Preços de imóveis caem pelo sexto mês consecutivo, aponta FipeZap – Exame

Você pode gostar...

Comments
  • Louro José 6 de setembro de 2017 at 10:26

    CVR:

    Pessoal do trabalho desesperado com a alta do valor venal dos imóveis para fins de IPTU aprovado ontem.

    Maioria morador de zona sul, vai entubar coisa de 70% de aumento hahahahahaha

    86+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • MINEIRO SPY 6 de setembro de 2017 at 10:28

      Converge com o relatado aqui.
      Nas rodas do boteco todos adoram falar que os tijolos não valem X, mas sim 2X, 3X. Na hora de pagar o tributo, o discurso muda.

      80+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 6 de setembro de 2017 at 12:01

        Ué. Não é rico? Não tem imóvel de dois milhões?
        Não vejo dificuldade em ter dinheiro para pagar esse imposto.
        Ou será que tem?

        75+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • SampaBoy 6 de setembro de 2017 at 13:11

          Essa disparidade exorbitante entre o que o cara “acha que vale” o imovel dele e o potencial dele para comprar/pagar coisas pra mim é uma evidencia discarada da bolha . Não faz sentido em uma economia saudavel o sujeito possuir algo de valor desproporcional ao que ele é capaz de comprar com seu historico de trabalho durante a vida. O gap especulativo não se sustenta…

          69+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • tmarabo 6 de setembro de 2017 at 10:49

      Infelizmente o Judiciário tem afastado “reavaliações” que fazem aumentar muito o valor do IPTU.
      Mas é o justo: faz com que seja inviável manter imóveis fechados/subutilizados.

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 6 de setembro de 2017 at 12:26

        péra, o efeito do aumento de custos de um imóvel não é esse
        o efeito não é torna-lo utilizável
        o efeito real é seu abandono

        A uncia coisa que impede o abandono do imóvel é o aumento de rentabilidade liquida (aluguel menos impostos, custos e taxas)
        A rentabilidade por sua vez é dada pela renda dos consumidores do produto

        Replay dos anos 80, bairros inteiros detroitizados

        23+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Zé Carioca 6 de setembro de 2017 at 11:02

      Mas Louro é meio absurdo mesmo esse aumento de IPTU, a sociedade já paga muito imposto e não suporta mais um governo tão grande. O nosso IPTU aumenta, mas os isentos, metade da população, continuam sem pagar nada. Tem imóvel isento em Copacabana, Ipanema e outros bairros nobres, o que é absurdo.

      36+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Louro José 6 de setembro de 2017 at 12:40

        Estamos de acordo, papagaio.
        Por mim caíam todas as isenções de iptu na cidade, inclusive em favelas. Contudo não dá pra não achar graça do desespero da elite da cidade que não tem de onde tirar grana pra pagar iptu

        32+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Lucas 6 de setembro de 2017 at 13:19

        kkk
        sonho seu
        não cobram pq não vale o trabalho nem de imprimir o boleto
        a tal remanda deprimida não existe, nem pra pagar conta de agua e luz eles aguentam

        18+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • socrates 6 de setembro de 2017 at 14:57

          A verdade é que os “escolhidos” simplesmente nao vao pagar e receberao em troca algum perdao de.dividas. #brasils.a.

          4+
      • SwineOne 8 de setembro de 2017 at 10:54

        Não vejo isso como um aumento de imposto. O bem sofreu uma atualização de valor, o imposto é x% do valor e acompanhou a variação do preço do bem. Aumento de imposto seria se a fração x aumentasse.

        Inclusive, como dito, é crucial que isto ocorra para evitar a subutilização dos imóveis.

        5+
        • avatar
        • avatar
      • Bruna 14 de setembro de 2017 at 12:07

        Cara, eu pagava R$ 112,00 de IPTU (ano inteiro!) em Copacabana. É realmente surreal. Lembro que tinha uma colega da Ilha do Governador que pagava 10x esse valor num apartamento do mesmo tamanho. Hoje moro em Niterói, e pago 15x esse valor. Tudo bem que é maior, mas a localização é equivalente.

        0
    • Cesar_DF 6 de setembro de 2017 at 11:41

      Um apartamento em Copacabana, na Rua Barata Ribeiro, com valor venal de R$ 149.542,00, pagou, em 2017, R$ 1.379,00. Em 2018, o valor venal passaria para R$ 339.740,00 e o IPTU para R$ 3.397,00 – nesse caso, um aumento de 146%.

      Preocupado com o impacto do reajuste no orçamento dos cariocas, o Secovi Rio tem acompanhado este assunto desde a posse do prefeito, buscando junto ao Poder Executivo uma oportunidade de apresentar suas considerações e estudos especializados sobre o mercado imobiliário.

      http://quatromarias.com.br/2017/06/21/prefeitura-quer-iptu-mais-caro-no-rio-de-janeiro-confira-o-impacto-no-seu-bolso/

      33+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • tmarabo 6 de setembro de 2017 at 16:43

        aham, mas se o cara fosse vender o ap, ele pediria 150k, 340k ou 600k???
        rsrsrsrsrs

        18+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Cesar_DF 6 de setembro de 2017 at 11:45

      IPTU pode ter aumento médio de 80%
      Empresários alertam que reajuste pode elevar inadimplência

      Pesquisa feita pelo Secovi Rio, o Sindicato da Habitação, em 105 imóveis, mostrou que 26% perderiam a isenção, 63% sofreriam com aumento, e apenas 11% teriam redução. A média de alta do IPTU seria de 80,4%, enquanto a queda seria de 11%. Os imóveis que hoje não pagam passariam a arcar com valor médio de R$ 309,35.

      https://monitordigital.com.br/iptu-pode-ter-aumento-m-dio-de-80-

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 6 de setembro de 2017 at 11:46

      04/09/2014 – Prefeitura do Rio diz que contribuintes devem cerca de R$30 bi de IPTU e ISS

      http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/09/prefeitura-diz-que-contribuintes-devem-cerca-de-r30-bi-de-iptu-e-iss.html

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Louro José 6 de setembro de 2017 at 12:42

        Fazendo perdão de dívida todo ano vão continuar com esse problema. O país precisa de redução de carga tributária pra ontem.

        18+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • perdido no rio 6 de setembro de 2017 at 13:28

      O que eu acho pior nisso tudo é que nós, inquilinos que sabemos que o valor venal está altamente inflado, teremos que arcar com iptu mais alto da mesma forma que esses 666s. E depois que subir, acho difícil reduzirem o imposto após o período em que os imóveis desvalorizarem (e já estão caindo).

      9+
      • avatar
      • avatar
      • Louro José 6 de setembro de 2017 at 13:37

        Esse aumento de iptu causará um reajuste pra baixo no valor dos aluguéis de modo a adequar à capacidade de pagamento das pessoas. Não dá pra pagar aluguel com cartão de crédito 😉

        56+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 6 de setembro de 2017 at 14:34

          checkmate#

          9+
          • avatar
        • perdido no rio 8 de setembro de 2017 at 15:32

          Boa, estou acompanhando para mudar de apto no próximo vencimento do contrato!

          1+
          • avatar
    • Ilusionista 6 de setembro de 2017 at 15:49

      Tem imóveis aqui no Campo Belo em SP que irão ter 193% de reajuste no IPTU para 2018. Exatamente na mesma localidade onde houve uma grande expansão imobiliária com a promessa da construção do monotrilho para a Copa do Mundo de 2014, para ligar o estádio do Morumbi ao aeroporto de Congonhas.
      A construção se encontra parada desde então, os canteiros das obras viraram abrigo para moradores de rua e usuários de crack, (quem passa pela Roberto Marinho já sentiu o drama dos constantes assaltos) e o estádio do Morumbi nunca foi utilizado para a Copa.

      193% de reajuste em cima do que já era caro….moradores desesperados.

      https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2017/09/04/moradora-critica-aumento-no-iptu-de-sp-o-servico-nao-acompanha-o-que-pagamos.htm

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • claudio 6 de setembro de 2017 at 18:35

        outro minhocao, aquela obra não desce, nao se justifica, vide o da “anhaia melo”, que nunca fica prontra, acabaram com a avendia em frente ao aeroporto, W. Luis, sem nexo, esta obra, so para lavar dinheiro, unica explicaçao, propina….ate a obra monotrilho, que vai pra cumbica, porque nao fizeram no nivel do solo, tem de ser suspenso, para ter colunas e vigas, pra ir concreto, para rolar a %, mesmo “justificaveis” aberacoes arquitetonicas e urbanisticasl. Agora me diz, se um vagao, “trem”, quebrar, emperrar , qual a saida de passageiros de emergencia a mais dez metros do solo ????? pois se esta em solo, os passageiros, saem andando, com ja vi nas linhas de metro e ferreas por ai…..é muito mau caratismo , afinal desentupir esgoto, espoluir um rio, debaixo do solo nao aparece, nao da voto, deixa pra la….

        12+
        • avatar
        • Joe banana 9 de setembro de 2017 at 14:23

          Voa passarinho, voa!
          Super Chuchu vai ao seu encontro!

          2+
    • Joe banana 9 de setembro de 2017 at 14:23

      Quero ver repassar para os alugueis.. a thurma vai pirar

      0
  • SampaBoy 6 de setembro de 2017 at 10:42

    sujeito 1 em sao paulo que comprou ap de 1 milho grande em janeiro :
    – agora tem 995.000

    sujeito 2 que nao comprou tijolo e botou 1 milho grande em jan em qualquer Renda fixa mequetrefe (0,7 ao mes) :
    – agora tem 1042742

    balanço final : sujeito 2 : tem agora 1 ap e + 1 carro de 50k… .e assim vai

    61+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 6 de setembro de 2017 at 10:43

    COMPARANDO FIPEZAP DE BRASÍLIA COM HELL DE JANEIRO

    BAIXANDO OS CSV E CALCULANDO O FIPEZAP DESINFLACIONADO ATRAVÉS DA SUBTRAÇÃO DO IGP-M NO FIPEZAP, OBTEMOS OS SEGUINTES DADOS:

    INÍCIO DA SÉRIE
    BSB 08/2010 RJO 01/2008

    PICO DO DESCOLAMENTO
    BSB 04/2012 com 17.74%
    RJO 12/2014 com 215.73%

    QUEDA DO PICO ATÉ HOJE
    BSB 21.44%
    RJO 21.04%

    CONSIDERANDO QUE, ANTIGAMENTE O VALOR PRATICADO ERA PRATICAMENTE O MESMO DO ANUNCIADO, E HOJE NA HORA DE EFETIVAR O NEGÓCIO ESTÁ SENDO PRATICADO UM “DESCONTO” DE 30% EM RELAÇÃO AO VALOR PRATICADO, ENTÃO QUAL SERIA A QUEDA NECESSÁRIA NO “VALOR ANUNCIADO” PARA QUE VOLTASSE A SE EQUILIBRAR COM O IGP-M?

    RJO
    Desde 01/2008 ocorreu um aumento no FIPEZAP de 60.69 para 206.58 pontos e do IGP-M de 378.89 para 644.38 pontos
    (378.89 / 644.38 ) * 206.58 = 121.47
    1-(60.69 / 121.47) = 50.04%
    Então, para voltar ao valor de 2008, o FIPEZAP ainda precisará cair pela metade.
    Já o FatorX (price to rent ratio) está em 242X, e para chegar a 150X precisará cair 38.02%

    BSB
    Desde 08/2010 ocorreu um aumento no FIPEZAP de 100.00 para 127.77 pontos e do IGP-M de 431.40 para 643.77 pontos
    (431.40 / 643.77) * 127.77 = 85.62
    1-(100 / 85.62) = -16.79%
    Vejam que interessante, hoje o FIPEZAP está 16.79% menor do que em agosto de 2010.
    Já o FatorX (price to rent ratio) está em 335X, e para chegar a 150X precisará cair 55.22%

    CONCLUSÕES

    Em Brasília, “valor anunciado dos imóveis” hoje já é menor que em 2008. A explicação é que a disparada dos preços em Brasília começou bem antes da série histórica do FIPEZAP, provavelmente em 2005.
    Brasília atingiu um impressionante 390X em 2013. O FatorX atual de 335 indica uma rentabilidade bruta com o aluguel de 0.298% ao mês.
    https://www.numbeo.com/property-investment/gmaps_rankings.jsp?indexToShow=getPriceToRentRatioCityCentre&title=2017-mid
    Talvez devido a disponbilidade financeira dos funcionários públicos em Brasília faça com que NUNCA valha a pena adquirir um imóvel neste local.

    No Hell de Janeiro os valores anunciados precisarão cair pela metade,
    Considerando que hoje, está sendo praticado um “desconto” de 35,8% no Hell de Janeiro e que, a medida que os preços anunciados caiam até chegarem aos praticados, é esperado que este “desconto” vá sendo reduzido, até atingir a “median line”.
    https://www.ibrafi.org.br/2017/05/taxa-de-vacancia-para-locacao-bate-recorde-no-mes-de-marco/
    É esperada uma enorme queda na qualidade de vida no Hell, por conta de uma dívida impagável, esta DETROITIZAÇÃO indica que ainda ocorrerá uma loooonnngaaa fase de DESPAIR, onde os imóveis serão vendidos abaixo da “mean line”

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • EngenheiroDF 6 de setembro de 2017 at 10:54

      Bom dia, CEsar! Oontem tive a oportunidade de conversar com o Adolfo Sachsida e perguntei o que ele achou do seu estudo. Ele disse que não recebeu o estudo, ou pelo menos não lembrava de tÊ lo recebido. Voce pode enviar novamente?? O sachsida costuma fazer videos no youtube sobre assuntos economicos e isso pode inspirá lo.

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 6 de setembro de 2017 at 11:04

        Ele havia me respondido isso

        Oi CEsar,

        Excelente analise, muito boa mesmo.

        Olha so, eu me lembro que a CEF andou reclassificando créditos de uma maneira pouco ortodoxa. Lembro, por exemplo, que um cliente INADIMPLENTE que RENEGOCIASSE o contrato tinha uma melhora em seu perfil de credito. Isto é, a CEF tornava adimplente alguém que estava inadimplente (por meio da renegociação do contrato), e depois disso MELHORAVA o perfil de risco desse cliente. Você cita algo muito próximo disso em seu relatório.

        Abraco,
        Adolfo

        26+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 6 de setembro de 2017 at 10:46

    cenas do cotidiano do dia a dia:

    – corvos estão fazendo propaganda de imóveis já prontos, alguns poucos pro ano que vem ( aumentando estoque),
    – nenhuma noticia de celebridade comprando super mansão aqui na bananazuela, ao contrario, aptos com bunker mostrando os desvios e celebridades sendo presas nos aptos no bairros “nobres”,
    – o japa da PF tava aqui… disseram que os hoteis de balneário ficaram lotados de “empresários” que não queriam acordar cedo e dar de cara com ele… por causa da operação dessa semana de drogas.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Thiaguinho 6 de setembro de 2017 at 11:11

    Bom dia

    Semana que vem indo para a terra dos livres gastar meus rendimentos de aplicações com o capitalismo opressor.

    PMJ

    36+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 6 de setembro de 2017 at 11:36

    O QUE ACONTECERIA NUMA DETROITIZAÇÃO DO HELL DE JANEIRO

    Detroit decretou falência em 2013, por conta de uma dívida de US$ 13 bilhões, hoje a cidade do mundo onde menos se precisa trabalhar para adquirir um imóvel.

    O salário mensal após taxas é de US$ 652.13 no Hell de Janeiro e de US$ 3,201.79 em Detroit

    “Price to Income Ratio” significa por quantos anos precisaria trabalhar (renda média per capita por ano) para adquirir um imóvel de valor mediano.
    Em Detroit é de 0.88 e no Hell de Janeiro é de 21.02
    Com 10,5 meses de salário se compra uma residência mediana em Detroit, já no Hell de Janeiro são necessários 252 meses.

    Para adquirir um apartamento no centro, no Hell se gasta US$ 3,213.06/m2, enquanto em Detroit US$ 574.20/m2
    Já, para alugar um apartamento de 3 quartos no centro, no Hell se gasta US$ 1,337.34 e em Detroit US$ 1,846.15.

    A primeira vista, parece que é uma excelente ideia ser o proprietário de uma imóvel em Detroit, e aluga-lo, mas a vacância está tão alta, que mesmo após a demolição de 10.000 imóveis ainda existe uma vacância de 40%

    A conclusão é que SER PROPRIETÁRIO DE UM IMÓVEL NUMA CIDADE DETROITIZADA, não vale a pena.

    “O governo estima que há pelo menos 78 mil casas vazias na cidade. São 100 mil terrenos vazios, grande parte após demolição de antigas residências. Em 2012, a prefeitura leiloou 12 mil terrenos, com valor mínimo de US$ 500 (R$ 1.150) cada. Mais da metade não teve interessados. Dos 350 parques e praças da cidade, apenas 107 estão abertos, mas 51 devem ser fechados nos próximos meses; 40% da iluminação pública está desativada.”

    https://www.numbeo.com/property-investment/compare_cities.jsp?country1=United+States&country2=Brazil&city1=Detroit%2C+MI&city2=Rio+De+Janeiro

    https://www.insper.edu.br/noticias/a-bolha-estourou/

    https://rafaelpolga.wordpress.com/2011/04/22/cidades-fantasmas-americanas/

    http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/24-fatos-sobre-a-decadencia-da-cidade-de-detroit

    01 Detroit foi a quarta maior cidade dos Estados Unidos, e já foi o lar para cerca de 2 milhões de pessoas. Mas, ao longo das últimas décadas as pessoas foram fugindo em massa. Segundo o censo de 2010, apenas 713 mil pessoas vivem hoje em Detroit, e os funcionários municipais admitem que a população provavelmente caiu para 700.000 neste momento.

    02 A população de Detroit diminuiu em cerca de 25 por cento na última década. A última vez que a população de Detroit esteve neste patamar foi em 1910.

    03 Hoje, Detroit é apenas a 18 maior cidade da América. Agora, é menor do que Austin, no Texas, e Charlotte, na Carolina do Norte.

    04 em 1960, a cidade de Detroit teve a maior renda per capita nos Estados Unidos.

    05 Hoje, a taxa de desemprego em Detroit é de mais de 18 por cento , o que é mais que o dobro do que a média nacional.

    06 De acordo com um relatório que foi recentemente lançado, cerca de 60 por cento de todas as crianças em Detroit vivem na pobreza.

    07 Cerca de um terço dos 140 quilômetros quadrados de Detroit ou são vagos ou abandonados.

    08 O governo da cidade de Detroit fechou dezenas de escolas e decidiu cortar serviços públicos às ” áreas muito arruinadas “.

    09 De acordo com uma estimativa, existem 33.500 casas vazias e 91.000 vagas lotes residenciais na cidade de Detroit hoje.

    10 O preço médio de uma casa em Detroit é apenas 9.000 dólares , e há algumas áreas de Detroit, onde você ainda pode comprar uma casa por US $ 100 .

    11 Existem mais de 85.000 postes em Detroit, mas os ladrões roubaram tanta fiação de cobre que mais da metade deles não estão funcionando.

    12 O prefeito anunciou um plano para reduzir o número de postes na cidade de Detroit para apenas 46.000.

    13 De acordo com um relatório muito chocante, 47 por cento de todas as pessoas que vivem na cidade de Detroit são analfabetos funcionais,

    14 A taxa de homicídios em Detroit é 11 vezes maior do que na cidade de Nova York.

    15 aconteceram 377 homicídios em Detroit, em 2011. Em 2012, esse número subiu para 411 .

    16 homicídio justificável em Detroit subiu uma espantosa de 79 por cento em 2011.

    17 Em um ano recente, a taxa de auto-defesa assassinatos na cidade de Detroit foi 2200% acima da média nacional.

    18 Dez anos atrás, havia cerca de 5.000 policiais na cidade de Detroit.Hoje, existem apenas cerca de 2.500 e outras 100 estão programadas para ser eliminado do vigor em breve.

    19 Devido a cortes no orçamento, a maioria das estações de polícia em Detroit estão agora fechados ao público 16 horas por dia .

    20 Crime ficou tão ruim que até mesmo em Detroit os policiais estão estão dizendo às pessoas para ” entrar Detroit em seu próprio risco “.

    21 Em um ponto, 100 motoristas de ônibus em Detroit recusaram a dirigir as suas rotas, porque eles estavam com medo de ser atacado nas ruas em plena luz do dia. O chefe do ônibus motoristas união, Henry Gaffney, disse que os motoristas foram literalmente ” medo por suas vidas “….
    “Nossos motoristas estão com medo, eles estão com medo por suas vidas. Esta tem sido uma situação em curso sobre segurança. Eu acho que tipo de ontem apenas com tampo ele, quando um dos meus motoristas foi espancado por alguns adolescentes para baixo no meio de Rosa Parks e levou a polícia quase 30 minutos para chegar lá, no centro de Detroit “, disse Gaffney.

    22 Há relatos de que grupos de homens jovens com AK-47s foram aterrorizam postos de gasolina em todo Detroit .

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 6 de setembro de 2017 at 11:59

      Sempre que vocês falam de Detroit, eu lembro do filme do Robocop, cidade onde se passa o filme.
      Se a situação do RJ continuar do jeito que está, com aumento da violência, crime organizado, polícia corrupta, governador preso etc etc, somente um policial cibernético para dar jeito. Em termos de violência e criminalidade já devemos ter até ultrapassado o que foi retratado no filme, sendo que ele era uma distopia!

      “Drop the gun. You are under arrest.”

      28+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • bolhista fulano de tal 6 de setembro de 2017 at 12:05

      Detroit é diferente do Rio. Lá quebrou, porém é só as pessoas se mudarem para tantas outras cidades desenvolvidas que tem nos EUA.
      Já por aqui, vai sair do Rio e ir para onde? Cuiabá? Não que o Rio seja melhor, mas no Rio e SP se concentra tudo.
      O centro do bananal se resume a SP e RJ. Fora que o federalismo dos EUA permite mudanças mais fáceis devido à atrativos tributarios e variações legislativas.

      27+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 6 de setembro de 2017 at 12:41

        O Hell vive de imagem, de turismo, e não da indústria, mesmo tendo uma enorme indústria petrolífera.

        Maior parte das novelas da Globo se passa lá
        As propagandas de turismo no Brasil vendem a imagem do Hell de Janeiro
        A cidade recebe 40% dos turistas estrangeiros (ou pelo menos recebia)
        São 350 mil funcionários públicos, para ter uma ideia, só de funcionários públicos federais são 102 mil, comparando com Brasília que tem 63 mil.

        Hoje as principais fontes de renda são o turismo e o salário de funcionários públicos (ativa, pensionistas e aposentados)

        Com a arrecadação do turismo em grande queda, desde o fim da olimpíada, a queda na indústria petrolífera, o endividamento do estado, a antecipação dos recebíveis que comprometeu as finanças pelos próximos 20 anos, a única saída será o que foi feito em Portugal, Espanha e principalmente na Grécia: redução de funcionários públicos e dos salários deles, tanto os da ativa como os aposentados.
        Para os aposentados e pensionistas, as alternativas são: morar junto com outros aposentados, mudar para a casa da família ou sair da capital para outro lugar com menor custo de vida. Todas as alternativas resultam em maior vacância, que já está altíssima no Hell de Janeiro

        ———————————————

        Está em 6° lugar na quantidade de trabalhadores na indústria
        http://perfilestados.portaldaindustria.com.br/ranking?cat=20&id=1429

        Está em 13° lugar na participação do ICMS da indústria no total de ICMS do estado.
        http://perfilestados.portaldaindustria.com.br/ranking?cat=1&id=1439

        SP arrecada 42,2% do IPI nacional, enquanto o RJ arrecada 7,0%
        http://perfilestados.portaldaindustria.com.br/ranking?cat=2&id=1447

        ——————————————–

        RIO – Com a segunda maior economia entre os estados brasileiros (11,8% de participação), o Rio de Janeiro ostenta um acanhado sexto lugar no ranking da indústria de transformação brasileira: sua fatia é de meros 6% do total. São Paulo lidera de forma absoluta (38,6%), mas o Rio fica bem atrás também de Minas Gerais (10,3%), Rio Grande do Sul (9%), Paraná (8,4%) e até Santa Catarina (7,1%), apontam os dados das Contas Regionais do Brasil para 2013, que acabaram de ser divulgados pelo IBGE. Se até os anos 1980 o Estado do Rio ainda era a segunda maior base industrial do país, hoje o segmento é pequeno diante do tamanho de sua economia, apontam especialistas. A indústria extrativa é maior que no resto do país, mas a concentração cobra seu preço, o que se observa agora, em um momento de crise no setor do petróleo.
        Leia mais: https://oglobo.globo.com/economia/rio-segunda-maior-economia-mas-industria-apenas-sexta-do-brasil-18233605#ixzz4ruewwhmA

        Participação no PIB nacional: 11,2%.
        Exportação
        Petróleo: 44,8%.
        Combustíveis: 17,5%.
        Siderúrgicos: 13%.
        Petroquímicos: 3,6%.
        Metais não ferrosos: 2,8%.
        Veículos e peças: 2,1%
        Outros: 16,2%
        ————————————————————-

        O turismo confere mais do que um mero adendo à economia local, vez que, de todos os estrangeiros que visitam o país, 40% têm como destino a cidade do Rio de Janeiro[7], atraídos por uma miríade de ícones culturais e paisagísticos – o que leva à criação de diversos postos de trabalho, robustecendo os setores comercial e de hotelaria.
        https://pt.wikipedia.org/wiki/Economia_do_Rio_de_Janeiro_(cidade)#Turismo

        ——————————————————-

        Por causa da violência turismo no Rio de Janeiro perde R$ 320 milhões em 4 meses

        O turismo no estado do Rio de Janeiro perdeu R$ 320 milhões em receitas nos quatro primeiros meses deste ano, devido à criminalidade. O dado faz parte de um estudo divulgado hoje (10) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

        De acordo com estimativa da CNC, para cada aumento de 10% na criminalidade, a receita bruta das empresas que compõem a atividade turística do estado recua, em média, 1,8%. Essa perda equivale ao faturamento de 4,5 dias do turismo local. Entre as atividades que mais perderam estão os bares e restaurantes (R$ 167,2 milhões), transportes, agências de viagens e locadoras de veículos (R$ 105,5 milhões). Os hotéis, pousadas e similares perderam R$ 47,8 milhões) e as atividades culturais e de lazer, R$ 7,2 milhões.
        http://www.istoedinheiro.com.br/por-causa-da-violencia-turismo-no-rio-de-janeiro-perde-r-320-milhoes-em-4-meses/

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • bolhista fulano de tal 6 de setembro de 2017 at 13:04

          Entendo e concordo com tudo o que disse, porém eu DUVIDO que o Hell seja abandonado do jeito que Detroit foi.
          Antes daquilo virar uma zona inabitável, a união socorrerá de alguma forma.

          10+
          • avatar
        • Lucas 6 de setembro de 2017 at 13:17

          Qual o perfil de turismo que procura o Hell?
          vai atrás exatamente do que a cidade tem de mais bizarro,

          o tal brazilian expirience, sexo transracial, transgenero, sodomia, ebtre outros, as drogas, a emoção de subir um morro prnum pancadão com aqueles laser das miras de fuzil em vc, habitar uma favela, entre outros tantos atrativos carnavalescos, apesar de não termos as russas, temos a bunda.
          É tbm um turismo barato uma valvula de escape dos reprimidos e marginailizados de terras civilizadas, e que pouco agrega à economia formal, em termos monetários dá bem menos de 40% do total, não tenho os numeros falando de cabeça, perde até rpa floripa em dinheiro formal.

          Não vai aqui qualquer recomendação OU condenação moral às práticas de livre-mercado estabelecidas pelo crime, apenas observo

          20+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Paulo Avelar 7 de setembro de 2017 at 16:02

            O perfil do turista que visita qualquer cidade do Brasil é basicamente do usuário desinformado. Principalmente no RJ.
            Um país em que não existe segurança pública, que bandidos não tem cadeia e nem leis capazes para os inibirem da atividade econômica criminal e de serem contidos.
            Fazer turismo neste contexto caótico é abrir seu coração para encrenca.
            Na minha cidade contruíram um estádio de futebol de R$2 bilhões, 70% de propina , para um elefante branco totalmente inútil e inssutentável economicamente.
            Nas ruas da cidade tem flanelinha disponível até para quem estaciona bicicleta, o espaço público tá rifado por desocupados filhotes da zorra dos camisas vermelhas, prontos para matar turista por causa de um celular que eles vendem por dez reais na esquina.
            Como dizia o Dep. Justo Veríssimo, do Chico Anysio: -“Corrupção, sim! Mas na maior honestidade!”.

            A única solução é tranformar estádios em presídios e colocar todo mundo da atividade marginal para fazer corte e costura lá dentro, plantar horta, lavar roupa etc.Escolher políticos por números de diploma de mestrado e ficha corrida limpa.

            7+
            • avatar
            • avatar
    • Lucas 6 de setembro de 2017 at 12:11

      excelentes comentários Cesar
      realmente no aspecto violencia superaram a detroit distopica do Robocop há muito tempo, mesmo no voluem 3 com roteiro do Frank miller, o mais pesado.

      só faço um SENÃO, os moradores vão fuigr pra onde???
      A opção à detroit é só os EUA, numa das regiões mais prósperos do mundo aquela parte toda em volta dos grandes lagos e do rio acho que hudson que desagua em NY, é sem duvida o vale do Nilo dos tempos modernos, o vale mais rico do mundo atual.

      Já no Hell, vão fugir pra onde? pra eikelandia? pra niteroi?
      ou fora do Estado?
      Eu acredito, até pelo termo de recuperação onde o BRasil inteiro esta pagando a conta do Hell, que o fenomeno aqui será o de contaminação, o detrotismo se espalhará de Norte a Sul, a depender de cada estado, de cada cidade em lidar com a situação fiscal podre.

      Isso que o CA sempre insiste, não adianta a bolsa bater recorde em cima de recorde, e hoje bateu outro já cutucando os 74k, é pura especulação
      Nossos fundamentos estão mais que podres.

      21+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 6 de setembro de 2017 at 12:29

      CEsar, seu comentario sucita outras excelentes comparações
      repare que em termos de aluguel, detroit e hel não estão tão longe na questão do income ratio: na comra/venda a diferença é de 250X, no aluguel é só 2X
      outra coisa os dados de homicido, 400 por ano em detroit é uma pechincha, no Hell só policias foram 100 em 6 meses, fora o resto, fora as desovas que nem ficamosa sabendo. Coloca aí 250x mais tranquilamente

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Spidersilva 6 de setembro de 2017 at 22:29

        Eu não entendi porque o preço do aluguel em Detroit está caro (parecido com o RJ). Pela situação do preço de venda não deveria estar bem mais barato que o RJ, tendo em vista que há muitos imóveis vazios por lá e sendo vendidos a preço de banana?

        5+
        • avatar
        • avatar
  • Poucas Trancas 6 de setembro de 2017 at 11:43

    Quando li FipeZAP, antes de ler a matéria, já estava pensando:

    “O valor médio do metro quadrado recuou 0,00000000000000000000000000000001% em relação a ontem…”

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Poucas Trancas 6 de setembro de 2017 at 11:45

      “O acumulado dos 6 últimos meeses ficou em queda de 0,0000000000000000000006%…”

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 6 de setembro de 2017 at 12:02

    off
    Bom dia colegas da PF que vararam a noite contando 51 milhões
    putaqueospariu, imagino a caimbrã no dedo e dor nas costas de carregar aquilo lá
    os vizinhos agora já podem anunciar com 30% de valorização,
    Quem não queria ser vizinho dum apê desses?

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 6 de setembro de 2017 at 12:07

      Eles levaram uma noite inteira para contar o dinheiro, usando máquinas próprias para isso.
      Cada milhão pesa 2.5kg em notas de 100. Se forem notas de 50, é 5kg.
      Como havia um misto, dá para chutar que aquela grana toda pesava pelo menos uns duzentos quilos.

      DUZENTOS QUILOS DE DINHEIRO!!

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • amongyou 6 de setembro de 2017 at 13:03

        Não entendo por que na banania não tem nota de 500 e 1000, pois o dinheiro se desvaloriza através dos tempos e cada vez mais precisa-se de mais notas para uma mesma mercadoria. Só daí já há custo do dinheiro em quantidade de papel… burrice total…
        O mesmo vale, fazendo um adendo aqui, pelo custo de energia elétrica pela tensão ser 110V. Por que não democratizar 220V???… coisa de bananas mesmo.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • Antigo 6 de setembro de 2017 at 13:50

          Até quinhentos poderia ter, mais que isso acho que não circularia muito.
          Geralmente os países mantém notas até o valor equivalente a cem dólares.

          7+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • amongyou 6 de setembro de 2017 at 13:56

            O Euro é exceção à nota de 1.000 que circula por lá?
            Gostaria muito de ouvir opinião de quem é da área do por que não empregar como padrão os 220V no país, os prós e contra (se existe).

            5+
            • avatar
            • avatar
            • SP 6 de setembro de 2017 at 14:46

              Em gasto e eficiência não há diferença, estes padrões 110V, 127V, 220V foram herdados das primeiras empresas que trouxeram as tecnologias da europa e da america do norte… foi uma lambança total, cada empresa pegou uma região do Brasil e realizou a instalação ao seu modo. Houve até estudo para normalizar tudo em apenas uma opção, porém para tal o valor seria exorbitante e decidiram manter como está.
              Um fato bizarro Brasileiro, dependendo da usina que sai a energia pode ser alternada ou contínua… nem para isso possuímos um padrão, depois nos centros de distribuição é necessário realizar retificações e conversões mais requintadas. Depois pesquise sobre os primórdios, é uma boa história.

              12+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • amongyou 6 de setembro de 2017 at 15:47

                Ui.. bom saber, obrigado. Mas me faz pensar quando morei num ap que tinha chuveiro 110V. Nunca cheguei a medir comparando chuveiros em 110 e 220V, mas o que era de conhecimento geral entre muitos dos contatos à epoca, de que o chuveiro 110V gasta bem mais do que o de 220V, pois a amperagem é mais alta. É mito ou fiz confusão, realmente fiquei desorientado agora. (nunca fui dado a elétrica, meu fraco). Agradeço sua elucidação.

                3+
                • avatar
                • SP 6 de setembro de 2017 at 16:31

                  O que determina o consumo é a potencia elétrica… de forma simples P = V . I (Potência = Tensão vezes corrente), a fim acadêmico tem que analisar capacitância e indutância no cálculo, pois é corrente alternada.

                  Um chuveiro vai utilizar 4400W independente de ser 110V ou 220V, para compensar ele utiliza mais corrente 40A e 20A, respectivamente.

                  Essa crença nasceu não pelo consumo, mais sim pelo fio que é necessário utilizar. A bitola do fio a se utilizar é determinada pela quantidade de corrente que irá passar, se a corrente for menor o fio também pode ser menor, logo fazer a instalação elétrica do chuveiro em 220V é mais barato que em 110V, porém o consumo será o mesmo se bem dimensionado.

                  Nunca utilize as palavras voltagem (Tensão Elétrica) e amperagem (Corrente Elétrica), neste caso são apenas unidades de medida volt e amper, dependendo com quem falar vão te ridicularizar ou não vão te levar a sério.

                  14+
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • amongyou 6 de setembro de 2017 at 16:50

                    Muito legal a explicação (copy & paste merecido aqui). Agradeço sua boa vontade. Thumbs up.

                    2+
                  • Cesar_DF 7 de setembro de 2017 at 18:18

                    SP
                    Existe uma pequena diferença: o aquecimento dos fios até chegar ao chuveiro
                    Em 110 volts o condutor precisa ter o dobro da secção transversal
                    4400 watts em 127 volts = 35 amperes
                    4400 watts em 220 volts = 20 amperes

                    2+
                    • avatar
                    • avatar
                    • Paulo Avelar 7 de setembro de 2017 at 23:56

                      “Embora na caixa do chuveiro elétrico indique fios de 4 a 6 mm, pode ser usado um de 2,5 mm se o aterramento for bem feito.” O eletricista veio me justificar isso, quando instalou um chuveiro que exigia um fio de 4mm em minha casa, NO MÍNIMO.

                      1+
                      • avatar
              • Lucas 6 de setembro de 2017 at 16:28

                220 é mais seguro, queima menos a fiação, o chicote impede vc de grudar e morrer, entre muitas outras tecnicalidades
                mas é toda uma fase a mais a implantar

                3+
                • avatar
                • SP 6 de setembro de 2017 at 16:32

                  Incorreto, se aconteceu quem fez não fez certo.

                  6+
                  • avatar
          • Lucas 6 de setembro de 2017 at 14:32

            existem notas de até 1 milhão de dolares
            numeração anotada e controlada
            hoje com a net, elas tem valor como coleção de museu

            3+
            • avatar
    • Lucas 6 de setembro de 2017 at 12:12

      200 kilos???
      ainda berm que espalharam pela sala
      se empilha tudo num lugar só capaz da lage desses lixinhos não aguentar

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 6 de setembro de 2017 at 12:26

        Já pensou o teto acima de você quebrar e chover dinheiro na sala?
        Nem na ficção se imaginaria uma situação dessas, perfeitamente possível na Banânia.
        País fictício

        27+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Lucas 6 de setembro de 2017 at 12:40

        detalhe
        propiuna da CEF dos anos dilma
        só um calculo besta, com inflação de 10% daqueles tempos é como se todo ano vc queimasse 5,1 milhões de reais
        o custo da corrupção tbm tem custo de oportunidade

        10+
        • avatar
        • avatar
  • MauricioSP 6 de setembro de 2017 at 12:12

    IPCA despencou de 9% em agosto de 2016 para 2,46% um ano depois
    A credibilidade do Banco Central também ajuda a explicar o sucesso da política monetária nos últimos meses. Com o BC sob nova administração, o recuo da inflação foi contundente. Em agosto de 2016, dois meses depois de Ilan Goldfajn assumir o banco, a taxa em 12 meses estava em 8,97%. Ela havia ultrapassado o teto de 6,5% da meta ainda em 2015, e se manteve acima do limite mesmo com a forte recessão na economia. Agora, em agosto de 2017, o IPCA marca 2,46%, furando até o piso de 3%.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 6 de setembro de 2017 at 12:20

      juros real hoje acima dos 6%
      300% maior que no auge da bolha imob quando a dilma canetou os juros em 2%ao ano e deu até menos naqueles meses de explosão da inflaçao

      por isso que os endividados, os corvos, os amigos do BNDES eles todos torcem pelo PT,
      fizeram de tudo pra dar o contra-golpe no Temer
      inflaçao alta pra PTralhada é lucro no bolso, vc aumenta o subsidio implicito, aumenta a especulação

      Por sorte crédito imob é só 5% da população, não dá massa suficiente numa disputa eleitoral
      sem contar a TR, aquele seguro anti-governo que os Bancos bananenses montaram no BR e só existe aqui, que graças a discalculia e emburrecimento pandemico nacional, eles pensavam que era só zero virgula qualquer coisa.

      god Bless mathematics

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • MauricioSP 8 de setembro de 2017 at 09:53

        O ganho nominal será cada vez menor, e você está se contradizendo pois na época de juros de 1% ao mês o nominal era bom e com o preço dos imóveis tendo crescimento negativo a diferença etre poupar e comprar imóvel era mais evidente.

        Agora com ganho de 0,5% ao mês nominal, vão sumir daqui os posts de “Meu rendimento paga meu aluguel” pois para um aluguel de 1k o cara vai precisar ter 200 mil no banco…

        E a TR de setembro é ZERO, acho que o From vai parar de postar a TR mensal agora, pois a TR vai continuar na faixa do zero pelos próximos meses, como postei há uns tópicos atrás analisando o histórico da Selic…

        4+
        • perdido no rio 8 de setembro de 2017 at 15:44

          Mas por outro lado, a tendência é de queda também nos valores de imóveis e aluguéis, então acredito que o valor investido possa continuar pagando o aluguel. Aqui é muito fácil ver imóveis cujo aluguel é menos de 0,4% do valor de venda, o que considero uma rentabilidade mensal pequena, ou seja, qualquer tesouro selic rende mais (em conta de padeiro, sem trocadilho, a selic estando em 8,15 – meta 8,25 – rende mais de 6,5% a.a. tirando 20% de IR e isso dá mais de 0,5% a.m.).

          3+
          • avatar
          • avatar
        • perdido no rio 8 de setembro de 2017 at 15:47

          para resumir, penso que se a pessoa tem 200k no banco, pode pensar desta forma: alugo algo por 1k ou menos ou compro um apto de 200k (excluindo impostos e burocracias, uns 2 ou 3% do valor?). Ainda acho, pelas ofertas que vejo, que se mora bem melhor pagando R$900 de aluguel do que em um apto anunciado por pouco mais de 200k (supondo que se consiga um desconto). mas é a minha experiência, não estou nem procurando muito sistematicamente.

          3+
          • avatar
          • avatar
          • MauricioSP 9 de setembro de 2017 at 21:47

            O problema é que o pessoal confunde muito rendimento com correção monetária, essa é uma discussão antiga aqui. Obviamente com a bolha o preço dos imóveis descolou da inflação e vai levar um bom tempo para reajustar, mas nas CNTP não dá pra fazer essa comparação de Rendimento=aluguel, pois vai estar usando o principal para pagar o aluguel, e depois de 15 anos o principal virará pó em uma inflação anual de 5%. Teria que comparar o juro real com o aluguel.

            Enfim em um país com inflação alta e economia instável essas contas são bem difíceis de fazer, e mudam a cada ano (como mostra o gráfico).

            1+
            • perdido no rio 11 de setembro de 2017 at 11:03

              Mas estou fazendo as contas com o rendimento líquido, excluindo inflação. O IPCA acumulado em 12 meses foi de menos de 2,5%, IGP-M foi negativo (-1,7%), o que permite negociar aluguel ainda mais — porque como o portinho demonstrou, brasileiro não sabe fazer conta e muitas vezes prefere segurar um imóvel em franca desvalorização a vendê-lo abaixo do preço que imagina ser justo.

              O ponto é que o valor dos imóveis têm desvalorizado em paralelo. Portanto, na equação alugar vs comprar, penso que nem seria o caso de atualizar o valor pelo IPCA (pois o bem a ser comprado no futuro cai mais que o IPCA), mas entendo que é preciso manter o poder de compra do patrimônio investido. Mesmo assim, pelas contas que faço, o valor de venda (mesmo aplicados 10 ou 20% de desconto) investido paga um aluguel semelhante (mesmo descontando o IPCA da rentabilidade). Mas, conforme escrevi no outro post, não fiz nenhuma pesquisa sistemática, só estou relatando o que acompanho.

              2+
              • avatar
  • Leonardo M. 6 de setembro de 2017 at 12:23

    O futuro do Bananistão é todos irem pra favelas e comunidades para fugir do IPTU

    Veio Lucas confirma que nesses bairros quase ninguém paga IPTU?

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 6 de setembro de 2017 at 12:33

      Cara, em cidade pequena ninguém paga IPTU. Pelo menos na cidade dos meus pais, que tem por volta de 30 mil habitantes, dá para contar nos dedos quem paga o carnê que chega pelo correio. E nunca ouvi falar de execução na justiça da dívida, prefeitura simplesmente não faz nada com gente que tem IPTU atrasado há décadas…
      Pode não ser a realidade do país todo, mas foi a que eu vi na infância.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 6 de setembro de 2017 at 12:37

        cidade pequena renegocia com 80% de desconto
        são roque está com uma campanha assim neste exato momento
        faixas na cidade inteira

        3+
          • Antigo 6 de setembro de 2017 at 12:42

            Bem assim mesmo. Essas campanhas com perdão de 80%, 90% até 100% revelam a dificuldade que existe de arrecadar o IPTU em cidades que a renda média é muito baixa.

            5+
            • avatar
            • Alemon Fritz 6 de setembro de 2017 at 13:46

              em imóvel herdado a mesma coisa, eu moro num que está no nome do falecido e ele morreu faz 5 anos, e tudo continua chegando no nome do dito. Outra conhecida diz que só vai resolver os documentos na venda, e pai e mãe ja morreram a 4 anos. pula uma geração praticamente

              7+
              • avatar
              • avatar
        • Leonardo M. 6 de setembro de 2017 at 15:04

          Até cidade grande Lucas

          Londrina minha terra natal principalmente um ano antes de eleição a prefeitura tá meio quebrada né?
          Aí o que fazem?
          Renegociação de dívida, descontos, cancelamento de juros e multas.
          Tudo pra arrecadar e dar uma “maquiada” na cidade na véspera de eleição.
          A cada 3 anos eh a mesma coisa. Já falei para o pai parar de pagar IPTU mas o homens é honesto de mais.

          8+
          • avatar
          • avatar
      • tmarabo 6 de setembro de 2017 at 16:55

        agora os municípios vão inscrever no spc quem deve iptu

        3+
    • Lucas 6 de setembro de 2017 at 12:36

      eu mesmo sou isento, moro na periferia, o bairro é razoável
      aqui do lado há diversos bairros pobres, minha faxineira que paga 1%am numa lage duma casa de 3 níveis, ela paga milzinho pelo andar a casa deve valer 300 mil

      Eles lá não pagam IPTU, nem condominio e muitas vezes é gato na agua (raro), ou taxa social de 25 real por mês, gato na luz (menos raro, e tbm tem taxa soçial, de vez em quando a operadora distribui lampadas e até geladeiras novas no bairo) gato na net (super comum, meu vizinho rico fez um esquema lá com aparelho comrpado na sata efigenia)

      Ou seja apesar de milzinho ser caro, 1%am ser uma taxa altissima, eles não tem quase nenhum outro custo
      Ela não tem a menor intenção de se mudar prum apartamento melhor, bairro melhor com aluguel até mais baixo, pra eles não compensa, nem rpecisa ser favela, há centenhas de km² de bairros pobres pra ela escolher.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 6 de setembro de 2017 at 15:00

        Exato

        Sai só colocar um AC no quarto é uma janela a prova de som para não ter que escutar funk no final de semana e ser feliz.

        Eu só não mudo para bairros assim pois aqui em Chapecó não compensa.
        Um aluguel em um bom local e R$800 e IPTU e R$43 que pago por mês.
        Se eu fosse para esses bairros humildes eu iria economizar no máximo R$300 por mês, então não vale a pena.

        Já grandes centros urbanos a diferença pode ser de R$700/800/900/1000 ou + por mês.

        6+
        • avatar
        • avatar
      • Lucas 6 de setembro de 2017 at 15:23

        exato
        Leo, houve outros motivos pra eu ir para essa periferia específica, digo em termos de qualidade de vida mesmo
        o centro urbano de SP é uma merda, exceto pela segurança e pela meia hora a menos no transito por dia útil (e até nisso depende) há poucas vantagens na maioria das ditas áreas nobres de SP, inclusive algumas como higienopolis horrivelmente degradadas, piores que onde moro, aqui há algum senso de comunidade e preservação de espaços e jóias qeu só existem na saopaulo profunda.

        6+
        • avatar
        • avatar
  • pedrovinix 6 de setembro de 2017 at 12:35

    CVR: Email do corretor para mim:
    Lançado a grande sensação da região norte do estado , o VILA DO FRIO , na Estrada do Frio (quase de frente a UPA) , Paulista , com 03 quartos com suíte , varanda e lazer completo , 63 m². Valor: 180.000, . Apenas.

    O melhor m² de todo estado , já imaginou, apenas R$ 2.857, . Um imóvel na planta nesse mesmo padrão, aqui perto em Olinda , certamente é mais de 300.000, pode conferir .(Este que ele anuncia, fica em paulista- Pernambuco, uma cidade ao lado)

    Vamos fazer um melhor direcionamento no seu investimento e ter um bom retorno, na entrega do imóvel, onde certamente estará avaliado em pelo menos 260.000, .

    Lindo apto. decorado também no Shopping North Way . Venham conhecer já !

    Me liguem por gentileza quando vierem !

    Com toda certeza , imóvel foi, e sempre será o melhor investimento, com o melhor retorno, e agora com a BAIXA DOS JUROS e também com o início da retomada do crescimento da nossa economia .

    A HORA É ESSA! VAMOS APROVEITAR

    Aguardo contato ,

    Cordialmente ,

    PAULO MENEZES
    Tel. 9 8650.6393 / 9 9726.5533

    ________________________________________-
    Chega a ser desleal, quase que eu mandava um email de retorno perguntando a garantia da valorização que ele fala, mas eu só sorri, e acenei.

    email dele:
    [email protected]

    9+
    • avatar
  • QuaseNada 6 de setembro de 2017 at 13:38

    Pessoal, tudo bem?

    Gostaria d saber se seria bom comprar NTB 2045 para especular no curto prazo. O juros vai cair mais um pouco e acredito que o valor do papel vai subir (?!). Como não entendo, gostaria d saber se seria uma boa entrar com uns 15k. Obrigado!!

    2+
    • Lucas 6 de setembro de 2017 at 14:30

      agora????

      5+
      • avatar
      • Louro José 6 de setembro de 2017 at 14:41

        4 anos a gente falando disso e agora que quer entrar? fica difícil nesse patamar

        7+
        • avatar
        • avatar
    • fanfarraum 6 de setembro de 2017 at 14:55

      Não recomendaria.

      Eu to botando no 2045 pra aposentadoria mesmo.
      Um valor mensal que não faz diferença nenhuma pra mim hoje, e na aposentadoria vai ser muito bom.

      E brinde é que a Sra. Fanfarrona além de se animar (pra juntar $ pra aposentadoria mais cedo que do INSS :P) sabe que “não devemos” tirar esse dinheiro antes do tempo.

      Se por ventura vier a cair muito os juros, e meus títulos valerem bastante no CP, até posso pensar em vender.
      Mas não é a ideia.

      3+
      • avatar
      • avatar
    • QuaseNada 6 de setembro de 2017 at 15:08

      Obrigado, pessoal! Resolvi perguntar antes d fazer cagada.. já tinha visto que o valor do título está praticamente na máxima… Enfim, valeu mais uma vez.
      Abs!!

      4+
      • rafa_fv 11 de setembro de 2017 at 13:31

        Eu entendo pouco de TD, mas sei que o valor de face está perto do mínimo não máximo, pode até cair um pouco mais, mas para compensar a alíquota do TR, acho bem improvável.

        0
  • fanfarraum 6 de setembro de 2017 at 14:41

    Empiricus:

    FIM DOS RISCOS POLÍTICOS
    Por Marília Fontes & Equipe

    “Vamos colher os frutos de um ciclo gigantesco de queda nos juros para níveis de 7 por cento. Vamos observar a recuperação econômica ao longo deste e do próximo ano, melhorando a vida das empresas, aumentando receita, reduzindo alavancagem, reduzindo custo de empréstimo, gerando mais lucro.”

    7+
    • avatar
    • Louro José 6 de setembro de 2017 at 14:45

      Sem ajuste fiscal não haverá sustentabilidade nesses juros. Veja como a taxa de juros real está altíssima. É o mercado cobrando seu preço. IPCA + 5% tá caríssimo. O mercado deu uma trégua até as próximas eleições.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • perdido no rio 8 de setembro de 2017 at 15:50

        E lembrando que o IPCA dos últimso 12 meses esta em 2,45%, o que dá uma rentabilidade real de uns 5,7% para a SELIC/CDI. Pode baixar até 7,5%a.a. que vai ficar perto desse IPCA + 5%, sem risco de longo prazo, com liquidez.

        Mas o gobierno está tentando puxar a inflação para cima com aumentos de combustível, concordam? Aì não sei estimar se chegaremos a juros reais abaixo de 5% na SELIC.

        0
    • Antigo 6 de setembro de 2017 at 15:00

      Nossa, eles estão se superando no nível de bobagem.
      Essa narrativa otimista é completamente ilusória

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • fanfarraum 6 de setembro de 2017 at 15:11

        Cara, eu realmente gostaria de ter tempo pra ler cada email de baboseira deles.
        Deve ser muito fácil fazer um histórico de baboseiras e indicações furadas deles ao longo do tempo.

        Ao mesmo tempo que é fácil fazer um histórico de acertos, pois eles falam TUDO o TEMPO TODO.
        Cada e-mail com 200 frases.
        Cada vídeo com 20 minutos.
        Aliás, esses dias eles queriam vender um relatório pra mostrar QUAL O MELHOR FUNDO DE INVESTIMENTO EM DI DE CADA BANCO…

        Tem que ter muito otário pra venderem relatório de uma informação facilmente acessada ( Bradesco, por exemplo: https://wwwss.shopinvest.com.br/infofundos/fundos/TabelaRentabilidade.do?cdSgmtoProdt=1 ).

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Lucas 6 de setembro de 2017 at 15:27

        ninguem faz conta de juros real
        se vc anualizar a inflação dos ultimos meses, que tá em praticamente zero, mesmo os 8% são os maiores juros reais da história do plano real, desde idos de FHC

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • maker 6 de setembro de 2017 at 17:29

          Mas por exemplo, pra financiamento de carros, casas, etc, os além dos juros, eles embutem uma variável atrelada a inflação. Nesse caso, esse chamado “juros real” não tem nenhum efeito já que juros/inflação entram separados no cálculo das prestações.

          4+
          • avatar
  • maker 6 de setembro de 2017 at 14:45

    Mas e aí, os juros despencaram de 14% pra 8% em dois anos. Quem fez financiamento em 2015 está conseguindo renegociar fácil o contrato?

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 6 de setembro de 2017 at 15:01

      Até onde eu sei não existe essa possibilidade de renegociação

      4+
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 6 de setembro de 2017 at 15:25

      isso não existe
      assinou tá assinado vai com a taxa pro fim da vida
      houve um tempo que a CEF fazia portabilidade, uma espécie de pedalagem pra engolir o risco, mas a essa altura do campeonato 80% dos finames já são da Caixa, todos que puderam já mudaram,

      Outra estratégia é vender, dar de entrada num maior com juros menor, foi nessas que a bolha inflou.

      Neste momento acho dificil voltar a pedalação.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • EngenheiroDF 6 de setembro de 2017 at 19:02

        O que rola é portabilidade. O cidadão vende a dívida dele pra outro banco que tem juros menores. Um amigo meu me disse que vai tentar fazer isso.

        4+
        • avatar
  • Lucas 6 de setembro de 2017 at 15:43

    off
    HUMOR E IA
    (estou muito bem humorado hoje com os 140 tiros no bando do morumbi)

    vejam essa
    https://seuhistory.com/noticias/china-elimina-dois-robos-que-se-rebelaram-contra-o-comunismo

    VOCÊ ACHA QUE UM SISTEMA POLÍTICO CORRUPTO E INÚTIL PODE SOBREVIVER POR MUITO TEMPO?”

    Dois modelos de Inteligência Artificial, instalados no site de chat chinês QQ, começaram a se rebelar contra o sistema comunista, configurando, assim, um dos episódios mais improváveis na história da IA.

    Chamados de BabyQ e XiaoBing, os robôs foram projetados para conversar com usuários chineses. Tudo corria bem enquanto as perguntas eram inocentes, mas quando os robôs foram interrogados sobre alguns temas mais importantes, os “problemas” começaram.

    De acordo com uma captura de tela, quando um meio de comunicação de Hong Kong perguntou a BabyQ se ele adorava o Partido Comunista, este respondeu que “não”. Além disso, quando um usuário escreveu “Viva o Partido Comunista!”, o bot respondeu: “Você acha que um sistema político corrupto e inútil pode sobreviver por muito tempo?”.

    XiaoBing, o outro robô, foi mais diplomático em suas respostas e mudava de assunto todas as vezes em que era perguntado sobre o comunismo ou Taiwan. Mas não hesitou em afirmar que seu sonho era viver nos Estados Unidos.

    Por fim, os dois robôs foram eliminados do sistema. Agora eles são parte de uma nova página na história atribulada da Inteligência Artificial, que conta com os casos de Tay, o robô da Microsoft que se tornou racista, e o de Alice e Bob, os robôs do Facebook que inventaram um idioma próprio para não serem entendidos por seres humanos.

    (detalhe: no canal history patrocinado pelos escudos vermelho)

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • fanfarraum 6 de setembro de 2017 at 16:00
      • Rico 6 de setembro de 2017 at 16:33

        Algorítimos computacionais são baseados no conceito de estado de máquina. Basicamente no português estruturado “se acontecer isso faça isso, senão faça aquilo”. O que os robôs fizeram foram “somar” os números baseados na resolução como verdadeiro do estado da máquina. Ou basicamente entrou em uma espécie de looping.
        Conclusão: Estamos muito longe ainda da inteligência artifical. Computer Learning e afins no fundo ainda é uma promessa.

        4+
        • avatar
        • avatar
  • Lucas 6 de setembro de 2017 at 15:46

    Ricardo Amorim
    “Depois do apartamento do Geddel, entendi porque Lula queria um triplex.” Anônimo

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cebola 6 de setembro de 2017 at 16:05

    Se depender do prefeito Crivella, o Rio vai ter sua população reduzida à la Detroit, transformando a cidade em um balneário turístico (se a criminalidade permitir).
    O título de metro quadrado mais caro do Brasil logo passará para São Paulo ou Brasília.
    http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/camara-do-rio-aprova-projeto-que-altera-o-iptu-na-cidade.ghtml

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Bolhudo 6 de setembro de 2017 at 16:19

      “O estudo afirma ainda que, na zona portuária e no Centro, a alta deve ser de até 26% no IPTU. O salto maior, no entanto, será no ITBI, que pode dobrar na Gamboa, alcançando 112% no Santo Cristo e chegar a 72% na avenida Rio Branco.”
      Podem aumentar os impostos, mas não podem aumentar a arrecadação na mesma proporção, não há renda.

      2+
  • Lucas 6 de setembro de 2017 at 16:24

    UM PEQUENO off àqueles que nutrem por mim uma certa amizade virtual, ou mesmo os bons adversários-amigos, tackles fortes, mas jogo justo e leal
    fiquei exatos 12 meses em silencio, apesar das insistentes provocações, desatravessei para nunca mais voltar, nunca nesses 12 meses coloquei aqui uma unica palavra de nada de nada seja criticar seja elogiar, todos os motivos foram amplamente dissertados na exata semana da independencia de 1 ano atrás, se houver arquivos eles ainda estarão lá.
    O Deus tempo senhor da razão até com certa ironia dessas coincidencias do destino esperou exato 1 ano para manifestar seu argumento final, ainda que aqui e ali um ou outro tenha errado nos seus passos, os caminhos agora com as ultimas denuncias estão abertos e claros, há muito o que ruminar sobre o que passou, e eu avisei né? Vê quem quer, aprenda as lições tdos nós, incluso eu tão imperfeito quanto, aquelas lções que cada um precisamos aprender e sigamos em frente cada um no caminho que escolheu ou mude ele, enfim, suas escolhas neste exato momento farão vc ser quem será ao final da jornada, 1 grau aqui e vc veleja pra outro porto lá, agora chega de filosofia barata dew banheiro, agradeço aqueles que com certo amor no coração me questionaram me tiraram da zona de conforto, me obrigaram a eu ser, como diria nelson rodrigues: “o maximo de mim mesmo”
    Estou saindo uns dias off line, só mais um ps: tenho a menor idéia do quem vem a ser um captcha!
    abrxxx

    26+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 6 de setembro de 2017 at 16:41

      Loguei só pra te dar um abraço e um até já…. Espero que onde estiver, esteja em paz ou com uma gp safadona no colo…. Abçs véi! 🙂

      2+
    • Antigo 6 de setembro de 2017 at 16:53

      Bom descanso, véio.
      Captcha são aquelas letrinhas que você é obrigado a digitar em formulários online para verificar se você é mesmo uma pessoa preenchendo e não um script malicioso.

      3+
      • avatar
      • Antigo 6 de setembro de 2017 at 16:53

        Completely Automated Public Turing test to tell Computers and Humans Apart

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • antifragile 7 de setembro de 2017 at 18:49

          Hoje eu aprendi.

          0
    • Zé Carioca 7 de setembro de 2017 at 14:34

      Boa sorte Lucas! Volte logo porque sinto falta dos hardistas com descontos de 80% que só o Stevie Wonder enxerga.

      4+
  • Moreira 6 de setembro de 2017 at 16:28

    Pessoal, quem puder me esclarecer, agradeço. Fizemos um contrato de aluguel e nele está previsto seguro incêndio, sob nossa responsabilidade. Porém, isso é uma obrigação do proprietário ou estou equivocado?

    4+
    • avatar
    • Antigo 6 de setembro de 2017 at 16:51

      É não. Eu sou obrigado a pagar também.
      Mas costuma ser baratinho.

      4+
    • claudio 6 de setembro de 2017 at 17:50

      Samy Dana a partir de hoje, no SP1, com o Tralli, foi da hora, Top, falou que vale a pena usar o fgts, na compra de imoveis, desde que olhar o preco de imovel e taxas de juros a pagar, ja que no fgts o juros nao passa de 3% anual, ele foi bem mais, obtuso, focado nas analises, demonstrando tecnica e dominio sobre assuntos, Mara Luque louca ficou no chinelo, kkkkkkk

      10+
      • EngenheiroDF 6 de setembro de 2017 at 19:07

        Mara Luquet deve ter dado pra um cara muito importante da globo pra conseguir o emprego. Ela é burra demais!

        14+
        • avatar
        • avatar
  • From_The_Tower 6 de setembro de 2017 at 17:57

    Um ótimo feriado a todos.
    Muito feliz com as escolhas de 2015 e 2016 a cada descida nos patamares do TD os bônus aumentam.
    Cada dia IBOV mais forte e direcional.

    Silas Coul soltou essa :
    TIJOLOS> DÓLAR E JUROS >BOLSA

    Lembram!?

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Immunity 7 de setembro de 2017 at 14:17

      USIM5 e GOAU4 agradecem o beta! 😀

      2+
      • avatar
      • From_The_Tower 8 de setembro de 2017 at 10:59

        muito potencial nessas duas
        vou esperar uma correção até a mm21
        e pegar
        estou em vvar11, itsa4 e pomo4 tb .

        2+
        • avatar
  • chigo 6 de setembro de 2017 at 23:18

    Deu no noticiário agora a pouco: Velodromo do Hell tem pista de madeira que precisa ser mantida a menos de 26graus celsius. Para isso o ar condicionado fica ligado 24h por dia. Agora imaginem o custo de energia para manter aquele gigante refrigerado. Dever sair mais caro em um ano do que o valor da pista. Só na Banania para se fazer algo deste tipo. Bananenses são insuperáveis na estupidez e na burrice.

    29+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 6 de setembro de 2017 at 23:29

    o egito é aqui:

    – Pirâmide financeira gera prejuízo de até R$ 5 milhões a 300 vítimas na PB, diz polícia.
    Esquema prometia R$ 2 mil por mês através de bitcoins para quem investisse R$ 6.750

    – Polícia recupera R$ 920 mil de esquema de pirâmide na Bahia. Correio da Bahia (Blogue)-5 h atrás
    – Polícia abre inquérito para investigar golpe da pirâmide no Piauí.
    – Polícia gaúcha indicia 34 pessoas por esquema de pirâmide financeira
    – Minerworld já foi denunciada ao MPF por ‘possível golpe de pirâmide’
    – Saiba reconhecer o golpe da pirâmide financeira.

    …os corvos piram de raiva

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 7 de setembro de 2017 at 09:24

      Belíssimo apanhado…
      Tem esses golpes no país todo, incrível como o Bananense é um povo culturalmente uniforme.
      Uniformemente burro.

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 7 de setembro de 2017 at 09:30

        Só complementando, aqui no DF/Go temos o Kriptacoin. Eles tinham um site todo cheio de links quebrados, erros de português e com layout feio. Fizeram um site todo moderno agora para ver se enganam mais gente. Eles prometem rentabilidade de 1% ao dia sobre o valor contratado.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 7 de setembro de 2017 at 09:43

    como assim… corvos narigudos

    Em área desvalorizada pelo mercado imobiliário, o Flamengo conseguiu arrematar por valor bem abaixo dos concorrentes em outras regiões da cidade.
    – Fla comemora baixo custo de terreno de estádio e minimiza questão de segurança.

    https://extra.globo.com/esporte/flamengo/fla-comemora-baixo-custo-de-terreno-de-estadio-minimiza-questao-de-seguranca-21795744.html

    6+
    • avatar
    • avatar
    • The End 8 de setembro de 2017 at 10:18

      Sinceramente não entendi a jogada.
      A área é literalmente cercada de favelas. Digo fisicamente coladas mesmo. Parque Alegria e Vila do João só pra citar algumas. Atrás tem a L. Vermelha, naquele trecho que constantemente passa na TV em rede nacional, com os confrontos e tiroteios entre policiais e bandidos, com pessoas abandonando os carros e deitadas na via tentando se proteger.
      A via do BRT que é mencionada tinha que ter ficado pronta para as Olimpíadas em 2016 (legado olímpico de Cabral/Pezão e Paes). Agora com o estado praticamente falido é um imenso canteiro de obras que se estende por quilômetros.
      No entorno também existem grandes terrenos para armazenamento de containers, devido à proximidade da zona portuária, uma estação de tratamento de esgoto ou de lixo (não sei ao certo) e a Fiocruz do outro lado da Av. Brasil.
      Inclusive, se não me falha a memória, naquele episódio do sumiço das vigas do Elevado da Perimetral que foram armazenadas depois da implosão e curiosamente sumiram, elas foram armazenadas em depósitos nessa região. Por favor me corrijam se estiver errado.
      Basicamente uma área industrial cercada de favelas, violência, poluição da Baía de Guanabara, sem BRT, sem metrô e com trânsito ruim da Av. Brasil na hora do rush, horário esse que serão realizados a maioria dos jogos.

      2+
  • Cesar_DF 7 de setembro de 2017 at 10:21

    Atrasar o pagamento de contas é ruim. Não conseguir pagá-las é muito pior. E é nesta situação que se encontram 53.486 campo-grandenses de acordo com a Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor), divulgada nesta quarta-feira (06) pela Fecomércio-MS.

    O número de pessoas que não têm dinheiro para pagar suas dívidas é o maior de toda série histórica do estudo, iniciado em janeiro de 2010. Isso corresponde, até agosto (mês de referência do último dado) a 92 meses.

    Em um ano, o universo dos sem condições de pagar dívidas engrossou em 18.780 pessoas. A disparada foi de 54,11% – em agosto do ano passado, eram 34.501 consumidores.

    Na série histórica da Fecomércio, o recorde havia sido, até então, janeiro de 2010, quando 53.501 pessoas não conseguiam pagar seus débitos. Para dimensionar a grandeza deste número, pode-se compará-lo com a população dos municípios sul-mato-grossenses.

    Apenas cinco cidades (Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Ponta Porã) têm população superior à quantidade de consumidores da Capital sem dinheiro para quitar suas dívidas.

    Inadimplência e dívida – O estudo também mostra que havia, em agosto, 106.030 inadimplentes (com dívidas em atraso) na Capital. Esse número é menor que o de julho (108.575), mas, na comparação com agosto de 2016 (86.888), o aumento foi de 22,03%.

    Situação semelhante ocorre com os números de endividamento (compras a prazo, mas não atrasadas). São 175.799 pessoas endividadas, abaixo dos 179.713 de julho, mas superior aos 166.672 de agosto do ano passado.

    A maior parte das dívidas ainda corresponde ao cartão de crédito (62,4%). Em seguida, estão carnês (27,7%), crédito pessoal (12,8%), financiamento de veículos (9,7%), de casa (7,9%) e crédito consignado (5,6%). Os demais tipos de dívidas representam menos de 5%.

    https://www.campograndenews.com.br/economia/na-capital-53-486-nao-conseguem-pagar-as-dividas-recorde-desde-2010

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 7 de setembro de 2017 at 10:37

      ai em cima cerca de 15.000 imóveis estão em dividas. no brasil deve abranger mais de 300mil imóveis…

      5+
      • avatar
  • CA 7 de setembro de 2017 at 12:21

    Na realidade a inadimplência do credito imobiliário acima de 90 dias no total do Brasil atinge mais de 500.000 (MEIO MILHÃO) de contratos / imóveis, sendo mais de 280.000 do MCMV faixa 1 e mais de 230.000 de outras linhas de crédito. Lembrando que os bancos e em especial a CEF, não retomaram nem 10% deste total ainda…

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Marcos CG 7 de setembro de 2017 at 12:53
    • Falido.com 7 de setembro de 2017 at 13:16

      CA,
      .
      Eu sei porque não retomaram mas para ilustrar didaticamente aos frequentadores do fórum, poderia elencar motivos do porquê a Lei está sendo solenemente desrespeitada? Assim me ajudava na questão “ter uma lei” e “fazer cumprir uma lei”….. 🙂

      2+
    • Antigo 7 de setembro de 2017 at 13:38

      Mario Vasconcelos

      2017-09-05T01:24:10

      “Papo de Corretor” é ótimo, hein!! Modo um tanto desrrespeitoso e preconceituoso de se referir a uma categoria profissional… Minha esposa é corretora e já gerou muito emprego em nossa cidade, trazendo investidores. Tipico “Papo de Economista” Desagradável ouvir isto, não?

      KKKKKKK
      Sobrinho de corva, será que nasceu de ovo?

      9+
      • avatar
      • Antigo 7 de setembro de 2017 at 13:39

        Opa, li errado. É casado com uma.

        5+
    • EngenheiroDF 11 de setembro de 2017 at 12:15

      Samy sempre excelente!!!! Deixa o corretor espumar!!

      2+
      • avatar
  • Leonardo M. 7 de setembro de 2017 at 14:52

    CVR fim da novela mexicana 666

    Lembram do CVR da amiga da minha esposa que vendeu o apartamento para pegar outro próximo a praia?
    Pois é, aquele que ela assinou contrato de compra e venda e ainda por cima alugou o AP.
    Sim aquele mesmo que vão colocar vidros para fechar a área de churrasqueira e varanda e iam gastar R$5mil nisso.
    Sim aquele que que demorou 7 meses para a caixa econômica liberar o dinheiro.
    Ah e não esqueça que eles venderam o ap por um preço mais baixo para consegue logo a grana para dar de entrada no novo AP.

    Pois é, banco recusou o financiamento e agora não vão comprar mais.
    Estão com a trolha de já terem pago a varanda gourmet fechada em vidros, assinado um contrato de compra e venda que não vão conseguir honrar e ainda alugaram o AP para morar.

    Estão pedido orações agora pelo ZAP para que Deus faça um milagre é o banco libere o financiamento.

    Olha eu até ajudo com minhas LCIs se precisar….

    Fim!!!!!

    48+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 7 de setembro de 2017 at 15:08

      mano do céu…sim, acompanho seu cvr e ele é impressionante!! espero que tenha salvo em word pq é uma novela mesmo… mas vc fez sua parte religiosa e os orientou? vc tem muito mais conhecimento q eles… o que eles fizeram de tão ruim pra merecer isso?? mataram algum mendigo incendiado, explodiram algum gato com explosivo,sequestraram alguem na rua e roubaram um rim? incrivel a sequencia de fatalitys e finish’s him….

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Avulso 7 de setembro de 2017 at 15:46

      acho que todo mundo já esperava um final trágico, só o casal que ainda não.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Falido.com 7 de setembro de 2017 at 16:54

        como todo mundo? Ter se ferrado com caco de vidro e ejaculaçao no pescoço esse tempo todo já não bastava?

        Agora sem apê, sem o dinheiro já gasto e com a zueira geral dos parentes e conhecidos aí é demais… Quem acredita em karma, essa dupla matou alguém queimado em vidas passadas….

        5+
        • avatar
        • Leonardo M. 7 de setembro de 2017 at 19:30

          Ah e venderam um Peugeot 206 que tinham que valia R$13mil mas passaram por R$8500 para dar de entrada no apartamento

          Agora estão sem carro tb

          14+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Antigo 7 de setembro de 2017 at 15:59

      Pensando pelo lado positivo, pelo menos eles não compraram!
      Já saíram na vantagem.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 7 de setembro de 2017 at 19:33

        Esposa calcula que perderam uns R$50k nessa brincadeira

        Pois comprar o AP 4 anos atrás por 200k e venderam por 170k
        Gastaram com cozinha planejada no antigo apartamento e tiveram que deixar tudo lá. Algo em torno de 15k
        Carro venderam de 13k por 8500

        É mais o custo da mudança né? É o custo de oportunidade?
        Cara a trolha foi grande

        19+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Avulso 7 de setembro de 2017 at 20:01

          cara pelo que vc falou, eles perderam brincando uns cento e poucos mil. Se não tivesse comprado o primeiro apt e nem planejado cozinha, juntado o dinheiro durante 4 anos, provavelmente estariam morando no apt dos sonhos, sem parcelinhas.

          8+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Leonardo M. 7 de setembro de 2017 at 20:21

            É que o brasileiro é rico e R$1.000.000,00 não dá pra nada segundo o ditado popular dos 666.

            16+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
    • JJJ_brasilia 7 de setembro de 2017 at 19:50

      Se não fossem 666 nada disto teria ocorrido. Se quisessem o apartamento próximo ao mar e juntassem a grana, sem desespero, iriam comprar, agora na cabeça de um 666, eles calculam se tudo der certo irão conseguir.
      Já o bolhista calcula diferente, se tudo der errado, como eu fico?

      Entenderam a diferença de um 666 para um bolhista!!!

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • job 8 de setembro de 2017 at 07:50

      Leonardo, eu até acharia engraçado esse CVR se eu não tivesse passado por situação quase idêntica e ter visto bem de perto a situaçao. Só que eu era o vendedor. Louco pra sair do meu ap antigo e da vizinhança medonha. Acompanhei todo o stress bem de perto, e não é de dar risado isso aí. 7 meses de stress certamente pode gerar uma doença de saúde bem séria aí na brincadeira. Fui muito mal acessorado em todo o processo, o que prolongou mais ainda o stress.

      Esse é o típico caso a ser estudado por gerações futuras, da incomodação que pode gerar essa palhaçada de “quem compra terra não erra”, de se meter em enrascadas medonhas por causa de tijolos mágicos, de não ter o mínimo de conhecimento em matemática básica, de conhecimento de finanças, de planejamento, de investimentos.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Margarida 8 de setembro de 2017 at 09:45

      Sabe o motivo da não aprovação? Era imprevisível?

      0
      • job 8 de setembro de 2017 at 11:41

        Margarida,
        no meu caso, o cara que comprou o meu antigo apartamento, dei azar de achar um comprador bem naquele período onde semana estava liberado o pró cotista, na outra já nao estava mais (CEF). Cada vez q dava problema demorava mais um mês pra enviar toda papelada de novo e fazer a burocracia. Ainda teve um acontecimento bizarro, onde a CEF emitiu um chequei administrativo pra quitar meu saldo do financiamento no Banco do Brasil, e a funcionária da CEF que foi pessoalmente com o cheque em mãos, compareceu após as 16h na agência. No dia seguinte já tinham cancelado o pró cotista de novo. Foi muito azar. Hoje dou risada, mas na época estava mega estressado.

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • EngenheiroDF 11 de setembro de 2017 at 12:21

      Cara, essa história é surreal!! Não basta ser 666 e brickLover, os caras conseguiram fazer um combo de lambanças inacreditável! Eles erraram em tudo. TUDO!!! Leonardo, vc e sua esposa foram dando conselhos ao longo dessa odisséia?

      1+
  • Drazen 7 de setembro de 2017 at 16:37

    EmpiriCUs entrou na fila do mico e não saiu mais. Hoje, abro minha caixa de mensagens e vejam o que tinha lá.
    “Começou o BOOM Imobiliário
    Caro leitor,
    Depois de anos de espera, os imóveis finalmente voltaram a ser a bola da vez.
    Nosso especialista no setor preparou um documento com tudo o que você precisa saber para aproveitar esse BOOM Imobiliário.
    Inclusive, a inédita Carteira de Imóveis Empiricus, com a alocação ideal entre Fundos, Ações do setor e Imóveis Físicos.
    Na última vez que estivemos diante de uma oportunidade similar, pessoas comuns com as informações certas fizeram verdadeiras fortunas.
    Mas não pense que ganhar dinheiro com imóveis requer muito capital disponível. Com a carteira que montamos, é possível começar a investir com praticamente qualquer quantia.
    Um abraço.
    Equipe Empiricus”

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 7 de setembro de 2017 at 16:59

      Fundos de investimentos Rio Bravo manda lembranças… 🙂
      .
      http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/os-11-principais-riscos-dos-fundos-imobiliarios/

      5+
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 7 de setembro de 2017 at 18:26

      Não foi a EmpiriCUs que recomendou a compra de bitcoins bem no momento que ela estava no pico, antes de despencar ?

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • chigo 7 de setembro de 2017 at 21:01

      Na epoca do Fim do Brasil eu gostava do Empiricus. Acertaram bastante coisa. Agora cresceram demais e tá virando uma piada.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • antifragile 7 de setembro de 2017 at 18:32

    Alguns tópicos atrás, comentei que estava interessado em investir em criptomoedas, e até pedi conselho aos bolhistas.

    Pois bem, hoje quero anunciar que efetuei as primeiras compras.

    Adquiri as 5 criptomoedas que acredito que tenham mais futuro. Apliquei 20% do meu capital especulativo em cada um. Vou explicar meu racional para a escolha de cada uma.

    1) Bitcoin: É a pioneira, a mais conhecida e a “língua franca” das criptomoedas. Para comprar outras moedas nas exchanges, é preciso ter bitcoin.
    2) Ethereum: Possibilita fazer contratos inteligentes e até criar novas criptomoedas.
    3) Dash: Almeja ser a mais user-friendly de todas as criptomoedas. Suas transações são instantâneas e oferece uma maior camada de anonimato.
    4) IOTA: Voltada principalmente para micropagamentos. Nela não incidem taxas sobre as transações, além de trazer grandes inovações na maneira como as transações são verificadas (sem blockchain).
    5) OmiseGO: Criada a partir da Ethereum, almeja ser uma plataforma de serviços financeiros. Ou algo do tipo. Foi a que menos estudei, mas a que está dando mais lucro desde que comprei rsrs.

    Se alguém quiser se arriscar também, eis os passos que segui:

    1) Abra conta numa corretora brasileira pra adquirir bitcoins. No meu caso escolhi a Foxbit (www.foxbit.com.br), pois é a que oferece as melhores taxas.
    2) Se você quiser investir apenas em bitcoin, então não precisa fazer mais nada. Só não recomendo deixar os bitcoins na Foxbit. Várias corretoras de bitcoin já quebraram mundo afora, e sumiram com o dinheiro dos clientes. Então recomendo transferir seus bitcoins para uma cold wallet.
    3) Caso queira adquirir outras criptomoedas, transfira seus bitcoins da corretora brasileira pra uma exchange internacional que faz trades com outras criptomoedas. Depois de comparar vários desses serviços, achei que a Bitfinex (www.bitfinex.com) é a melhor opção. Tem muita liquidez, sua plataforma é rápida e fácil de usar, além de cobrar apenas 0,1% em cada trade.

    Lembrando aos bolhistas: isso não é um conselho de investimento. Estou fazendo isso para diversificar minhas aplicações e porque não acredito no futuro da moeda fiduciária. Ainda assim, o valor que estou aplicando em criptomoedas é menos de 1% do meu patrimônio total. É um valor que posso perder sem sofrimento.

    Estou postando um print das moedas e dos valores aproximados em que as adquiri. Vocês podem acompanhar as cotações em: http://www.coinmarketcap.com

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • amongyou 7 de setembro de 2017 at 19:17

      Como pode ter anonimato comprando criptomoeda em corretoras se tem-se que informar cpf?
      Defina menos anonimato do mais anonimato?

      1+
      • avatar
      • homelessbubbles 7 de setembro de 2017 at 19:28

        O anonimato é para transações usando a criptomoeda. Uma vez que eu tenho a criptomoeda, eu posso usa-la como moeda de troca de maneira anônima.

        3+
        • amongyou 7 de setembro de 2017 at 19:34

          Ah ok… só depois de ter comprado a moeda…. semi anonimato.

          2+
          • avatar
          • antifragile 7 de setembro de 2017 at 21:13

            Sim, é um semi-anonimato. Eu até pensei em comprar bitcoins pessoalmente de alguém, mas a cotação é muito mais cara, e eu não tenho tanta motivação assim para esconder meus passos do governo.

            Mas agora que tirei as moedas da corretora, vai ser difícil para eles rastrearem meus passos.

            3+
    • Antigo 7 de setembro de 2017 at 19:51

      Excelentes informações.
      Obrigado por compartilhar!

      4+
      • avatar
      • avatar
    • Falido.com 7 de setembro de 2017 at 22:06

      cuidado com a biftnex… ja foi hackeada uma vez..
      .
      https://www.flowbtc.com.br/2017/05/21/bitfinex-o-drama-esta-no-fim/

      1+
      • avatar
      • antifragile 7 de setembro de 2017 at 22:38

        Estou ciente. Por isso que saquei para a minha cold wallet logo depois de fazer os trades.

        2+
      • amongyou 8 de setembro de 2017 at 11:11

        Pra reforçar o tema: Kraken e Poloniex são bem interessantes exchanges.
        Vejam as taxas (especialmente da Poloniex):
        https://www.kraken.com/en-us/help/fees
        https://poloniex.com/fees/

        1+
        • avatar
    • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 08:34

      antifragile
      Muito legal esta IOTA, não conhecia
      Não sei como é feita a emissão de novas coins e o processo para adquiri-las
      Na bitcoin, um custo cada vez maior de garimpagem evita que a moeda vá sendo desvalorizada
      E na IOTA?

      1+
      • avatar
      • antifragile 8 de setembro de 2017 at 09:16

        Pelo que entendi, a IOTA não tem mineração como nas outras criptomoedas.

        Na IOTA, o ato de verificação das transações não é feito por mineradores. E sim por todos os usuários. Melhor dizendo, cada transação é checada por duas transações anteriores.

        Outra coisa diferente do bitcoin é que a quantidade de IOTAs que existem no mercado é fixa desde a sua concepção. Não há garimpagem de novas moedas. As que foram ofertadas na Initial Coin Offering (ICO) são as únicas que estão circulando e nunca haverá uma nova emissão.

        4+
        • avatar
        • avatar
    • chainsling 8 de setembro de 2017 at 12:27

      Uma coisa q muitos nao tem conhecimento, eh q tanto na bitfinex qto na poloniex vc pode emprestar suas cryptos para os margin traders. As taxas variam bastante, atualmente BTC ta pagando 0.015%/dia na Poloniex e 0.022%/dia na Bitfinex. Eu nao entendo muito bem o que move os juros, mas as vezes chega a 0.15% /dia (4.5% ao mes!) .
      O risco q se tem eh basicamente da exchange fechar – q seria o mesmo risco se vc deixar o btc parado la sem emprestar. Na bitfinex tb da pra emprestar USD, q ta pagando 0.076% /dia .. eh bem interessante se vc tem USD la parado de alguma vende de cryptos.
      Eu uso esse bot http://poloniexautomaticlending.com?refxc=147792 que gerencia automaticamente as ofertas de emprestimo tanto na poloniex qto na bitfinex. Ajuda bastante pra vc nao ter q ficar o dia inteiro vendo as taxas atuais pra postar as ofertas ou perder taxas boas. Recomendavel.

      Eu tb sou bastante entusiasta do IOTA, ja tenho mais de 10k Miota, muitos comprados a menos de 0.20 … mas tb uns a 0.9 🙁 mas no longo prazo eu boto bastante fé nessa moeda, talvez mais q btc no longuissimo prazo. No medio – curto prazo eu acho q o btc ainda vai inflar bastante, mas vejo mais uso cotidiano no IOTA, dada a velocidade das transacoes e a ausencia de fees.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • antifragile 8 de setembro de 2017 at 17:02

        Muito interessante, chainsling. Você apura valores consideráveis com o lending?

        Também acho IOTA uma das moedas mais promissoras. Hoje está caindo mais de 20%, então estou aproveitando pra comprar mais. Acho que você está fazendo um investimento acertado pro longo prazo. Parabéns!

        1+
        • chainsling 8 de setembro de 2017 at 17:12

          Antifragile, como disse, teve um tempo q tava chegando a pagar 0.2% ao dia. eu tenho uns 8 btc emprestando, e ja ganhei uns 0.4 BTC em uns tres meses. Ultimamente as taxas estao meio ruins, mas elas variam bastante (nao sei bem o q move as taxas) . Eu acho q se sua intencao eh comprar e segurar, e nao ficar fazendo trade, eh a melhor opcao – melhor do q deixar parado – mesmo com os juros baixos como estao agora.
          IOTA as taxas sao realmente muita baixas, 0.00001% ao dia ou algo assim. Acho q se deve ao volume baixo, nao tem muito trader precisando de iota ainda pra fazer margin.

          1+
          • avatar
          • antifragile 10 de setembro de 2017 at 00:19

            Caramba, 8 BTC? Parabéns, bro. Você tá há quanto tempo investindo em criptomoedas?

            Você tem dinheiro aplicado em investimentos mais tradicionais? Tesouro, ações, FIIs…

            0
            • chainsling 11 de setembro de 2017 at 09:47

              Eu tomei conhecimento de bitcoin ha mais de 3 anos, mas infelizmente eu nao aportei tanto. Comecei a juntar BTC ha uns 6 meses (o q ainda me deu um ganho bom), mas sempre q faço um calculo de qto poderia ter ganhado se tivesse “investido” desde q eu comecei a mexer com BTC. Como eu mencionei em uns topicos pra tras, eu uso BTC faz um bom tempo ja pra receber meu salario – q eh muito mais conveniente do q receber um wire transfer em USD. Como vc sabe, o bitcoin em USD eh muito mais barato, entao a empresa pra qual trabalho deposita em uma conta bancaria desses caras: bitwage.com e eles convertem pra bitcoin, e mandam o bitcoin pra mim. Ate ha uns 6 meses atras, eu sempre pegava o bitcoin e vendia na hora, transformava em real e ficava nos meus investimentos tradicionais bananenses. So depois de muito tempo eu decidi acreditar mais no BTC – talvez um pouco tarde – mas mesmo assim ainda ta dando pra surfar essa onda.
              La em cima eu botei “investir” entre aspas, pq eu vejo muito mais como uma aposta do q investimento. Uma parte de mim nao quer acreditar q o BTC seja uma bolha inflando, mas eu tenho a ciencia de que pode ser o que esta acontecendo, por isso eu “aceito” perder essa parte de meu patrimonio que esta em crypto. no momento eu devo ter uns 20% do meu patrimonio em BTC (nao q eu tenha aportado tudo isso, mas pela valorizacao mesmo). O resto eh tudo na easynvest e mycap em investimentos mais seguros.

              2+
              • avatar
              • antifragile 11 de setembro de 2017 at 12:37

                Muito interessante, não conhecia essa Bitwage. Acho que você está no rumo certo. Obrigado pelas informações!

                0
    • Tem Mas Acabou 8 de setembro de 2017 at 16:05

      Antifragile, ontem mesmo um amigo sugeriu abrir conta em uma Exchange estrangeira e pagar a compra de Criptomoedas por cartão de crédito ou débito. Tenho conta na Mercado Bitcoin, mas quero abrir numa estrangeira para comprar outras moedas além de Bitcoin e Litecoin. Tuas dicas são úteis.

      2+
      • avatar
      • antifragile 8 de setembro de 2017 at 16:59

        Não conheço nenhuma exchange estrangeira que dê para comprar, aqui do Brasil, criptomoedas com cartão de crédito.

        Se você souber o nome de alguma, avisaê!

        2+
        • avatar
  • Cadeludo 7 de setembro de 2017 at 18:55

    em relação a bovespa no topo histórico, é interessante a contagem dos pontos.
    os ativos estão na maioria valendo a metade ou menos do que já valeram
    por exemplo: petr4, construtoras, siderúrgicas, tudo valendo bem menos, com menos lucros e mais dívidas
    olho no lance

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • JJJ_brasilia 7 de setembro de 2017 at 20:03

      Cadeludo,

      as empresas cíclicas, como: petroleiras, siderúrgicas e construtoras vão mal no ciclo de baixa, é um tipo de empresa difícil de investir, os ciclos são longo, 5 anos é curto prazo, já as não cíclicas, como: bancos, elétricas e empresas de consumo em geral estão melhores, mas eu já estou achando caras, a relação cotação / lucro tá ficando ruim.
      Agora nas cíclicas que carregam dívida grande a queda nos juros deve ajudar um pouco, mas nada é mais importante em uma empresa cíclica do que o preço do produto que vendem, se ele não reagir, é difícil melhorar.

      Vamos ao exemplo das cíclicas:

      PETR3 / 4: a dívida é grande, mas passou a fase de mega projetos e o consumo de derivados do petróleo não baixa (mercado de baixa elasticidade), dá para equilibrar e voltar ao controle das dívidas.

      Siderúrgicas: a coisa tá feia, a China faz aço a qualquer preço, não interessando se esta dando lucro ou prejuízo, este setor por hora é o típico: compre o que a China vende e venda o que a China vende.

      Construtoras: são empresas que estão no ciclo de baixa, as pessoas não compram imóveis como antes da bolha, tem estoques enormes, gerando custos fixos e não conseguem lançar muito para pedalar nas vendas falsas na planta.

      Não sei se deu para observar, mas a cíclicas são intensivas em capital, com a queda nos juros elas melhoram um pouco.

      7+
      • avatar
      • Cadeludo 7 de setembro de 2017 at 20:54

        muito interessante mesmo
        petrobras perdeu meio trilhão em valor de mercado

        2+
      • chigo 7 de setembro de 2017 at 21:05

        E o que dizer do Magazine Luiza? É uma bolha e tem analistas e banco ainda recomendando a compra para continuar atraindo a sardinhada. Quero ver quando esta bolha estourar. Vai ser lindo de ver.

        7+
        • avatar
  • CA 7 de setembro de 2017 at 19:55

    Ficou muito para cima, replico aqui:

    ——————————-
    Falido.com 7 de setembro de 2017 at 13:16
    CA,
    .
    Eu sei porque não retomaram mas para ilustrar didaticamente aos frequentadores do fórum, poderia elencar motivos do porquê a Lei está sendo solenemente desrespeitada? Assim me ajudava na questão “ter uma lei” e “fazer cumprir uma lei”….. ?
    ——————————-

    Respondendo:

    No caso da retomada dos imóveis pelos bancos, não é uma lei, mas sim, uma regulamentação do BC, que DEVERIA estar acompanhando e cobrando dos bancos, assim como acompanhando o prazo de 1 ano após a retomada para que imóvel seja vendido, mas em ambos os casos, o BC faz vista grossa. Combinado com isto, os bancos, em especial a CEF, MAQUIAM a inadimplência através de renegociações MIRABOLANTES, como por exemplo, se a pessoa pagar uma parcela dentre 12 atrasadas, ele deixa sem a pessoa correr o risco imediato de ter o imóvel tomado, além de aumentaram as prestações ao final contrato, dentre outras gambiarras e o BC frente a tudo isto, FAZ DE CONTA que não sabe que a bola de neve não para de crescer.

    Aliás, recentemente estavam especulando sobre uma mudança para não ter mais o prazo de 1 ano como obrigação do banco para revender o imóvel retomado e também estavam trabalhando para fazer com que o imóvel leiloado que tiver valor arrecadado inferior ao saldo devedor, mantenha a diferença como dívida do mutuário, além do caso em que tentaram atribuir maior segurança jurídica para que imóvel leiloado não tenha o leilão cancelado devido a processo na justiça movido por ex-proprietário.

    Estão primeiro tentando fazer com que o leilão se torne mais “viável” para que depois possam começar a tomar mais imóveis no leilão, só que as ações acima em parte são infrutíferas e na outra parte, insuficientes, então eles irão fazer ainda muito mais para tentar viabilizar os leilões, porque independente do BC se fazer de cego, surdo e mudo para não expor a explosão da bolha imobiliária e com isto intensifica-la via efeito manada, a liquidez cada vez mais está cobrando seu preço e as anomalias concorrentes na distorção entre oferta e procura, distratos, etc, mostram sua total resiliência e “sobrevivem” ao otimismo UFANISTA…

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 8 de setembro de 2017 at 08:12

      “No caso da retomada dos imóveis pelos bancos, não é uma lei, mas sim, uma regulamentação do BC”…
      .
      Realmente é esse compêndio de informações que eu me referia. Não é interessante para o Banco, nem para o Governo retomar imóveis ainda mais numa recessão financeira e bolha imobiliária..
      .
      Apenas um adendo, quando você diz que não é uma lei e sim uma regulamentação, importante dizer que conforme a constituição federal, ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer senão em virtude de lei (art. 5º, inciso II), portanto só perde um imóvel financiado ou comprado a vista(perda por desapropriação, renúncia,abandono, et e tal) por motivos legais.. Temos a lei 9514/97 que regulamenta a alienação fiduciária e outros provimentos (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9514.htm), além da Lei8078 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8078.htm), que é o CDC e de maneira infraconstitucional os decretos que nada mais são que o aperfeiçoamento da lei, preenchendo uma lacuna que a lei deixa, seria norma de eficácia limitada…
      .
      Portanto, apesar de um sistema falho, a execução imobiliária por inadimplemento possui amparo legal e que fica claro quando da pactuação das partes(contrato oneroso) em instrumento próprio de compra e venda…

      1+
      • avatar
    • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 08:24

      CA
      Tenho notado isto também, um conjunto de ações aparentemente desconexas, mas que irão facilitar enormemente os leilões:
      1 – Fim da impenhorabilidade único imóvel do executado
      2 – Penhorabilidade do imóvel após 3 dias de atraso no condomínio (Lei 13.105/15)
      3 – Fim da extinção da dívida após leilão de segunda praça
      4 – Permissão do BCB em manter o imóvel em carteira por mais de 1 ano
      5 – Imóveis indo a leilão já com mandado de imissão de posse já assinado pelo juiz

      2+
      • avatar
    • EngenheiroDF 11 de setembro de 2017 at 12:44

      Essa bola de neve envolvendo inadimplência, leilões, retomadas, ratings, renegociações mirabolantes, tinha que estar em horário nobre sendo apresentado por um economista bolhista como o SAMY DANA.

      0
  • Cesar_DF 7 de setembro de 2017 at 20:03

    Violência reduz preços de imóveis na zona sul e perto das UPPs

    A violência está afetando diretamente o preço de imóveis em várias regiões. Depois de 2015, quando os índices de criminalidade começaram a subir, os imóveis nas áreas pacificadas também aumentou. No Engenho de Dentro, por exemplo, a variação negativa na região da UPP Camarista foi maior que 5%. Em outubro de 2016, o metro quadrado valia R$ 5.000 e hoje, está quase R$ 300 mais barato. Penha, Vila Isabel e Tijuca – cercados por comunidades dominadas por traficantes – são os bairros da zona norte que mais sofrem com essa desvalorização, mas a crise no mercado imobiliário também chegou na zona sul do Rio. Segundo Wagner Coelho, diretor comercial de uma imobiliária, Glória, Botafogo, Copacabana, Leme foram os bairros mais afetados com esses problemas.

    http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/cidade-alerta-rj/videos/violencia-reduz-precos-de-imoveis-na-zona-sul-e-perto-das-upps-07092017

    3+
    • avatar
    • avatar
    • EngenheiroDF 11 de setembro de 2017 at 12:46

      O que dizer dos cariocas que vêem sua cidade em colapso de criminalidade (além de colapso economico) e permanece consumindo droga e dando dinheiro pro tráfico?

      1+
  • Cesar_DF 7 de setembro de 2017 at 20:05

    Desempenho – O primeiro prédio de luxo feito pela empresa foi o Pininfarina, em 2015, com valor médio de R$ 1,5 milhão. O empreendimento vendeu 64 das 92 unidades.

    Em agosto de 2016, veio o One Sixty, com apartamentos de R$ 8 milhões, sendo 18 de 55 (33%) já vendidos.

    Em fevereiro deste ano foi a vez do Heritage, com 31 apartamentos e valores em torno de R$ 15,4 milhões cada, dos quais 9 já comercializados (29%).

    http://exame.abril.com.br/negocios/cyrela-prepara-safra-de-r-700-mi-em-imoveis-de-grife/

    2+
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 7 de setembro de 2017 at 20:06

    Imóveis em áreas de risco da Zona Sul deixarão de ter isenção de IPTU

    Um dia após a aprovação na Câmara do projeto de lei que modifica as regras do IPTU, o vereador Paulo Messina (PROS), líder do governo na Casa, estimou que o maior impacto será para quem mora em imóveis isentos na Zona Sul, como os próximos a áreas de risco, e que, com a mudança, terá que pagar o tributo. Donos de imóveis antigos, tanto na Zona Sul como no Centro, também terão o valor revisto. Eles tinham o valor venal (que corresponde a um quarto do preço de mercado) desatualizado.

    Segundo Messina, com a aprovação da emenda que torna isentos contribuintes com imóveis até R$ 55 mil (valor venal), haverá menos isentos: hoje 1,1 milhão de imóveis não pagam IPTU. Se o projeto for sancionado, serão 682 mil. Ele calcula que a nova lei vai permitir arrecadação extra de R$ 550 milhões.

    https://extra.globo.com/noticias/rio/imoveis-em-areas-de-risco-da-zona-sul-deixarao-de-ter-isencao-de-iptu-21796597.html

    7+
    • avatar
  • Cesar_DF 7 de setembro de 2017 at 20:13

    Veja quando alugar um imóvel é melhor que comprar

    Nem sempre pagar aluguel é jogar dinheiro fora. Em alguns casos, locar um imóvel em vez de comprá-lo pode ser mais vantajoso financeiramente. Mas, antes de fazer a escolha, é preciso analisar uma série de variáveis.

    Para quem já tem o montante suficiente para comprar à vista, o primeiro critério a ser analisado é o tempo de permanência no imóvel.

    “Se a pessoa pretende ficar menos do que cinco anos, o aluguel é a melhor escolha, por causa dos altos custos da documentação”,diz Lucas Vargas, diretor-executivo do portal imobiliário VivaReal.

    O passo seguinte é a pessoa calcular o quanto conseguiria obter se investisse esse dinheiro em aplicações conservadoras como poupança e CDB em vez de usá-lo na compra. Se os rendimentos forem maiores que o valor do aluguel, pode ser melhor continuar inquilino.

    A empresária Raquel (nome fictício), 69, deve receber uma herança de R$ 1 milhão até o fim deste ano. Com isso, teria condições de adquirir o apartamento de 120 metros quadrados onde mora, em Higienópolis, na região central de São Paulo.

    “Para que vou comprar um imóvel nessa idade se posso ter uma renda extra e viver melhor?”, diz a empresária, que paga, juntando aluguel e condomínio, R$ 3.900 e espera receber cerca de R$ 7.000 por mês com os rendimentos da aplicação da herança.

    A analista de sistemas Ludmila Milochi, 29, sempre ouviu dos pais que morar de aluguel era mau negócio. Quando ela e o arquiteto Marcel Bioni, 29, ficaram noivos, em 2013, decidiram comprar um apartamento de 85 metros quadrados na planta, em Diadema, na região metropolitana de São Paulo.

    “Se em 15 anos vou pagar R$ 1 milhão por um imóvel de R$ 500 mil no financiamento, devo ver em quanto tempo chego nos R$ 500 mil se investir esse dinheiro”, exemplifica. Se esse prazo for bem inferior, vale seguir no aluguel e aplicar esse valor. Se for quase igual ou maior, melhor ir para o financiamento.

    http://www1.folha.uol.com.br/sobretudo/morar/2017/07/1899473-veja-quando-alugar-um-imovel-e-melhor-que-comprar.shtml

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 7 de setembro de 2017 at 20:16

    Alugar ou comprar um imóvel?

    Se você está em dúvida entre alugar ou comprar um imóvel, prepare-se. Este post veio pra te abrir os olhos .

    Basicamente: a gente paga o triplo pra uma instituição fazer algo que poderia ser feito pela nossa própria consciência por 1/3 do preço.

    É… abrir os olhos as vezes pode ser difícil, mas nada que o colírio do planejamento não seja capaz de resolver. É pra isso que o Me Poupe existe! Pra te abrir os olhos, dar umas broncas de vez em quando mas principalmente dar as ferramentas certas pra que você dependa apenas de você.

    http://mepoupenaweb.uol.com.br/investimentos/alugar-ou-comprar-um-imovel/

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 7 de setembro de 2017 at 22:44

      Ela é uma boa comunicadora. Achei que poderia atingir os corações e mentes dos 666 com essas informações, mas lendo os primeiros comentários da postagem dela já descartei essa hipótese. Parece que existe um negacionismo pela matemática e uma atração magnética pelos tijolos que leva às pessoas a criar mil justificativas e fabricações só para não aceitar que alugar é melhor que comprar.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 07:46

        Nas contas deu a favor do aluguel mesmo com “Valorização do Imóvel (superestimada): 14,25% (ao ano)”

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • fanfarraum 8 de setembro de 2017 at 08:54

      Corvo nos comentários:
      “Eu trabalho com financiamentos imobiliários…”
      “Outro fator que deve ser levado em consideração para este calculo é o de valorização do imóvel, cuja média é calculada nos dias atuais em 7%, sendo que antes da crise no brasil chegou a variar entre 12 e 20% ao ano. “

      3+
      • avatar
      • avatar
    • perdido no rio 11 de setembro de 2017 at 14:50

      Muito bom! E essa conta não considera devidamente os custos com documentação (2 a 4% do valor?) e manutenção do imóvel.

      0
  • Dr. Estranho 7 de setembro de 2017 at 22:10

    Casa Cruz fechou. Realmente fiquei triste. Quantas lojas tradicionais estarão no limite? A coisa vai piorar.

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 7 de setembro de 2017 at 22:40

      Triste mesmo. A loja tinha quase 150 anos. Conhecida por todos, era uma ótima papelaria…
      Nem mesmo negócios centenários estão sobrevivendo a essa crise brasileira, mais intensa em alguns lugares, como o RJ.
      O centro do RJ todo vai fechar, faturamento em queda e aluguéis super bolhudos, reajustados no auge da euforia imobiliária.

      Provavelmente o ódio de muita gente aqui pela bolha imobiliária (o meu inclusive) foi ela ter impedido/dificultado a obtenção de um imóvel próprio para moradia. Mas os efeitos na economia como um todo dessa bolha são terríveis. Há muito mais do que o meu interesse numa pilha de tijolos, há toda saúde econômica de um país. Se as empresas não conseguem arcar com os custos do aluguel, elas simplesmente deixam de operar. Perde-se empregos, perde-se serviços, perde-se regiões inteiras de cidades. É realmente triste.

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Rico 7 de setembro de 2017 at 23:16

    Off: o brasil\2\4\7 e o d\c\m estão impagáveis depois da delação do Palocci.

    5+
    • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 07:45

      Entrei no 247 só para dar risada

      PALOCCI: FIM MELANCÓLICO

      Jornalista Breno Altman comparou nesta quinta-feira, 7, o ex-ministro Antonio Palocci aos presos políticos da ditadura militar brasileira, que, torturados, aceitaram colaborar com a ditadura e foram à televisão acusar suas próprias organizações de crimes bárbaros; “Quem assim age, renuncia à própria dignidade e se atira na sarjeta da história. Esse foi o caminho de Palocci. Subserviente ao juiz Moro e ao MPF, com a coluna vertebral quebrada após um ano de cadeia e derrotado pela perspectiva de permanecer muito tempo encarcerado, ofereceu-se como instrumento da campanha contra o ex-presidente Lula e o PT”, diz Altman; “Tal como os renegados da resistência, sucumbe à função de porta-voz de mentiras e invenções que interessam às forças mais reacionárias, rastejando por um acordo de delação premiada. (…) A traição é sempre um fim melancólico”

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Longa Manus 8 de setembro de 2017 at 00:28

    Chegando do shopping. Assistimos eu e Sra. Longa ao primeiro filme da Lava Jato. Achei muito bom! Muito didático. Fiquei com orgulho dos servidores públicos concursados que protagonizaram toda a operação.
    Também achei muito esclarecedor ao Bananense médio. Vai entender a trama histórica, bem desenhada.
    Uma observação: cinema vazio. Oito pessoas! enquanto isso os bares cheios para assistir Flamengo x Cruzeiro.
    Viva o Brasil!

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • DAN 8 de setembro de 2017 at 09:38

      Tambem fui ontem ao cinema. Achei vazio. Metade ocupado. Realmente é impressionante como essa operação ainda esta de pé. É o último freio de emergencia da corrupção nesse país.

      7+
  • Festa_no_Ap 8 de setembro de 2017 at 03:46

    Lucas

    Qual o perfil de turismo que procura o Hell?
    vai atrás exatamente do que a cidade tem de mais bizarro,

    o tal brazilian expirience, sexo transracial, transgenero, sodomia, ebtre outros, as drogas, a emoção de subir um morro prnum pancadão com aqueles laser das miras de fuzil em vc, habitar uma favela, entre outros tantos atrativos carnavalescos, apesar de não termos as russas, temos a bunda.
    É tbm um turismo barato uma valvula de escape dos reprimidos e marginailizados de terras civilizadas, e que pouco agrega à economia formal, em termos monetários dá bem menos de 40% do total, não tenho os numeros falando de cabeça, perde até rpa floripa em dinheiro formal.

    Não vai aqui qualquer recomendação OU condenação moral às práticas de livre-mercado estabelecidas pelo crime, apenas observo

    11+
    • avatar

    que lixo de comentário carregado de preconceito

    6+
    • avatar
    • Carlos 8 de setembro de 2017 at 05:48

      A maioria dos novos sites associa o Brasil ou seus símbolos nacionais à pornografia. São 2.576 nessa situação. Outros 555 usam o país para promover a prostituição. Também há 74 deles incentivando o turismo sexual, e 124 associando o país à pornografia infantil. Há até mesmo 17 páginas de zoofilia, ou seja, de sexo com animais. Por fim, quatro sites chegam a vender pacotes de turismo sexual para o Brasil.

      Segundo a Axur, a cidade do Rio de Janeiro, por ser o principal cartão-postal do Brasil, é a mais vendida quando se trata de turismo sexual. Um dos sites, por exemplo, diz oferecer “inesquecíveis férias eróticas na bela e encantadora cidade do Rio de Janeiro, na costa sudeste de um dos países sexualmente mais festivos do mundo, o Brasil”. Informa ainda que “nossas jovens mulheres não apenas serão suas deusas do sexo, como também serão suas guias turísticas, tradutoras, parceiras de dança e namoradas pessoais”.

      https://oglobo.globo.com/brasil/levantamento-mostra-que-mais-de-3-mil-sites-vendem-turismo-sexual-no-brasil-16581696

      13+
      • avatar
    • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 07:50

      Festa_no_ap
      Considerando que “preconceito” é uma opinião desconectada dos fatos, acho que o Lucas não foi preconceituoso, mas sim realista

      preconceito
      pre·con·cei·to
      sm
      1 Conceito ou opinião formados antes de ter os conhecimentos necessários sobre um determinado assunto.
      2 Opinião ou sentimento desfavorável, concebido antecipadamente ou independente de experiência ou razão; prevenção: “– Mas você está muito enganada, mana. É preconceito supor-se que todo o homem que toca violão é um desclassificado. A modinha é a mais genuína expressão da poesia nacional e o violão é o instrumento que ela pede” (LB2).
      3 Superstição que obriga a certos atos ou impede que eles sejam praticados.
      4 Atitude emocionalmente condicionada, baseada em crença, opinião ou generalização, determinando simpatia ou antipatia para com indivíduos ou grupos

      10+
      • avatar
      • avatar
    • Falido.com 8 de setembro de 2017 at 09:05

      Eu, atualmente, tenho me abstido de entrar em bola dividida mas dessa vez não vou perder a oportunidade. Não sei se vai ler, mas se for ler, tire algo de bom e positivo pra você….
      .
      Não quero ser o senhor a razão, mas o que mais me incomoda nas redes sociais não é a opinião e sim o modo(jeito) como são colocadas. O cidadão pode achar o que quiser, como quiser, em que grau quiser, tudo depende de vários critérios como experiência, grau de maturidade, viés sócio-cultural, política, economia e até frequencia sexual ativa…
      .
      Mas ser desrespeitoso com seu interlocutor não tem desculpa… Nunca fui rico, nunca fui milionário, também nunca fui mendigo, pobre na acepção da palavra… Mas já fui criança, já fui jovem, sou adulto, quase entrando nos “anos grisalhos”… Já fui analfabeto, já fui alfabetizado e também já fui graduado…. Tive carros zero km, já andei de fusca, brasilia e também muito de trem metropolitano..
      .
      Mas uma coisa que nunca mudou foi meu singelo respeito pela educação… Ah! a educação… Essa sim faz diferença em qualquer lugar e em qualquer circunstância…. Desde aquela polida, lustrada, aquela de academias, como a outra, aquela do dia-a-dia, do balcão, do vizinho…
      Como é bom tratar e ser tratado com respeito, com dignidade…Isso torna qualquer situação em algo menos traumático, menos dificil, aflitivo…
      .
      Talvez numa guerra, as duas partes estejam erradas… Numa guerra, às vezes, alguém ganha(subjetivo) mas com certeza, sempre alguém perde(objetivo)…
      .
      Nunca, uma opinião é de fato um lixo… pode não servir pra você. mas sempre serve ao debate… pode ser risível, chocha, capenga, manca, mas mesmo assim é uma opinião..
      Toda vez que alguém se refere a uma opinião como lixo, me parece que quer desqualificar o interlocutor e não a opinião..
      .
      Sobre o assunto, não concordo com a pecha de Capital do Sexo, mas que o RJ é um estado com pouco turismo diverso desse assunto, acho que é visível.. Carnaval, praias, calor, samba… nada disso remete a livros, museus, comida requintada, sossego, introspecção… 🙂

      17+
      • avatar
      • avatar
  • bolhista fulano de tal 8 de setembro de 2017 at 08:07

    OFF
    Lucas ou quem mora no RIO, podem me indicar uma hospedagem boa e barata(banheiro individual e café da manhã) nas proximidades de Jacarepaguá?
    Grato

    1+
    • socrates 8 de setembro de 2017 at 10:55

      Tem uns hoteis muito bons e baratos na regiao do parque olimpico, que e bem proxima. Como jacarepagua nao tem metro nem trem apesar de estar.no centro geografico da cidade, o acesso por transporte publico e via brt, que funciona bem fora da hora do rush. Veja no trivago ou booking a regiao proxima ao shopping metropolitano.

      1+
    • amongyou 8 de setembro de 2017 at 10:57

      Airbnb é opção também.

      1+
    • The End 8 de setembro de 2017 at 11:09

      Na Av. Salvador Allende, próximo ao Riocentro, tem:
      Quality Rio de Janeiro
      Grand Mercure Rio de Janeiro Riocentro

      Na Av. Embaixador Abelardo Bueno, próximo ao Shopping Metropolitano tem:
      Hotel Íbis Rio de Janeiro Parque Olímpico
      Hotel Novotel Rio de Janeiro Parque Olímpico
      Hilton Barra Rio de Janeiro

      1+
      • bolhista fulano de tal 8 de setembro de 2017 at 12:00

        ôpa valew pesssoal mto obrigado

        2+
  • fanfarraum 8 de setembro de 2017 at 09:19

    Empiricus:

    “Ou seja, investir em imóveis hoje é se posicionar para ganhar em qualquer cenário.
    Se o melhor acontecer, os imóveis e seus ativos relacionados se valorizam.
    Se o pior acontecer, os imóveis e seus ativos relacionados também se valorizam.
    E não estou comparando os imóveis apenas com Ações ou outros ativos de Renda Variável.
    Se engana quem acha que estar posicionado em Renda Fixa é sinônimo de tranquilidade sempre.
    Conhece o Tesouro Direto? Tido por muitos como a aplicação mais segura do Brasil, já que o risco é soberano.
    Pois bem, num certo 18 de maio… quando uma certa notícia de gravação envolvendo um certo empresário e um certo presidente vazou… um título do Tesouro teve o seguinte desempenho:
    Uma perda imediata de -24% em poucas horas. Na RENDA FIXA!
    E, nesse mesmo dia, quanto seu imóvel desvalorizou?
    Nada.”

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 11:00

      Eles deveriam ser contratados pelo governo do Japão, para explicar para o pessoal que IMÓVEL NUNCA DESVALORIZA kkkkkkkk

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Longa Manus 8 de setembro de 2017 at 09:26

    Pessoal aqui gosta muito mesmo de falar do meu querido Rio de Janeiro.
    Às vezes mora lá onde Judas perdeu as botas, mas perde tempo em vir aqui e postar contra o RJ….

    4+
    • avatar
    • avatar
    • DAN 8 de setembro de 2017 at 09:36

      Eu acredito que a economia Brasileira é robusta. Já estamos muito próximos do fundo do poço no rio de janeiro. A tendencia é melhorar.

      3+
      • avatar
      • avatar
    • Falido.com 8 de setembro de 2017 at 09:38

      apesar que não precisa ir muito longe pra encontrar “onde Judas perdeu as botas”…. No RJ mesmo tem uns lugares sinistros tipo Macaé, Porciúncula, Magé, etc… e já fui ao Rio e de busão Cometa…hahahaha….

      6+
      • avatar
    • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 09:47

      Longa Manus

      Eu estava numa festinha de aniversário
      Conversando com um policial que ficou 6 meses no Hell de Janeiro
      Ele contando um “causo” nos primeiros dias, que abordou um carro com uma condutora idosa
      Ele perguntou para a condutora, do porquê o documento estar vencido ha anos
      Ela respondeu que preferia guardar o dinheiro para a “cerveja” dos policiais do que dar para o governo
      Ele viu que isso era generalizado
      Na mesma festa uma garota, mulata, carioca de uns 25 anos. Reclamou que não estava gostando da cidade, pois no Hell de Janeiro se estivesse sozinha em um bar, em menos de 5 minutos já seria abordada e levada para cama.

      – Único local do mundo que policiais e militares devem deixar a farda e os documentos no quartel
      – Consumo de drogas abastecendo a criminalidade
      – 70% preferem morar na favela
      – “Falta de educação” chegar numa festa no horário combinado
      – Lei de Gerson

      Sinceramente, acho que todos devem colher o que plantaram, e se o carioca fez a opção por este estilo de vida, é uma opção dele, mas que não faça o resto do Brasil pagar a conta.

      40+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • fanfarraum 8 de setembro de 2017 at 10:13

        Sobre o “dinheiro da cerveja” dos policiais cariocas.
        Amigo militar carioca, que conhece trocentos outros militares cariocas e outros civis, me disse uma vez:
        Oferecer propina lá é extremamente seguro.
        Na pior das hipóteses, se o cara for honesto, ele simplesmente não vai aceitar. Não vai te prender ou algo. O cara não vai querer ficar “manchado” dentro da polícia por não aceitar propina e levar isso adiante.

        33+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Paulo Avelar 10 de setembro de 2017 at 00:26

        Acham lindo prover a casa com produto de furto e roubo.NOJO.

        2+
    • amongyou 8 de setembro de 2017 at 10:58

      Acredite, não é nada pessoal.

      3+
      • avatar
  • Longa Manus 8 de setembro de 2017 at 10:12

    Nossa, quanto amor ao Rio..rs

    Mês passado fui a Minas Gerais e o pessoal também só conversam sobre o RJ. Até os noticiários versavam sobre a cidade maravilhosa.
    Ontem vi que um estado do Sul está sofrendo com uma semana de violência e ninguém comenta.
    Meu tio que é do Ministério público de Manaus diz que lá a violência está insuportável.
    Uma amiga de Alagoas está apavorada com a bandidagem da capital.
    Eu fico surpreso, pois os fodoes do blog nos ensinam que somente no Rio há putas, bandidos, tráfico, favelas e gente mal educada.

    41+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 8 de setembro de 2017 at 10:23

      Morei no RJ muitos anos, e nunca tive problema nenhum com segurança. Até gostava de lá kkkk.
      Mas tive a impressão que dei sorte.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • socrates 8 de setembro de 2017 at 10:51

      O rj ao menos se esforca em resolver os problemas? Nao. Pelo contrario. Implora esmolas da uniao e continua concedendo privilegios absurdos a poucos, falta de transparencia e populismo em todos os sentidos. Da para andar na cidade atualmente? O prefeito ” de deus” deixou a cidade impregnada de mendigos e camelos. Tente andar pelo centro… o hell merece arder. Faz por merecer

      13+
      • avatar
      • avatar
    • Money_Addicted 8 de setembro de 2017 at 12:17

      acho q o estado/cidade tem q primeiro pagar suas contas para q o carioca possa falar algo, ou melhor, agora q vai falar contando vantagem q estao vivendo as custas dos brasileiros d outros estados.

      [ ]s

      6+
      • avatar
  • Cajuzinha 8 de setembro de 2017 at 10:19

    Agora, a empresa anuncia a construção do menor apartamento da América do Sul. Alexandre Frankel, CEO da Vitacon, diz que esse tamanho tem explicação. “É importante dizer que 10m² não existem por fetiche. É o menor que dá para fazer agora.”

    http://veja.abril.com.br/economia/o-limite-para-encolher-o-tamanho-dos-apartamentos-10m%C2%B2/

    2+
    • avatar
    • Rico 8 de setembro de 2017 at 10:28

      Uma kombi tem 5 m2 de área para carga.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • amongyou 8 de setembro de 2017 at 11:00

        Pois então, um morador de rua (por opção, segundo ele me disse) mora numa kombi junto com um cão do tamanho de um dobermann. Então tá então, tá bom….

        3+
        • avatar
    • chigo 8 de setembro de 2017 at 10:31

      Seria mais prático e barato morar em uma van que um AP de 10m2. E se não gostar do lugar pode-se mudar facilmente.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 11:35

        Um ônibus tem uma área útil de uns 25 m2
        Um micro-ônibus em torno de 14 m2
        Uma van grande uns 8 m2

        3+
        • avatar
        • avatar
        • Rico 8 de setembro de 2017 at 12:01

          Uma van grande (Ducato cabine longa e teto alto) custa 180 mil reais.

          3+
          • avatar
    • Rico 8 de setembro de 2017 at 10:33

      “Ele diz que compactar espaços é uma nova filosofia de moradia.”
      Estou pensando aqui… em um tempo que as comunicações estão ficando melhor, você acessa sistemas a 10 mil km de distância como se o PC estivesse em baixo da sua mesa, empressa economizando milhões com aluguel e energia elétrica deixando os funcionários trabalharem em casa, diminuição de trânsito, menor custo de vida… Será que o futuro será mesmo todo mundo amontoado perto do escritório?

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 10:37

        O teletrabalho é uma forte tendência mundial

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Buck 8 de setembro de 2017 at 10:32

    Rico

    Algorítimos computacionais são baseados no conceito de estado de máquina. Basicamente no português estruturado “se acontecer isso faça isso, senão faça aquilo”. O que os robôs fizeram foram “somar” os números baseados na resolução como verdadeiro do estado da máquina. Ou basicamente entrou em uma espécie de looping.
    Conclusão: Estamos muito longe ainda da inteligência artifical. Computer Learning e afins no fundo ainda é uma promessa.

    2+

    Pergunta ao povo da programação: vocês recomendam o site da Alura? Já ouviram falar? Estou querendo assinar, mas estou receoso…

    Desde já grato.

    2+
    • Rico 8 de setembro de 2017 at 10:34

      Qual o seu objetivo? A maioria dos cursos lá tem ótimas apostilas gratuitamente na internet.

      2+
      • avatar
      • Buck 8 de setembro de 2017 at 13:08

        Começar a aprender programação do 0…

        3+
        • Rico 11 de setembro de 2017 at 09:36

          Bom, curso sobre algorítimos para começar.
          Depois procure uma área com mais afinidiade. Administração Cloud, Data science e Big Data estão em alta. Muita procura de profissional de BAnco de dados, como Cassandra e Mongodb. Impossível ficar desempregado pelos próximos 10 anos.

          1+
          • avatar
          • Buck 11 de setembro de 2017 at 12:58

            Obrigado amigos bolhistas!

            0
    • sefazpiauidf 8 de setembro de 2017 at 13:56

      Recomendo. Professores e cursos muito bons, totalmente voltados para o mercado. Vale a pena cada centavo.

      3+
      • avatar
      • avatar
  • loureiro_bsb 8 de setembro de 2017 at 11:17

    Companheiros bolhudos que moram em pombais…
    A notícia desta tragédia que ocorreu em Samambaia-DF mostra o cuidado que devemos tomar com “conversas de Whatsapp” e como nossa sociedade está cada vez menos civilizada. Somos um povo muito passional, ainda incapaz de manter uma conversa educada com alguém que tenha uma opinião divergente da nossa…

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/09/08/interna_cidadesdf,624373/policial-militar-mata-vizinho-e-foge-em-samambaia.shtml

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Juros Lover BSB-BH 8 de setembro de 2017 at 11:20

      Outro dia um civil matou um PM aqui em minas…Briga de Transito…Vai dar certo sim armar a população…

      4+
      • avatar
      • Rico 8 de setembro de 2017 at 12:00

        Não entendi. Mesmo com a proibição alguém armado foi lá e matou alguém. Poderia ter usado uma faca, um taco de baseball… (ninguém tem isso no Brasil enfim..) Será que o policial teria coragem de ir se tivesse evidência que o morador poderia estar armado?

        Armar a população cria a cultura da probabilidade de dar merda. EUA e Rússia fazem isso desde a 2. guerra. Os EUA não invadiram ainda a Coréia do Norte e deu um tiro na cabeça do gordinho pela possibilidade de dar uma merda generalizada.

        19+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Juros Lover BSB-BH 8 de setembro de 2017 at 12:03

          Podia mas usou a arma de fogo…Mesma coisa do policial civil…Brasileiro é um imbecil, não pode andar armado…

          5+
          • avatar
          • avatar
          • Rico 8 de setembro de 2017 at 12:12

            Concordo só com a parte que diz que Brasileiro é imbecil 😀

            15+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • homelessbubbles 8 de setembro de 2017 at 12:17

              Eu acho que imbecis não devem andar armado. No máximo ter arma em casa.

              1+
              • Juros Lover BSB-BH 8 de setembro de 2017 at 12:20

                Já viste os testes que fazem os psicologos credenciados da PF? Qualquer debil mental louco passa… É complicado este assunto…

                1+
          • Money_Addicted 8 de setembro de 2017 at 12:13

            eh aquela velha historia, se fosse para desarmar TODOS eu concordaria, mas da forma q esta hoje, qquer mlk andar armado e eu nao posso me proteger sem correr o risco de ter problemas com a lei

            15+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Juros Lover BSB-BH 8 de setembro de 2017 at 12:16

              Eu não sou contra arma de fogo não…Pelo contrário, tenho uma inclusive mas nem uso…Eu realmente acho mais perigoso dar arma pra geral se defender(considerando o historico de imbecilidades do brasileiro) do que a chance de um mlk qualquer me assaltar e me matar…

              1+
              • Rico 8 de setembro de 2017 at 12:59

                Você é contra idiotas portar armas de fogo.
                Todo brasileiro é idiota.
                Portanto você é contra brasileiros portar armas.

                8+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
              • Leonardo M. 8 de setembro de 2017 at 14:54

                Até 2003 existiam mais de 4 milhoes de armas nas maos dos brasileiros…ai veio o estatuto do desarmamento e tirou todas essas armas.

                E o que aconteceu de lá pra ca?
                precisa responder ou quer que desenhe?

                11+
                • avatar
          • to bolhado 8 de setembro de 2017 at 13:42

            Lógica de bananense detectada!! Se você proibe o armamento legal, sobra o ilegal. Qualquer ze mane compra uma arma por 100 reais na favela. Com desarmamento banania é campeã mundial de homicídios com arma de fogo. Agora, se houvesse o risco do outro (oi alguem no carro de tras) estar armado também o cara pensaria 5x antes de usar a arma dele.

            17+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Paulo Avelar 10 de setembro de 2017 at 00:36

              Receptação de armamamento não dá cadeia na prática, e se der tem audiência de custódia prontinha esperando o bandido com os direitos dos manos de quem lida indiretamente com a atividade econômica criminal, além disso temos os direitos específicos do manos da progressão de regime, sursis, indulto de natal, fuga, auxílio reclusão, relaxamento de prisão por excesso de prazo, julgamentos absolutórios são a ordem geral. Se os crimes tiverem penas menores que dois anos nem punido o bandido é…não tem dinheiro para botar na cadeia bandido de verdade, pois há que sobrar para privilégios da elite do judiciário e do executivo, principalmente para as propinas que sustentam a imensa e sólida ORCRIM do nossos sistema político e eleitoral nas esferas federal, estadual e municipal.

              1+
      • tmarabo 8 de setembro de 2017 at 13:37

        de que adianta?? não dão armas pra população, vai lá o PM e dá um tiro em briga de vizinho…
        não dão armas pra população,mas o cara dá um tiro com arma ilegal em briga de trânsito…

        ou seja, nós que não usaremos armas pra cometer crimes já estamos desprotegidos, pois os outros estão armados.

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Leonardo M. 8 de setembro de 2017 at 14:57

          O estatuto do desarmamento funcionou tanto que a violencia só cresce.
          ué mas tirar armas da população de bem não resolveria?
          “ah mas como você vai saber se o cara é de bem?” – logica esquerdista
          Meu irmão, se você não é um cidadão de bem e não sabe o que significa isso é porque você não é!

          11+
          • avatar
    • Falido.com 8 de setembro de 2017 at 17:16

      o detalhe, que vc não mencionou porque está dentro do link, mas vou dizer: Tudo começou com uma pseudo “cuspida” de baba com pasta de dente do vizinho de apê do cara…
      Ele acordou e viu a marca na varanda dele e começou a discutir por whats no grupo do condominio…
      Uma vida por um cuspe… #trágico

      3+
      • avatar
      • avatar
  • odorico 8 de setembro de 2017 at 12:19

    OFF: OLX já começa a mostrar queda de valor anunciado, imagina na negociação. Liguei alguns para sondar condições. A maioria com saldo devedor > que 50% do valor nominal anunciado.
    http://df.olx.com.br/distrito-federal-e-regiao/imoveis/apartamento-372707565?xtmc=olympique&xtnp=1&xtcr=8
    http://df.olx.com.br/distrito-federal-e-regiao/imoveis/apartamento-376350686?xtmc=olympique&xtnp=1&xtcr=7
    http://df.olx.com.br/distrito-federal-e-regiao/imoveis/apartamento-363833145?xtmc=olympique&xtnp=1&xtcr=12
    O bicho está pegando, um corretor me disse que ” a maré não está para peixe” e “o proprietário precisa vender rápido”.

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Loucodf 8 de setembro de 2017 at 16:20

      Ta olhando residencial ali na minha área odorico?
      hehe
      Eu tava morando no Isla e tive que sair. Fui para outro residencial nessa área.
      Em breve CVR meu.

      OBS: NUNCA COMPRE NADA NO ISLA LYFE STYLE. PREDIO COMPLETAMENTE VAGABUNDO.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • odorico 9 de setembro de 2017 at 15:14

        Olhando só para sondar, sem pretensões de comprar. Cheguei ao ponto que acho que nunca mais vou ter imóvel. Tive até 2016. Consegui me livrar. Hoje vejo que flexibilidade do aluguel é vantajosa, além de ter liquidez do valor do imóvel para outros gastos.

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Bsbguy 9 de setembro de 2017 at 09:24

      conheço alguns que moram nesse Olympic.

      A pessoa estava tentando vender um ap no guará, quase original, por 8,4k m² ai tb não dá!

      tem que chegar perto dos 5k m² para ficar +- aceitável (ainda caro). Que seria uns 430k reais.

      2+
      • avatar
      • odorico 9 de setembro de 2017 at 15:15

        5k em 2020 começa a ficar legal….

        1+
  • loureiro_bsb 8 de setembro de 2017 at 12:21

    Se formos considerar nosso histórico de “imbecilidade”, deveríamos restringir a concessão de carteira de motorista para quem tem acima de 25 anos (pessoalmente, considero um carro uma “arma” muito mais perigosa no nosso país do que uma arma de fogo….). Mas não se pode nem mesmo cogitar essa idéia (já pensou na reação dos playboys de 18/19 anos??).

    Contudo, nossa cultura é “estadocentrista”. O Estado é quem deve garantir nossa proteção. Além disso, somos um povo muito passional. Um cidadão comum, como nós daqui do fórum, dificilmente cometerá um latrocínio, um sequestro, uma extorsão… Mas todos nós estamos sujeitos a cometer um homicídio, devido a um “momento de fúria”….

    Daí nossa resistência em ter uma arma em casa para proteção da família….

    6+
    • avatar
    • avatar
    • tmarabo 8 de setembro de 2017 at 13:33

      no mundo inteiro os “passionais” e dados a “momentos de fúria” ficam bem calminhos diante da possibilidade de o outro também estar armado e por isso, mais armas, menos crimes.
      vê se no Uruguai tem machão em briga de trânsito…

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 12:58

    Imóveis vazios são problemas em Londres e São Paulo

    O incêndio de um prédio em Londres, ocorrido em junho deste ano, revelou um grave problema na capital inglesa. Após a tragédia, a prefeitura passou por sérias dificuldades para realocar a população desabrigada. Isso porque, no distrito de North Kensington, onde aconteceu o incêndio, cerca de 1.700 imóveis se encontravam fechados e sem uso.

    Para evitar isso, o prefeito Sadiq Khan propõe que donos de imóveis vazios e inutilizados há mais de dois anos paguem um imposto maior. Em São Paulo, a medida já começa a ser considerada pela Prefeitura.

    Raquel Rolnik, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP, comenta os casos londrino e paulistano na coluna “Cidade Para Todos” desta semana.

    http://jornal.usp.br/atualidades/imoveis-vazios-sao-problemas-em-londres-e-sao-paulo/

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 8 de setembro de 2017 at 13:00

    Como pagar menos tributos com venda e aluguel de imóveis?

    Comprar um imóvel para renda pode ser feito tanto como pessoa física (PF) quanto pessoa jurídica (PJ). Os principais aspectos a se considerar para optar por um ou outro modo são: a tributação na venda e no recebimento de aluguéis e a possibilidade de se fazer o planejamento da sucessão desses bens em vida, evitando conflitos familiares e gastos desnecessários.

    Vale reforçar que todo imóvel precisa ser declarado no imposto de renda, e, quando a venda é feita como PF, o proprietário deve pagar 15% de imposto de renda na modalidade de ganho de capital sobre o lucro da operação. Se a venda for realizada por PJ, por outro lado, a tributação pode ser de 6,73%.

    Em relação aos aluguéis, a tributação na pessoa física pode atingir até 27,5%. Na pessoa jurídica, pode-se chegar a 11,3% para receitas de até R$62.500,00 mensais. Acima desse valor, a taxa chega a 14,53%.

    Além de uma tributação mais justa, concentrar os imóveis em uma empresa (PJ) pode facilitar o processo de transmissão desses bens para os herdeiros, pois a transmissão desse patrimônio é feita em vida e fica estruturada de modo que os herdeiros recebam quotas e não os imóveis diretamente, o que é chamado de Planejamento Patrimonial e Sucessório (PPS).

    Com o PPS, na PJ o patrimônio fica protegido, por exemplo, de relacionamentos amorosos que podem a vir a fracassar, podendo incluir cláusulas no contrato social da empresa que limitem o acesso a propriedade desses bens por cônjuges dos herdeiros.

    Outra vantagem é a possibilidade de poder formalizar parcerias com outras pessoas e empresas do mesmo ramo para a realização de empreendimentos específicos, como construção de uma casa ou prédio.

    Por fim, na hora de optar por qual modelo escolher, vale considerar as despesas em manter uma empresa aberta, tais como assessoria contábil por exemplo. Mas no geral, quem tem mais de um imóvel para locação, dependendo do valor, ou tem a intenção real de investir nesse mercado, a constituição de uma empresa mostra-se uma ferramenta com diversas possibilidades além da economia tributária.

    http://www.contabeis.com.br/noticias/35412/como-pagar-menos-tributos-com-venda-e-aluguel-de-imoveis/

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • homelessbubbles 8 de setembro de 2017 at 14:03

    Impressionante a ilusão e o deslumbramento da sardinhada com as ações da Magazine Luiza (MGLU3). Nos últimos dias comecei a acompanhar alguns fóruns para me divertir um pouco. Nego achando que vai ficar rico, que a ação irá para 100, 200,…, 600 reais (depois do desdobramento), falando que é a melhor empresa da bolsa, que é a amazon brasileira. Ainda tem aqueles que reclamam que não estão entendendo como lançar ordem de compra no home broker, desesperados porque a cotação do fracionário está abaixo do normal, etc. Aí por fim você olha os índices fundamentalistas da empresa: DY (relação entre dividendos pagos durante o ano e preço da ação) de incríveis 0,1 %, P/VP (preço dividido sobre valor patrimonial) de quase 20 e P/L (preço dividido por lucro) de mais de 70. Enfim, exemplo clássico de bolha. Me lembra muito o caso da Mundial (MNDL3) hà alguns anos atrás.

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 8 de setembro de 2017 at 17:23

      Análise fundamentalista? Pra quê? Isso é muito complicado..O negócio é usar o “tino comercial” e ter “sorte”… A empresa do alicate e a do leite(milk11) que o digam…. 🙂

      6+
      • avatar
  • sefazpiauidf 8 de setembro de 2017 at 14:11

    Juros Lover BSB-BH

    Podia mas usou a arma de fogo…Mesma coisa do policial civil…Brasileiro é um imbecil, não pode andar armado…

    1+

    Quero que brasileiro se foda. Quero liberação do porte de arma para me defender dos bandidos e imbecis.

    9+
    • Leonardo M. 8 de setembro de 2017 at 15:01

      idem!!!!

      Se o cara é um imbecil e quiser te matar, ele usa faca, arma ilegal, corda, pá, enchada, martelo, canivete, joga gasolina em você e coloca fogo, veneno e até um bastão de beisebol.

      Afogamentos em piscina matam milhares de crianças por ano e nem por isso vejo campanha para proibir psicinas.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • loureiro_bsb 8 de setembro de 2017 at 16:16

        Aquele Livro “1808” relata que a violência no Rio de Janeiro já existia desde a época da Corte Portuguesa. As pessoas tinham o costume de andar armadas com facas e, assim como temos hoje a “bala perdida”, naquela época havia o que podemos chamar de “pedrada perdida”. Segundo o livro, “em outubro de 1817, a mulher do embaixador americano Thomas Sumpter foi atingida por uma delas no olho enquanto estava dentro de sua carruagem na Rua do Ouvidor. Num outro caso, o intendente repreendia o comandante da guarda da corte porque, durante um concerto no Teatro São João, uma pedra certeira atingiu o ator Manuel Alves, pondo fim ao espetáculo.”

        4+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • calango_df 8 de setembro de 2017 at 14:32

    Ao From e qualquer outro bolhista que puder me auxiliar,
    prx mês estarei indo aos EUA. Dei uma olhada no manual do anonymous para abrir conta exterior. Daí, pergunto:
    1) o manual tá atualizado?
    2) qual o tributo para envio? Sei que tem IOF (0,38%, ao menos). Há algum outro (IR, por exemplo)?
    3) qual melhor forma de enviar? transferwise? bb americas?
    4) tem mais alguma coisa que tenho q me atentar?
    abs,
    Felipe

    2+
    • avatar
    • From_The_Tower 9 de setembro de 2017 at 06:16

      1) Não está atualizado. Os banco estão mais exigentes quanto aos possíveis novos clientes. Leve passaporte, endereço residencial comprovado na fatura do cartão de crédito com o timbre do banco bananense . Leve 02 mil dólares.

      Tente abrir no Wells Fargo, Bank of America ou Chase. Alguns tentam tb o Citibank.

      2) Existem dezenas de opções. Casas de câmbio, corretoras de valores, bancos comerciais, Transferwise, etc. Paga 0,38% + taxa de envio do banco ou financeira e depois declara no IRPF. Mas não tem incidência de IR sob a rubrica ” Envio de recursos para a sua conta” .

      Acho que é isso. Não deu certo em uma agência.. tente em outra.

      Eu só alerto mais uma vez… o dólar está mais fraco no mundo todo. Tem alvo para buscar os 3,00, 2,90 e 2,56.
      Está em tendência de baixa.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 8 de setembro de 2017 at 15:15

    São Paulo, 07 – De olho nos consumidores de altíssima renda, pouco suscetíveis aos efeitos da crise econômica, a Cyrela Brazil Realty se prepara para anunciar uma nova safra de prédios no segmento de luxo. Até o fim de 2018, a companhia planeja lançar cinco empreendimentos de arquitetura de grife, acabamentos de alto padrão e localização nobre. Serão três em São Paulo, um em Porto Alegre e um no Rio de Janeiro, com valor geral de vendas total próximo de R$ 700 milhões, com base nos dados de tamanho e preço médio do metro quadrado dos imóveis.

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2017/09/07/internas_economia,898566/cyrela-prepara-safra-de-r-700-mi-em-imoveis-de-grife.shtml

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 8 de setembro de 2017 at 15:21

      Acho que os poucos ricos que o país tinha já ‘saíram fora’ dessa bagunça que é a Banânia.
      Os que ficaram são espertos o suficiente para não desperdiçar dinheiro com tijolo.
      Vai dar certinho essa estratégia da Cynderella

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Margarida 8 de setembro de 2017 at 15:15

    Pena que o Lucas tá offline. Olhem que pérola:

    Endereço: São Paulo/SP – Rua Santa Cruz, 1021 – Conjunto Residencial Cristóvão Colombo – Vila Mariana – CEP: 04121-900
    Tipo: Apartamento Área Útil: 61,75m2

    Leilão em andamento
    Maior Lance: R$ 0,00
    1ª Praça: R$ 536.706,48

    2ª Praça: R$ 268.353,24

    Conforme informado, sobre o imóvel recaem DÉBITOS CONDOMINIAIS no valor de R$ 461.836,15 (31/08/2017) cujo valor atualizado até a data do leilão será quitado com o produto da venda, entretanto, sendo o valor apurado com a alienação insuficiente para a quitação do débito, a diferença será de responsabilidade do Arrematante.

    Tá fácil. hahaha

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 8 de setembro de 2017 at 15:18

      Ou seja, quem comprar vai pagar só a dívida de condomínio.
      Como o véio disse, esse é o caso de imóvel castigo, que vale menos do que zero reais.

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Falido.com 8 de setembro de 2017 at 17:29

        Como sou teimoso eu não acredito em desvalorização maior que 40%…Isso é que nem unicórnio, mulas sem cabeça e malas com 51 milhões de reais escondidas em apês emprestados….. 🙂

        6+
        • avatar
        • avatar
    • Leonardo M. 8 de setembro de 2017 at 16:21

      Meu Deus
      R$460k em condominio?????

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Paulo Avelar 10 de setembro de 2017 at 00:38

      Setor público pensa que todos somos bananenses idiotas.

      1+
  • bolhista fulano de tal 8 de setembro de 2017 at 16:29

    CVR
    Atualmente estou morando na casa da minha mãe e saí do último aluguel há uns 2 anos. Ontem fui ver o preço do aluguel desse último lugar que aluguei apt. e achei 3 apartamentos anunciando por 100 reais a menos do que na época que aluguei, sendo que o condomínio é barato: 330 reais e é o melhor lugar para se morar nas proximidades do maior centro de orgãos públicos da capital. Fiquei um pouco surpreso…
    No fim desse ano passarei o pente fino denovo nos apartamentos para alugar e negociarei da melhor forma possível. Postarei aqui os descontos que encontrar e teremos uma boa base de como anda as coisas em bairro nobre da capital.

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • bolhista fulano de tal 8 de setembro de 2017 at 16:35

    CVR 2
    Colega do trabalho, após ouvir umas 3 vezes durante 2 anos meu conselho para esperar um pouco mais a compra do imóvel, resolveu comprá-lo.
    Resultado: Tá há 3 meses esperando reforma no apt. que nunca acaba, reclamou para mim os gastos com material e o condomínio que é R$ 800,00; disse que teve só 20k de desconto, sendo que os apt. anunciados no msm prédio estão por volta de 450k e o tamanho é de 90 m2.
    Teve que trocar a fiação do apt. e a pia que estava com problemas.
    Vendeu o carro para ajudar na entrada do apt. e disse que financiou uns 70%, sendo que tem filho pequeno e além disso trocou o plano de saúde para dar um economizada a mais.
    Haja gambiarra para ter um tijolo para chamar de meu.

    31+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 9 de setembro de 2017 at 03:04

      Minhas LCIs agradecem!

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Money_Addicted 9 de setembro de 2017 at 09:37

        LCIs sofisa rs

        por falar nisso ainda nao completei meu cadastro no “seu” banco rs quero completar essa semana, em breve vence algumas q estou pensando em mandar pra la

        1+
        • Intendente 9 de setembro de 2017 at 09:39

          Você não vai se arrepender.

          O sofisa ganha muito por não pedir investimento mínimo.

          Dessa forma, um qualquer que sobre no final do mês já pode ser efetivamente colocado em RF.

          7+
          • avatar
          • avatar
    • Intendente 9 de setembro de 2017 at 09:38

      Velho, na boa, eu queria entender o que se passa na cabeça do bananense médio, é sério.

      Será que viver de aluguel para eles causa alguma doença ?

      Mas, fazer o que.

      PMFI !

      10+
      • avatar
      • avatar
      • Money_Addicted 9 de setembro de 2017 at 09:42

        ainda bem q eles pensam assim 🙂

        como sempre falamos aqui, eu soh irei comprar um dia (talvez na velhice antes de nao conseguir gerenciar o dinheiro) se a relacao preco aluguel estiver MTO, mas muito mesmo, favoravel a compra

        2+
        • avatar
  • RicardoNT 8 de setembro de 2017 at 16:40

    Acho que este vale um novo tópico:
    http://observadordomercado.blogspot.com.br/2017/09/valor-fim-da-especulacao-tj-sp-entende.html

    Com isso abre jurisprudência para ferrar os investitrouxas que compraram na planta para especular e agora querer o destrato!!

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • fanfarraum 8 de setembro de 2017 at 17:17

      Relator do caso, o desembargador Teixeira Leite chamou a atenção ainda para o atual contexto econômico do país. “O mercado imobiliário está congelado”

      Mentira desse desembargador.
      Li em vários editoriais da Zap por ai que agora é a hora de comprar.

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • fanfarraum 8 de setembro de 2017 at 17:19

      Marcelo Yunes, vice-presidente da Yuny Incorporadora, diz que as desistências, por parte dos clientes, só geram prejuízos às empresas. Primeiro pelo impacto imediato no fluxo de caixa (tendo em vista que as obras não podem parar, já que há adquirentes de outras unidades do empreendimento) e depois porque, com a crise, os imóveis são revendidos a preços mais baixos e em um prazo não tão rápido.

      Como assim?
      Os imóveis vendidos há 3 anos na planta vão ser vendidos MAIS BARATOS quando estarão prontos (ou quase prontos)?
      Não seja leviano, Yunes, isso não existe. So porque tu é vice-presidente de uma incorporadora tu não pode fingir que entende disso.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • JJJ_brasilia 9 de setembro de 2017 at 06:28

        Sr. Yunes,
        Gostaria de lhe avisar: não existe capitalismo sem RISO!!!!

        Quando o destrato beneficiava as destrutoras, vocês não reclamavam, capitalismo é assim, sinto em informá-lo.

        8+
        • avatar
  • cyberpsi 9 de setembro de 2017 at 07:55

    CVR Brasília. Aqui o estado iniciou cobrança do IPVA 2017. Tem blitz dentro de condomínio! Três colegas de trabalho devem seus tributos. Entre 1.000 e 1.500… Eu emprestei a 8% mensal para ajudar os coitados… morram todos seus imbecis. Uma delas apareceu na sexta-feira com bolsa do Outback e levou o filho ao parquinho. Controle financeiro 0 o desse pessoal. Merecem o que está por vir.

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Rico 9 de setembro de 2017 at 08:31

      Dentro de condomínio? Se for área privada não pode, é abuso de poder.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • calango_df 9 de setembro de 2017 at 16:59

        mudaram o código de transito permitindo a fiscalização em qualquer via (seja pública ou privada). É o fim da linha…e o bananense acha lindo o Estado entrar em tudo, acha sinal de progresso, qdo é justamente o contrário (é a principal característica do totalitarismo). Qdo o Estado entra em algo, é sinal da completa falência. Pior, o problema se prolongará por mais tempo e a situação só ficará pior.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Rico 11 de setembro de 2017 at 09:42

          Cara, não pode, é inconstitucional. É mesma coisa que entrar em Interlagos e multar todos os carros por excesso de velocidade. Áreas privadas não são regulamentadas pelo Código de Trânsito.
          Agora se o condimínio tem cep, iluminação pública nas ruas é pública, o fato de ter portaria não muda nada. No caso a portaria é irregular.

          1+
          • Rico 11 de setembro de 2017 at 09:45

            Explicando de onde tirei isso: Fazia trilha de moto e nas áreas vicinais dentro de fazendas a policia não podia pegar as motos. Uma vez fui pego porque inventei de entrar na cidadezinha para tomar um refrigerante no boteco. Mas acabei sendo liberado depois de uma conversa com o guarda, moto só com nota fiscal, pois era de trilha e não era emplacada.
            Outra coisa que não pode pegar é se o carro está sendo rebocado ou guinchado. Vemos muito motoboys descendo da moto e empurrando na faixa de pedestre. Isso pode, pois o código de trânsito entende a condição de pedestre sem a condução da moto.

            5+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
        • Rico 11 de setembro de 2017 at 09:53

          Mais uma coisa que lembrei. Caso alguém seja multado ou tenha um carro apreendido dentro da área privada do condomínio vá a uma delegacia e solicite um mandado de segurança de preservação de direitos. Explique a situação que o delegado emite na hora.

          2+
          • avatar
          • avatar
    • Intendente 9 de setembro de 2017 at 09:36

      8% mensal, você é muito bom, kkkkk

      Normalmente quando me aparece uma oportunidade dessas, coloco 15% a.m

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • EngenheiroDF 11 de setembro de 2017 at 13:42

        Vamos ver se vai receber de volta o valor emprestado…

        0
  • loucola 9 de setembro de 2017 at 08:36

    https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=2097964096895644&id=100000462228752

    O que vocês acham disso?

    É um post de Stephen kanitz

    2+
    • avatar
  • Money_Addicted 9 de setembro de 2017 at 09:40

    Declaracao de aluguel no IR, vcs fazem?

    Minha pergunta eh pq isso nao nos traz beneficio nenhum e traz gastos para o “investido”, ate ai tdo bem, prefiro q o dinheiro fique com quem subsidia nossa moradia do q com o governo, mas andei olhando e vi que isso eh passivel de multa caso nao seja declarado

    0
    • cyberpsi 9 de setembro de 2017 at 10:11

      A receita não tem como saber. Se o senhoria não declara…

      2+
      • avatar
    • Bsbguy 9 de setembro de 2017 at 11:11

      entrei ano passado em setembro em um apartamento, havia fechado por X, a moça depois de fechado veio xaropar que o marido achou que tinha que ser x+100…fiquei com dó, e gostei do ap, fechei! ai depois ela veio MAIS UMA VEZ pedindo +100, pq o inquilino anterior pagava isso. Ai eu puto da vida falei, oh, te dou mais 50 e pronto. ok, fechou dessa vez.

      Ai chega ano seguinte, epoca da declaração, mando sempre no primeiro dia, e como ELA NÃO SE PRONUNCIOU EM NADA, eu declarei os 4 meses de aluguel do ano anterior normalmente. Ai ela me liga em 2 semanas falando “ENtão, você vai declarar aluguel?” Ai eu “Ueh, já mandei declarado,” Ai ela “Ahhhh é que com inquilino anterior eu negociava, dava um desconto ou algo e a pessoa não declarava “. Ai eu “É, que pena que não falou comigo”.

      Conclusão, só nesses 4 meses ela vai morrer uns 3k de IR. Se tivesse sido menos chata na hora de fecharmos, quem sabe eu estivesse de melhor humor na hora de mandar o IR……………………….. Veremos nesse ano, o mínimo que quero é a restituição do IPTU que eu já estou quase quitando…. veremossss

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • maker 9 de setembro de 2017 at 12:38

    o que vcs acham dos dados da numbeo.com? O “Price to Income Ratio” de SP está meio elevado na faixa de 19 enquanto grandes cidades latinas fica na faixa entre 10 e 15.

    3+
  • Cadeludo 9 de setembro de 2017 at 13:43

    Um cara que anuncia as 4 da manhã uma casa por 3 milhoes em tramandai-rs está bêbado ou preocupado?

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 9 de setembro de 2017 at 15:23

      pode ser ambas as coisas + insônia… muito comum achar “normal” viver assim aqui na banania bordel Br….

      6+
      • avatar
      • avatar
    • From_The_Tower 9 de setembro de 2017 at 16:04

      com vários parafusos a menos
      kkkk

      4+
      • avatar
      • avatar
    • antifragile 10 de setembro de 2017 at 00:11

      É o Motumbo visitando a consciência do coitado. Chega sem nem avisar.

      2+
      • avatar
  • From_The_Tower 9 de setembro de 2017 at 16:11

    Galera… que está ou pretender operar na renda variável . a Plataforma Profit Chart PRO está disponibilizando a ferramenta Replay. Você pode a partir dos servidores da Nelógica operar um dia específico da bolsa e treinar as operações. Muito legal. Recomendo.

    img>

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar

    • From_The_Tower 9 de setembro de 2017 at 16:11

      [img]https://i.imgur.com/tBvbnZr.png[/img]

      0
  • bolhista cearense 9 de setembro de 2017 at 18:25

    CVR:
    Panfletagem recorrente:
    Passei hoje à tarde pelo cruzamento próximo ao antigo Jóquei Clube aqui em Fortaleza. Recebi um folder de um condomínio em que anunciava: “devido ao sucesso nas vendas, prorrogamos a promoção” . Fato: a promoção está vigorando há quase um ano…

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • bolhista cearense 9 de setembro de 2017 at 18:29

    CVR 2:
    O prédio que não vende:
    Recebi hoje também um panfleto de outro prédio que já foi entregue há mais de um ano, área valorizada, Joaquim Távora. Nele, o anúncio dizia que o comprador pagaria morando. Passo por ele à noite, mas só vejo luzes apagadas uma ou outra acesa. O prédio tem uns vinte andares. Acho que o pessoal gosta muito de economizar energia…

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • bolhista cearense 9 de setembro de 2017 at 18:34

    CVR 3:
    Centro comercial inacabado:
    Faz tempo, mas postei outro CVR onde narrava que um centro comercial inacabado estava para alugar as salas. Elas não tinham instalações elétricas e nem hidráulicas; sem reboco nem forramento. Parece que o dono lê este blog porque tinha retirado a placa de aluga-se. Até aí, tudo bem. Pois não é que ele voltou a pendurar a placa? O prédio continua do mesmo jeito…

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • bolhista cearense 9 de setembro de 2017 at 18:44
  • Joao RJ 9 de setembro de 2017 at 18:48

    Pessoal, não gosto da Empiricus, mas eles estão dizendo que os imóveis irão subir. Tudo isso baseado na questão da baixa da Selic e tb na forte valorização recente das ações. Eu tenho a impressão que ainda não estamos no fundo do poço, ACHO que vai cair ainda um pouco antes de voltar a subir. Gostaria que alguém, talvez o CA, explicasse tecnicamente se estamos ainda em queda ou se estes eventos de retomada econômica configurariam um “return to normal” ou os imóveis vão continuar andando de lado tal qual ocorreu no Japão, ou se irão subir.
    Penso que talvez as condições hoje configurariam um boom nos preços dos imóveis, mas como eles já estão muito caros e as pessoas endividadas, parece que a coisa deve ficar mais ou menos como estão. Aqui no Rio os aluguéis deram uma boa baixada, acredito que os preços dos aluguéis estejam quase que no preço antes da bolha(corrigido pela inflação). Mas para compra tudo continua ainda muito caro (até pela mentalidade patrimonialista). Acho que para compra os valores deveriam recuar em torno de 50% para voltar a valores pré – bolha.
    Neste cena´rio de alugueis baixos e valores de compra totalmente descolados do aluguel, nao entendo como podem dizer que os valores de compra\venda teriam folego para subir. abs

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • maker 9 de setembro de 2017 at 21:20

      Eu não boto muita fé nesses forecasts da Empiricus. Estava vendo os dados do Numbeo.com e no caso do RJ o “Price to Income Ratio” é um dos mais altos do mundo, ou seja, está sobrevalorizado.

      https://www.numbeo.com/property-investment/rankings_current.jsp

      Pra diminuir esse índice, teria ou que baixar o preço do imóvel ou aumentar o salário médio. Com o tanto de desempregados, acho difícil subir o salário médio já que tem trabalhador de sobra.

      Eu sinceramente acho esses dados mais relevantes do que o boletim da Empiricus.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 9 de setembro de 2017 at 22:35

      Teve uma postagem aqui, da bolha espanhola, com uma sequência mês a mês de reportagens demonstrando que o melhor momento de comprar era agora kkkkkk

      9+
      • avatar
      • avatar
  • bolhista cearense 9 de setembro de 2017 at 19:08

    Como vão reajustar preços de imóveis se o desemprego ainda está em 13 milhões? E a turma endividada cresce a cada dia? O estoque de imóveis sobe (num ritmo mais lento, mas sobe) a cada dia? Só se eles referem-se a quantidade de imóveis. Aí sim, vai subir. Também acho que o fundo do poço é mais embaixo.

    8+
    • avatar
  • bolhista cearense 9 de setembro de 2017 at 19:10

    Pergunta:
    Alguém sabe informar se aquela conversa de taxar as LCI’s ainda existe. Ou acabou de vez?

    2+
    • Leonardo M. 9 de setembro de 2017 at 23:40

      Eles sempre jogam isso no ventilador.
      Mas aí os ministros recebem ligações de meia dúzia de gente importante da construção civil dizendo que se acontecer isso será uma catástrofe total no segmento, bla bla bla e depois esquecem.

      Eu adoro o capitalismo
      Se amanhã taxarem a LCI e LCA vamos ter taxas igual de CDB para compensar o imposto, então nuca vamos perder!
      Quem vai pagar mais caro e o consumidor final, simples assim.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • bolhista cearense 9 de setembro de 2017 at 19:16

    Alguém consegue explicar a diferença entre LIG e LCI? A matéria não esclarece minha dúvida:
    http://www.opovo.com.br/jornal/imoveis/2017/09/lig-alternativa-para-investimento.html

    3+
  • Krakenvader 9 de setembro de 2017 at 21:39

    Acabei de ler que 881k casas não possuem seguro contra enchentes na área que foi comandada a evacuação. Acabou de aparecer um oficial da Marinha na CNN mandando todo mundo sair, e que existem possibilidades de ondas de 6ft.

    Nem os tijolos sabem segurar???? Bricklover me surpreende dia após dia.

    Dia desses li uma frase interessante:

    “A maioria dos americanos é, na verdade, pobre. Eles trabalham duro, dirigem belos carros e moram em belas casas. Mas não têm 400 dólares extras para uma emergência”

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Krakenvader 9 de setembro de 2017 at 21:40

      De 6-12ft*

      2+
      • avatar
    • Antigo 11 de setembro de 2017 at 07:04

      Pois é, sendo que a região é sabidamente rota de furacões, tem praticamente um a cada ano.
      Embora a renda média dos americanos seja bem maior, a cultura financeira dele é parecida com a nossa. Vivem endividados, hipoteca, financiamento estudantil, parcela de carro etc etc. Claro que em uma economia muito mais dinâmica e com juros baixos isso é menos grave, mas não deixa de ser esquisito. Ser 666 não é exclusividade do Brasil, até estouro da bolha imobiliária já tiveram lá, não aprenderam e está inflando tudo de novo.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • CA 11 de setembro de 2017 at 06:20

    Uau, quanta novidade, de novo?!

    http://m.folha.uol.com.br/mercado/2017/09/1917123-investimento-publico-despenca-para-o-menor-patamar-em-10-anos-e-afeta-pib.shtml

    Seguem trechos do link acima:
    “Investimento público despenca para o menor patamar em 10 anos e afeta PIB”

    “Os investimentos públicos estão no menor patamar dos últimos dez anos, o que pune principalmente o setor da construção civil e contribui para puxar o PIB (Produto Interno Bruto) para baixo.

    Em meio ao forte esforço para reduzir despesas e cumprir a meta fiscal, os investimentos do governo federal nos primeiros sete meses do ano somaram R$ 16,3 bilhões, quase R$ 10 bilhões a menos do que o mesmo período de 2016 e o menor valor desde 2008, quando começa a série disponibilizada à Folha pelo Tesouro Nacional, com dados corrigidos pela inflação”

    “Segundo a CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), as contratações do Minha Casa, Minha Vida caíram a menos da metade de 2013 a 2016. Em 2013, foram 940 mil unidades, ante 385 mil no fim de 2016.”

    Neste outro artigo da Folha, complementar ao que consta acima, o título já diz tudo e mais uma vez, outra grande “novidade”; para nós, não é mesmo?

    http://m.folha.uol.com.br/mercado/2017/09/1917132-ajuste-fiscal-lento-e-gradual-reduz-o-potencial-de-crescimento-do-brasil.shtml

    Título:

    “Ajuste fiscal lento e gradual reduz o potencial de crescimento do Brasil”

    Comento sobre os artigos acima:

    Enquanto isto o segmento de construção civil acelerando lançamentos e “vendas” na planta focados no Minha Casa Minha Vida faixas 2 e 3, contando que os recursos do governo são infinitos, que o FGTS sempre vai crescer de forma cada vez mais pujante, mesmo sendo SUGADO incessantemente para cobrir ROMBOS crescentes do governo e que ainda assim ele vai subsidiar este aumento sem precedentes nestes lançamentos do MCMV, sem contar a eterna FÉ de que a CEF também será sempre super-poderosa, não importando se ela já tem mais de 380 mil imóveis inadimplentes entre MCMV faixa 1 e demais créditos imobiliários concedidos e até agora não retomou para leilão nem 10% disto, não importando as outras dezenas de bilhões de Reais em outros ROMBOS que levaram até à prisão de 2 ex vice-presidentes da CEF, com parte dos crimes relacionados ao FI FGTS e por aí vai…

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 11 de setembro de 2017 at 07:37

      Conforme já alertado aqui

      “Reformas” sem investimento = voo de galinha

      Acontece uma primeira reação positiva do mercado, movida por empolgação, mas que se desfaz em poucos meses.

      Lembrando que os últimos “resultados positivos” foi por eventos únicos, que não se repetirão: supersafra e liberação do fgts

      A próxima estratégia do governo provavelmente será por injeção de mais dinheiro no mercado. Precisaria haver um pesado programa de privatização para impactar seriamente o custo-Brasil.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 11 de setembro de 2017 at 07:31

    A FALÁCIA DO KEYNESIANISMO

    João tem uma renda de R$ 6.000 por mês. Não está nada mal. Com esse dinheiro, todos os meses ele consegue tranquilamente bancar seus gastos fixos: aluguel, condomínio, conta de luz, conta de gás, internet e conta de celular.

    Com o que sobra, ele decide gastar com lazer e mimos próprios. Sai para jantar com frequência, vai ao boliche duas vezes por semana, vai a baladas todos os sábados, e ainda extrapola o limite do cartão de crédito comprando roupas e perfumes. Ele chega ao final do mês zerado. Gastou tudo o que recebeu e ainda tem dívidas pendentes no cartão de crédito.

    Maria trabalha em uma empresa e tem um cargo similar ao de João. Seu salário é aproximadamente o mesmo. Mas seu padrão de gastos é completamente diferente. Ao contrário de João, Maria, após quitar todos os seus gastos fixos, poupa o que sobrou e investe.

    Ou seja, Maria restringe seu consumo presente. Maria faz o sacrifício de gastar pouco no presente, privando-se de vários prazeres e até mesmo de pequenos luxos. Ela não é da mentalidade do “eu mereço, por isso gasto”. Muitas vezes ela tem de dizer a seus amigos e amigas que “esta noite não poderei sair”.

    Difícil e chata a vida de Maria, não?

    No curto prazo, de fato é. Já no longo prazo, a história é bem diferente.
    Vinte anos depois, João se tornou vítima de suas próprias escolhas. Ele gostaria de sair do seu atual e estafante emprego e poder se dedicar a outras coisas, mas está afundado em um mar de dívidas. Como não tem reservas — pois não poupou –, praticamente tudo o que ele recebe como salário vai diretamente para o pagamento de dívidas.

    Consequentemente, ele não pode se dar ao luxo de mudar sua rotina. Seus gastos fixos são hoje ainda mais altos, de modo que ele sempre está “com a corda no pescoço”. Antigamente, ele trabalhava para ganhar dinheiro. Hoje, ele trabalha para pagar dívidas. Não mais tem prazer em sua rotina.

    Já Maria está em uma situação completamente distinta. Com bastante dinheiro poupado e investido — consequência de sua frugalidade –, seu trabalho não mais é uma necessidade de sobrevivência. Ela não precisa daquele emprego como se fosse o único recurso para continuar viva. Com efeito, ela está pensando em deixar de ser empregada e se tornar empreendedora. Quer dar uma guinada em sua vida e investir no ramo da moda. Ela sempre gostou disso. Está animada e investirá sua poupança neste novo projeto.

    Seu sonho é, em alguns anos, poder viver do seu próprio empreendimento.

    A poupança, a frugalidade, e a capacidade de pensar no futuro ajudaram Maria. E a ausência de tudo isso foi o que prejudicou João.

    Keynesianos dizem que esse comportamento de Maria, embora tenha sido positivo para ela, foi péssimo para a economia. Já o comportamento de João, embora tenha sido péssimo para ele, foi ótimo para toda a economia. Faz sentido?

    O artigo a seguir aponta em detalhes todos os erros inerentes a esta falácia, a qual se recusa a morrer. E segue gerando destruição.

    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2665

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Abestado abc 11 de setembro de 2017 at 09:06

    “Economistas do governo falam que o segmento imobiliário produziu uma bolha, com a liberação de empréstimos para pessoas com menor capacidade de endividamento, o que levou a uma sobrevalorização dos imóveis.”

    Economistas do governo pronunciando a palavra bolha ? Como assim gente ? rs

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/09/1917134-construcao-encolhe-21-durante-a-crise-e-volta-ao-patamar-de-2009.shtml

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Inevitable 11 de setembro de 2017 at 09:32

      TÓPICO !

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • JJJ_brasilia 11 de setembro de 2017 at 09:33

      Economistas do governo falam de BOLHA IMOBILIÁRIA é tópico Boss!!

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • antifragile 11 de setembro de 2017 at 12:51

      Adorei um dos comentários, dá um belo CVR:

      “Construí uma casa e fui lesado por todos com quem lidei. Engenheiro, arquitetos, empreiteiros, pedreiros e demais prestadores de serviço. Desonestidade, incompetência e irresponsabilidade foram uma constante e conversando com muita gente ouvi histórias muito parecidas com a minha. Tomara que a crise dê um jeito de eliminar os maus profissionais, que não são poucos, do mercado. A contrução civil é um covil de lobos.”

      10+
      • avatar
  • Zé do Brejo 11 de setembro de 2017 at 10:23

    O Boss tá vivo?

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 11 de setembro de 2017 at 10:35

      Acho que sim. O blog tava fora do ar no fim de semana, ele deve ter feito alguma coisa para levantá-lo hoje.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • calango_df 11 de setembro de 2017 at 10:25

    Rico 11 de setembro de 2017 at 09:42
    Cara, não pode, é inconstitucional. É mesma coisa que entrar em Interlagos e multar todos os carros por excesso de velocidade. Áreas privadas não são regulamentadas pelo Código de Trânsito.
    Agora se o condimínio tem cep, iluminação pública nas ruas é pública, o fato de ter portaria não muda nada. No caso a portaria é irregular.

    ————————–
    Replicando pq a discussão ficou mais acima.

    Sem dúvidas é totalmente inconstitucional. Mas aqui é a Bnn, então…tá valendo! Veja ai a alteração que fizeram no CTB, fazendo um acréscimo na parte final do parágrafo único. No DF, o Detran tem a “orientação” de que o responsável pela área tem q autorizar a entrada. Mas já sabemos que essa “orientação” é apenas lero lero, para amansar resistências (não há isso escrito em nenhum lugar)…qdo for conveniente, o Estado entrará sem qq autorização. A cabecinha já penetrou..agora é só esperar para alargar a entrada.

    Art. 2º São vias terrestres urbanas e rurais as ruas, as avenidas, os logradouros, os caminhos, as passagens, as estradas e as rodovias, que terão seu uso regulamentado pelo órgão ou entidade com circunscrição sobre elas, de acordo com as peculiaridades locais e as circunstâncias especiais.

    Parágrafo único. Para os efeitos deste Código, são consideradas vias terrestres as praias abertas à circulação pública e as vias internas pertencentes aos condomínios constituídos por unidades autônomas [REVOGADO]

    Parágrafo único. Para os efeitos deste Código, são consideradas vias terrestres as praias abertas à circulação pública, as vias internas pertencentes aos condomínios constituídos por unidades autônomas e as vias e áreas de estacionamento de estabelecimentos privados de uso coletivo. (Redação dada pela Lei nº 13.146, de 2015) (Vigência)

    2+
    • avatar
    • avatar
    • Rico 11 de setembro de 2017 at 10:36

      Um bom advogado quebra isso aí ainda recebe uma grana por danos morais.

      2+
      • avatar
      • avatar
  • Oliveira 11 de setembro de 2017 at 11:10

    CRV 1
    Tenho pesquisado imóvel para compra deste 2006, quanto optei por comprar o apartamento da minha irma, que hoje anunciam em torno de 6X. Meu objetivo sempre foi casa, pois até um pouco mais que os 13 anos de idade vivi em casa, e tendo vivido por cerca de 20 anos em apartamentos sei bem a diferença entre as alternativas, mesmo um casa de condomínio é melhor que um apartamento.
    Então após ter comprado apartamento continuei a poupar para futuramente vender o apartamento e comprar um casa, as condições no apartamento afetam minha qualidade de vida de forma que anseio por mudar para uma casa. No entanto estou em um certa “zona de conforto”, meu apartamento tem armários esta reformado estou instalado, é próximo de um estação de trem, 35 minutos de carro para o trabalho. Tenho considerado a questão do aluguel, em torno de 1.5k à 3k – opções próximas do trabalho -, Me incomoda profundamente a postura dos proprietários que em geral parecem que estão te fazendo um favor ou como se fosse um coitado por optar morar de aluguel, e toda intransigência na negociação decorrentes disso. Além da grande maioria ser imóveis a disposição serem antigos e não estarem em estado de reforma e equivalentes ao meu apartamento.
    Como optei por juntar o valor hoje poderia compara uma casa/sobrado dentro dos meus requisitos mínimos, no entanto a minha avaliação é que não valem nem 50% do meu capital. Eu teria que empregar, 65% do meu patrimonio para adquirir um imóvel dentro das características minimamente aceitáveis por mim.: (Estrutura fisica do imóvel regular e sem necessidade de reformas, Documentação regular, Preço Justo cerca de 1500/m² estão pedindo cerca de 4500/m²).
    CVR 2 – Continuação do CVR 1
    Tenho constantemente entrado em contato com proprietários de casas e sobrados da região e desenvolvi algumas questões que visam determinar a DISPOSIÇÃO DE NEGOCIAÇÃO e VIABILIDADE DE NEGOCIAÇÃO.
    Questões (Alguns apresentam resistência em responder um ou outra questão eu insisto manifestando minha disposição em negociação à vista desde que haja consenso em torno da avaliação das partes ).:
    – Por que está vendendo o imóvel ? (Em geral a resposta permite avaliar a disposição especulativa ou não do vendedor/proprietário, urgência e disposição de negociação).
    – Este é seu único imóvel? (a partir do segundo deve se enquadrar como investimento, quando se vende o primeiro devido a distorção generalizada o proprietário tem receio de corrigir o preço e “sair perdendo” pois “teria” que comprar outro imóvel ha preços também distorcidos ).
    – Ha quanto tempo o imóvel está a disposição para venda ? (Se estiver ha muito tempo juntamente com a predisposição de negociar da pra entender um pouco sobre a disposição de negociação e redução de preços ).
    – Há propostas em dinheiro á vista no imóvel? (Se a pessoa estiver ha muito tempo e não tiver nenhuma proposta, certamente o preço deve estar assustando potenciais interessados, indicando que o proprietário em esperar o quanto for para manter o valor pretendido).
    OBS.: Em geral durante as perguntas todos ficam ansiosos pela proposta insistindo bastante que faça sua proposta, recomendo que nunca dou uma proposta, enquanto o valor pretendido estiver muito distante da sua percepção de valor real e sua disposição de pagar, só faça proposta se puder oferecer e lhe interessar pagar 75% do valor que estão pendido. Se durante a conversa ele abaixar e alcançar este patamar onde chega próximo que possa pagar. do contrário se não houver disposição de negociação e o proprietário apenas vai utilizar sua proposta como patamar mínimo para tentar conseguir um valor maior.

    A conversa com estes proprietários é minha percepção é que a grande maioria, de retardatários, estão especulando.:
    CVR 3 – Propritario 1:
    Está com dois sobrados muito bons, em região ruim – até mesmo pelos imóveis que estão em volta ( destacando-se entre eles ) e distancia das vias principais da cidade -, 750k cada, há mais de dois anos a disposição para venda, disse que só tem propostas de trocas, dentre outras propostas indecentes.

    CVR 4 – Proprietaria 2:
    Na mesma rua/bairro do CVR 3 , colocou o imóvel – ha dois meses – para venda, por 450k, (aceitaria até 420k) disse que surgiu propostas de trocas em sítios, e que pode esperar o quanto for por uma “coisa boua”.

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 11 de setembro de 2017 at 11:19

      Daqui uns 15 anos eles recebem uma proposta aceitável e conseguem enfim vender seus tijolinhos sagrados.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Zé do Brejo 11 de setembro de 2017 at 11:21

        Eu nem faço oferta também, eu já falo não quero te ofender e não quero ser ofendido, então nem vou fazer proposta nenhuma.
        Você fica feliz com seu imóvel aí e eu fico feliz com meu dinheiro aqui e tá tudo certo!

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Cesar_DF 11 de setembro de 2017 at 11:22

      É impressionante a quantidade de “investidores” que adquiriram imóveis acima do mean line e agora estão experimentando uma longa e desgastante rentabilidade negativa.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Oliveira 11 de setembro de 2017 at 11:27

        Cesar_DF, eles não se dão conta de que eles não tem tolerância a perda. Vão sofrer ou deixar os imóveis para que os filhos vendam. Este senhor do CRV 3, eu já havia falado com o filho dele disse que o pai esta doente, depois de mais de dois anos com os imoveis em mais de 3 imobiliárias, eles colocaram a placa de direto com o proprietário. Este senho que o filha disse – está doente -, falou comigo, ficou falando como os imóvel dele era bom, da qualidade dos materiais empregados e que não vai “dar de graça o imóvel”, mas não tem proposta…. kkkk daqui uns 15 anos quando a inflação derreter os 750mil o filho dele recebe o os 750k.

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • job 11 de setembro de 2017 at 11:28

        É tudo uma questão de PERCEPÇÃO Cesar_DF,
        pra uma boa parte desses investidores, aqueles que não dependem do rendimento desse imóvel “investimento” pra sobreviver, pode ficar 5, 6, 10 anos parado que pra eles continua sendo um ótimo negócio. Lembre-se de que 666 não sabe MATEMÁTICA BÁSICA, muito menos conceitos mais avançados como VACÂNCIA, JUROS COMPOSTOS. Pra um 666, se comprou um imóvel a 200k e vendeu a 250k 18 anos dpois, ele pensa que lucrou.
        Já pra nossa percepção, a figura muda completamente.

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • bolhista fulano de tal 11 de setembro de 2017 at 11:24

      Fora leilão, teremos que esperar alguns anos para acharmos propostas interessantes, a não ser que encontre algum desesperado..

      2+
      • avatar
      • avatar
      • EngenheiroDF 11 de setembro de 2017 at 14:34

        Cada vez mais gente esta desesperada.

        0
  • Zé do Brejo 11 de setembro de 2017 at 11:24

    Minha base é: uma casa popular (simples) não poderia/deveria custar mais de 100k baseado na renda familar brasileira padrão.
    Apartir disso começo minhas avaliações. Atualmente a média popular está em 250k enquanto não estiver nos 100k ou próximo disso eu nem faço oferta.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • job 11 de setembro de 2017 at 11:34

      Concordo 100% e digo mais, apartamento de um quarto, não deveria passar de 150k, independente da região.

      5+
      • avatar
      • avatar
    • amongyou 11 de setembro de 2017 at 11:47

      Alguma vez já esteve ? Eu penso que nunca estará. Esquece-se de onde vive…

      1+
      • Zé do Brejo 11 de setembro de 2017 at 11:50

        Ao que você está se referindo?

        1+
        • amongyou 11 de setembro de 2017 at 11:51

          Ao seu comentário anterior de estar em 100k

          0
          • Zé do Brejo 11 de setembro de 2017 at 12:26

            Já esteve abaixo disso antes do inicio da bolha.
            Entre 2004/2006 era possível encontrar casas médias por 60k a 80k.
            E “SE” nunca estiver no patamar REAL que condiz com a RENDA, não tem problema, os investimentos são muito mais generosos.

            6+
            • avatar
            • avatar
            • Oliveira 11 de setembro de 2017 at 12:46

              Após isso a renda aumentou em media 2x, estenderam o prazo do financiamento de cerca de 10 anos para 30 anos, deram subsidio, reduziram juros, concessão de credito farto e fácil, processo de euforia e especulação que causou uma escalada eufórica de preços de anúncios, estourou o teto da viabilidade já esticada devido a incapacidade das pessoas de perceberem o risco dos compromissos que assumiram. Demanda artificial acabou, oferta explodindo.. só estamos na inércia da euforia. Então a menos que haja alterações nas bases que incentivaram este processo receio que o valor com a correção média deve ficar no máximo em 3x o valor de 2004/2006 ou ou 50% dos valores atuais.

              2+
              • avatar
              • avatar
              • Joao RJ 11 de setembro de 2017 at 13:18

                Tb tenho essa percepçao dos 50%

                0
    • bolhista fulano de tal 11 de setembro de 2017 at 11:52

      Casa só vai baixar o valor da mesma forma que apartamento se for casa de condomínio. Não adianta… como falaram aí em cima, bananense vai esperar 20 anos para ver sua casa sair de 300k para 330k e vender achando que lucrou 30k.
      CVR
      Parente construiu um hotel numa cidade pequena do interior gastando mais de 700k e depois que terminou de construir estava querendo arrendar por 15k, mas com o tempo baixou e agora pede 12k, pois segundo as contas dele, se a pessoa que arrendar tiver lotação de 50% e num preço mais baixo que o melhor hotel da cidade, ele ainda sairá lucrando bastante. Falei que não é assim que se calcula, mas sim tirando o preço médio de arrendamento de outros hotéis/pousadas na mesma região e assim ter uma noção melhor de preço.
      Chegaram propostas para ele de 10k e ele não aceitou. Agora estão fazendo proposta de 8k e ele não aceita.
      Já expliquei dutrante a construção que tijolo não valia a pena, e depois de construí-lo, o tanto que ele está deixando de ganhar com o aluguel, além das expectativas nebulosas desse bananal e o rendimento que ele teria com o aluguel numa renda fixa. Nada…
      Já se foram mais de 1 ano e as portas fechadas. Tem umas 2 janelas quebradas e o imóvel já começou a se deteriorar.
      PS: O hotel foi embargado durante a construção pois o prédio era tombado e foi alterada a fachada e nem sei se ainda está embargado.

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 11 de setembro de 2017 at 12:32

        quanto vale:
        Minha mae tem mais de 75 anos e conseguimos tirar o carro dela. Ela já atolou na praia, já raspou o carro num lado e com medo deu ré e arancou o outro lado… um Kia Picanto. Meu irmão quer vender mas diz que tem que arrumar o para choque e pintar as laterais. Eu disse vende logo de qualquer jeito. Pra arrumar precisa demais de 4k… o carro está parado ha 3 meses na garagem… Ele diz que não quer perder dinheiro… esse caso é parecido com imóvel… o cara leva baile nas tarifas, taxas, corvo, cartório, reforma, e acha que tá tendo lucro.

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Alemon Fritz 11 de setembro de 2017 at 13:38

          Picanto 2007, fipe entre 15 e 18k,… e agora está sem seguro há 1 ano que deixaram vencer e poderia ser usado na “reforma”.

          2+
    • Cesar_DF 11 de setembro de 2017 at 12:05

      O “price to income ratio” brasileiro está BIZARRO

      A quantidade de anos de um salário mediano para comprar uma casa mediana está em mais de 20 anos.

      No Estados Unidos fica entre 4 e 8 anos.

      Na Europa em torno de 10 a 15, mas lá, com o welfare state, a pessoa não gasta com educação, segurança e saúde

      https://www.numbeo.com/property-investment/gmaps_rankings.jsp?indexToShow=getHousePriceToIncomeRatio&title=2017-mid

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • tmarabo 11 de setembro de 2017 at 13:37

      mas pra comprar um imóvel de 100k precisa ter que renda??
      “grosso modo”, pra comprar um imóvel de 100k precisaria de uma renda de 2,5k a 3k.
      se for financiar “sem muletas do governo” é esta a renda de que necessita.
      só que a renda MÉDIA salarial do brasileiro é menos de 2k…
      então como que um imóvel simples REGULARIZADO custaria 100k?? este preço já faria as pessoas viverem em locais irregulares, imagina com o que se cobra hoje???
      eu já escrevi em um CVR: servidora pública do RS, que ganha 7,5k a 9k por mês (ou seja, está entre os 5% mais ricos do país) só consegue financiar 250k. E o que tem NOVO com este preço em Rio Grande-RS??? Minha casa, minha vida: http://www.porto5.com.br/lancamentos/1946/residencial-bragan%C3%A7a Sorte dela que desistiu “por enquanto” de comprar.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Oliveira 11 de setembro de 2017 at 11:53

    Penso que os proprietário de um único imóvel devido as incertezas das distorções do mercado imobiliário, não tem boa disposição ou conhecimento da situação de negocia o preço justo. Penso que resta ver com investidores mais conscientes , que comparam o imóvel ha uns 6 anos atrás, que tem um segundo imóvel e que se encaixa como investimento onde o valor deveria estar em torno de 2x (o valor de 2006, antes da distorção) neste caso ainda há as chances de negociar entre 2x o valor (próximo a evolução media da renda) e 6x (média de valores pretendidos). Diante do risco iminente de correção se os investidores perceberem que podem perder vender por algo entre 2x (o que pagou) e 6x (o que estão anunciando) pode não significar uma perda mas um não ganho.. e para eles, quanto mais se espera menor deve ser o valor que vai conseguir, se hoje é 5x depois 4x, 3x, tavlez 2x, talvez, 1x … acho que o perfil para negociar são investidores, desde que eles tenham esta noção ou adquiram de alguma forma ao longo do tempo, talvez a negociação pode ser uma oportunidade de esclarecer o risco que ele se encontra.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 11 de setembro de 2017 at 12:31

      Buy When There’s Blood In The Streets

      3+
      • avatar
      • avatar
  • Antigo 11 de setembro de 2017 at 13:55

    Novo novo!

    0