Com crise, consumidores desistem da casa própria – UOL

Você pode gostar...

Comments
  • Azufre 22 de janeiro de 2016 at 09:03

    Inflação a 11,6% anualizada.

    Não tem inflação na meta até 2019, certeza.

    43+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Bolha BOSS 22 de janeiro de 2016 at 09:05

      Vamos frear a Selic e incentivar o crédito çim !! – Dica do Dollynho

      66+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Azufre 22 de janeiro de 2016 at 09:10

        Tombini acaba com o BC
        Dólar sobe
        Dívida da Petro dispara
        Gov precisa capitalizar Petro
        Dívida pública dispara
        Juros reais (o que o Copom não controla) disparam

        Tá certinho isso aí
        Pode sim acabar com a macroeconomia do país
        Deu nada nos anos 1980
        Tá sussa

        73+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Mr. N 22 de janeiro de 2016 at 19:12

          Para aquele que não acredita no que diz o Azufre sugiro a leitura do artigo de hoje no Mises “Recordações de um Brasil socialista”.
          Destaco:
          “Isto nunca funcionou antes, mas vai dar certo agora” Joelmir Beting no 1º vídeo aos 6:00;
          “Inflação não é aumento geral de preços, essa é a consequência. A causa é a expansão desenfreada dos meios de pagamento pelo governo para financiar seus monumentais déficits. O único culpado pela inflação é o governo e só ele pode acabar com ela. Abolir o mecanismo de preços equivale a destruir a economia de mercado.” Henry Maksoud;
          ” A economia entrou em colapso, mas o “plano” foi mantido até as eleições, por exigência do PMDB, o “partido do cruzado”. Logo depois das eleições, que resultou em esmagadora vitória do PMDB, o governo traiu os que tolamente acreditaram que o cruzado era sério.” Alceu Garcia ator do Artigo.
          Tá certo que o artigo é “desatualizado” já que foi publicado em Agosto de 2002.
          “mises org br/Article.aspx?id=1488”

          9+
          • avatar
          • avatar
      • Azufre 22 de janeiro de 2016 at 09:11

        A inflação de 2016 já começa superior à de 2015.

        “Crianças, isso aqui não tem futuro” – lema sulfuroso

        56+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • OdeioTijolos 23 de janeiro de 2016 at 17:58

        Seu amiguinho, beba bastante água.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Azufre 22 de janeiro de 2016 at 09:05

    “não imaginava que perderia o emprego meses depois”.

    Isso aqui é Brasil. Na república não teve estabilidade por 20 anos seguidos. E povo* se endividando em 35.

    *Quem não lê BI/desprezou amigo bolhista.

    87+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Sergio Soares 22 de janeiro de 2016 at 09:11

    Eae pessoal do Blog! Tdo blz?
    Primeiramente quero agradecer ao BOSS por me aceitar e dizer que aqueles dias “negros” que o blog ficou fora do ar foram terríveis (para min). Senti uma falta absurda das postagens e comentários…..
    Mas o motivo principal que comento hoje é uma noticia envolvendo MCMV, que achei no minimo bem interessante. Como já dizia o mestre Sachsida: “MCMV faixa 1, as casas talvez você não precise pagar, mas a casa não presta mesmo!”
    Abraço a todos e segue o link da reportagem.
    “http://www.jcnet.com.br/Bairros/2016/01/casas-trincam-e-paciencia-dos-moradores-acaba.html”

    24+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Dutra 22 de janeiro de 2016 at 09:31

    Os bananenses estão menos burros. Muita gente já se está dando conta de que não pode fazer dividas longas e que imóvel já não é um bom investimento (há muito outros melhores).

    19+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • L.A. 22 de janeiro de 2016 at 09:38

      Discordo.
      Não estão menos burros, estão é de ressaca.
      Todo mundo quis comprar imóvel na euforia, felizes, parcelinhas, valorização de 30% aa, crédito fácil e farto. Depois do “trago” verificaram que a conta não fecha no azul, que o dinheiro não dá para tudo o que querem e veio a dor de cabeça, dores no corpo, mal estar, indisposição.

      57+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Annoying Brick in The Wall 22 de janeiro de 2016 at 11:31

        Menos burros nada.

        É que agora tá na Grobo!!

        35+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Controller_SP 22 de janeiro de 2016 at 12:50

        Na verdade não é questão de menos burros, agora chegou a conta, então, eles percebem que simplesmente não possuem o dinheiro para compra, é a realidade, infelizmente muitas pessoas estão perdendo dinheiro, sendo que, não tinham muito e ainda as pessoas se aproveitam da desinformação.

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Conde Marcos 22 de janeiro de 2016 at 09:34

    Como dito acima, o país não têm estabilidade pelos próximos 20 anos, e alguém ainda fará divida de 35 anos? Somente Louco? Hoje eu estou consciente e feliz, quero alugar um imóvel para mim, o dia que a realidade voltar e os preços se alocaram aonde deveriam eu construo a casa do meu jeito, caso contrário, vou morar de aluguel, mas não pagarei juros, e diferente de muitos brasileiros, vou viver ao invés de sobreviver.

    46+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • marcosbolha 22 de janeiro de 2016 at 09:37

    Na opinião de vocês…A pessoa que fizer distrato com a construtora e que queira receber o valor da corretagem de volta, deve receber o dinheiro (descontado multa e corretagem) e depois acionar na Justiça ou melhor não pegar nada agora e deixar para receber o total na Justiça junto com essa corretagem não devolvida amigavelmente?

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Conde Marcos 22 de janeiro de 2016 at 09:43

      Na verdade, Não deveria existi distrato no Brasil, se a pessoa assinou o contrato, que ela arque com as consequências, eu entendo que se a construtora não entregar o imóvel na data certa, a devolução deveria ser de 100%, agora têm gente fazendo distrato devido a não valorização, pode isto?

      39+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • marcosbolha 22 de janeiro de 2016 at 09:54

        Se você adquire dentro do stand de vendas da construtora, porque a corretagem é paga pelo comprador e não pela empresa que está vendendo os imóveis na planta?

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Conde Marcos 22 de janeiro de 2016 at 09:56

          Concordo, boa pergunta,…

          6+
          • avatar
          • avatar
      • Zek Ariok 22 de janeiro de 2016 at 12:29

        Devolver o imóvel simplesmente por não ter valorizado é sacanagem, é o bananense querendo especular sem risco. Se subir de preço está ótimo, se cair eu saio no zero a zero. As construtoras já estão argumentando isso na discussão judicial da parcela a reter dos valores pagos.
        Daqui a pouco os bananenses vão querer receber mais do que pagaram, digamos 110% do valor que pagaram, pois as construtoras teriam que garantir algum lucro mínimo ao sardinha especulador. Em nome do sofisma do “sonho da casa própria” o bananense quer contrariar todas as normas legais, econômicas e morais.

        26+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Ilusionista 22 de janeiro de 2016 at 10:42

      entrar na Justiça para reivindicar alguma coisa, nestes tempos de crise, é algo que está se tornando cada vez mais difícil e demorado.
      Aumentando a crise, aumenta proporcionalmente os conflitos sociais e os números de novos processos judiciais (mais ações de cobrança, despejo, pedido de pensão, reclamações trabalhistas, falências, até divórcios por conta das finanças do casal, violência, etc)
      A estrutura do PJ tem piorado muito, sem reajuste dos FPs, muitos se aposentam e não há concursos públicos para reposição do quadro e ai, dificulta a capacidade de suportar este grande aumento de processos. Neste ano não fica afastada até a possibilidade de greves de longo prazo o que paralisaria em anos a esperança de algum resultado no processo.

      CVR
      amigo que trabalha em imobiliária falou que a situação está se tornando bem crítica na questão dos imóveis de aluguel.
      muitas propostas de inquilinos não estão sendo aprovadas por falta de garantia locatícia, principalmente seguro fiança e, muitos fiadores estão dando no pé.
      Encontrar inquilinos e fiadores, com as certidões “zerada”, está cada vez mais raro.
      Até na renovação dos contratos já existentes está ficando bem complicado, as operadoras de seguro fiança estão cada vez mais criteriosas devido a inadimplência.

      a tendência é que tudo piore ainda mais….

      32+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Bolha BOSS 22 de janeiro de 2016 at 09:42

    Estou decepcionado com a Bolha Imobiliária que não acontece por aqui. Afinal, se estourou na Europa que é mais organizada e tem um controle maior sobre a economia por que essa Bolha não estoura aqui? Ouço, leio e vejo comentários aguerridos sobre essa Bolha que insiste em não acontecer desde que comecei a trabalhar como corretor de imóveis há cerca de 20 anos. O que dizer aos meus clientes que não compraram esperando a Bolha estourar? Repito o que sempre disse: – Compre logo antes que seu dinheiro acabe. Mas… Infelizmente muitos estão esperando os preços caírem e essa Bolha não estoura.

    Eu li e ri muito, não dos artigo claro, mas da insistência da Bolha nesse assunto. Leiam também. Afinal é sempre bom ter mais de uma opinião sobre uma decisão tão importante. Confesso que os textos são bem elaborados e tentam demonstrar com todas as letras que a Bolha irá com certeza estourar em 2016. Ufa! Detalhe: Alguns artigos são totalmente contrários a “Bolha” e tentam bravamente demonstrar que ela a Bolha está passando ao largo. Está indo, indo e quase desparecendo no horizonte nefasto dessa nossa louca economia. Finalmente, com Bolha ou sem Bolha vou poder vender muito mais imóveis do que estou vendendo agora? Será que vou mesmo vender? E se não tiver novos lançamentos imobiliários? Bem… não há quase nenhum financiamento para imóveis usados. Então quem tiver um imóvel irá vender ao preço de bananas? Será? Duvido

    http://quebolhaquenada.com.br/

    CONTATO

    Gilvan Mendonça Corretor de Imóveis
    C: 1518-F PB & 20020-F DF
    http://www.gilvanmendonca.com.br
    WhatsApp: 55 (083) 9.8877.5968

    28+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Azufre 22 de janeiro de 2016 at 09:44

      “Compre logo antes que seu dinheiro acabe.”

      Afinal, dinheiro é como morango, se não comer/gastar logo, apodrece!

      (Ou será que rende juros?)

      91+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • homelessbubbles 22 de janeiro de 2016 at 11:47

        Engraçado que implicitamente o sujeito está assumindo que dinheiro, ou a falta dele, é o mais importante para comprar um imóvel. Ainda assim, insiste que a valorização é eterna. E agora, o dinheiro acaba ou não acaba?

        12+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Conde Marcos 22 de janeiro de 2016 at 09:47

      Boss, se esse corretor, estiver apostando na ignorância do Brasileiro em continuar pagando acima do que vale, ele têm razão, a bolha não irá estourar mesmo,

      22+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Giqqs 22 de janeiro de 2016 at 10:17

        Não subestimem a ignorância (burrice mermo!) do brasileiro. Conhece gente – já falei deles aqui, que fizeram a festa de 100 mil – já estão sem conseguir sair, a pé (venderam o carro!), economizando de tudo que é lugar, mas não dão “50% de desconto” no imóvel que compraram “para investir”. Tem gente que vai passar fome, tirar filho do colégio, usar trapos, mas não vão se desgarrar dos tijolos… A ficha da crise profunda e longa ainda não caiu. A inflação vai ter que aprofundar mais pra corroer mais o valor e iludirem os incautos de que estão perdendo “menas” e que o desconto foi só de 20% ou algo assim… sem contar o povo que tem como aguentar o período da crise – muitos nem perceberão o dinheiro que ‘perderam’ ou deixaram de ganhar – não raciocinam assim. E ainda acham que você é um “freak” por pensa antes de comprar “vale a pena? o quanto isso me renderia em juros?” (Essa última ouvi ontem)… E vocês acham que a crise será educadora? Ouvi desse mesmo casal ontem que não vêem a hora de ganharem dinheiro de novo pra voltarem a gastar sem precisar pensar antes! Well, well

        45+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • L.A. 22 de janeiro de 2016 at 09:55

      “Compre logo antes que seu dinheiro acabe”:
      Por que acabaria? Só acaba por um motivo: a pessoa gastar.
      Se ele investir no mercado financeiro não acaba, se comprar imóveis não acaba e, como bem disse a Azufre, não é perecível.

      Uma outra questão na postagem: “Bem… não há quase nenhum financiamento para imóveis usados. Então quem tiver um imóvel irá vender ao preço de bananas? Será? Duvido”
      Ele está partindo do pressuposto que o indivíduo cliente deve tem liquidez imediata, que não tem imóvel para dar no negócio.
      A construtora que receber um imóvel de dação irá o avaliar por quanto, se “não há quase nenhum financiamento para imóveis usados”??
      Irá receber pelo preço “de mercado” e ficar com ele encalhado ou pelo preço de uma ação da petro para fazer dinheiro?
      E o proprietário do usado, irá aceitar o valor baixo do imóvel, ou desistirá de comprar o novo pois o financiamento ficará muito alto?

      5+
      • avatar
    • CA 22 de janeiro de 2016 at 10:04

      Bolha BOSS,

      Coloquei uma resposta no blog da figurinha acima, será que ele vai apagar? Segue abaixo o conteúdo:

      “Você tem carteirinha do CRECI (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis)? Se é corretor, deve ter, correto?

      O que você tem a dizer sobre as pesquisas que o CRECI SP realiza com centenas de imobiliárias em São Paulo, que tem acesso aberto para todo o público e que apontaram que nos últimos 24 meses, tivemos queda de preços do M2 para vendas (preços negociados, finais) de mais de 29% em termos nominais e portanto, queda de mais de 45% em termos reais (considerando inflação), apenas no último ano?

      No auge da bolha imobiliária americana a queda de preços chegou a 18% em termos reais (considerando inflação), em São Paulo, só em 2014 já foi mais de 22% em termos nominais, sem considerar a inflação que é muito maior que nos EUA…

      Seguem os links das pesquisas do CRECI SP (tire as “aspas” antes do link). Veja o que consta acima na página 26 da primeira pesquisa e página 27 da segunda pesquisa:

      “http://www.crecisp.gov.br/arquivos/pesquisas/capital/2014/pesquisa_capital_novembro_2014.pdf

      “http://www.crecisp.gov.br/arquivos/pesquisas/capital/2015/pesquisa_capital_novembro_2015.pdf

      Os dados acima se referem ao Mundo REAL, com base em preços negociados e informações das próprias imobiliárias, não tem nenhuma relação com preços ANUNCIADOS em sites e com o FIPE Zap, que tem a “sistemática” de que quando o preço de venda cai, a média de preços sobe (rs)…

      No FIPE Zap, se você tem imóveis similares e o mais barato vende, ele sai da base de dados para cálculo do preço médio, ou seja, o preço médio sobe.

      A DESINFORMAÇÃO que você e seus colegas tem plantado ao longo de ANOS, não leva a nada, a não ser fazer com que vocês vendam cada vez menos, tirem cada vem menos comissões, persistam na desinformação e se prejudiquem cada vez mais.

      Não adianta ficar revoltado com a verdade e sair destilando seu rancor nestes posts, independente do quanto mentirem, vão continuar vendendo cada vez menos e tendo mais necessidades financeiras, mas não se esqueça, grande parte destas consequências vem da DESINFORMAÇÃO, MEGA ESPECULAÇÃO e outros esquemas sujos que vocês mesmos montaram, ou seja, esta sua “recompensa” é mais que merecida…”

      149+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Number0101 22 de janeiro de 2016 at 10:10

        Destruiu o maluco ahahahahahahahahaahhahahahahaaahahhahahaha mito !

        25+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • ForaAntaSapiens 22 de janeiro de 2016 at 10:56

        Nooooossa, Ca… acabou com o coitado. Queria ser uma mosquinha pra ver a cara dele vendo o seu post… rs

        13+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Mrcs 22 de janeiro de 2016 at 11:27

        Ele respondeu lá, mas eu nem quis ler. Estou evitando facepalm ultimamente.

        5+
        • avatar
        • avatar
        • CA 22 de janeiro de 2016 at 11:40

          Mrcs,

          “Curiosamente”, ele não publicou meu texto, só a resposta. Fazendo assim, aproveitou para DISTORCER o máximo possível as informações, falando que as pesquisas do CRECI relatam “redução no crescimento dos preços”, que seria uma desaceleração, mas as pesquisas do CRECI SP apontam QUEDA dos preços. Como sempre, está mentindo e enganando o máximo possível, é um hábito difícil de se desfazer para este pessoal. Ele pede evidências de que quem comprou na planta perdeu dinheiro depois e outros “documentos”. Como ele atua em Brasília e lá tem farto material a respeito, vou complementar minha resposta. Vamos ver o quanto ele continua a mentir DESCARADAMENTE em público…

          29+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Mrcs 22 de janeiro de 2016 at 12:06

            É, não dá pra esperar mais do que enganação e mentiras desse pessoal, que são maus perdedores.

            4+
            • avatar
          • Cesar_DF 22 de janeiro de 2016 at 13:47

            A resposta dele é igual a uma crença religiosa: como não está escrito que existe bolha, então não existe bolha! kkkkkk

            “Já li todos os artigos de todos dos CRECI´s do Brasil que consegui encontrar sobre esse assunto e nenhum deles afirma que existe uma bolha imobiliária categoricamente.”

            9+
            • avatar
            • avatar
            • avatar
            • OdeioTijolos 24 de janeiro de 2016 at 18:53

              CRECI – Culto Religioso dos Edifícios de Crescimento Infinito.

              5+
              • avatar
      • L.A. 22 de janeiro de 2016 at 11:40

        E ele te respondeu, mas não publicou o comentário.

        Erros dele:
        “Bolha Imobiliária seria isso. Você comprar um imóvel e ele não acompanhar a inflação nem lhe dar nenhum lucro”.
        De acordo com a Fipezap o imóvel não acompanhou a inflação.

        Acertos dele:
        “Isso meu caro é o “Fundo do Poço” onde chegamos e de onde não sairemos facilmente”
        Pelo menos ele sabe a m. em que estamos.

        9+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • Dgvl 22 de janeiro de 2016 at 18:38

        bommmm!!!!

        0
    • carioca_real 22 de janeiro de 2016 at 11:19

      É a nossa antítese!!!

      2+
      • avatar
  • CA 22 de janeiro de 2016 at 09:48

    Sobre o tópico:

    Até 2010 não havia distratos relevantes, sequer eram mencionados em relatórios trimestrais das construtoras.

    Em 2011, mais de R$ 2 bilhões de distratos. Mais do que dobrou em 2012, ficou entre R$ 5 e R$ 6 bilhões entre 2013 e 2014, já para 2015, deve fechar em mais de R$ 7 bilhões.

    A ANOMALIA dos distratos começou portanto em 2011, MUITO ANTES da “crise de 2015”. A “crise de 2015” só impulsionou esta anormalidade. Desde 2011 até hoje, mais de R$ 25 bilhões em cancelamentos de vendas.

    Do quanto “cresceu” de vendas no período de 2008 a 2012, a grande parte foi CANCELADA, ou seja, crescimento FALSO, que SIMULOU demanda super-aquecida e levou a subida ARTIFICIAL nos preços e REAL nos estoques de imóveis sem vender e na sua desproporção em relação a vendas.

    Detalhe: muitas construtoras não informam seus distratos (só abatem das vendas brutas), outras adiam ao máximo o reconhecimento do distrato (pedalam), outras além de adiarem ao máximo para “reconhecer” o distrato, ainda maquiam os números, não considerando distrato se revender no mesmo trimestre, outras fazem CHANTAGEM com o cliente para não distratar, ameaçando de devolver só 10% da entrada e dando como “alternativa”, o cliente levar um outro imóvel menor e pior localizado, que teria o preço viável para o financiamento imobiliário. Resumindo, a situação é ainda MUITO PIOR do que aquilo que tem sido divulgado pelos relatórios trimestrais das construtoras e pelos meios de comunicação.

    Quais as expectativas para 2016:

    Os distratos explodirão ainda mais. Parte do motivo é intensificação da crise, que irá reduzir cada vez mais as famílias habilitadas a adquirir o crédito imobiliário, outra parte é que verba de poupança para estimular financiamentos deverá continuar minguando também em função da crise e outro motivo é que em 2013 tivemos recorde de investidores adquirindo imóveis na planta e onde a grande maioria vai querer cancelar na entrega por inviabilidade de repassar o ágio. Existem outros motivos, mas creio que estes são os principais.

    Em paralelo, inadimplência do crédito imobiliário deve subir, leilões sem conseguir vender imóveis idem e assim por diante…

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 09:58

    Só pra reforçar o que coloquei no tópico passado e o CA comentou:

    “http://exame.abril.com.br/economia/noticias/governo-quer-abrir-credito-para-setores-por-crescimento”

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • L.A. 22 de janeiro de 2016 at 10:08

    TD suspenso de novo
    22/01 – Suspensão do Tesouro Direto
    Devido à forte volatilidade nas taxas de juros dos títulos públicos nesta manhã, informamos que o Tesouro Direto foi suspenso às 9:37. A expectativa é de normalização por volta das 11 horas.

    Alguém viu a quanto estavam as taxas de juros?

    3+
    • avatar
    • Just A Simple Bubble Man 22 de janeiro de 2016 at 10:26

      Tentei ver e não consegui. Acho que tem dia que quando dá o horário de abertura eles mudam de fechado para suspenso. Já “abre em Suspensão. Ultimamente o negócio está tão bagunçado que deveriam criar um app que disparasse quando o site está aberto. Mensagem: tesouro abriu, corra antes que suspenda.
      lembro do ano passado quando um dos títulos IPCA ficou a 8% por menos meia hora e suspendeu de novo. Renda fixa mais variável que algumas ações.

      3+
      • avatar
    • L.A. 22 de janeiro de 2016 at 11:03

      Ativo Indexador Taxa de Juros
      Tesouro IPCA+ 2019 (NTNB Princ) IPCA+6,12%
      Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2020 (NTNB) IPCA+6,47%
      Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ) IPCA+7,36%
      Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 (NTNB) IPCA+7,53%
      Tesouro IPCA+ 2035 (NTNB Princ) IPCA+7,75%
      Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTNB) IPCA+7,48%
      Tesouro Prefixado 2018 (LTN) prefixado 15,70%
      Tesouro Prefixado 2021 (LTN) prefixado 16,40%
      Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2025 (NTNF) prefixado 16,55%
      Tesouro Selic 2021 (LFT) SELIC 0,00% R$ 7.470,47

      Feliz de ter comprado a 7,8% ontem!!

      5+
      • avatar
      • avatar
    • RecebendoJuros 22 de janeiro de 2016 at 11:38

      Durante os 20 minutos em que o TD esteve aberto antes da suspensão as Tesouro IPCA+ 2035 estavam a 7,80%.
      Utilizo um aplicativo para Android chamado “Tesouro Direto Monitor” desenvolvido por “Royal TI ES”. Tem o histórico detalhado das taxas a cada abertura/fechamento/suspensão. A versão gratis cria gráficos com as taxas dos ultimos 30 dias e a versão paga cria graficos para quaisquer datas.

      7+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Bruno.12 25 de janeiro de 2016 at 15:34

        Obrigado pela dica, gostei do aplicativo!

        0
  • Davy Jones 22 de janeiro de 2016 at 10:10

    Estava vendo José Márcio Camargo. Ele dizia. Neste momento o que se tem de fazer é diminuir a demanda para a inflação ceder. Mas a demanda já não está fraca? Tem de diminuir mais ainda porque a oferta também diminuiu. Então a lógica é simples. A inflação cederá quando a demanda diminuir mais do que a oferta (a velha lei). E a oferta não aumentou ao contrário diminuiu porque o ambiente de incertezas borbulha, ninguém irá investir com um governo que é 40% do PIB, ninguém irá investir diante de um bicho de 40% do PIB andando de lá pra cá sem saber pra onde vai. E o que o governo quer fazer? Aumentar a demanda com crédito. Tenho certeza, esse bicho de 40% do PIB relincha.

    15+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Ali Baba 22 de janeiro de 2016 at 10:18

    CVR:

    Acabo de vender meu imóvel. Um 3 quartos com 1 vaga no Bom Fim em PoA. Vendi por BNN 6500/m2 depois de 7 meses anunciado.

    Estou indo pro aluguel no Petrópolis, também em PoA, a 18/m2. Maior q o meu antigo.

    Com o dinheiro devo fazer algum investimento como CDB com rentabilidade diária ou o TD. Aceito sugestões… O importante é q pago o aluguel e sobra pra reinvestir.

    No fechamento do negocio, obviamente o comprador e eu estávamos felizes, mas o corretor estava em êxtase! Nao devia fechar um negocio há tempos….

    Comentários?

    37+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Clapton 22 de janeiro de 2016 at 10:27

      Parabéns!
      Sobre seus investimentos, só lembrar de não colocar todos os ovos na mesma cesta 😉

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Alemon Fritz 22 de janeiro de 2016 at 10:21

    from The Wall Street Journal
    Pânico nos mercados financeiros contradiz economia real

    …Há três razões possíveis para que a atual venda generalizada de ações seja motivo de preocupação.

    -http://br.wsj.com/articles/SB12674705660214523506404581492932285215082?tesla=y
    (interessante)

    5+
    • avatar
  • camberiu 22 de janeiro de 2016 at 10:24

    ““não imaginava que perderia o emprego meses depois”.

    Famosas ultimas palavras. Mas nao se preocupem, a crise ira recuperar a imaginacao do povo brasileiro.

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • MINEIRO SPY 22 de janeiro de 2016 at 10:45

    O mais grave de tudo…acho que não chegamos a 50% do caos…talvez estejamos bem longe disso.
    O desemprego ainda vai assolar muitas famílias, o comércio vai sangrar bastante ainda, para então os sinais de “retorno ao mundo real” ficarem visíveis a todos. Na verdade, visível aos cegos, pois para quem enxerga, já está claro o caminho que tomamos.

    10+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • camberiu 22 de janeiro de 2016 at 10:50

    Nao ta ruim ainda nao. E o pior nao vai chegar de uma hora para outra. A crise sera um descarrilhamento de trem em camera lenda. O processo todo ate chegarmos ao fim do poco levara anos. E sera uma jornada para la’ de dolorosa.

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • MINEIRO SPY 22 de janeiro de 2016 at 10:51

      Eu já trabalhe em ferrovia e algo aprendi. Não há acidente ferroviário leve. É o prenúncio de nossos dias vindouros.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Number0101 22 de janeiro de 2016 at 11:38

      mas em algum momento vai fazer “BUM” mesmo sendo tarde, só assim as massas ouvirão e sentirão. Quem sabe aí poderemos seguir para outro rumo

      3+
      • avatar
      • OdeioTijolos 24 de janeiro de 2016 at 19:02

        Rumo do desespero principalmente nos supermercados. Hiperinflação está voltando das férias em Zimbábue.

        1+
        • avatar
  • MINEIRO SPY 22 de janeiro de 2016 at 10:51

    Buscando ap na savassi em BH, conversei com a corva.
    Disse que estaria disposto a pagar 1 ano de aluguel adiantado. Resposta? Não trabalhamos dessa forma. WTF?

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Giqqs 22 de janeiro de 2016 at 10:55

      Ouvi o mesmo. Me disseram que é proibido cobrar aluguel adiantado! Ôrra…não estavam me cobrando, eu é que estava oferecendo… mas, como o proprietário aceitou todo o restante da minha proposta, nem discuti. Pra mim, foi até melhor, meu dinheiro fica rendendo juros.

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Number0101 22 de janeiro de 2016 at 11:39

      é disso q falo gente…a burrice é tipo uma doença não adianta

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • OdeioTijolos 24 de janeiro de 2016 at 19:18

        Sim , é um surto de epidemia transmitida por ondas UHF e distribuída por osmose.

        0
    • OdeioTijolos 24 de janeiro de 2016 at 19:05

      😀 Em breve nem trabalhar a coeva vai.

      0
  • Totonho 22 de janeiro de 2016 at 10:53

    Sobre o tópico: que chato, ninguém avisou a eles que teriam que “pagar pelo que é seu” por uns 30 anos…

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • OdeioTijolos 24 de janeiro de 2016 at 19:11

      Como não gosto de parcelar e meu cartão não consigo parcelar em 360x para acumular milhas. Então eu nem compro 😀

      0
  • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 11:08

    “Barbosa nega que o apoio ao crédito seja uma volta às políticas do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff. “Estamos falando de usar espaço financeiro dentro da legislação vigente. São operações que ocorriam antes de 2008. O crédito do BNDES com a Taxa de Juro de Longo Prazo existe há muito tempo. Foi novo colocar equalização de juros”, disse ele, ao argumentar que a política de subsidiar o crédito “foi usada enquanto foi necessário”.

    “Agora, estamos voltando a práticas normais e não vejo nada de heterodoxo nisso”, disse, ao frisar que esses financiamentos não terão custo fiscal. Além do BNDES sem subsídio, Barbosa prometeu a volta da operação de pré-custeio ao setor agrícola e mais financiamentos com a liquidez disponível gerada pelo aumento dos depósitos de poupança no Banco do Brasil e pelo pagamento das pedaladas ao FGTS.”

    “http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/01/22/internas_economia,727423/barbosa-nega-volta-as-politicas-do-primeiro-mandato.shtml”

    5+
    • avatar
    • Sport87 22 de janeiro de 2016 at 11:15

      Çei

      6+
      • avatar
      • avatar
    • Awulll 22 de janeiro de 2016 at 11:28

      “liquidez disponível gerada pelo aumento dos depósitos de poupança no Banco do Brasil”
      Mas não houve recorde de saídas na poupança ano passado?

      6+
      • avatar
      • avatar
    • DRN 22 de janeiro de 2016 at 11:30

      Esse FDP mantendo o défit público em 8-10%, como eles já vêm fazendo, já tá bom. Se mantiverem inflação dentro de 15% e dólar até R$5,00, tá ótimo.

      Com essa corja temos de ter pretensões muito modestas. Contenção de danos. Esses caras não querem e não têm capital político para reformar previdência e diminuir gasto público, reformar CLT e sistema tributário.

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • DRN 22 de janeiro de 2016 at 11:27

    NTNB 2035 ontem fechou a 7,80. Peguei a 7,79. Tudo bem, paciência. Hj está a 7,75 e ainda está bom.

    Eu jogaria um dinheiro esquecido ali para ver o que dá. Investimento de risco e, por isso mesmo, bastante rentável.

    Para aporte vigoroso de capital aguardo 2025, 2035 e 2050 com juros semestrais a taxas ainda melhores.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • windville 22 de janeiro de 2016 at 11:38

      Verdade DRN, perdi os 7,80, comprei um pouco a 7,75. Mas de leve. Agora as de 2019 estão de lascar quase perdendo os 6%.

      2+
      • avatar
    • RecebendoJuros 22 de janeiro de 2016 at 12:20

      DRN, andei estudando mais profundamente essas NTNB com juros semestrais e cheguei à conclusão que elas não valem a pena (mesmo com taxas altas).
      Explico: Os juros pagos semestralmente por elas são sempre de 6% a.a. (menos que a poupança). A diferença do rendimento entre os 6% pagos e o IPCA + X% contratado somente será paga daqui a 10, 20 ou 35 anos.
      Tendo isso em vista, acredito que é melhor esperar os 20 anos e receber “a bolada” toda de uma vez.

      3+
      • avatar
      • Diego F. 22 de janeiro de 2016 at 12:45

        A vantagem dos juros semestrais é ter a oportunidade de reaplicar um pouco dos rendimentos em outros lugares. Você pode comprar ações se for um bom momento, moeda estrangeira, etc, e assim potencializar seus investimentos de acordo com o que estiver ocorrendo no mercado a cada semestre.

        4+
        • avatar
        • RecebendoJuros 22 de janeiro de 2016 at 13:08

          Concordo, Diego. Porém é importante lembrar que pagará I.R. alto nos 2 primeiros anos sobre esses 6%.
          E o mais importante: como os cupons pagos deixarão de render IPCA + X% só valem a pena se vc aplicá-los a uma taxa superior a IPCA + X% mais os 15 a 20% que “perdeu” pro I.R..
          Exemplo: 100 reais (brutos) de cupom semestral.
          – Se fosse uma NTNB Principal esses 100 reais continuariam rendendo IPCA + X%.
          – Ao receber o cupom te sobram (no melhor caso) 85 reais depois de descontar o I.R.
          A que taxa você tem que aplicar 85 reais para que tenha um rendimento maior que os 100 reais aplicados a IPCA + X% ?
          Não estou afirmando que NTNB com juros semestrais seja sempre uma escolha errada. Apenas quero abrir os olhos dos colegas bolhistas para os detalhes explanados acima.

          5+
          • avatar
          • DRN 22 de janeiro de 2016 at 13:21

            Exatamente isso.

            E o esclarecimetno do Diego está correto também.

            Sim, é preciso considerar esse raciocínio do Recebendo Juros. O ponto todo é: teoricamente, vc já está recebendo juros reais de 6%-IR (logo chega a 15%, alíquota da maior parte do período), com correção do resto pelo IPCA.

            Só é errado dizer que é menor que a poupança. Temos de comparar JUROS REAIS. Poupança NÃO PAGA juros reais, ao menos atualmente com inflação no espaço.

            4+
            • avatar
            • RecebendoJuros 22 de janeiro de 2016 at 13:36

              Acho que você está enganado DRN. Os juros pagos nos cupons semestrais são fixos e de apenas 6%, e não IPCA + 6%.
              Mas vc tem razão em dizer que comparar com a poupança não é correto, pois vc não está perdendo dinheiro. A diferença entre 6% e IPCA + X% (que vc não recebeu agora) continuará rendendo e vc os receberá, corrigidos, daqui 10, 20 ou 35 anos.
              NMHO é melhor encarar esses cupons de 6% como um “brinde” ou um “presentinho” que vc recebe por deixar o dinheiro aplicado, mas tem que lembrar que esses “brindes” deixam de render IPCA + X%.

              2+
              • avatar
              • DRN 22 de janeiro de 2016 at 16:05

                Não estou enganado porque eu concordei, em parte, com o que vc disse, ou seja, exatamente a parte de que se recebe 6% ao ano em dois pagamentos por ano. O resto (parte do IPCA) continua rendendo. É óbvio que esses cupons semestrais devem ser REAPLICADOS. Trata-se apenas de uma ESCOLHA de ter em mãos dois pagamentos anuais para fazer o que quiser com eles, desde gastar (se for o caso) até investir noutras coisas conforme o cenário. Ter algo em NTNB principal, OK. Ter tudo em NTNB principal, acho errado. Mas cada um é cada um.

                5+
                • avatar
    • Bruno.12 25 de janeiro de 2016 at 15:40

      Meu caro, será que compensa? site: https://www.meliuz.com.br/geracaofuturo
      “Com apenas R$ 10 você já poderá começar a investir no fundo da Geração Futuro FIC FI Referenciado DI. Esse fundo tem o objetivo de acompanhar o CDI e, com isso, buscar superar os rendimentos da poupança. Não há carência para resgate e o valor poupado irá render diariamente”

      Seria confiável?

      0
  • L.A. 22 de janeiro de 2016 at 11:29

    Poupança sangrando
    Cap. Líq. Acumulada 01.01.2016 – 15.01.2016: R$ -5.665.413,67
    “https://www3.bcb.gov.br/sgspub/pefi300.paint?method=consultarValoresUC48

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Death 22 de janeiro de 2016 at 14:24

      Isso só em 15 dias? Este ano promete!!!!

      6+
      • avatar
      • avatar
  • windville 22 de janeiro de 2016 at 11:37

    Notícia aqui da cidade, mas que com certeza tende a ser igual em toda a SC. O estado está perdendo empregos a uma velocidade muito alta. Menos 10 mil vagas ano passado, só aqui na cidade.

    Fonte: “http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/economia/noticia/2016/01/joinville-registra-perda-de-10-3-mil-vagas-de-trabalho-em-2015-4957252.html”

    Fonte: “http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2016/01/em-2015-sc-tem-o-pior-saldo-de-empregos-no-estado-em-13-anos.html”

    5+
    • avatar
    • avatar
    • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 12:04

      “2015 foi pior ano da história para o trabalhador de MT

      Mais de 14,5 mil empregos com carteira assinada foram eliminados do mercado formal local no ano passado. Indústria e comércio lideram cortes ”

      “http://www.diariodecuiaba.com.br/detalhe.php?cod=485687”

      5+
      • avatar
      • avatar
      • Death 22 de janeiro de 2016 at 14:25

        E este ano será ainda pior…

        5+
        • avatar
        • avatar
    • Duas Barras 22 de janeiro de 2016 at 13:20

      Então ta ruim pra todo lado nos jornais de hoje!
      “Geração de emprego em Uberaba tem pior resultado desde 2002”
      “http://jmonline.com.br/novo/?noticias,6,POLITICA,120548

      “Saldo de empregos de 2015 em Uberlândia é o pior desde 2003”
      “http://www.correiodeuberlandia.com.br/cidade-e-regiao/saldo-de-empregos-de-2015-em-uberlandia-e-o-pior-desde-2003/

      2+
      • avatar
      • avatar
  • Nofimdomundo 22 de janeiro de 2016 at 11:44

    CA,

    Ontem no programa da Miriam Leitão, um economista resumiu, ao meu ver, magistralmente o motivo pelo qual os juros deveriam aumentar:

    Ele disse que a demanda deve desacelerar mais do que a queda de produção (oferta) para que se possa reduzir a pressão inflacionária.

    Com essa visão fica cristalino o problema e o caminho correto para se sair desse enrosco todo. Qual seja, reduzir os gastos públicos, isto é, reduzir o consumo (demanda) inútil, antiprodutivo, sugador.

    O país precisa de um adulto que saiba dizer não às crianças mimadas.

    25+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Nofimdomundo 22 de janeiro de 2016 at 11:45

      E como bem dissestes, todas as medidas da GerAnta tocaram mais lenha na fogueira.

      8+
      • avatar
      • avatar
    • Nofimdomundo 22 de janeiro de 2016 at 11:48

      E dentro de toda a gastança, alguém vai ficar para rabeira, não dá para capitalizar a Petrobras, salvar as montadoras, salvar as imobiliárias, pagar os bolsas tudo, arcar com a previdência como está.
      Acredito que o primeiro tombo vai vir pela Petro, pois dólar eles não podem imprimir.

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • CA 22 de janeiro de 2016 at 12:49

      Nofimdomundo,

      Foi um ótimo resumo, sem dúvida. Embutido neste conceito, temos a questão da PRODUTIVIDADE:

      Os empregos INFLARAM sem nenhum ganho de produtividade e permitiram, em um primeiro momento, o aumento da demanda, que nesta configuração, é altamente inflacionária. Foi um processo ARTIFICIAL e INSUSTENTÁVEL, criado através de BOLHAS de crédito para o consumo e imobiliária. A única solução para retomar a normalidade, é eliminar estes empregos que inflaram e é exatamente isto que está ocorrendo neste momento, em larga escala, levando a uma redução de demanda e a um novo ponto de equilíbrio com a oferta, sendo que do lado da oferta, naturalmente já vem caindo com reduções relevantes em faturamento, fechamento de empresas muito acima do normal, etc.

      É claro que o economista não poderia falar em público de uma forma tão aberta quanto consta acima, então teve que levar para o equilíbrio entre oferta e demanda e não mencionar a questão inflação versus empregos, produtividade, etc.

      Há ainda outros fatores correndo por fora. Um deles é a perda de credibilidade do BC, a desconfiança crescente quanto ao Brasil trazida pela crise fiscal que não tem solução no horizonte, a desconfiança crescente quanto a ideias heterodoxas do PT e da turma de “economia da Unicamp” (sic) junto com o medo de que o Governo adote cada vez mais estas ideias, os impactos da explosão das bolhas chinesas sobre o Brasil que aumentam a desconfiança quanto a nosso país e sua capacidade de superar a crise, etc. Tudo isto gera um viés de alta no US$ que também é altamente inflacionário, ou seja, enquanto o Governo não resolver na raiz estes problemas, a solução seria aumentar os juros para que o risco versus retorno fique compatível. Obviamente que um assunto tão delicado e complexo quanto este também não poderia ser falado assim tão abertamente nos meios de comunicação…

      Tem ainda outros fatores, como o aumento do salário mínimo, o incentivo ao crédito e outras ações que geram diretamente uma inflação de demanda, estes mais alinhados com o resumo dado pelo economista e que você mencionou.

      11+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Bauru Bolhudo 22 de janeiro de 2016 at 11:48

      Compra agora que depois vai subir.

      9+
      • avatar
      • avatar
    • L.A. 22 de janeiro de 2016 at 11:50

      “Compre logo antes que seu dinheiro acabe”

      20+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Mente do Mal 22 de janeiro de 2016 at 12:03

        “Compre logo antes que o MEU dinheiro acabe”, diz o corvo.

        63+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 11:50

      “A agonia de 2016 (que muitos empresários já batizaram como “o ano da quebradeira”) tende a ser prorrogada.”

      10+
      • avatar
    • Zek Ariok 22 de janeiro de 2016 at 14:36

      Compre 2, um pra morar e outro pra investir.

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Ilusionista 22 de janeiro de 2016 at 12:07

    cadê o resultado dos feirões de crédito que davam até 95% de desconto?

    Alta no número de famílias com dívidas em atraso foi de 8,4% em relação a 2014.
    Aumentou em 23% número de famílias sem perspectiva de pagar suas contas.

    http://g1.globo.com/economia/seu-dinheiro/noticia/2016/01/1-em-cada-5-familias-esta-inadimplente-diz-cnc.html

    6+
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 22 de janeiro de 2016 at 12:12

      “A maior alteração na composição das dívidas das famílias brasileiras em relação a 2014 foi o crescimento da participação do financiamento de casa entre os tipos de dívidas mais mencionados pelos entrevistados. O item foi citado por 8,3% das famílias, ante 7,8% registrado em 2014.
      Segundo a CNC, o financiamento da casa explica, ainda, a alta no tempo médio de pagamento da dívida, que passou de 6,9 meses, em 2014, para 7,1 meses em 2015”.

      8+
      • avatar
      • avatar
    • Alemon Fritz 22 de janeiro de 2016 at 13:12

      no filme ” A grande aposta” notaram que havia bolha qdo a indimplência chegou e 4% e se chegasse em fabulosos…. 8%…. seria o caos.

      19+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 12:19

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Vejam esse repasse:

    “Valor do apartamento: 1.350.000,00. Chaves 300.000 (negociável) saldo de para financiar 1.050.000,00.”

    “http://se.olx.com.br/sergipe/imoveis/horizon-jardins-153342896”

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 22 de janeiro de 2016 at 13:14

      kkk …esse tá sonhando com o Fiat Renegayde que ele …. ia comprar..

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • CA 22 de janeiro de 2016 at 12:23

    Para quem quiser acompanhar a “saga” do bate-papo com o corretor Gilvan que tem site que defende que não existe bolha imobiliária (detalhes em comentário mais acima), segue minha última resposta para ele:

    Gilvan,

    As pesquisas do CRECI SP apontam QUEDAS nos preços dos imóveis, de mais de 29% nos preços de usados em termos nominais e mais de 45% de QUEDA em termos reais (considerando inflação), no acumulado dos últimos 24 meses.

    Isto não é “redução no crescimento dos preços”, como você escreveu na sua resposta e publicou no blog. Redução no CRESCIMENTO é desaceleração, que significaria “crescer menos”. QUEDA não é sinônimo de crescer menos.

    Percebo que você distorceu por completo minha resposta para publicar no seu blog e aproveitou para não publicar o texto original que coloquei, o que facilitou para que plantasse esta DESINFORMAÇÃO.

    O triste é que esta sua PANTOMIMA está sendo publicada na íntegra em outros blogs COM MUITO MAIS VISITAÇÕES, ou seja, ficará claro o truque que você está utilizando, o que é ótimo para DESMASCARAR a estratégia de DESINFORMAÇÃO que vocês praticam.

    O CRECI SP NUNCA vai dizer que há uma bolha imobiliária, nem a imprensa dirá isto “com todas as letras”, afinal ela recebe altos montantes. Também não serão publicados estes números sobre a QUEDA dos preços negociados, reais, vocês continuarão MANIPULANDO as informações e publicando índice de preço ANUNCIADO que é totalmente inconsistente com a realidade, como demonstrei na mensagem anterior. O fato é que isto não muda a realidade. Você pode tentar continuar vivendo no seu Matrix e iludindo as pessoas, não faz muita diferença, a realidade está batendo à porta.

    QUEDAS de preços muito maiores do que ocorreram na explosão da bolha imobiliária americana é apenas UMA das muitas evidências. Este é o FATO, não adianta você brigar com os fatos ou FINGIR que não entendeu e distorcê-los, como fez com a QUEDA de preços, fazendo de conta que era “desaceleração”.

    Você atua em Brasília e está dizendo que não há bolha? Você trabalha com imóveis novos e está pedindo documentos que provem isto, como foi provado para São Paulo mais acima e você distorceu? Vou responder, apesar de ter certeza que você irá DISTORCER e DESINFORMAR em sua resposta novamente, não tem problema, a íntegra continuará publicada em sites com muito mais visitações…

    A Geoimovel fez uma pesquisa em 2013 com base nos preços COBRADOS por imóveis em BRASÍLIA, que é onde você atua. Sabe qual foi o resultado? Segue abaixo:

    “www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/12/1391790-especulacao-leva-a-queda-de-preco-nos-lancamentos-de-imoveis-em-brasilia.shtml

    Trecho da notícia acima, que é de 31/Dezembro/2013, sobre a PESQUISA da GEOIMOVEL: “…os preços dos imóveis lançados em Brasília apresentaram uma forte queda neste ano, com redução de 35,5% na comparação com os valores cobrados em 2.012…”

    ATENÇÃO: a PESQUISA da Geoimovel acima fala sobre QUEDA no preço, não é “desaceleração”. Pesquisa com base em preços COBRADOS por construtoras.

    Observe que a QUEDA de preços acima, quase o dobro do que ocorreu no ano que teve a maior queda na explosão da bolha imobiliária americana, ocorreu em 2013! Não tente relacionar com a “crise de 2015”, esta é só uma desculpa esfarrapada para o que já acontece HÁ ANOS…

    Você falou no seu blog que não haviam evidências de pessoas que viram o imóvel valendo menos na entrega do que pagaram na planta? kkkkkk.

    Veja só este depoimento do ReclameAqui referente a BRASÍLIA no ano de 2013, o mesmo ano da PESQUISA da Geoimovel acima:

    Link: “http://www.reclameaqui.com.br/6767862/joao-fortes-engenharia-s-a/distrato/

    Trecho do link acima:

    “A própria João Fortes lançou um novo empreendimento do mesmo porte que o meu 30% mais barato.”

    Que coincidência não, uma pesquisa apresenta resultado similar a um depoimento de quem também ficou no prejuízo…

    Quer mais evidências sobre investidores em imóveis na planta que cancelaram negócio porque na entrega a construtora vendia mais barato, das mais diversas localidades e construtoras? Acesse:

    “http://defendaseudinheiro.com.br/comprar-imovel-em-tempos-de-bolha-imobiliaria

    Em Brasília, muitos corretores abandonando a profissão, porque a MEGA ESPECULAÇÃO que eles criaram, como sua parte de colaboração na criação de nossa BOLHA IMOBILIÁRIA, tornou a profissão deles inviável, veja abaixo:

    “http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2014/03/09/internas_economia,416485/desaquecimento-do-setor-imobiliario-faz-profissionais-abandonarem-carreira.shtml

    Trecho do último link, sobre corretores, que é de 2014, ANTES do ano da “crise de 2015” (rs): “O encanto e a euforia deram lugar às dívidas.”.

    Pois é, apesar disto, vocês insistem em enganar, DESINFORMAR, distorcer e fazer todo e qualquer truque sujo para tentarem “se safar” da bolha imobiliária, sem perceber que só estão se afundando cada vez mais…

    Lembre-se: vocês não recebem comissão por imóvel ANUNCIADO, só ganham quando vendem. Quanto mais vocês continuarem enganando e preservarem preços que são INVIÁVEIS, menos receberão. Você e seus colegas sabem disto, tentam adiar que o inevitável efeito manada fique mais visível pela população, com medo que isto paralise as suas vendas de vez, mas como o Governo, com suas pedaladas e maquiagens vocês só estão piorando e prolongando as consequências negativas para vocês mesmos, se encarassem de frente o problema, a solução no curto prazo doeria mais, só que no médio e longo prazo o prejuízo seria menor, a opção de vocês, no entanto, é prolongar a dor e torná-la maior no total, estão sendo masoquistas e talvez, nem sejam conscientes quanto a isto…

    Abs,

    CA.

    53+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • mark 22 de janeiro de 2016 at 12:42

      Ca, nao estou encontrando a parte dos comentarios no blog desse gilvan… Teria como voce posta um link?

      3+
      • avatar
      • CA 22 de janeiro de 2016 at 12:52

        mark,

        Não sei se é muito bom “dar IBOPE” para este Gilvan e o site dele, porque ele está distorcendo tudo o que digo e não está postando minhas respostas e sim as DISTORÇÕES que ele faz, de qualquer forma, segue o link: “http://quebolhaquenada.com.br/

        OBS: o texto original de Gilvan foi colocado em comentário do Bolha Boss bem mais acima.

        8+
        • avatar
        • avatar
      • Mente do Mal 22 de janeiro de 2016 at 13:46

        Desafie ele a tornar os comentários públicos. Ele nunca fará isso.
        Só dá para mandar mensagens mesmo.

        7+
        • avatar
      • Dgvl 22 de janeiro de 2016 at 18:52

        Aqui não aparecem os comentários, queria dar uma trolada nesse féélaaa…

        3+
        • avatar
    • carioca_real 22 de janeiro de 2016 at 12:54

      CA Detonando o Corvo…
      Quero ver a cara dele quando o apocalipse Zumbi estiver nas ruas de todo o Brasil…

      8+
      • avatar
      • avatar
    • Duas Barras 22 de janeiro de 2016 at 13:38

      Quer acabar com o corvo CA? Faça-lhe a seguinte pergunta:

      Se está tão boa a venda de casas e bolha não existe, como está arrumando tempo pra fazer blog e ficar respondendo comentários? O Stand tá vazio?
      kkkkkkkkkkkkkk

      23+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 12:41

    CA, aquilo que você já explicou de “tirar o corpo fora”:

    “No decorrer do ano haverá estabilidade nos preços em Manaus, porém algumas construtoras poderão baixar os valores, dependendo da necessidade que ela terá de enxugar ou não o estoque”, disse o presidente da Ademi-AM.”

    “http://www.emtempo.com.br/metro-quadrado-da-construcao-civil-em-manaus-entre-os-mais-baixos-do-pais/”

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Krusty 22 de janeiro de 2016 at 13:38

      Manaus é a única cidade do Norte que tem uma bolha visível. O resto é soft, pois não teve o advento do imóvel na planta como no sudeste. No máximo aquelas construções de empreitas pequenas financiadas pela CEF conforme o andamento da obra.
      Ainda mais, a economia é muito baseada no estatismo (economia de contracheque de FP) e tem uma certa estabilidade.

      7+
      • avatar
      • avatar
    • CA 22 de janeiro de 2016 at 15:24

      Cajuzinha,

      Perfeito, isto mesmo. Primeiro dizem que preço vai ficar “estável” e depois que pode cair para algumas construtoras. Todo mundo que cair nessa, se reclamar com eles é só dizerem: “Ah, você deu azar, comprou justo daquela construtora que tinha a necessidade de baixar o preço e não podia segurar os estoques…”

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Cadeludo 22 de janeiro de 2016 at 13:44

    olhando o site do corvo glivanio percebo que ele tem pra vender todos os lançamentos de brasilia com entregas previstas para final de 2018?
    preço tudo em dolar e fila de compradores inclusive alguns ligando pro glivanio durante as madrugadas para não perder as oportunidades

    9+
    • avatar
  • Fino 22 de janeiro de 2016 at 13:58

    CVR

    Amigo advogado diz que semana passada recebeu a ligação de um corvo referente a um processo de distrato de um ap em sp, elogiou o trabalho e avisou que iria encaminhar o contato dele a 6 propriotarios para entrar com ação, corvo com coração ou apenas querendo proteger a comissão?!

    5+
  • Krusty 22 de janeiro de 2016 at 14:10

    09/01/2016 16h35 – Atualizado em 09/01/2016 16h42
    Imóveis do ‘Minha Casa, Minha Vida’ são vendidos irregularmente em RR
    Em anúncio na web, apartamento é comercializado por R$ 40 mil.
    Caixa Econômica diz que comércio de imóvel é proibido até a quitação.

    “*http://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2016/01/imoveis-do-minha-casa-minha-vida-sao-vendidos-irregularmente-em-rr.html

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Conde Marcos 22 de janeiro de 2016 at 14:38

      Mas o imóvel é da pessoa, porque irregular?

      6+
      • avatar
      • avatar
  • marchi 22 de janeiro de 2016 at 14:25
  • marchi 22 de janeiro de 2016 at 14:27
  • Krusty 22 de janeiro de 2016 at 14:29

    Alguém se candidata? 😀

    PAT São José dos Campos oferece 50 vagas para corretor de imóveis

    “*http://www.agoravale.com.br/noticias/Geral/pat-sao-jose-dos-campos-oferece-50-vagas-para-corretor-de-imoveis

    4+
    • avatar
    • avatar
  • Alemon Fritz 22 de janeiro de 2016 at 14:46

    daqui a pouco estarão implantando o sistema americano:
    um corvo de quem vende, um pra quem compra e uma empresa terceirizada (a Escrow, tradução: é corvo) pra receber e dividir o dinheiro intermediando.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Giqqs 22 de janeiro de 2016 at 15:10

      Eu consigo entender e aceitar o sistema americano. Se eu tivesse dinheiro e não tivesse tempo ou conhecimento, eu pagaria facilmente alguém que me prestasse um serviço, seja de venda ou de compra. O que não faz sentido é o nosso sistema em que uma mesma pessoa serve a ambos! O único objetivo dele é fechar o negócio. Não importa como. Com corretores diferentes, os vetores se contrapõem em termos de força de negociação e interesse e a negociação é mais justa pra ambos, eu creio.

      13+
      • avatar
      • avatar
      • L.A. 22 de janeiro de 2016 at 16:15

        Aqui não daria certo.
        Eles entrariam em conluio para fechar o negócio rápido.

        26+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
  • Alemon Fritz 22 de janeiro de 2016 at 15:23

    sim, o sistema americano parece bem interessante, tem mais detalhes entre outras coisas… o problema é que “this is bananazuela” e de envolver mais corvos e provalmente outros esquemas…

    9+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Just A Simple Bubble Man 22 de janeiro de 2016 at 15:32

    OFF:
    “http://cultura.estadao.com.br/blogs/direto-da-fonte/sem-fundos/

    Para estimular consumo, governo estaria estudando uso de FGTS como garantia de compra

    Sonia Racy

    22 janeiro 2016 | 01:50

    O pacote de incentivos que Nelson Barbosa está montando incluiria uma medida bastante diferente para incentivar o consumo. Estaria em estudos uma fórmula pela qual a garantia de compra seria o FGTS do comprador.

    Em resumo: o novo empréstimo teria como garantia… dinheiro do fundo do trabalhador. Não há informações maiores sobre se o novo modelo cobriria inadimplência de um comprador de imóvel ou carro, por exemplo.

    Sem fundos 2

    Integrante da equipe econômica, em conversa na semana passada em um escritório paulista, explicitou essa possibilidade.

    Vale registrar que nunca antes na história o governo brasileiro fez este tipo de uso do Fundo de Garantia.

    FGTS:
    Torrar na Petrobrás? pôde
    Pra comprar casa bolhuda? pode
    Pra fazer consignado? Querem aprovar.
    Pra inflação comer e usar em medida populistas? Com certeza

    Agora pra eu tirar e usar onde EU acho melhor? Não pode. Essas leis existem pra “proteger” o dinheiro que o póbri trabaiadô juntô na vida. Ah… esse Estado tão preocupado com meu “bem-estar” me fascina. Ainda bem que ele sabe o que é melhor pra mim.

    30+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Pao de queijo com cafe 22 de janeiro de 2016 at 15:33

    Momento poético-deprê desta cestinha (tou meio mal humorado hj, sei lá pq)

    Perdeu-se nas areias do tempo (ou será na lama da GOME?) o dia em que eu visitei um apartamento até simpático, porém minúsculo (área de serviço dentro da cozinha) no Anchieta (bairro não tão ruim de BH).
    O corvo falava em 450, 500k… e subindo…
    Eu me perguntava: mas tudo isso, por tão pouco?????
    Nessa época cheguei aqui.
    Estranho me lembrar disso: de certa forma, aquela cesta de pães de queijo (ao menos em seu modo de compreender o mundo) está morta…

    24+
    • avatar
    • avatar
  • Crocs 22 de janeiro de 2016 at 15:33

    OFF – Dilma nega pressão sobre Banco Central e diz que Petrobras não vai quebrar

    -http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/01/1732408-e-um-escandalo-achar-que-a-petrobras-pode-quebrar-afirma-dilma.shtml

    4+
    • avatar
    • Barnabezinho 22 de janeiro de 2016 at 15:51

      Alguém me diga que esta bosta de criatura tem noção do que fala? Ela não entende MESMO que a BR está condenada.

      16+
      • avatar
      • avatar
      • Number0101 22 de janeiro de 2016 at 16:02

        torcendo aqui para acabarem com essa b… abrirem o mercado ! q afunde até a ultima plataforma.

        11+
        • avatar
        • avatar
    • rogerio 22 de janeiro de 2016 at 16:22

      Obviamente ela não irá acabar independente de crise….a ação pode desvalorizar mais, porém eu vejo a queda do barril de petroléo como a principal causa da queda do valor das ações. Alias acho que depois que acabar o julgamento da petrobras nos EUA, será sim uma alternativa de compra de ações de longo prazo…

      6+
      • avatar
    • Bolha de Tudo 25 de janeiro de 2016 at 07:15

      A PTbras não quebra!
      Quem quebra somos nós, pois vão nos sangrar ainda mais para salvar a estatal
      São estatistas por convicção

      0
  • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 15:40

    “Como bem define o professor João Luís Mascolo, da escola de negócios Insper, será o pacote da felicidade que, em pouco tempo, trará mais infelicidade ao país, por embutir todos os erros que levaram a economia a mergulhar na mais profunda recessão desde o início dos anos 1930. “Será o ressurgimento da velha nova matriz econômica”, afirma. Para ele, é inconcebível que, diante de tudo o que se está vendo, com mais de 1,5 milhão de pessoas perdendo o emprego em 2015 e o dólar atingindo a maior cotação desde o Plano Real, o governo insista em cometer os mesmos erros.

    O pacote de Dilma será a terceira versão daquele anunciado pelo então presidente Lula em 2008 e 2009, logo depois do estouro da crise mundial, focado no aumento do consumo e não dos investimentos produtivos, que estão em queda livre. Os incentivos à demanda foram tão fortes naquele período, que levaram o país a crescer 7,6% em 2010 e garantiram a eleição da petista apresentada como gerentona, o que, mais tarde, se mostrou uma falácia. Assim que tomou posse, Dilma reembalou as medidas, mas não obteve o sucesso de Lula. Colheu apenas recessão e inflação nas alturas.”

    “O mais certo, porém, é que as medidas apontadas como salvadoras só ampliem as incertezas. “Não veremos mais crédito nem a retomada do crescimento”, diz o professor Mascolo. “Provavelmente, teremos mais inflação, mais desemprego e um tombo maior do Produto Interno Bruto (PIB)”, acrescenta.

    A bolha da felicidade, complementa o economista, só deverá agradar os integrantes do PT, que veem nas medidas populistas a redenção para garantir mais votos nas eleições municipais e enterrar de vez o processo de impeachment da presidente Dilma. Isso, para os petistas, é mais importante do que o controle da inflação e a arrumação das contas públicas. Eles acreditam que há exagero demais em relação à carestia e Estado foi feito para gastar.

    “Esse tipo de pensamento só traz prejuízos. Os empresários continuarão reticentes e o que a economia mais precisa para voltar a crescer, os investimentos, se manterão travados”, frisa Mascolo. Portanto, em vez de se deixar enganar por pacotes bem embalados, a população deve se preparar para o pior.”

    “http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/infelicidade/”

    22+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 15:51

    “A tendência para este ano é que os imóveis voltem a ser vendidos pelo mesmo valor de 2011. A análise é de Eduardo Zylberstajn, especialista no setor imobiliário”

    “http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/economia/expectativas-de-recuperacao-dos-precos-dos-imoveis-prometem-deixa-los-no-patamar-de-2011/?cHash=e5c414015a2f5ce8c83fe0bb68c15b9e”

    COMPREM! COMPREM!

    “Entretanto, este período pode acabar rapidamente, visto que os apartamentos que estavam em estoque devem ser liquidados em pouco tempo, considerando que construtoras e imobiliárias estão investindo em novas campanhas de vendas. Para este ano, as pesquisas feitas por Eduardo Zylberstajn e outros especialistas no assunto apontam que só quem tiver boas condições para entradas e realizar pagamentos sem a necessidade de recorrer aos financiamentos é que poderão aproveitar o melhor deste momento.”

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • CA 22 de janeiro de 2016 at 16:20

      Cajuzinha,

      Estão seguindo a mesma regra de sempre, quanto maior o DESESPERO, maior a CARA-DE-PAU.

      Seguem informações com base em relatórios trimestrais de 12 construtoras com Ações na BOVESPA:

      Em 2012 lançamentos caíram 42%, começaram com uma infinidade de campanhas de “descontos” e “promoções”, reduzindo um pouco os lançamentos em 2013, com novas reduções sensíveis em 2014, 2015 e ao que tudo indica, será assim em 2016…

      Em 2011, o estoque em poder de 12 construtoras com Ações na BOVESPA eram o suficiente para 11 meses de vendas, em 2012 pulou para 16 meses, em 2013 passou a ser o suficiente para 17 meses de vendas, saltando para 21 meses em 2014 e depois 22 meses em 2015.

      Como pode acontecer o que consta acima, se as construtoras nunca pararam de reduzir lançamentos e de oferecerem “descontos” e “promoções” desde 2012???

      É uma combinação de redução nas vendas brutas porque preços estão incompatíveis com renda, com um aumento absurdo de distratos a partir de 2012, quando dobraram em relação a 2011 (em 2010 eram irrelevantes, nem mencionados nos relatórios das construtoras).

      Só no período de jan/11 a jun/15, mais de R$ 20 bilhões em distratos, que ao mesmo tempo que aumentavam os estoques, reduziam as vendas.

      Um dos motivos pelos quais as vendas caem tanto quando reduzem lançamentos, é que as vendas FALSAS na planta ocorrem em escala muito maior no momento do lançamento, se você lança menos, terá menos vendas FALSAS para contabilizar. Por que? Porque é no lançamento que se tem o maior prazo entre a “venda” na planta e entrega / financiamento, logo você divide a entrada em um número muito maior de parcelas e com isto, a parcelinha cabe no orçamento e o pessoal “compra” para cancelar na entrega, quando não conseguir o financiamento imobiliário.

      Apesar de todas as EVIDÊNCIAS, mais do que comprovadas, o segmento imobiliário e seu fiel parceiro FIPE Zap insistem em mentir. Isto também ocorre porque os anúncios do Zap Imóveis e de outros sites de imóveis não param de crescer, enquanto as vendas de imóveis não param de cair, eles precisam mentir a todo custo para manterem seus anunciantes…

      Segue um link com gráficos e mais informações a respeito: “http://defendaseudinheiro.com.br/wp-content/uploads/2015/10/Post-45-imagem-6-vendas-estoques-lan%C3%A7amentos-e-distratos.png

      12+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Boba Alegre 22 de janeiro de 2016 at 15:59

    CVR

    Bananense fazendo bananice.
    O sujeito deu entrada no pedido de seguro DPVAT.
    Lá foi o “investigadeiro” pro Rio Grécia do Sul olhar a documentação.

    Volta ele com a papelada do sujeito.
    Data do acidente: hoje
    Data em que deu entrada no hospital: semana passada
    kkkkkkkkkk

    Pessoal, custa ser mais atento com datas quando for cometer fraudes? custa? é pedir muito ?

    57+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Barnabezinho 22 de janeiro de 2016 at 16:12

      Até a qualidade dos pilantras está caindo…

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Crocs 22 de janeiro de 2016 at 16:14

        Pilantra básico! Kkkkkkk.

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Boba Alegre 22 de janeiro de 2016 at 16:55

          dá vontade de ligar pra ele e falar igual o capitão nascimento:
          – MU-LE-QUE! O SENHOR É UM MULEQUE!!!!!!

          11+
          • avatar
    • Mente do Mal 23 de janeiro de 2016 at 02:20

      “Se o Picapau tivesse comunicado à polícia isso teria acontecido do mesmo jeito.”

      7+
  • Number0101 22 de janeiro de 2016 at 16:08

    “http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/01/governo-avalia-proposta-para-multa-do-fgts-ser-garantia-de-credito.html
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHH

    AHAHAHAHHAHAHAH

    desculpem se já postaram, dei um find e não achei.

    Que Genio !!! será o próximo nobel de economia.

    17+
    • avatar
    • avatar
    • Jovem Estudante 22 de janeiro de 2016 at 16:13

      Seria uma Hipoteca Jabuticaba?

      6+
      • avatar
      • avatar
      • Barnabezinho 22 de janeiro de 2016 at 16:17

        Parece que vão hipotecar seu FGTS…

        11+
        • avatar
        • DRN 22 de janeiro de 2016 at 16:28

          FGTS, se eu tivesse, dava um jeito de sacar. É muito roubo esse dinheiro parado na mão do gobierno capimunista.

          17+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • avatar
          • Jovem Estudante 22 de janeiro de 2016 at 17:19

            Eu também.
            Aliás, é como esse desconto de INSS. Se deixassem essa grana na minha mão, teria uma renda bem melhor na hora de me aposentar, em vez de ajudar no esquema de Ponzi governamental.

            11+
            • avatar
            • avatar
            • DRN 22 de janeiro de 2016 at 17:30

              O governo entende:

              (i) que vc não tem capacidade de fazer sua prpria poupança;
              (ii) que vc tem de sustentar os aposentados de agora (gerações passadas) para que as gerações futuras te sustente (só que ele esqueceu de contar que a população vai começar a encolher e que, hoje, só 1/4 da população GERA renda).

              12+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
          • Money_Addicted 22 de janeiro de 2016 at 17:37

            eu tenho um valor relativamente alto, mas as opcoes para sacar sao: comprar um bolhudo ou pegar aids ….rs

            9+
            • avatar
            • avatar
            • DRN 22 de janeiro de 2016 at 17:43

              Compra o bolhudex, vende a birosca e aplica o dinheiro.

              6+
              • avatar
              • avatar
              • avatar
              • Money_Addicted 23 de janeiro de 2016 at 08:44

                eu ja pensei nisso, mas nesse estagio atual do mercado, eu tenho receio d tomar uma motumbada ao fazer essa “operacao”

                0
            • Crocs 22 de janeiro de 2016 at 18:13

              Câncer, inundação, enchente de lama contaminada e várias outras “pragas” podem lhe ajudar a sacar o FGTS!

              5+
              • avatar
            • caipira_priv15 23 de janeiro de 2016 at 15:43

              kkkkkkk

              Isso me lembrou de uma história que ouvi….. Não sei se é verdade….

              Um cidadão estava “jantando” uma menina e certa vez encontrou uma receita médica informando que ela era soro positivo…. Dentro do carro…

              Levou aquele susto mas depois a gata falou que foi uma tática p sacar o FGTS…

              3+
              • avatar
  • Alemon Fritz 22 de janeiro de 2016 at 16:28

    …tão tentando aumentar os IVGr s…. ou criar a segunda hipoteca que não tinha.

    4+
    • avatar
  • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 16:29

    É pra rir ou pra chorar?

    “http://www.valor.com.br/politica/4406342/dilma-diz-ter-ficado-estarrecida-com-relatorio-do-fmi-sobre-o-brasil”

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Bauru Bolhudo 22 de janeiro de 2016 at 18:14

      Absurdo e a conclusão que ela chega é que o Brasil está mal por causa da crise internacional e não dá política econômica.

      6+
      • avatar
      • avatar
      • L.A. 22 de janeiro de 2016 at 18:18

        Mas desde 2008 a culpa é sempre da crise internacional.

        8+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Bolha de Tudo 25 de janeiro de 2016 at 07:21

          O PT é perfeito!
          SQN

          0
    • Mente do Mal 23 de janeiro de 2016 at 02:17

      É para não votar.

      3+
      • avatar
  • Bolha BOSS 22 de janeiro de 2016 at 16:32

    Estou em Blumenau, cidade natal da BossA, e dando uma volta pela cidade vejo um jornal
    “industria têxtil demite 300”
    Se não me engano é a Malwee que reduziu linhas de produção.
    E em um posto de gasolina vejo um tiozão falando alguma coisa que nao entendi o que, mas so falava: “Vende abaixo do preço do mercado senão não vai”

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Bolherengo 22 de janeiro de 2016 at 16:54

      Hoje em dia, os imóveis têm dois preços: Um para ostentar e outro para vender.

      54+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 17:15

        kkkkkkkkkkkk

        Gostei

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
    • Barnabezinho 22 de janeiro de 2016 at 16:58

      Foi a Malwee quem demitiu.

      4+
      • avatar
    • windville 22 de janeiro de 2016 at 18:01

      Sim foi a Malwee, almoçava no restaurante ao lado da empresa que era aberto ao público.

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 16:57

    “Haverá Crédito e Não Haverá Quem os Tome” – Acho que já li isto por aqui

    “No caso de crédito ao consumidor, a demanda está pequena. Não é um problema de oferta. ”
    “http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/01/governo-avalia-proposta-para-multa-do-fgts-ser-garantia-de-credito.html”

    6+
    • avatar
  • ravoc 22 de janeiro de 2016 at 17:14

    Retornando ao Blog agora que está melhor frequentado kkkkk
    CVR
    Um colega deixou a casa para alugar pelo valor avaliado pelo corvo, em torno de 2.600,00 por mais de 6 meses e nada…
    Apareceu uma proposta de 1.800,00 e esse colega aceitou na hora (até então não havia nem proposta), antes ganhar menos que não ganhar nada…

    29+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 22 de janeiro de 2016 at 17:18

    “22/01/2016 Crise financeira embarcou no cruzeiro que Roberto Carlos faz há 11 anos ­ ISTOÉ DINHEIRO
    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/economia/20160122/crise­financeira­embarcou­cruzeiro­que­roberto­carlos­faz­anos/336284 1/1
    “Acho que, para o fã de verdade, a crise não abala. As pessoas parcelam em até dez vezes, mas vêm”, disse a
    aposentada curitibana Nara Gonçalves, de 65 anos, que ganhou o cruzeiro de presente de Natal dos filhos. “Estou
    chorando até agora”, contou. A cabine mais barata para duas pessoas, interna, custa R$ 8.896 (R$ 1.779,20 por cada
    uma das cinco diárias). A mais cara, R$ 27.840 (R$ 5.568).”

    “http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/economia/20160122/crise-financeira-embarcou-cruzeiro-que-roberto-carlos-faz-anos/336284”

    8+
    • avatar
    • avatar
    • DRN 22 de janeiro de 2016 at 17:31

      Roberto Carlos, Sarney, Delfim.

      Realmente, the 80’s are back!!!

      12+
      • avatar
      • windville 22 de janeiro de 2016 at 18:02

        TD a 7,82 agora para 2035. Foi a tia falar que não sabia que estava tão ruim a coisa, conforme o FMI soltou, o juros futuro subiu!

        14+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Number0101 22 de janeiro de 2016 at 18:03

          ainda não tinha uma agencia para rebaixar a nota? o q eles estão esperando?

          4+
          • avatar
        • Crocs 22 de janeiro de 2016 at 18:17

          Pois é… Essa Tesouro IPCA+ 2035 (NTNB Princ) 15/05/2035 a 7,82%+10,74% = 18,56%. Confesso que está muito boa!

          5+
          • avatar
    • Diego F. 22 de janeiro de 2016 at 18:05

      Não estou acreditando. Alguém paga 27 mil reais para ver o Roberto Carlos em um cruzeiro.

      17+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Ilusionista 22 de janeiro de 2016 at 20:01

        depende do nível de conforto da cabine, interna é bem menor, mas uma top com jacuzzi privativa no mesmo andar do Rei…..ai

        2+
        • avatar
  • windville 22 de janeiro de 2016 at 18:05

    Bem que podiam liberar o FGTS para aplicar no TD, já que é para garantir que não está pagando as contas.
    Deixa eu ajudar o país nessa 🙂

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 22 de janeiro de 2016 at 21:09

      tbm pensei nisso hoje

      1+
      • avatar
  • Crocs 22 de janeiro de 2016 at 18:29

    “Thanksgiving Day”

    POR LAURO JARDIM 22/01/2016
    Piadinha que rolou hoje no mercado financeiro: nos EUA, criaram um feriado em homenagem à Petrobras. É o Dia de Ações de Graça.

    41+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • W.K. 22 de janeiro de 2016 at 18:48

    ÇVR.

    Andando pelas ruas de minha cidade, eis que me deparo com uma revenda de carros com o anuncio “Trocamos seu carro por material de construção.”

    E ai? Somando 2 setores micados podemos obter um setor bom?

    13+
    • avatar
    • RightOneIn 22 de janeiro de 2016 at 19:17

      Two turkeys don’t make an eagle.

      16+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
  • Dgvl 22 de janeiro de 2016 at 18:51

    Aqui não aparecem os comentários, queria dar uma trolada nesse féélaaa…

    3+
    • avatar
  • Veigalex 22 de janeiro de 2016 at 18:55

    Vcs acreditam que a grande maioria do pessoal que compra TD..carrega até o vencimento? No meu círculo de amigos..todos.. Sacaram antes. Uns perderam..outros ganharam da Inflação + poupança.. E alguns fizeram swing trade mesmo. Nos dias de hoje..acho muita coragem colocar alguns k para sacar em 2035… Um investimento pró filho talvez. 20 anos na Banania pode tudo Arnaldo…

    13+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • RecebendoJuros 22 de janeiro de 2016 at 19:57

      Acho que quem compra NTNB ou as pre-fixadas carrega bastante tempo sim. Meus colegas que também investem no TD têm se segurado e carregado os títulos. Exceto um ou outro que aproveitou pra embolsar um dinheirinho ganho com a venda das NTNB compradas quando se aproximaram dos 8%.

      Com relação às 2035, comprei consciente de que só as utilizarei na aposentadoria, mas caso tenham uma valorização muito grande até lá não sei se resistirei à tentação de vender antes e embolsar o lucro (terei que fazer muitos cálculos no momento apropriado).

      Tenho um colega que botou mais de 80k nessas 2035 depois de sair da Matrix e se livrar de um bolhudinho, mas ele é bem focado e já definiu que essa será a herança que deixará pro herdeiro que está pra nascer nos próximos meses (O tal bolhudinho era o que ele pretendia deixar de herança equanto vivia na Matrix).

      10+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Mn 23 de janeiro de 2016 at 00:10

        A única coisa que eu acredito em décadas é ouro e prata, físicos; e imóveis DEPOIS do colapso total… com preços abaixo de 2008. Nada mais.

        8+
        • avatar
        • avatar
    • mestre dos magos 22 de janeiro de 2016 at 20:52

      Em abril do ano passado tirei 6,xx líquido depois de 32 dias na ntnb 2035. Tem horas que vale a pena apostar nesses títulos.

      3+
      • avatar
  • bolhista santista 22 de janeiro de 2016 at 19:08
  • O Bancário 22 de janeiro de 2016 at 21:31

    Sobre a notícia:
    Governo estuda liberar multa do FGTS como garantia para consignado

    link “http://www.valor.com.br/brasil/4406308/governo-estuda-liberar-multa-do-fgts-como-garantia-para-consignado
    Esse negócio é sério.

    ÇVR

    Dias atrás renegociei a dívida de um cara que não chegava a ganhar 1500/mês. Fez um consignado privado (convênio da empresa), valor do consignado: 8.400,00
    Foi mandado embora, o saldo da rescisão não pagou nem 4 parcelas. Parcelas módicas de 414,00 em 36x. O cara estava usando o cheque especial, resumindo a reneg. da dívida:
    Não deu entrada, parcelei uma dívida de 10.098,00 em 36x, 2% a.m e uma parcelinha de uns 400 conto também. Estava renegociando pois precisava da conta pra receber salário de uma empresa que ele iria começar na próxima semana
    Nem perguntei o salário, já sei que o cara não vai pagar. Deixei o contrato separado, passado uns 90 dias vou mandar ajuizar. O coitado nem deve ter onde cair morto.
    Só de ver essas notícias de empresas mandando, 200, 300 pra rua. Mais da metade tudo afundado em dívidas, e muito devem ter esses empréstimos consignados. A verdade é que os banqueiros tão tudo com o ** na mão.

    30+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 23 de janeiro de 2016 at 08:49

      ficam vendendo esta “ideia” de que consignado é a melhor dívida, porque tem juros menores em comparação com cartão de crédito e cheque especial, etc. mas não é.
      A pior dívida é exatamente aquela em que você não pode atrasar, vem descontado na fonte, ainda mais quando o prazo (dez anos), o valor liberado e o limite de desconto (hoje 40%) é totalmente incompatível com a renda.
      Imagine numa eventualidade de um acidente ou doença grave em que precise de um tratamento ou cirurgia imediata ou, morte de um parente ou incêndio em casa, se precisa de dinheiro como fica?
      Normalmente quem faz consignado é para quitar dívidas antigas em atraso, mas grande parte destas dívidas são regulares e voltam em pouco tempo e ai, com 40% a menos na renda comprometida somada as novas o rombo será bem maior…
      uma verdadeira bomba relógio para FPs , quando explodir cortam toda linha de crédito e confiscam todo o salário.
      Ai o banco cede este crédito para outra empresa a mais de 3 mil km de onde foi contratado para o devedor negociar…

      veja o drama de um FP, valores dos juros do acordo, na resposta do banco tirando o corpo fora e onde foi parar a dívida.

      http://www.reclameaqui.com.br/5354525/banco-do-brasil-s-a/confisco-de-salario/

      imagine para quem ainda tem parcela paralela de financiamento imobiliário para pagar pelos próximos 30/35 anos…

      6+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • Money_Addicted 23 de janeiro de 2016 at 08:54

        eles vendem a ideia, compra quem quer
        eu nao sou FP, mas tenho credito para descontar em folha, nao sei nem qro saber o limite mto menos qto d juros eles cobram.
        como sempre falamos aqui: brasileiro gosta d se fazer d coitado, alguem o obriga a pegar consignado? a ta, o falecido steve jobs q todo ano lanca um modelo novo de iPhone 🙂

        [ ]s

        11+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • Ilusionista 23 de janeiro de 2016 at 17:45

          o problema é que vários entes públicos estão atrasando o pagamento, como no Rio, e outros estão sem reajustes da inflação a quase 24 meses corroendo todo salário, enquanto isto, preços e contas aumentando…
          ai o caminho da salvação é o consignado, mas o rombo virá no futuro….

          0
          • Money_Addicted 23 de janeiro de 2016 at 22:03

            o caminho da salvacao nunca pode ser um prestimo – ponto 🙂

            2+
            • avatar
    • Money_Addicted 23 de janeiro de 2016 at 08:56

      tomara q libere mesmo, ai logo logo lancam uma LCX lastreada nesses emprestimos 🙂

      PMJ

      3+
      • avatar
    • My name is James Bond 23 de janeiro de 2016 at 20:22

      O governo com essa conversa de atrelar a dispensa sem justa (direito a multa de 40% sobre o saldo do FGTS) ao empréstimo consignado, vai contribuir ainda mais com relação “saudável” empregado x empregador.

      Empregado: Se o Sr. não para me mandar embora eu não recebo meus 40% e não pago a minha dívida.
      Empregador: Se quiser pode pedir a conta ou vou aplicar advertências até é demiti-lo por Justa Causa.
      Governo: Cria mais um mecanicismo para manter o empregado preso a empresa e, lógico, garantir o recolhimento dos impostos. Ideia Genial dos Petralhas.

      3+
      • avatar
  • Alemon Fritz 22 de janeiro de 2016 at 22:34

    saiu essa
    FGTS como garantia só beneficia bancos, diz conselheiro

    -http://exame.abril.com.br/economia/noticias/fgts-como-garantia-so-beneficia-bancos-diz-conselheiro

    8+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Pao de queijo com cafe 23 de janeiro de 2016 at 00:50

    Deixa eu dizer uma coisa pra vcs.
    A bagaça é a seguinte:
    Eu tou:

    40% no dólar
    25% na bolsa
    35% na renda fixa/fundos

    Tenho queimado inúmeras fornadas de PdQ enquanto penso nisso…

    E querem saber de uma coisa? Vou ficar assim.

    Sabem porque?

    – os 40% do dólar, tá mais pra subir (senão disparar, pra depois da tempestade, um dia voltar a cair, lentamente)
    assim eu tenho subida, ainda que modesta, e depois tenho rampa de saída sem pressa

    – os 25% da bolsa, to tomando um chumbo ferrado (10% off, já), mas tou enxergando o pós tudo, a coisa subindo uns 80% e eu surfando…

    – e os 35% da RF, PMJ

    Será que assim vai?

    Mas não me sigam, sou apenas uma humilde cesta de PdQ…

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 23 de janeiro de 2016 at 08:50

      eu estou

      90% RF/Pos fixado
      10% bolsa
      0% US$

      O grande problema eh estarmos no brasil ganhando em reais…..acredito q d um modo geral nos estamos MTO melhores q 95% da populacao, mas mesmo assim estamos todos ferrados

      boa sorte

      14+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • O Bancário 23 de janeiro de 2016 at 12:36

        Estou exatamente na mesma distribuição de investimentos kkkk

        2+
        • avatar
    • caipira_priv15 23 de janeiro de 2016 at 16:07

      50% Bolsa
      30% RF
      20% Moedas

      2+
      • avatar
    • Bolha BOSS 23 de janeiro de 2016 at 20:20

      85% Dolar
      15% LCA, CDB

      2+
  • Alemon Fritz 23 de janeiro de 2016 at 09:02

    “Crise em bairro nobre”
    Comerciantes fecham as portas sem conseguir pagar os aluguéis mais caros de São Paulo
    …o valor médio do aluguel de salas comerciais caiu 30% desde o fim de 2014 …. A vacância de salas, que chegou a apenas 4% no boom, saltou para 20%…
    …A reviravolta no ambiente de negócios também atingiu o bairro do Itaim Bibi, pegando de surpresa o empresário catarinense Cassio Russo, sócio da rede de paleterias mexicanas Nieveria.

    -http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/economia/20160122/crise-chega-aos-bairros-nobres-sao-paulo/336480

    11+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Cajuzinha 23 de janeiro de 2016 at 09:21

    “BBC
    23/01/2016 08h41 – Atualizado em 23/01/2016 08h41
    Recessão brasileira também está ‘afundando’ o resto da América Latina
    Problemas na nona maior economia do mundo, que representa um terço do PIB latino-americano, ameaçam diretamente a estabilidade de países da região.”

    7+
    • avatar
    • avatar
  • Marc 23 de janeiro de 2016 at 10:35

    O Governo dá incentivos, faz MPs e todo aquele circo para montadoras produzirem carros no Brasil. Volkswagen começa à vender o Golf feito no Brasil pelo mesmo preço do Golf que era importado da Alemanha.

    Aplausos!

    23+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Crocs 23 de janeiro de 2016 at 11:41

      Pegadinha do malandro! Esse Golf nacional é uma [email protected], não anda e é muito caro! Vai encalhar e apodrecer em algum pátio ou armazém alugado! quero que a indústria automobilística ARDA!

      21+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
      • W.K. 23 de janeiro de 2016 at 14:56

        Que apodreçam.

        Esta semana resolvi entrar em alguns sites de montadoras e ver o que vendiam.

        Nos populares, só tinha lixo que ainda era caro. Voce não compra nada 0km minimamente interessante por menos de 50k. A renda média do brasileiro mal chega aos 25k/ano.

        Então, continuo com o meu velho poçante 1.8 carburado, que mesmo com mais de 20 anos, ainda faz seus 13km/l no asfalto e deixa qualquer 1.nada moderninho comendo poeira…

        Acho que vou continuar comprando carros usados por muito tempo.

        21+
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
        • avatar
      • caipira_priv15 23 de janeiro de 2016 at 16:08

        Não estão sendo mais importados ???

        Achava que era importado esse trem.

        3+
        • avatar
  • Palmeirense Bolhudo 23 de janeiro de 2016 at 14:32

    CRV

    Voltando ao blog com um CRV, ano passado eu comentei que meu pai comprou um KArro Ok, ate tentei explicar para ele que podia pegar um semi novo e ficar sem dividas ja que e aposentado e recebe pouco, ainda achou ruim de eu falar, chegou o IPVA dele desse ano 2016, entro no site para consultar e adivinha? Não pagou o IPVA 2015, quase 1000,00 dilmas, disse que não tem dinheiro, e meu pai, não e 666 merece ajuda, vou tentar conversar com ele e emprestar a grana!

    10+
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 23 de janeiro de 2016 at 22:08

      pai eh pai ….rs merece ajuda, mas eh dificil concordar q nao fez uma burrada financeira (pra evitar dizer 666)

      3+
      • avatar
  • Cajuzinha 23 de janeiro de 2016 at 14:54

    “http://m.zerohora.com.br/288/vida-e-estilo/4958422/rompimento-de-contratos-ja-atinge-21-dos-novos-imoveis-no-estado”

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Alemon Fritz 23 de janeiro de 2016 at 15:33

      Como o mercado está relativamente parado, construtoras e donos de imóveis têm sido mais suscetíveis a negociação, em alguns casos topam dar até 30% de desconto
      30% “desconto”
      … ainda tá caro.

      7+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 23 de janeiro de 2016 at 15:02

    “http://www.parana-online.com.br/m/editoria/cidades/news/930033/”

    1+
    • avatar
  • Cajuzinha 23 de janeiro de 2016 at 15:40

    “Inside job (Trabalho interno, na versão brasileira), de 2010 (direção de Charles H. Ferguson), é mais denso em informações e “mais explicadinho”, além de explorar a o alastramento da crise mundo afora. Aliás, é recomendável vê-lo antes de A grande aposta: complementam-se, de algum modo.”

    “http://www.administradores.com.br/mobile/noticias/entretenimento/dilemas-morais-no-filme-a-grande-aposta/107895/”

    3+
    • avatar
  • odorico 23 de janeiro de 2016 at 16:05

    Gente alguma dica de como aplicar 300k?. Depois explico o motivo.
    Já tenho 200k em TD, 200k renda fixa em diversos bancos, fundos e taxas, 50k em cambial e 50k em ibov a 40 mil pontos.
    Acho que na minha carteira faltam ouro, imóveis, USD espécie, imóveis,
    Alguma dica?. Devo receber nos próximos o montante em parcelas com o total em até 90 dias.

    4+
    • avatar
    • avatar
    • O Bancário 23 de janeiro de 2016 at 18:00

      Abra uma conta na suíça e invista em moedas/bolsa do mundo inteiro.

      2+
      • avatar
    • Bolherengo 23 de janeiro de 2016 at 18:34

      Tudo depende do prazo estimado do investimento. Se for a curto, médio ou longo prazo, a resposta pode variar muito. Seu nível de tolerância a risco e até seu projeto de vida podem influenciar nessa otimização de ativos.

      Mas, por eliminação, acho que o Ouro está bolhudo atualmente. Um fundo cambial pode ser uma boa, mesmo que o Dólar tenha subido muito ultimamente. Afinal, as perspectivas não mudaram em relação a nossa economia (obs: Notícias sobre o impeachment podem fazer os fundos cambiais terem perdas). Ações da Petro estão bem baratas, apesar dos escândalos da Lava Jato ainda não terem chegado ao fim. Lembrando que essas ações já passaram de R$45 e hoje estão saindo por menos de R$5. Quando esse turbilhão passar, acho difícil que elas voltem a essa mínima algum dia. No longo prazo, pode ser uma boa aposta. Assim que entrar um Presidente de direita (via impeachment ou nas próximas eleições), o mercado vai iniciar uma recuperação.

      Terrenos a preço justo podem ser uma boa, especialmente em regiões com potencial de crescimento. Imóveis, só se vc garimpar bastante e comprar de quem estiver no desespero, bem motumbado. Além disso, sua carteira já está bem diversificada, o que te permite incrementar esses recursos adicionais proporcionalmente nos ativos que você já possui. E, pelo montante que vc informou, vc tem um alto poder de barganha com os gerentes dos seus bancos, para negociar melhores retornos e investimentos para públicos mais seletos.

      Juízo e boa sorte.

      8+
      • avatar
      • JC 24 de janeiro de 2016 at 10:48

        Petro anos 90 :
        Cotacao media : $ 0,80 { Empresa sem dividas e petroleo a USD 30,00 )

        Petro na maxima 2008 :
        Cotacao : $ 48,00 ( Fim do crescimento explosive da China }

        Petro hoje : Cotacao : $ 6,00 ( Empresa possuidora da maior divida corporativa do mundo,
        petroleo de volta ao seu preco normal de USD 30,00 ou
        menos)

        E AI, PETRO TA CARA OU BARATA ?

        5+
  • Cajuzinha 23 de janeiro de 2016 at 17:35

    “O BC reconhece que o caminho no qual o país se embrenhou é muito estreito, sem espaço para erros. E isso vale para a política monetária. Segundo o banco, com a manutenção dos juros, ganhou-se um tempo precioso para ver qual é o tamanho do fundo do poço que a economia atingirá neste primeiro trimestre do ano, que tende a ser desastroso. O desemprego vai disparar e a inflação ainda se manterá acima de 10% no acumulado de 12 meses.”

    “http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/quadro-perturbador/”

    5+
    • avatar
    • Azufre 23 de janeiro de 2016 at 18:49

      Que o Trombose era fraco e medroso eu já sabia, mas mentiroso já é demais!

      3+
      • Crocs 23 de janeiro de 2016 at 19:06

        O Trombose é quase um Lula, só faltou a barba e perder um dedo! No mais, são gêmeos da mesma placenta!

        8+
        • avatar
  • parangaricutirimicuaro 23 de janeiro de 2016 at 18:53

    OFF.
    Vcs acreditam que, no TD, o NTNB Princ 2024 irá passar com facilidade dos 8% + IPCA num futuro próximo? To pensando em comprar este já que o 2019 tá mt troll (6,16 +-), mas pretendo fazer o resgate até 2019, não levarei até o fim. Complicado seria chegar em 2019 e esse título estiver com 10%+IPCA, aí eu vou chorar, pq não conseguirei resgatar com uma boa margem.
    Tá tentadora aquela taxa do NTNB2024. Lembro que qd entrei pela primeira vez no TD, comprei logo aquela 2019 com 8,03%, achava que era o normal do mercado, nem sabia que era o pico.
    Por falar em TD, comprei uma quantia razoável mês passado. Com essa queda dos juros ofertados (de 7,65 para 6,16), consegui 5% de lucro em 1 mês.
    PMJ, TD!

    5+
    • avatar
    • avatar
    • RecebendoJuros 23 de janeiro de 2016 at 20:20

      Se você tem certeza que vai precisar do dinheiro antes do vencimento (2024) acho que seria arriscado colocar todo o dinheiro na 2024. No seu lugar eu colocaria uma só uma parte para aproveitar a taxa atual (minimizando uma possível perda no resgate) e o resto deixaria em TD Selic esperando para voltar às 2019 no dia que voltem para patamares acima de 7%.

      2+
      • avatar
  • Crocs 23 de janeiro de 2016 at 19:18

    COMO A INTERVENÇÃO ESTATAL ESTÁ GERANDO A PRÓXIMA CRISE (Imobiliária)

    Prestem a atenção no folheto que está sendo exibido na mesa da minha gerente do banco aqui nos EUA. Ao vê-lo, senti um imediato arrepio na espinha.

    Para quem não sabe, os subsídios da Fannie Mae foram, com o perdão do trocadilho, a mãe da crise imobiliária de 2008. Agora ela ataca novamente financiando a primeira casa com entrada de 3% – menos do que os custos padrão de uma transação.

    Explicando em bom português: o banco financia a casa para o primeiro comprador subsidiado pela a Fannie Mae, por sua vez patrocinada pelo dinheiro dos contribuintes americanos. Se o comprador deixa de pagar e o banco retoma a casa, terá todos os custos para revende-la (impostos, registros, corretagem e comissões). Além dos custos, o banco geralmente tem pressa em vender o imóvel e, portanto, vende com prejuízo. Quem paga essa conta? Se você respondeu “o contribuinte”, acertou. Até 2007, acredite se quiser, era possível financiar 110% de alguns imóveis, ou seja, você comprava o imóvel sem botar nem um centavo e o banco ainda te dava um dinheirinho extra.

    Ou seja: país mal se recuperou da última bolha imobiliária e a intervenção governamental já está trabalhando na próxima, praticamente idêntica! O resultado pode demorar a vir, mas virá.

    Os “coordenadores do mercado”, como gosta de ser chamado o ministro Nelson Barbosa, adoram essas gracinhas. Fannie Mae, Freddie Mac, ou, para trazer a coisa para a realidade brasileira, Minha Casa Minha Vida são os seus filhotes. Sob o pretexto de fazerem o mercado “ajudar a quem precisa” – e ganhar alguns votos no processo – juntam todos os temperos de uma crise na panela de pressão.

    O resultado dessa receita todo mundo já sabe.

    -http://rodrigoconstantino.com/artigos/como-intervencao-estatal-esta-gerando-proxima-crise/

    9+
    • avatar
  • Ilusionista 23 de janeiro de 2016 at 21:43

    bolha e lava jato fazendo suas vítimas….
    engenheiros sobrando no mercado e olhe tem muita gente se formando nesta área, muitos até com crédito do Fies…

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/01/1732828-antes-escassos-engenheiros-sobram-no-mercado-e-precisam-se-reinventar.shtml

    12+
    • avatar
    • avatar
    • Azufre 24 de janeiro de 2016 at 12:01

      Bolha e corrupção, né?

      Corrupção é a doença, lava jato é o remédio

      5+
      • avatar
  • Cajuzinha 23 de janeiro de 2016 at 22:22

    “‘El País’: Brasil perde o brilho em Davos
    Presidente do fundo de hedge Bridgewater alerta que o país enfrenta uma década perdida
    Jornal do Brasil
    Hoje às 20h02”

    6+
    • avatar
  • Cajuzinha 23 de janeiro de 2016 at 22:24

    “http://m.jb.com.br/economia/noticias/2016/01/23/el-pais-brasil-perde-o-brilho-em-davos/?from_rss=None”

    4+
    • Cajuzinha 23 de janeiro de 2016 at 22:26

      “”É a pior crise do Brasil em mais de 70 anos, e coincide com problemas em outras grandes economias emergentes, como a Rússia e a China”, observou Kenneth Rogoff, professor de economia de Harvard e ex-economista-chefe do FMI.”

      5+
      • avatar
  • Cajuzinha 23 de janeiro de 2016 at 22:38

    “bancos contrataram 29.889 funcionários e desligaram 39.775, em 2015. O salário médio dos admitidos pelos bancos foi de R$ 3.550,19, contra R$ 6.308,10 dos desligados”

    “http://economia.ig.com.br/2016-01-23/bancos-demitiram-97-mais-em-2015-aponta-pesquisa.html”

    17+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Money_Addicted 23 de janeiro de 2016 at 23:25

      perfeito, aposto q o pessoal que ganhava 6k aceitaria rindo uma oferta de outra empresa q pagasse 12k, pq a empresa q paga 6k nao pode contratar por 3k

      6+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 23 de janeiro de 2016 at 22:47

    Interessante

    “http://atarde.uol.com.br/mobile/economia/noticias/1741136”

    “País tem menos endividados e mais inadimplentes”

    6+
    • avatar
    • avatar
  • Palmeirense Bolhudo 23 de janeiro de 2016 at 22:47

    Mercado imobiliário sofre com as devoluções de imóveis novos

    “Antes, o consumidor comprava um imóvel por R$ 100 mil na planta, vendia por R$ 150 mil e embolsava a diferença. Agora, compra por R$ 100 mil, mas descobre, na entrega das chaves, que a incorporadora está vendendo por R$ 80 mil. É difícil sustentar o mercado assim”, aponta o advogado.

    Com as empresas segurando lançamentos desde o ano passado, a tendência é que o número de entregas e, consequentemente, de distratos (devolução), caia nos próximos anos. Em 2016, no entanto, ele vai persistir. O relatório da Fitch estima que, se 35% das unidades vendidas forem canceladas, os distratos chegariam a R$ 6 bilhões entre as principais empresas do setor.

    +http://www.portalodia.com/noticias/piaui/mercado-imobiliario-sofre-com-as-devolucoes-de-imoveis-novos-258446.html

    6+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Money_Addicted 23 de janeiro de 2016 at 22:54

    OFF – ?

    ”http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/01/1732828-antes-escassos-engenheiros-sobram-no-mercado-e-precisam-se-reinventar.shtml

    pessoal aqui tem falado bastande de TD pre, por essas e outra que eu particularmente nao arrisco nada a longo prazo nessa terra

    [ ]s

    3+
    • avatar
  • Money_Addicted 23 de janeiro de 2016 at 22:55

    nao eh nao nada….mas um amigo q tem doutorado esta se mudando para europa, o ultimo q ficar apague a luz

    4+
    • avatar
    • avatar
    • Ilusionista 24 de janeiro de 2016 at 07:50

      por causa de alguns “tubarões”, com grande poder de decisão e envolvidos em corrupção e especulação imobiliária, causou a destruição de milhares de postos de trabalho na engenharia civil e atividades correlatas, como arquitetura, decoração, corretagem de imóveis, etc.
      Engenheiros altamente qualificados e com muita experiência que desenvolveram grandes projetos no passado, hoje sem emprego.
      Milhares de alunos nas universidades, em breve formados, não terão empregos.
      Dentre estes, muitos com crédito do Fies, ao se formar, não terão empregos e não terão como pagar a dívida no futuro.
      Isto sem falar que tem inúmeras outras atividades que não terão mercado em tempos de crise.

      7+
      • avatar
  • Carlos 24 de janeiro de 2016 at 01:25

    Banânia definivamente não é para amadores.

    “A reportagem simulou interesse em conseguir uma residência e foi informada dos procedimentos que deveria tomar, de imediato. A cooperativa cobra taxa de adesão de R$ 1,6 mil, em quatro parcelas, e mais R$ 2 mil para “alcançar” os demais mutuários, parcelados em 20 parcelas de R$ 100. Paralelamente, solicita o pagamento de R$ 50 como taxa de manutenção.
    A cooperativa informa que, ao entrar no apartamento, o mutuário passa a “dever” para a Caixa, por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida. O grupo oferece inclusive a faixa 1 do projeto, exclusivamente voltada para população de baixa renda e viabilizada apenas mediante sorteios públicos.

    “http://www.comerciodojahu.com.br/noticia/1341860/cooperativa-oferta-casas-sem-aprovacao-de-projeto-em-jau

    Cadê o poder público? Estão “emitindo ofícios”…. Isto é caso de polícia, esta evidente que é golpe.

    5+
    • avatar
    • avatar
  • Leonardo M. 24 de janeiro de 2016 at 02:03

    Se a Dilma usar os U$300 bi de reserva para reativar a economia em 2017 teremos um dólar em:

    A)R$7 e R$9
    B)R$9 e R$12
    C)R$12 e R$15
    D)R$15 e R$20
    E)R$20 ao infinito

    Qual sua resposta?

    4+
    • avatar
    • Jovem Estudante 24 de janeiro de 2016 at 03:28

      Ao Infinito e além!!!!

      3+
    • Azufre 24 de janeiro de 2016 at 11:50

      No curto prazo pode levar a uma valorização do real. Colocando esses dólares na praça, naturalmente seu preço cairia.

      Isso ocorrendo é hora de comprar, pois:

      a) A queda não será duradoura;
      b) CERTEZA que gastariam mal os recursos.

      Isso posto, o país tem excesso de reservas, custam caro e são pouco úteis. Poderiam mesmo liquidar uma parte… para pagar a dívida pública.

      12+
      • avatar
      • Pao de queijo com cafe 24 de janeiro de 2016 at 11:55

        Janelão máster, heim vizinha

        4+
  • Cajuzinha 24 de janeiro de 2016 at 07:43

    DESVALORIZAÇÃO?

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk


    O problema se agrava porque, por outro lado, os mutuários que adquiriram imóveis a preços mais altos estão buscando o judiciário para renegociar os valores dos financiamentos em vista da desvalorização do imóvel. Para o advogado, as alegações dos mesmos não procedem, pois o setor segue um movimento cíclico. “Por exemplo, o imóvel estava valorizado e o consumidor conseguiu o financiamento; aí a construtora chega e oferece promoção depois para queima de estoque com descontos.

    O consumidor inicial entra com uma ação pra baixar esse valor do financiamento porque viu que era possível pagar um valor menor. No entanto, isso é um ciclo: hoje está em baixa, amanhã em alta. Isso é muito ruim para a economia. Quanto mais imóvel tem no mercado, mais baixo fica o preço.”

    “http://www.portalodia.com/noticias/piaui/mercado-imobiliario-sofre-com-as-devolucoes-de-imoveis-novos-258446.html”

    11+
    • avatar
  • Cajuzinha 24 de janeiro de 2016 at 09:43

    “Segundo os dados, dos 99% dos consultados que acreditam que o país está em crise, 81% têm certeza de que vivenciam um período de recessão. Para 55%, esta é a pior crise que já enfrentaram. De acordo com o presidente do instituto, Renato Meirelles, isso acontece por dois fatores.”

    “http://m.agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2016-01/crise-economica-reduz-consumo-do-brasileiro-revela-data-popular”

    8+
    • From_The_Tower 24 de janeiro de 2016 at 09:45

      Está apenas no começo . As 666 sentirão a crise quando não tiverem mais para onde correr. PNJ !

      7+
    • Margarida 24 de janeiro de 2016 at 10:17

      ‘ “A pesquisa mostrou que o consumidor está se programando para realizar seus planos, seja buscando uma renda extra, fazendo escolha do que é prioritário ou não no seu gasto, seja buscando financiamento, para voltar a comprar aquilo que ele tinha pensado em ter no ano passado e não comprou”. Significa que a crise funciona como uma alavanca para que as pessoas retomem o que haviam programado. “É um consumidor que entra nesta crise mais preparado do que em crises anteriores”, ressaltou Meirelles.’

      Como é???????

      7+
      • Mente do Mal 24 de janeiro de 2016 at 10:39

        Papo de pescador…
        Pescador de sardinhas.

        9+
        • avatar
    • Azufre 24 de janeiro de 2016 at 11:45

      Data para Pular?

      Pulo.

      São os vendedores da ideia d a Classe C maravilha, que compra apartamento, casa na praia e faz intercâmbio, ganhando 1200 por mês

      4+
      • Azufre 24 de janeiro de 2016 at 11:48

        Podem ver que lixo.

        É sempre exonerando esse gov da culpa e botando a culpa desta crise nos outros. “Óia, antes do PD eles num tinha nada, agora eles têm, por isso que sente, né? Mesmo sendo crisezinha boba”

        2+

    • Azufre 24 de janeiro de 2016 at 11:52

      Dica sulfurosa!

      Quando aparecer “para o Instituto Data Popular”, “para Renato Meirelles”, podem pular

      7+
      • avatar
      • avatar
  • Cajuzinha 24 de janeiro de 2016 at 09:46

    “Em pesquisa da plataforma de crowdsourcing PiniOn, 93% dos brasileiros considera que o país passa por uma crise político-econômica e apenas 14% deles espera que a situação melhore em 2016.

    Para metade dos 4.962 entrevistados de todo o Brasil, o cenário para o ano que se inicia é de piora se comparado a 2015. Outros 36% veem um horizonte de desesperança e creem que a tendência é que tudo se mantenha sem mudanças.”

    “http://exame2.com.br/mobile/brasil/noticias/um-a-cada-7-brasileiros-espera-uma-melhora-da-crise-em-2016”

    7+
    • avatar
    • avatar
    • From_The_Tower 24 de janeiro de 2016 at 09:49

      Hehe. Eu estou muito confiante. Sabia que daria [email protected] e agora vou fazer adubo para a minha plantação .

      5+
  • Cajuzinha 24 de janeiro de 2016 at 09:50

    Esse tipo do notícia no 247 é sinal q a situação tá muito feia

    “http://www.brasil247.com/pt/247/economia/214437/Crise-da-construção-faz-engenheiro-virar-taxista.htm”

    7+
    • Cajuzinha 24 de janeiro de 2016 at 09:55

      Agora “intendi” a culpa é da Lava Jato:

      “Para tentar reanimar o setor de engenharia, o governo aposta nos acordos de leniência com as empreiteiras. No entanto, representantes do Ministério Público condenam a ideia por considerar que a medida concede favores a empresas corruptas.

      Foram atingidas pela Lava Jato ícones da construção como Odebrecht, Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa, Mendes Júnior e Queiroz Galvão, entre muitas outras empresas.”

      7+
      • avatar
    • W.K. 24 de janeiro de 2016 at 15:02

      Por favor, diz que este site é de piada.

      2+
      • Mente do Mal 24 de janeiro de 2016 at 21:22

        O site é de mentira.
        Ou melhor, de mentiras.

        2+
  • Cajuzinha 24 de janeiro de 2016 at 10:20

    “A crise provocada por gastos além das receitas exige dos economistas a ousadia dos cientistas que encontram formas novas de tratar doenças. O que desanima é a mesmice dos diagnósticos e prescrições.”

    “http://blogs.oglobo.globo.com/miriam-leitao/post/altos-e-baixos-da-montanha.html”

    5+
  • Mente do Mal 24 de janeiro de 2016 at 10:53

    “Trabuco disse à Folha que “não podemos ter um governo unicamente em cima do ajuste fiscal”. Entre as possibilidades de ação para o governo, o executivo sugere aumentar a liquidez do sistema bancário, reduzindo o compulsório. A justificativa para isso, apesar da inflação tão alta, é que não há demanda.”

    “http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/01/1732846-preco-do-petroleo-afeta-mais-o-brasil-que-ritmo-da-china-diz-trabuco.shtml”

    4+
    • O Bancário 24 de janeiro de 2016 at 11:21

      Como o Trabuco é bomzinho. Pediu pra reduzir compulsório numa época que ninguém quer mais pegar dinheiro em banco. (Ninguém nesse maldito blog avisou isso!!)
      Pra quem acabou de mandar uma TED de 17 bilhões para o HSBC seria ótimo pra dar uma balanceada no índice de Basiléia, né?

      9+
      • avatar
      • avatar
      • avatar
    • Azufre 24 de janeiro de 2016 at 11:43

      Trabuco… Passo.

      Aliado de vcs sabem quem. Eu poderia dizer que tem umas transações… heterodoxas nos últimos anos. Mas não vou dizer.

      3+
      • avatar
      • O Bancário 24 de janeiro de 2016 at 11:46

        É sabido que banqueiro é tudo PTista.
        Só fazem de conta que não são.

        5+
        • avatar
        • avatar
        • Azufre 24 de janeiro de 2016 at 11:51

          Se eu fosse banqueiro tb amaria quem patrocina a oligopolização do mercado!

          Concorrência para quê, não é mesmo?

          8+
          • avatar
          • avatar
          • avatar
  • MARK 24 de janeiro de 2016 at 11:37

    Amigos bolhistas estou com aplicação em CDB DI no Santander em torno de 200k, com uma taxa de 97% do CDI, consigo melhores taxas? Mantenho no CDI? Vi uma opção de Tesouro Direto SELIC… Compensaria trocar, dá para conseguir melhores taxas que isso, mesmo em CDBDI em outros bancos? Penso nessa aplicação no curto prazo, mínimo de 4 meses para pensar em mexer no dinheiro. Se alguém puder ajudar… obrigado!

    1+
    • O Bancário 24 de janeiro de 2016 at 11:41

      Operação compromissada no BDDC, pra PF, carência de 1 ano, a partir de 100k o banco já paga 100% cdi.

      4+
      • avatar
      • avatar
      • Rodrigo ABCDM-SP 24 de janeiro de 2016 at 19:31

        É o CDB fidelidade?

        1+
        • Rodrigo ABCDM-SP 24 de janeiro de 2016 at 19:35

          Esquece, falei bobagem.

          0
    • Marcio 24 de janeiro de 2016 at 12:27

      Falando no assunto: alguém sabe como funciona a venda antecipada de títulos do TD? Nunca vendi antes do vencimento, então tenho essa dúvida. Por exemplo: se vc tem 30 títulos e vende 10, quais são vendidos? Os que foram comprados primeiro?

      0
      • odorico 24 de janeiro de 2016 at 12:33

        Das poucas vezes que vendi antes do vencimento, foi isso mesmo, os mais antigos são liquidados primeiro. pagando ir referente a data de aquisição de cada títulos. No extrato do bmf tesouro você tem uma lupa que mostra os detalhes de aquisição, PU, bruto e líquido.

        2+
        • Marcio 24 de janeiro de 2016 at 14:53

          Valeu odorico, obrigado pela resposta.

          0
    • RecebendoJuros 24 de janeiro de 2016 at 13:33

      Mark, vc precisa levar em consideração qual a faixa do I.R. vc está atualmente com o seu CDB. Se vc já estiver na faixa que paga 15% de I.R. não valerá a pena mudar para TD ou outro banco e pagar 22,5% de I.R. quando sacar o dinheiro daqui a 4 meses.
      Outra coisa que tem que ver é se seu CDB tem liquidez diária. Compromissada ou CDB de bancos grandes que pagam mais que 97% geralmente exigem carências bem maiores que os 4 meses.

      4+
      • avatar
      • MARK 24 de janeiro de 2016 at 17:37

        Obrigado, RecebendoJuros! De fato mudar agora não é uma boa solução, a previsão foi de 2 anos para a aplicação, estou com 1,5 ano de aplicação, dá para esperar um pouco. Estou com uma “sobra” de 60k que acabei de formar e coloquei na poupança, provisoriamente, e vou pesquisar possibilidades em CDB DI ou TD Selic. Vlw, mesmo!

        1+
  • windville 24 de janeiro de 2016 at 11:54

    Bom dia Folks,

    Olhem esse vídeo da Bloomberg, nossos juros estão poucos, “Brazil is a mess”. Não achei o original dai publiquei do link do facebook mesmo. Fonte: “https://www.facebook.com/foraforodesp/videos/558781254277756/?pnref=story”

    5+
    • avatar
  • Marcio 24 de janeiro de 2016 at 12:31

    A “queridinha” do setor teve queda de 77% nas vendas:

    “http://economia.uol.com.br/noticias/valor-online/2016/01/22/vendas-contratadas-da-eztec-caem-77-no-quarto-trimestre.htm”

    6+
    • avatar
  • Palmeirense Bolhudo 24 de janeiro de 2016 at 12:38

    Crise que quebrou os Estados Unidos em 2008 tem muito a dizer à atual situação financeira do Brasil

    A possibilidade de uma bolha imobiliária no Brasil em 2016

    Contudo, há quem acredite na possibilidade. A economista Greice Guerra, que é especializada no mercado financeiro, afirma não duvidar que isso possa ocorrer neste ou no próximo ano. “Não me surpreenderia se acontecesse. Talvez não em 2016, porque ainda temos alguma gordura para queimar, mas para 2017 há probabilidade. Perceba que os lançamentos têm diminuído”, diz.

    Segundo ela, outro indicador é a queda do valor do metro quadrado. “Em Goiânia, por exemplo, existe construtora que está com 40% de seus empreendimentos sem vender. Terão que reduzir preços, pois é muita coisa. Então, se a economia não melhorar a partir de 2017, o que acho que não vai acontecer, veremos uma bolha”, argumenta.

    +http://www.jornalopcao.com.br/reportagens/crise-que-quebrou-os-estados-unidos-em-2008-tem-muito-dizer-atual-situacao-financeira-do-brasil-57111/

    12+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
  • Azufre 24 de janeiro de 2016 at 14:45

    Inflação alta força famílias a mudarem hábitos para não estourar o orçamento

    “(…)
    O pai de família e corretor de imóveis Marcelo Ramos, de 44 anos, conta como a inflação mudou a rotina da família.
    (…)
    O pai concorda e acrescenta que as dificuldades fizeram a família abrir mão de coisas como wi-fi*, tevê a cabo e telefone fixo;
    (…)
    Com certeza, não somos mais os mesmos de alguns anos atrás. Não temos mais tanto conforto financeiro e mordomia. ”

    Fica calmo, Marcelo! Vai continuar subindo! A hora de comprar é sempre agora, amanhã vai estar 30% mais caro!

    * Abriu mão do wi-fi? O corvo jogou fora o roteador? Não entendi

    18+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • Azufre 24 de janeiro de 2016 at 14:46

      ‘http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/01/24/internas_economia,727772/inflacao-alta-muda-rotina-das-familias.shtml

      2+
      • avatar
    • Mente do Mal 24 de janeiro de 2016 at 20:52

      Acabou a inclusão digital.
      Não vão ter nem dinheiro para pagar chip pré-pago.

      2+
  • Cajuzinha 24 de janeiro de 2016 at 18:24

    “http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/economia/20160124/salario-menor-servicos-nao-garante-alivio-inflacao-setor/336824”

    “http://www.jornaldebrasilia.com.br/noticias/economia/663979/no-distrito-federal-nem-liquidacoes-salvam-os-lojistas/”

    “http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2016/01/24/internas_economia,727839/brasil-aparece-com-passo-errado-em-davos.shtml”

    Porque hoje é domingo, dia de notícias leves. Amanhã…

    3+
    • avatar
    • windville 24 de janeiro de 2016 at 19:26

      Amanhã é mais um dia, de bom dia Vietnã. Lembrando que não teremos expediente na bolsa e afins.

      5+
      • avatar
      • avatar
      • Mente do Mal 25 de janeiro de 2016 at 04:17

        Você me lembrou do início de um certo filme de ação…
        O personagem principal acordava e falava “Continuo em Saigon”.
        Não lembro qual filme era e nem o Google refrescou minha memória. Mas achei isso aqui:
        “https://youtu.be/RuKOLjYTttw”
        Se substituir os mariners por PM’s e o mato por favelas, vira o Hell de Janeiro.

        2+
      • Ilusionista 25 de janeiro de 2016 at 08:07

        a situação está preta mesmo, até o Padre Marcelo, às 6 da manhã de domingo na Globo, falando da grave crise e pedindo oração…
        Só mesmo uma solução do além para os problemas terrestres.

        1+
  • MrQuim 24 de janeiro de 2016 at 20:19

    efeito nubank? -http://www.monitormercantil.com.br/index.php?pagina=Noticias&Noticia=180609 BB, Bradesco, Caixa, Itaú e Santander se unem em empresa de análise de crédito

    2+
    • Mente do Mal 24 de janeiro de 2016 at 20:50

      É que está cada vez mais difícil achar alguém que ainda tenha grana para pagar juros aos bancos no meio de tantos endividados. Por isso estão dividindo os custos de procurar.

      4+
      • avatar
      • O Bancário 24 de janeiro de 2016 at 23:30

        Está cada vez mais difícil achar alguém que não tenha dado calote em algum desses bancos.
        Depois que unificar isso, vai acabar esse negócio de “vou ficar devendo e depois de 5 anos some”.

        4+
        • avatar
        • avatar
        • Mente do Mal 25 de janeiro de 2016 at 04:05

          E dividem o custo do mesmo trabalho ao invés de cada um fazer o seu.

          2+
        • Mente do Mal 25 de janeiro de 2016 at 04:12

          Será que isso significa novas demissões na área de TI?

          2+
          • avatar
    • Mente do Mal 24 de janeiro de 2016 at 21:20

      Será que os bancos darão nomes pomposos ao grupo de endividados que quer crédito, mas não pode ter?
      Algo como “demanda reprimida de crédito”?

      6+
      • avatar
      • avatar
  • SuperouMe 24 de janeiro de 2016 at 20:32

    “Para manter o sonho da casa própria, Daniele passou a se dedicar à psicologia em uma clínica.” Que triste.

    4+
    • avatar
    • L.A. 24 de janeiro de 2016 at 20:49

      Que triste só que não!!!
      Quer algo, trabalhe.

      5+
      • avatar
      • avatar
  • L.A. 24 de janeiro de 2016 at 20:51

    CVR 01
    A cada ano aumenta mais a quantidade de caixas térmicas que as pessoas levam para a beira da praia.
    Como não costumo ir para a beira da praia questionei a minha progenitora se os preços estavam caros. Ela me respondeu que não, acha que estão os mesmos do ano passado.
    Povo vai é ostentar na praia de caixa térmica.

    7+
  • Cajuzinha 24 de janeiro de 2016 at 21:30

    BolaDeCristal


    Pela projeção atual, serão entregues três mil novos apartamentos em 2017 e só 162 em 2018. “Muitas regiões da cidade não vão ter mais empreendimentos disponíveis. Principalmente regiões Norte, Sul, oeste, não vão ter mais empreendimentos disponíveis para serem entregues em 2017. Para as pessoas interessadas nessas regiões, é interessante adquirir imóveis ainda neste ano”, disse Pessoz.”

    “http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2016/01/pesquisa-aponta-2016-como-bom-ano-para-comprar-imoveis-em-cuiaba.html”

    4+
    • avatar
    • Mente do Mal 24 de janeiro de 2016 at 21:56

      Propaganda utilíssima essa.
      É possível que alguém acredite nessas previsões.
      É possível que alguém possa pagar ao menos a entrada.
      Mas é difícil achar alguém que atenda simultaneamente as duas condições acima.

      6+
      • avatar
    • CA 25 de janeiro de 2016 at 06:31

      Cajuzinha,

      Eles continuam enganando sem o menor pudor.

      Do jeito que escrevem, parece que 100% dos imóveis lançados são vendidos durante a construção, na entrega não ocorre nenhum cancelamento de vendas por falta de renda para o crédito imobiliário, não existem vendas para investidores que iam tentar revender antes da entrega e como não vão conseguir, vão distratar, parece também que não existe um estoque hoje de imóveis novos que já equivalem a anos de vendas e de usados ainda maior. Esquecem também das Construtoras com super endividamento e que precisam vender a qualquer preço, do agravamento da crise com redução sensível da renda e do emprego, do crédito imobiliário que está ficando cada vez mais escasso e caro, etc, etc, etc…

      Na prática, durante a construção vão vender no máximo 70% das unidades, sendo que no minimo uns 60% destas que foram vendidas deverão ser cancelados na entrega, entre vendas que o comprador não terá renda para crédito imobiliário e desistência por investidor ver ágio como inviável e juntando com super estoque de novos e usados que já existe, teremos super oferta ainda maior do que hoje e até lá, entre 2017 e 2018, muitas destas e outras desinformações não estarão funcionando mais, como já temos visto acontecer com os casos de distratos e notícias sobre compradores arrependidos porque construtora vendeu mais barato na entrega do que ele pagou na planta. Além disso, desemprego e inflação elevados, juros altos, medo da população de se endividar por 30 anos, dívidas e inadimplencia das famílias batendo todos os recordes, construtoras com suas quebras, formais ou não, cada vez mais visíveis, etc., etc., etc…

      3+
    • Leandro zn sp 25 de janeiro de 2016 at 08:05

      Bom dia, aço de comprar um pra morar e outro para investir. Acordei cedo só pra não perder essa oportunidade..

      0
  • Alemon Fritz 24 de janeiro de 2016 at 21:56

    BOLSO DO CIDADÃO
    Inflação e preço dos imóveis aumentam IPTU de Cuiabá em até 41%
    Prefeitura aguarda aprovação de projeto que corrige valores de imóveis por vereadores

    O projeto prevê um reajuste médio linear de 30,9% do metro quadrado do terreno e tem o objetivo de possibilitar um ajuste de valor dos terrenos e construções para os mais próximos dos valores praticados pelo mercado imobiliário. (kkkk)

    -http://www.folhamax.com.br/economia/inflacao-e-preco-dos-imoveis-aumentam-iptu-de-cuiaba-em-ate-41/72430

    2+
    • Leandro zn sp 25 de janeiro de 2016 at 08:08

      As pessoas adoraram dizer que seu bolhudo valorizou, agora vão poder dizer que o IPTU TB valorizou.. Recebaaaaa

      2+
      • avatar
  • Alemon Fritz 24 de janeiro de 2016 at 21:59

    comentário da máteria do IPTU lá…

    Isso é uma grande roubalheira, uma desonestidade com o cidadão cuiabano, principalmente os mais pobres. É notório que a expectativa da realização da Copa do Mundo inflacionou o mercado imobiliário elevando o valor dos imóveis. Ocorre que as expectativas não se realizaram e hoje o mercado imobiliário cuiabano à exemplo de outras cidades onde aconteceram jogos da copa do mundo, vive uma imensa bolha prestes a estourar e trazer de volta à realidade o preço dos imóveis. A prefeitura de Cuiabá espertamente esta se aproveitando do momento para assaltar o contribuinte. Isso é uma vergonha

    4+
    • avatar
  • Alemon Fritz 24 de janeiro de 2016 at 22:59

    Produtores dos EUA elegem “A Grande Aposta” como melhor filme de 2015

    . Precisamos contar histórias que refletem nosso mundo, nosso país”

    -http://veja.abril.com.br/noticia/entretenimento/produtores-dos-eua-elegem-a-grande-aposta-como-melhor-filme-de-2015

    7+
    • avatar
    • avatar
    • avatar
    • O Bancário 24 de janeiro de 2016 at 23:11

      “I’m jacked to the TITS!”

      3+
      • avatar
  • Polaco 24 de janeiro de 2016 at 23:34

    A Grande Aposta

    “https://www.youtube.com/watch?v=8FQCu6kCrS8

    2+
    • avatar
  • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 05:52

    Hoje tem Focus…

    1+
    • L.A. 25 de janeiro de 2016 at 07:59

      Ansioso…
      Semana passada fiz um grávida com curva de tendência, desde quanto a SELIC está em 14,25%aa e lá vamos nós para os 10% esse ano e uns 7% no ano que vem.
      No Sistema de Séries Temporais do BC eles mostram a expectativa diária, então o gráfico fica um pouco mais real do que se fosse semanal (e de um dia para o outro sempre tem algumas pequenas variações – 0,01/0,02).
      Quero ver o impacto da manutenção da SELIC para refazer o gráfico hoje.

      2+
      • avatar
      • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 08:30

        Fez uma grávida? Parabéns! 🙂

        Como não poderia deixar de ser, a curva de expectativas de inflação deu aquela embicada para cima

        2+
        • avatar
        • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 08:32

          E já estão arriscando perder 2017 tb.

          Como disse, inflação na meta, só em 2020 (e olhe lá)

          1+
          • L.A. 25 de janeiro de 2016 at 08:39

            Consigo um “grávida” com dados de 2019. A expectativa para 2020 só começaram a fazer esse ano.
            Vejo se consigo postar a imagem em algum lugar e posto o link aqui.

            2+
            • avatar
  • Cajuzinha 25 de janeiro de 2016 at 06:22

    “http://exame2.com.br/mobile/seu-dinheiro/noticias/construtoras-financiam-ate-80-do-valor-do-imovel”

    1+
  • Ilusionista 25 de janeiro de 2016 at 08:30

    vaquinha?
    agora vai..

    “http://exame.abril.com.br/economia/noticias/vaquinha-virtual-chega-ao-mercado-imobiliario

    0
  • L.A. 25 de janeiro de 2016 at 08:30

    Resumo do Boletim Focus

    2016
    semana passada – Atual
    IPCA (%) 7,00 – 7,23
    Taxa de câmbio – fim de período (R$/US$) 4,25 – 4,30
    Meta Taxa Selic – fim de período (%a.a.) 15,25 – 14,64
    PIB (% do crescimento) -2,99 – -3,00
    Produção Industrial (% do crescimento) -3,47 – -3,57

    2017
    semana passada – Atual
    IPCA (%) 5,4 – 5,65
    Taxa de câmbio – fim de período (R$/US$) 4,30 – 4,40
    Meta Taxa Selic – fim de período (%a.a.) 12,88 – 12,75
    PIB (% do crescimento) 1,00 – 0,80
    Produção Industrial (% do crescimento) 1,80 – 1,50

    Só o salto do IPCA (2016 e 2017) já indica a m. que fizeram semana passada.

    2+
    • avatar
    • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 08:32

      Já estão arriscando perder 2017 tb.

      Como disse, inflação na meta, acho que só em 2020 (e olhe lá)

      1+
      • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 08:34

        Quando se olhe a diferença em quatro semanas, então, é brutal.

        Trombose caminha a milha extra para desancorar expectativas. Há método na loucura. Não é fácil ser ruim nesse tanto, requer estudo e habilidade.

        3+
        • avatar
  • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 08:35

    L.A

    Com o petróleo caindo hj, capaz da Petro devolver os excessos de valorização da semana passada. Veremos

    1+
    • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 08:37

      Junto com isto aqui: ‘http://www.valor.com.br/internacional/4408022/petroleo-barato-inviabiliza-o-pre-sal-diz-diretor-da-aie

      Quando não é do grupo político, fica mais fácil levar a sério…

      1+
      • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 08:40

        “A cotação em torno de US$ 30 por barril inviabiliza investimentos em novos projetos para extrair petróleo em alto mar, incluindo o pré-sal brasileiro”

        2+
        • Louro José 25 de janeiro de 2016 at 08:48

          Já teve gente falando a U$ 10,00

          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          1+
          • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 08:51

            Eu já vi gente falando de USD 8… Deve ser em algum exclave saudita por estes lados…

            1+
            • EngenheiroMG 25 de janeiro de 2016 at 08:58

              Que bom… assim nossa gasolina fica mais barata e ajuda na inflação.

              :B

              4+
              • avatar
              • avatar
              • L.A. 25 de janeiro de 2016 at 09:01

                Quem dera, quem dera… hahahahaha
                Gasolina só baixa se o dólar for a R$ 1.
                Brasileiro vai pagar a dívida da Petro bonito.

                2+
              • Homero 25 de janeiro de 2016 at 09:26

                Hehe …. monopólio estatal ! Mas o petróleo é nosso ! SQN

                2+
    • L.A. 25 de janeiro de 2016 at 08:55

      Não sei, a vontade de ver o 1=1 está me cegando a razão hahahaha

      Vai em “http://www.investing.com/commodities/real-time-futures e olha a bendita valorização do Brent em uma semana: quase 13%.
      O Brent subiu quase 13% e a Petro não acompanhou isso, mas o crédito disso é do Tombini.
      Se o dólar começar o dia subindo e a notícia que colocastes repercutir bem, devolve tudo da semana passada.
      Hoje o dia já será complicado, o Focus veio violento, com belas altas.

      2+
      • L.A. 25 de janeiro de 2016 at 09:00

        OBS: o mercado do Brent hoje está complicado.
        Já vi -1,8% -1,62% -1,54% -1,42% -1,57% -1,63% e agora -1,66% (na ordem)

        1+
      • Louro José 25 de janeiro de 2016 at 09:15

        Se vier 1-1 é all in no dolar

        0
      • L.A. 25 de janeiro de 2016 at 09:51

        Minha boca grande
        Brent Oil Futures – Apr 16 (LCOJ6) Real-time CFD
        31.83 -1.01 -3.08%
        11:50:38 GMT – Real-time CFD Data. Currency in USD

        0
  • Cesar_DF 25 de janeiro de 2016 at 08:53

    Segundo levantamento realizado pelo GLOBO com base em informações agregadas pela Bloomberg, a dívida líquida de 50 empresas que compõem o Ibovespa, principal índice da Bolsa, saltou 77% em dois anos. O aumento foi de R$ 366,5 bilhões, mais que o triplo do Orçamento do governo federal para a área da saúde este ano. Com as finanças apertadas, as companhias demitem, tentam vender ativos e reduzem o investimento.

    “http://oglobo.globo.com/economia/divida-de-50-grandes-empresas-salta-77-em-2-anos-18532866

    3+
  • marcosbolha 25 de janeiro de 2016 at 08:56

    O mercado imobiliário norte-americano tem algumas particularidades que o diferenciam do brasileiro tanto no que se refere aos requisitos para o exercício da profissão como no atendimento ao cliente e no momento de fechar o negócio.

    A corretora de imóveis Giselle Pekelman-Dur, brasileira que mora nos Estados Unidos e atua há dois anos nesse mercado lá, nos conta algumas curiosidades:

    1- Para tornar-se um corretor, é necessário ser residente nos Estados Unidos e ter mais de 18 anos, não ter ficha criminal e ser aprovado em três provas de pré-qualificação. Entre as matérias cobradas estão Avaliação de Imóveis, Gestão da Propriedade, Financiamento Imobiliário, Aspectos Jurídicos do Imobiliário, Contabilidade Geral e Direito Empresarial.

    2- Depois deste exaustivo processo de habilitação, o corretor escolhe a empresa Broker (imobiliária) para a qual vai trabalhar. Não é possível atuar sem um Broker. Cada empresa cobra uma porcentagem diferente sobre a sua venda.

    3- Para vender um imóvel, seu cliente assina um contrato de seis meses a um ano. O corretor não recebe nada até concretizar a venda.

    4- Existe um website para corretores chamado “Multiple Listings”, o MLS. O corretor é obrigado a colocar o imóvel neste site, a não ser que o seu cliente assine um termo especial para que não seja divulgado. Neste website há informações sobre tudo que está disponível no mercado, quem é o corretor e outros detalhes. “Eu posso dar um acesso de cliente, que não tem todos os detalhes, para futuros compradores”, avisa Giselle.

    “Temos a obrigação de defender os interesses de nossos clientes e sempre falar a verdade”, pontua.

    Quem compra trabalha com outro corretor. O cliente normalmente deve assinar um contrato com seu agente. “Esta prática serve para proteger os corretores, que gastam horas levando clientes para ver imóveis. Sem este contrato, o comprador poderia ter outros corretores trabalhando para ele e seu tempo teria sido gasto sem remuneração”, explica Giselle.

    5- Em alguns casos, os imóveis à venda não estão no MLS e o corretor precisa ter contatos para saber destes imóveis. “Esta prática não é muito indicada porque não facilita o marketing da propriedade e, muitas vezes, o imóvel poderia receber uma oferta maior se tivesse sido divulgado”, diz Giselle.

    6- Se o cliente gostar do imóvel, antes de sair para negociar é indicado checar com o banco o quanto conseguirá de empréstimo, evitando só saber que não terá o dinheiro necessário para a compra na hora de fechar o negócio. Quando a oferta é formalizada, é elaborado um documento de 16 páginas com todos os detalhes da casa, taxas e impostos.

    7- A transação é feita por uma empresa terceirizada, Escrow, que lida com o dinheiro e qualquer licença que o imóvel precisar. O Escrow garante que o dinheiro realmente existe e o transfere para o dono do imóvel. O agente não lida com dinheiro de forma alguma.
    Antes de a venda ser fechada, há uma série de inspeções. O comprador negocia para que, o que não estiver em perfeitas condições, seja consertado ou o valor descontado, dentro de um valor máximo permitido.

    8- Quando o dono do imóvel assina o contrato, está ciente de que 6% do valor vão para os agentes, sendo 3% para cada lado (corretor do comprador e corretor do vendedor).

    9 – Cada corretor é responsável pelo contrato de seu cliente e pela oferta de compra, que pode ser respondida com outra oferta (todo este processo tem limites e datas muito específicos). O agente tem que estar presente nas inspeções e fazer a sua também, porque, se algo der errado e ele não estava presente ou foi negligente, será responsabilizado e penalizado.

    10- O valor do imóvel não é definido pela vontade do dono. É estabelecido por meio de um comparativo entre propriedades vendidas na área que tenham o tamanho igual ou próximo e detalhes semelhantes, como piscina, número de quartos e banheiros. No contrato pode ser especificado que, se não houver ofertas em 30 dias, o preço será reduzido. Nem toda oferta para compra de imóvel é aceita pelo dono.

    7+
    • avatar
    • avatar
  • L.A. 25 de janeiro de 2016 at 09:05

    Azufre, olha a tua felicidade.

    Previsão do IPCA constante no Sistema Expectativa de Mercado (parte do Sistema de Séries Temporais)
    Ano 08/01/2016 22/01/2016
    2016 6,93 7,23
    2017 5,2 5,65
    2018 5 5,1
    2019 4,5 5
    2020 4,5 5

    1+
    • avatar
    • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 09:11

      Valeu!

      Qual o número da série?

      0
      • L.A. 25 de janeiro de 2016 at 09:49

        “https://www3.bcb.gov.br/expectativas/publico/consulta/serieestatisticas
        Indicador: Índice de Preços
        Cálculo: Mediana
        Periodicidade: Anual
        Data inicial da série: “fiz desde 03.08.2015”
        Data inicial da série: “coloquei a data de hoje, mas vai até o dia 22.01.2016”
        Ano inicial: 2016
        Ano final: “coloquei 2020, mas tem 2021”

        0
        • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 10:03

          Mt obg!

          Fazia um tempo que eu procurava essa série mas não tinha encontrado!

          0
        • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 10:05

          (Inclusive gente do BC não sabia onde tinha essa série… Valeu mesmo L.A.)

          0
    • Louro José 25 de janeiro de 2016 at 09:20

      Fim de ano a 12%

      1+
  • Azufre 25 de janeiro de 2016 at 10:07

    Tópico 9

    1+
    • avatar