Nº de contratos anulados na compra de imóveis chega a 40% em 2016 em Manaus – G1

Você pode gostar...

Comments
  • From_The_Tower 2 de fevereiro de 2017 at 14:09

    Se o mercado está eufórico > COMPREM
    Se o mercado está de lado > COMPREM
    Se o mercado está em queda> COMPREM
    Se o mercado está no fundo do poço > COMPREM

    Resumindo: COMPREM !!! COMPREM !!! COMPREM !!!

    75+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 2 de fevereiro de 2017 at 14:18

      Povo sem renda -> Check!
      Povo endividado -> Check!
      Povo desempregado -> Check!
      Povo não consegue crédito -> Check!
      Povo voltando a morar com pais, sogra, casinha de cachorro -> Check!
      Preço de imóveis totalmente incompatível com a renda -> Check!
      País grande com cidades amplas e muitos terrenos a serem invadidos -> Check!
      Facilidade de erguer casas improvisadas e ausência de fiscalização -> Check!
      País não neva e dá para pessoas morarem na rua -> Check!

      QUEM DIABOS COMPRARIA IMÓVEL NUM CENÁRIO DESSES?

      85+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • From_The_Tower 2 de fevereiro de 2017 at 14:21

        Perfeito.
        Só compra os desinformados com capital de sempre e ou aqueles que ainda não se endividaram.

        Quem tem capital e um pouco de massa cinzenta fica no aluguel (devidamente pago com os juros recebidos)
        PNJ !!! Tá bom demais !

        36+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • by pass 2 de fevereiro de 2017 at 16:06

          Ter massa cinzenta é causa do efeito ter capital.
          Então, concluindo, basta ter massa cinzenta mesmo FROM THE TOWER… rsrs

          11+
          • avatar
          • avatar
          • From_The_Tower 2 de fevereiro de 2017 at 17:28

            Mas sempre existem os que possuem capital e não tem massa cinzenta.
            Ex: Filhos de endinheirados e herdeiros.

            12+
            • by pass 3 de fevereiro de 2017 at 09:41

              Mas ai é só uma questão de tempo…

              2+
            • by pass 3 de fevereiro de 2017 at 09:43

              Mas nesse caso é só uma questão de tempo…

              1+
  • Exterminador de Corvos 2 de fevereiro de 2017 at 14:11

    Chupa que é de uva, corvo-mor

    E PMJ !

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 2 de fevereiro de 2017 at 15:06

      E o cara tem a manhã de dizer que o momento é favorável.
      Fico aqui imaginando o que seria momento desfavorável para essa criatura.
      Dá vontade de pedir pra ele contar a do papagaio agora.

      10+
  • MINEIRO SPY 2 de fevereiro de 2017 at 14:18

    Interessante.
    Quando se comprava na prânta e o especulador repassava com lucro, as empilhadeiras de tijolos colocam isso como slogan para vender mais e mais. Nessa situação, eles ganhavam e o indivíduo também. Quando a lógica é inversa, não pode. Se beneficia o coletivo (aparentemente), ótimo. Se prejudica o coletivo, criem leis. Tá sértu.

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 2 de fevereiro de 2017 at 14:22

      Exatamente.
      Quando os corvos puxavam o saco dos chamados “investidores” … era tudo uma maravilha.
      Depois veio a fase dos DISTRATOS. Agora eles estão correndo atrás dos que realmente querem comprar para morar.
      ARDAM !!!!!

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Antigo 2 de fevereiro de 2017 at 14:22

      Coletivo é meu ovo esquerdo, que anda sempre com o direito. Que papo furado desse corvo. Só se for o coletivo das construtoras que eles querem proteger.

      Essas construtoras durante anos prestaram um GIGANTESCO desserviço ao Brasil construindo milhares de apartamentos pequenos, de baixa qualidade e em regiões afastadas, vendendo como se fossem maravilhas por preços exorbitantes. Agora que o esquema caiu, querem ficar chorando criando regra.

      Que quebrem todas, ardam e vão para o inferno. O país não precisa desse tipo de lixo.

      42+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Azufre 2 de fevereiro de 2017 at 14:51

      No contrato tb tem:

      terminar o prédio
      terminar no prazo
      com o acabamento prometido

      Não tem no contrato mas tem a promessa verbal:
      valorizar 30%

      0
  • From_The_Tower 2 de fevereiro de 2017 at 14:19

    Well, well, well… estamos caminhando para o patamar da Bolha dos Flats de 2000.
    Os Brick-Lovers tendo que alugar a 0,10% ou 0,15% a.m. frente ao que pagaram ou preços anunciados.
    Alguns casos … alugam a 0,00 …. só para não arcarem com as despesas de condomínio bolhudo.

    33+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 2 de fevereiro de 2017 at 14:24

      Passei um ano num hotel/flat. Eu pagava 2k na época.

      Recentemente eu descobri que o condomínio é 1600. O príncipe africano deita e rola com esses propriotários.

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • From_The_Tower 2 de fevereiro de 2017 at 14:24

    TR NEWS
    01/02 a 01/03 : 0,03%. Bem mirradinha.
    Menos dias úteis.
    Quem tem aniversário da poupança nesse dia…. deve estar feliz. (0,53% a.m.)
    Já o Tesouro Direto para quem aportou nas máximas … está uma maravilha.
    Até o final do ano eu realizo tudo. E espero o çanguiii eleitoral de 2018.
    kkkk

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • MINEIRO SPY 2 de fevereiro de 2017 at 15:13

      Tower.
      Entrei na alta também no título de 2024, 2035 e 2050. Vc espera resgatar até o final do ano efetivamente ou aguardará a percepção de “taxa de juros mínima”, para então realizar?

      5+
      • avatar
      • BYOB 2 de fevereiro de 2017 at 15:24

        O problema é que você vai tirar dai e colocar aonde, onde vai conseguir a mesma rentabilidade? Tira essa ideia de ficar girando o patromonio que só vai fazer você perder dinheiro, vai fazer trade e dar dinheiro para corretora? Na minha humilde opinião, se entrou nesses titulos leva até o vencimento, a não ser que você colocou todo seu patrimonio neles, ai é outro problema, planejamento, fez cagada, senão segura aí que voce será muito bem remunerado no futuro.

        16+
        • avatar
        • Aprendiz 2 de fevereiro de 2017 at 15:26

          Boa tarde á todos

          Nunca investi em TD

          Como posso começar ?

          Obrigado

          5+
          • BYOB 2 de fevereiro de 2017 at 15:32

            Simples,

            – Abra a conta em uma corretora, ou utilize seu banco
            – Solicite o cadastramento no tesouro direto
            – Se utilizar uma corretora, transfira o dinheiro para a conta corrente na corretora
            – Entre no site do Tesouro Direto e veja o mais ideal para seus objetivos
            http://www.tesouro.gov.br/tesouro-direto-questionario-perfil-do-investidor

            – Inicie seus investimentos devagar, mês a mês para aprender como de fato funciona.

            Mais informações
            http://www.tesouro.fazenda.gov.br/web/stn/tesouro-direto-passo-a-passo

            11+
            • avatar
          • MINEIRO SPY 2 de fevereiro de 2017 at 15:37

            Leia os sites, clube dos poupadores ou até mesmo Carteira Rica, que entendo ser uma excelente fonte de informação para TD

            8+
            • avatar
          • Hunter 2 de fevereiro de 2017 at 21:25

            As melhores informações sobre TD que encontrei na internet foi blog do “investidor de risco”.
            O endereço é http://www.investidorderisco.blogspot.com.br.
            Todo o site é muito bom.
            O Painel do Tesouro Direto e o Fórum, em particular, são excelentes.

            0
        • MINEIRO SPY 2 de fevereiro de 2017 at 15:36

          Discordo.
          Título 2035 e 2050 não é para levar até vencimento. É para aproveitar e potencializar seus ganhos com a variação da taxa de juros. Se a selic cair a 10% como se fala, o ganho com título IPCA 2035 para quem comprou na alta chegará a que…160% em 2 anos? Colocar X, resgatar em 2 anos e reinvestir…não chamo isso de girar patrimônio.

          13+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Lucas 2 de fevereiro de 2017 at 16:18

            mas se levar até o fim sera 300% em 10 anos num período em que tal retorno pode ser uma rarirdade.
            a conta não é tão fácil de se fazer
            só recomendo sair se houver lá na frente outro ponto de reentrada próximo

            eu fiz isso com umas velhinhas das primeiras que comprei a 5,5%+IPCA, vendi e reentrei vários meses depois a 6,4%+IPCA e ainda rendeu um pré-fixado no caminho, aliás tbm tive uns gastos inesperados e tbm foi dali que tirei o dinheiro, mas fiquei meio que agoniado, demorou bastante a re-entrada

            Se a re-entrada nunca acontecer vc terá perdido uma grande enorme ooportunidade estes titulos de 8% reais é coisa que só grande sgenios financeiros tipo W.buffet conseguem no longo prazo. É importante ter essa noçao das coisas 8% reais é muuuita coisa, não abusem da sorte, senhores

            15+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • reznor 2 de fevereiro de 2017 at 16:41

              O seu raciocínio também é exemplar, Lucas. Ainda mais se olharmos o gráfico abaixo:
              https://imagizer.imageshack.us/a/img922/4530/lVFmR8.png
              Repare a taxa de juros reais em descendente.
              Entretanto, dada as circunstâncias desde o 2014 pós-Dilma, as próximas eleições são a aposta da década. Não são?
              Nesse sentido, eu prefiro realizar algum lucro substancial e “ver no que vai dar”. Liquidão.
              Mas também concordo com tudo o que você disse… Quase 8% de juros reais sem riscos não existe nenhum outro lugar do nosso sistema solar.
              Tem até debênture incentivada de mais de 9% da CEMIG sendo ofertada agora… Mas e as garantias?

              6+
              • avatar
              • avatar
              • to bolhado 2 de fevereiro de 2017 at 16:48

                To na sua. Vejo muita gente dando de barato que o pior já passou. 17/18 vai ser chave, quero ter margem de manobra durante esse período = liquidez

                6+
                • avatar
                • avatar
            • MINEIRO SPY 2 de fevereiro de 2017 at 16:46

              De fato. Faz sentido trabalhar com entrada e saída com perspectiva de haver um novo ponto de aporte. Concordo que a conta não é nada fácil de se fazer. Talvez From esgote tudo até dezembro pq 2018 haverá eleição e talvez ela nos proporcione novo ânimo de reinvestir. Não me soa equivocado sair em 2017, colocar em selic e esperar o efeito da eleição. Se ela tumultuar os ânimos, entramos. Se ela acalmar ainda mais, algo difícil na banânia, aí sim poderíamos perder. É o que vc falou..não é fácil.

              8+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
            • to bolhado 2 de fevereiro de 2017 at 16:46

              A questão é q quem comprou a 7% ja lucrou a diferença de 7 pra 5,5, o valor do título é 5,5 hoje. No curto prazo a selic ta rendendo real mais, pq ta pagando 13%-4% de inflação = quase 9% de real. Claro que essa é uma situação temporária; mas o ponto eh que um título com vencimento 35 ou 50 embute um risco que tenho dúvidas se todos orecificam corretamente. Temee até agora vive de promessa. Se entrarmos em julho sem nada de concreto ou ele cair, o bicho pega

              5+
              • avatar
            • Hunter 2 de fevereiro de 2017 at 21:35

              Pois é, Lucas.
              Lembrando que começaram a falar em meta de inflação de 3% a.a.
              Sei que parece bem fora da nossa realidade, mas até pouco ninguém falava nada.
              Se, por hipótese, a coisa evolui para esse cenário, ter se desfeito das NTNBs terá sido um desastre.
              O negócio é ir acompanhando, para ver se valerá à pena ou não vender, para realizar os lucros.

              3+
              • avatar
          • to bolhado 2 de fevereiro de 2017 at 16:38

            A conta não é bem essa. De qualquer modo, realizei um pouco de lucro e botei a grana em selic. Meu medo eh o temerroussef cair, ou não sair reformas e dar uma revertida na curva. De repente vc fica obrigado a segurar os títulos por 4 anos pelo menos e perde liquidez. TD vc tem de estar disposto a levar até o vencimento sr precisar

            5+
            • avatar
        • reznor 2 de fevereiro de 2017 at 16:01

          BYOB, eu concordo com o raciocínio do FROM nessa. Como você deve saber, lucro contábil é uma coisa e lucro no bolso é outra diferente. Se você sabe o que está fazendo, o retorno fica a anos-luz frente a carregar até o vencimento.
          Não significa necessariamente “girar patrimônio”, está mais para alocação inteligente de ativos.
          Quando a poeira da Selic baixar, é travar parte num pré-fixado interessante e manter-se líquido aguardando os resultados das eleições. De preferência comendo pipoca.

          Ou você prefere arriscar de ver o Lulla sendo re-eleito, os CDS batendo recordes e fazermos companhia à Venezuela no bloco bolivariano?

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • BYOB 2 de fevereiro de 2017 at 17:32

            Eu entendo a ansiedade de realizar essa grande jogada, mas acredite tem um elemento que vocês esquecem, e se chama ser humano, esse maldito ser sempre quer ganhar e dar a grande virada, digo por experiencia própria, a maioria das pessoas irão realizar o lucro e perder o dinheiro.

            O pensamento é o seguinte, eu estava ganhando 16% aa ou lucrei 100% agora vou para FII, chega lá as coisas não andam como o ultimo investimento e ela troca, fica pensando no TD ganhava mais, vai para bolsa por que o “bull market” começou acontece a mesma coisa, fica andando de lado, a bolsa imobiliaria estoura e ela acha que está na hora de comprar imóveis e gira, gira isso consumiu tempo do trabalho e da familia.

            O ciclo de juros pode durar de 5 a 10 anos, e saber se ele retornará a niveis desse ano para “acertar” novamente na mosca do TD é prever o futuro, assim como disseram que o Trump não iria ganhar ou o Brexit não iria acontecer.

            Não digo que está certo ou errado, mas parei de fazer isso a muito tempo, para mim o importante é acumular patrimonio e não tentar acertar todas as vezes, nao penso mais em quando vou ganhar, mas o quanto posso perder nessas operações, e se voce perde pouco acumula bem mais.

            14+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • to bolhado 2 de fevereiro de 2017 at 17:39

              No curto prazo concordo com vc (6 meses). No medio (ciclos de 3 a 5 anos ) não. Os % do seu patrimônio devem variar sim de acordo com o cenario pra um ciclo de 5 anos. Entre 2012 – 2015 era importante ter um % considevel em dolar, em 15-16 rf. Não é allin, mas variação de percentuais

              3+
            • bolha real 2 de fevereiro de 2017 at 18:00

              Concordo plenamente!!!

              2+
    • Lucas 2 de fevereiro de 2017 at 15:14

      eu não como TR
      aliás passei no banco os juros real cada dia melhor
      se sabe que a pressão das corretoras fez os bancos grandes melhorarem os produtos
      tenho coisa de prateleira que deu entre 14% e 17% brutos ano passado, com tendencia de melhorar, essas foram as píores, nenhuma é referenciada pela TR.
      Já o TD só alegria, me coça também essa idéia de especular saindo na boa e voltando quando omercado se tocar, mas e aí, quem garante quem vai ser o próximo presidente??? jogada arriscada essa, hein

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • bolha real 2 de fevereiro de 2017 at 18:03

        É isso aí, voltemos ao ponto que sempre falo em acertar em tudo. Por exemplo, quem garante no curto prazo que as taxas do TD voltariam para mais de 7%. Só se tiver um cara de esquerda na frente na eleição presidencial ou cair uma bomba não prevista no mercado.

        7+
        • avatar
        • avatar
  • From_The_Tower 2 de fevereiro de 2017 at 14:25

    Eu recomendo as destrutoras a pararem com a venda na planta.
    Só vendam depois de pronto . Com habite-se e demais burocracias.

    26+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 2 de fevereiro de 2017 at 14:39

      É mais fácil abrir um negócio e transferir todo o risco para o cliente, embolsando apenas os lucros.

      Acho que o Brasil é um dos poucos países que admitiriam tamanha picaretagem

      25+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Zé do Brejo 2 de fevereiro de 2017 at 15:11

        Como já dizia o CA a muitos anos atrás, esse é o nosso sub-prime.

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Minino do TI 2 de fevereiro de 2017 at 14:40

    CVR
    Tentando comprar na baixa

    Moro no hell, e vou tirar umas férias pelo nordeste, começando em Aracaju. Decidi fazer um coletor de preços de passagens aéreas para pagar menos e
    sobrar mais dinheiro pro PMJ. Acabou que não encontrei uma lógica tão exata pra achar a melhor epoca de comprar, mas acho que fiz um bom negocio.

    Logo quando comecei, vi que o preço tava caindo:

    Decidi segurar a aposta e esperar mais um pouco. Algum tempo depois caiu, e então consegui fechar por ida+volta = 478 reais (sem txas de embarque)

    Alguns dias depois, teve feirão da gol e o preço caiu para 420 e alguma coisa durante o fim de semana. Não consegui pegar o fundo do poço. Porém, depois disso, só subiu!

    Vendo que agora o preço está > 700, acho que fiz um bom negócio. E de combo, descobri que ainda estou verde pra ir pra RV 😛

    Não é um CVR tão bom quanto outros, mas queria compartilhar essa curva de preço com os amigos bolhistas. Valeu galera!

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 2 de fevereiro de 2017 at 14:41

      QUE LINDO

      Me ensina a colocar imagem?

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Minino do TI 2 de fevereiro de 2017 at 15:23

        Tutorial curto:
        [img src=”http://url-da-sua-imagem.jpg”][/img]
        Substitua:
        [ por < ] por >

        Tutorial longo:

        1 – faça o upload da sua imagem em http://imgur.com/
        2 – na pagina de sucesso do upload, coloque o cursor do mouse sobre a imagem e clique em “Get share links:” e copie a url que estiver no campo “Markdown (Reddit)”
        3 – Com a url (começando em http e terminando com jpg), faça o tutorial curto

        Sugestão: teste em um tópico velho pela primeira vez 🙂

        Qualquer dúvida é só falar

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Minino do TI 2 de fevereiro de 2017 at 15:27

          *substituir os colchetes [ ] por <>, respectivamente

          1+
          • thiago fm 13 de fevereiro de 2017 at 19:18

            teste

            0
            • thiago fm 13 de fevereiro de 2017 at 19:21

              0
              • thiago fm 13 de fevereiro de 2017 at 19:24

                0
                • thiago fm 13 de fevereiro de 2017 at 19:25

                  0
    • CarlosL 2 de fevereiro de 2017 at 14:45

      Como põe ibagem?

      2+
      • avatar
    • Bolha BOSS 2 de fevereiro de 2017 at 15:19

      Malditos meninos da TI, mau posso ver seus movimentos. Trabalha com infraestrutura de redes ou programação ?

      8+
      • avatar
      • Minino do TI 2 de fevereiro de 2017 at 15:26

        Trabalho com programação, Boss

        5+
        • avatar
        • Bolha BOSS 2 de fevereiro de 2017 at 15:37

          Explicado…somos inimigos mortais…Meus servidores ficam lentos por causa dos seus códigos…rsrsrs

          12+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Minino do TI 2 de fevereiro de 2017 at 15:44

            A culpa é do estag 😛

            6+
            • avatar
          • Brazil mode OFF 3 de fevereiro de 2017 at 09:15

            kkkkkkkkkk boa essa. Mas estamos todos no mesmo barco. Também trabalho com TI só que sou mais peão, trabalho com suporte.

            3+
            • avatar
            • avatar
            • Minino do TI 3 de fevereiro de 2017 at 10:36

              na banânia, #somostodospeões

              1+
              • avatar
  • Azufre 2 de fevereiro de 2017 at 14:57

    Estou na moderação, BOSS

    4+
    • avatar
  • Lucas 2 de fevereiro de 2017 at 15:04

    “O brasileiro precisa aprender a respeitar contrato. Contrato é lei entre as partes. Na compra do imóvel, você tem uma fração que pertence a ele e outra que pertence ao coletivo da empresa. Quando ele distrata, ele não está resolvendo só o problema dele, ele está complicando o coletivo.”

    6+
    • avatar
    • Lucas 2 de fevereiro de 2017 at 15:20

      Assim funciona o meta-capitalismo-de-estado bananense

      Seria apenas ridículo se essa tragédia não fosse exatamente o que decidem os juízes Brasil afora
      se não fosse exatamente assim que está montandoo sistema financeiro nacional com suas correias de transmissão nos impostos e na inflação fazendo com que até quem mora na favela pague por esse prejuízo

      Mas claro, pra fazer toda esta picaretagem eles precisam de muita liquidez, e quem tem liquidez é king, king cobra juros: PMJ grarantido pelos próximos 35 anos
      E nãoa dianta esse mimimi de a TR desceu, pq se a TR desceu pode ter certeza a inflação desceu mais, fazendo o custo de oportunidade, chamaod de juros real, explodir numa velocidade de 2 dígitos anualizando o mensal dos melhores meses.

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Marcio 2 de fevereiro de 2017 at 15:34

      Eles querem respeito ao contrato só por parte do comprador.
      Hipócritas. E nas milhares de obras atrasadas, onde está o respeito aos contratos?
      E aquelas obras que nunca ficaram prontas?

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 2 de fevereiro de 2017 at 15:59

        posos estar respondendo ertrado,
        mas as regras de distrato são as mesmas
        ou seja o comprador sempre paga o pato
        seja ele o culpado seja a construtora
        nisso “somos” bem democráticos

        9+
        • avatar
        • avatar
  • ER 2 de fevereiro de 2017 at 15:18

    E vai tirar renda de onde para “respeitar o contrato”? Simplesmente essas construtoras precificaram tão alto seus produtos que criaram um problema para si. Agora aguentem.

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Pedlero 2 de fevereiro de 2017 at 15:20

    Povo, agora sou motorista de Uber. Sempre leio vcs. PMJ.
    Estou cheio de cvr.
    Grande abrç

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Exterminador de Corvos 2 de fevereiro de 2017 at 15:50

      Podia já ter soltado a notícia acompanhada de um CVR…
      Boa sorte na empreitada !

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Antigo 2 de fevereiro de 2017 at 16:29

      Manda ver aí que CVR é sempre bem vindo.

      Temas prediletos:
      666 levando motumbada
      Corvo se ferrando
      Crise econômica
      Pessoas se dando bem com investimentos

      14+
      • avatar
    • From_The_Tower 2 de fevereiro de 2017 at 17:31

      Grande Pedlero.
      E o corvo coronel?
      kkkk

      5+
  • Lucas 2 de fevereiro de 2017 at 15:56

    CA
    sobre aquele asusnto de ontem
    notícia da época do reagan, anos 80 no BR
    5 milhões morrendo de fome
    cara, aqui era a syria após os choques do petróleo
    https://scontent.fcgh14-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15826209_377959732561361_2625745806724439602_n.jpg?oh=4d82e26a2a453632218e31f467887c86&oe=59178A90

    passa o tempo a gente vai esquecendo, essas notícias eram semanais, o governo pra pagar as contas das obras faraônicas – Itaipu, rio-niterói – eles precisavam girar a impressora. Eu não discuto a necessidade dessas grandes obras, mas roubalheira ali era demais, e isso afetava o povão que não tinha conta no banco, o dinheiro evaporava na mão deles, não tinha mercado, não tinha emprego, não tinha perspectiva, não tinha nada, por sorte a heroína não chegou aqui, senão seriam outros milhões dopados até a morte.

    Hoje, guardadas as devidas proporções, estamos a beira de um caos social de proporções tão perversas quanto, e criadas sob os mesmos auspícios sócioeconômicos daquela época, não quero entrar no limbo marxista, mas é impossível deixar de reparar os 2 lados do mesmo erro.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • reznor 2 de fevereiro de 2017 at 16:23

      Lucas, se me permite um adendo, mesmo que a retórica do Marx seja quebrada, isso não impediu o barbudo de criar umas frases bem axiomáticas.
      Sabe aquela da “história se repete, 1º como tragédia, depois como farsa”… é de uma precisão inquestionável. Pena que ele estava a serviço do capeta, mas isso é fugir do tema…
      Como você disse, as condições de caos social são total repeteco dos eighties, sem tirar nem pôr.
      Mas tem uma diferença: a engenharia econômica dos donos do dinheiro atingiu tal ponto de maestria que criou-se produtos financeiros para tudo.
      Aliás, nunca se vendeu tantas coisas que não existem (criptomoedas, imóveis na pRanta… etc).
      O futuro é metafísica pura.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 2 de fevereiro de 2017 at 16:32

        não temos mais aquele desespero e medo de faltar que carimbou as gerações passadas
        mas temos aí uma geração de zumbis: comprem, comprem, comprem, tudo no imediato
        nunca antes na história o tempo (e a irmã paciencia) valeu tanto dinheiro, o hint do century

        6+
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 2 de fevereiro de 2017 at 16:17

    02 fev, 2017 16h29
    A casa própria não é mais o sonho do brasileiro? Entenda as mudanças do mercado imobiliário
    CEO da empresa que criou o “seguro fiança grátis” comenta o momento e as perspectivas para o Brasil neste mercado

    http://www.infomoney.com.br/imoveis/noticia/6090653/casa-propria-nao-mais-sonho-brasileiro-entenda-mudancas-mercado-imobiliario

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • burbuja_del_ladrillo 2 de fevereiro de 2017 at 16:43

    CVR – Mudança de estratégia no Hell… Estou louco ou faz sentido?
    Desculpe o textão, mas gostaria muito de ouvir a opinião de vocês sobre a maneira que estou vendo o mercado de imóveis do Hell de Janeiro.

    Essa semana, contra todos os ensinamentos do blog e a estratégia que venho aplicando nos últimos anos, voltei à busca de boas oportunidades de imóvel para compra (para morar com a família).

    Analisando o mercado, acredito que estamos chegando a um ponto onde podem ser encontradas boas oportunidades, desde que o comprador conheça muito bem os números do mercado e trabalhe com a razão e não com a paixão.

    Como já contei aqui, comprei um imóvel à vista em abril de 2010 (eu e a Sra Burbuja tínhamos grande parte do dinheiro, e conseguimos um “financiamento” – já quitado – de pai e sogro pra filhos). Era um apartamento no 1º andar de fundos em um prédio antigo sem nenhuma estrutura de lazer, de 3 qtos (transformado para 2), na Barra da Tijuca, RJ. O apartamento estava em boas condições, precisando de reforma em só 1 dos 2 banheiros, pois o antigo dono havia feito diversas reformas há pouco tempo.

    Porém, ao observar o aumento das assimetrias que tanto falamos aqui (Preço X Aluguel, Preço X Renda, e outras), resolvi colocar o bolhudo no mercado e, após exatos 5 anos (maio de 2015), VENDI o bolhudo com lucro líquido de 110% do valor pago e me mudei para a Zona Sul, pagando aluguel com os juros do valor da venda aplicado.

    Mas confesso que nunca deixei de acompanhar o mercado. E, como imagino que muito aqui façam, passei a acompanhar constantemente os anúncios de imóveis que poderiam vir a me interessar caso os preços voltassem à realidade.

    Pois bem, não sei se foi a virada do ano, mas nessas últimas semanas comecei a ver alguns anúncios de apartamentos que acompanhava com valores significativamente abaixo do pedido anteriormente (um deles chegando a 40% do valor do auge da bolha que muitos teimam em dizer que nunca existiu).

    Porém, meu racional tem sido o seguinte (pra aproveitar uma boa oportunidade, acredito que a pessoa deve manter um leque de opções variadas):

    – Oferecer, no máximo, 30% a menos que o valor anunciado em imóveis que:
    1- Estejam em regiões historicamente mais valorizadas (Leblon / Ipanema / Gávea/ Jd Botanico ou Lagoa) que o que eu vendi em 2015 ou;
    2- Que seja na Barra, mas com uma metragem muito maior e melhor estrutura (seja no apto ou no condomínio), para meu filho de 2 anos;
    Minha preferência seria pela Barra, mas a Sra Burbuja sempre morou na Zona Sul e, como nós dois trabalhamos para estes lados, realmente facilita a logística da criança;
    3- Com a relação Aluguel X Venda máximo de 250x.
    4- Pagando, no máximo, o valor que recebemos pelo apartamento em 2015, atualizado pelo rendimento da aplicação.

    Ou seja, se os imóveis já baixaram 30% do valor original nos anúncios, e eu conseguir ainda 30% a mais de desconto, eu teria um desconto total de, no mínimo, 51% do valor do auge da bolha, e conseguirei melhorar a condição de moradia da minha família consideravelmente, sem me endividar ou precisar mexer no restante do meu capital.

    Mandei 5 emails e/ou telefonei para corvos vendendo imóveis que atendem essas condições e, para minha surpresa, 3 deles deram um retorno razoavelmente positivo às minhas exigências de valor, sendo:

    1- BARRA DA TIJUCA – Casa antiga, mas reformada, em condomínio fechado, região próxima ao apto onde morávamos (que gostamos bastante), 3x a metragem, 5 quartos (3 suítes), piscina, churrasqueira, edícula com área de 30m2 para fazer uma academia ou salão de jogos (eu adoro sinuca e jogo poker semanalmente com meus amigos);

    2- BARRA DA TIJUCA – Cobertura novíssima (4 anos de construção), mesma região da casa, duplex, 2x a metragem do apto original, em condomínio com todas as xoxotecas gourmet – condomínio custa o mesmo que o atual na Zona Sul que só tem porteiro – piscina, churrasqueira e sauna no apto;

    3- ZONA SUL – Apto em bairro que gostamos bastante, em prédio antigo mas nem tanto, com 2 vagas (raro na região), prédio com boa estrutura (piscina, quadras esportivas e parquinho para crianças), apto em boas condições, mas precisaria modernizar a cozinha e 1 dos banheiros. Metragem 10% maior que o vendido em 2015;

    Como falei, não sei se vou conseguir (ou querer) fechar nenhum dos 3 no valor que eu quero, mas só o fato dos proprietários estarem dispostos a ouvir minha proposta (fui claro com os corvos sobre o valor que poderia pagar e pedi que entrassem em contato com os proprietários antes de agendar as visitas), já indicam que posso conseguir num futuro próximo.

    Será que vale a pena?

    0
  • Rene Fraçoá 2 de fevereiro de 2017 at 16:53

    Sobre o tópico: Dado a conexões familiares passei a semana passada em Manaus para alguns festejos e ouvi muitos relatos sobre moradia>

    Cvr 1: Casal jovem o qual o Pai do menino (claro) comprou um ap da Tecnisa me convida para conhecer o AP. Muita dificuldade em fazer a automação e parte elétrica dado ao material usado (vindo de fora segundo o rapaz), Ap no bruto, gastos monstros para por piso, modulados etc…..Prédio cheio de xoxotecas (dizem que o condomínio vai sair só “300”). Pelo menos a moça lucrou ai, ganhou o Ap do sogrão. Eu tive o prazer de abrir os livros de decoração do salão de festas que ainda estavam “no plástico”. Obs: Prédio fantasma ainda. (foi divertido ver o susto da noiva vendo o caminhão da Criare descarregando modulados no Ap ao lado, só a “casca”, farelo mesmo).

    Crv 2: Amiga da noiva que já tem casa, comprou por 500 bastiões um pdgesso, deu 120 de entrada, pagou os balões e as parcelinhas, na hora da chave tcham tcham tcham…500.000,00 o saldo devedor. Ela: “o banco não aprovou meu crédito, eles me sacanearam e continuaram aumentando o valor como se eu não tivesse pago nada”….INCC mode on, Her goal: Distrato! Ainda convidou a Sra Françoa para entrar na justiça contra a PDG, prontamente agradecemos o trabalho.

    Crv 3: Família pequena de 3 pessoas, os 3 passam o dia fora, só tem AR em dois quartos, valor da energia da casa: 450,00. WTF como o povo ali consegue viver com esse valor na conta de Luz. Agora imagine a prestação, luz, condo, Iptu….só o sogrão do Cvr 1 pra segurar esse rojão.

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • md_bh 3 de fevereiro de 2017 at 12:33

      500k num pdegesso? Só louco mesmo

      1+
  • Carlos 2 de fevereiro de 2017 at 17:00

    OFF – Trump e Twitter

    Alguém que tenha culhões na equipe de Donald Trump deveria avisar este retardado de que não é correto, recomendável e nem aceitável para o presidente de umas das maiores potências mundiais fazer política ou ficar escrevendo besteira usando o Twitter?
    Será que esta anta ainda não percebeu não pode nem deve ficar “ventilando” frescurite todo dia como se estivesse ecrevendo coluna social de jornal? Especialmente sobre aliados históricos e inimigos que tem arsenal nuclear…

    O povo queria um presidente que não fosse político agora tomem 😀

    12+
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 2 de fevereiro de 2017 at 17:25

      mas e aí, o que exatamente ele fez???
      O obama de 3 em 3 meses no show do leterman ninguem nunca falou nada
      outro mimimi chato já devidamente corrigido
      https://www.facebook.com/CanetaDesesquerdizadora/photos/a.260350511015560.1073741828.260346504349294/368309873552956/?type=3

      7+
      • avatar
    • to bolhado 2 de fevereiro de 2017 at 17:35

      Só tenho um comentário: se vc quiser analisar o fenômeno trump (que na verdade nem é ele, ele só surfou a onda de forma inteligente),,vai ter que trocar as ferramentas de análise. Analisar por essa ótica de decoro e bom mocismo tradicional vai cair no mesmo erro de 90% da mídia tradicional, que ha um ano e meio vem errando todas as análises mas continua posando de sabichona

      16+
      • avatar
      • Carlos 2 de fevereiro de 2017 at 17:39

        Não falou nada com nada.

        Como decoro tem a ver com este idiota escrevendo merda no Twitter sem pensar?
        Ele não está falando de seu show de TV e muito menos para empregados de suas empresas ou para tietes.
        Será que você não é capaz de enchergar a diferença?

        2+
        • to bolhado 2 de fevereiro de 2017 at 18:14

          E sou eu que não estou entendendo nada…

          5+
      • Carlos 2 de fevereiro de 2017 at 17:40

        Só para constar, foi aquilo que você chama de mídia tradicional que elegeu Donald Trump….

        2+
        • avatar
        • to bolhado 2 de fevereiro de 2017 at 17:51

          Oi?

          7+
          • Carlos 2 de fevereiro de 2017 at 17:55

            Continua bolhado sem entender nada de como as coisas funcionam, mais ainda tem tempo….

            1+
            • to bolhado 2 de fevereiro de 2017 at 18:13

              Ta serto!!

              11+
              • avatar
              • avatar
  • MARK 2 de fevereiro de 2017 at 17:00

    Cajuzinha, como eles mesmos citam nesse artigo do Infomoney, trata-se de uma operação matemática a vantagem, no momento, em se alugar um imóvel, como já descritos por tantos aqui. Sabemos que é uma vantagem mesmo alugar e isso acontece pois muitos caíram no sonho dos tijolos dourados. Tanto quem precisava se meteu em dívidas por muitos anos, bem como quem queria “investir”. O resultado é uma combinação catastrófica: imóveis comprados por valores irreais, muita gente endividada tentando repassar a motumbada, ação do tempo, condomínio, impostos e taxas depreciando imóveis parados. Pensamento de todos agora? “Não vendeu, está difícil, vamos pelo menos alugar para não ter a despesa.” Só que não. Com tanta oferta os preços caem e aí começa novamente o ciclo “Não, não por esse valor não alugo não! Vamos esperar a economia melhorar aí posso pedir mais.” Ardam!

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Moreira 2 de fevereiro de 2017 at 17:31

    Cajuzinha,

    muito legal essa reportagem. Trata-se de um outro tipo de imobiliária. E o mais interessante é o perfil de quem conduz esse negócio, totalmente diferente dos tradicionais donos de imobiliárias. Conheço uns três em BSB. Pouco estudo e cresceram mais acidentalmente do que por meio de sérias análises de mercado. Vejo que esses tradicionais serão engolidos por “imobiliárias” online como essa. Mais uma derrocada à vista desse ramo, e em escala. Nenhum do s tradicionais donos de imobiliário tem condições de concorrer intelectualmente com esses da quinto andar.

    Em algum grau me vejo beneficiado na inciativa, pois moro de aluguel e – em que pese gostar da negociação direto com o dono – caso um aplicativo simplifique e barateie a ponto de ser irrelevante a diferença entre negociar direto com o dono e pelo aplicativo, certamente optarei por alugar via sistema informacionais.

    O que deve acontecer:

    a) Corretores ganharão muito menos! Bom, se bem que já não ganham algo há muito tempo!
    b) mais abandono da profissão.
    c) muitos donos de imobiliária colocarão os próprios imóveis nesse sistema-aplicativo. Passarão a alugar, deixando de ser “empresários” para serem meros locadores dos imóveis que não conseguiram vender (por causa de preço, por causa de não ter comprador, por causa de falta de crédito, por causa da mudança cultural);
    d) os detentores do aplicativo – estes sim – serão “donos da imobiliária”, SEM TER IMÓVEIS! Como a Uber, maio empresa de transporte sem ter – de fato – um único veículo.

    Vou mandar essa reportagem para um conhecido que é corvo e trabalha na imobiliária de um parente! Quero ver a resposta dele.

    8+
    • avatar
    • avatar
  • desplein 2 de fevereiro de 2017 at 17:31

    Pessoal, pergunta um pouco offtopic, mas certeza alguém saberá por aqui
    (Boss, se achar impertinente, pode deletar).

    Amigo acabou de ser demitido do emprego.
    Tinha lá uma PGBL patrocinada pela empresa, e tem a opção de portar para outro plano ou abrir mão do mesmo.

    Para portar, ele deve abrir uma PGBL de um banco comercial/corretora e transferir o saldo.

    No caso do cara NÂO contribuir mensalmente para essa conta nova (na situação dele nao se recolocar rapidamente e a grana acabar) o que acontece? Onde é possivel ter esse tipo de informação?

    Obrigado desde já!
    Desplein

    1+
    • odorico 2 de fevereiro de 2017 at 17:35

      Eu tenho um pgbl na porto. De aporte livre. Faço quanto quero no valor que quero basta emitir a guia no site. O corretor de seguros e previdência pode ajudar nisso.

      4+
      • avatar
      • avatar
  • Moreira 2 de fevereiro de 2017 at 17:35

    Tenho uma grana emprestada na roleta russa (amigo) a 2,5%. Jamais faria isso e não recomendo a ninguém. Época que era 666! Fazer o quê! Coloco essa informação apenas para sustentar com mais firmeza que – operar no TD IPCA de longo prazo querendo taxas atraentes em poucos anos ou meses – é sim vantajoso. Fiz isso recentemente e mesmo tendo uma queda nos últimos dias, caso decidisse vender, ainda conseguiria 2,7%. Mas já esteve em 4%. Acho que o legal é estar antenado nos fatores que podem favorecer oscilações em prol de uma maior rentabilidade.

    1+
    • Louro José 3 de fevereiro de 2017 at 08:02

      Eu tenho um título que comprei em 15 de dezembro que valorizou no preço de face mais de 70% (consulta do sábado passado). O mercado esperava 0,5 de queda, veio 0,75. Imagina um figura que aplicou 200 mil nesses títulos como está rindo?

      Especular em TD também é possível, desde que entenda um pouco da dinâmica.

      1+
  • Leandro sp 2 de fevereiro de 2017 at 18:14

    Amigos não sei se percebam mas as construtoras pararam com a conversa de financiar o apto direto ou pelo menos elas pararam de fazer propaganda. Acabou rapido como chuva no sertão.

    9+
    • avatar
    • avatar
  • Moreira 2 de fevereiro de 2017 at 18:18

    CVR pessoal:

    da época que era 666, fiz um consórcio de carro. 72 parcelas.
    Paguei 30
    Fiz contato com a empresa e solicitei informações oficiais e dados dos pagamentos já realizados, bem como dos prejuízos em caso de cancelamento.

    Então a situação é a seguinte:

    1) 30 parcelas pagas (média de R$ 425,00, mas hoje está em R$ 441,00)
    2) total acumulado = R$ 14.000 até agora
    3) 15% é taxa de administração = R$2.100,00 (como não ter visto esse roubo, taxa de 15%? Claro que não veria, era um 666).
    4) Caso cancele hoje:
    a) pagaria “apenas” uma multa de 10% sobre todo o montante acumulado até os dias atuais; logo, a título de exemplificação, o valor seria R$ 1.400,00;
    b) restaria R$ 12.600, na lógica acima, que retiraria após 40 meses, tempo que falta para acabar o consórcio.
    c) caso cancele hoje, paro de pagar as demais parcelas e esse valor de 14k vai sendo corrigido pela TR e após os 40 meses, retiro o valor total menos a multa de 10% do valor corrigido pela TR

    5) ao cancelar o consórcio, tenho 40 meses para investir e – claro – deixo de pagar 15% de taxa administrativa;
    6) então simulei o primeiro cenário, caso continue nessa merda. Fiz toscas simulações (mesmo assim esclarecedoras):
    d) com base na média dos últimos 4 anos da TR, peguei a atual prestação do consórcio e multipliquei por 40, que – corrigido pela TR média calculada, chega-se em R$ 18.433,80
    e) 15% de taxa de adm sobre esse valor é R$ 2.764,95, logo me restará R$ 15.668,85
    7) depois simulei o segundo cenário, consórcio cancelado e com R$ 441 para aplicar onde quiser, eu dono do meu dinheiro! Então simulei um cenário módico, porém real, aplicando em TD a uma tx média líquida de 7,5% (a cada 10 meses). Cheguei aos seguintes valores:
    f) ao final de 40 meses, terei R$ 20.836,03

    Resumo: embora não tenha colocado os custos da corretora e das TED’s, ainda sim me parece bem mais vantajoso romper o contrato, pois deixo de pagar 15% em tx de adm e passo a pagar “apenas” 10% sobre o valor já contribuído. E cancelando aplico, por exemplo no TD, ampliando as chances de ganhar e não perder. Pelos cálculos, conseguiria sair com uma diferença aproximada de R$4.000,00 a mais, isto considerando uma tx de rendimento líquida de 7,5% a cada 10 meses.

    Pergunto: estou delirando ou a lógica e os resultados são próximos de todo esse raciocínio que fiz? Quem for fera nos números aí e puder ajudar um ex-666 tentando se livrar das burradas da época, agradeço.

    8+
    • avatar
    • Antigo 2 de fevereiro de 2017 at 19:08

      Nem precisa fazer conta. Melhor perder 15% de 30X do que pagar mais 42X em um consórcio de carro. Se você realmente precisa de um carro, pega um seminovo/usado mesmo… se você consegue economizar 425 por mês, bem rapidamente você pega o montante necessário sem pagar taxa alguma e ainda recebendo juros.

      Aliás, consórcio é outra invenção BR, esse povo só nos dá orgulho!

      Parabéns pela atitude de repensar, de fazer cálculos e buscar entender como os produtos financeiros que oferecem por aí funcionam.

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Libertario 3 de fevereiro de 2017 at 09:46

      O raciocínio está certo.
      Para de pagar, e guarde esse valor.
      Fique apenas atento aos sorteios. Se a sua cota for sorteada, mesmo estando cancelada, voce pode receber o valor pago – descontando tudo que vc sabe/disse acima.

      2+
  • thiago fm 2 de fevereiro de 2017 at 19:12

    Não sei se entendi direito, mas parece que o pai adotivo da pesquisa do CRECI-SP não quer mais reconhecer o filho que ficou “feinho” e agora tenta empurrar pra cima de mim. Pra quem não percebeu minha memória é de elefante. Então me permitam refrescar a memória dos novatos e dos esquecidos como uma pequena amostra da época em que a pesquisa do CRECI parecia bonitinha:

    http://defendaseudinheiro.com.br/a-derrocada-dos-imoveis-usados-em-sao-paulo

    http://defendaseudinheiro.com.br/bolha-imobiliaria-a-brasileira-voce-acredita-parte-12

    http://defendaseudinheiro.com.br/raio-x-da-bolha-imobiliaria-em-sao-paulo

    Quanto aos questionamentos do César no tópico anterior eu penso que são totalmente pertinentes, principalmente quanto a pesquisa de preços que obviamente não consegue traduzir a realidade do mercado de uma cidade tão grande quanto São Paulo. Quem for mais velho de blog sabe que eu alertei há anos atrás. Aliás, só consulto e coleto os dados do CRECI porque de outra maneira seria acusado de privilegiar as pesquisas de preços anunciados, quando na verdade exploro todas elas sem distinção. Como pudemos perceber é óbvio que a referida pesquisa é a que mais se desvia das demais em diversos cenários.

    “Na página 11, na tabela “PROJEÇÃO DE IMÓVEIS VENDIDOS EM SÃO PAULO POR ZONAS”, indica que foram vendidos 1.308 imóveis, sendo
    zonas e quantidades: A=385 B=369 C=369 D=135 E=50
    Mas na página 12, a tabela “Vendas por faixa” indica apenas 62 imóveis, por que esta diferença tão grande no N AMOSTRAL, onde o valor levantado corresponde a apenas 4,74% do universo vendido ??? ”

    Por incrível que pareça é bem por aí César…

    A representavidade das imobiliárias é consolidada na última página da Pesquisa Estadual, onde consta também a informação das demais regiões do Estado. De posse disso eles fazem uma “regra de três” simples e projetam as vendas com a mesma proporção para todas as zonas de valor. Note portanto que não há nenhum tipo de ponderação por parte do CRECI, como se não houvesse distinção mercadológica ou diferenciação das condições de oferta e procura entre uma imobiliária situada na zona A ou E, por exemplo. Para ficar mais claro peguei aleatoriamente a pesquisa de 03/2016 para demonstrar a “complexidade” da projeção:

    https://s27.postimg.org/imivwrblf/metodologia_da_proje_o_de_vendas_CRECI.png

    Quaisquer dúvidas adicionais basta perguntar para o CA que usou várias vezes a projeção de vendas do CRECI -SP para estimar a demanda real da cidade de São Paulo e ainda por cima usou os dados para calcular a suposta duração dos estoques por quantidade de dormitórios para a cidade de São Paulo, como poderá ser percebido nos links citados mais acima.

    3+
    • CA 2 de fevereiro de 2017 at 21:24

      Thiago FM,

      Não é que você “não entendeu”, é que você apenas FINGIU não entender, o que você sempre faz. O que eu DEMONSTREI matematicamente foi que houve uma variação muito grande no mix de vendas na comparação de dez/15 para dez/16, que foi exatamente o período que você usou para tentar DESINFORMAR o pessoal daqui e toda vez que isto acontece, é inválido fazer comparação com período anterior. Demonstrei que em dez/16 tivemos uma participação de imóveis na faixa a partir de R$ 9 mil o M2 que foi mais que o DOBRO da participação desta faixa em 2015 em relação ao total. “Ah, mas antes o CA comparava usando dados do CRECI SP”: sim, eu comparava enquanto não havia uma variação enorme no mix e a comparação era válida, você comparou sabendo que havia uma variação enorme no mix e que portanto a sua comparação era INVÁLIDA…

      É muito simples o que consta acima e é por isto que, como sempre, você tem que FINGIR que não entendeu, mesmo eu tendo explicado isto para você N vezes há menos de 2 anos quando você estava em outra campanha de mentiras, difamações e desinformação, que SEMPRE eram desmascaradas, exatamente como agora, onde tenho que explicar mais algumas vezes, NOVAMENTE, apenas para que suas mentiras e enganações não peguem ninguém distraído…

      Outro exemplo que também já foi explicado “N” vezes para Thiago FM quase 2 anos atras:

      Quer dizer que uma amostra de 4,74% do CRECI SP é insuficiente e invalida? KKKKKKKK

      Vejamos o tamanho da amostra para a pesquisa sobre eleições presidenciais em 2014:

      Link: https://eleicoes.uol.com.br/2014/pesquisas-eleitorais/brasil/1-turno/

      Trecho sobre a pesquisa:

      “Amostra: 18.116”

      Quantos eleitores tivemos em 2014?

      Link:
      http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2014/Maio/justica-eleitoral-registra-aumento-do-numero-de-eleitores-em-2014

      Trecho do link acima:

      “O número do eleitorado nacional saltou de 135.804.433 eleitores em 2010, para 141.824.607 em 2014, um incremento de 4,43%.”

      Agora vamos fazer a conta:

      Amostra de 18.116 dividida pelo número de eleitores de 141.824.433 é igual a 0,013% !!!!

      Ué, mas o Thiago FM disse que uma pesquisa com amostra de mais de 4% em relação ao total era invalida, então a pesquisa para presidente com amostra de 0,013% em relação ao total é o que???

      Pior, repito: isto foi explicado para Thiago FM menos de 2 anos atrás, varias vezes, e ele insiste em tentar DESINFORMAR e ENGANAR, impressionante, não é mesmo?

      Outra insinuação do Thiago FM para mais uma vez, tentar enganar as pessoas:

      “Ah mas a projeção feita com base na amostra foi muito simples, não pode estar certa”

      “Ah, mas na pesquisa vendeu só um imóvel na região tal e já projetou um total com base nisto, sem que aquele imóvel tivesse sido vendido em outras regiões”

      Todos nós sabemos que o volume de vendas totais na cidade de São Paulo tem sido muito baixo, todas as pesquisas indicam isto, além de diversos depoimentos de corretores onde eles afirmam que estão sem vender um imóvel há MESES, alguns por mais de 1 ano, várias imobiliárias fecharam por terem vendas insuficientes, qual a “surpresa” de ter tido só uma venda daquela combinação de características que você mencionou???

      Sobre a projeção em si, quer dizer que nas últimas eleições, os candidatos que estavam entre os últimos colocados e não tiveram votos em diversas regiões simplesmente não poderiam ter uma projeção de votos por causa disto??? Não poderia ser dito que ele não teria votos em determinadas regiões por causa disto??? Por que???

      E quanto ao cálculo para a projeção de vendas, se a amostra foi estabelecida de forma criteriosa e representa bem o universo, em que estaria errado o cálculo quanto a projeção para o total de vendas realizadas??? O que interessa em qualquer pesquisa , são os CRITÉRIOS para se obter uma pesquisa confiável, sendo qie no caso do CRECI SP, estes critérios incluem imobiliárias de TODAS as regiões, proporcionalmente à representatividade de cada região em relação à cidade, dentre diversos outros critérios que permitem ao pesquisador fazer um cálculo simples como o demonstrado para chegar a uma projeção de vendas. Fora mais está sua insinuação completamente VAZIA tentando mais uma vez induzir as pessoas ao erro, onde você analisou e demonstrou acima que os CRITÉRIOS do CRECI SP estariam errados??? Foi como a sua “brilhante” conclusão de que a amostra seria insuficiente, também sem nenhum fundamento ou lógica???

      6+
      • avatar
      • avatar
      • CA 2 de fevereiro de 2017 at 22:11

        Para quem quiser ter certeza que o Thiago FM sabia perfeitamente da questão do mix e o quanto a comparação dele era invalida, uma vez que para analisar o preço do M2 não pode haver uma variação absurda no mix de vendas, basta observar o que os usuários Chapolin, Oliveira e Zedobreu já haviam respondido para Thiago FM antes mesmo de eu DEMONSTRAR matematicamente que o cálculo dele não fazia sentido. O número de pessoas que apontou o erro proposital de raciocínio dele e apesar disto ele desviou do assunto e FINGIU que não entendeu no comentário acima, apenas demonstra o quanto ele se esforça para se alienar da realidade e fazer de conta que não enxerga o óbvio…

        Lembrando que esta não foi nem a primeira, nem a segunda, nem a terceira ou quarta vez que este assunto foi explicado para ele e ainda, recentemente ele levantou as mesmas dúvidas quanto à influência dos distratos no inflar ARTIFICIAL de preços, “dúvidas” que na realidade eram exatamente a mesma estratégia que ele usou acima de tentar desinformar, porque ele, dentro da obsessão quanto a mim já tinha visto esta informação DEMONSTRADA em outro trabalho, foi mais uma dentre as N vezes em que ele foi pego tentando “dar uma de João sem braço” e fingir que não tinha visto antes.

        Estas práticas dele já são muito antigas, já foram desmascarada VÁRIAS vezes e está mais do que claro que ele vai tentar continuar enganando todo mundo indefinidamente, está no DNA dele…

        6+
        • avatar
        • avatar
  • thiago fm 2 de fevereiro de 2017 at 19:30

    Quanto às insinuações sobre meu trabalho não acho que seja relevante para o blog, apesar de ter sido eu que revelei o fato voluntariamente há cinco anos atrás num CVR. Porém se acham importante estou bastante satisfeito com minha profissão atual e remuneração, a qual só prova que não tenho interesses diretos para com o mercado imobiliário ou a defesa de uma tese econômica qualquer por aqui, como talvez ocorra com outras pessoas. Aliás entrei na CEF muito antes do salto dos preços.

    Só pra esclarecer PDV significa plano de demissão VOLUNTÁRIA e na CEF foca apenas os aposentados que continuam trabalhando. Em 1991 estava começando o primário, o que significa que não sou tão velho assim. Ainda que fosse demissão sem justa causa, não teria nenhum receio, não só porque confio no meu taco, mas porque minhas reservas me garantem mais de uma década de penúria.

    Quanto a FUNCEF o déficit é atuarial, mas isso não vem ao caso, já que sou o único na minha lotação que nunca aderiu, justamente por não confiar em terceiros cuidando do meu dinheiro.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • CA 2 de fevereiro de 2017 at 21:47

      Thiago FM,

      Se as suas reservas lhe garantem mais de uma década de penúria como você escreveu acima (ato falho de brick lover?), isto é um problema seu, o que foi questionado foi a sua total parcialidade em trabalhar em uma empresa como a CEF que foi, do lado do governo, a maior patrocinadora da bolha imobiliária no Brasil e que está com rombos bilionários, tendo que recorrer a PDVs para TENTAR continuar sobrevivendo sem precisar de auxílios diretos do governo que também não tem como socorre-la, por estar em situação de penúria similar a dela. Este foi o ponto, a demonstração de uma parte do buraco em que a CEF se meteu, juntamente com o ROMBO bilionário da FUNCEF graças ao patrocínio dos “amigos do rei” e demais petistas que entraram, não só na FUNCEF, como na própria CEF e não é por menos que vemos este pessoal com suas teses mirabolantes sobre a não existência de bolha imobiliária apesar da infinidade de evidências apresentadas. Ah, mas o problema da FUNCEF é só no cálculo atuarial… Vejamos:

      https://www.google.com.br/amp/m.economia.estadao.com.br/noticias/geral,para-cobrir-rombo-da-funcef-caixa-e-participantes-terao-de-pagar-r-7-7-bi,10000093939.amp?client=ms-android-samsung

      Pois é, a CEF, dentre outros diversos rombos que gerou para estimular as bolhas de crédito para o consumo e imobiliárias, ainda vão ter que cobrir mais rombos ainda e não adianta os funcionários da CEF ficarem frustrados porque os rombos dela estão aparecendo a todo instante e quererem vir descontar sua frustração aqui, repito o que coloquei no tópico anterior: a CEF está colhendo os frutos daquilo.que plantou, assim como todos aqueles que atuaram na formação de nossa bolha imobiliária, simples assim…

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 2 de fevereiro de 2017 at 21:55

      Luladranus,

      Quer dizer que o governo quer aumentar o uso do FGTS, que foi disponibilizado desde o início da sua utilização pelo segmento imobiliário para subsidiar a compra de imóveis populares, para que seja usado na aquisição de imoveis saindo de precos de R$ 950 mil e chegando a R$1,5 milhão? Esta é a medida DESESPERADA para tentar socorrer o segmento imobiliário DESTA SEMANA???

      Haja DESESPERO hein? Mas não se preocupem, segundo o Thiago FM temos um novo paradigma onde os preços dos imóveis são sustentáveis, se “parece” que o governo adota medidas DESESPERADAS e ridículas toda semana para tentar salvar o segmento imobiliário, deve ser só “impressão”.

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 2 de fevereiro de 2017 at 22:45

    Estoques

    O governo federal estuda dar um empurrão nas vendas dos estoques das incorporadoras. Para isso, cogita aumentar o valor máximo dos imóveis que podem ser financiados com recursos do FGTS no mercado. O limite atual de R$ 950 mil, válido para São Paulo, Rio e Brasília, pode ir para um patamar entre R$ 1,2 milhão ou R$ 1,5 milhão.

    Essa medida, porém, seria restrita para a compra de imóveis prontos no estoque das incorporadoras. … não incluiria unidades usadas, nas mãos de pessoas físicas. Além disso, permaneceria válida até serem liberados R$ 500 milhões do fundo. Depois disso, voltaria a valer o teto anterior, de R$ 950 mil.

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2017/02/02/internas_economia,844578/governo-vai-mudar-minha-casa-e-ampliar-uso-do-fgts-para-queimar-estoqu.shtml

    3+
    • avatar
    • CA 3 de fevereiro de 2017 at 05:37

      Conforme comentei logo acima mais uma das medidas SEMANAIS que demonstram de forma inequívoca o DESESPERO do governo em tentar salvar o segmento imobiliário.

      Vamos FAZER DE CONTA que os R$ 500 milhões disponibilizados da verba do FGTS para este fim serão o suficiente para alívio relevante nas dezenas de bilhões que as construtoras tem em seus estoques, onde uma parte relevante e muito superior a estes R$ 500 milhões encontra-se acima do limite atual de R$ 950 mil e abaixo do novo limite de R$ 1,5 milhão.

      Daí vem a pergunta: se os preços dos imóveis estão completamente fora da realidade, a ponto de precisarem de financiamento em 30 anos e ainda de juros subsidiados com finalidade de uso para imóveis populares serem desviados para compras de até R$ 1,5 milhão focadas exclusivamente nos estoques das construtoras, como os vendedores particulares conseguirão vender seus imóveis que, em grande volume, estão anunciados a estes preços, alguns deles, há anos tentando vender sem sucesso?

      Depois que utilizarem estes R$ 500 milhões de verba do FGTS para liquidar os estoques muito superiores a isto das construtoras, como elas vão poder manter estes preços completamente fora da realidade para novos lançamentos?

      E os investidores na planta que compraram imóveis por estes preços milionários, inclusive como o famoso “Jardim das Perdizes” que foi utilizado como exemplo no artigo, onde eles acreditaram em trem-bala, mega desenvolvimento sustentável da economia, etc, e já pagaram por um preço milionário para as construtoras, como é que eles vão conseguir revender os imóveis deles se as próprias construtoras PRECISAM de um subsídio deste porte para TENTAREM vender (ou melhor, SIMULAR uma “possível recuperação) e estes investidores não terão nada disto para TENTAREM revender seus imoveis?

      Tudo isto sem contar a obviedade de que pouquíssimas pessoas teriam renda suficiente para comprar estes imóveis, mesmo com todo este subsídio absurdo do FGTS, dentre estas pouquíssimas pessoas, 90% delas já possuem imóveis e sabem da roubada que está sendo comprar imóvel para investimento e daqueles que sobram, a grande maioria não comprou imóvel por opção e são pessoas conscientes da enorme distorção de preços no mercado imobiliário, logo não irão entrar nesta roubada.

      E ai, estas novas medidas DESESPERADAS do governo terão algum efeito para salvar o segmento imobiliário e impedir sua derrocada, sendo ainda salvadora para evitar uma queda ainda mais acentuada nos preços?

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 06:26

        500 milhões daria menos de 500 bolhudos.
        Que medida idiota. É para criar euforia isso? Que euforia curta seria, ainda que tivesse algum efeito.

        Como você diz, CA, o governo está desesperado mesmo. Todo dia um factoide desses tentando vender algum otimismo para um setor defunto.

        4+
        • avatar
        • Alemon Fritz 3 de fevereiro de 2017 at 06:44

          e está explicita a maracutaia: governo vai Ajudar construtoras a QUEIMAR estoques…
          isso é uma vergonha. uma piada. mais fácil queimar o dinheiro direto.

          3+
          • avatar
          • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 07:09

            Pois é Alemon, que o governo ia tentar ajudar, já dava para saber. Mas com esses valores divulgados, essa QUEIMA aí vai ser só uma pequena fogueirinha de São João em vez do enorme Bonfire que estão fazendo parecer. Vai sobrar muito estoque.

            4+
            • avatar
        • by pass 3 de fevereiro de 2017 at 08:12

          Seria uma medida idiota olhando premissas de mercado. Mas e quem disse que se trata de mercado?
          Por outro lado, são políticos que enriqueceram, seja de forma lícita ou ilícita, boa parte tem vários imóveis nessa faixa de preço. Teoria da conspiração? Pode ser, mas faz sentido, é o último suspiro pra liquidar uma das formas que eles possuem para lavar o dinheiro.

          1+
  • Alemon Fritz 2 de fevereiro de 2017 at 23:08

    nem digo nada..

    Empresário alega ter sido roubado por corretor e faz ameaças nas redes sociais
    “Quem vai matar sou eu. Adoro matar gente. Doido para matar um, passar uma temporada no Baldomero.

    http://www.cadaminuto.com.br/noticia/298816/2017/02/01/empresario-alega-ter-sido-roubado-por-corretor-e-faz-ameacas-nas-redes-sociais

    2+
    • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 06:19

      KKK
      O mais legal dessa história é que o corretor supostamente roubou dinheiro e um carro. Ou seja, a negociação do imóvel não era em dinheiro, era por escambo mesmo. Tá osso vender imóvel, quando encontra comprador, entrega o carro e tudo, vai ver, é golpe kkkkk

      3+
      • avatar
    • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 06:25

      Não só as pessoas físicas estão com dificuldade de pagar a manutenção dos bolhudos…
      Também as jurídicas e as futebolísticas…

      Pior disso é que as empresas trazem benefícios para sociedade. Geram empregos, entregam serviços, produtos etc. O valor alto das manutenções estrangula o orçamento delas e contribui ainda mais para a crise que nós estamos.

      6+
      • avatar
  • Alemon Fritz 3 de fevereiro de 2017 at 07:16

    Mas só agora, Caixa?
    O Valor noticia que a Caixa Econômica Federal abriu nove “investigações preliminares” para investigar “eventuais” irregularidades em investimentos no FI-FGTS (Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

    A medida, …visa verificar se houve a participação de servidores da Casa no esquema de cobrança de propina para liberação de recursos do fundo.

    Ocorre que a delação premiada do vice-presidente da Caixa Fabio Cleto foi homologada em junho do ano passado. A denúncia do esquema de corrupção do Ministério Público Federal foi aceita pela Justiça em 26 de outubro.
    A pergunta é: por que a Caixa não abriu as investigações antes?
    antagonista

    5+
    • avatar
    • avatar
    • CA 3 de fevereiro de 2017 at 07:34

      A pergunta acima, ao final do comentário, deveria ser muito mais ampla:

      Por que o governo Temer, ao assumir, não abriu a caixa preta da CEF? Em jantar, antes mesmo do governo atual definir seu ministério, Armínio Fraga já havia alertado à Temer sobre a situação da CEF:

      http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/arminio-fraga-diz-temer-que-tesouro-esta-quebrado/

      Trecho do link acima, de abril/2016:

      “Na avaliação de Armínio, o Tesouro Nacional “está quebrado”, assim como a maior parte dos estados. Ele orientou Temer a abrir os olhos em relação aos bancos públicos, em especial em relação à Caixa Econômica Federal, cuja situação “é mais do que preocupante”.”

      Sabemos que parte dos motivos para as ações desesperadas e semanais do governo para tentar salvar o segmento imobiliário e por consequência os principais bancos credores deste segmento, tem a ver com o envolvimento do governo e de vários membros de seu partido naquilo que foi feito de errado ao longo de anos envolvendo CEF, BNDES, BB, dentre outros. Eles não querem que estas instituições desmoronem e que sua ruína ajude a precipitar as denúncias contra o governo e membros de seu partido. Eles não querem um novo conjunto de empresários quebrados da construção civil fazendo delações premiadas. Só para lembrar: querer não é poder…

      6+
  • thiago fm 3 de fevereiro de 2017 at 07:39

    Falar do meu trabalho, me chamar de bricklover, escrever muito, tergiversar são formas conhecidas para tangenciar o ponto central que é inequívoco: a última vez em que o CA atualizou a queda acumulada via CRECI foi em fevereiro, oportunidade em que os preços ainda caíam e na qual foi dada a previsão de quedas agudas a partir do segundo semestre de 2016. Bastou a pesquisa apontar alta na sequência e ninguém nunca mais ouviu falar em CRECI no blog, até que eu trouxesse à tona outra vez. Isso é um fato. Como não adianta discutir contigo, vou deixar a pergunta no ar e cada um decida por si:

    Se a pesquisa tivesse apontada mais quedas durante alguém acha que seriam feitas ressalvas à mix de vendas?

    Sobre a projeção de vendas do CRECI e a capacidade da amostra em apontar a demanda real em São Paulo vamos a um exercício prático. Acessem a pesquisa de ITBI da IPEAD/ UFMG que abarca todas as transações efetivas de venda realizadas em Belo Horizonte entre 2011 e 2015. Segue link:

    https://www.ipead.face.ufmg.br/site/publicacoes/mercadoImobiliario

    Nas páginas 6 e 7 encontram-se a quantidade real de vendas de apartamentos e casas na cidade. Vamos pegar as transações em BH no ano de 2015 por exemplo:

    casas = 1965
    apartamentos= 16112
    Total = 18077 unidades residenciais

    Não tenho o número exato agora, mas segundo o CRECI -SP a projeção de vendas de imóveis usados ficou em torno de 13 mil unidades para 2015. Logo, ninguém precisa ser um grande conhecedor do mercado para deduzir que tem algo errado com esses números, pois mesmo adicionando-se a venda de imóveis novos via Secovi-SP (com ou sem defasagem temporal de construção), notaremos que o mercado de São Paulo com a projeção do CRECI não chegaria a razão de duas vezes o mercado de BH, o que não me parece nem um pouco razoável à primeira vista. Sem contar que a projeção de vendas de usados pelo CRECI na capital paulista indica vendas de usados sempre inferior a venda de novos ao longo dos anos, o que também contraria o bom senso. Pelo menos o CRECI faz questão de indicar que se trata de uma projeção, o que não foi feito pelo nosso caro CA que entitula o gráfico apenas como “Vendas de usados em São Paulo”.

    Quanto a questão da amostra em si, pode ser que seja suficiente, mas basta observar a quantidade de vendas nas regiões D e E (não somente esse ano) para notar que existe indícios de desequilíbrio na distribuição das imobiliárias pelas zonas de valor, dada a insignificância das vendas nestas áreas frente ao universo da pesquisa, o que já vem de muito tempo e somente desse ano.

    Se imaginarmos ainda que essas regiões respondem por mais da metade da população da cidade e lembrarmos que nos últimos anos predominaram em quantidade os financiamentos de imóveis mais “baratos” via FGTS, em função dos limites do funding, já concluiríamos que é muito temerário usar a projeção como demanda real. Isso sem contar que o CRECI não tem o arcabouço técnico-estatístico de um instituto de pesquisa especializado, possui interesse direto na pesquisa, fornece e processe seus próprios dados etc. Enfim, a pesquisa nunca foi confiável, desde o início.

    1+
    • Zé do Brejo 3 de fevereiro de 2017 at 08:04

      Então quer dizer que A HORA É AGORA?
      Melhor comprar antes que aumente os preços?
      Colega, boa sorte em tentar convencer as pessoas líquidas a deixarem de receber juros.
      Mas já te adianto que esse pobre coitado aqui, invejoso e avarento tem alergia a tijolos.

      4+
      • thiago fm 3 de fevereiro de 2017 at 08:10

        Nossa… quem disse isso?

        0
    • thiago fm 3 de fevereiro de 2017 at 08:10

      “Se a pesquisa tivesse apontado mais quedas durante 2016… “

      0
    • CA 3 de fevereiro de 2017 at 08:19

      thiago fm,

      Para começar, quem disse que a pesquisa de BH é a que está certa e serve de referência para provar que qualquer outra está errada???

      Quem disse que Estados e Cidades diferentes tem que ter volume de vendas de qualquer produto que sejam sempre diretamente proporcionais ao tamanho de suas populações???

      Você não sabia que a maioria das pesquisas trabalha com amostra e quantidade projetada??? Precisa explicar isto a cada vez que se faz uma pesquisa??? Por que então as pesquisas de intenção de votos e TODAS as outras que são baseadas em AMOSTRAS, NÃO mencionam o termo “quantidades projetadas”, estão todas elas erradas???

      Sobre o trecho:

      “…basta observar a quantidade de vendas nas regiões D e E (não somente esse ano) para notar que existe indícios de desequilíbrio na distribuição das imobiliárias pelas zonas de valor”

      Como é que é??? Quer dizer que se vendeu pouco em determinada região, necessariamente isto significa que tem poucas imobiliárias pesquisadas nesta região??? kkkkk

      Que diabo de lógica você utilizou acima novamente??? É o mesmo que dizer: se a Dilma teve menos votos no Estado de São Paulo, é certo afirmarmos que a pesquisa está errada e que consultaram menos pessoas em São Paulo do que na Bahia!!! É esta mesma a sua lógica? São com “conclusões” estapafúrdias e completamente sem sentido como esta que você espera enganar o pessoal daqui??? Nunca lhe ocorreu que uma menor disponibilidade de crédito para as faixas de renda que compram estes imóveis e que são mais dependentes deste crédito, não tendo a opção de “permuta”, poderiam levar ao mesmo efeito???

      Então você não conseguiu provar, como sempre, que a pesquisa do CRECI SP era invalida em função da variação de 2016, porque foi desmascarado e demonstrado que você ignorou por completo a grande variação do mix, você não conseguiu enganar as pessoas com as “dúvidas” que você colocou quanto a tamanho de amostragem e foi desmascarado mais uma vez com FATOS e DADOS, daí você começa a criar outras “teorias” completamente sem sentido e sem lógica, como as que constam acima?

      Qual a diferença em relação a quando você foi desmascarado, utilizando as suas próprias referências e critérios, quanto a sua “brilhante tese” de que os preços dos imóveis nunca tinha crescido o triplo do que a renda cresceu??? Qual a diferença em relação a quando você foi desmascarado, utilizando exatamente a mesma pesquisa que você trabalhou como base, onde comprovei pelo que constava na PRIMEIRA PÁGINA do relatório da pesquisa, que era utilizado o preço médio de 12 meses da pesquisa da EMBRAESP, fato que você negou INÚMERAS vezes??? Qual a diferença frente a enormidade de mentiras contadas, sempre desmascaradas, na grande maioria das vezes utilizando as próprias fontes que você utilizou para tentar enganar as pessoas?

      Outro TRUQUE sempre praticado pelo Thiago FM para induzir as pessoas ao erro: os “SE” que não tem absolutamente nenhum fundamento, nenhuma prova e que ele sempre vomita por aqui quando quer esconder a gravidade de outras mentiras e enganações praticadas por ele que acabaram de ser desmascaradas e quando ele ainda não tem novas mentiras e truques para espalhar por aí, como no exemplo abaixo:

      “Se a pesquisa tivesse apontada mais quedas durante alguém acha que seriam feitas ressalvas à mix de vendas?”

      Thiago FM, você poderia responder o seguinte:

      “Se” você tivesse o mínimo de caráter, tendo sido avisado INÚMERAS vezes sobre os critérios da pesquisa do CRECI SP, os cuidados quanto a variações relevantes do mix, a questão da relevância da amostragem em relação ao total, com tudo que consta acima tendo sido explicado VÁRIAS vezes para você já há cerca de 2 anos, você teria insistido em tentar mentir e enganar a todos do blog como você fez acima???”

      Todos sabem a resposta…

      3+
  • thiago fm 3 de fevereiro de 2017 at 07:41

    Antes que me esqueça, cabe lembrar que a suposição alardeada pelos quatro cantos de que se vende apenas de 1% dos imóveis ofertados no ZAP vem da média de vendas projetadas pelo CRECI e tomada como regra geral. Então que tal pegar os dados seguros de Belo Horizonte via ITBI e experimentar cruzar a média de 16 mil apartamentos vendidos em 2015 (talvez um pouco menos em 2016) com a oferta de cerca de 48,6 mil apartamentos do tipo padrão no Zap Imóveis? Assim perceberão que essa suposição é só mais uma das grandes furadas aceitas como verdade pela maioria que não conhece os dados.

    1+
    • Minions 3 de fevereiro de 2017 at 08:20

      “”Estatística é a arte de torturar os números até eles contarem o que você quer que eles digam””

      3+
    • CA 3 de fevereiro de 2017 at 08:28

      kkkk

      Dados seguros da pesquisa de BH que foi abandonada porque começou a apresentar quedas que não interessavam para seus colegas do segmento imobiliário???

      O Zap Imóveis é o canal de vendas que tem maior utilização em São Paulo ou em Belo Horizonte?

      Ah, o Zap Imóveis é muito mais usado em São Paulo, certo? É em São Paulo portanto que faz sentido comparar os anúncios com o preço realizado, até porque São Paulo é o grande exemplo utilizado pelo segmento imobiliário e por você mesmo, não é assim?

      E sobre os imóveis novos e a pesquisa do SECOVI SP, você comparou com o número de imóveis novos vendidos que foram apurados em outras pesquisas? Não? Por que focou exclusivamente nos usados, se você queria demonstrar que esta proporcionalidade sempre existia, não teria que utilizar os imóveis novos nesta “pseudo-análise”?

      6+
      • avatar
  • Louro José 3 de fevereiro de 2017 at 07:41

    MINEIRO SPY

    Discordo.
    Título 2035 e 2050 não é para levar até vencimento. É para aproveitar e potencializar seus ganhos com a variação da taxa de juros. Se a selic cair a 10% como se fala, o ganho com título IPCA 2035 para quem comprou na alta chegará a que…160% em 2 anos? Colocar X, resgatar em 2 anos e reinvestir…não chamo isso de girar patrimônio.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar

    Depende. Eu invisto nesses com vistas a aposentadoria.

    Mas você também pode fazer as duas coisas. Basta abrir conta em duas corretoras. Numa você compra pra aposentadoria. Na outra você compra em momentos de pico pra realizar o lucro em momentos de baixa.

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Louro José 3 de fevereiro de 2017 at 07:42

    CVR

    Estou chegando no nível de receber 5K mensais de juros. Paga aluguel, condomínio, taxas, contas de luz, água e combo e ainda sobra. Nem resgato. Deixo lá rendendo juros sobre juros.

    31+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 07:52

      Como assim você tem cerca de 500 mil e ainda não comprou seu imóvel próprio?
      Aluguel é dinheiro jogado fora! Melhor é morar no que é seu.

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 07:53

        Mesmo porque com esse valor você consegue comprar um belíssimo minha casa minha vida

        15+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Leandro sp 3 de fevereiro de 2017 at 08:26

          Amigos veja os dias que vivemos, é imensamente dificil ajuntar 500k e esse mesmo valor compraria um enorme apto de 40mts na imperatriz leopoldina proximo ao ceasa com direito a 4 ou 5 enchentes ao ano. acho melhor baixar essa aplicação e mergulhar na enchente.. não pera.. mergulhar na compra de seu apto.

          17+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • Louro José 3 de fevereiro de 2017 at 08:06

        Quanto mais eu tenho guardado, menos tenho de comprar imóvel.

        Tudo bem que eu já tenho 1, mas mesmo assim, se não tivesse também não iria querer mais.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Zé do Brejo 3 de fevereiro de 2017 at 08:09

          Anos atrás eu até planejava trocar de casa, mas os juros proporcionam uma qualidade de vida muito melhor que tijolos poderiam oferecer, simples assim.
          Parabéns Louro, #tamojunto 🙂

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • Exterminador de Corvos 3 de fevereiro de 2017 at 15:01

          Eu não tenho nenhum, mas quanto mais eu junto menos eu tenho vontade de me desfazer do meu suado dinheiro…
          E no meu núcleo familiar já me perguntaram se eu vou esconder dinheiro embaixo do colchão…..
          Sei lá: eu consulto o saldo das aplicações uma vez a cada dez dias…..e tenho uma planilha calc onde eu vou anotando os valores de saldo e vou recebendo os dados da porcentagem de aumento do patrimônio….é altamente gratificante cada vez que eu insiro um valor novo X e ver que a célula que calcula o acúmulo vai mudando a meu favor…..é viciante…..
          Abrir mão disso pra ter uma parede pra chamar de minha ? Não dá, pelo menos agora….qdo eu tiver família pode até ser…

          3+
    • Felipe 3 de fevereiro de 2017 at 08:00

      parabéns!
      sou fã desse povo . logo logo chego lá também

      3+
  • reznor 3 de fevereiro de 2017 at 07:59

    “Comprador tem de perder tudo em distrato, diz Cyrela”
    Com distratos de R$ 2,3 bilhões em 2016 e de R$ 6,1 bilhões no acumulado dos últimos três anos, a Cyrela defende que o cliente perca todo o valor já pago em caso de rescisão da compra de um imóvel. “O certo é o comprador perder tudo. Se perder pouco, não resolve a nossa vida”, diz o fundador da Cyrela e presidente do conselho de administração, Elie Horn, de 72 anos, e há 53 na companhia.
    http://www.valor.com.br/empresas/4857272/comprador-tem-de-perder-tudo-em-distrato-diz-cyrela

    hahaha gostei desse véio

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 08:02

      “Não resolve a nossa vida”

      Quero mais é que a sua vida acabe, lazarento!
      Distrato de ‘investidor’ nada mais é do que o arrependimento de ter caído no golpe anteriormente. Não é bonito, mas a venda na planta também não era.

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Exterminador de Corvos 3 de fevereiro de 2017 at 15:07

        A construtora deveria pagar juros para o cliente já que ela toma o dinheiro do 666 pra fazer a obra e atrasa e muito…..sei que já estão sendo condenadas mais ou menos nessa pegada, mas ainda assim…

        E PMJ

        1+
    • Felipe 3 de fevereiro de 2017 at 08:04

      essa treta de distrato tá ficando engraçada. Como dizia um certo que passou por estas bandas, vou renovar meu estoque de toddynho e pipoca

      10+
      • avatar
      • avatar
    • Louro José 3 de fevereiro de 2017 at 08:06

      Essa treta do distrato vai fechar em torno de 10-20% de multa.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Zé do Brejo 3 de fevereiro de 2017 at 08:13

        A construtora deveria pagar juros por pegar o dinheiro emprestado e não entregar nada para o cliente.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Zé do Brejo 3 de fevereiro de 2017 at 08:17

      Questionado sobre o que fará, se o problema dos distratos não for equacionado, o dono da Cyrela respondeu que irá: “chorar, tirar mais férias e trabalhar menos”.
      Juro que pensei que ele fosse CHORAR E RANGER OS DENTES… hahahahahahahaha

      9+
      • avatar
      • Felipe 3 de fevereiro de 2017 at 08:22

        esse cara é judeu?

        2+
        • Zé do Brejo 3 de fevereiro de 2017 at 08:25

          Sim, ele é

          2+
  • Louro José 3 de fevereiro de 2017 at 08:27

    A economia se recupera

    Economia 03.02.17 06:04
    Os sinais de que a economia está se recuperando “agora são um pouco mais consistentes”, diz o Valor.

    O editorial cita esses sinais:

    “A queda da inflação já melhora a renda dos assalariados e os salários já esboçaram alguma reação positiva no último trimestre do ano, na comparação com o anterior. A inadimplência começa a cair e o consumo reagirá um pouco mais à frente. O saldo comercial foi excepcional para janeiro (US$ 2,76 bilhões) e em 12 meses encostou em US$ 50 bilhões. O investimento, candidato natural a puxar a expansão, estagnou, mas há promessas de reanimação das concessões de infraestrutura”.

    Isso tudo indica, segundo o jornal, que “a economia brasileira vai se arrastar para uma recuperação modesta com uma melhora gradual e lenta em várias frentes”.

    3+
    • avatar
  • De-boa-na-bolha 3 de fevereiro de 2017 at 08:29

    Seguramente, esse é o período mais complexo do setor dos últimos 30 anos”, diz diretor de RI da Eztec.
    http://www.infomoney.com.br/eztec/noticia/6092580/seguramente-esse-periodo-mais-complexo-setor-dos-ultimos-anos-diz

    5+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 3 de fevereiro de 2017 at 09:37

      Complexo são os OVOS do Motumbo !

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Louro José 3 de fevereiro de 2017 at 08:29

    CVR

    Com a reeleição do Maia Temer se mostra relativamente forte pra empreender a reforma da previdência. Olho vivo nisso porque disso este ano vai sair o comportamento dos juros da economia, da renda fixa e das ações da bolsa.

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Felipe 3 de fevereiro de 2017 at 08:33

      vão baixar no porrete os juros

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Louro José 3 de fevereiro de 2017 at 09:09

        Vão, mas na confiança de que passarão a reforma da previdência.

        6+
        • avatar
        • avatar
        • Felipe 3 de fevereiro de 2017 at 09:46

          eu vejo oportunidades em ambas as possibilidades. mas o meu lado realista não me deixa parar de pensar que a conta chegou. Num futuro próximo (2 anos no máximo) queda de juros. Já pra 3-5 anos o PMJ volta mais forte que nunca.

          6+
    • Ilusionista 3 de fevereiro de 2017 at 09:48

      fico imaginando aqueles que financiaram imóveis na faixa dos 40 anos, com prazo de 30 ou 35 anos, última parcelinha lá pelos 75 anos. Simplesmente não haverá emprego e renda para o pagamento das últimas prestações do financiamento, não escapa nem mesmos aqueles que tem imóveis quitados, mas com taxas de condomínio bem bolhudos…

      http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2017/02/02/reforma-quer-aposentadoria-aos-65-mas-quem-vai-te-empregar-com-essa-idade.htm

      5+
  • Cesar_DF 3 de fevereiro de 2017 at 08:39

    São Paulo – A crise econômica no Brasil enviou 4,4 milhões de famílias para as classes D e E só no biênio 2015-2016, de acordo com estudo da consultoria Tendências.

    É suficiente para mais do que anular todo o processo de mobilidade social verificado entre 2006 e 2012, quando 3,3 milhões de famílias fizeram o caminho inverso.

    Nos últimos dois anos, só as classes mais baixas (D e E) ganharam membros enquanto todas as outras (A, B e C) perderam, o que deixa claro a direção da mobilidade.

    A classe A foi a maior perdedora tanto em termos relativos quanto em perda no agregado da massa salarial: R$ 46,2 bilhões em 2015 e R$ 39 bilhões em 2016. Mas esse é o grupo que costuma entrar e sair mais rápido da crise:

    http://exame.abril.com.br/economia/2-anos-de-crise-ja-reverteram-7-anos-de-mobilidade-diz-estudo/

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 08:42

      Bumerangue social. Teletransporte econômico…

      E grande parte dos empreendimentos da construção civil foram para as classes A, B e C. Vai micar? Sim ou claro.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Felipe 3 de fevereiro de 2017 at 08:46

      conseguiram deixar o país mais pobre e menos produtivo ao mesmo tempo.

      6+
      • avatar
      • avatar
    • CarlosL 3 de fevereiro de 2017 at 09:41

      Pelo que observo, eu ainda acho que na verdade o que ocorreu foi que a pirâmide social teve um volume bem no meio diluído, onde 80% se esparramou para baixo, e 20% ebuliu se aglutinando ao conteúdo acima, ficando um buraco separando as partes

      4+
      • avatar
    • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:31

      cesar
      pra baixo todo santo ajuda
      é a cruel entropia do universo, destruir mto mais facil que fazer
      se bem que nunca foi feito, era pura ilusão do crédito matemaGico

      agora se formos fazer o mesmo estudo aqui no blog, acho que 90% subiu pra cima (SIC) enfase no eufemismo, pra diferenciar dos que sobem fazendo dívida

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 11:10

        É mesmo. Acho que todos aqui melhoraram de vida, ainda que o país esteja em crise.

        Mas tudo isso é consequência de pesquisa e estudo. Ninguém chega nesse blog por acaso.

        5+
        • Exterminador de Corvos 3 de fevereiro de 2017 at 15:17

          Frases que eu escuto: “vc é marajá, muito boy. Todo mundo roendo osso no Habib’s e vc jantando no Terraço Itália; todo mundo passando uma semana na praia e vc na Europa. É muito fora da curva. Não entendo como vc faz isso…”
          Eu sorrio, aceno e digo: trabalho pra kcete !

          1+
  • De-boa-na-bolha 3 de fevereiro de 2017 at 08:45

    Eztec, a grosso modo distratos de 93% em 2016. Vendas líquidas negativas…2017 será o ano do tijolo, China mode on.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 08:46

      Ano do Galo nada. 2017 é o ano do MICO.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Nelson Schadenfreude 3 de fevereiro de 2017 at 10:05

      Fui na informação divulgada pela galera aqui (inclusive e sobretudo do CA, em que pese a marrência do garoto): a EZTEC foi a primeira a admitir a situação ruim, parar de pedalar e expurgar os distratos. Provavelmente é uma das que primeiro vai se recuperar da crise, se não quebrar junto com as demais. Como eu queria apostar no setor, comprei EZTC3, dia 2 de janeiro de 2017. Já ganhei uns 20%. Podia ter ganhado 200% com Rossi e PDG, mas não sou insider e não aposto meu dinheiro em negócios em que não estou familiarizado. Quero apostar no setor de construção (para daqui 2 anos) e não nessa ou naquela. Mas preciso fugir das que estão virtualmente falidas.

      5+
      • avatar
      • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 10:12

        Boa sorte

        3+
        • avatar
    • Bolha BOSS 3 de fevereiro de 2017 at 10:06

      Horóscopo bolhês ?

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Thiaguinho 3 de fevereiro de 2017 at 08:51

    CVR

    Mulher de amigo meu, cargo alto em grande empresa, foi demitida em Abr/16. Fez acordo e pegou aproximadamente 180k. Não é 666, bem controlada com dinheiro, até aí tudo certinho.
    Agora vem a pancada: desde Abr/16 está com os 180k na conta corrente. Isso mesmo. Nem na poupança colocou. Fiquei sabendo esses dias. Quase matei meu amigo, mas o coitado me disse que já nem fala mais nada pra ela com medo de levar mais patada.

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Awulll 3 de fevereiro de 2017 at 08:54

      Se botasse na POUPANÇA já teria ganho uns 10k de lá pra cá.
      “Ah, mas é só um percentualzinho, nem vale a pena, nem faz diferença”

      10+
      • avatar
    • From_The_Tower 3 de fevereiro de 2017 at 09:38

      Banâniaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

      9+
      • avatar
      • avatar
    • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 10:10

      Calma Thiaguinho.

      Em um país em que as pessoas compram imóveis como se fosse bom negócio, deixar o dinheiro parado já é um grande avanço.

      Segue a gradação da burrice:

      Gastar em ostentação > comprar imóvel na planta > queimar dinheiro com Álcool > deixar dinheiro parado > investir em poupança

      Ela está 3 níveis avançada na escala financeira 666.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Thiaguinho 3 de fevereiro de 2017 at 11:59

        Pois é, dos males o menor. Mas confesso que doeu em mim.

        1+
        • Exterminador de Corvos 3 de fevereiro de 2017 at 17:37

          Velha máxima: dinheiro não aceita desaforo….trate mal o seu dinheiro hoje que a falta dele te punirá amanhã…
          O amigo do amigo que contou o CVR deve ter boa renda….por isso ela esnobou e continua com a mesma grana na conta até hoje…
          Não quer? Como diz meu pai, “a casa aceita”

          2+
    • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:29

      dependendo da conta, paga-se 86% do CDI
      é pouco mais que a poupança

      2+
  • De-boa-na-bolha 3 de fevereiro de 2017 at 08:55

    93% de distratos !!!!!!! A grosso modo vendas de 1600 e distratos de 1500 em 2016, já em 2017 os tijolos continuam rumo ao céu.

    4+
    • avatar
  • Louro José 3 de fevereiro de 2017 at 09:08

    Carlos

    Só para constar, foi aquilo que você chama de mídia tradicional que elegeu Donald Trump….

    2+
    • avatar

    Qual?

    3+
    • Felipe 3 de fevereiro de 2017 at 09:25

      kkkk eu não vejo tv norte americana, mas na globonews só faltava falar que o cara era a besta do apocalipse

      6+
  • reznor 3 de fevereiro de 2017 at 09:20

    “Trump pode anunciar hoje cancelamento da regulação de bancos nos EUA”

    O presidente americano Donald Trump deve assinar hoje uma ordem executiva para cancelar a Lei Dodd-Frank, de 2010, que criou fortes restrições para os bancos como forma de evitar a repetição dos erros que levaram à crise da Bolha do Subprime em 2008, e que quase quebrou o sistema financeiro americano e mundial. A regulação é alvo de críticas por impor uma série de restrições e controles que limitam a capacidade dos bancos de emprestar ou fazer operações mais arricadas. O subprime era como se chamavam os empréstimos imobiliários para pessoas com menor qualidade de crédito e maior risco, e que acabaram sendo avaliados como créditos bons para garantir papéis que depois eram vendidos a outros bancos e investidores. Outra proposta é cancelar a regulação do setor de consultoria para aposentadoria, que estabelece que os consultores devem sempre trabalhar no melhor interesse de seus clientes. Segundo os críticos, essa lei limita as opções aos investidores, que não teriam acesso a produtos de maior risco ou que teriam de pagar taxas mais altas já que os consultores não poderiam receber comissões dos fornecedores de fundos, por exemplo.
    fonte: http://www.arenadopavini.com.br/acoes-na-arena/fique-de-olho-ipc-fipe-desacelera-temer-indica-ministros-trump-reduz-controle-de-bancos-nos-eua

    Nessa eu vou ter que dar razão pro colega Carlos, vulgo “Borat”.

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Nelson Schadenfreude 3 de fevereiro de 2017 at 10:12

      Tô falando! Trump é cachorro louco. Toda a comunidade financeira internacional trabalhando duro para regulamentar o sistema e evitar novas crises (vide o esforço conjunto no BIS e a implementação de Basiléia III) aí vem o maluco despreparado e caga tudo. “Sô macho e ninguém manda em mim!”. Arrumou treta até com o Schwarzeneger num evento religioso (!). Acho que o cara é senil. Me lembra a Dilma. O despreparo arrogante. Vai fazer muita cagada. A coisa não vai melhorar.

      4+
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 3 de fevereiro de 2017 at 10:18

      Se existisse o lastro em ouro, e não fosse possível alavancagem, então eu acho que não teria problema em desregulamentar o setor.

      2+
      • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:36

        o lastro é o oleo preto
        se ele tá fazendo isso te garanto que os sauditas deram background
        repara nos detalhes, o diabo mora nos detalhes
        o maior fornecedor de terroristas do plante continuam tendo transito livre na free amercia

        leia nas entrelinhas meu amigo
        essa é a unica teoria da conspiração que eu admito existir
        o pacto uau strit + OPEP (venezuela incluso, pq nem os loucosesquerdista rasga dólar)

        5+
    • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:27

      gostei
      o liberalismo economico é assim mesmo
      cada um por sua própira conta e risco
      estado não é babá de ninguém
      aproveita e libera o casino no BR.

      4+
    • fanfarraum 3 de fevereiro de 2017 at 10:48

      “Outra proposta é cancelar a regulação do setor de consultoria para aposentadoria, que estabelece que os consultores devem sempre trabalhar no melhor interesse de seus clientes..”

      Sério isso?

      3+
      • avatar
      • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 11:22

        como que fiscaliza essa porra?
        eStado não é babá de velhinho meu querido
        esse monte de regulação é letra-morta, sónão digo que serve pra nada, pq serve pra engordar o próprio sistema de buroicracias caras e inúteis
        deixa os velhinho se ferrar no bingo, no cassino, na consultoria, desde que não façam nada ilegal contra eles, desde que não prometam mentiras, dane-se, já temos regras suficientes ainda mais nos statis onde o judiciário funciona, onde o madof criador de piramide pegou prisão perpétua.

        6+
        • avatar
        • fanfarraum 3 de fevereiro de 2017 at 13:39

          Cara, entendo que isso deve ter suas várias implicações problemáticas na prática…

          Mas acho que tem que existir mecanismo, pra QUALQUER profissão/atividade, que se alguém contratado por TI fizer algo que é deliberadamente o melhor pra ELE (e, principalmente, pros interesses escondidos deles, como por exemplo o ganho de comissões) e não pra TI isso deveria se enquadrar em fraude/crime.

          Tu tá contratando alguém pra te dar a melhor opção, e o cara te da a melhor opção pra ele que é a pior opção pra ti, e isso tá certo?

          Tu vai num médico, o cara vê que tu tá com gripe, e ele te recomenda um transplante de rim que vai te custar 30 mil com o médico amigo dele, e tá tudo certo?

          Sei lá, acho que sou meio lunático 😛

          1+
          • to bolhado 3 de fevereiro de 2017 at 13:52

            mas isso é o que acontece hoje, e como vc vai provar que a melhor opção era x e nao y? esse é um dos grandes problemas da demanda por “regulação”, as intençoes são ótimas, mas na prática funciona pouco, só encarece, dificulta o setor, mas claro, dá mais poder pro grande governo babá. O melhor controle é o aumento da transparência, comunicação entre usuários, avaliação, e não um burocrata que no geral não entende p nenhuma daquilo e é altamente suscetível a subornos avaliar…

            0
            • fanfarraum 3 de fevereiro de 2017 at 14:29

              Sim, é dificil, mas… Porque consultor tem que receber COMISSÃO dos fornecedores de fundos?
              É óbvio que pra indicar algo que NÃO é o melhor.

              Ai fica EXPLICITO o golpe.

              0
  • Cesar_DF 3 de fevereiro de 2017 at 09:26

    Mais 1.200 imóveis disponíveis para venda em Brasília, irão se somar aos mais de 100.000 desocupados.

    Após calote, parte do patrimônio de Luiz Estevão é transferido para a União
    O ex-senador não honrou acerto com a Advocacia-Geral da União para devolver R$ 468 milhões desviados das obras do TRT de São Paulo

    Luiz Estevão é o maior dono de imóveis do Distrito Federal. No processo relacionado ao pagamento da dívida, a Justiça menciona prédios e projeções, como terrenos no Setor Bancário Sul, edifícios atualmente alugados para o próprio governo federal e o valioso lote às margens da L2 Sul onde funciona a Faculdade Fortium, na 616 Sul — todos são de empresas ligadas ao ex-senador.

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/02/03/interna_cidadesdf,570501/apos-calote-parte-do-patrimonio-de-luiz-estevao-e-transferido-para-a.shtml

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 09:35

      Mais bolhudos disponíveis. E dessa vez ninguém pode dizer que são imóveis que ninguém quer, grande parte é no próprio plano piloto.

      Até a União tá com super estoque

      3+
      • avatar
      • avatar
    • Nelson Schadenfreude 3 de fevereiro de 2017 at 10:14

      Pode mandar que o papai aqui banca! Mas tem que ter precinho camarada…

      2+
  • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:06

    to bolhado

    A conta não é bem essa. De qualquer modo, realizei um pouco de lucro e botei a grana em selic. Meu medo eh o temerroussef cair, ou não sair reformas e dar uma revertida na curva. De repente vc fica obrigado a segurar os títulos por 4 anos pelo menos e perde liquidez. TD vc tem de estar disposto a levar até o vencimento sr precisar

    3+

    vou usar esse quote pra responder a todos
    o grafico é esse
    https://imagizer.imageshack.us/a/img922/4530/lVFmR8.png

    mas falta 2016 quando os juros reais embicou lá pros 2 dígitos, a curva verde bateu lá na primeira linha cinza com tendencia a no minimo se manter elevado
    temos aí muitos riscos: o risco trump e a bolha chinesa, eu sei que boa parte é mmimimidia, mas onde há fumaça tem fogo, a mimimidia falando em ww3 em guerracivil 2, e ainda temos nossos riscos internos, nosso déficit apenas estabilizou com tendencia de queda leve, mas nada de superavit primário por muitos anos, esse mimimi da odebrecht eu acho que é outro blefe, as extremas esquerda e direita estão apostando nisso, lula alimenta bolsonaro e vice-versa, por isso as chances dele ser preso são remotas, por outro lado, este país tem dono, e um capitão tbm não é conveniente pra certos grupos de elite, eles vão podando as arestas soltas, a terceira via mais branda costuma ser o melhor caminho para eles, mas tbm não é certeza

    é difícil desembostalhar a discussão pra ver o que REALMENTE está acontecendo, é um exercício duro, mexe com nosso emocional, como nossos medos e raivas, vamos nos ajudar, um vigia o outro

    5+
    • avatar
    • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:08

      uma coisa é certeza
      2018 é ano eleitoral
      teremos +déficti
      historicamente falando sempre foi assim, com temer maquiavelando não pode ser muito diferente
      2017 será o ano chave, se entramos em 18 engrenados e num bom embalo, ou se entramos de freidimão puxado

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Nelson Schadenfreude 3 de fevereiro de 2017 at 10:08

    Tava olhando agora minhas primeiras movimentações no TD, desde os idos de 2003.
    Em 2008, comprando NTNB cotada a IPCA + 11%. Momentos felizes.
    Chuif! Rolou uma lágrima agora. Bons tempos…

    6+
    • avatar
    • avatar
    • reznor 3 de fevereiro de 2017 at 10:25

      pioneiro hein, Nelson? 🙂

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Nelson Schadenfreude 3 de fevereiro de 2017 at 10:35

        Old man Logan

        3+
        • avatar
        • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:38

          in veio louco we trust
          Go trump

          3+
          • avatar
          • avatar
    • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:25

      jura que isso existiu???
      kkkk
      na época ganhei 5 mil reais em 1 semana no cambial
      Go Trump, traga os bons temps de volta

      3+
      • avatar
      • avatar
      • reznor 3 de fevereiro de 2017 at 10:27

        hahaha vcs são tudo louco!!!

        2+
        • avatar
  • Libertario 3 de fevereiro de 2017 at 10:17

    thiago fm

    Falar do meu trabalho, me chamar de bricklover, escrever muito, tergiversar são formas conhecidas para tangenciar o ponto central que é inequívoco: a última vez em que o CA atualizou a queda acumulada via CRECI foi em fevereiro, oportunidade em que os preços ainda caíam e na qual foi dada a previsão de quedas agudas a partir do segundo semestre de 2016. Bastou a pesquisa apontar alta na sequência e ninguém nunca mais ouviu falar em CRECI no blog, até que eu trouxesse à tona outra vez. Isso é um fato. Como não adianta discutir contigo, vou deixar a pergunta no ar e cada um decida por si:

    Se a pesquisa tivesse apontada mais quedas durante alguém acha que seriam feitas ressalvas à mix de vendas?

    < .

    0

    Interessante:

    Enquanto o CA usava relatorios do Creci para demonstrar a queda nas vendas, outros usavam o Jornal Nacional para demonstrar vendas galopantes.

    Agora que o Jornal Nacional apresenta queda nas vendas (e nos preços), e os outros usam relatorios do Creci para tentar justificar o contrario.

    Que fase chegamos……..

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:23

    CA

    Luladranus,

    Quer dizer que o governo quer aumentar o uso do FGTS, que foi disponibilizado desde o início da sua utilização pelo segmento imobiliário para subsidiar a compra de imóveis populares, para que seja usado na aquisição de imoveis saindo de precos de R$ 950 mil e chegando a R$1,5 milhão? Esta é a medida DESESPERADA para tentar socorrer o segmento imobiliário DESTA SEMANA???

    Haja DESESPERO hein? Mas não se preocupem, segundo o Thiago FM temos um novo paradigma onde os preços dos imóveis são sustentáveis, se “parece” que o governo adota medidas DESESPERADAS e ridículas toda semana para tentar salvar o segmento imobiliário, deve ser só “impressão”.

    11+
    • avatar
    • avatar

    é a raspa do taxo CA
    e por coincidencia o Creci dando exatamente o resultado que eles queriam que desse, destravamento no setor de luxo, se vendia 2, vendeu 3, ó que grande sucesso , 70% a mais
    falta senso do ridículo pra esse bot trigger que o bolha boss instalou, rsrs, sistemas neurais deveriam aprender
    mas sabe que o mais espantoso nisso tudo???
    o planeta pegando fogo e ele ainda nesse mimimi de sopa de números velhos, viciados e desmoralizado
    e olha que de velho viciado e desmoralizado eu tenho expertise hein

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • reznor 3 de fevereiro de 2017 at 10:29

      esse bot é o maior discípulo do CA de todos os tempos. de repente com análise e hipnose ele se de conta disso.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:33

        bot em loop infinito

        me lembra aquelas mensagens de antigamente do windows:
        keyboard not found
        press f11 to BIOS configure

        2+
        • avatar
        • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 11:04

          O cara faz até umas boas análises, mas você tem razão, ele entrou em loop. Tá repetindo a mesma coisa várias vezes.

          1+
          • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 11:19

            boas?
            vc tá de sacanagem
            mente e distorce o tempo inteirinho.
            nem contar uma boa história ele conseguiu contar
            eu sempre prefiro acredtiar na idiotice, mas ele insiste tanto que penso na versão maldade

            2+
            • avatar
            • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 11:22

              Algumas eu gostei, outras eu não entendi, muitas eu discordei
              São bem escritas, pelo menos.
              O que eu gosto mais é que ele faz o CA despejar um monte de dados e números para combatê-lo, e enriquece o blog KKKK

              1+
              • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 11:29

                sabe aquilo de montar uma grande mentira baseada em fatos reais.
                por ele nós seríamos ainda um bando de loucos a profetizar um apocalipse
                e olha que eu to cagando pra 99% das teorias da comspiração, ambientais, políticas ou economicas
                engraçado, as pessoas gostam de ver o que não existe, e aquilo que ´ta embaixo do nariz não enxergam.
                todas movidas pelo atuto-engano, siga o desejo que vc encontra o resultado onde elas querem chegar, ao invés do real
                quem é o esquizofrenico mesmo?

                3+
  • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 10:40

    reznor

    “Comprador tem de perder tudo em distrato, diz Cyrela”
    Com distratos de R$ 2,3 bilhões em 2016 e de R$ 6,1 bilhões no acumulado dos últimos três anos, a Cyrela defende que o cliente perca todo o valor já pago em caso de rescisão da compra de um imóvel. “O certo é o comprador perder tudo. Se perder pouco, não resolve a nossa vida”, diz o fundador da Cyrela e presidente do conselho de administração, Elie Horn, de 72 anos, e há 53 na companhia.
    http://www.valor.com.br/empresas/4857272/comprador-tem-de-perder-tudo-em-distrato-diz-cyrela

    hahaha gostei desse véio

    vale tópico do véio

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CarlosL 3 de fevereiro de 2017 at 10:46

      SEN SA CIO NAL, só isso…..

      3+
      • avatar
    • CarlosL 3 de fevereiro de 2017 at 10:56

      “Se perder pouco, não resolve a nossa vida”

      Este ilustre cidadão retratou perfeitamente o capitalismo de nossa república tropicana bananense…..

      8+
      • avatar
      • avatar
    • Ilusionista 3 de fevereiro de 2017 at 11:11

      que país é este?
      vem um e diz….compre na planta e venda nas chaves, valorização de 30% a.a.
      depois de 3 anos, lá nas chaves, verifica que a construtora está vendendo um pronto igualzinho ao seu com 30% de desconto e você com um saldo devedor que foi corrigido pelo INCC.
      Para não tomar um prejuízo ainda maior no futuro, tendo que financiar o saldo dos 70¨% com juros e TR, distrata na intenção de receber o que já pagou…
      ai, aparece outro e diz que, você tem que perder tudo e que, ainda não te deu as chaves, por isto vai vender para outro…

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Joao 3 de fevereiro de 2017 at 11:39

        Isso é o que dá acreditar em c…….vo. Adorooooo!!!

        4+
        • avatar
  • Cesar_DF 3 de fevereiro de 2017 at 11:09

    Clientes ficam revoltados após construtora vencer o próprio sorteio
    Prêmio oferecido foi um carro avaliado em mais de R$ 119 mil.

    5 anos até entregar o prédio
    130 vendidos e 31 sem vender

    http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2017/01/clientes-ficam-revoltados-apos-construtora-vencer-o-proprio-sorteio.html

    8+
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 11:12

      KKKKKKKKKK

      Sortearam o premio entre os que compraram no empreendimento. Como não vendeu quase nada, a própria construtora era dona da maioria e ganhou no sorteio.

      SENSACIONAL

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 11:13

        “Nosso objetivo sempre foi fazer algo que pudesse agregar valor à campanha e sempre buscamos trabalhar com a maior lisura.”

        100% lisos mesmo, maior cara de pau ensebada com óleo de peroba

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 11:17

          genios
          kkkk
          vale tópico pra essa tbm bolha boss, pô vamo rir um pouco

          6+
          • avatar
          • avatar
  • Pure 3 de fevereiro de 2017 at 11:30

    Antigo 3 de fevereiro de 2017 at 11:22
    “O que eu gosto mais é que ele faz o CA despejar um monte de dados e números para combatê-lo, e enriquece o blog KKKK”
    _________________________________________________________________________
    E vice versa.
    É o mais importante disso tudo e o que menos se comenta.

    3+
    • avatar
    • Lucas 3 de fevereiro de 2017 at 11:44

      não tem vice-versa
      vcs estão elevando o cara ao nível dos argumentos válidos
      é apenas um massacre
      a unica coisa que se pode dizer é que a lenda que ele conta é a mesma que especialistas vendidos contam nos jornais e corvos repetem nos stands.

      meçam pelos resultados, a catastrofe social, milhões de brasileiros empobrecendo, distratos devolvendo ZERO, dívidas comendo e nós aqui eu só leio casos de 300% de aumento do patrimonio, de corte de inflação, de PMJ

      estou desconfiado que vcs são um bando de preguiçoso que só olha as figurinhas, alguem ainda tem alguma duvida sobre o que o CA escreveu?
      ele não traz só dados, ele traz toda uma lógica perfeitamente arquitetada, cujos numeros e dados apenas ilustram, apenas enfeitam a estrutura até o presente momento não vi ninguem conseguir refutar um unico andar desta torre, apenas mimimi de conveniencias, jogando com numeros pra cá e pra lá

      eu não daria 1 centavo pro que o CA fala se o que ele falasse não batesse exatamente com a experiencia concreta que tenho dos meus vizinhos em conversas nas nossas pool parties, todos bêbados, todos mega fofoqueiros, todo mundo sabendo de tudo, e olha que estou numa região que o fingezap deu 20% de valorização desde que eu comprei. Ah vá! ou eu sou muito masoquista, ou muito mentiroso, não tem terceira opção, lá no meu barrio ninguem vende coisa alguma exceto o preço caiu muito, e hoje nem assim, só saí aluguel por 0,25% do valor do anuncio e ainda com vários meses na fila, o bairro é pequeno é tranquilo, dou bom dia pra todos os vizinhos, a gente se conhece entre todos, é diferente de morar em condo de apartamento onde eu não tinha nem idéia do fucinho do vizinho de porta da frente, morando 10 anos num, 5 em outro, se vi alguns deles meia duzia de vezes na vida foi muito.

      4+
      • avatar
      • OcaradoAcre 3 de fevereiro de 2017 at 13:01

        É a era da pós-verdade. Qualquer grupo de interesse consegue contar a história que quiser e mostrar pseudofatos. Só com experiência se diferencia o que é o que

        Acredite em metade do que vê e em nada do que escuta.

        4+
        • avatar
  • Tulpomania 3 de fevereiro de 2017 at 11:37

    OFF
    Pessoal , ajuda!
    Participo aqui do blog ha alguns anos apenas lendo as discussoes (pouco tempo para comentar e seguir os posts atualizados). Mas estou precisando de uma ajuda que talvez alguem aqui saiba.
    Tenho uma conta na easyinvest que direcionei um pouco mais de recursos no ano passado. Eles estao exigindo que eu atualize minha informacao financeira (informei renda atualizada e outros ativos financeiros… ate ai ok). Mas agora eles querem que eu passe detalhes comerciais (endereco etc… da empresa que trabalho) e tambem minha declaracao de IR, Eles podem pedir isso? acredito que esses dados sao confidenciais e eles nao podem exigir, estao falando que e regra da CVM etc….. achei bem estranho.
    Abs

    1+
    • Thiaguinho 3 de fevereiro de 2017 at 12:17

      Acho que podem pedir sim. Isso vai de acordo com regras de segurança, acredito eu impostas pelo BC, CVM, e por aí vai. Eles precisam se proteger de eventuais crimes financeiros, como lavagem de dinheiro. Mas aí vai de você aceitar. Tenho conta lá, e não me lembro se na época me pediram, mas acho que sim. Mas IR não são todas as corretoras que pedem.

      2+
      • avatar
  • Cesar_DF 3 de fevereiro de 2017 at 11:59

    A Grécia vai falir de novo
    https://www.youtube.com/watch?v=0yDn04i8Q4A

    1+
  • Veigalex 3 de fevereiro de 2017 at 13:29

    Boss,

    Mas antes de vc passar a faca, podemos colocar as ibagens?

    1+
  • Tulpomania 3 de fevereiro de 2017 at 13:54

    Thiaguinho

    Acho que podem pedir sim. Isso vai de acordo com regras de segurança, acredito eu impostas pelo BC, CVM, e por aí vai. Eles precisam se proteger de eventuais crimes financeiros, como lavagem de dinheiro. Mas aí vai de você aceitar. Tenho conta lá, e não me lembro se na época me pediram, mas acho que sim. Mas IR não são todas as corretoras que pedem.

    2+

    Obrigado.

    1+
  • HELIR RODRIGUES ADVOGADO 8 de fevereiro de 2017 at 22:19

    Olá amigos

    Atuo como Advogado Imobiliário em defesa de consumidores e conheço bem esse assunto ainda mais quando falamos de Distrato de Imóvel na Planta.

    O maior problema está no resultado dessa bolha, pois colocou inumeras pessoas em dificuldades financeiras, alguns perdendo seus imóveis e outros perdendo dinheiro para construtora com Multa Ilegais, alguns consumidores inclusive perdendo todos os valores pagos para construtoras.

    A Justiça já pacificou vários entendimento na defesa dos consumidores inclusive com recuperação dos valores pagos pelo consumidor entre 100% à 90%, devolução essa com juros e correção monetária que deve ser feito de uma só fez de acordo com a justiça.

    Vou deixar um link sobre o assunto para os amigos. abs Dr. Helir

    http://www.helirrodriguesadvogado.com.br

    http://www.distratodeimovelnaplanta.com.br

    0
  • fanfarraum 13 de fevereiro de 2017 at 16:23

    [img src=”http://i.imgur.com/MOrRKwW.png”][/img]

    0
  • fanfarraum 13 de fevereiro de 2017 at 16:23

    0
  • fanfarraum 13 de fevereiro de 2017 at 16:24

    0