#Relembrando – Carta do Ricardo Eng aos leitores

Você pode gostar...

Comments
  • Melekento 6 de outubro de 2016 at 11:50

    Bom dia!
    Como e de conhecimento de todos existiram inumeras bolhas pelo mundo, sendo que, umas mais abrangentes (credito, imobiliarias, comoditites, hipotecas etc) e outras mais especificas (somente em imoveis), sendo que, nao vai ser diferente aqui no Brasil, conforme relatado no texto acima.
    Portanto, a pergunta e o seguinte: Como resolver isso? como as construtoras sairao dessa bolha? o que o Governo pode fazer para evitar esse colapco que sera gigantesco em nossa economia? Existem outras historias pelo mundo que foi evitado uma bolha de tamanha proporcao? Se postivo, o que fizeram, qual o caminho sensato, pratico e urgente?
    CA e demais, agradecemos suas opinioes, sendo que, o colapco esta ai, iminente e pode refletir em todos, atraves de quebras de bancos e financeiras, prejudicando o Brasil num todo.
    Abs!

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 6 de outubro de 2016 at 12:32

      Normalmente a bolhas são combatidas com medidas anticíclicas, porém neste caso foi o próprio governo do PT que fomentou a bolha, se tivesse dinheiro disponível o governo poderia comprar o landbank e os imóveis não vendidos, para depois leiloa-los, mas, além de não ter dinheiro disponível, existem muitos mais imóveis construídos do que pessoas para morarem neles.
      Provavelmente o que irá acontecer seria a quebra das incorporadoras e o governo acudir a CEF quando ela se tornar insolvente

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • EngenheiroSP 6 de outubro de 2016 at 12:39

        O país não tem chance de se recuperar sem estourar a bolha. Já estamos em vantagem da bolha afetar mais as construtoras do que os bancos (sendo que estes ainda assim, vão levar um golpe enorme)

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Minions 6 de outubro de 2016 at 13:53

      Eu não sou economista mas acho que o governo vem postergando o estouro há muito tempo (aumento do percentual de financiamento através da CEF de 50% até 100%), renegociação de dívidas, legislação mais frouxa para falência, …
      Mesmo com as medidas anticíclicas (Temer aumentou o rombo para este ano e para 2017), a economia não está se recuperando. Nem adiantam mais os pronunciamentos otimistas, que se não se veem mais, inclusive.
      Quem vai ficar com o pato na mão?! Pra mim, esta é a questão. Quem se livrou do mico, vai sofrer com inflação, desemprego, atraso de salários, … Quem ficou com o mico na mão, vai ter encontros rotineiros com o Sr. Motumbo.
      Ainda acho que o governo vai tentar salvar a todo custo o setor imobiliário. Isto porque os “irmãos” apoiaram o processo de impedimento em várias frentes, principalmente mídia e economia, e “os irmãos” investem bastante no setor imobiliário. De certo que apresentarão a fatura ao governo.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 6 de outubro de 2016 at 14:30

      Melekento,

      Vamos por partes:

      1) O prejuízo já causado pela bolha imobiliária à economia e a retribuição da economia para explosão da bolha já foram intensos. Veja neste link, com desenhos e vários gráficos a este respeito: http://defendaseudinheiro.com.br/a-bolha-imobiliaria-no-brasil-e-a-economia

      2) O que o governo pode fazer, qual o caminho mais sensato, prático e urgente? O melhor a ser feito é o governo acelerar e intensificar a explosão da bolha imobiliária. Por que? Porque quanto mais o governo PEDALAR com subsídios, dar FALSAS esperanças, dar um “pseudo apoio” quanto a fornecimento de crédito em maior volume, etc., etc., etc., mais ele estará colocando gasolina para apagar incêndios, pois isto motivará as construtoras a continuarem pedalando via manutenção ou aumento de lançamentos, fazendo com que a distorção entre oferta / procura e endividamento das construtoras fiquem cada vez piores, prejudicando cada vez mais famílias e credores destas construtoras, ao mesmo tempo que os preços fora da realidade de imóveis comerciais inviabilizam muitos negócios, as despesas excessivas com aluguéis e novos financiamentos imobiliários vão secando cada vez mais a capacidade de consumo das pessoas, dentre outros efeitos nefastos das PEDALADAS. Como o Governo pode acelerar e intensificar a explosão? Diminuindo radicalmente a concessão de crédito imobiliário via CEF, para isto, fazendo com que seja mais criteriosa e aumentando os juros do crédito imobiliário, deixando de MAQUIAR a inadimplência via venda de créditos podres para empresas abutres, não fornecendo “empréstimos de pai para filho” de BB ou CEF para construtoras, reduzindo o prazo máximo de financiamento imobiliário, etc.

      3) Como as construtoras sairão da bolha? Depende do item 2 acima. Se o governo e construtoras continuarem pedalando INSANAMENTE, sobreviverão muito poucas construtoras. Veja o exemplo da EzTec, considerada um modelo dentro deste segmento, que por não estar pedalando com vendas FALSAS na planta e nem com adiamento do reconhecimento de distratos, já demonstra estoque equivalente a 12 ANOS de vendas. Se agora todas as construtoras parassem de pedalar, ficaria claro que temos estoque total equivalente a DÉCADAS de vendas e que algumas destas construtoras já são inviáveis operacionalmente e teriam sua morte decretada, o que em conjunto com uma queda relevante nos preços e volta a REALIDADE, permitiria que após alguns anos a economia se recuperasse e o segmento imobiliário voltasse à NORMALIDADE. É preciso entender uma coisa: algumas construtoras grandes vão quebrar, isto é inevitável e cada vez mais visível, quanto mais o governo e as construtoras PEDALAREM, mais construtoras irão quebrar e piores serão os efeitos para economia. A melhor analogia é com as pedaladas da Dilma, que nos colocaram na situação em que estamos (*).

      (*) Lembrando que as pedaladas da Dilma dispararam em 2012 exatamente como “medida antí-cíclica” para maquiar os efeitos da explosão da bolha imobiliária que foi intenso naquele ano (o pior resultado do segmento imobiliário em todos os tempos), ou seja, a causa-raiz foi a explosão da bolha. Já quanto ao mega esquema de corrupção que também é outro grande fomentador da crise (destruiu várias empresas grandes), é importante lembrar que começou depois da bolha imobiliária e como um complemento da mesma, ajudando a gerar toda a euforia que o governo desejava para se reeleger ao longo da última década, sendo que quanto a esta explosão da bolha de corrupção, o que o governo pode fazer é análogo, ou seja, deixar que algumas construtoras grandes quebrem (o que também já está acontecendo) e que o mercado se reconstrua. Esqueça a tese SIMPLISTA do Tsumoney, como já explicado detalhadamente por aqui várias vezes, é só um truque para pescar sardinhas.

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 7 de outubro de 2016 at 09:13

        Concordo que uma rápida explosão da bolha faz com que a economia volte a ficar saudável bem mais rapidamente, do que num processo lento, como a Grécia, Espanha e principalmente o Japão.

        3+
        • avatar
  • Onix 6 de outubro de 2016 at 11:57

    Nao sei se já comentaram,OLX agora só pode ter 2 anúncio grátis.kkkkkk

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • JJJ_brasilia 6 de outubro de 2016 at 15:33

      Onix,

      os coRvos vão fazer cadastro com nome da mãe, pai, irmão, parentes, pegarão nomes e CPFs na internet para anunciar, vamos ver como fica.

      6+
      • avatar
      • FOCAnoMercado 6 de outubro de 2016 at 18:57

        isso mesmo o mesmo imóvel anunciado 50x com vários perfis fake corvo

        3+
        • avatar
      • Onix 6 de outubro de 2016 at 20:31

        JJJ já é alguma coisa,vamos ver.

        2+
        • avatar
  • CarlosL 6 de outubro de 2016 at 12:39

    Acho que faltou só complementar dizendo que a intervenção populista do governo também acabou por indexar os valores de base afetando todo o restante…. Motivo esse que não é só nas capitais que o problema existe.

    9+
    • Lucas 6 de outubro de 2016 at 13:05

      no BR a intervenção populista se deu por meio de seus braços financeiros que afiançaram garantias financeiras para o inchamento da bolha pelo crédito direto e pela tal de portabilidade onde se afiançava a garantia de todo o setor bancário privado

      Um incrível exemplo de caputalismo sem riscos (tinhe digitado errado o U mas achei melhor deixar)

      Se o Ricardo ainda estivesse “vivo” talvez ele diria que a coisa foi ainda pior que o imaginado e que a bosta é impossível deixar de respingar no setor financeiro privado.

      6+
  • Loucodf 6 de outubro de 2016 at 12:49

    Muito didático.
    Parabéns.

    8+
  • Lucas 6 de outubro de 2016 at 13:00

    data deste texto: 2012
    Quando o ajuste somente começava e olha só, em 2016 ainda estamos assistindo o processo de ajuste / maquiagem.

    Através dum processo analogo com que descrevi ontem num video sobre licenças de taxis de NY o prejuízo está sendo distribuindo ao contribuinte através de impostos maiores, de menos serviços do Estado, de inflação, quebra de empresas, quebra de pessoas físicas, no geral uma grande recessão e juros altos, que não vejo hora pra acabar, o qual vamos colecionando catástrofes, por exemplo ontem o recorde negativo de vendas de Autos.

    Vejo muito pouco de concreto sendo feito pelo Governo Atual.
    Tentaram curar o incendio com gasolina
    Atualmente é menos pior, vão se empurrando os probblemas com a barriga, fazendo leilões pra dar mais um respiro.

    Outra nota importante de se destacar, se aqui fosse um país sério, a CVM ou algo do tipo já tinha montado em cima do tal “na-planta” o MP também teríamos zilhões de pessoas presas. No fundo, aqueles pobre-diabos do reclame-aqui tem alguma razão em espernear, mas como esse país vive sempre no raso: RECEBA!

    14+
    • avatar
    • avatar
  • Semnick 6 de outubro de 2016 at 13:18

    Boss, espero que o RicardoEng leia.
    Ótima postagem na época e agora.
    As analises sempre contaram com grandes participantes, MrK, RicardoEng, CA.

    Se ainda tiver contato com ele, mande nosso reconhecimento.
    Só podemos dizer – obrigado.

    27+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 6 de outubro de 2016 at 13:46

    Só não concordei com a afirmação que imóvel de fato se valoriza. Este conceito de valorização é muito relativo, cada um interpreta de uma maneira diferente. Pra mim foi uma questão de especulação. A suposta “valorização” hoje se mostra falsa diante da queda vertiginosa nos preços anunciados. Mas assim mesmo, o texto é muito bom. Parabéns.

    6+
    • avatar
  • Lucas 6 de outubro de 2016 at 14:31
    • CA 6 de outubro de 2016 at 15:14

      Lucas,

      kkkk

      Pô, pessoal sem EmpiriCUs no coração! Por que será que os dólares tiveram saída recorde, não aprenderam nada do que a EmpiriCUs ensinou, de que virão trilhões de dólares para o Brasil em um autêntico Tsumoney?

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 6 de outubro de 2016 at 15:27

        só erraram de país
        GO IRISH

        7+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Melekento 6 de outubro de 2016 at 14:43

    Ca,
    Agradeco as explicacoes, sendo que, pelo que estamos presenciando, realmente, nao ha volta?
    Nao existe um remedio menos amargo a sociedade do que explosao da bolha? Que traria um enorme prejuizo a todos, num curto e medio prazo.
    Nao podemos subistituir essa explosao pela inflacao, em anos ou decadas?
    Uma boa tarde a todos.

    5+
    • avatar
    • CA 6 de outubro de 2016 at 15:01

      Melekento,

      As ações heterodoxas e paliativas são piores do que encarar o problema de frente. Quem determina o preço é o mercado, não o governo e o mercado já fez com que os preços negociados, reais, tenham tido quedas relevantes nos últimos anos e continuará a fazê-lo. O governo não tem a menor condição de salvar todas as construtoras, quanto mais tentar, pior será para economia.

      Vamos entender o seguinte:

      A inflação é estímulo para explosão da bolha e não o contrário, esqueça as teorias simplistas. Quanto mais inflação, mais as famílias vão focar no básico e ficar sem dinheiro para comprar imóveis, não tem milagres. Em todas as bolhas, a explosão se intensificou com o aumento da inflação, nunca foi o contrário.

      Importante:

      Se preço de aluguel permanecer surreal, cada vez mais lojas vão fechar e menos vão abrir. Isto é bom para economia?

      Se pedalar, distorção entre oferta e procura de imóveis só vai aumentar, a liquidez vai ser cada vez mais sugada da economia, isto é bom? Isto ocorre porque cada vez mais donos de galpões e escritórios terão imóveis comerciais vazios, com dívidas cada vez maiores, idem para proprietários que precisam de dinheiro e não conseguem vender nem alugar imóveis residenciais.

      Quanto mais adiarem e maior ficar a distorção entre oferta e procura, mais radical será o corte de lançamentos quando não houver mais nenhum fôlego para pedalar, ou seja, a destruição de empregos da construção civil se intensificará ainda mais ampliando os efeitos negativos em cascata sobre a economia que já ocorrem há anos. É bom gerar um desemprego potencial cada vez maior?

      Quanto mais durar a explosão da bolha imobiliária, mais famílias vão cair no golpe das vendas FALSAS na planta, mais famílias ficarão inadimplentes no crédito imobiliário, mais quebrada ficará a CEF e maior será o socorro do governo que NÓS teremos que pagar, junto com o número de construtoras que irão quebrar que também será maior, destruindo mais ainda a combalida capacidade de consumo das famílias, isto é bom?

      A combinação dos fatores acima irá gerar uma perda cada vez maior dos bancos, gerando riscos cada vez maiores de crise sistêmica que combinado com a nossa situação fiscal, pode levar também a uma crise cambial sem precedentes, de novo, isto é bom?

      Resumindo: não existe solução milagrosa, o tamanho do estrago foi muito grande e tem diversos agravantes.

      Outro aspecto: o cenário internacional, nosso histórico recente e os agravantes de nossa bolha imobiliária (bolha de corrupção, crise fiscal, etc) são obstáculos muito grandes a medidas heterodoxas e expansão fiscal ou monetária para tentar diminuir os efeitos de curto prazo em troca de uma desgraça muito maior no futuro, então até as pedaladas são inviáveis a esta altura do campeonato…

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lord of All 6 de outubro de 2016 at 15:51

        Me impressiono o quanto o fenômeno da inflação é algo extremamente irracional. Em tempos de inflação alta, se o comerciante/empresário percebe queda de faturamento em decorrência da diminuição do fluxo de negócios, o que faz pra compensar? aumenta seus os preços !
        É algo que parece lógico, mas não subsiste ao mínimo acréscimo da segunda premissa no contexto, que, se por um lado parece que ele vai continuar lucrando, por outro, consequentemente, vai “espantar” grande parte de seus clientes, que são, diga-se de passagem, seu maior patrimônio intangível.
        É claro que nem todos têm “bala na agulha” pra manter preços competitivos e absorver prejuízos por um longo período de tempo, especialmente no Brasil, onde os empresários, ao invés de se precaverem, gastam tudo o que tem e o que não tem em ostentação própria,mas continuo acreditando que não haveria inflação alta, num cenário utópico onde os empresários conseguissem manter seus preços “artificialmente” controlados por um determinado período de tempo.
        E mais irracional ainda é ver que a opção nunca é assumir prejuízos e tentar adotar outras estratégias para sobreviver, mas sim a de subir os preços loucamente, na tentativa insana de manter o atual padrão de lucro e de gastos, mesmo que isso resulte na inevitável morte da empresa.

        7+
        • avatar
        • avatar
        • joselito 6 de outubro de 2016 at 16:10

          “subir os preços loucamente”

          Vendo a pesquisa FENABRAVE, de redução de 20% com relação a uma base já reduzida, vemos o preço de carros abaixar? rsrsrsr

          6+
          • avatar
      • Cesar_DF 6 de outubro de 2016 at 16:29

        O problema é que estes trilhões de dolares injetado pelo FED ainda estão fazendo um estrago pelo mundo, os investidores procuram (ou combinam) os locais para investimento e sai na hora certa, enquanto os investiotários ainda estão entrando.
        Este é o problema de dinheiro sem lastro, ele procura os locais com retornos maiores e mais rápidos, fazendo um estrago no mercado.
        Teorias anticíclicas Keynisianas funcionavam bem com o lastro em ouro.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 6 de outubro de 2016 at 14:52

    comprar na planta (a galera não aplica na bolsa, mas compra na planta)

    os “investidores” apostam em seus preços futuros e, por intermédio de contratos, assumem compromissos de pagamento e entrega físicas futuras. Os ativos objetos dos contratos de derivativos devem ter seus preços livremente estabelecidos pelo mercado.
    Mesmo que possam perder o depósito efetuado (!!), o prejuízo pode apresentar-se menor do que se fosse obrigado ao pagamento futuro. (sempre achou que ia valorizar).
    (qualquer coisa é só passar o contrato pra frente).

    O deutsche bank conseguiu negociar 10 vezes o PIB da Alemanha em derivativos..
    se eles conseguem imaginem na banania

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Melekento 6 de outubro de 2016 at 15:24

    Corram pras Colinas!!!!!!
    Estamos literalmente ferrados.
    Obrigado CA.
    Agora, pelo que vejo disso tudo, e a pegunta de todos (ja que isso realmente vai acontecer).
    Como defender o dinheiro suado de trabalho da gente?
    Imovel – derretendo e explosao de bolha.
    Bancos medios – Perigoso ir junto, Recuperacao Judicial.
    Bancos Grandes – Juros baixos – inflacao comendo o dinheiro.
    Pra onde vc olha, nao tem saida.
    Se ja esta dificil, vai ficar mais dificil ainda. Principalmente se perder o emprego.
    Agradeco novamente, Vou ali tomar um cafe e respirar. 🙁
    Abs.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • JJJ_brasilia 6 de outubro de 2016 at 15:28

      Melekento,

      para proteção em reais é só pegar TD IPCA +, rentabilidade acima da inflação sem stress.

      5+
      • avatar
    • CarlosL 6 de outubro de 2016 at 16:23

      Inflação é algo pessoal e acho bem difícil subir e/ou sair muito do patamar atual…….

      2+
      • avatar
  • Lucas 6 de outubro de 2016 at 16:00

    OUTRO DIA ME fizeram um questionamento de quê o Prefeito eleito João Doria na verdade seria mais um prefeito comprometido com o ciclo imobiliário e ajuda às grandes construtoras, assim como foi o Haddad naquela história envolvendo invasões do MTST e a Viver.

    Achei a tese bem estranha, assim como aquela do doria traficante de drogas, mas vá lá, nunca se sabe quem são esses caras nÉ?
    não iria eu por a mão no fogo até que se confirmasse a coisa

    Dito e feito, 3 dias depois o proprio João doria declara que NÂO vai negociar porcaria nenhuma com Construtora, ela que se vire por conta própria.
    Mas a mídia esquerdizada, sabem como é, distorcem tudo, inventaram até um aumento de passagem de onibus.

    Mas voltando ao assunto, se depender do Doria: ESTOURA BOLHA
    a prova está no link que copio abaixo

    “CANETA DESESQUERDIZADORA”

    Tem horas que até a Caneta Desesquerdizadora se surpreende com o nível de canalhice da Foice (Folha de S.Paulo). O prefeito eleito João Doria disse claramente, com todas as letras, que não irá gastar 120 milhões de reais do dinheiro dos pagadores de impostos para comprar um terreno e fazer um parque pra atender a esquerda caviar “pra frentex” que está pouco se lixando com os pobres e quer torrar dinheiro de milhões deles com isso. Isso foi incluído na matéria da Foice. Mas aí o que o “jornalista” mal intencionado da Foice fez? Enfiou que Doria é amigo dos donos do terreno e que “terá que negociar” com seus “amigos” para colocá-lo numa “saia justa”, como o próprio “jornalista” disse em seu Facebook! Manipulação? Imagina!
    https://www.facebook.com/CanetaDesesquerdizadora/photos/a.260350511015560.1073741828.260346504349294/302331523484125/?type=3&theater

    Respondido!!!
    ptsaudações

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CarlosL 6 de outubro de 2016 at 16:33

    CVR DESAFIO

    Desafio aos nobres bolhistas para ver quem consegue encontrar mais erros e incongruências no email spam abaixo:

    —————————————————-
    Prezados, bom dia

    Segue a melhor oportunidade para morar ou investir em um dos bairros mais desejados de São Paulo e fora da rota de aviões.

    Serão apenas 18 unidades no empreendimento, sendo 17 unidades de 278m² com 4 suites e 4 vagas demarcadas e uma cobertura duplex de 431m² com 5 suites e 5 vagas demarcadas. Todas as unidades terão um depósito privativo na garagem.

    O valor de m² mencionado acima refere-se a unidade do 1º andar. Não existe uma tabela de valores, até porque este empreendimento não irá a mercado neste momento. O sugerido é uma entrada de R$ 1.000.000,00! O apartamento deverá ser quitado até a entrega da obra (30 meses)

    Em novembro, esse empreendimento será lançado por R$ 19.000,00 o m²; agora, você pode adquiri-lo a preço de custo, pagando um preço infinitamente menor. Para você ter uma ideia, hoje, a maravilhosa cobertura disponível para venda custa R$ 12.500,00 o m²!

    Essa modalidade, a qual, é possível adquirir o imóvel pelo preço de custo, é para apenas 7 unidades, porém, neste momento, já vendemos 5 unidades, portanto, temos apenas 2 unidades para vender nessa modalidade de preço de custo.

    Para mais detalhes, por favor, envie um email para mim (Sanches) ou ligue nos telefones (11) 9-9905-3304 / (11) 3514-3917

    Obrigado
    Sanches Bellido

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 6 de outubro de 2016 at 16:43

      Sugiro que cada um dos corretores compre um hoje, para vender a partir do mês que vem e assim ter um lucro de R$ 1.807.000 (278 X 6.5K)

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Annoying Brick in The Wall 6 de outubro de 2016 at 18:39

        Sabe. Depois que passei a frequentar o BIB nunca mais tive insônia, tédio. Sempre tive boas risadas….

        Acredito que estamos nos blindando da desinformação alheia hahaha

        Deviamos marcar um dia para tomar umas aqui em BSB…

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • odorico 6 de outubro de 2016 at 19:53

          Essa é uma boa ideia. Primeiro encontro bolha imobiliária brasil. Podíamos inclusive buscar patrocinio em imob.kkkkk Agora falando sério o principal seria não revelar os nicks. A galera ia ficar tentando deduzir que nick o bêbado usa….

          8+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Juros Lover BSB-BH 6 de outubro de 2016 at 16:49

      Vou construir um prédio só pelo prazer de vender os apartamentos a preço de custo…

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • EngenheiroSP 6 de outubro de 2016 at 16:58

      Acredito mais no fantasma da menina que morreu quando bateu numa cerca de arame farpado andando de bicicleta e o fazendeiro ficou rindo. E se vc não enviar essa mensagem para 10 pessoas irá entrar num financiamento de 700k de um apto de 50m² a ser pago em 30 anos.

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • tfox 6 de outubro de 2016 at 19:34

        fala brincando mas achei um apto de 59m2 na Vila Mariana por 750k temers, isto que era novo então não tinha piso, armarios, etc… Quem em sã consciência paga um valor deste em uma caixa de fosforo de 59m2 ?

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cadeludo 6 de outubro de 2016 at 21:33

          antes o cara que comprava era endinheirado e bem sucedido, um bom partido, o sonho da sogra emergente
          hoje o cara é um otário endividado fud..x.x. e sem renda e corno

          8+
          • avatar
          • avatar
    • Rampion 7 de outubro de 2016 at 09:16

      Que corvo bonzinho….”12k/m² é preço de custo” fico imaginando a qualidade da obra e o sossego que os comprador terá, pois, dificilmente terá problemas em relação a infiltrações, acústica, encanamentos e instalações elétricas….já venderam cinco sobraram apenas dois. Corram!

      2+
      • avatar
      • avatar
  • reznor 6 de outubro de 2016 at 16:33

    Menos 2 bi no saldo da poupança…

    BRASÍLIA ­
    06/10/2016 às 15h45
    Saques da poupança superam R$ 50 bilhões de janeiro a setembro
    A caderneta de poupança completou o nono mês consecutivo de saques. Em setembro, as retiradas superaram os depósitos em R$2,352 bilhões, levando as saídas líquidas no ano para R$ 50,539 bilhões. O fluxo de recursos ficou negativo em 20 dos últimos 21 meses.
    Em 2015, as retiradas superaram os depósitos em R$ 53,567 bilhões, marcando o pior ano da série estatística do BC, iniciada em 1995.
    Os fatores que explicam os saques em 2016 continuam os mesmos vistos em 2015 — como inflação elevada, aumento do desemprego, menor crescimento
    da renda do trabalhador e maiores gastos com tarifas e combustíveis. A Selic estacionada em 14,25% também tira atratividade da caderneta, que perde em
    termos de rentabilidade para outros investimentos mesmo considerando a isenção de imposto de renda.
    Como o saque de recursos foi inferior ao rendimento de R$ 4,216 bilhões creditado no mês, o patrimônio total da poupança subiu de R$ 641,126 bilhões em agosto para R$ 642,990 bilhões em setembro. Em agosto, os bancos que aplicam recursos da caderneta em crédito imobiliário mostraram saque líquido de R$ 1,914 bilhões (SBPE). E as instituições que destinam os recursos para o crédito rural registram saída líquida de R$ 438 milhões (SBPR).
    Fonte: http://www.valor.com.br/financas/4737505/saques-da-poupanca-superam-r-50-bilhoes-de-janeiro-setembro

    5+
    • avatar
  • Cajuzinha 6 de outubro de 2016 at 16:56

    kkkkkkkkkkkkk

    postado em 06/10/2016 16:19
    Agência Estado
    São Paulo, 06 – O ministro das Cidades, Bruno Araújo, garantiu a continuidade do Minha Casa Minha Vida (MCMV) Entidades em 2017, mesmo que as contratações em 2016 estejam suspensas devido à falta de recursos.

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/10/06/internas_economia,811723/ministro-garante-continuidade-do-mcmv-entidades-em-2017-mesmo-apos-sus.shtml

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • odorico 6 de outubro de 2016 at 17:07

    CVR – Hoje pela manhã recebi ligação de corretora da Lopezes-Royales de Brasília.
    Corretora: “Bom dia senhor paraguaçu, é xxxxx da imobiliárial Lo…… Temos muitas oportunidades de imóveis para moradia e investimento e várias cidades do DF. O senhor tem interesse?”
    Eu: “No momento não” – gosto sempre de deixar a possibilidade aberta precisamos cultivar corretores para caçar 666.
    Corretora: “Mas o senhor sabe que o momento de comprar é agora, os descontos estão imperdíveis em novos e usados”
    Eu: “Sim, claro, o momento está ótimo, mas realmente estou muito apertado e endividado, mas resolvendo esse detalhe, vou olhar sim”.
    Corretora: “Nós damos damos toda assessoria para conseguir financiamento junto a diversos bancos”.
    EU: “Eu sei, mas estou sem dinheiro para entrada e sem crédito. Estou devendo no banco. Então não terei cadastro aprovado. Tenho que pagar o que devo primeiro” – acho que ela se assustou com a franqueza.
    Corretora: “Entendo. Tão logo o senhor resolva, estamos à disposição. Muito obrigado pela atenção, bom dia” – Eu me assustei com a educação.

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • odorico 6 de outubro de 2016 at 17:09

    Eu acho que imóvel vai ficar igual aquela licença de taxi em nova iorque (medalhões). Ninguém vai saber quanto vale. Mercado vai parar. Nem escambo resolverá.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • JJJ_brasilia 6 de outubro de 2016 at 17:15

    CVR,

    Lembram da Maria Augusta, que tá vendendo o apartamento e quer toRna, dinheiro, o imóvel dela valorizou, ela esta pedindo na OLX 490K, e o coRvo anunciando por apenas 790K, valorizou 300K em menos de um mês, SQN. KKKKK

    Anúncio de 490K

    http://df.olx.com.br/distrito-federal-e-regiao/imoveis/permuta-de-ap-em-aguas-claras-com-torna-211873491

    Anúncio do coRvo por apenas 790K

    http://www.wimoveis.com.br/imovel/venda-apartamento-aguas-claras-df-3-quartos-rua-12-1430648#

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • thiaggoo 6 de outubro de 2016 at 17:35

      Ótima oportunidade Fernando!

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Fernando 7 de outubro de 2016 at 09:52

        Sinceramente, o apto. dela é muito bonito. O problema que eu vejo aqui é a falta de educação de alguns. A maioria dos que estão criticando a moça não tem dinheiro nem para dar entrada numa casinha de cachorro, quiça num apartamento desses, quem sabe se trabalharem a vida inteira, mas antes se conseguirem sair da barra da saia da mamãe… ou aguardarem receber os juros MILIONARIOS dos MEGA INVESTIDORES que se pronunciam por aqui.

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • JJJ_brasilia 7 de outubro de 2016 at 10:29

          Papinho de coRvo!!!

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
        • joselito 7 de outubro de 2016 at 10:37

          Desculpem os demais frequentadores, mas concordo com o Fernando.
          A maioria não tem dinheiro nem para a entrada do apto dela, a maioria desse blog, a maioria do Brasil. A demanda para o apto dela é pequeníssima, 1% ou menos da população brasileira teria, então, condições de comprá-lo.

          Ela deveria anunciar o apto em inglês, exchange with return, cash only, oportunity (não é o banco heim!), etc., who knows? maybe the foreing peoplo are preparing their tsumoney!

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • CarlosL 7 de outubro de 2016 at 11:04

            ==DEVIDO À DIFICULDADE DE VENDA, parece que todos resolveram colocar seus imóveis à venda e não sobrou comprador, pois todos se tornaram vendedores, PASSEI A ACEITAR IMÓVEIS DE MENOR VALOR EM QUALQUER LUGAR, desde que seja bonito, bem cuidado e me agrade. É importantíssimo que haja a torna, ou seja, a entrega em dinheiro que completa o valor. Pois é por causa da necessidade de dinheiro coloco o meu bem à venda.
            Agora, só me procure se tiver certeza do que quer, das suas REAIS condições. Estou farta de receber pessoas que não têm a menor chance de comprar meu imóvel virem aqui ocupar MEU TEMPO, cansar-me.

            4+
            • avatar
            • avatar
        • O Cramulhao de FHCigienopolis45 7 de outubro de 2016 at 12:41

          Pra que vou empatar 700 mil num ap. desses, se com o rendimento de 700 mil no banco eu moro em algo melhor ? Aliás, só com o spread entre o rendimento do principal e o pagamento do aluguel, se reinvestido, dá pra se ter esses 700 mil em menos de uma década, só com Tesouro IPCA.

          Tenho funcionários que entraram nesse de financiamento. Mas por isso são funcionários e serão por décadas.

          Brasil é o paraíso dos juros, e o melhor lugar do mundo pra se viver de renda. Falo com a experiência de quem morou a maior parte da vida na Europa e EUA.

          4+
          • Fernando 7 de outubro de 2016 at 13:41

            490 mil. O aluguel de um ape como esse deve estar por volta de 2 mil em águas claras. Se mobiliado mais de 3 mil.

            Daqui a 10 anos esse apt. não vai custar só 490 mil, assim como um carro popular não vai custar só 50 mil.

            10 anos atras, um popular saia por volta de 20 mil.

            20 anos atrás, um uno elx custava 8 mil.

            A inflação está comendo tudo.

            Então, esse rendimento pífio não vai comprar nada amanhã.

            Ninguém aqui vai pagar preços nominais de 2008 em imóvel…

            O que está acontecendo e vai acontecer é pagar preços reais e equivalentes a 2008, isso significa dizer pagar no mínimo o dobro do valor nominal.

            A inflação real no Brasil é relevante, e certamente não é só os 10% a a divulgados pelo governo.

            E tenho dito.

            3+
            • avatar
    • reznor 6 de outubro de 2016 at 17:40

      kkkk favoritei esse anuncio da Maria.
      “Abordagens jocosas, chistes e piadas estão sendo todas DENUNCIADAS ao site e seus usuários bloqueados.”
      Pô pessoal, vamos pegar leve aí, hein! kkkkkkkkk

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Loucodf 6 de outubro de 2016 at 18:01

        Vamos lembrar meu papo com ela:

        Maria Augusta – 19/09/2016 10:38

        Os valores estão fora da realidade porque estão muito abaixo. Há quatro anos atrás quatro corretores e um médico que entende muito disto disseram, unanimemente, que eu poderia pedir 630 mil. Depois disso eu fiz melhorias e melhorias, o shopping aqui do lado melhorou demais, tudo melhorou, veja, estou vendendo nem pelos mesmos 630, mas por 490.

        Maria Augusta – 19/09/2016 10:38

        Engana-se, eu já estou negociando uma permuta com torna.

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Loucodf 6 de outubro de 2016 at 18:02

          Essa foi a cartada final dela:
          ” quisera eu encontrar um imóvel como o meu.”
          kkkkk

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • Lucas 6 de outubro de 2016 at 19:17

    Poupança tem segundo pior mês de setembro da história, diz BC
    Perda líquida foi de 2,35 bilhões de reais, superada apenas pelo resultado de setembro de 2015 com saídas de 5 bilhões de reais

    AGORA VAI!
    (Poupança financia o quê mesmo?)

    5+
    • avatar
    • avatar
    • CA 6 de outubro de 2016 at 20:15

      Lucas,

      “Detalhes”:

      Consultando os dados da ABECIP sobre o crédito imobiliário concedido com recursos da poupança (SBPE) e onde temos informações atualizadas até agosto/2016:

      Janeiro a Agosto de 2014: R$ 72,8 bilhões
      Janeiro a Agosto de 2015: R$ 56,7 bilhões (-22%)
      Janeiro a Agosto de 2016: R$ 30,4 bilhões (-46%)

      Em 2005, o total de crédito imobiliário concedido com verba da poupança de janeiro a agosto foi de R$ 2,9 bilhões, ou seja, o pico de 2014, apenas 5 anos depois, foi de um crédito imobiliário concedido equivalente a 25 VEZES o que era em 2005!

      Observando o pico de crédito imobiliário concedido em 2014 e comparando com o histórico de 2016, tivemos uma queda de 58%.

      Em outras palavras, o crédito imobiliário concedido se tornou 25 vezes o que era em 2005 em apenas 5 anos, depois teve uma queda de quase 60% em apenas 2 anos!

      Estas variações, além de serem absolutamente ANORMAIS, são também características observadas em todas as bolhas imobiliárias ao redor do Mundo:

      O crédito imobiliário barato, farto, fácil (*) e por prazo muito alongado, tem um crescimento absurdo, o recurso que serve de base para isto é esgotado em virtude disto e o crédito imobiliário volta a ser menos disponível e mais caro, com queda em ritmo de concessão também anormal. Em outras palavras, inflou de forma artificial e depois explode de forma natural, em ambos os casos, com velocidade e intensidade anormais.

      (*) na CEF que deteve 70% do crédito imobiliário concedido, empréstimos usando como referência de renda pessoas que não ajudariam a pagar as parcelas do financiamento, aceitando transferência entre contas como comprovante de renda, etc., etc., etc…

      Lembrando que uma bolha imobiliária é uma grande sequência de inflares ANORMAIS por motivos ARTIFICIAIS e explosões NATURAIS, como consequência da volta à REALIDADE, é por isto que foi utilizada a analogia com uma bolha, aquilo que enche e ESTOURA. Vejamos outros inflares e explosões abaixo:

      A PDG se tornou a maior empresa do segmento imobiliário em valor de mercado (somatória do valor de suas Ações) DAS AMÉRICAS no ano de 2011, no ano seguinte já tinha prejuízo de mais de R$ 2 bilhões e hoje é uma empresa nitidamente quebrada.

      Os lançamentos e vendas de 12 construtoras com Ações na BOVESPA dispararam e no período de 2007 a 2011 triplicaram, no resultado mais recente, já tiveram queda superior a 60% em relação ao pico.

      A proporção entre estoque e vendas de 12 construtoras com Ações na BOVESPA, que no auge da bolha chegou a ser de 6 meses (número IDEAL para o segmento), hoje passou de 2 ANOS (número absolutamente ANORMAL), sendo que este resultado ainda está sendo MAQUIADO por atrasos relevantes em “reconhecimentos de distratos” e mais um grande volume de vendas FALSAS na planta por parte das Construtoras. A EzTec tem estoque equivalente a 12 ANOS de vendas, a PDG está com estoque equivalente a 9 ANOS de vendas e a Viver tem estoque equivalente a 6 ANOS de vendas e elas são apenas exemplos da REALIDADE quando não há interesse (EzTec) ou fôlego (PDG, Viver) para PEDALAR, mas o montante de MAQUIAGENS das outras construtoras que ainda pedalam escondem a verdadeira ABERRAÇÃO no desequilíbrio entre oferta e procura, que é ainda muito maior que estes 2 anos no total.

      Com relação a geração de empregos da construção civil, de 2007 a 2009 a participação em relação ao total de vagas formais geradas simplesmente DUPLICOU, saindo de 8,4% em 2007 e chegando a 16,9%, isto em apenas 2 anos! Em contra-partida, começou a desacelerar fortemente após isto, chegando a uma participação de 9,3% das vagas geradas em 2013 (próximo de antes do inflar) e depois em 2014 foi o primeiro setor a puxar o desemprego no país.

      Quanto aos preços, subiram mais de 300% de 2007 a 2014, sendo o recorde mundial de crescimento de preços, mais que o TRIPLO do crescimento da renda, mais que o dobro do crescimento do custo de construção e mais de 50% acima do aluguel, além de ter subido muito mais do que qualquer aplicação financeira, dentre outras comparações possíveis. Isto no total do Brasil e pelo IVG-R, se comparado a INCC, renda apurada pelo IBGE (PME) e aluguel apurado pelo SECOVI SP, sendo todos equalizados em termos reais (descontada inflação). Acontece que já em 2013 tivemos quedas em preços negociados de 35,5% em Brasília, 25% em São José dos Campos, queda de 20% nos últimos 24 meses para usados em São Paulo, dentre várias outras evidências de quedas NOMINAIS, que se consideradas a inflação, também foram absolutamente ANORMAIS nos últimos anos.

      Mas não vamos nos preocupar, apesar de tudo que consta acima “coincidir” com o que aconteceu em todas as bolhas ao redor do Mundo, assim como “coincidentemente” em todas elas tivemos junto uma grave crise na economia como a que estamos tendo por aqui, segundo os “especialistas”, aqui no Brasil não temos bolha imobiliária (rs)…

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CA 6 de outubro de 2016 at 20:22

        Ops, de 2005 a 2013, apenas 9 ANOS depois e não 5 anos depois… Mesmo assim absurdo que em 9 anos o crédito imobiliário concedido se multiplicou por 25…

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • CA 6 de outubro de 2016 at 20:23

          Kkk 2 erros seguidos! De 2005 a 2014 e não a 2013…

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Lucas 7 de outubro de 2016 at 12:11

            CA
            imagina só a hemorragia está diminuindo mas não é porque está curando, é por falta de sangui mesmo
            eu tinha um gráfico que mostrava exatamente isso que vc falou,a bolha despenca em paralelo com a queda dos finames, no caso hipotecas americanas.
            Aqui, a melhor tradução se dá no distrato, mais que no financiamento.

            Também na falta de liquidez, tal qual os medalhões em NY (licenças) que chegaram a valer mais de 1 milhão de dolares, hoje ninguem sabe realmente quanto vale esses ativos, em muitos casos eles tem apenas o valor moral de não se ter o nome sujo no mercado, por óbvio que a dívida excede a garantia.

            Se a população entrar em desespero e iniciar uma onda de inadimplencia vai ser um deus-nos-acuda no setor financeiro
            Daí a importancia de se manter a maquiagem do mercado, de se manter fernandos vivos!!!

            1+
    • Onix 6 de outubro de 2016 at 20:44

      SQL, mantido esmaltifone.

      1+
      • Onix 6 de outubro de 2016 at 20:45

        SQN

        2+
  • cesarkebrado 6 de outubro de 2016 at 20:54

    Rapaz, a carne subiu de novo, um bifinho de contra ou alcatra tá 30 pau o kg, no açougue do mercado tava cheio de anuncio de promoção de carne de 3ª cheia de osso.. sinal dos tempos.

    5+
    • avatar
    • avatar
  • gmlinux 6 de outubro de 2016 at 21:05

    Em relação ao tópico, um CVR do SPE.
    Meu colega de serviço contou que após suspeitar do uso do dinheiro da obra, reuniu-se com os demais compradores, que na primeira reunião, acabaram por acreditar no construtor.
    Ele insistiu, e junto mais 3 compradores, em uma segunda reunião, provou que as contas não fechavam e conseguiu que uma comissão de compradores gerenciassen o cash da obra.
    Ele conta que uma das práticas da construtora era pedir material a mais, então usava a sobra em outra obra.
    Isto prova, que na prática, as construtoras conseguiram burlar a lei.
    Vai um na planta ai…?

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Lawkovyst 6 de outubro de 2016 at 22:56

    Segue vídeo muito interessante do YouTube.
    https://youtu.be/Cy4L0jV2ImU

    4+
    • avatar
    • avatar
  • Observer 7 de outubro de 2016 at 02:47

    Segue link interessante sobre a necessidade da aprovação da PEC 241 do teto dos gastos.

    https://www.youtube.com/watch?v=UgAW-oH9Ptg

    4+
    • avatar
    • avatar
  • fanfarraum 7 de outubro de 2016 at 07:48

    Vi no post original menção a um tal “blog da Kassia Tavares”
    E lá achei esse vídeo https://www.youtube.com/watch?v=Zy_NZWHFndY

    Seria uma boa hora pra responder? 😛

    2+
  • Igor Alves 7 de outubro de 2016 at 08:47

    odorico

    CVR – Hoje pela manhã recebi ligação de corretora da Lopezes-Royales de Brasília.
    Corretora: “Bom dia senhor paraguaçu, é xxxxx da imobiliárial Lo…… Temos muitas oportunidades de imóveis para moradia e investimento e várias cidades do DF. O senhor tem interesse?”
    Eu: “No momento não” – gosto sempre de deixar a possibilidade aberta precisamos cultivar corretores para caçar 666.
    Corretora: “Mas o senhor sabe que o momento de comprar é agora, os descontos estão imperdíveis em novos e usados”
    Eu: “Sim, claro, o momento está ótimo, mas realmente estou muito apertado e endividado, mas resolvendo esse detalhe, vou olhar sim”.
    Corretora: “Nós damos damos toda assessoria para conseguir financiamento junto a diversos bancos”.
    EU: “Eu sei, mas estou sem dinheiro para entrada e sem crédito. Estou devendo no banco. Então não terei cadastro aprovado. Tenho que pagar o que devo primeiro” – acho que ela se assustou com a franqueza.
    Corretora: “Entendo. Tão logo o senhor resolva, estamos à disposição. Muito obrigado pela atenção, bom dia” – Eu me assustei com a educação.

    10+

    Corvos com atualização de software, sistema operacional 2.0 agora tem até educação….kkkkkkkkkkkkkkkkkk é a crise

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 7 de outubro de 2016 at 09:51

    Incorporadoras brasileiras recuperam confiança para lançamentos em 2017, diz VivaReal
    Os alugueis no Brasil estão entre os mais baixos do mundo, com média de 6% do valor de um imóvel em um ano

    3+
    • avatar
    • joselito 7 de outubro de 2016 at 10:39

      Opa.
      Boa notícia!
      Inflamos os preços a patamares absurdos e, assim, a relação aluguel x preço do imóvel fica baixa, o que indica que temos “o aluguel mais barato do mundo” , rsrsrsrsrs (investodores, ploc)

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • reznor 7 de outubro de 2016 at 10:46

        Faltou incluir a varíavel “renda média líquida” nessa equação.
        Detalhe pequeno esse… 😀

        2+
        • avatar
    • JJJ_brasilia 7 de outubro de 2016 at 11:27

      Se o retorno do investimento imobiliário está baixo tem duas opções:

      1 – aumentar o preço do aluguel

      ou

      2 – baixar o preço dos imóveis

      Uma destas opções resolve o problema do mercado.

      4+
  • Melekento 7 de outubro de 2016 at 10:08

    Mentira!
    O meu e esta no patamar de 0,25% ao mes.
    Abs.

    2+
    • avatar
  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 7 de outubro de 2016 at 11:28

    Apenas uma digressão no assunto (mas não deixa de ser pertinente, pois trata-se de crédito municipal e boa gestão, mais precisamente FALTA DE RESPONSABILIDADE COM O CRÉDITO) do nosso novo “JESTOR TUCANO” aqui em São Paulo .
    Abaixo coloquei várias notícias vergonhosas a respeito da recente atitude populista (típica de partidos esquerdistas e irresponsáveis, como o PSDB-PCC sempre foi , embora seus militontos propaguem o contrário).

    As notícias são da Globo, Folha e Estadão, ou seja, 3 veículos diferentes. Dizer que esses 3 são “esquerda” e doravante contra o PSDB-PCC (como se tal corja já não fosse muito mais estatólatra que qualquer partido da esquerda vermelha piegas)

    Agora, se esse sujeito já está fazendo isso para agradar o povão, imagina quando for lidar com a incorporadoras, como é o caso da Cyrela ? A militância pode defende-lo e propagar o contrário, mas nós paulistanos estamos de olho em cada passo dessa gente, e pelo que vemos, já começou errado, MUITO ERRADO!

    Seguuuuuuuuuuuuuuura a Bolha DÓRIA POPULISTA!

    Para aliados, promessa de Doria de congelar tarifa em 2017 foi precipitada
    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2016/10/1820337-para-aliados-promessa-de-doria-de-congelar-tarifa-em-2017-foi-precipitada.shtml

    Doria diz que não vai aumentar tarifa de ônibus para evitar ‘conturbação’
    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/10/doria-diz-que-nao-vai-aumentar-tarifa-de-onibus-para-evitar-conturbacao.html

    Doria diz, agora, que vai congelar tarifa só por 1 ano
    http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,doria-promete-nao-aumentar-impostos-e-reitera-que-mantera-congelada-tarifa-de-onibus-em-2017,10000079934

    1+
    • avatar
    • Juros Lover BSB-BH 7 de outubro de 2016 at 12:46

      Dória já voltou atras na promessa de não aumentar o IPTU tbm…Custo do bolhudinho vazio vai aumentar…

      3+
      • avatar
      • avatar
  • Dr. Estranho 7 de outubro de 2016 at 11:39

    “http://m.folha.uol.com.br/mercado/2016/10/1820669-so-uma-em-cada-quatro-empresas-sobrevive-apos-recuperacao-judicial.shtml?mobile”

    1+
    • O Cramulhao de FHCigienopolis45 7 de outubro de 2016 at 11:51

      “o mais provável é que a companhia que vai sobreviver seja de médio ou grande porte, enquanto que a maior parte das pequenas e micro que recorrerem ao socorro ficará pelo caminho.”

      Ou seja, pelo histórica ( e se queimarem o caixa direitinho desovando os aps , caprichando na análise de credito e na relação custo de distrato / desconto na venda) , PDG, ROSSI E BROOKFIELDS poderão escapar…

      0
      • CA 7 de outubro de 2016 at 13:19

        Usar histórico de empresas que se recuperaram após entrar em RJ faz sentido em um mercado que tem explosão de bolha imobiliária?

        Faz sentido para empresas com estoque que equivale há mais de uma DÉCADA de vendas, onde estão MAQUIANDO dados com volume absurdo de vendas FALSAS e distratos “não reconhecidos”, além de dívidas IMPAGAVEIS porque o tal estoque que vão vender não paga sequer 1/3 da divida se for valorizado CORRETAMENTE, pelo preço que terão que vender?

        Neste histórico, onde você viu uma situação igual a que consta acima, combinada com uma distorção absurda entre os preços dos imóveis a renda, o aluguel, o custo de construção, etc, em meio a crédito imobiliário ficando mais caro e raro, queda no emprego e na renda, super- endividamento e mega inadimplência de pessoas físicas e jurídicas, inflação e juros altos, dentre outros fatores negativos para o segmento destas empresas?

        Você realmente acredita nisto e tem um mínimo de embasamento que justifique sua crença, ou é só mais um “argumento” SIMPLISTA de quem vive do segmento imobiliário, um típico wishful thinking?

        5+
        • avatar
        • avatar
        • O Cramulhao de FHCigienopolis45 7 de outubro de 2016 at 14:11

          Não, não é um “wishfull thinking.” Apenas segui a linha de raciocínio, se “assim for”.

          Eu vivi o subprime em Manchester no Reino e Unido e em Cork , na república da Irlanda entre 2009 e 2011 ainda estou tentando entender o que se aplica no Brasil.

          Na verdade, a respeito das 3 que citei, não tenho opinião formada. Nem poderia aliás, pois sou Físico e Matemático e minha opinião pouco vale se formos falar de fatos. Todavia…

          …sei de “insiders” dentro da PDG e da ROSSI, e a respeito da última, ouvi dos mesmos da segunda que o estoque é de apenas 2 anos. Como podemos calcular os estoques tão grandes que estamos falando aqui ?

          Por que o pessoal de dentro , diretamente trabalhando nessas incorporadoras, estaria mais desinformado que o pessoal desse blog ?? Ou por que estão mentindo? Não sabem o perigo das pedaladas?
          Sigo a BiB desde 2013 , mas acho a situação da Bolha no Brasil muito mais cheia de “misterios” e amadorismo financeiro do que o que presenciei na Europa. Só o tempo irá dizer…

          1+
  • O Cramulhao de FHCigienopolis45 7 de outubro de 2016 at 11:46

    Lembro desse Pombal sendo construído em 2012-2013 na Eliseu de Almeida https://www.even.com.br/sp/sao-paulo/butanta/residencial/praca-butanta. Quando Alckmin prometeu o metro Vila Sônia , amigos me disseram que o valor bateria 1 milhão (galera que lacra 45 na Urna desde 1994 ainda não aprendeu que a turma do PSDB-PCC inaugura 70% das estações de metrô em ano eleitoral, e como Alckmin estava ainda com a moral alta em 2013, obviamente não precisaria inaugurar nada – mas enfim, inteligência não é o forte os fãs desse partido) .

    Agora, acabei de mandar um e-mail para o corvetor perguntando o valor (não era pra ter vendidos todos já, alias?)

    Notem que a mentira do Alckmin ainda “cola” e numa das fotos do apezinho tem um dizer “Ao lado da futura estação da Linha Amarela Vila Sônia” . …hahahaa

    Talvez colem com a turma que vota 45 : VAMOS COMPRAR DOIS, UM PRA MORAR, E OUTRO PRA INVESTIR QUANDO O METRO ESTIVER PRONTO!! HHAHAHA

    https://www.even.com.br/sp/sao-paulo/butanta/residencial/praca-butanta

    Seguuuuuuuuuuuuuura a Bolha!

    4+
    • avatar
  • Lucas 7 de outubro de 2016 at 12:26

    joselito 7 de outubro de 2016 at 10:37
    Desculpem os demais frequentadores, mas concordo com o Fernando.
    A maioria não tem dinheiro nem para a entrada do apto dela, a maioria desse blog, a maioria do Brasil. A demanda para o apto dela é pequeníssima, 1% ou menos da população brasileira teria, então, condições de comprá-lo.
    Ela deveria anunciar o apto em inglês, exchange with return, cash only, oportunity (não é o banco heim!), etc., who knows? maybe the foreing peoplo are preparing their tsumoney!

    Vamos fazer as contas Joselito?
    imóvel de 790k mil qual a renda de segurança para financiar um imóvel deste tipo?
    (podem verificar em qualquer simulador de banco, vou fazer a conta de cabeça pq to sem tempo, e cansei já de fazer essas contas, então veirifquem se estou mentindo)

    Pra 790k vc precisa de 160 mil de entrada (0,01% da pop tem conta com mais que isso, fonte: os bancos) mais uma parcela média de uns 10 mil reais pelas próximas décadas
    A renda de segurança é um valor acima de 30 mil reais
    Agora diferente do que o Joselito falou, menos de 0,5% da população brasileira tem essa renda, menos de 500 mil pessoas no país inteiro

    Este link esta meio desatualizado mas acho que ainda vale, foi elaborado em 2012, justamente no auge, quando desemprego estava em baixa
    http://www.estadao.com.br/infograficos/voce-pode-ser-mais-rico-do-que-imaginava,economia,208612

    Ou seja pra conseguir comprar um imóvel medíocre numa vila de classe média vc precisa ter a renda dos caras mais ricos do BR, diria que um vizinho do Eike batista poderia comprar esta lindeza que se vê encalhada aos milhares pelas vilas afora

    Sim o Fernando tem razão, acho que pela única vez na vida, ninguém neste blog ou em qualquer outro tem dinheiro pra comprar aquela “mansão”, na minha cabeça milhonarios passam o dia trabalhando não tem tempo a perder, ou herdaram e estão nem aí pra se preocupar passam o dia viajando pelo caribe, ou coisas assim. Então fiqem de bico calado seus pobretões e parem de avacalhar com aquilo que é dos outros seus invejosos,

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 7 de outubro de 2016 at 12:46

      Aí vamos para o segundo ponto:
      Se somente esse caras muito ricos e bacanas tem dinheiro pra comprar esses apezinhos classe média.
      Bem, porque, esses caras iriam comprar essas bostinhas?

      Pra alugar e ter uma rentabilidade pior que a poupança, fora a dor de cabeça?
      Pra vender pra outro milhonário?

      Ou, a melhor opção: eles podem vender o financiamento, melhor dizendo, alugar o dinheiro para que alguém possa comprar esse imóvel, pode fazer isso tanto investindo o dinheiro em algum fundo, quanto sendo DONO de algum banco, ou Diretor de financeira para auferir gordas comissões e bonus).

      Se eu fosse um cara muito muito rico qual opção vcs acham que eu escolheria?
      (ah e contratava uma meida duzia de Fernando pra espalhar “artigos” explicando como é gostoso e legal financiar um imóvel)

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • joselito 7 de outubro de 2016 at 14:32

        Opa!
        Errei ai quase TR do percentual então!
        Achei que eram 1% da população, mas é “zero virgula alguma coisa”, heheheheh. (zueira mode on)

        0
  • Leonardo M. 7 de outubro de 2016 at 13:05

    A bolha das motos já estourou!

    Data 07/10/2016 11:34:00
    Produção de motos cai 13,3% em setembro ante agosto, revela Abraciclo

    Diante da falta de reação do mercado de veículos no Brasil, a produção de motocicletas apresentou mais uma queda em setembro. No mês, foram fabricadas 80.489 unidades, recuo de 13,3% em relação ao nível de agosto e baixa de 32,2% na comparação com setembro do ano passado, segundo dados divulgados nesta sexta-feira, 7, pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares).
    No acumulado de janeiro a setembro, o volume produzido apresenta retração de 31% ante igual intervalo de 2015, para 712.870 unidades, o menor volume para o período desde 2003. “As medidas (do governo) para a retomada da economia ainda não foram alinhadas, mantendo o compasso de espera”, afirmou o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, em nota distribuída à imprensa.

    Sem a retomada, as vendas ao consumidor também continuam em queda. Em setembro, 66.822 motocicletas foram emplacadas, baixa de 12,6% em relação a agosto. No acumulado do ano a retração é de 27,1%, para 687.280 unidades.

    Para Fermanian, o desempenho do mercado em setembro foi prejudicado pela greve bancária, que se estendeu por mais de30 dias. “Estima-se que cerca de 4 mil motocicletas poderiam ter sido emplacadas (em setembro), entre consórcios e financiamentos”, afirmou.

    As vendas no atacado (das fábricas para concessionárias) seguiram o mesmo caminho e caíram 8,4% na comparação com agosto, para 76.268 unidades. Na comparação com setembro do ano passado, houve declínio de 26,9%. No ano, as vendas acumulam contração de 28,7%, para 683.453.

    As exportações, por sua vez, apresentaram queda menos intensa no mês. Os embarques para o exterior somaram 4.298 unidades em setembro, retração de 5% em relação a agosto e baixa de 55,9% sobre o volume de igual mês do ano passado. No acumulado de janeiro a setembro, as exportações chegam a 43.752, contração de 4,7% sobre os nove primeiros meses de 2015.

    0
  • Cesar_DF 7 de outubro de 2016 at 13:30

    TÓPICO NOVO

    1+
    • avatar
  • Festa_no_Ap 8 de outubro de 2016 at 03:16

    Fernando

    Sinceramente, o apto. dela é muito bonito. O problema que eu vejo aqui é a falta de educação de alguns. A maioria dos que estão criticando a moça não tem dinheiro nem para dar entrada numa casinha de cachorro, quiça num apartamento desses, quem sabe se trabalharem a vida inteira, mas antes se conseguirem sair da barra da saia da mamãe… ou aguardarem receber os juros MILIONARIOS dos MEGA INVESTIDORES que se pronunciam por aqui.

    3+

    Também acho o ap bonito, quando disseram que era um moquifo da ultima vez me senti favelado, rs.

    1+
    • avatar