Mesmo com Olimpíada, Rio lidera perda de vagas na construção no ano – G1

Você pode gostar...

Comments
  • SampaBoy 2 de agosto de 2016 at 21:52

    Eu sabia ! …a culpa é das olimpiadas , eu bem que desconfiei , ainda bem que ja descobriram

    30+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • claudio 2 de agosto de 2016 at 21:57

    um milhao e trezentos mil ingressos não vendidos para a olim piadas, todo mundo sendo entubado pelo motumbo!!!

    Vamos ver qual será o proximo evento, que inventaram para alavancar a vida, copa e olim piadas ja foi !!!
    qual será a proxima pedalada???? digamos assim, o motumbo ri a toa, kkkkk

    15+
    • claudio 2 de agosto de 2016 at 22:01

      voluntários trabalhando tirando o emprego do operário ! vi os caras reclamando que so aceitam visa, e tem de pagar anuidade do cartão para compra ingressos, sorria e acene , logo os jogos acabam !!!!

      14+
      • avatar
      • avatar
    • claudio 2 de agosto de 2016 at 22:02

      inventarão…

      6+
      • avatar
    • Cesar_DF 2 de agosto de 2016 at 22:58

      Dos 7.5 milhões colocados à venda, somente 4.8 milhões foram comprados. Em Londres foram comprados 8.2 milhões

      13+
      • avatar
      • avatar
      • JJJ_brasilia 2 de agosto de 2016 at 23:19

        Cesar_DF tem um CVR para você.

        5+
        • Azufre 3 de agosto de 2016 at 07:45

          Oi, JJJ!

          Estou tentando voltar! Compromissos mil nos últimos meses.

          4+
          • JJJ_brasilia 3 de agosto de 2016 at 14:15

            Mas que bom te-la de volta Azufre, mande notícias de BH.

            1+
    • Alemon Fritz 2 de agosto de 2016 at 23:50

      nas olimpiadas a medalha vai pro motumbo com salto com vara (quebra de record)
      e pra 666 salto em distancia (passo maior que as pernas) e ciclismo (pedalada), as construtoras levam a tocha e os bancos levam no salto ornamental de 10m pra baixo. os corvos no tiro ao alvo (como alvo)

      49+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Labar 3 de agosto de 2016 at 09:12

        kkkkkk Boa!

        6+
    • rude 3 de agosto de 2016 at 18:25

      Sera a olimpiadas dos propriOtarios com a seguinte profecia Rio 2078 sera diferente!!! o DNA dessa gente nao tem jeito e como o virus ebola que contamina as roupas se rets queima las!!! ardam seus otarios!!!

      1+
  • Cadeludo 2 de agosto de 2016 at 22:20

    é só um arrefecimento natural e salutar, em 2017 é que volta a bombar, só falta o dinheiro

    9+
    • avatar
  • bolha real 2 de agosto de 2016 at 22:31

    The Canadian Housing Boom Fueled by China’s Billionaires

    Five scenes from Vancouver as it transforms into a playground for the rich.
    By Katia Dmitrieva and Natalie Obiko Pearson | August 2, 2016

    The walls of Clarence Debelle’s Vancouver office on Canada’s west coast are lined with gifts from his real estate clients: jade and turtle dragon figurines; bottles of baijiu, a traditional Chinese alcohol; and enough special-edition Veuve Clicquot to fuel several high-end cocktail parties.

    They are the product of Vancouver’s decade-long real estate frenzy. The city, with its stunning views of the mountains and yacht-dotted harbor, has long been one of the world’s most expensive places to live but price gains have reached a whole new level of intensity this year. Low interest rates, rising immigration, and a surge of foreign money—particularly from China—have all driven the increases.

    Consider the latest milestones:

    • The cost of a single-family home surged a record 39 percent to C$1.6 million ($1.2 million) in June from a year earlier.

    • More than 90 percent of those homes are now worth more than C$1 million, up from 65 percent a year earlier, according to city assessment figures.

    • Vancouver is now outpacing price gains in New York, San Francisco and London over the past decade.

    • Foreigners pumped C$1 billion into the province’s real estate in a five-week period this summer, or about 8 percent of the province’s sales.

    After copious warnings over the last six months, including from the Bank of Canada, that price gains are unsustainable, the provincial government of British Columbia moved last week. Foreign investors will have to pay an additional 15 percent in property-transfer tax as of Aug. 2 and city of Vancouver was given the authority to impose a new tax on empty homes.

    As Canada waits to see what effect, if any, the moves may have, here are the stories from the city’s wild ride.

    http://www.bloomberg.com/features/2016-vancouver-real-estate-market/

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • JJJ_brasilia 2 de agosto de 2016 at 22:56

    CVR

    como bom bolhista, procuro manter as minhas despesas baixas, ainda mais as mensais, hoje foi pesquisar COMBO – TV a cabo 2 pontos (eu não vejo, mas esposa e prole sim) internet e telefone:

    Mais ou menos o seguinte 15 mb de internet, canais meio básicos que satisfazem a família e um telefone fixo (não se se ainda serve muito):

    OI: – R$ 189,90 (fixo ilimitado para o Brasil e ligação para celular a R$ 0,30 o minuto)

    Vivo – R$ 225,70 (o fixo é só local, ligações interurbanas R$ 0,24 o minuto.

    NET – R$ 250,00 (minha atual operadora)

    Gostaria de opiniões desta irmandade para me ajudar, já que após 7 dias da contratação (por internet ou telefone) estou sujeito fidelidade que varia de R$ 699,00 (OI) e R$ 1.200,00 Vivo, as 2 pro rata.

    Boss se o assunto atrapalhar pode apagar, mas gostaria da ajuda da nossa irmandade.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • CarlosL 2 de agosto de 2016 at 23:00

      Eu iria de NET pacote basico de internet R$39,90 , netflix, tv aberta e celular/skype/ligaçoes por whatsapp mesmo; Ninguem usa mais fixo…

      11+
      • avatar
      • avatar
      • CarlosL 2 de agosto de 2016 at 23:01

        Na verdade eu não iria, eu fui … 😉

        8+
        • avatar
        • avatar
        • JJJ_brasilia 2 de agosto de 2016 at 23:11

          CarlosL,

          Mas Net Flix não tem canais infantis com Dyscovery e esta coisas de criança, minha esposa gosta de GNT, estas coisas, será que tem como eu conseguir estes canais no Net Flix?

          5+
          • CarlosL 2 de agosto de 2016 at 23:26

            Lá tem uma area infantil boa e de conteudo que presta… E uma porrada de documentários tambem…
            Se não fuçou ainda nele, cadastra para ter 30 dias gratis e ai faz teu veredito…
            Para complementar, pode com o valor que ia gastar nessa tv a cabo, por um appletv da vida ou similar que da acesso a muito desses conteudos tambem sem o netflix

            9+
            • avatar
            • avatar
    • SampaBoy 2 de agosto de 2016 at 23:08

      Telefone fixo nao serve pra nada, so pra pingar um pouquinho a mais pra eles todo mes. Internet 15mb ta de bom tamanho, tenho a de 120 mas nao vejo diferenca alguma (uns videos do youtubo mais rapidos, grande coisa !) e tv eu acho que os canais hd realmente sao muito bons e fazem diferenca, mas nao pegaria todos (pega so telecine ou menos, da pra alugar), ver muito filme é pra desocupados…agora, to achando esses precos muito altos, aqui em sp ta bem mais barato !

      5+
      • avatar
    • Fernando-SSS 3 de agosto de 2016 at 09:42

      Se tiver disponibilidade na sua região, vai de vivo fibra.
      Estou pagando 249,00 – 3 pontos de tv com todos os canais hd (- hbo e telecines) + 100mb de internet…
      Filmes / séries utilizo netflix e torrent

      Interurbano uso um pacote da embratel.. 29.90 ilimitado para qualquer fixo do país.

      Estou muito satisfeito.

      2+
    • LZ 3 de agosto de 2016 at 13:17

      Eu iria na ação mais básica, infelizmente com esse preço caro, tava pagando 320 reais por mês para TV, Internet e Telefone.
      Comprei dois receptores “cat”, ele tem android, podendo instalar Netflix ou qualquer app que tenha streaming, além de pegar todos os canais.
      Removi TV, deixei internet popular e telefone fixo.
      Sai de uma conta de 320 reais para 60 por mês.

      6+
      • avatar
    • Zé Carioca 3 de agosto de 2016 at 15:14

      JJJ não sei qual seu plano na net, mas pelo que entendi você já tem um plano hoje, certo? A internet da Oi é péssima, então te sugiro ligar para a net e pedir para cancelar e falar que você irá migrar para a Oi. Sempre faço isso quando o preço aumenta e com essa crise consigo uns 30% de desconto. A net pode te oferecer um pacote menor, ou um plano mais barato mas não aceite, fala que ou baixa o preço ou você muda.

      3+
      • avatar
    • Indiao 3 de agosto de 2016 at 19:19

      Da OI falo de carteirinha. É o melhor preço sem duvida se o combo for grande (2 ou 3 celulares e uso intenso intra grupo)
      Masss…
      1) medalha de ouro em reclamação com plena justiça. Tenha paciência pra falar com eles. Muita paciência!!!!
      Uma dica = veio fatura errada? Não pague e conteste antes do vcto. Aí eles correm pra resolver.
      2) internet é razoável.
      O problema é falta de sinal de móvel nas ‘grotas’… Se vc não é índiao que vai lá onde o diabo perdeu as botas, ta tranquilo.
      3) roteador wi-fi horroroso.
      Pode arrumar um amplificador de sinal ou cabear a casa (eu recomendo cabo mesmo)
      4) é boazinha. Mas netflix é show. Tem tudo q tua gurizada imaginar lá.

      Se não ajudou tomara q não atrapalhe kkkk
      QQ duvida tamos aí… Raramente, mas tamos

      1+
      • avatar
  • JJJ_brasilia 2 de agosto de 2016 at 23:09

    CVR – ON ON ON

    Este CVR é para todos, mas especialmente para o Cézar_DF, que a alguns dias estava decifrando o custo de um prédio para a construtora.

    Há história já é antiga, mas vale a pena pelos valores.

    Em 2008 comprei o apartamento que moro, quando foi mudar quis trocar o piso, coloquei porcelanato polido (me arrependo, é bonito e fácil de limpar, mas não se mantém limpo, todo o dia tem que limpar muito bem, senão as marcas são visíveis), além da troca fiz outros reparos e mudanças pequenas no imóvel, fechamento de varanda, pintura geral e outras coisas, mas agora vem o Caso da Vida Real:

    Minha irmã conhecia e ainda conhece um casal de engenheiros, se bem que eram 666 e se separaram, mas é outra história, então entrei em contato com ele e pedi um orçamento, vieram com aquelas planilha de engenheiro cobrando tudo que é detalhe, por metro quadrado e tudo mais, o preço: 20K, sim R$ 20.000,00.

    Eu disse que não dava nem para conversar por este valor, eu não tinha (e não falei, mas não valia), então eles me indicaram um pedreiro de confiança, com equipe, muito profissional, o serviço ficou bom e custou 5K.

    Os engenheiros queriam 20K em um serviço que saiu por 5K, os 2 casos valor total com material, aonde quero chegar, lógico que a minha reforminha foi simples, mas não se justificava a diferença de preço de 4 X mais para os engenheiros.

    Isto deve acontecer com as construtoras, no valor do CUB elas colocam muito mais coisas do que gastam realmente. E na venda do imóvel muito mais.

    A palavra com os bolhistas….

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CarlosL 2 de agosto de 2016 at 23:34

      Que coisa não ?! =P

      Bom, tem um pouco haver com o caso levantado, mas eu adoro ir nas Leroy Merlin da vida e ultimamente ando observando muita, mais muita gente mesmo tipo perfil de madame comprando coisas de pedreiro e pegando instruções com os vendedores de lá (que em maioria são muito bons em conhecimento dos produtos) de como fazer por conta própria as reformas ou reparos… Eu mesmo quando vazei do papa & mama, vendo com os preços pedidos por ai em moveis porcarias de MDP + frete pornográfico, desenhei e fiz vários eu mesmo gastando uns 5x a menos…

      7+
      • avatar
    • SampaBoy 2 de agosto de 2016 at 23:41

      Preco de profissional liberal é muito variavel e depende da carteira de clientes no momento . Se o cara ta muito ocupado e cheio de clientes naturalmente o preco dele vai subir simplesmente porque é possivel perder alguns clientes sem afetar o lucro. E porque alguem pagaria mais para um sujeito que esta cheio de clientes? Teoricamente é mais confiavel, justamente porque tem mais clientes, entao você paga mais por isso…ou nao.

      6+
      • avatar
    • Cesar_DF 3 de agosto de 2016 at 07:52

      JJJ_Brasilia, uma vez eu fiz um estudo, comparando o CUB com o FIPEZAP, onde indicava que ele subiu continuamente até 2013 aconteceu um pico de 10X e que atualmente já tinha caído para 7X

      A ganância de ganhar muito dinheiro fazendo pouca coisa, deu muito lucro para as construtoras e para os acionistas das incorporadoras, mas como qualquer um que se vicia com dinheiro fácil, a tendência é de que apenas as mais organizadas e menos endividadas irão sobreviver.

      No bairro Noroeste – DF, em 2011 vendiam por 14K/m2 e em 2013 a exército tentou construir um prédio, que iria sair por 5K/m2.
      http://noticias.r7.com/distrito-federal/exercito-vai-construir-predio-de-luxo-para-generais-no-bairro-mais-caro-de-brasilia-pela-metade-do-preco-de-mercado-08092013

      Eu montei uma planilha de custos da obra e ela custaria 3.3K/m2, então 1.7K/m2 seria o lucro bruto da construtora.

      Quem vendeu por 14K/m2 e construiu por 3K/m2 teve um lucro bruto de 9K/m2. Imaginem um prédio de 10 andares, com 4 apartamentos de 100m2, neste predinho de apenas 4.000m2 foi um lucro bruto de 36 milhões de reais para a construtora.

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • vitera 3 de agosto de 2016 at 09:30

      Vou reformar meu apartamento em breve aqui em Floripa. Estou na fase de orçamento com as empreiteiras: segunda foi um engenheiro dar uma olhada no apartamento; ontem uma equipe com pessoal mais simples. Ambos pareceram muito competentes e tinham disponibilidade na agenda. Hoje tenho mais uma visita marcada e amanhã outra. Quando receber os orçamentos eu posto aqui pra galera. Alguma dica?

      7+
      • avatar
      • avatar
    • Fernando-SSS 3 de agosto de 2016 at 09:58

      Na banânia, todos estão acostumados a ter lucros exorbitantes.

      CVR:
      Pessoa próxima que trabalha com jóias personalizadas (não são de grife), me disse que vai ter que baixar suas margens pois com 5x não está mais vendendo. Pode??????

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • RC 3 de agosto de 2016 at 10:24

      JJJ_brasilia

      Não vou discorrer sobre se o preço cobrado pelo engenheiro ou pelas empresas de engenharia inflaram proporcionais a bolha imobiliária no ano que você o procurou em seu CVR, acredito que já lhe responderam comentando sobre oferta x demanda de profissionais e da ambição coletiva que podem explicar um pouco. Nem mesmo se o comportamento de preços do caso relatado tem alguma similaridade com a formação de preços de uma grande construtora (pouco provável).

      Vou falar como engenheiro civil e professor da área técnica (apesar de não atuar na construção civil profissionalmente).

      Antes de você fazer uma reforma, você deveria identificar os profissionais qualificados e necessários ao nível de intervenção a ser realizado. Talvez o que tenha acontecido com você foi querer “matar um mosquito com bala de canhão”. Em uma reforma residencial simples como a descrita por você (troca de revestimento, pintura e intervenções não estruturais) talvez o profissional mais qualificado a te dar soluções não seria um engenheiro e sim um arquiteto, e possivelmente pelo valor em que você estava disposto a pagar, um técnico em edificações (com experiência na área de arquitetura, decoração ou design de interiores). Esses profissionais se qualificaram cientificamente para prestar a consultoria a qual você necessitava.

      No Brasil a utilização do termo “pedreiro” é ampla demais e pode incorporar profissionais com nível técnico, nível profissionalizante e até mesmo aqueles sem nenhuma formação (“repetidores”); isso é bastante perigoso. O custo de cada profissional vai depender também dessa qualificação. Os níveis educacionais pressupõem acumulo de conhecimento. Óbvio que nem tudo na vida profissional se restringe ao acumulado na sua formação acadêmica, a experiência é de grande valia sempre, mas não confiaria plenamente em um profissional que tem sua qualificação apenas restrita a sua experiência, geralmente são reprodutores de situações vivenciadas em que não conseguem explicar nada relacionado ao comportamento físico (seja este estáticos ou dinâmicos), químico ou matemático dos elementos.

      Quando você contrata um engenheiro, como você estava procurando fazer, não irá esperar que o mesmo use espatula ou “colher de pedreiro”, para assentar pisos e azulejos (como o pedreiro fez) e sim que o mesmo faça a supervisão técnica da intervenção e se responsabilize por ela. Existem diversos relatos de intervenções estéticas mal decididas, removendo uma parede com função estrutural por exemplo, que fizeram ruir a edificação. Não vou também entrar no mérito se a diferença de 4 x é justa, pois a formação do preço do profissional como já responderam compreende outros fatores.

      Quando estava nos bancos acadêmicos ouvia de muitos professores que nunca disputaríamos mercado com os “pedreiros”, visto que em edificações menores (até dois pavimentos) o ganho que um engenheiro poderia trazer na economia de materiais e soluções técnicas de execução não compensariam a própria h/h (homem/hora) deste profissional, até mesmo a legislação de obras civis permitia que outros profissionais se responsabilizassem por este tipo de estrutura. Agora quando aumentamos a escala da construção, “o buraco é mais embaixo”, obras de engenharia de grande porte sem economia de materiais e soluções técnicas se tornam no mínimo inviáveis economicamente, e possivelmente perigosas estruturalmente.

      O que vai limitar o profissional que você vai contratar e seu orçamento para a intervenção. Se eu tenho R$ 40.000,00 para comprar um carro zero e quero um BMW, não consigo comprar um BMW 0 km; ou compro um carro zero de montadora mais popular (que não vai ter o mesmo desempenho do BMW), ou compro um BMW usado (que pode trazer diversos problemas de uso, manutenção); trazendo para a realidade do exemplo o BMW usado pode ser um profissional não tão atencioso, criterioso ou com pior qualificação.

      Espero que essa explicação toda possa servir para indicar que na situação vivida o problema talvez não fosse sequer conjuntural e sim um erro de premissa.

      22+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Zé Carioca 3 de agosto de 2016 at 15:28

        O engenheiro cobra o valor que ele acha justo, cabe ao contratante aceitar ou não. Os custos de uma empresa são totalmente diferentes de um profissional sem formação como o pedreiro. O pedreiro em geral cobra uma diária ou um valor fixo que é o seu “salário”. O pedreiro funciona bem para uma reforma simples, mas basta uma pequena alteração estrutural que o pedreiro desconheça para acontecer uma tragédia. Lembremos sempre do prédio que desabou no centro do Rio porque o pedreiro tirou uma simples parede (no caso uma parede estrutural). Que o JJJ me permita fazer uma singela comparação, se um médico cobrar 20k para fazer uma cirurgia é melhor eu arrumar um veterinário que faça por 5k?

        6+
        • avatar
    • John Horse 3 de agosto de 2016 at 14:15

      Quem determina o preço é o mercado e não o custo. Se tem quem pague, vai ter quem lucre 10x. Assim como pode ter quem venda no prejuízo.

      O problema é que não estamos falando de um simples bem de consumo, mas a maior compra da vida da maioria das pessoas, que não tem a menor noção de matemática financeira, pagam um valor fora da realidade, financiam a obra com juros (INCC) e depois financiam o saldo com juros ainda mais absurdos por 3 décadas. Conheço poucas pessoas que sabem a taxa de juros mensal de uma compra que pode ser feita em 3 parcelas no preço de etiqueta ou com 10% de desconto à vista. Imagine então um cálculo a longo prazo.

      A exceção do preço é o monopólio e o cartel, onde o mercado é obrigado a aceitar um preço imposto (p.ex. Petrobras).

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • CA 3 de agosto de 2016 at 06:11

    Sobre o tópico:

    Os empregos na construção Civil no Brasil foram inflados ARTIFICIALMENTE por uma grande combinação de fatores:

    Copa do mundo (Brasil escolhido como país sede em 2007), que levou a explosão de obras viárias, estádios e outras construções para atender ao evento, simultâneas com explosão de lançamentos e vendas FALSAS na planta mais vendas para especuladores a partir de 2008, que se tornaram várias vezes o que eram antes, tudo graças à mega especulação com copa do mundo, “deficit habitacional”, etc.

    Em seguida, a partir do ano de 2009, veio o Minha Casa Minha Vida, o explosivo aumento de obras da Petrobras para o pré-sal, turbinada pelos mega esquemas de corrupção do governo, mais os aumentos constantes em lançamentos para atender vendas FALSAS na planta e especuladores que foram crescendo até 2011.

    As Olimpíadas foram apenas mais um evento que levou a um inflar TEMPORÁRIO dos empregos na construção Civil.

    Hoje, como sempre, tentam DESINFORMAR, fazendo de conta que o problema é por culpa da crise (crise esta causada em grande parte pela bolha imobiliária) e culpa das olimpíadas, mas convenientemente esquecendo que tivemos várias outras situações ainda mais impactantes.

    Lembrando que o aumento explosivo dos empregos na construção Civil, que no período de 2007 a 2009 simplesmente DOBROU a sua participação na geração de empregos formais em relação ao total do país, se comparado ao histórico de anos anteriores a 2007, ocorreu sem NENHUM ganho de produtividade, o que colaborou para um aumento relevante dos custos das empresas, junto com uma euforia dos consumidores trazida pela combinação de “pleno emprego” com aumentos relevantes na renda real, em especial para os trabalhadores da construção Civil que viram seus salários dispararem em virtude da super-concorrência por sua mão-de-obra. Agora veremos essa bolha de salários explodir, junto com a explosão da bolha imobiliária e turbinada pelo término de copa do mundo e olimpíadas mais a interrupção das obras faraonicas do pré-sal em função das explosão da bolha de corrupção e reduções das obras do MCMV, devido a efeitos diretos e indiretos da explosão da bolha imobiliária.

    Em outras palavras, teremos uma explosão de bolha imobiliária no Brasil ainda mais impactante do que em outros países, graças a uma combinação UNICA de fatores que inflaram nossa bolha…

    26+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • alemonbnu 3 de agosto de 2016 at 07:10

      Tô aqui com a pipoca aguardando algumas destrutoras quebrarem!
      Elas vão lutar muito, vão utilizar seus políticos de estimação pra pedalarem além do imaginável.

      12+
      • avatar
      • avatar
    • CA 3 de agosto de 2016 at 07:37

      Ah, só para complementar: tivemos também crises fiscal e política em dimensões que não ocorreram em outras explosões de bolha imobiliária ao redor do mundo, se juntarmos com o que consta acima, vemos o quanto nossa bolha foi única e sua explosão tende a ser mais intensa e o quanto é mais fácil para o segmento imobiliário DESINFORMAR e FAZER DE CONTA que foram só outros fatores que levaram à crise na economia que vivemos hoje.

      8+
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 3 de agosto de 2016 at 07:54

      Época que um azulejista ganhava mais que um engenheiro

      14+
      • avatar
      • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 3 de agosto de 2016 at 08:03

    Mercado imobiliário no Rio valorizou 200% por causa da Olimpíada
    http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2016/08/mercado-imobiliario-no-rio-valorizou-200-por-causa-da-olimpiada.html
    Por isso eu digo que não existe “especulação”, e sim “VA LO RI ZA ÇÃO”. hahahahahaha
    #sqn

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 3 de agosto de 2016 at 08:14

      Já existem vários estudos que indicam que nenhuma cidade tem lucro por sediar uma olimpíada, mas pode haver a longo prazo um aumento do turismo em função da imagem deixada pela cidade:
      A imagem que o Hell de Janeiro deixará de legado será:
      – Um povo alegre, sensual, e que sempre deseja levar vantagem em tudo.
      – Poluição
      – Violência
      – Roubos
      – Furtos
      – Tiroteios
      – Desorganização
      – Falta de pontualidade
      – Custo elevado de hospedagem

      Desconfio que com esta “imagem” não serão atraídos muitos turistas, ainda mais com a tendência de piora dos serviços públicos em função do déficit mensal de 2 bilhões, que será incrementado ano que vem quando começará a pagar pelos empréstimos das obras feitas para a olimpíada.

      Ao invés de “Cidade Maravilhosa” o lema será: Hell de Janeiro the New Detroit City

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar

      • Seguidor do Bolha BH 3 de agosto de 2016 at 08:32

        Faltou você citar: “Sem legado olímpico, ar do Rio é poluído e mortal”
        Pesquisem esta chamada no Google para verem.

        5+
        • avatar
      • CarlosL 3 de agosto de 2016 at 10:24

        Só Barcelona e uma outra que não me lembro agora fizeram uma boa gestão que resultou em um bom legado.
        Nem Montreal escapou do rebote dos analgésicos olímpicos…

        4+
        • avatar
      • Zé Carioca 3 de agosto de 2016 at 15:35

        Pior é que não, a maioria dos estrangeiros que vem ao Rio gostam muito da cidade. O Rio tem muitas belezas naturais, o povo é simpático pros padrões europeus ou americanos, a violência não assusta tanto na Zona Sul, especialmente nesses eventos com policiamento ostensivo, e o turista não conhece a realidade da cidade, só o microcosmos da zona sul. Uma coisa é a cidade ser boa para se visitar e outra coisa é para se morar.

        8+
        • avatar
        • Awulll 3 de agosto de 2016 at 16:23

          Conheço estrangeiros que estiveram na Copa. A percepção foi essa mesmo e acredito que aconteça o mesmo agora.

          3+
        • Fernando-SSS 3 de agosto de 2016 at 16:31

          Concordo!!!

          Trabalhei em vários projetos no Rio e todos os colaboradores sempre pedem para se hospedar no Recreio ou Barra.
          O gringos de outros sites só faltam pedir pra trabalhar de graça quando tem projetos no Rio.

          Eu moraria fácil. Zona sul não parece Rio de Janeiro.

          4+
  • Cajuzinha 3 de agosto de 2016 at 08:15

    Tópico


    Por PETER GRANT
    Quarta-Feira, 3 de Agosto de 2016 00:03 EDT
    Os investidores internacionais que fizeram grandes apostas no mercado imobiliário brasileiro não têm nenhuma ilusão de que os Jogos Olímpicos que começam na sexta-feira ajudem a encurtar a dura maratona econômica que exaure o país.

    Mas alguns dizem que um aspecto positivo começa a surgir em meio à recessão prolongada, escândalos de corrupção, fraqueza do real e crise política: as dificuldades enfrentadas por proprietários de imóveis estão chegando a um ponto em que eles estão sendo forçados a vender propriedades com grandes descontos.”

    http://br.wsj.com/articles/SB12314662155756093911904582227711023367728?tesla=y

    8+
    • avatar
    • Cajuzinha 3 de agosto de 2016 at 08:17


      Agora, a GTIS está procurando fazer negócios com construtoras de imóveis residenciais que estão sem dinheiro para terminar projetos porque as vendas despencaram. “Leva tempo para que eles percebam que têm problemas, como todos sabemos”, diz Shapiro. “Então, demorou para que os preços dos ativos fossem redefinidos.”

      Outros grandes investidores internacionais que estão ativos no momento no Brasil incluem a canadense Brookfield Property Partners LP, a Gazit Global, que tem sede em Tel Aviv, e as americanas Tishman Speyer Properties e a Equity International, do megainvestidor Sam Zell. Os executivos dessas empresas dizem esperar que a demanda por edifícios de escritórios, condomínios, lojas e outras propriedades se mantenha fraca, o que torna mais difícil para os investidores estrangeiros no curto prazo produzir os retornos acima de 20% esperados do mundo de alto risco do mercado imobiliário de países emergentes.

      Mas a atual procura por ativos baratos por muitas dessas empresas ressalta como redobrar a aposta tem um papel importante nas estratégias do investidor internacional para os mercados emergentes. Construir operações nesses países os coloca em posição de aproveitar as pechinchas que se materializam durante ciclos de fraqueza econômica, dizem os executivos.”

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • fanfarraum 3 de agosto de 2016 at 08:24

        Interessante esse trecho “produzir os retornos acima de 20% esperados do mundo de alto risco do mercado imobiliário de países emergentes.”

        Os caras são picas em investimento internacional.
        E os caras definem 20% como o aceitável para se investir em algo de alto risco.

        Ou seja, eles entendem que algo que dê 20% vai ser de grandissimo risco.
        E ai vem o brasileiro acha que é malandro e que conseguiria 30% todo ano de barbada depois de visitar um terreno baldio e comprar na planta.

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • EngenheiroSP 3 de agosto de 2016 at 10:07

          Mais interessante é que um título do TD em 7 meses já rendeu 28%.

          6+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Alemon Fritz 3 de agosto de 2016 at 08:25

      tivemos o ploc, agora é o Ploc plus Olímpico, com tocha e tudo

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Mn 4 de agosto de 2016 at 01:20

        ATOCHA Motumbo!

        0
  • Alemon Fritz 3 de agosto de 2016 at 08:22

    Liguei no Bom dia brasil e estavam falando de prejuizos e distratos das construtoras,
    vi só um pedacinho. vamos ver depois o que se trata.
    pelo jeito o ploc após semana que vem vai ser grande qdo notarem que acabou-se o “ciclo” de obras e o entusiasmo artificial. agora vão baixar os preços rapidamente pois é “natural”.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 3 de agosto de 2016 at 08:42

    Plocs (bom dia brasil)
    “Crise e desemprego levam brasileiros a desistir do sonho da casa própria”

    Muita gente está reclamando da dificuldade de conseguir o dinheiro pago às construtoras de volta e tem entrado na Justiça.
    A crise e o desemprego estão levando mais gente a desistir de tentar comprar a casa própria. E a situação está ainda mais difícil porque muitas pessoas estão tendo dificuldade para conseguir o dinheiro pago às construtoras de volta.

    O número de brasileiros que entraram na Justiça porque não concordam com o valor que as construtoras queriam devolver aumentou 15% só no primeiro semestre.

    http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2016/08/crise-e-desemprego-levam-brasileiros-desistir-do-sonho-da-casa-propria.html

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • fanfarraum 3 de agosto de 2016 at 09:04

      No final:
      “A associação brasileira das incorporadas imobiliárias lembra que o distrato é ruim pra todo mundo. Prejudica o fluxo de caixa da obra, o que pode impacatar os outros compradores e aumenta a percepção de risco de quem financia o que pode gerar aumento de custos e de preços”

      5+
      • avatar
  • Alemon Fritz 3 de agosto de 2016 at 08:45

    é um jeito de conseguir algum dinheiro (de volta)… tarde de mais.

    4+
    • avatar
  • Alemon Fritz 3 de agosto de 2016 at 09:21

    Preços dos imóveis têm queda real de 4,8% em 2016, diz FipeZap
    Dado considera o recuo nos 12 meses terminados em julho.
    Entre junho e julho, no entanto, os preços se mantiveram quase estáveis. (KKKKKK)
    houve queda real de 8% dos preços. (caindo estavelmente)

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/08/precos-dos-imoveis-tem-queda-real-de-48-em-2016-diz-fipezap.html

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 3 de agosto de 2016 at 09:28

    “Urgente. Passo AP na Orla por Valor Abaixo do que Paguei
    Inserido em: 3 Agosto 08:56.”

    http://se.olx.com.br/sergipe/imoveis/urgente-passo-ap-na-orla-por-valor-abaixo-do-que-paguei-227975164

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • RC 3 de agosto de 2016 at 09:33

    “Preço dos imóveis tem queda real de 8% em um ano”

    “No último ano, até julho, o preço médio do metro quadrado caiu 0,09%, a menor varição já registrada pelo Índice FipeZap.

    O índice acompanha os valores de apartamentos à venda anunciados na internet em 20 cidades brasileiras. Essa variação dos imóveis ficou muito abaixo do aumento generalizado dos preços, a inflação, que deve ficar em 8,62% no mesmo período, segundo o Banco Central. Isso significa que a queda real foi de 8,01% em um ano.”

    http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/preco-dos-imoveis-tem-queda-real-de-8-em-um-ano
    .

    Se o índice FingeZap está caindo isto deve ser indicativo de que não estão vendendo nada e novos anunciantes estão colocando valores mais baixos, já que a lógica de cálculo deles favorece a valorização do índice com a venda dos imóveis mais baratos.
    .

    PS: Como faço para colocar negrito e pelar espaço aqui no blog?

    6+
    • RC 3 de agosto de 2016 at 09:34

      Onde se lê “pelar” leia-se pular.

      4+
  • Ilusionista 3 de agosto de 2016 at 10:10

    Novo golpe nos aposentados..
    ligam nas residenciais deles dizendo que tem um valor disponível a receber, mas trata-se de empréstimo consignado, tem até falsificação da assinatura..

    http://extra.globo.com/noticias/economia/instituicoes-oferecem-dinheiro-aposentados-do-inss-sem-dizer-que-emprestimo-19831482.html#ixzz4GDBLwRWC

    5+
    • avatar
  • CarlosL 3 de agosto de 2016 at 10:50

    http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/

    É mais do mesmo, mas vale assistir especialmente pela declaração final das incorporadoras : O distrato é ruim para ambos os lados porque pode afetar os outros compradores por prejudicar o fluxo de caixa da obra, aumentar o risco dos que financiaram e com isso causar O AUMENTO DE CUSTOS E DE PREÇOS (?!?!?!??!)

    10+
    • avatar
    • Rampion 3 de agosto de 2016 at 10:56

      Essa é boa “distrato pode prejudicar os outros compradores” kkkk. E no Brasil alguém está preocupado com quem vem depois. Sempre foi cada um por si e o último que apague a luz, se tiver energia. kkkk.

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • From_The_Tower 3 de agosto de 2016 at 11:39

      ahuahuahuahuahuahuhuahuahuauhahua.
      Tem que morrer abraçado junto !!! Pombas !!!
      que falta de coleguismo !!!
      kkkkkk

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Rampion 3 de agosto de 2016 at 13:49

        Pessoal não tentem mudar a natureza do 666! Se você fala que é mau negócio comprar na planta, o camarada fala que você está agourando. Se o negócio dá errado você agorou. Deixa com que eles sigam sua predestinação. kkkkk

        8+
        • avatar
        • avatar
    • Ilusionista 3 de agosto de 2016 at 12:00

      a vantagem de se comprar na planta é poder aparecer na telinha da globo, com um contrato na mão pagando mico, tentando receber o dinheiro de volta….

      venderam para muitos “sonhadores da casa própria”, oferecendo parcelinhas iniciais de R$ 499,00, mas que não tinham a mínima condição de pagar as demais parcelas intermediárias e das chaves, menos ainda, conseguir aprovação de um financiamento imobiliário nos bancos.
      E agora dão uma de “vítimas da crise” ou “tudo é culpa da Dilma”, etc.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Rampion 4 de agosto de 2016 at 09:17

        kkkkk. É isso mesmo agora virou “muleta”: culpa da Dilma, do PT, da crise,….mas, os maiores culpados são os pais que colocaram essas criaturas no mundo.

        1+
  • Rampion 3 de agosto de 2016 at 10:53

    CVR
    Moro na zona oeste de São Paulo, região do Butantã, bem próximo da USP. Resumindo periferia, mas região bem valorizada. Ontem meu pai conversando com mais um propriOtário de imóveis para locação disse que está com os dois que possui para essa finalidade fechados. Disse que teve de baixar o preço para alugar e mesmo assim NEM. Disse também que imóveis que eram vendidos antes (na época da bolha) por 500k agora estão sendo anunciados por 350k, também NEM. Aqui no BIB já sabemos dessa nova categoria de imóveis NEM NEM (nem vende, nem aluga), mas, a dúvida que fica é onde foram parar essas pessoas que tempos atrás estavam morando nesses imóveis que hoje estão vazios e são muitos. Pelo visto tem muita gente voltando para a casa dos pais ou erguendo puxadinhos em cima ou nos fundos da casa dos sogros. E os preços não deixarão de cair tão cedo. Esse período de temeridade se estenderá pelo menos até 2019 e isto é contando com o milagre do presidente em exorcismo mudar a atual realidade. E eu não acredito em milagres. Quem tem mais de 30 anos sabe que esses ciclos de baixa na economia duram no mínimo uns 6 anos.

    32+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 3 de agosto de 2016 at 11:28

      6 anos? Ta super otimista hein

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • CarlosL 3 de agosto de 2016 at 12:35

        Tem muita gente, que no geral equivale a poucos por ser do alto escalão da sociedade, quiça os frequentadores daqui também, que se interessam que a coisa fique do jeito que esta e se arraste o máximo possível pelos próximos anos, sem estrangular a galinha dos ovos de ouro…

        6+
        • Luke Bolha 3 de agosto de 2016 at 14:50

          O pessoal daqui é realista, simples assim, o país é uma MERDA para empreendedores e o que a gente pode fazer? Se empreender aqui é suicidio e a gente pode ter alguma PROTEÇÃO com os juros então fazer o que? Eu mesmo já pensei vários vezes em abrir firma e começar a contratar mas aí quando penso que tem que pagar um monte de impostos e taxas para sindicatos e outros parasitas eu simplesmente desisto e fico no jogo do quem perde menos.

          11+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Luke Bolha 3 de agosto de 2016 at 14:53

            Em tempo, se os preços voltassem para os patamares de 2008 eu já teria comprado até mesmo uma sala comercial, porém eu não serei o OTÁRIO MAIOR de comprar alguma coisa com esses preços RIDICULOS em meio à uma economia mais ridicula ainda.

            8+
            • avatar
          • yanborges 3 de agosto de 2016 at 15:13

            Só eu que nao vejo o país assim tao MERDA pra empreendedores? Tudo bem, tem uma burocracia desgraçada, que poderia ser facilitada. Mas o que vejo é neguinho prestar um serviço porco e ainda sim existir. Pra certos nichos de mercado, como comida por exemplo, existe uma demanda muito grande e isso leva ao serviço porco. Fazendo jus ao “Não gostou? Foda-se, tem outro cliente na fila querendo”. Se fosse tao dificil nao teria serviço tao porco. Olhe os EUA, por exemplo, abrir um negocio é uma concorrencia desgraçada. Acho que aqui neguinho se dá mal por diversos aspectos: 1)presta serviço porco, sem treinamento de funcionarios, etc. 2)nao estuda, nao planeja, nao faz plano de negocios, nao estuda localizaçao 3)nao calcula a grana que precisa, desde infraestrutura, fornecedores e capital de giro.
            Acho que se o cara fizer o dever de casa, diminui muito as chances de quebrar, até pq a margem de lucro de qualquer estabelecimento é alta demais, se comparar, com os EUA, novamente. Enfim…pode ser só meu ponto de vista.

            6+
            • avatar
            • avatar
            • Luke Bolha 3 de agosto de 2016 at 15:24

              No primeiro processo ou multa acho que você muda de opinião.

              7+
              • avatar
              • avatar
            • Money_Addicted 3 de agosto de 2016 at 15:29

              obvio q pode ser possivel lucrar com algum negocio, mas eu prefiro tirar 1% liquido ao mes, sem dor de cabeca nenhuma,do q tentar algo

              10+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • CarlosL 3 de agosto de 2016 at 16:31

                Tenta a incrível franquia de Paletas Mexicanas ! Ouvi dizer que é sucesso garantido !!! =P

                8+
                • avatar
                • avatar
                • avatar
                • John Horse 3 de agosto de 2016 at 16:38

                  Abre um Kartódromo… Ou um paintball… Ou uma franquia da Xuxa…

                  5+
                  • avatar
                  • avatar
                  • avatar
                  • fanfarraum 3 de agosto de 2016 at 16:56

                    Compra um terreno de esquina grande.
                    Faz kartódromo no subsolo, paintball nos fundos e uma lan house no térreo.
                    Em cima, faz apartamentos gourmet com 30m² e 2 quartos.

                    Sucesso garantido.

                    11+
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • avatar
                    • CarlosL 3 de agosto de 2016 at 17:17

                      Já sei, já sei !!! Abre uma barbearia !

                      *Dica quente hein

                      2+
                      • avatar
                      • avatar
                    • gmlinux 3 de agosto de 2016 at 18:44

                      Esqueceu de uma igreja cobrando 10℅ e um puteiro…

                      4+
                      • avatar
                      • avatar
                      • avatar
            • Rampion 4 de agosto de 2016 at 09:14

              yanborges,

              as coisas que dão dinheiro garantido no Brasil são: igreja, partido político e tráfico de drogas. Curiosamente, não é difícil ver esses três ramos atuando juntos.

              1+
              • avatar
      • Rampion 3 de agosto de 2016 at 13:42

        6 anos no mínimo…o máximo é a perder de vista.kkkk

        5+
        • avatar
        • avatar
    • FabianoSJC 3 de agosto de 2016 at 11:32

      Rampion conheço 2 que voltaram a morar com os pais .

      O primeiro engenheiro 34 anos recém casado morando de aluguel , trabalhava na Embraer salario na faixa dos 7K foi mandado embora no final do ano passado nada de reserva no banco , comprou carro zero km no final do ano passado dando de entrada a PLR rs , tempo passando recebeu algumas propostas para ganhar menos porém não aceitou afinal ele é “engenheiro nivel Embraer” rs. Dividas vencendo nada de grana brigas com a esposa resultado se separou no final de Maio , cerca de 10 dias atras nos encontramos num boteco para tomar uma breja disse que esta morando com os pais novamente.

      O segundo 35 anos personal trabalhava em 2 academias de “grife” aqui da cidade além de aulas para madames de condominios fechados rs , ganhava até que bem tinha um apto pequeno porém quitado. Embarcou numa loucura junto com outro colega nosso foi picado pela nova onda “gourmet” que tomou conta do país e resolveram abrir juntos um restaurante “gourmet para marombeiros” rs comida saudável a preços salgados rs. Vendeu o apto e investiu metade da grana no restaurante isso no começo de 2015 e foi morar de aluguel , 2 meses atras tiveram que fechar o restaurante pois o faturamento mal dava para pagar as contas do mês e o resto da grana do apto foi para pagar dividas de fornecedores , resultado entregou o apto alugado e foi morar com os país.

      Apesar de amigos não entendo o que se passa na cabeça desse povo , em plena crise um não quer emprego para ganhar menos e o outro abrindo um negócio que tem um publico muito especifico sem ter o menor conhecimento do ramo vai entender …..

      31+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Rampion 3 de agosto de 2016 at 13:38

        FabianoSJC,

        Essa é a realidade da nossa sociedade. Pessoas apenas ostentando e da pior forma possível, sem ter como pagar pela ostentação. Esses seus conhecidos são exemplos de pessoas que apenas viviam o momento, são as cigarras que sempre citamos aqui no BIB. O que abriu o negócio Gourmet agora vai procurar alguém para colocar a culpa na falta de planejamento e gestão que o levaram a derrocada empresarial.
        Noto também que a maioria das pessoas que erram nos sentidos que você descreveu são aquelas que tem pra onde voltar quando quebram a cara, ou seja, tem papai e mamãe para passarem a mão na cabeça. Casou e na primeira dificuldade voltam pra casa dos pais, perdeu tudo em negócios mal planejados. Tá cheio de gente assim, se você tiver um carrinho popular e uma grana de reserva ainda te chamam de trouxa. Mas, ainda não ouvi falar de cigarra que rio por último.

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • From_The_Tower 3 de agosto de 2016 at 11:31

    Põe mais um acertinho na conta do Pandeiro:

    +http://www.pagina3.com.br/geral/2016/ago/3/1/aumentam-as-queixas-contra-a-raka-construtora

    Falei 03 vezes dessa construtora e da obra do prédio Bóra Bóra.
    Agora é Fumo, Fumo. Tâmo, tâmo, fudido !!!

    8+
    • avatar
  • Cajuzinha 3 de agosto de 2016 at 13:20


    Arrecadação mais baixa
    O governo diz ter deixado de arrecadar R$ 78 milhões de dois tipos de tributos distritais: o Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). A redução no primeiro é explicada pela queda no consumo e, no segundo, pelo enfraquecimento do mercado imobiliário, afirma o GDF.”

    http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2016/08/com-queda-na-arrecadacao-gdf-adia-13-salario-de-aniversariantes-de-julho.html

    5+
    • avatar
    • Luke Bolha 3 de agosto de 2016 at 18:49

      O primeiro reflete a queda no setor de serviços, ou seja, está tudo parando!

      0
  • Lord of All 3 de agosto de 2016 at 13:25

    CVR pra descontrair:

    Amiga da minha esposa, típica 666, pediu pra ela (minha mulher) convite do NuBank. Quando essa 666 tentou fazer o cadastro recebeu a msg: “dessa vez não deu, tente de volta daqui a 6 meses”. kkkkkkkk

    Detalhe: essa amiga, apesar de 666, recebeu a rescisão esses dias atrás e pagou as dívidas atrasadas, ou seja, a recusa do cartão foi puramente por ela possuir o perfil 666 mesmo.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 3 de agosto de 2016 at 15:24

      recebeu a recisao e esta desempregada?

      3+
      • avatar
      • Lord of All 3 de agosto de 2016 at 17:35

        Exatamente. E pelo que me consta já gastou maior parte das verbas da rescisão com bobagens, tipo celulares caros, restaurantes bacanas todo fds, roupas e presentes caros. Pelo q minha mulher contou está planejando tirar o visto pra viajar e queimar o resto do dinheiro.

        4+
        • avatar
  • Alemon Fritz 3 de agosto de 2016 at 13:27

    residencial Arde Arde ou Chora Chora.

    5+
  • MINEIRO SPY 3 de agosto de 2016 at 14:43

    Desculpem se já foi postado, mas ontem liguei em A Hora do Brasil e relatou-se a decisão do STJ sobre uma pessoa que financiou um ap em 30 anos, comprometendo 30% de seu salário. O que aconteceu? Ela perdeu o adicional noturno e outro benefício e entrou na justiça pedindo que o banco se adequasse à renda dela, limitando a parcela a 30% da nova renda. É realmente patético.
    Se o STJ deferisse o pedido, o que haverá de motumbado, desempregado pedindo adequação ao seu novo salário, ou seja, ZERO. 30% de nada é nada.
    É cada uma que aparece.

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • gmlinux 3 de agosto de 2016 at 18:49

      A parcela pode até ser readequada, mas ai o saldo devedor vai explodir…

      5+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 3 de agosto de 2016 at 16:25

    Edição do dia 03/08/2016
    03/08/2016 14h09 – Atualizado em 03/08/2016 14h14
    Crise leva consumidores a devolver veículos financiados
    Nos sete primeiros meses deste ano, o número de endividados no setor de veículos cresceu 7% em relação ao mesmo período do ano passado.

    “Você precisa sair da prestação, você não consegue pagar a prestação, você precisa diminuir seu custo, então você entrega o carro”, diz o leiloeiro oficial, Ronaldo Milan.
    Um levantamento feito por uma empresa de recuperação de crédito com pessoas endividadas revela que 48% delas devolveram os veículos por estarem desempregadas. Nos sete primeiros meses deste ano, o número de endividados no setor de veículos cresceu 7% em relação ao mesmo período do ano passado.
    “A gente convive hoje com altas taxas de juros. Então, assim, em três, quatro meses, dependendo do tipo de financiamento que você tem, a dívida dobra de tamanho, então quanto antes você resolver, melhor”, fala o especialista em gestão de risco de crédito, Satoshi Fukuura.

    http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2016/08/crise-leva-consumidores-devolver-veiculos-financiados-revela-estudo.html

    6+
    • avatar
    • avatar
  • claudio 3 de agosto de 2016 at 16:35

    http://fotos.estadao.com.br/galerias/economia,os-10-bairros-com-o-m-mais-caro-em-sao-paulo,26466

    na consolação, foto 7, a foto é da rua paim, acredito, onde do lado esquerdo um pouco atras, de onde, se localizou o fotografo, é o famoso edificio treme-treme na bela vista, onde no passado varias historias: bujão de gas que voava em cima das viaturas em busca de traficas, onde os ladrões de caloi cross extra ligth, moravam, alguns estudavam no Marina Cintra, como o “frutuoso” o”et” e outros apelidos, eram os ladroes de galinha que apavoravam os “boys de Higienopolis” alunos de Rio Branco e Mackenzie. Agora a rua paim, mudou….50 metros, 707.500 ou m2 a 14.150…

    https://www.google.com.br/search?q=treme+treme&espv=2&biw=1440&bih=799&site=webhp&source=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwjmnua2_aXOAhUCiZAKHVUbCCwQ_AUIBygC#tbm=isch&q=treme+treme+bela+vista&imgrc=6Tytn1qzh-SY9M%3A

    https://www.google.com.br/search?q=treme+treme&espv=2&biw=1440&bih=799&site=webhp&source=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwjmnua2_aXOAhUCiZAKHVUbCCwQ_AUIBygC#tbm=isch&q=treme+treme+bela+vista&imgrc=t7GgbXlKRYcqEM%3A

    o reporter do estadao ainda pegou a foto do google…. sinceramente, este m2, esta prá la de inflacionado !!!!
    motumbo bombando muito nas olim piadas !!!

    2+
    • claudio 3 de agosto de 2016 at 18:35

      nem ponte nem tunel na balsa, pre sal micou !!

      0
    • Luke Bolha 3 de agosto de 2016 at 19:00

      haha me engana que eu gosto! Até arrumaram um jeito de citar o famoso 30% no meio da reportagem!

      1+
  • edson 3 de agosto de 2016 at 19:14

    Anteontem assistindo a reportagem da tv Venezuela http://tvvenezuela.tv/player/index/index/
    passou uma matéria sobre as construtoras venezuelanas que estão construindo em outros países pois na Venezuela não tem condições para tal , o que chamou atenção foi qdo presidente que representa as construtoras citou os países da America latina em que eles estavam operando, Citou TODOS da America latina menos o Brasil, e resaltou que o Equador era o melhor para investir. As vezes assisto ao noticiario de lá só para me sentir no paraíso…

    3+
    • avatar
    • avatar
  • Indiao 3 de agosto de 2016 at 19:32

    E dai seus muquir…. Errr, seres financeiramente controlados?

    Po to triste.
    Ofertas de LCI/LCA com % do CDI desabando. Nem 90% aparece +.
    LIGo pra corretora=
    – indiao, Ninguém toma crédito mais .

    Alguem conhece bons pagadores de juros caros aí pra indicar? Com FGC, as usual…

    3+
    • edson 3 de agosto de 2016 at 19:35

      Daycoval, hoje 180 dias 94% do cdi

      0
    • bolha real 3 de agosto de 2016 at 19:51

      Na rico tem todo dia pan, abc e original acima dos 92%. Porém agora o prazo está mais alto.

      Easy tem alguns cdbs acima de 116% tbm.

      0
  • bolhista fulano de tal 3 de agosto de 2016 at 20:03

    pessoal, vou postar aqui para efeito de comparação:
    No meu trabalho, achei uma nota de registro de compra/venda de uma casa em Salvador em 2002. A casa ainda tava terminando de construir e foi vendida por 196k. Ela fica num bairro de classe média, condominio fechado, casa de 2 andares, 3 quartos, piscina individual, campo de golfe no condominio e etc… Minha tia comprou uma casa lá em 2006 por 460k. Hoje a mesma casa tá custando 750 a 800k, sendo que ano passado eu me lembro que tava valendo mais de 1kk. Creio que o preço de vale dessa casa será de 400k. Será que é viagem minha, ou não?

    3+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 3 de agosto de 2016 at 20:17

    ” Segundo o levantamento, as vendas de imóveis usados cresceram 24% em julho na capital paulista, na comparação com o mesmo mês de 2015.

    Com o incremento nas vendas no mês passado, o número de imóveis comercializados entre maio e julho registrou alta de 14% em relação a igual período de 2015, de acordo com o balanço da empresa.

    O valor médio dos imóveis vendidos na cidade entre maio e julho deste ano foi de R$ 750 mil. Nesse período, a maior procura foi por apartamentos de dois dormitórios em condomínios com localização próxima a estações do Metrô e com boa infraestrutura de lazer.

    Segundo Igor Freire, diretor de vendas da Lello, alguns fatores explicam os resultados. Um deles é que os proprietários estão mais flexíveis na hora de negociar. “Por outro lado, muita gente que estava indecisa se animou com as ofertas disponíveis e também com a perspectiva de melhoria da economia no médio prazo”, afirma em nota.”

    http://mobile.valor.com.br/empresas/4657749/vendas-de-imoveis-usados-saltam-em-julho-na-cidade-de-sao-paulo

    1+