PDG perto de pedir recuperação judicial – Valor

Você pode gostar...

Comments
  • MINEIRO SPY 24 de outubro de 2016 at 13:05

    Conforme previsto pelo CA!
    Ainda resta uma dúvida…se os imóveis em estoque forem avaliados a preço de mercado, qual seria o tamanho da dívida da empresa?
    Quem são os maiores credores da destrutora CA?

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • reznor 24 de outubro de 2016 at 13:38

      “O acordo foi selado com os principais credores – Banco do Brasil (BB), Caixa Econômica Federal (CEF), Bradesco e Itaú Unibanco – e com o Banco Votorantim. Parte deles não tem dado seguimento normal aos contratos.”

      Tratam-se somente dos principais bancos de varejo do país… coisa pequena. Tranquilo e favorável.
      SQN

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 24 de outubro de 2016 at 14:30

        PDG devendo fortuna de condominio do estoque distratado.
        por isso a taxa que era pra ser 400 dilmas, subiu pra 800 temers e crescendo
        cara isso é penetração dupla do motumbo no sardinha
        – se ferra nas parcelas
        – se ferra na taxa de condo

        Quedas maiores que 100%, uma abstração matematica/financeira.
        Eles riam.
        Agora vão entender na praticu

        50+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 16:30

          Então né Lucas, vi aqueles microapartamentos no centro de São Paulo com condomínio de 1600 reais e chutando uma vacância de 50%, imagine para os “investidores” que parcelaram em 240 suaves prestações “decrescentes” kkk

          19+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
      • O Cramulhao de FHCigienopolis45 24 de outubro de 2016 at 16:16

        Ainda bem que abri conta no Banco Original, de quem eu já tinha fundos de investimentos.
        PS: torcendo, claro, para que a JBS Holding não se envolva em mais m*…porque tá difícil achar instituição financeira isenta.

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • fanfarraum 24 de outubro de 2016 at 13:21

    Soft.

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • reznor 24 de outubro de 2016 at 13:32

    “É praticamente consenso no mercado que a dívida corporativa da PDG Realty é incompatível com o negócio e o momento do mercado. Era esperada revisão futura dos passivos. Mas o estrangulamento do capital de giro torna a questão urgente e pode culminar no pedido de recuperação judicial. A percepção de fontes próximas às negociações é que os bancos não têm a dimensão exata da consequência sistêmica do travamento das linhas de financiamento.”

    Se nem os bancos têm noção do risco sistêmico, quem terá?
    O BIB, claro! 🙂

    39+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Loucodf 24 de outubro de 2016 at 13:40

    Ué, e quem comprou na “pranta”? Os ispertos não vão receber o distratos?
    “Todo mundo é rico, menos eu”

    33+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 24 de outubro de 2016 at 13:53

    PDG, BTG, sopa de letrinhas, personagens repetidos
    Quem leu meus links anteriores sabe do que tô falando
    Espero que o Judiciário siga o rastro até a Caixa Economica Federal, e quem mais vier, seja de que PTido for, porque falencia eu acho pouco, essa bolha criminosa deveria terminar na Papuda e a sardinhada especuladora, para elas as Leis de Charles Darwin, o grande juiz, a Natureza.

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 24 de outubro de 2016 at 13:58

      porque prever falencia é para os amadores,
      Em 2011 já falei isso.
      essa porra toda explode, quenem explodiu o BNH na época dos militares e do delfin neto, igual quase explodiu em 92 no caso Encol mas alguém teve coragem de mandar um belo “vá se fuder” pros donos que acabaram na cadeia (poucos dias, infelizmente)

      Porque conhecer o futuro basta olhar pro passado, fácil

      22+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • JJJ_brasilia 24 de outubro de 2016 at 14:46

        Veio,

        Boa lembrança do BHN, parece que a cada 20 anos, mais ou menos tem uma quebradeira imobiliária no Brasil:

        anos 70: BNH

        anos 90: Encol

        década atual: bolha imobiliária, PGD.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • Lucas 24 de outubro de 2016 at 15:37

          Guardadas as devida sproporções, Encol era uma unica construtora, o governo FHC cortou o mal pela raiz #prontofaleiu
          A de 80 e agora é risco fianceiro sistêmico
          a de 80 levou 100% ao mês de inflação e calote
          essa foi quase

          17+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • Minions 24 de outubro de 2016 at 14:03

    CVR Corvos malditos
    Conhecido finalmente conseguiu vender casa após 2 anos de anúncio e valor 20% abaixo do mercado, além do custo de oportunidade. Ainda aceitou terreno bolhudo como entrada e o saldo financiado pela CEF.
    Mas o que me indignou, na história dele, é o comentário após a venda: “depois que vendi o imóvel, apareceram várias propostas MELHORES”. Aí eu começo a cutucar um pouco e percebo que as propostas vinham de CORVOS MALDITOS que queriam fazê-lo desistir da venda, enganando-o. Desta forma, o comprador voltaria ao mercado e eles trabalhariam o comprador. FDP! Tem mesmo que morrer de fome bando de energúmenos e parasitas.

    41+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 24 de outubro de 2016 at 14:04

    reznor e cezarkebrado

    “welcome to the eighties
    com o estudo análogo do Lucas quanto à década perdida, restarão poucas dúvidas de que já vimos (e vivemos) esse filme.
    pra quem ainda acredita na linearidade ou tese de “fim da história” do Fukuyama, bonne chance…
    eu sou daqueles que crê na circularidade da história. recomendo um livro matador sobre os ciclos históricos pelos caras que cunharam o termo “millennials”: ‘The Fourth Turning: An American Prophecy’. é de fins dos anos 90, mas o conteúdo ali não está defasado.”

    no meu ver somando com infos insideres da área política, o maior risco hoje é o dolar afundar
    tenho um cambial que venho realizando lucro desde que entrei em 1,60 a 2,50
    não fechei porque hoje reabrir teria que ser um milhonario
    deixei no valor mínimo
    tbm tenho a latinha que não consegui gastar por causa da merda do passaporte

    Estou pensando seriamente em zerar tudo

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • reznor 24 de outubro de 2016 at 14:35

      hoje deve fechar na casa dos 3,12 (intradia rompeu os 3,11, fato ocorrido apenas uma vez este ano). talvez até feche nos 3,11, quem sabe…
      o que se alega é que o fluxo da repatriação está tendo enorme peso no câmbio (lembrando que o prazo vai até 31/out, dali em diante é com a justiça).
      eu que sou inocente, acreditei no argumento… mas por que o Bacen não está atuando via swap reverso? em minha opinião, é pra ideia da lei de repatriação de recursos colar junto ao público. uma pequena vitória do governo, por assim dizer. acho que depois do deadline, o Bacen vai voltar a agir pesadamente comprando dólar no mercado futuro.
      dito isso, acho muito difícil voltar aos patamares de 2,50…
      eu mesmo estou pensando em entrar em dólar quando bater os 3,00. mais baixo que isso a indústria daqui quebra de vez.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Money_Addicted 24 de outubro de 2016 at 14:05

    CVR – transferwise

    com essa queda do US$ hj to mandando uns trocados pro obama usando a transferwise, vamos ver

    [] s

    8+
    • avatar
    • avatar
  • Lucas 24 de outubro de 2016 at 14:34

    OFF
    ah se a rosinha ainda estivesse viva:

    “O Procon Carioca detectou a presença de uma quantidade 100 vezes maior do que a permitida de bactérias no hambúrguer do ….”

    qual bactéria?
    coliforme termotolerante: LEIA-SE MERDA

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Rene Fraçoá 24 de outubro de 2016 at 15:00

      Olha só, o caso levantado pelo Lucas pode ser visto aqui: https://www.youtube.com/watch?v=smk2xq2l3Ig ou https://www.youtube.com/watch?v=_bFQHXCtn3Y.

      Nosso corpo é o único lugar que temos para morar, e teremos só este corpo para cuidarmos. Dito isso, vamos rever o verdadeiro valor que damos para nosso organismo e selecionar melhor os alimentos e investir mais na nossa saúde.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 24 de outubro de 2016 at 15:40

        isso explica as asneiras que o zécarioca bosteja poraqui
        muito fasti fudi subindo no cérebro

        5+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • reznor 24 de outubro de 2016 at 16:04

          Lucas, se você fosse carioca entenderia os argumentos do Zé.
          é um processo de hipnose coletiva profunda. a cidade já foi capital do Brazil, muitos servidores públicos, um exército de aposentados. bairros inteiros tomados por velhinhos. essa mentalidade ossificada faz estragos tão grandes na economia dali quanto os seus (des)governantes.
          exemplo: minha mãe (aposentada e pensionista, leia-se: duas fontes de renda) teve a capacidade de pagar 80 temers num quilo de queijo tipo minas. não era brie, gorgonzola, camembert… era queijo minas, amigo! e custou 80 reais/kg. o pior é que a minha mulher estava junto e chamou a atenção dela junto à caixa, mas a minha mãe ficou com vergonha e quis levar assim mesmo.
          a moral da história é que a mentalidade do povo carioca é tão distorcida da realidade que tal desaforo com o dinheiro só pode ocasionar nas distorções do custo das coisas, algo que estamos testemunhando todos os dias. e nem adianta tentar argumentar, pro carioca o RJ é o Éden. não existe cidade que se equipare. tal raciocínio vale até pra quem tem oportunidade de conhecer outras partes do mundo. em tese, ao conhecer outras cidades do (chamado) mundo desenvolvido o cidadão poderia enfim adquirir um olhar mais crítico em relação ao valor das coisas que o cercam na Guanabara. ledo engano, mesmo estes continuam a insistir que o “RJ não tem paralelos”. eu já desisti de compreender esse modus vivendi.
          sou carioca e vivi no Hell até os 25 anos. hoje, com quase 40 e radicado no PR, posso lhe garantir com humildade que a melhor decisão que tomei na vida foi sair daquela histeria coletiva. abraço aos conterrâneos e

          41+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • reznor 24 de outubro de 2016 at 16:05

            .. que a força e as UPPs esteja com vocês.

            22+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Lucas 24 de outubro de 2016 at 16:25

              nos anos negros da pobreza minha família morou no RJ vários anos,
              torcia pro flamengo até anteontem
              conheço muitíssimo o RJ
              as UPPs são um estímulo ao tráfico oficial de drogas, o outro lado da moeda é o Bope, 2 lados dum mesmo erro
              o principal problema do RJ é o excesso de funcionarios publicos incompetentes (há os competentes) dentre eles os verde-oliva que se consideram uma classe superior, filhos duma elite rica, estudados, detem o monopolio das armadas mas são muito covardes para serem usadas
              Morava no botafogo e ia muito na Urca, tenho o convivio muito próximo com militares desde muito cedo na minha vida, e o tenho até hoje, de todas as forças, até pelo esporte e pela disciplina, posso te garantir uma coisa, o brasileiro é o povo mais covarde do mundo, só são machão pra bater em mulher. Digo isso com muita tranquilidade, meus amigos concordam comigo, e sabem que a coisa é abafada desde criancinha, literalmente falando.
              o zezé é um provocador e eu tbm, adoro odiar ele, somos na verdade muito “amigos”.

              19+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 16:55

                Um estudo da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) mostra que a Cidade Maravilhosa tinha, em 2012, quase o dobro de funcionários públicos do que a atual capital federal. São 102.236 trabalhadores no Poder Executivo ante os 62.578 que atuam em Brasília.
                No Rio de Janeiro, eles correspondem a 18,64% da população com emprego formal.

                Em 2014, o Brasil tinha 6,5 milhões de servidores públicos municipais, um número 66,7% maior do que em 2001, quando eram 3,9 milhões. Os dados são do Perfil dos Estados e Municípios Brasileiros 2014, pesquisa divulgada nesta quarta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

                Em 1989 eram 700 mil funcionários públicos federais e atualmente são 500 mil.

                12+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • avatar
              • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 17:05

                DETROITIZAÇÃO

                Calamidade financeira na pauta
                http://www.fmanha.com.br/economia/calamidade-financeira-na-pauta

                Rio pode reduzir salários dos servidores em 25%
                http://www.folhamax.com.br/mundo/rio-pode-reduzir-salarios-dos-servidores-em-25/103258

                Servidor: Rio pode ser 1º a demitir funcionário estável para cumprir LRF
                http://odia.ig.com.br/economia/2016-07-10/servidor-rio-pode-ser-1-a-demitir-funcionario-estavel-para-cumprir-lrf.html

                16+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • Louro José 25 de outubro de 2016 at 08:03

                  A situação do rio só se resolve com o procedimento padrão de toda empresa em crise: demissões.

                  6+
                  • avatar
          • O Cramulhao de FHCigienopolis45 24 de outubro de 2016 at 16:23

            Eu senti isso aqui em São Paulo mesmo, quando pela primeira vez depois de anos fora, e acostumado a pagar 1 euro no hamburguer do McDonald’s da O’Connel Street, principal avenida de Dublin, Irlanda, vi o povo pagando 20 reais num McDonalds no Morumbi e sair rindo como se fosse normal…
            Esse problema de distorção de preços deve ser nacional…

            18+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • Lucas 24 de outubro de 2016 at 16:46

              o mac salada na italia cusa 1,x euros vem com mais camarão que prato fino de restaurante dos jardins
              o empanado sequinho e bem recheado
              te juro, ali eu chorei. literalmente chorei

              20+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
          • Jose Ferreira 24 de outubro de 2016 at 17:31

            Nossa… Voce conseguiu resumir todo o meu sentimento de um mineiro morando no Rio há 10 anos!! No começo eu até curtia, mas depois você vai percebendo os valores distorcidos das pessoas e vai ficando com raiva… Outro dia, tive que ouvir com naturalidade um casal de conhecidos dizendo que gastaram 5 mil no aniversario da filha de 6 anos. Detalhe que eles devem ter renda familar de no máx uns 6 mil.. Espero mudar em breve..O problema eh que trabalho em um setor em que dificilmente fico bem empregado em cidades fora do eixo Rio-SP.. Saudade do interior de Minas em que as pessoas tiram onda quando gastam pouco ou quando aproveitam uma promocao!! Meu pai é assim: adora dizer que paga menos do que pagou em qualquer coisa, pois é uma vergonha para ele ter feito um mal negócio!

            33+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • gmlinux 24 de outubro de 2016 at 18:49

              Um salário de 4k, juntando 13×400 (12 salários mais décimo terceiro, pegando 10%), paga uma festa de 5k.
              Parece um investimento melhor que comprar AP…

              7+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
            • Rene Fraçoá 24 de outubro de 2016 at 20:27

              Tragam a melhor vodca para o Jose Ferreira!!!!

              4+
              • avatar
  • Moreira 24 de outubro de 2016 at 14:40

    Pessoa muito próxima mudou de ideia finalmente. Vai juntar o dinheiro ao invés de financiar o imóvel. Na verdade já esta fazendo isso a uns 4 meses. Já tem 45k e continua guardado 3k por mês durante 4 anos. O cara é disciplinado e – tanto ele quanto a esposa – são FP, ambos sem dívidas e empréstimos. Indiquei um artigo do clube dos poupadores, em que se simula o valor final que ele obterá aplicada a uma taxa de em média 0,8%, por um dado período de tempo. Só para ele ter noção mesmo. A ideia inicial era comprar na planta. O cara quase foi abocanhado pelos corvos. E o mais interessante é que o corvo que o importunava o ligou recentemente e ele disse ao corvo que tinha desistido da proposta e estava guardando dinheiro somente. N]ao é que o corvo atrevido, safado não teve a coragem de dizer que ele não estava fazendo o melhor negócio, que o melhor seria sair do aluguel. Bixo, comecei a ter raiva dessa galera também. Um abuso!

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 24 de outubro de 2016 at 14:52

      certo esta o corvo errado esta vc

      um pagador d juros a menos

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • reznor 24 de outubro de 2016 at 15:06

        como trata-se de “pessoa muito próxima” faz certo sentido o alerta.
        por essa lógica, é menos um pedindo dinheiro emprestado pra ele.
        esse ano eu perdi 5K com a minha cunhada. ficou stalkeando minha mulher por dias até emprestarmos o dinheiro.
        daí em diante sumiu. o lado bom é que não vai mais encher o saco no natal como costumava fazer.
        olhando por esse prisma, até que o ticket não foi tão alto assim… kkkk

        26+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Loucodf 24 de outubro de 2016 at 17:01

        Essa lógica de um pagador de juros a menos, eu até entendo onde vocês querem chegar. Não querem que a matar a galinha.
        Mas veja bem, isso nunca vai acontecer. Bixo, é muito difícil alguém querer economizar dinheiro. Qual a graça? o que você mostra pro amigo? Com quem tira vantagem?

        A manada segue e continuará seguindo para o mesmo lado. Poucos se salvarão.

        22+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 24 de outubro de 2016 at 16:13

    Lucas

    o IAG não tem competencia para tal
    ali do lado existe o FCTH esses sim, consultores internacionais na área, palestrantes, catedráticos, vc vai lá dar uma olhada no tamanho do galpão, é sério, se vc não fosse tão esquisito te levava para uma visita monitorada, é o maior laboratório da américa latina,
    infelizmente este pessoal não tem saco para se expor com medo de gente como vc e eu já gastei a caneta aqui dezenas de vezes explicando a mentira que foi a tal crise hídrica, não passou duma seca no sudeste conforme meus amigos do IAG descrevem depois de passado o fenômeno. Cara sou habituê naquele meio, conheço pessoalmente 2 radares metereológicos, mas conheço mesmo, de mexer no mouse do sistema e brincar com gráficos, até outro dia ainda tinha uma senha que eles me deram pra brincar melhor

    cara, fica na sua, não sou de dar carteirada intelectual, mas na boa, vai estudar mais, vai conhecer melhor sobre o que vc finge que sabe.

    E na boa: quem leu sua denuncia do Serra esconder um homicídio setuplo por amizade às 5 construtoras, ah vá que estorinha da carochinha hein?
    SE a PF provar alguma coisa vou achar MARAVILHOSO!
    infelizmente é só bosta pra flodar o blog, nunca imaginei um uspiano doutrinado pelos caras da farda.

    1+

    Obs: só pra corroborar o que coloquei no tópico anterior, Lucas. Não tenho nada contra ou a favor dessa gente, mas foram meus professores, eu cursei materias no IAG-USP com eles, além da POLI e IF, portanto, sei que são pessoas de gabarito (vide currículo LATTES) e sabem o que falam. Eu também fiz trabalhos de campos em estações meteorológicas, inclusive publiquei coisas, antes de me enveredar para a Nanofísica com foco em energias renováveis, depois que fui para o exterior.

    http://www.usp.br/espacoaberto/?materia=sao-paulo-a-terra-da-seca
    “Havia, sim, uma previsão de chuvas abaixo do normal para essa região”, afirma o professor do Departamento de Meteorologia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) Tércio Ambrizzi, sobre a região onde estão os reservatórios do sistema Cantareira, o mais atingido pela seca.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 24 de outubro de 2016 at 16:32

      vc não leu o proprio link
      digo e repito:
      o diabo mora nos detalhes

      “embora a diminuição do volume pluviométrico estivesse prevista, com as tecnologias atuais ainda não é possível saber com qual intensidade isso viria a ocorrer. “O que efetivamente ocorreu foi acima do que todos esperavam. Houve a tendência de seca, mas foi muito mais seco do que se previa”, conta.”

      veio acima do esperado pelo seu próprio link de outubro de 2014.
      E são vcs que sempre sabem de tudo???

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 24 de outubro de 2016 at 16:42

        digo mais, crise fabricada pelas esquerdas.
        A ANA federal alterou o regime “externo” do cantareira de 45 para 33
        A ANA mandou alterar o regime interno de um dos reservatórios de passagem, mandou esvaziar ele pra não colcoar em risco uma favela que tinham acabado de invadir ali a jusante
        E outros detalhes tipo causar panico na população disseminando uma dita lama tóxica no fundo e outras barbaridades pra fazer o povo estocar agua e piorar o problema
        O sistema feito para uma taxa de retorno de 100 anos, sobreviveu na risca.
        Dá pra escrever um livro toda a orquestração esquerdista pra derrubar a moral da oposição e ganhar a eleição presidencial, lembra que a dilma caiu na avenida paulista.

        Por isso vcs pensam que eu gosto do Psdb, quero que se foda todos eles, odeio sigla, gosto de textões grandes comos os do CA que sempre leio, gosto de cada detalhezinho esmiuçado até o fim, estou ao lado da verdade. Nas outras situações se eles roubaram, se eles mataram, cadeia neles! que vão pro inferno, tenho rabo preso com ninguém, se errei serei o primeiro a avisar falei merda. Porenqto ainda estamos vendo se confirmar o que eu escrevia em 2011.

        20+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 17:45

    Na minha opinião, janeiro de 2017 irá bater o recorde histórico de demissões, motivos:

    Gastos com salários nos estados e municípios aumentaram 53% acima da inflação entre 2004 e 2014
    http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=28641

    Gastos das prefeituras aumentam enquanto verba diminui
    http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,60-das-cidades-terao-rombo-nas-contas,10000053825

    E nos estados

    “Rombo nos estados é maior que o informado, revela Tesouro !”
    O levantamento também constatou que os estados estão subestimando o déficit das previdências dos servidores públicos locais. De acordo com os Relatórios Resumidos de Execução Orçamentária (RREO), enviados pelos governos estaduais ao Tesouro a cada dois meses, o resultado negativo de todas as unidades da Federação estava em R$ 59,1 bilhões no fim de 2015. Nas contas do Tesouro, no entanto, o rombo chegou a R$ 77,1 bilhões.
    A maior diferença é observada no Rio de Janeiro, que declarou déficit de R$ 542,1 milhões, contra resultado negativo de R$ 10,8 bilhões apurados pelo Tesouro Nacional.
    http://programamunicipiosemacao.blogspot.com.br/2016/10/rombo-nos-estados-e-maior-que-o.html

    Previdência dos estados tem rombo de R$ 2,4 trilhões
    Déficit para pagar benefícios atuais e futuros equivale a 43,9% do PIB, segundo Ipea
    De acordo com o levantamento, o déficit atuarial (necessidade de financiamento para pagar todos os benefícios presentes e futuros) dos estados alcançou R$ 2,4 trilhões em 2014 — o equivalente a 43,9% do Produto Interno Bruto (PIB) e um custo per capita (por servidor ou pensionista) de R$ 543 mil. Somando a União, o rombo pula para R$ 3,6 trilhões ou 65,8% do PIB.
    http://oglobo.globo.com/economia/previdencia-dos-estados-tem-rombo-de-24-trilhoes-18720487

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 24 de outubro de 2016 at 18:47

      bem caótico o que pode acontecer no futuro….
      quantos FPs pelo Brasil afora estão pendurados em consignados a longo prazo, alguns chegando a oito anos consumindo até quarenta por cento da renda.
      Muitos sem reajustes da inflação a mais de dois anos.
      Milhares pagando prestações da casa própria pelos próximos trinta anos…..
      Difícil imaginar o que pode acontecer na hora que a fonte secar….
      Só de policiais armados nos batalhões, delegacias, GCM, forças armadas…..

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 18:56

        Eu acho que o endividamento privado já chegou no fundo e agora está em processo de recuperação, isto implica que menos dinheiro será colocado no mercado, por conta de pagamento de dívidas e recomposição de poupança. Mesmo que a área privada melhore, este dinheiro ainda não voltará para o mercado.

        Porém, na área pública, o buraco é mais em baixo, a PEC 241 + LRF subsidiará os governos municipais a realizar profundos cortes, especialmente em funcionalismo, os governos estaduais ainda tentarão postergar isto, via cancelamento de desonerações tributárias.

        Injeção de dinheiro no mercado, acho que somente via investimentos estrangeiros em infraestrutura. É provável que a BOVESPA ainda suba bastante, mas será um soluço, talvez por uns 6 meses.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • joselito 25 de outubro de 2016 at 07:49

          Por outro lado, pode ser que o dilmo imprima dinheiro mesmo, pague essa dívida toda e devolva inflação.
          Assim, os FP´s (policias, guardas municipais, etc.) se acalmam, acham que está de boa, rsrs

          2+
          • avatar
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 25 de outubro de 2016 at 10:09

      Pena que são apenas os comissionados..
      Queria que a catástrofe chegasse ao ponto de afetar os “concursados”, aqueles que aos 4 cantos se gabam da “estabilidade” , e vivem a usar “crédito consignado” …
      Mas provavelmente isso é inconstitucional, pois é “direito adquirido”. Triste.

      3+
      • avatar
      • MINEIRO SPY 25 de outubro de 2016 at 11:16

        Há FP aqui. Se setor privado te oferece X com sua qualificação para realizar o trabalho em 12h. Aí o setor público te oferece 2X para trabalhar em 8h. O cidadão passa no concurso. Se algum dia a conjuntura inverter, vários voltam ao setor privado e os que estão no setor privado, vão para o público. Não entendo sua avaliação.

        4+
  • From_The_Tower 24 de outubro de 2016 at 17:53

    Então a Poder De Gargantear tá indo pro buraco !?
    ARDAM !!!!

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Carlos 24 de outubro de 2016 at 18:11
  • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 18:16

    Para ZERAR o ESTOQUE PDG 47% DESCONTO 85m² APENAS 280MIL / 101m² APENAS 350MIL Paradise

    http://am.olx.com.br/regiao-de-manaus/imoveis/para-zerar-o-estoque-pdg-47-desconto-85m-apenas-280mil-101m-apenas-350mil-paradise-259973642

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 24 de outubro de 2016 at 18:18

    http://m.istoedinheiro.com.br//noticias/negocios/20161024/precos-dos-imoveis-voltaram-patamar-2008/425419

    NEGÓCIOS

    Negócios07:10 – 24.10.2016
    ‘Preços dos imóveis voltaram ao patamar de 2008’

    Quase cinco anos depois de ter vendido, junto com seus ex-sócios, por cerca de R$ 1 bilhão, a Brazilian Finance & Real Estate (BFRE) para o grupo Pan e para o BTG Pactual, a Ourinvest está de volta ao financiamento independente de crédito imobiliário no Brasil.
    A cláusula de “não competição”, imposta aos ex-donos da BFRE, já venceu. O momento de baixa no mercado, com restrição de crédito a construtoras e queda nos preços dos imóveis, mostra que é hora de voltar ao setor, disse o executivo da companhia, Nelson Campos (foto), em entrevista ao Estado na semana passada:
    Por que voltar ao ramo imobiliário?
    Se tivemos uma história vencedora no passado, agora é hora de reeditar essa história. O mercado está demandando alternativas de financiamento em função de os bancos estarem mais restritivos. As empresas precisam de uma alternativa. Então, o desenvolvimento vai passar pela securitização. Além disso, esse é um bom momento (para retornar), pois os imóveis voltaram ao preço de 2008.
    Mas não tem muita incorporadora em dificuldade? Não é um risco elevado?
    Óbvio que tem, mas aí entra nossa expertise. Os acionistas que tinham a inteligência da BFRE estão todos aqui.
    O que é uma securitização?
    Se você compra um imóvel com a construtora “x” e financia em 100 meses, a construtora pode usar esse contrato do seu pagamento mensal para levantar dinheiro com investidores e, assim, adiantar o seu pagamento e desenvolver novos empreendimentos, por exemplo.
    Já fizeram operações neste ano?
    A reestreia foi com a Tecnisa, numa operação de R$ 90 milhões. Já temos três outras, no total de R$ 200 milhões. Para 2017, esperamos fazer R$ 800 milhões. Vemos ter demanda pelo lado do investidor e devemos lançar fundos imobiliários. Outro negócio da securitizadora será o agronegócio. Fizemos já neste ano uma operação de R$ 600 milhões com Certificado de Recebíveis Agrários (CRA) da Duratex. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • reznor 24 de outubro de 2016 at 18:36

      juro que parei de ler no “aí entra a nossa expertise”.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • gmlinux 24 de outubro de 2016 at 18:58

      Pois é, CRI e LCI, vocês sabem como são constituídas? garantias?

      4+
      • avatar
      • avatar
    • joselito 25 de outubro de 2016 at 07:53

      Então quer dizer que quando o distrato ocorre, além do imóvel retornar ao estoque, ainda retornar uma dívida no valor bolhudo do imóvel decorrente da securitização, quebrando a construtora e o securitizador? É, tá na hora de passar o “entendimento” nos tribunais de que é proibido distratar, kkkkkk

      1+
  • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 18:41

    Situação da PDG
    Alega que tem R$ 2,7 bilhões de imóveis em estoque
    Alega que tem R$ 7,2 bilhões em contas a receber
    Prejuízo acumulado no primeiro semestre de 2016 atingiu R$ 1,15 bilhão, alta de 192% em relação ao mesmo período de 2015.
    Dívida com bancos em R$ 5,9 bilhões

    No relatório que ela apresentou ao BOVESPA
    http://siteempresas.bovespa.com.br/DWL/FormDetalheDownload.asp?site=C&prot=495608
    ATIVOS EM BILHÕES
    7,2 contas a receber
    2,9 estoque
    1,7 landbank
    PASSIVOS EM BILHÕES
    5,9 dívida liquida
    0,8 custo a incorrer
    0,5 fornecedores + impostos

    Eu tenho uma dúvida, esta CONTAS A RECEBER, seria do pessoal que está pagando as parcelas antes do recebimento MAIS o valor que será repassado pelo banco quando o propriotário financiar o imóvel ?

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 18:47

    Interessante TCC, vejam sobre o landbank na página 7, R$ 155 bilhões em landbank

    Durante o processo de crescimento as Companhias investiram no seu banco de terrenos, muitas delas tiveram que vendê-los passado os anos de foco de lançamento para gerar caixa e reduzir seu endividamento. Observa-se que as quinze companhias juntas ao fim de 2015 ainda possuíam um potencial de VGV na sua carteira de terrenos de R$155 bilhões, suficientes para onze anos de lançamentos ao ritmo de 2015, da ordem de R$14 bilhões. Na soma total de landbank a Cyrela, a MRV e a Direcional mantêm a liderança com R$54, R$35 e R$10 bilhões respectivamente, com potencial na Cyrela para 18 anos, a MRV para 7 anos e a Direcional para 18 anos de lançamentos considerado o volume realizado em 2015.

    O interessante que a PDG estava com cerca de 9 bilhões em landbak e no relatório para a BOVESPA aparece só 1,7 bilhão

    http://lares.org.br/16a-conferencia-internacional-lares/resumos/HUDSON_ANALISE.pdf

    http://siteempresas.bovespa.com.br/DWL/FormDetalheDownload.asp?site=C&prot=495608

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 19:03

    Agora no Jornal da Band, queda de 10% no valor do aluguel dos imóveis comerciais
    “Xpecialista falando” se não consegue alugar, tem que baixar o valor.
    Imóvel para alugar por 4K após 6 meses vago, baixaram para 3K.

    9+
    • avatar
    • avatar
  • Margarida 24 de outubro de 2016 at 19:06

    Lucas

    PDG devendo fortuna de condominio do estoque distratado.
    por isso a taxa que era pra ser 400 dilmas, subiu pra 800 temers e crescendo
    cara isso é penetração dupla do motumbo no sardinha
    – se ferra nas parcelas
    – se ferra na taxa de condo

    Quedas maiores que 100%, uma abstração matematica/financeira.
    Eles riam.
    Agora vão entender na praticu

    20+

    Não sei se é só essa construtora que faz isso, mas no tópico anterior o cezarkebrado colocou um link para processos da MRV. Abri uns três ou quatro por curiosidade. Um deles é uma transferência da motumbada dos condomínios dos apartamentos ainda de propriedade da construtora para o resto dos condôminos. Deviam ter muitos apartamentos no mesmo condomínio, aproveitaram pra aprovar uma cláusula ilegal na convenção para que a incorporadora/construtora pagasse só 30% da taxa de condomínio.

    01/09/2014 Decisão Proferida
    “Vistos. 1. A documentação que instrui a inicial corrobora a verossimilhança do direito alegado pelo condomínio autor, sendo certo que a manutenção do benefício estabelecido unilateralmente na convenção condominial em favor da ré pode mesmo trazer prejuízos de difícil reparação a todos os demais condôminos. Assim sendo, estando presentes os requisitos legais do art. 273 do Código de Processo Civil, defiro a tutela antecipada para reconhecer a abusividade e, por conseguinte, declarar a nulidade da cláusula da convenção condominial que fixa o dever da ré de pagar o valor equivalente a 30% da taxa condominial (cláusula 32ª, fls. 22), devendo esta arcar com o pagamento das despesas de condomínio relativas às unidades de que é proprietária na mesma proporção dos demais condôminos, ou seja, no percentual de 100%. 2. Cite-se e intime-se a ré, com as advertências legais. Int.”

    “04/09/2015 Julgada Procedente a Ação
    Diante do exposto e o que mais dos autos consta, JULGO PROCEDENTE o pedido inicial para o fim de declarar a nulidade da cláusula 32 da convenção condominial, condenando a ré a arcar com o pagamento de 100% das despesas condominiais relativas às unidades de que é proprietária, ou seja, na mesma proporção dos demais condôminos. Por conseguinte, julgo extinto o processo, com resolução do mérito, na forma do art. 269, inciso I, do Código de Processo Civil. ”

    Aqui:
    https://esaj.tjsp.jus.br/cpopg/show.do?processo.codigo=2S000DYGS0000&processo.foro=100&paginaConsulta=4&conversationId=&dadosConsulta.localPesquisa.cdLocal=100&cbPesquisa=NMPARTE&dadosConsulta.tipoNuProcesso=UNIFICADO&dadosConsulta.valorConsulta=mrv&uuidCaptcha=

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 19:17

    LEILÃO DA CEF – 140 IMÓVEIS EM MINAS GERAIS.
    Até o momento, nenhum recebeu lance kkkkkkk
    http://www.gpleiloes.com.br/index.php?pg=leilao&idleilao=1003&buscar=&busca=&busca_l=&cate=&scat=&cat_l=&scat_l=&fav=0&lote=&pagina=0

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • gmlinux 24 de outubro de 2016 at 20:56

      meu lance para cada um é R$ 0,01
      pronto, agora todos receberam lances justos kkkk
      Mas só aceito o lote completo…

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Leandro sp 24 de outubro de 2016 at 19:27

    Entendi certo? A PDG quiz dizer?

    Ou libera mais grana ou dou o calote?

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 19:34

    Leilão de apartamento no Hell de Janeiro

    Proprietários em 2014 fizeram empréstimo de 159K em 120 parcelas de R$ 2.782
    Consolidação de propriedade para o banco intermedium por 384K em junho de 2016
    http://www.gpleiloes.com.br/site_arquivos/arq_1009_001_20161007162400.pdf

    Primeira praça 460K – sem lances
    http://www.gpleiloes.com.br/index.php?pg=leilao&idleilao=1009&subpg=lote&lote=001&voltar=index.php?home=1|ecomercial|pg=leilao|ecomercial|idleilao=1009

    Segunda praça 227K – sem lances
    http://www.gpleiloes.com.br/index.php?pg=leilao&idleilao=1010&subpg=lote&lote=001&voltar=index.php?home=1|ecomercial|pg=leilao|ecomercial|idleilao=1010

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cesar_DF 24 de outubro de 2016 at 19:44

    Agora no JN
    A queda de Detroit
    Governo injetou 700 bilhões de dolares para salva-la, mas foi inútil pois as pessoas mais capacitadas se mudaram de lá

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • gmlinux 24 de outubro de 2016 at 20:58

      isto não vai ser um problema no hell, ou em qualquer outro lugar do brasil…
      somos um bando de incapazes kkkk

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • joselito 25 de outubro de 2016 at 07:59

      Em detroit, o esquema era as montadoras, certo?
      No hell, sao os FP´s, conhecidos na banânia por sua imensa produtividade, né?! rsrsrs

      3+
      • avatar
  • Marcio 24 de outubro de 2016 at 20:52

    http://tecnologia.uol.com.br/noticias/bbc/2016/10/24/o-curioso-caso-do-milionario-russo-do-instagram-que-nunca-existiu.htm

    Não consigo entender o motivo que leva pessoas a “seguir” alguém só porque essa pessoa tem muito dinheiro. Deve ser por causa de um vazio existencial, por falta de cultura. Sei lá, é só chute, porque não consigo entender.
    O perfil desse aposentado não é muito diferente de boa parte dos perfis em redes sociais. Pessoas querendo aparecer, querendo fazer parecer o que não são, tanto financeiramente quanto moralmente. Não é por outro motivo que desde 2013 não participo de rede social nenhuma.

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Marcio 24 de outubro de 2016 at 21:13

    http://www.valor.com.br/empresas/4754429/venda-liquida-da-eztec-fica-negativa-em-r-18-milhoes-no-3-trimestre

    As vendas líquidas da EZTec ficaram negativas em R$ 17,7 milhões no terceiro trimestre. Foi a primeira vez, em sua história, que a companhia teve vendas líquidas negativas. Não houve lançamentos no trimestre. De julho a setembro do ano passado, a EZTec vendeu R$ 38 milhões.

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 24 de outubro de 2016 at 21:39

      Marcio,

      É isto que acontece quando as construtoras deixam de pedalar!

      A EzTec estava com estoque equivalente a 12 anos de vendas no 2T16. Agora, vendas negativas equivalem a estoques infinitos, pois se devolvem mais imóveis do que vendem…

      A primeira construtora a ter vendas negativas foi a Viver em dezembro/2014.

      Quem se lembra que a EzTec sempre foi o “modelo” a ser seguido? Quer saber o pior? Ela continua sendo este modelo! Explico:

      A EzTec estava com super- estoques, absolutamente anormais e o que ela passou a fazer? Parou de pedalar! Em outras palavras, ela parou de lançar e parou de fazer vendas FALSAS na planta, ou seja, ela parou de vender para famílias que não terão renda para adquirir crédito imobiliário na entrega do imóvel. Além disto, ela não adia o reconhecimento dos distratos.

      O que acontece quando a construtora deixa de pedalar? A REALIDADE aparece!

      Agora imaginem que empresas como PDG, MRV, Rossi e toda as outras continuam PEDALANDO, seja através de lançamentos mesmo quando estão com super-estoques, para ter mais vendas FALSAS na planta e/ou através de adiamento de reconhecimento de distratos. Qual a consequência? Estão aumentando cada vez mais a distorção entre oferta e procura, não só a deles, mas também a do mercado como um todo.

      Conforme as construtoras forem perdendo seu fôlego para pedalar, a REALIDADE vai aparecer cada vez mais, Agora tentem imaginar o quão absurda vai ficar está desproporção entre estoque e vendas, uma infinidade de imóveis sem compradores, junto com um número cada vez maior de construtoras tendo que vender a qualquer preço para sobreviver.

      Lembrando que quanto mais delas entrarem em recuperação judicial, mais difícil vai ser se esconder isto do grande público e automaticamente, todos ficarão com grande medo de comprar na planta, aumentando ainda mais a distorção entre oferta e procura e levando a um efeito manada na redução de preços, em seguida contagiando os preços dos imóveis usados, a tal ponto que todos verão que comprar um imóvel é o pior negócio de todos. Depois disto é que teremos o vale de precos.

      32+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • CA 25 de outubro de 2016 at 05:38

    Sobre o tópico:

    Como já tem sido explicado por aqui há mais de 3 anos, o que está aparecendo agora para algumas construtoras, com os pedidos de recuperação judicial que começam a ser cada vez mais inevitáveis e visíveis para o público como um todo, nada mais é do que uma das consequências do esquema de vendas FALSAS na planta, misturado com um volume absurdo de investidores / especuladores de imóveis e o crédito imobiliário podre em larga escala via CEF, os pilares da bolha imobiliária brasileira.

    Vendas FALSAS na planta são feitas quando a construtora não exige comprovante de renda, quando não faz uma simulação de aprovação de crédito, quando aceita falsos comprovantes de renda ou pessoas que são dadas como parte daqueles que pagarão a parcela, mas que sabidamente não irão ajudar a pagar, ocorrem ainda quando não atualizam o saldo pelo INCC na simulação de aprovação do crédito , quando o corretor promete que “conhece pessoas” no banco e vai dar um jeito de aprovar o crédito, ou ainda algo que tem sido muito comum nas reclamações de distratos contra a MRV, que é quando a construtora fica adiando por meses até fazer uma avaliação de crédito junto ao banco, dentre uma infinidade de outras variações do GOLPE.

    Por que fizeram isto? 13 construtoras fizeram abertura de Capital entre 2006 e 2007, compraram um volume absurdo de terrenos em 2007 e a partir de 2008 os lançamentos dispararam como nunca antes. Ora, um excesso claro de oferta levaria a uma queda de preços, as construtoras precisavam fazer com que os preços subissem rapidamente, para que o valor de suas Ações na BOVESPA pudessem subir de forma rápida também. Qual a fórmula mágica? Vendas FALSAS na planta, SIMULANDO um super-aquecimento de vendas e ao mesmo tempo levando a um crescimento ARTIFICIAL e INSUSTENTÁVEL dos preços.

    Quando as pessoas viram o que estava acontecendo, acharam que era o melhor negócio do mundo e graças a um volume sem precedentes de DESINFORMAÇÃO conseguiram atrair um número absurdo de investidores em imoveis: antes da bolha imobiliária os investidores representavam menos de 10% do total das vendas das construtoras, com a bolha, passaram a representar 40% das vendas e sobre uma base de vendas muito maior. Ocorre que vendas para investidores são como transferências de estoque, onde aqueles imóveis no ato da entrega precisarão ser vendidos para os compradores finais, aquilo ainda não foi a venda que caracteriza um aumento REAL de demanda. Fazendo uma analogia, seria como se as montadoras aumentassem muito as vendas para as concessionárias e com isto comemorarassem este excepcional aumento de demanda, em seguida aumentando muito os preços dos carros, mesmo sem ter tido aumento nas vendas finais para consumidores. De novo tivemos uma fortíssima SIMULAÇÃO de super-demanda, com crescimento ARTIFICIAL e INSUSTENTÁVEL dos preços.

    Junta-se a isto a CEF fornecendo crédito imobiliário podre em larga escala, junto com o MCMV.

    Agora o inevitável aparece: super- estoque com preços absurdos e construtoras que não conseguem fazer vendas de verdade e que estão com dividas IMPAGÁVEIS. Conforme governo e construtoras vão pedalando com esta situação, a mesma só se agrava, o que levará cada vez mais construtoras a quebrarem…

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • macca 25 de outubro de 2016 at 07:05

    Não sabia que lavavam dinheiro com imóveis. Estou surpreso:

    http://www.oantagonista.com/posts/quem-comprava-esta-preso

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Zé do Brejo 25 de outubro de 2016 at 07:32
    • Louro José 25 de outubro de 2016 at 07:38

      Não consigo ter simpatia por esta mulher desde que descobri que ela foi a tradutora do livro do Piketty.

      6+
      • avatar
      • Zé do Brejo 25 de outubro de 2016 at 07:40

        Eu assisti e achei a análise dela muito sóbria e sem otimismo exagerado.
        Sinceramente achei uma entrevista muito boa e informativa. Infelizmente, ainda não está disponível online, mas vale a pena ver.

        8+
        • avatar
        • avatar
  • Louro José 25 de outubro de 2016 at 07:38

    PoDe Gargalhar!
    huahuahuahuahuauhaa

    3+
    • avatar
  • Zé do Brejo 25 de outubro de 2016 at 07:39

    Que Robert Shiller que nada, bom mesmo é um brasileiro que se diz economista Ricardo Amorinha
    É o Amorinha fazendo escola…
    http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/imoveis-residenciais-nos-eua-estao-caros-mas-nao-ha-bolha/

    4+
    • avatar
  • Louro José 25 de outubro de 2016 at 07:45

    “Quem comprava está preso”

    O Financista 25.10.16 07:43
    O mercado imobiliário em Brasília vai demorar mais do que os demais para se recuperar da crise.

    “Quem comprava apartamento de dois milhões de reais ou casa de quatro milhões de reais está sem dinheiro ou preso”, resumiu a O Antagonista uma corretora de imóveis com anos de experiência no mercado local.

    Ela não exagerou.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • fanfarraum 25 de outubro de 2016 at 08:13
    • fanfarraum 25 de outubro de 2016 at 08:19

      – O receio dos estrangeiros quanto a investir no Brasil está se dissipando
      – Aos poucos, a inflação começa a ceder.

      2+
      • avatar
      • CA 25 de outubro de 2016 at 08:44

        fanfarraum,

        O mais “engraçado” é que estes “gurus”, não fazem nem ideia que o mais importante é o juros REAL, abatendo a inflação.

        Na visão “jenial” (sic) deles, só vale a pena ter aplicações financeiras se a inflação estiver galopante, quando é exatamente o contrário.

        Só como referência, o juros real neste momento (abatendo a inflação) é maior que um ano atrás, apesar da queda de 0,25% na SELIC, ou seja, o lucro REAL para quem tem aplicações financeiras aumentou, mesmo com a queda da SELIC.

        Sobre a desconfiança quanto ao Brasil que está “se dissipando”, novamente não existe nenhum racional por trás disto, apenas um enorme wishful thinking, sempre com o objetivo de atrair o maior número possível de sardinhas. Recentemente, já depois que o impeachment foi oficializado, foi só a Irlanda fazer um movimento para atrair capital especulativo e tivemos um recorde de saída de dinheiro do Brasil, isto é um sinal de que a desconfiança quanto ao Brasil estaria “se dissipando”? Continuamos como campeões mundiais de juros exatamente porque aqui temos uma desconfiança muito elevada e com razão, sendo que a tendência é que permaneça assim pelos próximos anos, este é um sinal da desconfiança se dissipando? Até a Rússia que teve uma gravíssima crise cambial em 2015 e promoveu uma macro-desvalorização de sua moeda de forma conjunta com um rápido e relevante crescimento da taxa de juros hoje está com juros reais menores que o do Brasil e tende a continuar assim, isto é sinal de “desconfiança se dissipando”?

        Se não forem adotadas algumas medidas complementares à PEC 241 e que tenham efetividade no curto prazo, incluindo aí a Previdência, em alguns anos a nossa situação fiscal ficará pior do que a Grécia no auge da crise deles. Aliás, temos ainda sérios riscos do lado das receitas previstas no nosso orçamento também, que conta com um crescimento previsto do PIB de 1,6% que ninguém acredita, misturado com receitas não recorrentes que além de incertas, por definição geram problemas para os anos seguintes, quando elas não existirem. Novas ações do governo para buscar um equilíbrio fiscal EFETIVO e no CURTO PRAZO? Talvez em 2017, isto se o Temer não for impugnado pelo TSE devido ao desvio de dinheiro da campanha de 2014, se o Temer e outros auxiliares próximos não forem envolvidos de forma intensa nas evidências de crimes que estão sendo apurados pela Lava-Jato, se eles finalmente vierem a ter coragem de propor medidas impopulares e de efetividade no curto prazo, etc., etc., etc. Todos os partidos concorrentes à presidência em 2018 e que tem as maiores chances de se eleger com viés socialista / populista em maior ou menor grau, em outras palavras, todos partidos que não teriam a iniciativa de medidas drásticas para corrigir as graves distorções que ainda existem na economia. Este é o ambiente de “segurança institucional” e de perspectivas que está dissipando as desconfianças em relação ao Brasil?

        Isto sem falar que a explosão da bolha imobiliária brasileira, em conjunto com a explosão chinesa, inglesa, etc., mais diversos outros fatores externos, é uma grande BOMBA-RELÓGIO que quando inevitavelmente explodir, fará com que a desconfiança DISPARE com relação ao Brasil e outros países que alimentaram bolhas absurdas…

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Inside 25 de outubro de 2016 at 09:12

          Junta-se esse caos a crise entre EUAxRussia no teatro Sírio que se esquentar de verdade vai fazer disparar o preço do petróleo … é o apocalipse…

          1+
          • avatar
          • Zé do Brejo 25 de outubro de 2016 at 09:14

            Consegue imaginar se o Trump ganha as eleições?
            Eu acho que o mundo tende a ficar bem agitado.

            3+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
        • fanfarraum 25 de outubro de 2016 at 09:34

          Valeu pela resposta, CA!
          Vejo cada vez mais pessoas comprando esse relatório da empiricus.

          Pra mim, é o mesmo velho golpe de sites que tentam te vender cursos pra ganhar dinheiro rápido na Internet.
          Enchem uma página de informações, mesclando verdades, boatos, expectativas e se esquecem da realidade em pontos importantes (como tu bem colocaste).

          Jogam esse tipo de comentário no ar:

          “No início do ano, se você tivesse trocado seu fundo DI por um determinado Fundo de Ações, seu patrimônio poderia ter decolado +86%.
          Imagine +86% na sua conta agora…
          Quem sabe pegaria um carro automático.
          Ou reservaria aquele baita resort para as férias.
          Em minhas pesquisas, tenho acompanhado de perto um fundo de ações que já chegou a retornar +708% do CDI.”

          Eu poderia dizer: Se você pegasse todo seu dinheiro antes do Brasil x Alemanha e tivesse apostado em 7×1 pra Alemanha, você estaria bilionário!

          Tenho um nojo desse tipo de relatório, e vergonha do povo que cai nessa.

          12+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Money_Addicted 25 de outubro de 2016 at 09:45

            concordo plenamente com vc, e na minha opniao se eles fossem bons mesmos ganhariam dinheiro investindo onde aconselham e nao precisariam ficar vendendo relatoriozinhos …..

            4+
            • avatar
            • avatar
            • fanfarraum 25 de outubro de 2016 at 09:48

              Exato.
              A Infomoney direto vem com “Saiba como o pica das galáxias que trabalha aqui dentro de grava o dia todo ganhou 82% em 3 meses”.
              Caralho, meu, se é tão certo assim, porque tu não pega um emprestimo milionário e investe tudo pra ganhar esses 82% em 3 meses e nunca mais trabalha na vida? Pra que ficar escrevendo artigo-bosta pro infomoney?

              ps: Fico muito irritado com isso mesmo hahaha.

              5+
              • avatar
              • avatar
          • joselito 25 de outubro de 2016 at 10:52

            Começam o relatório com pequena nota dizendo que a rentabilidade do passado não quer dizer que ocorrerá no futuro.
            No restante do relatório, falam do que teria ocorrido se você tivesse investido em fundos X ou Y.
            Legal, e ainda cobram para isso?

            Esses relatórios têm problemas de conceito, na minha visão. Se o cara é picadasgalaxya, faz issaê, pega empréstimo, vende a mãe, investe lá, triplica o patrimônio em um ano, compra a mae de volta e aposenta. Mas não, vou ficar vendendo relatório para te ensiar a fazer isso. Ahan, senta la Bel POesce, kkkkk

            5+
            • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 25 de outubro de 2016 at 08:18

    O adeus a uma das últimas áreas verdes de BH

    Minha casa, minha vida da Granja Werneck pode sair do papel a partir de hoje
    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/10/25/internas_economia,817440/minha-casa-minha-vida-da-granja-werneck-pode-sair-do-papel.shtml

    0
  • Louro José 25 de outubro de 2016 at 08:30

    reznor

    Lucas, se você fosse carioca entenderia os argumentos do Zé.
    é um processo de hipnose coletiva profunda. a cidade já foi capital do Brazil, muitos servidores públicos, um exército de aposentados. bairros inteiros tomados por velhinhos. essa mentalidade ossificada faz estragos tão grandes na economia dali quanto os seus (des)governantes.
    exemplo: minha mãe (aposentada e pensionista, leia-se: duas fontes de renda) teve a capacidade de pagar 80 temers num quilo de queijo tipo minas. não era brie, gorgonzola, camembert… era queijo minas, amigo! e custou 80 reais/kg. o pior é que a minha mulher estava junto e chamou a atenção dela junto à caixa, mas a minha mãe ficou com vergonha e quis levar assim mesmo.
    a moral da história é que a mentalidade do povo carioca é tão distorcida da realidade que tal desaforo com o dinheiro só pode ocasionar nas distorções do custo das coisas, algo que estamos testemunhando todos os dias. e nem adianta tentar argumentar, pro carioca o RJ é o Éden. não existe cidade que se equipare. tal raciocínio vale até pra quem tem oportunidade de conhecer outras partes do mundo. em tese, ao conhecer outras cidades do (chamado) mundo desenvolvido o cidadão poderia enfim adquirir um olhar mais crítico em relação ao valor das coisas que o cercam na Guanabara. ledo engano, mesmo estes continuam a insistir que o “RJ não tem paralelos”. eu já desisti de compreender esse modus vivendi.
    sou carioca e vivi no Hell até os 25 anos. hoje, com quase 40 e radicado no PR, posso lhe garantir com humildade que a melhor decisão que tomei na vida foi sair daquela histeria coletiva. abraço aos conterrâneos e

    27+

    Dornelles avalia lançar medidas contra crise no Rio depois do 2º turno

    O governador em exercício do Rio, Francisco Dornelles (PP), estuda adiar para depois do segundo turno as medidas que baixaria amanhã para enfrentar a crise financeira no Estado. Elas são consideradas drásticas demais para serem publicadas em período eleitoral.

    FACA
    Entre outras medidas, Dornelles estuda aumentar a contribuição previdenciária de funcionários públicos de 11% para 14%, além de criar uma outra, extraordinária, que poderia chegar a 16%. Na prática, os descontos nos salários chegarão a 30% caso a proposta seja aprovada.

    TUDO E TODOS
    As medidas alcançariam também parlamentares, juízes, desembargadores e promotores, ativos e inativos. O desafio será aprová-las na Assembleia Legislativa.

    4+
    • avatar
  • Awulll 25 de outubro de 2016 at 08:39

    Não é exatamente sobre bolha, mas legal esse parágrafo meioquemaisoumenoscvr do Antagonista:

    http://www.oantagonista.com/posts/quem-comprava-esta-preso

    4+
    • avatar
    • Awulll 25 de outubro de 2016 at 08:42

      Boss, perdão, não vi que já tinham postado.

      2+
      • avatar
  • Cajuzinha 25 de outubro de 2016 at 09:46

    TÓPICO

    “Indústria da construção enfrenta pessimismo e setor desaquecido, diz pesquisa”

    “Os empresários do setor se mostram pessimistas em relação aos próximos seis meses. Em setembro, todos os índices de expectativas mantiveram-se abaixo de 50 pontos. As expectativas do nível de atividade, da abertura de novos empreendimentos, da compra de insumos e em relação ao número de empregados apresentaram ligeira queda.

    A situação econômica do país se reflete em queda no consumo, e o setor da construção vem sentindo o impacto da redução de demanda. E é justamente a demanda interna insuficiente o principal problema apontado pela indústria no terceiro trimestre, seguido da taxa de juros elevadas e da alta carga tributária.”

    http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2016-10/industria-da-construcao-enfrenta-pessimismo-e-setor-desaquecido-diz

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 25 de outubro de 2016 at 10:04

    …lembrando que o fgts pode comprar CRI e LCI (os podres também)

    A Cai­xa te­ve que bus­car al­ter­na­ti­vas pa­ra am­pli­ar o mix de re­cur­sos que ser­vem de las­tro pa­ra os em­prés­ti­mos imo­bi­li­á­ri­os, …. com o lan­ça­men­to de
    R$ 3,3 bi­lhõ­es em Cer­ti­fi­ca­dos de Re­ce­bí­veis Imo­bi­li­á­ri­os (CRI).
    Ou­tra me­di­da foi li­be­rar re­cur­sos dos de­pó­si­tos da ca­der­ne­ta de pou­pan­ça jun­to ao Ban­co Cen­tral, o que dis­po­ni­bi­li­zou R$ 5 bilhões.
    No ca­so das ope­ra­çõ­es com re­cur­sos do FG­TS, hou­ve am­pli­a­ção de R$ 30 bilhões. Pa­ra as li­nhas do Pro­gra­ma Mi­nha Ca­sa Mi­nha Vi­da, hou­ve ex­pan­são de re­cur­sos em cer­ca de R$ 13,5 bi­lhõ­es pa­ra fi­nan­ci­a­men­tos one­ro­sos, e em mais R$ 4,7 bi­lhõ­es pa­ra subsídios.

    Em fevereiro deste ano o Conselho havia autorizado o investimento de R$ 10 bilhões em Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI). Agora o valor aprovado em fevereiro será estendido às operações em LCI.
    O prazo de amortização para operações em CRI é de 180 meses. Para LCI, de 120 meses.

    outubro:
    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/10/11/internas_economia,812962/cai-xa-quer-li-be-rar-mais-r-34-bi-lho-es-para-credito-habitacional.shtml

    2+
    • avatar
  • jros 25 de outubro de 2016 at 10:05

    recuperação judicial ? como assim ? pensei que imóvel não desvalorizasse nunca =/

    3+
    • avatar
  • Cajuzinha 25 de outubro de 2016 at 10:07

    Bem…

    “O comitê informou ainda que a intensificação dos cortes na Selic depende da “evolução favorável” de fatores que permitam maior confiança no alcance da meta de inflação. O BC espera, por exemplo, que os componentes do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – mais sensíveis à política monetária (definição da Selic) e à atividade econômica – “retomem claramente uma trajetória de desinflação em velocidade adequada.”

    “Inflação semanal pelo IPC-S sobe em 5 das 7 capitais pesquisadas, aponta FGV’

    Logo…

    3+
  • Inside 25 de outubro de 2016 at 10:14

    Um país em falência

    O Financista 25.10.16 07:35
    Pedidos de recuperação judicial já somam 1.479 neste ano, informa O Globo, alta de 62% em relação ao ano passado.

    O PT faliu o Brasil.

    7+
    • avatar
    • Cajuzinha 25 de outubro de 2016 at 10:18

      “Uma empresa demora, em média, 4,7 anos para sair da recuperação judicial, segundo dados do levantamento feito pela Serasa. Parte desse tempo se deve à tramitação do processo na Justiça. Após o juiz aceitar o pedido de recuperação, os prazos para apresentação do plano de recuperação, convocação da assembleia de credores e de suspensão das cobranças chega a durar 180 dias.”

      4+
  • Alemon Fritz 25 de outubro de 2016 at 10:26

    Repatriação de dolar
    Segundo a Receita, já entraram no País US$ 33,1 bilhões em multas e impostos e US$ 110,5 bilhões em ativos já foram regularizados.

    (imaginem os olhos grandes dos corvos e bancos nesses 330bilhoes de reais)

    2+
    • Louro José 25 de outubro de 2016 at 10:52

      Isso também explica a forte queda do dólar.

      2+
      • avatar
      • SampaBoy 25 de outubro de 2016 at 11:41

        Nao so isso, mas o juro real do Brasil batendo recorde. Se o dolar esta estavel e caindo e o juro real mantido ou em alta temos um juro real em dolar recorde no mundo , isso obviamente chama muito capital externo. Porem juro real alto em dolar não pode durar muito, por isso acredito em alta do dolar , eu arriscaria que agora é um bom momento pra dolarizar

        3+
        • avatar
  • fanfarraum 25 de outubro de 2016 at 10:27

    Marcelo Odebrecht e mais 50 executivos fecham delação premiada
    http://oglobo.globo.com/brasil/marcelo-odebrecht-mais-50-executivos-fecham-delacao-premiada-20350831

    1+
    • Lucas 25 de outubro de 2016 at 13:32

      se todo mundo delatar
      quem vai ficar preso?

      não pode ser essa farra de delação
      e não é

      Os juízes sabem disto
      o problema é a coisa vazando pra extorquir e pra interferir em eleição

      2+
  • Cajuzinha 25 de outubro de 2016 at 14:21

    25/10/2016 14h37 – Atualizado em 25/10/2016 14h58
    Dívida pública sobe em setembro e atinge patamar inédito de R$ 3 trilhões
    No mês passado, dívida subiu 3,1% com emissão líquida de 62 bilhões.
    Tesouro Nacional estima que dívida poderá atingir R$ 3,3 trilhões em 2016.

    0
  • mingau 25 de outubro de 2016 at 19:41

    Na verdade, na estrutura padrão de uma securitização, a construtora recebe o dinheiro e sai do jogo. Em caso de inadimplência dos sacados, uma execução do imóvel passaria sua propriedade para o patrimônio do CRI.

    0