Aluguel cai, e hora é boa para inquilino negociar – OTempo

Você pode gostar...

Comments
  • Lucas 4 de novembro de 2016 at 20:20

    o FUNDO DO POÇO AINDA ESTÁ LONGE

    Secretário de Fazenda diz que equilíbrio fiscal do Rio só virá em ‘2022 ou 2023’
    Pasta estima, mesmo com pacote de austeridade, aumento do déficit entre 2017 e 2018
    OGLOBO.GLOBO.COM

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Mn 4 de novembro de 2016 at 20:27

      Simsim, acho que só chegamos no fundo em 2019 ou 2020, de acordo com as outras bolhas… https://data.oecd.org/chart/4EfI

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alves 5 de novembro de 2016 at 11:12

        Gráficos interessantes.

        6+
      • Cesar_DF 7 de novembro de 2016 at 07:00

        Estes gráficos batem com o que falei a pouco tempo, que ainda falta cair 22% para começar o DESPAIR,
        Basicamente estamos acompanhando o gráfico da Espanha, só que com um atraso de 7 anos.
        A Espanha atingiu o pico em Q3/2007 com 116,6, entrou no despair em Q3/2010 e continuo caindo até atingir o mínimo em Q4/2013 em 67,0
        De acordo com o site, o pico foi atingido em Q3/2014 com 141,8 e se acompanhar a Espanha, iniciará o DESPAIR
        https://data.oecd.org/hha/housing.htm

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 7 de novembro de 2016 at 07:02

          CONTINUANDO
          … iniciará o DESPAIR em Q3/2017 e chegará no fundo do poço em Q4/2020.
          Até o momento as previsões estão se concretizando

          8+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 5 de novembro de 2016 at 02:24

      Isso só valeria para o Rio ou será que podemos fazer uma analogia com o Brasil todo?

      Poderíamos dizer que esse fundo do poço significa também a continuidade da SELIC a dois dígitos?

      Ou seriam indicadores “descolados” , tipo, o rombo fiscal continuaria indo até o fundo do poço, mas a SELIC mantendo a queda, tipo a que tentaram sinalizar em outubro?

      Esse nível de interpretação está além do que posso compreender atualmente.

      7+
      • avatar
      • Cesar_DF 5 de novembro de 2016 at 16:01

        Cramulhao, acho que esta matéria responderá a sua pergunta

        Investimentos recuam pelo terceiro mês consecutivo, aponta Ipea
        Indicador aponta recuo de 2,2% em setembro e queda de 4,1% no trimestre.
        Recuo dos investimentos reforça expectativa de recuperação lenta.

        O indicador do Ipea mede o quanto as empresas aumentaram os seus bens de capital, ou seja, aqueles bens que servem para produzir outros bens. São basicamente máquinas, equipamentos e material de construção. Ele é importante porque indica se a capacidade de produção do país está crescendo e também se os empresários estão confiantes no futuro

        http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/11/investimentos-recuam-pelo-terceiro-mes-consecutivo-aponta-ipea.html

        8+
        • avatar
        • avatar
      • Lucas 7 de novembro de 2016 at 11:37

        fazendo as contas, além de selic de 2 dígitos, em setembro se a gente anualizar inflaçãoXjuros, nós tivemso juros real de 2 dig.
        Se é só o RJ?
        quanto maior o pedestal, maior a queda.

        Agora pegas um governo que passou 13 anos anti-capiltalista jogando bosta com as 2 mãos no Estado mais desenvolvido do país.
        claro que a conta esta gorda
        acho até que pelo fato de SP passar o pão que o diabo amassou nesses 13 anos, somos os naturalmente mais preparados pra sair da crise

        Só não confunda fundo do poço no mercado imob com todo o resto da economia

        4+
        • avatar
  • CA 4 de novembro de 2016 at 21:27

    Vejamos este trecho que consta na matéria do topico:

    “Para a head de inteligência de mercado do portal Viva Real, Aline Borbalan, os preços para locação têm relação com o mercado de vendas. “Se o financiamento fica mais fácil, aumenta a procura pela aquisição do imóvel. Assim, o interesse pela locação reduz e, logo, também os preços”, analisa ela.”

    Realmente não há limite de ridículo para a MENTIRA e ENGANAÇÃO! Aumenta a procura pela aquisição de imóveis??? Como, se desde 2012 todas as estatísticas, sejam de novos ou usados, apresentam quedas nas vendas de imóveis ano após ano??? Como se os relatórios das construtoras demonstram estas mesmas quedas desde 2012? Esta figura que fez esta declaração ridícula, que todo mundo sabe que é MENTIRA, é a “head de inteligência de mercado”? Ela podia ser é um “Ass de Intelijumencia de mercado”, isto sim. A esta altura tratar todos como perfeitos idiotas, como se todo mundo não soubesse que isto é MENTIRA, é só mais uma forma de demonstrarem até que ponto jogam fora a sua “reputação” na tentativa de garantir uns trocados a mais…

    48+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 4 de novembro de 2016 at 21:33

      Este pessoal não sabe b… nenhuma geralmente, botam alguem de marketing para escrever estas besteiras cheias de palavrinhas bonitas e frases chavão para pegar os incaltos, e pegam muitos.
      Vende-se imóveis como se vende sabão em pó ou papel higiênico.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 4 de novembro de 2016 at 21:36

        Olha o likedin da “inteligência” 😀

        Pós Graduada em Inteligência de Mercado – FIA. Graduada em Comunicação Social, Especializações nos EUA e Inglês intermediário, cursando nível avançado / Language Land.

        14 anos de experiência profissional em inteligência de mercado, pesquisa e marketing;

        Estruturação do departamento de IM com gestão de pessoas, desenvolvimento de terceiros e disseminação de metodologias de trabalho em regionais, nacionalmente;

        Gestão de significativos projetos de inteligência de mercado e inteligência competitiva, através de metodologias de pesquisas quantitativas, qualitativas, mercadológicas, identificação de demanda, posicionamento de produtos e segmentações;

        Interface junto as áreas de Business Intelligence e TI para desenvolvimento de sistemas e relatórios customizados relacionados a área;

        Nada sobre finanças, real state ou coisa que seria intessante saber para não falar merda, pode esperar só a costumeira baboseira de marketeiros.

        31+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Rico 6 de novembro de 2016 at 09:58

      Desculpe CA, dessa vez vou ter que discordar.

      Nunca subestime a estupidez humana… O que vejo de gente indo atrás do “imóvel na pranta” com “parcelinhas que cabe no bolso” não tá no mapa, mesmo não tendo dinheiro para colocar comida na mesa.

      9+
      • avatar
      • avatar
  • Zizu 4 de novembro de 2016 at 21:35

    Esse Head deve ser a PresidentA Jumenta do portal Viva Real

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 4 de novembro de 2016 at 21:44

    Sobre o tópico:

    Cada vez que no preço de locação tem uma queda, é mais um impulso para novas quedas nos preços de vendas.

    Isto ocorre porque o comprador, vendo a dificuldade em comprar um imóvel e a facilidade e custo mensal MUITO menor em alugar um imóvel, sem a necessidade de entrada e outros custos, acaba preferindo alugar do que comprar. Mesmo assim a procura por aluguel está caindo, apesar das reduções nos preços e isto ocorre pelo fato dos aluguéis ainda estarem com preços desproporcionais a renda, a renda estar em queda, o desemprego em alta e com isto, muitas pessoas estarem voltando a morar com parentes e amigos.

    Outro motivo para a queda no preço de aluguel colaborar para reduzir o preço de venda, é que cada vez que o preço do aluguel cai, diminui o número de pessoas que compram imóveis como investimento com a finalidade de colocar para alugar, pois fica ainda mais claro que este investimento é pior do que qualquer outro, até mesmo quando comparado à poupança.

    A super-oferta de imóveis vai aumentando, tanto para venda, quanto para aluguel e com isto dispara o número de imóveis “nem nem”, que são aqueles que nem vendem nem alugam. A pessoa tenta vender, passam-se meses ou anos e dai vem a ideia brilhante: vou por o imóvel para alugar! Depois de alguns meses sem alugar, tanto o preço de venda quanto aluguel continuam caindo e a vacância, com custos não cobertos por receitas, subindo sem parar também, até que o inevitável acontece para muitos: tem que baixar muito mais o preço do aluguel. Mesmo assim a super- oferta não para de crescer ea demanda não para de cair, o desespero do proprietário nesta sinuca de bico também cresce sem parar…

    38+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 4 de novembro de 2016 at 22:03

      A bola de neve esta rolando montanha abaixo e ganhando momentum, vai atropelar muitos investiotários e ixpertos no meio do caminho e concondando com o Lucas, ainda tem um caminho longo até atingir o sopé.

      11+
      • avatar
      • avatar
    • Libertario 5 de novembro de 2016 at 10:45

      Permita-me discordar.
      A função dela na empresa é exatamente esta.
      Achar argumentos aonde não existem.
      Não para convencer nós, interessados pelo assunto BiB, mas para enrolar os incautos.
      Ela criou uma linha de raciocínio mentirosa, aonde a única verdade é a redução do preço de locação.

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Carlos 5 de novembro de 2016 at 11:33

        É mais ou menos isso que eu disse Libertario, creio que não fui claro, concordo contigo, a função de “inteligência” da fulana é neste sentido.

        6+
      • joselito 7 de novembro de 2016 at 09:32

        De curiosidade, olha que interessante essa conduta:

        Art. 171 – Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento…..

        6+
        • avatar
    • Money_Addicted 5 de novembro de 2016 at 13:30

      CA,

      Uma observacao, esses investimentos perdem ate para a rentabilidade do FGTS 🙂

      [ ]s

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Zizu 4 de novembro de 2016 at 22:18

    Ardam até o inferno!!

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 4 de novembro de 2016 at 22:40

    kkk, “cada argumento”
    tipo sorvete que não vendeu por causa
    da chuva e frio… vai ficar mais caro na outra semana de chuva e frio.

    Prejuízo com distratos pode deixar imóveis mais caros
    Perdas com publicidade e corretagem serão incluídas nos novos lançamentos, prevê Abrainc

    Ele afirma que o imóvel devolvido à construtora resulta em um prejuízo que resulta no aumento do valor de venda das novas unidades para não desequilibrar o caixa da construtora.

    http://noticias.r7.com/economia/prejuizo-com-distratos-pode-deixar-imoveis-mais-caros-03112016

    33+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 5 de novembro de 2016 at 09:08

      lei da oferta e procura ao avesso..

      24+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Fernando-SSS 7 de novembro de 2016 at 14:23

      O cara que expele um comentário deste tem que arder nas profundezas.
      Como o “joselito” sugeriu, tem que começar a considerar estes caras como estelionatários.

      2+
      • avatar
  • Alemon Fritz 4 de novembro de 2016 at 22:42

    ou comprem os velhos abandonados pois vai ficar mais caro… kuuuuuuuuuuaa

    9+
  • Falido.com 4 de novembro de 2016 at 23:34

    como um país inteiro foi mantido há mais de 500 anos com mentiras, falcatruas e golpes???

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cadeludo 4 de novembro de 2016 at 23:57

    o ponto de frenesi da crise será quando os funcionários públicos estiverem assaltando junto com os desempregados e os bandidos

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 5 de novembro de 2016 at 01:13

      No hell de janeiro até o Natal talvez veremos isso… quanta incompetencia num lugar só….. e SP não tá tão longe com divida em cima de divida;;;;;

      8+
  • Zizu 5 de novembro de 2016 at 06:08

    Pelo menos no
    Hall de Janeiro tem Praia e mulherada de biquini!!??

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Zizu 5 de novembro de 2016 at 06:09

    Digo Hell de Janeiro

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • ACD 5 de novembro de 2016 at 12:57

      Em contrapartida tem bala perdida e o Fluminense. kkkk

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Carlos 5 de novembro de 2016 at 08:31

    OFF – Não sei se é ignorância ou desiformação mesmo ou a arte de usar números para criar manchetes fajutas.

    Região Norte crescerá 4% em 2017, mais que o dobro previsto para o país

    http://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2016/11/04/regiao-norte-crescera-4-em-2017-mais-que-o-dobro-previsto-para-o-pais.htm

    4% de quanto mesmo?
    Dados de 2012:

    1 Região Sudeste 2.295.690.000
    2 Região Sul 672.049.000
    3 Região Nordeste 555.325.000
    4 Região Centro-Oeste 396.411.000
    5 Região Norte 223.538.000

    “https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_regi%C3%B5es_do_Brasil_por_PIB”

    9+
    • avatar
    • avatar
  • Jean Cherem 5 de novembro de 2016 at 08:58

    Engraçado é que um imóvel no andar onde uma amiga minha trabalha está disponível para locação desde março e até hoje não devem ter ido 8 pessoas para fazer visitação. Olha que é uma sala de 50 metros muito bem acabada e em um bom ponto de Belo Horizonte. O aluguel está em torno de R$ 53,00 o metro.

    5+
    • avatar
  • Alemon Fritz 5 de novembro de 2016 at 09:42

    resumindo:
    CRISE TOTAL
    Preço dos alugueis tem queda em Cuiabá
    que a imobiliária dispõe de 500 imóveis para venda e cerca de 300 para locação atualmente. …(800 vazios!!!) kkkkk
    http://www.folhamax.com.br/economia/preco-dos-alugueis-tem-queda-em-cuiaba/104619
    (corvos se explodam)

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 5 de novembro de 2016 at 09:54

    o tamanho do buraco alargado:

    Joinville tem 21,7 mil lotes vazios
    e Os imóveis desocupados equivalem a 9% dos lotes da cidade….
    o prefeito planeja o projeto de adoção do IPTU progressivo

    http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2016/11/joinville-tem-21-7-mil-lotes-vazios-8128487.html

    projetando esse número para apenas 300 cidades com mais de 100k habitantes teriamos 567.000 imóveis abandonados!!!
    (0,09×21000)x 300= 567k
    somem 2milhoes de imóveis pra vender ou alugar..

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 5 de novembro de 2016 at 10:22

      e para os lotes vazios é só multiplicar por 10 que teremos 5.670.000 lotes vazios…

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Rene Fraçoá 5 de novembro de 2016 at 10:37

    JC debate da TV Cultura de ontem. Confesso que assisti vivo como sobremesa do almoço! Obrigado BIB. Representande do CRECI-SP x/ OAB-SP.

    OAB-SP ” na verdade quem comprou na planta comprou fumaça….”
    CRECI-SP ” a hora de comprar é agora…”

    https://www.youtube.com/watch?v=2m6jafdnPvs

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 5 de novembro de 2016 at 11:18

      Bem interessante a entrevista… e a corva nos lê.. ela falou
      do “Comprador de Tijolos”, ” investidor em Tijolos” kkk
      obrigado corva, e se exploda.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Alves 5 de novembro de 2016 at 11:36

        Aplicar em tijolos, rsrs. Acho que os debatedores participam do Blog.

        9+
        • avatar
  • CA 5 de novembro de 2016 at 10:56

    O Cramulhao de FHCigienopolis45 5 de novembro de 2016 at 02:24
    Isso só valeria para o Rio ou será que podemos fazer uma analogia com o Brasil todo?

    Poderíamos dizer que esse fundo do poço significa também a continuidade da SELIC a dois dígitos?

    Ou seriam indicadores “descolados” , tipo, o rombo fiscal continuaria indo até o fundo do poço, mas a SELIC mantendo a queda, tipo a que tentaram sinalizar em outubro?

    Esse nível de interpretação está além do que posso compreender atualmente.
    ——————————————————————-
    Questão interessante:

    É fato que o governo quer e está sendo muito pressionado para a redução da SELIC com uma velocidade e intensidade maiores, mas no fundo, isto sempre foi assim, não é nenhuma novidade, nem será o determinante para que aconteça desta forma de uma maneira SUSTENTÁVEL, mesmo que esta pressão aumente em função do agravamento da crise. Óbvio que por populismo e para atender a pressão o governo poderia baixar a SELIC para menos de 2 dígitos, mas isto seria por um prazo muito curto, como ocorreu em 2012.

    Ao que tudo indica, pela análise dos fatores INTERNOS, teremos quedas contínuas e graduais da SELIC até o final de 2017, pelo menos, quando ela poderá alcançar 11% ou um pouco menos que isto, mas ainda ficando em 2 digitos. A manutenção ou agravamento da crise, tanto em função da calamidade pública em alguns Municípios / Estados quanto em função dos efeitos das explosões das bolhas imobiliárias e de consumo, irão colaborar para a queda da inflação, levando a esta redução dos juros. Não alcançaremos apenas 1 digito de SELIC porque apesar da crise, temos um volume ANORMAL de crédito subsidiado, uma questão fiscal que mesmo com as ações abaixo ainda estará crítica, principalmente do lado das receitas que cairão, o que fará com que a percepção do nosso risco seja elevada ainda, além de outros fatores estruturais relacionados à uma competitividade muito ruim em virtude do excesso de protecionismo, improdutividade crônica, etc. Esta é a tendência assumindo-se que o governo adote ações de equilíbrio fiscal em 2017 que tenham efetividade no curto prazo, o que por si só já é um desafio, ou seja, esta é uma previsão otimista.

    Há ainda uma dúvida sobre a evolução dos fatores EXTERNOS em 2017. Se a explosão mais visível das bolhas chinesas ocorrer, ou se tivermos um impacto maior de fuga de capital estrangeiro do Brasil em função do aumento dos juros nos EUA, ou ainda, se tivermos algum outro evento externo que passe uma visão generalizada de que teremos uma maior aversão ao risco, levando também a uma grande fuga de capitais do Brasil, a reação natural será de um aumento na cotação do US$ no Brasil e também um aumento na SELIC, uma vez que estas são as ações para se combater uma crise cambial e se evitar uma crise sistêmica. Mesmo com ações que tenham efetividade no curto passo para se buscar o equilíbrio fiscal, em 2017 ainda estaremos sendo vistos como um país de alto risco, pelos pontos que coloquei mais acima.

    Resumindo o que consta acima, a previsão mais otimista é a de terminarmos 2017 com uma SELIC menor e ainda em 2 dígitos, a previsão mais pessimista é de que ela possa até subir e muito, neste caso dependendo do cenário externo.

    E a partir de 2018, qual a viabilidade da SELIC ficar em apenas 1 digito? Pode ocorrer por uma decisão POPULISTA, mas sua duração será de curto prazo. Só quando forem resolvidas as questões que coloquei acima é que poderemos ter uma SELIC mais baixa de maneira estável e isto é algo que pode levar de um mínimo de 5 anos até mais de uma década, ou mesmo nunca ser resolvido, uma vez que parte destes problemas já duram décadas, alguns tem mais de um SÉCULO…

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • De-boa-na-bolha 5 de novembro de 2016 at 12:01

    Esta matéria do JC debate é fantástica! Apesar da relativa audiência talvez seja o maior marco na mídia até agora. ….kkkkk não sobra nada!

    4+
  • CA 5 de novembro de 2016 at 12:40

    Olha aí o Tsumoney da EmpiriCUs:

    http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2016/11/investimentos-estrangeiros-em-infraestrutura-encolhem-diz-estudo.html

    Trecho do link acima:

    “Segundo o levantamento, apenas 29% dos investimentos em projetos de infraestrutura anunciados desde 2014 foram realizados por empresas de capital estrangeiro. Em 2011, a participação foi de 55% e, em 2013, chegou a 68%.”

    29% desde 2014, contra 68% em 2013, não parece muito animador…

    Agora alguém poderia dizer que aquilo que consta acima foi porque tinhamos a Dilma no poder até recentemente. Vejamos estes outros trechos:

    “…meta do governo é arrecadar R$ 24 bilhões com concessões apenas em 2017”

    ““Terão que ser novos investidores, uma vez que a maior parte das empresas de capital estrangeiro instaladas no país não têm como principal atividade os setores dos projetos incluídos no pacote”, explica Lima.”

    “”Uma saída é associar o capital estrangeiro ao brasileiro, com alguém que já seja do ramo e que já esteja instalado no país. Mas vamos ter que remar um pouco contra a maré, fazer um esforço extra para atrair esses capitais, uma vez que o momento não é muito favorável”, conclui.”

    Será que os R$ 24 BILHÕES serão um grande alívio frente às centenas de BILHÕES de reais de tombos na somatória de CEF, BNDES, dívidas de empreiteiras envolvidas na lava- jato, etc? Pior que até este montante, que é irrelevante perante os buracos existentes, será difícil de ser atingido.

    Vamos lembrar que uma grande parte do dinheiro estrangeiro veio em anos anteriores para o setor de telecomunicações e para suprir o forte processo de aquisições e fusões, em virtude do nosso mercado não comportar tantos concorrentes deste porte e de alguns deles estarem em péssima situação financeira e portanto mais fáceis de serem comprados, o que aliás em ambos os casos tem a ver com mudanças tecnológicas e novos concorrentes (WhatsApp, Netflix, etc). As oportunidades ofertadas agora pelo governo não tem esta característica, não há “oportumidades” de ganhos em escala para poder sobreviver a novos concorentes, são setores em que não ha participação de investidores estrangeiros no Brasil e afinal, com quem estes novos investidores estrangeiros poderão se associar no Brasil? Claro que algum dinheiro sempre vem, a Brookfield tem feito esta aposta e colocado recursos, mas nos montantes SONHADOS pela EmpiriCUs e seus seguidores, dai é outra estória.

    Ainda no aguardo das notícias sobre as centenas de BILHÕES de dólares que as empresas estrangeiras vão investir no Brasil…

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • ACD 5 de novembro de 2016 at 14:01

      CA, há mais de um ano acompanho seus posts no blog e cada vez que leio uma nova publicação, imagino você na posição do Michael Burry – do filme A grande aposta.
      Um cara que enxergou a realidade e mesmo assim é desacreditado por tantos. Apesar dos dados acusarem a fraude no sistema, poucos acreditaram em seus estudos.
      Porém, creio que para o momento, serve de consolo o fato de que foi ele quem “riu” (e muito) no final. Parabéns, a hora da revelação logo ocorrerá.

      17+
      • avatar
      • avatar
    • Falido.com 5 de novembro de 2016 at 15:57

      A Brookfield ja pagou tudo que deve pra cidade de SP???Além de explorar os 666 ainda rouba do fisco municipal, me ajuda aí ô!!….http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,brookfield-confirma-pagamento-de-r-4-1-milhoes-em-propina-a-servidores,1092183

      5+
  • Alemon Fritz 5 de novembro de 2016 at 12:43

    Jornal Hoje
    4.000 reclamações de atrasos das construtoras
    professora: o “sonho que virou pesadelo…” corvo construtor
    dizendo que isso é bom pra separar quem é bom e quem é ruim..

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Minino do TI 5 de novembro de 2016 at 14:46
    • FabianoSJC 5 de novembro de 2016 at 16:07

      “corvo construtor dizendo que isso é bom pra separar quem é bom e quem é ruim.” O que importa para o corvo é que tanto o bom quanto o ruim lhe pague a comissão da venda , depois se o 666 não receber o apto problema dele rs

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • markito 5 de novembro de 2016 at 13:08

    caramba esse video nao deve ser divulgado por favor.. quem vai pagar nossos juros?

    9+
    • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 5 de novembro de 2016 at 15:21

    Cartão-Reforma será lançado na quarta-feira, diz ministro das Cidades

    http://hojeemdia.com.br/primeiro-plano/política/cartão-reforma-será-lançado-na-quarta-feira-diz-ministro-das-cidades-1.425293

    Do jeito que os imóveis populares são construídos, este cartão vai bombar. Depois reclamam da Dilma ser uma presidenta populista com aqueles pacotes que ela tirava da manga toda semana.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • JJJ_brasilia 5 de novembro de 2016 at 17:16

      Mais do mesmo, dado crédito que não será pago, mais títulos podres para a Caixa é prejuízo para o contribuinte, não cansam de pedalar.

      7+
      • avatar
  • Falido.com 5 de novembro de 2016 at 15:50

    Fico impressionado com as preocupaçoes dos nossos politicos…..http://novobrasil111.blogspot.com.br/2016/06/senado-aprova-bolsa-prostituta-de-r.html?m=1

    3+
  • Falido.com 5 de novembro de 2016 at 17:41

    Não sei se já viram , mas esse filme é interessante pra imaginarmos o próximo cenário aqui na banania….. aqui tá uma sinopse sem espoiler…http://www.adorocinema.com/filmes/filme-222978/

    2+
  • Lord of All 5 de novembro de 2016 at 18:57

    A bolha no Brasil não passa de um esquema de pirâmide: só se mantém em pé enquanto as pessoas estiverem aderindo. E é por isso que a Administração Federal e os bancos fazem de tudo para o esquema não falhar. Só q um dia os trouxas acabam e daí . . .

    20+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 6 de novembro de 2016 at 08:09

      “A falência de um sistema é de responsabilidade integral do topo da pirâmide, que não deu suporte, nem reforçou ou reestruturou sua base, com a base frágil todo sistema tende a desmoronar “.
      BILL GATES

      9+
      • avatar
  • Cadeludo 5 de novembro de 2016 at 19:13

    os trouxas não acabam nunca…
    mas a renda e o crédito acabam

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 5 de novembro de 2016 at 20:28

      troxas nao acabam… tentei discutir ao vivo sobre a questão habitacional e como vale a pena pagar um aluguelzinho honesto e ter algum na carteira ao invés de comprar fumaça e pagar em 30 anos e… adivinha como ficou minha reputação perante os interlocutores??

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Money_Addicted 6 de novembro de 2016 at 09:01

        amigo, pelo jeito vc eh novo aqui, portanto vai a dica mais imptt – sorrie e acene

        ou seja, nao tente discutir, deixe o pessoal comprando os tijolos magicos e diga q vc eh pobre e nao tem dinheiro pra comprar e vai continuar pagando aluguel 😉

        14+
        • avatar
        • avatar
        • alemonbnu 6 de novembro de 2016 at 11:34

          Sempre falo que sou pobre fudido que mora de aluguel. Recomendo sempre a trocarem de carro e pegar mais um financiamento de imovel. ” Nao tem somente CEF, tem intermedium, daycoval, ” recomendo sempre bancos onde tenho conta. Paguem nossos juros!!

          11+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Money_Addicted 6 de novembro de 2016 at 15:46

            intermedium rules 🙂

            7+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
        • Falido.com 6 de novembro de 2016 at 21:12

          isso é a melhor saida mesmo……valeu… agora sei o que sentiu aquele cara que ousou dizer que a terra era redonda…

          4+
  • CA 5 de novembro de 2016 at 21:19

    Curiosas as notícias que vemos em uma mesma página na Internet. Primeira:

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/11/pib-da-regiao-norte-deve-ter-o-maior-crescimento-em-2017-diz-estudo.html

    Na notícia acima podemos ver uma previsão da consultoria Tendências dando conta que a previsão deles para o crescimento do PIB em 2017 é de 1,5% e no caso da região Norte a previsão é que o PIB cresça o dobro, em virtude de uma recuperação para as indústrias de Manaus em conjunto com obras da Vale que geraram muitos empregos no pico da obra, anos atrás.

    Os argumentos que constam acima para justificar o crescimento previsto no PIB da região Norte ou do país como um todo, por si só não são nada consistentes.

    Para começar, a Vale já teve o seu pico de geração de empregos durante as obras, na prática isto significa que os empregos por lá diminuíram após este período e continuarão caindo conforme as obras forem se finalizando, não é um evento que irá gerar mais empregos de forma contínua ou crescente.

    Em segundo lugar, no caso das indústrias de Manaus, não há absolutamente nada minimamente razoável para se estimar um crescimento de demanda.

    Alegam uma melhora nas condições de endividamento das famílias, que faria com que tivessem mais acesso ao crédito e retomassem o consumo.

    É fato que as dívidas, com exceção daquelas relacionadas ao crédito imobiliário, tem caído em proporção à renda das famílias, aliás isto ja vem acontecendo desde 2010 e não a partir de agora, só que o motivo para isto é que a dívida das famílias com o crédito imobiliário em proporção a renda simplesmente TRIPLICOU de 2010 a 2015, ao mesmo tempo que o PIB consumo das famílias foi caindo e a inadimplência crescendo 2,5 vezes a mais que no período anterior. Isto não é um bom sinal como foi vendido pela consultoria Tendências na notícia acima, ao contrário, este é um dos pontos que está na raiz dos problemas da nossa crise atual, é o preço dos imóveis fora da realidade da renda que está forçando queda de consumo das famílias há anos.

    Outro ponto que eles esquecem diz respeito ao crédito em si: recentemente tivemos o recorde histórico nos juros cobrados pelos bancos para emprestimos em algumas modalidades de crédito e isto ocorre em função do spread muito elevado que por sua vez é causado pelo altíssimo índice de inadimplência, novamente eles plantam um “otimismo” que não tem nenhuma lógica ou embasamento.

    Agora vejamos algumas outras notícias que estão na mesma página, só para observarmos o completo non-sense destas “previsões” da consultoria Tendências:

    http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2016/11/investimentos-estrangeiros-em-infraestrutura-encolhem-diz-estudo.html

    http://g1.globo.com/economia/blog/thais-heredia/post/assim-no-rio-como-no-resto-do-brasil.html

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/11/tesouro-diz-que-municipios-tem-dificuldade-e-recomenda-ajuste.html

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/11/investimentos-recuam-pelo-terceiro-mes-consecutivo-aponta-ipea.html

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/11/inflacao-em-sp-sobe-em-outubro-puxada-por-despesas-pessoais.html

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/11/inflacao-da-baixa-renda-ganha-forca-depois-de-cair-em-setembro.html

    Compilando e resumindo o que consta acima, vemos que os investimentos estrangeiros em infraestrutura no Brasil caíram muito de 2014 em diante, os investimentos em bens da capital tiveram sua terceira queda seguida, a situação caótica do Estado do RJ será seguida por MG e RS, mesmo que em uma escala um pouco menor, o Tesouro alerta que muitos municípios também estão em situação crítica e a inflação voltou a subir. Este é o contexto em que a Tendências enxerga uma melhora do PIB de 1,5% para o próximo ano?

    Onde entram nas contas da Tendências o impacto muito forte na redução do PIB que sempre é causado quando temos um forte ajuste fiscal para alguns Estados e Municipios representativos, ocorrendo de forma simultânea com uma contenção de gastos que deverá ocorrer por parte do governo Federal?

    Onde entram nas contas da Tendências, que a redução de investimentos, que ocorrem como parte de uma situação de alta ociosidade em fábricas por exemplo, significa que não teremos condições de crescimento em indústrias como as de bens de capital, além de significar quedas em cascata para setores que dependem deste segmento?

    Onde entram nas contas da Tendências, que a inflação no Brasil é muito resiliente e que isto se deve em parte a algumas aberrações que temos por aqui, como por exemplo, o volume de crédito subsidiado, sendo que esta inflação é um dos entraves para a recuperação do consumo?

    Ha muito mais do que aquilo que consta acima, como por exemplo o fato de termos muitas empresas de construção civil leve (imóveis residenciais e comerciais) em péssima situação financeira e nenhuma perspectiva de recuperação, ao contrário, expectativa de piora relevante, juntamente com outros setores que continuam com quedas contínuas como o automobilístico e ainda, empresas envolvidas na Lava-jato que estão quebradas e sem nenhuma possibilidade concreta de se reerguerem, a liquidez que continua se reduzindo em especial em função das bolhas, o desemprego que é recorde e continua aumentando, sendo que ainda contém uma “bomba-relógio” em seu bojo que é o recorde de inativos, em função do aumento significativo no número de desalentados, mais o recorde daqueles que estão sobrevivendo com sub-empregos. Onde entram nos cálculos da Tendências o cenário desfavorável externo, como por exemplo o risco da explosão das bolhas chinesas se tornar mais visível, o aumento dos juros nos EUA, ou qualquer outro “espirro” que se acontecer lá fora irá gerar uma grande pneumonia por aqui?

    Não sei porque, mas fiquei com a “impressão” que estão querendo vender um otimismo UFANISTA, como quando a Bain Company fez um estudo alguns anos atrás, pago pelo segmento imobiliário, onde concluiu que o setor de construção civil era o motor da geração de empregos no país e que ia garantir um crescimento estável e relevante ao longo de muitos anos, ou ainda, as previsões do Ricardo Amorin sobre a BOVESPA em 200.000 pontos, a recuperação rápida da economia que ele já promete desde 2015, dentre outras visões otimistas e utópicas que servem a determinados grupos que querem sobreviver às custas da DESINFORMAÇÃO…

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 5 de novembro de 2016 at 21:39

      dissecando o defunto como sempre…. parabens CA… corvo nao canta, não embeleza o ambiente e nem serve pra cruza como dizem os caipiras, então… fogo neles…kkkkk

      4+
    • Lucas 7 de novembro de 2016 at 11:41

      CA o tópico de hoje valeria uma reflexão sobre a questão da liquidez
      esse tempos de espera, somado com o tempo da burocracia é uma coisa gigantesca qual lugar do mundo que é assim???
      6 meses aqui vender rápido, isso é um total absurdo
      no resto do mundo, é 60 dias pra vender, até menos pra alugar e 5 pra andar a papelada, NO MÁXIMO.

      1+
  • Alemon Fritz 5 de novembro de 2016 at 21:42

    eu estava estudando a EMGE -A e
    qdo foi criada , tornou-se cessionária de mais de 1 milhão de contratos de responsabilidade de pessoas físicas e jurídicas, originários da CAIXA e de outros agentes financeiros, integran-
    tes do SFH e do SH.
    -em 2013 restavam apenas 253mil contratos..mas…..
    Em 2014, realizou permuta de ativos com a CAIXA que resultou no ingresso de 2.121.683 contratos de operações de crédito perante pessoas físicas, sendo 2.106.469 da carteira comercial e 15.214 da carteira imobiliária.
    No exercício de 2012 foi autorizada e registrada contabilmente a redução do Capital Social mediante a absorção de prejuízos acumulados, no montante de R$ 10.952.226.
    Com a referida redução, o Capital Social passou de R$ 20.010.219 para R$ 9.057.993. (!!!!!!) (((((((((((((só 11 bilhoes)))))))))))))
    Em 2014, a Assessoria Jurídica da Controladoria Geral da União – CGU manifestou de forma divergente ao adotado pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional – PGFN quanto à validade do ato da redução do capital

    Em 15.12.15, foi publicado o Decreto nº 8.590, que aprovou o novo Estatuto Social da EMGEA com o novo valor do capital, devidamente levado a registro da Junta Comercial do Distrito Federal.

    http://www.emgea.gov.br/Home/Home/2b2f6705-5680-417f-a30f-a7e5f69e7f54?mn=Estat%C3%ADsticas%20e%20Demonstrativos&lang=pt-br
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2010/04/727952-emgea-renegociou-75-dos-antigos-contratos-habitacionais-de-devedores.shtml

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 7 de novembro de 2016 at 11:42

      PMJ

      1+
      • avatar
  • Luladranus 5 de novembro de 2016 at 21:44
    • Ilusionista 6 de novembro de 2016 at 08:30

      será que todos os FP do Rio, que terão redução de 30% nos salários, irão vestir a camiseta amarela da CBF e ir protestar atrás do trio elétrico em Copacabana no domingo?
      ah, não pode faltar o boneco inflável do Governador, distribuição de apitos e faixas com os dizeres “fora Pezão”.

      22+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Falido.com 6 de novembro de 2016 at 13:06

        Mas Brasileiro não é o povo mais amistoso, gentil, alegre,bondoso e solidário do planeta??? Agora é a hora de “dividir” o pão…. Hipocrisia mode on….

        13+
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 7 de novembro de 2016 at 11:44

          e os bilhões de dolares dos turistas apaixonados que vão voltar no verão???

          (é triste isso, eu penso no tsuname de orfãos de pai que via chegar em março)

          4+
          • avatar
          • avatar
  • Alemon Fritz 6 de novembro de 2016 at 09:23

    corvos vislumbrados

    Reserva do FGTS para casa própria dá novo fôlego ao mercado imobiliário

    o comprador oferece uma entrada em torno de 35% do valor do bem, a medida deve alcançar mais de 25 mil unidades, o que representa quase a totalidade de imóveis não vendido na cidade de São Paulo no mês de junho”,

    http://www.investimentosenoticias.com.br/financas-pessoais/imoveis/reserva-do-fgts-para-casa-propria-da-novo-folego-ao-mercado-imobiliario
    até 500k, 35% é 175k… kkkk

    4+
    • CA 6 de novembro de 2016 at 10:23

      Como sempre, a DESINFORMAÇÃO é a alma do negócio!

      1) Este valor é quase todo estoque de São Paulo, dá a entender que este estoque vai quase “zerar”???

      Para começar, 25.000 é próximo do estoque de imóveis novos em poder das construtoras segundo dados do SECOVI SP que ignoram imóveis lançados há mais de 36 meses. Se considerarmos estes imóveis com mais de 36 meses o número é de 35.000 imóveis nesta condição, segundo pesquisa recente divulgada aqui no blog.

      Em segundo lugar, considerar que não consta nos estoques acima, uma grande quantidade de imóveis que o os compradores estão tentando devolver e as construtoras não estão “aceitando”, enrolando o comprador por meses e às vezes por mais de 1 ano.

      Também não consta na conta acima, o fato de que temos um grande volume de imóveis novos em poder de investidores que não conseguem vender nem alugar e estão tentando as duas coisas.

      Considerar que temos ainda mais de 150.000 imóveis usados anunciados para venda na cidade de São Paulo que também irão concorrer por esta verba adicional do FGTS.

      Ao somarmos o que consta acima, veremos que o número total de imóveis que concorre a esta verba adicional, é de cerca de 250.000 imóveis, isto só na cidade de São Paulo.

      Ocorre que esta verba não é só para São Paulo, é para o total do Brasil. São Paulo representa cerca de 20% do mercado imobiliário do país, logo o total de imóveis que disputarão esta verba adicional é de 5 vezes o total de São Paulo, ou algo em torno de 1,25 milhão de imóveis.

      Claro que muitos deles estão ofertados acima de R$ 500 mil, ou de R$ 750 mil, no entanto, em tese o volume a ser beneficiado pela notícia é o total, aqueles abaixo de R$ 500 mil em cidades menores, ou R$ 750 mil em cidades maiores se vendidos com esta nova verba, poderiam impulsionar a venda dos demais, no entanto, este novo montante equivale a menos de 2% do total de imóveis ofertados, ou seja, algo absolutamente IRRELEVANTE em termos práticos, que mesmo com o efeito multiplicador de gerar novos negócios para valores maiores (vendeu o mais barato, comprou um mais caro), teria um impacto de no máximo 4% sobre a oferta total.

      2) A poupança é a principal fonte de recursos para o crédito imobiliário. Como ela está?

      No acumulado do início de 2015 até hoje, tivemos saques da poupança superiores a R$ 100 BILHÕES, se comparados aos R$ 9,5 bilhões do FGTS agora, mesmo somando com aportes anteriores, veremos que esta verba adicional via FGTS nos anos de 2015 e 2016 não chegou sequer a R$ 30 bilhões, o seja, ainda há um deficit de verba disponível para o crédito imobiliário de mais de R$ 70 BILHÕES no acumulado de 2015 e 2016, esta verba adicional do FGTS não é nem um pouco “salvadora” para o mercado imobiliário.

      3) Na conta de padaria do artigo falam em uma média de 35% de entrada, para fazer de conta que a verba seria suficiente para 25.000 imóveis, no entanto, a verdade é que a entrada em média tem sido de 25%, ou seja, a parcela do FGTS adicional não será o suficiente sequer para estes 25.000 imóveis, sem contar que o uso seria para imóveis de até R$ 750 mil nos grandes centros, ou seja, menos ainda do que aqueles 4% do total de imóveis ofertados previstos no item 1 acima.

      4) O trecho abaixo que consta neste artigo também é revelador quanto a total ineficácia desta medida:

      “Mesmo com a liberação de recursos do FGTS pertencentes à linha pró-cotista, para boa parte da população, o programa Minha Casa Minha Vida ainda continua a ser a opção mais viável. “Conforme Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgada em 2014, 80% do déficit habitacional brasileiro está concentrado nas famílias cuja renda é de até três salários-mínimos. Para estas pessoas, as linhas de crédito do Programa Minha Casa Minha Vida continuam a ser a melhor alternativa.”

      5) Não podemos esquecer que as vendas de imóveis novos e usados vem caindo desde 2012, com a desproporção entre estoque e vendas crescendo ano após ano, apesar de no período de 2012 a 2014 termos tido verbas crescentes para o crédito imobiliário, emprego crescente, renda crescente e uma série de outros fatores que já não existem mais…

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 7 de novembro de 2016 at 11:47

        20% do mercado oficial
        o mercado formiga é difícil dizer qual share de mercado eles tem, historicamente era 50%
        ou seja é estoque pra 20 anos numa conta bem realista, ao contrário do secorvo aponta o estoque saudável de 1 ano, que aliás já seria muito em termos mundiais, ainda mais aqui com o maior juro real do planeta, portanto onde ter estoque custa mais caro.

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Semnick 6 de novembro de 2016 at 10:27

    Oi pessoal duas coisas:

    1 – Amigos do brasil informam que além do mercado parado muitos conhecidos desesperados com o dia (de hoje), imaginem o de amanhã. Que muitos já comentam das besteiras que fizeram e não estão vendo saida… Nada que não tenha sido discutido por aqui. Mas parece que estão acordando para a realidade, e não encontram remedio ou paliativo que leve a alguma solução.

    2 – Um OFF … depoimento
    Há 4 dias consegui sair do centro da Italia – peguei os terremotos fortes de 26/10 e seguintes – dormi 3 noites em abrigo e somente no sabado comecei a sentir que ainda viveria um pouco mais, sai via RImini – Bologna – Frankfurt… O terremoto do domingo senti levemente em Rimini, mas 6,5 foi mais forte dos que peguei 5,4 e 6,1……
    Para quem nunca passou pela experiencia – não tem filme e descrição que revelem a situação…
    Infelizmente, os centros historicos das cidades da região de Marche, Umbria, Lazzo, estão muito comprometidos.
    O que funciona bem é a evacuação. O problema é que nessas horas se sai sem nada além da roupa do corpo, e depois é um eterno aguardo para que os vigilis de fueco (bombeiros) acompanhem as pessoas no resgate do minimo (documentos por exemplo). Foi uma das situações mais apavorantes e tristes da minha vida…

    Com tudo que vivi desde 26/10 pensei muito no Brasil, que não tem as aflições causadas pela natureza e me pergunto, desde sempre – O que precisa para que o povo queira o melhor ? Por que o brasileiro não luta pra ser melhor? Por que as coisas não funcionam?

    O que falta para o brasileiro é o comprometimento… Se o brasileiro entender que na vida o comprometimento leva a organização, escolhas corretas, avaliação de horizontes, com certeza teriamos um país melhor. Mas comprometer é se dedicar, é participar e acho que o mais dolorido … é parar para pensar … pensar dói na maioria das pessoas. Todos querem tudo pronto. Uma situação de catastrofe nivela os envolvidos, podem ter certeza… por isso as pessoas se unem.

    O brasil hoje está passando por uma catastrofe, menos contundente do que um terremoto, embora com efeitos ainda imprecisos, mas está sendo sentida por todos, sem exclusão. Talvez esse seja um momento de virada de conceito para todos.

    Ainda estou em processo de ruminação de tudo que vi e passei. Mas deixo meu registro aqui… O Brasil tem tudo só falta pessoas coerentes que realmente batalhem para o bem, para a transparencia para a verdade, que extinguam a Lei de Gerson…

    49+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Falido.com 6 de novembro de 2016 at 13:11

      Louvável o que vc falou e agradeço por compartilhar aqui mas sou brasileiro e sou parte do problema, veja como foi formado nosso poo e terá a resposta porque somos tão ladrões, ixpertos e preguiçosos….

      7+
      • avatar
    • JJJ_brasilia 6 de novembro de 2016 at 13:18

      Se no Brasil tivesse muitas tragédias naturais, seríamos o Haiti, sem problemas como terremoto ou furacão, o brasileiro já está vendendo o almoço para comprar a janta, imagina como seria se além de lidar com os nossos problemas, ainda tivéssemos que lidar com desastres naturais.

      15+
    • CA 6 de novembro de 2016 at 15:03

      Semnick,

      Bom ouvir notícias suas. Experiências limítrofes como as que você viveu nos fazem refletir de forma mais filosófica, com uma visão mais abrangente da realidade e do quão frágil é nossa existência perante alguns fenômenos naturais, o que contrasta tremendamente com inumeras situações ARTIFICIAIS que presenciamos hoje, em especial, mas não exclusivamente, aqui no Brasil. Boa sorte por aí e sempre que puder, continue participando!

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 7 de novembro de 2016 at 12:57

      nickless
      2 coisas:
      – já vivi um pequeno terremoto e um terrorismo (meio que de longe), a gente fica uns dias áereo, sabe acho que é justamente o que nos falta aqui, essas coisas no fim unem, como que um inimigo comum, coloca tudo em perspectiva. Firme aí! pode ser idiota falar mas a melhor coisa a se dizer nessas horas é isso. Vai passar!

      – daquele outro assunto, achei já os caras, kkkk, debaixo do meu nariz, por anos e anos, inclusive alguns bem perto de nós no mundo virtual, eles são discretos, mas não secretos. E acertei na conclusão, 99% do que se diz sobre eles é a mais pura bobagem, é inventar um inimigo comum a se combater. Não passam dum bando de velhinho carentes, ou adolescentes carentes, ou comerciantes carentes. Mas o legal é que eles realmente mexem com ferramentas interessantes.

      1+
  • alemonbnu 6 de novembro de 2016 at 11:43

    Ok brother, faz 500 anos que o Brasil tá nessa. Trabalho e faço a minha parte, só não acredito que isto mudará pelas proximas geraçoes.

    8+
  • Rico 6 de novembro de 2016 at 19:16

    Pessoal um amigo de um amigo meu tem cidadania europeia e nenhum bem de difícil liquidez aqui.
    O que vocês fariam no lugar dele?

    1+
    • odorico 6 de novembro de 2016 at 19:28

      Com passaporte europeu entra fácil na aus, can além de países nórdicos (onde o frio espanta os imigrantes), ou então terra dos livres….

      0
      • Rico 6 de novembro de 2016 at 20:34

        Mas isso é a turismo… Para resident permit o processo é o mesmo do passaporte bananês não?

        0
        • John Horse 6 de novembro de 2016 at 22:51

          Se for de um país da UE que permita Treaty Investor, o E2 é uma opção.

          2+
          • avatar
    • John Horse 6 de novembro de 2016 at 20:34

      Ele e mais um monte de gente… A pergunta é: o que ele quer da vida? Qual qualificação? Quanto $? E ele fala que línguas?

      5+
      • avatar
      • avatar
      • Rico 6 de novembro de 2016 at 20:53

        Trabalha com TI comigo, recebemos várias oportunidades direto, fala ingles e tem MBA… Trabalha com uma ferramenta específica de grande penetração em serviços financeiros.

        0
        • John Horse 6 de novembro de 2016 at 22:50

          O destino era UK… Pena que vão vazar da UE. Ele tambem pode pedir um E2 Treaty Investor e ir pros EUA.

          1+
          • avatar
  • CA 6 de novembro de 2016 at 20:48

    Notícia interessante. Nas expectativas super-otimistas da Tendências e do Amorinha, onde se enquadra o cenário abaixo, dentre tantos outros que eles ignoraram?

    http://m.folha.uol.com.br/poder/2016/11/1829732-assustado-com-lava-jato-pib-cobra-acao-do-congresso.shtml?mobile

    Trecho do link acima:

    “Pesos pesados do PIB abraçaram nos bastidores projetos como a anistia ao caixa dois e o novo marco para acordos de leniência sob o argumento de que é preciso criar mecanismos legais que garantam punição aos que praticaram crimes, mas impeçam a “quebradeira generalizada” do país.”

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Rico 6 de novembro de 2016 at 20:57

      O que é PIB no contexto?

      1+
      • avatar
      • CA 6 de novembro de 2016 at 21:08

        PIB = Produto Interno Bruto

        Pesos pesados do PIB, significam setores que tem alta participação no PIB, como Telecom, Bancos, etc, por isto a conclusão quanto a uma possível “quebradeira generalizada”…

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Rico 6 de novembro de 2016 at 21:23

          Entendi, em uma interpretação (mal) feita parecia ser algum setor do governo. Obrigado.

          Então o status quo vai se manter… É o país descendo a ladeira.

          0
          • CA 6 de novembro de 2016 at 21:40

            Na medida que isto se torna público desta forma, não só fica mais difícil aprovarem estas ações no congresso que livrem a cara destes setores, como eles ficarão ainda mais expostos e com dificuldades de aprovarem novas negociatas com o governo, o que os força a não pedalarem, em qualquer resultado possível quanto a estas alternativas, novo impacto negativo para o PIB e mais dificuldades para novos golpes.

            4+
            • avatar
    • CA 6 de novembro de 2016 at 21:15

      Esta outra notícia fala sobre perda de alguns bilhõezinhos a mais, nada tão relevante, mas não parece muito alinhado com as previsões ufanistas de alguns, até porque a perspectiva é que estas exportações diminuam ainda mais em 2017 com o inevitável agravamento da crise venezuelana:

      http://m.folha.uol.com.br/mercado/2016/11/1829735-brasileiros-desistem-de-vender-a-venezuela-e-exportacoes-desabam.shtml?mobile

      “Até outubro, as vendas somaram US$ 980 milhões, queda de 61% em relação ao mesmo período de 2015 e menor valor desde 2003 (veja quadro na pág. 3). Como resultado, o país, que chegou a ser o sétimo principal destino dos produtos brasileiros no exterior, desabou para 37º.”

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 6 de novembro de 2016 at 21:29

      Vejam na notícia mais acima que um dos motivos da consultoria Tendências apostar que na região Norte teremos um crescimento do PIB que seria o dobro da média prevista para o Brasil (que já era super-orimista, de 1,5%), era exatamente a recuperação que eles visualizaram para a Zona Franca de Manaus. Observem o que a notícia abaixo traz a este reapeito:

      http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,recessao-trava-encomendas-de-natal,10000086769

      Sub-título da notícia acima:

      “Indústrias da Zona Franca de Manaus operam com 50% da capacidade e não contrataram trabalhadores temporários para este fim de ano”

      Impressionante as “previsões” de algumas consultorias, sem NENHUM embasamento eles falam sobre crescimentos impressionantes, quando os dados mais recentes demonstram exatamente o CONTRÁRIO. Fora tudo que já coloquei em comentário mais acima…

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 7 de novembro de 2016 at 08:08

        Tem algum lugar que mostra uma classificação do índice de acertos destes consultores ?

        2+
        • joselito 7 de novembro de 2016 at 10:10

          Tem, no lixo….. eheheheh

          3+
  • Alemon Fritz 6 de novembro de 2016 at 21:17

    o buraco alargado:

    Governo quer mudar leis para regularizar imóveis
    estima-se que mais de 40% das moradias brasileiras estejam em situação irregular.
    para as famílias, o efeito imediato é aumentar o valor dos imóveis e permitir usá-los como garantias para os empréstimos, com juros mais baixos. (kkkk)..

    http://www.diariodolitoral.com.br/brasil/governo-quer-mudar-leis-para-regularizar-imoveis/91548/

    curitiba
    existem cerca de 200 mil imóveis irregulares na capital e muitos deles podem ser favorecidos com regularização simplificada. ‘’Cruzando os dados com os lançamentos feitos pela Secretaria de Finanças sabemos que destes, 107 mil são imóveis sem alvará de construção, mas que são tributados, que pagam impostos.
    http://www.tribunapr.com.br/noticias/curitiba-regiao/74-mil-imoveis-irregulares-tem-direito-a-regularizacao-simplificada-em-curitiba/

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • dilbertsc 7 de novembro de 2016 at 00:00

    CVR
    Um conhecido meu contou a história do apartamento que ele tem na praia e que está alugado a um bom tempo.
    Recentemente, com a enxurrada de novos prédios, o prédio dele (que é mais antigo) começou a ficar vazio. Como ele cobrava mais barato que todo mundo, o dele continuou alugado.
    Um dia o locatário desse conhecido entrou em contato com ele dizendo que um outro dono de apartamento naquele prédio o procurou oferecendo o seu imóvel por um valor menor de aluguel. O inquilino não fechou porque esse conhecido já tinha fidelizado o locatário.
    Se isso não é desespero de proprietário de imóvel então eu não sei o que é

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Falido.com 7 de novembro de 2016 at 00:40

    o que é CVR??? desculpe mas nao sei o significado…

    3+
    • avatar
  • CA 7 de novembro de 2016 at 04:08

    CVR = Caso da Vida Real. Algo que você presenciou ou que te contaram e tem relação com o tema do blog.

    6+
    • avatar
    • avatar
  • CA 7 de novembro de 2016 at 04:37

    É interessante quando juntamos as notícias do fim de semana que constam em comentários acima:

    De um lado, pessoal do segmento imobiliário subvertendo a lei de oferta e procura e dizendo que se continuarmos tendo aumento nos distratos e portanto nos estoques, as construtoras serão obrigadas a aumentarem os preços (sendo que é exatamente este aumento de estoques nos últimos anos que tem feito os preços cairem), uma verba adicional de R$ 9,5 bilhões do FGTS pro-cotista será salvadora para o segmento imobiliário e venderão todo o estoque de imóveis em São Paulo, complementado por notícia da consultoria Tendências sobre previsão de crescimento do PIB em 2017 em 1,5% com a região Norte crescendo o dobro disto graças a zona franca de Manaus que teria uma recuperação acima da média em função dos consumidores estarem reduzindo suas dívidas e podendo voltar a consumir eletro-eletronicos e uma obra específica da Vale que já teve seu pico de contratação de mão de obra anos atras.

    Do outro lado, noticias e informações anteriores que já tínhamos dando conta que a inflação voltou a subir, os juros finais dos empréstimos bancários estão em patamar recorde graças à inadimplência muito elevada, em Manaus as fábricas estão operando com 50% da capacidade e não vão contratar temporários para o Natal, investimentos recuam pelo terceiro mês e investimentos estrangeiros despencam, a crise fiscal no RJ está se agravando e teremos problemas similares no RS, MG e várias cidades do país, as exportações para Venezuela tiveram queda de mais de 60% e tendem a continuar caindo, o desemprego, inativos e subempregos continuam em patamar recorde, as vendas de imóveis, os preços de aluguéis e de vendas continuam caindo, a poupança teve sangria de mais de R$ 100 bilhões de 2015 até agora secando o crédito imobiliário e mais de R$ 70 bilhões emrelação aosextras do FGTS, o estoque deimóveis do Brasil é mais de 40 vezeso que apontaram e a verba extra do FGTS é pífia frente a isto, os segmentos mais representativos do PIB temem que se a Lava-jato os alcançar poderemos ter uma “quebradeira geral”.

    De forma muito clara temos uma luta entre a UTOPIA e o MUNDO REAL…

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 7 de novembro de 2016 at 07:06
  • De-boa-na-bolha 7 de novembro de 2016 at 07:07

    Pessoal, penso que o tema do leilão já foi abordado no blog, mas alguém poderia opinar sobre a segurança jurídica de leilão extrajudicial?

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Lord of All 7 de novembro de 2016 at 14:26

      Tem muitas coisas a se considerar, mas as principais são (falando de forma bem simplificada):

      1) Qual a dívida do imóvel com condomínio e iptu;
      2) Se ainda está ocupado (a maioria sim), pois será seu o ônus de promover a desocupação pela via judicial.

      Outro risco importante na praça extrajudicial, é que o “devedor”, costuma ajuizar outras ações judiciais paralelas pra tentar suspender o “leilão”. Tem muito juiz que entra na onda e dá a liminar pro cara. Isso pode te embaraçar por anos.
      Vc tem q ter um know-how, pra ver se o banco notificou direitinho o cara, etc. (não posso aprofundar o tema pq a legislação me proíbe de dar assessoria jurídica kkkkk).

      Prefira os leilões judiciais, normalmente, por o processo já estar em juízo, as decisões são favoráveis ao arrematante.

      3+
      • avatar
    • Dazelite 7 de novembro de 2016 at 14:52

      A segurança jurídica dos leilões é plena. O problema é a insegurança causada pelo bananês. Como disse o colega, você deve se cercar de informações. Eu mesmo já desenrolei leilão enrascado com a simples oferta de “comissão” ao devedor. Procure saber quem é o devedor e qual a disposição dele em brigar.

      2+
  • Pedlero 7 de novembro de 2016 at 07:59

    Pessoal, imagina se essa moda pega… aí o despair vai a 80 purça

    Casas-contêiner estão em alta

    06/11/2016 00:03:00
    CRISTIANE CAMPOS
    Rio – As casas e prédios feitos de contêiners já são conhecidos pelo mundo e começam a ganhar espaço no país. A proposta é de moradias com custo mais acessível, podendo chegar a 50% de redução no preço final se comparado ao método tradicional. Esse tipo de moradia também é considerado como móvel e pode ser levado para qualquer lugar. Outro ponto positivo é que já tem um agente financeiro estudando o projeto para financiar esse modelo de imóvel.
    Um contêiner transformado para residência de 15 metros quadrados, com quarto, banheiro e cozinha pronta para morar sai por R$ 16.500.
    “Uma casa-contêiner não se limita aos contêiners. É necessário investir em isolamento acústico e acabamento. Mas ainda assim, seu valor final é menor”, diz Durgan Ballan, arquiteto responsável da construtora Ka-dur do Brasil. Para se ter ideia, um contêiner transformado para residência de 15 metros quadrados, com quarto, banheiro e cozinha pronta para morar sai por R$ 16.500. Já o modelo de 35 metros quadrados, com dois quartos, sendo um suíte e lavabo, custa R$ 46 mil.
    Algumas técnicas, como aproveitamento de espaços, junção de contêiners, acabamento interno e externo são trabalhadas para que o resultado final seja agradável e se equipare com uma construção convencional. Porém, mais responsável com relação ao meio ambiente e economicamente mais viável.
    Um contêiner transformado para residência de 15 metros quadrados, com quarto, banheiro e cozinha pronta para morar sai por R$ 16.500.
    Segundo o arquiteto, uma casa de 90 metros quadrados, com três quartos sendo duas suítes, é vendida por R$ 117 mil. Mas o custo final sempre vai depender do acabamento que o dono do imóvel escolher. Se for escolhido piso de porcelanato, por exemplo, o preço pode subir. É bom lembrar que esse tipo de moradia exige que seja feito o isolamento térmico e acústico.
    Também são utilizados placas de dry wall e de MDF. As casas ou apartamentos-contêiners são entregues prontos para morar, pois as instalações elétrica e hidráulica também já foram feitas. A construtora Ka-dur do Brasil acaba de inaugurar um showroom em São Paulo, com mais 2 mil metros quadrados de área, onde abriga quatro modelos de imóveis.
    As entregas são feitas em todo o país. “Por conta da falta de legislação, algumas prefeituras exigem projeto de casa metálica ou pré-moldada. E há prefeitura que não pede nada. O Bradesco já estuda a possibilidade de financiar este tipo de imóvel”, explica Ballan.

    7+
    • avatar
  • Pedlero 7 de novembro de 2016 at 08:01

    Opss em tempo:
    Estou diariamente por aqui, mas só posto quando tem um causo. Por exemplo, sexta feira passada em uma dessas reuniões do QG, tive a oportunidade de falar para um pessoal mais novo a respeito do momento para adquirir imóvel. E um certo corvo-mor ficou, mais uma vez chateado. Depois posto….

    7+
    • avatar
    • avatar
  • odorico 7 de novembro de 2016 at 08:41

    A empiricus soltou mais um alerta agora não falam de tsumoney e sim de selic a 6% e bovespa a 150 mil. Quando? é a pergunta de um milhão. Claro que estão vendendo o “relatório completo”. Eu aposto mais na vitória do trump e na explosão da bolha chinesa em 2017. Se a Hillary ganhar, mais intervenções no oriente médio, aumento dos gastos nos EUA e crise do teto da dívida dos EUA de novo e explosão da bolha chinesa em 2018.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • CA 7 de novembro de 2016 at 09:58

      Ah sim, a BOVESPA é altamente promissora! Imagino agora milhões de empresas que vão abrir seu capital para surfarem nesta onde de mega-valorização da EmpiriCUs, não é mesmo? Vejamos notícia publicada há poucos minutos:

      http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2016/11/mare-baixa-da-economia-afasta-empresas-do-mercado-de-acoes.html

      Trechos do link acima:

      “21 companhias fecharam capital desde 2014, contra três aberturas (IPO).
      Alto custo e falta de retorno favorecem a saída do mercado, dizem analistas.”

      ““Não há grandes atrativos para o empresário abrir capital nesse momento. Com exceção dos bancos, os balanços estão fracos, falta dinheiro para pagar dividendos e ainda há incertezas sobre a perspectiva de retorno””

      No entanto, na própria notícia, ainda estão plantando o mesmo tipo de esperança que a EmpiriCUs:

      “Wolwacz, da L&S, acredita que o retorno dos investidores à bolsa pode fazer com que muitos dos pedidos de OPAs sejam cancelados pelas próprias empresas. “O investidor brasileiro e estrangeiro começou a comprar novamente, e isso faz com que o preços das ações volte a subir, tornando o mercado novamente interessante para a empresa”, diz.”

      Todo o “barulho” que estão fazendo sobre o aumento de investidores estrangeiros e nacionais e o quanto isto “tende a disparar” devido a “superação da crise e o ajuste fiscal”, são claramente ações ESPECULATIVAS, caça à SARDINHAS, algo que não tem nenhum fundamento, nenhuma base concreta, primeiro porque o ajuste fiscal ainda não aconteceu, o que está havendo na prática é um grande DESARRANJO fiscal nos Estados e Municípios e EXPECTATIVAS exageradamente otimistas quanto ao governo Federal e a recuperação da economia, contra uma infinidade de más notícias do dia-a-dia relacionadas a fatos e dados, ou seja, o que estão fazendo é o famoso “sobe no boato, cai no fato”.

      Mais um exemplo claríssimo da UTOPIA versus a REALIDADE…

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Shrek Oriental 7 de novembro de 2016 at 09:02

    “Maioria dos investidores prefere indicação a agir por conta própria”

    75% Os corvos adoram .

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/11/07/internas_economia,821642/maioria-dos-investidores-prefere-indicacao-a-agir-por-conta-propria.shtml

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 7 de novembro de 2016 at 09:53

    mas o mercado imobiliário vai continuar bombando…

    “07/11/2016 09h22 – Atualizado em 07/11/2016 09h30
    Desemprego não mostra sinal de reversão da tendência de alta, diz FGV
    Após sete altas seguidas, índice antecedente de emprego caiu em outubro.
    Índices mostram que recuperação será mais complicada do que a estimada.”

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/11/desemprego-nao-mostra-sinal-de-reversao-da-tendencia-de-alta-diz-fgv.html

    3+
    • CA 7 de novembro de 2016 at 10:10

      Cajuzinha,

      Outro duro exemplo da realidade.

      Onde está o erro? Nas previsões “otimistas” completamente sem fundamentos.

      O desemprego ia melhorar por qual motivo, se os juros finais cobrados pelos bancos estão em patamar recorde, juntamente com endividamento e inadimplência das famílias e das empresas? Tivemos perda sensível de liquidez na economia, juntamente com preços de aluguéis de imóveis comerciais ainda muito altos inviabilizando grande número de pequenos negócios, governo continua tentando apagar incêndio jogando gasolina (mais crédito subsidiado na praça), o “ajuste fiscal” de fato ainda não saiu, por enquanto só a PEC241 que sozinha não resolve nada, alguns Estados e Municípios quebrados, o setor dependente do Petróleo quebrado, cada vez mais construtoras do segmento leve e pesado estão quebrando, juntamente com o setor automotivo que não consegue se recuperar, também como consequência da falta de ação por um lado, combinada com ações erradas por outro lado.

      O que ocorre acima como consequência de INFLARES ARTIFICIAIS que ainda não explodiram por completo, como o da bolha imobiliária, da bolha de corrupção da Petrobrás, do inchaço no funcionalismo público, etc., não aparece na mídia com grande destaque e nem é considerado pelos “especialistas de plantão” porque não interessa divulgar a verdade, eles tentam fazer com que o “otimismo pela ignorância da realidade” estimule os negócios, apenas uma outra maneira de jogarem gasolina para apagar incêndio, motivando as pessoas e empresas a aumentarem seu endividamento e inadimplência.

      Atuar sobre a causa raiz, forçar uma antecipação do “fundo do poço” e com isto permitir que a recuperação possa acontecer antes e de forma mais efetiva, é algo que os agentes envolvidos não tem coragem de fazer, então ficam PEDALANDO com os problemas, mentindo e DESINFORMANDO, o que como sabemos, só aumenta as consequências desastrosas e atrasa a recuperação…

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 7 de novembro de 2016 at 10:49

    “O setor de construção civil na região de Ribeirão Preto e no Brasil ainda sente os efeitos da crise enfrentada pelo País e este cenário deve permanecer inalterado nos próximos meses devido ao elevado desemprego e redução dos salários reais até 2017.

    Mudanças importantes na trajetória da economia e no cenário político começam a mostrar que uma recuperação econômica pode se iniciar no próximo ano, com efeitos positivos sobre o setor, sobretudo, somente a partir de 2018. É o que indica o boletim Construção Civil, elaborado pelo Centro de Pesquisa em Economia Regional (Ceper), da Fundace.”

    “Nos próximos meses, ainda se espera retração ou estabilização nos preços dos imóveis, indicando que ótimas oportunidades existem para os compradores que realizarem uma boa pesquisa dos imóveis disponíveis e que souberem negociar antes de fechar”, avalia Nakabashi.

    http://www.revide.com.br/noticias/economia/construcao-civil-deve-apresentar-melhora-em-2017/

    5+
    • avatar
    • avatar
  • calango_df 7 de novembro de 2016 at 11:14

    [off topic]
    Olha só este artigo: http://ggc-mauldin-images.s3.amazonaws.com/uploads/pdf/161106_TFTF.pdf.

    EUA estão com um débito de 20tri de obamas e pagando 250bi de juros anual. A perspectiva, nos próximos 10 anos, é essa conta de juros subir para 800bi/ano e o débito total atingir 30tri já em 2021.

    Bem, parece que Roma esta prestes a cair novamente, só que em vez de misturar metais menos nobres para cunhar as moedas (logo, gerando inflação), me parece que a catástrofe será pela default nestes débitos.

    7+
    • avatar
  • Lucas 7 de novembro de 2016 at 11:16

    Mn

    Simsim, acho que só chegamos no fundo em 2019 ou 2020, de acordo com as outras bolhas… https://data.oecd.org/chart/4EfI

    14+

    excelentes gráficos
    dá pra passar horas brincando com as variáveis
    e já respondendo alguns questionamentos, desde 2011 venho falando a bolha se desloca no tempo/espaço, tanto em termos de países quanto de regiões
    assim como nos EUA california, florida e NY são coisas totalmente diferentes (e olha que estes estados são de certa forma bem parecidos) o mesmo se dá com SP/RJ/MG. capital/interior alta renda/baixa renda.

    Os números indicam que houve mais espulação onde houve mais euforia e benesses do estado-babá
    pego 2 extremos: o canadá/australia liberais e a espanha/grécia que viveram anos nas costas do Euro
    o BR vai indo na linha do grupo 2, mais acentuadamente o RJ que viveu nas costas do governo federal

    E ainda coloco um problema que estes gráficos não pegam, no BR a maquiagem de dados, preços e inflação, a assimetria de dados, junto com o custo de oportunidade dado pelo maior juros real do planeta deslocaram artificialmente o gráfico, não obstante isso, acho que Estados como o RJ é onde o deslocamento é sem dúvida maior. Lembrando que: empurrar uma linha de gráfico não siginifica que vc alterou a realidade, ainda mais num país como o nosso que até a história é incerta, é reescrita, fajutada, torta.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 7 de novembro de 2016 at 12:09

      Lucas
      Eu mandei baixar a planilha de todos os países
      É interessante como a bolha “pula” de um país para o outro, dá até a impressão que entra um capital especulativo disfarçado de investimento, para criar uma onda, e quando está no ápice o “investidor” pula fora rsrsrs

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 7 de novembro de 2016 at 12:11

      http://stats.oecd.org/viewhtml.aspx?datasetcode=HOUSE_PRICES&lang=en#

      Do Brasil, ele só tem dados a partir de Q1/2008
      Sabemos que os indicadores de “Price to rent ratio” como o de “Price to income ratio” já apresentaram distorções desde 2006.
      Ao invés de colocar o zero em 2010, coloque o zero em Q1/2008, dai chegamos aos seguintes números:
      – Pico de 166,5 em Q3/2014
      – Índice atual de 144,8
      Isto indica que é necessário cair mais 30,9% para cair abaixo do “mediam line” e começar o DESPAIR

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 7 de novembro de 2016 at 12:29

        1- aposto que a fonte do BR é fingezap ou algo amarrado nela como o ivgR, metodologia é tudo, o grafico é bonitinho mas esconde uma bela macarronada, colocar tudo no mesmo XY exige-se certos cuidados, não sei se o fizeram, duvido que fizeram.
        2- entendo a questão do dinheiro rodando o mundo, mas isso é consequencia de erros internos, E NÃO CAUSA, então cuidado aí ao seguir nessa linha ou vamos ter que dar razão ao psol?!?! rsrs

        3+
        • avatar
  • Leonardo M. 7 de novembro de 2016 at 11:47

    O “ploc” dos carros já temos.

    Montadoras têm a pior produção para outubro em 13 anos, diz Anfavea

    Com 174,2 mil veículos produzidos, numa queda de 15,1% na comparação anual, as montadoras terminaram o mês passado amargando o outubro mais fraco em termos de atividade do setor em 13 anos.
    Em relação a setembro, quando o resultado foi, em parte, comprometido pela parada de produção nas fábricas da Volkswagen que se estendeu na primeira quinzena daquele mês, houve alta de 2,3% na produção de carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira, 7, pela Anfavea, entidade que representa os fabricantes de veículos instalados no país.

    O desempenho leva para 1,74 milhão de veículos o total fabricado pelas montadoras desde janeiro, também no menor volume, entre períodos equivalentes, desde 2003. Frente aos dez primeiros meses de 2015, o corte na produção foi de 17,7%, num reflexo do esforço das montadoras para normalizar estoques e adequar o ritmo das linhas de montagem a um mercado menor.

    Só nas fábricas de carros de passeio e comerciais leves, como picapes, a produção somou 167,9 mil unidades durante o mês passado, 14,8% abaixo de igual período de 2015. Frente a setembro – mês que teve um dia útil a mais -, a produção nessa categoria teve crescimento de 2,8%.

    Já nas linhas de montagem de caminhões, houve queda de 31,8% na comparação anual e 4,4% em relação a setembro, num total de 4,6 mil veículos produzidos no mês passado.

    O balanço da Anfavea mostra ainda que a produção de ônibus, de 1,7 mil unidades, teve alta de 34,3% em relação a outubro de 2015. No comparativo mensal, a fabricação de coletivos caiu 22,9%.

    Os ajustes de mão de obra também prosseguiram em outubro, quando 952 vagas foram eliminadas nas montadoras, incluindo nessa conta as fábricas de máquinas agrícolas, também associadas à Anfavea.

    O setor terminou o mês passado com 123,7 mil pessoas ocupadas, o que significa um corte de 9,17 mil postos nos últimos 12 meses, ou 35,9 mil vagas a menos desde novembro de 2013, quando teve início o ciclo de enxugamento de empregos na indústria de veículos.

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 7 de novembro de 2016 at 12:07

      60% dos parisienses não são proprietários de veículos
      Metrô, bicicleta, UBER, aplicativos de carona, etc, estão reduzindo drasticamente a quantidade de carros nas ruas.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 7 de novembro de 2016 at 12:46

        não ser proprietário não significa que não usam.
        na verdade com as redes de aluguel temporário o uso de autos particulares está aumentando enquanto a propriedade diminuindo, o numero de veículos na rua é otimizado.
        Essas falsas imagens foram muito usadas pelo prefeito PTralha Haddad aqui em SP, vemos kilos deste tipo de bobagem escrita por aqui sem entrar no mérito dos detalhes .

        4+
        • avatar
      • Lord of All 7 de novembro de 2016 at 14:36

        Paris ainda tem bastante carro. Mas o metrô é fantástico (estive lá esses dias). O troço funciona mesmo, em qualquer estação que vc entre, em qualquer bairro, mesmo o mais afastado, o tempo de espera é de no máximo uns 3 minutos (usei muito). Parece feitiçaria. As placas q indicam o tempo de espera têm uma precisão excelente.

        Já Amsterdam, pelo menos na parte central, essa sim já foi dominada por outros meio de transporte que não carros. A tradicional bike é o que “manda” por lá.

        Infelizmente essas coisas não têm como dar certo na PINDORAMA, primeiro porque não teve planejamento originalmente pra isso, segundo porque “tudo é muito longe de casa.”

        4+
        • avatar
        • avatar
    • Lord of All 7 de novembro de 2016 at 14:37

      Mas os executivos das montadoras já têm a solução: basta aumentar (e muito) o preço dos carros que continuam a ser vendidos.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Zé do Brejo 7 de novembro de 2016 at 18:14

        Os que são vendidos no preço mais alto cobre o prejuízo dos não vendidos.
        Eu quero ver até onde eles vão conseguir segurar os preços nas alturas.
        Infelizmente a falta do LIVRE COMERCIO afugenta o brasileiro de ter acesso a produtos de qualidade a preços competitivos.

        3+
        • avatar
  • Alemon Fritz 7 de novembro de 2016 at 12:00

    eu estava lendo que a caixa pega 100bi ao ano aplicando o FGTS da gente em titulos…. e a queda da selic não seria vantajosa pra ‘eles” nesse caso.
    e ainda ganha 4bi por “serviços prestados” e da emgea por “consultoria” especializada…
    criando o que eles chamam de patrimonio liquido..

    7+
    • avatar
  • Cesar_DF 7 de novembro de 2016 at 12:04

    BREXIT
    Após anos com inflação de 1% ao ano, a previsão para 2017 é de 4%
    Libra caiu para 1,15 dolar
    Em reais, em um ano caiu de R$ 5,80 para R$ 3,97
    https://www.theguardian.com/business/2016/oct/24/brexit-economy-falling-pound-rising-inflation-fuel-fears-brexit-watch

    5+
    • Lucas 7 de novembro de 2016 at 12:37

      BRexit na prática já era.
      Houve uma inundação de processos judiciais, e já foi decidido: é matéria do legislativo, e não do executivo.
      O plebiscito vale, lógico que vale, naquele país não existe letra morta.
      Só que não acontecerá de cima pra baixo pela via rápida antes imaginada.

      aí vai um Off político, as origens desses movimentos nacionalistas é de uma dissensão dentro das esquerdas light que dominam a europa para frear os tais meta-capitalistas amarrados na Russia, portanto em Putin, portanto na KGB. É um tanto teoria da conspiração, mas a rede é essa. É o inverso do inverso.

      Amanhã outra marionete deverá cair???? não sei…

      4+
      • avatar
      • avatar
  • Moreira 7 de novembro de 2016 at 12:24

    Dezembro nem chegou e já estamos com a maior TR dos últimos 9 anos! Até novembro 1,8244. Em 2015 a TR fechou em 1,7954

    14+
    • avatar
    • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 7 de novembro de 2016 at 13:27
  • Igor Alves 7 de novembro de 2016 at 15:41

    Falido.com

    Louvável o que vc falou e agradeço por compartilhar aqui mas sou brasileiro e sou parte do problema, veja como foi formado nosso poo e terá a resposta porque somos tão ladrões, ixpertos e preguiçosos….

    5+

    Cara, com o perdão da palavra, esta é a maior desculpa esfarrapada do mundo, e te falo porque:

    Na Nova Zelândia (país que amo), os imigrantes iniciais eram ladrões condenados, assassinos, estupradores e toda boa índole de pessoas (modo irônico on), eram enviados, não é ao acaso que na música Down Under o refrão diz que é a terra conhecida como que as mulheres brilham e os homens saqueiam.

    Contudo houve uma mudança na sociedade, não sei como foi, mas ocorreu…hoje o país É O MELHOR DO MUNDO para fazer negócios, país MENOS CORRUPTO, e isso veio com a mesma origem da Banânia…

    Ocorre que meu tio expôs um argumento que acredito nele em parte: a sociedade da Europa em geral é antiga (+ 2500 anos), logo ela tem bagagem histórica para ser “adulta” como se a comparação fosse entre dois homens.
    A BNN ainda está nos 5 anos de idade, o povo não possui consciência de seus deveres (dos direitos todos sabem), as pessoas não sabem como revolucionar, pensam que é ocupando escolas (quanta infantilidade) lá fora na europa o comunismo e os petralas não conseguem fazer a cabeça das massas como nos países subdesenvolvidos…

    Outro dia vi o Ed René Kivitz falar sobre onde o povo coloca sua esperança, antigamente as pessoas pagavam seus votos (ir a Aparecida do Norte) quando obtinham uma cura, hoje elas pagam os votos porque conseguiram marcar uma consulta no SUS daqui a 4 meses.

    Logo o país subdesenvolvido, sem estruturas mínimas é um antro de perdição para o Bananense médio, que não sabe inclusive o mínimo do que é ser cidadão, do que é o papel dele em sociedade…como diriam aqui no forum:

    Aqui a Lei de Gerson impera (infelizmente).

    6+
    • Carlos 7 de novembro de 2016 at 19:44

      Ouço isto desde que era criança e esta errado.

      Muita calma nesta hora, muitos dos “condenados” que foram mandados para Austrália e NZ e muitos outros países eram presos políticos e outros condenados por crimes menores, além é claro dos crimes “religiosos”.

      “Many convicts were transported for petty crimes while a significant number were political prisoners. More serious crimes, such as rape and murder, were punishable by death, and therefore not transportable offences. Once emancipated, most ex-convicts stayed in Australia and joined the free settlers, with some rising to prominent positions in Australian society. However, convictism carried a social stigma, and for some later Australians, convict origins would be a source of shame. Attitudes became more accepting in the 20th century and it is now considered by many Australians to be a cause for celebration to have a convict in one’s lineage. Approximately 20% of modern Australians are descended from transported convicts.[2] The convict era has inspired famous novels, films and other cultural works, and the extent to which it has shaped Australia’s national character has been studied by many writers and historians.[3]”

      https://en.wikipedia.org/wiki/Convicts_in_Australia
      “http://www.teara.govt.nz/en/australians/page-2
      “http://homepages.ihug.co.nz/~tonyf/parkhurstboys/convicts4.html

      Vale lembrar que a lei e a execução da mesmas era bem relativo nesta época.

      0
    • Falido.com 7 de novembro de 2016 at 20:28

      Ainda não sei se aqui só tem pseudo intelectuais reprimidos ou gente ultra direita louco pra ver o país explodir ou uma casta superior de gente endieirada que fez uma casa na árvore e fica brincando de um adular o outro e vice-versa…
      Primeiro que voces nunca concordam com nada, exceto o que os mais velhos falam tipo turminha de escola….
      Segundo que qualquer noticia é muito velha ou é boato…. caramba! eu não trabalho lá no congresso nem ao lado do Temer, como vai ter furo de reportagem assim?
      Se voce diz que isso da formação do país é mentira me mostre ponto a ponto…. como diz o CA fale mais sobre isso…. porque quem rouba não é pobre nem analfabeto….. então por que rouba? por que desvirtua? por que frauda??Desculpe mas a única resposta que encontro é má formação de caráter+oportunidade…. Sei que vão responder ponto a ponto, mas isso não explica como temos tantos fdp’s nesse país….. exs.: Maluf, Jáder Barbalho,ACM (antonio carlos magalhães,o cara que ganhou 40 x na loteria, o empreiteiro com areia de praia em santos (deputado),Genuíno, Lula, Palocci,FHC, Celso pitta, Aécio neves(o homem que construiu um aeroporto em terras da familia com dinheiro publico), etc… palhaçada…. sai um entra outro do mesmo covil… o povo é vendido e tudo que pode fazer pra tirar vantagem faz… é só ter oportunidade… agora se, e somente se, no exterior foi diferente, pode ter certeza que houve algo que foi a mola inicial pra isso, algo diferente e que foi fundo culturalmente… aqui se o cara pega troco a mais, na maioria das vezes embolsa, se pode fraudar o imposto de renda faz, se pode construir o muro tomando 0,5 metro do terreno do vizinho.. ahhhhh! vai perder essa?? esse é o Brasil que desde Cabral troca pau-brasil por espelhinho e aguardente……

      8+
      • Carlos 7 de novembro de 2016 at 20:43

        1 – Suas afirmações continuam erradas.
        2 – Não entendo o motivo da susa revolta.
        3 – Checkou as referências ou vai continuar falando besteira?

        2+
        • avatar
        • Falido.com 7 de novembro de 2016 at 21:15

          Quem tá falando besteira?? que referencias??Vc deve ser o pidista de plantão…..Sabe o que de terras conquistadas? e Capitanias hereditárias? vai me dizer que todos que citei são santos e merecem uma esxultura em homenagem? A propósito bigode ridiculo…..

          1+
          • Carlos 7 de novembro de 2016 at 21:25

            Falha minha, as afirmações sobre os tipos de criminosos não foram suas.
            Não tem nada pessoal naquilo que postei e para o bem do blog e para que todos aproveitem melhor peço que se evitem ataques pessoais.
            No meu post tem referências para informação sobre os tipos de criminosos, muita gente gosta de pesquisar e aprender.
            Coitadismo tb não funciona.

            1+
            • Falido.com 8 de novembro de 2016 at 10:38

              Acho que não me conhece o suficiente pra me julgar…. respeito e urbanidade também é coisa de primeiro mundo… tenho minhas opiniões e vc as suas…. portanto, vc não é obrigado a gostar ou concordar, apenas respeita-la las… e vice-versa… Reitero, aqui é um país de safados, ladrões e oportunistas…. o pior do Brasil é o brasileiro…. Daí todos sofremos, todos… não posso sair daqui(o que seria um luxo) então vejo minha família e antepassados comendo o pão que o diabo amassou todos os dias… isso é ser realista e não coitadista… Misturou-se aqui 3 raças que não prestam: os portugueses ladrões e vagabundos expurgados da Coroa, os índios que não acreditam em trabalho remunerado e hierarquia(vivem em tribos e só respeitam a sua tribo) e os negros expulsos da África, que além do Banso(saudade da pátria mãe) não tiveram educação e condições de vida similar aos brancos e hoje são traficantes,drogados,prostitutas,vagabundos e boçais de toda a ordem…. Como uma nação formada por esses exemplos de mediocridade pode dar certo?? Talvez daqui há 2500 anos…. quem sabe… enquanto isso pague meu PMJ!

              1+
              • Carlos 8 de novembro de 2016 at 19:04

                Você claramente tem um problema de compreenção de texto, onde disse o contrário sobre o Brasil?
                Comentei sobre outros países…..

                Aquí tentamos fazer algo produtivo, creio que esteja confundindo os blogs, o lugar para ameaças, teorias de conspiração, racismo e paranóias em geral é outro.

                0
  • Alemon Fritz 7 de novembro de 2016 at 16:00

    quase 6 anos depois kkkk

    Construtora investe R$ 345 milhões em condomínio em Itajaí que funciona como minicidade

    14 “torres”, 322 apartamentos, que comportam mais de mil pessoas. Praia artificial, heliporto, minicidade, etc etc etc etc
    : a construção levou 67 meses, com entrega gradativa dos prédios, e o investimento ultrapassou os R$ 345 milhões, um dos maiores orçamentos de obras na região.
    o público-alvo que, aparentemente, não sentiu a retração econômica: 75% dos apartamentos (milionários) já foram vendidos. (kuaaaaa) quase 6 anos depois…

    “investe” kkkk
    http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/de-ponto-a-ponto/noticia/2016/11/construtora-investe-r-345-milhoes-em-condominio-em-itajai-que-funciona-como-minicidade-8186651.html

    7+
    • avatar
  • Cajuzinha 7 de novembro de 2016 at 16:02

    mas o mercado imobiliário vai continuar bombando…

    ” postado em 07/11/2016 16:13
    Agência Estado
    Brasília, 07 – O volume de recursos que os investidores sacaram da poupança em outubro, já descontadas as aplicações, foi de R$ 2,712 bilhões, informou nesta segunda-feira, 7, o Banco Central. Apesar do resultado negativo, o montante retirado no mês passado foi inferior aos R$ 3,264 bilhões que saíram da poupança em outubro do ano passado – o recorde histórico para o mês na série histórica iniciada em 1995.”

    5+
    • avatar
    • CA 7 de novembro de 2016 at 16:20

      Cajuzinha,

      A poupança com saques superiores a R$ 100 BILHÕES de 2015 até hoje e continua tendo este saldo liquido mensal negativo… Por isto que os R$ 9,5 bilhões extras do FGTS, mesmo quando somados aos outros extras de 2015 em diante, que não somam no total sequer R$ 30 bilhões, estão longe de serem o suficiente para cobrirem o rombo da poupança.

      Vamos ver quando a calamidade público no RJ, RS, MG e mais “N” cidades se traduzir em redução de vencimentos ou atraso de vários meses nos salários de funcionalismo público e aposentados, como vão ficar os saques da poupança e a inadimplência do crédito imobiliário. Depois ainda teremos os sub-empregados e inativos por desalento, que estão em patamar recorde e crescente, que em breve engordarão a lista de desempregados ou que terão que apelar para suas reservas e de uma forma ou de outra, vão forçar ainda mais estes saques da poupança. Correndo por fora, as empresas de construção civil em situação irrecuperável, com aumento em demissões quando não conseguirem mais pedalar, dentre tantos outros motivos REAIS para que a poupança continue tendo alto volume de saques.

      O FGTS não vai resolver este problema de falta de funding da poupança, na realidade, a própria CEF já pedalou com cerca de R$ 15 bilhões pagos adiantados pelo FGTS, só que o assunto se tornou público, juntamente com o rombo da venda dos títulos podres em altíssimo volume, até quando conseguirão PEDALAR? Lembrando que quanto mais pedalarem, maior ficará a distorção entre oferta e procura de imóveis, maiores terão que ser as reduções de preços, maiores serão os prejuízos à economia, mais tempo vai demorar para que possamos sair da crise e por aí vai…

      8+
      • avatar
        • CA 7 de novembro de 2016 at 19:00

          Cajuzinha,

          Mais alguns reforços neste comentário e no próximo:

          http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/06/bird-piora-previsoes-para-economia-do-brasil-e-ve-crescimento-so-em-2018.html

          Trechos do link acima:

          “Segundo a nova estimativa, o PIB brasileiro encolherá 4% em 2016, uma piora em relação à última previsão, que era de queda de 2,5%.

          Para 2017, a previsão anterior era de crescimento de 1,4% do PIB em 2017. Agora, o Bird prevê queda de 0,2% para o ano que vem, citando tentativas de políticas de aperto econômico, aumento do desemprego, redução da renda das famílias e incertezas políticas.

          Ainda segundo a nova previsão do Bird, o Brasil deve voltar a registrar resultado positivo do PIB em 2018 com crescimento de 0,8%. O número, no entanto, representa uma piora em relação ao relatório de janeiro, quando era estimado um crescimento de 1,4%”

          “”Um fenômeno que merece cautela é o rápido aumento da dívida privada em várias economias emergentes e em desenvolvimento. Na sequência de um surto de empréstimos não é raro se quadruplicarem empréstimos bancários inadimplentes como parcela de empréstimos brutos”, afirmou em nota Kaushik Basu, economista-chefe e vice-presidente sênior do Bird.”

          5+
          • avatar
          • avatar
          • CA 7 de novembro de 2016 at 19:04

            Outro:

            http://oglobo.globo.com/economia/com-dificuldade-para-pagar-13-estados-pedem-auxilio-uniao-20422647

            Trechos do link acima:

            “Com dificuldade para pagar décimo terceiro, Estados pedem auxílio da União”

            “Integrantes da equipe econômica reconhecem o drama dos estados, mas afirmam que não há como colocar mais dinheiro nas mãos dos governadores, pois o problema é estrutural. Eles afirmam que o caminho a seguir é implementar programas de ajuste fiscal que reequilibrem as contas regionais. Os estados, por sua vez, rebatem que esse tipo de ação não resolverá as dificuldades até o fim de 2016.”

            9+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
      • Alemon Fritz 7 de novembro de 2016 at 17:18

        o fgts sendo corroido,
        Imagina o que está no FI-fgts, so no BNDS havia 10bilhoes parados e 38bilhoes de rendimentos..
        que deveriam ser usados. Além da perda de 7bi nas empresas car wash..

        e saiu mais uma agora
        Fundo do FGTS de infraestrutura quer vender participação em empresas
        FI-FGTS, que aplica recursos do trabalhador em projetos de infraestrutura, está vendendo participações em empresas que podem render até R$ 4 bilhões. O dinheiro será usado nos leilões futuros do Programa de Parceria em Investimentos – PPI. A Caixa Econômica, responsável pela gestão do fundo já conversa com potenciais compradores e espera submeter essa proposta ao comitê de investimentos ainda em novembro. (já conversa????)
        A proposta é reduzir para menos de 10%. Esses investimentos, embora sejam considerados positivos, podem gerar perdas no orçamento do fundo em razão do envolvimento de empresas em esquemas de corrupção,as gestoras de fundo..
        http://www.n3w5.com.br/brasil/2016/11/fundo-fgts-infraestrutura-quer-vender-participacao-empresas
        As gestoras de fundo agradecem…

        2+
        • avatar
  • Veigalex 7 de novembro de 2016 at 17:51

    Fala Galera….
    Estou todo dia lendo..

    Amortização usando Fgts da para fazer por telefone..sem burocracia.
    Alô é da Caixa? Fecha a conta e passa regua. Zera esse Fgts. Bolhudinho agradece!

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 7 de novembro de 2016 at 18:59

    LAVA JATO NA BOLHA IMOB ???

    EXCLUSIVO: A POUPANÇA DO OPERADOR
    Brasil 07.11.16 19:29
    O Antagonista descobriu que Henrique Peters, tido como operador de Guido Mantega, criou em parceria com Victor Sandri, velho amigo do ex-ministro, o Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Atrium Nações Unidas.

    De caráter exclusivo, o fundo tem como gestor e administrador o banco BTG. De acordo com o último demonstrativo financeiro, o Atrium Nações Unidas possui quase R$ 485 milhões em ativos e um patrimônio líquido de aproximadamente R$ 38 milhões.

    É uma poupança e tanto.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 7 de novembro de 2016 at 19:14

      BTG em todas (Panamericano, OGX, PDG, Lava-Jato, Operador do Mantega = Lava-Jato 2, etc, etc., etc…).

      8+
      • avatar
      • avatar
    • Carlos 7 de novembro de 2016 at 19:57

      Espero que os “ispertos” que saquearam o Brasil tenho investido boa parte do saque em tijolos mágicos }:D
      E já sabemos que vários fizeram isto, eita doença difícil de tratar, vão curar o câncer, a AIDS e o Alzheimer mas a fixação por tijolos vai continuar fazendo vítimas.

      Só posso torcer que o karma dê cabo desta gente porque da justiça bananence não espero nada mesmo.

      8+
      • avatar
  • Rene Fraçoá 7 de novembro de 2016 at 20:00

    Pra descontrair…

    Brasileiro derruba estátua em museu em Lisboa ao tentar tirar selfie
    Turista tropeçou e não teve danos pessoais.
    Equipe de restauro fará avaliação dos prejuízos.
    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/11/brasileiro-derruba-estatua-em-museu-em-lisboa-ao-tentar-tirar-selfie.html

    Sempre identifiquei meus conterrâneos BNN por estarem depois da faixa “STOP” “DON´T PASS HERE” etc…além da algazarra, claro.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Zé do Brejo 8 de novembro de 2016 at 06:14
    • Thiaguinho 8 de novembro de 2016 at 09:14

      O que me mata é o PM, depois de ouvir tanta abobrinha, ter que se explicar. Esse país aqui não é brincadeira não viu…

      2+
      • avatar
      • Zé do Brejo 8 de novembro de 2016 at 09:51

        E o pior, a dita “advogada” que deveria conhecer as leis, chega desrespeitando os policiais querendo dar carteirada, sendo que o policial está em exercício de função e principalmente tentando garantir a segurança e a ordem para todos. Por isso que digo, nosso problema não é falta de dinheiro, não é falta de escola, nosso problema é MORAL.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • Thiaguinho 8 de novembro de 2016 at 11:32

          Pois é, saiu barato pra ela. Tinha que algemar e levar.

          1+
  • Alemon Fritz 8 de novembro de 2016 at 07:33

    estatísticas imobs p registro:

    Os números do Programa MCMV…
    Em todo o País o Programa Minha Casa Minha Vida já investiu, em sete anos, desde quando foi criado, em 2009, R$ 294.494 bilhões,
    …já foram contratadas 4.219.366 unidades habitacionais, das quais 2.632.953 foram entregues, beneficiando mais de 10 mil pessoas.(sic)

    a indimplencia é de 25%.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 8 de novembro de 2016 at 08:26

    DETROITIZAÇÃO DO HELL DE JANEIRO

    O estado do RJ, no período de 2009 a 2015 teve um aumento REAL com os INATIVOS de 70%.
    Já com os ativos o aumento foi de 28%

    No começo de 2016 o estado havia comunicado à receita federal que a despesa com pessoal em relação a receita era de 41,77% mas agora que a receita foi apurar, o correto seria 62,84%, sendo que o limite para a lei de responsabilidade fiscal é de 60%.

    http://www.selene.blog.br/single-post/2016/10/22/A-calamidade-p%C3%BAblica-das-finan%C3%A7as
    http://www.selene.blog.br/single-post/2016/10/22/Qual-%C3%A9-o-tamanho-da-burla-nas-despesas-com-pessoal

    ——————–

    Os estados estão tentando burlar a LRF fazendo:
    – exclusão de inativos ou de pensionistas das Despesas com Pessoal;
    – exclusão de Imposto de Renda Retido na Fonte e da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE) da Receita Corrente Líquida e das Despesas com Pessoal; “condomínio” de limites nas Despesas com Pessoal por Poder;
    – utilização de aporte para cobertura de déficit financeiro e atuarial dos fundos de previdência para aumentar as exclusões das Despesas com Pessoal;
    – exclusão das Despesas com Pessoal relativas ao Programa de Saúde na Família do limite das Despesas com Pessoal;
    – “burla de abrangência”, com aumento indevido de indenizações, consultorias, voluntários e realização de despesas “fora” do serviço público, inclusive com burla ao concurso público;
    – criação de fundos de receita para disfarçar a renúncia de receita, reduzindo a Receita Corrente Líquida;
    – alteração de limites pela LDO ou norma infra-legal.

    Os estados que procederam com esta burla, o percentual declarado e o apurado com despesas de pessoal.
    DF 49,30% 64,19%
    GO 50,41% 63,84%
    MG 57,33% 78,0%
    MS 45,33% 73,49%
    PB 61,86% 64,44%
    PR 51,09% 61,83%
    RJ 41,77% 62,84%
    RS 58,11% 70,62%¨

    http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2016-10/rombo-nos-estados-e-maior-que-o-informado-revela-tesouro

    ———————————-

    Pela LRF
    Crime: Ultrapassar o limite de Despesa Total com Pessoal em cada período de apuração (LRF, art 19 e 20).
    Pena: Cassação do mandato (Decreto-Lei nº 201, art. 4º, inciso VII).

    http://www.tesouro.fazenda.gov.br/-/infracoes-da-lei-de-responsabilidade-fiscal-e-suas-penalidades

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • joselito 8 de novembro de 2016 at 09:46

      “A defasagem também decorre do fato de que diversas unidades da Federação não declaram gratificações e benefícios como auxílio-moradia pagos aos servidores do Judiciário, do Ministério Público e das Defensorias Públicas locais.”

      Então, as gratificações e subsídios NÃO:
      – Se aplicam para limite de TETO;
      – Se aplicam para limite de orçamento;
      – são montantes pequenos, rsrssr

      6+
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 8 de novembro de 2016 at 12:36

      isso se chama MAQUIAGEM CRIATIVA
      não foi só a dilma
      a tese do golpe era isso
      Se todo mundo faz!!! porque só eu???

      Aí que foi a genialidade dos caras do TCU, mostrar que só ela tinha as chaves do BB, CAixa, Petrobrás e que era algo rotineiro e não daquele ano ou outro.
      Mas cá entre nós, se for cumprir a Lei, teremos impeachment coletivo, acho até que nem meu amado Estado de SP se salvaria

      4+
      • avatar
  • vitera 8 de novembro de 2016 at 08:35

    CVR
    Meus pais, brick-lovers ferrenhos, comentaram comigo esses dias que estão pensando em vender o apartamento que alugam para aplicar na “poupança”. Recentemente tiveram que arrumar os banheiros, trocar uma porta do AP, incomodação com o inquilino etc. Não pude acreditar, meus olhos brilharam, ainda estou em choque!

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 8 de novembro de 2016 at 08:39

      Xiii, vender pra quem? Povão tá falido, ninguém tem dinheiro não.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 8 de novembro de 2016 at 08:48

        É igual a leilão, dependendo do preço poderá vender rapidamente ou NUNCA

        7+
        • avatar
        • Zé do Brejo 8 de novembro de 2016 at 08:53

          Esses dias eu estava pescoçando alguns imóveis em leilão… Realmente não dá coragem de fazer nenhum lance.
          Preços, mesmo de leilão, ainda não compensam (NMHO).

          6+
          • avatar
      • vitera 8 de novembro de 2016 at 09:36

        Como comentaram, tudo vai depender do preço, acho que vende sim. Tem muito maluco endinheirado aqui na cidade. Meu medo não é esse, é o que farão com o $$$. Já dei minha opinião que tudo deve ser aplicado, nada de sair comprando carro novo, etc.

        4+
        • avatar
        • Zé do Brejo 8 de novembro de 2016 at 09:59

          Gente endinheirada tem bastante, agora gente endinheirada querendo perder liquidez, imobilizando seus recursos com imóveis é que está dificil de encontrar.
          Pergunte para os corvos aqui do blog.

          8+
          • avatar
          • avatar
    • Rampion 8 de novembro de 2016 at 10:32

      Acho que agora é meio tarde para vender. Vão ter de “guentar” mais um tempo no mercado locatário. rs.

      5+
      • avatar
      • avatar
    • Rampion 8 de novembro de 2016 at 10:34

      Se o imóvel estiver localizado no Hell de Janeiro aí que não vende mesmo.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Loucodf 8 de novembro de 2016 at 09:01

    Triplex à venda por R$ 14 milhões na Asa Sul impressiona pelo luxo
    http://www.metropoles.com/distrito-federal/triplex-a-venda-por-r-14-milhoes-na-asa-sul-impressiona-pelo-luxo

    O que me impressiona é o preço.

    6+
    • avatar
    • fanfarraum 8 de novembro de 2016 at 09:10

      Se a Caixa financiar e mudar de 35 anos pra 35 vidas com taxa zero… talvez eu consiga comprar…

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Zé do Brejo 8 de novembro de 2016 at 09:18

      Pelas fotos não vi nada luxuoso.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • so-observando 8 de novembro de 2016 at 09:11

    CVR
    Construtora vendeu na PRANTA por 550k…
    Construtora deixou 3 casas para vender depois por 750 k, para ganhar com a valorização…
    Não vendeu e agora pede 450 k…
    Detalhe, condomínio entregue aos compradores desde 2014…

    http://pi.olx.com.br/regiao-de-teresina-e-parnaiba/imoveis/condominio-pasadena-residence-266837880

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Loucodf 8 de novembro de 2016 at 09:16

      so-se-fudendo…

      3+
      • avatar
    • fanfarraum 8 de novembro de 2016 at 09:17

      “Valor R$ 450.000,00 (Valor negociável)
      (Aceita veículo como parte do pagamento)”

      5+
      • avatar
      • Zé do Brejo 8 de novembro de 2016 at 09:20

        Aceita “tique” refeição e alimentação? Ae acho que sai negócio… HAHAHAHA

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Rampion 8 de novembro de 2016 at 10:37

      Comprar na PRANTA sempre foi investimento de risco. Agora que os trouxas estão vendo isso. Os que tiveram a “sorte” de ter a obra entregue e o financiamento aprovado estão vendo o preço valorizar para baixo. rs.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Minino do TI 8 de novembro de 2016 at 10:30

    Sobre as Trump Towers do Hell de January
    http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/11/conjunto-de-predios-de-trump-no-rio-ainda-nao-saiu-do-papel.html

    “Por conta de um acordo de confidencialidade dos parceiros – Organizações Trump, MRP e Even – o valor do investimento do consórcio no projeto não foi divulgado. As Organizações Trump não deverão investir recursos, apenas sua marca. Mas segundo Carlos Terepins, presidente da Even Construtora e Incorporadora, o valor de mercado do projeto quando estiver em pleno funcionamento poderia ser calculado entre R$ 5 bilhões e R$ 6 bilhões e outras construtoras serão chamadas para participar.”

    > 1 bilhão por cada torre.
    Chega a ser engraçado

    8+
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 8 de novembro de 2016 at 10:34

      Esse povo parece aqueles viciados em jogo que ao ganhar no cassino não se contentam e fazem questão de perder tudo.
      Timing é tudo.

      8+
      • avatar
      • avatar
  • Rampion 8 de novembro de 2016 at 10:40

    Nada como uma crise para o povo voltar a realidade e ver que o emprego não é vitalício, a valorização não é eterna e os 35 anos de financiamento não passam rapidinho. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Everybody hates bolha 8 de novembro de 2016 at 10:48

      Rampion,

      Pelo seu comentário você merece dois “Oscar”, para caso um quebrar, você ainda ter o outro. rsrsrs

      Explico:
      As pessoas ao meu redor estão todas desesperadas e impressionadas por descobrirem essas coisas.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • From_The_Tower 8 de novembro de 2016 at 12:26

      E que as formigas que alertavam sobre a crise estavam cobertas de razão…….
      não tenho pena não……
      engulam o choro e PMJ !

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 8 de novembro de 2016 at 10:55

    postado em 08/11/2016 10:19
    Agência Estado
    Rio de Janeiro, 08 – Os preços dos materiais e serviços ficaram estáveis em outubro, contribuindo para a desaceleração da inflação da construção no Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), segundo dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta terça-feira, 8.

    O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-DI) registrou alta de 0,21% em outubro, abaixo do resultado de 0,33% apresentado no mês anterior. O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços não variou (0,0%) no último mês, após alta de 0,15% em setembro. O índice que representa o custo da Mão de Obra registrou elevação de 0,39% em outubro, ante crescimento de 0,48% no mês anterior.

    3+
    • avatar
  • Cajuzinha 8 de novembro de 2016 at 11:00

    “Segundo o empresário, as perspectivas de recuperação para o setor ainda são de médio prazo. A retomada do crescimento não deve chegar no ano que vem e nem em 2018. “Para que o setor se recupere é preciso que a economia volte a crescer, com redução do desemprego, do endividamento e da taxa de juros. É possível que uma recuperação seja iniciada a partir do fim de 2018, mas até lá o setor deve parar de cair e manter o ritmo da produção em um patamar ainda baixo”, avalia Fernandes. Ele aponta ainda que o brasileiro deve voltar primeiro a consumir os bens não duráveis e semi-duráveis para depois retomar aos produtos de maior valor agregado como os automóveis.”

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/11/08/internas_economia,821881/brasil-esta-em-marcha-lenta-na-producao-de-carros.shtml

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 8 de novembro de 2016 at 11:07

      Quero ver quem não tem sangue de barata para acabar com a festa desse cartel.

      5+
      • avatar
      • avatar
    • From_The_Tower 8 de novembro de 2016 at 12:25

      Eu ainda não vi todo esse pessoa que comprou na euforia pagar 1/6 do que comprou (alienação fiduciária)
      Vai tempo ainda………… muito tempo………

      4+
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 8 de novembro de 2016 at 11:38

    Bolhas pelo mundo

    FED injetou 4 trilhões de dolares na economia, a partir da bolha 2008
    Bancos retiveram 85% desta grana e alavancaram em cerca de 40 trilhões de dolares.
    Este dinheiro está pelo mundo, procurando oportunidades de rentabilidade.
    Porque vocês acham que está pipocando bolhas imobiliárias pelo mundo.

    http://www1.empiricus.com.br/posts/como-resolver-um-problema-de-us-4-trilhoes/
    http://blogacritica.blogspot.com/2014/07/divida-dos-eua-chega-60-trilhoes-de.html

    5+
    • avatar
  • Lucas 8 de novembro de 2016 at 12:00

    vitera

    CVR
    Meus pais, brick-lovers ferrenhos, comentaram comigo esses dias que estão pensando em vender o apartamento que alugam para aplicar na “poupança”. Recentemente tiveram que arrumar os banheiros, trocar uma porta do AP, incomodação com o inquilino etc. Não pude acreditar, meus olhos brilharam, ainda estou em choque!

    11+

    Esse é o sinal mais claro e inequívoco de que a bolha já está chegando no fundo do poço
    Quando até pessoas comuns sabem que
    – é melhor aplicar do que alugar
    – é melhor ser inquilino investidor que proprietário devedor

    Quando uma multidão de pessoas comuns agirem feito manada aí sim estaremos chegando no preço mínimo.
    É neste ponto que aplico a fase 2 da minha estratégia, sairei da periferia e voltarei em grande estilo.
    PS: acabo de verificar as contas do mês onde somos síndico, estamos recebendo barão de juros. PMJ coletivo.

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 8 de novembro de 2016 at 12:24

      YEAH !!!! Véio treteiro !!!!
      YEAH !!!
      Paguem nossos juros !!!!
      Só vejo brick-lover se ferrando e sem dinheiro pra nada !!!

      5+
      • avatar
      • Lucas 8 de novembro de 2016 at 12:33

        9dades?
        e o sexo?

        2+
        • From_The_Tower 8 de novembro de 2016 at 13:21

          A novidade é que não serei pai pela terceira vez.
          Mas a Sra. Tower está se recuperando da hemorragia.

          3+
          • avatar
  • Cesar_DF 8 de novembro de 2016 at 13:08

    TÓPICO NOVO

    1+