Quase mil corretores de imóveis inscritos na dívida ativa têm títulos protestados na Paraíba – Paraíba Total

Você pode gostar...

Comments
  • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 13:29

    IMÓVEIS EM BELO HORIZONTE TEM DESVALORIZAÇÃO SOFT DE MAIS DE 30% EM UM ANO

    Um estudo realizado pela Viva Real – plataforma digital que conecta imobiliárias, incorporadoras e corretores com consumidores que buscam um imóvel – apontou que o bairro Cidade Jardim, na Zona Sul da capital, registrou o maior índice de desvalorização na capital em 2016. A queda foi de 31% no valor do preço de venda quando comparado ao mesmo período de 2015.

    No quarto trimestre de 2015, o valor médio do m² registrado no bairro foi de R$8,9 mil; no mesmo período de 2016, o preço caiu para R$6.143. Destaca-se também a desvalorização no preço de venda dos bairros Califórnia (-24,7%) e Santa Lúcia (-17,1%).

    http://bhaz.com.br/2017/02/13/cidade-jardim-maior-desvalorizacao-de-2016/

    31+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Minions 8 de março de 2017 at 13:36

      E a variação é NOMINAL!
      Real seria 36% ! ! !

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 13:39

        ÇOFT… KKKKKKK

        6+
        • avatar
        • avatar
      • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 13:44

        Com mais os 7,17% do IGP-M 2016, seria uma desvalorização real de 38,17% EM UM ANO

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 13:56

          Thiago fm, os números acima conferem com seu levantamento ?

          27+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • to bolhado 8 de março de 2017 at 14:42

      qual seria a diferença de metodologia da Viva Real para o Fipezap? Não é também de valores anunciados?

      5+
      • avatar
  • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 13:29

    É apenas um momento de aperto financeiro após um período de grande euforia.
    Recomendo a todos eles que peguem empréstimos no Santander. PNJ!

    37+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 13:31

    Em caso de calote dos títulos públicos vejam em que patamar ficaria a TR anual(acumulado do ano)
    1991: 335% a.a.
    1992: 1156% a.a.
    1993: 2474% a.a.
    1994: 951% a.a.

    E aí…. vão aguentar pagar o saldo devedor dos bolhudinhos?

    Saldo devedor de 400k em 2017.
    Saldo devedor em 2018: ??? quanto milhões de reais?

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 13:32

      Só no dia de ontem o gobierno Temer emitiu 1 bilhão de títulos em dólar (investidores estrangeiros) com vencimento para 2026.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 8 de março de 2017 at 13:47

        Lucas 8 de março de 2017 at 13:34
        muitos aí vão pensar que estou querendo manipular em favor da politicagem e dos polticos que eu gosto
        contudo insisto, o dono da caneta se for um extremista de que lado for ele tem condições de fazer muitas maldades por dentro, sem dúvida que a TR vc lembrou bem é um seguro anti-governo quem o controla é no fundo o setor privado, mas tbm não está a salvo de ingerências
        eu coloco isto meio como que pra considerar o imprevisível, o aleatório.
        claro que qualquer tentativa do governo nesse nosso mundinho virtual 3 dias antes cambio explode, juros CDI explode na velocidade dos bytes.
        minha preferencia pessoal é por alguém mais centrão, me sinto pessoalmente mais tranquilo assim, dando nome aos bois lula e Bolsonaro me incomodam, ainda mais o segundo pq lula ainda sabemos que ali na economia ele é um tipo Meireles, mas como o from posicionou, não precisamos ter medo, oscilaçãoes são mais que bem vindas pra ganhar dinheiro. Tenho certa dificuldade pessoal em introjetar esta atitude mental.
        …quem sabe não está na hora?
        Vida longa ao blog

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 13:48

          Você diz alguém como o Itamar Franco? Tipo nem fede e nem cheira?
          kkkk

          5+
          • Lucas 8 de março de 2017 at 14:04

            kkk
            seria perfeito
            ainda que se vc pegar a história depois da presidência ele deu xilic lá em minas e aquilo virou bola de neve, BR prestes a dar default, FHC teve que dar a bunda pro FMI

            8+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 14:32

              Eu acho que a coisa tá tão torta que precisamos de medidas mais energicas.
              Brasil precisa reduzir o tamanho do estado, sem isso, somos inviáveis.

              24+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • to bolhado 8 de março de 2017 at 14:43

                meu voto vai para quem falar abertamente em diminuição do estado. isso e combate (de verdade) à criminalidade. O resto é perfumaria.

                19+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • Lucas 8 de março de 2017 at 14:57

                  o problema é a distancia entre falar e agir
                  e toda a desinformatzia
                  e todo o rabo preso com grupos e privilégios

                  tem um aí bem enérgico que vive falando uma coisa mas na hora de votar é para ter mais Estado, vive votando de mãos dadas com o jean uilis do extremo oposto, veja aí que foram contra a privatização dos cisticercos, que enxeram a internet de desculpinha da mais esfarrapada, e nãot inha sido a primeira vez, por exemplo, falar em reforma da previdência aí aparece a verdade? não, lá vem aquele mimimi dos trilhões nas mãos de grandes devedores

                  olha, minha conclusão é a mesma de sempre, a discussão está tão esmerdeada de fatos e versões falsas de todos os lados que simplesmente não sabemos o que vai ser de 2019 em diante, e não adianta falar que falavam a mesma coisa lá do topetudo que são situações totalmente diferentes, o tramqueira lá é empresário desde criancinha, a única coisa semelhante é o “enérgico” e a “grosseria” que pra muitos é o que basta.

                  Nao quero defender minha posição nem minha escolha, não agora. Quero só mostrar a vcs o que eu estou vendo acontecer e que vem crescendo numa manada tal qual foi a euforia pelo lula, o sebastianismo eterno, de buscar um salvador da pátria, um machão de verdade, dá utlima vez disto, escolhemos o Collor que cheirava antes de fazer discursos.

                  9+
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 15:32

                    Concordo, o Brasil não vai sair da merda tão cedo e de fato não existe salvador da patria.
                    Mas todas as opções “democraticas” levam ao mesmo destino, mais corrupção.

                    5+
                    • avatar
                    • Lucas 8 de março de 2017 at 16:08

                      entendo o seu ponto e concordo

                      mas pra isso
                      equilíbrio de poderes
                      evolução das instituições

                      soluções dramáticas custam caro
                      li aí um artigo dum militar nível de comando, uma simples atuação num simples bairro custa milhões
                      e assim que saíram de lá, volta tudo como antes, precisariam ficar eternamente ali.
                      ou seja, não resolve.

                      7+
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
                  • gendarmeria nacional 8 de março de 2017 at 22:19

                    Forçar comparação entre FHC e Bolsonaro ao Lula só pra atacar o segundo é muita má fé mesmo….acha mesmo que após todas as denúncias e o encurralamento feito a ele, o 9 dedos realmente colocaria o Meirelles na economia??? Acha mesmo que Lula não se vingaria dos brasileiros?

                    Aliás, Meirelles não é essa Coca Co–la toda não, tanto que o Temer está sendo chamado de Dilmo 2 e o economista “sério” tá lá chancelando os keynesianismos todos a canetada. Já falou até em aumentar impostos mesmo sem fazer os ajustes.

                    3+
                    • avatar
                    • avatar
                  • Diego F. 9 de março de 2017 at 12:41

                    Extremo oposto nada. A ferradura está tão fechada que logo vira um círculo.

                    0
    • danielbh 9 de março de 2017 at 07:55

      vc considera real esse risco de calote? mesmo num contexto político bem neoliberal como está se formando? fiquei com medo pois meu apto tá lá no tesouro…

      0
      • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:02

        Risco de calote? Sim. Todo investimento possui risco. Eu vejo como muito improvável…. sem necessidade dar um calote… porque um governo precisa de política monetária… ele pode dar um calote branco… ou seja inflacionando a oferta de moeda e pagando os compromissos com moeda nova… a Dilma tentou fazer isso com as maquiagens e foi afastada do cargo máximo da República justamente por cagar nas contas públicas.

        Contexto neoliberal ? Onde ? Explique isso por favor.

        Ficou com medo? Você tem um apartamento no Tesouro ?
        Acho que você ainda está emocionalmente ligado aos tijolos… pois ainda fala dele como se fossem seus… e ainda compara o valor com o valor nominal nos títulos. Decida-se… o que você quer? Tijolos ou títulos?

        2+
        • avatar
        • danielbh 9 de março de 2017 at 10:14

          meu amigo, nao precisa ficar irritado, o q eu quero não é problema seu. foi só uma solicitação de opinião.
          o pessoal desse forum sabe ser nada amigável, vc nao é o primeiro. mas de qualquer forma obrigado pela resposta.

          1+
          • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:18

            Não estou irritado. Acho que é você.. que está indeciso ou com receio de alguma coisa. Só te fiz perguntas.

            2+
            • avatar
            • danielbh 9 de março de 2017 at 10:39

              Eu quero mesmo é um apartamento, mas concordo com o consenso desse forum, acho que não é o momento certo ainda, então a grana está aplicada em títulos.
              O governo brasileiro está claramente caminhando pro modelo neoliberal americano, ou seja, minimizando o papel do Estado, flexibilizando as relações de trabalho, privatizando estatais, abrindo o agronegócio para multinacionais, etc. Nesse contexto, o capital é priorizado em relação ao social e, portanto, o risco de calote é amplamente reduzido. Por isso, achei estranho seu comentário. 😉

              2+
              • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 11:16

                Te respondi lá embaixo. 😉

                0
  • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 13:31

    Boss os tópicos estão saindo cada vez mais rápidos.
    Será que não estamos presenciando uma bolha de tópicos? Kkkkkk

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Bolha BOSS 8 de março de 2017 at 13:39

      Todo dia tem um tópico, mais do que normal

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 13:43

        Meu medo é quando sair mais de um tópico por dia…
        Aí a banania RIP

        7+
        • avatar
        • Lucas 8 de março de 2017 at 13:46

          tópico de hoje bem legal
          só o humor pra vencer certas barreiras

          5+
          • avatar
          • avatar
          • Minions 8 de março de 2017 at 14:23

            Tópico exceção…

            2+
            • avatar
  • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 13:36

    Juros futuros em alta
    Dólar leve alta
    Ibovespa queda seguida de queda

    As 2045 já subiram 0,02 de ontem para hoje. Fiquem atentos no médio prazo. Tem muita água para rolar na BNN. 😉

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 13:40

      FTT

      Eu sempre acreditei que o mercado nunca aceitou ganhar juros baixo na banania. Pelo simples fato dos riscos que esse país oferece, até o passado aqui é incerto imagina o futuro?
      Juros abaixo de 10%?
      Até acredito, mas só por 1 ou dois anos no máximo. Depois o governo é obrigado a subir de novo.

      Juros no Brasil sempre ficará entre 8% e 17%
      Mais que 17% só se voltar a inflação de 10%
      Abaixo de 10% só na canetada

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 13:42

        Justamente por conta desse arranjo tributário… por conta desse estado gigantesco e ineficiente. Os players sabem muito bem como lidar com a BNN… é uma terra com enorme potencial… mas com um povo medíocre.

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 13:48

          Outra razão dos juros brasileiros serem altos é o risco do calote e desvalorização do REAL. Mas na medida que o presidentO temer fizer Ref. da previdencia, Ref. TRabalhista, Ref. Tributária, e de quebra umas privatizações nervosas, (estou sendo otimista) o risco cai, o REAL aprecia e o juros despenca.

          6+
          • avatar
          • avatar
          • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 13:52

            10+
            • avatar
            • avatar
          • socrates 8 de março de 2017 at 22:52

            mas vc realmente acha que eles querem fazer as reformas???? Se quisessem , nao teriam entrado de ferias de fim de ano e nem parado no carnaval. O país está na maior RECESSAO da historia. Nem em guerras outros cairam tanto. Eles vao enrolar o que puderem, torcer para tantos outros avioes cairem e esperar outro populista assumir o poder em 2018… E segue o jogo

            2+
      • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 13:51

        19+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 13:53

          Nas correções sempre temos bons juros reais. Vejam ali 2006 – 2007. 2016- 2017.

          2+
        • Lucas 8 de março de 2017 at 14:02

          aquele período 12/13 foi phoda, angustia total, governo maquiando o estouro com golpes baixos de Selic
          Cesar só recapitulando comparei renda 2000 com 2010, o per capita de 2010 deflacionado deu abaixo de 2000, ou seja lula entregou pior que FHC deixou aqui na RMSP, resto do BR não sei.
          vou conferir os números esses dias.

          4+
          • avatar
          • avatar
        • Libertario 8 de março de 2017 at 16:13

          Cesar,
          Excelente material!
          Isso sim é grafico de verdade, não são aquelas flores que tem por aí.

          7+
          • avatar
  • Lucas 8 de março de 2017 at 13:45

    incrível homem-bolha
    exceto a questão de ter carros bons, concordo 100% com seu ultimo comentário
    levo uma vida up to date, muitas viagens, churrascos, festas, vários hobbies esportivos
    economizo apenas 23% do faturamento, até menos se considerar as depreciações de bens
    já o PMJ economizo 100%
    a questão do carro quando viajei pra fora em 2009 após décadas de exílio tropical e vi por mim mesmo a qualidade, o preço e o aluguel de carros no exterior, me senti um completo idiota, nunca mais comprei carro ZERO, meu ultimo foi um 2008 tenho ele até hoje, meu sonho é entregar ele com 300 mil km rodados pra prensa, quero vender ele por kilo.

    37+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 13:47

      (2)
      Estou com um GM 2006 com o mesmo destino.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 13:52

        O meu 2008 rumo a placa preta 🙂

        7+
        • avatar
        • avatar
        • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 13:55

          Caramba então sou bolhista master

          Fiesta 1998 com lata caindo aos pedaços(motor,freios e pneus zerados) é só penso em trocar ano que vem por um Fiat Mille 2010 no máximo.

          30+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Margarida 8 de março de 2017 at 21:23

            Ganhou de mim, que tenho um 2000. (Só porque ano passado troquei meu 1996 por esse “novo”.)

            6+
      • to bolhado 8 de março de 2017 at 14:47

        (3). Carro é um item muito caro pro “prazer” que proporciona, na maioria das vezes

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Intendente 8 de março de 2017 at 16:26

        Bolhistas master lvl 100

        GM 2003 here -__-

        2+
        • Rene Fraçoá 8 de março de 2017 at 17:35

          2003, faltam só 5 anos pra isenção do IPVA! Pretenção é ficar mais uns 10.

          0
    • Lord of All 8 de março de 2017 at 15:44

      kkkk, eu achei q era o único q andava de carro véio (VW Polo 2007)

      Volte e meia surge aquela vontade de trocá-lo, apenas para atualizar o ano, tipo pegar um 2012-2014. Quanto ao valor do carro em si, a diferença não me faria falta, mas, qndo penso nos gastos com seguro, ipva, combustível, manutenção, logo desisto.

      Pra mim, carro tem q ser econômico, confortável (com a/c e d/h) e seguro. O resto não passa de ostentação.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • Rene Fraçoá 8 de março de 2017 at 17:38

        Meu voto é na segurança e conforto (em viagem longa isso conta muito), se você somar a diferença do gasto de um 1.8/2.0 com o 1.0 no final do ano, a depender do uso (no meu caso 15 mil/ano) a diferença é uns 10 dias de PMJ.

        5+
        • avatar
        • to bolhado 8 de março de 2017 at 17:45

          conforto é importante. meu carro é básico e meio velho mas tem ar, trio elétrico, direção, o mínimo né…mas to pensando em trocar agora pq tenho viajado mais, aí um carro mais confortável para dirigir faz falta…

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Cadeludo 9 de março de 2017 at 01:20

            exatamente, já que os carros bananenses é quase tudo fumbica tem que tentar andar com um melhorzinho
            troquei ano passado um carro 2002 de 15 mil por um 2011 de 30 mil
            em 2011 o dono pagou 60 mil
            com certeza absoluta o dono não era o Fernando, se fosse não me venderia, pediria uns 72 mil

            5+
            • avatar
            • avatar
            • Fernando 9 de março de 2017 at 12:11

              A depreciação do automóvel é 5 anos. Já a depreciação do imóvel é de 20 anos.

              Ocorre que no caso do automóvel, o valor residual é cerca de 50% de um novo, no tempo informado por Vsa., ao passo que o valor residual do imóvel é quase o valor total, se é que me entende…

              A propósito, meu entendimento é que comprar usado é adquirir o problema dos outros.

              ??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️

              0
              • to bolhado 9 de março de 2017 at 12:21

                você tá usando depreciação contábil. Acho que no mundo real, para imóveis comerciais, o tempo de depreciação de um imóvel é bem maior, diria que mais para 50-60 anos. Mas aí o valor residual é menor, uns 40%. Mas a depreciação, você mesmo estabelece que prefere comprar imóvel novo. Mas valor residual igual ao original é wishfull thinking kkk

                1+
                • avatar
                • Fernando 9 de março de 2017 at 13:53

                  Deixando mais claro, já que estávamos falando de automóveis (é um problema de contexto…), prefiro automóveis novos a usados.

                  0
            • Lucas 9 de março de 2017 at 12:17

              de novo o Fernando não considerou inflação
              – de 60 para 30 em 5 anos é bem mais que 50%, sem saco pra calcular deve chegar nos 70%-80%

              sem falar na questão do custo de oportunidade e no aluguel,
              obviamente a gente engole esse prejuízo no auto pq o aluguel de 1 carro gira em 3%am.

              0
    • Zejose 9 de março de 2017 at 18:29

      Sou um esbanjador incorrigível, tenho um honda 2011 comprado em 2013 com 5 mil km com 30% de desconto em relação ao zero km, rumo a placa preta tb, pq honda só tem um problema, ele não acaba.

      0
  • Lucas 8 de março de 2017 at 13:57

    FASE DESPAIR

    O que caracteriza uma fase despair???
    ficou convencionado nos meios bolhísticos que o despair se caracteriza pela fase quando os imóveis são vendidos pelo valor abaixo da sua reprodução, ou seja abaixo do preço de custo, isto no BR é um patamar bem baixo lá nos 1,5 k/m² no MAXIMO, que faz a construção ainda valer a pena em muitos locais do BR, mesmo com quedas reais da ordem de 60% como temos visto nos leilões, chegando até a 80% de queda.

    Agora não esperem que os proprietários anunciantes vão eles pagar para anuncia a desvalorização do próprio imóvel no fingizap, isso NUNCA vai acontecer.
    O sistema no BR age por meio de liquidação em leilão, toda burocracia leva 5 a 6 anos, um simples edital de leilão são 9 meses, mais os prazos legais todos, isto posto o estouro da bolha segue um delay enorme entre lançar na planta, construir, entregar, financiar, sangrar, retomar, leiloar 1ª praça, 2ª praça, reavaliação, releilão, atéééé alguém comprar põe aí quase 10 anos, isso na melhor das hipóteses. Se vc pegar imóveis enrolados com briga entre construtora, hipoteca, comprador, condomínio, receita, trabalhistas, vc põe tranquilamente 20 anos de brigas jurídicas.

    Outro dia mesmo ano passado vi que saiu uma decisão de espólio da Encol, que estourou na década de 90… Mais de 20 anos…

    Portanto, pessoal, cuidado ao comparar fases de bolha tupiniquim com outros lugares do mundo.
    E tenham absoluta certeza, 99% do mercado são divididos entre Fernandos e Thiagos

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 14:01

      aqui tudo é burocrático… até mesmo uma correção econômica.
      kkkk
      Tem que saber desses detalhes e saber onde procurar as grandes oportunidades. As melhores oportunidades estão com pessoas desesperadas…. sem dinheiro….. sem nome limpo ….. e cheia de dívidas. Essas precisam se desfazer dos ativos …. mas sem muito alarde… não pode ser divulgado no megafone.

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 8 de março de 2017 at 14:09

        tive muitas ofertas assim quando comprei, meu advogado e tio me aconselhou evitar
        tinha coisa de até 56% do fingizap
        acabei pegando um com 40% do fingizap da região, cara com pressa pra sumir de SP, que acabou se mostrando bom pq naquele bairro dos 56% fingzap caius uns 20% e o daqui da região fingizap subiu 20% ouseja, na verdade o desconto foi maior, mas foi sorte. Na média fingizap da região dá ZERO, parece até que eles manipulam os anunciantes pra dar zero, é muita coincidência, rsrs, em tempo, os bairros com perfil +casa estão na contramão dos tipo apartamento, acho que acertei, gloria deuses rosinha, porra casa é muito melhor, no Brasil nunca havia morado em casa, só no exterior, fim da década de 70 depois volto nesse assunto.

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 14:08

      No DF já existem construtoras vendendo abaixo do custo:

      Via Engenharia – VIA Solare em Samambaia por 3.200/m2
      http://www.wimoveis.com.br/apartamentos-venda-distrito-federal-goias-ordem-precio-menor-q-solare.html

      PDG – Reserva JK, Itamaraty, Explanada em Taguatinga (ao lado do cemitério) por 2.800/m2
      http://www.wimoveis.com.br/apartamentos-venda-distrito-federal-goias-ordem-precio-menor-q-reserva.html

      Construtoras que vendem no Noroeste por 8mil/m2 ou menos estão vendendo abaixo do custo.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 8 de março de 2017 at 14:11

        ah sim a PDG a essa altura do campeonato qualquer venda é lucro, daqui alguns anos ela não vai existir mesmo,pelo menos rende algumas comissões
        vc como construtor pode nos dizer o custo real, mas sem bolhificar custo de terreno por favor, vamos respeitar a média mundial, terreno é 20% do total, no máximo 30% se puder verticalizar muito.

        3+
        • avatar
        • avatar
        • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 14:22

          Eu trabalho com construção de casas populares financiadas pelo MCMV no entorno do DF.

          Casas com cerca de 60 m2
          Mão de obra 15 mil
          Material 27mil
          Lote varia entre 17 e 25 mil
          Documentação (alavara, habite-se, CND do INSS, averbação no cartorio, projetos, ART etc) 5 mil

          Depois da venda tem:
          Itbi,
          Produto no banco,
          taxa no banco,
          averbação no cartorio,
          corretagem,
          imposto de renda
          Manutenção
          —————————————————

          No noroeste o valor do lote chega próximo de 50% do custo da construção. Amigo meu que construiu 96 apartamentos em Taguatinga fez um estudo, e me mostrou, sobre construir no Noroeste. Impossível vender por 8 mil ou menos e ter lucro. Participei , apenas como curioso, de uma licitação de lotes da terracap. O lote no noroeste pra fazer 36 apartamentos saia por pelo menos 25milhões. Isso já da um custo por m2 de cerca de 4 mil. O custo de construção da mais de 2 mil por m2, e vc só vende cerca de 60% do que constrói (tira garagens, poço de elevador, escada, pilotis, laje tecnica, etc. Ai coloca a documentação absurda, impostos, corretagem, burocracia animal na agefix, ceb, caesb, BOMBEIRO etc.

          Coloca tudo isso em valor presente e já arrebentou os 8 mil faz tempo!!

          31+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 14:25

            No caso de Brasólia o terreno está bolhudo. Ardam !!!!

            11+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 14:25

              Mas segundo o EngenheiroDF o custo de uma unidade pequena é de 1k o metro quadrado. Depois vem a burocracia.

              8+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 14:31

                Sim. Mas sem elevador e colocando acabamentos simples. Nada vagabundo, mas nada sofisticado. Pago 8,6 reais por m2 de ceramica formigres extra PEI 4. Prédios no Noroeste chegam a gastar 300 reais em m2 de porcelanato.

                13+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 14:33

                  Certo.
                  Muito bom. Continue construindo até o crédito direcionado ser uma realidade.
                  Depois construa para os poupadores e rentistas.

                  8+
                  • avatar
                  • avatar
                  • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 14:38

                    Faz 7 anos que vivo de construção de casa popular. Mas tive muita dificuldade pra aprovar os últimos clientes. O sistema do BB que faz a aprovação (CENOP) esta cada dia mais rigoroso. Eles estão penando com a inadimplencia na faixa 2 e tendo que aumentar o provisionamento do banco (palavras de um funcionário). A CEF continua solta nas aprovações, mas to com medo dela começar a fechar o cerco este ano e atrapalhar o negócio. Por isso não começcei mais uma leva de casas.

                    17+
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 14:43

                      Você está fazendo gerenciamento de risco. Tá certo. Vai construindo conforme vai vendendo. Sem exagero.

                      7+
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
                • Lucas 8 de março de 2017 at 14:46

                  O PREÇO do terreno no DF está claramente distorcido,
                  o certo seria ir pra mais longe, até o preço nos locais mais centrais voltar pro median, mas tem que ter cuidado, se o preço voltar pro median antes de vc terminar a obra, vc fica com abacaxi na mão.
                  São nuances que só quem tem a mão na massa no dia-a-dia e um tanto de visão além consegue ver. Eu apostaria que vc está justamente nessa dúvida. Esperar ou continuar? pq as vezes ir lento é a pior decisão, ou corre enquanto ainda dá, ou senta e espera até ter uma visão melhor.

                  6+
                  • avatar
                  • avatar
                  • to bolhado 8 de março de 2017 at 14:49

                    as pessoas tomam custo de terreno como um dado da realidade imutável, “ah, terreno custa tanto”. O preço do terreno é 100% referenciado pela demanda. Porque o m2 perto da Paulista é 40x mais caro do que na PQP do interior de um estado pequeno? ou tem valor intrínseco?

                    2+
                    • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 14:58

                      Aqui em Brasilia quem comprou lotes nos condominios DAMHA e Alphaville, tomou uma lapada federal. Os preços despencaram e estão despencando. Mas no caso dos lotes vendidos pela terracap, como os do NOROESTE, parece que existe uma regra que a impede de fazer licitação por valor mais baixo do que fez na licitação anterior. O resultado é que eles não conseguem licitar mais nada.

                      15+
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
                    • Lucas 8 de março de 2017 at 15:07

                      preço como sempre é oferta em estoque x demanda
                      no caso de imóvel temos o dito solo criado, ou seja, vc verticaliza, um terreno de x metros vc constroe 10x, esse poder ta na mão dos politicos que são aí prepostos dos grandes especuladores, e tbm dos pequenos, veja a gentrificação porque passou a cidade de SP, REDUZIRAM muito o estoque criado pra atender os grandes, como oc aso que relatei aqui da Viver.

                      O DF é outra ilha.
                      Pega pelo exagero, um lugar como Monaco, é simplesmente uma colina, ou a ilha de manhatan, são locais que terreno são escassos ao extremo, lógico que o vendedor vai querer o seu quinhão no lucro.

                      mAS o DF é uma ilha cercada de cerrado chamado goiás, denovo o que impede essa expansão?
                      a disponibilidade de transporte, por quanto a menos no preço vc aceita morar meia hora mais longe?
                      o transporte denovo nas mãos do “estado”

                      aí, finalmente vc chega na capacidade de compra, na renda, que tbm flutua

                      tudo isso é uma equação complexa, que pro construtor ele precisa ter seu lucro e seu risco bem pagos, senão ele sai do jogo.

                      O que podemos ter são referencias médias de longo prazo em diferentes regiões e tentar comparar situações semelhantes e prever tendência.

                      O que observamos com o superestoque é que o mercado errou, errou de propósito, porque isso gerava bonus pessoais pros executivos, comissões de vendas para corvos e gerentes e porque o governo fica com parte do prejuízo e etc, enfim toda a cadeia da bolha que já falamos aqui.

                      Agora vem o retorno da maré.

                      10+
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
      • odorico 8 de março de 2017 at 14:17

        Esse itamaraty é aquele que o esgoto estourou e encheu o ap da dona de mer**? PDG só recebendo aluguel para morar lá. E mesmo assim usa o valor recebido para fazer seguro de vida.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 14:25

          Exatamente!!!

          3+
          • avatar
      • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 15:35
        • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 15:40

          Por 5 mil reais o m2 não sei se a construtora consegue ter lucro nem em Aguas Claras, quanto mais no Noroeste.

          1+
          • Juros Lover BSB-BH 8 de março de 2017 at 17:51

            Os preços de terrenos no Noroeste sempre foram insanos e serviram pro GDF bancar a roubalheira na construção do Estadio Nacional Mané Garricha…Creio que será impossivel a terracap manter o valor em novas licitações…

            4+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
          • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 19:16

            Só para facilitar as contas
            8 apto de 100 m2 por andar
            15 andares
            12.000 m2 a 1.5 k/m2 CUB
            +12.000 a 0.5k/m2 pelas áreas comuns
            +17kk do terreno
            Total 41kk
            Dividindo por 12.000 dá 3.4k/m2

            3+
            • avatar
            • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 19:39

              Não entendi suas contas, pode explicar melhor por favor?

              1+
              • avatar
              • Cesar_DF 9 de março de 2017 at 12:12

                EngenheiroDF
                Peguei o CUB mais alto, adicionei 1/3 por conta das áreas comuns (elevador, garagem, xoxotecas) e adicionei o valor do terreno.
                Não inclui o custo de administração da construtora, ou seja, a diferença entre os 3.3K/m2 para os 5.0K/m2 seria o lucro bruto.
                1,7k/m2 em 12Km2 seria um lucro bruto de 20.4KK
                Ou seja, vendendo estes 12K/m2 pro 5.0K/m2 seria um VGV de 60 milhões de reais, com um custo de construção de 39.6KK e um lucro bruto de 20.4KK

                0

                • EngenheiroDF 9 de março de 2017 at 12:36

                  3.300/m2 não paga nem o custo do lote no Noroeste.

                  0
    • Bsbguy 8 de março de 2017 at 15:31

      Onde posso verificar na minha cidade os editais de leilão ou acompanhar processos desse tipo? Entrei na Caixa e achei pouca coisa em bsb. Só uns para venda direta.

      1+
    • Fernando 8 de março de 2017 at 19:32

      ??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️
      Sorrindo e acenando!!!!

      2+
  • Lucas 8 de março de 2017 at 14:13

    “eles não querem dinheiro, eles querem morrer felizes em saber que estavam certos”
    from_tower expadeiro e mito

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 8 de março de 2017 at 14:20
    • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 14:21

      pqp….. nem pular a cerca não dá mais.
      A amante quer os derêitos…….
      huahuahuahuauha

      Agora só falta criarem jurisprudência para as primas. 😉

      25+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 14:22

      Caramba!

      Logo logo uma noite de sexo já dará direito a 30% do homem kkkkkk

      7+
      • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 14:22

        30 % do Patrimônio*

        4+
        • avatar
  • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 14:31

    Pesquisa aqui no fórum pra quem tem tempo de ficar atoa a tarde por aqui.

    Se você está lendo e comentando neste blogs mequetrefe apocalíptico você é:

    A) Desempregado/porém recebendo juros opressores
    B) Aposentado/porém recebendo juros opressores
    C) Profissional liberal e inciativa privada/porém recebendo juros opressores
    D) Funcionário público/porém recebendo juros opressores
    E)Fernando/porém pagando juros opressores
    F)Corvo/porém pagando pra trabalhar
    G) Outros/especifique

    11+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 14:32

      c) PMJ !!!

      4+
      • avatar
    • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 14:33

      C) PMJ com força!!!

      4+
    • Minions 8 de março de 2017 at 14:36

      d)

      6+
    • to bolhado 8 de março de 2017 at 14:54

      quando eu to trabalhando em algo burocrático, tipo uma planilha, de meia em meia hora eu paro para dar uma olhada no brog. ajuda a relaxar a mente

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Money_Addicted 8 de março de 2017 at 14:58

      c

      3+
    • fanfarraum 8 de março de 2017 at 15:28

      c.

      1+
    • Master Yi 8 de março de 2017 at 16:01

      D) Sou FP, mas trabalho kkkk. Algumas vezes dou uma olhada no blog pra relaxar.

      3+
      • avatar
      • Margarida 8 de março de 2017 at 21:38

        Idem.

        1+
    • Loucodf 8 de março de 2017 at 16:13

      c

      0
    • Libertario 8 de março de 2017 at 16:19

      C

      0
      • My name is James Bond 8 de março de 2017 at 23:52

        c

        0
    • Minino do TI 8 de março de 2017 at 18:56

      C

      0
    • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 19:17

      D)

      0
    • Fernando 8 de março de 2017 at 19:33

      E) FERNANDO / recebendo juros!

      ??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️
      Sorrindo e acenando!!!

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 9 de março de 2017 at 09:20

        Avoa Fernando!

        3+
        • avatar
    • Zejose 9 de março de 2017 at 18:40

      C) oprimindo sem parar

      0
  • Cajuzinha 8 de março de 2017 at 14:38

    Condições do mercado de imóveis se deterioram em 2016, aponta Abrainc-Fipe
    Março 8, 2017Publicado por Nicole OngarattoPublicado em Imóveis

    O Radar Abrainc-Fipe revela que as condições gerais do mercado imobiliário encerraram o ano de 2016 com nota média de 2,4 na escala entre 0 (menos favorável) a 10 (mais favorável),evidenciando uma queda de 0,9 ponto, no comparativo com dezembro de 2015, e um recuo de 3,8 pontos, face à pontuação de dezembro de 2014.

    http://www.investimentosenoticias.com.br/financas-pessoais/imoveis/condicoes-do-mercado-de-imoveis-se-deterioram-em-2016-aponta-abrainc-fipe

    3+
    • avatar
    • avatar
  • O Incrivel Homem-Bolha 8 de março de 2017 at 14:47

    Eu sou dos que acha que está tendo uma queda SOFT. Que os preços serão cozidos no lento e brando fogo da INFLAÇÃO.
    Explicarei
    Não adianta pegar o “preço fantasia” de 2013-14 e querer comparar com o preço de hoje. Aí caiu uns 30% mesmo.
    Só que o “preço fantasia”… era só uma fantasia mesmo. Só uma meia dúzia de OTÁRIOS caíram nessa, achando que iam revender lá na frente mais caro ainda. Esse preço nunca foi um realidade. Aquele cara que pagou 350 mil num apê de 100m2 em 2010 e achou que “valia” 1 milhão em 2014… sabe? Pois é, esse famoso milho grande nunca existiu.
    Então tem que ver o quanto caiu DEPOIS desse “desconto de fim da fantasia” de 30%.
    Na prática tá a maioria parado, até placa de venda retiraram, esperando “um momento melhor para vender”. Então espera sentado…
    Vai ser assim: O cara pagou 350k, chegou a achar que “valia” um 1kk e acordou hoje tentando vender por 700-750k, “nenhum centavo a menos”, afinal está com 30% de desconto. Um outro cara pagaria até uns 500k, mas vai aplicar a grana e daqui uns 6 anos, quando tiver uns 2kk, vai pagar os 750k que o bick lover quer.
    Aí eu e vocês escutaremos a famosa frase: “vendi pelo que eu queria” (váááários anos depois)
    Sorriremos e acenaremos

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 14:53

      Isso só da certo enquanto o “investidor” tem fôlego. Mas no DF as taxas de condomínio já tem 25% de inadimplencia. E as regras novas permitem que o imóvel do inadimplente seja tirado dele bem rápido. Eu comentei sobre o “investimento” do pai de um amigo meu que comrpou um flat no Fusion em 2010 p0r 340 mil e hj eles são vendidos pela construtora por 170 mil ( http://www.wimoveis.com.br/apartamentos-venda-distrito-federal-goias-ordem-precio-menor-q-fusion.html ). Ele ta levando o prejuízo mas ele tem fôlego pra aguentar isso. O bananense comum vive no limite. São esses que definirão os novos preços reais.

      25+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • anti_corvo 8 de março de 2017 at 14:54

      Me explica essa fórmula fácil e rápida de quadruplicar o dinheiro em 6 anos.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Incrivel Homem-Bolha 8 de março de 2017 at 15:16

        Sabe aquela frase do interior “modo de dizer”? Pois é.
        Desculpe, escrevi rápido e não expliquei direito.
        Não é que o cara vai deixar 500 pila parado PMJ e vai virar 2 milhos grandes em 6 anos, não é isso.
        Na prática, o cara que tem as 500 pilas vai deixar no PMJ, juntar mais grana ainda, fazer aportes mensais, mas décimo terceiro, bônus anuais, etc, e daqui uns 6-8 anos, dependendo de quanto mais conseguiu colocar em cima, vai ter muito, mas muito mais do que os 500k iniciais, talvez mais do que o dobro, talvez muito mais do que o dobro.
        Enquanto isso o imóvel vai ficar parado no tempo, malemá vai valer os 750k que o brick lover quer.
        Mas esse vai “encher a boca” e dizer que vendeu pelo que queria, láááá na frente.
        Entendeu a “moral da história” ou vai querer que eu poste aqui uma planilha com os rendimentos e aportes necessários para ver em qual data os 500k viram 1,5 ou 2kk?
        Eu não “acho” isso, eu aposto nisso de verdade. Já teve uma época assim nos anos 1995-2005, pós quebra da Encol. Comprei um apê em 1996 por 50 mil e vendi por 55 mil em 2005…

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 8 de março de 2017 at 17:45

          compramos um apê-ovo em 2001 por 50k
          até 2003 valia isso aí
          daí foi embora o valor, a vizinha vendeu por 360k em 2010, comprovados, logo depois me mudei pra um maior no aluguel
          continuei vendo nos anúncios chegou no meio milhão em 2012, por mim tinha vendido, mas eu tinha 25% só, era compartilhado e usávamos de escritório.
          hoje é alugado por 1.500 semi-mobiliado a muito custo de 6 meses esperando uma alma.

          esses 500k se tivessem sido realizados, hoje 5 anos depois, teria virado talvez 1kk em PMJ, teria…
          e os anúncios ali continuam pregado no teto
          analisando leilões pela região, hoje venderia no máximo por 300k sendo muito otimista, menos que a vizinha de 2010, pela sua lógica seria queda de só 20%+inflação de 7 anos (soft?). Só que eu acho o certo contar o custo de oportunidade, então frente o auge da bolha é uma queda de 70% (hard?)

          São diferentes maneiras de calcular e de ver a mesma coisa.

          8+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • to bolhado 8 de março de 2017 at 14:55

      concordo. Também não dá para criticar o fingezap e usar como referência de teto o valor de lá. A verdade é que certos preços nunca chegaram a ser praticados.

      3+
      • avatar
      • Lucas 8 de março de 2017 at 15:20

        epa epa epa
        o fingezap balizou por muitos anos o ivgR usado pelos bancos pra avaliar garantias
        o fingezap balizou por muitos anos a euforia do mercado, o fingizap era piso de preço
        o fingizap é uma média tem acima e tem abaixo da média

        o fingizap é um dos responsáveis pelo holocausto financeiro de milhares de famílias que compravam achando este ser o indicador oficial do sistema, e não somente apenas um site de internet feito por um instituto vendido que se posa de inocente, com apoio moral intelectual matemático dos sue svizinho lá do núcleo da Poli, numa dança a 2 em perfeita harmonia, o que um falava o outro dava.

        A metodologia do fingizap foi toda montada para nunca cair, pode quebar 3 encols, podem rifar o BR inteiro pros gringos vai dar na mesma, aqueles zero seilao quê negativos, eles lá tem toda a capacidade para saber destes problemas e se fingem de morto, passa 3dias voltam repetindo a mesma ladainha

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • to bolhado 8 de março de 2017 at 15:27

          não sei se estamos falando da mesma coisa…

          2+
          • avatar
          • Lucas 8 de março de 2017 at 15:48

            com certeza não estamos

            1+
    • Minions 8 de março de 2017 at 15:00

      Eu acho que você está analisando apenas uma pequena parte do problema…concordo com você quando analisa o investidor que tinha capital. O problema começa quando você tem investidor bananense que brincou de arbitrar com o banco (financiou 750k pensando que iria vender por 1kk); também tem o 666 que se animou com a facilidade de financiamento (forjou renda, …) e também financiou com preço acima do “real”; tem aquele que não forjou renda mas perdeu o emprego (conheço 1 assim); tem aquele que não está aguentando as parcelinhas (conheço outro assim); … enfim, pra quem tinha bala na agulha e as taxas mensais não estão sufocando, sua análise cabe; pra todo o resto, é K.O.
      Não esqueçamos os malefícios que a bolha causou: aumento de custo com aluguéis repassados nos preços, p.ex.

      6+
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 19:21

      The ncredible bubble man
      38% de queda real e anunciada na mídia em Belo Horizonte é super SOFT

      1+
  • Minino do TI 8 de março de 2017 at 14:56

    Não é sarro. Mas eu sempre acho que para tudo tem limite. Inclusive sabe lidar com seus gastos para não chegar neste ponto.

    CVR linkedin

    Fulano de tal
    Real Estate Consultant (Consultor Imobiliário)

    Aos caros colegas da rede LinkedIn, Não sei como vocês vão reagir ao ler essa minha publicação, mas prefiro errar pela ação do que pela omissão. É com vergonha e humildemente que escrevo a vocês. Atualmente me encontro como meio desesperado pelo atual momento de tanto desemprego, pois tenho 45 anos com uma filha de 1 aninho, um filho de 15 anos e uma filha de 13 anos, estou com 14 meses de aluguel atrasado, com 16 contas de água em atraso e 8 contas de energia à pagar, além de outras dívidas, é uma batalha que infelizmente, acho que estou perdendo, não me sinto bem em pedir-lhe dinheiro, mas não vejo outra saída. Sempre trabalhei, desde os meus 9 anos de idade em diversas áreas. Se você sentir em seu coração da veracidade dos fatos aqui expostos e que pode ajudar de alguma maneira, como: doando cesta básica, recebendo meu CV para análise, depositando/transferindo qualquer valor na Conta Poupança da Caixa Econômica Federal: Conta: xx xxx – 0 / Operação: 013 / Agência: xxx/ Nome: Fulano de tal. Para quem queira realmente comprovar os fatos deixo abaixo meus contatos, e só entrar em contato. Desde já agradeço a atenção despendida, colaboração e compreensão. Att, fulano de tal +55 xx xxxx-xxx(VIVO/WhatsApp) / xxx-xxx(TIM) [email protected]/[email protected]

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 15:01

      Muito triste ler isso. Mas esse é o brasileiro comum. Aquele que não pensa mais de 2 semanas a frente e que quando vc explica que ele deve se preparar pro período de vacas magras ele sorri e diz “caixão não tem gaveta”.

      49+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Minions 8 de março de 2017 at 15:03

      Por mais que eu queira que corvo se exploda, tb sinto tristeza ao ler.
      Por outro lado, quantos 666 eles enganaram forjando renda e/ou escondendo defeitos dos imóveis? Vendendo porcarias a preço de ouro?

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Money_Addicted 8 de março de 2017 at 15:06

      e nao fazer filho sem condicoes de cuidar.

      e outra, como consegue acumular tantas contas assim?? Esses dias eu errei e pulei uma conta dagua, completou 60 dias dessa e ja cortaram a agua de casa….isso pq eu paguei a seguinte, ou seja, soh tinha uma sem pagar

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Thiaguinho 8 de março de 2017 at 15:33

        A respeito das contas de agua e luz, na 3ª ou 4ª em aberto já cortam. Baita mentira.

        14 meses de aluguel? É você, seu madruga??

        56+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • rafa_fv 8 de março de 2017 at 16:41

          Em relação as contas pode ser verdade. Vendi um terreno e o proprietário não solicitou o cancelamento da agua até hoje, acabei de entrar no site da SABESP tem 17 contas em aberto.

          3+
          • avatar
          • rafa_fv 8 de março de 2017 at 16:42

            Tive que rolar a pagina para ver todas em aberto.

            0
            • John Horse 9 de março de 2017 at 00:03

              É que no terreno não devia ter consumo, então eles deixam cobrando pelo mínimo… Não vale a pena cortar.

              2+
      • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 15:42

        Pois é tem gente que faz filho que nem coelho e acha que o governo vai cuidar. Se esquecem que o cara tem que pagar escola,médico,roupa e transporte pra escola…

        Bananense acha que isso aqui é a suíça só porque paga imposto kkkk

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Lucas 8 de março de 2017 at 15:46

      14 meses de aluguel???
      é o linkediun do SEU MADRUGA ???

      27+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Baby Boy 8 de março de 2017 at 16:12

      Corvo morando de aluguel? tem coisa errada nesta história, para mim é 14 parcelas atrasado.
      Falaria para esse corvo vender seu bolhudo financiado em 30 anos.
      Mas ele é corvo, vai valorizar 30% ao ano. vai ficar rico ainda, só uma questão de tempo!

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Minino do TI 8 de março de 2017 at 16:30

      e só pra não acharem que é fake (a postagem… se a história é verdadeira, são outros 500)

      http://i.imgur.com/4UehrLS.png

      (omiti a identificação de quem postou)

      4+
      • avatar
      • avatar
      • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 16:36

        Queria ver os 38 comentarios que fizeram no post dele… Curiosidade.

        1+
        • Minino do TI 8 de março de 2017 at 18:45

          “Que Deus te proteja”, “eh uma tempestade”, “não tenha vergonha” e coisas do tipo. Alguns pediram o CV pra ajudar. E outros disseram estar na mesma.

          6+
          • avatar
          • avatar
  • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 15:12

    Dólar 3,17

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 15:39

      AVOA LATINHA 🙂

      3+
    • Libertario 8 de março de 2017 at 16:18

      Inverteu a tendencia já?
      Tu ainda acredita nos 3 ?

      0
      • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 16:34

        Eu não acredito em nada.
        Pode ser o mercado testando topo para buscar os 3,00. Tem muito enrosco no caminho… tanto para subir quanto para cair. A região dos 3,20 é assim mesmo.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Lucas 8 de março de 2017 at 15:26

    SOFT ou HARD???
    uma questão de nomes ou de números??
    vamos lá:
    1) na crise americana de 2009 a pior desde 1929, houve queda de 18% no PIOR ano, isso por si foi suficiente pra jogar o planeta inteiro na lama
    isso nós convencionamos que é HARD

    2) na crise brasileira pior que a de 1929 (by Cesar_df) temos aí relatos de quedas da ordem de 30% mesmo entre os mais otimistas, até 80% documentados em leilões públicos, que pela insignificância da moeda Real, o planeta tá cagando e andando pelo que acontece aqui.
    ai eu pergunto a vcs… Isso é SOFT????

    Na minha lógica: numero SOFT < numero HARD onde que eu errei??? falar em Soft aqui no BR é fazer poesia com palavras pra mim, já estamos em HARD e continuaremos assim por anos e anos.

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 15:41

      Mas o PIB americano é muito mais importante pra economia mundial do que o bananense.
      O máximo que podemos contaminar seria Argentina,Paraguai e Bolívia.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 15:47

        Correção
        Apenas Bolívia

        Pois Argentina e Paraguai já mudaram pra governos centro/direita e estão em reformas profundas que vão melhorar em muita a qualidade de vida deles no médio e longo prazo.

        Bolívia depende de vender gás para nós

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 15:42

      Concordo plenamente, esse HARD leverá muitos anos pra passar.
      E tem gente acreditando que no 2o semestre melhora… kkkkkk Sabe de nada inocente.

      5+
      • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 16:08

        Segundo semestre de qual ano? Rsss

        3+
        • avatar
    • O Incrivel Homem-Bolha 8 de março de 2017 at 16:42

      Pra mim é SOFT. Esses 30% que caiu são em cima de um PREÇO FANTASIA. O cara pagou 350k num apê de 100m2 em 2008-2010 e achou que valia 1 milho grande em 2014. Não passa de um sonho de uma noite de verão. Claro que todo mundo ouviu falar que “…fulano do 244 vendeu o dele por 1 milhão…” Mas se for atrás mesmo é só boato.
      Eu considero esses 30% de desconto só uma puxão de orelhas na criança birrenta. Tipo, NÃO VALE 1kk, viu.
      Em cima desses 700k é que vamos ver quanto vai cair mesmo. Tem que desvalorizar outros 20%, no mínimo, AGORA, pra começar a conversa.
      Minha opinião é que não está acontecendo esses -20% AGORA. Vai acontecer, mas via inflação…

      2+
      • Lucas 8 de março de 2017 at 16:58

        entendi a sua lógica

        mas vc precisa considerar que no período 2010 a 2013 foram os recordes de “vendas” no setor, lembro bem 2013 a Selic pagando juros negativo, todo mundo correndo pra salvar a poupança no primeiro imóvel que visse na frente.

        O tombo nas vendas ocorreu mesmo só em 2014, depois outro tombo em 15 e agora em 16.
        o tal puxão de orelha, foi um puxão na artéria do mercado.

        Sem duvida que 2010 foi um ano MARCO bem interessante, muita coisa ocorreu ali, a troca do meireles pelo mantega, o Trombini, aquela manobra toda com dividendos da Petrobrás, e tbm o momento de mais euforia quando os corvos prometiam 30% ao ano, olha só coincidência nosso PIB hoje é exatos o de 2010 em termos reais, mas se pegar em dólar ou percapita, estamos abaixo. Em 2011 esse blog foi criado. Vc falar que é estouro somente se romper o preço de 2010 tem lá sua peculiaridade, é romper um marco, mas no meu ver não justifica a semântica mais leve, nem podemos ignorar os anos Dilma.

        4+
        • avatar
      • to bolhado 8 de março de 2017 at 17:42

        tenho 2 casos de conhecidos. Tentaram vender no período 2011-2013 para dar upgrade, mas anunciaram, ficou de 6 meses a 1 ano sem oferta nem perto do valor, desistiram. O valor “referência” do finge tava pelo menos 20% do realmente praticado.

        0
    • Zé Carioca 8 de março de 2017 at 17:00

      Nosso conceito de soft e hard difere totalmente. Se continuar caindo por anos é soft, hard pra mim é rapidamente voltar ao patamar original, como numa bolha de ações que cai pela metade em um mês ou como o real state americano que em um ou dois anos caiu mais de 50% (em algumas cidades).

      Seu comentário anterior foi muito bom, os leilões que refletem a queda de preços, pois a maioria dos proprietários se recusa a diminuir os valores para patamares que seja possível realizar a venda e os índices trabalham contra a venda ao criar expectativa de um valor de venda irreal. Concordo contigo que os leilões, especialmente os judiciais, tem um delay grande na avaliação. O processo é moroso e portanto as avaliações que vemos nos leilões judiciais de hoje ainda são da época de pico da bolha, totalmente fora da realidade.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 8 de março de 2017 at 17:19

        legal zé
        vou guardar essa
        pra vc é hard somente se cair mais de 50% em 1 ou 2 anos (vc mesmo escreveu)

        nesse caso até eu sou soft, kkkk

        queridão, cair o que já caiu e vimos aí a maior crise desde 1889, pior que 1929 (by Cesar) quando o planeta do dia pra noite parou de comprar o café que respondia por 80% da festa, com todos os detalhes sórdidos dessa crise, desde o impeachment até a inédita greve da PM dum Estado inteiro.
        Vc que mais o quê???

        Se cair aquilo que seu ego aceita pra vc se sentir bem, seria o maior impacto desde o chicxulub

        O seu ego não é uma boa medida de soft x hard
        Vc Zé apenas comprova a velha maxima, “as pessoas preferem morrer felizes achando que estavam certas, do que dinheiro no bolso” (by From_tower)
        eu teria dificuldade em acreditar que existe gente assim como vc, continuem participando, vc o Fernando o Thiago, vcs são “instrutivos”.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • to bolhado 8 de março de 2017 at 17:50

          de fato, para mim a nomenclatura pouco importa. O que importa é que de forma vou me orientar. Pode cair super hard em alguns mercados, mas o meu mercado, para a minha decisão de comprar algum dia ou não, importa? No meu caso, não. Não vou comprar por pelo menos 3 anos (chuto mais para 5 a 8). No mercado que acompanho acredito mais em corrosão pela inflação e pequenas quedas adicionais pela inflação. Vai ter leilão de apto por muito menos? Chuto que sim. Vai ter no prédio que quero, na localização que quero etc? Provavelmente não, e eu não vou ficar procurando. Chuto que a diferença entre topo e vale vai dar uns 120% considerando custo de oportunidade; mas entre pico e vale vai ser uns 8 ou 10 anos. Isso é hard ou soft? Pelo % é hard, pelo tempo é soft. Defina como quiser. De qualquer jeito deixo minha grana aplicada e vivo de aluguel. E mais, torço para ser mais hard quanto possível, só não aposto minhas fichas nisso.

          8+
          • avatar
    • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 19:24

      Lucas
      Quando sobe 30% é número real
      Quando cai 30% é número fantasioso
      Kkkkkkk

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Margarida 8 de março de 2017 at 21:57

      Eu acho que você matou a questão aqui. Em alguns países, foi soft ao longo de vários anos. Em outros, foi hard, caindo muito num período curto. Aqui pelo jeito vai cair muito e por muito tempo. É um tipo inédito de hard landing?

      4+
      • avatar
    • gendarmeria nacional 8 de março de 2017 at 22:23

      Quedas lentas se arrastando é soft pra conceito geral….quedas mais robustas em médio espaço de tempo é hard pra amplo consenso.

      1+
      • avatar
  • Dr. Estranho 8 de março de 2017 at 15:45

    O indivíduo coloca número de conta, para receber dinheiro, com argumentos Gerais. Eu tb tenho filhos, trabalhei, mas guardei, fiquei deswmpregado, mas não sei calote. Vendi carro e tudo que me era inútil. Celeular nem pensar. E quando precisava de dinheiro, me oferecia para bater uma laje. Ora bolas. 14 reais de aluguel atrasado? Não parece verossímil. Parece pastor picareta quando quer sugar os outros.

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 15:48

      Dr

      Pra mim esse cara é aquele que ganha R$2.000,00 dá mãe do pai, etc e vai curtir em restaurantes, shopping e outros.
      Depois vem dizer que está difícil é não consegue pagar nada e vai dando uma de Gerson …

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • EngenheiroDF 8 de março de 2017 at 15:54

        Ele me lembrou aquele Ricardo ex grupo polegar. O cara mora em Taubaté num casa grande alugada, paga financiamento de Hyundai bolhudasso e de motona ostentação, e tava reclamando que não tinha dinheiro pra comer. Deixa eu procurar o video…

        https://www.youtube.com/watch?v=8ORbREwWhiA

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 16:07

          Tipico bananense… NO MERCY, PMJ!

          2+
          • avatar
  • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 16:13

    Quem acha que o Brasil funcionaria melhor se explodisse Brasilia, dá um like aqui 🙂

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • RC 8 de março de 2017 at 16:51

      Onde está o botão de deslike para eu apertar?

      Sou carioca e estou morando em Brasília ha três anos, pelo motivo óbvio se você explodisse Brasília eu iria junto.

      Não sei se você foi irônico na sua colocação ou se é mais um daqueles que diz: “Odeio os EUA então vou parar de comer no McDonald’s”.

      Brasília não é e nunca foi o problema, talvez a sua construção tenha sido até mesmo um dos maiores acertos dos governos brasileiros. Brasília está próxima do centro geográfico de um país de dimensões continentais, sua escolha permitiu a construção das rodovias BR-0.. que integraram diversos estados. Foi uma escolha estratégica na questão econômica e militar. Brasília é o exemplo de que pode haver cidade planejada (mesmo com todos os seus defeitos) e não que precisa ser sempre essa ocupação desordenada que inviabiliza a chegada da infraestrutura como ocorre em diversas capitais. Antes da capital Brasília, a cidade do Rio de Janeiro (estado da Guanabara) exercia essa função, onde você acredita que estão a maior quantidade de servidores federais (em geral encostados)? É errou se chutou Brasília. Brasília fez com que muitos saíssem da sua posição comoda de ficar “à beira mar” e passassem a enxergar essa imensidão que é o Brasil.

      Não estou a tanto tempo aqui para conhecer os políticos locais, apesar de que só pelo que ouço falar de Roriz, Arruda, Agnelo, “Enrollemberg”, tá difícil acreditar na política local, mas no âmbito federal me parece que são os estados que fornecem os piores “insumos”. Portanto reclamar de Brasília, mesmo que em um sentido figurado, é não olhar para o próprio umbigo.

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Pure 8 de março de 2017 at 17:10

        Se Brasília foi tão bem planejada, por que sofre tanto com os engarrafamentos no transito?
        A transferência da Capital do Rio de Janeiro para Brasília foi um jeito de fugir da pressão popular. O problema é que Brasília cresceu e a insatisfação também. Agora, terão que se mudar para algum lugarzinho no Acre.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 8 de março de 2017 at 17:29

          pouca gente sabe Brasilia foi planejada pelos militares em 1892
          Missao Cruls
          não tem na wikipedia
          tem que ficar caçando links
          eu sei porque li revistas originais do período, inclusive fotos aéreas de balões nos idos da criação da aviação e da fotografia

          achei essse link melhorzinho pra vcs
          http://www.cassilandianoticias.com.br/ultimas-noticias/especial-o-que-foi-a-missao-cruls

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Rene Fraçoá 8 de março de 2017 at 17:52

            Achei que era o sonho do Dom Bosco kkk

            4+
            • avatar
            • avatar
      • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 17:30

        Desculpa, Brasilia produz o que? Qual a riqueza gerada em Brasilia?
        Brasilia é custo desnecessario. Se nosso modelo fosse mais parecido com o americano onde os estados tem maior representatividade de acordo com sua importãncia, Brasilia continuaria desnecessária, mas tolerável.

        14+
        • avatar
        • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 17:44

          Brasil é uma republiqueta monarquista.
          Como diz o Marco Antonio Villa, precisamos proclamar a República, isso ainda não foi feito.

          4+
          • avatar
          • Juros Lover BSB-BH 8 de março de 2017 at 18:34

            Culpa Brasilia é igual culpar o sofá pela traição da mulher…

            11+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 23:35

              Igualzinho…kkkk
              Não é Brasilia em si, a questão é o modelo e o que representa.
              Igual a Brasilia existem centenas de cidades espalhadas pelo Brasil, não produzem nada e mais de 80% da população SUGAM/DEPENDEM de verbas públicas.
              Cidades que a maior parte da população é funcionário público não deveriam existir. CIDADES IMPRODUTIVAS. Esse é o sofá.
              Ficou mais claro agora?

              3+
              • avatar
        • Equilibrium 9 de março de 2017 at 10:37

          Brasília é a capital “administrativa” do país. E funcionaria muito bem se fosse usada para tal. Sendo que Brasília tem que produzir serviços administrativos do governo federal. Eu considero isso uma riqueza intelectual.
          Infelizmente, por forças meramente políticas, muitas sedes de administração de assuntos federais estão espalhados pelo país. Exemplo maior: Petrobras que é uma empresa federal e tem atuações até internacionais sua sede administrativa é no Rio de Janeiro e muitos a consideram uma empresa carioca e não uma empresa federal, da nação.

          Se Brasília estivesse sendo usada para que foi concebida, muito gasto público poderia ser evitado. E os órgãos federais seriam mais eficientes, isso na ótica administrativa.

          Ainda assim penso que Brasília levou e leva desenvolvimento para o centro-oeste e teve outros ganhos. Tem muita gente honesta que rala muito em Brasília, mas esses não aparecem nos holofotes. Vejam o passado Candango. Brasília é uma cidade muito nova para condenarmos sua importância. Ainda tem muito o que ser desenvolvido e planejado para lá.

          1+
          • avatar
      • cosmos 9 de março de 2017 at 11:10

        Boa, RC! o pessoal confunde muito as coisas, infelizmente.

        0
    • Juros Lover BSB-BH 8 de março de 2017 at 18:32

      Exploda os politicos…Deixa nois quieto aqui…rsrs…

      6+
      • avatar
      • Zé do Brejo 8 de março de 2017 at 23:36

        Explodir os politicos juntamente com o modelo politico

        0
  • Libertario 8 de março de 2017 at 16:22

    From_The_Tower

    Juros futuros em alta
    Dólar leve alta
    Ibovespa queda seguida de queda

    As 2045 já subiram 0,02 de ontem para hoje. Fiquem atentos no médio prazo. Tem muita água para rolar na BNN. ?

    4+
    • avatar
    • avatar

    To com aquele troco que venceu das 2017 ainda parados na corretora.
    Nao sei onde aplico.
    Se vou de Selic, ou se vou nas 2026 ou 2035, ou se espero algum LCI/LCA interessante….
    Duvida cruel!

    1+
    • odorico 8 de março de 2017 at 16:32

      Eu também estou com um troco, comecei a pulverizar ontem. IPCA + e pré para tentar fazer marcação a mercado. Outro cascalho no Pan, outro no bmg e duas deb. Mas ainda não sei o que vou fazer. Acho que agora vou começar pegar indusval, topazio, etc. E rezar muito para o banco sobreviver até o vencimento.

      2+
    • From_The_Tower 8 de março de 2017 at 16:36

      Complicado né!?
      kkkkk
      Eu fui de 2045. Final do mês… preciso decidir mais um lote.
      Se a dúvida é muito grande… distribui… um pouco em cada.

      1+
    • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 16:39

      Eu tô em dúvida se pego um CDB do banco paulista 106,5% do CDI com 1 ano pra poder sacar é investimento mínimo R$10.000,00
      Ou algum FII de papel pagando 0.9% ao mês caindo pingado todo mês sem IR.
      Dúvida cruel!!!!

      2+
    • Lucas 8 de março de 2017 at 16:43

      meu palpite é segurar munição, se pendura nas rendas fixas ou no TD Selic e aguarda o momento de dar o bote
      aliás é o que o samy dana vem indicando, momentos incertos o TDselic é o mais seguro

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 16:53

        20% do meu patrimônio está em TD SELIC.
        Já foi maior, mas aproveitei emissões de FII de papel nos últimos tempos(VRTA e BCRI) do banco fato que carregam LCs,Cris,Debêntures,Cras,TD,CDBs e outros.

        Mas concordo contigo que o momento agora é segurar e esperar os juros inverterem. Não acredito que na banania os juros abaixo de 10% se mantenham por longo período.
        Juros no Brasil tem que ser de 1% ao mês líquido pra valer a pena. Qualquer coisa abaixo disso é complicado.

        4+
        • avatar
      • odorico 8 de março de 2017 at 16:57

        Momentos incertos TDSelic? Não entendi…..cri cri cri cri

        0
        • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 17:02

          Brasil tem sempre 1 ou 2 anos de tranquilidade e 8 anos de momentos complicados.
          Você acha que em 2018 com Bolsonaro ou Lula na frente o mercado não vai ficar alucinante ou pra cima ou pra baixo?

          0
        • Lucas 8 de março de 2017 at 17:02

          oscila menos
          nunca dá negativo
          a pré e o ipca podem dar valor de face negativo

          1+
  • Lucas 8 de março de 2017 at 16:41

    to bolhado

    qual seria a diferença de metodologia da Viva Real para o Fipezap? Não é também de valores anunciados?

    o viva real calcula os imóveis da imobiliária que ela administra, sendo muitos deles próprios da empresa
    o fingizap nisso é mais democrático, pagou anunciou.

    o que faz algo melhorzinho em termos de metodologia é o CRECI pq ele considera desagregações importantes como idade do imóvel, se é novo ou usado e com base na declaração de 90% das corretoras da cidade e considerando o perfil das tipologias ele estima o total de negócios e valores, pra só aí analisar algum movimento nos valores, ainda assim tem problemas, primeiro pq é declaração, depois que é estimativa por amostra e não é extensivo e depois porque as agregações de bairros nas classes A até E são muito grandes e imprecisas

    Em termos de método o CRECI é mais perto do certo, mas tem esse problema da base, que no fingizap vem até eles.
    Se fosse pra escolher, o método do CRECI vai no caminho certo, com melhorias poderia ser uma base realmente útil, mas infelizmente os históricos são ruins e devem estar contaminados pelo wishfull dos declarantes.
    o fingizap no meu ver serve pra esquecer, nem os próprios players que usam ele, confiam nele, fosse assim a Caixão ao invés de mandar pra Emgea, anunciava tudo por lá pelo preço de lá e era o banco mais lucrativo do planeta, teria dinheiro pra distribuir casa pelo país a juros Zero.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • to bolhado 8 de março de 2017 at 17:44

      pois é, a do Creci acompanho sempre que sai para a capital. Queria entender essa questão vivareal x finge, pq o vivareal fala de valores médios muito menores do que o finge.

      2+
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 8 de março de 2017 at 19:28

        Tem um gráfico do Thiago FM que mostra que os valores praticados são mais de 30% abaixo dos anunciados

        1+
        • avatar
        • to bolhado 8 de março de 2017 at 19:38

          os número do Vivareal e do Creci para sp capital são bem mais próximos. A diferença pro finge é de 30% para mais, mesmo…é a lógica que já explicaram aqui tantas vezes, vende o mais barato, a média sobe.

          4+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • odorico 8 de março de 2017 at 17:05

    Alguém aqui pegou aquela CRI da XP do Aliansce? São shopping do Rio.

    2+
    • mingau 9 de março de 2017 at 00:06

      Tenho curiosidade sobre esses CRI, em geral. Vocês costumam comprar isso? Acham que a remuneração paga eh compatível com os riscos? Eu sempre achei essas taxas de CRI (e CRA tb) muito baixas para a complexidade jurídica dessas operações. O que vocês acham. Já pararam pra ler toda a documentação de um oferta dessas?

      5+
      • avatar
  • Lord of All 8 de março de 2017 at 17:13

    Já q o tópico é corretores, aqui vai mini-CVR:

    Conhecida da esposa é uma daquelas pessoas sem-noção, sem estudo e que se acha o máximo.
    Estava desempregada.
    Conseguiu ser corvetora.
    Ontem disse pra minha mulher q vendeu o primeiro imóvel, ap de baixo padrão. Demorou 10 meses pra vender, não tem salário fixo (treta).
    Comissão de 1,3%, parece q ganhou cerca de 2k.
    Resumindo: salário de 200 reais por mês como corretora.

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 8 de março de 2017 at 17:20

    referencias bolhograficas
    O PIB de POrtugal ficou negativo por 3 anos 2010-2013. em 2013 deu uma subida rápida e depois caiu em 2014 (trap, agora vai).

    O Pib da construção por sua vez caiu continuamente e hoje é menos de 50% do de 2008, agora que está dando uma “subidinha”.

    http://www.focus-economics.com/countries/portugal/news/gdp/portuguese-economy-expands-in-q2-amid-export-growth
    http://www.tradingeconomics.com/portugal/gdp-from-construction (ver 10 anos)

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Krusty 8 de março de 2017 at 17:21

    Thiaguinho

    A respeito das contas de agua e luz, na 3ª ou 4ª em aberto já cortam. Baita mentira.

    14 meses de aluguel? É você, seu madruga??

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar

    eu ri 😀

    3+
    • avatar
  • Krusty 8 de março de 2017 at 17:22

    rafa_fv

    Em relação as contas pode ser verdade. Vendi um terreno e o proprietário não solicitou o cancelamento da agua até hoje, acabei de entrar no site da SABESP tem 17 contas em aberto.

    0

    a dívida tá no teu CPF

    2+
    • rafa_fv 9 de março de 2017 at 08:30

      Krusty, bom dia.
      Não na SABESP você pode solicitar para tirar a titularidade do nome levando o contrato e os documentos pessoais, mas não é transferido para o nome do novo proprietário, não tem nenhum titular atrelado. A conta de energia não teve jeito, tive que mandar cortar, pois não faziam o mesmo procedimento.

      1+
      • avatar
  • calango_df 8 de março de 2017 at 17:44

    CVR
    Aí galera, ando acompanhando o blog mais como leitor e, qdo dá na telha, posto algum comentário. É raro, mas no começo de 2017, com uns dias “off”, postei umas besteiras por aí.

    Pois bem, vamos ao CVR.

    Sempre fui um tive pé no chão e não cometia loucura financeira tão comum por aí. Apesar de ter renda para me entulhar num bolhudo, sentia que tinha algo errado, até pq percebia que a maioria das pessoas não tinha renda para quitar um. Dessa forma, por essas e outras, escapei dessa enrascada até hj, no que se refere a “comprar para morar”.

    Só que em 2013, sentindo a queda no PMJ pela derrubada na marra dos juros (0,4% am ou menos), resolvi diversificar os investimentos para dar uma melhorada. Convenhamos, apesar de olhando retrospectivamente hj, ser nítido que o caminho que a BNN seguia era inviável, acredito que até pessoas esclarecidas economicamente não imaginavam o tamanho da naba que veio nos dois últimos anos. Senão, pq não fez all-in em TD e dólar? Se sabia e não fez, ou não tinha confiança no que sabia ou não gosta de dinheiro.

    A maior dificuldade que observo com operações no mercado financeiro, é acertar o timing. TD IPCA 2045 decolou? Sim! Mas se os juros subirem, se prepare para perder grana. Remar contra a maré é difícil para a sardinha. Eu mesmo agora estou no modo “camper”/warren buffet…esperando algo acontecer para surgirem os descontos.

    Voltando ao tópico do CVR, no fundo, ele envolve timing que não acertei.

    Pois bem, em 2013, um parente foi chutado pela esposa e buscou asilo político em minha residência (Brasília-BSB), o que lhe foi concedido por motivos humanitários (rs). Ele tinha umas vagas de garagem compradas “off” do casamento e, sentindo que o divórcio se avizinhava, resolveu se desfazer delas antes que tivesse que dividir com a digníssima. Ele me assediou durante uns meses e eu não tinha interesse no negócio. Só que fui sentindo a baixa de rendimentos no PMJ e, como ele baixou mais o preço, resolvi entrar nessa. O edifício tinha sido recém-inaugurado, condomínio ainda baixo, e de quase 300 salas, só haviam 27 vagas desvinculadas da sala comercial. Ou seja, gargalo para vaga de veículos seria grande.

    Me deu, ainda, um ano para quitar (juros rendendo no período) e os respectivos alugueis em dia (+/- 0,6% am). Ao todo, somando essas vantagens, teria um desconto de 30% em relação a outras vagas no mesmo edifício e, considerando que as outras vagas de garagem na mesma região como um todo, existia a possibilidade de um up de quase 2x. Tb considerei q, em Brasília, não existe zona azul tão comum em outras capitais, mas que seria inevitável cedo ou tarde (isto é, a partir da implantação, seria melhor alugar logo a vaga ou compra-lá para fugir deste assalto). Além disso, vaga de garagem não gera custo de reparos (uma preocupação a menos) e, se o camarada não paga, já não para lá no mês seguinte (não há ação de despejo e não se aplica às vagas a lei do inquilinato – ou seja, vale o código civil mesmo).

    Então, resolvi entrar para flipar mesmo. Vender em no máximo dois anos. Esta jogada representaria 1/8 a 1/10 do meu PL à época.

    Como era parente e FP, só peguei uma procuração mesmo. Ele ardeu antecipadamente pq, como era casado em comunhão parcial, a digníssima teve que assinar (ou seja, a sua intenção de venda foi furada…teve que comunicar à esposa e dividir a grana). Guardei recebidos e conversas da transação para, eventualmente, poder pleitear indenização dele caso desse alguma merda, já que procuração não vale PN (não poderia me defender contra terceiros que adquirissem as vagas, mas contra ele poderia sim). Fiz isso pq não estava afim de alimentar o cartório e governo (corvo não entrou, pelo fato da negociação ser direta).

    Logo depois, apareceu uma proposta de venda com lucro, mas eu achei que ainda não era o momento certo. Desde então, Murphy me encontrou e resolveu aplicar a sua Lei. Comecei a arder no investimento. Selic subiu e aumento o custo de oportunidade. Vacância em alguns alugueis por alguns meses e tive que correr atrás de novos locatários (ie, tempo perdido para outras atividades). Mercado esfriou, o edifício até hj só se encontra 40%-50% ocupado e bateu o desespero nos proprietários. Mtos oferecendo as salas para alugar pagando somente o condomínio. Mtas salas sem alugar desde a inauguração (2011). Canibalismo total. Atualmente, a vacância aumentou mais ainda e só tenho um inquilino adimplente e outro dando o cano (ainda mais quando soube da venda). Fico no zero a zero (nominal) com viés de entrar no negativo já já.

    Eu ainda tinha uma porta de saída honrosa, pq poderia trocar as vagas em outro veículo na hora de trocar o meu atual, só que isso seria no longo prazo (só que veículo é um passivo, apesar de necessário…mas mesmo assim estaria destruindo capital mais ainda).

    Enfim, errei no timing da operação.

    Só que aí descubro que tem camarada mais desesperado ainda. Explico.

    Minha família tem uma pequena agroindústria numa comunidade rural. Ao redor, creio que existem entre 5k a 10k pessoas residindo em habitações bem urbanas mesmo, só que em área rural. Daí o vizinho dos fundos, de repente, ofereceu o terreno dele com 65% “off”. Fiquei na dúvida se, finalmente, ele percebeu que, para o terreno, só existia a minha família como compradora, já que ngn em sã consciência compraria um terreno de fundo e sem saída direta para o asfalto. O terreno não chega a ser encravado, mas o acesso por outra via é bem complicado para algo além de um veículo pequeno.

    Ofereci as vagas de garagens como um bêbado em final de festa que chega na mais gata só para curtir mesmo, no famoso “se colar, colou”. O pior que não foi que colou! Até fiquei surpreendido e meio cabreiro. Afinal, por mais que o esquema das vagas de garagens não tenho sido o que imaginei, pingava os alugueis (ainda que com viés negativo) e tinha mais liquidez para futura catira. Mas daí investiguei e soube que ele teve outros terrenos invadidos nessa mesma comunidade, ingressou com reintegração (pelo que dizem), mas a nossa justiça cagou no pedido. Tentou reintegração “na marra” e os invasores colocaram ele para correr. Bateu o desespero e ele resolveu se livrar logo. Ele não mora no local e só fica sabendo das invasões post facto.

    Enfim, se fosse na grana mesmo, não teria entrado. Como era troca de imóveis, entrei. Estou pegando a área por R$13/m² e o itr é uma merreca (chega a nem $10 por ano). Tb estou percebendo que o IPTU/TLP será uma grande naba nos próximos anos. Se preparem para correção dos valores. Ruim por ruim, pelo menos o imóvel rural, no meu caso, será menos dolorosa a visita anual do motumbo.

    Pior que pintou um camarada querendo plantar várias coisas e talvez eu fecho uma parceria com ele, o que não deixa o meu capital entesourado e, creio, pingará um valor mto maior que os aluguéis. Há 10 dias sacramentei tudo, com escritura e registro.

    Talvez, no futuro, regularizem essa ocupação rural como zona urbana, com base na MP do Temer do final de 2016. Promessa sempre há e eleições numa UF falida como o DF é o equivalente à Corte Portuguesa quebrada vendendo títulos de nobreza. Enquanto isso, vou tentando me virar para colocar a área para produzir e salvar algum.

    Isso aí, estava gestando esse CVR e tenho mais outros q fui acumulando desde o final de 2016. Ao longo dos prxs dias, vou postando eles. Flws

    41+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 18:05

      Cara o direito a propriedade privada e a justiça bananense realmente são uma piada.
      Por isso Brasil não é pra amadores e ter propriedade privada no bananal tem que ter coragem, tempo e dinheiro pra correr atrás dá burocracia.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lord of All 8 de março de 2017 at 18:06

      Entra no esquema da plantação no terreno, enquanto vc não o utiliza, pq em caso de invasão, em sendo imóvel produtivo fica mais fácil de o Juiz deferir a reintegração.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Joe banana 8 de março de 2017 at 18:17

    Serio
    Mundialmente as pessoas precisam ser alertadas quanto a investir em imoveis…. bolha imobiliaria na India
    https://www.ft.com/content/e2be29fe-f724-11e6-9516-2d969e0d3b65

    0
  • Joe banana 8 de março de 2017 at 18:21

    Preciso liquidar alguns “lares” por motivo de forca maior… alguem tem recomendacao de quem paga melhor?

    0
    • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 20:36

      ????
      Você é corvo? Juiz de execução???

      3+
      • avatar
    • Cadeludo 9 de março de 2017 at 01:23

      Não sei se paga, mas o Fernando com certeza avalia melhor

      0
    • Joe banana 9 de março de 2017 at 09:18

      “Do” “lares”

      1+
      • by pass 10 de março de 2017 at 16:19

        kkkkkkkkk

        0
  • Leandro sp 8 de março de 2017 at 21:26

    CVR

    conversando com um conhecido ele disse que foi a CEF pedir redução da parcela, refinanciamenro, mudança de tabela ou qualquer coisa que baixasse sua prestação. a caixa pausou o financiamento por 6 meses com uma taxinha peque a mensal de 60 temers.. É a CEF parece que se ligou que não compensa retomar.. Procede produção?

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 21:29

      Isso aí não é um seguro inadimplência, desemprego etc?

      0
  • Son goku 8 de março de 2017 at 21:32

    Leonardo m,
    mudei de nick pra ficar mais invisível nos CVR.. O cara não soube explicar direito, só ficou feliz com esse novo folego que o deram, eu perguntei se iam colocar juros no saldo ou na parcela ele disse que não.

    1+
    • Leonardo M. 8 de março de 2017 at 22:20

      Pode ser uma estratégia do banco como disseram já nesse blogs.
      O banco prefere que o 666 fique com o apartamento pagando IPTU, condomínio e quando melhorar a economia voltar a pagar as parcelas.
      Eles(bancos) tão vendo que não adianta tomar o AP e colocar a leilão que ninguém quer comprar e quem quer só pode pagar metade ou menos do que o AP vale.

      2017,2018 e 2019 serão interessantes, quem tiver líquido vai fazer bons negócios.

      5+
  • cesarkebrado 8 de março de 2017 at 22:03

    Dia de promoção do big Mac a 8 reais rapaziada, to indo comprar pras crianças. Coca cola e batata frita eu faço em casa que eu que não sou besta kkkkkkk.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 9 de março de 2017 at 10:51

      como nao eh se esta comprando mac para as criancas ? 🙂 desculpe mas nao resisti rs

      4+
  • gendarmeria nacional 8 de março de 2017 at 22:21

    Lucas

    entendo o seu ponto e concordo

    mas pra isso
    equilíbrio de poderes
    evolução das instituições

    soluções dramáticas custam caro
    li aí um artigo dum militar nível de comando, uma simples atuação num simples bairro custa milhões
    e assim que saíram de lá, volta tudo como antes, precisariam ficar eternamente ali.
    ou seja, não resolve.

    4+
    • avatar
    • avatar

    Essa mania estadunidense de freios e contrapesos aqui não se aplica, bananense quer mesmo é ser levado pela mão. Quer um paizão pra chamar de seu.

    Lembre-se do Tower : As pessoas não querem dinheiro, querem morrer tendo certeza que tinham a razão.

    2+
    • avatar
    • Lucas 9 de março de 2017 at 11:32

      esse é o maior perigo
      concordo 100%
      por isso evito falar de políticos sem antes falar de quem os escolhe

      e pelo que tenho visto, teremos +mais+ Estado em 2019

      0
  • Beto_bolhista 8 de março de 2017 at 22:58

    Postei um CVR há uns dias sobre um colega de serviço que estava adquirindo um apê. Ele fechou o negócio financiando pela CEF e disse que tinha um valor X de entrada, mas que a gerente sugeriu que ele desse apenas uma parte desse valor e guardasse o resto e assim que o financiamento fosse aprovado, bastaria ele voltar na agência e usar esse valor guardado para abater do saldo devedor. Qual a lógica nisso? Onde o banco ganha, já que de qualquer forma ele irá abater o valor logo no início do financiamento (sem incidência de juros, acredito)?

    2+
    • avatar
    • Antigo 8 de março de 2017 at 23:10

      Conhecendo a natureza 666 do brasileiro, há grandes chances da pessoa torrar esse dinheiro em besteiras e não amortizar o saldo devedor.
      Aí o Caixão lucraria mais com os juros.

      4+
      • avatar
      • Beto_bolhista 8 de março de 2017 at 23:17

        Bom o cara não parece ser um 666, apesar de ter entrado em um financiamento. Já disse que irá fazer a amortização em breve. Só fiquei mesmo com essa dúvida, que é a jogada da CEF nessa situação…

        0
        • rafa_fv 9 de março de 2017 at 08:51

          Beto_bolhista, eu acho que sei o motivo. A gerente deve ter preferido não comentar sobre os custos que ele terá de arcar: escritura, taxas da prefeitura, ITBI, registro em cartório, etc; mas como ela sabe que ele precisará desta reserva lá na frente colocou desta forma. Infelizmente, a maioria dos gerentes e corretores são muito parecidos, ou eles não sabem das informações ou omitem quando acham conveniente.

          2+
          • avatar
    • Fernando 9 de março de 2017 at 00:10

      É o que eu falei…
      Mas ninguém me escutou…
      Entao: sorrio e aceno!!!
      ??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️??‍♂️

      1+
      • Money_Addicted 9 de março de 2017 at 10:54

        ate q enfim acertou uma

        #sqn

        1+
    • Hunter 9 de março de 2017 at 01:09

      Pode ser a pedalada que a gerente está dando na meta de financiamentos contratados.

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 8 de março de 2017 at 23:10

    Leilão de imóveis da Caixa reúne mais de 100 imóveis na capital e Grande São Paulo

    Imóveis chegam a ser negociados por até 80% do valor de avaliação e é possível usar o FGTS

    https://noticias.terra.com.br/dino/leilao-de-imoveis-da-caixa-reune-mais-de-100-imoveis-na-capital-e-grande-sao-paulo,a15182cb615e6455aa3df3dee3bb57921xcttnin.html

    2+
    • avatar
    • Beto_bolhista 8 de março de 2017 at 23:28

      “Uma preocupação entre os compradores é sobre os imóveis ocupados, que podem ser disponibilizados em leilão. Atualmente a lei costuma ser bastante ágil. Há casos que assim que a venda é concluída em leilão os antigos moradores se retiram do imóvel”

      Lei bastante ágil? No Brasil?

      7+
      • avatar
      • avatar
    • rafa_fv 9 de março de 2017 at 09:56

      Verifiquei o edital e tem imóveis com valor inicial muito maior que o valor de avaliação(até quase 3x), como pode ? A caixa avaliou acima do valor na hora de financiar ?

      0
      • to bolhado 9 de março de 2017 at 11:08

        não estranharia que tenham adotado prática para burlar % de financiamento. Por ex na época em que só podia financiar 50%, avalia por valor muito maior para poder financiar 80, 90%.

        0
  • CA 9 de março de 2017 at 05:58

    Uma bola de neve que não para de crescer.

    Hoje a CEF tem mais de 24.000 imóveis retomados para leiloar.

    Como ela disse que retomou 0 3% do total da carteira e consta no relatorio da CEF do terceiro trimestre de 2016, que a inadimplência acima de 90 dias é de mais de 1,8% sobre o total da carteira, o que ela retomou é menos de 1/5 do total que deveria ter retomado.

    Se a CEF tivesse retomado todos os imóveis que estão com inadimplência acima de 90 dias, ela seria, sem sombra de dúvidas, a empresa com o maior estoque de imóveis do Brasil.

    Quando um banco sozinho se torna o dono de um estoque para venda de imóveis que é o maior de todos no país?

    Em todos os outros países do Mundo, algo assim só ocorreu quando tiveram uma explosão de bolha imobiliária.

    A CEF não quer dar uma bandeira tão grande quanto a nossa bolha imobiliária, se ela retomasse tudo que deveria, seria uma prova inequívoca de que estamos em uma bolha imobiliária. A partir daí as garantias da CEF se evaporariam pois os preços dos imóveis dados em garantia iriam despencar e isto alimentaria um círculo vicioso que levaria a um efeito manada, com rápida, forte e inegável queda nos preços dos imóveis.

    Ocorre que a bola de neve não para de crescer e ainda existem DIVERSOS outros números alarmantes, não só na CEF, como no mercado imobiliário como um todo.

    Na própria CEF, o total de inadimplentes no crédito imobiliário que estavam com o pagamento atrasado entre 15 e 90 dias, ao final do terceiro trimestre de 2016, era de nada menos do que 8% do total da carteira de crédito imobiliário da CEF.

    O que a CEF está fazendo para esconder a inadimplência? Antes ela vendia parte deste crédito PODRE para empresas abutres, com descontos de 95% e com isto fazia desaparecer uma parte da inadimplência de seus relatórios. Mais recentemente ela tem feito “negociações” de pai para filho com os credores, onde dá alguns meses de “carência” em que o comprador pode deixar de pagar sem ser considerado inadimplente. Provavelmente este prazo chega a até 1 ano, porque o governo já estava querendo liberar o FGTS para quem estivesse com até 12 meses de atraso nas prestações…

    Será que a CEF com as ações acima descobriu a “fórmula magica” para não deixar a bolha explodir mais visivelmente?

    Não, o que aconteceu acima foi exatamente o mesmo que o Lehman Brothers fez antes de quebrar nos EUA e deixar a explosão da bolha mais visível, não há nada de original nisto, nem mesmo o Banco Central e a imprensa fazerem vista grossa, pois isto também ocorreu nos EUA.

    Por que a estratégia acima não funciona?

    Porque quando a pessoa deixa de pagar o imovel, é porque ela já passou do limite de volta, ou seja, já está super-endividada em outros itens, afinal ninguem quer perder seu imóvel e quando chega neste ponto dificilmente tem recuperação.

    Não importa se a CEF retomou ou não o imóvel, se ela reconheceu ou não a inadimplência, o fato é que em todos estes casos de inadimplência real, ela está deixando de receber as parcelas e com isto, prejudicando fortemente seu caixa e assim, a situação crítica dela, que já conta com diversos outros ROMBOS de dezenas de bilhões de Reais, vai só piorando…

    O pior é que o estoque de imóveis com construtoras equivalem a 2 anos de vendas, sendo que o máximo aceitável seria 1 ano. Fora que elas não estão registrando um grande número de distratos que assim não entram nesta conta (o cliente pede o cancelamento e elas vão adiando por meses ou anos o “reconhecimento” dos distratos). Com esta “brilhante” estratégia, análoga a da CEF, empresas como Viver e PDG já quebraram. A cada uma destas construtoras que quebrar, mais e mais imóveis que vão parar nos bancos e entre eles, na CEF.

    Conforme esta bola de neve vai crescendo, a CEF vai ficando com cada vez menos LIQUIDEZ, o que a forçará a aumentar juros e diminuir a oferta de crédito imobiliário, como medida de contenção de danos, com este efeito se espalhando para demais bancos e novamente alimentando o ciclo de auto-destruição da bolha.

    Quanto mais gambiarras fizerem, maiores irão ficando os estoques dos imóveis com os bancos, porque primeiro eles não conseguirão vender quase nada nos leilões, como já vem acontecendo nos últimos anos e segundo, mais e mais os estoques das construtoras e também de investidores que não conseguem nem vender nem alugar irão aumentando, sem contar que parte daqueles 8% de inadimplência de 15 a 90 dias da CEF irão se converter em inadimplência acima de 90 dias, tudo isto impulsionado pelo aumento do desemprego, inclusive da própria construção civil, a queda de renda, a diminuição dos clientes potenciais reais de forma sensível por estes fatores e mais a própria antecipação de demanda da última década, junto com o desespero dos vendedores e segmento imobiliário que sempre irão gerar medidas com efeitos colaterais muito danosos, como a nova regulamentação de distratos afastando compradores na planta, por exemplo.

    Toda anomalia na economia é auto-destrutiva, a bolha imobiliária não é uma exceção, o que vemos acima é o mesmo que observamos em outras explosões de bolhas ao redor do mundo, com alguns agravantes, como os distratos vindos das vendas FALSAS na planta, uma crise fiscal maior que a vivida por estes outros países, a maior distorção entre preços e renda do Mundo, a maior bolha de corrupção institucional do Mundo, o fato de sermos país sub-desenvolvido, etc, etc, etc…

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 9 de março de 2017 at 06:58

      Você falou tanto da CEF que daqui a pouco passa o thiago dizendo que não é nada disso, que está tudo bem. Que a inadimplência ainda é pequena, irrelevante.

      2+
      • CA 9 de março de 2017 at 07:43

        Antigo,

        Ele é especialista em relativismo UFANISTA:

        Ah, se a CEF não teve aumento da inadimplência percentual, tudo bem, vamos fazer de conta que ela não vendeu títulos podres para MAQUIAR este número, vamos fazer de conta que ela não está fazendo negociações mirabolantes para esconder o número real, vamos fazer de conta que apesar do normal ser reduzir e muito o percentual de inadimplência quando o crédito imobiliário concedido cresce exponencialmente, a CEF manter o percentual ainda com as maquiagens acima é normal, vamos fazer de conta que um índice de 8% de inadimplência entre 15 e 90 dias que a CEF apontou no 3T16, onde uma parte certamente vai se transformar em inadimplencia acima de 90 dias, combinado com o que consta neste parágrafo, é normal. Vamos fazer de conta que os rombos de dezenas de bilhões de Reais da CEF, combinados com tudo que está aqui, também é normal.

        Ah, mas se a CEF retomasse toda a inadimplência e assim se tornasse a empresa com o maior estoque de imóveis para venda no Brasil, talvez isto signifique que o estoque de imóveis esteja muito diluído ou não seja tão grande assim, apesar de sabermos que o estoque OFICIAL das construtoras já é de mais que o DOBRO do máximo razoável e ainda assim subestimado, porque temos alto volume de distratos não reconhecidos e no caso da CEF, dadas as dificuldades dos leilões, estes estoques equivalem a muito mais ANOS de vendas e apesar de sabermos que em todo o Mundo, um banco só se torna recordista em imóveis para vender quando existe uma bolha imobiliária.

        Na realidade ele sempre FINGE que ignora o que consta acima e uma infinidade de outras evidências, trazendo lógicas SIMPLISTAS, SOFISMAS e outros truques sujos com a única finalidade de tentar enganar aos outros e a si mesmo. Não adianta, a bola de neve está cada vez mais visível…

        3+
        • avatar
  • thiago fm 9 de março de 2017 at 07:47

    Cesar_DF

    IMÓVEIS EM BELO HORIZONTE TEM DESVALORIZAÇÃO SOFT DE MAIS DE 30% EM UM ANO

    Um estudo realizado pela Viva Real – plataforma digital que conecta imobiliárias, incorporadoras e corretores com consumidores que buscam um imóvel – apontou que o bairro Cidade Jardim, na Zona Sul da capital, registrou o maior índice de desvalorização na capital em 2016. A queda foi de 31% no valor do preço de venda quando comparado ao mesmo período de 2015.

    No quarto trimestre de 2015, o valor médio do m² registrado no bairro foi de R$8,9 mil; no mesmo período de 2016, o preço caiu para R$6.143. Destaca-se também a desvalorização no preço de venda dos bairros Califórnia (-24,7%) e Santa Lúcia (-17,1%).

    http://bhaz.com.br/2017/02/13/cidade-jardim-maior-desvalorizacao-de-2016/

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar

    Cesar,

    Para o bairro que você pegou pode ter sido hard, mas no geral…

    Pra quem não leu toda a matéria:

    Preço médio do m² para venda registra maior valor em 12 meses

    “O preço nominal médio do m² para venda na capital atingiu R$ 4.608 em janeiro de 2017, sendo o maior na capital mineira em 12 meses. Em relação ao mesmo período de 2016, houve um aumento de 4,32%, quando o valor era R$ 4.417/m². O preço do m² para venda em BH está cerca de 5% abaixo da média nacional, que é de R$ 4.837.

    Depois vocês se irritam quando digo que fazem leituras enviesadas…

    2+
    • CA 9 de março de 2017 at 08:11

      thiago fm,

      UM de seus problemas é o “efeito espelho”. Você acha que todo mundo tem o mesmo “caráter” que você e portanto sempre age “enviesado”. Repito o trecho do comentário de Cesar, que já deixava EXPLÍCITO o percentual de queda de preços, portanto não iludindo a ninguém:

      “…apontou que o bairro Cidade Jardim, na Zona Sul da capital, registrou o maior índice de desvalorização na capital em 2016. A queda foi de 31% no valor do preço de venda quando comparado ao mesmo período de 2015.”

      E aí, FINGIU que não viu que ele havia explicitado o bairro onde ocorreu esta queda? Constava no COMENTÁRIO DELE, não precisava abrir a matéria para ver. FINGIU que não tinha percebido isto, apesar de você mesmo ter replicado o comentário dele logo acima??? Até onde vai sua CARA-DE-PAU???

      Ninguém fica “irritado” quando você mente e engana, deixe esta bobeira de lado, já deixamos claros que toda e qualquer DEMONSTRAÇÃO de mau caráter da sua parte é bem-vinda, pois mostra sem sombra de dúvidas o modus operandi do segmento imobiliário e seus ASSECLAS.

      Traga cada vez mais relativismos baratos e sem nenhum fundamento, como os que você trouxe recentemente sobre a CEF, tentando minimizar os ABSURDOS que já são mais do que claros e demonstráveis de diversas formas.

      Continue trazendo os relativismos baratos e infundados quanto a resultados das construtoras e do segmento imobiliário como um todo, mesmo que já tenham sido DESMASCARADOS inúmeras vezes, continue FINGINDO que não viu.

      Repita continuamente a encenação de que se repetirem tudo que foi feito durante a explosão de outras bolhas, aqui vai ser diferente, só porque você, o governo e o segmento imobiliário querem e se não aconteceu em outros países, é porque o “querer” deles não era tão poderoso.

      Quanto maior for o seu NON-SENSE, quanto mais vezes você achar que está ENGANANDO alguém, mais você estará sendo desmascarado, como sempre digo, ÓTIMO para demonstrar como vocês “atuam”…

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Felipe 9 de março de 2017 at 08:00

    Leandro sp

    CVR

    conversando com um conhecido ele disse que foi a CEF pedir redução da parcela, refinanciamenro, mudança de tabela ou qualquer coisa que baixasse sua prestação. a caixa pausou o financiamento por 6 meses com uma taxinha peque a mensal de 60 temers.. É a CEF parece que se ligou que não compensa retomar.. Procede produção?

    5+
    • avatar

    Pode ser, mas o jurinho continua correndo e vai tudo pro saldo devedor

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • thiago fm 9 de março de 2017 at 08:10

    odorico 8 de março de 2017 at 08:53
    Thiago fm, a dúvida que fica é por que vir aqui para fazer comentários que “pelo histórico anterior” serão refutados. Eu frequento vários fóruns e blogs, de economia, política e filosofia. Todos eles tem sua “linha” de pensamento. Por que ir na casa de alguém para questioná-la? Isso me lembra eu aos 16 anos que ia na igreja católica só para questionar a pregação. No auge da rebeldia faz sentido. Enfim, teste sempre a linha de raciocínio de um determinado grupo ou comunidade. Faça inserções pontuais e veja os comentários. Se não for sua linha continue observando ou saia. Siga a suas convicções e use a máxima do blog “sorrie e acene” aqui não é o local para você teorizar sobre recuperação do mercado de imóveis. Faça isso numa roda de 666 ou num evento de corvolárias. Tem muita coisa nesse blog que eu não concordo, nem com CA, nem com o Lucas, nem com o Fernando, mas não vou ficar refutando tudo o que não concordo. Até porque posso estar errado (ou não!). Leio, analiso, sintetizo e tiro o que acho interessante e “sorrio e aceno”.
    ————————————————————————————————————————-

    odorico,

    Eu entendo sua colocação e até certo ponto concordo com ela, mas vale lembrar que eu não vim para essa casa para questioná-la. Sou membro dessa casa há mais de cinco anos e sentei na mesma mesa que vocês a maior parte desse tempo, compartilhando das mesmas ideias e anseios. Tenho o maior respeito pelo Boss e o dia que ele disser que não sou mais bem-vindo aqui, garanto que vocês não mais me verão no blog.

    Não pense que gastei meses de pesquisa com a intenção puramente mesquinha de provar que vocês estão errados e eu certo. Tomei gosto pelas pesquisas e por escrever sobre o mercado imobiliário em 2013, quando escrevi diversos tópicos defendendo a bolha imobiliária como “prata da casa” no blog. Por ironia do destino o hobby que adquiri por aqui e as pesquisas que fiz nos últimos tempos redirecionaram meu ponto de vista a respeito de diversos aspectos relacionados ao tema e sinto muito se agora me enxergam como um estranho no ninho, mas não vou fingir que não vejo coisas que para mim ficaram claras nos últimos tempos.

    Se você observar meu comportamento de forma imparcial vai perceber que eu só voltei a postar no dia em que consolidei minha leitura do cenário no primeiro trabalho de dezembro. Porém bastou dois minutos após a inserção do artigo para que eu fosse atacado e desrespeitado através das mais diversas formas possíveis. Não se trata de se fazer de vítima, mas só para refrescar a memória de alguns, nesses três meses fui acusado:

    – de agir com má-fé;
    – de ser mentiroso;
    – de ser enganador;
    – de ser cara-de-pau;
    -de ser patético;
    – de ser covarde;
    – de ser dissimulado;
    – de ser corretor;
    -de ser bricklover;
    – de ser agente do mercado imobiliário;
    – de ser corretor etc.etc.etc..

    Minha forma de responder tem sido demonstrar com dados a fragilidade da leitura de quem me acusa e usar de ironias para responder os ataques pessoais. Procure alguma ofensa pessoal em meus comentários e você não vai encontrar, pois penso que se ninguém conhece ninguém o embate só deveria existir no campo das ideias. Nesse caso rebater comentários depreciativos e cutucadas diárias não é para impor meu ponto de vista ou levantar meu ego, mas em parte para defender minha honra que é posta à prova por aqui quase todos os dias pelo fato de defender coisas que incomodam a maioria. Não tenho dúvidas de que se eu silenciar agora ou apenas sorrir e acenar para as provocações, tripudiarão em cima de mim, dizendo que fui desmascarado ou que sou um covarde por fugir do debate.

    De qualquer forma basta obervar minha postura nas últimas semanas para perceber que tenho evitado entrar na espiral das discussões intermináveis e além disso tenho recomendado aos meus interlocutores que aguardem, pois se os dados já estão lançados, o tempo dirá qual leitura se aproximará mais da prática, pois quero acreditar que as pessoas não estão aqui só pra formar um clubinho ou para seguir doutrinas e pastores enrustidos como se faz em igrejas por aí, mas que essas pessoas querem acima de tudo entender o que se passou e saber como se posicionar no que se refere ao mercado imobiliário.

    4+
    • CA 9 de março de 2017 at 08:18

      thiago fm,

      Parece a defesa do Lula, parabéns!!! Não importam as evidências, os fatos e dados. Não importa se você foi DESMASCARADO, inclusive com uso de suas próprias fontes e critérios, durante sua campanha de DIFAMAÇÃO. Não interessa se você foi DESMASCARADO diversas outras vezes com FATOS e DADOS. Só interessa que você não gostou de ser questionado pelos seus atos, você esperava a democracia do livre direito de mentir e enganar, a tal ponto que insiste em dizer que está trazendo dados que contradizem o que dizemos, quando na realidade, só contradiz a você mesmo…

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Margarida 9 de março de 2017 at 09:08

      Parênteses na questão da bolha imobiliária.

      Até aqui eu estava só assistindo a esse embate, mas, thiago fm, agora vou te falar uma coisa: verdade que as pessoas não se conhecem pessoalmente, mas alguns traços acabam aparecendo. Pelo seu comentário se colocando como vítima de ataques pessoais e, no mesmo post, usando um ataque passivo agressivo se percebe, sim, um pouco da sua personalidade.

      Fica a anotação.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 9 de março de 2017 at 09:14

        Quando até as flores estão falando mal do Flower King Chart Master é porque a coisa ficou feia mesmo.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • thiago fm 9 de março de 2017 at 08:22

    Libertario

    Cesar,
    Excelente material!
    Isso sim é grafico de verdade, não são aquelas flores que tem por aí.

    5+
    • avatar

    Vocês são mesmo engraçados…não é que o gráfico colado pelo Cesar é muito similar à dois gráficos presentes nas duas partes do meu trabalho. Se não me engano estão nos slides 4 de ambas as postagens.

    parte 1
    http://www.bolhaimobiliariabrasil.com/2016/12/05/das-vacas-gordas-as-vacas-magras-em-uma-decada-parte-1-thiago-fm/

    parte 2
    https://pt.scribd.com/document/339153249/o-Caminho-Do-Boom-Imobiliario

    1+
    • CA 9 de março de 2017 at 08:32

      thiago fm,

      Não tem nada de engraçado, ele fez a comparação com o gráfico de FLORES e não com todo e qualquer gráfico que você já tenha feito.

      Ele foi ESPECÍFICO e isto consta no comentário que você replicou logo acima, você não entendeu isto ou só está fingindo que não entendeu?

      Agora, quanto ao fato de constar também nos seus trabalhos e ser inconsistente com as “conclusões” do mesmo, sabemos que sempre é assim, certo?

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Libertario 9 de março de 2017 at 12:13

      Quantos graficos possui o seu

      thiago fm

      Libertario

      Cesar,
      Excelente material!
      Isso sim é grafico de verdade, não são aquelas flores que tem por aí.

      5+
      • avatar

      Vocês são mesmo engraçados…não é que o gráfico colado pelo Cesar é muito similar à dois gráficos presentes nas duas partes do meu trabalho. Se não me engano estão nos slides 4 de ambas as postagens.

      parte 1
      http://www.bolhaimobiliariabrasil.com/2016/12/05/das-vacas-gordas-as-vacas-magras-em-uma-decada-parte-1-thiago-fm/

      parte 2
      https://pt.scribd.com/document/339153249/o-Caminho-Do-Boom-Imobiliario

      0

      Serio que tem esse grafico lá???

      Puxa vida, eu devia ter visto.

      Afinal, tem pouquíssimos graficos no seu trabalho.

      2+
      • avatar
  • Davy Jones 9 de março de 2017 at 08:46

    A cidade já é boa. Com esse primeiro lugar no ranking das mais baratas, fica melhor ainda. Com a economia no aluguel, sobra mais para comer tapioca e camarão.
    http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/fortaleza-e-cidade-com-aluguel-mais-barato-em-fevereiro-1.1717033

    3+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • thiaggoo 9 de março de 2017 at 09:33

    CVR com links:

    Motumbado querendo repassar: http://ce.olx.com.br/fortaleza-e-regiao/imoveis/evolution-central-park-ed-brooklin-vista-panorami-fortaleza-202737541?xtmc=rio+mar&xtnp=1&xtcr=20

    Construtora querendo vender: http://ce.olx.com.br/fortaleza-e-regiao/imoveis/apartamento-de-3-quartos-com-suite-no-papicu-313741431?xtmc=rio+mar&xtnp=1&xtcr=2

    Curiosidades:
    Link 1 “prédio 100% vendido”, ou seja, sucesso.
    Link 2 “a partir do 1º andar”, ou seja, pode escolher, tem aos montes.

    Moro em frente, apartamentos entregues em Novembro, ILAC 21 menos de 10%.

    Saindo para o trabalho hoje contei as placas de “vende” e “aluga” num poste de luz, total 17.

    Vou tirar umas fotos do ILAC21 e poste de luz, depois posto.

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 9 de março de 2017 at 12:27

      thiaggoo
      Suspeito que irão constatar no CENSO 2020 que a vacância EXPLODIU
      Desconfio que nas grandes cidades tenham passado de 10% em 2010 para 20% atualmente

      1+
  • Alemon Fritz 9 de março de 2017 at 09:35

    Quién paga el banco malo

    como se faz um banco malo, podre, incopetente, tipo caxa:
    -Primeiro avaliar os valores de mercado:
    ” una vez aplicados los criterios de valoración que se incluyen en decreto-ley de febrero, y que implican un devaluación del 80% del valor del suelo y del 65% del valor de los activos en construcción.”
    – Emisión de deuda avalada
    segundo paso será crear las sociedad tenedora de los activos inmobiliarios -banco malo- que se encargará de emitir deuda avalada por el Estado por el valor de mercado. Aunque podría darse el caso de que inversores mayoristas privados pudieran comprar los títulos..
    – terceiro passo
    Paralelamente, los títulos avalados podrán ser llevados al BCE como colateral-ahí entra la participación de la UE, si bien no se formulará en forma de ayuda- de garantía de préstamos. (LIG AS garantidas)
    – Pagar as dividas
    lo que podrá hacer mediante la venta de los activos inmobiliarios entre inversores particulares y fondos de inversión. Los precios de ventas servirán de referencia en el mercado.

    http://www.elperiodico.com/es/noticias/economia/quien-paga-banco-malo-1751301

    a previsão é de 5bilhoes em Ligs garantidas. e compras pelos fundos de previdencia.

    2+
    • avatar
    • Cesar_DF 9 de março de 2017 at 12:28

      O governo brasileiro deverá seguir o mesmo caminho, para salvar a CEF e o BB

      0
  • Dr.Who 9 de março de 2017 at 09:59

    To lendo mais do que postando, mas hoje venho postar uma notícia ótima.
    PMJ > Aluguel
    Sendo assim, meu muito obrigado a todos aqui e ao Bolha Boss por esses ensinamentos diários!!!
    Abraços

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • RC 9 de março de 2017 at 10:00

    Unificando respostas e dando um up na discussão.

    Pure

    Se Brasília foi tão bem planejada, por que sofre tanto com os engarrafamentos no transito?
    A transferência da Capital do Rio de Janeiro para Brasília foi um jeito de fugir da pressão popular. O problema é que Brasília cresceu e a insatisfação também. Agora, terão que se mudar para algum lugarzinho no Acre.

    .
    Engarrafamento? Você mora onde mesmo? Eu vim da cidade do RJ e te falar que Brasília está soft e muito.

    Para entender o Distrito Federal tem de compreender que existem dois planejamentos intrínsecos. O primeiro em relação a sua escolha dentro do território brasileiro (estratégico, explico melhor na resposta ao Zé). O segundo, que você critica ao falar do engarrafamento, é relacionado a escolha urbanística da cidade, da infraestrutura construída antes da ocupação (que eu me referia em post anterior). Neste é preciso saber que o planejamento não compreendeu todas as regiões administrativas atuais de Brasília (basicamente ficou restrita ao plano piloto e mesmo nele existem exceções como a vila planalto). Foi concebida pelo arquiteto e urbanista Lúcio Costa e pelo arquiteto Oscar Niemeyer. A meu ver existem erros nessa concepção, especialmente relacionados as escolhas da geometria viária (parece que o responsável técnico rodoviário não era dos melhores), mas de forma alguma foi em relação a sua capacidade viária (com folga até hoje para os residentes do plano). Erros de princípios como focar no automóvel (estilo americano), diferente do voltado ao pedestre e ao transporte público (mais próximo do europeu do qual sou mais entusiasta). Para o histórico e cultura de planejamento brasileiro, Brasília é um senhor avanço.

    A cultura no Brasil é de realizar e não manter, Brasília não fugiu a regra, seu planejamento urbanístico ficou no plano, a grilagem e interesses políticos, imobiliários fizeram questão de não respeitar as diretrizes iniciais em sua expansão (agradeça a Roriz, Arruda, Paulo Otávio e Cia.). São justamente as outras Regiões Administrativas (conhecidas nacionalmente como “cidades-satélites”) que pressionam mais a infraestrutura causando o engarrafamento a que você se refere. A falta de planejamento atual também impacta nesta, por exemplo, com o imbróglio na transferência dos órgãos administrativos do DF para Taguatinga.
    .

    Zé do Brejo

    Desculpa, Brasilia produz o que? Qual a riqueza gerada em Brasilia?
    Brasilia é custo desnecessario. Se nosso modelo fosse mais parecido com o americano onde os estados tem maior representatividade de acordo com sua importãncia, Brasilia continuaria desnecessária, mas tolerável.

    “Brasília produz o que?” Brasília apesar de ser o Distrito Federal, tem características de cidade, você quer compará-la com a produção dos estados? Qual a lógica disso? A cidade do Rio de Janeiro produz o que? A cidade de São Paulo produz o que? A cidade de Florianópolis produz o que? A cidade do Recife produz o que?… Você vai querer falar de centros econômicos, políticos, culturais, de turismo, isso é a produção que você quer comparar?

    A cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, ainda tem importância econômica e política por causa das instituições federais que permaneceram por lá, se for contar o aspecto de produção (petróleo) talvez o hub já estaria em Macaé.

    A localização de Brasília permitiu ao Brasil enxergar melhor seu território, como disse anteriormente, nós temos um país de dimensões continentais e estávamos limitados basicamente ao nosso litoral. A integração viária dos estados e até mesmo a facilidade de integração política (é, aqui facilitou e diminui os custos logísticos relacionados aos representantes políticos de cada região), poderia impulsionar mais a economia se não fossem essas péssimas escolhas dos representantes nacionais.

    Agora se você é só mais um que fica gritando aos quatro ventos que quer a independência do seu estado, e que ele sofre em ter de custear o resto do país, aí realmente não terei argumentos.

    6+
    • avatar
    • Zé do Brejo 9 de março de 2017 at 10:19

      Não é Brasilia em si, a questão é o modelo e o que representa.
      Igual a Brasilia existem centenas de cidades espalhadas pelo Brasil, não produzem nada e mais de 80% da população SUGAM/DEPENDEM de verbas públicas.
      Cidades que a maior parte da população é funcionário público não deveriam existir. CIDADES IMPRODUTIVAS. Esse é o problema e não é só brasilia.
      O estado é gigantesco e isso torna o país inviável..
      Ficou mais claro agora?

      1+
      • avatar
      • Zé do Brejo 9 de março de 2017 at 10:28
        • Juros Lover BSB-BH 9 de março de 2017 at 10:32

          Se a capital fosse a cidade de São Paulo ou qualquer outra seria a mesma coisa…

          0
          • Zé do Brejo 9 de março de 2017 at 10:48

            Entenda, o problema não é a cidade, é o TAMANHO do estado ineficiente.
            Deviam explodir todas cidades improdutivas. Essa é a idéia. Chega de paternalismo sanguessuga.

            1+
      • RC 9 de março de 2017 at 11:07

        Se o problema não é Brasília e sim o modelo político, faça a crítica certa e não use de metonímia, pois pode acabar abrindo brechas a interpretação.

        “O estado é gigantesco e isso torna o país inviável” Você já parou para analisar se não é o país que é gigantesco e isso o torna inviável? Veja a dificuldade (custos) do Trump ao querer construir muro na fronteira seca dos EUA. Sabe o tamanho da fronteira seca do Brasil? Acho engraçado quando nos comparam com a velocidade do Japão em recuperar uma estrada em pouco tempo. Um país com área um pouco maior que o estado do MS (e isso em área total, se for ver a parte ocupada então) com o 4º PIB do mundo. Comparação desproporcional.

        Que o estado brasileiro tem produtividade baixa não vou discordar, que tem como melhorar é óbvio, mas qual é a meta realista para isso? Não sei dizer. O estado brasileiro pode até estar inflado nos custos com funcionários, ouso dizer que talvez nem seja com funcionalismo público, quem é FP saberá dizer a quantidade de terceirizados, no serviço público federal é impressionante, e depois dizem que o problema é a estabilidade, país em crise e não vejo demissão em massa de terceirizados.

        “Cidades que a maior parte da população é funcionário público não deveriam existir.” No Brasil tem um monte de municípios que não deveriam existir e isso não tem nada a ver com a quantidade de FP e sim por não existir qualquer razão econômica e/ou financeira para ter administração independente (e os custos decorrentes disto).

        Não compro essa ideia anarco-capitalista de que a única coisa que importa são os produtos (o que gasta matéria e que é físico), e que as ideias não valem nada (não existir propriedade intelectual). O país seria tanto melhor quanto soubesse aproveitar as características específicas de cada região, estado, cidade. Se serão centros produtores, centros financeiros, centros turísticos, centros políticos… é questão de planejamento. Cidade improdutiva é aquela que não explora corretamente seu potencial.

        Já disse anteriormente e repito, essa historinha de considerar político extraterrestre é burrice, eles representam a cultura do povo. Dizer que as “pobre coitadas” das empresas se corrompem porque o político “lobo mau” a obriga é balela. É não querer enxergar empresas comprando MPs e Leis para benefício próprio. Se continuarmos com essa falta de educação (não confundir com instrução) e esse nosso “jeitinho brasileiro” no DNA, pode ter a reforma política ou a anarquia que quiser que será uma outra enorme porcaria.

        7+
        • avatar
        • to bolhado 9 de março de 2017 at 11:13

          com a questão da metonímia, concordo. Se eu morasse em BSB ia ficar p* com o comentário também. Mas na questão do Estado, discordo frontalmente. No Brasil é comum criticarem qquer um que pede menos estado num tom “mas e aí, vai ter estado mínimo, vai ser anarquista?”. Não, existe uma enormidade de distância entre um Estado mínimo e o estado brasileiro. É urgente / essencial diminuir, não só em tamanho, mas em influência, burocracia, intervenção. Isso não tem necessariamente a ver com tamanho do país; o tamanho do país tem mais a ver com que modelo você quer seguir. Na maioria dos casos faz muito mais sentido seguir o modelo americano do que o Sueco, por que as características são mais parecidas. Mais um argumento para Estado menor; quanto maior o país, menos sentido faz pro Estado querer controlar tudo.

          4+
          • avatar
          • avatar
          • Zé do Brejo 9 de março de 2017 at 11:19

            Aleluia irmão

            1+
          • RC 9 de março de 2017 at 11:29

            Em nenhum momento disse que o estado não deve diminuir seu tamanho, sua burocracia, sua intervenção na economia; inclusive defendo diminuir drasticamente o número de municípios. Estou levantando que o tamanho do país impõem uma serie de dificuldades se comparados a outros, fora sua história.

            O Brasil é um país pobre (aposentadoria média próxima de um salário mínimo) e estamos correndo atrás de reforma previdenciária pois estamos com dificuldades de honrar essa miséria. Compará-lo com os EUA é crueldade. Os estados americanos foram conquistados com a construção da infraestrutura (quem já não viu filme de presidiários com bolas nos pés abrindo terreno para ferrovias). O Brasil está se interiorizando a menos de um século, conquistando seu território aos poucos, infraestrutura incomparável. Achar que dar mais autonomia aos Estados (como é o modelo que faz alusão), sendo que muitos deles não conseguem fazer o mínimo de infraestrutura (não tem recursos) sem recorrer ao governo federal é não entender nossas particularidades. A reforma tributária pode ser um bom começo para uma evolução, vamos ver como vai ser tocada.

            3+
            • Zé do Brejo 9 de março de 2017 at 11:36

              Sim, objetivamos a mesma coisa, talvez seguindo trilhas diferentes, mas todos nós queremos um país melhor e mais eficiente.
              Mais trabalho, mais produtividade, menos burocracia e menos corrupção.

              0
            • to bolhado 9 de março de 2017 at 11:38

              sua lógica é invertida. Os EUA cresceram pq tinham estado pequeno, pouca intervenção; depois de fico ficou grande, como aliás é o padrão europeu. Aí você fala que pq somos pobres precisamos de mais intervenção. É o padrão de discurso esquerdista, é sempre o estado que vai salvar. Faz 60 anos que recursos são desproporcionalmente direcionados para “desenvolver áreas” e não desenvolve. Vamos fazer 30 anos de CF 88, que tem em muitos aspectos esse viés “desenvolvimentista” e os resultados são desastrosos.

              5+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • RC 9 de março de 2017 at 13:55

                “Aí você fala que pq somos pobres precisamos de mais intervenção.” Onde eu disse isso? Esquerdista? Lógica invertida? Estou percebendo é que você está reiteradamente insinuando conclusões de forma a desqualificar meus argumentos.

                Quer vir com esse papinho de keynesianismo x liberalismo x neoliberalismo? Nem entrei nesse mérito.

                O problema é viver em um país que não existe, no mundo da ficção tudo pode ser lindo, na realidade a coisa é outra. Concorrência Perfeita? Á tá. Não gosta da constituição 88 vote em políticos que tenham discurso e principalmente atitude de mudança. Quando mudar você comemora, até lá você deve respeitá-la. Para isso serve a democracia. Não acho que o Estado tem de ser babá de ninguém, mas entendo o momento histórico em que essa decisão foi tomada.

                O nosso país é grande e ponto. Inclusive tivemos guerras para tomar parte de territórios de países vizinhos, foi escolha nossa, nossa história. Isto tem um custo alto a todos os brasileiros. Não importa se você acredita que as decisões que foram tomadas ao longo dos governos para “desenvolver” o nosso território, se foram as mais adequadas, elas já ocorreram. Talvez não consiga nem sequer correlacionar parte dessas decisões com o sucesso do agronegócio brasileiro (que é um dos atuais motores do crescimento do país) Se você acha que excluir grande parte desse território (ou deixar ocioso) seria uma melhor decisão, paciência, o resto da sociedade (através de seus representantes) não o acharam até o presente momento. Quem sabe em um futuro não é?

                O que estou levantando é que Brasília estrategicamente para o país que temos hoje foi muito importante para integração regional. Quando se está limitado aos quase 180º da visão humana isso fica difícil de perceber (na era da informação isto é inaceitável). Tem de desapegar da sua realidade para chegar na realidade da nação que você está inserido e não daquela dos seus sonhos/utópica.

                2+
                • to bolhado 9 de março de 2017 at 13:59

                  ok, então interpretei errado. Por gentileza explique o que você quis dizer com “O Brasil é um país pobre (aposentadoria média próxima de um salário mínimo) e estamos correndo atrás de reforma previdenciária pois estamos com dificuldades de honrar essa miséria. Compará-lo com os EUA é crueldade”

                  0
                  • RC 9 de março de 2017 at 14:35

                    Vou tentar explicar o meu ponto de vista do trecho que você cita.

                    Se pegarmos a lista de PIB feita pelo FMI (2015).

                    EUA (1º) 17,947000 trilhões
                    Japão (4º) 4,123258 trilhões
                    Brasil (9º) 1,772589 trilhão

                    Se usarmos este único dado, como o discurso do PT (Lula) fazia muito, diria que somos uma enorme potência, uma país de primeiro mundo, que necessita de uma cadeira de segurança da ONU, blá blá blá.

                    Não se leva em consideração o tamanho do país (e seu custo de administração), sua história de construção (tempo, construção da cultura), seu atual estágio de desenvolvimento.

                    Se o Brasil tivesse o mesmo PIB, mas a cultura (construída ao longo de anos de história) e o estágio de desenvolvimento da infraestrutura dos EUA (já que ambos tem dimensões continentais). Você não acha que teria mais elementos para uma melhor discussão de onde investir os atuais recursos?

                    O exemplo da previdência era só para quebrar a ideia socada na cabeça do brasileiro de que somos uma país rico por termos um dos maiores PIBs, como pode um país “rico” ter dificuldade com uma população ativa e previdenciária que ganha na média próximo ao salário mínimo (continuo achando que o salário mínimo é no máximo suficiente a sobrevivência, e talvez só isso por ainda existirem invasão de terra, “gato” de luz e “água”, subsídios aos montes,…).

                    Não quero entrar no mérito da previdência, que aí é muita coisa para falar, mas muitos argumentam que o país está se aproximando do japão comparando os percentuais de gastos, mas ninguém quer comparar benefício médio de cada país e quanto ele vale (seu poder de compra). Eu tenho vergonha de dizer que o meu país não consegue sequer pagar um pouco mais do que nosso salário mínimo a alguém que contribuiu durante sua vida ativa. Aposentadoria rural (que a meu ver nem poderia ser chamada de aposentadoria), formato de “pirâmide” da previdência (solidária), benefícios de aposentadoria de políticos, militares, funcionários públicos dentre outros tantos pontos demandariam muito mais argumentos.

                    1+
                    • to bolhado 9 de março de 2017 at 16:44

                      ok, só queria saber o quão errado eu estava ao resumir a sua conclusão com “somos pobres e por isso precisamos de mais estado”.

                      0
                • to bolhado 9 de março de 2017 at 14:01

                  aliás concordei com você que não tem nada a ver criticar Brasília “per se”, certo? Então acho quem interpretou enviesadamente o que o outro estava querendo dizer foi você…

                  0
                • Lucas 9 de março de 2017 at 14:11

                  brasilia foi planejada pelos militares em 1892 senhores
                  Missão Cruls, a mando do marechal Floriano Peixoto

                  esa divergência simplesmente não existe

                  1+
                  • avatar
    • Juros Lover BSB-BH 9 de março de 2017 at 10:30

      Plano piloto ainda é melzinho na chupeta apesar de ter piorado desde que cheguei em Brasilia…Comparada com BH então BSB é paraíso…Bicho pega é se vc precisar ir e voltar de algumas cidades satélites em horário de pico…

      2+
    • Cesar_DF 9 de março de 2017 at 12:34

      RC
      JK pegou o Brasil com uma dívida externa de US 5 bi e devolveu com US 45 bi
      O objetivo era desenvolver o interior do Brasil, porque antes 95% do PIB se concentravam em até 200Km do litoral
      Mas ele não conseguiu atingir este objetivo, a interiorização do Brasil foi conseguida com a EMBRAPA, ao desenvolver sementes de soja, milho e algodão que conseguem crescer no cerrado (criação do regime militar)

      3+
      • avatar
      • RC 9 de março de 2017 at 14:11

        Então Cesar_Df , estamos constantemente aumentando nossa dívida externa (ou transladando à dívida interna), não sei se podemos culpar só o JK (apesar de sua adoração no DF me irritar).

        Como você levantou, se a atuação da EMBRAPA (soja, milho, algodão) foi mais determinante no processo, quem você acha que ao longo dos anos tem feito os investimentos para viabilizar o custo logístico destas produções? A EMBRAPA?

        O governo federal em seus diversos atores investe mal mas investe, especialmente porque no Brasil não há cultura de planejamento, o recurso não vai para o lugar que trará maior retorno, aqui ganha o lobby (não que em outros países não haja, tem até regulamentação disso). Dá mesma forma que o povo quer um estado mãe provedor de tudo, tem muita “industria” fazendo o mesmo.

        1+
  • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:07

    Quando o bricklovianismo ainda permeia a mente do brick lover:

    0

    • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:07

      danielbh: vc considera real esse risco de calote? mesmo num contexto político bem neoliberal como está se formando? fiquei com medo pois meu apto tá lá no tesouro…”

      0
      • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:09

        Minha resposta:
        “Risco de calote? Sim. Todo investimento possui risco. Eu vejo como muito improvável…. sem necessidade dar um calote… porque um governo precisa de política monetária… ele pode dar um calote branco… ou seja inflacionando a oferta de moeda e pagando os compromissos com moeda nova… a Dilma tentou fazer isso com as maquiagens e foi afastada do cargo máximo da República justamente por cagar nas contas públicas.

        Contexto neoliberal ? Onde ? Explique isso por favor.

        Ficou com medo? Você tem um apartamento no Tesouro ?
        Acho que você ainda está emocionalmente ligado aos tijolos… pois ainda fala dele como se fossem seus… e ainda compara o valor com o valor nominal nos títulos. Decida-se… o que você quer? Tijolos ou títulos?”

        4+
        • avatar
        • avatar
        • RC 9 de março de 2017 at 10:26

          Pandeiro, o Mansueto Almeida secretário de acompanhamento econômico do Meirelles uma vez disse em uma palestra que o governo não precisa dar calote para mudar as regras do contrato, um exemplo que ele deu era simplesmente modificando a tarifa de imposto de renda que incide nos rendimentos dos investimentos.

          4+
          • avatar
          • avatar
  • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:11

    O legal do Tesouro Direto é isso:
    NTNB 2045 a 5,18 % + IPCA
    Eu peguei a 5,11%. Toma !!! Toma !!! Toma !!! Não existe essa de ganhar juros sem riscos. Eu adoro isso. Não existe garantia alguma de sucesso… só depende da sua estratégia, visão e paciência.

    3+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:14

      Juros futuros 2021: 10,21% para 10,15% a.a. (ontem para hoje)
      Lembrando que bateu 9,98% esses dias. Como o Leonardo disse o mercado não gosta muito abaixo dos 10,00% a.a.
      kkkkk

      3+
      • avatar
      • avatar
      • Felipe 9 de março de 2017 at 10:21

        padeiro, vi o prefixado 2023 e está em 10,41 – 11% ou 10,9% eu compro.
        Porém, estou começando a achar que o governo não vai conseguir passar o projeto da aposentadoria

        1+
        • avatar
        • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:26

          Sim… é importante ficar de olho… aliado a isso… o mercado pode dar aquela pressionada básica…. IBOV está em queda… as ações estão bem esticadas e corrigindo…. todo aquele otimismo pode estar dando espaço para uma boa correção…. o que para nós representa uma oportunidade no TD. Na dúvida … recomendo a irem de Tesouro Selic….. tem muita coisa para acontecer na Banânia: ação do TSE, centenas de pedidos da PGR em relação a delação da Odebrosta , cenário político para 2018, situação das contas públicas, etc e etc.

          7+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Felipe 9 de março de 2017 at 10:31

            NMHO, eles vão baixar no porrete os juros (dilma reloaded), não adianta achar que vai ser diferente disso e 11% já está legal pra mim também.
            Por isso pra mim é prefix na cabeça pelo menos até o ano que vem. Corrobora com isso também a inflação, que esperamos fique quietinha, além disso, o TD dá flexibilidade e tempo suficiente pra mudar de posição assim que notarmos uma mudança brusca de planos.

            2+
            • avatar
            • Felipe 9 de março de 2017 at 10:32

              Prefix na cabeça 70% e, se chegar a IPCA+6 os 30%. Se a maré mudar migro pro SELIC

              0
              • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:33

                É uma estratégia coerente com o perfil do Meirelles e Ilan do BACEN.

                0
                • Felipe 9 de março de 2017 at 10:35

                  Amém, vc é o cara do TD aqui, não deixe de dar suas opiniões!!

                  0
                  • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:37

                    De jeito nenhum. Eu em 2015 só falava besteira do TD… não tinha nenhum centavo e morria de medo de perder dinheiro. Não sou cara de nada .
                    Apenas um curioso.

                    2+
            • to bolhado 9 de março de 2017 at 11:17

              acho que são coisas diferentes. Hoje não existe nenhum motivo razoável para não baixar juros. Os juros reais estão escandalosamente altos e o mercado já precificou a queda. A discussão é depois, se dá para baixar de 10%, quanto dá, em quanto tempo etc. Agooooora…sempre achei que o Dilmo não ia conseguir aprovar tudo do jeito que quis, e até agora tem vivido muito mais de esperança do mercado do que de fatos concretos. Uma hora essa conta chega, mas aí é você apostando em algo que o mercado, como um todo, não precificou. São coisas relacionadas mas diferentes.

              0
  • Alemon Fritz 9 de março de 2017 at 10:26

    aves pretas

    Secovi leva demandas a Temer
    Acompanhado de dois vice-presidentes do Secovi,..
    o Secovi apresentou “algumas demandas da indústria imobiliária com objetivos de dinamizar o setor e principalmente possibilitar a criação de empregos”

    chooora corvo
    http://www.jornalcruzeiro.com.br/materia/770502/secovi-leva-demandas-a-temer

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 9 de março de 2017 at 10:38

    ai tem…. vislumbre. pelo jeito o gov vai vir com alguma outra socada, digo sacada motumbica

    MRV vê potencial de alta em vendas e preço de unidades em 2017, diz co-presidente

    Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/economia/mrv-ve-potencial-de-alta-em-vendas-preco-de-unidades-em-2017-diz-co-presidente-21030618.html#ixzz4aprezRpV

    3+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:41

      MRV está com lucros seguidos.
      As ações valorizaram mais de 134% em um ano.
      Eu penso que o modelo de negócios deles é enxuto e bem produtivo. Eles pegam terrenos bem baratos… fazem permuta…. o material é basicão, etc… devem ter uma boa política de compras nos fornecedores… terceirizam algumas etapas.
      Bananense compra… né!?
      kkkk

      1+
      • avatar
      • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:44

        145 cidades.
        Aqui em Curitiba estão lançando uma obra… num bairro bem perigoso… Vila Fanny… bem próximo da favelinha. Mas aposto que venderão tudo em 24 meses.
        http://extra.globo.com/noticias/economia/correcao-mrv-tem-lucro-liquido-de-r142-mi-no-4-tri-abaixo-do-esperado-21030174.html

        2+
        • avatar
        • avatar
        • Alemon Fritz 9 de março de 2017 at 10:59

          o curioso que o lucro foi abaixo do esperado e os lancamentos tbm,
          esperavam 167bi e veio 142, sendo que foram injetados 27bi no Banco intermedium (tái a diferença…) e de um sócio. e O intermedium está buscando outro sócio pra lançar produtos bancarios…

          0
          • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 11:01

            Acho que o lucro foram milhões né!?

            já a injeção de recursos no banco são Milhões ou Bilhões?
            Vou olhar no banco data.

            0
            • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 11:02

              Eles tiveram lucro na casa dos milhões no último trimestre e depósitos totais na casa dos 1,3 bilhões.
              http://www.bancodata.com.br/relatorio/intermedium/

              0
              • Alemon Fritz 9 de março de 2017 at 11:13

                isso, errei, milhoes

                0
                • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 11:14

                  Eu penso que eles irão crescer. Abrir conta com eles é bem fácil e o leque de produtos é bem interessante.

                  0
          • Alemon Fritz 9 de março de 2017 at 11:10

            O Intermedium fechou 2016 com 3,3 bilhões de reais em ativos próprios, 4,8 bilhões de reais em ativos sob gestão e uma carteira de crédito de 2,3 bilhões de reais, da qual empréstimos imobiliários respondem por mais da metade. ——

            Para sustentar a expansão dos negócios, nos últimos cinco anos o Intermedium recebeu três aportes de capital dos Menin, que têm 75 por cento do banco, e de outro acionista minoritário

            no entanto, Menin diz que novos recursos serão necessários, mas considera menos provável que isso implique a chegada de um sócio estratégico, especialmente se for de um banco de grande porte.

            nos últimos cinco anos o Intermedium recebeu três aportes de capital dos Menin, que têm 75 por cento do banco, e de outro acionista minoritário. Isso tem permitido à companhia crescer e dar lucro.

            http://www.decisionreport.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=24671&sid=1

            0
    • Felipe 9 de março de 2017 at 10:43

      o governo está amarrado com esses caras. Podemos praticamente chamar essas construtoras de governo também.
      a malícia pode ser uma jogada em cima do IR, alíquota de 35% ou descontou pra quem tem financiamento.
      Eu só tenho certeza que eles vão salvar esses caras de algum jeito

      1+
      • avatar
      • Zé do Brejo 9 de março de 2017 at 10:50

        Claro que estão, sempre estiveram.
        Nos USA industria bélica financia os republicanos e no Bananil a const civil + cartel anfavea.

        1+
        • to bolhado 9 de março de 2017 at 11:18

          e Wallstreet e o Big Pharma financia os democratas. E os sauditas e o George Soros kkk. Onde há governo há grande capital

          2+
          • avatar
          • avatar
  • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:54

    danielbh….
    que bom que você me respondeu.

    Agora com a sua resposta eu posso comentar sobre o que você chamou de neoliberalismo…. na minha visão é apenas um aceno que o PMDB fez … mero pragmatismo.. mas sem grande efeitos práticos. Eles não querem a destruição da Banânia como o PT queria para ficarem eternamente no poder…. mas o PMDB não quer a quebradeira geral para poder continuar mamando por gerações.
    Mas tudo bem. Só o aceno já fez com que o mercado tivesse um pouco de otimismo… tanto é que a Bolsa subiu , dólar caiu e juros caíram ao longo de 2016.

    Se você quer um apartamento….. recomendo que continue poupando… investindo e ficando de olho nas oportunidades. É muito boa a sensação… eu a tive em 2004…. 2005 … até 2012. Sério… eu queria acumular mais e mais tijolos… até eu perceber as bizarrices que estavam acontecendo no mercado e a maneira que 02 compradores dos imóveis que eu tinha conseguiram ter acesso ao crédito para me pagar.

    3+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 9 de março de 2017 at 10:56

      Conversando a gente se entende. Você foi sincero… quer um apartamento… se levar a sério o PMJ terá um em breve.

      1+
      • avatar
    • Lucas 9 de março de 2017 at 11:24

      tbm acho
      é um intervencionismo light
      mamar nas tetas sem matar a vaca como era objetivo explicito do PT, destruir o sistema.

      questão é se o próximo vai continuar na linha light
      qualquer dos 2 eu vejo um retrocesso, rabos presos com setores de base
      o shock liberal nem de longe tá em pauta, só quando bate desespero de pagar as contas, vão lá e rifam alguma estatal, algum servicinho.

      1+
      • avatar
      • to bolhado 9 de março de 2017 at 11:36

        vc falou no último post, sobre essa de diminuir estado, que é a diferença entre discurso e prática. Você claramente falou do caso do flávio bolso lá no RJ, na privatização, que votou contra e ficou explicando. Ok, também achei estranho, embora tudo ali tenha sido estranho; pt votou a favor, psdb votou contra (psdb rj é mais liberal do que o nacional, por ex). Mas ok. Agora me parece estranho avaliar “discurso de diminuir estado” como populismo ou para ganhar voto; essa é uma tese absolutamente impopular no Brasil. No Brasil todo mundo quer mais direitos, mais garantias, mas estado-babá ajudando. Nâo faz o menor sentido adotar esse discurso pra não fazer depois, nem que não seja no nível ideal mas muito maior do que foi feito nos últimos 70 anos.

        1+
        • avatar
        • Lucas 9 de março de 2017 at 11:50

          tá vendo como tá tudo embaralhado???
          psol, psdc e pt votando juntos
          e no paralelo um mundo de intrigas de versões e fatos
          falei daquela situação mas tiveram outras, o Bolsonaro vinha lutando contra as reformas a pec do teto da previ etc, só mudou o voto após negociação com o setor que ele representa, e isto tem que ficar bem claro, seja pro bem seja pro mal. Quer-se construir um mito maior do que é, se por pra lutar neste campo de construções, lula será o seu adversário natural, e nesta polarização eu quero assistir bem de longe, é isto o que está se formando, independente de gostos e escolhas pessoais, vcs sabem bem quais são as minhas, quero neste momento deixar a camisa de lado pra mim é +importante ver os fatos reais do que a torcida pelo time que gosto mais. Qaunto a prvidencia ficou acertado um grupo de trabalho que pretende chegar numa reforma justa para eles, justa mas dentro de uma mesa especial, tipo, o escrivão não terá os mesmos direitos que o cara que fica na ronda de madrugada, acho a idéia interessante, mas é aquilo, porque o professor da periferia tbm não teria direitos especiais, e tantos e tantos outros, por exemplo um juiz em cidade onde tem as maxs com pcc preso??? epa, esse já tem… Enfim, os corredores do poder são um labirinto. Essas coisas precisam ficar claras, pra gente saber se vai dar mais merda ou se tem jeito. Pra mim é vital, como empreendedor quero saber exatamente onde coloco meus esforços.

          3+
          • avatar
          • avatar
          • to bolhado 9 de março de 2017 at 12:04

            O Bolsonaro tem um nível de liberalismo econômico muito menor do que eu gostaria, isso é verdade; em especial pq ele tem fortes ligações com os militares, que em essência são FP, e como deputado sempre os defendeu, mesmo com pautas das quais discordo. Mas é de longe o que propaga idéias mais liberais no campo econômico dos candidatos com alguma representatividade. O PSDB sempre renegou as privatizações, por ex. No plano cultural então, é piada, o PSDB é claramente esquerdista. Quais as propostas do PSDB para segurança pública? Eu não acho que o Bolsonaro faria uma presidência especialmente boa, acho que seria interessante em alguns aspectos eheh. O que quero ver é a campanha em 18 com espaço para ele introduzir no debate questões que até então era amplamente demonizadas, como estado se concentrando em funções essenciais, bandido bom é bandido preso, estado financiando kit gay vai para pqp e por aí vai. E digo mais: a rejeição ao Bolsonaro é tanto maior quanto menos conhecem ele. Quem nunca viu uma entrevista maior com ele tem certeza absoluta de que o cara é um lunático que quer mandar matar todos os gays.

            2+
            • avatar
            • avatar
            • Lucas 9 de março de 2017 at 13:02

              em primeiro lugar parabéns pela sua postura adulta
              devemos criticar cada um sem censuras, sem idealizações, isso é fundamental.

              devo concordar com tudo que vc disse a menos de alguns detalhes, Bolsonaro é um pouco mais que some a classe militar, e isso não é ruim
              na década de 80 quando os generais viram que deu ruim, puseram seus filhos pra estudar, FHC é um filho de general que foi pras humanas (mas isso foi até antes de dar ruim), a maioria deles foi pras humanas, principalmente pro direito, o direito na UnB é o único curso que vale a viagem, mas pelo país todo, diria que um bom percentual do judiciário e da civil são pessoas que tiveram ali uma ligação familiar, o filho do Bolsonaro é ex-PF, isso não é ruim. Mas temos que retroceder ainda mais, conhecer como ocorre a carreira militar, desde sempre é uma carreira muito elitizada, vc conseguindo ser aprovado numa academia, e conseguindo passar, vc sai dali no mínimo tenente (posso errar em algum detalhe), que pelo plano de carreira, não fazendo nenhuma grande besteira, sobe para no mínimo coronel e se aposenta 2 acima (com salario de general), ou seja percorrer todo este caminho vc precisa de orientação que não se consegue fácil, que não é publica, desde sempre a carreira militar é um braço da elite brasileira, donos de terras (FHC tem fazendas herdadas imensas), sócios de grandes empresas, posições chave em estatais estratégicas de minério (petróleo incluso) e engenharia (Embraer pore x. nasceu deles, 1 dia conto do projeto secreto AMX).

              Aqui embaixo andei falando da missão Cruls, que pouco tem na wikipedia, conheço bem Brasília, então vai acompanhando.

              Então vc precisa ter em mente que a carreira militar é muito mais do que aparenta ser, nisso daí eles tem lá suas tradições e crenças que levam décadas para serem alteradas, se vc quiser acompanhar os debates nos clubes militares, os artigos eles são abertos ao publico, tem coisa interessantisssima ali, tipo a nova rota polar da seda pelos portos da islandia, os generais gostam de dar uma viajada, me dou super bem com esse ambiente.

              E temos o Bolsonaro

              E temos o Temer

              pra não ficar nesse mimimi culturalista que é fumaça pra encobrir o que realmente importa a gente tem que ser pragmático, e analisar como será uma gestão 2019 com ele, quem será o seu ministro da fazenda???
              antes de tacar merda no mundialmente respeitado Henrique meireles, porfavor vamos debater num nível melhor

              O que vc espera do próximo presidente +Estado ou -Estado ????

              0
              • to bolhado 9 de março de 2017 at 13:43

                é bem verdade. Acho (mas só acho) que o Bolsonaro colocaria algum liberal na Fazenda e falaria “toca aí”, pelo que tenho visto das entrevistas dele e do Eduardo. Mas isso na campanha teria que ficar mais claro.

                0
        • Cesar_DF 9 de março de 2017 at 12:45

          to bolhado
          Nos últimos 20 anos ocorreu uma mudança no perfil das pessoas
          Na década de 90 a economia informal representava 70% do PIB e hoje representa 40%
          Antes queriam mais governo e consequentemente mais impostos
          Hoje as pessoas querem menos impostos e menos governo

          1+
          • avatar
          • to bolhado 9 de março de 2017 at 13:45

            Cesar, acho que você talvez esteja com um certo viés do seu grupo. Hoje há mais “liberais declarados” do que havia há 10 anos, com certeza. Mas a opinião pública em massa ainda é “estatizante”. Todo mundo quer seus direitos. Vamos ver quando aprofundar a discussão de reformar previdenciária; a trabalhista, então, sai de baixo.

            1+
            • avatar
      • bolhista fulano de tal 9 de março de 2017 at 12:13

        Creio que o Brasil já demonstrou que não vai seguir um projeto de socialização hard (estilo venezuela). No momento que tinha tudo para acontecer, o jogo virou. Acho que existem forças ocultas para nos manter na mediocridade, ou seja, nem venezuela, nem austrália.

        2+
        • avatar
        • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 9 de março de 2017 at 11:01

    Startup mineira
    Up Estate quer ser a ‘uber do mercado imobiliário’ de BH

    http://www.otempo.com.br/capa/economia/up-estate-quer-ser-a-uber-do-mercado-imobili%C3%A1rio-de-bh-1.1445206

    Daqui a pouco surgirão outras com o mesmo objetivo.

    1+
    • avatar
    • Zé do Brejo 9 de março de 2017 at 11:08

      Pô se o Cafú está na parada, deve ser bom mesmo… kkkkkk

      0
  • Baby Boy 9 de março de 2017 at 11:09

    CRV.
    Conheço um bananense que trabalha como comprador na empresa de carne famosa envolvido na gestão PT.
    Os que canetam os pedidos de compras, ganham dos fornecedores: televisões, geladeiras, microondas, viagens compassagens aéreas de primeira classe e hoteis em suítes, bonificações, almoços em restaurantes, cestas de cafés, mimos. parece uma celebridade.
    Os mais “profissionais” não aceitam mimos, eles abriram uma empresa de representação em nome de um familiar e cobram comissões de compras para passar a caneta.

    PMJ

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Felipe 9 de março de 2017 at 11:14

      meeeeeeeerrrda, o Mamute virou meeeeeeeeeerda…..

      1+
      • avatar
      • Cesar_DF 9 de março de 2017 at 12:48

        kkkkk esta é antiga

        1+
        • avatar
    • RC 9 de março de 2017 at 11:15

      É isso aí. Esses funcionários públicos são todos uns corruptos. Ops. Empresa de carne famosa. Péra….

      1+
      • to bolhado 9 de março de 2017 at 11:23

        eu não gosto desse argumento. O cara na empresa privada quer ser corrupto? Problema dele e do patrão, se quiser denuncia, entra com ação judicial para cima do cara. O problema do FP corrupto é que ele tá roubando o meu dinheiro. Eu não acho que FP é especialmente corrupto, acho que o brasileiro tem muito problema com ética e moral no geral. A questão do FP é mais de oportunidade, por isso também que tem que diminuir o tamanho do estado, quanto menos oportunidade der para meter a mão no dinheiro dos outros melhor.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Felipe 9 de março de 2017 at 11:37

          to bolhado, eu pensava que ser servidor e ser corrupto é pior do que ser funcionário de empresa e ser corrupto, até pq o FP tem a fé pública. Nesse ponto se torna verdade, pois o que o FP diz é verdade até que se prove o contrário e, com esse poder, ele pode legalizar documentos e fazer muita merda.
          No entanto, qualquer corrupção influi no mercado. Se o cara cobra 15% de bola, quem vende repassa esses 15% e assim por diante, tornando o produto mais caro pra todos, no fim das contas, tendo o mesmo efeito da corrupção em entes públicos. Mas pode crer que isso só acontece em empresa aonde o dinheiro jorra e só jorra por ser empresa de amigo do rei.

          3+
          • avatar
          • avatar
          • to bolhado 9 de março de 2017 at 11:41

            num mundo sem competição, seu argumento faz sentido. Num mundo mais competitivo, essa corrupção f* única e exclusivamente o dono da empresa que emprega o corrupto. Analise. O comprador compra do que pagou bola em vez do melhor produto / menor preço. O produto final da empresa do comprador vai sair mais caro, vai ser menos competitivo. Talvez um dia o dono da emrpesa descubra e mande o cara embora, mas enquanto isso você consumidor compra de outra empresa que vende mais barato – isso te afetou zero. A corrupção na empresa privada é um problema infinitamente menor para a sociedade como um todo.

            3+
            • avatar
            • avatar
            • Baby Boy 9 de março de 2017 at 11:45

              Seu argumento seria valido se a empresa fosse privada com capital do próprio dono.
              Nesse caso a maioria do capital vem do BNDES (publico).

              3+
              • avatar
              • avatar
              • Felipe 9 de março de 2017 at 11:47

                é isso aí mesmo, até pq se fosse sério o dono do lugar ia quebrar rapidinho

                1+
                • avatar
              • to bolhado 9 de março de 2017 at 11:51

                vocês só reforçam o meu argumento de quanto menos estado menor, e que quanto mais estado envolvido mais grave a corrupção…

                3+
                • avatar
                • avatar
            • Felipe 9 de março de 2017 at 11:46

              como dizem por ai, reconheci o mérito mas não concordo,
              não usei esse filtro “mundo ideal”, até porque não existe – estou falando da situação em especial e do Brasil.

              1+
              • avatar
              • to bolhado 9 de março de 2017 at 11:52

                meu ponto é o seguinte. Corrupção é sempre ruim. No ponto de vista moral individual, qualquer uma é condenável. No plano da sociedade como um todo, quanto mais dinheiro público estiver envolvido, pior. Se é de FP / órgão público, pior dos mundos. Se é de alguma empresa privada com algum dinheiro público / alguma vantagem fiscal bla bla, segundo nível. Numa empresa totalmente privada, cag*, problema dos caras…

                2+
                • avatar
                • Baby Boy 9 de março de 2017 at 12:12

                  Que comentário mais Fernandistico esse!
                  Fernando é voce???

                  PMJ?

                  1+
                  • to bolhado 9 de março de 2017 at 12:22

                    oi?

                    0
                    • Baby Boy 9 de março de 2017 at 12:45

                      Seguindo sua lógica em tentar medir em níveis de corrupção.

                      Se ao chegar na sua casa, pega um cara comendo sua esposa e vc enche ele de porrada.
                      no seu raciocinio, voce esta errado porque:
                      – ele só enfiou SÓ pau na xereca da sua esposa, e ela esta lubrificada, nem doeu.
                      – e voce agrediu o amante com socos e pontapés que foi para o hospital.

                      Os dois são condenáveis, mas voce é o errado da história pois o dano físico é maior, e o problema disso é entre a esposa e o amante que se resolvam

                      0
                    • to bolhado 9 de março de 2017 at 13:41

                      nossa…bom, acho que não faz menor sentido responder a sua lógica.

                      1+
                      • avatar
            • thiaggoo 9 de março de 2017 at 14:07

              Se um funcionário da empresa privada é corrupto, CLT nele, justa causa e etc.
              Se um FP é corrupto, recebe aposentadoria compulsória.

              1+
              • avatar
              • Felipe 9 de março de 2017 at 14:12

                vc foi simplista e genérico

                3+
              • RC 9 de março de 2017 at 14:45

                “Se um FP é corrupto, recebe aposentadoria compulsória.”

                Isso acontece com juízes, carreira típica de estado, que muita gente diz que são as únicas carreiras que deveriam existir na esfera pública.

                Generalismo e desconhecimento, a gente vê por ai. Plim Plim!

                2+
  • Lucas 9 de março de 2017 at 11:40

    Rene Fraçoá

    Achei que era o sonho do Dom Bosco kkk

    Dom bosco se lembro bem foi um padre italiano visionario que nunca esteve aqui, um veio loucoi decerto
    antes da expedição Cruls, o próprio d.pedro II mostrou o interesse de internalizar a capital, até por motivos estratégico-militares entre outros, na mesma época vivia-se uma corrida do ouro e da prata, por muitos anos o BR foi e ainda é dos principais produtores de ouro. Creio que a idéia veio com a vinda do Rei pro RJ, teria que pesquisar isso. Acho que na constituição de 1888 está explicito este objetivo, não lembro as datas. Uma peculiaridade, a idéia inicial era ali por volta de Paracatu em MG, daí descobriram aquele local que é o divisor de 3 das maiores bacias do mundo. Tocantins/amazonas SFran e Prata, ainda que esta vantagem na verdade seja uma desvantagem, para a mitologia tradicional trata-se de um local naturalmente de “poder” e a ermida está quase no local exato, o local perfeito seria ali onde tem a casa dos padres. Abrx.

    2+
    • avatar
    • avatar
  • EngenheiroDF 9 de março de 2017 at 11:56

    Alguem aqui recomendou o site bancodata.com.br e eu tava vendo os números da CEF. ìndice de Basiléia estava em 13,4 em 09/2016. Quando esse valor se torna perigoso? E existe alguma fonte pra ter este número mais atualizado?

    Obrigado!

    1+
    • Lucas 9 de março de 2017 at 12:00

      o recomendado seria 10, mas já há quem critique é muito pouco
      o problema da caixão não é no numero que ela mostra, é no numero que ela não mostra

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Dr. Estranho 9 de março de 2017 at 11:58

    Falando do post. Não recolher os tributos inerentes à entidade de classe, salvo engano e em alguns casos, tornam nulos os atos jurídicos executados pelo devedor no exercício de sua profissão. Apesar de personalidade jurídica de direito privado, essas entidades tem prorrogativas de direito público, caso em que a doutrina classifica de “sui generis”. Resumindo: não recolhe, não pode trabalhar. Além de todas as certidões negativas do imóvel e do proprietário, incluindo aí as de execuções trabalhistas de empregados domésticos(essa é igualmente importante como todas, haja vista o juízo de execução considerar fraude o contrato de compra e venda que vise fraudar o pagamento) teremos que exigir a do corretor e da imobiliária que ele esteja vinculado? Bolhistas: peçam e a meu ver é ótima trolagem.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 9 de março de 2017 at 12:23

      interessante, nunca tinha visto por esse lado
      anotado, na listinha de documentos a solicitar

      2+
      • avatar
      • avatar
    • Felipe 9 de março de 2017 at 13:39

      dr. estranho, já estudei um pouco do assunto, só que não sou advogado então não sei os termos certos….
      em vários casos já julgados, ficou entendido pelo STF que não existe autarquia “sui generis”, sendo este um termo utilizado pelas próprias entidades em benefício próprio e em alguns julgamentos em instâncias mais baixos, até porque o sonho de todas é ser como a OAB, que é a única que realmente não se encaixa em nada e que não presta contas pra ninguém. Nem licitação faz. Quanto a invalidação do trabalho realizado sendo o cara inadimplente com as obrigações dele (anuidade, taxas e etc), acho difícil pois, em última instância, a própria constituição garante que toda pessoa tem direito de trabalhar. Já vi vários usando desse artificio, inclusive, pra não pagar essas obrigações.

      2+
      • avatar
  • Lucas 9 de março de 2017 at 12:04

    Margarida

    Eu acho que você matou a questão aqui. Em alguns países, foi soft ao longo de vários anos. Em outros, foi hard, caindo muito num período curto. Aqui pelo jeito vai cair muito e por muito tempo. É um tipo inédito de hard landing?

    3+

    penso nisso,
    vamos inaugurar um tipo de desastre somente visto em situações de terremoto, tsunami, vulcão ou guerra
    mas aí é que tá, é um desastre que está acontecendo mas não está sendo divulgado
    população nesse país vale menos que merda
    sempre a eterna esperança de lá na frente dar um jeito
    depois que tudo isto passar veremos 2 brasis
    – o que passa o dia a tomar cerveja
    – o que catá lata no lixo pra viver

    4+
    • avatar
    • Cesar_DF 9 de março de 2017 at 12:52

      Espanha, Irlanda e Estados Unidos cairam, em média, 40% em 6 anos.
      Portugal e Suécia cairam 30% em 6 anos.
      Grécia já está caindo faz 8 anos e se encontra em 50%
      Japão caiu 50% em 25 anos.
      Se eu fosse dar um chute, São Paulo e Hell de Janeiro cairão 60 a 80% de 2014 a 2024

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 9 de março de 2017 at 12:12

    gendarmeria nacional

    Forçar comparação entre FHC e Bolsonaro ao Lula só pra atacar o segundo é muita má fé mesmo….acha mesmo que após todas as denúncias e o encurralamento feito a ele, o 9 dedos realmente colocaria o Meirelles na economia??? Acha mesmo que Lula não se vingaria dos brasileiros?

    Aliás, Meirelles não é essa Coca Co–la toda não, tanto que o Temer está sendo chamado de Dilmo 2 e o economista “sério” tá lá chancelando os keynesianismos todos a canetada. Já falou até em aumentar impostos mesmo sem fazer os ajustes.

    aqui é a prova do que venho falando
    colocou-se no mundo virtual a censura branca, existem coisas que vc pode e que vc não pode fazer.
    a virgem de fardas é intocável, fale dela, seja oque for, e eles te explodem, e caso não seja suficiente explodem o blog.
    eu já vivi pessoalmente estes tempos na década de 80, sei exatamente o tipo de merda que pode dar quando a critica é silenciada
    olha, o comentário aí dessa pessoa, eu estava só fazendo contagem regressiva, ele veio na boa, concordando e fazendo amizades, agora já mostrou a que veio
    eles não vão parar enquanto não ocuparem o menor espaço, eu vi e participei disto, é o caso exato da solução ser tão ruim ou até pior que o problema
    vcs sabem porque um filhodaputa do naipe do lula conseguiu subir, primeiro pq ele mesmo é cria do Geisel e seus financiadores internacionais, segundo pq tem que ser muito casca grossa pra nadar nesse lago, e o lula é um deles, somente um psicopata poderia vingar ali dentro, de início foi usado, agora continua sendo usado só que de outra maneira.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 9 de março de 2017 at 12:21

    CA

    thiago fm,

    Parece a defesa do Lula, parabéns!!! Não importam as evidências, os fatos e dados. Não importa se você foi DESMASCARADO, inclusive com uso de suas próprias fontes e critérios, durante sua campanha de DIFAMAÇÃO. Não interessa se você foi DESMASCARADO diversas outras vezes com FATOS e DADOS. Só interessa que você não gostou de ser questionado pelos seus atos, você esperava a democracia do livre direito de mentir e enganar, a tal ponto que insiste em dizer que está trazendo dados que contradizem o que dizemos, quando na realidade, só contradiz a você mesmo…

    Gostei da comparação
    Democracia pra roubar pra mentir que democracia é essa???
    até parece que a versão Thiago não goza de espaço em todos os jornalões e canais de TV do país
    a vítima se houvesse seríamos nozes, mas não me ponho no papel de vítima não
    como a margarida bem anotou
    somos vítimas de nossas próprias escolhas, aí sim!

    1+
    • Cesar_DF 9 de março de 2017 at 13:09

      No geral, eu gosto dos dados do thiago fm, para saber como pensa o “conservador-otimista”
      Mas já apontei diversas incoerências entre os próprios dados que ele apresenta, indicando que existe muito “lixo” nestes dados. No fipezap de Belo Horizonte informa que houve uma valorização nominal de 7.72% de fev 2016 a fev 2017, enquanto o IGP-M: foi de 5.29%.
      Além disso, acho que a vacância já explodiu, mas hoje não temos um órgão que levante isso.
      No caso da minha primeira postagem, bairro de Cidade Jardim, um bairro minúsculo, com apenas 22 quadras, no fipezap indica que existem 650 imóveis à venda somente neste bairro
      Gente, são 30 imóveis à venda em cada quadra !

      https://www.google.com.br/maps/place/Cidade+Jardim,+Belo+Horizonte+-+MG/@-19.9386161,-43.9528013,16.5z/data=!4m5!3m4!1s0xa6977bb074790b:0xbd653d4af7283c3c!8m2!3d-19.9386266!4d-43.9506101?hl=pt-BR

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 9 de março de 2017 at 13:21

        eu só tenho uma curiosidade
        pq a Emgea ou a CAixa não vende seus enroscos diretamente pelo fingizap, anuncia lá, faz uma parceria, um convenio formal, um pacote de anúncios, 40 mil imóveis pelo preço de só 10 mil
        todos ficariam felizes
        E a caixa se tornaria o banco mais rentável do planeta ao invés deste estorvo que ninguém sabe quanto dá de prejuízo, sendo diariamente ameçada de CPI.

        3+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 9 de março de 2017 at 13:01

    Divirtam-se: kkkk
    -Preço dos imóveis cai pelo segundo mês seguido em Florianópolis

    http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/noticia/2017/03/preco-dos-imoveis-cai-pelo-segundo-mes-seguido-em-florianopolis-9743702.html

    -Município do Piauí não tem registro de nenhum dos imóveis dos moradores

    http://www.portalodia.com/noticias/piaui/municipio-do-piaui-nao-tem-registro-de-nenhum-dos-imoveis-dos-moradores-294902.html (olha a demanda ae)

    – Airbnb mira no mercado de aluguel de imóveis a longo prazo
    https://olhardigital.uol.com.br/noticia/airbnb-mira-no-mercado-de-aluguel-de-imoveis-a-longo-prazo/66678

    Caixa Econômica vai retomar 42 imóveis irregulares de programa habitacional
    Caiobá… 42 irregulares, 33 abandonados!!!!

    2+
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 9 de março de 2017 at 13:03

    em primeiro lugar parabéns pela sua postura adulta
    devemos criticar cada um sem censuras, sem idealizações, isso é fundamental.

    devo concordar com tudo que vc disse a menos de alguns detalhes, Bolsonaro é um pouco mais que some a classe militar, e isso não é ruim
    na década de 80 quando os generais viram que deu ruim, puseram seus filhos pra estudar, FHC é um filho de general que foi pras humanas (mas isso foi até antes de dar ruim), a maioria deles foi pras humanas, principalmente pro direito, o direito na UnB é o único curso que vale a viagem, mas pelo país todo, diria que um bom percentual do judiciário e da civil são pessoas que tiveram ali uma ligação familiar, o filho do Bolsonaro é ex-PF, isso não é ruim. Mas temos que retroceder ainda mais, conhecer como ocorre a carreira militar, desde sempre é uma carreira muito elitizada, vc conseguindo ser aprovado numa academia, e conseguindo passar, vc sai dali no mínimo tenente (posso errar em algum detalhe), que pelo plano de carreira, não fazendo nenhuma grande besteira, sobe para no mínimo coronel e se aposenta 2 acima (com salario de general), ou seja percorrer todo este caminho vc precisa de orientação que não se consegue fácil, que não é publica, desde sempre a carreira militar é um braço da elite brasileira, donos de terras (FHC tem fazendas herdadas imensas), sócios de grandes empresas, posições chave em estatais estratégicas de minério (petróleo incluso) e engenharia (Embraer pore x. nasceu deles, 1 dia conto do projeto secreto AMX).

    Aqui embaixo andei falando da missão Cruls, que pouco tem na wikipedia, conheço bem Brasília, então vai acompanhando.

    Então vc precisa ter em mente que a carreira militar é muito mais do que aparenta ser, nisso daí eles tem lá suas tradições e crenças que levam décadas para serem alteradas, se vc quiser acompanhar os debates nos clubes militares, os artigos eles são abertos ao publico, tem coisa interessantisssima ali, tipo a nova rota polar da seda pelos portos da islandia, os generais gostam de dar uma viajada, me dou super bem com esse ambiente.

    E temos o Bolsonaro

    E temos o Temer

    pra não ficar nesse mimimi culturalista que é fumaça pra encobrir o que realmente importa a gente tem que ser pragmático, e analisar como será uma gestão 2019 com ele, quem será o seu ministro da fazenda???
    antes de tacar merda no mundialmente respeitado Henrique meireles, porfavor vamos debater num nível melhor

    O que vc espera do próximo presidente +Estado ou -Estado ????

    0
    • Lucas 9 de março de 2017 at 13:07

      To bolhado

      0
      • Zé do Brejo 9 de março de 2017 at 13:30

        Menos estado, mais eficiencia.

        1+
        • avatar
        • Felipe 9 de março de 2017 at 13:45

          mais estado, mais juros 😀

          2+
          • avatar
          • Lucas 9 de março de 2017 at 13:50

            é essa a questão
            volto a empreender e desapareço do blog
            ou fico aqui diariamente de olho nas diabrites pra salvar o meu PMJ de cada dia

            1+
            • Felipe 9 de março de 2017 at 14:09

              faça os dois e fique rico igual ao padeiro

              1+
              • avatar
        • Leonardo M. 9 de março de 2017 at 13:48

          Nunca o Brasil terá menos estados. A CF 88 não permite, o máximo que dá pra fazer é uma reforma aqui é outra ali.

          4+
          • avatar
      • to bolhado 9 de março de 2017 at 13:48

        eu só discordo de vc em um ponto que é central: o cultural é mais importante do que o econômico. O cultural precede o econômico em 30 anos; quer saber como um país vai estar em 30 anos, observe hoje quais idéias predominam no campo cultural. O Brasil nunca (na nossa geração) vai ser um país liberal (economicamente falando) porque tem uma tradição cultural forte de patrimonialismo, de proteção estatal, de estado babá, de coitadismo. Você pode ter um período rápido de medidas práticas liberalizantes, mas um pouco de sucesso econômico vai ser rapidamente engolfado por uma ascensão de idéias “esse crescimento está desigual”, “temos que ajudar quem não está se beneficiando” etc etc. Então, não, e tenho discutido isso muito com alguns amigos também duma direita liberal, o econômico é importante mas a guerra de longo prazo é sempre cultural.

        3+
        • avatar
        • Lucas 9 de março de 2017 at 13:53

          ok
          posso conviver com essa divergência
          só peço que aceite tbm
          fica um pouco estranho, quando vc usar argumentos “culturais” eu não os reconhecerei como argumento válido
          e talvez vc ache os meus argumentos rasos demais
          mas acho que dá pra ir adiante

          0
          • to bolhado 9 de março de 2017 at 13:55

            sim, é uma divergência amplamente construtiva!

            0
        • Leonardo M. 9 de março de 2017 at 13:54

          Fora que o brasileiro sempre elege um inimigo inexistente pra seus fracassos.
          Entre 1970/2000 o medo era dos EUA invadir o Brasil, queriam acabar com o Brasil porque éramos grandes é aquele bla bla idiota.

          Entre 2000/2017 o inimigo é os homens, família,machismo, que a sociedade patriarcal(centrada no homem é pai de família) é o perigo.
          Aham vai nessa, roda sociedade feminista que tentou destruir a família foi evaporada do centro dá terra.

          2+
          • to bolhado 9 de março de 2017 at 13:58

            eu acho que isso é diretamente direcionado ao domínio esquerdista do panorama cultural-social brasileiro nos últimos 60 anos. O esquerdismo depende de um inimigo contra o qual se revoltar. A ditadura forneceu o melhor elemento para isso, pois era um inimigo real, palpável. Depois que os baluartes deles chegaram ao poder essa narrativa ficou pobre, foi preciso eleger outros “opressores” para continuamente manter o sentimento de revolta.

            1+
  • rafa_fv 9 de março de 2017 at 13:58

    CVR
    Agora é ladeira abaixo, kkk.
    Cheguei em casa hoje na hora do almoço e fui ver se tinha alguma correspondência, para minha surpresa além da conta da SABESP tinha um flyer que nunca tinha visto.
    Assunto: Leilão de imóveis do Itaú.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • rafa_fv 9 de março de 2017 at 14:04

      Como não está saindo, estão distribuindo panfletos como os corvos, e deve ser direcionado por região, pois o imóvel anunciado era próximo ao que alugo.

      2+
      • avatar
  • Lucas 9 de março de 2017 at 14:03

    to bolhado 9 de março de 2017 at 13:43
    é bem verdade. Acho (mas só acho) que o Bolsonaro colocaria algum liberal na Fazenda e falaria “toca aí”, pelo que tenho visto das entrevistas dele e do Eduardo. Mas isso na campanha teria que ficar mais claro.
    ______________________________________________________

    não é estranho que ninguém até agora fez essa pergunta tão simples????
    quem é o Fazenda do Bolsonaro???

    sabe o que eu acho, muito sinceramente

    Que ninguém de respeito toparia ver o nome dele ali, ato continuo, diriam que são todos vendidos da corrupção.
    o argumento do vitimismo e do inimigo-maior, de origem na dialética materialista marxista é usado por ambos os extremos, sem querer entrar no mérito de tais argumentos e é até aqui que eu chego nesse assunto.
    pensa nisso!

    0
    • Lucas 9 de março de 2017 at 14:04

      e a pergunta fatal que dá mitov pro blog e pra toda essa discussão

      Bolsonaro é Bolhista???

      1+
      • avatar
    • to bolhado 9 de março de 2017 at 14:12

      Lucas, é uma preocupação legítima. Mas tem que ver que por lei é até proibido fazer campanha, vai indicar ministro? quem indica ministro 2 anos antes da eleição? Aliás, o Temer suou a tanga para pegar ministro, uns 4 nomes negaram antes do Meirelles. Não seria fácil para ninguém pegar alguém competente, agora ou em 18…

      1+
      • avatar
      • Leonardo M. 9 de março de 2017 at 14:18

        Mirele disse que vai aumentar o imposto…Mais recessão avista!!!
        É como dar regime pra uma pessoa que não faz uma refeição decente tem 4 dias…

        E a vai?

        4+
        • avatar
        • avatar
        • Zé do Brejo 9 de março de 2017 at 14:22

          Esse governo tá mais perdido que cego em tiroteio, tiraram a ANTA e nada mudou.
          Sempre a mesma ladainha de SINAIS de melhora, coisa pratica, tangível, efetiva, absolutamente NADA.
          Não houve quebra de paradigma, o modelo destrutivo continua operando.

          2+
          • to bolhado 9 de março de 2017 at 14:25

            o PMDB foi sócio do governo do PT por 8 anos…quando viu que a vaca já estava nadando borboleta no brejo quiseram se apartar. É claro que o impeachment foi importante e prefiro isso ao que o PT fez, mas não dava para esperar nada de muito diferente. Tive uma ilusão por uns 4 meses, mas aí foi ficando claro que nada de significativo mudaria…

            4+
            • avatar
            • avatar
            • Leonardo M. 9 de março de 2017 at 14:32

              Pois é 1/4 do ano já se foi e nenhuma reforma, nenhum imposto cortado, nenhuma mudança radical.
              Só a anta saiu e mais nada!

              2+
              • avatar
              • Juros Lover BSB-BH 9 de março de 2017 at 16:14

                No G1…

                PSB deve fechar questão contra reforma da Previdência
                Aliado do presidente Michel Temer, o PSB deve fechar questão contra a proposta de reforma da Previdência Social proposta pelo governo.

                Em várias reuniões ao longo desta semana, a cúpula do partido rejeitou os principais pontos da reforma. Há quem defenda, inclusive, que o partido entregue os cargos no governo.

                Atualmente, o PSB comanda o Ministério de Minas e Energia.

                Um levantamento informal feito na bancada mostra que 30 dos 35 deputados do PSB não apoiam as mudanças na Previdência.

                0
  • Leonardo M. 9 de março de 2017 at 14:24

    CVR banquetas bolhudas

    Estou precisando de 2 banquetas pra colocar na minha cozinha e achei um rapaz vendendo R$125 por cada banqueta. Mandei ZAP oferecendo R$100,00 cada .
    Pesquisei na internet no ML e achei 4 banquetas iguais a dele por R$198,00 + frete.

    O cara deveria ter aceitado meus R$100,00 que as outras duas seriam lucro…

    3+