Nem descontos de quase 30% salvam setor de aluguéis – Estado de Minas

Você pode gostar...

Comments
  • Master Yi 14 de março de 2016 at 14:49

    Infelizmente ainda não vejo essa diminuição nos alugueis residenciais de Salvador-BA. Parece-me que essa redução concentra-se mais nas locações comerciais. Ou eu não estou sabendo procurar, ou ainda não caiu a ficha aqui na capital Baiana.

    3+
    • avatar
    • Azufre 14 de março de 2016 at 14:53

      Em BH já se conseguem bons descontos residenciais sem muita dificuldade.

      Em comerciais, então, nem se fala. Há prédios e prédios inteiros para alugar vazios.

      9+
      • avatar
      • avatar
    • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 14:55

      Lembre-se: preço anunciado é diferente de preço contratado, e pelo que eu tenho lido, Salvador é uma das capitais com maior estoque no Brasil.

      Aqui em Aracaju, um colega acabou de alugar por 1,6K um ap que estava sendo pedido 1,9k, e ainda ficou chateado porque foi a primeira proposta que ele fez, ou seja, se tivesse colocado o preço mais para baixo poderia até ter conseguido.

      5+
      • avatar
      • Master Yi 14 de março de 2016 at 19:53

        Atualmente estou pagando 1,9k de aluguel, já com o condomínio e IPTU. Pesquisei (basicamente pela OLX) alguns apartamentos aqui no mesmo condomínio, e percebi que a média é de 2k. Alguns malucos chegam a pedir 2,5k. O mais barato que encontrei foi de 1,8k. Entrei em contato com 4 anunciantes oferendo 1,6k, nenhum aceitou.
        Final do ano passado eu entrei em contato com a mobiliária solicitando a não aplicação do reajuste. Conversa vai, conversa vem, acabaram aceitando e não reajustaram o valor.
        Estava pensando em entrar em contato com a imobiliária novamente para pedir uma redução (pensei em uma redução para 1,6k), mas com esse mercado ainda com preços altos, fica difícil argumentar.

        2+
        • avatar
    • odorico 14 de março de 2016 at 15:00

      Cada mercado responde diferente, o movimento é o mesmo, mas o tamanho do passo é diferente. Talvez aí, a demanda por aluguel ainda alta, o oferta de imóveis ainda baixa. Talvez a alavancagem em salvador foi melhor. Por exemplo aqui em BSB os dois mercados (comercial e residencial) estão descontando no aluguel. Em Goiânia, achei a baixa melhor no comercial, o residencial ainda está resistindo um pouco. Mas nada melhor que o tempo para equilibrar oferta, demanda e preço. Quado t tende ao infinito, oferta=demanda e variação de preço = a inflação.

      2+
      • avatar
      • avatar
      • cicatriz 14 de março de 2016 at 19:44

        meu caro, o q tem achado do mercado de alugueis em goiania?! tb acho q esta resistindo bem…ate demais!

        0
    • Bruno.12 14 de março de 2016 at 17:28

      Em BH estou conseguindo bons preços! Porém, ainda tem 666 ou corvos que nem sequer me respondem – poxa, só pq ofereci mil dilmas num aluguel de AP anunciado por 1.600?

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Skidwasted 14 de março de 2016 at 20:42

        Você está é certo!
        Eu adoro mandar propostas para os 666 pelo OLX e quando eles respondem com soberba eu mando: “Daqui 6 meses eu entro em contato de novo, tá”

        5+
        • avatar
  • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 14:49


    14/03/2016 09:56
    Piauí sofre com queda nos repasses do FPE
    O estado teve uma redução nominal de quase R$ 32 milhões no repasses da União nos três primeiros meses de 2016.”

    2+
    • avatar
  • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 14:52

    “1. Carro usado em troca de apartamento
    Após 1 ano de uso, um automóvel de passeio tem seu valor depreciado entre 10% e 20%. Imóveis
    ainda são opções de investimento, mesmo em tempo de crise, e diante disso, a Vitacon aceita o carro
    seminovo como entrada. O valor é calculado de acordo com a tabela FIPE. Além disso, a
    incorporadora incentiva a mobilidade urbana, ao oferecer uma bicicleta em troca.
    2. Financiamento em 60 meses com juros 0%
    É uma opção para quem tem um dinheiro guardado e pretende investir sem ser obrigado a fazer o
    pagamento à vista. Acredita­se que com esta alternativa, o cliente continue a lucrar com o dinheiro
    aplicado e também invista em um imóvel sem ter perda de investimento. É necessário dar entre 40% e
    50% na entrada do imóvel.
    3. Renda Garantida
    Opção sugerida para investidores que adquirem um imóvel para que depois lucrem com o aluguel. A
    construtora garante, após a compra, o valor do aluguel pelo tempo que varia de 12 a 18 meses, de
    acordo com o empreendimento adquirido, e o apto 100% mobiliado com a incorporadora.
    4. Troca de apartamento usado por um novo
    A campanha se enquadra para quem deseja mudar de região ou imóvel, ou mesmo para aqueles que
    investiram em um apartamento ou sala comercial com projeção de alugar, mas não conseguiram aliviar
    o investimento. O imóvel do comprador será utilizado como pagamento de parte do valor da nova
    aquisição de imóvel Vitacon, residencial ou comercial, até no máximo 25% do valor total da nova
    unidade. O imóvel do comprador deverá localizar­se dentro da área de rodízio do município de São
    Paulo.”

    http://www.investimentosenoticias.com.br/financas-pessoais/imoveis/alternativas-do-mercado-imobiliario-para-driblar-a-crise

    5+
    • avatar
    • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 14:57

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      ” Além disso, a
      incorporadora incentiva a mobilidade urbana, ao oferecer uma bicicleta em troca.”

      21+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Bruno.12 14 de março de 2016 at 17:29

        E ainda induzem ao bem-estar físico, boa, vou comprar 2

        4+
        • avatar
  • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 15:04

    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/economia/20160314/emprego-construcao-cai-108-janeiro-ante-dezembro-diz-sinduscon-sp/352247

    “O presidente do Sinduscon­SP, José Romeu Ferraz Neto, ressaltou que, pelo segundo ano consecutivo, houve redução
    do nível de emprego em janeiro, “um mês que normalmente é de contratações na indústria da construção, depois da
    queda sazonal que costuma ocorrer nos meses de novembro e dezembro”.
    Para ele, o dado é preocupante e reforça a necessidade de maior rapidez na adoção de medidas de estímulo à
    construção. Entre as ações possíveis, ele citou novas concessões e parcerias público­privadas federais, estaduais e
    municipais “que sejam realmente atrativas aos investidores nacionais e estrangeiros”. Além disso, o executivo pede a
    desburocratização na aprovação de projetos e financiamentos, e incentivos à industrialização de obras”

    1+
    • avatar
  • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 15:05

    “14/03/2016 14h53 – Atualizado em 14/03/2016 14h53
    Pedidos de recuperação judicial aumentam 40% na Grande Vitória
    Segundo 13ª Vara Cível de Vitória, dados comparam ano de 2015 a 2014.
    Construção civil, comércio exterior e logística são alguns setores afetados.”

    3+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 15:08

    Fico com ódio disso:

    “Entre os sonhos de muitas pessoas há um lugar reservado para o sonho da casa própria. Durante a busca por um imóvel, uma das dúvidas constantes é: vale a pena adquirir um apartamento na planta?
    A advogada Keite Wieira diz que sim. O Escritório de Advocacia Andreia Dota Vieira, onde ela trabalha, criou um estudo sobre o que pode minimizar os riscos do consumidor durante a compra. “No último ano, por conta dos problemas imobiliários que tivemos em Criciúma, muitas pessoas ficaram com medo de comprar o apartamento na planta. O risco sempre existe, mas também existem diversas formas de minimizá-lo”, destaca.
    Segundo Keite, mesmo que haja algum problema futuro na entrega do prédio, se o consumidor estiver precavido há chances de que ele venha a ter lucros quando o apartamento ficar pronto. “Um imóvel adquire muito valor quando fica pronto. Ou seja, mesmo que o consumidor precise gastar um pouco mais do que o previsto, caso algo dê errado, ainda assim ele pode ter lucro se tiver tomado os cuidados necessários durante a aquisição”, alerta a advogada.”

    http://www.engeplus.com.br/noticia/economia/2016/comprar-imovel-na-planta-vale-a-pena/

    4+
    • avatar
    • Money_Addicted 14 de março de 2016 at 15:11

      pra eles eh vantagem, mais clientes 🙂

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 15:15

        sim, sei, advogada…

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Bruno.12 14 de março de 2016 at 17:30

      Denunciar esta advogado ao Conselho de Ética da OAB. Lamentável seu posicionamento.

      5+
  • Nilson 14 de março de 2016 at 15:13

    então, deste como, racionalmente, o aluguel sempre será mais barato que adquirir/manter, pensando apenas pelo lado do consumo?

    0
  • Sevilha 14 de março de 2016 at 15:35

    O que está acontecendo que os maiores postadores do blog sumiram?
    Antes eu ficava horas me entretendo aqui, hoje em 15 minutos dá pra ler tudo.
    Mesmo depois dos protestos está vazio aqui, eu achava que iriam estar entupido de posts.
    Torcendo para isso mudar.

    27+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Julio 14 de março de 2016 at 15:45

      Pressão da grande mídia golpista, junto com o FBI e a Grobu, que não suportam ver um pobre falar em bolha imobiliária.

      Também notei a ausência dos dinossauros. Uma pena, mas falar em bolha hoje em dia é chutar cachorro morto, até a Ana Maria Braga ameaça falar sobre o tema. Bom mesmo era quando remávamos contra a maré e chamavam-nos de loucos, pobres e invejosos. O tempo provou que os imóveis estavam com preços surreais, que o PT afundava o Brasil e que o Eike Batista e o Pré-Sal eram estelionatos.

      A grande GOME (by Quiumento) chegou, não como um tsunami, mas como uma enchente que toma os espaços aos poucos e aumenta sem parar.

      11+
      • avatar
      • avatar
    • Azufre 14 de março de 2016 at 16:05

      Foi depois da tribuna livre de Natal… Rigor maior na postagem.

      Eu também sinto falta do formato antigo. A própria RosinhA sumiu

      20+
      • avatar
      • carioca_real 14 de março de 2016 at 16:30

        Mas as vezes ela posta algumas coisas.

        1+
    • nerdinbolha 14 de março de 2016 at 16:20

      Depois do ocorrido no natal, os bolhistas agora possuem dois espaços, aqui para assuntos mais sérios e voltados para o mercado imobiliário, e no bolhabrasil.com, o outro lado da rua, onde fica o clima mais descontraído e sem um foco definido para ambos os espaços complementar ao outro.

      15+
      • avatar
      • Sevilha 14 de março de 2016 at 17:05

        Hum, não sabia disso, entrei lá e realmente é mais legal. Obrigado.

        9+
        • avatar
        • avatar
    • L.A. 15 de março de 2016 at 10:00

      Olha, estou chegando “atrasado”, mas não posso deixar de opinar e, na minha opinião:
      – O outro lado da rua pode até ser mais legal, mas para quem não dispõe de muito tempo para discussões sobre os mais variados assuntos ele fica massante;
      – Voltou-se o blog para o seu objetivo inicial: bolha e economia. Excluiu-se a discussão partidária, que estava tomando prevalência nas postagens do e que causava certo “xiitismo”;
      – Estamos com menos postagens? Sim, mas a qualidade e especificidade estão melhores.

      Eu acesso o outro lado da tua de vez em quando, mas fica complicado ler tudo.

      5+
  • Seguidor do Bolha BH 14 de março de 2016 at 15:44

    E olha que a vacância ficará cada vez maior, ainda mais com empreendimentos como este.

    Novo complexo comercial oferece mais de 700 salas e lojas na Raja Gabaglia
    http://estadodeminas.lugarcerto.com.br/app/noticia/noticias/2016/03/14/interna_noticias,49325/novo-complexo-comercial-oferece-mais-de-700-salas-e-lojas-na-raja.shtml

    4+
    • avatar
    • joselito 15 de março de 2016 at 09:13

      “fast wash” curtiu isso

      0
  • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 16:01

    “Banco piora projeção para o PIB, após o IBC-Br de janeiro
    POR MARCELO LOUREIRO14/03/2016 11:52

    O Goldman Sachs cortou para -3,6% sua expectativa para o PIB de 2016, que estava em -3,2%. A revisão veio após o indicador de atividade econômica do Banco Central estimar o recuo de 0,61% entre dezembro e janeiro. O banco esperava a alta de 0,25% no período.
    Contra o mesmo mês de 2015, o IBC-Br despenca 8,12%. Em 12 meses, a queda acumulada chega a 4,48%. O levantamento do BC é mais simples que o cálculo do PIB, feito pelo IBGE e divulgado a cada três meses. Mas é usado por analistas como um indicativo da atividade econômica mensal. O Goldman Sachs estima nova queda do IBC-Br em fevereiro.”

    0
  • Cesar_DF 14 de março de 2016 at 17:08

    O Amoronha falou que existe uma demanda de 1 milhão de residências por ano, devido aos casamentos e divórcios.
    Fazendo as contas, sendo +1 o aumento da demanda por 1 residência e -1 quando 1 residência volta para o estoque.

    Situação CASAMENTO
    +1 ambos moravam na casa dos pais
    +0 um deles morava em sua própria residência
    +0 mudam para a casa dos pais ou fazem um puxadinho.
    -1 cada um morava na sua própria residência

    Situação DIVÓRCIO
    +1 um deles procura uma nova residência
    +0 um deles volta para a casa dos pais
    -1 os dois voltam para a casa dos pais.

    Períodos de CRISE
    -1 solteiro que morava sozinho resolve voltar para a casa dos pais
    -1 solteiro convida amigo(A) para morarem juntos e dividirem despesas
    -1 empresa fecha e é convertida em residência
    -1 família não consegue pagar o aluguel e muda para habitação coletiva

    Imaginem que mesmo com a queda no lançamento de imóveis, o estoque está aumentando e em períodos de crise econômica este estoque terá um enorme aumento.

    O fator demográfico também contribuindo, se a taxa de fecundidade estava em 1.7 agora com crise econômica e zica todos adiam os planos para ter um filho. Vejam a situação do Japão que o valor da residência está em queda faz 25 anos.

    Resumo da história: NUNCA MAIS OS IMÓVEIS VOLTARÃO A VALORIZAR. Mas acredito que num futuro distante voltará a existir um equilíbrio entre o valor de compra e o de aluguel < 150X

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Pao de queijo com cafe 14 de março de 2016 at 17:44

    É vizinha, pelo visto não vai mesmo né?
    Não tá nem parando de piorar, tá é piorando mais rápido ????

    Azufre 14 de março de 2016 at 09:23
    Saiu o índice de atividade do BC.
    Caiu “apenas” 6,7% em relação a janeiro de 2015.
    Já disse ‘n’ vezes: a crise não está diminuindo, está é acelerando. Não chegamos ao fundo do poço.
    Repetindo: quase -7% ao comparar jan/16 com jan/15

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Azufre 14 de março de 2016 at 18:06

      Tô achando que não vai, ainda mais se a fauna marinha ganhar ministério

      3+
      • avatar
    • Azufre 14 de março de 2016 at 18:06

      Gostou da manifestação? Tava bonito, né?

      1+
      • Rolde 14 de março de 2016 at 19:06

        Estão estudando mexer nas reservas.

        2+
        • avatar
    • FabianoSJC 14 de março de 2016 at 19:18

      Pao de queijo o que me da mais arrepio na espinha é ver que em Brasilia a ideia de queimar as nossas reservas cambiais para “estimular a economia” , o molusco já deixou bem claro que é a favor , e no caso de aceitar um ministério não tenho duvidas que no outro dia vão começar a queimar nossas reservas e ai adeus nunca mais vamos recuperar o grau de investimento novamente.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Urso 14 de março de 2016 at 19:06

    A coisa está tão louca que eu não sei nem o que dizer!

    3+
    • avatar
    • avatar
    • Azufre 14 de março de 2016 at 20:52

      Supercalifragilisticexpialidocious!

      5+
      • avatar
      • Urso 14 de março de 2016 at 23:17

        kkkkkk!

        Só você mesmo viu, Azufre!

        2+
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 19:45

    “Mas esses mesmos interlocutores alertaram a ela na reunião de coordenação política que, com a confirmação de Lula no governo, ela deveria dar uma guinada imediata na política econômica com a liberação de recursos para o PAC e o Minha Casa Minha Vida, com o uso da reservas brasileiras para o pagamento de dívidas e com o alongamento da dívida dos estados com a União.”
    http://g1.globo.com/politica/blog/blog-do-camarotti/

    5+
    • avatar
    • avatar
    • FabianoSJC 14 de março de 2016 at 20:10

      Proximo passo ligar as maquinas da casa da moeda e começar a imprimir dinheiro dia e noite 🙁 Venezuela a vista

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Azufre 15 de março de 2016 at 06:43

        Hoje nem precisa imprimir dinheiro

        É só apertar seis ou sete botões e liberar reservas bancárias

        1+
        • avatar
    • Awulll 15 de março de 2016 at 09:44

      Pior cenário que eu consigo imaginar, entre cenários realmente prováveis:
      – Barba no governo
      – Barba mandando na economia
      – Em um mês, barba consegue conter partidos dissidentes da base
      – Impeachment fica inviável
      – Queima reserva até não querer mais pra livrar um pouco a cara do governo
      – Lava Jato enfraquecida com o Barba atuando diretamente na casa grande
      – 2018 o bananense se rende e como boa ovelha reelege o molusco

      3+
  • Azufre 14 de março de 2016 at 20:58

    🙁
    🙁
    🙁

    Esse desgoverno é um escárnio

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Awulll 15 de março de 2016 at 09:37

      Tem coisas que eu nem me estresso mais, só rio da nossa mediocridade.
      Milhões vão às ruas pedindo fora Lula, fora Dilma, fora PT.
      O que o Dilmo faz: “Aé? Tão de birra comigo? Num saio e ainda meto o Lula aqui também”
      Ahahahahaha.
      Às vezes parece que vai, dá uma esperança, mas Banânia sempre vai ser Banânia.
      E vamo que vamo de PMJ!

      0
      • Azufre 15 de março de 2016 at 09:46

        Deixa a coisa continuar para ver para onde vai o PMJ…

        Não há PMJ que sobreviva a Selic de 12% e inflação de 11%

        2+
        • Awulll 15 de março de 2016 at 09:54

          É onde dá pra se agarrar.
          Antes estar segurando no galhinho na margem durante a enchente do que estar se estrepando no meio da correnteza.

          1+
  • Cajuzinha 14 de março de 2016 at 21:04

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/03/14/internas_economia,743422/vendas-de-bens-duraveis-caem-16-em-2015-diz-gfk.shtm

    Considerando apenas o quarto trimestre de 2015, o recuo foi de 18,9% ante os mesmos meses de 2014, com o mercado atingindo vendas de R$ 25,87 bilhões.

    1+
    • avatar
  • Alemon Fritz 15 de março de 2016 at 08:03

    o sonho da Casa propria

    Em Itajaí, uma construtora abandonou a construção de… 500 casas
    num loteamento. Caxa diz que a empresa pisou na bola e a empresa
    que a caxa e a prefa não pagaram conforme o contrato.

    e ainda está ocorrendo o leilão de imóveis de grande empresas…
    http://www.diarinho.com.br/index2.cfm

    1+
  • Seguidor do Bolha BH 15 de março de 2016 at 08:04
  • Cajuzinha 15 de março de 2016 at 09:45
  • Cajuzinha 15 de março de 2016 at 09:50

    “Taxa de desemprego alcança nível recorde de 9% no 4º trimestre, aponta IBGE

    Notícia Publicada em 15/03/2016 09:10

    Número de pessoas desocupadas saltou 40,8% em relação ao mesmo período de 2014”

    1+
  • Palmeirense Bolhudo 15 de março de 2016 at 09:52

    Tópico Novo!

    0
  • Cajuzinha 15 de março de 2016 at 09:52

    “O SALÁRIO ENCOLHEU
    Publicado em 15/03/2016 – 09:32 Vicente Nunes Sem categoria
    Pelo processo de reestruturação da Caixa Econômica, tem funcionário que viu o salário ser reduzido de R$ 15 mil para R$ 3 mil, com a perda de funções gratificadas.”

    http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/o-salario-encolheu/

    0