Caixa trava financiamentos por falta de recursos do FGTS – O Tempo

Você pode gostar...

Comments
  • Azufre 26 de janeiro de 2016 at 10:16

    Os bancos tendem agora a usar recursos como os da LCI. Mais caros, para um mercado já desaquecido. Quem tiver liquidez poderá fazer bons negócios. Com o desemprego aumentando e a formalização caindo o FGTS deve ter anos terríveis pela frente.

    33+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • L.A. 26 de janeiro de 2016 at 10:20

      A LCI pagando em torno de 90% do CDI, por exemplo, faz a taxa de juros para a instituição financeira ficar em torno de 12%-13% ao ano. Fico imaginando quanto é que o mutuário deverá pagar de juros 16%+TR? E o pior, quem é que irá contrair financiamento com essa taxa.

      A opção de usar FGTS para pagar as pedaladas foi do governo, então se pode afirmar que a falta de recursos do FGTS e a consequente paralisação nos financiamento é por conta desse.

      38+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Krusty 26 de janeiro de 2016 at 10:58

        juros de consiguinado 😮

        12+
        • avatar
        • avatar
      • tmarabo 26 de janeiro de 2016 at 15:13

        as pessoas não olham taxas, olham o valor da parcela. “cabeu” no bolso no momento do financiamento, financiam.

        25+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Cesar_DF 26 de janeiro de 2016 at 15:24

          Pura verdade, até mesmo pessoas bem instruídas já vi que fazem isso

          14+
          • avatar
          • avatar
  • Louro José 26 de janeiro de 2016 at 10:22

    Governo usando FGTS pra fazer merda na economia vai dificultar ainda mais o crédito.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • EngenheiroMG 26 de janeiro de 2016 at 10:24

    E quanto ao recebimento do FGTS após uma demissão? Quando os demitidos não mais receber o fundo (acho um risco possível e me incluo nas chances de ser um a não receber) por falta de dinheiro, quem opina possíveis consequências?

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • carioca_real 26 de janeiro de 2016 at 10:29

      Por enquanto o risco é zero.

      7+
      • avatar
      • avatar
    • joselito 26 de janeiro de 2016 at 14:23

      Você receberá um precatório do valor, escrito pelo Governo:

      “Devo, não nego, pago quando puder se você ainda estiver vivo”

      27+
      • avatar
      • avatar
      • Cesar_DF 26 de janeiro de 2016 at 15:42

        E quanto aos estados que estão utilizando os depósitos judiciais? Se na hora que precisarem devolver e não tiverem dinheiro, o governador seria acusado de depositário infiel?

        5+
        • avatar
  • Brazil mode OFF 26 de janeiro de 2016 at 10:26

    Começou o despair
    Mulher quebra lotérica por não receber o Bolsa Família
    ”http://arede.info/ponta_grossa/mulher-quebra-loterica-por-nao-receber-o-bolsa-familia/

    45+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Krusty 26 de janeiro de 2016 at 10:58

      as lotéricas não são blindadas agora?

      15+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Brazil mode OFF 26 de janeiro de 2016 at 11:13

        São sim, mas ela quebrou o que deu rsrs

        16+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • camberiu 26 de janeiro de 2016 at 14:16

      Imaginem isso acontecendo milhares de vezes simultaneamente.

      5+
      • avatar
  • Veigalex 26 de janeiro de 2016 at 10:33

    Galera.. me ajuda ai..
    Um amigo tem 100k e estou convertendo ele a viver de juros..
    Qual aplicação ele consegue tirar o rendimento mensalmente para pagar as despesas da vida… Falei de LCI.. LCA.. CDB.. mas ele me trucou com essa pergunta.
    Posso tirar o rendimento todo mês?
    Procurei superficialmente no Blog.. mas a busca não esta trazendo os post antigos.

    Galera que vive de juros aqui.. tira o rendimento mensalmente, trimestralmente ou só no final do prazo.

    Não posso deixar essa alma sair do rebanho.. kkk

    Boa semana pra vcs!

    16+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Louro José 26 de janeiro de 2016 at 10:40

      CDB, LCI, LCA com liquidez diária. Sofisa tem CDB a 100% CDI.
      Ou Tesouro SELIC, vendas todos os dias úteis a noite. 1 ou 2 dias pra cair na conta, não me lembro.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Louro José 26 de janeiro de 2016 at 10:41

        Ou fundos de bancos também com liquidez diária se você achar.

        7+
        • avatar
        • avatar
      • Controller_SP 26 de janeiro de 2016 at 16:23

        Louro para aplicar na Sofisa melhor ir de corretora ou direto no banco ??

        1+
        • avatar
        • RecebendoJuros 26 de janeiro de 2016 at 16:57

          Abre conta direto no banco Sofisa. Não tem nenhum custo e não precisa de corretora: ‘http://www.sofisadireto.com.br

          2+
          • avatar
    • RecebendoJuros 26 de janeiro de 2016 at 10:52

      Não esqueça de falar para seu amigo não retirar todo o rendimento, apenas o rendimento líquido/real acima da inflação. Se retirar todos os meses o rendimento inteiro continuará sempre com 100k. E com a inflação que temos atualmente, em poucos anos os 100k não valerão mais nada.

      30+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Azufre 26 de janeiro de 2016 at 10:55

        “em poucos anos os 100k não valerão mais nada.”

        “200k é nada!” – Corvo

        43+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Azufre 26 de janeiro de 2016 at 10:57

        Concordo com o seu raciocínio. Para aqueles que insistem em zurrar que os juros no país são altos, depois que se tira a inflação são até baixos. Negativos, até, em alguns meses, como no começo do ano passado. Fazendo o seu procedimento é que dá para reparar claramente a diferença dos conceitos de juros nominais e reais.

        21+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Cesar_DF 26 de janeiro de 2016 at 15:47

        Se colocar uma aplicação de 100K e retirar integralmente os juros de 15K, com uma inflação de 10% significa que os 100K passarão a valer 90K.
        Novamente, os 90K renderão, por exemplo, 14K, que retirados integramente significará que os 90K virarão 81K.
        Com uma inflação de 10%aa em 5 anos estes 100K virarão cerca de 50K.
        Já se fizer um resgate de 50% do juros, para 100k virarem 50K deve demorar uns 20 anos (eu não fiz as contas)

        5+
        • avatar
    • Thiaguinho 26 de janeiro de 2016 at 11:01

      É só ele se programar. Pega um LCA (exemplo) de 6 meses, e só não vai retirar nos primeiros 6 meses. Assim que vencer o titulo, pega o rendimento e aplica novamente. Isso sem entrar no mérito de inflação, coisa e tal, mas basicamente é isso. Do jeito que você falou, ele deve estar com o dinheiro na poupança hoje.

      9+
      • avatar
      • avatar
    • ww_rj 26 de janeiro de 2016 at 22:13

      A aplicação clássica para este fim é o tesouro direto, pagando o ipca (inflação) + juros reais (hj em torno de 7.75%), e pagamento semestral dos juros.

      1+
  • AKIRAMASTER 26 de janeiro de 2016 at 10:49

    Bom dia bolhistas corvos e MAVs.

    CVR
    Como so leio as msg sempre atrasado vou fazer um cvr atrasado.

    Sou bolhista a anos,tento ajudar pessoas a anos (ja deveria ter parado),mas aqui vai um comentario muito infeliz,minha mae que e 666, comprou um apartamento acreditando no conto dos 30%aa, mesmo com tudo que sempre tentei ensinar a ela, nao adiantou ela so escuta os ‘expecialistas’.
    entao como ela tem renda informal, tive que por meu nome no contrato para compra, agora passado 4 anos o apartamento saiu,e com mais de 1 ano de atraso( ja tentei passer ao CA e a UNEKA,mas eles nao quiseram srrsrs VISTA PARK Jundiai)rsrsrs,ela descobriu que nao deveria ter pago os corretores e tambem nao deveria ter pago INCC apos o atraso da obra, agora estamos processando para receber isso de volta, estamos pois dei meu nome para o contrato srsrrsrs
    fazer o que neste caso ela nao era totalmente sem informaçao mas como acreditar que o filho que trabalha em industria vai ter mais informaçoes que um corretor.

    Desculpe o portugues Nazi.

    contrato enganoso e desinformaçoes a um povo que mal aprendeu a ler e escrever, sim e duro mas tem que ser revisto.

    27+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Mr.Brightside 26 de janeiro de 2016 at 10:56

      falasse um não pra sua mãe da mesma forma que não emprestei para minha mãe fazer um sobrado nos fundos da casa dela, pois ela já tem uma ótima casa na frente e eu disse um não a ela.
      pois se emprestaria a minha mae idosa já, e ela não me pagaria e meus irmãos que não ajudaria em nda ia querer vim se matando atras de herança. por isso não emprestei

      44+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • BOLHUDO_MINEIRO 26 de janeiro de 2016 at 10:59

    Construção em terreno próprio, valor de 110k, que se diz MCMV, usa recursos de onde? Será que travou também?

    3+
    • avatar
    • avatar
  • Dutra 26 de janeiro de 2016 at 11:00

    Reportagem do jornal A gazeta de hoje, eu resumi a noticia, 20 mil deve ser pelo menos 10% das residências no estado que cobram condomínio, esse número deve ser maior, pois muitos muitos condomínios não devem repassar seus dados.
    20 mil capixabas estão endividados com condomínio
    Uma das piores implicações é a perda do imóvel
    Rosetti diz que aumento da inadimplência deve-se à crise e ao valor do condomínio
    As famílias brasileiras ficaram com o orçamento mais apertado por causa da crise econômica que atinge o país e muitos já têm dificuldade em honrar com os compromissos. Nem sempre considerada uma despesa essencial, a inadimplência da taxa de condomínio tem crescido – tanto em número de devedores quanto em valor.
    Do último ano para cá, de acordo com o advogado do ramo imobiliário, Diovano Rosetti, o volume de inadimplentes já cresceu 50%, alcançando cerca de 20 mil capixabas. Desses, cerca de 2 mil já devem mais de R$ 10 mil, diz o advogado.
    “Do ano passado para cá, houve um acréscimo de inadimplência em torno de 50%. A crise refletiu muito na inadimplência dos condomínios. O desemprego é o principal problema, mas outro agravante é que a taxa condominial vem subindo muito por conta dos dissídios dos funcionários e da alta da energia elétrica. A consequência é que onera os condôminos que pagam em dia”, detalha.
    Rosetti destaca que, em média, os condomínios subiram 30% no ano passado. “De 2015 para este ano, há maior incidência também de ações por conta de atraso nas cotas condominiais. A dívida do condômino é, em média, em torno de R$ 3 mil, mas tem condôminos que devem mais de R$ 100 mil”, explica o advogado.
    O diretor da MGM Administradora e diretor do núcleo de condomínios da Ademi-ES, Glauco Marinho, explica que em um condomínio mais popular, as dívidas não chegam a R$ 10 mil, mas em prédios de alto padrão a dívida rapidamente chega a R$ 100 mil. “Teve gente que perdeu emprego, ou empresários que perderam contratos… e isso está refletindo no pagamento do aluguel também, além dos condomínios. O mais comum de processos na Justiça está na faixa entre R$ 5 mil e R$ 15 mil”, afirma.
    Uma das piores implicações dessa dívida é a perda do imóvel, através de leilão judicial. Mas o condomínio pode proibir o morador em débito de frequentar a piscina, por exemplo? Essa é uma questão polêmica.
    “Em muitos condomínios, as pessoas não podem fazer reservas para usar salão de festa e churrasqueira. A pessoa consegue usar a piscina ou uma sauna, onde não precisa de reserva. Muitos condomínios são ligados ao SPC e incluem, com 60 ou 90 dias, o nome do morador devedor. Por último, ele vai cobrar a dívida judicialmente, e aí tem audiências, todo um processo jurídico”, afirma Glauco.
    Mas o que causa constrangimento ao condômino inadimplente pode ser questionado na Justiça, diz o juiz Paulo Abiguenem Abib, do 4º Juizado Especial Cível de Vitória. “Não pode cortar interfone, cortar gás, proibir andar de elevador, pois isso constitui constrangimento e é arbitrário”.

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Dutra 26 de janeiro de 2016 at 11:01

      Fonte: “http://www.gazetaonline.com.br/_conteudo/2016/01/noticias/dinheiro/3925579-20-mil-capixabas-estao-endividados-com-condominio.html”

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Mr.Brightside 26 de janeiro de 2016 at 12:21

      conclusão do futuro do pretérito: as administradoras de condomínios terão vários imóveis, mas ainda perderam da CEF

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Veigalex 26 de janeiro de 2016 at 11:02

    Pensei que tivesse algo mais automatico.. venceu o mês.. o Jurinho tava lá.. era só arrancar.. Boa a dica para manter a correção… mas falamos muito de viver de juros,. mas agora que estou estudando um pouco, percebo que não é tão fácil.. fácil.. igual a porpança. Precisa ter um pouco de instrução. Para o Zé e a Maria não é fácil. Alem de IR, IOF no caso do TD onde o guverno quer atingir a população de baixa rende, tem o fato de ter corretora. e quando falo que precisa abrir conta em corretora ai o pessoal ja torce o nariz!

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Thiaguinho 26 de janeiro de 2016 at 11:11

      Mas aí, do jeito que você fala, você está lidando com gente que tem preguiça de abrir uma simples conta em uma corretora. Esse tipo de gente, sinto lhe informar, não nasceu pra viver de juros, nasceu pra fazer parte da massa.
      O simples fato de abrir uma conta e comprar um cdb com liquidez diária, faz você ganhar quase o dobro da poupança. Pra mim já vale o “trabalho”.

      32+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • RecebendoJuros 26 de janeiro de 2016 at 11:18

        Abra uma conta no Sofisa. É praticamente igual a um banco grande: vc consegue pagar boletos, contas e fazer TED. Tem CDB com liquidez diária e rendimento de 100% do CDI.
        As únicas pequenas desvantagens na minha opinião:
        – Não dá pra pagar IPVA.
        – Não dá pra resgatar dinheiro do CDB após as 16h. Se lembrar de pagar uma conta após esse horário o dinheiro não estará disponível.
        – Só permite TED para contas de mesma titulariade.

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Veigalex 26 de janeiro de 2016 at 11:37

          Estou vendo o site deles, muito interessante.. concordo com o amigo referente a massa.. mas é isso que quero dizer.. fácil.. fácil não é.. Dessa forma temos muito mais gente para pagar os juros.

          4+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Thiaguinho 26 de janeiro de 2016 at 11:46

            Bom pra nós, recebedores de juros!

            3+
            • avatar
        • Controller_SP 26 de janeiro de 2016 at 16:41

          Pelo que vi a Sofisa não tem nenhuma taxa para abertura de conta, me pareceu um bom investimento. Para aplicar em outros bancos menores, seria melhor corretora ou conta direta.

          1+
          • avatar
        • Bruno.12 26 de janeiro de 2016 at 17:10

          Meu caro, indica algum outro além do Sofisa? Digo isso pq acabou as LCI/LCA´s…e no momento não tenho interesse em CDB

          0
          • Thiaguinho 26 de janeiro de 2016 at 17:16

            Bruno, ve na “www.rico.com.vc (final é “vc” mesmo)

            1+
          • RecebendoJuros 26 de janeiro de 2016 at 17:59

            Outro banco pequeno que permite que vc abra conta diretamente com eles e que não cobra taxas é o Daycoval, eles costumam ter LCI/LCA, mas não tem a facilidade/simplicidade de uso do Sofisa.
            Tem também o Intermedium e o Original que permitem abrir conta direto com eles e não cobram taxas, mas não conheço o suficiente pra afirmar se tem facilidades como pagar contas.
            Mas se o seu objetivo é investir apenas em LCI/LCA talvez o melhor seja abrir conta em uma corretora e ter acesso a diversas opções de LCI/LCA em um único lugar: Easynvest, XP e Rico.

            1+
        • O Bancário 26 de janeiro de 2016 at 19:13

          Me desculpa, mas Sofisa não chega nem perto de banco grande. Banco grande não quebra fácil.
          Eu sei que o pessoal aqui não gosta de aplicar em banco grande por causa das taxas que não é das mais atrativas.
          O que eu posso dizer pra quem pretende aplicar nesses bancos é fazer a seguinte pergunta: Se o banco quebrar amanhã, e o dinheiro ficar bloqueado alguns meses (ou talvez nem recupere), você vai conseguir dormir a noite?
          Abraços.

          6+
          • avatar
          • RecebendoJuros 26 de janeiro de 2016 at 22:22

            Oi bancário. Com certeza, em termos de segurança não dá para comparar bancos grandes com médios/pequenos. Quem tem aversão à risco realmente deve ficar nos bancos grandes.
            Minha comparação era apenas em termos de facilidade de uso, funcionalidades do bankline, bankline via app de celular, atendimento via “chat”, etc.

            0
          • Bruno.12 27 de janeiro de 2016 at 16:00

            Obrigado pelo aviso. Mas o Sofisa não é tão pequeno assim…é? Vou pesquisar sobre esses outros, abraços.

            0
  • Ilusionista 26 de janeiro de 2016 at 11:04

    ontem recebi uma propaganda de uma das grandes do mercado imobiliário, ofertando imóveis prontos com até 50% de desconto (em comparação com o quê?), basta ter apenas 10% do valor ou, caso não tenha, aceitam até carros usados e, com saldo de 90% financiado em parceria com um banco público.
    Ora, como alguém que só tem 10% do valor, ou nem isto, pode contrair uma dívida pelos próximos 30 anos, com a taxa de juros atual, mais TR, neste cenário de incertezas, desemprego, inflação?

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • DRN 26 de janeiro de 2016 at 11:18

    TD reabriu com taxas um pouco maiores. Nada excepcional, mas bom.

    Só que é tudo investimento de risco. Não se esqueçam.

    Para alguns, gobierno só terá dinheiro até julho de 2016.

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • RecebendoJuros 26 de janeiro de 2016 at 11:23

      Por falar em TD, o que acharam da nova “Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026” ?
      Acho que IPCA + 7,38 está bastante razoável e são 10 anos a menos de espera (ou risco, dependendo do ponto de vista) que a 2035.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • DRN 26 de janeiro de 2016 at 11:25

        Na dúvida, mezzo a mezzo em cada.

        3+
        • avatar
        • avatar
        • DRN 26 de janeiro de 2016 at 11:28

          Eu acho que serve mais para trocar pelo de 2050 para quem for mais velho.

          Na linha do “viver de renda”, a idéia é ter NTNF 2027, NTNB 2035 e NTNB2050 ou NTNB2026 (dependendo da idade do caboclo). Porque se recebem juros, nesse caso, 6 vezes por ano.

          7+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
    • Manco_SP 26 de janeiro de 2016 at 12:43

      Estou meio cabreiro com essa “bolha” no TD.

      25+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Jovem Estudante 26 de janeiro de 2016 at 17:37

        O número de investidores em TD é ínfimo, ainda.

        3+
  • From_The_Tower 26 de janeiro de 2016 at 11:20

    As 666 ao redor do mundo não aprendem com os erros do passado . aqui nos EUA a euforia voltou com tudo . Crédito farto, anúncios de hipoteca o
    Dia todo na TV, pessoas que querem vender métodos de enriquecimento com imóveis , (compra, reforma e venda), carros enormes devido à a gasolina barata , etc. em 03 anos estoura a bolha novamente . Mas como eles dizem : ” Dessa vez é diferente “.

    58+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • DRN 26 de janeiro de 2016 at 11:24

      A massa tá defecando para os planos dos comunistas e dos super-capitalistas bilionários.

      O negócio é consumir, ostentar, e que se foeda o mundo.

      37+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • JeceValadao 26 de janeiro de 2016 at 12:16

      Peter Schiff já tá falando diariamente sobre a nova bolha de crédito criada pelo FED… inclusive de que subiram os juros pra atender a expectativa de credibilidade do mercado sobre a autoridade monetária… pra além disso, parece que há pedaladas nos dados de desemprego e abolsa americana só cai…

      ele tá prevendo uma queda forte do dólar depois das eleições… vamos ver.

      26+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • tmarabo 26 de janeiro de 2016 at 15:24

      bom, pelo menos “compra, reforma e venda” de imóvel é algo REAL e PALPÁVEL que valoriza o imóvel.
      reformar um imóvel não seria exatamente lucrar com a bolha, exceto quando se compra o imóvel destruído já por valor bolhudo e se pretende vender por um valor mais bolhudo até que o último otário apareça.

      5+
      • avatar
  • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 11:25

    “Marília Almeida, de Exame.com
    São Paulo – Com o crédito imobiliário mais caro e restrito e a piora do cenário econômico, o valor máximo do imóvel que o brasileiro pode financiar de acordo com sua renda foi reduzido de 2% a 5% nos últimos oito meses, revela uma pesquisa do Canal do Crédito, realizada a pedido de EXAME.com.

    A queda é ainda maior se considerados os últimos 12 meses. Nesse período, o valor máximo que pode ser financiado chegou a ser reduzido em até 16% para quem tem renda familiar de 6 mil reais. ”


    De acordo com o estudo, quem tem uma renda familiar mensal de 6 mil reais, por exemplo, consegue atualmente obter crédito para comprar um imóvel de até 175 mil reais nos quatro bancos. Em maio do ano passado, famílias com a mesma renda conseguiam obter até 185 mil reais para financiar a compra do imóvel, valor 5% maior.

    A redução no valor máximo de financiamento é resultado do aumento dos juros. Como os bancos não permitem que as parcelas superem 30% da renda do tomador, uma família que manteve sua renda mensal em 6 mil reais, por exemplo, não consegue obter o mesmo limite de crédito de antes porque com a elevação dos juros o financiamento passa a abocanhar uma parcela maior da sua renda.

    Veja na tabela a seguir o valor máximo que pode ser financiado na compra do imóvel por famílias em dez faixas de renda.”

    “http://exame2.com.br/mobile/seu-dinheiro/noticias/os-imoveis-que-voce-pode-financiar-de-acordo-com-a-sua-renda-2”

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Mn 27 de janeiro de 2016 at 04:42

      TÓPICO TOTAL.. Boss, olha esse link please!

      1+
      • avatar
  • Palmeirense 26 de janeiro de 2016 at 11:37

    Gasto do brasileiro no exterior cai mais de 30% em 2015.
    Crédito para a casa própria tem queda de mais de 30% em 2015, mostra ABECIP.
    A barreira dos 30%a.a. foi superada.

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Bolhista2009 26 de janeiro de 2016 at 11:38

    CVR COMPRA
    Estou poupando dinheiro para compra de um terreno. O indivíduo pediu x, ofereci 0,6x, mas como não havia visto o imóvel fiquei de confirmar o valor. O dono de imediato descartou a oferta, disse que estava muito baixa. 45 dias depois, ou seja, ontem, liga dizendo que poderia negociar e que era para eu fazer uma ofertar. Falei que iria ver o imóvel e depois falaríamos, já me mandou duas msg, até agora não respondi… Como a crise nem começou decidi esperar mais um pouco, afinal o preço vai cair ainda mais… Enquanto isso. PNJ!

    57+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Davy Jones 26 de janeiro de 2016 at 11:43

      Isso… diminui o fogo, coloca mais água na panela e deixa cozinhando, cozinhando…

      28+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Palmeirense 26 de janeiro de 2016 at 11:40

    Sobre o tópico, se pagando 3% a.a. (roubando o trabalhador na cara dura) a situação já está crítica, imaginem se tivessem que pagar um IPCA ou o mesmo rendimento da poupança…

    9+
    • avatar
    • avatar
  • Veigalex 26 de janeiro de 2016 at 11:44

    Galera.. onde vcs consultam a taxa do CDI?

    3+
    • avatar
    • avatar
    • Davy Jones 26 de janeiro de 2016 at 11:48

      -http://portaldefinancas.com/cdi1415.htm

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Bolha BOSS 26 de janeiro de 2016 at 11:49
  • DRN 26 de janeiro de 2016 at 11:46

    Quanto vale o metro quadrado dos imóveis dessas cidades?

    -http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2016/01/25/brasil-piora-em-ranking-e-tem-21-das-50-cidades-mais-violentas-do-mundo.htm

    7+
    • avatar
    • avatar
    • Louro José 26 de janeiro de 2016 at 11:55

      Só o preço de construção já torna o imóvel bolhudo.

      5+
      • avatar
  • Mr.Brightside 26 de janeiro de 2016 at 11:50

    CVR – Conversando com Minha Sogra

    Minha namorada não mora comigo e pão dura = eu, mas sua mãe tem ideias doidas
    sai com minha namorada no domingo e no final da tarde deixei ela em casa e parei pra tomar um café e vendo o programa do Silvio Santos

    Passa-se o sorteio da mega sena e minha sogra comenta um premio da raspe aqui que pode dar
    uma casa própria do valor de R$200 mil reais

    Minha sogra comenta que com 200 k só da pra comprar um casebre na periferia de Curitiba, ou região metropolitana
    Dai eu disse que quase ninguém tem 200 k , e para financiar algo assim teria que ter uma renda extremamente boa.
    ela discordou comigo. disse que é casa de periferia que pobre tem que conseguir comprar.

    Comecei a fazer cálculos disse a ela que tem que dar 20% de entrada em um IMÓVEL NOVO de 200 k são 40 k, um Ford KA novo, ninguem vai querer gastar 40 k de entrada é muita coisa. e perder tudo se não consegui pagar 3 parcelas do financiamento da casa e já era a grana investida.

    Perguntei p salario dela ela disse era perto de 2k bruto, disse a ela que teria q economizar 2 anos de salario inteiro para dar a entrada, pois 2 k é bruto e tem desconto.

    Fiz os cálculos de financiar a casa na taxa de 10% a ano sei que é bem mais mas é mais fácil de ensinar alguém com mais de 50 ANOS que usa cartão de credito sem saber o estrago no bolso e usando da forma errada.

    Tabela SAC 160 k a taxa de 10%anual com (prazo de 30 anos ou 360 meses) de R$1.720,30
    ela levou um susto, e eu disse que tem q provar renda ainda ter salario de quase 6 mil e ela disse duvido

    E eu fiz outras simulações
    Tabela SAC 160 k a taxa de 10%anual com (prazo de 25 anos ou 300 meses) de R$1.809,19
    Tabela SAC 160 k a taxa de 10%anual com (prazo de 20 anos ou 240 meses) de R$1.942,52

    E ela disse mas tem a caixa minha casa minha vida
    E eu disse beleza vamos fazer os cálculos para caixa e então mostrei os cálculos a ela:

    Tabela 160 k a taxa de 4,5% anual com (prazo de 30 anos ou 360 meses) de R$1.032,41 e ela levou outro susto, e eu disse que tem q provar renda ainda ter salario maior de 3 mil
    Mostrei ainda:

    Tabela SAC 160 k a taxa de 4,5%anual com (prazo de 25 anos ou 300 meses) de R$1.121,30
    Tabela SAC 160 k a taxa de 4,5%anual com (prazo de 20 anos ou 240 meses) de R$1.254,63

    Depois falei a ela que para IMÓVEL USADO era mais pesado financiar
    pois tem que dar metade já na entrada e que 100 k e muito risco para dar na entrada pois pode perder a casa se não conseguir pagar o financiamento pois é muita grana para arriscar.

    E então eu disse a ela que com 100 k da pra investir no banco, e tirar perto de 1 k por mês em juros e conseguir alugar uma casa que custa até mais que 200 k de boa, e com isso dá para morar tranquilo no aluguel e pegar a grana para alguma emergência financeira.

    Fora isso falei sobre:
    TR
    sobre as prestações decrescente poderem subir
    desemprego
    aluguel x compra de imóvel
    economia
    crise politica
    poder de compra reduzido

    E minha sogra chega a conclusão que o melhor é ter imóvel próprio pois você vai pagar o que é SEU

    Minha conclusão perdi + de 1 hora do meu dia de folga e ainda descobri que minha sogra prefere ver sua família futuramente casada comigo afogada em dividas do que tendo uma vida tranquila.

    97+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • RecrutaZero 26 de janeiro de 2016 at 12:06

      Deixa a véia se endividar…contanto que PMJ,claro!!!!!

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Money_Addicted 26 de janeiro de 2016 at 12:09

      serio??? Sogra? vc conversa com essa raca??
      faz seu papel bem feito com a filha e esqueca a veia!

      40+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Pao de queijo com cafe 26 de janeiro de 2016 at 12:13

      Fatality

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Palmeirense Bolhudo 26 de janeiro de 2016 at 19:17

      Com certeza ela e uma 666, vai ficar pedindo dinheiro emprestado

      4+
      • avatar
      • Exterminador de Corvos 28 de janeiro de 2016 at 17:09

        Sério que vc passou esse tempo todo conversando com a sogra ?

        1+
  • MARK 26 de janeiro de 2016 at 11:55

    Amigos bolhistas, depois de muito tempo (rs), enfim estou disposto a abrir uma conta numa corretora de valores, estou estudando o assunto e precisava de algumas dicas. Tenho conta no Santander e pretendo a princípio mexer com renda fixa, TD e CDB. Quem pode indicar uma corretora com boas taxas? Obrigado, tenho aprendido MUITO aqui!

    3+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 26 de janeiro de 2016 at 12:07

      xp investimentos, easyinvest

      3+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Habiba 26 de janeiro de 2016 at 12:08

      Eu uso a Easynvest e para mim está ótimo. Não cobra taxa no TD e tem umas ofertas boas de renda fixa.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Thiaguinho 26 de janeiro de 2016 at 12:23

      Além dessas que os amigos citaram, tem a Rico também. Tenho conta lá, bastante variedade.

      4+
      • avatar
      • avatar
    • mark 26 de janeiro de 2016 at 12:40

      Esse sem vergonha roubou meu nick!!!! Bolha de nicks? kkkkkk

      3+
      • avatar
      • avatar
      • MARK 26 de janeiro de 2016 at 15:26

        Opa… um xará aqui… aushaushaushuas

        2+
        • avatar
    • Manco_SP 26 de janeiro de 2016 at 12:44

      Quero iniciar em ações esse ano, começar com buy and hold e me cadastrei na Socopa, alguém com experiência nessa corretora?

      1+
      • avatar
  • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 12:59

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    “Com uma oferta de mais de sete mil imóveis, o mercado imobiliário baiano aguarda compradores e para tanto, algumas empresas começam a oferecer que variam de acordo com a localização dos empreendimentos.
    Descontos que podem chegar a até 30% do valor de mercado, pagamento do Imposto Inter Vivo (ITV), um ano de condomínio e carro na garagem, são algumas das modalidades promocionais que tentam atrair uma clientela cada vez mais em dificuldades de obter financiamentos nos bancos. “Para quem tem recursos disponíveis o momento de comprar é agora”, diz o presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da Bahia, Samuel Prado.”

    ” ”Vivemos uma recessão no setor e o que se tem são imóveis que já estavam aprovados e que estão à venda. Mas mesmo assim está difícil vender”, disse.”

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 13:01

      “Para o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil na Bahia Sinducson), Carlos Henrique Costa, o mercado baiano está em compasso de espera, mas a grande maioria dos empreendedores não optou por realizar o financiamento próprio dos imóveis por não dispor de reservas financeiras para tal. “os juros dos bancos que financiam programas imóveis ainda são mais vantajosos do que aqueles que porventura venham a ser praticados pela construtora que faça o financiamento direto”, diz.”

      “As perspectivas para 2016, na avaliação do Sinduscon, não são otimistas para o primeiro trimestre”

      “https://www.tribunadabahia.com.br/2016/01/26/descontos-tentam-tirar-setor-imobiliario-da-crise”

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 13:03

      A MELHOR PARTE:

      ““Muitas pessoas que compraram um apartamento de R$ 300 ainda na planta, ficou impossibilitada de pagar o restante das prestações, e vendeu para terceiros quase que pela metade do preço. E mesmo assim foi difícil revendê-lo, o que seria mais um prejuízo para as imobiliárias”, disse.”

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Pao de queijo com cafe 26 de janeiro de 2016 at 13:02

    Semi-off.
    Trouxe da vizinhança.
    Louro, vc se lembra desse seu comentário ????????

    —————–

    então, aqui no BIB, certa vez, o Louro José escreveu algo bem legal:
    putz, tamos vendo o PT quebrar a empresa que, no fundo, é símbolo maximo do nacionalismo, do estatismo, da engenharia, do gigantismo (sic) bananense, enfim é quase como se a propria Banania estivesse quebrando

    é uma ironia historica nivel master !!!!!!!!!!

    então é isso ai que o veio falou, só que………. não não´e não, é muito mais !!!! MUITO MAIS…..

    olha, esse troço é tema nao pra uma tese de doutorado, mas pra uma linha de pesquisa inteira !!!

    no resumao é o seguinte, acho:

    1) nunca ninguem vai admitir que ela faliu, ainda que ela se transforme em uma rede de 20 postos de gasolina vagabundos vendendo combustivel e batatinha chips e cerveja quente

    2) eles vao fatiar a empresa discretamente (ou pelo menos tao discretamente quanto seja possivel)

    3) é isso aí, os gringos vao catar a parte deles, vao vender quimica aqui, campos de pre-sal ali, tipo um topa-tudo, ou pra ser mais chique uma garage sale

    4) no final vai sobrar a grife, o predio da av. xile e os 300.000 funcionarios…

    5) o tal Petros vai virar o novo Aeros (é esse o nome do fundo de pensão da VARIG???)

    6) o discursos do PT vai ser, nos estamos fortalecendo a petro cada vez mais, focando no principal da empresa, que é o seu…. seu… seu…

    porra, pra essa parte aí, cade o joão Santana? eu sou só uma ridicula cesta de PdQ

    enfim é isso, ficou até bom heim?
    alguem manda plo Klebao Sernick, ele vai curtir kkkkkkkk

    tá, eu nao resisto:
    isto posto, vai ???????????

    ————

    Lucas
    eles são donos dos jornais, das leis, dos juízes
    nunca essa notícia vai ser dada no BR, outrossim a queda de valor em dólar de 98% sugere que a empresa valha apenas o seu peso bruto: os imóveis, os estoques, os autos e a sucata toda a kilo no desmanche mais próximo.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Louro José 26 de janeiro de 2016 at 13:06

      Não fui eu quem escrevi isso não.
      Síndrome do Érico Veríssimo. Até o que ele não escreveu a galera atribui a ele rsss

      14+
      • avatar
      • Pao de queijo com cafe 26 de janeiro de 2016 at 16:05

        rs, cara, eu gravei a frase, eu jurava que era sua
        essa coisa da ironia do fim da Petro nas maos da esquerda

        2+
        • avatar
        • avatar
  • Bruno.12 26 de janeiro de 2016 at 13:06

    Prezados bolhistas, boa tarde! Desculpe fugir do assunto…mas será que compensa, alguém sabe me dizer? site: https://www.meliuz.com.br/geracaofuturo
    “Com apenas R$ 10 você já poderá começar a investir no fundo da Geração Futuro FIC FI Referenciado DI. Esse fundo tem o objetivo de acompanhar o CDI e, com isso, buscar superar os rendimentos da poupança. Não há carência para resgate e o valor poupado irá render diariamente”

    Seria confiável? Essa tal “Geração Futuro”? Sei que ela foi comprada de pilantras, mas como houve alteração de seus administradores…quero começar a treinar nessa área, assim, vou começar “por baixo”, coisa de 1mil dilmas. Ou teria algo melhor? Tesouro Selic, CDB, etc..

    1+
    • avatar
    • Thiaguinho 26 de janeiro de 2016 at 14:23

      Pra ganhar a mesma coisa, vá em corretoras já conhecidas. Easynvest, Sofisa, Rico…

      3+
      • avatar
  • Annoying Brick in The Wall 26 de janeiro de 2016 at 13:07

    Caramba!!

    Vim dar aquela consultada básica no blog depois do almoço e bomba!!

    O governo mostra mais uma vez sua capacidade de fazer cagadas! FGTS… quero ver quanto tempo vai levar para quebrar geral.

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Louro José 26 de janeiro de 2016 at 13:07

    Samy Dana!

    Quantas vezes você se ilude a cada dia?

    Você já se questionou por qual razão somos tão facilmente iludidos? Alguns mais resistentes podem até tentar questionar esta constatação, mas a verdade é que nós buscamos a ilusão o tempo todo o pode afetar nossas decisões diariamente.

    Existe uma situação que todo mundo já deve ter passado durante a adolescência. Aquele amor platônico de colégio sorriu para você um dia e te deu um “bom dia” animado. Vagamente, você se lembra que isso foi suficiente para fazer seu dia, como se um simples ato de educação com um toque de bom humor fosse algum sinal de que seu sentimento era correspondido. Para um coração apaixonado, a ilusão caiu como uma luva.

    Certa vez, o psicólogo Michael Shermer, fundador da revista Skeptic Magazine, deu uma palestra sobre um tema similar. O questionamento era o seguinte: por que tendemos a acreditar em coisas estranhas? Ele cita o exemplo de uma imagem de Marte, em que uma formação no solo se assemelha a um rosto humano. Na época em que a foto foi divulgada, isso foi suficiente para gerar um enorme barulho e levantar discussões sobre a possibilidade de existir vida inteligente naquele planeta.

    Outros casos comuns são aqueles em que as pessoas parecem reconhecer figuras sagradas em objetos improváveis. O próprio psicólogo tirou uma foto em um cassino de Las Vegas, cuja administração pagou cerca de US$ 28,5 mil em um sanduíche que parecia ter o rosto de Nossa Senhora no pão.

    O fato é que o nosso cérebro se esforça a todo momento para que tudo ao nosso redor faça sentido. Buscamos atalhos para fazer com que as nossas suposições sejam coerentes e que, a partir disso, tornem-se realidade. Enxergamos um rosto humano na foto de Marte ou o semblante de Nossa Senhora em um pedaço de pão, em uma nuvem no céu ou no reflexo de um vidro porque é o que desejamos enxergar. É a conexão mais fácil que o nosso cérebro faz naquele momento e nós acreditamos no que estamos vendo.

    Quer ver outro exemplo interessante? Em sua palestra, o psicólogo exibe uma fotografia de uma paisagem bonita com um disco no céu. Quem observa em um primeiro momento, tem a impressão de que se trata de um OVNI. Na verdade, é apenas um disco desses que usamos para brincar com cachorros. O fotógrafo teve a sorte de capturar o exato momento em que o disco estava no ar. Na contraluz, dificilmente é possível perceber que o objeto é somente um disco de plástico.

    Essa mesma tendência em acreditar em ilusões, de certa forma, afeta suas decisões diárias. Quando o gerente de banco capricha no discurso para lhe convencer que o investimento que ele tem a lhe oferecer é o melhor do mercado, você corre o risco de acreditar na lábia dele, sem levar em conta que provavelmente o produto vale mais a pena para a instituição do que para a sua rentabilidade. O mesmo vale para aqueles momentos em que você se sente tolo por acreditar cegamente na propaganda de TV, compra um produto e percebe que não é nada daquilo que esperava. O comercial te encantou e inconscientemente você quis acreditar naquilo.

    A verdade é que somos iscas muito fáceis para as ilusões que nós mesmos criamos. Sabendo disso, procure lutar contra o hábito de acreditar em suas primeiras impressões.

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • SPSPJULIANO 26 de janeiro de 2016 at 13:16

    Olha como fica a questão das remessas ao exterior (Instrução Normativa fresquinha, saiu ontem dia 25)

    INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1.611, DE 25 DE JANEIRO DE 2016
    DOU de 26/01/2016, seção 1, pág. 6

    Dispõe sobre a incidência do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte sobre rendimentos pagos, creditados, empregados, entregues ou remetidos para pessoas jurídicas domiciliadas no exterior nas hipóteses que menciona.

    O SECRETÁRIO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL, no uso das atribuições que lhe conferem os incisos III e XXVI do art. 280 do Regimento Interno da Secretaria da Receita Federal do Brasil, aprovado pela Portaria MF nº 203, de 14 de maio de 2012, e tendo em vista o disposto no art. 85 da Lei nº 9.430, de 27 de dezembro de 1996, no art. 7º da Lei nº 9.779, de 19 de janeiro de 1999, no art. 60 da Lei nº 12.249, de 11 de junho de 2010, e no art. 690 do Decreto nº 3.000, de 26 de março de 1999 (Regulamento do Imposto sobre a Renda),

    resolve:

    Art. 1º Esta Instrução Normativa dispõe sobre a incidência do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (IRRF) sobre rendimentos pagos, creditados, empregados, entregues ou remetidos para o exterior.

    Art. 2º A partir de 1º de janeiro de 2016, os valores pagos, creditados, entregues, empregados ou remetidos para o exterior, destinados ao pagamento de prestação de serviços decorrentes de viagens de turismo, negócios, serviço, treinamento ou missões oficiais sujeitam-se à incidência do IRRF à alíquota de 25% (vinte e cinco por cento).

    § 1º O disposto no caput aplica-se às despesas com serviços turísticos, tais como despesas com hotéis, transporte, hospedaagem, cruzeiros marítimos e pacotes de viagens.

    § 2º Estão sujeitos ao IRRF, à alíquota de 15% (quinze por cento), os rendimentos recebidos por companhias de navegação aérea e marítima, domiciliadas no exterior, de pessoas físicas ou jurídicas, residentes ou domiciliadas no Brasil.

    § 3º O imposto de que trata o § 2º não será exigido das companhias aéreas e marítimas domiciliadas em países que não tributam, em decorrência da legislação interna ou de acordos internacionais, os rendimentos auferidos por empresas brasileiras que exercem o mesmo tipo de atividade.

    Art. 3º As remessas destinadas ao exterior para fins educacionais, científicos ou culturais, bem como as destinadas a pagamento de taxas escolares, taxas de inscrição em congressos, conclaves, seminários ou assemelhados e taxas de exames de proficiência não se sujeitam à retenção do IRRF.

    Parágrafo único. O disposto no caput aplica-se também às remessas para manutenção de dependentes no exterior, desde que não se trate de rendimentos auferidos pelos favorecidos.

    Art. 4º As remessas por pessoas físicas, residentes e domiciliadas no Brasil, para cobertura de despesas médico-hospitalares com tratamento de saúde, no exterior, do remetente ou de seus dependentes, não se sujeitam à retenção do IRRF.

    Art. 5º Esta Instrução Normativa entra em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial da União, produzindo efeitos a partir de 1º de janeiro de 2016.

    Art. 6º Fica revogada a Instrução Normativa RFB nº 1.214, de 12 de dezembro de 2011.

    JORGE ANTONIO DEHER RACHID

    12+
    • avatar
    • avatar
    • Azufre 26 de janeiro de 2016 at 13:20

      Isso aqui é o Zimbábue e vcs não perceberam

      18+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Azufre 26 de janeiro de 2016 at 13:21

      É um absurdo 🙁

      Isso tem cara de década de 1970 e câmbio fixo

      Tem gente que pergunta pq o Brasil não deu certo e não é mais rico

      Eu me pergunto como é pq não é pior*

      *mas tá chegando lá!

      15+
      • avatar
      • avatar
    • Final Countdown 26 de janeiro de 2016 at 13:29

      tá, desenha pra mim:
      se quiser fazer o manual do anony, irei pagar IR???

      se fugir da banânia, terei que pagar IR em todas as transações???

      7+
      • avatar
      • avatar
      • Louro José 26 de janeiro de 2016 at 13:39

        bitcoin
        pra evadir dinheiro da banânia ele é eficaz

        12+
        • avatar
        • avatar
        • Final Countdown 26 de janeiro de 2016 at 14:25

          interessante…
          compro aqui e como vende lá fora??

          2+
          • avatar
          • Ali Baba 26 de janeiro de 2016 at 19:56

            Bitfinex

            1+
      • Sport87 26 de janeiro de 2016 at 14:32

        Pelo que entendi investimento ainda não sofrerá esta tributação, confere pessoal?

        2+
    • FabianoSJC 26 de janeiro de 2016 at 14:08

      Remessas de dolar para o exterior agora só se for escondido na cueca rs

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • mestre dos magos 26 de janeiro de 2016 at 14:50

      Agências de viagem especializadas no mercado externo falindo em 3 2 1 ………

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Ali Baba 26 de janeiro de 2016 at 19:55

      Olha… Ou eu sou muito burro, ou não está prevista cobrança de IRRF simplesmente para remeter e manter dinheiro fora, ou para fins de investimento…

      Só cobra IRRF os casos do Art 2 (valores destinados ao pagamento de prestação de serviços decorrentes de viagens de turismo, negócios, serviço, treinamento ou missões oficiais pagamento de prestação de serviços decorrentes de viagens de turismo, negócios, serviço, treinamento ou missões oficiais).

      Os demais artigos ou falam de isenções pontuais ou são “legalês”.

      Confere, produção?

      1+
    • camberiu 26 de janeiro de 2016 at 20:57

      Estrategia “Cristina Kirchner” para preservacao de reservas em dolar. Isso e’ prenuncio de controle de cambio FEIO vindo ai. Vai ser de nivel Argentina para baixo.

      1+
      • avatar
  • CA 26 de janeiro de 2016 at 13:19

    Sobre o tópico:

    1) Por que a CEF ficou sem dinheiro para emprestar para o crédito imobiliário?

    Porque embora ela centralize em torno de 35% das aplicações de poupança realizadas ela deteve ao longo dos anos em torno de 70% de todo o crédito imobiliário concedido que tem como base a poupança (SBPE). Enquanto a poupança tinha depósitos relevantes, a CEF conseguia administrar esta situação, no primeiro ano em que as poupanças tiveram mais saques do que depósitos (2015), a verba do SBPE ficou exígua.

    2) Quais as primeiras reações da CEF para situação acima?

    A CEF começou a limitar os empréstimos vinculados ao SBPE à R$ 400 mil por processo, o que ocorreu entre maio/2015 e junho/2015, de tal forma a caber o máximo de financiamentos possíveis para a verba do SBPE que agora era mais limitada. Isto significa que já desde o segundo semestre de 2015 aqueles imóveis entre R$ 400 mil e R$ 750 mil tinham financiamento mais caro se fosse feito pela CEF, por procedimento da CEF e não pelo regulamento do SFH (o regulamento do SFH continuou o mesmo e com limite de R$ 750 mil).

    Também para filtrar os clientes que poderiam ser aprovados e fazer caber na verba disponível, além de ficar um pouco mais compatível com os juros SELIC que haviam crescido muito nos últimos anos, a CEF subiu por 3 vezes os juros para empréstimos imobiliários, isto só no primeiro semestre de 2015. Apesar de todas estas subidas, a CEF continuou com o menor juros do crédito imobiliário entre todos os bancos.

    Por fim quanto a restrição da verba do SBPE e ações iniciais da CEF, a partir de junho/2015 a CEF passou a dificultar os empréstimos a imóveis usados, fazendo com que pudesse ser financiado apenas 50% do preço total do imóvel.

    3) Quais as contra-medidas do Governo?

    O Governo liberou R$ 10 bilhões de verba adicional de fundo Pró-Cotista do FGTS, com juros muito baixos, até menores do que os da CEF para o SBPE, só que também limitados a imóveis de até R$ 400 mil e não dentro do limite original de R$ 750 mil do SFH. Novamente os imóveis a partir de R$ 400 mil continuaram somente com as opções de financiamento imobiliário com juros mais elevado, na CEF ou em outros bancos.

    Além da ação acima, o Governo liberou uma fatia maior do dinheiro do compulsório que ficava retido referente a poupança para ser utilizado pelos bancos no crédito imobiliário e ainda alterou regulamentação eliminando brechas e forçando os bancos a utilizarem aquele dinheiro para o crédito imobiliário e não mais com títulos ligados ao mercado imobiliário, às vezes de imóveis comerciais e sem nenhuma relação com o crédito imobiliário para imóveis residenciais (os bancos privados desviavam parte da verba da poupança para estas operações, usando de brecha na regulamentação de uso do SBPE).

    Estimativas de Levy eram de que ações acima liberariam mais de R$ 40 bilhões para bancos, cobrindo boa parte dos mais de R$ 50 bilhões que a poupança tinha perdido de saldo no ano de 2015. Ocorre que apesar disto, nos meses de Setembro/2015, Outubro/2015 e Novembro/2015 o crédito imobiliário concedido teve quedas de cerca de 50% por mês na comparação com mesmos meses de ano anterior. Isto prova que as ações emergenciais do Governo não surtiram o efeito esperado.

    4) Por que as contra-medidas do Governo não surtiram os efeitos esperados?

    A CEF conquistou e manteve 70% do crédito imobiliário concedido, principalmente porque ela aceitava financiamentos para clientes que outros bancos não aceitariam, considerando como renda comprovantes de depósitos entre contas, permitindo que mais pessoas entrassem na comprovação de renda sem que efetivamente fossem ajudar nos pagamentos, fornecendo avaliações mais generosas de imóveis e principalmente, oferecendo os menores juros do mercado, embora se utilizasse do mesmo funding (fonte de recursos) que outros bancos.

    Quando a CEF teve que diminuir fortemente sua participação no mercado, os outros bancos não quiseram “entrar de cabeça” e substituí-la, primeiro porque eles não queriam se sujeitar ao enorme risco proporcionado pelas “facilidades” mencionadas no parágrafo anterior e segundo, porque com agravamento da crise, seria incoerente os bancos tentarem reduzir seus juros para conquistarem clientes que representariam maior risco, como é a carteira típica da CEF. Os bancos privados cresceram muito mais pelo vácuo deixado pela CEF do que por interesse sincero deles neste sentido e mesmo assim, seu crescimento foi “tímido” frente à avenida de “oportunidades” que a CEF deixou.

    5) Quais as consequências do que consta acima?

    São fortes impulsos para reduções mais relevantes nos preços dos imóveis, quando combinados com uma série de fatores que estão ocorrendo, como a crise, os super estoques de imóveis, alto endividamento de algumas construtoras, entregas com grande volume de imóveis para especuladores, etc.

    Em São Paulo, nos últimos 24 meses apurados, a queda acumulada nos preços dos imóveis usados foi acima de 29% em termos nominais e acima de 45% em termos reais (considerando inflação). Já vinha crítico em 2012 quando a queda nominal foi superior a 22%, o que ocorreu enquanto ainda havia crédito, mas a dificuldade do crédito imobiliário fez com que não pudesse ocorrer uma “recuperação” e ao contrário, tivemos nova queda no acumulado.

    No caso de imóveis novos, além de já termos evidências de relatórios trimestrais de construtoras sobre quedas relevantes nos preços (36% de queda padrão médio de imóvel da Viver e 68% de queda do Premium da Tecnisa ambos no 2T15), tivemos ainda referência de queda de preços vinda do SECOVI SP (quedas de ticket médio de 20% a 40% para as tipologias e tamanhos que responderam por mais de 80% das vendas entre abril/2015 e maio/2015) e ainda um grande número de referências de diferentes fontes de investidores que não estão conseguindo repassar o ágio porque a construtora na entrega está colocando um preço menor do que o investidor pagou na planta.

    Além do que consta acima, os distratos que passaram de 40% das vendas em 2015, são outra referência quanto aos efeitos desta restrição mais forte do crédito imobiliário, se bem que neste caso temos uma grande representatividade de vendas FALSAS do passado combinadas com MEGA especulação para venda na planta.

    O Governo planeja tentar dar novo fôlego ao sistema imobiliário, ele tentará novas verbas adicionais via FGTS ou SBPE, no entanto, dificilmente conseguirá cobrir o BURACO que é uma consequência natural de nossa bolha imobiliária. Este é um dos muitos motivos pelos quais o segundo semestre de 2016 e o primeiro de 2017 prometem quanto a reduções mais sensíveis e visíveis dos preços dos imóveis…

    Segue uma notícia relacionada a este tema do fundo pro-cotista e como a CEF utilizou uma parcela do mesmo (outra parcela usada por BB):

    “http://www20.caixa.gov.br/Paginas/Noticias/Noticia/Default.aspx?newsID=2694

    38+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • marcosbolha 26 de janeiro de 2016 at 13:31

      CA sempre explanando de forma expecional!

      4+
      • avatar
      • avatar
    • CA 26 de janeiro de 2016 at 14:19

      Pequena correção no item 5: a queda de preços de imóveis usados de mais de 22% foi em 2014 e não em 2012 como mencionado neste item (erro de digitação). Trecho errado: “Já vinha crítico em 2012…” Certo: “Já vinha crítico em 2014…”

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Azufre 26 de janeiro de 2016 at 13:25

    Focus projeta IPCA fora do centro da meta até pelo menos 2020

    Onde é que vimos isso antes?

    BI, aqui vc viu antes

    14+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • L.A. 26 de janeiro de 2016 at 14:01

      2021 só não está fora da meta porque não fizeram previsão ainda hahahahaha

      24+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • maotimao 26 de janeiro de 2016 at 13:46

    http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/01/pezao-sobre-crise-no-rj-faremos-travessia-deste-ano-sangrando.html

    RJ deixa de gastar até R$ 1,2 bilhão na Saúde e mudará UPAs, diz Pezão
    Corte foi anunciado nesta terça-feira (26) ao RJTV.
    ‘Faremos a travessia deste ano sangrando’, disse Pezão.

    Hell Sangra.

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Paulo Pedregulho 26 de janeiro de 2016 at 14:18

      Mas como ficam os MILHARES de ESTRANGEIROS que terão o primeiro contato com a zica, o chico cunha, arrastões e balas perdidas, no período das OLIMPIADAS ?

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Davy Jones 26 de janeiro de 2016 at 15:30

      Esse Rio de Janeiro tem um pé na Venezuela…. aliás um Pezão. Só se mantém com Petróleo.

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • TIC-TAC SP 26 de janeiro de 2016 at 13:56

    Boa tarde Bolhistas!
    Alguém aqui pode dar referências da XP investimentos?
    Obrigado de antemão!

    3+
    • Pepper 26 de janeiro de 2016 at 20:53

      Eu confesso que é a única corretora que conheço bem, mas no momento estou satisfeito.

      Se pensa em investir SOMENTE em TD, recomendaria a Easyinvest por não ter taxa de custódia, de outra forma, a XP está ótima.

      2+
      • avatar
  • Marcus A 26 de janeiro de 2016 at 14:00

    Alteração das regras de recolhimento do ICMS provoca o fechamento de uma empresa por minuto

    “http://ucho.info/alteracao-das-regras-de-recolhimento-do-icms-provoca-o-fechamento-de-uma-empresa-por-minuto

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 26 de janeiro de 2016 at 15:36

      a cada minuto uma sala comercial a mais para locação…

      8+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • solrac 26 de janeiro de 2016 at 14:01

    Jornal HJ

    Salas comerciais viram mico e especialista fala em desespero

    “””https://youtu.be/ksBAvLgBY8M

    21+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Final Countdown 26 de janeiro de 2016 at 14:24

      ri MUUUUITO

      6+
      • avatar
      • avatar
  • solrac 26 de janeiro de 2016 at 14:02

    TÓPICO

    5+
    • avatar
  • L.A. 26 de janeiro de 2016 at 14:16

    Lacrou?
    “http://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2016/01/26/governo-nega-seguro-desemprego-a-quem-tem-empresa-para-advogados-e-ilegal.htm

    “Quem tem uma empresa em seu nome, mesmo que ela esteja fechada e sem dar nenhuma renda, não pode receber o seguro-desemprego, segundo o Ministério do Trabalho e Previdência Social.
    Para conseguir o benefício, é necessário fechar a empresa e tirar o seu nome do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) antes da demissão. Se for depois, não adianta.”

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • tmarabo 26 de janeiro de 2016 at 15:39

      judicialmente se consegue o seguro desemprego se ficar provado que a empresa só existe no papel.

      3+
      • avatar
      • L.A. 26 de janeiro de 2016 at 16:24

        Aí mora a questão: salvo se for com defensor público, quem irá pagar para receber?

        5+
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 14:39

    “Petrobras sinaliza que 4º tri de 2015 pode comprometer ganho acumulado, diz FUP
    Estatal projeta fechamento do ano com prejuízo, apesar de a empresa ter registrado lucro entre janeiro e setembro, dizem petroleiros”

    5+
    • avatar
  • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 14:41

    “postado em 26/01/2016 11:37 / atualizado em 26/01/2016 11:46
    Agência Estado
    São Paulo, 26 – O volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis com recursos da poupança deve encolher 20,6% neste ano, para um patamar de R$ 60 bilhões, de acordo com as projeções da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

    “As projeções indicam que 2016 será um ano igualmente desafiador sob o ponto de vista econômico. Comprar imóvel demanda confiança e o Brasil passa por uma crise de confiança e todos os setores estão sentido. A indústria da construção civil sofre mais, pois precisa de muito mais crédito e confiança”, avaliou o presidente da entidade, Gilberto Duarte, que também é diretor de crédito imobiliário do Santander.”

    4+
    • avatar
  • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 14:43

    “Duarte lembrou que no passado o Brasil viveu um nível exacerbado de compra de imóveis, com grande demanda de investidores na expectativa de elevação dos preços. Hoje, conforme ele, esse público está menos presente, dando espaço a pessoas que realmente adquirem unidades para morar.

    Como consequência, lembrou o presidente da Abecip, estão sendo lançados menos imóveis, o que, na sua visão, é positivo, uma vez que permite ao setor atingir um patamar de estabilidade e com previsibilidade.

    “O mercado imobiliário passa por um momento de ajustes que vai continuar em 2016 para que alcance um novo patamar, readequando-se ao nível atual da demanda da população”, explicou Duarte.”

    4+
    • avatar
    • avatar
  • vasonildo 26 de janeiro de 2016 at 15:08

    Alguns CVR’s

    CVR 1 – Há um ano estou morando no meu atual apartamento, em frente ao meu ap. existe um prédio em construção que, pelo menos nesse ano que eu estou lá, não subiu sequer um centímetro, não colocaram nenhum tijolo a mais, ou seja, construção completamente abandonada. Pois bem, dando uma olhada no site de imóveis eis que vejo um anúncio do dito cujo com os dizeres “vendo urgente na planta!”, segundo o anunciante, valorização garantida quando do término da obra. hum…. sei……. Agora, toda vez que vou até a sacada do meu ap no fim do dia e vejo esse prédio abandonado, eu penso, “o povo brasileiro pode estar desempregado, mas o motumbo…….. ah… esse ainda tem muito trabalho…….”

    CVR 2 – Estou estudando para concurso, e a melhor estratégia é resolver exercício de provas passadas. Dando uma estudada em português e vendo umas provas de 2009, 2010 e 2011, na maioria das questões constam trechos de reportagens jornalísticas da época, é até engraçado o otimismo dos economistas com as medidas anti-cíclicas do governo, de vez em quando aparece algum jornalista falando que vai dar m%$, mas a maioria das reportagens tratam de um Brasil que deu certo e que ainda vai crescer muito. Só leio e penso “Perdoe-os, pai. Pois não sabem o que dizem.”

    44+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • EngenheiroMG 26 de janeiro de 2016 at 15:21

      CVR 1 – Pode até ser que valorize (pouco provável), mas só se for entregue.

      CVR – Sabem o que dizem sim. A maioria é mau caráter e um bando de vendido.

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Burbuja 26 de janeiro de 2016 at 15:30

    CVRs – Aluguel

    Olá, pessoal! Depois de um grande período de abstinência, finalmente reativei a minha conta. Espero poder acompanhar mais vezes o blog e postar mais CVRs. Seguem alguns vivenciados por mim referentes a aluguel:

    CVR1: em setembro resolvi sair do apartamento em que morava. Apesar de ser grande e ter um valor justo (R$ 1.020,00 por 100m², incluso condomínio), era daqueles condomínios enormes e muito antigos, com moradores cheios de vícios (som alto, gritaria e todo tipo de baixaria). A dona do apto estava voltando a morar na cidade, e ainda meio por fora, disse que aumentaria o valor para R$ 1.200,00 ou R$ 1.300,00, pois estava defasado. Alertei a ela que já vi apartamentos por esse valor no mesmo condomínio passando meses anunciados, e se fosse ela manteria o valor para conseguir logo um inquilino. Ela relutou, mas no final das contas concordou e disse que subiria apenas um pouco para pagar a taxa do corretor (aluguei diretamente com a proprietária). Resumindo: cobrou R$ 1.100,00 e alugou em 3 dias! Depois me ligou agradecendo a dica. É o que se repete aqui no blog: há demanda para preços justos.

    CVR2: na busca por uma nova moradia, na região do apto antigo, encontrei um que parecia interessante. Antigo, grande, mas dessa vez sendo uma só torre. Achei que o apto estaria num valor em conta porque eu já via há meses a placa de aluga-se. Quando liguei, a proprietária informou que o aluguel estava em R$ 1.450,00. Antes mesmo que eu respondesse, ela me lembra que o condomínio recentemente havia aumentado e que o valor novo era de R$ 1.500,00. Perguntei se ela poderia dar algum desconto, tendo em vista que o imóvel estava fechado há meses e seria interessante pra ela ver alguma grana. Ela meio que se irritou e disse que “não baixaria o valor do aluguel pra não ficar no prejuízo”. Quase desejei boa sorte com o novo valor do condomínio, mas ela acabou puxando assunto e foi mais simpática. Resultado: isso foi há 4 meses e placa, que já estava há alguns meses, continua lá. Já já faz aniversário de 1 ano.

    CVR3: uma amiga possui uma casa muito bonita e bem localizada na minha cidade, além de enorme (4 quartos com armários e guarda-roupas) e num local seguro, coisa rara em qualquer capital brasileira. Estava reclamando porque em abril alugou para o tio por R$ 1.600,00 e o infeliz atrasa todos os alugueis. Detalhe: ela alugou para ele e a esposa achando que seria vantajoso ter apenas duas pessoas na casa e que o fato de serem parentes ajudariam a honrar os compromissos. Logo após a mudança, trouxeram CINCO parentes do interior para morar na casa e dividem o aluguel. O infeliz é vigilante e a esposa professora de ensino básico. Os dois juntos possuem renda de R$ 3.500,00, ou seja, era previsível que um aluguel de quase 50% da renda complicaria pra eles.

    Continuando: esse ano ela disse que assim que terminasse o prazo de 12 meses pediria a casa de volta. Perguntei a ela se ela teria interesse em alugar pra mim, mas que o valor cobrado era um pouco alto. Ela perguntou qual a minha proposta e eu propus R$ 1.400,00 pagando 6 meses adiantados. Ela logo se empolgou e disse que ia ser ótimo, pois não teria mais dor de cabeça com aluguel. Os dois ficaram empolgados e fizeram planos (meu contrato no apto novo é de apenas 6 meses). Quando fui falar com ela esses dias se a casa tava mesmo de pé ela argumentou que sim, mas que reviu o valor e acha que vai ficar no prejuízo. Perguntei por que e ela disse que “aluguel tem que aumentar todo ano”, e que provavelmente cobraria R$ 1.800,00. Ainda falei da vantagem de receber o dinheiro adiantado e ela disse que não compensava, pois “não saberia o que fazer com o dinheiro”. Falei pra ela que não tinha mais interesse no imóvel e desejei boa sorte com o novo inquilino. Lembrando que o valor que ela pretende cobrar é o dobro da renda média da cidade (capital do nordeste).

    Sorry pelos CVRs grandes, mas acho que refletem muito do que se diz aqui, sobre preços justos e demanda.

    54+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • tmarabo 26 de janeiro de 2016 at 15:52

      Os CVRs 02 e 03 me lembram um de meu amigo.
      Ele tem um apartamento bom e quer alugar por 2,5k + 0,8k de condomínio. Não é um aluguel “caro” pra região, mas está difícil de alugar.
      Eu disse pra ele, baixa o alguel pra 2k que fica vantajoso e ele “nem pensar”. Aí eu expliquei que ele perde quase 3k por mês ao não alugar (2k que deixam de entrar + 0,8k de condomínio + IPTU de uns 80 reais por mês). Ou seja se ele deixa de alugar UM mês por 2k e no mês seguinte ele alugar por 2,5k, ele vai levar SEIS MESES pra “empatar” o negócio e recuperar os 3k perdidos. Se ficar dois meses sem alguar, vai levar UM ANO pra recuperar. Claro, a conta é um pouco diferente pois tem a comissão de 10% do corretor nos aluguéis, mas não muda tanto o resultado.
      Não adianta, ele quer 2,5k e o imóvel está fechado há seis meses. Por 2k ele alugaria bem fácil.

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Crocs 26 de janeiro de 2016 at 15:57

        Esse seu amigo está ardendo e não percebe! Deve possuir um limiar para dor bel elevado! Eu já teria alugado por 2K há tempos!

        3+
        • avatar
      • Palmeirense 26 de janeiro de 2016 at 16:26

        Bom quem sabe daqui uns 3 meses ele não te ouça e resolva tentar alugar por 2k, quando o mercado só puder pagar até 1,5k…

        12+
        • avatar
        • avatar
  • carioca_real 26 de janeiro de 2016 at 16:10

    Ainda bem que por aqui, mesmo com a baixa forçada da Taxa de Juros não tem bolha… #SQN

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/01/1733030-europa-temem-nova-bolha-do-mercado-imobiliario-criada-por-juros-baixos.shtml

    6+
    • avatar
  • Conde Marcos 26 de janeiro de 2016 at 16:31

    Eu Fechei minha empresa e demiti todo mundo, vou viver só de Juros. Obrigado Dilma e seus eleitores.

    43+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • EngenheiroMG 26 de janeiro de 2016 at 16:35

      Qual tamo Conde?
      Pra viver de juros, vc tá bem já. Ainda mais em Uberaba… terrinha cara. Difícil viver de juros com menos de 500K.

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Krusty 26 de janeiro de 2016 at 16:33

    CVR

    Explicando aqui pra um colega que fez financimento PRICE o que é TR 😀

    Ele me aconselhando a pegar esse financimento e sair do aluguel. Fiz a simulação, mas citei que a TR reajusta o saldo devedor.

    Ele: -Como assim?

    DEU DÓ!

    Mostrei a TR de dezembro e seu efeito sobre a sua dívida.

    Esse cara não é 666 total, vive segundo suas possibilidades e junta uma grana, mas vive me dando conselho de comprar imóvel.

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Krusty 26 de janeiro de 2016 at 16:34

      O corretor chegou a citar para ele a tal “taxinha”, dizendo que era só uma merrequinha 😀

      7+
      • avatar
      • avatar
  • Awulll 26 de janeiro de 2016 at 16:35

    LCI BB foi pra 70% do CDI.
    É isso mesmo?
    Tentei aplicar, mas me assustei com o número.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Paulo Pedregulho 26 de janeiro de 2016 at 16:40

      Acabei de entrar no BB e você esta correto! Passaram para 70%.

      3+
      • avatar
      • Awulll 26 de janeiro de 2016 at 16:43

        Que merda. Ainda dá um pouco mais que a poupança, mas pela falta de liquidez, não vale mais a pena.
        Não taxaram, mas baixaram o valor. Vai todo mundo sair, dá na mesma, só fica quem ainda tem contratado por mais que isso.

        3+
        • avatar
    • mestre dos magos 26 de janeiro de 2016 at 16:40

      Se é essa taxa mesmo, virou lixo. Coloca em Tesouro selic que vale mais a pena. Mesmo se ficar menos de 6 meses, ainda é mais vantajoso que esse percentual ridículo.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Giqqs 26 de janeiro de 2016 at 16:45

        Agora nem tô achando o LCA do Bradesco a 80% tão ruim assim… carência de 90 dias. Na dúvida entre colocar nesse ou no CDB a 94%, só que esse último tem IR. O outro pode vir a ter qq momento, né? então, vou fazer minhas contas aqui.

        2+
        • avatar
  • Dr. Estranho 26 de janeiro de 2016 at 16:41

    “http://www.financista.com.br/noticias/de-cada-100-imoveis-vendidos-41-foram-devolvidos-as-construtoras-em-2015”

    1+
    • avatar
  • carioca_real 26 de janeiro de 2016 at 17:00

    Sabe aqueles gringos que vão comprar tudo na Zona Sul do Rio?
    Então…

    https://www.abecip.org.br/imprensa/noticias/boom-global-de-imoveis-de-luxo-fraqueja

    11+
    • avatar
    • avatar
  • Controller_SP 26 de janeiro de 2016 at 17:03

    Para os recebedores de juros o que e melhor: CDB Sofisa ou uma conta no Tesouro Direto pela Easynvest sem taxa ? Para uma possibilidade de manter os recursos aplicados pelo menos por 360 dias. Outra dúvida ? Se tenho duas contas na mesma corretora uma em tesouro e outra em cdb, eu teria direito ao FGC de 250k em cada ? absss

    2+
    • avatar
    • FabianoSJC 26 de janeiro de 2016 at 17:13

      Até onde eu sei o FGC garante 250 k no total por instituição financeira independente do tipo de aplicação , então somadas todas as aplicações não pode passar de 250 k. Inclusive se for conta conjunta eles só garantem os mesmos 250 k.

      3+
      • avatar
      • Mrcs 26 de janeiro de 2016 at 17:17

        Lembrando que não é independente do tipo de aplicação. Poupança, CDBs em geral, LCA e LCI.

        2+
        • avatar
      • Mrcs 26 de janeiro de 2016 at 17:20

        Dá pra ver aqui:
        “http://www.fgc.org.br/?conteudo=1&ci_menu=19
        Também lembrando que não são todas as instituições, apesar da maioria estar coberta pelo FGC.

        4+
        • avatar
        • avatar
    • Mrcs 26 de janeiro de 2016 at 17:14

      Tesouro não é coberto pelo FGC

      5+
      • avatar
      • avatar
    • Controller_SP 26 de janeiro de 2016 at 17:28

      As LCIs e LCAs também são garantidas, a duvida persiste CDB Sofisa ou não ? O único receio que fiquei, que a Sofisa sobrevive de empréstimos para pessoa física e devido ao que estamos vivendo no país, será que a inadimplência não poderia aumentar e termos problemas neste caso.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • RecebendoJuros 26 de janeiro de 2016 at 17:49

        Se vc tiver certeza que não precisará de uma parte do dinheiro nos próximos 365 dias, pode aplicar em um CDB do Sofisa sem liquidez diária pagando 107% do CDI.
        Na minha opinião a desvantagem do TD é que a liquidez não é diária. Vc faz a ordem de venda durante a noite e o dinheiro cai na conta da corretora só na tarde do próximo dia útil. A vantagem é o risco ser menor do que qq banco.

        Que tal diversificar ? Um pouco em TD, um pouco em CDB com liq. diária e um pouco em CDB pra 365 dias ?

        2+
        • avatar
        • Controller_SP 26 de janeiro de 2016 at 19:08

          Obrigado pelo retorno, mas neste caso eu teria que abrir conta em 2 empresas por exemplo, pois na Sofisa não consigo aplicar no Tesouro Direto e o CDB na Sofisa tem garantia pelo FGC de ate 250k. O que acha faria duas contas ? Acredita em algum risco da Sofisa, no CDB temos o IR ainda. Estou analisando !!!

          0
          • RecebendoJuros 26 de janeiro de 2016 at 22:18

            Sim, o Sofisa tem garantia do FGC até 250k.
            Não vejo qual o problema em abrir conta em 2 ou mais empresas.
            Não está fácil conseguir lastro de LCI/LCA no Sofisa, é mais fácil conseguir em alguma corretora.
            Que tal diversificar de outra forma então:
            – Corretora: TD e LCI/LCA com carência de 365 dias sem IR e obtendo assim um rendimento superior.
            – Sofisa: CDB com liquidez diária para alguma eventualidade ou alguma conta que precise ser paga no mesmo dia e não possa esperar sacar o TD no próximo dia útil

            0
            • Controller_SP 27 de janeiro de 2016 at 10:13

              Obrigado mesmo! Na verdade o valor que vou aplicar, não precisaria antes de 365 dias com certeza, desta forma compensa ir de corretora direto com LCI e LCA ? O rendimento é maior, pois na Sofisa com prazo de 365 dias para 107% do CDI, teria que analisar qual teria um rendimento melhor, ai eu poderia ir de Easynvest e Sofsa mesmo !
              Concordo com você, não teria problema em abrir duas contas, é mesmo a comodidade. abs

              0
            • Controller_SP 27 de janeiro de 2016 at 11:12

              Adicionando uma questão CDB 107% CDI ou CDB IPCA + 5.9 a.a.

              0
  • Jovem Estudante 26 de janeiro de 2016 at 17:44

    PETR4 a BN$ 4,23…

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 18:09

    “De modo geral, empresários do ramo imobiliário em Venâncio Aires comentam que o momento de crise econômica ampliou as negociações de preço entre quem vai alugar ou já tem um imóvel alugado, uma vez que a população está mais receosa e buscando economizar em função da crise.

    Segundo Alberto Kappel, que é sócio-proprietário de uma imobiliária, houve a ampliação das negociações em relação ao custo, sobretudo do aluguel de imóveis comerciais. ‘Em função do momento econômico, muitas empresas estão vindo para renegociar o valor ou pedindo algum desconto por determinado período e, em muitos casos, o adiamento do reajuste, que se dá pelo IGP-M, índice que está elevado em função da inflação. Em dezembro, no acumulado do ano, para se ter uma ideia, o IGP-M atingiu 10,54%. É um variação alta. Por exemplo: um imóvel cujo valor do aluguel é de R$ 5 mil sofre um reajuste de mais de R$ 500.’

    Além do aumento das negociações sobre o valor dos aluguéis, menciona que o setor tem enfrentado um aumento no índice de inadimplência.”

    “http://www.folhadomate.com/noticias/geral15/aumenta-negociacao-sobre-o-valor-do-aluguel-de-imoveis”

    4+
    • avatar
  • Bolha RJ 26 de janeiro de 2016 at 18:24

    No BB o aporte minimo pra LCA é 50k. Alguem saberia me responder se depois que eu já tenho 50k lá, se posso fazer aportes menores.. sl, 3k por exemplo??

    3+
    • avatar
    • Crocs 26 de janeiro de 2016 at 18:29

      As coisas estão mudando muito no BB! Eu já possuo 2 LCAs e sempre que entro lá aparece a opção de investir a partir de R$ 1.000,00, tanto em LCI como em LCA.

      3+
      • DRN 26 de janeiro de 2016 at 18:32

        LCI é de liquidez diária também??

        1+
      • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 19:17

        Além de diminuir para 1k o aporte mínimo, o retorno da LCA caiu muito

        1+
    • odorico 26 de janeiro de 2016 at 18:41

      Uai, no meu ainda está 1k para LCI e 3k para LCA, mas as taxas caíram, Perguntei para o gerente se fosse 300k E a taxa ficou a mesma…adeus BB. Estou com um pequeno cascalho a 84% com liquidez diária….vou deixar lá…mas dinheiro novo nem pensar…

      3+
      • avatar
      • DRN 26 de janeiro de 2016 at 19:04

        Eu fiz um aporte no TD e saquei parte das LCAs. Disse para deixar as de 84 e 83% do CDI, mas a FDP da gerente teve a cara de pau de sacar essas e deixar as de 80 e 81% do CDI. Só vi depois no extrato. Mas não tenho tempo de brigar por causa disso. E outra, não tenho como provar. Pedi diretamente na agência bancária…

        6+
        • avatar
        • avatar
  • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 19:20

    Tópico

    “RIO
    Após ano de desvalorização, m² para aluguel no Rio fecha 2015 com queda de 21,2%
    26/01/2016 – 15:59:32”

    “http://www.monitormercantil.com.br/index.php?pagina=Noticias&Noticia=180835&Categoria=RIO”

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 19:22

      “Todo esse cenário justifica a desvalorização dos valores de imóveis. É importante entender, porém, que mudanças no mercado imobiliário são de longo prazo. Os preços não sofrem quedas bruscas e correspondem as demandas locais. Cada cidade possui uma dinâmica própria – explica Lucas Vargas, executivo chefe de Operações do portal VivaReal.
      O DMI também apontou as preferências do carioca na hora procurar um novo lar. Os imóveis com dois dormitórios são procurados por 48% dos consumidores, mas a oferta não passa de 36%. A demanda por imóveis de até 100m² é de 63%, mas apenas 50% do inventário possui essa característica.
      A oferta e demanda de imóveis na categoria preço é ainda mais desalinhada. Cerca de 50% das pessoas que buscam uma residência no Rio de Janeiro estão dispostas a pagar até R$ 350 mil, no entanto apenas 17% dos imóveis estão nessa faixa de preço.”

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Cesar_DF 27 de janeiro de 2016 at 08:00

      Merece TÓPICO

      0
  • Alemon Fritz 26 de janeiro de 2016 at 19:28

    Financiamento imobiliário cai 33% em 2015 e deve recuar mais este ano, diz Abecip
    Segundo a entidade, que reúne os bancos que oferecem dinheiro para a compra de imóveis, empréstimos somaram 75,6 bilhões de reais no ano passado
    Em dezembro, foram liberados 4,8 bilhões de reais, 55,2% a menos que um ano antes.

    -http://veja.abril.com.br/noticia/economia/financiamento-imobiliario-cai-33-em-2015-e-deve-recuar-mais-este-ano-diz-abecip
    26/01/2016 às 15:58 – Atualizado em 26/01/2016 às 16:15

    4+
    • avatar
    • CA 26 de janeiro de 2016 at 20:29

      Alemon Fritz,

      Foi 33% de queda no total de financiamentos em 2015. Interessante como foi a derrocada nos últimos 4 meses, queda sempre superior a 50%. Seguem abaixo as quedas a cada mês, sempre comparando com mesmo mês de ano anterior. Segui o padrão do artigo, comparando em R$ e pelo total do financiamento (construções mais crédito concedido para aquisição):

      Jan +12%
      Fev -27%
      Mar +3%
      Abr +1%
      Mai -42%
      Jun -36%
      Jul -43%
      Ago -36%
      Set -47%
      Out -54%
      Nov -54%
      Dez -55%

      TOTAL -33%

      4+
      • avatar
      • avatar
      • CA 26 de janeiro de 2016 at 20:30

        Opa, pequena correção, em setembro nesta base de comparação foi um pouco menos de 50% de queda (-47%)…

        2+
        • avatar
        • Alemon Fritz 26 de janeiro de 2016 at 20:53

          perfeito… e ainda o cara disse que vai cair mais 20% esse ano ….

          1+
  • Alemon Fritz 26 de janeiro de 2016 at 19:30

    “Estávamos no mesmo ritmo de produção dos Estados Unidos em seu melhores anos”, disse Abreu Filho. “O mercado continuará passado por ajustes nos próximos anos.”

    (mas de lixos cada vez menores, ao contrário dos EUA, em que a média do tamanho aumentou mais ainda após 2008…)

    4+
    • avatar
    • Alemon Fritz 26 de janeiro de 2016 at 21:56

      fonte
      Radiografia do dia: Evolução do tamanho das casas nos EUA

      -http://www.idealista.pt/news/imobiliario/internacional/2015/01/07/25201-radiografia-do-dia-evolucao-do-tamanho-das-casas-nos-eua

      2+
      • Alemon Fritz 26 de janeiro de 2016 at 22:00

        de 185m2 para 250m2 e sempre aumentando

        2+
  • mark 26 de janeiro de 2016 at 19:41

    Onde anda o Zé Carioca? Sempre dava uma boa perspectiva do mercado da Zona Sul do RJ….. Ze lendo essa menssagem por favor da um update do que voce tem observado aqui no Rio.

    5+
  • MrQuim 26 de janeiro de 2016 at 19:47

    kd a boba alegre pra dizer se o seguro irá ressarcir este dono da ferrari do guarujá? =http://www.noticiasautomotivas.com.br/ferrari-derrapa-e-cai-em-corrego-na-cidade-de-guaruja-video/ 😛

    3+
    • Boba Alegre 27 de janeiro de 2016 at 08:29

      tirando racha e ultrapassando em local proibido? assumiu o risco, acho que não pagam não.

      em praias do sul tem uns bobo alegre que trafega pela faixa de areia pra ver a paisagem e tal, ai quando atola ou a maré sobe rapido vai querer acionar o seguro. Eles não pagam não, alegando que tem a estrada pra transitar e a pessoa assumiu o risco do sinistro. Mesma coisa com quem enfrenta enchente. O duro pra seguradora é provar que o cara assumiu o risco.

      0
  • MrQuim 26 de janeiro de 2016 at 19:49

    pra quem vai ficar na bnn =http://www.sedentario.org/informe-publicitario/veja-como-conseguir-sua-bolsa-de-estudo-de-ate-70-em-faculdades-2-84404

    1+
  • O Bancário 26 de janeiro de 2016 at 19:55

    ÇVR

    Esse ano vai render bastante.
    Comprando meu 2o consórcio de motumbado. Nesse caso a cota está no nome de uma empresa, o dono disse que “não aguenta mais pagar as parcelinhas”.

    7+
    • avatar
  • Polaco 26 de janeiro de 2016 at 20:10

    Com esse estoque monstro de Petróleo… vai cair ainda mais:

    “http://br.investing.com/economic-calendar/api-weekly-crude-stock-656

    2+
  • Alemon Fritz 26 de janeiro de 2016 at 20:16

    Pela primeira vez desde 2007, Balneário Camboriú fechou o ano com saldo negativo na geração de empregos com carteira assinada, totalizando o fechamento de 779 vagas.

    Isso representa menos de 2% das 44.148 vagas existentes em janeiro de 2015, mas o fato mais preocupante é que o setor que obteve os piores saldos foi a construção civil, motor da economia do município na maior parte do ano…., ..quase 8% das vagas existentes em 1º de janeiro do ano passado.

    -http://www.pagina3.com.br/empregos/2016/jan/26/1/depois-de-nove-anos-balneario-tem-saldo-negativo-de-empregos

    3+
    • avatar
  • O Bancário 26 de janeiro de 2016 at 20:21

    MPF denuncia Joesley Batista, da JBS, por crime financeiro

    “http://www.valor.com.br/agro/4411072/mpf-denuncia-joesley-batista-da-jbs-por-crime-financeiro

    O Banco Original (controlado pela J&F Participacoes) tá no meio.
    Depois falam que eu sou chato com banco pequeno.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Azufre 26 de janeiro de 2016 at 20:57

      BTG
      Original

      Essas pedras foram cantadas aqui com antecedência

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Bancário 26 de janeiro de 2016 at 21:05

        Tudo Bancão. Rating AAA. hahahah
        Amanhã aparece o Fitch e passa o facão no rating.

        6+
        • avatar
        • avatar
        • Azufre 26 de janeiro de 2016 at 21:10

          Azufre ratings recomenda cautela com

          Intermedium – Muito exposto ao ramo imobiliário
          Luso Brasileiro – Nem diria que muito exposto a um ramo. É basicamente financiar ônibus para empresa de SP. E se mudar amanhã a regra de concessão (digamos que por causa do MPL)?

          10+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Alemon Fritz 26 de janeiro de 2016 at 22:07

            Azufre ratings… kkkk, massa

            3+
            • avatar
            • avatar
    • Just A Simple Bubble Man 26 de janeiro de 2016 at 21:06

      A diferença dos Bancos grandes é que eles são muito influentes para serem investigados ou quebrarem, por que esquema por esquema o Bradesco ultimamente está unha e carne com o Governo Petista. A Caixa alavancada até o talo, o BB como instrumento político escancarado.

      5+
      • avatar
      • Azufre 26 de janeiro de 2016 at 21:08

        Alguns diriam que o PDG é o braço para serviços sujos do Bridasco, mas seria maldade

        6+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Just A Simple Bubble Man 26 de janeiro de 2016 at 21:13

          Aqui é a Banânia. Defender banco é igual defender partido ou time. Contanto que PMJ em quantidade aceitável fazemos negócio. Os juros dos bancos grandes estão cada vez piores. Só mitigar o risco: Bancos pequenos investimentos menores e sempre que possível com boa liquidez.
          Não sei a impressão de vocês, mas pelo menos pra mim que não tenho grandes montantes pra aplicação a coisa está complicada. De um lado o governo segura a Selic e os Bancos baixam as LC(x)s. Do outro a inflação dispara. Ai me vem alguns gênios falando em modificar tributação na renda fixa. Está cada vez difícil achar bons investimentos. Quando tem algo melhorzinho querem imobilizar seu dinheiro por prazos longos.

          7+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Azufre 26 de janeiro de 2016 at 21:14

            E dizem que os juros aqui são altos… Mentira.

            Capaz deste mês serem até negativos.

            6+
            • avatar
          • O Bancário 26 de janeiro de 2016 at 21:26

            Já está na cara que quem vai pagar essa conta é quem tá com dinheiro investido. Não vão bloquear nada, mas vão esfolar com força.
            Esses dias eu recebi jornalzinho de sindicato com matéria metendo pau nos juros altos e nos rentistas. É mole?
            Talvez pra se proteger melhor o negócio é correr atrás de investimentos com prazos maiores (4 anos ou mais), CDB’s, NTN’s, Letras Financeiras etc. Outra alternativa, é alocar uma % maior do patrimônio no mercado acionário bananense.

            5+
            • avatar
            • Just A Simple Bubble Man 26 de janeiro de 2016 at 21:58

              A velha ideia dos sindicalista de que os culpados são os outros. Na cabeça deles é só o governo aumentar o limite das reservas fracionárias para os bancos digitarem mais dinheiro para emprestar pra classe trabalhadora e eles continuam tendo suas contribuições sindicais e “protegendo” empregos. Pra que rentistas?
              Se você reparar os lugares onde os sindicatos são mais fortes é onde está ocorrendo a maior fuga da indústria.

              4+
        • Azufre 27 de janeiro de 2016 at 06:56

          Sem contar que o Oclário de Lamas, economista chefe do Bridasco, é um brincalhão. Daqueles que acham que se o Tombini fizer cara feia o suficiente (mas não mexer nos juros, claro!) a inflação converge para a meta rapidinho

          1+
          • avatar
      • O Bancário 26 de janeiro de 2016 at 21:16

        Que tem esquema eu não duvido.
        Agora, banqueiro assinar como emitente e avalista pra levantar dinheiro em dois bancos.
        Essas presepadas aí tu não vai achar nunca kkkkk

        Detalhe na notícia:
        “De acordo com o MPF-SP, os executivos são acusados de operações ilegais de concessão de empréstimos conhecidas como “troca de chumbo” envolvendo cerca de R$ 80 milhões. Na prática, os grupos J&F (denominado pelo MPF-SP na denúncia como Grupo JBS) e o Banco Rural teriam feito operações triangulares entre duas instituições financeiras para a emissão de crédito a empresas que também fazem parte desses grupos, o que é vedado.”

        3+
        • Just A Simple Bubble Man 26 de janeiro de 2016 at 21:52

          Sim, sim. O dos Bancões deve ser mais elaborado e mais encoberto

          1+
          • avatar
  • Galvão 26 de janeiro de 2016 at 21:44

    “vendas do comércio brasiliense fecharam 2015 com uma queda de -18,69% em relação ao ano anterior.”
    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2016/01/26/interna_cidadesdf,515300/comercio-e-servicos-do-df-fecham-2015-com-resultado-negativo.shtml

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 26 de janeiro de 2016 at 22:20


    G1TRIÂNGULO MINEIROTriângulo Mineiro
    BESbswyBESbswyBESbswyBESbswyBESbswy
    26/01/2016 19h51 – Atualizado em 26/01/2016 19h51
    Vendas de imóveis novos e usados registram queda em Uberlândia
    Mercado está sofrendo impactos da crise econômica, segundo especialistas
    Construtora da cidade estima que queda de 30% nas vendas.

    3+
    • avatar
  • Unreal_Estate 26 de janeiro de 2016 at 22:42

    O Bancário, também estou pensando em comprar consórcio de motumbados.
    Você sabe onde encontrar e quais os cuidados?
    Obrigado

    1+
    • avatar
    • O Bancário 26 de janeiro de 2016 at 22:56

      No meu caso os motumbados aparecem na minha mesa kkkk.
      O único cuidado é ver exatamente o saldo devedor, verificar se as parcelas estão em dia, ver se realmente a cota está contemplada ou não. O resto do processo depende muito de cada administradora.
      Adquira cotas que já tenham um baixo saldo devedor, considero aí no mínimo uns 40% quitado. Deságio fica entre 15% e 20% do saldo líquido (Valor da cota – Sd. Devedor). Vai depender da negociação.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Unreal_Estate 27 de janeiro de 2016 at 12:17

        Obrigado.

        0
  • [email protected] 26 de janeiro de 2016 at 23:26

    Alguma novidade sobre as lca,s e lci,s? Tenho observado que o percentual do cdi tem diminuido e os prazos de resgate aumentado. Alguém sabe informar se a órama é boa corretora? Grato

    1+

    2+
    • avatar
  • Carlos 26 de janeiro de 2016 at 23:54

    Pessoal de TI que foi praticamente “obrigado” a virar PJ como no meu caso para poder trabalhar agradeçe o governo bananence por nos mostrar todos os dias porquê não vale a pena trabalhar e viver nesta b.. de país.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Carlos 26 de janeiro de 2016 at 23:56

      Ops, era para sair na notícia sobre o seguro desemprego….

      1+
  • BReakfast 27 de janeiro de 2016 at 07:35

    A China está copiando o Mantega “quem aposta no dólar vai quebrar a cara!”.
    Será que vai funcionar para eles?

    “http://www.bloomberg.com/news/articles/2016-01-27/yuan-bears-denounced-as-delusional-doomed-by-china-state-media

    3+
    • avatar
    • avatar
  • Ilusionista 27 de janeiro de 2016 at 07:51

    mais distratos daqui para frente….

    renda apresentada no momento da aquisição na planta já não dá mais para financiar para receber as chaves. Muita gente terá que devolver.

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/01/1733883-mercado-preve-juros-maiores-para-a-compra-da-casa-propria.shtml

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Unreal_Estate 27 de janeiro de 2016 at 12:18

      Tópico

      0
  • Azufre 27 de janeiro de 2016 at 07:55

    A única notícia boa da BNN atual

    CAR WASH!

    3+
    • avatar
    • avatar
  • Seguidor do Bolha BH 27 de janeiro de 2016 at 08:22

    Reportagem que possui correlação com a desse tópico
    Caixa atrasa crédito aprovado

    Mutuário de BH diz que financiamento garantido em novembro não foi liberado até hoje
    http://www.otempo.com.br/capa/economia/caixa-atrasa-cr%C3%A9dito-aprovado-1.1220287

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Bruno.12 27 de janeiro de 2016 at 16:16

      Ia postar isso agora! BH in chamas!

      0
  • Bolha RJ 27 de janeiro de 2016 at 08:31

    Reportagem sobre o aumento da taxa de juros para financiamentos imobiliários..

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/01/1733883-mercado-preve-juros-maiores-para-a-compra-da-casa-propria.shtml

    1+
    • avatar
  • Azufre 27 de janeiro de 2016 at 08:56

    tópico 9

    1+
    • avatar