Preços de aluguel e venda de imóveis comerciais têm queda em julho – G1

Você pode gostar...

Comments
  • Bolha BOSS 25 de agosto de 2016 at 22:59

    Complementando o comentário do Zé Carioca, em resposta ao Luque Bolha.

    A ideia de zerar tudo foi justamente acabar com a zona que vocês mencionaram. O blog tem que ser um almanaque de conhecimento para as proximas gerações, uma referência para quem chega aqui.
    Hoje vivo mais tranquilo, pois o pessoal é comportado e sabem conversar de forma civilizada. Tem 30% do publico que tinha antes, 10% dos comentários que tinha antes, mas vale a qualidade do que a quantidade.

    Quanto aos tópicos antigos: Vocês podem perceber que temos alguns tópicos restaurados no menu do lado, nao apaguei tudo, está apenas em standby pois precisa de uma limpeza. Não quero e não posso deixar este material se perder. Aos poucos vou ressuscitando os clássicos

    71+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Luke Bolha 25 de agosto de 2016 at 23:40

      alguns tópicos antigos estão sem imagens

      4+
    • JJJ_brasilia 26 de agosto de 2016 at 04:24

      Boss,

      Concordo que a qualidade do blog subiu muito, principalmente por afastar comentários políticos e de ser mais ou menos a direita.

      As vezes ocorrem uns stress, mas é coisa de blog de internet, outro dia fiz um comentário que o CA, a quem muito admiro, não gostou, OK, coisas da vida, a vida segue só não vou ficar discutindo e agredindo e sendo agredido.

      Gente vamos postar com responsabilidade e não deixar nos levar em discussões inúteis. A vida é muito melhor sem isto.

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 26 de agosto de 2016 at 13:29

        eu considero UMA GRANDE PERDA

        a bolha imobiliária está unha e carne com a política irresponsável e criminosa do Partido politico mais ladrão da história da humanidade
        Perder isso, foi perder uma perna, é alijar a discussão do que há de mais importante

        Era impossível compreender a bolha em 2011 sem enteder todo o processo de euforia e maquiagem criado pelos soçialistas.

        Hoje o que temos é um monte de oportunista ainda insistindo com teses de desinformação e munição a vontade para mentir sem a devida refutação em todos os ambitos, a artilharia anti-corvo está decepada.

        Contudo respeito a escolha do dono da casa, procuro me adaptar tanto quanto possível, mas o fato é que é totalmente irritante, a qualidade na verdade baixou muito, antes era difícil encontrar qualidade em meio a inundação de comentários, hoje ela simplesmente não existe exceto se alguém tiver paciencia de ler os textões do CA, ainda assim, ele não dá conta nem de 1/10 da questão, recomendo pra quem quer saber a real situação do país realmente é necessário atravessar a rua.

        26+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 26 de agosto de 2016 at 17:43

          Em 2011 tinham grandes discussões sobre a existência ou não de uma bolha imobiliária
          De 2014 para 2015 já não se discutia mais isto, apenas se seria soft ou hard

          9+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • jpneto 25 de agosto de 2016 at 23:59

    Boa noite. Tava muito feliz com o aluguel mais de 100% pago pelos juros. Hoje fui informado que a proprietária não vai renovar, por questões familiares vai residir aqui. Muito traumático pra minha esposa que já gostava só lugar e com uma filhinha a situação piora. Economicamente tá tudo bem. Mas isso é muito chato. Minha esposa não quer entender. Perdão pelo tom confessional. Não comentava faz uns meses. Não tinha muito a acrescentar. Sempre leio.

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Hunter 26 de agosto de 2016 at 00:56

      Pois é.
      Esse é um desafio maior para a morada de aluguel: dar ao lugar a sua cara.
      Compreendo sua esposa.
      Não é fácil encontrar isso.

      8+
      • avatar
      • avatar
    • Festa_no_Ap 26 de agosto de 2016 at 02:14

      Isso é chato mesmo, te entendo, já mudei muito e a casa que passei mais tempo foram 10 anos, mas a proprietária pediu também, atualmente estou um assobradado e daqui 2 meses vence o contrato, medo… kkkk

      5+
      • avatar
      • Minions 26 de agosto de 2016 at 05:44

        Não tenha medo, se prepare.
        Pesquise os preços médios nos sites da corvolaria, converse com alguns porteiros. Hoje, você deve estar pagando valor superior à média do mercado. Quemdeve estar preocupado é o proprietário que, se perder o inquilino, vai amargar meses de custos fixos, ter que reduzir o preço e pagar o primeiro aluguel pra corvolaria.

        9+
        • jpneto 26 de agosto de 2016 at 07:07

          Até acho q não. Mesmo perdendo algum lucro, fiz contrato com pagamento adiantado de 6 meses. Pago de 6 em 6 meses sempre adiantado. Isso deu margem pra um grande desconto. O chato q moro em uma região muito quente. Quando vendi minha casa, entreguei ar condicionados e armários. Na casa atual já tinha tudo. Agora eu fico entre a cruz e a espada…pagar menos e ter que comprar armários de cozinha, quarto e ar. Pagar mais pela comodidade.

          5+
          • Minions 26 de agosto de 2016 at 08:25

            Tb moro em região quente (califórnia brasileira). Penso que uma negociação justa tem que ser ganha-ganha e isto não significa não barganhar o preço. É importante conhecer o mercado local e os preços pra poder negociar de forma eficiente. Pagar 6 meses adiantado é um baita plus para o proprietário num mercado onde inquilinos que honram o pagamento é cada vez mais difícil de achar.
            Por aqui, os preços anunciados cairam 10% nominal em relação ao ano passado.

            3+
      • Minions 26 de agosto de 2016 at 05:47

        PS: quem tem que ter medo é corvo que não fecha negócio e 666 que se perder emprego não consegue pagar as parcelinhas.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Minions 26 de agosto de 2016 at 05:28

      Procure ver o lado bom: com os preços em queda, vai encontrar algo melhor com preço menor!

      6+
    • Minions 26 de agosto de 2016 at 08:29

      JP,
      as mulheres tendem a ser mais emocionais do que racionais. Eu exponho pra minha esposa os juros e a tranquilidade que eles nos permitem (podemos viajar, passear, …).
      Os 2 somos FP, então não dá pra apelar pelo desemprego. Às vezes eu comento que o governo pode atrasar o pagamento, que o 13 não está garantido, …
      Mas uma conta simples pode ajudar: hoje vocês tem reservas que garantem o aluguel e mais “x” meses de renda no caso de desemprego. Se comprar tijolos, não terá reservas, terá parcelinha mensal e, caso perca o emprego, perderá a casa (após 3 meses de atraso vai pra leilão) e não terá $$$ pro sustento da família. É meio apelativo e emocional mas é um forte argumento.

      11+
      • avatar
      • Lucas 26 de agosto de 2016 at 15:27

        quanto mimimi
        com o mercado despencando se livrar dum aluiguel antigo é CERTEZA de conseguir uma casa muito melhor pelo mesmo valor ou até menos

        8+
        • avatar
        • avatar
    • Oliveira 26 de agosto de 2016 at 09:35

      Este é um dos problemas do aluguel, gostaria de saber do pessoal do blogs se há algum dispositivo nos contratos de aluguel que possa evitar ou recompensar pelos transtornos o inquilino que tiver que sair antes do prazo ?

      4+
      • Cesar_DF 26 de agosto de 2016 at 09:49

        Depende do que está escrito no contrato, normalmente existe uma cláusula referente encerramento da locação antes de um determinado prazo (tipicamente 1 ano), que apena com multa a parte que solicitou o distrato locatício

        4+
        • joselito 26 de agosto de 2016 at 09:51

          Excluídas as hipóteses legais de encerramento

          5+
    • Zé Carioca 26 de agosto de 2016 at 15:04

      Esse que é o ponto chato do aluguel, se o preço de venda fosse perto de 150x do valor da locação, eu compraria pois acho melhor ter o seu imóvel, reformar do seu jeito e não ser pego de surpresa com o proprietário pedindo o imóvel. É uma questão muito pessoal, pra mim tem dois fatores que me levariam a comprar um imóvel, o preço estar próximo a 150x o valor da locação mensal e eu ter em poupança o equivalente a duas vezes o valor do imóvel, pois jamais zeraria as minhas reservas para comprar um imóvel. Como atualmente os valores estão insanos o ideal é ficar no aluguel mesmo com esses pequenos inconvenientes.

      9+
    • My name is James Bond 26 de agosto de 2016 at 21:23

      Jpneto, eu também prefiro acompanhar o blog lendo e tirando minhas conclusões dos comentários, aproveitando o que é útil para meu projeto da casa própria. Financeiramente para a maioria aqui é obvio que morar de aluguel é vantagem mesmo sem capital investido em aplicações que pagam até 1% ao mês. Agora, isso que você está passando já passei por duas vezes e concordo contigo que está situação é super desconfortável.

      Mas, Faz parte.

      5+
  • Leonardo M. 26 de agosto de 2016 at 00:36

    Não tá fácil nem pros Rockstars como o slash do Guns n roses

    Slash: reduzindo 5 milhões em preço de mansão para ver se vende

    Slash reduziu mais um milhão de dólares do valor que está pedindo por sua mansão em Beverly Hills. Quando foi colocada à venda, há mais de um ano, o preço pedido era de US$10.995 milhões (aproximadamente 35 milhões de reais). Em abril deste ano caiu para US$10.495 milhões, e agora está sendo ofertado por “apenas” US$9.499 milhões (cerca de 30 milhões de reais).

    A residência, com 1022m², tem três andares, seis quartos, oito banheiros, piscina com bar, pista de skate, cozinha dupla, suíte com closet e armários projetados nas paredes. O primeiro andar tem uma boate completa com cabine de DJ, luzes LED, estação de pole dancing e uma cabine de fotos. Na casa há ainda um estúdio profissional, um cinema particular e uma adega de vinhos.

    A residência foi adquirida por Slash e sua então esposa Perla em 2009 por US$7.3 milhões (23,5 milhões de reais). Veja fotos no link abaixo:

    6+
    • avatar
  • Alemon Fritz 26 de agosto de 2016 at 00:48

    Recessão gera mudanças de hábitos de consumo na população
    Pelo levantamento, 24% das pessoas tiveram que vender bens para pagar dívidas e 19% mudaram de casa para reduzir o custo com habitação.

    se deduz que pelo menos 19% dos antigos proprietários tiveram uma surpresa
    e outros 19% tiveram que baixar os preços… (esse éo mercado estável e vislumbrando melhora dos corvos..)
    http://oglobo.globo.com/economia/recessao-gera-mudancas-de-habitos-de-consumo-na-populacao-19991966#ixzz4IPGQZEHo
    © 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • gmlinux 26 de agosto de 2016 at 06:31

      Ao mudar para reduzir custo, não necessariamente, se manteve a qualidade do imóvel, acredito que a população esta empobrecendo, fluxo de pessoas das camadas sociais esta na direção da base.
      Vai ser interessante acompanhar os preços de aluguel no segmento de baixa renda, se por um lado existem mais pessoas chegando, nas camadas mais baixas, por outro existem os que estão ficando sem condições de sequer alugar, qual fluxo será vencedor?

      8+
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 26 de agosto de 2016 at 07:28
    • joselito 26 de agosto de 2016 at 08:42

      Desculpe a ignorância, mas poderia explicar para um leigo (eu) o que isso quer dizer?

      4+
      • EngenheiroSP 26 de agosto de 2016 at 09:37

        Pra mim, é mal sinal. Significa que os bancos estão em um nível de alavancagem tão preocupante que estão precisando pedalar.

        Acho também que o crédito para agronegócio (LCA) e imobiliário (LCI) vai encarecer, mas é achismo

        8+
        • avatar
      • SampaBoy 26 de agosto de 2016 at 09:47

        Os bancos são obrigados por lei a manter uma conta com deposito no banco central. Isto simplesmente para manter uma reserva do proprio banco de garantia para ele mesmo caso aconteça uma crise grande com inadimplencia e o banco sofra calote dos tomadores de emprestimo. Colocando a LCA/LCI como reserva significa que simplesmente eles podem diminuir o aporte depositado no banco central e com isso podem emprestar mais dinheiro !! ou seja…lenha na fogueira !

        10+
        • avatar
        • avatar
      • Cesar_DF 26 de agosto de 2016 at 09:53

        Não sou um grande conhecedor deste assunto, mas acho que isto facilitará os bancos disponibilizarem títulos de LCA e LCI, pois atualmente eles tem um fundo que capta este títulos e os disponibiliza com financiamento agrícola ou imobiliário, com taxas de juros menores que de outras modalidades. Então se ninguém pega empréstimos nesta modalidade, o fundo fica com um saldo elevado e dai o banco não disponibiliza estes títulos para os rentistas.

        6+
        • avatar
        • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 26 de agosto de 2016 at 08:18

    27/08 é dia dos corvos. Vivaaaaaaa.

    Corretor de imóveis está cada vez mais valorizado e tem até dia, comemorado no próximo sábado
    http://estadodeminas.lugarcerto.com.br/app/noticia/noticias/2016/08/25/interna_noticias,49543/corretor-de-imoveis-esta-cada-vez-mais-valorizado-e-tem-ate-dia-comem.shtml

    “Mais que um intermediador no processo de compra e venda de imóveis, o corretor presta assessoria completa para atender às necessidades dos clientes”
    hahahahahahahahahaha

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 26 de agosto de 2016 at 09:17

    Confiança da construção sobe e atinge maior nível desde julho de 2015
    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/08/confianca-da-construcao-sobe-e-atinge-maior-nivel-desde-julho-de-2015.html
    An???

    6+
    • SampaBoy 26 de agosto de 2016 at 09:54

      Olha esse trecho : “Também mostrou melhora o Índice de Expectativas (IE-CST), que alcançou 81,4 pontos, ficando 2,1 pontos acima de julho”” . Indice de expectativas ???? …..Otimismo ? Vislumbramento ? Alegria ? Brasil melhor do mundo, a proxima copa é nossa ?

      9+
      • avatar
      • joselito 26 de agosto de 2016 at 10:43

        As notícias focam no “otimismo”, dizendo que ele impulsionará a economia, pois sabe que se observar a “demanda” verá o buraco (mas não verá o fundo, ainda)!

        4+
      • Cesar_DF 26 de agosto de 2016 at 12:13

        Índice de Expectativas abaixo de 100 significa PESSIMISMO
        Então significa que diminuiu o pessimismo, não que tenha aumentado o otimismo

        12+
        • avatar
  • Palmeirense Bolhudo 26 de agosto de 2016 at 09:37

    Vendas de imóveis registram queda
    Retração chegou a cerca de 30% no primeiro semestre ante igual período de 2015 em BH e Nova Lima

    As vendas de imóveis residenciais novos em Belo Horizonte e Nova Lima registraram queda em torno de 30% no primeiro semestre de 2016, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Apesar de a Pesquisa do Mercado Imobiliário do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), divulgada ontem, não ter o levantamento dos números do setor de janeiro a junho do ano passado – a série foi iniciada em outubro de 2015 -, o percentual representa uma estimativa da própria entidade.

    A redução verificada nos lançamentos, porém, foi ainda maior no período: 78,9%.

    Comerciais – As vendas de imóveis comerciais ficaram praticamente estáveis no primeiro semestre, de acordo com o Sinduscon-MG. De janeiro a junho, foram vendidos 266 imóveis contra 243 unidades lançadas. O VGV dos comercializados apurado foi de R$ 140 milhões. Os lançamentos fecharam em R$ 118 milhões. O preço médio do metro quadrado em junho fechou em R$ 9.895.

    No segundo trimestre, foram comercializadas 109 unidades, contra 157 vendidas de janeiro a março, ou seja, queda de 30,6%. A região com mais imóveis comerciais disponíveis em junho era a Centro-Sul, com 308, enquanto no Barreiro não havia unidades à venda.

    http://www.diariodocomercio.com.br/noticia.php?id=172350

    6+
    • avatar
  • Palmeirense Bolhudo 26 de agosto de 2016 at 09:38

    Locação de imóveis comerciais no Rio cai 12,35% em 1 ano, diz Fipezap

    O preço médio de locação e venda de salas e conjuntos comerciais de até 200 metros quadrados no Rio de Janeiro voltou a apresentar queda em julho. Em um ano, o recuo no valor do aluguel foi de 12,35%. Na venda, a queda foi menor, de 6,01%, segundo pesquisa FipeZap, divulgada nesta quinta-feira (25).

    “A comparação entre o investimento feito em imóveis comerciais e uma alternativa de menor risco (o CDI) mostra que desde 2015 o investidor em imóveis comerciais tem tido, em geral, perdas. Nos doze meses encerrados em julho/2016, enquanto o CDI rendeu 14,1%, os proprietários de saletas que estavam locadas tiveram um retorno médio de 2,5% (fruto da combinação entre o recebimento dos alugueis e dadesvalorização de seus ativos)”, analisou a entidade.

    http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/08/locacao-de-imoveis-comerciais-no-rio-cai-1235-em-1-ano-diz-fipezap.html

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 26 de agosto de 2016 at 09:58

      Olimpíada é garantia de valorização
      Neste caso, valorização negativa

      9+
      • avatar
    • Zé do Brejo 26 de agosto de 2016 at 10:05

      Não está vendendo, estamos crise? Como resolver?
      Aumenta o preço ORAS!!!

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • job 26 de agosto de 2016 at 10:10

    CVR
    Estava eu almoçando num shopping aqui do interior de SP, com duas colegas de trabalho que estão prestes a se aposentar.
    Eis que escuto o diálogo delas:

    Colega 1: falta apenas um ano e meio pra me aposentar, mas do jeito que está a coisa, quero ver se entro no plano de aposentadoria incentivada da empresa, alem de ganhar uma boladinha ainda não corro o risco de mudarem as regras da previdência e ter que ficar mais dois anos trabalhando.

    Colega 2: ah sim, se aposenta logo que aí não corre esse risco.

    Colega 1: estou no plano de previdência da empresa, mas ao me aposentar vou tirar toda a grana do plano, não quero receber em parcelas. Aí vou seguir meus planos de construir uma kitinete e colocar pra alugar.

    Colega 2: que boa idéia, aí recebe um aluguel e ainda tem um patrimônio. Eu não entrei no plano de previdência pois achei q a grana que receberia qdo me aposentasse ia ser muito pouca. Prefiro investir em imóveis que rende mais. Investir em imóveis é sempre bom.

    Concordei com as duas e pensei, PMJ.

    Agora o meu comentário. A pessoa passa a vida inteira pagando um plano de previdência pra no final quando pode curtir um pouco, tem tempo livre e vai estar livre de incomodações do trabalho, tira tudo e compra um imóvel pra alugar? Vai se incomodar com inquilinos, vai provavelmente estar sem grana (conheço a senhora que está se aposentando. PS: mora numa casa simples na praia, e está sempre dura de grana). Enfim, supondo que estivéssemos num momento onde os imóveis valorizassem um pouco, mesmo assim, vale a pena isso tudo?
    Sei lá, acho que isso é uma questão pessoal, cada um gasta sua grana da forma que quiser e não da pra sair criticando demais tb. Mas penso que deveria ter uma mudança de paradigma aí. Aproveitar mais a vida e investir menos em coisas materiais. Inclusive estava conversando num boteco anteontem com um amigo meu que é de Florença, e ele comentou que no geral o pessoal da Itália pensa menos em coisas materiais e curte mais a vida, sai mais, come melhor, viaja mais, e normalmente não tem o pensamento voltado pra “investir em imóveis ou carros”. Aqui no Brasil a cultura é de investir em coisas materiais, desde pequenos somos ensinados que pra ter algum sucesso na vida temos q ter comprar imóveis e talz.
    Enfim, espero que esse blog algum dia ajude a mudar um pouco esse paradigma, pra melhor.

    45+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 26 de agosto de 2016 at 10:18

      eh o retrato tipico do bananense!

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Zé do Brejo 26 de agosto de 2016 at 10:18

      No Brasil impera a cultura do TER. Aqui quem TEM é importante, não importando a origem.
      No dia que mudarmos o paradigma de TER para SER, acredito que seremos melhores pessoas. (NMHO)

      24+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • chigo 26 de agosto de 2016 at 11:00

        Cultura do SER nunca existiu. A cultura do TER não existe mais, pois a imensa maioria não TEM mais. A cultura agora é a do MOSTRAR, do aparecer, do aparentar e do ostentar. E esta esta ligada diretamente ao DEVER. O que a maioria mostra, na verdade deve.

        52+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Minions 26 de agosto de 2016 at 12:57

          Sensacional!

          6+
          • avatar
        • odorico 26 de agosto de 2016 at 15:16

          O pondré falou sobre isso no roda viva num programa no ano passado. Na verdade no passado o SER teve seu valor, ser príncipe, ser duque, ser médico, ser advogado, ser juiz, ser delegado. Isso durou no brasil rural até os anos 50/60. Depois nos anos 70 o TER começou a valer, fazendeiros, banqueiros, agiotas e comerciantes começaram a aparecer socialmente. Nos anos 2000 começou a era do PARECER, com as redes sociais isso se intensificou. Eu não tenho carro, mas financio um e pareço ter patrimônio. Eu não tem profissão, mas apareço nas colunas sociais e sou celebridade e pareço ser bem-sucedido profissionalmente. Eu não tenho cultura, nem experiências, nem conhecimento, mas nas redes sociais divulgo pensamentos de outros e pareço ser algo que não sou. Enfim, vivemos no PARECER. E sua versão deturpada de parecer mais (OSTENTAR). Como adoro o ditado: “Em terra de cegos quem tem um olho é rei”. Deixa a sardinhada nadar.

          26+
          • avatar
      • Rampion 26 de agosto de 2016 at 13:31

        A cultura do TER sempre será valorizada, não importa se o sujeito é tapado, feio, mal cheiroso, insuportável, traiçoeiro etc. Se dependesse da cultura do SER tipos como o Heráclito Fortes, Ronaldo travequeiro, Ronaldinho, Neymala e tantos outros não teriam tantas periguetes ao dispor. Como já é de conhecimento geral mulher gosta de dinheiro quem gosta de peru é bicha.kkkk

        7+
        • avatar
        • avatar
    • SampaBoy 26 de agosto de 2016 at 10:37

      “Aí vou seguir meus planos de construir uma kitinete e colocar pra alugar”..que plano de vida mais tosco ! que vergonha…ela deveria pelo menos esconder esse tipo de ideia dos amigos e contar que pretende gastar toda a aposentadoria em las vegas. Da ate tristeza e depressao de ouvir…

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 26 de agosto de 2016 at 12:21

        Isto funcionava até 2005, naquela época a rentabilidade bruta era de tipicamente 12% ao ano.
        Além disso, a vacância era baixo.
        Agora o cenário é outro, rentabilidade baixa e vacância alta, e irá continuar ainda por mmmmuito tempo assim
        Na natureza não sobrevive o mais forte, mas sim o mais adaptável.
        Este pessoal ainda segue o modelo de negócios que deu certo no passado
        Por outro lado, tem muitos brasileiros que compraram imóveis em Miami e Orlando em 2010, quando estavam uma micharia, e agora estão vendendo-os, com um ganho real de acima de 50%.

        12+
        • avatar
        • Cesar_DF 26 de agosto de 2016 at 12:24

          Em breve, será o momento de comprar imóveis no Brasil e vende-los no futuro com um bom lucro.

          “Já a gestora de recursos Exxpon, especializada em investimentos de alto risco, está atrás de descontos na casa de 60%. “As maiores oportunidades hoje estão no segmento residencial, com o elevado número de distratos (devoluções)”, diz o americano Jonathan Franklin. Os distratos em construtoras somaram 41% de janeiro a setembro de 2015, segundo a agência de classificação de risco Fitch. ”
          http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,pechinchas-imobiliarias-atraem-estrangeiros,10000022734

          9+
          • avatar
    • joselito 26 de agosto de 2016 at 10:48

      Me parece que cultura européia, em geral, é viver.
      Nós estamos mais na cultura americana, de enriquecer.

      Acontece que os 666 ACHAM que imóvel é enriquecer, e daí nossa situação huehueBR

      13+
      • avatar
      • Alemon Fritz 26 de agosto de 2016 at 10:53

        conheço uma que quer dividir a casa ao meio !! e alugar qdo se aposentar, quero ver pegar um casal com um cattarrento talibanês.. e só tem uma garagem, vai sonhando

        6+
        • avatar
        • avatar
        • joselito 26 de agosto de 2016 at 12:06

          Isso que é vida!! eheheheheh

          6+
          • avatar
    • macca 26 de agosto de 2016 at 11:37

      “http://papodehomem.com.br/a-ciencia-que-explica-porque-se-deve-gastar-o-dinheiro-em-experiencias-e-nao-em-coisas/”

      6+
  • Alemon Fritz 26 de agosto de 2016 at 10:33

    analise “estocastica” (estoques)

    No primeiro semestre, os financiamentos imobiliários com recursos da poupança (SBPE) totalizaram R$ 22,6 bilhões, montante 49,5% menor que o registrado um ano antes, de R$ 44,8 bilhões. No período, conforme a Abecip, foram financiados 100,5 mil imóveis, quantidade 49,7% inferior a 12 meses, quando foram financiados 199,9 mil unidades.
    comento:
    -Foram financiados 100mil unidades, mas o estoque aumentou de 111mil para 117mil unidades, nem se mexeu!!.. corvos vislumbram melhora= se lasquem.

    http://istoe.com.br/abecip-financiamentos-imobiliarios-devem-somar-r-50-bi-em-2016-34-ante-2015/

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 26 de agosto de 2016 at 11:39

    piorou mas vai melhorar… kkk

    Venda de imóveis em julho fica abaixo da média do 1º semestre, em Manaus

    Mesmo com a retração no mês passado, a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas espera maior movimento do setor até o fim do ano
    http://new.d24am.com/noticias/economia/venda-imoveis-julho-fica-abaixo-media-1-semestre-manaus/157328

    6+
  • Seguidor do Bolha BH 26 de agosto de 2016 at 13:24

    Por que os novos aluguéis estão mais baratos, mas os antigos não param de crescer
    https://www.nexojornal.com.br/expresso/2016/08/25/Por-que-os-novos-alugu%C3%A9is-est%C3%A3o-mais-baratos-mas-os-antigos-n%C3%A3o-param-
    de-crescer

    “Índice que reajusta aluguéis acumula 11% de alta em 12 meses. Em compensação, quem quiser fechar um contrato agora encontrará preços melhores. A estagnação econômica ajuda a explicar a situação”

    6+
    • avatar
  • Zé Carioca 26 de agosto de 2016 at 13:26

    http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2016/08/valor-do-m-dos-imoveis-tem-queda-e-chega-r-r-48-mil-em-manaus.html

    Vou fazer um aceno para o pessoal do hard. Em Manaus caiu 10% em três meses, isso é bem hard, se continuar assim fecha em 30% de queda no ano, aos poucos os preços vão ter que voltar a um patamar compatível com a renda do comprador.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 26 de agosto de 2016 at 13:47

      4.8K/m2 em Manaus?? Em Águas Claras “meu corretor” já está me oferecendo por 3.8K/m2

      Cesar: Yuri, lembra-se que falei que várias incorporadoras e construtoras iriam quebrar, a Rossi está com 91% de DISTRATOS
      http://br.advfn.com/jornal/2016/08/jhsf-rossi-e-lopes-tem-2o-trimestre-fraco-aponta-coinvalores

      Yuri: Sim, e é verdade, não discordei, mas em contra proposta tem aquelas consolidadas na qual a crise não abateu e dificilmente vão ceder nos preços.

      Cesar: É fácil, se não baixar não venderá, vão morrer abraçados aos tijolos e os filhos liquidarão o espólio kkkk
      https://youtu.be/xmtpI7niGYE

      Yuri: A Soltec é um exemplo das que não estão nenhum pouco preocupada com isso, não tem crise para eles, não cedem a negociações nos seus empreendimentos, todos esses novos viadutos foram eles que fizeram e estão a fazer.

      Cesar: Ahhh, construção civil pesada não se deslocou da renda, foram só as residências e comércio.
      O duro, que inclusive dificulta suas vendas, é que eles não podem baixar porque foram dados como garantia nos empréstimos
      Rossi. pdg, e outros fizeram empréstimos na CEF e bb
      E deram os imóveis como garantia
      Eles não podem baixar o valor, porque impactaria nas garantias de financiamento
      Por isso falam que é “desconto”

      Yuri: Exatamente, muitos fizeram isso, inclusive a Via, os bancos são os intervenientes quitantes.
      Tenho um 02 quartos, 02 suítes, com 68m2, no verdes Brasil, em águas claras. 262 mil

      Cesar: 3.8K/m2, quando chegar a 3.0K/m2 me avise

      https://www.facebook.com/YuriRodrigues13

      7+
      • avatar
      • Zé Carioca 26 de agosto de 2016 at 14:50

        Cesar, não conheço o mercado de Manaus, postei porque achei interessante um órgão oficial e totalmente pró-mercado admitir que os preços caíram 10% em três meses. Tampouco conheço o mercado de Águas Claras, só estive em Brasília uma única vez, a verdade é que você está correto quanto aos descontos das construtoras, diminuir os preços significativamente é a única solução para voltar a vender, mas ao mesmo tempo impacta no patrimônio das construtoras.

        5+
        • avatar
      • wing 26 de agosto de 2016 at 21:43

        Por mais corretores assim, conscientes.

        5+
        • avatar
        • avatar
  • From_The_Tower 26 de agosto de 2016 at 13:29

    Para alegrar o fds:

    “NÃO ACREDITEM EM PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA, É SÓ ENGANAÇÃO PARA GANHAR DINHEIRO E JUROS EXORBITANTES.

    Financiei um imóvel tem exatamente 37 meses da data de assinatura do contrato.
    Pago uma prestação cujo valor inicial era de 666,90, com (R$ 277,78 de amortização constante ) Tabela SAC e o restante é juros.
    No momento de assinatura do contrato e antes pela corresponde caixa despachante imobiliário havia sido informada que o valor da prestação caía R$ 1,00 por mês.
    Venho notado a alguns meses que ao invés de cair a prestação está aumentando. Fui até o Banco Caixa Econômica Federal para saber o que está acontecendo e tenho a triste notícia de que a cobrança é devida e que os juros aumentaram e que o momento do país de inflação alta estava fazendo com as prestações aumentassem.
    Quando se paga R$ 277,78 de amortização x 37 pagamentos que já paguei pela lógica já teria pago/ amortizado da dívida total de R$ 100.000,00 o valor de R$ 10.277,86. Contudo o atendente da caixa me disse que o valor que devo é de R$ 93.376,21. Algo não fecha nesta conta, pois se eu peguei R$ 100.000,00 paguei R$ 10.277,86 , deveria pagar R$ 89.722,14, mas não, pelo Banco Caixa Econômica Federal eu devo R$ 93.376,21. Como chegaram na conta desses R$ 3.599,07 a mais???
    Gostaria de uma explicação CAIXA ECONÔMICA FEDERAL pois a que eu obtive não me convenceu.
    Como um programa social, PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA que se diz ajudar os mais necessitados tem coragem de permitir que estas cobranças abusivas aconteçam e que sejam legais???
    NINGUÉM ME INFORMOU DESTES REAJUSTES DE SALDO DEVEDOR ANO A ANO, NEM O CORRESPONDENTE CAIXA QUE COBRA UM SALÁRIO MÍNIMO PELO SERVIÇO DE LEVAR DOCUMENTOS E LEVÁ-LOS ATÉ O BANCO E NEM O BANCO. Ambos me deixaram assinar um documento sem ter conhecimento do que se tratava e nem entendimento pleno para poder discernir e assinar com consciente da existência desta cláusula de reajuste abusivo e anual.
    E AÍ, O PEPINO VAI FICAR NA MINHA MÃO???
    Não concordo com esses juros abusivos e desde já aguardo uma explicação.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Leonardo M. 26 de agosto de 2016 at 13:46

      “E AÍ, O PEPINO VAI FICAR NA MINHA MÃO???”

      Eu diria que é o pepino do kid bengala na sua mão Kkkkkk PNJ

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Danibolhista 26 de agosto de 2016 at 13:47

      “E AÍ, O PEPINO VAI FICAR NA MINHA MÃO???”
      Resposta: … hum… deixa quieto.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Leonardo M. 26 de agosto de 2016 at 13:50

      Ambos me deixaram assinar um documento sem ter conhecimento do que se tratava e nem entendimento pleno para poder discernir e assinar com consciente da existência desta cláusula de reajuste abusivo e anual.

      Nao leu e a culpa é dos outros? Kkkkk
      Típico bananense

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • SampaBoy 26 de agosto de 2016 at 13:50

      Sim, e esse pepino voce vai precisar segurar com as 2 maos ! ……chega de mimimi e vai la no banco pagar nossos juros

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 26 de agosto de 2016 at 15:38

      “E AÍ, O PEPINO VAI FICAR NA MINHA MÃO???”

      na mão?
      – é a turma do çofit
      – é um otimista

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cesar_DF 26 de agosto de 2016 at 13:33
    • Lucas 26 de agosto de 2016 at 13:39

      é a nova lei entrando em vigor

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lord of All 26 de agosto de 2016 at 16:09

      “A tendência no futuro é que as pessoas se conscientizem de que as penalizações estão mais duras e isso provoque uma queda do número de ações a longo prazo”

      Não é uma questão de consciência, é falta de dinheiro desse pessoal mesmo.

      6+
      • avatar
  • Lucas 26 de agosto de 2016 at 13:39

    O tópico de hoje é destes artigos mequetrefes sem qualquer valor ou pé na realidade
    mais um artigo falando de queda de zero virgula qualquer coisa
    nem precisava mencionar lógico que a fonte é fingezap

    5+
    • avatar
    • Luke Bolha 26 de agosto de 2016 at 14:02

      Sei que boa parte não está acompanhando o tal de julgamento hoje e pode parecer não relacionado com o tema da bolha e da economia, PORÉM, logo quando liguei a TV escuto: O problema do governo foi ter gasto pouco pois deveria gastar para salvar a economia.

      Nos minutos seguintes vejo um show onde são apresentadas teses e discursos DEFENDENDO uma intervenção maior e um gasto ainda maior do governo desconsiderando o deficit atual e minimizando seus efeitos.

      Isso pode não parecer tão importante mas vale notar que VÁRIOS AGENTES ECONÔMICOS estão prestando atenção e o processo mostra o tom e o ritmo de como a economia será tocada no país, enquanto existe uma parcela pequena preocupada com austeridade, existe uma boa quantidade de agentes com intenções claras de que a qualquer momento pode-se jogar tudo para o alto e tornar o descontrole das contas públicas uma regra.

      Isso no mínimo escancara uma falta de segurança na política econômica sendo quase impossível falarmos que AGORA VAI baseando-se em qq dado do momento atual, sendo ainda pior tomar decisões de longo prazo que envolva um risco considerável, por exemplo, fazer um plano de negócio prevendo um retorno no espaço de 4 ou 5 anos. Lembro que o pessoal daqui falava que no Brasil até o passado é incerto, hoje essa frase faz mais sentido que nunca.

      A pergunta que fica é: quem pode tomar uma decisão aqui e chama-la de racional em meio a essa total falta de consenso de quem dita as regras da economia?

      Não fico surpreso com notícias como está de que X ou Y está reduzindo exposição ao Brasil.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 26 de agosto de 2016 at 15:24

        o que acontece nesse momento no Senado explica a Bolha

        a bolha imobiliária no BR é a aliança do corvo com os petralhas
        A AVE NEGRA + ESTRELA VERMELHA
        afundaram esse país, estupraram a classe média, enganaram o povão e faliram muitos da elite produtiva

        serão décadas de recuperação
        omitir isso é esquecer o principal

        21+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Moreira 26 de agosto de 2016 at 14:09

    kkkkkkk,

    o pepino está duro e a tendência é só crescer!!!!!!

    Abreviação de TROLHA é TR, kkkkkkk

    “Ambos me deixaram assinar um documento”. Ele queria que o gerente o algemasse, impedindo de assinar a adesão ao PROGRAMA SOCIAL? KKKKK

    8+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 26 de agosto de 2016 at 15:13

    “Operação Lava Jato e crise do mercado imobiliário motivam executivos da construção civil a buscar expatriação e desenvolvimento de outras competências”

    “O ano passado houve retração das unidades financiadas em -40% via SBPE e aumentou-se em 32% dos recursos vindos do FGTS. A diminuição do crédito ao setor imobiliário piorou ainda mais o mercado de construção civil. O declínio nos valores dos imóveis, o aumento da participação do FGTS, deve reduzir a busca por financiamentos.”

    “Muitos diretores do setor de construção ainda estão desempregados devido à escassez de oportunidades no setor e resistência em mudar de área”.

    https://noticias.terra.com.br/dino/operacao-lava-jato-e-crise-do-mercado-imobiliario-motivam-executivos-da-construcao-civil-a-buscar-expatriacao-e-desenvolvimento-de-outras-competencias,37c180be1e767cd28fb53eaa27640ea85ue04rw4.html

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 26 de agosto de 2016 at 18:55

      ARDAM!!!

      4+
      • avatar
  • Alemon Fritz 26 de agosto de 2016 at 15:31

    kkk
    Operação Lava Jato e crise do mercado imobiliário motivam executivos da construção civil a buscar expatriação e desenvolvimento de outras competências

    executivos querem seguir carreira e 80% dos executivos, diretores e C-level optam por serem expatriados e buscar construtoras internacionais. Segundo a pesquisa da United HR 90% das pessoas que são expatriadas não pretendem retornar ao Brasil.
    o PIB Construção civil projetados em 2016, 2017 e 2018 são respectivamente -6,4%,-0,2% e +0,5%. (Fonte: Lafis) kkk projeções furadas..

    https://noticias.terra.com.br/dino/operacao-lava-jato-e-crise-do-mercado-imobiliario-motivam-executivos-da-construcao-civil-a-buscar-expatriacao-e-desenvolvimento-de-outras-competencias,37c180be1e767cd28fb53eaa27640ea85ue04rw4.html

    6+
    • avatar
    • avatar
  • claudio 26 de agosto de 2016 at 17:04

    50% de desconto nas cerverjas especiais no pao de acucar, cliente mais, ja refiz o estoque, kkkkkkk

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Festa_no_Ap 26 de agosto de 2016 at 18:09

    Aqui na zona leste de SP, Vila Alpina achei para venda um ap de 69 metros 3 quartos e 1 vaga por 165x o aluguel, ele está estilo anos 90, mas não caindo os pedaços, bem conservado.

    Tem uma casa de 3 quartos, suite, 2 banheiros e garagem para 2 carros por 155x o aluguel. Essa casa estava por 250x o valor do aluguel 2 anos atrás e com cara de velha, o dono mandou reformar para ver se ajudava a vender, colocou textura na parte externa inteira, trocou portas e janelas, 2 portões automáticos e reforma elétrica, até os relogios de agua e energia elétrica foram colocados para o lado externo do muro para facilitar a leitura da Sabes e Eletropaulo, e não vendeu. A parte interna ele manteve sem reforma e está com pisos e banheiros antigos.

    Ambos não estão em imobiliária, são diretos com o dono, em imobiliária não tem nada parecido em preço e estão bem mais caro os similares, é perda de tempo ir em imobiliária procurar, direto com o dono que realmente quer vender já acha coisas legais, vou aguardar com calma que a minha hora de comprar chega.

    4+
  • Festa_no_Ap 26 de agosto de 2016 at 19:32

    Zé do Brejo

    Vila Alpina é um bairro bem ruim. Pesquise caso de roubos e assaltos na região.
    Tenho parentes que moraram na região e sempre reclamavam. Vila Alpina e Vila California é fria! Lugar recheado de bocas.

    2+

    Esses 2 que eu citei são na parte boa do bairro, mesmo assim acho que precisa cair mais o preço.

    4+
  • Festa_no_Ap 26 de agosto de 2016 at 19:39

    odorico

    Tem que ver essa relação de NxAluguel, pois se o aluguel estiver super faturado você pode achar a relação boa, mas não é. Afinal, o pedido do aluguel também é pedido e não o comercializado. Vejo muitos anúncios de imóveis que o corvo coloca que é ótimo investimento que o aluguel médio na região é X. Que está alugado por Y. Tem que ver se realmente é o valor médio do aluguel, se há demanda, se para alcançar o valor X você não terá que reformar o seu imóvel, ou se o valor Y que está alugado é real, não tem ônus, etc.

    2+

    Quando eu percebo que tem corretor no anúncio saio correndo, rs. A questão da reforma tem que levar em conta também, mas é dificil no momento achar preço justo e imovel reformado ou bem conservado, por isso vou aguardar e espero cair mais esses preços. Tem muitas coisas bobas também que eu sei fazer de tanto que já mudei e imóvel de locação nem todo dono abate serviços feitos, ainda bem que o atual que eu alugo o dono é gente boa, e foi direto com ele a locação.

    5+
  • Festa_no_Ap 26 de agosto de 2016 at 20:05

    claudio

    50% de desconto nas cerverjas especiais no pao de acucar, cliente mais, ja refiz o estoque, kkkkkkk

    6+

    O site harmob é um bom lugar para achar ofertas boa em lojas online, as vezes postam também de lojas fisicas.

    3+
  • dani.santana 26 de agosto de 2016 at 21:55

    Tópico! (Se é que alguém não sabia disso….)

    47,9% é çófiti?

    “http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/08/credito-imobiliario-cai-479-no-acumulado-ate-julho-aponta-abecip.html

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Jasper 26 de agosto de 2016 at 22:26

    http://www.reclameaqui.com.br/hMzxf5buBIjIvGDJ/pdg-incorporacoes/sou-corretora-da-pdg-e-a-empresa-ja-recebeu-o-valor-de-minha-comissao-a-vista-e-tem-3-meses-que-retem-o-meu-dinheiro-indevidamente/

    Sou corretora da pdg e a empresa já recebeu o valor de minha comissão a vista e tem 3 meses que retém o meu dinheiro indevidamente
    PDG Incorporações

    Rio de Janeiro – RJ ID: 20570365 25/08/16 às 22h34
    denunciar
    Estorno do valor pago Construtoras Construtoras

    Sou corretora da PDG há 2 anos e última venda que fiz no dia 02/06 foi faturada porque meu cliente exigiu que constasse tudo na escritura inclusive o valor das comissões, então a empresa recebe e depois repassa ao corretor solicitando uma emissao de nota fiscal até o dia 10 de cada mês, como a minha venda foi feita dia 02/08 e a nota entregue no dia 10, eu deveria receber dia 25 do mesom mês, mas inventaram um problema na entrega das nota e remarcaram o pagamento para o dia 25/07, neste dia foi final de semana e disseram que pagaria dia 27, segunda feira e nesse mesmo dia nada de pagar, isso sem darem o mínimo de satisfação, problema do corretor se tem contas e dívidas para pagar, eu não aguentei o descaso da empresa e a falta de respeito tremenda com o profissional de vendas, sai da empresa mas aguardando pela terceira vez à data para pagamento dia 25/08, e hj no final do dia para a minha surpresa também não pagaram, liguei para o superintendente regional Hebert Braz e o mesmo que mês passado se propôs a resolver a minha situação me disse que a construtora está pagando os seus fornecedores e não tem dinheiro para pagar os corretores que trabalham de segunda a segunda sem uma ajuda de custo e sem no mínimo receber pelos seus serviços prestados!!!! Disse que iria procurar os meus direitos e o Sr. Hebert disse para que eu fique a vontade, sendo o que eu preciso mesmo pra ontem é do meu dinheiro que se apropriaram indevidamente para pagar minhas dívidas, já que há 3 meses aguardando o valor de R$ 8.535,20, devido a demora para pagar não são mais contas e sim dívidas!!!

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Festa_no_Ap 26 de agosto de 2016 at 22:26

    Zé do Brejo

    http://www.folhavp.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3024:policia-estoura-desmanche-na-vila-alpina&catid=45:casos-de-policia&Itemid=124
    http://www.folhavp.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3060:estudante-da-vila-california-e-morto-em-perseguicao-policial&catid=45:casos-de-policia&Itemid=124
    http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/08/conta-de-agua-levou-policia-achar-armas-usadas-em-ataque-protege.html

    Bom, se ainda assim quiser morar nessa boca, BOA SORTE!

    0

    Eu já moro, a pergunta se estou vendendo ou comprando, nenhum dos 2, moro de aluguel mas pretendo comprar quem sabe um dia em preço justo. Sobre os links que passou, já dei a minha opinião antes, mas obrigado pelo alerta.

    4+
    • wing 27 de agosto de 2016 at 15:36

      Acho q vale a pena comparar preco por m2 .a relação aluguel 150x como o pessoal fala ta meio difícil usar pq os preços dos aluguéis estão bolhudo tb

      4+
  • Carlos 27 de agosto de 2016 at 08:04

    Mais esta agora, o SECORVI quer imitar as medidas dos prefeitos “socialistas” gringos.
    Affordable housing meus ovos, caboclo quer trabalhar de chapeiro no McDonald’s e morar no Central Park, vai dar m.. como sempre dão as medidas socialistas.

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2016/08/1807590-sindicato-do-setor-imobiliario-quer-estimular-aluguel-para-baixa-renda.shtml

    8+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 27 de agosto de 2016 at 08:07

      Alias, já está dando m.. quem é louco de construir e depois ter que vender ou alugar pelo preço que a perfeitura mandar? Vai virar outra cidade em ruínas como Detroit se esta besteira continuar.

      http://www.nytimes.com/2014/02/08/opinion/new-yorks-affordable-housing-shortage.html?_r=0

      7+
      • Alemon Fritz 27 de agosto de 2016 at 11:26

        em niterói indo pelo mesmo “caminho”
        em niterói um candidato ainda propõe a criação de habitações populares, usando terrenos e imóveis públicos e privados hoje abandonados ou subutilizados.
        outro mapear os imóveis vazios e a partir de uma determinada metragem, dar uma taxação maior, através do IPTU progressivo, para desestimular o uso especulativo de áreas que podem abrigar habitação popular —
        outro estimular construções unifamiliares no centro…
        outro e pretendemos revitalizar por meio da criação de moradias populares e prédios comerciais

        http://oglobo.globo.com/rio/bairros/candidatos-divergem-sobre-projetos-para-centro-de-niteroi-20002284#ixzz4IXhWyNF8
        © 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

        6+
        • avatar
  • Cesar_DF 27 de agosto de 2016 at 09:30

    Em 2 anos de recessão os brasileiros
    48% passaram a usar mais transporte público
    14% tiraram da escola particular e colocaram na pública
    34% deixaram de ter plano de saúde
    17% se mudaram para reduzir o custo da habitação
    21% venderam bens para pagar dívidas

    https://blogpontodeonibus.wordpress.com/2016/08/26/crise-economica-tem-levado-mais-brasileiros-a-usar-o-transporte-publico-diz-cni/
    http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/cni_estatistica_2/2016/08/25/231/RetratosDaSociedadeBrasileira_34_Dois_anos_de_crise_economica_v2.pdf

    6+
    • avatar
  • Cesar_DF 27 de agosto de 2016 at 10:01

    Até o Mercado Livre começou a vender imóveis
    3.689 Mercado Livre
    17.785 ZAP http://www.zapimoveis.com.br/venda/imoveis/df/
    18.919 OLX residências http://df.olx.com.br/imoveis/venda
    5.714 OLX terrenos http://df.olx.com.br/imoveis/terrenos/compra
    1.949 OLX comercial http://df.olx.com.br/imoveis/lojas-salas-e-outros/compra
    74.700 Trovit http://imoveis.trovit.com.br/index.php/cod.search_homes/type_results.list/type.1/region.distrito%20federal/
    6.175 Wimoveis, somente RA1 – plano piloto (são 32 regiões administrativas no DF)
    http://www.wimoveis.com.br/busca_avancada?uf=DF&n=V&c=1&bs=0&t=6&planta=1&pronto=1

    5+
    • avatar
  • Sardinha 27 de agosto de 2016 at 10:27

    Às moscas
    O Financista 26.08.16 20:57

    Entre janeiro e julho, o total de financiamentos imobiliários foi de R$ 26,4 bilhões. A cifra representa um tombo de 48% sobre o mesmo período do ano passado, segundo a Abecip.

    http://www.oantagonista.com/posts/as-moscas

    9+
    • avatar
  • Leandro sp 27 de agosto de 2016 at 10:28

    Cesar_DF,
    Só pra enriquecer esses dados que você passou sobre o empobrecimento e população, esse meu exemplo não é bem empobrecimento mas um gasto mais racional. Quando oferecido seguro auto para clientes personalite vários estão sem carro e dizem que botando na Ponta do lapis não vale a pena ter carro. Com uber vai pra onde quer com 15 reais, não paga estacionamento, pode voltar bêbado, não paga seguro, ipva, seu dinheiro fica aplicado rendendo ao invés de depreciar o que acontece com o carro..

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 27 de agosto de 2016 at 14:50

      Leandro_sp
      Pago 0,28% para alugar meu apartamento.
      Se fosse possível alugar por R$ 280 um carro de 100K, com certeza eu não seria mais proprietário de automóvel.

      9+
      • avatar
      • avatar
  • Oliveira 27 de agosto de 2016 at 11:58

    Ultima vez que verifiquei o CDI pago pelo BB na LCA deu 78%. Ferrou!!!

    5+
    • avatar
    • Labar 27 de agosto de 2016 at 14:12

      Desbancariza isso logo, rapaz. Tá perdendo dinheiro. A Easy tava com taxas de 86 a 96 essa semana. Comprei a 88 pra 6 meses

      3+
  • Alemon Fritz 27 de agosto de 2016 at 12:49

    Funcionários do mês:
    Jovem cai no golpe de falsa corretora e perde R$ 19 mil que deu de entrada em uma casa
    -Falso corretor de imóveis é preso por fraude superior a R$ 150 mil em Santa Rita

    http://extra.globo.com/casos-de-policia/jovem-cai-no-golpe-de-falsa-corretora-perde-19-mil-que-deu-de-entrada-em-uma-casa-19937236.html#ixzz4IY2mhH7u

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 27 de agosto de 2016 at 14:00

    http://m.folha.uol.com.br/cotidiano/2016/08/1807590-sindicato-do-setor-imobiliario-quer-estimular-aluguel-para-baixa-renda.shtml

    O Secovi, maior sindicato do setor imobiliário, vai propor estímulos à produção de moradia de aluguel para a baixa renda no Brasil, em tempos de paralisação da construção e poucos lançamentos exclusivos à alta renda.

    Uma proposta que será levada ao poder público copia um modelo do governo americano para distribuir vouchers (vales) aos locatários de baixa renda, como complemento do valor do aluguel, além do uso do financiamento do FGTS para a construção desses imóveis, como no Minha Casa, Minha Vida.”

    7+
    • avatar
  • Leonardo M. 27 de agosto de 2016 at 15:52

    CVR

    Colega de serviço queria financiar uma moto bolhudinha de alta cilindrada.
    Mostrei no papel que ele iria pagar o dobro só com juros. Recomendei ele a pegar empréstimo com parentes e pagar juros atrelado a poupança.

    Nao é que me ouviu?
    Pegou com a mãe e vai pagar rendimentos de poupança.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 27 de agosto de 2016 at 18:59

      isso eh o famoso negocio de mae pra filho

      7+
  • Cajuzinha 27 de agosto de 2016 at 18:27

    “O panorama ainda discreto de recuperação econômica do País não chegou às ruas e avenidas dos bairros de Campo Grande. A avaliação de analistas do setor imobiliário aponta que, em comparação com o mesmo período do ano passado, o preço médio dos imóveis na Capital permanece estagnado, sem qualquer majoração. Em previsões mais pessimistas, há quem aposte na desvalorização das propriedades em até 10% do valor .

    Segundo o diretor financeiro da Câmara de Valores Imobiliários do Estado de Mato Grosso do Sul (CVI/MS), Ronaldo Ghedine Ribeiro, o cenário do segmento em Campo Grande demonstra inércia. “Revisando os dados dos últimos 12 meses dos bairros da Capital não encontramos nenhum no qual tenha ocorrido majoração. Os valores continuam os mesmos”, aponta.”

    http://m.correiodoestado.com.br/cidades/campo-grande/valorizacao-de-imoveis-trava-na-capital-e-precos-caem-ate-10/285406

    5+
    • avatar
  • Cajuzinha 27 de agosto de 2016 at 18:34
    • Cajuzinha 27 de agosto de 2016 at 18:37


      Foi o que restou aos recém-casados Fernando e Victoria Comar. Eles abriram mão do apartamento alugado de 35 metros quadrados no Cambuci, centro de São Paulo, e foram morar com a mãe de Victoria, no Ipiranga, zona sul da cidade. “Casamos em fevereiro de 2015 e ficamos pouco mais de um ano morando de aluguel. Mas, com o passar do tempo, a gente viu que todo o dinheiro que entrava logo ia embora”, diz o auxiliar jurídico Fernando Comar, de 23 anos. Ele e Victoria, auxiliar de classe, pagavam R$ 850 de aluguel e R$ 250 de condomínio.”

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Cajuzinha 27 de agosto de 2016 at 18:43

        “biliário. Especialistas do setor relacionam a queda no preço dos aluguéis de imóveis a uma série de fatores e, entre eles, está esse movimento de jovens que optam por continuar morando com a família. Em julho, na cidade de São Paulo, o preço médio de locação dos últimos 12 meses recuou 2,2%, segundo o Secovi-SP. “Os preços estão em queda porque as pessoas que não estão conseguindo vender o imóvel acabam colocando para alugar”, diz Eduardo Zylberstajn, “

        7+
        • avatar
      • alemonbnu 27 de agosto de 2016 at 20:33

        Minha opiniao: so voltaram pq n conseguiram financiamento. Se conseguissem uma prestacaozinho de mil reais por oitenta anos, com certeza entrariam no financiamento.

        9+
        • avatar