Alta de imóveis vazios gera descontos de até 10% em preços de aluguéis no Rio – Extra

Você pode gostar...

Comments
  • Juros Lover BSB-BH 23 de outubro de 2017 at 10:07

    Eu gosto do Hell de Janeiro…mas lá até de graça tá caro…

    43+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Krakenvader 23 de outubro de 2017 at 20:44

      Acabei de ler na Al Jazeera (!) que o carioca está evitando tiroteios através de um aplicativo.

      O m² mais caro do Brasil.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Bubble Gupies 23 de outubro de 2017 at 10:09

    Opa, coloquei no outro topico que já era, vale a pena dar uma olhada, muita coisa que vem sendo falada aqui acontecendo :
    http://www.estadao.com.br/noticias/geral,caixa-e-bndes-buscam-ajuda-no-fgts,70002055402

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Buck 23 de outubro de 2017 at 10:09

    Eu si divirto quando ouço esta mesma história: o cara pede pra manter o aluguel ou diminuir um pouco, propriotário diz não. O cara sai, pega um imóvel melhor e mais barato!

    59+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Juros Lover BSB-BH 23 de outubro de 2017 at 10:14

      E o cara fica anos com o imóvel desocupado reecebendo só a visita mensal do Motumbo na hora de pagar as taxinhas…

      33+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 10:25

        No fundo do meu prédio tem um apartamento para alugar que o cartaz está até desgrudando, já tens uns 2 anos grudado no vidro.

        34+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Antigo 23 de outubro de 2017 at 10:48

          Placas de vende-se e aluga-se são muito boas para estudar o funcionamento das colas, dos pigmentos, das tintas etc.
          Ficam anos expostos à chuva, sol, vento, aves, insetos e outros.

          Primeiro desbota, depois descola, depois rasga e por último cai uma parte. Tentar ler é um exercício arqueológico semelhante a Pedra de Rosetta

          51+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • Abestado abc 23 de outubro de 2017 at 10:15

    Cidades remaneja recursos do FGTS entre Estados a pedido da Caixa

    O Ministério das Cidades atendeu a um pedido da Caixa e remanejou recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) entre programas da área de habitação e entre Unidades da Federação para o exercício de 2017. A mudança consta de instrução normativa publicada no Diário Oficial da União (DOU) que altera a programação anterior, prevista em uma IN de dezembro de 2016.
    No caso dos programas, o Pró-Moradia ficou sem a verba de R$ 1 bilhão, alocada no plano de contratações e metas físicas do orçamento operacional do FGTS divulgado em dezembro. Com isso, ações como o Pró-Cotista e de apoio à produção de habitações receberam reforço. O Pró-Cotista, que tinha uma previsão de R$ 5 bilhões, agora passou a ter R$ 7,7 bilhões. Já os programas de apoio à produção de habitações saíram de um orçamento de R$ 24 bilhões para R$ 29,2 bilhões.

    O remanejamento ainda favoreceu Estados como o de São Paulo, Minas Gerais e Goiás. São Paulo passou a contar com mais que o dobro do recurso previsto para as ações na área de habitação neste ano, saindo de R$ 7,1 bilhões para R$ 15,4 bilhões. Minas teve o orçamento elevado de R$ 3 bilhões para R$ 6,2 bilhões e Goiás saiu de uma previsão de R$ 900 milhões para 3,7 bilhões.
    Na contramão, todos os Estados do Norte perderam recursos, assim como o Distrito Federal e outros Estados de outras regiões. Rondônia tinha uma previsão inicial de R$ 257 milhões e agora ficou com R$ 186 milhões. O Pará, que contava com R$ 3,2 bilhões na programação de dezembro, terá apenas R$ 461 milhões. Para o DF, a aporte caiu de R$ 1,2 bilhão para R$ 803 milhões.
    Por região, Sudeste deterá a maior parte dos recursos (R$ 25,5 bilhões, ante R$ 14,4 bilhões), seguido por Sul (R$ 10,3 bilhões), Nordeste (R$ 9 bilhões), Centro-Oeste (R$ 6,5 bilhões) e Norte (R$ 1,1 bilhão)

    http://www.dgabc.com.br/Noticia/2792477/cidades-remaneja-recursos-do-fgts-entre-estados-a-pedido-da-caixa

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 10:18

    Sobre o tópico

    Se o desconto para aluguéis está em 10%, para venda está sendo de 35,8% EM MÉDIA.

    Se estatisticamente considerarmos uma curva normal, com 50% entro de uma faixa de 5% acima e abaixo de 35,8%, teríamos então que em 50% dos casos ocorre um “desconto” entre 30,8% e 40,8% e em 25% dos casos um “desconto” acima de 40,8% – É ÇOFT

    ————————–

    Taxa de vacância para locação no Rio de Janeiro bate recorde no mês de março
    Relatório de Inteligência Imobiliária da Apsa mostra que índice chegou a 13%, 2,3 pontos percentuais superior a 2016; zona sul tem maior variação

    A crise econômica e financeira e o aumento expressivo da oferta de imóveis após as Olimpíadas têm provocado mudanças no setor imobiliário. Levantamento feito pela empresa de gestão condominial e negócios imobiliários Apsa mostra que a taxa de vacância de imóveis residenciais para locação na cidade do Rio bateu recorde em março.

    O relatório de Inteligência Imobiliária da Apsa aponta que o índice chegou a 13% naquele mês – 2,3 pontos percentuais superior à taxa de março de 2016. A quantidade de imóveis vagos cresce desde setembro, quando chegou a 11,3%. Em geral, a taxa varia de 8% a 12%.

    “Cerca de 63 mil unidades foram lançadas entre 2011 e 2013. Muitos investidores compraram esses imóveis esperando grande retorno financeiro na entrega, porém a economia não correspondeu à altura. Como não conseguiram vender, tentaram alugar os imóveis e se depararam com aumento de oferta e redução da procura acentuada pelo desemprego, o que fez com que a taxa de vacância subisse no Rio como um todo”, explica o gerente Geral de Imóveis da Apsa, Giovani Oliveira.

    O excesso de oferta, no entanto, é positivo para quem vai comprar um imóvel. Oliveira observa que a diferença entre o valor ofertado e vendido é de, em média, -35,8%. No Rio, o preço do metro quadrado ofertado pode cair de R$ 10.198 para R$ 6.547. Em um mercado estabilizado, a variação fica entre 8% e 15%.

    http://www.coad.com.br/home/noticias-detalhe/78979/taxa-de-vacancia-para-locacao-no-rio-de-janeiro-bate-recorde-no-mes-de-marco

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Intendente 23 de outubro de 2017 at 10:18

    Esse camarada ainda está longe, em São Gonçalo.

    Tem apartamentos de 2 quartos disponíveis para alugar na Barra da Tijuca por simplórios 1480 reais, já incluso o condomínio.

    Valor de venda do apartamento ? 310 mil.

    Alugar compensa demais.

    https://www.zapimoveis.com.br/oferta/venda+apartamento+2-quartos+recreio-dos-bandeirantes+zona-oeste+rio-de-janeiro+rj+50m2+RS310000/ID-13669512/?paginaoferta=16

    Ótima localização, em frente ao BRT.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • MauricioSP 23 de outubro de 2017 at 10:19

    Sem imóvel, famílias pagam condomínio e IPTU em Santos
    http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/santos/sem-imovel-familias-pagam-condominio-e-iptu-em-santos/?cHash=4368155f22aa63c8b4f55d32774d394e
    O sonho da casa própria virou pesadelo para muitas famílias que deram entrada para compra de apartamentos nas três torres do Rossi Mais Santos, da Rossi Construtora. O empreendimento fica localizado junto à divisa com São Vicente, próximo ao monumento dos tambores e ao sambódromo, na Zona Noroeste, e já tem moradores, porém não todos os que poderiam estar.

    Os prédios estão concluídos há tempos e os financiamentos, aprovados pela Caixa Econômica Federal. O problema é que dívidas da Rossi Construtora com o banco relativas ao custo das unidades – ou seja, da diferença entre o valor vendido e o avaliado pela Caixa – impedem a entrega das chaves para muitos. Isso, porém, não bloqueou a cobrança de IPTU e condomínio, o que é considerado ilegal.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • MauricioSP 23 de outubro de 2017 at 10:26

      Essa notícia é estranha interessante, pois é no momento da entrega das chaves e financiamento do imóvel que a construtora recebe 65% a 75% do montante do imóvel vendido na planta. E esse era meu argumento que não interessava para a construtora vendas para pessoas que não conseguissem quitar a dívida quando o imóvel estivesse concluído.

      Mas neste caso da Rossi o imóvel está pronto, o comprador tem crédito aprovado, e não consegue quitar o imóvel. Por que? Por que para se capitalizar, durante a construção a construtora já hipotecou o imóvel ao banco e recebeu uma parte do dinheiro! Esta é uma outra forma de derivativo!

      Interveniente Quitante: O que é e como funciona?
      http://www.fidio.com.br/single-post/2016/02/03/Interveniente-Quitante-O-que-%C3%A9-e-como-funciona-

      Possivelmente o valor de 75% que a construtora vai receber do comprador do imóvel é um valor menor que o valor que ela deve ao banco que financiou a obra, ou seja ela vai criar mais um problema de caixa para entregar o imóvel. Aí a construtora está protelando, fazendo a dívida do comprador aumentar devido à multa de 1% ao mês, e esperando que o comprador desista da compra para discutir o assunto na justiça. Complicado esse país…

      22+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 10:36

        Sobre estes “derivativos”, coloquei no tópico passado um caso onde o imóvel foi comprado em 2012 por 1.4KK, teve seus direitos cedidos em 2014 por 1 milhão, por um bem “supostamente” de 1.6KK, e agora na segunda praça está 800K.
        Se for vendido por menos de R$ 1.069.021 (+correção), significa que o banco perdeu com este “derivativo”.

        ———————————————————-

        Leilão de apartamento em João Pessoa
        1ª praça por R$ 1.666.654
        https://www.gpleiloes.com.br/index.php?home=1&pg=leilao&idleilao=1321

        2ª praça por R$ 801.118
        https://www.gpleiloes.com.br/index.php?home=1&pg=leilao&idleilao=1322

        Vendido em março de 2006 por R$ 302.000 e valor fiscal de R$ 453.393
        Vendido em outubro de 2012 por R$ 1.436.000 e valor fiscal de R$ 1.543.927
        Cessão de direitos em março de 2014 por R$ 1.069.021
        Em março de 2017 foi avaliado em R$ 1.612.064 para fins de leilão
        https://www.gpleiloes.com.br/site_arquivos/arq_1322_001_20171005180523.pdf

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Antigo 23 de outubro de 2017 at 10:53

          Virgem Santa
          Que rolo infinito
          Banania não é para amadores.
          Vou ler de novo para tentar entender melhor

          21+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • O Incrivel Homem-Bolha 23 de outubro de 2017 at 14:56

            Moral rapidinha da história: NÃO COMRPAR NA PLANTA EM HIPÓTESE NENHUMA, nem mesmo se o preço for aparentemente muito barato.
            Exemplo: mesmo que apareça supostos excelentes investimentos, tipo um imóvel na planta na PRAÇA DA ARVORE (olha ela aí de novo), 90 metros por R$ 250 mil para entrega em 3 anos, caia fora, é cilada, Bino.

            13+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
  • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 10:23

    O Hell de Janeiro é o melhor exemplo para o pensamento KEYNESIANO

    Fizeram muitas obras em troca de um grande endividamento.

    O keynesiano pensa que, quanto mais dinheiro as pessoas tem, mais “ricas” elas estão.

    Confundem dívida com renda.

    Se as pessoas não estão produzindo mais, e ao mesmo tempo estão mais “ricas” significa que este dinheiro é IRREAL, pois não está vindo de uma maior produção ou produtividade, mas sim vindo de ENDIVIDAMENTO ou de PERDA DE POUPANÇA, que é o caso destas liberações de PIS e FGTS

    Se diminui a poupança, de onde viriam os recursos para investimentos em investimentos, especialmente em grandes obras de infraestrutura ? Restariam apenas os investidores estrangeiros.

    Imagine se der um segundo turno entre Ciro Gomes e Marina Silva, ciau ciau para os investidores!

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • MauricioSP 23 de outubro de 2017 at 10:37

      Você mora no DF, que seria um exemplo do Keynesianismo funcionando. Criaram uma cidade no meio do deserto, criando empregos para a cidade funcionar (jornalistas, lixeiros, etc… )

      Eu acho que o governo deveria fazer mais isso, pois o liberalismo não é bom quanto ao planejamento.
      Por exemplo, aqui em SP o governo deveria criar umas 4 grandes cidades, artificialmente, para um milhão de pessoas cada. Já planejando a cidade antes, avenidas, praças, rodovias de acesso. Com um sistema de metrô, uma cidade radial com o comércio, praças e escolas no centro. Já planejando através de benefícios fiscais quais empresas atrair, criando pólos industriais próximos e dando qualidade de vida para a população e otimizando os serviços públicos.

      http://arquitectura2022.blogspot.com.br/2012/11/em-novembro-de-2012-surgiu-uma-proposta.html

      5+
  • Carlos 23 de outubro de 2017 at 10:24

    Para os Fernandos que acham que a caixa e o bb não tem nenhuma responsabilidade em terem financiado lixos e concordam alegremente em pagar com seus impostos e suor os lambanças que os mesmos fizeram.
    Pareçe óbvio, mas para certas pessoas precisamos desenhar….

    Avaliação de Imóvel – BB
    http://www.bb.com.br/docs/pub/siteEsp/dilog/dwn/MECIPFF.pdf

    Segundo as construtoras e imobiliárias, para muita coisa. Nenhum financiamento, seja ele de um banco público ou privado, é emitido sem essa avaliação. O próprio superintendente regional da Caixa, Pedro Santiago, já falou sobre a essencialidade do procedimento. A avaliação serve de garantia tanto para a instituição bancária quanto para quem for comprar um imóvel.
    Os bancos fazem a avaliação para definir o valor do imóvel. Geralmente, o resultado obtido é menor do que o preço de mercado do bem. O ruim para o mutuário é que o valor levado em conta na hora do financiamento é o da avaliação. Muitas vezes, o financiamento chega a apenas 80% do valor da avaliação e o consumidor é obrigado a tirar o restante do seu bolso. Mas no caso dos imóveis do Minha casa, minha vida, informa o corretor Sérgio Miranda, o valor do financiamento é de 100% do imóvel.
    “O banco tem que ter uma margem de segurança no caso do mutuário não pagar o financiamento. Daí o banco toma o bem e o vende em um leilão. É tudo feito para que a instituição bancária não tenha prejuízo”, explica um dos diretores da Hábil Engenharia, Fernando Cabral.
    Para o comprador do imóvel, a avaliação também é essencial. Ela garante que o apartamento ou casa que vai ser adquirido está em perfeito estado para ser habitado. “O cliente pode ficar seguro de que o imóvel que ele está comprando tem uma boa estrutura física”, informa o corretor Eduardo Feitosa.

    http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/imoveis/noticia/2011/06/09/para-que-serve-a-avaliacao-de-engenharia-do-imovel-6865.php

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/05/1631722-caixa-sobe-em-175-taxa-de-avaliacao-de-imovel-para-financiamento.shtml

    10+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 10:30

      Qual seria a explicação para que mais de 95% dos lotes da CEF não recebam lances nos leilões ?

      ERRO DE AVALIAÇÃO

      Como qualquer leilão, o valor que será arrematado é simplesmente o quanto o mercado está disposto a pagar por ele, não importa o custo de construção, laudo de avaliação, etc

      24+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 23 de outubro de 2017 at 10:32

        Mas tem gente fernandando no blog…

        rafa_fv 23 de outubro de 2017 at 09:00

        Carlos no meu entendimento a responsabilidade é das construtoras, até por que a CEF é um agente financeiro e não uma empresa de engenharia, ela não faz nem analisa os projetos estruturais, não está full time na obra para conferir a qualidade do material utilizado, dosagem do concreto, etc. O que a equipe da CEF faz que chamam de vistorias são acompanhamentos do andamento da obra com finalidade de medição.
        Na minha opinião a responsabilidade é toda da equipe de engenharia das construtoras, colocar essa responsabilidade sobre ela é semelhante a responsabilizar o BID, BIRD ou o BNDS em casos de acidentes como Mariana, desabamento na obra do Metrô Pinheiros, etc.

        8+
        • avatar
        • Carlos 23 de outubro de 2017 at 10:35

          rafa_fv, eles tem responsabilidade sim, os bancos particulares com seus investidores e os públicos com os pagadores de impostos.
          BID, BIRD e BNDS tem finalidades muito específicas e responsabilidades maiores ainda.
          Porque brasileiro acha normal niguém ser nunca responsabilizado por nada?

          10+
          • avatar
          • avatar
          • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 10:38

            Pelo que eu sei, nos caso de financiamentos agrícolas, o BB envia um agrônomo até o local para validar as informações da plantação, para fins de cálculo de financiamento e seguro agrícola

            10+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Carlos 23 de outubro de 2017 at 10:46

              Nenhum banco particular seria estúpido a ponto de financiar patrimônio que poderia ter que retomar sem ter um gerenciamento de risco e procedimentos de verificação.
              Caixa e BB também tem seus processos, mas como bem estamos vendo eles estão só no papel, se é por incompetência, corrupcão ou prevaricação eu não sei.

              13+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • rafa_fv 23 de outubro de 2017 at 11:41

                Como já falei as vistorias tem aspecto financeiro. Banco nenhum é uma empresa de engenharia, ele não faz a sondagem do terreno(SPT) nem analisa os resultados da mesma, não faz nem analisa o projeto estrutural, não acompanha a obra. Se as empresas e os profissionais envolvidos forem picaretas, não é possível um engenheiro olhar um prédio pronto e avaliar, depois vai trincar, pois a fundação não foi bem feita, pois faltou ferro na estrutura.
                Os construtores deveriam responder civil e talvez(dependendo da monta) criminalmente, perder seus registros e etc.

                3+
                • avatar
                • avatar
                • Zé do Brejo 23 de outubro de 2017 at 11:47

                  Mas o ponto que o Carlos levantou não foi justamente no aspecto financeiro?

                  6+
                  • avatar
                  • avatar
                  • rafa_fv 23 de outubro de 2017 at 13:04

                    não ele está falando em qualidade e responsabilidade técnica ao menos é disto que estou falando desde o início.

                    3+
                    • avatar
                    • avatar
          • Carlos 23 de outubro de 2017 at 10:43

            rafa_fv, só para iluminar seus pensamentos…

            Imagina se não existisse o tal programa de qualidade e produtividade, as destrutoras iriam entregar tabas de sapé?

            O PBQP-H (Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat), instrumento do Governo Federal, tem como meta organizar o setor da construção civil em torno da melhoria da qualidade do habitat e a modernização produtiva, através da qualificação de construtoras, mão de obra, fornecedores de materiais e serviços, entre outros.
            A adesão ao PBQP-H tem como um dos grandes benefícios a possibilidade de conquista de financiamento em instituições de crédito públicas (como Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil) e privadas e a participação do programa “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal. Estes órgãos públicos têm o PBQP-H como pré-requisito para concessão de benefícios.

            Além disso, a adesão ao PBQP-H propicia a uma empresa participar de licitações municipais e/ou estaduais, além de proporcionar um padrão de qualidade dos empreendimentos. O PBQP-H é definido como um Sistema de Gestão da Qualidade específico para a construção civil e é regido pela portaria número 13 (9 de janeiro de 2017). Empresas do setor devem se formalizar e comprovar padrões de qualidade à medida que crescem para que participem dos incentivos criados pelo Governo Federal, como, por exemplo, o programa “Minha Casa Minha Vida”. A busca por esses objetivos envolve um conjunto de ações, entre as quais se destacam: avaliação da conformidade de empresas de serviços e obras, formação e requalificação de mão-de-obra, normalização técnica, informação ao consumidor e promoção da comunicação entre os setores envolvidos.
            O programa busca o aumento da competitividade no setor da construção civil e a otimização do uso dos recursos.

            http://certificacaoiso.com.br/pbqp-h/

            9+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Carlos 23 de outubro de 2017 at 10:49

              Esqueci de completar…
              Meio tarde né, agora que os lixos todos foram construídos e muitos vendidos querem cuidar da qualidade, pareçe piada.

              7+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
            • rafa_fv 23 de outubro de 2017 at 13:06

              Carlos você mora no BR, não importa o titulo do programa em geral é somente mais uma pasta para alocar verba e criar cabide. Qual é a ART que a CEF assina ? Habite-se?

              0
          • rafa_fv 23 de outubro de 2017 at 11:31

            Para de distorcer o que disse. Não tem nada haver com fernandice. Inverter os fatos também é uma mania do brasileiro.
            Você é da área de engenharia ? Se você projetar e construir uma ponte a responsabilidade é sua ou do BNDS?
            Se você vai fazer uma cirurgia para retirar uma verruga e o médico amputa um dedo, a responsabilidade é sua ou do convenio ?

            6+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Zé do Brejo 23 de outubro de 2017 at 11:39

              Rafa, os exemplos que vc deu não cabem, no caso, o objeto “imóvel” compõe a garantia da operação financeira.
              Tanto que quando você vende um imóvel financiando, o banco contrata (ou deveria) um engenheiro para avaliar o imóvel.
              A avaliação de um corretor não vale um kilo de merda, precisa da avaliação de um engenheiro.
              Sim os bancos são responsáveis.

              13+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
            • Zé do Brejo 23 de outubro de 2017 at 11:42

              E sim, o convênio descredencia um médico incapaz.

              6+
              • avatar
              • rafa_fv 23 de outubro de 2017 at 11:48

                Zé você pode contratar o melhor engenheiro do mundo para avaliar o imóvel, mas nenhum vai se responsabilizar tecnicamente por um serviço alheio no qual não participou, não é possível olhar para um imóvel já pronto e saber se houve falha nos pontos que citei, pontos estruturais. Ele não pode sair quebrando as paredes e mandando pedaços para analise.

                7+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • Zé do Brejo 23 de outubro de 2017 at 11:55

                  Concordo contigo Rafa, mas pelo que entendi o Carlos e o Cesar estão abordando a desonestidade com que as avaliações foram feitas (no aspecto financeiro).
                  Sempre disse que o MCMV por exemplo foi o maior programa criado para ROUBAR o dinheiro público dentro da lei.

                  7+
                  • avatar
                  • avatar
                • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 12:22

                  rafa_fv
                  Sobre a responsabilidade do engenheiro que faz o laudo de avaliação
                  Se ele não está seguindo procedimento previsto na NBR 14653, ele poderia ser responsabilizado sim
                  No caso, eles estão omitindo o valor real dos imóveis comercializados, e levando em consideração apenas o valor anunciado.
                  http://bittarpericias.com.br/nbr-14653/

                  10+
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • rafa_fv 23 de outubro de 2017 at 13:02

                    Cesar se você quer falar de responsabilidade financeira, das avaliações feitas com valor maior para o comprador não precisar dar entrada e varias outras falcatruas, beleza concordo plenamente. Porem desde o inicio eu disse que os riscos e responsabilidades técnicas são da construtora, ela que assina toda e qualquer ART, mas o Carlos se fez de desentendido e começou a me atacar sem motivo algum, até trouxe o assunto do tópico passado para este só porque ficou ofendido.
                    Qualquer um que leia calmamente o que escrevi verifica que estou falando de responsabilidade técnica e foi neste ponto que bati até o momento.

                    3+
                    • avatar
                    • avatar
                  • Lucas 23 de outubro de 2017 at 14:48

                    rafa, li entendi e concordo com seu ponto, o responsavel legal do ponto de vista construção é o construtor, até aí é óbvio
                    mas se o Banco ao fazer sua duo diligence, vulgo avaliação, se ele não vê o erro, ele passa a ser o responsável pq ele compra o passivo pra ele
                    Se vc compra um carro usado quebrado, problema seu, vc que vai ter que levar no mecanico, mas se é carro zero tem garantia de fabrica de determinadas questões tecnicas, agora se vc compra o carro zero quebrado e repassa ele afirmando que sia avaliação está perfeito que não tem defeito nenhum, vc é um puta dum calhorda trambiqueiro ou incompetente que não viu. O check list dum carro simples numa concessionaria qualquer são pelo menos 50 itens de checkin, o vendedor mesmo que faz o check, se puder resolvem, se não pode manda de volta pra fabrica, a Caixa deveria mandar de volta pra fabrica, mesmo não sendo ela quem assina a ART
                    São todos responsáveis sim.

                    7+
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • rafa_fv 23 de outubro de 2017 at 16:19

                      Se você falar que ela e os mutuários, provavelmente terão de arcar com o prejuízo até porque a legislação no BR é uma brincadeira, ok. Mas ser responsável por que o imóvel veio a trincar é brincadeira, temos o CREA/CONFEA, temos a prefeitura aprovando os projetos e emitindo o Habite-se, tem um corpo de profissionais habilitados das construtoras, e por ai vai.
                      Se o engenheiro que foi enviado pela CEF, até por que em geral é contratada uma empresa externa e teoricamente idônea, fraudar algo o laudo ai sim está seria responsável.
                      Não dá para comparar com um veiculo é totalmente sem sentido. Quem conhece um pouco de construção civil sabe que só se garante a integridade estrutural durante toda vida útil do produto(imóvel), através de um bom projeto e acompanhamento rigoroso durante a obra. Não dá para o engenheiro na vistoria, constatar se houve impermeabilização das fundações, se as dosagens de concreto e as quantidades de aço estão atendendo ao projeto, tem mil outros pontos que podem ser burlados para baratear a obra, que teoricamente deveria ser feita de acordo com as normas pertinentes. Só vai ver se já estiver evidente caso contrario deve presumir que as boas praticas foram cumpridas.
                      A legislação deveria ser clara, problemas estruturais durante os 3, 5 primeiros anos deveria ser prontamente reparadas ou ressarcidas aos proprietários. Como você colocou a fábrica deveria reparar.

                      1+
                    • Lucas 23 de outubro de 2017 at 17:40

                      rafa, isto tudo acontece mas não vamos tergivessar
                      no caso concreto é dano estrutural apontado antes da entrega das chaves

                      0
                    • rafa_fv 24 de outubro de 2017 at 09:04

                      KKK, Lucas essa é boa, imóveis novos com morador já dentro,kkk. Você se deu ao trabalho de ler a matéria que gerou esta discução ?
                      https://g1.globo.com/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/levantamento-mostra-que-70-dos-imoveis-de-conjunto-habitacional-em-aracatuba-tem-problema-estrutural.ghtml
                      Na boa Lucas você está tirando conclusões sem ver os fatos. Na matéria o levantamento foi feito pela prefeitura com os morados, ou seja pós chaves, em geral é sempre assim na vistoria da caixa e na vistoria do próprio morador está tudo ok, a caixa assina como ok, o morador idem, mas depois de alguns meses….
                      Segue a matéria:

                      Me aponte onde diz na matéria que é antes da entrega das chaves e não meses depois como conclui. Eu gosto de um bom embate, mas tem que ser travado de forma justa eu não distorci em nada nem mudei meu discurso de lá pra cá. Este é outro mau do brasileiro, confiar nas meias verdades que outros falam sem buscar o contexto original, ele jogou a provocação e muitos caíram na onda dele.

                      0
    • rafa_fv 23 de outubro de 2017 at 14:01

      Para quem não viu o assunto do início, o assunto que o Cesar trouxe era esse:
      ‘Levantamento mostra que 70% dos imóveis de conjunto habitacional em Araçatuba têm problema estrutural’
      Dai o Carlos respondeu que era responsabilidade da CEF, refutei que não com os argumentos apropriados. Quando trouxe o assunto para o tópico de hoje, não trouxe por completo e veio me ofendendo. Sempre mantive o contexto e ele foi distorcendo até levar a parecer que o assunto inicial erra esse.
      Em momento algum falei sobre que a CEF não tinha responsabilidade financeira, sobre as avaliações, pelo contrario disse que são só estas. Mas ele fingiu que não viu.

      2+
      • avatar
      • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 14:03

        Pelo que eu sei, só existe responsabilidade solidária do engenheiro projetista quando constatou-se falha de projeto, e no caso de falha de construção a responsabilidade é da construtora.

        2+
        • avatar
        • rafa_fv 23 de outubro de 2017 at 14:58

          Sim Cesar é isto que estou falando desde o início, que a responsabilidade pelos ‘vícios construtivos’ são da equipe de engenharia que fez projetos e da construtora, até porque eles não aparecem no ato da vistoria levam alguns meses. Não é por que a caixa manda um engenheiro/arquiteto fazer uma vistoria que ela vai ser responsável tecnicamente pelo ocorrido. Como já falei anteriormente, o nome é só questão de pompa ‘vistoria’ na verdade está mais para uma avaliação/valoração da garantia. O engenheiro da Caixa não vai lá com uma bola de cristal e fala ‘daqui a 6 meses vai trincar aqui e ali’.

          2+
          • avatar
  • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 10:32

    Bom dia
    enquanto os BRICK LOVERS ficam na esperança de algo com o tijolo vazio dando despesa
    o grupo do BIB no Banco Inter já está na TERCEIRA FAIXA DE REMUNERAÇÃO de todos os produtos de RENDA FIXA
    Hoje por exemplo 103% do DI para CDB com liquidez diária
    COM apenas 08 bolhistas cadastrados no grupo
    e 22 aguardando aprovação.

    Já tenho 42 na lista total. Quem tiver interesse de ingressar me escreva hoje mesmo. Mais informações tópico Fixo – Investimentos.

    31+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 23 de outubro de 2017 at 10:36

      Orra padeiro, assim já é muita opressão 😀

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • LZ 23 de outubro de 2017 at 11:00

      to esperando minha conta ser finalizada padeiro

      4+
      • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 11:02

        Valeu LZ !
        No aguardo.

        4+
    • LZ 23 de outubro de 2017 at 11:01

      finalizei o envio dos docs hoje para criar a conta 🙂

      4+
    • Libertario 23 de outubro de 2017 at 11:31

      Acabei de receber o email deles que a conta foi liberada!
      Essa semana já transfiro um valorzinho pra lá.

      5+
  • Carlos 23 de outubro de 2017 at 11:20

    Muito bem explicados.

    College and Housing Bubbles
    Remember the mid-2000s housing crash that wiped out homeowners? Well, there’s another bubble getting ready to pop, and this one’s in student debt. Prof. Antony Davies explains.

    https://www.youtube.com/watch?v=HO_BMxny34U

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Ilusionista 23 de outubro de 2017 at 11:23

    uma das grandes causas, se não for a maior, da queda no valor do alugueis e vendas de imóveis é a violência, fazendo com que muitos cariocas mudem de cidade em busca de uma vida menos arriscada.
    Apesar da violência ser um problema nacional, mais tem muitas localidades que já saiu do controle e vai se agravando a cada dia, vai desde salários baixos dos policiais, não reposição do efetivo através de novos concursos, etc.
    Vendo estas imagens temos ao menos uma noção da situação..

    http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2017/10/brasil-enfrenta-falta-de-delegados-e-tem-delegacias-caindo-aos-pedacos.html

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 17:32

      DETROITIZAÇÃO – 72% dos cariocas querem deixar o Rio por medo da violência

      O levantamento ainda revela que 67% das pessoas ouvidas já presenciou algum tiroteio nos últimos dias e que um terço dos moradores teve que mudar a rotina diária por conta da violência. 90% dos ouvidos disseram que se sentem inseguros ao andarem à noite pela cidade.

      https://www.meionorte.com/noticias/72-dos-cariocas-querem-deixar-o-rio-por-medo-da-violencia-327260

      ————————————————

      O desequilíbrio financeiro foi agravado por alguns governos desastrosos e outros corruptos, que contribuíram para empurrar Detroit à insolvência, com uma dívida de US$ 18 bilhões.

      Entre 1970 e 2007, a cidade de Detroit perdeu 80% de suas fábricas e 78% das lojas de varejo. O êxodo deixou para trás casas desabitadas, edifícios vazios, escritórios desertos, escolas obsoletas e levou à redução cada vez maior da receita de uma prefeitura obrigada a administrar uma área geográfica que não encolheu com a população.

      http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,a-destruicao-do-sonho-americano-de-detroit,174417e

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Loucodf 23 de outubro de 2017 at 11:24

    Tópico [bola de cristal]

    De R$ 85 mil a R$ 500 mil. Saiba onde investir em imóveis no DF
    Após dois anos de estagnação, mercado de compra e venda de casas e apartamentos volta a ficar aquecido na capital

    “Na contramão da crise econômica do Brasil, o setor imobiliário do Distrito Federal acena com sinais de recuperação, após dois anos de números desanimadores. Nesse período, a valorização de apartamentos, casas e terrenos estagnou e, assim, afastou investidores. Agora, porém, o mercado volta — ainda que timidamente — a atrair investidores no DF.”

    https://www.metropoles.com/distrito-federal/economia-df/confira-as-regioes-mais-favoraveis-para-investimento-em-imoveis-no-df

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 23 de outubro de 2017 at 11:28

      “acena recuperação”

      Parece aquele gesto que a gente faz quando tem alguém indo embora…

      22+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 23 de outubro de 2017 at 11:32

        Fascinante são eles divulgando rentabilidades menores que da poupança como se fosse alguma coisa boa.

        Destaque para sobradinho: regiões mais pobres e menos bolhudas, onde o brasileiro da vida real mora, possuem rentabilidade de aluguel ligeiramente melhor.

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • DouglasteR 23 de outubro de 2017 at 11:33

      Pessoal tem que entender que qualquer pessoa pode “comprar” uma reportagem.

      Se eu levantar uns 50k R$ e chegar no Correios Braziliense eu consigo emitir:

      – Warren Buffet diz que imóveis são o melhor investimento e mercado imobiliário de Brasília explode, gerando mais dinheiro em um dia que outras áreas !

      Ai vc vai ver a reportagem, a fala do Buffet foi interpretada e retirada de outro lugar e todo o resto montando.

      Por isso que TUDO tem q ser levado em consideração, mas NUNCA como verdade.

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 12:11

        Neste caso concreto, a “matéria” foi elaborada Ricardo Botelho, que é o dono da empresa UBIPLACES (www.ubiplaces.com.br) a qual é o “foco” desta “matéria”

        O “jornalista” Douglas Carvalho, que assina a matéria é da área de artigos policiais kkkkkkkkkkkkkk

        https://www.metropoles.com/author/douglas-carvalho

        17+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • fanfarraum 23 de outubro de 2017 at 11:48

      As “ótimas rentabilidades” da reportagem variam entre 0,34% e 0,71%.

      Reportagem: De janeiro a julho, o IVV — que considera a quantidade de propriedades disponíveis e o número de comercializações — registrou média de 6,25%. No segundo semestre de 2016, contabilizou 5% e, do primeiro ao sétimo mês do ano passado, somou 4,17%. “Isso indica alta nos números de oferta e de vendas”, explica Muniz.
      Fato: IVV subir não necessariamente indica alta de ofertas e vendas. Indica apenas que a relação vendas/ofertas está aumentando. Pode acontecer:
      a) Vendas diminuírem e ofertas diminuírem mais ainda.
      b) Vendas aumentarem e ofertas diminuírem.
      c) Vendas aumentarem e ofertas aumentarem (mas em menor proporção)

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 23 de outubro de 2017 at 12:17

        kkk, corvo distorcendo. IVV de 4% corresponde a 25 (meses, anos) pra vender tudo, a velocidade baixou… corvos narigudos

        5+
        • avatar
        • avatar
  • fanfarraum 23 de outubro de 2017 at 12:09

    Procurando índices do mercado gaúcho, encontro esse “relatório”:
    http://www.sinduscon-rs.com.br/wp-content/uploads/2013/06/19%C2%BA-CENSO-DIVULGA%C3%87%C3%83O-IMPRENSA-AGOSTO-2016.pdf

    na segunda página, ta escrito bem assim:
    “Gráfico 02 – Histórico do número de empresas e empreendimentos observados entre 2002??? (1998???) até 2016”

    Quem fez o relatório não entendeu se começava em 2002 ou 1998. Anotou aquilo para observação para correção posterior.
    Esse relatório foi divulgado em agosto/2016 pelo jeito.

    9+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 23 de outubro de 2017 at 12:47

    texto confuso…

    Venda de imóveis novos cresce até agosto puxada por Minha Casa Minha Vida, diz associação

    Distratos
    Considerando todos os segmentos, foram registradas 37,3 mil devoluções de imóveis comprados na planta (os chamados distratos) nos últimos 12 meses, o equivalente a 35,4% das vendas de imóveis novas do período.
    No segmento Minha Casa M Vida, a parcela de distratos chegou a 19,8% das vendas no período, enquanto no nicho de médio e alto padrão a fatia foi de 45,6%.

    Foram 42 mil unidades lançadas no período, 9% mais que na época correspondente em 2016. Na mesma base de comparação, as vendas somaram 68,6 mil unidades, alta de 3,4%.
    Em 12 meses, os lançamentos chegaram a 73,3 mil unidades, enquanto as vendas atingiram 105,3 mil unidades, aumento de 4,6% e 2,3% sobre o período imediatamente anterior, respectivamente.

    Por segmento
    No segmento Minha Casa Minha Vida, as vendas de imóveis novos até agosto totalizaram 41,7 mil unidades

    https://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/lancamentos-e-vendas-de-imoveis-novos-crescem-no-acumulado-do-ano-ate-agosto-diz-abrainc.ghtml

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 12:48

    Mais um quase entrando em recuperação judicial

    Depois da Viver, Rossi e PDG agora temos a Gafisa com péssimos resultados.

    O prejuízo em 2016 foi de 1.1 BI e só no primeiro semestre de 2017 já é de 1.3 BI

    https://br.advfn.com/bolsa-de-valores/bovespa/gafisa-GFSA3/balanco/individualizado

    No relatório da prévia T3-2017, o “VGV entregue” teve uma queda violenta de 92%, indicando que seus canteiros de obras estão praticamente parados.
    Mesmo procurando apenas vender o que tem no estoque, ocorreu um aumento de 7.1% no estoque.
    http://s1.q4cdn.com/564376781/files/doc_downloads/comunicado_ao_mercado/2017/3T17/Pr%C3%A9via-Operacional-3T17.pdf

    Acho que esta notícia merece comentários do Lucas e CA

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • LZ 23 de outubro de 2017 at 12:53

      Mano o estoque subiu a venda desceu violentamente.
      Virou empresa zumbi só trabalha com estoque que não cobre os custos da empresa!

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 23 de outubro de 2017 at 13:29

      eu digo que em 2012 fizemos uma aposta nese blog valendo um destilado
      eu dei all in na PDG

      mas calma, recuperação judicial não é falencia, a Encol levou 10 anos depois de quebrar pra decretarem falencia, e ainda mês passado, mais de 20 anos depois ainda houve um ultimo leilão de bens da massa falida, acho que foi o ultimo leilão, sei lá se ainda podem haver outros… 30 anos de brigas na justiça, passa rápido.

      Que o mercado está quebrado e todas vão falir isto não tenho nenhuma duvida, a dívida é impagável, a alavancagem é monstra
      mas se acham que vão ver çnagui na rua amanhã, esperem deitados
      O setor financeiro não quebra porque se encontra blindado pelo sistema como thiago vive arrotando na cara da gente a Caixa está suave na nave.
      Quem quebra é o país, quem paga o pato é o povão que paga imposto, é o empresário que investe, é o consumidor no dia-a-dia, o fernando quando compra um onxi 1.0 por quase 40 mil reais, as correias de transmissão do prejú dum setor para os outros vcs estão vendo aovivo e a cores na grande mídia, conforme este blog previu seria a maior crise da história economica do país superou os anos 80 e esse voo de galinha de agora não aposto que vá durar muito

      PMJ é apenas um alento, igual na anedota, o brasileiro não consegue correr mais que o leão, mas consegue fugir dele na medida em que todos estão se ferrando, do ponto de vista relativo, estamos ascendendo violentamente na escala soçial interna, ex-ricos como o Fernando tem que se contentar com drink de jurupinga na varanda minuscula de bairro mediano, com vista pro predio vizinho, adeus Porsche, adeus Paris… Quem fez as escolhas certas, fez o caminho contrário saiu dos vinhos de são roque para os chilenos e quem sabe lá na frente os europeus, saiu da milheja para a weiss.

      34+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 13:30

        Excelente leitura de cenário Lucas.
        É isso mesmo.
        País em decadência. Em várias frentes.

        19+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Lucas 23 de outubro de 2017 at 13:31

        mas posso estar errado
        talvez a Roçi vá primeiro, rsrs
        😎

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Lucas 23 de outubro de 2017 at 13:42

        ERRATA:
        o brasileiro podem sim correr mais rapido que o leão, pros ricos o manual do anonymous e o PMI
        e pro resto da turma se chama criptomoeda, popular, rapido, barato, seguro, não precisa viajar pros steitism nem preencher w8enb

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • CA 23 de outubro de 2017 at 13:55

      Cesar_DF,

      Gafisa foi uma das pioneiras no esquema das vendas FALSAS na planta, ao lada da PDG.

      O megainvestidor da bolha imobiliária americana, Sam Zell, entrou na Gafisa em 2005, em 2007 ela disparou na compra de terrenos e a partir de 2008 nos lançamentos e vendas falsas na planta. Em 2010 Sam Zell saiu com lucro bilionário, logo em seguida, em 2011, anunciaram um recorde em sua história de 60 ANOS quanto à distratos. Negócio começou a degringolar.

      Segunda rodada de pedaladas: em 2013, quase quebrando, vendeu 70% de sua galinha dos ovos de ouro, o segmento Alphaville, para uma multinacional que não conhecia o esquema de vendas falsas na planta. Com o dinheiro quitou parte de seu super-endividamento. A partir de 2014, com o que restou do dinheiro da venda do segmento Alphaville, voltou a PEDALAR com força, aumentando novamente os lançamentos e as vendas FALSAS na planta.

      Terceira rodada de pedaladas: em 2016, logo ANTES de aparecerem os distratos anormais referentes a vendas falsas na planta de 2014, vendeu 30% do segmento Tenda para outra multinacional. A esta altura as PEDALADAS já tem um efeito BEM MENOR e logo em seguida a este evento ela retornou para seu rumo NATURAL e INEVITÁVEL, de quebrar, assim como já aconteceu na prática com Viver, PDG, Rossi e uma infinidade de outras que não tem Ações na BOVESPA…

      22+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 23 de outubro de 2017 at 14:09

        Entre o quebrar na pratica e o decreto oficial de falencia anunciando leilão de bens para repor os credores
        São décadas de briga na justiça.
        São décadas para a contabilidade do sistema financeiro assumir oficialmente que as garantias não valem nada.
        Quem sabe daqui 30 anos surja outra bolha…

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Deralian 23 de outubro de 2017 at 20:23

      O slogan dessas construtoras deveria ser: Nao se esqueça da minha Caloi!

      4+
  • Lucas 23 de outubro de 2017 at 13:39

    CVR
    este domingo estive num evento fechado da raigue soçaite num condo onde é comum ver ferraris domingueiras, onde mercedes é fusca. Só quero com isso pintar o cenário…
    Bem, essas pessoas que anos atrás só faalvam de imóvel, advinha…
    Varias rodinhas diferentes, e me dou com todo mundo, e nem provoquei nada, eles que iniciaram a conversa, eu só estaVA ali pra aprender, todos eles estavam migrando porcentos de patrimonio pessoal e empresarial para criptomoedas, todos eles… contando detalhes técnicos….

    Repetiram lá uma coisa que o cramulhão falou aqui, quando a bitcoin cai eles comemoram, porque é chance deles poderem comprar barato, eles fazem aos poucos na medida que vão aprendendo a usar, eles já estão até fazendo aquilo de vender nos picos pra comprar mais nas baixas. o interesse é de proteção do governo brasileiro, herança, liquidez, praticidade nas viagens ao exteriro, e principlamente fé que no futuro isso será o padrão.

    Inclusive isto que falo aqui, dá link com meu comentario acima, o criptocoin é um manual do anonymous versão nerd popular e barata, se tivesse visto isto antes eu mesmo teria comprado umas, junto com o cambial, o cambial deu 100% brutos, as bits deram MIL.

    Tinha ali no evento uns porcentos do PIB nacional, a coisa é muito maior do que eu pensava.
    Preparem-se.
    É sério, preparem-se, é muito maior mais rapido do que parecia ser até antes desse domingo.

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 13:41

      a cotação está dando lugar para o VALOR da coisa em si

      facilidade, proteção frente a governos e conectividade

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Manoel Joaquim 23 de outubro de 2017 at 13:44

      Eu realmente me preocupo quando um “investimento” começa a ficar “popular” dessa forma.

      29+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 13:48

        a parte chata é quando entram os incautos só interessados em forte especulação > que são atraídos sem antes entenderem a mecânica da coisa:.

        Esses compram os topos… passam apuros e vendem no fundo para os que sabem o que estão fazendo.
        mas isso é inerente a qualquer tipo de ativo

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Lucas 23 de outubro de 2017 at 13:54

        nem começou a ficar popular
        esses caras não são engraxates, pularam dos imoveis no BR em 2010 pra vc ter uma idéia
        na epóca um apê em orlando custava 40 mil dolares que dava 60 mil reais, compraram duzia deles pra alugar
        esse mesmo ape vale quase milhão de reais, 1 pela recuperação da bolha americana, 2 pelo cambio de 1,6 pra 3,3 (e já esteve 4,2) fora a rentabilidade dos alugueis no período. enTendeu quem compra ferrari???

        25+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 14:06

          bem dinâmico esse tipo de investidor
          estão antenados
          fazem movimentos nas grandes correções

          parabéns para eles

          16+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Lucas 23 de outubro de 2017 at 14:12

          viajam mensalmente pra fora
          não que sejam genios das finanças, é que perceber distorções pra eles é tão natural e óbvio quanto tomar um cafezinho
          vc já percebeu isso, o maior investimento que vc pdoe fazer na vida é viajar.
          e eu ainda vou conhecer o mickey, o encontro do blog será na walt disney

          21+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 14:14

            boa !
            te vendo as passagens (meu novo bordão para angariar clientes,kkkk)

            9+
            • avatar
            • avatar
          • Lucas 23 de outubro de 2017 at 14:29

            vc vai me dar as minhas
            mas eu não vou aceitar.

            6+
            • avatar
    • Lucas 23 de outubro de 2017 at 13:45

      frim, vai inverter
      hoje temos cotação de bitcoin em dolar, real, etc…
      amanhã iremos publicar quantos dolares valem um bitcoin, parce besteira cosmética, detalhe, mas é toda uma logica mental que inverte, ela vira ancora das outras
      se vai ser isso daqui 1 ano, 10 ou 100 ???? ninguem sabe.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • LZ 23 de outubro de 2017 at 13:54

      O grande ponto é que governos são FDPs eles encontram um jeito de taxar e tarifar.
      Essa ação de migrar $$ pra criptomoeda, achando que não há regulação hoje é apenas fantasiosa.
      Bancos tem poder e dinheiro, do dia pra noite podem meter a caneta dizendo que toda transação por bitcoin precisa de um intermediário no meio.
      Eles serão os bancos de hoje, só muda a forma de como a coisa anda.
      O negócio tá muito na moda já.

      Há sempre dois tipos de investidores:
      – Há aqueles que querem especular
      – Há estes ai amigos do véio que querem usar para correr dos impostos, da burocracia e ter o Manual do Anonymous sem necessidade de abrir conta fora, declarar o $$ ou pagar impostos pro BR na hora de sacar a grana.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • DouglasteR 23 de outubro de 2017 at 13:57

        Felizmente, não é assim que o blockchain funciona.

        E ai que está o segredo.

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 13:59

          tanto é que até os banqueiros estão investido no blockchain
          eu não duvido de que muitos banqueiros ou pessoas muito endinheiradas já não estejam forte nas criptomoedas

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Lucas 23 de outubro de 2017 at 14:04

          exatamente from
          os Rotschild estão montando em bitcoin, os principes arabes do petroleo estão montando em bitcoin, aquela tal raigue soçaite que disse, na verdade em termo de mundo eles não são os tops, nem arranha o calo do mindinho dos tops.

          Essas criticas rasas que algum governo vai dominar as criptocoins, sem ofensas, quem investe em bits o cara dá risada disso, não há governo no mundo que controle isso, o blockchain é uma rede de segurança, onda a segurança é a propria rede de pessoas que confirmam a validade de cada moeda, de cada centavo.
          Hackear isso não digo ser impossível, mas em alguns casos de moedas melhores exigiria a invenção dum computador quantico, algo tão fantasioso quanto uma nave espacial capaz de atingir a velocidade-da-luz

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Juros Lover BSB-BH 23 de outubro de 2017 at 15:19

            Eu não duvido que vão criminalizar a compra , posse ou sei lá que de criptomoedas em um breve futuro..E na dificuldade de documentar as transações vão tentar comprovar por vias indiretas como emails, declarações em sites, etc…

            6+
            • avatar
            • avatar
          • Lucas 23 de outubro de 2017 at 16:00

            quem vai criminalizar?
            o governo brasileiro?
            ou o da venezueira?

            6+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Juros Lover BSB-BH 23 de outubro de 2017 at 16:14

              Se bobear todos….

              6+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Libertario 23 de outubro de 2017 at 16:23

                O valor do BTC já está nesse patamar justamente porque nenhum governo ainda conseguiu isso.
                Acho dificil que a BNN seja pioneira.

                6+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • Juros Lover BSB-BH 23 de outubro de 2017 at 16:28

                  Não to dizendo que vão conseguir mas que podem tentar…Quando o negocio ficar mais volumoso e realmente ameaçar o sistema monetario tradicional creio que vão se movimentar…

                  6+
                  • avatar
                  • avatar
            • Libertario 23 de outubro de 2017 at 16:18

              Vão criar a CRIPTOBRAS

              20+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Lucas 23 de outubro de 2017 at 18:46

                😎

                2+
    • Cesar_DF 23 de outubro de 2017 at 14:22

      Banco Central é contra a regulação do Bitcoin
      https://www.criptomoedasfacil.com/banco-central-e-contra-regulacao-do-bitcoin/

      Banco Central emite nota sobre problemas da Bitcoin
      Eles destacam que as moedas virtuais possuem forma própria de denominação e não são emitidas por governos soberanos. Com isso, não há a incidência de normas aplicáveis aos sistemas financeiro. “Algumas (moedas) são emitidas e intermediadas por entidades não financeiras e outras não têm sequer uma entidade responsável por sua emissão. Em ambos os casos, as entidades e pessoas que emitem ou fazem a intermediação desses ativos virtuais não são reguladas nem supervisionadas por autoridades monetárias de qualquer país”, alerta o BC.
      http://www.infomoney.com.br/mercados/cambio/noticia/3203295/incomodado-com-competicao-banco-central-emite-nota-sobre-problemas-bitcoin

      Banco Central não reconhece moedas virtuais como dinheiro e discorda da necessidade de regulamentação
      Assunto foi discutido em audiência pública da comissão especial da Câmara que analisa a regulação de moedas virtuais no Brasil

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 23 de outubro de 2017 at 14:38

        foge da jurisprudencia, foge da competencia
        leia-se, não sabemos fazer
        leia-se não pdoemos fazer nada
        leia-se, ao invés de assumir nossa fragilidade, a gente finge que não existe, a gente diz que não é moeda, que é só um videogame de nerd

        26+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Knolan 23 de outubro de 2017 at 18:56

          Eu já acho que não amigo Veio. Dizem que não consideram regular porque os donos desse feudo específico querem que isso seja dito.
          Se os donos quisessem o contrário, o contrario seria dito. Diriam que é dinheiro do crime, do trafico, que é golpe, etc.
          Nesses meios, as verdades pouco importam. O que vale mesmo são os objetivos

          6+
          • avatar
          • avatar
  • jodorowsky 23 de outubro de 2017 at 13:46

    Faz pouco pedi 40% de desconto sobre o aluguel atual para assinar novo contrato (interesse do advogado do proprietário). Até agora nenhuma resposta.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 14:09

    CVR
    falou em ganhar mais dinheiro a galera se ouriça
    muito obrigado a todos que me escreveram
    eu pensava que seriam 10 interessados e já batemos os 50 (limite do banco Inter)
    devidamente inscritos no grupo já somos 22

    P.S. ainda deixarei no cadastro de reserva mais 10 bolhistas interessados. Pode ser que um ou outro desista do grupo ou não seja aprovado pela gerência.

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 23 de outubro de 2017 at 14:52

      poo eu dei bobeira, nao me manifestei ate o momento pois minhas letras soh vencem no final do mes, mas parece agora q estou perdendo o bonde 🙁

      vou ver se consigo abrir a conta e entrar na lista de espera ….

      [ ]s

      3+
    • tfox 23 de outubro de 2017 at 14:53

      Opa, quero ficar na lista de espera. Como mandar os dados ?

      2+
    • AKIRAMASTER 23 de outubro de 2017 at 16:54

      Sou um dos pobres que estão sofrendo para aprovaçao, nao querem aceitar quem tem menos de 1kk no banco.rsrrsrs
      TMJ

      6+
      • avatar
  • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 14:12

    PP, dando aula
    Primeiro: Função de HASH. Vamos começar com matemática. Uma função de hash é uma função unidirecional, ou seja, dado uma palavra “A”, chegamos num valor “B”, mas dado B, não chegamos de volta num único A. Vamos usar nessa explicação o algoritmo MD5 (https://pt.wikipedia.org/wiki/MD5)

    Exemplos:
    A = gax71j4xmuYdx5ZD
    B = MD5(A) = 06297e2ef2c1b1f777490f56fa249e4c

    A = A2Mt3jnSzHxt8W2U
    MD5(A) = aaaae5a3315583db42330a732787b426
    Segundo: Definição de moeda. Vamos estabelecer um critério para determinar o que é moeda e o que não é. No nosso exemplo, vamos admitir que todos os hashes que se iniciam com ‘aaaa’ são considerados “moeda digital”.

    Então no nosso exemplo: “gax71j4xmuYdx5ZD” não é uma moeda, pois seu hash se inicia com ‘0629’, mas “A2Mt3jnSzHxt8W2U” é uma moeda, pois seu hash começa com ‘aaaa’.

    Terceiro: Mineração: Sabendo agora o que é uma moeda, podemos iniciar a mineração, que nada mais é que testar aleatoriamente combinações de letras para ver se seu hash começa com ‘aaaa’. É um exercício de força bruta que consome processamento.

    Quarto: Blockchain: O blockchain não tem, a princípio, nada a ver com o descrito acima. Trata-se unicamente de um “livro aberto”, armazenado em sua totalidade por todos os “nós” participando da rede, que simplesmente registram mensagens.

    Quinto: Direito de propriedade. Aqui é o pulo do gato do bitcoin. O blockchain registra os “sucessos” de mineração, ou seja, ele registra quem foi o fulano que primeiro descobriu que “A2Mt3jnSzHxt8W2U” é uma moeda. Esse processo é descentralizado e confirmado por nós independentes. Adicionalmente as tentativas fracassadas (como o “gax71j4xmuYdx5ZD”) também ficam registradas para que ninguém perca tempo processando algo que sabidamente não é moeda.

    Sexto: Transações. Aqui entra o blockchain também. Basicamente emite-se uma mensagem do tipo “a propriedade da moeda ‘A2Mt3jnSzHxt8W2U’ mudou do fulano para o beltrano“. Essa mensagem também é confirmada por nós independentes da mesma maneira que a mineração.

    E só. Analisando todas as transações de um “Fulano”, chega-se no seu saldo da carteira. Como a rede é aberta e o blockchain é o mesmo para todo mundo, todos chegarão à mesma conclusão de quanto um fulano tem de saldo. Aí se um fulano que não tem saldo tenta mandar um bitcoin para um Ciclano, a rede vai concluir que ele não tem saldo e não irá registrar tal transação.

    No mundo real, a função de hash é bem complexa e considera o número de nós minerando, de maneira a tornar a taxa de acerto uniforme, independente da quantidade de mineradores que existem. Mas o básico do basicão é isso aí.”

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 23 de outubro de 2017 at 14:25

      traduzindo para leigos:

      mineração é mineração, imaginem uma cava de ouro imagine serra pelada

      hash é a picareta, vc dá o comando de uma função unidirecional tbm comhecida como picaretada no barranco, mas o barranco não pode dar uma picaretada em vc, vc pode achar ouro ou não achar, de todo jeito fica o furo da marca da sua picaretada no barranco ninguem mais vai lá cavar porque não se pode cavar o que já foi cavado. isso é o hash versão virtual, exatamente igual

      blockchain é o grito,vc grita bamburreeeeeiiiiiii, e todo mundo em volta sabe que vc é o filho daputa sortudo que achou uma pepita de ouro, todo mundo vai te respeitar ninguem vai roubar de vc, não ali dentro, se vc quiser vc leva lá no tiozinho e troca a pepita pelo dinheiro e deposita no banco e aqui acaba a analogia porque numa mineradora de verdade muitos eram roubados de noite, roubavam até os dentes de ouro dos mortos.

      assistam o filme SERRA PELADA de 2013
      http://www.adorocinema.com/filmes/filme-209317/

      particularmente, a bitcoin genial, baseada numa mineração de verdade, mas podem existir outras idéias, que tal uma petroleocoin???
      uma paozinhocoin??? vc assa suas moedas num forno de padaria.

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 14:30

        huahuahuahuahuahua

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Lucas 23 de outubro de 2017 at 14:50

        e acho que wallet é a valeta mesma, ou lote, escrituras de lotes de valetas eram vendidas na serra pelada, no filme mostra isso

        4+
        • avatar
        • avatar
  • DouglasteR 23 de outubro de 2017 at 14:17

    Fora o pessoal da alá “conspiratoria” dizendo que o colapso do sistema financeiro atual será justamente pra ascensão das criptos. Não duvido nada.

    4+
  • DouglasteR 23 de outubro de 2017 at 14:48

    Acabamos com o assunto do tópico ! auheuhaeu

    3+
    • avatar
  • O Incrivel Homem-Bolha 23 de outubro de 2017 at 15:11

    Eu ainda acho eu esse Bitcoin vai ser a maior pirâmide de todos os tempos. Quando explodir, vai fazer a bolha das tulipas parecer um peido num dia de vento forte…

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 23 de outubro de 2017 at 15:19

      Pode ser que seja, pode ser que o bitcoin ou outra criptomoeda se mostre realmente uma bolha, já que tem tanta gente incauta entrando só surfando na valorização.
      Mas acredito que a ideia de moeda descentralizada e baseada em matemática/física é irreversível. As vantagens são inúmeras: baixo custo de transação, aceitação global, inexistência de taxa de câmbio, dificuldade de intervenção política, impossibilidade de impressão etc etc.
      As criptomoedas são a chave para uma maior liberdade econômica no mundo. Elas eliminam intermediários parasitas e torna tudo mais barato para todos.

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 23 de outubro de 2017 at 15:20

      Existem mais de 1.200 criptomoedas,
      Se uma explodir hoje, sobram as outras 1.199
      Amanhã serão 10 mil criptomoedas

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • fanfarraum 23 de outubro de 2017 at 15:34

        Lucas, nisso discordo.
        Se explodir uma, pode sim explodir várias juntos.

        Hoje, por exemplo, todas as moedas do top15 de market cap estão em queda.

        Se acontecer algo do tipo, descobrirem um furo em uma moeda específica, e ela “explodir”, até concordo que as outras podem se manter (embora acredite que vai ter um efeito sim nas outras).
        Agora, se o motivo da explosão for algo mais estrutural/genérico, ai quase todas moedas iriam arder.

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • MARK 23 de outubro de 2017 at 20:43

          Estou me lembrando da história das sardinhas. Explico, me mudei recentemente e o cara que fez a mudança mantém contato, manda mensagens de vez em quando. Outro dia ele me convidou para uma reunião sobre Bitcoin… achei curioso alguém tão simples estar tão antenado no mercado, nem esperava. Respondi dizendo “legal, cara! Bacana!”. De repente recebi uma torrente de publicações sobre as vantagens de participar dessas reuniões, dos possíveis ganhos, etc. Gente, foram mais de 20 textos. Fiquei um pouco assustado, me lembrei das pirâmides.

          8+
          • avatar
      • Lucas 23 de outubro de 2017 at 15:38

        normal
        vc sabia que no farwest dezenas de bancos eram autorizados a emitir dolares?
        vinha na nota a origem do impresso, inclusive há colecionadores disto
        faz parte da evolução, essas derrapadas, haverão muitos estouros e renascimentos ainda

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Krakenvader 23 de outubro de 2017 at 21:36

        Esse é exatamente o motivo que não me apetece colocar 1 centavo em Bitcoin.

        Com tantas outras moedas “concorrentes” o que faz do Bitcoin uma moeda tão especial?

        5+
        • avatar
    • odorico 23 de outubro de 2017 at 15:35

      Eu também acho que está sobrevalorizada, “sobe no boato desce no fato”, ela esta precificada pelo que será ou seria. O problema é que HOJE ela não É. Quando for essa moeda de alcance global, livre de governos, confiável, amplamente negociável, aí saberemos o real preço. A questão é: dentre as criptomoedas a bitcoin será a eleita e escolhida? Se grandes players de mercado e até governos (multilaterais) adotarem ou criarem uma criptomoeda? Como reserva de valor e diversificação, eu até acho a aposta em bitcoin interessante, assim como ouro, euro, dólar (e até imóveis a preço justo), mas jamais teria “meu patrimônio” fortemente indexado nessas criptomoedas.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 23 de outubro de 2017 at 15:58

    A HISTORIA DO DOLAR E OS BITCOINS

    DE 1776 a 1863 qualquer banco podia emitir dolares, desde que respeitasse a promessa de pagar x onças de prata por cada dolar
    naquela epoca o dolar era apenas uma definição abstrata de valor

    Inclusive pelo que entendi de outros links antes de 1776 já haviam dolares em moeda de prata. A cédula que foi criada em 1776

    a partir do national act banking somente o Banco central (FED) podia emitir dolares.
    em Sei lá que ano a definição passou a ser em ouro.
    Em breton woods todas as moedas do mundo passaram a se definir em dolar
    Em outro ano lá o dolar se desvinculou do ouro
    Em 1986 mudou de novo, as notas antigas valem 20% menos que as novas, argentino adora sacanear brasileiro nessa.

    Enfim, o dolar teve e continua tendo seus altos e baixos como hoje os bytescoins tem
    Ainda estamos na fase velho-oeste do dinheiro virtual
    ainda vai rolar muita agua debaixo dessa ponte

    http://www.historiadetudo.com/dolar

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 16:36

    CVR
    Deu trabalho… estou com a mão inchada
    mas conseguimos o PATAMAR Máximo no Banco Inter
    em apenas 72 horas.
    Obrigado a todos.

    Confiram a partir de amanhã os novos patamares nos investimentos a serem contratados. Lembrando que eles tb possuem distribuidora . função de corretora e custódia de valores mobiliários. TD sem custo de custódia, etc.

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 16:37
      • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 16:55

        Mensagem da gerente
        “Oiiii From !

        Que sucesso este Grupo! Já estão na maior faixa! ”
        💰

        eu amo a internet
        cooperando .. olha o que é possível fazer
        além disso agora tenho 49 e-mails de mala direta > para oferecer meus serviços de turismo
        😉

        27+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Money_Addicted 23 de outubro de 2017 at 16:58

          ibagens da gerente? rs

          5+
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 16:59

            Não.
            Só sei que são 04 mulheres no setor e um homem na supervisão.
            kkkk

            9+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
        • Antigo 23 de outubro de 2017 at 16:59

          Estou te falando. Daqui a pouco você construiu um network tão poderoso de gente com dinheiro e vontade de investir que é capaz de abrir uma corretora ou financeira própria.

          Tenho até um nome já: Pãoamericano ou Banco Pão.

          17+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 17:01

            quero nome em INGRÊIS
            é mais chique

            kkk

            6+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Loucodf 23 de outubro de 2017 at 17:04

              Vou transferir a grana do sofisa amanha (liquidez diária)
              Vai cair no santander.
              Vou gerar um boleto do inter e transferir sem custos.
              de 100% CDI para 104% CDI.

              😀

              12+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Nilson 23 de outubro de 2017 at 17:27

                já na faixa do leão de 15% não é? também tenho algum no sofisa conforme for vencendo vou pro Inter. Mas os paus pequenos de liquidez diária do sofisa vou deixar, pois não tem valor mínino, pois bolhista que é bolhista deixa zero em conta corrente e até pra comprar pão tem que resgatar hehehe

                5+
                • avatar
                • Loucodf 23 de outubro de 2017 at 17:50

                  sim
                  15%.
                  😀

                  3+
                  • avatar
            • Lucas 23 de outubro de 2017 at 17:47

              Breading

              4+
              • avatar
              • avatar
    • Bolha BOSS 23 de outubro de 2017 at 17:21

      Rentabilidade acima da média ??

      É PIRÂMIDE

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 17:07

    Dólar furou caixote dos 3,20
    Dólar Futuro subindo forte hoje

    amanhã eu vou as compras do supermercado com o cartão do CHASE
    😉

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 23 de outubro de 2017 at 21:23

      Senti muita opressão nessas verdinhas …

      Eu lembro quando trabalhei com aluguel de carros e quando um estrangeiro pagava no débito ou crédito aparecia na máquina o valor na moeda dele(dólares, euro, etc)

      Me dava uma depressão quando eu via um gringo pagando U$22 na locação do veículo…

      5+
  • O Incrivel Homem-Bolha 23 de outubro de 2017 at 17:18

    Mais um incrível CVR do não menos Incrível Homem-Bolha.
    Queria comentar com vocês de um personagem que se fala pouco aqui, mas já me deparei umas 5 vezes:
    O casal em separação.
    Fui ver um imóvel pertinho do meu alugado no sábado. Bairro aprazível da Zona Sul de SP (não é Praça da Arvore, rs).
    Apto de 115 m2, 2 vagas, 3 suítes, ano de 2010, desenho bom com sacada gourmet.
    Muito do mal decorado, tudo do ruim e do pior, piso escroto, pia original da entrega, gesso inacabado (!), sem vidro na sacada, sem ar condicionado, uma lástima. Todos os banheiros com soquetes pendurados pelos fios saindo do teto. Melhor se fosse no contra piso…
    Ainda tinha uma dívida de quase 200 mil de financiamento na Caixa e o casal deixou transparecer que estavam atolados em dívidas. Vários sinais de finanças quebradas: TV velha na sala de 32pol, eletrodomésticos vagabundos, maquina vagaba de lavar de 15 anos de uso caindo aos pedaços, apenas um carro pequeno para uma família de 5 pessoas. Para acabar de lascar um condomínio carésimo, muito acima da média da região. Provavelmente má administração. Só o valor do condomínio sozinho seria o suficiente para decidir pela não compra.
    O que se esperaria de um casal se separando? Ainda mais que era direto com os proprietários, sem corvos. Preço barato pra cada um ir logo pro seu canto, certo?
    ERRADO.
    Sempre a mesma coisa: querem vender o apê por preço Fantasia + 10% para resolverem TODOS os problemas financeiros e cada um sair com $$ suficiente pra comprar 2 apês de 70m2 e um carro. Sério. Eles FALARAM isso.
    Não, muito obrigado. Nem fiz proposta.
    Pelo preço que estão pedindo vão ter que aturar muito tempo a cara um do outro…
    Eu fico aqui me perguntando: será que esses caras fazem uma mínima, que seja, pesquisa antes de sair colocando preço de venda?

    51+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Loucodf 23 de outubro de 2017 at 17:23

      Foda…
      Tem link do ap aí não?
      hehe

      8+
      • avatar
      • avatar
      • O Incrivel Homem-Bolha 23 de outubro de 2017 at 17:36

        Desculpe não passar o link. É simplesmente do lado do apê que eu moro hoje, não quero me expor tanto assim, rs.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Loucodf 23 de outubro de 2017 at 17:49

          De boa!
          😀

          7+
          • avatar
    • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 17:39

      é aquilo que eu falei
      as pessoas não querem vender o imóvel
      elas querem resolver todos os problemas financeiros ao vender o tijolo mágico

      35+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 23 de outubro de 2017 at 17:44

      aí entra o emocional da historia do premio nobel
      vão usar o imovel (ou os filhos) como meio de um se agredir ao outro
      e Toma cuidado, pela Lei se eles tem ações na cabeça, o juiz pode decretar fraude a credor e vc fica sem o dinheiro e sem o imóvel
      nunca compre de gente falida #ficaadica, exceto vc seja um especialista em fazer este tipo de coisa, e se vc fosse, vc saberia que é.

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Incrivel Homem-Bolha 23 de outubro de 2017 at 17:54

        Essa de usarem o imóvel para agredir um ao outro ficou CLARÍSSIMO.
        O imóvel estava MUITO mal tratado. Foi decorado da maneira mais porca e displicente possível. Pra vocês terem ideia, TODOS os móveis, do quarto do casal, sala, quarto das crianças, banheiros, cozinha, todos da mesma cor!
        Tava muito na cara, o tempo todo falavam que não tinham acabado isso ou aquilo pois tinham percebido que não iam ficar mais juntos então não valia a pena mais “investir no imóvel”.
        Eu e a Mulher-Bolha estimamos uns 200k em gastos de decoração…
        Fechar um negócio desses, mesmo que o condomínio não fosse um preço absurdo (R$ 1400,00 por um apê de 115m2), teria que ser por um preço pra lá de vantajoso e ainda com o advogado do lado pesquisando os mínimos detalhes financeiros de cada um dos cônjuges…

        21+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Antigo 23 de outubro de 2017 at 18:07

          Muito gasto envolvido, cara.
          Não sei a condição financeira sua e da sua esposa, mas esses números aí me parecem muito altos.
          Melhor procurar algo mais econômico, e como o velho alertou, gente enrolada em dívida pode gerar problema após a transação, esse é o país da insegurança jurídica. Boa sorte.

          18+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Antigo 23 de outubro de 2017 at 17:50

      Mais um caso de casamento que vai durar a vida inteira, pelo visto.
      Parabéns ao casal. Eles merecem.

      São ricos no patrimônio, mas pobres nas despesas correntes. Essa é uma discrepância que precisa urgentemente ser resolvida nesse país.

      24+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Libertario 23 de outubro de 2017 at 18:39

      Será que não compraram para “investir” e se deram mal?

      8+
      • avatar
      • avatar
    • MARK 23 de outubro de 2017 at 20:30

      Sim, eles olham apartamentos melhores no Fingezap e forma o preço. uashuahsuahsuhasu

      3+
  • rpoa 23 de outubro de 2017 at 18:04

    Financiamento pela Caixa Federal fica ainda mais restrito e até falta verba
    Corretores estão buscando empréstimos em outros bancos

    https://gauchazh.clicrbs.com.br/colunistas/giane-guerra/noticia/2017/10/financiamento-pela-caixa-federal-fica-ainda-mais-restrito-e-ate-falta-verba-cj94fa54i05d401qnwtm0rt1r.html

    A reclamação está cada vez maior quanto às restrições para financiamento imobiliário pela Caixa Econômica Federal. Há agências que já informam aos tomadores que não tem mais recurso do FGTS, que é o mais barato. A opção seria verba da poupança, que é um crédito com juros mais elevados.
    Ainda assim, o prazo para aprovação aumentou. Vice-presidente da Federação Nacional dos Corretores de Imóveis, Sidney Fontoura Gomes conta que o prazo antigamente era de 30 a 60 dias após a entrega da documentação. Atualmente, a Caixa Federal está levando de 90 a 120 dias para dar uma resposta.
    — Isso acontecem em um momento de recuperação da procura por imóveis. Para ter ideia, nos ultimos 45 dias, a procura está bem melhor do que nos 90 dias anteriores — conta Gomes.
    Sem confirmar que está mesmo faltando recurso no Rio Grande do Sul, a orientação da Caixa Econômica Federal é procurar a agência no início do mês, antes de acabar o recurso já que a verba é liberada regional e mensalmente. Veja a resposta oficial enviada pelo banco:
    “A Caixa Econômica Federal esclarece que a contratação do crédito imobiliário neste ano está cerca de 20% superior em relação ao mesmo período do ano passado. A CAIXA já emprestou mais de R$ 62 bilhões até final de agosto em todas suas modalidades de crédito.
    Considerando o ritmo de contratação, o banco adotou a estratégia de execução mensal do orçamento para todas linhas de crédito imobiliário com objetivo de cumprir o orçamento anual disponível até dezembro.
    Quanto às modalidades de créditos que possuem orçamento segregado por UF, a CAIXA esclarece que em alguns estados o orçamento esgotou, mas poderá ser retomado no mês de novembro.”
    Diretor da AMS Imóveis, Altair Machado dos Santos diz que nem tem procurado mais a Caixa Econômica Federal. Para imóveis na faixa de R$ 180 mil, sugere as taxas do Banco do Brasil e do Bradesco. Para crédito acima de R$ 250 mil, diz que os juros do Santander estão competitivos. A comparação entre as instituições, no entanto, é essencial na hora de buscar um empréstimo.
    Na semana passada, a Caixa Econômica Federal pediu ao Conselho Curador do FGTS R$ 10 bilhões em empréstimos sem prazo para pagar, segundo o jornal Folha de São Paulo. A verba é necessária para o banco cumprir exigências regulatórias para empréstimos. Neste ano, houve os saques das contas inativas e também uma alteração no orçamento por parte do Ministério das Cidades que afetou a concessão.
    No entanto, o ministério remanejou recursos do FGTS entre programas da área de habitação e entre Unidades da Federação para o exercício de 2017. Está publicado no Diário Oficial da União.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 23 de outubro de 2017 at 18:06

      tem demanda para compra de imóveis?

      só tem um detalhe

      não tem dinheiro
      kkkk
      não tem funding

      eu empresto mas peguem crédito imobiliário lá no Banco Inter

      30+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 23 de outubro de 2017 at 21:31

        aquela fase de ter dinheiro e não ter quem o pegue já passou faz tempo
        agora não tem quem pegue, tudo nome sujo, e quem tem nome limpo não quer
        ou já tem imovel
        ou não tem e prefere o alugacionismo pra fazer towering.

        E tbm não tem funding pra pegar, ou até tem um pouco do pessoal do PMJ, mas o juro real alto inviabiliza a compra
        então a compra tem que valer muito a pena, tipo abrir oficina de porsche na praça da arvore

        a unica coisa que tem é imovel, isso tem de monte
        os thiagos reclassificaram casa ZERO km de 36 meses pós habite-se para 6 meses
        evaporou todo o estoque, #sqn. continua lá na mão dos playes, construtor, sardinha, retomadas dos bancoa, só que com outro nome, que não é estoque, é outro nome mas a coisa é a mesma, um monte de imóvel vazio em todos os setores comercial, residencial, serviço de oficina de porsche, comendo caixa dos proprietários, aí que acontece, se é empresa tipo gafezes, pedegesso, morrer e dezenas de outras, elas vão pro juiz implorar pra não falir, se é familia, é aquela cena de escolher entre comer ou pagar a conta de luz, tensão no casal, brigas, divorcios, criança atormentada indo pra escola publica, um ambiente propicio pra aprender a roubar, usar drogas, ou engravidar na infancia graças ao curriculum do MEC

        olha, se eu fosse imaginar um mundo mais perverso não teria tanta criatividade,
        BR não é pra amadores e mesmo os profissionais sofrem aqui viu, cara tem que ser bão.

        11+
        • avatar
  • Lucas 23 de outubro de 2017 at 18:45

    Juros Lover BSB-BH

    Não to dizendo que vão conseguir mas que podem tentar…Quando o negocio ficar mais volumoso e realmente ameaçar o sistema monetario tradicional creio que vão se movimentar…

    3+
    • avatar

    já está “ameaçando” o sistema mundial
    quem vc pensa que está se mexendo???
    os proprios, os donos de uma serão os donos da outra
    muda a merda, as moscas são as mesmas

    essas fases de transição, de governo, de casamento/divorcio, de moeda
    as pessoas ficam muito memocionalmente abaladas
    no fim fica tudo quase igual, quer dizer na média, quase tudo igual,
    uns se dão bem, outros mal, pra maioria tudo na mesma

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 23 de outubro de 2017 at 21:13

    Lembro até 2012/13/14 casas na entrada de favela sendo vendido por R$350mil
    Mais alguém lembra dessas bizarrices?

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Zé Carioca 24 de outubro de 2017 at 09:23

      Postei aqui por volta de 2013 uma quitinete na Cruzada São Sebastião (conjunto habitacional tipo o Cingapura) por 540k. Só porque a Cruzada está no Leblon o maluco do proprietário achou que seu imóvel de 28m² numa favela valia tanto quanto um de frente pra praia.

      Fico pensando se a casa que o Lulu comprou com 60% de desconto na beira da favela (segundo ele mesmo) não foi nesse esquema. O proprietário ofereceu por um preço hiper mega ultra bolhudo o Lulu ofereceu 60% e os dois saíram felizes, o proprietário porque vendeu por um preço absurdo e o Lulu porque conseguiu 60% off. Veja bem, se esse cara da Cruzada tivesse vendido com 60% de desconto ainda assim pegaria mais de 200k, um absurdo por uma quitinete na favela.

      Ainda hoje você encontra apartamento bolhudo na Cruzada. Esse do link abaixo é de 2 quartos por 500k, o louco que está vendendo ignora que há uns quinze dias teve um tiroteio pesado na Cruzada, pois um bando rival tentou tomar as bocas de fumo nos prédios. Lulu bem que podia negociar com o proprietário e fazer outro negócio maravilhoso com 60% off.

      https://www.vivareal.com.br/imovel/apartamento-2-quartos-leblon-zona-sul-rio-de-janeiro-50m2-venda-RS500000-id-80425465/?utm_source=Trovit&utm_medium=CPC&utm_campaign=trovit-premium

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 24 de outubro de 2017 at 00:13

    kkkkk, a galera descendo a lenha nele.. de 12, dez criticaram … um falou em otimismo, o vidente já era.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 24 de outubro de 2017 at 01:04

    Jornal
    conhecimentos de matemática (até 15 anos) são 65% na bananazuela, e na europa chega a 95%.

    noticia comemorando mais vendas.. mais vendas 2% ..(mas caiu 45% ano passado)…
    aumento da confiança é um sinal de recuperação… kkk
    samy dana dizendo que demanda não justifica nada kkk o que justifica é preço… Parabéns Samy.
    ele di que O casamento dura 7 anos e a dívida 35anos…. ótima analogia. invista em aluguel. e guarde…

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Abestado abc 24 de outubro de 2017 at 01:08

    Samy Dana lavou a alma dos bolhistas agora no Jornal da Globo. 🙂

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Bolhudo 24 de outubro de 2017 at 08:23

      http://g1.globo.com/jornal-da-globo/videos/t/edicoes/v/imoveis-mais-baratos-movimentam-o-mercado-imobiliario/6238773/
      “Não adianta comprar um carro popular a juro zero se o preço for de 100k” Samy Dana

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • rafa_fv 24 de outubro de 2017 at 09:24

        Tópico sem dúvida.
        Matou a pau.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Cesar_DF 24 de outubro de 2017 at 09:23

      Tempo médio de financiamento = 27 anos
      Tempo de duração de um casamento = 7 anos
      “O que interessa é o preço, não importa se o valor da parcela cabe no bolso, o que é importante é comparar o valor da parcela com a do aluguel”

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • rafa_fv 24 de outubro de 2017 at 09:29

      Só faltou ele comentar o que ficou implícito, para enterrar de vez as expectativas de prováveis compradores. Para aumentar as vendas foi necessário aumentar os lançamentos, ou seja aumentaram os compromissos de compra e venda, mas o quantitativo efetivado de venda não deve ter subido. Tudo fake para tentar vender na base da melhora de otimismo.

      5+
      • avatar
  • Alemon Fritz 24 de outubro de 2017 at 09:25

    vejam a deturpação:

    Vendas de imóveis crescem 59% em agosto, dizem Fipe e Abrainc
    No fim de agosto, havia 111.935 unidades novas disponíveis para venda, montante 4,0% menor do que o registrado um ano antes.
    (portanto, faltam 2,5 anos de vendas e não 14meses, pois está reduzindo a 4% ao ano…kkk)
    (detalhe no feirão de agosto havia 228mil imóveis ‘a venda)

    A pesquisa mostra que, em agosto, as vendas líquidas (já descontados os distratos) totalizaram 7.697 unidades, um crescimento de 59,0% em relação ao mesmo mês do ano passado. Os distratos estão no limbo pra próxima leva de 3 anos)
    os lançamentos alcançaram 42.058 unidades, alta de 9,0%. (portanto o estoque está maior…

    3+
    • rafa_fv 24 de outubro de 2017 at 09:34

      Alemon não é só isso, como eles computam o compromisso de compra e venda dos na planta como venda efetiva, o aumento nos lançamentos gera uma distorção sobre o que realmente foi vendido no período. Estão tentando animar o público com informações manipuladas.

      3+
      • avatar
      • Alemon Fritz 24 de outubro de 2017 at 09:36

        “as vendas líquidas somaram 45.267 unidades, aumento de 25,5% frente aos mesmos meses do ano passado. Nesse período, os distratos atingiram 17.785 unidades,” (ou seja 39% de distratos!!!) de cada 100, 39 voltam, fora outras maracutaias)

        2+
        • avatar
        • rafa_fv 24 de outubro de 2017 at 09:50

          Sim, mas não estou falando do efetivado, eles dizem que aumentaram as vendas mas também aumentaram os lançamentos, as ‘vendas’ dos lançamentos só serão efetivadas daqui a uns 30 meses isto se não virarem distrato no meio do caminho, mas provavelmente já foram computadas.

          3+
          • avatar
          • avatar
  • Pedlero 24 de outubro de 2017 at 09:33

    Esta noite, como todos sabem, estou para ir para a reserva remunerada, e estou praticando o uberismo, levei um casal para o aeroporto JK. Eles moram no Noroeste, renda em torno de 60k / mês (auditores de um TC). Mudaram de Aguas Claras para o Noroeste. Alugados, saíram de AC porque não aguentavam mais o trânsito, Mudaram para um bairro bem mais próximo do trampo e estão pagando 8% a menos. O imóvel é de outro colega deles que, pasmem, tem 03 imóveis no mesmo prédio. Queria vender, mas após 2 anos, não conseguiu. Para diminuir o prejuízo mensal, alugaram para esse casal de amigos. A merda maior: o aluguel não cobre a prestação mensal. Perguntei, porque vocês não compram, já que gostaram do lugar. A resposta deles, “Uberista, guardamos cerca de 70% do que ganhamos. Aplicamos nosso dindin e achamos que os preços não correspondem à real situação da população do DF. Ademais, KKKKK, quando tiver tempo dê uma olhada em um blog chamado bolha imobiliaria brasil.com, que você vai entender melhor o que estamos falando. Fui subestimado, engoli seco… e deixei rolar. Deram a entender que os mesmos são assíduos neste espaço. De repente estou sendo identificado. Continuando, após o conselho deles rolou um silêncio.
    Ao chegar no aeroporto, agradeci e falei,
    “- Fulano e Ciclana, a propósito alguns amigos virtuais mandaram um abraço”
    – Quem?
    – Boss; From ou Padeiro, CA, Louco DF, Cramulhão de Engenhópolis, Pedlero (eu)…. kkk”

    Daí começaram a rir de dar gargalhadas.
    Conclusão
    ESTE BLOG FAZ A DIFERENÇA.

    41+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Loucodf 24 de outubro de 2017 at 09:50

      IDENTIFIQUEM-SE MEUS COLEGAS
      HEHEHEHEHE!

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • From_The_Tower 24 de outubro de 2017 at 10:33

      huahuahuauhahuahua!

      CVR DO ANO !!!
      kkkk

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Pedlero 24 de outubro de 2017 at 09:36

    Acho que da próxima vez, nosso papo será com a identificação de todos., Pois meu nome e minha cara eles já conhecem. por isso a importância do respeito ao próximo praticado neste blog

    6+
    • avatar
  • Alemon Fritz 24 de outubro de 2017 at 10:02

    narigudos
    Com indícios de recuperação do mercado, cresce também a procura por imóveis como opção de investimento. De acordo com o presidente da Ademi, é possível adquirir um apartamento na planta com preço até 30% abaixo do valor que terá após construído. (kkk). Quem tiver capital para pagar até 40% do valor do imóvel antes da obra, tem a possibilidade de conseguir condições muito boas para renegociar lá na frente, em 2020 e 2021 (kkk)

    “É a hora da virada no mercado imobiliário. Ao menos, o início dela”, (otimismo ae galera, please)

    Pedalando
    dados prévios do Censo Imobiliário do Sinduscon indicam que esse número pode aumentar para até 15 mil unidades em obras no período, com 70% dos imóveis já negociados. ( lançamentos !!)

    http://www.gazetaonline.com.br/noticias/economia/2017/10/construtoras-retomam-lancamentos-de-imoveis-1014104298.html

    5+
    • avatar
    • rafa_fv 24 de outubro de 2017 at 11:08

      Eles deveriam mudar de setor, já que só vendem ‘sementes e plantas’, kkk.
      Qual é o motivo, não respondam o óbvio que é pedalar, de novos lançamentos se não conseguem desovar o que já está pronto?

      2+
  • Alemon Fritz 24 de outubro de 2017 at 10:31

    tópico novo.

    3+