Valor de imóveis retomados por bancos sobe 50% e se aproxima de R$ 10 bilhões – Estadão

Você pode gostar...

Comments
  • Carlos 28 de janeiro de 2017 at 10:53

    Só 24.585 imóveis em estoque?

    Procede esta informação meus caros e bem informados bolhistas de plantão….

    11+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 28 de janeiro de 2017 at 10:55

      Na Caixa?

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 28 de janeiro de 2017 at 11:32

        Não só procede, como é menos de 1/5 do que a CEF tem inadimplente. Ela só retomou 0,3% do total de crédito concedido contra mais de 1,5% de inadimplência “oficial”, fora as renegociações de pai para filho, vendas de títulos podres para empresas abutres e outras gambiarras para mascarar o tamanho do problema…

        45+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Carlos 28 de janeiro de 2017 at 22:54

          Obrigado CA.

          5+
          • avatar
  • Moreira 28 de janeiro de 2017 at 11:21

    From,

    valeu pela dica do BB. Quanto a ter uma grana em dolar como proteção de eventual desvalorização do real, falei isso pensando em médio, longo prazo. Ou então ter condições objetivas de compara o dólar (mais provável) aproveitando janelas de baixa (compra) e alta (venda).

    Essa valorização do real estou acompanhando também. Aliás aproveitei pra dar uma olhada na moeda mexicana, pois em 2016 estive a passeio na cidade do méxico e achei um lugar sensacional e de baixo custo. Quando fui estava 1 real para 5 pesos mexicanos. Ontem, 1 para 6,61. Cara, se chegar a 1 para 8, vale demais viajar para os destinos turísticos deste país. Quem tiver sem destino de férias, fiquem de olho nessa desvalorização da moeda mexicana aí.

    15+
    • avatar
    • From_The_Tower 28 de janeiro de 2017 at 18:28

      Beleza. Valeu !

      5+
  • Moreira 28 de janeiro de 2017 at 11:24

    CVR

    empregada da minha sogra juntou dinheiro para comprar carro! Perguntei já prevendo a resposta a la 666: ” eaí escolheu qual máquina”? Sabe qual foi a resposta?:

    “é tão caro e tão difícil e custoso juntar o dinheiro, que resolvi reformar, ampliar e comprar novos equipamentos para meu salão de beleza”.

    A surpresa veio com a cnclusão: “vou usar esse dinheiro para ganhar mais dinheiro”

    159+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 28 de janeiro de 2017 at 11:30

      Dê os parabéns a ela, belíssima atitude. Trabalhando para juntar dinheiro para investir no negócio. Negócio pé no chão que tem retorno praticamente garantido depois que consolida a clientela. Tá certa. Tem gente que faz tudo certo, mas dá azar de nascer sem condição nenhuma. Aí tudo fica mais difícil. Conheço salões abertos há 40 anos.

      49+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Leonardo M. 29 de janeiro de 2017 at 11:10

      Se eu pudesse curtiria 1000 vezes

      12+
    • bolhista cearense 29 de janeiro de 2017 at 12:12

      Parabéns a ela pela iniciativa, mostrou que tem cabeça. O pouco que juntou, gastou com equipamentos para o negócio.

      6+
  • CA 28 de janeiro de 2017 at 11:29

    Sobre o tópico, repito porque ficou muito ao final do anterior:

    A “solução” da CEF de atrasar os leilões, não se preocupar em vender, etc, não funciona tão bem assim para mascarar os efeitos da bolha.

    Na verdade existem regulamentações do Banco Central que impõem alguns prazos, que se não forem cumpridos, geram penalidades para a instituição financeira, como por exemplo, reduzir o volume de empréstimos que elas podem conceder de forma relevante.

    Segue link com exemplo:

    http://www3.bcb.gov.br/sisorf_externo/manual/05-16-030-000.htm

    É pelo motivo acima que a CEF ADIA ao máximo a retomada dos imóveis em leilão e no momento só retomou menos de 1/5 dos imóveis inadimplentes. Ocorre que o BC também tem diretrizes neste sentido e creio que a CEF está descumprindo.

    Outra ação da CEF em virtude do que consta acima é a contratação de corretores para tentar desovar o estoque de imóveis dela.

    Também com a intenção da CEF MASCARAR a inadimplência e superestoque de imóveis com ela, que a CEF opta por fazer renegociações com clientes com condições de pai para filho e ao mesmo tempo repassar parte destes titulos podres para empresas abutres. Mais uma vez ela está usando práticas não recomendadas pelo BC e que põem em risco a liquidez do Banco, que é o seu principal “patrimônio” para que se possa ter o mínimo de confiança nela.

    Parte dos truques praticados pela CEF já foram inclusive proibidos pelo Tribunal de Contas da União, para outra parte, o BC e o governo federal estão fazendo “vista grossa”, pois eles sabem que se forem a fundo irão expor demais a nossa bolha imobiliária e isto é a última coisa que eles querem que aconteça…

    As regulamentações criadas pelo BC no Brasil de fato são rigorosas, como já se dizia quando começaram a inflar a nossa bolha imobiliária em 2007 e foi exatamente por isto que criaram o esquema de vendas FALSAS na planta totalmente concentrado nas construtoras e o financiamento imobiliário sendo alavancado pela CEF que é um banco público e detém 70% de todo o crédito imobiliario concedido, adotando práticas contábeis heterodoxas e com a conivência de BC e Governo federal que não adotam nem questionam as gambiarras da CEF, aliás, o governo federal é quem mais estimula estes truques.

    Lembrando: gambiarras, pedaladas e truques de forma geral não duram para sempre, mas uma coisa é certa: por quanto mais tempo forem praticados, maior vai ser o tamanho da bomba que explodirá, ou seja, o que podemos esperar é um grande recorde na distorção entre oferta e procura, entre preço e renda, recordes de quebras de construtoras, recorde de quebra para um banco público que deverá ser socorrido por um governo que terá recorde de déficit fiscal e no meio destes e de tantos outros, o recorde na queda de preços dos imóveis. É isto que os agentes envolvidos na bolha estão plantando e é exatamente isto que irão colher, depois não adianta chorar…

    47+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • MARK 28 de janeiro de 2017 at 22:00

      Verdade, CA! Vejo os corvetores desesperados, nada está vendendo, não há dinheiro fôlego para financiamento. Quando muito, rolam trocas/permutas.

      6+
      • avatar
    • bolhista cearense 29 de janeiro de 2017 at 12:20

      CA, esta tentativa de “aliviar” o estoque com os corvos, está na folha e no “observador”; segundo a matéria, o grande obstáculo é a presença do antigo morador.
      http://observadordomercado.blogspot.com.br/2017/01/folha-caixa-fecha-acordo-para-desovar.html

      2+
  • Master Yi 28 de janeiro de 2017 at 12:01

    Prezados, meu irmão mais novo está tentando cursar a faculdade de medicina. Ele está indo para o 3º ano de estudo em cursinho. Como meus pais não têm condição de pagar uma universidade particular, ele vem tentando apenas nas universidades públicas. Acontece que esse ano ele ficou desanimado com o resultado do ENEM e veio conversar comigo. Falou que estava achando perda de tempo continuar insistindo e que não sabe quanto tempo ainda precisará para passar. Ele chegou a ser aprovado em uma universidade particular, mas a mensalidade era proibitiva, cerca de 6 mil reais. Daí fiquei pensando na situação, e passou pela minha cabeça arcar com os custos de uma universidade particular para ele. Mas aí vem um monte de outras questões. Vale a pena? Ele vai conseguir um retorno sobre tudo que foi investido? Como estará o mercado daqui a 6, 8, 10 anos?
    Eu sou jovem e ainda não tenho família para sustentar, então, atualmente, ainda sobre uma grana. Mas no médio prazo pode ser que nem eu consiga mais pagar a mensalidade, uma vez que pretendo casar, ter filhos etc. Enfim, isso passou pela minha cabeça rapidamente e então vim aqui compartilhar com vocês. O que vocês acham?

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 28 de janeiro de 2017 at 12:11

      Vou dar minha opinião sobre o assunto. Ele tem costume de estudar? É dedicado? Frequentar cursinho não costuma ser muito produtivo não. Quando eu estudava para concursos via muita gente que ficava anos lá, só pagando e sendo reprovado nas provas. Assistir aula é muito piloto automático, bastante cômodo.
      O mais importante mesmo é o tempo de estudo e dedicação em casa, resolvendo provas anteriores e sempre revisando as matérias.

      Se você considera que ele é mediano nos estudos, provavelmente será mediano na faculdade de medicina também, que exige uma dedicação em medida quase igual à pré-vestibular. E pagar 6 mil por um resultado mediano, eu não considero que valha a pena.
      Se você considera que ele realmente se dedica, talvez possa valer a pena financiar os estudos dele.

      Mas só uma dúvida, e aqueles financiamentos subsidiados do governo? O tal do FIES, ou até mesmo as vagas de PROUNI? Já procuraram saber?

      Até onde eu sei o mercado de medicina nunca foi ruim, e também não acho que vá ser um dia. É talvez a profissão mais essencial, o profissional faz seu horário, pode trabalhar em vários hospitais. Se quiser fazer concurso então… pode manter o cargo e consultório particular, a renda fica muito boa. Para o profissional que realmente corre atrás, o retorno do dinheiro é garantido.

      24+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 28 de janeiro de 2017 at 16:51

        Resumo : ” College is a scam “.

        Se tem algo de que eu me arrependi, foi ter feito curso superior. E olha que estudei na USP e em Oxford.

        Mesmo medicina e sua maldita reserva de mercado , o único motivo desse curso ridículo ainda gerar profissionais bem pagos, está com os dias contados . Logo mais explico o por que.

        21+
        • avatar
        • JJJ_brasilia 28 de janeiro de 2017 at 18:15

          O Carlhudo, explique por favor como os custos com saúde serão reduzidos.

          4+
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 28 de janeiro de 2017 at 23:17

            Os custos com saúde serão reduzidos??

            VC tá louco? Os custos com saúde serão AUMENTADOS ,mas isso não tem nada a ver com o profissional de medicina,o famigerado médico.

            Vc sabe que a grande maioria das consultas , o grosso do faturamento, são as consultas e os exames, correto ?

            Agora me diz: se uma porra de um support vector machine – machine learning me diz com 99.8% de certeza que eu quebrei a perna apenas olhando a Tomografia, porque eu preciso de ir e retornar num médico , sendo que médico nenhum nesse mundo se aproxima desse nível de acerto no diagnostico ?

            Por que preciso passar num clinico geral, e falar “oh doutor, to com dor aqui, sinto dor ali, to cansado e bla-bla-bla”, se eu posso simplesmente responder essas perguntas e dar um diagnostico usando Decision Trees – MAchine Learning) olhando o historico de milhoes de diagnostico anteriores rodando Scalable MAchine Learning no Py.Spark??

            Cara, a medicina nunca vai ficar em desuso, quem vai ser reduzido A PÓ são as tradicionais consultas médicas , diagonisticos feitos por ser humanos e tudo o mais. Não se precisa mais disso, nem para cirurgia. Ou os médicos aprendem a programar e a interpretar dados , ou vão ficar para trás, esmagados pelos Data Scientists.

            Médico não serve pra mais nada. Eu tenho horror a medicos e seus altissimos salarios gracas à reserva de mercado. Consultas/ Diagnósticos e cirurgias , qualquer coisa dessas é feito de modo muito melhor por A.I.

            Em suma: a profissão de médico só dura enquanto houver a maldita reserva de mercado, que é algo mundial.

            28+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • AlexJLL 29 de janeiro de 2017 at 02:21

              Concordo, logo as consultas não terão mais valor, assim como piloto de avião (aviões que voam sozinhos), arquiteto (projetos prontos pra escolher na web), e tantas outras profissões que hoje pagam bem e que daqui a alguns anos não vão valer nada.

              É uma revolução, segure-se quem puder.

              11+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
            • OcaradoAcre 29 de janeiro de 2017 at 12:03

              Já existem apps que após você indicar uma série de sintomas te direcionam por videoconferência para um médico, e permite que ele já prescreva receita /exame tudo em questão de minutos. Só o tempo/dinherio economizado em se dispensar um clinico geral para o direcionamento é incrível.

              5+
              • avatar
            • werther 30 de janeiro de 2017 at 09:49

              Se no Brasil falta-se até bisturi e esparadrapo no SUS tu acha que vai ter support vector machine – machine learning aqui quando? No mundo sempre vai ter que existir e necessidade de pessoas que cuidam da Saúde,Educação,Infra estrutura e segurança.
              Uma das maiores queixas dos pacientes é que,por vezes,os médicos são frios e rápidos em suas consultas. Daí você quer colocar uma máquina pra consultar esse pessoal? Você não faz ideia da quantidade de gente que as infinidades de dores e reclamações não passam de doenças psicossomáticas – a pessoa vai muitas vezes ao médico só pra conversar,ter alguém pra desabafar ou ouvi-la. No começo da faculdade nós íamos a casa de pacientes idosos fazer exames e era muito difícil boa parte deles deixarem a gente ir embora – ofereciam sempre café,almoço e etc além da gratidão em achar que éramos nós quem tirava a dor ou a angústia deles. É claro que as máquinas irão um dia ocupar essa área clínica,mas atualmente,a humanidade está longe de ter amadurecimento emocional para isso. Hoje,fala-se muito em políticas de inclusão,aproximar do paciente,da família,cuidar como um todo – porque viram que funcioa. Sua proposta vai ao oposto disso. Logo,a priori,é descartada

              3+
              • avatar
      • Master Yi 29 de janeiro de 2017 at 09:16

        Bem, eu considero a dedicação dele igual a minha. Nunca fomos alunos exemplares, também nunca estudamos nas melhores escolas. Mas sempre nos esforçamos quando necessário. No meu caso, eu sempre fiquei com notas medianas na escola, mas passei em uma universidade pública no primeiro vestibular que fiz em 4ª lugar, tudo bem, não era medicina, mas consegui ter um rendimento muito superior ao meu rendimento médio. Depois que me formei, consegui passar em um concurso público bastante concorrido em 8 meses de estudo, aqui sim eu comparo com medicina, porque foi extremamente concorrido. Enfim, o que eu quero dizer é que ele, assim como eu, teve uma vida escolar mediana, mas que ao reconhecer uma objetivo claro, tende a se esforçar muito mais do que o de costume, e eu percebo que ele vem se esforçando muito durante esses últimos 2 anos. A maior diferença que eu nota é que eu sempre tive muita facilidade em fazer provas. Já ele tem mais habilidade para se expressar, e não consegue se sair muito bem em provas, mesmo dominando o assunto. Associado a isso, percebo que ele acaba ficando muito ansioso diante das provas, talvez por uma mistura de sentimentos de culpa e incapacidade, por já ter um tempo de cursinho.

        Sobre o FIES, ele vem acompanhando, mas também está muito pessimista em relação ao programa, uma vez que fica cada vez mais difícil conseguir. Quando ele passou, a universidade oferecia poucas vagas, e dependia da nota do ENEM, que, no caso dele não, foi suficiente. Ele inclusive já relatou casos de colegas que também passaram em universidades particulares, mas não cursaram porque não conseguiram o FIES. Então ele prefere não contar com o FIES, porque pode passar novamente e não conseguir.

        Grato pela colaboração.

        2+
        • Master Yi 29 de janeiro de 2017 at 09:17

          Resposta ao Antigo.

          0
    • Louro José 28 de janeiro de 2017 at 12:18

      Nos grandes centros é fácil médico conseguir salários acima de 15K. Medicina custa caríssimo, são poucos que podem fazer, e de quebra o MEC, a ANS e o CFM impõem todo tipo de regulamento aos cursos, hospitais, clínicas e planos de saúde. Como resultado das exigências, poucos médicos se formam pra suprir a demanda necessária e a concentração do setor fica muito grande. Isso eleva todos os preços, inclusive o dos médicos. Nesta conjuntura, medicina, qualquer que seja a especialidade, é garantia de altos salários.

      Você de cara pode conseguir 2 matrículas públicas, mais uns 2 empregos privados. Já terá aí pelo menos uns 10K de salário. Podendo chegar a 20 se tiver disposição. Se tiver competência pra formar clientela e abrir um consultório particular o céu é o limite.

      Mas quem tem que ver se vai aguentar pagar essa mensalidade por 6 anos é você… E depois? Terá reembolso? É dinheiro que você deixa de poupar pra custear o ensino de outro. A menos que eu ganhasse extremamente bem, não me envolveria com isso não. As pessoas precisam saber dar valor ao próprio esforço.

      Outra coisa que questiono é essa cisma que muita gente tem com medicina. Medicina é pra quem tem família bem de vida. Não é pra todo mundo. Se não tem como pagar transporte, alimentação, mensalidade (se for o caso) e custos do curso (livros caríssimos, por exemplo), melhor tentar outro curso. Essa é a realidade. Nem sempre a gente pode ter o que deseja.

      30+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Master Yi 29 de janeiro de 2017 at 09:24

        Sobre o reembolso, bem… seria uma coisa mais “de brother” kkk. Eu iria negociar, ele poderia me devolver uma parte, não faço questão de cobrar tudo com juros e correções, afinal é meu irmão, eu estaria ajudando ele da forma que eu posso. Nunca se sabe do futuro, talvez, lá na frente, eu quem irei precisar do auxílio dele.
        Sobre os custos, hoje eu conseguiria pagar, mas é como eu comentei, 6 mil durante 6 anos é complicado, muita coisa pode mudar nesse meio tempo, e aí está o meu receio.

        Grato pela colaboração

        2+
        • avatar
    • JJJ_brasilia 28 de janeiro de 2017 at 14:01

      Máster Ti,

      Não sei como é na sua região, mas aqui em Brasília, num raio de 500 km, mesmo em um Faculdade particular de medicina é difícil passar. Mais ou menos assim, um aluno que estuda bem o 2° grau, não os tops, um bom aluno que faria um bom curso de TI, não consegue passar em Faculdade particular próxima a Brasília, tenta algumas vezes até passar.

      Sobre pagar a mensalidade de um curso tão caro, pode desestruturar o seu futuro, sua capacidade de poupança ficará prejudicada, isto é fod*.

      É por mais que seja dá família, se o seu irmão desistir do curso, é complicado.

      Mas pelo que vejo aqui em Brasília, se o seu irmão passou pra medicina em uma particular, ele estuda até bem, nas públicas, a concorrência é desumana, é só para o top do top, claro que todos gostaríamos de ser assim, se bem que se fosse possível escolher uma ultra habilidade, ser jogador de futebol futebol top é muito melhor que saber passar em provas de vestibular.

      Isto é importante entender, habilidade de estudar é ótimo, mas tem uns que tem o dom, outros falam e não conseguem acompanhar os tops, é para passar em Faculdade pública pra medicina, tem que ser top, os esforço ajuda muito, mas neste nível, muitas vezes não resolve.

      Bem falei muito, não sei se disse algo interessante para você.

      Agora cada um tem a sua realidade, mas eu não pagaria, trocar os seus projetos de vida pelo de outro, mesmo sendo irmão, não é fácil, poço ser egoísta, mas é como penso, se bem que não sei a sua idade, mas eu com mais de 43 anos, vai ficando cada dia mais difícil começar tudo de novo.

      Sob a ótica aqui de Brasília, seu irmão é esforçado, ele não é um gênio, mas aqui passar em medicina em particular, não é para qualquer um, não mesmo.

      Sobre o futuro da profissão de médico no Brasil, não gosto de tentar prever o futuro, mas para auxiliar um bolhista, vamos lá.

      Cara, não sei porque, aliás sei, curso de medicina virou uma modinha, e eu acho que toda a modinha, quando todo mundo quer algo, uma hora dá ruim. Não digo que fique ruim ser médico, mas será que a tecnologia não irá avançar para cima desta área, com a palavra o pessoal de TI (eu acho que os médicos estão vivendo o auge de ganhos, mas vai continuar sendo legal, mas no futuro pode haver desemprego nesta área, como: tecnologia + concorrência dos formandos agora, se bem que é bom o profissional ficar com medo do desemprego, ele trabalha melhor.

      Bem falei, falei e não sei se ajudei, mas eu não faria isto, é a minha posição pessoal, você deve tomar a sua.

      6+
      • avatar
      • JJJ_brasilia 28 de janeiro de 2017 at 14:21

        Se bem que não me sinto egoísta não, uma coisa é R$ 500,00, outra bem diferente e 500k que com juros e aportes mensais, chagam a 1kk em poucos anos, Master, conheço um pessoal que gosta dá área de saúde, pra mim a maioria é formada por quem queria ser medico e não conseguiu.

        Mas uma saída boa é propor ao seu irmão, fazer odontologia, dá pra tirar uma grana, mas tem que ser comerciante, tratar o consultório com um negócio, não é como médico, sentar e esperar a grana entrar e não tem muitos concursos nesta área como na medicina.

        Aqui em Brasília, a Unieuro, por exemplo tem curso de odontologia com mensalidade de R$ 1.400,00, mais ou menos, aí dá para ajudar o seu irmão, mas a decisão sobre que curso fazer é dele.

        A odontologia é uma área que. O profissional pode ser autónomo, com um bom ganho, ao contrário de outros profissionais dá área dá seude, como enfermeiros, farmacêuticos, e tem mais facilidade de conseguir cliente do que psicólogos ou nutricionistas.

        Hoje tem muitos planos de saúde odontológicos, dá para começar com eles e a medida que for ganhando nome, começar a trabalhar só com particular.

        Bem está foi uma sugestão, um plano B para o seu irmão, converse com ele sobre esta opção, ou qual o plano B que você poderia ajudar, sem abrir mão dos seus sonhos e desejos, como casar, ter família, poupar para a independência financeira.

        Um abraço.

        7+
        • avatar
        • Master Yi 29 de janeiro de 2017 at 09:43

          Se fosse para escolher outro curso, ele não precisaria da minha ajuda, certamente seria aprovado em alguma universidade pública. Inclusive ele estava me mostrando a nota dele no ENEM do ano passado no SISU, atualmente ele passaria em qualquer curso na federal da Bahia, menos na bendita da medicina. Outro agravante é que ele não tem uma segunda opção, segundo ele, não consegue se imaginar em nenhuma outra profissão.

          0
        • bolhista cearense 29 de janeiro de 2017 at 12:25

          Odontologia está saturada, o Brasil é o país com a maior quantidade de dentistas NO MUNDO. E aumentando cada vez mais. A quantidade de concursos é limitada, os planos de saúde querem pagar valores tão baixos que não valem a pena.

          6+
          • LufT 30 de janeiro de 2017 at 17:45

            Ia comentar isso. Odontologia está extremamente saturada. Inclusive é possível que isso, um dia ocorra na área médica (mas acho que nossa geração não verá isso ocorrer).

            1+
      • Master Yi 29 de janeiro de 2017 at 09:39

        JJJ_brasilia

        Se ele desistisse do curso era simples de resolver, eu matava ele e tava tudo certo kkkk. Acredito que ele não faria uma loucura dessas depois de penar tanto para passar, mesmo que o curso fosse difícil ele iria se arrastar até se formar, considero a desistência o risco muito remoto.

        Olha, eu confesso que a um tempo atrás eu tinha muito preconceito com universidades particulares, tinha aquele pensamento de “pagou, passou”. Pelo menos no curso de medicina, hoje eu vejo não é tão simples assim. Quando ele passou na particular, no início do ano passado, eu fiquei meio naquela “pow, mas é particular né, é fácil”. Mas depois de trocar algumas experiências com ele, hoje eu concordo que não é nada fácil ser aprovado, mesmo sendo uma particular.

        Talvez o sentimento dele hoje siga justamente a sua linha de raciocínio, “eu sou bom, mas não sou o bastante para uma pública, tenho que aceitar”. Eu particularmente não concordo com o pensamento, pois se o candidato acredita plenamente nele, já era, é aí que ele não consegue mesmo. Tomara que eu esteja enganado quanto a esse ponto.

        A título de informação, eu tenho 27, ele tem 20. Eu não sou mais tão jovem assim rs, talvez um baque desse seja inversível na minha vida financeira. Talvez não, enfim, há muito o que se refletir ainda.

        Obrigado pela colaboração.

        4+
        • avatar
        • LufT 30 de janeiro de 2017 at 17:54

          É só não fazer festa de casamento que já “recupera” metade do prejuízo.

          Eu te entendo, ficaria num dilema fudido tb se tivesse um irmão com um sonho e eu tendo a ferramenta desse sonho, mesmo que fosse ficar pesado. Talvez você pudesse dividir um pouco com mãe/pai (eles tem alguma condição?)…

          Minha resposta é a seguinte, tu tem 27 anos, disse ser servidor público, provavelmente não é Juiz nem Procurador (muito jovem, seria exceção). Visto que tuacha que daria para dá 6k para seu irmão e sobreviver ainda +- tranquilo, você deve tirar uns 11k -18k limpo por mês. Se tu entrou nesses ultimos concursos da CD/SF/TCU/TCDF, eu PAGARIA para teu irmão numa boa, pq tu estaria no nicho de 15k-18k limpo mês e viveria feliz e realizaria o sonho do teu irmão. Se tu ta nos 11-15k (ciclo de gestão,agencias, tec. CD/ tec. SF ou até mesmo analista Tribunal) é válido tu pagar mas saiba que vc realmente está se “machucando” para poder realizar o sonho do teu irmão. Qlqr outra carreira que tu tire menos de 10k limpo, tu não teria condição de manter isso por muito tempo, ou então viveria uma vida muito pior da que você deveria para ajudar teu irmão, nesse caso, acho que tu não deveria ajudar e pensar em outras possibilidades…

          boa sorte ai! parabéns pela atitude de toda forma, só de cogitar, já está de parabéns.

          1+
    • simone 28 de janeiro de 2017 at 14:58

      OI BOA TARDE MEU NOME É SIMONE , FAZ 2 ANOS QUE NÃO ENTRO MAIS AQUI EU ACHO , MAS EU FAÇO MEDICINA NO PARAGUAI ESTOU NO SEGUNDO 2 AGORA… MINHA UNIVERSIDADE SE CHAMA UPE DO KM7 EM CIUDAD DEL LESTE , CUSTA 900 REAIS E EU MORO EM FOZ E NÃO PRECISA FAZER VESTIBULAR ….DEPOIS SEU IRMÃO SÓ PRECISA FAZER O REVALIDADE ..COM 3 MIL REAIS ELE PAGA FACULDADE , ALUGUEL , TRANSPORTE , COMIDA E LIVROS ….

      ESPERO QUE SE VC TIVER 3 MIL REAIS POR MÊS VC POSSA AJUDAR ELE…..

      ESPERO TER AJUDADO…..

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Azufre 28 de janeiro de 2017 at 15:21

        É a Simone amiga dos gaúchos? rs

        10+
        • avatar
        • avatar
      • From_The_Tower 28 de janeiro de 2017 at 18:31

        Grande Simone.
        Você é muito citada ainda no blogue.
        Por sua famosa frase: “São Tudo Viado”
        kkkkk

        Abraço ! Tudo de bom !

        14+
        • avatar
        • simone 28 de janeiro de 2017 at 20:05

          obrigada… mil bjsss

          11+
      • Master Yi 29 de janeiro de 2017 at 09:49

        Simone, grato pela sua colaboração,
        Sobre fazer em outro país da América do Sul, ele me falou que é uma opção quase que totalmente descartada. Primeiro porque, como você mesma disse, precisa fazer uma outra prova para atuar no Brasil, e ao que parece não é uma prova simples, não é isso? Seria quase que adiar o vestibular para depois de formado. Outra coisa que ele mesmo falou e eu concordo é: hoje você faz uma prova e tem legalidade para atuar no Brasil, mas e se nesse meio tempo a legislação muda? E se não for mais possível nem fazer a prova? Ele tem dois colegas que estudam na Argentina, se não me engano, um dele inclusive disse que não tem mais planos de voltar para o Brasil. Mas de qualquer forma é uma possibilidade a ser avaliada, juntamente com os seus riscos.

        Muito obrigado!

        2+
    • simone 28 de janeiro de 2017 at 15:00

      DESCULPA ESCREVI MUITO RÁPIDO E ESTOU COM SONO..

      MIL BJJSSSS

      6+
      • avatar
    • SampaBoy 28 de janeiro de 2017 at 21:55

      fiz medicina na usp faz um bom tempo e posso te afirmar algumas coisas :
      1- sim, o vestibular para entrar foi a epoca que eu mais estudei na vida, muito mais que qualquer momento na faculdade. na faculdade voce é cobrado e tem muita coisa pra estudar, mas passar de ano, apesar de nao ser moleza, nao chega perto do vestibular.
      2- em medicina, voce ate recupera o dinheiro investido em uma faculdade particular, porem o problema é o tempo que demora pra isso. nao menos doque 10 anos em qualquer especialidade pa voce COMECAR a ganhar dinheiro. Eu comecei a faculdade com 18 , e acabei tudo (faculdade, residencia, pequenas especializacoes extras) com 30 anos, em geral se comeca a ganhar bem com 35.
      3- o fato de feito uma faculdade publica conceituada me ajudou muito, nao so na formacao, mas pelo diploma colado na parede que faz o paciente te olhar com outros olhos. Pra quem faz faculdade publica, o caminho (apos o vestibular) é um pouco menos arduo.
      4- se tudo isso vale ou nao a pena, ultrapassa a questao matematica, é uma questao filosofica. se a pessoa se encontrar, se medicina realmente for o que ela sempre pensou em fazer e assim se encontrar, pode ser que valha a pena sim. Porem, para o candidato, nao adianta achar que gosta de medicina porque viu ER ou House, ou outra serie americana de medico qualquer e achou bacana. Medicina não é ver um paciente de manha e passar o resto dia dia tomando um copao de cafe e discutindo somente este caso com os amigos. Nao tem como escapar de atender milhares de pacientes em plantoes de 12h ininterruptas. Gostar mesmo de medicina, por mais piegas que possa parecer, tem a ver com ter uma afinidade para ajudar e cuidar de pessoas, mais do que gostar da ciencia medica (estudar o corpo humano, biologia, etc..). o stress que se passa se responsabilizando por tratamentos nao exatos, em que sempre se esta correndo o risco de errar um pouco mais ou menos, so se justifica se o ato em si de ajudar o outro trouxer uma gratificação emocional ao proprio medico. Muitos desistem no meio caminho por causa disso, o stress da disponibilidade ao paciente e da imprevisibilidade dos tratamentos supera o bem estar de estar ajudando este paciente.
      5- Um medico jamais fica desempregado, porem ele pode ganhar mal, normal ou muito bem,…..isso não da pra prever, cada um tem sua propria estoria…

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 28 de janeiro de 2017 at 23:42

        Meu caro colega de USP, conforme minha explicação abaixo, felizmente médicos vão ficar desempregados em breve sim, juntamente com cobradores de ônibus, frentistas de posto de gasolina e etc.

        6+
        • avatar
        • sapiano 29 de janeiro de 2017 at 09:20

          Enquanto esse momento não chega
          Pode deixar o cheque com a secretária kkkkk

          11+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • Master Yi 29 de janeiro de 2017 at 10:19

        SampaBoy, ótimo ouvir a opinião de um profissional da área, grato.

        Primeiramente, parabéns pela aprovação tão jovem.
        Sobre o tempo que se leva para ter esse retorno é algo já conhecido, fato é: o tempo passa de qualquer forma, é melhor você chegar aos 35 anos e COMEÇAR a ganhar bem do que passar uma vida inteira sem essa esperança. Claro que é possível ganhar muito bem em outras profissões, mas sendo realista, em medicina é quase uma regra, já nas outras profissões é uma exceção.
        Hoje, sinceramente, não sei que diferença faz se formar em uma universidade pública ou particular, acredito que depois de formado os pontos são zerados, e aí é cada profissional por si. Universidade pública tem muitos problemas, falta de recursos, falta de professores, greve etc. Claro que você como um profissional da área tem muito mais propriedade para opinar, mas pelo menos na minha área não faz diferença alguma (na pública você demora mais para se formar, só isso).
        Concordo com você, não é só uma questão matemática/financeira a escolha de uma profissão, mas essa decisão é dele, e acredito que já foi tomada. Já do meu ponto de vista, é exclusivamente financeiro, a minha maior preocupação é: eu vou conseguir sobreviver a essa despesa? Seria um suicídio financeiro? Não seria melhor deixar ele se virar e comprar logo meu apartamento com essa grana?? (kkkk tô brincando).
        Sendo totalmente imparcial, meu irmão, ao contrário de mim, gosta muito de lidar com pessoas, sabe conversar, é atencioso, gosta de ajudar os outros verdadeiramente. Nesse ponto, e esquecendo um pouco que ele é meu irmão, eu o admiro. Pelo menos nesse quesito eu acredito que ele será um profissional acima da média. Eu sou totalmente o oposto, não gosto de trabalhar com pessoas, não gosto de conversas com as pessoas, não teria paciência alguma para explicar um assunto a um paciente etc, seria um péssimo médico! Enfim, cada um com suas habilidades.
        Acredito ainda que ele não esteja embarcando nessa apenas pelo dinheiro. Claro que o salário pesa na decisão, mas a meu ver ele tem aquela ideia romântica de poder ajudar as pessoas e tudo mais. Eu não lembro ao certo quando ele decidiu fazer medicina, mas sei que desde criança ele fala isso, e olha que não foi influência dos meus pais. Minha mãe queria um filho advogado (graças a deus nenhum dos dois quis seguir esta área), e meu pai sempre foi muito distante em relação aos nossos estudos. Em resumo, acho ele bem realista sobre a rotina de um médico, e mesmo sabendo disso é algo que quer muito. Nesse ponto, acho que ele não iria se decepcionar com a profissão.

        Mas já que você é médico, gostaria abusar um pouco mais, quanto seria, na sua opinião, um médico ganhar mal, normal, e muito bem? Pergunto isso porque conheço pessoas que ganham 20 mil líquido e dizem que ganham mal rs. Se ele ganhar isso, com certeza eu irei utilizar uma taxa de juros abusiva na hora do reembolso kkk. Também não sei se, financeiramente, valeria a pena gastar tanto dinheiro para se formar e ganhar 8 mil líquido por mês. Com esse salário aqui em Salvador o cidadão vai viver bem limitado, e o que é pior, ele não teria como me reembolsar… =/

        Obrigado pela colaboração.

        3+
        • avatar
        • simone 29 de janeiro de 2017 at 15:13

          em porto alegre médico de posto ganha 12 mil reais

          em novo hamburgo 15 mil reais ..
          e plantões por fora chega a ser 1.500 reais em um plantão de 12 horas por dia ..se ele viver de fazer plantões consegue tirar 30 mil por mês …

          4+
          • avatar
        • SampaBoy 29 de janeiro de 2017 at 22:49

          Hoje em dia, na medicina, ganhar mal seria algo em torno de 5 a 8 mil reais ( o que pagaria um emprego publico, 20h semanais), ganhar bem seria acima de 30.000

          3+
          • avatar
    • LDeadpool 29 de janeiro de 2017 at 10:06

      Master Yi, a primeira coisa que você tem que considerar é que a mensalidade não vai continuar 6 mil reais durante os 6 anos do curso. Depois de formado, o seu irmão pode ter dificuldade em encontrar um emprego que pague muito acima disso (com a abertura de muitas faculdades de medicina, já não é garantido o emprego imediato a todos), a menos que se especialize. Alguns estão comparando o trajeto da Medicina ao da Odontologia, que até a década de 1980 garantia ótimos rendimentos e que hoje em dia, é uma profissão em que poucos conseguem bons salários.
      Estou falando só do ponto de vista financeiro – eu acho que quando nos encontramos em uma área e nos apaixonamos pelo que fazemos, o que garante a nossa subsistência já nos basta.

      4+
      • avatar
      • Master Yi 29 de janeiro de 2017 at 10:26

        Prezado, grato pela colaboração.
        Correto, não será 6 mil por 6 anos, mas eu utilizo esse valor apenas para simplificar o cálculo. Não sei quanto será a mensalidade daqui a 4 anos, mas também não sei como estará meu salário. Então eu limito as variáveis do cálculo. Isso pode dar uma diferença muito grande lá na frente, mas infelizmente não tenho como calcular.
        Sobre a comparação com odontologia, realmente, é um risco que se corre e precisa ser avaliado também.
        Eu penso em ajudar ele justamente porque acredito que medicina é a profissão correta para ele, não somente pelo seu perfil, mas também porque acredito que será a profissão que trará o sentimento de realização a ele.

        1+
        • simone 29 de janeiro de 2017 at 12:03

          Então pague pra ele no Paraguai .. com 3 mil por mês vc paga tudo…. faculdade , aluguel , transporte , comida e livros…

          4+
          • avatar
          • avatar
    • capivarao 29 de janeiro de 2017 at 14:24

      Cara, situação difícil esta,
      mas parabéns por pelo menos pensar no assunto.
      Parece egoísmo da minha parte, mas acho que pagar um valor deste pra um irmão, só se for um relacionamento muito diferenciado de muita união e cumplicidade.
      Outros fatores devem ser levados em conta; será que este dinheiro lhe fará falta? ou o que vc já tem acumulado paga tranquilamente todo o curso?
      creio que após formado, ele poderia lhe pagar facilmente este valor.
      Acho que ele está bem próximo de passar em uma pública, e que não deveria desistir de seus sonhos.
      Boa sorte

      5+
      • avatar
    • werther 30 de janeiro de 2017 at 09:38

      Master,bom dia. Sua situação é parecidíssima com a que passei/passo
      Eu tentei medicina por 5 anos até que finalmente entrei.A princípio federal também,mas daí desisti e fui pra particular mesmo. Meu pai,antes de aposentar,conseguia honrar com a mensalidade.Mas ele resolveu aposentar e,assim,teve sua renda diminuída consideravelmente (apesar de ter saído com um montante bem legal). Mas,como eu me sentia velho (24 anos) de colocar esse peso integral no meu pai,entrou em cena minha irmã. Pedi pra ela,também solteira,que custeasse parte da facul (e minhas festas né rs) e assim ela o fez. Acredito que esse tipo de comportando seja mais uma questão emocional e de criação. Eu fui muito bem criado e devo imensa gratidão aos meus pais e minha irmã. Eles tem plena confiança que assim que eu estiver formado,eu ajudarei eles no que precisarem. Se você confia na criação que vocês tiveram,não tenha dúvida de que é o melhor caminho ajudar o seu irmão. Quando meu pai disse que pagaria uma particular pra mim,ele tirou um peso imenso das minhas costas e passei em 4 meses de cursinho (não que seja fácil – passei no sul de minas em uma faculdade que foi 68 por vaga). Estava tudo mais leve e etc. Hoje estou muito bem e contente com a faculdade,não me arrependo ou troco a infraestrutura das particulares pela maioria das federais – por vezes abandonas e sucateadas,com alunos treinando sutura em ursinho de pelúcia. Pra se ter uma ideia,a faculdade federal tem 4 cadáveres para os alunos estudarem – nós temos 80. Vivem pedindo algumas peças emprestas pra nós e etc. Além disso,tem o FIES que,antes da reeleição da Dilma estava uma várzea – todos da minha faculdade conseguiram sem muito esforço do terceiro ano pra cima. Depois da reeleição dela que a coisa ficou ruim e hoje quase não se tem bolsa mais (na minha faculdade,em 2016,saiu 11 bolsas pra faculdade toda,que,outrora,beneficiava quase todos os alunos com o FIES. Espera-se que até 2018,lá para,2019,o FIES fica novamente mais tranquilo de se conseguir (ainda mais em ano de eleição. E sobre o retorno,eu discordo do amigo da USP. Se o dinheiro for algo necessário de imediato,é só seu irmão pegar plantão em PSF e ir sem culpa. Fechar um PSF com os amigos é a melhor opção. Dar plantões de 12 horas e 24 horas faz um retorno de 400% tranquilamente. Depois ele tenta a residência – quando estiver tranquilo com grana. Muitos amigos e irmãos de colegas fazem ou fizeram isso.
      Bom,espero ter ajudado e que seu irmão consiga este sonho – certamente muito mais palpável com seu auxílio. Minha irmã foi a melhor coisa que podia ter aparecido na minha vida nos últimos tempos.

      Um abraço

      4+
      • avatar
      • Master Yi 30 de janeiro de 2017 at 09:56

        werther, bom dia, e muito obrigado pela sua contribuição, muito bom o seu relato!
        Eu estou muito inclinado a custear o curso dele. Mas não é um decisão simples, exige muita reflexão, tanto da minha parte quanto da dele. Vamos continuar conversando e alinhar alguns pontos.
        De qualquer forma, parabéns a sua irmã pela honrosa atitude de ajudar um irmão. Se possível (e se você se sentir confortável), complemente o relato com os valores da mensalidade da sua faculdade do salário da sua irmã.
        Grato!

        0
        • to bolhado 30 de janeiro de 2017 at 10:06

          acho queo werther matou a pau: a questão é a educação / a cultura familiar de vcs, alinhado à personalidade do seu irmão (as vezes uma “cultura” familiar perde pra personalidade específica dum membro). Se você confiar na combinação desses 2 elementos, no sentido de que seu irmão fará bom uso dessa formação (mais do que te pagar a contento ou não), acho que vale a pena. Poucas coisas são mais importantes de se fazer com o dinheiro do que ajudar (se for ajuda de fato) uma pessoa muito próxima.

          2+
          • avatar
        • werther 30 de janeiro de 2017 at 10:08

          Master,minha faculdade está em 6800 esse ano (ano passado estava 6100),mas pagando antes do vencimento tem desconto(coisa de 300 reais)

          Minha irmã não sei quanto ganha ao certo. Ela tem uma farmácia e é a própria farmacéutica/gerente dela. Mas não é muita coisa acredito eu (é menos que um médico),mas ela não custeia tudo sabe,também eu não queria,é coisa de 60% e meu pai resto

          2+
          • avatar
  • Alemon Fritz 28 de janeiro de 2017 at 12:36

    Mesmo nas particulares existem bolsas que cobrem as vezes 100%.. Ela tbm pode participar em projetos (de extensão) ou entrar em estágios e monitorias. vc poderia dar um prazo tipo: 6 meses e vamos ver depois. Tipo ai vc fica pagando e todo final de semana a estudante vai festar ou troca cel…
    conheço uma menina que trabalhava na ressonancia magnetica da unimed e pensei que era médica. agora que ela tava pagando curso de enfermagem em uniesquina, antes só fez um curso técnico em Blumenau de curta duração.. dá pra correr atrás.

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 28 de janeiro de 2017 at 13:16

    100 de perdão

    Homens armados assaltam plantão de vendas de construtora

    A gente acredita que tenham entrado em uma favela que fica ao lado do stand”, disse um funcionários, que não quer ser identificado….
    compre na região que vai valorizar

    http://g1.globo.com/se/sergipe/noticia/2017/01/homens-armados-assaltam-plantao-de-vendas-de-construtora.html

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • JJJ_brasilia 28 de janeiro de 2017 at 13:30

      Cajuzinha com a palavra, conta como é a região que os coRvos foram assaltados.

      Se bem que crime contra coRvo não deveria ser crime, o autor do delito tinha que ganhar prêmio, pago pelo CRECI, kkkk.

      5+
      • avatar
    • Antigo 28 de janeiro de 2017 at 14:42

      “O crime ocorreu na final da tarde de sexta-feira (27), quando dois homens armados entram no stand e levaram vários objetos de valor do local. ”

      Que sorte, não levaram nenhum imóvel então.

      ” gente acredita que tenham entrado em uma favela que fica ao lado do stand”

      Bem localizado o empreendimento né. Para que pagar por algo que você pode invadir poucos metros acima?

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • simone 28 de janeiro de 2017 at 15:08

    UMA AJUDA…. PARA CONSEGUIR TER 1 KK EM 10 ANOS OU EM 5 NA POUPANÇA , QUANTO DEVE SER APLICADO MENSALMENTE?

    3+
    • Azufre 28 de janeiro de 2017 at 15:30

      Juros 0,5% a.m
      120 meses — 6.102,05
      60 meses — 14.332,80

      Juros 0,3% a.m
      120 meses — 6.935,50
      60 meses — 15.236,56

      Juros 0,1% a.m
      120 meses — 7.847,49
      60 meses — 16.180,00

      ***

      Como pagamento e agradecimento, você é a mesma Simone que disse algo engraçado sobre gaúcho?

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Azufre 28 de janeiro de 2017 at 15:31

        Só lembrando que, como tem inflação, mesmo que a poupança renda, digamos, 0,7% nominal em um mês, o rendimento real dela poderia ser, digamos, 0,1%, ou mesmo negativo!

        8+
        • avatar
        • avatar
      • Azufre 28 de janeiro de 2017 at 15:31

        De onde vemos:

        a) Juros são amigos de quem junta, inimigos de quem se endivida;
        b) Quando mais cedo, melhor.

        25+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • simone 28 de janeiro de 2017 at 16:05

        sim sou eu .. bjss saudades

        10+
        • avatar
        • avatar
    • JJJ_brasilia 28 de janeiro de 2017 at 16:06

      Simone, seja bem vinda a este espaço, só peço um favor, não costumamos escrever em caixa alta, não é por nada, só etiqueta do blog.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • bolha real 28 de janeiro de 2017 at 19:34

        O CA sumiria do blog, adora uma caixa alta sempre com as mesmas palavras.

        11+
        • avatar
        • avatar
        • CA 28 de janeiro de 2017 at 20:01

          É isto aí Bolha_Real, continue nos brindando com todo este “fantástico conteúdo” que você traz, que nunca agrega nada, isto sim é que significa colaborar para o blog, certo?

          Ficar aí como um Troll idiota só esperando para mostrar o quanto está “magoadinho”, como você fez quando do nada chamou o From de mentiroso e depois quebrou a cara quando ele mostrou as evidências.

          Mesmo assim, como você faz parte do grupo cara-de-pau que mesmo DESMASCARADO ainda volta e acha que está cheio de moral, só porque é completamente sem-noção, qual o problema, não é mesmo???

          ???

          44+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • CA 28 de janeiro de 2017 at 20:08

            Ah, esqueci de falar: parabéns por dar um like para você mesmo, só confirmou, mais uma vez, aquela sua carência estúpida de reconhecimento de quando você disse que “era o cara” porque trabalhava na tesouraria de um banco, ia se aposentar com 45 anos e apostava que ganhava muito mais que um outro cara que você não conhece, mas que tinha colocado a “real” sobre as suas frustrações e carências, que você não cansa de demonstrar, como agora…

            Vai lá e tira o like que você mesmo se deu, depois sai assobiando e faz de conta que não fez isto, combina perfeitamente com sua cara-de-pau sempre demonstrada por aqui…

            KKKKKKK

            24+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Azufre 28 de janeiro de 2017 at 21:39

              Tem link das tretas?

              🙂

              5+
              • avatar
              • avatar
              • CA 28 de janeiro de 2017 at 21:52

                Azufre,

                Foi alguns tópicos atrás, teria que vasculhar. Nem sei se vale a pena foi “do nada”, o Troll entrou só para bagunçar e dizer que o From era mentiroso porque comentou que tinha obtido uma rentabilidade alta no TD, o From mostrou os extratos e por ai foi…

                7+
                • avatar
                • avatar
                • Azufre 29 de janeiro de 2017 at 05:56

                  Lembrei do George Soros pseudobolhista que disse que TD era coisa de iniciante, que tirava 5% ao dia especulando… Esse foi pior que corvo que promete 30% a.a!

                  7+
                  • avatar
                  • Leonardo M. 29 de janeiro de 2017 at 11:22

                    Cara eu já tirei 3,5% de rentabilidade e um único mês quando comprei por 7,82% e foi caindo os juros. Mas foi mais sorte que juízo…. Kkkkkk se tivesse esperado mais teria tirado 30% isso sim.

                    5+
                    • avatar
                    • avatar
              • Reservoir Dog 31 de janeiro de 2017 at 20:40

                Taí o link:
                http://www.bolhaimobiliariabrasil.com/2017/01/13/simpatias-e-oracoes-para-vender-um-imovel/

                O cara chegou a questionar se o CA é remunerado pelo tamanho dos seus textos e suas pesquisas altamente embasadas que posta aqui, como se isso fosse um problema. kkkkkkk

                Bem, pelo menos eu não pago absolutamente nada para ter acesso a esse rico material. Caso o CA seja remunerado pelos seus posts aqui no BIB, o que seria mais do que justo, deixo também aqui meu agradecimento a essa pessoa ou instituição que o financia.

                E PMJ

                0
        • Azufre 28 de janeiro de 2017 at 21:38

          Eu leria o CA em caixa alta, Comic Sans, em laranja sobre fundo verde…

          13+
          • avatar
          • avatar
        • JJJ_brasilia 28 de janeiro de 2017 at 23:01

          O CA escreve em caixa alta só para destacar uma palavra, com uma entonação de voz, destaque em uma determinada palavra, neste caso é não só válido como necessário, para entender melhor as palavras do mestre CA.

          10+
          • avatar
          • avatar
  • Oliveira 28 de janeiro de 2017 at 15:32

    5 anos (60 meses) na poupanca (0, 75% a.m.) R$ 13.160*(1, 0075)^60 = 1.000.000, 00
    10 anos (120 meses) na poupanca (0,75% a.m.) R $ 5.130, 00*(1, 0075)^120 = 1.000.000, 00

    4+
    • avatar
    • JJJ_brasilia 28 de janeiro de 2017 at 16:04

      A conta está OK, mas gosto de pensar em rendimentos reais, após IR, taxas e inflação, mas se o valor é fixo 1kk, tá OK.

      3+
  • From_The_Tower 28 de janeiro de 2017 at 18:32

    Grande Simone.
    Você é muito citada ainda no blogue.
    Por sua famosa frase: “São Tudo Viado”
    kkkkk

    Abraço ! Tudo de bom !

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • From_The_Tower 28 de janeiro de 2017 at 18:34

    A CEF é uma vergonha. Em todos os sentidos:
    1) Péssimo atendimento
    2) Péssima concessão de crédito
    3) Péssimo gerenciamento de carteira
    4) São lerdos para executar as garantias
    5) São lerdos para lançarem o leilão
    6) Não querem tirar os bichinhos da goiaba de dentro dos tijolos

    Portanto! Ardam !
    Não deixem 01 centavo nesse banco.

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 28 de janeiro de 2017 at 18:39

      Ah… esqueci .
      Eles não explicam para os CLIANTOS como funciona a TR.
      Impressionante.
      Eles enrolam a pessoa… desligam o telefone… mas não citam os efeitos da TR. Vejam no Reclame Aqui.

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Libertario 29 de janeiro de 2017 at 14:42

        Desculpa discordar, mas eles explicam sim.
        Todo mundo sabe que é zero alguma coisa.

        2+
        • avatar
        • avatar
    • Alemon Fritz 28 de janeiro de 2017 at 20:23

      Minha irmã trabalha na caxao ha 20 anos.
      bem, em dezembro eles estavam fazendo cursos e reunioes daquelas pra ver “sugestões”, “erros”, e ver as metas. Eles tem metas tipo um reloginho qdo vc abre um doc pra dar baixa (conferir docs, assinaturas, contratos, carteiras..)..
      O cara que foi promovido dava enter por estimativa (ok, pra maioria dos docs).. quem conferia e demorava se lascou… kkkk… ele ganhou função e esta apenas ha 1 ou 2 anos na agencia. kkk

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Mike Victor 28 de janeiro de 2017 at 18:57

    OFF

    Piada para o fim do dia.

    Anúncio Wimoveis
    http://www.wimoveis.com.br/propriedades/sqs-306-agende-sua-visita-2929754861.html

    Valor aluguel 2.600
    Valor de venda 900.000

    kkkkkk

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Azufre 28 de janeiro de 2017 at 19:15

      0,29%!

      4+
      • avatar
      • Azufre 28 de janeiro de 2017 at 19:17

        Está muito baixo o retorno, está na hora de aumentar o aluguel! Vai alugar, sim.

        PS: Então é assim que os quase-milionários moram? Ou esse preço está um pouco alto demais?

        7+
        • JJJ_brasilia 28 de janeiro de 2017 at 23:06

          Azufre,

          0,29℅ de rendimentos se tivesse alugado, não está, o proprietário está pagando condomínio e IPTU.

          8+
          • avatar
          • avatar
          • Azufre 29 de janeiro de 2017 at 06:00

            Bem lembrado!

            3+
            • avatar
    • From_The_Tower 28 de janeiro de 2017 at 19:36

      Sério !!!
      90k é muito.

      5+
      • avatar
      • avatar
    • Antigo 29 de janeiro de 2017 at 13:16

      Com choro consegue fechar o aluguel por uns 2 mil.

      Tá muito surreal os preços desses bolhudos velhos da asa sul

      2+
  • MARK 28 de janeiro de 2017 at 20:52

    Venga a disfrutar de esta hermosa casa por sólo 2,8kk, que está muy cerca de las colinas de Santos (junto às comunidades). Quem sabe a Caixa a financia?
    http://sp.olx.com.br/baixada-santista-e-litoral-sul/imoveis/03-casas-no-mesmo-terreno-no-marape-297845884

    6+
    • Leonardo M. 29 de janeiro de 2017 at 11:50

      Da vontade de trollar e mandar uma proposta de R$1.666.666,66 só pro cara ficar pensando que vai ficar milionário rapidinho.
      Kkkkkkk

      2+
  • Nilson 28 de janeiro de 2017 at 20:54

    Agradecido ao bolhistas que indicaram o Nubank, na época platinum, emiti apólices de seguro pra minha viagem a gramada incluindo a locação de carro por 6 dias que pela AVIS sem as coberturas contempladas pela Mastercard sairá por 41,00 bananas a diária. Outra coisa, solicitei pelo app limite de 10K (era 4,5K) e automaticamente ficou 9,75 K

    8+
    • avatar
  • simone 28 de janeiro de 2017 at 21:13

    Cidadãos muçulmanos começam a ser barrados nas alfândegas dos EUA. FBI começou a prender imigrantes ilegais.

    O decreto do presidente Donald Trump para barrar a entrada de cidadãos de sete países muçulmanos nos Estados Unidos foi posto em prática imediatamente na noite de sexta-feira. Refugiados e imigrantes a caminho do território americano quando a ordem foi assinada foram barrados ao chegarem no país, neste sábado. Cidadãos do Irã, Iraque, Líbia, Somália, Sudão e Iêmen estão impedidos de entrar nos Estados Unidos ao menos pelos próximos noventa dias. Refugiados da Síria serão barrados por tempo indeterminado.

    Além disto, imigrantes ilegais começaram a ser presos e deportados nos Estados Unidos. A ordem atinge ilegais de todos os Países, inclusive Brasil.

    O departamento de Segurança Interna confirmou à agência Reuters que aqueles que possuem visto de residência, o green card, também estão sujeitos à medida.
    Postado por Polibio Braga

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Mn 28 de janeiro de 2017 at 23:12

    Jose Ferreira 27 de janeiro de 2017 at 11:53
    Só para entender: se uma pessoa que tenha 1 milhão distribui essa grana em 4 investimentos garantidos pelo FGC de R$ 250 mil cada, essa tabela conta como 1 cliente ou 4 clientes??

    –>alguém sabe responder?

    4+
    • Mn 28 de janeiro de 2017 at 23:13

      Quero dizer… se há 3 investimentos “protegidos” na mesma conta (tipo LCI, LCA e CDB)… a proteção é de R$750k ou R$250k?

      1+
      • Oliveira 28 de janeiro de 2017 at 23:26

        O FGC Garante máximo de 250k por CPF por Instituição. Se quiser garantir 1KK terá que distribuir em instituições que não sejam do mesmo grupo ( aqui eu tenho uma dúvida do que delimita este grupo ).

        5+
        • avatar
        • avatar
        • Azufre 29 de janeiro de 2017 at 06:02

          Tem como garantir mais que 250k tb, mas é complicado e tem que pagar um adicional. É uma categoria (especial) quase não utilizada.

          4+
          • avatar
          • Mn 29 de janeiro de 2017 at 07:27

            Como funciona?

            3+
            • Azufre 30 de janeiro de 2017 at 07:28

              Pesquise sobre FGC garantia especial

              1+
              • to bolhado 30 de janeiro de 2017 at 09:45

                esqueça o FGC. Analise a instituição. O maior problema hoje é risco sistêmico, e risco sistêmico FGC não cobre.

                1+
  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 28 de janeiro de 2017 at 23:40

    [OFF] Respondendo a uma pergunta acima, do porque médico vai ser uma profissão obsoleta em breve:

    Ao mesmo tempo que a profissão de médico começará a ficar obsoleta nos próximos 5 anos, os custos com medicina terão um “spike” inicial, mas depois serão otimizados e até reduzidos graças a Data Science.

    O grosso do faturamento da medicina são as consultas ,os exames e as cirurgias : tudo que qualquer Inteligência Artificial já faz melhor que qualquer médico na face da Terra

    Se uma porra de um support vector machine – machine learning me diz com 99.8% de certeza que eu quebrei a perna apenas olhando a Tomografia (comparando com uma base de dados com milhões de registros), porque eu preciso de ir e retornar num médico , sendo que médico nenhum nesse mundo se aproxima desse nível de acerto no diagnostico ?

    Por que preciso passar num clinico geral, e falar “oh doutor, to com dor aqui, sinto dor ali, to cansado e bla-bla-bla”, se eu posso simplesmente responder essas perguntas e dar um diagnostico usando Decision Trees – MAchine Learning) olhando o historico de milhoes de diagnostico anteriores rodando Scalable MAchine Learning no Py.Spark??

    Por que eu preciso de um médicuzinho pra me receitar remédio (fazer um sujeito gastar 400 reais numa hora pra bater papo com um medicuzinho que vai me passar remedinho), se qualquer algoritmo de machine learning usando decision trees ou regressao logistica pode me receitar um remedio com precisão muito maior que qualquer ser humano na face da Terra ?

    Cara, a medicina nunca vai ficar em desuso, quem vai ser reduzido A PÓ são as tradicionais consultas médicas , diagnosticos feitos por ser humanos e tudo o mais. Não se precisa mais disso, nem para cirurgia. Ou os médicos aprendem a programar e a interpretar dados , ou vão ficar para trás, esmagados pelos Data Scientists.

    Médico não serve pra mais nada. Eu tenho horror a medicos e seus altissimos salarios gracas à reserva de mercado. Consultas/ Diagnósticos e cirurgias , qualquer coisa dessas é feito de modo muito melhor por A.I.

    6 meses atrás quebrei a perna e torci o joelho jogando futebol. Fiz um monte de exames. E tinha que retornar ao famigerado médico pra “ler meu diagnostico”. Eu obviamente não esperei e eu mesmo abri o CD com os dados da tomografia computadorizado e dos Raios X.
    Treinei um modelo em Tensor Flow – DNN Classifier : Deep Neural Networking com uma base de dados a qual tinha acesso quando morava em Manchester (Na verdade, tem várias on line, muitas universidades de ponta estão disponibilizando isso) e como felizmente meu joelho e minha perna em nada diferem do joelho e da perna de um britanico, o meu modelo deu 99.1% de acerto que eu tinha rompido o LCA (Anterior Cruciate Ligament (ACL) .

    ….que foi a mesma coisa que o tal medicuzinho aqui em SP me disse depois : além da perna quebrada, eu tinha rompido o ligamento cruzado anterior.

    Em suma: a profissão de médico só dura enquanto houver a maldita reserva de mercado, que é algo mundial.

    Médicos já estão na lista de profissionais como cobradores de ônibus, frentistas, professores e etc de profissões totalmente inúteis que estão fadados ao ostracismo nos proximos anos. Mais triste que tudo isso, é ver quem só procura uma profissão por $$$. Eu sinceramente, vou estar feliz porque vou ver a derrocada dessa classe de profissionais, que juntamente com políticos, é a classe que mais ganha dinheiro injusto na face da Terra.

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 28 de janeiro de 2017 at 23:54

      Aumentando a lista de empregos obsoletos nos proximos anos :

      *MEDICOS ; já não servem pra nada.
      *FRENTISTAS DE POSTO DE GASOLINA : esses só existem no Brasil ainda por causa de um comunista chamado Aldo Rebelo e sua proibição da automatização das bombas.
      * PROFESSORES (É MUITO MAIS PRODUTIVO ASSISTIR AULAS ON LINE )
      *COBRADORES DE ÔNIBUS : dispensa comentários.
      *MOTORISTAS (Não preciso falar do Autopilot da Tesla, né?) apesar de um ou outro acidente aqui e acolá, é muito mais seguro do que qualquer motorista que já existiu na face da Terra…não vejo a hora quando chegar o dia em que poderei sentar no meu carro, abrir meu bourbon Jack Daniels e tirar um cochilo enquanto o carro me leva pra casa). Nos EUA e na Europa isso já tá virando coisa comum.

      * PROSTITUTAS : bonecas ultra-realistas, com seios e quadris de silicone, simulando temperatura corporal de 36,5 graus Celsius, que farão o que vc quiser, e te responderão com uma precisão maior que de uma Siri da Apple ou Cortana da Microsoft. Além de nunca ficarem velhas.

      12+
      • avatar
      • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 01:52

        Cramulhão, não creio que médicos vão se tornar obsoletos, pelo menos a curto e médio prazos, asim como professores, prostitutas e até motoristas profissionais.
        Só vai ficar obsoleto quem não se adaptar aos avanços da ciência e da tecnologia, estamos bem longe ainda de sofware que substitituam médicos, professores e motoristas. Na realidade estes sistemas estão ajudando estes profissionais a realizarem seu trabalho com mais precisão, previsibilidade e segurança.
        Professores hoje por exemplo tem recursos auxiliares de aprendizagem nem mesmo sonhados décadas atrás e isto pode revolucionar a educação. Outra faceta da educação é que diferentes alunos tem diferentes necessidades e acho ótimo que alunos brilhantes e que não precisam de professores possam estudar sozinhos mas isto representa uma pequena parte da população.
        Eu ecredito sim que teremos uma expecialização ainda maior em algumas profissões e a redução da demanda em outras, algumas profissões terão mais concorrência como as prostitutas, pornografia em realidade virtual já é uma realidade.
        Quanto aos frentistas de posto de gasolina eu não entendí porque estão na comparação pois não tem a ver com as outras profissões, já estão sendo extintos assim como os chapeiros dos Mc Donalds e os artistas de sandwich do Subway.
        Não se pode chamar de profissão alguma coisa que você pode aprender em 2 dias ou menos.
        No caso dos motoristas ainda existem muitos casos críticos e principalmente muitos equipamentos que necessitam deles, maquinário caro que custa milhões em alguns casos e que tem longa vida útil, além da tecnologia a parte financeira é muito importante como em todos os outros casos.

        15+
        • avatar
        • avatar
        • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 10:03

          1 – Quem disse que precisa ser o diagnóstico do médico brasileiro que escreveu num papel pra ser mais um registro da base do banco de dados? Eu acabei de citar o fato de um banco de um hospital britânico. Já tem muita coisa pronta e gratuita na Internet. ..há pessoas trabalhando nisso há mais de 20 anos.

          2 – até mesmo aqui no Brasil, há planos médicos como Amil que lançaram aplicativos que já servem para guardar histórico de diagnósticos dos pacientes. Preciso explicar pra que isso vai servir em breve?

          4+
          • avatar
          • avatar
        • bolhista cearense 29 de janeiro de 2017 at 12:45

          Carlos, concordo contigo no que diz respeito a obsolescência dos médicos, mas digo que, em alguns anos, o salário dos médicos cairá. Digo isto por causa da quantidade de cursos/faculdades de medicina que estão abrindo por aí Brasil afora. Com a Odontologia foi assim e isto é relacionado com a lei da oferta e procura senão vejamos: quando um determinado produto ou serviço é oferecido por vários fornecedores, seu preço cai. Vou explicar melhor. O programa Mais Médicos foi criado para levar estes profissionais até regiões remotas onde os médicos brasileiros não querem ir, constituindo-se a tão famosa “reserva de mercado” negada por todos os médicos, mas ela existe. Os médicos deste programa foram enviados para regiões de difícil acesso ao mesmo tempo que seriam aumentadas as vagas de medicina nas universidades públicas e criadas novas particulares para, no futuro, formarem profissionais para trabalharem nestas localidades. Ora, se existem mais profissionais formados e a maioria deles só quer permanecer nos grandes centros urbanos, o valor das consultas cairá (aumento da oferta de serviço). Com o “inchaço” nestes centros, cada vez mais médicos serão forçados a deslocarem-se para os sertões, amazônia, Acre, etc. Logo, o salário pago reduzirá devido a quantidade de pessoas que desejarão ir morar nestas localidades.

          4+
          • avatar
      • AlexJLL 29 de janeiro de 2017 at 02:28

        E mais:

        * Piloto de avião;
        * Arquiteto;
        * Pessoal de escritório que faz tarefas repetitivas no computador/planilhas;
        * E por aí vai…

        8+
        • avatar
        • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 02:47

          Arquiteto é uma profissão consultiva, você não necessita de contratar a pessoa assim como várias outras que não creio que serão extintas da mesma maneira do que frentistas de posto de gasolina.
          Você contrata um arquiteto para ajudar a colocar suas idéias no papel e te ajudar com a parte técnica, saber usar computador ou Autocad não significa necessariamente que a pessoa saiba projetar uma casa que seja funcional o que tenha alguma “beleza”.
          Tem toda uma gama de profissionais que ainda existem mesmo com o advento dos desenvolvimentos tecnologicos e provavelmente vão continuar existindo pois as pessoas simplesmente não tem tempo e nem conhecimento para usar estes recursos.

          8+
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 11:32

            Já temos robos que conseguem escrever roteiros de filmes e novelas. Não vejo porque ele também não pode a vir a concluir um projeto arquitetônico.

            3+
            • AlexJLL 29 de janeiro de 2017 at 20:27

              Músicas também, vide projeto deepjazz.

              3+
              • avatar
      • Zebolheu 29 de janeiro de 2017 at 08:52

        Robôs substituindo prostitutas… O grau de sandice é grande!

        8+
        • avatar
        • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 10:44

          Quero uma modelo Pris.
          Ela é meio estranha ainda mas nada que algumas doses de whisky não resouvam =P
          E inclusive tem emoções humanas, coisa que muitas mulheres aparentemente não tem hoje em dia. Bingo duplo…

          http://au.askmen.com/news/tech/the-first-sex-robot-to-have-humanlike-emotions-is-coming-soon.html

          4+
          • avatar
        • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 11:15

          Vai chegar um monte em que um homem vai pensar : qual sandice maior, viver com uma mulher “natural” , ou com uma dessas bonecas lindas e siliconadas produzidas em várias start-ups de San Francisco ?

          Desculpe amigo, mas onde está a sandice mesmo ? Vc já deve sabe que esse mercado de bonecas simulacros de mulher real com inteligência artificial só cresce….

          2+
        • bolhista cearense 29 de janeiro de 2017 at 12:51

          O cinema já adiantou isso há alguns anos atrás mas não sei se dará certo; Crerri 2000: https://www.youtube.com/watch?v=_Vf1w4_mLoE

          2+
        • John Horse 30 de janeiro de 2017 at 01:27

          Ou é Xarope ou nunca trepou de verdade na vida. Vide a cena do Steve Jobs entrevistando o executivo coxinha em “Piratas do Vale do Silício”.

          3+
      • MauricioSP 29 de janeiro de 2017 at 17:56

        A longo prazo todas as profissões tendem a ficar obsoletas, e a humanidade vai ter que aprender a preencher o tempo com diversão. Os robôs e inteligência artificial dominarão tudo. O X da questão é definir o quão longo é este prazo. Em 1960 ema empresa chamada Hanna Barbera criou um desenho imaginando o mundo do futuro e criou os Jetsons. Imaginando onde a tecnologia nos levaria, carros voadores, empregadas robôs, telecomunicação e viagens espaciais seriam coisas comuns. Como todos sabem, ainda estamos bem longe de tudo isso.

        Apesar dos avanços tecnológicos, olhamos com otimismo imaginando que uma coisa será comum em 10 ou 15 anos, e acaba levando 30 anos ou mais. Eu lembro de ler em 1990 sobre a IPTV, sobre a possibilidade de qualquer pessoa assistir qualquer programa a qualquer hora, da comodidade da sua casa. Não dava para imaginar a carga de rede/computador necessário para isso. E hoje 30 anos depois isso é comum com Youtube e Netflix. Mas demorou!

        A mesma coisa deve acontecer com o carro dirigindo sozinho, não espero que isso seja comum em menos que 30 anos. Por comum, entenda que mais da metade dos carros tenha isso habilitado. E num país que o câmbio automático ainda é um luxo e mapas GPS funcionam mal, pode ser que demore 80 anos….

        Enfim, na minha opinião essas preocupações sobre a extinção de profissões não são para a nossa geração nem para nossos filhos….

        4+
        • AlexJLL 29 de janeiro de 2017 at 20:28

          Fazer o carro que dirige sozinho é MUITO mais difícil do que fazer o avião que voa sozinho.

          Também acho que carro 100% autoguiado é pra só pra próxima geração.

          0
      • John Horse 30 de janeiro de 2017 at 01:25

        Que puta vai acabar, aí você já ta de sacanagem… Nego ficar lambendo plástico??? Como já dizia a Bruna Surfistinha, os clientes querem é fazer a mulher gozar…

        4+
    • SampaBoy 29 de janeiro de 2017 at 00:20

      Rs..ok Cramulhao, vou fazer um contraponto. Sou medico e gosto de tecnologia.
      – o problema maior da medicina não é o diagnostico e nem mesmo a propria consulta. Isso ate pode ser feito ou auxiliado bem pela I.A. O problema maior é a responsabilidade pelo diagnostico e pela conduta. Cada diagnostico em medicina, alem de não ter uma precisão 100%, é acompanhando por pequenos diagnosticos secundarios que podem mudar a conduta. OS diagnosticos secundarios são muitas vezes vagos, subjetivos (englobam caracteristicas emocionais, avaliações de colorações diferentes, variaveis imprecisas como dor e desconforto do paciente) e estao sujeitos a muitos erros se colocados em diagramas digitais de decisao. Um medico, muitas vezes, so olhando para a face do paciente e a expressao dele ao falar ou sofrer sabe quantificar o quao grave é , e qual a melhor conduta a ser seguida. quando temos algo grave na nossa saude não queremos um computador decidindo o que é melhor fazer, queremos alguem experiente e humano para tomar a melhor decisao.
      – procedimentos cirurgicos ainda são realizados completamente por movimentos humanos. Tanto a videocirurgia (laparoscopias) como as cirurgias roboticas são apenas extensões dos movimentos humanos digitalizadas de forma a dar uma melhor visualizacao e precisao , mas estao ainda ha anos-luz de ter qualquer coisa parecida com filmes de ficção em que um robo toma a decisao de onde cortar ou costurar. Isto porque a pluraridade das possibilidades de acontecimentos biologico , mesmo considerando uma imagem tridimensional totalmente controlada, é extremamente alta e perigosa. um pequeno corte ou ligadura de vaso tem que ser decidida em frações de segundo pelo cerebro humano, que é capaz de fazer isso quase que automaticamente (devido a experiencia). Um micro lapso de tempo digital em algumas situacoes seria fatal.
      – um medico quando atende uma consulta, faz um diagnostico e prescreve um remedio ele nao esta ganhando so pra isso. Ele esta assumindo uma responsabilidade enorme em acertar o diagnostico, a melhor conduta e tratamento, em geral estara a disposição do paciente durante o tratamento para duvidas e contornar situações nao previstas e pode ser contestado caso alguma coisa não de certo. Hoje em dia a maior parte dos medicos se ampara na tecnologia para tomar a melhor conduta, mas a decisão final doque deve ser feito sera sempre dele, e sempre haverao algumas possibilidades diferentes a serem decididas.
      – o quanto um medico ganha é algo muito variavel. tem medico que aceita r$30 numa consulta e tem medico que cobra r$1000. Este que ganha 1000 em uma consulta não cobra isso porque tem o mercado “reservado”, ele ganha isso porque pagam a ele. É uma questao de demanda. Os medicos mais baratos estao amplamente disponiveis, a internet tambem. Pergunte a alguem que foi a um medico, e gastou 1000 em uma consulta , o porque ele fez isso . Pagam porque ele demonstra experiencia, ja tratou muitas pessoas que tem problemas semelhantes, oferece resultado e segurança ao paciente. Se voce acha que uma conversa de 40 minutos e um exame clinico nao valem 1000 reais pense bem : 10 ou mais anos de estudo, milhares de atendimentos previos para formar uma experiencia, pos graduacoes, assumir o risco das responsabilidades , etc….é por isso que ele cobra caro, não é pelos 40 minutos de consulta.

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 00:46

        10 Robotic Surgery Companies
        http://www.nanalyze.com/2016/07/10-robotic-surgery-companies/

        ———————————————–
        Better than a human surgeon
        Performing heart surgery without touching the heart

        (Performing heart surgery without touching the heart 05:57)
        The idea might scare you, but scientists are making it happen — and doing it safely — as shown in a recent study by surgeons at Children’s National Medical Center in Washington.
        http://edition.cnn.com/2016/05/12/health/robot-surgeon-bowel-operation/

        ——————————————————-

        0
        • Zebolheu 29 de janeiro de 2017 at 08:57

          “This smart, intelligent technology will tell you how to (conduct surgery) optimally,” … “This is not to replace surgeons tomorrow but provide collective experiences of how things should be done.”
          Alguns pontos a considerar:
          1. A reportagem é da CNN. O interesse dos jornalistas e chamar a atenção para a matéria, e não informar corretamente sobre o assunto. Assim, quanto mais sensacionalista, melhor
          2. O robô não realiza a cirurgia, apenas auxilia sugerindo o melhor procedimento.
          3. A tecnologia ainda está em fase de pesquisa.

          5+
          • avatar
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 09:54

            Yes. It helps the surgeons for While, what about after that? RATHER OBVIOUS!!!

            U have to be really naive to believe things are gonna stop like this …

            Come one buddy, say something about the 10 companies mentioned on the previous links.

            0
            • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 10:03

              Yes. It helps the surgeons for While, what about after that? RATHER OBVIOUS!!!
              Yes. It helps the surgeons for a while, but I believe it may change in the future.
              O Rather obvious!!! já é muito especulativo 😀
              U have to be really naive to believe things are gonna stop like this …
              Não entendi seu uso de “naive”, talvêz “uninformed” ou “unaware”?
              gonna end that way soa bem melhor do que “gonna stop like this”

              1+
              • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 10:04

                E considero o meu ingrêis bem meia boca 😀

                2+
                • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 10:18

                  Depois que vc passa 8 anos se relacionando com uma nativa da língua, inglês se torna sua primeira língua.

                  Dica: case-se com uma pra vc entender melhor esses “gaps” e compreender linguagem informal . Mas não se esqueca: mulher é igual em qualquer lugar do mundo.

                  ….pain in the ARSE!

                  0
              • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 10:13

                I beg your pardon…

                U must be livin in the U.S , right?

                Naive , yes, sinonym if silly, bogger(Irish).BTW it is not the first time I see non-European criticism it…

                Ps: o uso de “end like this” estaria totalmente errado nesse caso, meu amigo. Vc entendeu errado. Tem que ser “Stop like this” out “cease like this” porque da a idéia da possibildade de continuidade, não finalidade.

                But fuck this shit….I see u guys are kinda uncomfortable with the reality of A.I and are taking things personally.

                1+
                • avatar
                • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 10:28

                  Se vai ficar botando panca em outra língua pelo menos faça isto direito.
                  Levaria bomba no IElTS e no TOEFEL sem a ajuda da internet que usou para criar esta resposta toda cheia de frescurite.
                  Tem horas que você simplesmente enche o saco desfilando sua genialidade, experiência e diplomas que não te impediram de ter sido feito de trouxa por um destrutora.
                  Muita gente aqui no blog tem muita educação educação, cultura e experiência e é fácil perceber isto na maneira como se espressam, nenhum deles fica nem precisa ficar ostentando diplomas e sua suposta genialidade.
                  Até o véio Lucas tem muita coerência e conteúdo mesmo quando se expressa na maneira “mestre yoda”

                  Menos Dr. PhD Cramulhao, muito menos.

                  14+
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 11:09

                    Cara, nunca prestei o IELTS, mas sim o CPE, e inclusive já dei aulas preparatórios para o CPE no Brasil numa época em que estava desempregado. Vou me preocupar com a sintaxe e correção gramatical num blog cujo foco é Real Estate? Só alguém muito inseguro com a Língua Inglesa faria isso…risível.

                    Perceba que eu notei que vc levou meus dizeres para o lado pessoal e te antecipei nas críticas, que eu sabia que viriam.
                    As discussões que tive com o Lucas ficaram meramente restritas à benevolência dele para com certo partido, nada mais, de resto, admiro tudo que ele expressa…agora, o que isso tem a ver ?

                    Relaxa cara, ninguém precisa provar nada pra ninguém aqui. O que eu escrevi a respeito de A.I qualquer adolescente fazendo cursinho na Coursera, EDX e afins já sabe. Não entendi porque vir cheio de pedras.

                    É obvio que muitas dessas coisas não estão “prontas” ainda. mas isso é RATHER OBVIOUS, RI? Uma “crítica” com tamanha superficiliadade não serve para mais nada do que encher linguiça. O que eu quis deixar claro é : a profissão de médico vai se tornar obsoleta sim, como tantas outras , já está a caminho disso, e vai acontecer, quer queira quer não.

                    1+
                  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 11:12

                    E sim, fui feito de trouxa por uma construtora não, mas por duas. Pelo menos fui honesto e fiz o meu trabalho. Onde está o desmérito aí? Tenho que sentir vergonha?

                    Obs: essa coisa de guardar os “erros” de uma pessoa pra depois jogar na cara dela numa discussão me lembra bem discussões de casais. Parabéns, cara, vc já pode se casar.

                    8+
                    • Lucas 30 de janeiro de 2017 at 11:15

                      kkkkk
                      vcs brigam bem
                      gostei
                      abrxxx pros 2
                      (mas n é pelo partido não vu, aquele partido é tão ruim, ou tão bom quantos os seus elitores, tem gente boa lá dentro, é diferente do PT que são todos bandidos)

                      2+
                      • avatar
            • Zebolheu 29 de janeiro de 2017 at 12:35

              None of them replaces the surgeon… Nor promises to do it in a near future.

              1+
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 00:51

        “não queremos um computador decidindo o que é, melhor fazer”

        Estou com muito sono pra explicar isso agora , mas não é o robo que decide deliberamente o que fazer, mas sim, ele simplesmente consulta todas as decisões tomadas corretamente no passado por milhões de diagnósticos médicos anteriores e por isso é como se fossem milhões de médicos analisando o mesmo paciente numa fração de segundos , o que é uma das coisas que explica a minimização dos erros no diagnóstico.

        4+
        • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 02:02

          Sua resposta tem uma erro básico em se basear apenas em consultar casos antigos, nem tudo está previsto caro Cramulhao de onde vai tirar toda esta informação? Dos garranchos dos médicos? Nem eles mesmos entendem…
          Sim, sei dos banco de dados semanticos usados para se analizar registros médicos, tive um professor que pesquisa isto.
          Onde existe este banco de dados? Médicos anotam tudo aquilo que fazem? Isto tudo é gravado? No Brasil?
          Lembre-se que a realidade dos pacientes pode ser muito diferente de onde os dados foram recolhidos e isto é parte da percepção, conhecimento e instito dos médicos que atedem esta população.
          Sistemas de auxíllio a decisão, fuzzy e outros são coisas bem antigas, conhecidas e já utilizadas a um bom tempo.
          Creio que um ponto mais “real” seria aquilo mesmo que você mencionou: reduzir erros de diagnóstico e agilizar o trabalho dos profissionais de saúde.
          Não se esqueça tb de que existe toda uma gama de expecializações médicas e profissionais de suporte.

          3+
          • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 02:13

            Outro fato que considero importante e que me esquecí de mencionar: as doenças evoluem conjuntamente com a evolução humana, mudanças socio-econômicas e tecnológicas.
            Certas doenças estão sendo praticamente extintas e outras consideradas raras estão se tornando comuns só devido ao fato de que as pessoas estão vivendo mais. Tem muita gente ignorante que vive dizendo que todo mundo morre de cancêr hoje em dia, sim estas pessoas morrem de câncer porque se livraram das outras doenças e não morreram antes de outra coisa qualquer.
            Contrário as suas expectivas eu percebo governos preocupados com os futuros gastos e investindo em novas gerações de profissionais de saúde para cuidar da crescente população idoza.
            A China por exemplo tem potencial de se tornar um mercado gigante para aged care nos próximos anos pois a expectativa de vida está crencendo juntamente com a capacidade financeira dos habitantes de pagar por serviços. As mudanças sociais também são muito importantes neste caso e isto já acontece no Brasil, as famílias costumavam viver em grandes grupos onde alguns familiares tomavam conta das crianças e dos idosos, isto mudou, as pessoas tem que se mudar para arrumar emprego, por causa de novas oportunidades e vários outros fatores.
            Aged care e child care estão bombando aquí.

            5+
            • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 02:16

              E desculpem pelo analfabetismo, minha dislexia piora com o calor do Kazaquistão 😀

              3+
              • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 02:56

                Uma lista de referências que criei rapidamente.

                “http://www.forbes.com/sites/russellflannery/2016/09/05/doctor-shortage-leads-chinas-u-home-to-look-abroad-for-growth/#2a3bf5967924
                “http://fortune.com/2016/08/20/china-healthcare-system/
                “http://www.thenational.ae/world/south-asia/shortage-of-doctors-in-india-takes-a-toll-on-public-health
                “http://www.techtimes.com/articles/131870/20160209/will-robots-in-healthcare-make-doctors-obsolete.htm
                “http://www.alternet.org/books/death-professional-are-doctors-lawyers-and-accountants-becoming-obsolete

                3+
                • avatar
          • to bolhado 30 de janeiro de 2017 at 10:00

            acho que o argumento do Cramulhão faz sentido no aspecto de que a tecnologia vai cada vez mais sendo incorporada e que as profissões vão modificando, perdendo a importância no sentido de quantidade, mudando a qualidade. Além do ódio ao corporativismo médico / reserva de mercado, do qual compartilho. Mas a idéia de que no médio prazo médicos perderão a profissão para robôs incorre num erro de premissa brutal – a de que hoje, ou num futuro próximo, a medicina já mapeou ou terá mapeado todas as enfermidades e possibildiades de tratamento. O universo do que a ciência (na verdade Medicina é tecnologia, não ciência) já conhece é incomparavelmente menor do que o universo do que desconhece / não consegue explicar. Um tratamento que resolve 70% dos casos é considerado um sucesso em qualquer enfermidade, sem haver nenhuma explicação para o que acontece nos outros 30%, muitas vezes não tendo nenhuma ferramente preditiva se o caso específico está nos 70 ou nos 30 (a não ser testar o tratamento e ver se resolveu!). Essa fé cega no cientificismo está tão espalhada hoje em dia que as pessoas o assumem como premissa e vão formando raciocínios com base nele sem perceber

            3+
        • BolhistaBR 29 de janeiro de 2017 at 13:42

          Pergunta: Se o robô vai consultar decisões anteriores tomadas por médicos humanos e se eles virão a substituí-los, então não haveria uma hora em que não existiria mais base de dados com decisões de médicos humanos? Lembre-se de que a medicina evolui e as mesmas decisões de ontem não serão as melhores pra amanhã.

          6+
    • macca 29 de janeiro de 2017 at 07:14

      Já criaram um robô advogado com base na plataforma IBM/Watson, o ROSS. Atualmente, nas demandas de massa ninguém lê mais nada, são utilizados modelos de manifestação e decisão.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 08:18

        Adoro tecnologia e minha área de formação é ciência pura mas ainda não acredito que certas profissões serão substituídas completamente por robôs ou sistemas de software pelo menos a médio ou curto prazo.
        Veja o caso dos médicos por exemplo, em praticamente a metada das consultas que eu me lembro foram 15 minutos de exames e 40 minutos a 1 hora de papo, coisas que foram muito importantes na época e que as vezes não queremos aceitar e temos que ouvir para que possamos mudar nossos comportamentos e atitudes.
        Não sei se um sistema de inteligência artificial teria a mesma capacidade ou se uma pessoa consideraria seus conselhos como considera os de outra pessoa.
        O fator humano é muito importante nestes casos e não pode ser subestimado.

        10+
        • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 11:30

          “sei se um sistema de inteligência artificial teria a mesma capacidade ou se uma pessoa consideraria seus conselhos como considera os de outra pessoa.”

          1 – A.I não tem a mesma capacidade, mas sim capacidade superior, sempre. Vc sempre “treina” uma A.I baseado nos acertos que milhões de humanos no passado. Vc sabe que o avião no qual vc voa já é controlado por A.I, certo ? As sugestões do Google Now, são A.I também. No caso do Machine Learning que analisou os casos da Corte Americana, o A.I nesse caso acertou os vereditos dados no passado com uma precisão absurda. Só fica a questão ética mesmo de se colocar ou não em pratica.

          2 – Adaptabilidade. Vc me lembra as pessoas que não acreditavam ou não confiavam que um avisão de centenas de toneladas poderia levantar vôo. É mera questão de tempo, até se tornar coisa comum na sociedade. A resistencia sempre vem dos mais velhos, não das futuras gerações…

          0
    • sapiano 29 de janeiro de 2017 at 09:27

      O que faz um visionário desses perder tempo num blog de internet
      Leve esse rapaz pra california Zuckerberg

      9+
      • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 29 de janeiro de 2017 at 09:51

        Colega, quem é você?

        Não sou “visionário ” , trabalho com isso ha 15 anos e qualquer adolescente bem informado sabe do que digo.
        E não se preocupe, devo voltar pra Londres, onde montei minha empresa, pois tomei calote no Brasil .

        “smart ass” do seu tipo fazem ser o e o Brasil é…já pensou em trabalhar em alguma construtora?

        5+
        • avatar
        • avatar
        • Hunter 29 de janeiro de 2017 at 12:37

          Cramulhão.

          Sou servidor público e tb tenho impressão de que IA vai tornar muitos de nós “simplesmente” inúteis.
          Acho que pode acontecer o mesmo que aconteceu com os outrora caixas do BB.
          No entanto, ainda tenho algumas dúvidas:

          1) a questão da responsabilidade pelo diagnóstico. Será que nesse caso, a IA não seria um grande alavancador da produtividade? Tipo: um médico passa a dar 300 diagnósticos por dia, permanecendo ele como o “responsável” por todos estes diagnóaticos?
          Lógico que isso iria enforcar o mercado da saúde (a necessidade quantitativa de médicos diminuiria fortemente), mas não remanesceria a responsabilidade sobre os ombros destes médicos?
          O mesmo raciocínio vale para as demais profissões.

          2) Para a engenharia civil, particularmente as atuações de campo, como seria o efeito da IA?

          3) O lobby das categorias/sindicatos vair retardar isso o máximo que puder, e como aqui somos eststólatras, pode ser que as coisas demorem mais a mudar (a näo ser tenhamos um improvável surto de liberalismo verdadeiro e a população se volte fortemente contra o Estado).

          5+
          • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 20:02

            Hunter, um fato curioso sobre a responsabilização é que os testes de veículos autônomos deram uma esfriada nos EUA e uma das causas é justamente que não existe até agora uma legislação que possa ser aplicada no caso de um acidente por exemplo. Quem é o responsável? O software de AI, a Sony que fez a câmera, etc. Como vão decidir se foi culposo ou doloso?
            Veja que existem problemas “morais” a serem considerados e posso dar um exemplo hipotético bem simples:
            Você está dirigindo e alguma coisa acontece ao seu redor como uma criança atravessar a rua na sua frente e suas opções são:

            – Tentar parar e correr o risco de atropelar a criança.
            – Desviar para a direita e colocar a sua vida em risco podendo atingir uma árvora.
            – Desviar para a mão contrária e atingir outro veículo.

            Tem uma discussão interessante aquí:
            When Robot Cars Kill | Auto Expert John Cadogan | Australia
            https://www.youtube.com/watch?v=NvKBZii-WpI

            2+
          • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 20:02

            Veja que existem problemas “morais” a serem considerados e posso dar um exemplo hipotético bem simples:
            Você está dirigindo e alguma coisa acontece ao seu redor como uma criança atravessar a rua na sua frente e suas opções são:

            – Tentar parar e correr o risco de atropelar a criança.
            – Desviar para a direita e colocar a sua vida em risco podendo atingir uma árvora.
            – Desviar para a mão contrária e atingir outro veículo.

            Tem uma discussão interessante aquí:
            When Robot Cars Kill | Auto Expert John Cadogan | Australia
            https://www.youtube.com/watch?v=NvKBZii-WpI

            2+
    • BolhistaBR 29 de janeiro de 2017 at 13:26

      Concordo com muita coisa q vc disse, mas acredite: Embora uma precisão e rapidez muito maior possam ser alcançadas com o uso da tecnologia, existem e sempre existirão situações as quais um “robô” deixará a desejar.

      Entendo que é algo que tirará MUITO mercado dos médicos, mas daí a ser algo que os substituirão totalmente beira a utopia.

      Principalmente quando pensamos a nível de Bananil, onde toda e qqr tecnologia que venha a substituir gente é olhada de lado. Dou como exemplo os próprios frentistas a quem vc se referiu.

      Não há necessidade NENHUMA de tê-los. Mas sempre os teremos. Pq?
      Pq estamos num país de 5o mundo onde tudo que é evolução demora 150 anos pra chegar ou ser aceito.

      Outro exemplo? Proibição de uber no hell.

      Esquece.

      6+
      • avatar
      • avatar
    • Zebolheu 30 de janeiro de 2017 at 00:32

      Se alguém quiser saber o que os pesos-pesados da IA discutem sobre o alcance da Data Science e do Deep Learning, podem começar pelo post do Yan LeCun e e a entrevista do Michael Jordan (o cientista, não o jogador, kkk) para a IEEE Spectrum.
      https://www.facebook.com/yann.lecun/posts/10152348155137143

      Na boa, esses tais cientistas de dados, que usam APIs de Python ou R como black boxes sem saber o que tem dentro, vão sumir antes dos médicos. É muito mais fácil criar um programa que aprende a montar o melhor modelo para analisar uma massa de dados qualquer do que substituir um cirurgião.

      2+
      • avatar
    • chaveiro 30 de janeiro de 2017 at 13:32

      Poucas vezes li tanta besteira em um texto. Acompanho o blog desde o início e somente agora não resisti(as pedradas) e fiz meu cadastro.
      Vejam Vcs q até gostava dos textos do cramulhao, pq achava q ele entendia do que falava. Porém após dedilhar tanta coisa sobre o que não sabe, Tou na dúvida das outras coisas sobre o que escreveu aqui no blog.

      Vc disse que o computador pode diagnósticar uma fratura com uma simples tomografia? Cara, tomografia não é simples e é cara. Uma simples radiografia dependendo do local da fratura te dou 100% de certeza. TC é exceção.
      Diagnosticou Rotura do lca com tomografia? Acho difícil hein…
      O diagnóstico é clínico (exame físico), o exame COMPLEMENTAR é a ressonância magnética que pedimos para COMPLEMENTAR e o convênio autorizar.
      Vc agora tem uma rotura do Lca e aí? Cirúrgico ou conservador?
      Se for cirúrgico onde tem robô q opera? E se for conservador?

      O médico leu o exame? O exame foi laudado por outro médico, o radiologista.

      Além disso cirurgias guiadas por computador elevam e muito os custos.

      Eu não abro a boca pra falar de cálculo pq não entendo.
      Acho q vc deveria fazer o mesmo sobre o que não sabe.

      Uma notícia da mídia

      https://www.google.com.br/amp/noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/efe/2016/10/10/computadores-ainda-nao-sao-capazes-de-superar-os-humanos-na-medicina.amp.htm?client=ms-android-samsung

      6+
      • avatar
  • simone 29 de janeiro de 2017 at 08:42

    Nova Zelândia abre inscrições para estudantes do Brasil

    O governo da Nova Zelândia abrirá, a partir de 16 de fevereiro , inscrições para o programa New Zealand Development Scholarships, voltado para brasileiros interessados em uma vaga de pós-graduação, mestrado ou doutorado, em temporadas que vão de seis meses a quatro anos no país. Os interessados poderão se inscrever até o dia 30 de março.

    As áreas prioritárias de estudo são Agricultura e Energia Renovável, com o objetivo de fomentar avanços acadêmicos e científicos nesses campos em seus países de origem. Para concorrer, o candidato precisa ter até 39 anos, ter trabalhado por pelo menos um ano na área, comprovar proficiência e comprometer-se a retornar ao Brasil por pelo menos dois anos para colocar em prática o que aprendeu.

    CLIQUE AQUI para saber mais. A página é do governo da Nova Zelândia.
    Postado por Polibio Braga

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 10:16

      Kiwilãdia é excelente para se viver e estudar, mas as oportunidades de trabalho são em número bem reduzido.
      No mais eu sou doido para morar na adeia dos hobbits em Matamata 😀

      4+
      • avatar
  • Alemon Fritz 29 de janeiro de 2017 at 08:48

    a gente previu isso aqui:

    Corretor sai para fechar venda e é encontrado morto na grande Curitiba

    https://diario24h.com/parana/curitiba/corretor-sai-fechar-venda-encontrado-morto-grande-curitiba/

    7+
    • avatar
    • avatar
  • simone 29 de janeiro de 2017 at 08:50

    Corte Suprema autoriza ingresso de refugiados e imigrantes que já estavam em viagem aos EUA

    Uma decisão da Justiça dos Estados Unidos tomada na noite de sábado, dia 28, suspende parte do decreto do presidente Donald Trump de proibir o ingresso de refugiados e imigrantes de sete países muçulmanos. Pela ordem da corte federal, fica autorizado o ingresso de estrangeiros dessas nações em situação legal de visto que já estão nos aeroportos americanos e também daqueles que estão em trânsito.

    Cidadãos do Irã, Iraque, Líbia, Somália, Sudão e Iêmen não podem entrar nos EUA pelos próximos noventa dias. Para sírios, o banimento tem tempo indeterminado. Detentores de “green card” terão de passar por aprovação para entrar nos Estados Unidos, com análise caso a caso, disse uma alta fonte da administração Trump neste sábado.

    A medida beneficia entre 100 e 200 imigrantes que estavam presos nos aeroportos americanos esperando por uma definição.

    O novo decreto presidencial assinado por Donald Trump causou confusão em aeroportos do mundo todo neste sábado. No aeroporto internacional JFK, em Nova York, centenas de pessoas protestam contra Trump desde o início da manhã (veja foto ao lado, acima).
    Postado por Polibio Braga

    3+
    • avatar
  • Alemon Fritz 29 de janeiro de 2017 at 09:10

    corvos mentirosos, e tanto faz

    Bombinhas:Corretora de imóveis suspeita de aplicar golpe em proprietários de casas de veraneio
    Mais de 50 pessoas prestaram queixa contra ela
    http://ndonline.com.br/florianopolis/noticias/corretora-de-imoveis-suspeita-de-aplicar-golpe-em-proprietarios-de-casas-de-veraneio

    Falso corretor é preso em Piedade
    Um homem de 45 anos foi preso em flagrante na manhã desta quarta-feira (27) comercializando lotes clandestinos no Bairro Boa Vista, em Piedade. no valor total de 5mihoes….
    http://www.jornalcruzeiro.com.br/materia/672253/falso-corretor-e-preso-em-piedade

    5+
    • avatar
    • Carlos 29 de janeiro de 2017 at 10:19

      Caro Alemon, eu acredito que em matéria de mentira as aves das penas escuras só percam para os vendedores de carros usados 😀
      E olha que vendedor de carro usado é odiado mundialmente, até mais do que os caras do ISIS.

      7+
      • avatar
      • avatar
  • Moreira 29 de janeiro de 2017 at 09:30

    Sobre as canhestras políticas do governo passado e complementando o artigo do mises.org:

    http://www.antp.org.br/noticias/clippings/programa-do-governo-atraiu-r-85-bilhoes-de-montadoras-mas-fracassou-.html

    3+
    • avatar
    • CA 29 de janeiro de 2017 at 12:06

      Moreira,

      Artigos como este são bons para lembrarmos como políticas heterodoxas, visando ganhos setoriais, focadas em pedaladas, maquiagens e muita desinformação, tentando plantar um otimismo ufanista, só tem um resultado possível, que é a geração de uma destruição cada vez mais intensa da economia e sociedade.

      O que tem faltado na imprensa, é uma comparação honesta entre o que o governo anterior fazia e o que o atual faz.

      Alguns exemplos:

      1) Promessas de crescimento do PIB antes do ano iniciar:

      Mantega prometia um crescimento antes do ano iniciar que depois demonstrava ser quatro vezes maior que o real.

      No primeiro orçamento de 2017 enviado para o congresso, que servia de base inclusive para a previsão de déficit fiscal, Henrique Meirelles estimou um crescimento do PIB de 1,6%, sendo que depois o próprio governo reduziu para crescimento de 1%, deverá fazer uma nova revisão para baixo em breve e tudo indica que o ano de 2017 fechará com um resultado, na melhor das hipóteses, que será de menos de 1/4 da previsão de Meirelles.

      2) Dilma e Mantega faziam de conta que não existia uma bolha imobiliária, faziam de conta que um ajuste frente a uma crise fiscal da proporção que temos poderia ser “suave”, onde mesmo as medidas mais críticas não teriam pressa e tomando ações contraditórias em relação ao ajuste, sempre negando que seriam contraditórias.

      Qual a diferença em relação ao que Temer e Meirelles estão fazendo? Aliás, adiam as más notícias de forma até mais intensa do que o governo anterior: o déficit fiscal de 2017, por exemplo, continua com uma estimativa que é “baseada” na primeira previsão do PIB e não estão com a menor pressa em contar a verdade, vão aguardar no minimo até a divulgação dos resultados do 1T17 para contarem a “surpresa”.
      E a declaração de Meirelles em Davos, de que “esperava” que as agências de avaliação de risco subissem o rating do Brasil antes de 2018, ou seja, em 2017!!! Isto porque no cenário mais otimista, teremos um superávit novamente só em 2020. Tudo para tentar gerar um otimismo ufanista e ver se por milagre os problemas se resolverão sozinhos.

      3) Baixar os juros mais do que deveria e do que os fundamentos permitem, como Dilma ordenou em 2012. Qual a diferença com o que está sendo feito agora, onde não temos na prática nenhum ajuste fiscal sendo feito, apenas um conjunto de promessas e mesmo assim o BC forçou a mão para que os juros caíssem mais? Se tivéssemos um ajuste fiscal com o mínimo de seriedade, o BC até poderia fazer isto, mas como sabemos, nem as nossas previsões são honestas, muito menos as ações mais críticas que por este governo estão sendo adiadas há quase 1 ano e se somar com a antecessora, 2 anos. Temos “enganos” também no caso do déficit fiscal, quanto a despesas, onde o cálculo do governo ignora o caos nas contas de vários Estados e Municípios, o REFIS, etc.

      Tem muito mais do que consta acima, como sempre, são apenas amostras.

      Até antes de 2015, normalmente neste blog e em de mais alguns de economistas conceituados quanto a suas análises de contas públicas, constavam alertas como os que estão acima. Agora parece que ficamos sozinhos nesta, junto com o outro lado da rua. O que aconteceu?

      Os ícones do ajuste fiscal estão no governo. As decisões que deixam a crise se agravar, são de cunho integralmente político, estes ícones não conseguem fazer sua voz prevalescer, mas por estarem no governo, também não podem criticar.

      Os poucos que entendem muito bem do assunto e não chegaram a ir para o governo, ficam aguardando os resultados para comentar, até para não serem vistos como “invejosos” e além disto, eles têm o temor de enfraquecer o governo atual e com isto, sem querer, estimular o discurso esquerdista e um candidato catastrófico para as próximas eleições.

      A única economista renomada que vi falando sobre parte da realidade, foi a Mônica de Bolle, quando comentou sobre o crédito direcionado e subsidiado que alcançou um patamar ainda mais anormal a partir de 2007 e ainda não voltou à normalidade ou quando ela comentou sobre o credit crunch para levantar a suspeita se não estaríamos em uma grande crise de crédito, em ambos os casos, sendo uma voz isolada e sem grande repercussão nos meios de comunicação.

      Agora resta aguardamos a verdade aparecer e depois vermos todos fazendo cara de surpresa e dizendo que nenhum economista, do governo ou não, podia prever a intensidade da crise, um discurso que já se repete desde 2015 e que no final, só destruirá cada vez mais a imagem da grande mídia, que cá pra nós, já está mais do que abalada desde as eleições de Trump. Não é a toa que vemos campanhas na grande mídia para que as pessoas não acreditem no que se diz na Internet, de forma generalista, eles sabem muito bem que estão sendo cada vez mais desmascarados pela realidade e que, como não podem, ou não querem falar a verdade, o que resta é tentar propagar a desconfiança sem fundamento contra aqueles que apresentam a realidade, o mesmo que alguns Trolls fazem por aqui.

      21+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • simone 29 de janeiro de 2017 at 11:29

    São Paulo tem superávit com R$ 1,5 bilhão em caixa

    Em relatório que será divulgado com o balanço de 2016, o Governo de São Paulo teve um superávit primário de R$ 1,5 bilhão nas suas contas.
    A administração paulista disse que isso é fruto do ajuste fiscal implantado em 1997 e da gestão prudente dos recursos públicos. Comparado com Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul, São Paulo tem menor proporção entre despesa de pessoal e receita, além de já estar cumprindo os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, pagando os percentuais constitucionais de gastos com saúde e educação.

    5+
  • Bolha BOSS 29 de janeiro de 2017 at 12:49

    Este blog é um templo de sabedoria.

    CVR

    Passando férias na casa da mãe, em um mesmo dia bateram a porta: Um vendedor de derivados de porco (torresmo, linguiça, cracóvia), vendedor de melancias, e uma senhora com uma caminhonete de luxo oferecendo um conjunto de panelas blablabla que trouxe da Alemanha.

    Fazia muito tempo que não via estes vendedores de porta em porta. Não está fácil para ninguém.

    33+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Libertario 29 de janeiro de 2017 at 13:08

      E como o pai dos bolhistas, comprasse qual dos artigos oferecidos???

      3+
      • Bolha BOSS 29 de janeiro de 2017 at 14:37

        Eu já comprei torresmo certa vez…rs

        7+
        • avatar
        • avatar
    • Antigo 29 de janeiro de 2017 at 13:33

      Ué, agora vendem artigos gourmet de porta em porta? KKK. Saudades das enciclopédias!
      Aqui ainda vejo caminhão vendendo fruta e um rapaz que vende pamonha quentinha.

      Será que o orçamento apertou e a senhora está se desfazendo dos itens de luxo que tinha em casa?

      6+
      • avatar
      • avatar
    • vitera 30 de janeiro de 2017 at 09:58

      Os vendedores de “panelas da alemanha” passaram no meu bairro no sábado. Dizem as más línguas na comunidade do facebook que eles clonam os cartões de crédito. Vai saber.

      2+
  • Alemon Fritz 29 de janeiro de 2017 at 13:18

    Iptu, ITBI e ….666!!!

    Em 2015, a receita dos municípios com IPTU aumentou 1,5%, em termos reais, em relação ao ano anterior, atingindo o valor de R$ 27,43 bilhões. Apesar do fraco desempenho, com o pior crescimento real desde 2004, o IPTU se saiu melhor que os demais impostos municipais, uma vez que o recolhimento do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis Inter Vivos (ITBI) sofreu queda de 7,9%, enquanto o Imposto Sobre Serviços (ISS) caiu 4,5%”, aponta o relatório.

    O (IPTU) começou a ser entregue em Catanduva… e o valor estimado de arrecadação é de mais de R$ 55 milhões. O valor exato é de R$ 55,7 milhões distribuídos em 66.607 imóveis. .
    A Prefeitura de Catanduva foi questionada pela reportagem para explicar porque o IPTU per capita está no ranking dos 100 municípios mais caro do país…

    http://www.oregional.com.br/2017/01/iptu-per-capita-de-catanduva-e-o-86-mais-caro-do-brasil-aponta-estudo_325099

    3+
    • avatar
    • Antigo 29 de janeiro de 2017 at 13:38

      Interpretando a reportagem, podemos concluir que as construtoras e os motumbados do passado estão pagando IPTU, mas as novas vendas não estão acontecendo. Imagino que seja uma questão de tempo até acabar o dinheiro deles e começar a cair o IPTU também.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Zebolheu 29 de janeiro de 2017 at 15:30

        Imagina o quanto teria crescido a arrecadação com IPTU se de fato todos pagassem, especialmente aqueles herdeiros das famílias tradicionais e os investiotários imobiliários!

        3+
  • ER 29 de janeiro de 2017 at 14:02

    Ao colega que perguntou sobre Medicina, sugiro que fique com a opinião do Sampaboy. Essa história de inteligência artificial substituir médico eu escuto há 20 anos e acho improvável de acontecer, pelo menos no tempo em que vivermos. Do mesmo jeito que não dá pra substituir um escritor ou um advogado por um computador, dificilmente você conseguirá trocar um profissional que tem que lidar com raciocínios e procedimentos complexos por uma máquina, ou mesmo gente de outras áreas e semi-profissionais importados de países comunistas. Um médico bem formado provavelmente ainda terá trabalho por muito tempo.

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • simone 29 de janeiro de 2017 at 15:03

    Preço do m2 do aluguel atinge o menor valor dos últimos dois anos em Porto Alegre

    O preço nominal médio do metro quadrado para aluguel em Porto Alegre foi de R$ 20,83 no quarto trimestre de 2016, menor valor desde o terceiro trimestre de 2014. Em relação ao mesmo período do ano anterior (R$ 22,50), a desvalorização foi de 7 ,42%.

    Isto é o que revela o levantamento Dados do Mercado Imobiliário (DMI), realizado pelo VivaReal , portal especializado no setor, contemplou uma amostra de 30 cidades em diferentes regiões do país e considerou mais de 2 milhões de imóveis usados disponíveis para compra ou aluguel.

    O preço nominal médio do m² para aluguel no Brasil atingiu R$ 23,40, apresentando uma queda de 8,3% no quarto trimestre de 2016 em comparação ao mesmo período de 2015 (R$ 25,51). São Paulo lidera a lista com o valor do m² de R$ 35,71, seguida por Rio de Janeiro (R$ 33,33), Brasília (R$ 32,40), Santos (R$ 29,09) e Recife (R$ 25,00).

    Em relação ao quarto trimestre de 2015, os cinco bairros da capital gaúcha com maior desvalorização para aluguel no último trimestre de 2016 foram Auxiliadora (-18,5%), Moinhos de Vento (-17,8%), Rio Branco (-14,9%), Santana (-14,6%) e Independência (-11,1%).

    3+
    • avatar
  • simone 29 de janeiro de 2017 at 15:04

    Preço médio do m2 de venda de imóvel em Porto Alegre foi para R$ 5.153,00
    De acordo com levantamento Dados do Mercado Imobiliário (DMI), realizado pelo Viva Real,o preço médio do m² para venda na Capital gaúcha atingiu R$ 5.153,00 no quarto trimestre de 2016. Em comparação ao mesmo período de 2015 (R$ 4.982,00), a valorização nominal foi de 3,43%. Já a média nacional do valor do m² para comercialização é de R$ 4.846,00 no quarto trimestre de 2016. A valorização nominal foi de 1% em comparação ao mesmo período de 2015 (R$ 4.800,00).

    Brasília lidera a lista das cidades com valor de venda mais alto do Brasil, R$ 8.403,00. A lista também conta com Rio de Janeiro (R$ 7.391,00), São Paulo (R$ 6.829,00), Recife (R$ 6.097,00).
    Postado por Polibio Braga
    às 14:50:00 0 comentários

    2+
    • avatar
  • Alemon Fritz 29 de janeiro de 2017 at 16:29

    no viva tá Mais abaixo do finge zap, a média no fingezap é mais que 7k e a do Rio de Nojeira é de 10K, ali esta 7,4k…

    3+
  • Alemon Fritz 29 de janeiro de 2017 at 16:40

    não tá fácil pros corvos

    Tio e sobrinho são presos suspeitos de falsificar 15 mil CDs, em Goiânia
    A Polícia Civil prendeu o corretor de imóveis Álvaro Luiz Ferreira Miranda, de 55 anos, e o sobrinho dele…
    http://g1.globo.com/goias/noticia/2017/01/tio-e-sobrinho-sao-presos-suspeitos-de-falsificar-15-mil-cds-em-goiania.html

    isso já mostra que não é perseguição, já são dados estatísticos sobre as aves mentirosas

    7+
    • avatar
  • simone 29 de janeiro de 2017 at 16:45

    Calote nos contratos do Fies, em 2016, chegou a 53%

    Um dos projetos mais caros da presidente cassada Dilma Houssef, o Financiamento Estudantil, ou Fies, registrou inadimplência em 53% dos contratos firmados em 2016.

    Os dados mostram que os cofres públicos poderão não ver a cor deste dinheiro e o valor acumulado, até o momento, chega a R$ 55,5 bilhões. Em 2014 o calote era de 47% e no ano seguinte passou para 49% , conforme os levantamentos feitos pela CGU (Controladoria-Geral da União) e pelo TCU (Tribunal de Contas da União). Pelo FIES, os alunos fazem a faculdade em uma instituição privada e a União paga todo o curso. Pelo contrato, o estudante tem de começar a quitar as prestações um ano e meio depois de formado. Mas a maioria não está conseguindo.
    Postado por Polibio Braga
    às 16:57:00 0 comentários

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • simone 29 de janeiro de 2017 at 16:47

    domingo, 29 de janeiro de 2017
    Miami não será mais cidade santuário para imigrantes ilegais
    Com medo das ameaças de cortes de verbas anunciados pelo presidente dos Estados Unidos, a prefeitura de Miami informou que não será mais uma “cidade santuário” para imigrantes ilegais.

    O prefeito do condado de Miami-Dade, Carlos Gimenez, disse que irá rever suas políticas, cortando a proteção aos clandestinos que morarem na cidade. Ele pediu ainda que as forças policiais cumpram as ordens vindas de Washington. Em todos os EUA existem cerca de 300 “cidades-santuário”, onde as autoridades políticas e policiais se recusam a prender e deportar imigrantes clandestinos. As maiores são Nova York, Los Angeles e São Francisco, que não aceitam deportar imigrantes ilegais. (ANSA)

    Postado por Polibio Braga

    3+
  • Longa Manus 29 de janeiro de 2017 at 17:12

    Sobre o FIES, é uma piada mesmo. O estudante pega o financiamento tendo como FIADOR o Pai ou Mãe. Não paga. Execução Fiscal. Vou lá citar. Depois penhorar bens. “Senhor Oficial, não consegui emprego e meu pai não tem bens. Só esse imóvel aqui….” Não vai mesmo…..

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 29 de janeiro de 2017 at 17:17

    A BOLHA DO DOWN JONES

    De 2008 a 2016 o PIB dos EUA subiu 15%, enquanto a bolsa subiu 100%.
    Foi aumento de produtividade, eficiência dos processos, ou novas tecnologias? NÃO!
    O FED fez isso de 1925 a 1929: imprimiram dinheiro e os fundos de investimento colocaram na bolsa de valores.

    https://www.youtube.com/watch?v=FZ6NVloSWIU

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Oliveira 29 de janeiro de 2017 at 19:21

      Quando os EUA imprimem dolar…..Duvida de leigo: os dolares americano circulando pelo mundo não geram inflação nps EUA ? Mas gera inflação nos paises que alem da sua moeda tem capital em dolar sendo utilizando no pais? Bem quando os eua imprimem dolar e ocorre inflação entao os dolares de todos desvalorizam certo? Entao o simples fato dos EUA terem a moeda padrao que e utilizada para o comercio no mundo, deve fazer com que tenha uma imensa quantidade de moeda distribuida que nao gera inflação nos EUA, ……Agora o que acontece se o dolar deixar de ser a moeda padrao de comercio internacional e est grande uantidde ee dolar espalhado voltar para os EUA?

      3+
      • avatar
      • Libertario 29 de janeiro de 2017 at 20:49
        • CA 29 de janeiro de 2017 at 21:47

          Libertário,

          Como todo artigo do Mises, muito interessante, no entanto, a inflação nos EUA em dez/16 fechou em 2,075% ou arredondado, 2,1%, juntamente com uma posição quanto a empregos que também exigia a subida dos juros, que como eles bem destacaram no artigo, ocorre de uma forma diferente da tradicional.

          A minha diferenca de leitura quanto ao que eles colocaram, é que o FED fez aquilo que estava nos “manuais” quando aumentou os juros em 0,25 pontos percentuais, uma vez que os índices oficiais e as práticas do FED exigem isto e eles já sabiam através de indicadores prévios o que viria. Se de fato as ações do FED tem sido contracionistas como afirmaram, isto não se refletiu nos indices oficiais, que repito, são aqueles que o FED é obrigado a aceitar como “norte” para suas ações, sendo assim, as ações do FED não seriam contrárias a Trump como colocado no artigo, mas sim, seguindo a risca o que consta no “manual” (meta de inflação do FED era 2%, atingiu 2,1%, com empregos crescentes, logo, seria o momento para subir os juros, que tiveram aumento discreto em função da eterna preocupação de não desaquecer a economia de forma abrupta).

          Frente a isto, entendo que a tendência seria do FED manter subidas discretas do juros, o que pode ter efeitos muito fortes sobre a economia global ou levarem até o FED a mudar sua política e permitir uma inflação maior (nova injeção de gasolina para apagar incêndio), mais em linha com o que foi colocado por Cesar_DF em vídeo acima.

          4+
          • avatar
          • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 07:50

            CA, há rumores de que o FED pode subir os juros mais acentuadamente em resposta às políticas protecionistas do Trump, que provavelmente gerarão subida de preços nos EUA.

            Serão anos interessantes os próximos 4.

            4+
            • avatar
            • CA 30 de janeiro de 2017 at 08:40

              Louro José,

              Sim, alguns cogitam subidas maiores dos juros, porque se o Trump continuar cumprindo com o prometido, haveria aumento de gastos do governo combinado com redução de impostos e as supostas “compensações” destes fatores via aumento do crescimento da economia americana e maior volume total de impostos recebidos pelo governo, mesmo que com menores taxas, teria a tendência de ocorrer em um timing posterior ao das ações dele, ou seja, no mínimo no curto prazo e possivelmente no médio prazo as ações de Trump seriam inflacionárias ao mesmo tempo que gerariam um déficit nas contas públicas e combinado com o fato da inflação americana já ter atingido o que seria o “limite oficial” para que o FED subisse juros (já passou dos 2% de inflação), então ele seria obrigado a aumentar os juros de forma relevante para trazer a inflação de volta à meta, inclusive considerando a evolução dos empregos nos últimos anos e o pleno emprego.

              O que consta acima é uma análise direta e consistente do que o FED deveria fazer caso este cenário se confirme, no entanto, o aumento de juros em si seria outro fator de extrema pressão sobre a dívida americana e suspeitasse que poderia levar a um nível de desconfiança em relação aos EUA que nunca existiu antes, de tal forma que o FED talvez preferisse até mudar a sua política e permitir um aumento na meta de inflação a ser perseguida, pelo menos temporariamente, até que pudesse se recuperar uma trajetória menos danosa da dívida americana. O que consta neste parágrafo são apenas conjecturas, sendo que a leniência com inflação maior, como bem sabemos aqui no Brasil, é um veneno para economia, só que por outros canais, tipicamente mais “populistas”, que no curtíssimo prazo mascaram um problema ao mesmo tempo que ampliam os estragos que serão gerados no médio prazo.

              Os EUA estão em uma “sinuca de bico” e o pessoal do MISES já alerta sobre isto faz tempo. Quando cogitei acima sobre o FED manter aumentos discretos dos juros, foi mais considerando o perfil dos decisores do FED e suas ações recentes, bem como a extrema hesitação que levou a aumentarem juros depois de anos em que isto já era especulado, mais uma análise de que este seria um caminho “alternativo” para não terem que oficializar uma meta de inflação mais elevada, no entanto, mesmo isto não elimina a sinuca de bico que está criada, seriam só mais tentativas deles empurrarem os problemas para frente.

              Enquanto isto o mercado como um todo continua fazendo de conta que os dilemas acima não existem, tanto lá nos EUA, quanto no Brasil e na China, dentre outras localidades. Isto não vai acabar bem, podem até barrigar um pouco mais as consequências, mas elas ficarão piores, pois são inevitáveis…

              4+
              • avatar
              • Libertario 30 de janeiro de 2017 at 09:25

                CA excelente sempre.
                Os EUA chegaram naquele ponto de decidir pra que lado irão.
                Mesmo na duvida sobre o futuro do dolar, tenho aproveitado pra reforçar minha latinha.
                Pois se lá ta ruim, imagina aqui….

                5+
                • avatar
                • Lucas 30 de janeiro de 2017 at 11:36

                  CA e lib, o que segura a inflaçãoa mericana é o mercado aberto
                  se ele se fechar ele vai comprar inflação
                  o white trash é um tipo esquisito de gente, são trabalhador pra cacete, são realizador, mas até a pagina 2
                  o custo deles é alto, os mexicanos vão fazer falta sim
                  mas isto demora, lula se beneficiou do fhc, suas cagadas as consequencia só vieram quase no fim do mandato dele, lá por 2009, daí foram anos pedalando
                  acredito que vaia contecer o mesmo, vai melhorar muito antes deles entenderem porquê não se deve fazer tudo o que se pode fazer.

                  3+
        • Oliveira 29 de janeiro de 2017 at 22:44

          Libertario, muito bom o artigo, bastante claro e esclarecedor. Obrigado.

          3+
          • avatar
  • Chapolin 29 de janeiro de 2017 at 17:32

    CVR Off

    Bolhista emprestou dinheiro para amigo ostentador, “só por 6 meses, te devolvo na hora que você precisar”. O escritório ia mal, mas ele não baixava o padrão dele e da mulher. Um ano e meio depois, ostentador mudou para um apt de mais de um milhão (e condomínio caro), roda em um carro de luxo que ele estava pagando o financiamento, e que custa uns 100 mil. E não tinha como devolver o dinheiro do bolhista. Passou seis meses prometendo devolver, mas quando chegava a data de fazer o depósito, “Eu estava esperando uma fatura da empresa tal entrar na minha conta, mas eles não pagaram….” E não devolvia o dinheiro. “Sinto muito, nunca imaginei que isso pudesse acontecer, o primeiro dinheiro que entrar na minha conta eu te pago, obrigado por sua paciência”.

    O bolhista encheu o saco. Primeiro deu uma espinafrada educada no ostentador, “Você não fica constrangido rodando em um carro de luxo no lugar de me pagar?”. Como reclamar não resolve, o bolhista foi ajudar o amigo ostentador a resolver o problema. Disse que ia pressionar os diretores das empresas que estavam devendo para ele pagarem para ele poder pagar ao bolhista.

    Duas horas depois o ostentador disse que conseguiu o dinheiro para pagar tudo que devia. Em 24 horas o dinheiro estava na conta dele.

    47+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • vitera 30 de janeiro de 2017 at 10:08

      CVR na mesma linha

      Primo pegou dinheiro emprestado com minha avó há muito tempo atrás. Mudou-se e vive em outro Estado. Até ai tudo bem, mais um familiar que precisou de dinheiro etc. Quando eu descobri que o cara era PROMOTOR, fique indignado e pedi pra minha avó para assumir a bronca. Comecei a ligar com frequência para o dito cujo, sempre fazendo um papel de amigão é claro: “Po tio, to indo de ônibus para a faculdade (essa parte é verdade), poderíamos ter uma condição melhor blá blá blá”. No final das contas ele deu um carro como pagamento.

      Moral da história: Se dependesse da inércia, o cara de pau não ia pagar nunca minha avó.

      14+
      • avatar
      • avatar
  • wade 29 de janeiro de 2017 at 19:12

    Senhores, alguém tem alguma dica de blog nacional “paranóico” como o Zero Hedge? O Brazilian Bubble e Trading Cafe(e um outro que esqueci o nome que acho que falava em “master reset” na economia toda hora) eram excelentes, mas praticamente não postam mais, e no Mises o mais técnico é o Leandro Roque. O Sachsida anda pendendo mais para o político ultimamente.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • AlexJLL 29 de janeiro de 2017 at 20:31

      Aqui, ora.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • AlexJLL 29 de janeiro de 2017 at 20:31

        ZH, o BIB deles.

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Mn 29 de janeiro de 2017 at 23:49

          O zerohedge começou na crise de MBS lá… só dizendo…

          1+
  • CA 29 de janeiro de 2017 at 20:55

    Sobre a bolha da Down Jones com video colocado mais acima pelo Cesar_DF, com comentário do Oliveira sobre não ter gerado inflação nos EUA e ajudando ao wade que está ansioso por um Zero Hedge local (rs), começando pela questão do Oliveira: não gerou tanta inflação nos EUA porque a grande parte do dinheiro ficou nas tesourarias dos bancos, mesmo assim, atingiram o limite de 2% de inflação anual que é o gatilho para que o FED aumente os juros e agora já estão subindo os juros, o que tende a tirar dinheiro da bolsa e fazer a bolha explodir, a não ser que aumentem o limite de inflação e continuem imprimindo dinheiro, o que é uma possibilidade nos EUA.

    O que tivemos, em escala global, foi uma gigantesca experiência keynesiana de bolhas em cascata. Os mais alienados, acreditam que este é um novo paradigma, os mais realistas sabem o básico que sempre falo por aqui: quanto mais pedalam e adiam as consequências, piores elas ficam.

    Em 2001, explodiu de forma visível a bolha das .com nos EUA, afetando todo o mundo, onde as empresas de Telecom e TI viram os preços das suas Ações e a sua super valorização irem para o buraco.

    O que fez o governo americano, para tentar compensar os efeitos da explosão da bolha acima e assim reduzir, pelo menos em um primeiro momento, os efeitos negativos para economia?

    Fomentou uma nova bolha, desta vez a imobiliária, que teve sua explosão mais visível em 2008.

    Novamente com a intenção de minimizar os efeitos negativos para economia, o que fez o governo? Injetou trilhões de dólares na economia mundial. Com excesso de liquidez em todo mundo, o que aconteceu?

    Bolhas imobiliárias na China, no Brasil e em várias outras localidades, bolha na Down Jones nos EUA.

    O super intervencionismo americano em cascata é uma experiência única no mundo, ninguém sabe como a história vai acabar, mas o fato é que todas as bolhas geradas já começaram a explodir, com sinais apresentados nos últimos anos.

    Claro que cada país e cada grupo agraciado tiveram uma participação intensa para usufruírem dos resultados destas bolhas e as expandirem ao máximo, como em todos os exemplos que temos dado no Brasil quanto a vendas falsas na planta, mega especulação e super intervencionismo do governo federal no mercado de crédito imobiliário brasileiro.

    No caso brasileiro, o governo já está sem forças para conter a explosão e tentando gerar alguma sobrevida na base de ações desesperadas semanais, que como sempre temos explicado por aqui, são inócuas. Dependendo do que acontecer com a fórmula mágica Trump + FED + bolha chinesa, a nossa explosão poderá ter um poderoso efeito multiplicador. Este é só mais um ponto do mundo de ilusões que a “grande imprensa” finge não ver…

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Oliveira 29 de janeiro de 2017 at 22:42

      CA, com estes esclarecimemmtos deu pra ter uma dimensao da coisa agora.

      2+
    • Oliveira 29 de janeiro de 2017 at 22:50

      CA, pode ser teoria da conspiracao, mas eu penso que os que tem ciencia da questao devem estar se posicionando, buscando abrigo pro impacto, e não devem querer alarmar os demais, se todo mundo se posicionar da empate, e inocuo.

      6+
      • avatar
      • CA 30 de janeiro de 2017 at 04:32

        Oliveira,

        Sim, os mega investidores que usufruem das bolhas geradas conseguindo lucros que às vezes chegam a ser bilionários, sempre se posicionam para se proteger da explosão de uma bolha com a antecedência necessária e muitas vezes, simplesmente migrando para outra bolha dentre os pioneiros desta nova anomalia.

        Basta lembrar os casos que sempre menciono por aqui, de Sam Zell que saiu da bolha imobiliária americana tendo lucro bilionário em 2005, pouco antes do super-estoque de imoveis tipico de toda bolha comecar a aparecer nos EUA e neste mesmo ano vindo para o Brasil e iniciando seus investimentos no mercado imobiliário através da Gafisa e o caso de Enrique Bañuelos, que saiu da Espanha em 2007, no auge da bolha espanhola, tendo um lucro bilionário que utilizou para investir na PDG. Sam Zell saiu da Gafisa em 2010 e Enrique Bañuelos saiu da PDG em 2011, sendo que ambas as construtoras apresentaram um volume absurdamente anormal de distratos logo em seguida.

        Pode ter certeza que muitos mega investidores espalhados ao redor do mundo já tiraram suas posições das bolhas existentes sabendo da fortíssima ameaça de sua explosão no curto prazo, não somente em função das movimentações na economia americana, como também em função da própria exaustão natural destas bolhas, afinal, por princípio, uma bolha imobiliária, como toda e qualquer anomalia na economia, sempre guarda em seu bojo os mecanismos de auto-destruição e embora muitas vezes possam ser adiadas as explosões mais visíveis, neste caso isto sempre acontece de forma a aumentar o tamanho da explosão, porque as destruições em si são inevitáveis.

        No meio disto tudo temos os sardinhas que fizeram a BOVESPA e a Down Jones dispararem, são eles que estão ajudando os mega investidores a terem novos lucros bilionários neste momento em que as bolhas imobiliárias ao redor do mundo “já deram o que tinham que dar”…

        1+
  • ER 29 de janeiro de 2017 at 21:15

    CVR
    Meu pai tem um amigo que é auditor fiscal aposentado, com salário na faixa de 30 mil reais por mês e cuja casa foi assaltada há pouco, o que motivou sua procura por um apartamento de 3 quartos. Ele ficou estarrecido com os preços altos e com a reduzida metragem dos imóveis que visitou e agora está entre continuar em sua casa, que ele descobriu ser bastante difícil de vender, e alugar um apartamento. Se está caro para ele, imagine para a esmagadora maioria dos brasileiros.

    40+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 29 de janeiro de 2017 at 22:21

      Pior que em prédio a situação não está tão diferente não. Última reunião de condomínio (sempre um show de horrores), resolveram adicionar algo no regimento sobre ‘não abrir o portão para pessoas desconhecidas’, após um sujeito com camisa social entrar no prédio e assaltar uma senhora de setenta anos no corredor. Não adianta nada, insegurança tá complicada aqui na Banânia.

      E sobre vender casas, é realmente muito difícil. O 666 médio dá preferência para prédio com xoxotecas gourmet e condomínio de 1000 reais. Demora muito para ter interessados, e mais ainda interessados com grana para comprar.

      8+
      • avatar
      • avatar
  • Gute 30 de janeiro de 2017 at 00:05

    http://pe.olx.com.br/grande-recife/imoveis/desconto-de-100-mil-na-madalena-num-apto-completo-98601-6905-298103027?xtmc=desconto&xtnp=1&xtcr=2

    Desconto de 100 mil na Madalena num apto completo

    Aproveite e more na Madalena, um dos bairros mais
    emergentes de Recife num condomínio completo com
    os seguintes itens de lazer…”

    3+
    • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 30 de janeiro de 2017 at 06:56
  • Alemon Fritz 30 de janeiro de 2017 at 07:20

    300bilhoes podres…

    Força-tarefa dos bancos tenta evitar quebra de empresas

    o time de reestruturação dos bancos inicia o pente-fino pelos setores nos quais as instituições têm maior exposição. Nessa lista estão os segmentos de construção, infraestrutura, varejo, revenda de carros e mercado imobiliário.
    …há uma “watch list” (lista de monitoramento) de cerca de R$ 300 bilhões em dívidas de médias e grandes empresas na mira de bancos para reestruturação.

    o grupo Rossi, que tenta evitar o mesmo caminho da concorrente PDG, cuja recuperação judicial é dada como certa. Fontes afirmam que o grupo renegocia o alongamento das dívidas e está em conversas para dar imóveis como garantia. A empresa não quis se pronunciar.
    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2017/01/30/internas_economia,843411/forca-tarefa-dos-bancos-tenta-evitar-quebra-de-empresas.shtml

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 07:41

      Dar imóveis como garantia… no preço do balanço ou no preço que vale? rs

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 30 de janeiro de 2017 at 08:09

        Louro José,

        Com certeza será pelo valor fantasia, como sempre. Estas garantias são um dos motivos pelos quais eles tentam desesperadamente manter o mundo de faz de conta, tanto as construtoras e outras do segmento imobiliário quanto os bancos…

        6+
        • avatar
        • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 08:26

          O poder público tem prerrogativa de estipular o valor de mercado das coisas. Nunca vai ser pra baixo.

          2+
        • Seguidor do Bolha BH 30 de janeiro de 2017 at 09:58

          Sim, ainda mais que imóvel sempre “valoriza”.
          #sqn

          3+
          • avatar
  • Alemon Fritz 30 de janeiro de 2017 at 07:48

    facil estimar o buraco dos bancos:
    só em imóvel estocado (120.000 novos, 88000 distrados, 48000 em shadow)
    isso daria 256000 imóveis, se cada um “valer” 185K$ isso ai já dá
    R$ 44,7bilhoes de milhos plantados.

    4+
    • avatar
  • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 07:51

    Acordo com União prevê mais aumento de imposto
    Alíquotas para fazer a transmissão de imóveis em caso de morte ou doação poderão subir de 4% e 5% para 8%

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/acordo-com-uniao-preve-mais-aumento-de-imposto-20841779#ixzz4XFFSHKwl
    © 1996 – 2017. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

    2+
    • avatar
    • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 07:52

      Dobrar alíquotas. Coitados dos herdeiros rs

      3+
      • avatar
  • Alemon Fritz 30 de janeiro de 2017 at 07:59

    sem falar do Laudêmio (marinha), e iptu que estavam lá ha 10 anos (nos imóveis dos velhos). ..minha mãe teve que pagar 16k de laudêmio do irmão dela que nunca pagou… kkk

    2+
  • Antigo 30 de janeiro de 2017 at 08:01

    Herdar bolhudo já é problemático, com esses impostos aí então…

    Presente de grego. Não é bom nem de graça.

    4+
    • avatar
  • Antigo 30 de janeiro de 2017 at 08:08

    Imóveis retomados:
    Segundo o Banco Central, só na Caixa, a retomada de imóveis subiu 81% em 2016; estoque de imóveis em posse das instituições saltou de R$ 6,5 bilhões, em novembro de 2015, para R$ 9,8 bilhões, no mesmo mês de 2016
    https://www.brasil247.com/pt/247/economia/277476/Recess%C3%A3o-de-Temer-faz-Caixa-subir-em-81-retomada-de-im%C3%B3veis.htm
    (Esse site é cancerígeno, mas os números são relevantes)

    Queda de preços:
    O preço médio dos imóveis residenciais no País caiu 2,26% em 2016, o que representa uma deterioração do mercado em comparação com 2015, quando houve baixa de 0,20%. Os dados fazem parte do Índice Geral do Mercado Imobiliário Residencial (IGMI-R), divulgado pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). O levantamento é feito com base em laudos de avaliações fornecidos pelas instituições financeiras em nove capitais brasileiras. – Jornal do Comércio (http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/01/economia/544067-cotacao-dos-imoveis-residenciais-cai-2-26.html)
    http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/01/economia/544067-cotacao-dos-imoveis-residenciais-cai-2-26.html

    Financie seu bolhudo JÁ:
    Responsável por cerca de 68% dos financiamentos de imóveis no país, a Caixa tinha ficado de fora do levantamento feito no ano passado, já que em 2015 passou a exigir maiores valores de entrada nos financiamentos, o que poderia distorcer os resultados do estudo.
    Como em 2016 o banco voltou a flexibilizar as exigências para o financiamento de imóveis usados, foi incluído no levantamento deste ano. Essa inclusão foi o principal motivo pelo qual o valor dos imóveis que podem ser financiados em cada faixa de renda aumentou.
    http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/os-imoveis-que-voce-pode-financiar-de-acordo-com-o-seu-salario/

    3+
    • avatar
    • avatar
  • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 08:10

    Carlos

    Se vai ficar botando panca em outra língua pelo menos faça isto direito.
    Levaria bomba no IElTS e no TOEFEL sem a ajuda da internet que usou para criar esta resposta toda cheia de frescurite.
    Tem horas que você simplesmente enche o saco desfilando sua genialidade, experiência e diplomas que não te impediram de ter sido feito de trouxa por um destrutora.
    Muita gente aqui no blog tem muita educação educação, cultura e experiência e é fácil perceber isto na maneira como se espressam, nenhum deles fica nem precisa ficar ostentando diplomas e sua suposta genialidade.
    Até o véio Lucas tem muita coerência e conteúdo mesmo quando se expressa na maneira “mestre yoda”

    Menos Dr. PhD Cramulhao, muito menos.

    11+
    • avatar
    • avatar

    Esse Cramulhão é chato pra c*, você tem razão. E arrota superioridade em praticamente todas as conversas.

    4+
    • Antigo 30 de janeiro de 2017 at 08:18

      Pessoal,

      por onde eu ando na internet, vejo povo brigando, discutindo e fazendo ofensas mútuas. É nos comentários do G1, nos canais do Youtube, no facebook, até por whatsapp.

      Isso não é construtivo, não serve para informar e nem para rir, é só perda de tempo mesmo. Quando a coisa descamba para o pessoal, os argumentos ficam vazios e no fim das contas são só duas pessoas gritando sem ouvir a outra parte.

      Não daria para evitarmos isso aqui no blog?

      31+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Felipe 30 de janeiro de 2017 at 08:28

        boa… aliás, desses que vêm aqui, falam que fazem e acontecem e tal, quem tá aqui desde sempre já viu muitos.
        Por isso é melhor fazer como sempre fazemos: smile and wave.

        6+
        • avatar
    • Zebolheu 30 de janeiro de 2017 at 11:05

      Por mim o Cramulhão é muito bem vindo. Pode ser chato o quanto quiser, ter a posição política que quiser, mas traz informações muito relevantes pro blog. Quebrar o pau de vez em quando não faz mal, acho pior a monotonia de opiniões.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 30 de janeiro de 2017 at 11:25

        ele exagera ás vezes mas prefiro ele aqui sim sem a menor dúvida
        não pelas opiniões, mas pela sinceridade, ele é transparente, não tem agendas ocultas, de resto ele vai amadurecendo

        seu eu fosse encaminahr a discussão deles faria uma analogia do que a IA fez no xadrez, que é muito mais complexo que medicina.
        redes neurais, uso de table base, capaciodade de reconhecer, reaprender e recriar
        de fato o cramulhão está certo (argh) num futuro próximo computadores farão diagnósticos melhores que médicos medianos, ams sempre sob supervisão de 1. nada mais forte que a capacidade híbrida de inteligencia bruta dos bits + flexível/sentimental humana, só um exemplo exagerado pra ilustrar do que estou falando, pode ser que o computador considere a melhor solução sacrificar o animal, aí que entra o bixo homi. Num futuro distante, o médico se tornará um supervisor e poderá emular os melhores diagnósticos dos melhores especialistas, e o passo seguinte é de embirutar, qualquer criança poderá supervisionar uma decisão de IA. Aliás o chess está neste ponto.

        mas aí entra numa discussão ultra-nerd, ficção científica

        só acho que o caminho desta discussão tá ruim
        poderia ser uma coisa bem legal
        mas o cramulhão tende pra agressividade, cara, isso tem tratamento
        aliás se eu enfiar um computador pra analisar o cramulhão ele sairia com um diagnóstico só pelo que escreve no blog.
        eu sei porque eu sofro do mesmo mal.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 30 de janeiro de 2017 at 12:37

          Ele é inexperiente na administração pública, pensa com o pinto, em compensação não é dogmático, se vê que alguma coisa não está dando o resultado esperado, ele não tem nenhum problema em mudar.
          O George W Bush era extremamente dogmático, vejam o caso do Iraque.
          Em geral, a esquerda é dogmática, mesmo quando alguma coisa está dando errado eles não mudam o comportamento por uma questão de ideologia.

          2+
          • avatar
  • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 08:27

    Indústria de transformação do Rio tem pior fase em três décadas

    Setor recua 21% desde 2012, o dobro do tombo registrado entre 1994 e 2000

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/industria-de-transformacao-do-rio-tem-pior-fase-em-tres-decadas-20841471#ixzz4XFOSKCdT
    © 1996 – 2017. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

    2+
  • Alemon Fritz 30 de janeiro de 2017 at 08:45

    que vc não pode..

    Os imóveis que você pode financiar de acordo com o seu salário

    quem tem uma renda familiar mensal de 8 mil reais, por exemplo, consegue atualmente obter crédito para comprar um imóvel de até 300 mil reais nos cinco principais bancos..
    quem ganha até 3k financia 115.. queda de 22% em relação ao ano passado… agora vai…. se lascar mais
    Tabela até 40k de rendimentos
    http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/os-imoveis-que-voce-pode-financiar-de-acordo-com-o-seu-salario/

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 08:51

      É muito claro que o grosso da população não é capaz de financiar imóveis nestas condições. Resta morar em favelas, terreno da mãe, sobrado em cima da casa da mãe e outras alternativas de baixo custo.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 30 de janeiro de 2017 at 09:00

    Que interessante!

    “Outro que está em reestruturação é o grupo Rossi, que tenta evitar o mesmo caminho da concorrente PDG, cuja recuperação judicial é dada como certa. Fontes afirmam que o grupo renegocia o alongamento das dívidas e está em conversas para dar imóveis como garantia. A empresa não quis se pronunciar.”

    “A preocupação é que essa onda de recuperações se intensifique e provoque um efeito cascata de estragos na já combalida economia do País.”

    “A ideia é trabalhar de forma preventiva, antes que o problema leve mais companhias a um processo de recuperação judicial ou falência – o que é prejudicial também para o balanço dessas instituições, que no último ano tiveram de fazer provisões para perdas bilionárias”

    “o time de reestruturação dos bancos inicia o pente-fino pelos setores nos quais as instituições têm maior exposição. Nessa lista estão os segmentos de construção, infraestrutura, varejo, revenda de carros e mercado imobiliário.”

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2017/01/30/internas_economia,843438/forca-tarefa-dos-bancos-tenta-evitar-quebra-de-empresas.shtml

    5+
    • avatar
    • avatar
  • werther 30 de janeiro de 2017 at 09:38

    Master,bom dia. Sua situação é parecidíssima com a que passei/passo
    Eu tentei medicina por 5 anos até que finalmente entrei.A princípio federal também,mas daí desisti e fui pra particular mesmo. Meu pai,antes de aposentar,conseguia honrar com a mensalidade.Mas ele resolveu aposentar e,assim,teve sua renda diminuída consideravelmente (apesar de ter saído com um montante bem legal). Mas,como eu me sentia velho (24 anos) de colocar esse peso integral no meu pai,entrou em cena minha irmã. Pedi pra ela,também solteira,que custeasse parte da facul (e minhas festas né rs) e assim ela o fez. Acredito que esse tipo de comportando seja mais uma questão emocional e de criação. Eu fui muito bem criado e devo imensa gratidão aos meus pais e minha irmã. Eles tem plena confiança que assim que eu estiver formado,eu ajudarei eles no que precisarem. Se você confia na criação que vocês tiveram,não tenha dúvida de que é o melhor caminho ajudar o seu irmão. Quando meu pai disse que pagaria uma particular pra mim,ele tirou um peso imenso das minhas costas e passei em 4 meses de cursinho (não que seja fácil – passei no sul de minas em uma faculdade que foi 68 por vaga). Estava tudo mais leve e etc. Hoje estou muito bem e contente com a faculdade,não me arrependo ou troco a infraestrutura das particulares pela maioria das federais – por vezes abandonas e sucateadas,com alunos treinando sutura em ursinho de pelúcia. Pra se ter uma ideia,a faculdade federal tem 4 cadáveres para os alunos estudarem – nós temos 80. Vivem pedindo algumas peças emprestas pra nós e etc. Além disso,tem o FIES que,antes da reeleição da Dilma estava uma várzea – todos da minha faculdade conseguiram sem muito esforço do terceiro ano pra cima. Depois da reeleição dela que a coisa ficou ruim e hoje quase não se tem bolsa mais (na minha faculdade,em 2016,saiu 11 bolsas pra faculdade toda,que,outrora,beneficiava quase todos os alunos com o FIES. Espera-se que até 2018,lá para,2019,o FIES fica novamente mais tranquilo de se conseguir (ainda mais em ano de eleição. E sobre o retorno,eu discordo do amigo da USP. Se o dinheiro for algo necessário de imediato,é só seu irmão pegar plantão em PSF e ir sem culpa. Fechar um PSF com os amigos é a melhor opção. Dar plantões de 12 horas e 24 horas faz um retorno de 400% tranquilamente. Depois ele tenta a residência – quando estiver tranquilo com grana. Muitos amigos e irmãos de colegas fazem ou fizeram isso.
    Bom,espero ter ajudado e que seu irmão consiga este sonho – certamente muito mais palpável com seu auxílio. Minha irmã foi a melhor coisa que podia ter aparecido na minha vida nos últimos tempos.

    Um abraço

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 30 de janeiro de 2017 at 11:39

      um médico comum em SP com um tantinho de experiencia lá na casa dos 30 alto ou 40 anos de idade fatura tranquilamente 100 mil mensais
      fé e paciencia, o hint do centrury

      5+
  • Cesar_DF 30 de janeiro de 2017 at 09:43

    CURVA DE LAFFER

    Um dos serviços mais taxados do mundo, as telecomunicações brasileiras começam a dar sinais de que excesso de impostos já afeta a arrecadação do governo. Hoje, a Secretaria da Receita Federal divulgou os dados da arrecadação global do Leão em 2016, com queda de 2,97%, atingindo R$ 1,289 trilhão. Mas a queda de arrecadação com o setor de telecomunicações foi muito mais significativa: de 17,70%.

    Os usuários de telecomunicações deixaram nos cofres do governo federal R$ 12,139 bilhões, contra R$ 14, 749 bilhões de 2015.

    Os setores que mais sentiram a recessão do ano passado, e que registraram a maior queda no recolhimento dos impostos foram os de metalurgia (queda de 35,15%) e o de fabricação de automóveis, ( redução de 23,76%).

    http://www.telesintese.com.br/cai-18-arrecadacao-do-tesouro-com-telecom/
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Curva_de_Laffer

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Libertario 30 de janeiro de 2017 at 09:57

      Acho que isso tem muito haver com o fato de que um grande numero de familias abriu mao da TV por assinatura para migrar para o Netflix.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Felipe 30 de janeiro de 2017 at 10:02

        é até engraçado como as coisas aqui só mudam no porrete.
        Uber e netflix, pra alegria do povo e tristeza dos “cartórios” e “repartições”. Logo logo as telefonicas da vida vão querer diminuir as franquias de dados e cobrar imposto sobre isso aí.

        5+
        • avatar
        • avatar
        • Antigo 30 de janeiro de 2017 at 10:10

          Que venham mais tecnologias assim, para nos libertar desse corporativismo.

          4+
          • avatar
          • Felipe 30 de janeiro de 2017 at 10:16

            opa, seria ótimo… só que o nosso governo vai insistir em querer criar imposto em cima disso. Ainda bem que certas mudanças vêm tão forte que não tem caneta que as segure.

            2+
      • Alemon Fritz 30 de janeiro de 2017 at 10:49

        Muita gente tinha tipo 3 celulares e 20 chips pra “economizar”… agora é só 1 cel e 1 chip e usando wifi da empresa.

        7+
        • avatar
    • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 10:26

      Isso não se deve a curva de laffer. Se deve a recessão mesmo.

      Certa vez achei uma dissertação de mestrado com uma estimativa para o IPI brasileiro e o estudo indicava coisa acima de 60% pra curva de laffer entrar em ação. Tem que isolar efeitos recessivos dessa conta.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Libertario 30 de janeiro de 2017 at 10:30

    Bom dia,
    Só envio e-mail ou ligo na F A Oliva para fazer reclamação. Estamos muito decepcionados com vocês.
    Tenho problema desde o financiamento com a Exito.
    E não acaba, cada dia uma situação diferente.
    Imaginei a F A Oliva outro nível de construtora, por isso compramos nosso primeiro imóvel com vocês, mas não é isso que penso hoje. Se soubesse tinha procurado outra.
    Na sexta eu e meu marido estávamos na sala com um casal de amigos conversando, quando de repente um visitante que nunca vi na vida do AP …. consegue abrir a porta do meu AP, falou que outro morador do AP … emprestou a chave para ele ir ao banheiro, disse que estava aperto. Que constrangimento.
    Como pode uma chave abrir a porta de outro AP. Nunca vi isso. Vocês não imaginam o susto que tomamos. Imagina que se eu estivesse sozinha, ou se não tivesse ninguém, o que esse rapaz podia fazer?
    Compramos um apartamento pensando também em segurança. Mas está pior do que morar em outro lugar.
    Não conseguimos dormir, pensando que poderia voltar.
    Precisamos trocar de fechadura e colocar chave tetra, gastamos R$ 210,90 em uma coisas que não precisaria se fosse colocado uma fechadura de boa qualidade. Se a F A Oliva tivesse feito um trabalho bem feito.
    O mínimo que vocês poderiam fazer nesse momento é a devolução do dinheiro, porque não somos obrigados a gastar dinheiro que não temos por coisas que não foram bem feitas.
    Karen

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 30 de janeiro de 2017 at 11:07

      KKKK

      Além de morar numa gaiolinha de gesso ainda está sofrendo com as construtoras fazendo overbooking de bolhudo? KKK
      Vendendo o mesmo para duas, três pessoas, o que chegar primeiro leva.

      Sensacional essa história

      5+
      • avatar
  • Cajuzinha 30 de janeiro de 2017 at 10:33

    https://www.dgabc.com.br/Noticia/2505894/mercado-de-salas-comerciais-tem-queda-nos-precos-de-venda-e-locacao-em-2016

    O coordenador do estudo, Eduardo Zylberstajn, atribui à piora do mercado em geral ao excesso de novos prédios lançados e construídos nos últimos anos, enquanto a economia brasileira entrava em recessão. “O aumento na oferta e a queda na demanda das empresas gerou a derrubada dos preços dos imóveis comerciais”, explica.

    Para 2017, Zylberstajn não espera uma recuperação do mercado, já que a economia nacional permanece estagnada.

    ADOOOOROOO

    “A pesquisa Fipezap também aponta que o investidor de imóveis comerciais tem perdido desde 2015 na comparação com aplicações de baixo risco. Em 2016, o CDI rendeu 14,0%, enquanto os proprietários de salas comerciais que estavam locadas tiveram um retorno médio de 2,0% – fruto da combinação entre o recebimento dos alugueis e a desvalorização de seus ativos.”

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 30 de janeiro de 2017 at 10:53

    Para montadoras, ritmo de venda de janeiro adia sonho da retomada

    http://www.valor.com.br/empresas/4851436/ritmo-de-venda-de-janeiro-adia-sonho-da-retomada

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 30 de janeiro de 2017 at 10:55

      MAS com imóvel é diferente! Claro, é bem pior!

      Para os dirigentes do setor, o consumidor em geral continua distante das lojas de carros novos porque as
      famílias continuam endividadas, a renda está mais apertada e o crédito mais distante. Nos bastidores,
      executivos de vendas queixam­se do fato de os bancos estarem excessivamente seletivos. Mas a inadimplência
      justifica a cautela, segundo o presidente da Anef, a associação que representa os bancos das montadoras,
      Gilson Carvalho. Na virada do ano, 4,7% dos clientes pessoa física mantinham dívidas com essas instituições.
      Há dois anos o percentual de inadimplentes era de 3,9%.”

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 30 de janeiro de 2017 at 11:09

    BC abre consulta pública para resolução sobre Letra Imobiliária Garantida

    O Banco Central informou nesta segunda-feira, 30, a abertura de consulta pública para proposta de resolução sobre as Letras Imobiliárias Garantidas (LIG).

    O BC informou ainda que a minuta de regulamentação visa a disciplinar as disposições da Lei nº 13.097, de 19 de janeiro de 2015, que instituiu o respectivo título de crédito, em especial os aspectos relacionados aos requerimentos e procedimentos necessários à emissão do instrumento, os requisitos da carteira de ativos e as condições para a sua administração, bem como os deveres e prerrogativas das instituições emissoras e dos agentes fiduciários.

    http://www.opovo.com.br/noticias/economia/ae/2017/01/bc-abre-consulta-publica-para-resolucao-sobre-letra-imobiliaria-garant.html

    3+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 30 de janeiro de 2017 at 11:13

    Piadinha e Vislumbre
    Segundo o economista Frutinha vidente ja estamos no 6o ano de queda e na maioria dos 123,0123 países analisados elas duram no máximo 8 anos..
    Assim por essa “lógica”,o brasil vai se recuperar rapidamente, Notem que Já estamos na fase do ciclo onde as surpresas vislumbradas serão melhores. Em breve, (nos próximos 4 anos), virá a fase das oportunidades e quem sabe disso antes dos outros é que poderão aproveitar….
    Galo
    Segundo um chinezinho agora na tv, o ano do galo é ano de trabalho e justiça. guarde dinheiro num envelope vermelho que ele rende. Prefiro o chinezinho.

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 30 de janeiro de 2017 at 11:28

    alguém aí falou da filosofia de mestre yoda
    kkkk
    é verdade mesmo, eu gosto
    parece brincadeira, mas vc sabem o que há por trás da criação deste personagem:????
    dica!: joseph campbell
    só gugar (ver aba: obras do gugou) e se divertir

    2+
    • avatar
  • Lucas 30 de janeiro de 2017 at 11:31

    Bboss vira apagina que tenho 9dades da periferia
    abrxxx

    1+
  • Leonardo M. 30 de janeiro de 2017 at 11:35

    BC abre consulta pública para resolução sobre Letra Imobiliária Garantida

    O Banco Central informou nesta segunda-feira, 30, a abertura de consulta pública para proposta de resolução sobre as Letras Imobiliárias Garantidas (LIG). De acordo com o BC, “o título tem garantias reais de operações de crédito segregadas do ativo do banco emissor, o que confere maior segurança ao respectivo investidor. Constitui instrumento de captação de recursos, alternativo às fontes tradicionais, com potencial para contribuir para a expansão do crédito imobiliário nos próximos anos”.
    O BC informou ainda que a minuta de regulamentação visa a disciplinar as disposições da Lei nº 13.097, de 19 de janeiro de 2015, que instituiu o respectivo título de crédito, em especial os aspectos relacionados aos requerimentos e procedimentos necessários à emissão do instrumento, os requisitos da carteira de ativos e as condições para a sua administração, bem como os deveres e prerrogativas das instituições emissoras e dos agentes fiduciários.

    “A minuta está disponível no endereço do Banco Central do Brasil na internet, http://www.bcb.gov.br, no menu do perfil geral Legislação e normas, Consultas Públicas, Consultas ativas, e nas centrais de atendimento ao público, podendo os interessados encaminhar sugestões e comentários até 30 de abril de 2017, por meio de uma das opções apresentadas no edital”, informou o BC.

    Versão brasileira dos covered bonds, a LIG tem como diferencial a dupla garantia do investimento. Os covered bonds são populares na Europa e nos Estados Unidos, usados como instrumento de captação do setor imobiliário.

    3+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 30 de janeiro de 2017 at 11:37

    LEILÕES EXPLODINDO ????
    nem imaginei que isso pudesse acontecer

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Zé do Brejo 30 de janeiro de 2017 at 12:13

    Que trágico! Ninguém poderia prever que esse desastre aconteceria, afinal bolha imobiliária é apenas um site da internet.
    http://atarde.uol.com.br/economia/noticias/1834511-em-sp-perda-de-casa-propria-cresce-247
    Nem mesmo com 50% eu não compro nada. Nem carro, nem imóvel.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Antigo 30 de janeiro de 2017 at 12:20

      Primeiro as construtoras/incorporadoras. Agora os bancos com super estoque.
      Só aguardar que o ploc tá chegando

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 12:22

      Carro só quero saber de usado. Zero km nem passo perto.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • mestre dos magos 30 de janeiro de 2017 at 12:45

        Comprei meu primeiro, e pelo jeito último, carro zero no final de 2009. Estou com ele até hoje. Faço as revisões de acordo com o manual, troco o óleo um pouco antes do prazo. Coloco aditivos e tals. E o carro está com 110k kilometros e parece novo. Tem usuários que nem trocam o óleo, só vão completando quando o nível vai baixando. Se a pessoa não entende de carro, é melhor comprar zero. Vou ficar com o meu até ele se desintegrar, espero ultrapassar os 400k kilometros com o motor stander.

        7+
        • avatar
        • avatar
  • Lucas 30 de janeiro de 2017 at 12:24

    Bomba
    de insiders: Trump ratifica o acordo uau-striti + OPEP
    eu sabia eu sabia!
    de lôco ele tem nada
    (só que por outros meios +eficientes -humanitaristas)

    1+
    • Louro José 30 de janeiro de 2017 at 12:51

      O que é este acordo?

      Hoje ele anunciou o corte de 75% das regulações americanas. Se isso for feito mesmo, a economia de lá vai facilitar muito a abertura de novas empresas e consequentemente, aumento de empregos e salários.

      0
  • Cajuzinha 30 de janeiro de 2017 at 15:52

    “BRASÍLIA – A União só conseguiu vender cerca de 15 imóveis dos 239 colocados no mercado no início do ano passado, segundo estimativa da Secretaria de Patrimônio da União (SPU). O secretário da SPU, Sidrack Correia, afirmou que foram identificados alguns problemas sérios de pendências financeiras de ex-proprietários, que prejudicam as vendas e terão que ser resolvidas. Além disso, o governo trabalha em uma readequação de preços para alinhá-los à atual situação do mercado imobiliário.”

    “Questionado após a abertura, o ministro reconheceu que as vendas foram baixas e afirmou que o governo vai rever os preços para adequá-los a atual situação do mercado imobiliário.

    — Foram feitos diversos leilões, no entanto a performance não tem sido satisfatória em virtude do mercado imobiliário estar pouco comprador. O mercado está mais vendedor do que comprador. Alguns leilões foram frustrados, não tiveram demanda, e nós estamos revisando preços para tentar adequá-los aos preços atuais de mercado.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/uniao-vende-apenas-15-dos-239-imoveis-colocados-no-mercado-20844614#ixzz4XGxI5lXK

    3+
    • avatar
  • Anonymous 30 de janeiro de 2017 at 21:39

    Para quem quer cursar Medicina e ao mesmo tempo abrir uma excelente oportunidade para escapar da Banânia, sugiro a Semmelweis University na Hungria. O curso é totalmente em Ingles e tem duração de 6 anos. O diploma é válido em toda UE.

    http://semmelweis.hu/english/faculties/medicine/
    $ 18,200 USD/year (cerca de 5 mil Reais/mes)

    3+
    • avatar