Manual do Emer – Austria

Caros,

Conforme havia dito, por ocasião de meu retorno, iria faze uma transferência para a Áustria para ver como funcionava. Tudo correu muito bem e se problemas, então gostaria de partilhar minha experiência com vocês.

O banco escolhido foi:

Bank Austria – Member of UniCredit
Salzachtalstraße 2
5400 Hallein, Österreich

Fica na cidade de Hallein (“famosa” por ser a terra de Franz Gruber e dos chocolates do Mozart), facilmente acessível a partir de Salzburg via ônibus ou trem. A escolha dessa cidade foi pelo fato de eu ter negócios na região em que ela se encontra. Salzburg é um destino muito fácil de se chegar de trem, carro ou avião, eu cheguei via Muenchen de avião e voltei para Basel de trem.

Agora aos fatos:

1. A abertura da CC para não residente não custa nada
2. É necessário apenas o passaporte, com validade mínima de seis meses
3. A gerente do banco fala inglês razoavelmente bem
4. Qualquer operação pode ser feita via bankline, com interfaces em alemão ou inglês
5. Principais taxas que podem ser cobradas:
– Pagamentos em EUROS de/para a conta: se for dentro da UE é sem custos, se for de outra instituição bancaria, custo de Euro 5,00
– Online banking: sem custo
– Handling fee no caso de por exemplo, envia-se US$ para ser convertido em EURO: 0,03% do total enviado chegando a um limite máximo de EUR 17,73
– Se for necessária uma conta numerada para Investimentos, cobram EURO 61,16 por Quarter. Pelo que entendi, russos, chineses e africanos usam bastante essa opção, pois essas contas numeradas parecem ser bem difíceis de serem devassadas
6. Me disseram que em algumas semanas receberei o cartão de credito (VISA), que me permite também realizar saques em caixas eletrônicos no Brasil. Não perguntei se existia cartão para saque pois o de credito me era mais conveniente
7. Aplicações financeiras: escolhi uma aplicação que paga 2% ao ano do Unicredit da Irlanda (mas depositada na Bélgica) chamada EO-MEDIUM-TERM NOTES 2014. Existem outras atreladas a bolsa, mas não me arrisquei, pois não garantem que será lucrativa
8. Se for necessário o saque, avisar com alguns dias de antecedência e o cash estará disponível na data avençada

Dicas e sugestões:

– Passagem para Munique custa a partir de 550 dólares (já consegui promoção na Swiss para 20 de Janeiro por esse preço)
– Hotel em Salzburg: Crowne Plaza Salzburg The Pitter
– Hotel em Hallein: Hafnerwirt, que fica em uma esquina e distante 100 metros do banco
– Dicas turísticas em Hallein: conhecer a maior mina de sal da Europa, o museu celta, fazer caminhadas nas montanhas ao redor da cidade, ir comprar chocolate do Mozart a granel (para quem gosta), por 1/5 do valor das lojas em Salzburg (basicamente porque tem defeitos de embalagem). Sobre alimentação, como é uma coisa pessoal, fica difícil aconselhar algo, mas me arrisco a sugerir a Cervejaria Kaiser onde fabricam a cerveja da região e pode-se pedir pratos típicos. Em Salzburg, existem dezenas de atrações e coisas para se fazer.

Como já foi exaustivamente dito aqui, a ideia é proteger seu dinheiro e deixa-lo longe das mãos do governo. Não adianta achar que encontrara aplicação financeira com rentabilidade parecida com as do Brasil ou que terá isenção em taxas, etc.

Se alguém tiver alguma pergunta, fico a disposição.

http://www.bolhaimobiliariabrasil.com/2014/11/11/queda-nas-vendas-do-mercado-de-imoveis-pode-gerar-bons-negocios-jornal-nacional/#comment-654531

2+
Comments