Venda de imóveis novos em SP tem pior resultado da história em janeiro – Folha

Você pode gostar...

Comments
  • Seu Jorge 14 de abril de 2017 at 01:23

    “Não esperávamos uma queda dessa magnitude” … Muito bom…

    49+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 14 de abril de 2017 at 02:12

    Mas também vejamos o que aconteceu no Bananistão:

    Preços de Manhattan na ZL de SP, do nada Tatuapé e Belenzinho se tornaram o Queens de NY.
    Favelas se tornaram comunidades pacificadas e de repente até comprar uma casinha em morro de Mônaco ficou mais barato que a Rodinha no RJ.
    Nosso central park em SP(Ibirapuera) ficou mais valorizado que o central park de NY.
    Macaé estava pau a pau com Dubai no valor dos preços por m².
    Cidades satélite de Brasília estavam com o mesmo status de Las Vegas, tudo por causa de um deserto.
    Londrina estava se achando a nova Londres fora dá Inglaterra.
    Curitiba iria rivalizar com conpenhagen na Dinamarca.
    Gramado seria nossa nova suíça.
    Tóquio estava com inveja porque SP tinha incríveis 120km de metrô.
    Os alemães estavam com medo do novo trem bala ligando RJ-SP, a tecnologia era tanta que achavam que algum alien tinha entregado para o Brasil.
    E não poderíamos esquecer de BH o nova vale do silício em terras tupiniquins.
    E Floripa….Aí Floripa é a nova Califórnia do Brasil.

    Só faltaram combinar com os russos.

    150+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Onix 14 de abril de 2017 at 04:21

      Nao esqueça de Santos,aqui é diferente.Inauguraram um outback. ??????

      54+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • rude 14 de abril de 2017 at 12:32

      Pois e leonardo aqui em floripa a turma nao caiu na real, pessoas aqui no norte da ilha que nao trabalham mais vivem a mais de25 anos aguardando o verao para passar o sarafo nos turistas para ficar o resto do ano a toa, pois bem ultimamente com a crise do pais vizinho argentina e os gauchos falidos que nao conseguem mais arcar com o financiamento abarrotam a olx com varios anuncios cobrando precos mensais fora da realidade cheguei a conclusao apos monitorar um ap para locacao desde o ano passado era um ap que o propriOtario estava anunciando a mais de 8 meses pedindo 1800 com tudo enviei a seguinte proposta para ele podemos fechar por 1200 com tudo eu sabendo que ele estava esse tempo todo tentando alugar sem sucesso logico como bom bananense nao sabia que estava sendo monitorado aquela altura.
      ele estranhamente me pediu o telefone passei para ele para ver ate aonde a peca ia chegar, ai comecou o bla bla bla do tipo olha o condominio e muito bom otima vizinhaca perto de tudo piscina, dai fiz a pergunta a piscina e aquecida? ele nao!! o imovel bate sol? ele nao!
      a academia do condominio funciona? ele nao esta em fase de acabamento! qual o valor do condominio ? ele 480reais! bom finalizando amigos da bolha disse a ele que prevaleco nos1200!!! alguem faca os cauculos e diga se foi uma proposta indecente da minha parte? abracos e desde de ja agradeco!!

      31+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 14 de abril de 2017 at 15:56

        Cara Floripa é bizarro.

        Servidoes sem fim nos bairros como campeche e ingleses.
        Se você perder uma saída, você as vezes tem que rodar 1km ou 2km com o carro até achar uma volta. O centro é outra coisa bizarra.
        Aeroporto com tamanho de cidade pequena
        Beira mar sem nenhum atrativo pra comer ou tomar uma água de côco.
        Como era em Floripa na beira dá praia é mais caro que comer na beira mar de Miami. Vai no bar do Arante no sul dá ilha, buffet por R$50 a pessoa…Cheguei gastar R$120 em um buffet lá com a patroa…WTF???
        Uma ponte apenas ligando a ilha? Com as vezes a cidade tendo 1,5 milhão de pessoas na temporada?

        Floripa a única coisa boas são as praias…Mas se chover ferrou pq não tem mais nada pra fazer na cidade.
        A e a famosa ilha do campeche te cobram 120,00 só pra atravessar meio km de mar.
        Eu desisti de Floripa faz tempo….

        25+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Carlos 14 de abril de 2017 at 03:19

    Acabou o dinheiro, acabou a propina, acabou o amôr.

    Só anta compra na planta.
    Pedala dona Aline…
    Pedala MRV…

    Prefeitura de Sorocaba interdita conjunto de prédios de condomínio em construção

    http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/tem-noticias-2edicao/videos/v/prefeitura-de-sorocaba-interdita-conjunto-de-predios-de-condominio-em-construcao/5800231/

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • thiago fm 14 de abril de 2017 at 08:39

    Não consegui responder antes aos questionamentos, mas nunca é tarde. Vou responder por partes, já que são várias coisas:

    Cesar_DF 12 de abril de 2017 at 09:15
    Thiago fm
    No primeiro gráfico, sobre estoque e absorção, a VACÂNCIA ESTAVA SUBINDO COMO UM FOGUETE
    2011 = 1%
    2012 = 7%
    2013 = 16%
    (…)

    Se sim, considerando uma média de aceleração de 7% AA, teríamos
    2014 = 23%
    2015 = 30%
    2016 = 37%

    —————————————————————————————————–

    Cesar,

    No início do mês foi postado um tópico que trouxe um dado mais atual sobre a taxa de vacância no mercado comercial, onde constam as seguintes informações de forma literal:

    “Em meio ao prolongamento da crise econômica e ao boom de novos empreendimentos, o percentual de imóveis comerciais não ocupados saltou de 3,56% em 2010 para 17,47% em 2016, segundo monitoramento da Buildings. No Rio, o índice passou em 7 anos de 2,03% para 18,8%.

    Já nos espaços corporativos de alto padrão ou classe A, categoria que reúne os prédios com melhor infraestrutura e com lajes de até mais de 2 mil metros quadrados por andar, a taxa de vacância é ainda maior. De acordo com a Buildings, o índice fechou 2016 em 23,42% em SP e em 38,33% no Rio.”

    Podemos perceber que a taxa de vacância dos imóveis comerciais de forma consolidada começa a resvalar nos 20%, atingindo um patamar acima nos escritórios tipo A, cuja trajetória foi abordada nos gráficos que postei naquele tópico. Sendo assim, se nos basearmos de forma aproximada naqueles gráficos e em seguida nas informações da notícia acima, perceberemos que a vacância atual se encontra numa curva levemente acima das projeções, o que corrobora com a tendência de desaceleração e estabilização do índice até 2018 e de provável proximidade do ciclo de baixa desse mercado a partir de então.

    7+
  • thiago fm 14 de abril de 2017 at 08:40

    Cesar_DF 12 de abril de 2017 at 12:05
    Lucas

    Sem entrar no mérito da correlação destes dados com a realidade, eu só queria confirmar que houve uma queda de 60%, nos últimos 4 anos, no valor anunciado dos imóveis no Hell de Janeiro.
    ———————————————————————————————————-
    Cesar,

    Desde janeiro de 2012 (base 100 do índice) até 12/2016 a valorização do preço de venda dos imóveis comerciais na cidade do RJ acumula crescimento nominal de 28,4% contra a inflação do IPCA acumulada no período de 39,6% , o que passa muito longe da queda de 60% que estimou. Em termos reais, do topo atingido em 11/2013 calculo uma queda real de pouco mais de 26% conforme os dados da Fipe.

    5+
  • thiago fm 14 de abril de 2017 at 08:43

    Mais uma vez disseram que no presente caso escolhi os gráficos para manipular, distorcer e omitir a realidade, escolhendo por exemplo o gráfico com os índices acumulado. Se tivessem prestado bem atenção no material que disponibilizei na parte 2, veriam que esses gráficos e inclusive o que postarei a seguir já constavam lá combinados (creio que no slide 53), o que prova que não tenho nada a esconder. Na prática não importa a abordagem, a conclusão é sempre a mesma, assim como as acusações e réplicas geralmente são:

    O que eu afirmei é que do ponto de vista da queda dos preços dos imóveis comerciais, o índice da Fipe apresenta a maior queda e isso é um fato, tendo em vista que até 09/2016 o IGMI-C da FGV não apresentou recuo nominal do capital (atrelado ao bem em si), ainda que a receita tenha se mantido acima do retorno do primeiro. De quebra o gráfico do índice acumulado da rentabilidade mostram que no longo prazo quem investiu em imóveis comerciais ganhou muito mais que teria ganho com os demais investimentos tradicionais, incluindo aí a renda fixa. Isso também é um fato que não preciso esconder.

    9+
  • thiago fm 14 de abril de 2017 at 08:45

    AGP 12 de abril de 2017 at 09:43

    Thiago fm

    Vamos assumir então que tudo isso que você diz seja verdade, sério mesmo, sem brincadeira:

    Então, partindo do gráfico que você postou que o setor imobiliario estaria no auge da sua taxa de retorno, como você explica os pedidos de falência/recuperação judicial das maiores construtoras operando no Brasil? (Cyrela, PDG, Rossi, para citar algumas) e em um mercado que os juros foram subsidiados pelo governo? Necessitaria de uma incompetência monstruosa por parte dessas empresas.
    ————————————————————————————————
    AGP,

    1 – Não disse que estamos no auge da taxa de retorno. Se você tirou essa conclusão provavelmente também não leu o gráfico da forma incorreta.

    2 – Sobre a questão dos subsídios cabe lembrar que a melhor e maior parte desse bolo é levada até a boca da ponta final, que é o mutuário, atuando assim muito menos do lado da oferta. Aliás, esse componente que não dá sinal por enquanto de que será desconstruído e que simplesmente mudou de patamar nos últimos 15 anos, é um dos vetores que ao meu ver ajudam na sustentação dos preços, pois ao mesmo tempo em que complementa a capacidade de pagamento do comprador, inibe um pouco a inadimplência dos financiamentos imobiliários, que por sua vez é um dos principais sintomas e catalizadores dos estouros de bolhas.

    3 – Pelo que eu saiba até agora a Viver e a PDG pediram recuperação judicial entre as ditas grandes, mas isso não vem ao caso.

    A história recente e os dados mostram que quando a economia vai bem a construção vai muito bem e quando vai mal, ela vai muito mal. Isso é lógico e natural tendo em vista o investimento, confiança e o tempo que se exige de quem produz e de quem compra um imóvel.

    Sem entrar no mérito do que isso vai nos custar no futuro, o fato é que o país atravessou um dos períodos de crescimento mais fortes dos últimos 40 anos e agora vive notadamente a PIOR recessão de que se tem notícia. Tome as coisas a partir dessa perspectiva e a situação do setor de imobiliário e de construção vai parecer um pouco menos deslocada do que se pinta por aqui. Ainda assim o fato de algumas construtoras estarem muito piores que outras, dá uma pista de como a incompetência e gestão têm grande peso na conjuntura atual dessas empresas.

    De qualquer forma penso que a questão ideal não deve estar centrada na condição ou no desempenho das empresas do setor em si, mas sim como tal situação poderia levar a correção esperada dos preços. Já parou pra pensar que um cenário de terra arrasada (com poucas construtoras de pé) pode afetar em algum momento a oferta de lançamentos e que isso pode eventualmente cartelizar o setor e pressionar em cascata os preços, visto que nesse país sempre haverá quem pague alto para ter sua casa própria?

    Enfim…o tombo do setor da construção é visível e até certo ponto indiscutível, mas você diria o mesmo dos preços dos imóveis? Se sim, acho que não tem mais o que se preocupar. Se não, é mais do que hora para se perguntar o que mais ainda não veio e que ainda poderia vir para que isso ocorra, de forma que sua vida como um todo não se torne pior do é agora.

    5+
    • Master Yi 14 de abril de 2017 at 09:58

      “Já parou pra pensar que um cenário de terra arrasada (com poucas construtoras de pé) pode afetar em algum momento a oferta de lançamentos e que isso pode eventualmente cartelizar o setor e pressionar em cascata os preços, visto que nesse país sempre haverá quem pague alto para ter sua casa própria?”

      Prezado, irei comentar apenas esse trecho porque já refleti exatamente sobre essa mesma premissa.
      Minha conclusão: o mercado é algo dinâmico, mutável, flexível, um processo. Os lançamentos diminuíram pois não há mais demanda nos mesmos níveis. Não há que se falar em cartel, uma vez que o número de produtores diminuiriam justamente pela falta de demanda. Se por acaso a demanda aumentar, novos produtores entraram no mercado e, consequentemente, aumenta-se a oferta novamente. A única maneira de se formar um cartel seria se o governo limitasse a entrada de novos produtores. Resumindo, oferta e demanda tendem a entrar em equilíbrio.
      Sobre a última parte do trecho destacado, em que você cita a existência de consumidores dispostos a consumir um bem independente do preço, penso que a premissa é inválida. Ora, se sempre existirá consumidores dispostos a pagar preços altos, chegamos a estranha conclusão de que vários produtores poderiam continuar produzindo nos mesmos níveis (uma vez que sempre existe demanda), o que naturalmente iria impedir a diminuição da oferta, que foi exatamente a sua premissa inicial.

      30+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • thiago fm 14 de abril de 2017 at 23:52

        Master Yi,

        Sobre a “cartelização” cabe ressaltar que não afirmei que isso vai acontecer, mas coloco sim como hipótese pelo menos nas grandes cidades, pois em geral a demanda nos grandes centros costuma se concentrar e buscar construtoras com certo renome e já estabelecidas no mercado. Num eventual cenário de “terra arrasada” provavelmente as empresas com melhor saúde financeira engoliriam os despojos das quebradas, fazendo a concorrência diminuir. Tal cenário – que não é o mais provável ao meu ver – poderia sim balizar os preços por cima, criando nichos de mercado nos locais mais procurados.

        Vale lembrar que a demanda e a liquidez do mercado podem cair bastante, principalmente das compras por investimento, mas sempre existirá um “piso” sustentado pela demanda por moradia e maior mobilidade urbana. Se houver menos empresas atuando no mercado quando os estoques estiverem em níveis mais baixos, a oferta provavelmente vai voltar a privilegiar as áreas mais nobres das cidades, onde há procura e pessoas com renda mais alta dispostas a pagar por um preço de metro quadrado muito acima da média. Na esteira disso o processo de especulação imobiliária vai aos poucos empurrando quem não pode pagar para locais mais distantes e em apartamentos cada vez menores.

        Sobre a diminuição da demanda e dos lançamentos condicionar o enxugamento massivo do mercado de construção, basta analisar o desempenho dos mercados (não somente de São Paulo) para perceber que tal processo já está próximo do fim, visto que as vendas e lançamentos já estão de uma forma geral próximos da média histórica verificada antes do boom imobiliário. Por isso não creio nesse cenário como o mais provável. Tudo indica que o setor que levará um tempo para se reestruturar, aproveitando parte da capacidade instalada, mas sem um efeito dominó.

        1+
        • Cesar_DF 15 de abril de 2017 at 06:04

          Explique esta questão do PISO lá no Japão, porque faz 25 anos que eles não chegaram nele kkkk

          12+
          • avatar
          • avatar
          • to bolhado 15 de abril de 2017 at 07:29

            Cesar, aproveitando, você que tem informações de bolhas em outros países, houve estouro de bolha em pais com nível de inflação semelhante a do Brasil? Nesse caso, ha quanto chegou a desvalorização nominal?

            0
            • Cesar_DF 16 de abril de 2017 at 17:24

              To bolhado
              De cabeça eu lembro das bolhas do EUA, Espanha, Grécia, Irlanda e Japão.
              Na maior parte dos casos, entre o pico é o vale são 6 anos.
              O despair começa cerca de 4-5 anos apos o pico e dura 2-3 anos.
              No EUA e Espanha a queda foi de 40%, no Japão e Irlanda 55% e na Grécia continua em queda, até agora ultrapassando 50%

              4+
              • avatar
              • avatar
          • thiago fm 16 de abril de 2017 at 18:35

            Cesar,

            Ainda que exista imóveis disponíveis no mercado, há uma fatia da demanda que privilegia imóveis novos, seja para constantes “upgrades” ou simplesmente para satisfazer o sonho do primeiro imóvel, na maior parte das vezes no evento do casamento, que a despeito da queda da taxa de fertilidade da população e de novos hábitos de relacionamento e moradia, continua firme e forte no Brasil. Por mais que você ache que essa tendência está próxima do fim, na prática as pessoas continuam casando e querendo casa.

            No caso de São Paulo por exemplo, nos últimos 25 anos com exceção de 2016, os lançamentos de imóveis sempre se mantiveram acima da linha das 20 mil unidades. Vale lembrar que os 16 mil imóveis vendidos em 2016 não consideram as distratadas. Se contarmos essas vendas desfeitas que em geral são de safras anteriores, foram aproximadamente 20 mil unidades, o que não é nada desprezível dada a conjuntura atual.

            Respeito a sua insistência em toda hora comparar o caso brasileiro com o de outros países, mas se você acha que o rio corre sempre pelo mesmo caminho pode em breve se decepcionar.

            0
            • Carlos 17 de abril de 2017 at 09:59

              Fica meio difícil fazer upgrade ou mesmo sonhar se não se tem crédito ou muito menos dinheiro….

              3+
  • thiago fm 14 de abril de 2017 at 09:11

    Para quem quer ter uma noção melhor do desempenho do mercado de imóveis novos de São Paulo no longo prazo (vendas, lançamentos, estoque e preços) segue um gráfico que ajuda nesse sentido e ao mesmo ilustra um pouco o tema do tópico:

    3+
    • Carlos 14 de abril de 2017 at 17:08

      Gostei dos tons de cor adequados a época de páscoa.

      10+
    • perdido no rio 14 de abril de 2017 at 17:26

      thiago, dúvida simples sobre o gráfico do secovi, ele se refere a venda ou estoque? não encontrei a referência.

      Eu não tenho acompanhado a polêmica aqui do blog de perto, mas acredito que ele vai na direção do que muitos falam: clara deterioração do mercado. No gráfico acima, entendo que a queda maior no valor do que nos lançamentos e no estoque pode indicar queda no valor unitário também, faz sentido?

      3+
      • avatar
      • thiago fm 14 de abril de 2017 at 22:56

        perdido no rio,

        Se você está se referindo ao primeiro gráfico, basta olhar na legenda, que faz referência às vendas, lançamentos e estoque.

        2+
        • perdido no rio 16 de abril de 2017 at 21:17

          Me referia ao segundo, não tem legenda…

          1+
  • SampaBoy 14 de abril de 2017 at 09:59

    Uau..vendas liquidas (laranjinha) ladeira abaixo !!

    29+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • John Horse 14 de abril de 2017 at 11:19

      Análise Grafica Mode On:

      1…2…3….a….b….c….

      É, não vai…

      8+
      • avatar
  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 10:43

    [OFF]

    Eu sinceramente gosto da ideia de Roberto Justus virando candidato a presidente, seria o mais próximo de uma personalidade liberal na política. Contanto que não enverede pelo caminho do almofadinha do Jardim América João Dória, que estragou sua breve carreira política se, filiando ao PSDB, Justus “tem jeito” pra levar o Brasil para o lado mais liberal, sem precisar fazer baixarias típicas de tucanos (Dória tem feito muitas) e petistas.

    Agora que o Marcelo Odebrecht está descendo a língua no Lula e FHC (minando a aura de honestidade que partidaristas velados tinham por esses dois) , e a Veja finalmente começa a atacar o Aécio-PSDB toda a semana pra livrar o caminho para Alckmin (que certamente não tem a menor chance, é um zero a esquerda que só envergonha nos paulistas, ainda agora então, pego na butija da Odebrecht) , eu estou realmente acreditando que finalmente essas figuras saírão de cena, para o bem de São Paulo e do Brasil.

    Lula, Aécio, Serra com grandes chances de serem presos ,e/ou punidos de alguma forma;

    Na esquerda tradicional não sobra ninguém. Na esquerda fabiana do PSDB só sobrava Alckmin, o perdedor anestesiologista da UNITAU que nunca clinicou…mas agora também dizimado pela Odebrecht, nas primeiros páginas, recebendo propina em dinheiro vivo ou no cartão do cunhado!

    Gostaria de ver a cara de um ou outro agora, que defendia o PSBB como “menos pior”…partidarismo velado é uma doença de alguns brasileiros, que acabam votando nas mesmas quadrilhas todos os anos.

    Com isso, teremos fatalmente a ascenção de :

    Bolsonaro, Marina, Ciro Gomes .

    …E pra salvar o Brasil desses estatólatras que não passam de um mix de PSDB, PT e PMDB, só um Roberto Justus da vida
    Volto para o Brasil em 2 semanas , e estava pensando : se aqui na Terra dos livres elegeram um apresentador do “O Aprendiz” , por que o mesmo não poderia acontecer com o Brasil , ainda mais um candidato mais “neutro”, que finalmente poria um fim na briguinha da turminha 13 e 45 ?

    Só conjecturas…2018 promete!

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • SampaBoy 14 de abril de 2017 at 13:21

      Cramulhao, mas o Doria pode ser justamente essa guinada. É um cara liberal que esta ganhando aos poucos a opiniao publica atraves de um show de midia. O dificil para um cara como ele e o justus é justamente isso, ganhar a opiniao publica. Eu acho que ele ta se saindo bem…e o partido pode ser qualquer um….mas um partido grande é preferivel , pra ganhar o congresso também se a coisa avancar

      11+
      • avatar
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 13:42

        O partido não pode ser qualquer um não cara…

        Temos que parar com essa benevolência para com o PSDB. Não entendo porque nosso povo Paulista age assim, parece um pouco como síndrome de Estocolmo.

        O Doria está para o Alckmin assim como Zé Dirceu está para Lula.

        Essa cara já era…quem sabe já tivessé saído do PSDB teria alguma chance. Agora não, já era mesmo. O Vídeo da delacao da Odebrecht deve ter feito triste até o mais ignorante dos tucanalhas.

        Doria é o poste do Alckmin…

        Tomara que Roberto Justus se candidate e fique longe dessa escória….

        8+
        • avatar
        • Loucodf 14 de abril de 2017 at 18:00

          Cramulhão…

          Se ficarem Marina, Bolsonaro, Dória para 2018…

          Para onde você corre???

          3+
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 19:49

            Essa pergunta vc fez achando que seria um consenso de que Doria é o menos pior , como os militontos pagos pra defender o “gestor João trabalhador ” tentam espalhando essas coisas vias mídias sociais???

            Eu certamente votaria nulo, mas se tivesse que torcer pra alguém que não significasse o que temos de pior no Brasil, seria preferível a Marina. Pelo menos não teve menções na Lava Jato, nem ninguém do seu partido,

            Apesar da ideologias duvidas, a Rede parece bem menos socialista que o PSDB-PCC do Doria, o poste do Alckmin.

            PSDB e sua influência na mídia é o que temos de mais nojento já feito pela esquerda no Brasil.

            Mas e vc?
            Conte pra gente o que faria…

            3+
            • to bolhado 14 de abril de 2017 at 20:14

              Vc odeia os esquerdistas tucanos e votaria na marina??

              6+
              • avatar
              • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 20:24

                Não é a primeira vez que vc se dói com minhas críticas ao partidinho dos socialistas fabianos.

                É requisito no PSDB-PCC ter falta de raciocínio lógico pra se filiar ao partido? Releia o que escrevi…

                Como alguém que se diz bolhista pode dendender essa corja com unhas e dentes?

                Típica cabeça problematica de esquerdista…

                3+
                • to bolhado 14 de abril de 2017 at 20:52

                  O problema é meu kk? Eu me doi com a crítica ao psdb e defendi os tucanos?? Vc ja deu mostras de ser um cara inteligente, pra mim a sua maneira de lidar com esse assunto só demonstra como esse é um assunto totalmente emocional pra vc…

                  13+
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • Cesar_DF 15 de abril de 2017 at 06:10

                    Concordo contigo
                    Respostas muito emocionais
                    Doria utilizando o PSDB como trampolim, da mesma forma que o Trump com os republicanos

                    13+
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
              • Bruna 16 de abril de 2017 at 11:07

                Você viu o vídeo? Não tou aqui pra defender ninguém, mas o que ele disse é que doaram pra Marina exatamente para disfarçar as outras doações, que o candidato era o Campos, e que não houve qualquer tipo de compromisso. Pode ser que achem alguma coisa (devemos ficar atentos), mas esse vídeo não a implica. Tanto é que nem o MPF pediu abertura de inquérito.

                5+
                • avatar
            • Loucodf 15 de abril de 2017 at 07:49

              Confesso que nessa história eu só não votaria no bolsonaro e ciro.
              Entre Marina e dória, seria aguardar a proposta de governo de fato. E também aguardar um pouco do que o Dória está fazendo por são paulo.
              Nunca levantei questão política com ninguém aqui. É uma pergunta inocente mesmo.
              Mas gostei da sua questão levantada sobre o Justus.
              Um abraço.

              1+
        • SampaBoy 14 de abril de 2017 at 22:13

          Cramulhao, supondo que o Justus ganhasse em um partido proprio pequeno. O que ele faria sem apoio do senado e do congresso ? Veja so o Temeroso, pra conseguir passar reforminhas basicas da previdencia e trabalhistas esta tendo que lutar contra não so contra a opiniao publica e sindicatos, mas ate contra membros do proprio partido no congresso. Uma andorinha não faz verao. De que adianta botar uma cabeça ultra liberal la se ela não for capaz de articular o apoio necessario ?
          Em relação ao PSDB eu concordo com voce, mas acho que pode haver muita gente la com pensamento liberal de verdade infiltrada por conveniencia.

          5+
          • avatar
          • avatar
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 22:33

            Vc consegue imaginar o Roberto Justus no PMDB, PSDB ou PT?
            Pra participar da ideologias desses partidos, acho que só se corrompendo mesmo…

            Eu sei que senado e câmara jogam contra, mas é pra isso mesmo que precisamos de alguém fora desse círculo..

            0
  • antifragile 14 de abril de 2017 at 11:18

    A irmã da minha namorada, alguns anos atrás, se orgulhava do “super negócio” que fez com o marido.
    Comprou um casebre num condomínio estilo Minha Casa Minha Vida, no meio do mato, na região metropolitana de Fortaleza.

    Preço na época: 80 mil.
    Preço que ela diz valer hoje: mais de 150 mil.
    “Se eu soubesse tinha comprado dois!”, contava orgulhosa.
    “Um pra morar e o outro pra alugar”.
    Mais parecia que eu tava ouvindo os bordões aqui do blog.

    Jantando na casa da sogra, essa semana perguntei à cunhada quanto ela pagava de IPTU na casa onde mora.
    Perguntei por curiosidade mesmo, pois queria sondar a diferença de preços entre a capital e o município ao lado, onde está situado o imóvel.

    “Setenta reais”, disse ela.
    “A parcela ou o total?”, perguntei.
    “O total”.
    “Ah, que bom, que baratinho, nem pesa no orçamento né”.
    “Não pesa porque a gente não paga”.
    “Como assim vocês não pagam???”
    “Desde que fomos pra lá, a gente nunca pagou o IPTU. Vamos deixar pra pagar quando vendermos a casa”
    “Mas vocês não compraram essa casa faz menos de quatro anos?”
    “Sim, mas a nossa casa é muito longe do trabalho do meu marido e da escola do nosso filho. A gente tá pagando mais de 600 reais de gasolina todo mês”.
    “Ué, e vocês não pensaram nisso quando decidiram comprar imóvel EM OUTRA CIDADE??”
    “Pensamos, mas era o único lugar onde a gente podia pagar, e a gente não queria mais pagar aluguel”.
    “E quanto tempo falta pra terminar de pagar o financiamento?”
    “Uns vinte anos…”

    Nessa hora não me aguentei e ri na cara dela. Explico: no passado eles moravam de aluguel e pagavam cerca de 100 reais a mais que o financiamento do casebre que adquiriram. Apesar de pagar mais, eles moravam NO MESMO BAIRRO do trabalho dele, do colégio da criança, e da casa dos pais dela.

    No futuro contarei outros CVRs dessa cunhada.
    Aliás, também tenho CVR do marido da minha irmã.
    Cunhados são mesmo uma merda.
    Vivem fazendo bananisse.

    92+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Chapolin 14 de abril de 2017 at 11:31

      Antifragile, sei muito bem disso….

      Tenho um que comprou um apt “perto do shopping”. Quer vender, Aí ele calcula assim: “Quero só o que paguei….” Como se o comprador estivesse disposto a resolver o problema dele…. Quer o valor que já pagou e repassar as prestações de módicos 2,8 k. Várias pessoas vão olhar, segundo ele, mas a parcelinha é muito alta….

      Tenho vários outros casos, mas dá uma preguiça até contar. Mais do mesmo….

      43+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 11:55

      “Uns vinte anos…”

      hahhahahahahahahahahhaha , quase cuspi meu café no teclado quando li isso, ahahahaha

      30+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • perdido no rio 14 de abril de 2017 at 12:43

      Antifragile, você resumiu tudo: cunhados são a pior relação artificial que somos obrigados a aturar. Não são família, não tem nada a ver com a gente e, como somos minoria, normalmente têm posições opostas às nossas. E, pior, como normalmente fazem M*RDA, acabam pedindo ajuda ou extorquindo familiares (principalmente os pais, nossos sogros). Dá muita raiva, estou no processo de cortar relações com os meus.

      36+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Loucodf 14 de abril de 2017 at 17:53

        Vou aproveitar o termo “Cunhado” e mandar um CVR.

        Meu cunhado é o tipico 666, servidor público do GDF.
        O cara tinha um palio desse novo quitadinho. Mas segundo ele: ‘Era fraco” e trocou em uma TUCSON usada dando ele como entrada. Como ele AMA pagar parcelinha, fez essa BOSTA. Posteriomente TEVE QUE VENDER porque não aguetou pagar a gasolina. Segundo ele: “Consumia DEMAIS”. Tascou o agio da tuckson e pegou um UP 0km na concessionária. O “GENIO” se ATOLOU de dividas e teve que entregar o carro para o BANCO.

        Até aí….FODA-SE. Ele que sabe o que quer da vida.

        Mas tive que ouvir essa…………

        Quando vendi o paliozinho que veio junto com a mulher quando casei, vendi por R$23.000 e peguei um carro sedan (usado) porque vamos ter um bebe agora.

        Ele me solta: “Só 23.000, barato hein cara??????”

        Vontade de dizer: “23.000 é pouco seu viado ? Você fumou seu CARRO quitado e hoje está andando de onibus? VAI PRA P….. ”

        O que fiz? Sorri e acenei.

        55+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • perdido no rio 14 de abril de 2017 at 20:38

          Genial! Acho que nunca vi um exemplo tão claro do PMJ. São essas pessoas que dão lastro aos bancos para nos oferecer CDBs, LCAs e LCIs.

          Inspirado, um CVR rápido: ex-cunhado meu teve uma ótima: comprou um carro usado, não lembro o modelo mas não era popular nem 1.0 (pela situação financeira dele, deveria ser – ainda pagando parcelado, obviamente). Segundo ele, pagou muito barato, de um conhecido etc. Não entendo de carro, nem falei nada. Logo na primeira viagem que faria com ele, o bicho já bateu pino. Resultado: pagou reboque, oficina e ainda alugou um carro para ir. Cunhados são ótima fonte de CVRs. Acho até que podemos inaugurar os CVCs, Casos da Vida dos Cunhados.

          33+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • Arregao 14 de abril de 2017 at 11:19

    Acho q as vendas vão cair e muito…. temer liberou fgts para aquecer a economia, vai aquecer muito pouco e jaja acaba esse dinheiro tambem… o que ele ira fazer para dar dinheiro para o povo depois disso?? Meu deus… que situacao estamos ..

    17+
    • avatar
    • avatar
  • Chapolin 14 de abril de 2017 at 11:25

    Bem didático. Parte do bolhudinho vai direto para o bolso do governador, e também para o secretário de habitação.
    http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/arruda-pediu-r-8-milhoes-em-propina-para-liberar-condominio-no-df-diz-delator-da-odebrecht.ghtml

    9+
    • avatar
    • avatar
  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 11:48

    CVR
    Fui contactado por um colega quem não falava há uns 3 anos. Me adicionou por LinkedIn e me pediu Whatsapp , o que meio sem jeito, passei (odeio o jeito bananense de mandar besteiras via Whatsapp, então, em geral, evito brazucas nesse app, mas abri exceção).

    O cara estava muito bem enquanto morava em Brisbane. Morava lá com esposa e filhos..desde 2013 . Na época em que eu tinha Facebook eu sempre via fotos legais da familia (Mas vai saber né? Brasileiro adora mentir que vive bem no exterior, mas a maioria come merda e é serviçal dos locais) . Enfim, não sei o que o que houve, mas me contou que retornou ao Brasil já tem 18 meses. Assim que chegou ao Brasil, no final de 2015, deu entrada num daqueles bolhudinhos do lado do futuro metrô vila Sônia, que o PSDB-PCC prometeu estar pronto em 2013, e que muito corvertor prometia valorização. (Confesso 4 anos atrás…eu tb me seduzia pela região e até cogitei comprar lá).

    Agora, as estocadas do príncipe de Ébano Motumbo:

    *Esposa pediu o divórcio na virada de 2016. E se mudou de São Paulo para Porto Alegre…levando os filhos (o cara tá louco de raiva);
    *O emprego que ele tinha numa gestora de investimentos em São Paulo foi pro saco e tá desempregado desde Janeiro;
    *Parcelinhas do bolhudinho estão atrasadas, esposa não ajuda a pagar mas quer a parte proporcional enquanto estava casada com ele, e ainda cobra a pensão dele, mesmo estando em POA na casa da mãe;
    * O cara está desesperado e me pediu pra indicar algum emprego. Me mandou currículo. Até que não é ruim ,tem Inglês fluente, bons cursos e etc…mas é daquele tipo clássico que trabalhou em gestoras de investimentos usando Excel e no máximo um Matlab, e fez MBA na FGV : ou seja, nada mais que interesse a quem trabalhe com tecnologia de ponta;

    Disse a ele que retorno em breve a SP, e que vou ver o que posso fazer. Mas com certeza não vou poder fazer nada. Só tenho medo que um cara desse cometa suicídio e deixe os dois filhos desolados.

    * Obs: olha o nível de conhecimento imobiliario de quem trabalha em gestoras no Brasil…com acesso a todos os indicadores, lidando diariamente com IPCA, INPC, observando o movimento dos fundos da CVM, credenciado na Anbima, acompanhando CRIs e CRAs, o cara no alto dos seus 40 anos, me vai e financia um bolhudo…

    73+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • perdido no rio 14 de abril de 2017 at 13:06

      Sua observação diz tudo: estamos em um país onde qualquer serviço — de pedreiro a assessor de investimentos — tem qualidade baixa, porque é um país mal formado e onde a média das pessoas se contenta com qualidade medíocre de vida, que se desdobra para má formação e ignorância. Sofremos nós, que não podemos sair logo (eu estou preso por mais alguns anos, mas vou fazer meu plano para sair quando puder).

      21+
      • avatar
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 16:18

        Cara, mas aí que tá…como já falei…

        Só tô nos EUA pra prestar uma consultoria. Eu resido em SP-capital e justamente pela incompetência do povo eu faço muito mais grana no Brasil.

        Se fosse pra se consultor nos EUA, eu seria só mais um…jamais iria me destacar, tem muita gente boa melhor do que eu aqui.

        Já no Brasil me sinto “master” e praticamente poderia viveR de renda…mas quero aproveitar ainda mais.

        A monetizacão da ignorância do Bananense médio vale ouro…acredite!

        47+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • perdido no rio 14 de abril de 2017 at 16:52

          Concordo plenamente (inclusive levarei a dica em consideração para decidir as próximas empreitadas profissionais, pois estou querendo mudar de rumo). Mas o que quis dizer é que apesar de ser mais fácil se destacar aqui, onde a média é bem baixa, nós ficamos à mercê de serviços ruins, problemas de convivência e mesmo dificuldades de locomoção e sossego por conta dessa mentalidade medíocre que impera. Enfim, o caso é fazer as contas mesmo, ver o que compensa mais.

          14+
          • avatar
          • avatar
        • John Horse 15 de abril de 2017 at 09:45

          Prefiro ser um medíocre na 1a seleção do que o capitão da 2a seleçao.

          9+
          • avatar
          • avatar
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 14:42

            Eu não ligo pra status , diferente de você então…prefiro dinheiro no bolso, e isso o Brasil me dá bem mais…PMJ!!!

            2+
        • Bruna 16 de abril de 2017 at 11:20

          Pois é, mesmo dilema. Aquela velha máxima de “em terra de cego quem tem um olho é rei”. Só mudaria com uma boa proposta (pouco provável, pelos motivos que você expôs) de emprego ou pela questão da segurança. que não tem preço. Moro num lugar que já foi tranquilo, de frente pro mar, e hoje tem assalto 9 da noite em pleno domingo. Nessas horas entendo que prostitui seu próprio curriculum para morar fora ganhando miséria. Assim como você, tenho investido numa aposentadoria aos 40 ou 45, mas ainda tenho 31 hahaha.

          6+
          • avatar
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 14:39

            Olha só que partidão…(se for verdade)
            Tenho 35 e nunca vi mulher assim…

            2+
    • bolha real 14 de abril de 2017 at 16:23

      Qualquer comentário seu fala do PCC e PSDB. Abre seu coração pra gente, você já foi “assediado” por um “ladrão” que estava com camisa do partido né?

      Não é possível. Petista envergonhado.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 16:38

        Pronto…

        Apareceu o primeiro esquerdista tucano…

        É aí, tá orgulhoso do seu partido dividindo as páginas com PT e PMDB?

        Tucanalha enrustido é a pior raça que temos em SP…são doutrinados pra rotular a todos de petistas, mas são tão burros que são incapazes de lembrar que FHC e Lula quase formaram um partido juntos nos anos 80.

        28+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Carlos 14 de abril de 2017 at 20:39

      Engraçado, esta não é a minha experiência, a grande maioria das pessoas que eu conheço não estão “comendo merda” e tem uma qualidade de vida muito melhor no exterior do que no brasil, mesmo lavando privadas.
      Qual seria a vantagem em viver em um país estranho longe dos amigos e da família e ficar “comendo merda”? Este pessoal todo deve ser mazoquista pra caramba.

      Eu até tendo encontrar merdas como Skoll latão, carne cancerígena, frango com palelão e leite com produtos químicos mas não encontro… dammit… é uma merda morar em país de gente pobre…

      Vai saber. Devemos conhecer grupos de pessoas muito diferentes mesmo.

      11+
      • Bruna 16 de abril de 2017 at 11:30

        Eu já morei fora por alguns meses duas vezes, a primeira nos Estados Unidos e a segunda no Canadá. A melhor definição eu encontrei de um mineiro que trabalhava carregando mala num hotel sem regularização de vínculo (ou seja, sem contar tempo pra previdência nem nada). Ele dizia que “morara aqui é bom, mas é uma bosta; morar no Brasil é uma bosta, mas é bom”.
        Eu moro num dos lugares mais lindos do mundo, com um clima propício a viver 100 anos sem problema nenhum. Morar fora mexe com a pessoa, principalmente quando se está longe de família e um bom emprego. Para quem se acostumou a pagar barato por serviços (ainda que inferiores) que custam os olhos da cara nos países desenvolvidos, é difícil acostumar a viver num lugar cinza (principalmente no inverno), sem a estrutura a que está acostumado (comer fora quando quiser, viajar 3 vezes ao ano, mais viagens de fim de semana, ter alguém para limpar a casa, morar em algo mair do que deprimentes 45m², e por aí vai).
        Claro que isso tudo vai depender das expectativas do imigrante e do tanto que ele tá a fim de abrir mão. É muito pessoal, e realmente tem gente que faz qualquer negócio pra fugir do país. Não condeno, pois essa rotina de lava jato e assaltos era algo de que eu realmente nunca sentia falta!

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 14:47

          Vc foi ao cerne da questão!
          O Carlos ainda deve ter pouca experiência no exterior, por isso está encantado…primeiro país ainda…

          3+
          • Carlos 16 de abril de 2017 at 18:51

            Você tem uma experiência fantástica de gelar o rabo em Londres e em Seattle. Poupe-me da sua sabedoria de morar em lugares terríveis 😀

            7+
  • Marcio 14 de abril de 2017 at 11:50

    CVR
    Sempre é bom conversar com quem é do ramo pra saber como andam os negócios.
    Dona de imobiliária com mais de 30 anos de experiência, em conversa comigo: não vende quase nada.
    Está vivendo de aluguéis e de “desenrolar” imóveis em inventários (projetos, habite-se, cartórios, etc).
    Me deu dois exemplos de como está o mercado: casa que ela avaliou em 260 mil reais, que venderia facilmente uns 4 anos atrás por esse preço, segundo ela. O proprietário autorizou ela ir baixando o preço até vender. Ela disse que chegou nos 180 mil reais e não apareceu ninguém disposto a pagar. Diz que o proprietário está desesperado, porque precisa do dinheiro.
    O outro exemplo é de um apto de 200 metros quadrados que ela avaliou em 650 mil reais, mas que não havia recebido nenhuma proposta.
    O proprietário quer ir embora da cidade e tem pressa em vender, aceitou em reduzir até o máximo de 200 mil reais o preço pedido. E reduziu.
    Mas adivinha: não consegue vender.
    Lembro que falavam que haveria crédito mas não pessoas em condições de usá-lo.
    Pois também há queda relevante nos preços mas não há pessoas em condições de comprar.

    88+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • antifragile 14 de abril de 2017 at 11:57

      Despair chegando em 3… 2… 1…

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Money_Addicted 14 de abril de 2017 at 12:38

      acetiou? rs fala pra ele se ele aceitar 200k quem sabe ele vende

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 11:58

    There we go !
    Brace urselves , DESPAIR time’s comin’!

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Gute 14 de abril de 2017 at 12:07

    Nesse ritmo, estoque pra quantos meses?

    12+
    • avatar
    • avatar
    • CA 14 de abril de 2017 at 13:05

      Gute,

      Ao final de janeiro/2017, tínhamos 23.414 imóveis novos no estoque das construtoras na cidade de São Paulo, segundo o SECOVI SP.

      Se continuassem vendendo 622 imóveis por mês, como ocorreu em São Paulo em janeiro, este estoque seria o suficiente para 37 meses de vendas.

      Curiosamente o número de meses acima é similar a pesquisa da ABRAINC que apontou que ao final de 2016, o estoque de imóveis novos com construtoras no Brasil era o suficiente para 40 meses de vendas, na análise do estoque ao final do ano dividido pelas vendas dos últimos 12 meses.

      Isto significa que elas poderiam ficar mais de 3 ANOS sem fazer sequer um lançamento e ainda assim existiriam imóveis novos suficientes para serem vendidos!!!

      O normal é que o estoque de imóveis novos seja o suficiente para 6 meses de vendas. A partir de 9 meses, significa que o estoque está muito elevado. Estoque superior a mais de 1 ano de vendas, já é típico de bolha imobiliária explodindo. Quando este estoque passou de 3 anos de vendas, significa uma GRANDE ABERRAÇÃO!

      O segmento imobiliário e seus CHANTAGISTAS de plantão, como o Nefasto (by Lucas) mais acima, vivem dizendo que com a queda de oferta, por reduções de lançamentos, quebra de construtoras, etc, vai faltar imóveis e estes terão os preços subindo. Isto é uma ENORME mentira e os FATOS e dados dos últimos 5 anos comprovam isto.

      Em 2012 tivemos uma das maiores quedas de lançamentos de todos oa anos, na ordem de 42% e apesar disto, olhando os resultados de 12 construtoras com Ações na BOVESPA, observamos que os estoques passaram a ser o equivalente a 17 meses de vendas, sendo que até 2011, os estoques eram equivalentes a 11 meses de vendas, ou seja, em apenas um ano a proporção de estoque em relação a vendas subiu 50%!

      Nos demais anos, cada vez que o setor imobiliário diminuía os lançamentos, a desproporção entre estoque e vendas aumentava!

      Quer outro exemplo? A notícia do próprio tópico. Segundo o SECOVI SP, tivemos uma redução de 94% nos lançamentos, só que com isto, tivemos a pior venda de todos os tempos imdependente do mês consultado e a distorção entre oferta e procura bateu todos os recordes!

      Na realidade, a situação para o segmento imobiliário e seus asseclas é ainda MUITO pior do qie consta acima:

      1) O SECOVI SP OMITE o estoque de imóveis que tem mais de 36 meses de lançamento. Quando ocorrem os distratos? Na maioria das vezes após 36 meses, que é o tempo entre lançamento, construção, entrega do imóvel, habite-se e a pessoa tentar o crédito imobiliário e não conseguir. Isto significa que cada distrato destes não aparece no estoque e nem abate das vendas é uma dupla distorção, ou seja, a desproporção entre estoque e vendas ainda é muito pior do que os números do SECOVI SP indicam;

      2) Algumas construtoras, como PDG, Viver, MRV, etc, estão “adiando” o “reconhecimento” dos distratos, no mínimo por meses, às vezes por ANOS. De novo, isto significa que a desproporção entre estoque e vendas é muito maior do que aquela apontada nos relatórios oficiais das construtoras, pois estes imóveis não tem o estoque acrescentado nos balancos e nem abatem das vendas nos resultados, novamente uma dupla distorção nos números. Como referência, só a PDG tem mais de 15.000 distratos que ainda não foram resolvidos com seus clientes!

      3) Dentre os imóveis que tem sido “vendidos”, uma boa parte equivale a vendas FALSAS na planta, ou seja, vendas que no ato da entrega não irão se concretizar, por que os clientes não poderão adquirir o crédito imobiliário. Nos últimos anos, isto tem sido equivalente a 40% de todas as vendas, isto sem contar os distratos “não reconhecidos” mencionados acima. De novo, este representa um grande volume de imóveis que SIMULAM venda com queda de estoque, nova dupla distorção entre oferta e procura que não aparece nos números oficiais das construtoras;

      4) Imóveis em poder de investidores sem conseguirem vender nem alugar: desde o início da bolha, os lançamentos e “vendas” na planta simplesmente dispararam
      Sobre está esta base muito ampliada, o percentual de investidores que compram para vender ou alugar, passou de 10% que era o NORMAL antes da bolha para mais de 40% de todas as vendas, segundo pesquisas do próprio segmento imobiliário e isto aconteceu por vários anos. Uma parte se converteu no volume absurdo de distratos que vemos hoje, mas nem tanto quanto nos dizem as construtoras, é só ver que a enorme maioria dos depoimentos do ReclameAqui sobre problemas com distratos vem de quem comprou para morar. Aqui temos outro contingente de imóveis para vender qie não aparecem nas estatísticas das construtoras;

      5) Imóveis em leilões com bancos: só a CEF tem em leilões, mais de 20.000 imóveis para vender. Isto porque ela retomou menos de 1/5 da sua inadimplência acima de 90 dias OFICIAL. Se tivesse retomado todos os imóveis inadimplentes, seu estoque para revenda seria de mais de 100.000 imóveis. Só como referência, pelo levantamento da ABRAINC, as construtoras no TOTAL possuem cerca de 120.000 imóveis a venda e isto equivale a mais de 3 ANOS de vendas, ou seja, se a CEF colocasse para vender toda sua inadimplência OFICIAL acima de 90 dias, considerando-se que levam no mínimo o DOBRO de tempo para vender em leilão do que as construtoras, isto seria o suficiente para mais de 6 ANOS de vendas! Para piorar, sabemos que a CEF tem feito negociações MIRABOLANTES para mascarar a inadimplência real acima de 90 dias, ou seja, a situação é ainda MUITO pior que isto;

      6) Leilões de inadimplência de condomínio: temos tido nos últimos anos, recorde atrás de recorde de inadimplência de condomínios, levando a recorde de imóveis inadimplentes de condomínio indo para leilões, que também não entram nas contas do segmento imobiliário e seus asseclas;

      7) Por fim, tivemos quedas de vendas de imóveis usados ao longo dos últimos anos, ao mesmo tempo que tem aumentado cada vez mais a necessidade dos proprietários em venderem os imóveis pela continuidade da crise na economia.

      Considerando-se tudo que consta acima, o estoque de imóveis é o suficiente para mais de 10 ANOS de vendas, sem que haja a necessidade de 1 lançamento que seja. Em outras palavras, como sempre, a CHANTAGEM feita pelo segmento imobiliário, pelo Nefasto e demais asseclas, de que vão vai faltar imóveis se construtoras quebrarem, se reduzirem lançamentos, etc, é apenas uma grande DESINFORMAÇÃO, onde eles omitem, mentem e enganam, outro BLEFE de quem está DESESPERADO com a realidade e tem que inventar novos GOLPES para ENGANAR as pessoas o tempo inteiro…

      55+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 14 de abril de 2017 at 13:45

        Opa, apertei o like acima sem querer, desconsiderem.

        Boss, não poderia habilitar o “unlike” ao clicar novamente no like?

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Gute 14 de abril de 2017 at 13:51

        Como os preços resistem a esse cenário? Certamente a desinformação leva as pessoas a comprarem imóveis supervalorizados.

        17+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • CA 14 de abril de 2017 at 14:42

          Gute,

          Os preços NEGOCIADOS não resistem, por isto que o segmento imobiliário só fala sobre preços ANUNCIADOS.

          Exemplos:

          Leilões com descontos de até 80%. Alguns apontados em notícia como casa de preço de R$ 250 K e lance inicial de R$ 50 K, outros casos trazidos aqui por diferentes usuários.

          Índice IVG-R do BC baseado em imóveis financiados junto a bancos, apontando queda de preços nos últimos 18 meses, no começo queda de 0,5% ao mês, nos últimos 12 meses, queda de 1% ao mês.

          Construtoras reduzindo o valor de mercado de seus estoques de forma relevante nos relatórios oficiais, porque estavam vendendo como regra com valores muito abaixo daquele que constava nos balanços.

          Consultando no ReclameAqui, vemos diversos depoimentos de quem comprou na planta e no ato da entrega viu imóvel em andar e condições equivalente sendo vendido mais barato pela construtora, em diversas cidades e de diversas construtoras diferentes.

          Observações pessoais de usuários do blog apontando quedas relevantes em preços de imóveis à venda.

          Outras pesquisas baseadas em preços NEGOCIADOS, em diferentes cidades e de diferentes empresas que fizeram a pesquisa, apontaram em 2013 quedas relevantes, no entanto, a partir daí o segmento imobiliário bloqueou esta informação, assim como ele simplesmente deixou de falar sobre o IVG-R a partir das quedas constantes no preço e criou um outro Índice recentemente, menos auditável e mantido por parceiros deles, para FAZER DE CONTA que o preço não está caindo.

          E o FINGE ZAP? Cada vez que você vender o imóvel anunciado que tiver o menor preço, o que é o NORMAL, o preço médio do FINGE ZAP sobe! Isto leva os anunciantes a se empolgarem e eles aumentam os preços ANUNCIADOS e também os meses ou anos que estão sem vender.

          Por que é fundamental para o segmento imobiliário e seus asseclas mascararem a realidade?

          Porque se todos souberem o que está acontecendo as poucas vendas REAIS (*) por preços super-faturados não vão mais acontecer, as pessoas em volume cada vez maior vão esperar pela redução dos preços em escala maior.

          (*) Atenção: o SECOVI SP tem preços de lançamentos que incluem no cálculo um grande volume de vendas FALSAS na planta, para clientes que de qualquer forma não terão renda para adquirir o crédito imobiliário, então eles podem colocar o preço fictício que quiserem e SIMULAREM aumento de preços desta forma também…

          Outro motivo é que se a REALIDADE da queda relevante dos preços aparecer, as construtoras teriam que reconhecer reduções ainda maiores nos preços de imóveis que estão em seus estoques e com isto, a “garantia” junto aos bancos iria para o vinagre e elas não conseguiriam mais nenhum empréstimo para sobreviverem, mais algumas acelerariam sua quebra.

          Os bancos por sua vez teriam forte perda de liquidez, seriam obrigados a reconhecer os preços REAIS e teriam que diminuir o preço de avaliação para novos imóveis, além de terem que aumentar os juros cobrados e reduzirem os prazos de financiamento.

          Na realidade, o que consta nos dois parágrafos anteriores já está acontecendo, já tivemos algumas construtoras que reduziram o valor de mercado do estoque de imóveis, isto acabará se espalhando e vai chegar uma hora em que os bancos serão obrigados a restringir o crédito como coloquei acima, ou seja, eles não vão mais conseguir brincar de “finjo que engano, você finge que acredita” com as auditorias, da mesma forma que já aconteceu com parte das construtoras. Isto alimentará o círculo vicioso de queda de vendas e de preços.

          28+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 16:32

        CA…

        Que tal colocar a taxa de Natalidade de 1.7 aí nos levantamentos? Que pode diminuir ainda mais com a Zika , pois casais estão adiando terem filhos

        Ou o empobrecimento geral da população, que leva ao crescimento de alternativas como Airbnb?

        Sem falar de uma parcela dos Brasileiros qualificados, que teria renda pra comprar imóveis mas não vao é estar no Brasil?

        E os mais jovens , que poderiam morar sozinhos, mas que são os mais afetados pelo desemprego e certamente acabarão morando com os pais por mais tempo ? Fora aqueles que moravam em repúblicas e acabarao largando e voltando pra casa…

        22+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • CA 14 de abril de 2017 at 17:59

          Cramulhão,

          É verdade, tem estes pontos que você ressaltou e muito mais:

          Quando a REALIDADE sobre a explosão de nossa bolha se espalhar e isto é inevitável, por mais que governo, bancos e construtoras pedalem, teremos um desânimo profundo com relação à imóveis, proporcional à euforia IRRACIONAL do inflar e isto combinado com os fatores acima e mais uma série de AGRAVANTES existentes em nossa bolha imobiliária, como a explosão da maior bolha de corrupção institucionalizada do Mundo, junto com crise política e fiscal que nunca chegaram a acontecer nesta proporção durante explosões de bolhas em outros países, mais o fato de termos tido o recorde mundial na distorção entre preço dos imóveis e renda, fará com que aí sim tenhamos o vale da demanda escancarado, ninguém comprando, nem mesmo através das vendas FALSAS na planta e o crédito imobiliário secando por completo.

          A partir daí é que estaremos próximos do vale de precos.

          Lembrando que quanto mais o governo, o segmento imobiliário e os bancos pedalarem, pior vai ficar a situação para eles ao final. A experiência de outros países neste sentido já deixou isto mais do que claro. Como exemplo, até hoje, passados mais de 10 anos do início da explosão da bolha imobiliária americana, ainda temos 1/3 de todo o financiamento imobiliário de imóveis populares “under water”, ou seja, com saldo a pagar maior do que o atual valor de mercado e junto com isto, um grande contingente de jovens nos EUA que não querem nem pensar em comprar imóveis pelos traumas que tiveram nas suas famílias e que eles presenciaram de perto…

          19+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • SampaBoy 14 de abril de 2017 at 22:31

          Não se esqueça tambem do grupo que pode comprar ou trocar de imovel tranquilamente mas jamais faria isso simplesmente porque prefere ganhar juros que é muito mais interessante.

          18+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • Cesar_DF 15 de abril de 2017 at 06:23

        CA
        Como pode ter somente 23 mil imóveis a venda em São Paulo se em Brasília, com uma população 5X menor tem 35 mil (pelo SECOVI)

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Leonardo M. 14 de abril de 2017 at 15:33

    Ainda não vejo dispair em Chapecó.
    Pelo contrário, o que mais tenho visto é carros bolhudos, gente comprando no centro, esbanjando iPhone e Samsung e com Nike no pé.

    Ahhh quando esse dinheiro acabar….

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 14 de abril de 2017 at 16:21

      Muita gente mesmo faz de tudo para manter as aparências, costume besta principalmente de brasilinos, se importar mais com aquilo que as outras pessoas pensam do que com a própria vida.
      Deve ser nossa herança colonial, sei lá…
      Ainda que isto seja um “hábito” praticado em praticamente todas a culturas no Brasil isto chega a ser doentio, a pessoa chegar a fazer malabarismos dignos do Circo du Soleil para manter carro bolhudo com o objetivo de botar panca nos colegas de trabalho e familiares.
      Onde mais bobalhões criariam uma modinha chamada de “ostentação”?

      “Keeping up with the Joneses”

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 20:29

        Muita gente….e de todas as classes!!!
        A ordem no Brasil é ostentar!

        E que continuem assim, raspando o limite no banco! Nosso PNJ agradecem!

        7+
        • avatar
        • Carlos 14 de abril de 2017 at 20:43

          Tem gente por exemplo que tem uma necessidade patológica de ficar se gabando toda semana de como é mais inteligente, esperto e cheiroso do que os ex colegas, chefes e conhecidos e obviamente todo o resto da humanidade.
          Deve ser algum tipo de ostentação intelectual ou falta de auto confiança.

          16+
          • avatar
          • avatar
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 21:42

            Iiiiih
            Se doeu com o CRV do meu colega que morava em Brisbane? Foi?

            Cara, vc tem uns insights legais, mas admita: a maioria da brazucada aí vive na merda sim.
            Trabalha de cleaner, kitchen Porter, security guard que eu sei sim…mas tira fotinhos no Instagram pagando de “Bens de vida”…mas antes de fazer um “12 hour shift” hahahah

            Nos EUA é assim, é na Europa tb. Quem é qualificado de verdade arranja emprego em qualquer lugar, e não fica pagando de vítima.

            Eu sei os problemas do Brasil, mas aprendi a tirar proveito deles. Por isso sempre volto.

            Já vc, (não sei se tem subemprego, tb não me interessa…mas acho que tem, senão seria menos amargo) tá na cara que 2 a 3 vezes por semana faz questão de escrever linhas falando mal do Brasil , pra se auto-convencer de que é melhor vc continuar a raspar bosta de privada de Australiano por aí do que cogitar voltar ao Brasil.

            Ps: vc deve estar morrendo de saudades da família e amigos no Brasil, não? Conta pra gente, nao vamos rir…e pare de me ver como inimigo…isso não vai te levar a nada. Nem te conheço.

            8+
            • avatar
            • Carlos 14 de abril de 2017 at 22:32

              Se doer com CVR de colega seu?
              Tenho é pena de quem tem que conviver contido 😛

              17+
              • avatar
              • avatar
  • MauricioSP 14 de abril de 2017 at 15:39

    CVR
    Peguei um Uber e o motorista perguntou quanto valia meu apartamento. Expliquei para ele do pico em 2013, onde vi pessoas pagarem 359 mil, mas hoje vejo anúncios por 290 mil no olx e não vendem. Ele comentou que está há 2 ANOS tentando vender o apartamento dele por 280 mil, um 2 quartos grande de 80m2 mas sem garagem, separou da esposa e precisa dividir o valor com ela.

    Expliquei para ele sobre investimentos, a perda de oportunidade, os custos que ele tem, que seria melhor baixar até vender hoje e aplicar o dinheiro, da possibilidade de comprar por 100 mil em leilão, investimentos no tesouro direto, confesso que fiquei empolgado. Ele só ouvindo, chegamos no meu destino, ele ligou o pisca alerta e ainda ficou me ouvindo por uns 15 minutos. Um cara por volta de 50 anos, e não sabia de investimentos…

    57+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ribs 15 de abril de 2017 at 09:48

      Oq custa ficar de boca fechada? Foda- se o taxista 666.

      6+
    • Trader 15 de abril de 2017 at 13:48

      Creio que 99% dos brasileiros não ligam para investimentos. Colocam o dinheiro na poupança e se esquecem do resto.

      9+
      • avatar
  • MauricioSP 14 de abril de 2017 at 15:46

    CVR
    Fui tomar um café e várias velhinhas na mesa ao lado conversavam alto num chá da tarde, era impossível não ouvir. Uma contou a história da amiga que PERDEU um apartamento. Ênfase dela, fiquei interessado. O marido da amiga morreu em 2002, e a amiga não tinha como pagar o financiamento, impostos nem condomínio. O juiz não a expulsou do apto pois ela tinha as filhas pequenas para criar, mas ela não podia ter nada no nome dela, nem um dinheiro no banco ou jóia, pois às vezes o oficial de justiça ia na casa dela confiscar. Por fim no ano passado ela saiu do apartamento, as filhas já tinham crescido e ela estava cansada de não poder ter nada no nome.
    Todas horrorizadas como a fulana perdeu o apartamento, e eu pensando que um título melhor pra história seria “como minha amiga morou de graça por 14 anos”!

    56+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 14 de abril de 2017 at 15:50

      E ainda dizem que o Brasil vai ser uma potência mundial um dia.

      Tá, o dia que acontecer um dilúvio celestial de novo e barrar a raça de bananense que existe aqui então talvez teremos esperança.

      14+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 14 de abril de 2017 at 16:24

    corvos criminosos

    creci pb autua imobiliarias por falta-de-incorporacao e corretores fantasmas

    32 faltas de Inc, 8 fantasmas, e aluguel e venda de MCMV

    http://www.jornaldaparaiba.com.br/vida_urbana/noticia/183179_creci-pb-autua-imobiliarias-por-falta-de-incorporacao-e-corretores-fantasmas

    3+
    • avatar
    • Carlos 14 de abril de 2017 at 16:36

      Corvo fantasma é boa 😀
      Existems algumas lendas asiáticas sobre estes seres curiosos….

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 14 de abril de 2017 at 16:45

    Renegociação de empréstimos bate recorde nos bancos

    O volume é recorde e representa 13% do saldo total de crédito no país, que encerrou o ano passado em R$ 3,1 trilhões – queda de 3,5%. Nas linhas para pessoas físicas, de cada R$ 100 em créditos, R$ 15 passaram por algum tipo de refinanciamento, de acordo com o BC. Na carteira de empresas, os refinanciamentos representam 11,7% do total.
    O grande receio de parte dos analistas é o de que os bancos estejam apenas “pedalando” dívidas que não serão pagas mesmo em condições mais amigáveis.

    o estoque de ativos problemáticos no sistema financeiro subiu de 6,42% para 7,94% no ano passado, um avanço bem maior que o do índice de inadimplência convencional.
    http://www.contabeis.com.br/noticias/33486/renegociacao-de-emprestimos-bate-recorde-nos-bancos/

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 14 de abril de 2017 at 16:48

      Estão fazendo tentando recuperar alguma coisa de todas as maneiras possíveis, é agora ou nunca.
      Melhor receber pelo menos o principal ou parte dele do que nada.
      Deve ser um dos poucos setores em franco crescimento no Brasil, mas como sabemos só dura até quando os bancos estiverem tendo algum retorno.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 14 de abril de 2017 at 17:06

        Só em SP
        TV por assinatura bombando, hora de pedir desconto seus sovinas 😀

        533 vagas de emprego para RECUPERADOR DE CRÉDITO em São Paulo, SP
        http://www.infojobs.com.br/vagas-de-recuperador-credito-em-sao-paulo.aspx

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • CA 14 de abril de 2017 at 17:35

          Sobre o seguinte trecho do link acima:

          “O grande receio de parte dos analistas é o de que os bancos estejam apenas “pedalando” dívidas que não serão pagas mesmo em condições mais amigáveis.”

          Alguém ainda tem alguma dúvida sobre isto???

          Os eufemismos na mídia, os receios com relação ao óbvio, etc…

          Quem, em sã consciência (o que já exclui o Nefasto) acha que a CEF no 4T16 teve redução na inadimplência acima de 90 dias em TODAS as linhas de crédito em meio a desemprego crescente, renda caindo e crise se agravando?

          Quem ainda acredita que dos 8% de todo o crédito imobiliário com inadimplência entre 15 e 90 dias que a CEF apontou no 3T16 NADA se tornou inadimplência acima de 90 dias no 4T16 e ainda reduziram o que tinha de inadimplência acima de 90 dias?

          Faz sentido uma recuperação tão “miraculosa” quanto esta e ao mesmo tempo a CEF oferecer descontos de até 80% nos leilões, querer contratar corretores em todo o país para desovarem seus imóveis e ainda tentar criar sua própria empresa abutre para transferir os créditos podres?

          Se é verdade que a inadimplência miraculosamente se reduziu com o agravamento da crise e desemprego, por que a CEF precisa de tantas ações mirabolantes como as que constam acima? É só intensificar estas “negociações magicas” que daqui a pouco nem vai ter mais inadimplência, por que tantas ações APELATIVAS simultâneas?

          Para que o BC estava estudando estender o uso do FGTS para pagar dívidas do segmento imobiliário com atrasos de até 1 ANO, pensando na CEF, se as “negociações mágicas” da CEF já estão dando resultados tão “espetaculares”, sem nem precisar disto?

          Por que tantas medidas SEMANAIS e desesperadas do governo para salvar o segmento imobiliário, se a recuperação está ocorrendo tão facilmente, é só “renegociar”?

          Por que o governo liberou mais de R$ 42 BILHÕES do FGTS, com intuito de diminuir o endividamento das familias, DEPOIS que a CEF já conseguia resultados tão fantásticos quanto estes só na base da renegociação? Pra que?

          O conjunto de EVIDÊNCIAS que DEMONSTRA que os bancos e como sempre, em especial a CEF e o BB estão PEDALANDO é GRITANTE, como temos apontado por aqui FAZ TEMPO.

          É a mesma situação das PEDALADAS das construtoras apontadas aqui no blog desde 2012, quando já advertiamos que geraria um caos no setor e que só nos últimos 2 ou 3 anos que os “especialistas” começaram a “ver”, ou melhor, pararam de FINGIR que não viam e mesmo assim, governo, segmento imobiliário e seus asseclas continuam FINGINDO que isto não era mais do que previsível ANOS antes…

          23+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Carlos 14 de abril de 2017 at 17:44

            Pergunta boba….
            Como os bancos estão contabilizando estas dívidas que estão na mão das empresas de cobrança?
            Falo dos bancos “reais” como o satã e não o BBosta ou o caixão.

            4+
            • avatar
            • CA 14 de abril de 2017 at 18:19

              Carlos,

              Se eles só terceirizaram a cobrança em si, sem transferir os créditos podres, DEVERIA continuar sendo contabilizado como INADIMPLÊNCIA.

              Já quando eles transferem para empresas abutres, com “descontos” de até 90%, estes títulos transferidos desaparecem da inadimplência do Banco, mas afeta os resultados e conforme isto vai se intensificando em volume, juntamente com aumento de calotes, em especial das construtoras que estão quebrando, quedas de preços de imóveis e terrenos sendo reconhecidos nos balanços das construtoras, IVG-R do BC em queda continua e relevante, leilões com descontos cada vez maiores, etc, fica cada vez mais arriscado para as auditorias FINGIREM que não estão vendo tudo isto, por mais dinheiro que recebam dos bancos para audita-los e assim, em algum momento terão que exigir dos bancos uma redução dos valores de garantia de imóveis que estão em seus balanços, como já fizeram com algumas construtoras, quando isto acontecer, como expliquei acima, se reforça o círculo vicioso de redução de crédito e agravamento da crise, até chegar no vale da demanda e no vale dos preços.

              13+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
          • Alemon Fritz 14 de abril de 2017 at 18:26

            só ver a frase
            “No total, a carteira de créditos renegociados dos quatro maiores bancos de capital aberto – Itaú Unibanco, BB, Bradesco e Santander – aumentou 21% no ano passado, para pouco mais de R$ 80 bilhões, ”

            Imagina a Caxão Lixo, caxa de creditos podres..

            8+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
    • From_The_Tower 15 de abril de 2017 at 10:01

      Pedalada da pedalada feelings….

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Carlos 14 de abril de 2017 at 18:00

    OFF – Bananistão, a “potência” agropecuária.

    “Cozinheiros e comensais talvez não tenham notado, mas um dos temperos mais populares no Brasil é cada vez mais chinês. Em meio a uma verdadeira guerra de liminares e ações judiciais, importadores têm se livrado do pagamento da tarifa antidumping imposta pelo governo e o País tem recebido uma enxurrada de alho da China. Em 2016, a importação saltou 67% e atualmente um em cada três alhos consumidos no País vem da China. O Brasil já importa mais alho que lâmpadas ou placas de computador do gigante asiático.

    O Brasil compra volumes expressivos de alho chinês desde o início dos anos 2000. Só no ano passado, quase 100 mil toneladas foram embarcadas da região de Shandong, a maior produtora de alho do mundo, no leste da China, para o Brasil. Desde o fim do ano passado, porém, os volumes crescem por uma questão jurídica: importadores têm conseguido liminares que os liberam do pagamento da tarifa antidumping imposta ao alho chinês, que é mais barato que o nacional.”

    http://atarde.uol.com.br/economia/noticias/1853706-alho-chines-provoca-briga-comercial

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 14 de abril de 2017 at 18:32

      mas o preço disparou aqui, era 14, foi a 16, já está 22 pilas … um roubo. O tomate tbm e laranja..

      5+
      • avatar
      • avatar
      • perdido no rio 14 de abril de 2017 at 20:39

        Eu ia falar o mesmo, tambem estou encontrando por mais de R$20, muito acima do que pagava nos últimos meses.

        4+
        • avatar
        • Carlos 14 de abril de 2017 at 20:45

          Se um pacote de alho trazido da China chega mais barato no Brasil do que o produzido localmente é óbvio que temos um pequeno problema.
          Visto que os salários bananences não são lá tão maiores do que os dos chineses atualmente.

          10+
          • avatar
          • avatar
  • Cajuzinha 14 de abril de 2017 at 18:15

    “Pelos números do Índice AADIC/DataImobi, criado pela Associação dos Administradores de Imóveis do Estado, a impontualidade nos pagamentos aumentou 9,53% em relação ao mesmo período do ano passado e a inadimplência subiu 31,42%.”

    http://mobile.opovo.com.br/jornal/colunas/opovoeconomia/2017/04/mercado-de-alugueis-com-precos-inalterados-em-fortaleza.html

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 14 de abril de 2017 at 18:40

      Cajuzinha,

      Pois é, enquanto isto os bancos com suas “negociações MIRABOLANTES” continuam maquiando o tamanho REAL da inadimplência.

      Pior é que além de maquiagem, no caso dos Bancos dominados pelo governo, como a CEF e o BB, eles ainda apagam incêndio com gasolina, reduzindo os juros para algumas linhas de crédito, quando o aumento anormal das “renegociações”, que só no ano passado cresceram mais de 20%, exigem que eles façam exatamente o CONTRÁRIO…

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 14 de abril de 2017 at 18:29


    Comprei um apartamento com a promoção UM ANO DE CONDOMINIO PAGO PELA ROSSI, mas só depois de assinar o contrato q me falaram que esse 1 ANO eu é quem pagaria e após os 12 meses eles me reembolsariam. Antes de pegar as chaves eu já comecei a pagar! Já passou de 1 ano e venho cobrando o reembolso mas eles não me pagam , e nem sequer me respondem!!!”
    http://www.reclameaqui.com.br/QF_UX9HyOIqERwAd/rossi-residencial/propaganda-enganosa

    58+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • to bolhado 14 de abril de 2017 at 20:13

      Pqp, quando vc pensa q ja viu de tudo kk

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 14 de abril de 2017 at 21:44

      Hahahahahah

      8+
      • avatar
      • avatar
    • Ilusionista 15 de abril de 2017 at 00:01

      mercado imobiliário perdeu totalmente a ” Credibilidade “, quem já não foi enganado pelo menos sabe de alguém que caiu nesta furada de valorização eterna….
      Para retornar aquela “sensação de escassez”, tipo, “compre antes que acabe” ou “compre antes do aumento” é no mínimo mais uma década….
      povão já anda bem descolado com “conversa para boi dormir”.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • Fernando 15 de abril de 2017 at 22:21

        Concordo com vc.
        Não há mais credibilidade alguma.
        Qualquer negócio nessa área deve ser cercado de todas as precauções possíveis.
        Seja comprando ou alugando.
        Só tem picareta.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • Bsbguy 17 de abril de 2017 at 14:05

          Assino em baixo caso esteja falando sinceramente, caso esteja sendo irônico, avise, pois não parece.

          1+
    • LZ 17 de abril de 2017 at 09:25

      E se a empresa quebra você não recebe NADA.
      Sensacional !!!
      Palmas para a ação de MKT

      0
  • Cajuzinha 14 de abril de 2017 at 18:40

    “Compare Rankings
    Veja também:

    Rossi não possui documentação necessária para continuar o processo de financiamento e não devolve o dinheiro pago!
    Rossi Residencial

    Angra dos Reis – RJ ID: 25111577 26/03/17 às 15h06
    denunciar
    Estorno do valor pago ConstrutorasConstrutoras
    Solicitamos uma carta de crédito junto a Caixa de Construção de Casas para o Pessoal da Marinha para financiar um apartamento no empreendimento Rossi Mais Recanto Tropical em Itaboraí-RJ, apartamento 302 da torre 02.

    Em janeiro conseguimos a carta, seria financiado 100% do valor do imóvel, mas mesmo assim nos foi exigido no ato da assinatura da promessa de compra e venda (dia 23/01/2017) um sinal de R$4.778,00, que foi feito em depósito numa conta da Rossi no dia 25/01/2017.
    Além disso assinamos vários documentos e até hoje não recebemos cópias de nenhum deles.

    Em fevereiro, no decorrer do processo de financiamento, e após termos gastado dinheiro com autenticações etc, a Rossi nos informou que não possuía uma das certidões negativas (certidão de ônus reais) exigidas para que o financiamento fosse concretizado, pois o imóvel se encontrava em hipoteca junto ao banco.

    Agendamos uma reunião no escritório da Rossi e da Brasil Brokers em Itaboraí-RJ para resolver o problema onde o corretor José Ricardo e o gerente Carlos Correa nos informaram que o financiamento não poderia ser feito nem pela Marinha e nem pela Caixa Econômica Federal, pois ambas não aceitavam financiar imóveis com hipoteca e nos instruíram a solicitar o distrate e a devolução do dinheiro junto a Rossi, o que foi feito através do 0800 733 6000,”http://www.reclameaqui.com.br/_yjD7eDdzUuIKVQI/rossi-residencial/rossi-nao-possui-documentacao-necessaria-para-continuar-o-processo-de-financiamento-e-nao-devolve-o-dinheiro-pago/

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 14 de abril de 2017 at 18:53

      Cajuzinha,

      Infelizmente tudo indica que os casos acima serão MAIS ALGUNS que ficarão no PREJUÍZO.

      Como venho dizendo há algum tempo, a Rossi nos últimos anos tem pedalado fortemente com dinheiro de clientes e fornecedores, de todas as formas possíveis e inimagináveis.

      Quando fez a reestruturação de dívidas, alongou prazo, reduziu juros, abateu parte da dívida e empurrou Ativos com valores super-faturados para PARTE dos credores que foram OBRIGADOS a aceitarem isto, sabendo que se não topassem, quando a Rossi entrar em recuperação judicial, o que só não vai acontecer se tiver GRANDE socorro externo, eles ficariam junto com uma fila enorme de credores esperando por prazo indeterminado para receber muito menos do que foi oferecido pela Rossi nessa reestruturação.

      No caso de outros fornecedores menores, a Rossi tem praticado desde inadimplência por um tempo longo, até calote parcial ou total.

      Já para os clientes, além dos casos que você colocou acima, eles também FORÇAM os clientes que não conseguem o crédito imobiliario no banco a aceitarem imóveis menores, piores e mais baratos na base de troca, porque estes teriam parcelinhas do financiamento imobiliário que caberiam nos bolsos destes clientes. Eles FORÇAM sob a AMEAÇA de reterem até mais de 90% de todo o valor pago.

      Existem diversas outras formas pelas quais eles estão pedalando com suas dívidas e como sempre só ampliando o tamanho do problema para eles mesmos e para todos os envolvidos…

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 14 de abril de 2017 at 18:46

    CA, o que vc sempre fala:

    “ECONOMIA
    Medo de calote limita a oferta de crédito mais barato
    Bancos elevam prêmio de risco, apesar da queda da Selic” A recessão prolongada e o desemprego aumentaram o medo dos bancos de arcar com inadimplência dos clientes, elevando o chamado spread bancário, que embute este risco. Por isso, enquanto a Selic recuou 3 pontos percentuais entre fevereiro de 2016 e abril deste ano, os juros cobrados das famílias aumentou: de 40% para 41,4% ao ano, segundo os dados mais recentes.
    http://m.oglobo.globo.com/economia/medo-de-calote-limita-oferta-de-credito-mais-barato-21208882

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 14 de abril de 2017 at 18:59

      Cajuzinha,

      É isto mesmo e só para variar, eles continuam com uma série de eufemismos, quando na realidade os bancos estão fazendo isto porque só no ano passado, os 4 maiores bancos aumentaram em 20% seu volume de “renegociações”, conforme notícia que consta acima (isto sem contar a CEF).

      O buraco é bem mais embaixo, mas para cada notícia como esta em que você acha uma pequena parte da verdade, existem muitas outras persistindo na MENTIRA e dizendo que com a queda da SELIC todos os bancos vão reduzir seus juros e emprestarem mais dinheiro, quando só os bancos comandados pelo governo (BB e CEF) persistem nesta estratégia SUICIDA…

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 14 de abril de 2017 at 19:47

    foram os corvos fantasmas (e uma morte)
    Livro de Habite-se foi furtado da Secretaria do Planejamento da prefeitura de Balneário
    http://www.pagina3.com.br/policia/2017/abr/14/1/livro-de-habite-se-foi-furtado-da-secretaria-do-planejamento-da-prefeitura-de-balneario

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 14 de abril de 2017 at 20:09

      Será que eles só tem esta porcaria de livro para registrar o habite-se dos imóveis? Não é registrado em nenhum outra lugar?
      Sempre fico não dúvida se fazem este tipo de merda por incapacidade ou por ter outros intere$$e$ mesmo.

      CVR – Uma colega de trabalho resolveu fazer faculdade já faz algum tempo e precisou de um certificado de conclusão do segundo grau, a porcaria da escola onde ela tinha estudado que é controlada pelo lixo da secretaria de ensino do estado de SP tinha sofrido um incêndio e os documentos de alguns ex alunos tinham sido perdidos.
      Resultado: Não tinha como provar que tinha o 2nd grau e acabou tendo que fazer supletivo para tirar um certificado..

      Conclusão:
      Lixo de país, lixo de serviço público…
      Esta bosta só tem estrutura para te ferrar como no caso da receita federal do inferno.
      Um aviso: Quem não tem cópias destes documentos deve providenciar as suas.

      29+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Trader 15 de abril de 2017 at 13:51

        Era só ela pesquisar no Diário Oficial. Isso acontece com milhares de brasileiros.
        Acho que ela não tinha o 2° grau mesmo.

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Bruna 16 de abril de 2017 at 12:30

        O Ministério da Educação tem todos esses registros.

        3+
  • Lord of All 14 de abril de 2017 at 19:58

    Considerando a possibilidade de uma eventual moratória no TD (video caos econômico e político na banânia), alguém já pensou em guardar uns trocados em dólar em espécie e ouro? Ainda existem aqueles cofres nos bancos que podem ser alugados e, se existem, vale a pena custo?

    9+
    • avatar
    • Lord of All 14 de abril de 2017 at 19:59

      * vídeo = vide.

      1+
    • perdido no rio 14 de abril de 2017 at 20:45

      Acho ouro barra caro (a taxa de custódia é alta), mas estou pensando seriamente em seguir o manual do anonymous (me arrependo amargamente de não ter feito isso antes). Ainda considero o risco de calote bem baixo, mas apesar de termos boas fontes de informação aqui, essas notícias podem não chegar a tempo de salvar todo o patrimônio. De qualquer forma, estou pensando em realizar as 2019 até o fim do ano para evitar imprevistos no ano eleitoral. No entanto, vale lembrar que o Temer não pode ser julgado, mas foi delatado junto com metade da base do governo e diversos ministros, então me preocupo de termos reviravoltas e imprevistos ainda neste ano — minha opinião (sem fonte ou insider nenhum, apenas acompanhando notícias).

      4+
      • Zejose 14 de abril de 2017 at 23:55

        Procure saber sobre a Parmetal. Spread baixo, não cobram custódia e garantem a recompra da barra caso vc prefira levar pra casa.

        8+
        • avatar
        • avatar
    • SampaBoy 14 de abril de 2017 at 21:54

      Antes do calote existem coisas bem mais simples e eficazes que o governo pode fazer :
      1- vender ativos (como fez na petrobras, é possivel fazer em bancos estatais etc) para honrar compromissos .
      2- imprimir dinheiro , provocando inflaçao e desvalorizando a moeda

      A opcao 1 ja esta sendo feita e quem estiver atento pode ate ganhar dinheiro com isso. Por exemplo : a BR distribuidora esta sendo vendida e ITSA (itausa) é uma grande interessada. a conclusão do negocio pode valorizar tanto petrobras como itausa (ITSA3) , principalmente esta ultima, por estar provavelmente negociando um ativo a um bom preço.
      A opção 2 é menos provavel, porem a proteção seria simplesmente comprando US$ (de preferencia abrindo conta la fora e transferindo) . No caso da desvalorização voce tera a sua reserva valorizando em “real”. Outra opções seria fundo cambial, porem neste caso é necessario acertar o “timing” para compra….

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Master Yi 14 de abril de 2017 at 22:41

        Opção de imprimir dinheiro não é só pouco provável, é vedada pela Constituição.

        4+
        • avatar
        • Carlos 14 de abril de 2017 at 22:54

          Quem liga pra Constituição ou para leis no Brasil? 😀
          São apenas palavras no papel… que podem e serão usadas contra eu e você, nunca contra quem está no podêr.

          17+
          • avatar
          • avatar
          • Master Yi 14 de abril de 2017 at 23:23

            Concordo que existem outras formas do Governo estimular a inflação, como emissão de títulos públicos. Mas nunca pela impressão de moeda.

            8+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Fernando 15 de abril de 2017 at 22:24

              É isso aí.

              0
  • Leonardo M. 14 de abril de 2017 at 20:09

    CVR

    Supermercado brasão em Chapecó(mercado classe A e B)
    Pouca gente comprando ovos de Páscoa, tinha mais garota dá Nestlé oferecendo e querendo ajudar do que compradores.

    Super alfa mercado pra classe B e C
    Pouca gente comprando ovos e mais gente só olhando.
    Vi uma ou outra senhora com o carrinho cheio de ovos, com certeza para os netinhos. Mas no geral essa nova geração não tá ligando muito pra ovos de Páscoa.

    Preços acima de R$50 um ovo ridículo.
    Prefiro comer em uma churrascaria bolhudas do que comer um ovo de páscoa.

    Detalhe fui hoje nesses dois mercado e mesmo em véspera de páscoa ninguém comprando!

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 14 de abril de 2017 at 20:16

      A economia está bombando mas o pessoal não está comprando porque são todos religiosos e estão fazendo jejum ou estão no retiro espiritual. 😛
      Jejum de dinheiro 😀

      9+
      • avatar
  • Carlos 14 de abril de 2017 at 20:25

    OFF – Turma da tal CNC deve estar fumando aquele mato com cheiro estranho.

    Vendas na Páscoa devem crescer 1,3%, estima CNC
    http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2017-03/pascoa-tem-aumento-no-volume-de-vendas-e-queda-em-numero-de-vagas-diz-cnc

    56% dos supermercadistas esperam queda nas vendas da Páscoa
    http://www.sm.com.br/detalhe/ultimas-noticias/cinquenta-dos-supermercadistas-esperam-queda-nas-vendas-da-pascoa

    Supermercados preveem queda de 7,7% nas vendas de produtos da Páscoa
    http://www.valor.com.br/empresas/4917422/supermercados-preveem-queda-de-77-nas-vendas-de-produtos-da-pascoa

    5+
    • avatar
  • San_Lappen 14 de abril de 2017 at 20:59

    Primeiro post e primeiro CVR.

    Amigo montou uma padaria no Recreio dos Bandeirantes. Bairro próximo à praia, de classe média / alta, onde foram construídos e lançados muitos novos empreendimentos imobiliários.
    Hoje, Sexta-feira Santa, o amigo postou uma foto de um forno daqueles que os francos ficam girando para serem assados.
    O pessoal brincou que os frangos iriam encalhar pois hoje é dia de comer peixe.
    Para minha surpresa, logo após o almoço, o forno estava vazio. O frango assado fez um grande sucesso na vizinhança.
    Pelo visto a situação realmente não está muito tranquila.

    47+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 14 de abril de 2017 at 21:14

      Que preconceito contra carne de frango kkkkk

      9+
      • avatar
    • Carlos 14 de abril de 2017 at 21:14

      Não teve consórcio pra comprar bacalhau neste ano?

      8+
      • avatar
      • avatar
    • SampaBoy 14 de abril de 2017 at 22:40

      o FGTS que era pra aquecer o mercado imobiliario acabou pagando apenas dividas, o frango e a sobremesa…..agentes do governo vão ter que pensar em alguma outra ideia

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • dasampa 14 de abril de 2017 at 23:57

    San_Lappen

    Primeiro post e primeiro CVR.

    Amigo montou uma padaria no Recreio dos Bandeirantes. Bairro próximo à praia, de classe média / alta, onde foram construídos e lançados muitos novos empreendimentos imobiliários.
    Hoje, Sexta-feira Santa, o amigo postou uma foto de um forno daqueles que os francos ficam girando para serem assados.
    O pessoal brincou que os frangos iriam encalhar pois hoje é dia de comer peixe.
    Para minha surpresa, logo após o almoço, o forno estava vazio. O frango assado fez um grande sucesso na vizinhança.
    Pelo visto a situação realmente não está muito tranquila.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar

    Essas máquinas aqui em SP tem nome de TV de cachorro

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Arregao 15 de abril de 2017 at 08:36

    O peixe sobe de preço uma semana antes da semana santa. Deve ta cheio de gente pedindo desculpas pelo pecado mas esse ano foi o frangao no almoco da sexta mesmo…. que deus nos perdoe

    5+
    • Cesar_DF 15 de abril de 2017 at 16:47

      Na minha sexta-feira teve churrasco

      7+
      • avatar
    • Fernando 15 de abril de 2017 at 22:28

      A solução é uma só: comer bacalhau do porto depois do feriado…
      Comprar ovo depois…
      Pq as pessoas têm necessidade de seguir um ritual preestabelecido?

      7+
      • avatar
      • avatar
  • De-boa-na-bolha 15 de abril de 2017 at 08:58

    Será que vai faltar mão de obra ?
    Sem novos contratos, construtoras envolvidas na Lava Jato definham
    “Amadio afirma que o setor vive a pior crise de sua história e que a recuperação vai levar, pelo menos, dez anos”
    “Para um especialista em infraestrutura, que prefere não se identificar, a situação pode piorar com a quebra de muitas outras empresas do setor”
    http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,sem-novos-contratos-construtoras-envolvidas-na-lava-jato-definham,70001739094

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 15 de abril de 2017 at 16:48

      10 anos
      O cara é um otimista

      5+
      • avatar
  • Cadeludo 15 de abril de 2017 at 09:29

    CVR
    Rádio gaúcha pixulequeira virou corvo
    Há duas semanas estão botando pilha pra comprar na planta
    Estão todos os corvos no bourbon country distribuindo ovos de páscoa
    dentro do ovo vem a benga do motumbo
    fujam dessa desgraça

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 15 de abril de 2017 at 09:46

      sera q ainda se consegue enganar alguem com vendas na planta? esses dias tinha um corvo na acad q eu frequento tentando, mas ngm dava mta atencao rs

      7+
      • avatar
  • Rodrigo ABCDM-SP 15 de abril de 2017 at 09:46

    CVR do ABCDM-SP

    Sempre recebo e-mail de uma corretora desde 2013 oferecendo imóveis aqui na região. Pois bem, eu sempre apagava pois estou no alugue aqui e SCS só que ontem me chamou a atenção o seguinte: ela está oferecendo serviços de limpeza e jardinagem. Até aí nada demais. Quando abro o e-mail eu a vejo como “personal organizer”, cara, que coisa, eu já havia lido sobre mas será que isso tem mercado? Mandei um e-mail perguntando de ofertas na região de aluguel a personal aí não tem mais o CRECI, indicou-me contatos, aproveitou para oferecer o serviço: R$ 200,00 pela manhã de “orientação”.
    Nem sei se isso é caro ou barato, mas que coisa… pagar para pessoa te ajudar a se organizado.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 15 de abril de 2017 at 09:53

    Este comentário ficou muito para cima, como é um assunto interessante e que ainda não exploramos muito, replico aqui:

    “Ilusionista 15 de abril de 2017 at 00:01
    mercado imobiliário perdeu totalmente a ” Credibilidade “, quem já não foi enganado pelo menos sabe de alguém que caiu nesta furada de valorização eterna….
    Para retornar aquela “sensação de escassez”, tipo, “compre antes que acabe” ou “compre antes do aumento” é no mínimo mais uma década….
    povão já anda bem descolado com “conversa para boi dormir”.”

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 15 de abril de 2017 at 10:51

      No link abaixo eu havia feito uma coletânea de depoimentos de investidores que compraram na planta e no ato da entrega, no ANO DE 2013, eles viram que as construtoras estavam vendendo mais barato do que eles pagaram ao adquirirem na planta. O curioso é que naquela época, muitos deles achavam que eram os “únicos” que tinham tido este “problema” e que a culpa era da construtora, porque na visão deles, o mercado estava bombando e só a incompetência da construtora é que poderia explicar o prejuízo deles. Segue o link para quem quiser conferir, os depoimentos estão ao final:

      https://www.google.com.br/amp/defendaseudinheiro.com.br/comprar-imovel-em-tempos-de-bolha-imobiliaria/amp

      Já no final de 2016, quando fiz um novo apanhado de investidores que tinham comprado na planta e visto a construtora vendendo mais barato na entrega, percebi que eles não se sentiam mais como os “únicos” que tinham tido este “problema”, eles tinham consciência de que isto era algo que não era mais “inadmissível” ao contrário dos investidores que tiveram exatamente o mesmo prejuízo em 2013. Para quem quiser ver segue o tópico em que coloquei esta coletânea nos comentários, ao acessarem procurem por ReclameAqui:

      https://www.bolhaimobiliariabrasil.com/2016/11/22/boladecristal-black-friday-construtoras-devem-oferecer-imoveis-pela-metade-do-preco-r7/

      Quando estava procurando imóvel para trocar de aluguel no ano passado, fui visitar um que pertencia a um corretor de imóveis e durante a visita ao imóvel ele espontaneamente disse que comprar um imóvel na planta era uma roubada, você pagaria mais caro, antecipado, com risco de atraso na obra etc. Acabei alugando de outra pessoa no mesmo prédio, por um preço bem menor, mas aquilo ficou na memória.

      Outra evidência de que até INCAUTOS para serem enganados com vendas FALSAS na planta com a promessa da “eterna valorização” estão em falta, é que no ano de 2016, segundo pesquisa do SECOVI SP, venderam só metade do que lançaram, sendo que até 2011, vendiam 100% no mesmo ano.

      Como se não bastasse o que consta acima, a ação apelativa de deixar 100% do prejuízo para o comprador em caso de distrato, mesmo quando ele tiver sido enganado por “n” promessas não escritas durante a venda, acabou chamando demais a atenção e levando as pessoas a refletirem e descobrirem a roubada que era comprar um imóvel na planta até em função do altíssimo nível de cancelamentos (40%) e do discurso das construtoras de que boa parte era por investidores que ao verem que os imóveis não tinham a valorização esperada na entrega, desistiam. Oras como estes investidores poderiam acreditar a partir de então no papo dos corretores sobre a eterna valorização dos imóveis se as próprias construtoras diziam o contrário e ainda informaram que a valorização NÃO ocorria em larga escala que virava cancelamento?

      Fora tudo que consta acima, é claro que notícias da quebra de Viver e PDG vão se espalhando e servindo de alerta, junto com informações de quebra de milhares de outras construtoras e mais os transtornos gerados para quem comprou destas empresas e isto também vai afugentando o comprador na planta. Só a PDG tem mais de 15.000 distratos que não tiveram restituição para compradores.

      Temos ainda outros fatores, como promessas não cumpridas por construtoras, obras interrompidas pela metade ou sem nem ter os fundamentos da obra, diversos problemas de qualidade só descobertos na entrega, etc, etc, etc…

      Tudo que consta acima, ocorrendo ao longo de ANOS vai se espalhando de uma pessoa para outra, afinal cada insatisfeito / prejudicado comenta com “N” outras pessoas e isto vai destruindo cada vez mais as vendas na planta.

      Qual o problema de destruir as vendas na planta, se conforme demonstrado acima, temos à venda imóveis suficientes para mais de 10 anos de vendas sem precisar de sequer um lançamento?

      O problema é que os lançamentos são a base das vendas FALSAS na planta, eles são essenciais para SIMULAR uma recuperação das vendas, sem eles as vendas raquíticas e os estoques infinitos em proporção a estas vendas aparecem!

      Basta ver o tópico de hoje: reduziram lançamentos em 94% em São Paulo, com isto tiveram as piores vendas da história e se mantiver este ritmo de vendas, o estoque seria suficiente para mais de 3 anos sem NENHUM lançamento, isto pelos dados divulgados pelo SECOVI SP que maquia e omite grande parte da distorção, no mundo REAL é bem pior que isto.

      Outro caso foi o de 6 construtoras que no 3T16 zeraram lançamentos e terminaram o trimestre com vendas líquidas de distratos NEGATIVAS. As construtoras precisam de novos lançamentos, para aumentarem as vendas FALSAS na planta e com isto disfarçarem a anomalia dos distratos vindos das vendas FALSAS do passado.

      O segmento imobiliário precisa ENGANAR para mascarar esta situação absurda que só ocorre em bolhas imobiliárias, por isto não duvido que aumentem lançamentos novamente, só para SIMULAR mais vendas, apesar da aberração na distorção entre oferta e procura. Já fizeram isto, por exemplo, em 2016, de acordo com levantamento da ABRAINC para o total do Brasil, se tiverem fôlego financeiro, farão de novo. Claro, farão isto se depois da inadimplência e “renegociação de inadimplencia”, mais a quebra de grandes construtoras, os bancos ainda estiverem dispostos a financiar um aumento nas PEDALADAS, sabendo que só estarão aumentando seu prejuízo no futuro próximo…

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 15 de abril de 2017 at 11:52

        Mencionei também os que viraram investidores e não voltam ao “mercado” tão cedo

        pequenos investidores no Tesouro Direto atingiu 50000, sendo 1,2 milhão de invstidores. 442mil são ativos e 2bilhoes aplicados..
        Contabilzemos tambem quem caiu em golpe de corvo e construtora (que não é pouco), algo em torno de 200milhoes de reais, tipo uma telexfree pra manter a média.
        E ainda não tivemos um bulltrap significativo… possivelmente no fim do ano carregando mais algumas sardinhas velhas, após as mudanças na previdência

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Alemon Fritz 15 de abril de 2017 at 12:00

          epah, já são 43 bilhoes no tesouro direto ou quase 100.000 imóveis de 430k … kkkk
          corvos se lasquem.

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • antifragile 15 de abril de 2017 at 10:47

    Post muito interessante sobre o ex-polegar que gastou toda a fortuna e agora tá devendo mais de 500 mil em pensão alimentar, parcelas do carro bolhudo, aluguel, etc. Fez tanta bananisse que levou até surra do cunhado.

    É o retrato do típico bananense descontrolado, que desperdiçou as oportunidades incríveis que a vida lhe deu.

    http://seumadrugainvestimentos.blogspot.com.br/2017/04/cronicas-da-matrix-finaneira-o-polegar.html

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 15 de abril de 2017 at 17:04

      Ele é um escravo da inflação do padrão de vida, um procriador irresponsável, um vitimista convicto e um completo inepto no trato com o dinheiro.

      Ele é, acima de tudo, o rei das escolhas erradas, e a prova viva do que imaturidade emocional e financeira podem causar na vida de uma pessoa.

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 15 de abril de 2017 at 11:43

    agora ele vai ver o dedo “médio” do motumbo

    7+
    • avatar
  • Alemon Fritz 15 de abril de 2017 at 13:00

    muito bem
    Geração Millennials prefere arrendar casa a comprá-la
    65%, sendo 78% até 700 euros…
    http://www.jornaleconomico.sapo.pt/noticias/geracao-millennials-prefere-arrendar-casa-a-compra-la-146818
    divulgando no FB

    8+
    • avatar
    • avatar
  • Luladranus 15 de abril de 2017 at 14:44

    Bom, sei que não se pode generalizar, mas, será que encontrarão ao menos UM político que se salva?

    http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/setor-de-propinas-da-odebrecht-movimentou-us-33-bilhoes-de-2006-a-2014-diz-delator.ghtml

    “O setor destinado ao pagamento de propinas da Odebrecht movimentou cerca de US$ 3,370 bilhões (R$ 10,6 bilhões) entre 2006 e 2014. O número consta de uma tabela entregue à Procuradoria Geral da República (PGR) pelo ex-executivo do grupo Hilberto Mascarenhas, responsável pela chamada Área de Operações Estruturada, que realizava o controle de vantagens indevidas pagas a políticos.”

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Longa Manus 15 de abril de 2017 at 15:14

    Sei que ninguém me perguntou nada, mas respondendo o questionamento acima, sou Bolsonaro 2018 até me provarem que ele está envolvido em corrupção. Se continuar intocável neste sentido, apenas sendo alcunhado de homofóbico, racista, misógino e o kcete a quatro, não importa, irei de Bolsonaro assim mesmo. Quero alguém fora da lista e ele está out desde o mensalão! Avante !!!

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 15 de abril de 2017 at 16:52

      Para mim
      Primeira opção : Doria
      Segunda opção : Bolsonaro

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 15 de abril de 2017 at 21:08

        Pra mim, qualquer candidato que não seja do PSDB-PCC. Se a opção é votar em esquerdista estatólatra, que seja alguém que nunca esteve em Brasília. PSDB-PCC, PT e PMDB já tiveram sua chance.

        2+
  • Luladranus 15 de abril de 2017 at 15:18

    Se os EUA tem a mãe de todas as bombas e a Rússia tem o pai, nos temos gerações intermináveis de corruptos:

    http://istoe.com.br/o-esquema-submarino/

    “A construção dos submarinos, incluindo um nuclear, rendeu ao Partido dos Trabalhadores (PT) R$ 17 milhões em propina, segundo a delação do ex-chefe da área de infraestrutura da empreiteira Benedicto Barbosa da Silva Júnior. Anunciado em 2009, o Prosub era um projeto do governo Lula em parceria com o governo francês do então presidente Nicolas Sarkozy. A transferência de tecnologia para o Brasil ficou por conta da empresa francesa DCNS, que escolheu, sem licitação, a Odebrecht para participar da construção das embarcações. Para que os repasses do governo ao programa não cessassem, a Odebrecht teria pago, entre 2012 e 2013, R$ 17 milhões ao PT. Outros R$ 50 milhões dos valores repassados pela construtora ao partido teriam saído do departamento de infraestrutura da empresa, em especial pelo interesse na liberação dos recursos. O programa, que inicialmente tinha um orçamento de R$ 20 bilhões à época, deve custar cerca de R$ 31,85 bilhões e é o maior projeto das Forças Armadas em andamento.”

    http://istoe.com.br/benesses-para-familia/

    “Se tem algo que não dá para negar é que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva preocupa-se com valores familiares – valores, deixe-se claro, pecuniários; e familiares, no caso, são parentes chegados, assim como ele, em um bom trambique. Lula foi o maior paizão, o maior irmão, o maior tiozão. Bastante generoso ele, desde que tal generosidade viesse em forma de dinheiro dos cofres da empreiteira Odebrecht.”

    http://istoe.com.br/a-metastase-da-corrupcao-em-brasilia/

    “Deputados, senadores, ministros e governantes, todos juntos, misturados num bolo fecal de roubos em série, como uma infestação de moscas a rondar sujeira. O sindicato do crime instaurado pelo PT em 13 anos de poder frutificou e se arraigou de tal maneira na Capital Federal que envolveu praticamente todos os atores numa grande fuzarca. Cambada de aloprados! Lula, o comandante supremo – como bem classificou a força-tarefa da Lava Jato – falava lá atrás, nos tempos idílicos de uma candidatura que se dizia contra tudo que está aí, que existiriam 300 picaretas comandando o Congresso. Hoje, sabe-se, são muito mais. Dentro e fora da casa parlamentar. E o autor da frase está prestes a ser condenado pelo mesmo crime, com requintes diabólicos, dignos de um Maquiavel focado em praticar o mal.”

    7+
    • avatar
    • EngenheiroSP 15 de abril de 2017 at 16:24

      Curiosidade: a “transferência tecnológica” é de um submarino de décadas atrás, feito tudo com sinais analógicos. Pro pessoal do projeto conseguir usar sinais digitais e outras mudanças mais modernas, tem que ficar mandando pra matriz, que sempre cobra um valor pra analisar e responder

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • ravoc 15 de abril de 2017 at 16:08

    CVR

    Esses dias fui ver um apartamento em Campinas que dissera ser bom
    95m, bem localizado, etc… Preço a vista 500k… Andar baixo… Andar alto 650k, a vista!

    Corretor disse que o apartamento foi avaliado em valor venal por 180k, na negociação que ocorreu, mas que o custo pra construtora foi de meros 600k… Mas quer 500k, a vista…

    Ah, garagem descoberta…

    Ah (2), apesar de 95m, uma varanda gourmet enorme que faz a sala ser ridícula de pequena… Quartos pequenos e banheiros menores ainda… Espaço ficou pra varanda gourmet… Bananense adora…

    Entregue há 6 meses, o empreendimento de 64 apartamentos, menos 30% ocupado, o resto pra vender…

    500k a vista, num ao pequeno mal distribuído, varanda gourmet gigantes 2 vagas de garagem descobertas…

    Ah (3), 800 conto de condomínio…

    Saindo de lá, a Sra Ravoc me solta “não vou gastar todo nosso dinheiro por isso é deixar de receber juros”

    Que orgulho…

    Ah (4) kkkkkkkkkkkkkkk

    Mas o AP do Fernando, pelo que fiquei sabendo, vale, hoje, 1.3kk

    44+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Fernando 15 de abril de 2017 at 21:23

      F.

      0
    • Fernando 15 de abril de 2017 at 21:49

      Não, não vale isso.

      2+
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 14:51

      Cara…isso é que é esposa!

      3+
  • SampaBoy 15 de abril de 2017 at 16:38

    0
    • SampaBoy 15 de abril de 2017 at 16:38

      Santos , Entregue ha mais de 2 anos, 500m2, dos 23 apartamentos 5 apenas estao ocupados (da pra ver a instalacao de ar condicionado e fechamento das sacadas), a noite porem geralmente so 1 apartamento aceso.

      Acho que foi uma questao de “timing”…..se o cara tivesse lançado esse ap em 2030 ele conseguiria sim vender por 5 milhoes cada ap

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • SampaBoy 15 de abril de 2017 at 18:48

      o link para foto esta no dropbox (em uma pasta publica) , porem depois de uma hora o dropbox da erro tentando abrir o link . o dropbox nao funciona pra isso ?

      1+
      • Carlos 15 de abril de 2017 at 19:23

        Veja se não tem limite de tempo quando compartilhou, alguns serviços te permitem fazer isto, ou fazem por padrão 😀

        2+
        • avatar
  • Leonardo M. 15 de abril de 2017 at 17:42

    CVR

    Andando com a patroa pelas ruas de Chapecó eis que me deparo com um prédio de 3 andares. Metade dos apartamentos estão com placa de alugasse, isso mesmo! Prédio precisando de pintura e com estado deplorável de conservação, tinha até uma placa no último andar dizendo; “três meses de aluguel grátis”.

    FTT fica em frente a 1 delegacia de polícia na rua Santa Catarina entre GV e POA.

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 16 de abril de 2017 at 10:24

      Sei…onde é.
      A.R.D.A.M.
      kkkk

      2+
      • avatar
  • Nofimdomundo 15 de abril de 2017 at 18:02

    CVR

    Prédio em que estou morando.
    Há mais de um ano e meio a patroa tinha visitado, o preço do aluguel pedido era de R$ 2.500,00.
    Daí, um dos proprietários arregou e passou a anunciar por 1650,00.
    Ocorre que tinha muito a se fazer para o apartamento ficar habitável.
    Pensamos em nem mudar, nem nada.

    Porém, logo encontramos outro no mesmo prédio, com menos coisas a fazer e fechamos por 1700,00.

    Estranhamente, logo em seguida quase todos alugaram. Matutei um pouco e cheguei à óbvia conclusão: é o preço, estúpido.

    O CA não perde a razão, o preço é regra do mercado. Provavelmente os proprietários viram o preço do mercado e passaram a ceder. E, por fim, conseguiram alugar.

    Detalhe, o fator X era 411, agora já vi um anúncio por 529X.

    Não vai vender nunca e o que muitos não conseguem ver que o aluguel hoje é uma válvula de transferência de renda brutal dos “espertos” para os “otários” que não possuem casa própria.

    Vejam bem a trava psicológica da Bolha. O fator X real de 150X, estipula o valor de compra de 255k, mas o bananense quer 900k. Sinceramente não consigo vislumbrar esses números se aproximando. É uma fossa de 645k.

    E para piorar a situação, os que vieram para o prédio novo, com certeza deixaram vagos os alugueis antigos. Só na cidade 2 grandes empresas pediram recuperação judicial, não há nada de novo atraindo gente de fora.

    O ciclo de decadência econômica vai atingindo primeiro os proprietários dos piores imóveis e aqueles que não cedem no preço. No OLX já pipocam imóveis abaixo de 200k, o que não ocorria há pouco tempo.

    Olhem os detalhes meus caros, a economia e a bolha está implodindo aos poucos. E o movimento desse mercado não é um vídeo de efeitos imediatos. Cada quadro demora um semestre e para 1 segundo de vídeo são necessários diversos quadros.

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 15 de abril de 2017 at 18:45

      Até 2003 um Fato X = 100 era bem comum

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • ravoc 15 de abril de 2017 at 18:07

    CVR

    Condomínio em.que moro hoje, já comentei certa vez, nunca ficava um imóvel para alugar por mais de 1 mês… muita procura…

    Há quase 1 ano com pelo menos 10 casas vagas para locação…

    Vai? Claro que vai, só baixar! Kkkkkkkkkk

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 15 de abril de 2017 at 18:13

    CVR loja de móveis

    Esposa fez uma amiga no ônibus que está todo dia.
    Disse que com a liberada do FGTS as vendas subiram de T$9mil por dia foi pra T$18mil
    Bom, sabemos que isso tem prazo de validade…

    27+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • antifragile 16 de abril de 2017 at 04:24

      Os melhores móveis que já comprei na vida foram no OLX. Sem brincadeira. Tanto na qualidade, como no preço.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • SampaBoy 15 de abril de 2017 at 18:58

    Tropico !

    Construtoras queimam carteira de obras
    Mesmo com cortes radicais na estrutura para se adequar à nova realidade de receitas, as empresas não conseguem reagir, atropeladas pela grave crise na imagem e pela recessão econômica.
    Algumas decidiram “hibernar” os negócios até que o cenário melhore. Isso significa desativar praticamente toda a área de construção.
    Outras estão em recuperação judicial, sem muitas perspectivas de sair. E há ainda aquelas que decidiram focar os negócios em países distantes.
    Enfrentam essa situação construtoras que até o início da Lava Jato estavam entre as 15 maiores empresas do setor, como Carioca, Mendes Júnior, Galvão Engenharia, Constran (UTC) e OAS.
    As quatro maiores da construção – Odebrecht, Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Queiroz Galvão – também estão com grandes dificuldades para se recuperar, mas ainda têm gordura para queimar e um pouco mais de obras para concluir.
    Na maioria das construtoras, porém, a carteira de projetos se deteriorou rapidamente no último ano e deve continuar assim em 2017.
    http://www.dcomercio.com.br/categoria/negocios/construtoras_queimam_carteira_de_obras

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 15 de abril de 2017 at 19:01

    666 FB Chapecó

    Vendendo uma Kia sportage 1999 gasolina por R$6.500
    Preço bom e o carro tá bonito de lata pelo menos é o interior impecável.
    15 comentários tentando trocar por gol quadrado,Ford Ka,boa etc + dinheiro.
    Caraiooooo bananense não tem 6.500 temers na poupança pra ter uma 4X4 de um 666 enforcado precisando dá grana?
    Tá frio a coisa

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 15 de abril de 2017 at 19:01

      Biz*

      3+
      • avatar
  • CA 15 de abril de 2017 at 19:01

    https://www.reclameaqui.com.br/zGRc-cg_WpTWGFzD/hm-engenharia/correcao-nao-esclarecida-imovel-mais-barato/

    Trecho do link acima:

    “2ª reclamação: em Fev/17 fui ao stand de vendas fotografar o apto decorado e descubro que estão vendendo o apto no mesmo andar e metragem que o meu, por R$ 37 mil reais abaixo do que comprei 3 anos atrás, que aliás, se corrigirmos pelo mesmo INCC-DI, aumentou o preço. Qual o nome disso? Valorização negativa? Crise econômica? Eu não passei por crise, então? Como será que me mantive adimplente? Exijo um acordo pra rever esse valor, tendo em vista que acreditei no empreendimento quando nem a fundação estava feita e estou sendo severamente prejudicada. Se eu quiser desfazer o negócio, vender, transferir a dívida, não consigo, pois teria que pedir no mínimo o que já paguei, somar a correção, inclusive de juros de obra para a CAIXA, cujo valor jamais amortizará meu contrato. Como? Se no stand estão vendendo mais barato? “

    44+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 15 de abril de 2017 at 19:05

      Tadinha
      Alguém explica que isso só aconteceria se o dinheiro ela estivesse em uma RF?

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • CA 15 de abril de 2017 at 19:06

    https://www.reclameaqui.com.br/ql4Zn9G9eRNvbeH7/queiroz-galvao/total-desprezo-pelo-cliente/

    Trecho do link acima:

    “Total desprezo pelo cliente
    Queiroz Galvão
    Santo André – SP ID: 24465345 23/02/17 às 16h30
    denunciar
    Problemas com o Atendimento
    Vamos desde o inicio, em agosto de 2013 eu comprei um apartamento no Pátio Bolevard Santo André, onde vim até o presado momento cumprindo com todas as exigências feitas pela construtora para me vender a unidade, mais quando foi se aproximando da entrega do empreendimento notei que a construtora ,3 anos após o lançamento e eu ter adquirido a unidade está vendendo o mesmo que me foi corrigido em mais de R$100 mil reias pelo mesmo valor de 3 anos atras sem nenhum tipo de correção…”

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 15 de abril de 2017 at 19:18

    https://www.reclameaqui.com.br/-c9cLKwnB3ztvo7S/pdg-incorporacoes/problemas-com-distrato-e-apartamento–o-pesadelo-que-e-a-pdg-/

    Trecho do link acima:

    “Problemas com distrato e apartamento. O pesadelo que é a PDG.
    PDG Incorporações
    São Paulo – SP ID: 22670669 07/12/16 às 10h38
    denunciar
    Estorno do valor pago Construtoras Construtoras

    Resolvemos vender o imóvel devido a isso, mas para nossa surpresa, a própria PDG estava vendendo os apartamentos muito mais barato do que o valor do nosso, o que atrapalhou diretamente nossas negociações. Enquanto eu teria que arcar com R$310mil, a própria construtora vendia os apartamentos restantes por R$235mil. E descobrimos a informação da pior maneira: ligando fingindo ser um comprador novo, o corretor da PDG nos informou o valor e quando questionado sobre o fato de que haviam pessoas vendendo por um valor maior, o vendedor informou que era eram pessoas que compraram no lançamento e vendiam mesmo com o valor maior porque queria ganhar em cima das pessoas, além disso, afirmou que nenhum comprador do lançamento tinha a garantia de ia receber o apartamento, por isso vendiam caro.”

    34+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Luladranus 15 de abril de 2017 at 19:27

      kkkkkkk imagina a cara do otário ao ouvir isso do corvo.

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 15 de abril de 2017 at 19:35

      Se a dívida bancária for superior a 235k, por que ela deveria continuar pagando as prestações?

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Carlos 15 de abril de 2017 at 20:07

      Brasileiro médio não tem a menor idéia sobre oque seja risco.
      Do pobre sem ter onde cair morto até gente podre de rica, todos acreditam que o valor dos bens e de tudo aquilo o que eles tem e fazem depende da “vontade” deles, do “pensamento positivo”, do horóscopo, da “fé”, de acreditar (Fernando).
      Coisa provavelmente de latinos de confundir realidade com ficção, a quantidade de pessoas que pensa que personagens de novela ou séries de TV tem a vida que representam é absurda, é só olhar na “capa” dos portalões de “notícias”, você não sabe se estão falando de pessoas e fatos reais ou de novelas, BB ou outra merda qualquer.
      As pessoas vivem presas em um mundo de sonhos, de vontades e sentimentos onde o final feliz é a única opção e o universo conspira para ajudá-las, tem até livro de auto-ajuda tosco bem popular sobre isto.
      Talvez este entorpecimento, uma imbecilização, coletivas ajude a explicar como são levados facilmente na conversa por políticos e no bico pelos corvos, não tem como uma pessoal racional e que a mínima capacidade e visualizar e compreender o mundo real ser tão idiota desta maneira.
      Não é a toa que o realismo fantástico seja um gênero literário praticamente criado na américa do sul, Jorge Luis Borges, Julio Cortázar, Garcia Marques foram alguns dos gênios que identificaram este fenômeno.
      Muita gente mesmo vive procurando salvadores da pátria, quer sejam políticos ou qualquer outro líder como padres, pastores, gurus, “exemplos” de gente que “venceu na vida”, de preferência de maneira mágica, por “acreditarem” em algo ou por pura “vontade” mágica.
      No Brasil tivemos Dias Gomes e Janete Clair, véio soça :-D, quem é mais “antigo” e se lembra dos personagens dele vai identificar este mesmo fenômeno.
      Até nossos “entrepreneurs” são avessos a riscos e preferem o capitalismo do paizão estado.

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 15 de abril de 2017 at 21:23

        Sim. Isso em parte é a “culpabilizacao” de outrem.
        Ao colocar tanto a culpa quanto a solução em fatores externos a si mesmo, a pessoa se auto-engana evadindo-se da responsabilidade pelos seus atos.

        Quem reclama do seu país e deposita todas as suas fichas em outra nação, como se nesta fossem só pétalas de rosas ao vento sofre do mesmo mal…

        4+
        • avatar
        • Carlos 15 de abril de 2017 at 21:46

          Não podemos reclamar então?
          Não podemos acreditar que existem lugares melhores?

          Nacionalismo tosco é sinal de falta de inteligência, falta de auto-confiança ou dos dois na minha opinião, e você já deu provas disto quando afirmou que prefere viver entre os “medíocres” para se sentir superior.
          Me pareçe que você sofre do mesmo “mal” que condena nos outros, ou deve pensar que o Jardim Europa é uma espécie de Mônaco encravada na selva hurbana de SP, vai saber…
          Realismo fantástico atuando 😀

          7+
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 11:18

            Quem disse que não pode ? Pode e deve…

            Sua interpretação das coisas é tão sofrível como a do brazuca médio, que está óbvio que vive por aí de subemprego.

            O cerne da minha crítica, que vc é incapaz de entender , é o fato de toda semana vc bater na mesma tecla, falar mal do Brasil com certa agressividade, exaltando o resto do mundo.

            Relaxa, caro imigrante, ninguém aqui sabe sua identidade, não precisa se doer ou provar nada a ninguém….

            1+
        • Carlos 15 de abril de 2017 at 21:52

          “Se fosse pra se consultor nos EUA, eu seria só mais um…jamais iria me destacar, tem muita gente boa melhor do que eu aqui.”
          Grande merda, se destacar entre gente incompetente…

          6+
          • Carlos 15 de abril de 2017 at 21:58

            Somos realmente muito diferentes pois prefiro e sempre preferí estar entre pessoas mais bem sucedidas, mais inteligentes e com mais capacidade do que mim mesmo e tentar aprender alguma coisa com elas do que se render a mediocridade e ao conformismo.
            Tenho tido bastante sorte durante a minha vida até agora, conhecí pessoas e lugares estraordinários e continuo conhecendo, aprendí muito com elas e não pretendo mudar.

            5+
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 11:20

            Destaque pra mim é dinheiro no bolso, e consigo mais no Brasil. Se pra você status é mais importante, acabara de mostrar que age exatamente como o bananense que tanto crítica…rs

            Risível…rs

            2+
            • Carlos 16 de abril de 2017 at 20:16

              Cara, você é tão patético que eu não consigo nem ficar com raiva 😀
              MGTOW master, seasoned big data expert, pica das galáxias, conhecedor do mundo, bla bla bla
              Aí fica defendendo gastar 500 pilas por compania feminina, quer montar negócio no Brasil, esta procurando o amor de sua vida depois de tomar no c.. e na testa e acha que o supra sumo é morar nos Jardins…
              Fora é claro o fato de ter passado cantada tosca no primeiro nick feminino que comentou algo que escreveu…
              E ainda quer me diagnosticar e ensinar, patético, demasiado patético…

              2+
              • Carlos 16 de abril de 2017 at 20:20

                Este é o seu “game”? Bem fraquinho mesmo, não me admira que tenha que arrumar mulher na base da grana.

                O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 14:39
                Olha só que partidão…(se for verdade)
                Tenho 35 e nunca vi mulher assim…

                2+
                • O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 23:49

                  AHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

                  É sério isso?
                  Ninguém sabe a identidade de ninguém, nem meus colegas bolhistas que moram e trabalham perto do meu local nos Jardins, como o SampaBoy, nos conhecemos …e vc acha quer discutir comigo ? E ainda acha que estou “cantando” um perfil feminimo do qual nunca vi ?

                  AHAHAHAHAHHAHAHAA, alo pessoal, devemos ter um um 666 infiltrado aqui, não é possível tamanha ignorância….AHHAHAHAHAAH .

                  “não me admira que tenha que arrumar mulher na base da grana” … HAHAHAHA, e vc consegue de graça então, lindão , rico e cheiroso?

                  Pago GPs no mundo todo mesmo! No momento estou com uma russa em Seatle, já vc deve estar aí , sendo esnobado pelas Aussies.

                  Cara, agora conta pra gente : o que vc ganha em discutir com quem vc nem conhece ? O objetivo do Blog é falarmos da Bolha…

                  Vc teria muito mais a acrescentar ao blog se não fosse um lunático se gabando de algo que não é. Atenha-se a falar da Bolha. Alliás, vc poderia fazer algo útil e falar da Bolha Australiana, em vez de se doer com postagens de quem vc nem conhece.

                  Por que vc não contribui e escreve sobre a Bolha Australiana ? Quando vai te cair a ficha o quão patético é vc querer discutir comigo, algo que não levará a nada ? Reflita!

                  1+
                  • Carlos 17 de abril de 2017 at 00:33

                    “Vc teria muito mais a acrescentar ao blog se não fosse um lunático se gabando de algo que não é. Atenha-se a falar da Bolha. Alliás, vc poderia fazer algo útil e falar da Bolha Australiana, em vez de se doer com postagens de quem vc nem conhece.”

                    Posto artigos sobre a bolha down under quase todo dia aquí caso ainda não tenha reparado….
                    É só tirar a cabeça do próprio rabo e prestar mais atenção.

                    1+
                • O Cramulhao de FHCigienopolis45 17 de abril de 2017 at 00:01

                  A proposito, enquanto vc não percebe o quão babaca vc é por perder tempo discutindo algo infrutífero comigo, vou te jogar outro verde, de assunto que vc sabe de fato e poderia contribuir com o Blog…

                  O que mais sobre os Paim vc sabe ? Já dei um canal que estão envolvidos com certa construtoras supracitadas. Os únicos no blog que lembram o caso da família Paim nos anos 80 parecem ser vc e o Lucas.

                  Se quiser contribuir, blz…mas se o seu prazer é apenas discutir besteiras comigo pra tentar provar pra todoss os anônimos do blog que vc é o grande Pica das Galáxias de T.I na Oceania melhor nem escrever: vc está fugindo totalmente do objetivo do blog, e melhor procurar o Facebook.

                  0
                  • Carlos 17 de abril de 2017 at 00:30

                    Tá bravinha santa 😛

                    0
      • Fernando 16 de abril de 2017 at 00:52

        Ditado: a fé move montanhas.
        O objetivo não pode ser só o dinheiro em si. O dinheiro é um meio para algo maior, que satisfaça os anseios do indivíduo.

        9+
        • avatar
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 15 de abril de 2017 at 21:17

      Hahahahaha

      1+
    • From_The_Tower 16 de abril de 2017 at 10:26

      huahuahuahuauhhua
      Eu si divirtu !

      3+
  • Cadeludo 15 de abril de 2017 at 19:44

    Vcs só pensam em bolha e corvos, mudem o foco “investimento ” é isso:
    http://g1.globo.com/carros/noticia/por-adrenalina-dono-diz-ter-investido-r-170-mil-em-gol-quadrado-de-650-cv.ghtml

    11+
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 15 de abril de 2017 at 19:58

      Caramba como o bananense deveria estudado pela NASA.
      R$170 mil daria pra comprar um Camaro tranquilamente!
      Mil vezes um Camaro do que um gol quadrado, quem vai dar 170mil em um gol quadrado?

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 15 de abril de 2017 at 20:10

        Não existe adrenalina melhor do que receber o carnesão pra pagar o carro, o IPVA e o seguro, e poder ostentar pros outros então? É um prazer quase sexual.
        Fora ser motumbado sem dó pela GM em cada revisão.

        5+
      • Carlos 15 de abril de 2017 at 20:12

        Por falar em Gol quadrado de 650cv, 99.99% destes veículos míticos não duram o tempo que se leva para ir de SP a Jundiaí rodando sem quebrar e passam a maior parte das suas vidas no mecânico 😀

        5+
        • Leonardo M. 15 de abril de 2017 at 20:15

          Também o cara investe horrores em motor mas o motor só tem 2 radiadores sendo que deveria ter no mínimo 4 pra resfriar esse monstrengo.
          Os “mexanicos*” agradecem! Kkkkkk

          4+
          • avatar
          • Carlos 15 de abril de 2017 at 20:16

            Camaro não tem a exclusividade do Apezão 2 kilo e meio e nem dá pra colocar roda orbital 😀

            4+
            • Carlos 15 de abril de 2017 at 20:20

              É tope…. quase 43K nesta bosta, tijolos mágicos e turbão mágico de ouro 😀

              Gol Turbo 1.9 Dt-b Ft 500 Fueltech Legalizado
              R$ 42.900
              http://carro.mercadolivre.com.br/MLB-847432164-gol-turbo-19-dt-b-ft-500-fueltech-legalizado-_JM

              4+
              • avatar
              • Leonardo M. 15 de abril de 2017 at 20:25

                Olha qua do a realidade bater na porta
                Cara vendendo o Xing king Jac3 de R$21 mil por R$9mil

                Soft???

                Vendo Jac J3, preto, banco de couro, sensor de estacionamento, air bag, ar condicionado, vidros elétricos, trava elétrica, direção hidráulica, som, alarme, todo completo, excelente carro, nunca deu problema. Possui R $5,000 em dívidas, entre Ipva e multas. Carro quitado!! Possui arranhões na lateral, arranhões de garagem, NUNCA FOI BATIDO!
                Carro muito econômico.
                Valor da fip é R$ 21 mil, estou pedindo R$ 9 mil, pois tenho urgência do dinheiro, interessados me contatar por aqui ou via whats 47 9 9609-9029.
                ps: dispenso curiosos!

                9+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
              • Cadeludo 15 de abril de 2017 at 20:32

                motor alcool imagina o que não bebe essa geringonça aqui o alcool tá 3,69 kkkkkk mais caro que gasolina eta nóis

                3+
                • avatar
                • avatar
            • Leonardo M. 15 de abril de 2017 at 20:22

              Põw verdade! Fora aquela manivela pra abaixa os vidros que deixa super vintage.
              Kkkk vai explicar pra um americano que o cara gastou U$53mil numa tranqueira dessas?
              Ele liga para o Trump pra ele mandar uns tomahwaks pra cá kkkkkk

              7+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
  • Carlos 15 de abril de 2017 at 20:43

    Cadeludo

    tenho um amigo que mora com esposa e 3 filhos em gold coast há 15 anos
    moram num motorhome, não parece que eles tenham o sonho bananense da casa propria

    1+
    • avatar

    Tem muita gente que curte este estilo de vida, existem trailer parks e tourist parks muito bem servidos em vários lugares onde você pode ficar por longos períodos.

    http://www.goldcoasttouristparks.com.au/broadwater-parkhome
    http://www.goldcoasttouristparks.com.au/broadwater-caravan

    2+
    • avatar
    • Carlos 15 de abril de 2017 at 20:54

      Morei por algum tempo próximo deste aquí:

      http://sunnybankhillscaravanpark.com.au/index.html
      É um caravan park para moradia mesmo, aluguel por longos períodos, coisa de $ 140,00 por semana para estacionar com todas as “amenidades”.
      Muitos casais de aposentados adoram este tipo de coisa, alugan suas casas e viram easy riders 😀
      Quando enche o saco ou dá vontade de mudar vc move sua casa para outro parque.

      3+
      • avatar
  • Carlos 15 de abril de 2017 at 21:05

    OFF – Humor
    Lembrem-se que estas pessoas podem votar, dirigir e fazer filhos…

    https://twitter.com/AwardsDarwin

    1+
  • Carlos 15 de abril de 2017 at 21:33

    OFF – Muito tosco mas mereçe ser compartilhado 😛 nãoMeExpulsaBoss….

    carro_tijolo

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • loucola 15 de abril de 2017 at 21:35

    Olá, quando vocês falam da relação aluguel/valor de venda é o aluguel sem o condomínio certo? Nessa lógica a relação do apartamento que estou olhando para alugar é 0,35. O aluguel é R$ 1150 e o condomínio R$ 550.

    3+
    • perdido no rio 16 de abril de 2017 at 21:34

      Sim, sem condomínio, porque é um valor que se paga sendo proprietário ou inquilino.

      3+
  • Carlos 15 de abril de 2017 at 21:40

    OFF – Geografia da “felicidade” nos pampas da Trumpstânia, muito interessante mesmo para quem gosta de tecnologia, big data e matemática.

    Abstract

    We conduct a detailed investigation of correlations between real-time expressions of individuals made across the United States and a wide range of emotional, geographic, demographic, and health characteristics. We do so by combining (1) a massive, geo-tagged data set comprising over 80 million words generated in 2011 on the social network service Twitter and (2) annually-surveyed characteristics of all 50 states and close to 400 urban populations. Among many results, we generate taxonomies of states and cities based on their similarities in word use; estimate the happiness levels of states and cities; correlate highly-resolved demographic characteristics with happiness levels; and connect word choice and message length with urban characteristics such as education levels and obesity rates. Our results show how social media may potentially be used to estimate real-time levels and changes in population-scale measures such as obesity rates.
    http://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0064417

    3+
    • avatar
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 11:35

      “muito interessante mesmo para quem gosta de tecnologia, big data e matemática.”

      Como se “Tecnologia, Big Data e Matemática” não fossem sinônimos nesse caso…rs Conhece o termo STEM, meu caro imigrante ? É esse termo que as pessoas educadas e com bons empregos no país onde vc está referem-se quando falam desse assunto.

      Aliás, vc querendo falar de um assunto do qual vc não entende bulhufas, não vai mudar o fato do seu subemprego na Australia que se traveste de raiva.

      A propósito: procure e ache um estudo similar desses no Brasil. Se vc de fato for da área, e souber que já há pessoas no Brasil que criaram dicionários pra fazer o mesmo tipo de análise (que é baseado no sentimento carregado de cada palavra, o que é diferente para Português, claro) , já deveria saber que há um estudo tão profundo quanto, feito em São Paulo.

      Sugestão: estude aí um Spark, programe em Scala ou qualquer outro OOL da vida…que daqui a uns 5 anos vc sai do limbo onde está e pare com esse “pattern” de raiva e frustração nas suas mensagens.

      Até lá a Bolha do Mercado Australiano já tera estourado, vc já tera achado sua “esposinha” aussie e poderá comprar sua casinha num bom preço…rs

      4+
      • avatar
      • Carlos 16 de abril de 2017 at 17:01

        Sugiro que procure em um bom dicionário o significado da palavra “sinônimo” já que aparentemente o “jênio” não passa de um enganador.
        Infelizmente tive que conviver com pessoas como você que na minha opinião não passa de um dos muitos enganadores no mercado, palavras bonitas, currículo cheio de rings and bells e na hora de mostrar resultado ficam enrolando até o projeto terminar, vejo você só botando panca mas enquanto não ver o resultado do sua suposta capacidade vou continuar duvidando.
        For the record, evito ter pessoas como você no meu time como evito a peste, um falastrão que vai ficar bostando o tempo todo que o chefe, colegas e outras pessoas que trabalharam com ele são incompetentes e limitados, para eu não você não passa de uma pessoa insegura e frustrada, não chega a ser FDP como o tal alexny mas está próximo.
        E continue queimando o seu filme, o mundo de TI se ainda não percebeu com toda a sua genialidade e usando suas capacidades x-man, é minúsculo e você acaba encontrando as mesmas pessoas uma hora ou outra, aquelas mesmas que despreza e denigre publicamente.

        2+
  • Carlos 15 de abril de 2017 at 22:21

    OFF – Prometo que é o último… hoje… 😀

    Dooms day adiado folks, o míssil balístico do gordinho louco falhou miseravelmente e eu não queria estar na pele de quem vai sofrer a ira deste psicopata.

    North Korea missile launch attempt fails, blows up after takeoff: US military
    http://www.brisbanetimes.com.au/world/north-korea-missile-launch-attempt-fails-south-korea-military-reports-20170415-gvloj5.html

    Feliz páscoa sovina e líquida a todos, desejo que o coelhinho da páscoa lhes tragam muitos ovinhos recheados de jurinhos docinhos.

    4+
    • avatar
  • Leonardo M. 15 de abril de 2017 at 22:54

    Vendo o presidente dá Kia falando no Amaury Jr

    Governo foi lá e aumentou o imposto de carro importado e a Kia que tinha 180 concessionárias em 2011 e agora tem 104
    Vendiam 84mil carros e agora 9 mil em 2017
    Demitiram 50mil pessoas

    É, ser empresário no Bananistão não é fácil…

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 16 de abril de 2017 at 10:31

      huauhahuahuahua
      eu tenho KIA e eles vivem me ligando para fazer revisão….
      eu faço… mas em oficina de conhecido.
      A.R.D.A.M.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • bolhista cearense 15 de abril de 2017 at 23:41

    O negócio está ruim aqui no Ceará. Entrevista com o presidente do SINDUSCON CE:
    http://www.oestadoce.com.br/oetv/noticia/construcao-no-ce-preve-alta-do-desemprego
    matéria do jornal O Estado

    3+
    • avatar
    • avatar
  • CA 16 de abril de 2017 at 06:55

    Mais um:

    https://www.reclameaqui.com.br/5VnVgYYfJmA0stL4/living-construtora/descaso-no-atendimento-e-na-prestacao-de-servicos-/

    Trecho do link acima:

    “Pois recebi emails de corretores vendendo o mesmo imóvel com a dirença de preço de quase 100 mil reais a menos do que estou pagando.”

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • SampaBoy 16 de abril de 2017 at 10:13

      é só nessa hora que a ilusao desaba, cai o balde de agua fria. Aquela compra que “nao desvaloriza nunca e é o melhor investimento que uma pessoa pode fazer” simplesmente não é nada disso e percebe-se que o seu valor é manipulado, ilusorio, e ela comprou o bem mais caro da sua vida sobrevalorizado, com o agravante de que comprometera o orcamento da familia por uma geração inteira. Triste fim.

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 16 de abril de 2017 at 10:24

        Pior: as pessoas se comprometem com o maior desembolso de suas vidas e sequer se dão ao trabalho de consultar um ReclameAqui antes. Se tivessem feito isto, descobriram que desde 2013 temos vários relatos de quem comprou na planta e no ato da entrega viu a construtora vendendo mais barato. Teve casos que vi as pessoas comprarem em empreendimentos de propriedade compartilhada sem nem saberem o que era isto, sem nem entenderem as condições mais básicas do empreendimento e assinarem no impulso pagando R$ 89 mil e logo depois, quando acordou para a realidade, ja pedindo o distrato!

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 16 de abril de 2017 at 10:32

          Nós avisamos !!!!

          3+
          • avatar
  • Krakenvader 16 de abril de 2017 at 09:41

    CA, continua que tá ótimo!!! kkkk Bananense finalmente caindo na real…

    3+
    • avatar
  • CA 16 de abril de 2017 at 10:13

    Outra – esta teve a alegria quadruplicada: entrega com atraso, pagando reajustes sobre o período de atraso, com sérios problemas de qualidade e sabendo que agora a construtora está vendendo mais barato!

    https://www.reclameaqui.com.br/dTCG2hTG6RcLRPGK/tecnisa-construtora/correcao-juros-e-multas-abusivas/

    Trechos do link acima:

    “Correção, Juros e multas Abusivas
    Tecnisa Construtora
    São Paulo – SP ID: 24031001 03/02/17 às 18h17
    denunciar
    Financiamento de imóvel Construtoras Construtoras
    Meu pesadelo com a Tecnisa iniciou em Agosto de 2013 quando pensei que iria realizar meu sonho da casa própria.
    Comprei um apartamento de 48 metros quadrados por 191 mil reais e já paguei quase 56 mil reais e ainda estou devendo172 mil reais.
    Estão me cobrando o valor de 32 mil de correção do imóvel, mais uma multa de 3.286,01 e mais juros de 3.975,38, pera ai eu já recebi o imóvel? Não!
    O Apartamento era para ser entregue em 30/06/2016 e só fui realizar a vistoria em 05/11/2016 onde a mesma foi aprovada.
    Eu recebi algum contato da tecnisa informando que eu poderia entrar com o financiamento? Não!
    Pelo grupo de whatsap dos moradores fiquei sabendo que eu poderia iniciar o processo de financiamento.
    A empresa que a tecnisa colocou para a assessoria do financiamento é ineficiente (Detalhe que é paga por nós) eu tenho que ficar ligando e puxando o processo, todos os futuros moradores reclamam e já possui outras reclamações da V&A no Reclame Aqui.
    Mais outra reclamação? SIM
    Mesmo sem minhas chaves já estou pagando condomínio há 3 meses, como assim? Sim pago condomínio imposto pela tecnisa há três meses, e não posso entrar no condomínio pois estou sem receber as chaves.
    Agora eu pergunto como posso pagar correção, juros e multa de algo que eles atrasaram??? Nem vou entrar no mérito que o condomínio está cheio de problemas de enchentes, rachaduras dentre outros problemas pois, sei que quando pegar as benditas chaves será outra dor de cabeça como alguns vizinhos estão sofrendo.
    Mais uma coisa , entrei no site da tecnisa e fingir que queria comprar um apartamento igual ao meu e advinha? Está mais barato!!! e a tecnisa ainda está dando a documentação gratis!!!!
    Tenho vizinho que ganhou da tecnisa os moveis planejados e outros vizinhos que ganharam bonus.
    O que você ganhou Ana? NADA!!!! Só encheção de saco e arrependimento de ter comprado esse apartamento!”

    26+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 16 de abril de 2017 at 10:17

      Ah, faltou este trecho da reclamação acima:

      “Qual conselho vc dar para quem está pensando em comprar imovel na planta? Não compre!!!! eu NUNCA mais vou comprar!!!!!”

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • From_The_Tower 16 de abril de 2017 at 10:29

      CA, tá inspirado hein!?
      huahuahuahuahuahuahua

      Aliás ficou mais fácil de pesquisar essas bizarrices… elas pipocam quase que diariamente no RA.
      Imagine os que estão quietos e com vergonha de falar…..

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 16 de abril de 2017 at 10:39

        From,

        Você percebe pelos relatos que via de regra os clientes descobrem sem querer, quando já estão tendo outros problemas e na tentativa de se “consolarem”, fazem um contato com corretores para verem o quanto “valorizou” e só aí descobrem que além dos outros transtornos, pagaram muito mais caro para ajudarem a construtora durante a obra! É por isto que alguns se revoltam e acionam o ReclameAqui.

        Claro, ainda tem muita gente que nunca volta para ver como ficou o preço, que gosta de se ILUDIR e ver a “valorização” do preço ANUNCIADO do imóvel que nunca vende. É a pessoa que não faz nem ideia das dezenas ou centenas de milhares de Reais que perdeu…

        De fato, daqueles que descobrem, a maioria fica com vergonha de revelar, todos gostam de ficar colocando banca e dizendo que pagaram mais barato, foram mais espertos, etc, estes que vão ficar ainda mais deprimidos quando inevitavelmente descobrirem a verdade…

        17+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 16 de abril de 2017 at 10:42

          É impressionante.
          Eu quando vou ao mercado fico fazendo regra de 3 para qualquer produto com o objetivo de economizar ao máximo. (não quero pagar a mais pelo mesmo produto e ou saber o que é de fato uma promoção) para que ao longo de 12 meses possa economizar uns 1.000,00 ou 1.200,00 reais… que me permitiriam mais uma compra mensal.
          Olhando essas esquisitices dos bananenses eu lembro de um ditado da minha tia que por sinal construiu um império ” Quem não valoriza um real… não valoriza um milhão de reais”.

          21+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Carlos 16 de abril de 2017 at 17:02

      É um combo, o Motumbo Family Box 😀

      0
  • From_The_Tower 16 de abril de 2017 at 10:33

    CVR
    Hoje á tarde irei em um aniversário de amiga da patroa.
    É um empreendimento PDG.
    Já estou me benzendo….

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 16 de abril de 2017 at 17:05

      Vai com um colar de alho no pescoço (a lenda diz que espanta vampiros e outros seres nefastos), se alguem perguntar diga que ostentar alho está na moda já que tá a preço de ouro… 😀

      7+
      • avatar
  • CA 16 de abril de 2017 at 11:03

    Outro…

    https://www.reclameaqui.com.br/BBrXXfjFx3MelI4T/queiroz-galvao/nao-tenho-retorno-de-meu-questionamento/

    “resumindo: comprei 4° andar e a promoção é do 13° andar
    somando oque eu ja paguei (sem um unico atraso) + saldo devedor passa de $ 330.000,00
    Agora VOCES FAZENDO PEOMOÇÃO DE FINAL DE FEIRA POR $ 280.000,00
    dando uma diferença média de + R$ 50.000,00
    é muito dinheiro pra quem acreditou ter comprado um empreendimento TOP”

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 16 de abril de 2017 at 17:08

      O corvo podeira dizer que o 13° andar desperta medos sobrenaturais nos compradores porisso está mais barato, falta de criatividade corvística….

      6+
      • avatar
  • Alemon Fritz 16 de abril de 2017 at 11:03

    demanda kkk, puxadinhos

    Quintais com áreas verdes são cada vez mais escassos na Zona Norte do Rio

    Segundo ela, os antigos espaços verdes no terreno vêm sendo sacrificados para dar lugar a churrasqueiras, piscinas ou novo imóvel para abrigar parentes ou filho que se casou…. (kkkk)

    Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/rio/quintais-com-areas-verdes-sao-cada-vez-mais-escassos-na-zona-norte-do-rio-21212383.html#ixzz4eQAQjcj3

    8+
    • avatar
    • Carlos 16 de abril de 2017 at 17:12

      Melhor usar “tijolo blindado” ou vão virar é alvo de stand de tiro }:D

      Artigo de 2008… e o mágico 30%, deve ter valorizado os bolhudos blindados em 300%

      Blindagem de casas cresce no Rio, mas serviço ainda é caro

      ” Peculiaridade carioca

      De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Blindagem, Christian Conde, enquanto São Paulo é campeão nas blindagens em áreas de acesso – guaritas e portarias – o Rio tem como peculiaridade a blindagem de fachadas inteiras.

      “E sempre do nível mais alto, principalmente porque no Rio, tantos os bandidos quanto a polícia usam fuzis”, disse Conde.

      Ele lembra que a blindagem arquitetônica tem mais de 30 anos no Brasil, mas que era usada basicamente em instalações militares. Com o aumento da violência, a blindagem arquitetônica está aumentando e impulsionando mais ainda a de automóveis.

      “O Brasil é um dos países onde mais se usa blindagem. Agora, já tem prédio blindado até em favela. Por isso, já somos referência na produção e instalação de blindagens.”, disse Conde. ”

      Procura por proteção predial aumentou cerca de 30% no Rio.
      Diferentemente de paulistas, clientes cariocas blindam fachadas inteiras.
      http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL756505-5606,00-BLINDAGEM+DE+CASAS+CRESCE+NO+RIO+MAS+SERVICO+AINDA+E+CARO.html

      0
  • Alemon Fritz 16 de abril de 2017 at 11:18

    referencias bolhograficas

    Os efeitos da bolha imobiliária: exemplos de esqueletos arquitetónicos em Espanha

    https://www.idealista.pt/news/imobiliario/internacional/2017/04/07/33189-os-efeitos-da-bolha-imobiliaria-exemplos-de-esqueletos-arquitetonicos-em-espanha

    em itajaí tem muitos casaroes destruidos,3 predios parados no 3 a andar, lotes pelados no centro e muitas placas aluga-se (comercial principalmente).

    3+
    • avatar
  • CA 16 de abril de 2017 at 11:24

    Mais um…

    Aqui um relato da terra da Cajuzinha, que dá conta de como MANIPULAM covardemente os “compradores” mais humildes no esquema das vendas FALSAS na planta e onde temos mais um caso em que o comprador, além de descobrir que foi enganado, ainda viu venderem imóvel no mesmo condomínio mais barato. É longo, mas vale a pena a leitura:

    https://www.reclameaqui.com.br/R6TgQQA_ZgS5VZ5r/construtora-norcon/empresa-rossi-residencial-norconrossi-esperando-o-prazo-de-3-meses-para-reincidir-meu-contrato-espertamente-contrato-unilateral-falta-de-comunicacao-inumeros-emails-sem-resposta-corretor-editado-pelo-reclame-aqui-so-recebeu-a-comissao-e-sumiu–diante-de-tudo-pre/

    Trechos do link acima:

    “É com muita tristeza que escrevo esse e-mail p Vsa.

    Eu sou um homem honesto e trabalhador. Um dia numa hora de folga passei por um stand da Norcon e por insistencia do Corretor(Enganador) fui aliciado para aquisiççao de um imovél de luxo que não estava dentro das minhas posiibilidades financeiras e sempre bati na tecla com o corretor. Infelizmente ele me cegou.

    Inicialmente me foi oferecido um apartamento no Valor de 255.00,00 e segundo os calculos que o Corretor fez poderia pagar e a minha renda daria para financiar.

    Ora eu sou leigo e tinha outro apartamento com minha esposa quitado, A Insistencia do corretor foi tamanha que o mesmo providenciou um comprador para o meu apartamento e ganhou a comissao e em troca nos fez comprar o Arboris Jabotiana. Não tive nem tempo de analisar os fatos..tinha uma divida de gratidão, estava cego, não consegui nem consultar parentes e amigos proximos porque precisava assinar a proposta de compra e venda para não perder a promoção.

    Da noite p dia não tinha mais o meu apartamento proprio, bem como tive q alugar uma casa correndo e começar a pagar a poupança. Questionei o Corretor sobre o Valor de 297.00,00 e o mesmo informou que o valor refere-se ao valor no ato da entraga com a valorização só para constar.

    Me matei de trabalhar fazendo horas extras e trabalhando os finais de semana, eu e minha esposa.Quando achavamos que estava tudo indo bem, recebo uma ligação da Norcon para o financiamento.

    La fomos informados que a minha renda não era compativel com o financiamento pois ganho 3 mil reais e teria q ganhar 3 vezes o valor da parcela ou seja 4.800 reais para uma parte do financiamento..e mesmo assim ainda deveria a Norcon..ou seja tudo contrario ao que o corretor explicou. A moça do banco enfatizou que os corretores vendem ate a mãe mas nao perdem a venda.

    Diante de todo ocorrido, estou sem casa propria,pagando aluguel, passando por privações, colocando a vida do meu filho em risco e o corretor ganhou duas vezes em cima de mim, nem lembra da minha existencia e a Norcon esta quimando preço e quem comprou antes que tenha seu imovel desvalorizado em 40 mil….

    Eu provavelmente estarei sem o Apartamento pois não tenho condiçoes de arcar com os custos pois não consigo o financiamento.

    Lendo um pouco e orientado por uma corretora amiga ,eu vi que O valor retido pela construtora leva em conta a multa e despesas administrativas. Mas se a empresa quiser reter mais do que 25% do valor pago, devo recorrer a Justiça e não assinar nenhum acordo.

    Estou completamente Frustrado pois estou com o meu sonho de mudar para o apartamento, tão esperado e planejado sendo jogado ralo abaixo. Ressalto que a minha esposa esta abalada emocionalmente e esta com uma gravidez de Risco por conta da situação do apartamento, stress, sangramentos e temos uma vida na barriga dela..um filho que é o meu maior sonho e que planejamos ha oito anos.

    Trabalho das 7:00 as 17:00 e das 18:00 as 00:00 para dar um conforto a minha familia e dar um lar melhor para o meu filho tão esperado e percebo que a NORCON desde o Feirão da caixa esta com OFERTAS IMPERDIVEIS , melhores e mais baratas do valor que eu paguei desvalorizando o meu imovel..o pior de tudo dando 5 ANOS DE CONDOMINIO GRATIS PARA QUEM COMPRAR AGORA. Tenho como provar…e com isso não e nada inteligente mudar para um apartamento que esta sendo vendido como se fosse uma penca de banana. Não e justo para quem comprou antes..me sinto [editado pelo Reclame Aqui] e enganado,

    Ai eu penso , no ultimo feirao eu tenho a tabela onde o apartamento esta mais barato..agora tenho um print da tela destas condicoes diferenciadas…vou receber ainda o apartamento..nem entrei ainda e ele ja esta desvalorizado e não valorizado..que coisa estranha.”

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 16 de abril de 2017 at 11:34

      Sugestão:

      Consultem no ReclameAqui e COMPROVEM: a imensa maioria dos distratos tem a ver com pessoas humildes, NÃO investidores como as construtoras tem dito.

      Além disto, a grande maioria dos distratos tem relação com falta de condições de adquirir o crédito imobiliário e muitos mencionando a forma como foram induzidos pelos corretores ao erro, como omitiram o INCC, como disseram que mesmo sem renda dariam um jeito, etc, em linha com o que consta no relato acima.

      São estes covardes golpistas que o governo quer apoiar forçando que clientes percam 100% em caso de distratos..

      A CEF não fica atrás nas práticas acima: para simular uma melhora na economia, aceitaram muitos compradores que não tinham a menor condição de comprar, para depois ficarem com mais de 100 mil inadimplentes acima de 90 dias, sem contar o volume enorme que maquiam.

      A galera da laia do Nefasto é como o corretor do relato acima, jogam SUJO sem limites, com isto já destruíram a vida de dezenas ou centenas de milhares de familias, sempre as mais humildes, que eles dizem “proteger”.

      31+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Margarida 16 de abril de 2017 at 11:55

        CA, eu concordo que enganaram muitas pessoas humildes, mas você acha que haveria uma bolha desse tamanho sem a colaboração dos compradores que saíram ali numa hora de folga, como se indo à padaraia, e voltaram com um contrato de um apartamento na planta, que se tudo der certo vai existir depois de pelo menos três anos, por 300 mil reais? Isso nesse caso, muita gente comprou na faixa de 500, 600, 800, mais… Esses textos do Reclame Aqui não parecem escritos por pessoas ignorantes.

        Isso depois do “episódio Encol”, quando seria de se imaginar que um apartamento na planta só conseguiria ser vendido por um preço muito baixo, devido ao risco, mas aconteceu o oposto. Isso no Brasil, onde ninguém sabe o que vai acontecer nos próximos cinco anos, muito menos nos próximos 30.

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • CA 16 de abril de 2017 at 12:10

          Margarida,

          Não devemos isentar os compradores, mas seria justo isentar os golpistas? 100% na mão das construtoras que já enganam as pessoas propositalmente? Seria uma “bolsa-golpe”… Se você já visitou qualquer stand de venda na planta, já deve ter visto a lavagem cerebral que fazem, fora a pressão familiar e da sociedade, não é em hipótese alguma um “jogo justo”, por isto a comparação com pirâmides financeiras.

          Outro ponto: como as pirâmides, a bolha também destrói a economia e a sociedade, mas do lado das construtoras, de forma totalmente consciente, ao contrário dos compradores que são na maioria das vezes ILUDIDOS…

          11+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Margarida 16 de abril de 2017 at 15:20

            De modo nenhum. Não acho justo isentar nenhuma das partes da responsabilidade. Só acho espantoso que no país da Encol e do gersonismo, tantas pessoas tenham aceitado palavras dos corvos e fotos de condomínios lindos pra comprometer renda que não tinham sem nem ler direito o contrato, muito menos fazer uma rápida pesquisa na internet.

            Na minha opinião, mais grave pela parte das construtoras foi a propaganda via matérias pagas, que iludiram as pessoas a pensar que esses eram excelentes negócios. Isso só é possível com grande poder econômico que elas têm. (Mesmo o setor sangrando, vai continuar fazendo campanhas provavelmente com grande apoio político e incentivos do governo, porque movimentam a economia, geram empregos.)

            Verdade que é uma relação muito desigual e covarde se considerarmos a posição das construtoras, mas eu não descarto a responsabilidade conivente dos compradores irresponsáveis.

            11+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • perdido no rio 16 de abril de 2017 at 21:43

              Perfeito. Esse brasileiro alegre e otimista que vendem por aí, na verdade é um trouxa infantilizado otimista que não faz contas nem planeja seu futuro. Por isso se endividaram achando que tudo daria certo para sempre. O resultado está aí.

              7+
              • avatar
              • avatar
          • Cesar_DF 16 de abril de 2017 at 15:20

            CA
            Na minha opinião só sagraram sardinhas no comando das construtoras.
            Os tubarões já realizaram o lucro e se mandaram

            15+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • CA 16 de abril de 2017 at 20:16

              Cesar_DF,

              Os grandes tubarões, como Sam Zell e Enrique Banuelos, já saíram há alguns anos, isto é verdade, mas ficaram os aprendizes de tubarões, que mantiveram todos os golpes herdados, só que como ocorre em toda pirâmide, os golpes vão perdendo a força e sobrando uma parcela cada vez maior de prejuízos em proporção a ganhos ilusórios cada vez mais escassos.

              Não há NADA de inocente nas ações dos atuais dirigentes das construtoras, eles sabem que estão pedalando com lançamentos de forma completamente irracional, em momento em que estão com super-estoques crescentes há ANOS, eles sabem que estão fazendo grande volume de vendas FALSAS baseadas nestes lançamentos só para mascararem a anomalia, tudo absolutamente consciente e sem a MENOR preocupação quanto ao prejuízo trazido para milhares de famílias, fornecedores e demais credores.

              A PDG tem mais de 15.000 famílias aguardando solução para distratos e a imensa maioria de vendas FALSAS posteriores a saída de Enrique Banuelos, a Rossi já deu calote em todos que pôde e se ainda pudesse, faria mais lançamentos e pedalaria aumentando os prejuízos para todos os clientes, fornecedores e demais credores, a Gafisa, depois da saída de Sam Zell conseguiu enganar uma multi, omitindo os distratos e vendeu 70% do Segmento Alphaville, com o dinheiro pagou as dívidas das vendas FALSAS da Tenda que estavam quase quebrando a empresa e com o que sobrou, usou para pedalar com as vendas FALSAS da Tenda de novo e antes que os distratos desta nova rodada de pedaladas aparecessem, vendeu 30% da Tenda para outra multi e logo depois é que notificou que os distratos voltaram a aumentar. A MRV está pedalando horrores com atrasos no reconhecimento de distratos, a Cyrella não informou distratos por anos e só nos últimos 3 anos já teve mais de R$ 1 bilhão de distratos por ano, sendo que no ano passado bateu o recorde mundial com mais de R$ 2 bilhões de distratos e por aí vai.

              Sinceramente, não consigo ver nada de sardinha nas ações acima, nada de inocência, ao contrário, vejo vários executivos inescrupulosos faturando enquanto podem em troca de prejuízos relevantes para demais envolvidos, plenamente conscientes dos golpes que aplicam e suas consequências…

              9+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 11:59

        CA,
        O escritório da ROçI onde lidam com esses assuntos é ali no edifício Miami, no Morumbi, perto da ponte.
        É a maior concentração de gente “Ixperta” por metro quadrado que vc vai ouvir na sua vida. Gente envolvida com partidos políticos em SP, gente envolvida com prostíbulos, tudo “ixperto”…

        Por fim, vc, um dos que até onde sei montou a lista da “Ciranda da Quebradeira” , provavelmente se não errou a ordem em relação da Brookfields, acertou em cheio de novo…

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • CA 16 de abril de 2017 at 14:34

          Cramulhao,

          O jogo foi MUITO claro desde o começo:

          Grandes construtoras fizeram abertura de capital, várias ao mesmo tempo.

          Precisavam aumentar e muito as vendas para cobrir o aumento absurdo nos lançamentos, precisavam mostrar pujança para fazer com que os preços dos imóveis e das Ações subissem.

          Qual a saída?

          Fazer um volume absurdo de vendas FALSAS na planta. Na linha de frente, um grande grupo de pessoas de caráter duvidoso, enganando as pessoas de todas as formas possíveis e imagináveis, omitindo, mentindo, prometendo o impossível, ajudando a falsificar renda, etc.

          Só que aquilo que consta acima não era o suficiente, porque todo o processo passaria pela “aprovação” do back office da construtora, então, qual a solução? Contratar no back office pessoas do mesmo “calibre” dos que estavam vendendo os imóveis…

          Antes da bolha eu já havia contado com corretores em operações de compra e venda de imóveis particulares. Durante a bolha fiz muitas pesquisas em diferentes cidades e constatei que haviam prostituído e muito esta profissão, assim como haviam colocado pessoas de péssimo caráter para ajuda-los a enganar os clientes.

          13+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 16 de abril de 2017 at 11:41

      ” Não e justo para quem comprou antes..me sinto [editado pelo Reclame Aqui] e enganado”
      hahahahahhahahaha

      O Reclame Aqui é um mar de pérolas!

      Aliás, será que eles não tem um API, do qual as empresas poderiam extrair as reclamações a monitorar a quantas andas a opinião dos seus clientes ? Alguém sabe se esse site tem algum API do tipo, aliás?

      Seria interessante ver a correlação entre o número de reclamações entre a ações de certas construtoras na bolsa, bem como com qualquer outra empresa. Isso é em outros países, seria incrível se isso não afetasse os negócios no Brasil.

      E até onde eu sei, pelo tempo de existência, o Reclame Aqui já tem uma boa reputação…

      2+
      • avatar
      • CA 16 de abril de 2017 at 12:20

        Cramulhao,

        Normalmente as empresas tem uma pessoa da área de atendimento a clientes dedicada para responder ao ReclameAqui.

        No caso das construtoras, as críticas são pesadas e as acusações graves, como por exemplo, enganação quanto as condições comerciais, promessas falsas, etc.

        Graças a natureza destas reclamações e do seu volume muito elevado, as construtoras tem optado por “respostas padrão” para que os clientes façam contato com o telefone de atendimento a clientes, o que só tem revoltado ainda mais aos clientes…

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Cajuzinha 16 de abril de 2017 at 12:15

      Muito triste!

      4+
      • avatar
    • Fernando 16 de abril de 2017 at 12:17

      É obvio que não se vende a moradia da familia para entrar em uma divida.
      Ter uma moradia é fundamental. Pela narrativa, ele foi absolutamente enganado.
      Mas, trocando em miúdos, é quase a mesma narrativa do “vender tudo e viver de aluguel”: trocar o certo pelo duvidoso.

      3+
      • CA 16 de abril de 2017 at 12:55

        Ah é, tijolo é segurança, o negócio é entrar em financiamento por décadas em um país como o Brasil, sem nem ter ideia se em algum momento a TR vai disparar a tal ponto de tornar o pagamento inviável e a pessoa perder o imóvel, só aí acordando para a vida e percebendo que pagou o maior aluguel de sua vida para o banco e perdeu ainda toda a entrada e tudo que investiu no imóvel, porque ao ir para leilão não vai cobrir nem o saldo devedor, como já está acontecendo em alguns casos.

        Lembrando que no passado a TR já teve percentuais muito maiores que hoje e que mesmo sem nenhum reajuste relevante da TR, já temos mais de 100.000 familias inadimplentes a mais de 90 dias, só na CEF.

        Fora os ILUDIDOS da vida. Mais de 20.000 imóveis em leilão só na CEF e as pessoas ainda não entenderam que o imóvel financiado ainda não pertence a eles, é só um direito de uso, onde bastam poucos atrasos que o verdadeiro dono, o banco, retoma o imóvel para vender…

        Ruim mesmo é a pessoa que vendeu o imóvel, deixou aplicado o dinheiro, pôde morar em um lugar melhor durante anos pagando um valor de aluguel inferior aos rendimentos obtidos e com o dinheiro aplicado mais o que restou dos rendimentos, com juros compostos, agora SE QUISER pode comprar um imóvel melhor ainda…

        Ah sim, mas se percebermos que de fato o Brasil pode quebrar, como ameaçam os chantagistas do segmento imobiliário e os brick-lovers, os pobres investidores podem transferir rapidamente o dinheiro e ainda, depois compram imóveis à preço de banana, enquanto os “espertos” brick-lovers ficam PRESOS aos seus imóveis que se desvalorizarão ainda mais, sem conseguir vender de jeito nenhum. E se precisarem de dinheiro para uma emergência? O pobre investidor financeiro faz um saque em 2 minutos e o esperto brick-lover, faz o que, vende uma janela e uma porta?

        Os discursos do segmento imobiliário e seus asseclas já estão completamente ultrapassados, não fazem o menor sentido no mundo moderno: ah, você tem que possuir um imóvel para dar “segurança” a família, daí vemos várias famílias passando necessidades para pagarem por imoveis que não valem nem a metade do que pagam, alguns passando necessidades e quebrando por causa desta obsessão idiota que acreditam sem nenhum espirito crítico, por pura limitação intelectual…

        21+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • CA 16 de abril de 2017 at 13:59

          Falando sobre a “segurança” de se ter um imóvel, volto a um caso que já mencionei antes:

          A pessoa tinha uma loja de peças para veículos, recebeu dos pais de herança, R$ 100 mil e 2 imóveis já quitados.

          Com a crise no setor automobilístico, que sempre acompanha explosões de bolhas imobiliárias, acabou gastando os R$ 100 mil, não se recuperou, mas não quis vender um dos imóveis com grandes “descontos” (os 2 comprados a vista pelos pais, herdados sem dividas), no meio do caminho acabou se separando, a esposa e o filho ficaram com um dos imóveis, o outro estava alugado, não pagaram o condomínio por meses, de nenhum dos dois imóveis, em meio às “guerras do casal”.

          Ele acabou passando necessidade, morando na rua e faleceu nesta semana. A família será despejada assim que conseguirem vender os imóveis cobrindo os gastos com o leilão e ressarcindo os condomínios não pagos. Deve demorar MUITO para conseguirem vender em leilão, se e quando vender, a preço de banana. Enquanto isto não acontecer, continuarão passando necessidade.

          Esta é a segurança de ter imóveis? Agora imagine as centenas de milhares de famílias em todo o país passando necessidades, nas mais variadas formas e intensidades, para pagarem por imoveis muito mais do que eles valem, em função de uma obsessão por ter tijolos?

          22+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Fernando 16 de abril de 2017 at 15:48

            Vc diz isso pq não tem, vendeu tudo para viver de juros.
            Ja EU digo o contrário: o imóvel próprio, quitado, jamais deve ser vendido, é a segurança da família.

            4+
            • CA 16 de abril de 2017 at 16:43

              Fernando,

              Não vendi tudo, você realmente não sabe ler. Tem dia que lembra até o bairro e fala besteira para ver se me incomodo, não cola, daí já esquece, não é?

              Argumento racional que é bom, NADA né? Só falando besteira e apelando para argumentos de séculos atrás, que não enganam ninguém, muito menos aqui…

              8+
              • avatar
              • avatar
        • Fernando 16 de abril de 2017 at 14:28

          Ninguém falou em financiar. Para de vomitar.

          3+
          • CA 16 de abril de 2017 at 14:52

            Fernando,

            Não falei só sobre a opção financiada, aprenda a ler…

            Se vomito, é pelo nojo de ver uma pessoa sem nenhum caráter que prometeu pela terceira vez que não viria mais aqui e insiste em não cumprir a palavra e aparece para menti, enganar, fazer chantagem…

            15+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • CA 16 de abril de 2017 at 14:59

              Ah sim, dividi o texto em dois porque um analfabeto funcional reclamou de textos mais longos e não é que o mesmo analfabeto funcional não consegue entender os textos em separado e que ae complementam? Prova que o problema era de quem não sabia ler.

              C.Q.D.

              6+
              • avatar
              • avatar
        • Cesar_DF 16 de abril de 2017 at 15:15

          CA
          Na minha opinião não seria um problema exclusivo de quem tem pouca cultura.
          No Japão o keysesianos ainda impera, são 25 anos de empobrecimento, alguns bairros com 35% de vacância.
          Se o remédio não funciona, então aumentam a dose.
          Os dinossauros não foram extintos porque eram fracos, mas porque não se adaptaram às mudanças de cenários

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Fernando 16 de abril de 2017 at 15:42

            O fato é que em SP ou Brasília não há vacâncias nos melhores bairros, mas sim falta de espaço.

            3+
            • Cesar_DF 16 de abril de 2017 at 16:05

              Fernando, em Brasília “o melhor bairro” (de acordo com a imprensa) é o Noroeste, que está com cerca de 40% de vacância

              6+
              • Fernando 16 de abril de 2017 at 16:35

                Desinformacao.
                Os bairros mais procurados sao AN E AS.

                2+
                • CA 16 de abril de 2017 at 16:51

                  Incrível a cara-de-pau do Fernando!!!

                  Faltam imóveis em bairros bons em São Paulo?

                  Peraí, ele diz que mora na Vila Mariana que, segundo ele, é bairro bom, mas só lá, o que tem anunciado para venda em apenas um site é mais do que as vendas de imóveis novos em TODA cidade de São Paulo em 1 ANO, isto porque o bairro dele é pequeno e não é que ele tem a desfaçatez de continuar com a ENGANAÇÃO barata de que faltam imóveis em bairros bons???

                  ???

                  11+
                  • avatar
                  • avatar
          • Carlos 16 de abril de 2017 at 17:24

            Japonês é tradicionamente conservador e difícil de mudar de opinião, coisa da cultura creio eu, muitas empresas japonesas estão tendo muitas dificuldades para se adaptarem a velocidade das mudanças atuais tanto de mercando quanto de atrair os jovens. Juventude japa completamente desanimada e revoltada, vejo muita similaridade com os punks ingleses e até entendo uma parte dos motivos.
            Tudo pareçe levar 10 vezes mais tempo para mudar quando falamos deles, as vezes penso que a percepção do tempo de um determinado povo está ligada a idade da sua civilização, em escala vários existem a quase 10 vezes mais tempo do que a gente e a trumplândia por exemplo, coisa de 5000, 6000 anos.
            Curiosidade: Empresas como a Matsushita e Mitsubishi fazem planos estratégicos com prazos de até 250 anos.

            6+
            • avatar
            • avatar
      • Krakenvader 16 de abril de 2017 at 13:04

        Desde criança eu escutei meu pai falar: “Só sai negócio quando o malandro e o otário saem na rua pra negociar. ” e “Se você perde dinheiro, alguém está ganhando. Quando você ganha, alguém está perdendo.”.

        Eu levei pouco tempo pra entender como ele estava certo… E por sorte, pude aprender com os erros alheios. Enquanto o lado da família do meu pai sempre teve o hábito de economizar e obter descontos à vista, o lado da mãe sempre se meteu em longos financiamentos além da capacidade de pagamento.

        Vender uma casa pra entrar em uma dívida é uma das maiores c*gadas que eu já ouvi falar. Mas não tem o que fazer, o otário caiu na conversa do malandro – legalmente. Acho muito difícil reverter a situação… É a mesma coisa que o Eike recomprar cada OGXP3 por 20 reais. Não vai.

        Sobre o aluguel, cara, vai me desculpar. Mas dados são dados. Eu acho tão incerto morar na banânia (e não me vejo morando aqui nos próximos 5 anos) que resolvi vender tudo e morar em imóvel locado. Meu único patrimônio é um carro 2.0 2010/2011 que posso pagar a manutenção sem chegar perto de apertar meu lazer. Fora isso, meus ativos rendendo um montante considerável.

        Em caso de crise, faço um downsizing nos meus gastos, renegocio o preço do aluguel, busco uma residência menor, tenho várias alternativas.
        Se eu liquidar meus investimentos e adquirir tijolos, vou fazer o que? Vender um banheiro caso as finanças apertem?

        Se eu pudesse, até meu carro seria leasing. As empresas mais rentáveis do mundo sequer possuem patrimônio em tijolos, por que será? Logo eu, sardinha, deveria comprar tijolos se os tubarões não o fazem?! Pra que??

        45+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Cesar_DF 16 de abril de 2017 at 15:24

      Já vi numa entrevista de um estelionatário que os golpes dele só funcionam em pessoas gananciosos ou invejosas

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Fernando 16 de abril de 2017 at 15:44

        Também já li isso em algum lugar.
        Mas é a filosofia intrínseca ao PMJ…

        1+
        • Cesar_DF 16 de abril de 2017 at 16:03

          Fernando
          A filosofia do PMJ é a pessoa ter uma renda passiva, ser um recebedor ao invés de um pagador de juros.
          Uma pessoa pode ter uma renda passiva, alugando seu patrimônio para alguém, seja em imóveis ou em espécie.
          Atualmente, alugando seu dinheiro, ele será remunerado em cerca de 7-8% líquidos reais por ano.
          Alugando seu imóvel ela receberá 2% líquidos reais por ano.
          Agora, se o imóvel cair de preço mais que 2% ao ano, significa PREJUÍZO.
          Por isso falamos que, quem comprou imóveis depois da subida do fator X (2004-2005) certamente vai perder dinheiro

          18+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • John Horse 17 de abril de 2017 at 08:28

            É impossível querer trazer à razão alguem que altera a percepção dos fatos para justificar as decisões que tomou no passado.

            5+
            • avatar
            • avatar
  • cyberpsi 16 de abril de 2017 at 12:54

    cvr: ja em 2005 me mudei para um apartamento na beira mar na regiao metropolitana do recife. na epoca pagamos 140 mil por um apartamento pronto. pessoas que compraram na planta pagaram ate 194 mil. entao esse jogo de liquidar depois de construido e antigo amigos.

    27+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 16 de abril de 2017 at 14:16

      Cyberspy,

      A diferença é que antigamente o que as construtoras vendiam com desconto no ato da entrega, de fato eram as últimas unidades, que eram mais baratas, porque ficavam no térreo, ou com pior visada, ou seja, aquelas opções que eram menos atraentes e não quiseram comprar durante a construção, sendo que hoje em dia, grande parte do empreendimento entregue esta disponível para escolha no ato da entrega e apartamentos melhores são vendidos bem mais baratos, como em um dos depoimentos do ReclameAqui mais acima, onde estava vendendo no décimo terceiro andar na entrega por um preço bem menor do que o reclamante pagou por um no quarto andar na planta…

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Fernando 16 de abril de 2017 at 15:37

        Não há diferença alguma. Sempre foi assim.
        A única diferença que vejo é que, se o cara vendeu tudo em 2005 e aplicou em renda fixa, por exemplo, hj não compraria mais NADA, por N motivos que não convém ficar repetindo.
        E não adianta dizer que os imóveis quadruplicaram e bla bla bla, por que a inflação oficial foi 2x, o que dirá a real… e a SELIC ficou um bom tempo no mínimo, sequer repunha o poder de compra.
        Portanto, os fatos estão aí, estão postos.
        Quem comprar hj com um desconto de 30-40% estará fazendo um excelente negócio.

        7+
        • CA 16 de abril de 2017 at 17:03

          Kkkk

          Os 30% ou 40% de desconto que prometem para quem compra na planta e estes depois descobrem que a construtora vende mais barato que isto na hora da entrega do imóvel?

          Para não parecer que tudo que você diz é completamente VAZIO, que tal se para variar você explicar por que os preços atuais com “descontos” de 30% a 40% seriam “bom negócio”, se aqueles que compram na planta com estes “descontos” sempre se dão mal vendo a construtora vendendo mais barato depois, se os preços não param de cair, sejam nos leilões, nas ofertas das construtoras ou no IVG-R e se apesar disto a distorção entre oferta e procura não para de crescer ???

          9+
          • avatar
          • avatar
        • Money_Addicted 16 de abril de 2017 at 19:34

          Fernando,

          se vc quiser aprender/entender, nesse site aqui vc corrige valores por diversos indices

          https://www3.bcb.gov.br/CALCIDADAO/publico/corrigirPeloCDI.do?method=corrigirPeloCDI

          Eu coloquei 140k desde 01/01/2005 corrigindo a 100% do cdi, o q deu um total de 559k – 15% de IR = 496k

          Eu nao sei as carecteristicas do imovel, mas imagino que com 500k na mao se compra mta coisa boa, inclusive se o nosso colega cyberpsi nao se importar e puder dar algumas caracteristicas do imovel para fazermos uma analise ou ele mesmo dizer o valor medio dos APs semelhantes que estao sendo vendidos (nao apenas anunciados)

          [ ]s

          12+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • to bolhado 17 de abril de 2017 at 10:01

            Peguei um exemplo que conheço os números. Parento comprou imóvel em 2004 por 200k. No auge “supostamente” valia 700. Hoje (para ser conservador) acho que venderia por 500. Jogando a correção do CDI no período, 750. Tira IR, pouco mais de 600. Teria que por custo de moradia etc. Mas aí, 2 pontos. Primeiro: se tivesse aplicado em RF não teria perdido dinheiro. Segundo: só corrobora todo o argumento do blog, que é que os valores vão convergir pro que eram antes da explosão da bolha corrigidos pela inflação. Mas, para não passar em branco, concordo com o Fernando: imóvel quitado, sendo o da moradia da família, não se vende. Também não se compra a preços absurdos, nem financia-se, mas não se tá quitado não se vende.

            4+
            • Master Yi 17 de abril de 2017 at 10:23

              Não se vende? Tenho 27 anos, seu eu comprar um imóvel hoje e conseguir viver até os 87 anos, terei que morar no mesmo imóvel por 60 anos?

              1+
              • to bolhado 17 de abril de 2017 at 10:36

                Reformulando: não se vende como estratégia de investimento. Se você vai vender para comprar outro para morar, em outro lugar, melhor, diferente, claro que tudo bem.

                2+
                • avatar
                • Master Yi 17 de abril de 2017 at 11:14

                  Concordo, mas ressalto: não se vende como estratégia de investimento porque não se compra como estratégia de investimento. Imóvel para mim é um bem de consumo, que se deprecia e perde valor com o tempo. No meu humilde entendimento, imóvel perde valor (real) ao longo dos anos, e isso é absolutamente natural, haja vista que moradia é uma necessidade que tem um custo, como qualquer outra, e esse custo é traduzido em depreciação. Resumindo: não tem como comparar o rendimento de um investimento como um bem de consumo, é certo que o imóvel irá perder (estou considerando um cenário saudável).
                  Agora retornando ao ponto que levantei no post anterior, a troca do imóvel é algo que deve ser considerado. Não acho coerente comprar um imóvel com o pensamento “é para a vida toda”. Isso porque ninguém mora em um apartamento até ele desmoronar, e ao trocar de imóvel, gasta-se com documentação e a depreciação é realizada no ato da venda.

                  2+
                  • avatar
                  • to bolhado 17 de abril de 2017 at 11:18

                    seu raciocínio está perfeito.

                    1+
                    • avatar
                  • Nelson Schadenfreude 17 de abril de 2017 at 11:26

                    Imóvel não é bem de consumo, é bem de capital. Deprecia mas produz “serviços de habitação”. Deve ser encarado como um investimento em capital físico. E assim sendo, é passível de especulação e flutuações de preços.

                    2+
                    • Master Yi 17 de abril de 2017 at 11:57

                      Não concordo com a classificação de bem de capital. Este termo é utilizado geralmente para bens que produzem outros bens ou serviços intermediários. Um imóvel atende uma necessidade imediata, no caso, a habitação.
                      Concordo que podem ocorrer flutuações no preço, o que possibilita o lucro. Da mesma forma, posso dizer que um automóvel sofre variações de preços, e que existem pessoas que lucram com isso, os revendedores de carros usados podem ser citados como exemplo. Mas na essência, um automóvel é um bem de consumo para a população em geral. Estamos limitados aqui ao público que compra imóvel para satisfazer uma necessidade. Nesses casos, o bem é de consumo e tende a depreciar.
                      Eventualmente um proprietário pode sim lucrar em situações de início de bolha, mas no geral não é o que acontece, simplesmente porque, novamente, imóvel (para a maioria esmagadora da população) não é um investimento.

                      2+
            • Nelson Schadenfreude 17 de abril de 2017 at 11:25

              Cara, eu vou concordar com o Fernando. Imóvel da família quitado não se vende! Por quê? Porque 99% da população brasileira não tem um pingo de autocontrole, e se vir uma montanha de dinheiro no banco vai torrar tudo. Melhor para o idiota pelo menos garantir que vai ter um lugar para morar, mesmo que seja uma decisão financeira “subótima”.
              Já o 1% com educação financeira e autocontrole tomarão em geral decisões financeiramente razoáveis, e tem capacidade de observar o acúmulo dos juros compostos sem se ouriçar e gastar tudo.
              Ass: Nelson Schdenfreude, usuário do TD desde o seu início, testemunha ocular do efeito dos juros compostos. Feliz inquilino de um imóvel alugado (mas que vai comprar um quando for financeiramente vantajoso, e à vista).

              6+
              • avatar
              • Master Yi 17 de abril de 2017 at 11:58

                Sigo na mesma linha, comparei quando for coerente financeiramente.

                1+
  • Alemon Fritz 16 de abril de 2017 at 13:02

    Morar no DF está mais barato. Aluguel é o menor dos últimos nove meses

    “Essa situação reflete as recentes quedas nos valores de venda de imóveis. Os aluguéis costumam reproduzir o sentido das vendas, mas isso ocorre com atraso porque os contratos já são firmados com valor e período predeterminados. Agora, essas quantias estão sendo ajustadas”,

    A medida também é uma alternativa para muitos proprietários que estão com imóveis desocupados. kkkkkkkk
    Há dois meses, o corretor de imóveis Sérgio Castila, 53 anos, tenta conseguir um locatário para um apartamento de dois quartos na QI 3 do Guará. Ele já reduziu o valor do aluguel, mas ainda não teve sucesso.

    http://www.metropoles.com/distrito-federal/morar-no-df-esta-mais-barato-aluguel-e-o-menor-dos-ultimos-nove-meses

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 16 de abril de 2017 at 13:08

    “Um dos imóveis que eu olhei está desocupado há uns cinco meses porque ninguém aceita pagar o preço cobrado pelo dono”, conta.

    a gente não consegue aplicar o índice geralmente cobrado. Estou pedindo 10% a menos do que quando comecei a anunciar, mas o movimento está muito fraco. É um imóvel que seria facilmente alugado em condições normais, mas atualmente tem sido difícil”

    enda
    Os preços de venda de imóveis no DF também voltaram a cair no último trimestre e registraram os menores valores desde o início do ano passado.

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 16 de abril de 2017 at 13:28

    O Brasil nao e pra amadores.
    Pessoas comprando no gearbest e reclamando que estão demorando muito para o correios entregar.
    O cara que compra online e depende do correios ou tem que ter muita paciência ou ter que ser muito burro pra confiar nessa tranqueira chamado correios.

    O Brasil só piorou nos últimos 5 anos e só agora as pessoas estão se dando conta, antes estavam anestesiadas com carros bolhudos, AP gourmet, smartifonis bolhudos dá Apple e viagens pra Miami.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • AGP 16 de abril de 2017 at 18:53

      Ultimamente estou recebendo os produtos bem antes do prazo estimado.

      Embora estou com a nítida impressão que esticaram os prazos para poder conseguir entregar. Aqui estimam 16 dias inuteis (recebi 1 encomenda em 9 dias uteis).
      Nos EUA, entregam com 3-4 dias, até em 1-2 se você pagar prime.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Prion 16 de abril de 2017 at 14:30

    Ajuda!
    Pessoal, antes de tudo gostaria de agradecer aos bolhistas que aqui postam. Por meses tenho acompanhado este Blog, quero dizer que aprendi muito mesmo aqui com vocês. Tenho um pequeno problema talvez alguém possa me ajudar. Sou brasileiro, vivo a mais de vinte anos na Suíça, gostaria muito de investir no TD no Brasil, más nunca fiz declaração de IR no Brasil. Tenho uma conta poupança no BB e endereço para correspondência (da minha mãe). Como posso investir no TD residindo fora do Brasil? Como declarar apenas meus rendimentos no TD, sem que mexa na minha renda e declaração na Suíça?
    Muito obrigado por qualquer ajuda!

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 16 de abril de 2017 at 15:10

      Cara você mora em um pais de primeira e quer investir em um pais de alto risco e de quarta categoria?

      Fala com o gerente do seu banco aí na suíça e invista na Inglaterra ou EUA que será melhor pra você.
      Lembrando que TD paga IPCA + juros e ainda tem o IR que diminui muito sua rentabilidade.
      Ganhar 5% nos EUA é bem melhor que ganhar 5% no Bananistão

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Prion 16 de abril de 2017 at 18:36

        Muito obrigado pela dica Leonardo. Reamente, política e economia por aqui é muito estável. Quase não temos mais rendimentos com dinheiro parado nos bancos. Quando muito, 1/2% ao ano, e assim mesmo quase todo lucro vai embora nas taxas administrativas. 6-7% de lucro líquido ao ano no bananistão é uma tentação…?

        10+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Leonardo M. 16 de abril de 2017 at 19:31

          Lembrando que TD não é investimento e sim RF.
          Investimento são ações, FIIs, negócio próprio etc.
          No Brasil ganha quem perde menos, neste caso em RF.
          Fora o risco de maxidesvalorizacao dá moeda. Aí você tem R$3.200 que valem U$1.000,00 e talvez um ano depois você tenha R$4.000 mas valendo U$400,00.
          Brasil não é pra amadores e nesse caos onde você já está fora faz 20 anos do Bananistão te faz um amador(sem ofensas).

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Carlos 16 de abril de 2017 at 17:32

      Prion, talvez você esteja um pouco desinformado sobre oque está acontecendo no Brasil, o blog tem excelente conteúdo mas com um foco limitado.
      Por favor me desculpe se este não é o caso mas sugiro que tenha muita calma neste momento e espere mais alguns anos antes colocar os seus planos para o Brasil em prática. Você está em uma situação privilegiada que muitos aquí almejam de ter suas economias longe das garras do(s) governo(s) e do caos bananence.

      Muita calma nesta hora e muito sucesso nos seus investimentos 😀

      9+
      • avatar
      • avatar
      • Prion 16 de abril de 2017 at 18:44

        Carlos, muito obrigado por me “abrir os olhos”. Um pouco de “shock de realidade” pode trazer benefícios. Por este motivo e outros é o que me deteve de tomar essa atitude. Vou continuar pesquisando, aprendendo e esperando o momento “certo”. Valeu companheiro!!

        7+
        • avatar
  • cosmos 16 de abril de 2017 at 15:30

    Seria bom escrevermos juntos uma obra de sucesso garantido:

    Apresento…

    …O dicionário “CORVOLARIUS: o que os corretores querem realmente dizer com os chavões dos anúncios”
    (Editora Bolhística, 1a edição)

    Algumas primeiras contribuições:

    EXPRESSÃO CORVOLÁRIA: TRADUÇÃO

    – “Acabamento de primeira!”: acabamento dura até a primeira chuva, depois é só infiltração;
    – “Ideal para reforma!”: está caindo aos pedaços;
    – “Oportunidade!”: continua caro demais;
    – “Realize agora o seu sonho!”: não tem o dinheiro todo? Pague pelo menos o triplo por meio de um financiamento de trinta anos;
    – “Últimas unidades!”: 99% do prédio ainda não foi vendido;
    – “Valorização garantida!”: bom, não é um bom negócio, mas é melhor do que literalmente jogar todas as suas economias na privada.

    Por favor, contribuam com mais expressões e seu verdadeiro significado!

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Jean Cherem 16 de abril de 2017 at 15:57

    Aqui em Bh o pessoal continua sem noção. Acabo de ver alguns imóveis no netimóveis. Não tem como pagar, mas seguram o preço como se algum milagre fosse acontecer.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 16 de abril de 2017 at 16:05

    até 1903 reais, olhem a trabalheira do “investidor”..

    IR 2017: Recebeu ou pagou aluguel? Mesmo sem erro, Receita pode te pegar…

    https://economia.uol.com.br/imposto-de-renda/duvidas/como-declarar-aluguel-no-imposto-de-renda.htm?cmpid=copiaecola

    4+
    • avatar
  • Virgulino Lampiao 16 de abril de 2017 at 16:46

    Passando para dar boa tarde, aos amigos Bolhista, alguns afirmam que um certo banco através de seus leiloeiros oficiais, estão com desconto Off de 80%, intrigado perdi meu tempo analisando os site de leilões, Imoveis em leilão Primeira praça 99% sem lances, alguns segunda praça sem lances, observei que os imóveis de leilao de tal banco estão mais caros que imovéis anunciados em Classificados de venda, não vou citar nomes de bancos , site de vendas, afinal não recebo $$$$$ para fazer propaganda, alguém anda assistindo muito Castelo Ratinbum ou Tim no mundo da Lua!! do mais sigo forte no PMJ!!! Afinal Imóvel fica velho, gera despesas de manutenção, condominio e taxas ……

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 16 de abril de 2017 at 17:06

      São mais de 20.000 imóveis só na CEF, viu todos? Alguns casos publicados por aqui em tópicos anteriores. Não precisa assistir o castelo Ratinbum, procure neste blog mesmo…

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Virgulino Lampiao 16 de abril de 2017 at 17:16

    Os Leilões tem inicio e fim Primeira e Segunda Praça! Estão super valorizados nos leilões uma valorização surreal , não a renda que acompanhe, mas os juros são imbativéis, o meu ta guardadinho, consultei alguns imovéis CEF sim , são lotes não ficam todos disponiveis, tem imovés em pequenas cidades da Bahia com lance inicial de R$ 39.000 deve ser cidade de no maximo 10.000 mil habitantes, vale salientar sem lances!! a renda dos munucipes deve ser muito baixa! Já nos leilões de outros bancos preços extratosfericos, não vão vender Nunca!!!!

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Carlos 16 de abril de 2017 at 17:53

    OFF mas não tanto – Excelente artigo no NY Post sobre mobilidade, oportunidades e estabilidade.

    Um curto resumo: Muita gente prefere a estabilidade a progredir na vida financeira e outros até querem se mudar mas não podem por não estarem líquidos.

    “Americans are stuck. Locked into our jobs, rooted where we live, frozen at our income levels. More than at any previous point in our history, we’ve stopped moving — whether moving up the income ladder or packing up a truck and finding another home. We’ve grown ossified, rigid.

    The flip side is that we’re stable. If we weren’t so content, we’d be more willing to gamble, to shake things up, to start a new firm or join one. Maybe we’re fine where we are. But maybe this period of stasis cannot last. Maybe it even portends a period of massive disruption.”

    http://nypost.com/2017/04/15/why-americans-have-stopped-moving/

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Carlos 16 de abril de 2017 at 19:03

    OFF para os curiosos do blog, véio Lucas vai provavelmente achar interessante tb..

    Harry Potter, Keynes, socialismo e gerações X e Z.

    The dark side of Harry Potter could transfer to our world

    “John Maynard Keynes is one of the most important people who ever lived. His conviction that governments should spend up when things turn down saved lives and probably saved capitalism. But his thoughts weren’t widely read. Even the world’s best-selling economics textbook has sold just four million copies.

    http://www.brisbanetimes.com.au/comment/the-dark-side-of-harry-potter-could-transfer-to-our-world-20170410-gvi6d4.html

    O artigo citado: Potterian Economics
    “Abstract

    Recent studies in psychology and neuroscience find that fictional works exert strong influence on readers and shape their opinions and worldviews. We study the Potterian economy, which we compare to economic models, to assess how Harry Potter books affect economic literacy. We find that some principles of Potterian economics are consistent with economists’ models. Many others, however, are distorted and contain numerous inaccuracies, which contradict professional economists’ views and insights, and contribute to the general public’s biases, ignorance, and lack of understanding of economics.”

    http://www.rcfea.org/RePEc/pdf/wp17-03.pdf

    1+
  • Cajuzinha 16 de abril de 2017 at 19:35

    Pra rir:

    ““Tenho notícias que os escritórios estão abarrotados de projetos novos. Isso já demonstra a reação do mercado”, diz.”

    http://m.correio24horas.com.br/noticias/single/noticia/valorizacao-de-imoveis-foi-53-maior-no-primeiro-trimestre-de-2017/?cHash=b1586a72ff31d62707f0cd444446db5

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 16 de abril de 2017 at 20:08

      Claro, claro, afinal corvo vende “projeto” de vida ou “projeto” de felicidade.
      Muita gente comprou imóvel que só existia no Photoshop 😀
      Mas é interessante que as desculpas e motivos estão ficando cada vez mais fajutos.

      5+
      • avatar
      • Alemon Fritz 16 de abril de 2017 at 20:41

        a mágica é inacreditável, estava observando que um imóvel de 76m2 é menor que um de 68. A diferença é só uma aranda gourmet (e nela vc não vai dormir, fazer xixi, ou pendurar roupas ou lavar). O quarto fica menor ainda mais se tiver suite de banheirinho).. o investidor paga pela varanda quase 80- 100k a mais… kkk

        8+
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 16 de abril de 2017 at 20:37
    • Carlos 17 de abril de 2017 at 06:23

      Fato interessante, creio que nas épocas dos nossos pais e avôs isto estaria entre uns 25 e 30 anos, a expectativa de vida explica uma parte da diferença e o acessibilidade a outra creio eu.

      Por estes lados é de um pouco mais de 38 anos.
      http://www.news.com.au/finance/real-estate/buying/the-average-age-of-home-buyers-has-increased-in-most-capital-cities/news-story/7a88034ae4f273382bc748216669c14b

      Curiosamente o mesmo valor no Trumpstão, 33 anos (tabela interessante no artigo com dados desde os anos 70)

      The average first-time homebuyer is about 33, at the front end of the millennial generation. Their median income is $54,340, which is about the same as what first-time homebuyers made in the 1970s, when adjusted for inflation.
      http://zillow.mediaroom.com/2015-08-17-Todays-First-Time-Homebuyers-Older-More-Often-Single

      2+
      • avatar
      • odorico 17 de abril de 2017 at 08:35

        Meu pai comprou a primeira casa com 19 anos. Quitada e à vista. Inicio dos anos 60. Meu vô onde passava (era quase um cigano) sempre comprava seu pedaço de terra, também à vista. Meu pai, caminhoneiro construiu uma casa à toque de caixa (dinheiro do salário) em 7 meses. Já com o valor do terreno.

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Carlos 17 de abril de 2017 at 08:49

          Era bem comum um homem com 18 anos já ter profissão e ser recentemente casado ou estar em vias de se casar nestas épocas. Outros tempos, vida muito mais simples ?

          4+
          • avatar
          • avatar
  • Carlos 17 de abril de 2017 at 09:29

    Sites de leilões pipocando na internet, vários anunciando imóveis do caixão.
    Tem caroço neste angu ?

    2+
    • avatar
    • alemonbnu 17 de abril de 2017 at 09:38

      Maioria é leilão com bichinho da goiaba dentro.
      Além disso, preços bolhudos em primeira praça.
      Preços mais dentro da realidade começando a aparecer em casos pontuais.
      Essa questão do bichinho da goiaba dentro é complicada. O cara empatar uma grana e depois ter que se estressar pra tirar o sujeito de lá. Aqui é banânia, vc n tem garantia de que vai conseguir.
      Meu velho pai sujeiriu que “quando o imóvel é seu, coloque a conta de luz no seu nome. se o sujeito nao sair depois de prazo X, vá na concessionária e mande desligar a luz. Quero ver o cara continuar lá, sem luz.”

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 17 de abril de 2017 at 09:43

        sem falar que a maioria está com complicação nos documentos. O banco leiloa e diz qe tem que atualizar a matricula, o incra, o IPTU, condomínio, cartórios, INSS, etc..
        o gozado é que eles financiaram sem essas garantias corretas. Tem um haras que tem uma estrada dentro e vc tem que regularizar… kkk

        5+
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 09:54

          Está acontecendo galera.
          Os leilões irão aumentar o volume de ofertas e milhares de Brick Lovers começarão a sentir-se incomodados…. tá demorando demais para descobrir quem é o pato… e quando isso acontece é porque o pato é o BRICK LOVER iludido.

          4+
          • avatar
          • avatar
      • alemonbnu 17 de abril de 2017 at 09:57

        errata: Sugeriu.

        1+
      • Carlos 17 de abril de 2017 at 10:20

        Quem pagaria mais de 420k por esta bosta?

        http://www.fernandoleiloeiro.com.br/online/P22631/

        1+
    • Alemon Fritz 17 de abril de 2017 at 09:58

      estou observado que a bananazuela já está no FEAR DESPAIR e na outra ponta indo pro BUll trap. Ao mesmo tempo.
      No fim do ano algumas sardinha vão mergulhar com a queda dos juros e ^manipulação fingezap”… na outra ponta quem poderia vender (usado) não conseguirá, ou leilão sobrando.. Inacreditável.

      O caso da carne podre é emblemático… não durou um mês, mas o problema está lá.

      4+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 17 de abril de 2017 at 09:39

    Valor de aluguel não acompanha o de venda
    Economista do Sinduscon-RS, Lucineli Martins destaca que a oferta para locação subiu mais do que a carteira para venda em 2016 (29,3% contra 12,5%) por conta da crise. “Quem tinha para venda mudou para aluguel, para repassar os custos de condomínio e IPTU ao inquilino” Parte dos imóveis para aluguel seriam abandonados por estudantes, que têm mais alternativas de moradia.

    A caixa mudou as regras para os usados e isso alterou o mercado (banania não é pra amadores, mode on)

    http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/03/economia/555176-setor-de-imoveis-da-capital-confia-em-virada.html)

    3+
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 17 de abril de 2017 at 09:50

      Só que a Caixa voltou atrás em março de 2016, elevando o limite para 70% no imóvel usado. “Os imóveis de locação sobraram”, diz Aline. A grande oferta e a menor demanda justificariam a queda brusca do aluguel, destoando da compra.
      – Jornal do Comércio (http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/03/economia/555176-setor-de-imoveis-da-capital-confia-em-virada.html)

      o mercado está travado.. kkk os investidores e quem quer mudar ficou preso.. ou seja estão forçando a compra do primeiro imóvel das construtoras… novos.esse país é uma piada. o aluguel despenca, a diferença já está em quase o dobro (aluguel-venda).. kkk tiro no pé. pois os imóveis vão se acumulando na ponta pra aluguel…
      .. paiseco de bosta. ..

      3+
      • avatar
  • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 09:53

    Bom dia galera !
    Fui em 02 festas de aniversário de colegas do kids e tenho ótimos relatos bolhísticos
    Agora encerrando as posições do Day Trade
    Juros Futuros em queda
    Dólar futuro em boa queda por conta dos leilões de swaps

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 10:00

    CVR1
    Festinha do colega do pandeirinho tive a oportunidade de conhecer o pai de outro colega. Engenheiro Civil… começamos a conversa… eu comentei que operava no mercado financeiro e ele comentou que trabalha com projetos de indústrias mas no passado recente foi correspondente bancário. Sério… em cinco minutos de conversa eu tive quase certeza que ele leu esse blog…. porque os termos utilizados eram muito parecidos… quando ele falou em bolha imobiliária….. dei risada por dentro.
    Frases dele: “As pessoas precisam acompanhar o valor do CUB… o valor do terreno é importante… mas não dá para descolar muito do CUB”
    ” A concessão de crédito da CEF é falha. Conheci muitos gerentes operando para o próprio interesse … bater metas e ganhar comissões dos amigos correspondentes bancários”
    ” a PDG é um exemplo clássico de desastre financeiro. Era visível que iria acontecer isso. A inadimplência é muito grande”

    Aí eu joguei para ele: É possível afirmar que a CEF foi o oxigênio da Bolha Imobiliária nacional?
    Ele: ” Com certeza”.

    P.S. Agora ele só trabalha com plantas industriais com capital estrangeiro. Principalmente da China. Eles investem a longo prazo…. coisa de 15 a 20 anos … para o cumprimento das garantias.
    Ele tb dá aula em cursos de arquitetura… comentou que 90% dos alunos não sabem fazer uma simples conta de porcentagem ou regra de 3.

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Libertario 17 de abril de 2017 at 10:12

      Legal.
      Mesmo ele sendo engenheiro, é muito dificil conhecer alguem bem informado sobre o mercado, sem participar desse espaço.
      Ponto pro rapaz.
      E a igreja do PMJ será que ele frequenta tambem ?

      5+
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 10:15

        Ele comentou que comprou apê em 2011 mas no preço de 2,5k o metro. (que ele julgava correto)
        mas comentou que viaja muito e trabalha em vários lugares…..

        tenho certeza que em algum momento ele já leu ou lê aqui.
        Pois até de imigração pro Canadá ele comentou. (com conhecimento de causa) kkkkk

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 10:21

    CVR2
    Outra festa…..
    Escutei um comentário quando estava me servindo de suco:
    Homem1: “Cara… com essa crise aí… tem que comprar mais imóveis…..”
    Homem2: “Meu… eu estou super apertado. Ainda preciso pagar esse….mais 28 anos de financiamento”

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Coelho da pascoa 17 de abril de 2017 at 10:31

    CA, O Cramulhao de FHCigienopolis45 , Cesar_DF e todos os amigos aqui do blog, continuo lendo apenas comento menos 🙂
    Temos as piores vendas de carros, as piores vendas de imóveis, mas a páscoa quebrou uma tradição, fabricantes de ovos sempre pagavam uma notícia do tipo “Venda de ovos deve aumentar X% este ano, depois vinha uma notícia após a páscoa do tipo “vendas de ovos caem 2x%”

    Desta vez não! Já foram jogando a toalha de cara!

    “http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/vendas-de-ovos-da-pascoa-em-mt-devem-cair-20-em-2017-diz-setor-atacadista.ghtml

    “https://www.atribunamt.com.br/2017/04/venda-do-peixe-santo-frustra-expectativas-neste-ano/comment-page-1/

    As pessoas estão sem grana pra comprar peixe, vão comprar apartamentos???

    CVR Lançamentos 1 dormitório Osasco – centro

    Sou de Osasco e acabo observando mais as coisas por ali, me chamou muito a atenção o lançamento de um conjunto de 800 apartamentos de 1 e 2 dormitórios a uns 500 metros da estação Osasco chamado Via Nações, o preço do um dormitório parte de 189 mil próximos a estação existem 4 concorrentes de um dormitório que foram lançados praticamente ao mesmo tempo: Citiplex (não sei por quanto foi lançado), Square Osasco (em fase de entrega e tinha uma placa grande há dois meses escrito “a partir de 225 mil), Quest ( anunciado por 229 mil no começo de 2015), Piscine (não lembro a época mas era oferecido por 290 mil se não me engano)
    Os quatro estão para ser entregues, eis que alguém vai e lança por 189 mil reais, acredito que a intenção seja muito óbvia, incentivar os compradores na pRanta dos quatro empreendimentos a pedir o distrato e comprar o Via Nações, é o mercado comendo o mercado.

    Como o blog já tinha previsto:
    mimimi meu ap é do lado da estação, não vai baixar
    mimimi meu ap é do lado do shopping, não vai baixar
    mimimi meu ap é do lado do supermercado, não vai baixar
    mimimi meu ap é do lado da casa do duende verde, de acordo com a teoria da flexibilidade do rabo da lagartixa, dos calculos precisos do Amorinha, da perspectiva de interesse dos xeiques árabes, da demanda de carrinhos de rolimã e toda espécie de teoria insana meu imóvel vai valorizar!

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 10:50

      o mesmo mimimimi aconteceu no Japão
      Irlanda
      EUA
      Espanha
      Portugal
      Islândia

      8+
      • avatar
    • Carlos 17 de abril de 2017 at 10:56

      Só falta agora ter crise no setor de cermijo de milho.

      Opa…… ??????

      Ambev tem 1ª queda de receita da sua história em 2016 e ações caem

      Receita da empresa caiu 5,2% no Brasil no ano passado e foi considerada responsável pelo resultado ruim; cervejaria foi criada em 1999 com fusão de Brahma e Antarctica.

      http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/ambev-tem-alta-de-135-no-lucro-liquido-do-4-trimestre-mas-receita-cai-139.ghtml

      4+
      • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 10:59

        Milhares de lares ao longo da Banânia consumindo muito menos…..
        é muita conta para pouco dinheiro.
        É preciso crescer uns 5% só para pagar as contas. As garantias já estão começando a falhar. Prestem atenção.

        11+
        • avatar
    • Carlos 17 de abril de 2017 at 10:59

      O Pelé não tinha alguns bolhudos aí perto do Osasco Plaza?
      Só isso já valoriza uns 300%

      5+
  • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 10:52

    Dólar 3,1067
    com o governo empurrando pra baixo

    3+
    • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 10:58

      A fase de Negação – Denial – Blog do Irvine – EUA
      “Quando o limite de acessibilidade é atingido e a quantidade de compradores disponíveis é esgotado, os preços começam a diminuir. No início, os participantes do mercado ainda estão sobrecarregados pela ganância, e eles optam por ignorar os sinais de que o partido pode ter terminado. Em 2007, a maioria dos mercados imobiliários estava na fase de negação, uma vez que os preços não tinham caído o suficiente para causar medo real. A negação é aparente nas pesquisas em meados de 2007, onde 85% acreditam que sua casa aumentaria em valor nos próximos cinco anos e 63% acreditam que uma casa é um bom investimento. Isso é negação. É também aparente no número de casas compradas durante o estágio de ganância que são mantidos para venda a preços de equilíbrio, mesmo que este seja acima do mercado. Quando o estoque é grande, e as casas permanecem no mercado por muito tempo, os preços são demasiado elevados. Vendedores que se recusam a baixar seus preços para ter uma pequena perda estão em negação sobre o estado do mercado. Eles acreditam que as propostas vão aumentar e algum comprador virá e pagará o preço – afinal, é assim que foi há alguns anos. Compradores que compraram no palco de entusiasmo ainda estão à frente, então eles não sentem nenhuma urgência para vender. Eles fizeram bom dinheiro já e eles vão segurar com esperanças de fazer um pouco mais. Uma vez que eles acreditam que o ativo vai apreciar novamente (e eles não têm estratégia de saída), este grupo de compradores não vende. Em contraste, os poucos comerciantes que ainda detêm posições liquidar e voltar em dinheiro. Comerciantes bem-sucedidos reconhecem a emoção da negação como um sinal para sair de suas posições para bloquear lucros ou evitar mais danos.”

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
        • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 11:03

          Na fase de negação de um mercado imobiliário residencial, muitos especuladores são incapazes de obter o preço de venda que desejam. A acumulação de casas com preços irrealistas começa a construir um grande inventário de casas “penduradas” sobre o mercado. A oferta aérea é uma condição em um mercado financeiro quando muitas unidades são mantidas para venda a preços acima dos preços de mercado atuais. Geralmente haverá um comício secundário após o primeiro declínio do preço como aqueles que faltaram o rally grande mas ainda acreditam que os preços irão somente entrar no mercado e causar um aumento a curto prazo nos preços. Este é um movimento BEAR – forte queda. É apropriadamente chamado como aqueles otimistas no mercado comprar direito antes do mercado de urso inverte e declina rapidamente. Para que os preços retomem um rally sustentado, a sobrecarga deve ser absorvida pelo mercado. Uma vez que os preços pararam de subir e, na verdade, começaram a cair, a demanda é diminuída pelo entusiasmo do comprador diminuído e a contração do crédito causada pela montagem de prejuízos credor. Com o aumento da oferta e diminuição da demanda, os preços não podem se recuperar para absorver a sobrecarga. O viés altista total à psicologia do mercado não mudou muito neste momento, porque os proprietários estão na negação sobre a realidade nova do mercado de urso; No entanto, a quantidade insuficiente de compradores e o início de um sinal de ruptura e crédito o rali é longo e a bolha nesse momento estoura.

          8+
          • avatar
          • avatar
    • to bolhado 17 de abril de 2017 at 11:12

      preciso do Temeroso segurando essa bucha até o meio do ano, quando vou aportar uma grana na terra dos livres. Depois disso pode deixar a bagaça explodir kkk

      5+
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 11:15

        Não é só o Temer / Meirelles que estão segurando. Acredito que grandes players estão na fase de realização de lucros dos aportes de 2015 e 2016 e preparando-se para 2018. Esse governo tem previsibilidade… só esse fato já ajuda uns 40% do abacaxi.
        kkkk

        5+
        • avatar
        • avatar
  • From_The_Tower 17 de abril de 2017 at 11:05

    Processo de MEDO – FEAR – Blog do Irvine
    No processo de luto há uma mudança da negação para o medo quando a realidade sendo negada torna-se demasiado óbvio para ser ignorado ou empurrado para fora da consciência. Não há aceitação da realidade, apenas a ideia de que a realidade pode ser fato. O fato de que um investimento pode vir a ser uma decisão financeira muito ruim com repercussões de longo prazo para a vida financeira do especulador é geralmente muito difícil de aceitar. A imaginação de um horrível futuro cria medo, e esse medo faz com que as pessoas tomem decisões sobre seus investimentos.

    A mudança mais importante no mercado no estágio de medo é causada pela crença de que o rali terminou. As reuniões de preços são um ciclo de auto-sustentação do preço ao preço: os preços sobem porque o aumento dos preços leva as pessoas a comprar, o que por sua vez leva os preços ainda mais altos. Uma vez que é amplamente acreditado que a manifestação acabou, acabou. Os participantes do mercado que antes só se preocupavam com o aumento dos preços subitamente ficaram preocupados com as avaliações. Uma vez que os preços estão muito acima dos valores fundamentais e os preços não estão subindo, há pouco incentivo para comprar. O rali está morto.

    Outra grande mudança psicológica ocorre nesta fase depois que as pessoas aceitam a manifestação está morta: as pessoas reavaliam e mudam sua relação com a dívida. Durante o rali, a dívida torna-se um meio de assumir uma posição no mercado de commodities de habitação. Ninguém se importa com quanto eles estão pedindo, porque eles nunca pretendem pagar o empréstimo através de pagamentos de sua renda salarial. A maioria acredita que eles vão pagar tudo o que eles pedem no futuro, quando eles vendem a casa por mais do que eles pagaram. Uma vez que os preços param de subir, as pessoas percebem que estão simplesmente alugando do banco, ea única maneira de chegar à frente e construir a equidade é pagar uma hipoteca. O desejo de emprestar de 8 a 10 vezes a renda diminui rapidamente como as pessoas percebem que nunca poderia pagar uma soma tão grande. O que começou na fase de negação como uma contração involuntária de crédito, no estágio de medo torna-se uma contração voluntária de crédito como as pessoas simplesmente não querem emprestar grandes quantias de dinheiro.

    Em agosto de 2007, uma crise de crédito mais séria se apoderou dos mercados financeiros, e durante os tempos que se seguiram houve aumento da liquidação do estoque mantido pelo banco. Os bancos tentaram obter seus preços de desejo durante a temporada de venda principal, mas no final do ano, houve pressão para que esses ativos não-performantes fossem retirados de seus livros. As vendas de “foreclosures” (leilão de bancos) do banco e o aperto do crédito conduziram a preços para baixo um adicional 5% a 10%. Isso causou alguns grandes problemas para os proprietários de imóveis residenciais. O medo começou a dominar o mercado.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Oliveira 17 de abril de 2017 at 11:47

    Leilões Osasco (http://www.zukerman.com.br/ns/busca/SP/T|Osasco/0/0/0),
    muito divertido, cinco aps, emergindo em valores primeira e segunda praça entre 110mil e 136mil.
    Enquanto se acredita que seu imóvel vale cerca de 250mil, ver o vizinho que comprou em leilão revendendo com lucro por menos de 200mil.
    pra mim a maioria não vale nem 70mil. Mesmo no leilão tem um lenha pra queimar…

    4+
    • avatar
    • avatar
  • Buck 17 de abril de 2017 at 11:52

    odorico

    Meu pai comprou a primeira casa com 19 anos. Quitada e à vista. Inicio dos anos 60. Meu vô onde passava (era quase um cigano) sempre comprava seu pedaço de terra, também à vista. Meu pai, caminhoneiro construiu uma casa à toque de caixa (dinheiro do salário) em 7 meses. Já com o valor do terreno.

    3+
    • avatar

    é existe muita coisa errada hoje né? Só o terreno pode ser uns 3 anos de salário do bananense médio…froid…Fico pesquisando sobre modelos de casas sustentáveis, tecnologias alternativas dos tijolos, mas infelizmente o custo Banânia é PHODDA (PH de famácia e dois DD de Toddy, como diz minha tia) – a impressão que chego é a frase são duas frases sempre é ditas e repetidas neste blog: este lugar não foi feito para amadores, ou, aqui é a Banânia ganha mais quem perde menos…

    3+
    • avatar
  • Buck 17 de abril de 2017 at 11:56

    Onde consta “a impressão que chego é a frase são duas frases sempre é ditas e repetidas”, leia-se “a impressão que tenho são duas frases sempre ditas e repetidas”

    2+
    • avatar
  • to bolhado 17 de abril de 2017 at 11:56

    novo tópico

    1+
  • alexny 17 de abril de 2017 at 13:51

    CA , vc trabalha em que area no brasil? te pergunto pq tem um emprego em financas aqui nos USA que eh a sua cara , precisa ser fluente em portugues e ingles

    0