Santander, BB e outros bancos leiloam imóveis até 60% mais baratos – Exame

Você pode gostar...

Comments
  • indiobolhista 19 de março de 2019 at 10:42

    bom dia noticias, BNDES adia pela quarta vez Leilão da Lotex e nova data é 26 de abril

    postado em 19/03/2019 08:08
    O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) adiou novamente o leilão de concessão da Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), a “raspadinha”, hoje sob a gestão da Caixa. A nova data agora é dia 26 de abril, e não mais 26 de março. O aviso da mudança está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, dia 19.

    Esta é a quarta prorrogação da data do certame e a quinta tentativa do governo federal para conceder a exploração da “raspadinha” à iniciativa privada. Um primeiro leilão da loteria havia sido agendado para julho do ano passado, mas não houve interessados. Depois, a programação era fazer o leilão no fim de novembro. Mas, ainda em novembro, o governo remarcou o leilão para dia 5 de fevereiro, data que foi alterada para 26 de março e, agora, redefinida para o próximo mês de abril.

    Com a decisão, os pedidos de esclarecimentos sobre o leilão poderão ser realizados até o dia 1º de abril e a entrega das propostas deve ser feita no dia 22 de abril.

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 19 de março de 2019 at 11:08

    um por semana:

    Jovem de 23 anos é preso suspeito de matar corretor de imóveis em São José…
    G1-21 horas atrás Um jovem foi preso na manhã desta segunda-feira (18) suspeito de matar um corretor de imóveis de 62 anos a tiros….

    12+
    • avatar
  • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 11:08

    Valeu, Boss!!!

    Cajuzinha 19 de março de 2019 at 10:38
    Inadimplência chega a até 54% no Paraná

    Nove entre dez paranaenses possuem algum tipo de dívida, mas isso não chega a ser um grande problema. Porém, atraso superior a 90 dias atinge 54% dos endividados (com contas em atraso), maior indicador desde janeiro de 2017. Os dados são da pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR) e da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

    Em fevereiro, o índice de consumidores que podem ter seu cadastro de pessoa física (CPF) incluso no sistema de proteção de crédito, por causa de contas atrasadas há mais de 90 dias, aumentou quase 10% em relação ao mês anterior.

    Dentre as famílias com contas atrasadas, em 54,1% dos casos esse atraso ultrapassa três meses, o que configura inadimplência. Em janeiro, os inadimplentes correspondiam a 49,3% dentre as famílias com contas em atraso. É o maior índice de inadimplência desde janeiro de 2017, quando 56,9% dos endividados com contas atrasadas estavam com restrições na praça.

    O cartão de crédito é o tipo de dívida mais comum entre os consumidores do Estado, sendo apontado por 72,5%. Os financiamentos de imóveis e automóveis aparecem em seguida, com 9,1% e 8,8% do endividamento das famílias, respectivamente.

    https://www.bemparana.com.br/noticia/inadimplencia-chega-a-ate-54-no-parana

    0
    ReplyLinkQuote

    Cajuzinha 19 de março de 2019 at 10:59
    No Rio Grande do Sul, cerca de 34% das pessoas economicamente ativas estão com as contas atrasadas. “Esse percentual está dentro da média nacional”, analisa o gerente do Serasa Consumidor, ponderando que “é um índice alto, que prejudica a economia”, uma vez que significa, também, menos acesso ao crédito. – Jornal do Comércio

    https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/economia/2019/03/674961-negociacao-de-divida-tem-desconto-de-ate-90.html

    8+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 19 de março de 2019 at 11:17

      Cajuzinha
      O endividamento está até caindo, mas o problema é o perfil da dívida
      O pico do endividamento (exceto o imobiliário) ocorreu em 2011 e agora está em queda
      O problema é quando incluímos a dívida imobiliária, onde o pico ocorreu em 2015, mas observe pelo delta que esta dívida demorará muitos anos até cair

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 19 de março de 2019 at 11:22

        Replico resposta que coloquei no tópico anterior.

        CA 19 de março de 2019 at 11:20
        Cesar_DF,

        Não, o endividamento geral do consumidor NÃO ESTÁ CAINDO!

        O que está caindo e consta no gráfico acima, é só o endividamento enquanto proporção da renda no caso de dívidas para o sistema FINANCEIRO. Isto NÃO INCLUI condomínio, IPTU, IPVA, licenciamento, multas de veículos, utilities (água, gás, luz, telefonia, TV a cabo, etc), crediários de lojas, etc, etc, etc.

        Este é o PEGA-TROUXA usado pelo governo e pelos bancos: as pessoas reduziram o endividamento junto a bancos em função dos juros extorsivos, então, preferiram se endividar com outras contas que tem juros menores, inclusive isto está explicado na notícia que coloquei no tópico anterior quanto à disparada nos crediários das lojas…

        20+
        • avatar
        • avatar
        • CA 19 de março de 2019 at 11:25

          Esta notícia que eu havia colocado no tópico anterior é bem explícita quanto a isto:

          https://www.terra.com.br/economia/para-fugir-dos-juros-do-cartao-brasileiro-ressuscita-crediario,b6d78d00260230583cd37c8b58042d93fnjonnxr.html

          Trechos do link acima:

          “Para fugir dos juros do cartão, brasileiro ressuscita crediário
          No ano passado, classe média foi responsável por 54% do crescimento do carnês de compra no comércio, diz pesquisa”

          ““Pesquisa feita pelo birô de crédito Multicrédito (antigo Telecheque), obtida pelo Estado, aponta para um crescimento de 34% na utilização de boletos no últimos dois anos – 54% apenas de 2018 para 2017. A pesquisa foi realizada ao longo do ano passado com 120 mil consumidores, de 9 mil pontos de vendas do Brasil.”

          “O desembolso médio de quem recorreu ao crediário, segundo a Multicrédito, também está maior hoje em dia, 17% nos últimos dois anos – ou 9,3%, se descontada a inflação acumulada do período. O valor das compras saltou de R$ 463,04 em 2016 para R$ 542 no ano passado.””

          10+
          • avatar
        • CA 19 de março de 2019 at 11:39

          Notícia de agosto/2018:

          https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,brasil-tem-uma-italia-de-inadimplentes,70002464063

          “Número de endividados cresce e Brasil tem hoje ‘uma Itália’ de inadimplentes
          Total de pessoas com contas atrasadas, que atingiu 63,4 milhões, é quase equivalente à população do país europeu; embora mais pobres ainda representem maior parte dos afetados, índice de inadimplência cresce nas faixas de renda superior”

          Veja nos gráficos do anexo acima, que enquanto as dívidas com o sistema financeiro caiam, aquelas fora do sistema financeiro SUBIAM, exatamente como mencionei acima e foi corroborado também pelas informações sobre o aumento do crediário feito diretamente pelas lojas.

          “Detalhe”: fechamos o ano de 2018 com recorde de inadimplentes:

          https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2019/01/15/brasil-fecha-2018-com-recorde-de-626-milhoes-de-inadimplentes.htm

          10+
          • avatar
          • avatar
          • CA 19 de março de 2019 at 11:48

            Este artigo, também sobre o levantamento de agosto/2018, é ainda mais explícito quanto à inadimplência relacionada a contas básicas:

            https://www.tribunapr.com.br/noticias/economia/deixar-pagar-agua-luz-vira-estrategia-inadimplentes-batem-recorde/

            “Em um momento de aperto, o brasileiro está deixando de pagar principalmente as contas básicas, como as de água e luz. O calote nesses débitos subiu 7,6% nos 12 meses encerrados em julho, segundo o Serviço de Proteção ao Crédito Brasil (SPC). ”

            “A decisão sobre qual conta atrasar, segundo o SPC e a Serasa Brasil, está ligada ao fato de que os juros, nas contas de água e luz, serem bem mais baixos do que os cobrados em débitos ligados a instituições financeiras. Além disso, o reajuste das contas básicas superou a inflação. Desta forma, o Brasil formou uma legião de “equilibristas” de contas, de acordo com a economista-chefe do SPC, Marcela Kawauti. “O jeito é manter algumas contas em dia, enquanto o orçamento está apertado.””

            10+
            • avatar
            • avatar
            • Cesar_DF 19 de março de 2019 at 12:07

              CA
              Muitas coisas entram no “endividamento das famílias”
              – Contas de água, energia, gás, condomínio, alugueis, telefone
              – Carnê, crédito pessoal
              – Prestações do SFH, do carro, do iPhone
              – etc, etc
              Este gráfico é apenas do endividamento com o SFN, mas até mesmo o índice que mensura TODOS os tipos de endividamento estão em queda.

              http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2019-01/taxa-de-endividados-e-inadimplentes-cai-de-622-para-598
              As famílias com dívidas (não necessariamente em atraso) eram 59,8% em dezembro de 2018, abaixo dos 60,3% de novembro e dos 62,2% de dezembro de 2017.
              Já os inadimplentes, ou seja, aqueles com dívidas ou contas em atraso, somaram 22,8% em dezembro do ano passado, abaixo dos 22,9% do mês anterior e dos 25,7% de dezembro de 2017.
              Outro indicador em queda foi o percentual de famílias que não terão condições de pagar suas dívidas ou contas: de 9,7% em dezembro de 2017 e 9,5% em novembro de 2018 para 9,2% em dezembro de 2018.
              A proporção das famílias que disseram estar muito endividadas recuou de 12,8% em novembro para 12,4% em dezembro.
              Entre as famílias com contas ou dívidas em atraso, o tempo médio de atraso foi de 63,5 dias em dezembro de 2018, abaixo dos 64,3 dias de dezembro de 2017. O tempo médio de comprometimento com dívidas entre as famílias endividadas foi de 6,9 meses.

              8+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • CA 19 de março de 2019 at 12:28

                Cesar_DF,

                Quem diria hein, você usando a “agenciabrasil EBC” como referência? KKKKK. Pensei que era um lixo da era Lula / Dilma abominada pelos “Bolsonaristas”…

                Você então acha que a pesquisa da CNC é mais acurada que a do SERASA, que apontou que fechamos o ano de 2018 com recorde histórico de inadimplentes?

                E o aumento do crediário de 30% em 2 anos também apontado pelo SPC e que consta acima, é fake também?

                E os sucessivos recordes de inadimplência quanto IPTU, condomínio, utilities, etc, tudo falso também? Vamos a 3 exemplos recentes, divulgados por aqui:

                Lembra da notícia sobre o Amapá, onde mais de 70% dos clientes estavam sem pagar a conta de luz? Falso também?

                https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2018/08/30/163-mil-clientes-com-conta-de-luz-atrasada-no-ap-vao-poder-negociar-divida-por-telefone.ghtml

                E em Campinas, com o crescimento da inadimplência junto a lojistas, outra evidência invalida?

                https://www.acidadeon.com/campinas/cotidiano/NOT,0,0,1405321,comercio+fica+com+vendas+abaixo+da+expectativa+em+janeiro.aspx

                “A Inadimplência em Campinas iniciou o ano com uma expansão de 475,95% sobre dezembro de 2018, e no mês de Janeiro de 2019, a evolução foi de 3,99%, com 18.200 carnês/boletos vencidos e não pagos há mais de 30 dias, o que representa cerca de R$ 13,1 milhões no endividamento dos consumidores de Campinas. Na RMC (Região Metropolitana de Campinas), a inadimplência também apresentou uma elevação de 3,99% em Janeiro de 2019, sobre o Janeiro de 2018 com 43.335 carnês/boletos vencidos e não pagos há mais de 30 dias, representando cerca de R$ 31,2 milhões no endividamento dos consumidores da região.”

                https://expansaors.com.br/2019-inicia-com-831-milhoes-de-inadimplentes-na-regiao-sul/

                “O primeiro mês de 2019 registrou um leve aumento do número de pessoas físicas inadimplentes na região Sul do Brasil. A elevação de 1,76% fez com que o total de consumidores negativados subisse de 8,29 milhões em dezembro de 2018 para 8,31 milhões em janeiro de 2019 no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.”

                Válido mesmo, só a pesquisa da CNC divulgada pela agenciabrasil EBC, certo? Sem contar que ficou bem “proporcional” em relação à queda da inadimplência que você apontou nos gráficos acima, certo? Reflete como tem caído “bem”, não sendo mais um problema, como você insinuou nos gráficos acima, correto?

                Dúvidas: então porque o consumo não se recupera? Se o desemprego caiu segundo o IBGE e o endividamento também segundo a CNC, qual o problema? Já sei, você também está “frustrado” porque o crescimento não acompanha suas estatísticas, certo? Não se preocupe, os jornais estão cheios de especialistas com a mesma frustração, você não está sozinho…

                14+
                • avatar
                • avatar
              • Cesar_DF 19 de março de 2019 at 12:41

                CA
                De acordo com a TACE, uma redução no endividamento e o aumento da poupança seria o esperado num período pós recessivo.
                Com isso, as pessoas consomem menos, restando aos prestadores de serviço e fabricantes colocar o foco no mercado exterior.

                Sabemos que a EBC não produz nada, apenas reproduz de outras fontes

                Até mesmo a CNC disse que o endividamento aumentou em fevereiro de 2019, mas é aquele problema da sazonalidade (IPTU + IPVA + livros escolares, etc)
                http://cnc.org.br/noticias/economia/percentual-de-familias-com-dividas-aumenta-em-fevereiro

                Mesmo com o estrago que a Dilma fez, hoje o endividamento está em queda, mas eu disse é que mesmo com esta queda, não significa que as pessoas irão consumir mais, pois nesse momento elas querem quitar sua dívidas e refazer a poupança que foi detonada pelos anos de PT.

                Observe que de outubro a dezembro de 2018 ocorreu um aumento no endividamento das famílias, o que não era o esperado pela TACE, provavelmente foi devido a mentabilidade do brasileiro, onde apenas 25% foram pagar sua dívidas, enquanto uma maioria foi viajar ou gastar na black-friday

                https://fecomerciorr.com.br/cai-pelo-segundo-mes-seguido-o-numero-de-familias-endividadas/

                6+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • CA 19 de março de 2019 at 13:08

                  Cesar_DF,

                  Ah, já estamos em período pós recessivo, empregos já estão se recuperando o PIB subindo e além disto, SERASA e SPC não manjam nada sobre inadimplência quando falam sobre o recorde ao final de 2018, as demais EVIDÊNCIAS APRESENTADAS por aqui todas as semanas nos últimos meses, que dão conta sobre piora no endividamento e inadimplência, vindas das mais variadas fontes e localidades do Brasil também não valem nada, a melhor e única estatística válida é a da CNC, que é a referência preferida do meio de comunicação chapa-branca do governo, correto?

                  Mesmo se fizermos de conta que tudo que consta acima é verdade, a inadimplência em fevereiro/2019 comparada a fevereiro/2018 segundo a CNC AUMENTOU!

                  É o dado mais recente, você viu e sabia que aumentou na comparação respeitando sazonalidade, fingiu que não viu só para manter o argumento. E agora Thiago_FM, digo Cesar_DF, vai ter que desqualificar a CNC e achar outra fonte que seja a única confiável?

                  https://economia.uol.com.br/noticias/estadao-conteudo/2019/03/13/615-das-familias-relataram-ter-dividas-em-fevereiro-diz-cnc.htm

                  Trecho do link acima:

                  “Em fevereiro, 61,5% das famílias brasileiras relataram ter algum tipo de dívida, um aumento de 1,4 ponto porcentual em relação aos 60,1% observados em janeiro deste ano e 0,3 ponto porcentual maior ante fevereiro do ano passado, informou nesta quarta-feira, 13, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), ao divulgar a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic)”

                  12+
                  • avatar
                  • CA 19 de março de 2019 at 15:14

                    Ah sim, tem também este recorde batido, que esqueci de mencionar antes, bacana não é? Mais uma vez a CNC mostrando como a situação do endividamento e inadimplência das famílias está melhorando, correto?

                    ““O levantamento, que inclui dados do sistema bancário, do comércio e de prestadoras de serviços públicos, apontou avanço de 4,4 por cento no total de pessoas com alguma conta em atraso e o CPF restrito para tomar crédito, o maior crescimento desde 2012, quando a expansão tinha sido de 6,8 por cento””

                    6+
                    • avatar
        • Falido.com 19 de março de 2019 at 11:55

          Ué? então estão mentindo com números?

          1+
          • CA 19 de março de 2019 at 12:09

            Falido.com,

            Veja título do gráfico: “Endividamento das famílias com SFN”.

            SFN = Sistema Financeiro Nacional.

            Eles estão falando a verdade, mas apenas uma PARTE dela, a que interessa!

            Precisam transmitir o otimismo UFANISTA e um dos componentes é dizer que o endividamento está caindo.

            Como transmitir otimismo se disserem que as pessoas apelam ao crediário para fugirem dos juros abusivos dos bancos e porque já estouraram seus limites junto à instituições financeiras? Que graças a isto os crediários aumentaram 30% em 2 anos, mas que são forte combustível para o crescimento contínuo da INADIMPLÊNCIA geral do consumidor, como aconteceu ao longo destes 2 anos?

            Como transmitir otimismo se falarem sobre o recorde histórico de inadimplência geral do consumidor?

            Como transmitir otimismo se falarem sobre recorde de inadimplência com IPTU, Luz, Água, Condomínio, etc?

            Se contassem a história completa, todos veriam que não houve NENHUMA melhoria quanto à super-endividamento e inadimplência, ao CONTRÁRIO, eles bateram todos os recordes!

            Idem a isto para a estatística sobre desemprego. Ah, o desemprego caiu, que bom, sinal de recuperação! Pois é, caiu porque batemos o recorde de pessoas que DESISTIRAM de procurar emprego, o recorde de SUBempregados, de INFORMALIDADE e de empreendedorismo por NECESSIDADE, o recorde de menor patamar histórico de profissionais qualificados com registro em carteira, geração de emprego exclusivamente na base da pirâmide e DIVERSOS outros indicadores que aquilo que acontece é uma PROFUNDA DEGRADAÇÃO dos empregos.

            E é por isto que os números SEMPRE surpreendem os especialistas economistas, eles sempre trabalham com estatísticas PARCIAIS, ENVIESADAS e daí para pior, assim é garantia que os resultados sempre serão “frustrantes” frente a estas expectativas, como temos visto em todas as notícias, diariamente…

            11+
            • avatar
            • avatar
          • Carlos 19 de março de 2019 at 16:31

            Sim, pode se muito bem mentir com número, usando, abusando ou massageando eles de diversas maneiras.
            Inclusive isso é feito costumeira e diariamente por governos, marqueteiros e pessoas comuns.

            3+
            • avatar
    • Paulo Avelar 24 de março de 2019 at 16:37

      Eu fiz uma “simulação” de financiamento do Banco Santander, juros de 9%aa, por dez anos, duzentos mil reais pegos emprestado. Deu prestações sem fim de 4 mil reais por mês. Pretendia mudar para um apartamento em condomínio, cerca elétrica, câmeras, segurança armada, cães de guarda, mais seguro, mas diante disso prefiro me candidatar a comprar uma arma e atirar em quem tentar invadir minha casa, planejo colocar um buraco retangular para mover o cano da pistola na porta de entrada, como fazem os americanos,e treinar tiro no olho de invasor de domicílios, esses são meus novos planos.É o jeito.

      3+
  • Alemon Fritz 19 de março de 2019 at 11:09

    -Como transformar imóveis em capital para investir em seu negócio.
    EXAME.com-18 de mar de 2019
    Uma companhia, proprietária do imóvel, vende a propriedade para um investidor, que vai alugá-la de volta para o antigo dono. (kkkkkkkkkkkkk, belo investimento)

    9+
    • avatar
    • Cesar_DF 19 de março de 2019 at 12:49

      É um bom negócio para uma empreso de porte médio
      Enquanto um imóvel de sua propriedade é depreciado numa razão de 2% ao ano, num aluguel de 0,5% ao mês ele poderá estes 6% ao ano para lançar como despesa e assim deduzir os impostos sobre lucro liquido.
      Por isso, para uma empresa somente valeria a pena comprar um imóvel com um FatorX menor que 90.

      7+
      • avatar
      • tmarabo 20 de março de 2019 at 11:18

        sim, especialmente se for comparar o valor do aluguel com os juros que um banco cobraria pelo empréstimo, se é que conseguiria o empréstimo.

        1+
  • DouglasteR 19 de março de 2019 at 11:14

    Quem em pleno 2019 tem coragem de se tornar “Gestor de kitnetes/micro apertamentos” e ficar cobrando inquilino inadimplente ?
    A cada mês é 55% de chance de morrer.
    “Quem investe em terra não erra, enterra”

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 11:14

    Com plataforma on-line, Banco Inter aposta no mercado imobiliário

    Com política comercial agressiva, instituição projeta crescimento acima de 30% no volume de recursos em 2019. Uma das modalidades oferecidas é o refinanciamento

    O Banco Inter é uma das instituições financeiras que espera números bem melhores no segmento de empréstimos imobiliários neste ano, segundo Marco Túlio Guimarães, vice-presidente comercial. Hoje, sua carteira é de R$ 1,946 bilhão e representa o maior segmento de atuação. A atuação se divide entre a modalidade de crédito imobiliário (R$ 1,1 bilhão no financiamento imobiliário tradicional) e R$ 874 milhões na modalidade que envolve o imóvel como garantia de empréstimo, ou home equity.

    “Essa modalidade está em alta e a tendência é de que aproveitemos a boa fase para surfar também. No ano passado, nossa carteira cresceu 30%, por isso, temos metas ousadas para este ano, com a previsão de uma expansão ainda maior”, diz Guimarães. Segundo o executivo, os produtos têm características diferentes. Um é opção para quem está adquirindo um patrimônio. Já no caso do refinanciamento, o cliente oferece o próprio imóvel, quitado ou financiado (com dívida pequena), e dá como garantia para tomar um empréstimo. Ambos servem de lastro para emissão de Letra de Crédito Imobiliário (LCI).

    À medida que o refinanciamento imobiliário se tornar conhecido, Guimarães aposta que a modalidade substituirá outros produtos, como o crédito pessoal e o cheque especial, que muitas vezes acabam sendo a alternativa buscada pela pessoa jurídica para socorrer o caixa da empresa. Enquanto essas modalidades começam com juros a partir de 5% ao mês, para aqueles que optam pelo contrato com imóvel como garantia a taxa mensal no Inter é de 1,15%, enquanto que a média de mercado é de 1,5%.

    https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2019/03/19/internas_economia,743802/com-plataforma-on-line-banco-inter-aposta-no-mercado-imobiliario.shtml

    5+
    • avatar
    • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 11:16

      Mas o empurrão que o vice-presidente espera na modalidade imobiliária deverá vir mesmo é do aumento da confiança dos brasileiros em relação ao futuro da economia brasileira. O Inter também opera na compra e venda de imóvel. Para Guimarães, esse conjunto de fatores macroeconômicos deve ser o alavancador do que ele chamna de “céu de brigadeiro” para o setor em 2019. “Todos se preparando para comprar imóvel, e o crédito imobiliário vai auxiliar nisso. Da mesma forma, acreditamos que a PJ vai precisar de capital de giro para atender a uma demanda de crescimento do país”, garante.

      4+
      • avatar
    • Carlos 19 de março de 2019 at 17:04

      Melhor apostar em cavalos…

      8+
      • avatar
  • Alemon Fritz 19 de março de 2019 at 11:21

    mercado estável:
    -Começa cobrança dos donos de 125 mil imóveis que não pagaram IPTU.
    Zero Hora-21 horas atrás.
    Começa a cobrança dos donos de 125 mil imóveis que não tiveram o IPTU pago

    8+
    • avatar
  • Cesar_DF 19 de março de 2019 at 11:40

    A situação atual do Brasil

    1° O Brasil tem um enorme potencial de crescimento, por conta que hoje:
    1a) Baixa produtividade
    1b) Infraestrutura ruim
    1c) Regulamentação excessiva de mercado
    1d) Baixa confiança no cumprimento de contratos
    1e) Atividade industrial com 50% de disponibilidade

    2º Indefinição política quanto a implantação de medidas liberalizantes da economia
    2a) Se irá ter votos suficiente
    2b) Judicialização no STF

    3º) Não tem dinheiro para investimento
    3a) Governo federal não tem dinheiro para investir
    3b) Baixo nível de poupança das pessoas
    3c) Baixa alocação de investimentos em produção (muito capital especulativo)
    3d) Alto endividamento das famílias

    Pelo quadro, a única saída seria o investimento estrangeiro, que está ligada a rentabilidade dos investimentos e a segurança no cumprimento das condições pactuadas. Ultrapassada a questão das reformas (previdência, tributária e fiscal) ainda sobrará o fator STF, que poderia ser mitigado via extinção da PEC da Bengala.

    8+
    • avatar
  • Falido.com 19 de março de 2019 at 11:45

    Não faz sentido essa alação aqui á que temos a Bettina….
    Temos “intelingência” aqui pra multiplicar 1500 reais em 1,042 milhão em 3 anos… 🙂
    .

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 19 de março de 2019 at 11:47

      *essa falação…..

      4+
    • Senhor Bolha 19 de março de 2019 at 12:15

      Para atingir o desempenho da bettina eu demorei 10 anos, e ainda estou na faixa dos que conseguiram rentabilizar 20% a.a ao longo do tempo.

      Para o investidores não profissionais me incluo nisso( Apesar de viver de mercado nos ultimos 5 anos ).
      A grande maioria tem que trabalhar e enfiar dinheiro no CDI durante 5 anos ou mais.

      No começo o que conta é aporte: Qualquer outra falácia de traders e vendedores de sonhos, esta deve ser refutada com a boa matemática financeira.

      Bastaria pegar o que se aportou no período e o que se conseguiu de rentabilidade sobre o capital investido: Já adianto senão comprou magazine luiza e criptomoedas em 2015 não ficou rico investindo ninharia.

      Outro ponto em particular: Viver de day trader

      https://www.youtube.com/watch?v=q6WFyVLUmmg&t=579s

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Falido.com 19 de março de 2019 at 12:24

        Vou arriscar a dizer que vc está (muito econõmico) nas postagens…

        Por favor quero saber sua opinião sobre o clickbait da Betina, sobre a estratégia do Bolsonaro com os EUA e sobe o Guedes criticar China(nossa maior parceia em importações…
        .
        Somos espertos(ixpertos)ou somos bobos mesmos com mania de inteligência??
        Se tivesse acordado hoje na praia, saindo de um naufrágio mas tivesse seu background, o que realmente vc faria?
        Abçs amigo….. 🙂

        10+
        • avatar
        • Senhor Bolha 19 de março de 2019 at 12:54

          Minha opinião já dei aqui ao longo do tempo..

          Skin in the game:
          Quem sabe usar a formula de ganhar dinheiro fácil não ensina, guarda para si .
          O mercado é dinâmico ” área de humanas”. Logo não existe garantias ou formulas pré estabelecidas para riqueza

          Toda estatística quando olhada do ponto de vista simplista pode ser encarada como engodo: Ler o livre como mentir com estatísticas.Economista, governos e ideólogos adoram usar estatística enviesadas para fazer valer seus argumentos.

          O dinheiro fácil é ilusão, some na primeira crise mundial: Até por isso os bilionários adoram keynesianismo; usar dinheiro público para salvar empresas falidas.

          A “empiricus” é um lixo .
          Porém o Grupo xp , BTG e demais instituições financeiras não ficam muito atrás.

          O questão dos vídeos do youtube :
          A grande maioria são click baits para atrair sardinha e incautos para renda variável em período de altas.
          Já contei aqui história de um amigo pensando que ia ficar rico especulando como trader?

          Por isso evito falar que vivo de investimento , as pessoas tem o péssimo habito de ver o resultado final e não caminho&tempo necessário até chegar ao resultado final.

          Lembrando que mais da metade do meu patrimônio vem do trabalho: Qualquer idiota que foste poupando e colocando tudo NO CDI , pré fixados etc na década passada chegaria a um bom resultado.

          Cuidado!! mercado de alta é propicio para atrair sardinhas, vide 2008. A priori estou preparando minha carteira nos próximos três anos na direção da antifragilidade .

          31+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Senhor Bolha 19 de março de 2019 at 13:18

            O mesmo aceita dinheiro fácil da china,assim como qualquer outro país. Não tem outra opção!
            https://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/7992411/brasil-aceitara-dinheiro-chines-diz-guedes-nos-eua

            A china , eua e europa vem exportando inflação. Os países mais fracos economicamente não tem outra opção se não aceitar o dinheiro da impressora estatais destes países.

            Bolsonaro: Praticamente um zumbi, uma vez que estão desidratando o governo que não possui base para passar nenhuma reforma crucial ao sistema. A lua de mel vai durar até realidade das contas públicas bater a porta nós próximos anos.

            Ademais: As reformas são para ontem, já estamos indo para metade do ano e até o momento nada.
            Bolsonabo anda jogando no meio termo; enquanto isso a mídia vai buscar qualquer podridão da família dele como forma de minar as reformas, não se enganem! não se trata de salvadores de pátria expondo a podridão dos Bozo, mas de grupos que também tem interesse em minar o governo debilitado para barrar as reformas.

            Simples assim:Não existem santos na política! todo querem manter seus interesses, vide que até o governo da dilma falou em reforma da previdência, porém no mesmo sentido que falava sobre previdência falava em aumentar os gastos públicos hahha.
            O que dava na mesma, uma vez que tu tira de um lugar para torrar em outro.

            Não vejo uma população que se quer entende como sistema funciona, nem os tais especialistas .
            Por consequência se você não entende a raiz dos males não pode propor soluções que passam por uma mudança de mentalidade da população a longo prazo.

            O governo é reflexo da população! Quanto ai querem ganhar dinheiro fácil ? Qual incentivo do governo para fazer promessas impossíveis de se cumprir matematicamente ao seu eleitorado? Exato, incentivos.

            O sistema sempre funcionou por incentivos, ou seja: enquanto continuar assim não vai mudar nada.

            O importante aqui não é competência do bozos para gerir bens públicos, mas que ele não fazendo nada já é um grande avanço em comparação aos loucos desenvolvimentistas e suas propostas que poderiam quebrar o Brasil já no próximo ano.

            Na minhas contas com o bozo isso foi jogado para 2023, quando as contas do governo vão entrar em colapso , principalmente quando governo aumentar impostos no período! O que aposta que vá acontecer a médio prazo, isso vai acabar por agravar cada vez mais a recessão.

            19+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
          • rogerio 19 de março de 2019 at 15:52

            A pergunta é: Qual é a opção não frágil?

            0
            • Senhor Bolha 19 de março de 2019 at 19:41

              Seguros.

              Ouro, cambio e moedas.

              Empresas:
              Desalavancas: Produtos vendido para outras economias e como preço reajustado pelo dólar.

              Liquidez: Renda fixa de alta qualidade atrelado ao CDI

              10+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
  • Alemon Fritz 19 de março de 2019 at 11:45

    Millennials really are different, data show :
    Homeownership: It took until 33 to 35 for most older millennials to become homeowners. The oldest groups of boomers hit that milestone at 28 or 29.
    Education is one explanation for the millennial stagnation.
    All the major life milestones — marriage, children, homeownership — have arrived measurably later for millennials than for the three previous generations.
    They flaunt their experiences — and other displays of wealth — on social media.
    They’re more likely to buy luxury items online.
    They invest in cryptocurrency.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 19 de março de 2019 at 11:53

      Como assim “eles investem em criptomoedas” se eles não guardam dinheiro, mas gastam com viagens e iPhones?

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Senhor Bolha 19 de março de 2019 at 12:02

      – Vivem na casas dos país após os 30 anos.
      – Não possuem poupança acumulada
      – Gastam bastante com serviços e experiências.
      – Passam mais tempo correndo atrás de formação que efetivamente trabalhando.
      – Sonham em ficar ricos especulando no mercado financeiro , porém não conseguem pagar a conta no final do mês.

      Conclusão:
      o millennials sofrem de discalculia, assim como geração anterior, apesar dos millennials terem maior acesso a informação que as duas gerações anteriores.

      Ademais com advento da internet existe um excesso de informação que nem sempre é de boa qualidade, ou seja: O cara quer aprender sem praticar . Os mesmo se colocam a criticar tudo e a todos baseados em ” Especialistas em decoreba teórica”. Não tem visão prática do mundo e de como as coisas realmente funcionam.

      Me incluo nessa geração, mas acordei em cima da hora para esta realidade e ainda deu tempo de reverter o estrago.

      35+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 19 de março de 2019 at 17:07

        People don’t become ‘adults’ until their 30s, say scientists

        https://tradingeconomics.com/china/foreign-direct-investment

        E nossos pais e avôs tinham que virar adultos a força, 18, 20 anos casados com filhos e uma casa pra morar
        Muito millennial criado sem pai para lhes chutar a bunda.

        7+
        • avatar
    • Senhor Bolha 19 de março de 2019 at 12:03

      O sistema financeiro é conectado: EUA , china e europa indo para o buraco todos vão a reboque.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • socrates 19 de março de 2019 at 12:54

        alguns países, mais equinanimes e liberais, sentirão menos;
        outros…. Ah , existe a propaganda, né 😉

        2+
        • avatar
        • Cesar_DF 19 de março de 2019 at 13:06

          Socrates
          Quanto maior o tamanho do estado e mais welfare state, deveria ser maior o impacto em situações de recessão.
          Mas dai você pega a Noruega, Suécia e Dinamarca que tem 30% da população como funcionários públicos e pensa que serão os mais impactados, mas tem algumas diferenças
          – Diferente do Brasil, os impostos deles incidem principalmente sobre a remuneração e não sobre o consumo e é o consumo que cai numa recessão.
          – As leis permitem redução dos salários e quadro de funcionários quando cai a arrecadação.
          – O salários dos funcionários públicos é semelhante a média da população
          – Os impostos sobre empresas são muito baixos, o da Suécia é menor que a do EUA.
          – Eles tem fundo soberano para amortecer períodos de vacas magras (o da Noruega é de 1 trilhão de euros)

          Em compensação, em alguns países se a taxa de juros subir 3 pontos percentuais, a dívida se torna impagável: Estados Unidos, Japão, Itália, Espanha, etc.

          14+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • socrates 19 de março de 2019 at 13:25

            Então, Cesar…

            NMHO

            na prática, com a reserva de mercado e regulações esdruxulas que empregam milhões, quase todos são “funcionários públicos” em países bananenses também. Mesmo que em atividades terceirizadas.

            Veja a legião de contadores e advogados que existem em função do complexo sistema tributário que temos, que permite MUITAS brechas a serem exploradas (mérito?….). Eles só existem porque o estado é ineficiente e a judiciário protege esse sistema com total colaboração do Ministério Público. Ora, precisa receber diretamente do governo para ser funcionário público? Receber indiretamente tem suas vantagens, como “elidir” impostos, por ex. Sem contar que havendo necessidade de ganhos maiores em pouco tempo, sempre haverá uma causa a ser inventada e registrada como se tivesse acontecido, né? (de fato, a ideia do blockchain poderia resolver esse problema…)

            O que dizer dos dirigentes dessas empresas zumbis falidas? A função deles é pular de galho , de treta em treta. E sites como Globo, infomoney e outros nos passando sempre razões de um mundo “engolível” para tolerarmos a mentira.

            A diferença é que não há transparência e a escolha (poder) está na mão de bem poucos.
            Somos tão boçais assim que não podemos decidir o nosso futuro? (e presente!!!!!)

            7+
            • avatar
            • avatar
            • Senhor Bolha 19 de março de 2019 at 13:42

              A dívida pública dos países nórdicos é uma ninharia em relação aos demais países desenvolvidos.
              A demografia , baixa densidade demográfica faz com que se tenha um PIB per-capita elevado.

              Adendo que boa parte da arrecadação vem se superavit externo . Os ativos do governo estão espalhados em fundos soberanos que investem em outras economias ao redor do globo.

              A renda deste países é insuficiente para manter o status quo atual, ou seja: fecham as contas com poupança externa.
              Por isso seriam severamente afetados, mas ainda menos que os demais países desenvolvidos ao redor do mundo, principalmente por estarem menos alavancados e possuírem mais reservas; Reservas que embora sofram desvalorizações ainda garantiram o funcionamento do sistema por mais algum tempo.

              Outra vantagem é o piso do funcionalismo não ser vinculado ao crescimento do PIB como aqui, ou seja podem cortar pesadamente os salários numa recessão.

              O fato de cobraram IR sobre renda e menos no consumo só pode se dar quando existe uma mistura de demografia ( Poucas pessoas) + ( Superavits do governo) + ( IRPJ baixos).. Aplicar o mesmo modelo aos países maiores como os sociais democratas vivem alardeado no eua, transformaria a economia americana em uma Venezuela em duas décadas ou mais.

              7+
              • avatar
              • avatar
              • Senhor Bolha 19 de março de 2019 at 13:43

                A só para constar a economia deste países esta estagnada , ou dinheiro para investir é tudo auferido por meio de superavit externo.

                5+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • DouglasteR 19 de março de 2019 at 14:09

                  Suécia mesmo está vivendo um período que muitos Suecos chamam de Neo-apocalipse.

                  3+
                  • avatar
                  • avatar
                • Cesar_DF 19 de março de 2019 at 15:06

                  SenhorBolha

                  Concordo que a maior parte do mundo passa por uma estagnação que está sendo uma característica previsível de quando o keynesianismo esbarra no fim do bônus demográfico.
                  Os que estiverem mais endividados serão os que terão mais dificuldades para se adaptar a um modelo de economia não estatista.

                  5+
                  • avatar
              • socrates 19 de março de 2019 at 14:59

                a questão em países como EUA e Brasil é cultural.
                Só a ordem resolve.
                Mas como é mais fácil comprar os outros do que fazer um trabalho sério, o MINIMO, que deveriamos ter era uma eleição justa, democrática e aberta, onde cada um pudesse fazer sua escolha e seguir seus proprios caminhos.
                A ruptura/divisão seria muito curta e temporária.
                Nem precisa de divórcio.
                Em pouco tempo o outro lado iria se convencer de que ser 666 não é vantagem. Claro, isso se a informação real de alguma forma conseguisse chegar lá.

                1+
                • Senhor Bolha 19 de março de 2019 at 15:06

                  socrates gerênciar países enormes é uma tremenda bomba relógio.

                  O ideal é descentralizar o governo federal jogando tudo para competência estadual , municipal.
                  Quanto mais próximo da população mais fácil é para fiscalizar. No sistema atual aonde estado superavitário paga conta do deficitário não existe a menor chance de dar certo.

                  Se alguém acredita em social democracia, liberalismo ou conservadorismo que vá para estados aonde gestão pública siga uma destas linhas.

                  9+
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • Carlos 19 de março de 2019 at 17:17

                    A solução dos gênios no bananistão é economia liberal e conservadorismo social, ótimo combinação para dar em m….

                    5+
                    • avatar
  • Joao RJ 19 de março de 2019 at 13:30

    O “sonho” da casa própria.
    Prezados bolhistas. Acompanho aqui e tbm o outro lado da rua. Em primeiro lugar sou financista. Acontece que tenho 40 anos e um fgts gordo. Além disso meus pais queriam Pq queriam ajudar com grana p comprar apto. O que é uma boa coisa.
    Gente, então não tive problema de grana p adquirir imóvel. Só que aí vc tem que gastar uns 6% de documentação. Horas e horas com corvos, cartórios, esperas mil. Apto com problema que tem que fazer reforma. Vizinhança que vc não sabe se irá gostar, etc. Vc perde a liberdade e gasta muito $$.. Se para mim que gastei muito pouco já foi chato imagina quem entra com dívida. Enfim. Nem sei se quero morar no apto ou no bairro e me sinto preso. Nunca foi meu sonho, enfim, só fiz Pq familiares insistiram.
    Resumindo : muito trabalho pouco prazer. Só compre se realmente for seu sonho e não se endividar muito

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Joao RJ 19 de março de 2019 at 13:32

      Eu sinto que piorei de humor com essa coisa toda. As vezes penso em vender ou alugar mas agora vou dar uma chance p o azar ou sorte

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Joao RJ 19 de março de 2019 at 13:33

        E Pq no rio vc nunca consegue comprar algo bom com preços justo. Enfim. Nunca me incomodei tanto

        8+
        • avatar
        • avatar
        • Joao RJ 19 de março de 2019 at 13:34

          Só compre se for seu sonho ou um excelente negócio

          12+
          • avatar
    • EngenheiroSP 19 de março de 2019 at 14:14

      Só pra constar, no meu último contrato de aluguel não gastei nem pra reconhecer a firma no contrato, a imobiliária providenciou um motoboy pra ir num cartório que ja tinha firma aberta no 0800

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Rico 19 de março de 2019 at 16:01

        50 mil gastos em documentação eu moro uns 3 anos.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Exterminador de Corvos 22 de março de 2019 at 18:11

      Colegas, onde é o outro lado da rua…
      Eu já vi essa expressão em algum lugar aqui no B.I.B., não quero causar nenhum desconforto com nenhum colega, mas se eu me recordo me parece que houve uma discussão e alguns colegas criaram outro blog. É isso?? Eu gostaria de tentar localizar alguns colegas…mas vou continuar lendo a minha bíblia B.I.B., talkei Boss ?

      1+
  • antifragile 19 de março de 2019 at 13:52

    Ando meio desaparecido, mas hoje trago mais um CVR, cortesia da namorada.

    CVR Começando 2019 cometendo suicídio financeiro:

    Oi amigos da bolha, mais um CVR para vocês.

    Hoje trago a história de uma colega de trabalho, 29/30 anos, professora, pedagoga, pessoa muito discreta, que não costuma falar da própria vida. Ela é casada com um professor, e os dois conseguiram a proeza de cometer um suicídio financeiro em menos de 3 meses.

    Situação financeira dos dois:
    Ela: professora de escola particular, ganha 2 salários mínimos.
    Ele: professor concursado do estado apenas por 1 turno, no outro trabalha em escola particular.

    Essa semana, cheguei no trabalho e uma aluna disse que a tia T. tinha ido embora mais cedo e que estava passando mal, pois tinha um bebê na barriga.

    Achando estranho o que a aluna falou, perguntei a uma colega se era verdade que a T. estava grávida.

    Essa amiga confirmou e ainda disse: “Ela descobriu na segunda, e estava chorando horrores, porque no começo de janeiro desse ano ela e o marido compraram um apartamento novo e um carro 0 Km”.

    Quando ela disse isso, senti que um CVR estava em gestação também, e fiquei super curiosa pra saber quanto tinha sido o apartamento.

    Mas eis que a colega se adianta: “Tu não vai acreditar! Ela pegou um empréstimo no banco de 700 mil para pagar o apê e o carro novo.”

    Eu disse: “Eita… 700 mil no banco? E como tu sabe?”.

    E ela: “Porque eu a vi chorando muito na segunda e a nossa chefe viu e chamou ela para conversar. A T. disse que estava chorando porque tinha pego um empréstimo de 700 mil reais para pagar o apartamento novo e o carro que o marido queria trocar. Mas que tinha descoberto que estava grávida e as despesas iriam aumentar com a criança… ela estava desesperada!”.

    Num primeiro momento fiquei perplexa, e me veio três coisas na cabeça:
    1) Como dois professores conseguem pegar um empréstimo de 700 mil reais? Que banco maluco é esse que empresta essa quantia a dois professores?
    2) Como ela vai pagar isso? Porque 700 mil foi apenas o valor que pegou, fora os juros que ela vai ter que pagar para o banco. E pode colocar mais de 1 milhão nessa conta.
    3) Brasileiro tem tara por casa própria e por dívida mesmo!

    Essa colega de trabalho ainda completou: “Ela está chorando porque queria muito a criança, mas o bebê veio na hora errada. Porque ela estava se preparando para ter um filho daqui a 2 anos”.

    Eu disse: “Ela está chorando porque agora ela viu o ‘bom negócio’ que fez em ter casa própria, carro novo e filho”.

    Depois, ouvi boatos na escola que ela estava muito arrependida e que até já iria vender o carro novo, ou tentar trocar na concessionária por um mais barato, para tentar devolver esse dinheiro ao banco.

    E ainda ouvi também que ela teria dito para a nossa chefe: “O condomínio do meu apartamento é alto e ainda mais com uma criança… Como vai ser?”.

    Depois, as pessoas ainda ficam se perguntando porque os casamentos não dão certo. Com uma dívida de, no mínimo, 700 mil reais para pagar (referente ao bolhudo e bolhudinho) + uma criança = receita perfeita para uma futura separação.

    Detalhe: ela adquiriu o apartamento e o carro novo em JANEIRO e o filho em FEV/MAR, ou seja, em menos de 3 meses ela conseguiu definir como vai ser o resto da vida dela.

    Resumo da ópera: Parcela mensal de 700 mil do empréstimo + condomínio do bolhudo + criança = suicídio financeiro.

    É, amigos, agora a T. vai ter que arcar com as consequências de contrair um bolhudo, um bolhudinho e um zóiudinho.

    66+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 14:08

      kkkkkkk, zóiudinho foi ótimo kkkkkkkkkkk

      Depois, as pessoas ainda ficam se perguntando porque os casamentos não dão certo. Com uma dívida de, no mínimo, 700 mil reais para pagar (referente ao bolhudo e bolhudinho) + uma criança = receita perfeita para uma futura separação

      Rapaz, se tem uma coisa que leva casamento ao fim é falta de dinheiro. Com dinheiro, viagens, carro novo, tudo é tão lindo, mas “um amor e uma cabana”…

      27+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 19 de março de 2019 at 14:21

      antifragile,

      Um artigo para ajudar a T.:

      https://noticias.r7.com/economia/mal-que-atinge-30-milhoes-no-pais-superendividamento-tem-saida-25012019

      Trechos do link acima:

      “Cerca de 30 milhões de brasileiros não conseguem mais pagar suas dívidas, segundo dados do Idec (Instituto de Defesa do Consumidor). Chamados de superendividados, os indivíduos deste grupo representam 15% da população brasileira e metade do número de pessoas inadimplentes no país, que, segundo o SPC Brasil, fechou 2018 com 62,6 milhões de CPFs negativados.”

      “Ainda de acordo com uma pesquisa do SPC, 36% da população não controla a vida financeira, e as desculpas mais usadas são de que os cálculos podem ser feitos de cabeça, têm preguiça, falta de tempo e falta de disciplina para administrar as finanças. “

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Godinez 19 de março de 2019 at 14:39

      Os próximos capítulos desse CVR são conhecidos da turma aqui: dificuldade para pagar o apê, crise na relação, qualidade de vida pras cucuias e a dona T. botando a culpa de tudo no fato de a criança vir antes do planejado. Lembro que quando casei minha sogra me perguntou se íamos comprar um apartamento e quando…falei para ela dos preços altos aqui de Sampa e que para pagar uma fortuna e morar mal, preferia alugar e aguardar os preços voltarem à realidade, que os juros são altos e que sem uma entrada muito gorda a gente ia financiar e acabar pagando 1,5 a 2x o valor do apartamento. Faz quase quatro anos isso e ela nunca mais perguntou sobre essa possível aquisição, quero acreditar que ela refletiu e me deu razão, embora o mais provável é que ela só não quer ser indiscreta mesmo (ela é muito educada e não gosta de se meter na vida dos outros, esse episódio foi uma exceção).

      35+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • DouglasteR 19 de março de 2019 at 14:42

        Vai ver ela ia te recomendar um AP de um amigo dela, ou até um corvo amigo ! auhehaue nunca se sabe.

        6+
        • avatar
        • Godinez 19 de março de 2019 at 17:42

          hehehe…não creio que seja o caso, mas não por via das dúvidas nem dei tempo dela falar, já fui tirando da manga os argumentos do bolhista!

          6+
          • avatar
    • Cesar_DF 19 de março de 2019 at 15:12

      “QUANDO A FOME ENTRA PELA PORTA O AMOR FOGE PELA JANELA’

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Rico 19 de março de 2019 at 15:31

      Cara, ela gasta 700 mil e o problema é a criança que veio em hora errada?

      Tem gente que precisa de tratamento psicológico.

      Dá duas Tuppeware para a criança e ela se diverte até os 2 anos. Vejo aí que a criança é o menor motivo de choro.

      40+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • DouglasteR 19 de março de 2019 at 16:26

        É que o AP só tem 2 quartos e o marido queria um escritório.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Krakenvader 19 de março de 2019 at 17:22

          Essa dos dois tupperware é genial. Compra brinquedo pra cacete e a criança curte é fazer farra na cozinha. Enquanto isso a fábula de plástico fica estocada no cantinho da casa.

          Uma criança de classe média significa 1 milhão até os 21 anos hoje, mais ou menos. Considerando boa educação, alimentação, saúde e lazer.

          Agora, confesso que achei estranho. 700k para dois professores? É a subprime atacando no Brasil?

          19+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Godinez 19 de março de 2019 at 18:06

            Krakenvader,

            Simulei agora no aplicativo do Banco do Brasil a compra de um imóvel usado no valor de R$700 mil. Entrada mínima de 140 mil e financiamento de 560 mil.

            -> Prazo de 360 meses e taxa efetiva de juros de 9,28% a.a. (CET 10,03% a.a). SAC, simulação com TR e sem FGTS.
            -> 1a parcela de R$ 5.968,89 ( a partir da parcela 86 fica abaixo de 5K e vai caindo até o valor de R$ 1.593,19 da parcela 360).

            O caso da Dona T. é ainda mais grave porque, pelo que entendi, ela pegou 700 mil emprestado no banco (e não os 560 mil do meu exemplo). A parcela do empréstimo estará entre 6 e 7 mil. Pelos dados do CVR, ela deve ter composto renda com o marido, ainda assim, quem liberou o crédito não deve ter seguido boas práticas de gestão de risco (ou melhor dizendo, deve ter fraudado os dados para passar pelos controles e garantir o contrato e sua comissão!).

            18+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
      • Carlos 19 de março de 2019 at 18:34

        Crianças não vêem em horas erradas, estamos no século 21
        Mas custam caro e exigem planejamento.

        21+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 14:19

    Estadão Conteúdo
    postado em 19/03/2019 13:10

    A indústria de materiais de construção no País começou o ano em baixa, com queda nas vendas pelo segundo mês consecutivo. As vendas do setor em fevereiro caíram 2,5% em comparação com o mesmo mês do ano passado.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 19 de março de 2019 at 15:18

      O IBGE já estava mostrando quedas:
      1) Empregos na construção civil
      2) Fabricação de
      2a) cimento
      2b) vergalhões
      2c) tintas residenciais

      Como de acordo com a mídia, desde final de 2017 estão vendendo imóveis pra caramba a conclusão lógica é que este imóveis estão sendo construídos por robôs utilizando barro

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 14:23

    Em Sergipe também tem bandido ostentação:

    Ele ressaltou ainda, o padrão de luxo mantido pelo líder do esquema que morava em um apartamento de alto padrão e andava com carro importado.

    https://g1.globo.com/se/sergipe/noticia/2019/03/19/dois-homens-sao-presos-suspeitos-de-comercializar-anabolizantes-em-aracaju.ghtml

    5+
    • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 19 de março de 2019 at 15:34
  • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 16:22

    Quando a gente pensa que já viu de tudo…

    Na tentativa de ficar mais saudável, uma mulher de 51 anos quase morreu na China depois de se ter injetado com sumo de fruta.
    https://expresso.pt/internacional/2019-03-19-Mulher-quase-morre-na-China-depois-de-se-injetar-com-sumo-de-fruta#gs.27sgcw

    Ou seja, se é pra ficar mais saudável, mais forte, mais bonito vale tudo…

    6+
    • avatar
  • Alemon Fritz 19 de março de 2019 at 16:24

    juros x imóveis (muiiiito interessante)

    -Juros mais baixos do mundo criam problemas para imóveis suíços.

    UOL-1 hora atrás. Uma década de rendimentos baixíssimos levou os investidores ansiosos por melhores retornos a investirem em propriedades, alimentando um boom da construção.
    pesquisas mostram que uma porcentagem crescente de executivos bancários afirma que as propriedades compradas para alugar estão se tornando um risco…. (kkkkkk, bananazuela dreamis).
    um país com 8 milhões de habitantes onde normalmente as pessoas alugam, cerca de 72.000 moradias estavam vazias em meados de 2018 e no mínimo 10.000 serão adicionadas a esse número em junho deste ano…
    A taxa de vacância de Mellingen é quatro vezes maior do que a média da Suíça.

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • DouglasteR 19 de março de 2019 at 16:28

      Problemas no paraíso ? Não é possível.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 16:33

    Oposição fecha questão contra Previdência e quer atrasar análise na CCJ

    Partidos como PSB, PSOL, PT e PDT querem empurrar o texto ao máximo, para atrasar o cronograma do governo Jair Bolsonaro

    A ideia é empurrar a tramitação desta primeira fase pelo menos até o dia 10 de abril.
    “Como nós achamos que a prioridade para o Brasil não é a reforma da Previdência, vamos usar tudo que
    temos regimentalmente e que está na legislação para postergar essa votação”, afirmou a presidente nacional
    do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR).

    https://www.gazetaonline.com.br/noticias/economia/2019/03/oposicao-fecha-questao-contra-previdencia-e-quer-atrasar-analise-na-ccj-1014172892.html

    9+
    • avatar
    • avatar
    • CA 19 de março de 2019 at 16:54

      Cajuzinha,

      Bom, agora a “oposição consciente” (piada dita aqui no blog – kkk) se fechou contra a reforma da previdência.

      Para nossa sorte, mesmo somando todos os partidos acima, assumindo que ninguém deixar de votar conforme indicação dos líderes, ainda assim será possível aprovar a reforma da previdência com os 308 votos necessários, no entanto, com uma margem de manobra menor.

      Sabendo disto, a oposição quer postergar ao máximo a votação da reforma, primeiro porque isto os coloca do lado POPULISTA DEMAGOGO da balança, onde vão aparecer como “defensores dos fracos e oprimidos”, segundo porque automaticamente daria mais tempo para que o governo perdesse popularidade por conta própria em função de suas trapalhadas e isto pudesse influenciar parte da base para votar contra e terceiro, porque a oposição acredita que desta forma ajuda a enfraquecer a economia e por tabela prejudicar o governo e sua popularidade.

      Acho que se for “só” por esta união da oposição, não conseguirão impedir a aprovação da previdência, resta ver a auto-sabotagem praticada pelo governo versus os atrasos no trâmite que talvez a oposição consiga…

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 17:03

        A questão é que quanto mais tempo demora a resolver essa situação, quem ainda pretende comprar imóvel e é servidor público não o fará, em tese, antes de saber quanto vai perder na renda.

        10+
        • avatar
        • avatar
      • Cesar_DF 20 de março de 2019 at 07:17

        CA
        Existe mais um problema neste trancamento de pauta, as leis ordinárias, objetivando a liberalização da economia, só serão enviadas pelo Paulo Guedes ao congresso depois destas que alteram a constituição, senão a oposição usará elas para retardar ao máximo as PECs

        5+
        • avatar
  • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 16:39

    Os elevados aluguéis e impostos sobre a propriedade estão dificultando que as
    companhias mantenham as lojas abertas, e agora os fechamentos superam as
    aberturas. O centro das cidades, antigamente movimentado, se esvazia à
    medida que as persianas se fecham.

    “Não tem praticamente nenhuma varejista que não prefira perder rapidamente
    algumas de suas lojas”, disse Richard Fleming, diretor de reestruturação
    europeia da Alvarez and Marsal.

    À medida que lojas fecham, também desaparecem empregos. Embora a taxa de
    desemprego tenha caído no Reino Unido nos últimos anos, o setor de varejo
    registra a tendência oposta. O British Retail Consortium estima que 900.000
    empregos poderiam ser perdidos no setor até 2025.

    O Brexit pesou na cabeça e no bolso dos consumidores. Uma queda na libra
    desde o referendo em que o país decidiu sair da União Europeia reduziu o poder
    aquisitivo, e o receio de uma possível recessão econômica após a saída está
    fazendo com que as pessoas apertem o cinto.

    “A situação é pior do que durante a crise financeira de 2008, porque o estresse
    é muito mais tangível”, disse Fleming. Se uma crise econômica agravar os
    efeitos da transição para o comércio eletrônico, “vai ser horrível”.

    https://economia.uol.com.br/noticias/bloomberg/2019/03/19/tendencia-atual-do-varejo-no-reino-unido-e-fechar-as-portas.htm

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • indiobolhista 19 de março de 2019 at 17:19

    General Motors anuncia investimentos de R$ 10 bilhões em fábricas paulistas
    Metade do aporte será colocado na fábrica de São José dos Campos, onde será fabricada a nova geração da S10.
    A General Motors anunciou nesta terça-feira (19) um investimento de R$ 10 bilhões entre 2020 e 2024 em suas fábricas no estado de São Paulo. Desse total, R$ 5 bilhões serão aportados na planta de São José dos Campos, onde será fabricada a nova geração da picape S10.

    A notícia foi dada em reunião que contou com o governador João Doria (PSDB) e com o presidente da GM na América Latina, Carlos Zarlenga.

    Com esses investimentos, cerca de 13 mil empregos serão preservados no estado, segundo a montadora — o governador de São Paulo, João Doria, diz que serão 15 mil.

    A GM vai se beneficar do programa IncentivAuto, lançado no último 8 de março pelo governo estadual e que concederá descontos de até 25% no ICMS para produtos fabricados em São Paulo.

    João Dória, governador do estado de São Paulo, e Carlos Zarlenga, presidente da General Motors na América Latina — Foto: Governo do Estado de São Paulo João Dória, governador do estado de São Paulo, e Carlos Zarlenga, presidente da General Motors na América Latina — Foto: Governo do Estado de São Paulo
    João Dória, governador do estado de São Paulo, e Carlos Zarlenga, presidente da General Motors na América Latina — Foto: Governo do Estado de São Paulo

    Para participar do programa, as empresas têm que apresentar plano de investimento superior a R$ 1 bilhão e criar, no mínimo, 400 empregos (quantidade criada pela GM). O desconto no tributo aumenta de acordo com o tamanho do investimento.

    Dentro dos planos podem estar propostas de novas fábricas, novas unidades de produção, produtos ou mesmo a expansão de plantas industriais.

    Incentivo em São Caetano
    A prefeitura de São Caetano do Sul apresentou, também nesta terça-feira o Programa de Incentivo à Indústria Automotiva (ProAuto) projeto de lei que trata da concessão e benefícios fiscais para a indústria automotiva na cidade.

    O ProAuto prevê isenção e descontos em IPTU, ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) e nas contas de água e esgoto.

    A prefeitura de São Caetano espera ter retorno de R$ 1,1 bilhão durante os 8 anos de vigência do programa, além de contar com a manutenção de empregos na cidade.

    4+
    • avatar
    • rogerio 19 de março de 2019 at 18:25

      No final todos se abraçam no churrasco pago por nós pra ajudar lucro de empresa grande.

      9+
    • indiobolhista 19 de março de 2019 at 18:44

      Malditos empresários, malditos mineiros, malditos fazendeiros, podemos ser uma potencia estilo CÚba, puta que pariu BIB, malditos opressores desfrutando do povo trabalhador brasileiro sindicalizado com consciência social. Arriba o proletariado, shuashuashuashua, e a ai parasitas que só sabem se queixar de tudo. Não investem se queixam, investem se queixam, precisam mais direitos pros manos?

      6+
      • CA 19 de março de 2019 at 19:55

        indiobolhista,

        Afinal, o que é um governo liberal da escola de Chicago? Tive aula com mestre em economia que compõe o governo federal atual (sim, este do Bolsonaro) e sempre se posicionou contra “incentivos fiscais setoriais” e pior ainda, quando se tratavam de incentivos fiscais exclusivos para uma empresa que está CHANTAGEANDO governos com ameaças de fechar fábricas (Moral Hazard), como é o caso da GM acima. Aliás, este mestre, Paulo Guedes e o governo Bolsonaro também se posicionam contra isto, quem está “bancando” o festival de subsídios é o Meirelles, que foi o pai da bolha imobiliária brasileira enquanto presidente do BC no início do governo Lula e agora é secretário de estado de São Paulo, juntamente com a prefeitura de São Caetano do Sul…

        Você por acaso faz ideia do que significa o que consta acima? Vou dar um exemplo: já ouviu falar nas PEDALADAS da Dilma? Ela deu subsídios de mais de R$ 400 BILHÕES via BNDES, para empresas de AMIGOS DO REI, com base em PROMESSAS de “geração de milhares de empregos” e um crescimento contínuo da economia, exatamente o que consta acima, só que em uma escala MUITO MAIOR. Sabe qual foi o resultado final? Ajudou e muito a alimentar a crise em que estamos hoje!

        TODO SUBSÍDIO gera DISTORÇÕES profundas na economia, isto é um fato, comprovado não só no caso acima, como em todos os outros. De novo, mais alguns exemplos, quem sabe você possa entender:

        Ah, o SUBSÍDIO do FIES foi maravilhoso, gerou uma infinidade de cursos superiores de décima quinta categoria e uma legião recorde de pessoas com nível superior DESEMPREGADAS, acrescentou no estupendo déficit fiscal que inibe os investimentos do governo, olha só que fabuloso, como nosso desemprego ficou “chique” com esta horda de desempregados de nível superior!

        Ah, o SUBSÍDIO do crédito com juros super reduzidos para compra de caminhões foi maravilhoso, geramos um crescimento no número de caminhoneiros autônomos como nunca antes na história deste país, o que combinado com a crise causada pelas “N” distorções das bolhas imobiliária e de consumo, mais o aumento do preço dos combustíveis, fizeram com que tivéssemos a greve dos caminhoneiros no ano passado afetando o PIB e até hoje, vemos os fretes com SUPER-OFERTA e esta DISTORÇÃO gerando PREJUÍZO para muitos deles, sem contar o quanto não encareceu o transporte e o custo de produtos em função da “jenial” (sic) solução de tabelamento do preço do frete, que só agravou as consequências.

        Ah, o SUBSÍDIO do Minha Casa Minha Vida, dos financiamentos facilitados via CEF e tantos outros para o segmento imobiliário, que coisa maravilhosa, nunca antes na história deste país tivemos tantos super-endividados, inadimplentes, imóveis retomados e leiloados, nunca antes tantas lojas haviam fechado sem poderem pagar por seu aluguel, nunca antes tivemos tanto desequilíbrio entre oferta e procura e tantos desempregados na construção civil, etc, etc, etc… Que maravilhoso resultado destes SUBSÍDIOS, não é mesmo?

        E você poderá ver os efeitos “benéficos” dos SUBSÍDIOS que também turbinaram as bolhas imobiliárias americana, espanhola, japonesa, etc, etc, etc…

        O bom investimento é aquele em que você não tem que dar benefícios exclusivos à “A” ou “B”, seja setorial ou empresa específica. O bom investimento é aquele em que o investidor aplica o dinheiro porque ele enxerga retorno dentro de uma análise REALISTA, sem envolver CHANTAGEM à governos, sem exigir benefícios EXCLUSIVOS, etc. Por que? Porque tudo isto gera enormes DISTORÇÕES e PROBLEMAS para economia e sociedade logo depois!

        Agora é a sua vez: traga para nós exemplos de SUBSÍDIOS como os que constam na notícia da GM, que ao final trouxeram benefícios REAIS e DURADOUROS para a economia dos países e não inflar ARTIFICIAL e INSUSTENTÁVEL que depois se converteu em PREJUÍZOS MUITO MAIORES para economia e sociedade como nos casos que demonstrei acima (se foram poucos exemplos, posso fornecer VÁRIOS outros).

        Entendo que se você está à vontade para tirar um sarro da galera daqui, é porque tem CONTEÚDO, então será fácil contrapor as EVIDÊNCIAS acima, certo? Caso contrário, você será só mais um idiota que não sabe o que diz e quer bancar o “espertalhão”…

        19+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • CA 19 de março de 2019 at 20:03

          Ah, o sucesso dos subsídios para a GM fazem história…

          https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,governo-dos-eua-diz-que-teve-prejuizo-de-us11-2-bi-com-resgate-da-gm,183461e

          https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2018/11/26/interna_internacional,1008287/gm-anuncia-fechamento-de-fabricas-e-decepciona-trump.shtml

          Pois é, nos EUA O governo teve prejuízo de US$ 11,2 BILHÕES para resgatar a GM e mante-la viva no País, fora as recentes promessas de fechamento de fábricas.

          Mas aqui no Brasil, segundo o indiobolhista, nós somos muito mais “ixpertos” (sic) e poderosos que os EUA, então vamos mostrar para eles como se faz, não é mesmo indiobolhista? Kkk

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • indiobolhista 19 de março de 2019 at 21:03

            CA, você só falou verdades, nada a disser, estou em 1000% em contra dos subsídios. Acho mal a pouca radicalização nas mudanças prometidas, será por conta que no fundo os cidadãos esperam magicas, e só o fato de pensar em trabalhar mais anos, tudo mundo treme da preguiça de trabalhar mais anos, etc, etc. O que não gosto de gente que só critica por criticar o atual governo de Bolsonaro, só por ser de direita. Para muitos que maman do Estado não importa o cor político o que importa é a teta, mais se isso se aplicar na economia, então voce acha que qualquer um da esquerda da ultima eleição seria melhor que Bolsonaro?

            5+
            • avatar
            • CA 19 de março de 2019 at 21:33

              indiobolhista,

              O que a GM está fazendo é mamar no estado, quem foi campeã em ceder a isto foi a Dilma, se você concorda com isto a ponto de trazer o caso da GM aqui como exemplo de sucesso, quem é socialista, o pessoal do BIB ou você? Se é você, a Dilma é o seu exemplo de capitalismo de sucesso?

              Veja a opinião do Carlos da Costa no comentário abaixo, que me ensinou economia 15 anos atrás, que é idêntica a do pessoal do blog. Ele é um Chicago Boy contrário à sua defesa da GM acima e aí, como membro da equipe de Guedes e do governo, ele é socialista?

              Consegue ou não perceber a profunda INCOERÊNCIA do que defendeu?

              Boa parte do pessoal daqui não é radical bolsominion ou esquerdopata, generalizar e ainda usar um exemplo ao contrário, pegou muito mal para você, sinto muito.

              Não é uma questão de preferir o governo de esquerda você tem que entender que o próprio governo federal foi contra este esquema da GM e neste ponto, fechamos com ele! O único que discordou foi você…

              De resto, já expliquei várias vezes minha posição quanto as promessas UFANISTAS do governo e as “n” formas que são destrutivas para sociedade, bem como o quanto sou contrário à apagarem incêndio com gasolina, que já expliquei em diversos comentários também.

              Queremos que o governo atual se aperfeiçoe e siga a escola de Chicago que ele diz defender, que ele pare de plantar otimismo UFANISTA e que adote as ações necessárias e coerentes, que passam por parar de incentivar setores com subsídios como no caso do MCMV, não prometer pedalar como o presidente da CEF do novo governo fez, fazer auditoria nos bancos públicos e acabar com maquiagens e pedaladas, etc, ou seja, esperamos apenas COERÊNCIA do governo entre o discurso e a prática.

              Tirando o Carlos da Costa na notícia que coloquei no comentário abaixo, falta MUITO desta coerência para outros membros do governo.

              Repito: ninguém quer a volta da esquerda! Isto já foi, é assunto do passado! Agora, se este governo continuar pisando na bola, e sendo INCOERENTE, OMISSO, etc, ele é que vai abrir as portas para a volta da esquerda!

              Outro exemplo de PEDALADA a la Dilma: estão pensando em baixar a SELIC porque a economia não recupera! Não resolveu nada em 1 ano, não tem NADA a ver com a causa RAIZ do problema e pretendem “resolver” no melhor padrão Dilma, DOBRANDO A META?!

              11+
              • avatar
              • avatar
              • indiobolhista 19 de março de 2019 at 22:06

                É certo errei ao postar, sem analisar que estão subsidiando o ICMS num 25 por cento, só interpretei o asunto do IPTU e achei coisa sem importância, desse jeito a livre concorrência não existe.
                Com o anúncio, a GM fecha seu plano de reestruturação no Brasil – motivado pela ameaça da presidente global, Mary Barra, de deixar o país caso a operação não voltasse a dar lucro – com o seguinte saldo:

                Reduziu de 5% para 4% o percentual de comissões pagas a concessionários.
                Reduziu dez de 28 benefícios propostos aos trabalhadores de São José dos Campos.
                Reduziu em 4% os valores de contrato pagos a fornecedores
                Obteve 25% de isenção de ICMS junto ao governo estadual de SP.
                Obteve isenções de IPTU e ISSQN por parte do governo municipal de São Caetano do Sul.

                7+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
          • Carlos 19 de março de 2019 at 21:33

            Ajudar a GM funcionou que é uma beleza por estes lados, tanto que os pagadores de impostos não querem veículos deles nem de graça.

            Holden takes $2.1bn toll on taxpayers
            Car-maker reveals heavy reliance on public purse to keep manufacturing alive
            https://www.goauto.com.au/news/holden/commodore/holden-takes-2-1bn-toll-on-taxpayers/2013-04-02/21894.html

            3+
        • CA 19 de março de 2019 at 21:17

          indiobolhista,

          Estou sentindo falta das suas evidências, não vai esquecer, hein?

          Vou te ajudar, você parece ter preguiça de ler as coisas, tudo que disse acima já havia sido demonstrado por aqui INUMERAS VEZES e você não leu, então, vou encurtar a historia:

          O Chicago Boy abaixo, que faz parte da equipe do Paulo Guedes, foi quem me ensinou economia 15 anos atrás. Ele é CONTRA os subsídios para o negócio com a GM que você citou, logo, na sua “avançada” visão, ele é um dos socialistas no BIB.

          https://www.sunoresearch.com.br/noticias/se-precisar-fechar-secretario-gm/

          Título da notícia acima:

          ‘Se precisar fechar, fecha’, diz secretário de Guedes a General Motors”

          “A tentativa da General Motors (GM) de pedir incentivos fiscais para continuar suas operações no Brasil não parece ter espaço no governo de Jair Bolsonaro. O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa, foi direto: “se precisar fechar, fecha (a fabrica)”

          Já a Dilma é conhecida por ser a campeã nacional de SUBSÍDIOS à setores e empresas, defendendo a tese heterodoxa desenvolvimentista do moto contínuo para “salvar empregos” e cedendo a todos os tipos de chantagem das empresas, ou seja, plenamente alinhada com as ações para a GM na notícia que você trouxe.

          Agora ficou fácil!

          É só você demonstrar que o Chicago Boy do Guedes é um socialista no padrão do BIB e que a Dilma é o símbolo do capitalismo moderno!

          A bola está com você…

          tic, tac, tic, tac…

          8+
          • avatar
  • rogerio 19 de março de 2019 at 18:30

    Tem bolha no ouro também?

    2+
  • indiobolhista 19 de março de 2019 at 18:51

    E ai indo na onda dos socialistas do BIB, maldita Qualcomm, e ai manos não pediram permisão nóis não para instalação dessa merda capitalista revisionista neoliberal produtiva de semicondutores.
    Para ser socialista só é necessário ser miserável ou bruto, ou as duas coisas juntas.

    Qualcomm anuncia primeira fábrica de semicondutores do Brasil, que deve começar a operar em 2020
    Planta em Jaguariúna, SP, deve gerar até mil empregos na produção do componente para smartphones.
    Por Fabrício Vitorino, Globo.com

    14/03/2019 19h42 Atualizado há 4 dias

    A americana Qualcomm, especialista em chips, vai construir a primeira fábrica de semicondutores para celulares do Brasil, em Jaguariúna (SP). A iniciativa é uma parceria com a empresa chinesa USI.

    A unidade, anunciada na última quarta-feira (13), deverá empregar de 800 a mil pessoas, com investimento estimado em US$ 200 milhões ao longo de 5 anos. O plano é que a fábrica entre na fase de testes no início de 2020 e comece a produzir chips no final do ano.

    Chip QSiP, da Qualcomm; fabricante começará a produzir semicondutores no Brasil — Foto: Fabrício Yuri/Globo.com Chip QSiP, da Qualcomm; fabricante começará a produzir semicondutores no Brasil — Foto: Fabrício Yuri/Globo.com
    Chip QSiP, da Qualcomm; fabricante começará a produzir semicondutores no Brasil — Foto: Fabrício Yuri/Globo.com

    “É um dia histórico para o Brasil: o país deixa de ser apenas consumidor de smartphone para ser também um produtor. É uma aposta que fazemos no Brasil, que é uma grande nação em mobile, mas não produz nada, sobretudo no mercado sensível de semicondutor”, diz Rafael Steinhauser, presidente da Qualcomm na América Latina.

    Smartphones para o mercado brasileiro
    O anúncio foi feito durante o lançamento de dois aparelhos da Asus, da qual a Qualcomm é fornecedora. O Zenfone Max Shot e o Zenfone Max Plus (M2) foram criados exclusivamente para o Brasil a partir de pesquisas realizadas pela empresa taiwanesa.

    O Zenfone Max Shot e o Zenfone Max Plus (M2), novos celulares da Asus desenvolvidos para o Brasil. — Foto: Fabricio Vitorino/Globo.com O Zenfone Max Shot e o Zenfone Max Plus (M2), novos celulares da Asus desenvolvidos para o Brasil. — Foto: Fabricio Vitorino/Globo.com
    O Zenfone Max Shot e o Zenfone Max Plus (M2), novos celulares da Asus desenvolvidos para o Brasil. — Foto: Fabricio Vitorino/Globo.com

    Os dois aparelhos têm praticamente a mesma especificação, mas com uma grande diferença na câmera: enquanto o Max Shot tem câmera tripla, com preço de R$ 1.349, o Max Plus M2 tem câmera dupla e custa R$ 1.299.

    Eles também possuem “notch”, aquele entalhe no topo da tela; desbloqueio por detecção facial e leitor de digitais na parte traseira. Os dois também aceitam dois SIM cards e microSD, e têm bateria de 4000 mAh com carregamento rápido. A tela é FullHD com 6,26 polegadas.

    Os novos aparelhos foram pensados para um nicho do mercado brasileiro que exige desempenho sem comprometer o preço, diz Marcel Campos, diretor global de marketing da Asus.

    Os smartphones contam com a nova plataforma da Qualcomm, chamada de QSiP (system in package), que está sendo usada pela primeira vez no mundo.

    A nova placa (ou módulo) reúne mais de 400 componentes num só chip, incluindo armazenamento flash, GPS, memória RAM e processador.

    Zenfone Max Shot (exclusivo para o Brasil):

    Acabamento em metal (prata, preto, azul e vermelho)
    GPU Adreno 506
    Tela FullHD 6,26 polegadas
    Bateria com 4000 mAh
    Carregamento rápido de 10w
    Bandeja tripla (SIM + SIM + MicroSD)
    Expansão de memória para até 2TB
    Android Puro 8.1 Oreo (até junho recebe o Android 9 Pie)
    Câmera frontal 8MP com flash, FullHD e estabilização
    Desbloqueio facial ou sensor digital de 0,3s
    3 câmera traseiras (grande angular 8MP e 120 graus + câmera com modo retrato com fundo desfocado + câmera principal 12MP com sensor Sony e F/1.8 com inteligência artificial)
    Memória: 3 GB ou 4 GB
    Armazenamento de 32 GB ou 64 GB
    Preço: a partir de R$ 1.349
    Zenfone Max Plus M2:

    As mesmas do Max Shot, mas com apenas 2 câmeras e uma versão de armazenamento, 32 GB, com 3 GB de RAM
    Preço: a partir de R$ 1.299

    4+
    • avatar
    • avatar
    • CA 19 de março de 2019 at 19:15

      indiobolhista,

      Sempre trazendo “novidades” para os “socialistas” do BIB, não é? E daquelas promessas que nunca falham, certo? Mais um sucesso do governo Bolsonaro, já prometido por ele desde 2012! kkkk

      http://www.telesintese.com.br/qualcomm-e-usi-criam-joint-venture-de-semicondutores-no-brasil/

      Trechos do link acima:

      “O investimento não chega a ser uma novidade. A Qualcomm anuncia desde 2012 que pretende abrir uma fábrica no Brasil. A iniciativa começou de olho em políticas de inclusão digital, passou pela expectativa de abraçar a universalização do celular, e, desta vez, mira surfar a onda da internet das coisas.”

      “A Qualcomm lembra, em comunicado à imprensa, que a concretização da joint venture firmada com a USI ainda depende de “diversas condições para o fechamento”. A iniciativa havia sido anunciada já em 2017, quando as empresas iniciaram as negociações.”

      Trecho sobre o anúncio de FEVEREIRO/2018, mais de um ano atrás (premonição de que Bolsonaro seria eleito kkk):

      “A desenvolvedora de chips para smartphones Qualcomm e a fabricante chinesa USI assinaram hoje, 5, em São Paulo o acordo para criar uma fábrica no Brasil. O acordo prevê investimentos de US$ 200 milhões distribuídos pelos próximos cinco anos. A unidade ficará na região de Campinas, no interior de São Paulo. A produção será toda destinada ao mercado brasileiro.”

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 19 de março de 2019 at 21:53

        Outra coisa, só teria sentido ter fábrica de “chips” para o mercado brasileiro se tivesse outros fabricantes de equipamentes para usá-los, não se vende “chips” em loja muito menos se dá pra comer com farinha.

        3+
        • CA 20 de março de 2019 at 05:55

          Carlos,

          A ASUS prometeu usar chips da Qualcomm nos celulares montados no Brasil e para consumo no Brasil e no máximo, eventualmente, para modelos a serem vendidos no Mercosul.

          A Samsung que é a maior em vendas de celulares no País, reveza Exynos que é chip próprio, com Qualcomm, não sei se poderia ser cliente potencial.

          A Motorola e a LG, são outras que poderiam usar estes chips nas montagens do Brasil para vender localmente e para o Mercosul.

          Para Apple, dada a verdadeira guerra com a Qualcomm, acho difícil fazerem esta opção aliás, com os preços dela, só se ela baixar muito e para isto produzir o máximo possível localmente, mas acho difícil, estamos longe de sermos prioridade para eles.

          Detalhe que estamos em meio a queda de vendas de celulares no País, não temos a menor competitividade para exportamos para fora do Mercosul, só poderia atender a uma parte das marcas de celular no País, ou seja, as restrições não parecem muito atraentes para a Qualcomm tomar está iniciativa e finalmente fazer AGORA, mas vamos continuar acompanhando…

          5+
          • avatar
    • Carlos 19 de março de 2019 at 21:35

      Vejo promessas destas ano após ano…
      De concreto nada.

      4+
  • indiobolhista 19 de março de 2019 at 18:52

    outros capitalistas mais invadindo a capital da URSAL, shuashuashua
    Multinacional indiana ACG inaugura fábrica em Pouso Alegre
    https://pousoalegre.net/noticia/2019/03/multinacional-indiana-acg-inaugura-fabrica-em-pouso-alegre/

    1+
    • Carlos 19 de março de 2019 at 22:08
      • CA 20 de março de 2019 at 05:44

        Carlos,

        Esta notícia do Brasil247 é de 2012, época do governo Dilma, do PT, dando destaque para a forte ampliação das indústrias em Pouso Alegre DESDE AQUELA ÉPOCA, por isto que falaram a respeito neste site petista.

        De novo como no caso da Qualcomm apenas demonstra que não tem NENHUMA relação com o governo Bolsonaro ou aumento de apostas no Brasil.

        Até agora, os investimentos estrangeiros tem sido ima CONTINUIDADE do que já vinha sendo feito antes. Análogo às fugas e fechamentos de empresas, por enquanto, nada mudou, não temos nenhum Tsumoney ou sinais quanto a isto, só os Bolsominions querendo fazer se conta que o continuísmo é algo diferenciado e que só passou a existir agora…

        6+
        • avatar
  • indiobolhista 19 de março de 2019 at 18:57

    Polícia fecha fábrica clandestina de calçados em São Leopoldo
    Agentes apreendem mais de 500 pares de calçados falsificados em local que não tinha alvará de funcionamento
    A Polícia Civil fechou uma fábrica clandestina de calçados em São Leopoldo, no Vale do Sinos, na manhã desta sexta-feira (15) durante cumprimento de mandado judicial de busca e apreensão. No local, foram recolhidos mais de 500 pares de calçados falsificados.

    O responsável pela fábrica foi encaminhado para depor na Delegacia do Consumidor do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). O estabelecimento, não tem alvará de funcionamento. Segundo o delegado Joel Wagner, que investiga o caso há mais de um mês, um representante de uma das marcas falsificadas acompanhou a ação policial e confirmou que os produtos eram falsos.

    A polícia abriu inquérito para apurar, inicialmente, crime contra propriedade industrial, com pena prevista de três meses a um ano de prisão ou multa. O responsável pela fábrica pode responder também por crime contra as relações de consumo, com pena prevista de dois a cinco anos de prisão ou multa. Wagner ainda informou que não está divulgando o nome da fábrica e dos investigados porque tenta antes identificar as lojas que compravam os produtos falsificados.

    3+
    • avatar
  • Cajuzinha 19 de março de 2019 at 20:53

    Há um ano em 6,5%, Selic não foi suficiente para aquecer economia
    Publicado em 19/03/2019 – 15:51Vicente NunesEconomia
    HAMILTON FERRARI

    Nesta semana, a taxa Selic completará um ano em que está no menor nível da história, em 6,5% ao ano. Apesar deste patamar, os juros estimulantes não foram suficientes para aquecer a economia como o esperado.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • EngenheiroSP 19 de março de 2019 at 21:19

      Já ouvi gente falando que com esses juros baixos os imóveis devem aumentar 30% em menos de 2 anos.

      É mole?

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 19 de março de 2019 at 23:11

        é só seguir a Suíça que investiram em imóveis e hoje tem 4 x mais imóveis a disposição, kkkk

        10+
        • avatar
        • avatar
  • Carlos 19 de março de 2019 at 21:58

    OFF – Momento descontração
    Bozo é o Mini-Me de Trump 😀 😛

    Donald Trump and Mini-Me Jair Bolsonaro Boast About Fake News in the Rose Garden
    http://www.thedailybeast.com/donald-trump-and-mini-me-jair-bolsonaro-boast-about-fake-news-in-the-rose-garden

    4+
    • avatar
  • indiobolhista 19 de março de 2019 at 22:27

    Restaurante de comida mexicana Mexcla anuncia saída do Brasil
    A marca do grupo norte-americano Bloomin Brands, mesmo dono de Outback, Abbraccio e Fleming’s, está há pouco mais de três anos no país.
    A Mexcla, marca de comida mexicana do grupo norte-americano Bloomin Brands, anunciou nesta terça-feira (19) que está deixando o Brasil, após pouco mais de três anos no país.

    “Hola amigos! Com imensa sensação de orgulho pelo que construímos e realizamos juntos, gostaríamos de informar que estamos encerrando nossas operações no Brasil”, diz um trecho de uma postagem na página da Mexcla no Instagram. “Não é um adeus mas um até logo. Esperamos que as suas recordações sejam como as nossas, uma mexcla de sabores, momentos e alegria”.

    A Mexcla chegou ao Brasil em novembro de 2015.

    A Bloomin Brands também dona das rede de restaurantes Outback, Abbraccio e Fleming’s, reportou queda global das receitas e do lucro no quarto trimestre, embora o faturamento com a rede Outback tenha crescido no país.

    Em nota, a Bloomin’ Brands disse que “que estuda constantemente os mercados onde está presente e que por uma decisão estratégia global, decidiu encerrar as atividades da marca Mexcla”.

    “O grupo entende que essa decisão permitirá focar em sua estratégia de expansão nas suas principais marcas, Outback e Abbraccio, reforçando ainda mais a sua atuação no Brasil no segmento casual dining. A marca Mexcla foi criada há três anos para oferecer uma opção de comida natural e fresca no segmento fast casual. A missão foi bem executada e conquistou muitos fãs em pouco tempo”, diz a empresa.
    Erraram na estrategia, tinham que oferecer a melhor comida do mundo arroz, feijão, farofa, cuscuz, churrasco, linguiça, xburguer, pizza estilo Brasil. Todos os dias o mesmo, sem esquecer de repetir cada dia o mesmo cardápio.

    2+
    • avatar
    • Carlos 19 de março de 2019 at 22:32

      Manda um Abbraccio pra eles 😀

      7+
      • avatar
    • CA 20 de março de 2019 at 05:59

      indiobolhista,

      Parte do fim da era de gourmetização da economia, mais uma empresa com produtos muito mais caro do que eles valem desistindo daqui, como várias outras já fizeram.

      O mesmo que ocorreu nos últimos anos com palletas mexicanas, que deixaram de ficar na moda, ou com bolsas e roupas de grife, algumas marcas de carros de luxo, etc.

      O pós bolha é momento de Dollynização, que já vem ocorrendo há anos, época de consumir a marca que COUBER NO BOLSO e não a que serve só para ostentar.

      Não é demérito do governo atual, como disse, apenas algo que já acontece há alguns anos, em virtude da explosão das bolhas…

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Rico 20 de março de 2019 at 08:47

        Não era caro não, comia direto no Shopping Eldorado. Comida boa e preço razoável.

        3+
        • CA 20 de março de 2019 at 09:38

          Rico,

          Buenas, por coincidência trabalho próximo do Shopping Eldorado e lembro que quando vi, achei caro pelo que ofereciam, não que as outras opções do Eldorado fossem “baratas”, de fato, nenhuma é.

          Agora, uma salada por R$ 21,00, burrito por R$ 22, achei caro, já Taco por R$ 7, era até justo.

          http://www.mexcla.com.br/cardapio/

          O que eu tenho visto NA PRÁTICA e norteia a visão de “caro e barato” neste caso:

          A área de restaurantes dos shoppings está tendo um “revesamento” cada vez maior. Está difícil para alguns deles se sustentarem. A área fica até cheia, mas para a pessoa escolher entre comer uma salada do Mexcla por R$ 21 e gastar mais R$ 4,50 no refrigerante ou R$ 6,50 no suco, muitos preferem um lanche com batatas fritas e refrigerante ou suco do McDonalds, ou do Burger King, ou ainda, outras opções mais saudáveis em que gastam 30% ou 40% a mais, mas tenham uma refeição MAIS COMPLETA e que ofereça mais “saciedade”. Assim, áreas como a do Mexcla e similares, muitas vezes ficam vazias frente a estes concorrentes.

          Por isto que alguns restaurantes mais “especializados” e “gourmetizados” como o Mexcla, no custo x benefício e comparativo com o que os outros oferecem, acabam ficando no prejuízo. Sem contar que percebi um crescimento recorde nas pessoas que estão trazendo marmita, só na minha área, DOBROU o número de pessoas que preferem trazer marmita e utilizar o refeitório diariamente e percebo que embora ainda com um bom movimento às Sextas-feiras, nos demais dias tem sido cada vez mais fácil achar vaga na área de restaurantes do Shopping Eldorado.

          6+
          • Rico 20 de março de 2019 at 16:33

            O Burrito dava para almoçar uma família completa, geralmente pedia para dividir em 2. Tinha quase 500g aquela tranqueira. O que mais gostava era da tigela. Não considerava um restaurante gourmet, o preço para região era aceitável. Tinha o português atrás do joquey que matava as moscas com raquete em cima do buffet, era barato mas esse adicional de mosca em pó não curtia.
            Na época que trabalhava aí antes de mudar de prédio para Alphavella era um dos que tinha mais fila, só perdia para o Viena que estava com uma promoção de fome, acho que era até 600g por 23/27 reais…

            3+
            • avatar
            • avatar
            • CA 20 de março de 2019 at 16:55

              Rico,

              Você tem razão, fechou porque vivia cheio e tinha um ótimo custo x benefício, só pode ser!

              4+
              • avatar
  • indiobolhista 19 de março de 2019 at 22:52

    Brasil aceitará dinheiro chinês, diz Guedes nos EUA

    Estadão Conteúdo

    Nos Estados Unidos, o ministro da Economia, Paulo Guedes, fez uma provocação aos americanos sobre a relação do Brasil com a China. Ao dizer que o País está aberto a investimentos, Guedes foi claro ao sinalizar que o País continuará a fazer negócio com os chineses. “Nós vemos vocês fazendo negócios com chineses há anos. Por que nós não podemos? Por que não podemos deixar eles investirem em infraestrutura?”, questionou o ministro da Economia.

    De forma humorada, ele mostrou que o País está aberto a quem quiser investir em infraestrutura. “Temos um presidente que adora a América. Eu também. Adoro Coca-Cola e Disneylândia. É uma grande oportunidade para investir no Brasil. Eu os convido para essa nova parceria”, disse. “Os chineses querem dançar conosco e querem investir lá. Disse ao presidente: amamos os Estados Unidos, mas vamos fazer comércio com quem for mais lucrativo”, ressaltou.

    Os EUA contam com o Brasil para diminuir a influência da China na América Latina. Guedes foi direto, em discurso a empresários na Câmara de Comércio Americana, ao dizer que o País precisa conseguir investimentos em infraestrutura para reduzir o custo Brasil, os tributos e abrir a economia.

    Acordos

    Nesta terça-feira, 19, os presidentes Donald Trump e Jair Bolsonaro vão se encontrar na Casa Branca. No comunicado que farão à imprensa, devem afirmar que os dois países querem caminhar para um livre-comércio. No médio prazo, no entanto, isso significa trabalhar por acordos de convergência regulatória e facilitação de comércio e investimentos. Algumas questões práticas da pauta agropecuária não devem ser resolvidas, como a reabertura do mercado americano para compra de carne in natura brasileira. Na outra ponta, os EUA pressionam pela abertura do mercado brasileiro para importação de carne de porco dos americanos.

    “Se os EUA querem vender carne de porco para nós, então comprem nossa carne (bovina). Querem vender etanol? Ok, comprem nosso açúcar”, apontou o ministro. “O mais importante é que sejamos parceiros comerciais estratégicos para o futuro.”

    O ministro teve uma reunião com o secretário do Comércio dos EUA, Wilbur Ross, na qual ressaltou ser importante que as grandes corporações dos dois países ampliem o diálogo. “Vamos pegar as 50 maiores empresas dos EUA e do Brasil para conversar”, apontou.

    Ao mesmo tempo, o ministro da Economia fez um apelo para que os EUA ajudem o Brasil na candidatura do País à OCDE. A entrada na organização, considerada um clube dos países ricos, é vista por Guedes como um selo de confiança internacional. “Por favor, nos ajudem a entrar na OCDE.”

    Gasto público

    Aos empresários, ele defendeu o governo Bolsonaro, disse que o País é uma democracia muito estável e que o presidente tinha “colhões” para controlar o gasto público. “Ninguém tinha colhões para fazer o controle do gasto público. Agora, temos alguém que tem colhões”, afirmou.

    “Em 60 dias, o presidente enviou ao Congresso duas reformas muito importantes”, disse, citando o pacote anticrime, de Sérgio Moro, como a segunda reforma importante. Sobre a reforma da Previdência, Guedes insistiu que “nenhum brasileiro será deixado para trás”, mas que a seguridade social não será uma “fábrica de privilégios”.

    6+
    • avatar
    • Carlos 19 de março de 2019 at 23:05

      Estaria Guedes cutucando o Bozo e seus acólitos?
      Talvez o posto ypiranagrana esteja tentando ser demitido 😀

      8+
      • JJJ_brasilia 19 de março de 2019 at 23:57

        Dinheiro não tem nacionalidade, se algum investidor for excluído o preço dos ativos é depreciado.
        Que venham os americanos, os europeus, o japoneses e os chineses, sendo que os chineses são os maiores investidores hoje.

        CVR – em um leilão de linhas de transmissão, um sujeito me falou que nunca viu tantos chineses e indianos no mesmo recinto na capital brasileira. Eles tem apetite forte para investir, tanto que a TAESA (TEEE11) e a ENGIE (EGIE3) não compraram nenhuma linha de transmissão de energia elétrica neste leilão, as 2 não gostaram do retorno financeiro dos lotes ofertados e o preço pago pelos asiáticos.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • Carlos 20 de março de 2019 at 00:37

          Fala isto para o astrológo e prós seguidores idiotas do messias.

          10+
          • Ilusionista 20 de março de 2019 at 07:43

            alias, até os seguidores já estão começando a criticar .., imagine a situação dos brasileiros eleitores que votaram nele nos consulados dos EUA.

            https://www.youtube.com/watch?v=815yVvBUsNo

            6+
            • avatar
            • avatar
          • socrates 20 de março de 2019 at 08:54

            Carlos, talvez a maioria do pessoal só esteja trolando.
            Igual aos que ainda se dizem petistas.
            Tipo: ” a culpa é sua”
            Contanto que nada de efetivo aconteça e a zorra continue, né?

            1+
  • Carlos 19 de março de 2019 at 23:43

    Post já meio antigo do Roberto Ellery sobre produtividade e outras coisitas.

    O texto abaixo é inspirado em uma apresentação que preparei para a equipe do senador Álvaro Dias e serviu de base para algumas palestras que fiz nos últimos meses, na apresentação aponto três grandes desafios para a economia brasileira e faço algumas propostas para enfrentar esses desafios. No presente texto vou me limitar aos desafios, deixo as propostas para um próximo post. São três os desafios que vou discutir: o da produtividade, o do investimento e o ajuste fiscal. Em ordem de importância creio que os desafios seguem a lista, mas em ordem de urgência a lista está de trás para frente.

    http://rgellery.blogspot.com/2018/10/a-volta-do-pessimildo-desafios-para-2019.html

    5+
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 07:47

    Estadão Conteúdo
    postado em 19/03/2019 17:23
    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que, apesar da “defasagem grande” nas remunerações dos militares ao longo das últimas décadas, a situação fiscal do País deixa pouco espaço para concessões à categoria como condição para a inclusão deles na reforma da Previdência: “O problema é que estamos no fim da festa. O Brasil quebrou e eles (os militares) estão querendo entrar nesta festa no finalzinho, quando já está amanhecendo, a música está acabando e não tem mais ninguém para dançar”, afirmou.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 08:08

    TÓPICO

    Ações por inadimplência em condomínios têm alta de 27,9% em Ribeirão Preto, aponta TJ-SP
    De acordo com levantamento, execuções contra devedores chegaram a 1.456 em 2018. Processos devem ser último recurso antes de tentativas extrajudiciais, segundo especialistas.

    A falta de pagamentos por parte de moradores, nem sempre solucionada no âmbito judicial, tem sido a causa de aumento no valor das mensalidades, de acordo com especialistas consultados pela EPTV, afiliada da TV Globo.

    “Realmente esse valor é rateado por todos os condôminos. Mesmo aqueles que estão pagando em dia suas contribuições devem pagar por aquele que não está pagando em dia”, afirma o advogado especialista em condomínios Márcio Spimpolo.

    https://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2019/03/19/acoes-por-inadimplencia-em-condominios-tem-alta-de-279-em-ribeirao-preto-aponta-tj-sp.ghtml

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 20 de março de 2019 at 09:25

      Cajuzinha,

      O maior problema quanto ao super-endividamento e inadimplência é que foi construída, incentivada e ampliada sem limites, a cultura da lei de Gerson! Se não paga, não sofre punição, ao contrário, depois ajusta com desconto, sem multa e por aí vai.

      Qual a consequência natural?

      Cada vez mais pessoas resolvem bancar os “espertalhões” e assim, como as mais variadas estatísticas demonstram, a inadimplência cresce sem parar e gera uma série de efeitos DESASTROSOS para a economia! Detalho o encadeamento de consequências desastrosas em comentário logo abaixo.

      A solução seria que os inadimplentes arcassem com as consequências, de imediato, só que estão fazendo o contrário e apagando incêndio com gasolina!

      Vamos a exemplos do que coloquei acima:

      Não pagou o condomínio por 1 mês?

      Recebe aviso que depois de 3 meses de inadimplência, poderá ser enviado o processo para leilão de imóvel.
      Reforça aviso no segundo mês.
      No terceiro mês, retoma imóvel e envia para leilão.

      A partir daí, quem não tiver condição de arcar com condomínio caro, não vai mais comprar imóvel que não possa arcar com as despesas.

      As pessoas se sentirão OBRIGADAS a terem uma reserva MÍNIMA para este tipo de emergência.

      Os demais condôminos não pagarão pelo prejuízo daqueles que deram o calote.

      Vivenciei uma situação RIDÍCULA em 2007 e já presenciei VÁRIAS similares: pessoas que compraram imóveis financiados no prédio onde eu morava e que desde o primeiro mês e por ANOS não pagavam o condomínio e todos os demais condôminos tinham que arcar com este prejuízo. PIOR: no final os caloteiros apareciam com carro zero na garagem, ostentavam viagens para o Exterior, mas em momento algum pagavam o condomínio atrasado!

      O mesmo que consta acima quanto ao crédito imobiliário.

      Iria inibir quem não pode comprar imóvel de fazer este suicídio financeiro, pois saberia que vai perder o imóvel.

      Mas como distribuíram crédito PODRE à rodo, o que o BC fez? Antes tinha prazo de 3 meses para retomar imóvel inadimplente, agora, em tese passou para 1 ano, mas o BC deixa ficar inadimplente por prazo indeterminado! Outro incentivo EXPLÍCITO ao CALOTE.

      No MCMV faixa 1, NENHUM imóvel é retomado por inadimplência e o que aconteceu? A inadimplência chegou a mais de 20% em 2014 e em 2018 passou dos 35% !

      Pouco mais de uma década atrás, foram aprovadas as regras para a “Recuperação Judicial”. O que ela se tornou, na prática? Uma BOLSA CALOTE para os controladores da empresa! Eles saem distribuindo PREJUÍZOS para os credores, de todas as formas possíveis e imagináveis. Neste contexto, empresários se arriscam mais, não tem reservas e quando QUEBRAM, contam com estes “perdões” de dívidas para distribuir os prejuízos pela má gestão deles para os credores!

      E daí vai, em “N” situações de INCENTIVO AO CALOTE, que exemplifico no próximo comentário.

      Com o incentivo EXPLÍCITO do governo ao CALOTE, só apagando incêndio com gasolina, qual a chance disto melhorar, ou pelo menos, parar de piorar? NENHUMA!

      Esta completa IRRESPONSABILIDADE dos agentes está destruindo cada vez mais a economia e os especialistas economistas não fazem a menor ideia de que isto está acontecendo…

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 20 de março de 2019 at 09:48

        CA, esse seu post é excelente!

        Gostaria de saber o que o MP diria se confrontado com ele. Ele diria que não é competencia do MP alertar o judiciario sobre o populismo judicial e político? Inclusive incitando a inconstitucionalidade de decisoes e leis neste sentido?

        A repercussão na sociedade e na economia geral é enorme!

        2+
        • CA 20 de março de 2019 at 10:20

          socrates,

          De fato, estão construindo cada vez mais leis que incentivam CALOTES e GOLPES.

          A da recuperação judicial, pouco mais de uma década atrás, foi grande incentivo ao CALOTE das empresas.

          A mais recente sobre os distratos, foi uma espécie de BOLSA PIRÂMIDE FINANCEIRA para as construtoras, uma carta-branca para aplicarem o GOLPE das vendas FALSAS na planta, do qual já se utilizam desde 2008.

          Estes e VÁRIOS outros casos, surgem de “diagnósticos” completamente DETURPADOS e visões SOCIALISTAS para criação de leis. Dois exemplos, com um pouco mais de detalhes:

          No exemplo da recuperação judicial, a DESCULPA ESFARRAPADA, era que você precisava criar “mecanismos” para dar uma chance das empresas se recuperarem, ao invés de “condená-las” diretamente a uma falência, desta forma, podendo vir a reduzir os prejuízos para a sociedade e inclusive para os próprios credores. E no mundo REAL, o que aconteceu? Empresas assumiram riscos cada vez maiores, contando que teriam PRIVILÉGIOS se chegassem ao ponto de uma recuperação judicial e no fundo, este mecanismo serviu basicamente para reduzir o prejuízo dos controladores irresponsáveis e aumentar para os credores. Menos de 5% das empresas que entram em recuperação judicial se recuperam!

          No caso dos distratos, foi pior ainda! Eles já existem em volume ANORMAL desde 2011, muito antes de qualquer crise financeira. As maiores vítimas, são os clientes que caem no GOLPE da venda FALSA na planta, quando o corretor não simula aprovação de crédito, ou faz uma simulação com dados fake e diz que conhece alguém na CEF que vai aprovar e daí para pior, só para ganharem a comissão deles e depois no distrato, esta comissão nunca é restituída ao comprador, negócio da China para os golpistas. Mas no congresso, resolveram FAZER DE CONTA que estes distratos eram consequência de crise financeira e de “oportunismo” de investidores na planta que ao verem o preço na entrega do imóvel cair, desistiam porque o ágio tinha ficado inviável e assim, as construtoras eram as “vítimas” neste processo. Uma ABSURDA INVERSÃO entre causa e consequência! Ao fazerem isto, incentivaram as construtoras a fazerem cada vez mais vendas FALSAS na planta, que vão gerar prejuízos RELEVANTES para mais MILHARES e MILHARES de famílias além de colaborarem para aumentar as distorções GRITANTES no segmento imobiliário, entre oferta e procura, perda de LIQUIDEZ acentuada (excesso de vacância), dentre outros.

          Já sobre a atribuição de quem poderia apontar estas ANOMALIAS, confesso que não sei se seria o MP. Acredito que ele não “inicie” o processo, eventualmente órgãos com perfil de fiscalização talvez tivessem tal atribuição, como o CGU ou o TCU, por exemplo. Observar que o CGU já fez um excelente trabalho, embora não completo, quanto ao crédito imobiliário, maquiagens e pedaladas dos bancos e mesmo assim, o BC continuou se fazendo de CEGO para as anomalias. Infelizmente, ao que tudo indica, só quando as explosões forem mais visíveis é que o pessoal vai se movimentar e ainda, provavelmente com novos erros em diagnósticos e ações.

          5+
          • avatar
          • socrates 20 de março de 2019 at 10:33

            o MP pediu afastamento de diretores da Caixa, não foi?
            Pois isso foi pouco.
            Dveriam era ter pedido a prisão e ainda instado o STF a obrigar o legislativo a aumentar a pena de reculsão em casos de crimes contra a economia.
            Os crimes contra a economia nesse nível são cometidos por pessoas com alto grau de instrução.
            Como cobrar depois de quem está embaixo algo?
            Poderia incluir diversas outras razões, mas essa linha de raciocinio bem simples, nmho, já justificaria uma intervenção do MP (e judicial, consequentemente)sim.

            2+
            • avatar
            • CA 20 de março de 2019 at 10:47

              socrates,

              Então, mas no caso dos VP´s, chegou uma avalanche de investigações, crimes apurados, irregularidades relacionadas à CEF, vindas de investigações da Polícia Federal, da polícia civil e outros, que foram a base para a MP pedir o afastamento de todos os VP´s da CEF. Concordo que neste caso, não deveriam ter “amaciado” e deixado barato como fizeram, mas não sei se juridicamente poderiam exigir muito mais, algo do tipo uma “devassa” na CEF. Se tivessem ido mais a fundo, será que algum juiz ordenaria algo assim? Não sei.

              E para estes casos de recuperação judicial ou dos distratos, qual o órgão que está investigando estas profundas ANOMALIAS e poderia levar as denúncias para o MP? Até onde sei, NENHUM. Temos tantos e tantos crimes e esquemas, que a Lava Jato, se depender disto, terá vida eterna! Será que algum dia vão puxar o fio da meada destes golpes e acabará indo para o MP? É uma possibilidade. Outra possibilidade, é de que só vão se atentar a isto quando o tamanho dos estragos for tão absurdo que não dará mais para ignorar. A conferir…

              3+
              • avatar
              • avatar
              • socrates 20 de março de 2019 at 11:40

                sim.
                no caso, acredito que a ação ativa do MP ( e não passiva), é uma saída.
                A saída institucional.
                Óbvio que a maior parte do judiciário está corrompido, mas temos pessoas honestas e compromissadas com o bem comum lá sim.
                Aliás, quanto á corrupção do judiciario , ela nao precisa ser direta. Também corroboram com o estado do nosso país os juízes que enrolam ou nao tomam as devidas atitudes por inércia derivada do medo de perder privilégios “legalizados” (aí mora o perigo, o “MP” tb esta cheio de privilégios “legalizados”)

                2+
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 08:15

    Feirão ‘Limpa Nome’ ajuda consumidores a negociar dívidas em São Carlos

    Segundo o Serasa, até fevereiro deste ano mais de 73 mil pessoas estavam endividadas na cidade.
    Segundo estudo do Serasa Experian, em janeiro de 2019 o número de consumidores inadimplentes no país chegou a 61,2 milhões, 3,4% a mais do que em janeiro de 2018.

    O estudo aponta que a maior concentração dos negativados tem entre 41 e 50 anos, representando 19,8%.

    O dados do estudo também mostram que, em janeiro de 2019, a região com maior percentual de inadimplentes do país era a Sudeste, com 45,3%, seguida da região Nordeste com 25%.

    https://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2019/03/19/feirao-limpa-nome-ajuda-consumidores-a-negociar-dividas-em-sao-carlos.ghtml

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 08:20

      Informações colhidas em várias notícias:

      Só em Belo Horizonte, quase 1 milhão de pessoas têm as contas atrasadas, segundo levantamento da Serasa.

      Em média, cada consumidor inadimplente deve R$ 3.909.

      O Santander esta participando desta edição oferecendo até 92% de desconto. Já o banco BMG entra para o evento concedendo até 65% de descontos para seus devedores.

      Neste ano, o feirão conta com a participação de empresas como Santander, Itaú, Tribanco, Credsystem, Recovery, Ativos e Renner.

      E por aí vai…

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 20 de março de 2019 at 09:00

      Cajuzinha,

      Daí no feirão “perdoam” parte relevante da dívida, deixando de cobrar juros e multa, parcelando o valor a pagar e o que acontece?

      TEMPORARIAMENTE ocorre uma redução da inadimplência graças aos “feirões”.

      Só que as pessoas ficam “empolgadas” com o esquema de “perdão” da dívida e pensam: Ah, se eu não conseguir pagar no vencimento, não tem problema, depois de alguns anos vou em um feirão e pago sem juros nem multa e ainda parcelado, então vou me arriscar e aumentar meu endividamento de novo!

      E assim, o ciclo vai se repetindo, ano após ano.

      É exatamente o mesmo que acontece com as empresas e o REFIS. Todo ano o governo “perdoa” parte das dívidas, ou deixa de cobrar a multa e juros, ou dá facilidades para pagamento, então, para que pagar no prazo, não é mesmo? É muito mais LUCRATIVO, atrasar o pagamento e pagar depois!

      Idem para as dívidas dos agricultores junto ao governo.

      Idem para o MCMV faixa 1, que não tem retomada dos imóveis e já passou de 35% de inadimplência.

      Idem, idem, idem para várias e várias situações análogas ao que consta acima.

      E assim, no mundo REAL, batemos recordes de inadimplência ano após ano, empresas com DÉCADAS de existência e/ou faturamento BILIONÁRIO vão quebrando ano após ano e a cultura do CALOTE INSTITUCIONALIZADO vai se cristalizando cada vez mais, a “lei de Gerson” vai sendo adotada por cada vez mais pessoas e empresas.

      E as empresas que vão QUEBRANDO, entram em “recuperação judicial” e daí, adivinha o que acontece? Elas dão CALOTE em parte relevante de suas dívidas junto aos credores, entregam para eles ativos SUPER-AVALIADOS (em especial, imóveis), parcelam os pagamentos atrasados para serem regularizados em ANOS e com juros bem mais baixos e como se não bastasse todo este festival de PREJUÍZOS para os credores (em especial, os bancos), elas ainda deixam de cumprir o que estava no acordo de recuperação judicial e fazem “ajustes posteriores” que ampliam os prejuízos dos credores!

      Em virtude do que acontece acima no mundo REAL, longe das torres de marfim dos economistas especialistas e suas estatísticas ENVIESADAS, os juros finais se mantém em patamares recorde, para compensar este festival de CALOTES e de PREJUÍZOS que não para de crescer.

      Daí todo mundo reclama do porque os juros finais são muito altos e ficam INVENTANDO explicações sem pé nem cabeça e adotando “soluções” que não tem nenhuma relação com a causa RAIZ do problema, só para depois, quando a situação continuar PIORANDO, dizerem que estão “surpresos” e “frustrados” com a falta de “tração” dos empregos, a economia que ainda “não engrenou como deveria” e outras expressões ridículas e que também não guardam nenhuma relação com a REALIDADE, que não para de degringolar…

      11+
      • avatar
      • avatar
      • socrates 20 de março de 2019 at 10:13

        CA, mais um comentário brilhante.

        Em relação aos economistas, acho que não dá mais para acreditar que eles são “ignorantes”.
        Tal qual o Bozo.
        Atores pagos para representar. O que me surpreende é a inércia das instituições que deveriam defender o interesse público.

        3+
  • Alemon Fritz 20 de março de 2019 at 08:40

    Bom dia brasil
    corvos dizendo que a retomada do crescimento aumentou a procura por ALUGUEL… eu achava que se tivesse retomada ia ser para compra de casa e não pra alugar.. corvos mentirosos

    11+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 20 de março de 2019 at 09:08

    Caixa prepara venda dos imóveis em carteira, diz presidente
    InfoMoney-52 minutos atrás
    Durante o Carnaval, o executivo visitou investidores de imóveis distressed que estão na carteira da Caixa.

    -Anistia em SP atingirá 150 mil imóveis (irregulares)
    Estado de Minas-1 hora atrás.
    (ou seja, imaginem a dimensão de imóveis da bolha irregulares..Ibge demanda solucionada

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 20 de março de 2019 at 09:46

    vamos aumentando:

    -Número de mortes com motociclistas dobra em relação a 2018 no Sul .
    G1-14 horas atrás
    -Número de mortes causadas pela chuva cresce 75% em São Paulo.
    Destak Jornal-32 minutos atrás.
    -Número de mortos pela chuva no verão aumenta quase quatro vezes .
    G1-14 horas atrás

    3+
  • Alemon Fritz 20 de março de 2019 at 09:58

    a vista ou crediario
    -Rock in Rio 2019: ingressos vão custar R$ 525.
    Jornal O Dia (Blogue)-18 de mar de 2019.
    -Fãs de Sandy e Junior Acampam em fila para a pré-venda de ingressos…
    G1-2 horas atrás.
    -Ingressos do GP do Brasil de F-1 vão de R$ 610 a R$ 16.600
    Motor Show-18 de mar de 2019.

    5+
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 10:19

    “Contudo, o que vem se observando desde o final de 2018 é uma perda de fôlego da economia explicada, principalmente pela retração da (indústria de) transformação. Esta atividade tem grande poder de impulsionar outros segmentos da economia, impactando diretamente os investimentos, que já começaram também a arrefecer. Por estas razões, a despeito das variações positivas, o cenário econômico não é animador”, avaliou Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV, em nota oficial.

    Na comparação com janeiro de 2018, houve recuos na indústria de transformação (-2,9%) e na construção (-1,5%).

    https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2019/03/20/internas_economia,1039448/monitor-do-pib-da-fgv-aponta-para-alta-de-0-3-em-janeiro-ante-dezembr.shtml

    2+
    • CA 20 de março de 2019 at 10:40

      Cajuzinha,

      Não acredito, é um pior que o outro!

      Quer dizer que a culpa é da indústria de transformação???

      Pô, o próprio nome já dá uma forte “dica” de que ela não pode ser a causa: TRANSFORMAÇÃO.

      Ela NÃO é o início da cadeia, depende de demandas vindas de outros segmentos.

      Podemos dividir a indústria de transformação em 3 grupos, a de bens de produção, que transforma matéria-prima bruta em algo utilizável por outras indústrias, as intermediárias que produzem máquinas e equipamentos para outras indústrias e por fim, as de bens de consumo, que por sua vez se dividem em bens duráveis e não duráveis.

      Se demais indústrias não fazem investimentos de expansão em sua capacidade fabril, porque contam com ociosidade muito elevada neste momento, não precisam de máquinas e equipamentos produzidos pelas indústrias intermediárias. Mas o que determina a redução da ociosidade nas indústrias? O aumento do consumo dentro do país ou o aumento das exportações, dependendo do foco da empresa. Então, se não há aumento de consumo interno ou exportações e assim não aumenta ocupação do que está ocioso, não gera necessidade para as indústrias intermediárias, assim, a causa é o consumo retraído e/ou as exportações retraídas. No caso do consumo interno retraído, a causa tem a ver com SUPERENDIVIDAMENTO e INADIMPLÊNCIA ANORMAL para famílias mais a profunda DEGRADAÇÃO nos empregos e no caso das exportações, a causa tem a ver com a “desaceleração” na economia global. Já a causa RAIZ para estas questões de envidamento, inadimplência e degradação dos empregos, foram e continuam sendo as bolhas imobiliária e de consumo e no caso da “desaceleração” global, a bolha das bolhas americana.

      Quanto aos demais grupos da indústria de transformação, é análogo ao que consta acima. Se consumo interno e exportações estão retraídos, reduz demanda para matérias-primas e para produtos acabados duráveis e não duráveis, logo, a causa RAIZ é a mesma que foi detalhada acima.

      Resumindo, a queda para indústria de TRANSFORMAÇÃO é CONSEQUÊNCIA de bolhas imobiliária e de consumo quanto à falta de demanda interna e da bolha das bolhas quanto a queda na demanda externa e a INFELIZ “explicação” do especialista inverte por completo causa e consequência, aliás, ele como os demais, não faz a menor ideia da causa raiz, fazer o que. Daí alguém pergunta: vai? NÃO, NÃO VAI! Enquanto tivermos “diagnósticos” tão lastimáveis como este, que infelizmente são a praxe, ninguém vai fazer o que precisa ser feito…

      8+
      • avatar
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 10:28

    Fintech atende quem não consegue crédito no banco com até R$ 500 e carteira digital
    Jeitto tem carteira digital com foco nas classes C e D e nos desbancarizados

    https://www.infomoney.com.br/minhas-financas/credito/noticia/7989618/fintech-atende-quem-nao-consegue-credito-no-banco-com-ate-r-500-e-carteira-digital

    3+
    • avatar
    • DouglasteR 20 de março de 2019 at 10:57

      Imagina trabalhar no atendimento ao usuário desse lugar. Prisão perpétua moderna.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Rico 20 de março de 2019 at 10:31

    Procon-SP notifica Empiricus sobre vídeo com Bettina, a milionária

    https://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/procon-sp-notifica-empiricus-sobre-video-com-bettina-a-milionaria/

    Segundo os corvos se tivesse investido em imóvel na planta teria o mesmo rendimento.

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 11:08

    Comércio tem queda de quase 8% em SP nos primeiros dias de março
    O comércio paulista foi muito tumultuado nos 15 primeiros dias de março e a retração nas vendas deve impactar o desempenho do primeiro trimestre

    O movimento de vendas do varejo da capital paulista caiu em média 7,9% na primeira quinzena de março frente ao mesmo período de 2018. O dado é do Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), que registrou retrações tanto nas comercializações a prazo (-9,4%) quanto à vista (-6,4%). Segundo a entidade, as fortes quedas se devem ao descolamento entre o Carnaval do ano passado (realizado em fevereiro) e o deste ano, realizado na primeira quinzena de março.

    “Do ponto de vista econômico, o Carnaval não beneficia o comércio como um todo, pois muita gente viaja e as vendas se concentram em artigos carnavalescos (específicos) de baixo valor, como adereços, acessórios e enfeites. Por outro lado, a festa ajuda o setor de serviços: o Carnaval paulistano foi sucesso de público em 2019, prestigiado tanto por foliões que permaneceram na capital, quanto de outras cidades, que movimentaram bares, hotéis e restaurantes”, analisa Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

    Ele destaca outros dois fatores que contribuíram para o resultado negativo mostrado pelo Balanço de Vendas. Na primeira quinzena de março de 2019 teve um dia útil a menos. E com as fortes chuvas e os alagamentos dia 11/3/19 muitos consumidores não conseguiram se locomover e lojas foram invadidas pela água.

    “Quando tivermos os dados fechados do trimestre ― e, portanto, com os efeitos sazonais anulados ― teremos uma noção mais apurada do real comportamento do varejo de SP neste início de ano”, pondera Burti.

    https://portalnovarejo.com.br/2019/03/comercio-queda-de-quase-8-nos-primeiros-dias-de-marco/

    5+
    • avatar
  • Falido.com 20 de março de 2019 at 11:30

    A ideia que há assimetria (nas palavras de barbooosa “Errar a Selic para cima é mais tolerado do que errá-la para baixo, pois a população tem maior aversão à inflação do que ao desemprego, e o mercado financeiro não se incomoda em receber uma taxa de juro mais alta, mesmo que errada”) na decisão de taxa de juros ignora este simples princípio, o que, diga-se, não constitui surpresa alguma vindo de quem veio.
    .
    http://maovisivel.blogspot.com/2019/03/barbooosa-e-dor-de-cotovelo.html
    .
    Então posso concluir que não dá pra ter empregos e menos inflação;
    E que ente um outro os “ixpecialistas” preferem entrear mas desemprego pra população?

    3+
    • CA 20 de março de 2019 at 12:13

      Falido.com,

      Nos EUA, estão com recorde quanto à empregos, um pleno emprego que não era visto há DÉCADAS e a inflação está abaixo da meta de 2% ao ano.

      No Brasil, tivemos o pleno emprego em dezembro/2014 (o menor índice de desemprego de todos os tempos), juntamente com uma inflação abaixo do teto da meta e relativamente baixa para nosso padrão histórico até aquele momento (inflação de 6,4% ao ano).

      NESTE MOMENTO, a inflação não tem sido um problema para a grande maioria das economias ao redor do globo, aliás, algumas sofrem com a “falta de inflação”, que se traduz em perda relevante de dinamismo na economia e os governos / bancos centrais sequer conseguem estimular um aumento de consumo que gere uma inflação maior (exemplo: Brasil). Claro, temos situações como Venezuela, Argentina, Turquia, que estão “fora da curva” e onde este racional não se aplica.

      Por que o comportamento acima, que contraria o capítulo 1 do livro de economia?

      A explicação é que estamos vivendo sobre uma ANOMALIA na economia, que são BOLHAS GIGANTESCAS. Como em toda anomalia, não valem as regras básicas que foram criadas sob “condições normais de temperatura e pressão”.

      Por isto que o TACE a qual o Cesar_DF se refere com frequência, que explica os ciclos econômicos e efeitos de cada um, tem “furado” sob vários aspectos. Por isto que a relação entre empregos e inflação tem furado em muitos casos. Por isto que os empregos não se recuperam “automaticamente”. Por isto que as pessoas não passam a economizar mais em período pós-recessivo, como diz o TACE. E por aí vai.

      Uma ANOMALIA tão PROFUNDA como as bolhas que temos, produz estas DISTORÇÕES nas teorias baseadas sob condições normais e daí, aqueles especialistas economistas que estão completamente CEGOS em relação às bolhas, ficam completamente PERDIDOS quando suas teorias do capítulo 1 do livro de economia não funcionam e é por isto que vemos um festival de “surpresas” e “frustrações” nos comentários destes “especialistas”.

      Voltando aos casos acima:

      Como os EUA consegue “pleno emprego” que é recorde de DÉCADAS sem estourar seu limite de inflação?

      Em primeiro lugar, é importante entender que QUANTIDADE de empregados não tem necessariamente relação com QUALIDADE dos empregos. Nos EUA, estão com recorde de Ubers e afins, pelo excesso de oferta, muitos insatisfeitos com rendimentos. Idem para outras categorias. Aliás, a “Uberização” em si ajudou a preencher muitas vagas de emprego ao redor do globo. Só que esta “Uberização” gera emprego rápido e fácil, mas também de baixa remuneração, não “inflaciona” os preços, ao contrário, pela super-oferta, até deflaciona o preço para locomoção das pessoas. Este é só um EXEMPLO, existem VÁRIOS outros análogos.

      Adicionalmente, o despejar de TRILHÕES de dólares via QE não gerou inflação nos EUA, porque foi distribuído ao redor do globo e ao invés de se converter em crescimento exponencial para consumo e setor imobiliário nos EUA (PARCIAL), foi muito canalizado para uma nova onda de DERIVATIVOS e para AÇÕES em bolsa de valores, fazendo com que estes ficassem inflados e não o consumo que geraria a inflação.

      Esta foi a “fórmula” mágica para combinarem pleno emprego sem inflação e ainda, em uma economia com PIB que parece saudável (mas é super-alimentado por bolhas).

      É sustentável? NÃO.

      Existem VÁRIAS ameaças para derrubar o castelo de cartas acima.

      Uma delas é a inflação crescer mesmo com a combinação acima e o FED ser obrigado a aumentar os juros. Para isto, os EUA criaram bodes mal cheirosos na sala, como guerra comercial EUA x China, discussão do orçamento x muro, etc, para garantir que o crescimento não vai disparar, nem a inflação e com isto, o FED acalmou e disse que não vai mais subir os juros por enquanto.

      Só que se “descobrirem” que as FAANG na bolsa americana não valem nem de perto os TRILHÕES de dólares associado a elas, se “descobrirem” que parte das CENTENAS DE TRILHÕES em derivativos ao longo do globo são “baseados” em crédito PODRE / SUPER-AVALIADO, se “descobrirem” a infinidade de MAQUIAGENS e PEDALADAS no sistema financeiro global, se “descobrirem” o tamanho do rombo do Shadow Banking Chinês e da bolha imobiliária chinesa, dentre DIVERSOS outros pontos possíveis para explosão, o primeiro dominó vai cair também…

      Quanto ao outro exemplo entre empregos e inflação que utilizei, que foi o caso de 2014 no Brasil com a Dilma, acaba sendo até mais “didático”, porque já sentimos na pele a conclusão.

      Como conseguimos o “pleno emprego”? Fruto de bolhas imobiliária e de consumo, mais obras faraônicas em grande volume relacionadas a gigantescos PROPINODUTOS e uma intensa IRRESPONSABILIDADE FISCAL (aumento relevante de gastos do governo e de SUBSÍDIOS para vários setores), que no conjunto geraram disparada de contratações na construção civil e em outros setores da economia.

      Por que o esquema acima não fez a inflação crescer mais? Na realidade a inflação cresceu, mas a Dilma a MAQUIOU e PEDALOU de todas as formas possíveis e imagináveis. Um exemplo foi conter na marra o reajuste dos combustíveis e outro foi a redução forçada no preço da energia elétrica. Fora isto, safras agrícolas favoráveis, um dólar muito baixo em função dos trilhões de dólares que os EUA havia disponibilizado ao redor do globo e outros fatores TEMPORÁRIOS e INSUSTENTÁVEIS, levaram a esta inflação não tão elevada.

      E o que vimos a partir de 2015, como CONSEQUÊNCIA do que consta acima?

      Inflação DISPAROU porque governo tinha aumentado muito sua dívida pública e não podia sustentar as PEDALADAS acima, combustíveis e energia elétrica dispararam, como os EUA já tinha interrompido o QE o dólar já não estava tão amigável, nem o preço internacional do petróleo e pelo conjunto, não havia outra saída a não ser a disparada da inflação.

      O DESEMPREGO também iniciou sua disparada, em parte como reflexo da desaceleração mais forte na construção civil a partir de 2012, em virtude do aparecimento das distorções profundas entre oferta e procura, mais a QUEDA a partir de 2014 na construção civil pela combinação disto com o início da Lava Jato, mais a queda brutal dos investimentos e gastos do governo federal já QUEBRADO, assim como de vários Estados e Municípios na mesma situação, junto com a explosão das bolhas de consumo e imobiliária que roubaram a capacidade das famílias que estavam SUPER ENDIVIDADAS e com índice recorde de INADIMPLÊNCIA para a época e este conjunto é que garantiu o forte crescimento do DESEMPREGO.

      Como nada da causa raiz (BOLHAS) foi combatida, hoje o que vemos é a troca do índice de desemprego maior por um menor, mas com profunda DEGRADAÇÃO dos empregos. E a inflação? Fica muito baixa exatamente porque o poder de consumo se reduziu muito, como consequência das bolhas, uma vez que famílias estão SUPER-ENDIVIDADAS e com INADIMPLÊNCIA ANORMAL, ao mesmo tempo que o emprego continua se degradando sem parar. Aliás, nesta outra fase de nossa ANOMALIA causada pelas bolhas, a continuarem apagando incêndio com gasolina e se o dominó da bolha das bolhas americana não cair antes, podemos até chegar a um “pleno emprego” nos números oficiais, mas com um nível GROTESCO de DEGRADAÇÃO dos empregos e sem produzir inflação. Cenário POUCO PROVÁVEL, mas não impossível.

      Então, sob condições normais de temperatura e pressão, o crescimento mais relevante nos empregos e principalmente o “pleno emprego”, pressiona a inflação e obriga maiores juros que prejudicam os empregos, até que se volte a um EQUILÍBRIO entre empregos e inflação. Nada impede que você aumente a PRODUTIVIDADE e o nível de pleno emprego seja cada vez maior (percentual cada vez menor de desemprego para configurar o “pleno emprego”), esta é a forma SAUDÁVEL de você expandir ainda mais os empregos sem impacto inflacionário que force maiores juros. O RUIM é que esta não foi a fórmula adotada, preferiram alimentar BOLHAS para obter estes efeitos…

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 20 de março de 2019 at 12:33

        CA
        Numa coisa eu concordo, ao longo de toda a história nunca houve um nível tão alto de distorção da realidade, onde o dinheiro “de mentirinha” conseguiu superar o PIB mundial.
        A maior parte dos bancos do mundo estão operando a descoberto, em alguns casos de seguradoras de CDS no EUA com alavancagem de 80X

        10+
        • CA 20 de março de 2019 at 12:42

          Cesar_DF,

          A ARTIFICIALIDADE na economia global é BIZONHA! Por isto que para muitos, é como se não existisse mais lei de oferta e procura, como se todos os princípios da economia tivessem “ido para o espaço”. Mas toda anomalia na economia traz em seu bojo um mecanismo de auto-destruicao e isto está ficando cada vez mais visível…

          8+
          • socrates 20 de março de 2019 at 13:10

            bem…
            tudo isso só foi possível porque a legalidade prevalesce sobre o bom senso na maioria dos “países” do mundo, incluindo EUA, Inglaterra e Brasil, né?

            O próprio Libertário já jogou a toalha…
            Tudo tem que ter limite enquanto os egoístas tiverem o poder.

            1+
            • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 13:42

              Três ponto que o C.A não colocou , mas que são frutos da distorções.

              – Primeiro sem inflação monetário não é possível aumentar arrecadação, ou seja, pelo dinheiro estar despejado em ativos retidos pelo banco central, banco este qual paga uma taxa fixa ao setor financeiro para manter em custodia toda podridão do sistema como ( Tomador de ultima instância), a bolha não pode ser desfeita . Em suma: a bolha foi alimentada ao longo do anos e agora não pode ser desfeita.

              Acontece que no sistema atual a inflação é um catalisador para aumentar arrecadação do governo.
              A inflação diminuta aumentaria os déficits do governo , boa parte a arrecadação esta atrelado ao consumo que por consequência gera inflação.

              Sem inflação = Queda na arrecadação = Déficits fiscais cada vez maiores que são bancados com lançamento de novos títulos:

              Neste cenário o governo aumenta sua dívida nominal junto as empresas, contanto que nunca mais o juros vá subir.
              A condição do sistema atual é nunca mais subir juros, uma vez que toda esta manobra não gerou crescimento do PIB para abater dívida como descrito nos manuais de economia.

              E o que acontece quando explodir algum derivativos ou empresa crucial no sistema? O juros vai subir levando consigo a rolagem do governo junto.

              E se não subir? Vai quebrar do mesmo jeito só que vai se dar pelo fiscal, uma vez que não consegue usar inflação para abater dívida bruta , a dívida tende crescer ao infinito.

              Segundo fator e mais preocupante: As distorções vão aumentar alocação de recursos em investimentos errados , investimentos ao quais vão sendo feitos a medida que as bolhas vão sendo alimentandas. O processo é conhecimento como empilhamento de dívidas , e também má alocação de recursos. O que acontece quando estourar as distorções? Crise repentina ou colapso do sistema.

              O governo para conter estouro da bolha imobiliária na China anda imprimindo dinheiro para comprar propriedades. Faz isso para segurar o PIB artificialmente. Em suma, nas planilhas mágicas do governo você consegue ver o PIB crescendo , mas na realidade este processo cria distorções no mercado imobiliario cada vez maiores, uma vez que vá chegar uma hora que o governo vai possuir tanta propriedades que uma quebra no mercado imobiliario estouraria numa crise fiscal sem precedentes.

              A política atual é auto suicídio:
              Se não subir juros o fiscal vai explodir daqui alguns anos, sem inflação arrecadação não aumenta e a mágica de criar dinheiro para financiar a si mesmo num futuro próximo pode estourar inflação no sistema fazendo que tudo vá pelos ares.

              E se subir? O governo antecipa o estouro e as quedas nas bolsa.

              No dois cenários estamos ferrados, porém um possibilita o governo rolar as questões por mais tempo alimentando distorções e culminando numa crise global que pode durar décadas.

              10+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 13:51

                Outro fator importante é que a taxa desemprego sempre foi um indicador enviesado por governos populista.

                Basta estudar a mercadologia adotadas pelo governo para evidenciar as distorções.

                Outra questão é que taxa desemprego não consegue auferir a qualidade dos empregos , ou seja: Eu posso estar empregando pessoas em sub empregos que pagam pouco e por consequência estas pessoas vão ter um menor poder de consumo e maiores dívida no futuro.

                Olhe a sua volta: Você já reparou como preço dos itens cada vez é maior , por consequência a unidade do poder de compra mesmo na classe média é cada vez menor?

                EX: Eu posso empregar metade população para tapar buracos no sol escaldante do meio dia, e o pior de tudo posso fazer isso mediante emprego estatais, isso entraria para estatísticas do governo como tendo a menor taxa desemprego no mundo.

                Estude a relação das crises e você vai ver que boa parte das crises estourou quando a taxa desemprego batia as mínimas pelas estatísticas enviesadas do governo.

                12+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
  • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 14:04

    Por José Eustáquio Diniz Alves

    “A dívida é a mãe prolífica de loucuras e crimes” — Benjamin Disraeli (1804-1881)

    O mundo está sentado sobre um barril de pólvora. A dívida global subiu para o recorde de US$ 247 trilhões, no primeiro trimestre de 2018. Isto representa 318% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial.

    Como mostra o gráfico acima, a dívida era de menos de US$ 100 trilhões em 2003, atingiu US$ 177,7 trilhões em 2008 e passou para US$ 209,4 trilhões em 2013. A dívida mundial subiu quase US$ 150 trilhões nos últimos 15 anos. Cerca de US$ 10 trilhões a cada ano.

    De acordo com análise do Instituto de Finanças Internacionais (IIF), os níveis de endividamento das famílias, dos setores corporativos não financeiros e do governo atingiram US$ 186,5 trilhões no primeiro trimestre de 2018. A dívida do setor financeiro subiu para um recorde de US$ 60,6 trilhões. O crescimento econômico está sendo sustentado no crédito e no endividamento que será pago pelas gerações futuras.

    Após uma aversão ao endividamento em decorrência de uma década com disponibilidade de dinheiro barato e após a crise financeira de 2008, a dívida dos mercados emergentes subiu para um recorde de US$ 58,5 trilhões no primeiro trimestre de 2018 – mais de 84% desde o início da crise em 2008. Muitos mercados emergentes dependem de financiamento bancário de taxas variáveis e correm altos riscos por conta do aumento das taxas de juros, pois o refinanciamento e o pagamento das dívidas em dólar ficam significativamente mais caros.

    Nos últimos 5 anos, a dívida do governo subiu mais acentuadamente no Brasil, Arábia Saudita, Nigéria e Argentina, de acordo com o IIF. Além disso, as potências ricas em petróleo, como Qatar e os Emirados Árabes Unidos, além de Cazaquistão e Peru, têm dependência perigosa em dívidas financiadas externamente.

    Esta situação de endividamento que já é explosiva por si só, fica, potencialmente, mais inflamável com a guerra comercial entre Estados Unidos e China e que pode se espalhar para outras regiões. As famílias, empresas e governos tomam empréstimos com base no pressuposto de que pagarão suas dívidas (principal e juros) ou rolando em novos empréstimos. Mas isso só funciona se os rendimentos crescem rápido o suficiente para tornar as dívidas suportáveis ou para justificar novas dívidas. Quando esses ingredientes desaparecem, surgem inadimplência e pânico.

    O relatório do IIF diz que as dívidas de alguns países emergentes estão vulneráveis ao risco de refinanciamento – a incapacidade de substituir os empréstimos vencidos. Entre 2018 e 2019, cerca de US$ 1 trilhão de dívidas denominados em dólares estão vencendo em mercados emergentes. Acontece que o período de baixas taxas de juros está acabando. As baixas taxas de juros praticadas pelos bancos centrais dos países desenvolvidos e as políticas de afrouxamento monetário para prover liquidez, como as chamadas “quantitative easing”, ajudam na recuperação da economia, mas, em geral, causam bolhas financeiras. Esse processo gera também grande especulação nas bolsas de valores, o que pode levar a uma grande queda (crash), como em 1929, 1987 e 2008. Há muitos sinais de uma próxima crise financeira e de um novo colapso da economia internacional.

    Para o sociólogo Wolfgang Streeck, diretor do Instituto Max-Planck de Colônia: “O capitalismo está morrendo de overdose de si mesmo.” Ele acredita que o sistema capitalista democrático do pós-guerra caminha para o seu fim, pois o casamento do capitalismo com a democracia está praticamente encerrado e há uma tendência de baixo crescimento, sufocamento da esfera pública, avanço da oligarquia financeira, da corrupção e da anarquia internacional. As políticas de Donald Trump são apenas um aspecto de um desastre mais amplo.

    Para Streeck, a crise atual não é um fenômeno acidental, mas o auge de uma longa série de desordens políticas e econômicas que indicam o enfraquecimento do capitalismo democrático.

    Se acrescentarmos o fato de que a contínua e permanente acumulação de capital e a produção em massa de bens e serviços provoca grande degradação do meio ambiente, então, a dívida financeira é um lado da moeda e a dívida ambiental é o outro lado. Neste sentido, pode-se dizer que o capitalismo está cavando a sua própria cova entre duas montanhas de dívidas, uma financeira e a outra ecológica.

    Referência:

    ALVES, JED. A dívida de 200 trilhões de dólares e a próxima crise financeira mundial, Ecodebate, 13/03/2015

    http://www.ecodebate.com.br/2015/03/13/a-divida-de-200-trilhoes-de-dolares-e-a-proxima-crise-financeira-mundial-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/

    Global debt hits record $247 trillion. Irish Examiner, 12/07/2018

    https://www.irishexaminer.com/breakingnews/business/global-debt-hits-record-247-trillion-854806.html

    José Eustáquio Diniz Alves, Colunista do Portal EcoDebate, é Doutor em demografia e professor titular do mestrado e doutorado em População, Território e Estatísticas Públicas da Escola Nacional de Ciências Estatísticas – ENCE/IBGE; Apresenta seus pontos de vista em caráter pessoal.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 14:07

      Desconsidera baboseira do filosofo e de nome aos bois.

      Keynesianismo = Capitalismo democrático, ou social democracia.

      Usam este eufemismo para o arranjo moderno , coisa típica de filósofos que não querem perceber que governo é raiz de tais distorções , uma vez que o mesmo é que cria as distorções no mercado de crédito e dívida. O capitalismo nada tem haver com isso, mas sim o arranjo entre banco central, estado e sistema financeiro.

      O governo usa receitas oriundos do arranjo para se financiar:

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • socrates 20 de março de 2019 at 14:21

      “Para o sociólogo Wolfgang Streeck, diretor do Instituto Max-Planck de Colônia: “O capitalismo está morrendo de overdose de si mesmo.” Ele acredita que o sistema capitalista democrático do pós-guerra caminha para o seu fim, pois o casamento do capitalismo com a democracia está praticamente encerrado e há uma tendência de baixo crescimento, sufocamento da esfera pública, avanço da oligarquia financeira, da corrupção e da anarquia internacional. As políticas de Donald Trump são apenas um aspecto de um desastre mais amplo.”

      Eis a questão. Por isso meu comentário acima: “tudo tem que ter limites”.
      Se nós não decidimos os limites, outros decidirão por nós.
      O malvadão “governo” nunca exisitiu na Banania. Sempre foi um monstrengo ocupado por bandidos, ou, na melhor das hipóteses, populistas egoístas.

      Ainda acho que o REAL motivo de não exisitr um crash é porque vai ficar muito claro que os países com economias liberais e equinanimes se sairão MUITO melhor do que os outros. Não vai haver marola, mas a onda será bem menos devastadora.

      E sendo assim, como convencer Bananias (north e latina) a continuarem com sistemas tributarios tao esdruxulos?

      Tic , tac

      5+
      • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 14:38

        Não sei da onde tu tira isso Sócrates.

        A política é reflexo dos anseios do povo que procura em lideres e governos uma respostas para suas desilusões.
        Não custa lembrar que tiranos ao longo da história acenderam para tirania com apoio da população.

        Leia-se governo = Sociedade

        E não adianta trocar bandidos de estimação. O sistema sendo centralizado, planificado as distorções tendem ocorrer.
        Os países ditos liberais pagam a conta dos demais, assim como adimplentes pagam a conta dos inadimplentes.

        E isso dura até quando? Basta inverter a equação.

        Segundo você é possível continuar rolando dívida privada e pública por mais algumas décadas, já mandei pilhas de dados das contas públicas provando por A + B que não é possível fazer isso .

        O mundo anda barril de pólvora , as pessoas estão triste de desiludidas ao mesmo tempo que ódio tende crescer neste arranjo

        Veja a nossa volta:
        Argentina pediu arrego ao FMI
        Venezuela quebrou e vive crise humanitária.
        Chile com uma série de conflitos sociais.

        Países desenvolvidos:
        Maior banco alemão passando sufoco.
        Itália quebrou, foi socorrida com dinheiro da Alemanha e outros países do bloco.
        Espanha: Crise severa e desemprego aumentando.
        França: Todo mês uma nova manifestação por qualquer aumentinho de imposto OBS: com direito atos terrorista e quebradeira de bens públicos.
        Inglaterra: Impasse do Brexit , bolha imobiliária em Londres e sistema público de saúde cada vez pior.

        Eua: Emprego temporários e emprego de meio período entrando para engodar estatísticas oficiais.
        Déficits comercias aumentando e ascensão crescente de partidos explicitamente socialistas .

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • rogerio 20 de março de 2019 at 15:05

          Apocalipse ao melhor estilo MadMax

          8+
          • avatar
          • Alemon Fritz 20 de março de 2019 at 15:12

            países envelhecendo… em sincronia com bolhas e super concentração de $$$ (62 pessoas mais ricas possuem = valor de todo o dinheiro que 3 bilhoes de pessoas (mais pobres) (fonte: Sapiens e Homo deux Y. Hariri), além da força de querer extremos nas bolsas, pib etc

            8+
            • avatar
            • avatar
            • Alemon Fritz 20 de março de 2019 at 15:20

              -Falha crítica no sistema eletrônico de votação da Suíça é descoberta
              Tecmundo-21 horas atrás
              -Os desafios para introduzir o voto eletrônico na Suíça
              swissinfo.ch-18 de mar de 2019

              3+
              • avatar
        • socrates 20 de março de 2019 at 16:09

          “A política é reflexo dos anseios do povo que procura em lideres e governos uma respostas para suas desilusões.”

          Você realmente acredita nisso, Senhor Bolha?
          Você realmente acredita nas eleições?
          Você realmente acredita uq eo Bolsonaro e os petistas não são atores? E em meio aos atores há uma legião de pessoas perdidas, sem saber no que acreditar com certeza?

          2+
          • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 17:09

            O que eu acredito: Pessoas , sociedade , coletivo é compostos por 1% de pessoas que fazem a diferença na humanidade e 99% de pessoas que criam mais problemas do que podem resolver, o segundo grupo trabalha para terceirizar questões para sociedade,sejam tais questões que impactem diretamente ou indiretamente no primeiro grupo.

            E como a sociedade cria mais problemas do que efetivamente soluções,consequentemente o destino da humanidade tende ser o caos.O ser humano é como inseto que se alimenta na lavoura, quando não mais existir lavoura em seu quintal ele parte para o do vizinho.Ademais os recursos do planeta são finitos e incompatíveis com as tecnologias e processos industriais atuais. Processos de produção sofrem de uma incerteza cada vez maior , incertezas de ordem : política , recursos , ordem econômica ou climáticos.

            Outra questão é a centralização da informação sobre indivíduos auferida por meio da inteligência artificial (o tal BIG data), que é amplamente compartilhado por governo e corporações, este processo esta minando toda individualidade, e também poder decisão individual. O mundo moderno é estruturado para lhe oferecer serviços e nada mais.

            Você não mais pode recusar um serviço, uma vez que é penalizado pelo sistema. A moda agora é falar de crédito social, procura no google sobre experiência moderna com estes arranjos financeiros.O crédito social é lastreado na capacidade de um ADM oferecer crédito de acordo com suas condutas ( nunca pergunte quem define qual é conduta correta), a priori você fica impossibilitado de adquirir uma ampla gama de serviços no sistema de acordo com classificação do seu crédito social;tudo isso é feito meio de tecnologia da informação.

            O tal chipe da besta do religiosos parece fichinha, uma vez que ao obter controle do crédito social o governo teria controle sobre suas ações.

            Agora junte tudo isso para um mundo empilhado em uma montanha de divida contraída por idiotas irresponsáveis , dívidas aos quais são bancadas pela sociedade. Qual a chance deste modelo dar certo? Eu acredito que nenhum.

            Não deu no passado e não vai dar no futuro: As grandes civilizações do passado tiveram ciclos de crescimento seguidos por um período conhecido como: Apogeu, após este período a grande estagnação começou, seja por desordem política, social , econômica.

            O sistema atual nada mais fez que hipotecar o futuro de novas gerações antecipando receitas ao contrair dívidas de longo prazo, agora a conta chegou e o dinheiro que poderia ser colocado sobre a mesa não existe.

            Não reconheço existência de vítimas e opressores como pintados pela dialética moderna, ambos grupos são seres inescrupulosos e como tal vão impor opiniões ao demais grupos desorganizados como macacos raivosos, isso gera e sempre vai gerar conflito social.

            Ademais a grande massa influenciável, leia-se( Idiota útil), na política vence aquele com maior convencimento das massas, dizer a verdade não pode ser encarado como algo que ganhe eleições. Postei uma dúzias de contradições entre discursos e prática na política, estas distorções vem se avolumando com o tempo.

            Não acredito no processo democrático, principalmente pela essência do mesmo ser coletiva. Basta um número substancial de idiotas para fazer um estrago social enorme e irreversível a sociedade. E a história tem provado que o número de idiotas é sempre maior que o número de pessoas sensatas .

            A questão aqui não é quão justo você é em relação aos demais seres da sociedade, mas que bastaria uma peça no lugar errado para por todos seus planos por água abaixo.

            Quando alguém aponta o dedo para um político alegando ter uma ética e moral superior, é muito comum tal indivíduo se colocar acima dos políticos nestes dois quesitos, mas será mesmo que esta pessoa é tão justa como diz ser?

            No fundo se trata do mesmo debate sobre tráfico de drogas: O traficante existe porque o mercado é alimentando pelos drogados, ao combater o traficante você esta combatendo a consequência e não a causa.Enquanto existir demanda por drogas: Vai existir tráfico.

            O mesmo vale para o populismo econômico, nacionalismo etc etc As evidência não importam , mas sim a capacidade convencimento da massa.

            Lembrando que se trata de um campo de humanas, não de lógica . Portanto em questão de humanos a mera abstração de números não pode ser extrapolada para realidade do mesmo.

            Isso explica porque pessoas com conhecimento ” QI elevado”, muitas vezes tomam decisões erradas , baseada em diagnósticos puramente emocionais ou falsas evidências. Nunca passou pela sua cabeça que a vítima as vezes consente? Já passou pela sua cabeça que neste caso a vítima na verdade é o monstro? Que esta falsa dicotomia de opressores e oprimidos pode ser facilmente subvertida.

            8+
            • avatar
            • Falido.com 20 de março de 2019 at 18:01

              Porra….Quando sai a tradução?Eu confesso que estou tendo dificuldades de assimilar… 🙂

              3+
              • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 18:47

                Resumo: Nunca depende de sistema democrático , o ser humano é um lixo!
                Nunca coloque sua vida , crença ou visão de mundo no ombro de um sistema democrático.

                Faça por si, sem esperar de outrem.

                O futuro da humanidade é negro por uma série de evidências por aqui debatidas. Faça por onde, não espere nada de ninguém .

                E o mais importante , os governos mais irresponsáveis chegam ao poder com consentimento da população. Nunca subestime a capacidade do ser humano de fazer burrices.

                11+
                • avatar
                • avatar
                • Falido.com 20 de março de 2019 at 18:52

                  ok….hahaha resposta curta e resposta longa…bom método….

                  2+
                • Carlos 20 de março de 2019 at 20:40

                  E os trad-cons idiotas pedindo para suas populações reproduzirem…
                  Mais nem-nems, mais molecada autista, mais dano ecológico, fora que ter um filho custa o mesmo do que um bolhudo, ter 2 ou mais é se escravizar pelo resto da vida e ou ter uma vida miserável.

                  6+
                  • avatar
    • Cesar_DF 21 de março de 2019 at 13:30

      No mundo se acumularam cerca de1,5 quatrilhões de dólares em derivativos voláteis que podem explodir como uma “bomba financeira”, adverte o analista norte americano Stephen Lendman, acrescentando que este cenário tornaria a recessão de 2008-2009 parecer fraca em comparação.

      Enquanto isso, os dados do Banco de Pagamentos Internacionais, a instituição financeira que coordena a atividade dos bancos centrais mostra que existem cerca de 700 trilhões de dólares de derivados globais. Junto com as permutas de incumprimento creditício (também conhecidos como CDS, de “credit default swaps”) e “outros instrumentos financeiros exóticos”, o valor total dos instrumentos financeiros derivativos somou 1,5 quatrilhões de dólares. Este é mais de 20% que em 2008, um enorme fluxo que, se tem lugar um caos financeiro, é impossível de controlar, escreve Stephen Lendman ao portal Global Research.

      Durante anos, Warren Buffett descreveu como “bombas de derivados financeiros” para as economias e cidadãos comuns, lembra o especialista.

      A Federal Reserve, o banco central norte-americano, controlado e operado pela Wall Street, é a raiz do problema, não a solução, enfatiza o analista. Em Wall Street “dinheiro compra interesses políticos como se fossem pasta de dentes”, acrescenta.

      1+
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 14:41

    TCU breca 1º leilão de rodovias de Bolsonaro
    TCU considerou haver ”inconsistências” no edital para entregar para a iniciativa privada a concessão da BR-364 e BR-365, que cortam Minas e Goiás

    A decisão joga água no plano do governo de licitar a rodovia entre abril e junho deste ano. A estrada que liga Goiás ao Triângulo Mineiro sai de Jataí e chega até Uberlândia. A concessão prevê investimentos de R$ 2 bilhões e custos operacionais com conservação, operação e monitoramento de mais R$ 2,7 bilhões, o que totaliza R$ 4,7 bilhões a serem aplicados no prazo de 30 anos de contrato.

    https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2019/03/20/internas_economia,1039489/tcu-breca-1-leilao-de-rodovias-de-bolsonaro.shtml

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • socrates 20 de março de 2019 at 16:10

      ou licitação por menor preço ao usuario assegurada boas condições do serviço ou NADA
      licitação por meio de venda de estradas é um crime e quem autoriza deveria ser preso

      5+
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 15:13

    Sempre soube que mulher gosta é de dinheiro, quem gosta de homem é…

    O levantamento também mostrou que a satisfação com a vida entre mulheres (nota 6,2) superou a dos homens (nota 6,1). Em 2013, as notas eram de 6,9 e 7,2, respectivamente. Para Neri, isso pode ser explicado pelo avanço da renda feminina (+2%) ter superado a masculina (-5%)

    https://www.valor.com.br/brasil/6169393/felicidade-encolheu-mais-na-classe-media-diz-fgv-social

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 15:22

    Caixa prepara venda dos imóveis em carteira, diz presidente
    Medidas gerariam receita para pagar dívida perpétua ao Tesouro de R$ 40 bilhões

    Durante o Carnaval, o executivo visitou investidores de imóveis distressed que estão na carteira da
    Caixa após serem tomados por causa de atrasos no pagamento de financiamentos e que totalizam quase
    R$ 8 bilhões, segundo o balanço de setembro. É a maior carteira entre os bancos brasileiros

    https://www.infomoney.com.br/negocios/grandes-empresas/noticia/7995175/caixa-prepara-venda-dos-imoveis-em-carteira-diz-presidente

    2+
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 15:46
  • CA 20 de março de 2019 at 15:50

    Mais uma informação sobre a “melhoria nos empregos”…

    https://www.istoedinheiro.com.br/mercado-de-trabalho-precario-eleva-numero-de-lares-sem-renda-diz-ipea/

    Trechos do link acima:

    “No quarto trimestre de 2017, 21,5% dos domicílios pesquisados pela Pnad Contínua não tinham nenhum morador desempenhando uma atividade remunerada no mercado de trabalho. Essa proporção subiu para 22,2% no último trimestre de 2018. Antes da recessão econômica, no quarto trimestre de 2013, 18,6% das residências não tinham moradores com ocupação remunerada.”

    “O Ipea lembra que a geração de postos de trabalho medida pela Pnad Contínua perdeu fôlego no segundo semestre de 2018. Além disso, o aumento da ocupação aconteceu, basicamente, na informalidade. O Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged) também mostrou tendência semelhante, com uma estabilidade do número de contratações e um aumento das demissões.

    “Adicionalmente, nota-se que quase um quarto dos empregos formais criados (de acordo com o Caged) foram baseados em contratos de trabalho parciais ou intermitentes. Ainda dentro deste contexto, os dados de desalento e subocupação ajudam a corroborar o atual estado ainda ruim do mercado de trabalho”, ressaltou o estudo do Ipea.””

    5+
    • avatar
    • avatar
  • indiobolhista 20 de março de 2019 at 16:08

    O QUE BOLSONARO FEZ EM 3 MESES DE GOVERNO:

    1- Baixou de 39 para 22 Ministérios, gerando economia para os cofres públicos;
    2- Nenhum de seus ministros foram por indicação política, mas sim por serem especialistas no cargo;
    3- Abriu a caixa preta do BNDES, que terá de devolver ao tesouro nacional R$ 316 Bilhões roubados pelo PT;
    4- Cortou 2,5 Bilhões de verbas de patrocínio com a Globo e outras empresas televisivas, e criou um canal oficial do governo no Youtube;
    5- Cortou milhares de cargos comissionados;
    6- Desbaratou a quadrilha que usava os índios para a criação de criptomoedas;
    7- Descobriu que os aviões do SUS estavam sendo utilizados para o transporte de drogas;
    8- Cortou a obrigação dos trabalhadores de pagar o imposto sindical;
    9- Criou a PEC da Previdência, para cortar privilégios de políticos, militares e funcionários públicos. Agora, quem ganha mais paga mais, quem ganha menos paga menos;
    10- Gerou saldo positivo nas contas do governo de R$ 30,2 bilhões em 3 meses;
    11- Mudou a “Lei Rouanet”, que passou a beneficiar apenas artistas não consagrados;
    12- Cortou a suntuosa verba do Carnaval e outros eventos, passando a responsabilidade a ser dos próprios idealizadores;
    13- Mudou a validade da CNH de 5 para 10 anos;
    14- Acabou com as lombadas eletrônicas;
    15- Desvendou as fraudes no BOLSA FAMÍLIA, onde os benefícios iam para pessoas mortas, empresários e funcionários fantasmas;
    16- Exonerou seu próprio ministro e mandou que a Polícia Federal investigasse seu partido;
    17- Mostrou ao mundo como a esquerda deixou o Brasil depois de 20 anos, ao postar um vídeo em seu Twitter com cenas imorais de foliões em local público;
    18- Fez a maior aliança entre Brasil e Estados Unidos, recebendo em rede televisiva o compromisso do Presidente Trump de turbinar economicamente as relações entre os dois países.
    19- Cortou 21 mil cargos comissionados, gerando economia de mais de 200 milhões
    20- Incluiu o 13 salário para quem recebe o bolsa família

    E TEM GENTE COM UM NEURÔNIO SÓ AFIRMANDO QUE BOLSONARO NÃO FEZ NADA! 🤣

    “Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos”

    7+
    • avatar
    • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 16:12

      13- Mudou a validade da CNH de 5 para 10 anos;

      Quando isso?! Acabei de renovar a minha e só vale por 5 anos

      8+
      • avatar
      • avatar
      • Rico 20 de março de 2019 at 16:26

        Não mudou não, é proposta.

        7+
        • avatar
        • avatar
    • socrates 20 de março de 2019 at 16:17

      e como justificar o Paulo Guedes, Indio? O que foi levantado aqui no blog é mentira?
      Quanto aos atos, se não apenas propaganda, no geral são bons sim.
      Particularmente, discordo de:

      14- Acabou com as lombadas eletrônicas;
      18- Fez a maior aliança entre Brasil e Estados Unidos, recebendo em rede televisiva o compromisso do Presidente Trump de turbinar economicamente as relações entre os dois países.

      Preciso nem dizer que o 18 significa dobrar a meta em tudo o que é tanto explanado aqui no blog, ne?

      Você realmente acha que o PT , NA PRATICA, era contra o interesse dos bandidos que tem o poder no EUA?
      Uma coisa: O PT ocupou o espaço de quem aqui? O que o PT conseguiu fazer com quem defendia a “justiça social”?

      1+
    • rogerio 20 de março de 2019 at 16:24

      é muito triste o ponto que chegamos, ainda mais num blog que considerava sério.

      1+
      • indiobolhista 20 de março de 2019 at 16:31

        babaca é muito triste aiiimmmmm, aqui só sabemos esquerdar, toma na orelha rogerio, seu cú com certeza está froxo.

        4+
        • CA 20 de março de 2019 at 16:42

          indiobolhista,

          Novamente você está totalmente DESCONTROLADO.

          Já trouxe as evidências de que o governo atual é socialista, porque era contra a forma da GM CHANTAGEAR e obter BENEFÍCIOS EXCLUSIVOS, que você disse ser um exemplo de Capitalismo, enquanto nossa oposição a isto e ainda, estando de acordo com o governo, era “socialismo”?

          Já demonstrou que a Dilma é Capitalista por defender o mesmo que você quanto ao caso da GM e ter aplicado isto no Brasil?

          Já explicou porque você trouxe notícias de fatos que já existem desde 2012 e da era PT para justificar o caso da Qualcomm e também da fábrica nova na cidade de Pouso Alegre, como se fossem “novidades” da era Bolsonaro?

          Então, não cansou de PASSAR VERGONHA com os casos acima e agora trouxe outros? E insiste em da forma mais IDIOTA possível chamar o pessoal daqui de Socialista, só porque não são doentes mentais e SEM NOÇÃO como você?

          kkkkkk

          18+
          • avatar
          • avatar
        • rogerio 20 de março de 2019 at 17:50

          esse cara deve ter sofrido muito bullying durante a juventude, procure um psiquiatra, vá se tratar e saia dos grupos malucos de internet que combinam terrorismo e assassinato de crianças em escolas.

          7+
  • indiobolhista 20 de março de 2019 at 16:13

    passa a data da renovação por favor

    0
    • CA 20 de março de 2019 at 16:53

      indiobolhista,

      É só uma PROPOSTA, NÃO FOI FEITO NADA.

      Ainda ontem, literalmente, você trouxe absurdos e foi DESMENTIDO na hora! Não, a GM não é obra do Bolsonaro, o time dele era contra!

      Ainda sobre os absurdos de ontem: não, a Qualcomm não foi mérito do Bolsonaro, o papo já vem desde 2012 com o PT, assim como a outra fábrica que você colocou em cidades do RS, várias já vinham sendo feitas desde a era PT, de novo, o que você colocou não tem NENHUMA relação com novo governo, foram só FAKE NEWS com PEGA-TROUXAS, com os quais você se identificou de imediato…

      Daí você FINGE que não viu as respostas acima e traz mais FAKE NEWS sem checar as origens DE NOVO e no dia seguinte?

      Vai se internar, você está precisando!

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Falido.com 20 de março de 2019 at 18:07

        A única risada do dia… vcs são incríveis…. 🙂

        6+
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 20 de março de 2019 at 16:17

    Por Michael W. – 26 de fevereiro de 2019

    A validade da CNH é de 5 anos, mas para pessoas com idade acima de 65 anos, a validade da carteira de habilitação cai para 3 anos. Após o vencimento da CNH, o motorista só poderá dirigir por 30 dias corridos até a renovação

    a minha Validade: 24/02/2024

    dei entrada pouco antes desta data, mas a reportagem acima de 26/02 é clara em dizer que a validade é de 5 anos

    https://mundodoautomovelparapcd.com.br/renovar-habilitacao-como-funciona-e-quanto-custa/

    4+
    • avatar
    • avatar
  • indiobolhista 20 de março de 2019 at 16:22

    O QUE BOLSONARO FEZ EM 3 MESES DE GOVERNO:

    1- Baixou de 39 para 22 Ministérios, gerando economia para os cofres públicos;
    2- Nenhum de seus ministros foram por indicação política, mas sim por serem especialistas no cargo;
    3- Abriu a caixa preta do BNDES, que terá de devolver ao tesouro nacional R$ 316 Bilhões roubados pelo PT;
    4- Cortou 2,5 Bilhões de verbas de patrocínio com a Globo e outras empresas televisivas, e criou um canal oficial do governo no Youtube;
    5- Cortou milhares de cargos comissionados;
    6- Desbaratou a quadrilha que usava os índios para a criação de criptomoedas;
    7- Descobriu que os aviões do SUS estavam sendo utilizados para o transporte de drogas;
    8- Cortou a obrigação dos trabalhadores de pagar o imposto sindical;
    9- Criou a PEC da Previdência, para cortar privilégios de políticos, militares e funcionários públicos. Agora, quem ganha mais paga mais, quem ganha menos paga menos;
    10- Gerou saldo positivo nas contas do governo de R$ 30,2 bilhões em 3 meses;
    11- Mudou a “Lei Rouanet”, que passou a beneficiar apenas artistas não consagrados;
    12- Cortou a suntuosa verba do Carnaval e outros eventos, passando a responsabilidade a ser dos próprios idealizadores;
    13- Desvendou as fraudes no BOLSA FAMÍLIA, onde os benefícios iam para pessoas mortas, empresários e funcionários fantasmas;
    14- Exonerou seu próprio ministro e mandou que a Polícia Federal investigasse seu partido;
    15 – Mostrou ao mundo como a esquerda deixou o Brasil depois de 20 anos, ao postar um vídeo em seu Twitter com cenas imorais de foliões em local público;

    16- Cortou 21 mil cargos comissionados, gerando economia de mais de 200 milhões
    17- Incluiu o 13 salário para quem recebe o bolsa família

    E TEM GENTE COM UM NEURÔNIO SÓ AFIRMANDO QUE BOLSONARO NÃO FEZ NADA! 🤣

    “Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos”
    e ai galerinha mimimi, fiquem a vontade para o choro,

    5+
    • Rico 20 de março de 2019 at 16:25

      2- Nenhum de seus ministros foram por indicação política, mas sim por serem especialistas no cargo;
      Só me explica a especialidade do Ricardo Vélez Rodríguez senão ser indicado pelo Jim Jones da Virgínia…

      8+
      • avatar
      • avatar
      • indiobolhista 20 de março de 2019 at 16:29

        Escreve livros, ou você queria um pedagogo para o cargo? se o 99% são quase retrasados mentais, ou voe queria Haddad de ministro do MEC??
        Pensadores portugueses (séculos XIX e XX). Londrina, 2015
        A grande mentira : Lula e o patrimonialismo petista. Campinas: Vide Editorial, 2015 ISBN 9788567394701 OCLC 952493843
        Da Guerra à Pacificação: a escolha colombianaDa guerra à pacificação : a escolha colombiana. Campinas: Vide Editorial, 2010 ISBN 9788562910012 OCLC 683321053
        O Patrimonialismo Brasileiro em Foco (com Antonio Paim, Antonio Roberto Batista e Paulo Kramer) O patrimonialismo brasileiro em foco. Campinas: Vide Editorial, 2015 ISBN 9788567394725 OCLC 952499284
        Tópicos especiais de filosofia moderna. Juiz de Fora: UFJF; Londrina: UEL, 1995
        Estado, cultura y sociedad en la América Latina. Colección 30 años Universidad Central.[42]
        A democracia liberal segundo Alexis de Tocqueville. Ed. Mandarim, 1998 -[42] José Luis Gómez-Martínez
        Keynes: doutrina e crítica (1999).Ed. Cadernos liberais[42]
        O Trabalhismo após 1930. 2ª ed. Rio de Janeiro: Editoria Central da Universidade Gama Filho, 1994Para ministro do MEC

        6+
        • Rico 20 de março de 2019 at 16:34

          Não, queria um torneiro mecânico ou um pedreiro.
          Cara acorda, é só o outro lado da moeda. Estamos fornicados…

          11+
          • avatar
          • avatar
          • CA 20 de março de 2019 at 17:00

            Rico,

            Pelo currículo, deveria ter contratado J. K. Rowling, afinal, não só é uma escritora sem NENHUMA vivência no executivo e sem ser especialista em nada, como no caso acima, como ainda tinha experiência muito melhor com LIVROS e pelo menos sabia fantasiar sobre ministérios, como o da magia…

            14+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
    • Godinez 20 de março de 2019 at 17:25

      indiobolhista,

      suas postagens indicam que você é um entusiasta do governo do Bolsonaro, mas aconselho que não reproduza tudo que aparece em grupos de apoio alinhados ao clã Bolsonaro sem antes filtrar. Muita coisa dessa lista aí foi só proposta (ainda vai ter que passar pelo Congresso), logo ainda não se efetivou, de todo modo, há mérito nesse governo em tentar levar adiante questões relevantes (PEC da Previdência, Pacote Anti-Crimes, revisão de gastos publicitários).

      O que não se espera das mentes que frequentam esse espaço é adesão irrestrita e cega a governo X ou Y. Muita gente aqui bateu forte no Temer, mas soube reconhecer que o teto dos gastos que ele conseguiu articular e aprovar, junto com a Reforma Trabalhista foram pontos positivos de seu governo que, no mais, foi medíocre e manteve as pedaladas e maracutaias da era Lula/Dilma. A turma aqui vai bater em tudo que vier do governo e soar como retrocesso, má-gestão ou, simplesmente, euforia ideológica (e não adianta chamar de esquerdista, petista, CiroGomista, etc., a galera está vacinada).

      Bolsonaro está há apenas três meses no cargo e a missão dele não é e não será nada fácil, pois vai ser osso duro aprovar tudo que a equipe econômica dele quer e propaga como necessário para salvar o país da crise fiscal atual (o discurso do Guedes na posse do novo presidente do Bacen foi muito otimista, relevante para apontar o rumo que se quer dar à economia e, ao mesmo tempo, ele tocou no ponto da difícil tarefa da costura política e na necessidade de priorizar o mais importante). Até agora, o governo passou nos dois primeiros testes importantes, eleger os presidentes das casas legislativas. Nenhum dos dois é muito confiável, mas foram os candidatos que melhor se alinharam ao Executivo e que tinham chance de vencer. A tramitação da reforma da Previdência é o próximo grande teste, que o governo deve superar (tem minha torcida), depois daí virá a necessidade de reforma tributária e a discussão do Pacto Federativo. No mais (hino nas escolas, golden shower, menina rosa/menino azul, briga com jornalista, caso Bebianno, embaixada de Israel em Jerusalém, discurso anti-globalismo, dar espaço para Olavo de Carvalho palpitar), o governo mais tem se atrapalhado do que conseguido pautar uma agenda de melhorias relevantes. Daqui a seis meses será mais interessante avaliar o governo, baseado no que ele de fato já tenha aprovado.

      De todo modo, sigo na torcida por avanços, não tenho saudade da Dilma e de sua nova matriz macroeconômica, que seria replicada pelo Haddad, se eleito, e que nos levaria à situação similar à da Crise Grega de 2008, ou pior, para o início do abismo hiperinflacionário Venezuelano .

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 20 de março de 2019 at 17:38

      indiobolhista,

      Impressionante a sua falta de noção…

      Quer dizer que com uma lista de 20 “realizações”, algumas patéticas e indignas de nota, por não serem nada “excepcionais”, em poucos segundos você já fez uma nova postagem e tirou 3 delas, só porque percebeu que aqui não é o grupo de fanáticos SEM NOÇÃO do Whatsapp que você frequenta?

      PASSOU VERGONHA DE NOVO!

      Pelo jeito você gosta disto, tem aquele lance masoquista comum aos fanáticos, neste ponto, poderá sofrer pelas demonstrações de sua ESTUPIDEZ por aqui, não se preocupe, também vamos nos divertir com isto…

      Vamos a mais uma parte das mentiras, meia-verdades, PEGA-TROUXAS e afins destes 17 itens que restaram:

      Item 2: a Damares é especialista? Não foi indicação da bancada da Bíblia e só porque eles disseram isto você acreditou??? Ela é especialista em que, em dizer BESTEIRA, como a Dilma? Sobre o outro ministro, complementei a lista com outro “especialista” em escrever livros que virou ministro, vai saber, talvez tragam um especialista em qualquer outro assunto e pendurem em outro cargo público.

      Item 3: Caixa Preta do BNDES e R$ 315 bilhões roubados pelo PT. Aqui é o truque da MEIA-VERDADE, que esconde MEIA-MENTIRA. Explico:
      O Governo apenas COMEÇOU a abrir a caixa preta do BNDES apresentando os maiores devedores. Isto não significa que TODOS os maiores devedores e os R$ 315 bilhões foram roubados pelo PT! Ainda tem que INVESTIGAR e PROVAR se houve fraude e qual teria sido o montante da fraude. Sim, acredito que existam fraudes, podem até ser relevantes, mas daí a AUMENTAR, INVENTAR e DISTORCER os fatos, como é praxe dos Bolsominions, vai uma GRANDE diferença!

      Itens 5 e 16 – repetidos no melhor estilo PEGA-TROUXA. Divide a mesma notícia em duas partes e coloca uma distante da outra. Os acéfalos bolsominions sem espírito crítico nem percebem e… PASSAM VERGONHA DE NOVO! PIOR: NÃO, eles não vão gerar esta economia de R$ 200 MILHÕES! Uma parte relevante destes cargos comissionados NÃO ESTAVA OCUPADO, como você vai economizar o que não está gastando?!

      Item 8 – Cortou a obrigação de pagamento da contribuição sindical???
      NÃO FOI O BOLSONARO que fez isto, foi a nova legislação trabalhista do Temer! O que foi feito no novo governo foi apenas COMPLEMENTAR isto criando um dificultador a mais quanto ao pagamento para sindicatos, que não pode ser automático, como disse, um mero COMPLEMENTO, só para aparecer e espalhar para os Bolsominions, mas desde o governo Temer já não era mais obrigatória!

      Segue a notícia de julho/2017, DEMONSTRANDO que a obrigação de contribuição sindical deixou de existir desde 2017, durante o governo Temer:

      https://g1.globo.com/economia/noticia/contribuicao-sindical-sera-opcional-na-nova-lei-trabalhista-entenda-o-que-mudou.ghtml

      Mais uma MENTIRA do Fake News, de novo ROUBANDO realizações de antecessor para parecer que fez mais, parte do PEGA-TROUXA de Bolsominions!

      9 – Criou a PEC da Previdência:
      A Dilma também queria fazer a reforma, o Temer não só queria como também criou a PEC. O Bolsonaro, até aqui, só fez o mesmo que os dois antecessores e está na fase do QUERER. Depois de aprovada e implementada, daí ele pode considerar como REALIZAÇÃO, porque as experiências anteriores já demonstraram que querer não é poder e que só TROUXAS acreditam que isto por si só, depois de falhas anteriores, já seria uma nova “realização”. Ah, eu quero ter uma Ferrari, então a minha realização via querer é maior que a sua!

      10- Gerou saldo positivo de R$ 30 bilhões em 2 meses:
      A Dilma e o Temer também fizeram isto no início de mandatos graças a OBRIGAÇÃO frente ao DESASTRE FISCAL. Não é nenhuma “novidade”, nem nada “especial”, apenas não resta qualquer alternativa, qualquer governante teria que fazer o mesmo, não resta outra opção!

      Notícia sobre a Dilma, que no segundo mês do primeiro mandato, anunciou R$ 50 BILHÕES de cortes em gastos e aí, o Bolsonaro ficou pra trás?

      http://g1.globo.com/economia/noticia/2011/02/governo-anuncia-corte-recorde-de-r-50-bilhoes-no-orcamento-de-2011.html

      13-Desvendou as fraudes do bolsa família— Foi o primeiro a fazer isto? Foi algo inédito? Isto já acontece FAZ TEMPO, só os bolsominions para achar que foi o novo governo quem “inventou” estas investigações sobre fraudes…

      Notícia de 2.016, dando conta de fraudes de R$ 2,5 bilhões no bolsa-família:
      https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,ministerio-publico-aponta-fraudes-de-r-2-5-bilhoes-no-bolsa-familia,10000054296

      Notícia de 2.018, dando conta de fraudes de R$ 1,3 bilhões no bolsa-família:
      https://www.oantagonista.com/brasil/fraudes-no-bolsa-familia-provocam-prejuizo-de-13-bilhao-de-reais/

      Então quer dizer que um processo CONTÍNUO, que já se iniciou há pelo menos 3 anos, é um dos diferenciais do novo governo? REPETIR o que já era feito antes é uma das “realizações”?

      14- Exonerou seu próprio ministro e mandou que a Polícia Federal investigasse seu partido

      Ah, esta foi outra “novidade”, ou só copiou o que os antecessores já faziam? PIOR: demitiu só um, tinha que demitir um segundo, do turismo e de quebra, tinha que mandar o Fatura Midas Bolsinho para a CADEIA. E isto é “mérito”, ter um filho que cometeu CRIMES CLAROS, assim como um super-ministro da fazenda e outros ministros e tudo isto aparecendo em tempo recorde? É “orgulho” de termos um governo que se dizia a última virgem do bordel demonstrando ser tão sujo quanto antecessores e os podres batendo recorde e aparecendo mais cedo do que nunca na história do país? É disto mesmo que você se orgulha???

      Bom, a Dilma dispensou muito mais ministros, não passou tanto a mão na cabeça como o Bolsonaro. Aliás, você sabia que a Lava Jato surgiu e começou suas investigações na era PT? Qual o “mérito” que é “inédito” quanto a isto? Esta é a OBRIGAÇÃO da PF, que ela já faz há muito tempo, de novo, SEM NOVIDADES.

      https://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/um-governo-que-demite-seis-ministros-por-problemas-eticos-merece-e-vaia-nao-aplauso-e-ha-um-setimo-entrando-na-fila-8230/

      17 – Incluiu o décimo terceiro para o Bolsa Família
      Qual o mérito desta ação???
      É uma ação tipicamente SOCIALISTA e CAPITALISTA, no padrão da Venezuela, é disto que você se orgulha?
      Um governo QUEBRADO fazendo MÉDIA com a população para ser eleito, compra de votos na maior cara-de-pau do mundo e isto é uma realização?

      indiobolhista: posso complementar e colocar bem mais informações e evidências se quiser continuar sofrendo, é só avisar…

      21+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 20 de março de 2019 at 17:41

        Correção sobre o item 17:

        É uma ação tipicamente SOCIALISTA e POPULISTA. Tinha escrito capitalista por engano.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • indiobolhista 20 de março de 2019 at 16:24

    O Brasil foi tão bom com o socialismo né, que foi a sétima economia do mundo? vivendo fantasía de esquerdopata, para ser de esquerda só pode ser um miserável.

    3+
    • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 17:24

      PiB nominal e nada é mesma coisa índio.

      Prefiro ter um metade do PIB nominal do Brasil com uma população de 5 milhões de habitantes em vez de ter 210 milhões e mesmo PIB nominal de país de 5 milhões de habitantes.

      Quando analisamos O PIB per capita nos estamos em 50 ou 52 no ranking.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 20 de março de 2019 at 18:26

        isso aí.
        Nao entendo quando o pessoal fala do Japao e a “estagnação” economica.
        Ora: se a população cai e o pib fica igual ou cresce pouco, em tese, eles estao ficando com mais qualdiade de vida.
        Obvio que tem a questão da concentração da renda. Mas em valores absoultos e mantendo a concentração como uma (k)onstante, é isso

        5+
        • avatar
        • socrates 20 de março de 2019 at 18:28

          sem contar que em breve a India sera a terceira economia do mundo e em um MEDIO prazo , a maior
          A internet chegou com força lá e a subida será inevitável.
          A AFrica também terá sua vez e não tardará.

          3+
        • Falido.com 20 de março de 2019 at 19:00

          Não vou nem falar sobre os anos de estagnação japonesa….
          O Sr Bolha tem isso de cor e salteado …..

          3+
          • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 19:21

            A conta é simples se o PIB cresce menos que o serviço da dívida e a demografia acumulada, significa que economia ficou estagnada.

            Não tem como olhar só um fator isolado. O japão esta estagnado porque sua economia não consegue crescer o suficiente para gerar abatimento das dívidas contraídas nas ultimas décadas.

            O crescimento do PIB pode ser inflado e manipulado por injeção de crédito, e como Japão torrou trilhões em estímulos fiscais esperava um crescimento da ordem 3% a.a ou mais no PIb durante uma década ou mais.

            Ai entra questão que se esta tendo menos pessoas o sistema piramidal japonês vai ruir igual demais países, por isso estão elevando contribuição dos imposto e aposentadoria por lá. A conta não fecha.

            Não se pode guiar muito pelo PIb, mas na falta de outro indicador de melhor qualidade vai ele mesmo.

            https://extra.globo.com/noticias/economia/governo-do-japao-visa-pacote-de-estimulo-para-compensar-aumento-de-impostos-sobre-vendas-dizem-fontes-23223264.html

            5+
            • avatar
            • avatar
            • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 19:23

              TÓQUIO (Reuters) – O governo do Japão está considerando um pacote de estímulo estimado em 10 trilhões de ienes (87,87 bilhões de dólares) para compensar o impacto do aumento do imposto sobre vendas no próximo ano e aumentar os gastos com obras públicas após uma série de desastres naturais, disseram três fontes.

              Alguns dos fundos seriam destinados a medidas previamente anunciadas, como incentivos fiscais para compra de carros e vales-compras para ajudar famílias de baixa renda, disseram as fontes.

              O governo também pode gastar mais em infraestrutura e prevenção de desastres, pois algumas autoridades se preocupam com a necessidade de algo para compensar os crescentes riscos globais, disseram as fontes, que não quiseram ser identificadas porque o pacote ainda não foi finalizado.

              É possível que o governo realize esses gastos por mais de um ano, disseram as fontes.

              O imposto sobre vendas em todo o país está programado para subir para 10 por cento em outubro de 2019, ante 8 por cento atualmente.

              O aumento do imposto pode custar aos cidadãos cerca de 5,6 trilhões de ienes, de acordo com uma estimativa do banco central do Japão. Algumas autoridades querem tomar medidas para compensar esse fardo o máximo possível, disseram as fontes.

              O pacote de estímulo poderia levantar preocupações sobre a carga da dívida pública do Japão, que já é a pior entre as principais economias com o dobro do tamanho de sua economia de 5 trilhões de dólares.

              (Por Izumi Nakagawa )

              4+
              • avatar
              • avatar
              • Falido.com 20 de março de 2019 at 20:00

                O mais engraçado é que mesmo procurando, parece ser vergonha para os japoneses reconhecerem que erraram nas finanças…
                Tudo é muito restrito,disfarçado……
                Eles querem ser muito certinhos, sei lá…

                3+
                • avatar
                • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 20:11

                  Se foste só eles eu tava feliz: Nunca me canso de dar risada das soluções americanas e europeias.

                  5+
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
  • indiobolhista 20 de março de 2019 at 16:50

    Nos EUA, Moro assina acordos para o combate ao crime organizado
    Pactos representam o início de troca de informações sobre casos e criminosos; ministro tem encontros marcados com autoridades americanas

    O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro (Michel Jesus/Câmara dos Deputados)

    O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou nesta segunda-feira, 18, que assinará ainda hoje dois acordos de cooperação e troca de informações com os Estados Unidos para o combate do crime organizado e da lavagem de dinheiro. Os entendimentos serão fechados com o FBI e com o Departamento de Segurança Nacional americano.

    “Há pontos de união, de convergência, e esses encontros, além desses acordos, contribuem para que nós possamos atuar mais rapidamente nessas áreas”, disse Moro a jornalistas em Washington, onde acompanha a visita oficial do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos. “Informação é tudo. [Os acordos] são sobre casos criminais, sobre criminosos”, afirmou.

    Segundo o ministro, na medida em que as informações estiverem disponíveis entre os dois países, “ganham o Brasil e os Estados Unidos”.

    5+
    • CA 20 de março de 2019 at 17:59

      indiobolhista,

      Não precisa ir tão longe, pra que ir até os EUA? Aqui mesmo, tem tanta coisa a ser investigada…

      Vou dar aqui alguns exemplos “singelos”, se quiser posso colocar mais, afinal, nunca antes na história do país foram descobertos tantos roubos, desvios, esquemas de laranjais em tão pouco tempo de governo, o que não falta são “causos” (sic):

      Tudo que consta abaixo, de conhecimento do “papi” dele, ÓBVIO, afinal, ninguém vê o filho enriquecer em tempo relâmpago sem questionar, só bolsominions completamente TAPADOS que acreditam nisto:
      – 46 depósitos em caixa eletrônico feitos pelo Fatura Midas Bolsinho em sequência, “pra não pegar fila do caixa” (kkkk), visível esquema de dinheiro SUJO referente a transferência de funcionários da câmara para o Fatura Midas Bolsinho;
      – Fatura Midas Bolsinho empregando mãe e esposa de milicianos, homenageando-os, sendo que “singelamente”, próximo ao restaurante da mãe do Miliciano saíram parte dos depósitos em caixa eletrônico mais do que suspeitos;
      – Fatura Midas Bolsinho compra 2 imóveis, no total, pouco mais de R$ 300 K. Estranho que venderam para ele com grande prejuízo, antes valiam R$ 400 mil. Mas isto não é nada, vendeu estes mesmos imóveis, pouco mais de 1 ano depois, por mais de R$ 1 MILHÃO, ou seja, os imóveis mais do que TRIPLICARAM de preço em pouco mais de 1 ano, esquema típico de LAVAGEM DE DINHEIRO, que deve ter vindo das “contribuições” dos funcionários da câmara.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 20 de março de 2019 at 18:30

        agora, CA, imagina saber de tudo isso e ainda morar na “cidade” onde tantos golpes aplicados pela familia (e outros, claro) incentivaram a bolha a niveis absurdos e que hoje tem um prefeito e um governador fakes?
        Dureza…

        6+
        • avatar
        • avatar
  • Falido.com 20 de março de 2019 at 17:53

    Vamos mudar tudo isso que tá aí talkey?
    .
    Do twitter.
    .
    Rafael Lima
    Idéias Radicais
    .
    Reforma da previdência dos militares está: uma merda
    Isso coloca a reforma da previdência em sério risco e esvazia o discurso de acabar com privilégios.

    Economiza patéticos 10bi em 10 anos.

    Bolsonaro pelo jeito escolheu proteger sua corporação. Nossa, que surpresa né.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 20 de março de 2019 at 18:04

      Falido.com,

      É um conjunto de fatores, desde falta de conhecimento de como os políticos trabalham, o que é ABSURDO frente aos 30 anos de Bolsonaro na Câmara, até o interesse CORPORATIVISTA mencionado acima, passando pelo fato de acharem que agora todos são trouxas e manipuláveis, como a rede de Bolsominions que criaram e os seguem CEGAMENTE (ver exemplo do indiobolhista mais acima).

      A reforma da previdência dos militares foi para “Inglês ver”. Na prática, vai gerar muita discussão e atraso, sem contar que ela vai balizar PARA BAIXO o restante da reforma da previdência, em tudo os políticos vão comparar com esta versão dos militares e usarem como argumento para desidratar a reforma da previdência como um todo. O famoso TIRO NO PÉ!

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • rogerio 20 de março de 2019 at 18:25

        Com esse texto dos militares a reforma da previdência civil não passa, jogo 90% das fichas…

        7+
        • avatar
        • avatar
      • socrates 20 de março de 2019 at 18:32

        mas esse deve ser o plano!
        A cortina de ferro não é exclusividade dos soviéticos

        6+
        • avatar
        • avatar
  • Carlos 20 de março de 2019 at 18:40

    Tá explicada a queda no preço dos imóveis, maldito Waze 😀
    OBS: Mais uma prova de que quem confia em corvo e propriotário sobre as prováveis qualidades dos seus tijolos é um idiota.

    Alerta do Waze para área de crimes irrita moradores
    Ferramenta aponta áreas que seriam perigosas, mas não explica como é feito o apontamento

    O consultor tributário Danilo Rocha, de 30 anos, mora há quatro anos na avenida Gabriela Mistral, uma das principais vias da Penha, na zona leste da capital. Há cerca de dois meses, decidiu se mudar para uma casa mais próxima do trabalho e colocou o seu apartamento à venda. Na primeira visita do corretor de imóveis, no entanto, ficou sabendo que o Waze indicava a região como sendo propensa a crimes.
    “Fiquei sem entender, é uma rua residencial e uma vizinhança muito antiga. Aqui a gente pode deixar o carro na rua durante a noite que nada acontece”, disse.
    Incomodado, ligou para a delegacia da região e descobriu que não havia nenhum registro de ocorrência recente na rua. “Nada de assalto, nada de roubo. Queria saber qual é o critério pra classificar uma rua como perigosa”.

    https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2019/03/alerta-do-waze-para-area-de-crimes-irrita-moradores.shtml

    O idiota diz que é segura porque não tem registro de ocorrência, 90% dos morros do hell provavelmente tb não tem.
    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2013/12/policia-prende-suspeito-de-participar-de-roubo-moto-filmado-por-vitima.html

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 20 de março de 2019 at 18:56

      Sou de SP e sempre soube que parte dessa avenida tem “probleminhas” criminais…
      Aqui, sempre tem alguma “mentirinha” branca pra melhorar esgoto caótico que é essa cidade…
      Apesar disso, tenho muita saudade de lá….melhor que esse interior cheio mato e mascador de fumo que moro hoje….

      3+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 20 de março de 2019 at 20:46

        Com conhece SP, ou outros metrópolis bananences, sabe muito bem que estas avenidas em regiões industriais ou semi-industriais são muito perigosas em geral, agora na zona lost então… faixa de gaza é mais segura 😀

        4+
        • avatar
        • Falido.com 20 de março de 2019 at 20:59

          Mas o incrivel é que a Mistral tem uma parte boa… Mas, como é uma região mais humilde, o que sobressai é o lado ruim mesmo… Mas se fosse a cracolândia no Tatuapé(Bairro de classe merdia-alta) só coias boas…. hipocrisia que chama né?

          3+
          • avatar
          • Carlos 20 de março de 2019 at 21:10

            Todos estes lugares simplesmente morrem quando chega a noite, o motumbado do apertamento disse que pode estacionar o carro na rua com segurança, quero ver ele pegar o carro as nove da noite 😀

            5+
            • avatar
            • avatar
  • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 19:53

    Reforminha previdência e a bomba atômica da bovespa.

    Querem dar risada leilão a besteirada dos socialistas franceses

    https://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/7996624/mensagem-da-franca-ao-capitalismo-e-simples-adapte-se-ou-morra

    Nunca me canso de ouvir deturpação da narrativa. Segundo os cara ai a questão só tributar os ricos. Pera ai você tem uma carga tributária de quase 50% do PIB e não dão conta de fazer lindo sonho social democrata.

    O mais bizarro é o termo socialismo democrático . Segundo a França o que esta matando economia excesso de capitalismo. Então porque não aumenta a porra da carga tributária para 200% do PIB hahahhah

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 21:35

    Tributos:

    https://tradingeconomics.com/france/corporate-tax-rate

    Dívida pública:
    https://tradingeconomics.com/france/government-debt-to-gdp

    Gostos do governo em relação ao PIB

    https://pt.tradingeconomics.com/country-list/government-spending-to-gdp

    Acho que os governo não estão mais divulgados dados de arrecadação para não chocar o pessoal.

    Só encontrei uma lista antiga com carga tributárias do países, aparece França encabeçando 47%. E se não tiver nos 50% não falo nada.

    4+
    • avatar
    • Carlos 20 de março de 2019 at 22:14

      E a pior parte:
      Herdamos toda a burocracia, corrupção e manias “socialistas” dos franceses, italianos e portugueses 😀
      Seja por tranferência cultural ou por nossa academia, principalmente as ciências humanas, serem completamente baseadas nos franceses.
      Basta lembrar que a segunda língua nas escolas no brasil foi francês por muito tempo, era chique e coisa de gente rica.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 22:37

        Tenso

        3+
        • avatar
      • Alemon Fritz 20 de março de 2019 at 22:38

        (kkk eu era criança e era escutar abadjour, bidet, carpê, penhoar, sutien, laquê… deve ter sido por causa da modinha do babaca do Sartre, cinema, e de escolas de teatro e balet da elite)…

        6+
        • avatar
      • Rico 21 de março de 2019 at 10:25

        Toda vez que leio isso lembro da Nigéria, Zimbábue e Guiana, que herdaram da Inglaterra a miséria…

        2+
        • avatar
  • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 23:00

    Quando falo para olharem a realidade das finanças destes países , e principalmente: Não dar bola ao vizinho chique que sai falando da europa baseado no tio do amigo que mora lá, ou porque fez intercambio e ficou lá durante uns meses

    Mudar de país é ancorar seu patrimônio expectativas, e convenhamos europa nas ultimas décadas só tem queimado dinheiro.

    Tem que ser muito louco para abrir empresas na França e Itália com toda esta incerteza e estes mentalidade nacional.
    O mais importante não é o que país foi no passado, mas sim o que ele vai se tornar no futuro. Sinceramente não vejo nada muito animador.

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 23:25

    Sobre pirâmides , forex .

    https://www.youtube.com/watch?v=gDj0S6hoLKA

    3+
  • Senhor Bolha 20 de março de 2019 at 23:46
  • CA 21 de março de 2019 at 06:51

    “Parece” que a estratégia de fazer promessas UFANISTAS, completamente ABSURDAS, junto com um conjunto enorme e recorde de FAKE NEWS distribuída via rede de idiotas úteis de Bolsominions, mais uma série de depoimentos, tweets, etc com conteúdos impróprios para um presidente e por fim, mas não menos importante, a revelação em tempo recorde de diversas sujeiras relacionadas à família Bolsinho, ministros, laranjais, etc, está cobrando o seu preço:

    Bolsonaro é o presidente com a pior popularidade neste momento do mandato desde 1.995!

    Será que vai entrar na próxima lista de “realizações” dele? NÃO! Por que? Porque neste caso é verdade, não combinaria com as mentiras, meias-verdades, exageros e itens corriqueiros que compõem esta lista…

    “Detalhe”: se a popularidade dele continuar caindo deste jeito, teremos sérios riscos de não conseguirem aprovar a reforma da previdência, algo que já tínhamos alertado por aqui antes…

    https://epoca.globo.com/queda-de-popularidade-de-bolsonaro-pode-complicar-votacoes-diz-cientista-politico-23538328

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 07:42

    Estadão Conteúdo
    postado em 21/03/2019 04:40
    O investimento direto da China no exterior, desconsiderando-se o setor financeiro, totalizou US$ 15,66 bilhões no primeiro bimestre de 2019, segundo o Ministério de Comércio chinês.

    A cifra é 6,9% menor do que a de igual período do ano passado, segundo cálculos do Wall Street Journal com base nos dados oficiais.

    Apenas em janeiro, os investimentos chineses no exterior tiveram queda de 15% na comparação anual. Fonte: Dow Jones Newswires.

    2+
  • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 07:45

    Economia com reforma dos militares frustra analistas e pode dificultar Previdência

    Os especialistas consideraram um erro estratégico propor simultaneamente a mudança nas aposentadorias e a reestruturação da carreira dos militares. Isso ofenderia o discurso de unidade da reforma, abrindo um flanco para novas demandas surjam, observou o especialista em Previdência Pedro Nery. Sérgio Vale, da MB Associados, enxerga no movimento um simbolismo prejudicial à reforma.

    — Não cabia discutir aumento salarial agora. Dá a ideia de quem está no poder consegue manter seus privilégios e vai contra a ideia de justiça social — criticou.

    Segundo Renato Ribeiro, sócio da Gap Asset, o ruído se amplifica diante da carreira de Bolsonaro no Exército e da forte presença de militares no governo:

    — A sensação é ruim. Embora seja difícil quantificar o impacto na reforma, a percepção é que o presidente privilegiasetor do funcionalismo próximo a ele — afirmou.

    Segundo o advogado Erick Magalhães, do Magalhães & Moreno, o projeto amplifica privilégios, uma vez que o déficit dos militares foi o que mais cresceu ano passado, chegando a R$ 40 bilhões. Para Fábio Klein, da Tendências, a “desidratação” deve tornar mais difíceis e lentas as discussões políticas em torno da reforma.

    7+
    • avatar
    • Cesar_DF 21 de março de 2019 at 07:51

      Cajuzinha

      Hoje, a maior diferença entre o valor arrecadado e gasto é com as aposentadorias rurais, em segundo lugar vem a dos militares.

      Apesar do modelo proposto reduzir o valor que seria economizado com os militares nos próximos 10 anos, estas alterações tornarão o sistema SUPERAVITÁRIO, mas é claro que a maior parte da mídia não colocará esta informação.

      5+
      • avatar
    • CA 21 de março de 2019 at 08:38

      https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/03/20/reforma-previdencia-militares-metade-gastos-rombo-aposentadoria.htm

      “Militares são minoria, mas proporcionalmente custam mais para a Previdência”

      “Os militares representam hoje metade dos gastos da Previdência entre o funcionalismo público, embora representem apenas 31% do quadro”

      “De acordo com o estudo, dedicado especialmente à reforma da Previdência, hoje são gastos R$ 43,9 bilhões com pensões e aposentadorias para cerca de 300 mil militares e pensionistas, enquanto a União despende R$ 46,5 bilhões para 680 mil servidores do regime civil”

      “Segundo dados do Ministério da Economia, o déficit previdenciário do RPPS federal (Regime Próprio de Previdência Social), voltado aos servidores públicos, diminuiu em relação ao PIB (Produto Interno Bruto), mas quase quintuplicou em 20 anos. Militares representam gasto proporcional maior. Déficit saltou de R$ 20,8 bilhões (1,9% do PIB) em 1999 para R$ 90,3 bilhões (1,3% do PIB) em 2018 São 980 mil beneficiados pelo RPPS federal: 300 mil pensionistas e militares reformados e 680 mil são servidores civis Militares e civis dividem o bolo em praticamente 50%: os militares consomem R$ 43,9 bilhões e os civis, R$ 46,5 bilhões Entre os militares, também é maior o número de pensionistas”

      7+
      • avatar
  • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 07:49

    Qual vai ser a solução encontrada aqui no Brasil? kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Projeto oferece imóveis desocupados no Japão a mães solteiras por preços menores
    Imóveis vazios no Japão representam cerca de 14% do mercado imobiliário. Iniciativa premiada oferece-os a mães solteiras para que possam começar a vida.

    Por outro lado, o Japão tem cada vez mais imóveis vagos. Há cerca de 9 milhões de casas e terrenos vazios – cerca de 14% de todo o mercado japonês. Segundo relatório do Fórum Econômico Mundial em parceria com a fundação Thomson Reuters, estima-se que um terço das moradias japonesas estejam vazias em 2033.

    https://g1.globo.com/olha-que-legal/noticia/2019/03/21/projeto-oferece-imoveis-desocupados-no-japao-a-maes-solteiras-por-precos-menores.ghtml

    5+
    • Cesar_DF 21 de março de 2019 at 07:52

      Em alguns bairros chega a 35%
      Chupa Japão, na zona portuária do Hell de Janeiro a vacância é de 80% kkkk

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 21 de março de 2019 at 08:31

        e isso porque alguns orgaos estatais transferiram para lá parte de seus serviços apesar de inumeros predios publicos vazios espalhados ou “fechados” pela “cidade”.
        Não vejo outra solução senão a transformação daquela região em zona mista, permitindo que os predios comerciais sejam adaptados para predios residenciais.
        Isso não vale só para o hell; não é possível que o pessoal ainda não tenha estimado corretamente o alcance da revolução que a internet causará.

        4+
        • avatar
  • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 08:15

    Problema no setor imobiliário?!!!!!

    Na manhã desta quarta-feira (20) o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD) apresentou na Assembleia Legislativa um panorama das ações do governo.

    Em seu discurso ele pontuou que a crise que abateu a econômica de Sergipe foi maior que na maioria dos estados do país.

    E apontou problemas no setor imobiliário, têxtil e a queda na produção de petróleo. Sendo que o maior desafio de acordo com ele, é a crise nas finanças públicas com a Previdência, que concentra as maiores despesas do estado. Além do impacto da situação de desequilíbrio fiscal, e da impossibilidade de acesso a crédito para fazer investimentos.
    https://g1.globo.com/se/sergipe/noticia/2019/03/20/governador-de-sergipe-diz-que-vai-enviar-pacote-de-medidas-contra-crise-economia-para-votacao-na-alese.ghtml

    Sem dúvida situação aqui é MUITO crítica. Já fomos “muito bem de vida”, aí começamos a dar aumento pra todo mundo e a receita caiu, ou seja, temos que pagar sem ter da onde tirar…

    5+
    • avatar
  • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 08:38

    Segundo o Ibope, a avaliação positiva do governo de Jair Bolsonaro caiu 15 pontos percentuais em menos de três meses. Em janeiro 49% dos brasileiros consideravam a gestão recém-começada boa ou ótima; em março esse percentual foi para 34%. Por outro lado, o número de pessoas que acham o governo ruim ou péssimo subiu de 11% em janeiro para 24% em março.

    https://epoca.globo.com/queda-de-popularidade-de-bolsonaro-pode-complicar-votacoes-diz-cientista-politico-23538328

    2+
    • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 08:42

      https://www.metropoles.com/brasil/politica-br/no-twitter-oposicao-comemora-queda-de-popularidade-de-bolsonaro

      “Bolsonaro tem a pior avaliação entre presidentes estreantes em 24 anos, mostra Ibope. Isto é reflexo de seus erros e barbaridades”, escreveu o líder da oposição na Câmara, deputado Alessandro Molon (PSB-RJ, foto em destaque).

      “Parece que a popularidade do Bolsonaro vai bater no pré-sal antes dele entregar a Petrobras para os gringos. Perder 14% (sic) de avaliação positiva e mais que dobrar o ruim/péssimo em 3 meses não é pra qualquer um, é coisa de incompetente profissional. Um artista!”, escreveu o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP).

      “Em comparação com outros presidentes eleitos, o começo da passagem de Bolsonaro pelo Palácio do Planalto é o pior já registrado”, registrou o ex-ministro da Saúde do governo Dilma, Alexandre Padilha.

      A divulgação da pesquisa também fez o Ibope chegar ao topo dos assuntos mais comentados do Twitter Brasil no final do dia. Por outro lado, a proposta de reforma da Previdência dos militares, entregue ao Congresso pelo próprio Bolsonaro, não ficou entre os assuntos mais comentados.

      4+
      • avatar
    • CA 21 de março de 2019 at 09:25

      Cajuzinha,

      Tinha comentado a este respeito mais acima:

      Um conjunto de FAKE NEWS via Bolsominions (muitas das mentiras são GROTESCAS, como no exemplo do indiobolhista mais acima e assim, ofensivas para quem tem pelo menos 2 neurônios), em conjunto com comportamento completamente inadequado do presidente que mais parece um adolescente nas redes sociais (INFELIZMENTE neste ponto Ciro Gomes tem razão), mais a descoberta pelo grande público de diversos escândalos relacionados a crimes por parte da família Bolsinho, ministros e pessoas próximas, juntamente com as promessas UFANISTAS (que também são ofensivas para quem tem o MÍNIMO de espírito crítico) e mais uma série de desencontros e falta de tato político, fora tratarem a todos como perfeitos idiotas, achando que o país inteiro é composto de Bolsominions (quando a maioria que votou nele era por ser CONTRA O PT), só fizeram aumentar a REJEIÇÃO ao presidente, em patamar RECORDE, sendo que se continuarem se AUTO-SABOTANDO nesta velocidade, não terão nenhuma força para aprovar a IMPOPULAR reforma da previdência ao longos dos próximos meses.

      Tudo que consta acima, tem relação direta com o que sempre alertávamos por aqui.

      A conferir…

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 08:48

    A Vitacon, do empresário Alexandre Frankel, pretende lançar empreendimentos imobiliários com valor geral de vendas (VGV) estimado em R$ 2,3 bilhões em 2019, 87% a mais do que no ano passado. Se confirmado, esse volume será equivalente à metade do realizado no último ano pela Cyrela, líder nacional em residenciais de alto padrão. “Estamos em um momento muito especial”, afirma Frankel. “Em vez da tempestade, temos agora o céu perfeito”. Ele cita, como fatores que influenciam essa perspectiva, inflação e juros em patamares moderados e aumento na confiança do consumidor.

    Outra incorporadora que está ganhando corpo é a You, do empresário Abrão Muszkat, ex-sócio da Even. Para este ano, a projeção é de lançar empreendimentos com VGV estimado entre R$ 800 milhões e R$ 900 milhões, quase o dobro do ano passado, quando chegaram a R$ 500 milhões.

    Setin também está ganhando tração, com empreendimentos que devem somar R$ 650 milhões em valor geral de vendas em 2019, ante R$ 500 milhões em 2018. “Quero chegar a R$ 1 bilhão no ano que vem”, diz o dono, Antônio Setin.

    A Setin firmou parceria com a incorporadora amazonense Capital para criação de uma nova empresa em São Paulo, chamada Mundo Apto. O foco será o programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), segmento imobiliário que mais cresceu nos últimos anos, chegando a representar dois terços dos lançamentos e das vendas no País. A meta para 2019 é de lançar cinco projetos, começando em maio.

    AGORA a melhor parte: “apesar do alto desemprego”

    Enrico Trotta, analista de construção civil do Itaú BBA, afirma que os juros dos financiamentos para residenciais de médio e alto padrões caíram para cerca de 9% ao ano, porque os bancos estão mais agressivos e planejam continuar crescendo nessa área. Ele também diz que o estoque de imóveis disponíveis para venda está abaixo da média histórica, o que abre espaço para o início de novos projetos, apesar do alto desemprego.

    https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2019/03/21/internas_economia,1039752/incorporadoras-medias-ocupam-espaco-de-grandes.shtml

    5+
    • avatar
    • CA 21 de março de 2019 at 09:14

      Cajuzinha,

      A Setin até outro dia oferecia imóveis com 2 anos sem custo de IPTU, condomínio e Internet, para desovar um SUPER-ESTOQUE fruto de um volume monstruoso de vendas para investidores, onde muitos viram que o preço na entrega era mais barato que aquilo que pagaram na planta e faziam o distrato.

      Análogo ao que consta acima para a Vitacom, sem oferecer os 2 anos, mas dando descontos e fazendo “promoções”.

      Apesar disto, ainda temos uma infinidade de jaulas em regiões do centro de São Paulo, com preços em ANÚNCIOS muito elevados para aluguel, com altos custos de condomínio e que estão HÁ ANOS nas mãos de investidores sem alugar, dezenas de milhares de flats “chiques” com condomínios com preços abusivos e alguns no meio da Cracolândia, só no SONHO de esperar que algum dia consigam se livrar do abacaxi e enquanto isto, acumulando perdas mensais de milhares de Reais entre a desvalorização do imóvel e a queda do preço do aluguel.

      Exemplo:
      https://www.imovelweb.com.br/apartamentos-flat-aluguel-sao-paulo-sp-1-quarto-pagina-2.html
      Flats para alugar em São Paulo, só no imovelweb: 39.009 unidades anunciadas com 1 dormitório.
      Preço médio de aluguel: R$ 2.386,00.
      Não tem o preço médio de condomínio, mas se navegar na página, verá que para estes imóveis minúsculos o preço MÍNIMO na grande maioria dos casos é superior a R$ 1.000,00, sendo que boa parte acima de R$ 1.300,00.

      Frente a esta ABSURDA distorção que causa ENORMES PREJUÍZOS, que em grande parte foi promovida por Vitacom e SETIN em São Paulo, aproveitando-se de euforia UFANISTA e uma enormidade de golpes de DESINFORMAÇÃO (*), o que eles pretendem fazer? DOBRAR A META (**)!

      (*) No primeiro semestre de 2013 os lançamentos e vendas na planta de flats no centro expandido de São Paulo foi o TRIPLO do recorde de 10 anos, com 80% das vendas para investidores que pretendiam alugar estes imóveis e isto só aconteceu porque PROMETERAM uma reforma completa do centro de São Paulo, trem-bala entre São Paulo e Rio de Janeiro, a SELIC estava em sua mínima histórica até aquele momento e haviam “N” outras promessas desde melhoria duradoura na economia, passando por disparada no número de estudantes vindo à São Paulo e “precisando” destes flats em função do FIES e empresários que estavam “ansiosos” para ficarem nestes flats ao invés de hotéis durante suas viagens de negócio. Como sabemos, NADA do que foi prometido aconteceu e gerou a ENORME distorção demonstrada acima. Repetiram o GOLPE de DESINFORMAÇÃO em menor escala no início de 2018.

      (**) O DOBRAR A META é baseado também em outro gigantes golpe de DESINFORMAÇÃO, aproveitando-se da SELIC em seu menor patamar histórico e também de um enorme conjunto de otimismo UFANISTA plantado pelo governo atual, que afirmou que após a reforma da previdência termos crescimento de 6% do PIB nos 12 meses seguidos, 10 anos seguidos de crescimento do PIB, 8 MILHÕES de empregos A MAIS a serem gerados nos 4 anos seguintes ao da aprovação da reforma, fora as promessas de obter R$ 1 TRILHÃO com venda de imóveis públicos, R$ 1 TRILHÃO pela implantação do cadastro positivo, R$ 700 BILHÕES via Tsumoney e outras VIAGENS NA MAIONESE. É o RECORDE histórico de otimismo UFANISTA que ajuda a alimentar estas profundas DISTORÇÕES e os prejuízos que irão se MULTIPLICAR em função disto.

      4+
      • avatar
  • Falido.com 21 de março de 2019 at 10:35

    Glórias a Deuxxxx ,
    .
    Sandy e Jr resolveu voltar a fazer shows juntos…
    Todo mundo em festa….
    A Globo comemora,
    Os Anos 90 voltaram…
    Vamos voltar a comprar cd’s…
    Tomar gini e crush….
    Assistir o Faustão no Perdidos na Noite (Sabadão a noite)
    Torcer para um curintia e parmêra no domingo….

    Podemos parar de falar em coisa chata tipo economia, previdência, Queiroz, Betina, Brexit, China…. 🙂

    3+
    • Alemon Fritz 21 de março de 2019 at 10:49

      e a volta dos tigres asiáticos (crise de 1997), já tem novela rememorando a década de 90… e pelo menos tinha a Vendramine ao invés de todynho

      5+
      • avatar
      • Rico 21 de março de 2019 at 11:14

        Vendramini era do final dos anos 1980. E tinha 16 anos.
        Passava comercial de gente pelada na TV.
        Gasolina custava 0,80 centavos
        Na rádio passava Pearl Jam, Stone Temple Pilots e Alice Chains.
        Maconheiro discutia sobre música e cultura, não sobre Golden Shower.
        Eu era pós adolescente e pegava geral. Bons tempos…

        8+
        • avatar
        • avatar
        • Falido.com 21 de março de 2019 at 11:53

          e eu escutava os meus pais que o país era uma merda….
          E hoje…. em aquelas alegrias temos mais…
          Volta Sandy e Jr….

          1+
          • avatar
      • Falido.com 21 de março de 2019 at 11:15

        Nem fala na Vendramine…. ahhhhhhh……

        5+
        • avatar
        • Cesar_DF 21 de março de 2019 at 14:00

          Em 1980 o Pelé comia o rabo da Xuxa, e ela com 17 anos, e ninguém falava em racismo
          Valéria Valença foi por muitos anos a mulata do fantástico, porque era LINDA e não porque era negra.
          Hoje o mimimi dos progressistas é um saco

          5+
          • avatar
        • Cesar_DF 21 de março de 2019 at 14:03

          Tinha as peladas da Manchete, novela Dona Beja e Pantanal
          Jô Soares de Capitão Gay
          Show de transformistas no programa Silvio Santos
          Programa da madrugada: “Cinemania 2: Mais Forte Ainda”

          5+
          • avatar
  • Alemon Fritz 21 de março de 2019 at 10:58

    demanda reprimida mas tá “valorizando”

    -Aplicativo recebe 434 denúncias em 1 dia.
    JCNET – Jornal da Cidade de Bauru-7 de mar de 2019. No primeiro dia de funcionamento, o aplicativo criado para a denúncia de terrenos, calçadas e imóveis abandonados com mato alto e sujeira recebeu 434 denúncias.

    6+
    • avatar
  • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 11:02

    Apesar da Selic continuar baixa, custo do crédito ao consumidor segue alto

    A percepção da autoridade monetária é de que indicadores recentes “apontam ritmo aquém do esperado”. Na penúltima reunião, sob o comando de Ilan Goldfajn, o comunicado afirmava que os índices continuavam evidenciando “recuperação gradual”. O BC ressaltou ainda que é preciso implementar reformas fiscais, principalmente da Previdência.

    Na visão de Júlio César Barros, economista da Mongeral Aegon Investimentos, a decisão do Copom já era esperada, mas o teor do comunicado surpreendeu. “O reconhecimento de que o índice da atividade econômica está mais fraco do que o esperado, além da menção de que o balanço de risco é simétrico, foram surpresas em relação à última reunião”, disse.

    https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2019/03/21/internas_economia,744320/apesar-da-selic-continuar-baixa-custo-do-credito-ao-consumidor-segue.shtml

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • DouglasteR 21 de março de 2019 at 11:09

      Canetada altera o papel mas não altera a realidade.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 21 de março de 2019 at 11:34

      Cajuzinha,

      Vejamos alguns trechos do que consta acima:

      “A percepção da autoridade monetária é de que indicadores recentes “apontam ritmo aquém do esperado”.”

      Aquém do esperado por quem? Pelos “especialistas economistas”? O que teria mudado na economia, que justificaria tal “expectativa”?

      Por acaso fizemos dança da chuva para garantir safra recorde de 20 anos como tivemos em 2017? Por acaso apareceram mais verbas mágicas como do FGTS dos inativos ou do PIS/PASEP de décadas atrás para serem os salvadores da pátria como em 2017 e 2018?

      O que tivemos mais recentemente, no final do ano passado e início deste ano, foi um RESQUÍCIO destes eventos não recorrentes e alguma influência do otimismo UFANISTA, mas que geram cada vez menos resultado concreto para a “dinâmica” da economia e TODO MUNDO sabe do que consta aqui, ou seja, uma hora, de tanto se fazerem de IDIOTAS, todos vão saber que é isto mesmo que eles são!

      “O BC ressaltou ainda que é preciso implementar reformas fiscais, principalmente da Previdência.”

      Sério mesmo? Esta será nossa tábua de salvação, nosso “Santo Graal”?

      Como a reforma da previdência resolverá a PROFUNDA DEGRADAÇÃO dos empregos?

      Como ela resolverá a INADIMPLÊNCIA GERAL DO CONSUMIDOR que PIORA sem parar?

      Como evitará a continuidade das QUEBRAS de empresas com DÉCADAS ou faturamento BILIONÁRIO?

      Sozinha, a reforma da previdência não resolve sequer o déficit da própria previdência, apenas AMENIZA UM POUCO, menos de 20%, por isto que não resolverá NADA do que consta acima.

      E o governo continua paralisado, fazendo aposta em apenas UM assunto e fazendo de conta que vai resolver todos os problemas que tem BOLHAS como causa RAIZ, mexendo em algo que não tem NENHUMA relação com isto e juntando com “N” outras promessas UFANISTAS, como a dos trilhões de imóveis, privatizações, Tsumoney, etc?! De novo: vai? NÃO, NÃO VAI!

      3+
      • avatar
      • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 16:51

        Brasil ocupa sétima posição no ranking de juros reais mais altos

        Publicado em 20/03/2019 – 13:08 Vicente NunesEconomia
        HAMILTON FERRARI

        O Brasil ocupa a sétima posição na lista dos maiores países com juros reais, ficando atrás de nações como Argentina, Turquia, Rússia e Índia. O levantamento faz parte do Ranking Mundial de Juros Reais, feito pela Infinity Asset Management.

        0
  • Falido.com 21 de março de 2019 at 11:17

    Ta vendo Ca???
    Vc não sabe fazer conta….
    .
    Economia Estadão
    ‏@EstadaoEconomia
    Follow Follow @EstadaoEconomia
    .
    Economia bruta com projeto de militares pode chegar a R$ 100 bi, diz Guedes. https://bit.ly/2U6wblH

    4+
    • avatar
    • CA 21 de março de 2019 at 11:23

      Falido.com,

      kkkk

      APELAÇÃO de novo. Agora é falar sobre economia BRUTA e esquecer a “contra-partida”…

      E isto nem é o pior da DESINFORMAÇÃO deste governo, os TRILHÕES com “erros de cálculos” e “imprevistos” que aparecerão DEPOIS, como o pessoal antecipando a previdência, a completa INVIABILIDADE de obter TRILHÃO com venda de imóveis em função da situação DESASTROSA do segmento imobiliário, em especial, mas não exclusivamente, para imóveis comerciais, o Tsumoney versus a realidade da aversão ao risco por investidores estrangeiros em função da explosão da bolha das bolhas e uma INFINIDADE de variáveis já amplamente conhecidas por este governo e que eles FINGEM não saber…

      E eles são tão bobinhos que acham que é só espalhar FAKE NEWS e DESINFORMAÇÃO à rodo que vão ganhar popularidade, quando acabou de sair uma pesquisa que demonstrou exatamente o CONTRÁRIO… kkk

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 21 de março de 2019 at 11:18

    temeroso foi preso…kkk

    9+
    • avatar
    • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 11:19

      Força-tarefa da Lava Jato prende Michel Temer

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Rico 21 de março de 2019 at 11:31

        Se prender a Dilma a Lava Jato pode pedir música?

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Falido.com 21 de março de 2019 at 11:50

          hahahaha…..

          1+
  • Falido.com 21 de março de 2019 at 11:31

    Sério? Confirmado?

    3+
      • CA 21 de março de 2019 at 11:47

        Cajuzinha,

        Segue trecho do link acima:

        “Entre os anexos estão informações do doleiro sobre como funcionava o monitoramento para evitar que outros alvos da Lava-Jato fizessem delação premiada, as relações do Congresso com a Grupo JBS, além do Grupo Bertin, de operações de fundos de investimento da Caixa Econômica Federal (CEF)…”

        Só para lembrar:

        “https://www1.folha.uol.com.br/colunas/eliogaspari/2018/01/1952116-a-caixa-e-a-petrobras-do-mdb.shtml”

        Então, quem “capitaneava” os INÚMEROS GOLPES aplicados na CEF ao longo de mais de uma DÉCADA, era a quadrilha liderada pelo MDB.

        É por isto que 2 ex-vice presidentes da CEF que foram presos eram do MDB.

        É por isto que o Temer afastou apenas 3 VP´s da CEF quando o MP pediu o afastamento de TODOS (12 no total).

        É por isto que o Temer, apesar de ter dito no começo de mandato que o FGTS não seria mais “chapa-branca”, depois voltou atrás e deixou que ele continuasse sendo dominado pela CEF, para garantir a fonte para os DESVIOS de dinheiro, afinal, grande parte da verba desviada foi via FI FGTS, outra parte via MCMV e assim vai…

        https://oglobo.globo.com/economia/sob-temer-uso-do-fgts-deve-ser-revisto-19253784

        Se isto vai ou não levar ao fio da meada das MAQUIAGENS CONTÁBEIS e CRIMES FINANCEIROS relacionados ao crédito imobiliário, daí já é outra história, afinal, o volume de desvios, crimes e afins praticados na CEF é tão elevado, que as investigações podem se aprofundar em várias operações paralelas, como aliás, já vem acontecendo. A conferir…

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • socrates 21 de março de 2019 at 15:24

          “Entre os anexos estão informações do doleiro sobre como funcionava o monitoramento para evitar que outros alvos da Lava-Jato fizessem delação premiada, as relações do Congresso com a Grupo JBS, além do Grupo Bertin, de operações de fundos de investimento da Caixa Econômica Federal (CEF)…

          se isso não é atrapalhar a investigação…

          0
        • socrates 21 de março de 2019 at 15:26

          a lava jato precisaria se multiplicar por 26 .
          Não vai sobrar nenhum estado.

          1+
          • avatar
  • Alemon Fritz 21 de março de 2019 at 11:40

    O Ibope pode mudar num estalar de algemas…. é um bom movimento de distração tipo xadrez… os militares se movimentam.

    6+
  • Falido.com 21 de março de 2019 at 12:05

    O gato Angorá tbem?
    Mas e a associação de defesa dos animais?

    4+
    • avatar
  • Falido.com 21 de março de 2019 at 12:12

    Com essas prisões não precisa mais discutir previdência, desemprego, EUA, China, Brexit, Queiroz….

    Podia colocar o Temer pra jogar damas com o Lulinha , meu painho né?
    2 veinhos de pantufas e pijamas se vangloriando dos grandes golpes que aplicaram em 70 anos de vida…

    4+
    • avatar
  • Falido.com 21 de março de 2019 at 12:20

    Se o Temer tivesse falado com a Betina, tinha ganhado 1 milhão na bolsa e evitaria deixar a Marcela ir para o Tinder…
    Tô percebendo que ter dinheiro é diferente de ter 1 milhão( isso é perigoso…)

    5+
  • Seguidor do Bolha BH 21 de março de 2019 at 12:38
  • Falido.com 21 de março de 2019 at 12:57

    Sr Bolha.
    .
    O economista do terraço economico disse que a a Bolsa é um ganha-ganha?
    Ninguém precisa perder para alguem ganhar?
    Vc concorda?

    1+
    • Cesar_DF 21 de março de 2019 at 13:51

      Falido.com
      Existem duas formas de ganhar com ações
      1) Pelo recebimento dos dividendos
      2) Pela expectativa do aumento do valor de face da ação.

      No primeiro caso é um ganha-ganha, pois é o retorno do investimento baseado no aumento de lucro da empresa.
      No outro só será um ganha-ganha se a ação valorizar posteriormente.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Senhor Bolha 21 de março de 2019 at 13:26

    meia verdade.

    Tanto quem afirma que é um jogo de soma zero.
    Tanto quem afirma que se trata de um ganha , ganha.

    Quando alguém vende uma empresa que lucrou ano após ano depois de uma queda vertiginosa, esta pessoa em particular não esta perdendo! Só deixando de ganhar % deste valor, imagine que outro pessoa compra esta empresa , após alguns anos a empresa lucra e tem suas ações valorizadas.

    Ambos ganharam : Quem comprou e quem vendeu.

    Ambos ganharam dinheiro, não foi soma zero. As empresas que lucram tem suas ações valorizadas e consequentemente seu sócios ganham com isso, os especuladores idem.

    Agora sobre ser ganha, ganha é uma piada de mal gosto.
    Qua vai ser empresa do futuro, qual o valor ideal para comprar operação? Barreira de entrada, risco de mercado, regulatório, gestão etc etc

    Ai que mora os detalhes!

    O que é vendido por ai é que para um vender outro tem que perder, não necessariamente.

    4+
    • avatar
    • Falido.com 21 de março de 2019 at 14:14

      Quem ganhou com as empresa “X” do empresário Eike Batista?

      1+
      • Senhor Bolha 21 de março de 2019 at 14:22

        Diretores, especuladores de curto prazo e todos os que receberam comissão sobre vendas de ações.

        Quem perdeu: EIKE maravilha e demais investitrouxas que não avaliaram o negocio como deveriam.

        Porém a grande sacada foi os investitrouxas que caíram na lábia do eike e não sabiam avaliar os riscos do negocio.

        3+
        • Cesar_DF 21 de março de 2019 at 14:27

          Senhor Bolha
          Já vi em leilões pessoas pagando mais nos veículos do que o “valor da tabela FIPE”
          Eles só se esqueceram dos 5% do leiloeiro e as diversas taxas administrativas
          Principalmente se esqueceram do risco por vício oculto
          Um tolo e seu dinheiro não permanecem muito tempo juntos
          Já vi uns 3 estudos, demonstrando que entre 70 a 80% das pessoas perdem em até 5 anos todo o dinheiro recebido num prêmio de loteria.

          5+
          • avatar
          • avatar
        • Falido.com 21 de março de 2019 at 14:40

          Bilhões de prejuizo…. Uma aventura ufanista baseada em sonhos mirabolantes e bancada pelo governo Lula…
          Muitos faliram por empenhar todo o seu patrimônio nessa grande fraude….
          Da mentira à verdade ou….
          .
          Tem explicação? Após dispararem até 200%, ações das empresas “X” desabam na Bolsa
          Mercado tenta entender o que acontece com os papéis das companhias criadas por Eike Batista
          ,
          https://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7330794/tem-explicacao-apos-dispararem-ate-200-acoes-das-empresas-desabam

          1+
          • Senhor Bolha 21 de março de 2019 at 15:26

            Claro que tem , você já parou para analisar os riscos de empresas pré operacionais no do setor de petroleo?

            O mercado é constituído por pessoas ambiciosas que querem dinheiro fácil a todo custo.O famoso meu vizinho ganhou eu também posso, ainda por cima foi vendido uma imagem de bolsa de valores como casino ao investidor brasileiro da época. O que não deixa de ser verdade dado valuation atual dos ativos.

            Porque aconteceu isso ? Porque o setor de petroleo é como uma loteria, caso o custo de furar um poço você encontre petroleo em abundância e barato foste genial a. O que foi vendido ao mercado por meio de estudos e mais estudos ” Especialistas e doutores” , foi que a empresa conseguiria produzir x Barris de petróleo a um preço Y. Quando na verdade foi vendido poços ruins com elevado custo e com baixa produtividade. Em suma: As empresas não produziam nada até então, todas empresas pré operacionais, ou seja: não tinham histórico de lucro e muito menos experiência no ramo.

            Basicamente quando descobriam que os poços de petroleo não tinha nem uma fração do que foi prometido no estudos , ou seja, tudo não passava de um tremendo engodo : A casa caiu.

            Outro tanto entraram na onda baseado no amigo espertão que estava ganhando na alta! Inclusive “empricus” , casa de analise de sardinha deu indicações nessa época.

            O investidor médio da bolsa é igual este cara aqui:

            https://www.youtube.com/watch?v=Fa6G1gq7i4I

            4+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Falido.com 21 de março de 2019 at 15:45

              Mas ele mentiu descaradamente, coma ajuda do governo, pra alavancar o delirio dele…
              Claro que ele não queria, igual ao Sam Zell, falir suas empresas, mas não tinha nenhum conhecimento especifico da área…
              Ele mesmo fala em video, que montou uma excelente equipe(??) para assessorá-lo pois sua área era extração de ouro e não petróleo….

              Ocorre que ele fez o IPO da empresa e usou de fraudes desde o começo para alavancar dinheiro….
              Mesmo após ser ALERTADO que o seu ecossistema era insustentável ele negou esse fato relevante e direcionou voluntariamente seis investidores a aportar MAIS dinheiro ainda em sua megalomania….

              Então, houve má-fe ou apenas ingenuidade com o dinheiro alheio?
              Todos que investiram nas empresas “X” tinham obrigação de ser especialistas?

              Mesmo que os cartórios e burocratas atravessadores tenham ganhado nessas negociações, a maioria perdeu e o país também….
              A sociedade pagará a conta do megalomaníaco EIKE através de impostos e recessão…..
              .
              Parte da responsabilização do empresário visionário….

              “Nos últimos meses, Eike se mantém alheio à OGX. Sua maior preocupação é a Justiça. Responde a duas ações penais, acusado de ter manipulado o mercado e vendido ações antes de a OGX e o estaleiro OSX reconhecerem seus problemas. Se condenado, poderá cumprir até 13 anos de prisão. O julgamento ainda não foi marcado. Eike tem R$ 162 milhões retidos pela Justiça, para pagamento de indenizações em caso de condenação. Três outras empresas de seu antigo império estão em recuperação judicial. O empresário tem afirmado buscar “ideias disruptivas, de produtos baratos e inovadores”. Há alguns meses anunciou uma parceria com um laboratório coreano fabricante de um remédio, em forma de adesivo, contra impotência.”
              .
              https://epoca.globo.com/tempo/noticia/2015/09/segunda-quebra-da-ogx-petroleira-de-eike-batista.html

              1+
              • Senhor Bolha 21 de março de 2019 at 16:08

                Falido.com , si todo que compram ação de empresas correm o risco esta no contrato da bolsa.

                CVM muitas vezes só serve para fazer merda. Mentiras são vendidas por governo e empresas o tempo inteiro.

                E adivinhe não é só no Brasil: A tesla Motors é a OGX do século.

                O mercado streaming também se tornando um câncer com a Netflix, projeções e analises são isso.

                No fundo se tratam de engodos

                3+
                • avatar
                • avatar
  • CA 21 de março de 2019 at 13:40

    Pois é, o MUMV (Meu Ufanismo Minha Vida) do governo federal, começando a fazer água…

    https://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/7996589/deficit-fiscal-pode-superar-r-100-bi-em-2019-e-pensar-que-paulo-guedes-queria-zera-lo

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 21 de março de 2019 at 13:52

      Vc criou outro programa social??? kkkkk

      8+
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 21 de março de 2019 at 13:46

    Existem bancos no EUA que estão operando CDS com uma alavancagem de 50X.
    Só para ter uma ideia do que significa este 1.5 quatrilhão de dólares,
    – o PIB mundial é de 80 trilhões de dólares
    – a soma do patrimônio de todas as empresas do mundo é de US$ 382 trilhões,
    – o valor do patrimônio do planeta terra, incluindo minerais, madeira, petróleo, etc, é de 6.8 quatrilhões de dólares.

    No mundo se acumularam cerca de 1,5 quatrilhões de dólares em derivativos voláteis que podem explodir como uma “bomba financeira”, adverte o analista norte americano Stephen Lendman, acrescentando que este cenário tornaria a recessão de 2008-2009 parecer fraca em comparação.

    Enquanto isso, os dados do Banco de Pagamentos Internacionais, a instituição financeira que coordena a atividade dos bancos centrais mostra que existem cerca de 700 trilhões de dólares de derivados globais. Junto com as permutas de incumprimento creditício (também conhecidos como CDS, de “credit default swaps”) e “outros instrumentos financeiros exóticos”, o valor total dos instrumentos financeiros derivativos somou 1,5 quatrilhões de dólares. Este é mais de 20% que em 2008, um enorme fluxo que, se tem lugar um caos financeiro, é impossível de controlar, escreve Stephen Lendman ao portal Global Research.

    Durante anos, Warren Buffett descreveu como “bombas de derivados financeiros” para as economias e cidadãos comuns, lembra o especialista.

    A Federal Reserve, o banco central norte-americano, controlado e operado pela Wall Street, é a raiz do problema, não a solução, enfatiza o analista. Em Wall Street “dinheiro compra interesses políticos como se fossem pasta de dentes”, acrescenta.

    http://www.robertomoraes.com.br/2019/03/o-total-de-ativos-financeiros-no-mundo.html
    http://www.ultimosacontecimentos.com.br/ultimas-noticias/ldquoa-bomba-financeira-de-15-quatrilhoes-de-dolaresquot.html
    https://www.recantodasletras.com.br/artigos-de-ciencia-e-tecnologia/6316085

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • DouglasteR 21 de março de 2019 at 13:55

      O mais interessante disso tudo é lembrar que os EUA venceram a União Soviética por meio economico e não bélico.
      Todo mundo sabe que a Russia e seus aliados estão se “robustecendo” contra a bolha derivativa, saindo do dólar e comprando ativos como ouro etc.
      Será que no futuro a Russia vai vencer os EUA sem dar um tiro ? Puramente economico ?

      Realmente o mundo dá voltas.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 21 de março de 2019 at 14:10

        DouglasteR
        Na época que o dinheiro era lastreado em ouro, também existia alavancagem, mas era de 2X – 3X
        O que quebrou o EUA foram as seguradoras não conseguirem pagar os CDS referente a desvalorização dos CDOs

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • DouglasteR 21 de março de 2019 at 14:15

          Ah sim, mas meu paralelo ali foi a jogava genial dos EUA na época de implodir o União Soviética economicamente, já que no modo bélico o mundo provavelmente não sobreviveria. Assim, a inflacao interna da USSR explodiu e dissolveu o regim, enquanto os EUA “exportaram” a inflacao para o mundo, por meio do encarecimento do dólar para transacoes internacionais.

          3+
          • avatar
          • avatar
      • Rico 21 de março de 2019 at 16:54

        O que quebrou a URSS foi Chernobyl e o Afeganistão.

        3+
        • avatar
  • Senhor Bolha 21 de março de 2019 at 14:29

    O que é soma zero: Quando o valor de um bem é fixado pelo mercado.

    Para alguém ganhar outro alguém tem que perder neste sistema.
    o valor de ações não são fixos e podem ser alçados para cima por diversos fatores.

    EX: Se uma empresa lucra 100 milhões e distribui 30% a seu acionista durante o ano fiscal X ambos acionistas ganharam uma quantia X ou y independente da variação da cotação dos ativos no mercado. E se no próximo ano esta empresa dobra o lucro ambos vão ganhar o dobro de proventos.

    Empresas geram caixa e abatem dívida, são raras mas existem. Por isso analisar somente pela ótica da especulação pode ser um erro tremendo.

    4+
    • avatar
  • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 15:46

    De acordo com a FecomercioSP, o endividamento subiu mais do que a inadimplência, o que pode indicar duas vertentes: as famílias adquirindo crédito para pagar suas dívidas de início de ano, como impostos, material escolar, entre outros; ou utilizando os empréstimos para ampliar o consumo de bens e serviços. Há uma persistência na taxa de inadimplentes, em razão dos paulistanos que ainda não conseguiram voltar para o mercado de trabalho, o que dificulta o controle do orçamento doméstico.

    Entre os endividados, o comprometimento da dívida ficou muito similar ao de janeiro e ao de fevereiro de 2018: 7,2 meses de tempo médio. O porcentual mais elevado está no período superior a um ano, 32,6%. De até três meses, 23,1%; de três a seis meses, 22,8%; e de seis meses a um ano, 20,5%

    https://www.segs.com.br/mais/economia/162235-porcentual-de-familias-paulistanas-endividadas-chega-a-53-6-em-fevereiro

    4+
    • avatar
    • CA 21 de março de 2019 at 16:29

      Cajuzinha,

      MAIS UMA das INÚMERAS evidências sobre o super-endividamento e inadimplência ANORMAL das famílias, que não para de PIORAR.

      Mas, se você consultar os “especialistas economistas”, eles vão dizer que está melhorando, porque o índice do BC que mede o percentual de endividamento das famílias com dívidas junto ao sistema financeiro em proporção à sua renda dos últimos 12 meses, está em queda.

      Uma INFINIDADE de outras pesquisas contrariam o BC, por que?

      Porque como os juros finais dos bancos e financeiras estão estratosféricos (cartão de crédito, cheque especial, etc), as pessoas estão apelando para crediários de lojas (que aumentaram mais de 30% nos últimos 2 anos) e também para darem o CALOTE em IPTU, IPVA, licenciamento, utilities (Luz, Gás, Telefonia, etc), dentre outros, o que é corroborado pelas pesquisas.

      E o que acontece quando o BC, o governo, bancos e outros agentes tem um diagnóstico completamente DISTORCIDO, MÍOPE, como o que consta acima?

      Eles passam a orientar políticas para o aumento do consumo, que leva a novos aumentos no super-endividamento e na inadimplência, o famoso, apagar incêndio com gasolina.

      E quando acontece o ÓBVIO, que é a não recuperação do consumo, graças a novos recordes de endividamento e inadimplência, o que fazem? Alegam que estão “surpresos” com a falta de dinâmica na economia, que tinham “expectativas” de que o consumo subisse mais e de forma mais consistente, etc, etc, etc…

      A mesma coisa quanto à PROFUNDA DEGRADAÇÃO dos empregos, demonstrada por aqui “N” vezes, das mais variadas formas e a expressão que virou modinha para os “especialistas economistas”: “os empregos ainda não pegaram tração”. Nem vão “pegar tração”, não importa quanto tempo esperem por isto, porque tudo que fazem é DESTRUIR a liquidez de empresas e famílias com suas políticas equivocadas.

      E assim, todos continuam no Mundo de Alice no País das Maravilhas, FINGINDO que o Santo Graal da reforma da previdência a tudo resolverá e sem tomar NENHUMA ação quanto a causa RAIZ dos gravíssimos problemas acima (BOLHAS)…

      2+
      • avatar
  • Falido.com 21 de março de 2019 at 15:59

    Betina do mil ao MILHAO…..
    .
    “André, o investidor paulista que perdeu cerca de R$ 2 milhões, acredita que a bolsa levou uma pancada com o caso da OGX. Ele pretende desistir da aplicação em ações. “A partir de agora, irei investir em tijolo. Pelo menos não tomam de mim. Apesar que, no Brasil, sempre há esse risco aumentando impostos”, conclui.
    Marta conta que investia na bolsa pensando em uma poupança de longo prazo. Agora, se sente enganada. “Minha confiança na bolsa e em empresas diminuiu. Eike Batista me fez perder a fé no índice Ibovespa”. Agora, Marta quer realizar aplicações em previdência, poupança e letras de crédito imobiliário (LCI).”

    Marcelo, o investidor do Espírito Santo, suspendeu seus investimentos na bolsa, até verificar o que acontecerá com o dinheiro aplicado.

    Fonte: Economia – iG @ https://economia.ig.com.br/empresas/2013-10-31/pequenos-investidores-de-eike-perdem-ate-r-2-milhoes-deveria-ser-preso.html

    8+
    • avatar
    • avatar
    • DouglasteR 21 de março de 2019 at 16:29

      Quem mandou não assinarem a Empiri-cus ?

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Rico 22 de março de 2019 at 10:40

        Pirocus.

        0
  • Senhor Bolha 21 de março de 2019 at 17:38

    Nada mais que pessoas despreparado assessoradas por picaretas e casas de analises deslumbradas pelo lucro fácil.
    Sim para investir em renda variável é preciso ter conhecimento, bolsa não é garantia de nada. Não é igual muito ensinam ai coloca lá daqui uns anos você observa o que investimento se tornou.

    Outra que a queda no juros empurra um monte de gente que não sabe analisar macro, micro , valuation etc para bolsa de valores a procura de dinheiro fácil.

    O maior mantra do mercado é : Rentabilidade passada não garante rentabilidade futura.

    Inclusive no dia hoje teve uma outra casa de analise que mandou vender um empresa ao qual sou sócio há bastante tempo , porém dias atrás estava mandando comprar.

    Se a pessoa não sabe analisar uma empresa , sinceramente não deve entrar na bolsa. Todas empresas possuem riscos ocultos dos mais variados possíveis. Porque investir uma petroleira se você não sabe avaliar os ativos da mesma.

    E também não da para confiar em relatórios oficiais, é preciso cruzar dados e saber do riscos do negocio. As empresas vão a bolsa não é visando fazer caridade, mas para se financiarem. Ainda mais a bolsa do Brasil que tem dos piores índices de governança do planeta.

    Em 2018 três empresas foderam os minoritários, procura sobre empresa Smiles e multiplus. Ambos tinham contrato que não foram renovados, os controladores resolveram fechar a empresa e dar um banana para os minoritários.

    https://g1.globo.com/economia/noticia/2018/09/05/tam-decide-fechar-capital-da-multiplus-e-oferece-r-2722-por-acao.ghtml

    4+
    • avatar
    • avatar
    • socrates 21 de março de 2019 at 18:01

      “Ainda mais a bolsa do Brasil que tem dos piores índices de governança do planeta.”
      Por aqui é meio impossivel ser grande e competitivo sem entrar no jogo dos picaretas. E, logo, impossivel ser absolutamente transparente.
      A complexidade do sistema tributario e as regulações tem efeitos nefastos.

      Outro dia o CA falava sobre a baixa produtividade do brasileiro.
      Além dela ser baixa no geral, ainda vemos muitos dos melhores e mais capacitados migrando em massa para cargos juridicos ou contabeis, de altas remunerações, que seriam inexistentes em um país decente.
      Perdemos duas vezes:
      1- por perder mentes brilhantes para atividades improdutivas;
      2 – por que eles são bons e dominam os regulamentos esdruxulos a ponto de impedir uma real concorrencia por parte de quem realmente produz

      6+
      • avatar
    • CA 21 de março de 2019 at 18:14

      Senhor Bolha,

      Casos de MANIPULAÇÃO explícita para gerar aumento ARTIFICIAL em valores de Ações, preços de venda de empresas, etc, é o que não falta, no Brasil e no Mundo.

      Lucro, por exemplo, é, foi e sempre será a coisa mais fácil de FALSIFICAR, independente da regulamentação, da fiscalização, etc.

      Por que foi criado o Sarbanes Oaxley (SOX), com regras super-rígidas para toda e qualquer empresa com Ações na bolsa de Nova York (NYSE) e que envolve fiscalizações rigorosas e periódicas sobre unidades destas empresas em qualquer lugar do mundo?

      Enron e WorldComm praticavam MAQUIAGENS contábeis para inflarem lucros ARTIFICIALMENTE nos EUA no início do século 21, uma jogava despesas da unidade dos EUA para subsidiárias do Exterior e aumentava seu lucro de forma falsa, a outra, contabilizava despesas correntes como investimentos e da mesma forma, falsificava os lucros. Fizeram isto por ANOS com apoio da finada Arthur Andersen Auditoria e graças a isto, com lucros “fabulosos”, tornaram-se as Ações preferenciais para os fundos de pensão de milhares e milhares de americanos. Quando a FRAUDE CONTÁBIL foi descoberta, os preços das Ações DESPENCARAM, estas empresas acabaram QUEBRANDO e os MILHARES de americanos ficaram sem as suas aposentadorias! A Arthur Andersen, por tabela, dada a gravidade do fato, também deixou de existir (era uma das 5 MAIORES de auditoria no Mundo).

      O SOX eliminou a possibilidade de ocorrências GRAVÍSSIMAS como as que constam acima? NÃO!

      Neste momento, temos centenas de trilhões de dólares em derivativos ao redor do globo, sendo que uma parte relevante deles “lastreada” em títulos PODRES / SUPER-AVALIADOS. Eles estão em mãos de empresas que tem Ações em Bolsas de Valores ao redor do globo. Com a ciranda financeira promovida pela bolha das bolhas americana, quando a realidade INEVITAVELMENTE aparecer, os preços das Ações destas empresas vai DESABAR, algumas em situação mais grave vão deixar de existir e ao final, os fundos de pensão de diversos países que investem nestas empresas terão prejuízos enormes e mais MILHARES e MILHARES de pessoas ficarão sem suas aposentadorias!

      E o que consta acima, na realidade foi uma variação dos derivativos PODRES da bolha imobiliária americana, uma espécie de versão 2.0 dos mesmos, que BURLOU as regras pós explosão da bolha imobiliária americana. E quando criarem novas regras para impedirem que esta versão 2.0 de derivativos se perpetue, de duas uma, ou vão inventar a versão 3.0 de derivativos, ou então, vão criar algum outro esquema diferente dos derivativos e também daquilo para o qual a SOX está preparada para evitar. E assim vai…

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 21 de março de 2019 at 18:36

        Acrescenta-se ao que consta acima, empresas super avaliadas, como no caso das FAANG, que também usufruíram da mega abundância de dólares ao redor do globo que foi promovida em especial pelo QE dos EUA e depois complementada por outros QE de menor monta. De novo, a volta à realidade levará prejuízos para muitos mais MILHARES E MILHARES de pessoas ao redor do globo que tiverem seu dinheiro nestas empresas. OBS: na realidade, já tivemos alguns prejuízos relevantes para quem realizou venda das Ações destas empresas em especial durante o ano de 2018, onde em determinado momento, no conjunto delas, tinham acumulado uma perda de valor de mercado na ordem de US$ 1 TRILHÃO em 12 meses.

        Idem para quem aposta em empresas do setor de construção civil para moradias na China, aqui utilizando-se em grande parte do shadow banking para esconder os “buracos” nos resultados destas empresas e de MUITAS OUTRAS na China.

        Vamos falar também de alguns casos nacionais, afinal, temos VÁRIOS:

        PDG: graças ao pioneirismo e liderança no esquema das vendas FALSAS na planta, ela se tornou a empresa de construção civil com o maior valor de mercado das Américas (incluindo os EUA)! Isto foi em meados de 2011. Daí começou uma profunda degradação nos resultados, quando já no fechamento de 2011, ela apresentou distratos de mais de R$ 1 BILHÃO, uma PROFUNDA ANOMALIA. Depois de ANOS pedalando e maquiando, em janeiro/2017, quando as Ações dela estavam lá embaixo, INVENTARAM uma estorinha para boi dormir sobre uma “recuperação milagrosa” e neste mesmo mês, as Ações dela foram as primeiras a dobrarem de valor em 2017! Menos de 1 mês depois ela entrava com pedido de recuperação judicial!

        Gafisa: Também mergulhou no esquema das vendas FALSAS na planta desde o primeiro momento, só que com um pouco menos de apetite do que a PDG. Em 2011, distratos de mais de R$ 700 milhões e depois, anos de distratos BILIONÁRIOS. Em 2013 PEDALOU vendendo por valor SUPER FATURADO uma pseudo galinha dos ovos de ouro que era o segmento Alphaville para um SUSPEITO fundo de investimentos americano, onde todos que aplicaram nele ficaram no prejuízo. Repetiram o golpe vendendo 30% do segmento Tenda em 2016, para outro fundo de investimentos americano SUSPEITO. Recentemente, sem mais nada de valor APARENTE para vender como nos casos anteriores, está protagonizando flutuações e eventos dantescos: um fundo coreano (GWI) assumiu o negócio já no fundo do poço e fez recompra de Ações (quando já estava com falta de Caixa!), daí as Ações dispararam. Em seguida, vieram os resultados trimestrais e as Ações afundaram. Daí fizeram um GOLPE financeiro para tentar gerar receita DUPLICADA com boletos e as Ações caíram mais ainda. Veio um fundo e comprou o controle da Gafisa da GWI, suas Ações subiram. Daí descobriram que este fundo não tinha estratégia clara de recuperação, suas Ações despencaram. Agora, um cara considerado “milagreiro” em recuperação de empresas QUEBRADAS confirmou que vai comprar um certo volume de Ações da Gafisa e participar do Conselho, suas Ações dispararam de novo. RÍDICULO! Os fundamentos deixam claro que a Gafisa está QUEBRADA. O que o novo santo milagreiro vai fazer é distribuir PREJUÍZOS para os credores da Gafisa, ver o valor de mercado dela subir, vender as Ações e pular fora deixando ela quebrar de vez.

        Oi: só um caso, pois tem VÁRIOS também e já está extenso. Ao fazer o due dilligence (investigação prévia) para comprar a Telemar, apresentaram a ela um contas a receber “poderoso”, que ajudou na precificação do negócio. Depois, descobriram que estava SUPER AVALIADO via truques PRIMÁRIOS: a Telemar estava faturando contas de Telecom para clientes corporativos SEM os descontos negociados, por preço cheio de tabela! Os clientes não estavam pagando, obviamente e a Telemar alegava para eles que era um “problema” de sistema, que durou meses e meses (o nome do “problema de sistema” era o due dilligence da Oi). Tamanho do prejuízo da Oi: R$ 1 BILHÃO. Ladrão que rouba ladrão…

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Falido.com 21 de março de 2019 at 18:43

          Caramba…. Como vou assimilar tanta coisa? O que é shadow bank?
          Como se investe na China sem fazer parte do partido comunista? Quais as garantias?
          Se não receber, como fazer a cobrança?
          Mas eles não são comunistas? Não vai pro inferno quem quer ganhar dinheiro vermelho?

          1+
          • CA 21 de março de 2019 at 18:58

            Falido.com,

            Shadow Banking é um sistema financeiro PARALELO, não monitorado pelo banco central chinês e pelo governo, que forneceu um volume gigantesco de financiamentos e MUITOS DELES sendo PODRES. Como é PARALELO, você não tem como saber. Investir na China neste contexto, somado ao PIB FAKE, bolha imobiliária que é ligada ao Shadow Banking, super-intervencionismo chinês, etc, é algo para quem é altamente ESPECIALISTA no assunto e provavelmente vai especular e não investir no longo prazo, salvo exceção de empresas saudáveis que pouquíssimas pessoas sabem com certeza quais são.

            7+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • socrates 21 de março de 2019 at 19:24

              quem tem amigos no governo se dá bem

              3+
              • avatar
    • Falido.com 21 de março de 2019 at 18:29

      “Ainda mais a bolsa do Brasil que tem dos piores índices de governança do planeta.”
      Já agradecendo suas análises ( vc sabe disso) eu pergunto:

      Se NÃO existia ainda nenhuma empresa “X” criada e funcionando, em qual fundamento de governança (exceto promessa)o investidor poeria se ancorar?

      2+
      • CA 21 de março de 2019 at 18:55

        Falido.com,

        Regulamentações e governança APARENTE são completamente INÓCUOS. Governança REAL, só se você estiver na própria empresa, com acesso às suas informações mais confidenciais, fora isto, poderá estar sendo maquiado. Ver exemplos que coloquei acima sobre SOX, derivativos em suas diferentes versões e depois os casos no Brasil. Tudo tinha “regras” para impedir, seguiram as regras anteriores, mas as burlaram e fizeram novos esquemas para esconder os podres.

        Voltando ao caso do Brasil, poucos anos depois da criação da SOX nos EUA, que tem um conjunto muito mais rigoroso de princípios contábeis e financeiros a serem seguidos e auditados de forma frequente, a BOVESPA criou um segmento chamado “Novo Mercado”, fazendo um “copiar e colar” do SOX e as empresas que queriam este “selo” de maior rigor entraram neste segmento, em especial, as que faziam IPO a partir daquele momento. OBS: trabalhei preparando parte do atendimento ao SOX e também ao novo mercado, em diferentes empresas, ao longo de uns 7 anos.

        Isto significa que uma empresa que tenha ganho o prêmio de melhor governança corporativa do novo mercado é a melhor opção para se investir, ou pelo menos, a mais confiável? NÃO! Por coincidência, a empresa em que trabalhei e participava do novo mercado, ganhou o prêmio de melhor governança corporativa em um dos anos. Só que em anos seguintes, teve que fazer um Inpairment gigantesco de uma operação inteira de serviços que havia sido comprada e se tornou inviável financeiramente, em outro ano teve seríssimos problemas com uma empresa de software que havia sido adquirida e que em tese ninguém da matriz sabia que burlava legislação fiscal via “tecla mágica” habilitada para clientes, teve “N” outras perdas em projetos fracassados, conflito com canais anteriores porque virou concorrente dos mesmos com a abertura de capital e diversificação e mais outras situações que fizeram com que os preços das Ações despencassem e depois ela fosse comprada por outra empresa (não vivi todo o ciclo, só o começo da euforia e mais um tempinho).

        Então não existe nenhuma forma de você se “certificar” se aquela empresa é boa ou não para você apostar suas fichas nela? De forma 100% garantida, a resposta é NÃO! Basta ver os acontecimentos recentes com a Vale. Por isto que a Bolsa de Valores por princípio é investimento de ALTO RISCO e que só dispara no número de investidores quando a taxa básica de juros da economia está muito baixa e uma grande MANADA de investidores vai para esta opção sem ter a MENOR NOÇÃO do tamanho do risco que estão assumindo, análogo ao que acontece com os imóveis. O máximo que você pode fazer, é se aprofundar nas análises quanto aos resultados destas empresas, entender com profundidade sobre os números delas, buscando referências não somente de dentro dos relatórios oficiais, que podem e normalmente contém uma série de DESINFORMAÇÃO para sempre parecer muito bonito e próspero, como também, informações externas às mesmas.

        Como exemplo, como sabíamos desde 2013, quais as empresas que quebrariam, dentre as construtoras com Ações na BOVESPA? Além de analisar os relatórios oficiais de ANOS, tínhamos uma informação interna sobre a suspeita de FRAUDE, um engenheiro que via de dentro a festa do caqui das vendas FALSAS na planta. A partir disto, vimos com outros olhos a combinação dos números, a profunda ANOMALIA dos distratos já a partir de 2011, completamente descolada de qualquer crise na economia que NÃO EXISTIA naquela época, os super-estoques, os problemas de caixa e super-endividamento, etc, ou seja, não nos ILUDÍAMOS por lucros FALSOS e víamos a evolução REAL das mesmas. Sim, também usamos o ReclameAqui para ver o GOLPE que algumas aplicavam de adiar o “reconhecimento” de distratos por meses ou ANOS, também víamos as profundas ANOMALIAS da CEF, etc, etc, etc e foi isto que nos deu esta visão.

        No caso do Senhor Bolha ele já passou VÁRIAS dicas de como identificar questões cíclicas e contra-cíclicas de empresas, quais tem maior e menor risco dependendo do cenário local e externo, quais Ações são protetivas frente ao cenário atual, etc, etc, etc. Esta já é uma excelente base para você utilizar, mas de fato, o momento é bem difícil, pois a flutuação dos preços das Ações está extremamente ARTIFICIAL, baseada inclusive nas promessas UFANISTAS do governo quanto à reforma da previdência. Se ela não se concretizar, todas ou quase todas as Ações vão despencar (talvez com exceção daquelas que ganham quando o dólar DISPARA). Mesmo que a reforma se concretize, a inevitável volta à REALIDADE fará com que muitas caiam de valor e/ou isto acontecerá em função também inevitável da bolha das bolhas americana.

        Como NINGUÉM sabe a sequência exata de eventos, o timing em que fatores acima irão ocorrer, etc, os riscos inerentes ao investimento em bolsas de valores estão MUITO MAIORES neste momento…

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Falido.com 21 de março de 2019 at 19:32

          Vou pesquisar tudo… acho esse ramo fascinante e depois da Betina então…. quero o meu milhão….. 🙂

          3+
          • avatar
      • Senhor Bolha 21 de março de 2019 at 19:16

        De cabeça já me vem umas 20 empresas enroladas que este pessoal poderia investir para ” Aposentadoria”

        Empresas estatais comandada por políticos.
        Empresas privadas com fundos de pensões estatais com grande % da empresa.
        Empresa privada com conexões com o governo, ou seja: que dependem de contratos com governo ( Setor educação e infraestrutura)

        Empresas que este pessoal investiria sem pestanejar .
        Vale, petro, Eletrobras, Gerdau, Braskem, petrorio.

        Micos : Qualquer empresa imobiliária.

        Tecnisa, viver, rossi, Helbor ,PDG,Even,cyrela.

        Tranqueiras do setor financeiro:
        BTG, Banrisul e Banco do Brasil.

        A lista é longa.
        Eu mesmo invisto atualmente numa empresa que o dono se enrolou todo com a lava jato(Derrubou o valor de mercado da empresa para ninharia). Lógico que comprei o negocio por preço de banana em meados de 2015, alias ainda é negociada a preço de banana ainda, embora tenha subido bastante no período.

        A maior parte das empresas que tinha em carteira vendi todas no final de 2017 e começo de 2018. Os bancos vendi por causa das maquiagens nas provisões para devedores duvidosos.

        Ai você pergunta você consegue investir para aposentadoria? Sim , mas é preciso sempre fazer gestão ativa, não encare como especular ou vende alucinadamente , mas sim entender do negocio e buscar indicadores por fora.

        Por isso eu falo que bolsa exige um período de estudo e conhecimento , não é só entrar e comprar boas empresas a qualquer preço como tenho visto sendo difundido ao quatro cantos.

        Entender de : Valuation, contabilidade, matemática financeira, macro e micro são fundamentais para não se passado para atrás.

        6+
        • avatar
  • Falido.com 21 de março de 2019 at 18:39

    Antes de Eike, o Marcos Elias (Empiricus) usou a bolsa para falir incautos(que acreditavam na Parmalat) em alguns bilhôes…
    .
    O Lobo da Bovespa
    .
    A vida de Marcus Elias, o empresário bon vivant que investiu na falida Parmalat, viu o projeto virar ruína e se envolveu em uma história de espionagem, agressão física e ameaças de morte – um prejuízo de 2,5 bilhões de reais que segundo o Ministério Público Federal é o maior golpe da história da bolsa.
    .
    Marcus Alberto Elias entrou na ampla sala de reuniões como se tivesse acabado de sair de um yacht club: camisa polo e calças azuis, tênis baixo sem meia, boné de cotelê tapando a cabeça calva e óculos de armação leve — tudo de boa marca. Preparo o gravador enquanto ele se acomoda tirando o boné e passando uma das mãos sobre a careca bronzeada. A conversa duraria quase três horas.

    Mas ele não está aqui para me dar uma entrevista.

    Sentado na cabeceira de uma longa mesa, Elias, 56 anos, é observado por uma foto do papa Francisco, emoldurada sobre o aparador às suas costas. Seu advogado e dono do escritório, Sérgio Bermudes, aparece na imagem, ajoelhado, beijando a mão do santo padre. Na conversa, gravada em um notebook e assistida por dois advogados e uma assessora de Elias, o principal executivo da Latin America Equity Partners, a LAEP, empresa que arrematou a Parmalat brasileira em 2006, se debruçaria para frente e para trás, amaciando ou levantado o tom de voz conforme a narrativa, por vezes ficando a poucos centímetros do meu rosto enquanto seus defensores manuseavam papéis e fuçavam em computadores. Ele me recebeu com a condição de que nenhuma palavra sua poderia ser usada nesta reportagem.

    Para o Ministério Público Federal, o homem à minha frente é “o grande protagonista de toda a fraude”, acusado de ser a mente criativa por trás de um minhocário de túneis financeiros por onde teriam escapado 2,5 bilhões de reais, captados de fundos de investimentos e de milhares de pequenos investidores que se consideram vítimas de uma arapuca. Os advogados de Marcus Elias discordam da tese: o controlador da LAEP não só seria inocente, como também vítima de uma armação engendrada por um “fundo abutre” interessado em destruir a empresa e se apropriar de suas fábricas.

    2+
  • Falido.com 21 de março de 2019 at 18:51

    O Reinaldo Azevedo (Band News)disse que acha pouco provável que o Temer é lider de organizacao criminosa durante 40 anos e que tenha desviado 1,8 bilhão de reais….
    .
    Pode até ser que acha algum erro nas cifras mas na culpa(??)…
    Lembram do Rocha Loures (José…. desculpa não resisti :)) e sua mala de dinheiro
    Não é de hoje que esse pais é roubado na caruda….

    5+
    • avatar
    • MARK 21 de março de 2019 at 19:55

      Só lembro do Reinaldo Azevedo defendendo o indefensável Aécio Neves… sei não… o Vampirão sempre foi muito articulado e ainda tem o lance da Libra Terminais, no Rio e em Santos, tem muitas chances de ser o cabeça do esquema sim.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Falido.com 21 de março de 2019 at 20:05

        Pois é….. entristece descobrir o preço das pessoas…

        4+
        • avatar
        • avatar
    • tmarabo 22 de março de 2019 at 09:56

      Reinaldo é amigo pessoal do Temer.
      De resto, PROCESSUALMENTE esta prisão do Temer não se sustenta, não há como prendê-lo cautelarmente.
      É claro, as autoridades (polícia e Ministério Público) fazem entrevistas bombásticas inflam e inventam dados, e então quando as Cortes Superiores soltam o povo se sente injuriado. Não é assim somente neste caso, o é também inclusive em ações contra o PT.
      Mas é claro que as autoridades sabem disso, querem mesmo é “punir” o Sr. Temer – como o foi no caso do Aécio – mediante execração pública.
      Engraçado é a cara de pau de querer comparar com Lula: Lula só foi preso para CUMPRIR PENA, nunca vi um réu que desse tantos motivos para ser preso cautelarmente como o Lula e nunca botaram na cadeia. Isto sim que é proteção.
      Vejam que o que estou dizendo NÃO TEM NADA A VER com Temer, Aécio ou Lula serem inocentes ou culpados.

      2+
  • Senhor Bolha 21 de março de 2019 at 19:45

    Vou ensinar alguns macetes sobre analise de empresas.

    Separar lucro contabil de lucro não recorrente.
    Quem investir em bancos, então estude tudo sobre bancos, sistema financeiro ETC
    Quer investir petroleo, estude sobre o setor. A cada setor que você entrar procure saber o máximo de informações sobre funcionamento do negocio, contratos etc.

    Sobre lucro contabil e valor econômico.
    Assistir este vídeo aqui:https://www.youtube.com/watch?v=r7zDH1rbM4A

    Fugir de empresas cíclicas e altamente alavancadas , principalmente se a mesma não estiver sendo negociada por ninharia 4 ou 5 vezes EBITDA no mínimo.

    Fugir de estatais ou empresas que tem contratos com governo, motivos: Por melhor que seja case de negocio da empresa em questão, quase sempre a gestão é feita por políticos ao qual possuem centenas de esquemas para desviar dinheiro e maquiar resultados, ademais a cada quatro anos estas empresas são influenciadas por novos políticos que podem mudar toda dinâmica de gerenciamento da mesma, cancelar contratos , aumentar despesas etc . Em suma estatal é a casa da mãe Joana , não serve para aposentadoria.

    Investir em empresas não cíclicas: Produtos que você vai precisar no dia a dia , produtos essências para sobrevivência.
    Particularmente gosto muito do setor : Químico, energia e financeiro.

    Estudar contabilidade para aprender como os contadores maquiam os lucros e fazem artimanhas nos balanços da mesma.
    Estude sobre valuation, aprender ferramentas necessária para estimar o valor justo de um negocio. Procure saber quais são os donos & majoritários do negocio, e principalmente quais as intenções por de trás da governança.

    Estudar micro e macro para entender sobre: Fiscal do governo, política monetária e como isso tem impacto direto no negocio ao qual você é sócio.

    Fazendo tudo isso e diversificando, renda fixa, ouro , moedas etc. Garanto que as chances de você levar fumo diminuem pela metade, não é garantia! Nos últimos anos consegui pegar todos os furos nos balanços das empresas só fazendo cruzamento estatístico, sai de diversas roubadas antes do barco afunda com 2 ou 3 anos de antecedência.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 21 de março de 2019 at 19:49

      vou anexar naquela listagem de livros que vc me deu…

      1+
  • indiobolhista 21 de março de 2019 at 20:09

    AO VIVO: PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE JAIR BOLSONARO PARA O BRASIL – DIRETAMENTE DO CHILE https://www.youtube.com/watch?v=SM0xXBifyMM

    1+
  • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 20:37

    CA, veja isso:
    Santander está reduzindo o limite dos cartões de crédito dos clientes. Os correntistas geralmente são informados via SMS e alguns reclamam que tiveram seu limite reduzido em até 50%.

    É provável que você também goste:

    PicPay tem rendimento diário igual ao da NuConta, 100% do CDI

    Como aumentar o limite do cartão de crédito do Banco do Brasil

    Santander está reduzindo o limite dos cartões de crédito dos seus clientes, que são avisados via SMS
    A mensagem da SMS é bastante clara, como você pode conferir logo abaixo:

    “Santander: Prazado (a), o limite de crédito do cartão final XXXX será reduzido conforme seu perfil de uso, em até 30 dias. Informaremos via SMS o seu novo limite com até 5 dias de antecedência.

    Está bem relacionado ao tópico.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • MARK 21 de março de 2019 at 20:58

      Cajuzinha, acho que não procede, a corva do meu CVR do dia disse que estão saindo muitos financiamentos pelos bancos, por que iriam querer reduzir limite do cartão de crédito se estão por cima da carne seca? Eu acredito na corva, todos daqui também. Este bilete é verdadeiro. kkkkkkkkkkkkk

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Cajuzinha 21 de março de 2019 at 21:21

        Com ctz esse bilete é verdadeiro kkkkkkkkk

        3+
        • avatar
        • avatar
    • CA 22 de março de 2019 at 05:36

      Cajuzinha,

      Os resultados do Santander quanto ao crédito concedido e inadimplência no ano passado foram muito estranhos.

      Aumentou muito o crédito concedido, mas o percentual de inadimplência também aumentou.

      Normalmente o crédito novo, quando aumenta muito, proporciona REDUÇÃO do percentual de inadimplência, uma vez que, em tese, se você acabou de avaliar a capacidade de pagamento do cliente e ela é boa, não será logo no começo que ele vai dar calote, logo, todo ou quase todo o crédito novo é livre de inadimplência e assim este percentual de maus pagadores em relação ao total cairia.

      O que consta acima, junto com aqueles diferentes sites com links para o Santander e oferecendo cartão de crédito para quem tinha o nome sujo, mais a sua informação acima, indicam que eles estavam PEDALANDO com crédito PODRE e agora, por questões de liquidez e para não darem bandeira demais, foram OBRIGADOS a desacelerarem o esquema.

      Na prática, eles e outros bancos, financeiras, lojas, etc, que no último ano estiveram dando “facilidades” para “estimularem” o consumo, estavam apagando incêndio com gasolina e garantindo novos recordes de inadimplência que estamos vendo.

      É um tremendo prejuízo para a economia você estimular gastos em meio a uma situação de super endividamento em larga escala com inadimplência recorde e absolutamente ANORMAL e ainda, com uma DEGRADAÇÃO PROFUNDA nos empregos, que não para de piorar!

      No contexto acima, o fato de aumentarem a concessão de crédito imobiliário, aumentarem as concessões de financiamentos de veículos, aumentarem os cartões de créditos e limites concedidos, aumentarem muito o volume de crediário por lojas e outras ações que vimos acontecer ao longo de 2018, geraram as incessantes informações sobre novas anomalias e novos recordes quanto à inadimplência para os mais variados assuntos que temos visto em 2019, sem que isto tivesse representado qualquer melhora na economia, ao contrário.

      7+
      • avatar
  • MARK 21 de março de 2019 at 20:53

    CVR do dia:
    Há uns 7 meses atrás fiz uma oferta numa casa aqui em Santos que já chegaram a pedir 690k. Na época haviam acabado de baixar para 600k, por minha influência, e aí ofereci 460k e cheguei até 470K. A corva nem me retornou pra dizer que não aceitaram. Subiram para 640 e ficou lá no zap mofando. Heis que ontem, meses depois, me liga a corva me apresentando uma oferta irresistível, 590k, os proprietários haviam cedido no preço. Por pouco não dei risada no telefone né. Argumentei que no máximo chegaria a 500k e nem teria ainda esta quantia, precisava ver como faria, faltaria uns 60k (mentira). A mulher gastou perto de 15 minutos tentando me demonstrar o quão ótima era aquela oportunidade. Eu aproveitei pra falar daquele relatório da CGU sobre a saúde financeira dos bancos, os leilões desertos e mais algumas coisas. A corva preferiu ficar no salto “Olha… meus amigos no cartório tem falado que está bem movimentado.” “Nos bancos a mesma coisa, tem entrado bastante financiamento, inclusive tem aparecido um número maior de pessoas interessadas na casa.” Ué, pra que ela tava ligando pra mim então, se tinha tanta gente interessada e os bancos e cartórios nessas festa toda? Não perdi a oportunidade e falei pra ela aproveitar esse momento de aquecimento para vender, “minha linda, não perca uma oportunidade de venda, eu mesmo venderia pro primeiro que aparecesse.” Aí começa a conversa mole “São dois herdeiros e eles não cedem mais que isso, se não fica muito pouco pra eles.” Me segurei de novo pra não gargalhar. Agora o comprador é que vai ter que pagar o que não vale pra eles se sentirem melhor? Aí ela pra mim, “Essa casa reformada daqui há uns dois anos já estará valendo uns 800k, (kkkkkkkkkk) o bairro é maravilhoso e isso e aquilo.” Já me divertindo com a coisa, mandei um link de uma casa seminova, no mesmo bairro, com nada pra fazer, só entrar e morar pelo preço de 650k e disse que só não compraria esta porque não tinha os 580 que a proprietária aceitava na venda. “Ah mas essa é fica perto do Canal 4, a minha fica perto do Canal 3, muita diferença, não é tão valorizada.” Esclareci que a reforma seria cara e que o meu patamar era aquele dito e agradeci a oferta. Insistente ainda se manteve no salto “Se você vier a mudar de ideia, estamos aqui, você sabe que a casa é uma ótima oportunidade de investimento.” A oportunidade é tão boa que está lá há meses, perto de um ano, esperando o sortudo. Fala sério… rs

    34+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 21 de março de 2019 at 21:01

      to rindo aqui….. mas ela fez a dela né? sabe como é? Todo mundo paga conta no final do mês…

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 05:24

      Tá tão forte a demanda por financiamento SQN, que aqui em Sergipe o BANESE está fazendo “taxa especial” para servidor público.

      7+
      • avatar
      • avatar
    • Jonny Deep Blue 24 de março de 2019 at 20:27

      Kkk, a casa não foi vendida porque ela estava te esperando…..fala sério!!!

      0
  • Senhor Bolha 21 de março de 2019 at 22:10

    Falido.

    Tem um vídeo do kobori que explica um pouco sobre formulas de valuation.
    O conteúdo é um pouco mais avançado , mas serve para te introduzir um pouco na parte de matemática financeira.

    https://www.youtube.com/watch?v=iSNSKEQJP_s

    Neste quesito eu recomendo dois livros um pouco mais avançados contendo formulas matemáticas para precificar negócios.

    Valuation Alexandre Póvoa.
    Valuation: Aswath Damodaran

    Uma da importantes variáveis para valuation é a : Taxa juros futura , taxa livre de risco ( Títulos do governo) e Fluxo de caixa futuro trazido a valor presente.

    Lembrando que existe diversos modelo de precificação de empresas disponíveis no mercado, você pode encontrar um modelo feito para empresas de crescimento e outros para empresa conservadoras.

    No final da contas o que importa é sempre comprar um nota de 100 por 50.
    Lembrando que o governo manipula a taxa de juros frequentemente, isso faz com que a precificação das empresas seja alterada frequentemente, consequentemente isso vai empurrando sardinhas para renda variável. Neste sentido as empresas tem o custo de capital reduzido e ficando mais baratas quando aplicamos tais formulas. A grosso modo alguns modelos consideram a taxa livre de risco nas mínimas, ou seja: todo modelo de valuation tem uma incerteza , por isso não se trata de ciência exata, mas sim de humanas com um pé na matemática.

    Resumo nunca use estes modelos como se foste guia definitivo, use apenas para tirar distorções de modelos lastreado na taxa ‘ livre de risco”.
    EX: Para tirar as distorções do modelo geralmente faço contas usando valor de mercado da empresa + dívida líquida ( / ) EBIT conhecido como ” lucro operacional.”

    Resumo: nas condições atuais uma empresa sendo vendida por EV/EBIT menor do que 5 considero como sendo barata.

    Então como funciona analise de empresas?
    Analise qualitativa: Diz respeito ao modelo de negocio da empresa, indicadores dívida, gestão, governança etc
    Tudo aquilo que diz respeito ao modelo de negocio, mercado de atuação e seus donos, funcionamento do negocio como um todo e seus correntes.

    – Analise quantitativa:
    – Valuation e precificação

    – Analise macro:
    Analise do cenário macro econômico.

    – Analise micro
    Analise do cenário micro econômico

    Para uma analise ser bem feita é preciso passar por todos estes 4 pilares. Isso você não vai aprender fazendo cursinhos de verão na bovespa, são anos e anos de experiência de analise de empresas.

    Cada investimento você precisa formular uma Tese de investimento, calculando risco e imprecisões dos modelos.
    Por exemplo: A tese que defendo atualmente é a seguinte, os déficits do governo vão empurrar a dívida publica dos governo mundo a fora ao limbo forçando a monetização da dívida pública mediante lançamento de títulos ( Impressora estatal) , e aumento de imposto = ( Recessão econômica). Neste meio tempo vamos ter uma crise fiscal seguida por uma crise no sistema financeiro alimentada pelas distorções promovidas pela intervenções dos bancos centrais nas duas ultimas crises.

    E como pretendo ganhar com isso?

    Para este cenário tracei uma estratégia faz pelos menos 5 anos :
    O primeiro pilar é a liquidez da carteira.
    O segundo pilar é exposição ao dólar
    O terceiro pilar é exposição ao ouro

    6+
    • avatar
  • SwineOne 21 de março de 2019 at 23:59

    Pessoal,

    Alguém teria alguma dica para não levar uma facada para resgatar o FGTS na aquisição de imóvel à vista?

    Tenho como pagar o valor do imóvel à vista, mas também tenho o equivalente a quase 20% do valor do imóvel parado no FGTS.

    Fui na CEF hoje e escutei que teria que pagar R$ 2.560 pelo privilégio de sacar esse dinheiro que o governo já roubou de mim e que está perdendo valor mês a mês. Além disso, o processo entra na fila dos demais processos habitacionais e deve levar uns 4 meses para sair.

    Vi que teve uma decisão de um tribunal do Ceará que a cobrança deveria ser proporcional ao valor do FGTS e não do imóvel, mas imagino que isso é só pra quem acionar a Caixa na justiça depois. Aí quem sabe daqui a uns 20, 30 anos receba esse dinheiro (além de ter toda a dor de cabeça).

    No momento, considerando essa tarifa absurda, estou vendo como alternativa financiar o mínimo possível (já que o custo vai ser quase o mesmo, e a demora também), para poder amortizar esse pequeno saldo financiado a cada dois anos com os novos aportes do FGTS.

    Alguém imagina outra saída? Dá pra negociar esse valor nos outros bancos, se portar salário/investimentos? Fazer um consórcio de valor baixo e dar o lance usando o FGTS?

    4+
    • avatar
    • Mike Victor 22 de março de 2019 at 00:51

      Sobre a facada não sei se é possível evitar.
      Sobre o prazo do processo: procure outra agência. É possível fazer tudo em menos de um mês.

      2+
    • tmarabo 22 de março de 2019 at 09:40

      se fores acionar a Caixa, vai ser no juizado especial federal, vai levar entre um e cinco anos para receber de volta. se ganhar, é claro rsrsrsrsrs.

      2+
    • Falido.com 22 de março de 2019 at 10:55

      Vc é um grande coração…..

      1+
  • indiobolhista 22 de março de 2019 at 01:48

    Corvos alem de parasitas, criminosos
    Corretor é suspeito de atirar contra criança com fuzil de airsoft, em Caldas Novas
    Segundo Polícia Civil, homem foi autuado por lesão corporal e liberado. Corporação disse que vítima, uma menina de 10 anos, ficou ferida nas pernas e abdômen, mas passa bem.
    Por Vanessa Martins, G1 GO

    21/03/2019 16h55 Atualizado há 7 horas

    Menina de 10 anos que foi baleada com tiros de airsoft em Caldas Novas — Foto: Divulgação/PM Menina de 10 anos que foi baleada com tiros de airsoft em Caldas Novas — Foto: Divulgação/PM
    Menina de 10 anos que foi baleada com tiros de airsoft em Caldas Novas — Foto: Divulgação/PM

    A Polícia Militar deteve um corretor de 34 anos suspeito de machucar uma menina de 10 anos com dez tiros de um fuzil de airsoft – arma que funciona com munição de bolinhas de plástico atiradas com mecanismo de ar comprimido. O investigado foi ouvido e liberado da delegacia de Caldas Novas, no sul goiano. De acordo com o registro do caso, a vítima e um menino de 8 anos brincavam de bola perto da casa do homem quando ele saiu nervoso e atirou contra as crianças.

    Conforme registro na Polícia Civil, a menina de 10 anos disse que o homem queria atirar no garoto, mas ela entrou na frente dos disparos. A corporação também disse que as lesões nas pernas e abdômen foram leves e a menina passa bem.

    O G1 não conseguiu contato do investigado ou da defesa dele para pedir um posicionamento sobre o caso.

    Fuzil de airsoft apreendida com o corretor de 34 anos, suspeito de atirar na criança — Foto: Divulgação/PM Fuzil de airsoft apreendida com o corretor de 34 anos, suspeito de atirar na criança — Foto: Divulgação/PM
    Fuzil de airsoft apreendida com o corretor de 34 anos, suspeito de atirar na criança — Foto: Divulgação/PM

    A Polícia Civil informou que o homem foi levado à delegacia da cidade pela PM e autuado por lesão corporal. Durante depoimento à corporação, o corretor disse que as crianças já haviam quebrado o carro dele jogando pedras no veículo e no portão da casa. No entanto, a corporação não tem registro de qualquer caso de depredação registrado.

    O tenente coronel Francisco Leonidas da Silva contou que a PM foi acionada por moradores da região que ouviram os barulhos dos disparos e da criança. De acordo com ele, quando a corporação chegou ao local, confirmou a história com vizinhos e tentou contato com o suspeito.

    “Tentamos gerenciar a crise para que ele saísse, mas ele teve um princípio de resistência à prisão, então tivemos que arrombar o portão para chegar até ele. Entramos e efetuamos a apreensão dele e da réplica do fuzil”, contou.

    A Polícia Civil informou que foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência de lesão corporal e foi agendada uma audiência à qual ele deve comparecer.

    3+
    • avatar
    • Carlos 22 de março de 2019 at 06:57

      O problema não é necessariamente ligado ao fato do elemento ser um corvo, o motivo real é que qualquer um pode ser corvo.
      E como qualquer “profissão” que não exige nenhuma ou muito pouca qualificação ou idoneidade fica fácil adivinhar o tipo de gente que as exerce na maioria das vezes.

      11+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 07:58

    ‘É ingênuo pensar que reforma terá efeito imediato na economia’
    Por Sergio Lamucci | De São Paulo
    2019 será um ano de transição para a economia brasileira, diz o diretor para o Hemisfério Ocidental do Fundo Monetário Internacional (FMI), Alejandro Werner. Para o mexicano, a proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo é “ambiciosa”, sendo a peça mais importante para resolver o quebra-cabeça da situação das contas públicas e uma das medidas mais importantes para o Brasil seguir o caminho do crescimento mais elevado e mais sustentável, mas obviamente não é única. Werner considera “um pouco ingênuo” pensar que a aprovação da mudança do sistema de aposentadorias

    3+
    • CA 22 de março de 2019 at 10:05

      Cajuzinha,

      Acho que está se cristalizando uma quase unanimidade na visão do ÓBVIO: a reforma não terá NENHUM efeito imediato para a economia, ou seja, ela não terá NENHUM impacto de melhoria no PIB, empregos, ou qualquer que seja para este ano de 2019.

      Ainda vai demorar um tempo para descobrirem que mesmo a meta de crescimento de 2% do PIB para 2019, que é MUITO BAIXA, será difícil de ser alcançada. Por isto que já estão pensando em novos “pulinhos no fundo do poço”, como a liberação do FGTS para quem pedir demissão ou para pagar dívidas, para tentarem dar um novo impulso TEMPORÁRIO e não pegar tão mal, análogo ao esquema de 2017 com inativos. O pior é se fizerem isto e nem assim chegarem nos 2%, daí teremos nova leva de “surpresas”, “frustrações”, etc.

      Vai demorar ainda mais tempo para descobrirem que a reforma da previdência, se sair, no melhor cenário, vai resolver só 20% do déficit da previdência. Só depois disto é que vão se tocar que precisarão de MUITO MAIS ações do que as planejadas para deixarem de ter um déficit, que as PROMESSAS sobre R$ 1 TRILHÃO em vendas de imóveis, R$ 700 BILHÕES em privatizações, R$ 1 TRILHÃO via cadastro positivo e outras ALUCINAÇÕES, NUNCA acontecerão nestes montantes e que eles terão que encontrar outros caminhos para buscarem chegar a um superávit de 2% do PIB ao ano, dentro de um prazo de menos do que 10 anos.

      Enquanto isto, assistiremos as descobertas acima, junto com as surpresas e frustrações, de camarote, só esperando para ver até onde vai. Sem contar as explosões de bolhas que vão turbinar a volta à REALIDADE, daí sim vai ser dolorido. E quem mais vai sentir a dor da volta à REALIDADE? Quem mais viajou na maionese: investidores da BOVESPA que acreditaram nas promessas UTÓPICAS de resultados gerados exclusivamente via reforma da previdência, setor imobiliário que já vive em um Universo PARALELO há mais de uma década, com profundas DISTORÇÕES e bolsominions que acreditaram CEGAMENTE no milagre do crescimento à base de TRILHÕES UFANISTAS…

      12+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 22 de março de 2019 at 08:36

    -Plano é de FGTS ‘completamente diferente’, e ‘FI’ pode acabar
    Estrangeiros poderão comprar cotas do maior fundo. O fi-fgts pode acbar. Aposentados não terão direito a multa de 40% (aposentadoria não é demissão). Fgts poderá ser sacado em pedido de demissão e usado para pagar dívidas. (pra desespero da caixa)
    valor

    7+
    • avatar
    • avatar
    • CA 22 de março de 2019 at 09:38

      Alemon Fritz,

      FI FGTS foi usado e abusado, em especial para esquemas bilionários de corrupção liderados pelo MDB e que fazem parte das investigações em andamento quanto à Temer e restante da quadrilha.

      De fato, pega MUITO MAL para o governo continuar liberando esta verba com a mesma “intensidade” de antes, vai gerar MUITAS SUSPEITAS.

      Sem contar que, por princípio, utilizar em grande volume uma verba SUBSIDIADA como a do FGTS para projetos do FI FGTS, também pega mal para um governo que se diz liberal.

      Além disto, ao contrário do que muitos pensam, o grande número de GOLPES aplicados com o dinheiro do FGTS, mais a sua utilização em atividades em que o dinheiro só retorna após DÉCADAS (financiamento imobiliário via MCMV), em conjunto com a PROFUNDA DEGRADAÇÃO dos empregos e mais as novas utilizações que estão planejando para o FGTS, que constam acima (uso para quem pedir demissão), não permitirão que sobre tanta verba assim para utilização em “projetos” via FI FGTS.

      Pensando no conjunto acima, é muito INCOERENTE eles manterem o MCMV com o nível de SUBSÍDIO via FGTS e volumes que temos hoje, afinal, o impacto de DISTORÇÃO para economia e sociedade é MUITO MAIOR do que no caso do FI FGTS. Sim, dificilmente mexerão nisto enquanto não aprovarem a reforma da previdência, nosso Santo Graal, mas enquanto isto, como sabemos, a situação de ANOMALIA e seus prejuízos para todos continuarão se intensificando.

      Sobre a eventual utilização do FGTS para quem pedir demissão, bem como para ajudar a pagar dívidas, irá colaborar para a insustentabilidade do fundo. Daí vem as ideias MIRABOLANTES de “vender cotas do fundo”, ou seja, criar derivativos baseados no FGTS, para dar mais “fôlego” ao sistema, porque como disse acima, esta verba NÃO É eterna e sempre crescente, AO CONTRÁRIO. Dúvida: a esta altura o mundo inteiro sabe da gigantesca bomba atômica criada via derivativos, será que vão cair nessa?

      Voltando à utilização do FGTS para pagar dívidas, de novo é esquema para PEDALAR com a situação crítica da INADIMPLÊNCIA dos consumidores.

      De um lado, temos empregos em PROFUNDA E CONTÍNUA DEGRADAÇÃO, complementado por uma INADIMPLÊNCIA ANORMAL e que bate recordes de forma igualmente contínua, graças ao intenso incentivo de bancos que aumentam a concessão de crédito imobiliário, crédito para aquisição de veículos, cartões de crédito para pessoas com nome sujo, lojas que dispararam com a volta dos crediários, etc, daí dado este contexto EXPLOSIVO, que só prejudica à economia e sociedade, o que eles decidem fazer?

      Criar novos incentivos para que as pessoas se endividem ainda mais!

      É novamente o famoso DOBRAR A META da Dilma. Ao permitirem usar o FGTS para pagar as dívidas, muitas pessoas vão querer se endividar mais para poderem utilizar este dinheiro que tem uma remuneração muito baixa.

      Com a ação acima da liberação do FGTS para pagar dívidas, estarão destruindo mais uma fonte de reservas do trabalhador, queimando a grana para tentar dar mais um pulinho no fundo do poço via aumento TEMPORÁRIO no consumo, replicando o esquema de uso do FGTS dos inativos em 2017.

      Sem dúvida que em 2017 o FGTS dos inativos ajudou a gerar um pequeno impulso no PIB, mas teve alguma continuidade? Empregos melhoraram? Inadimplência diminuiu? PIB passou a crescer de forma saudável e consistente?

      NADA disto aconteceu, foi só uma medida DEMAGOGA para agradar o povão, aumentar um pouco o PIB naquele ano e FAZER DE CONTA que “agora vai” e obviamente, naquela época não foi e agora não irá, porque isto é só alimentar incêndio com gasolina.

      Ao repetirem o esquema, estão garantindo que as pessoas ficarão com a liquidez cada vez mais comprometida, com cada vez menos reservas e assim, quando tivermos a explosão da bolha das bolhas americana de forma mais visível e/ou explosão mais visível de outras bolhas ao redor do globo, incluindo a nossa imobiliária, estas pessoas estarão ainda mais despreparadas para lidar com esta situação.

      Outro ponto “interessante”, é que um governo liberal deveria tornar o FGTS disponível para que o trabalhador escolhesse a sua utilização e onde deixaria o dinheiro, se pouparia, consumiria, etc, depois até acabando com este conceito de reserva compulsória e sem liberdade de uso, que serve apenas para ser manipulada por políticos a seu bel prazer.

      Liberar o FGTS de maneira DIRECIONADA para tentarem FORÇAR um aumento TEMPORÁRIO de consumo, da mesma forma que foi feito no governo Temer, só como medida DEMAGOGA para gerar pulinhos no fundo do poço quanto ao crescimento do PIB, não combina em nada com a “filosofia liberal”, afinal, não passa do mesmo esquema POPULISTA que já cansamos de ver por aqui e que no final, só aumenta os estragos…

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 22 de março de 2019 at 09:53

    novas modalidades de Covered bonds, invasão na dinamarca

    -A new kind of mortgage lending.
    Financial Times-1 hora atrás. By 2016, nonbank mortgage activity, backed by pension money,..

    -World’s Cheapest Mortgage May Be Around the Corner in Denmark
    Bloomberg-20 horas atrás

    -Foreign Investors Now Own a Third of Denmark’s Fixed Mortgages
    Bloomberg-28 de fev de 2019. The attractiveness of the world’s largest mortgage-backed covered bond market to international investors has helped keep Danish mortgages

    Fundos de pensão do mundo estão investindo na Dinamarca…o acesso digital permitiu que japoneses, australianos, irlandeses corram pra lá… isso vai dar ruim. Fundos de pensão podem esperar e bancos não

    3+
  • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 10:08

    22/03/2019 às 05h00
    Prisão de Temer assusta investidor e derruba mercados

    A prisão do ex-presidente Michel Temer e do ex-ministro Moreira Franco deu um verdadeiro susto nos
    investidores brasileiros, derrubando os preços dos principais ativos locais. A preocupação no mercado é
    que esse novo capítulo de turbulência política respingue de alguma forma na já atribulada tramitação da
    reforma da Previdência, cujo debate foi iniciado pelo ex-presidente em 2016.

    https://www.valor.com.br/financas/6174371/prisao-de-temer-assusta-investidor-e-derruba-mercados

    4+
    • avatar
    • FabianoSJC 22 de março de 2019 at 10:25

      Infelizmente a moeda de troca para aprovação da reforma da presidencia vai ser o fim da lava jato ..

      2+
      • avatar
      • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 10:29

        tem lógica

        2+
    • Rico 22 de março de 2019 at 10:39

      Interessante ver o governo derretendo…

      6+
      • avatar
      • Cesar_DF 22 de março de 2019 at 13:46

        Interessante é que num governo do Haddad ou do Ciro, o governo não derreteria, mas sim o povo

        7+
        • avatar
        • avatar
        • Rico 22 de março de 2019 at 15:17

          Iria sublimar.
          A única diferença que vejo é a velocidade em direção ao brejo.

          7+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • socrates 22 de março de 2019 at 18:22

            há inclusive os mav 3.0 que defendem a roubaleira do pt argumentando que a ida ao brejo , e só ela, provocará uma verdadeira mudança capaz de fazer nascer algo novo e justo.
            Se tratarmos as pessoas como números, a tese até faria sentido.
            Mas mais sentido ainda faz a reforma tributaria, que tanto cito. Com ela , ninguem perderia o essencial e ninguem precisaria cair pelo caminho.
            Claro, o estado precisa investir SIM. E muito. Sobretudo em transportes publicos e saneamento basico.

            1+
          • MARK 22 de março de 2019 at 19:40

            A tirar pelas trapalhadas dos filhos e das polêmicas pseudoideológicas do presidente e pra lá mesmo que remeterão o país, infelizmente. Sei que o PT era a caca da caca, mas haviam outras opções, Rico. Gostaria de ser mais otimista, mas cada dia que passa me assusto mais com as trapalhadas do Sargento de Milícias.

            5+
            • avatar
        • socrates 22 de março de 2019 at 18:16

          acho que em ambos os casos o derretimento seria inicial, Cesar.
          Depois viria uma “carta ao povo”, tipo a do Lula, que sedimentou o casamento do Meireles.
          Voce nao acha?

          Todos ali sao ricos e nenhum ganha nada fazendo isso aqui ficar um lixo (lixo já é, digo, muito lixo)

          0
    • CA 22 de março de 2019 at 10:44

      Cajuzinha,

      Não é só a prisão do Temer em si que derrubou a BOVESPA, mas também a reação de pessoas próximas ao Presidente. Exemplo:

      https://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/8005605/maia-ameaca-deixar-articulacao-da-previdencia-apos-se-irritar-com-post-de-carlos-bolsonaro-

      A situação descrita no artigo acima, é que primeiro, tivemos “comemoração” por parte do PSL quanto à prisão de Temer e ainda, insinuações de pessoas ligadas ao governo quanto a ligação de Alckmin com o PCC. Em ambos os casos, estavam MINANDO o apoio necessário de 2 partidos com grande representação na câmara à aprovação de uma medida já muito POLÊMICA e IMPOPULAR como a reforma da previdência.

      Adicionalmente, o filho 02 (Carlos Bolsonaro), resolveu ainda ontem endossar as críticas de Moro à Maia. Antes disto, o próprio Bolsonaro já havia citado pressão da velha política logo depois de sair de uma reunião com Maia, o que pegou muito mal e já tinha irritado profundamente o presidente da câmara.

      Sinceramente, acho que estão certos em gostar da prisão de Temer e até em quererem que o combate à corrupção se acelere e intensifique via proposta de Moro, no entanto, a pergunta que fica é: qual batalha eles querem ganhar agora?

      Como sempre tenho dito, eles deixaram de lado o combate à causa RAIZ dos problemas mais graves que temos na economia, quanto à BOLHAS que alimentam a piora intensa em inadimplência e empregos, tudo sob a justificativa de que tinham que focar na reforma da previdência, que foi eleita nosso Santo Graal. Agora, estão simplesmente “esquecendo” desta prioridade da reforma da previdência e jogando tudo para o alto, minando todo o apoio IMPRESCINDÍVEL para conseguirem 308 votos na câmara?

      Já sabemos que a oposição fechou posição contra a reforma. A margem de manobra diminuiu. Já sabemos que o presidente da república teve queda recorde na popularidade em prazo muito curto, outro prejuízo para aprovação da reforma, que pode ficar ainda pior se o ritmo de queda se mantiver. Sabemos que com o passar do tempo, os indicadores “decepcionantes” da economia também irão minar a reforma da previdência. Agora, como se já não bastasse tudo isto, o próprio governo está trabalhando se AUTO-SABOTANDO quanto a aliados imprescindíveis na aprovação da reforma?

      É verdade não podemos deixar que enterrem a Lava Jato, mas é fato que o pacote anti-crime de Moro não vai ganhar prioridade frente à reforma da previdência. Esta reforma foi a desculpa perfeita para adiarem a votação deste pacote e não vão abrir mão deste esquema, sendo que a persistência de governo e aliados, de forma pública e intensa, vai derrubar a aprovação da reforma da previdência.

      O melhor caminho seria do governo continuar apoiando a Lava Jato, elogiando sua ação, sem que com isto, por enquanto, fizesse barulho na crítica a partidos e pessoas sob investigação, agindo de uma maneira mais “imparcial” e “institucional”, com respostas padrão como “esperamos que as investigações evoluam e que sejam apuradas as responsabilidade. Aquilo que for provado, que ocorram as punições devidas”.

      Depois da aprovação da reforma da previdência, poderiam retomar a proposta antí-crime de Moro. Se tentarem ganhar duas batalhas ao mesmo tempo, perderão a guerra…

      IMPORTANTE:

      Não acredito que o adiamento da votação quanto ao pacote antí-crime de Moro, por si só vai representar o “fim da Lava Jato”.

      A população inteira está muito atenta a estas tentativas de se acabar com a Lava Jato, ou de atrasa-la.

      As ações da PF e MP, que continuam ocorrendo, demonstram que ações nos bastidores, políticos, STF, etc, não conseguem impedir a evolução das investigações e dos processos.

      O simples QUERER dos deputados que tem culpa no cartório, não os habilitam a proporem ações que reduzam o poder da Lava Jato.

      O STF está de uma certa forma acuado pela opinião pública e sabe que se insistirem em medidas que prejudiquem a Lava Jato, estarão se expondo cada vez mais.

      Embora a questão do caixa 2 ser votado pelo TSE traga de fato prejuízos para o processo e risco de “marmeladas”, ainda assim não é o suficiente para “melar” a Lava Jato, pois existem “N” outros mecanismos de investigação e demonstração de crimes, aliás, via de regra, os crimes vão MUITO ALÉM de um simples caixa 2 e por isto o volume de evidências é sempre muito elevado, vide os calhamaços em processos de Temer, Lula e cia. ltda.

      Há que se ter paciência e escolher prioridades, mantendo a coerência, ou então, no final, perderão o bonde da reforma que eles mesmos elegeram como prioritária…

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 10:46

        Indústria da Alemanha tem contração pelo 3º mês seguido, aponta pesquisa
        Indicador reforça preocupações de desaceleração da maior economia da Europa.

        A indústria da Alemanha contraiu mais em março, de acordo com a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), ampliando os temores de que disputas comerciais não resolvidas estão exacerbando a desaceleração na maior economia da Europa.

        Ou seja, SABEDORIA não é para todo mundo…

        2+
        • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 10:58

          Ou seja, SABEDORIA não é para todo mundo…* era para outro comentário

          4+
          • avatar
  • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 11:03

    Taxas futuras de juros disparam com Maia, riscos à reforma e aversão externa
    Estadão Conteúdo

    22/03/19 – 09h59

    Líderes governistas avaliaram que o eventual afastamento do presidente da Câmara mina um dos únicos canais de interlocução que o Congresso ainda tinha com Planalto.

    5+
    • avatar
  • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 11:11

    Governo bloqueia R$ 29,7 bilhões em gastos no orçamento federal de 2019

    Objetivo é tentar cumprir a meta de déficit primário de até R$ 139 bilhões nas contas neste ano. Além do corte, governo federal baixou de 2,5% para 2,2% a previsão de alta do PIB em 2019.
    Por Alexandro Martello, G1 — Brasília

    22/03/2019 10h06 Atualizado há 4 minutos

    De acordo com o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues Júnior, a equipe econômica retirou da estimativa de receitas para este ano os R$ 12,2 bilhões esperados com a privatização da Eletrobras, mas acrescentou que elas poderão ser reincorporadas mais à frente.

    “A retirada das receitas associadas à privatização da Eletrobras foi feita por um princípio prudencial. Voltaremos a considerá-las tão logo tenhamos indícios materiais que a privatização acontecerá nesse ano, e todo esforço está sendo para privatização da Eletrobras em 2019”, declarou.

    De acordo com os cálculos do Ministério da Economia, houve uma queda de R$ 29,740 bilhões na estimativa de receitas para este ano.

    Ao mesmo tempo, o ministério informou que a estimativa, para o ano de 2019, para as despesas, em relação ao orçamento aprovado, subiu em R$ 3,610 bilhões.

    https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/03/22/governo-bloqueia-r-297-bilhoes-em-gastos-no-orcamento-de-2019.ghtml

    5+
    • avatar
    • CA 22 de março de 2019 at 11:49

      Cajuzinha,

      O que consta acima sobre este contingenciamento de R$ 30 bilhões, é procedimento de praxe nos últimos anos, que fez parte das “realizações” colocadas pelo indiobolhista mais acima (rs).

      Exemplo com Dilma, que havia colocado mais acima, algo que ela fez em fevereiro/2011, com 2 meses do primeiro mandato:

      http://g1.globo.com/economia/noticia/2011/02/governo-anuncia-corte-recorde-de-r-50-bilhoes-no-orcamento-de-2011.html

      Na prática, como já vem ocorrendo HÁ ANOS, por questões de dificuldade para cumprir a meta fiscal, o governo vem ano após ano fazendo contingenciamentos de dezenas de bilhões de reais, às vezes porque viram “frustração em receitas previstas”, como no caso acima, às vezes porque surgiram “pautas bombas” no final do ano no congresso que melaram o orçamento e por aí vai.

      O efeito prático do que consta acima, é o velho circulo vicioso que sempre falo: o governo ainda tem importante participação no PIB, ao reduzir de maneira relevante seus gastos, o PIB em si diminui, junto com ele, se reduz a própria arrecadação do governo com impostos e para compensar e “fechar as contas”, o governo tem que reduzir seus gastos e assim, retroalimentar o circulo vicioso.

      Qual seria a forma correta e definitiva para resolver o problema acima?

      Estimular o crescimento da economia de uma forma consistente e sustentável.

      Isto implicaria no governo primeiro COMBATER as bolhas, forçando uma ida mais rápida ao fundo do poço, mas que abriria espaço para uma recuperação consistente DEPOIS.

      Na prática, significaria estrangular a inadimplência, impedindo a sua expansão, ao mesmo tempo que eliminando SUBSÍDIOS super-intensos que destroem VÁRIOS setores da economia ao mesmo tempo, o que abriria espaço para recuperação de empregos e renda de forma mais distribuída, NORMAL e sustentável e não uma FALSA redução no desemprego 100% baseada em PROFUNDA DEGRADAÇÃO DOS EMPREGOS.

      O começo iria requerer primeiro, auditorias em BC, CEF, bancos privados, FGTS e algumas construtoras (estender o que foi feito pelo CGU), para DEMONSTRAR o tamanho REAL dos estragos e das PROFUNDAS ANOMALIAS, para em seguida demonstrar a necessidade IMPRESCINDÍVEL destas ações, o que seria IMPOPULAR.

      ÓBVIO que o governo não fez e possivelmente nem fará nada do que consta acima, vai só continuar apagando incêndio com gasolina, aumentando o tamanho do problema e fazendo promessas impossíveis relacionadas ao seu Santo Graal, a reforma da previdência. Por isto que não temos nem teremos melhorias relevantes e contínuas enquanto se negarem a fazer o que deve ser feito. Simples assim…

      8+
      • avatar
      • avatar
    • tmarabo 22 de março de 2019 at 14:36

      “meta de déficit primário de até R$ 139 bilhões”
      olha, como que nós conseguimos sair de anos de superávit primário para não conseguir uma meta de déficit de 139bi????
      e ainda há dificuldade em cortar gastos??? a gente merece o país que tem…. 666 inveterados.

      5+
      • avatar
      • tmarabo 22 de março de 2019 at 14:43

        ficamos de 1999 a 2012 com superávit, 2013 foi zerado, e 2014 em diante foi déficit em cima de déficit…. vejo no google “bolas de cristal” dizendo que somente em 2022 voltaremos a ter superávit, sob que condições???

        3+
  • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 11:31

    Taxas do Tesouro Direto disparam nesta sexta-feira com incertezas sobre Previdência
    Os contratos de juros futuros chegaram a subir 35 pontos-base pela manhã

    6+
    • avatar
    • avatar
    • CA 22 de março de 2019 at 11:54

      Cajuzinha,

      Parte dos “efeitos em cascata” quanto ao aumento dos riscos quanto a previdência. Esqueci de mencionar na lista acima sobre a auto-sabotagem do governo, a proposta da reforma da previdência para militares.

      O governo TINHA a faca e o queijo na mão quanto a reforma da previdência, mas está ficando cada vez mais claro sua falta de habilidade para conduzir o tema.

      O pior dos mundos, como sempre digo, é se além de atuarem EXCLUSIVAMENTE pela reforma da previdência, deixando de lado VÁRIAS ações imprescindíveis, parte delas elencadas pelo próprio governo (privatizações, desregulações, política anti-crime do Moro, etc), outra parte que eles fingem desconhecer (eliminação de MCMV, auditorias profundas CEF, BB e segmento imobiliário, etc), eles ainda não conseguirem sequer aprovar a reforma da previdência, em função dos próprios tiros no pé que eles praticam…

      7+
      • avatar
      • avatar
      • socrates 22 de março de 2019 at 12:07

        “a auto-sabotagem do governo, a proposta da reforma da previdência para militares.”

        exato!

        Ca, esse sempre foi o plano.
        A cortina de ferro não pode cair.
        O Brasil tem a tributação sobre consumo mais bizarra do planeta e nenhum deles fala nada. Nem governo , nem oposição.

        5+
        • avatar
        • tmarabo 22 de março de 2019 at 14:38

          como se vai planejar reforma tributária em que por mais que se planeje ninguém sabe quem perde e quem ganha com um déficit primário de 139bi???

          1+
          • socrates 22 de março de 2019 at 15:13

            quem perde é mole de saber!

            3+
            • avatar
            • avatar
  • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 11:52

    Estadão Conteúdo
    postado em 22/03/2019 11:17
    A confiança do empresário industrial caiu em março, após uma sequência de quatro meses de alta, seguida de estabilidade em fevereiro. É o que aponta o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) divulgado nesta sexta-feira, 22, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O indicador ficou em 61,9 pontos em março, queda de 2,6 pontos na comparação com fevereiro.

    De acordo com a pesquisa, a queda do ICEI em março deve-se tanto pela avaliação menos positiva das condições atuais como pelas expectativas menos otimistas.

    “O empresário percebe que a atividade está mais fraca do que era esperado no fim de 2018. Além disso, o processo de aprovação das reformas para a reativação da economia está se mostrando mais complexo e demorado do que se supunha. Com isso, os efeitos das reformas sobre a atividade vão ficar mais para frente do que previsto anteriormente”, avalia o economista da CNI Marcelo Azevedo.

    O índice de expectativas recuou 2,9 pontos de fevereiro para março, atingindo 66,1 pontos. A CNI destaca que o índice permanece elevado, bem acima da linha divisória dos 50 pontos, mas ressalta que é o segundo mês consecutivo de queda deste indicador.

    De acordo com a pesquisa, entre fevereiro e março, a confiança diminuiu em todos os portes de empresas, segmentos industriais e regiões.

    O levantamento foi feito entre os dias 1º e 19 de março, com 2.508 empresas.

    4+
    • avatar
    • Cajuzinha 22 de março de 2019 at 11:54

      Estadão Conteúdo
      postado em 22/03/2019 11:10
      O volume de vendas do comércio varejista recuou 0,5% em todo País em fevereiro, segundo aponta o Indicador Movimento do Comércio, calculado pela Boa Vista, empresa de informações de crédito. O dado se compara com janeiro, descontados os efeitos sazonais.

      Os resultados do indicador revelam as dificuldades na recuperação do comércio, que vem registrando fraco desempenho desde o início de 2018.

      4+
      • avatar
  • Senhor Bolha 22 de março de 2019 at 14:12
  • Falido.com 22 de março de 2019 at 14:51

    Silvio Santos vende banco Pan por 450 milhoes mas ESQUECE de pagar imposto de 900 milhões..
    .
    https://www.valor.com.br/legislacao/6172197/silvio-santos-perde-disputa-de-r-900-milhoes-no-carf

    4+
    • avatar
    • Senhor Bolha 22 de março de 2019 at 15:15

      Não existe esquecimento .

      O sistema tributário não é nenhum pouco linear .EX:Você vende y e paga x , isso é apenas na teoria. Existe N manobras fiscais que podem ser usadas para abater impostos, todas respaldas pela lei, neste sentido contadores usa e abusam destas manobras fiscais mesmo dentro da lei. A receita atua, as vezes baseado em um cambalacho dos contadores e outras vezes atuação da receita é feita para bater metas fiscais. Não existe santos neste jogo, até por isso atuação vai para tribunais.

      O negocio é nem se meter com isso : Vender poucos ativos, evitar entrar em setores com regras tributarias confusas,comprar ativo com passivos tributários é pedir para se trouxa.

      Das duas a uma, Silvio santos quis vender a empresa para repassar o passivo tributário para outro otário, ou a receita deu uma sobre avaliada nessa contabilidade para angariar mais dinheiro e bater suas metas fiscais .

      Ai fica um brigando com outro no juizado entulhando a justiça de processos tributários.A gora se foste simples, seria você deve x , se não pagar toma multa y.

      Porém nem tudo em contabilidade é simples, tem de ver a vista do processo e porque esta pedindo este valor, e também entrar no mérito de como ele foi calculado.

      O Silvio santos como vendedor é dos melhores do Brasil , mas como gestor é horrível. Procura saber sobre Nelson picket que já faliu vários negócios.

      4+
      • avatar
      • Falido.com 22 de março de 2019 at 15:38

        Claro que não houve esquecimento… Houve roubo ao dinheiro publico 2 vezes…
        Uma quando vendeu um banco pode para a Caixa e a outra quando não pagou PIS e Cofins…. simples assim….
        .
        “Banco Pan ‘maquiou’ rombo bilionário ao vender ações para a Caixa, dizem MPF e PF
        Carteiras que já tinham sido vendidas ainda constavam em balanços, aponta investigação; operação Conclave foi deflagrada nesta quarta. BC diz que não sabia de esquema; MPF contesta”
        .
        https://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/banco-pan-maquiou-rombo-bilionario-ao-vender-acoes-para-a-caixa-dizem-mpf-e-pf.ghtml

        4+
        • Senhor Bolha 22 de março de 2019 at 16:02

          Agora diz ai , como vendo um banco para caixa sem fazer avaliação de crédito, passivo tributário e carteira de crédito.

          Como consigo ficar sem pagar pis, confins durante anos sem receber atuação?

          Como o Bc que regula os sistema com mão de ferro inclusive podendo liquidar bancos do dia para noite não sabia desse esquema ?

          10+
          • avatar
          • avatar
          • Senhor Bolha 22 de março de 2019 at 16:02

            A caixa não é vitima é cúmplice!

            9+
            • avatar
            • avatar
            • Falido.com 22 de março de 2019 at 16:25

              Eu entendo o que vc fala… mas a Caixa fabrica dinheiro?? Não.
              Mesmo que tenham funcionários(Geddel feelings) envolvidos no final quem paga a conta vide mais impostos, recessão e caristia somos nós, o povo…. Nunca acreditei no altruísmo do SS mesmo ele sendo reconhecidamente um grande empregador e empresário….

              Todo mundo paga conta… e igual ao dono da Veja(que ja contei aqui), tenho certeza que ele fez uma negociata com o Lulinha paz e amor pra não pagar sozinho essa conta….
              Depois que ele se livrou do mico, deu migué pra não pagar imposto… simples assim…
              .
              Mah? Quem qué dinheiruuuuu? 🙂

              3+
              • avatar
              • Senhor Bolha 22 de março de 2019 at 17:45

                Sobre a caixa:Claro que fábrica dinheiro , já ouviu falar em reservas fracionários KKKKKKk

                Entende o que você esta falando, mas mantenho minha posição: não existe atuação , mas sim omissão. Nada é feito no sistema financeiro sem aval das autoridades.
                Impossível você vender coisas a bancos sem que eles não investiguem tudo e todos, basicamente este roubos são feito negociatas entre as partes.

                5+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • Falido.com 22 de março de 2019 at 21:11

                  Jã sei que não ganho de vc em piada financeira.kkkkk

                  2+
          • Falido.com 22 de março de 2019 at 16:33

            Eles nomearam a operação como “Dação em pagamento” e acharam que ia passar em branco….
            .
            RECEITA TRIBUTÁVEL

            Carf mantém autuação de R$ 900 mi contra grupo de Silvio Santos
            .
            21 de março de 2019, 15h05
            Por Gabriela Coelho

            A 3ª Turma da Câmara Superior do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) manteve, nesta quarta-feira (20), autuação de R$ 900 milhões aplicada ao grupo Silvio Santos Participações por uma operação de socorro ao Banco Panamericano, vendido em 2011 ao Banco BTG Pactual.

            No caso, a Fazenda cobra do grupo por insuficiência na declaração e recolhimento de PIS e Cofins, em janeiro de 2011, sobre receita decorrente da remissão de dívidas, no valor de R$ 3,35 bilhões.

            Os conselheiros entenderam que o valor repassado pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) deve ser tributado. Prevaleceu entendimento do conselheiro Andrada Márcio Canuto Natal, representante da Fazenda, que defendeu a manutenção da autuação, divergindo, assim, da relatora, conselheira Tatiana Midori Migiyama, representante dos contribuintes.

            “Voto para manter a autuação porque o ingresso de benefício configura receita. Apesar de as partes chamarem a operação de “dação em pagamento” há um perdão. Assim, a redução do passivo representa receita operacional sujeita à tributação de PIS e Cofins, independente da denominação da operação”, disse.

            Relatora Vencida
            Na sessão do dia 21 de fevereiro, a conselheira Tatiana Midori Migiyama, representante dos contribuintes, se posicionou para cancelar a autuação, embora tenha entendido que o recurso da Fazenda não deve ser julgado pela Turma.

            “O caso não se trata de perdão de dívida, mas dação em pagamento. Por isso, as decisões paradigma apresentadas pela PGFN para recorrer à Câmara Superior não se aplicam ao caso”, disse.

            Para a relatora, “a diferença da dívida não geraria receita tributável por não se tratar de receita”.

            Caso
            No início de janeiro de 2011, a Silvio Santos Participações tinha dívidas de R$ 3,8 bilhões com o Fundo Garantidor de Crédito, contraídas para reestruturar o Banco Panamericano – de quem era acionista -, depois das descobertas contábeis feitas pelo Banco Central. O Panamericano acabou sendo vendido ao BTG Pactual por R$ 450 milhões naquele mês.

            O valor foi repassado ao FGC como dação em pagamento pela dívida de R$ 3,8 bilhões e o FGC continuou com participação no banco. A Receita considera que, com a operação, o grupo Silvio Santos apurou receita de R$ 3,35 bilhões, que deve ser tratada como uma remissão de dívida (perdão).
            .
            https://www.conjur.com.br/2019-mar-21/carf-mantem-autuacao-900-milhoes-grupo-silvio-santos

            4+
        • CA 22 de março de 2019 at 16:04

          Falido.com,

          É mais do que isto, a Caixa agiu neste processo para beneficiar a BTG, com prejuízo ao erário público, veja abaixo.

          https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/04/1876799-operacao-da-pf-investiga-transacoes-entre-banco-panamericano-e-caixa.shtml
          “PF investiga compra do Banco Pan pela Caixa Econômica e pelo BTG Pactual”
          “O juiz também questiona o fato da caixa ter pago, antes da descoberta das fraudes, valor superior ao gasto pela BTG quando o rombo já era conhecido. O Banco de Esteves adquiriu o controle do Panamericano”.

          Nada tão diferente da negociata da Caixa com empresa pertencente à BTG quanto a FALSOS títulos podres com descontos elevados:

          https://aneps.org.br/leitura/11211/tcu-proibe-a-caixa-de-fazer-novas-operacoes-de-venda-de-credito-podres
          “Entre as irregularidades, o TCU cita cessões para empresas privadas, como por exemplo à Renova, que pertencia ao BTG Pactual, em desacordo com normas internas. Foram repassados créditos da carteira de cheque especial (pessoas físicas e jurídicas), com atraso inferior a 90 dias, incluindo alguns adimplentes e dívidas do cartão de crédito, abaixo de 360 dias. Uma resolução do conselho de administração do banco restringe esse tipo de operação à inadimplência entre 90 e 360 dias (cheque especial) e acima de 360 dias (cartão de crédito).”

          OBS: BTG que é de onde veio o atual presidente da Caixa…

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar