Negar o problema pioria o prejuízo do negócio imobiliário – Hoje em Dia

Você pode gostar...

Comments
  • Lucas 24 de abril de 2017 at 14:05

    Prezados bibstas

    recentemente entrei em controvérsia com o CA a respeito da recuperação economica
    meus dados são do SEADE-SP que indicavam o fundo do poço ter sido em agosto/set 2016 que de lá pra cá vinhamos em franca recuperação

    Mas que nada senhores, os indicadores publicados recentemente com um certo delay aponta que ja/fev de 2017 regredimos ao fundo em meados de 2016

    Todos os indicadores: PIB, renda, massa salarial, desemprego, tudo CAINDO
    (faço exceção à agricultura insignificante, comercio e reparo de carro usado e alguma outra coisinha)

    O Tempo senhor da razão sempre nos mostra a verdade, minha tese era de que as medidas reformistas machiavelicamente urdidas nas esfera federal, + o fim do pessimismo + fim do PTismo seria suficiente para nos colocar SP em locomotiva a pleno vapor.
    Não, não foi suficiente.
    CA soube ler melhor que eu as entrelinhas da coisa e viu isto tudo ser apenas mais um ensaio, apenas outro vôo destrambelhado de galinha, que agora os fatos se comprovam. Apenas saliento que tomei posição frente a números e experiências concretas pinçadas aqui e ali, nunca foi meu desejo defender linha política de A ou B.

    link
    http://www.seade.gov.br/
    aproveito para recomendar outros trabalhos da mesma sobre emprego doméstico, e um que vai interessar o Cesar, diferente do que imaginei as novas projeções empurram o pico demográfico Paulista para 2040, e mesmo dentro do município da capital, o trecho 30-40 em praticamente estabilidade, só vai cair no pós 40. Ainda precismoa digerir melhor isso.

    58+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 24 de abril de 2017 at 14:08

      CA

      Lucas,

      Suspeito que um dos fatores tenha relação com a indústria automobilística e sua cadeia de suprimentos, uma vez que ela pedalou por alguns meses desde o final de 2016 até recentemente com aumentos de produção incompatíveis com o crescimento de exportações e a evolução das vendas internas, gerando assim estoques e forçando férias coletivas e outros sinais de que tinha sido apenas uma simulação de recuperação, como tantas outras que temos visto, ou então estes sinais de volta a realidade ainda nem apareceram e foram os outros setores, dentre eles o imobiliário, que não permitiram que os truques de ILUSIONISMO prevalecessem…

      2+
      • avatar

      CA

      Lucas,

      Suspeito que um dos fatores tenha relação com a indústria automobilística e sua cadeia de suprimentos, uma vez que ela pedalou por alguns meses desde o final de 2016 até recentemente com aumentos de produção incompatíveis com o crescimento de exportações e a evolução das vendas internas, gerando assim estoques e forçando férias coletivas e outros sinais de que tinha sido apenas uma simulação de recuperação, como tantas outras que temos visto, ou então estes sinais de volta a realidade ainda nem apareceram e foram os outros setores, dentre eles o imobiliário, que não permitiram que os truques de ILUSIONISMO prevalecessem…

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Libertario 24 de abril de 2017 at 14:17

        O cara é fera mesmo.
        Ja falei que as vezes ele parece o Watson.

        22+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Zebolheu 24 de abril de 2017 at 17:31

          O cara é o Mestre dos Magos. Sinistro, tô com medo de saber quem é o Vingador…

          7+
      • Cesar_DF 24 de abril de 2017 at 16:56

        Lucas
        Eu tinha colocado a um tempo atras que o aumento por 3 meses consecutivos na produção de veículos não batia com o consumo do mercado interno nem com as exportações.

        29+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • MauricioSP 24 de abril de 2017 at 14:44

      Você está se antecipando, Lucas, as medidas reformistas (trabalhista, previdência, impostos) ainda não foram aprovadas. A aprovação do teto de gastos aumentou um pouco a confiança no governo mas é uma medida de longo prazo. Se as reformas previdenciária e trabalhista forem aprovadas até o final de 2017, junto com Selic de 8,5% podemos sim ver o início de uma recuperação mais forte em 2018.

      10+
      • avatar
      • Poucas Trancas 24 de abril de 2017 at 16:40

        Vejamos:

        1) A reforma trabalhista, da forma como está proposta, não vai ajudar ABSOLUTAMENTE nada na recuperação da economia. Só vai ajudar a fortalecer os sindicatos, e esses por sua vez, farão mais burradas ainda. Com a reforma passando, as empresas grandes vão subornar os presidentes de sindicatos, para fechar acordos que sejam bons PARA ELAS, que diminuam os salários dos funcionários, porém ainda não vai permitir a entrada de novas empresas menores, para competir com as empresas grandes, pois a CLT ainda estará lá para atrapalhar a vida do pequeno empresário, e é exatamente de pequenos empresários que o país precisa para melhorar. Ou seja, essa reforma em nada vai ajudar;

        2) Reforma da previdência: Reforma de longuíssimo prazo. Para 2018 (e a década seguinte), não vai melhorar ABSOLUTAMENTE NADA no déficit orçamentário do país. Logo, é mais uma que, mesmo passando, não afetará nada na recuperação da economia no curto/médio prazo;

        3) Essa nem é preciso comentar… Desde quando aumento de impostos ajuda a melhorar uma economia? E por favor, não me diga que você acredita MESMO que os impostos serão baixados, seria a mesma coisa que acreditar que é possível tributar os ricos e distribuir renda…

        4) SELIC a 8,5% em 2018: Mais dinheiro na economia, ou seja, apenas mais um incentivo ao consumo desenfreado. Se o crédito extra não for TOTALMENTE direcionado a produção (ou seja, juros subsidiados para PEQUENOS E MÉDIOS EMPRESÁRIOS, e não para campeões nacionais), se for só mais uma canetada à la Dilma para incentivar a compra e iPhones e eletrodomésticos em 10x sem juros, só o que vai acontecer é um aumento da demanda sem produção equivalente, o que vai aumentar os preços das coisas, inclusive vai segurar ainda mais o estouro da bolha, pois com crédito fácil, o dono de imóvel não vende a 200 mil, sendo que pode vender a 400 mil e vc financia os outros 200 mil em 35 anos com a Caixa, então tá tudo certo e todo mundo vive feliz… Já vimos isso em 2012 (canetada na SELIC sem motivo para tal), seria melhor não incorrer na mesma barbeiragem econômica…

        39+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:47

          concordo com tudo…mas no item 4…. poucos são elegíveis para a tomada do crédito imobiliário
          a maioria já pegou e já possui o compromisso financeiro

          32+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • CA 24 de abril de 2017 at 17:13

            Concordo com o posicionamento do From_The_Tower, os itens 1 a 3 do Poucas Trancas estão OK, sobre o item 4, a ressalva é que não há o mesmo fôlego para pedaladas que havia anos atrás, tanto das famílias, quanto do governo e das empresas.

            Complemento ainda sobre a questão do déficit fiscal. O buraco é ainda “muito mais embaixo” do que foi colocado pelo Poucas Trancas. Vou replicar outro comentário que ficou ao final do tópico anterior com os links adicionais que complementam bem o assunto:

            Reforma fiscal que em 2016 bateu o recorde histórico de déficit público? A partir deste recorde de déficit se congelam os gastos que passam a ter reajuste apenas pela inflação, mas manter gastos no teto e ainda com reajuste pela inflação é ação para recuperar o equilíbrio fiscal?

            Reforma fiscal que prometeu para 2017 o segundo maior déficit da história, mas que na prática muitos temem que bata o recorde?

            Reforma da previdência que demorou ANOS para ser votada e que chega toda retalhada e com grande perda quanto a sua eficiência (ver primeiro link ao final deste comentário)?

            Reformas todas elas baseadas em “N” concessões, são as reformas sérias e necessárias para o país? Reformas que são ofuscadas pelo noticiário policial e investigações da PF envolvendo vários dos principais envolvidos, tem alguma credibilidade?

            Reformas que ignoram a situação financeira completamente caótica de alguns estados, terá alguma efetividade (ver segundo link ao final deste comentário)?

            É pelo conjunto acima e muito mais, que podemos ter certeza que a reforma fiscal foi só “para Inglês ver”, mais uma das inúmeras manobras para maquiar a realidade e fazer de conta que “agora vai”, feita para tentar esconder os efeitos das bolhas e fazendo de conta que tudo se resolverá se todos fingirem acreditar na reforma, o otimismo UFANISTA sobre o qual sempre falo…

            Link que explica como o ajuste fiscal perdeu muito da efetividade:

            http://www.financasinteligentes.com/2017/04/serie-de-recuos-na-reforma-da.html

            Link que explica como está o caos fiscal em alguns Estados:

            http://rgellery.blogspot.com.br/2017/04/comentarios-respeito-da-nota-da-firjan.html

            14+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • MauricioSP 25 de abril de 2017 at 15:10

              Boa parte do déficit se deve à depressão que estamos enfrentando. Se um conjunto de fatores favoráveis permitirem a volta do crescimento anual de 6% a 7% do PIB, as receitas aumentam e com o teto de gastos vigorando, podemos voltar ao superávit primário.

              1+
        • Cesar_DF 24 de abril de 2017 at 17:02

          Poucas trancas
          Até agora eu não vi medidas que aumentariam a PRODUTIVIDADE
          – Desregulação: só quando passar a reforma trabalhista
          – Desburocratização: não vi nada
          – Melhoria da infraestrutura: até agora só licitaram estruturas existentes, e não licitaram novas estruturas (portos, rodovias, etc)
          – Ganhos tecnológicos: só vi pioras

          31+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Poucas Trancas 24 de abril de 2017 at 23:11

            Exato!

            Somos um país pouco produtivo, que, como bem pontuou o CA no comentário logo acima, chegou ao limite das pedaladas, ao limite do “trazer dinheiro do futuro para o presente” (se é que já não passamos desse limite faz tempo). Hoje eu só vejo 2 caminhos possíveis, e são opostos:

            1) Desregulação e desburocratização de praticamente todos os setores da economia, em um ambiente muito mais aberto e propício à livre concorrência;
            2) Como essas reformas são para inglês ver, imagino que chegaremos a uma situação de déficit igual a 100% do PIB, e aí começa o caminho da Venezuela.

            Infelizmente, no atual ambiente em que vivemos, em que, por exemplo, o Lula lidera as pesquisas de intenção de voto para 2018, eu vejo a segunda opção como mais provável do que a primeira. Ambas até parecem ser utopias, mas se fosse para acontecer, é bem mais provável que um estadista volte ao poder, do que o estado diminuir o seu tamanho, ao menos no Brasil, em que a ideologia (esquerda vs. direita) supera o bom senso (livre mercado) nas rodas de conversa de bar, e ambos assuntos são superados pelo Big Brother.

            13+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • O Cramulhao de FHCigienopolis45 24 de abril de 2017 at 23:33

              Concordo plenamente. Imaginar que Brasil terá alguma dia a Zero Hora como na Inglaterra? Nem, a brazucada adora seus “dereitos” .
              Agora esse vagal do Lula quanto qualquer outro dá na mesma! 2018 o Brasil está F*!

              Lula, Alckmin, Aécio, Dória, Ciro Gomes…todos estatólatras de partidos esquerdistas. Muito se fala do lixo do Lula, mas acho que nessa sequẽncia aí, os outros tem menores chances, pois tẽm menor rejeição do que o 9dedos.

              Um Roberto Justus da vida se candidanto pelo NOVO seria uma utopia, e arraigaria votos dos liberais de verdade que sabem que Dória é uma farsa na qual só a corja tucana fanática acredita. Mas isso deve ser praticamente impossível.

              Restam Bolsonaro e Marina. Essa última , se de fato estiver com a retaguarda salva pela turma do Itau, talvez tenha medidas mais liberais e deixe seu passado petista/tucano (apoiou o PSDB-PCC na última), no mais….sobra Bolsonaro, que apesar de turrão, brutus, é o único consistente com sua opinião em comparação com todos que citei na lista 1, e tem caminhado pra um lado mais liberal, apesar do passado de milico.

              Por essa, pouca gente esperava : Bolsonaro virando a opção “menos ruim”…

              7+
              • avatar
              • danielbh 25 de abril de 2017 at 07:36

                Deus em livre e guarde. Prefiro o Tiririca.

                1+
              • tmarabo 25 de abril de 2017 at 10:23

                bolsonaro tem se mostrado um estatista obstinado, infelizmente.
                o povo adora o estado, ainda que pague muito por ele e o dinheiro seja capturado pela elite, o povo tem a ilusão.

                basta ver a reforma da previdência: 60% dos benefícios HOJE são no salário mínimo. Ou seja, 60% vai perder NADA (no caso dos homens que já se aposentam por idade com sm) ou vão perder POUCO (isto é, vão trabalhar UM POUCO MAIS). quem perde com a reforma são os magistrados, promotores, funcionários públicos (como eu) etc. etc. etc. É A ELITE a verdadeira afetada pela reforma da previdência. mas vemos o povão lutar com unhas e dente, como se fosse uma reforma contra o povo. NÃO É. Sempre lembrando que quem ganha mais do que 2 mil por mês já está no “andar de cima”, ou seja, ter déficit para pagar benefício de mais de 2mil por mês é CONCENTRAR RENDA.

                o exemplo da reforma da previdência, em que o povo paga o benefício das elites vale para todo o resto: universidades federais, BNDES etc. é sempre o povo pagando os benefícios das elites.

                7+
                • avatar
              • Cesar_DF 25 de abril de 2017 at 12:39

                É meramente minha opinião, mas acho que o Dória não é estatólotra.
                Ele tem experiência com a administração de empresas, e pare ele tudo deve ser controlado.
                Acho que ele não se deu conta que, por mais eficiente que seja seu gestor, a iniciativa privada será muito mais eficiente em praticamente todos os campos.
                Por isso ele está fazendo diversas PPPs
                Por isso ignorou o monopólio da Taurus e fechou negócio com a Glock.
                O que até agora deu para perceber que ele não é um Keynesiano, o que o diferencia de praticamente todos os ostros políticos, de esquerda ou direita.

                6+
                • avatar
                • avatar
                • Poucas Trancas 25 de abril de 2017 at 15:00

                  Concordo, é minha opinião também. E com poucas palavras você disse tudo: Não é um keynesiano. Isso em si, já é uma vantagem e tanto.

                  2+
                  • avatar
        • MauricioSP 25 de abril de 2017 at 15:04

          Só poderemos discutir a fundo quando as reformas forem aprovadas. Aí na letra da lei e nas interpretações será possível ver o que mudou ou não. Hoje o mercado de trabalho já é 50% CLT e 50% fora do sistema, então as reformas podem ajudar a consolidar esses novos relacionamentos entre patrões e empregados e evitar a nossa gigantesca indústria da justiça trabalhista.

          A reforma da previdência também tem vários pontos, que não são muito discutidos na mídia. Ninguém sabe ao certo como será esse cálculo de “pedágio” para se aposentar antes da idade, nem está definida a idade mínima. Outro ponto seria a desvinculação da aposentadoria com o salário mínimo, a principal causa do chamado déficit na previdência foi o aumento real no salário mínimo durante os governos do PT. Ainda lembro do FHC e do salário mínimo menor que 100 dólares. Se hoje os 20 milhões de aposentados que recebem o mínimo recebessem 300 reais, o déficit, se existisse, seria bem menor.

          Enfim, a nossa bolha imobiliária nasceu a partir da lei da alienação fiduciária de 1997 e outras leis corroborando a retomada do bem no caso de inadimplência. Isso deu segurança jurídica e permitiu um crescimento gigantesco no crédito imobiliário. O mesmo pode acontecer com as reformas, ao longo dos próximos anos. Mas temos que aguardar para ver o que será aprovado ou não, por enquanto estamos somente no campo da teoria.

          1+
        • MauricioSP 25 de abril de 2017 at 15:16

          Por reforma tributária (que eu nem coloco como verdadeira, nunca ninguém conseguiu fazer) eu falo da possibilidade de um Imposto sobre Valor Agregado (IVA) nacional acabando com os ICMS estaduais e a guerra fiscal e a recriação da CPMF com algum outro nome, ou mesmo a expansão do IOF. Além do aumento da segurança jurídica por exemplo o ISS hoje é cobrado por dois municípios quando uma empresa reside em um e o cliente ou local onde o serviço é prestado reside em outro município.

          1+
    • Logico 24 de abril de 2017 at 20:51

      Reconhecer enganos e erros é sinal de grandeza e objetividade, Lucas. Por isso que esse blot é tão legal.

      7+
      • Lucas 24 de abril de 2017 at 21:05

        sim com certeza
        mas no caso não foi exatamente erro ou engano, os números apontavam prum lugar e derrepente viraram pra outro

        o CA previu que ia regredir de volta ao fundo, que era apenas uma febre,
        eu previ que iamos nos arrastar numa recuperação lenta e dolorosa pra fora do buraco aqui em SP
        ponto pra ele

        7+
        • avatar
        • avatar
        • MauricioSP 25 de abril de 2017 at 15:21

          Estamos tendo uma recuperação lenta, dolorosa e silenciosa. O desemprego continua aumentando mas em ritmo menor, as exportações estão aumentando bastante trazendo dinheiro de fora, os índices de inadimplência estão caindo e o povo está desanimado, sem forças para resistir às reformas. Eu só não entendo por que o Temer não seguiu Maquiavel e já fez a maldade toda de uma vez. Talvez estivesse esperando a bomba das delações e a poeira baixar. A reforma trabalhista entrando em regime de urgência pode ser um sinal de que vão acelerar o passo agora.

          2+
          • avatar
    • Cesar_DF 25 de abril de 2017 at 13:09

      Lucas
      A função da redução pela demanda de novos imóveis não acontece quando se atinge o pico demográfico, mas sim bem antes dele.
      Isto acontece em função das famílias com “filho único”: o(a) filho(a) único(a) adia ao máximo um relacionamento estável, depois adia para ter um filho (perto dos 40 anos) e por isso nem se muda da casa dos pais.
      Acabam convivendo numa casa (fazem um puxadinho) ou num apartamento de 3 quartos as 3 gerações, em função da conveniência, do casal não gastar com imóvel para poder gastar com viagens e a conveniência dos idosos serem cuidados pelo filho.
      Isto acontece em diversos países europeus, em especial na Itália.
      Já estamos no limiar deste fenômeno, os que nasceram a partir do ano 1990 já estão nessa “onda”

      4+
      • avatar
      • avatar
  • Gute 24 de abril de 2017 at 14:05

    Discussão interessante no tópico anterior:

    Tirar o FGTS da CAIXA pode significar trocar um abacaxi por outro. Alguém comentou que tem 10 anos no fundo.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 24 de abril de 2017 at 14:10

      minha modesta previsão baseado no que foi recuperar duma quebra do BNH e da Encol, anos 80 e 90.
      e considerando que o setor quebrou ainda que não oficialmente admitido, a lei de falencias atual é muito diferente do que foi. Falir hoje é apenas o ato de assoprar o pó após a cremação

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Libertario 24 de abril de 2017 at 14:19

      Mas como assim ????
      O FGTS é meu direitchô.
      https://www.youtube.com/watch?v=M5zBFFHpK7s

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Money_Addicted 24 de abril de 2017 at 15:58

      sou q falei, tenho 10 anos la …. eu vou testar o mercado, ver imoveis em periferria e ofertar 100 vezes o valor q de fato eh locado, se aceitarem “blza” e ja ponho pra vender se conseguir o que paguei acho que fico na vantagem mesmo nao rendendo “nada” durante esse periodo…..enfim, eh um abacaxi por outro.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Abomineve Homem das Naves 24 de abril de 2017 at 14:22

    OFF – Retorno ao BIB.
    Cadê o pessoal das antigas, além do From e o véio? Mudaram de nick?
    Cadê a Bruxa, Pai Xicão, Chico, Barnabé?

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Margarida 24 de abril de 2017 at 14:45

      MRK? DRN?

      6+
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 15:26

        Mrk só os fortes sabem.
        DRN está no Bob.

        12+
        • avatar
        • avatar
    • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 15:13

      Pai Xicão tá no Bob.
      Chico aparece um pouco no Bob… mas a RosinhA saiu dos dois
      Barnabé é admin do Bob

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas Garcia 24 de abril de 2017 at 21:54

        Bob? curiosidade… haha

        1+
        • Abomineve Homem das Naves 25 de abril de 2017 at 00:33

          Olá, Lucas Garcia.
          O “Bob” que o From mencionou refere-se ao “http://www.bolhabrasil.org”.
          Se não me engano o “Ugo” era de lá e também postava aqui no bolha…

          1+
          • AGP 25 de abril de 2017 at 08:36

            Fui dar uma olhadinha nesse Bob, mas gostei muito não.

            O site fala de qualquer coisa e os comentários são muito caóticos. Parece mais um site de conservadores que bolhistas.

            Nada contra quem usa.

            8+
            • avatar
  • Loucodf 24 de abril de 2017 at 14:53

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Loucodf 24 de abril de 2017 at 14:54

      Fernandinho!
      Sr. Barriga, vulgo MOTUMBO, está atrás de você.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 15:15

        a Bolha será o menor dos problemas. (RosinhA)

        17+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Fernando 24 de abril de 2017 at 20:19

        Está mais para pague o aluguel…

        4+
  • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 15:17

    Bananense adora uma promessa………..
    bananense odeia dinheiro !!!!

    “Financiamos dois Lotes no Condominio Reserva Real em Jaboticatubas, foi prometido uma grande infraestrutura em torno dos lotes, como quadras de tênis, hípica, campos de golf. um aerodromo, e uma cidade de lazer e cultura, assim como muitas outras coisas.

    Acontece que tudo isso não saiu do papel, as obras estão paradas a quase um ano e não temos nem se quer uma satisfação do empreendimento, abandonaram tudo. Estamos comprometidos com prestações altíssimas com a Caixa Econômica Federal, e pagando por um terreno que não vale a metade, por conta disso. Espero que através deste canal possamos realmente saber o que está acontecendo com esse empreendimento.”

    https://www.reclameaqui.com.br/12953659/design-resorts/compra-de-dois-lotes-no-reserva-real-bh/

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 15:49

      Aeródromo????

      Pra os filhos poderem soltar suas pipas todo domingo??
      Tem vários aqui perto de casa e a garotada solta até próximos a fiação elétrica é não morreu um até hoje kkkll

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Loucodf 24 de abril de 2017 at 15:53

      PAGUE O FINANCIAMENTO.

      6+
      • avatar
    • Thiaguinho 24 de abril de 2017 at 16:12

      Doído. Pra eles que compraram, é claro.
      PNJ

      4+
      • avatar
      • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:19

        ás vezes eu fico chateado quando tomo stop de 100,00 reais nos trades.

        e quando leio que nego perde 15k em um dia…. 200k em um mês e 400k em imóveis fico mais tranquilo
        😉

        22+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Abomineve Homem das Naves 24 de abril de 2017 at 16:29

          Por falar em trade…
          Cemig, JBS e BRF estão caras pra caramba, baseando-se no contexto atual.
          Imagine a Marine Le Pen ganhando no segundo turno, o mercado venderia geral e recuperaria talvez no intraday (caso da eleição do Trump)

          1+
          • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:41

            JBS e BRF deram uma realizada já….
            tem que ver a liquidez do papel…..
            Cemig eu nunca olhei….
            só sei que emitem debêntures ousadas
            😉

            4+
            • avatar
            • avatar
            • Zejose 24 de abril de 2017 at 18:36

              Não são ousadas, as debêntures que vc fala a cemig lançou em 4,5%-5%+IPCA, só que no mercado secundário o povo tá vendendo com prejuízo (provavelmente pelo risco de MG falir na mão dp PT),o que se traduz hoje em 9,4%+IPCA pelo preço agora comercializado.

              4+
              • avatar
            • Baconator 24 de abril de 2017 at 21:36

              Quase fiz a cagada de colocar uma merreca na brf

              1+
  • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 15:24

    Bananense é um ser exótico
    faz dívida…. arrota caviar…. e depois fica de mimimimi

    “Valor da parcela”

    Salvador – BA ID: 24655773 06/03/17 às 19h00
    denunciar
    Divergência de valores Financeiras Financeiras

    Fiz o financiamento com o banco do Brasil e no ato de assinar o contrato recebi uma lista dos valores que devo pagar ao longo do período de financiamento,porem o valor a ser pago é sempre maior do que previsto na tabela ex.:na tabela tem o valor da parcela do mês de fevereiro de 825,00 e veio na cobrança 865,00 porque só acrescenta se minha parcelas e decrescente ,acho que deveria diminuir não?vou na justiça rever meus direitos e pedir revisão do contrato,pois nunca vem a menos só mais e mais.vou na justiça federal e partir do mês que vem vou pagar apenas o q está na tabela de pagamentos.quero resposta e vou procurar advogado,pois o banco do Brasil não tem respeito pelos clientes.

    https://www.reclameaqui.com.br/HbouL77O_W_OkR1K/banco-do-brasil/valor-da-parcela-do-imovel-diferente-do-previsto-na-tabela-de-parcelas-/

    26+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 15:51

      Sua resposta se chama TR +2% ao ano em média

      Kkkkll

      15+
      • avatar
      • avatar
    • Zejose 24 de abril de 2017 at 18:37

      Melhor ele ficar 3 meses sem pagar e o problema dele estará resolvido de vez.

      9+
      • avatar
      • tmarabo 25 de abril de 2017 at 10:28

        mas será que ele aluga o lugar em que mora por 865,00 ao mês?? Se sim, melhor parar de pagar (vai morar ainda um ano de graça rsrsrsrsrs). Se não, melhor pagar.

        0
  • Lucas 24 de abril de 2017 at 15:49

    SOBRE O TÓPICO
    uma pessoa próxima a mim que discutia sobre bolha, concordava comigo, MAS, tinha pressão da família, que não sei quem corpou por 200 e hoje vale 500, que outro lá tem varanda gourmet, que isso que aquilo, daí família cresceu o apezinho quitado ganho de presente dos pais ficou mixo!!!

    Que ela fez???
    Sem falar nada foi lá de fininho e enterrou até os cornos numa dívida esquisita dessas de crédito futuro de imóvel na planta.
    Antes até ele tinha dado uma zoada comigo que eu ficava esperando um milagre que o fingezap só subia.

    Poisé, a situação dela hoje é exatamente como a do tópico, não sabe se cancela e compra a briga, ou se continua pagando e rezando o terço pelo milagre da obra andar, ela já se escoiceou uma duzia de vezes em publico com algum atendente lá, a última é que os caras queriam que assinassem um compromisso de seilaoquê…

    A situação de quem comprou é isso
    Stress, insegurança, decepção, raiva, canseira, indecisão e empobrecimento.
    Podiam estar aplicando na caixinha do altar da Igreja adRentista dos Ultimos Juros e assistindo o milagre do engordamento do extrato.
    Mas tão lá, desgastando inclusive relacionamento familiar.
    E a cereja do bolo, desempregada a 2 anos, a carreira dela de corretagem de apólices evapoprou.

    Dá pena quando é gente próxima da gente, que comungava com as mesmas crenças, mas faltou fé.

    43+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:07

      As escolhas das pessoas não são humildes.
      É muito risco para pouco resultado.
      P.S. a maioria não precisava dar o passo maior que a perna…. mas fraquejaram.
      Dobraram a aposta nos tijolos mágicos no pior período de todos.
      Essa fase da bolha a melhor coisa é ser humilde… ficar no PMJ….. e aportar no momento mais apropriado…. e ou quando surge uma oportunidade pontual.

      31+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Intendente 24 de abril de 2017 at 15:55

    Bull Trap – 2 Sem 2017
    Apocalipse – 2018
    Imóveis/veículos/banadada do semáforo/prostitutas a preço de banana – 1 Sem 2019

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 16:00

      Eu já acredito que carros vem primeiro.
      Afinal um estoque de 20 mil carros pegando poeira no pátio das montadoras é bem mais prejudicial que 20 imóveis parados.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • mestre dos magos 24 de abril de 2017 at 16:07

        Para manter a economia pedalando, alguns governos mantém artificialmente a produção de veículos para impedir o colapso da economia, vide Europa e Estados Unidos. A fotos na net de montadoras estocando carros em todo espaço disponível ao redor das fábricas, o negócio é assustador.

        18+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 16:13

          Eu ainda acredito que em 2018 ou 20 vamos ver carros 0km com 50% de descontos.
          Aí sim valeria a pena comprar carros novos.

          Agora imaginando que isso aconteça, seria engraçado ver a cara de quem comprou carro por R$50mil e vendo o mesmo carro um mês depois indo pra R$30mil ou menos.
          Imagina a cara de quem vende carro usado?

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:15

            Essa eu não acredito.
            Eles preferem outras engenharias financeiras.
            Bananense não gosta de ofertas á vista….
            gosta de pagar caro e ser enrabado……

            kkkk

            27+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
          • mestre dos magos 24 de abril de 2017 at 16:20

            Eu acho que os preços dos autos zero não cai, no máximo um pequeno ajuste no preço. Eu chamo isso de cadeia de valor, e ao baixar o preço do produto final da cadeia, vc compromete toda a rede economicamente interligada, e isso ninguém irá querer. Na minha opinião, os detentores do capital preferem prensar tudo, do que vender a preço mais baixo. Faziam isso com o café a séculos atrás, imagina hoje com a economia muito mais dinâmica.

            19+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:23

              Pois é. Um carro não vendido vira sucata…e tem valor nos pedacinhos.
              Já imóveis geram grandes despesas fixas…. condomínio, IPTU, custo de oportunidade do capital…além das dívidas de longo prazo que viraram praxe.

              16+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 16:45

                Bom então os semi novos vão cair bastante, pelo menos é o que penso.

                6+
                • avatar
                • avatar
                • Intendente 24 de abril de 2017 at 17:36

                  Isso sim, camarada. Esse mercado vai sofrer amargamente.

                  5+
                  • avatar
              • Aprendiz 24 de abril de 2017 at 16:54

                Estou pensando em trocar meu carro, pois já tenho ele á 05 anos e terei altos custos de manutenção em breve … semana passada fui atrás de uma dica de um amigo, que as concessionarias das VW ainda tem carros 16/16 em estoque ( 0 Km ) …e PIMPA !!!! … já achei de primeira, varias unidades em estoque

                4+
                • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:58

                  Meu sogro comprou moto Zero Km em 2016 que era de 2014.

                  11+
                  • avatar
                  • avatar
                • Intendente 24 de abril de 2017 at 17:47

                  Sobre custos de manutenção, varia muito do segmento do carro e do uso.
                  Eu tenho o meu bolhudomóvel já a uns 4 anos, já fiz toda a manutenção possível, acredito que eu tenha gastado uns 7-8mil nesses 4 anos que estou com ele.
                  IPVA nesses 4 anos me totalizou uns 2800, valor baixo. Um carro novo, pelos altos valores praticados, tendem a puxar muito o preço do IPVA para cima.
                  Considerando o IPVA, deixei de gastar cerca de 2mil.
                  Não faço seguro(considerando os 3 anos que se passaram sem stress, deixei de gastar 6mil – 2mil por ano, valor médio).

                  Acredito que eu fiquei no 0x0 pelo menos no momento atual, para eu lucrar realmente com o bolhudinho terei que ficar mais uns 3 anos, tempo provável de alguns componentes substituídos(correias, pneus, suspensão, possível manutenção da lataria etc).

                  Vamos lá, para sinalizar o controle das contas: O seguro que eu deixei de pagar está aplicado no sofisa liquidez diária. Todo início de ano faço um aporte e deixo render os juros. Caso alguma desgraça venha a ocorrer e eu perca o carro, ainda estou no prejuízo, vendo por este lado. Porém, como eu deixei de gastar valores consideráveis, posso me dar o luxo de “perder” o carro. Claro que eu não quero que isso aconteça, e claro, se acontecer, tenho meu discurso compensatório na cabeça =D

                  Carro é foda, não tem o que se fazer. É um luxo, gerando custos.

                  Pretendo futuramente adquirir mais um bolhudomóvel confortável para estradas, seguindo o mesmo raciocínio. Sem seguro, sendo o valor dele provisionado, rendendo juros.

                  Raciocínio para a vida => quando você deixa de perder, você ganha !

                  10+
                  • avatar
                  • avatar
                  • Cadeludo 24 de abril de 2017 at 18:49

                    Esse negócio de seguro é algo bem pessoal, eu não fico sem seguro estou no bonus 8
                    Se por um azarão tu bater e demolir um carro de 100k a seguradora do cara vai te cobrar até no inferno
                    o cara pode pleitear danos materiais, pessoais e lucro cessante
                    existem outras vantagens em ter seguro mas é tudo questão de escolha

                    6+
                    • avatar
                    • Intendente 24 de abril de 2017 at 19:01

                      Isso é verdade. Eu sempre me mantenho na direção passiva, sem forçar a barra, até para reduzir ao máximo os riscos. Todo cuidado é pouco.

                      4+
                      • avatar
                      • avatar
          • Intendente 24 de abril de 2017 at 17:34

            Isso eu já acho difícil.
            O setor tem ganhado com exportações. Eles vão reduzir a oferta e aumentar os preços, como sempre fizeram. Carro na banânia é sinal de status, vai ter sempre gente dando 100k num corolla, num civic.

            Apesar de que 100k realmente eles não dão, geralmente passam o carro e pagam a diferença.

            Eu não peço muito não, pessoal. Se cobrassem 30mil num golzinho, palio, onix completo compraria sem stress.
            Agora me fazer acreditar que um carro desses vale 50mil é sacanagem.

            14+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Son goku 24 de abril de 2017 at 22:27

              intendente,
              concordo com vc. eu moro na periféria da zn, apartamentinho de 43m e minha vizinha de vaga acaba de comprar uma HRV zero, mora na favela e quer pagar de carro zero ostentação.

              15+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
            • MauricioSP 25 de abril de 2017 at 15:33

              Metade do preço do carro é composto de impostos. IPI, ICMS principalmente. Então no carro de 50 mil, 25 mil vai pro governo. Quando a fabricante exporta ele continua recebendo os 25 mil dele e não paga esses impostos ou recebe créditos. Então dificilmente você verá quedas de 50% no preço dos automóveis…

              Impostos fazem carros brasileiros custar até 93,5% mais caros que no México
              http://www.car.blog.br/2012/04/impostos-fazem-carros-brasileiros.html

              3+
          • Zejose 24 de abril de 2017 at 18:40

            Duvido aqui é tudo pela metade do dobro ou fecha a fábrica pra fazer chantagem com o “guvenu bananense”.

            0
      • Baconator 24 de abril de 2017 at 21:38

        Eu nao conheço ninguem que tenha comprado carro nos ultimos 2 anos

        1+
        • avatar
    • Melekento 24 de abril de 2017 at 16:01

      Concordo com vc, o governo atual (PT ja era, agora PMDB), vai fazer de tudo pra um ultimo folego (usar de tudo que ja usaram e mais um pouco).
      O pessoal do governo que tem imovel, estao tendo vender (ficar liquido), pois sabedores do abacaxi que ha por vir em 2018.
      2019 novo governo, va jogar tudo pro espaco, ventilador, e seja o que Deus quiser.
      Banana e pra poucos! Abs

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • mestre dos magos 24 de abril de 2017 at 16:05

    Sexta feira fui para Joinville, terra dos meus pais, e vi 04 geminados construídos na esquina da rua dos meus velhos, mas só 01 estava ocupado, e era justamente o do proprietário do terreno. Durante as obras meu irmão foi lá dá uma sondada no valor, e o construtor falou que estava tudo vendido, que só tinha um disponível, que o preço era 320k, excelente acabamento, bom espaço, e só o último, pior posicionado, estava disponível para venda. Já se passaram 04 meses do fim das obras, e os mesmos continuam vazios à venda. Na época falei para meu irmão que era tática de venda, meu irmão achou que eu estava viajando, pois a região é muito boa, e que os geminados deveriam estar todos vendidos mesmo kkkkkkk. Meu irmão é muito inocente nesse ramo de vendas.
    Se está ruim na maior economia do estado de SC, imagina no resto…………

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:09

      o papinho é sempre o mesmo………

      tenho um amigo aqui em Curitiba que é construtor…. eles possuem mais de 40 apês como últimas unidades há mais de 36 meses………
      pense em uma gaveta cheia de carnês de IPTU.
      kkkkk

      42+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Zejose 24 de abril de 2017 at 18:42

        No meu condomínio, entregue pela destrutora em 2010, até hoje tem últimas vagas.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Fernando 24 de abril de 2017 at 18:48

        Boa noite.
        Uma dica para lidar com Corvos e com sujeitos detentores de estoques de imóveis:
        1) Corvo é só um corvo, não entende nada do que está vendendo.
        2) Diga de cara que o mercado está ruim, e vai piorar, pois o que houve foi uma bolha de crédito.
        3) Ofereça uma proposta apenas 50% do valor de mercado, e seja absolutamente irredutível. Diga a ele que o trabalho dele consiste em levar essa proposta ao proprietário, e convencê-lo a vender por esse preço.
        4) Seja razoável: de o seu tel/whats e tb seu email.
        5) Seja monossílabo nas respostas, sempre deixando claro que vc tem dinheiro e é vc quem manda.

        Qualquer argumentação de “rendimento de aplicação ” deve ser evitada. Eles não entendem nada disso.

        É isso.

        32+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cadeludo 24 de abril de 2017 at 18:52

          Com corvo não te conversa.

          5+
          • avatar
          • avatar
          • Fernando 24 de abril de 2017 at 19:01

            Se o objetivo é comprar não tem jeito, agora se o objetivo é não comprar então o seu argumento procede. Ignore os completamente.

            9+
            • avatar
            • avatar
            • Cadeludo 24 de abril de 2017 at 22:08

              Não tem jeito? como assim cara vc está insinuando que a única maneira de comprar um imóvel é através de um corvo ou corvolária?
              Se eu quiser comprar um é só contatar o vendedor, me identificar e dizer: tenho interesse, dinheiro vivo mas não aceito intermediários.
              è bem capaz do proprietário dar uma curva ou uma tunda no corvo e falar suma daqui abutre que o cliente tem $$$ e não quer saber de ti, vaza voando corvo

              6+
              • avatar
              • avatar
              • Fernando 25 de abril de 2017 at 10:02

                Não estou insinuando nada.
                Se for possível dar um vaza, pq não? Não faz sentido alguém que não participou da negociação receber para tanto.
                O problema é quando vc chegou no apartamento por meio do corvo. Daí ele entra na justiça e o motumbo se volta contra vc.
                Cabe a cada um avaliar.

                5+
                • avatar
                • tmarabo 25 de abril de 2017 at 10:33

                  se o corvo entrar na justiça, quem paga a bronca é quem o contratou, ou seja, o vendedor.
                  se derem uma volta no corvo o comprador não corre riscos.

                  3+
            • Son goku 24 de abril de 2017 at 22:34

              fernando,
              sempre fazendo suas fernandices, esses tempos atras vi uma casa aqui no bairro de 500m2 por 3kk pensei na hora esse castelo é legal mas nao vale nem 1kk. meses depois me deparo com ela sendo vendida por 750 em uma imob e 1kk em outra. O aluguel que era 5k tb caiu pra 3k. Mas segundo o Fernando isso nao existe.

              6+
              • avatar
              • Fernando 25 de abril de 2017 at 10:06

                Serio mesmo?
                Comprou?
                Aligou?

                0
                • Fernando 25 de abril de 2017 at 10:07

                  * alugou?

                  0
                • Son goku 25 de abril de 2017 at 16:00

                  Fernando,
                  Não comprei nem aluguei, milhonario aqui só vc. mas deixa de pagar 3 parcela pra ver.

                  1+
                  • avatar
        • Baconator 24 de abril de 2017 at 21:42

          Na minha area sempre que tenho uma proposta do cliente, procuro fechar negocio por um valor menor, mesmo que isso custe diminuir minha comissao. Incrivel como isso nao entra na cabeça de corretor.

          7+
      • socrates 24 de abril de 2017 at 18:55

        mas iptu pode nao pagar que da em nada…

        http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/vice-prefeito-do-rio-fernando-mac-dowell-deve-r-215-mil-de-iptu.ghtml

        Ao menos aonde se pode contar com amigos no poder…

        4+
        • avatar
        • avatar
    • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 16:09

      Só comparar carros em Joinville pelo olx.
      Geralmente as melhores pechinchas estão no ddd 47 de Joinville e região.
      Faça uma comparação em Joinville com a capital ou oeste do estado.
      Vai achar muito carro sendo vendi por R$12.000,00 e em outras regiões por R$15mil ou mais

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • mestre dos magos 24 de abril de 2017 at 16:15

        Meu irmão também estava de olho na compra de carros, pois o gol 2001 dele não tem ar, se tivesse ele nem cogitaria a troca, mas no verão em Joinville é punk andar sem ar no carro, a pessoa chega a passar mal. Nas pesquisas dele, na região ddd 47, os veículos mais baratos eram em Blumenau. Na época era a região com maior número de pessoas sendo demitidas, e uma boa parte por justa causa, vi uma matéria no JA na rbs falando sobre o fato, e fiz o link com o que o meu irmão tinha constatado na época. O sangue já está escorrendo no Norte de SC/Vale do Itajaí.

        5+
        • avatar
  • SampaBoy 24 de abril de 2017 at 16:15

    CVR
    sao paulo, chacara sto antonio, condominio de 6 casas entregue ha 6 meses. converso com 1 dos “felizes proprietarios” que me explica que das 6 casas só a dele e + 1 estao ocupadas. so que entao ele me explica que a outra casa ocupada é na verdade do proprietario que construiu todas as casas e que por enquanto so conseguiu vender 1. os custos estao sendo barateados. a noite por exemplo nao existe porteiro no condominio, caso alguem toque a campainha é uma central de atendimento geral (da empresa de segurança ) que atende e ‘finge” que tem alguem la, quando na verdade nao tem ninguem , e a distancia mesmo eles abrem o portao de entrada.

    35+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:18

      não há renda
      não há poupança pessoal
      crédito mais restrito

      28+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Thiaguinho 24 de abril de 2017 at 16:19

      “Central de atendimento geral”… que porcaria kk

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • mestre dos magos 24 de abril de 2017 at 16:23

        Em SC tem uma empresa em Floripa fazendo isso, chamam de portaria virtual eu acho. Estão vendendo pacas, toda a entrada é automatizada, e uma central faz a liberação da entrada, fala com os residentes do condomínio, tudo remotamente a distância através de telefone e câmeras. Porteiros também vão sofrer com a automatização.

        42+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Baconator 24 de abril de 2017 at 21:51

          A galera aqui do predio acha q os aptos de 60 m valem 720 mil. Porem na ultima convenção estavam desesperados pq o valor do condominio foi pra 860,00 e estao querendo implantar essa portaria virtual. Tem varias unidades atrasando o pagamento.

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Money_Addicted 24 de abril de 2017 at 16:24

      essa eh a portaria virtual, moro em um condominio de 8 casas q nao fique porteiro nenhum periodo, e q acho melhor mesmo, o condo fica super barato

      21+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:40

        Não sabia que existia isso….
        legal !

        14+
        • avatar
    • Master Yi 24 de abril de 2017 at 16:40

      Porteiro eletrônico é ótimo. Adoraria se fosse implantando no meu condomínio. Porteiro aqui não faz nada, só abre e fecha o portão, ainda assim em uma má vontade que dá gosto. Por ora, deixo aqui um CVR que acabou de acontecer:
      Colega de trabalho me chama de canto e pergunta se eu sei declarar empréstimo, falei que sim e então ele explicou a situação. Emprestou R$ 352 mil ao filho, até aqui tudo bem. Mas foi para comprar um apartamento… putz.

      25+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Abomineve Homem das Naves 24 de abril de 2017 at 16:45

        Master Yi.
        Tem como nós odiarmos pessoas assim? Não tem como!
        Mande um abraço meu pra eles, como forma de agradecimento rsrs

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Abomineve Homem das Naves 24 de abril de 2017 at 16:49

          Se não foi financiado, então descarte o meu reply, Master Yi.

          9+
          • avatar
  • Joao RJ 24 de abril de 2017 at 16:24

    Pessoal, tenho uma conta no Chase, fazia tempo não entrava. Entrei agora no site e simplesmente diz que não tenho conta lá. Tem um número para ligar (ligação internacional). Alguém tem alguma dica? Estou apavorado.

    2+
    • Joao RJ 24 de abril de 2017 at 16:25

      Important: You don’t have any accounts to show.

      If this information doesn’t look right, please call us at 1-877-Chase-PC (1-877-242-7372). If you use TTY support, please call 1-800-242-7382.

      Contact us

      2+
      • Joao RJ 24 de abril de 2017 at 16:28

        O login e senha estão corretos

        1+
    • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:27

      putz…..ficou inativa muito tempo!?

      1+
      • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:28

        eu recebo umas 06 cartas por ano deles….
        com os formulários do Imposto de Renda… etc.

        você declarou qual endereço na abertura da conta?

        2+
        • Joao RJ 24 de abril de 2017 at 16:29

          meu endereço no brasil, mas já mudei

          2+
          • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:31

            e alterou o endereço no site?

            usava aplicativo para celular?
            confere bem o login e senha…. pode ser alguma letra ou número
            teu cartão foi trocado para o cartão com chip:?

            3+
      • Joao RJ 24 de abril de 2017 at 16:30

        menos de um ano que não acesso o site

        1+
        • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:33

          Uma possibilidade é que sua conta foi encerrada…. e eles mandaram um cheque para o endereço antigo.
          O melhor caminho é ligar para o atendimento em inglês ou espanhol em San Antonio – Texas…. na central de atendimento.

          4+
          • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:35

            Outside the U.S.:
            1-713-262-3300

            4+
            • Joao RJ 24 de abril de 2017 at 16:52

              Você já ligou pra lá? Tem que discar algum numero antes?

              3+
              • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 16:54

                Nunca precisei.
                Para realizar ligações internacionais é muito simples: digite 00 + código da operadora (Ex.: 21 da Embratel) + código do país + código da cidade + número de telefone de destino.

                código dos EUA é o +1

                7+
  • Seguidor do Bolha BH 24 de abril de 2017 at 16:46
  • Seguidor do Bolha BH 24 de abril de 2017 at 16:52
  • CA 24 de abril de 2017 at 17:04

    Sobre o tópico de hoje, replico comentário que ficou ao final do anterior:

    Este é só um pedaço MÍNIMO da história. De fato tivemos INÚMERAS promessas não cumpridas pelo segmento imobiliário, que foram ferramentas para gerar uma mega especulação IRRACIONAL durante o inflar da bolha.

    Quem não lembra do trem-bala entre São Paulo e Rio de Janeiro? Quem não se lembra da “revitalização do centro de São Paulo”? Quem não se lembra das promessas quanto ao Noroeste de Brasília, o “bairro modelo”, o “bairro ecológico””, etc? Quem não se lembra das promessas mirabolantes em torno dos empreendimentos no Rio de Janeiro, em especial aqueles mais próximos da infra ligada à Olimpíadas?

    Tem MUITO mais exemplos além do que consta acima, quanto a promessas não cumpridas. Só que isto, como disse acima, ainda é uma parte mínima da história.

    Os distratos anormais não começaram recentemente, mas sim em 2011, via PDG, Gafisa e Brookfield, sem ter NENHUMA relação com qualquer crise na economia, ou mesmo com atrasos e promessas não cumpridas, a grande maioria dos distratos já tinha como causa a falta de capacidade dos clientes em adquirir o crédito imobiliário.

    Observando os distratos no ReclameAqui hoje em dia, vemos que a grande maioria ocorre por falta de capacidade financeira dos adquirentes, onde atrasos e falhas nas obras, são apenas motivos ADICIONAIS para as pessoas desistirem dos imóveis.

    O índice de inadimplência elevado e anormal da CEF também não tem nenhuma relação com a falta de qualidade ou promessas não cumpridas pelas construtoras.

    As quedas relevantes dos preços, também tem uma relação muito maior com a gritante e crescente distorção entre oferta e procura e não com problemas de atraso ou falta de infraestrutura dos empreendimentos.

    A “secura” de verba de poupança em 2015, ou as maiores dificuldades, preços de avaliações menores e juros finais do crédito imobiliário maiores, são consequências diretas da bolha, que consumiu em excesso a verba subsidiada, ao mesmo tempo que inflou super endividamento e inadimplência anormal das famílias, que é o que força juros maiores e menos empréstimos concedidos por bancos, de novo, não tem nenhuma relação com atrasos ou promessas não cumpridas por construtoras.

    A mega especulação em cidades ligadas ao segmento de petróleo, como Macaé, Rio Grande ou Santos, com o inevitável retorno à realidade e uma distorção entre oferta e procura ainda mais gritante nestas cidades, novamente não tem nenhuma relação com problemas de prazos ou infraestrutura nas obras das construtoras.

    Há muito mais do que consta acima, foram apenas amostras. Contaram um pedaço mínimo da verdade, como sempre. Por isto que ainda tem tantas pessoas ILUDIDAS por aí…

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Pedlero 24 de abril de 2017 at 17:06

    DEsculpe o desfoco,
    Acabei de receber,

    “se você tá preocupado com a reforma da previdência, imagine a Thamy, folha da Gretchen, que terá que trabalhar mais agora que virou homem”

    31+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Pedlero 24 de abril de 2017 at 17:06

    filha

    3+
  • Abomineve Homem das Naves 24 de abril de 2017 at 17:13

    kkk

    2+
  • selvagem 24 de abril de 2017 at 17:37

    From_The_Tower

    Pai Xicão tá no Bob.
    Chico aparece um pouco no Bob… mas a RosinhA saiu dos dois
    Barnabé é admin do Bob

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar

    Me tira da bolha … que bob é esse.

    3+
    • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 18:48

      Bolha Brasil .org
      Dissidentes ! Kkkk

      Eu , libertário, mestre dos magos e mais alguns participamos dos dois blogs. Teve o bolha.net mas não decolou.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • odorico 24 de abril de 2017 at 18:51

    CVR: Lanchonete em órgão público onde trabalho. Tomando meu café e pão de queijo pago com juros. Ouço a conversa de dois caras do mesmo órgão que trabalho aqui em bsb. Não conheço os indivíduos, mas como a instituição é grande, é explicável. Um falando que já tem tempo para aposentar proporcional, o outro falando para ele aposentar logo, ele dizendo que vai esperar a reforma, que só sai com 100%. O outro falando que é melhor exercer logo e viver com o que der, mesmo que de forma mais austera equilibrando as reservas. O outro fala: “ah eu não tenho reserva, sempre gastei o que ganhei, a gente não sabe se vai estar vivo no dia seguinte”.

    55+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • socrates 24 de abril de 2017 at 19:02

      as pessoas se preocupam tanto em viver como se não houvesse amanhã, que se esquecem que o amanhã pode acabar existindo…

      41+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 24 de abril de 2017 at 19:32

        ainda se fosse bem gasto,
        vira tudo dor de cabeça e custeio
        eles pensam que o milionario é o cara que tem mil bens, mil casas
        o que o dinheiro pode trazer de melhor, se tiver sabedoria, é a liberdade para por exemplo não precisar ir/voltar da praia nas datas do feriado e assim evitar toda a confusão, vai 1 dia antes, volta 1 depois, ou melhor ainda, vai fora do feriado. Em vez de 10 horas no transito passa 2, e usa as outras 8 pra trabalhar, ou descansar, já quem se desgastou no transito, volta mal, trabalha mal, toma más decisões, é uma bola de neve, os estudois indicam os piores acidentes não é nem bebado é cansado, a mesma coisa na vida financeira, na vida pessoal, eu mesmo fiz certas experiencias com xadrez/elo, quando a gente está bem fisica e mentalmente tudo fica mais fácil.

        38+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Money_Addicted 24 de abril de 2017 at 22:06

          Bingo, master plus

          Estou na praia essa semana, vim domingo a noite e volto sexta de manhã, na contra mão dos bananenses, em um hotel em fte a praia com super desconto.

          Só espero q a greve de sexta não aconteça rs

          16+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • O Cramulhao de FHCigienopolis45 24 de abril de 2017 at 23:18

          Caramba Lucas, tá inspirado.
          Essa é uma das melhores coisas que já li sua.

          Realmente, poder se dar ao luxo de trabalhar quando quiser e se quiser, não viver aquela vidinha de segunda a sexta, pedindo feriado , reclamando de trabalho e etc, é a melhor sensação que nós bolhistas temos.

          Não se precisa de luxo pra ser feliz, basta ter o mínimo pra se viver decentemente, não ter dívidas, ou melhor, ter o suficiente pra viver de juros e não passar uma vida de lamurias e privações.

          O que é mais louco nessa vida , é que se pararmos pra pensar, a grande maioria das pessoas vive a vida toda trabalhando em algo que não gosta, fomentando débitos e por tabela enriquecendo os outros(nós, que não temos culpa da ignorância alheia, por sinal) . Quando já chegam no fim da vida, estão sem saúde e com uma uma aposentadoria medíocre, que mal dá pra viajar ou quiçá comprar remédios…

          20+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • socrates 25 de abril de 2017 at 07:27

            Eis ai talvez a grande questao. Para continuarmos felizes, precisamos ver os outros infelizes com suas dividas? A felicidade de um esta ligada ao desespero do outro? Pergunto isso porque para sairmos da lama precisamos de um rumo. Temos mais de um modelo que funciona bem a seguir.

            5+
      • Margarida 24 de abril de 2017 at 20:08

        Pergunta cansativa: “E se você morrer amanhã?”
        Minha resposta padrão: “E se eu não morrer amanhã?”

        28+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • O Cramulhao de FHCigienopolis45 24 de abril de 2017 at 23:20

          Eu respondo : vou morrer feliz. Nada melhor poder encostar a cabeça no travesseiro ao dormir sabendo o “colchão financeiro” que tenho construído ao longo dos anos, e que me permite viver de modo racional, sem desesperos.

          14+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 18:53

    11 milhões ainda não entregaram o IRPF faltando 4 dias para o fim do prazo.
    Bananense sendo bananense

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 19:10

      Contabilistas cheios de serviço alguns cobrando mais de 300,00 reais por declaração. Kkk

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 24 de abril de 2017 at 19:25

        from_
        todo ano mil armadilhas novas pra te pegarem em algum erro, testar se vc guardou toda a papelada direitinho
        se esqueceu de tirar xerox daqueles papéis amarelos que somem com o tempo
        ano passado por exemplo tive que pagar 2x o licenciamento, aporra do papelizinho apagou antes de eu tirar o documento era isso ou implorar pro banco aparecer com o microfilme, já me aconteceu isso, levou anos. Lá na receita tem uma opção só pra quem teve esse problema, eles desbloqueiam pra vc poder pagar denovo, mesmos eles sabendo que estava pago pelo sistema, um sistema não conversa com o outro quando está pago, só quando não está.

        Tive problemas de saúde na família ano passado, simplesmente deixei esse detalhe de lado por causa de outras prioridades, quando vi tinha passado os 60 dia. Nesse país se vc fica doente e supõe que passa uns 60 dias off, na volta a pessoa tá cheia de rolo. Cruel.

        11+
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 19:33

          Pois é. Eu estou arquivando tudo .

          4+
          • avatar
        • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 19:38

          Eu fui no Itaú mês passado e descobri que tinha R$2,52 em uma poupança antiga. Essa poupança já tem uns 7 anos.
          Nunca declarei essa bagaça de R$2,50 e nunca cai na malha fina por isso, talvez pequenas divergências o leão não se dá o trabalho de colocar na malha fina pois se não 99%5 das declarações iriam cair na malha fina.

          4+
          • Lucas 24 de abril de 2017 at 20:03

            gente correta como vc fica preocupado com essas coisas
            a maioria tá nem aí pra nada

            7+
            • avatar
            • avatar
            • AGP 24 de abril de 2017 at 20:12

              É por essas e outras que o mercado informal cresce.

              Povo é simples, só quer trabalhar e botar comida na mesa. O resto é bobagem.
              Governo é que fez um marketing muito pesado sobre direitos, parcelinhas, empréstimo bancário…
              E por algum motivo, muita gente virou 666.

              Mas mesmo assim, ainda existe uma boa quantia de pessoas que são simples e só querem isso mesmo: trabalhar e colocar comida na mesa. Não sei porque o governo tem que complicar tanto as coisas.

              18+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Master Yi 24 de abril de 2017 at 21:00

                Perfect.

                4+
                • avatar
          • Margarida 24 de abril de 2017 at 20:12

            Aconteceu comigo, Leonardo M. Uma poupança que achei que tinha encerrado, nunca mais recebi demonstrativo do banco. Não declarava mais. Depois de uns 10 anos recebi um demonstrativo com uns 500 reais. Não tive problema com a RF, não caí na malha.

            7+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 20:24

              Eu tenho um colega que é contador e todo ano ele me fala que quem vai é gente que vendeu uma casa e não declarou, herança não declarada, impostos não pago quando se tem lucro em venda de ações ou FIIs, prêmios ganhos e não declarados, altos ganhos na bolsa de valores não declarados, gastos no cartão de crédito e a pessoa não diz quanto ganha ao mês corretamente e outras 666 que o brasileiro faz.

              Você acha mesmo que vão colocar todo mundo que errar alguns reais pra mais ou pra menos na malha fina?
              O mais importante é declarar correto salário, INSS pago,IR retido na fonte, dividendos recebidos, lucro com venda de ações, TD, RF etc e bens e direitos.

              10+
              • avatar
              • avatar
              • Margarida 24 de abril de 2017 at 20:36

                Salário cai na malha fina mesmo que seja valor insignificante. Uma vez fiquei por menos de 50 reais.

                11+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
        • socrates 24 de abril de 2017 at 23:15

          o pior é que hoje em dia poderia ser ja tudo digital. Para que complicar? Exemplo: funcionario publico e aposentado/pensionista do inss recebem direto da união. Pq ao lançar o pf ja nao vem AUTOMATICAMENTE os rendimentos auferidos separados campo por campo, uma vez que o trabalho já é feito pelos respectivos rh ou departamento contabeis dos orgaos ou inss? É para causar erro?

          6+
          • avatar
          • avatar
    • Lucas 24 de abril de 2017 at 19:18

      e eu preocupado em deixar certinho cada minimo detalhezinho, todo ano incrementando melhorias de descrição, fico naquela angustia, consulto profissionais pra tudo, verifico tudo,r everifico
      bananense médio tá nem aí

      não sei como eles vivem ou é muita droga pra deixar os caras bem, esquecer os problemas
      ou é alguma sociopatia, vão empurrando até o limite do absurdo

      penso que as novas tecnologias, o ramo aí da informação, da internet, dos dados cruzados, cada vez mais quem age certo terá vantagens com os cadastros positivo
      o cara omisso, o estilo tonemaí vai cada dia custar mais caro viver assim, vão acabar marginalizados.

      é sério, todo ano essa época passo a maior gastura de rever toda a papelada, qualquer detalhe sempre prefiro pecar po excesso de prudência por valor a maior.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 24 de abril de 2017 at 19:20

        o consumo de rivotril, alcool e comidas açuradas acho que dá uma dica
        bananense vive entorpecido, só pode

        8+
        • avatar
        • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 19:26

          Sim , é possível !

          3+
    • EngenheiroSP 24 de abril de 2017 at 22:37

      Ou bolhista sendo bolhista. Onde mais vc tem rendimento de 100% dá Selic sem desconto? A minha está pronta desde a primeira semana, mas só envio no último dia

      10+
      • avatar
      • avatar
  • Joao RJ 24 de abril de 2017 at 19:32

    From. Sobre o esquema do chase. Cancelaram minha conta por inatividade. Tem que ir aos eua para reativar

    1+
    • Joao RJ 24 de abril de 2017 at 20:00

      Última forma. Vou ter que enviar um fax pra lá solicitando reativar a conta. Não sei. Mas me deu vontade de transferir tudo para o bb americas. O cara se sente mais em casa

      4+
    • From_The_Tower 24 de abril de 2017 at 20:17

      Putz, não acredito !
      Eles poderiam ter avisado né!?

      2+
      • Joao RJ 24 de abril de 2017 at 22:50

        Sim. Poderiam ter avisado. O banco quis ser esperto

        2+
    • Cesar_DF 25 de abril de 2017 at 12:50

      Sobre esta matéria acima
      Como é possível aumentar a quantidade de distratos se a quantidade de lançamentos despencou em 2014?

      1+
  • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 19:54

    O líder do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini (SP), classificou como um “verdadeiro terremoto” a eventual delação premiada do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci. Na avaliação do líder petista, Palocci tem muito a contar sobre as relações políticas com grupos econômicos. “Nós não sabemos exatamente o que o Palocci tem a dizer, mas a gente tem certeza que ele tem muito para falar, inclusive sobre os grandes grupos econômicos brasileiros, o capital financeiro, os grandes bancos e as grandes redes de comunicação”, afirmou Zarattini, que participa nesta segunda-feira, 24, do seminário “Estratégia para a Economia Brasileira – Desenvolvimento, Soberania e Inclusão”, promovido pelas lideranças do PT na Câmara e no Senado e pela Fundação Perseu Abramo, em Brasília.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 24 de abril de 2017 at 20:02

      ele vai contar aquelas velhas novidades que todos sabemos
      safados
      eles traíram o povo, falandfo que iam acabar com as maracutaias, mas na pratica fizeram o exato contrário
      distribuiram migalhas pros pobres votarem neles
      e lamberam como ninguem as botas do grande Kapital (usando uma expressão na linguagem deles)

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 24 de abril de 2017 at 23:22

        rapaz, se o que o wikipedia afirma realmente se confirmar, o Palloci pode falar muito sim (além do previsto – mercado financeiro)e, no minimo, muita gente tera que se explicar.

        https://pt.wikipedia.org/wiki/Ma%C3%ADlson_da_N%C3%B3brega

        “Em sua autobiografia, “Além do Feijão com Arroz”, Maílson da Nóbrega confirma que sua efetivação no cargo de ministro da Fazenda teve o aval do poderoso empresário das telecomunicações Roberto Marinho (o qual, segundo Nóbrega, lembraria William Randolph Hearst, ou, mais precisamente, o “Cidadão Kane”). O presidente Sarney orientou Nóbrega a conversar primeiro com o “Dr. Roberto” no escritório deste, em Brasília. A conversa, que Nóbrega descreve como uma “sabatina”, ocorreu na tarde de 5 de janeiro de 1988. Marinho aparentemente ficou satisfeito com o que ouviu, pois ao voltar ao ministério, por volta das 18h (10 minutos após ter deixado o escritório da Rede Globo), Nóbrega foi cumprimentado pela secretária, que acabara de ouvir no plantão do Jornal Nacional a confirmação da efetivação dele como ministro da Fazenda. Em seguida, recebeu um telefonema de Sarney, convocando-o ao Palácio do Planalto para tomar posse do cargo.[30][31][32][33]

        Depois da posse, Nóbrega e o “Cidadão Kane” encontraram-se para um almoço, desta vez no Rio de Janeiro, na sede da TV Globo. Marinho teria confidenciado a Nóbrega que indicara dois outros ministros de Sarney: Antônio Carlos Magalhães, das Comunicações, e Leônidas Pires, do Exército. Segundo Nóbrega, “não sei se era verdade, nem se ele exibia que era poderoso”.[30]

        Embora houvesse começado de forma cordial, a relação entre Nóbrega e Marinho azedaria nos meses seguintes. O primeiro problema foi o cancelamento de um programa governamental de incentivo às exportações, no qual Roberto Marinho pretendia vender um bilhão de dólares em casas pré-fabricadas. O programa foi cancelado, mas o interesse de Marinho acabou sendo divulgado pelo “Jornal do Brasil”, principal concorrente de “O Globo” (jornal dos Marinho) no Rio de Janeiro. Irritado, Roberto Marinho pressionou o presidente Sarney para que Nóbrega desmentisse a informação. Mesmo após Nóbrega ter se recusado a dar um desmentido formal, Marinho fez divulgar no principal noticioso da TV Globo, o Jornal Nacional, que o desmentido havia sido dado”

        O que vocês acham?

        5+
        • avatar
        • avatar
        • Carlos 24 de abril de 2017 at 23:58

          ACM junto com Roberto Marinho deram aquele golpe na NEC e roubaram a filial brasileira dos japoneses. A empresa só durou enquanto estava valendo o contrato de transferência de tecnologia da matriz.

          6+
          • avatar
          • Carlos 25 de abril de 2017 at 00:04

            Para quem não se lembra ACM ministro das telecomunicações encomendou a ampliação da telefonia brasileira a nec depois da subsidiária brasileira investir milhões em desenvolvimento ele simplesmente mudou de idéia e a nec foi a falência. Foi vendida a preco de banana para a globopar e subitamente ACM resolveu cumprir o contrato novamente.
            Pilantras e canalhas.

            11+
            • avatar
            • avatar
  • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 20:19

    Ex vencedor de um BBB está dando palestra de como ganhar um BBB dá globosta.
    Será que acabou o dinheiro? Kkkklll

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Fernando 24 de abril de 2017 at 20:47

    TR faz uns 3 meses que está praticamente zerada.
    Este mês: 0,000013%.

    3+
    • Cadeludo 24 de abril de 2017 at 22:19

      a TR dos últimos 3 meses já é maior que a TR de todo ano de 2012 e 2013
      e o juro real é o maior do mundo
      vai tentando

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Fernando 25 de abril de 2017 at 00:10

        É, vc tem razão, 0,000013 é maior que zero.
        Pena que a discussão não tenha nenhum sentido prático.

        5+
        • Lucas 25 de abril de 2017 at 13:46

          vc disse que sabe matematica financeira
          não precisamos discutir esse assunto
          é o que é…
          aliás deflação na prévia de abril, gasolina no menor valor desde dez15.

          1+
  • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 21:33

    CVR

    Achei um duplex no centro de Chapecó por 950 temers + condomínio
    Eu e esposa estamos tentados à alugar e ir para um lugar melhor e mais central.

    Por isso é bom morar em interior em capital jamais acharia um duplex desses.

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • mestre dos magos 24 de abril de 2017 at 21:51

      Se liga no condomínio. Pede para o proprietário te enviar uma cópia da última fatura, não acredita no que eles informam. Tem condomínio que cobra pela área do ap, e não pelo rateio da parte comum. Logo o duplex é condo motumbalístico.

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • socrates 24 de abril de 2017 at 23:25

        bela dica, mestre. Vale a pena conferir.

        5+
  • Carlos 24 de abril de 2017 at 21:41

    Off pro véio – Muitos soldados desfilando hoje no dia dos veteranos, nunca vi tantos assim. Segurança total nos bloqueios de ruas. O baixinho doido da Coréia agora disse que vai bombar a gente tb.
    Jogos de guerra a todo vapor ?

    8+
    • avatar
    • avatar
    • SampaBoy 24 de abril de 2017 at 21:56

      vamos ver se amanha o gordinho lança o teste de missel semanal que ele disse que iria fazer. agora eu quero ver…

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 22:09

    Coréia todo ano fala isso é muito caro faz nada.
    O Nhonho fala isso pois é não falar ele é visto como fraco pelo partido comunista. Então comunismo para as massas e Rolex pra seus líderes.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 24 de abril de 2017 at 22:34

      O vice presidente americano esteve aqui estes dias provavelmente para negociar o uso das bases militares.

      3+
      • avatar
      • Abomineve Homem das Naves 25 de abril de 2017 at 00:06

        Relaxe, Carlos.
        A própria RAAF é operadora dos caças americanos F/A-18 e F-35.
        Quem sabe os EUA queiram usar aquele drone MQ-25A pra testar na casa do Nhonho… e de quebra também “mostrar” para a China.
        “http://www.businessinsider.com/mq-25a-stingray-us-response-china-carrier-killers-2017-3”

        4+
        • avatar
        • Carlos 25 de abril de 2017 at 00:39

          Estou muito relaxado ?

          4+
          • avatar
          • Carlos 25 de abril de 2017 at 00:42

            Só dois fatos tiraram o tranquilidade do povo nesta cidade recentemente.
            1 um incêndio no matadouro de suínos e a possibilidade de faltar bacon.
            2 o pior: Princípio de incêndio na cervejaria.
            E não estou brincando.

            12+
            • avatar
            • avatar
        • Carlos 25 de abril de 2017 at 00:45

          Falando sério agora, os navios americanos estão posicionados para destruir algum possível missel lançado pelo nhonho tanto contra o Japão quanto a Austrália.

          4+
          • avatar
  • Leonardo M. 24 de abril de 2017 at 23:45

    Retirei do FB dá Ford

    Se ,aqui na minha : Cidade : maravilhosa. Cuiaba MATO Grosso : Se haver alguém rico : ou milionário: faço esse a pelo quero ganhar este carro de presente : Alguém ai pode custiar esse carro para : mim: Existe alguém generoso ou generosa que possa fazer essa ,caridade : Vou deixar o meu celular quem decidir me entregar esse presente ( 9 ,9603 29 63 , Só me ,ligue se for me presentear ..Um belissimo final de semana ..bjos sempre

    11+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 24 de abril de 2017 at 23:54

      Tem fotos?

      3+
      • Leonardo M. 25 de abril de 2017 at 00:09

        Era uma publicidade do Ford Ka no FB dá Ford e essa moça pediu um carro pra algum milionário.
        Eu até respondi se ela quiser é só depositar R$40mil na minha conta que mando um pra ela kkkkk

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Carlos 25 de abril de 2017 at 00:36

          Mas é muita cara de pau mesmo ?

          4+
          • avatar
          • Carlos 25 de abril de 2017 at 00:38

            Da moça, bem entendido…
            E ela “vale” os 40k, digo se botar ela pra trabalhar quanto tempo para amortizar o investimento?

            6+
            • avatar
            • Leonardo M. 25 de abril de 2017 at 00:48

              Cara duas notas do beija flor dá nossa falecida nota de R$1 estaria muito bem pago kkkkk

              6+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
  • Carlos 25 de abril de 2017 at 05:29

    OFF Pero no mucho

    Tom Leykis Show Money Monday sobre imóveis, pode ouvir o live stream gratuitamente até o início do programa de terça.

    Comprar versus “ter” um imóvel, corvos, juros compostos, parcelinha que cabe no bolso, nova bolha se formando em muito mais.
    As semelhanças com o bananistão são inúmeras, coisa que não é difícil de se deduzir visto que seres humanos são muito parecidos e se comportam de maneira muito similar não importando o país ou a língua. Corvos e “consultores” dos bancos ídem.

    Lembrando que o live stream repete as 3 hora do programa em sequência, se pegar no meio e isto vai acontecer, é só esperar a repetição das outras horas.

    https://blowmeuptom.com
    https://www.premiumtom.com

    Podem ouvir usando a App tb.
    https://itunes.apple.com/au/app/tom-leykis-show/id967055808?mt=8
    https://play.google.com/store/apps/details?id=com.freeappcompany.tomleykis&hl=en

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Carlos 25 de abril de 2017 at 07:00

    OFF – Mais um sucesso do movimento sindicalista bananence.

    Sem acordo, corte de energia é mantido na única fábrica sob controle operário
    http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/sem-acordo-corte-de-energia-e-mantido-na-unica-fabrica-sob-controle-operario.ghtml

    Qualquer dia conto a história da antiga fábrica da CBT em São Carlos….

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Carlos 25 de abril de 2017 at 07:05

    Da série: O imóvel é meu, mas não estou pagando os impostos… e outra alfinetada na bolha com mais imóveis indo a leilão.

    Prefeitura do Rio faz leilão de imóveis dos contribuintes devedores
    Objetivo da ação é recuperar mais de R$ 27 milhões em débitos de tributos. Estão relacionados no leilão imóveis residenciais e comerciais de diversas áreas da cidade.

    http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/prefeitura-do-rio-faz-leilao-de-imoveis-dos-contribuintes-devedores.ghtml

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • dilbertsc 25 de abril de 2017 at 09:03

    CVR
    Nesse último feriado encontrei um amigo que tinha entrado em um financiamento do MCMV.
    Lembro bem quando ele me procurou pra pedir a minha opinião. Quando olhei nos olhos dele, me lembrei daquelas pessoas que participam das palestras da Herbalife, pois ele estava vidrado. Me contou das vantagens do empreendimento, de quão bom negócio era, blá, blá, blá…
    Eu só disse que na minha opinião, comprar imóvel naquele momento (ainda mais na planta) não era bom negócio. Naquele momento ele me disse que na verdade já tinha fechado a compra do imóvel e que naquele caso era diferente.
    Voltando ao encontro no último final de semana, perguntei como estava no novo imóvel. Em resumo, a entrega da obra está 4 (quatro!!!!!!) anos atrasada e ele está morando de aluguel em uma micro quitinete. Perguntei se ele já procurou um advogado, mas ele disse que tem conversado bastante com a construtora (como se isso adiantasse). Recomendei que procurasse um advogado e desejei boa sorte.
    Chego a ter pena dessas pessoas que estão sendo ludibriadas pois deu pra ver a amargura e o sofrimento desse amigo.
    Quando a cabeça não pensa, o corpo paga. E nesse caso, a parte mais sensível do corpo: o bolso.

    52+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • job 25 de abril de 2017 at 09:56

      Fantástico o CVR dilbertsc.
      Mas eu não tenho pena alguma de bananense bricklover. Se o seu amigo ainda tivesse feito uma análise de mercado, acompanhado os preços, tivesse procurado outras formas de investimento (renda fixa, etc), enfim, se tivesse estudado o mínimo antes de cair nessa furada…
      Mas infelizmente a história não é assim, a grande maioria deles, na hora da compra está com olho gordo, só pensando no lucro que vai ter quando vender o imóvel. Querem ganhar dinheiro sem nenhum esforço, acabam sendo motumbados…

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • tmarabo 25 de abril de 2017 at 10:37

        na real eu tenho pena de nós mesmos, pois os 666 pagam nossos juros mas também governam nosso país, distorcem o mercado etc.

        ou seja, eu preferiria um povo de sovinas, ainda que com isso não valesse a pena deixar dinheiro guardado.

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 10:39

          Por isso que o PMJ é um alento…. uma salvação para alguns…..
          até em países mais poupadores … já teve bolha imobiliária… vide Japão nos anos 80/90

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • socrates 25 de abril de 2017 at 10:00

      Que desculpa pode ter uma construtora para atrasar tanto tempo assim? O mp.ficar quieto sabendo disso pode??? Tenho um amigo cujo ap esta demorando ja 1 ano a entrega. A construtora diz que o problema e da prefeitura so que ele nao foi avisado que tais problemas poderiam existir quandobda compra( alias, como uma obra comeca se ha problemas no entorno a serem resolvidos antes?). Enfim, esta com uma trolha na mao agora. Se a construtora agiu de ma fe , o dono nao deveria ser preso? Ou sera que se tratando do hell a construtora é aliada da prefeitura (brasil s.a.) e por isso a justica nao faz nada e a motumbada fica com os “investidores”?

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 10:29

        O departamento de enrolação nas construtoras é o mais valioso hoje em dia.
        Deixa o BRICK LOVER manso… e vai enrolando…. até o dia em que pedem recuperação judicial.
        Bananense não sabe realizar prejuízo. Irão morrer abraçados !

        20+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • socrates 25 de abril de 2017 at 12:51

          Vendo o nivel das roubaleiras em todos os.niveis, nao duvido.que.o rei mais uma vez va salvar seus amiguinhos, pouco importando com a moral hazard que vai gerar…pais com justizza é imprevisivel

          5+
          • avatar
    • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 10:27

      com milhares de imoveis prontos e vazios… o bananense compra um que não existe.
      paga juro.. paga correção e deixa de ganhar juros do montante.
      é triplo 666 !!!

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Abomineve Homem das Naves 25 de abril de 2017 at 22:13

        Pois é, Padeiro.
        666 tem aos montes no país… ainda bem, né!
        Quem tem mais vontade de trocar o futuro pelo presente?
        Eles que PNJ em troca!
        😀

        0
  • Loucodf 25 de abril de 2017 at 09:58

    DÚVIDA.

    Trazendo a questão de declaração de renda fixa no imposto de renda que foi ciatada ali logo em cima.
    Pergunta de ignorante mesmo:
    O sentido de nós declaramos rendas de TD/CDB é para fazer o batimento com o que as instituições financeiras declaram, certo?
    Ou seja, saber se elas estão declarando as coisas corretamente.
    Porque como o imposto de renda é retido na fonte, qual seria o sentido do fisco querer auditar algo que já foi pago?
    O que eu quero dizer é que ELES sabem dos nosso investimentos PORQUE recebem isso TODO santo dia.
    Qual seria o sentido de algum cidadão ser multado, por exemplo, por não declarar um investimento de 1.000 reais, sendo que o imposto está sempre retido na fonte? Outra possibilidade, seria cair na malha fina, no entanto ele só seria advertido e não multado.

    Alguma luz? É por aí mesmo?

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Loucodf 25 de abril de 2017 at 10:02

      No caso de ganhos na bolsa, por exemplo, eu entendo o sentido.
      Afinal, se o cara lucrar uma determinada quantidade, o governo vai lá e pega um pedaço.
      Mas no caso da renda fixa, não há, até onde sei, como o governo já pegar a parte que ele já pega, que é retido na fonte.
      Então, por isso, fico meio confuso, sob qual a necessidade de declarar esses investimentos que tem imposto retido na fonte.
      Eu faço todo ano, mas sempre que faço fico naquela: “Pra que essa porra?”

      4+
      • avatar
      • Lucas 25 de abril de 2017 at 13:49

        pra justrificar seu enriqueciemnto Lícito
        suponha que lá na frente em 2027 vc compre uma casa…
        vai ter que demonstrar donde veio a grana

        6+
        • avatar
      • Leonardo M. 25 de abril de 2017 at 13:57

        Só colocar o valor líquido que recebeu em:
        Rendimento sujeito a tributação exclusiva definitiva
        Colocar CNPJ dá sua corretora ou banco e pronto.

        3+
        • avatar
  • Bolhudo 25 de abril de 2017 at 10:10

    CVR = Insider da CSN da Grande Curitiba em férias coletivas, me contou agora que a produção para construção civil de telhas e estruturas caiu 50% ( soft ? ), produção para linha branca em queda menor devido exportação.

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 10:28

      É Çofti !

      5+
      • avatar
      • avatar
    • LZ 25 de abril de 2017 at 10:33

      Não lançam nada.
      Não se constrói nada.
      Mercado totalmente paralisado é Çofiti !

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 10:34

        Os estoques são enormes…. e pouquíssimos podem comprar.

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • CA 25 de abril de 2017 at 10:37

          From_The_Tower,

          E dos pouquíssimos que REALMENTE podem comprar, certamente temos uma parcela RELEVANTE que sabe que é uma roubada comprar agora enquanto os preços ainda estão ANORMALMENTE elevados, assim como está absurda a distorção entre oferta e procura, o que aliás, foi o motivo para não terem comprado até agora…

          22+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 10:41

            Bingo. Além desses … os outros que podem comprar já possuem imóveis …. e em melhores condições de localização e ou custo de oportunidade.
            Repito: aquela pessoa que poupou real por real…. e entende de finanças…. dificilmente cai em papo de corvo e ou influência das bestas.

            13+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
  • Alemon Fritz 25 de abril de 2017 at 10:38

    pague direitinho e “seje” otário…

    Prefis vai oferecer descontos de até 95% para regularização em Maceió
    será uma oportunidade para que o contribuinte consiga regularizar imóveis, aproveitando a redução temporária da alíquota do Imposto de Transmissão Intervivos por Ato Oneroso (ITBI)…
    poderá ter até 95% de desconto nas multas e juros para regularização dos débitos à vista.
    Para o ITBI, haverá uma redução da alíquota de 3% para 2% e possibilidade de parcelamento em até 12 vezes….

    http://gazetaweb.globo.com/portal/noticia/2017/04/prefis-vai-oferecer-descontos-de-ate-95-para-regularizacao-em-maceio_32072.php

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 10:42

      huahuahuahauha!
      Eu si divirtu !!!!

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • LZ 25 de abril de 2017 at 11:20

        Relaxa daqui a pouco cai para 0,5% heuehue
        To até vendo no Ranger dos dentes, preços lá embaixo.
        ITBI quase nada pra vender e pago pelo vendedor hauhau

        3+
        • avatar
        • avatar
  • loucola 25 de abril de 2017 at 11:42

    Faltou energia na cidade toda semana passada aí eu lembrei da rosinha, mas aí voltou em 35 minutos.

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Zé do Brejo 25 de abril de 2017 at 11:53

    2 feriados e todos os condominios do bairro com as vagas de garagens lotadas de carro.
    Acabou crédito no cartão para viajar no feriadão. Vamos ver como ficará nesse próximo.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Rene Fraçoá 25 de abril de 2017 at 12:28

    Mercado no feriado, nenhuma fila em nenhum dos caixas, pergunto pra moça o que aconteceu? Ela: Não sei, nunca vi assim….

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 25 de abril de 2017 at 12:43

    Sobre a economia que falamos nos comentários iniciais do tópico, cabe lembrar:

    Ajuste fiscal, em qualquer lugar do Mundo, tem efeitos RECESSIVOS no curtíssimo prazo. Impressionante que ainda tenhamos pessoas que acreditem CEGAMENTE que somos diferentes e que assim que aprovarmos uma reforma da previdência e demais medidas de ajustes, acontecerá exatamente o contrário do que acontece no resto do Mundo!

    Por que o ajuste fiscal é recessivo?

    Usando o exemplo da previdência, com maior demora e riscos quanto ao valor a receber de aposentadoria, maior o incentivo para as pessoas procurarem outras formas de poupança / previdência, reduzindo de consumo.

    Quando olhamos para os gastos do governo, que recentemente contingenciou R$ 42 bilhões, vemos que cada redução de gastos do governo representa menos empresas contratadas para serviços, aluguel a menos que o governo pagará (exemplo: mudará para imóvel próprio), produtos a menos que serão adquiridos pelo governo, etc. Em outras palavras, a redução dos gastos públicos tem um efeito em cascata no sentido de gerar redução de negócios para outras empresas privadas, isto por sua vez, faz com que algumas empresas mais dependentes do governo façam redução de quadro de pessoal, o que por sua vez impulsiona o desemprego e a queda do consumo, com novos efeitos recessivos em cascata.

    Os aumentos de impostos, ou como o Meirelles prefere dizer, as “reonerações”, também tem impacto recessivo, pois reduzem o dinheiro disponível para empresas, com efeitos análogos aos mencionados no parágrafo anterior.

    O que consta acima é a parte “líquida e certa” do efeito de uma redução de despesas pelo governo combinada com “reonerações de impostos”, mas o que os “especialistas” e o próprio governo “prometem”?

    Eles dizem que haverá um movimento em sentido contrário, estimulado pela maior responsabilidade fiscal do governo e também pela queda dos juros, que faria com que tivéssemos uma compensação destes efeitos negativos, até superando-os, através do otimismo dos agentes, levando empresas a investirem mais e consumidores a gastarem mais. Por que esta teoria acaba sendo SIMPLISTA, baseada no “capítulo 1” do livro de economia, mas não aplicável desta forma em nosso contexto atual?

    Em primeiro lugar, o que realmente interessa é o juros real (descontada inflação) e este continua muito elevado e o recorde mundial. Isto não é um incentivo real e imediato para empresas investirem, porque se elas tiverem caixa para investirem, farão a conta baseada em custo de oportunidade e ponderando riscos envolvidos, desta forma, de um lado da equação, terão os maiores juros reais do Mundo com riscos reduzidos se tiverem caixa disponível e puderem aplicar no mercado financeiro (risco reduzido, porque dentro da premissa desta análise, o déficit fiscal está sendo tratado, certo?) e do outro, ela terá que encontrar projetos que tenham um ganho real (descontada a inflação) superior a estes juros para compensar os riscos maiores deste investimento, ou seja, a mudança dos juros nominais em si não gera nenhum estímulo adicional ao investimento produtivo, dentro da visão mais realista sob nosso contexto atual.

    Alguém poderia argumentar: mas nem todas as empresas usam desta racionalidade, muitas poderão se empolgar pela visão simplista vendida pelos especialistas na mídia e sair investindo sem ponderar os fatores acima! Aqui, tenho outra má notícia: as empresas que agem assim, sem tanta ponderação, são exatamente aquelas que já estão super-endividadas e sem a menor condição de retomarem seus investimentos no curto prazo. Até o último levantamento feito em meados de 2016, 50% das empresas de grande porte não conseguiam gerar caixa operacional para pagarem sequer os juros de suas dívidas que venciam mensalmente, pode ter certeza que muitas destas empresas são exatamente as menos racionais e que não seguem a lógica acima e estas vão aproveitar a redução de juros para reduzirem seu endividamento junto a bancos e não para investirem, exatamente porque elas NÃO terão capital a ser investido, nem mesmo via alavancagem junto a bancos, dada a sua situação de caixa / endividamento. Até voltarem a “respirar” e poderem voltar a investir, se tudo der certo, já estaremos no ano de 2.019.

    Adicionalmente ao que consta acima, do lado das famílias, tanto o endividamento quanto a inadimplência continuam muito elevados e há um ofensor para muitas delas, que garante que esta situação não se resolva rapidamente, que se chama bolha imobiliária. Com um percentual recorde dos gastos para alugar ou pagar pelo financiamento de um imóvel em proporção aos seus ganhos líquidos, muitas famílias foram obrigadas a reduzirem seu consumo de forma radical. O FGTS liberado recentemente ajuda a pagar dívidas, até gera um soluço de aumento de consumo, mas tudo isto é temporário, assim que gasto, as famílias voltam a sua situação de consumo mais restrito.

    Outro ponto é que graças ao contexto acima, o índice de famílias com endividamento muito elevado ou inadimplentes também continua muito superior ao histórico pré-bolha. Novamente, a redução de juros tem efeito limitado sobre o consumo destas famílias no curto prazo.

    A combinação dos fatores acima, indica que a recuperação dos empregos e da renda será muito lenta, até mais lenta do que as expectativas dos especialistas, principalmente considerando-se alguns agravantes:

    1) Bancos e juros finais: no contexto acima quanto a endividamento e inadimplência de empresas e famílias, o spread dos bancos se mantém elevado, o que significa que mesmo com redução de SELIC os juros finais cobrados nas operações de crédito sobem, se mantém, ou tem redução mínima, apenas “para Inglês ver”. Isto ocorre porque os bancos sofrem com perda de liquidez dos empréstimos que deixam de receber e pela lei de oferta e procura, com menos dinheiro disponível, os juros para emprestar este dinheiro tem que ser maiores, além é claro de ser uma ação para preservar a liquidez / rentabilidade do banco dentro deste cenário. Na medida que os juros finais, que são os que interessam para economia, não caem como o esperado, temos menos incentivo ainda para aumento de investimentos por empresas ou aumento de consumo por famílias. Alguém poderia dizer: ah, mas a CEF e o BB compensam isto, eles entram emprestando dinheiro à rodo e por um custo menor… Pois é, eles já prometeram isto recentemente, mas na verdade, como fizeram isto por muitos anos, uma vez que foram grandes financiadores das bolhas, seu fôlego está muito mais reduzido e suas ações, muito mais restritas (muito mais publicidade para gerar otimismo ufanista do que algo relevante para reverter as condições do mercado). Lembrando que CEF e BB já estão com dificuldades, tomando ações para reduções de custos, exatamente em função de terem adotado estas medidas irresponsáveis ao longo de anos, isto sem contar os rombos de dezenas de bilhões da CEF (alguns mencionados em comentário de tópico anterior);

    2) O “ajuste fiscal” é meia-boca, conforme explicado em comentário no início deste tópico. Em algum momento não conseguirão mascarar isto e até o otimismo ufanista cairá por terra, sem contar que isto provavelmente será inibidor para queda dos juros e possivelmente, dependendo do quanto o ajuste for frustrante, talvez até levando os juros a crescerem novamente. Como “agravante do agravante”, situação fiscal de estados importantes, como RJ, MG e RS também é extremamente crítica e levará a novas reduções relevantes de gastos ou aumento de impostos nestes estados, o que por sua vez será outro ofensor para a recuperação;

    3) Temos uma infinidade de prejuízos causados à economia pela bolha imobiliária que não se resolvem pela simples redução de juros ou pelo otimismo da reforma fiscal. Dentre eles: custo excessivo de aluguel comercial, queda relevante de empregos da construção civil que tende a continuar em função das distorções anormais entre preço e renda que levam a distorções entre oferta e procura, perda de liquidez para proprietários de imóveis roubando de sua capacidade para investimentos ou despesas. Junta-se a isto as construtoras que já quebraram, as que estão quebrando e aquelas que ainda vão quebrar, inevitavelmente, em função de todo o esquema de pirâmide financeira que criaram e está ruindo, gerando diversos prejuízos, desde aumento de inadimplência e diminuição do valor das garantias tornando o crédito mais caro, até novas reduções em vendas na planta de forma geral, perdas de montantes muito significativos para milhares de famílias que verão os empreendimentos não serem entregues ou que terão que gastar muito mais que o previsto para sua conclusão, além é claro de um pessimismo crescente dos proprietários de imóveis conforme forem percebendo que são muito menos ricos do que imaginavam, o que também inibirá o consumo deles. udo isto também colabora de forma sensível para que a recuperação da economia não possa ter efetividade no curto prazo;

    4) Maquiagens e pedaladas da CEF relacionadas a bolhas imobiliária, de consumo e de corrupção institucionalizada, representando ROMBOS de dezenas de bilhões de Reais. A CEF inevitavelmente terá que reduzir o PEDALAR a cada novo ROMBO descoberto, eles terão menos fôlego para tentarem ajudar a manter o otimismo UFANISTA. Há ainda os efeitos desastrosos de quando a CEF não conseguir mais maquiar o seu volume anormal de inadimplência sobre o crédito imobiliário, o que juntamente com demais itens colocados aqui, trará um grande impacto para a credibilidade do sistema financeiro (por mais que o BC faça vista grossa, não conseguirão maquiar esta situação para sempre);

    5) Outros efeitos da operação Lava-Jato mais eleições 2018: estes fatores geram fortíssima insegurança no mercado como um todo e tende a se agravar no próximo ano. Além disto, estas situações ajudam a imobilizar ou tornar muito menos efetivos os ajustes que deveriam ser feitos na economia (já está tendo este efeito agora, em 2018 será muito pior).

    Tem mais do que aquilo que consta acima, mas como amostra, creio que já dá uma visão razoável de porque não podemos acreditar nos discursos SIMPLISTAS de que a recuperação em 2018 virá de forma garantida e relevante em função da combinação do ajuste fiscal com a redução dos juros…

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • AGP 25 de abril de 2017 at 13:21

      Parabéns pela excelente visão da situação, CA. Tiro meu chapeu para você.

      Também acredito nisso, não é com mudancinhas pontuais que o problema será resolvido (ficar alterando taxinha de juro). Há toda uma estrutura engessada e falta de liberdade econômica que puxa o país para baixo. E os elementos que participam da economia estão todos com fôlego esgotados devido à corrida artificial que houve nos últimos anos. Não, não vai.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 25 de abril de 2017 at 13:23

      CA
      Acho que, se no final de 2018 for eleito um liberal ou um libertário minarquista
      E se o congresso fizer oposição sistemática as reformas do tipo desregulação e desregulamentação
      E se não estourar uma guerra no oriente médio ou na coreia do norte
      E se forem priorizadas metas que resultem em aumento da produtividade.
      Acredito que os investidores estrangeiros verão com bons olhos o Brasil, investindo em infraestrutura.
      Já para o caso concreto do Hell de Janeiro, a única coisa que vejo é sua detroitização.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cadeludo 25 de abril de 2017 at 13:39

        esse cenário libertário minarquista seria o ideal
        mas parece fora de cogitação
        a banânia é socialista, o bananense é ignorante socialista
        o eleito será socialista, progressista ou algum populista enganador qualquer
        sem educação não tem futuro
        só tivemos doutrinação
        a pior possível

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • AGP 25 de abril de 2017 at 13:49

          O eleito vai ser quem levantar a bandeira de desfazer as reformas meia boca do governo atual.

          6+
          • avatar
          • avatar
        • Espectador 25 de abril de 2017 at 14:49

          Sobre esse assunto aqui vai um CVR de com o petista vê o mundo…não vou colocar como o petista pensa porque isso ele não faz, vai lá então:
          Fui almoçar hj em um restaurante pequeno e bem simples porém com uma comida muito gostosa(coisa de bolhista) e tinha um outro rapaz que devia ter os seus 36 / 37 anos e começa a coversar com a dona do restaurante e conversa vai e conversa vem eis que ele começa e a dona concordando, palavras dele ¨Não sou petista mas esse governo é uma porcaria, só quer tirar direito dos pequenos pra favorecer as empresas grandes, vê se esse governo prejudicaessa empresas, bom mesmo era o outro governo, por isso que não querem deixar o Lula se eleger(candidatar) pois sabe que se ele se candidatar vai ser eleito e vai acabar com essas reformas que tão querendo fazer,e eu vou votar nele pq na época dele que era bom, o pobre da favela tinha televisão de 50 polegadas em casa, tinha dinheiro, o pobre conseguiu comprar carro, antes não tinha nada disso, vê os protestos, qdo tem protesto de domingo na Paulista a policia não faz nada lá porque só tem grandão, só vai médico, engenheiro esses aí, vão protestar de domingo porque não trabalha(aí eu não entendi mais nada), quero ver protesstar durante a semana e a polícia baixando o cassete…nessa aí entrou outro cliente e ele pagou a conta e foi embora…
          É assim que eles veem a coisa, imagina se fosse petista!!!

          16+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • Cesar_DF 25 de abril de 2017 at 14:01

        Correção “E se o congresso NÃO fizer oposição sistemática as reformas”

        1+
        • Leonardo M. 25 de abril de 2017 at 14:03

          O próximo congresso terá algumas caras novas e com bandeira progressista e de direita mas nada que consiga mudar os rumos do Brasil.
          Ainda teremos os mesmos nomes, partidos e alianças. Talvez com uma camisa diferente e um slogan diferente. Mas o Brasil vai continuar o mesmo pelos próximos 20 anos.

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Libertario 25 de abril de 2017 at 14:44

      CA,
      Pela sua visão, deveremos ter uma queda nos juros futuros, que hoje não tem jeito de baixar de 10%, se aprovadas as reformas.
      Porem essa queda não refletirá em recuperação economica – pelos diversos fatores (bolha imobiliaria, deficit estados, lava jato, rombos na CEF, etc) que voce comentou.
      Al right ?

      2+
      • CA 25 de abril de 2017 at 14:58

        Libertário,

        Em linhas gerais é isto, com um complemento: talvez o juros volte até a subir em 2018, se ficar claro para todos o quanto o ajuste fiscal é insuficiente para retomar o caminho da normalidade das contas públicas, combinado com os possíveis riscos de candidatos populistas que sejam favoritos nas eleições presidenciais, gerando assim uma grande fuga de capital.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • MauricioSP 25 de abril de 2017 at 16:52

      Nunca duvide da sabedoria de um velho que casou com uma ninfetinha.
      O Temer já escolheu o substituto para o governo dele em 2018, e é ele mesmo. Vai acelerar as reformas esse ano, e ano que vem estaremos crescendo a 2% ou 3% ao ano, fácil devido à base de comparação fraca. Com isso ele garante a economia e os votos. Ajuda ainda mais se o Lula for preso, e os nomes fortes do PSDB forem jogados na lama da Lava Jato.

      CA nossa bolha imobiliária começou com o marco regulatório, nosso país tem pouca segurança jurídica. Veja aqui todo mundo falando, financia mais é do banco, três meses sem pagar e vai a leilão. Antigamente não era assim, com o judiciário querendo fazer “política social” com o dinheiro dos outros. O mesmo acontece na justiça trabalhista e com os impostos. Se o governo melhorar um pouquinho as regras do jogo, os ganhos são enormes. Eu sou da área de TI, desde que eu comecei a trabalhar há 20 anos atrás havia uma cultura forte contra a CLT. Vivi a PJtização, cooperativas, CLT-flex e várias outras opções. Política é um jogo de xadrez, estamos vendo as peças no tabuleiro. Terceirização da atividade fim, acordos entre sindicatos, período de 9 meses de experiência em carteira. Eu duvido mas um dia podemos chegar ao employee at-will dos estados unidos: “Most employees in the United States are presumed to work at will. This means they can quit at any time, and can be fired at any time, for any reason that isn’t illegal.”. Imagine todo o mercado fora da CLT, que necessita de trabalhadores temporários e é reprimido pelas regras do jogo.

      No caso dos impostos, uma simplificação com ferramentas que evitem a sonegação, pode fazer milagres no Brasil. Evitar os impostos em cascata, colocar incentivos ao recebimento da Nota Fiscal, fora os impostos que operam no sistema eletrônico como a CPMF, que era uma galinha dos ovos de ouro.

      Ou seja, eu acredito sim que o país pode voltar a crescer, se alguns entraves forem retirados. Se acreditasse no cenário apocalíptico que você está desenhando, então o melhor a fazer seria concentrar todas as energias em mudar de país!

      1+
  • Alemon Fritz 25 de abril de 2017 at 13:30

    eu acredito que a economia ainda vai crescer um pouquinho acima do previsto (0,5%) para 0,8 a 0,9%, a salvação da lavoura será a lavoura..
    Até junho sai a compra de terras pelos estrangeiros e melhora da carne, e novas linhas de projetos em energia. As novas regras do NAFTa beneficiam México e Banania.
    Temos ainda as LIGs até setembro. A compra de créditos podres pelos fundos abutres (está rendendo mais que do que a gente sabe). As mudanças nas regras de aposentadoria e do trabalho pode ser que que se der certo dêem um ânimo a la Frutinha amorinha. Os americanos devem resolver o orçamento até sexta e uma provave guerrinha mundial distrai os movimentos das peças.
    A tendencia é um bulltrap até o fim do ano com esses vislumbres dos corvos. O gov ainda vai transferir o MCMV pras pequenas cidades e meio rural.. depois é caxão.
    Falando nisso a caxao já teve 32bilhoes em creditos podres, mais – 6bi no Porto Magavilha e nada aconteceu… e ela pretende criar o Fundo habitare pra separar em 2 bancos a parte de habitação. Não será recuperação, mas uma maquiagem até 2018.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Melekento 25 de abril de 2017 at 14:25

      Boa tarde,
      Sou do centro-oeste brasileiro, e creio que, infelizmente essa arfimacao nao seja correta, estamos com a maior safra de graos da historia, todavia isso prejudica, pois com a alta de oferta no mercado os precos caem, prejudicando assim os valores dos produtos agricolas, diminuindo a arrecadacao.
      Outro fato e o prejuizo que estamos colhendo com relacao a desastrosa – operacao carne fraca – a @ do boi, toda a semana, desce 1 ou 2 reais, sendo que, o mercado pessimista esta jogando um perda de 30% com relacao a 2017 a 2018.
      Na minha opiniao, vai acontecer o que nunca aconteceu neste pais, tres anos seguidos de PIB negativo, sendo que, 2018 vai ser caracterizado que o pais esta em depressao.
      Que Deus ilumine o caminho de todos !!!!
      Abs.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 25 de abril de 2017 at 14:32

        fora que não tem estrada e porto pra escoar
        lembra do custo BR ????? era propaganda da dilma, combater isso, fez o contrário, piorou tudo

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Cesar_DF 25 de abril de 2017 at 13:34

    58% dos imóveis vendidos volta à construtora devido aos distratos
    será tópico?

    Nos últimos 12 meses, de cada 100 unidades residenciais vendidas, 58 tiveram contratos cancelados, segundo associação
    Metade dos imóveis de alto e médio padrão vendidos pelas construtoras foi alvo de distratos e retornou para serem negociados novamente nos últimos anos. Significa dizer que, a cada dois imóveis comercializado no País, um foi distratado. Essa regra vale, pelo menos, desde 2014, de acordo com dados divulgados pela Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias) nesta terça-feira (25).

    Nos primeiros dois meses de 2017, a relação de distrato por venda totaliza 53,1%. Isso quer dizer que, de cada 100 imóveis negociados no período, 53 tiveram seus contratos de venda cancelados pelo pretendente e voltaram para o catálogo de unidades da construtora.

    Considerando os últimos 12 meses terminados em fevereiro, o dado é ainda maior: 57,9%. Na prática, de cada 100 unidades vendidas no período, 58 não tiveram seus acordos horandos pelos compradores e voltaram para as construtoras.

    http://noticias.r7.com/economia/metade-dos-imoveis-vendidos-volta-a-construtora-devido-aos-distratos-25042017

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 25 de abril de 2017 at 13:51

      significa que os outros 42% ainda estão pagando um preço muito maior que o valor
      os 58% que realizaram prejuízo rapitadmente perderam menos

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • perdido no rio 25 de abril de 2017 at 14:07

        Pelo que vemos, esses 58% estão tentando realizar o prejuízo, mas as destrutoras não devolvem o dinheiro. Situação complicada.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Cajuzinha 25 de abril de 2017 at 14:34

      kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      “Ao afirmar que os distratos constituem um problema para o setor imobiliário do País, o presidente da Abrainc, Luiz Antônio França, relaciona o cancelamento do contrato com a situação de um consumidor que solicitou um terno para um alfaiate ou que realizou um financiamento para compara um carro.

      Ele ressalta que o cliente não tende a desfazer o acordo com o profissional ao encontrar um modelo simular ao encomendado por um valor menor no mercado.

      — Ninguém devolve televisão ou carro. E o sinal, como o solicitado pelo alfaiate, é uma garantia pelo trabalho dele. […] Você não vai desfazer a compra porque ele já pode ter comprado o tecido e a linha para fazer o terno.

      O presidente da Abrainc diz que o volume de distratos dificultam os incorporadores de realizarem novos investimentos “devido à incerteza que se tem na equação financeira dos empreendimentos”.”

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 14:36

        Eu recomendo a esse senhor… que representa a entidade… que parem de vender na planta.
        Só comercializem quando as unidades estiverem prontas, vistoriadas, com habite-se, registro , etc. Não fiquem se estressando com pessoas que desistem .

        22+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 25 de abril de 2017 at 15:02

          ai

          2+
        • CA 25 de abril de 2017 at 15:19

          Cajuzinha e From_The_Tower,

          Sem contar que ele está se utilizando de um grande SOFISMA:

          No caso de um terno feito SOB MEDIDA, assume-se que é exclusivo para aquele cliente e um cancelamento do mesmo gera prejuízo muito grande, pois não encontrarão outro cliente exatamente com os mesmos gostos e medidas, mas se a pessoa estivesse comprando um terno que serve para um grande número de pessoas, assim como é um imóvel, o prejuízo do cancelamento não seria o mesmo. O cliente do terno sob medida escolhe todos os detalhes, o comprador do imóvel na planta tem que aceitar os “padrões” disponíveis em cada empreendimento.

          No caso de um terno sob medida, não existe um intermediário que PROMETE verbalmente a eterna valorização do preço do terno dizendo que vale muito mais a pena financeiramente encomendar o terno do que comprar pronto, ao contrário, quem manda fazer um termo sob medida já sabe de antemão que está pagando mais caro para ter algo exatamente do jeito que quer.

          Se o terno sob medida atrasar muito ou tiver péssima qualidade, o cliente tem todo o direito de cancelar, no caso de um imóvel, este direito é ainda mais válido.

          Um terno sob medida não possui reajustes de preços durante a sua confecção, o alfaiate ou a empresa que o contratam, arcam integralmente com variações nos custos de insumo ou mão-de-obra durante o período e o preço total combinado entre as partes é claríssimo, sem alterações. No caso dos imóveis, os corretores e a construtora, durante as negociações, muitas vezes omitem o INCC e como é utilizado para reajustar os preços dos imóveis, assim muitos clientes não tem a menor ideia do total que irão pagar, tudo isto complementado por um extenso contrato, sem destaque para estes itens, situações que não existem para quem compra o terno sob encomenda, onde tudo é feito “às claras”.

          Contabilmente só se considera um terno vendido, quando o mesmo está pronto e é entregue para o cliente. Graças a isto, os preços dos ternos NÃO dispararam porque os alfaiates resolveram fazer uma grande produção e número de contratos de papéis só para registrarem aumentos de vendas, sem se preocupar se o cliente poderia pagar ou não pelo produto. Já no caso dos imóveis, as construtoras contabilizam a venda no momento em que alguém assina um papel, sem ter entregue ainda nenhum produto, em função disto, se aproveitaram para “vender” para um grande número de clientes que não teria condições de pagar (distratos bilionários desde 2011, sem relação com a crise) e com isto, os preços dos imóveis dispararam de forma ANORMAL, muito acima do crescimento dos salários, ao longo de anos. Isto para um imóvel, que custa MUITO mais caro do que um terno…

          Existem várias outras diferenças que no mundo de FAZ DE CONTA que as construtoras plantam na mídia, com apoio dos meios de comunicação, não aparecem. Eles insistem o quanto podem na DESINFORMAÇÃO e no intuito de ENGANAREM o quanto puderem, mas não adianta absolutamente nada, graças à pirâmide financeira que criaram, já estão passando por várias “sinucas de bico”, mais do que merecidas…

          14+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • CA 25 de abril de 2017 at 14:55

      Cesar_DF,

      Por trás desta notícia, mais uma indicação do quanto as construtoras estão, não em uma, mas em várias “sinucas de bico”:

      A distorção entre oferta e procura nunca foi tão elevada. Se reduzirem os lançamentos, as vendas FALSAS na planta despencam, vão ficar com “vendas” negativas e aumentarem a visibilidade quanto a destruição da pirâmide financeira que construíram, de quebra, impulsionando ainda mais a queda dos preços no presente. Se elas mantiverem ou aumentarem os lançamentos, a distorção entre oferta e procura só vai aumentando, junto com a queda nas vendas e aumento nos distratos, o que significa que no futuro próximo a queda dos preços terá que ser ainda maior. Deixar cair muito o preço agora, ou pedalar e forçar que ele caia ainda mais em breve?

      Se forçarem a mudança na tratativa dos distratos e conseguirem que clientes arquem com 100% do prejuízo sempre, primeiro terão uma queda ainda mais assustadora nas vendas na planta, pelo medo natural de compradores, segundo poderão ainda ter que lidar com as regras antigas porque as novas regras não seriam válidas para contratos já feitos ou teriam forte questionamento e reversão na justiça e terceiro, o quanto vierem a recuperar de dinheiro no distrato não cobrirá o custo de capital em virtude do tempo muito elevado para conseguirem revender os imóveis e os “descontos obrigatórios” para conseguir vender um imóvel já pronto, em que o cliente não terá meses pagando a “parcelinha durante construção”. Se continuarem levando a mudança “em banho maria”, sem definição, de qualquer forma a informação se espalha e gera medo em potenciais compradores na planta, reduzindo estas vendas (como já está acontecendo), ao mesmo tempo que a situação transmite uma insegurança ainda maior aos bancos que restringem e aumentam juros para concederem empréstimos às construtoras , situações que forçam reduções em lançamentos com as consequências explicadas no parágrafo anterior.

      Se as construtoras insistirem em reduzir os preços, mas não o suficiente para acelerar de forma mais relevante a volta à REALIDADE, cada vez mais elas irão quebrar por inanição quanto à vendas / receitas, como já está acontecendo. A cada nova construtora que quebrar, mais medo no mercado como um todo afastando as vendas na planta, crédito por parte dos bancos para construtoras ficando cada vez mais restritivo e caro, até porque os imóveis em garantia com bancos, desta vez recebidos das construtoras, também crescem em quantidade, o que forçará ainda mais as reduções em preços de leilões de imóveis que irão competir com construtoras e roubar vendas delas, retroalimentando o circulo vicioso. Se as construtoras reduzirem muito o preço de uma vez só, antecipam o efeito manada e a quebra de parte delas (que aliás, já estão em situação irreversível), ao mesmo tempo que inviabilizam pedaladas tanto via governo / CEF quanto via as próprias construtoras, levando a um ajuste mais doloroso no curtíssimo prazo, apesar de ser menos danoso se olharmos o resultado como um todo, incluindo o médio e longo prazos.

      Existem outras situações de “sinuca”, como sempre, acima são apenas exemplos. O fato é que não existe almoço de graça, construíram uma bolha imobiliária em proporção absurda, batendo alguns recordes mundiais, com isto, não tem como se esperar uma solução “suave”, indolor. Claro que via DESINFORMAÇÃO tentarão enganar as pessoas e fazerem de conta que tudo será suave, mas não há caminhos para que isto aconteça, aliás, quanto mais apelarem, pior será o prejuízo total do processo…

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cajuzinha 25 de abril de 2017 at 15:30

        Pois é, então como voltar à normalidade?

        1+
        • CA 25 de abril de 2017 at 15:54

          Cajuzinha,

          A opção das construtoras, do governo e demais agentes, como sabemos, tem sido de “vender a janta para poderem almoçar”, ou seja, eles sempre estão optando por aumentarem as distorções para ganharem tempo, aumentando o tamanho total do prejuízo.

          Ocorre que a “solução” acima não dura para sempre. As construtoras, o governo, os bancos e a imprensa já estão perdendo fôlego para pedalar e algumas construtoras já estão oferecendo grandes “descontos” em imóveis que retornaram de distratos, ou que estão em fase final da construção, ou entregues e não vendidos, aqueles que já tiveram os maiores custos sem as receitas correspondentes. De forma natural e independente do que as construtoras “querem”, cada vez mais teremos novas construtoras sendo obrigadas a fazerem isto. Da mesma forma os bancos e os “descontos” crescentes nos imóveis em leilões.

          Em paralelo, a CEF e seus rombos de dezenas de bilhões de Reais, também não tem uma situação “sustentável”. As renegociações MIRABOLANTES para maquiar inadimplência não poderão ser escondidas para sempre, na realidade, para manter isto por mais um ano já será muito difícil. Em algum momento a CEF deverá restringir mais o crédito imobiliário e torná-lo mais caro, terá que rever o valor de suas garantias e das avaliações futuras e tudo isto combinado com o que consta no parágrafo anterior, forçará os ajustes mais visíveis.

          Veja nos relatórios da ABRAINC, por exemplo: a distorção OFICIAL entre oferta e procura cresceu MUITO no último ano, o estoque ao final de 2016 era o suficiente para mais de 3 ANOS de vendas. Isto aumenta ainda mais a PRESSÃO pela redução de preços, são cada vez mais custos e menos receitas, nenhuma empresa sobrevive assim por muito tempo e se persistirem até quebrarem cada vez mais construtoras, estarão apenas indo por outro canal que forçará as reduções maiores de preços: mais imóveis recuperados por bancos, leilões com maiores reduções, menos vendas ainda das demais construtoras, etc.

          Todos os agentes vão resistir o máximo que podem, alguns “a espera de um milagre”, que não virá. Alguns acham que ocorrerá uma recuperação mais efetiva da economia que permitiria a reversão de todas estas anomalias de forma indolor, mas este é um grande erro de lógica, pois a recuperação mais efetiva e duradoura não vai ocorrer enquanto a própria explosão mais visível da bolha imobiliária não ocorrer. Estes iludidos estão brincando de braço de ferro com a realidade, o resultado já é sabido, eles vão perder, só que a dor da realidade é inconcebível para alguns e vão assim persistindo no erro. Em linha com aquela reportagem em que mostram aquele loteamento onde foram vendidos terrenos inicialmente por R$ 350 mil e agora eram vendidos por R$ 110 mil, mas onde haviam pessoas que insistiam em se manter alienados quanto a isto, brigando com construtora, prefeitura, etc, sofrendo enormemente com todo o processo e mais do que tudo, brigando com a realidade.

          Aqui, para aqueles que tem agido com mais sabedoria financeira, sabem que o quanto acumulam a cada mês e obtém de rendimento de juros de forma composta, mais terão condições de comprarem um imóvel cada vez melhor no futuro, afinal quanto mais os agentes envolvidos na bolha pedalam, mais eles garantem uma queda maior dos preços dos imóveis no futuro, ou seja, o ganho é duplo para aqueles que aguardam o melhor momento para comprar o imóvel. É claro que este é um raciocínio limitado, pois infelizmente estes agentes alienados da realidade acabam influenciando na destruição da economia como um todo, então, ao final, somos aqueles menos prejudicados…

          13+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Cajuzinha 25 de abril de 2017 at 16:20

            CA, acho que o pensamento das construtoras aqui de Aracaju é exatamente este: “Alguns acham que ocorrerá uma recuperação mais efetiva da economia que permitiria a reversão de todas estas anomalias de forma indolor”

            Não sei até quando, realmente não sei. Cada mercado tem sua realidade…

            3+
            • avatar
  • Alemon Fritz 25 de abril de 2017 at 13:36

    Statistica: samy
    Os números que se escondem nas estatísticas são aqueles que você realmente precisa conhecer

    http://g1.globo.com/economia/blog/samy-dana/post/os-numeros-que-se-escondem-nas-estatisticas-sao-aqueles-que-voce-realmente-precisa-conhecer.html

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 25 de abril de 2017 at 13:45

    CVR continuação

    O duplex que achei ontem, falei com o rapaz.
    R$350,00 o condomínio. Não é atoa que tiveram que abaixar bem o valor do aluguel.
    IPTU não soube informar pois o AP eu dá tia e vai ver.

    Condomínio pra mim não pode passar de R$150,00
    Quanto menos coisa o AP tiver , melhor!!!!

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cadeludo 25 de abril de 2017 at 13:53

      também acho, porém, condomínio a 150 pilas era em 2009
      no caso da cobertura acho barato

      5+
      • Leonardo M. 25 de abril de 2017 at 14:00

        Meu condomínio atual é de R$120,00
        Pois o prédio não tem nada! Nem elevador, nem quadra nem nada.

        Esse prédio pelo que andei vendo são todos duplex. E o duplex em questão não é cobertura.
        Então tem que se pagar o condomínio valendo por 2 aps. Se fosse um AP de apenas um andar o condomínio seria entre r$170 e R$180

        7+
        • avatar
        • avatar
        • Cadeludo 25 de abril de 2017 at 14:05

          120 com água luz e limpeza? é barato
          parece que 10% do salário mínimo é só a taxa de condomínio fora as despesas
          120 é muito barato parabéns!

          3+
          • Leonardo M. 25 de abril de 2017 at 14:09

            Sim
            Água,luz e limpeza.
            São 42 Aps então mesmo com vacância dá R$4mil pra administradora.
            Aqui as luzes são com sensor, então a pessoa passou ligou e depois desliga.
            Tem uma moça que limpa apenas 1 vez por semana, então se deve pagar uma diária de uns R$100 pra ela.
            Prédio novo sem reformas pra fazer.
            Como já disse, não temos elevador o que diminui o gasto com energia e manutenção. Eu moro no 4 andar então aproveito e queimo a pança de chope.

            Chapecó dificilmente você vai achar um prédio com porteiro, e se achar ou é classe A+ ou algum específico.

            9+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Lucas 25 de abril de 2017 at 14:30

              a taxa de condo é o custo total dividido pelo numero de unidades, proporcionalmente ao rateio de área
              tanto faz se 1 por andar ou 20.

              3+
  • Lucas 25 de abril de 2017 at 14:13

    from_the_power deu uma rajada de mitadas n sei pq não saiu minha foto nos likes

    mas o CA Ah, o CA…

    tá tudo ali ele colocou o cabideiro inteiro dos grandes motivos aos quais a gente pendura fatos menores e até onde encaixou a reversão drástica da tendência de TODOS os indicadores monitorados pelo SEADE conforme conversmos lá em cima do tópico.

    não estou reclamando, mas os efeitos da lava-jato, da quebra de esquemas corruptos no curto prazo é mais crise, é um pedágio que precisamos pagar.
    Não sou desses caras que traz grandes fórmulas mágicas, nem defende ideologias, sou desses que gosta dos detalhes, e aqui-e-ali acabo me simpatizando com uma ou outra figura, ainda que elas nos decepcionem, então neste contexto o que tenho a dizer é que devemos lutar pelo fortalecimento das instituições, não confundir com inchamento, pelo seu equilíbrio e que lá na frente após feita toda a lavagem, eles voltem para dentro deles próprios e que isso seja uma tarefa constante, essa faxina institucional se torne hábito. Está aí o que sobrou de minhas esperanças, que lentamente vamos desmontando o BR s.a., que se vem gente de fora investir no BR, maioria das vezes é pra ficar sócia-do-Rei, vejam as montadoras.

    Paz

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 25 de abril de 2017 at 14:22

      brincando com meu novo baralho mitológico (chamado tarot iluminati, rsrs, juro que é coincidencia)
      a carta de hoje foi o 7deouros
      o que ela diz: A ARTE DE ESPERAR.

      é senhores, é para meditar sobre isso sempre, “paciencia a dica do século”, to not do losing our religion

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 25 de abril de 2017 at 14:13

    OFF POLÍTICA
    18 propostas socialistas de Marine Le Pen, a candidata que a mídia chama de “extrema-direita”
    – Criar o PAC da Agricultura (sério, o nome é PAC);
    – Proteger produtores agrícolas e indústrias para combater o “capital financeiro especulativo” e a “competição desleal”;
    – Aumentar tarifas de importação e criar cotas máximas para produtos estrangeiros;
    – Impedir a privatização de edifícios culturais estatais;
    – Manter a jornada de trabalho em 35 horas semanais e limitar as possibilidades de horas extras;
    – Reduzir o preço do gás, da energia elétrica e dos trens na canetada (vai dar certo, sim!);
    – Praticamente acabar com a exploração de gás de xisto para não “prejudicar o meio ambiente”;
    – Regular os preços das universidades;
    – Aumentar o poder do governo central no controle das pesquisas científicas;
    – Permitir que o Tesouro francês seja financiado pelo Banco Central Francês (impressoras, impressoras en tous lieux!);
    – Criar um imposto de renda progressivo onde “os ricos pagam mais”;
    – Criar cotas para idosos nas contratações estatais;
    – Aumentar os gastos com a Justiça em 25%;
    – Ampliar o programa de subsídios para construção de casas populares (só faltou chamar de “Ma Maison, Ma Vie”);
    – Criar um “Bolsa Família” para os pais (!) que tenham filhos em idade escolar e desejem deixar de trabalhar (!!) para viver às custas do governo, recebendo 80% do salário mínimo (!!!);
    – Garantir que todos os franceses tenham Previdência Social estatal;
    – Barrar a reforma da previdência e reduzir a idade de aposentadoria para 60 anos;
    – Não promover qualquer mudança nas leis de aborto francesas (que são uma das mais permissivas do mundo).

    http://www.ilisp.org/artigos/18-propostas-socialistas-de-marine-le-pen-candidata-que-midia-chama-de-extrema-direita/

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 25 de abril de 2017 at 14:18

      Extrema direita onde? hahaha parece até piada as propostas.

      6+
      • avatar
      • Cesar_DF 25 de abril de 2017 at 14:22

        o único item de “direita” é a restrição na entrada de imigrantes

        6+
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 25 de abril de 2017 at 14:27

          epa,a bandeira da direita sempre foi livre circulação de pessoas
          quem restringe entradas e saídas são países tipo cuba e knorth
          o que não se deve confundir com aplicar a lei contra o islã
          travestido de religião, eles são outra coisa, neste momento penso na palavra bando.

          11+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Cesar_DF 25 de abril de 2017 at 14:31

            Verdade Lucas
            Na verdade, a restrição de entrada de estrangeiros é características do POPULISMO e do TOTALITARISMO, não de esquerda ou direita.

            5+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Lucas 25 de abril de 2017 at 14:41

              olha, não gosto dessas discussões tipo caixinha, o que é de quem, pura perda de tempo
              mas neste aspecto acho que a esquerda tem em seu bojo isso de controlar tudo da vida das pessoas, o que fazem, apra onde vão, onde trabalham
              digo por experiencia de nos áureos tempos ter conhecido pessoalmente a yugoslávia, mas tambem pelos livros do milan kundera e outros, a adoção da ideologia marxista de esquerda implica em constituir meios de controle social ao nível do ir e vir, seja férias, seja residencia, seja temporário e que a dita direita marxista sempre defendeu maior liberdade de transito do indivíduo. Acho que poderíamos listar milhares de exemplos práticos disto

              Nisto prefiro os direitistas, mas não é sempre assim não, hoje mesmo no condomínio tivemos um pequeno probleminha e lembrei como pessoas e países que respeitam mais o uso de lixeiras tem essa origem esquerdista de responsabilidade soçial notadamente o partido verde alemão fez uma revolução de costumes naquele país, com enormes benefícios até monetários.

              mas como falei, boas idéias são boas idéias, venha deonde vierem, escolher 1 lado é jogar fora 50% do cardápio, 90% vai, já que entre um e outro acho uma melhor que a outra, mas nunca o cardápio completo.

              5+
    • Lucas 25 de abril de 2017 at 14:24

      não verifiquei a veracidade ainda que seja verossimil
      o que digo sobrfe isso:
      marxismo

      se alguém se surpreendeu, tá na hora de pensar melhor

      3+
      • avatar
  • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 14:41

    Dólar 3,16
    Juro Futuros subiram forte
    TD está mais bonito hoje que Março e Abril
    kkkkk

    Eu estou ardendo na escolha das 2045 (e mais uns 10 bolhistas)
    kkkk
    -5%
    -8%
    -9%
    depende a PU do dia da aquisição

    é bom perder tb….. para aprender…..
    PAGUEI ALGUNS JUROS

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 14:42

      Fica a lição para 2018 galera
      META SELIC é uma coisa
      Juros futuros e TD são outra coisa

      10+
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 25 de abril de 2017 at 14:51

        Eu tô 95% TD SELIC e 5% pré fixado quando peguei 12% e 13% ao ano.
        Vendi muito 6,86%, 6,33% e 6% + IPCA quando os juros começaram a cair e embolado lucro.
        Hoje não compro títulos longos se não tiver pelo menos 7% + IPCA. E pq digo isso?
        Simples, as chances das reformas no Brasil não passarem são muito grandes. Aa chances dá esquerda ganhar em 2018 também!

        Então 7% + IPCA para o Bananistão está pouco ainda. Não esqueçam que depois da calmaria vem a tempestade em 2018/19/20. Os fundamentos estão horríveis e baixar juros na canetada só serve no curto prazo.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 14:57

          Exato.
          Tem que ter cautela e visão que a BNN é instável.

          3+
          • avatar
        • LZ 25 de abril de 2017 at 16:00

          Por isso comprei 7,50 + IPCA do banco BMG kkkk
          O resto tudo a curto prazo esperando a tormenta de 2018

          3+
          • avatar
    • Lucas 25 de abril de 2017 at 14:44

      na verdade vc só vai pagar se realizar a perda
      aí é o dilema do especulador
      realizar já e tomar o outro rumo OU ficar sentando esperando aguardando o preço médio suavizar
      dica, calcule o IR antes e mova-se lentamente

      4+
      • avatar
      • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 14:48

        Mas elas não tem 60 dias
        Não tem IR e IOF em caso de realização de prejuízo
        Vou estudar melhor e estabelecer um teto para o prejuízo…. como se fosse um Stop Loss
        kkkk

        Eu tb ardi em 2015 no nominal com os primeiros títulos…. só agora em 2017 eles estão dando o devido retorno esperado….. (teve toda a questão de 2016 … dilma…impeachment…. etc) Tanto na alíquota de IR e na valorização do título em si… fora os juros semestrais já recebidos.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 25 de abril de 2017 at 15:01

          outro dilema do especulador
          o cara que comprou imóvel na planta pra investir aí ele tem um bem que vai ganhar de rentabildiade coisa aí de 0,25%am a 0,30%am, as como tem muita oferta ele fica ardendo na vacancia, esperando, esperando.

          O dilema dele é o seguinte, se investe numa reforma para daí conseguir reduzir o tempo de vacancia, mas ao custo de abaixar ainda mais sua rentabilidade uma vez que o custo do bem vai aumentar. Se ele investe na reforma, é como se tivesse fazendo preço médio, já gastou as burras com o principal, faria sentido investir um pouquinho mais para evitar um custo imenso que é a vacancia chega a representar 30% na vida útil dum imóvel, mas para isso o cara precisa ter dinheiro/crédito e daí da-lhe mais juros para nós.

          Atop contínuo se muitos pensarem corretamente e investirem em reformas, lá na frente a oferta explode, jogando todos denovo lá pra baixo da rentabilidade e até mesmo voltando no custo de vacância. É uma conta complicadíssima de se fazer. Acho eu que num estouro de bolha perde menos que corre mais, o ideals eria vender imediatamente pelo valor de mercado com bases nos índices de venda em leilão,a crescidos aí de todos os custos + uns 10% caso tenha sido leilão de imovel ocupado e/ou documentação enrolada.

          6+
          • avatar
          • From_The_Tower 25 de abril de 2017 at 15:05

            esse dilema me lembra algumas ações da bolsa…. que valorizam….mas possuem pouca liquidez…. se a pessoa física ou um gestor de fundos realizarem uma fatia substancial da carteira… a cotação cai forte… pois é um volume considerável…… aí tem que saber entrar e sair sem movimentar muito o mercado.
            kkkk

            5+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Lucas 25 de abril de 2017 at 15:16

              no jargão deles é alterar sem profundidade no livro de ofertas (ou algo assim, vc pode epsquisar estes tópicos na net)
              para pessoas como nós irrelevante
              para milionários, às vezes
              para bili fundamental
              para os tri. vida diária.

              mais ou menos no boteco perto do sítio que frequento
              o preço ele põe pela cara do cidadão
              quanto mais vc tem, mais resitencias como essa surgem

              viajei muito?

              1+
    • Lucas 25 de abril de 2017 at 14:46

      na verdade tendencia selic da pesquisa focus X juros futuro no mercado:

      1°- é o que acham pra lá pra frente, 2°- é onde realmente apostam hoje

      3+
  • Leonardo M. 25 de abril de 2017 at 15:28

    Abri uma conta online no Sofisa
    Agora pegar CDBs com 103% do CDI e aproveitar

    8+
    • avatar
    • avatar