Intenção de comprar casa e carro cai pela metade em um ano – Exame

Você pode gostar...

Comments
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 09:45

    Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 09:28
    “Hoje temos um estoque de 3.810 unidades disponíveis para venda, o que corresponde a 1,5 bilhão. Se continuarmos nesse ritmo é possível acabar com o estoque em um período de 16 meses, se não houver outros lançamentos”, disse Ayub.”

    “Hoje temos um estoque de 3.810 unidades disponíveis para venda, o que corresponde a 1,5 bilhão. Se continuarmos nesse ritmo é possível acabar com o estoque em um período de 16 meses, se não houver outros lançamentos”, disse Ayub.”

    kkkkkkkkkkk ” “ Sou corretor também, e tenho notado o aumento das vendas. As incorporadoras têm investido muito em descontos. Não é que o imóvel tenha desvalorizado, devido o preço mais baixo, pelo contrário. Acredito que alcançamos o preço ideal. Antes, os valores eram fora da realidade”, analisou Paulo, ressaltado que os descontos podem ser mantidos até junho deste ano.”

    http://www.emtempo.com.br/mercado-esta-favoravel-para-compra-de-imoveis-em-manaus/

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 20 de abril de 2016 at 09:58

      Então o que era quando vocês CORVOS prometiam 30% a.a. acima dos preços surreais?
      Hein?
      Hein?
      VTNC!

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Boruto 20 de abril de 2016 at 14:48

        Prometer até político promete. Acontecer é outra história.

        5+
        • avatar
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 09:46

    20/04/2016 09h00 – Atualizado em 20/04/2016 09h34
    Desemprego fica em 10,2% e é o maior da série da Pnad, do IBGE
    De dezembro a fevereiro, número de desocupados subiu 40% sobre 2015.
    Rendimento médio caiu em relação ao mesmo período do ano passado.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 10:16

      “O presidente do SindusCon-SP, José Romeu Ferraz Neto, afirmou não enxergar uma recuperação do emprego na construção brasileira, no curto prazo. “O setor está desempregando pelo 17º mês consecutivo. Mesmo se, como queremos, a crise política tiver um desfecho rápido dentro da legalidade, novos investimentos ao longo deste ano resultarão em obras mais adiante, e somente então se iniciará uma retomada do emprego”, comenta.

      Por segmento, engenharia e arquitetura teve a maior retração (-1,66%) em fevereiro em comparação a janeiro, seguido pelo de imobiliário (-1,15%). No acumulado do ano, contra o mesmo período do ano anterior, o segmento imobiliário apresentou a maior queda (-17,73%). ”

      http://www.regiaonoroeste.com/portal/materias.php?id=138214

      3+
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 20 de abril de 2016 at 09:51

    se a intenção de compra caiu 50%,se as vendas cairam 45% e se os estoques de novos estavam em quase 2 anos…
    agora há estoque pra 3 anos de mercado estável equlibrado.

    7+
    • avatar
    • tmarabo 20 de abril de 2016 at 09:55

      e isso que tem os imóveis que entram no mercado neste período.

      2+
      • avatar
      • From_The_Tower 20 de abril de 2016 at 09:59

        Fora o que não é divulgado. Existem imóveis fechados (novos) há mais de 05 anos.

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Cesar_DF 20 de abril de 2016 at 11:18

      Em 2016 o ITBI no DF foi aumentado de 2% para 3% e mesmo assim o valor arrecadado caiu.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • From_The_Tower 20 de abril de 2016 at 09:57

    Pandeiro avisou.
    Quando os preços caíssem as pessoas teriam menos apetite por compra. Também pudera anteciparam o consumo no período de euforia. Agora precisam pagar as inúmeras parcelinhas.
    Nem quem tem dinheiro quer comprar. Porque sabe que vai cair mais ainda.
    PNJ !!!!
    E sem choro !

    34+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • navlig00 20 de abril de 2016 at 10:16

    Aos 666 #ficaadica

    *http://oglobo.globo.com/economia/ir-saiba-como-declarar-distrato-de-imovel-em-construcao-19100047

    RIO – A dúvida de como declarar no Imposto de Renda um imóvel ainda em construção é constante, principalmente aqueles que o contribuinte, ao longo do ano, tiver vendido antes mesmo da entrega da unidade, num processo chamado de “distrato”. Em geral, não é necessário pagar imposto em cima das parcelas pagas até a venda, já que normalmente não há ganho financeiro do comprador.

    O assunto, que em antes não era tão discutido, entrou em voga porque o número de distratos vem crescendo devido à crise, que elevou os juros da casa própria, reduziu a renda e aumentou a taxa de desemprego no país. .Apesar de uma queda de 2015 para 2016, os números atuais ainda são muito maiores do que os de períodos anteriores, de acordo com Luiz Fernando Moura, diretor da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc).

    — A Abrainc é uma associação nova, que só vem coletando dados desde janeiro de 2014. Antes disso, não existiam números nacionais, apenas extrapolações de números regionais. Isso ocorre em parte porque, pela minha experiência, o problema do distrato não existia com a gravidade atual desde a década de 1980. Ele passou a ser medido justamente porque percebeu-se que estava começando a se tornar um problema. Antes, não havia distrato, quem quisesse vendia com lucro, portanto ele não era uma preocupação — diz.

    — Em quase todos os casos, atualmente, há um deságio quando ocorre a venda. Nessas ocasiões, o declarante não precisa pagar imposto em cima das taxas pagas em 2015, enquanto havia posse do bem. Basta ele declarar, no campo “Bens e Direitos”, tudo o que já foi gasto com o imóvel, inclusive a entrada e o que tenha sido pago em anos anteriores, e declarar que fez o distrato — explica Jorge Lobão, especialista tributário da Alterdata, empresa especializada em automação contábil.

    Nos casos em que houver um lucro para o contribuinte, ele precisa declarar essa vantagem econômica no Programa de Apuração dos Ganhos de Capital (GCAP 2016). O programa deve ser baixado pela internet no site da Receita Federal e, posteriormente, essa declaração deve ser importada para o Imposto de Renda.

    Na declaração a ser entregue até o próximo dia 29, esse processo deve ser cumprido apenas para os distratos feitos em 2015. Quem o fez nos primeiros meses deste ano deve declarar a ação na declaração de ajuste do ano que vem.

    OUTROS CENÁRIOS Aqueles que estiverem construindo um imóvel por conta própria devem ter cuidado ao declarar. Quando a obra é feita do zero, há um código próprio para ela, de número 16, com o nome “Construção”.

    Já no caso de uma reforma, há duas opções. Se o imóvel tiver sido adquirido antes de 1988, os custos da reforma precisam ser incluídas no item 17, “Benfeitorias”. Quando a aquisição ocorreu depois desta data, basta acrescentar o valor da reforma ao preço do bem. E é necessário guardar todos os documentos que comprovam esses gastos, pois eles podem ser exigidos pela Receita para fiscalização.

    5+
    • avatar
  • navlig00 20 de abril de 2016 at 10:16

    Caixa flexibiliza regras para compra de imóvel popular – Economia

    *http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,caixa-flexibiliza-regras-para-compra-de-imovel-popular,10000027120

    1+
    • avatar
  • Ilusionista 20 de abril de 2016 at 10:18

    neste cenário de incertezas, quem vai se arriscar a se endividar com bens de alto valor, como imóveis e veículos, e correr o risco de perder tudo que já pagou e o próprio bem.
    compras só de bens de primeira necessidade e com dinheiro na mão.

    13+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 10:37

    “Em crise, comércio não vai contratar temporários; lojistas estão pessimistas
    Nem mesmo as promoções devem ser suficientes para atrair os consumidores.”

    ““Estamos trabalhando para conseguir aumentar as vendas em relação aos meses anteriores, mas temos consciência que elas não devem crescer em relação ao Dia das Mães do ano passado. Em decorrência da crise econômica que o país atravessa, o comércio está todo retraído e isso atrapalha o nosso desenvolvimento. Fazemos um planejamento, mas não conseguimos executá-lo na plenitude”, avalia.”

    ““Nunca aconteceu de oferecermos descontos nesse período. Este ano, estamos sendo obrigados a oferecer desconto atrativos para chamar os clientes. Também estamos utilizando muito as redes sociais, como estratégia de vendas”, explica o vice-presidente do Sindlojas-PI.”

    http://www.portalodia.com/noticias/piaui/lojistas-estao-pessimistas-e-dia-das-maes-nao-deve-movimentar-comercio-266459.html

    2+
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 11:01

    “Mabe Brasil Eletrodomésticos também era responsável pelas marcas Continental e BSH; confira as dicas do Procon-SP

    A Mabe Brasil Eletrodomésticos, fabricante responsável pelas marcas Continental, Dako, GE, BSH e Bosch, teve a falência decretada no último dia 10 em processo na 2ª Vara Judicial da Comarca de Sumaré (SP). ”

    http://economia.ig.com.br/empresas/2016-02-19/grupo-de-dako-ge-e-bosch-faliu-saiba-o-que-fazer-sobre-garantias-e-pendencias.html

    4+
    • avatar
  • Davy Jones 20 de abril de 2016 at 11:05

    Tô de coração mole…. aluguel congelado! 0% de reajuste. Devia ter pedido redução…. mas tô feliz o impeachment vai sair.

    3+
    • avatar
    • avatar
    • caipira_priv15 20 de abril de 2016 at 11:14

      Cara….

      Meu aluguel tinha que sofrer reajuste em Out/15, enviei e-mail para o proprietário em Nov/15 perguntando qual seria o reajusta e se poderia ser negociado. Até hoje não recebi retorno do e-mail…..

      Esse proprietário é safo, tem vários imóveis na cidade e sabe que não está fácil arrumar bom inquilino.

      2+
  • Wolf 20 de abril de 2016 at 11:22

    To sumidaço galera, trabalhando que nem um Jegue no projeto do site da loja.

    Em breve volta aqui com novidades, abraço.

    2+
    • avatar
    • From_The_Tower 20 de abril de 2016 at 11:27

      Avoa Wolf !
      Depois me diga quais são as plataformas e recursos que você está utilizando. Um colega de pós-graduação lá de Itapema quer montar um e-commerce tb. Segmento de roupa infantil. Abraço !

      3+
      • avatar
      • caipira_priv15 20 de abril de 2016 at 11:29

        Padeiro….

        A galera mais hardcore do blog sumiu ?

        Onde estão os antigos ? Sempre entro aqui mas está cada vez mais triste o site… Sem aquelas discussões.

        10+
        • avatar
        • From_The_Tower 20 de abril de 2016 at 16:06

          Estão do outro lado da rua. 😉

          6+
          • avatar
          • avatar
          • TG Brasil 20 de abril de 2016 at 16:23

            Onde é o “Outro Lado da Rua?”

            1+
            • Coelho da pascoa 20 de abril de 2016 at 16:46

              “http://www.bolhabrasil.org/

              14+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • TG Brasil 20 de abril de 2016 at 16:51

                VLW

                3+
                • avatar
                • Bruno.12 25 de abril de 2016 at 12:17

                  O que aconteceu para o pessoal “sumir” daqui? Perdi essa discussão? oO

                  0
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 11:34

    “No entanto, os depoimentos das testemunhas confirmaram as denúncias. “A técnica era não informar ao cliente o preço promocional, que só aparecia no sistema. O cliente saía satisfeito, pensando que tinha recebido um desconto”, afirmou uma das testemunhas.”

    Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/economia/casas-bahia-indenizara-vendedora-que-era-obrigada-enganar-clientes-14179384.html#ixzz46NSMkKL6

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 11:38

    ““Depois da crise instaurada no Brasil, as incorporadoras chegaram a um momento de reflexão e decidiram primeiro vender os estoques”, disse, ressaltando que com a crise, esse movimento é automático.

    Para o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM), Frank do Carmo Souza, o momento não favorece investimentos. “Com os juros e a inflação altos, a venda caiu bastante e, por isso não tem como ficar lançando novos empreendimentos”, disse.”

    http://new.d24am.com/noticias/economia/mercado-adia-lancamento-imoveis-para-segundo-semestre/150421

    1+
  • Urso 20 de abril de 2016 at 11:53
  • Urso 20 de abril de 2016 at 11:53

    É hora do show!

    4+
    • avatar
    • avatar
  • Zé do Brejo 20 de abril de 2016 at 12:17

    Vejamos, se mais da metade da população está inadimplente, o desemprego atinge mais de 10% (segundo IBGE, nro real é bem maior) da população e quase todo mundo que está empregado está com medo de perder o emprego, sinceramente é assustador que ainda exista 10% da população otimista pra se enfiar em algum tipo de compra dessa magnitude.

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 12:38

    20/04/2016 12h04 – Atualizado em 20/04/2016 12h17
    Feirão da Caixa deverá ter mais de 240 mil imóveis em 14 cidades
    Serão 711 empreendimentos novos em oferta, de acordo com o banco.
    Primeira cidade a receber o Feirão é o Rio de Janeiro.

    5+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 14:45

    “Para o analista, a expansão do estoque total para R$ 6,1 bilhões – equivalente a 19 meses de vendas – representa um “nível elevado“, embora a empresa tenha manifestado otimismo com os novos parâmetros do programa Minha Casa, Minha Vida.”

    http://www.financista.com.br/noticias/citi-corretora-corta-recomendacao-mas-eleva-preco-alvo-para-mrv

    1+
    • CA 20 de abril de 2016 at 15:38

      Cajuzinha,

      Sobre o trecho: “…embora a empresa tenha manifestado otimismo com os novos parâmetros do programa Minha Casa, Minha Vida.”

      A MRV não tem nenhum “otimismo” quanto aos novos parâmetros do MCMV, ela sabe muito bem que o Governo está quebrado, que o FGTS não é um poço sem fundo, que o PMDB pode assumir o Governo e já se posicionou contrário ao uso abusivo do FGTS. Ela também sabe que a CEF já teve um volume absurdo de inadimplência no MCMV faixa 1 e que mesmo nas faixas 2 e 3 que é onde a MRV atua, o índice de inadimplência está anormal e que em algum momento, que está próximo, estas pedaladas terão que parar, no máximo quando não der para esconder o volume muito anormal de inadimplência e a deterioração da saúde financeira da Caixa estiver mais visível.

      Se não há otimismo, por que a MRV que já tinha batido o seu recorde na desproporção entre estoque e vendas ao final de 2014 foi a única que aumentou os lançamentos em 2015? Ao final, terminou com estoque ainda mais anormal ainda (máximo aceitável é 12 meses, fecharam com 50% a mais que este máximo). O “otimismo” deve ser traduzido como PEDALAR. Em 2015 a MRV teve mais de R$ 1,6 bilhão em DISTRATOS, o segundo maior número entre as construtoras com Ações na BOVESPA, perdendo apenas para a PDG que é hors concours. Óbvio que precisavam de muitos lançamentos, para fazerem muitas vendas FALSAS na planta e assim o volume absurdo de distratos não chamar tanta atenção e ainda, simularem que a queda de vendas não era tão elevada. As promessas do Governo vieram a calhar para ajudar a disfarçar a realidade e simular um otimismo que soa como UTÓPICO para uma empresa que teve mais de R$ 1,6 bilhão de distratos em apenas 1 ano, para a qual encontramos muitos depoimentos no ReclameAqui de que ela está segurando e adiando ao máximo o reconhecimento dos distratos, em um segmento em que os super estoques e a total desproporção entre estoque e vendas se vê em todos os cantos (construtoras, bancos, particulares, etc), em meio a uma crise na economia que ainda está se agravando via aumento contínuo no desemprego, renda que não para de cair, endividamento e inadimplência batendo todos os recordes, junto com os pedidos de recuperação judicial e falência.

      Apesar da obviedade de tudo que consta acima, ainda assim os “especialistas” conseguem fingir que acreditam na MRV, impressionante…

      4+
      • avatar
      • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 15:48

        Acho que já postei, mas cabe repetir:

        “Na avaliação de Armínio, o Tesouro Nacional “está quebrado”, assim como a maior parte dos estados. Ele orientou Temer a abrir os olhos em relação aos bancos públicos, em especial em relação à Caixa Econômica Federal, cuja situação “é mais do que preocupante”. Para o ex-presidente do BC, Temer também terá que dedicar atenção especial à Petrobras, cuja situação “é delicadíssima”.”

        http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/arminio-fraga-diz-temer-que-tesouro-esta-quebrado/

        3+
        • avatar
        • Careca 20 de abril de 2016 at 15:58

          Pois é… mas eu entendi que “estar quebrado” significa que, se todos vendessem seus titulos hoje, o Governo não teria como pagar. Ou estou dizendo besteira? É que nem a situação da Previdência, totalmente sem lastro. Na minha opinião o grande problema do Tesouro Direto é que o Governo, no caso de uma possivel crise tensa, pode não pagar os titulos que você comprou no vencimento e ao invés disso te dar como pagamento outro titulo para daqui a X anos…ou ele não pode fazer isso? Risco sempre vai ter…inclusive a questão do confisco da poupança que dizem que hoje é mais dificil de acontecer e tudo mais…nunca se sabe.

          4+
          • From_The_Tower 20 de abril de 2016 at 16:07

            Gobierno precisa por lei imprimir mais dinheiro e liquidar as posições no Tesouro.
            Todo o sistema financeiro está ancorando nesse sistema.

            5+
            • avatar
            • avatar
            • Careca 20 de abril de 2016 at 16:18

              Então padeiro…(já li varios posts seus mas é a primeira vez que converso contigo…uma honra. Já vi muita coisa boa escrita por você por aqui)… lei é uma coisa que o governo atual só segue se valer a pena pra ele, né? Ele deveria seguir o tripé econômico e não seguiu… deveria fazer a lição de casa de gastar menos do que possui e não segue, fica tentando controlar dolar com swap adoidado… sei lá… é óbvio que não quero zona no Tesouro porque eu e milhares de brasileiros estão com grana lá mas não dá pra confiar totalmente nisso….assim como o FGC…. beleza, garante até 250 mil…mas…garante mesmo? Não dá pra saber até quando acontecer algo muito sério…eu sinceramente torço para que não aconteça mas, pelas tomadas de decisões dos nossos governantes você vê que está tudo indo pra lá mesmo…

              5+
              • avatar
              • From_The_Tower 20 de abril de 2016 at 16:59

                Eu não acredito em moratória ou calote da dívida. O sistema bem ou mau possui um sistema de auto-proteção. Dar o calote significa dar um tiro de canhão para abater um animal pequeno. O governo emite dívida nova para quitar os compromissos do presente.
                Já o FGC garante na minha humilde opinião apenas proteção para bancos pequenos. Bancos médios e grandes sem chance. Portanto, como a poupança interna é baixa , cerca de 14% do PIB não tem como o governo mexer nisso e sim zelar e proteger os poupadores de alguma forma. Pois são esses que garantem a sustentabilidade do sistema de reservas fracionárias.

                6+
                • avatar
                • avatar
    • From_The_Tower 20 de abril de 2016 at 16:07

      Quero mais é que se explodam…….

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • TG Brasil 20 de abril de 2016 at 16:22

    Onde é o “Outro Lado da Rua?”

    1+
    • jack 20 de abril de 2016 at 17:25

      bolhabrasil ponto org

      1+
  • Mr.Brightside 20 de abril de 2016 at 17:11

    pode ser possível tópico:

    Vendas contratadas da MRV têm queda de 9,8% no 1º trimestre
    Recomende Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no LinkedIn
    http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/vendas-contratadas-da-mrv-tem-queda-de-9-8-no-1o-trimestre

    4+
    • avatar
  • Ilusionista 20 de abril de 2016 at 17:35

    microcefalia tem grande impacto na redução da taxa de natalidade para os próximos anos, afetando de alguma forma a aquisição de novas moradias para os herdeiros que não irão chegar…
    http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2016/04/20/brasil-tem-1168-casos-confirmados-de-microcefalia-e-lesoes-neurologicas.htm

    2+
    • avatar
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 21:03


    “Infelizmente nosso cenário está se confirmando, pois o mercado de trabalho vem piorando gradualmente e julgamos que esse processo ainda está no início”, diz o relatório.

    Assim, o banco mantém a estimativa de que a taxa de desemprego irá chegar em 11,6% em e em 14% em 2017.”
    http://www.financista.com.br/noticias/aumento-do-desemprego-continuaria-mesmo-com-melhora-da-economia-diz-banco-fibra

    1+
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 21:08

    ” “As que não lançarem vão trabalhar em cima do estoque de imóveis que é bastante alto”, afirma o empresário e dirigente.”
    http://www.reporterdiario.com.br/noticia/2163878/na-contramao-do-mercado-incorporadora-lanca-empreendimento/

    1+
  • Cajuzinha 20 de abril de 2016 at 21:10

    “RIO – A Coca-Cola Brasil disse nesta quarta-feira que a piora do cenário econômico brasileiro nos últimos meses vem reduzindo o consumo e afetando a indústria, inclusive a de bebidas.

    David Paul Morris/Bloomberg
    A empresa informou que, no mercado brasileiro, a venda de bebidas não carbonatadas sofreu retração de 6% no total de unidades — uma unidade equivale a 5,678 litros ou 24 porções de oito onças líquidas cada — vendidas durante o primeiro trimestre de 2016.”

    1+
    • Luladranus 20 de abril de 2016 at 21:59

      Atentem para o vídeo no final da matéria.

      1+
  • Bolhudo 20 de abril de 2016 at 23:04

    – Qual será o gatilho, o evento que provocará o estouro da boiada ?
    – Poderá a grande mídia, especuladores, governo ou forças ocultas evitar o movimento brusco da manada controlando-a com um desinflar da bolha canalizado e suave ?
    – Poderá a própria toda poderosa GLOBO que hoje controla e domina toda a mídia do mercado imobiliário dar o start no estouro na hora certa, para faturar milhões com novos anúncios e negócios ?
    – Poderá um novo governo escancarar a situação, provocar o estouro como forma de chacoalhar o mercado, dar um xoque para reviver a economia moribunda ?
    – Ou será que estou a “viajar na maionese” ?

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Rolde 21 de abril de 2016 at 06:40

      Eu tmb me pergunto ,recebo anuncio todos os dias,alguns ainda tem ,a ousadia de elevar os preços.

      2+
    • CA 21 de abril de 2016 at 07:41

      Bolhudo e Rolde,

      Se esquecermos o Mundo de FAZ DE CONTA dos preços ANUNCIADOS e assim nós mesmos deixarmos de nos comportar como uma mandada irracional, sem espírito crítico e portanto facilmente manipulável, perceberemos que não só a explosão já está acontecendo de forma demonstrável como também conseguimos determinar os motivos.

      O que faz toda bolha imobiliária explodir? A inviabilidade do esquema de “subprime” que ela criou. No Brasil temos 2 tipos de subprime explodindo, o primeiro é o de vendas FALSAS na planta e seus distratos, que para 10 construtoras com Ações na BOVESPA superaram os R$ 8,5 bilhões em 2015 e o segundo que é a inadimplencia do credito imobiliário via CEF que sozinha detém 70% de todo o crédito imobiliário concedido e já possui inadimplencia muito acima da média dos bancos.

      Quando os fatos acima atingirem seu ápice, a bolha ficará mais visível para manada.

      Como isso pode acontecer? Da mesma forma que em outras bolhas imobiliárias, o crédito vai se tornando mais escasso e caro, o desemprego vai crescendo, a renda vai caindo, a distorção entre estoque e vendas vai subindo, as dificuldades financeiras de construtoras e vendedores não param de crescer, o volume de imóveis tomados junto a bancos pesa demais no balanço, as construtoras deixam de conseguir crédito para aumentar lançamentos e vendas FALSAS, com isso a bicicleta para de pedalar, o governo deixa de ter recursos para subsidiar as pedaladas (poupança sangrando e FGTS já super-utilizado) e passamos a ter um novo governo entrando que tem todo o interesse do Mundo de desmascarar o quanto antes situações críticas que configuram uma bolha, porque se ele deixar passar muito tempo vai acabar virando o culpado por todas as consequências negativas geradas.

      Graças a boa parte do que consta acima estar acontecendo é que já vimos quedas de 27% a 30% nos preços de imóveis novos de 1 e 2 dormitórios em São Paulo em Jan/16 na comparação com Jan/15, sendo que estas tipologias representam 80% das vendas, ao mesmo tempo que para imóveis usados em São Paulo a queda nominal dos preços passou de 40% nos últimos 24 meses, dentre uma infinidade de outras quedas que estão ocorrendo e sendo escondidas da manada.

      Ah, mas eu QUERO ver a Globo e o FINGE ZAP falando isso, quero ver TODOS os anúncios pela metade do preço, etc. Lembrem-se: querer não é poder e a realidade já está se impondo, conforme exemplos acima, a vida REAL segue independente de truques de ILUSIONISMO. Talvez se vocês puderem trazer dados sobre vendas REALIZADAS onde preços continuariam subindo, teríamos um contra-ponto interessante, mas enquanto a referência for preço anunciado, isso sim é uma grande viagem na maionese e aceitar mansamente que você é apenas mais um a ser manipulado dentro de uma manada…

      5+
      • avatar
      • Rolde 21 de abril de 2016 at 08:23

        CA vc é nosso farol,eu vejo o desespero nos anuncios,vejo descontos real, apt de 240,para 210.Apt bonzinho,77m2 ,e ainda não vendeu,por que o dono quer avista,se pudesse financiar teria vendido.Quando converso com corretores,eles justificam que ,os proprietarios não abaixam os preços ,pois não conseguiriam comprar outro.Para mim a pergunta do Bolhudo fez todo sentindo ,tem que haver um fato ,alguma coisa que acorde essa galera.CA tudo parado,as coisas estam muito estranhas,não consigo entender como essa galera vive.Não contesto vc de jeito nenhum.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • CA 21 de abril de 2016 at 08:51

          Rolde,

          Vendas ocorrem em quantidades mínimas, o que é uma das características de toda bolha imobiliária e que em última instância são os causadores das quedas dos preços, seguindo a lei de oferta e procura.

          Exatamente por termos vendas em volume tão baixo que fica difícil para você encontrar alguém próximo que tenha conseguido vender um imóvel, o que passa a imagem que tudo está parado, mas não está.

          Em São Paulo em jan/16 as construtoras pedalaram violentamente, aumentando lançamentos em 78% e vendas FALSAS na planta em mais de 20% em unidades, só que em R$ as vendas caíram mais de 5% graças a RELEVANTE queda de preços que mencionei acima. Tanto faz o preço que anunciam, o que interessa é o preço que vendem, é nisso que devemos focar.

          Em um certo momento, que está próximo, as construtoras não vão mais conseguir pedalar, com isto serão obrigadas a reduzirem mais os preços do estoque, mais investidores vão fazer distratos, a inadimplência vai aumentar e teremos os outros acontecimentos que mencionei acima, nada disso é sustentavel por longo prazo a partir de agora.

          6+
          • avatar
          • avatar
          • Cesar_DF 21 de abril de 2016 at 09:09

            Ca
            No DF ainda não parou de tudo, das cerca de 3000 vendaa mensais ainda estão sendo comercializados 500 por mês. Quase tudo MCMV, só em leilões deve estar sendo mais de 100 por mês. Mas a maior parte das pessoas ainda acha que estes valores são temporários e não que os imóveis nunca mais voltarão a valer o que valiam antes. Por isso não estão fazendo a conta de quanto o imóvel vale VERSUS a dívida bancária

            5+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
          • Rolde 21 de abril de 2016 at 10:17

            Acho que depois das olimpiadas,as coisas vão acelerar.Obrigada por todo incentivo.

            1+
            • avatar
          • Cesar_DF 21 de abril de 2016 at 19:20

            O efeito manada no EUA foi quando perceberam que o imóvel valia menos que a dívida bancária, dai pararam de pagar as prestações.

            4+
            • avatar
            • avatar
            • Bruno.12 25 de abril de 2016 at 12:25

              O mesmo já está ocorrendo aqui. Tenho dois clientes que me demonstraram esse pensamento, para ajuizar ação requerendo distrato.

              0
      • Bolhudo 21 de abril de 2016 at 20:04

        CA , é consenso no blog que nossa bolha já estourou, e você tem nos mostrado isto nos maravilhosos trabalhos que nos disponibiliza aqui, mostrando a situação das construtoras, números de distratos etc e etc, mas ao contrário de vertentes que acreditam num murchar lento e doloroso de nossa bolha aos moldes da bolha japonesa, eu acredito num estouro eminente e abrupto, um desastre mesmo como o que acaba de acontecer na ciclovia do Rio de janeiro, que infelizmente ceifou preciosas vidas humanas. O estouro se dará após um “evento” e é sobre qual será que provoco a discussão. No caso da ciclovia, nem os engenheiros nem softwares modernos (R) foram capazes de prever algo que estava embaixo de seus olhos.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • Alemon Fritz 21 de abril de 2016 at 21:10

          a imprensa internacional já mencionou que nâo “dá pra confiar” nas obras das olimpiadas no riu, (nem na segurança nem em nada)…

          já aposto que as tomadas da vila olímpica não são compatíveis , dá-lhe adaptador….

          3+
          • avatar
  • Alemon Fritz 20 de abril de 2016 at 23:37

    Esquema pode gerar bolha imobiliária em MT
    Investigações da Polícia Civil referentes à operação Sodoma podem revelar esquema no setor imobiliário de mais de R$ 100 milhões

    o caso com o passar dos anos ganhou outros contornos, como centenas de investidores entre os mais prósperos de Mato Grosso que adquiriram salas comerciais, garagens, apartamentos e hoje correm risco de não ver o retorno de seus investimentos diante da velocidade com que diversas ações judiciais contra a CX Construções Ltda.
    http://www.diariodecuiaba.com.br/detalhe.php?cod=489847

    2+
    • avatar
  • Alemon Fritz 20 de abril de 2016 at 23:39

    Investigações apontam novo escândalo de ex-titular da Sad com setor imobiliário em MT com rombo de R$ 100 milhões –

    http://www.24horasnews.com.br/noticias/ver/investigacoes-apontam-novo-escandalo-de-ex-titular-da-sad-com-setor-imobiliario-em-mt-com-rombo-de-r-100-milhoes.html

    0
  • Cajuzinha 21 de abril de 2016 at 05:56

    “Vendas da Eztec caem 85% no primeiro trimestre

    Notícia Publicada em 20/04/2016 19:00

    Incorporadora também reduziu o volume de lançamentos no período”

    “O volume de lançamentos também retrocedeu 28% sobre os três primeiros meses de 2015, para R$ 52 milhões. O montante refere-se a um único empreendimento com 38 unidades. Segundo a empresa, 29% do projeto foi vendido até o momento.”

    http://www.financista.com.br/noticias/vendas-da-eztec-caem-85-no-primeiro-trimestre

    2+
    • Cesar_DF 21 de abril de 2016 at 09:01

      Uma das grandes construtoras lança 1 único prédio em 1 ano, somente vende 29% das unidades e ainda vai ter 50% de distratos kkkkk

      8+
      • avatar
  • Cajuzinha 21 de abril de 2016 at 09:52

    Kkkkkkkkkkkkkk

    Por que ela falou Bolha Imobiliária? Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Minha Casa Minha Vida

    Não foi fácil preservar dois milhões de moradias para a próxima fase do Minha Casa Minha Vida. Agora, tenho que optar. Optamos por fazer o Minha Casa Minha Vida, e, se você olhar, é o maior subsídio praticado no Brasil. Por que? Por um motivo muito simples. Estamos fazendo moradia para a parte da população mais pobre, aquela que, não tem jeito, pode passar na frente de qualquer banco, não vai conseguir entrar e obter um empréstimo igual a classe média consegue. A classe média ja consegue com muita dificuldade, imagine uma pessoa como a ques está na faixa um, que tem renda de 1,6 mil reais. Como ela paga? Não tem poupança, a prestação não cabe no bolso dela.

    O que a gente fez? Muito simples. Não fizemos bolha imobiliária. O governo federal subsidia – é uma palavra maldita – a casa própria para essa pessoa. No Minha Casa Minha Vida 2, numa residência em média de 50 mil reais, nós subsidiávamos 90% do valor da casa. É isso que acontece. E se você somar todas as casas que estão em construção (…), tem da fase 1 e da 2, 4,2 milhões casas, ou 4,2 milhões de famílias, e soma mais 2,2 milhões e multiplica por 4,5 que é o número que o IBGE diz que é o domicílio básico nosso. Dá em torno de 25 milhões [de pessoas atendidas]. Aí você pega, no país tem 204 milhões de pessoas, uma em cada 8 recebeu sua casa pelo Minha Casa Minha Vida.

    Nós fizemos esse programa porque priorizamos. Tiramos dinheiro de tudo quanto é lugar, mas não dele. Eles têm um modelo de ajuste que não é igual ao nosso. Não vou chegar pra vocês e dizer que a arrecadação está uma maravilha. Não está não, a arrecadação está caindo e diante disso temos que decidir o que fazer. O que você mantém e o que você não mantém. É essa a discussão.”

    http://boainformacao.com.br/2016/04/dilma-a-blogueiros-cunha-e-conspirador-mor/

    3+
    • avatar
  • Cajuzinha 21 de abril de 2016 at 12:04

    Já pensaram se ele se torna ministro? O que acha, CA?


    A consequência do vibrante mercado imobiliário paulista e carioca na década passada para muitos parece ter sido uma bolha imobiliária na região. Ao menos é o que pensa Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central e candidato a senador por São Paulo, e o economista vencedor do prêmio nobel Robert Shiller.”

    7+
    • avatar
    • avatar
    • CA 21 de abril de 2016 at 14:45

      Cajuzinha,

      Creio que todos eles saibam, até o BArbosa e o Trombini sabem, a questão é como o chefe deles manda lidar com isto.

      Se o Temer for minimamente esperto, vai deixar explodir tirando as apelações e esclarecendo para população o quanto antes. Se não fizer isso, em menos de 6 meses o PT já vai convencer o povão que a culpa da bolha foi do Temer…

      3+
      • avatar
      • Cajuzinha 21 de abril de 2016 at 16:06

        Sim, sabem, claro que sabem, até por isso a PresidANTA negou ter criado a bolha, como mostrei na postagem acima, na qual ela fala do Minha Casa Minha Dívida.

        3+
        • avatar
        • CA 21 de abril de 2016 at 16:46

          Cajuzinha,

          Esta foi a segunda menção dela a bolha nesta semana, ela deve estar com medo do Temer escancarar este problema logo no começo, por isto já esta na defensiva e como disse acima, é o melhor que ele poderia fazer para não virar o pai da criança…

          5+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • OdeioTijolos 21 de abril de 2016 at 13:16

    Como assim? Carro popular Gol Rallye 1.6 16V I-Motion por apenas R$ 60.030 , Ford ku SEL 1.5 apenas R$ 50.190,00. Casa popular MCMV 3 225 mil, estranho , pq sera que não vende? Deve ser falta de treinamento em técnicas de vendas, comunicaçao assertiva. Sò pode 😀

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • OdeioTijolos 21 de abril de 2016 at 13:24

    Eu ´só pago pelo o que eu uso, se quero uma casa eu alugo e se precisar de um carro chamo o Uber ou alugo. 😀

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Labar 21 de abril de 2016 at 20:07

    Estou procurando um apto de 2 quartos (65-70m²) pra alugar no plano piloto em Brasília (área mais nobre). Estou fazendo propostas de 1700 a 1900 + 500 de condomínio nos aptos que estão reformados e os proprietários pedem entre 2300 e 2500. Todos rejeitam minha proposta e acabam alugando com uma certa rapidez. Em menos de 1 mês já estão ocupados. Já estou fazendo isso há uns 4 meses e até agora nada de conseguir o preço justo. A sorte é que não estou com pressa, mas tá difícil de encontrar o valor de 25 reais o m²… Ofereço 30 reais o metro e ninguém quer…

    3+
  • Faca na Caveira 21 de abril de 2016 at 20:21

    CVR (atrasado)

    Meu aluguel fez aniversário de 1 ano em Fev/2016. Recebi notificação da imobiliária que iria aumentar quase 11%, fui até lá e falei olhe, nos anos anteriores (outra casa) o aluguel subia mais que a inflação, como a lei que rege o universo é a tal da “lei da oferta e demanda” acabei pagando… agora o aluguel já está muito caro pois tenho visto imóveis semelhantes mais barato do que estou pagando e esse reajuste iria deixar o valor ainda mais fora da realidade. Resposta da imobiliária: Olha Sr. Faca na Caveira, imaginei mesmo que o Sr. iria questionar e já conversei com o proprietário, disse a ele que o Sr. paga em dia, o que é raro nos dias de hoje, e o proprietário autorizou, caso o Sr. reclamasse, a deixar o mesmo valor. CONCLUSÃO: Dois anos pagando o mesmo valor.

    Nota: Pedi por escrito que o proprietário estava de acordo e que o aluguel não seria reajustado.

    10+
    • avatar
    • avatar
  • Faca na Caveira 21 de abril de 2016 at 20:26

    Pensamento:

    Tudo que foi discutido aqui no blog nos últimos anos está acontecendo, como por exemplo a ciclovia (lixo) no RJ que simplesmente despencou hoje, matando duas pessoas… porém algumas coisas estão acontecendo como “bônus”… o fato de a QUADRILHA chamada PT estar alardeando que é golpe e tals faz com que os investidores sumam daqui ou pelo menos envistam menos no Brasil, fazendo com que os ativos Brasileiros (principalmente ativos com baixa liquidez, como é o caso de ativos imobilizados) percam ainda mais atratividade… 30%aa, hehe só for 30%aa negativo.

    4+
    • avatar
    • Alemon Fritz 21 de abril de 2016 at 21:15

      a imprensa internacional já mencionou que nâo “dá pra confiar” nas obras das olimpiadas no riu, (nem na segurança nem em nada)…

      insegurança política, economica, estrutural, de saúde e de criminalidade…

      já aposto que as tomadas da vila olímpica não são compatíveis , dá-lhe adaptador….

      0
  • Alemon Fritz 21 de abril de 2016 at 21:05

    Até no espaço…

    aos 26 anos de aniversário o Telescópio Hubble mostra uma fotografia da Nebulosa da Bolha (NGC 7635) inflando no espaço.

    A Hubble Birthday Bubble in Clear View (uma bolha nítida)
    http://www.nytimes.com/2016/04/22/science/a-hubble-birthday-bubble-in-clear-view.html?smid=fb-nytscience&smtyp=cur&_r=0

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 22 de abril de 2016 at 06:00

    “ESPECIAL IMOBILIÁRIO

    Imóveis têm até 30% de desconto
    A crise econômica aumenta o volume de unidades em estoque e leva as incorporadoras a realizar grandes promoções de vendas

    Por: Nathalia Barboza21/04/2016 às 23:00”

    1+
  • Cajuzinha 22 de abril de 2016 at 06:39


    O que as entidades do setor pleiteiam ao banco é que o programa passe também a financiar os custos com a mão de obra -responsável por ao menos metade dos gastos. A flexibilização incentivaria reformas e aqueceria o mercado, que sente a crise.”

    http://m.folha.uol.com.br/colunas/mercadoaberto/2016/04/1763350-caixa-estuda-alterar-regras-de-financiamento-para-construcao.shtml

    1+
    • avatar
  • Alemon Fritz 22 de abril de 2016 at 08:10

    …até…
    imóveis têm até 30% de desconto
    A crise econômica aumenta o volume de unidades em estoque e leva as incorporadoras a realizar grandes promoções de vendas

    As construtoras brecaram o andamento das obras porque estão com estoque alto na cidade: há cerca de 26 000 imóveis ainda sem proprietários.. (estoque para 2,7 anos!!)

    ..na planta desconto de 8%, nos novos 10% e Nos estoques mais antigos, a queda pode chegar a 25%,…

    http://vejasp.abril.com.br/materia/crise-descontos-imoveis
    ou seja descontos falsos, o negócio é esperar uma onda pra derrubar os preços duma vez.

    1+
  • Alemon Fritz 22 de abril de 2016 at 08:57

    Bolha na Ana, vantagens do aluguel, e do aluguel compartilhado…
    economia de 7500 no ano pra caa pessoa.

    1+
  • Santo 22 de abril de 2016 at 16:38

    Há uns 06 meses fiz um post sobre um parente meu que tentei ajudar, informando sobre INCC, TR, distrato etc. O apt que ele havia comprado por uns 590 mil há uns 02 anos, subiu (na euforia) pra 623.500,00. Este mês já baixou para 561.100,00 (Preço de anúncio, sem barganhar). Não vou nem dizer nada a ele. A culpa é sempre do mensageiro.

    http://www.expoimovel.com/documentos/1616/tabelas_preco/280879/280879_EDF%20SITIO%20DAS%20MANGUEIRAS..pdf
    http://pe.olx.com.br/grande-recife/lancamentos/poco-da-panela-sitio-das-mangueiras-3-qts-e-lazer-36245502

    1+
    • avatar
  • Labar 23 de abril de 2016 at 10:29

    CVR – Casos de Brasília

    Mencionei em outro tópico o quão difícil está (pra mim) alugar um apto de 2 quartos a preço razoável. Pois bem, mais um que eu estava olhando foi alugado em menos de 1 semana por nada mais nada menos que 2600 líquido! Detalhes: 65m², na 116 sul, cond de 500 reais! O proprietário locou no particular, nem precisou por com convertor nem imobiliária, só deixou a chave no porteiro! O único ponto favorável é que estava todo reformado no porcelanato e afins, estilo moderninho.

    BrasILHA e suas peculiaridades… apto sendo alugado em 5 dias por 47 reais o m²! PQP!

    1+
    • Parcelinha 23 de abril de 2016 at 21:13

      Sou do interior, não consigo entender como tem gente que paga esses preços absurdos!!! 2500,00 de só de aluguel!!! que isso véi!!. Ou esse povo é muito rico ou sou muito pobre mesmo, com R$ 2.500 de salário aqui no interior você é rei.
      Acabamos de assistir a reportagem no JN sobre os alugueis, que loucura alugar um apartamento por R$ 2.000,00, e o casal feliz da vida porque conseguiu R$ 300 de desconto, me desculpem mas não concordo com esses valores, isso é surreal, quando morei numa cidadezinha bolhuda ao pesquisar em qualquer imobiliaria era R$ 1.200 pra cima ja achava caro e na hora de ir pessoalmente ainda tinha quase metade a mais só em condominio, no fim acabei alugando uma casinha simples mobiliada por 400,00 depois de muita, mas muita pesquisa.
      Penso que o pessoal das metropoles tem uma renda muito elevada, devem ganhar super bem mesmo.

      3+
      • avatar
      • Futurista 23 de abril de 2016 at 23:05

        É maior por existir mais oportunidades, existem cargos que pagam R$ 15k+, então acaba não sendo um sacrifício pagar R$ 2.500,00 de aluguel. Mas não se engane, a grande maioria, sobrevive com um salário mínimo.

        3+
        • avatar