Bolha Imobiliária. O Resultado (Assustador) Da Brasil Brokers – Blog do Portinho

Você pode gostar...

Comments
  • CA 1 de abril de 2017 at 12:07

    Sobre o tópico:

    O interessante do artigo do tópico e que é assunto proibido na imprensa, bloqueado pelo segmento imobiliário, é a visão sobre o despencar das vendas.

    A imprensa, com o o intuito de DESINFORMAR e induzir as pessoas ao erro, de tempos em tempos falam sobre redução do estoque de imóveis, mas o que eles esquecem de dizer, é que as vendas líquidas de distratos caem mais ainda e a desproporção entre estoque e vendas não para de crescer e com isto forçar por reduções cada vez maiores nos preços de vendas.

    O que faltou o autor do tópico acima considerar:

    1) Informações maquiadas por construtoras: algumas construtoras tem elevado volume de imóveis dos quais elas não estão “reconhecendo” os distratos há meses e às vezes por ANOS. Isto significa que os estoques delas são muito maiores e as vendas menores do que os apontados nos relatórios oficiais, ou seja, elas têm uma pressão muito maior para reduzirem os preços e conseguirem gerar caixa uma vez que esta distorção aumenta a ja anormal desproporção entre custos muito elevados de construção e manutenção destes imóveis versus as receitas cada vez mais minguadas, não é a toa que no resultado de 2016 vemos um recorde de prejuizos bilionários das construtoras listadas na BOVESPA.

    2) Leilões: temos mais de 20.000 imóveis com a CEF para serem leiloados e ela só retomou menos de 1/5 de todos que estão com inadimplência oficial acima de 90 dias, sendo que estão MAQUIANDO o número real desta inadimplência via negociações MIRABOLANTES. Isto significa que a CEF sozinha, quando não puder maquiar mais os números, terá mais de 100.000 imóveis a venda, o maior estoque de imóveis a venda por apenas uma empresa no Brasil. Correndo por fora, temos ainda os leilões de imóveis retomados por condomínios não pagos, que se MULTIPLICARAM nos últimos anos.

    São os fatores acima que garantem que teremos o famoso efeito manada, com as construtoras baixando o preço no DESESPERO para tentarem sobrevida, junto com os bancos fazendo reduções de até 80% nos preços iniciais de leilões porque a LIQUIDEZ é o coração deles e está muito combalida, junto com os condomínios tendo que aceleraram os seus leilões porque precisam de dinheiro para repor o caixa, pois neste caso, quanto maior ficar o rateio entre os condôminos, mais vai aumentar a inadimplência (círculo vicioso) e correndo por fora os vendedores particulares com necessidades crescentes de reduzirem preços para se livrarem dos abacaxis, afinal não são todos milionários da zona Sul do RJ, aliás o caos fiscal do funcionalismo público no RJ e a derrocada da Petrobrás por si só já deveriam dar o alerta para o autor de que a situação não é tão confortável assim .

    A análise do autor no artigo demonstra que ele não conhece estes FATOS, talvez por não ter se atentado que o que consta aqui é exatamente o mesmo que ocorreu em todas as bolhas imobiliárias do Mundo e por ainda acreditar naquilo que é publicado na imprensa sobre oa resultados sem consultar as fontes e nem analisar outras referências.

    43+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 1 de abril de 2017 at 12:27

      Complemento:

      Não podemos esquecer também que algumas construtoras já foram OBRIGADAS a reconhecerem quedas relevantes nos preços dos imóveis que constam em seus estoques à “valor de mercado”. Parte delas entrará no mesmo ciclo que Viver e PDG em breve, engordando as estatisticas de Recuperação Judicial no segmento e juntamente com as novas regras de distratos, afugentando cada vez mais os compradores na planta. Lembrando que em São Paulo em 2016 “venderam” cerca de 50% de tudo que lançaram no ano, sendo que até 2011 costumavam “vender” 100% no mesmo ano e ainda, considerar que “vender” neste caso, significa ENCOBRIR com um percentual cada vez mais relevante de vendas FALSAS na planta a anomalia dos distratos que não param de crescer, ou seja, significa apenas aumentar cada vez mais a desproporção futura entre estoques e vendas.

      Já no lado dos bancos, lembrar que eles já estão fazendo leilões com “descontos” nos preços iniciais de até 80%, eles ainda vão receber um grande volume de imóveis que serão retomados de pessoas físicas e ainda, de construtoras que quebraram e conforme cada vez mais construtoras tiverem que reconhecer a redução de preços em seus balancos e os bancos tiverem que reduzir cada vez mais os preços aceitos nos leilões, estes serão obrigados a reconhecerem a perda de valor das garantias que eles tem em seus balanços. A partir daí teremos os bancos, em especial a CEF, sendo OBRIGADOS, para garantir sua liquidez e combater os riscos de insolvência, além de compensarem os prejuizos que estarão se materializando, a reduzirem a oferta do crédito, aumentarem os juros e reduzirem os prazos de financiamento imobiliário, com isto, aumentando o círculo vicioso de aumento dos distratos e a pressão para que o efeito manada de intensifique, com reduções cada vez mais relevantes, rápidas e visíveis nos preços dos imóveis, em linha com o que aconteceu em outros países que tiveram explosão de bolha imobiliária.

      31+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Mn 14 de abril de 2017 at 00:32

        0
        • Mn 14 de abril de 2017 at 00:33

          0
  • Leonardo M. 1 de abril de 2017 at 12:46

    Estamos no Bull trap ainda, vai demorar mais alguns anos até a realidade bater na porta de todo brasileiro.
    Ainda estamos pedalando com poupança, seguro desemprego,FGTS, papai e mamãe ajudando e bicos.
    O dia que acabar veremos casas boas sendo vendidas por R$100mil no máximo ou carro + dinheiro.

    Pombais/muquifos/kitnet/caixote serão vendidos por R$30mil no máximo …
    Quem guardar dinheiro no TD e guardar até 2020/22 poderá comprar muito barato caso deseje pra primeiro imóvel.

    66+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • SampaBoy 1 de abril de 2017 at 13:54

      E o bananense levara ate as ultimas consequencias, passara fome para pagar o iptu , deixara de viajar e de tirar ferias para pagar condominio e taxas de manutenção, ira ate se vangloriar para os outros de estar atravessando a crise incolume, sem vender o seus “tijolos de ouro” para aqueles que não querem pagar o que ele realmente vale, achando que se segurar o “ouro” ate o fim da crise sera recompensado com o valor justo a que tem direito. A ficha ira cair depois de varios anos quando a verdade for finalmente revelada : tijolos são meros tijolos…

      46+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • AGP 1 de abril de 2017 at 13:59

      Lembre-se que pode acontecer dos 666 simplesmente se recusarem a baixar preço e ficar com o imóvel se deteriorando pro resto da vida. (muito 666 prefere não vender a baixar o preço). Não duvide do 666ismo do 666. E ainda por cima podem estigmatizar as vendas dos leilões da caixa, dizendo que não presta.

      Ou então aparecer um “economista” dizendo que os futuros leilões a preços baixissimos prejudicam os donos de imóveis e que o governo deveria obrigar um valor mínimo de imóvel. E pior que as pessoas acreditam…

      30+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 1 de abril de 2017 at 14:45

        AGP,

        Tudo isto já acontece há ANOS, mas não faz a menor diferença.

        Sobre os leilões, sempre foram estigmatizados, exatamente por isto que a CEF e outros bancos já estão dando “descontos” de 80% e também é por isto que quando os leilões dispararem de vez, o governo vai ter que facilitar e melhorar os processos quanto a a leilões e os bancos e empresas abutres terão que tirar os moradores antes de leiloar os imóveis, eles PRECISARÃO fazer isto para venderem e recuperarem liquidez.

        No mundo dos SONHOS, querer é poder e as pessoas podem morrer com despesas crescentes e com imóveis sem receitas, no mundo REAL, cada vez mais pessoas e empresas PRECISAM vender e já estão reduzindo os preços, basta ver os resultados das construtoras, o IVG-R e os descontos de até 80% nos leilões…

        25+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • job 1 de abril de 2017 at 16:48

          Quando o gobierno melhorar os processos de leilão, retirar os propriotários na venda, e der garantias jurídicas, e mais, quando der descontos de 90% (essa hora está pra chegar logo) aí quem sabe eu compro meu imóvel (ainda assim vejo mais vantagens em morar de aluguel)… Vai ser lindo ver a cara dos 666 quando eu comentar qto paguei no meu imóvel. hahaha

          18+
          • avatar
  • perdido no rio 1 de abril de 2017 at 13:16

    O portinho faz uma comparação muito boa com os FIIs, que têm liquidez e, assim, refletem bem melhor o valor de mercado dos imóveis. Já mandei para parantos bricklovers tentarem entender isso. Mas, infelizmente para eles, agora já é tarde.

    9+
    • avatar
    • avatar
  • Rene Fraçoá 1 de abril de 2017 at 13:17

    CVR ap da amiga.
    Falei esses dias que gerencio o OLX de um Ap de 395 k, muito bom mesmo, 100-120 m2. Nada de proposta, só corvo sobrevoando, eis que a amiga me diz: Vendi o Ap! O primeiro que veio ver vai ficar, descreveu o comprador etc…Já estava pronto para escrever aqui que as nossas previsões tinham falhado e inacreditavelmente tinha gente comprando a vista AP de 3 qts e condo de 700,00 ( o ap em questão). Passaram 3 dias e a amiga diz que não vai rolar, o comprador, militar aposentado mandou 300k de oferta, ela não aceitou. Bom, o BIB segue firme e forte, gostaria de ter dito pra amiga: aceite os 300!, mas, como moro de aluguel ela vai achar que não entendo dos paranaue.

    69+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • job 1 de abril de 2017 at 16:58

      Daqui a 6 anos ninguem vai pagar metade disso, e se ela tivesse vendido a 300k, iria ter dobrado o valor. Mas vamos combinar que o cidadão precisa ter um mínimo de inteligência pra saber disso.

      25+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Fernando 1 de abril de 2017 at 17:25

        Se daqui a 6 anos com 600 mil der para comprar 6 imoveis, comprarei os 6.

        6, 6, 6!

        17+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Carlos 1 de abril de 2017 at 17:32

          666 ?

          7+
        • job 1 de abril de 2017 at 17:47

          Pode ser um investimento interessante Fernando, se o mercado der indícios de alguma recuperação, no momento da sua compra (não arriscaria todo meu dinheiro nisso).
          PS: mas certamente esses 600k que vc supostamente usaria, não vão ser provenientes da venda do seu ap, pois ele tb vai cair de preço.

          11+
          • avatar
        • Leonardo M. 1 de abril de 2017 at 18:42

          E alugar cada um por R$666 – 27% de IR?
          Brilhante ideia!!!!!

          6+
          • avatar
    • Rene Fraçoá 3 de abril de 2017 at 09:57

      Abaixou pra 370.000,00, e me autorizou a pagar 56,99 por um anúncio pago na OLX.

      2+
  • SampaBoy 1 de abril de 2017 at 13:21

    Hoje é dia 1, dia de computar os juros do mes passado, e estou feliz com o que estou vendo : apesar da inflacao ter caido e quase zerado em marco o CDI subiu ! (+0,1%)

    Dinheiro liquido valendo mais!
    Tijolos caindo!

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 1 de abril de 2017 at 13:30

    Lições da bolha:
    estos años de crisis han cambiado muchas cosas en la mentalidad de los españoles y que los tres grandes mantras que había en el imaginario colectivo han demostrado ser falsos:
    “la vivienda nunca baja”, “nunca venderé por debajo de lo que pagué” y “alquilar es tirar el dinero”.

    porem, isso não significa que em 10 anos não serão cometidos os mesmos erros (se os bancos etc verem oportunidade).

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 1 de abril de 2017 at 17:35

      Pode até ser que os espanhois aprendam, pelo menos a geração atual, mas duvido muito que bananence aprenda pois muitos tem
      o hábito enraizado de culpar os outros pelos seus erros. Se aparecer outro salvador da pátria prometendo mundos e fundos o povo vai e vota com vontade.
      Creio até que pouca agente aprendeu isto na Venezuela.

      9+
      • avatar
  • Alemon Fritz 1 de abril de 2017 at 14:04

    caixa podre:
    “Desde 2013, Caixa já vendeu cerca de R$ 22 bilhões da carteira de empréstimos por R$ 2 bilhões – desconto de 91%. Como por volta de R$ 15 bilhões já estavam registrados como perdas na carteira, na prática, o desconto seria de 71,4%. Ainda muito alto.
    “Se R$ 100 bilhões dos R$ 700 bilhões forem créditos podres, e fossem vendidos com o mesmo deságio, seria uma perda de R$ 71 bilhões: acabaria com o capital da caixa”, diz Mello.
    Diante de tais números, analistas estimam que, por baixo, a Caixa precisa de uns R$ 40 bilhões apenas para recuperar o fôlego..

    -Entre 2013 e 2015, a inadimplência no total da carteira de crédito passou de 2,3% para 3,6%. “Pode parecer inexpressivo, mas para uma carteira com R$ 700 bilhões, sãos perdas superiores a R$ 7 bilhões”

    Ingredientes:
    – já Temos os fundos abutre voando no mercado
    – 20.000 imóveis = 3.800.000.000 a 5bilhoes estão agora para leilão.
    – criação de uma empresa imobiliaria na Caixao, habitar.
    – transferencia do MCMV para o interior (municipios pequenos)
    – LIGs chegando
    – regras dos distratos
    – a caixa precisa se limpar de 40bilhoes + 3.8bihoes (mas não temos os dados certos)… portanto precisa limpar 13bilhoes no mínimo pra manter os 70% de perdas agora. = 13bi a 20 bi ao ano de podres, que era o que ela já fazia antes.
    (já temos um banco malo, pois eles trabalham com 60% a 65%).

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • calango_df 1 de abril de 2017 at 17:47

    Cesar_DF 30 de março de 2017 at 12:59
    Documentário Overdose – A próxima crise financeira mundial
    https://www.youtube.com/watch?v=kIgJpB_Jqig

    —————————

    no video, eles entrevistam o david walker, que foi o Controlador-Geral do GAO, que é o equivalente nosso ao TCU, so que no modelo de auditoria-geral, com um controler. Camarada tinha um mandado de 15 anos, deixou o cargo com 10 anos para fazer uma cruzada contra o buraco fiscal americano (https://m.youtube.com/watch?v=7NjpbjhCLXo).

    enquanto isso, o TCE do RJ manda lembranças.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Carlos 1 de abril de 2017 at 18:06

    Meio OFF – Agora corvetores, investiotários e brick-lovers já podem falar que seus bolhudos no hell valorizaram 30% porque está perto de escolas blindadas.

    Crivella critica polícia, anuncia reunião de segurança e defende blindar escolas

    O prefeito também defendeu a blindagem das escolas situadas em lugares conflagrados. “Em 2007 eu já falava que era necessário, nas áreas onde existe tráfico, uma alvenaria que não permita passar os projéteis. Tiro de fuzil é uma tragédia. Se pudesse, já teria feito (a blindagem) desde 2007. As paredes das escolas precisam ter essa argamassa, que não é uma coisa cara, são três ou quatro centímetros”, afirmou”

    https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2017/04/01/crivella-critica-policia-anuncia-reuniao-de-seguranca-e-defende-blindar-escolas.htm

    5+
    • Carlos 1 de abril de 2017 at 18:16

      O cidadão sai do seu apartartamento blindado no seu carro blindade, deixa seus filhos na escola blindade e vai tomar uma café no shopping blindado.
      Mais um dia normal na beirute tropical, peraí, beirute é mais segura…

      https://www.numbeo.com/crime/in/Rio-De-Janeiro
      https://www.numbeo.com/crime/in/Beirut

      O novo hit do verão vai ser a combinação bidê rosa + cimento a prova de bala de fuzil.

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • job 1 de abril de 2017 at 19:48

    CVR “Péssimo exemplo pros filhos”: estava indo pegar umas ondas em Maresias com um amigo, e uma Pajero bateu atrás do carro dele, num semáforo. O playboy que estava dirigindo nem sabia se o carro, que é do seu pai, tinha seguro. Após todos os trâmites de BO, o dono do carro conversa com meu amigo, explica que é analista do TRE e que não tem seguro. Meu amigo faz uns orçamentos e sente que está sendo enrolado, então resolve acionar o seguro, detalhe é o valor da franquia, R$1000. O analista do TRE oferece R$500 e meu amigo aceita, mas avisa que logicamente quer o resto da grana, nem que seja parcelado. O cara responde que não vai pagar o resto e após ouvir que vai ser processado, deseja boa sorte.
    Porra, o cara é analista do TRE, deve ganhar uma grana, e por causa de 500 pila vai se incomodar. Baita mau caráter e péssimo exemplo pro seu filho, que por sinal parecia ser gente boa. Esse merece ser enrabado fortemente pela seguradora.

    CVR “Lunático sem limites”: um conhecido meu, aquele mesmo que saiu do aluguel perto do trabalho pra comprar um ap perto do morro e agora dorme com sons de tiros de fuzil toda noite, vem me mostrar da janela do nosso prédio do trabalho, uma humilde casa numa rua central aqui perto. Me pergunta quanto que acho que vale aquela casa, eu respondo que não sei, e desconverso. Ele responde, vale R$3.5 milhões, dá risada e solta essa “viu como os preços estão subindo”. (vou postar a foto assim que der, a casa é bizarra demais. Meu colega viu o preço anunciado em um site, logo a casa vale o preço que pedem segundo a sua lógica). Sorri e acenei pra esse colega lunático, que provavelmente representa como é o pensamento de uma grande porcentagem dos bananenses. Esse aí nem sendo enrabado vai aprender.

    41+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 1 de abril de 2017 at 20:19

      666 não tem patente, existem em todos os lugares, classes sociais e profissões 😀

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 1 de abril de 2017 at 20:07

    -Portugal :Apenas 17% dos imóveis vendidos são novos

    -Uma em cada cinco pessoas que procura casa em Portugal está no estrangeiro
    Em segundo lugar e com 16,6% das pesquisas surge o Brasil. Desde que a economia daquele país entrou em queda, a compra de imóveis em Portugal por brasileiros disparou, muitos deles através do programa de Autorização de Residência para Atividade de Investimento (ARI), também conhecido como golden visa/vistos gold.
    .

    5+
    • avatar
  • Alemon Fritz 1 de abril de 2017 at 20:12

    A ilusão hipotecária
    entre comprar ou alugar uma casa intervém um factor a que chamamos ilusão hipotecária que levar a maus negócios. Mas como evitar a intuição de que “se deita dinheiro fora” quando se aluga?

    http://observador.pt/opiniao/a-ilusao-hipotecaria/

    3+
    • avatar
    • Carlos 1 de abril de 2017 at 20:21

      Muito bem explicado mesmo, mas brick-lover não usa a razão mas sim a fé nos tijolos mágicos.

      3+
      • avatar
  • Leonardo M. 1 de abril de 2017 at 20:14

    CVR agora a moda é pagar por um emprego…

    Gratifico por indicação em caso de contratação R$: 500,00

    Chamar somente inbox ou whats, não comentar a publicação.

    Olá,
    Estou a procura de emprego, tenho experiencia com:
    Setor Fiscal.
    Compras.
    Vendas, Atendimento.
    Aux. Adm.
    Controle de Frotas, Logística e Manutenção.
    Instalação de vidros.
    Aux de eletricista.
    Estou cursando Engenharia Civil.

    Ficaria grato por indicações de alguma vaga para alguma dessas funções.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 1 de abril de 2017 at 20:19

      Bom dia!
      Já que as agências de emprego não estão ajudando resolvi agenciar a mim mesma!

      Pago 300 reais do meu primeiro salário para quem me indicar para uma vaga e eu for contratada!

      Tenho experiência em auxiliar administrativo, procuro vaga de auxiliar administrativo, recepcionista, telefonista ou qualquer coisa em rotinas administrativas.

      Contato imbox ou pelo whatsapp 988239490.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 1 de abril de 2017 at 20:23

        Não sei seu eu que que sou estranho mas o cara não coloca suas habilidades e nem o quanto espera ser pago, aí fica difícil qualquer avaliação 😀

        2+
        • Carlos 1 de abril de 2017 at 20:26

          Pessoal não sabe como se vender para o mercado de trabalho, preferem colocar anúncio e serem comprados pela etiqueta e pela embalagem.
          Aí fica difícil mesmo independente da capacidade do guri ©Boss.

          4+
          • avatar
          • avatar
  • Luladranus 1 de abril de 2017 at 20:34

    Sabe de nada inocente!!! Pobre indiano, ainda não sabe que a Banania não é para amadores.

    http://www.istoedinheiro.com.br/politicas-de-moradia-nao-sao-gasto-sao-investimento/

    “Manish Srivastava: A demanda em países como o Brasil é historicamente alta e essa questão não irá se resolver da noite para o dia. O Estado tem de regulamentar o mercado, para facilitar que as pessoas consigam ter uma moradia. O problema do Brasil, de dificuldade de acesso ao crédito imobiliário, é semelhante em outros países em desenvolvimento, como a Índia – embora os indianos estejam manejando o acesso ao crédito para a compra de imóveis com mais sucesso. O que os governos precisam ter em mente é que programas de moradia não são gasto, são investimento. É uma decisão política, e as pessoas, quando garantem suas casas, podem se sentir cidadãos – e motores de crescimento econômico – mais completos.”

    1+
  • Fernando 1 de abril de 2017 at 20:34

    Em resposta ao Job, com todo o respeito, sempre, e por amor ao debate e contribuição com as discussões, no tema do blog.
    Para mim, é bem óbvio que um apartamento de 400 mil hoje nao valerá 150 mil daqui a alguns anos (metade de 300).
    Chega a ser inimaginável. Não tem fundamento algum. Sem chance alguma disso acontecer.
    Porque? Lei da oferta e da procura. Se o condo custa 700, daqui a alguns anos custará 1000, e logo, com o raciocínio acima, o apartamento valerá 150 condomínios? Ou valerá um jetta, um cruze ou um corolla zero? Se for assim, haverá MUITA procura… Não é mais correto concluir que o poder da moeda evaporou, e os salários de algumas profissões achataram?
    Realmente, ainda que tenha havido bolha, o mais correto é pensar que os preços ficarão no mesmo patamar sendo corroídos pela inflacão: é o que tem acontecido com os imóveis, perderam uns 30% em 4 anos, mas os lançamentos, por sua vez, diminuíram drasticamente. FATO. A reportagem acima mostra isso, ainda que a análise seja de jardim de infância.
    Enquanto as discussões acontecem, as BOAS oportunidades estão paulatinamente sumindo, NA MINHA OPINIÃO…

    P.S. Condo de 700 está no preço, e não tem como ser menos do que isso. Sem chance alguma!

    P.S. 2
    Responda (m) a seguinte indagação?
    Qual o sonho da maioria dos brasileiros (lei da oferta e procura subjacente…)?
    A) morar em imovel alugado (“de aluguel”).
    B) ter um imóvel próprio.

    9+
    • Carlos 1 de abril de 2017 at 20:41

      Só um pequeno ponto de discórdia cada vez 😀

      “Porque? Lei da oferta e da procura. Se o condo custa 700, daqui a alguns anos custará 1000,”

      Poderá custar muito menos e pode acontecere de diversas maneiras como por exemplo mandando 3 dos 4 porteiros encontrar novos desafios no mercado e fazendo a portaria se tornar self-service fora do horário comercial.
      Mudar o período de pintura de 5 para 6, 7 ou quando der…
      Só 2 exemplos, tem muito mais.

      9+
      • Carlos 1 de abril de 2017 at 20:42

        Sory, deveria ter escrito:
        Mudar o período de pintura externa de 5 para 6, 7 anos ou quando der…

        3+
        • Carlos 1 de abril de 2017 at 20:53

          Tem uma tabela neste link que dá para ter uma boa idéia sobre os gastos mais comuns, vejam que uma redução em pessoal, e por consequência em encargos, e manutenção pode representar.

          Tipo de despesa Padrão A / valor (R$) Padrão B/ valor (R$)
          Pessoal 10.128 9.864
          Encargos 4.737 4.707
          Benefícios 495 517
          Água 2.731 2.945
          Energia 1.216 1.281
          Manutenção 2.026 2.026
          Material de Construção 279 291
          Administração 2.430 2.405
          Gerais 575 543
          Eventuais 1.687 1.889
          Total 26.304 26.468

          http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/voce-paga-caro-pelo-seu-condominio/

          2+
          • Fernando 1 de abril de 2017 at 21:10

            Claro, a solução é precarizar.
            Bela solução.

            1+
            • Carlos 1 de abril de 2017 at 21:14

              Não uma solução, é a realidade.

              Quais seriam as outros opções depois de sairmos do mundo da Alice levarmos em conta a situação atual do bananistão e da grande maioria dos bananences?

              9+
              • Carlos 1 de abril de 2017 at 21:19

                Fora que tem muita gordura gourmet para ser queimada, xoxotecas, piscina, animador de piscina, personal corno creator, espaço feng-shui, etc, etc, etc
                Reduzir despesas nem sempre significa precarizar, se o bananence médio fosse um pouco menos 666, ignorante e estúpido não seriam necessários tantos gastos com segurança.
                Se vive em apartamento então, boa sorte, vai ter dezenas ou centenas de vizinhos 666 em vez de 3 ou 4.

                10+
                • avatar
                • Fernando 1 de abril de 2017 at 21:25

                  A minha afirmação foi a seguinte: 700 é coerente. Não tem como ser menos.
                  Leia-se, COETERIS PARIBUS, não tem como ser menos.
                  Qualquer coisa diferente disso ou é precarização, ou é gambiarra.
                  Em condomínios de um certo nível pra cima, ninguém vai tirar o aquecimento da piscina. É mais fácil o 666 sair de lá.

                  0
    • job 1 de abril de 2017 at 21:06

      Fernando,
      esse é o seu pensamento, e apesar de eu não concordar com ele, respeito. Não quero te convencer do contrário. Só o futuro dirá quem está certo, você ou eu, e quem sabe não tem um meio termo aí? Tudo o que se posta aqui nesse blog são previsões, ninguém tem bola de cristal, apesar de haver fortes indícios de que você está errado, na minha opinião, diga-se de passagem.
      Se for pensar bem, o seu pensamento até que faz muito sentido numa situação normal de mercado, entretanto você IGNORA totalmente o fato de ter uma OFERTA ENORME de imóveis disponíveis, (IGNORA a lei da oferta e da procura) e tem mais ainda por vir, na forma de leilão, onde os preços despencam. Isso empurra os preços pra baixo. Outra coisa que você IGNORA totalmente, é o fato de ter ocorrido uma VALORIZAÇÃO ANORMAL de preços nos últimos anos, gerado por crédito fácil. Você também ignora uma crise de proporções enormes no Brasil, e certamente ninguém vai abaixar preços porque quer, mas sim porque precisa. Lógico que na sua cabeça seu apartamento pode valer 4 milhões, como o meu colega lunático do CVR diria, mas isso é só na sua cabeça. Se vc tiver NECESSIDADE de vender seu apartamento, você não consegue nem o dinheiro que pagou por ele.
      Concluindo, seu pensamento até que tem uma coerência, mas se levarmos em conta esses três fatores que eu mencionei, é de um otimismo e de uma inocência gritantes.

      27+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Fernando 1 de abril de 2017 at 21:27

        Acabei de defender uma queda de 30%. Mais 20% chega-se nos preços iniciais antes da bolha, corrigidos pela inflação.

        4+
      • CA 1 de abril de 2017 at 21:36

        job,

        Ele fala sobre a lei de oferta e procura e ainda sobre o efeito de uma grande redução de preços na procura, que “dispararia”.

        Ele só se “esquece” dos seguintes fatores, que já falamos por aqui 1 milhão de vezes:

        1) Tivemos uma monstruosa ANTECIPAÇÃO de demanda, onde milhões de pessoas já compraram seus imóveis e muitos mal conseguem pagar pelos financiamentos atuais, não tem caixa para comprarem outros imóveis;

        2) Em toda explosão de bolha imobiliária o crédito seca, se torna mais caro e por um prazo bem menor, exatamente pela super-utilização mencionada pelo item 1 e exatamente pelo mesmo motivo, o número de pessoas com caixa para aproveitar as oportunidades se torna ínfimo. Em comentários mais acima e vários outros, já foi explicado porque e como isto acontece. Com estas condições, financiar R$ 150 mil no futuro será tão difícil como financiar R$ 600 mil hoje e teremos o efeito contrário de todo o crescimento IRRACIONAL dos preços.

        Sim, no passado já tivemos imóveis que custavam o preço de um Corolla com todos os acessórios e até muitos imóveis mais baratos que isto e dai, o que isto significa? A IRRACIONALIDADE que fez com que hoje com um imóvel MEIA BOCA você compre 5 ou 6 destes carros, porque os imoveis subiram algumas vezes o que os carros subiram, também funciona para as quedas de preços.

        O maior erro dos iludidos é achar que a irracionalidade só funciona para a subida de preços, foi bem aí que todos os incautos quebraram a cara nas explosões de bolhas imobiliárias ao redor do mundo…

        24+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Fernando 1 de abril de 2017 at 21:40

          Eu escrevo o que acredito.

          Mad você não: necessita de fontes, revistas, etc… e também do CTRL + C e CTRL + V dos seus próprios textos, parece um mantra. Não preciso ler para saber o que está escrito!!!
          Eu acabei de dizer que houve queda, não foi? Foi sim!
          Copia e cola aqui, por favor, que no iphone é difícil.

          3+
          • Leonardo M. 1 de abril de 2017 at 21:43

            Eu tambem acredito que vou ganhar na mega sena. Por causa disso agora é uma verdade absoluta?

            12+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Fernando 1 de abril de 2017 at 21:49

              Veja bem.

              Eu disse contribuir com a discussão, com o que acredito.

              É uma opinião contrária à verdade absoluta de vcs. Está querendo inverter o polo?

              3+
              • Leonardo M. 1 de abril de 2017 at 21:55

                O seu problema é que sua teoria desafia até as leis dá física.
                Se o preço só sobe e nunca cai, então você deveria apresentar sua teoria e ganhar um nobel de física. Seria o primeiro brasileiro a ganhar um nobel!

                13+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • Fernando 1 de abril de 2017 at 22:25

                  Eu acabei de dizer que os preços cairam 30% nos últimos 4 anos.
                  Insisto: quem está sendo contraditório?
                  Quem quer inverter o polo?

                  2+
                  • Rico 2 de abril de 2017 at 09:15

                    Você está certo. Se tivermos inflação de 5% ao ano nesse prazo teremos 21% no período. Somado aos 30% que você informa, teremos uma queda de 50% nominalmente.
                    Eu também acho que o “preço de etiqueta” dos imóveis não vai baixar, acho que vai ser corroído pela inflação. O mercado ficará estagnado por décadas, provavelmente a maioria sendo negociados pelos parentes como herança porque o proprietário morreu abraçado a ele.

                    6+
                    • avatar
              • CA 1 de abril de 2017 at 21:56

                Contribuir com o que Fwrnando, se voce só fala bobagens? Se antes com o preço de im imóvel se comprava UM Toyota Corolla com todos os acessórios e tinham vários imóveis que custavam menos que isto, qual o problema disto voltar a acontecer? Cadê a sua “brilhante logica” por trás disto??? Um monte de gente vai comprar estes imóveis, como um monte de gente está comprando carros dos preços do Corolla, ué, mas você já esqueceu o que foi DEMONSTRADO para você uma semana atrás, que os carros desta categoria tiveram queda nas vendas de mais de 20% em 2016 sobre um ano de 2015 que ja tinha tido queda relevante, cadê este monte de gente? Pior, o crédito imobiliário barato, farto e por prazo de mais de 30 anos não será duradouro, como não foi em nenhum país que passou por explosão de bolha imobiliária no MUNDO e este é só mais um fator pelos quais os preços vai desabar.

                Quer convencer alguém? Traga algum argumento MINIMAMENTE racional e com um mínimo de embasamento…

                12+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • Fernando 1 de abril de 2017 at 23:11

                  Se vc não concorda, então o argumento não serve?
                  Se viesse aqui e falasse como o Lucas, em quedas de mais de 100% (WTF….), então estaria contribuindo? É isso?
                  Está mais para fundamentalismo do que “falar bobagem”.

                  2+
          • CA 1 de abril de 2017 at 21:47

            No IPhone é difícil fazer copiar e colar? Só para analfabetos digitais. Não bastasse não entender o que escrevo e ser analfabeto funcional, também é digital?

            Sobre o que escrevi e você NÃO ENTENDEU, de novo, estou explicando que o fato de um imovel ter uma queda IRRACIONAL de preços é tão comum de acontecer quanto a subida irracional e ainda, no passado os imóveis que hoje compram alguns Corollas com todos os acessórios tinham o mesmo preço que UM destes carros, então não tem nada demais se isto acontecer, ou seja, de novo o seu argumento de que não poderia acontecer isto não teve nenhuma lógica… Aprenda a ler antes de responder ou continue passando vergonha como você sempre faz…

            ???

            13+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Fernando 1 de abril de 2017 at 21:51

              A subida não tem muita irracionalidade não. Se ela tem explicação, então é racional, e não irracional.

              1+
              • CA 1 de abril de 2017 at 22:04

                Kkkk

                A subida não foi IRRACIONAL???

                Qual a “racionalidade”, crescer 40% em um ano, mais de 300% em alguns anos, mais do que o triplo do que cresceu a renda, isto é racional?

                Crescer com base no crescimento FALSO de demanda que passou a se transformar em BILHÕES de distratos a partir de 2011, algo que NUNCA havia acontecido antes e ainda, MUITO ANTES da crise, isto é “racional”???

                Crescer com base em crédito podre onde a CEF sozinha, se não maquiasse os números, já seria a empresa com o maior estoque de imoveis a venda no país, sendo um BANCO, não é exatamente o mesmo crescimento de preços IRRACIONAL que ocorreu nos EUA, Espanha e outros países?

                Crescimento irracional significa aquele baseado em aumento FALSO de demanda, em créditos podres, em percentuais anormais, baseado em juros SUBSIDIADO e em uma infinidade de estratagemas INSUSTENTÁVEIS, assim como se demonstraram insustentáveis em todos os outros países que passaram por explosões de bolhas imobiliárias…

                10+
                • avatar
                • avatar
                • Carlos 1 de abril de 2017 at 22:09

                  CA seu incrédulo, não viu o noço guia falar na TV que o pré-çal ia deixar todo mundo rico no bananistão.
                  Gastem disse ele, gastem a vontade porque teremos um futuro grandioso e rico.

                  5+
                • Fernando 1 de abril de 2017 at 22:11

                  Insisto,

                  Se há uma explicação, é racional.

                  Você acabou de explicar. Então é racional.

                  1+
                  • Carlos 1 de abril de 2017 at 22:11
                    • Carlos 1 de abril de 2017 at 22:12

                      Opa, desculpem a nossa falha…


                      source: tradingeconomics.com

                      2+
                      • avatar
                    • Carlos 1 de abril de 2017 at 22:13

                      Dammit 😛

                      0
                    • Carlos 1 de abril de 2017 at 22:14

                      Botão direito + ver imagem por favor 😀

                      0
                    • Alemon Fritz 1 de abril de 2017 at 22:44

                      A valorizão dos imóveis devia acompanhar o PIB. O PIB caiu e o indice estabilizou..

                      Exemplo: Peguem portugal, GDP e housing index pra 10 anos…. fica bonitinho..kkk

                      3+
                      • avatar
                  • Carlos 1 de abril de 2017 at 22:19

                    E Fernando, antes de se animar perceba que o zero está no meio da escala vertical.

                    0
                    • Fernando 1 de abril de 2017 at 22:30

                      Veja bem: isso não diz nada. É um gráfico inútil. Talvez sirva para algumas políticas sociais de habitação, e nada mais.
                      Em grandes cidades, todos querem morar próximo de onde se ganha o dinheiro, e não a quilômetros e horas e horas.
                      Isso explica o valor, além dos custos. Lei da oferta e da procura.
                      Numa cidade como São Paulo, onde não existem mais terrenos, esse gráfico não vale de nada.

                      4+
                  • CA 2 de abril de 2017 at 00:30

                    Fernando,

                    Quer discutir semântica para fugir do tema, certo?

                    O que tem explicação é algo explicável, mas não necessariamente racional.

                    Você explica uma reação irracional no calor do momento que leva uma pessoa a assumir um compromisso pelo resto da vida, ao assinar um contrato de compra e venda de imóvel, muitos sem nem lerem o que assinaram (milhares de depoimentos contra CEF e construtoras no ReclameAqui comprovam isto), porque estas pessoas não pararam para pensar no que estavam fazendo com a profundidade e os cuidados necessários, mas isto continua sendo algo irracional, embora explicável.

                    Você explica o preço crescer sobre bases FALSAS e PODRES, na base da mentira e DESINFORMAÇÃO combinada com as ações irracionais explicadas no parágrafo anterior, mas isto continua sendo irracional, pois o racional para crescimento de preços é um aumento de demanda VERDADEIRO, simples assim…

                    13+
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • Fernando 2 de abril de 2017 at 00:45

                      ….

                      0
            • Minino do TI 1 de abril de 2017 at 23:36

              Essa do iPhone eh que nem a “édinguer” gelada na rede da varanda gourmet. Não tem nada a ver com o assunto, é só para ser o engraçadão.

              7+
              • Fernando 1 de abril de 2017 at 23:43

                Na verdade não. Já tentou selecionar o texto pelo iphone? É muito chato.

                1+
                • Minino do TI 1 de abril de 2017 at 23:57

                  Cara, já. Eu acho ate mais intuitivo alterar a seleção do que no Android. Bom, se pra vc eh complicado mesmo, então meu comentário pode ser ignorado. Flws

                  0
                  • Fernando 2 de abril de 2017 at 00:11

                    Corrigi.

                    Não disse que era complicado. Disse que era chato.
                    Quanto à ignorancia digital, sou do tempo do:
                    Msx
                    80×86
                    80×286
                    80×386
                    80×486 com vesa local bus? Lembra?
                    Pentium, etc…
                    DOS 4
                    DOS 4.22
                    Windows 3
                    Windows 3.1
                    Windows 95
                    Windows xp
                    Windows xp para workgroups
                    Windows vista
                    Windows 7
                    Lembra quando surgiram as placas pci?
                    Do tempo dos modems e das bbs…
                    Hoje em dia é tudo muito mais fácil.
                    Falou.

                    1+
                    • avatar
                    • Minino do TI 2 de abril de 2017 at 01:16

                      Tranquilo. Tb não acho que todo mundo seja obrigado a dominar tecnologias novas.
                      Tudo muda rápido. Até poucos anos atrás, esperávamos o pulso único de sábado a partir de meio dia até domingo, nos velozes 52 kbps.

                      6+
                      • avatar
                    • John Horse 2 de abril de 2017 at 13:10

                      Será que já trollavam você na BBS do Mandic?

                      3+
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
        • job 1 de abril de 2017 at 21:53

          Exatamente CA, acho que esse é um ponto chave na história, e a maioria do pessoal BrickLover e investidores/especuladores simplesmente ignora o fato de poder haver grandes quedas nos preços, só conseguem visualizar subidas anormais e acreditam fortemente que nunca vão perder, nem que precisem lidar com vacância ou que morram abraçados aos tijolos. Eu nunca estudei ações e opções mas provavelmente deve ter um nome pra esse tipo de comportamento por lá.

          7+
          • avatar
    • job 1 de abril de 2017 at 21:21

      PS: na minha opinião, o sonho de qualquer pessoa deveria ser: ter dignidade e liberdade (não ter dívidas), uma família unida, comida na mesa, um teto pra morar, seja alugado ou próprio… vejo que você bate muito nessa tecla, TER um imóvel, POSSUIR um imóvel… pra mim é muito MATERIALISMO e APEGO com coisas materiais, principalmente imóvel. Existem outras possibilidades mais viáveis financeiramente e nem todo mundo tem as suas condições financeiras pra comprar um imóvel (que ainda está alienado pro banco) e ainda ter uma reserva farta, não se esqueça disso. Não sou xiita a ponto de dizer que comprar imóvel é ruim em qquer situação, tem casos e casos, no meu caso seria suicídio financeiro, e no seu pode não ter sido, não sei da sua realidade. Minha impressão é que você é um cara que demonstra ter certa inteligência, mas peca nessa questão de ficar tentando se convencer que fez um ótimo negócio e que comprar imóvel é um ótimo negócio sempre e que nunca terá uma queda de preços, só crescimentos anormais.

      Você está correto em dizer que o sonho de (quase) todo brasileiro é ter uma casa própria, e pra mim isso só demonstra a ignorância e falta de educação financeira de (quase) todo o brasileiro.

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 1 de abril de 2017 at 21:23

        Sem falar que não é muito recomendável se acorrentar a um “imóvel” em um mundo tão “móvel”.

        10+
        • avatar
        • avatar
      • Fernando 1 de abril de 2017 at 21:30

        Muita divagação.
        Leia-se, entre as duas alternativas, e apenas essas, qual a resposta?
        Lembrando que ser proprietário de um imóvel não exclui nada disso que você falou.

        3+
        • Carlos 1 de abril de 2017 at 21:34

          Poderá usar sua piscina para guardar água, criar peixes o outros usos como este pessoal anda fazendo.

          Moradores do condomínio Basileia, em Higienópolis, bairro nobre da zona oeste de São Paulo, usam uma piscina desativada nos anos 70 para acumular água da chuva. A iniciativa adotada há seis anos pelo síndico Antônio Massa, 84, que mora no local desde a década de 80, tinha como objetivo inicial diminuir o preço da conta de água. Com a crise hídrica na capital paulista, os moradores dos apartamentos de 208 metros quadrados já se preparam para usar a água da piscina para limpeza de seus próprios apartamentos.

          http://mais.uol.com.br/view/1575mnadmj5c/predio-de-higienopolis-usa-piscina-desativada-nos-anos-70-para-guardar-agua-04020D9C3866DC995326?types=V&

          3+
          • avatar
          • Fernando 1 de abril de 2017 at 21:36

            É bizarro.

            0
            • Carlos 1 de abril de 2017 at 21:38

              Benvindo ao mundo real…
              Será que a Cinderela vái acordar?

              9+
              • avatar
              • Fernando 1 de abril de 2017 at 21:54

                Sou uma pessoa coerente. Para mim, não tem coerência utilizar a piscina do condo para criar peixes, tubarões, ou mesmo trata-la como cisterna.
                A proposito, em higienopolis tem muita familia que já perdeu a renda faz tempo, e não conseguiria comprar seu próprio imóvel…

                1+
                • Carlos 1 de abril de 2017 at 21:59

                  A locação dos terraços para a instalação de antenas de telefonia e internet é uma das opções mais comuns e que demandam menos esforço de gestão.
                  (se vai cozinhar as suas bolas e fazer com que tenha filhos monstrinhos ng sabe)

                  Para otimizar a arrecadação, no ano passado o condomínio aprovou a locação de um espaço da área comum que estava sem uso para uma moradora , que utiliza como depósito por um valor de R$ 300 por mês.

                  Áreas comuns como academias, espaços pet e estacionamento – nos prédios comerciais – podem ser terceirizados para empresas especializadas e se transformar em fonte de renda por meio do aluguel. A venda do lixo reciclável produzido pelos moradores e a disponibilização de áreas internas para publicidade são outras opções.

                  Bizarro é só o começo caro Fernando Cinderelo.

                  http://www.gazetadopovo.com.br/imoveis/condominios-usam-criatividade-para-elevar-arrecadacao-eixrszw3nyhs1ein85esv8z7y

                  4+
                  • avatar
                  • Fernando 1 de abril de 2017 at 22:18

                    Se vc quer ter jardinzinho, vc tem que cuidar.
                    Casa bonita? Tem que pintar.
                    Carro bom? Tem que dar manutenção.
                    Qualquer coisa fora disso, para mim é bananense.
                    Exemplo: compra automovel gourmet e reclama da manutenção.
                    Compra apartamento gourmet e não consegue pagar o condo.
                    Veja bem: pagar o condomínio é o correto. Assumiu, pagou, simples assim.
                    Tem carro? Cada um é uma família. Tem que dar manutenção, e não colocar a vida dos outros em risco.
                    Qualquer coisa que foge do coerente, eu nem argumento.

                    6+
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
          • socrates 2 de abril de 2017 at 11:30

            Considerando a disparada do preço, eles podem criar camaroes!

            1+
            • avatar
        • job 1 de abril de 2017 at 21:47

          Fernando,
          como eu citei na minha outra mensagem, sua pergunta é muito genérica e existem casos e casos, eu acho que seria interessante comprar um imóvel se nao passasse de 30% do seu patrimônio e se pagasse um preço justo por ele, não essa bizarrice que vemos hoje em dia. É uma forma de diversificar parte de seu patrimônio, certamente. Mas a idéia é diversificar parte do patrimônio ou ENGESSAR todo ele, como a maioria do bananense faz? Pra mim isso não faz sentido algum. Até o caso da pessoa usar TODO o seu dinheiro pra comprar um apartamento com preço justo eu já acho suicídio financeiro. E se a pessoa perde o emprego, como faz?
          Então, pra você pode ser divagação, pra mim e pra muitos aqui tenho certeza que estou refletindo de forma racional sobre a questão e estudando melhores formas de se agir nessas diversas situações, ao contrário de ser simplista sem ter rumo algum e tentar generalizar todo esse complexo tema de educação financeira…

          12+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Fernando 1 de abril de 2017 at 22:20

            Talvez essa generalização é o que causa toda essa discussão sem sentido.
            Eu concordo com você: cada caso é um caso.
            Senão, as coisas se resolveriam com algoritmos.

            1+
            • Mn 14 de abril de 2017 at 00:36

              0
    • Krakenvader 1 de abril de 2017 at 22:31

      Tem gente líquida pra comprar imóvel? Os brasileiros estão enforcados em financiamentos. De todos os tipos: carro, casa, cartão de crédito, moto, e por aí vai. A única saída é aumentar subsídios, prazo de financiamento e redução dos juros… Mas isso não resolve o problema, só dá sobrevida ao preço – pois o valor nós já sabemos.

      Imóvel, até onde eu sei, não é indexado. Tijolo envelhece, surgem novas tecnologias na construção e no fim não existe motivo pra um imóvel valorizar – à menos que surjam grandes obras de infraestrutura ao seu redor.

      Mas traçando o paralelo do condomíno x preço do imóvel:

      Eu dirijo um carro que, hoje, vale 150 tanques de combustível. (Eu nem fazia idéia, descobri graças ao teu comparativo)

      Existe algum motivo, em especial, que faça um tijolo valorizar?

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Digo 1 de abril de 2017 at 23:17

        Existe;
        Um governo sem caráter, ultracorrupto, que se aliou aos bancos para ganharem com a valorização imobiliária
        O PT com o boom imobiliário enriqueceu os amigos construtores e os amigos banqueiros;
        Empregou o povão anlfa como ajudante de pedreiro
        Aumentou a arrecadação em inúmeros impostos
        e empobreceu e endividou a odiada classe média.
        Foi o crime perfeito.

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Luladranus 1 de abril de 2017 at 20:39

    Ah sim, agora vai!!!

    http://www.istoedinheiro.com.br/industria-da-construcao-elogia-coragem-de-temer-em-sancionar-terceirizacao/

    “Para ele, a sanção da terceirização terá efeitos positivos sobre a economia.”O governo federal tem tomado diversas medidas para que a economia se recupere e torne-se mais competitiva. Se as tivéssemos tomado no passado, não estaríamos numa situação tão difícil, com a perda de tantos empregos”.”

    1+
    • Carlos 1 de abril de 2017 at 20:50

      Desculpe mas não entendi, me pareçe bem razoável eles elogiarem o temeroso, e inclusive a primeira vista eu concordo com o parágrafo destacado.
      Não culpe o mensageiro 😀
      Posso estar errado, é só uma opinião.

      1+
      • Luladranus 1 de abril de 2017 at 21:34

        Foi só uma ironia, mesmo que a terceirização já tivesse ocorrido a décadas, ao meu ver, não seria o fator predominante (custo) para os preços dos imóveis terem chegado aos patamares em que chegaram, e nem será o fator determinante a partir de agora (aprovação) para a queda dos mesmos.

        3+
        • avatar
        • CA 1 de abril de 2017 at 21:40

          Luladranus,

          Sem dúvida foi só mais uma desculpinha esfarrapada do segmento imobiliário, tentando colocar mais uma vez a culpa pela catástrofe que enfrentam na crise, quando nós sabemos que eles foram os grandes culpados pela crise e pelo buraco em que estão.

          7+
          • avatar
          • avatar
  • Carlos 1 de abril de 2017 at 21:09

    OFF – Educando os bolhista do futuro.

    https://www.moneysmart.gov.au/teaching/how-teachers-can-use-moneysmart
    Pena que não tem traduzido 🙁

    1+
    • odorico 1 de abril de 2017 at 21:37

      O Samuel Dana tem um projeto de educação financeira, mas só vende para escola. Eu queria comprar mas o Samy já recebe muitos juros….E não precisa…….

      4+
      • avatar
    • Rico 2 de abril de 2017 at 09:22

      Pessoal poderia começar aprendendo inglês. Ja é um passo.

      1+
      • Mn 14 de abril de 2017 at 00:33

        0
  • Alemon Fritz 1 de abril de 2017 at 21:52

    Você conhece as espécies de tributos no Brasil e suas classificações?
    http://www.contabeis.com.br/artigos/3835/voce-conhece-as-especies-de-tributos-no-brasil-e-suas-classificacoes/

    3+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 1 de abril de 2017 at 21:54

      Isto é Kafkaniano, aliás como qualquer coisa relativo a leis e tributos no bananistão.

      3+
      • avatar
      • avatar
      • Minino do TI 2 de abril de 2017 at 00:06

        Graças a seu post e uma googlada, entendi pq do nome da plataforma de mensagens Kafka ( e olha que uso há uns anos ?). Obrigado

        2+
        • avatar
        • avatar
  • Digo 1 de abril de 2017 at 22:18

    CA, parabéns pelas análises, muito bem fundamentadas por sinal.
    Gostaria de debater contigo outro ponto que acho importante:
    Hoje é notória a perda de poder de compra do Real
    penso que uma das formas que o PT usou para expandir a base monetária foi o Tesouro direto
    Lançava o título, pegava o dinheiro e jogava no BNDS ou Caixa e esquentava o mercado
    Muito da loucura que vivemos veio do TD.
    Você concorda?

    3+
    • Fernando 1 de abril de 2017 at 22:22

      Hmmmm…
      Vejo uma convergência em nossas análises:
      É notoria a perda do poder de compra!
      Ta certo!!!!

      1+
      • Digo 1 de abril de 2017 at 22:26

        Minha opinião é que a correção virá via inflação.
        Sempre foi assim na banânia

        3+
        • Digo 1 de abril de 2017 at 22:28

          O Meirosca está tentando estimular o consumo via rebaixamento do rendimento das aplicações, tentando forçar os poupadores a não ter rendimento em aplicações financeiras e concluir que o melhor é comprar alguma coisa,
          Isso também já foi feito antes, no gov Dilmanta.

          2+
          • Fernando 1 de abril de 2017 at 22:35

            Exato.

            1+
          • BolhistaBR 2 de abril de 2017 at 08:27

            Em pais de primeiro mundo, nem juros negativos fazem os poupadores consumirem.
            Já na Banania, deve seduzir os investidores de primeira viagem. Aqueles que vieram pelo fluxo da selic alta e do modismo de investir em TD.

            5+
            • avatar
        • Fernando 1 de abril de 2017 at 22:34

          Eu tb acredito nisso!

          Por isso não creio em quedas abruptas.

          0
          • Digo 1 de abril de 2017 at 23:11

            Queda de valor nominal talvez não
            mas queda de valor real já está havendo e se intenssificar

            0
            • Fernando 2 de abril de 2017 at 00:02

              Exatamente.
              Outro ponto com relação ao TD: o risco não é zero por esses motivos que você relatou, além de outros. Na verdade, a conjuntura depõe contra.
              Eu estou mais tranquilo com meu imóvel do que com o TD. O fato é que não posso dormir nem viver no TD, mas no meu imóvel sim.
              Não quer dizer que não seja uma boa opção aplicar no TD, pelo contrário, mas não pode ser a única galinha dos ovos de ouro.
              Caso dê algum problema, o sujeito que vem aqui se gabar da moradia locada e paga com supostos juros (eu considero juros apenas o que excede a inflação) pode ficar em uma situação extremamente ruim.
              Por isso é bom diversificar.
              E na diversificação, na média, perdemos rentabilidade.
              Risco soberano? É bom de vez em quando lembrar que ele existe.

              3+
            • CA 2 de abril de 2017 at 00:11

              Digo,

              IVG-R NEGATIVO nos últimos ultimos 18 meses, leilões com descontos de até 80% e queda relevante nos preços de imóveis das construtoras declaradas em seus relatórios oficiais são todos exemplos claros de quedas em termos nominais e significativos.

              No mundo todo a queda foi puxada através dos preços de leilões, aqui temos evidências de diversas fontes sobre as quedas nominais e mesmo assim o pessoal se nega a encarar a realidade, se preferem fazer de conta que não existe e que não está piorando, paciência.

              Está cheio de gente que gosta e quer acreditar que seremos o único país do mundo que passou por bolha e não precisou aumentar juros do crédito imobiliário e reduzir prazo de financiamento, levando a redução ainda mais visível no preço, se prefere acreditar nisto, novamente sem NENHUM racional ou evidência, ok, vá em frente.

              Aqui tivemos “N” outros problemas que não existiram em outros países, como a pirâmide das vendas FALSAS na planta, a crise fiscal em maior escala e a maior bolha de corrupção institucional do planeta fazendo com que estejamos em uma eterna crise política que impede ações efetivas para combater a crise fiscal, sem contar que estamos em país sub-desenvolvido e que não contamos com apoio de comunidade econômica europeia como a Espanha teve e nem com uma moeda para transações internacionais e ser considerado risco zero com a possibilidade de gigantescas ações via quantitative easy como os EUA, mas se apesar de todas estas enormes dificuldades adicionais que temos em relação a outros países que passaram por explosões de bolhas imobiliárias, a sua fé lhe faz crer que aqui somos mais poderosos e apesar disto os efeitos serão mais suaves, como discutir com isto? Fé é fé, ACHISMO é ACHISMO, não há o que discutir com o que não tem nenhum fato ou dado, nenhum racional para defender aquela idéia.

              Já tivemos muito disto por aqui ao longo dos anos, antes da crise na economia tinhamos ACHISMOS toda semana, uma hora era o governo que ia imprimir dinheiro e impedir a crise, na outra era o confisco que ia salvar o segmento imobiliário, depois era o tsumoney e por aí vai. Ano passado era o governo fazendo promessas mirabolantes e enganando o pessoal, a gente alertando que o crescimento do PIB seria de menos de 1/3 do prometido, explicando que não existia ajuste fiscal sem recessão no curtíssimo prazo e mais algumas vezes vinha o pessoal no ACHISMO fazendo de conta que nada disto existia. Não se preocupe, como você pode ver, já estamos mais do que acostumados com estes chutes sem fundamento…

              9+
              • avatar
              • avatar
              • Fernando 2 de abril de 2017 at 00:40

                Não encontrei no extenso texto a resposta à indagação do colega Digo.

                2+
                • CA 2 de abril de 2017 at 09:31

                  Fernando,

                  É porque você é analfabeto funcional, vou traduzir para você:

                  “Digo 1 de abril de 2017 at 22:26
                  Minha opinião é que a correção virá via inflação.Sempre foi assim na banânia”

                  Acima ele deu uma opinião de que os preços cairão apenas pela inflação.

                  Minha resposta quanto a isto, onde apresento as evidências de quedas nominais e não apenas pela inflação:

                  “CA 2 de abril de 2017 at 00:11
                  Digo,

                  IVG-R NEGATIVO nos últimos ultimos 18 meses, leilões com descontos de até 80% e queda relevante nos preços de imóveis das construtoras declaradas em seus relatórios oficiais são todos exemplos claros de quedas em termos nominais e significativos.”

                  Além disto, no texto acima, se você aprender a ler, verá que ele falou que pela opinião dele seria assim e também não apresentou NENHUM racional para isto, só disse que sempre foi assim, o que inclusive, não é verdade, pois na bolha dos flats mais de 10 anos atrás em SP os preços caíram pela metade, o que respondi neste caso foi explicando PORQUE haveriam quedas bruscas para contrapor a total falta de explicação dele de porque não cairia. Este é o restante do meu texto, onde você também não teve a capacidade de entender qual a relação com o texto dele.

                  Dado seu altíssimo nível de analfabetismo funcional, continuará sem entender, mas este é um problema exclusivamente seu…

                  6+
                  • avatar
                  • avatar
                  • Fernando 2 de abril de 2017 at 09:36

                    Jesus!

                    O colega pergunta o que vc acha do mecanismo do TD, e vc responde “o preço dos imóveis vai cair”.

                    Depois, conclui que eu sou analfabeto funcional.

                    É a mania de que vcs têm de inverter o polo!

                    6+
  • Carlos 2 de abril de 2017 at 02:49

    OFF – Spam
    Parei de receber aqueles emails sobre gente em algum outro lugar do planeta querendo me dar dinheiro, diamantes ou ouro, agora recebo este tipo de coisa:

    Prezado, boa Tarde!
    Tudo bem?
    A consturtora Even esta realizando uma campanha no dia 9/04 com até 50% de desconto, em apartamento novo é temos como missão.
    encontrar o apartamento dos seus sonhos diretamente com a construtora.

    Gostaria de saber se tem interesse em imóveis. Se sim…

    Pode me passar alguns dados, para que lhe mande algo mais especifico?

    Região de interesse
    Dormitórios
    Metragem
    Fase do empreendimento
    Ideia de investimento

    Será que devo perder algum tempo em busca de algum CVR?

    4+
    • avatar
    • Carlos 2 de abril de 2017 at 02:54

      Que b… cheio de 3 quartos de 60m2 com imagens photoshopadas, os “bons” continuam bolhudos, aguardando o disconto de 80%.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Krakenvader 2 de abril de 2017 at 03:14

        Por falar em Even… Acabei de ver um anúncio da Ducati Imóveis em POA: 400k de desconto… DESCONTO?!

        3+
        • avatar
        • avatar
    • Krakenvader 2 de abril de 2017 at 03:07

      Por favor!!!!!

      Por falar nisso…

      CVR

      Dia desses descobri que um amigo dos tempos da faculdade está sentado no colo do Motumbo – e o pior é que ele tem “uma noção” disso. Ele, ganhando bem para os padrões brasileiros, solteiro… Eis que do dia para a noite foi transferido e ganhou uma bolada!! LCI? CDB? TD? Ações? Debêntures? Investir o dinheiro para o futuro? Quitar a dívida dos tijolos? Não…Por ironia do destino, um ou dois meses depois acabou conhecendo o amor da vida dele na cidade nova, e na efervescência da paixão, eles foram pra terra do Mickey, malandro!!! Torram mais de U$1k/dia (sim, MIL TRUMPS DIÁRIOS). Foi-se a grana toda da transferência e mais um pouco que ele tinha guardado – e ela também.

      Passado algum tempo, a mulher descobriu que estava grávida. E eles não tinham um centavo guardado… Mas era aniversário dele. E foram pra Orlando outra vez. Só que agora a história é outra, e a dívida no cartão já passou dos 20k.

      Quando fiquei sabendo da história, inicialmente, me recusei a acreditar. Mas em todo o caso, quis ouvir o restante. Mês que vem tem o chá de bebê na casa deles e fui convidado… Só espero que não seja pra ajudar a escapar do Motumbo!!!!

      34+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 2 de abril de 2017 at 04:12

        É muito fácil fazer m.. mesmo, basta dar uma bobeada e pronto. A programação é muito forte na cabeça das pessoas: case, compre casa, tenha filhos.
        Sem falar na nossa tradição religiosa que relega o nosso destino a um ser superior, basta ter fé e vontade que os problemas vão se resolver.
        Muitas pessoas mesmo pensam que os seus destinos não são determinados por elas mesmas ou que suas decisões possam interferir com ele.
        Está tudo escrito em algum livro mágico.

        20+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • alemonbnu 2 de abril de 2017 at 07:56

        Fala pra ele pegar um carro maior agora q a família vai aumentar…. Diga tb q a hora p comprar imóvel é agora, garanta já. O intermedium tem ótimas opções de financiamento imobiliário e de automóveis tb. O Daycoval idem. Quem não faz dívida não consegue nada.

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Carlos 2 de abril de 2017 at 04:13

      É a velha coisa: tudo pela metade do dobro, e é muito mais do que o dobro.

      2+
  • Carlos 2 de abril de 2017 at 04:08

    Detroitstão ou bananatroit?

    https://www.youtube.com/watch?v=jijRIFpSbRY

    2+
    • avatar
    • avatar
    • Krakenvader 2 de abril de 2017 at 07:31

      “Quem investe em terra, não erra”, “Compra tijolo que tijolo ninguém pode te tirar” eles disseram…… Não só não pagaria 1 dólar como não queria esses tijolos. nem que me pagassem!! Assim como muitos dos “empreendimentos” aqui na república das bananas, com acabamento horrível, projetos ruins e dores de cabeça derivadas…

      BR, não vai!!!

      4+
      • avatar
      • avatar
    • antifragile 2 de abril de 2017 at 15:25

      Essas casas saqueadas de 1 dólar em Detroit ainda são mais bonitinhas que muito casebre aqui de Fortaleza que anunciam por 400 mil.

      7+
      • avatar
      • Carlos 2 de abril de 2017 at 16:16

        E eu ainda acredito que Detroit pode se recuperar muito mais facilmente do que o bananistão.

        4+
  • Virgulino Lampiao 2 de abril de 2017 at 06:03

    Bom dia! Acompanho semanalmente site de leiloes, nao encontrei nenhum com o tal desconto de 70% a 80% referido nos comentarios acima . O valor dos imoveis leiloados continua muito, a grande maioria nao recebe um unico lance em primeira e segunda praça, observei 1 ou 2 imoveis com problemas de averbaçao com os preços reduzidos no entanto sem lance….o desconto de 80% a 70% ainda nao chegou ,,quando chegar vou comprar tijolos com meu Fgts , PMJ!

    6+
    • avatar
    • avatar
    • alemonbnu 2 de abril de 2017 at 07:58

      Pgto de leilão é a vista, X dias após o leilão. Não pode usar fgts.

      5+
      • avatar
      • Virgulino Lampiao 2 de abril de 2017 at 09:49

        Amigo leia antes edital de participaçao, alguns leiloes aceitam sim fgs e financiamento do valor restante. Trash

        1+
  • Virgulino Lampiao 2 de abril de 2017 at 06:07

    *** O valor dos imoveis leiloados continua muito alto***

    2+
    • avatar
    • Fernando 2 de abril de 2017 at 09:49

      Os preços não caem do jeito que falam.
      Em determinados locais até sobem.
      Fonte: FINGEZAP.

      5+
      • Virgulino Lampiao 2 de abril de 2017 at 09:54

        Desculpe mas sua fonte nao eh fidedigna, representa um conflito de interesse entao logo nao serve pesquisa muito menos, estatistica!

        8+
        • avatar
      • LZ 3 de abril de 2017 at 15:51

        Deixa lá pegando pó até a inflação fazer a limpa no preço rs

        1+
  • bolhista cearense 2 de abril de 2017 at 08:21

    CVR:
    Bolhistas bom dia;
    Apesar de não postar tanto, diariamente leio o blog e cada vez mais admiro como aqui as pessoas tem um senso de realidade que não percebo no dia-a-dia. Mas, vamos ao cvr: tenho um conhecido que é técnico em segurança do trabalho numa construtora e frequenta a mesma academia que eu. Outro dia ele perguntou quanto eu pagava para ir de ônibus (sim vou trabalhar de busão, para economizar combustível) para ir a cidade onde trabalho e quanto tempo dura a viagem. Respondi e ele ficou animado; uma viagem mais rápida. Perguntei o porquê de tanta alegria e ele respondeu que a construtora onde trabalha tem um projeto para construir 350 casas duplex lá na cidade. Fiquei admirado porque vejo as casas e apertamentos que foram construídos estão encalhados e só servem para os ladrões roubarem pias, janelas, portas e consumirem drogas lá dentro. Além disto, a caixa está negando novos financiamentos. Inclusive estão até anunciando imóveis “sem entrada” . Casa nas quais eles gastam R$ 40k ou R$ 50k para levantarem e querem vender por R$120k ou R$130k. Alguém entende este raciocínio da construtora?

    10+
    • avatar
    • avatar
    • antifragile 2 de abril de 2017 at 15:29

      Será mais uma construtora a quebrar. Pergunte a ele como estão os negócios. Vai ser mais um CVR pra gente.

      2+
  • Alemon Fritz 2 de abril de 2017 at 08:46

    mais maior de grande
    Crise e excesso de oferta deixam prédios comerciais vazios em SP e no Rio
    o percentual de imóveis comerciais não ocupados saltou de 3,56% em 2010 para 17,47% em 2016, segundo monitoramento da Buildings. No Rio, o índice passou em 7 anos de 2,03% para 18,8%.
    No padrão A, o índice fechou 2016 em 23,42% em SP e em 38,33% no Rio.

    http://g1.globo.com/economia/noticia/crise-e-excesso-de-oferta-deixam-predios-comerciais-vazios-em-sp-e-no-rio.ghtml

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Fernando 2 de abril de 2017 at 09:50

      E os residenciais?

      0
      • Alemon Fritz 2 de abril de 2017 at 10:19

        Imóveis tomados pela Caixa por falta de pagamento sobem 53% em 1 ano
        Em cinco anos, número de unidades ofertadas a leilão avançou 93%.

        13.000 em leilão ano passado e 20k agora, aumento novamente de 53%.

        a procura por opções de desistência do financiamento bancário subiu 12% na Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências (Amspa). boa parte dos compradores desconhece que, ao contrário do contrato com a construtora, não é possível desfazer o financiamento com o banco. (que não contabilizam ainda)
        Nos primeiros nove meses de 2015, receberam de volta 41% das unidades vendidas em lançamentos, um total de R$ 4,9 bilhões, apontou a agência Fitch (distratos)

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • CA 2 de abril de 2017 at 10:35

        Fernando,

        Segue abaixo um exemplo de super-oferta quanto a residenciais.

        Como referência, peguei o bairro de um cara que sempre vem por aqui para falar um monte de besteira, que NUNCA apresenta referências daquilo que fala, nem mesmo qualquer referência do imóvel novo “mágico” que disse que comprou em 2015 em um prédio que não tinha distrato e que não tinha quase nenhum investidor, com ocupação próxima de 100%, algo que contraria todas as pesquisas e notícias em São Paulo, mas que ele diz que existe e temos que acreditar sem NEMHUMA EVIDÊNCIA. Apesar deste disparate, ele sempre fica cobrando referências dos outros, porque como ele é um babaca, acha que consegue enganar alguém com estas estratégias infantis…

        http://m.imovelweb.com.br/apartamentos-venda-vila-mariana-sao-paulo.html

        Observa-se pelo que consta acima, que em apenas UM site temos mais de 19.000 apartamentos ANUNCIADOS para venda hoje e isto apenas no bairro da Vila Mariana, que é um bairro pequeno de São Paulo.

        Vejamos quanto a aluguel:

        http://m.imovelweb.com.br/apartamentos-venda-vila-mariana-sao-paulo.html

        Mais de 3.700 imóveis para alugar no pequeno bairro da Vila Mariana e isto em apenas UM site.

        Segundo o SECOVI SP, as vendas de imóveis na cidade de São Paulo como um TODO e não apenas no pequeno bairro da Vila Mariana no ano de 2016 foi de menos de 15.000 unidades. O CRECI SP informa número similar para usados no TOTAL da cidade de São Paulo para o ano de 2016 ou seja, só no pequeno bairro da Vila Mariana temos anunciados para venda em apenas 1 site, mais de 2/3 de tudo que se vende na cidade de São Paulo como um todo em 1 ANO!!! Pior, neste site você encontrará apenas um anúncio de um prédio inteiro em construção ou entregue para empreendimentos que tem VÁRIOS imóveis vazios, sem contar que nos dados de vendas de novos do SECOVI SP, como os distratos tem comprovado ao longo de ANOS, temos MUITAS vendas FALSAS na planta embutidas, ou seja, o absurdo da super-oferta é ainda mais gritante do que estes números demonstram!

        O que consta acima é uma evidência claríssima da SUPER-OFERTA, que já havia sido DEMONSTRADA desta forma mais de uma vez para o babaca que mencionei acima e não é que ele continua FINGINDO que não viu e não entendeu???

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Alemon Fritz 2 de abril de 2017 at 10:46

        eitah,
        Regulamentação dos distratos de imóveis tem contratempos, mas deve ser aprovada 30/03/2017
        O mais provável é que o governo siga adiante com a regra em que, nos casos de rescisão da venda de imóveis, a construtora poderá reter como multa o sinal pago pelo comprador mais 20% das parcelas desembolsadas até o momento do distrato. O montante total da multa não poderá superar 10% do valor do imóvel.

        https://www.ibrafi.org.br/2017/03/regulamentacao-dos-distratos-de-imoveis-tem-contratempos-mas-deve-ser-aprovada/

        3+
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 2 de abril de 2017 at 09:11

    pelo jeito o governo saiu na frente na venda rápida (fundos de podres).
    Já estamos na situação de side banks de venda. criar fundos é a mania.

    São Paulo vai vender imóveis públicos
    Estado de São Paulo vai criar um fundo imobiliário para a venda de propriedades que passaram às mãos do poder público.
    a Secretaria da Fazenda estima que chegue a 5 mil o estoque total de imóveis que hoje estão em poder do Estado e que deverão ser negociados no futuro pelo fundo, mas o número definitivo ainda deve ser revisto.
    a criação do fundo imobiliário, que será fiscalizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), permita uma gradativa redução do estoque de imóveis não utilizados pelo Estado.

    http://istoe.com.br/sao-paulo-vai-vender-imoveis-publicos/

    2+
    • avatar
  • Moreira 2 de abril de 2017 at 09:30

    CVR –
    amigo bolhudo saiu de um c4 pallas para uma audi 2010 financiado. Isso em 2013. Financiado. Estilo de vida pegador, playboy, roupas caras, morando sozinho, só come fora, igual aquela música… “burguesia, burguesia, … vai no cabelereiro, no esteticista…”. Passa dois anos com o carro, pouca ou nenhuma manutenção e aí o que ocorre: carro dá problema sérios, vazamento, câmbio, pneus comido pelo desalinhamento. Moral da história: média de 15 a 20k pra deixar tudo redondo. Qual a solução encontrada? Troca a atual audi por outra, A4 2015, 90k. Detalhes do negócio não dá pra saber pq sempre esta tudo certo e dentro do planejado. Financiado também! Recentemente colide com uma moto e… fico sabendo que vai desfazer do carro. Disse q o prejuízo está na faixa de 15k. Penso que pode ser bem mais. Falou q jamais financiará qualquer coisa na vida dele, muito menos carro. Não pagará mais juros para banco. Resumo. Nesses cinco anos, só de juros ele deve ter pago uns 50k. Deságio, mais 50K em média. Outros prejuízos associados ao carro, mais uns 20k.
    Aqui nesse blog aprendi uma frase muito interessante: o mercado transfere recursos dos impacientes para os pacientes, algo assim! Bom, acho q isso se aplica perfeitamente a esse CVR. O desejo do consumo sem ter provocou muitas perdas.

    34+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Fernando 2 de abril de 2017 at 09:51

      Bananense.

      5+
  • CA 2 de abril de 2017 at 10:12

    “Virgulino Lampiao 2 de abril de 2017 at 06:03
    Bom dia! Acompanho semanalmente site de leiloes, nao encontrei nenhum com o tal desconto de 70% a 80% referido nos comentarios acima .”

    Respondendo a texto que ficou muito para cima:

    Virgulino Lampião: estamos falando em imóveis leiloados em segunda praça com preço inicial com 80% de desconto em relação ao valor de mercado (valor de mercado possivelmente o FINGE ZAP), porque estes imóveis estão sendo leiloados pelo valor do saldo devedor e já foram pagas as prestações ao longo de ANOS, o que fez com que, primeiro, o valor de financiamento total você bem mais baixo pois viria da época “pre-bolha” e segundo, pelo fato de ter sido pago por vários anos, obviamente o saldo devedor já foi diminuindo ao longo deste período e é está combinação que permite este nível de desconto.

    A reportagem e os textos que tenho escrito a este respeito são muito claros: NÃO são todos os imóveis, inclusive, sempre que lembro, escrevo “descontos de ATÉ 80%” para reforçar para as pessoas que não é a regra e que não estou generalizando. Além disto, em comentário de tópico anterior destaquei que ainda são as exceções, assim como em comentários deste tópico e de anteriores, detalhei porque tende a aumentar o volume com este percentual de desconto nos leilões, ou seja estou explicando que vai se intensificar (=FUTURO), de novo reforçando de outra forma que não é a regra.

    Traduzindo o que consta acima, isto significa que dentre os mais de 20.000 imóveis com a CEF para serem leiloados, vai ser difícil você achar exatamente aquele que você procura com características procuradas por você (metragem, bairro, número de dormitórios, etc), ou mesmo em uma pesquisa aleatória sem usar estes parâmetros. Você só pode afirmar que não existem depois de ter procurado dentre os mais de 20.000 imóveis ofertados pela CEF em todos os meios onde estão publicadas estas ofertas.

    Segue a reportagem da Infomoney sobre o SEGUNDO leilão com imóveis com preços iniciais com descontos de ATÉ 80%, que contém mais explicações. Destaco em seguida um trecho onde eles mencionam um dos imóveis que teria este desconto de 80%.

    https://www.google.com.br/amp/www.infomoney.com.br/minhas-financas/consumo/amp/noticia/6269795

    “Um dos imóveis disponíveis é uma casa sobrado na cidade de Santo André, no ABC Paulista, que, com 80% de desconto, fica por R$ 52.993,87, sendo que seu preço de avaliação é R$ 265 mil. Para ver mais opções de imóveis, clique aqui.”

    Só para reforcar: Lucas, Cesar_DF e outros usuários já trouxeram exemplos de imóveis com desconto no valor da segunda praça equivalente a 80% em relação ao valor de mercado.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 2 de abril de 2017 at 11:12

      De acordo com o Secovi, o sindicato da habitação, só na cidade do Rio de Janeiro 40 mil imóveis estão vazios, à espera de um comprador..
      -http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2017/01/queda-no-preco-dos-imoveis-em-2016-foi-de-548-diz-fipezap.html
      Porto alegre
      o estoque total acumulado de unidades novas, aproximadamente 5,5 mil unidades,

      4+
      • avatar
  • From_The_Tower 2 de abril de 2017 at 10:23

    gam-se. Muitas salas. Andares inteiros. E até o prédio todo. A quantidade de espaços vazios em edifícios de escritórios aumentou e a taxa de vacância nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro atingiu patamar recorde, segundo os indicadores das principais consultorias e empresas de pesquisa imobiliária corporativa.
    VEJA O ENSAIO FOTOGRÁFICO DE PRÉDIOS VAZIOS (kkkk)
    Em meio ao prolongamento da crise econômica e ao boom de novos empreendimentos, o percentual de imóveis comerciais não ocupados saltou de 3,56% em 2010 para 17,47% em 2016, segundo monitoramento da Buildings. No Rio, o índice passou em 7 anos de 2,03% para 18,8%.
    Já nos espaços corporativos de alto padrão ou classe A, categoria que reúne os prédios com melhor infraestrutura e com lajes de até mais de 2 mil metros quadrados por andar, a taxa de vacância é ainda maior. De acordo com a Buildings, o índice fechou 2016 em 23,42% em SP e em 38,33% no Rio.
    “Com crise ou sem crise, há excesso de oferta. Esse é o ponto”, resume o diretor da Buildings, Fernando Libardi. Ele explica que a quantidade de espaços vagos de alto padrão passa de 600 mil metros quadrados no Rio de Janeiro e de 860 mil metros quadrados em São Paulo. Em 2012, a vacância era de 280 mil m² em SP e de 52 mil m² no Rio.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 2 de abril de 2017 at 10:57

      From_The_Tower,

      Colocaram esta notícia mais pra cima e foi questionado sobre os residenciais, repasso uma referência a este respeito, com base no bairro de quem questionou acima:

      http://m.imovelweb.com.br/apartamentos-venda-vila-mariana-sao-paulo.html

      Observa-se pelo que consta acima, que em apenas UM site temos mais de 19.000 apartamentos ANUNCIADOS para venda hoje e isto apenas no bairro da Vila Mariana, que é um bairro pequeno de São Paulo.

      Segundo o SECOVI SP, as vendas de imóveis na cidade de São Paulo como um TODO e não apenas no pequeno bairro da Vila Mariana no ano de 2016 foi de menos de 15.000 unidades. O CRECI SP informa número similar para usados no TOTAL da cidade de São Paulo para o ano de 2016, ou seja, só no pequeno bairro da Vila Mariana temos anunciados para venda em apenas 1 site, mais de 2/3 de tudo que se vende na cidade de São Paulo como um todo em 1 ANO!!!

      Pior, neste site de vendas você encontrará apenas um anúncio de um prédio inteiro em construção ou entregue para empreendimentos que tem VÁRIOS imóveis vazios, sem contar que nos dados de vendas de novos do SECOVI SP, como os distratos tem comprovado ao longo de ANOS, temos MUITAS vendas FALSAS na planta embutidas, sem contar os imoveis de leilões de bancos e condomínios que não constam neste site, as ofertas de outros sites, etc, etc, etc, ou seja, o absurdo da super-oferta no caso de imoveis residenciais é ainda MUITO mais gritante do que estes números demonstram!

      4+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 2 de abril de 2017 at 11:22

        são 113k imóveis novos em estoque, mais 24k do leilão da caixa, mais 5k imóveis do governo (SP), 11,6k distratados e multipliquem por 3 de usados = 113+ 24+ 11,6+ 5= 153,7k imóveis , mais 426k usados.. . fora os abandonados

        2+
        • avatar
        • avatar
        • Alemon Fritz 2 de abril de 2017 at 11:29

          opah, são 45.286 imóveis distratados até dezembro.

          1+
          • avatar
    • Libertario 2 de abril de 2017 at 11:54

      Eu gostei dessa parte aqui (os ispecilixtaxx alertando para uma bolha de aluguel……
      Como diz o CA, o importante é desinformar, mesmo com a matéria sendo sobre crise no setor.

      “Risco de bolha mais à frente
      Segundo pesquisa da Cushman & Wakefield, está prevista para 2017 a entrega de mais 203 mil m² de espaços corporativos de alto padrão em São Paulo e de mais 175 mil m² no Rio.
      Pelas previsões dos analistas, as taxas de vacância em SP e no Rio devem começar a cair a partir de 2018, na medida em que também deve recuar significativamente o volume de construções e entregas.
      “2017 é o fundo do vale. A partir de 2018 deveremos estar em recuperação dos preços de aluguéis”, avalia Lima Junior.

      O professor da USP alerta, entretanto, para o risco de uma disparada nos preços a partir de 2020 caso não ocorra desde já uma nova leva de lançamentos.

      “Os investidores nesse momento estão totalmente recuados. Sem novos projetos, quando chegar 2021, 2022 vai ter uma demanda forte e não vai ter oferta. E é muito provável que os aluguéis sofram uma bolha”, afirma.
      Um novo ciclo de expansão imobiliária só é esperado para a partir de 2022, após a absorção do atual estoque”

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 2 de abril de 2017 at 16:23

        É que vão usar os “espaços corporativos” para ensaios fotográficos, em vez de tu ver as beldades peladas você vai ter a revista Playoffice mostrando escritórios como eles vieram ao mundo. Completamente pelados e desinibidos.
        Só se for assim 😀

        4+
  • Alemon Fritz 2 de abril de 2017 at 10:50

    eitah,

    “Regulamentação dos distratos de imóveis tem contratempos, mas deve ser aprovada”
    O mais provável é que o governo siga adiante com a regra em que, nos casos de rescisão da venda de imóveis, a construtora poderá reter como multa o sinal pago pelo comprador mais 20% das parcelas desembolsadas até o momento do distrato. O montante total da multa não poderá superar 10% do valor do imóvel.

    https://www.ibrafi.org.br/2017/03/regulamentacao-dos-distratos-de-imoveis-tem-contratempos-mas-deve-ser-aprovada/

    kkkk os investiotários vão perder 90% antes era 10% a 15%… kkkkk

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 2 de abril de 2017 at 11:38

      Alemon Fritz,

      Entre sinal e parcelinhas durante a construção, o comprador na planta paga um mínimo de 20% e um máximo de 30% sobre o valor total do imóvel. Como o máximo que ele poderá perder será o equivalente a 10% do valor total do imóvel, a perda máxima do comprador será de 50% sobre o que ele pagou, no caso dele pagar apenas 20% sobre o total do imovel entre sinal e parcelas durante a obra. Adicionalmente, quando o sinal mais parcelinhas da obra for de 30% sobre o total, este comprador perderá 33% de tudo que pagou. Isto sem contar os 6% pagos por corretagem, que ele não recupera nada.

      Alguns poderiam pensar: neste caso, seria mais fácil a construtora fazer com que o comprador pague apenas 10% sobre o valor total do imóvel entre o sinal e as parcelinhas durante a obra, desta forma, além de ser mais fácil atrair INCAUTOS e SIMULAR vendas, em caso de desistência a construtora fica com 100% do que foi pago. Ela poderia aumentar e muito as vendas FALSAS na planta e fazer de conta que a medida trouxe uma “recuperação” para o segmento, uma nova estratégia de ENGANAÇÃO.

      A dificuldade para o que consta acima, é que após ANOS que estão aplicando este golpe, muitas delas já estão sem caixa e somente 10% de sinal mais parcelinhas não seria o suficiente para cobrir os custos das obras. Além disto, os próprios bancos que financiam as obras e que na maioria das vezes são os indicados pelas construtoras para que os compradores busquem o financiamento, não vão aceitar financiar o empreendimento se o sinal for só de 10% sobre o total, pois eles sabem que no final tudo vai virar distrato, a construtora vai quebrar e o prejuízo do banco vai ser grande.

      Outro ponto é que pela discussão intensa, muitos já vem desistindo de comprar na planta e além disto, provavelmente esta regulamentação só vai valer para novos contratos celebrados a partir de agora.

      Em resumo, como sempre estamos dizendo, o resultado da nova regulamentação não vai ter efeito nenhum, a derrocada do segmento imobiliário continuará e vai até se intensificar em função dos inevitáveis aumentos em número de imóveis ofertados em leilões concorrendo com esta super distorção entre oferta e procura de novos e usados que não para de crescer, somado com o crescimento da necessidade dos agentes em fazer caixa e com a escassez cada vez maior de compradores potenciais, mais a tendencia de, em função de tudo isto, o crédito imobiliário se tornar mais caro e ter prazos menores de financiamento, ou seja, intensificação vinda de todos os lados para que a queda de preços seja cada vez maior.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 2 de abril de 2017 at 12:26

        sim mas temos que ter um bulltrap ainda. Além do mais um imóvel de 500k não vale 500k e o otário já poderia entrar em um pronto, pagando condominio, iptu etc..e as construtoras oferecem “facilidades”. A pegadinha do corvo o otário só vai perceber na hora do distrato mesmo. além da impressão que o mercado está organizado. Alguns investidores que suspenderam a compra nos últimos 3 anos podem estar coçando as mãos…
        Além disso lembra um crédito podre se a construtora ou banco recuperar 10% de um otário.. já está na vantagem. Os que estão pensando em vender que podem esperar vão esperar mais ainda achando que agora vai.

        4+
        • avatar
        • avatar
  • Cadeludo 2 de abril de 2017 at 11:04

    terra dos “livres” e seus lugares caídos
    https://www.youtube.com/watch?v=8nGYkEBDjX8
    tem até foto da banania

    0
  • Alemon Fritz 2 de abril de 2017 at 13:14

    tá chegando o Bulltrap
    Distratos opõem empresas e consumidor
    Incorporadoras querem regras mais claras para a desistência na compra de imóveis

    O governo fez contraproposta: a construtora pode ficar com 100% da entrada dada na assinatura do contrato mais 20% das parcelas pagas até o distrato, desde que a multa não ultrapasse 10% do valor do imóvel. Um executivo ligado às incorporadoras afirma que a última proposta não foi aceita pelo setor.
    Da forma como foi proposto, as incorporadoras terão que aumentar o valor de entrada do consumidor. Ele terá que dar no ato 10% do valor do imóvel. Agora, nos colocamos em estado de espera”,

    http://economia.estadao.com.br/blogs/radar-imobiliario/distratos-opoem-empresas-e-consumidor/

    5+
    • avatar
  • BolhistaBR 2 de abril de 2017 at 14:34

    ACabei de ver o programa do Roberto Dávila e o assunto foi a reforma trabalhista. O sociólogo entrevistado fez algumas comparações bem interessantes..

    Fiquei sabendo que nos EUA a lei trabalhista é super simples. “1 página e meia”. Lá, as partes fazem seus contratos.

    Disse também que nossa produtividade é de 1/4 em relação à deles. Essa resposta veio logo depois de o Roberto perguntar pq os salários aqui são bem mais baixos q os de lá….
    kkkkkkkk

    Bem interessante.

    4+
    • avatar
    • avatar