Calotes levam bancos a acumular R$ 10 bilhões em bens retomados – Valor

Você pode gostar...

Comments
  • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 13:17

    Faz parte do risco na concessão de crédito.
    P.S. Ninguém avisou que isso iria acontecer?
    Nenhum blog mequetrefe?

    61+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 13:22

      Isso que esses valores são subjetivos.
      É o valor avaliado e dado como garantia na escritura?
      É o valor de leilão? De primeira ou segunda praça?
      E assim vai. Na Banânia tudo é obscuro, complicado e burocrático. Até para leiloar um muquifo na CEF é um parto… isso se não foi para a EMGEA.

      27+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • anti_corvo 6 de março de 2017 at 13:23

        Deve ser o valor da dívida com o banco.

        7+
      • Lucas 6 de março de 2017 at 15:54

        alguém aí poderia dizer?
        é sistêmico
        vai atingir o financeiro
        vai voar merda até em plutão
        o governo vai quebrar tentando socorrer

        mas como o governo é dona da impressora, quem quebra é quem paga pra ele existir

        é um sistema machiavélico

        20+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Rico 7 de março de 2017 at 12:14

          Pergunta de Enem Lucas.

          Visto que temos eleição em 2018 qual o prazo para atingir plutão?

          1+
  • Cadeludo 6 de março de 2017 at 13:18

    ” pagar por um homicídio no Brasil é mais rápido que pagar um financiamento imobiliário”

    62+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ribs 6 de março de 2017 at 13:46

      O goleiro Bruno que o diga rs

      21+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Diego F. 6 de março de 2017 at 15:50

        That_was_the_joke.jpg

        2+
  • fanfarraum 6 de março de 2017 at 13:22

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • markito 6 de março de 2017 at 23:51

      números do BB só não são maiores pq o departamento que cuida de retomada é péssimo. O mais lerdo e burocrático de todos.

      2+
  • Dr. Estranho 6 de março de 2017 at 13:22

    Isso porque não mensuraram os calotes nos “caderninhos”.

    5+
    • avatar
  • Cesar_DF 6 de março de 2017 at 13:24

    Esta é para o Fernando e outros que acham que o imóvel, ao menos, acompanha a inflação.
    Esta conta é de alguns meses atras

    Um caso concreto de custo de oportunidade no bairro Noroeste – DF
    O “investidor” que comprou um apartamento de 142 m2 em 2010, pagando 2KK (14k/m2)
    Hoje, de acordo com o FIPEZAP o valor nominal seria R$ 2.046.200
    Se o valor fosse corrigido pelo IGP-M valeria hoje R$ 3.049,000
    Se tivesse aplicado estes 2KK a 93% do CDI teria ganhado R$ 1.697.436, mas ao invés disso ele perdeu R$ 1.002.800 devido a desvalorização deste imóvel.
    Considerando o custo de oportunidade e a desvalorização, este “investimento” teve um prejuízo de R$ 2.700.236

    36+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 13:30

      Claro que não acompanha o IPCA. Porque na euforia ele descolou bastante do IPCA… ficando bem acima.
      Mas é muito complicado milhares de pessoas que tem adoração por tijolos (90% da população) admitirem que foi uma euforia e que uma correção nos preços negociados seria muito saudável e traria dinamismo para o setor. Daí fica essa lenga… lenga… esses argumentos pífios, etc. Tijolo é um ativo como qualquer outro. O preço oscila. Não existe de valorização eterna.

      34+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • to bolhado 6 de março de 2017 at 14:01

      puxando do tópico passado:

      Colocando de outra forma:
      quanto 1 imóvel específico, que você comprou no ano X, valerá no ano x+5? É razoável supor que essa conta siga uma equação, na qual valor em x+5 = valor em x + INFLAÇÃO +/- VALORIZAÇÃO / DESVALORIZAÇÃO (por razões específicas do bairro / prédio ou do mercado como um todo) – DEPRECIAÇÃO. O que o Fernando e quem concorda está falando, e portanto errando, na minha opinião, é pegar um item específico da conta e dizer que ele é preponderante / o mais importante, quando não é. É o exemplo que o César dá: quando imóvel valoriza 30% aa, eles nunca falavam que “só valoriza inflação”, era muito mais, porque o fator “valorização/desvalorização” por óbvio foi preponderante. Agora que esse fator tá empurrando para baixo, “ah não, pelo menos inflação valoriza”. Não!! Inflação faz parte da conta para qualquer ativo real, ok, ninguém nega isso. Mas é apenas um fator, e a realidade tá mostrando que nos últimos 12 anos, ao menos (a primeira parte da curva para cima, a segunda para baixo) os outros fatores foram mais importantes! É por isso que não faz sentido, nesse momento, quando você compara aluguel x aplicação para uma perspectiva de médio prazo (3 a 5 anos), querer jogar a inflação na conta do rendimento da aplicação.

      31+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:04

        Resumiu muito bem !!!
        clap, clap, clap !

        5+
        • avatar
        • avatar
      • MauricioSP 6 de março de 2017 at 14:44

        Falou tudo! Obviamente se olhar em um período de 10 ou 20 anos fica mais evidente que o ativo acompanha a inflação, mas devido à recente valorização dos imóveis (bolha) o fator valorização/desvalorização pesou mais.

        2+
        • avatar
        • Lucas 6 de março de 2017 at 15:01

          em períodos de décadas e tomando áreas grandes: a inflação e preços de insumos básicos tendem a convergir, desde que estes insumos permaneçam fundamentais a necessidade do seu consumo: é o caso do trigo, em menor escala do ouro.
          ISTO NADA TEM A VER COM A POSSE DE TITULOS IMOBILIÁRIOS.

          5+
          • avatar
          • avatar
    • Libertario 6 de março de 2017 at 14:17

      Mesmo que considere no calculo algum rendimento de aluguel na conta do imovel que foi adquirido.
      A diferença é gritante.
      Isso sem falar na liquidez.
      Quanto vale a “liquidez” desse montante?

      Eu não penso mais em comprar imovel, justamente por isso.
      Mesmo que o preço despenque mais de 50%.
      Não quero em hipótese alguma perder minha LIQUIDEZ neste país.

      33+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:20

        (2)

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • MARK 6 de março de 2017 at 21:09

          (3)…

          3+
          • avatar
          • avatar
      • to bolhado 6 de março de 2017 at 14:20

        tem um outro fator que vejo muita gente desconsiderar, que é o % de concentração num tipo de ativo. Ora, todo mundo sabe e repete que é importante diversificar bla bla bla. Aí vamos supor que você tenha 2 milhões de patrimônio, e de repente resolva comprar seu imóvel (para morar) por 800 mil. Você vai concentrar 40% do seu patrimônio num tipo de ativo, que é um % alto, mas consideradas as circunstâncias, até razoável. Mas em geral não é o que acontece. O camarada tem 300 mil para dar de entrada num imóvel de 1 milhão e financiar o resto. O camarada tá comprometendo mais de 300% do patrimônio dele num ativo! Em termos de gestão de patrimônio é uma loucura!

        47+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:24

          Você está inspirado hoje, hein!?
          Penso exatamente o mesmo. O Bananense endivida-se até o talo. Até o limite do limite. Não é a toa que em dezembro nós assistimos propaganda para a galera pegar empréstimo para pagar IPTU, IPVA e material escolar pros kids. PQP!!! Empréstimo para pagar imposto. Só na BNN mesmo.
          As pessoas estão muito alavancadas… e o pior é que isso vicia. A pessoa já incorpora o crédito como renda.

          38+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:26

            Eu por exemplo tenho como regra pessoal… somente comprar automóvel se eu tiver 20x o valor em ativos líquidos.
            Imóvel seria de 4 a 5 vezes o valor do custo total. Imóvel, ITBI, escritura e registro, etc. Ou seja…. sou um E.T. para os padrões bananenses.
            EU prezo pelo bom sono e paz de espírito. 😉

            41+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
          • to bolhado 6 de março de 2017 at 15:05

            é bem isso mesmo….

            3+
            • avatar
          • Thiaguinho 6 de março de 2017 at 15:27

            Um amigo meu conta o limite da conta como renda. Como o limite é praticamente o mesmo que o salário, quando ele recebe a conta fica zerada. Isso ja fazem uns 3 anos, até onde sei. Fora os juros que ele paga. Já não falo mais.

            17+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:32

              Jênio !!!!

              9+
              • avatar
              • avatar
            • perdido no rio 6 de março de 2017 at 21:07

              Tive um amigo assim na época da faculdade. Ele sempre ficava no limite do negativo, também desisti de tentar explicar as perdas que ele tinha com isso. Alguns só querem viver o momento e depois pagam caro por isso, literalmente, em dinheiro.

              5+
              • avatar
              • Rico 7 de março de 2017 at 12:20

                Um saneamento nos gastos iria fazer ele sair desse cenário fácil, visto que se joga muito dinheiro fora.

                0
        • CA 6 de março de 2017 at 14:29

          to bolhado,

          Sobre o trecho:

          “O camarada tem 300 mil para dar de entrada num imóvel de 1 milhão e financiar o resto. O camarada tá comprometendo mais de 300% do patrimônio dele num ativo! Em termos de gestão de patrimônio é uma loucura!”

          É pior que isto: o camarada acima está confundindo ter uma DÍVIDA em alto montante que é a REALIDADE, com ter um PATRIMÔNIO elevado. Este é o “crime da mala” que se intensificou por demais a partir do governo Lula, a UTOPIA de que ser super-endividado era “bom”, “sinal de riqueza”, um completo NON-SENSE, se aproveitando da extrema ignorância financeira da grande maioria da população.

          43+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Bsbguy 7 de março de 2017 at 16:32

          Pareceu eu falando dia desses. Penso EXATAMENTE igual.

          Inclusive eu tenho outras teorias adjacentes a essa que uma pessoa só deveria ter um automóvel se ele corresponder ao máximo 10% do seu patrimônio, sendo que o nível ideal seria 5%. Se eu tenho 1 milhão, eu teria um carro de 50k (um bom usado por exemplo). Se eu tenho 2kk, eu teria um carro de 100k (um usado top ou um novo bom – claro que eu prefiro o usado top haha). Eu sigo essa linha, por enquanto estou mais para os 10%, mas um dia será 5%.

          0
      • Libertario 6 de março de 2017 at 14:33

        Vou aproveitar e emendar um CVR envolvendo LIQUIDEZ:

        Hoje de manha, fui com a patroa numa casa numa rua proximo aonde eu moro, pois queremos aprender/aprimorar o english.
        E lá havia uma placa informando que davam aulas em diferentes idiomas.
        Chegando ao local o proprietario me atendeu, e durante a conversa ele nos disse que os 3 filhos ja moram fora do país.
        Falou que ele gostaria muito de ir embora, mas não foi, porque não consegue vender o imovel (480m2).
        Devido ao tamanho (ele acredita…..) não surgem interessados.
        Além de dar essas aulas, ele tem usado a casa para Hostel, pois fora o espaço ele tem facilidade de comunicação com os gringos.

        37+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:37

          Esse vai ter que usar a criatividade e transformar o próprio imóvel. Uma família atual não tem interesse ou renda em casarões.

          12+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Cesar_DF 6 de março de 2017 at 14:49

          Ele transformou em ATIVO, o imóvel que para a maioria das pessoas é um PASSIVO

          11+
          • avatar
          • avatar
          • Libertario 6 de março de 2017 at 16:44

            Sorte de quem tem imoveis………..
            SQN

            4+
            • avatar
      • Cesar_DF 6 de março de 2017 at 14:35

        Libertário
        Tem algumas bombas a explodir num futuro não muito distante, o mundo, com a alavancagem, está injetado dinheiro no presente e retirando-o do futuro.
        Mas o futuro um dia chegará, os aumentos de produtividade um dia chegam no limite, a expansão da população um dia cessará.
        – Bolha Chinesa
        – Dívida publica estadunidense
        – Derivativos
        Quem estiver liquido, em qualquer crise, sem consegue fazer bons negócios.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Libertario 6 de março de 2017 at 16:44

          Sorte de quem tem imoveis………..
          SQN

          1+
      • MauricioSP 6 de março de 2017 at 14:58

        A liquidez é boa, mas funciona contra e a favor.
        Exemplos de riscos em investimentos com muita liquidez, munido de informações da sua conta, um sequestrador pode te obrigar a fazer uma transferência para conta de um laranja ou um investimento malogrado pode causar grandes perdas, como já aconteceu com os fundos de investimentos, bancos e corretoras falindo, etc.. O governo pode congelar/reter seu dinheiro, como já fez com poupança, dívida externa e títulos do tesouro…
        Diversificar é a solução.

        13+
        • avatar
        • avatar
  • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 13:34

    http://topoleiloes.com.br/lote/120/apartamento-ed-regente-rua-padre-agostinho-n-1701-bairro-bigorrilho-ap-17978m-at-26845m-2-vagas-de-garagem/

    Apartamento penhorado. Vou acompanhar.
    1 praça 852k
    2 praça 426k
    180 metros quadrados e 02 vagas de garagem

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 6 de março de 2017 at 13:47

    Na caxao
    o crédito habitacional tinha saldo de R$ 401,5 bilhões no fim do terceiro trimestre, com alta de 6,7% em 12 meses.

    http://www.valor.com.br/financas/4775509/caixa-tem-lucro-de-r-998118-milhoes-no-3-trimestre
    então
    uma taxa de inadimplencia (só da habitação) de 3,1% corresponde a 12,44bilhoes
    e uma taxa de 4% corresponde a 16bilhoes… eu chutei 14bi antes. é mais se considerar as outras carteiras…

    7+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 13:55

      Se chegar nos 8% é Cabôu-se !
      O patrimônio do banco esfarela-se. Irão pedalar como?
      kkkk

      9+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 6 de março de 2017 at 14:33

        aquele insider deu a entender que o passivo da caixão pode ser 10X o declarado
        pode ser 100x o declarado.

        leilão pela emgea em cidadezinha, eles estavam com 40 mil unidades, saiu 4.
        em cidadezinha do interior de SP, repito, cidadezinha

        7+
        • avatar
        • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:38

          Pois é. Por isso eles andaram vendendo recebíveis… dar uma aliviada nos balanços.
          A carteira de crédito do imóvel do Veigalex foi comprado por esse tipo de empresa.

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:39

            Fora que eles já dão crédito no cheque especial para isso. Renegociação, pausa no pagamento, etc. Tudo para tentar deixar os balanços em níveis não tão perigosos.

            5+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
      • Cesar_DF 6 de março de 2017 at 14:51

        From_the_tower
        A CEF esta á com uma alavancagem de aproximadamente 34X
        Basta 2,9% de inadimplência para quebra-la

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:01

          Isso eu sei. O que eu não sei é a capacidade do Tesouro Nacional fazer aportes. A capacidade de eles entubarem a EMGEA com passivos. A capacidade de maquiagem dos balanços.

          5+
          • avatar
          • Cesar_DF 6 de março de 2017 at 15:05

            Eles estavam conseguindo manter a inadimplência baixa, através de venda da carteira podre com deságio de 95%, mas o TCU recentemente cortou isso, agora eles estão tentando evitar o disparo da inadimplência, não executando a hipoteca e colocando a dívida eternamente no estatus de “em negociação”

            22+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:07

              Certo.

              3+
              • avatar
              • avatar
            • Lucas 6 de março de 2017 at 15:16

              recentemente quando???
              como não ficamos sabendo
              isso é uma baita pancada

              3+
              • avatar
        • Brazil mode OFF 6 de março de 2017 at 15:06

          Quanto ta batendo essa inadimplência hoje?

          1+
        • MINEIRO SPY 6 de março de 2017 at 15:37

          Quando calculei em 2015 estava em 4%. Situação se agravou desde então.

          2+
      • EngenheiroDF 6 de março de 2017 at 22:51

        Pq 8% ? Pergunta sincera.

        1+
  • CA 6 de março de 2017 at 14:08

    Sobre o tópico, repito de anterior, com complemento:

    O problema é MUITO MAIOR do que consta na matéria.

    Temos que considerar que a CEF, que detém 70% de todo o crédito imobiliário concedido no Brasil, tem mais de 24.000 imóveis em poder dela, mas ela retomou menos de 1/5 do total inadimplente!

    Por que a CEF fez isto? Para BURLAR a determinação do banco central que a obrigaria a leiloar estes imóveis em prazo de até 1 ano, conforme consta na notícia acima e também para FAZER DE CONTA que o volume de imóveis retomados pelos bancos não é tão elevado (mesmo assim não deu certo, com 1/5 de imóveis retomados pela CEF, o total já é ANORMAL).

    Na realidade, ela está burlando outras recomendações do Banco Central, pois também existem limites para que um cliente fique inadimplente sem que o imóvel seja retomado.

    A situação é ainda pior do que consta acima: o governo ensaiou aprovar uma mudança nas regras de uso do FGTS para permitir que fosse utilizado para quitar até 12 parcelas atrasadas do financiamento imobiliário. Oras, após 3 meses sem pagamento já deveria estar sendo reconhecido como inadimplente e logo em seguida retomado e encaminhado para leilão, quer dizer que chega a ficar por 12 meses sem sequer ter sido retomado??? Pior, talvez a CEF nem esteja tratando estes casos como inadimplentes, mas sim como uma “renegociação” com condições de pai para filho e que NOVAMENTE ferem as melhores práticas e as recomendações do Banco Central.

    Outro ponto:

    O total de estoques REAL, tanto das construtoras, quanto dos Bancos e do Mercado como um todo, é MUITO maior do que consta na notícia e equivalente a VÁRIOS ANOS de vendas, uma ABERRAÇÃO típica de toda bolha imobiliária. Explico:

    Construtoras como Viver e PDG, que estão em recuperação judicial (RJ), antes do RJ já vinham atrasando o “reconhecimento” de distratos, às vezes por anos, depois do RJ daí é que não vão mais reconhecer mesmo, ou seja, grande parte dos imóveis que na prática deveriam voltar para os estoques deles estão ficando no limbo, viram estoque que elas vão barrigando para não aparecer agora. De forma similar outras construtoras também estão empurrando os distratos com a barriga, para que não apareçam nos estoques deles “tão cedo”. Junta-se a isto o volume de vendas FALSAS na planta que estão ocorrendo agora e que SIMULAM uma redução de estoques e até as novas regras de distratos que farão com que muitos compradores repensem a aquisição dos imóveis e desistam, aumentando ainda mais o volume anormal de estoques.

    No caso dos Bancos, só a CEF tem o QUADRUPLO de imóveis que estão com inadimplência há mais de 3 meses e que ela ainda não retomou, quando comparado ao seu estoque contabilizado. Ainda quanto aos bancos, como sabemos os leilões tem sido inviáveis, porque mesmo em segunda praça e com grande redução nos preços pedidos, eles ainda competem com os “descontos” relevantes das construtoras, ou seja, os estoques dos bancos são equivalentes a muito mais anos de vendas do que os estoques das construtoras e para piorar, o estoque das construtoras já é o suficiente para 2 anos de vendas o que é absolutamente anormal (o MÁXIMO normal para o segmento seria 1 ano).

    Fora isto, correndo por fora, uma infinidade de imóveis nem-nem (nem vende nem aluga) na mãos de investidores de imóveis e ainda um volume cada vez maior de imóveis acumulados nas mãos de proprietários particulares que vêem cada vez mais a necessidade de venda aumentando.

    Daí o banco central vem ao final do artigo acima e MINIMIZA esta anomalia. Claro que o BC esqueceu de dizer que a CEF retomou menos de 1/5 do que deveria e sendo responsável por 70% do crédito imobiliário concedido, isto já representa um grande acréscimo nos números. Claro que ele esquece de dizer que as “garantias” dos bancos em imóveis estão SUPER-AVALIADAS, primeiro porque o próprio BACEN através do IVG-R já observou queda de mais de 15% nos últimos 18 meses, em termos NOMINAIS, segundo, porque os preços REAIS em leilões são MUITO INFERIORES aos de avaliação destes mesmos imóveis. Ele também “esquece” de observar que as renegociações da CEF para evitar ter que declarar inadimplência em seus balanços extrapolam em muito as melhores práticas, assim como fez vista grossa para outras práticas contábeis heterodoxas da CEF, como antecipar reconhecimento de quantias recebidas do FGTS, dentre outras, tudo isto para ajudar no MUNDO DE FAZ DE CONTA da CEF e de nossa bolha imobiliária.

    Em todas as bolhas imobiliárias do Mundo o Banco Central sempre tentou MASCARAR ao máximo a existência destas bolhas, eles sempre estão entre os últimos a reconhecê-las, porque eles sabem que a partir do reconhecimento deles, não tem mais como esconder a REALIDADE. O que o nosso BC está fazendo é o mesmo que todos os outros fizeram ao redor do Mundo, por isto que estão fazendo “vista grossa” para o grande número de ANOMALIAS que ocorrem na CEF e que já fizeram com que ela tenha ROMBO de dezenas de bilhões de Reais acumulados…

    Resumindo, o que consta na notícia do tópico, apesar de ser gravíssimo, ainda assim é apenas a ponta do iceberg. A bola de neve não para de crescer, está cada vez mais difícil OMITIREM, MENTIREM e ENGANAREM. Repito: só estão se enterrando em um buraco cada vez mais fundo…

    44+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:14

      Muito bom CA, o que acontece na prática quando as garantias imobiliárias ficam abaixo do valor de prêmio? Os prejuízos recorrentes podem afetar outras carteiras? Falo do ponto de vista contábil / tesouraria.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 6 de março de 2017 at 14:41

        From_The_Tower,

        A falta de LIQUIDEZ de forma mais extrema, que é o esperado, prejudica o banco como um todo e não apenas na carteira específica e isto se traduz em uma “obrigação” de aumentar as exigências para novos empréstimos de forma geral, assim como os juros dos mesmos e ainda, buscar a redução dos prazos de financiamento imobiliário e demais empréstimos, tudo com o objetivo de retomar uma LIQUIDEZ que seja minimamente saudável, para que o banco não entre em uma espiral onde a extrema desconfiança de todos os clientes quanto a ele levem a uma retirada de dinheiro em massa, este é o maior risco para CEF, em especial a partir do momento que não conseguirem encobrir todas as gambiarras que fizeram.

        Basicamente foi isto que aconteceu na explosão de outras bolhas imobiliárias ao redor do Mundo, para os bancos que mais participaram do inflar artificial e insustentável. É também parte do mecanismo de auto-destruição de toda bolha imobiliária.

        No próprio artigo do tópico há uma referência quanto a isto, embora de forma muito “discreta”, até porque a história está contada de forma muito MINIMIZADA em relação à realidade. Segue o trecho:

        “Pelas normas do Banco Central, as instituições financeiras têm um prazo de até um ano para vender os bens que não fazem parte do uso. Esse período é prorrogável por até mais dois anos, mas esses bens trazem custos enquanto se mantêm no balanço. Eles consomem, por exemplo, o capital que poderia ser usado em empréstimos.”

        17+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:46

          Muito bom.
          Pessoal.. quem quiser entender mais sobre isso confiram no site Banco Data.com
          “Por que o Índice de Basiléia é importante?

          Quanto maior, melhor. Exemplo: Se um banco possui Índice de Basiléia de 20%, significa que, para cada R$ 100,00 emprestados, o banco possui patrimônio de R$ 20. Ou seja, quanto mais elevado for este índice, maior será a garantia de que o banco terá capacidade de honrar com seus compromissos. O índice mínimo exigido pelo Banco Central do Brasil é 11%.

          E o Índice de Imobilização?

          Quanto menor, melhor. Exemplo: Se um banco possui Índice de Imobilização de 30%, significa que, a cada R$ 100,00 em seu patrimônio, R$ 30,00 estarão investidos em bens que não possuem uma liquidez imediata, ou seja, imobilizado em imóveis, veículos, materiais, etc. Quanto mais reduzido for o Índice de Imobilização, maior agilidade terá o banco para usar seu patrimônio a fim de honrar seus compromissos. O índice máximo tolerado pelo Banco Central do Brasil é 50%.”

          24+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Thiaguinho 6 de março de 2017 at 15:31

            Perfeito!

            1+
          • Thiaguinho 6 de março de 2017 at 15:33

            Padeiro, esse site é muito bom. O conheci por você, de uma postagem antiga. Acompanho até hoje.

            2+
            • avatar
            • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:35

              Eu uso ele para escolher os bancos pequenos. Quanto mais prejuízos o banco tem … mais ele remunera. São esses que eu invisto. 😉

              14+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
    • Cesar_DF 6 de março de 2017 at 14:47

      CA
      Complementando com um situação concreta
      Digamos que a Região Metropolitana de São Paulo está com 1.3 milhões de imóveis vazios a um custo individual de 300K.
      São 390 bilhões de reais parados, que tendem a desvalorizar em 50% nos próximos anos, digamos até 2022.
      Se fosse aplicado em algo que desse um rendimento real de 6% AA, estão perdendo mais de 23 bilhões por ano.
      Em 5 anos irão perder 117 bilhões em custo de oportunidade e outros 195 bilhões pela desvalorização dos imóveis.
      Com uma população de 21.2 milhões de habitantes, a 3.3 pessoas por família, então 6.4 milhões de famílias dividirão um prejuizo de 312 bilhões de reais.
      São R$ 48,7 K por família.
      Imagine cada família tendo quase 50K a disposição para investir em educação, cursos, ou qualquer outra coisa que aumentasse a produtividade!

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 6 de março de 2017 at 14:31

    Lucas 6 de março de 2017 at 13:32
    CA
    Nos idos da inflação da bolha imobiliária, não havia um maldito Fernando pra dizer que imóvel não poderia subir acima da inflação
    Inflação e preço de imóveis são 2 números distintos que se movem independentes um do outro
    inflação não era teto pra subida de preço, nem hoje é piso pra queda
    Fernando parece disco arranhado, cansativo, a discussão não evolui, ele já tá na fase desespero querendo ganhar pelo cansaço no grito mesmo, sabe aquele coleguinha chato do futebol?
    ele põe a inflação onde lhe convem, onde não convem ele esquece

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 6 de março de 2017 at 14:45

      Lucas,

      Este é o ponto. o cálculo de custo de oportunidade que fiz e refiz no tópico anterior, demonstra isto claramente. Tem que analisar a variação histórica que OCORREU e a projetada de forma REALISTA para o preço dos imóveis e para retornos de aplicação financeira. Se nos últimos 12 anos não acompanhou a inflação, é irracional achar que “do nada” vai voltar a acompanhar, mas o ponto é que o Fernando SEMPRE é irracional, é a única forma dele enganar a si mesmo e aos outros…

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 6 de março de 2017 at 14:53

        CA
        2 dicas:
        – para confirma uma lógica, estica ela até o extremo e veja onde vai parar, leia aqui o CVR monaco x sertão
        – estava pensando em calcular o índice real / metro quadrado jogando os juros em cima dele, tipo assim, comprar financiado te custaria 45k/
        m² ~. ainda não testei esse caminho, apenas pensando alto, seria uma boa forma de simplificar o debate.

        4+
        • avatar
        • avatar
  • Lucas 6 de março de 2017 at 14:31

    Lucas 6 de março de 2017 at 13:37
    CVR Monaco
    ou Fernando e a síndrome de imunidade
    inflação e preço de imóveis são variáves independentes uma da outra, aliás preço de qualquer coisa, o índice de inflação de preços é uma coleção de produtos básicos duma determinada cesta de consumo duma faixa de renda, o IPCA no caso mede de 1-8 SM (salvo alguma imprecisão).
    Poderíamos analisar que lá na frente no longo prazo preço de imóvel e inflação podem convergir, mas de forma indireta e sob determinadas condições específicas.
    vou dar um exemplo bem idiota: em Monaco o preço dos imóveis sobe muito acima da inflação, trata-se de um morro, uma colina, com estoque zero de terras novas, mas se vc quiser fazer as compras do supermercado, basta mandarem entregar via internet da cidade ao lado, menos de 15 km de distancia, sob inflação de preços médios de toda a França.
    Este caso específico mostra uma situação específica.
    Já no interior do sertão onde tudo é difícil chegar, preço de tudo sobe com a desvalorização da moeda, alguns bens até acima dela, menos o preço das terras, elas são infinitas e disponíveis localmente, se a vida fica difícil, a terra baixa de preço ali a ponto de valer nada.
    Outa situação bizarra apenas para questões de exercitar a lógica, coisa que o Fernando nem de perto vai saber usar, capaz de dar dor de barriga nele
    A questão então é:
    vila mariana está mais pra Monaco ou pra sertão???
    Já estudamos este conceito no site Patrcik.net
    no Estouro da Bolha existe um viés psicológico dos brick-lovers Rex de amor pelos tijolos, eles vão se achar em Paris na primavera.
    Já as pessoas sensatas olham e falam: que bosta de bairrinho chinfrim é esse, numa cidade caótica dum paisinho de merda, ainda se fosse o RJ tudo bem
    o fenômeno me inglês era algo como: “EStouro aqui não vai chegar”
    “real state imunty syndrom” perdi os links quem quiser pesquisar, vai achar beeem interessante

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:36

      Preço anunciado de venda no bairro de um Fernando: 800k “que bosta de bairrinho chinfrim é esse”.
      Custo para morar em bairro melhor pagando aluguel com os juros: Precisa de 320 a 350k de dinheiros aplicados em um bom produto de renda fixa. Pronto. Você paga o aluguel dos tijolos bem localizados com os juros e continua economizando e aumentando o patrimônio líquido.

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 6 de março de 2017 at 14:46

        na verdade esse 300k é um custo nominal
        se considerar que o principal está tomando 10%aa da inflação para vc ter o mesmo resultado financeiro, bastaria uns 230k

        isto posto, para vc vencer a inflação da habitação (no caso deflação)

        na verdade seu património liquido real mal está vencendo a inflação, para analisar isto teríamos que converter este número numa moeda forte
        Gosto do dólar, simples e fácil de calcular, a gente se esquiva de um monte de mimimi.

        com a recente alta do real, quem tem Reais (dinheiro) está ganhando em termos reais (adjetivo)
        quem tem imóvel perde de ganhar e ainda perde pra deflação do setor.

        22+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:47

          Toma 1000 likes !

          8+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • MauricioSP 6 de março de 2017 at 15:06

          Dólar caiu 20% em um ano, Lucas. Tá cada vez mais difícil achar referências nesse nosso ambiente doido!

          6+
          • avatar
          • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:10

            Basta pegar um gráfico de longo prazo.
            Pega Fundo Selic e Dólar Comercial. Gráfico mensal nos últimos 24 anos. A SELIC ganha do Dólar. Pois são justamente os juros altos em momentos pontuais que asseguram que o Dólar não exploda de preço. (tem outros fatores tb).

            6+
            • avatar
            • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:12

              São os juros altos que seguram o fluxo do dólar. os grandes players adoram isso.
              Eles pegam ativos em baixa com o câmbio favorável em momentos de pressão (2015/2016) e realizam quando os ativos melhoram o preço e como bônus o câmbio fica favorável para o carry trade. (realizar o lucro e desfazer a posição)

              6+
              • avatar
              • Lucas 6 de março de 2017 at 15:14

                meu mentor me disse certa vez que o único elemento seguro é o trigo
                olha que coincidência em pandeiro, trigo, kkkkk
                melhor até que o ouro
                pensa….
                kkk foda esse cara né (a turma dele olha no trilhão)

                9+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • Lucas 6 de março de 2017 at 15:15

                  embaixo do nariz
                  essas coisa snum arrepia?

                  1+
                  • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:20

                    Mais um tem um excelente motivo para ser o trigo. Trigo é o ingrediente para a base de milhares de alimentos. Trata-se de uma forma rápida de energia / absorção da maioria da população. Já serviu de pagamento para os pedreiros do Egito Antigo. E assim vai.
                    P.S. a marca é minha. Até 2021.
                    kkkk

                    7+
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
  • CarlosL 6 de março de 2017 at 14:36

    And the oscar goes to…..

    Doutor Botelho Pinto
    É o “subprime” brasileiro. Os bens retomados não valem o valor da dívida. O prejuízo é inexorável. kkkkkkkk

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:44

      Bens retomados e que em sua maioria o tomar crédito continua morando “free”.
      Nos EUA a galera simplesmente abandonava o imóvel. Os bancos podiam fazer short sales (vendas rápidas) para os poupadores por 80% OFF. Foi maravilhoso para os poucos poupadores americanos.
      Já na BNN o Bradesco é o mais rápido para colocar o leilão e vender. a CEF é a campeã de lerdeza. Só para fazer o edital leva mais de 09 meses

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:48

        *tomador de crédito (ex-mutuário que já foi executado)

        1+
  • Lucas 6 de março de 2017 at 14:49

    Viés de confirmação
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    Ir para: navegação, pesquisa

    VIÉS DA CONFIRMAÇÃO

    também chamado de viés confirmatório ou de tendência de confirmação[nota 1], é a tendência de se lembrar, interpretar ou pesquisar por informações de maneira a confirmar crenças ou hipóteses iniciais[1].

    É um tipo de viés cognitivo e um erro de raciocínio indutivo.

    As pessoas demonstram esse viés quando reúnem ou se lembram de informações de forma seletiva, ou quando as interpretam de forma tendenciosa. Tal efeito é mais forte em questões de forte carga emocional e em crenças profundamente arraigadas. As pessoas também tendem a interpretar evidências ambíguas de forma a sustentar suas posições já existentes. Os conceitos de pesquisa, interpretação e memória tendenciosas foram propostos para explicar a polarização de atitudes (quando uma divergência se torna mais extrema ainda que as diferentes partes sejam expostas à mesma evidência), as crenças persistentes (quando crenças persistem mesmo após suas evidências serem demonstradas falsas), o efeito irracional de primariedade (uma maior confiança em informações encontradas antes de outras em uma série) e a correlação ilusória (quando falsas associações entre dois eventos ou situações são identificadas).
    Uma série de experimentos nos anos 60 sugeriu que as pessoas são tendenciosas de forma a confirmar suas crenças pré-existentes. Trabalhos posteriores reinterpretaram esses resultados como uma tendência a testarmos ideias de forma unilateral, focando em uma possibilidade e ignorando alternativas. Em certas situações, essa tendência pode enviesar as conclusões das pessoas. Explicações para os vieses observados incluem o wishful thinking e a capacidade limitada que os seres humanos têm de processar informações. Outra explicação é que as pessoas demonstrem o viés de confirmação por estarem pesando os custos de estarem errados em vez de fazerem uma investigação neutra e científica.
    O viés de confirmação contribui com um excesso de confiança em crenças pessoais e pode manter ou reforçar crenças em face de evidência contrária. Más decisões por conta de tais vieses são encontradas em contextos políticos e administrativos.[2][3][nota 2]

    Tipos
    1.1 Pesquisa tendenciosa
    1.2Interpretação tendenciosa
    1.3 Memória tendenciosa
    2 Efeitos relacionados
    2.1 Polarização de opiniões
    2.2 Persistência em crenças desmentidas
    2.3Preferência por informações anteriores
    2.4 Associação ilusória entre eventos

    Vieses de confirmação são efeitos do processamento de informações. Eles se diferem do que é por vezes chamado de efeito de confirmação comportamental, comumente conhecido como profecia autorrealizável, na qual as expectativas de uma pessoa influenciam seu comportamento, o qual ajuda a causar o resultado esperado pela pessoa.[4]

    Alguns psicólogos restringem o termo viés de confirmação à reunião seletiva de evidências que sustentam o que uma pessoa já acredita enquanto se ignoram ou se rejeitam evidências que sustenta uma conclusão diferente. Outros psicólogos aplicam o termo de forma mais ampla, referindo-se à tendência a se preservar crenças pré-existentes não somente na pesquisa por evidências, mas também na interpretação delas e em sua recordação por memória.[5][nota 3]

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 14:59

      Muito bom.
      Eu fiz uma experiência para testar essa capacidade cognitiva. Foi com minha sogra. Ela morou em um condomínio simples … mas famoso aqui perto do bairro. Isso foi nos anos 80. Eu tentei demonstrar para ela… que qualquer imóvel pode cair de preço. Mostrei o valor do anúncio de um apê normal…. na faixa dos 220k (50 metros quadrados, 02 quartos) . Semanas depois mostrei novos anúncios por 180k, 170k. Depois mostrei leilão judicial por 60k… e um extra-judicial por 55k….. de outras 02 unidades…. similares. Ela disse: “Mas então agora é que vale a pena comprar”. Ela ignorou completamente que os anúncios caíram de preço e que quem não paga em dia… perde o bem para a financeira. A ideia pré-concebida de que tijolo é seguro e tijolo sempre se valoriza que ela ignora completamente o custo de oportunidade.
      1) Se a pessoa tivesse comprado nos 220k. Como é que fica?
      2) Como se calcula custo de oportunidade de 50k em questão de dias? Simplesmente se ignora.
      3) Se caiu de 220k para 170k ou 60k no leilão… que subida de montanha terá que dar para ultrapassar os 220k que serviam de parâmetro?

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 6 de março de 2017 at 15:10

        viajando um pouco,
        nós como seres dessa espécie adquirimos a capacidade de encontrar padrões para nossa sobrevivência.
        desde as estações do ano, fase da lua, horas dum relógio, passagem de estrelas, florescências duma fruta, tudo isto foi fundamental para nossa sobrevivência

        os melhores de nós são os que melhor sabem ver isso,
        nas ações da bolsa, enfim qualquer ciclo danatureza natural ou da natureza criada

        isto posto, gerou um vício cognitivo
        vemos padrões até onde não existem
        entra aí as teorias da conspiração e os brick lovers rex

        Enxergar a realidade sem vícios existe uma capacidade de abstração que pessoalmente eu não tenho
        Precisei de mentores, ainda os tenho, uso aqui pra testar na prática o que eles me falam.
        uso aqui pq eles não tem paciência com pessoas medíocres como eu
        chega a ser engraçado isso…

        Enfim de volta pra terra, to te devendo artigos daquele assunto
        e daquele outro assunto: ganhar na bolsa exige vc ver a mais do que todo mundo viu
        sabe o que o chefe do criador da internet lhe disse sobre aquela idéia louca de meter hipertextos nas BBS (o pai da internet)
        ele disse: Vague but exciting

        é a robótica: exciting, coisa de adolescente, mas que porra é essa?
        Te digo que neste exato momento tem gente se tratando para permanecer inteligente até os 100 anos de idade. por coincidência vi uma chamada no fantástico sobre isso (dum modo bem idiota, viver pra sempre? Who wants?)

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:15

          Sobre o final desse seu comentário. Estou fuçando e encontrando pistas interessantes. Mas creio que o assunto leve tempo para ser bem elucidado. Tem muita informação rasa sobre o assunto… estou vasculhando. Mas o bom é assim…. sem muita carga…. aos poucos as coisas acontecem.

          2+
          • avatar
          • Lucas 6 de março de 2017 at 15:23

            exato
            ouro embaixo duma pilha imensa de lixo
            exatamente o que eu vejo

            3+
            • avatar
        • SampaBoy 6 de março de 2017 at 15:36

          se não houvesse a decrepitude….everybody wants ! as much as possible…

          4+
          • avatar
          • avatar
          • Lucas 6 de março de 2017 at 15:42

            meu caro highlander
            perfeito

            portanto a decrepitude é o target primário
            nem que precisemos ficar biônicos e apela pro dopping (bio hacking noortropics bio genética)

            1+
            • SampaBoy 6 de março de 2017 at 16:06

              Lucas, por enquanto creio que de concreto mesmo valha a pena comer pouco açucar, pouco sal, não muitas calorias e ficar pouco tempo sentado. Ademais somente ler, escrever e refletir…..o resto é muita promessa pra pouco resultado. Genética é sorte, não entra na conta..

              6+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
    • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 10:05

      VIÉS DE CONFIRMAÇÃO + BOLHA SOCIAL = PROVOCAM PARALISIA INTELECTUAL

      https://www.youtube.com/watch?v=COgkI7GhFR0

      1+
  • Lucas 6 de março de 2017 at 14:57

    Cesar_DF

    From_the_tower
    A CEF esta á com uma alavancagem de aproximadamente 34X
    Basta 2,9% de inadimplência para quebra-la

    A CEF já “quebrou” mas foi maquiado, reparem que a caixa-preta disto aí o Temer não abriu, nem dela nem do Bndes diga-se.
    A CEF por estatuto é garantida pelo governo federal, leia-se impostos, leia-se inflação
    alguém reparou que não tivemos correção da tabela do IR esse ano? (é o imposto inflacionário)

    O PMJ é apenas um alívio, um antidoto contra, em perdendo menos, nós nos movemos socialmente para cima já que a maioria de FErnandos empobrece (e nem percebe). Com alguma sorte ainda ganhamos um pouquinho bamburrando naquelas TDs

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:04

      O subsídio de ONTEM é a inflação dos preços de HOJE.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 6 de março de 2017 at 15:12

        e a latinha de amanhã
        e o PMJ até 2029
        estamos numa fase de afinar timings
        enquanto muitos ainda estão tentando entender

        2+
  • Lucas 6 de março de 2017 at 15:17

    From_The_Tower

    Eu por exemplo tenho como regra pessoal… somente comprar automóvel se eu tiver 20x o valor em ativos líquidos.
    Imóvel seria de 4 a 5 vezes o valor do custo total. Imóvel, ITBI, escritura e registro, etc. Ou seja…. sou um E.T. para os padrões bananenses.
    EU prezo pelo bom sono e paz de espírito. ?

    Regras????
    pensa melhor

    2+
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:22

      É apenas um patamar que minha mente criou na tentativa de estabelecer uma coerência financeira. Um patamar razoável de aplicabilidade cotidiana. Preservação do capital. Indo mais fundo: Capacidade de sustentar meu padrão de consumo / subsistência da família. E assim vai. 😉

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 6 de março de 2017 at 15:28

        regras tem prazo de validade
        amanhã um automóvel vai custar tão caro quanto uma linha de telefone.
        pra hoje está muito bom esse seu patamar, que é uma coisa pessoal sua, pega um vendedor desses de interior que precisa de carro pra comer feijão.
        mas admito foi uma provocação besta.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Cadeludo 6 de março de 2017 at 15:27

    Sigo no face um grupo da Escola Austríaca
    Galera sempre pagando de economista com argumentos libertários interessantes
    Agora entrou na pauta o mercado imobiliário
    Pronto, detectei imediatamente burrice extrema e brick lovernismo bestial
    Não adianta, bananense carrega consigo paradigmas que impedem o cérebro de funcionar direito

    27+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:30

      huahuahuahuahu!
      Faz parte.
      Eu era assim em 2010. Eu tinha RAZÕES (dinheiro em jogo) para acreditar.
      kkkk

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:32

        Agora eu tenho consciência do que é uma bolha imobiliária. Que descolou da renda. Que o crédito direcionado impulsionou e fomentou mais ainda esse comportamento de manada brick-loviano, etc e etc.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Cadeludo 6 de março de 2017 at 15:33

        Agora um arigó do BB disse que a demanda por imóveis é inelástica, por isso não tem bolha

        5+
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:36

          ‘Em economia, demanda ou procura é a quantidade de um bem ou serviço que os consumidores desejam adquirir por um preço definido em um dado mercado, durante um dado período de tempo.

          A demanda pode ser interpretada como procura, mas nem sempre como consumo, uma vez que é possível demandar (desejar) e não consumir (adquirir) um bem ou serviço. A quantidade de um bem que os compradores desejam e podem comprar é chamada de quantidade demandada.’

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Cadeludo 6 de março de 2017 at 15:41

            Demanda inelástica: se você aumentar o preço em 1%, a quantidade demandada diminuirá em menos de 1%. Pense na elasticidade como a sensibilidade da quantidade demandada em relação ao preço, e assim será fácil se lembrar do que significam os conceitos de elasticidade e inelasticidade.

            Moral da história: mercado imobiliário é inelástico pq ninguém sabe fazer conta mesmo e tá tido mundo esperando arrego do governo

            5+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Lucas 6 de março de 2017 at 16:02

              gosto deste conceito
              gosto tbm da demanda estilingue, alavancagem, efeito multiplicador, são todos primos

              pra sair da matemática, seria a gota que derrama a água, ou a gota que estoura a barragem.

              o inflar da bolha foi isso, cada 1 que ganhava, eram 10 pra fazer igual, entra aí tbm a pirâmide financeira,
              entra no psicológico da ganancia

              Hoje os Fernandos estão tão dependentes de acreditar nisso que eles sofrem ver tudo ruir na mesma velocidade que foi criado
              eles simplesmente negam a possibilidade dum preço de imóvel cair comprovados e documentados 64% e a rentabilidade continuar a piorar.

              7+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
        • Lucas 6 de março de 2017 at 15:37

          ele mistura Habitar com posse de titulo mobiliário
          o mesmo absurdo seria como que eu limitar a função se mover pela de possuir um automóvel
          ou comer com possuir uma fazenda

          é um truque de lógica o que eles usam, é só levar ao extremo que fica claro,
          só um truque, toda a matemaGica posta em cima disto é apenas aquilo do magico desviar a sua atenção para o que não importa

          8+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Lucas 6 de março de 2017 at 15:39

          from_
          no fim é: massa de renda X estoque de terras
          o que o PT fez foi dizer que todo o présal seria renda futura e que o BR é melhor que Paris, Monaco ou manratã

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:44

            Sim. Toda esse propaganda + euforia pelo crescimento pontual da economia embasavam “as razões para acreditar”.
            É a mesma porcaria da propagação do termo “demanda reprimida”. Ou o agora vai…. 2017 é o ano da retomada. Me parece que o mercado está sempre tentando dar injeções de ânimo nos consumidores. Mas eles se esqueceram que esse modelo já saturou. Não tem mais de onde tirar milhares de incautos para novas dívidas e ou incautos com muito dinheiro.

            5+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
        • Lucas 6 de março de 2017 at 15:40

          from_
          no fim é: massa de renda X estoque de terras
          o que o PT fez foi dizer que todo o présal seria renda futura e que o BR é melhor (e menor) que Paris, Monaco ou manratã

          2+
          • avatar
          • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 15:47

            Por isso que um amigo meu entrou em PETR4 a 30,00 e até hoje não realizou?
            😉

            4+
            • avatar
            • avatar
        • SampaBoy 6 de março de 2017 at 16:02

          A inelasticidade inicial do mercado é que cria a bolha, justamente por aumentar os preços de forma anormal e assim provocar a bolha, o porem é que depois o que era inelastico vira abruptamente elastico (porque o banco corta o credito) .

          3+
          • avatar
    • to bolhado 6 de março de 2017 at 18:37

      Tenho amigos exatamente assim

      0
  • Lord of All 6 de março de 2017 at 15:49

    É engraçado q qndo aparecem argumentos que a dupla batman e robin não tem como refutar, eles simplesmente somem.

    Daqui uns dias aparecem repetindo a mesma falácia, como se nada tivesse acontecido.

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lord of All 6 de março de 2017 at 15:58

      Se bem que o ti-ti-tiago deve estar atolado com os pgtos de fgts. A agência da CEF aqui no prédio está parecendo postinho de saúde às 7 da manhã.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 6 de março de 2017 at 16:10

    postado em 06/03/2017 15:37
    Agência Estado
    Brasília, 06 – Os saques da caderneta de poupança diminuíram de ritmo no mês passado. Dados divulgados pelo Banco Central mostram que as retiradas superaram os depósitos em R$ 1,670 bilhão em fevereiro. O saldo negativo é 84,4% menor que o visto em janeiro e 74,8% inferior ao acumulado em fevereiro do ano passado.

    4+
    • avatar
    • avatar
  • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 16:34

    Nome do Título: NTNB PRINC
    Emissor: Tesouro Nacional
    Taxa Pactuada: IPCA + 5,11 %
    Indexador: IPCA
    Quantidade: xx,00
    Valor Total: R$ xxxxxx,xx
    Data da compra: 03/03/2017
    Data do vencimento: 15/05/2045
    Status: EFETIVADO

    IN MEIRELLES IMAGE I TRUST!

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 16:36

      Hoje de manhã estava a 5,09% + IPCA. Agora o DI futuro deu uma subida e voltou para 5,11% de sexta á tarde.
      O legal é isso. O risco é todo meu. Não tem choradeira.

      5+
      • avatar
    • CarlosL 6 de março de 2017 at 16:43

      Pego se chegar a 6%

      3+
      • avatar
      • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 16:45

        Eu tb.
        Vendo quando chegar a 4%.

        Isso me lembra muitos aqui que queriam 8,00% e o gobierno pagava 7,80%. DRN feelings. kkk

        7+
        • avatar
        • avatar
        • MINEIRO SPY 6 de março de 2017 at 16:48

          Tower…tô na mesma onda. Bateu 4,XX, vendo. A reflexão quanto à grande interrogação que se apresenta 2018 induz à venda. Aguardemos dezembro.

          4+
          • avatar
          • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 16:51

            Exato. Tem que ir tateando o terreno.
            O bom da BNN é que sempre tem novos fatos bananescos que levam á oscilação.

            3+
            • avatar
            • BolhistaBR 6 de março de 2017 at 17:29

              entao se entendi bem, vcs vão surfar na onda até final do ano, quando a SELIC pode chegar a 9,5% e as NTNs a 4%.
              aí entram em 2018 sem ter nada comprado, aguardando a tensão pré-eleição para tentar recomprar a 6%.

              1+
              • avatar
              • Lucas 6 de março de 2017 at 17:33

                eu vou na mesma onda:
                mas sou + no estilo tai chi chuan de investir

                2+
                • avatar
              • BolhistaBR 6 de março de 2017 at 17:44

                mas alguém de vcs está pensando em levar esses títulos a vencimento? Pelo menos o 2035…?

                1+
                • avatar
                • Lucas 6 de março de 2017 at 18:02

                  o que for melhor
                  pela ordem das coisas, fui vendendo as ntns + antigas com %baixa e entrei em préfixadas
                  se continuar caindo, lá no fundo do poço pretendo ir vendendo as antigas e esperar algum extremista em 2018 sacudir o mercado
                  caso isso não aconteça seguro posição

                  escuta, não foi vc que tomou um zap na testa com o extrato da TD do from?

                  2+
                  • avatar
              • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 18:22

                Nada comprado?
                Quem disse isso?
                Eu pretendo realizar uma parte. Ainda não sei quanto.

                0
        • Margarida 6 de março de 2017 at 22:07

          Saudades do DRN.

          0
  • Ronilson 6 de março de 2017 at 16:40

    Apenas para conhecimento:
    Daycoval tá com LCI que rende pouco mais de 1% ao mês líquido se aplicar por mais de 2 anos, vi a propaganda aqui no blog. Como a tendência é de inflação oficial menor que 0,5% a.m, portanto uma boa oportunidade de alugar seu dinheiro por 0,5% ao mês sem ter dor de cabeça com inquilinos, só procurar se resguardar no FGC e partir para o abraço!

    4+
    • avatar
    • AndersonRS 6 de março de 2017 at 16:44

      Ronilson 1% do que? Geralmente é uma % do CDI, então temos que levar em conta o CDI, que nos próximos meses irá cair um pouco.

      1+
      • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 16:48

        Do patamar de hoje do CDI.
        Não tem como saber quanto será o CDI…. sabemos é que fica perto da meta Selic. Geralmente.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Ronilson 6 de março de 2017 at 16:49

        Verdade considerei apenas a simulação, mas eles têm cdb 110% em 2 anos e 103% com liquidez diária.

        3+
  • Lucas 6 de março de 2017 at 16:41

    SampaBoy

    Lucas, por enquanto creio que de concreto mesmo valha a pena comer pouco açucar, pouco sal, não muitas calorias e ficar pouco tempo sentado. Ademais somente ler, escrever e refletir…..o resto é muita promessa pra pouco resultado. Genética é sorte, não entra na conta..

    vou te dar um exemplo pratico
    dieta do jejum intermitente

    se vc for no google só vai encontrar lixo de informações e muita mentira
    sobe pro academics vc encontra estudos sérios de todas as grandes de medicina com paciência vc acha em andamento até nas universidades celebridades Princeton/havard (estou pra confirmar essas fontes, ainda não indico), conheci um estudante de lá pela rede, trocamos algumas idéias.

    Qual é a idéia de forma ultra simples:
    uma dieta restritiva de 50% a 100% da quantidade num determinado ciclo de tempo levaria seu corpo a ativar processos adormecidos de auto limpeza do organismo, especialmente aqueles mais fáceis lipossolúveis.

    qual a base:
    praticamente todas as religiões do planeta adotam tal dieta de “purificação da alma”, inclusive a cristã, aliás estamos na quarentena, nada de carna até semana santa se vc for cristão de verdade. Nós teríamos por algum motivo isso gravado no nosso corpo, existem indícios não comprovados de longevidade centenária em tempos remotos, incompatível com a tecnologia daquela época. Estamos entrando num reino perigoso, das mistificações

    Se não fosse a questão tecnica se comprovar, não vou entrar em detalhes técnicos, só vou resumir que existem relação concretas de causa-efeito sendo investigadas uma-a-uma, hormônios proteínas, enzimas, tenho estudado a cadeia do fósforo e magnésio, precursores de problemas renais e mentais, achei uma associação entre elas que simplesmente ninguém estudou, e digo ninguém, é ninguém mesmo. Pelo que li a coisa tem sentido sim. Resta provarem

    Quanto a dieta, hoje é meu dia.
    Quanto aos efeitos, digam vcs que me leêm
    E isso que só estou arranhando o assunto.
    nem entrei na parte nerd tipo o gogle glass, realidade aumentada e bugingas do tipo, assunto infinito.
    Talvez num futuro a palavra aposentadoria seja somente uma idéia velha e inútil, os pobres vão trabalhar até morrer, e somente alguns vão poder ir além.
    no fim toda desigualdade de renda é antes uma desigualdade cognitiva.
    Por essas e por outras que faz alguns anos leio cada vez menos, escrevo cada vez mais, e procuro registrar os conhecimentos que faço agora assim como guardo meus euros na latinha

    5+
    • avatar
    • avatar
    • MINEIRO SPY 6 de março de 2017 at 16:53

      Véi.
      Acho que há muitos pontos que convergem com a medicina chinesa…algo em torno de 2000 anos mais antigo que nossa medicina atual. Há reais processos de longevidade e cura de doentes seriamente desenganados pela medicina ocidental a partir da restrição de vários elementos que ingerimos. Não confundamos medicina oriental com esses cursinhos de final de semana que os médicos CRM fazem para espetar o pessoal.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • SampaBoy 6 de março de 2017 at 17:08

      Apesar de ler ser obviamente uma atividade intelectual positiva , e obviamente melhor do que ver televisao ou assitir videos, considero ela uma atividade passiva. No sentido de que o esforço intelectual da leitura é geralmente apenas no sentido compreensivo : o raciocinio ja esta pronto, voce deve compreende-lo. É claro que a reflexão e a imaginação podem impulsionar uma leitura, porém em geral é apenas um esforço de compreensão e portanto não incorporado na “raiz” do pensamento cognitivo. Ja a escrita e e a discussão verbal exigem mais. É necessario o esforço intelectual reflexivo , comparativo e criativo. É nesse ponto , principalmente para os mais jovens, que acontece o verdadeiro ganho cognitivo. Para os mais jovens ainda considero a internet um perigo : a tentação de procrastinação, pulando de pequenas em pequenas leituras, tem um potencial enorme de criar um ser passivo , capaz apenas de reproduzir ideias prontas , e totalmente destituido da capacidade de critica e reflexão.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 6 de março de 2017 at 17:28

        perfeito:
        produzir neste sentido que vc colocou é quase sempre melhor: falar, escrever, montar um lego, que simplesmente absorver, ainda que cada um tem seu momento
        e mesmo na net existem possibilidades produtivas, estamos em 1.
        videogames, xadrez, redes sociais podem ser formadores duma linguagem nova +produtiva, essa geração está saltando de QI num nível de abstração nunca antes acontecido
        agora põe aí 70 milhões de brasileiros desconectados
        e conta por outro lado que muitas atividades manuais podem ser imbecilizantes, pense num apertador de parafuso numa linha?

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Carlos 6 de março de 2017 at 18:18

      Hábitos véio, hábitos, nosso corpo tem ritmos que devem ser respeitados mas o chamado mundo moderno nos impõe comportamentos antinaturais como por exemplo comer a qualquer hora, assistindo televisão, bebendo um litro de Coca-Cola junto com a comida.
      Percebo a diferença quando comparo asiáticos ainda não ocidentalizados com a branquelaiada, difícil encontrar asiático obeso, exatamente o oposto acontece com os “brancos”, vejo adolescentes, principalmente do sexo feminino, obesas todos os dias e em todos os lugares.
      Vou postar uma foto que tirei de uma família almoçando, provavelmente são do laos ou cambojanos.
      Família toda na mesa, pequenos pratos individuais, os pratos com arroz, peixe e carne ficam no centro e as pessoas se servem de pequenas quantidades lentamente até se sentirem satisfeitas.
      Tem aquela sopa rala que vc toma antes de comer para abrir o apetite, preparar seu corpo, coisa bem comum entre asiáticos, como o missô japonês.

      7+
      • avatar
      • SampaBoy 6 de março de 2017 at 18:36

        não é a toa que competem com os franceses na produção dos seres mais longevos da historia do planeta

        3+
        • avatar
        • Carlos 6 de março de 2017 at 19:41

          Hábitos

          chinatown_2_low

          6+
          • avatar
      • Carlos 6 de março de 2017 at 20:18

        Esquecí dos rituais: hábitos + rituais

        0
  • Cesar_DF 6 de março de 2017 at 16:55

    Normalmente eu só coloco o início da reportagem, mas esta vale a pena colocar inteira

    O mercado de imóveis comerciais no Rio de Janeiro. Um horror anunciado. PDG, CHL e a exuberância irracional de quem paga muito caro.
    O Edifício Galeria EDGA11B é um retrofit de classe A num lugar privilegiado do centro do RJ, Rua da Quitanda 86. O empreendimento é de um fundo de investimento imobiliário (EDGA11B).

    O fundo foi lançado em 2012 a R$ 380 milhões, com 24.400 metros quadrados de área locável. Hoje está valendo pouco mais de R$ 200 milhões.

    É isso mesmo, algo como R$ 8.900 o metro quadrado para um imóvel classe A, no coração do centro do RJ. E tem gente comprando imóvel comercial no Leblon (na planta) por R$ 44.000 o metro quadrado. Cada um escolhe a lixeira em que quer jogar seu dinheiro.

    Voltando à catástrofe particular desse fundo.

    O administrador evita divulgar o nome dos inquilinos em atraso, mas há dívidas de mais de R$ 8 milhões com inadimplentes. Como a Secretaria de Cultura do Estado do RJ está lá, é provável que seja um dos inadimplentes.

    Com a entrada em recuperação judicial da PDG, soubemos que sua subsidiária integral (CHL) também não vinha pagando aluguéis e despesas desde 05 de maio de 2016.

    É isso mesmo, uma incorporadora que não paga o aluguel. Sensacional! É o personal trainer que vende a malhação, mas não malha…

    Há 4 ações de cobrança e 1 de despejo em andamento.

    O fundo chegou a valer, antes de o impeachment ser uma realidade plausível, R$ 140 milhões, o equivalente a cerca de R$ 6 mil o metro quadrado de escritórios TOP, Classe A.

    Ainda assim, com toda essa catástrofe, o fundo paga o equivalente a 0,6% ao mês de aluguéis (os $$$ que entram, claro), isento de IR. Cerca de 2 a 3 vezes mais do que se ganha alugando por conta própria aqui no Rio de Janeiro (contando vacância, custos, IR etc.)

    Mais um retrato do buraco imobiliário em que nos metemos.

    Ps. aos que compram imóveis comerciais pagando R$ 25 mil, R$ 35 mil o metro quadrado fica o alerta. Finanças não têm muito espaço para tergiversações, se há aplicação de mesmo risco com rendimento 2, 3, 4 vezes maior, e você opta pela pior, estará agindo de forma irracional. PONTO. Além de perder rentabilidade muito maior com risco semelhante, você ainda ajuda a formar o preço irracional. O imóvel não “vale” X ou Y, você é que paga X ou Y, daí ele “vale” isso. A irracionalidade atrapalha o mercado. É o que estamos vendo no Brasil hoje. Em todas as áreas

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 16:59

      Bananense é atraído por novos topos. Acha bonito pagar caro.
      Eu sou o contrário. Adoro pechincha. Aquelas que ninguém dá bola. Ou os pessimistas acham tempo perdido.

      4+
      • avatar
      • Lucas 6 de março de 2017 at 17:14

        ok
        medicina alternativa é pega-trouxa
        São métodos antigos sendo explicados e revalidados pela medicina moderna

        (os espetinhos menos mal, os tais meridianos realmente existem e podem ser levemente manipulados, pior aqueles métodos de cura pelo cheiro)

        1+
        • Lucas 6 de março de 2017 at 17:30

          lugar errado
          sampa boy
          mineiro

          1+
        • SampaBoy 6 de março de 2017 at 22:30

          medicina alternativa, medicina homeopatica em uma boa extensão, medicina floral, ou o que for….funciona porque existem 2 coisas que não são consideradas pelos defensores dos metodos :
          1- o nosso corpo da conta de boa parte dos problemas sozinho, muitas vezes é so uma questão de tempo. so que este “tempo” coincide as vezes com o tratamento alternativo.
          2- o efeito placebo. A nossa cabeça “faz” fazer efeito até comprimido de farinha ou bala de goma. o poder do cerebro é sempre menosprezado, porem a sua coadjuvancia em qualquer recuperação ou tipo de tratamento é fenomenal.

          Contudo, esses tipo de explicações não convencem. curandeiros , igreja ou mesmo o cidadão comum preferem dramatizar. Remedio secreto ou “milagre” são sempre explicações mais bacanas…

          1+
          • avatar
          • Lucas 7 de março de 2017 at 12:58

            muito raramente pode ter um 3.
            é nesse 3 que eu foco

            0
  • Seguidor do Bolha BH 6 de março de 2017 at 16:56
  • Ronilson 6 de março de 2017 at 16:58

    Acho que caiu na moderação, mas a notícia que postei foi sobre a Fábrica de CIMENTOS Nassau que fechou no Piauí devido a queda da demanda em 80% !!!!!!
    Alguém explica que não existe crise e que por causa do ÍNDICE DO CIMENTO o Brasil não tem BOLHA!!! Hehehehe

    30+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 17:01

      Queda demanda ou queda nas vendas?
      kkkkkk
      É que cimento compra-se á vista nas casas de materiais de construção , correto?
      A mesma analogia serve para o aluguel de imóveis. Tem que ter renda … não dá para financiar no banco.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Ronilson 6 de março de 2017 at 17:33

        O engenheiro não saiu para trabalhar pois sabia que pedreiro também não tava lá…
        o pedreiro não saiu para rebocar pois sabia que o ajudante também não tava lá…
        O ajudante não saiu para ajudar pois sabia que o cimento também não tinha lá…
        O dia que a bolha estourou…

        31+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Fernando 6 de março de 2017 at 17:22

    Vcs venceram, eu cansei.

    14+
    • avatar
    • Lucas 6 de março de 2017 at 17:30

      te fiz um desafio no tópico passado
      aceita????

      4+
      • avatar
      • Fernando 6 de março de 2017 at 17:36

        Nem li nem vou ler cansei.

        5+
        • Lucas 6 de março de 2017 at 17:44

          ok
          só não pode cansar do nosso PMJ
          firme aí cara, precisamos de vc
          abraços

          24+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Lucas 6 de março de 2017 at 17:48

          sabe que eu lembrei do Fernando ontem em pleno domingo
          estava vendo propaganda no dono Jeep taxa zero
          PENSEI:
          pela lógica dele,
          Se eu comprar um Jeep financiado com taxa zero e aplicar o dinheiro
          no fim do prazo vou ter 2 jeeps
          ficar rico deitado é tão fácil, como não pensei nisso antes
          arbitrar juros contra o banco, qualquer um ganha.

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Carlos 6 de março de 2017 at 18:21

            Jeep é a marca de menor confiabilidade atualmente, antes de ser comprada pela Fiat.
            Ótimo negócio este, jeep com vendas em queda vertiginosa em outros países mas aí descobriram o bananence trouxa ?

            7+
            • avatar
            • avatar
    • Intendente 6 de março de 2017 at 18:24

      Seja líquido e feliz! Liquidez é vida!

      3+
      • avatar
  • Lord of All 6 de março de 2017 at 17:46

    From_The_Tower

    Sobre a estratégia de TD.

    A tendência das NTNB´s não é subir a alíquota? Pq se considerar a queda da inflação, em tese o percentual fixo deveria subir pra compensar e deixar o título atrativo. E com a elevação da parte pré-fixada, que comprou na baixa toma prejuízo.

    2+
    • avatar
    • BolhistaBR 6 de março de 2017 at 17:59

      Tendência até final do ano é cair. Junto com a SELIC.

      Eu pessoalmente quero levar até o vencimento.
      Nesse caso, o fator TEMPO conta bastante. Não só a taxa.
      Por isso, talvez seja melhor comprar algo agora a 5,11% do que em 2018 a 6%.
      É essa a conta q faço.

      Mas quem quer especular, a ideia é segurar até final do ano realmente.
      Com SELIC < 10% os valores dos titulos vão bombar.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Intendente 6 de março de 2017 at 18:31

        Não mesmo. A taxa de inflação corrói os rendimentos. Em um cenário de alta inflação, como o do ano passado, que em certos períodos vimos o ipca acumulado chegar na casa dos 10%a.a. , para um investimento render realmente ele teria de oferecer taxas acima de 10%.

        Rendimento real = taxa nominal – inflação

        Com isso, para o título ser atraente, ele teria de ultrapassar a inflação ao ponto de motivar o investidor a desistir das aplicações em cdi ou selic.

        Na minha opinião, é mais saudável investir em cima da taxa cdi. Apostando pela economia estável, seria o caso jogar um pouco nos pré fixados.

        1+
        • avatar
        • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 18:38

          Pessoal.. quando o gobierno está pressionado por ter perdido o controle do IPCA o mercado acaba precificando isso nos juros futuros… que respinga nos patamares do TD. Governo pressionado pagava 7.80% + IPCA e 16,5% a.a. nos pré-fixados. Governo Temer pragmático conseguiu aos poucos trazer o IPCA para o teto da meta e menos pressionado acaba remunerando menos. Mas esse “menos” nominal para quem pegou pré – terá um dos maiores juros reais do mundo. Portanto….as coisas mudam … é preciso ter foco e pitadas de coragem. Com Dilma as pré-fixadas pagavam apenas 6% de juros reais (16,5 -10,5%) e as NTNB´s pagavam acima de 7,5% determinadas semanas. O grande defeito das pré-fixadas é que a série mais longa é a 2027 com Juros Semestrais ou seja… delta temporal de 10 anos. Já as NTNB´s são potentes por terem vencimentos bem mais longos. Cada pontinho a seu favor… representa muito no bônus. (valor de face)

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 18:40

            Eu não irei pegar pré-fixadas nessa leva… pois tenho a 2027 a 13,55%… e várias 2018, 2021 a 13% a.a.
            Mas para quem acredita que é possível o gobierno trazer o IPCA para 4% a.a. seria uma boa. Compra a 10%… segura até o vencimento ou vende nos 8% a.a.

            1+
            • Intendente 6 de março de 2017 at 18:54

              A ideia é essa mesmo.

              0
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 18:24

      não necessariamente. Veja a série histórica 2011/2012… teve gente que comprou NTNB de longo prazo a 2,xx% + IPCA. Justamente por o IPCA estar no centro e no teto da meta.

      1+
      • Lord of All 6 de março de 2017 at 20:52

        Mas, em resumo, pra dar uma especulada a curto prazo, vc acha que a NTNB vai baixar dos atuais 5,11 até novembro, e por consequência vale a pena comprar agora pra vender lá?

        0
    • Libertario 6 de março de 2017 at 18:26

      Se cai a inflação, os valores dos bônus tambem caem, pois já que a inflação está baixa, TEORICAMENTE, o país se tornou um bom lugar para investir (baixa inflação, menor risco).

      Então a questão é: Isso faz mesmo algum sentido?
      Estamos no caminho da melhora?
      Agora vai?

      Eu estou na turma que ACHA que vai baixar um pouco mais, até os números (quase) verdadeiros saírem na midia, e/ou, até onde o dólar permitir.

      Quando começar a virar a gangorra (juros apontarem subida), eu saio do brinquedo, e espero a próxima oportunidade.

      2+
      • avatar
      • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 18:30

        É um momento de previsibilidade / governabilidade . O mercado precificou isso.
        A fotografia de Março de 2017 é essa. Novembro de 2018 tudo pode mudar.
        Amanhã pode ter uma notícia forte. Por isso que é importante olhar o mercado. Acompanhar.

        1+
  • Leonardo M. 6 de março de 2017 at 17:51

    Olha o tanto de placa de alugasse … A franquia que mais cresce em todo país!

    postimage

    8+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 18:25

      Que bairro isso Leonardo?

      0
      • Leonardo M. 6 de março de 2017 at 18:51

        Na Fernando Machado, quase em frente ao BB

        1+
        • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 18:56

          Nossa…. impressionante.

          0
  • Intendente 6 de março de 2017 at 18:11

    Matematicamente falando, no financiamento, o imóvel é seu, mas é do banco.

    0
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 18:46

      Na prática você faz churrasco comemorativo, faz móveis planejados, decora, compra móveis… mas você só tem a posse e um contrato de dívida de longo prazo. O banco tem a propriedade e quer que você se dedique muito para pagar os juros. Para a proteção do banco ele usa um indexador chamado TR.
      Como as pessoas se iludem. Isso quando falam que compraram apartamento e o mesmo nem existe. Só existe uma maquete e uma promessa de compra e venda.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Intendente 6 de março de 2017 at 19:25

        O mais engraçado é vê-las se vangloriando. “Como você não comprou ainda? Ainda bem que garanti o meu, os imóveis estão muito caros agora.”

        Seguindo o Imperador, “Que Deus perdoe essas pessoas ruins.”

        7+
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 6 de março de 2017 at 18:14

    digitei “aluga-se apartamento” = 966.000 resultados no gugol…
    digitei “vende-se apartamento” = 1.630.000 resultados.

    5+
    • avatar
  • Alemon Fritz 6 de março de 2017 at 18:15

    doa-se apartamento = 2 resultados

    2+
    • avatar
    • avatar
  • odorico 6 de março de 2017 at 18:52

    Alguém aqui com tesouro selic 2017 vencendo amanhã? O que fazer? O crédito deve ser na quarta, mas já tenho que pensar o que fazer com o cascalho. Maio tem mais títulos vencendo, vou pegar o vale dos juros….

    3+
    • avatar
    • SampaBoy 6 de março de 2017 at 19:02

      Estou na duvida com investimentos vencendo agora.,…as rendas fixas pagaram 0,8 – 0,9 no maximo mes passado. Os fundos multimercado estao pagando bem , mas o risco é maior, e tem tambem os CDBs de pelo menos 1 ano pra pegar 110% do CDI. Mas uma opção boa tambem talvez sejam os CDBs tipo o da Sofisa que paga 100% do CDI porem com liquidez DIARIA (ou seja, na posição de expectativa, conforme o mercado mudar voce realoca esse $)

      2+
      • odorico 6 de março de 2017 at 19:07

        Boa, cdbs e lcs eu só pego de 2 anos para cima, pois tem o benefício fiscal, mas essa estratégia do 100% com liquidez diária pode ser interessante. tenho um cascalhinho no sofisa e posso aumentar minha posição. Dificilmente fico com mais de 100k em cada banco.

        4+
        • avatar
  • Burbuja 6 de março de 2017 at 18:56

    Só dá like aqui quem não financiou bolhudo e amanhã vai ganhar juros do governo (LFT2017)!!

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 19:01

      Opressor.
      Só tenho LFT 2021.
      kkk

      2+
    • Lucas 6 de março de 2017 at 19:20

      quase certo que eu tenho, das primeiras que eu peguei, isso se não vendi antes aí

      0
    • Money_Addicted 6 de março de 2017 at 20:01

      aproveitando eu deixo aqui os meus sinceros agradecimentos aos brick lovers e bestas em geral q fazem desse pais uma maravilha para os recebedores de juros, amanha receberei 8k (de juros) poder ser poucos pra um…..mtos pra outros, mas eh o suficiente para me dar sossego na vida (obvio q esse nao eh montante total d juros recebidos)

      [ ]s

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • LZ 7 de março de 2017 at 10:11

      Vendi as minhas mês passado.
      Usei a grana para pegar IPCA + 7,20%

      0
  • odorico 6 de março de 2017 at 19:08

    E fazer marcação a mercado no TD será que ainda vale? Fechar agora pré e ipcas e esperar até o fim do ano. O problema é alíquota de 20%

    0
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 19:11

      Eu estou fazendo e pretendo realizar em Abril de 2018. Fica IR de 17,5%.

      1+
  • Lucas 6 de março de 2017 at 19:19

    INVEJA
    eu tenho muita má inveja de quem pegou aquelas préfixadas a 16,5%
    na época esnobei, falando que inflação disparando 16% seria pinto
    taí, impicharam a Dilma, aquelas prés vão terminar 2017 com 12% de JUROS REAIS ou até 13% se a inflação bater no piso da meta

    Num período de poucos anos, uns 6 anos a juros composto, rapidamente o efeito é DOBRAR o patrimônio em valores REAIS
    SOMENTE NA BOLHA IMOBILIARIA ISSO FOI POSSÍVEL, no período 2004 até 2010
    taí corvaiada vcs me zoam falando que eu pareço o Nostradamus, pena que não é nem de longe verdade.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 19:22

      Mas era muito complicado pegar aquelas. Eu peguei… meu irmão por inércia pegou a 16,44%. kkkk
      Mas não peguei um super valor.
      Na época nos tínhamos certeza que a Dilma e o Tombini iriam perder o controle da inflação. A Argentina e Venezuela nos transmitiam esse perigo.

      5+
      • avatar
    • odorico 6 de março de 2017 at 19:27

      Eu também peguei, mas coloquei merrecas… Travei na hora de travar!!!!!

      2+
      • avatar
      • odorico 6 de março de 2017 at 19:28

        Mas vai dar para pagar o futsal das crianças só com juros….

        2+
        • avatar
        • avatar
    • Ronilson 6 de março de 2017 at 19:51

      Peguei a 16.42…
      Outra q tenho e tá valendo ouro é a ntnb2019 ipca + 7.48

      3+
      • avatar
      • Ronilson 6 de março de 2017 at 19:53

        Pois deu quase 18% ao ano com queda do patamar para 6% e nos ultimos 12 meses quse 17% brutos com queda para o patamar 5%.

        2+
        • avatar
      • From_The_Tower 6 de março de 2017 at 20:08

        O máximo que eu peguei dessa foi 6,70%. Parabéns !

        1+
        • avatar
        • Lucas 6 de março de 2017 at 20:23

          Bolha de TD.
          e quando a gente tiver vendido o ultimo titulo lá por 2027 quem sabe não investimos em imóveis

          Aposto que nesse dia vão estar falando:
          – “IMOVEL DEUS ME LIVRE”
          – ‘VC NÃO LEMBRA O QUE ACONTECEU COM A PDG”
          – “TODO MUNDO SABE QUE ALUGAR É MELHOR”
          – “VC É LOUCO”

          21+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Lord of All 6 de março de 2017 at 20:57

      Eu tbm me cocei muito quando as prés estavam na casa dos 16%, mas exitei pq achei q a inflação ia subir descontroladamente e engolir esses 16%. A vida de investidorbolhista é essa: hora ganha mais, hora ganha menos, mas sempre ganha alguma coisa kkkk.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • EngenheiroSP 6 de março de 2017 at 21:13

      19 de Janeiro de 2016

      Vejo eu a pré fixada 2021 a 16,50%

      “Hmmm, será que tá bom? Inflação tá com uma cara de que vai disparar, melhor colocar num IPCA+ (6,51% pra 2019 e 6,65% pra 2020 com juros semestrais). Mas vou por 1k nesse pré pra diversificar e ver o que dá. E claro o chorinho pra aquele TD Selic, essa vai subir ou pelo menos manter”

      Não devo ser um bom economista.

      P.S: Essa 16,50 está acumulada em 47,29%

      2+
      • avatar
      • LZ 7 de março de 2017 at 10:37

        Amigo o importante é que ganhou mais ou menos, mas ganhou.
        Imagina agora os que perder todos os dias e continuam perdendo ?

        Questão de ganhar mais ou menos é relativa ao risco que vc quer correr.
        Quem aposta muito um dia cai do cavalo.

        1+
  • De-boa-na-bolha 6 de março de 2017 at 20:07

    CVR
    Há uns três anos, volta e meia conversava com uma colega de trabalho sobre os preços do imóveis e a queda iminente dos preços, ela sempre falava : será mesmo ? Dizia que o ex marido tinha uma casa que valia um milho e ficaria de herança para os filhos e tal, hoje na hora do almoço disse : meu marido está dizendo que está sem serviço ( é profissional liberal há uns trinta anos e emprega o filho)… falei para ele alugar umas das casas ( possui duas )..ele disse : não alugo casa minha! Em seguida ela arrematou…. as pessoas precisam comer, as pessoas precisam comer……( por duas vezes ). Chegou na “classe média”, é fim de linha.

    26+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 6 de março de 2017 at 20:21

    Carlos

    Hábitos véio, hábitos, nosso corpo tem ritmos que devem ser respeitados mas o chamado mundo moderno nos impõe comportamentos antinaturais como por exemplo comer a qualquer hora, assistindo televisão, bebendo um litro de Coca-Cola junto com a comida.
    Percebo a diferença quando comparo asiáticos ainda não ocidentalizados com a branquelaiada, difícil encontrar asiático obeso, exatamente o oposto acontece com os “brancos”, vejo adolescentes, principalmente do sexo feminino, obesas todos os dias e em todos os lugares.
    Vou postar uma foto que tirei de uma família almoçando, provavelmente são do laos ou cambojanos.
    Família toda na mesa, pequenos pratos individuais, os pratos com arroz, peixe e carne ficam no centro e as pessoas se servem de pequenas quantidades lentamente até se sentirem satisfeitas.
    Tem aquela sopa rala que vc toma antes de comer para abrir o apetite, preparar seu corpo, coisa bem comum entre asiáticos, como o missô japonês.

    Carlos, a comida japonesa é rica em magnésio, tenho estudado essa cadeia e o efeito dela no organismo
    como descendente viking+mediterraneo muito provavelmente eu tenho necessidade de +magnésio e outros captadores de cálcio, que no sangue pode virar um veneno com diversos efeitos em vários órgãos

    Aquilo de tradição a gente deve levar muito a sério e estudar, a medicina moderna um dia vai explicar coisas muito muito antigas.

    Isso dos japas, medicina chinesa conforme citaram ou os jejuns religiosos, tudo tem um fundamento.

    4+
    • avatar
    • Carlos 6 de março de 2017 at 21:52

      Puxando um gancho, falta de rituais e hábitos ruins. Execesso de uso de drogas está ligado diretamente a falta de rituais de consumo, 80% da satisfação vem do ritual, a velha história do cigarro de palha, o cara leva um tempo considerável preparando e fumando ele e por consequência precisa-se de uma dose muito menor das inas do fumo.

      Carlos 6 de março de 2017 at 20:02
      Falando em novas gerações, tudo tem um preço véio.

      Novos hábitos, novas ou antigas doenças, além do caso citado no artigo ví estatísticas alarmantes sobre danos auditivos e de visão na molecada, dia todo com earbuds a todo volume e olhando para uma tela… síndrome do déficit de atenção e assim por diante.

      http://www.usatoday.com/story/news/2017/02/28/colon-rectal-cancers-millennials-generation-x/98483844/

      0

      3+
      • avatar
  • Lucas 6 de março de 2017 at 20:42

    Já pensaram em 2018????

    0
    • Lucas 6 de março de 2017 at 20:47

      não há tempo hábil mais de impugnar a candidatura lula, reforçando a polaridade e seu sequaz do exremo oposto

      Ontem alguém falou que seja quem for o EXTREMO que ganhar, teremos intervencionismo

      SIM é verdade
      assim como o Temer é um intervencionista light, o que já é muito melhor que a tituar da sua chapa

      Ou seja, 2018 tende a no mínimo piorar!
      acrescento até um risco de calote nisso!
      quem tem por genética desrespeitar leis, pode simplesmente dar uma banana pras TDs (divida interna)
      quem tem rabo preso numa base que exige reparação de danos pode pedir a cabeça do REAL para pagar os favores
      – lula é o novo barrabás, Bolsonaro a nova Salomé
      (corre o risco do Fernando vir aqui rir da nossa cara, dizendo inda bem que enterrei todo o dinheiro em tijolos)

      5+
      • avatar
      • Leonardo M. 6 de março de 2017 at 20:53

        Em todos os caso quem ganha somos nozes! Com juros por opressores

        1+
      • Antigo 6 de março de 2017 at 21:10

        Acho (só achismo mesmo), que o risco sistêmico e de calote do TD ainda é remoto.
        Muito mais remoto que a explosão da bolha (que deve sim acontecer em horizonte próximo). Por isso que permaneço nos PMJ.
        Acho que esses riscos só se concretizariam com algo muito grave no cenário internacional que terminasse de afundar o Brasil de vez.

        Mas quatro anos de um governo extremo podem piorar sim a situação. Seja qual for, espero que não seja Lula…
        Se for, podemos mudar o nome do país para Veneleste – Venezuela do Leste.

        5+
        • avatar
        • Leonardo M. 6 de março de 2017 at 21:19

          Não creio que o lula ganhe, pode ficar em 2 lugar? Pode! Mas ganhar acho difícil, povo por mais 666 que seja está vendo que o socialismo lulopetismo não deu certo.
          Creio que o Zé povinho vai querer algo mais estilo FHC nos próximos anos. Algum socialismo com um pouco de abertura econômica.

          3+
      • Money_Addicted 7 de março de 2017 at 10:26

        talvez o calote seja algo um pouco distante, acredito mais em um calote “branco” atraves de inflacao maquiada, de qquer forma o imptt eh a liquidez, se conseguirmos antecipar um eventual calote, em um click vai tdo para o manual 🙂

        0
  • Lord of All 6 de março de 2017 at 21:23

    Estava fuçando no site Disk Ingresso, procurando algum show pra gastar meu juros opressores, e acabei descobrindo, pra quem é de Curitiba e se interessa por investimento, já tem compromisso marcado pra data de 05 de abril:

    Palestra com Ricardo Amorim – Depois da Tempestade
    http://www.diskingressos.com.br/evento/5434

    kkkkk, óbvio q é zueira….

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • by pass 7 de março de 2017 at 09:13

      Acho que vocês pegam muito pesado com o Amora Economics Man. Sério, essa palestra pode se tirar vários pontos positivos…
      Todos eles são O QUE NÃO SE DEVE FAZER. kkkkkk

      3+
      • avatar
      • avatar
  • Leonardo M. 6 de março de 2017 at 21:29

    Olavo de Carvalho
    “O brasileiro de hoje está na seguinte situação: seu dinheiro acabou, seu cartão de crédito estourou, seu pinto caiu, roubaram o seu carro, sua mulher fugiu, o senhorio está na porta cobrando o aluguel e o cachorro acaba de mijar na sua cama.”

    8+
    • Antigo 6 de março de 2017 at 21:37

      Tirando os conspiracionismos, Olavo tem boas tiradas. As análises que ele faz dos 666 em seus vários habitats e hábitos são bem realistas.

      3+
      • avatar
      • to bolhado 7 de março de 2017 at 09:37

        faço o curso de filosofia do Olavo. É life changer.

        1+
        • avatar
  • csamy6 6 de março de 2017 at 21:39

    A Caixa financiou imóveis superavaliados ou nem mesmo avaliados. Pagou o que os donos pediam. Ou seja, os financiamentos de imóveis da Caixa não tem garantia pois pagou mais do que valiam. Há imóveis retomados para venda direta pela caixa com valor muito maior do que se fossem comprados em imobiliárias. A Caixa terá que vendê-los por um valor bem abaixo do valor financiado e não vai conseguir recuperar o investimento. Quando o mercado perceber isso, vai ser uma quebradeira do mesmo nível dos subprimes.

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 6 de março de 2017 at 21:41

      Corroboro.
      Caixa tirou um monte de imóvel que estava em venda direta aqui no DF porque ninguém comprou. Ficou 1 ano anunciado. Preços levemente acima dos solicitados nas imobiliárias.
      Se quiser colocar de novo, vai ter que dar pelo menos 30% off para atrair interessados.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • csamy6 6 de março de 2017 at 21:45

        Outros bancos devem ter feito o mesmo e o valor de suas ações irá cair.

        0
    • Margarida 6 de março de 2017 at 22:45

      Uns seis meses atrás eu fui bisbilhotar os imóveis à venda no site da CEF. Na região onde moro (ABC), tinha um ou dois, só lixos e caros. Fui ver hoje e já aparecem vários, em bairros relativamente bons e com preço (2 a 2,5mil/m2) bem abaixo dos anunciados (4 a 6 mil/m2). Isso venda direta, não leilão.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • EngenheiroSP 6 de março de 2017 at 21:42
    • Antigo 6 de março de 2017 at 22:54

      Só digo uma coisa:
      Leve queda, estável.

      Brasil conseguiu quebrar as leis da física e criar a queda infinita sem ter descoberto a “Portal Gun”.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Julius 6 de março de 2017 at 23:19

    CBR Férias – esse é muito louco.

    Fui viajar de férias no interior de Goiás, em Pirenópolis. Chegando aqui fui parado por um agente de vendas que queria nos mostrar um empreendimento em troca de cortesia. Até aí OK. Chegando lá me apresentaram um APT. de 1 ou 2 quartos em um condomínio cheio de xoxotecas, todas que vc puder imaginar, no centro da cidade. O esquema de vendas era por cotas, 1 mês de uso. Preço 66 mil.as como era primeira visita poderiam me dar um desconto: 47 mil no de 1 quarto. Essas semanas poderiam ser trocadas por estadias em resorts e hotéis no mundo todo (RCI). Questionei sobre os custos, disse que imóvel é passivo, com o Airbnb posso alugar qualquer lugar do mundo por 1/100 desse “investimento”. Me deram o voucher e agradeceram, fomos embora pensando na motumbada: 47mil vezes 12 em um apt de um quarto.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • socrates 6 de março de 2017 at 23:33

      A nobreza não acabou. Se instalou na burocracia publico e privada/legal e impede o estado de progredir. O resultado está em todos os cantos. Por ex. o RJ produz o petroleo e ainda assim cobra muito mais caro que SP em impostos sobre ele. Resultado = empresas e pessoas gastam mais com este item essencial (diretamente – carros/ indiretamente – transporte publico, fretes inclusos nos produtos, etc.) e sobra menos renda para gastar com o comercio e lazer de forma geral. A situação é tão absurda que uma passagem de saida do RJ é pelo menos 5% mais cara que a volta. Em compensação termas e outras empresas de amiguinhos de quem manda tem isenção fiscal…

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • socrates 6 de março de 2017 at 23:49

    I see 666 everywhere…
    “http://www.zerohedge.com/news/2017-03-06/half-americans-cant-write-500-check”

    2+
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 7 de março de 2017 at 00:45

      Assim como no Brasil, o que salva são os 0,5% que pensam diferente e investiram correto.
      Lá se investe em ações, REITS(FIIs) e pequenos/médios negócios e principalmente inovação.
      Aqui se investe em agricultura,serviços e juros.

      0
  • Leonardo M. 7 de março de 2017 at 01:05

    AP que creio eu custa entre R$550mil e R$700 mil em Chapecó sendo alugado por R$1.600,00
    O mundo real é tão lindo!!!!

    http://sc.olx.com.br/oeste-de-santa-catarina/imoveis/aluga-se-apto-127m-no-calcadao-em-chapeco-305975466

    3+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 08:47

      Eu brincava muito nessa rua. kkk
      Mas é a lógica financeira de milhares de brick lovers da BNN.
      Com esse dinheiro… você compra alqueires e mais alqueires nos EUA… com casa de 04 quartos.

      2+
      • avatar
  • Alemon Fritz 7 de março de 2017 at 01:14

    6666..

    No fim de dezembro de 2016, o saldo da poupança estava em R$ 664,9 bilhões. Ao fim de janeiro de 2017, recuou para R$ 658,5 bilhões e fevereiro, avançou para R$ 660,66 bilhões. ..
    Poupança perde R$ 1,67 bilhão em fevereiro…

    a gente ganha pouco, mas ganha juros e se diverte.

    1+
    • avatar
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 08:56

      Bananense não investe em poupança…. ele guarda um pouco de dinheiro no comodismo da poupança. A maioria não tem 5k.

      2+
      • avatar
  • Alemon Fritz 7 de março de 2017 at 01:26

    contaminantes:
    – Aportes a planos de previdência privada crescem quase 20% em 2016, diz Fenaprevi
    (esses planos desaguam no Imobiliario, a previsão é de +25% . 115bilhoes… 5 bilhoes irão para as LIGs por esses fundos sem fundo.
    – FGTS, vai dar uma limpadinha no balanço da caxão.. de 4 a 6bi circulando lá pros creditos podres. 20-27 bilhoes já devem estar liberados na caxão e trabalhando até junho pra eles, direto na poupança.
    – Imóveis: tá igual o presunto luis augusto.. ninguem quer levar, não vende…

    3+
    • avatar
  • CA 7 de março de 2017 at 05:21

    Uau, que “novidade”!

    http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,com-promessa-de-ajuste-governo-eleva-gastos-em-2016,70001689383

    Trecho do link acima:

    “Cálculos apresentados nesta segunda-feira, 6, pela Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado Federal apontaram um impulso fiscal de 1,8 ponto porcentual do Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado. Em relatório, a IFI alertou que, se não houver um corte de R$ 38,9 bilhões nas despesas do Orçamento da União, haverá uma nova expansão fiscal em 2017. Dessa vez, de 0,6 ponto porcentual do PIB.”

    Quer dizer que temos o único ajuste fiscal do Mundo que ocorre com aumento de despesas do governo, poxa, ninguém nunca avisou que não existia ajuste fiscal e que era só “conversa pra boi dormir”…

    Próximas manchetes:

    “Surpreendentemente, em 2017 tivemos novos aumentos nas despesas do governo”

    Ou

    “O ajuste fiscal ocorreu, mas de uma forma que ninguém poderia prever, teve efeito recessivo no curtíssimo prazo. Especialistas intrigados com este fenômeno”

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 08:57

      kakakakakaka

      Brasil!

      Meu Brasil brasileiro
      Meu mulato inzoneiro
      Vou cantar-te nos meus versos

      O Brasil, samba que dá
      Bamboleio, que faz gingar
      Ó Brasil, do meu amor
      Terra de Nosso Senhor

      Brasil!
      PMJ Pra mim, PMJ pra mim, PMJ pra mim

      3+
      • avatar
      • avatar
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 09:00

      Na Banânia o poste mija no cachorro.

      1+
      • avatar
      • SomavamoS 7 de março de 2017 at 10:23

        E a banana come o macaco..

        1+
        • avatar
        • Lucas 7 de março de 2017 at 12:23

          o vice da dilma
          é só uma dilma light

          1+
  • Ilusionista 7 de março de 2017 at 07:38

    já virou rotina nas programações dos principais telejornais….
    “compradores na pranta” tomando na cabeça e perdendo muito dinheiro….

    http://noticias.r7.com/jornal-da-record/videos/-devolucao-de-imovel-comprado-na-planta-cresce-40-no-brasil-06032017

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • thiago fm 7 de março de 2017 at 08:21

    Lord of All

    É engraçado q qndo aparecem argumentos que a dupla batman e robin não tem como refutar, eles simplesmente somem.

    Daqui uns dias aparecem repetindo a mesma falácia, como se nada tivesse acontecido.

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar

    Eu realmente invejo quem tem tempo para ficar o dia inteiro na internet, mas infelizmente não é meu caso e por mais que curta gastar algum tempo por aqui, também curto outras coisas na minha vida. Já fiquei mais de um ano lendo sem postar e por isso não estranhem se não me virem bater ponto todo dia no blog, até porque não sinto a necessidade imperativa de comentar e contrapor tudo e todos como fazem alguns. O que eu faço ou pelo menos tento fazer é intervir quando percebo que a notícia ou os dados são lidos de forma escancaradamente enviesada.

    De qualquer forma, já que alguns sentem falta de meus comentários, vou fazer algumas ressalvas que julgo pertinentes sobre o tópico atual:

    1 – É evidente que a baixa liquidez para escoar os imóveis retomados na conjuntura atual preocupa e gera custos para os bancos, mas é preciso ter em mente o que seria pior num cenário como este: tomar uma calote sem a menor chance de recuperar o crédito tal como aconteceu com os créditos podres das demais modalidades comerciais ou tomar um calote tendo em mãos uma garantia real, que pode ser revendida para recuperar ao menos uma boa parte do crédito concedido? Há um trecho na matéria do tópico que não deixa dúvidas sobre o posicionamento do banco que domina o setor:

    ” Caixa informou por meio de sua assessoria de imprensa, o banco tem dado prioridade a empréstimos com garantia real como forma de mitigar riscos.”

    2 – Mais uma vez eu ressalto que não se pode perder a noção de perspectiva das coisas. O número de imóveis retomados deu um salto nos últimos anos, mas quando se leva em conta o tamanho da carteira imobiliária dos bancos e principalmente da CEF, esse movimento se torna muito mais tênue do que parece à primeira vista, o que também pode ser evidenciado no trecho final da matéria:

    “Apesar do crescimento do volume de imóveis, veículos e máquinas no balanço dos bancos, o Banco Central diz que esses bens ainda são pouco relevantes para o sistema bancário. Eles representam 2,2% do patrimônio líquido e 0,2% do ativo total das instituições financeiras.”

    3 – É nítido o incômodo latente de alguns sobre a postura morosa da CEF de não retomar grande parte dos imóveis que entram em inadimplência, mas isso não obviamente não causa tanta surpresa e indignação para quem de fato conhece a forma de atuação do governo e do banco, que nunca conseguiu e talvez nunca consiga destilar completamente seu perfil social da lógica que se esperaria de uma instituição financeira que visa primordialmente o lucro e a eficiência dos processos. Na prática beira a inocência esperar da CEF a racionalidade de um banco privado que precisa prestar tempestivamente satisfações sobre seu desempenho à donos e acionistas e mais inocência ainda achar que essa postura da Caixa surgiu agora, sendo que já aconteceu outras vezes e de uma forma até mais massiva no início da década de 2000 com a varrição da sujeira para baixo do tapete da EMGEA.

    Além disso é preciso considerar o contexto atual que embasa as decisões da instituição. Se o banco está de fato “segurando” a retomada do imóveis é porque talvez tenha chegado à conclusão de que nesse momento tal postura é menos danosa para a perspectiva de resultado e rentabilidade do banco, tendo em vista que manter a posse do imóvel com o mutuário que possui mais de três parcelas atrasadas, mas que tem boas chances de recuperar sua capacidade normal de pagamento numa eventual estabilização da economia, pode ser menos custosa do que execução de uma garantia em meio a um cenário de baixa liquidez, que não só ensejaria uma redução substancial dos preços, mas que também obrigaria a instituição a assumir impostos e despesas correntes de manutenção do imóvel que podem ser evitados ou ao menos adiados em caso arrefecimento ou reversão da tendência de mercado de curto à médio prazos.

    4+
    • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 08:54

      Thiago fm
      Para que estes imóveis consigam ser desovados, terão que baixar muito o valor do lance inicial, como o Bradesco fez recentemente.
      Com 50% abaixo do LAUDO DE AVALIAÇÃO, nos leilões que acompanho não estão saindo nenhum, eles conseguem receber lances com “descontos” acima de 60%, e chegando até a 80%.
      A CEF terá que passar a ter uma postura muito mais agressiva nos descontos para se livrar deste enrosco, porque agora o TCU barrou a vendida daquelas carteiras com 95% de deságio.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 7 de março de 2017 at 08:59

      thiago fm

      kkkk

      “Os dados são lidos de forma escancaradamente enviesada”. Sim, Thiago FM, é fato que você lê de uma forma tão GROTESCAMENTE enviesada que fica RIDÍCULO, mas sabemos que você não tem “semancol” (sic), não se preocupe, como sempre vamos demonstrar o quão enviesadas e sem sentido são suas colocações:

      1 – Garantia real e não consegue revender NADA em leilão? Real para quem, para aqueles que vivem ALIENADOS? Garantia real que não recupera nem o saldo devedor?

      2 – Não podemos perder a perspectiva? Ah, este montante representa só 2,2% do patrimônio liquido e 0,2% do Ativo Total na SOMATÓRIA de todas as instituições financeiras do Brasil!!! Ocorre que a CEF detém 70% do crédito imobiliário e retoma menos de 1/5 de todos os imóveis inadimplentes, ou seja, para a CEF individualmente é uma situação crítica e ANÔMALA, principalmente se considerar que seus Ativos estão SUPER-AVALIADOS e os preços das garantias são superiores em muitos casos aos valores que eventualmente algum dia poderiam vir a recuperar em leilões!!! Se colocarmos em uma perspectiva REALISTA e NÃO ENVIESADA como a do Thiago FM, veremos que a CEF SOZINHA deveria ser a que mais detém imóveis no Brasil, ganhando de qualquer construtora, o tipo de ANOMALIA que só existe durante uma bolha imobiliária. Inocência??? Inocência é achar que uma evidência tão óbvia e inegável quanto esta é algo normal e fruto de uma “crise na economia”, SABENDO que isto é uma característica de toda bolha imobiliária ao redor do planeta. Quanta CARA-DE-PAU, colocar em perspectiva usando o TOTAL do sistema financeiro mesmo sabendo que a CEF detém 70% de todo o crédito imobiliário, tem garantias super-avaliadas e de quebra tem um de retomada de imóveis MUITO menor do que deveriam. É, colocando dentro de uma “perspectiva” UTÓPICA e RELATIVISTA, diluindo os problemas da CEF entre TODO o sistema financeiro do país até que dá para tentar ILUDIR os INCAUTOS, não é mesmo? O relativismo do BC no depoimento acima é complementado pela cegueira seletiva dele que FAZ DE CONTA que a CEF não está BURLANDO os prazos e as melhores práticas de forma OSTENSIVA, com a finalidade de MASCARAR as anomalias. Inocência e estupidez é achar que fazendo exatamente o que fizeram com o Lehman Brothers irão alcançar resultados diferentes…

      3 – Quer dizer que é fácil de reverter a inadimplência imobiliária e vale a pena postergar os leilões porque depois tudo melhora, vendem fácil e por um preço bom e enquanto isto não arcam com despesas de manutenção? Deixe-me ver se entendi: desde 2012 a distorção entre oferta e procura não para de piorar. Qual a decisão da CEF? Adiar ao longo deste tempo o máximo que pode os leilões, desta forma, fica cada vez mais difícil vender em leilão, porque a super-oferta fica cada vez maior e com isto, ela tem que tentar vender por um preço cada vez mais baixo. Adiar cada vez mais para ter um prejuízo cada vez maior, porque além destes pontos, o caixa da CEF vai ficando cada vez mais prejudicado, com os ANOS que se passam sem receberem as parcelinhas. Idêntico à “jenial” (sic) estratégia da PDG e da Viver que as levaram à Recuperação Judicial e que as coloca em uma situação de quebra IRREVERSÍVEL, pois também acharam que adiando o reconhecimento de distratos resolveriam tudo. Quer dizer então que é fácil reverter uma inadimplência imobiliária? Foi isto que vimos nas explosões das bolhas imobiliárias ao redor do Mundo? Se não fossemos tão “inocentes”, poderíamos até pensar que quando chega no ponto da pessoa não conseguir pagar os imóveis, é porque a pessoa já deixou de pagar todas as outras dívidas e portanto é quase impossível voltar a ficar adimplente e continuar pagando as prestações do financiamento imobiliário. Aliás, é exatamente em função disto que o PREJUÍZO da CEF vai aumentando exponencialmente: estas mesmas pessoas NÃO vão pagando condomínio, IPTU e demais despesas, porque elas JÁ SABEM que vão perder os imóveis e tudo isto se acumula e vai abatendo dos valores que ALGUM DIA a CEF TALVEZ venha a recuperar com a venda de imóveis em leilões. Pois é, esta é a “brilhante” estratégia que só poderia vir de uma mente igualmente “brilhante” que trabalha na CEF, ou seja, vamos deixar a distorção entre oferta e procura aumentar cada vez mais, para ser cada vez mais difícil revender os imóveis e sermos obrigados a reduzir cada vez mais os preços, acumulando estes prejuízos com os decorrentes das dívidas de manutenção dos imóveis que vão se acumulando, em uma estratégia fantástica e digna de um Lehman Brothers ou uma PDG. PARABÉNS pela sua esperteza e a da CEF!!!

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lord of All 7 de março de 2017 at 13:14

        CA

        Se precisam vender os ativos imobiliários para recuperar liquidez, então significa uma confissão de que agora se admite que vão precisar de nós, os bolhistas, que têm seu dinheirinho guardado? Dando algum colorido às palavras do Thiago, significa que a CEF não se preocupa com os imóveis dos contratos que estão em inadimplência, pq existem pessoas no BR com grana à vista para adquiri-los em devolver a liquidez aos bancos?

        Ou, dito de outro modo, os bancos irão inevitavelmente gritar: bolhistas me ajudem !!!!

        1+
  • De-boa-na-bolha 7 de março de 2017 at 08:40

    “os dados são lidos de forma escancaradamente enviesada”
    Aplica-se a sua pessoa ?
    “esse movimento se torna muito mais tênue do que parece à primeira vista”
    “que pode ser revendida para recuperar ao menos uma(((( boa parte)))) do crédito concedido”, KKKKKKK outra piada.
    Desinformação, desinformação…….

    1+
  • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 08:54

    Bom dia galera.
    Abri conta no Banco Intermediu e já apliquei uma grana em LCI 365 dias. Dando uma força pro Rubens Menin. Os brick lovers precisam dos poupadores… não tem jeito.

    Anyway…. olhando a fan page do Intermedium na Facebook conferi que eles estão tentando fazer com que a galera economize 30,00 por semana para então completar cerca de 7k no ano. Vocês não tem ideia da choradeira nos comentários. Dizendo que é muito….. que não vale a pena.. que é difícil. 7k no ano!!!!
    PQP!!! Bananense é soda.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • to bolhado 7 de março de 2017 at 09:36

      From, retomando o assunto investimento nos EUA, entendi que para abri conta na Interactive Brokers não precisa ter c/c nos EUA, e por isso não precisa ir pessoalmente; mas se entendi bem o comentário que vc fez alguns posts atrás, para mandar grana para a corretora a melhor forma é de uma conta nos EUA, é isso? Você falou que também dá para fazer wire transfer mas sai caro, pode explicar melhor? Nâo posso fechar um câmbio normal aqui do Brasil direto para a conta da corretora lá?

      0
      • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 10:41

        Eu acho que a melhor forma é ter conta nos EUA para movimentar a conta da corretora. No caso da IB penso que até é obrigatório. Pois eles querem ter certeza que trata-se da mesma pessoa que envia e recebe os recursos.

        0
    • SampaBoy 7 de março de 2017 at 09:55

      From, qual as vantagens desse banco, comparativamente com outras corretoras e banco menores ?

      0
      • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 10:40

        Você tem uma conta corrente digital com uma série de serviços e sem custo. Fora os investimentos que o correntista pode fazer diretamente no site ou aplicativo. Acesse o site deles. Abs.

        2+
        • avatar
      • reznor 7 de março de 2017 at 11:28

        + Outra vantagem competitiva são os grupos de investimento. Consegui LCI a 94% do DI pra 180 dias em função do grupo que faço parte ter levantado 1 milho grande e possibilitado entrar na faixa mais alta de taxas oferecidas. O problema é que recentemente eles reduziram o retorno dessas taxas, o que gerou bastante insatisfação do pessoal que não teve tempo de aportar o dinheiro a tempo. Ex.: antes eles pagavam 98% do DI para LCI de 1 ano, hoje são 96%;
        + Se pingar mais de 50K, é possível habilitar o Platinum do cartão MasterCard. Não tem milhagem, mas é interessante pra quem viaja pro exterior e precisa do seguro viagem. Pro cartão Black são necessários 250K, o que acredito não ser nada vantajoso;
        + Além disso, também estão oferecendo custódia gratuita para TD, o que é sempre bem vindo pra quem deseja montar estratégias de compra de títulos com prazos distintos.

        1+
        • avatar
    • Thiaguinho 7 de março de 2017 at 10:09

      Eu SI divirto!!

      0
  • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 09:08

    Como esperam uma RÁPIDA RETOMADA com estes números?

    Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF). As expectativas são todas de retração, depois de um ano já tendo registrado declínio de 14,1%

    “O PIB deve confirmar números bastante negativos para 2016, como a FBCF, que deve ter apresentado queda de 10,6% no ano, terceira consecutiva, o que implicará recuo de 26% no triênio”

    Ainda sob a ótica da demanda, Caruso, do Pine, acrescenta que espera quedas de 4,2% no consumo das famílias, após variação negativa de 4,0%; de 0,9% nos gastos do governo (de -1,0%); de 10% na FBCF;

    Tombo de 3,7% para o PIB industrial de 2016, o que levará o dado para um recuo acumulado de 11,2% no último triênio

    http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,pib-de-2016-deve-ter-queda-de-ate-3-7-e-confirmar-pior-recessao-desde-1930,70001689089

    5+
    • avatar
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 09:15

      Para a retomada seria preciso que a renda média do bananense dobrasse em 03 anos… ou seja… não vai
      Que as commodities subissem forte de preço.. mas forte mesmo.
      Que um ajuste fiscal fosse implementado de fato. até agora só promessa.
      Mesmo assim… seria bem complicado. Os fundamentos econômicos estão delapidados.

      8+
      • avatar
      • avatar
  • RC 7 de março de 2017 at 09:50

    “Veja duas formas de comprar um imóvel com preços até 40% abaixo dos de mercado”

    “Para quem busca um imóvel como meio de investimento ou simplesmente não está com pressa de se mudar, há duas formas de comprar a casa própria que garantem um preço bem abaixo do oferecido no mercado. Uma delas é o leilão, onde é possível arrematar imóveis com valores até 40% menores. A segunda é ficar de olho nas ofertas de residenciais recém-construídos, cujas construtoras muitas vezes divulgam preços menores para liquidar o estoque.”

    http://extra.globo.com/noticias/economia/minha-casa-minhas-duvidas/veja-duas-formas-de-comprar-um-imovel-com-precos-ate-40-abaixo-dos-de-mercado-21009470.html
    .

    Óbvio que é matéria tendenciosa, dizendo a hora é agora, e que tem de comprar dos estoques das construtoras; mas colocar descontos de 40% na manchete já demonstra que o desespero está começando a bater a porta

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 7 de março de 2017 at 10:00

    KKKKKKK, se explodam, dia feliz

    Quase mil corretores de imóveis inscritos na dívida ativa têm títulos protestados

    ..diante do elevado índice de inadimplência acumulado ao longo dos anos, após esgotadas todas as oportunidades administrativas de quitação..
    sendo 5.528 ativos. Destes, 1.127 inativos e 1.916 ativos se encontram em débito.

    http://www.paraibatotal.com.br/noticias/2017/03/07/28098-quase-mil-corretores-de-imoveis-inscritos-na-divida-ativa-tem-titulos-protestados

    5+
    • avatar
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 10:43

      Nossa… os vendedores de tijolos mágicos estão sem grana?
      Juro que não entendo !!!

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Alemon Fritz 7 de março de 2017 at 10:56

        ou seja 25% irregulares ou mais… lembrando que corvo é a garantia de segurança do negócio… kkk
        kkkk

        1+
  • Alemon Fritz 7 de março de 2017 at 10:13

    – Prefeitura de Londrina faz novo leilão de imóveis e bens com 50 % desconto
    Apenas um imóvel foi vendido na 1ª rodada,

    – Construtoras oferecem preços especiais em imóveis de Vila Velha
    2 quartos de R$471 mil por R$369 mil., 3qtos de R$455 mil por R$369 mil (kkkk

    -Cartórios vão notificar devedores para retomar imóveis da CEF
    em: http://www.diariodigital.com.br/geral/cartorios-vao-notificar-devedores-para-retomar-imoveis-da-cef/155298/

    3+
    • avatar
    • avatar
  • perdido no rio 7 de março de 2017 at 10:18

    Pior que vão culpar a recessão pela queda no preço de imóveis…

    PIB brasileiro recua 3,6% em 2016, e país tem pior recessão da história
    http://g1.globo.com/economia/noticia/pib-brasileiro-recua-36-em-2016-e-tem-pior-recessao-da-historia.ghtml

    “A retração foi de 3,6% em relação ao ano anterior. Em 2015, a economia já havia recuado 3,8%. Essa sequência, de dois anos seguidos de baixa, só foi verificada no Brasil nos anos de 1930 e 1931, quando os recuos foram de 2,1% e 3,3%, respectivamente.
    Como a retração nos anos de 2015 e 2016 superou a dos anos 30, essa é a pior crise já registrada na economia brasileira. O IBGE e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) dispõem de dados sobre o PIB desde 1901.”

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 10:34

    No último leilão da TERRACAP-DF, o lote 1 de 20.919 m2 em Águas Claras com destinação exclusivamente comercial (shopping ou escola) não teve nenhum lance

    DESTINAÇÃO: L-1*/ LOTE DE MÉDIA RESTRIÇÃO, VETADO ATIVIDADE DE MÉDIA E ALTA INCOMODIDADE. PERMITIDO: COMÉRCIO, PREST/SERVIÇO E INSTITUCIONAL. USO RESIDENCIAL NÃO PERMITIDO. (VIDE PDL-PLANO DIRETOR LOCAL E/OU CONSULTAR ADMINISTRAÇÃO REGIONAL PARA ATIVIDADES PERMITIDAS). AG/CLARAS RUA COPAIBA LT 03.

    Que pobreza, este pessoal nem tem dinheiro de pinga para investir, era só R$ 37.860.000,00, com apenas 5% de entrada e parcelado em 180 meses.

    http://www.terracap.df.gov.br/uploads/edicts/5887c4542f61b.pdf
    http://www.terracap.df.gov.br/comercializacao-de-imoveis/resultados

    4+
    • avatar
    • avatar
  • Jacob 7 de março de 2017 at 10:43

    Falha bolhistas, tambem estou com TD vencendo hoje, o corretor da XP me ligou oferecendo um CRI da Alianse que paga 99% do CDI, a garantia é o shopping Bangu. Lembrando que é isento de IR, mas nao é garantido pelo FGC.
    O que voces acham?

    2+
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 10:47

      Quando alguém liga oferecendo alguma coisa é porque eles querem livrar-se do determinado ativo. Respira….. pensa bem…… e pegue um bom produto de renda fixa. Deixe as empresas pagarem juros em outras formas de captação.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Jacob 7 de março de 2017 at 10:52

        Eu sempre digo isso. Mas 99% do CDI sem IR é tentador.
        As outras opcoes sao CDB IPCA+7 ou renda fixa do BMG pagando 117% do CDI (lembrando que paga IR).

        3+
        • SampaBoy 7 de março de 2017 at 11:13

          É interessante que esse CDB IPCA+7 teoricamente é excelente , ja que o tesouro paga IPCA mais 5 e pouco, porem deve ser banco menor tipo BMG ou Pine. Ou seja, um pouco mais de risco, um pouco mais de lucro…Se voce quiser um pouco mais de risco tambem sugiro na XP : XP Macro FIM ou XP LB 30 que sao fundos de investimento com historico bom (1,5% pelo menos), coloquei cascalhos la

          2+
          • Jacob 7 de março de 2017 at 13:10

            Eu vi esses fundos, achei alta as taxas de admnistracao.

            0
        • SampaBoy 7 de março de 2017 at 11:17

          Na SOFISA ele tem um produto interessante que é o CDB que paga 100% do CDI mas com liquidez diaria….ou seja, uma “poupança turbinada”, pra essas epocas cinzentas enquanto aguardamos nova opções de aplicações e queremos segurar um pouquinho….

          3+
          • avatar
          • Felipe 7 de março de 2017 at 11:21

            sei que é mixaria, mas quem é cliente da XP tem a opção do CDB diário do Daycoval que paga 101%

            3+
            • avatar
            • Felipe 7 de março de 2017 at 11:52

              só pra efeito de comparação lci diário da caixa, que só vira diário depois de 90 dias, paga 79% e é isento de IR.

              2+
              • avatar
    • Marcos_SP 7 de março de 2017 at 12:10

      Eu diversifiquei agora em um Fundo Multimercado (XP LONG BIASED FIC FIM) com o resgate de alguns títulos em Renda Fixa. Agora com a queda dos juros, tem sido uma boa forma de diversificação. Fiz os cálculos do valor líquido (sem taxa de administração 2,0% a.a, sem taxa de performance 20% a.a. que exceder o CDI, e sem o come-cotas, vulgo Imposto de Renda) e deu o seguinte:

      Quem investiu nos últimos 12 meses:
      Rentabilidade líquida de 45,61%, ou seja 128% do CDI do período;
      Volatilidade (Risco) de 17,35% e Sharpe Ratio de 3,21. Ou seja para cada ponto de risco, o fundo deu 3,21 pontos de rentabilidade acima do CDI.

      Quem investiu nos últimos 24 meses:
      Rentabilidade líquida de 67,43%, ou seja 130% do CDI do período;
      Volatilidade (Risco) de 18,50% e Sharpe Ratio de 1,67. Ou seja para cada ponto de risco, o fundo deu 1,67 pontos de rentabilidade acima do CDI.

      Quem investiu nos últimos 36 meses:
      Rentabilidade líquida de 79,02%, ou seja 125% do CDI do período;
      Volatilidade (Risco) de 18,03% e Sharpe Ratio de 1,10. Ou seja para cada ponto de risco, o fundo deu 1,10 pontos de rentabilidade acima do CDI.

      Apesar do risco (volatilidade) ser alto para alguns, um perfil mais arrojado de investimento; os índices de sharpe do fundo estão bons, aparentando ser um fundo bem eficiente e com boa rentabilidade líquida.

      2+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 7 de março de 2017 at 12:25

        índice sharp dos poucos que presta pra alguma coisa
        tá na minha lsita de estudos a fundo

        0
        • Marcos_SP 7 de março de 2017 at 12:39

          A maioria dos fundos são lixo, a verdade é essa!! Ou tem um índice de sharpe ruim, ou rentabilidade insatisfatória, que quando você tira a taxa de administração, performance e come-cotas fica até abaixo do benchmark, no caso o CDI. Seria melhor investir em um LCA/LCI, por exemplo, sem volatilidade (risco) nenhum. Quando você faz esses cálculos vê que menos de 5% dos fundos prestam, ou são melhores do que uma aplicação direta em um título de renda fixa, sem taxa de administração, performance, etc.

          Mas as vezes um fundo, mesmo com risco (volatilidade) elevado, compensa, pois seu histórico de rentabilidade é alto. E o sharpe ratio mede exatamente isso: quanto você teria de rentabilidade marginal (acima) do Benchmark (CDI, por exemplo) em relação ao risco que você está se expondo. A fórmula do sharpe ratio é essa: (rentabilidade total – rentabilidade do Benchamark) / (volatilidade)

          4+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • tfox 7 de março de 2017 at 10:45

    CVR

    apto de 140m2 em São caetano do Sul foi vendido por 750k temers na planta em 2012 e última unidade vendida no prédio saiu por 800k em fevereiro . Outras vendidas a 950k e até 1.1kk temers ( decorado por arquiteto de grife !) continuam à venda…

    O detalhe é que esta unidade vendida por 800k a construtora colocou piso, armários, box, etc. Imagine o prejuízo de quem comprou na planta em 2012, pagou INCC e ainda depois os juros do financiamento ? #MotumboNeles

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 10:48

      Coloca o nome do empreendimento aí.

      2+
      • avatar
  • Alemon Fritz 7 de março de 2017 at 10:52

    Compensa comprar imóvel à vista ou financiar e deixar o dinheiro render?

    Não.

    http://www.infomoney.com.br/onde-investir/noticia/6148226/compensa-comprar-imovel-vista-financiar-deixar-dinheiro-render

    e pra alugar: não, pois o retorno é 0,04 e o financiamento 0,0885+tr

    2+
    • avatar
    • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 12:03

      “Sabemos que ao final do financiamento pagaríamos o dobro do valor do imóvel. Logo, teríamos que encontrar aplicações financeiras que rendessem bem mais que o valor da taxa de financiamento”, explica o Agente de Investimentos.

      Tudo isso é considerado para uma compra com intenção de ocupar o imóvel. Adquirir uma unidade imobiliária com a intenção de receber renda de aluguel, Brown crava, não vale a pena. “Temos essa certeza”, diz, isso “em virtude do baixo yield dos aluguéis residenciais (0,4% ao mês em média) e do alto custo do financiamento” – apontado no item financiamento (8,85% ao ano + TR).

      3+
      • avatar
  • reznor 7 de março de 2017 at 11:10

    Brasil enfrenta pior crise já registrada poucos anos após um boom econômico
    http://g1.globo.com/economia/noticia/brasil-enfrenta-pior-crise-ja-registrada-poucos-anos-apos-um-boom-economico.ghtml

    Uma bela matéria, amigos bolhistas. Vários CVRs pra deleite dos rentistas opressores.
    Só aprendemos na vida na base da porrada. O gobierno bem que poderia fazer o mesmo.
    Mas não, não vai.

    666 is the number of the beast.
    true story.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cadeludo 7 de março de 2017 at 11:36

    poisé precisamos ficar muito atentos
    vejo uma enxurrada de matéria mimimi xororô tudo vinculado ao lulopetismo
    estão entrando na mente das pessoas com mensagens subliminares de vitimismo e volta ao bom passado
    a desinformação é muito bem remunerada
    os esquerdistas se proliferam feito ratos

    a pauta agora é: Éramos felizes e não sabíamos!
    não vai faltar imbecil pra acreditar nisso

    3+
    • avatar
    • avatar
    • Felipe 7 de março de 2017 at 11:38

      ah e vc tem dúvidas de quem será o “salvador da pátria”?

      3+
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 11:41

    Se até no FIPEZAP caiu 12,54%, então quanto deverá ter sido a queda REAL

    Uma pesquisa realizada pelo Índice FipeZAP Comercial mostrou que os preços dos imóveis comerciais iniciaram 2017 com queda. O preço do metro quadrado de venda teve uma queda de 0,29% entre dezembro e janeiro, já o de locação caiu 0,35%.

    Isso representa, no acumulado dos últimos 12 meses, que as quedas foram de 2,95% para venda e de 7,86% para locação. Segundo os dados, se consideramos a inflação de 5,35% no período, segundo IPCA/IBGE (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo / Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a queda real de preços atinge 12,54% nos alugueis e 7,88% no caso dos preços de imóveis comerciais à venda.

    2+
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 11:44

    Novo recuo em interesse de aquisição de imóveis para investimento, diz Raio-x FipeZAP

    Os resultados divulgados pelo Raio-X FipeZAP do 4º trimestre de 2016 oferecem novos indícios sobre a percepção atual e expectativa dos agentes para 2017. A participação das transações com desconto no total de transações permaneceu praticamente estável entre o terceiro e o quarto trimestre do ano, em torno de 75%.

    Atingindo o menor percentual da série histórica em dezembro de 2016 (39%), a participação dos investidores no total de compradores continuou a declinar. Especificamente, o maior recuo foi observado entre os investidores com o objetivo de aluguel, cuja participação no total de respondentes recuou ao menor percentual da série histórica (21%) em dezembro de 2016.

    Em relação ás expectativas sobre a evolução de preços dos imóveis, é possível notar um aumento significativo do percentual (de 30% para 36%) de entrevistados que esperavam queda nos preços ao longo de 2017. Já a proporção de respondentes que partilhavam de uma expectativa de aumento nos preços, para o mesmo horizonte temporal, recuou de 17% para 13% entre o terceiro e último trimestre de 2016.

    0
  • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 11:47

    PIADA DO DIA

    Imóveis de alto padrão vão aquecer mercado imobiliário em 2017
    Novo teto do FGTS para aquisição de imóveis é de R$ 1,5 milhão. Imobiliárias investem em serviços e personalização para garantir vendas.

    Ribeiro acredita que este novo valor deve aquecer o mercado e aumentar as vendas de imóveis que, até então, eram vistos apenas como sonho de consumo: “Muitas pessoas que estavam buscando imóveis na faixa de R$ 800 mil agora vão buscar opções de maior valor, que vão de R$ 1 milhão a R$ 1,5 milhão. A oferta deve ser maior do que a procura, estimamos um crescimento de 20% nos negócios este ano”, explica. Outro ponto favorável será a concorrência entre os bancos, que deve diminuir as taxas de juros para financiamento.

    ESPECIAL PUBLICITÁRIO AXIS 21 IMÓVEIS

    http://g1.globo.com/pr/parana/especial-publicitario/axis-21-imoveis/noticia/2017/03/imoveis-de-alto-padrao-vao-aquecer-mercado-imobiliario-em-2017.html

    5+
    • avatar
  • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 11:49

    A geração Z já nasceu conectada e a tecnologia não é apenas mais um item em suas vidas, mas sim fundamental para se comunicarem com o mundo. “Além disso, são pessoas que não se focam em algo por muito tempo e perdem o interesse rapidamente. É a geração do zapear”, explica o palestrante e consultor corporativo Gilberto Wiesel

    Ele destaca algumas características que construtoras, imobiliárias e corretores devem considerar para se relacionar melhor com esses clientes:

    1 – Jovens da geração Z utilizam a tecnologia para pesquisar e negociar a compra de um imóvel. O WhatsApp, por exemplo, é uma ferramenta importante para conversar com o corretor.

    2 – Eles preferem imóveis pequenos. E não é só porque a maioria deles é solteira, mas sim porque desejam passar boa parte do dia longe de casa, aproveitando melhor o tempo livre.

    3 – Independentemente da faixa de renda, o luxo e a infraestrutura não são diferenciais para eles. Bicicletário pode ser tão importante quando garagem.

    4 – Porém, o conforto e a localização ainda estão entre os atrativos, pois eles valorizam a qualidade de vida e a otimização do tempo.

    5 – Eles não querem patrimônio, querem viver novas experiências. Não adianta destacar a “valorização do imóvel” como argumento de venda.

    6 – Assim como em outros aspectos da vida, eles não são apegados ao imóvel, até porque têm como projeto de vida viajar muito e até morar fora por um tempo.

    7 – Eles são muito ligados à questão da sustentabilidade ambiental. Por isso, produtos que tenham essa característica se tornam mais atrativos.

    http://www.socorretor.com.br/mercado/o-que-o-mercado-imobiliario-pode-oferecer-para-a-geracao-z/

    4+
    • avatar
    • Felipe 7 de março de 2017 at 11:58

      interessante notar que a chamada geração Z deve ter no máximo 25 anos, aproximadamente. Quase ninguém dessa faixa ainda tem renda pra comprar imóvel, quase ninguém é casado, poucos têm filhos e etc… Essas considerações citadas vão mudar muito na medida em que os jovens forem ficando velhos

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 12:09

        Faltou colocar também que muitos deles continuarão a morar na casa dos pais PARA SEMPRE

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Alemon Fritz 7 de março de 2017 at 12:10

      .
      a geração z fica na casa dos pais até os 34 anos e aluga o primeiro imóvel..

      o corvo só colocar as garrinhas neles daqui 10 anos.. a geração de agora já gastou tudo em carro, celular, cartão e FIES. eles vão se juntar pra fazer “coletivos” ou pedir grana na internet pra pagar o aluguel… a maioria tá desempregada e não sai de casa “pra ganhar menos que 3,5k”, não tabalha. ..
      corvo vai sonhando.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 12:21

        Verdade Alemon Fritz
        Temos uma geração X e Y que está endividada.
        Uma geração Z que vai morar com os pais até eles ficarem idosos
        Uma geração milenarista que nem quer saber de nada.
        Um pico da população que será atingido em 2030 -2035 e começará a cair.
        Uma vacância acima de 20% na região metropolitana de são paulo.
        Construir imóveis hoje, para quem ?

        5+
        • avatar
        • avatar
  • Leonardo M. 7 de março de 2017 at 11:57

    CVR banco conta hackeada semana passada e minha saga

    Agora eu entendo porque agências do BB nunca vão acabar.

    Desde que minha conta foi hackeada quarta feira passada eu já fui 3 vezes as agências do BB:
    1 – Fui em uma agência na quinta feira e me disseram que bastava ligar no 0800 atrás do cartão que tudo se resolvia.
    2 – Fui em outra agência na sexta feira e me disseram que teria que escrever uma carta e que só o gerente conseguiria fazer, mas ele já tinha ido embora e não pude resolver o problema na sexta.
    3 – Ontem Falei com o gerente e ele fez todo o processo mas bloqueou minhas senhas e esqueceu de imprimir um documento pra eu assinar e enviar pra minha agência em Florianópolis. Sem esse documento nada do meu dinheiro de volta…
    4 – Hoje terei que ir de novo atrás desse problema …

    E você ainda acha que vai acabar as agências? Kkkkkk pela falta de competência e treinamento eu acho que nao!

    Além do cara fazer um Ted com tudo o que tinha na minha conta, ainda conseguiu sacar R$130 no Maranhão e ainda usou todo meu limite de cartão de crédito pra pagar contas.

    Perguntei se o banco iria atrás do dinheiro e do responsável.
    O gerente disse que não compensa pro banco.

    E o ônus fica comigo é claro, por clonarem meu cartão é hackear minha conta.

    Será que cabe um processo aqui por danos morais?

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • to bolhado 7 de março de 2017 at 12:04

      Desculpe a sinceridade mas…pq catso vc tem conta no BB?!

      0
      • Money_Addicted 7 de março de 2017 at 12:32

        exato amigo, pq BB?

        0
    • Jacob 7 de março de 2017 at 15:20

      O BB tem a grande vantagem da capilaridade.
      Quanto ao seu problema, faca uma reclamacao na ouvidoria do banco e outra no BACEN. Vao resolver tudo rapidinho.

      2+
  • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 11:59

    LEILÃO DE SEGUNDA PRAÇA SEM LANCES
    Apartamento de 2 quartos, sendo 1 suite, com 79,43 m² de área privativa, sacada, por R$ 205.587 (R$ 2.577/m2)
    http://www.gpleiloes.com.br/index.php?pg=leilao&idleilao=1095&subpg=lote&lote=001&voltar=index.php?home=1|ecomercial|pg=leilao|ecomercial|idleilao=1095

    E ai Thiafo fm, será que a CEF terá que baixar para 1K/m2 para conseguir se recapitalizar ?

    3+
    • avatar
    • avatar

    • Leonardo M. 7 de março de 2017 at 12:02

      Por R$1.200 o m² já fica bem interessante comprar pra primeiro imóvel.
      R$1.000 o m² fica ótimo!

      1+
      • avatar
      • Lucas 7 de março de 2017 at 12:10

        o Thiago não entendeu
        não estamos com raivinha
        que se dane se a Caixão não retomar
        pra mim quanto mais prejuíxo ela tiver, melhor
        o tesouro nacional cobre o Caixão
        e o nosso PMJ cobra o tesouro
        … simples assim

        o Thiago sempre levando para o mundo dos egos para o ad hominem, é lá que ele sabe atuar, é para isso que ele foi programado por seus superiores

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 12:18

          Lucas, já está acontecendo em leilões municipais.
          Colocam um terreno a venda esperando receber 10 milhões e só conseguem vende-lo por 2 milhões.
          Se a CEF espera receber 20 BI com o leilão de todos os imóveis retomados, talvez ela só consiga colocar 2 bilhões no bolso.

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Lucas 7 de março de 2017 at 12:21

            pra gente, quanto pior melhor
            ganhamos dos 2 lados, pela queda dos imóveis (ton a periferia dane-se esse, quero um melhor, casa no jarduim paulistano)
            e ganhamos pelo PMJ pra cobrir o rombo

            e o ti-ti-tiago nesse mimimi de egos
            ele não pode admitir que entendeu
            seja por ego, seja por programação

            3+
            • avatar
            • avatar
            • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 12:40

              Lucas
              Eu não entendo o por quê a CEF vende carteira de financiamentos inadimplentes com 95% de deságio.
              Assim, 1 BI em imóveis inadimplentes rendem somente 50 milhões.
              Se fossem a leilão com desconto de 80%, iriam receber 200 milhões, 4X mais.

              1+
              • avatar
              • Lucas 7 de março de 2017 at 12:53

                outra pergunta retórica né?
                é a máfia dos leilões
                a bolha estourou faz tempo
                o estouro está sendo capitalizado +/- pelos mesmos players que a inflaram
                e com a condição de fazerem tudo sob sigilo

                tititiago não toca no assunto
                postei video da Record com reportagem disso aí, um alfinete no palheiro
                a questão é, e quando até eles começarem a ter prejuízo, o que vão cobrar do governo?
                BR, um país de esquemas

                5+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 13:04

                  Thiago fm, como insider CEF, você poderia dar uma explicação plausível para isso ?

                  4+
                  • avatar
                  • avatar

                  • Lucas 7 de março de 2017 at 13:22

                    e dedurar o esquema???
                    eles só não hackeiam e destroem a gente pq somos os 0,0001%
                    se bem que as vezes té bate uma paranoia
                    acho que no fundo são tão ricos que tão cagando, somos uma diversão pra eles
                    eles querem mais é medir quanto de esforço um bananense precisa pra se ligar pra vida
                    somos ratinhos de lab, eu vi, fui numa festa desses caras, cada garrafo de vinho ali
                    e do outro lado da sala o promotor publico que deveria fiscalizar, aliás até daria o nome, bom professor ele era.

                    4+
                    • avatar
                    • avatar
                  • thiago fm 7 de março de 2017 at 19:15

                    Onde você viu a CEF queimando imóvel com 95% de deságio? Se está falando da venda dos créditos podres já expliquei que é praticamente tudo de modalidades comerciais. Se houver imóvel no meio provavelmente deve ter pendência judicial que impede o leilão.

                    0
                • perdido no rio 7 de março de 2017 at 18:48
      • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 12:50

        Leonardo M.
        Foi comprado por 163K em novembro de 2012
        O banco pegou este apartamento como garantia de um empréstimo de 47K
        O detalhe é o valor de avaliação de 340K
        http://www.gpleiloes.com.br/site_arquivos/arq_1095_001_20170215171830.pdf

        3+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • CA 7 de março de 2017 at 12:06

    Curioso como um diagnóstico errado tem levado a ações igualmente erradas e por isto sem que as pessoas enxerguem qualquer recuperação efetiva e ainda fiquem “surpresas” com esta situação. Vejamos só um exemplo, mas isto é geral em relação aos “especialistas”:

    http://g1.globo.com/economia/noticia/quedas-seguidas-do-pib-tornam-caminho-da-recuperacao-mais-dificil-dizem-economistas.ghtml

    Trecho do link acima:

    “Aquilo que começamos a viver em 2015 de um forte ajuste fiscal continuou em 2016 na mudança de governo. Sobrevalorizou-se o combate à inflação, mantendo a taxa básica de juros Selic num patamar elevado, acarretando problemas na taxa de investimento e na rolagem da dívida pública. Essa redução de despesa é uma política de enxugar gelo. Isso afeta o nível de atividade econômica e frustra receita, pois quando corta despesa”, diz.

    Para ele, a retomada só vai acontecer quando o governo retomar seus gastos e investimentos públicos, o que viabilizará uma perspectiva da retomada da economia.”

    Comento (CA):

    Forte ajuste fiscal a partir de 2015??? Em 2015 havíamos batido o recorde de déficit fiscal. Voltamos a bater em 2016. Em 2017, a tendência é de mais uma vez bater este recorde. Que diabos de ajuste fiscal que fizemos e que já gerou efeitos contracionistas na economia???

    O ajuste fiscal ainda nem começou e já estão usando isto como desculpa ESFARRAPADA para a crise, tudo para não reconhecerem o óbvio, de que temos uma fortíssima crise de LIQUIDEZ, onde os principais causadores foram a bolha imobiliária e a bolha de consumo.

    As informações abaixo ajudam a entender como aquilo que foi colocado pelo especialista é uma grande UTOPIA. Pior: estas visões simplistas e sem NENHUM fundamento são as que se espalham pela mídia, ILUDINDO a população…

    http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,com-promessa-de-ajuste-governo-eleva-gastos-em-2016,70001689383

    Trecho do link acima:

    “Cálculos apresentados nesta segunda-feira, 6, pela Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado Federal apontaram um impulso fiscal de 1,8 ponto porcentual do Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado. Em relatório, a IFI alertou que, se não houver um corte de R$ 38,9 bilhões nas despesas do Orçamento da União, haverá uma nova expansão fiscal em 2017. Dessa vez, de 0,6 ponto porcentual do PIB.”

    Em outras palavras, as despesas do governo continuam crescendo sem parar e os especialistas dizendo que a continuidade da crise se deve ao ajuste fiscal que ainda nem começou. Olhem o tamanho do absurdo: como o diagnóstico é completamente errado, a solução o acompanha: a economia só vai melhorar quando o governo retomar seus gastos e investimentos públicos!

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 12:16

      O difícil é identificar quando é INCOMPETÊNCIA de quando é DESONESTIDADE

      2+
    • Lucas 7 de março de 2017 at 12:18

      comentei abaixo

      0
  • Lucas 7 de março de 2017 at 12:08

    AUDIENCIA DO BLOG
    alguém lembrou do google trends, digitem bolha e pegem o histórico desde 2004
    https://trends.google.com/trends/explore?date=all&geo=BR&q=bolha%20imobiliaria

    conclusões:
    – Sim, o auge em 2014 confirma a previsão da audiência estourar cerca de 2 anos depois do estouro real, estudei isso 5 anos atrás.
    – sim a bolha é infima perto do mercado de compra e venda, somos coisa de 0,01%, Thiago e Fernando são os 99,9%
    – Sim o fingezap nem se coçou pra quebra da PDG, o Thiago fugiu da aposta, mais tarde volto nisso
    – Sim Thiago sabemos que a Caixão nunca vai retomar, estamos pouco cagando pra isso, desde que o tesouro nacional cubra e o governo PMJ
    – Sim Thiago num banco privado o leilão a 4,4k o metro quadrado é 60% abaixo dos 15 k/m² que vendem na planta ali no vizinho do leilão
    – fingizap não serve nem pra limpar a sua bunda
    – Denovo Thiago seu mimimi se restringe apenas a lingua, vc não põe dinheiro onde fala, nem ninguém da sua turma
    – A margarida “ontem” psotou um leilão vendido a 3k mas que encalhou ao tentarem empurrar por 4k, ou seja, até a máfia dos leiloeiros tão pagando o estouro
    – De novo Thiago vc mente ao dizer que a carteira de imóveis é insignificante, o titulo da matéria de hoje é exatamente isto. Não teríamos creditr crucnh se não fosse tão significativo, o anonymous já fez as contas para nós, peloi efeito renda sobre juros basta 1/10 do que aconteceu nos EUA para os efeitos aqui serem ainda piores, não é surpresa a maior crise econômica desde 1889, não para nós, claro, para vcs fica até engraçado os gráficos floridos tentando explicar.
    – o Fernando é bem diferente do Thiago, o Fernando é uma espécie de bobo vítima do primeiro, um e outro devem ser criticados conforme suas “responsabilidades”

    PS: sim o calote a frente volta a virar um risco, por isso digo que é importante manter um plano B e vazar todos os títulos atrelados em REAIS, para em 3 clicks fugir da posição igual o diabo da cruz, em 2018 voltarei neste assunto, seja dum risco-lula quando dum risco anti-lulla, pra mim os 2 são perigosos igual
    o lula é até um mal conhecido, o outro lá, pode ser melhor, pode ser pior, realmente tenho a menor idéia.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 12:13

      Em 2018 uma chapa Dória + Joaquim Barbosa, na minha opinião, teria mais de 80% de se eleger

      1+
      • avatar
      • Lucas 7 de março de 2017 at 12:18

        espero que não, quero Doria prefeito por 8 anos
        sabe que tá acontecendo aqui
        Doria privatizando 107 parques urbanos e estacionamentos
        Alckmin indo na esteira fazendo o mesmo pros 10 parques Estaduais paulistanos
        economia de milhões e serviços melhores
        o Vila lobos aqui perto de casa já temos 15 fud troquis pra escolher comida boa pela metade do preço +5 reais de estacionamento na sombra com vigia
        continuando assim, vou de carro até o Parque e de METRO até aqui, só esperando inaugurarem a estação

        4+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • reznor 7 de março de 2017 at 13:22

          Duvido que o JB entre nessa ciranda política e se arrisque a destruir a popularidade acumulada pós-Mensalão.
          Doria já avisou que vai apoiar o Alckmin pra presidente ano que vem. Pro Doria é muito mais vantajoso ter um parceiro no âmbito federal e alavancar a gestão dele.

          4+
          • avatar
  • Lucas 7 de março de 2017 at 12:15

    porra CA
    acabei de falar disto
    eles acham que o credit crunch caiu da lua???
    claro que a merda imob é significativa, juntando com tantas outras no crédito
    o anonymous uma vez fez uma conta interessante, no nosso patamar de renda e juros não precisamos de 100% de dívida para a hecatombe acontecer, somos muito mais frágil, e taí os resultados, taí a realidade, que eles insistem em negar, a maior crise desde 1889, bola cantada pelo blog.

    Quanto à recuperação CA, desagrega os números: melhorou a cana, a soja e o oleo preto
    é o novo encilhamento, aliás criado em 1929 em Taubaté, para se recuperar da segunda maior crise da história do BR
    sabe o que decidiram naquela Convenção??? inflação e juros pro povo, cambial e PMJ pras elites.
    socializam as perdas, privatizam os lucros
    como não sou dono de nenhuma mina, ficamos com as rebarbas deste sistema perfeito

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 12:27

    Porque uma queda de 35% no valor dos imóveis comerciais em São Paulo não aparece no FIPEZAP?

    No início de 2012, a taxa de disponibilidade (que mede a proporção de imóveis não alugados em relação ao total oferecido) para o segmento de padrão mais elevado era de 8%. No mesmo período de 2016, esse percentual havia subido para mais de 20%. No caso dos imóveis de padrão imediatamente inferior, a piora do cenário é ainda mais dramática. De uma vacância marginal há quatro anos, a situação deteriorou-se para mais de 15% de imóveis desocupados na capital paulista. Muitas empresas encerram ou reduzem atividades, deixando espaços vazios para trás.

    Como seria de se esperar, esse movimento provocou um desabamento dos preços, avalia Daniel Iannicelli, diretor de escritórios da Engebanc. Segundo ele, em algumas regiões, como a da Avenida Engenheiro Luis Carlos Berrini, na zona Sul de São Paulo, os preços chegaram a cair 4% apenas no primeiro trimestre deste ano. Em quatro anos, a baixa média dos preços dos aluguéis atingiu salgados 35%. “E esse movimento de ajuste ainda não acabou, pois ainda há muitos imóveis vazios e proprietários que precisam torná-los rentáveis”, diz Iannicelli.

    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/investidores/20160524/tempo-mudanca/375342

    2+
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 7 de março de 2017 at 12:49

      a pergunta é retórica

      mas mesmo assim, vamos lá:
      o fingizap não cai pq nenhum proprietário é idiota de pagar pra anunciar o próprio prejuízo
      eles vão continuar maquiando seus resultados, via pagamento de anúncios
      E isso em nada interfere no valor real de mercado
      mesmo que alguém compre, o prejuízo está sendo empurrado pra outro, o prejuízo não desaparece,
      no nível micro alguém passou a bata quente, no macro a batata tá cada vez mais quente.

      César neste exato momento to mexendo em renda por setor aqui de SP
      tá sentado?
      2010 já tinha começado a cair
      estimo que o auge foi algo em 2008 na beira da crise mundial, os dados não desgrega nessa precisão
      mas ainda tínhamos crescimento de massa salarial, pela atividade, pelo PIb e pelo emprego, daí que a bolha não estourou em 2010 com a inflexão do domiciliar, mas poucos anos depois disto quanto no macro tudo veio abaixo. Muito interessante.
      Outra coisa, todos os dados sociais aparentemente melhorando: saneamento, alfabetização, evasão, etc, melhor falando quantitativamente melhorando, povo eufórico fazendo coisas boas, mas que não funcionam tão bem, o qualitativo o IBGE não pega. BR é um país pra ingles ver. Impressionante.

      4+
      • avatar
      • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 12:55

        Lucas
        O aumento da renda per capita era uma tendência desde o FHC
        O Lula surfou no lucro das comodities do início do primeiro mandato dele até a metade do segundo.
        A partir dai e durante o governo Dilma, a renda per capita foi aumentando via endividamento público e privado.
        Ou seja, desde 2009 já era uma economia IRREAL, baseada em endividamento.
        Só que em 2009 as incorporadoras estavam abarrotadas de LANDBANK, adquiridos em 2007 e 2008 com os IPOs
        A bomba só explodiu em 2014, mas já vinha de longa data.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Lucas 7 de março de 2017 at 13:04

    aí que tá!!!
    segundo meus números no per capita lula já tava naufragando, antes da delma
    só não vimos por causa do pressal, do cambio, do crédito, do pleno emprego, do nominal X real, bolsas, a inflação e pib com metodologias recalculadas, enfim toda a euforia toda a maquiagem
    mágicas pra desviar do fundamento podre
    estou realmente atônito com essa descoberta, eu não desconfiava

    4+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:07

      2009/2010 o gobierno dobrou a aposta… para que isso não ficasse evidente.
      enfiou crédito na banânia toda….. e protelou a correção pontual. Pior é que a Dilma tb continuou nesse modelo falido…. por isso 2014-2021 será de muito çanguiiii. Eu fiz a analogia com os 07 anos de vacas magras da Bíblia.

      5+
      • avatar
      • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:08

        Agora pegue aquelas pessoas que conhecem bem o mecanismo e histórico da Banânia. Eles ganham na euforia de várias formas e dão grandes saltos na recessão / depressão econômica.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 7 de março de 2017 at 13:16

          estamos aqui no blog afinando timings
          enquanto eles ainda nem entenderam
          na próxima bolha d efarinha tamo junto from

          1+
          • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:17

            Bolha de farinha!?
            LIKE !!!!
            kkkkk

            0
            • Lucas 7 de março de 2017 at 13:41

              um dos poucos que leio
              sobre robots X sistemas de produção
              http://www.huffpostbrasil.com/entry/stephen-hawking-capitalism-robots_us_5616c20ce4b0dbb8000d9f15

              há quem enxergue esquerrdices nisso aí
              mas vc pode ler no original e ver que ele não tece adjetivos sobre a profecia
              dane-se, se acontecer quero estar do lado owner, pessoalmente acho mundo equality mais bonito, esteticamente mesmo, até por minhas origens, conheço de perto o feio, mas….

              não sou o dono das regras.

              4+
              • avatar
        • Leonardo M. 7 de março de 2017 at 13:18

          FTT

          Creio que esses mecanismo vem com experiência de vida.
          Eu por exemplo comecei a investir na bolsa de valores em 2011 quando tinha 25 anos de idade. Cometi vários erros comprando FIIs tranqueiras, ações e outras coisas.

          Com o passar dos anos agente vai aprendendo que no Brasil só RF salva de você perder menos.

          Hoje meu patrimônio está em:
          22% CDBs
          40% FIIs(Fiis de papel que rendem juros e não tem imóveis como VRTA,FEXC,BCRI etc).
          2% poupança
          23% TD
          10% ações
          3% outros

          Veja que apesar de ter muito FII que é renda variável, grande parte desse produto é renda fixa, apenas com nome diferente.

          2+
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:20

            Muito bom. Legal é que alguns títulos do TD possuem características de renda variável tb.
            Eu aceito bem as oscilações. São ótimas para aporte / realização.

            1+
  • reznor 7 de março de 2017 at 13:10

    Cesar_DF, olha esse post do Portinho, acabou de sair:
    https://blogdoportinho.wordpress.com/2017/03/07/a-bolha-imobiliaria-que-nao-existe-o-maior-estoque-de-imoveis-esta-com-os-bancos/

    Destaco: “Muita gente acha que, para se caracterizar a bolha, é necessário que exploda, ou seja, que a queda dos preços seja devastadora e imediata. Não é necessário que isso ocorra, principalmente em um país com inflação elevadíssima como o nosso.”

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 13:14

      O Thiago fm e o Amorinha não concordam com isso. Bolha é só quando quebram os bancos kkkkkk

      4+
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 7 de março de 2017 at 13:19

      reznor, artigo excelente mesmo

      Para onde vão os estoques?

      Dos lançamentos comerciais prefiro nem comentar, pois é catástrofe total. A região do Porto Maravilha tem 85% de vacância. Não entendo porque não alteraram a proposta para formatar empreendimentos residenciais na região. Mesmo que os lançamentos parem hoje, não deve levar menos que 10 anos para ocupar os imóveis comerciais da região. Talvez nunca sejam ocupados. O Rio está em franca decadência, precisa se recuperar.

      Pelo visto os bancos não sabem bem o que fazer com os imóveis residenciais retomados. E poderão vir muitos, principalmente das SPEs da PDG.

      Estão evitando os tradicionais leilões presenciais, pois há muita combinação de preços. Nos on-line os imóveis não estão saindo nem em segunda oportunidade, pois os preços estão quase a mercado.

      Alguns estão pensando em criar empresas específicas para desovar os estoques. Outros já retiraram do jurídica o processo de retomada, de tão grande o volume.

      Uma coisa é certa, os imóveis precisarão vir ao mercado, não há o que fazer com eles, exceto vender. E isso poderá pressionar ainda mais os preços.

      Minha impressão pessoal é que ainda estamos longe da estabilização. A aprovação das reformas e o equilíbrio fiscal poderão ajudar na queda dos juros e na retomada da economia, mas ainda vai levar, pelo menos, de 12 a 18 meses para sentirmos a diferença.

      https://blogdoportinho.wordpress.com/2017/03/07/a-bolha-imobiliaria-que-nao-existe-o-maior-estoque-de-imoveis-esta-com-os-bancos/

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 7 de março de 2017 at 13:23

        delei

        1+
        • Lucas 7 de março de 2017 at 13:26

          ops delay
          gape

          1+
  • Leonardo M. 7 de março de 2017 at 13:10

    Cá,Lucas é demais bolhista.

    Os Fernando dá vida acham que somos contra alguém comprar um AP ou bolhudo por módicos R$10.000,00 o m². Ninguém aqui é contra o suicídio financeiro, até porque a vida é dá cada um.

    Apenas mostramos o caminho das pedras e que qualquer imóvel acima de R$2.000,00 o m² só se vier com muito ouro nesse imóvel.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:14

      São escolhas.
      Eu peguei lucro de milhares de tijolos emprestando para quem aporta em tijolos via LCI.
      Comprem !!! Comprem !!! Comprem !!!

      1+
      • Lucas 7 de março de 2017 at 13:17

        são escolhas
        eu comprei e digo que paguei mais que isso
        mas contrui 10 m2 por 500 reais e outros 30 vão me custar outros 20 mil incluindo a mobília e os telescópios

        0
        • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:22

          Como você mesmo disse: Com uma casa é possível inventar moda, usar criatividade, ampliar, usar sistema de energia, etc. Mas com um apê bolhudo em condomínio , dá para fazer o quê? Nem a taxa de de condomínio é possível controlar.

          4+
          • avatar
          • avatar
          • Lucas 7 de março de 2017 at 13:25

            só sinto falta da rosinha pra achar alguém que projete uma claraboia que vira varanda
            http://cdn2.limaonagua.com.br/wp-content/uploads/2015/10/01-claraboia-sacada-cabrio.jpg

            2+
            • Lucas 7 de março de 2017 at 13:26

              from, é grande mas lê aqui embaixo
              vc vai se divertir

              2+
              • avatar
              • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:29

                Já li.
                kkkkk

                É muita opressão: resume bem o cenário e larga várias indiretas nos argumentos dos tolos.

                1+
            • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 14:02

              Muito legal essa claraboia. Na Alemanha eu vi algo parecido.

              1+
              • avatar
  • Lucas 7 de março de 2017 at 13:13

    thiago fm

    Além disso é preciso considerar o contexto atual que embasa as decisões da instituição. Se o banco está de fato “segurando” a retomada do imóveis é porque talvez tenha chegado à conclusão de que nesse momento tal postura é menos danosa para a perspectiva de resultado e rentabilidade do banco, tendo em vista que manter a posse do imóvel com o mutuário que possui mais de três parcelas atrasadas, mas que tem boas chances de recuperar sua capacidade normal de pagamento numa eventual estabilização da economia, pode ser menos custosa do que execução de uma garantia em meio a um cenário de baixa liquidez, que não só ensejaria uma redução substancial dos preços, mas que também obrigaria a instituição a assumir impostos e despesas correntes de manutenção do imóvel que podem ser evitados ou ao menos adiados em caso arrefecimento ou reversão da tendência de mercado de curto à médio prazos.

    nunca leio, só li pra enteder melhor os escrachos do CA
    aí cai nessa dele
    kkkk
    a Caixão à espera de um milagre
    vamos traduzir essa porra:
    a Caixão calculou melhor e viu que não vale a pena retomar, os custos da operação frente ao que será angariado em leilão são maiores do que simplesmente largar nas mãos de DEUS

    “SEGURA NA MÃO DE DEUS, SEGURA”
    vamos cantar pessoal

    mas como nós sabemos, tempo é dinheiro, cada mês ali é mais prejuízo pro tesouro cobrir
    e como sabemos mais ainda, povo brasileiro é fofoqueiro, existe o moral hazard da coisa se espalhar e mesmo quem pode pagar não vai pagar.
    aí meus amigos imóvel volta a valer poeira, como sempre valeu num paizinho de merda, onde morar na favela é melhor e mais barato que nessas porcarias.
    temos déficit é de FAVELA isso sim vai crescer

    E quem não consegue abstrair tudo isso, basta lembrar dos anos80 e do BNH
    e PMJ, pq o $ da caixão não nasce em árvore
    SErão década pra recuperar dessa crise
    Fundo do poço = 2027 (isso mesmo 20 vinte)

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 7 de março de 2017 at 13:24

    CVR

    Mandei um ZAP pra um Brick lover pedindo R$165.000,00 em um AP de 1 quarto com 53m². Que dá R$3.113,00 o m².

    Ofereci R$100.000,00 só pra arder mais = R$R$1.888,00 O M²
    O que tá ótimo pra um AP em cidade de interior.
    Apenas respondeu um seco “obrigado” e com uma carinha do ZAP com zíper na boca, então significa que ele queria me chinga e kkkkk

    7+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:27

      Cuidado… o chapecoense é muito orgulhoso… eles deixam a geladeira vazia em casa.. mas não deixam de aportar em carro para desfilar na Getúlio Vargas e ou terrenos ou tijolos nos bairros mais afastados. Sério. Eu morei um tempão aí.

      4+
      • avatar
      • Leonardo M. 7 de março de 2017 at 13:31

        E o por que nem Catarina era.
        DDD 41 o corvo , pode até ser daqui mas já virou um Curitiboca kkkkkk

        0
    • Lucas 7 de março de 2017 at 13:27

      ou será aquele acessório sadomaso de mascara?
      querendo dizer que ele gosta mesmo é de tomar uma motumbada

      3+
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 7 de março de 2017 at 13:43

        Veio louco
        Nem tomando 2 litros de pinga eu aceitaria pagar R$1.888,00 o m² por um AP
        O preço justo seria R$1.200 o m²pra pensar
        É meu preço ideal pra compra R$900m² e R$1.000 no maximo
        Fora isso deixa na RF trabalhando por mim o dinheiro.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:48

          Não sei não…. eu construí em 2007 uma bela casa a 900,00 reais o metro com o valor do terreno. 20k me custou o terreno.
          Isso foi em 2007. Uma boa casa .. bem construída por 1,5k o metro eu encaro. kkkk . Claro que depende de outros fatores tb.

          0
  • Lord of All 7 de março de 2017 at 13:38

    Thiago_FM

    “tendo em mãos uma garantia real, que pode ser revendida para recuperar ao menos uma boa parte do crédito concedido?”

    Ei, bolhistas que têm dinheiro líquido, ajudem-me!

    0
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:41

      Tô sem pressa. Tô com TD bem marcadinho para os próximos 10 anos.
      kkkkk

      2+
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 7 de março de 2017 at 13:46

    From_
    coloquei lá uma sobre robots
    mas tem outras bemdivertidas
    o reedit é uma espécie de oraculo moderno, existem vários deles, pessoas de alto IQ fazem voluntariamente, eu leio uns 3.

    olha isso:
    Science AMA Series: Stephen Hawking AMA Answers! by Prof-Stephen-Hawking in science

    [–]Prof-Stephen-Hawking[S] 3686 pontos 1 ano ago 
    Dr Hawking, What is the one mystery that you find most intriguing, and why? Thank you.
    Answer: Women. My PA reminds me that although I have a PhD in physics women should remain a mystery.

    0
    • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:49

      anotado. Salvo.

      1+
      • avatar
      • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:49

        Hawkings é putanheiro !!!
        kkkkk

        1+
        • avatar
        • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 13:53

          Para tentar entender um pouco.. eu disse um pouco da mentalidade feminina.. .recomendo o Nessahan Alita. Vejam na pastinha opressora do pandeiro.
          https://drive.google.com/drive/folders/0B_HYrjDCKvw-MDlxYUlYa0dVeDA?usp=sharing

          0
          • Lucas 7 de março de 2017 at 13:56

            kkk
            antes de continuar
            hawking é famoso por sua inteligência tido como top10
            ele não é top10, ele talvez seja top100, eu o leio pelo humor e pela popularidade
            não leve tão a sério, ok?
            seu trabalho foi interprtar pen rose, esse sim um top100 legitimo

            0
          • reznor 7 de março de 2017 at 14:05

            Cramulhão pira kkkkkkkk

            0
          • Lucas 7 de março de 2017 at 14:35

            from
            li rápido
            n recomendaria não, talvez para um adolescente
            é infantil, é loser, é deprê, é chato longo e sem graça, é quase um karl marx do sexo

            se eu fosse dar um conselho,
            usaria coisas +simples, tipo:
            trazer a batalha para o seu campo, aliás, que batalha???
            viva sua vida e pronto, essa fixação por mulher chega a ser doentio.

            ia escrever um compendio sobre isso mas apaguei
            eu lembro outro comentário infantil o DRN lembra dele, falando que todas as questões se resolvem com adevogado (logico que ele é um)
            kkkkk
            quem fala isso ou não conhece as mulheres, ou não conhece os adevogados, mais provavelmente as 2 coisas.

            desculpa aí, esta nos seus favoritos
            depois podemos analisar pela questão “técnica” e “mitológica”
            acho mais bonito +feliz e tbm mais certo.

            0
            • to bolhado 7 de março de 2017 at 15:13

              nisso eu concordo 100%. Uns anos atrás (já era casado) tomei contato com essa onda de PUA e afins. Tem coisas legais aqui e ali, talvez a parte que salve é trabalhar a autoestima do cara, a cara-de-pau. Mas me pareceu muito coisa de adolescente. Se você tem mais de 20 anos e tem dificuldade para pegar mulher algo está esquisito….aparentemente a minha época de “guerra”, uns 15 anos atrás, era mais complicado do que hoje e ainda assim o pessoal da minha turma quase ninguém passava vontade…

              0
  • From_The_Tower 7 de março de 2017 at 14:16

    TR de março
    0,10 %
    0,13%
    0,18% (06/03 a 06/04)

    É mutuários….. quanto mais dias úteis…… pior para vocês. Bancos se protegendo em …3….2….1.

    4+
    • avatar