Salvador tem quase 39 mil imóveis à venda e incorporadoras reduzem preços dos apartamentos – Correio 24 horas

Você pode gostar...

Comments
  • JJJ_brasilia 7 de agosto de 2016 at 21:39

    Boss,

    Poderia colocar como link o endereço da matéria em discussão no tópico, facilitaria para que lê no celular.

    O blog é ótimo, está é uma pequena sugestão para que melhorar ainda mais.

    Obrigado Boss.

    13+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 7 de agosto de 2016 at 21:53

    Brazuela, só pra estimar

    Total de MUNICÍPIOS acima de 90.000 Habitantes: 308 municípios (2010!!)
    se cada um tiver apenas 1.000 imóveis em estoque já seriam 308.000 imóveis
    se cada um tiver 3.000 = 924.000 imóveis … quase um milhão!!!

    Itajaí com 70k habitantes está com + 3.500 imóveis ‘a venda…

    nem estou contando cidades médias e pequenas..

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • mestre dos magos 8 de agosto de 2016 at 12:38

      3.500 imóveis são os que estão nas mãos das construtoras. Se pegar o dos investiotários, esse número é bem maior.

      7+
      • avatar
      • avatar
  • gmlinux 7 de agosto de 2016 at 22:30

    Parei na parte de que imóveis já estão no valor de mercado…
    Frase de efeito e sem sentido, uma coisa é dizer que um imóvel esteja na média do valor do mercado, seja o anunciado ou de venda, mas a frase indica que os imóveis do mercado estão com valor de mercado…
    Hora, se eu tivesse, hipoteticamente, 10 imóveis no mercado, falar que os 10 estão com valor de mercado faz sentido?

    13+
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 7 de agosto de 2016 at 22:36

      estranho mesmo, mas provavelmente o corvo quer sugerir que os preços não vão cair muito mais… kkk. só pela vontade dele. 39k imóveis no estoque e ele diz que já está quase acabando.. kuakuakua

      14+
      • avatar
      • gmlinux 8 de agosto de 2016 at 06:22

        Também acredito que possa ser isto, mas então ele se contradiz pois quando o valor de um título é marcado a mercado significa que a força compradora e a força vendedora os estejam definindo, ou seja, a qualquer momento os imóveis estão a preço de mercado, mas a questão é que para fechar o negócio deve-se fechar o gap entre a oferta de venda e a de compra… se não estão fechando negócios, indica apenas que o gap não esta fechando.
        O comportamento é o mesmo de papéis com pouca liquidez na bolsa…

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • alemonbnu 8 de agosto de 2016 at 06:38

          Cara, na minha opiniao vc está certíssimo porém na cabeça dos corvos nao existe isso de gap, força vendedora, compradora, nada disso. O que existe é que “compre agora porque os preços irão subir”.
          Devem ter uns 10 corvos em toda a banânia que entendem o que vc está falando.

          30+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • JJJ_brasilia 7 de agosto de 2016 at 22:42

    Jornalista sem criatividade, matéria mais do mesmo:

    Compre, compre, compre….

    Sonho da casa própria, para quem quer sair do aluguel….

    Novo pleno diretor…..

    39 mil imóveis e está acabando, corra e compre.

    Desconto mequetrefe imóvel de 295k por 270k e dão mais algum descontinho, KKKKK estes valores são troco de pinga para o bananense médio, kkkk.

    Quanto termos uma matéria que deixe de falar do sonho da casa própria e fale do sonho este sim um sonho, da INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA!!!

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Krusty 7 de agosto de 2016 at 22:44

    CVR

    Governo de Roraima não pagou os servidores, nem mesmo PM e Bombeiros.
    Cidade de Boa Vista inteira parada, restaurantes, shoppings, lojas, setores altamente dependentes da massa salarial dos FP.

    Previsão de pagar só dia 10 (atrasado desde o dia 1), e mês que vem talvez parcelar.
    FPs desesperados com contas atrasando, e setor de serviços junto.

    34+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • JJJ_brasilia 7 de agosto de 2016 at 22:53

      Krusty,

      não conheço Boa Vista, o correto seria pagar todo os servidores, mas o governador é justo ao não pagar ninguém antes, pois é muito confortável pagar policiais, leões de chácara, para defender o governador e depois pagar os outros, se não tem dinheiro, não tem dinheiro para ninguém.

      Crise é crise, sem verba sem salário, quem tá tem reserva passa tranquilo a crise, agora quem não tem, venda os seus bolhudos a qualquer preço, é a lei da sobrevivência.

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Andradez 8 de agosto de 2016 at 09:59

        Colega, infelizmente não é bem assim. A polícia é a instituição que, mesmo aos trancos e barrancos, promove o equilíbrio entre o caos e a ordem. Se a polícia, principalmente a PM cruzar os braços, já é meio caminho andado para começar a quebradeira, saques, etc. Daqui a pouco vai faltar efetivo do EB pra socorrer estado com problemas de segurança (vide RN/RJ).

        20+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Labar 7 de agosto de 2016 at 23:04

    Matéria mequetrefe. Se tá no preço de mercado, por que dar desconto? Preço de mercado é preço de venda.

    Quer chamar o preço de pedida bolhudo de preço de mercado? Então espera vender pelo que pedem (daqui há 5 anos) e chamem ele de preço de mercado.

    Esses corvos são especialistas em eufemismos

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • gmlinux 8 de agosto de 2016 at 06:32

      Na minha opinião, preço de mercado pode ser o anunciado, o problema é que diferente do book de uma ação, só vemos as ofertas de venda, não vemos as ofertas de compra.
      Se fizermos um paralelo entre imóveis e ações de baixa liquidez, é só observar o comportamento de um book de uma na bolsa…

      13+
      • avatar
      • avatar
      • gmlinux 8 de agosto de 2016 at 06:37

        Só completando o que quero dizer sobre ser o anunciado.
        O anúncio (preço de oferta) de venda e de compra, quando coincidem (fecham o gap), estabelecem o fechamento do negócio.
        Assim, os preços dos dois anúncios (compra e venda) são os preços de mercado.

        7+
        • avatar
        • avatar
        • John Horse 8 de agosto de 2016 at 12:07

          Seu parâmetro é somente a negociação executada. O mercado imbecil-imobiliário está chamando de preço de mercado o equivalente a todas as ofertas não executadas. Mas a comparação é infeliz. Um mercado é controlado, com liquidez e controle centralizado, “commoditizado”. No de imóveis…

          5+
          • avatar
          • avatar
          • Labar 8 de agosto de 2016 at 12:20

            Exato! Preço de pedida é diferente de preço de mercado. Acontece que as imobiliárias querem passar essa falsa ideia de que o preço pedido já é o preço de mercado e, como eles são bonzinhos, tem um pequeno descontinho… coisa passageira, do tipo compre senão o desconto passa…

            6+
            • avatar
            • avatar
  • Unreal_Estate 7 de agosto de 2016 at 23:11

    Essa estratégia das construtoras de lançar empreendimentos no meio da crise, além de tentar mascarar a situação, serve para levantar algum $$ também, uma vez que estão com o caixa pressionado.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • mestre dos magos 8 de agosto de 2016 at 12:51

      Eu quero que não parem de construir, que espalhem prédios para tudo que é lado. No despair quanto maior a oferta, maior o tombo…..

      7+
      • avatar
      • avatar
  • wing 8 de agosto de 2016 at 00:32

    Pra aqueles que moram em São Paulo, reparem que houve um pequeno boom de lançamentos nesse ultimo mês.

    9+
    • avatar
  • Cajuzinha 8 de agosto de 2016 at 06:22

    Como sempre o CA falou primeiro:

    ” .

    Crise
    Na Avenida Igualdade, o aluguel de uma sala comercial chega a custar até R$ 12 mil, de acordo com a quantidade de metros quadrados. Delma Corrêia trabalha há seis anos como gerente em um estúdio fotográfico localizado na via. Ela afirma que os clientes sempre dizem que o preço praticado pelo estabelecimento é melhor que o encontrado em outras lojas. “É isso que tem mantido o consumidor fiel, pois a crise chegou aqui. O movimento caiu cerca de 40%”, diz Delma.
    Santos explica que é natural o aluguel na Igualdade ser mais caro que em outros centros de compras da Região Metropolitana de Goiânia. “Quando a Bernardo Sayão tinha mais demanda, era o local com preço maior. Na Capital, este posto foi ocupado pela Rua 44”, explica o presidente da Fecomércio. Santos afirma ainda que o aluguel incomoda e é um dos principais fatores para a fuga de comerciantes para as vias laterais. “Isso faz com que os lojistas busquem salas com preços mais baratos nas ruas adjacentes. Com isso, grandes salas ficam vazias nas avenidas e as laterais intensificam o comércio”, explica.

    Ciclo
    O presidente explica que a mudança aconteceu com a Avenida Anhanguera, onde muitas lojas fecharam por causa do aluguel caro e reabriram em salas menores nas ruas próximas. ”

    http://www.ohoje.com.br/noticia/economia/n/121960/t/comerciantes-reclamam-dos-alugueis-caros

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 8 de agosto de 2016 at 07:07

    Sobre o tópico e o seguinte trecho:

    “O número de imóveis disponíveis em Salvador é fruto do atual momento econômico”

    Vejam o artigo abaixo de Setembro de 2013:

    http://www.bahiatodahora.com.br/destaquesesquerda/noticia_destaque2/queda-nas-vendas-leva-construtoras-a-reduzir-o-ritmo-em-salvador-situacao-e-preocupante

    Trechos do link acima de 2013:

    “A situação é mais preocupante em Salvador onde existem 6.295 e Curitiba com 7.985 novos apartamentos em oferta. Na capital baiana, se a indústria da construção civil parasse de construir hoje, seriam necessários dois anos para vender o estoque. O cenário é idêntico em Curitiba.”

    “As unidades que não foram vendidas no prazo esperado pela construtora acabaram repassadas a uma imobiliária, que agora oferece os apartamentos com uma baixa no preço. O desconto pode chegar em alguns casos, em apartamento de alto padrão até 40%.”

    “A retração da atividade é apontada como a principal responsável para o aumento do desemprego em Salvador e região metropolitana. A taxa atingiu, em agosto passado, 9,4% da população economicamente ativa. No mesmo mês de 2012, o índice foi de 6,4%. Esta alta é considerada significativa pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), autor da pesquisa.”

    Resumindo: continuam mentindo descaradamente e colocando a culpa na crise que se iniciou em 2015, apesar de já temos evidências de super-estoques levando a queda de preços pelo menos desde 2013…

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 8 de agosto de 2016 at 07:11

      Complemento:

      Observem pelo último trecho da reportagem que destaquei acima, que foi a paralisia da construção Civil que levou a um aumento relevante e anormal no desemprego em Salvador em 2013, ou seja, foi a bolha imobiliária que INFLOU a crise na economia local, exatamente o contrário do que eles dizem no artigo do tópico de hoje.

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 8 de agosto de 2016 at 07:13

      Para quem quiser ver os efeitos da explosão da bolha imobiliária nas cidades, que já eram visíveis desde 2013, sugiro a leitura do texto abaixo:

      http://defendaseudinheiro.com.br/as-evidencias-da-bolha-imobiliaria-nas-cidades

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • fanfarraum 8 de agosto de 2016 at 09:35

    “Tem muito imóvel. Logo, tá quase acabando o estoque.” (CORVO)

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • edson 8 de agosto de 2016 at 09:41

    Gozado , quando se ia comprar um imóvel e era 100k de entrada era dinheiro de pinga , agora desconto de 20k é descontão.

    33+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 8 de agosto de 2016 at 18:24

      As pessoas estão se dando conta que para ganhar 100k precisam cagar sangue.
      Mas quando entregaram os 100k para o corvo bastou ouvir uma mentira bonitinha.
      Foram enganadas e claro que a culpa não é delas, usam do coitadismo para se passarem de vitímas.
      Quando ostentavam e queriam pagar de boazudas achavam que você que não comprava nada era o otário.
      AGORA RECEBAM!!!

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Krusty 8 de agosto de 2016 at 09:44

    Brick lover é Brick Lover… não adianta… Camarada meu discutindo comigo aqui, . Tem quase 50K na poupança, é muquirana, mas ta aqui falando que aluguel é dinheiro jogado fora.

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 8 de agosto de 2016 at 10:28

      deixa ele falar 🙂 nao tente convence-lo do contrario

      9+
      • avatar
      • avatar
    • Boruto 9 de agosto de 2016 at 08:39

      Só por ele deixar esse dineiro na poupança se vê que ele não é muito inteligente.

      0
  • LZ 8 de agosto de 2016 at 09:57

    39K de estoque e o preço é justo.
    Amigo se o preço estivesse justo não teria estoque 🙂

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • gabi 8 de agosto de 2016 at 10:32

    “Guru do mercado diz que motivos pelos quais pessoas compram imóveis não fazem sentido algum”
    Para Ramit Sethi, as pessoas podem investir muito melhor seu dinheiro do que em imóveis
    http://www.infomoney.com.br/onde-investir/renda-fixa/noticia/5411963/guru-mercado-diz-que-motivos-pelos-quais-pessoas-compram-imoveis

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • fanfarraum 8 de agosto de 2016 at 10:39

      Comentários:

      “Este Guru do mercado esqueceu de considerar algo básico em sua equação milagrosa:
      Que a maioria das pessoas que compram imovéis para morar, quando vão comprar um imovel de R$ 400mil não investem de uma vez essa quantia.
      Geralmente dá-se uma entrada, R$ 60mil por exemplo e o restante é financiado.
      Assim, a pessoa para de ter gastos mensais do aluguel (dinheiro que nunca volta), e passa a ter aumento de patrimonio mensal.

      Pela lógica do Guru, seria melhor investir os R$ 60mil, e gastar R$ 2mil por mês de aluguel. Não precisa ser um gênio pra perceber que o retorno do investimento de 60mil é muito menor que o gasto mensal com aluguel, a menos que consiga aplicações que rendam mais de 30% por ano.

      A grande questão que ele disse é, um grande SE você puder investir bem. Posso estar errado, mas nos meus cálculos do contexto acima, seria necessário investimentos em torno de 30% ao ano para empatar com investimento do aluguel.”

      O que tem de pessoas que eu tento explicar:
      Eu: Pensa bem. Se você tivesse 500k. Você investe e consegue retorno de 3k (0,6% apenas! tem que falar em termos de poupança pra começar a conversa). 3k paga um bom aluguel certo?
      Pessoa: Certo.
      Eu: E tu conseguiria comprar um ap desse nível por 500k?
      Pessoa: Não.
      Pessoa: Mas eu não tenho 500k, então é melhor financiar do que alugar porque a parcela (bla bla bla bla).

      Fim de conversa.

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • gabi 8 de agosto de 2016 at 11:07

        Não é uma equação mágica, é bem simples. Mas o que acontece é que muitos não tem planejamento nem educação financeira para esperar um pouco mais e não financiar ou parcelar, apesar de ganharem inclusive e poderem acumular um valor razoável a médio prazo.
        Como ele disse por status social as pessoas não querem esperar e acumular.
        Acredito que pessoas de todos os níveis tem como fazer isso. Só que cada um à sua proporção.
        Se o cara mal ingressa no mercado de trabalho e já quer fazer um festão, ter casa, carro e filho , ele faz parte de um grande sistema do hoje e agora e mais mil anos de dívidas e dores de cabeça pra frente, mas às vistas dos outros ele é bem sucedido e é isso que importa.

        18+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • gabi 8 de agosto de 2016 at 11:08

          * ganharem bem inclusive

          4+
      • EngenheiroSP 8 de agosto de 2016 at 14:38

        A questão na verdade é simples: 666 acha que deixa de pagar 2k de aluguel e passando a pagar 3k numa prestação, esses 3k são do valor da casa. Mal sabe ele que desses 3k, 300 reais é o que de fato ele está “aumentando de patrimônio” e 2k7 são bolsa-bolhista.

        Que continue assim, próxima viagem quero ir de juros

        25+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 8 de agosto de 2016 at 10:59

    Caixa reforça ações para tentar conter a inadimplência
    Desde o ano passado, a Caixa apertou a cobrança das prestações que estão atrasadas

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/08/08/internas_economia,791961/caixa-reforca-acoes-para-tentar-conter-a-inadimplencia.shtml

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • FabianoSJC 8 de agosto de 2016 at 11:57

      A verdade é que a caixa “nós contribuintes” vamos ter que arcar com esses créditos podres ou alguém acha que a caixa vai tomar esses aptos tipo Cohab muitos deles com traficantes ou milicianos dominando o local rs.

      9+
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 8 de agosto de 2016 at 12:17
      • Cesar_DF 8 de agosto de 2016 at 12:18

        Entre 2014 e o primeiro trimestre deste ano, a Caixa vendeu um volume recorde de créditos considerados de baixa qualidade, que somam R$ 24 bilhões. Por essas transações, recebeu R$ 2,1 bilhões – desconto de 91%.

        7+
        • avatar
        • avatar
  • Zek Ariok 8 de agosto de 2016 at 11:09

    666 é mesmo um número cabalístico!
    http://www.businessinsider.com/barclays-research-on-the-shrinking-effectiveness-of-monetary-and-fiscal-policy-2016-8

    “(…) central banks have now cut interest rates 666 times since the collapse of Lehman Brothers in 2008.”

    9+
    • avatar
  • Cajuzinha 8 de agosto de 2016 at 11:43

    kkkkkkkkkkkkkkk

    Que tal?

    “Preço: R$1.500.000

    Locação valor R$-3.500,00”

    http://se.olx.com.br/sergipe/imoveis/la-reference-maravilhoso-apto-no-garcia-229656161

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • fanfarraum 8 de agosto de 2016 at 13:35

      Aqui em Porto Alegre tem um a venda por 1,5 milhão e pra aluguel por 2,5 mil.
      Tá desocupado desde março, pelo menos. Provavelmente antes, porque março já estava uma faixa gigantesca no Google Imagens pra venda/aluguel.
      Condominio é mais de 1,5k.

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Moreira 8 de agosto de 2016 at 12:12

    Cesar,

    para fins de aluguel, qual é um valor justo por metro quadrado. Considere a região de águas claras – DF. Pergunto porque não achei as postagens que abordavam esse tema/dúvida. Caso possa informar, agradeço.

    4+
    • Cesar_DF 8 de agosto de 2016 at 12:21

      Moreira, não existe “VALOR JUSTO” PARA ALUGUEL, ele segue as leis de mercado de OFERTA x PROCURA.
      Hoje em Águas Claras o aluguel dos apartamentos está entre R$15 a R$25/m2, dependendo do tipo, tamanho e localização.

      7+
      • avatar
    • Labar 8 de agosto de 2016 at 12:30

      Pra um 2 qts, entre 15 e 17, a depender da sua necessidade. Por mais que isso eu prefiro alugar no plano, a diferença vai na gasolina e no stress do transito

      6+
      • avatar
    • RC 8 de agosto de 2016 at 13:54

      Moreira, desculpe perguntar mas por que Águas Claras?

      Sobre o valor do aluguel, vou contar um pouco da minha experiência. Cheguei em 2013 a Brasília, depois de rachar um hotel com um amigo por uns 3 meses, decidi alugar um imóvel (minha esposa estava vindo para cá). Não tinha carro, conhecia muito pouco Brasília, mas tinha (e tenho) ojeriza a trânsito e Águas Claras nunca seria uma opção (trabalho na esplanada).

      Conheci o http://www.wimoveis.com.br/ que acho muito bom, pois tem diversos tipos de filtro aplicáveis a busca (apesar de não ter alguns que entendo serem estratégicos para quem procura como custo/m² e ter ou não elevadores, já mandei um correio eletrônico mas nunca obtive resposta), mas este sítio segue a lógica de preços anunciados (como ocorre com o FingeZap) e basicamente só tem anúncio de corvetoras (que em Brasília trabalham no horário que querem, exigem as garantias mais absurdas possíveis e ainda te fazem de trouxa para ficar buscando e devolvendo chave com eles). Usei esse sítio apenas para ver o estado dos imóveis (tem bastante imóveis e fotos) e ter noção do valor de preços anunciados.

      Aluguei o que estou residindo atualmente através da “viação canela”. É isso aí, eu não tinha fiador e nem ia ficar pagando horrores de título e seguro. Fui andando pelas quadras (e fui em poucas), ia nas portarias e descobria se tinha imóvel para alugar, conversei com alguns proprietários e fechei com um que me permitiu pagar caução.

      Tenho alguns colegas que inicialmente foram para Águas Claras com a promessa de imóveis novos e mais baratos, quase todos já estão tentando vir para as asas. Se for questão de valor, aconselho dar uma olhada nos imóveis das quadras 400.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • MINEIRO SPY 8 de agosto de 2016 at 14:08

        RC relatou perfeitamente a situação.
        Minha experiência foi a mesma que a dele. Entre pagar 1300 em Águas Claras e 2300 no Plano, fique com o Plano. Ganha-se no mínimo 1h com trânsito, 300 com gasolina, além de reduzir desgaste do carro.

        4+
        • Andradez 8 de agosto de 2016 at 14:22

          Mineiro, foi-se o tempo que se conseguia achar imóvel bom no plano por 2k. Hoje você acha apto em quadra longe por 3k sem vaga ou aquelas vagas abertas…

          4+
          • MINEIRO SPY 8 de agosto de 2016 at 14:27

            Em setembro/2015, quadra 16 norte, 3 quartos, vaga, aluguel 2900.
            Em março/2016, quadra 9 norte, 2 quartos, aluguel 2200.
            Em julho/2015, quadra 15 norte, aluguel 2200, em frente ao parque.
            Eu saí de uma kit ano passado na 14 norte..1400 reais, mobiliado, com iptu, gas, condo, vaga.
            Fiz a mesma coisa do relatado…saí batendo de bloco em bloco perguntando se havia ap para alugar…consegui.

            4+
            • avatar
    • Andradez 8 de agosto de 2016 at 14:21

      Essa questão de águas claras está longe de ser consenso. Tenho colegas que moram lá e não trocam A.C pelo plano nem se achassem aluguel mais barato. Acho que se você tem horário flexível e pode fugir do trânsito do horário de pico, fatalmente vai achar bem mais opções por lá do que no plano, principalmente se procura por aptos mais novos com 2 ou mais vagas de garagem por exemplo.
      Outra alternativa seria Sudoeste, que garimpando bem, consegue achar aptos em bom estado por preços razoáveis.

      5+
      • Cesar_DF 8 de agosto de 2016 at 15:36

        Dá para andar perfeitamente de noite, com segurança, nas ruas de Águas Claras ou do Sudoeste, nos outros lugares não, e nas asas só tem movimento de noite nos CLS CLN (comercial local sul e norte), dentro das quadras não tem viva alma.
        Ahhh, detesto trânsito, por isso vou todo dia de moto para o trabalho, 20 minutos até o Setor de Autarquias Sul, independente do trânsito

        4+
        • MINEIRO SPY 8 de agosto de 2016 at 15:46

          Relativo. Únicas saidinhas de banco que já vi no plano foram no Sudoeste. Assalto nas quadras está para todo lado. Na média, aps em bsb são verdadeiros lixos.

          5+
  • Moreira 8 de agosto de 2016 at 13:40

    Legal, a intenção é um 98m, 4 quartos!

    4+
  • Margarida 8 de agosto de 2016 at 14:40

    O gênio afirma que é muito mais vantajoso financiar o investimento pagando juros altos pra garantir um “patrimônio mensal”. Ri muito!

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 8 de agosto de 2016 at 14:45

    08/08/2016 13h24 – Atualizado em 08/08/2016 13h34
    Pedidos de recuperações judiciais têm recorde para mês de julho
    Alta foi de 29,6% em relação a mesmo mês de 2015.
    No acumulado do ano, já são mais de mil pedidos de recuperação judicial.

    6+
    • avatar
  • From_The_Tower 8 de agosto de 2016 at 14:58

    Eu tô avisando…… tô avisando:

    “http://www.reclameaqui.com.br/EQmBvTVIjnABU0yZ/caixa-economica-federal/parcelas/

    Venho aqui registrar minha indignação contra a caixa econômica federal. Possuo um financiamento de um imóvel juntamente com a caixa, na assinatura do contrato foi acordado que as parcelas seriam decrescente,no primeiro ano tudo ocorreu como no contrato, mas desde o ano passado não vem acontecendo, as parcelas ao invés de diminuir estão aumentando, quando ligo na agência o gerente me informa que é referente a taxa da TR taxa de reajuste, sendo que meu contrato não fala deste aumento. Sendo que assim minha parcela nunca vai cair, quando penso que vai diminuir ela aumenta novamente. Não aguento mais essa falta de cumprimento de contrato da agência. Pois o próximo passo agora será entrar com uma ação contra o banco.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • MINEIRO SPY 8 de agosto de 2016 at 15:26

      Depois que a pessoa entrou na justiça contra a CEF pedindo que a parcela se adequasse a 30% de sua nova renda, acredito em tudo.
      Será muito tempo de parcelinha subindo

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Money_Addicted 8 de agosto de 2016 at 16:27

      avoa TR – da uma turbinadinha no meu fgts kkk

      9+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 8 de agosto de 2016 at 15:44

    O Financista 08.08.16 15:18
    A proporção de famílias paulistanas endividadas recuou de 53,3%, em julho de 2015, para 49,2% no mês passado. Seria uma boa notícia, se a queda não fosse pelos motivos errados.

    Primeiro: com medo de mais calotes, o mercado apertou o crédito o quanto pode. Ou seja: melhor não vender nada, a vender para alguém que não pagará nada. Segundo: as próprias famílias evitam novas dívidas. A ordem é quitar o que já devem e colocar um escorpião no bolso. As informações são da FecomercioSP.

    11+
    • avatar
    • avatar
    • fanfarraum 8 de agosto de 2016 at 16:00

      Aposto que o resto das familias:
      – não possuem apartamento ainda;
      – querem comprar apartamento;
      – possuem renda compatível com os imóveis que estão a venda;
      – possuem a entrada necessária para esses imóveis;
      – não entenderam que tá melhor alugar do que comprar;

      E ai a única coisa que tá faltando e o humor do Brazileiro melhor um poquinho mais.
      É so o Neymar fazer um gol que tudo vai melhorar.

      11+
      • avatar
  • Everybody hates bolha 8 de agosto de 2016 at 16:39

    Quem vai querer? rsrs

    http://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2016/08/08/caixa-linha-de-r-7-bilhoes-para-compra-de-material-de-construcao.htm

    SÃO PAULO, 8 Ago (Reuters) – A Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira (8) que disponibilizou R$ 7 bilhões para financiar a compra de material de construção.

    Segundo o vice-presidente de Negócios Emergentes da Caixa, Fabio Lenza, o montante vale até o fim de 2017, mas a linha pode ser aumentada, caso haja maior demanda, disse em comunicado.

    Até sexta-feira, o banco oferece taxa de juros promocional de 1,95% ao mês nesta linha, válida para clientes com mais de 6 meses de relacionamento com a Caixa.

    A Reuters antecipou no mês passado que o banco federal planejava uma série de medidas para ampliar a concessão de crédito para a área habitacional, num esforço para acelerar a atividade do setor, um dos mais atingidos pela recessão no país.

    As vendas de materiais de construção acumularam queda de cerca de 14% no primeiro semestre sobre o mesmo período do ano passado, de acordo com dados da associação que representa os fabricantes do setor, Abramat.

    6+
    • avatar
  • joselito 8 de agosto de 2016 at 17:04

    http://www.conjur.com.br/2016-ago-08/caixa-assume-condominio-apartamento-retomado-inadimplencia

    Poisé. Será que opoder decisório vai continuar “represando” os leilões para manter a bolha, sob o custo de quebrar a caixa?

    Minha opinião:
    – Sim, vai. Daí, um pouco depois, fatia a CEF entre os créditos podres e os créditos limpos e cheirosos, privatizando estes e socializando aqueles.

    Fórmula bananense mágica não perdoa, ela é aplicada anos apos anos!!! Privatizar lucro, socializar prejú!

    6+
    • avatar
    • Dazelite 8 de agosto de 2016 at 18:24

      Não identifiquei na notícia nada que remeta à represamento de leilões.

      Pode acreditar, mas não existe nenhuma conspiração no Judiciário nesse sentido, isso é puro delírio. A fase dos leilões num processo demora muito mesmo, e tem a questão do arremate em no mínimo 60% da avaliação de acordo com antiga e consolidada jurisprudência, de uma época mais antiga que a invenção da incorporação imobiliária.

      Quem está esperando chuva de leilões da CEF vai ter que esperar sentado, mesmo assim raramente vai compensar.

      2+
      • Lord of All 8 de agosto de 2016 at 18:37

        O problema de tudo são as avaliações ( e os avaliadores). Tanto a primeira avaliação na hora do financiamento, que é superfaturada, quanto a avaliação para a praça (leilão) que também não atende a realidade. O que vai acontecer é chuva de praças (leilões) sem arrematantes.

        6+
        • avatar
        • Lord of All 8 de agosto de 2016 at 18:38

          Se contar que em caso de alienações fiduciárias (espécie de garantias de 99% dos contratos), a legislação permite o “leilão” extrajudicial direto, ou seja, o Poder Judiciário não tem nada a ver com isso. (pelo menos até o 666 judicializar sua dívida).

          4+
          • avatar
          • joselito 9 de agosto de 2016 at 09:19

            Eis o ponto.

            2+
  • gmlinux 8 de agosto de 2016 at 17:20

    se o mercado é comprador, prevalece a oferta de venda, se é vendedor, a oferta de compra.
    a diferença é, como mensionei, que não existe divulgação ampla das ofertas de compra, o que é a onde entraria a manipulação…

    5+
  • Moreira 8 de agosto de 2016 at 17:33

    Esse dilema existe: Águas claras ou Asas. Uso o metro para o trabalho. Minha esposa também. Não é sempre que enfrentamos os engarrafamentos. Se por um lado as asas dispõem de infraestrutura segura para caminhar, por outro quase não há vida nessas calçadas. À noite então… Já em AC, a infraestrutura pra caminhar é péssima, porém há muita gente caminhando. A cidade fica viva. Gosto de caminhar em AC, mesmo não tendo árvores e sendo lado a lado a carros a 60km-h. Mesmo com essa carência, a sensação de segurança é bem melhor que nas asas. Essa é minha percepção. Mas não estou fechado a nenhuma das duas regiões. hoje estou em um de 56m. A meta no próximo ano é ir para um de no mínimo 90m e não quero pagar mais do que 1.700. Vi um em águas de 98m, imobiliária, 2.200 mais condomínio de 500. Monitor esse e ais alguns, tanto em AC quanto nas Asas. O objetivo é no próximo ano pagar 1.600 a 1.700, no máximo. estou na fase inicial do acúmulo, formando capital, guardando grana com a patroa. Hoje pago 1.2k e o total 1.600. Essa fase não é fácil. O valor do juros não realça tanto.

    6+
    • avatar
  • fanfarraum 8 de agosto de 2016 at 18:02

    TR acima de 0,2 em 2014: Nenhuma ocorrência (0%)
    TR acima de 0,2 em 2015: 60 dias de um total de 362 (16,6% das vezes)
    TR acima de 0,2 em 2016: 60 dias em um total de 217 (27,6% das vezes)

    TR abaixo de 0,1 em 2014: 269 dias (74,3%)
    TR abaixo de 0,1 em 2015: 65 dias (17,9%)
    TR abaixo de 0,1 em 2016: 8 dias (3,7%)

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 8 de agosto de 2016 at 18:38

    Caixa fará leilão de imóveis abaixo do preço de mercado no dia 29 de agosto
    Mais de 150 imóveis para aquisição presencial ou online

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Indiao 8 de agosto de 2016 at 19:51

      O valor ‘de mercado’ da CEF, Nos leilões q acompanho, está absurdamente caro!!! A turma ate brinca = ‘é leilão da CEF? To fora….”
      Aliás, preços nos leilões não estão caindo muito, e 80% encalha e volta a leilão. Encalha e volta.
      Haja saco hein leiloeiros….

      Que mofem nos bancos.
      BTW => PNJ

      4+
    • Cadeludo 8 de agosto de 2016 at 22:13

      preço de mercado é no máx 150 meses do aluguel, fora isso não me venham com chorumelas sras. aves agourentas e peçonhentas

      2+
  • Alemon Fritz 9 de agosto de 2016 at 00:13

    queima..
    76% dos imóveis comprados nos últimos 12 meses tiveram desconto
    Só 23% pagaram o preço pedido pelo anunciante, diz FipeZap.
    Percentual de pessoas que acredita que os preços vão ficar estáveis subiu. (kkkkk )
    -60% dos imóveis vendidos eram usados, contra 40% novos.
    (=isso triplica o tempo estoque novos, mais 3 anos)..

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/08/76-dos-imoveis-comprados-nos-ultimos-12-meses-tiveram-desconto.html

    3+
    • avatar
    • avatar