Do auge em 2010 à crise atual: PDG perde 99% do valor de mercado – Exame

Você pode gostar...

Comments
  • dasampa 17 de abril de 2017 at 12:05

    Boa tarde a todos

    Oportunidade que tenho gostaria de saber a opniao de vocês.

    Imóvel em bairro bom em SP capital próximo a metro 5 min a pé.
    Área do imóvel 100 metro
    Condominio com 10 anos construído e barato.
    Media pedido no finge zap está em 9k o metro para o mesmo imóvel.

    Oportunidade em compra por volta de 4200 o metro.

    Em 2008 este imóvel foi vendido pela construtora por 1700 o metro.

    O que os bolhistas acham destes números?

    Será que cai mais?

    Será que ainda existe a possibilidade de obter lucro em comprar e tentar vender pelo valor próximo do zap?

    4+
    • avatar
    • to bolhado 17 de abril de 2017 at 12:08

      de onde exatamente vem essa “oportunidade”? Você compraria como “investimento”?

      4+
      • dasampa 17 de abril de 2017 at 12:14

        Leilão
        Seria investimento
        Em últimos caso iria morar pois estou no aluguel
        Neste condominio não tenho referencia para aluguel pois não tem ofertas
        O mais próximo em condômino mais velho com 30 anos e condo quase o dobro tem pra aluguel por 3 mil e alguma coisa.

        4+
        • to bolhado 17 de abril de 2017 at 12:25

          pra investimento diria sem medo de errar: “é cilada, Bino!”. O buraco negro do setor é muito grande e obscuro para que a probabilidade de acertar o * da mosca seja minimamente razoável.
          Para morar tem que fazer as considerações do fator X, já apontadas aqui no blog. Mas pelo visto não é um imóvel que você esteja procurando para morar (em termos de características / localização etc), então também parece que nem para morar é uma boa.

          23+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • dasampa 17 de abril de 2017 at 12:44

            Realmente pra morar seria por momento.
            Apesar de ter sido criado no bairro e gostar tenho outras preferência.

            O interessante que penso é que poderia usar como moeda de troca em algum outro imóvel ou negócio pelo suposto valor de mercado do finge zap.

            Mas o que queria saber
            Hoje no zap pedem 9k o metro na mesma torre
            Caso consiga comprar por 4,5k, será que no curto prazo não consigo realizar em 7k o metro?

            Duvida cruel?

            4+
            • InBolhaWeTrust 17 de abril de 2017 at 13:59

              Cuidado que o valor de um imóvel em leilão é mais baixo, dentre outros motivos, pelo risco da operação. Se o imóvel está ocupado, se há dívidas do propriotário motumbado e a situação do imóvel em si devem ser levados em consideração na hora de decidir se deve ou não entrar num leilão. Dependendo do rolo processual do leilão, há diversos riscos que podem fazer o preço baixo ser uma verdadeira cilada. Historicamente os preços no leilão sempre foram (e sempre devem ser) mais baixos do que o praticado pelo mercado, justamente porque há diversas variáveis para se levar em consideração no momento de calcular o risco da operação.

              16+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • dasampa 17 de abril de 2017 at 14:29

                Valeu pela preocupação, mas neste assunto já tenho alguma experiência.
                O ideial para pouco problemas é extrajudicial de banco, de preferência Bradesco Itau e Satan

                2+
            • Lucas 17 de abril de 2017 at 14:34

              acho que não consegue revender rapido não, se fosse assim fáciul todo mundo segurava a venda esperando a recuperação e op ajsute não se efetivava
              essa crise vai longe
              eu comprei com um desconto bem interessante, como o seu, só que documentaçao impecável nada de leilão, mas foi pra morar e fazia sentido pela relação com o valor do aluguel.
              pra morar faria muito sentido vc comprar, desde que se alinhasse com seu estilo de vida pelos próximos 10 anos.
              Vc estaria imobilizando muito dinheiro à toa e perdendo possíveis oportunidades para os anos turbulentos que virão pela frente.

              22+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Lucas 17 de abril de 2017 at 14:37

                paguei o valor que o antigo dono pagou em 2010 corrigido pela inflação, valor escriturado, nada de fingezap, ou eu acho que valia tanto

                6+
                • avatar
                • avatar
              • Lucas 17 de abril de 2017 at 14:53

                e comprei na periferia onde tudo é muito mais barato, nada de METRO por perto

                3+
                • avatar
              • dasampa 18 de abril de 2017 at 00:20

                Valeu veio Lucas pelo comentário

                Caso entre nesse que será hj dia 18/4 este seria o 4 imóvel que compro em leilão.

                Acredito que existe muito mistério em leilão. Quando se trata de extra-judicial é muito mais simples.

                Seria como comprar de um banco direto.

                Ler o edital é fundamental, um advogado amigo de infância que não seja topeira também ajuda.

                Dando certo coloco mais infos amanhã.

                2+
                • avatar
                • Bsbguy 18 de abril de 2017 at 10:32

                  Acho que esse é um nicho a se explorar sim, os leilões. Queria aprender mais sobre. Onde vejo os editais dos bancos? Extrajudicial aparentemente é bem mais sussa, como analiso os demais riscos do apartameto? dívidas do ap vem pra mim?? Como tirar o colega do ap? etc etc?

                  1+
                • capela 23 de abril de 2017 at 15:49

                  Poderia nos dar algumas dicas?
                  quais são os custos estimados com advogado?
                  Estou pesquisando a respeito e pretendo começar a comprar em breve na regiao de BH.

                  0
        • Son goku 17 de abril de 2017 at 16:39

          dasampa, leilão não e brincadeira, consulte seu advogado antes, se não tiver eu indico o meu, recentemente tomei 1 ano de dinheiro parado por causa de leilão cancelado, de 48k depois de 12 meses peguei corrigido 51800 mas a comissão de 2400 foi pro saco fora gasto com advogado, lembrando que só entrei nessa cilada pois o terreno era vendido por 300k no mercado e no leilao saia 48k ou seja paguei 1/6 do preço.

          15+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Bsbguy 18 de abril de 2017 at 10:38

            Se você repetir a operação 6 x e em algum momento não for cancelado, você terá lucro. Acho que valeu o risco/retorno, infelizmente nessa você não deu sorte.

            2+
    • Leonardo M. 17 de abril de 2017 at 12:08

      Pergunta 1:
      Faça o valor dá compra X valor do aluguel e veja o que está mais barato. Deixar em uma RF e pagar o aluguel ou comprar.

      Pergunta 2:
      Cai! Quando não sei…

      Pergunta 3:
      Não!

      4+
      • dasampa 17 de abril de 2017 at 12:15

        Pergunta:
        Se em 2008 valia 170k se corrigir pela inflação quanto deveria valer?
        Quem tem essa fórmula aí pra ajudar?

        3+
        • Cadeludo 17 de abril de 2017 at 12:39

          imóvel não é indexado
          é só oferta e demanda mesmo
          a demanda atualmente é por dinheiro
          a oferta de imóveis é mato

          23+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • dasampa 17 de abril de 2017 at 12:46

            Entendo o que diz, mas só por curiosidade, em um mercado imobiliário sem esse fanatismo que houve no últimos anos o índice de inflação acompanhava o imoveis.
            Por isso que tenho essa curiosidade.
            Em 2008 tinha 170k, pela inflação quanto teria hoje

            3+
            • Cadeludo 17 de abril de 2017 at 13:04

              302 mil só a correção
              falta calcular os juros recebidos
              tem gente que transformou em milhão ou mais

              3+
              • Cadeludo 17 de abril de 2017 at 13:05

                ops me empolguei, é meio milhão 500.000

                4+
              • dasampa 17 de abril de 2017 at 13:09

                Valeu
                Era o que imagina

                Em relação a investimento o céu é o limite.

                Basta saber o que fazer com o $$$.

                Ahhh se eu tivesse a mesma maturidade que tenho hj a 10 anos atras.

                6+
                • avatar
        • Zejose 17 de abril de 2017 at 17:06
    • Nelson Schadenfreude 17 de abril de 2017 at 13:16

      Tem que saber primeiro qual é o bairro, senão não dá para dizer se o preço é bom. Segundo, tem que saber se o imóvel está ocupado. Pode levar até um ano para tirar o atual pseudo-proprietário de lá (o proprietário de verdade é o banco). Isso acarreta em custos de oportunidade perdidos (juros e/ou aluguel). Terceiro, tem que saber o estado do imóvel (pode recebê-lo detonado).
      Enfim, faça as contas contra o CDI sob hipóteses conservadoras, acrescente um adicional pela “felicidade de morar em algo que é seu” e decida. Pode valer a pena. Mas tome a decisão com calma e sem paixões ou precipitação. Outras oportunidades vão aparecer.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • dasampa 18 de abril de 2017 at 00:29

        Seria próximo ao metrô praça da árvore.

        Ocupado é problema, mas tem solução.
        Todos 3 imóveis ocupado em leilao que comprei estavam.
        O que demoro mais a sair é 3 meses.
        Só entrar com emissão de posse.

        Outra técnica é oferecer ao motumbado o valor que seria gasto com advogado pro cara rala.
        Tipo: oferece 3 a 5 mil. Dependendo da situação ele faz conta e sai em um mês com algum $$$. Ou espere pra PM bate na porta e dar 10 minuto pra desocupar.

        Sempre tive sorte dos imóveis estarem com condições de habitação.
        Uma tinta e limpeza já dava pra levar a família.

        3+
    • rpoa 18 de abril de 2017 at 13:15

      se for para investimento esquece…. morar… varia…..não vão me atirar tijolos, mas ao menso um teto todo mundo devia ter…
      Quanto ao valor… se corrigir 1.700 desde 30/jun/2008 até agora temos
      a) poupança 3.166,76
      b) CDI 4.252,41
      c) IGPM 2.885.17
      d) IPCA 2.916,69
      e) INCC 3.114,57…

      Assim.. 4.200 não me parece sob o ponto de vista histórico barbada…..
      se é leilão tem que ver se… precisa retirar morador…. regularizar condominios atrasados (no meu condominio um comprou em leilao e se esqueceu desse “detalhe”), além do fato de que o morador, antes de sair, por vezes destrói o imovel de raiva e entope todos os canos… detona fiação… riscos e mais riscos

      1+
  • Cajuzinha 17 de abril de 2017 at 12:07

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    https://www.reclameaqui.com.br/Iymm_NF4zgerx4b8/pdg-incorporacoes/corretor-nao-venda-imoveis-da-pdg-nao-esta-pagando-a-comissao-dos-corretores/

    “Corretor não venda imóveis dá PDG, não está pagando a comissão dos corretores
    PDG Incorporações

    São Paulo – SP ID: 25380881 06/04/17

    Desde abril do ano passado realizamos uma venda do Adresse Guarulhos, o comprador encontrou dificuldade de financiar devido a uma pendência no nome do dono dá PDG, em novembro ele conseguiu financiar mas a construtora já nos fez gerar 3 vezes a nota fiscal e sempre dá uma desculpa e não realiza o pagamento. Hoje teremos que entrar com ação judicial para receber esta comissão. Passo está informação para que mais nenhum corretor passe este transtorno.

    52+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • LZ 17 de abril de 2017 at 12:43

      PDG dando calote até nos corvos hahaha

      22+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • chainsling 17 de abril de 2017 at 12:11

    Apenas para “contribuir” com a “discussao” do Carlos/Cramulhao:
    Eu tenho a visao um pouco diferente de ambos, sobre morar/trabalhar no brasil, embora concorde em alguns pontos.
    Eu prefiro morar no Brasil (embora eu trabalhe em uma empresa extrangeira) justamente pelo brasil ser um país de terceiro mundo. Eu provavelmente faço parte do 1-2% mais rico da populacao, e como tal, no Brasil tenho disponivel pra mim os melhores serviços – seja saude, educacao, lazer – por eu ter dinheiro.
    Comparando com Canada, por exemplo. Eu poderia estar morando lá, porém meu padrao de vida seria bastante “inferior”, afinal se eu preciso de um médico, eu vou ter que entrar na mesma fila que o resto da populacao – ja que a maioria da populacao tem condicoes semelhantes a minha. Se eu quero ir no restaurante bacanao em SP, eu faço a reserva e vou – afinal nao tem tanta competicao. Se eu preciso ir no médico, eu agendo um particular para a mesma semana. Não cabe discutir se é justo ou não o dinheiro te dar acesso a tudo do melhor – temos que aceitar que é a realidade do Brasil.
    Eu concordo em partes com Cramulhao que trabalhar fora (em países mais desenvolvidos que o Brasil) às vezes é um pouco ingrato, não pelo fato de eu achar que as pessoas de fora sao muito melhores, mas sim por ELES acharem que são muito melhores. As experiencias que tive trabalhando fora não foram tão agradaveis quando estive em países de “primeiro mundo”. Invariavelmente depois de um tempo vc percebe que o tratamento é diferenciado (pra pior), por mais q vc tente se convencer do contrário.
    Obviamente isso tambem depende muito do momento na vida de cada um. Se eu tivesse um filho por exemplo, eu provavelmente preferiria ve-lo crescendo em um país desenvolvido, ao sacrificio de viver “super bem” no Brasil (alem de estar longe dos amigos, familia, etc – coisa que nao é mensuravel).
    Em resumo, na minha opiniao se vive bem em qualquer lugar do mundo se vc tem dinheiro. Porém, em alguns lugares precisa ter MUITO dinheiro pra se viver bem 🙂

    Em tempo, antes que venham as pedras: Por mais que me agrade viver sem ter q me preocupar muito com dinheiro, isso nao significa q eu sou um 666 ostentação – muito pelo contrario, eu nao preciso me preocupar pq eu NAO sou um 666 ostentacao 🙂

    54+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ribs 17 de abril de 2017 at 13:01

      No Brasil vc pode levar um tiro na cabeça a qualquer momento em qualquer esquina, no exterior não.

      32+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 17 de abril de 2017 at 18:11

        Infelizmente é parte do risco Brasil você topar com alguns dos milhôes de lixos humanos que habitam a terrinha e que não servem nem de esterco.
        Muito triste mesmo.

        Veja bem, cidade pequena e “pacata” no interior de SP, seus filhos ou filhos de amigos ou parente vão dar uma voltinha de bicicleta e cruzam o caminho destes dois lixos.
        ———————————————————————————————————————————————————————————————————————-
        Os adolescentes José Mateus Rampazo, 15 anos, e Luiz Otávio Bensi, 16, foram assassinados a tiros, em Dois Córregos (73 quilômetros de Bauru), na noite da última sexta-feira (14). Eles foram mortos após presenciarem, por acaso, uma tentativa de homicídio. As vítimas chegaram a ser socorridas até o pronto-socorro local, mas não resistiram.

        Um dos acusados, Elenilson José Bezerra, 30 anos, foi preso nesse sábado (15) à tarde. O outro suspeito é irmão dele: José Wilson Bezerra, 23 anos, que permanecia foragido até o final do mesmo dia, segundo informou o delegado Marcelo Aparecido Tomás Góes, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jaú.

        À Polícia Civil, Elenilson confessou o crime e disse que o irmão teria sido o autor dos disparos e ele havia fugido com o revólver. José teria vindo de Cupira (PE), há um mês, para vingar a morte do pai. Entretanto, ambos teriam confundido a pessoa quem pretendiam tirar a vida com um homem de 31 anos, que foi alvejado nas nádegas.

        Após ser abordada pelos irmãos, a vítima ‘errada’ foi baleada no momento em que os adolescentes passavam pelo local de bicicleta, no bairro Jardim Paulista, por volta das 23h50 de sexta-feira.

        Com medo de serem reconhecidos, decidiram atirar nos meninos. José, que está foragido, teria efetuado dois disparos que atingiram a cabeça dos garotos. A Polícia Civil segue com as investigações.

        https://www.jcnet.com.br/Regional/2017/04/dois-adolescentes-sao-mortos-a-tiros-em-dois-corregos.html

        4+
        • avatar
      • chainsling 18 de abril de 2017 at 08:55

        Estatisticamente, é obviamente mais provavel vc ser assassinado no Brasil que em diversos outros lugares do mundo. Mas não é “qualquer momento” em “qualquer esquina”. Claro que ter um pouco de bom senso te ajuda a minimizar essas probabilidades, acho que nao preciso discorrer sobre o quanto mais exposto vc estará se for toda noite buscar droga na favela.

        Outra estatística interessante sobre mortes no Brasil, é que 100% das pessoas que estão vivas atualmente vão morrer 🙂 Piadas a partes, eu concordo que vc deve colocar em conta a segurança que cada país vai te oferecer. Mas da forma como vc falou, parece q vivemos em uma zona de guerra onde não é seguro sair de casa. Como eu disse, nada como ter bom senso e aceitar que no Brasil não se pode deixar o portao da sua casa destrancado e que nao se pode andar as 2 da manha em uma rua escura tirando selfies com seu iphone 6.

        1+
        • cicero_silva 18 de abril de 2017 at 11:04

          Desculpe.

          Vivemos em zona de guerra.

          Moro em bairro de classe média-alta de capital de estado. Meu filho já foi assaltado com .38 durante o dia em local público. O mesmo já foi vítima de tentativa de assalto, sequestro, já foi assaltado com arma branca. Minha mulher também já sofreu da mesma forma. Minha casa foi assaltada três vezes… Carro arrombado? Já perdi a conta.

          Não posso correr pela rua (parte da manhã, claro. À noite nem pensar) pois: 1. haverá poste no meio da calçada, ou buracos ou merda de cachorro ou veículo. 2. Terei que correr na rua, com óbvio risco de atropelamento.

          Não posso andar de bicicleta. Assaltos ou morte por atropelamento.

          Apesar de também está nos 1%-2% mais “abastados” minhas opções de lazer sempre se resume em banhar em mar cheio de coliformes ou comer porcaria.

          Isso sem contar os inúmeros lixos de consumo a que temos acesso.

          Meus filhos já estão praticamente com um pé fora dessa mer.da. Se eles vão não sei. Eles vão decidir. Mas já possuem ferramentas para isso.

          Eu devo ir para Portugal ou Paraguai ou Chile ou a pqp. Só não quero morrer nessa terra miserável.

          9+
          • avatar
          • avatar
          • chainsling 18 de abril de 2017 at 11:51

            Bom, se eu fosse um cara tao azarado como vc, eu tb nao pensaria duas vezes. Nunca vi tanta desgraça junta

            5+
            • avatar
          • Bsbguy 18 de abril de 2017 at 12:24

            Seu relato deve ser de uma capital bem perigosa (fortaleza talvez). Eu acredito que o brasil vive sim um estado permanente de guerra, e também acredito que há uns poucos oásis no país para se morar. Moro em Brasília, Plano Piloto, e acredito que aqui seja um desses oásis, há diversos no país como um todo, mas tem que saber procurar.

            1+
    • Nelson Schadenfreude 17 de abril de 2017 at 13:29

      Embora eu ache o Brasil uma merda em muitos aspectos, tem um lado sociológico que é superior à maioria dos países desenvolvidos, que é o “calor humano” dos relacionamentos interpessoais. A gente dá pouco valor a isso até viajar e morar no exterior um tempo e sentir esse diferencial. Não estou falando dos problemas de ser um imigrante, que não tem networking local e nem divide as mesmas experiências coletivas do povo local (time de futebol, histórias, hábitos, etc.). Mesmo entre os locais, os distanciamento entre as pessoas é grande em países como Suíça, Japão, Alemanha, UK ou mesmo os EUA.
      Não à toa, quando você olha o “Índice da Felicidade” (‘https://en.wikipedia.org/wiki/World_Happiness_Report), o Brasil e outros países latino americanos não estão tão mal na fita. O brasileiro médio é mais “feliz” do que cidadão da Itália, Japão, Espanha, Coréia, Franca, Taiwan, Cingapura, Russia, para não falar de China e Índia. Você pode ser bastante feliz no Brasil hoje, especialmente se tem algum dinheiro e toma os devidos cuidados para não ser assassinado.
      Mas o futuro não está dado. Talvez meus filhos sejam mais felizes no futuro em algum país da América do Norte ou Europa…

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Nelson Schadenfreude 17 de abril de 2017 at 13:35

        Em tempo: acho também que o valor que damos para os relacionamentos interpessoais é uma das explicações para as instituições de merda que temos aqui. Ao invés da impessoalidade da lei, prevalecem os privilégios dos relacionamentos especiais com pessoas em posições de poder. A estátua da Justiça na frente do STF está vendada, mas lá dentro quem toma as decisões são o Toffoli, Lewandowsky, Barroso e Gilmar Mendes. Tudo rabo preso.

        Não existe almoço grátis.

        28+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • odorico 17 de abril de 2017 at 14:22

          Acho que esse índice felicidade é uma furada. Afinal, depende de como a sociedade ver a felicidade. No Brasil é quase pecado mortal falar que está infeliz. Um desdentado morando na rua, não tem consciência de sua miséria humana e perguntado dirá que é feliz. Enfim, quanto mais evoluída uma sociedade, mas ela terá consciência de sua misérias e mazelas e apesar de mais evoluída o índice felicidade vai cair.

          32+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • alexny 17 de abril de 2017 at 14:35

            ou o indice felicidade nao esta levando em conta quem esta “feliz” com ajuda medica

            http://claudia.abril.com.br/saude/brasil-e-um-dos-paises-mais-depressivos-do-mundo-diz-oms/

            11+
            • avatar
            • avatar
            • Lucas 17 de abril de 2017 at 14:44

              esse indice da ONU é uma piada

              eles escolheram felicidade = estado inchado
              olha lá o social suport do BR, somos quase uma noruega na cabeça deles, kkkkk
              olha lá o libverdade de escolha??? desde quando gado escolhe alguma coisa???
              olha o generosity, colocaram o povo mais gente boa do mundo em ultimo, o grego
              olha o trust, BR confiável???? sério?? verdadeiro? preciso nem dizer onde ocorreu a maior malandragem do planeta.
              lixo!

              26+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
          • BolhistaBR 17 de abril de 2017 at 15:46

            palmas de pé! parabéns pela lucidez!

            2+
          • Nelson Schadenfreude 17 de abril de 2017 at 17:05

            Talvez. Mas,se fosse assim, os países da África não estriam na lanterna. Tem algo mais aí. Não desprezo totalmente o índice (colocaram algum esforço metodológico aí (um dos editores é o Jeffrey Sachs). E é fato que é mais fácil estabelecer relações interpessoais no Brasil do que em vários países desenvolvidos. Quando estava na faculdade, já ouvi de mais de um gringo vivendo no Brasil que era mais fácil fazer amigos aqui do que no país dele. Evidentemente, os gringos também reclamavam do subdesenvolvimento grassante, e a propensão do povaréu de ser Ishperrto e passar a perna uns nos outros. Enfim, as coisas nunca são preto ou branco. E a grama do vizinho é sempre mais verde. Já morei fora para dar valor ao que a gente tem de bom aqui (clima, tolerância racial e religiosa, flexibilidade, …) e identificar o que é ruim (instituições, governo, etc..)

            5+
            • avatar
            • avatar
      • alexny 17 de abril de 2017 at 14:17

        Nao concordo , se tirar a “motivacao” de ser amigo no brasil em muitos casos a maioria das amizades somem

        http://entretenimento.r7.com/hoje-em-dia/videos/-brasileiros-entram-na-lista-de-inadimplentes-por-emprestar-nome-para-amigos-11042017

        o fator necessidade gera muito calor humano por ai

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 17 de abril de 2017 at 14:49

          perfeito

          eu mesmo só estou aqui porque estou preso.
          familia na periferia, doença, responsabildades de terceiros que estou arcando, a lista é longa (por outro lado eles tbm me ajudam)
          a outra opção pra mim seria viver liegalmente

          só temos calor humano porque NECESSITAMOS um o apoio do outro PRA SOBREVIVER

          20+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • to bolhado 17 de abril de 2017 at 14:18

        fazendo uma ultrasimplificação, o Brasil tende a ser um lugar melhor para morar se vc tem grana; nos EUA e na Europa a diferença entre o classe média e o cara com mais grana é menos pronunciada (a não ser que você seja super rico), então pra você sentir a diferença de uma vida mais privilegiada exige muito mais dinheiro. Então para um brasileiro bem de vida mas não super rico, a vida no Brasil tende a ser melhor, se você souber se organizar para isso. O fator mais preocupante é, claro, segurança, contra o qual você consegue se proteger apenas de forma limitada.

        11+
        • avatar
        • avatar
        • alexny 17 de abril de 2017 at 14:28

          no meu ver , a unica vantagem de morar no brasil para uma pessoa de classe media , eh que se pode ter empregada em casa a custos baixos , nao existe qualquer outra vantagem no momento

          para uma pessoa rica , morar nos USA eh muito melhor , fora o fato que produtos de alto luxo como carros , casa, barcos serem muito mais baratos , vc pode usufruir de suas coisas sem medo de ser sequestrado

          9+
          • to bolhado 17 de abril de 2017 at 14:43

            partindo do princípio que você é brasileiro; quanto de renda em usd você precisa ter no Brasil e nos EUA para estar no topo 5% da população? Meu argumento vai nessa linha. Com um salário anual de 300 mil reais no Brasil (90 mil dólares) você está no topo 3%, e se você se organizar bem pode ter uma vida bem razoável. Com esse salário nos EUA você também vive muito bem, mas a diferença em serviços não vai ser tão significativa a ponto de compensar o fato de você ser um estrangeiro, de estar longe da família, do clima (dependendo do lugar) etc. É claro que nisso entra muito perfil pessoal, momento de vida; tem gente que sempre vai preferir morar fora, conhecer lugares diferentes, “ser um cidadão do mundo”; tem gente que não aguenta ficar 2 semanas longe da família. Estou fazendo uma generalização. Meu argumento é que nos extremos de renda (mais pobres até classe média baixa x super ricos) os benefícios de morar no exterior são mais pronunciados.

            8+
            • avatar
            • alexny 17 de abril de 2017 at 15:01

              sim entendo seu ponto

              no meu caso a unica coisa que eu gostava muito era das cidades de praia dai , mas isso tbm esta em decadencia , na minha ultima visita a balneario camburiu tinha um golfinho apodrecendo na praia e lixo para todo lado , cheiro de esgoto , aguas improprias para banho por quase toda a regiao

              nao digo isso para denegrir o brasil , soh estou escrevendo a realidade , infelizmente..

              mas acredito que com o sergio moro foi o inicio de um reset no pais , as coisa podem mudar ,

              12+
              • avatar
              • O Cramulhao de FHCigienopolis45 17 de abril de 2017 at 16:56

                Camboriu é um lixo…
                Na contra argentinos, mas só via esse pessoal deixando lixo por lá.

                Ainda bem que em SP temos Cumbica, com 3k vc compra passagem de ida e volta pra Italia e pode passar as férias em Sardenha.

                11+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
        • BolhistaBR 17 de abril de 2017 at 15:50

          Cara, essa visão é limitada porque não adianta “viver melhor no brasil” se você não tem uma coisa básica chamada SEGURANÇA.
          No fim das contas, o RISCO de sua vida ser interrompida na METADE é muito maior aqui.

          16+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • bolha real 17 de abril de 2017 at 21:07

          No Brasil, seja num boteco ou em um bar mais legalzinho, se você vai sozinho ao bar você conversa com alguém, fala besteira, vira amigo por um dia das pessoas ou do garçom, etc.
          Já fiz algo parecido nos EUA, alguns países da Europa, Argentina e Canadá.
          Apenas na Espanha senti próximo ao Brasil.

          Isso influencia muito para a decisão de morar fora definitivamente, um possível isolamento ou tratamento como inferior.

          7+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • BolhistaBR 17 de abril de 2017 at 15:34

        Cara, o fato de o brasileiro ser considerado “mais feliz” não tem tanto a ver com a realidade daqui. Tem mais a ver com uma espécie de alienação e falta de perspectiva. O bananense é “feliz com pouco” porque não tem expectativa de ter mais. Vai empurrando com a barriga aquela vidinha ali… Matando 1 leão faminto por dia.

        Insatisfação é o primeiro passo da mudança!!!!
        Se do jeito que as coisas estão brasileiro ainda é considerado como “mais feliz do mundo” é porque a coisa realmente NÃO vai!

        17+
        • avatar
        • avatar
      • BolhistaBR 17 de abril de 2017 at 15:45

        Cara, o que seria exatamente “toma os devidos cuidados para não ser assassinado” ???

        Estou muito interessado, mas suponho que seja andar com armadura blindada de ROBOCOP ou viver no fundo do oceano, já que nem EMBAIXO DE SUA CAMA você está livre nesse paiseco.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • Nelson Schadenfreude 17 de abril de 2017 at 16:50

          Não ostentar riqueza. Fácil para um bolhista.
          Mas, evidentemente, eu estava sendo irônico. É uma m.. ter que ficar atento o tempo todo para ver se não tem neguinho te espreitando para tirar tua vida por um celular.

          12+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • BolhistaBR 18 de abril de 2017 at 10:56

            saquei.
            o conceito de riqueza é completamente subjetivo.
            se meu telefone de 1k tocar na rua e eu for atender, corro o risco de ser assaltado porque “demonstrei riqueza”.
            se “no susto”, esboço uma reação instintiva, posso facilmente ser morto com uma facada e um tiro.

            4+
            • avatar
      • Carlos 17 de abril de 2017 at 20:15

        Caro Nelson, eu tinha uma visão similar a sua mas mudei minha cabeça depois de um certo tempo. É bem difícil comparar culturas diferentes e demora um bom tempo para você aprender e se acostumar com a maneira como as pessoas se expressam. Por exemplo, aqui o pessoal fala muito baixo mesmo e você precisa de um bom treino para pegar todas as palavras. Depois começa a perceber os nuances da comunicação quando passa a ter contato mais frequente com as mesmas pessoas, no fundo acho as reações bem similares. O pessoal tem um medo tremendo de estar te incomodando principalmente durante a semana e em horário comercial por exemplo, finais de semana e feriados a mood é completamente diferente.

        4+
        • avatar
        • avatar
      • Ribs 17 de abril de 2017 at 21:22

        O calor humano do Brasil vem do revólver do criminoso, rs

        6+
        • avatar
        • avatar
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 17 de abril de 2017 at 16:50

      Ribs
      “No Brasil vc pode levar um tiro na cabeça a qualquer momento em qualquer esquina, no exterior não.”

      Discordo totalmente. Morar num condomínio na Vila Olimpia ou Jardim Europa não é a mesma coisa que morar no Campo Limpo-SP, ou em certas capitais como Recife.
      É bom se informar, mas muito bem mesmo, em estatística, antes de cuspir achismos.

      Isso é comportamento de 666…achar as coisas sem colocar pros e cons.

      7+
      • BolhistaBR 18 de abril de 2017 at 11:03

        Discordo. Mesmo nos bairros de classe alta de qqr cidade brasileira (inclusive SP) é bem possível de ocorrer tal tipo de coisa.
        Talvez vc não seja assaltado a mão armada, mas há risco SIM (e não é baixo) de uma ação contra um carro forte, uma agência bancária, uma perseguição da polícia com disparos, etc.. e etc….
        Não adianta achar que está isolado morando em um bairro melhor porque “as estatisticas” são baixas.

        3+
        • avatar
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 17 de abril de 2017 at 16:54

      Por fim, eu concordo com o chainsling totalmente.

      E não recomendo ninguém com uma renda inferior a 15k mensais, morando fora do eixo AAA (Jardins, Vila Olimpia, Eixo Faria Lima-Paulista) de SP, ficar no Brasil…

      Gente que mora fora desses bairros, ou pior, fora de SP-capital em outros estados , sobretudo em regiões violentas, realmente não deveriam estar no Brasil. Viver fora para essa gente com certeza é melhor do que morar no Brasil.

      8+
      • Intendente 17 de abril de 2017 at 17:18

        Tem alguns lugares bons pelo BR, não precisa focar tanto em SP.
        Já estive na baixada santista-SP, gostei muito da região, tem qualidade de vida e custo baixo(embora as praias sejam feias [do Guarujá ao litoral sul]). Digo isso pelo custo alto que temos no RJ, tomando por base Niterói e a Capital(zona sul e barra-recreio).
        Já passei por Campo Grande-MS, gostei muito da cidade, organizada, custo de vida baixo, ambiente acolhedor. Obs: Sertanejo é vida!

        Eu tenho certeza de que o Brasil é um excelente país para quem tem dinheiro e saiba aplicar, todas as capitais, regiões, por mais que tenham altos índices de violência, temos as zonas “ricas”, onde o Estado proporciona atenção maior.
        Infelizmente é assim, o BR não é para amadores.

        12+
        • avatar
        • avatar
      • Money_Addicted 17 de abril de 2017 at 18:26

        acho q em um quesito o br ganha disparado, pelo menos comparando com US/1 mundo, no br com qquer 500 conto vc tem amor de vdd de excelentissima qualidade 😉

        nas poucas vezes q fui para os US nao quis arriscar conhecer mas pelo q pude ver alem de correr o risco de cana o custo beneficio nao parece ser tao bom qto aqui

        [ ]s

        8+
        • avatar
        • Libertario 17 de abril de 2017 at 18:33

          Mas esse é nosso melhor produto!!!

          7+
          • avatar
          • avatar
        • O Cramulhao de FHCigienopolis45 17 de abril de 2017 at 19:09

          Exato … o http://www.gpguia.net e o http://www.gpface.net são onde os “bolhistas das GPs” avaliam o produto, se tá bem precificado e etc.
          Nisso o Brasil é muito bom mesmo…não vejo a hora de usar dos serviços novamente.

          3+
          • Carlos 17 de abril de 2017 at 20:24

            Não tenho a menor idéia pois não sou cliente deste mercado..

            1+
            • O Cramulhao de FHCigienopolis45 17 de abril de 2017 at 22:24

              “Não tenho a menor idéia pois não sou cliente deste mercado.” ….lol

              Claro que vc não tem ideia…isso é mercado pra homens que não tem tempo para relacionamentos.

              VC é tão inocente, mas tão inocente, que só agora percebi que quando eu falei que gastava 500 reais com mulher por 1 hora , vc achava que era pra sair procurando “namorada” …hahaha
              Filho, que tipo de homem que vive pra guardar dinheiro procurando indepedencia financeira vai correr o risco de engravidar uma vileira por aí e perder o patrimônio?

              Imagino o quanto vc deva sofrer aí com as Aussies, no Tinder, tendo que aguentar papo furado só pra trocar um óleo…

              Realmente, vc é do tipo que tem que morar muitos anos fora, pra aprender mais algumas coisas sobre a vida.

              Dica valiosa: nos brinde com os dados da Bolha Australiana, que é a única coisa interessante que eu já vi sair dos seus posts, com toda a sinceridade.

              3+
              • Carlos 17 de abril de 2017 at 22:33

                Russian mistresses and pole dancers called Tiffany, I just look never touch ?

                0
              • Carlos 17 de abril de 2017 at 22:36

                Se usasse 10% do tempo que usa para denegrir outras pessoas que não te fizeram nenhum mal para se relacionar poderia ter uns 2 relacionamentos amorosos no mínimo ?

                5+
              • Intendente 18 de abril de 2017 at 11:09

                Assim, se raciocinarmos com os gastos envolvidos para o objetivo “comer gente”, no final das contas acaba valendo a pena alugar uma mulher.

                O camarada paga 500 reais por 1h de prazer, ok. Essa mulher no mínimo é nível panicat, uma espécie dificilmente obtida no mercado via tinder.

                Para você conseguir algo bom com uma mulher, tem que fazer uma média, levar para sair, ganhar uma confiança para aí sim conseguir o objetivo.

                Claro que cada caso é um caso. Mas como estamos falando em qualidade, pagar esses 500 reais saem mais barato.

                De um lado temos o risco também de conseguir pegar uma mulher “de graça”. Se você cair no papo de que ela se cuida, toma remédio e ela realmente querer te tesourar, camarada, a casa vai cair.

                Bom, mas , como eu disse, cada caso é um caso.

                Vou passar uma tática que eu tenho que geralmente funciona: vou a uma boate, na festa desenrolo algo com uma mulher, a pego, ok.

                Passo 2: ou ela dá na mesma noite ou, o que acontece geralmente, marco algo depois simples(um cinema, jantar etc) e finalizo em casa. Fico no máximo 2 vezes com a mesma mulher e repito a dinâmica.

                Ou você pode ganhar a amizade de uma GP, que é um método até mais divertido.

                Quando eu saio com os amigos e a noitada termina em puteiro, sempre procuro ficar tranquilo, conversar bastante com as meninas. Geralmente elas forçam a barra para acabar na cama( $$$), mas mantendo a conversa e pagando a bebida, elas acabam se interessando em você. Pegue o contato e depois marque algo por fora, 100% OFF !!! Vai manter relações com uma profissional do sexo, com corpo escultural a custo 0.

                Só não deixe de se cuidar e o principal: não se apaixone.

                #PAZ

                8+
    • Intendente 17 de abril de 2017 at 17:09

      Pois é.
      Com uma renda líquida de 10mil eu viro rei na região serrana do RJ.

      Vida de nababo com qualidade de vida.

      Mas como eu ganho a vida na capital, levo uma vidinha mais ou menos -_-

      Em tempo: no RJ temos algumas zonas vermelhas, ou seja, sabendo onde andar, o risco de sofrer/presenciar alguma tragédia é minimo.

      Palavra de quem vive no RJ há 2 décadas.

      5+
      • avatar
      • BolhistaBR 18 de abril de 2017 at 11:39

        cara, então me dê algumas dicas aí…
        também moro no RJ há mais de 2 décadas (25 anos aprox.).
        Nunca fui assaltado. Ok…mas não ache que é grande coisa.. meus hábitos são e sempre foram extremamente caseiros.
        Mas já presenciei muita coisa!
        Já fiquei preso na linha vermelha e amarela no meio do tiro;
        Pessoas próximas já sofreram assaltos a mão armada e foram baleadas.
        Já vi vários furtos e assaltos.
        Na região central esse tipo de coisa é DIÁRIO!
        Mesmo na ZS o perigo é constante, principalmente à noite.
        Em Copacabana e mesmo em Ipanema o tiro come solto.
        Seja nas favelas ou no asfalto..
        Não à toa chamam de Hell.

        3+
        • Intendente 18 de abril de 2017 at 14:11

          Eu utilizo eventualmente essas vias problemáticas(amarela e vermelha). Já passei por um arrastão, em plena linha vermelha tive que manobrar o carro e dar ré, seguindo o fluxo da boiada.
          De problema, em toda a minha vida no RJ, só tive isso. Sobre lazer, sou também comedido. Praia, quando vou é na reserva da Barra/Recreio(estão passando por um processo de favelização, graças ao BRT), idas a shopping e boates(lapa/barra). Procuro sempre ficar onde conheço e estar em ambientes fechados, que proporcionem segurança.
          Claro que mesmo tomando todos esses cuidados, estou sujeito a sofrer alguma tragédia, atenções são devidas na maioria das vezes.

          Não tem jeito, é complicado, porém necessário. Qualidade de vida é menor ? Sim, mas se você estiver bem localizado, não vai sofrer com o câncer da violência no RJ.

          A dica principal é: reduzir deslocamentos, ter atenção, noção mínima de segurança e evitar ambientes abertos ao público externo.

          Complicado, né. Mas é a vida do carioca gente fina =D

          3+
          • avatar
          • Lucas 18 de abril de 2017 at 14:42

            desculpa mas vc não entendeu
            nem de longe isso aí é ir aonde quer a hora que quiser a vontade
            chegar na praia largar suas coisas, carteira, celular, tudo, deixar num canto e sair dar um mergulho
            voltar 2 horas depois e perceber que a unica diferença foi que alguem passou e pos uma pedra pra toalha não voar com o vento
            eu vivi isso, alguns dias e nunca mais vou esquecer
            se tornou uma maldição viver no BR depois que vi aquilo, antes nunca tivesse saído daqui.

            4+
            • avatar
            • avatar
            • BolhistaBR 18 de abril de 2017 at 15:46

              kkk o problema de comer filé mignon é descobrir que carne de terceira é dura! kkkkkkkk
              Não conheço tão bem o exterior. Mas mesmo em algumas cidades brasileiras é possivel viver bem melhor que no Hell.

              3+
              • avatar
    • Carlos 17 de abril de 2017 at 18:02

      Depende muito do que considera melhores serviços, nas minha experiência de vida existem muito poucos casos onde você pode considerar algum serviço como sendo razoável no Brasil, mesmo pagando caro não encontra uma merda de um peão que possa trocar o óleo do seu carro que vc não tenha que perder tempo para saber se a anta fez o serviço corretamente.
      Se não é emergencial você pode até aproveitar o melhor de ambos os mundos, por exemplo, dentista aqui é caro pra caramba então eu agendo com meu dentista em SP e faço o tratamento quando estou no Brasil, foi ele que sugeriu o espertinho sádico ?
      Do resto serviço aqui tem qualidade, praticidade e segurança muito melhores do que no Brasil, é muito comum por exemplo vc deixar a chave, ou mesmo a porta aberta, para o pessoal instalar ou arrumar algo na sua casa.
      A menos lógico que queira tratamento de sinhozinho, como por exemplo frentista de posto, empacotador de mercado, etc etc etc Não vai encontrar serviçais baratos em nenhum país de primeiro mundo, e nem tem como.

      7+
      • avatar
      • avatar
    • Carlos 17 de abril de 2017 at 18:58

      Outra coisa que as vezes não levamos em consideração é que existe todo um universo de lugares alem daqueles mais “visados” com condições de vida melhores e mais baratos.

      A cores:
      http://www.worldlifeexpectancy.com/cause-of-death/violence/by-country/

      1+
    • Anonymous 18 de abril de 2017 at 08:51

      A sua qualidade RELATIVA de vida na Banânia pode ser ALTA. Entretanto, a sua qualidade de vida ABSOLUTA é muitas vezes menor do que nos países de primeiro mundo. Voce pode frequentar os melhores restaurantes de uma FAVELA, mas ainda é uma FAVELA.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Leonardo M. 17 de abril de 2017 at 12:29

    Economia cresceu 1,3% em fevereiro segundo o BC.
    Tá bom! Pelo menos parou de cair

    8+
    • avatar
    • Cesar_DF 17 de abril de 2017 at 20:08

      Vi no Fantástico que o governo, sendo otimista, prevê que somente em 2023 voltará a ter o PIB de 2013.
      Porém, a população continuou crescendo em 0,8% aa.
      Considerando isto, a renda per capita só em 2030 voltará a ter o valor de 2013.
      Coincidentemente, o IPEA previu que a população brasileira atingirá o pico em 2030 é a partir daí começará a cair.
      Sintetizando : quando tiver dinheiro para comprar imóveis, não haverá demanda por falta de pessoas

      24+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar

  • CA 17 de abril de 2017 at 12:33

    Sobre o tópico:

    Recentemente (após a publicação do artigo do tópico), a PDG já reconheceu que o plano de recuperação judicial dela depende de obter mais dinheiro junto a credores para concluir obras e eventualmente fazer novos lançamentos.

    No passado recente a PDG já havia ameaçado os credores que se não dessem dinheiro, ela entraria em recuperação judicial e agora, se não derem, ela vai ter a falência decretada?

    Na verdade, todos os credores sabem que o caso da PDG não tem a menor chance de recuperação, se alguém vier a dar dinheiro a fundo perdido, como sempre será o governo via CEF ou BB. Creio que demais credores estão só esperando para que isto aconteça.

    Outra que está no mesmo caminho é a Rossi…

    31+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • LZ 17 de abril de 2017 at 12:47

      Dinheiro é coisa que o Governo não tem.
      Não tem nem para salvar os empreendimentos MCMV da PDG.

      Pelo jeito vai todo mundo se ferrar nessa

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 17 de abril de 2017 at 14:12

      CA, meia duzia de grandes falirem é condição sinequanom para o ajuste se efetivar
      isso se chama enxugar liquidez, quanto mais demorar, mais será necessário enxugar
      atitudes como as que a turma do thiago defendem são paliativos temporários
      até achava que aquilo lá piorava a situação, mas vendo a debilidade da educação financeira do bananens talvez seja mesmo possível distribui parte dos prejuízos, a um enorme custo soçial e político.
      Repara só nas afirmações que o Thiago fez, ele cada vez apela mais e mais, acusandoi a gente de coisas nunca ditas, aquela velha técnica do espantalhao, mas tudo isso é bobagem, a maioria aqui não segue o blog feito novela, as pessoas simplesmente pegam a fotografia do que leram comparam com o que se vê na vida real e tomam lá suas decisões.

      Estive esses dias entre os meus parentes de lá da periferia, todos muito mais espertos que a média, em ascenção, o que foi legal é ler nas entrelinhas como certas maldades vão se tornar tiro no pé lá na frente, as pessoas estão cansadas de toda essa situação, e pensar que teremos aí mais uns 10 anos de na melhor das hipoteses estagnação, muito nego aí vai perder a cabeça de ambos os lados desse cabo de guerra. Aproveitei pra me reavaliar, semana passada foi dura pra todo o BR.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • to bolhado 17 de abril de 2017 at 14:23

        estava refletindo ontem. Uma eleição do Doria, dependendo do contexto, pode mudar algumas coisas no curto prazo.

        3+
        • Lucas 17 de abril de 2017 at 14:50

          DUVIDO
          tá tudo podre.
          depois do ssuto da semana passada não acredito nem no Doria, aliás nunca acreditei pra falar a verdade

          13+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • to bolhado 17 de abril de 2017 at 14:56

            falo menos por confiança nele e mais por uma provável euforia / aumento de confiança (não estou dizendo que é justificada ou legítima, só analisando cenário). Pense no seguinte cenário: esse ano pib cai mais meio por cento, ano que vem sobe meio (ou seja, fica na mesma M*, esse empurra-empurra). Temer aprova previdência toda remendada e mais nada, se segurando como pode. Aí o Doria ganha a eleição com discurso mais liberal, bota o Fraga na Fazenda e começa os 3 primeiros meses no ritmo que começou aqui em SP. Caímos 15% de pib per capita em 4 anos, a economia está com fatores ociosos, essa primeira recuperação só para voltar ao pib per capita de 2013 não é tão difícil, exige mais expectativa de que pode dar certo do que realidade prática (o difícil é aumentar produtividade de médio / longo prazo). No longo prazo nada muda de significativo em banânia, mas pro curtíssimo prazo acho que pode haver recuperação sim a partir de 2019 se a esquerda nao ganhar a eleição.

            4+
            • avatar
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 17 de abril de 2017 at 17:00

            Precisamos do Roberto Justus pelo Partido NOVO…

            Ou seja: milagres.

            4+
            • avatar
          • perdido no rio 18 de abril de 2017 at 23:32

            O Doria é complicado. Tem muitos entusiastas, então é até difícil levantar questões. Mas esse discurso de não-político para mim não cola. É uma separação artificial entre gestão e política que não parece se confirmar no caso dele. Como exemplo, a matéria abaixo da Folha mostra que ele tem relações com políticos há muitos anos, tendo se beneficiado com isso:

            http://www1.folha.uol.com.br/poder/eleicoes-2016/2016/09/1817892-privatista-doria-recebeu-r-106-milhoes-de-governos.shtml

            0
  • Ribs 17 de abril de 2017 at 13:03

    Governo é lixo.

    6+
  • Alemon Fritz 17 de abril de 2017 at 13:05

    Lembrando que o BB e a CL (caixa lixo) tem 30% das dívidas de curto prazo da PéDGesso. (da caixa e BB daria 5,5bilhoes.)
    Lembrando que o LGBTpactual vai comprar o Banif que tem 50% em creditos da Pdegesso… = Logo a parte boa Já está nas mãos do LGBT pactual.!!
    isso deve dar 1,5bilhão. kkk

    6+
  • Alemon Fritz 17 de abril de 2017 at 13:57

    e o pactual vai comprar a parte do baneef por apenas 1,0 real naquela velha história de “sorte”.. ( seriam 200milhoes em dívidas) mas já sabemos que vai dar lucro depois….

    4+
    • avatar
  • Lucas 17 de abril de 2017 at 14:03

    Bom dia pessoal

    hora de ficar mais relax, CVR, ontem após 5 horas de muita luta, conquistei o mundo (no War)

    carlos, tbm assiti joneses, misturar referencias ficcionais com vida real, acho harry potter uma excelente referencia
    e indico essa aqui do TIO PATINHAS,
    https://www.youtube.com/watch?v=KEZFgg136Jc&feature=youtu.be
    Excelente, colorido desenhado e animado, até o thiago poderia entender se não tivesse comprometimento em fingir que não entende.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 17 de abril de 2017 at 18:17

      Tem coréia do norte no seu War véio?
      Joguei muito no passado, até ficar chato mesmo, aí criamos nossas regras, acordos secretos, e muito mais 😀
      Seria interessante ter um dado chamado Trump e outro Putin, os dois viciados obviamente…

      2+
  • alexny 17 de abril de 2017 at 14:11

    CA , vc trabalha em que area no brasil? te pergunto pq tem um emprego em financas aqui nos USA que eh a sua cara , precisa ser fluente em portugues e ingles.

    4+
    • CA 17 de abril de 2017 at 16:25

      alexny,

      Agradeço a informação, mas não é minha praia. Valeu!

      6+
      • avatar
  • Libertario 17 de abril de 2017 at 15:32
    • Lucas 17 de abril de 2017 at 16:01

      não gostei deste artigo nem um pouco, por isso é raro ler opiniões de fora, agora mesmo li o antagonista de alto a baixo, eles se resumam a fatos, reli toda a novela dos aloprados, recomendo

      sou fiel ao meu próprio método
      acho péssimo colocar todos os militares numa mesma caixinha

      inclusive já falei aqui um sem número de vezes que tenho vários deles bem próximos, que gosto muito:
      – já na década de 80 o General lobo foi como que um mentor indireto para mim
      – meu vizinho aposentado amigo
      – meus colegas daquele esporte

      Mas tem os bons e os maus militares e até juízes, li nas entre-linhas que a lava-jato vai chegar no judiciário, vou estourar a champanhe mais cara que conseguir encontrar neste dia, pois como falei pro zé, sou indiretamente vítima duma mafia no litoral que envolve desde funcionario da prefeitura, traficante a juiz. Quem sabe eles não se interessam por um dossiê aloprado.

      O que o polibio escreveu não é novidade nenhuma, até achei dos mais rasos que li sobre essse assunto
      Tem um erro crasso, não houve golpe em 64, mas sim em 69, ainda que alguns puristas não gostem foi sim, mas foi em 69, e na esfera municipal durou até 89, quando marins e malufs passaram a ter que disputar e eleição e voltaram todos a roubar junto do PT.

      O que o zé trouxe de novidade, e ele foi bem apressado, não tinha lido em nenhuma fonte das que eu preservo, andei pesquisando e descobri o clima tenso e o pega pra capar que está havendo lá dentro, é bem pior do que vcs imaginam, porisso vou me ausentar destes assuntos em respeitoso silencio àqueles que estão nas trincheiras por nós. Com o tempo eles mesmos vão ajustando o foco, diferenciar as vítimas de dossiês de criminosos ativos.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Libertario 17 de abril de 2017 at 15:38
  • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 15:49

    Aquele leilão que eu comentei semana retrasada em que a proprietária estava devendo mais de 36 meses de taxa… foi vendido hoje de manhã. Quase eu dei um lance… mas lembrei que não me atenderia… com 02 quartos e 73 metros de área privativa.
    Valor de anúncio dos pares: 380k
    Primeira praça: 310k
    Segunda praça: 155k vendido (único lance)

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • alemonbnu 17 de abril de 2017 at 15:56

      amigo, nao me recordo. pode postar o link?

      3+
      • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 17:04
        • Son goku 17 de abril de 2017 at 19:33

          From_the_tower,
          Com a minha pequena experiência em leilões posso dizer “que comecem os embargos”. Agora normalmente o arrematante vai começar a ter trabalho até conseguir a carta de arrematação. Vai começar a choradeira, declarar como bem de família, morador acamado etc etc etc.

          5+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 19:39

            Pois é. Eu não sei como funciona muito esse mercado na prática.
            Mas pretendo continuar acompanhando … pretendo nos próximos ir até o leiloeiro e puxar conversa/ dicas, etc.

            6+
            • avatar
            • avatar
            • Son goku 17 de abril de 2017 at 19:51

              From,
              Leiloeiro não é confiável pois ele é interessado, após alguém arrematar o leiloeiro recebe sua comissão e isso é irreversível mesmo sendo cancelado o praceamento pois a arrematação é por lei perfeita e acabada, passando a comissão paga a incorporar o processo ao qual levou ao praceamento do bem. Já ganhei algumas centenas de temers em leilão mas sou orientado por meu cumpadre que é advogado e mesmo assim as vezes dá ruim mas na média o retorno foi positivo comparando com qualquer aplicação. Só comprei em leilão trabalhista pois costuma ter preço dentro da realidade, as vezes a avaliação chega a ser 60% do preço de mercado e o leilão inicia com 60% dá avaliação.

              15+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • dasampa 18 de abril de 2017 at 02:00

                Com a minha experiência em leilões, os que menos considero ser bons são os trabalhistas.
                Estes sim necessitam advogado bom e amigo que não vai lhe enrolar.

                De preferência a leilões extrajudiciais de banco.
                Esses são mamão com açúcar.

                2+
                • avatar
                • Son goku 18 de abril de 2017 at 05:18

                  Os leiloes extrajudiciais nos ultimos anos não me agradaram nada em questão de valor acho que pelo fato dos bancos divulgarem muito aparece muito cara sem noção disposto a pagar quase preço de mercado sem saber dos problemas e do trabalho que da desenrolar depois vai no reclameaqui chorar sem razao, amigo meu que ficou milionário com leilões saiu do ramo quando a caixa quase extinguiu os leiloes e passou a vender financiado imovel ocupado em seus feirões. Ficou meio inviavel igual a leilão de veiculo retomado por banco, hj voce paga mais barato comprando no webmotors e olx do que nesses leilões. Eu só pego galinha morta em causa trabalhista, condominio atrasado pois sao leiloes com pouca divulgação, mas como a justiça e lenta sempre temos que abrir reclamacao no CNJ por estouro de prazo etc etc.. não compro nada com muitas penhoras pois da muito trabalho. Mas e isso ai dasampa se não e novato no ramo bons negócios e boa sorte pra nos que essa crise traga boas oportunidades de lucro rápido.

                  4+
                  • Lucas 18 de abril de 2017 at 13:22

                    os trabalhistas são realmente fim da linha no judicial
                    cabe poucos recursos contra estes
                    pela questão legal eles se sobrepõe a quase todos os outros argumentos
                    portanto são mais seguros, mas tbm não são 100%
                    e demoram muito

                    1+
  • SampaBoy 17 de abril de 2017 at 18:44

    Lançamentos da Even mais do que triplicam no primeiro trimestre

    “A Even informou em prévia operacional que seus lançamentos no primeiro trimestre somaram R$ 418 milhões em valor geral de venda, número 226% maior do que o informado no mesmo período do ano passado”
    POREM !
    ==> “Já as vendas de janeiro a março registraram queda de 33%, para R$ 211 milhões, sendo 41% referentes a vendas de lançamentos e 59% a vendas de estoque”

    http://www.valor.com.br/empresas/4939590/lancamentos-da-even-mais-do-que-triplicam-no-primeiro-trimestre

    Lança mais e vende menos ?? Infla que o juro é nosso !

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 17 de abril de 2017 at 19:25

    TR maior que a inflação em ABRIL
    … eu avisei
    http://www.valor.com.br/brasil/4939506/igp-10-tem-deflacao-de-076-em-abril-aponta-fgv
    menor inflação desde toda a série histórica que começou em 1998

    Quem tem dívida: só a TR já compensa 100% da inflação, na verdade é mais que 100%.
    ou seja, os juros contratados a termoes reais disparou.

    até o Fgts vence da inflação
    inclusive no setor de construção TR > INCC

    E o custo de oportunidade continua elevado, maior PMJ real do planeta
    O país eventualmente saindo da crise, como acredito que em SP o fundo do poço já se foi em algum ponto de meados de 2016, a perda de oportunidade em setores produtivos pelo capital imobilizado numa dívida idiota irá causar financeiramente falando um duplo efeito de empobrecer aqueles que fizeram escolhas tomadas pela euforia e também em estarem marginalizados duma eventual recuperação econômica (foi o que vivi em inicio dos 90) ou seja, nego pagando dívida velha sem dinheiro pra aproveitar oportunidades duma economia crescendo, exceção claro feita ao setor de construção civil de imóveis residencias, serão mais 10 anos para estoques se ajustarem à demanda/renda.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • jodorowsky 17 de abril de 2017 at 19:37

    Deixo aqui um documentário sobre o que aconteceu na Inglaterra entre os anos de 1963 e 80’s, um grande “boom” em construções populares fomentado pelo governo da época e problemas posteriores nas construções que levaram a uma série de demolições. Não acredito que vai haver algo semelhante no brasil, embora não seja especialista em construção civil. Mas o problema é que mesmo se acontecer em pequena escala essas empresas correm o risco de não existir mais e aí o proprietário vai ficar a ver navios ou dar um jeito de corrigir. Aí eu me pergunto se essas recuperações judiciais já não eram algo planejado para acontecer…

    https://www.youtube.com/watch?v=Ch5VorymiL4

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Italiano Tosco 17 de abril de 2017 at 19:58

    Chegou no meu e-mail procedente de um corretor. Eu tive um bolhudinho da PDG em 2014, mas já vendi.

    INFORMAÇOES ATUALIZADAS
    PARA QUEM QUITOU E AINDA NÃO TEM A SUA ESCRITURA

    No ultimo dia 02 de março, foi deferido o pedido de Recuperação Judicial da PDG.

    A PDG tem um prazo de 60(sessenta) dias que termina no final do mês, para apresentar o plano de Recuperação Judicial e para será analisado pelo Juízo.

    Se você quitou o seu imóvel e ainda não fez a sua escritura porque consta hipoteca a PDG esta assinando as escrituras constando a hipoteca.

    É muito importante que os proprietários que quitaram as suas unidades com a PDG, lavrem a sua escritura mesmo com a hipoteca o quanto antes, pois não sabemos como ficará a empresa nos próximos meses.

    Informamos também que alguns empreendimentos estão com a procuração da PDG vencendo e a PDG informa que não tem previsão de renovação, pois um Diretor saiu da empresa e não podem alterar o contrato social em função da Recuperação Judicial, isto é mais um problema que muitos estão enfrentando.

    Se voce ainda não fez a sua escritura, não deixe fazer.

    Obs.: Muitos cartórios estão solicitando documentação, e não tendo estão tendo retorno da PDG.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 17 de abril de 2017 at 20:19

      Italiano tosco é um pleonasmo ?

      9+
      • avatar
      • avatar
  • Luladranus 17 de abril de 2017 at 20:48

    http://www.istoedinheiro.com.br/mrv-lanca-projetos-com-r-12-bi-em-valor-geral-de-vendas-no-1o-trimestre/

    “A incorporadora teve maior desembolso com construção, especialmente em função de investimentos em infraestrutura e urbanização dos grandes projetos. Além disso, a concessão de crédito por parte do Banco do Brasil continua bastante restritiva, impactando na venda e no repasse de mais de 7,7 mil unidades. A MRV espera que essa situação com o agente financeiro seja atenuada no segundo semestre.”

    1+
  • Margarida 17 de abril de 2017 at 21:04

    CVR:

    Não é uma história incomum, não tem nada de excepcional. O que tem de excepcional é que a experiência que eu tive e que me fez sentir muito mal.

    Conversando com um conhecido, perguntei sobre a metragem dos apartamentos no prédio onde ele morava (que é bem ajeitadinho e a localização me interessa). Ele me responde que tem 120m2 e que está disponível pra venda ou aluguel. O preço? 2500 aluguel. 750 mil para venda.

    Primeiro, achei no mesmo bairro, só que em prédios muito melhores, por no máximo 2000 para alugar, nesse tamanho, mobiliados e super bem acabados. Provavelmente negociariam por menos. Então esse aluguel pedido de 2500 nem serve de base. Ainda que fosse viável, o preço de venda em relação ao aluguel não faz sentido, como a gente sabe.

    Eu não sorri e não acenei, porque foi ele quem sorriu e acenou, feliz com seu apartamento que vale muito e que eu não posso comprar. Honestamente, fiquei abestalhada. Não sei até agora se a risada era porque ele se vê milionário ou se porque me vê como miserável.

    Confesso que ver anúncios é uma coisa. Falar com um proprietário que adota essa atitude é extremamente desagradável. Extremamente. Na hora meu desconforto só foi aliviado por lembrar das informações daqui do blog, e pelo que eu tinha acabado de ver, curiosamente pelo mesmo valor:

    http://www.zukerman.com.br/ns/p/sp/sao-paulo/leilao-de-apartamento-chacara-klabin-zona-sul/10588/108252?telaCat=1

    Só não sei quando vou voltar a sondar imóveis. Provavelmente só quando bater o despair.

    Ah, o vendedor do apartamento em questão é empresário. É um espanto.

    45+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • bolha real 17 de abril de 2017 at 21:20

      2 mil de aluguel por um imóvel de 120m2 mobiliado na chácara Klabin está muito barato. Tem links?

      2+
      • avatar
      • Margarida 17 de abril de 2017 at 21:31

        Não, esse que estava na conversa era no ABC.

        O da Chácara Klabin é o que está em leilão. O link está no corpo do texto aí acima. (Bradesco. 270m2. Duplex.) http://www.zukerman.com.br/ns/p/sp/sao-paulo/leilao-de-apartamento-chacara-klabin-zona-sul/10588/108252?telaCat=1

        1+
        • Margarida 17 de abril de 2017 at 21:35

          Explicando: Chácara Klabin, 270m2, duplex. Leilão único, mínimo à vista 743 mil. Mesmo preço que o cara está pedindo num medíocre de 120m2 no ABC Paulista, daí a referência.

          Claro que não é uma comparação justa, visto que é leilão e está ocupado, tem risco e tal. Mas mesmo assim, olha a disparidade! E observe também que não há lances. Não vou me surpreender se não for arrematado.

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Lucas 18 de abril de 2017 at 13:20

            relaxa
            o tempo está a seu favor
            sempre haverá aqui e ali lugares que fogem da regra, pessoas que fogem da média
            pode sim haver gente que prefere atravessar todo o vale da bolha comprado, eles se sentem mais seguros assim do que ganhar com o PMJ
            devemos respeitar, observar, sorrir e acenar.

            4+
            • avatar
    • Carlos 17 de abril de 2017 at 21:22

      Sei muito bem como se sente, aquela velha máxima ainda se aplica muito bem: Tem gente que acha que está abafando….
      Enquanto isto os pobretões aqui seguem líquidos e recebendo seus jurinhos.
      Quem ri por último ri melhor e a vingança é um prato que deve ser servido frio.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • John Horse 17 de abril de 2017 at 21:35

        “A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena.”
        Seu Madruga

        18+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • odorico 17 de abril de 2017 at 21:48

          Verdade vejo aqui no bib muito rancor. Eu agradeço a Deus por ter tomado decisões corretas na parte financeira, por ter me educado financeiramente. Fico triste pela situação de alguns que por ignorância estão falidos ou escravizados e não sabem. Só acho bom a crise.para os de mais fé. Para honestos espero que a situação melhore e tento educar alguns.

          20+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Margarida 17 de abril de 2017 at 22:03

            Espero não ter dado a impressão errada. Não há rancor algum da minha parte na história que eu contei. Só foi uma experiência desagradável e incompreensível. Não foi negócio, não foi preço, não foi matemática, não foi dinheiro. O que se conversou foi “valor”, e o posicionamento emocional de superioridade do vendedor milionário causou – propositalmente ou não – uma reação desagradável em mim.

            Só registro a curiosidade do episódio todo: é um empresário negociando nesses termos.

            24+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
          • Carlos 17 de abril de 2017 at 23:36

            Eu brinco aquí e até uso meu diabinho as vezes mas no fundo sinto uma impotência enorme em relação ao brasil e aos brasileiros, queria mesmo que as coisas fossem diferentes.
            Não sinto raiva, nem desprezo, muito menos odeio ou desejo mal para o pior dos 666s, não condeno quem não tem educação financeira nem quem tenta ficar rico facilmente por maneiras ditas legais como comprar bolhudos, sinto até pena de algumas destas pessoas e tenho amigos queridos nesta situação.
            Infelizmente muitos vão sofrer e as coisas talvêz nunca se normalizem e isto realmente me entristeçe, tento fazer aquilo que posso mas nossos esforços tem alcance e efeitos limitados e afinal temos que tomar conta de nossas próprias vidas.
            Reservo meus sentimentos menos indicados para as pessoas que tentam ou me prejudicam a troco de nada, felizmente muito poucos durante toda a minha vida.
            Mas que vou sentir satisfação quando as coisas tomarem um rumo normal eu vou sim, quando as relações comerciais forem mais equilibradas.

            9+
            • avatar
            • avatar
    • Master Yi 18 de abril de 2017 at 08:30

      Margarida, infelizmente a maior parte da sociedade age assim, querendo impor superioridade ao próximo. O exemplo dado foi um imóvel, mas se você começar a observar bem é assim com tudo. As pessoas compram carros, roupas, jóias, acessórios caros simplesmente para tentar criar essa sensação de superioridade. Um simples aparelho celular é convertido em um símbolo de desejo, capaz de levar status a quem o porta. É simplesmente bizarro!
      Simplicidade é algo que não está a altura de qualquer um, o ser humano precisa evoluir muito para saber distinguir o que realmente importa em nossas vidas. Aqueles que sentem prazer em humilhar os outros com seus atributos (riqueza, beleza etc) são os verdadeiros pobres de espírito que nunca encontraram a paz interior.

      37+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 18 de abril de 2017 at 09:48

        Mil likes !

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 17 de abril de 2017 at 23:25

    Investimentos: países que estão em Bolha e/ou segunda leva de Bolha. A respeito das críticas ao rapaz do post anterior que está na Suiça, mas quer investir no Brasil.

    Tenho acompanhado os mercados de Londres e Dublin. Essas duas cidades sofreram bastante em 2009 com a chegada da onda de quebradeira que começou com Lehman & Brothers nos EUA. Lembro que conheci um corvertor Inglês em Manchester, chorando as pitangas num pub tomando Carlsberg se abrindo pra mim de que tinha perdido 3 casas (era dono da imobiliaria, e fazia corretagem). O negócio era louco mesmo, ainda não vi no Brasil nada perto do que ocorreu por lá (embora tudo indique que vá ocorrer, e a a desgraça no Brasil deverá se manifestar de outra maneira…violência aumentando nos locais mais pobres, mais suicídios e etc, muito diferente de choradeira em pub, creio eu).

    Todavia, esses dois locais, principalmente Dublin, parece estar num bull “trap” de subida de preços novamente agora 2017, antes da queda….Nas minhas análises pesssoais, corroboradas pela mídia, ainda não chegou ainda nos patamares de 2008, mas está quase lá. Podemos praticamente dizer o mesmo de Londres.

    Pra quem tem dinheiro nos bancos desses países, só sobram as bolsas locais. Foi o que fiz, enquanto morei lá…e onde até hoje tenho uma certa quantia. Confesso que nunca tive grande retorno de juros.. Quando consegui 1,5% de juros reais num ano , foi proeza.

    Em suma, tirando certas coisas nas quais já investi um pouco (start ups e criptomoedas) renda fixa no Brasil foi DE LONGE o que mais me deu retorno nos últimos 10 anos.

    Aí pergunto : por que no tópico anterior algum de vocês criticaram pesadamente o camarada da Suiça querendo investir no Brasil ? Que eu saiba, é muito difícil ter uma rentabilidade na Europa (ou mesmo EUA) que chegue sequer à metade dos juros reais brasileiros (que a propósito, são maiores que de Rússia e Venezuela).

    Alguém aqui sinceramente já conseguiu rentabilidade melhor do que 2% reais ao ano, investindo em renda variável ou mesmo fixa em países de economia estável ?
    Ou mesmo em países passando por novas (ou as mesmas bolhas, renovadas) como Canadá, Inglaterra, República da Irlanda e Australia?

    Por último: alguém aqui realmente acredita que o Brasil pode chegar perto de vir a se tornar uma Venezuela , e que por conseguinte “é muito arriscado” investir em títulos de vencimento a longuíssimo prazo?

    Queria entender a cabeça de quem diz pra um cara com patrimônio na Europa, a deixar o dinheiro lá…em vez de aproveitar os juros reais brasileiros.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • EngenheiroDF 17 de abril de 2017 at 23:34

      Tb achei estranho, Cramulhão! Quem investe em juros no Brasil ganha duas vezes: 1. nos maiores juros do mundo, 2. na possiblidade das reformas passarem o o real apreciar diante de todas as moedas. Foi o que aconteceu em 2016 e espero que se repita em 2017. Ganhar nos juros e ganhar no cambio.

      6+
      • avatar
      • EngenheiroDF 17 de abril de 2017 at 23:35

        Se vc tem reservas em outros países, ou deveria alocá las no setor produtivo (supondo um economia em crescimento) , o que demanda tempo e estudos, ou nos juros do Brasil mesmo.

        5+
        • avatar
        • EngenheiroDF 17 de abril de 2017 at 23:50

          Aliás, nuns tópicos pra trás, alguem falou sobre investir em dívida da argentina. QUe os juros por lá estavam a cerca de 30%. Mantendo se o cambio estável é uma ótima idéia. Alguem ficou de ver o tramite, se pessoa física pode comprar, se brasileiro pode, quanto é o IR etc.

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 18 de abril de 2017 at 00:24

            Pois é…preciso acompanhar a Argentina. Diferente dos socialistas Tucanos e Petistas, o Macri parece ser muito bom , e deve continuar a dar remédio amargo para a Argentina, apesar da gritaria esquerdista. Não vejo o país revivendo a loucura de outrora.

            3+
            • avatar
          • BolhistaBR 19 de abril de 2017 at 10:53

            Eu que perguntei isso aqui.. sobre a opinião da galera..
            Mas não continuei na pesquisa dos trâmites não.

            1+
      • Carlos 17 de abril de 2017 at 23:42

        Parece que vocês não entenderam muito bem o contexto das críticas ou sugestões, nosso colega Prion estava meio que em “pânico” para investir no Brasil e ele está fora a um bom tempo, 20 anos, as sugestões foram mais no sentido dele estudar as nuançes dos investimentos no Brasil e até esperar um pouco para ter uma melhor idéia de como o ambiente político e econômico vai evoluir nos próximos anos.
        Ele não tem a necessidade colocar as economias em segurança.

        5+
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 18 de abril de 2017 at 00:11

        Também acho. Por isso meu grosso de investimentos está no Brasil na XP, Rico, Banco Original e Banco Paulista. Não fosse o rendimento do Brasil eu estaria bem desanimado…

        5+
        • Anonymous 18 de abril de 2017 at 09:37

          Somente considerando a variação cambial, O Dollar subiu cerca de 5% ao ano nos últimos 10 anos. Calcule a rentabilidade em USD e terá uma visão muito diferente.

          6+
          • avatar
          • avatar
    • Leonardo M. 17 de abril de 2017 at 23:59

      Ninguem criticou nada jovem gafanhoto.

      Ele perguntou e nos respondemos.
      Investir no Bananistão onde um lula dá vida pode ganhar em 2018 não me parece o melhor dos investimentos pra quem tem Francis suíços, euros ou dólar em conta.

      Nos EUA tem muito fundo de investimento que paga 5% ou 8% ao ano se você tiver apetite pra riscos. Cada ganhar 5% em moeda forte como o dólar é 100 vezes melhor que ganhar 11,25% com nossa SELIC.

      Aí o cara investe U$10mil aqui e tem R$32mil hoje em TD
      Aí ano que vem uma Marina louca dá aula ganha ou o lula e você tem R$35mil em TD e valendo U$6mil…Sim grande investimento!

      Só apresentamos o risco Brasil. Ninguém tá proibindo ele de investir.
      Mas se eu morasse na suíça com o melhor sistema bancário do mundo converterá não investiria no Brasil por mais que os juros aqui são altos. Sim são altos mas por um bom motivo né? Ou um seria um mal motivo?

      10+
      • avatar
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 18 de abril de 2017 at 00:22

        Então, EUA está neutro ai…concondo, mages vc tem ideia do quanto é difícil juntar um patrimônio na Europa? Minha conta do HSBC tem 11 anos de libras e euros, estudei o mercado, trabalhei la, e não consegui o que só a Renda Fixa no Brasil me deu: chegar na casa dos 6 zeros depois do 1…

        Não estou dizendo que não devemos proteger o patrimônio. Sou a favor de cesta de moedas, contas em mais de uma corretora e países. Mas ainda não vejo o porque de alguém deixar a maior parte do seu patrimônio fora do Brasil, ou mesmo auxiliar alguém da Suiça (que provavelmente está com seu patrimônio estagnado) que quer correr um pouco de risco (come on, Risco em Renda Fixa no Brasil é só pressão…não vamos voltar à era Collor com Zélia Cardoso de Mello) e provavelmente embolsar mais uma grana no país da renda fixa…

        Afinal, não deve ser por acaso que cerca de metade do montante investimento só na Bolsa Brasileira seja oriunda do exterior …. sem falar nos vários fundos de pensão americanos que usam o Brasil como cesta de investimentos em Renda Fixa…

        9+
        • avatar
        • avatar
        • Leonardo M. 18 de abril de 2017 at 00:37

          Cara não duvide do bananense…
          Se o bananense quiser agente volta a usar gasogênio em carro como na década de 1940 por causa das guerra.

          7+
          • avatar
          • avatar
          • EngenheiroDF 18 de abril de 2017 at 02:14

            Lembre se que nós, os recebedores do juros, fazemos parte da solução deste país. E se o dinheiro vem de fora, no caso da suiça, é mais moeda externa entrando no brasil, pressionando a queda do dólar (ou a subida do real), e ajudando a combater a inflação.

            6+
            • avatar
            • avatar
    • Anonymous 18 de abril de 2017 at 09:34

      Voce está iludido pois está calculando a rentabilidade em Reais. Somente considerando a variação cambial, O Dollar subiu cerca de 5% ao ano nos últimos 10 anos.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • MauricioSP 18 de abril de 2017 at 11:51

      Também estranhei mas realmente é complicado investir no Brasil, para ele e você tem a ventagem de ser brasileiro:
      – perda com taxas/cotações para remeter e receber quantias do Brasil (tem que estudar formas para minimizar as perdas nessas transferências)
      – possibilidade de valorização do real causando perda do investimento quando visualizando em dólar/euro, tem que estudar um bom ponto de entrada
      – impostos
      – instabilidade política/contratual/financeira

      Mas são fatores, sabendo lidar, definindo bons pontos de entrada e saída dá pra ganhar muito dinheiro no Brasil sim. Se não me engano lembro de ter lido um artigo recente dizendo que mais de 20% dos títulos do TD estavam na mão de estrangeiros.

      Há um ano e meio atrás o dólar estava a 4 reais e TD rendendo 7% real, se alguém trouxesse 100 mil dólares de fora e aplicasse nos TDs, seria 400 mil reais, investido em TD renderia hoje 40%, ou seja total de 560 mil reais, com a queda do dólar a 3,10 teria 180 mil dólares, rendimento real de 80% em 18 meses. Mas se investir hoje, daqui a um ano e meio pode ter perda real, o problema é esse, saber encontrar os pontos de entrada e saída.

      6+
      • avatar
      • avatar
    • Antigo 18 de abril de 2017 at 07:08

      Já me espanta terem vendido alguma coisa.

      “Os lançamentos ficaram praticamente estáveis no período, a R$ 612 milhões. A participação da empresa nos lançamentos passou de 67% para 88%. A Cyrela informou que lançou nos três primeiros meses do ano três empreendimentos, dos quais dois na cidade de São Paulo e um no Rio de Janeiro.”

      Como sempre, a palavrinha mágica “estável”.

      3+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 18 de abril de 2017 at 08:28

    Leilão

    Prefeitura vai à Justiça para impedir leilão do Planetário da Gávea
    Estado precisa se desfazer de terreno para pagar dívida trabalhista

    Avaliado em 150milhoes, vai a leilão por menos de 50milhoes (66,666% menos).
    O vice-presidente do Sindicato da Habitação do Rio (Secovi), …observa que, apesar da área ser atrativa, o mercado imobiliário está desaquecido, o que pode fazer com que o leilão não atraia tantos interessados..
    (dizem que tá bom, mas tá ruim kkkk)

    http://oglobo.globo.com/rio/prefeitura-vai-justica-para-impedir-leilao-do-planetario-da-gavea-21221337

    4+
    • avatar
  • Alemon Fritz 18 de abril de 2017 at 08:41

    começou o Bultrap, com ajuda dessa inútil

    Preço médio de locação residencial aumentou 0,15% em março

    http://g1.globo.com/jornal-da-globo/blog/mara-luquet/post/preco-medio-de-locacao-residencial-aumentou-015-em-marco.html
    isso dá22reais em 1500… supervalorização…

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • De-boa-na-bolha 18 de abril de 2017 at 08:58

    Acredito que os “investidores” já estão reduzindo “verdadeiramente” os valores de venda e aluguel dos imóveis, tenho visto quedas de 15% nos valores anunciados de fevereiro até agora de regiões que venho acompanhando ( local com centenas de apartamentos semelhantes ), vamos ver quanto tempo leva até o desespero.

    4+
    • avatar
    • avatar
  • De-boa-na-bolha 18 de abril de 2017 at 09:13

    Esconder qualificações no currículo: a ‘tática’ para conseguir emprego que floresce na crise…
    “Sinto-me valorizada mesmo recebendo muito menos do que poderia ter (ganhava R$ 3,5 mil e passou a receber R$ 1,2 mil)…
    Das 40 pessoas que trabalhavam em 2014 no departamento da arquiteta Patrícia Rocha, de 30 anos, sobraram três. Ela própria perdeu o emprego em agosto passado e está sem emprego fixo desde então….
    Está sobrando renda para tijolos !

    https://economia.uol.com.br/noticias/bbc/2017/04/18/esconder-qualificacoes-no-curriculo-a-tatica-para-conseguir-emprego-que-floresce-na-crise.htm

    6+
    • avatar
  • Cajuzinha 18 de abril de 2017 at 09:24

    18/04/2017 às 08h45 Copom avalia que já seria possível corte maior dos juros

    http://www.valor.com.br/financas/4940900/copom-avalia-que-ja-seria-possivel-corte-maior-dos-juros

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 18 de abril de 2017 at 09:29

    Ana maria falando da saida de bananenses pra outros paises:
    EUA, canada, Portugal, austrália.
    uma moça lancando o livro atravessando o oceano (morar em Londres, como), sucesso agora.
    (haja demanda)

    6+
    • avatar
    • avatar
    • antifragile 18 de abril de 2017 at 13:49

      Os bons vão embora. Fica só a carniça.

      4+
  • Cajuzinha 18 de abril de 2017 at 09:36

    Só rindo muito, kkkkkkkkkkkkk, mas no fundo ele tem uma certa razão, investir em imóvel é renda variável…

    “”A demanda existe no País inteiro. Tem muita gente para ser atendida”, afirmou. Em março, Amary se reuniu com o presidente Michel Temer para tratar de assuntos do setor imobiliário. “Todos os indicadores mostram para a gente que a coisa vai melhorar”, confia.

    O presidente do Secovi-SP ainda falou sobre a rescisão unilateral dos contratos. A visão do sindicato é que, na medida em que o proprietário não repassa aos empreendedores parte do lucro quando revende seu imóvel, também não deveria ser responsabilidade das empresas arcar com parte do prejuízo quando o negócio é desfeito unilateralmente.

    De acordo com Amary, uma negociação sobre o tema está em curso entre o Secovi e os ministérios da Fazenda e do Planejamento. (Da Redação)”

    http://www.jornalcruzeiro.com.br/materia/780386/demanda-por-imoveis-e-crescente-no-brasil-diz-flavio-amary

    5+
    • avatar
    • From_The_Tower 18 de abril de 2017 at 09:46

      A.R.D.A.M.

      É inútil resistir. A cagada já foi feita.

      11+
      • avatar
      • avatar
    • CA 18 de abril de 2017 at 10:32

      Cajuzinha,

      Insistem em MENTIR e fazendo de conta que o problema são os investidores. É só consultar no ReclameAqui e irá constatar que a maioria foram pessoas que compraram para morar e foram enganados por corretores que fizeram de conta que conseguiriam, esqueceram de falar sobre INCC, etc. Óbvio que não podem falar a verdade, tem que continuar fazendo de conta que os culpados são os investidores malvados…

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 18 de abril de 2017 at 10:37

        isso que os próprios corvos chamavam os “investidores”
        “Imóvel para investidores”, “Venha investir”, pra comprar ou pra investimento,
        Momento certo de investir em imóveis:
        Mas, ao analisar com mais frieza e fazendo uma análise mais aprofunda, é possível ver que investir em um novo apartamento ou casa pode ser muito mais lucrativo a longo prazo se a aquisição for feita agora. ..

        2+
        • avatar
  • Cajuzinha 18 de abril de 2017 at 09:49

    http://g1.globo.com/economia/noticia/vendas-da-pascoa-recuam-17-em-2017-diz-serasa-experian.ghtml

    E o povo continua sem aprender, comprando ovo de páscoa no parcelado…

    “Alta nas vendas a prazo
    O levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostrou que o volume de vendas a prazo na semana anterior à Páscoa cresceu 0,93% ante o mesmo período do ano passado.”

    5+
    • avatar
  • Cajuzinha 18 de abril de 2017 at 10:00

    Preços dos aluguéis têm queda real de 6,76% em 12 meses
    Apesar de ter registrado aumento no primeiro trimestre do ano, o valor médio do aluguel residencial ainda sobe abaixo da inflação, mostra o Índice FipeZap

    Em todas as cidades pesquisadas, o preço médio dos apartamentos anunciados para locação ficou abaixo da inflação. Como o mercado está desaquecido, é recomendável pedir um desconto com o proprietário na hora de assinar um novo contrato.

    http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/precos-dos-alugueis-tem-queda-real-de-676-em-12-meses/

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 18 de abril de 2017 at 10:05

    nota-se que estão preparando o Bulltrap. Os construtores não querem comprar terrenos ou áreas, e aumentaram os leiloes.Vem ai a pegadinha do distrato, queda dos juros, fgts para diminuir inadimplência.. pressão na previdência (galera velha vai pra imóveis e fundos)..
    estou cá pesquisando como “investir”, ou me proteger mais depois.

    4+
    • avatar
  • Oliveira 18 de abril de 2017 at 10:12

    Leilão Bradesco 5 apartamentos – Cond. Resid. Antonini, entre R$ 124 mil até R$ 136mil (primeira praça) e R$ 112mil até R$ 122mil ( segunda praça).
    http://www.zukerman.com.br/ns/busca/SP/T|Osasco/0/0/0
    Detalhe: “Desocupado. Chaves na Ag. 2826/Jardim Novo Osasco – tel.: (11) 3201-1250.”

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Oliveira 18 de abril de 2017 at 10:12

    Anuncios do OLX de imoveis no mesmo condominio:

    1 – “Apartamento , n° 71 , localizado no 7° andar , do bloco VI , do condomínio Residencial Antonini, situado na Avenida Dona Blandina Ignez Julio , area privativa 61,76 m2 e 9,9 m2 de area comum. Vaga de estacionamento fixa em definitivo
    Valor R$ 230.000,00”
    http://sp.olx.com.br/sao-paulo-e-regiao/imoveis/apartamento-reformado-otima-oportunidade-318003910?last=1&xtmc=Residencial+Antonini&xtnp=1&xtcr=1

    2- “Vendo um apartamento Situação “alugado” situado no Condomínio Antonini na Av. Dona Blandina Ignes Julio, 665 apto 51 5° Andar – Bairro Jaguaribe – Osasco – S.P..
    Porcelanato no piso da sala, corredor e varanda e piso de madeira nos quartos, 01 Vaga de garagem demarcada, quadra de futebol, playground e salão de festa.
    O valor é de R$75.000,00 à vista + Transferência da dívida de R$223.500,00 (saldo devedor CEF financiado). Aceito veículo como parte de pagamento.
    Ao Lado do Shopping Osasco Center Sul, em frente a uma creche da prefeitura, supermercado próximo, acesso rápido a ponto ônibus, acesso fácil as principais Avenidas de Osasco. Muito bem localizado e tranquilidade para morar.
    Tratar direto com o proprietário !!! ”
    http://sp.olx.com.br/sao-paulo-e-regiao/imoveis/apartamento-em-osasco-bairro-jaguaribe-261073825?xtmc=Antonini&xtnp=1&xtcr=2

    3 – “Vendo um apartamento Situação “alugado” situado no Condomínio Antonini na Av. Dona Blandina Ignes Julio, 665 apto 51 5° Andar – Bairro Jaguaribe – Osasco – S.P..
    Porcelanato no piso da sala, corredor e varanda e piso de madeira nos quartos, 01 Vaga de garagem demarcada, quadra de futebol, playground e salão de festa.
    O valor é de R$75.000,00 à vista + Transferência da dívida de R$223.500,00 (saldo devedor CEF financiado). Aceito veículo como parte de pagamento.
    Ao Lado do Shopping Osasco Center Sul, em frente a uma creche da prefeitura, supermercado próximo, acesso rápido a ponto ônibus, acesso fácil as principais Avenidas de Osasco. Muito bem localizado e tranquilidade para morar.
    Tratar direto com o proprietário !!! ”
    Estamos no começo e já está assim! Se alguém comprar por 112mil e vender por 160 mil ? Se não for tão fácil vender por 160mil imagina
    os anúncios de 230mil à 298mil(~75k+223k) ?

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 18 de abril de 2017 at 10:29

      Oliveira,

      Pois é.

      Nos últimos meses, semanalmente temos apresentado aqui no blog situações como as que constam acima.

      Preços em leilão com ofertas a partir de um mínimo de 40% abaixo dos preços anunciados e em alguns casos até 80% abaixo.

      Apesar de VÁRIOS e VÁRIOS exemplos ao longo de meses, outro dia um nickname veio aqui para dizer que não existiam grandes reduções de preços nos leilões, que ele entrou em um banco específico e site de leilão específico que não ia mencionar para “não fazer propaganda” e que as quedas de preços nos leilões eram como o mundo de fantasia do castelo Rá Tim Bum, pois os preços iniciais de todos os leilões que ele viu eram superiores aos anunciados.

      Qual a finalidade das pessoas FINGIREM que não veem o que você colocou acima e mais uma infinidade de outros casos similares e às vezes com quedas muito maiores nos preços e virem aqui para DESINFORMAR?

      Temos alguns nicknames por aqui que adotam isto de forma contínua, inclusive para assuntos respondidos diretamente para eles com fartura de evidências vindas das mais diferentes fontes.

      Só consigo ver uma finalidade: ENGANAR usuários novatos e desatentos que não tenham visto as evidências apresentadas antes, o mesmo truque sujo que o segmento imobiliário pratica INTENSAMENTE na mídia.

      Por isto que insisto em não “deixarmos barato” estas iniciativas, às vezes mascaradas como “inocentes”, onde até a pessoa defende que acredita no “PMJ” e que errados são os proprietários que não baixam os preços, mas que na prática, planta informações FALSAS para ILUDIR as pessoas, fazendo isto sempre sem NENHUMA evidência e pela fartura de provas em sentido contrário, deixando claro suas intenções, ou más-intenções.

      A velha tática de contar um pedaço da verdade para ganhar credibilidade e depois plantar uma mentira para, usufruindo da “credibilidade” adquirida, tapear as pessoas.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 18 de abril de 2017 at 10:13

    Mais de 65% dos jovens até 37 anos preferem arrendar casa e pagam até 600 euros

    Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades. Isso mesmo é o que está a acontecer no mercado português de imobiliário…
    os Millennials procuram casas em segunda mão (54,7% das preferências) e imóveis reabilitados (32,8%), enquanto as habitações novas registam 28% das opções.
    s Millennials apresentam um poder de compra reduzido, devido aos níveis de insegurança do emprego, que os impede de fazer planos a longo prazo. “Esses fatores têm contribuído para uma mudança de hábitos de consumo e influenciam a forma como os Millennials se relacionam com os mercados, especialmente no setor imobiliário..
    https://www.idealista.pt/news/imobiliario/habitacao/2017/04/17/33234-mais-de-65-dos-jovens-ate-37-anos-preferem-arrendar-casa-e-pagam-ate-600-euros

    2+
    • avatar
  • Cajuzinha 18 de abril de 2017 at 10:21

    A que ponto chegamos: http://www.bbc.com/portuguese/brasil-39549221

    Rebaixar o currículo: a ‘tática’ para conseguir emprego que floresce na crise
    Ana Luiza Daltro
    De São Paulo para a BBC Brasil

    “A opção pela tática teve suas razões. Demitida em junho de 2016, Bárbara soube, logo na primeira entrevista de emprego após a demissão, que “tinha qualificações demais para a vaga em um momento de crise”.
    Ou seja, a empresa não poderia pagar por seu currículo, que incluía pós em Matemática e extensão em gestão de projetos.”

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 18 de abril de 2017 at 12:27

      Isso daí eu já fiz muito quando queria um segundo emprego de manobrista em hotéis
      Só coloca segundo grau e CNH B

      Trabalhei assim alguns ano fazendo mais dinheiro para o PMJ.
      Não é vergonha nenhuma pegar um serviço braçal pra fazer dinheiro.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 18 de abril de 2017 at 10:48

    Olhem as discrepâncias
    Aluguel.
    Segundo valor mais alto

    Em relação ao país, o Município do Rio tem o segundo valor médio mais alto do metro quadrado para alugar. Na comparação com as demais cidades, da capital do estado perde apenas para São Paulo, cujo preço nominal médio do m² para aluguel é de R$35,38. Brasília (R$32,05), Santos (R$ 29,63) e Recife (R$ 25,71) vêm em seguida no ranking das locações mais caras.
    O preço médio nacional, de acordo DMI-Viva Real, ficou em R$ 23,08/m² no primeiro trimestre de 2017.
    http://odia.ig.com.br/economia/2017-04-11/aluguel-fica-mais-barato-45-no-rio.html
    (nesses preços os imóveis teriam o m2 de no máximo 5ko m2)

    3+
    • avatar
    • Nelson Schadenfreude 18 de abril de 2017 at 11:32

      Moro em Brasília e pago R$20,00/m2

      2+
      • avatar
      • EngenheiroDF 18 de abril de 2017 at 11:46

        Em qual bairro, Nelson?

        0
  • Cajuzinha 18 de abril de 2017 at 10:54

    18/04/2017 às 10h12 4 FMI: Para crescer 0,2%, Brasil precisa aprovar reformas e baixar juro

    http://www.valor.com.br/brasil/4941088/fmi-para-crescer-02-brasil-precisa-aprovar-reformas-e-baixar-juro

    3+
    • avatar
    • Nelson Schadenfreude 18 de abril de 2017 at 11:31

      FMI sempre trazendo análises novas e surpreendentes… 😉

      4+
      • avatar
      • avatar
  • Cadeludo 18 de abril de 2017 at 11:01

    Alguém sabe o motivo de existirem leilões com segunda tentativa 50% off e outros com 20% e outros ainda sem desconto na segunda tentativa?

    3+
  • Brazil mode OFF 18 de abril de 2017 at 11:11

    CVR

    Escutando um colega de trabalho aqui falando com outro colega de trabalho que não compensa comprar imóveis hoje em dia… Explicou tudo certinho sobre a desvantagem da compra e sobre pagar aluguel com rendimentos do TD. Será que ele frequenta aqui? Vou puxar papo com ele pra saber, se não conhecer o blog, ja apresento.

    Confesso que fiquei emocionado rsrs… ele fala alto e muita gente escutou, mesmo sem querer.

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Nelson Schadenfreude 18 de abril de 2017 at 11:29

      Espero que muita gente se junte à seita dos juros compostos. Assim, os preços dos imóveis caem até chegar ao ponto de valer a pena comprar.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Espectador 18 de abril de 2017 at 12:03

      Tomara que ele não frequente por aqui, pois será um sinal de que o assunto já está se espalhando entre a manada, daí para contaminar todo o rebanho é um passo. Na hora em que o assunto virar febre no Facebook aí já era, game over para o mercado imobiliário, vai ter gente querendo se livrar da bucha (imóvel) por qualquer preço

      7+
      • avatar
      • avatar
      • EngenheiroDF 18 de abril de 2017 at 12:08

        E qual o problema disso? Nego quer se livrar dos imóveis, os preços despencam, a economia volta a crescer, os bolhistas que quiserem comprar um imóvel a preço justo compram, os que quiserem investir no setor produtivo investem. O PMJ é apenas um esconderijo pra ganhar um pouco já que produzir no país é missão quase impossível.

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Leonardo M. 18 de abril de 2017 at 12:33

          O problema não é produzir no Brasil. O problema é crescer.
          Tá cheio de negócio bom aí que não cresce mais pois existe uma tal CLT e justiça do trabalho. Aí o empresario que é rotulado como um diabo pensa 10 vezes ou se quer contrata uma ou duas pessoas pra trabalhar com ele.

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Espectador 18 de abril de 2017 at 12:53

          Problema nenhum, eu tô dizendo que será bom, inclusive para os corvos que vivem de vender e alugar imóveis pois a economia vai girar novamente, oque quis dizer é que por aqui só andam as pessoas que buscam se aprofundar no assunto, ou seja, um grupo de pessoas bem reduzido, quando o assunto passa a ser discutido por quem não anda aqui é sinal que a coisa tá começando a propagar entre toda a população

          4+
          • avatar
          • avatar
        • to bolhado 18 de abril de 2017 at 13:29

          tbém acho. Se a cultura do Brasil mudar (o que duvido), o setor produtivo crescer, a economia crescer, aumentar produtividade, melhor para todo mundo. Ganhamos menos no juros e ganhamos muito mais em lucro, salário, a bolsa vira um lugar melhor para investir, vai ser investidor anjo de alguém, vai abrir um negócio. O PMJ é apenas um abrigo limitado para uma situação desesperadora de país…

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Lucas 18 de abril de 2017 at 13:42

          exato engenheiro
          perfeito

          e eu que comprei na periferia:
          – termino minhas reformas de ampliação,
          – vendo sem grandes prejuízos ou lucros
          – e volto a morar numa região melhor da cidade

          o PMJ e a periferia foram meus esconderijos

          4+
          • avatar
  • Leonardo M. 18 de abril de 2017 at 12:24

    O Brasil está retrocedendo tanto nos últimos ano que acho:

    Vamos voltar a usar gasogênio nos carros como na década de 1940.
    A tv colosso irá voltar pra globo.
    Menudo,polegar e RPM serão moda.
    Máquina de escrever será matéria obrigatória nas escolas.
    Internet 56kbps discada será luxo.
    Os orelhões voltaram com tudo.
    Michel temer anunciará a volta dá produção do Fusca.

    Não duvide do Bananistão

    3+
    • avatar
  • Leonardo M. 18 de abril de 2017 at 12:46

    Indicador Antecedente Composto sobe 1,9% em março, dizem FGV e Conference Board

    O Indicador Antecedente Composto da Economia (IACE) para o Brasil subiu 1,9% entre fevereiro e março, para 108,7 pontos, divulgaram nesta terça-feira, 18, o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e o Conference Board.
    Segundo as instituições, quatro das oito séries componentes contribuíram para a alta do indicador em março, com destaque para o Índice de Expectativas dos Serviços, com variação de 7,9%.

    Contudo, no mesmo período, o Indicador Coincidente Composto da Economia (ICCE), que mensura as condições econômicas atuais, caiu 0,4%, para 97,8 pontos. Mas as instituições afirmam que nas variações semestrais o ICCE ficou no terreno positivo pelo segundo mês consecutivo.

    O pesquisador do Ibre/FGV Paulo Picchetti avalia que a nova elevação do IACE, depois do avanço de 1,0% em fevereiro, aponta reversão próxima do quadro recessivo. “No entanto, o resultado negativo do ICCE no mês corrobora a percepção que esta reversão ainda está sujeita a oscilações de curto prazo, e ocorrerá de forma bastante gradual”, pondera Picchetti.

    O Indicador Antecedente Composto da Economia agrega oito componentes econômicos que medem a atividade econômica no Brasil. Segundo as instituições, a agregação dos indicadores individuais em um índice composto filtra os chamados “ruídos”, colaborando para que a tendência econômica efetiva seja encontrada.

    1+
    • avatar
  • Lucas 18 de abril de 2017 at 13:11

    Anonymous

    Voce está iludido pois está calculando a rentabilidade em Reais. Somente considerando a variação cambial, O Dollar subiu cerca de 5% ao ano nos últimos 10 anos.

    Cramulhão fez uma analise interessante que já alertei aqui diversas vezes:
    os maiores genios financeiros do planeta dificilmente conseguem mais de 8% liquidos ao ano no longo prazo, pode por aí Buffet, Soros ou quem vcs quiserem.

    o anonymous lembrou um detalhe muito importante, tem que medir o ganho em moeda forte, então tem que aproveitar momentos da intersecção:
    Juros Alto (mesmo que em queda) + ^+ cambio em tendencia de estabilidade/valorização.

    Acho que estamos vivendo precisamente esse momento
    Acho que todas as condições para o fim da crise, e encontrar o fundo do poço já estão dadas
    Acho que SP está alguns meses na frente nisso aí.
    Acho que avaliar a compra de um imóvel exclusivamente para morar já é uma opção factível no mercado desde que preservadas aquelas condições do fator alguel, do fator comprometimento, etc.
    E quem tiver conhecimento e sangue-frio, porque não um leilão, mas cuidado, pode dar muito ruim.

    4+
    • avatar
    • Carlos 18 de abril de 2017 at 17:58

      Não viaja véio ?

      0
  • Lucas 18 de abril de 2017 at 13:15

    CVR contas da vida real

    MRV saindo do fundo do poço
    o relatório trimestral da MRV aponta que o pior já passou
    o presidente afirmou: “só vamos investir em nichos populares de regiões subabastecidas” (ou algo assim)
    ou seja, as tais exceções das quais falei, onde inclusive comprei, na PERIFERIA

    ou seja o presidente da MRV disse o que eu disse aqui, faz o que fiz, e está saindo doburaco
    já a Cyrela e tantas outras ainda estão cavando um alçapão nesse poço.

    2+
  • CA 18 de abril de 2017 at 13:39

    Lucas,

    Sugestão:

    Procure no ReclameAqui por “MRV distrato”. Ela é uma das atuais recordistas de reclamações.

    Motivos:

    1) Golpe de adiar o reconhecimento do distrato: demora MESES ou ANOS para reconhecer um distrato, com isto, SIMULA que a situação não está ruim (não soma no estoque, não abate nas vendas);

    2) Golpe para fazer de conta que tem agora um método mais seguro para evitar distratos: a MRV alega que faz pré-aprovação com o banco antes de assinar o contrato de compra e venda. No ReclameAqui, vários depoimentos de quem até hoje não fez a simulação com o banco. Na realidade, ela primeiro SIMULA uma venda para quem não tem renda e deixa a pessoa pagando até achar quem tenha renda, daí faz o distrato do primeiro.

    A MRV está PEDALANDO e apostando no crescimento do MCMV, no entanto, o governo tem que pagar parte da conta, não é 100% do FGTS e o governo, em termos fiscais, está ficando cada vez mais QUEBRADO (procure se informar sobre os aumentos sucessivos no déficit fiscal do Brasil, que já vem acontecendo desde 2015, aliás em 2016 o MCMV teve redução de 1 milhão de unidades devido a isto). Quando chegar na “hora H” de pegar este altíssimo volume de financiamentos, em virtude dos crescimentos em lançamentos e “apostas” da MRV de que o governo é “todo-poderoso”, de onde vai sair o dinheiro?

    Detalhe: os maiores índices de inadimplência vem exatamente do MCMV. Claro que a faixa 1 é a recordista mundial, mas as faixas 2 e 3 também tem índices acima da média até da própria CEF. A CEF AINDA está pedalando, mas até quando? Em algum momento não vai conseguir esconder a realidade e a MRV vai ser muito afetada pela fortíssima aposta nas faixas 2 e 3 do MCMV.

    Sobre o MITO dos nichos de imóveis intocados ou que nem vão ter tanta queda de preços, sejam eles da periferia ou de qualquer outro lugar, não casa nem um pouco com o volume muito elevado de ofertas em leilões, onde muitos inclusive são em regiões periféricas. Aliás não casa com experiências de explosões de bolhas imobiliárias ao redor do Mundo: apesar de localizações que tiveram o subir mais absurdo terem tido quedas proporcionais, isto nunca significou que as quedas das demais localidades deixaram de ser anormais e relevantes, apenas foram menos sensíveis do que nos lugares que tiveram mais abusos. Exemplo: na Espanha as cidades litorâneas tiveram os aumentos mais abusivos nos preços e consequentemente as maiores quedas, mas as reduções de preços nas demais cidades também foram bastante relevantes, embora inferiores ao do litoral. No caso específico de São Paulo, veja o quanto subiram os preços dos imóveis usados de 2008 a 2007 nas regiões mais periféricas (zonas “D” e “E”) e depois avalie o quanto ainda há de espaço para queda nos preços. Aliás, a própria MRV colaborou muito e vai colaborar mais ainda (ver o mega empreendimento planejado para Pirituba), junto com a CEF, para que a distorção entre oferta e procura nestas regiões também seja recorde, outro importante fator para forçar quedas relevantes nos preços. Se os preços subiram de forma irracional independente de qualquer nicho de mercado, sua queda seguirá o mesmo caminho…

    Notícia sobre a MRV que consta mais acima, acho que você não viu este trecho de ALERTA:

    http://www.istoedinheiro.com.br/mrv-lanca-projetos-com-r-12-bi-em-valor-geral-de-vendas-no-1o-trimestre/

    “Além disso, a concessão de crédito por parte do Banco do Brasil continua bastante restritiva, impactando na venda e no repasse de mais de 7,7 mil unidades. A MRV espera que essa situação com o agente financeiro seja atenuada no segundo semestre.”

    Sobre os discursos de presidente da MRV, lembrar que são os mesmos que enquanto eram os campeões nacionais em DISTRATOS, tendo mais de R$ 1 BILHÃO reconhecido por ano, ainda tinham a cara-de-pau de dizer que havia demanda constante e crescente, fazendo de conta que a capacidade das pessoas para comprar não tinha a menor importância…

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 18 de abril de 2017 at 13:43

      https://www.reclameaqui.com.br/TJ_de_lf9j2af0Iv/mrv-engenharia/descumprimento-de-prazo/

      Trecho do link acima, de uma reclamação de HOJE, falando sobre demora de mais de 1 ANO para a MRV realizar um distrato:

      “DESCUMPRIMENTO DE PRAZO
      MRV Engenharia

      Ribeirão Preto – SP ID: 25610989 18/04/17 às 09h28
      denunciar

      Desde março de 2016 estou em um processo de distrato com a MRV, na qual so ha enrolaçao para resolver os assuntos relacionados.”

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 18 de abril de 2017 at 13:51

        prezado CA,

        conforme li no artigo do valor economico
        a MRV mudou muito recentemente sua prática e somente reconhece a venda após o repasse definitivo da escritura.
        portanto, o relatorio trimestral que apontou aumento nas vendas de 3%, na verdade seriam 12% se usados os critérios do resto do mercado
        eu apóio qualquer atitude que se faça para sanear a moralidade do mercado, ainda mais algo que vai contra os próprios interesses da empresa
        inclusive a MRV voltou a reconstituir seu landbank
        voltou a fazer Caixa positico
        mas não tiro 1 segundo da sua razão, eles tem aí um passivo enorme, conforme vc muito bem coloca sobre o reclameaqui, mas perceba, era um mercado tão mas tão lucrativo na fase de euforia que talvez algumas cosntrutoras tenham folego sobrevivam ao vale da morte.

        Acredito que quem sobreviver vai nadar de braçadas em cima do cadáver de seus competidores, não sei se é o caso da MRV, pelo que li, me parece que é forte candidata em virtude das melhorias expostas e apesar dos passivos.

        Isso de modo algum quer dizer que recomendo a compra dum apartamento da MRV, quem me acompanha sabe que teremos aí mais uns 10 anos de janela de compra, não há o menor motivo para pressa agora, mas se lhes cair no colo algo com 50% a 80% off (descontos reais, não aqueles de metade do dobro), aí talvez faça sentido.

        2+
        • avatar
        • CA 18 de abril de 2017 at 14:05

          Lucas,

          Não é no momento da escritura, SERIA no momento em que o cliente obtém o financiamento pela CEF. Ainda assim, a ser adotado GRADUALMENTE. A palavra da MRV quanto a processo mais “seguro” é algo confiável? Para refletir:

          A MRV já se gabava no passado de que fazia uma “pré-aprovação” do crédito do cliente junto à CEF, o que reduzia os distratos. Os depoimentos do ReclameAqui comprovaram que isto era apenas outra forma de GOLPE: corretor dizia que fez a simulação, não tinha feito e quando cliente não conseguia o crédito, tinha que fazer o distrato do mesmo jeito. Você confia em empresa que pratica este tipo de golpe? Não se iluda, não era responsabilidade exclusiva do corretor, a MRV deveria no mínimo fazer um “double check” e verificar se cliente teria o crédito aprovado ou não, ela nem tem como alegar “ignorância” sobre o tema.

          Outro ponto: itens acima não resolvem em nada o esquema das vendas FALSAS. Eles podem reduzir as vendas na planta, mas se atrasarem ainda mais o “reconhecimento” dos distratos, uma coisa compensa a outra e a SIMULAÇÃO nos números continua do mesmo jeito. Diga-se de passagem, adiar o reconhecimento dos distratos é exatamente o que estão fazendo nos últimos tempos…

          http://www.valor.com.br/empresas/4927342/cury-e-mrv-adotam-modelo-que-reduz-risco-de-distratos

          “No novo modelo, que será implantado gradualmente, as duas incorporadoras consideram que uma unidade foi vendida apenas no momento em que o cliente obtém o financiamento pela Caixa Econômica Federal.”

          3+
          • avatar
          • avatar
          • Lucas 18 de abril de 2017 at 14:17

            confiar eu??
            de jeito nenhum, apenas relatando que houve ali um mínimo de atitude, pelo menos de maquiagem extra

            repare tbm no mesmo artigo a estratégia de monopolização da terra urbana pela formação do tal landbank
            isso em termos de prefeituras municipais equivale a dizer que eles tem a faca e o queijo na mão
            uma grande mafia
            e que eles controlam a produção de espaço, desde o primeiro dia de concepção, pela lei de zoneamento, pelos investimentos da prefeitura em infra, pelo controle a conta-gota do que cai no mercado, E O MAIS IMPORTANTE, pelo dinheiro publico injetado em ciondições subsidiadas tanto na ponta da produção quanto na ponta do consumo, o judiciário no bolso controlando os distratos

            é o capitalismo-de-estado.

            Isso que o presidente deles quis dizer nas entre-linhas quando falou dos nichos subabatecidos, agora eles só vão na boa, onde eles tem tudo amarradinho, controladinho. Todo o PMJ é pinto perto duma armação assim.
            RISCO ZERO para eles.
            PMJ é alento, é esconderijo, é temporário.
            e eu pretendo seguir nesta cauda de cometa, fazer o que eles fazem, claro que em proporções minúsculas, e aproveitar oportunidades onde eles calcularam mal, eles tem o MACRO nas mãos, mas na escala micro eles não podem ter tudo, aí eu entrei.

            2+
    • CA 18 de abril de 2017 at 13:48

      Aqui neste exemplo, um dos golpes tipicamente aplicados, onde o corretor enganou o cliente dizendo que tinha feito a simulação da aprovação de crédito, sem ter feito. Uma das várias formas de vendas FALSAS na planta. Reclamação também atual, da semana passada:

      https://www.reclameaqui.com.br/YwHzVLiuCB-Z3bf7/mrv-engenharia/propaganda-enganosa–descaso/-apropriacao-do-dinheiro/

      “Em 2015 fechei negócio com a MRV, adquirindo uma unidade do empreendimento RESERVA JARDIM, o vendedor, na ocasião, informou que eu pagaria uma entrada parcelada em 30 prestações de R$ 800,00 e um sinal no valor de R$ 6.000,00, porém a transação só seria processada mediante a aprovação do financiamento bancário. Passados dois dias da negociação o vendedor informou que o banco haveria aprovado o financiamento e que ato contínuo passaria em minha residencia com o contrato e o boleto para que eu pagasse o sinal.
      Paguei o sinal, assinei a documentação e passei a aguardar para assinar o contrato do financiamento. Uma semana após pagar o sinal a MRV me informou que o banco não tinha aprovado o financiamento… Ora, após receber o dinheiro o banco negou o financiamento? fui orientado a continuar pagando afim de aguardar nova análise do banco. Paguei mais algumas parcelas até que a MRV bloqueou meus pagamentos… paguei em torno de 8 mil reais. Um ano e meio depois a MRV propôs me devolver a metade do valor, aceitei a proposta mesmo perdendo afim de minorar as agruras do dano causado… no distrato eles se propuseram a devolver R$ 4.179,00 em até 10 dias úteis após o recebimento dos documentos…. O documento foi entregue via sedex em 09/03/2017 — hoje são 12/04/2017 — portanto, bem mais que 10 dias…”

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 18 de abril de 2017 at 13:58

        perfeito
        é por esses golpes e outros que as construtoras não faliram no auge da crise.
        é uma das tais correias de transmissão de prejuízos privados distribuídos por toda a sociedade

        Esse golpe aí no caso achei um tanto rústico, uma vez que eles podem fazer a mesma coisa legalmente e de baciadas usando bancos publicos e dinheiro dos contribuintes. Sendo assim, seria até danoso para eles próprios esses pequenos golpes poderiam até a atrapalhar o giro no golpe maior, maisoumenos o mesmo com a carna, o interesse em ganhar centavos enxendo linguiça com papelão é infimo e não compensa o risco de ter fehcada as torneiras do golpe maior e legalizado junto ao BNDES, quenem o traficante que não deixa roubarem no morro.

        Mas se houve conforme relatado, vemos claramente a atitude de total desespero pela qual passou o mercado, a ponto de ligar o foda-se, ou vai ou racha, nívle hard. “This is banania”.

        (e os apartamentos da MRV são O lixo em termos de qualidade, mas té aí quem se importa com detalhes)

        1+
        • CA 18 de abril de 2017 at 14:14

          Lucas,

          A MRV, assim como a CEF e todas as demais, nunca concentram todos os golpes em apenas um canal ou mesmo um formato dentro daquele canal. Eles fazem isto porque distribuindo os golpes, eles aparecem menos.

          Exemplos:

          1) MRV: venda FALSA na planta, com variantes, às vezes com base em corretor que engana cliente dizendo que fez simulação com o banco quando não fez, o que depois vira distrato, às vezes enganando cliente ao não utilizar o INCC na simulação, às vezes empurrando imóvel mais caro que não foi o combinado com o cliente, às vezes prometendo que ajuda a enrolar o banco na aprovação do crédito, etc., etc., etc.. Além destas DIVERSAS variações sobre o mesmo golpe, em paralelo eles ADIAM ao máximo o reconhecimento dos distratos solicitados, mais uma vez com mesmo efeito de SIMULAR redução de estoques e crescimento de vendas (não abate das vendas). Em paralelo a estes golpes, certamente em alguns casos os corretores da MRV conseguem de fato ajudar os clientes a conseguirem o financiamento junto aos bancos, em especial a CEF;

          2) CEF: como mascarar a anomalia? A CEF aplica apenas um esquema para maquiar sua aberração? Não! São várias formas, tanto é que primeiro ela retoma menos de 1/5 do que ela mesma aponta que está inadimplente há mais de 90 dias, depois faz negociações MIRABOLANTES com clientes, já vendeu parte do crédito podre para empresas abutres, quer criar empresa abutre própria para isto, quer contratar corretores para vender os imóveis diretamente, etc., etc., etc… Em outras palavras, da mesma forma a CEF usa VÁRIOS mecanismos para MAQUIAR os esquemas, novamente para que nenhum deles individualmente chame muito a atenção, idêntico ao que faz a MRV…

          2+
          • avatar
          • Lucas 18 de abril de 2017 at 14:23

            perfeito
            e com o judiciário (partes do) amiguinho eles tem quase que total controle dos processos de distrato
            não quero entrar nessa polêmica neste momento
            o estouro da bolha é um fato, o amortecimento dos seus efeitos danosos vai de se conhecer o sistema e de seus meios entre imorais e ilegais, alguns serão sacrificados na fogueira do ajsute, outros que sobreviverem daqui 10 anos vão, se nada na esfera legal e jurídica for feita, vão recriar novas bases para formação de outra bolha ainda melhor que a anterior.

            1+
    • CA 18 de abril de 2017 at 13:56

      Mais uma que teve o distrato enrolado por MESES, postado agora em abril/17 também:

      https://www.reclameaqui.com.br/Kmk_f-lGAhlDg3Ke/mrv-engenharia/mrv-nao-devolve-meu-dinheiro/

      “MRV NÃO DEVOLVE MEU DINHEIRO
      MRV Engenharia

      São Carlos – SP ID: 25279949 02/04/17 às 22h15
      denunciar

      REALIZEI TODAS AS AÇÕES NECESSÁRIAS PARA O DISTRATO DA COMPRA EM JUNHO DE 2016, MAS ATÉ HOJE 02/01/2017 A EMPRESA NÃO DEVOLVEU OS 80% DO VALOR QUE EU PAGUEI PELO APARTAMENTO, SENDO QUE REALIZEI TODOS OS PAGAMENTOS EM DIA.”

      3+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 18 de abril de 2017 at 14:01

        fora a negociação com fornecedores
        o calote é monstro
        a justiça no BR ajuda
        sei que não é hora de falar disto, mas lá na frente quando a maré abaixar, a lava-jato vai ter que fazer aí um processo de auto-limpeza forte

        3+
        • avatar
  • CA 18 de abril de 2017 at 14:23

    Outro caso em que o cliente está esperando pelo distrato há mais de 1 ano:

    https://www.reclameaqui.com.br/lgVLgMQCv3pwHYvK/mrv-engenharia/distrato—demora-do-processo-de-devolucao-dos-valores/

    DISTRATO / DEMORA DO PROCESSO DE DEVOLUÇÃO DOS VALORES
    MRV Engenharia

    “Campinas – SP ID: 23696719 19/01/17 às 12h31
    denunciar

    Estou esperando há mais de 1 ano e até agora nada de retorno de valores.”

    3+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 18 de abril de 2017 at 14:26

    Lucas,

    Resumindo o que consta acima, quando a MRV diz que GRADUALMENTE vai adotar o reconhecimento de vendas baseado no aceite da CEF quanto ao crédito imobiliário para o cliente, além do risco de dizerem que a CEF aceitou durante a obra e rejeitou depois, apenas uma simulação do golpe aplicado da pré-aprovação de crédito que consta acima, ela certamente vai “balancear” esta “gradualidade” com os atrasos no reconhecimento de distratos. Se perdeu uma venda porque não foi aprovado o crédito na CEF, para não piorar ainda mais as vendas registradas, atrasa mais um distrato já solicitado no passado e assim, pela combinação destes TRUQUES, vai “ajustando aos poucos”.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 18 de abril de 2017 at 14:32

      isso que imaginei,
      vai ajustanto ativo com passivo
      comparado ao resto, até que esse golpe tá bem organizadinho.
      na banania onde tudo é esculhambando, um golpe dessa qualidade é um alento

      0
  • Lucas 18 de abril de 2017 at 14:36

    oFF
    hoje faz (faria) 100 anos Bob Fields
    que escreveu lanterna na popa
    nosso mais proeminente liberalista economico
    diferente do que dizem, nunca foi comunista, apenas foi condescedente com certos socialismos trabalhista, inclusive na era do General Castelo Branco 65-69
    foi critico ferrenho de geisel, quando ficou no ostracismo dos 70’s, e na década de 80 virou suas baterias contra o PT em ascensão
    é dele a frase: “como pode um partido dos trabalhadores que não trabalham”

    (me identifico com ele e com Francis, se vcs querem saber a mentalidade das coisas que eu escrevo, é um pouco dos 2,e mais alguns aí, incluso o gen. Lobo que falava quase nada)

    3+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 18 de abril de 2017 at 18:05

      Bah véio, todo mundo sabe que o Roberto Campos era agente da CIA e queria que fossemos iguais aos EUA, que falta de patriotismo ☺

      2+
      • avatar