Financeirização e crise dos imóveis – Carta Maior

Você pode gostar...

Comments
  • Shakespeare 24 de junho de 2012 at 11:07

    O dia em que a bolha estourou

    Essa noite eu tive um sonho
    de sonhador
    Maluco que sou, eu sonhei
    Com o dia em que a bolha estourou
    com o dia em que a bolha estourou

    Foi assim
    No dia em que todas as pessoas
    Do planeta inteiro
    Resolveram que ninguém ia comprar mais casa
    Como que se fosse combinado em todo
    o planeta
    Naquele dia, ninguém saiu ou comprou casa, ninguém

    O corretor não saiu pro seu trabalho
    Pois sabia que ninguém ia comprar imóvel lá
    Dona de casa não fez anúncio no estadão
    Pois sabia que o comprador não ia ler nada lá
    E o homem placa não saiu para vender
    Pois sabia que o cidadão, também não ia lá
    e o patrão o preço não pode aumentar
    Pois sabia que não ia ter quem lhe pagar

    No dia em que a bolha estourou (Êêê)
    No dia em que a bolha estourou (Ôôô)
    No dia em que a bolha estourou (Ôôô)
    No dia em que a bolha estourou

    E nas Igrejas tinham sinos a badalar
    Pois sabiam que os fiéis queriam comemorar
    E os fiéis pararam de rezar
    Pois sabiam que o milagre acontecera já
    E o ZAP não saiu para pesquisar
    Pois sabia que o mercado voltara ao seu lugar
    E o MrK não escreveu para alertar
    Pois sabia que não tinha mais bolha pra criticar

    No dia em que a bolha estourou (Ôôôô)
    No dia em que a bolha estourou (Ôôô)
    No dia em que a bolha estourou (Uuu)
    No dia em que a bolha estourou

    O ambulante não foi distribuir papel
    Pois sabia que mulher seta também não tava lá
    E o proprietário não anunciou a sua terra
    Pois sabia que o inquilino não ia mudar pra lá
    E o paciente cansou-se de esperar
    Pois sabia que o doutor não ia lá comprar
    E o doutor não pagou para morar
    Pois sabia que não tinha mais alto preço pra pagar

    No dia em que a bolha estourou (Oh Yeeeah)
    No dia em que a bolha estourou (Foi tudo)
    No dia em que a bolha estourou (Ôôôô)
    No dia em que a bolha estourou

    Essa noite eu tive um sonho de sonhador
    Maluco que sou, acordei

    No dia em que a bolha estourou (Oh Yeeeah)
    No dia em que a bolha estourou (Ôôô)
    No dia em que a bolha estourou (Eu acordei)
    No dia em que a bolha estourou (Acordei)
    No dia em que a bolha estourou (Justamente)
    No dia em que a bolha estourou (Eu não sonhei acordado)
    No dia em que a bolha estourou (Êêêêêêêêê…)

    No dia em que a bolha estourou… No dia em que a bolha estourou…

    Estourou!!!

    0
    • Shakespeare 24 de junho de 2012 at 11:08

      Para gente cantar no ‘grande dia’!

      0
      • Zoom 24 de junho de 2012 at 21:23

        A solução pro nosso povo eu vou dar
        Negócio bom assim ninguém nunca viu
        Tá tudo pronto AÍ é só IR pegar?
        A solução é CORRER DO Brasil!

        Nós não vamos PERDER nada
        Nós não vamos PERDER nada
        É tudo free,
        Tá na hora agora é free,
        vamo embora
        Dar lugar pros gringo entrar
        Esse imóvel tá pra ENGANAR

        Os estrangeiros, eu sei que eles vão COMPRAR
        Tem o Atlântico, tem vista pro mar
        A Amazônia é o jardim do quintal
        E o dólar deles paga o nosso mingau, au, au, au…

        Nós não vamos PERDER nada
        Nós não vamos PERDER nada
        É tudo Free,
        Tá na hora agora é Free,
        vamo embora
        Dar lugar pros gringo entrar
        Esse imóvel tá DÁ PRA ENGANAR

        Nós não vamos PERDER nada
        Nós não vamos PERDER nada
        Agora é free
        Tá na hora agora é free,
        vamo embora
        Dar lugar pros gringo entrar
        Esse imóvel tá DÁ PRA ENGANAR

        0
    • Marcos de Paulo 24 de junho de 2012 at 11:54

      Shakespeare,
      Viu a Veja Rio que saiu ontem (23/06/2012)? Fizeram uma matéria que confirma o que o MrK vem dizendo há meses: que os imóveis estão demorando a vender e, praticamente, só estão sendo vendidos abaixo dos preços anunciados. De 20 imóveis pesquisados, apenas 5 foram vendidos (destes, 3 foram vendidos por valor abaixo do anunciado inicialmente). Isto no período entre 18/12/11 e 19/06/12. Ou seja, 6 meses pra vender apenas 25% dos imóveis anunciados. Ué, não tem gente dizendo que não há bolha e que a valorização dura até as olímpiadas em 2016? Link pra matéria: http://vejario.abril.com.br/edicao-da-semana/mercado-imobiliario-rio-689786.shtml

      0
      • Shakespeare 24 de junho de 2012 at 12:18

        O ‘grande dia’ se aproxima 😀

        MrK, Profeta MJ e tantos outros desbravadores desse blog serão lembrados por muitas gerações por suas análises equilibradas e por levantarem suas vozes contra a insanidade da bolha antes mesmo que todos.

        😀

        0
        • Marcos de Paulo 24 de junho de 2012 at 12:27

          Parodiando Shakespeare, acho que a questão agora não é mais “ser ou não ser”. Acho que agora é: “soft landing ou hard landing”?

          0
          • Cleyton 24 de junho de 2012 at 17:36

            Eu acho que a fase em que era possível o “soft landing” já passou faz tempo!

            Dilma conversando com os assessores:
            _ Então camarada, o que dizem as pesquisas?
            _ Bom, os otimistas estão achando que depois do estouro da bolha o povo vai estar comendo merda.
            _ Não camarada, deve haver algum engano, esses não são os pessimistas?
            _ Não presidAnta, são os otimistas mesmo, os pessimistas já acham que a merda não vai dar pra todo mundo.

            0
          • Paulo Rocha 25 de junho de 2012 at 07:51

            agora as alternativas são o hard landing ou então o crash landing.

            0
      • Ricardo C. 24 de junho de 2012 at 16:40

        É muito bizarro que a revista ainda tenha passado a ideia de que o comprador fez um grande negócio ao conseguir um desconto de 12% no valor de anúncio(1,45 milhões) sobre um Ap de 3 quartos ao lado da favela, no leme. Acho que todo mundo perdeu a noção mesmo.

        Um detalhe interessante é que nada se fala de barra da tijuca, recreio e jacarepaguá. Pq será? Será pq é a nova fronteira da construção civil, e tem toneladas de imóveis novos, lançamentos e a serem lançados? Impressionante o comprometimento da revista com as construtoras.
        No zap, tem mais de 10 mil anúncios de apartamentos na barra e mais de 2mil casas a venda no mesmo bairro… O preço médio das casas passa de 3 milhões. Mas a ideia que a mídia passa que esse é um problema de ipanema e leblon. Que conveniente né, afinal já não se lança nada nesses bairros. Já na barra, metade da publicidade da veja deve vir de empreendimentos de lá. Então na zona oeste o Rio continua lindo.

        0
        • F. Paes 24 de junho de 2012 at 18:03

          Ricardo, concordo que o tom da revista não é nada animador pra quem espera quedas de 80% no valor dos imóveis. Ela mostra que tem louco pagando até R$ 6.000 mil em apto de 4 qts no Leblon. A velha que não vende e não abaixa o preço foi a melhor! rss
          Agora, vc pode ter certeza que naquilo que a Veja Rio puder meter o pau na Barra, ela mete. Todas as suas reportagens, sem exceção, são falando mal do bairro. Essa revista se resume a Leblon, Ipanema e Lagoa.

          0
    • RosinhA 24 de junho de 2012 at 12:39

      Shake ficou ótima a letra do corretouro, 😉

      Se vier uma crise já está preparado para fazer bicos por aí 😉

      Propaganda vai ser muito requisitada em tempos de vacas magras, parabéns pela paciência, já guardei a letra, ficou ótima !!!!! :mrgreen:

      0
      • Shakespeare 24 de junho de 2012 at 22:27

        e vou investir tudo o que ganhar na compra de imóveis kkkkkkkkkkkkkkk

        0
  • Leno 24 de junho de 2012 at 11:57

    E as noticiais estão cada vez mais fortes, parece que a fase de negação está acabando.

    0
    • Marcos de Paulo 24 de junho de 2012 at 12:05

      Boa Leno! Fase de negação foi ótima. Ha, ha, ha, ha! Fase de negação é coisa de doente terminal (risos). Adorei.

      0
  • Lepaulada 24 de junho de 2012 at 12:19

    Chamou minha atenção este trecho da matéria:

    “Parte dos cariocas passou a viver em um curiosíssimo universo paralelo, em que uma família de classe média, de uma hora para outra, se via dona de um patrimônio que podia valer milhões de reais.”

    Lendo atraves da entrelinhas nós vemos onde estão os 165 mil milhonarios brasileiros.

    Aki mesmo em Contagem, bairro Novo Riacho(região metropolitana de BH) tem um pedindo 1 milhão por um imóvel que no mundo real não valeria nem 400 mil.

    Liguei para ele e perguntei se ele estava a espera do próximo ganhador da mega sena! rsrsrsrs

    0
  • RosinhA 24 de junho de 2012 at 12:46

    Resumo do post:

    Castelo de cartas, Especulação, Crédito farto, Ativo tóxico, Pirâmides de alegria, ilusão e cia…..

    Acho que tem muita gente que lê aqui e fica quietinho aproveitando-se de nossos parâmetros sempre corretos por sinal, tem até o Forreta o Anonymous de Portugal 😉

    0
    • Rodolfo 24 de junho de 2012 at 20:48

      Rosinha,

      Achei este site faz 1 mes e 1/2 e é sensacional.
      Pessoas sensatas, realistas.
      Parabéns.
      Outro dia falei a um amigo: “Rio e SP mais Caro que Miami, é piada”.
      Ele me perguntou se torcia contra a Cidade Maravilhosa, rsrsss.

      0
      • RosinhA 24 de junho de 2012 at 21:29

        Seja bem vindo !!!!

        0
    • Anonymous 24 de junho de 2012 at 23:06

      Deixai, deixai logo a Banânia, ide ao Velho Mundo ou à Terra dos Livres 😉

      PS: Quem seguiu o manual do Anonymous, aumentou a quantidade em Reais em cerca de 20% nos últimos 5 meses.

      0
  • Zabiziz 24 de junho de 2012 at 13:16

    Sugestão de novo post:
    “http://vejario.abril.com.br/edicao-da-semana/mercado-imobiliario-rio-689786.shtml

    0
    • Socorro!! 24 de junho de 2012 at 14:04

      apoiado…novo topico !!

      0
    • Fernandão Bolhudo 24 de junho de 2012 at 14:13

      Essa matéria aí é muito mal feita. Só se fala de imóveis de milhões de reais aí??? Quer dizer que, se cair R$200k num imóvel de mais de 2 milhões é queda relevante?
      Por que esses caras não analisaram os casos de apartamentos lixo que custam até R$700k e que não vendem se o dono não der um desconto de R$200k também???
      Essa matéria me parece tentenciosa. Os falnelinhas imobiliários vão dizer que essas quedas só se dão em imóveis de milhões de reais.
      Todo mundo sabe que os imóveis que estão inflacionados para R$700, p. ex., vale, no máximo R$400k. Por que não fazem matéria sobre ESSES imóveis???
      A Veja é uma revista tendenciosa. Não dá para confiar naqueles que estão amarrados politicamente e que tem tentáculos até do cachoeira…

      0
  • Eskeleto 24 de junho de 2012 at 13:25

    Olha estão acordando:

    BIS alerta para descompasso entre crédito e PIB no Brasil
    Instituição quer evitar nova crise financeira.
    Argentina, China, Indonésia, Tailândia e Turquia estão na zona de perigo.

    “http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/06/bis-alerta-para-descompasso-entre-credito-e-pib-no-brasil-1.html”

    0
    • Fernandão Bolhudo 24 de junho de 2012 at 14:05

      Essa foi a paulada do mês. Bem na cabeça do nosso Ministro da Fazenda…

      0
  • Rui 24 de junho de 2012 at 13:30

    Vou contar para quem nao sabe, como foi formada a bolha imobiliaria americana.A galera do fa-club dos banqueiros,por aqui,vai ficar melindrada e revoltadissima e vai me catimbar e beligerar, me chamando de esquerdista.ahahaha Os baba-ovo dos banqueiros, tem visao hermetica, so’ enxergam esquerda e direita.O mundo, para eles se resume a isso.
    Ate’ 2000, o mercado imobiliario americano, estava racional. Precos justos e financiamentos com juros justos. Derrepentemente
    na surdina o Federal Reserve( banco central americano, privado)
    cria o subprime. o congresso aprova , na surdina.
    Os precos dos imoveis triplicam. Em 2004-2005 com os precos no topo,a midia faz uma imensa campanha para induzir os analfabetos em mercado de imoveis, a comprar. A midia, claro e’ deles ou da patota deles.Os bancos Sugestionam os pobres diabos, com 100% de financiamento, sem necessidade de documentos etc. A massaroca compra em massa. Os bancos de cambalacho com o federal reserve,sabendo a merda que ia dar, forcam o governo a comprar os morgages (hipotecas) atraves das financeiras do governo, como freddie mec e fannie mae. Os bancos fazem uma baba com comissoes de compra de imoveis , venda de morgages, para o governo e a malandragem maior: convertem muitos morgages, para derivativos, Que sao vendidos, para o mundo inteiro, com um puta de um lucro.Os bancos , tiram o deles da reta e deixam a batata quente, na mao dos fudidos. Pobre sempre sifu. Por tabela, os investidores em derivativos, levam um baita prejuizo, as financeiras do governo estao quebradas (dinheiro publico) e os inocentes uteis, que compraram casa no topo da bolha, estao perdendo os imoveis. Agora , os bancos que andaram fazendo fractional reserve banking, emprestando ate 50 vezes mais, por cada dolar depositado e embolsando fortunas trilionarias, por conta do dinheiro que estao tomando dos acionistas, que compraram as acoes, no topo da bolha do mercado de acoes e hoje estao desvalorizadas em mais de 50%. Certamente a ultima malandragem dos mestres da trambicagem, vai ser quebrar os bancos fraudelentamente, para faturar o residual tutu dos acionistas, que ainda sobrou. A lei de bancarrota, da o direito ao banco, de expropriar o dinheiro em forma de acoes, dos acionistas. Os banqueiros ficam podres de ricos e la’ mais na frente, voltam com outra razao social, para dar mais um golpe na praca. Golpe de mestre!

    0
    • GB 24 de junho de 2012 at 13:41

      O problema maior foi que os corretores daqui ficaram com inveja dos de lá e acabaram instituindo o mesmo oba-oba aqui, mas pelo menos aqui esse oba-oba especulatório durou bem menos, nem 2 anos e meio, a renda do povinho que se acha malhor que os americanos não permitiu que “valorizasse” nem até a Copa. kkkkkkk

      0
      • Rui 24 de junho de 2012 at 14:29

        Isso ai’ GB. O problema e’ que o preco dos imoveis, na atual bolha brasileira, e’ imcompativel com a renda media do brasileiro, de $11.000 dolares percapita. E a bolha brasileira, esta mais inflacionada, que a bolha americana em 2005. americano tem renda percapita de $45.000 dolares. Quatro vezes mais, que brasileiro. Para a classe media americana, que e’ 70% da populacao, comprar imovel pelo valor bolhudo de 2005, era compativel com a renda. Quem comprou imovel ,basicamente, foi gente pobre. Principalmente negros e emigrantes. Os corretores, nao apitam nada, na politica de precos dos imoveis. Para eles, seria infinitamente mais lucrativo, se os precos caissem 50%. Venderiam em massa, fazendo fortunas em comissoes. Ha uma grande demanda reprimida, para compra de imoveis. Os imoveis brasileiros, na media, estao geriatricos. Velhos pra cacete. Todo o mundo aspira, se tiver condicoes, comprar um imovel melhor e mais moderno. Em breve, com o colapso da bolha imobiliaria, o mercado de imoveis vai rebentar a boca do balao. Quem trabalha na industria imobiliaria, vai fazer os tubos. Ao contrario dos prognosticos sombrios, da economia brasileira,feita por alguns por aqui, a economia vai crescer vigorosamente nos proximos 20-30 anos, com alguns solavancos pelo caminho.Provavelmente entre 5-10 anos, os preco dos imoveis, sera’ 60-80% abaixo do valor atual.

        0
        • Leno 24 de junho de 2012 at 14:45

          Quer dizer que a bolha vai estourar, os imoveis vao cair 60% e isso não vai ter nenhum impacto na economia? ou seja, nao haverá desemprego, redução de crédito, instalibilidade etc?

          Tem muita demanda esperando os preços baixarem, mas são poucos os que vão poder comprar a vista, logo, quem depende de crédito pode não se beneficiar tão cedo com o estouro da bolha.

          0
          • Rui 24 de junho de 2012 at 15:00

            Leno, pensa bem! a bolha estourando, vai ter um impacto positivo na economia. Se os precos cairem 60%, a maioria da populacao, que nao pode aspirar a comprar imoveis agora, comprara’ em massa. Os bancos vao emprestar dinheiro em massa, pois, precos de imoveis mais baixos, juros mais baixos , maior poder aquisitivo da populacao e um pouco mais na frente, valorizacao forte do real, isso tudo combinado, vai levar a um gigantesco mercado imobiliario. As construtoras vao ter que empregar massivamente, para dar conta do recado da demanda.
            O que esta levando america, para o colapso economico, nao tem nada a ver com a bolha imobiliaria deles. O problema com a economia americana, e’ o brutal nivel de endividamento da populacao e do pais. America esta falida!A liquidacao da divida do povo americano, e do estado americano, vai levar dezenas de anos

            0
            • simone 24 de junho de 2012 at 15:05

              ah mas se eles trocarem de moeda ………..se o dolar trocar de nome ?
              já viu né

              0
            • GB 24 de junho de 2012 at 15:08

              Cara, esses 60% que não podem comprar já estão cheios de dívidas, mesmo no preço justo um imóvel ainda é um bem muito caro, elas vão estar fora do mercado.

              E muita gente apostou nas promessas de corretores que diziam que iam vender por preços absurdos, agora descobriram que esse povo não faz milagre e são desnecessários.

              Esse pessoal está se segurando como pode e acredita que vai ter um repique, mas vindo de um pessoal que acreditava que ia subir para sempre . . .

              Eu já acho que eles deviam ir logo vender AVON e NATURA, pra que adiar o inadiável ?

              0
              • Flávio 24 de junho de 2012 at 17:39

                Sempre tem repique. O repique é o pavio do KABUM.

                Sem repique faz PLOC.

                0
            • GB 24 de junho de 2012 at 15:11

              E outra, banco e seus juros absurdos só são necessários quando a pessoa não tem $$$$, se os preços baixarem para valores de 2008 eu vou comprar à vista ou no máximo financiar bem pouco s eeu achar algo maior que valha a pena, portanto serão desnecessários também.

              0
            • RosinhA 24 de junho de 2012 at 15:14

              Haaaaa agora entendi a America está falida, e as nossas construtoras vão empregar massivamente, e o Brasil vai ter um gigantesco mercado imobiliário, para gregos, espanhóis, americanos, franceses, portugueses.

              Pegue alguns dados do país no site do IBGE e conheça seu próprio país, metade não tem dentes, estudo, higiene, água e esgoto, 20% vive com menos de 200 reais por mês, e acha que em 5-10 anos esses vão comprar imóveis, tomara que seja verdade esse sonho.

              0
              • Leno 24 de junho de 2012 at 15:34

                Exato Rosinha,

                Na visão dele o Brasil está imune a crise mundial, não depende de fatores externos.

                Não quis nem rebater o trecho que ele fala sobre o endividamento das familias americanas, vou deixar esse doce para o Anonimous.

                0
                • Rui 24 de junho de 2012 at 16:21

                  Porra cara! tu nao da uma dentro. A economia mundial, nao esta em crise. esta crescendo 3% ao ano. Quem esta em crise, sao os europeus e americanos e tua inteligencia. ahahahahaha os americanos nao estao endividados. ahahahahah PQP, essa foi foda!Que doidao! ahahahahahah Calma rapaz! esta tudo bem agora. Nao precisa ficar cheio de nervoso miudinho. ahahahah

                  0
                  • Leno 24 de junho de 2012 at 21:31

                    Amigão, eu não sei o que vc está tomando, mas é melhor parar.

                    Em primeiro lugar, voce está ignorando a importancia da economia americana e europeia para o resto do mundo ao dizer de forma simplória que são apenas eles que estão em crise.Isso sem falar da China que já está em desaceleração, mas voce tambem deve desconhecer a importancia dela para o Brasil e o restante do mundo.

                    Em segundo lugar, em nenhum momento eu disse que os americanos não estão endividados, pode me explicar onde voce leu isso?

                    No mais, seus argumentos são totalmente falaciosos. Que existe boas oportunidades nas crises é a mais pura verdade, mas dizer que um setor como a construção civil vai deslanchar com o estouro da bolha imobiliaria é (1) ingenuidade (2) ignorância (3)má fé ou (4) todas as anteriores.

                    Se voce acha que essa teoria maluca tem fundamento, manda uma carta para Dilma, vai ser muito mais facil para ela dar uma canetada e declarar o estouro ao inves de fazer malabarismo com a economia, reduzindo juros, aumentando prazo de financiamento e usando o estado para absorver os prejuizos dos bancos privados, que estão com a inadimplência cada vez mais alta.

                    0
              • Rui 24 de junho de 2012 at 15:53

                Rosinha,O tugas e espanhois, que nao sao bobos, compraram em massa imoveis no nordeste a’ uns 15 anos, quando o mercado imobiliario estava no bottom ( chao). Ja venderam tudo, porque souberam identicar o topo da bolha brasileira e deram o pira, para outras lugares. Devem estar comprando no Equador ou Egipto onde os imoveis ainda estao no bottom . Quem sabe, sabe! Quem esta comprando no Brasil , sao alguns brasileiros, que se qualificam para financiamentos. O mercado de hipotecas do Brasil e’ muito pequeno. menos de 10%. Nos Estados Unidos chega a 60%. A um grande mercado pela frente, para a expansao de financiamentos pela frente, com o crescimento da economia. Todos os paises, quando comecam um ciclo economico de crescimento, tambem mao tem dentes, porque durante os anos de depressao economica que viveram, nao tinham dinheiro, para gastar. Um dia , alemaes, suicos, italianos, etc tiveram que vir para Brasil, porque seus paises estava uma merda. Hoje esses paises gozam de um temporario bom padrao de vida, que esta comecando a decair e entrara em queda livre, nos proximos anos.O Brasil vai na contramao. Agora e’ a vez do Brasil! Com o crescimento economico, quase todos os zucas, passarao a ter agua, esgoto,estudo etc como aconteceu na Coreia do Sul, e na China agora.

                0
                • RosinhA 24 de junho de 2012 at 16:05

                  Rui finalizando é muito duro ser cético e realista, sofro muito por isso as vezes, mas a comparação com Córeia e China, com tecnologia de ponta, cai por baixo suas análises sobre comodities, pois o produto mais sofisticado que exportamos na área é no máximo óleo de soja, enquanto vendermos nosso ouro do campo a preço de bananas, não teremos crescimento algum, e olha nem comparei os costumes, expertises, competência, estudo, capacidades, e principalmente dedicação o mais importante, estamos com a clava nas mãos perante eles.

                  0
                  • Rui 24 de junho de 2012 at 16:49

                    Rosinha, o Brasil tem os maiores recursos de agua do planeta e e’ o segundo produtor de alimentos do planeta. E em pouco tempo passara’ os EUA, em producao de alimentos.A era da Tecnologia dar rios de dinheiro, esta passando. O ciclo esta terminando. A eletronica esta cada dia mais barata. Os paises que tem uma economia tecnologica, como a Coreia, vao decair, porque vao fazer cada vez menos dinheiro. As commodities, sao
                    a mina de ouro do momento. E o Brasil, e’ um dos maiores fornecedores de commodities, para o mundo. Em compensacao,
                    estao desindustrializando o Brasil, para equalizar. A China continuara crescendo, a um ritmo menos acelerado, porque neste momento e’ a fabrica do mundo. Estou tambem fechando expediente!

                    0
                    • Igor Eduardo 25 de junho de 2012 at 10:59

                      Esse Rui deve realmente acreditat que a Uninove é 10!

                      0
            • Leno 24 de junho de 2012 at 15:17

              Nossa!! quanta m….voce escreveu.

              Neste seu mundo da fantasia, como ficaria com os imoveis já financiados durante a bolha, que com a queda de 60% valeriam bem menos que o saldo devedor?

              Me explica ai, como os bancos vão emprestar dinheiro em massa se estarao amargando prejuizos bilhonarios por conta da desvalorização dos imoveis que eram suas garantias ?

              0
              • Rui 24 de junho de 2012 at 16:06

                Leno, eu nao estou interessado, no que voce come em casa. ahahahah.
                Quem comprou imoveis no topo do mercado, vai se trumbicar. Vai perder equity. E alguns vao perder os imoveis, confiscados pelo banco. Agora, ve se aprende, que eu nao duro para sempre.
                Diferentemente dos EUA, onde, quem esta perdendo os imoveis, sao pessoas, que em geral, nao deram nada de entrada, no Brasi,l na media, o brasileiro da no minimo 20% de entrada. Nos EUA os americanos estao perdendo os imoveis, porque estao perdendo os empregos. No Brasil estao criando empregos.Na america o poder aquisitivo esta caindo. No Brasil esta subindo.
                E os bancos brasileiros, nao sao burros, para nao fazerem hedge dos emprestimos que fazem. Amigao, bancos nunca perdem! So voce acredita nisso! So voce mesmo,na sua fantasia, imagina que os bancos vao perder bilhoes, ahahahahah sorry man! tuas contas nao fecham! ahahahahah

                0
                • Leno 24 de junho de 2012 at 21:55

                  E dai que o brasileiro dá no minimo 20% de entrada? o que isso garante?

                  Quanto ao desemprego, voce deve ser muito desinformado mesmo colega, já estão ocorrendo demissões pelo pais a fora, montadoras já ativaram seus planos de demissão voluntaria, a previsão de crescimento este ano já foi rebaixada diversas vezes. Talvez no planeta que voce esteja ainda não tenha chegados essas informações, mas acredite, as coisas não estão tão boas por aqui.

                  0
                • Igor Eduardo 25 de junho de 2012 at 11:03

                  E os bancos brasileiros fizeram hedge com quem? Deus? Extras-terrestres? Pq, se der merda, alguém vai ter que pagar e se quem tiver que pagar não puder, os bancos se estreparão da mesma forma!

                  0
        • RosinhA 24 de junho de 2012 at 15:02

          Tentei entender seu pensamento:

          Provavelmente entre 5-10 anos, os preco dos imoveis, sera’ 60-80% abaixo do valor atual.

          Um imóvel de 500k hoje, com desconto de 70% vai custar 150k, menos que o MCMV, e a economia vai crescer nos próximos 20-30 anos, sinceramente não entendi, poderia explicar melhor.

          0
          • Rui 24 de junho de 2012 at 15:22

            Rosinha, os precos dos imoveis em todo o mundo, vao ter que cair vertiginosamente. Porque? porque esta comecando a ser gestada, a pior bolha de todos os tempos. Comida. Os alimentos que estiveram por mais de 30 anos, quase de graca, vao comecar a subir forte. Um novo business cycle ( ciclo economico)
            para agricultura, comecou a decolar. E esse ciclo, vai ser o mais brutal da historia da humanidade. Os precos dos alimentos, praticamente, ja dobraram em 1 ano. E isso e’ so o comeco. Esse ciclo provavelmente vai durar uns 20 anos. daqui a uns 5 anos,ou menos, o preco da comida vai ser a principal preocupacao das pessoas. A renda das pessoas vai ser quase toda comprometida, com os alimentos. Por isso, Rosinha, voce esta assistindo, pelo mundo todo . a’ queda dos precos dos imoveis, porque para eles criarem um boom na agricultura, tem que criar um bust, noutros setores sa economia, para equacionar e balancear a renda, dos mortais. Portanto, eu te aconselho: compra uma boa extensao de terra fertil e com agua e vai para o campo. A riqueza das cidades, paulatinamente vai comecar a ser transferida para os campos. Daqui a pouco os ferraris, BMW’s mercedes. Vao estar nos campos, nao nas cidades. Os empregos mais bem pagos, passarao a ser os do campo. Os salarios nas cidades, no caso de Brasil, subira menos. Quem tem uma boa extensao de terra boa, vai ficar rico, nos proximos anos. Agora e’ a vez da agricultura! espero ter te respondido!

            0
            • Leno 24 de junho de 2012 at 15:43

              AAAhhh!! Agora eu entendi!!! haverá uma bolha de alimentos, os preços vão aumentar cruelmente, por isso as pessoas vão preferir comprar imoveis ao invés de comida..entendi.

              0
              • Rui 24 de junho de 2012 at 16:56

                No entendeu neca de pitibiriba! Desisto. Tem jeito nao!

                0
            • RosinhA 24 de junho de 2012 at 15:47

              Para agricultura sobreviver se necessita do ouro transparente, a água, na Rio +20 brigaram por 10 bilhões para o planeta e jogam 200 bilhões para os bancos mundo afora e pedem a famosa “austeridade”, só que a água em uma propriedade não é sua, e sim do governo, como tudo abaixo da superfície, que tem o quê? Àgua, por isso não confio em nenhum governo, eles detém todos os mecanismos para controlar o que quiserem, e os nossos governos convenhamos, não preciso nem explicar, por isso acho que suas conclusões estão um pouco erradas, agricultura depende da vontade e atuação governamental, por isso a cisma.

              0
        • GB 24 de junho de 2012 at 15:02

          Rui, eu gosto de gente otimista, mas você está me assustando.

          0
        • Neo 24 de junho de 2012 at 15:03

          ” Para eles, seria infinitamente mais lucrativo, se os precos caissem 50%. ”

          Mero engano. Os corretores tupiniquim são tão amadores que muitos deles caem na propria lorota e investem as comissoes ganhas no periodo aureo em em em em em em ?????? imovel na planta!

          então a queda afeta a maioria sim, pq no finalzinho da festa eles estavam tao crentes na mentira e se viram com o pé na lama!

          Agora a briga é repassar no 0x0

          0
          • GB 24 de junho de 2012 at 15:17

            A maioria desses terrenos encalhados está na mão das próprias imobiliárias e seus corretores, quantas histórias dessas nós já ouvimos aqui ? Teve até grupo de corretores fazendo vaquinha para comprar, depois vender e dividir o lucro.

            Eles são diferentes da gente, eles vivem disso, já nós estudamos e atuamos em outras áreas, o pagamento de nossas contas não dependem disso, depois que comprarmos uma casa, já era, nem vamos mais nos importar se o preço sobe ou o preço desce, Consumidor Final é outra história.

            0
    • Leno 24 de junho de 2012 at 13:47

      Não tem porque eu te chamar de esquerdista para lhe rebater, afinal o processo que iniciou por aqui foi com apoio de quem mesmo?…….aaaah!! da esquerda né!

      0
      • Rui 24 de junho de 2012 at 14:40

        Leno, quer dizer entao, que os bancos, sao de esquerda e os corretores tambem? ahahahaha Mas tenho que admitir, que nao sabia que o governo, e’ de esquerda . Voce jura? ahahahah Entao fica combinado assim. Voce finge que o governo e’ de esquerda e eu jinjo que acredito. ahahahaha shoquei!

        0
        • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 15:33

          Realmente, qdo o navio afunda, os ratos são os primeiros a tentar fugir, logo, qdo a bolha estourar, realmente haverá uma tentativa desesperada de saída (um estouro da manada) desse mercado, mas não pense que isso vai alimentar crescimento algum, qdo muito, dará um ultimo folego a corretores desesperados, Existe um contexto global, uma crise global permanente. Existem sim, bolhas sobre bolhas. Não existe perspectiva de melhora. O que existe é sim uma grande negação, que dia após dia vem caindo por terra. Sou aluno de MBA em gestão executiva na FGV. E tenho frequentemente aulas com economistas conhecidos na nossa mídia. Em grande maioria entrevistados quase que diariamente no Globo News. E sabe o que eles falam baixinho durante os cafezinhos? “Esse modelo quebrou, está se canibalizando. E precisamos urgentemente de uma nova liderança com uma nova solução. Mas não vejo essa liderança no horizonte.”

          Master Reset a caminho, só não vê quem não quer. Como disse o colega acima, não acredito em PLOC, mas num monumental KABUM!!!!!!

          ôôô criança, isso é só o fim
          isso é só o fim.

          Camisa de Vênus nunca foi tão atual.

          0
          • GB 24 de junho de 2012 at 15:53

            Quando o Dilmanic encostou no iceberg (setembro/2011) os grandes especuladores já colocaram tudo à venda.

            Já os pequenos viam em janeiro que a água estava subindo, o navio adernando mas os corretores diziam que não era nada, só um cano estourado, kkkkk, só foram acordar em março, aí começou de verdade um movimento forte de venda, é só olhar como os jornais estão com os cadernos de imóveis lotados e como estão os sites de vendas na internet.

            “Hoje você não compra um imóvel, você salva o investimento de um especulador.” GB

            0
          • RosinhA 24 de junho de 2012 at 15:54

            Esse blog é muito bom Master Reset, perfeito André, quando o mundo começar do zero o Brasil mesmo assim estará negativo.

            Quanto a liderança futura lembre-se ainda temos o “CARA”.

            0
            • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 16:22

              KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, mas falando sério agora, se é que é possível. Tenho medo desses momentos. No desespero se aprova qualquer coisa…

              0
      • xyz 24 de junho de 2012 at 15:54

        Acho impresionante como alguém pode achar que o estouro da bolha é uma mera correção para baixo no preço dos imóveis. NÃO É MESMO.

        Os EUA são a única nação que podem imprimir moeda e repassar a inflação gerada para os outros países do mundo. Por isso que eles têm uma dívida monstruosa e mesmo assim não quebram. Simplesmente porque a moeda deles é referência mundial.

        0
        • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 16:24

          Enquanto ela for referência. Outro dia estávamos falando sobre quebra de paradigmas. Esse é um deles. E como tal, pode ser quebrado…

          0
  • Ed_Bolha 24 de junho de 2012 at 14:16

    Me desculpem se isso foi abordado em abril e eu nao vi…

    Alguem por favor conteste esse cara e me ajude a voltar a sobriedade;

    http://ricamconsultoria.com.br/news/entrevistas/melhor-economista-e-palestrante-ricardo-amorim-fala-sobre-mercado-imobiliario

    0
    • KQTT 24 de junho de 2012 at 19:31

      A Cyrela Invest entrevistando um economista, não podia ser diferente. O cara não ia falar nunca sobre bolha ou algum tipo de estouro. Com certeza rolou um agradado dos bons $$ $$.

      0
    • João Miguel 24 de junho de 2012 at 20:36

      Desculpe, mas um cara que quer medir a eminência de uma bolha de preços em mercado imobiliário com um comparativo entre consumo de cimento per capita não merece nem ser ouvido.

      0
  • GB 24 de junho de 2012 at 15:32

    Que pena, 24 horas depois e nenhum dos trollados de ontem me respondeu se aceita repassar só a dívida de seus terrenos.

    Mas se tomarmos por base que eu devo ter sido a única pessoa que mostrou algum interesse, eles devem estar muito irritados com isso, kkkkkkk.

    Mas ainda é cedo, tipo primeiro o cara fica com raiva da proposta, aí algumas horas depois, e ainda pensando naquilo, o cara já começa a se questionar tipo se o terreno dele é assim tão excepcional quanto o corretor falou, por que não vende fácil ? Aí ele fica na angústia e decide que vai ligar na segunda para ver se o corretor conseguiu algum interessado, kkkkkkkkkkk, segunda-feira longa e cheia de desculpas esfarrapadas de corretores.

    Lembra-se que no oba-oba tudo vendia em menos de 1 mês ? Por que agora os corretores dizem que precisa esperar 1 ano para vender ? Sinal dos novos tempos e dá-lhe prejuízo e desconto !!!! No final era melhor ter vendido mais barato mas ter vendido antes, pelo menos economizava com remédios para os nervos.

    ……………………

    Êêêêêêêêêêê, e para os defensores das “caixas de fósforos” empilhadas (A.K.A. predinhos da MRVertigem e das demais), domingão de sol em Jundiaí, já acabei de lavar meu carro, quem conhece sabe que nada como morar numa casa com quintal, cachorro vindo encher o saco e levando uma esguichada de água, aí ele volta, toma outra e fica todo feliz se esfregando no muro para se secar, é outra vida, mesmo morando de aluguel.

    0
    • GB 24 de junho de 2012 at 15:45

      Ás vezes eu me pergunto por que os corretores me odeiam tanto, sim pois nem o pior dos inimigos faria uma propostas dessas que eles fazem com tanta naturalidade.

      Eu não vou deixar tudo isso o que eu tenho e meter-me numa encrenca sem tamanho só para o povo dizer por aí que eu sou proprietário de alguma coisa.

      Um dia compro, mas vai ter que ter preço justo e metragem adequada, se não quiserem fico onde estou e o proprietário parece estar sossegado também com a situação.

      0
      • RosinhA 24 de junho de 2012 at 16:08

        Tem que comprar a geladeira última chance !!!!!!!

        0
        • GB 24 de junho de 2012 at 16:44

          Ah, não, deixa o $$$ rendendo.

          Só há 2 certezas nessa vida:
          – a morte
          – e que vão baixar o IPI de novo.

          0
  • xyz 24 de junho de 2012 at 15:41

    “A instituição sustentou que o Brasil está na zona de perigo por considerar haver um descompasso entre o crescimento do crédito e da expansão da economia. Citou também preocupação com o nível de endividamento das famílias e das empresas brasileiras e com o forte crescimento dos preços do mercado imobiliário”

    http ://g1.globo.com/economia/noticia/2012/06/bis-alerta-para-descompasso-entre-credito-e-pib-no-brasil-1.html

    0
    • Fernandão Bolhudo 24 de junho de 2012 at 15:55

      Esse artigo merece tópico. Depois de tanto falar besteira na mídia, o Ministro da Fazenda leva essa paulada…

      O melhor é que a matéria em questão é verdadeira. As bobagens do ministro não.

      0
    • GB 24 de junho de 2012 at 16:47

      Tem um babaca lá criticando a reportagem, deve ser corretor pois escreveu com o CAPS ligado.

      Já aproveitei e “alfinetei” essa anta lá com 2 comentários, bem legal.

      Não deixo barato, voltem para as trevas, BAYGON neles.

      0
      • Fernandão Bolhudo 24 de junho de 2012 at 20:46

        Eu li. Muito bom.

        Amanhã é que essa matéria vai ter mais visualizações. Hoje ainda é domingão e é dia da massa chucra assistir ao “ótimo” Faustão e outros lixos de programas ou ir na igreja universal expulsar os demônios ‘flanelinha imobiliário’ e ‘credor da prestação do carro bolhudo’. Os poucos que lêem os jornais deixam para fazer isso na segundona chata. Vamos acompanhar.

        0
  • kjungle 24 de junho de 2012 at 16:28

    Não sei se alguém já havia mencionado, mas achei essa parte da reportagem da Veja especialmente engraçada:

    “Ainda assim, é grande o número de pessoas que acreditam que a escalada persistirá. Uma delas é a comerciante aposentada Eunésia Nogueira Cohen, de 79 anos, que desde dezembro tenta vender o imóvel de 300 metros quadrados onde mora em Ipanema por 5,8 milhões de reais. “Eu não tenho pressa e não vou baixar o valor. Quero comprar um imóvel para mim e outro para minha filha aqui mesmo no bairro”, diz ela.”

    Na boa, essa senhora quer vender? quer nada, só mandou um preço irreal para ver se aperece algum maluco. Fico até feliz que ela seja tão otimista, e do alto dos seus quase 80 anos ainda ache que tem muito tempo para esperar para vender. Entretanto, – é claro, cada um sabe da sua vida – não faria um pouco mais de sentido vender mais baixo e aproveitar o tempo que lhe resta? (sem querer ser agourento nem nada, mas apenas não esquecendo das estatísticas do IBGE de longevidade das pessoas…)
    Bom, cada um sabe da sua vida… só não vou ajudar especulador a ficar rico…

    abçs

    0
    • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 16:49

      Só rindo mesmo. Esse é o mal aqui na ZS/RJ. Pessoas com “algum” poder aquisitivo, que possuem imóveis com boa metragem catapultam os preços e levam junto com eles qualquer M…. de 36m. E os trouxas acreditam que há espaço para isso.

      0
    • GB 24 de junho de 2012 at 16:56

      É que as pessoas querem que as outras resolvam o problema delas, note que ela pretende comprar 2 imóveis com o valor de 1, então o valor deste deve ser bem alto para que ela possa, enfim, dar privacidade pra filha sem ter que mexer nas próprias economias que ela deve ter e nem sair do bairro.

      Hoje em dia ninguém mais quer trabalhar para ter as coisas, todo mundo quer ter lucro a qualquer custo.

      Veja o caso que eu postei aqui daquele pessoal cuja casa foi assaltada 2 vezes em menos de 40 dias, eles querem meio milhão de Dilmas por ele, assim eles fogem do bairro deserto e isolado, compram uma cobertura num bairro muito melhor e ainda embolsam metade da grana, alguém pode culpá-los por pensar assim ? No final eles trocam uma casa ruim por 2 excelentes e não precisaram nem suar para isso.

      O problema é achar um trouxa que queira bancar esse sonho deles, ultimamente gente desse tipo está ficando cada vez mais escassa.

      0
      • Marcos Eliziário Santos 25 de junho de 2012 at 22:31

        Cara,
        conheço meu povo do Rio de Janeiro. Ela não tem economia nenhuma. Provavelmente vive da pensão do falecido que era general ou alto funcionário do Banco do Brasil. Compraram esse imóvel com alguma sorte e com bom “networking” nos anos 70, na época do Médici. A filha nunca casou, para não perder direito a pensão de filha de militar, e como o pessoal mais antigo não admitiria morar com uma mulher pra ser mãe dos filhos que não aceitasse o nome, ela virou uma solteirona chata. Depois de pagar Condomínio e IPTU sobram uns 5000 da pensão, que não dão pra porra nenhuma depois de comida e remédios das duas. Andam a pé, são racistas, e tratam a doméstica com 12 horas de trabalho por dia, muito desrespeito e um salário esdrúxulo.
        Pode não ser o caso dessas, mas é o caso de muitos desses habitantes do Leblon e seus apartamentos subitamente milionários. Não tem dinheiro nem pra ligar o ar condicionado central, sorte que velho geralmente é friorento.

        0
        • Pensativo 26 de junho de 2012 at 05:49

          Excelente comentário. Descreveu em poucas palavras as múmias ambulantes da ZS do Rio de Janeiro. Mal elas sabem que em breve os seus sobrinhos vão torrar tudo com cachaça.

          0
        • Daniel Gama 27 de junho de 2012 at 04:27

          Eu acho que fazer esse tipo de comentário é tão estúpido, preconceituoso e desrespeitoso quanto ver um negro mal vestido e sair traçando todo um estereotipo de pobre, sem estudo, possivel marginal e etc. Fica parecendo inveja da pessoa ter comprado um bom imóvel em tempos mais fáceis, o que qualquer um faria se pudesse. Ou então inveja de ter uma mãe com um bom imóvel disposta a abrir mão do mesmo e dividi-lo contigo comprando outros dois de metragem proporcional.

          A senhora deixou claro que quer vender o apartamento e comprar outros dois de menor valor. Seja qual for a situação dos preços dos imoveis, um apartamento de 300 metros quadrados sempre valerá mais que dois de 100 metros no mesmo bairro, e não há nada de errado nisto. A filha desta senhora muito provavelmente está na mesma situação minha e de muitos aqui, e a perspectiva de receber ajuda financeira da mãe parece despertar a inveja de alguns.

          Claro que o valor pedido pela senhora é muito alto, porém não me parece que ela esteja querendo enriquecer com a venda do imóvel, e sim manter a proporção de valor pela metragem dos dois imóveis menores que pretende comprar. Tenho certeza que se os imóveis baixarem de valor, esta senhora baixará também,

          Da mesma maneira não se pode esperar que alguém que está vendendo um imovel para comprar outro de caracteristicas semelhantes aceite a oferta de um valor com o qual não consiga comprar um outro imóvel semelhante.

          A pessoa que vende seu único imóvel residencial com o fim de adqurir outro não pode ser confundida de maneira alguma com especulador que pretende realizar lucro. Quem está nesta situação e é o caso da senhora da reportagem, não tem outra alternativa senão dançar conforme a música, ou seja, pedir o que o mercado pede.

          0
    • Crase 24 de junho de 2012 at 19:12

      Acho que está muito barato, não tenho dúvida. Todavia se não vender nos próximos meses, é até melhor (não vendeu? aumenta o preço!). pois como sabemos os bananenses são ricos e a valorização se dá a 20% ao ano ad infinitum. Basta ir reajustando o valor até o dia da venda, sensacional.

      0
      • Keyser(CE) 25 de junho de 2012 at 10:09

        Situação engraçada.

        No prédio que eu moro (quando cheguei em 2004 os imóveis estavam valendo 50k), uma família comprou um AP em meados de 2011, excelente momento não acham 🙂 por 165k (Primeiro andar de escada, nem porteiro 24h tem, mas isso é colocado como vantagem, afinal tem portão automático).

        Eis que um mês após a compra lá está anunciado o mesmo imóvel, por 220k, e com metragem errada no anúncio (ou incluíram a garagem). Outro dia chegando em casa estava lá um possível comprador conversando com a proprietária e sabe qual é a justificativa para esse preço camarada? Que o imóvel que ela tá interessada custa 220k, dá pra acreditar? Se fosse o cara eu perguntava onde é esse imóvel e ia lá vê, pois com certeza deve ser melhor que o dela.

        Vou hoje mesmo colocar meu carro pra vender por 150k, pois to afim de uma camionete, e esse é o preço dela 🙂

        Quando se escuta essas coisas é que se tem a exata noção do quão sem noção (ficou até legal o trocadilho) está esse mercado.

        0
  • Mais um novo pobre 24 de junho de 2012 at 16:55

    Uma vez eu fiz uma oferta num apartamento de uma velha, na rua Santa Clara, com vista favela. Oferecei 1.250 num imóvel que estava à venda por 1.400.

    A velha se sentiu ultrajada com a oferta, e, alegando que, segundo sua vizinha, o imóvel deveria valer é mais, aumentou para 1.500.

    Isso faz quase um ano. Ainda não vendeu até hoje.

    Detalhe: é uma velha bem velha, cujo marido morreu e os filhos já estão longe.

    0
    • GB 24 de junho de 2012 at 16:59

      Aí ela morre e os filhos vendem baratinho só para se ver livre do problema, valeu muito todo o esforço dela, ela vai se contorcer no túmulo com isso, kkkkkkkkkkk.

      0
    • GB 24 de junho de 2012 at 17:01

      E o nível de esclerose dela deve ser o mesmo que o da vizinha que “avaliou” o imóvel dela, kkkkk.

      0
      • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 17:06

        Tdo isso que vcs escreveram ilustra com clareza a situação aqui. Moro na General Azevedo Pimentel, sem vista nem proximidade de comunidades. 1500 K na Sta Clara com vista pra favela!!!????? SONHA!!!!!!

        0
  • Mdc 24 de junho de 2012 at 16:58

    Meus caros, a bolha já estourou…faz alguns meses… Agora é ladeira abaixo pelos próximos 3 a 5 anos…no momento em que um AP 3 dms com. 140 m² estiver custando US$ 150 k nos bairros nobres de SP e RJ chegou o momento de comprar.

    Estudo alerta para risco de nova crise financeira mundial
    PUBLICIDADE

    DA EFE E DA REUTERS, EM BASILEIA (SUÍÇA) E LONDRES
    DE SÃO PAULO

    A situação geral do setor bancário neste ano se assemelha à que ocorreu com o colapso do Lehman Brothers, afirma o BIS (sigla em inglês de Banco para Compensações Internacionais), que também advertiu para o risco do Brasil.

    Em seu último relatório anual, no qual o BIS analisa o sistema financeiro internacional entre junho de 2011 e começo de junho de 2012, a instituição adverte para a dependência de muitos bancos do financiamento dos bancos centrais.

    “Com esta perspectiva negativa do mercado e uma crise de confiança entre as próprias instituições financeiras, vários bancos dependem do financiamento do banco central e não estão em condições de promover o crescimento econômico”, segundo o BIS.

    APELO AOS BANCOS CENTRAIS

    A instituição fez um apelo para que os bancos centrais prestem mais atenção às repercussões no mundo das suas políticas internas.

    Brasil e outros países têm reclamado de que um cenário monetário muito frouxo pode desestabilizar os fluxos de capitais para os mercados emergentes.

    “Isso cria riscos de desequilíbrios financeiros similares aos vistos nas economias avançadas nos anos que precederam a crise”, declarou o BIS.

    CHUVA DE DÓLARES

    Nos últimos anos, os bancos centrais dos EUA e dos países europeus repassaram bilhões de dólares aos respectivos setores financeiros, principalmente após as turbulências de 2008, para evitar o agravamento da crise.

    A inundação de dólares levou o ministro brasileiro Guido Mantega a divulgar a expressão “guerra cambial”, já que um dos possíveis “efeitos colaterais” desse mecanismo é desvalorizar as moedas fortes e fortalecer as moedas das economias emergentes.

    Com uma moeda mais forte na comparação com o dólar, as exportações de um país podem perder competitividade, afetando o equilíbrio de suas contas externas.

    DESCOMPASSO DE CRÉDITO

    O aumento do crédito muito acima do crescimento econômico é normalmente presságio de turbulência econômica. Esse é o caso quando tal descompasso supera os 6%, segundo o BIS.

    A instituição sustentou que o Brasil está na zona de perigo por considerar haver um descompasso entre o crescimento do crédito e da expansão da economia.

    Citou também preocupação com o nível de endividamento das famílias e das empresas brasileiras e com o forte crescimento dos preços do mercado imobiliário.

    Na Tailândia e na Turquia, o descompasso entre crescimento e crédito é de pelo menos 15%. Brasil e Indonésia também estão na zona de perigo, com mais de 6%, de acordo com o BIS.

    O aumento do crédito na Argentina e na China também ultrapassou o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), mas o descompasso deles está bem abaixo da marca de 6%.

    PREÇOS DOS IMÓVEIS DISPARAM

    O preço de ativos também é um problema em muitas economias emergentes, afirmou o BIS. Em alguns mercados locais brasileiros, os preços de imóveis praticamente dobraram. Em algumas cidades chinesas, os preços subiram ainda mais rápido.

    Outra preocupação é endividamento. O montante que lares e empresas no Brasil, China, Índia e Turquia destinam a dívidas está no seu nível mais alto desde o fim dos anos 1990, apesar das baixas taxas de juros.

    0
  • Joao 24 de junho de 2012 at 17:00

    Dei uma passada hoje em um stand da Gafisa aqui em São Jose dos Campos. Os imóveis, já prontos, eram anunciados com descontos de até 40%. Eu falei para o corretor que para mim ainda estava caro e neste preço eu não poderia comprar. Começou então o papo, que é uma excelente oportunidade, que vai valorizar, que no bairro já estão pedindo R$ 6000,00 o m2. Então resolvi “trolhar” um pouco. Perguntei se os investidores não iriam ficar chateados deles abaixarem os preços. Se ela tinha certeza que vai valorizar, porque a Gafisa abaixou os preços. Tinha que ver a cara de merda do sujeito! Começou a gaguejar e não sabia mais o que falar.

    0
    • Bolha Imobiliária 24 de junho de 2012 at 18:13

      Bela trolada…hehe

      0
    • Engenheiro-SJC 25 de junho de 2012 at 00:42

      Kkkkk, boa! Será q tem alguém ainda q cai nesse papo de corretor?

      Estão pedindo $6K/m2 no bairro??? onde???

      No Aquarius, o preço médio de um bom Ap. usado é $3,5K/m2 já com móveis planejados…. e não vende, é só dar uma olhada no jornal de hj!

      O tal Vila Nova Sao Jose por $6K/m2 – 40% dá $3,6k/m2. Aí tu inclui os custos com armários, cozinha, acabamento… Como o condomínio é novo, vai ter que incluir tb os gastos com as obras de “pós-entrega”: decoração do hall de entrada, equipamentos para a academia de ginástica, salão de festas….. saldo final: este Ap não vai sair por menos de $4,5K/m2! Tenta outra Gafisa…

      0
  • Mais um novo pobre 24 de junho de 2012 at 17:26

    Essa é para o André Luis ZS/RJ, que mora na Rua General Azevedo Pimentel (perto de mim e do lugar onde faço yoga).

    Uma vez, visitei um apartamento na sua rua, pertencente a um gordinho.

    O apartamento, relativamente novo para os padrões de Copacabana (de meados dos anos 90) era muito bem decorado, mas não tinha mais que 110 metros.

    O cara queria 1.500. Segundo o corretor, não estava aberto a propostas.

    Deve estar até hoje com o apto à venda.

    0
    • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 17:54

      Pois bem camarada se segura na poltrona agora, foi vendido aqui no meu prédio (ed. imbuhi) mês passado, por 550.000,00, ao lado meu ap. (aqui são 3 por andar, todos de frente) o ap tem 3 quartos, duas salas e sei que a metragem é superior a 100mt. Ultimo andar. Detalhe, sem garagem. Está em reforma desde então, pelo que sei foi comprado para reforma e posteriormente venda. E o esperto realmente acha que vai vender, deve ter achado o máximo comprar por esse preço e vai querer meter 850. Não se deu conta que não fez bom negócio, mas na verdade já pegou estouro da bolha e vai ficar com o mico encalhado. KKKKKK. Esse é o tradicional investitrouxa!!!

      0
      • GB 24 de junho de 2012 at 18:13

        Oba, deixa eu marcar aqui que há mais um trouxa com mico pra ficar encalhado e ao mesmo tempo um concorrente a menos no futuro.

        0
        • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 18:33

          São esses vagabundos que ainda dão alguma “sustentação” a essa palhaçada. Deveríamos criar uma logo e uma frase pra uma campanha anti especulação, e deveríamos imprimir camisas e adesivos para carros. Temos que mostrar a cara e deixar bem claro pra esses fdps que não estamos aqui para sermos explorados por esses vagabundos!!!

          0
          • ari 26 de junho de 2012 at 00:33

            Vamos amadurecer essa ideia… até porque seria legal de alguma forma que pessoas de boa fé caissem nesse conto do vigário… eu digo isso porque vejo pessoas bem proximas falando que sou pessimista quando o assunto é mercado imobiliario

            0
      • Socorro !! 24 de junho de 2012 at 18:23

        Fala Andre

        + de 100 metros por 550 o cara pagou barato pro padrao Copacabana de hj…

        meu tio mora em copacabana…comrpu uma garagem por 100K

        osso

        0
        • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 18:40

          Justo, mas isso são os sinais do estouro da bolha, só não vê quem não quer. Conheço um na 5 de Julho encalhado há 8 meses. Dois quartos 75Mt 650.000,00. E NÃO VENDE!!!!!! Não adianta espernear, the party is over baby!
          E os menos idiotas estão caindo fora!!!

          0
  • Mais um novo pobre 24 de junho de 2012 at 17:35

    Vi agora que a senhora até aumentou o preço.

    Não vendia por 1.400, não vendia por 1.500.

    Agora pretende não vender por 1.700.

    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-3-quartos-venda-RIO-DE-JANEIRO-COPACABANA-RUA-SANTA-CLARA/ID-3080802

    É simplesmente uma piada. É a legítima espera do bobo.

    0
    • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 18:14

      A única coisa que tenho a dizer, é que não terei a menor pena dessas pessoas na queda.

      0
    • GB 24 de junho de 2012 at 18:33

      Esclerose é fogo.

      0
    • Shakespeare 24 de junho de 2012 at 22:29

      não me aguentei e fui lá colocar minha opinião se valia menos de 1 KK em 2008 como é que pode agora estar 1,7 KK?!! Só dando riZada mesmo!

      0
    • Fernandão Bolhudo 24 de junho de 2012 at 22:57

      Olha, pessoal, eu tenho o maior respeito pelo RJ e pelos cariocas, mas temos que observar que, francamente, a Capital hoje é um lugar complicado para se viver. Está pior do que a capital de SP, onde vivo e que está tremendamente estressante, violenta e cara. Mas, ainda assim, o lugar mais caro daqui ainda é mais barato do que no na Capital do Rio, onde a classe média vive tremendamente mal e a classe ‘c’ está na favela.

      Da última vez que fui ao Rio, e isso foi em 2010, a coisa estava muito complicada. A pesar da cidade ser tremendamente grande, as boas regiões são pouquíssimas e existe uma distorção absurda e muito marcante no que tange à desigualdade social. Você vê algumas poucas pessoas que demonstram estar muito bem de vida e um montão de gente pobre, que carrega um semblante de dificuldade estampado na cara.

      Pagar R$200k que seja nesse apartamento anunciado aí já vai ser muito caro. O negócio fica colado numa favela. Ora! O que o “feliz” comprador vai fazer depois que pagar mais de 1 milhão nessa ratoeira? Vai “pagar de rico” para a vizinhança favelada?

      O Rio se tornou numa tremenda ilusão. Até meus colegas de trabalho, cariocas vindos da capital, estão tremendamente preocupados com a situação do Rio e têm poucas esperanças de retorno para lá. Eles dizem que as UPP’s dão uma segurada na maloca. Mas isso não será suficiente. A maloca sempre estará lá, carente, ignorante, sem emprego, e dominada pelo tráfico. E essa situação não muda com UPP. Isso é um paliativo. A situação só muda com educação básica de verdade e investimentos massivos na infra-estrutura que abriga essas pessoas, coisas que o Governo não faz e nem nunca vai fazer, pois o que eles querem é embolsar o máximo que puderem e abandonar a cidade quando não der para sugar mais nada.

      0
  • Ghaspar 24 de junho de 2012 at 18:20

    descontos de 200 pratas

    0
    • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 18:29

      Justo Gaspar, é essa a estratégia da cretina. É esse tipo de gente que quero ver se f…. depois da queda.

      0
      • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 18:33

        Contra imóvel bolhudo diga não!!!

        0
      • GB 24 de junho de 2012 at 18:40

        André Luis ZS/RJ, não precisa ficar bravo com essas pessoas, pegue um saco de pipocas, um Toddy de litro e sente-se confortavelmente que logo o espetáculo vai começar.

        Inclusive não devemos explicar como sendo maldade o que pode ser explicado pela ignorância, por trás desse tipo de pessoa sempre tem um corretor incentivando a pessoa a colocar preço alto.

        Mas logo vão notar que erraram em acreditar em gente desse tipo, ainda mais aqueles que acabaram de comprar achando que vão vender rápido com lucro. kkkkkkk

        0
        • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 18:46

          Verdade GB, mas tem dias que é difícil na ficar P. Trabalho 13 horas por dia e meu dinheiro mal sustenta a mim e a minha esposa, que diga-se de passagem é uma maga da economia doméstica, agradeço a Deus todo dia por ela. Mas tudo bem, eu estou investindo em minha capacitação, pago meu MBA e me preparo para o meu mestrado, se a queda for daqui há um ou dois anos, menos mal, pois estou investindo no incremento da minha renda, e não em um bolhudo ou auto em 72x. Qdo chegar o momento da queda, pagarei o justo!!!!

          0
          • GB 24 de junho de 2012 at 18:57

            Valorize o que você tem de melhor e deixe pra lá esse pessoal que quer se dar bem pra cima dos outros e ter lucro fácil.

            O mercado não perdoa esse tipo de manipulação que esse grupo fez, eles vão ter o que merecem, eles já devem ter notado que está cada vez mais difícil venderem seus precisos imóveis.

            0
          • GB 24 de junho de 2012 at 19:05

            E, claro, poupe o que conseguir poupar e deixe rendendo.

            E se no final essa situação continuar assim, o que eu duvido pois já está dando sinais de esgotamento e é muito caro mantê-la com toda essa propaganda fazendo lavagem cerebral do povo, até que a idéia do Anonymous não é assim tão ruim, tipo daqui a uns 5 anos comprar uma casa na Flórida e depois que se aposentar ir para lá de vez.

            Se não dá para comprar aqui, então vamos comprar lá e curtir na velhice um pouco do que o 1º Mundo pode oferecer.

            0
            • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 19:08

              That`s right man!!!!!!!

              0
            • Anonymous 24 de junho de 2012 at 23:07

              Quem seguiu o manual do Anonymous, aumentou a quantidade em Reais em cerca de 20% nos últimos 5 meses.

              0
  • Bolha Imobiliária 24 de junho de 2012 at 18:24

    Resolvi sair para almoçar fora aqui em Ctba hoje. Nunca vi tantas esquinas e sinais de transito sendo disputados pelos entregadores de panfletos. Em uma esquina, um cara chegou em entregou uma “Gazeta do Povo” de domingo, aquele com 500 paginas. A esposa falou que não queria comprar, mas o cara falou “It’s free”…Achei estranho. Bom, enrolado no jornal, um baita anúncio daquele fim de semana dos imoveis…Disseram que era “cortesia”.
    Não abri o jornal ainda, mas no minimo deve estar recheado de anúncios de imóveis…

    0
    • Thomas 24 de junho de 2012 at 19:18

      A gazeta do povo é um daqueles jornais que vive de anúncios nos classificados, ou seja, se caem os anúncios de imóveis e veículos cai a receita e eles tem que começar a fazer mudanças. E é um jornal pesado, pouco lucrativo, um verdadeiro cabide de emprego de jornalistas júnior e blogueiros.

      A folha de São Paulo vai começar a cobrar pela edição digital, coisa que a gazeta do povo já tinha estudado fazer há algum tempo, mas desistiu. Sinal de problemas financeiros.

      Na edição de hoje da gazeta do povo há uma reportagem sobre o condor, que é o supermercado da família emergente.
      Fui ao condor esses dias atrás e vi que a movimentação está bem aquém ao verificado no auge da euforia provocada pelo molusco. O condor era o paraíso da compra em 20x sem juros.

      Uma coisa dantesca que tem acontecido nesses tempos de bolha é a colocação de placas de aluga-se em prédios comerciais que ainda estão em fase de concretagem da estrutura. Se o aluguel comercial estivesse aquecido, não seria necessário nem colocar placa para alugar.

      0
  • Crase 24 de junho de 2012 at 18:43

    Olá caros bolhanenses (bolhudos + bananenses), acompanho o blog há algum tempo e li alguns comentários a respeito de capital externo entrando na Banânia. Vocês devem conhecer uma anedota explicando o mercado de ações, que fala sobre um homem que compra todos os burros de uma cidade e após manipulação de preços leva o dinheiro e deixa os burros… alguém poderia explicar os mecanismos no caso imobiliário, se couber? como o dinheiro entra, é investido, sai e a manipulação de preços? se não for pedir demais… =/

    0
  • KQTT 24 de junho de 2012 at 19:33

    É essa boa..

    Folha.com
    Para quem quer sair do aluguel e comprar a casa própria, o momento é bom. “As taxas nunca foram tão baixas e os prazos nunca foram tão longos para financiar um imóvel”, diz José Dutra Vieira Sobrinho, conselheiro do Corecon (Conselho Regional de Economia de São Paulo).

    http://classificados.folha.com.br/imoveis/1109578-novo-cenario-de-juros-e-financiamento-reacende-dilema-de-comprar-ou-alugar.shtml#anc6129979

    0
    • Bolha Imobiliária 24 de junho de 2012 at 19:45

      Estes malucos relacionados com a construção civil jamais vão dar tiro no próprio pé…Ou criar provas contra eles mesmos…hehe

      0
    • Bananildo 24 de junho de 2012 at 22:05

      Conselheiro do Corecon? Se eu fosse economista, mandava destituir do cargo…

      0
  • AF 24 de junho de 2012 at 19:54

    Quanto ao relatório anual do BIS.

    Bom, a base de cálculo para os valores dos preços de imóveis é o índice . . . FIPEZAP!

    Fiquei me perguntando por qual razão a nossa mídia comprada não divulgou o percentual da relação crédito/PIB do Brasil que consta no relatório. Ficam noticiando aos quatro cantos “acima de 6%” (basta fazer uma pesquisa na internet que verão que muitas agências copiam e colam a notícia).

    O aumento do crédito muito acima do crescimento econômico é normalmente presságio de turbulência econômica. Esse é o caso quando tal descompasso supera os 6%, segundo o BIS.

    Se verificarem no relatório, gráfico da pág. 27, o nosso descompasso está em quase 15%!!

    Não sou ninja em analisar tal relatório, mas me corrijam se eu estiver errado.

    “http://www.bis.org/publ/arpdf/ar2012e.pdf”

    0
    • Marcos de Paulo 24 de junho de 2012 at 20:27

      Hiiiiiiiiiii, ainda bem que você não é ninja (risos). NINJA: “no income, no job, no assets” (mal traduzindo, “sem salário, sem emprego e sem patrimônio”). Como aqueles americanos que pegavam crédito pra comprar imóveis sem ter qualquer condição de pagar.

      Caro AF, não consegui resistir a fazer esta brincadeira.

      Parece que alguns “ninjas brasileiros” têm aparecido aqui. Acho que são eles que ficam dizendo que não há bolha imobiliária no Brasil (risos).

      Vamos começar a usar esta expressão: “ninja brasileiro” (risos). Se pegar como “Ploc” e “bolhudo”; vai ser mais uma contribuição deste sítio ao vocabulário econômico brasileiro (risos).

      0
      • AF 24 de junho de 2012 at 21:32

        Hoje em dia eles mais assistem do que participam 😉

        0
    • Eumesmo 24 de junho de 2012 at 20:31

      o governo aprendeu rapidinho q muuuuuuuuito melhor q tentar censurar a imprensa é melhor comprá-la.
      “jabá”

      0
  • Francisco Quiumento 24 de junho de 2012 at 20:08

    Chega a doer ler certas coisas, como:

    1) “o preço da eletrônica continuará baixando” (ou lenga similar)

    A lei de Moore está firme e forte faz uma carrada de tempo, os celulares tem hoje quase uma sala de equipamentos embutidos em si e sempre lança-se um produto mais sofisticado e caro.

    Obsolescências programada e perceptível mandam lembranças.

    2) Pouco interessa o Brasil passar a ser o maior produtor de alimentos do mundo. Ele é péssimo em agregar valor a seus produtos.

    Ex.: A Argentina vende gorduras, brutas e industrializadas de soja, proteína extraída e lecitina, além de grãos. Nós, perdemos dos EUA no pagamento da tonelada ao produtor rural na escala de 50% (valor Brasil/valor EUA) e ainda colocamos lá, APÓS eles, em preço.

    3) Hoje, importamos etanol dos EUA e levamos uma surra na escala do biodiesel que chega a ser vergonhosa.

    4) Ricardo Amorim como economista é uma fantástico garoto propaganda. Em se tratando de mercado imobiliário, quase uma Gisele Bundchen do ramo.

    E O GRANDE PLOC VIRA, E HAVERÃO DORES E RANGIDOS DE DENTES!

    😀

    0
    • Neo 24 de junho de 2012 at 20:55

      Esse Ricardo A. falou ha um tempo atras que o ibov ia voar até os 200mil

      Na epoca estava abaixo dos 50mil, e subiu numa alta frenética até quase encostar nos 74mil , depois descobriram que a Grecia estava ruim das pernas e caiu para os 55mil.

      Esses caras sao uns fanfarroes, fazem meio mundo tomar preju no mercado com contos mirabolantes, formulas magicas etc. e a cacetada vem logo em seguida

      Outro garoto propaganda do mesmo naipe é o Sheike Batista. Adora ir em programas de TV nacionais e internacionais falando que o Brasil é praticamente 1o mundo, só não vê quem é muito estupido.

      Ahn, agora o Ricam foi promover o mercado imobiliario? com “Serteza” o metro quadrado vai a 20mil reais , só não vê quem é muito burro e cego!

      0
    • RosinhA 24 de junho de 2012 at 21:34

      Boa Quiumento !!!!

      0
  • Ze Bom Dirolo 24 de junho de 2012 at 20:20

    “Voces engordaram o porco, agora nois vai assar” Beirada. Tropa de elite.

    0
  • Socorro !! 24 de junho de 2012 at 21:09

    caderno Boa Chance do Jornal o Globo de hoje – RJ

    rendimentos medios dos formados fontoe do IBGE de 2010

    graduacao .. salario medio..R$2781… temos 12 679 009 pessoas
    mestrado .. salario medio..R$5249… temos 566.026 pessoas
    doutorado . .salario medio..R$7020… temos 218 720 pessoas

    pelo visto nem com doutorado a pessoa pode morar num ap maneiro no RJ…

    0
    • André Luis ZS/RJ 24 de junho de 2012 at 21:19

      Pois é socorro, eu que o diga, estou me preparando para o mestrado já pensando no doutorado e sabendo que não será lá essas coisas todas depois.

      0
    • Pimp 24 de junho de 2012 at 23:07

      Ter doutorado não quer dizer muita coisa, infelizmente. Aliás às vezes pode até ser um fator negativo dependendo de quem vai te contratar.

      Quem se dedica ao doutorado e obtém bolsas de estudo, geralmente entra mais tarde no mercado de trabalho, a menos que o sujeito realize o doutorado ‘profissionalizante’. A FAPESP por exemplo exige que o bolsista tenha dedicação exclusiva, sob pena de devolução dos honorários recebidos caso o beneficiado não cumpra com o acordo. É claro que muitos não estão nem aí…

      Eu comecei o mestrado e resolvi pular para o doutorado direto. Os 2 primeiros anos foram bem tensos, não conseguiria levar se estivesse trabalhando ao mesmo tempo.

      Saí da faculdade efetivamente com 26 anos e quando dei de cara com o mercado de trabalho não queriam pagar o que eu achava justo por falta de experiência. Resolvi virar PJ para acelerar um pouco meus objetivos financeiros e não me arrependo!!!

      De qualquer forma, o que vale mesmo aqui na banânia é a influência que se conquista no ambiente de trabalho.

      E no final, acredito na máxima ‘Cada um ganha o que merece’. Muitas pessoas extremamente capazes ganham mereca por MEDO de procurar outro emprego ou serem tímidas demais para ‘trucar’ seu respectivo gerente.

      0
  • BolotaBiker 24 de junho de 2012 at 22:05

    Preciso me mudar para um imovel maior. A familia cresceu, e morar em um apto pequeno ficou complicado.

    Queria comprar um apartamento de 3 quartos na Tijuca (RJ) e adjacencias. Mas o preco MEDIO bolhudo e de 600.000,00 para um apartamento em um bom local, bom tamanho, garagem, elevador…. E Tem varios com precos ainda piores, acima de 800.000,00…..

    Comprar agora nem pensar. Mesmo que nao compre um 3q, compre um bom 2q, no minimo sera uns 450.000,00…. Completamente fora da realidade.

    Aluguel tambem nem pensar. As pessoas estao comprando os imoveis bolhudos como investimento e tentando tirar 0.5% no aluguel.

    Acho que terei que ficar mais um tempo morando na minha micro-casa…..

    0
  • Riodetudo 24 de junho de 2012 at 22:08

    Pessoal, capa da Veja Rio de hoje:
    vejario. abril.com.br/edicao-da-semana/mercado-imobiliario-rio-689786.shtml

    Acho que alguém já botou no post acima mas o texto é quente. Acompanharam vinte imóveis nos últimos seis meses e só cinco foram vendidos, três deles com redução. Todos em Ipanema e Leblon, o bairro em que “as pessoas bem sucedidas” vem comprando tudo e “a valorização é permanente” como disse aqui um corretor mané.

    0
  • Shakespeare 24 de junho de 2012 at 22:26

    tentativa de manter a bolha inflada:

    ht tp://www1.folha.uol.com.br/multimidia/videocasts/1109670-santos-atraira-400-mil-pessoas-ate-2020-com-o-pre-sal.shtml

    0
    • Santista 24 de junho de 2012 at 22:35

      Sou de Santos,
      São muitos apartamentos usados para alugar e vender, e muito imóveis novos com mais da metade das unidades vazias.
      Um apartamento novo custa mais de R$ 600.000,00. O pessoal operacional da Petrobrás ganham em torno de R$ 3.000,00.
      Agora é só fazer as contas.
      Abraços a todos.

      0
      • simone 24 de junho de 2012 at 23:28

        pra financiar 6 mil neguinho tenque ganhar 18 mil e dar 20% de entrada ……..isso na cef

        0
        • simone 24 de junho de 2012 at 23:29

          OPS 600 MIL

          0
  • Pimp 24 de junho de 2012 at 22:38

    Pessoal do abc, o que acham desse imóvel. Estaria com preço de 2007?

    http://www.imovelweb.com.br/911984251

    O condomínio achei um pouco salgado, mas levando em conta que o mesmo é proporcional à área, está até que barato em relação à aptos bem menores…

    Se eu tivesse filhos pensaria sériamente em comprar.

    Se eu já tivesse filhos considerari

    0
    • RPL 24 de junho de 2012 at 23:07

      Eu já tinha visto esse… Pensei em ligar lá para ver… Mas é capaz de vc falar que está interessado e o cara falar que o preço está errado e bla bla bla…

      0
    • Fernandão Bolhudo 24 de junho de 2012 at 23:57

      Esse aí é legal. Já morei em Sto. André, lá numa entrada da Av. Portugal. O lugar é muito bom e os prédios também. Tenho saudades daquele lugar. Uma pena que a capital parece um ímã na minha vida (embora eu tivesse procurado sempre evitar isso).

      0
    • MrCitan 25 de junho de 2012 at 09:31

      Muito suspeito este preço…
      Deve ser lá pros lados do Bairro Casa Branca, perto da Firestone.
      As imobiliárias SEMPRE colocam lá como Centro da Cidade.
      Ou ao lado da Avenida Santos Dumont, quase no final da avenida.
      Ambos os locais tem o mal cheiro vindo da fábrica da Firestone, em dias de verão, sendo que a segunda localização sofre por conta do barulho na avenida.
      E por ser no segundo andar, se for perto de uma área de lazer do condominio, adeus sossego.
      Estes anuncios são tentadores como o canto da sereia, cautela é sempre benvinda nestas horas.

      0
  • FQ 24 de junho de 2012 at 22:46

    Tinha que colocar a capa da veja rio aqui! Melhor tópico do ano!

    0
  • Socorro !! 24 de junho de 2012 at 22:57

    so pode ser piada ..praticamento R$ 26000 o m2 no flamengo
    670000 num apartamento de 1/4…com 26 m2

    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-1-quartos-venda-RIO-DE-JANEIRO-FLAMENGO-/ID-3205338

    0
    • Fernandão Bolhudo 25 de junho de 2012 at 02:13

      Soltei uma gargalhada vendo esse anúncio, hehehehe…. Os flanelinhas imobiliários são fogo.

      Temos que comprar essa merda urgente!!!

      0
    • Guilherme 25 de junho de 2012 at 21:03

      IMÓVEL ÓTIMO PARA INVESTIMENTO, GRINGOS, SOLTEIROS, OU CASAL

      0
    • Marcos Eliziário Santos 25 de junho de 2012 at 22:43

      Cara,

      Ali no Zap mesmo você vê que o m2 em Braz de Pina (pros paulistas, um negócio pouco melhor a COHAB do netinho) tá em 3.000 R$.
      Aí já deixou de ser bolha pra ser LSD na água da CEDAE em larga escala!

      0
  • halt 24 de junho de 2012 at 22:58

    Olhem que interessante a conta da corretora que me ofereceu um flat em Brasília no começo de 2011:

    “Com uma localização privilegiada, no Setor Hoteleiro Norte a região com maior rentabilidade de Brasília está próximo a vários pontos turísticos, shoppings, hoteis, centro comerciais, bares e restaurantes.

    Na Copa de 2010 na África do Sul foi cobrado uma média diária de U$ 2.000,00.

    No Brasil, que sediará a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016, que tem recursos melhores e país de grande movimentação turística a estimativa é de U$ 3.000,00, o que lhe renderia em apenas 90 dias de aluguel do flat retorno de 100% do investimento. Investimento certo e retorno garantido.”

    É um flat de 34 m², na época a R$ 480.000,00.

    0
  • MARIO 24 de junho de 2012 at 23:00

    Enquanto a midia nacional fica inaltecendo o impenho dos cariocas na organizacao da a Rio+20. O evento serviu para a midia internacional comecou a duvidar da capacidade do pais em realizar a Copa e Olimpiada com competencia. http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/06/120622_ft_rio_rp.shtml

    0
  • ari 26 de junho de 2012 at 00:35

    Corrigindo: até porque seria legal de alguma forma que pessoas de boa fé NÃO caissem nesse conto do vigário

    0
  • Cleyton 1 de julho de 2012 at 16:34

    Nada a ver com o assunto, eu tenho um script que busca no tesouro o histórico de preços pra fazer minhas contas todo dia 1°, acontece que as tabelas não estão mais lá:

    “http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro_direto/download/historico/2012/historicoLTN_2012.xl

    “http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro_direto/download/historico/2012/historicoNTNB_2012.xls

    “http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro_direto/download/historico/2012/historicoNTNBPrincipal_2012.xls

    Acesso à informação uma pinóia! [email protected] bandidos!!

    0
    • Cleyton 1 de julho de 2012 at 22:30

      Ufa, achei, só trocaram os nomes…

      0