O Minha Casa, Minha Vida nem sempre é bom negócio – Samy Dana

Você pode gostar...

Comments
  • Zebolheu 12 de fevereiro de 2017 at 15:47

    Ficou perdido no último tópico, mas tem tudo a ver com este aqui.

    “thiago fm
    (…) 4 – Subprime de crédito na CEF também não se sustenta ao ver, pois inadimplência habitacional continua sob controle. Em relação a tendência de aumento das renegociações e retomada de imóveis, penso que não se pode perder de vista o contexto. Esse movimento ao menos por ora não aparenta ser estrutural e é totalmente compatível com a deterioração do cenário macroeconômico, com aumento substancial do desemprego e consequente perda de renda por parte dos mutuários”

    Meu comentário:

    “Thiago fm, muito estranho seu ponto 4. Não possuo dados estatísticos, mas algumas notícias que aparecem na mídia sobre falta de capacidade de honrar financiamentos (25% de inadimplência no MCMV, por exemplo) são preocupantes. A Caixa, a meu ver, dá muito crédito subprime sim! Quando ela aceita comprovação de renda por simples carta de declaração (era de até R$1500,00 por pessoa envolvida na compra do imóvel, agora talvez seja mais, e quando há extratos bancários “comprobatórios” o valor pode ser maior) ela está dando crédito de alto risco. E pior, quando ela aceita avaliar imóveis absolutamente *deploráveis* por valores irreais, ela está fomentando esse crédito podre, pois está forçando o comprador a tomar empréstimo para pagar algo que possivelmente pudesse pagar à vista caso o preço fosse mais racional. Um exemplo (SPTV, faz alguns anos): a Caixa financiou uma unidade de um “condomínio horizontal” na perifa da perifa de SP, cerca de 40m2, no topo de um barranco, segurado por palafitas que pareciam palitos de dente, por nada menos do que R$220.000,00!!! Depois o condomínio foi embargado por perigo de ruir. Ora, que raio de engenheiro que fez a avaliação e não viu o perigo iminente?!?!?! E que preço/m2 absurdamente desproporcional para a região!”

    Salve Samy!

    26+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • thiago fm 12 de fevereiro de 2017 at 21:08

      Zebolheu,

      Inadimplência do MCMV faixa 1 chega a ser maior que 25%, mas como já expliquei meses atrás, a CEF só operacionaliza e transfere os recursos da União nessa faixa, sem fazer avaliação de crédito por exemplo. Os recursos do governo cobrem quase todo o custo do imóvel, gerando parcelas “simbólicas” que poderiam ser quitadas com o que essas famílias recebem de Bolsa Família. Eles não pagam por conveniência, já que desconfiam que o governo nunca vai tomar esses imóveis.

      O que faz parte da carteira da CEF são as faixas 2 e 3 que têm inadimplência por volta de 2%, em linha com a média. Em outras palavras, a parte podre é jogada sob o tapete da sociedade.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • thiago fm 12 de fevereiro de 2017 at 22:07

        Conforme prometido, segue link com a continuação do trabalho (PARTE 2), o qual trata de forma específica de como enxergo a trajetória de ponta à ponta do “boom imobiliário” no Brasil, como foco no crédito habitacional e no da desempenho demanda e dos preços dos imóveis na última década, analisados sob o prisma da evolução dos indicadores macroeconômicos do país.

        No material constam aproximadamente de 100 gráficos que reúnem praticamente todo o material específico sobre o tema imobiliário que coletei e processei no último ano (alguns já divulgados), num formato de apresentação de slides. Por ter sido formatado para divulgação exclusiva para o blog, o material obviamente não segue todo o rigor metodológico de um artigo acadêmico, mas ainda assim se faz inteligível o suficiente para traduzir a leitura que faço do processo e ao mesmo tempo disponibilizar para os frequentadores do blog uma quantidade enorme de informação sobre todos os aspectos inerentes ao mercado imobiliário, para que cada um tenha condições de formar opinião por si mesmo.

        Não fiz questão do tópico para a exposição, mas peço que leiam com calma, antes de me atacarem.

        Obrigado

        O CAMINHO DO BOOM IMOBILIÁRIO – A TRAJETÓRIA DA DEMANDA E DOS PREÇOS DOS IMÓVEIS NO BRASIL NA ÚLTIMA DÉCADA

        LINK:
        https://pt.scribd.com/document/339153249/o-Caminho-Do-Boom-Imobiliario

        4+
        • CA 13 de fevereiro de 2017 at 04:42

          Thiago FM,

          De fato você já conseguiu exaurir a paciência de muitos aqui, não pela persistência no que “defende”, mas sim pelas sucessivas e intermináveis mentiras, enganações e desinformações dentre outros truques sujos praticados de forma intensa.

          Pior: tendo sido sucessivamente desmascarado, apesar disto persiste utilizando os mesmos estratagemas de forma intensiva, com certeza na crença de que se mentir 1.000 vezes, as pessoas vão acreditar em você.

          Nos seus mais de 100 gráficos acima, consta a sua “análise” de que o preço dos imóveis não cresceu o triplo da renda, que voce anunciou com grande estardalhaço e várias vezes e que já foi DESMASCARADO com suas próprias fontes e critérios?

          Nos seus mais de 100 gráficos, consta a informação da pesquisa da EMBRAESP com a MÉDIA de 12 meses que você sucessivas vezes FEZ DE CONTA que não era média, apesar desta informação constar na primeira página da pesquisa que você utilizou?

          Nos seus mais de 100 gráficos consta a sua “análise” da queda de preços segundo o CRECI SP que desconsiderou o mix, aquele mesmo mix para o qual você já havia sido advertido INÚMERAS VEZES desde 2 anos atrás que era essencial para se analisar a evolução do preço médio geral do M2 e que você fingiu que não viu?

          Consta aquela “análise” sobre a pesquisa do CRECI em São José dos Campos que em nenhum momento você PROVOU que estava errada quanto ao preço médio geral do M2, onde você apenas pinçou de forma propositalmente incompleta e enviesada uma PARTE das informações, só para ILUDIR o pessoal?

          Consta o penúltimo golpe de DESINFORMAÇÃO que você aplicou neste final de semana, onde de forma plenamente consciente você tentou mais uma vez ENGANAR as pessoas ao comparar algo que você sabia que era apenas uma AMOSTRA de um total de distratos com um número que era o TOTAL de financiamentos?

          O que consta acima, são apenas amostras, sabemos, assim como vários usuários do blog que presenciaram estes truques, que é muito mais extenso do que isto.

          Você já não cumpriu as suas “promessas” anteriores quando dizia que não voltaria a postar no blog, desde anos atrás quando foi DESMASCARADO outras vezes, agora você quer nos fazer acreditar que você está postando estes mais de 100 gráficos para cumprir uma promessa? Teríamos que acreditar nisto e também neste conteúdo, apesar de tudo que consta acima? Por que? Acreditar em alguém que de forma compulsiva e apesar de ser desmascarado sucessivas vezes, muitas delas com suas próprias fontes e critérios, persiste nas mesmas estratégias e fazendo de conta que nada aconteceu, é o que você chama de ter “a mente aberta”, ou a pessoa teria que ser completamente estúpida para acreditar nisto?

          10+
          • avatar
          • thiago fm 13 de fevereiro de 2017 at 07:40

            CA,

            Por que não estou surpreso em ver que a primeira crítica é sua, sempre na tentativa de incitar os outros e inibir eventuais elogios e dúvidas pertinentes dos mais leigos?

            As suas críticas e apontamentos que se repetem mais do que vitrola quebrada já foram devidamente tratadas com desenhos na novela de 8 capítulos que postei em dezembro. Quem tiver interesse em saber quem de fato enganou ou se enganou que volte àqueles tópicos e tire suas conclusões, já que nós dois somos partes interessadas na discussão. Seu desespero para desviar o foco da postagem é tanto que nem percebeu que fiz questão de fazer constar os famigerados gráficos da Embraesp e até do CRECI, mesmo com sérias dúvidas sobre a validade desse último.

            Aliás, quem não é dissimulado já percebeu que a única coisa que você tem feito ultimamente é comentar sempre as mesmas coisas sobre os tópicos e se agarrar nos supostos deslizes das minhas análises para tentar me desqualificar junto a sua plateia cativa, como se eu me importasse com isso. Lembro de uma vez, cerca de dois anos atrás, que para tripudiar em cima de mim você disse pomposo que já tinha postado mais de 40 tópicos por aqui em menos de 3 anos. Só acho estranho você não postar mais nada de seus consistentes FATOS e DADOS nos últimos 18 meses. Por que não atualiza teu trabalho sobre bolha e economia, para que as pessoas possam ter uma noção melhor do que aconteceu e do que deve acontecer dentro da sua perspectiva de análise? Por que parou de fazer suas pesquisas? Tem algum receio de que seus dados e evidências (notícias) não indiquem uma espiral de piora do mercado imobiliário e a tal explosão mais “visível” da bolha ou que eu corrija em seguida as informações buscando a fonte primária?

            Eu continuou achando que informação é a forma mais efetiva de combater a desinformação e é isso que tenho feito. Basta ver o primeiro comentário do colega acima sobre o MCMV 1, que foi replicado por anos da mesma maneira para se encaixar na sua tese do subprime 2.

            Não preciso que concordem comigo ou com minha visão das coisas, nem quero ser melhor do que ninguém, tanto que só fiz questão de postar o material nesse blog, mantendo meus dados anônimos. No entanto isso não retira o fato de que se espremêssemos os seus 40 tópicos e a maioria dos tópicos diários, não sairia nem metade das informações e dados que disponibilizei nesses dois meses. Aliás esperava sinceramente que o mestre CA fosse capaz de identificar dentre tanto material muito mais que os “duvidosos” apontamentos citados acima, que na prática só provam que os preços não caíram como você disse para todo mundo que aconteceu, inclusive ressaltando que a explosão em São Paulo já era muito maior que a dos EUA.

            A quem tiver dúvidas e complementações realmente úteis a discussão, responderei à noite, quando retornar do trabalho

            6+
            • CA 13 de fevereiro de 2017 at 08:16

              Thiago FM,

              Já te expliquei um milhão de vezes, não adianta fingir que não entendeu: parei de pesquisar em várias fontes pelo mesmo motivo que você começou a pesquisar em um volume muito grande: está muito óbvio o que já está acontecendo, não são necessárias pesquisas extensas. Se o governo, o segmento imobiliário e você estão desesperados para desinformar com pseudo-análises, nem é preciso de tanto esforço em pesquisas para revelar isto, veja o seu caso, onde com suas fontes e critérios já demomstrei suas mentiras várias vezes…

              6+
              • avatar
              • Antigo 13 de fevereiro de 2017 at 08:24

                O quarto slide “Melhoria dos indicadores da demanda” dá uma impressão que o país está em franca expansão.
                Só indicadores positivos. O que é bom sobe, o que é ruim desce.

                Brasil rumo a maior economia do mundo? Ou estou interpretando errado? Ou talvez seja uma análise desonesta com dados selecionados para passar uma falsa impressão? Jamais saberei.

                4+
                • Antigo 13 de fevereiro de 2017 at 08:27

                  “Apesar da tendência de alta da inadimplência das pessoas físicas no último ano em meio à deterioração dos indicadores econômicos, o impacto nos pagamentos da casa própria por enquanto tem sido discreto. O índice de inadimplência do crédito imobiliário permanece sob controle e relativamente estável nos últimos anos”

                  Leve queda, estável.
                  Chega, cansei de ler isso. Não dá. Juro que tentei.

                  2+
                  • CA 13 de fevereiro de 2017 at 10:53

                    Antigo,

                    Nem me dei ao trabalho de ler, nem lerei.

                    Só pelo trecho que você destacou fica mais uma vez clara a MÁ-FÉ.

                    Veja meu próximo comentário logo abaixo, sobre assuntos que foram colocados VÁRIAS vezes para Thiago FM quanto a inadimplência do crédito imobiliário na CEF e em todos os casos ele simplesmente continua FINGINDO que não vê.

                    É mais um caso gravíssimo de tentar ILUDIR as pessoas a qualquer preço. Ele trabalha HÁ ANOS na CEF, nós nem precisaríamos ter dito VÁRIAS vezes para ele que quando existe um aumento exponencial no crédito imobiliário concedido a inadimplência PERCENTUAL deveria ter caído e muito, exatamente como aconteceu com outros bancos. Isto fora todos os outros pontos abaixo. O Mundo de FAZ DE CONTA é fundamental para ele e o segmento imobiliário…

                    3+
                    • avatar
                    • thiago fm 13 de fevereiro de 2017 at 18:50

                      Não leu nem vai ler (rs)… mas obviamente isso não te impediu de intervir na minha postagem. Como disse no outro dia, ignorar os fatos não faz com que eles desapareçam, sem contar que é sempre mais difícil discordar e atacar aquilo que não se conhece.

                      0
      • CA 13 de fevereiro de 2017 at 04:48

        Thiago FM,

        Sobre a inadimplência da CEF, pontos colocados sucessivas vezes para você, que você “esqueceu” de mencionar acima:

        A CEF é o governo, sempre foi o braço por trás do governo para inflar a bolha. Dizer que o governo entubou a CEF para que ela praticasse a concessão de créditos podres via MCMV faixa 1 não muda isto em nada. Poderíamos dizer que o governo americano obrigou agências de lá ao fazer o mesmo para o subprime, isto significa que não existiu o subprime lá? Não, é só outra forma de fugir do assunto.

        Ao falar sobre a inadimplência “normal” da CEF, você mencionou qual o volume que foi transferido para empresas abutres e desapareceu do índice de INADIMPLÊNCIA como num passe de mágica?

        Você explicou que fazer negociações de pai para filho com condições anormais, que fogem do padrão de mercado, é algo também utilizado para MAQUIAR a inadimplência real?

        Você explicou que, quando temos um crescimento EXPONENCIAL no crédito imobiliário concedido, que foi o que aconteceu no.Brasil por mais de uma década, o NORMAL é que o percentual de inadimplência caia, uma vez que no começo do pagamento o NORMAL é que não haja inadimplência e não foi isto que aconteceu com a CEF, embora tenha acontecido com outros bancos?

        Você falou que o que o governo está fazendo de permitir o uso de FGTS para pagar até 12 prestações atrasadas do financiamento imobiliário é algo absolutamente ANORMAL, uma vez que a esta altura imóveis nesta condição já deveriam ter sido retomados? Pelo menos estes imóveis que podem chegar a 1 ANO de atraso são considerados inadimplência, ou entram na conta de renegociação para ser MAIS UMA forma de MAQUIAR a inadimplência?

        9+
        • avatar
        • avatar
  • JJJ_brasilia 12 de fevereiro de 2017 at 16:26

    Como disse o governo alemão:

    Incentivos ao mercado imobiliário são rapidamente repassando para os preços.

    Continuo:

    Depois o mercado imobiliário passa a pedir mais incentivos, é como um viciado que exige doses maiores dá droga para sentir os mesmos efeitos.

    48+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Longa Manus 12 de fevereiro de 2017 at 16:27

    CASAMENTO – observação sobre postagens do tópico anterior.

    É lamentável que o rapaz não tenha conseguido consolidar uma relação de amizade com a esposa.
    Tenho 48 anos e 28 com a mesma mulher. Atualmente, além do sexo prazeroso (podem crer..kkk), temos uma relação de amizade, cumplicidade. E o melhor: Ela é Bolhista modo turbo!!! Sinto muito por quem ainda não encontrou sua cara-metade. Desejo-lhes sorte, com sinceridade!!!!!

    52+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 17:33

      Você não entendeu que eu disse “HOJE EM DIA”, casou-se a 28 anos atrás, de qualquer maneira mesmo a 28 anos é uma exceção que confirma a regra.
      Aproximadamente metade dos casamentos termina em divórcio hoje em dia e aqueles que continuam casados muitos tem uma vida miserável, não se separam por orgulho, por falta de condições, por terem filhos e patrimônio juntos, ou por estarem acomodados mesmo.
      O que tem de casamento de mentira não está no gibi.

      Para que comprar (casar) se pode alugar e tem sempre um imóvel novo, com acabamento em dia, último modelo e com uma xoxoteca quase 0KM que você con certeza vai querer usar? “-D

      Hoje os casamentos duram em média 15 anos no Brasil, metade do tempo do financiamento do bolhudo.

      http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2015-11/divorcio-cresce-mais-de-160-em-uma-decada
      “https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2016/11/24/quanto-dura-em-media-um-casamento-antes-do-divorcio-no-brasil.htm
      “https://www.insper.edu.br/conhecimento/politicas-publicas/divorcio-no-brasil/

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 17:39

        E não, não gosto disto, preferia que fosse diferente mas infelizmente é a realidade em que vivemos.

        7+
        • avatar
        • Rene Fraçoá 12 de fevereiro de 2017 at 20:05

          Hoje passei muito tempo conversando com um senhor que é pastor e advogado, formou os filhos e netos médicos, advogados e engenheiros. Como ele diz “hoje tudo mudou em relação a família”….”Infelizmente”

          6+
          • avatar
          • Juros Lover BSB-BH 13 de fevereiro de 2017 at 10:30

            A familia mudou mesmo mas mudou pra muito melhor…Antes por imposição religiosa vc era obrigado a ficar preso eternamente no casamento fracassado…Hoje em dia nao, vc tem de fazer o casamento dar certo e não adianta só ligar o piloto automático…A liberdade individual tem bônus mas tem ônus tbm…Casou e se quiser separa sempre assumindo a responsabilidade dos atos…

            3+
  • Bolha BOSS 12 de fevereiro de 2017 at 16:29

    Por favor

    Se alguem puder reproduzir aquela materia do Lauro Jardim sobre os 40% aqui, agradeço. Estou com tablet, então estou sem acesso

    7+
    • avatar
    • Azufre 12 de fevereiro de 2017 at 16:32

      Esta?

      Salas comerciais vazias chegam ao percentual mais alto
      por Lauro Jardim
      12/02/2017 11:20

      Pedro TeixeiraPedro Teixeira | Agência O Globo

      O percentual de salas comerciais de alto padrão para locação que estão vazias no Rio de Janeiro atingiu o seu mais alto patamar histórico em dezembro — 37,6%, de acordo com uma pesquisa inédita da consultoria Cushman & Wakefield.

      Consequência da recessão somada ao grande volume de prédios que ficaram prontos em 2016, um total de 215 mil metros quadrados.

      Muito mais, por exemplo, do que 169 mil metros quadrados entregues em São Paulo no ano passado.

      Mas em São Paulo, a coisa não está muito melhor. Em dezembro, segundo o mesmo levantamento, 29% das salas comerciais de alto padrão estavam de um espera de um candidato à locação — 1,2 ponto percentual acima do ano anterior.

      10+
      • avatar
      • Cesar_DF 13 de fevereiro de 2017 at 12:14

        Pera ai, se estava R$ 120 o m2 para locação de escritórios de luxo no Hell de Janeiro e são 215 mil m2, então tem gente perdendo R$ 25.8 milhões por mês

        3+
  • Longa Manus 12 de fevereiro de 2017 at 16:34

    CVR – Casal colega de trabalho. Com apartamento em local nobre no Estado do RJ. Vendeu por 950K e comprou um de 2milhos. Juntou esses 950k com mais 500k que tinham na poupança. Financiaram 550k. Agora residem no mesmo local, em um apartamento com o dobro de tamanho, mas com parcelas de R$ 6.000,00 mensais….reclamou no trabalho que agora não tem mais dinheiro para viajar, etc. E ainda ponderou: “E tudo por causa da patroa que ficou pressionando. Poxa, se tivesse deixado esse dinheiro rendendo……..” fiquei com pena, o cara é legal…..

    55+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Azufre 12 de fevereiro de 2017 at 16:40

      Eu tenho pena é de mim

      61+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Antigo 12 de fevereiro de 2017 at 17:50

      Poxa camarada, você acabou de falar que é feliz no casamento e manda um CVR desses de amigo que foi na onda da patroa para fazer besteira. Hehehe

      Tem casos e casos né. Para tudo, prudência.

      19+
      • avatar
      • avatar
    • Leonardo M. 12 de fevereiro de 2017 at 18:02

      Caraca
      R$1.500.000,00 em um CDB/LC rendendo 1% líquido daria R$15.000,00
      Pagaria o aluguel do bolhudo de R$6.000,00 o condomínio que deve ser uns R$1.500,00, pagaria também água,luz,internet,comida,carro,restaurantes,serviços e ainda sobraria uns R$2.500 pra reinvestir

      18+
  • Longa Manus 12 de fevereiro de 2017 at 17:00

    kkk. Casamento é foda mesmo, porém se der sorte de achar uma mulher legal…..

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 12 de fevereiro de 2017 at 17:05

    O Minha Casa, Minha Vida nem sempre é bom negócio – Samy Dana.
    Não concordo.

    é bom negocio pra construtoras, pra caxão, seguros (fiança, aluguel), conselho “curador”, cartórios, corvos narigudos, fundos de “previdência privada”, políticos,
    bolsa de valores, invasores, prefeituras.

    38+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Seguidor do Bolha BH 12 de fevereiro de 2017 at 17:42

      Concordo plenamente Alemon. Hehehe

      3+
    • Antigo 12 de fevereiro de 2017 at 17:51

      Para todo mundo, menos para o morador.

      8+
      • avatar
  • homelessbubbles 12 de fevereiro de 2017 at 17:33

    Pessoal, você notaram a grande oferta de COE’s (Certificado de Operações Estruturadas) desde o ano passado? Basicamente são investimentos atrelados à renda variável com prazo determinado que ao final remuneram com um (cupom fixo)+(rendimento do indexador). O pulo do gato é que eles possuem uma barreira de alta, tal que se se o indexador em qualquer momento atingir a barreira, o investidor perde o rendimento, ficando apenas com o cupom. Na prática, significa que os gestores estão apostando em forte alta do indexador. Notei a grande oferta dessas aplicações ano passado quando o IBOV disparou e, de fato, os emissores acertaram. Semana passada vi que a Easynvest passou a oferecer um CEO atrelado à Petr4, com prazo de um ano e barreira de alta de 30%, ou seja, esperam que a ação suba pelo menos 30%, o que a levaria lá para a casa dos 19-20 reais. Me parece factível e, por via das dúvidas, entrei. Na ação, é claro.

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Rene Fraçoá 12 de fevereiro de 2017 at 20:18

      Better Call Saul…..

      8+
      • avatar
      • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 12 de fevereiro de 2017 at 17:48

    Sobre o tópico: não tem problema, o importante para o bananense é a parcela caber no salário. O resto é teoria da conspiração ou, como sempre diz uma coRetora que eu conheço [aquela que trabalha na Lopes que quase foi a falência], são abutres atrapalhando o crescimento do país.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • De-boa-na-bolha 12 de fevereiro de 2017 at 17:51

    E a ciranda continua….o “despair” é gradual.
    Paulo Betti usa rede social para anunciar aluguel de flat: “R$2500”
    http://www.otvfoco.com.br/paulo-betti-usa-rede-social-para-anunciar-aluguel-de-flat-r2500/

    9+
    • avatar
  • cesarkebrado 12 de fevereiro de 2017 at 18:25

    O Povo, o Estado, os bancos e as empresas do bananaistão estão quebrados e no caminho do buraco isso não há dúvida, a única coisa é que a aparência ainda está sendo mantida.
    Existe a expectativa de que se a reforma trabalhista e previdenciária for aprovada haverá uma chuva de dólares de investidores estrangeiros que nos salvará da banca-rota. Agora eu pergunto (na visão de cada um):
    Porque o real ainda não desvalorizou mesmo com a economia em via de quebra?
    O real vai ou não vai desvalorizar?

    5+
    • Libertario 12 de fevereiro de 2017 at 20:42

      Keep calm.

      3+
      • avatar
    • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 20:50

      Mais provável chover hamburger….

      Nem os chineses querem comprar bolhudo no bananistão, e se alguém comprar algo vai ser bem baratinho, quando estiver bem baratinho e depois que fizer isto vai muito provavelmente arrumar a casa, ou seja: mais demisões, renegociação de salários e contratos para menos e até fechamento de unidades e empresas completas.

      4+
      • avatar
      • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 20:51

        Sou um otimista, imaginem se fosse pessimista então 😀

        5+
        • avatar
        • avatar
      • Leonardo M. 12 de fevereiro de 2017 at 23:31

        Na verdade querem sim

        Ofereceram R$700 milhões pró prédio só FII TBOF11
        O prédio dizem que vale R$1bi que foi o que arrecadaram no IPO quando lançaram na bolsa.

        O Fundo é proprietário de 100% do Tower Bridge Corporate localizado na Avenida Jornalista Roberto Marinho, nº 85, São Paulo/SP.

        1+
        • Leonardo M. 12 de fevereiro de 2017 at 23:32

          O BTG Pactual Serviços Financeiros DTVM, administrador do FII TB Office (TBOF11), publicou Fato Relevante para informar sobre o recebimento de proposta de compra do Edifício Tower Bridge Corporate, que é integralmente detido pelo fundo. Segundo o administrador, a Fosun Property Holdings Limited encaminhou proposta de compra do imóvel pelo valor de R$ 703,5 milhões. O BTG Pactual acrescenta que avaliará a proposta e o mercado será devidamente informado quanto a eventuais desdobramentos, sendo certo que a eventual alienação do imóvel pelo fundo deverá ser precedida de assembleia geral dos cotistas. Em dezembro de 2016 o patrimônio líquido do fundo havia alcançado R$ 727,5 milhões. Por outro lado, o TBOF11 lida com vacância elevada e persistente. Desde outubro de 2015 a taxa de vacância do fundo é superior a 30,0%.

          4+
          • avatar
          • avatar
    • cyberpsi 13 de fevereiro de 2017 at 10:52

      Impressionante os estudantes universitários que não manifestam interesse na faculdade. Entram achando que é uma espécie de curso técnico onde se aprende uma série de perícias profissionais para utilização a curto prazo. Quando descobrem que há uma carga de leitura pressionam professores por resumos e apresentações. Vi muitos estudando por ppt para os exames. Lamentável. Daqui a alguns anos vamos perceber que so foi desperdiçado recurso.

      2+
  • Alemon Fritz 12 de fevereiro de 2017 at 18:35

    olhem o perigo
    continue pagando o mesmo, até se o juro ficar mais baixo…

    Banca espanhola muda regras perante chuva de sentenças sobre ‘cláusulas suelo’

    Uma cláusula introduzida em contratos antes de 2013 estabelecia um valor mínimo de juros que os clientes teriam de pagar, o que impediu os clientes de beneficiarem das baixas de juros que viriam depois…. kkkk
    Santander, do CaixaBank, do Bankia, do Ibercaja e do Sabadell..BBVA .
    agora todos vão pagar mais juros.
    https://eco.pt/2017/01/05/banca-espanhola-muda-regras-perante-chuva-de-sentencas-sobre-clausulas-suelo/

    4+
    • avatar
  • Logico 12 de fevereiro de 2017 at 18:35

    CVR – Sra logica (ja foi brick lover no passado) tem uns trocados, valor x, no TD, e um apto que “dizem” valer 3x. O TD dela rende mensalmente praticamente o dobro do que recebe de aluguel… Não tem como não curar de brick-lovice assim!

    (Aproveitando: ta sobrando uma graninha pra botar no TD… alguma janela ou dica no momento? Sem pressa nenhuma para resgatar…)

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 12 de fevereiro de 2017 at 18:41

      CDBs e LCs

      Tem muito aí naa corretoras com 101% do CDI e prazo de apenas 1 ano.
      Debêntures estão pagando bem ainda.
      Fiis de papel que emitem dívidas – Recomendo VRTA,KNRC e JSRE que são dos bancos Fator,Itaú e Safra respectivamente.

      7+
      • avatar
      • Logico 12 de fevereiro de 2017 at 21:09

        Obrigado!

        1+
  • Alemon Fritz 12 de fevereiro de 2017 at 18:55

    Perguntar não ofende:
    -Qdo será que a caxão vai comprar o PRODUBAN do nordeste, lembram..ele tem a carteira dos funcionários ativos e aposentados de um estado.

    “valia” 75 milhões num leilão que ninguém quis, depois avaliaram em 350milhoes, provavelmente vai sair só por 410mi pra um estado do nordeste..

    2+
  • Knolan 12 de fevereiro de 2017 at 19:18

    OFF
    Convenci a esposa a colocar uma querelinha em variável. Fiz o cadastro na Rico.
    Poderiam indicar boas fontes de aprendizado? Sites/blogs/canais que vale a pena seguir?
    Sou faixa branca total heim, sei nada de nada
    Vlw!!

    3+
    • avatar
    • Libertario 12 de fevereiro de 2017 at 20:43

      Leia o clube dos poupadores.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Knolan 12 de fevereiro de 2017 at 21:17

        Obrigado Libertario!

        0
  • Cambura-SC 12 de fevereiro de 2017 at 19:31

    http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2017/02/doze-upas-estao-fechadas-ou-abandonadas-no-rio-grande-do-sul.html
    Off
    “distrato” de UPA … Os municípios estão quebrados, recebem UPA’s do governo federal mas não tem dinheiro para manter os custos.
    E admite…“Hoje ficaria em torno de R$ 500 mil com a União e quase R$ 1 milhão para o município por mês. Seriam R$ 12 milhões ao ano. A estrutura do programa é ótima, mas ninguém pensou muito quem paga esta conta”.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • cesarkebrado 12 de fevereiro de 2017 at 19:52

      Isso é igual essas praças com aqueles aparelhos de exercício pra “idoso”, construiram umas 30 na cidade nos últimos 6 ou 7 anos, e agora gastam metade do orçamento da cidade só pra manter a grama aparada. Remedio de graça, bolsa família, bolsa pra faculdade pra quem nem quer fazer faculdade e só tá fazendo porque é grátis, é tudo uma bomba armada prestes a explodir.

      9+
      • avatar
      • odorico 12 de fevereiro de 2017 at 19:58

        A questão maior é que o Brasil só vai se desarmarem as bombas seja pelo abandono ou pelo desarme mesmo (privatização, concessão, etc), caso contrário só estamos jogando outra crise para frente. Vira o Gnews painelwack eurasia e outra consultoria euromoney se não e engano, falando que o brasil só volto ao nível de consumo de 2013 em 2025. década perdida é piada né. E já tem gente prevendo o voo de galinha de 2018 para eleições… depois motumbada de novo……

        8+
        • avatar
        • avatar
        • odorico 12 de fevereiro de 2017 at 20:01

          Desculpem, mas corrigindo a digitação:
          A questão maior é que o Brasil só vai se desarmarem as bombas seja pelo abandono ou pelo desarme mesmo (privatização, concessão, etc), caso contrário só estamos jogando outra crise para frente. Viram o Gnews painelwack ? Eurasia e outra consultoria, euromoney, se não e engano, falando que o brasil só volta ao nível de consumo de 2013, em 2025. Década perdida é piada né. E já tem gente prevendo o vôo de galinha em 2018 devido eleições… depois motumbada de novo…..

          3+
  • Lord of All 12 de fevereiro de 2017 at 20:06

    Segundo o Thiago FM, não interessa o valor final do imóvel, porque a estruturação do vértice exposto, ou a passagem retrógrada, possui como elemento de validade a capacidade de se manter a cronologia da linha de fatos imensuráveis. Significa dizer que o pensamento do pretenso comprador está idealizado num valor intangível, caracterizado, mormente sob o ponto de vista da massa fundamental, que a motivação do tomador de crédito está alinhada com a perspectiva de que a economia brasileira é uma das mais sólidas do globo terrestre, bastando ao governo editar leis ou outros diplomas normativos com força cogente de, no campo da abstração, tornar toda a população rica da noite para o dia.

    49+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 12 de fevereiro de 2017 at 20:47

      KKKKK

      Nasce um mito.

      11+
      • avatar
    • fanfarraum 13 de fevereiro de 2017 at 08:24

      Achou o gerador de lero lero customizado do Thiago FM?

      10+
      • avatar
      • avatar
  • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 20:42

    Colegas bohistas, voltando ao assunto de casamento, sim eu seu que sou chato e cri-cri, mas um fato me causa certo “espanto”, o de a grande maioria aqui concordar que comprar bolhudo é um péssimo negócio mas muitos acreditam que casamento seja um bom negócio, ou um negócio não muito ruim. Eu acredito que casamento em diversos aspectos seja muito mais arriscado e perigoso do que comprar bolhudo e se combinar os dois, parabêns, você tem um combo e as possibilidades de se f… foram multiplicadas geometricamente.
    Lembrando que este é um blog onde se discute mercado imobiliário e também sobre financas pessoais e de certa maneira como alcançar a dita “felicidade” ou a independência financeira para os mais céticos 😀

    Vou descrever uma das possíveis situações que não é hipotética porque já muito mais vezes do que a maioria imagina e vai continuar ocorrendo infelizmente:

    Você se casa, tem filhos, tudo está indo muito bem, fora certos problemas corriqueiros e normais de qualquer relacionamento, e depois de um certo tempo o amôr acaba e vocês decidem de comum acordo a se separar amigavelmente.
    A vida continua, você perdeu uma parte do patrimônio e dos juros que tinha acumulado e a logística para ver os filhos é meio complicada, mas você dá conta.
    Até o dia que o seu “amôr da vida”, “alma gêmea”, “tampa da panela” ou qualquer outra besteira similar descobre por meio das amigas ou do facebook que você está habitando um modelo mais novo, com melhor acabamento e com uma xoxoteca incrível, e você é só sorrisos….
    E por motivos ainda grandemente ignorados pela ciência sua ex se lembra que você abusava dela e em muitos casos abusava de seus próprios filhos.

    Parabéns, você acaba de se f… de diversas maneiras pelo resto de sua vida!

    Vai gastar horrores para provar sua inocência e boa sorte para procurar emprego, manter o atual, prestar concursos e até para arrumar outra xoxoteca pois:

    Seu nome vai estar associado a ser molestador de mulheres e dos filhos nos documentos, internet e outras mídias.
    É uma das coisas que vai aparecer quando a mocinha feminista do RH da sua empresa ou do lugar onde estiver aplicando fizer uma busca.
    O mesmo para qualquer pessoa que fizer uma busca de seu nome, isto de deve basicamente ao fato de que os seres humanos em geral adoram ver desgraça e que aquele link sobre você ter molestado seus filhos será terá muito mais views no ranking do Google e vai aparecer primeiro.

    Isto se não for para a cadeia mesmo por um período curto , aí já sabe o que pode acontecer.

    https://wagnerfrancesco.jusbrasil.com.br/artigos/137958077/ninguem-quer-saber-se-voce-foi-inocentado-diz-pai-acusado-pela-ex-de-abusar-sexualmente-da-propria-filha
    “http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2015-02-25/absolvido-de-acusacao-pai-nao-consegue-ver-a-filha-ha-sete-anos.html

    Lembrando que:
    Internet e mídias socias são coisas recentes e quem não de adaptar vai acabar pagando as consequências.
    Para a mulher basta chorar e fazer drama na frente do juiz ou da assistente social, que tem se f.. para provar a inocência é você, para elas basta a palavra para a jsutiça atual, e principalmente para os comitês de linchamento das mídias sociais.
    É apenas um dos possíveis casos de final infeliz, existem muitos mais.

    5+
    • Antigo 12 de fevereiro de 2017 at 20:53

      Não considero casar bom negócio, mas acho que é paranoia da sua parte esse medo todo.

      Já parou para pensar que existe a possibilidade de encontrar uma mulher melhor que você? Menos bricklover, mais inteligente, esperta e que realmente queira te ajudar na vida durante um longo período (não precisa ser para sempre)? Não estou dizendo que acredito em princesas, mas as pessoas tem diferentes níveis de evolução, e existem algumas que estão na nossa frente. Pode ser raro, mas existe.
      O mundo também tem pessoas que valem a pena! Pessoas dignas e honestas.

      No momento, não arriscaria matrimônio, mas tem gente que arrisca e se dá bem… Cabe a cada um fazer essa decisão.

      37+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 20:58

        Sei que existe esta possibilidade sim, como existe a possibilidade de se ganhar na mega-cena, considero as duas muito baixa para arriscar minha vida nelas.
        Só isto, nada de desencanto, ou de trauma como outra pessoa já chegou a comentar, sou prático e pragmático, só isso.
        Desejo boa sorte para os que tentarem do fundo do meu coração, apenas espero que conhecam as possíveis consequências antes.

        3+
        • Libertario 12 de fevereiro de 2017 at 21:50

          Entendo seu comentário, principalmente se levarmos em conta o nível de instrução e de doutrinação do BNN.

          Mas também vejo toda generalização como burra.
          Tem muita gente bacana no mundo.
          Assim como comprar o imóvel, ou fazer aplicações, é fundamental saber bem o que está fazendo.
          E levando em consideração a quantidade de pessoas no mundo, a probabilidade de se dar bem nessa área é bem maior do que ganhar na loteria.

          14+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 22:12

            Não é só no Brasil, isto acontece em escala mundial, tem muita gente procurando mulheres mais “tradicionais” para se casar, vejo “branquelos” casados com asiáticas praticamente todos os dias.
            Existe um movimento grande nos EUA tb, muitos negros preferem mulheres brasileiras para se casar pois a americanas são ainda muito piores, verdadeiras bitches.
            Mas existe um grande risco da mulher mesmo tendo criação e constumes mais tradicionais assimilar a cultura americana ou a brasileira mais “liberal” mesmo e você passar a ter problemas.

            Existem muitos movimentos masculinos ocorrendo com os japoneses:
            http://www.huffingtonpost.co.uk/yumikosato/who-are-japans-grass-eaters_b_4961817.html

            Como você é “libertário”, já estudou as teorias de economia sexual? São bem interessantes…
            Como o caso da commodification do sexo.
            Uma mulher em média rejeita 19 em cada 20 homens que desejam fazer sexo com ela, criando escassez, com subsequente valorização do produto e empoderamento de que o tem em caso de futuras negociações.
            Isto é praticado universalmente e é produto da evolução feminina, fazem instintivamente das selvas de Tonga até os bares de São Paulo.

            Já parou para entender o porquê das feministas estarem em guerra permanente contra a prostituição, pornografia e até jogos de computador?
            São todos produtos ou serviços que reduzem o valor da commodity sexo e por consequência das mulheres.

            10+
            • avatar
            • avatar
            • O Cramulhao de FHCigienopolis45 12 de fevereiro de 2017 at 22:53

              Vamos ser honestos…

              Esse blog estlá para a Bolha Imobiliária,
              Como o GPGUIA está para (A bolha dos) relacionamentos, ou melhor, para o mercado da oferta de sexo por parte das mulheres : http://www.gpguia.net/ . Tem pra todos os gostos e bolsos.

              Qualquer cara com o mínimo de conhecimento sobre o assunto, ou que pelo menos não liga de gastar 350 reais + motel numa hora com uma dessas garotas, já faz tempo não frequenta mais bares de São Paulo…

              10+
              • avatar
              • avatar
              • O Cramulhao de FHCigienopolis45 12 de fevereiro de 2017 at 22:57

                Vale lembrar que o preço os flats aqui nos Jardins ainda estão altos por causa dessas garotas…o movimento é grande.

                [OFF]: procure por uma garota chamada Nick Rosa nesse site, já fui vizinho dela quando morei em flat por uns meses….

                4+
                • avatar
              • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 22:57

                Está gastando muito na minha opinião, meu limite é 10% disto, ou uns 40 Temers 😀

                2+
                • O Cramulhao de FHCigienopolis45 12 de fevereiro de 2017 at 23:16

                  Só isso ?? Ok, então vc tem tempo pra investir em Tinder para pegar as civis. Eu pretendo fazer isso no segundo semestre caso fique no Brasil, pois o excesso de trabalho com a construtora quase falida me fez engordar uns 10 quilos e ficar com olheiras. Como gosto de comer BEM, torro mesmo por enquanto 700 reais em duas horas fácil. E pelo que vejo, ainda gasto menos que meus colegas que levam namorada ou esposa pra restaurante, hotel, viagem romantica , sempre recebendo em troca o mesmo cardápio…

                  Ps: procure por Sophia Ferrari, Nick Rosa, Yasmin Piovane pra vc entender porque vale o investimento….

                  Interessante que a crise tá chegando nelas também…as que agora cobram 350 reais por hora, cobravam 500 reais até 2 anos atras:

                  Crise derruba clientela de boates e atrai mais garotas de programa
                  http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2016/08/1807581-crise-derruba-clientela-de-boates-e-atrai-mais-garotas-de-programa.shtml

                  CVR da Garota:

                  “Olhos claros, cabelo castanho e corpo perfeito. Sair com ela não custa menos do que R$ 500. O preço inicial era R$ 700. “Nos primeiros meses, tirei até R$ 30 mil”, diz. “Agora, de R$ 20 mil a R$ 22 mil.””

                  Ah, o “CA” do GP Guia.net é “O Andarilho” . Eu tb comento por lá, mas não passo de um newbie, como aqui. Tenho muito que aprender. Só descobri esse mundo após o divórcio…

                  5+
          • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 22:17

            Outras implicações econômicas fundamentadas na antropologia.

            In economics there is the concept of diminishing marginal utility: The benefit derived from a product lessens with each successive unit consumed. Consider an all-you-can-eat buffet. If you arrive hungry, the first plate from the buffet provides 100% utility in satisfying your hunger. The second plate provides less utility, although you still may be a bit hungry when you begin filling the second plate. But by the time you’re eaten the second plate, you are no longer hungry. If you return to the buffet for a third plate, you will probably feel overstuffed after eating it. In terms of utility you are now in negative territory.

            https://www.psychologytoday.com/blog/machiavellians-gulling-the-rubes/201610/briffaults-law-women-rule

            2+
          • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 22:40

            Segundo minhas observações pessoais, anecdotal data, devo conhecer 1 casal que considero feliz em 100, uma chance de sucesso de 1% mas realmente bem maior do que a de se ganhar na mega-sena.

            5+
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 12 de fevereiro de 2017 at 21:42

        Eu achei que tinha achado a mulher exceção…me ferrei. Mas pelo menos ela tinha mais grana do que eu, e a separação foi amigável, e felizmente não compramos o bolhudo no Brasil, como planejávamos em 2013.

        Mas meu instinto de macho querendo repassar meus genes me dá quase a certeza de que um dia vou me casar de novo. E minha racionalidade é boa o suficiente para fazer com que eu só aceite coisa séria com mulher em situação financeira melhor do que eu.

        Os caras que mesmo com independencia financeira ainda se ferram, são justamente aqueles que tomam um chá de B***** de uma novinha universitária…
        Eu adoro mulher com menos de 25 anos, atualmente é nesse tipo que “invisto meu tempo” , mas já saquei que se for pra algo sério, vai ter que ser balzaca mesmo.

        Ainda assim, é alarmante o aumento no número de divórcios…algo está mudando muito nesse setor também.

        Casamento+ hipoteca/mortgage + e filhos são 3 coisas que mudam a vida de qualquer um, para sempre, e todo cuidado é pouco.

        10+
        • avatar
        • avatar
      • SampaBoy 12 de fevereiro de 2017 at 21:44

        Nao, nao vale a pena. Esse mito de achar a pessoa certa é exatamente isso : um mito. Ela sera interessante por alguns meses, depois disso sera simplesmente alguem que voce é obrigado a dividir tudo na sua vida , desde o seu espaço, as tuas coisas, o seu tempo e as vezes o seu dinheiro..na melhor das hipoteses voce tera um bom sexo, o que nao paga tudo que voce abdica. E o problema do casamento não é quando voce é incompativel e quebra o pau, ai é facil!, é so terminar por motivos obvios ! o problema é justamente quando existe uma boa compatibilidade e as coisas “dao certo”….terminar um casamento é facil na teoria, mas extremamente dificil na realidade, envolve muito mais doque uma simples decisao pratica (por isso existem muitos casamentos que so parecem felizes) . Cuidado, quem tem o discurso de que nao quer casar ou no momento nem pensa nisso mas se encontrar a pessoa “ideal” talvez case, esta pessoa ja esta casada e nao sabe….é uma questao de tempo, porque encontrar a “pessoa certa” sempre acontece pra quem acredita…e é esse justamente o problema ! a pessoa “ideal” não é uma ilusao, ela existe aos montes por ai, a ilusão é voce achar que pode ser mais feliz com uma pessoa “ideal”. Falo isso para os dois lados (homem/mulher)

        10+
        • avatar
        • avatar
    • Knolan 12 de fevereiro de 2017 at 21:41

      Muito pessimismo.
      Essa historia de perder patrimonio em separação, a meu ver (e posso estar grandemente errado), é pra quem arruma mulher encostada. Se construírem juntos, não vai perder nada, vai simplesmente dividir, o que é certo.
      E nem to falando de ambos trabalharem não. Em casa mesmo tenho exemplo onde só o marido tem renda, mas a esposa usa o tempo livre pra economizar onde pode, estuda investimentos para multiplicar o capital do casal, dispensa diarista porque ela dá conta da casa, cuida dos filhos e serve de motorista pra eles.
      Agora, escolher uma parceira(o) é como selecionar investimento. Tem que ir a fundo, analisar bem os fundamentos, porque afinal, você vai ficar amarrado naquele ativo por um lonngo tempo.
      Infelizmente vejo gente comprando mulher como se compra um carro. Se preocupando mais com quantos cm tem sua cintura do que com seu caráter. Não observando quando a pretendente dá sinais claros de desrespeito com familiares, ou indícios inquestionáveis de loucura ou ramperagem. Aí meu amigo, tem mais é que se entubar mesmo. Do mesmo jeito que pmj em lci precisa dos 666 comprando bolhudos, advogados precisam dos 666 matrimoniais para receberem o seu.
      Escolher alguem para ficar contigo é de longe a decisão mais importante na vida de alguem. Me assusta como muitos fazem com tanta leviandade, e não me surpreende o índice de divorcios ou casamentos fracassados.
      Nunca vamos eliminar completamente o risco de entrae numa fria, mas com calma e analisando racionalmente, assim como com investimentos, é possivel diminuir os riscos e minimizar as perdas ?

      28+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 22:15

        Boa sorte.

        5+
        • avatar
        • socrates 12 de fevereiro de 2017 at 22:23

          sinceramente, vejo o casamento simplesmente como um contrato.
          Se duas pessoas querem ficar juntas, elas ficarão. Independente de títulos.
          A única coisa que sempre recomendo é para que casais com menos de 20 nao tenham filhos. Eles poderão vir depois dos 30.

          3+
          • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 22:26

            Este é um dos maiores problemas, as mulheres tem “data de validade” para terem filhos com o risco de ter filhos com problemas crescendo muito depois dos 35 anos.
            Daí quando chegam perto dos 32 ficam malucas para ter filhos independente da situação do casal.

            8+
            • avatar
            • avatar
            • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 22:36

              Uma maneria de se reduzir os riscos seria poupar e planejar para ter um filho como por exemplo ambos tirarem um ou mais anos sabáticos para terem filho e cutir ele livremente por um tempo.
              Mas este tipo de projeto é limitado a poucas pessoas, não só devido aos requisitos financeiros mas também devido ao fato que sua vida pode não permitir isto pois nesta faixa de idade, digamos entre 25 e 30 anos, você vai estar construindo uma carreira ou cuidando de seu startup ou empresa 24×7 e lembrando que ainda é mais difícil porque são duas pessoas que tem ter estas condições ao mesmo tempo.

              4+
              • avatar
          • SampaBoy 12 de fevereiro de 2017 at 22:51

            Sim , o casamento é como um contrato de financiamento imobiliario :
            – depois de assinado é que voce começa a ver a fria que se meteu
            – voce vai no final ter pago muito mais doque imaginou
            – voce nao vai se livrar dele tao cedo, pode levar uma vida inteira
            – se voce pular fora sera multado

            Assim sendo, muito mais facil alugar…..ha preços e multiplicidade de ofertas excelentes …alias, não é mais tão dificil alugar de graça, paga so condominio, iptu, coisas bobas…

            8+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 22:56

              E de quebra poderá sempre desfrutar xoxotecas com pouco uso e não ter que pagar pela manutenção delas, o estoque é infinito com novas unidades sendo lançadas no mercado todos os dias.

              8+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • cesarkebrado 13 de fevereiro de 2017 at 01:09

                Carlos:
                Você tem razão em tudo que disse sobre casamento, mas, não tem outro jeito amigo, na minha modesta opinião um homem não pode passar pela Terra sem ter tido um filho, e vou te falar amigão, filho é tudo para um pai, você nem faz ideia.
                Agora, vou te dar umas dicas: Não pense em casamento como uma sociedade principalmente na parte financeira, deixe claro pra sua mulher que o lucro que você conseguir metade é dela, MAS, quem decide e da a palavra final é você nos negócios é você. Nunca faça sociedade com ninguém nem mesmo com sua esposa. Eu tive uma sociedade com a minha o que nos custou metade de todo patrimônio, pois, na hora que você decidir qualquer estratégia ela simplesmente não concorda e não aceita e só dará o braço a torcer depois que o motumbado bater na porta. Essa história de pensão para ex é muita conversa, no máximo a pensão é por um tempo, de 1 a 3 anos, agora pensão para filho isso nem tem que se falar né, se o filho é seu nada mais justo.
                Agora uma coisa é certa, se você der condições para que sua mulher fique melhor de $$$ se separando de você do que com você, aí você vai tá pedindo para acontecer né, porque mulher gosta é da mãe dela, mulher só lava a cueca do cara se for pra não ter que lavar a calcinha da mãe dela na casa da mãe, ISSO É FATO.

                5+
                • Carlos 13 de fevereiro de 2017 at 06:15

                  E quem você acha que vai decidir no caso de divórcio? O juiz talvez não concorde com sua opinião.
                  E se o amor de sua vida decidir não te “obedecer”, como fica?
                  Quanto a deixar filhos penso que já tem gente demais no planeta e você deveria ter em conta que muitas vezes o filho não “vinga”, aí no caso a sua contribuição para o futuro terá um valor duvidoso.

                  6+
                  • avatar
                  • Carlos 13 de fevereiro de 2017 at 06:20

                    Esta história do filho é seu eu não engulo, muitas, muitas vezes mesmo as mulheres tem filhos em desacordo com os maridos e aí como fica?
                    Tua mulher ou namorado ou ficante decidiu para de usar a pírula e se “esqueceu” de te dizer, você acha que ainda é obrigado a sustentar a criança?
                    Fora que a mãe tem todo o direito de decidir desde antes do sexo até vários meses depois de engravidar se terá o filho ou não, o homem só tem o “direito” de pagar a conta.
                    Inclusive a mãe tem o direito de dar o filho em adoção.
                    Vai você lá e fala para o juiz que não quer seu filho, não o verá, mais vai pagar da mesma maneira.

                    Acho isto uma coisa revoltante.

                    6+
                    • avatar
                    • Fernando-SSS 13 de fevereiro de 2017 at 19:41

                      Uma palavra pra você Carlos: AMOR

                      1+
    • Oryon 12 de fevereiro de 2017 at 23:20

      Carlos,

      Aprecio sua opinião, como a de muitos outros colegas aqui no blog. Contudo, não nesta área de relacionamento. Permita-me divergir, palavras suas “…Você se casa, tem filhos, tudo está indo muito bem, fora certos problemas corriqueiros e normais de qualquer relacionamento, e DEPOIS DE UM CERTO TEMPO O AMÔR ACABA e vocês decidem de comum acordo a se separar amigavelmente.” Pois bem…

      Sua compreensão de amor, como de muitos outros em nossa sociedade é super romântica. Muitíssimas vezes a referência ao amor tem relação mais forte com sentimentalismo, paixão, ou seja, irracionalidade. Gostaria de colocar que o “amor” não é esta bobagem melosa propagada em todos os cantos. Amor é um conjunto de atitudes que envolvem responsabilidade, respeito, negação, altruísmo, racionalismo, dia após dia! Quem atualmente casa-se com tal mentalidade? Fazendo uma analogia, assinam um contrato de 100 páginas, sem ter feito a leitura e análise delas. Resultado? Destrato!

      De modo que as pessoas que entendem o conceito corretamente, escolhem amar. Portanto, não existe isso de “o amor acabou”, assim como se esgota a energia num bolhudo por falta de pagamento. Quero dizer que o término não é involuntário, assim como a manutenção do casamento também não é involuntária. Muitos que se casam querem o glamour da festa matrimonial, a viagem nupcial, o rito de estabelecer uma residência, etc… No entanto, fazem tudo isto com a ideia do divórcio em mente, muitos até projetam quando irão desfazer o enlace.

      Isto é, dois estranhos sem qualquer compromisso com o futuro alheio e ausência absoluta de qualquer imperativo moral que os “obrigue” a permanecerem juntos a vida sendo plena ou não, pode dar certo o casamento? Não.

      Você mesmo fala dos casamentos do passado que eram duráveis… Ora, duráveis porque as pessoas que se davam em casamento estavam cientes de seus deveres, responsabilidades e eram muito mais atentas a valores tradicionais. Hoje temos namoros/noivados débeis, a fase ideal para descobrir se a outra parte compartilha a mesma substância motriz, princípios, valores morais ou mesmo se está disposta a se submeter a tudo isto, são gastos com futilidades.

      Não tenho a capacidade de conhecer o meu futuro, sou casado e sei muito bem com quem me casei e ela igualmente. E estamos dispostos a lutar pela manutenção de nosso casamento. No primeiro grande enfrentamento o mais fácil é assinar o divórcio, difícil é enfrentar o problema e superá-lo. Não sou modelo para ninguém e nem quero ser, mas já experimentei com minha esposa dificuldades extremas, no entanto vencemos todas elas com o casamento ileso. Outros casais por muitos menos, desfazem a união. O problema precisa ser o motivo para fortalecer a união, não o inverso.

      Agora digo uma coisa, casamento não é para todos. Talvez seja o seu caso.

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 13 de fevereiro de 2017 at 06:10

        Concordo completamente contigo, casamento realmente não é para todos, é só observar a baixíssima taxa de sucesso, o custo benefício terrível e o ROI então, melhor nem falar dele.
        Eu da minha parte resolví nem tentar, as estatísticas já são ruins o bastante sem a minha contribuição.

        3+
      • SampaBoy 13 de fevereiro de 2017 at 08:16

        Pois bem…eu acho que nesse sentido racional, realmente não ha mais sentido, pois casando :
        – voce divide sua cama, seu banheiro, seu guarda roupa, sua garagem,…e por ai vai, tudo que pode ser dividido na sua casa
        – todo o seu tempo passa a ser compartilhado e determinado por sua parceira, voce nao pode mais fazer o que “te der na telha” quando acordar num sabado de manha
        – voce é obrigado a separar parte do seu tempo para visitar sogra, amigas e amigos da sua parceira, parentes distantes e por ai vai…
        – voce nao pode mais gastar o seu dinheiro como bem entender, voce sera obrigado a das satisfação de tudo pra ela
        – voce nao pode mais planejar viajens, ferias e projetos de vida como bem entender, devera ser conveniente para ela tambem
        – voce nao pode mais aproveitar a noite e fazer o que quiser…deve ser o mesmo feijao com arroz todo dia..
        – voce é obrigado a manter conversas por um longo tempo com uma pessoa que tem uma cabeça totalmente diferente da sua …convenhamos , os assuntos de interesse são diferentes, a aproximação dos interesses é totalmente forçada
        – voce nao pode mais “ficar de boa o dia inteiro”, “andar sozinho”, viajar sozinho, caso contrario…voce sera taxado de melancolico…tera que mostrar sempre para ela e para os outros como voce esta feliz preso dessa forma…
        enfim….nao ha motivos racionais, o que ainda existem sao motivos morais de tradição e motivos religiosos que sao na verdade irracionais.
        Ou seja, casamento é para poucos, da mesma forma o celibato ou virar um monge no tibet. É um tipo de atitude que necessita uma predisposição especial a abdicar de sua propria vida em favor de uma tradição pre concebida…

        7+
        • avatar
        • avatar
        • Carlos 13 de fevereiro de 2017 at 08:26

          Sim SampaBoy, o cara vira um “homem bolas com velcro”.

          Aí fica tendo que mentir para a “patroa” que vai trabalhar até tarde quando quer simplesmente tomar uma cerveja com os amigos.

          Coisa patética na minha opinião, não quero ninguem mandando na minha vida.

          2+
          • SampaBoy 13 de fevereiro de 2017 at 08:45

            kkk…é na verdade bem isso,
            o casamento é uma grande farsa, o problema é que os que ja cairam nessa não admitem, por medo, por vergonha, etc..
            e ainda se mantem o mantra de que é algo ruim mas necessario……necessario uma ova !
            os caras ainda caem nessa por paixao, etc e depois nao conseguem sair mais e simplesmente dao uma ironizada, mas a maioria nao consegue nem admitir que f…tudo !

            3+
            • avatar
            • Carlos 13 de fevereiro de 2017 at 08:53

              Eu sou chato e pentelho por esporte, se perguntar no trabalho a maioria de que é casado diz que tem liberdade, manda em casa, bla bla bla, ble ble ble
              Aí você desafia os sujeitos a uma coisa boba tipo: que tal a gente passar no Hooters depois do trabalho, só meia horinha mas sem avisar a torre de comando.
              Até hoje nenhum teve coragem.

              Nem precisa ser o Hooters, pode ser o boteco da esquina ou a padoca do portuga.

              2+
        • Carlos 13 de fevereiro de 2017 at 08:42

          SampaBoy um dos motivos dos RHs das empresas darem preferências a homens casados é justamente porque eles já estão devidamente domesticados, não podem mais mandar o chefe para a PQP com facilidade porque aí dona patroa vai cagar na cabeça deles, que fizeram besteira, que são irresponsáveis, que não pensam no casamento, bla bla bla
          Se tiver filhos então o caboclo tá f… mesmo, vai ter que engolir sapo por décadas para não correr o risco de não poder sustentar os filhos e manter o “padrão de vida” do amor da vida dele.
          É uma realmente uma bela de uma vida(bosta).

          5+
    • Louro José 13 de fevereiro de 2017 at 07:55

      Amigão, quase tudo isso que você lista como problema é decorrente do fato de que você escolhe o mulherio no lugar errado.

      E, vamos convir, se fosse essa bosta toda que você fantasia, a população do planeta já teria se extinguido. O normal das pessoas é ter filhos depois que se casa.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 13 de fevereiro de 2017 at 08:22

        Onde você recomenda escolher mulher?
        Na igreja?
        Na feira?
        Na roça?
        Na zona?
        Depois da televisão e da internet todos são muito parecidas meu caro Psittacidae e se comportam de maneiras muito parecidas.

        2+
      • Carlos 13 de fevereiro de 2017 at 08:29

        O normal das pessoas é ter filhos depois que se casa.
        Aluguel é dinheiro jogado fora.
        Quem casa quer casa.

        Bemvindo ao século 19.

        3+
      • SampaBoy 13 de fevereiro de 2017 at 08:39

        se fosse depender do mundo desenvolvido a população do planeta esta se extinguindo sim
        nos paises mais desenvolvidos da europa são necessarios varios estimulos financeiros para as pessoas terem filhos hoje em dia, a população vem decaindo exponencialmente
        so nos paises menos desenvolvidos e mais religiosos , principalmente os de origem muçulmana, temos ainda grande quantidade de filhos, não é a toa…a religião ainda “manda” e não a racionalidade

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Carlos 13 de fevereiro de 2017 at 08:46

          Sim, quanto mais evoluido o país, menos filhos, menos gente casada e menos igrejas.
          Sem falar que a quantidade de filhos tem uma correlação inversa com o QI das partes envolvidas.

          https://en.wikipedia.org/wiki/Fertility_and_intelligence

          5+
          • Louro José 13 de fevereiro de 2017 at 08:52

            E olha como estão se destruindo hoje em dia… hahaha

            1+
          • cesarkebrado 13 de fevereiro de 2017 at 21:11

            kkkkkk, e isso aí, e tem Economista e militante de esquerda que fica quebrando a cabeça do por que a diferença de renda entre os mais pobres e os mais ricos aumenta a cada década, e a resposta é simples: Os Pais mais esforçados e por isso prósperos tem menos filhos (normalmente 2 ou 3) que se tornarão prósperos seguindo os Pais que normalmente valorizam o conhecimento, leitura, estudo, enquanto isso, os Pais “pobri” vão ter um monte de filho (normalmente 5 a 9 já que graças aos bolsa família e ao Estado, Charles Darwim não apita mais nada) que se tornaram “pobri”, seguindo o que os Pais valorizam, preguiça de ler, preguiça de estudar, esperar tudo do Estado, ser 666, e etc.. É só fazer as contas para ver que dentro de 100 anos com a “abolição” da lei de Darwim que vivemos hoje a humanidade será toda 666..

            3+
            • avatar
            • avatar
    • Fernando-SSS 13 de fevereiro de 2017 at 19:14

      Ai já entra na esfera do “cabra macho”!!!!
      Se “fulana” fizer isto comigo, não vai viver pra fazer com outro.

      0
  • Alemon Fritz 12 de fevereiro de 2017 at 22:40

    comentario

    A Caxao tem R 401 bilhões em financiamentos habitacionais (66,6%) do mercado
    sendo que 2% de inadimplência nacional correspondem a “apenas” $ 8,020 bilhões de reais (no mínimo)…2016.. podemos estimar mais de 10 bilhoes…
    ainda bem que vai ter resgate de FGTs, pra limpar credito podre,o dinheiro nem sai do banquinho.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 12 de fevereiro de 2017 at 22:47

      66,6% do mercado parece coisa do Tinhoso…
      E conhecendo bem 666 creio que vão limpar o crédito para poderem se inforcar ainda mais e continuar não pagando as prestações do minha casa minha dívida.
      Não creio que a grande maioria dos 666 tenha aprendido alguma coisa que preste com a crise 😀

      4+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 12 de fevereiro de 2017 at 22:57

    sim, 666 não aprende mas acho que o banquinho vai agir pra pegar parte dessa carteira podre (já seria lucro)… são 43 bilhoes em fgts, 34 bi vão ‘circular”.., se eles pegarem apenas 3 bilhoes já pegariam quase metade do podres, os resto não tão podre eles podem vender pro TBG pactual ou empacotar nas Ligs.

    3+
    • avatar
  • Paulo BolhaBH 12 de fevereiro de 2017 at 23:34

    Boa noite pessoal, acompanho o blog desde julho de 2016, apesar de ser a primeira vez que escrevo. Antes disso, cheguei a fazer três propostas em aps que gostei, aqui em BH. Nenhum proprietário aceitou. Graças à Deus! Hoje, moro de aluguel. O dinheiro que ofereci a eles está rendendo! Moro exatamente no prédio que tentei comprar. Uma percepção minha sobre BH é que os proprietários são muito orgulhosos. Eles morrem mas não aceitam diminuir o valor em grandes porcentagens. Por curiosidade, continuo acompanhando todos os bairros do meu interesse e vejo que os aps anunciados são os mesmos. Alguns estão anunciados a mais de ano. Eles não aumentam, mas também não reduzem preços significativamente. Já vi diminuição de 20 k em aps de 700, 800 k. No máximo! Qual percepção que vocês têm observado na cidade de vocês? Quem é de BH tem a mesma opinião?
    Em relação aos rendimentos, tenho um dinheiro aplicado no lci. Vejo vocês falando em 1% ao mês. Onde têm conseguido estas taxas. Acham TD melhor que lci, para valores maiores?
    Agradeço a todos.

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • bolhista fulano de tal 13 de fevereiro de 2017 at 07:56

      Isso acontece no país todo. O proprietário só reduz preço drasticamente quando o bolso aperta… eu não acho ne mque seja orgulho, mas sim a cultura enraizada no bananense de que imóvel sempre valoriza. Muitos estão achando essa crise passageira e que vai acontecer uma mágica que vai fazer o país crescer sem precisar de uma reforma na tributação e direitos trabalhistas.
      Quanto às melhores taxas de LCI/LCA, vc encontra nos bancos médios/pequenos. Só observe se o banco é protegido pela FGC. Algumas pessoas não confiam na FGC, outros confiam. Vai de cada um.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • to bolhado 13 de fevereiro de 2017 at 08:26

        tenho exemplos muito próximos disso. Quando o apto do fulano de 2005 a 2012 “valorizou” de 200 a 800 mil, super normal, nada de estranho, wohoo se dei bem! mas por alguma razão o cara ancora aqueles 800 como valor e vai ficar eternamente achando que vender abaixo daquilo é preju. Com o passar dos anos o cara, se precisar, acaba aceitando 650, 700, que mais a corrosão da inflação somado ao custo de oportunidade do CDI torna o negócio ao longo do tempo uma trolha gigante, mas na cabeça do cara sempre vai ficar que não tomou tanto preju. Conheço 3 exemplos muitos próximos a mim que estão exatamente nessa situação.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 13 de fevereiro de 2017 at 10:07

          Enquanto ele ancora o preço na mente dele…
          nós ganhamos nos 50% de dólar
          nos 60% das NTNB´s…
          depois fomos para as prés. Alguns foram a bolsa e assim vai.
          Na minha conta entra dinheiro todos os dias . E dos BRICK LOVERS?

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Money_Addicted 13 de fevereiro de 2017 at 08:35

      1% ao mes liquido depois dessa baixa da selic ta um pouco complicado, vc teria q ir para um banco menor pagando 120% do CDI ou uma LCI/LCA pagando 98%
      Eh possivel mas vc teria q investir em bancos menores e prazos maiores

      [] s

      6+
      • avatar
      • Antigo 13 de fevereiro de 2017 at 08:43

        Sim, está difícil. E a tendência é ficar mais.

        Mas a inflação está baixa, então na prática está dando na mesma. Maior juro real do mundo. Real do dicionário, e não do papel moeda.

        5+
        • RC 13 de fevereiro de 2017 at 10:22

          Antigo, Money_Addicted e Paulo BolhaBH, acho que a pergunta do 1% do Paulo tem dois viés.

          o 1º relacionado a manter o patrimônio (e se possível aumentá-lo): Ao procurar taxas maiores que a inflação, você busca inicialmente (ao igualar a inflação) manter o patrimônio, e ao superá-la aumentar o mesmo. Aqui, a baixa do juros não é tão problemática em um cenário de queda mais acentuada da inflação. Nesse caso pode-se levar em conta a inflação oficial, ou a pessoal (como o Lucas costuma colocar), na qual se seu custo de vida não aumenta (manteve o preço do aluguel por exemplo) pouco importando a inflação oficial.

          Já o 2º que tem relação com Independência Financeira pode ser mais problemático: Se ao calcular um valor mensal de remuneração esperado para ter a IF (igualando, por exemplo suas despesas mensais) e utilizar esse mesmo valor para gerar o montante necessário de acumulação e rendimento líquido; com a queda expressiva dos juros (independente da queda expressiva da inflação), pode começar a consumir o patrimônio e não mais seu rendimento (se não houver deflação dos seus custos pessoais). Se formos ao extremo de zerar a inflação e os juros, sem rendimento, o patrimônio será dilapidado pelos custos das despesas mensais se não houver outra receita (trabalho, salário).

          5+
          • avatar
          • RC 13 de fevereiro de 2017 at 13:37

            Onde está escrito “… dois viés”, leia-se “… dois vieses”

            1+

    • Camisa 7 13 de fevereiro de 2017 at 10:38

      Aproveitando as duvidas sobre investimentos, acham que para o curto prazo (01 ano até 18 meses no máximo) a renda fixa continua sendo um bom negócio? Vi uma na Rico a 93% do CDI, banco Pan, mas o gerente de investimento do meu banco insiste que seria muito melhor aplicar em fundos de investimento, com risco baixo e retorno bem melhor. Não estou disposto a correr riscos de perder. Se fosse muito baixo o risco capaz que eu aceitasse, desde que os rendimentos sejam realmente bem melhores a ponto de valer o risco. O que acham?

      1+
      • BYOB 13 de fevereiro de 2017 at 11:13

        Eu não gosto de nada que o banco ofereçe, sou da seguinte opinião se o banco está oferecendo algo, é o bom para o banco e não é bom para mim. Se você quizer colocar em LCI/LCA não faz muita diferença, para 2 anos se quizer colocar no TD Selic também pode, a diferença de rentabilidade não será tão grande assim.

        4+
        • avatar
    • Juros Lover BSB-BH 13 de fevereiro de 2017 at 11:06

      Mineiro é turrão mesmo…Mas na dor vão aprender…

      2+
  • Seguidor do Bolha BH 13 de fevereiro de 2017 at 07:02

    Aluga-se

    Crise expulsa comerciantes dos street malls da capital
    Associação de lojistas aponta um índice de 30% de desocupação para shoppings mais novos

    http://www.otempo.com.br/capa/economia/crise-expulsa-comerciantes-dos-street-malls-da-capital-1.1434931

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Manoel Joaquim 13 de fevereiro de 2017 at 07:40

    Bolha Boss, meus comentários estão indo para a moderação?

    2+
    • avatar
  • Louro José 13 de fevereiro de 2017 at 07:46

    Azufre

    Esta?

    Salas comerciais vazias chegam ao percentual mais alto
    por Lauro Jardim
    12/02/2017 11:20

    Pedro TeixeiraPedro Teixeira | Agência O Globo

    O percentual de salas comerciais de alto padrão para locação que estão vazias no Rio de Janeiro atingiu o seu mais alto patamar histórico em dezembro — 37,6%, de acordo com uma pesquisa inédita da consultoria Cushman & Wakefield.

    Consequência da recessão somada ao grande volume de prédios que ficaram prontos em 2016, um total de 215 mil metros quadrados.

    Muito mais, por exemplo, do que 169 mil metros quadrados entregues em São Paulo no ano passado.

    Mas em São Paulo, a coisa não está muito melhor. Em dezembro, segundo o mesmo levantamento, 29% das salas comerciais de alto padrão estavam de um espera de um candidato à locação — 1,2 ponto percentual acima do ano anterior.

    4+

    Só de imóveis comerciais de alto padrão vazios o Rio tem uma quantidade significativamente maior do que tudo o que foi entregue de construção deste mesmo tipo de imóvel em São Paulo em 2016…

    3+
    • avatar
  • NOMADE 13 de fevereiro de 2017 at 07:48

    Carlos

    Está gastando muito na minha opinião, meu limite é 10% disto, ou uns 40 Temers ?

    0

    40 conto é melhor ficar no todinho , assistindo sex hot e na covardia(5contra 1_)

    2+
    • Carlos 13 de fevereiro de 2017 at 08:32

      Quanto custa uma visitinha no habibs e uma caixa de camisinhas?

      Se acha que tem que gastar muito mais do que 40 temers para usa uma xoxoteca eu acredito que você não tem “jogo”, tem a autoestima muito baixa ou está tentando impressionar as donas das xoxotecas da maneiro errada caro NOMADE.

      2+
      • avatar
  • De-boa-na-bolha 13 de fevereiro de 2017 at 07:48
    • Antigo 13 de fevereiro de 2017 at 08:41

      Segundo o thiago isso não está acontecendo. A inadimplência está estável.

      Ou seja, essas dicas são inúteis, ninguém vai ler.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Luladranus 13 de fevereiro de 2017 at 10:08

      Com dicas como essas quem precisa de inimigo?

      Verificar se as parcelas cabem no bolso também é importante. “A prestação tem que ser de no máximo 20% do valor que eu ganho”, diz Domingos.

      Para quem tem dinheiro guardado, o conselho nem sempre é pagar o imóvel à vista. Mesmo sendo a melhor opção para fugir dos juros, não é bom ficar sem nenhuma reserva, segundo Domingos.

      “A pessoa tem que ter de duas a três vezes o valor do imóvel se quiser pagar à vista”, afirma. De acordo com o especialista, a reserva é necessária para momentos de crise, como a perda de um emprego, e também para gastos complementares do imóvel –por exemplo, a compra dos móveis.

      Quer dizer, se eu resolver comprar um imóvel de um milho grande teria que ter de dois a três milhos para poder comprar a vista, tudo bem que o imóvel gera custos e tudo mais, mas convenhamos, haja imprevisto e desgraça pra tanta reserva.

      7+
      • avatar
      • From_The_Tower 13 de fevereiro de 2017 at 10:12

        Tudo depende da capacidade de renda da pessoa… da capacidade de investimento tb.
        a minha regra para carros é 20x o valor investido para poder comprar á vista.
        para tijolos a minha REGRA PESSOAL tb é 3 a 4x o valor investido para daí comprar á vista.

        Mas isso é uma decisão pessoal. A maioria dos bananense faz dívidas de longo prazo com ZERO DE RESERVAS.

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 13 de fevereiro de 2017 at 10:13

          P.S. Nada na minha opinião na BNN vale mais que um milho grande. Nada.
          Por isso prefiro alugar os tijolos… por 0,20% a.m.
          Aterriza TD !

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • Oliveira 13 de fevereiro de 2017 at 10:25

        Estou de acordo!! minha previsão é exatamente isso , meu critério para comprar imóvel é no máximo 25% do meu patrimônio, para a situação atual e como quero um imóvel melhor – como um forma de diversificar -.

        2+
  • De-boa-na-bolha 13 de fevereiro de 2017 at 07:54

    Investidores, o futuro nos espera!
    “A pessoa vai ter que reduzir drasticamente o padrão de vida”
    “Se não conseguir organizar suas contas e levantar um dinheiro para pagar as prestações, o próximo passo é se desfazer do imóvel. “A orientação é vender o imóvel no mercado normal e quitar a dívida”, diz o advogado Gilberto Bento Jr., especialista em direito imobiliário”.
    Atrasou as parcelas? Corra para não perder o imóvel. “As coisas são feitas de modo extrajudicial e são muito rápidas”, afirma o advogado Marcelo Tapai.
    “Se a pessoa não tem nenhum dinheiro, ela tem que guardar pelo menos o dobro da entrada”

    Tudo muito rápido e eficiente.

    4+
    • avatar
    • avatar
  • De-boa-na-bolha 13 de fevereiro de 2017 at 07:56

    “Se você tem um financiamento de imóvel e acha que não deve conseguir arcar com as próximas prestações, é preciso agir rápido, ou corre o risco de perder a casa própria e o dinheiro já investido”.

    3+
    • avatar
  • Alemon Fritz 13 de fevereiro de 2017 at 07:59

    Comércio fechou 108,7 mil lojas e cortou 182 mil vagas no ano passado

    “O que chama a atenção é que as placas de aluga-se não eram comuns nos Jardins”,
    Em 2016, 20,5 mil fecharam as portas no País, descontadas as inaugurações. A Lojas Marisa, por exemplo, fechou cinco lojas e abriu uma.
    a vacância na rua José Paulino, a principal do bairro, é de 40%, o aluguel caiu 30% e não há mais luvas, a comissão pelo ponto na hora da locação.
    http://www.istoedinheiro.com.br/comercio-fechou-1087-mil-lojas-e-cortou-182-mil-vagas-no-ano-passado/

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 13 de fevereiro de 2017 at 08:24

    caindo de volta…

    Estudo inédito do Banco Mundial, .. aponta que o número de pessoas vivendo na pobreza no Brasil aumentará entre 2,5 milhões e 3,6 milhões até o fim deste ano.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/brasil-tera-ao-menos-25-milhoes-de-novos-pobres-ate-fim-do-ano-20915254#ixzz4YYzkCLAj

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 13 de fevereiro de 2017 at 08:32

      Aumenta a demanda por moradias.

      Moradias em terrenos invadidos, construídas com:
      1) Madeiras velhas
      2) Latões de óleo desmontados
      3) Papelão
      4) Restos de obras (telhas usadas, tijolos velhos etc)

      Índice de cimento que nada. Consolida-se o índice pau a pique, que reflete a real demanda por moradia no brasil.
      Para que financiar imóvel em 35 anos se você consegue construir um com 35 reais e usando a própria mão de obra?

      É a triste realidade. Parcelinha só se for a da geladeira nas casas Bahia.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 13 de fevereiro de 2017 at 10:27

        Cara aqui onde moro as lojas de usados são mais fortes e numerosas do que a de novos.
        Chamam loja de Brick

        1+
        • avatar
        • From_The_Tower 13 de fevereiro de 2017 at 10:30

          Eles compram móveis com 70% OFF… fazem estoque…. dão uma lixada…. pintam….(madeira) e depois revendem com lucro. Custo operacional baixo… loja cheia de mercadoria… e poucos funcionários.

          3+
          • avatar
          • avatar
  • Alemon Fritz 13 de fevereiro de 2017 at 08:45

    Pois é pelo número de invasões, pelo número de lajes e favelas urbanizadas, pelo número de imóveis abandonados esses projetos CAXAO não serviram de nada.

    – Acredito que os aposentados classe média investiram em imóveis pelo olho grande e pra fugir da Wilma. Resultado: filhos usando a casa emprestado, ou pra alugar e vender. Quem pagava aluguel fugiu pra longe.. ou invadiu as casas vazias. 500mil famílias cairam de volta pra pobreza. onde elas estavam…
    a inadimplencia de 2% nacional é pouco perto desse quadro… representaria cerca de 55mil familias caindo…
    Enrolação dos balanços.

    3+
    • avatar
    • avatar
  • bolhista fulano de tal 13 de fevereiro de 2017 at 09:49

    CVR
    Apartamento na minha cidade tem um condomínio super bolhudo: 2k

    Tem um apartamento vendendo há mais de 1 ano por 750k e nada.
    Três alugando por 2.500 + cond. e também nada.
    Ps: O apartamento é grande: 220 m2, num bairro nobre e próximo a tudo, inclusive praia. Porém o playground não tem nada… só 2 quadras meia boca.
    Apartamentos mais modernos nas proximidades com esse tamanho não anuncia por menos do dobro desse valor. Lógico que com condomínio em torno de 1k.

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 13 de fevereiro de 2017 at 10:10

      Dezenas de milhares de imóveis na Banânia não terão compradores.
      Ficarão fechados por longos períodos.
      10…11…. 15 anos.
      Em BC… tem um senhorzinho que comprou dois apês em 1997… e passou duas trancas… e estão fechados desde então.
      20 anos fechados.

      Os brick lovers não entendem nada de finanças…. eles acreditam piamente na magia dos tijolos. Não dão o braço a torcer.
      Enquanto isso.. nós ganhamos qualidade de vida.. a e aprendizados na arte de aumentar o patrimônio líquido.

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • homelessbubbles 13 de fevereiro de 2017 at 10:18

        Isso me lembrou um CVR.
        Meu sogro comprou um apartamento em 2012. Visitou vários imóveis e viu várias situações inusitadas. Numa delas, pegou a chave do imóvel na imobiliária (aqui em Floripa os corvos muitas vezes nem acompanham a visita. Em aluguéis isso é praxe) e foi sozinho até o imóvel. Quando abriu a porta, disse que quase caiu pra trás de susto com a revoada de pombos deixando o local. Depois da poeira baixar, disse que nem dava pra entrar no apartamento, o chão estava pintado de merda de pombo. Só fechou a porta, foi até a imobiliária devolver a chave e avisou que tinham esquecido a janela aberta e era bom levar baldes e vassouras.

        21+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • From_The_Tower 13 de fevereiro de 2017 at 10:25

          huahuahuahua!
          Eu tô falando.
          Aqui em Curitiba… quando eu faço as caminhadas… eu vejo as casas antigas á venda ou para aluguel. Casas dos anos 80…90…. o mato já bate os 02 metros de altura.
          Se para vender os imóveis bonitos e arrumados já está complicado… agora imagina os xexelentos e com selva . kkkk

          16+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Alemon Fritz 13 de fevereiro de 2017 at 11:24

            ainda mais se no terrenão tiver uma Auraucária… amigo meu herdou uma super casa com terreno, com 3 araucárias, levou quase 4 anos pra se livrar.. contando 1 ano do cartório enrolando por conta de uma “dificuldade” pra ele resolver…

            1+
      • EngenheiroSP 13 de fevereiro de 2017 at 10:33

        Por essas e outras retomo a antiga ideia do annonymous: IPTU tem que ser caro SIM, e em contra partida impostos sobre produção e consumo (ou seja, o que de fato move economia) serem menores.

        6+
        • avatar
        • avatar
      • Zé Carioca 13 de fevereiro de 2017 at 11:12

        Invejoso! Olha quanto de dinheiro esse senhor já ganhou com os apartamentos, aposto que eles valem mais de 1 milhão! Se ele deixar parado mais uns cem anos é capaz de ficar bilionário. Vai ser o Bill Gates brasileiro.

        6+
  • Marcos_SP 13 de fevereiro de 2017 at 10:18

    Pessoal, fiz uma simulação de dois investimentos, usando os dados obtidos no IPEADATA e jogando numa planinha e o índice fornecido pelo FIPEZAP-Venda. O primeiro investimento foi uma LCI/LCA com 100% do CDI comprada em Janeiro de 2008 até Dezembro de 2016. Depois outra simulação com a compra de um imóvel na mesma data, assim como o montante (aluguel + valorização) gerado no mesmo período. Dá uma conferida:

    SIMULAÇÕES DE INVESTIMENTOS:

    1ª Opção: Renda Fixa com 100% do CDI (Exemplos: LCI/LCA isentos de Imposto de Renda)

    Valor Inicial: R$ 500.000,00 Valor investido na aplicação
    Em 12/2016: CDI acumulado (juros composto) de 247,98% Referência: Obtido através de dados oficiais do IPEADATA
    Valor atualizado em 12/2016: R$ 1.239.900,00 Montante Final do Investimento em renda fixa
    Taxa de Administração/Custódia: Não há
    Imposto de Renda do período: Não há
    Valor Corrigido pela Inflação: R$ 870.000,00 Referência: Obtido através de dados oficiais do IPEADATA
    Ganho REAL acima da inflação: R$ 369.900,00 Basta Subtrair o valor corrigido pela inflação do valor atualizado em 12/2016

    2ª Opção: Compra de Imóvel para locação e valorização (considerando a hipótese fictícia de que o imóvel não estará nunca vago, sempre alugado)

    Valor Inicial: R$ 500.000,00 Valor de compra do imóvel
    Valor total obtido com alugueis: R$ 286.450,00 Referência: Obtido através de dados oficiais do IPEADATA
    Valor do imóvel com valorização: R$ 650.000,00 Referência: Obtido pelo índice FIPEZAP, que mostrou 30% de valorização do imóvel no período.
    Valor Total (aluguel + valorização) : R$ 936.450,00
    Valor Corrigido pela Inflação: R$ 870.000,00 Referência: Obtido através de dados oficiais do IPEADATA
    Taxa de 1% a.a. ref. manutenção: R$ 40.000,00 Referência: FIPEZAP (Calculadora do ZAP Imóveis)
    Imposto de Renda do período: R$ 42.967,50 Referência: Alíquota de 15% entre os valores R$ 2.826,66 a 3.751,05
    Total (menos manutenção e IR): R$ 853.482,50 Valor bruto total (Aluguéis + Valor do Imóvel com a valorização do FIPEZAP Venda) menos Taxa de Manutenção e I.R.
    Ganho REAL acima da inflação: -R$ 16.517,50

    Conclusão: Quem investiu R$ 500.000,00 em renda fixa (com um título de 100% do CDI) teve um ganho real (acima da inflação) com seu investimento de R$ 369.900,00 e terá no bolso R$ 1.239.900,00. Já quem optou por comprar tijolos mágicos para investir, teve uma PERDA real (abaixo da inflação) de R$ 16.517,50; e isso, somente SE, por um milagre, conseguiu deixar seu bolhudo alugado 100% do tempo durante 8 (oito) anos. E terá conseguido acumular R$ 853.482,50 sendo R$ 243.482,50 provenientes dos aluguéis menos I.R. e R$ 610.000,00 (valor do imóvel depois de oito anos menos o valor da manutenção nesse período).

    Resumo:

    Valor de R$ 500.000,00 atualizado com a inflação: R$ 870.000,00

    Valor acumulado de quem investiu em renda fixa: R$ 1.239.900,00
    Valor acima da inflação de quem investiu em renda fixa: R$ 369.900,00
    Conclusão: Quem investiu R$ 500 mil em renda fixa ficou R$ 369.900,00 mais RICO (acima da inflação)!

    Valor acumulado de quem investiu em imóvel: R$ 853.482,50
    Valor acima da inflação de quem investiu em imóvel: -R$ 16.517,50 * Não foi acima, e sim abaixo da inflação. Ou seja, perdeu dinheiro!
    Conclusão: Quem investiu R$ 500 mil em imóvel ficou R$ 16.517,50 mais POBRE (abaixo da inflação)!

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 13 de fevereiro de 2017 at 10:22

      Muito bom.
      A melhor coisa que eu fiz na vida foi ter vendidos os tijolos e não comprado mais.
      Mas isso Marcos-SP que você escreveu só faz sentido para 1% da população. O resto vai se enfiar em dívidas eternamente.
      É uma corrida maluca….

      Eu quero viver com paz de espírito. Semana que vem estarei na Terra dos Livres pela sétima vez… só com milhas… e dólares dos trades.
      PMFI !

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 13 de fevereiro de 2017 at 11:36

      custos de vacancia/inadimplencia giram em torno de 30% do total bruto de aluguéis auferidos, eu falei média
      … dados do próprio SETOR (thiago pirando),
      Que aliás usam esse numero pra justificar os 10% de adm. eu acho certo isso que vc fez, considera os 10% como um mínimo conservador, mas devemos lembrar que pode tranquilamente chegar em 30%

      eu gosto de fazer contas usando faixas: mínimo (cenário pessimista) máximo (cenario otimista) e médio (cenário +provavel)
      e eu tbm acho que nem sempre LCI foi a melhor opção de investimento nestes anos todos, que eu me lembre elas bombaram só a partir de 2011, antes disso era comum e fácul conseguir 10x% do CDI em CDB. eu preciso ver as contas eu acho que nesse período eu consegui liquidos uns 300% contra os 250% do CDI que vc mediu, contra 175% da inflação, quase dobrei a inflação isso sempre tomando opções conservadoras, bancos grandes, corretoras grandes 90% em letras TDs, CDBs, LCIs, e poupança conforme ia melhor, e uns 10% em cambial variável que nunca fiz nenhum milagre nem nenhuma grande cagada. Se pegar um perfil 1 pouco +dinamicio, com bancos médios tipo sofisa, entradas e saídas +dinamicas no TD e cambio, que seria o ideal, liquido e certo e livre de risco, aí então em 10 anos pode pôr mais 100%

      ultima observação, faltou vc considera ro gasto com aluguel da pessoa que não comprou

      1+
      • Lucas 13 de fevereiro de 2017 at 11:55

        opsss, onde le-se 300% e etc é na verdade o valor atualizado no período, então favor tira 100 de todos eles que escrevi errado, o porcento é a taxa atual menos o que já tinha 300-100 é 200%

        2+
        • avatar
      • Marcos_SP 13 de fevereiro de 2017 at 12:10

        Lucas, nas simulações acima em considerei um cenário hipotético (fictício) a favor dos brick lovers: aquele cenário que eles sempre imaginam, mas que nunca acontece na prática, quando o imóvel fica 100% do tempo locado. Isso não acontece nunca! Tenho exemplos na família de imóveis que estão desde 2013, ou seja, 4 anos sem ser alugado e proprietário tendo que pagar IPTU + Conta de luz (mínimo) + Manutenção. Peguei esse cenário hipotético, só para demonstrar que mesmo assim ao comprar imóvel, deixando ele 100% do tempo alugado (nem no mundo da lua isso acontece !), utilizando dados oficiais do Ipeadata e do FIPEZAP (o índice queridinho dos corretores/construtores/proprietários) a perda real do patrimônio no, caso dos imóveis, foi de mais de R$ 16 mil. Ou seja, desconsiderei taxas de administração de imobiliárias (no caso de aluguel administrado por essas, vacâncias e outros) e mesmo assim foi desfavorável comprar imóveis. A simulação mostrou inclusive o que os brick lovers adoram falar em rodinhas de conversa: que imóvel além de gerar renda com imóveis, ainda valoriza. Então coloquei esses argumentos no cálculo e veja só, o montante dos aluguéis + valorização do imóvel no período foi menor do que a inflação!!

        3+
        • avatar
        • Cesar_DF 13 de fevereiro de 2017 at 12:53

          Marcos_SP
          E a taxa de administração de 10%, e o IR de 27,5% ?

          2+
          • avatar
          • Marcos_SP 13 de fevereiro de 2017 at 13:26

            César, foi o que eu mencionei acima. Desconsiderei a taxa de administração, justamente para não aparecer o seguinte argumento, como já ouvi de proprietários: “mas eu mesmo administro meus imóveis, não há taxa de administração de imobiliária nenhuma”. O I.R. (imposto de renda) foi de 15%, pois refere-se à faixa de R$ 2.826,66 a 3.751,05 ( aluguel mensal), considerando que essa é única renda do proprietário. Observe que essa faixa foi utilizada, estando em concordância com o valor acumulado do aluguel obtido do período analisado.

            Também considerei taxa de vacância de 0%, ou seja, uma situação fictícia com o imóvel sempre alugado durante os oito anos. Repare que fui muito a favor do proprietário, ignorando taxa de administração, 0% de vacância (sempre alugado), e considerando a menor alíquota de I.R. para o caso de o proprietário ter somente essa renda.

            E mesmo assim, o montante acumulado (aluguéis + valorização do imóvel) foi menor do que a inflação!!

            Usei essas hipóteses, pois sempre em rodinhas de conversas os proprietários lançam que seus imóveis estão sempre alugados (o que é mentira), que pagam baixos impostos (o que é verdade, já que manipulam suas declarações e sonegam), e ainda lançam sempre o papinho de aluguel mais a valorização do imóvel. Para eles o simples fato do bem (imóvel) ter, aparentemente, duas formas de ganho (aluguel e valorização) já quer dizer que é o melhor dos investimentos. Só se esquecem de colocar todos esses valores na ponta do lápis e ver que mesmo com os aluguéis e valorização, ainda perdem para a inflação. Ou seja, ficam mais pobres, perdem patrimônio.

            4+
  • From_The_Tower 13 de fevereiro de 2017 at 10:33

    Galera…. esperem a apresentação oficial do PIB.
    Fiquem de olho no IBC-BR.
    “O Santander espera recuo de 1% no IBC-Br de dezembro, sem os efeitos sazonais. Contra o mesmo mês de 2015, a previsão é de um mergulho de 3%. Para o Itaú, a retração será menor, de -0,3% contra novembro e de -1,6% frente a dezembro do ano anterior. Confirmada a previsão, a atividade terá desabado 4,4% em 2016.”

    Depressão econômica :
    “Depressão econômica consiste num longo período caracterizado por numerosas falências de empresas, crescimento anormal do desemprego elevado, escassez de crédito, baixos níveis de produção e investimento, redução das transações comerciais, alta volatilidade do câmbio, com deflação ou hiperinflação e crise de confiança generalizada. A depressão é mais severa que a recessão, a qual é considerada como uma fase declinante normal do ciclo econômico.

    Uma regra usual para se definir a depressão é a redução drástica (cerca de 10%) do PIB) ou uma prolongada recessão (três ou quatro anos).[1]” Wikipedia.”

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 13 de fevereiro de 2017 at 10:37

      2014: maquiado : + 0,1%
      2015: -3,8%
      2016: waiting……

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 13 de fevereiro de 2017 at 10:51

        a maquiagem começou quando saiu o Meireles
        na verdade o próprio 2010 com aqueles 7% é um resultado maquiado pela contabilidade do petroleo e uma base fraca que foi a marolinha de 2009
        mas vamos dar de barato, negativo só a partir de 2014: Se estamos com pib no vermelho desde 2014, serão ao final cerca de 4 anos andando pra trás, o maior período da história.
        FORA TEMER

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Cesar_DF 13 de fevereiro de 2017 at 12:49

        Quanto a 2014, se o PIB “subiu” 0,1%, mas a população cresceu 1,8%, significa que na prática o PIB caiu 1,7%

        1+
    • Leonardo M. 13 de fevereiro de 2017 at 10:42

      Já tem especialistas falando que recuperação dá atividade economica só em 2019…E isso a depender de quem vai entrar na presidência.
      Então esperem mais um pouco até 2020 pra termos o mesmo PIB de 2012. Piada né?

      3+
      • Lucas 13 de fevereiro de 2017 at 11:01

        aproveitando
        medir simplesmente o PIB se subiu se caiu é um erro, iguala credita rno fingezap

        o PIB é quantitativo, mas tbm é qualitativo
        a qualidade do PIB que mede produtividade, eficiencia, investimento se vc ler os artigos do alex schwatzman vcs vão ver que a coisa é PIOR do que parece

        voltamos a fase plantantio, mineration, os tais ciclos de produtos que ensinam na escola.
        o BR voltou ao século XIX, inicio do XX
        o BR voltou ao período ANTES das Grandes Guerras

        4+
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 13 de fevereiro de 2017 at 11:12

          outra coisa
          PIB em dolares que é o que importa
          auge em 2011
          quando o sam zel se mandou

          2+
          • avatar
        • Leonardo M. 13 de fevereiro de 2017 at 11:26

          E achar que tem muita gente vendendo carroças a preço de FIPE e casas a preço de Libra estrelina não está no gibi

          5+
          • avatar
          • avatar
  • Lucas 13 de fevereiro de 2017 at 10:42

    From_The_Tower

    Enquanto ele ancora o preço na mente dele…
    nós ganhamos nos 50% de dólar
    nos 60% das NTNB´s…
    depois fomos para as prés. Alguns foram a bolsa e assim vai.

    esse é o grande lance from, se chama LIQUIDEZ
    os corvos malandros tem mania de comparar imóvel com CDI, com Selic, com poupança, pega 10 anos e mostrar que o valor acompanhou.

    Tem 2 erros graves nisso:
    1) a questão da liquidez, quem tem grana vai pulando de galho em galho, nos anos negros cheguei a investir na poupança, era onde rendia mais, fiz semana passada as contas, eu sendo max cosnervador estou pelo menos 30% liquidios acima daquela linhazinha do CDI que o fingezap coloriu nos graficos, isso contando desde 2009-2010 (antes disto estava passando por um período sabático, os meus tais 7 anos no tibet)

    2) outro erro são os próprios índices baseados em anuncio, não em venda. (nos EUA medem preço real)
    É como se eu mostrasse a tabela de preços de ZERO KM da VW pra mostrar que meu gol 1980 valorizou (entre outros muitos erros).
    o fingezap na verdade ele não considera o efeito tempo, já que os anuncios são sempre renovados, todo dia entrando imovel ZERO KM no índice

    5+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 13 de fevereiro de 2017 at 11:06

      Perfeito.
      Em terra de endividados …. quem tem capital é REI !

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 13 de fevereiro de 2017 at 11:05

    era o que eu tinha estimado de vc
    pra bom meia pa ba
    (sugestão: +discrição)

    1+
  • Loucodf 13 de fevereiro de 2017 at 11:14

    CVR – Vindo diretinho de um jornal aqui de Brasília.

    “Júnior Silva, 27 anos, era corretor de imóveis, mas a situação no mercado imobiliário estava tão difícil que, chegou uma hora, ele achou que estava tendo prejuízo ao sair para trabalhar. Neemias OIiveira, 30, formou-se em gastronomia no Unieuro, mas ganhava a vida negociando ônibus de turismo.”

    Dois amigos transformam um velho ônibus em hamburgueria ambulante

    Link: http://www.metropoles.com/gastronomia/comer/dois-amigos-transformam-um-velho-onibus-em-hamburgueria-ambulante

    5+
    • avatar
    • fanfarraum 13 de fevereiro de 2017 at 11:19

      Quem quiser alvo fácil de piramide, so buscar os corvos.

      3+
      • avatar
      • Loucodf 13 de fevereiro de 2017 at 11:24

        Só para ficar claro: Acho legal o cara ir construir algo e buscar sua renda.
        Só quis transmitir que é com esse tipo de coisa que notamos o quanto o mercado travou.

        6+
        • avatar
  • CarlosL 13 de fevereiro de 2017 at 11:28

    CVR Final de semana

    Piscina / Leitura / Brejas / Sol / JBL Flip+Ipod nano tocando bem baixo uns sambinhas e mpb…..

    No outro canto do solarium, uma vizinha e sua respectiva irmã… No final da tarde começa o papo e conversa vai, conversa vem, a respectiva irmã é: Funcionária da Caixa – Setor: Leilões Extra-Judiciais

    Eis que ela solta:
    – Antigamente os imóveis retomados em SP eram só em bairros de periferia bem afastados. Agora ?! Semana passada saiu um em Pinheiros de 100m na Pedroso de Moraes por 3k o m2 ! Eu não pude comprar nem minha família pq eu sou funcionária. Tem gente que tem medo desse negócios porque depois de arrematar acha difícil tirar o morador, só que é bem mais fácil do que parece. Em média está entrando uns 30 imóveis por semana pra ir pra leilão….

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 13 de fevereiro de 2017 at 11:31

      Jé mas o m² nessa região não era vendido por R$6.666,66?

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 13 de fevereiro de 2017 at 11:46

        pedroso era 20k senão mais

        3+
        • avatar
  • Cesar_DF 13 de fevereiro de 2017 at 12:31

    De acordo com este PORTAL IMOBILIÁRIO, apenas com seus associados, existem 98.098 imóveis vazios disponíveis para venda.

    No Quartos No de Imóveis
    1 Dormitório 7.533
    2 Dormitórios 36.058
    3 Dormitórios 34.936
    4 Dormitórios 15.001
    >4 Dormitórios 4.570
    https://www.agenteimovel.com.br/mercado-imobiliario/a-venda/rio-de-janeiro,rj/

    Para ter uma ideia de quanto este site tem de representação no mercado imobiliário, fui ver os dados que eles tinham de Brasília, onde constam apenas 7.729 à venda,
    https://www.agenteimovel.com.br/mercado-imobiliario/a-venda/brasilia,df/
    sendo que a quantidade, apenas dos associados do SECOVI-DF seria de 32.635 imóveis residenciais à venda (página 32 do pdf abaixo). Provavelmente o universo do SECOVI-DF representa menos da metade do tamanho real do mercado imobiliário de Brasília, pois não entram os particulares.
    http://www.secovidf.com.br/novoportal/images/arquivos/pdf/boletins/2017/Boletim_imobiliario_fev_2017.pdf

    Sendo conservador, podemos dizer que devem existir 200 mil imóveis disponíveis para venda no Hell de Janeiro, mas se fizermos um regrinha de 3 com os de Brasília, então seriam 414 mil imóveis a venda no Hell de Janeiro.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 13 de fevereiro de 2017 at 12:35

      Ahhh, só uma correção, eles quebraram o DF em várias regiões, então seria
      Paranoá 4.707
      Jardim Botânico 2.481
      Fercal 2.074
      Ceilândia 2.003
      Brasília 7.729
      TOTAL: 18.994, o que daria pouco mais da metade dos números do SECOVI-DF

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 13 de fevereiro de 2017 at 12:50

        Obrigado pelos números, caro Cesar.

        É muita unidade vazia aqui no DF. É interessante ver os números, mas uma simples caminhada pelas quadras corrobora o que você disse.
        São inúmeras unidades vazias. Duas, três, cinco placas coladas nas janelas de cada prédio.

        Nas ruas entre as quadras, nas esquinas, várias faixas coladas anunciando EXCELENTES OPORTUNIDADES com PREÇO DE OCASIÃO.

        Está impossível vender. Mesmo aqui em Brasília, ilha da fantasia, onde todos ganham milhares de reais.
        Imagino no resto do Brasil, onde existe vida real.

        Ploc, boom! Que venham os descontos!

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Cesar_DF 13 de fevereiro de 2017 at 13:13

      Faltou dizer que estes 98.098 são do Hell de Janeiro

      2+
  • fanfarraum 13 de fevereiro de 2017 at 13:55

    OFF Roubo Prefeitura Porto Alegre

    https://tarifa2017.portoalegre.rs.gov.br/#!/

    A prefeitura de Porto Alegre quer passar que custa 10 centavos por passagem pra colocar sistema de GPS.
    Ano passado foi mais de 180 milhões de passagens…

    Ou seja, querem dizer que vai custar R$ 18 milhões/ano pra colocar GPS nos ônibus de Porto Alegre.
    Em 2014, POA tinha 1.659 ônibus. Digamos que tenham 1.800 agora…

    Dá um custo de 10k por ano por bus.
    R$ 833 por mês por bus.

    4+
    • avatar
  • Leonardo M. 13 de fevereiro de 2017 at 15:33

    CVR

    Tava eu indo para o supermercado comprar uns pãozinho bolhista e vejo um Batcorvo móvel com aquelas propagandas no vidro traseiro; “Concorra 3 meses de aluguel grátis pra usar como quiser”.

    2+
  • LZ 13 de fevereiro de 2017 at 16:11

    CVR:
    Amigo meu vendeu o AP dele no Butantã por 350K
    Porém não é tão bolhista como eu, pegou a grana e comprou outro AP maior em SP.
    Viu um condomínio novo e talz, viu com a corretora os valores, a corva falou em 600K o valor do imóvel.
    Ele pegou os valores, falou com o porteiro e conseguiu os dados do dono do imóvel, negociando com o dono fechou em 540K.
    Foi inteligente em dar um pedala na corva, porém ficou com uma dívida de 200K por ai.

    Dava para ganhar 4 Mil por mês de juros e continuar reinvestindo grana que pagaria em valores de financiamento.
    Mas fazer o que né….

    4+
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 13 de fevereiro de 2017 at 16:51

    Mais um CVR corvo desesperado

    Corvo colocou no FB nos classificados dá cidade:
    “2 meses de aluguel grátis, ligue no número xxxxx-xxxx”
    Detalhe apartamento lá PQP dá cidade kkkkkk bolha dos MCMV estourando na cidade.

    1+