PDG se aproxima de um colapso – Resimob

Você pode gostar...

Comments
  • Alves 28 de julho de 2016 at 21:39

    Ladeira….

    18+
    • avatar
    • JJJ_brasilia 29 de julho de 2016 at 01:34

      Quero que a PDG quebre, será bom para o mercado, empresas ruins e mal administradas devem dar, na seleção natural capitalista!!!

      O mercado so ganha com isto.

      32+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • CarlosL 28 de julho de 2016 at 21:53

    Já disse e continuo repetindo: Encol & Sérgio Naia vão se tornar historinhas para dormir quando isso definitivamente explodir

    39+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Ogami 28 de julho de 2016 at 22:25

    Primeiro dominó balançando…

    27+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • CA 28 de julho de 2016 at 22:35

    Sobre o tópico:

    1) Não é uma “bolha de distratos”, é uma BOLHA IMOBILIÁRIA. Para quem ainda não entendeu:

    Nos EUA bancos deram crédito imobiliário para quem não tinha renda para pagar ao longo dos anos, o subprime.

    No Brasil, construtoras venderam na planta para famílias que não tinham condições de adquirir o crédito imobiliário, o nosso subprime 1.

    A ação acima nos EUA SIMULOU demanda aquecida, os financiamentos podres dispararam junto com os preços, os bancos forneceram financiamentos sem critério em escala cada vez maior e faturaram muito alto com isto junto com seus investidores e executivos.

    No Brasil a ação acima SIMULOU demanda aquecida, os lançamentos e vendas FALSAS na planta dispararam junto com os preços, as construtoras fizeram lançamentos e vendas sem critério em escala cada vez maior e faturaram muito alto com isto, junto com seus investidores e executivos.

    Nos EUA a consequência foram inadimplência anormal levando a super estoques, quedas relevantes nos preços e o banco líder do esquema quebrando.

    No Brasil a consequência foi cancelamento de vendas em volume anormal (DISTRATOS) levando a super estoques, queda relevante nos preços (em andamento) e a construtora líder do esquema (PDG) quebrando.

    2) Outros “detalhes”: Em 2007 Enrique Bañuelos, o pai da bolha imobiliária espanhola, veio para o Brasil e comprou volume relevante de ações da PDG. Em 2008 as vendas FALSAS na planta dispararam e os imóveis entregues em 2011 referentes a estas vendas falsas tiveram mais de R$ 1 bilhão em DISTRATOS. POUCO ANTES que estes distratos fossem revelados, Enrique Bañuelos vendeu suas Ações embolsando um lucro BILIONÁRIO…

    3) Para quem lia este blog há ANOS, o artigo do tópico de hoje e mesmo suas referências de 2015 não eram nenhuma novidade, pelo menos desde 2013 já sabíamos da participação da PDG na formação de nossa bolha imobiliária e comentamos por aqui, aliás, já sabíamos mais que o próprio autor, que sequer conhecia as histórias reais por trás desta quebra da PDG. Segue um link que explica e apresenta as evidências do nosso subprime, publicado em 2014 e outro especificamente sobre a PDG da mesma época:

    http://www.defendaseudinheiro.com.br/a-bolha-imobiliaria-e-o-subprime-brasileiro

    http://defendaseudinheiro.com.br/resultados-pdg-e-a-bolha-imobiliaria

    54+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • JJJ_brasilia 28 de julho de 2016 at 23:30

      Muito bem CA, não é Bolha de distrato, é uma BOLHA IMOBILIÁRIA, o problema que trava o mercado é o preço.

      Nenhum ativo se sustenta fora do preço de mercado (preço do imóvel X aluguel) por muito tempo, mesmo com a ajuda do governo, seja no Brasil, nos EUA ou Espanha.

      Nós EUA eles são mais espertos, os preços baixaram e a crise passou, já na Espanha a crise continua, qual caminho vamos seguir na nossa BOLHA IMOBILIÁRIA?

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 29 de julho de 2016 at 13:02

      CA
      até na merda eles insistem em eufemismos.
      quando estiverem todos cobertos de bosta, vão falar que pelo menos estão quentinhos.
      ser corvo não é profissão, é religião

      21+
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 29 de julho de 2016 at 13:51

      CA por conta da recessão, temos uma nova modalidade de subprime.
      Imagine uma família em 2014 com rendimento de 10K, financiamento imobiliário de 3K e outras despesas de 6K
      Agora a prestação subiu um pouco por conta da TR
      O rendimento caiu para 9K (queda nos rendimentos)
      As despesas subiram para 7K (inflação)
      Ou seja, antes pagava os 3K do financiamento e sobrava ainda 1K e agora não dá mais para pagar.
      Ou seja, tornaram-se um SUBPRIME!

      29+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 28 de julho de 2016 at 22:41

    somando tudo as dívidas das construtoras está em 29bilhoes
    considerem mais 3,2 Trilhoes que estão em crédito consignado com 3% de atraso (inadimpl)isso é 96 bilhoes podres emprestados. etc etc etc

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 29 de julho de 2016 at 13:04

      E quando corrigirem o patrimônio pelo valor real ao invés do valor de tabela fingezap???
      conforme eu dizia
      “é sistêmico e atingirá o sist financeiro”

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • alemonbnu 28 de julho de 2016 at 23:32

    Comendo minha pipoca e aguardando a PDG estourar, levando com ela mais algumas grandes, que venha o despair!

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Lucas 29 de julho de 2016 at 13:04

      o despair já veio, penso que inauguraremos a fase “suicídio baiano”, exclusividade da bolha bananense

      14+
      • avatar
      • avatar
  • Cadeludo 29 de julho de 2016 at 00:18

    putz logo agora que eu ia comprar um cubículo lixo pelo olho da cara financiado pelo triplo a morrer de vista.
    perdi a confiança!

    52+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • gmlinux 29 de julho de 2016 at 07:31

      Pode comprar, o mercado esta dando sinais de melhora, nenhuma notícia de aumento de desemprego ou déficit das contas públicas, e como não existe imóvel em estoque com mais de 36 meses, bamos bombar 30%

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Lucas 29 de julho de 2016 at 13:05

      recomendo na vila olimpica
      não esqueça de financiar, 35 anos passa rapidinho
      e vc ainda mora no que é seu
      a hora é agora
      PMJ

      27+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • CA 29 de julho de 2016 at 06:35

    Ainda sobre o tópico:

    Fala-se sobre um “erro de administração” da PDG, que na realidade, ALGUMAS construtoras tiveram e que por mera “coincidência”, teriam sido erros IDÊNTICOS que aconteceram TODOS AO MESMO TEMPO…

    Outro ponto: foi um erro extremamente lucrativo para os executivos que cometeram este “engano” e também geraram lucro BILIONÁRIO para os “pobres e inocentes” TUBARÕES que fomentaram bolhas imobiliárias nos EUA e na Espanha e que entraram em construtoras no Brasil exatamente quando a bolha começava a explodir em seus países de origem.

    Quanta”inocência” e “coincidências” vemos nesta história, não é mesmo?

    Só para enriquecer o exemplo que coloquei no outro comentário:

    Sam Zell, pai da bolha imobiliária americana, entrou na Gafisa em 2005, sendo que a Gafisa iniciou altíssimo volume de vendas FALSAS na planta também em 2008 (“coincidência”, foi no mesmo ano que a PDG!), com distratos que nunca haviam acontecido antes nesta proporção, referentes a estas vendas FALSAS, também aparecendo em 2011. E não é que, por mera “coincidência”, Sam Zell também vendeu a maior parte de suas Ações depois que elas haviam disparado de preços e antes que a Gafisa divulgasse seus distratos milionários em 2011?

    No caso da Gafisa, ela só não evoluiu para a situação da PDG, porque eles venderam 70% da sua”galinha dos ovos de ouro”, o segmento Alphaville, no ano de 2013, o que permitiu que pagassem as dívidas bilionárias que foram geradas em função do esquema das vendas FALSAS na planta e voltasse a pedalar com este esquema em seguida.

    Existe uma infinidade de outras”coincidências” e pessoas “inocentes”nesta história, como por exemplo, Lula que fez um fortíssimo loby e em out/2007 conseguiu que o Brasil fosse escolhido pata sediar a copa do Mundo de 2014. Que “sorte” fantástica das 18 construtoras que tinham feito abertura de Capital entre 2006 e 2007, que logo em seguida viram a copa do mundo no Brasil fomentar um recorde histórico de construções, no caso de infraestrutura, para estádios, obras viárias, etc, no caso de residências, como resultado da euforia com a valorização dos imóveis advinda da mega especulação, afinal as obras viárias para copa do mundo iriam valorizar todos os imóveis, não é mesmo?

    Tão inocente quanto o surgimento do FINGE Zap de forma simultânea com o crescimento astronomico nos preços dos imóveis em 2008 em função das outras”coincidências” que constam acima.

    A partir de 2009, o aumento explosivo de obras da Petrobrás também turbinaram os negócios das construtoras, o que a Lava-Jato nos ajudou a ver depois, o quanto também eram inocentes, não é? E não é que foi exatamente em 2009 que o governo lançou o Minha Casa Minha Vida que de novo fez com que os negócios das construtoras disparassem?

    Longe de mim achar que o governo, a FIFA e as construtoras possam ter qualquer comportamento que não seja idôneo, como sabemos, eles estão acima de qualquer suspeita, como defende o autor do artigo quanto aos “inocentes erros de administração” da PDG, correto?

    Para quem quiser ver o que consta acima DESENHADO, seguem links:

    http://defendaseudinheiro.com.br/a-historia-da-bolha-imobiliaria-brasileira-parte-1

    http://defendaseudinheiro.com.br/a-historia-da-bolha-imobiliaria-brasileira-parte-2

    40+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 29 de julho de 2016 at 08:10

      Ah, não vamos esquecer da caixa economia federal (CEF) que sempre praticou os menores juros, aceitava transferência entre contas e pessoas que não ajudariam a pagar as parcelas na comprovação de renda para o crédito imobiliário, além de sempre estar na vanguarda do aumento do prazo do financiamento imobiliário, o que fez com que ela primeiro se mantivesse com 70% de todo o crédito imobiliário concedido e depois tivesse uma inadimplência muito maior que a média nacional, o triplo de títulos podres vendidos para empresas abutres em relação à SOMATÓRIA de Bradesco, Itau e Banco do Brasil, dentre outras anomalias que sempre acontecem com os bancos que mais patrocinam as bolhas imobiliárias ao redor do Mundo, de novo, algo “inocente”, pura “coincidência” este nosso subprime 2.

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Seguidor do Bolha BH 29 de julho de 2016 at 08:12

        GREAT! 🙂

        7+
      • JJJ_brasilia 29 de julho de 2016 at 09:07

        CA falei mais acima que foi erro de administração, me enganei com a matéria do Resimob, eu ERREI, você está certo.

        Acrescentado, o setor da construção civil não terá outra Copa do mundo nem olimpíadas alavancar vendas tão cedo, digamos nos próximos 50 anos.

        CA obrigado por me ajudar.

        11+
    • Rampion 29 de julho de 2016 at 09:02

      CA,
      Realmente é difícil de acreditar em “erro de administração” empresas como essas não chegam ao volume de vendas que tiveram com “erros de administração”. Isto, está mais para desonestidade mesmo parecido com o que acontece com as pirâmides financeiras, garantem que o sistema é auto-suficiente e todos que entraram e entrarão irão ganhar e isso ocorrerá infinitamente. As empresas sabem que se ficarem devendo não serão presos e não terão seus patrimônios em risco. E que os incrédulos que acreditaram amarguem o prejuízo.

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Lucas 29 de julho de 2016 at 13:09

        CA
        a alta adminsitração ganhou bonus milionários e numa hora dessas já converteram tudo em dolar
        os políticos ganharam os votos
        os gerentes dos bancos bateram metas e ganharam bonus e prêmios
        os sócios proprietários das ações perderam, mas segundo o amorinha já já a bolsa volta pros 200k, além do mais são ricos tão nem aí.
        os jornais e sites ganharam muito com publicidade

        Todo mundo feliz
        sqn…

        Quem pagou a conta?
        lembrando do slogan antigo do bib: “pague o justo pra não apgar o pato”

        17+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 29 de julho de 2016 at 08:09
  • Seguidor do Bolha BH 29 de julho de 2016 at 08:09
    • Zé do Brejo 29 de julho de 2016 at 08:36

      Para tudo, esse povo anda tomando chá da tarde com a Dilmanta? Não existe lastro para a esperança.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • CA 29 de julho de 2016 at 08:12

    Atenção pessoal, não ser preocupem, a PDG não vai quebrar, eles são muito grandes para quebrar, é só ver o exemplo do Lehman Brothers na explosão da bolha americana…

    https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Too_Big_to_Fail

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Zé do Brejo 29 de julho de 2016 at 08:38

      Única dúvida que tenho é porque Itaú e Bradesco não executam logo essa empresa de mer…

      10+
      • avatar
      • avatar
      • Marcio 29 de julho de 2016 at 08:59

        Não executam simplesmente porque não receberiam nada ou quase nada. A dívida da PDG é de 5,8 bilhões e a alavancagem (relação entre dívida e patrimônio) é de 280%.
        Então, preferem postergar e esperar por um milagre.
        Mas o motivo principal para não executarem é não trazer pânico ao mercado, levando a quebra de outras construtoras, o que prejudicaria ainda mais os bancos, pois sabidamente não é apenas a PDG que deve para os bancos.

        28+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Zé do Brejo 29 de julho de 2016 at 09:13

          Concordo com você, mas quanto mais postergam, mais o problema aumenta.
          Esse abacaxi terá de ser descascado com colher.

          12+
          • avatar
          • avatar
    • Observador 29 de julho de 2016 at 11:28

      Sem saber disso, todos os imóveis foram vendidos rapidamente ainda antes do fim do Pan. O condomínio foi considerado um sucesso de vendas. Hoje, a associação informou que alguns apartamentos da Vila foram leiloados e um de 160 metros quadrados e quatro suítes foi vendido por R$ 300 mil – valor bem abaixo do mercado.

      Olha aí Zé Carioca!!!

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Fernando-SSS 29 de julho de 2016 at 16:00

      Nooooosa!!!! Quase me deu dó…

      A galera segue a manada depois se f…
      Infelizmente o único que sorri nestas horas é o Motumbo.

      6+
  • Rampion 29 de julho de 2016 at 08:48
    • Zé do Brejo 29 de julho de 2016 at 09:04

      Temeroso é clone anão da Anta.

      12+
      • avatar
      • Rampion 29 de julho de 2016 at 11:07

        O mordomo de filme de terror está apenas agradando o alto escalão concedendo aumento à militares, funcionários do poder executivo e outros que fazem diferença para a “governabilidade”. Os coitados dos professores, policiais, médicos nem cogitam. Sem contar a terceirização da terceirização.

        23+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • JJJ_brasilia 29 de julho de 2016 at 09:13

      Sobre compras no exterior on line: se for muita grana saindo, Dollar, é uma medida que tem que ser tomada, eu tenho muito medo de falta de Dollar no Brasil, vivi os anos 80, e o país vivia sem Dollar, era um desespero.

      Obs.: Podem brigar, mas é a minha visão, senti na pele. Um economia não funciona sem Dollar é energia elétrica, o resto se administra.

      9+
      • Rampion 29 de julho de 2016 at 11:16

        JJJ_brasilia,
        Também vivi os anos 80 (infância) e 90 (adolescência) e sabe qual era meu pensamento quando criança? Crescer para ajudar meus pais e na adolescência conseguir um emprego. Pois, a dificuldade era absurda mesmo. Quando vejo uma turma fazendo militância pelo Bolsonaro e outros radicais fico pensando se não trocaram a boca pelo cu. É tanta ignorância, que só pode vir de quem nunca passou necessidades na vida. Saímos de Dilma para Temer e o pessoal acha que melhorou ou vai melhorar. kkkkkk. Reforma política nada até agora! Retomada da economia ou contenção de gastos tá na cara que é só da boca pra fora! E ainda há quem acredite que é só uma questão de tempo para as coisas entrarem nos trilhos. Mas, o andar do Brasil é esse mesmo muita roubalheira e nenhuma punição. Agora até comprinhas eles querem taxar. Isso ainda vai muito longe.

        23+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • joselito 29 de julho de 2016 at 15:53

          No momento, o “mote” é dizer que as ações (aumento de gastos para setores privilegiados, mais crédito, aumento de imposto, enfim, crescimento do Estado) estão sendo tomadas nesse período de interinidade, para “passar” o impeachment (compra dos votos).
          No entanto, o que pouco se comenta, é que o PSDB protocolou na justiça eleitoral, um pedido de cassação da CHAPA, por irregularidade de campanha.
          Assim, imagino eu, que depois da tradição da coisa (o impeachment), a presidência terá que começar a agradar aquele que queria mas não está no poder: o PSDB (quiçá alguns ligados ao judiciário). E o “agrado” vai vir como? Corte de gastos, redução do crédito e da impressora, etc?

          5+
          • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 29 de julho de 2016 at 09:03
  • fanfarraum 29 de julho de 2016 at 09:46

    Desemprego sobe para 11,3% no 2º trimestre, aponta Pnad, do IBGE
    http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/07/desemprego-fica-em-113-no-2-trimestre-diz-ibge.html

    A população desocupada cresceu 4,5% em relação ao primeiro trimestre e chegou a 11,6 milhões de pessoas. Já na comparação com o 2º trimestre de 2015, o aumento foi de 38,7%.

    7+
    • avatar
    • fanfarraum 29 de julho de 2016 at 09:48

      Em um ambiente de desemprego em alta, o rendimento médio dos trabalhadores acabou caindo e atingiu R$ 1.972. Sobre o 1º trimestre, a renda diminuiu 1,5% e em relação ao 2º trimestre do ano passado, 4,2%.

      30% da renda média de 2 trabalhadores = R$ 1.183
      É essa a “parcela média” que o brasileiro pode pagar no financiamento.

      Isso considerando que os 2 estão empregados e não tem dívidas já ou não estão ajudando parentes (coisa díficil de se medir, mas tenho vários amigos que estão ajudando financiamente pais e mães).

      9+
      • avatar
      • Alemon Fritz 29 de julho de 2016 at 13:43

        o curioso é que num ambiente de desemprego, queda de 59% (a 92%) nas vendas de imóveis, queda na poupança, nos financiamentos, aumento nos distratos 42%,deficit recorde, dívidas de construutoras, que é o pior momento… mas os preço dos imóveis só “baixaram” 10%.. é só ver que as contas não batem.

        11+
    • Ilusionista 29 de julho de 2016 at 12:12

      E ainda tem “maluco” querendo abraçar financiamento de tijolos pelas próximas três décadas e meia sem saber o dia de amanhã.
      Isto sem falar, na reforma da legislação trabalhista que vão propor no “pacotão pós eleição”, que poderá reduzir de forma considerável a renda de todos os trabalhadores para os próximos anos .
      Dentre eles, a livre negociação entre os sindicatos patronais e dos trabalhadores, deixando de lado garantias mínimas de salário e jornada de trabalho.
      No passado já tentaram algo parecido na Espanha, hoje a taxa de desemprego por lá é de mais de 20% e, entre o jovens com menos de 25 anos, chega a 45%.

      6+
      • avatar
  • fanfarraum 29 de julho de 2016 at 10:01

    Taxa de desemprego PNAD em março de 2012 = 7,90%
    Taxa de desemprego PNAD em junho de 2016 = 11,30%

    Fazendo um jogo rápido:
    A probabilidade de um casal ter emprego (os 2), em 2012, era de 84,8% (1-7,9% * 1-7,9%).
    Em 2016, essa probabilidade caiu para 78,7%.

    Ou seja, cerca de 7% dos casais em pleno emprego em 2012 não estão mais com 2 empregos.

    Se considerar que o casal ainda depende de uma ajuda financeira de um terceiro (pai do cara, por exemplo), o que é extremamente comum, para conseguir comprar um imóvel:

    A probabilidade dos três terem empregos em 2012 era de 72,0%.
    Em 2016, essa probabilidade caiu para 61,9% (10,1%).

    Ou seja, cerca de 14% (10,1% de 72%) desses arranjos existentes em 2012 (casal dependendo do pai de alugém) não estão mais com pleno emprego.

    É MUITA gente.

    Isso sem considerar a queda real da renda. Apenas desemprego.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • mestre dos magos 29 de julho de 2016 at 13:27

      Fora que tem muitas empresas que não estão demitindo por que não tem $$ para as rescisões. Falei com um amigo este final de semana, ele é chefe em uma empresa de Joinville, empresa de usinagem, que só tem profissionais com muita experiência/treinamento na área. Já demitiram 50 desde o final do ano passado e não demitem mais 30 por que não tem cash para a rescisão. Sinistro…….

      14+
      • avatar
      • avatar
      • Leonardo M. 29 de julho de 2016 at 13:42

        Podemos dizer que os que já foram demitidos tem mais sorte pois já pegaram a recissao, já os próximos demitidos podem ou não ter a verba rescisória…
        Sinistro mesmo

        7+
  • markito 29 de julho de 2016 at 11:10

    Só teremos queda real e mais forte mesmo quando uma das grandes quebrar. Ai adeus venda na planta. Se bem que memória de brasileiro é tão curta que a maioria nunca nem deve ter ouvido falar da Encol.

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Rampion 29 de julho de 2016 at 11:30

      A memória do brasileiro é seletiva. O cara pode ter sido pobre a vida inteira que basta um mês de riqueza ou crédito pra ele nem lembrar disso. Todos sabemos que a economia é cíclica e que o período de vacas magras sempre perdura mais. Mas, quem nasceu pra cigarra nunca será formiga. Agora PNJ!

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Immunity 29 de julho de 2016 at 12:54

    Um conhecido vendeu recentemente uma área na zona sul de São Paulo por 600k.
    Agora, ele quer “investir” este dinheiro na compra de um imóvel para alugar (“investiria” uns 500k e ficaria com 100k para seu uso).
    Tentei argumentar para não fazer isto, visto que este dinheiro renderia melhor em aplicações (TD, LCI, CDB), mas o principal argumento dele é que se ele não comprar um imóvel em 180 dias, terá que pagar IR de 15% (45k para o governo).

    Quais seriam excelentes argumentos para evitar este desastre? Ele é uma boa pessoa, mas não tem muito traquejo nesta área.

    9+
    • avatar
    • alemonbnu 29 de julho de 2016 at 13:15

      Comprar um imóvel financiado pelo daycoval. Daí as parcelinhas que cabem no bolso ele paga sacando do fundo onde aplicou os 500k, que ele deverá deixar num CDB de banco grande. O daycoval está precisando de lastro para emitir mais LCI com boas taxas.

      13+
      • avatar
    • markito 29 de julho de 2016 at 13:15

      Mesmo pagando o imposto, compensa mais investir esse dinheiro que não seja em tijolos que continuam desvalorizando. Vai recuperar muito mais rápido em alguma aplicação do que se comprar outro imóvel e alugar. Mostre pra eles quantos imóveis estão para alugar em SP Capital, especificamente na Zona Sul e ele muda de opinião rapidinho.

      8+
      • avatar
    • From_The_Tower 29 de julho de 2016 at 14:25

      A única maneira de fazer esse brick lover não fazer cagada é mostrar uma curva de juros no TD e mostrar o desgaste do mercado imobiliário.

      12+
      • avatar
    • Rampion 29 de julho de 2016 at 15:26

      Immunity,
      Será que você ainda não percebeu que dinheiro na mão de 666 é vendaval? Eles tem pavor de dinheiro na conta e vacinados contra o raciocínio lógico e o bom senso. Deixa ele gastar ou queimar o dinheiro do jeito que ele quiser. Se você for aconselhar ele vai deixar de comprar o imóvel e depois vai ficar te azucrinando dizendo que perdeu uma boa oportunidade. Pra que ganhar 5k de rendimento por mês se ele pode ganhar 1k e ainda pagar imobiliária, corvo, IR, prefeitura e ainda ficar com o imóvel vazio ou ocupado sem pagamento do inquilino. Onde já se viu uma vida melhor do que essa pra 666? kkkk.

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Immunity 29 de julho de 2016 at 20:19

      Pessoal, obrigado pela opinião. Fico feliz de ver tantas pessoas lúcidas em um só local.
      Vou conversar com ele, mas só aquele breve conselho. Nada de tapinhas nas costas, 666 não merece muita trela. 🙂

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Lucas 29 de julho de 2016 at 12:59

    ENCOL é pinto perto do que a PDG fez e faz

    pros çofitistas do blog, fica a lição.
    E avisamos ontem, não chegamos ainda no fundo do poço

    Ontem tbm falei a palavra mentira dum cidadão que afirmou ter limite a queda de preço devido aos custos
    Prezados bibistas, a pessoa que falou essa merda é uma pessoa estudada, esses conceitos de formação de preço e custo são obviedade do primeiro ano da faculdade, eles sabem disto, eles comentem falácias propositalmente, são bandidos com dinheiro e voz na mídia. Coitado do incauto que acreditar. Mesma coisa os çofitistas, eles no fundo no fundo, eles sabem, mas não admitem. Freud explica, motumbo escrverá em braile pra quem não quiser ver.

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Luke Bolha 29 de julho de 2016 at 14:04

      Eu nunca deixei claro e acho que outros podem ter o mesmo ponto de vista, muita coisa depende da faixa de preço do imóvel e localização, na região em que moro (interior) e na faixa de preço que pesquiso duvido muito que a queda será hard, mas aposto que o preço será mantido e será “devorado” via inflação (soft).

      14+
      • avatar
      • avatar
      • Luke Bolha 29 de julho de 2016 at 14:19

        Só para ilustrar melhor, estou vendo alguns imóveis que fazem 3 anos que são ofertados na faixa de 120k, com a inflação atual se isso continuar por mais 3 anos acho que chegaremos ao preço justo.

        12+
        • avatar
        • Lucas 29 de julho de 2016 at 14:23

          coloca o custo de oprotunidade de 6 anos
          minhas piores TDS rendem 100% liquido nesse prazo, até a popupança dá uns 50%a mais.
          çoft?
          só pra quem não sabe fazer contas

          9+
          • avatar
          • Luke Bolha 29 de julho de 2016 at 14:27

            Então eu estou confundindo um pouco. Para mim hard é quando há uma queda abrupta de preços, enquanto soft os preços “caem” devido a inflação ao longo do tempo.

            11+
            • avatar
            • From_The_Tower 29 de julho de 2016 at 14:31

              Em um mercado que paga 1% de juros ao ano é uma coisa. Na BNN Dólar pode dar 45% em um ano. TD pode dar mais de 40% ou 80% em 18 meses.

              12+
              • avatar
              • avatar
              • Luke Bolha 29 de julho de 2016 at 14:37

                Só para deixar claro, eu estou conciente que mesmo minhas LCIs rendem 91% nesse periodo, porém eu sempre imaginei hard algo do tipo hoje está um preço e logo em seguida tem uma queda abrupta de preço, por exemplo 120k em um dia e na outra semana o mercado geral baixa para 60k, agora se o pessoal considera que a definição de soft vale do quanto se perde em oportunidade de venda ao longo do tempo em que o imóvel foi anunciado então eu digo também que é hard.

                9+
                • avatar
                • From_The_Tower 29 de julho de 2016 at 15:13

                  Entendi.
                  Eu penso que não é a mesma dinâmica do mercado americano por exemplo. Caiu forte……. ao longo de 03 anos e depois foi se recuperando.
                  Aqui será gradual . A maioria dos proprietários não sabem olhar outro indicativo. Eles só olham tijolos. E anúncios de outros tijolos.

                  8+
                  • avatar
                  • avatar
                • CarlosL 29 de julho de 2016 at 16:10

                  Boa, é bem por ai…. O custo oportunidade…. O $ encalhado junto com o imóvel gerando apenas despesas quando ele poderia estar em outro lugar fazendo exatamente o contrário

                  5+
                  • avatar
                • Zé Carioca 29 de julho de 2016 at 17:27

                  Luke, aí até eu, o mais odiado dos softs, sou hardista. A inflação corroer por anos é o soft, o hard é o preço despencar em um ou dois anos, minha opinião sempre foi que a inflação vai corroer o valor dos imóveis.

                  Se você analisar o mercado de leilão foi hard, quedas de 50% e nem assim vende. Obviamente tem a questão do imóvel estar ocupado, ser difícil tirar pois a justiça é lenta, mas no auge da especulação os imóveis leiloados saiam acima da primeira avaliação. Eu vi isso acontecer nos dois leilões que acompanhei em 2013. Agora no mercado de usados vejo quedas nominais de 10 ou 20% no máximo, mas com a inflação alta o valor perdido é muito grande.

                  9+
                  • avatar
                  • avatar
    • From_The_Tower 29 de julho de 2016 at 14:24

      Custo de produção em um mercado com estoques altíssimos e baixíssima chance de vendas?
      putz…….

      12+
      • avatar
  • Jacob 29 de julho de 2016 at 13:46

    Fala bolhistas

    Recebi a propaganda no meu e-mail. Alguem conhece?

    “Hoje queremos te apresentar o EBANX Dollar Card, um cartão virtual, com saldo em dólar, feito pra quem quer comprar no mundo todo sem precisar se incomodar. Com ele você pode fazer compras em sites internacionais de um jeito super prático e fácil!

    É bem simples: você carrega seu cartão com boleto e pode fazer compras e assinar serviços online em sites do mundo todo usando seu saldo!

    E o melhor, tudo isso com a tranquilidade e a segurança que o EBANX oferece pra você! 😀

    Aproveite, não tem fila, nem burocracia. Afinal, a parte boa são as compras! ;)”

    4+
    • From_The_Tower 29 de julho de 2016 at 14:22

      Tenho um amigo que usa.
      Até agora nenhuma crítica ou ressalva.

      6+
      • avatar
    • MINEIRO SPY 29 de julho de 2016 at 14:41

      Legal ou ilegal, não se sabe, mastodos usando transferwise e funcionando muitíssimo bem

      6+
    • SampaBoy 29 de julho de 2016 at 19:39

      Interessante, precisa ver a cotação que é utilizada para carregar o cartão.

      2+
  • fanfarraum 29 de julho de 2016 at 13:46

    http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/politica/noticia/2016/07/servidores-estaduais-vao-receber-r-650-em-primeira-parcela-do-salario-de-julho-6945795.html
    Servidores estaduais vão receber R$ 650 em primeira parcela do salário de julho

    É o oitavo parcelamento dos salários em 19 meses de governo de José Ivo Sartori — e o sexto consecutivo. Além disso, é a segunda menor parcela paga desde que começaram os atrasos. Em agosto de 2015, o funcionalismo recebeu apenas R$ 600.

    http://www.poa24horas.com.br/bloco-de-seguranca-publica-alerta-aos-gauchos-para-nao-sairem-paras-as-ruas-na-quinta-feira-0408/

    6+
    • avatar
    • fanfarraum 29 de julho de 2016 at 13:50

      Bloco de segurança pública alerta aos gaúchos para não saírem paras as ruas na quinta-feira (04/08)

      6+
    • Luke Bolha 29 de julho de 2016 at 14:16

      O dia em que a crise começa a afetar até mesmo FP chegou.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • Ilusionista 29 de julho de 2016 at 16:41

        grande maioria dos FPs pelo Brasil afora, já com a renda comprometida com consignados de longo prazo reduzindo 40% do salário.
        No final acaba encarecendo mais por conta dos encargos dos atrasos vindo do Estado.

        6+
        • avatar
        • avatar
  • Cesar_DF 29 de julho de 2016 at 13:54

    É SOFTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTT 84% OFF

    LEILÃO DE APARTAMENTO EM BRASÍLIA/DF
    Apto. nº 304, BL P, da SQ-402-SUL, Brasília/DF. Composto: sala com varanda, cozinha, área de serviço, banheiro social e quarto com armário embutido, área total construída de 123m².
    1º Leilão – 02/08/16 às 14:30 horas – R$ 612.140,25
    2º Leilão – 04/08/16 às 14:30 horas – R$ 98.380,62
    Localização Aproximada: https://goo.gl/maps/WDVLDC7WkGK2
    BANCO INTERMEDIUM S.A
    (Caso não haja licitante no 1º leilão, ocorrerá o 2º leilão)
    Leilão Online: http://www.gpleiloes.com.br
    Leilão Presencial: Av. Nossa Senhora do Carmo, 1.650, lj. 42, Bairro: Carmo, Belo Horizonte/MG.
    Leiloeiro Oficial: Paschoal Costa Neto – JUCEMG nº 584
    Mais informações: Telefone: (31) 3241-4164 ou pelo WhatsApp: (31) 98685-0810 e ainda em nosso site: http://www.gpleiloes.com.br
    Material de divulgação, havendo divergências fica válido o que consta no edital de leilão. Fotos produzidas quando da avaliação do imóvel. Descrição anunciativa; o imóvel será vendido em caráter “Ad Corpus”.

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cesar_DF 29 de julho de 2016 at 14:00

      LUCAS, conforme o previsto, acho que o mais incrédulo terá que admitir este é o DESPAIR

      CA, Carioca, alguma comentário ?

      10+
      • avatar
      • avatar

      • Lucas 29 de julho de 2016 at 14:20

        402 sul, do lado do planalto, mais nobre impossível

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 29 de julho de 2016 at 14:24

          E 123 m2 = R$ 797/m2

          9+
          • avatar
          • carioca_real 29 de julho de 2016 at 23:03

            Esse é hard mesmo.

            6+
            • avatar
      • CarlosL 29 de julho de 2016 at 16:11

        Acho que as pessoas, assim como eu, entendem Despair como algo na boca do povo, nos noticiários quase que diariamente, etc…. Ainda não chegou a esse ponto

        4+
    • From_The_Tower 29 de julho de 2016 at 14:22

      Cesar, nunca vi uma segunda praça com tanto desconto sim.
      Tem o link específico da bagaça?

      Valeu !

      6+
      • avatar
      • Cesar_DF 29 de julho de 2016 at 14:23

        Veio pelo Facebook, vão vir mais, isto é só o começo

        7+
        • avatar
        • From_The_Tower 29 de julho de 2016 at 14:26

          Ok. Beleza.

          Aqui em CWB ontem tinha 07 imóveis em leilão (segunda praça) e 04 foram vendidos. Um ágio foi grande e os outros 03 normais.

          5+
    • From_The_Tower 29 de julho de 2016 at 15:19

      98k é caro.
      kkkk
      putz… que lugar feio

      6+
    • Zé Carioca 29 de julho de 2016 at 17:32

      Cesar ou algum advogado que entenda de leilões, o leilão judicial pode ter queda de mais de 50%? O novo código civil não limita o valor a 50% da avaliação? Pergunto isso porque semana passada fui num leilão para acompanhar e o leiloeiro falou que menos de 50% é considerado pelo juiz preço vil, fui pesquisar pois sempre vi vocês falando aqui em descontos maiores e vi que no novo código civil fala em máximo de 50% de desconto em relação ao preço avaliado.

      “Art. 891 Não será aceito lance que ofereça preço vil. Parágrafo único. Considera-se vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital, e, não tendo sido fixado preço mínimo, considera-se vil o preço inferior a cinquenta por cento do valor da avaliação.”

      PS: Antes que alguém critique, realmente fiquei com essa dúvida, não entendo nada de leilões e não sou advogado.

      2+
      • joselito 29 de julho de 2016 at 17:54

        Isso é coisa do Novo Código de Processo Civil.
        Não sou especialista nessa área, mas penso que:
        1 – O código viria para regular as ações judiciais. Leilões extrajudiciais, em tese (veja, eu não conheço do assunto, estou palpitando), são outras histórias.
        2 – No Brasil existe a estranha mania de algumas leis “não pegarem”;
        3 – Os artigos dessa Lei que atrapalham a vida do poder judiciário estão sendo, pouco a pouco, “superados” por súmulas (o judiciário se recusando a cumprir a Lei, ou melhor, o Judiciário usurpando a função do legislador).
        4 – O juiz poderá fixar o que entende como “preço vil”. Ai caberá aos advogados bolhistas mostrarem pro juiz que 50% do preço de avaliação ainda está acima do mercado real (aquele do dia a dia, e não aquele constante de FINGEZAP e demais propagandas).

        p.s.: o mesmo CPC prevê que imóvel de “incapaz” só pode ser leiloado por preço mínimo de 80% da avaliação (contra 50% dos “capazes”). Nesse caso adiará o leilão até 1 (um) ano……

        3+
        • avatar
        • avatar
        • Dazelite 1 de agosto de 2016 at 11:20

          Essa sua avaliação está bem viajada…rs…fora o que já foi respondido aqui, não tem nada de “leis que não pegam” teoria da conspiração, etc.
          Existe de fato uma sólida construção jurisprudencial, no sentido de que abaixo de 50% da avaliação o preço é vil. Várias decisões do STJ falam em 60%. Não estou dizendo que jurisprudência ou o CPC estão certos ou errados, o fato é que em leilões ninguém vai conseguir arrematar por menos de 50% da avaliação, ainda que do ponto de vista economico e da atual crise isso seja uma tremenda burrice. Espero ter ajudado.

          0
      • Observador 29 de julho de 2016 at 17:56

        Novo Código de Processo Civil:

        Art. 891 Não será aceito lance que ofereça preço vil.

        Parágrafo único. Considera-se vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital, e, não tendo sido fixado preço mínimo, considera-se vil o preço inferior a cinquenta por cento do valor da avaliação.

        O leilão que cita lá bem em baixo é alienação fiduciária, que tem regras diferentes:

        Art. 27. Uma vez consolidada a propriedade em seu nome, o fiduciário, no prazo de trinta dias, contados da data do registro de que trata o § 7º do artigo anterior, promoverá público leilão para a alienação do imóvel.

        § 1º Se, no primeiro público leilão, o maior lance oferecido for inferior ao valor do imóvel, estipulado na forma do inciso VI do art. 24, será realizado o segundo leilão, nos quinze dias seguintes.

        § 2º No segundo leilão, será aceito o maior lance oferecido, desde que igual ou superior ao valor da dívida, das despesas, dos prêmios de seguro, dos encargos legais, inclusive tributos, e das contribuições condominiais.

        § 3º Para os fins do disposto neste artigo, entende-se por:

        I – dívida: o saldo devedor da operação de alienação fiduciária, na data do leilão, nele incluídos os juros convencionais, as penalidades e os demais encargos contratuais;

        II – despesas: a soma das importâncias correspondentes aos encargos e custas de intimação e as necessárias à realização do público leilão, nestas compreendidas as relativas aos anúncios e à comissão do leiloeiro.

        § 4º Nos cinco dias que se seguirem à venda do imóvel no leilão, o credor entregará ao devedor a importância que sobejar, considerando-se nela compreendido o valor da indenização de benfeitorias, depois de deduzidos os valores da dívida e das despesas e encargos de que tratam os §§ 2º e 3º, fato esse que importará em recíproca quitação, não se aplicando o disposto na parte final do art. 516 do Código Civil.

        § 5º Se, no segundo leilão, o maior lance oferecido não for igual ou superior ao valor referido no § 2º, considerar-se-á extinta a dívida e exonerado o credor da obrigação de que trata o § 4º.

        2+
        • avatar
      • Margarida 29 de julho de 2016 at 18:18

        Acho que isso é so pra leilões judiciais. Nem olho esses.. Olhe os extra judiciais, Ze Carioca.

        3+
    • Margarida 29 de julho de 2016 at 18:14

      To acompanhando um pouco os leiloes. Tem uma diferença enorme entre os preços dos leiloes de cada banco. Do intermedium aqui já apareceram uns ótimos como esse. Itaú e bradesco ainda estão bem caros.

      5+
      • avatar
  • Luladranus 29 de julho de 2016 at 14:00

    “A cidade olímpica está em declínio desde os anos 60”, diz a revista. “Os Jogos não vão mudar sua direção.”

    https://noticias.terra.com.br/brasil/cidades/olimpiada-nao-vai-reverter-decadencia-do-rio-diz-economist,26eefae8d6cdbced96a1182f0422fa89p1hz25xh.html

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 29 de julho de 2016 at 14:52

    Guarida Show oferecerá imóveis que podem superar os 30% de desconto

    “O Guarida Show é o primeiro evento do mercado imobiliário a oferecer ofertas tanto para quem quer comprar, como para quem quer alugar um imóvel. “Todos os eventos deste tipo são direcionados apenas para quem quer comprar. Estamos inovando ao trazer opções também para quem quer alugar com valores abaixo de mercado”, destaca Evandro Maahs, gerente comercial de Aluguéis da Guarida.”

    https://noticias.terra.com.br/dino/guarida-show-oferecera-imoveis-que-podem-superar-os-30-de-desconto,eb97fd639f835f6a6a8aef2f81d3c539r5e80bg0.html

    5+
    • From_The_Tower 29 de julho de 2016 at 15:11

      “abaixo de mercado”

      esses termos são engraçados,né?

      8+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 29 de julho de 2016 at 14:58

    “”Os resultados fiscais têm sazonalidade forte. Os resultados do primeiro semestre são sempre impactados por fatores favoráveis, como a arrecadação boa da Receita Federal em abril, em função do Imposto de Renda”, comentou Rocha, lembrando que fatores como estes estão ausentes na segunda metade do ano. “A tendência é de resultados primários negativos, de resultados piores no segundo semestre”, disse, reforçando que o déficit deve crescer até dezembro.”

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/07/29/internas_economia,789027/bc-tendencia-e-de-resultados-primarios-negativos-e-piores-no-2-semes.shtml

    3+
  • Cajuzinha 29 de julho de 2016 at 15:42

    “Desemprego deve seguir crescendo

    A maioria das projeções dos economistas já estimavam que o número de desempregados subisse no último semestre. Ainda que haja uma sensação de que a economia brasileira começa dar alguns sinais de melhora em determinados setores, o mercado de trabalho é sempre o último a retomar um crescimento, segundo Bruno Ottoni, economista do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getúlio Vargas.

    “Em meio à recessão e um cenário ainda de incertezas, o empresário prefere esperar para voltar a investir e empregar. Apesar de alguns indicadores que mostram uma melhora, eles precisam de algo mais sustentável. O mercado de trabalho é mais rígido mesmo”. explica.”

    “Para o Ottoni, só após a retomada do crescimento da economia será possível falar em uma queda do desemprego. Segundo as estimativas do Ibre, o que já é ruim vai ficar ainda pior até o final do ano. A taxa de desocupados deve chegar a 12,10% em dezembro. Ainda segundo Ottoni, só em 2018, o desemprego deve começar a cair. “Como o crescimento do PIB ainda será fraco no próximo ano, o número de desempregados continuará alto”, explica.”

    “As projeções de alguns bancos brasileiros também apontam uma tendência de alta do desemprego para os próximos meses. Segundo a estimativa do Bradesco, o índice de desemprego chegará a 11,9% em 2017. Já o banco Santander prevê que a taxa de desocupados atingirá o seu pico em meados do primeiro semestre de 2017, em torno de 12,5%”

    “A Pnad também mostrou que a renda do brasileiro diminui nos últimos meses. De abril a junho, a renda média real do trabalhador foi de 1.972 reais. O resultado representa queda de 4,2% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, quando a renda média era 2.058 reais.”

    http://brasil.elpais.com/brasil/2016/07/29/economia/1469802574_842001.html

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 29 de julho de 2016 at 17:17

      conhecido que ganhava perto de 15 pilas numa multi, demitido em fevereiro, descobriu neste dias que promoveram um subalterno que ganhava 5 pilas para o cargo dele para ganhar 8 pilas.
      Mundo cão.
      Menos renda, menos consumo, mais desemprego…

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Money_Addicted 29 de julho de 2016 at 17:32

        mundo cao?
        Se a empresa pode pagar pra alguem fazer o servico por 8k pq pagar 15k para alguem? 🙂

        17+
        • avatar
        • avatar
        • joselito 29 de julho de 2016 at 17:46

          Porque custo=preço.

          Se a empresa paga 15k para alguem, certamente ele ganhará isso no preço do seu produto. (Corvo+666 Mode ON)

          9+
          • avatar
  • Money_Addicted 29 de julho de 2016 at 17:35

    CVR

    Postei aqui alguns dias que estava fechando um aluguel por um valor bem abaixo do pedido, pois bem, estava tdo acertado, iria fazer seguro fianca mas ai o ninho dos corvos quis colocar tudo qto eh tipo de cobertura e o valor ficou MTO mais alto do q eu pretendia pagar – resultado? O imovel deles continuara na prateleira 🙂

    Ta certo q estou qrendo mudar para um imovel maior, mas nao tenho pressa

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Money_Addicted 29 de julho de 2016 at 17:37

    CVR – 2

    Ainda tem um pessoal com dinheiro na praca, os utimos (?)

    1 – sogro vendeu o carro por 40k, pouco abaixo da tabela.
    2 – amigo vendeu AP por mais de 400k – esse tirou a sorte grande, inclusive me perguntou o q eu achava qdo ele recebeu a oferta e eu disse “vende logo”

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Moreira 29 de julho de 2016 at 17:57

    Cesar,
    esse ap é de 57m

    Apartamento nº 304, Bloco “p”, da SQ-402-SUL, Brasília/DF. Composto de sala com varanda, cozinha, área de serviço, banheiro social e quarto com armário embutido, com área útil privativa de 57,6500m², área comum de 66,1506m², área total construída de 123,8006m².
    Em todo caso, é uma queda de preço considerável, mesmo o ap estando horrível. Essa região sempre pedem o olho da cara

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Moreira 29 de julho de 2016 at 17:59

    reduzir valor de Aluguel é algo que mais cedo ou mais tarde vc conseguirá! eu mesmo reduzi de 1.400 para 1.240. E não estou satisfeito. Queria fechar em no máximo 1.100.

    6+
    • avatar
  • W.K. 29 de julho de 2016 at 21:56

    ÇVR.

    No inicio deste ano, decidi que iria trocar o meu poçante 1995 por um novo veiculo usado, mais confortável e adequado as minhas necessidades e perfil de uso.

    Pois bem, desde então tenho acompanhado vários anúncios, vários veículos (Na verdade, creio que todos) com o dono pedindo acima da FIPE e não vende. E quando não vende, o que alguns propriOtários fazem? Obviamente aumentam ainda mais o preço.

    Tem carros que estão a venda desde pelo menos Janeiro, e o sujeito pede por exemplo 18k em um veiculo que na FIPE vale 12k. Chequei a achar uma criatura pedindo 45k por um veiculo cuja FIPE mal chega aos 20k.

    PS: E quando aparece alguma oferta de “barbada”, sempre é carro com algum probleminha “ínfimo” como problemas sérios no documento, motor fundido, carro capotado, carro parado a 5 anos com docs atrasados etc…

    6+
    • mestre dos magos 29 de julho de 2016 at 22:08

      Pesquisar na OLX é assim mesmo. Quando o anúncio é de graça, as pessoas pedem o que dá na telha. Se encontrarem um idiota maior para pagar o que eles pedem, eles vendem na hora. Enquanto isso, seguem publicando anúncios free em busca de um otário.

      8+
      • avatar
      • W.K. 29 de julho de 2016 at 22:12

        E olha que o OLX é o que tem os anúncios menos surreais.

        Mercado Livre é tão fora da realidade que eu já desisti.
        Webmotors infelizmente não não vingou muito aqui no RS.
        Autocarro, SóCarrão, Poacarros etc. tem pouca coisa, e muito do que tem é fora da realidade.

        4+
        • Margarida 30 de julho de 2016 at 01:33

          Funciona comentar com amigos, colegas do trabalho, família… Sempre tem alguém que vai acabar te dando alguma indicação boa de alguém que conhece que está vendendo um carro do jeito que você quer. Pelo menos reduz o risco de pegar uma roubada (ou um roubado mesmo).

          5+
    • Leonardo M. 30 de julho de 2016 at 03:00

      Cvr parecido

      Colega de trabalho tem um celta e quer 19mil nele…
      Fipe? 16.000,00!
      Virou até piada no serviço e até estão apostando quando vai baixar o valor do carro.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • Luke Bolha 30 de julho de 2016 at 08:21

        Antes de comprar meu carro a amiga da minha esposa estava vendendo o dela, esse pessoal tenta vender no começo pensando no quanto já pagaram nas parcelas do carnê e no saldo da divida, quando fui numa concessionária grande encontrei ofertas muito melhores.

        3+
  • Luke Bolha 30 de julho de 2016 at 08:01

    Temer: reformas trabalhista e da Previdência não devem ser aprovadas este ano
    http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2016-07/temer-reformas-trabalhista-e-da-previdencia-nao-devem-ser-aprovadas-este-ano

    Já vi essa novela antes, aí ano que vem fica um lenga lenga e todos esquecem, e em 2018 vão falar que o presidente que entrar é que vai ter que lidar com essas questões e por ai vai. Lembrando que com todos os problemas correntes o governo ainda aumenta os gastos publicos e também continua com a torneira de crédito intervencionista ligada na caixa ( usando até mesmo recursos do FGTS ).

    Sinceramente é mais fácil um político quebrar o país que implantar medidas anti-populistas.

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Luke Bolha 30 de julho de 2016 at 09:22

    OFF

    A nova idéia: Falar que algo vale muito mais do que o real valor pois foi privatizado.

    http://www.brasil247.com/pt/247/economia/246653/Tijola%C3%A7o-Parente-vendeu-por-R$-85-bi-um-campo-do-pr%C3%A9-sal-que-vale-R$-22-bi.htm

    Atentem para o valor de US$ 8,00 por barril, pai xicão pira nas estimativas.

    1+
  • Alemon Fritz 30 de julho de 2016 at 09:59

    eu agarantio
    Nova letra imobiliária pode ajudar a reativar a economia, diz Abecip
    a Letra Imobiliária Garantida (LIG) , se assemelha aos covered bonds existentes na Europa e são mais um instrumento de captação de recursos para os bancos financiarem o crédito imobiliário.
    o papel ter uma garantia real, com os imóveis lastreados no título, além do próprio banco emissor. (kkk)
    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/07/26/internas_economia,787748/nova-letra-imobiliaria-pode-ajudar-a-reativar-a-economia-diz-abecip.shtml

    2+
    • avatar
  • Cajuzinha 30 de julho de 2016 at 10:01


    — Houve redução tanto no número de vendas quanto nos valores negociados. Este ano, têm saída apenas casas e apartamentos que custam entre R$ 200 mil e R$ 600 mil. Acima disso está difícil. Tivemos uma queda de 25% nas vendas, mas fomos menos afetados porque trabalhamos apenas com imóveis prontos. Ouvimos de outras grandes corretoras, que também trabalham com lançamentos na planta, que essa queda pode chegar a 50% — afirma Silmara, lembrando, entretanto, que julho mostra os primeiros sinais de recuperação.”

    ” De acordo com dados do Portal da Transparência da prefeitura, a arrecadação com o ITBI — imposto cobrado toda vez que há uma transação imobiliária —, este ano, soma R$ 37,2 milhões, 13,5% abaixo dos R$ 43 milhões que entraram nos cofres públicos entre janeiro e julho de 2015. No caso da Taxa de Licença para Execução de Obras (TLO) — cobrada toda vez que um imóvel é construído ou passa por uma grande reforma —, a redução foi de 9,5%, de R$ 3,15 milhões, no mesmo período do ano passado, para R$ 2,85 milhões este ano. O número de imóveis vendidos também despencou: foram 3.939 entre janeiro e julho do ano passado, contra 3.068 no mesmo período deste ano. A queda até aqui foi de 22%. Diante dessa tendência, a prefeitura crê que a meta de arrecadação com estes dois tributos este ano — que é de R$ 94,9 milhões — fique bem longe de ser atingida: a projeção é que o município receba entre R$ 75 milhões e R$ 80 milhões, 21% abaixo da meta. Em evidente indicação da crise, as licenças para obras caíram mais de 50% no período, de 233 para 115.”

    TÓPICO

    http://m.oglobo.globo.com/rio/bairros/crise-derruba-arrecadacao-com-venda-de-imoveis-em-niteroi-19813692

    2+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 30 de julho de 2016 at 10:06

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


    Segundo Apolo, o sistema é uma das únicas alternativas para quem não nem dinheiro guardado na poupança. “Há pessoas para comprar imóvel, mas não têm dinheiro na poupança. Elas têm até a diferença, mas não tem para dar entrada”.

    Rosemberg, por sua vez, garante que a demanda pelo troca-troca cresceu 80%. Antes, afirma ele, de cada 10 negócios, 5 eram troca-troca e 5 vendas diretas. Hoje, para cada 10 negócios, 8 são troca-troca e apenas 2 vendas são diretas.”

    http://mobile.opovo.com.br/app/opovo/imoveis/2016/07/30/notimoveis,3641273/aceitamos-o-seu-usado.shtml

    2+
    • avatar
  • Cajuzinha 30 de julho de 2016 at 10:09

    Brasil ganha 4,8 milhões de
    desempregados em 2 anos
    A cada 4 jovens com até 24 anos, 1 está desempregado

    O Brasil tem hoje 11,5 milhões de desempregados. A falta de trabalho atinge todo tipo de
    profissional: homens e mulheres, jovens e experientes, com ou sem diploma universitário.
    Mas em meio à recessão econômica, que já dura 18 meses, são as mulheres, jovens e fora
    da universidade as mais afetadas. A partir da análise dos microdados da PNAD Contínua,
    a pesquisa mais completa do IBGE sobre o desemprego, o R7 preparou uma reportagem sobre
    o perfil do trabalhador sem ocupação. Entre junho de 2014 e junho de 2016, o número de
    desempregados subiu 71%.

    Reportagem
    Análise de dados
    ArteDiego Junqueira
    Álvaro Magalhães
    Danilo Lataro

    0
  • Alemon Fritz 30 de julho de 2016 at 10:19

    e o salário diminuiu 4,2% em média.. conforme o JG de ontem.

    1+
  • Labar 30 de julho de 2016 at 10:35

    CVR

    Vizinha de porta do meu sogro na 105n em Brasília tá tendo dificuldade de pagar 800 pratas de condomínio (era 700 ano passado).

    A história: ela comprou ano passado por nada menos que 1.050.000 esse 3qts de 112m². Eu brincava dizendo que ela saiu do coma e a primeira coisa que fez foi comprar um apto. Sendo que na época já havia na mesma quadra pedida de 980k – 950k. Preço de PEDIDA! Já tem uns 6 meses que ela anuncia: http://www.wimoveis.com.br/imovel/venda-apartamento-brasilia-df-3-quartos-sqn-105-1446682

    Da última vez que contei eram 16 anúncios do apto dela no wimoveis, cada um por uma imobiliária diferente! Rsrsrs

    O CVR mesmo vem agora: ontem encontro o corvo no hall saindo do apê dela. Eu ia descer de escada, mas logo detectei que era corvo, mudei de idéia e chamei o elevador. O elevador chegou, eu entrei, vi que ele ainda estava se despedindo e educadamente segurei a porta. Ele disse que eu podia descer, mas segurei pacientemente e disse que não tinha pressa (estava muito curioso pra ouvir a história de uma já provável motumbada). Ele então se despediu da dona e entrou. Como a conversa ia ser curta, já fui direto aos pontos que queria, quais sejam:

    A venda desse tijolo milionário está 99% certa. O milagre: o comprador vai empurrar um 2qts de 70m² na 309n por nada menos que 700k, com o da vizinha saindo por 950k (ela faz questão que saia por 970k, por isso ainda não finalizou). Provavelmente esse aqui: http://www.wimoveis.com.br/imovel/venda-apartamento-brasilia-df-2-quartos-sqn-309-bloco-a-1500442

    Moral da história: vai vender o dela por 8.500 o m², comprar um por 10.000 o m² e pegar 250k em dinheiro. Vai trocar um condomínio de 800 por um de 550. Aí eu pergunto. Vai?!?

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Cadeludo 30 de julho de 2016 at 11:41

    bidê marronzinho é melhor que bidê rosa pq camufla o bolo

    7+