Preço do m² dos imóveis no Brasil cai 0,53% em fevereiro – Exame

Você pode gostar...

Comments
  • DouglasteR 14 de março de 2018 at 11:17

    1º e voz digo, a bolha treme.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • bolhista cearense 14 de março de 2018 at 11:20

    ate que enfim, quase em primeiro.

    5+
  • bolhista cearense 14 de março de 2018 at 11:21

    Rio de Janeiro valorizando? Sei não…

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • MARK 14 de março de 2018 at 20:55

      Com todos aqueles tanques circulando pela cidade não tinha como não valorizar né!? uahsuahsuhasu SQN

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 14 de março de 2018 at 11:32

    não há o que comemorar, nem quando sobe, nem quando desce, ainda mais essa nova sigla que nunca ouvi falar, que raios de IPH é esse.
    é possível fazer muitos gráficos criativosa mostrando que valorizou, basta misturar o IPH com algum outro indice conveniente
    não tenho saco nem tempo pra fazer contas, análise e achar quem ou o quê está por trás desse, mais um, zero virgula qualquer coisa

    inclusvie hoje estou triste um de meus poucos super-heróis morreu com apenas 76 anos.

    36+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • bolhista cearense 14 de março de 2018 at 12:11

    Pedaladas em suspeição. Materia do jornal O POVO 14/03/2018:
    Empréstimos de bancos públicos são alvo do TCU
    Auditores do Tribunal de Contas da União (TCU) farão uma inspeção em documentos da Caixa, do Banco do Brasil, do BNDES, do Banco Central e do Tesouro Nacional para analisar o histórico de empréstimos concedidos a Estados e municípios sem a garantia da União. Essas transações são consideradas mais arriscadas para as instituições financeiras e são alvo de auditoria da Corte de contas após o jornal O Estado de S. Paulo revelar que a Caixa estava aceitando garantias ilegais nessas operações. A varredura foi autorizada pelo ministro José Múcio Monteiro, relator do processo.
    O ministro também determinou que todos os bancos públicos, o BC e o Tesouro se manifestem em até cinco dias sobre o pedido do Ministério Público do TCU para suspender de forma cautelar essas operações, diante do risco para as contas públicas. O relator quer ouvir todos os interessados antes de decidir, mas, caso a solicitação seja acolhida, será um entrave à intenção do BNDES de conceder empréstimos sem garantia da União para que Estados e municípios possam investir em segurança pública.
    A Caixa é o único banco até agora que suspendeu a concessão de empréstimos sem garantia, por determinação de seu Conselho de Administração, presidido pela secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi.
    O Banco Central editou no início de fevereiro uma medida para exigir uma reserva maior de capital para fazer frente a esses empréstimos. Na prática, elevou a régua para dificultar a execução desse tipo de operação e mitigar os riscos para as instituições financeiras. Mas a mudança, na visão do MP-TCU, não “valida” as operações passadas.

    Procurado, o Banco do Brasil informou que todos os empréstimos concedidos a Estados e municípios “possuem aval do Tesouro ou garantias com níveis de liquidez e de segurança semelhantes, como recebíveis ou aplicações financeiras mantidas em custódia no banco”.
    A Caixa informou que ainda não foi notificada oficialmente do pedido do TCU e ressaltou que, quando receber a comunicação, se manifestará no prazo legal. A reportagem também procurou BNDES, Tesouro e Banco Central, mas nenhum retornou até o fechamento da edição. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 14 de março de 2018 at 14:56

      Q.E.D.

      isso q tem a PF no cangote deles, imagina as coisas que não precisa seguir leis, tipo o departamento de Dados e Floristica

      9+
      • avatar
      • socrates 14 de março de 2018 at 23:18

        oscip, ong, sistema s…
        e mesmo empresas “privadas”, que indicava e tinha poder na vale mesmo?

        o sistea se reinventa e se “garante” na legalidade absolutamente imoral e complexa propositalmente. Com o STF balizando tudo.
        Eis o verdadeiro golpe

        4+
        • avatar
  • Alemon Fritz 14 de março de 2018 at 13:23

    corvos perdendo negócios pra concorrência:

    corvo voador:
    -Sargento da Aeronáutica é preso em RR suspeito de aplicar golpes …
    Globo.com-7 de mar de 2018. Sargento da Aeronáutica é preso em RR suspeito de aplicar golpes de estelionato milionários em quase 50 vítimas.. Ao longo de 6 meses de investigação, a Polícia Civil concluiu que através da empresa Imobiliária RWA Imóveis e Construção Civil, Lopes firmava contrato de obras para construção. (50 caíram)

    -Homem perde R$ 500 mil em golpe em Santa Cruz.
    GAZ-3 de mar de 2018. Ele negociou um carro e chegou a colocar uma casa à venda, mas não conseguiu se desfazer do imóvel a tempo.

    -Prefeitura de Caraguatatuba alerta para golpe na venda de terreno.
    Jornal Costa Norte – Desktop-27 de fev de 2018

    -Morador descobre golpe ao receber ordem de despejo em Ribeirão.
    ACidade ON (liberação de imprensa)-8 de mar de 2018. Um funcionário público municipal de 64 anos descobriu ter sido vítima de um golpe ao receber uma ordem de despejo da casa onde reside e que adquiriu em julho de 2016,

    -Casal de SC é suspeito de aplicar golpe do aluguel de temporada …
    Globo.com-10 de mar de 2018

    -Corretor de imóveis denuncia ex-prefeita do Conde por vender imóvel…
    http://jornaldaparaiba.com.br/ (liberação de imprensa) (Blogue)-1 hora atrás

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 14 de março de 2018 at 13:26

    Sobre o tópico:

    Quer dizer que o preço médio do M2 em São Paulo é próximo de R$ 8 mil?

    Na MÉDIA um imóvel de 100 M2 “custa” então em torno de R$ 800 mil? Para bairros mais “nobres” então a média deve ser acima de R$ 1,2 milhão, é isto mesmo?

    Quem diria, antigamente um apartamento de 100 M2 era no máximo MÉDIO, para classe MÉDIA, hoje é coisa para milionário.

    Esta é a expansão vibrante dos milionários em São Paulo, “pena” que na hora que vemos as VENDAS do CRECI SP para usados ou do SECOVI SP para novos, os preços dos imóveis VENDIDOS são MUITO INFERIORES a estes…

    58+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lord of All 14 de março de 2018 at 14:00

      Pois é CA vc chegou num ponto bem interessante (que, claro, nós já discutimos por aqui) que é a percepção da realidade como fator mais importante que os “números mágicos estatísticos”.
      Como bem sabemos, vez ou outra aparecem por aqui algumas figuras mostrando gráficos, tentando nos convencer que “não há bolha”, que “os preços só tendem a aumentar” etc.
      Na boa, eu conheço muita gente, mas dentre as pessoas que conheço praticamente nenhuma pagaria 800k num imóvel. Até conheço algumas pessoas q compraram por preço bolhudo, mas às custas de longuíssimos financiamentos.
      Ainda semana passada conversava com um conhecido, que pretendia comprar um terreno por 290k. Obviamente que ele não tem essa grana na mão, e olha que é sócio de uma pequena empresa bem sucedida, e possui um razoável patrimônio imobilizado. Por mais que ele queira o terreno, no máximo pode dar um monte de coisas em troca, mas dinheiro vivo não.

      33+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 14 de março de 2018 at 15:34

      segundo o SEADE.sp.gov.br diga-se a unica fonte em que confio, os conheço pessoalmente,
      a renda média em SP está nos 2 mil reais
      um apartamento simples de 800 mil são 400 meses ou 33,3 anos da renda média bruta do paulistano e cercanias.
      Será que tem algo estranho?

      39+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 08:21

        Lucas e CA

        Vejam o erro de metodologia estatística

        Estes 8K/m2 podem estar “corretos” de acordo com o VALOR ANUNCIADO, pode ser que 50% dos imóveis anunciados estejam entre 6K e 10K/m2, mas a maior parte deles está ENCALHADO

        Hoje, a maior parte dos negócios que são feitos, é do MCMV, que não entram no ZAP por conta que somente é permitido vender imóvel subsidiado após estar QUITADO.

        Ou seja, são UNIVERSOS DISTINTOS

        A distância entre estes dois universos está aumentando, pois os imóveis efetivamente comercializados estariam com um valor médio do m2 muito inferior a este apresentado.

        Isso é o que acontece por não usar o VALOR REAL DA TRANSAÇÃO.

        Tanto é verdade que o IVG-R mudou de metodologia alegando que o MCMV passou a pesar muito mais que antigamente.

        5+
        • avatar
        • avatar
  • Intendente 14 de março de 2018 at 13:33

    Alta de 1,57% no RJ?

    Difícil de acreditar.

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 14 de março de 2018 at 13:45

    os corvos têm uma janela pra vender só até maio, depois vem a copa, eleições (surpresas), natal, blackfraude,
    estão desesperados. 2-3 meses pra engabelar otários. Bananense primeiro troca de carro. imóvel agora,só em 2021.

    31+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 14 de março de 2018 at 15:25

    ASSIMETRIA de informação, o BLOG WAZE+GPS e o CARNAVAL DE INDICES

    a gente fala muito aqui de termos economicos seria bom discorrer sobre eles, não que eu tenha titulos dessa área mas pra uso pessoal a gente acaba aprendendo

    A ideia de assimetria no mercado é que há 2 pontas, uma bem informada e outra mal, daí o a possibilidade do bem informado fazer um bom negócio em cima do cara perdido é alta.

    alguns exemplos domésticos: suponha vc queira vender seu carro usado, ninguem mais do que vc mesmo sabe as condições dele e é capaz de avaliar a venda. Na média do mercado existe essa duvida média em relação aos carros usados, senão nem faria assim tanta diferença de uso, logo de preço, entre um zero e um pouco usado, mas na pratica o preço despenca 20% logo que sai da loja, daí temos algumas consequencias óbvias, por exemplo, de nada adianta vc cuidar demais do carro se na média as pessoas cuidam mal, na hora de vender vc não será ressarcido pelo capricho, OU sempre que possível fazer negócio entre conhecidos, vc reduz seu risco de comprar uma bomba e o vendedor pode conseguir um preço melhorzinho se tiver boa reputação.

    No geral, poderia entrar em teorias tipo teoria de jogos e equilibrio de nash, as assimetrias do mercado de qualquer produto tendem a se diluir e desaparecer, ainda mais com a entrada de novas tecnologias disruptivas de comunicação, informação ou mesmo serivços fazem o mercado se tornar cada vez mais simétrico e justo, os negócios tipo ganha-ganha aumentam, aumenta a confiança, o numero de negócios aumenta, a economia roda mais rápido, todos saem ganhando, até o governo arrecada mais.

    Mas nada disto acontece no mercado imobiliário, as informações nevralgicas são todas sigilosas, tipo aquela que o thiago FM escodne da gente sobre calotes do MCMV, sobre resultados em leilões e até mesmo negócios efetivados nos cartórios da vida, e as vezes nem o cartório registra o real valor transacionado. Além disto, além de não termos as informações importantes disponíveis, há no imob uma segunda camada que é quando a informação vira conhecimento, digerir os dados de modo a se responder questões muito simples, alugar OU comprar? a quê preço??

    Isto posto, a falta de dados confiáveis e de conhecimento produzido, gera esse carnaval de siglas, indices, numeros, graficos e cores, tem rpa todos os gostos, tem de tudo que vc queira pinçar. Reparem só os detratores do blog estão sempre se esforçando em jogar a discussão na lama, usando frases prontas, dogmas, raciocinios furados, até manipulação na cara dura de numeros como foi as denuncias do Cesar, do antifragile e do CA. Lembro que o fernando 1 dia falou com todas as letras, “não preciso fazer conta pra reconhecer um bom negócio” realmente ele nunca mostrou uma unica conta, apenas faz afirmações categóricas baseadas o vazio e mesmo as baseadas em numeros como o thiago faz que já mostrei aqui tipo a da queda de 50% depois subida de 100% volta pro mesmo lugar mas plotado num grafico a subida é o dobro maior que a queda, fazendo parecer recuperação, esta, e muitas outras mais discretas, mudanças na metodologia, fraude na série histórica como antifragile mostrou, maquiagens mil na CEF, os casos são inúmeros aqui no blog a gente convive com isso.

    Então, voltando ao titulo, este blog é como um waze do transito, ajuda aqueles que aqui trafegam a não se perder, fazemos testes de consistencias, comparamos, analisamos, dissecamos, ainda assim, não temos todas as ferramentas financeiras necessárias para fazer contas precisas, mas temos uma excelente noçao de ordens de grandeza, como se nosso GPS tivesse uma precisão ruim, mas boa o suficiente pra saber o bairro onde estamos, ao mesmo tempo somos um waze sem mapa, uma vez que muitas das informações importantes não estão publicas como em outros países, nós aqui temos que construir nosso próprio mapa, isso leva tempo e esforço, mas vale a pena

    Então são as 2 coisas juntas: a informação e o conhecimento produzido delas que nós aqui vamos juntos fazendo um conhecimento conjunto, comparando coisas, olha como não percebemos e desvendamos as tecnicas corvisticas de vendas de norte a sul, eles agem igual, como saberiamos disto sem conversar no blog. Este blog é isso, ele age para reduzir a assimetria, para tornar o mercado mais simétrico, ou pelo menos que nós estejamos na ponta boa dessa assimetria, lembrando denovo que cada caso é um caso, um estudante/recem formado jamais iria morar numa casa grande no suburbio, uma familia grande jamais iria morar num kitnet no centro perto do metrô, ou um apósentado numa mansão no interior, mesmo que o preço de todos eles seja o mesmo. Reduzir a assimetria é também conhecer a gente mesmo, qual estilo de vida mais combina com as nossas necessidades, quais detalhes pessoais da nossa vida podemos melhorar, quanto custa manter coisas que não precisamos e poderiamos economizar, ou vice-versa, quais investimentos em moradia mesmo gastando mais nos retornaria em benefícios e economias por outro lado, ter 1 carro, ter 2, ter nenhum. Casa, transporte, estilo de vida essas coisas estão ligadas uma na outra, são contas pessoais, há setores onde houve maior especulação outros menos.

    Isso tudo é meio que um resumo do que o blog me proporcionou de conhecimento ao longo destes anos e que tentei resumir, o desplein ontem fez o mesmo em 3 linhas, eu precisei disto tudo aí. Apreciem ou joguem fora, a bola está com vcs.

    45+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Margarida 14 de março de 2018 at 18:13

      Eu continuo apreciando, e é por isso que eu torço pra que o blog não acabe. Ele vai muito além da bolha imobiliária.

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Falido.com 14 de março de 2018 at 19:42

      Loguei só pra dizer que lí tudo e o melhor: só aprendi mais “jabuticabas bananenses”…. Que bom que vc está bem e saúde véi… Vc é um desses caras daqui que tem essa bondade em ajudar, escrever sem se preocupar com seu ego..
      P.S. Vc tava falando com o Sr, Bolha na postagem anterior sobre política, números mas ficou faltando algo: Se os Números não batem, são engodos, empulhação,etc. porquê não aparecem ninguém(economista, analista financeiro, político, secretário de finanças, CEO e empresa multinacional) para refutá-los? Se alguém engana, alguém está sendo enganado(e muito)… Abçs! 🙂

      4+
      • avatar
      • Lucas 14 de março de 2018 at 20:12

        sempre vc traz questionamentos legais, as vezes passo dias pensando e não sei.
        Esse hoje acho que sei a resposta, nós vivemos a resposta.

        É aquilo da sindrome de manada, se vc está o unico a falar algo diferente, mesmo que seja verdade, vc é o louco, o invejoso, o conspirador, o golpista e poraí vai.
        Poucos são os que se levantam, sob risco de perder emprego, perseguição e tudo mais, falo de jornalistas, falo deste blog, entre tantos exemplos.
        Pensei no alex schwartzman que foi demitido, e no samy dana que com luva de pelica pelas entrelinhas vai soltando o que precisa ser dito.

        A politica é reflexo é so a superficie dessas coisas que acontecem no fundo!

        17+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Lucas 14 de março de 2018 at 20:18

        e foi bom vc citar, falo obviamente do mercado imob bananense
        nos EUA o preço negociado vc consegue visualizar até pelo gugou.
        não sei em outros países, mas provavelmente não tem tanta enganação.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • JJJ_brasilia 14 de março de 2018 at 15:31

    Lembrando que a matéria do tópico é “cominicação corporativa” ou seja, matéria paga.

    CVR

    Foi abastacer o carro e na hora do pagamento o frentista me indaga: via parcelar:
    Eu: Não
    Eu: em quantas vezes parcela:
    frentista: 6 vezes
    Eu: tem muita gente que parcela?
    Frentista: de cada 10, 9 parcela.

    Fiquei imaginando, se muita gente esta parcelando combustível, tá pedalando demais.

    54+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Libertario 14 de março de 2018 at 15:48

      Se for o mesmo valor a vista e a prazo, melhor parcelar.

      32+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • antifragile 14 de março de 2018 at 15:51

      A moça que trabalha no supermercado também me contou que quase todo munda parcela. Só que lá é no máximo em 3x.

      Fico me perguntando como alguém parcela compra de itens recorrentes… Isso só complica o acompanhamento do orçamento.

      31+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 14 de março de 2018 at 15:58

        Que orçamento? Que acompanhamento?
        Tá todo mundo operando no crédito já. Parcelamento é só uma forma de manter uma distância de um braço do motumbo, que vem chegando logo atrás.
        O problema é que um braço não é suficiente…

        Essa mania do BR de parcelar tudo devia ser estudada. Aliás, as varejistas já devem ter estudado e por isso oferecem tanto cartão de loja para os clientes incautos. Ganham mais nos juros que na venda do produto… O infeliz perde duas vezes nessa ‘mais valia’ moderna.

        O que eu acho disso? Tanto faz, PMJ.

        45+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Money_Addicted 14 de março de 2018 at 16:42

        eu parcelo 🙂

        10+
        • avatar
        • avatar
        • odorico 14 de março de 2018 at 20:09

          Dois, toda vez que me oferecem parcelar qualquer coisa sem juro e não tem desconto a vista eu parcelo…. Posto, supermercado, uma vez em 2000 e bolinha fui comprar uma sanduicheira num supermercado que custava 19,90(nem lembro mas acho que era isso…), como não passei mais nada fui para aquele caixa do bazar (não passa compras) aí a caixa falou, “quer que divide? ” eu falei…”uai divide? Em quantas?” ela disse: “Até 6 x” eu respondi…. nem acreditando…. “Então divide em 6x”. A moça soltou um sorriso…., bateu uma vergonha, mas acho que já era meu DNA bolhista se manifestando….

          26+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • From_The_Tower 14 de março de 2018 at 18:23

      Isso existe mesmo?
      Tá de brincadeira, né?

      7+
      • avatar
    • Bsbguy 15 de março de 2018 at 17:41

      Posto do eixinho da 9 norte né? kkkk Eu acho um absurdo parcelar compra corrente hahaha

      0
  • antifragile 14 de março de 2018 at 16:13

    CVR Yoga

    Pessoal, o CVR abaixo foi escrito pela minha namorada. Como ela não quis criar conta só pra postá-lo, estou colando eu mesmo. Se vocês gostarem, ela disse que vai escrever outro CVR, que aconteceu no trabalho dela.

    ————————–

    Tenho uma amiga no yoga, que irei chamá-la de G. Ela é uma mulher de 34 anos, formada em economia por Universidade Federal, mestre na mesma área e professora universitária (substituta) da mesma instituição em que se formou. Tem um filho de 3 anos e se separou há pouco tempo. 

    Um dia, a nossa professora de yoga perguntou a cada aluno porque nós tínhamos escolhido essa prática. A G. contou que estava passando por uma fase muito difícil, pois fazia um ano que tinha terminado um relacionamento de 11 anos, havia perdido seu emprego de professora universitária e o seu apartamento dos sonhos. 

    Certa vez, voltando para casa com ela, ela se sentiu à vontade para contar sua história. Tudo começou quando ela e seu ex-marido (na época namorado) resolveram se casar em 2013. Foi quando decidiram comprar um apartamento para poderem realizar o sonho de terem sua família. No mesmo ano, antes de se casarem, compraram um apartamento em um bairro de classe média. O apê já estava quase ficando pronto. O valor do apartamento? 700 mil reais! Mas tudo parcelado em 35 anos, claro. Em 2014 veio a surpresa: ela estava grávida! E o casamento, que seria em 2015, teve que ser antecipado. Casaram e assim que a criança nasceu foram morar no “apartamento dos sonhos”.

    Mas em 2016 as dificuldades chegaram, e ela, professora universitária (substituta) há 8 anos, não conseguia mais pagar as parcelas do apartamento, condomínio, contas de água, luz, telefone, internet, compras de supermercado e despesas da criança, ou seja, todo o pacote que acompanha casa + família com filho. Ela não disse a profissão do ex-marido, mas devia ser algo semelhante à dela. Foi então, que no meio de 2016, ela e o marido, tiveram a ideia de voltar cada um pra casa dos seus pais pra economizarem o máximo possível, de forma que pudessem pagar o quanto antes esse tal “apartamento dos sonhos” de 700 mil reais. 

    Mas a vida dá voltas, e em fevereiro de 2017, em pleno carnaval, ela recebe uma mensagem do marido dizendo assim: “vá viver sua vida, acabou”! 

    Foi um baque pra ela. Seu relacionamento de 11 anos havia terminado, e por mensagem de texto! Depois dessa mensagem, ela ainda tentou conversar com ele uma vez, mas ele se recusou e não se falaram mais. Mas ela tinha um filho para criar e ainda tinha o seu emprego, então continuou sua vida. Mas no meio de 2017 veio uma péssima notícia. Seu contrato de professora substituta da universidade não seria mais renovado. Assim, G. se viu desempregada, com filho e contas para pagar (incluindo condomínio e as parcelas do famoso apartamento dos sonhos que ela ainda estava pagando mesmo morando com a mãe). 

    Foi então que ela e o ex-marido, entraram em contato com a imobiliária, querendo se desfazer do contrato. A imobiliária disse que só devolveria 20% do valor pago. Então o ex sugeriu que ficassem pagando o imóvel, para que futuramente deixassem para o filho. Mas ela se recusou e resolveu encerrar o contrato. Eles já haviam pago cerca de 100 a 120 mil do apartamento. Ela preferiu aceitar o prejuízo e se livrou de dois embustes (o ex-marido e o apartamento). Pois imagine só se ela aceita continuar pagando um apartamento com seu ex durante 35 anos!

    Hoje, depois de 6 meses desempregada, com filho para criar e contas a pagar, ela mora com a mãe, em uma casa humilde (como ela mesmo definiu). Vou escrever o que ela me falou essa semana quando me contou essa história.

    “Eu perdi meu casamento, meu emprego e minha casa dos sonhos. Hoje tenho que morar com a minha mãe em uma casa humilde, com contas para pagar. Mas a sorte é que eu recebi 10% do que investi no apartamento (os outros 10% ficou com o ex) e o restante do dinheiro que eu havia economizado para pagar uma outra parte do apartamento ainda está na minha conta. Ainda bem que tenho o suficiente para me manter até arranjar outro emprego ou conseguir passar no doutorado e ganhar bolsa da CAPES ou CNPQ”

    Agora ficou claro porque a G. foi procurar ajuda do yoga e da meditação? É amiguinhos, parece que o sonho da casa própria é apenas um sonho mesmo.

    92+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Pedro de Lara 14 de março de 2018 at 16:45

      Tento imaginar a aula de yoga com aquela música calma… Depois disso a descrição:

      “Imagine um campo verdejante com fontes de água acalentadoras. Dessas fontes, pequenas bolhas saem para o ar, depositando-se na relva. Tais bolhas, viçosas e elegantes, são reluzentes, atraentes e cativam com seu brilho todos os incautos que chegam mais próximos dela. Ao alcançar qualquer uma delas, elas estouram, deixando o incauto a ver navios, no meio do campo verdejante, esperando pela próxima bolha que aparecer em seu caminho”

      Tirando meu devaneio de lado, ótimo CVR! Em tempo, faço um adendo:

      Tenho amiga psicanalista que está precisando rever seus horários pela quantidade de clientes que desejam marcar consulta com ela. Haja gente precisando desabafar por aí 😀 😀

      28+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Money_Addicted 14 de março de 2018 at 16:45

      sensacional, trofeu para o cara terminar um casamento por sms kk

      (obvio q deveria pagar a pensao para o filho) mas a parte do termino por sms foi show

      fale pra ela contar mais causos

      28+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Porto-alegrense 14 de março de 2018 at 16:49

      Excelente CVR, é inacreditável a ingenuidade das pessoas. Pelo menos se livrou do AP (e do marido).
      Mas me chamou a atenção uma parte em especial:

      “…ou conseguir passar no doutorado e ganhar bolsa da CAPES ou CNPQ”.

      PQP, depois de toda essa tragédia, ela ainda quer insistir com a vida acadêmica e depender do governo??
      Arranja um emprego minha filha, pára de sonhar! Teu filho tá com fome e a pilha das tuas contas só aumenta!

      40+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 08:31

        Uma MESTRA em economia fazendo burradas financeiras e querendo virar doutora.

        Lembrando que a Dilma e o Collor são formados em ECONOMIA.

        É por isso que os poucos cursos de Escola Austríaca estão fazendo sucesso, se um indivíduo que vive ao estilo KEYNES só dá merda, então por que daria certo para um país ?

        19+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • EngenheiroDF 14 de março de 2018 at 16:54

      Se eles já tinham financiado o imóvel, como foi possível o distrato?
      Se ainda não tinham financiado, poderia fazer o distrato e receber cerca de 80% do valor aplicado da construtora.
      Essa parte ficou confusa.

      Mas é um excelente CVR!

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • antifragile 14 de março de 2018 at 18:32

        Verdade, também achei isso estranho. Mas vai ser esquisito pedir detalhe sobre isso kkkk.

        “Ei, fulana, uma galera da internet tá querendo saber exatamente como foi esse lance de devolver o imóvel. Conta pra nóis vai!”

        17+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 14 de março de 2018 at 18:38

          Eu acho que eram 38 anos em teoria
          03 anos de parcela na planta e uma pretensão de financiar no banco por mais 35 anos. ( o que o corvo deve ter simulado para eles)

          15+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • antifragile 14 de março de 2018 at 18:39

            Mas pelo que ela contou, o casal chegou a morar um tempo no apê, então teoricamente já devia ter acontecido o financiamento.

            9+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • From_The_Tower 14 de março de 2018 at 18:42

              Então alguma coisa não bate aí……

              11+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Antigo 15 de março de 2018 at 14:22

                Não bate, mas estando na banânia não descarto a hipótese de ser rolo jabuticaba inédito. Um pré-financiamento ou algo do tipo.
                De toda forma, bom CVR!

                3+
                • avatar
        • EngenheiroDF 14 de março de 2018 at 19:20

          Talvez tenha acontecido um financiamento direto com uma imobiliária. Ai a imobiliária concordou em devolver 20% sendo que ela tinha o imóvel alienado em seu nome (nome da imobiliária) e não precisaria pagar nada, mas preferiu devolver 20% pra não ter o imóvel depredado e saber que os clientes sairiam do imóvel sem chateação.

          11+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Lord of All 14 de março de 2018 at 17:30

      Na nossa mente bolhista chega a ser difícil entender isso, mas fato é que essa é a realidade da grande maioria da população da banânia, com o acréscimo de que normalmente têm mais filhos e menos estudos.
      E acho q grande parcela dos endividados só não rompe o casamento por conveniência financeira.

      27+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Margarida 14 de março de 2018 at 18:43

        Lord of All, embora a gente veja muitos casamentos acontecerem pelos motivos mais tortos que se pode imaginar, alguns são associações entre pessoas conscientes e sábias, e é fato que é muito mais fácil e rápido realizar qualquer projeto financeiro em dois, do que é fazer isso sozinho. Tem os que ficam presos uns aos outros por enroscos financeiros, mas tem os que progridem mais rápido do que progrediriam sozinhos, pelos mesmos motivos. Acho legal quando vejo isso.

        38+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Alves 14 de março de 2018 at 21:54

      Particularmente sempre fico intrigado quando alguém “descobre” que ficou grávida.

      25+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • DAN 20 de março de 2018 at 23:23

      Caramba. Já foi a época que dava para ter casa e família com bolsa CNPQ ou CAPES. Em 1997 elas valiam bem. O doutorado pagava uns 10 salários mínimos. Show de bola.

      0
  • Krakenvader 14 de março de 2018 at 18:07

    Eu trabalho em uma área marcada por contrastes. Gente de todo o tipo de background familiar, educacional, financeiro. Tudo mesmo. Gente que subiu do zero, gente que nasceu em berço de Ouro. Gente que mora com os pais, filhos de pais separados e alguns órfãos.

    Quando comentei “Stephen Hawking morreu” (por volta da meia-noite, quando estava trabalhando), ouvi o seguinte comentário:

    “Aquele ator?!”
    “Não!” – Respondi com um gosto amargo na boca. “O astrofísico mais famoso do mundo, que andava em uma cadeira de rodas por conta de sua doença degenerativa, e nem assim deixou de ser um gênio.”

    Um silêncio abissal tomou conta. A pessoa não sabia quem era Stephen Hawking em 2018. Era da informação, do acesso fácil ao desconhecido.

    “Ah sim, acho que sei quem é ele…”.

    Curiosamente, a pessoa que desconhecera Stephen Hawking aos 30 anos de vida, sabia muito bem quem era Neymar. E adivinha só? Também sabia quem era Pablo Vittar. E sim, também possui um bolhudinho que está pagando todos os meses pra chamar de “meu”.

    Quando criança, meu pai sempre dizia “(…) estude para não passar vergonha, ao menos. Já pensou se falam de Einstein no meio da rodinha de amigos e vc não faz a menor idéia se ele era cientista ou pescador?”.

    Hoje, finalmente entendi o que ele quis dizer com isso.

    49+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 14 de março de 2018 at 20:55

      Normal, estamos em uma época onde todos independente do talento ou da atividade são “vendidos” da mesma maneira.
      A grande maioria das pessoas simplesmente não se interessa, não tem tempo ou cultura para tentar diferenciar uma coisa da outra.
      Nem olhei os portalões mas tenho certeza que a foto do Hawking estaria misturada com fotos da Anita, Pablo Villar e personagens de novela, tem hora que nem eu sei se é notícia ou alguma merda de personagem de novela.
      Já até falei qeuí, depois que os marketeiros descobriram que as mulheres decidem direra ou indiretamente por 80% ou mais dos gastos praticamente toda a publicidade e voltada para mulheres.
      Muita fantasia, drama e “sentimentalismo barato”, gatos, cachorros e outras coisinhas fofas…
      Basta olhar a ordem dos tópicos nos portais de “notícias”.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 14 de março de 2018 at 23:24

        São elas quem batem o martelo: o girl power chega ao mercado de leilões..
        EXAME.com-8 de mar de 2018
        Responsáveis pelas principais decisões familiares não é de se estranhar que no mercado de imóveis as mulheres ganhem cada vez mais força. Dentre as modalidades que mais crescem, os leilões têm tido destaque pelos valores atraentes – em média 60% abaixo do praticado no mercado

        O poder é delas: mulheres são maioria na busca por imóveis
        EXAME.com-9 de mar de 2018
        Junto com os direitos conquistados pelas mulheres nas últimas décadas, o poder de consumo feminino também cresceu. Quando o assunto é comprar ou alugar um imóvel, por exemplo, as mulheres lideram as buscas online

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • SP 15 de março de 2018 at 09:34

        Esse CVR me lembrou essa parte do desenho Rick and Morty, onde o avô inventa um nome para descrever uma situação fora do comum e os netos concordam e dão risada com a comparação. Muitos fazem isso, não conhecem, porém não querem parecer idiota.
        https://youtu.be/nWRemi3UsaU?t=133

        1+
        • avatar
    • João Adamastor 14 de março de 2018 at 21:26

      Efeito Grobu!

      0
    • Lucas 15 de março de 2018 at 12:25

      amigo Krakenvader

      a gente não deve se sentir superior por saber quem foi SH, ou inferior por não saber,
      Por outro lado o orgulho do apeudetismo que graçou a nação vai nos desgraçar por gerações

      eu falo do cara apenas porque tive um, digamos, convivio de pensamentos, a 30 anos atrás me maravilhei com a breve história do tempo, onde colocava o entendimento do universo numa outra dimensão, alias uma dimensão de retorno ao passado, na linha do Mircea Eliade ou do karl Sagan, que conheci não por estudos mas por diversão, com minhas limitações de saúde, sempre busquei isso aí, que alias soube outro dia o Olavo de Carvalho tem o Eliade como uma de suas bases. É um hobbie que eu tenho, estudar mitologias, que por coincidencia umas turmas secretas aí tem a mesma mania maluca, faz muitos anos.

      O que vou levar dele pro resto da vida é essa visão da nossa humanidade, agressiva e efêmera tanto no espaço quanto no tempo, isolados nos cosmos popr culpa de nós mesmos, isolados no proprio planeta de qualquer outra espécie parecida a nossa, somos os unicos no fazer aquilo que fazemos, o pensar a propria natureza, e transforma-la e muitas vezes distorce-la, distorcer nossa propria realidade para que caiba no nosso mundinho egóico, individualista. vc pode invocar uma intenção divina ou um gatilho genético nessa tarefa de transpor isso aí, e por uma grande ironia, o proprio SH foi posto a prova com uma doença que é algo inumano, e que ele transcendeu como nenhum outro.

      Ele pra mim foi um super herói no sentido super herói, o cara deficiente que tem o poder da mente de transportar a todos num pensamento mais evoluído, ele sem mexer um dedo fez algo por todos nós que ainda passaremos um século digerindo.

      Isto tudo pra dizer, não sou melhor que o moço que nunca ouviu falar do tal astrofisico, aliás que porra é essa??? pelo contrário, sou até mais perigoso que esses ignorantes, seja tocados por deus, seja tocados pela necessidade de conviver em situações extremas, devemos ter até uma admiração por eles que conseguem evoluir nem que pela intuição onde monstros da cultura não conseguiram nem arranhar o cerne da grande intenção (talvez incluso eu, talvez nem tão monstro assim)

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Leonardo M. 14 de março de 2018 at 18:24

    Cvr
    Corvos dos automóveis

    Estou precisando trocar de carro e resolvi colocar vários anúncios pelo FB das comunidades de vendas e troca de Chapecó.
    Então fui bem claro que desejo um carro
    2012 pra cima com 4 portas, 1.0, A/C e DH e pago até R$20k

    Não deu outra, apareceu 3 corvos que tem revenda de automóveis me oferecendo caco velho 2008/09/10 por R$18/19/20/21 mil

    Retruquei que só pago até R$20k
    Eles disseram que jamais acharia por esse preço.
    Eu disse que que em Chapecó dificilmente porém em Joinville, Florianópolis, Criciúma e BC eu acho aos montes.
    Os caras são tão chatos que me disseram que eu gastaria com gasolina, passagem etc até essas localidades.

    Aí eu perdi a calma e falei algumas verdades:
    Carro não é investimento e só o povo se Chapecó pensa assim
    Vou gastar R$150 pra ir e R$150 para voltar, então vale a dor de cabeça pois economizo muito mais.

    Enfim morar no interior de SC onde só tem alemão azedo é triste.
    A vida do chapecoense se resume a ter carros rebaixados com somzao, tijolos e ir no estadio ver a chapecoense jogar.

    Obs: Amanhã um colega vai ver dois carros para mim em Floripa
    2012 completo por R$19k celta
    2013 completo por 20k Clio

    Se duvidar ainda vendo o carro em Chapecó com um bom lucro.
    Senhores nunca se mudem para o interior ao menos por questões de trabalho como eu tive por causa da esposa. É perda de tempo e saúde…

    34+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 14 de março de 2018 at 18:27

      “A vida do chapecoense se resume a ter carros rebaixados com somzao, tijolos e ir no estadio ver a chapecoense jogar.”

      Pandeiro avisou !

      Dia 01/06/2002 > O dia mais feliz da minha vida. O dia em que eu sai de Chapecó.

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • From_The_Tower 14 de março de 2018 at 18:26

    Boa noite pessoal !
    Tudo beleza?

    Após 06 anos de vergonheira …. o dono de 02 sobrados que ficam perto da minha sogra aqui em Curitiba …. resolveu retirar as placas de vende-se.
    P.S. Ele deixou de vender 01 dos sobrados de 730k por 700k em 2014.

    Eu si divirtu com os BRICK LOVERS !

    agora estão pichados… e com o mato bem crescido. Os mosquitos estão adorando.

    34+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • antifragile 14 de março de 2018 at 18:37

      Mas ele retirou porque vendeu ou porque desistiu?

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 14 de março de 2018 at 18:39

        Desistiu.
        Começou a reformar.
        06 anos de imóvel parado…
        um deles tem elevador….
        pense na bucha.

        P.S. Eram 05 sobrados. Venderam 03. Mas os 03 são financiados…. e dois moradores ficaram desempregados… só agora conseguiram recolocação.

        21+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 08:08

      From_The_Tower

      Tinha 7 lojas para alugar e só havia uma de esquina ocupada, as outras 6 ficaram com placas de aluga-se por quase 2 anos, de R$ 8.500 e R$ 13.000 (a última da direita é maior)

      Dai sumiram as placas e logo em seguida já conseguiu alugar todas elas

      Sem dúvida nenhuma o proprietário deve ter reduzido o valor, talvez até pela metada

      https://goo.gl/maps/L59JtG8iHay

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • From_The_Tower 14 de março de 2018 at 18:35

    OFF
    Vou olhar alguns títulos públicos que comprei

    NTNB 2035 > Setembro de 2015 > 81,51% de Rendimento Bruto
    NTNB 2020 > Janeiro de 2016 > 43,59% bruto (já recebi 04 cupons de juros)
    Tesouro Pré- Fixado 2027 com JS > 13,55 contratado > 25,41% bruto (já recebi 03 cupons de juros)

    é acho que tá bom.
    Eu jogo dinheiro fora com aluguel…. mas com o dinheiro que jogam nas minhas contas.
    PNJ !

    26+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Marcio 14 de março de 2018 at 19:15
  • jodorowsky 14 de março de 2018 at 19:53

    No RJ quanto mais velho e caindo aos pedaços mais caro fica, então faz sentido. Qua qua qua.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • João Adamastor 14 de março de 2018 at 21:23

    Na época da subida os aumentos eram coisas de 15, 20, 23, 30% a.m. Falavam tantas coisas como melhora na economia, crédito, preços defasados… Hoje, as falácias são ao contrário do tempo das vacas gordas como piora da economia, falta de crédito, preços altos… as quedas são de 0.10, 0.15, 0.20, 0.23, 0.53% a.m.
    Como se diz no Brasil, para cima todo santo ajuda.
    Quem sabe UM dia as coisas voltam ao normal, porque hj tô fora de imóvel.

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 14 de março de 2018 at 23:06

      até o universo explodiu, só a bolha bananense não explode ou colapsa.
      Na singularidade o valor não muda nunca mais.

      12+
      • avatar
      • avatar
  • Carlos 14 de março de 2018 at 22:15

    OFF – Movimento “Right to repair” tomando força por estes lados.

    Farmers driving ‘right to repair’ issue as legislative battle unfolds in US
    “It’s a modern dilemma — a customer wants to fix a broken smartphone, tablet or laptop, only to be told by the manufacturer they will have to pay top dollar at an “authorised repair centre” or fork out for a replacement.”
    http://www.abc.net.au/news/rural/2018-03-11/farmers-spearhead-right-to-repair-fight/9535730

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cetico 14 de março de 2018 at 22:26

    Uma historia de 10 linhas:
    Vendi meu apto zona sul de SP por 700k com 92 m2.
    Procuro outro por, ate 830k de 100m2 na mesma região, mas com melhor infra.
    O que encontro?
    Centenas pedindo de $12k a $15k por m2.
    Qual a justificativa para esse preço dadas pelos donos:
    – Ja valeu mais, to dando desconto para mudar!!!
    Resumo um predio no metro Ana Rosa tem 132 aptos e foi entregue em 2016, mas ainda tem 71 a venda por algo entre 10k a 15k por m2.
    E o que dizem os corretores?
    – Enquanto não chegar a 8k por m2 não vende de jeito nenhum.
    – Quem tem dinheiro olha no site do vivareal e ve todos os preços do predio, qtos a venda e não faz loucura.
    – A internet acabou com o comprador que o corretor direcionava para determinado imovel sem saber nada.
    O que vou fazer?
    Sentar e esperar!
    E ai o que vcs acham?

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 08:03

      O dinheiro para manter estes imóveis parados está saindo de algum lugar
      Não é apenas o custo de oportunidade, mas a própria DESVALORIZAÇÃO
      O investidor que achava que iria ganhar dinheiro com o mercado imobiliário está empobrecendo
      Enquanto isso, este dinheiro que poderia estar sendo utilizado em atividades produtivas ou consumo, fica lá, parado e desvalorizando

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 14 de março de 2018 at 23:20

    sendo chato: aí não tem 10 linhas. kkkk

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 15 de março de 2018 at 00:02

    -Parte de dinheiro desviado da UTFPR era investido em imóveis, segundo a PF.
    o ex-diretor é o dono de 32 quitinetes em um condomínio que fica a quatro quadras da universidade. Em outro prédio, a duas quadras da UTFPR, ele é dono de 27 quitinetes, algumas com sacada.
    também um terreno de 1,6 mil metros quadrados, onde está sendo construído um prédio de 16 andares. Em maio de 2017, um apartamento no edifício era vendido por R$ 600 mil. ..
    https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/parte-de-dinheiro-desviado-da-utfpr-era-inv

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 15 de março de 2018 at 06:06

      Depósito de Barbudinhos INDEX

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 15 de março de 2018 at 17:26

        kkkk
        e o FIES alimentava o aluguel dos kitnets comprados com dinheiro desviado

        incrível a capacidade de enriquecimento daqueles que tem a maquina publica na mão, basta usar a criatividade, não existe mal negócio, nem o estouro da bolha afetava eles.

        3+
        • avatar
  • Margarida 15 de março de 2018 at 06:58

    A história do Cetico me lembrou de contar que esses dias eu tenho visto uma coisa interessante: em alguns bairros foram construídos muito mais prédios, coisa absurda. Neles, o excesso de oferta é muito mais visível, e dá pra ver claramente o efeito da bolha (tostines ao contrário). Um exemplo é o bairro no ABC onde mora o molusco. Os preços variam muito mais entre apartamentos de mesmo tipo, e quem for um pouquinho mais esperto não compra lá de jeito nenhum. O cara sabe que se comprar ali e quiser ou precisar vender, tá ferrado. Corre o risco de não vender mesmo baixando muito o preço.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 15 de março de 2018 at 09:27

      Margarida,

      Passei quase 3 meses procurando uma outra casa, uma constatacao do q sempre falamos aqui essa super oferta eh de lixos, serio, a super-oferta eh enorme mas os de qualidade sao relativamente poucos.

      Vai ser interessante ver como vai se desenrolar essa bolha bananense, pois esses uns q visitei sao em area relativamente boa (se eh q existe isso nesse pais).

      Esses imoveis q visitei se fossem bem construidos diria q seria um preco “aceitavel” pagar uns 2k (aluguel) mas eles pedem 3k, mas devido a baixa qualidade da construcao eu nao pagaria 1k

      observando e recebendo juros

      [ ]s

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 07:59

    BOLHA DE LEILÕES

    Imóveis na Serra e em Guriri serão leiloados a partir de R$ 53 mil
    No leilão, que vai acontecer entre os dias 21 e 22 deste mês, em Vitória, os interessados poderão comprar casas e apartamentos com desconto de até 75% – os abatimentos são calculados de acordo com os preços praticados no mercado
    https://novo.folhavitoria.com.br/geral/noticia/03/2018/imoveis-na-serra-e-em-guriri-serao-leiloados-a-partir-de-r-53-mil

    1,5 mil imóveis a partir de R$ 120 mil em Salvador e RMS; veja
    http://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/15-mil-imoveis-a-partir-de-r-120-mil-em-salvador-e-rms-veja/

    Feirão de imóveis com mais 800 opções em Colatina neste fim de semana
    http://esbrasil.com.br/feirao-de-imoveis-em-colatina/

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Pedro de Lara 15 de março de 2018 at 08:20

    CVR Atualização

    Não sei se recordam do CVR que contei outro dia, dum velhinho da família que comprou um Escort GL 94 por um valor e queria vender pelo dobro. Resolveu passar pra frente mais barato. Isso porque, se não aprende pelo amor, aprende pela dor, meu caro gafanhoto!

    Motivos:
    1o. Vai precisar rever os implantes da boca e vai precisar pagar uma cacetada pra reformar as canjicas e poder comer torresmo em paz.

    2o. No desespero, tirou a poeira do carro e, como disse antes, por estar parado por muito tempo, precisou comprar bateria nova (mais 300 mangos pra conta), trocar bico injetor, mexer na placa da injeção eletrônica (ai), velas e outras miudezas. Conselho do mexânico: “passa esse carro pra frente logo!” Só que não pelo dobro, né meu velho.

    Mais por vir em breve.

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Tagore 15 de março de 2018 at 08:54

    Todo o bolhista já experimentou a Síndrome de Cassandra (mitologia grega, Guerra de Tróia). Você consegue prever o futuro (não é mágica, são apenas números, história e comportamento humano), mas as pessoas a sua volta não acreditam no que você diz.

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 09:09

      14 OUT 2013 – Nobel vai para economista que previu bolha imobiliária

      Robert Shiller, Eugene Fama e Lars Hansen foram os escolhidos deste ano para o prêmio Nobel de Economia

      Shiller afirmou, em agosto deste ano, que há uma boa probabilidade de que exista uma bolha imobiliária no Brasil. “Suspeito que exista uma bolha no Brasil”, disse durante o 6º Congresso Internacional de Mercados Financeiro e de Capitais, em Campos do Jordão (SP).

      “O caso do Brasil me lembra o Japão nos anos 80, quando os preços dos imóveis subiram até atingir um pico em 1990, e vem caindo desde então”, disse Shiller

      “A percepção é de que os emergentes estão ficando ricos e os mercados imobiliários estarão fabulosos em 100 anos. Mas isso não pode estar certo, porque outros países tiveram forte trajetória de crescimento e os preços das casas não subiram desta forma”, disse.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 15 de março de 2018 at 09:09

    Paiseco
    No fantástico mostrou um cara que guardou moedas em garrafas pet por 9 anos e comprou uma moto (9mil reais+ 3 mil a vista). Ele gostou de aparecer e disse que vai guardar de novo… Agora está passando reportagem dizendo que existe 1,5 bilhão de reais em moedas abandonadas na gaveta e perdidas. sem render…que agonia. As moedas estão sumindo também porque alguns comerciantes querem até o cafezinho em cartão.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • tmarabo 16 de março de 2018 at 15:17

      eu vi esta reportagem do cara que comprou a moto com moedas na ana maria braga: mas pelo menos no programa dela eles explicaram que ele poderia ter 30 mil reais se tivesse guardado na poupança, pois ficou quase 20 anos pra juntar os 9 mil em moedas.
      explicaram esta questão BÁSICA no fantásitco?

      2+
      • avatar
  • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 09:15

    Impressora 3D Vulcan constrói casa em menos de 24 horas por R$ 13 mil
    Projeto usa impressora 3D para construir casas em países de baixa renda

    https://www.techtudo.com.br/noticias/2018/03/impressora-3d-vulcan-constroi-casa-em-menos-de-24-horas-por-r-33-mil.ghtml

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 15 de março de 2018 at 09:29

    kkkk corvos desgraçados:

    Imóveis: Cade fecha acordo e taxas de corretagem devem cair
    Destak Jornal-16 horas atrás
    Conselho proíbe corretores de tabelar comissão de imóveis
    Bem Parana-12 horas atrás
    os que faziam preços diferentes eram processados ou investigados. Também tinha a tabela de exclusividade (se vc comprou ou vendeu com outro corvo diferente vc era processado)..

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Margarida 15 de março de 2018 at 11:42

      A OAB, no entanto…..

      4+
      • avatar
    • Oliveira 15 de março de 2018 at 12:11

      A porcentagem de 6% não era um imposição legal ? então agora está livre para negociar qualquer taxa entre corretor e comprador/vendedor

      4+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 15 de março de 2018 at 12:29

        aposto que as construtoras vão continuar cobrando +6% dizendo que era a taxa do corvo na hora do distrato e mais 10% do preço. corvo vai perder duas vezes kkk, a cobra engoliu o rabo. eu já sugeri que poderia acontecer isso em 2014.

        2+
        • avatar
  • Alemon Fritz 15 de março de 2018 at 09:38

    nenhuma surpresa:

    – TCE aponta desvio de finalidade em empréstimo da Caixa ao Piaui.
    Cidades em Foco-34 minutos atrás
    Auditoria realizada por técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) aponta a existência de irregularidades no uso dado, pelo Governo do Estado, à primeira parcela do empréstimo de R$ 600 milhões, contraído junto à Caixa Econômica. (não prestavam contas e a caixa liberava as parcelas)

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 15 de março de 2018 at 09:53

    corvos, cuidado com eles!!

    -Jovem deu carona para amigo assassinar ex e depois o matou em GO
    O Correio News-17 horas atrás. Deyvid admitiu que levou o amigo de Abadia de Goiás até Trindade pra cobrar “um dinheiro”, mas não sabia da intenção dele de matar a ex. Em seguida, sustentou ainda que deu carona para o Corretor sem saber que ele havia cometido o assassinato.
    não há dúvidas de que o Alexandre matou a ex-namorada, foi ajudado pelo transporte feito por Deyvid, e depois morto pelo mesmo.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 11:19

    A caixa econômica está fazendo uma venda direta no Residencial Boulevard, quadra 107, lote 8, em Águas Claras – DF
    Enquanto no anúncios está em torno de 800K a CEF colocou a venda por R$ 1.444.739,80
    Área privativa = 286,64m2 / Quartos: 4 / Garagem: 2

    http://www1.caixa.gov.br/Simov/detalhe-imovel.asp
    https://imoveis.trovit.com.br/residencial-boulevard-aguas-claras
    https://goo.gl/maps/YsKN7FPZNzS2

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Rico 15 de março de 2018 at 11:41

    Bom nem vou colocar o link da vereadora que foi assassinada no Tiro de Janeiro (Rio de Medelín, Cali de Janeiro, ou outro sinônimo).
    Mas conforme dito a anos atrás, o script está seguindo como descrito.
    Para quem é das antigas, segue o fértero.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 15 de março de 2018 at 12:35

      sem falar do motorista que estava fazendo “bico” pra vereadora, 5 mais votada. informalidade assim que fica.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • Money_Addicted 15 de março de 2018 at 14:05

        exato, esses esquerdas gostam de falar mas ela estava explorando o motorista, pq nao o registrou e pagou todos os beneficios….no dos outros eh refresco

        11+
        • avatar
        • avatar
    • Cesar_DF 20 de março de 2018 at 08:18

      Rico
      O interessante é ver como este acontecimento foi apresentado pela Globo

      A direção de jornalismo é quem define quais as matérias e o tempo que será dedicado a elas
      Esta decisão sobre o tempo dedicado as reportagens não envolve apenas a repercução do fato, mas a ideologia do jornal.
      Segue abaixo o tempo em minutos de Jornal Nacional dedicados a professora Heley de Abreu que morreu queimada enquanto salvava alunos e da vereadora Marielle que foi assassinada no Rio de Janeiro.
      Pelo tempo de exibição podemos ver qual a importância que este jornal dá a cada um destes temas
      Marielle = 1 hora, 35 minutos e 43 segundos
      Heley = 20 minutos e 27 segundos
      Ou seja, o tempo dedicado a uma heroina que morreu salvando crianças foi 5 vezes menor

      http://g1.globo.com/jornal-nacional/

      19/03/2018
      05:00 Polícia investiga ligações de celulares no local onde morreu Marielle
      06:16 Ministério da Segurança Pública muda versão sobre roubo de munição
      07:12 PSOL acusa desembargadora no CNJ por declarações falsas sobre Marielle
      03:54 Tribuna da Câmara de Vereadores deverá ter o nome de Marielle Franco

      17/03/2018
      03:26 Imagens exclusivas mostram o que seria perseguição ao carro de Marielle
      00:29 Disque-denúncia recebe informações sobre a morte de Marielle Franco e Anderson Gomes
      06:10 Especialistas apontam falhas no controle de armas e munição no Brasil
      05:15 Onda de luto e indignação pela morte de Marielle Franco tomam o Brasil
      01:28 Fantástico traz cobertura especial do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes

      16/03/2018
      04:33 Câmeras mostram últimos momentos de vereadora do Rio e motorista
      06:20 Munição usada contra vereadora e motorista é de lote comprado pela PF
      04:42 Só 18% dos homicídios do Rio no 1º semestre de 2016 foram esclarecidos
      03:53 Especialistas tentam explicar baixa taxa de resolução de crimes no Rio
      04:30 Morte de vereadora ainda repercute em atos no país e no exterior
      00:48 Disque-denúncia recebe informações sobre a morte de Marielle Franco e Anderson Gomes
      00:32 Fachin manda para o plenário do STF ação do PSOL contra intervenção no Rio

      15/03/2018
      07:54 Execução de vereadora e motorista no Rio choca e revolta o país
      04:25 Multidão emocionada se despede da vereadora Marielle Franco no Rio
      02:28 Emoção marca enterro de Anderson Gomes, motorista da vereadora
      04:25 Multidão se reúne no Centro do Rio em homenagem a Marielle
      02:05 Autoridades dos três poderes reagem com indignação às mortes no Rio
      07:31 Artistas, intelectuais, favela e asfalto homenageiam Marielle e Anderson
      02:27 Assassinato de vereadora e motorista repercute em todo o país e fora dele

      05/10/2017
      03:21 Vigia de creche em Minas põe fogo em crianças; quatro morrem
      05:05 Tragédia em MG: feridos mais graves são transferidos para Belo Horizonte

      06/10/2017
      02:36 Sobe para 7 o número de crianças mortas no incêndio criminoso em MG
      02:33 Médicos que atenderam vítimas da Kiss ajudam queimados em creche
      02:12 Crianças recebem alta neste sábado (7) após incêndio em creche de MG
      01:27 Aumenta o número de crianças mortas no incêndio criminoso em MG

      09/10/2017
      02:06 Morre mais uma criança vítima do incêndio criminoso em creche em MG

      10/10/2017
      00:41 Mais uma vítima do ataque a creche em Janaúba/MG é enterrada

      11/10/2017
      00:26 Quatro crianças feridas no incêndio em creche de Janaúba têm alta

      1+
      • avatar
  • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 12:35

    O juiz federal Sergio Moro liberou o edital para o leilão do tríplex do Guarujá, imóvel atribuído ao ex-presidente Lula. O apartamento – que tem 298 metros quadrados – foi avaliado em R$ 2,2 milhões e será leiloado pela empresa Marangoni Leilões. Ocorrerão duas praças: nos dias 15 e 22 de maio.

    https://www.canaljudicial.com.br/auction/offerDetail.htm?offer_id=1360877&auction_id=64845#barranavegacaoleilao

    Autor: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
    Número do Processo: 5003232-05.2018.4.04.7000
    Réu: LUIZ INACIO LULA DA SILVA e OUTRO
    Depositário: NI
    Local: Avenida General Monteiro de Barros, nº 638, apto. 164-A, Edíficio Salinas, Condomínio Solaris, Astúrias – Guarujá/SP
    Recurso pendente: Não
    Apartamento triplex nº 164-A, localizado nos 16º ao 18º pavimentos do Edíficio Salinas, Bloco A, integrante do Condomínio Solaris, situado na Avenida General Monteiro de Barros, nº 638 – Guarujá/SP. Possui a área privativa de 215,200 metros quadrados, a área comum de 82,692 metros quadrados (já incluída a área de duas vagas de garagem), perfazendo a área total de 297,892 metros quadrados, correspondendo-lhe uma fração ideal de terreno e das demais partes e coisas comuns do condomínio de 0,016284, cabendo ainda o direito de uso de duas vagas de garagem, individuais e indeterminadas, na garagem coletiva do condomínio, destinadas ao estacionamento de dois veículos de passeio. Matrícula 104801 do Registro de Imóveis da Comarca de Guarujá/SP.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 15 de março de 2018 at 14:05

      Convido algum petista arrematar o imóvel e dar de presente para o Lula.
      Seria uma baita jogada de marketing para o partido.
      Se bem que sem estar no governo não há dinheiro para arrematar o imóvel, ops.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 12:42

    BREXIT

    Londres/Amsterdã – A Unilever , terceira maior empresa no Reino Unido, escolheu Roterdã para substituir Londres como sua sede, em um golpe para o governo da primeira-ministra Theresa May, um ano antes do Brexit.

    A empresa anglo-holandesa, que fabrica desde o sabonete Dove aos sorvetes Ben & Jerry, lançou uma revisão de sua estrutura de controle duplo em 2017, após rejeitar uma aquisição de 143 bilhões de dólares da Kraft Heinz, disparando uma batalha entre Reino Unido e Holanda.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 12:44

    CVM condena nova forma de manipulação de mercado feita com robôs
    Chamada de “spoofing”, a prática irregular serve para induzir a alta ou a baixa de determinada ação

    “Spoofing” é uma prática irregular para induzir à alta ou à baixa de determinado ativo. Por exemplo: o investidor quer vender uma ação por um preço mais alto do que a cotação atual. Ao mesmo tempo em que dá uma ordem de venda, por meio de algoritmos, lança uma ordem expressiva de compra da mesma ação, criando, de forma artificial, uma alta demanda.

    Com isso, o mercado se ajusta e o preço rapidamente sobe. Após conseguir fechar o negócio, porém, o infrator cancela a ordem de compra, e o preço inflado retorna ao patamar inicial. O procedimento – que dura poucos segundos ou até milissegundos – pode ser feito tanto para maquiar oferta de compra como de venda

    O “spoofing” é uma prática nova, que ganhou notoriedade com o crescimento dos chamados robô traders, de alta frequência – que disparam milhares de ordens de compra e venda por segundo. O uso de robôs para operar em Bolsa não é ilegal, sendo muito expressivo nos EUA.

    8+
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 13:32

    #OFF TOPIC
    GAME OF THRONES Só em 2019, mas por enquanto tem uma versão Xuxa rsrs
    http://tv.r7.com/record-tv/dancing-brasil-3/videos/xuxa-se-veste-de-daenerys-e-danca-trilha-de-game-of-thrones-15032018

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 15 de março de 2018 at 14:11

    Caixa realiza mega leilão de mais de 500 imóveis; descontos chegam a 80%
    http://www.infomoney.com.br/minhas-financas/consumo/noticia/7332174/caixa-realiza-mega-leilao-mais-500-imoveis-descontos-chegam

    Como assim descontos de até 80%? Imóvel não valoriza?
    Fico imaginando 666s inadimplentes que pagaram valores estratosféricos verem os seus tijolos com descontos para nova aquisição e ainda tendo que pagar a diferença quando o valor arrematado é inferior ao assinado em contrato com a CEF. Çanguiiii.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • EngenheiroDF 15 de março de 2018 at 14:57

      Acho que nao tao cobrando essa diferenca dos inadimplentes. Acho que a ser feito o leilao, o inadimplente automaticamente fica como nome limpo.

      4+
  • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 14:56

    Leilão encerrado de 300 imóveis da CEF

    http://www.fidalgoleiloes.com.br/new/leilao.php?idLeilao=1555

    25 lotes receberam lances (8,3%) e 275 não receberam lances (91,7%)

    Lotes com lance: 18, 25, 29, 44, 72, 93, 95, 112, 140, 159, 168, 175, 176, 181, 190, 198, 200, 226, 244, 246, 257, 258, 274, 275, 276

    A maior parte recebeu um único lance

    O lote 257 recebeu 10 lances, partamento de 49m2 em Sumaré com lance inicial de 85K e arrematado por 96K

    Alguns lotes interessantes

    176 casa de 96 m2 em terreno de 124 m2, em Praia Grande, por 81K
    159 casa de 68 m2 em terreno de 156 m2, em Praia Grande, por 88K
    103 apto de 57 m2, 2 quartos, em Jundiai, por 123K
    162 apto de 79 m2, em Praia Grande, por 212K
    093 Apto de 90 m2, 3 quartos, em Jacarei por 354K
    142 casa de 325 m2 em terreno de 558 m2, em Peruibe, por 364K
    204 apto de 146 m2, 2 suites, DCE, 2 vagas, em Ribeirao Preto, por 375K
    160 apto de 181 m2, 2 suites, DCE, 2 vagas, em Praia Grande, por 407K
    233 casa de 246 m2 em terreno de 332 m2 em São Sebastião, por 408K
    077 Casa de 331 m2 em terreno de 600 m2 em Itanhaem por 433K
    088 Casa de 1.276 m2 em terreno de 3.000 m2 em Itu por 2.317K

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 15 de março de 2018 at 15:31

      to vendo as fotos
      http://www.fidalgoleiloes.com.br/new/lote.php?idLote=12225
      2 mil o metro quadrado é praticamente um teto de preço pra uma população com renda média de 2k

      e olha que é um apartamento de apenas 50 metros quadrados, de resto só vende se fica na casa do 1,x k/m² e ainda assim muitos nesse valor encalharam.

      o BR está sem dinheiro, 90% da população tem menos de 10 mil reais na conta
      o IBGE mostrou o antagonista publicou, desde 2011 estamos andando pra trás no pib enquanto o mundo todo cresce

      essa é a verdade, o resto é tapeação

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lord of All 15 de março de 2018 at 16:08

      300 imóveis e só 25 receberam lances? Se eu trabalhasse no setor da Caixa responsável pela recuperação de ativos estaria preocupado.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 15 de março de 2018 at 17:17

        até que foi muito
        tenho curiosidade em saber dos 500 mil anuncios em apenas um site comum dos muitos dedicados a venda de imoveis pela net afora, quanto destes anuncios são cancelados porque o imovel foi vendido??? Duvido que seja na mesma proporção de 8%, duvido que passe dos 1%, talvez nem 1 por mil.

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 15 de março de 2018 at 15:41

    “Por outro lado, o presidente da associação criticou que as taxas de juros do crédito imobiliário estejam demorando a recuar, apesar dos cortes mais profundos na taxa básica da economia (Selic). “O crédito imobiliário ainda é um problema. Ainda não veio a esperada redução do spread bancário”, afirmou, referindo-se à diferença entre o custo de captação do dinheiro pelos bancos e o valor cobrado dos empréstimos aos consumidores.”

    https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2018/03/15/internas_economia,944327/vendas-e-lancamentos-de-imoveis-tem-forte-crescimento-em-janeiro-diz.shtml

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 15 de março de 2018 at 16:12

      Cajuzinha,

      Temos usuário do blog que vive dizendo que o crédito imobiliário é o mais seguro que existe no Brasil, que os percentuais de inadimplência são muito baixos e estão em queda, etc, etc, etc. Se o principal driver para o spread é exatamente o risco de calote e se este risco de calote é tão baixo, por que o SPREAD não cai proporcionalmente???

      Esta é uma das infinitas INCOERÊNCIAS que ocorrem neste segmento e para as quais todo o segmento e asseclas FINGEM que não veem…

      No Mundo REAL, sabemos que a inadimplência do crédito imobiliário é MUITO MAIOR do que eles apontam, que há um volume enorme MAQUIADO e PEDALADO de todas as formas possíveis e imagináveis e é isto que FORÇA os bancos a manterem spreads muito maiores nesta linha de crédito.

      “Detalhe” que também temos inadimplência e devedores irrecuperáveis claramente SUBESTIMADOS nos balanços dos bancos, afetando outras linhas de crédito e forçando spreads maiores do que seria o natural frente aos números “oficiais”. Não são só os governos estaduais nesta condição e sem garantias, temos muitas empresas, várias delas de grande porte, que também estão FINGINDO que estão vivas e os bancos estão FINGINDO que acreditam para não reconhecerem os prejuízos no balanço.

      De nada adianta o presidente do Bradesco dizer em Davos que os banqueiros estão com o dedo no gatilho para disparar a concessão de crédito com juros mais barato e em larga escala e depois no mundo REAL fazerem exatamente o contrário, que é manterem spreads elevados e crédito mais restrito, o que vale e determina a REALIDADE é o que eles FAZEM e não o que dizem…

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 15 de março de 2018 at 16:23

        Cajuzinha,

        Complementando sobre o “crescimento de lançamentos e vendas em janeiro”, trechos do link acima:

        “As vendas de imóveis residenciais novos atingiram 1.692 unidades, o que representa um aumento de 172% em comparação com o mesmo mês do ano passado, quando as vendas ficaram em 622 unidades.

        Já no acumulado dos últimos 12 meses (de fevereiro de 2017 a janeiro de 2018), as vendas totalizaram 24.699 unidades, crescimento de 55,9% em comparação com os 12 meses anteriores (de fevereiro de 2016 a janeiro de 2017).”

        “Por sua vez, os lançamentos de novos projetos corresponderam a 748 unidades em janeiro, um aumento de 1.338% em relação ao mesmo mês do ano passado, quando foram lançadas apenas 52 unidades. Na análise de 12 meses, os lançamentos totalizaram 29.353 unidades, expansão de 60,7%.”

        Agora vamos refletir minimamente sobre o que consta acima:

        Lançamentos cresceram 1.338% de janeiro/2016 para janeiro/2017??? Qual setor do Brasil, do Mundo ou do Universo tem um crescimento deste como “recuperação de uma crise”???

        Vendas aumentaram 172%??? Idem a anterior, mas em menor escala.

        Os “detalhes” por trás desta “matemágica”:

        O mesmo de sempre, aquilo que fazem sem parar desde 2008. Disparam nos lançamentos e no ato da entrega os distratos vão disparar também, ou seja, enorme volume de vendas FALSAS na planta para SIMULAR uma recuperação MIRABOLANTE e sem paralelo no UNIVERSO…

        Sobre os estoques, nos últimos 12 meses lançamentos de 29.353 e vendas totais de 24.699, ou seja, estoque que já era muito alto, aumentou de novo. As eternas perguntas que apontam as INCOERÊNCIAS do setor e asseclas, MAIS UMA VEZ:

        Se já tinham super-estoques, para que aumentar tanto os lançamentos??? Por que não vender o super-estoque já existente??? De novo, procedimento inédito no Brasil e no Mundo, que só passou a existir a partir de 2008, MAIS UMA das inúmeras evidências de que se trata de crescimento baseado em vendas FALSAS na planta.

        E viva a imprensa e os asseclas do segmento que no recorde mundial de CARA-DE-PAU fingem não ver evidências tão ÓBVIAS e com uma enormidade de comprovações que já vem desde 2008 quanto a este esquema! Eles tem que comemorar, afinal claramente estão cavando um buraco cada vez mais fundo para se enterrarem, neste sentido, o comentário deles quanto aos SPREADS, é mais uma prova do quanto isto vai virar distrato lá na frente, principalmente quando as MAQUIAGENS e PEDALADAS aparecerem para todos e os spreads e juros finais tiverem que subir.Aliás, pra que o setor de construção civil reclamar dos SPREADS, assim como os empresários de forma geral, se a recuperação estimada já prevê um crescimento de 3% do PIB neste ano, queda relevante no desemprego (sem considerar DESALENTADOS e DESEMPREGADOS), etc? MAIS UMA INCOERÊNCIA?

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cajuzinha 15 de março de 2018 at 16:37

          Aqui em Sergipe, a Construtora Celi que é a maior construtora, tanto no setor público como no privado, não lança um empreendimento há mais de 03 anos…

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • CA 15 de março de 2018 at 16:49

            Cajuzinha,

            Lembra das notícias sobre Rio de Janeiro, Salvador e Manaus “chorando as pitangas”, porque eles ainda não estavam experimentando a mesma “recuperação” que São Paulo?

            O mesmo se aplica a mais de 90% do Brasil.

            Escolheram São Paulo para PEDALAR e MAQUIAR com o esquema das vendas FALSAS na planta, porque ele é tão representativo que sozinho já gera um crescimento no total do Brasil, principalmente quando lançamentos crescem mais de 1.000% e vendas crescem mais de 100%, como em janeiro/2018.

            São Paulo é o show de ILUSIONISMO do momento, o famoso PEGA-TROUXA, os demais municípios são mais evidências do MUNDO REAL e de que mesmo com SUPER-ESTOQUES e uma “pseudo recuperação” do segmento, as vendas REAIS não param de cair…

            Por que não fazem o mesmo nas outras cidades?

            Se fizessem no RJ, por mais que MAQUIASSEM, quem em sã consciência iria acreditar? OK, é verdade que qualquer pessoa com 2 neurônios vai ver a profunda ANOMALIA de São Paulo, mas eles contam que as pessoas só vão ler o título da notícia e que quem ler não terá sequer o mínimo de espírito crítico, só vai ficar “embasbacado” pelos números FANTÁSTICOS, motivado especialmente pelo famoso “wishful thinking” de que tudo se resolve intensamente e de forma mirabolante.

            Já para outras cidades, o fato é que eles não tem FÔLEGO para pedalar em todos os lugares ao mesmo tempo, como faziam de 2008 a 2011, como eles tem que concentrar o fôlego em apenas um lugar, a escolha natural foi São Paulo, pelo motivo que coloquei acima, o de ser a cidade com maior representatividade do segmento imobiliário em todo o país e assim ser também a única cidade que com um crescimento mirabolante pode influenciar o total do Brasil. Depois vão dizer que no total do Brasil também cresceu graças a isto, como parte do show de DESINFORMAÇÃO…

            9+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
          • Lucas 15 de março de 2018 at 17:13

            NÃO É A CARROÇA QUE EMPURRA OS BOIS

            Senhores, isto não se trata de pessimismo convicto, nada disto, destas acusações contra o blog, eu também acredito que pode estar acontecendo recuperação da economia brasileira, após longos anos no poço, MAS:

            1- ainda não vi recuperação além daqueles poucos setores beneficiados pelo cambio/exportação, pelas velhas linhas de crédito privilegiado ou exploração de recursos naturais/minerais, plantações
            2- muito menos vi recuperação no setor de construção civil, apenas alguns espamos no fundo do poço, nada mais
            3- também não vi indicação nehuma dos estoques recuarem significativamente seja pelo lado da demanda (renda, emprego) seja pelo lado da oferta (continuam entregando imóveis “vendidos” na planta nos anos de vaca gordas).
            4- e mesmo que eu tivesse visto algo sgnificativo no setor de construção, vale a pena lembrar que entre assinar um papel e o morador pegar as chaves com um contrato de financiamento na mão são até 5 anos de distancia duma coisa pra outra, por isso mesmo imóvel demorou a sentir os efeitos da crise, diferente do setor de autos, mas tbm deverá demorar pra sentir os efeitos da recuperação, ainda mais que o setor de autos, porque não dá pra exportar casa comos e faz com carro.

            Então esses anuncios de recuperação de vendas…
            só pode ser piada???
            vender o quê???? … se a construção congelou
            vender pra quem??? se a população economicamente ativa só diminui e a renda continua estagnda.

            São testes de consistencia lógica que qualquer um pode fazer e entender o cenário completo REAL.
            Releiam o CA acimas esses 2 ultimos posts deles, tá na cara que o que ele fala, o discurso oficial não se encaixa.
            OU se vcs preferir vão pinçar algum numero conveniente, alguma sigla, algum indice, plotar num grafico com fundo degradê e achar que se pode ganhar uma discussão no grito da autoridade.

            13+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Lucas 15 de março de 2018 at 18:18

              o aumento das vendas não empurram a recuperação

              elas são o efeito de uma economia dinamica, saudável e sustentável, onde vc pimeiro investe, produz, depois vende/compra
              o que acontece de fato é o exato oposto, querem vender uma recuperação de vendas , pulando os estagios iniciais,
              logico que são vendas fake, vendas de mentirinha

              o unico aumento de investimento que vi, foi o investimento especulativo, aquele que entra e sai rápido pegando oportunidades pontuais, de carona em alguma notícia de alguém preso, de alguma reforma em andamento, coisas que ou nem são reais, ou se o são, são insignificantes pro cenario geral mudar.

              7+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
  • geremia 15 de março de 2018 at 15:58

    https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/03/lava-jato-e-pequena-quando-comparada-a-corrupcao-dos-municipios-diz-ministro-da-justica.shtml

    Jardim disse que o Brasil tem uma “corrupção estrutural” e colocou a culpa no tamanho do Estado: “Enquanto o Estado for do tamanho que é, teremos corrupção”.

    De acordo com ele, a lei brasileira permite 32 maneiras de fazer compras públicas sem concorrência, o que eleva o risco de suborno.

    Belas palavras, realmente eles só se fazem de besta…

    Dica: se fizer o download da página no Chrome do Android, da pra copiar o texto sem problemas.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • geremia 15 de março de 2018 at 16:01

      E se for rápido evita o bloqueio de limites de acessos.

      3+
    • Lucas 15 de março de 2018 at 17:21

      tenho acompanhado há tempos a fala deste Ministro Torquato Jardim, com muita admiração
      é o único que tem tocado em assuntos proibidos
      aliás mandaram um cala-boca nele quando meses atrás falou da situação do RJ e do BR no geral, do qual o RJ é só uma boa caricatura.
      Torquato Jardim é dos nossos, só que aqui nós somos anonimos num blog obscuro, ele é figura publica com cargo oficial, então ele é mil vezes mais corajoso que todos nós juntos

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Margarida 15 de março de 2018 at 20:52

      Tô falando isso faz tempo. Os casos federais são mais escandalosos pelos valores desviados em cada um. Mas nos municípios, o volume é muitas, muitas vezes maior. Eu não poderia nem estimar quantas vezes, mas é muito.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Joao RJ 15 de março de 2018 at 16:03

    Pessoal, boa tarde. Sempre lendo, quase nunca comentando. Alguma sugestão de material para análise gráfica? Obrigado e abraços

    3+
  • Cesar_DF 15 de março de 2018 at 17:06

    A MENTE INVERTIDA PSICOPÁTICA DO “INTELECTUAL” COMUNISTA

    Instituto Mukharajj Brasilan (IMUB)

    https://www.youtube.com/watch?v=KmQbBdWWuxI

    3+
    • avatar
  • CA 15 de março de 2018 at 17:37

    http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7332384/acoes-caem-ate-apos-balancos-trimestre-confira-mais-destaques

    Na notícia acima, a informação que a Oi tinha visto suas Ações subirem 6% devido ao BOATO de que se juntaria à TIM e depois “zeraram ganhos” quando a TIM negou esta hipótese de forma veemente, inclusive mencionando que tal notícia teria cenários “falsos, inexistentes e fora dos interesses da empresa”.

    O que consta acima foi o típico “sobe no boato e cai no fato”, que SEMPRE ocorre na BOVESPA e nas bolsas de valores ao redor do mundo.

    Especificamente sobre a Oi, é aquele exemplo que dei acima de empresas QUEBRADAS que FINGEM estarem vivas e para as quais os credores FINGEM que acreditam na “recuperação”, de forma análoga à PDG, Viver, Rossi, etc, etc, etc,…

    Ainda sobre a Oi, na “notícia” em que plantaram o boato dizia que a TIM queria o negócio para ganhar market share e ia esperar apenas a “solução” da situação da Oi via seu “plano” de Recuperação Judicial.

    A tal “solução” via recuperação judicial embute a seguinte MATEMÁGICA:

    Forçaram aumento de capital via principais acionistas, na ordem de R$ 12 bilhões, para pagarem as dívidas de R$ 62 bilhões ?!

    Ah não, desculpe-me, não era só isto: também ofereceriam para credores parte das Ações recém diluídas de uma empresa QUEBRADA como “parte do pagamento”!

    E o “resto”? Ah, só o que sobrasse desta matemágica é que os credores teriam que acabar reconhecendo como perda?

    NÃO!

    No mundo de FANTASIA da recuperação judicial eles contavam com crescimento mirabolante e sem precedentes em market share e vendas da Oi.

    Como?

    Por que?

    Não importa, é só dizer que vai acontecer graças a alguma frase bonita, do tipo “vamos ter crescimento de vendas e market share graças ao reequilíbrio do caixa da empresa que permitirá maior foco na operação, junto com a retomada de investimentos em marketing e infraestrutura em função de novos empréstimos que obteremos dos nossos credores, por estes ficarem maravilhados com um plano tão consistente quanto o nosso”, ou qualquer outra coisa saindo de um gerador de lero-lero.

    No geral sobre a BOVESPA, a Info171Money que até há pouco falava sobre a BOVESPA podendo chegar a 100.000 pontos e alguns mais otimistas em até 200.000 pontos (fizeram como a Dilma, dobraram a meta do Frutinha!), agora já começa a “por o gato no telhado” e a cada espirro dos EUA que derruba cotações no Brasil, ou mesmo notícias “spot” como a da Petrobrás de hoje, dizem que as quedas ocorrem pela saída dos investidores estrangeiros em maior volume nos últimos meses, a nova “composição” da BOVESPA sem eles e por aí vai.

    Esta é só a ponta do iceberg, poderão ter novas oscilações para cima e para baixo na BOVESPA, mas quando explodir a bolha das bolhas americana, a bolha imobiliária chinesa e/ou diversos outros assuntos que estão “debaixo do tapete”, como a situação de várias empresas QUEBRADAS, incluindo a CEF, daí é que começaremos a ver a volta a realidade para a BOVESPA simultaneamente com os efeitos sobre juros, dólar, etc…

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 16 de março de 2018 at 08:30

      na cidade do motumbo

      Corretor de imóveis é baleado ao atender suposto cliente em Mata …
      Bahia No Ar! (Blogue)-21 h atrás
      O corretor está internado no Hospital Geral de Camaçari (HGC). A tentativa de homicídio aconteceu na Rua Direta, na localidade de Pau Grande. Policiais da Delegacia de Proteção Ambiental de Praia do Forte apuram o caso.
      Ainda não há informações sobre a motivação e a autoria .

      3+
      • avatar
  • Lucas 15 de março de 2018 at 18:53

    Empobrecimento da RMSP- fonte SEADE
    desculpem pelo link no feicibook vale a pena ver, s ealguem souber postar a imagem agradeço
    https://www.facebook.com/fundacaoseade/photos/a.201855456499281.52334.201843849833775/2086038171414324/?type=3&theater

    Desde 1998 a RMSP empobrecendo.

    (entre mulheres houve um ligeiro aumento de centavos no ultimo perído, explicavel pela alteração da Lei para empregados domésticos, ou seja, a renda média aumentou riridiculos porcentos a custa de muito desalento já que essa média considera só os empregados/desempregados, não considera os que desistiram de trabalhar)

    Desde antes da bolha começar a se formar em momento algum a renda melhorou, exceto temporariamente em espasmos de euforia.

    A bolha imob foi um fenomeno, tal qual o BNH nos anos 80, concentrador de renda, então ao prometer casa pra todo mundo o efeito no longo prazo é mais gente em favelas, porque tudo que o governo promete dar a alguem ele precisa tirar de outro alguém, e sendo ele proprio ineficiente e custoso, os que recebem são menos gente do que os que pagam, boa parte fica com os intermediários pelo caminho – corrupção, suborno, favorecimento, especuladores, corvos, amigos-do-rei, e quetais.

    O mais genial é perceber que pelas datas praticamente emendamos uma crise na outra, somos um país zoado, sempre fomos, e pelo visto sempre seremos.
    Gratidão por não virar uma venezuela e ter de disputar a tapa por um rolo de papel higienico no supermercado, como vi acontecer nos anos 80 com oleo de soja.

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 15 de março de 2018 at 19:03

      Outra prova cabal de quando o governo dá alguma coisa ele na verdade está tirando, ao fingir que dá está apenas repassando do pagador de imposto para o amigo-do-rei passando temporariamente pelo bolso do povo enganado.

      fonte: exame.com
      Mensalidades de faculdades devem entrar em queda livre
      O tíquete médio deverá passar dos atuais 750 para 450 reais por mês.
      Por Lucas Amorim access_time 15 mar 2018, 06h08

      A redução do Fies, financiamento estudantil do governo federal, e a expansão do ensino a distância deverão diminuir as mensalidades médias das faculdades privadas brasileiras em 40% nos próximos três anos, segundo a consultoria Atmã Educar. O tíquete médio deverá passar dos atuais 750 para 450 reais por mês.

      Desde 2014 o número de novos contratos do Fies caiu de 730.000 para 300.000 ao ano. Já o número de polos de ensino a distância cresceu 85% no segundo semestre do ano passado graças a uma portaria do Ministério da Educação que destravou as regras para o setor. Alguns desses novos polos estão cobrando mensalidades abaixo de 50 reais, causando um desequilíbrio no mercado.

      21+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • antifragile 15 de março de 2018 at 19:19

    Esses números que o Cesar_DF postou, do fracasso dos leilões da Caixa, são os únicos que são fiéis à realidade.

    IT’S HAPPENING!!!

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 15 de março de 2018 at 19:30

      se vc tiver com tempo e paciencia, faça uma pequena analise pegue algum leilão de autos, veja a taxa de vazios, veja a media dos lances frente a tabela, use a mesma fipe que tbm tem tabela de autos aliás usada oficialmente para cobrar IPVA que é um porcento do valor de mercado

      te digo já, assim de orelhada, bem mais de 50% dos autos recebem lances, acho que uns 80 ou 90% raros são os que encalham,
      e no valor já vi lances acima do valor de tabela oificial, mas normalmente entre 20% e 50% abaixo, nunca 80% a 90% off, só se for carro destruído sendo vendido a kilo pro ferro-velho. A situação de alguns imoveis é analoga a isso, despejados no ferro-velho pelo valor do kilo da sucata.

      Mas parece que os responsáveis por isso não estão preocupados, não é o skin deles que paga essa conta, como diria Taleb.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 07:28

        Lucas
        Verdade, só nos últimos 6 meses comprei carro e moto em leilões e estou pagando cerca de 30-40% OFF.
        Nunca vi um leilão de carro com mais de 50% OFF

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Dr. Estranho 15 de março de 2018 at 20:13

    Senhores. O Hell e a nova menina dos olhos do mercado imobiliario. Um eminente economista declarou que a taxa de valorizaçao imobiliaria eh diretamente proporcional a de homicidios. Entao a tendencia eh de crescimento.

    9+
    • avatar
    • avatar
  • Margarida 15 de março de 2018 at 21:23

    CVR Nojento:

    Falei com corvo sobre esse processo e decisão do CADE e a proibição de fixar comissões por serviços de corretagem de imóveis. Corvo primeiro me disse que não faz diferença, porque nenhum corretor vai cobrar menos de 6%, porque “vender um imóvel por 5 mil não paga as contas”.

    Depois me disse que os corretores vão começar a cobrar mais. Eu questionei se isso não ia dificultar os negócios, e ele disse que não, porque o proprietário tem que deixar ‘x’ (valor fixo) com o corretor, o resto ele abaixa do preço dele, e isso não prejudica nenhum corvo. Segundo ele, o corvo agora pode cobrar mais. Ele “tem o cliente na mão”, e o cliente tem que aceitar porque ele precisa vender.

    Não sei se é maior a burrice ou o mau-caratismo.

    49+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cadeludo 15 de março de 2018 at 23:28

      acho q

      4+
      • Cadeludo 15 de março de 2018 at 23:28

        é a fome

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Antigo 16 de março de 2018 at 09:58

          Grão de bico > Canjica > Milho Premium -> Milho de pipoca transgênico -> Pipoca doce industrializada -> Farelo -> Restos diversos

          Assim evolui a alimentação dos corvos desnutridos. E continuam exigindo o Grão de bico. E continuam vendendo bala no sinal. E comendo os restos diversos.

          7+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Krakenvader 16 de março de 2018 at 07:41

      Um imóvel vendido por 200 mil reais (quanto é mesmo a média do preço de imóveis no Brasil? Ah tá, só pra saber) vai dar uma comissão de 12k. Se o corvo vender 10 desses por ano, são 120 mil anuais.

      Falando de Brasil, 120 mil é bastante dinheiro. Especialmente se tratando da profissão do corvo que consiste em abrir um imóvel e apresentá-lo ao potencial comprador.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 16 de março de 2018 at 08:07

        Krakenvader,

        O corretor tem ficado MESES sem vender NENHUM imóvel, muitos fazendo bico como Uber, vendendo docinho e outras atividades que super faturam os números de “empregos”. Esta não é uma situação nova, já acontece faz tempo, como consequência da bolha imobiliária, ver exemplo abaixo:

        http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2014/03/09/internas_economia,416485/desaquecimento-do-setor-imobiliario-faz-profissionais-abandonarem-carreira.shtml

        Trecho do link acima, de 2014, sobre corretores: “O encanto e a euforia deram lugar às dívidas.”.

        EXCEÇÃO:

        Corretores que aplicam o ESTELIONATO através das vendas FALSAS na planta, aquelas focadas em INCAUTOS que não tem renda suficiente para adquirir o crédito imobiliário, mas mesmo assim assinam um contrato de compra e venda no stand da construtora e no ato pagam os 6% da corretagem.

        Observar que no GOLPE aplicado acima, além de pagarem à vista e de forma integral a comissão para o corretor, este pagamento normalmente é feito em um cheque à parte, pode nem ser mencionado no contrato de compra e venda ou ter um contrato à parte ou meramente um recibo e no momento em que virar um distrato, no ato da entrega do imóvel quando o banco não conceder o crédito imobiliário, este valor não é restituído para o comprador.

        “Detalhes”:

        Como estratégia, no ESTELIONATO acima, o corretor fala para o “comprador” que ele não precisa se preocupar com a aprovação do banco quanto ao financiamento, porque ele conhece uns “esquemas” e vai conseguir aprovar com facilidade, ou então, o corretor “esquece” de mencionar que as parcelas e o saldo a pagar do preço INICIAL do imóvel que consta no contrato serão reajustados pelo INCC durante a obra, ou então ele diz que o INCC é só “zero virgula alguma coisa” e nem vai afetar o preço a ser financiado, ou se “engana” na hora de projetar o INCC, ou diz que você pode colocar mais 3 ou 4 pessoas para compor a renda se necessário, dentre uma INFINIDADE de golpes de ENGANAÇÃO que aplicam.

        Não é a toa que nos tempos de bolha imobiliária os corretores começaram a inventar apelidos “peculiares”, como “fada”, “hulk” ou qualquer outro. Eles não querem que o cliente lembre de quem eles eram, porque no distrato o cliente vai procurar por ele para tentar reaver o dinheiro, uma vez que é só aí que o INCAUTO vai descobrir que foi enganado, que não é viável o crédito como foi “prometido e garantido” pelo corretor. Já tivemos casos de corretores que foram localizados e mortos por seus clientes, que não suportaram serem enganados e perderem milhares de reais com estes golpes.

        A situação de vendas FALSAS na planta, que gerou muito dinheiro neste ESTELIONATO que ocorre desde 2008, agora se reduziu a cidade de São Paulo, onde os lançamentos cresceram mais de 1000% em jan18 e as “vendas” na planta cresceram mais de 100%, tudo neste mesmo esquema que desde 2008 tem um crescimento exponencial nos DISTRATOS no ato da entrega destes lançamentos “vendidos”. Não tem acontecido nas outras cidades porque as construtoras não tem fôlego para espalhar pelo Brasil como faziam no começo, ou seja, concentram na cidade mais representativa e que sozinha pode afetar os totais do Brasil, enquanto isto corretores de outras cidades vão passando necessidade e cada vez mais buscando outras fontes de renda para sobreviver.

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Alemon Fritz 16 de março de 2018 at 08:35

          na cidade do motumbo,

          -Corretor de imóveis é baleado ao atender suposto cliente em Mata …
          Bahia No Ar! (Blogue)-21 h atrás
          O corretor está internado no Hospital Geral de Camaçari (HGC). A tentativa de homicídio aconteceu na Rua Direta, na localidade de Pau Grande. Policiais da Delegacia de Proteção Ambiental de Praia do Forte apuram o caso.
          Ainda não há informações sobre a motivação e a autoria .

          5+
          • avatar
    • Rico 16 de março de 2018 at 08:54

      Não acho que seja mau caratismo ou burrice. É coisa pior. Talvez sociopatia.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 07:30

    Por isso que eu falo que, se o Bolsonaro vencer, o dolar irá cair e a bolsa subir
    https://www.youtube.com/watch?v=8IBQBPK7Xxc

    3+
    • avatar
    • Cadeludo 16 de março de 2018 at 12:21

      e o PMJ?

      2+
      • Leonardo M. 16 de março de 2018 at 12:41

        Estabilidade jurídica, econômica e de segurança pública fazem a economia crescer.
        Um país próspero ganha dinheiro através de produção e não do PNJ.

        Sonho pelo dia que ganhos com a iniciativa privada sejam mais importantes que o PNJ no Brasil.
        E isso o Bolsonaro até agora foi o único candidato a dizer que se entrar no poder vai proteger o agronegócio (motor da economia brasileira) e trazer proteção ao agricultor(deixando usar armas contra o MST).

        Se isso é nazismo
        Então Heil Bolsonaro!!!!

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cadeludo 16 de março de 2018 at 12:53

          só não esquece que o Brasil é socialista, o povo é socialista, a mídia é socialista, tudo soça na banânia
          pra sair dessa fenda no mínimo 30 anos
          ah, o bolsonaro também é socialista, disfarçado mas é
          em país socialista o dinheiro é mais escasso e mais caro
          PMJ voltará a pleno vapor pra financiar o socialismo

          5+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 13:03

          O Bolsonaro está tão economicamente liberal como o Amoedo, com a diferença que este último não fala quase nada a respeito de segurança ou tópicos polêmicos, e o Bolsonaro se posiciona claramente a respeito disso.

          4+
          • avatar
          • tmarabo 16 de março de 2018 at 15:31

            bolsonaro tem discurso ambíguo quanto à economia, e amoedo fala bastante sobre outros temas, é que não aparece na mídia.
            as votações do Bolsonaro na Câmara exigem MAIS ESTADO: quase não votou pelo teto de gastos, votou contra cobrança de mensalidades nas Universidades, é contra a reforma trabalhista e previdenciária… tudo a exigir MAIS ESTADO E MAIS IMPOSTOS do povo.
            E o Flavio Bolsonaro votou contra a privatização no Rio (com papinho furado de que não queria “aquela” privatização, mas também não propôs nenhuma outra), votou contra o aumento da contribuição do servidor da previdência (e se o servidor não contribuir mais, quem vai bancar é o Estado, que será MAIOR e COBRARÁ MAIS TRIBUTOS do povo).

            8+
            • avatar
            • avatar
          • homelessbubbles 16 de março de 2018 at 17:39

            Acho que não. Recentemente o Bolsonaro disse que iria baixar a Selic pra 2%, ou seja, ele não deve nem saber o que é a Selic, muito menos como seu valor deve ser determinado. Aliás, não voto nele, justamente porque ele é um zero a esquerda em economia.

            9+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
  • Alemon Fritz 16 de março de 2018 at 09:23

    censo 2018:
    -Mortes por febre amarela em uma semana crescem acima da média em 30 dias
    Estado de Minas-14 de mar de 2018.
    As mortes pela febre amarela dispararam em Minas Gerais.

    -Febre amarela: chega a 300 o número de mortes confirmadas …
    Globo.com-14 de mar de 2018.

    1+
  • Rico 16 de março de 2018 at 09:32

    Falando em Motumbo, hoje faz 28 anos que a maior atriz pornô do país (Zélia Cardoso) colocou em nossas poupanças. Isso até hoje deixa as pessoas traumatizadas, comprando imóveis com medo do que o governo possa fazer. É mesma coisa que imaginar que o Nazismo volte a Alemanha.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 16 de março de 2018 at 09:53

      É compreensível. Num país que as pessoas tem dificuldade de raciocínio, qualquer investimento que exija alguma capacidade de abstração, como os produtos financeiros, é deixado de lado em preferência a produtos concretos (literalmente concreto).

      Brasileiro sempre foi bricklover, essa presepada da poupança aí é só mais um fortalecedor desse amor não correspondido.

      Mas estão sendo ensinados com régua de madeira e palmatória: imóveis vazios, deteriorando, IPTU aumentando, invasão de morador de rua etc etc. Resta saber se vão tirar algum aprendizado dessas duras lições.

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 16 de março de 2018 at 09:45

    Falando em Poupança: as aplicações estão rendendo menos que a poupança e vai piorar. Pelo jeito os velhinhos e pessoas com mais de 40-50 anos (geração pagar o que é meu) podem tomar decisões erradas. Uma pitada de instabilidade nas eleições e a galera corre pro lado errado. Lembrando também das ondas de aposentadoria dos que já tem tempo.

    – Noticia em brusque-SC: 3 proprietários tentam derrubar casarões antigos no centro de brusque. São vários pedidos na Fupan.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 16 de março de 2018 at 09:55

      Já vi alguns da minha carteira rendendo 0.45 no último mês, menos que a poupança…
      Volta Dilma?

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Rico 16 de março de 2018 at 10:18

        Meu Deus não. Deixa o vampirão lá, pelo menos ele diminuiu a velocidade da queda.

        3+
        • avatar
      • amongyou 16 de março de 2018 at 10:38

        Poupança está rendendo 4,35% (TR + 70% SELIC).

        3+
        • avatar
        • avatar
        • amongyou 16 de março de 2018 at 10:46

          Engano meu, 1,389% confere?

          1+
          • SP 16 de março de 2018 at 11:04

            Qualquer CDB 120% ou LCI 90% para cima ainda rende um pouco mais que a poupança no formado atual.

            8+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • SP 16 de março de 2018 at 11:08

              Tenho uns gatos pingados na antiga forma de juros da poupança que havia esquecido, está rendendo mais 0.5% ao mês. Ainda da para conseguir algo melhor em FII´s

              5+
              • avatar
              • avatar
          • amongyou 16 de março de 2018 at 11:16

            Que nada, TR é zero. Sendo assim, dá 0,329%. Lixo!

            1+
            • antifragile 16 de março de 2018 at 11:18

              Estou pouco a pouco fechando as minhas posições no Tesouro Direto e migrando para alguns fundos imobiliários que pagam 0,7% ao mês.

              3+
              • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 11:28

                Cuidado só se não é um FII com imóveis no Hell de Janeiro, a tendência é cair, eu colocaria em FII de São Paulo e interior de SP

                5+
                • avatar
                • avatar
                • antifragile 16 de março de 2018 at 11:46

                  Eu evito fundos de tijolos. Tou colocando em FIIs de papel (CRIs). São bem diversificados e a cotação não varia muito. Nesse sentido, praticamente se assemelham a uma renda fixa.

                  2+
                  • avatar
                  • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 11:51

                    Olhando a longo prazo, eu vejo algumas cidades com tendências de queda da massa salarial local, e consequentemente uma queda longa no valor dos imóveis, ao estilo do Japão:

                    – Hell de Janeiro
                    – Brasília
                    – Balneário Camboriú

                    11+
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                  • Leonardo M. 16 de março de 2018 at 12:37

                    Me copiando antifragile? Kkkkk

                    3+
                    • avatar
                    • avatar
                    • antifragile 16 de março de 2018 at 14:24

                      Great minds think alike 😉

                      4+
                      • avatar
                      • avatar
  • Alemon Fritz 16 de março de 2018 at 09:50

    falando em Brusque:(cidade pequena)
    Sintricomb aponta que há mais de 300 obras em construção em Brusque
    O Munícipio-15 de mar de 2018
    Levantamento realizado pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário (Sintricomb) indica que, em janeiro, Brusque contabilizou 335 obras em andamento, entre casas, galpões, garagens, prédios, prédios públicos, salas comerciais e construções geminadas.

    3+
    • avatar
  • antifragile 16 de março de 2018 at 11:14

    Não tá fácil pra ninguém. Deixaram até de pagar a conta de energia do flat da amante.

    A Enel iniciou série de inspeções contra a inadimplência e furto de energia elétrica em 17 condomínios de luxo localizados nos bairros Aldeota e Meireles. O valor total do débito dos apartamentos passa de R$ 400 mil. Durante o procedimento no primeiro condomínio, houve confusão e ameaças.

    Representantes da distribuidora de energia elétrica estiveram na manhã desta quinta-feira,15, em condomínio localizado na avenida Abolição, 2324, onde 15 dos 90 apartamentos estão inadimplentes, segundo a Enel. Durante a abordagem, moradores e o síndico do prédio entraram em conflito com os profissionais da Enel, que foram impedidos de entrar e realizar os cortes.

    O argumento do síndico foi de que os profissionais não tinham autorização para entrar nas residências particulares e afirmou que as contas estavam pagas. Enquanto o contra-argumento do funcionário da Enel foi de que os medidores não ficavam dentro dos flats e que ele precisava entrar para cumprir as inspeções no condomínio.

    Confusão
    Uma administradora de dez apartamentos do condomínio, que pediu para não se identificar, classificou as ações da empresa como “desorganizadas”. Segundo ela, a companhia arrancou dois medidores e não voltou para repô-los, mesmo depois de solicitada. Na ocasião, a senhora mostrou os papéis que constam dois meses sem cobrança. De acordo com ela, nesse período, as unidades ficaram sem os medidores, por isso não foi cobrado a taxa de serviço.

    “Eles chegaram para cortar duas unidades, arrancaram dois medidores e ficaram de regularizar em 48 horas após o pagamento. Passaram dois meses e nada. Só voltaram quando ameaçamos”. A administradora dos apartamentos diz que não é contra a regularização e o devedor tem de pagar.

    Durante o bate-boca, o síndico mostrou os papéis de energia pagos em atraso para o representante da Enel que comandava os desligamentos. Depois de analisar, o responsável pela operação constatou que as contas apresentadas não eram dos apartamentos, mas das áreas sociais do condomínio.

    Os representantes ameaçaram cortar a energia de todo o condomínio. Nesse momento, vários moradores estavam na entrada reclamando da ação. O síndico segurava várias contas de energias para mostrar que estavam quitadas, mas não permitiu a entrada dos profissionais para a realização do corte.

    Francisco Queiroz, gerente de operações da Enel, afirmou que todos os moradores receberam a notificação. Segundo ele, o procedimento de corte é legal. “Nós não estamos pedindo acesso à nenhum domicílio. Estamos pedindo acesso à áreas técnicas”.

    Desligamentos
    Ao perceber que a negociação não teria êxito, A Ene solicitou caminhão da Anel para auxiliar no desligamento da energia de todo o condomínio. Quando síndico e moradores viram que não tinham mais como impedir a realização do serviço, pediram aos profissionais para aguardarem enquanto o advogado do prédio chegava.

    Ao chegar, o advogado do condomínio conversou com o funcionário da Enel e não viu irregularidades por parte da equipe que queria realizar os procedimentos de corte. O representante do prédio saiu para conversar com síndico, o gerente administrativo e moradores do condomínio. Ele retornou com a autorização para a entrada nas áreas técnicas do local.

    No total, a equipe de operações da Enel realizou 15 desligamentos no condomínio. Depois de lá, seguiram para outro prédio onde 54 flats estavam em situação considerada irregular.
    ITALO COSME

    Fonte: https://www.opovo.com.br/noticias/fortaleza/2018/03/enel-corta-energia-em-apartamentos-de-luxo-na-aldeota-e-meireles.html

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Loucodf 16 de março de 2018 at 11:45

      Épico meu caro.

      Simplesmente épico.

      Bananada pirando.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Alves 18 de março de 2018 at 00:21

      Ótima notícia! Que todas as companhias cortem de quem não paga, porque para cada inadimplente há outros adimplentes pagando.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Money_Addicted 16 de março de 2018 at 11:41

    Lord of All falou acima sobre “mente bolhista”, tenho um CVR sobre isso, ontem conversando com um parente da minha Sra, gt boa, q me pede conselhos sobre investimentos, agora q o bolo dele ta crescendo, advinhem so? Esta pensando em comprar um imovel, o pessoal realmente nao se aguenta, nao tem nem 100k investido e ja quer dar d entrada em um imovel maior. 🙂

    ele mesmo falou q por hora ainda nao tem condicoes e q ta “gostando” de investir mas eu falei, vc pode ate estar gostando, mas nao vai um ano e vc vai ter comprado, vc nao vai aguentar ver o dinheiro la 🙂

    [ ]s

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Loucodf 16 de março de 2018 at 11:46

      É o famoso “nojo de dinheiro” do from.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 11:47

      MENTE BOLHÍSTICA X MENTE TIJOLÍSTICA

      O Pai Rico, Pai Pobre, de Robert Kyosaki é um grande livro sobre finanças pessoais, um bom ponto de partida para quem quer aprender mais sobre o assunto.
      O foco do livro é mais motivacional do que prático. Você irá começar por ele, mas terá que buscar outros caminhos para continuar seu aprendizado.

      1) A maior Lição do Livro
      A visão de Kyosaki sobre Ativos e Passivos, apesar de não respeitar os conceitos de contabilidade, é mais útil na prática, pois permite percebermos que um imóvel ou veículo mais caros geram gastos maiores, nos empobrecendo.
      Na visão tradicional, veículos e imóveis são ativos, mas na visão do Pai Rico, Pai Pobre, são passivos, pois nos empobrecem com o tempo. Ativos para Kyosaki seriam aquilo que nos gera um fluxo de caixa positivo: propriedades alugads, ações, títulos de renda fixa, fundos de investimento, parcerias em negócios, etc.

      Então, a maior lição do Pai Rico, Pai Pobre é: acumule Ativos! Quanto mais ativos você tiver, maior será seu fluxo de caixa. Só assim você atingirá a Independência Financeira.

      2) Evite Dívidas
      Não se endivide por objetos de luxo. Somente gaste com supérfluos o dinheiro que você já possui. Essa é uma lição de Planejamento Financeiro.

      3) Aspectos Psicológicos
      Kyosaki demonstra a importância de se entender o efeito do medo e outros aspectos psicológicos em nossas decisões financeiras. Conhecer esses aspectos nos permite obter melhores resultados nas finanças pessoais.

      4) Educação
      Kyosaki ressalta a importância de você realizar sua própria educação, que a Escola tradicional é ultrapassada e não vai te ajudar a buscar a riqueza.
      Você precisa buscar se desenvolver nas áreas que irão possibilitar você obter maiores ganhos com o tempo. Essa é uma lição que você aprende com as pessoas ricas.

      5) Controle Financeiro
      Pessoas ricas sempre gastam menos do que ganham. O segredo não é ganhar muito, mas sim gastar menos do que ganha e ter um fluxo de caixa positivo e que cresce com o tempo.

      29+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Deralian 16 de março de 2018 at 11:50

    Pessoal… gostaria de compartilhar este vídeo que explica, em parte, o porquê de preços de casas serem tão caros na maioria dos países. O vídeo fala sobre o preço de moradias na Espanha. Duas causas já são explícitas: alta regulação de governos locais, forçando uma oferta limitada e falta de inovação na indústria como um todo.
    https://www.youtube.com/watch?v=diFk1Jx-zMs

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 16 de março de 2018 at 12:09

    Loucura, loucura loucura,

    -Loucura do imobiliário transforma cada vez mais lojas em casas.
    ECO Economia Online-6 horas atrás
    Preços são entre 25% e 30% mais baixos dos de um apartamento, o que se deve também ao facto de ser o novo proprietário o responsável pelo processo burocrático e administrativo exigido.
    Há cada vez mais anúncios a propor a transformação de espaços comerciais e serviços em habitação.

    -Há cada vez mais lojas vendidas para habitação.
    Muito citada-Diário de Notícias – Lisboa-14 horas atrás

    nem estamos contabilizando isso por aqui ainda..

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 12:24

      Esta é uma megatendência para as próximas décadas
      Na minha opinião já atingimos um ponto de inflexão na quantidade de imóveis comerciais destinados as lojas
      Com o comércio eletrônico, a tendência é só diminuir a quantidade de lojas presenciais e aumentar as virtuais
      Escritórios seguem esta mesma linha, ainda mais se um Amoedo ou Bolsonaro vencerem

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Nelson Schadenfreude 16 de março de 2018 at 12:37

        Já está acontecendo nos USA.
        Aqui vai demorar um pouco. Roubo de cargas. Custo Brasil até no comércio digital.

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Rico 16 de março de 2018 at 12:24

      Isso acontece faz tempo. O Edifício Mirante do Vale, que fica ao lado do viaduto Santa Ifigênia, aluga salas para residências por 500 reais. Para quem é estudante e não se importa com os Walking Deads andando a noite na região, pode ser uma boa opção.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Antigo 16 de março de 2018 at 12:34

      É uma boa ideia.
      Imóvel comercial geralmente tem excelente localização, perto de tudo. É meio barulhento durante o dia, mas super tranquilo à noite.
      Se conseguir alguma segurança privada para garantir, pode ser uma boa para morar. Estão todos desocupados mesmo.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • EngenheiroSP 16 de março de 2018 at 12:16

    Meus queridos,

    Em breve, vou passar 1 ano e meio na terra dos livres a trabalho. A questão é que vou receber meu salário em reais aqui na bananialand e mais uma ajuda em dólares lá.

    Alguém pode sugerir a melhor forma (leia-se: menos taxas) para eu mandar dinheiro de cá pra lá e vice versa?

    4+
    • avatar
    • antifragile 16 de março de 2018 at 12:22

      Criptomoedas, Transferwise, Remessa Online, nessa ordem. Mas estou aberto a mais opções…

      3+
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 12:34

        O problema das criptomoedas é a volatilidade
        Para os especialistas: qual a menos volátil ?

        2+
        • Nelson Schadenfreude 16 de março de 2018 at 12:38

          Há, há!

          1+
          • Nelson Schadenfreude 16 de março de 2018 at 12:40

            BTC caiu 10% quando Google anunciou que vai banir anúncios de criptofraudes (aka ICOs).
            O império conta-ataca.

            5+
            • avatar
          • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 12:59

            Achei este artigo

            Criptomoedas permanecem como um dos investimentos mais voláteis, porém atraentes hoje. Ainda assim, um único movimento dos reguladores pode fazer o mercado de criptomoedas parecer um banho de sangue. Muitos investidores veem como um investimento de risco. Mas já existe uma maneira de investir em criptomoedas com exposição a ativos reais. Os tokens baseados em ativos oferecem os benefícios das criptos, como baixo custos de transação e transparência, bem como a segurança de ter um ativo físico.

            Os primeiros tokens baseado em ativos já apareceram. Eles estão ligados a moedas fiat, como o Tether (ligado ao dólar), metais preciosos, como Digix, e ações de blue chips, como o Token da Apple, Facebook e outras ações atualmente negociados na plataforma LAT. A capitalização de mercado de criptomoedas baseadas em ativos pode exceder US$ 4 trilhões até 2025, e eles serão contabilizados em pelo menos 80% da capitalização total de criptomoedas à medida que o mercado se desenvolve.

            Os primeiros tokens baseados em ativos, ligados a moedas fiduciárias, metais preciosos, ações de blue chips e commodities já apareceram. Nossa estimativa é que a capitalização de mercado das criptomoedas com base em ativos pode exceder US$ 4 trilhões até 2025, e elas representarão pelo menos 80% da capitalização total de criptomoedas à medida que o mercado se desenvolve.

            Isso tornará as plataformas de ativos tokenizados, que reduzem significativamente os custos de criação de tais tokens, ajudando a sua disseminação e oferecendo oportunidades de diversificação e otimização de portfólio importantes para os detentores de criptomoedas e os líderes da indústria de blockchain.

            LAToken, a primeira plataforma tokenizada multi-ativos, já está funcionando. As ações da Apple, Facebook, Tesla e outros blue chips já estão sendo negociadas, bem como ouro e petróleo. E as novas classes de ativos serão adicionadas dentro de semanas. Para desenvolver a plataforma e tokenizar novas classes de ativos, a LAToken lançou a venda de seus tokens. A segunda rodada de investimento começará dia 5 de setembro.

            3+
            • avatar
            • Nelson Schadenfreude 16 de março de 2018 at 13:09

              Hum… Tokens lastreados em ativos reais… Sei.
              Pesquisa aí sobre o Tether…

              3+
            • Nelson Schadenfreude 16 de março de 2018 at 13:12

              Só seria útil se reduzisse custos de transação. Só que aí as bolsas vão reagir a essa invasão.
              Sem regulação, la garantia soy yo.
              Com regulação, vai ficar equivalente ao mercado formal. Não vejo ganhos…

              4+
        • antifragile 16 de março de 2018 at 16:31

          Cesar, se o objetivo for só fazer transferência de um país pro outro, a transferência de criptomoedas de uma corretora pra outra não deve levar nem uma hora. A volatilidade será mínima.

          3+
    • Leonardo M. 16 de março de 2018 at 12:31

      Uma dica valiosa
      Não volte!

      8+
      • avatar
      • avatar
  • Leonardo M. 16 de março de 2018 at 12:30

    Conatran decidiu que a cada 5 anos quando você for renovar sua CNH terá que fazer 10h/aula + uma prova e exame médico para poder pegar sua CNH

    Chupaaaaa Brasil!

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 16 de março de 2018 at 12:41

    o povo tá envelhecendo, kkk carteira pra jovem diminuiu 15% . A população jovem, de 15 a 29 anos, apresenta diminuição contínua de sua participação, enquanto a população de idosos aumenta. A proporção de pessoas com menos de 15 anos de idade, que era de cerca de 30%, em 2000, chegará a 17,6%, em 2030. (metade) kkkk
    paguem a festa dos detrans

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 16 de março de 2018 at 13:01

      Janela Demográfica fechando:
      É quando a maior proporção de pessoas em idade ativa favoreceria o desenvolvimento econômico, já que o predomínio de pessoas que produzem mais do que consomem, em comparação com aquelas cujo consumo costuma ultrapassar a capacidade produtiva (idosos, bebês), propiciaria mais reservas e aumento dos recursos disponíveis por indivíduo.
      Segundo o estudo, no Brasil, esse fenômeno atingirá seu pico entre os anos de 2022 e 2023, quando as razões de dependência voltarão a crescer e começará a ser fechada a janela de oportunidades demográficas.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Nelson Schadenfreude 16 de março de 2018 at 12:43

    Segunda-feira, vendi minhas FIBR3 a 70.
    Vender no boato. 😊

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Poeteiro Bolhista 16 de março de 2018 at 17:05

      Fala daquelas que você tomou ré também!
      Rsrsrsrsrsrs
      Falar só dos sucessos é mole!

      14+
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 12:44

    DAQUI A POUCO APAGANDO 8 VELINHAS

    Bolha imobiliária é uma ocorrência possível no DF
    POR BOLHA BOSS · 4 DE NOVEMBRO DE 2010

    Fonte: http://www.planetauniversitario.com/index.php?option=com_content&view=article&id=17903:bolha-imobiliaria-e-uma-ocorrencia-possivel-no-df&catid=27:notas-do-campus&Itemid=73

    Apesar da constatação do Departamento de Economia da Universidade Católica de Brasília, sobre os preços elevados dos imóveis não serem garantia de retorno alto para o investimento local, pesquisa realizada pela Universidade aponta que as pessoas continuam migrando para este tipo de investimento, pois esperam por uma valorização futura. Contudo, a pesquisa alerta para o fato acarretar numa possível ocorrência de bolha especulativa no mercado imobiliário local. Na linguagem do mercado imobiliário, fala-se em bolha sempre que se constata o descolamento entre os valores pagos na aquisição de imóveis (compra) e o quanto é possível recuperar com o aluguel desta unidade.

    O mês de outubro de 2010 sinaliza luz amarela para tanto, ou seja, os retornos anuais estão na casa entre 5 e 2,5%. Uma taxa modesta quando comparada a outros investimentos oferecidos pelo mercado, como os CDBs, por exemplo, que rendem em torno de 8% no mesmo período.

    A pesquisa realizada abrangeu Águas Claras, asas Norte e Sul e Sudoeste, percorrendo 320 imóveis, 160 preços de aluguéis e 160 preços de venda de imóveis com dois ou três quartos, sendo um deles suíte e com vaga em garagem.

    UCB Assessoria de Comunicação

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Nelson Schadenfreude 16 de março de 2018 at 12:57

      Foi nesse ano que me mudei para BSB. Euforia disseminada sobre imóveis no Noroeste. R$10k o m2. Preco de Leblon. Parecia BTC. Novo paradigma.
      Fiquei no aluguel. Precos nominais flat até hoje no ZapZap.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Cadeludo 16 de março de 2018 at 12:59

    meu fundo renda fixa inflação subiu 1,20% desde 15 fev até ontem
    tá bom, mas sempre pode melhorar

    1+
  • Nelson Schadenfreude 16 de março de 2018 at 13:06

    Tô triste com a realidade do Rio. É uma cidade linda. Natureza sem igual, não merece isso tudo.
    O que estraga é o povo.
    Cronicamente inviável.

    Nas fotos antigas (Copacabana, Ipanema, Vidigal, Barra, São Conrado) dá para ver como o Rio era lindo sem o carioca.

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 16 de março de 2018 at 13:18

    off a quem possa interessar, ao vivo com comentario https://worldchess.com/berlin
    tabela geral e do dia com avaliação: chess24.com/en/watch/live-tournaments/fide-berlin-candidates-2018
    discussão: chessgames.com/perl/chesslive
    superequilibrado, pegando fogo, a tecnologia tbm foi disruptiva aqui, reduzindo ASSIMETRIAS de conhecimento

    4+
    • avatar
    • avatar
  • Senhor Bolha 16 de março de 2018 at 13:27

    Setor de construção pesada encolhe no Rio
    by Ancelmo Gois

    A construção pesada no Rio segue em intensa queda. Entre janeiro de 2017 e o deste ano, o setor encolheu 12,2%. Já nos empregos em geral no estado, a queda foi de 2%.

    Os dados foram levantados para a Associação das Empresas de Engenharia do Rio (AEERJ), com base na Rais/Caged-MTE e do Pnad-IBGE.

    2+
  • indiobolhista 16 de março de 2018 at 13:45

    bolha de leiloes ….. arremataron por 28 mil reais CHEV/PRISMA 1.4MT LT , 13/13, PLACA: F__-___6, GASOL/ALC, CINZA https://www.freitasleiloeiro.com.br/leiloes/lote?leilaoid=2863&lote=100 em olx 27500, sem comissao 5% mais taxas adm …

    4+
    • avatar
    • avatar
    • odorico 16 de março de 2018 at 14:52

      Pois é, tem esse negócio de leilão… meu irmão tentou mexer com isso…. com um “sócio” que entendia…. nos primeiros carros já sentiu o drama…. não podia sair com o carro, pois muitos colocam água no tanque, areia no motor, já tem que guinchar e mandar fazer revisão. Depois de comprar segundo ele 20 % abaixo do mercado gastava com a revisão e podia ter surpresas, aí colocava o carro para vender e ficava esperando….se o cara suspeitar que era de leilão…. ferrou… de vez em quando até rodava com o carro para parecer particular, aí tem o risco de roubo ou acidente pois está sem seguro. Enfim, viu que a liquidez e risco não compensam, exceto para profissionais com oficinas ou que compra 10 ou 20 no leilão e vão rodando…. para quem tem dinheiro para 3 carros populares….pode esquecer….. não dá retorno…..

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 16 de março de 2018 at 15:18

        nem precisava experimentar pra chegar nessas mesmas conclusões

        oras, se a pessoa não entende nada de mecanica, não tem um alicate em casa, como que vai querer competir com os milhares de profissionais do ramo com anos de experiencia??? alguns egressos até da propria industria. Qual a vantagem competitiva dessa pessoa?? Falo isso pra carros e pra mil outros pequenos negocios porfora, venda de bikuteria online, etc, etc, etc.

        Se fosse fácil pra qualquer um fazer, todo mundo faria e ato continuo o mercado reequlibraria os preços num patamar abaixo, tornando denovo competitivo apenas para os pros do ramo, Desde que eu aprendi sobre equlibrio de nash, nunca mais precisei de muito esforço saber no que vai dar 90% dessas coisas, mas nem precisava de matematiques de nerd, basta usar a logica simples. Agora uma pessoa pode dar sorte? Sim pode, e esse é o maior azar do mundo, porque ela vai se achar o cara, tentar dar um salto grande e se esborrachar, tipo os corvos que especularam com imóvel, envolveram familia, amigos, parentes colegas de trabalho, eles mesmos, …, a maioria tal qual um casino qualquer, no fim saiu com menos do que entrou, poucos são os que sabem parar!!!

        19+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Nelson Schadenfreude 16 de março de 2018 at 15:43

          Já comprei carros em lelião 2 vezes. Para uso próprio. Valeu a pena (cerca de 1/3 de desconto), carros com pouca coisa para fazer. Mas tem que ter paciência de esperar a oportunidade (carro bom com poucos lances) e sorte com a mecânica depois do arremate. Saí de vários leilões de mãos vazias antes de fechar negócio.

          7+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Nelson Schadenfreude 16 de março de 2018 at 15:48

            Já comprar em leilão para fazer rolo prefiro deixar para os profissionais. Dor de cabeça. Ganho mais dinheiro empregando meu tempo em outras coisas.

            7+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
      • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 15:26

        Odorico

        Só sabota o carro o ex-proprietário que não entende como funciona o leilão.

        Se o veículo for arrematado por um valor inferior a dívida financeira, a diferença é lançada no CPF dele, será cobrada pelo banco, e se não pagar irá até para o SERASA. Por isso, quanto maior o valor conseguido no leilão, melhor para o ex-proprietário. Se ele soubesse disso iria até na empresa de leilão para fazer uma limpeza e dar uma polida no carro! rsrsrs

        A Tucson que comprei em leilão no ano passado veio até com os manuais, chave reserva, mecânica perfeita, só a pintura que estava meio queimada.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 15:30

          Ahhh, e se o veículo é arrematado num valor acima da dívida, a diferença será creditada para o ex-proprietário.

          4+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Lucas 16 de março de 2018 at 15:33

          a maioria dos leilões é de CNPJ, o dono se fizer direitinho ele evapora

          4+
          • avatar
  • Flyn 16 de março de 2018 at 14:03

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2018/03/despenca-venda-de-imoveis-residenciais.html
    Despenca venda de imóveis residenciais em São Paulo, Capital

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 14:46

      As vendas de imóveis residenciais na cidade de São Paulo somaram 1.692 unidades em janeiro, segundo os dados divulgados ontem pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP).

      O resultado, equivalente a um recuo de 19,6% na margem na série livre de efeitos sazonais, reverteu parte da alta observada no mês anterior (9,9%).

      Lançamentos – Já os lançamentos totalizaram 748 imóveis no mesmo período, segundo a Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp), valor que representa um recuo mensal de 61,2%, também na série dessazonalizada.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 16 de março de 2018 at 14:48

        Só 1700 casinhas em uma cidade como SP?
        MERCADO PARADO? SIM OU CLARO?

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Leonardo M. 16 de março de 2018 at 14:54

          Depende

          Se for na visão do Fernando é estoque para uma venda na recuperação de 2019
          Então não está parado, apenas esperando comprador

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Lucas 16 de março de 2018 at 15:40

          parado não
          valorizando 🙂

          13+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 15:21

    Saiu a PNAD do IBGE ref nov-dez-jan 2018

    Pessoas de 14 anos ou mais de idade ocupadas na Construção na semana de referência

    Tanto em relação ao trimestre anterior, como em relação ao mesmo trimestre de 1 ano atrás, ocorreu aumento no desemprego, de respectivamente 113 mil e 281 mil empregos.

    Se o consumo de insumos para a construção civil está em queda (cimento, vergalhões e tinta residencial) e a quantidade de empregos na construção civil também está em queda, como seria possível estar aumentando a quantidade de construções (de acordo com o thiago fm com dados que só ele tem) ?

    http://www.cbicdados.com.br/menu/emprego/pnad-ibge-arquivos-resultados-brasil
    http://www.cbicdados.com.br/media/anexos/tabela_03.B.14_33.xlsx
    http://www.cbicdados.com.br/media/anexos/tabela_07.A.03_48.xlsx

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 16 de março de 2018 at 15:28

      excelente Cesar, exceto o fundo degradê.
      corrobora o que alguns especialistas (de verdade) que tenho contato me disseram, que a bolha estourou lá por idos de 2010/11 mas devido a inercia do setor entre crise e terminar obra, o setor não entrou no vermelho de imediato, ainda mais porque tinhamos copa do mundo em 2014, tinha muita obra pra terminar (que até agora não terminaram varias delas)

      Quanto a sua ironia, o thaigo não disse que aumentou a construção, ele disse que aumentou as vendas, num classico caso de carroça empurrando os bois
      ou a hipotese de que tijolos magicos se reproduzem sozinhos, basta plantar uma semente de 666 no barro, no dia seguinte nasce um prédio 100% vendido, ultimas unidades.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 15:32

        Lucas, verdade, ele disse que aumentaram as vendas e os lançamentos, ou seja VAPORWARE
        Seria como se aumentasse as vendas de carros e ao mesmo tempo o consumo de aço caisse KKKKK

        5+
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 16 de março de 2018 at 15:37

          se vc somar vendas de cotas por consórcio, ou quem sabe reservas de venda bem capaz de conseguir isso
          consórcio é a versão “na planta” dos autos
          a fenabrave pra evitar isso faz uma distinção entre vendas e emplacamentos, pra limpar ruídos, exportação, etc ainda que muita css emplaque sem vender para cobrir cotas mínimas e auferir vantagens junto a montadora, mas no longo rpazo de 30 dias tende para o principal, ou seja no trimestral dá praticamente na mesma.
          Imóvel leva anos para dar na mesma, dá tempo de inventarem outra venda fake

          5+
          • avatar
          • avatar
          • CA 16 de março de 2018 at 16:03

            Cesar_DF,

            Construção civil pesada, relacionada à infraestrutura, em queda.

            No caso da construção civil leve, comparando o último trimestre de 2017 com mesmo período de 2016, para a cidade de São Paulo, um super-crescimento anormal e uma anomalia ainda maior em dez/17 com crescimento de mais de 100% na comparação com dez/16.

            Olhando notícia em comentário mais acima, aumento de mais de 1000% nos lançamentos de jan/18 na comparação com jan/17 e de mais de 100% nas vendas ao comparar jan/18 com jan/17 também, de novo para São Paulo.

            Conclusão:

            Especificamente na CIDADE DE SÃO PAULO um crescimento exponencial e absolutamente ANORMAL em lançamentos e vendas FALSAS na planta que vão se transformar em grande parte em DISTRATOS na entrega, como SEMPRE tem acontecido desde 2008, a cada vez que temos aumentos anormais em lançamentos e vendas.

            Como São Paulo é muito representativo, a ANOMALIA acima, que SIMULA recuperação em São Paulo, se refletiu no total do Brasil e nos números levantados pela ABRAINC referentes à 2017, mas de novo, isto é exclusivamente em função de vendas FALSAS na planta, algo mais que demonstrado já há UMA DÉCADA!

            Já a construção civil pesada com tendência a continuar despencando, porque não dá para fazer venda FALSA na planta de pontes, estradas, etc., então não tem como eles SIMULAREM recuperação.

            Então, resumindo, o crescimento em construções especificamente para o segmento imobiliário (construção civil LEVE), ocorre baseado em vendas FALSAS na planta que são SIMULAÇÃO de melhoria, ou PEGA-TROUXA, focados em São Paulo e pela representatividade e crescimento exponencial / ANORMAL, se refletindo no total do Brasil e especificamente para construção civil LEVE, mas não chegam a superar o saldo NEGATIVO da construção civil PESADA e por isto que o total da construção civil continua negativo, sendo que no restante do país, continuam a míngua, pois só tiveram fôlego para continuar com o show de ILUSIONISMO do imobiliário / construção civil leve em São Paulo e ainda amargam cumulativamente a queda do setor de construção civil pesado (infra) junto com a queda do imobiliário em mais de 90% das cidades do país.

            5+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
      • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 19:46

        Lucas
        Transformei estes números em um gráfico
        Observe a “barriga” que ser formou devido a diferença entre os PIBs da construção e do Brasil
        Esta barriga resultou na vacância: existem imóveis sobrando mas não pessoas para pagarem por eles

        Ano;Brasil;100,00%;Construção;100,00%;Diferença
        2004;5,80%;105,80%;10,70%;110,70%;4,90%
        2005;3,20%;109,19%;-2,10%;108,38%;-0,81%
        2006;4,00%;113,55%;0,30%;108,70%;-4,85%
        2007;6,10%;120,48%;9,20%;118,70%;-1,78%
        2008;5,10%;126,62%;4,90%;124,52%;-2,11%
        2009;-0,10%;126,50%;7,00%;133,23%;6,74%
        2010;7,50%;135,98%;13,10%;150,69%;14,70%
        2011;4,00%;141,42%;8,20%;163,04%;21,62%
        2012;1,90%;144,11%;3,20%;168,26%;24,15%
        2013;3,00%;148,43%;4,50%;175,83%;27,40%
        2014;0,50%;149,18%;-2,10%;172,14%;22,96%
        2015;-3,50%;143,96%;-9,00%;156,65%;12,69%
        2016;-3,50%;138,92%;-5,60%;147,88%;8,96%
        2017;1,00%;140,31%;-5,00%;140,48%;0,17%

        6+
        • avatar
        • Cesar_DF 17 de março de 2018 at 11:16

          Como essa “barriga” se formou a partir de 2008 a 2017, o esperado é que ocorra uma “barriga negativa” por alguns anos, até ocorrer um reequilíbrio, ou seja, até 2026 existiria um crescimento do PIB da construção civil menor que o PIB do Brasil

          4+
    • Lucas 16 de março de 2018 at 15:31

      destaco tbm a FBCF
      por um lado não importa tanto tendo em vista a imensa ociosidade dos ativos adquiridos na euforia
      por outro lado importa sim, reduz o tal de pib potencial futuro, quando a recuperação vier ela será menor do que esperava-se

      2+
    • Lord of All 16 de março de 2018 at 16:17

      “Se o consumo de insumos para a construção civil está em queda (cimento, vergalhões e tinta residencial) e a quantidade de empregos na construção civil também está em queda, como seria possível estar aumentando a quantidade de construções (de acordo com o thiago fm com dados que só ele tem) ?”
      .
      Talvez seja a nova tecnologia de casas feitas por impressoras 3D: diminui a mão-de-obra e a demanda por insumos.

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 16 de março de 2018 at 15:38

    Tempos Bicudos

    Fake News
    Fake Sales
    Fake Coins

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Rico 16 de março de 2018 at 15:39

      Fake Bubbles?

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 16 de março de 2018 at 16:47

        Essa é real. Infelizmente.

        Digo infelizmente porque seria bom se os imóveis tivessem se valorizado do jeito certo. País desenvolveu, massa salarial aumentou, competividade do Brasil melhorou, mais indústrias, tecnologia, emprego, e e melhoria na escolaridade média das pessoas.
        Se tudo isso tivesse acontecido, eu não reclamaria dos imóveis aumentarem. Seria o movimento natural das coisas.
        O problema é que NADA DISSO ACONTECEU.

        Brasil encolheu vários aos seguidos, massa salarial caiu, as grandes empresas estavam todas envoltas num mar de corrupção, desemprego solto, lojas fechando, competitividade do brasil zero em grande parte dos setores, e os estudantes brasileiros ficando nas piores posições nos rankings de educação…

        E os imóveis? Preços altos.
        Quando as coisas não casam dessa maneira, quando a realidade é uma grande contradição, aí temos sinais claros que há algo errado.

        22+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • CA 16 de março de 2018 at 15:51

    https://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/australiano-entra-na-pista-de-f1-excede-velocidade-e-perde-carro-recem-comprado.ghtml

    Trecho do link acima:

    “Apenas dez minutos depois de pegar modelo Porsche Cayenne, motorista se empolga, acelera na reta dos boxes de Melbourne, ou melhor, na rua, é pego pela polícia e vai responder a inquérito”

    Conclusão:

    Australianos POBRES!

    Na Praça da Árvore temos o dobro de Porsche Cayenne vistos na rua!

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 16 de março de 2018 at 16:01

    Antigo

    Só 1700 casinhas em uma cidade como SP?
    MERCADO PARADO? SIM OU CLARO?

    4+

    agora falando serio 1700 casa num universo de 11 milhões de habitantes
    corresponde a 0,05% da população num mês
    Quanto é um numero normal numa economia saudável???
    pois bem, no auge da bolha, chegamos perto do normal mundial que é no minimo 0,5%am. ou 10x mais
    quanto mais dinamica a economia, mais as pessoas se mudam, em media a cada 7 anos nos EUA uma familia puda para uma casa nova, isto está dentro do ciclo da pessoa, mudança de trablaho, cidade, novas necessidades, novos desejos, etc… Dá uma vez a cada 84 meses, arredondando quase 1% da pop ao mês, se não errei na logica matematica

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 16 de março de 2018 at 16:15

      Lucas,

      As 1.692 unidades “vendidas” em jan/18 foram o recorde histórico de vendas de novos em São Paulo para um mês de janeiro, sendo que a série histórica do SECOVI SP se inicia em 2004. O acumulado de 12 meses também está bem acima, devido a disparada de lançamentos e “vendas” no último trimestre de 2017.

      A “pegadinha” não está aí e sim no fato que os lançamentos em jan/18 subiram mais de 1.000% (MIL POR CENTO) sobre jan/17 e as vendas NA PLANTA subiram mais de 100% sobre o mesmo período, assim como ambos já haviam subido mais de 100% em dez/17 sobre dez/16 e um pouco menos nos meses imediatamente anteriores, ou seja, de novo, pela nogentésima decepcionésima vez, estão aplicando o GOLPE que já fazem desde 2008, de disparar com lançamentos e vendas FALSAS na planta que vão virar um crescimento exponencial nos distratos na entrega, apenas SIMULAÇÃO de melhoria ou PEGA-TROUXA.

      Quanto aos números totais de “vendas”, na medida que em sua imensa maioria são vendas FALSAS na planta, não só são irrelevantes por serem FALSOS, como ainda no mundo REAL são muito menores do que isto e desproporcionais ao porte da cidade, mas se olharmos o restante do Brasil onde não estão mais aplicando este estelionato das vendas FALSAS em larga escala, a disparidade é ainda maior, por isto o “choro” no Rio de Janeiro, Salvador, Manaus, etc…

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Senhor Bolha 16 de março de 2018 at 16:13

    Balanço da ezbomba distrato comendo solto!

    Lucro vieram da venda em uma torre comercial , ou seja nada no residencial.

    http://www2.bmfbovespa.com.br/empresas/consbov/frmNBC.asp?protocolo=601507&flnk

    Receita bruta = 146.014
    Receita de Venda Imóveis = 141.777
    Receita de Prestação de Serv iços e Locações = 4.237
    Receita Bruta = 146.014
    Deduções da Receita bruta = – (60.291)
    (-) Cancelamento de Vendas (57.894)
    (-) Impostos Incidentes sobre Vendas (2.397)
    Receita Líquida:85.723
    Custo dos Imóveis Vendidos e Serviços Prestados (60.950)
    Lucro Bruto= 24.773

    40% do que vendeu foi para distrato.

    Isso que a empresa que pedala menos de todas as outras que estão lançando mais FGV para próximo ciclo visando manter bicicleta funcional.

    A empresa basicamente se sustenta de PMJ e de vendas de prédios comerciais .

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 16 de março de 2018 at 18:40

    NEFASTOS EM CONSENTIR COM A MENTIRA
    Theodore Dalrymple certa vez disse o seguinte:

    “Em meus estudos sobre as sociedades comunistas, cheguei à conclusão de que o propósito das propagandas feitas pelo regime não era persuadir ou convencer os cidadãos, nem tampouco informar; o propósito era humilhar. Consequentemente, quanto menos a propaganda correspondesse à realidade, melhor.

    Quando as pessoas são obrigadas a permanecer em silêncio ao mesmo tempo em que lhe contam as mais óbvias mentiras; ou, pior ainda, quando elas são forçadas a repetir elas próprias essas mentiras, perdem todo o senso de honestidade.

    Consentir com mentiras óbvias faz com que você, de certa forma, se torne também uma pessoa perversa. Qualquer resistência é erodida, e acaba sendo totalmente destruída. Uma sociedade formada por mentirosos emasculados é fácil de ser controlada.”

    em https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2860
    (RECOMENDO o artigo todo)

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 16 de março de 2018 at 22:28

    Por que imóveis de luxo não param de vender nem em época de crise

    O fato pode parecer curioso e até mesmo improvável. Afinal, como um mercado de luxo consegue seguir intocado pela crise que acomete o mundo inteiro? No entanto, a procura por imóveis avaliados em mais de R$ 1,5 milhão continua a aumentar no Brasil. Um dos poucos setores que não foi atingido pela crise, cresceu 20%, segundo o Sindicato da Habitação do estado de São Paulo (Secovi-SP).

    É claro, a beleza não pode deixar de ser levada em consideração no mercado de imóveis de luxo. Cada vez mais, o consumidor procura casas modernas, com estilo característico e com projeto assinado por arquitetos renomados como Paulo Mendes da Rocha, Isay Weinfeld, Arthur Casas, Denise Zuba, Marcio Kogan, Valéria Gontijo e Paulo Jacobsen. Alguns nomes, como Marcos Tomanik, Israel Rewin e Bí Crisóstomo têm se destacado no mercado de alto padrão.

    “Outro fator decisivo é o espaço. Muitas famílias estão crescendo e procuram espaços que ofereçam maior conforto e conveniência para os novos membros. Proximidades de escolas e creches, por exemplo, e quartos extras também contam”, comenta Tarik Faraj. Até mesmo as famílias que não pretendem ter filhos estão procurando espaços mais amplos e confortáveis, observa.

    As smart houses já são uma realidade. É possível comprar casas completamente controladas por aplicativos no seu celular: da temperatura da água no chuveiro até os sistemas de segurança. Esse tipo de tecnologia e comodidade é um dos fatores que definem os imóveis de luxo.

    A TKR Imóveis é uma consultoria imobiliária que atua em Brasília focada em imóveis de luxo. Com serviços exclusivos, como vídeos dos imóveis feitos com drones e visualização 360º das opções disponíveis, a consultoria oferece atendimento personalizado e buscas específicas para que o cliente encontre o imóvel ideal. Saiba mais: TRK http://www.trkimoveis.com.br/

    Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa Dino e não é de responsabilidade de EXAME.com
    COMUNICAÇÃO CORPORATIVA – Publicado por DINO
    Seu conteúdo é notícia – https://www.dino.com.br/
    Divulgue o que há de melhor sobre seu negócio em mais de 100 sites e blogs – Descubra como

    9+
    • avatar
    • avatar
  • geremia 17 de março de 2018 at 01:08

    Já tinha comentado que aqui no interior da russia brasileira (Toledo), cidade de 130k, construções a todo vapor, todo dia encontro um prédio novo sendo construído, mais de 30 entre recém terminados e os que estão no começo, alguns com mais de uma torre.
    Tá certo que o Agro aqui tá forte, mas vai falta capiau pra tanto AP.
    Já tinha escolhido o prédio pra mudar, prédio recém construído, mais de 8 apartamentos livres, mas vou aguardar até maio, quando termina o contrato do que estou no momento.
    Imobiliárias dando desconto no aluguel 20%, e msm assim não alugam, claro que também não vendem, não tem demanda.

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • indiobolhista 17 de março de 2018 at 01:46

    Um arranha-céu tropical
    Escritório de arquitetura espanhol B720, liderado por Fermín Vázquez, inaugura em São Paulo um arranha-céu ventilado, que propõe uma divisão entre espaço interno e externo também nos andares altos https://brasil.elpais.com/brasil/2018/03/05/estilo/1520260609_353655.html

    4+
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 17 de março de 2018 at 09:01

    Leilões judiciais em Brasília – É ÇOFIT

    Apartamento na Asa Norte com 63m2 por 390K (5.7k/m2)
    http://www.jussiaraleiloes.com.br/externo/lote/detalhes/2400257

    Kitchnet na Asa Norte com 46m2 por 130K (2.8K/m2)
    http://www.jussiaraleiloes.com.br/externo/lote/detalhes/2401377

    Apartamento em Águas Claras de 40 m2 por 77K (1.9K/m2)
    http://www.jussiaraleiloes.com.br/externo/lote/detalhes/2401676

    Apartamento em Águas Claras de 57 m2 por 140K (2.4K/m2)
    http://www.jussiaraleiloes.com.br/externo/lote/detalhes/2402847

    Apartamento em Taguatinga de 65 m2 por 115K (1.7K/m2)
    http://www.jussiaraleiloes.com.br/externo/lote/detalhes/2401674

    CASO EXÓTICO 1 – LEILÃO DE 1ª, 2ª 3ª E 4ª PRAÇA

    É o mesmo apartamento,
    na primeira praça valor de avaliação 460K e lance mínimo de 230K
    na segunda praça valor de avaliação 230K e lance mínimo de 115K
    http://www.jussiaraleiloes.com.br/externo/lote/detalhes/2401675
    http://www.jussiaraleiloes.com.br/externo/lote/detalhes/2401673

    CASO EXÓTICO 2

    O mesmo apartamento, o 401, de 219 m2, em condomínio de “luxo”,
    na Av Epitacio Pessoa 698, Lagoa Rodrigo de Freitas, Ipanema, RJ
    https://goo.gl/maps/ofWvLFSUHZP2

    1ª praça, avaliado por 5.670K e lance mínimo de 3.969K
    http://www.jussiaraleiloes.com.br/externo/lote/detalhes/2401013
    2ª praça, avaliado por 3.230K e lance mínimo de 2.261K
    http://www.jussiaraleiloes.com.br/externo/lote/detalhes/2401009

    Pelo que li na matricula, casal se divorciou, tentaram vender o apartamento pelo valor fantasia dele e não conseguiram, e a dívida com condomímio e IPTU está até abaixa, menos de 30K
    http://www.jussiaraleiloes.com.br/arquivos/arquivos_bem/MATRICULA_25_224.pdf

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Margarida 17 de março de 2018 at 14:12

      O caso exótico 1 é que o de 460k inclui o 460 e o 560. Acho que são esses os números, são dois apartamentos leiloados no mesmo processo, um desses links e´de dois apartamentos, o outro que tem metade do valor é de um apartamento.

      3+
      • avatar
      • avatar
    • Margarida 17 de março de 2018 at 14:14

      O caso exótico 2 parece que é do mesmo tipo, unifica dois lotes. O edital tá horrível de ler.

      2+
      • avatar
  • Master Yi 17 de março de 2018 at 09:22

    CVR:

    Pai de um colega meu tinha interesse em um sítio que, na época, o dono estava pedindo R$ 450 mil. Ele fez uma proposta que não foi aceita. Exatos 11 meses depois, o dono ofereceu novamente o sítio a ele, mas agora com desconto. Como o pai do meu colega não tinha o valor integral disponível, a negociação aconteceu da seguinte forma: comprador deu um imóvel no valor de R$ 220 mil + R$ 80 em dinheiro. Valor final do sítio: R$ 300 mil. Sinceramente, nunca tinha visto um desconto tão grande em uma venda (não em um caso prático tão próximo a mim).
    Agora, tem um detalhe que passou batido nessa negociação. O imóvel do pai do meu colega foi avaliado em R$ 220 mil, mas poderia ter sido avaliado em R$ 250 mil, R$ 300 mil, ou até mesmo R$ 370 mil, não importa. É o que sempre se comenta aqui, em permuta não faz muita diferença os valores negociados, o que faz diferença mesmo é a quantidade de dinheiro vivo que vai entrar na operação, nesse caso “apenas” R$ 80 mil, em um imóvel que estava sendo oferecido por R$ 450 mil inicialmente.

    33+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 17 de março de 2018 at 10:24

      o pai foi esperto: ou ele gastou um pouco da proposta original, ou ele ofereceu ainda menos da grana que tinha antes. nota 10.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 17 de março de 2018 at 10:20

    corvos se explodam-se estavelmente:

    -Startup brasileira cria aluguel de imóveis sem fiança nem seguro e tira imobiliárias do jogo.
    Quinto Andar foi criada por dois brasileiros formados num MBA em Stanford, com objetivo de desburocratizar o aluguel de imóveis.
    Gazeta do Povo-14 horas atrás
    Para conseguir um apartamento no Rio de Janeiro, Vicente Velazquez pagou oito meses de aluguel de uma tacada só. Foi o único jeito que encontrou para fechar o contrato, já que ele não conhecia ninguém na cidade. (se vingou)

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Rico 17 de março de 2018 at 10:35

      5. andar já tem uns 2 anos. Eles imbutem o preço do seguro fiança no aluguel. De qualquer forma é muito mais ágil.
      Quando vou na imobiliária que alugo sinto uma viagem no tempo. Parece que voltei nos anos 80. Queriam que fosse mensalmente no guichê para fazer o pagamento do aluguel. Falei que não fazia sentido e era só mandar um boleto via e-mail. Esses dias queriam que eu passasse lá para entregar o boleto do IPTU. Passei as instruções para eles emitirem uma segunda via no site da Prefeitura.
      Esse 5. andar é uma diferença de séculos para as imobiliárias existentes.

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • desplein 17 de março de 2018 at 10:26

    CVR – interior paulista

    No auge da bolha, proprietária herdou um imovel na rua de cima da casa da minha mae. Demoliu e deixou o lote vazio. Nao faltaram propostas (que sabiamos porque os interessados batiam em nossa casa pedindo referencia do dono). Chegaram em até 150K, que nao foi aceito pela proprietaria….

    … até essa semana. Ela visitou minha mae oferecendo “a preferencia” da venda do lote para ela. Esta pedindo 130K (sic). Nos sabemos o porquê da decisão da venda (cidade pequena tudo se sabe). O primeiro é que ela consultou varios advogados para tirar um poste de fiação e iluminação BEM NO MEIO da unica saida do lote para a rua. Nao conseguiu. O segundo é que o vizinho do lado construiu 4 andares no angulo do sol, o que faz com que só bata sol depois das 13h.

    Fui pro site do IBGE. A cidade tem menos de 20k habitantes, renda média 1500 BRL. 30% da população tem renda familiar per capta de até MEIO salario minimo…

    35+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 17 de março de 2018 at 10:30

      imóvel, “um investimento seguro e que valoriza sempre”.. só tem que ter sorte na banania. Mais uma herança virando prejuízo.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 17 de março de 2018 at 10:39

    -Crédito habitacional da Caixa cai 31,7% em 2018.
    Jornal O Globo-6 horas atrás
    BRASÍLIA – A Caixa Econômica Federal, líder no mercado imobiliário, começou o ano emprestando menos para a compra da casa própria com recursos do FGTS. Segundo números obtidos com exclusividade pelo GLOBO, o banco registrou queda de 31,7% no volume de crédito habitacional.

    uma leve queda. kkk tá dificil pedalar.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 17 de março de 2018 at 11:18

      Bem, caiu apenas
      – O crédito imobiliário
      – O consumo de cimento
      – O consumo de vergalhões de aço
      – O consumo de tinta residencial
      – Aumentou o desemprego na construção civil

      MAS TODA A IMPRENSA TÁ DIZENDO QUE AGORA O MERCADO IMOBILIÁRIO ESTÁ BOMBANDO !!! KKKKKK

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Margarida 17 de março de 2018 at 16:52

        Sejamos justos. Eles não estão dizendo que está bombando. Estão dizendo que está se mostrando sinais de recuperação e que os preços vão voltar a aumentar logo (corram comprar!)

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • MARK 17 de março de 2018 at 17:52

      Alemon, olha aí o trinta por cento de novo, o mercado imobiliário tem fixação pelo número, só que agora é de queda né… queda no crédito.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Hard Core 17 de março de 2018 at 15:39

    Leio diariamente o BIB, mas pouco postei…
    CVR:
    Tenho escolhido imóveis a dedo na minha cidade para realizar propostas com intuito de fixar residência ( terrenos com localização-chave ou casas bem construidas). Faço pesquisa detalhada na região (infraestrutura, mobilidade e potencial de crescimento do “investimento”). Como bolhista que sou, realizo cálculos matemáticos de custo de oportunidade, fator-x, custos da papelada, depreciação, etc etc. Lasco a proposta e o pessoal nem pensa em negociar valores (oferecem módicos 10% no valor do anuncio). As imobiliárias fazem uma avaliação porca dos imóveis e os donos juram que aquele valor finge zap é real. Tenho gasto tempo considerável tentando fechar algum negócio interessante, mas não tem jeito. Brick lovers são iguais a seita. Não conseguem ver o que está na sua frente e ignoram qualquer argumentação. Enquanto isso, aluguel é a solução e poupar/investir no mercado financeiro são os caminhos. Aos amantes dos tijolos, só posso dizer: PMJ!

    31+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Hard Core 17 de março de 2018 at 15:53

    CVR2
    Sabemos que a decisão da compra do imóvel não leva apenas a matemática como solução para perguntas. Mas fico impressionado quando converso com colegas sobre o lado racional da compra. Mesmo engenheiros,administradores desconsideram o básico quando se trata de compra/venda de imóveis. Nunca citei esse blog obscuro, mas dou pinceladas e vejo que não compartilham das mesmas premissas e as vezes me olham como louco kkkk. Decidi sorrir e acenar daqui por diante, pois educação financeira deve ser conquista por cada um no seu próprio tempo. Se a pessoa não está aberta para dialogar com lógica, o papo não vai pra frente e você corre o risco de receber antipatia dos colegas.

    29+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Hard Core 17 de março de 2018 at 16:17

    CVR3
    Longa e árdua é a busca pela felicidade?Cada um tem a sua própria definição, não é mesmo? Calma não é livro de auto-ajuda e nem mesmo palestra coaching kkkk. É só mais um CVR3
    As vezes queremos poupar las platas, mas as situações as vezes não permitem isso. Perseguir a boa razão custo-benefício (tentar pelo menos), pode trazer um senso crítico daquilo que precisamos ou desejamos adquirir. Essa semana tive o que chamo de “semana do prejuízo”. Explico, precisei adquirir uma bateria nova para o carro, uma máquina de lavar ( o conserto da minha ficou inviabilizado economicamente) e troca de celular ( mais de 5 anos de uso e me atendia satisfatoriamente – mas começou a travar e reset master não funfou). Fui atrás de informações e me deparei novamente com a má qualidade dos produtos em geral e aquela obsolescência programada embutida. Cada vez mais difícil encontrar algo satisfatório (as marcas e modelos são muitas, mas no fundo se dividem em produtos vagabundos ou produtos excessivamente caros para o padrão brasileiro). Chega a dar um desânimo…
    As marcas ditas de confiança também lançam porcarias e tentam cobrar a mais apenas pelo BRAND. Se colar, colou… eta mercado brasileiro desgraçado. Nas viagens que eventualmente faço encontro isso também em menor proporção. O mercado brazuca supera na sacanagem e é um circulo “virtuoso” do chamado jeitinho brasileiro..

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 19 de março de 2018 at 17:18

      tenta consertar pela internet, um conserto de 300 reais gastei 15 numa pecinha, um capacitor mixuruca que qualquer retardado troca.
      durou 2 anos assim, mas daí me rendi pra essas novas, que lavam muitomelhor, a antiga doei prum parente, continua funcionando.

      3+
  • Alemon Fritz 17 de março de 2018 at 16:50

    e o mercado está uma piada até considerando camelots,… fui comprar cartão de memória e a diferença maior que achei foi 5 reais da loja pro camelot!!. estava em média 40 reais, na internet a 27reais, chegando a 76pilas. Fora entulho antigo (ainda vendem calculadoras daquelas científicas Cassio) a 90 reais ou mais.

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Hard Core 17 de março de 2018 at 16:53

    Discussão batida, mas sempre atual essa do custo do m2, título da chamada do BOSS para nossa discussão semanal. Para relembrar, numa crise, o que determina o valor do m2? Oferta ou demanda? Acho que numa economia de verdade, todos sabemos a resposta. Isso é difícil de verificar na prática? Talvez…
    Essa máxima econômica que deveria balizar a negociação de imóveis, parece surtir pouco efeito no mercado imobiliário daqui na minha região. Como o velho tem escrito por aqui, a assimetria de informações impede o comercio saudável e os preços não refletem a realidade em nosso país. O estado tem muita culpa disso (união,CEF e planos diretores municipais que privilegiam interesses de poucos), somado ao comportamento social de nossa população contribui decisivamente para essa situação que vemos.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 17 de março de 2018 at 18:48

    -25 mil imóveis receberão escrituras em Cuiabá.
    Após esperar 38 anos Neuza Dias Velasco, 71 anos, recebeu a escritura definitiva de sua casa….
    O custo de uma escritura chega a 9mil reais.
    Mais de 42 mil famílias serão beneficiadas em 39 municípios de Mato Grosso. As taxas de ITBI serão reduzidas, espera-se.

    (38 anos pra ter o que é seu.,

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 17 de março de 2018 at 22:46

    Airbnb

    2X que preciso usar este mês o Airbnb

    Rio de janeiro usei em Copacabana
    Diária R$123
    Apartamento completos grande, 2 quadras da praia e top.
    Se fosse comparar com um hotel eu iria pagar R$350/400 em Copacabana pela mesma qualidade do AP.

    Vou pra Floripa e preciso de um quarto
    R$41 a diária e no centro
    Hotel para uma cama e chuveiro seria R$120

    Viva os amantes de tijolos que precisam pagar suas contas!
    O capitalismo agradece e eu tb!

    30+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 18 de março de 2018 at 08:09

    ligo a TV e jornal diz: “tiroteio na região mais valorizada do rio”

    -Tiroteio assusta moradores durante fuga de assaltantes de churrascaria na Tijuca.
    Jornal O Globo-14 horas atrás
    RIO — Um tiroteio assustou pedestres e moradores da Avenida Maracanã, no bairro de mesmo nome na Zona Norte do Rio,

    vai valorizar mais….

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • ACD 18 de março de 2018 at 08:10

    CVR –
    Recentemente, meu vizinho adquiriu através de financiamento (não sei precisar em qual instituição) a tão sonhada casa própria (talvez um dia seja – o que sinceramente duvido!). O cidadão que está em vias de se casar novamente (3ª vez), praticamente sem um puto no bolso (faz o tipo ostentação, carro bolhudo na base do carnê, viagens e curtição via cartão de crédito), financiou o valor máximo do imóvel (s.m.j. algo próximo a 200k). Como se não bastasse, pasmem: A renda formal foi insuficiente à empreitada e como solução, efetuou uma alteração na declaração de IR do ano anterior, informando receita de outras fontes para atingir a remuneração necessária, exigida pela instituição bancária.
    A brincadeira gerou um imposto a pagar de mais de 10K, os quais, obviamente foram parcelados em suaves prestações que serão acrescidas dos convidativos juros e atualizações aplicados pela Receita.
    Em tempo, já está reformando seu castelo, com recursos que supostamente virão no futuro.
    E ai, vai ou não vai?

    56+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Loucodf 18 de março de 2018 at 09:18

      Essa é nova.

      Alterar imposto de renda pra pegar financiamento?

      Pagar 10 pau de imposto?

      Jesus

      27+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 18 de março de 2018 at 09:34

        Meu deus! Esse cvr vai ficar para a história
        Alterar IRPF, pagar mais imposto para conseguir financiamento bancário.
        Não seria mais fácil …não, não seria para o bananese kkkkkk

        30+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Krakenvader 19 de março de 2018 at 04:59

      Vou ter que guardadar esse CVR em um quadro!!!

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • From_The_Tower 19 de março de 2018 at 08:40

      Tô falando !
      Viva a fraude !

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 18 de março de 2018 at 09:35

    A minha colega de trabalho (de 64 anos) só descobriu ano passado que existe a declaração simplificada e a completa. Na minha dá uma diferença de 1.100 reais entre elas. Minha mãe também consegue fazer uma confusão com o patrimonio que herdou, sem declarar coisas, pois diz que é aposentada. só estou vendo o rolo.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 18 de março d