para os Ching ling, capacitores de baixa qualidade…
        Quanto aos painéis solares eles sofrem com a ação do sol, poluição, pássaros, pedradas e até micro meteoritos, requerem alguma manutenção também.
        Eu teria solar no Brasil como backup e em regiões remotas, ainda está caro por conta da nossa moeda desvalorizada.
        Chineses andam melhorando a qualidade e derrubando os preços, já caíram cerca de 50% nos anos recentes e vão provavelmente cair mais.

        5+
        • felipeBH 5 de maio de 2019 at 19:39

          Carlos, seu lacrador de petistas (rsrsr)
          Teve um dia que passei por um posto que so tinha frentista folgado, além de tentarem vender produtos, comprei um inversor da china e um painel solar de 320, so liguei na rede e funcionou, fiz as contas, vale o investimento vc recupera em 2 anos, sem ser homologado(brazil), cafezinho para todo mundo, mas tava fazendo as contas, vale a pena, e se ficar mais barato vai ter chororo das lite, cemig eletropaulo

          9+
          • avatar
          • avatar
          • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:45

            Pode ocorrer o mesmo que nos EUA, os lobistas das companhias de energia “convenceram” os políticos a passar uma lei que obriga os consumidores a terem uma conexão em alguns estados.
            Mesmo que vc não use energia deles o medidor tem que estar lá e vc pagar a taxinha obviamente, coisa de máfia mesmo.

            10+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
  • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 13:45

    Volkswagen confirma seis carros eletrificados no Brasil até 2023
    Motor1.com Brasil-6 h. Aos poucos, as fabricantes começam a entrar no segmento de carros elétricos e híbridos no Brasil

    11+
    • avatar
    • avatar
  • indiobolhista 5 de maio de 2019 at 13:48

    Não passo pano pra safado. Não tenho bandido de estimação.

    Ferro neles, inclusive os de direita. Se for culpável pena máxima possível seria bom.

    MP pedirá quebra de sigilo bancário e fiscal de Flávio Bolsonaro e Queiroz
    Informação é da coluna do jornalista Lauro Jardim do jornal O Globo

    São Paulo – O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) vai pedir à Justiça a quebra dos sigilos fiscais e bancários do senador Flávio Bolsonaro e do seu ex-motorista, Fabrício Queiroz.

    A informação é da coluna do jornalista Lauro Jardim de O Globo. Desde fevereiro, as investigações estão sendo lideradas pelo promotor Luís Otávio Lopes.

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • bolha_dos_pampas 5 de maio de 2019 at 15:59

    O pessoal do BIB bem que poderia assessorar o biografo oficial da Caixa no futuro livro sobre os seus 160 anos:
    https://www.youtube.com/watch?=216&v=IAb7zFecdzw

    O relatório da GCU seria um bom começo.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Ilusionista 5 de maio de 2019 at 17:30

    imóvel, comprar ou alugar, comparativo de custos….

    https://www.youtube.com/watch?v=fVuiYRdgnRs&t=756s

    6+
    • avatar
  • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 18:52

    aprender vou, estudar Pysal etc
    -Python You Need to Know to Work in Finance, Trading..
    Dice Insights (blog)-2 de mai de 2019
    -If You Want A Tech Job In Video Streaming, You Need To Master …
    India Times-15 horas atrás

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:22

      Alemon, tem saber se virar em pelo menos umas 3 linguagens, uma sendo mainstream como C sharp ou Java por exemplo.
      Conhecimentos de bancos de dados tradicionais e nosql e desenvolvimento web.
      Web já é outro animal, uma pilha de linguagens mais frameworks, leva tempo pra aprender mas te garante o leite das crianças mesmo nos tempos de vacas magras.
      Eu por exemplo detesto PHP mas ando estudando e limpando umas privadas com ele porque é muito popular.
      No início é realmente muito complicado e trabalhoso, depois vai ficando mais fácil, até inventarem outro framework 😄😆😮👹

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:24

        Antes que eu me esqueça, se precisar de alguma dica poste aqui, o mesmo vale para todos os outros bolhistas 😉

        5+
        • avatar
        • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 19:41

          Valeu seu Carlos, é só uma dica pra galera mais nova.. tá osso aprender algo novo após os 54.. é que a galera aqui se mata estudando-usando o “R”, só que eu uso outras alternativas mais simples e não me descabelo…

          10+
          • avatar
          • avatar
          • Rico 5 de maio de 2019 at 19:43

            Alemon, pior que é tudo requentado de 20 anos atrás. Não vejo novidade efetiva nenhuma. Algumas modinhas vão cair já já.

            8+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
          • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:52

            Alemon, na minha opinião a idade pode ser uma vantagem porque aprendemos a aprender com o tempo, e sua experiência em outras áreas ajuda também.
            Uma coisa que certamente vai te dar vantagem é experiência em áreas de negócio, não importa o moleque ser um ninja de programação e não saber como um ramo de negócio funciona por exemplo.
            Ainda mais agora com o movimento ágil é necessário o envolvimento de todo o time com as necessidades dos clientes, saber sobre negócios é uma grande vantagem na minha opinião.

            9+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
      • Rico 5 de maio de 2019 at 19:42

        Se você sabe Java ou C, PHP é ridículo. Demora um pouco só para automatizar o conhecimento dos procedimentos mas depois vai que nem quiabo.
        Me espanta a molecada não conseguir se virar hoje em dia… Dezenas de frameworks para facilitar o trabalho. No meu tempo quando tudo era mato em TI eu fazia Servlet na unha, isso com 5 programadores sustentávamos todas as demandas de um banco middlemarketing. Hoje com mais de 100 pessoas a coisa não anda…

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:47

          Server na unha foi boa 😆
          E olha que a gente achava que estava no paraíso quando lançaram o struts 😄😁

          4+
          • avatar
          • avatar
          • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:48

            Ops, servlet na unha….

            2+
            • avatar
            • avatar
          • Rico 6 de maio de 2019 at 09:37

            A gente chamava de strums, de tanto bug que tinha.

            0
        • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 20:12

          Outra experiência pessoal, a gente aprende mesmo mais é na marra, porque te jogaram alguma bomba ou porque precisa muito do din din, creio que funcione melhor também quando você tem um projeto para fazer funcionar, para quem está aprendendo colaborar com um projeto open source pode ser uma alternativa.
          Leva tempo para aprender a levar um projeto do zero, existem frameworks que ajudam bastante mas na hora que dá pau se não sabe os detalhes de como funciona vai ficar completamente perdido.
          Estou brincando com o yii criado pelos russos da jetbrains e posto em open source. Excelente framework para PHP mas vc tem que ter uma boa noção de orientação a objetos em linguagem de script.
          https://www.yiiframework.com/

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 20:44

            Outra dica para quem quer entrar ou está na área de TI, esqueça MySQL para projetos novos, muita gente está migrando para PostgreSQL, e os motivos são reais e importantes.
            MySQL nas mãos da Oracle, a versão open source, mariadb cada vez menos compatível com o MySQL, pessoal se cansou da viadagem entre o open source e a Oracle e anda migrando para o PostgreSQL que é um excelente BD e a muito tempo.
            Eu mudei e estou gostando muito.

            3+
            • Rico 6 de maio de 2019 at 09:42

              Mexi com Ingres, que era a versão paga do postgresql da CA (Computer Associates, nada a ver com nosso “Olavo de Carvalho” do blog) isso no começo do século.
              Postgresql tem muito de DB2, já que é um “fork” de uma ferramenta que deu origem aos dois sgdb.
              Confesso que esses dias estou em pré-burnout, nem querendo olhar essas coisas. Se alguém quiser tirar dúvida me procure daqui a um mês, ando meio de saco cheio disso tudo.

              1+
          • Minino do TI 5 de maio de 2019 at 21:11

            “Creio que funcione melhor também quando você tem um projeto para fazer funcionar, ”
            Com ctz. Tanto para o emprego “formal”, quanto para os projetos paralelos. Claro que estudar as formas apropriadas é o que diferencia, mas pra “desbravar”, é muito melhor botar a mão na massa.

            2+
            • avatar
            • avatar
      • socrates 5 de maio de 2019 at 22:51

        Carlos, e quem inventa o framework? Eles usam que linguagem para isso? Criam uma propria?

        1+
        • avatar
        • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 23:31

          Tem em várias linguagens, um framework normalmente é só uma camada de abstração sobre os recursos da linguagem que faz o uso mais fácil, como muita coisa na vida o valor dos frameworks reside no princípio Pareto, 80% das necessidades de sua aplicação são as mesmas e são providenciadas por 20% dos recursos.
          Os frameworks provêem estes 20%

          3+
          • avatar
        • Rico 6 de maio de 2019 at 09:45

          socrates, o Carlos usou tecniquês demais, ele deve ganhar muito dinheiro com isso.
          Quem geralmente desenvolve os frameworks hoje são entidades sem fim lucrativos financiadas por um pool de empresas (IBM, Microsoft, Netflix, etc).
          A mais famosa delas é a Apache Foundation.
          http://www.apache.org
          Tudo que você vê de famoso hoje vem dessa entidade. O IBM Watson não passa de um catadão de ferramentas open source, como Hadoop e Apache Lucene.

          1+
          • avatar
  • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 18:54

    -If You Want A Tech Job In Video Streaming, You Need To Master Python..
    India Times-15 horas atrás
    (off, para oportunidades)

    2+
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 19:16

      Python é a febre do momento, alimentada pelo big data e promessas de muita coisa que ninguém ainda conseguiu obter.
      Creio que a moda vá morrer rapidamente com o fracasso da orda de empresas de analytics e data mining.
      Sempre vai existir demanda do setor de pesquisas por exemplo, mas vai ter uma tonelada de profissionais desempregados.
      Para surfar nestas ondas você precisa pegar elas no início e ir se preparando para quando elas morrem.

      3+
      • avatar
  • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 20:25

    Passeando hoje eu notei que agora as Frases nas imobiliárias agora são:

    – Não consegue alugar nem vender? fale com a Corvolária Tal .

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 20:46

      Vão fazer macumba ou Feng Shui pra vender o bolhudo?
      Corvo com farofa na encruzilhada 😆

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 21:00

        chuta que é…… corvo

        5+
        • avatar
    • MARK 5 de maio de 2019 at 20:51

      Verdade, Alemon… Outro indício do colapso do setor imobiliário percebo aqui nos semáforos de Santos, muita, muita, muita gente mesmo se recusa a abrir o vidro para pegar um folder de divulgação de empreendimento. Sendo que alguns poucos pegam, mas é mais por educação. Mas tá tranquilo, tá favorável… Taoquei? SQN kkkkkk

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 21:07

    OFF – Tecnologia
    Feriado aqui, cidade mais quieta do que o usual, muito carro novo com star stop, fácil de perceber 2 ou 3 desligando e religando em cada semáforo.
    Fujam desta novidade, principalmente no Brasil, exige muito mais do sistema elétrico do veículo e tem manutenção cara e complicada, a economia se é que tem alguma é mínima e não compensa o custo de manutenção mesmo no primeiro mundo.
    Alguns veículos vem com o sistema por padrão e é um saco, nos Mazda o motorista tem que lembrar de desativar todas as vezes que liga o veículo por exemplo.
    Outro problema, o carro leva alguns segundos pra ligar, muitas vezes atrapalha o motorista que quer sair rápido pra mudar de faixa por exemplo, agora imagine com a mijolina da [email protected]
    Veículos com injeção direta, Audi, Volkswagen, muitos problemas por formação de depósitos de carbono nos motores, a injeção tradicional limpa os dutos de admissão porque a gasolina é um ótimo solvente.
    Está dando tanto problema que a Toyota está colocando injetores tradicionais nos injeção direta, os dois sistemas operam em conjunto, o tradicional serve pra manter a admissão limpa.
    O comprador que se vire com a complexidade do sistema.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Strike 6 de maio de 2019 at 00:13

      Até parece que desligar o carro no semáforo vai resultar em alguma economia, a não ser que o tempo parado dure uns cinco minutos.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 00:19

        Se usa o ar condicionado ele é tocado por um motor elétrico enquanto o a gasolina está desligado, depois precisa de energia da bateria pra dar partida, que vai ser carregada pelo motor do carro queimando gasolina….
        É uma soma zero, ou pode até gastar mais em algumas situações.

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Strike 6 de maio de 2019 at 00:28

          Valeu pela aviso. Serviço de utilidade pública. Eu também sempre procuro ficar longe disso. A injeção direta é uma bosta mesmo. O foda é que já tem carro que vem com isso de fábrica. A injeção indireta é muito mais simples de manutenção. De uns tempos para cá eu mesmo faço alguns reparos, você vai aprendendo e fica fácil. O problema é que para alguns trabalhos é preciso ferramentas específicas.

          7+
          • avatar
          • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 06:30

            Toyota tem um sistema combinado, usa os bicos no coletor mais injeção direta, vamos ver no que dá.

            1+
            • avatar
            • Rico 6 de maio de 2019 at 09:48

              Os motores diesel sempre usaram injeção direta e possuem blow-by de óleo no coletor.
              Outro dia tirei o coletor de admissão de uma van que temos aqui que anda no GNV. Dava até medo de tanto óleo.

              2+
              • avatar
              • avatar
              • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 10:51

                O que entope os motores diesel modernos são os sistemas de regeneração, blow-by é exigência das normas antipoluição e causa problemas se a manutenção não for feita corretamente, mesmo com ele os veículos com injeção no coletor raramente tem problemas por conta da limpeza feita pela gasolina.

                1+
                • avatar
                • Rico 6 de maio de 2019 at 11:02

                  Sim, isso é antigo já. Mas porque não entope nos Diesel?

                  2+
                  • avatar
                  • avatar
                  • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 19:12

                    Creio que seja devido a temperatura do coletor, perceba que muitos motores a gasolina tem coletor de plástico hoje em dia, nunca vi em diesel.

                    1+
                    • avatar
    • Rico 6 de maio de 2019 at 09:46

      Todo carro desse tem um botão no painel para desligar a operação. Eu desligava a economia é mínima. Talvez em tráfego muito pesado no frio adiante alguma coisa.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Libertario 6 de maio de 2019 at 10:47

        Nem todos.
        Pelo que sei o Cruze por exemplo não tem essa opção.

        1+
        • avatar
        • Rico 6 de maio de 2019 at 11:00

          Sério? que b…

          1+
          • avatar
          • Libertario 6 de maio de 2019 at 11:12

            O pior caso nesse aspecto de conforto são os dos carros da Chevrolet, como Cruze, Tracker e Equinox.
            Esses modelos não permitem que o motorista desabilite a função start-stop, como é possível fazer nos modelos das outras marcas.
            Os Chevrolet não possuem a tecla para isso (com o símbolo de um A circulado por uma flecha) e também não dispõem de atalhos quando se entra no computador do carro no menu de configurações.

            https://quatrorodas.abril.com.br/noticias/start-stop-desliga-o-motor-a-cada-parada-ajuda-ou-atrapalha/

            4+
            • avatar
            • avatar
            • Rico 6 de maio de 2019 at 11:49

              Eu acho ruim. Andava em um Mercedes C-180 que tinha o dispositivo. Era 2013, talvez uma versão mais antiga, mas o motor dava uma tremida ao parar. Quando desativei não percebi muita diferença no consumo.

              0
    • Rico 6 de maio de 2019 at 09:50

      Carlos o que está acontecendo é travar as válvulas abertas pelo acúmulo de óleo em suas hastes. Isso está dando dor de cabeça pois em alguns carros por causa da alta taxa de compressão ao válvula bate na cabela do pistão.

      2+
      • avatar
      • avatar
    • Libertario 6 de maio de 2019 at 10:47

      Por isso acho o Prius (híbrido) a melhor opção.
      Esse Start Stop é furada.

      3+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 5 de maio de 2019 at 21:18

    Hoje passou no autoesporte essa babaquice: quem usa ar condicionado pode ficar na mão.. (cai, desliga) e a bateria “acaba” rápido. A recomendação do especialista: tente não parar, antecipe o que está na frente… kkk

    . a média do valor está subindo e a galera nem notou… ancoragem.
    Carros brasileiros ficam mais seguros e mais caros
    Correio Braziliense-20 de abr de 2019 Ao receberem mais sistemas de segurança, conectividade e de melhora da eficiência energética, os carros vão ficar mais caros….

    8+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 5 de maio de 2019 at 22:17

      É um truque que as montadoras usam para pontuar melhor na classificação de consumo dos governos, serve como marketing também e agrada os eco chatos
      Não tem nenhuma vantagem para os compradores dos veículos em médio ou longo prazo.
      Outro detalhe, a bateria destes veículos chega a custar quatro vezes mais do que a de um veículo “normal’.

      6+
      • avatar
      • Krakenvader 6 de maio de 2019 at 01:42

        Assisti o Autoesporte também, e a conclusão é simples:

        Não há economia. Pelo contrário, estamos falando de prejuízo puro!

        O especialista fala em 5 – 10% de economia no combustível. Nos últimos 4 anos, o ano que eu mais queimei combustível, gastei 4 mil reais por ano.

        Na melhor das hipóteses, uma economia de 10% me economizaria 2 mil reais em 5 anos. Ou o preço médio de uma bateria nova de start-stop. (BREAK-EVEN teórico se a bateria durar 5 anos)

        Na pior das hipóteses, uma economia de 5% me economizaria 2 mil reais em 10 anos. Ou metade do preço de uma bateria top-range de start-stop. (Prejuízo de 2 mil reais se a bateria durar 10 anos, 6 mil reais se durar 5 anos ou 10 mil reais se durar apenas 3 anos.)

        E eu nem preciso dizer que uma bateria de start-stop não dura 5 anos e muito menos 10.

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Dr. Estranho 5 de maio de 2019 at 22:41

    Querem rir? Agora no SBT. Jair e Sílvio. Comédia Comédia Comédia.

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 00:03

      Silvio Santos puxa o saco de quem quer que esteja no poder nos últimos 50 anos…

      8+
      • avatar
      • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 00:04

      Podem juntar o peão da casa própria com o minha casa minha dívida 😁😂😃

      4+
      • avatar
  • Strike 6 de maio de 2019 at 00:24

    Nelson Tanure vai pôr US$ 50 mi na Gafisa.
    O que vocês acham de GFSA3?

    1+
    • CA 6 de maio de 2019 at 05:30

      Strike,

      Veja a variação do preço da Ação desde o início do ano e motivos para flutuação:

      Fizeram recompra de parte das Ações e o preço subiu. Vieram péssimos resultados operacionais e preço caiu. PEGA-TROUXA.

      Aplicaram CRIME FINANCEIRO vendendo boleto para adiantar crédito e depois cobrando mesmo boleto do cliente. Descobriram e preço caiu.

      Expulsaram GWI que estava na gestão e fazia GAMBIARRAS acima, prometeram gestão profissional, preço subiu. Demoraram com ações, apareceram novos péssimos resultados, preço caiu. Foi um novo PEGA-TROUXA.

      Agora vem investidor acostumado a pegar empresa QUEBRADA, injetar capital, renegociar com credores, pagar PARTE das dívidas e depois quando a Ação da Gafisa subir ele vende estas ações com lucro e pula fora, quando será o momento de aparecerem os péssimos resultados operacionais DE NOVO , o preço da Ação despencar mais uma vez e pensarem em um novo PEGA-TROUXA.

      A Ação já deve ter subido o limite da enganação ou próximo disto, nas próximas informações sobre resultados mais uma vez ficará claro que ela NÃO se sustenta.

      Observe que neste ano o preço da Ação NUNCA subiu pela qualidade dos resultados, só com base em PEGA-TROUXA, GAMBIARRAS e PROMESSAS.

      Como você acredita cegamente no governo que faz tudo isto, talvez esta Ação seja a sua cara, mas eu não recomendo para ninguém, até porque, o que consta acima é só deste ano de 2019, ao longo da última década aplicaram muito mais golpes do que isto…

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Strike 6 de maio de 2019 at 19:57

        Ok, valeu pelo aviso.

        0
  • Leonardo M. 6 de maio de 2019 at 01:49

    CVR

    Ando falando com várias pessoas que votaram no Bolsonaro e estão ficando desanimadas/impacientes que a economia não está melhor e todo restante de produtos de primeira necessidade aumentando.

    Claro que o povo vai dar um tempo para ele mostrar para que veio, mas já está começando a ficar tentando e M fazer velha economia como liberação do FGTS e mais dinheiro para o mcmv.

    Se ano que que vem começar a melhorar a economia depois da reforma da previdência mantém o apoio dos 57 milhões de voto que ele ganhou, se não perde 50% ou mais desse apoio e vira um Collor da vida.

    13+
    • avatar
    • avatar
    • CA 6 de maio de 2019 at 05:41

      Leonardo M.,

      O FGTS é o de menos.

      O pior ele já está fazendo a velocidade de cruzeiro: PEDALAR com mais crédito PODRE de todas as formas que pode.

      Isto junto com o otimismo UFANISTA, principalmente quanto à reforma da previdência e que vai arrastar novos contingentes para o SUICIDIO FINANCEIRO e ao mesmo tempo, destruir a popularidade do governo.

      A queda em prazo e intensidade recordes na aprovação deste governo, nada mais é do que o confronto das promessas UFANISTAS feitas no final do ano passado (recuperação que seria MIRABOLANTE e rápida só porque PROMETIAM reformas) versus a REALIDADE que se impõe e é exatamente o contrário disto.

      A reforma da previdência é ao mesmo tempo a maior lavagem cerebral e estelionato da história do país. É importante de ser feita e vai ajudar no equilíbrio fiscal de forma relevante, mas NÃO vai gerar nem metade dos resultados PROMETIDOS e muito menos resolver os principais problemas quanto a super-endividamento, inadimplência e degradação dos empregos, até porque não tem a menor relação com a causa RAIZ destes problemas, que foram causados por BOLHAS. Quando a população descobrir isto, talvez daqui a um ano, daí a revolta por terem se iludido será grande.

      E de nada adiantará o novo bode expiatório de dizerem que não deu efeito esperado por que demorou para votar e foi desidratada pelo congresso, no final acabará caindo na conta do governo toda a revolta com a piora na situação das famílias.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 6 de maio de 2019 at 09:52

        E pensar que só a JBS deve r$1.8 bilhão para o INSS e a caixa 570 milhões.
        Pq não cobra isso deles?

        9+
        • avatar
        • avatar
    • Rico 6 de maio de 2019 at 08:57

      Podia liberar o fgts, tenho uma graninha lá que não consigo sacar.
      Ia tudo virar latinha…

      5+
      • avatar
      • avatar
    • CA 6 de maio de 2019 at 08:33

      Cajuzinha,

      Lula sempre comemorou “ter tirado milhões da pobreza”, que “o pobre com ele andava de avião, comprava imóvel e carro novo, colocava o filho na faculdade…”.

      O que Lula fez?

      Plantou BOLHAS gigantescas, tanto do crédito imobiliário, quanto de caminhões, veículos particulares, FIES, cartões de crédito PODRE, etc, etc, etc…

      Na prática, ele vendeu a janta para poder almoçar. Agora chegou a hora da janta e falta comida. Como consequência do que consta acima, disparada sem precedentes em super-endividamento e inadimplência para governos, empresas e famílias, junto com uma contínua e profunda degradação nos empregos.

      Com isto, um número maior de pessoas indo para a pobreza, do que aqueles que haviam saído dela. Como SEMPRE ocorre em todas as BOLHAS ao redor do globo.

      E frente ao que consta acima, o que o “novo” governo está fazendo? Ele está mostrando a REALIDADE para todos, aprofundando auditorias na CEF, mostrando as CONSEQUÊNCIAS do que Lula fez, expondo os PODRES deixados e explicando como tudo isto ocorreu?

      NÃO!

      O super-ministro da economia elogiou publicamente o Lula por toda a gigantesca DESTRUIÇÃO que causou para todos nós e o “novo” governo está DOBRANDO a meta de Lula / Dilma na concessão do crédito PODRE e nas promessas UFANISTAS (a principal delas, o Santo Graal da reforma da previdência)!

      Adicionalmente, também estão copiando à Temer / Meirelles nas ações APELATIVAS para gerar pulinho no fundo do poço quanto ao PIBinho (liberar PIS/PASEP que está em estudo, liberar FGTS de inativos sendo especulado) e também em medidas microeconômicas diversas, que até que são boas, mas que não atuam sobre a causa RAIZ dos problemas.

      E por que a estratégia do “novo” governo é a PIOR possível?

      O cenário global e no Brasil é exatamente o CONTRÁRIO da época em que Lula inflou as MEGA BOLHAS brasileiras! Economia global em franca DESACELERAÇÃO, enxugamento de LIQUIDEZ em conjunto com super-endividamento e inadimplência de governos, empresas e famílias no Brasil e no Exterior, etc.

      E dentro do contexto acima, as tentativas do “novo” governo de DOBRAR A META de Lula / Dilma, não só não irão conseguir alimentar NENHUMA recuperação efetiva, como também trarão ainda mais efeitos colaterais NEGATIVOS e mais rapidamente, uma vez que este é o efeito natural das PEDALADAS, a perda de fôlego que leva a mais prejuízos do que benefícios e em prazos cada vez mais curtos para aparecer os estragos.

      E o pior, é que como elogiaram publicamente o Lula e estão repetindo as ações dele, quando as consequências negativas mais intensas aparecerem, acabarão ficando com 100% da culpa e alimentando futuras candidaturas de esquerda!

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • FabianoSJC 9 de maio de 2019 at 20:31

      A verdade é que essas pessoas jamais saíram da classe D e E rs , uma tv de lcd e um celular financiados em 24 x já era suficiente para dizer que o cabra era classe média rs

      2+
      • avatar
  • Cajuzinha 6 de maio de 2019 at 08:18

    05/05/2019 23:10
    O Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês) anunciou que irá cortar compulsórios exigidos de bancos de pequeno e médio portes numa tentativa de incentivar a liberação de mais empréstimos para pequenas empresas privadas.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 6 de maio de 2019 at 08:39

      Cajuzinha,

      Outros que estão DOBRANDO A META das PEDALADAS…

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 6 de maio de 2019 at 08:42

        Frase de Einstein aplicável à Brasil, China e outros países que estão DOBRANDO A META e aprofundando os ESTRAGOS:

        “Não há maior sinal de loucura do que fazer uma coisa repetidamente e esperar a cada vez um resultado diferente.”

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 6 de maio de 2019 at 08:22

    Momento é bom para a compra da casa própria, mas é preciso planejar
    Há melhores condições para a compra de residências atualmente. Especialistas indicam, porém, que é necessário planejamento

    De acordo com Paulo Muniz, presidente da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (ADEMI), o financiamento imobiliário é o mais barato do mercado de juros, na faixa de 8% ao ano. Para ele, este é o momento certo para quem sonha em ter a casa própria. “Temos atualmente o melhor índice de velocidade de vendas (IVV) nos meses de janeiro e fevereiro, reflexo da queda de oferta.”

    O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da 8ª Região (CRECI/DF), Geraldo Nascimento, concorda que este é um bom momento para a compra, pois o valor do metro quadrado deve subir.

    https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2019/05/05/internas_economia,753169/momento-e-bom-para-a-compra-da-casa-propria-mas-e-preciso-planejar.shtml

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 6 de maio de 2019 at 08:26

      Engraçado que hoje, depois de muito tempo sem acontecer, recebi um panfleto com oferta de apartamento: Descontos de até 160 mil, faça sua proposta.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 6 de maio de 2019 at 08:46

    O sistema foi feito pra vc comprar casa nova e não baixar o valor do IPTU:
    Campinas
    -Nova proposta para IPTU será inaplicável para maioria dos imóveis.
    A Lei do IPTU em vigor hoje em Campinas é polêmica: impôs reajuste de até 30% no valor do imposto em 2018, 10% de reajuste para 2019 e mais 10% para o ano que vem, para alguns imóveis. Os percentuais são criticados por moradores e entidades de classe como a Habicamp .
    A Habicamp informou que a nova alteração proposta por Bernardelli … , mas deve prejudicar principalmente moradores de classe média da cidade. Técnicos da Habicamp calcularam que o valor do IPTU com base no valor de venda à vista pode dobrar em casas de 150 metros quadrados, e mais que dobrar em imóveis de 500 metros, impossibilitando as revisões para grande parte da população de Campinas.
    (galera não vai querer pagar novo iptu e dobro de itbi após a compra, mais negócio comprar novo)

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 08:57

      Pessoal amante de tijolos vai perceber a duras penas que os governos no bananistão sempre, sempre acham uma maneira de tomar uma graninha de quem tem qualquer coisa quando ficam sem caixa.
      Por outro lado, valorizou tem que pagar 😀

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Rico 6 de maio de 2019 at 08:56

    CVR:
    Parente acaba de me ligar falando que vai comprar casa em Portugal. por 140 mil euros dá para comprar um apartamento e alugar por 600 euros.
    Sorri e acenei e só comentei que quando todo mundo fala a mesma coisa é para tomar cuidado.

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 09:08

      Já falou pro paranto sobre o curso de Uber?

      8+
      • avatar
      • avatar
      • Rico 6 de maio de 2019 at 09:19

        Abriu dois comércios tempos atrás de uma franquia de café famosa.
        Uma tinha aberto dentro de uma livraria. O concorrente do shopping, quando soube disso, colocou o quiosque que ficava embaixo da escada a venda. Não durou 2 meses o café porque simplesmente não tinha demanda.
        O outro está agonizando em um supermercado. Está praticamente zerado, com faturamento de 40 mil e dando 1 mil reais de lucro. Qualquer espirro começa a dar prejuízo.
        Investimento? por volta de 500 mil.

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Murilo 9 de maio de 2019 at 06:32

      Portugal está cada vez mais caro e na moda. Lá sim é justicavel ser bricklover

      0
  • Dr. Estranho 6 de maio de 2019 at 09:15

    A paralisia economica é curiosa. Deixar de comprar não é exclusivo de quem está desempregado. Entrei nessa. Tem.uns 2 meses que só compro o necessário. Nos últimos meses investi enre 30 a 40% dos meus rendimentos líquidos. Mas sem deixar meu lazer de lado. Apenas escolhi não trocar de carro, de celular, a TV e um sem fim de objetos materiais que não valem mais a pena. Curiosamente comecei a ajudar, de forma singela, pessoas que trabalham, mas estão no sufoco. Incluo meus irmãos. O calote que me deram não incomoda mais. A minha humilde massa encefálica não consegue processar como um indivíduo que trabalha se enrola sem necessidade. Geralmente dou “consultorias” financeiras sem remuneração. Percebo que o mais difícil é fazer o indivíduo reconhecer seu descompasso entre renda e gastos. Resistem muito a esse entendimento. Mas aqueles que aceitam a minha proposta aos poucos retomam o controle sobre a vida financeira. Mas tem hora que só abrem a mente com “marreta” verbal. Aí fica engraçado.

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 09:21

      Isso mesmo, a tempestade está se formando, quem estiver preparado vai passar por ela seguro.
      Do resto é sorrir e acenar, melhor do que ficar maluco, perder o sono ou o apetite.

      3+
      • avatar
    • Rico 6 de maio de 2019 at 09:25

      Estava olhando meu carro. Conheço de mecânica bem e temos uma garagem com bastante ferramentas, para falar a verdade até mais que a maioria das oficinas. Como tenho conhecimento de mecânica e elétrica acabo arrumando meu carro na garagem e vira até um hobby para mim.
      Enfim, é um carro que comprei zero em 2011 e sempre cuidei da manutenção dele. Fora as manutenções preventivas programadas para os 120 mil km não tem absolutamente nada para fazer no carro. Pago seguro barato (1 mil) e o carro atende plenamente minhas necessidades e tem um custo de propriedade baixíssimo.
      Vou trocar para quê?
      Detalhe: é um temido francês que em 8 anos nunca me deu dor de cabeça nenhuma.

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • MARK 6 de maio de 2019 at 11:40

      Também tenho tomado essa atitude de focar nas coisas importantes, viver bem, claro, mas comprar aquilo que realmente é necessário, sem essa de ficar trocando celular a toda hora. O meu carro é de 2013, fiz todas as manutenções, não tenho problema com ele e o acho bem prático, os faróis estão ficando opacos e levemente amarelados, estou pensando em trocá-los, os pneus estou trocando os 4 depois de 65mil km, já comprei pela internet, de boa qualidade. Talvez troque a placa dianteira que está meio envelhecida e meio borrada. Eu poderia trocar de carro, mas para quê? Não gosto de carro muito chamativo, o meu vive na rua quando estou trabalhando, rodo bem com ele, então…

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Rico 6 de maio de 2019 at 12:01

        Mark, não precisa trocar o farol. Se não quiser fazer o serviço qualquer local de polimento volta a condição original do farol para você.
        A opacidade é externa, com massa de polir e braço forte dá para resolver em 1/2 dia.

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Dr. Estranho 6 de maio de 2019 at 09:19

    Curiosidade. Como reduzi muito minha exposição ao crédito, o banco reduziu minhas linhas de financiamento. Nunca usei e fico rindo.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Rico 6 de maio de 2019 at 09:21

      Aconteceu isso comigo. Baixou até meu score de crédito no Serasa.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 6 de maio de 2019 at 09:26

        ana Brega falando de Score no cerasa. Guria com 113 pontos, abaixo de 300 vc é considerado risco…. kkk e já tem gente prometendo aumentar seu score… kkk

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • CA 6 de maio de 2019 at 09:22

    https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/05/06/bolsas-da-china-tem-maior-queda-em-mais-de-3-anos-apos-novas-ameacas-de-trump.ghtml

    Resumo da notícia acima, adaptada ao mundo REAL e sem os EUFEMISMOS e DESINFORMAÇÃO típicos de quando são divulgados na mídia mainstream:

    A China está ENROLANDO os EUA na negociação, pois ela não quer de jeito nenhum perder suas vantagens competitivas que são geradas por práticas mercantilistas em larga escala. Ela não vai trabalhar com câmbio flutuante REAL, não vai deixar de “apoiar” as empresas chinesas com juros SUBSIDIADOS pelo governo em larguíssima escala, não vai deixar de praticar “N” estratégias para ARTIFICIALMENTE ganhar mercado, como já faz HÁ DÉCADAS.

    Para não ficar claro demais a realidade e em prazo curto, estão ganhando tempo com os EUA nas “negociações”, discutindo questões PERIFÉRICAS e fugindo do PRINCIPAL que consta acima. Trump ficou impaciente com o “embromation” (sic) e disparou nova rodada de PRESSÃO. De quebra, isto serve de BODE EXPIATÓRIO para a desaceleração chinesa, que na realidade é efeito principalmente de BOLHAS plantas por lá.

    7+
    • avatar
  • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 09:30
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 10:01

      Lá vem a besteira da sensura ideológica de novo?
      “É o dinheiro estúpido!”
      Facebook, twitter e outras mídias sociais não tem foco em velhos nem muito menos em dementes nostálgicos que vivem nos anos 60.
      Vivem de anunciantes e eles controlam o conteúdo do que é mostrado, e quem fica nas plataformas, não são as ideologias, é o dinheiro que manda, quantas vezes terei que repetir?

      6+
  • Cajuzinha 6 de maio de 2019 at 09:59

    Mercado reduz estimativa e passa a prever, pela 1ª vez, alta do PIB abaixo de 1,5% em 2019
    Estimativa de expansão do Produto Interno Bruto deste ano passou de 1,70% para 1,49%. Ao mesmo tempo, previsão de inflação para 2019 subiu de 4,01% para 4,04%.

    9+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 6 de maio de 2019 at 10:04

    O Brasil está em depressão há quatro anos e nada indica a superação desse quadro. Na literatura de Economia, isso é chamado “histerese”: se o crescimento é muito abaixo do potencial durante muito tempo, isso afeta o potencial futuro de crescimento. “Os efeitos dessa depressão vão se refletir no futuro”, diz Mello.

    O clima de depressão, segundo ele, é análogo ao diagnóstico de depressão no sentido psicanalítico, quando a pessoa não tem vontade de viver, não quer sair da cama e não tem “vitalidade”. “As frustrações recorrentes apontam para um menor potencial de crescimento no futuro. As previsões de crescimento para 2020 também são baixas. E 2019 já é um ano que não foi.”

    Não é apenas a indústria que está em crise. Nota da coluna Painel S.A. da Folha de S. Paulo desta sexta-feira (3) informa: “Ano já acabou para a construção civil”. “A estimativa é que o PIB do setor suba 1% a 2%, mas impulsionado pelo mercado informal, não pelas construtoras”, diz a nota.

    João Sicsú, professor do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), avalia que a economia brasileira está em estado de depressão há quatro anos, pelo menos. Ele usa outra imagem para ilustrar a situação da economia do país.

    “Ela mergulhou no fundo do poço e está lá, dando suspiros. Nesses suspiros, às vezes há sinais positivos, às vezes negativos. O saldo é que caminhamos no fundo do poço e estamos nessa situação. Desde o final de 2014, e em 2015 e 2016, mergulhamos no poço. E em 2017, 2018 e 2019, estamos dando suspiros dentro do fundo do poço.” Nos últimos quatro anos, o PIB brasileiro cresceu 0,50% em 2014, caiu em 2015 e 2016 (-3,55% e -3,31%, respectivamente) e subiu 1,12% em 2018.

    https://www.redebrasilatual.com.br/economia/2019/05/economia-brasileira-esta-em-depressao-e-no-fundo-do-poco-avaliam-economistas

    6+
    • avatar
    • avatar
    • CA 6 de maio de 2019 at 10:29

      Cajuzinha,

      Falando em fundo do poço, prefiro a analogia dos “pulinhos no fundo do poço”: parece que você vai sair de lá com um pequeno pulo, só que o poço é FUNDO e quando você olha, continuou no mesmo lugar. Ou melhor, o terreno não é muito sólido, então quando você volta do pulinho, ficou ainda mais fundo, só que você nem percebeu…

      Como colocado acima, os pulinhos do fundo do poço não ensejam NENHUMA recuperação consistente. Recorde de safra agrícola mais FGTS de inativos em 2017 e saque de PIS/PASEP em 2018, com possibilidade de repeteco de FGTS / PIS PASEP em 2019, são apenas medidas APELATIVAS, que não levarão a lugar nenhum, a não ser, dar uma TAPEADA e FAZER DE CONTA que melhorou.

      A reforma da previdência NÃO É o Santo Graal, ajuda no déficit, precisa ser feita, tem que ser relevante na economia a ser gerada, mas não vai resolver a causa RAIZ da depressão. É como se UM dos SINTOMAS da sua depressão fosse uma forte dor de cabeça, você vai tomar uma aspirina, a dor vai passar, mas você continuará deprimido.

      E assim vamos, cada vez mais pessoas irão perceber o ÓBVIO quanto ao que consta acima, mas continuando a se enganar sem ter sequer noção que a causa foram BOLHAS, que a recuperação será demorada e dolorida e que SEQUER COMEÇOU, porque até agora nenhum governo teve coragem de enfrentar esta situação de frente, ao contrário, estão só apagando incêndio com gasolina…

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 10:27

    Apenas 933 processos de regularização foram recebidos pela Prefeitura de Campo Grande durante os seis meses de prazo – que termina hoje –, concedido para que os proprietários de imóveis fizessem a regularização e adequações sem pagar multa. O número significa pouco mais de 1% do total de imóveis irregulares na Capital, os quais, segundo estimativa do secretário de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luis Eduardo Costa, representam 20% das inscrições imobiliárias (420 mil).

    https://www.correiodoestado.com.br/cidades/proprietarios-de-84-mil-imoveis-ignoram-chance-de-regularizacao/352478/

    3+
    • avatar
  • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 10:36

    É NISSO AQUI QUE O “BOLHISTA E RENTISTA” ADOLFO SACHSIDA ESTÁ TRABALHANDO

    Governo prepara pacote com até 50 ações para estimular a economia, diz jornal

    Depois de lançar uma medida provisória de combate à burocracia —a MP da Liberdade Econômica —, o governo prepara agora um novo pacote que deve conter até 50 ações para destravar o ambiente de negócios brasileiro e facilitar a retomada do crescimento. O receituário envolve desde decretos a projetos de lei que vão mexer em regulamentações de setores como o imobiliário e de crédito, passando por micro e pequenas empresas e produtores rurais.

    http://www.pps.org.br/2019/05/02/governo-prepara-pacote-com-ate-50-acoes-para-estimular-a-economia-diz-jornal/
    https://www.imovelweb.com.br/noticias/mercado-imobiliario/a-ideia-de-que-todo-cidadao-deveria-ter-imovel-subiu-o-preco/

    6+
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 10:40

      Hora de criar uma nova seção no blog:
      Liberais, eu quero acreditar.

      6+
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 10:42

      Ainda usando fontes confiáveis como site de partido político e imovelweb?

      1+
    • CA 6 de maio de 2019 at 10:47

      Cesar_DF,

      Dentre as 50 medidas acima, uma delas é exatamente a da nova hipoteca às avessas, em que os idosos passam a receber um valor mensal e o banco fica com o imóvel quando eles morrerem.

      Uma ideia pra lá de “jenial” (sic), afinal, a CEF é só a maior proprietária de imóveis do PLANETA, com isto e mais os imóveis não retomados ainda (o QUADRUPLO do que retomaram até aqui), poderemos até lançar um filme: “Os guardiões das Galáxias de Imóveis”. O que você acha?

      Só não sei como um “bolhista” como o “Sachsida” despreza isto, será que ele não faz a menor ideia de que LIQUIDEZ é o CORAÇÃO dos bancos, que a perda super-elevada de LIQUIDEZ está no cerno das crises sistêmicas que ocorrem durante bolhas imobiliárias e que com esta ação proposta estão só PIORANDO esta situação?

      Quanto a demais ações, são “bacaninhas”, análogas às ações microeconômicas da era Temer / Meirelles.

      Agora pelo menos estão distribuindo um pouco mais o COPIAR E COLAR:

      De Lula / Dilma, COPIAM a disparada no crédito imobiliário e o otimismo UFANISTA, mais a questão dos surtos de intervencionismo e a corrupção.

      Já de Temer / Meirelles, copiam as GAMBIARRAS de liberação do PIS / PASEP (em estudo), mais a liberação do FGTS (especulado) e agora, o conjunto de medidas microeconômicas que são “legais”, mas onde NENHUMA delas atua sobre a causa RAIZ dos problemas que são as BOLHAS, ao CONTRÁRIO, como explicado acima, irão apenas agravar as consequências mais negativas das bolhas quanto à crises sistêmicas…

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 10:54

        “Notícia” de site de partido político.
        Selo índio bobolhista de qualidade.

        3+
        • avatar
        • bolha_dos_pampas 6 de maio de 2019 at 11:00

          Cara, o PPS copiou a notícia publicada no site do O GLOBO. É só reparar. O curioso é que foram “desonestos” (vindo de um partido político não é pra menos) e burlaram o paywall, a menos que tenham contratado a agência de notícias (o que duvido).

          3+
          • avatar
          • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 11:09

            Mas a grobo não é do mal e cheia de esquerdistas?

            3+
            • avatar
        • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 11:07
        • CA 6 de maio de 2019 at 11:15

          Carlos,

          Esta notícia saiu em VÁRIOS sites e discutimos INÚMERAS vezes desde a semana passada (tópico anterior) um dos temas constantes nestas 50 ações, que é o da hipoteca reversa. O primeiro a divulgar isto no blog, segue abaixo:

          “carioca_real 2 de maio de 2019 at 09:37
          HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
          MITO!
          https://oglobo.globo.com/economia/governo-prepara-pacote-com-ate-50-acoes-para-incentivar-recuperacao-da-economia-23635739

          O negócio é fazer barulho e ver se todo mundo entuba que vai melhorar por um conjunto de ações microeconômicas que na prática, são tão legais quanto às da dupla Temer / Meirelles, mas também, sem NENHUMA eficácia para gerar crescimento na economia, uma vez que não combatem NADA das BOLHAS que estão na causa RAIZ dos problemas, ao contrário, intensificam suas consequências negativas.

          O que acho de fato mais engraçado, é citar o Sachsida como “bolhista”, sendo que uma das propostas é replicar um dos modelos de hipoteca usados nos EUA e que amplificaram os efeitos DESTRUTIVOS da bolha imobiliária por lá, por ter ajudado a destruir a LIQUIDEZ que é o coração dos bancos, isto sim foi pra lá de “curioso”…

          7+
          • avatar
          • avatar
  • Dr. Estranho 6 de maio de 2019 at 10:50

    No R7. Casas, em forma.de.bolhas na França, irão à leilão face a crise financeira. Qua qua qua qua. A bolha literal.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 11:03

      “justiça poética”
      kkkkkk

      3+
      • avatar
    • Alemon Fritz 6 de maio de 2019 at 11:37

      mas lá a bolha é Perrier, Gás francês.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 11:03

    GOVERNO VAI ENVIAR AINDA NESTE ANO PLANO PARA CORTAR RENÚNCIAS FISCAIS EM CERCA DE UM TERÇO ATÉ 2022

    Principais renúncias de arrecadação previstas para este ano:
    Simples Nacional: R$ 86,59 bilhões, ou 28,54% do total
    Rendimentos Isentos e Não Tributáveis – IRPF: R$ 32,13 bilhões, ou 10,59% do total
    Agricultura e Agroindústria – Desoneração Cesta Básica: R$ 30,23 bilhões, ou 9,96% do total
    Zona Franca de Manaus e Áreas de Livre Comércio: R$ 24.80 bilhões, ou 8,17% do total
    Entidades Sem Fins Lucrativos – Imunes / Isentas: R$ 24,25 bilhões, ou 7,99% do total
    Deduções do Rendimento Tributável – IRPF: R$ 20,09 bilhões, ou 6,62% do total
    Desoneração da Folha de Salários: R$ 15,05 bilhões, ou 4,96% do total
    Benefícios do Trabalhador: R$ 12,53 bilhões, ou 4,13% do total
    Medicamentos, Produtos Farmacêuticos e Equipamentos Médicos: R$ 10,61 bilhões, ou 3,50% do total
    Desenvolvimento Regional: R$ 6,58 bilhões, ou 2,17% do total
    Informática e Automação: R$ 6,21 bilhões, ou 2,05% do total
    Setor Automotivo: R$ 5,13 bilhões, ou 1,69% do total
    Pesquisas Científicas e Inovação Tecnológica: R$ 4,24 bilhões, ou 1,40% do total
    REIDI (aquisições de máquinas, aparelhos): R$ 3,12 bilhões, ou 1,03% do total
    Embarcações e Aeronaves: R$ 2,44 bilhões, ou 0,81% do total
    MEI – Microempreendedor Individual: R$ 2,36 bilhões, ou 0,78% do total

    https://www.esquemacont.com.br/noticia/4182/governo_vai_enviar_ainda_neste_ano_plano_para_cortar_renuncias_fiscais_em_cerca_de_um_terco_ate_2022

    5+
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 11:08

      Está revesando com o índio no papel de panfleteiro do governo?

      2+
      • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 11:15

        Acho interessante que vos dois aparecem praticamente nos mesmos horários, e que o índio seja bipolar, as vezes usa maiúsculas, as vezes escreve muito bem e parecido contigo…
        Só uma pequena teoria de conspiração….

        3+
        • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 14:14

          Carlos

          Apesar de suas tentativas de me censurar através da desqualificação de minhas opiniões seguirei compartilhando-as, mesmo que elas não atinjam um grau de qualidade mínimo exigido pelos “donos da verdade” aqui presentes.

          A maior parte das pessoas encontrou este fórum buscando por uma gota de lucidez num mar de loucuras
          Naquela época a questão é se existiria ou não uma bolha imobiliária, isso não entra mais em discussão, sendo hoje a questão mais relevante é saber qual o momento será alcançado o “vale”.

          Discussões políticas e econômicas são úteis para tentarmos adivinhar para qual lado seguirá o barquinho chamado Brasil, ou até o barcão chamado Terra.

          Faço algumas pequenas contribuições aqui, e não será por causa dos seus argumentos coletivistas que me calarei, nem por não estar totalmente alinhado com o pensamento hegemônico dos “donos da verdade”, pois algumas outras pessoas podem considerar úteis estas minhas colocações e opiniões.

          10+
          • avatar
          • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 17:56

            Suas opiniões ou panfletagem político ideológica?
            Das bem descaradas ainda, continua achando ou pretendendo que as pessoas aqui sejam idiotas.

            3+
    • DouglasteR 6 de maio de 2019 at 11:25

      Imagina as LCIs e LCAs morrendo.

      Haja pé pra tanto tiro errado.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • DouglasteR 6 de maio de 2019 at 11:26

        Curva de Laffer vai virar “banguelão de Laffer” desse jeito.

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 11:48

    Carlos

    Em alguns capítulos do Minha Luta, Hitler falava que os judeus eram os donos ocultos do mundo financeiro, em outros capítulos dizia que eles eram marxistas e queriam implantar o comunismo em todo o mundo.

    Na Bücherverbrennung em 1933, todos os livros “que semeavam o ódio” contra o povo alemão foram queimados.
    Os judeus nem podiam se defender, pois eram censurados, com a alegação que eles tramavam contra o povo alemão.
    As alegações contra os judeus eram parcialmente verdadeiras, de que muitos eram RENTISTAS, alugando imóveis e dinheiro e com isso, de acordo com Hitler, é que teria destruído a economia alemã.

    Como qualquer partido socialista, a culpa por tudo vem do RICO, é ele que explora o trabalhador, por isso, a cobrança de juros ou receber pelo aluguel de imóveis passou a ser um crime para o nazismo. Além de “ricos” os judeus não seriam de origem germânica, por isso junto com os ciganos foram alvos do nacionalismo alemão. Todo esse “ódio do bem” e desinformação culminaram na Noite dos Cristais.

    A essência da democracia é o livre pensamento, por pior que sejam as ideias das pessoas, é melhor ter o conhecimento deles, como exemplo o nazismo foi censurado na década de 1920, o que permitiu seu crescimento, pois ele foi ETIQUETADO como um “movimento anti marxista”, da mesma forma temos o movimento pelo “politicamente correto” e contra as “declarações de ódio” que são belas palavras para definir a CENSURA. Quando o livro Minha Luta foi colocado em domínio público, o governo de Israel falou que deveriam publica-lo, para demonstrar a forma de pensar equivocada que causou milhões de mortes.

    O físico Steven Weinberg disse a frase: Com ou sem religião, pessoas boas farão coisas boas e pessoas más farão coisas más. Porém para pessoas boas fazerem coisas más, é preciso religião.
    Eu atualizaria esta frase, mudando apenas a palavra religião por DOGMA. E o pensamento de esquerda é dogmatizante, as pessoas realmente acreditam que se todos forem obrigados a serem iguais, o mundo se tornará um paraíso e realmente pensam que estão fazendo o bem quando censuram pessoas que não pensam igual a elas.

    Na Lei de Imprensa do EUA, os jornais tem que seguir determinadas regras e também no pagamento de impostos, um jornal pode ter sua linha editorial, pode filtrar o que ele irá exibir ou não. O Facebook se declara como FÓRUM DE DISCUSSÃO, não tendo que pagar as taxas nem seguir a regra de imprensa, mas ele não poderiam aplicar mecanismos de filtragem ideológica, por conta da forma como se declararam.

    Além disso, tem a Lei Anti-Cartel, onde um veículo de imprensa não pode ter mais do que 25% do market share, e o Facebook já ultrapassou em muito isso.

    7+
  • Alemon Fritz 6 de maio de 2019 at 12:16

    não vai sobrar ninguem:

    -Voluntários se revezam na Ponte Newton Navarro, em Natal, para evitar suicídios.
    G1-2 h. De acordo com o RNTV 1, centenas de pessoas foram até a ponte para tentar suicídio somente neste ano.

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 12:45

    Poxa, taxa de juros real da Argentina está em 73.93%

    5+
    • avatar
    • socrates 6 de maio de 2019 at 22:16

      Cesar, a taxa de juros real tem a inflaçao descontada?

      0
  • Alemon Fritz 6 de maio de 2019 at 12:48

    Na venezuela o desemprego está apenas 7,3% kkkk, viva a OIT…

    5+
    • avatar
  • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 13:23

    Acho que vai aumentar a vacância comercial, especialmente em Brasília e no Hell de Janeiro

    30/03/2017
    Governo gasta fortuna com aluguéis e tem 18 mil imóveis desocupados
    Quase R$ 2 bilhões por ano estão sendo gastos com contratos.
    http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2017/03/governo-gasta-fortuna-com-alugueis-e-tem-18-mil-imoveis-desocupados.html

    06/05/2019
    Com uma despesa de aluguel prevista em R$ 1,2 bilhão neste ano, o governo Jair Bolsonaro encomendou um pente-fino nos contratos de locação de imóveis herdados de gestões anteriores. A intenção é rever os acordos e, em alguns casos, desocupar salas e prédios usados por ministérios e órgãos públicos. Uma das medidas de economia já adotadas pelo Planalto foi providenciar a devolução de uma área de mil metros quadrados na esquina da Avenida Paulista com a Rua Augusta, um dos endereços comerciais mais caros de São Paulo.
    No Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, a ministra Damares Alves já avisou que pretende desalojar a Fundação Nacional do Índio (Funai) de um luxuoso prédio em uma área comercial de Brasília. Entre aluguel e condomínio, o gasto é de R$ 1 milhão por mês, mesmo com a situação de “penúria” em que vive o órgão, segundo afirmou a ministra ao Estado.
    https://expressaobrasiliense.com/politica/governo-bolsonaro-quer-revisar-alugueis-que-custam-r-12-bi-no-ano/

    9+
    • avatar
    • avatar
    • odorico 6 de maio de 2019 at 14:40

      Em BSB é nítida a explosão de anúncios de imóveis em faixa. No início do ano tinha dado uma parada, mas voltou com força. O que me pergunto é o que faz alguém anunciar casas de 3, 4 5 milhões em faixas (lago sul por exemplo). Acredito que esse valor é um público muito seleto que não vai simplesmente pegar um celular numa faixa e ligar perguntando.
      Talvez esteja enganado, mas acho que é “isca” ou desespero completo de corretores.
      Não sei como um 666 pensa, mas será que alguém líquido em 3 a 5 milhões está pensando em imobilizar….?

      11+
      • avatar
      • avatar
      • DouglasteR 6 de maio de 2019 at 15:01

        Conheço gente com AP de 1.2kk pra vender. Já tentei explicar que não vale isso. Mas é borderline ofensivo já. A pessoa já parte pra questão da inveja etc.
        Mostrei os custos de manutenção etc, ai vem com o apelo emocional “era do meu pai/avo !” “é uma garantia que não foge”.
        Mas o principal motivo é “todos da quadra (303 sul) estão nessa faixa de preço, prq eu abaixaria ?” então eles estão todos segurando a teia.
        No momento que uma das pernas cederem (alguém vender pelo valor justo, que eu chuto ser uns 700k) as aranhas caem.

        10+
        • avatar
        • avatar
      • socrates 6 de maio de 2019 at 22:03

        Noia brava: poderia ser propaganda com outros fins. Tipo: vizinhos , esse é o preço. Vai vender por muito menos?

        1+
        • avatar
  • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 13:50

    Mais uma pequena valorização negativa estável

    Santander realiza leilão de imóveis com até 86% de desconto
    No total, 280 unidades em todo país, entre imóveis residenciais, comerciais e terrenos, recebem lances até esta segunda-feira (6)

    O desconto máximo, de 86%, é oferecido em um lote de 60,5 hectares com 730 metros quadrados de área construída em Serra Negra (SP). Avaliado em 1,2 milhão de reais, ele é vendido por 172,1 mil reais. Já uma casa com 3 quartos em Santa Maria da Vitória, na Bahia, é avaliada em 219 mil reais, mas é leiloada por 61 mil reais, um desconto de 72%

    https://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/santander-realiza-leilao-de-imoveis-com-ate-86-de-desconto/

    9+
    • avatar
  • odorico 6 de maio de 2019 at 14:24

    Vou apanhar, mas apesar da falácia, vale à pena ver a entrevista do Lula pela Mônica Bergamo (só procurar no youtube). Entre tantas mentiras ele falas algumas verdades ou pelo menos algumas coisas para se refletir sobre massa de manobra. Para quem, como eu, aos 17 foi às ruas para o fora collor e depois não conseguiu explicar de quem eram os ônibus de viagem que foram para porta da escola para pegar os estudantes e levar para os protestos…… Detalhe: escola particular.
    Continuo com o sentimento de que em 2022 teremos uma guinada à esquerda “com força”.

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 14:51

      Odorico
      Torço que não, veja a putaria que fazem com nosso dinheiro (a planilha foi tornada pública estes dias)

      De acordo com a “Comissão da Verdade” a quantidade de pessoas “prejudicadas pelo regime militar” foi de 251.749
      4.776 receberam uma parcela única, totalizando 312 milhões (não reajustado)
      Mas 246.964 estão recebendo indenizações mensais, até o fim da sua vida

      Até outubro de 2018 essa “bolsa ditadura” já havia consumido R$ 14 bilhões
      https://diariodopoder.com.br/farra-da-bolsa-ditadura-ja-consumiu-r14-bilhoes-2/

      Lei 10.559/2002 – Anistia Política
      http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/2002/L10559.htm

      A planilha, com estas 251.749 pessoas, os valores e a data que inicio o recebimento pode ser baixada em
      https://www.servidor.gov.br/arquivos-publicacoes/l10559/beneficiados_lei10559.pdf/view

      5+
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 14:53

        Detalhe “prejudicados pelo regime militar” desde 1946 (Marechal Dutra)

        5+
        • avatar
        • avatar
      • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 15:16

        A “Comissão Nacional da Verdade” se reunia semanalmente para “analisar os processos de pedido de indenização”
        Ela se encerrou em dezembro de 2014,
        O 7 membros que formavam o CNV eram tão “produtivos” que somente entre os dias 18 a 22 de maio de 2009, eles conseguiram investigar 6.250 casos, deferindo o pedido de todos eles, estando disponível a relação dos contemplados no DOU de 25/05/2009.

        6+
        • avatar
        • avatar
  • Bolha BOSS 6 de maio de 2019 at 15:25

    Tomem esta, seus fracassados

    29+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • ravoc 6 de maio de 2019 at 15:49

      BOSS, aproveitando sua ilustre presença… Dá uma rapa aí em certos indivíduos que só aparecem para tumultuar (leia-se indiobolhista)
      Obrigado! Passar bem

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 16:14

        APOIADO CAMARADA RABOC, SE FEREM NOSSA EXISTENCIA SEREMOS RESISTENCIA, COM TODA NOSSA HIPOCRESIA, O BOZO NÃO FEZ NADA EM 4 MESES, SÓ FICA FALANDO DE RABOCS E ANUS, E NÃO DO QUE IMPORTA

        2+
        • ravoc 6 de maio de 2019 at 16:16

          Na verdade quem só fala nisso é o guru dele… OC kkkkkkkkkkkkkkk

          4+
          • avatar
          • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 16:21

            o que que isso camarada?? mais respeito com a missão de lacração e oposição ao governo de ultradireita. Agora o bozo vai extender a validade do cnh de 5 para 10 anos, o que que isso não pode, e subir a pontuação para perder a mesma de 20 para 40, que vai ser das pobres escolinhas de condução de qual mamata vai sobreviver as pobres??????

            3+
            • ravoc 6 de maio de 2019 at 16:24

              Agora sim o país vai pra frente… mudou o tempo de validade da CNH e a pontuação! Agora decola! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

              6+
              • avatar
              • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 16:32

                falou de economia em alguma parte CAMARADA RABOC NERVOSO LACRADOR? o que eles desejam é desburocratizar nossa maravilhosa industria da multa.

                2+
                • ravoc 6 de maio de 2019 at 16:39

                  Aumentar a validade da CNH e a quantidade de pontos vai diminuir apenas a renovação da CNH e a diminuição da suspensão delas… A indústria de multas vai continuar, seja com 20, 40, 60 ou 100 pontos… Seja em 5, 10, 15 ou 50 anos… Esta medida não muda em nada a indústria de multas… Eleitor de Bolsonaro pensa?

                  5+
                  • avatar
                  • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 16:56

                    raboc guloso eleitor de esquerda naturalmente, só lacra e chora

                    1+
                    • ravoc 6 de maio de 2019 at 16:58

                      Agora pensou né… e viu que falou besteira kkkkkkkkkkkkkk

                      4+
                      • avatar
                    • CA 6 de maio de 2019 at 17:53

                      Ravoc,

                      Na realidade as medidas de Bolsonaro quanto à ampliar o prazo para renovação da CNH e aumentar o número de pontos necessários para suspensão da CNH vão ALIMENTAR a indústria de multas e não combate-la.

                      Explico:

                      Imagine que uma pessoa chegou em 21 pontos, deu 5 anos e tentou renovar a CNH sem sucesso. Ela ficará com a carteira suspensa, por alguns meses sem poder dirigir e assim, também não poderá levar multas. Ao aumentar para 10 anos a renovação, esta pessoa poderá continuar dirigindo durante todo este período e aumentando as multas a serem aplicadas!

                      E o efeito de aumentar os pontos é o mesmo que consta acima: ao passar de 21 pontos, a carteira é suspensa e ele fica meses sem dirigir. Se for 40 pontos, ele vai poder continuar tomando multas e alimentando a indústria.

                      E não é que o elemento acima citou exatamente as duas medidas que colaboram para indústria de multas e não aquela única que vai no sentido contrário, que seria a de tirar os radares das estradas federais no vencimento do contrato?

                      7+
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
    • Rico 6 de maio de 2019 at 16:31

      Boss, onde está o estudo completo?

      6+
      • avatar
      • avatar
  • CA 6 de maio de 2019 at 16:03

    https://www.terra.com.br/economia/demanda-menor-pesa-e-atividade-de-servicos-do-brasil-se-deteriora-com-forca-em-abril-mostra-pmi,6b85da3ba83f0e64844241616c31c581jm793pen.html

    Trechos do link acima, entre “aspas”:

    “As condições do setor de serviços do Brasil se deterioraram com força e a atividade contraiu em abril pela primeira vez em sete meses, com piora da demanda externa, cortes de empregos e enfraquecimento do otimismo, segundo a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) divulgada nesta segunda-feira.”

    “”Os dados do PMI de serviços reforçam a mensagem de esfriamento da economia indicada pelos números de indústria”, apontou a economista do IHS Markit Pollyanna De Lima.”

    “Em meio a tentativas contínuas de reduzir as despesas, os empresários do setor de serviços brasileiro demitiram funcionários em abril, na queda mais acentuada até agora no ano.”

    “Com isso, o otimismo em relação à atividade de negócios nos próximos 12 meses chegou ao nível mais baixo em 10 meses, com preocupações sobre políticas do governo, privatizações e falências.”

    5+
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 18:04

      Se até a Pollyanna está preocupada estamos f…. mesmo 😆
      Só está tudo as mil maravilhas e melhorando pras pollyannas bolsomínias.

      4+
  • CA 6 de maio de 2019 at 16:13

    https://www.istoedinheiro.com.br/producao-de-eletricos-e-eletronicos-cai-147-em-marco-diz-abinee/

    Sobre a queda acima, atribuem a um conjunto de fatores, desde o Carnaval em março neste ano, enquanto em 2018 foi em fevereiro, passando pelo fato de ano passado nesta época a produção de televisores estar maior em função da Copa do Mundo e até, efeitos da greve dos caminhoneiros, uma vez que segundo eles, desde aquela época a produção deste setor não voltou a se recuperar.

    Quanto ao Carnaval ter sido PARTE da causa para queda em março, é FATO, mas vale observar um trecho da própria reportagem acima, entre “aspas”:

    “No acumulado de janeiro a março, a produção industrial do setor eletroeletrônico recuou 7,3% ante igual período de 2018. Esse comportamento foi resultado da queda de 13% na produção de bens eletrônicos e da retração de 1,2% da área elétrica.”

    Quando pegamos o resultado do trimestre, como acima, vemos que houve uma efetiva queda e não foi apenas uma questão de “calendário do Carnaval”.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • ravoc 6 de maio de 2019 at 16:15

      Mas é possível levar em consideração um fator como o Carnaval como uma exceção? Sendo que o carnaval sempre fez parte da cultura brasileira… Afinal, o país só começa mesmo após o carnaval kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      5+
      • avatar
      • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 17:04

        raboc GULOSO chegou a hora de estrear seu hipotético cérebro, LACRA com mais vontade, tipo tudo é culpa do BOZO, lula tirou da prrrrobreza 800 milhões de “pobres”

        1+
    • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 17:01

      muito bom CAmarada vamos a tirar do poder a ultradireita, lacrando com toda nossa HIPOCRESIA

      2+
  • Cajuzinha 6 de maio de 2019 at 16:36

    RODOLFO COSTA
    HAMILTON FERRARI
    A Petrobras colocou querosene numa refinaria em chamas. Esse é o aviso de líderes de movimentos grevistas dos caminhoneiros.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 17:05

      Equador o 28% dos jovens de 18 a 30 anos, tem um trabalho formal, CHEGOU A HORA DE FECHAR ESTRADAS E TIRAR O DITADOR DA ULTRAESQUERDA CAMARADAS

      1+
  • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 17:06

    aquele é maduro miseráveis esquerdopatas

    1+
  • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 17:08

    camaradas ja fizeram sua inscripção????????

    SAIBA COMO APOIAR O 247 E OS JORNALISTAS PELA DEMOCRACIA

    Se você já aderiu à nossa campanha de assinaturas solidárias, muito obrigado por apoiar a democratização da mídia e ajudar a financiar a expansão do Brasil 247; caso ainda tenha dúvidas, confira o vídeo da campanha e saiba como participar; conheça ainda o projeto Jornalistas pela Democracia e apoie a criação de conteúdo de diversos profissionais renomados no portal e na TV 247

    9 DE JANEIRO DE 2019 ÀS 18:19

    247 – A campanha de assinaturas solidárias do 247 foi iniciada no dia 25 de novembro de 2017 e, desde então, tem sido um grande sucesso. Além das adesões, muitos intelectuais e políticos, incluindo a presidente deposta Dilma Rousseff, gravaram vídeos em apoio à campanha.

    Se você já aderiu, muito obrigado por apoiar a democratização da mídia e ajudar a financiar a expansão da TV 247, que já tem mais de quatro horas de programação própria diária, com programas como “Bom dia 247”, “Giro das 11”, “Leo ao quadrado” e “Boa Noite 247”, além de diversas entrevistas.

    Participar é muito simples. Basta clicar neste link, escolher o plano e realizar o pagamento por cartão de crédito, na plataforma Vindi.

    Se preferir aderir por boleto ou transferência bancária, por favor entre em contato conosco no email [email protected].

    Todos os assinantes recebem duas newsletters por dia e também as notas fiscais referentes às assinaturas.

    Mais uma vez, agradecemos por apoiar a construção de uma mídia livre, democrática e plural.

    Inscreva-se na TV 247 e confira, no vídeo abaixo, o conceito da campanha de assinaturas solidárias, narrado pela editora do Brasil 247, Gisele Federicce:

    CONHEÇA O PROJETO JORNALISTAS PELA DEMOCRACIA, uma forma de apoiar jornalistas que escrevem para o 247

    O Brasil tem o direito à informação, a uma imprensa livre, a ter jornalistas que tenham coragem de dizer e escrever a verdade. Com esse espírito, nasce o projeto Jornalistas pela Democracia, uma rede de profissionais experientes, consagrados e comprometidos com você – não com os poderosos. Contribua, faça parte desta rede e apoie a produção de conteúdo por profissionais como Mario Vitor Santos, Ricardo Kotscho, Florestan Fernandes Júnior, Helena Chagas, Marcelo Auler, Leandro Fortes, Igor Fuser, Hildegard Angel, Mauro Lopes, José Reinaldo Carvalho, Gilberto Maringoni, Denise Assis, Aroeira, Gilvandro Filho, Luis Costa Pinto, Paulo Moreira Leite, Aquiles Lins, Gisele Federicce, Alex Solnik e Gustavo Conde

    Jornalistas pela democracia – Como poucas vezes na história, a democracia está sob grave ameaça no Brasil. As eleições não resolveram a crise e há pesadas nuvens no horizonte nacional.

    O Brasil precisa saber o que lhe acontecerá a partir de 1 de janeiro. O Brasil tem o direito de saber.

    Você pode ajudar o Brasil a saber. O Brasil tem o direito à informação, a uma imprensa livre, a ter jornalistas que tenham coragem de dizer e escrever a verdade.

    Você pode ser um ou uma protagonista na luta por uma imprensa livre, comprometida com a sociedade, com os cidadãos e a democracia.

    Com esse espírito, nasce o projeto Jornalistas pela democracia, uma rede de profissionais experientes, consagrados e comprometidos com você – não com os poderosos.

    Contribua, faça parte desta rede e apoie a produção de conteúdo por profissionais como Mario Vitor Santos, Ricardo Kotscho, Florestan Fernandes Júnior, Helena Chagas, Luis Costa Pinto, Marcelo Auler, Leandro Fortes, Gilberto Maringoni, Denise Assis, Aroeira, Gilvandro Filho, Igor Fuser, Hildegard Angel, Mauro Lopes, José Reinaldo Carvalho, Paulo Moreira Leite, Aquiles Lins, Gisele Federicce, Alex Solnik e Gustavo Conde.

    Jornalistas pela democracia. Para que o Brasil saiba.

    1+
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 18:06

      Pago meu dízimo para os companheiros vermelhos regularmente 😉👹

      6+
  • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 17:11

    o maior jornal democrático bolhistico do mundo (temos leitores até na corea popular e democrática de coreia do norte) shuashuashuashua
    https://www.brasil247.com/pt/247/economia/392489/Ap%C3%B3s-R$-30-bi-em-cortes-governo-Bolsonaro-amea%C3%A7a-novo-contingenciamento.htm

    APÓS R$ 30 BI EM CORTES, GOVERNO BOLSONARO AMEAÇA NOVO CONTINGENCIAMENTO
    Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou que o governo deverá adotar um novo contingenciamento se o Congresso não aprovar até junho um pedido de crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões; na semana passada, o governo congelou cerca de R$ 30 bilhões para assegurar o cumprimento da meta fiscal

    6 DE MAIO DE 2019 ÀS 15:43

    Reuters – O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou nesta segunda-feira que o governo deverá adotar novo bloqueio nas despesas públicas se o Congresso Nacional não aprovar até junho projeto de lei que pede crédito suplementar de 248,9 bilhões de reais para este ano.

    PUBLICIDADE

    “Essa aprovação tem que se dar até o final de junho, caso contrário o governo será obrigado a fazer um novo contingenciamento, a parar algumas despesas”, afirmou ele em entrevista ao vivo à GloboNews.

    Mansueto ressaltou que, sem esse aval, o governo irá descumprir a chamada regra de ouro, dispositivo constitucional que impede a emissão de dívida para o pagamento das despesas correntes, como salários e aposentadorias.

    O secretário também lembrou que, apesar da insuficiência para a regra de ouro ser calculada hoje “em torno de 120 a no máximo 140 bilhões” de reais, o governo precisa de sinal verde dos parlamentares para o projeto de lei enviado em março, com os valores ali especificados.

    O texto solicita crédito de 248,9 bilhões de reais para 2019, incluindo 201,7 bilhões de reais para benefícios previdenciários do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e 30 bilhões de reais para o pagamento de Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado a idosos e deficientes em condição de miserabilidade.

    De olho em incertezas ligadas à receita e ao vigor da recuperação econômica, o governo congelou cerca de 30 bilhões de reais em despesas mais cedo neste ano para assegurar o cumprimento da meta fiscal, de um rombo primário de 139 bilhões de reais.

    Na entrevista desta manhã, Mansueto ressaltou que a situação fiscal do Brasil “é muito séria e delicada”, razão pela qual a reforma da Previdência é tão necessária.

    SUBSÍDIOS
    O secretário do Tesouro também afirmou que a redução de subsídios está no radar do governo para ser feita “ao longo dos anos”, mas reconheceu que a empreitada exige estudos complexos e a construção de um clima político adequado.

    “Não vamos nos enganar porque reduzir subsídio não é fácil. Porque você tem grupos que se beneficiam e qualquer tentativa de redução de subsídios esses grupos se organizam para bloquear essas mudanças”, disse Mansueto.

    Após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir recentemente pelo direito ao crédito do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na entrada de matérias-primas e insumos isentos oriundos da Zona Franca de Manaus, aumentando a perda de arrecadação para o Tesouro, Mansueto respondeu que “não tem muita mágica” para absorção desse impacto.

    “A gente está este ano com déficit primário … de 139 bilhões de reais e mesmo assim a gente teve que fazer contingenciamento para entregar 139 bilhões que é um número pior que o do ano passado”, reforçou.

    2+
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 18:08

      É o índio que deu uma de Cesar_DF ou vice versa?
      Difícil diferenciar um do outro em vários posts 😉

      6+
  • CA 6 de maio de 2019 at 17:34

    Bom, depois de COPIAREM à Lula / Dilma quanto à expansão do crédito imobiliário, otimismo UFANISTA, corrupção e surtos de intervencionismo e ainda, depois do Paulo Guedes assumir que é fã do Lula, finalmente começaram a assumir que eles têm um socialista bolivariano enrustido dentro deles e agora estão postando trechos do Brasil247 por aqui, primeiro o Cesar_DF, agora o indiobolhista.

    Pois é, eles têm que ler o Brasil247 para saberem quais serão os próximos passos do governo COPIAR e COLAR deles!

    Mas e sobre o Temer / Meirelles, dos quais estão COPIANDO as APELAÇÕES do PIS/ PASEP, (em estudo), já especulando sobre o FGTS dos inativos e fazendo uma série de medidas microeconomicas que são “bacaninhas”, bem no estilo do que era feito pelo Meirelles, mas que da mesma forma e só para variar, passam longe da causa RAIZ dos problemas, de que sites vocês poderão fazer o COPIAR E COLAR para “inspirar” este governo “tão original” que vive de repetir seus antecessores? 🤔🤔🤔

    😂😂😂😂😂😂

    4+
    • avatar
    • odorico 6 de maio de 2019 at 17:51

      CA, volto a perguntar? Qual a alternativa? O que é atacar “a raiz dos problemas”? Ir na tv e falar que tem bolha imobiliária?, bolha de crédito?, que a caixa está quebrada? decretar a moratória? Mandar o povo estocar comida? decretar que tudo custa a metade? dobrar o preço de tudo? Exonerar servidores públicos? Privatizar tudo na marra (se é que conseguem)?
      Nós do BIB sabemos dos problemas e como são gigantescos, mas como estamos de fora (em parte) podemos falar e apontar. A questão é o que fazer?

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • odorico 6 de maio de 2019 at 18:00

        Eu já apontei o que faria, se daria certo é outra história. Desvalorização cambial (sim controle cambial, como um plano real as avessas fixando o dólar a 5 ou 6, com relativo choque inflacionário para tornar o brasil, atrativo em dólar para produção.), depois no que dá para mexer tributariamente sem o congresso eu mexeria retiraria imposto de renda retido na fonte (outro choque inflacionário, populista, com queda na arrecadação, mas com choque de consumo), reforma administrativa do executivo federal por MP (lembra do FHC, atola o congresso com Mps daquelas cabeludas que depois que entra em vigor, voltar causa mais problemas), e outra medidas que não dependessem do congresso….

        6+
        • avatar
        • avatar
        • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 18:15

          Eu penso que o governo deveria pelo menos deixar a situação clara, mas não vão fazer isto porque obviamente vai contra todo o otimismo vendido na campanha, não vão admitir que mentiram tanto, se o fizerem qual seria a diferença entre eles e o PT na cabeça das pessoas que os apoiam e que tem capacidade de raciocínio mínima?

          4+
        • CA 6 de maio de 2019 at 18:46

          odorico,

          Outras reformas, inclusive administrativa, concordo, até mencionei abaixo.

          Sobre a desvalorização cambial forçada, discordo.

          Na prática, em TESE, uma desvalorização cambial forçada ajudaria nas exportações, mas há um pequeno problema: estamos com a economia mundial DESACELERANDO, mesmo que apelássemos para desvalorizar o câmbio para ajudar nas exportações, ainda assim não tiraríamos bons frutos disto, principalmente porque o Brasil já está entre os países com a MENOR participação do comércio exterior em proporção ao PIB e não conseguiríamos crescer tanto assim a ponto de impactar de forma relevante o PIB, porque existem “N” problemas GRAVES e que são MAIORES do que a questão cambial, dentre eles, IMPRODUTIVIDADE elevada (infraestrutura viária PÉSSIMA, baixa qualidade de ensino profissionalizante e em quantidade insuficiente, baixos investimentos tecnológicos, etc), super BUROCRACIA, legislação fiscal pra lá de confusa, impostos muito elevados, super-protecionismo do governo, etc, etc, etc…

          Considerar que a super-desvalorização do Real, além de não ajudar quase nada em função dos fatores acima, levaria a aumento em custos de insumos e maquinário agrícola, produtos eletrônicos (mais de 80% dos componentes importados) e diversos outros itens que impactariam de imediato e de forma relevante tanto na inflação quanto na viabilidade de “N” negócios no país.

          Em outras palavras, na atual conjuntura, não usufruiríamos dos ganhos esperados pela desvalorização cambial o quanto teríamos de PREJUÍZOS pela implementação da mesma, ou seja, não valeria a pena, seria um “tiro no pé”…

          8+
          • avatar
          • avatar
        • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 22:20

          No comparativo ajustado pelo PIB per capita, o sanduíche brasileiro custa o equivalente a US$ 4,55, ou 19% a menos do que nos EUA. Comparando a diferença per capita entre os países, deveria custar 42% menos –logo, o real estaria 40,6% supervalorizado.

          https://www.poder360.com.br/economia/indice-big-mac-veja-a-cotacao-de-moedas-do-mundo-pelo-preco-do-hamburguer/

          2+
      • CA 6 de maio de 2019 at 18:29

        odorico,

        Já respondi antes para VOCÊ, todas as vezes que questionou ao longo dos últimos ANOS, mas vamos lá DE NOVO, se puder, desta vez grave em algum lugar…

        REPITO: NÃO é para anunciar em cadeia nacional, NUNCA falei que tinha que ser assim.

        Primeiro, o que o governo NÃO DEVERIA FAZER em hipótese alguma:

        – DOBRAR o crédito imobiliário via CEF prometendo que ela como banco PÚBLICO vai voltar a ser a NÚMERO 1 no crédito imobiliário, ampliar o crédito consignado para aposentados, oferecer crédito de 100% do preço dos caminhões, criar o “crédito simples”, criar nova hipoteca para bancos ficarem com imóveis de idosos e ações do gênero.
        – Fazer PROMESSAS UFANISTAS para estimular ainda mais o super-endividamento e inadimplência.
        – Ficar discutindo estatísticas de emprego, inclusive com uso de FAKE NEWS sobre bolsa-família, parar de focar em questões de costumes e uma série de outros assuntos sem importância frente ao tamanho gigantesco do problema na economia que temos.

        Segundo, o que o governo DEVERIA FAZER, especificamente sobre a bolha imobiliária:

        – Complementar auditoria em bancos públicos (em especial a CEF), partindo do que já foi apontado pelo relatório da CGU.
        – Com base na auditoria acima, seguir as melhores práticas para recuperar a saúde do sistema financeiro, mitigando o crescimento dos problemas: impedir crédito PODRE via CEF (não autorizar transferência como comprovante de renda, parente que não vai pagar e só finge que é sócio na compra, etc), regularizar o apontamento de provisões (AUMENTAR para ficar compatível com a REALIDADE), corrigir o rating dos títulos, fazer inpairment no valor dos imóveis em estoque, etc, etc, etc.
        – Explicar de forma simples e pelos meios de comunicação, os resultados das auditorias e porque ações corretivas são IMPRESCINDÍVEIS. Não precisa de manchetes “compradas pelo governo” declarando que existe uma bolha imobiliária, se os especialistas economistas se manifestarem a respeito, OK, caso contrário (grande maioria comprado ou estúpido), você pelo menos terá deixado claro os motivos para ações a seguir, mitigando questionamentos fúteis.
        – Obrigar a retomada dos imóveis inadimplentes e não permitir MAQUIAGENS em renegociações FAJUTAS e POSTERGAÇÕES de leilões, dentre outras práticas que DESTROEM a LIQUIDEZ do sistema financeiro.
        – Substituir o MCMV por outro programa de moradias populares e focar EXCLUSIVAMENTE nas famílias mais pobres (pode ser o mutirão que existia antes, algo análogo à Cingapura ou até o CDHU, dentre outros modelos, só não pode continuar despejando SUBSÍDIOS de FGTS e do Governo direto no bolso das construtoras como é hoje). Demais categorias do MCMV deveriam ser abolidas e terem financiamento só por bancos e via SBPE ou algo do gênero.

        Terceiro, para outros assuntos ligados à economia:
        – Deixar de apostar todas as fichas na reforma da previdência, ela NÃO É o Santo Graal. Isto significa tocar em paralelo reforma fiscal, privatizações, vendas de ativos (inclusive imóveis) e outras ações já prometidas, sem persistir nas expectativas UFANISTAS, ao contrário, sendo o mais REALISTA possível.
        – O governo já deveria ter se empenhado mais na reforma da previdência desde o primeiro minuto de mandato, se tivesse feito isto, todas as demais reformas e ações acima já poderiam ter se iniciado, mas agora não dá para voltar no tempo, caminho é tentar não aumentar ainda mais o atraso, aumentando a mobilização do governo e do presidente para não atrasar ainda mais a reforma.

        Em linhas gerais, é o que consta acima. Mais abaixo trarei trechos de outras vezes que já respondi para você e que complementam este comentário…

        4+
        • avatar
        • CA 6 de maio de 2019 at 18:33

          Naquela época você achava que nossa bolha era como a japonesa, que os prejuízos já tinham acontecido quanto à super-endividamento e inadimplência então não tinha muito a ser feito, etc…

          “CA 13 de abril de 2016 at 12:51
          odorico,

          De forma simples: você só inicia a recuperação de verdade depois do estouro de uma bolha imobiliária e quanto mais você trabalhar para adiar este estouro, pior será para economia, veja os exemplos de Espanha e Japão versus o exemplo dos EUA.

          Por que isto acontece? De novo de maneira mais simples: quanto mais gambiarras você faz, pior vai ficando a situação, você transforma os problemas em uma bola de neve. Você acha que as pedaladas e maquiagens do governo ao longo dos anos, para adiarem as ações que deveriam ser adotadas, beneficiaram em algo a economia?”

          “Sobre o Japão: não faz sentido você comparar com uma economia como a do Japão e as características da bolha deles com a situação do Brasil que é exatamente o oposto deles, tanto quanto a características da economia quanto da bolha imobiliária. O Japão passa por DEFLAÇÃO, onde o juros muitas vezes está NEGATIVO, com fortíssima cultura POUPADORA da população, onde as leis são seguidas de forma muito mais voluntária que no Brasil, tanto que advogados lá estão ficando sem serviço (diferente do que temos no Brasil e afeta distratos, recuperação judicial, falência, etc), em que eles possuem uma infraestrutura muito superior à nossa, com balança comercial muito mais representativa em relação ao PIB e que ajuda a manter a economia quando há uma queda em segmento com atuação interna como o da construção civil, onde não existiu um esquema paralelo para criação de vendas FALSAS na planta ao mesmo tempo em que ocorria um volume anormal de inadimplência, onde não existiu nem de perto um esquema de corrupção institucionalizada que destruiu um segmento que representa 11% de todos os investimentos do país (Petrobrás), onde não enfrentaram uma crise política nas mesmas dimensões que a nossa, onde a densidade geográfica é o oposto da nossa, dentre uma infinidade de outras diferenças RELEVANTES, enquanto não encontramos nem de perto semelhanças que sejam em volume e relevância equivalentes.”

          6+
          • avatar
    • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 18:00

      bem lacrado CAmarada

      2+
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 18:11

      Mas antes eram os esquerdistas, agora o pessoal tem jesuis no coração e são “de direita”, não entende CA que a naba agora é diferente?
      Vão continuar tomando no c… mas com uma naba benzida e família 😆
      Como tem gente idiota neste Brasil, não vai mesmo, não vai nunca.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 18:14

        nunca vai entender Charlie, shuashuashuashua, esquerdista não tem senso do humor

        2+
        • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 18:20

          Está especialmente chato hoje, não deveria pois está tudo indo as mil maravilhas e seu mito está mitando sem parar…
          Não seria desespero mesmo, aquele que surge quando descobre que foi feito de trouxa e não quer acreditar?
          Conta suas mágoas, abre o coraçãozinho de direita pra gente indiozinho, prometo que não vou rir (muito) da sua cara 😉

          7+
  • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 18:00

    CAmaradas, tudo é culpa do BOZO como bem sabemos, nosso maravilhoso ESTADO DE BEM ESTAR SUPERIOR AO NÓRDICO foi detonado pela ultraesquerda, e alem disso agora, vem greve dos sofridos caminhoneiros, o diesel seria de graça se HAMADI não houvessee perdido com fakenews e fraude, shuashuashuashua
    e agora vem uma guerra comercial, naturalmente culpa do BOZO

    BOVESPA CAI 1% COM TEMOR DE GUERRA COMERCIAL

    Principal índice da B3 caiu 1,04% a 95.008 pontos, com volume negociado de R$ 9,680 bilhões com o recrudescimento da guerra comercial entre Estados Unidos e China; já o dólar comercial subiu 0,48% a R$ 3,9574 na compra e a R$ 3,958 na venda

    6 DE MAIO DE 2019 ÀS 17:46

    Do Infomoney – O Ibovespa fechou em queda de 1% nesta segunda-feira (6), mas susteve os 95 mil pontos após passar o pânico que levou os mercados a “sell-off” pela manhã com o recrudescimento da guerra comercial entre Estados Unidos e China. Nossa Bolsa seguiu os índices norte-americanos, que fecharam perto das máximas, ensaiando zerar perdas depois dos investidores terem um dia inteiro para digerir os tuítes do presidente norte-americano, Donald Trump, falando em aumentar as tarifas sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses.

    Por aqui, o principal índice da B3 caiu 1,04% a 95.008 pontos, com volume negociado de R$ 9,680 bilhões. Já o dólar comercial subiu 0,48% a R$ 3,9574 na compra e a R$ 3,958 na venda. O dólar futuro com vencimento em junho registrou ganhos de 0,49% a R$ 3,9675.

    Segundo o analista da XP Investimentos, Gabriel Fonseca, as notícias de hoje mostraram que teremos um ambiente externo mais adverso do que se esperava. Na semana passada, o Federal Reserve já frustrou expectativas ao praticamente descartar uma redução de juros este ano e dias depois o presidente dos EUA reduziu as chances de um desfecho rápido na guerra comercial.

    “São fatores novos, que trazem aversão a risco e impactarão commodities, mas não é o fim do mundo. O mercado brasileiro é mais guiado pela política doméstica do que por essas questões”, afirma o especialista. Vale lembrar que amanhã começam os trabalhos da Comissão Especial para análise da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

    Nos juros futuros, o DI para janeiro de 2021 teve queda de dois pontos-base a 7,03%, enquanto o DI para janeiro de 2023 subiu um ponto-base a 8,15%.

    Trade war

    Trump atribuiu os bons dados da economia dos EUA, como o crescimento de 3,2% no Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre, e a criação de 263 mil vagas de trabalho em abril, aos seus esforços em reduzir o déficit comercial com a China. Ele lembrou que a balança comercial respondeu por boa parte do incremento do PIB, por exemplo, junto com o aumento no gasto estatal.

    “As tarifas pagas aos EUA têm tido um pequeno impacto no custo dos produtos, em sua maior parte gerados pela China. As negociações comerciais com a China continuam, mas muito lentamente, enquanto eles tentam renegociar. Não!”, disse Trump.

    Em tuíte mais recente, o presidente dos EUA disse que seu país tem perdido, por muitos anos, de US$ 600 bilhões a US$ 800 bilhões em comércio exterior e que isso não vai mais acontecer.

    Apesar disso, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Geng Shuang, afirmou que uma delegação do país ainda prepara uma viagem aos Estados Unidos para uma nova rodada de negociações comerciais. O funcionário, contudo, não respondeu uma questão sobre a data da viagem nem se o grupo será liderado pelo vice-premiê Liu He.

    Relatório Focus

    Os economistas ouvidos pelo Relatório Focus do Banco Central derrubaram a projeção de crescimento da economia brasileira de 1,7% para 1,49% na semana passada, de acordo com o documento publicado nesta segunda. No início do ano, os economistas no Focus esperavam avanço de 2,53% no PIB (Produto Interno Bruto).

    É a décima vez seguida que as perspectivas para a economia brasileira são revisadas para baixo. Para 2020, a expectativa de crescimento da economia brasileira foi mantida em 2,5%.

    Para o medidor oficial de inflação do BC, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), o Focus mostra manutenção em 4,04% nas expectativas dos economistas. A mediana do Top 5 (os cinco economistas que mais acertam projeções) para o IPCA variou para cima de 3,96% para 3,98% na última semana.

    As projeções para a taxa de câmbio no fim do ano foram mantidas em R$ 3,75 e a previsão para a taxa de juros básica da economia brasileira, a Selic, continuou em 6,5% ao ano.

    Política

    O presidente Jair Bolsonaro (PSL) defendeu, durante a divulgação de uma entrevista concedida ao apresentado Silvio Santos, na noite deste domingo, a aprovação da reforma da Previdência como maneira de tirar União, estados e municípios de uma situação financeira crítica. Segundo Bolsonaro, o País tem um gasto de R$ 750 bilhões por ano com o pagamento de aposentadorias e a diferença aumenta cada vez mais, “porque nós estamos vivendo mais”.

    Em busca de apoio popular para aprovar a reforma da Previdência, o Palácio do Planalto anunciou na noite desta sexta-feira, 3, que lançará campanha publicitária a favor da proposta na segunda quinzena de maio. Com o mote “Nova Previdência, pode perguntar”, as propagandas serão veiculadas em rádio, televisão, jornais e internet. O governo também pretende espalhar outdoors em algumas cidades. De acordo com o Planalto, a ideia é divulgar que as mudanças na Previdência vão promover justiça social e ampliar a capacidade de investimento do país.

    O jornal O Globo destaca que o governo já prepara uma estratégia para driblar resistências à reforma da Previdência no Congresso e tentar manter a economia de R$ 1 trilhão. Segundo a publicação, deputados aliados apresentarão emendas que alteram o texto de pontos polêmicos, como o BPC, benefício pago a idosos de baixa renda. Será proposto que parte do benefício seja antecipada e que o valor de um salário mínimo seja recebido aos 68 anos e não aos 70 anos.

    Ainda neste domingo houve a convenção estadual do PSDB, em que os caciques tucanos apareceram lado-a-lado, com o candidato derrotado nas últimas eleições, Geraldo Alckmin, afirmando se opor a um novo nome para o partido, ideia proposta pelo governo João Doria. Para Alckmin, os tucanos precisam fortalecer o ideal que gerou a criação da legenda, que é a social democracia.

    Bolsas

    Donald Trump anunciou ontem por meio de sua conta no Twitter que a tarifa de 10% imposta a US$ 200 bilhões em bens da China poderá subir para 25% na próxima sexta-feira, 10 de maio. Além disso, segundo o presidente americano, US$ 325 bilhões de bens adicionais recebidos pelos norte-americanos dos chineses permanecem sem cobrança de tarifas, mas serão tarifados em breve em 25%.

    A decisão de Trump caiu como uma bomba no mercado global. A bolsa de Xangai despencou 5,58%, enquanto o índice Hang Seng, de Hong Kong, desabou 2,9%. Os índices S&P 500 e Dow Jones dos EUA, contudo, reduziram perdas e caíram recuam perto de 0,3%. As bolsas europeias caíram, em sua maioria, mais de 1%, mas a volatilidade foi reduzida por conta do feriado no Reino Unido, que deixou a Bolsa de Londres fechada.

    O petróleo, por outro lado, fechou em forte alta após cair pela manhã. O barril do petróleo tipo WTI subiu 1,29% a US$ 62,74 e o barril do petróleo tipo Brent – usado como referência para a Petrobras – avançou 1,04% a US$ 71,59.

    Noticiário corporativo

    O Bradesco (BBDC3 -3,25%; BBDC4 -2,7%) anunciou, por meio de fato relevante, a aquisição do BAC Florida Bank (BAC Florida). O valor desembolsado será de aproximadamente US$ 500 milhões, de acordo com o documento. O banco americano tem foco em serviços financeiros para pessoas físicas de alta renda não-residentes.

    A compra ainda está sujeita à aprovação de órgãos reguladores de ambos os países. De acordo com o Bradesco, o principal intuito do movimento é “ampliar a oferta de investimentos nos EUA aos seus clientes de alta renda (Prime) e do Private Bank, além de outros serviços bancários, como conta corrente, cartão de crédito e financiamento imobiliário”.

    A Vale (VALE3 -1,47%) informou que o atual presidente do Conselho de Administração da companhia, Gueitiro Matsuo Genso, será substituído por José Maurício Pereira Coelho. Segundo a mineradora, Pereira Coelho é um executivo com sólida experiência em finanças, relações com investidores, M&A, governança corporativa, planejamento estratégico e extensa atuação em conselhos de administração de companhias listadas no Novo Mercado da B3. Conforme a Vale, o executivo assumiu a presidência da Previ em julho de 2018 após ocupar diversas posições na diretoria do Banco do Brasil desde 2009.

    Já a Braskem (BRKM5 -2%) afirmou ser possível que não consiga arquivar o Formulário 20-F 2017 até 16 de maio, novo prazo dado à empresa pela Bolsa de Valores de Nova York (Nyse). A companhia diz que segue empreendendo esforços importantes e recursos significativos, e trabalhando para concluir os procedimentos e análises sobre os seus processos e controles internos.

    O caso envolve investigações ligadas à Operação Lava-Jato. Caso o Formulário 20-F 2017 não seja arquivado até tal data, a companhia estará em descumprimento com as exigências de listagem da Nyse. Se isso ocorrer, a Nyse deverá dar início aos procedimentos para deslistagem e, simultaneamente, suspenderá a negociação das American Depository Shares (ADSs) da empresa.

    No setor de alimentos, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, se disse “perplexa” com as queixas da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) sobre a lista de 24 unidades bovinas que será entregue pelo governo brasileiro aos chineses em busca de novas habilitações, segundo o jornal Valor Econômico. A disputa se encontra na lista de plantas, que estaria privilegiando a JBS (JBSS3 -1,07%), que tem sete frigoríficos, e a Minerva (BEEF3 +1,14%), com quatro. Das grandes companhias de carne bovina, apenas a Marfrig (MRFG3 -1,55%) faz parte da Abrafrigo. JBS e Minerva estão com a Abiec, outra associação das indústrias exportadoras de cares.

    Por fim, a Petrobras (PETR3 -0,07%; PETR4 -0,3%) decidiu aumentar o preço médio do diesel comercializado nas refinarias em R$ 0,0577, enquanto o preço da gasolina permanecerá inalterado. A informação consta do site da empresa, no qual a petroleira lista os valores praticados em 37 postos de suprimento do mercado nacional, para a gasolina, o diesel S10 e o diesel S500. Com o reajuste de 2,57%, o preço do diesel passará de R$ 2,247 por litro para R$ 2,3047. O aumento passou a valer sábado, dia 4.

    1+
  • indiobolhista 6 de maio de 2019 at 18:17

    vamos começando na birra CAmaradas ELENÃO2022, se ele chegar claro, antes disso ainda pode ser destituído laCrAdores todos unidos jamais serão vencidos.

    1+
    • CA 6 de maio de 2019 at 18:48

      Que nada, vamos fazer o seguinte:

      Cada vez que o bêbado no balcão do bar, que já sofre de cirrose e está ameaçado de morrer, pedir uma nova bebida, façamos como os Bolsominions: vamos dizer que é uma ótima beber até morrer! Uhu, estes é que são os amigos do bêbado, não é mesmo?

      12+
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 22:22

      Acho que o General Mourão seria um excelente presidente

      5+
      • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 22:38

        Já está desistindo do messias? Não fazem nem 6 meses… 😀

        4+
      • tmarabo 7 de maio de 2019 at 11:40

        Mourão é uma besta.

        2+
  • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 18:53

    Vou lançar um pequeno desafio:
    Cesar_DF e indiobolhista, vocês tem pensamento próprio? Conseguem ter pensamentos próprios?
    Só vejo copia e cola, provem que eu estou errado.
    Ou pelo menos tentem, e não vale postar texto de outros lugares e alegar que é sua “opinião”, não vale colar cesar_DF 😉

    4+
  • CA 6 de maio de 2019 at 19:01

    https://www.terra.com.br/economia/producao-industrial-na-argentina-cai-134-em-marco,c1b6c1610f407e6329c68ef727ec9e472500ww20.html

    Os nossos maiores importadores de produtos industrializados estão com problema com a indústria deles, que já estava destruída. Dá para imaginar quanto às importações do Brasil…

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Manoel Joaquim 6 de maio de 2019 at 19:11

    Bolsonaro pedirá 250 bi emprestado – O Brasil faliu!

    ‘https://www.youtube.com/watch?v=sNbk4KT2O1I

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 19:24

      Já faliu faz algum tempo, lá por volta de 2016 ou antes com a farra do crédito, só que muita gente ainda não percebeu.

      11+
      • avatar
      • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 19:27

      Estava esperando o Cesar_DF citar o Rafael como no passado recente, que ele parece adorar, mas não aconteceu provavelmente porque agora as ideias são muito radicais para a propaganda bolsomínia.

      3+
      • avatar
  • Strike 6 de maio de 2019 at 20:00

    CA, obrigado pela reposta lá em cima sobre a GFSA3. Mas mesmo assim vou seguir monitorando.

    2+
  • Strike 6 de maio de 2019 at 20:06

    Os que vocês me falam e FII’s? Eu sempre achei furada. Uma coisa eu reparo, houve uma fermentação disso daí. De repente, de uns tempos para cá, passou-se a falar muito nisso. Sempre que isso acontece no mercado, eu fico já suspeito. Fizeram várias campanhas, claramente campanhas, inclusive envolvendo casas de análises famosas, recomendando o investimento nesses produtos. Até trader colocaram para falar bem em uns sites famosos de investimento. Reparei que até no Facebook fazem isso. Postam o assunto e aparece vários carinhas embaixo dizendo maravilhas desse tipo de investimento. Isso tudo é armado. Melhor ficar de olho aberto!

    2+
    • Cesar_DF 6 de maio de 2019 at 23:23

      Strike
      FII de galpões logísticos em SP e Centro-Oeste eu acho uma boa
      FII de shoppings eu não compraria, nem de lajes comerciais.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Strike 6 de maio de 2019 at 23:41

        E fundos de papel, você sabe alguma coisa sobre eles? Estes me parecem os piores.

        0
      • CA 7 de maio de 2019 at 05:55

        Cesar_DF,

        Não sei sobre o Centro-oeste, mas falando do interior de SP, como eu já havia dito e o Rico complementou outro dia, tem uma enormidade de galpões para alugar, muitos novos, alguns nesta situação há ANOS, não me parece um negócio da China…

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 7 de maio de 2019 at 16:44

          CA
          Exatamente por causa da vacância que o valor de face dos papeis de FII estão baixos
          No caso dos FII, tem que se pensar num horizonte de 3 a 10 anos

          1+
          • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 6 de maio de 2019 at 20:37

      Se tem bolhudo sobrando porque liberar dinheiro pra construir mais?

      9+
      • avatar
      • avatar
    • CA 7 de maio de 2019 at 06:13

      Rico,

      Pois é, de novo um festival de contradições:

      MCMV:
      – 70 mil imóveis devolvidos
      – 60 mil imóveis inacabados
      – 35% de inadimplência no MCMV faixa 1
      – Inadimplência acima da média nas demais faixas do MCMV
      – No total, 350 mil imóveis inadimplentes do MCMV e a CEF não retomou nem 15% disto
      – Centenas de casos de corrupção envolvendo o MCMV em todo o país
      – Imóveis do MCMV vendidos por preços muito acima do que valem, com péssima qualidade de construção, localização ruim e infraestrutura inadequada.
      – As distorções geradas pelo MCMV e demais políticas públicas para habitação, mais GOLPES do setor imobiliário, provocaram super-dependência do MCMV para construtoras (2/3 do que lançam e vendem), bem como gigantescas distorções entre oferta e procura, muitas construtoras quebrando, este setor puxando o desemprego e daí para pior.
      – Este é o programa mais SUBSIDIADO do país e que como todo governo “liberal” sabe disto, o que causa maiores estragos para economia e sociedade, desde o incentivo à super-endividamento e inadimplência, passando por gerar aumentos em preços de imóveis em cascata e fora dos fundamentos, perda de liquidez no mercado, problemas sistêmicos para setor financeiro e como consequência de tudo isto, colaboração relevante para degradação dos empregos e renda, perda de consumo, etc.

      E a preocupação do ministro foi dizer que só vai rever os devolvidos e inacabados para ver o que fazer e que não há NENHUM contingenciamento de verbas, deixando de lado todas as outras situações acima que são infinitamente mais graves…

      Mas, vale lembrar que ele foi presidente do Conselho da PDG, fundou a BTG e tem amigos demais se beneficiando de todas as maracutaias acima, o que falta é interesse de resolver problemas tão graves, ao contrário, ele quer mais é PEDALAR junto com os parsas dele.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Carlos, o vermelho lacrador 7 de maio de 2019 at 00:45

    OFF – Circo news

    Agora é o namorado do Carlos Bolsonaro que anda causando 😆
    https://www.gazetadopovo.com.br/blogs/a-protagonista/2019/05/06/leoindio/

    6+
    • avatar
  • Alemon Fritz 7 de maio de 2019 at 01:10

    coisa pouca:
    -Proprietários de terrenos baldios são multados e podem perder os imóveis, na Serra, ES
    Prefeitura estima que 12 mil lotes estão abandonados.!!!! ( o que é um iptu, salcifufu).
    12 mil terrenos abandonados… viva a dengue!!.
    G1-14 horas atrás

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 7 de maio de 2019 at 05:34

      Qual a necessidade do minha casa minha dívida se vai ter tanto bolhudo no mercado?

      4+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 7 de maio de 2019 at 01:14

    coisa pouca:
    Zap investe em reforma e revenda de imóveis.

    -Maior site de classificados de imóveis do Brasil, vai investir R$ 100 milhões somente neste ano e outras centenas de milhões em 2020 no mercado de reforma e revenda de imóveis. O dinheiro será usado para comprar, reformar e vender casas e apartamentos em São Paulo e outras praças… ué deviam construir..
    -valor (ou melhor desvalor)

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 7 de maio de 2019 at 07:10

      Vão usar as dicas dos especialistas, tipo fazer Feng Shui pra melhorar a energia do bolhudo? 😆

      2+
      • avatar
  • Carlos, o vermelho lacrador 7 de maio de 2019 at 06:13

    Agora vai…

    País voltará a crescer a partir de julho, diz Guedes
    ‘Assim que forem aprovadas as reformas, o Brasil retomará o seu caminho de crescimento sustentável’, disse o ministro da Economia nesta segunda-feira, 6, após encontro com o presidente Jair Bolsonaro

    “Assim que forem aprovadas as reformas, o Brasil retomará o seu caminho de crescimento sustentável. Não há novidade nenhuma nessa desaceleração econômica, o Brasil está prisioneiro de uma armadilha de baixo crescimento e nós vamos escapar com as reformas”, afirmou Guedes, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, que visitou o ministério nesta segunda-feira.”O Brasil de julho em diante está crescendo de novo”.
    https://www.terra.com.br/economia/pais-voltara-a-crescer-a-partir-de-julho-diz-guedes,3f6e239d23578328de72a9c091d2b851l3bva4q6.html

    5+
    • avatar
    • CA 7 de maio de 2019 at 07:38

      Carlos,

      Fantástico!

      Tudo mágico e instantâneo!

      Tanto que eles estão dizendo que se aprovar a reforma em julho, neste ano teremos crescimento do PIB de 2,9% e se não aprovarmos, será 0,8%, que excepcional, nem a dupla Dilma/ Mantega poderia fazer uma previsão “tão boa” sobre os efeitos MÁGICOS de um evento isolado!

      A esta altura os setores de RH das empresas já estão iniciando os processos de seleção para mais algumas centenas de milhares de vagas, de tal forma que quando oficializarem a aprovação da reforma, precisem apenas chamar os candidatos e eles já começarão a trabalhar no dia seguinte! Com isto, como prometido pelo Guedes, ainda em 2019 teremos 350.000 contratações a MAIS só em virtude da reforma da previdência!

      As empresas também estão com o dedo no gatilho para despejarem CENTENAS DE BILHÕES em investimentos. Teremos R$ 1 TRILHÃO só em privatizações, zerando nosso deficit fiscal ainda neste ano! Aquelas que vão importar máquinas e equipamentos para aumentarem sua capacidade produtiva (mesmo com ociosidade ANORMAL hoje!?) já estão disparando nas encomendas para o Exterior para dar tempo de chegar assim que avisarem que a reforma foi aprovada.

      Para subsidiar o que consta acima, os bancos já estão reservando TRILHÕES de Reais para emprestaram com juros super baixos (segundo Guedes a SELIC vai para 2% com a reforma da previdência) para empresas, governos e famílias que estão QUEBRADOS e todos eles poderão gastar a rodo e de imediato assim que aprovada a reforma da previdência.

      Os céus irão se abrir, teremos arco-íris, pôneis unicórnios e Bolsominions zurrando de felicidade com o pote de ouro que capturaram.

      No mundo REAL a reforma será aprovada depois de julho, “desidratada” e este será o bode expiatório para o governo explicar porque não aconteceu uma recuperação mágica e instantânea como o prometido.

      Daí eles vão dizer que precisará de mais tempo e inventarão alguma outra solução mágica que será o novo Santo Graal…

      10+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos, o vermelho lacrador 7 de maio de 2019 at 09:17

        Tchutchuca está se revelando um ótimo Mantega, ainda que o Mantega era menos “otimista”

        5+
    • bolhista cearense 8 de maio de 2019 at 09:20

      País voltará a crescer a partir de julho, diz Guedes
      …de qual ano?

      2+
      • avatar
  • Carlos, o vermelho lacrador 7 de maio de 2019 at 06:22

    Finge ZAP pedalando.

    Preço médio dos imóveis residenciais caiu 1,7% nos primeiros 4 meses do ano, diz FipeZap
    Variação leva em conta aumento de preços inferior à inflação esperada para o mesmo período.

    A cidade com o preço mais alto por metro quadrado segue sendo o Rio de Janeiro, com R$ 9.476, seguida por São Paulo, com R$ 8.899.

    https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/05/07/preco-medio-dos-imoveis-residenciais-caiu-17percent-nos-primeiros-4-meses-do-ano-diz-fipezap.ghtml

    3+
    • avatar
    • Dr. Estranho 7 de maio de 2019 at 18:36

      Se caiu 1,7% no finge-zupt imaginem o percentual verdadeiro.

      3+
      • avatar
      • avatar
  • Carlos, o vermelho lacrador 7 de maio de 2019 at 06:45

    Como várias pessoas já relataram aqui, povo tá consumindo menos, até comida.

    Queda na expectativa econômica afeta a produção e o consumo de alimentos
    Renda estagnada, alta de preços e desemprego e subemprego elevados reduzem demanda

    https://www1.folha.uol.com.br/colunas/vaivem/2019/05/queda-na-expectativa-economica-afeta-a-producao-e-o-consumo-de-alimentos.shtml

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Carlos, o vermelho lacrador 7 de maio de 2019 at 06:50

    OFF – Outras batatas estão assando.
    MP não vê evidência de que Queiroz negociava carros
    Promotores devem pedir quebra de sigilo fiscal do ex-assessor de Flávio Bolsonaro para seguir as investigações

    RIO – Para justificar o pedido de quebra de sigilos fiscal e bancário do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e do ex-assessor dele Fabrício Queiroz — que deve ser encaminhado à Justiça em breve pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), conforme antecipou ontem o colunista Lauro Jardim —, os promotores do caso devem utilizar como argumento o fato de que, até agora, não encontraram evidências de que a movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta de Queiroz se deve a compra e venda de carros e outros negócios informais, como argumenta a defesa.

    https://oglobo.globo.com/brasil/mp-nao-ve-evidencia-de-que-queiroz-negociava-carros-23643635

    8+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 7 de maio de 2019 at 08:11

    Lagarde diz que tensões entre EUA e China ameaçam a economia mundial
    ‘Hoje há boatos, tuites e os comentários não são muito favoráveis’, disse a diretora gerente do Fundo Monetário Internacional.

    “Está claro que as tensões entre Estados Unidos e China são uma ameaça para a economia mundial”, declarou a diretora do FMI à imprensa após um discurso no Fórum de Paris sobre o endividamento dos países em desenvolvimento.

    “Tínhamos a impressão de que esta ameaça estava diminuindo, que as relações melhoravam e que estávamos caminhando para um acordo entre Pequim e Washington”, disse.

    “Esperamos que este continue sendo o caso, mas hoje há boatos, tuites e os comentários não são muito favoráveis”, completou a diretora do FMI.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 7 de maio de 2019 at 08:32

      Cajuzinha,

      A China NÃO vai ceder em questões que são importantes para os EUA e que já são demandadas desde MUITO ANTES do Trump, que na prática, apenas endureceu as “negociações” e está “forçando a barra” de todas as formas possíveis.

      A China NÃO vai deixar de interferir no câmbio para beneficiar suas exportações;

      A China NÃO vai deixar de oferecer crédito SUBSIDIADO em LARGA ESCALA para suas empresas ao redor do globo, mas especialmente dentro de seu próprio território;

      A China NÃO vai deixar de dar SUBSÍDIOS FISCAIS e de utilizar o SHADOW BANKING para estimular sua economia e dar condições ARTIFICIAIS para suas empresas competirem;

      A China NÃO vai deixar de fazer “copiar e colar” de inovações feitas por empresas de outros países que quiserem vender por lá.

      Dentre outros “A China não vai”…

      Na prática, a China vai apenas mexer em um ou outro imposto, uma ou outra obrigação que exige de empresas estrangeiras, ceder em importar mais dos EUA importando menos de outros países e outras ações PERIFÉRICAS e que não afetem suas práticas MERCANTILISTAS que constam acima e que são a essência da China ter alcançado a supremacia na produção e sua expansão relevante ao longo das últimas DÉCADAS.

      E se Trump forcar a barra ao máximo, como ele está prometendo, esta guerra comercial ainda vai se intensificar MUITO…

      4+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 7 de maio de 2019 at 08:12

    Bolsas despencam em todo o mundo após declarações de Trump sobre a China
    Presidente dos EUA anunciou que vai aumentar de 10% para 25% as tarifas de importação sobre US$ 200 bilhões de produtos chineses a partir de sexta-feira

    9+
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 7 de maio de 2019 at 08:13

      kkkkkkkkkkkkkkkkk

      “Essa medida do governo Trump mostra que a guerra comercial entre as duas maiores potências do planeta não acabou e isso aumenta as incertezas nos mercados emergentes, apesar de haver alguma chance de as exportações brasileiras de manufaturados para os EUA serem beneficiadas dessa vez”, avaliou o especialista em relações internacionais Wagner Parente, CEO da WBJ Consultores Associados. Contudo, ele lembrou que, na última vez em que os EUA aumentaram as tarifas de produtos chineses, essa expectativa não se contretizou.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 7 de maio de 2019 at 09:49

        E mesmo se isso acontecer, sera que o “mito” ou seu guru desconfiarao que pode ser um golpe? Tipo: abro uma industria em outro país. Produzo por x mas vendo por 5x. Inclsuive para o meu proprio país. Logo, os “beneficios fiscais ” que eventualmente eu conceder, ficarao, no final das contas , comigo mesmo. Estou pagando mais caro para mim mesmo e deixando uma partr disso com os lobistas e locais; esse “investimento” garantira o mercado deled, que é fechado, para mim. Como acreditar em quem nao é transsparente?

        1+
    • socrates 7 de maio de 2019 at 08:48

      Eles podem muito bem acordar sobre quais produtos serao “taxados”, so para jenios e lobistas de outros cantos terem uma desculpa para seguir o exemplo. Alguem aqui quer pagar mais caro por algo? Ah… Eles querem çim

      3+
      • avatar
      • avatar
  • Krakenvader 7 de maio de 2019 at 08:46

    Agora na Globo News:

    Aumentou o número de famílias endividadas em Abril/2019.

    75% das dívidas é oriunda do cartão de crédito, o restante de financiamentos.

    Banânia at its finest.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 7 de maio de 2019 at 09:20

      Logo logo melhora, pessoal vai poder penhorar a casa da Nona ou do Nono 😆

      11+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 7 de maio de 2019 at 09:13

    Norte será única região do país a se recuperar da crise este ano, mostra levantamento
    Ao fim deste ano, economia da região estará 0,6% maior do que em 2014, último ano em que o Brasil cresceu, segundo estudo da Tendências. Nordeste tem pior resultado e ainda vai acumular queda de quase 5% desde o início da crise.

    Por Luiz Guilherme Gerbelli, G1

    07/05/2019 08h00

    A economia do Nordeste, por exemplo, é a que tem apresentado a menor força de recuperação – o PIB nordestino estará quase 5% inferior ao patamar de 2014 no fim deste ano. Sudeste e Sul ainda terão queda acumulada de 3,8% e 1%, respectivamente.

    Por fim, o Centro-Oeste caminha para superar os efeitos da crise, mas a economia da região ainda será 0,1% menor do que a apurada em 2014.

    8+
    • avatar
    • Carlos, o vermelho lacrador 7 de maio de 2019 at 09:21

      Lembrando que 0,6 % de quase nada é? Quase nada 😆

      8+
      • avatar
      • avatar
    • CA 7 de maio de 2019 at 10:25

      Cajuzinha,

      A economia do centro-