Mais de 60% das famílias não podem comprar casa em São Paulo – Folha.com

Você pode gostar...

Comments
  • Jack Imóveis 14 de maio de 2012 at 12:50

    Caro Bolha,

    Todos merecemos nosso descanso. Aproveite.

    Aproveito para compartilhar que cada vez mais tenho ouvido o seguinte de pessoas que compraram apartamentos na planta:

    1. Me sinto enganado
    2. Atrasou
    3. Paguei condomínio sem ter as chaves
    4. O prédio está cheio de problemas
    5. O condomínio é mais alto do que o previsto
    6. Não param de aparecer problemas no meu apartamento

    Abraços

    Jack – Relatando

    0
    • Bolha Imobiliária 14 de maio de 2012 at 13:10

      Olha, no noticiário está cheio de pessoas reclamando dos “prédios” de primeira qualidade…hehe
      O descanso vem só semana que vem, por enquanto vou descansar em casa um pouco, e quando for viajar deixo um aviso no blog, para boas práticas…hehe

      0
    • augusto 14 de maio de 2012 at 14:48

      Deve ser duro concluir que foram e são OTÁRIOS E BABACAS

      0
      • Revoltado 14 de maio de 2012 at 15:33

        e por que?
        Eles não são responsáveis pela má gestão das construtoras.
        E nós aqui nem poderiamos estar comentando sobre se eles nao estivessem passando por este problema.
        Somente poderão ser taxados de otários se não forem a Justiça buscar os seus direitos, ou se aceitarem os apartamentos com problemas.
        Já era sabido que algumas construtoras não possuem credibilidade no mercado, bastando para isso apenas uma rapida pesquisa no google.

        0
    • André 15 de maio de 2012 at 09:46

      Pagar condomínio sem ter as chaves é bem comum mesmo. O pior é que as construtoras dizem que está no contrato. Mas esqueçem que é cláusula abusiva, ou seja, se for na justiça ganha.

      0
  • Orozimbo 14 de maio de 2012 at 12:50

    Essa notícia me surpreendeu muito. Achei que eu fosse um dos poucos brasileiros que não têm condições de comprar uma casa. Mas vejo que 62% da população está comigo!

    0
    • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 13:44

      Os corretores devem estar adorando essa pesquisa. Sobraram “só” 38% da população de São Paulo.

      0
  • GONÇALO. BH 14 de maio de 2012 at 12:55

    Ué, cade a nova classe media?

    0
    • self 14 de maio de 2012 at 13:17

      O gato comeu.

      0
    • Pablo Gallardo 14 de maio de 2012 at 15:15

      Ela de fato existe. Só tem um poder de compra muito menor do que a classe média anterior.

      0
  • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 13:02

    Hoje é o dia que Brookfield esta abrindo as cortinas! Alguém mais viu o espetáculo? As ações chegaram a cair mais de 8%!

    0
    • carlos jabu 15 de maio de 2012 at 09:18

      -14,87%

      0
  • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 13:11

    E a PDG afundando junto.. É meus amigos .. É no ritmo da música: “vamo quebrar tudo! Vamo! Vamo!”

    0
  • self 14 de maio de 2012 at 13:17

    Sou só eu que acha um crime permitir-se comprometimento de 30% da renda com um financiamento imobiliário, além do prazo de até 30 anos? O governo, para o bem da população, deveria baixar uma medida limitando, na concessão de empréstimo habitacional, o comprometimento da renda a no máximo 20% e o prazo a no máximo 15 anos. Como está hoje, é uma irresponsabilidade muito grande.

    Duplo benefício em potencial: as casas vão ficar mais baratas (pois o preço é função daquilo que se pode pagar) e menor risco de inadimplência, com o bônus de os mutuários terem mais dinheiro livre para girar a economia.

    0
    • Pablo Gallardo 14 de maio de 2012 at 15:16

      Você acha um absurdo comprometer 30% da renda com financiamento imobiliário. O pior é que a maioria dos brasileiros compromete 30% ou mais da renda com financiamento de veículos. Isso sim beira a insanidade.

      0
      • Paulo 14 de maio de 2012 at 15:32

        alguém ouve o fim de expediente na CBN? na última sexta soltaram uma pérola:
        “descobriram um novo calendário maia e o mundo não vai acabar mais em 2012…. vc que financiou veículo em 36 meses, tá fudido, vai ter que pagar”….
        chorava de rir e pensavam em quem financiou apto em 360 meses……

        0
      • self 14 de maio de 2012 at 15:57

        30% da renda comprometida com financiamentos em geral é MUITA coisa. Não digo 30% com UM financiamento, mas com a soma de todos os financiamentos. Forma-se um castelo de cartas que sustenta(?) a economia, não uma base sólida.

        0
      • BELARMINO 14 de maio de 2012 at 18:59

        O crédito imobiliário só é comercializado porque os compradores sabem que vão morrer antes de quitar o apê.

        Já pensou em 30 anos de escravidão e servidão por divida por causa da ganancia alheia;

        Tenha você uma divida vital com os bancos….

        OTÁRIO

        0
    • Bolhado 14 de maio de 2012 at 19:41

      Se depender do governo você compromete é 90% da sua renda! A ordem do dia é “reativar o consumo a qualquer custo”

      0
  • Miguel Jacó 14 de maio de 2012 at 13:24

    Enquanto isso…(segunda-feira, 14 de maio de 2012, 13:23)

    Dólar a R$ 1,99!

    0
    • augusto 14 de maio de 2012 at 14:53

      Quando estava abaixo de 1,80 reais, eu aconselhei aqui no blog a compra de US$ como um bom investimento..
      Já subiu até agora cerca de 12%, em menos de 4 meses

      0
      • Pablo Gallardo 14 de maio de 2012 at 15:21

        Não sou muito fã de dolar, mas para brincr em julho do ano passado eu comprei US$ 5000 a R$ 1,6 e exatamente hoje estou vendendo a 1,91, tudo pelas vias legais e com IOF incluso (pelo paralelo conseguiria margens maiores mas ai teria problemas depois). Quase 20% de ganho em menos de um ano. Estou extremamente satisfeito. Poderia segurar um pouco mais, acho que ainda vai aumentar por alguns dias, mas eu prefiro vender agora. Aliás, é o que estou recomendando faz tempo para os donos de imóveis ociosos: vendam. O melhor momento de venda foi o começo do ano passado. De agora em diante a tendência é queda.

        0
    • self 14 de maio de 2012 at 15:59

      Se você for comprar com R$2 na loja de 1,99 não irá receber troco…

      0
  • Leo 14 de maio de 2012 at 13:34

    BISA3 (Brookfield) -11.20% … senta na boneca.

    0
  • Douglas 14 de maio de 2012 at 13:48

    Bubble Church
    PSalm Miguel Jacó
    Amém..
    Colaborem irmao estamos precisando que todos evangelizem, seus conhecidos, abram a mentes e os olhos desse povo, as vendas de imoveis no brasil, travou, nunca um assunto foi tao polemico e tão comentado.
    Convidem corretores a visitarem nossas reunioes e qlq sinal de possessao formemos um corredor polones para expulsar qlq expirito maligno da ganancia

    0
  • Patricia Engª 14 de maio de 2012 at 14:12

    Bem, meu noivo e eu somos engenheiros, e mesmo assim não conseguimos comprar nosso apartamento. Também fazemos parte desta fatia de 62%.

    Vou vender minha kitche bolhuda e aguardar o estouro ou esvaziamento da bolha.

    Alguém tem alguma dica de investimento?

    Obrigada!

    0
    • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 14:34

      Vende bolhudo e compra duas “galinhas mortas” aqui…

      Veja como vai ficar o centro do Rio com bonde moderno

      “http://economia.ig.com.br/2012-05-14/veja-como-vai-ficar-o-centro-do-rio-com-bonde-moderno.html

      0
    • Pablo Gallardo 14 de maio de 2012 at 15:24

      O melhor investimento para quem quer segurança no país ainda é a compra de títulos do Tesouro Direto. Procure uma corretora de confiança que tenha taxas baixas e faça o contrato de pelo menos 2 anos, assim terá a incidência menor do IR. Caso não queira deixar o dinheiro parado esse tempo todo, fique com a poupança mesmo.

      0
    • Luiz 14 de maio de 2012 at 15:31

      ué Patrica, mas não são vcs engenheiros ganhando 15k iniciais cada um que eles alegam que são os compradores atuais.

      Poxa Patricia, assim vcs quebra as perna dos corretores…

      (ironic mode on)

      0
      • Etmso 14 de maio de 2012 at 15:48

        Engenheiro de alimentos querendo morar em Moema?

        (ironic mode turbo)

        0
      • dimarcinho 15 de maio de 2012 at 08:47

        Cara, não sei em SP, mas aqui no RJ um Eng. ganha entre 5-7k iniciais….

        15k é salário de Eng. Sênior (10 anos de experiência)

        0
    • Fred 14 de maio de 2012 at 16:04

      Vamos por partes! É melhor primeiro pegar dicas de vendas, Patricia!

      0
      • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 16:58

        Primeira dica:

        Colocar nomes diferentes para o famoso conjugado minusculo.

        0
    • Anonymous 14 de maio de 2012 at 16:54

      Depositar em poupança nos EUA. O depósito tem garantia até 250 mil USD (500 mil Reais) da da pelo Governo dos EUA. Voce não paga nem taxa para o banco e nem imposto sobre os juros que recebe. Procure pelo “Manual do Anonymous” para saber detalhes. O risco é o Dolar cair em relação ao Real, mas isso é muito improvável. Com cerca de 120 mil Reais, voce compra uma casa de 100 m2, 2 dormitórios em condomínio em algumas cidades na Florida (não tem nenhum exagero nessa afirmação). A Banânia está tão louca que uma casa do MCMV custa mais do que isso.

      0
      • Marcia B. 14 de maio de 2012 at 17:41

        Obama vai perder nas eleicoes de 6 Novembro este ano e quando esse socialista for retirado, o DOLAR VAI SUBIR pois nao havera esse abuso de imprimir o dolar mais. Nao vai ter como o Brasil jogar para manter o dolar baixo ae no Brasil.

        O Brasil ja e mal visto no exterior por CORRUPCAO de todos os generos.

        – Alta taxas ( imposto) de importacao,
        – manipulacao da moeda Real ( artificialmente manipular a moeda para ela ficar alta perante o dolar).

        O Brasil com a dona dilma esta a beira de se ferrar novamente. Nao sera como a Grecia, mais vai ser lento e feio.

        0
        • Rui 14 de maio de 2012 at 20:38

          Marcia o dolar ja esta subindo a muito tempo, com o governo Obama. E vai continuar subindo, independente de quem ganhar as eleicoes. O presidente dos EUA nao tem nada a ver, com a cotacao do dolar. Isso e’ atribuicao do Federal Reserve do Bernanke, que e’ um orgao independente.. Nao esta subordinado ao governo do EUA.
          na verdade a cotacao do dolar e real, e’ feita por entidades financeiras do sistema financeiro internacional. O Federal Reserve so executa as determinacoes cambiais dessas entidades, que estao fora do EUA..Obama tem sido o governo mais anti-socialista da historia dos EUA. Nunca houve tanta concentracao de renda nos EUA. os ricos mais ricos e os pobres mais pobres.A impressao de dolares frios, ja vem sendo feita pelo Federal Reserve, nos ultimos 30 anos. Essa a razao da depreciacao do dolar, de mais de 50% , no dolar index,nas ultimas decadas.Corrupcao tem em todo o lugar.Natureza humana.E a economia brasileira vai crescer vigorosamente nas proximas 3 decadas, independente de quem governe o pais.
          Brasil. Um abraco para voce!

          0
          • Revoltado 15 de maio de 2012 at 09:58

            Discordo muito. O Brasil não vai crescer nas próximas décadas pelo simples fato de ser totalmente dependente em termos tecnologicos, e estar rumando cada vez mais para ser dependente até de itens básicos sendo importados da China que derrubam as empresas nacionais. Sem falar que em muitos mercados tradicionais no RJ, e até em shoppings menos expressivos tenho percebido um aumento no numero de lojas fechadas, fruto do aumento do valor do aluguel e condominio que inviabilizam os negócios no local.

            0
    • Paulie 14 de maio de 2012 at 17:20

      Bem-vinda ao clube. Eu (servidora pública federal) e meu namorado (juiz) – fazendo bastante economia – também não temos condições de comprar um imóvel minimamente digno. Só podemos bancar conjunto habitacional em Itaquera (e olha lá).

      Dica de investimento: ações. Aproveite a temporada de preços baixos.

      0
      • Bolhado 14 de maio de 2012 at 19:53

        Concordo! Só escolher as companhias saudáveis que estão na baixa! Mas por favor, nada de Cyrela e MRV!

        0
    • Rui 14 de maio de 2012 at 19:57

      Patricia, compra dolares. Se voce pode esperar de 1 a 2 anos, vai fazer uns 50% de lucro. O dolar na verdade e’ funny money,deveria valer menos que o real. mas o mercado de moedas da forex, nao tem logica e e’ totalmente irracional.O ouro esta fazendo uma perna corretiva. Hoje fechou a $ 1.558.00 dolares. Quando descer
      a $ 1.100.00 dolares a onca, compre tudo o que puder. Nos proximos 5 anos o ouro devera chegar a $5.000.00 dolares a onca. Porem nao compre ouro de joalharia, porque Nao tem nada a ver com investimento. Compre somente bullion, numa corretora, credenciada pelo banco central e nunca pague mais de 6% acima do preco oficial,cotado do dia , em real time.Boa sorte!

      0
    • Patricia Engª 14 de maio de 2012 at 21:04

      Pessoal, muito obrigada pelas dicas!

      Vou montar uma estratégia de venda, e será direta, não to afim de pagar corretor.
      E analisar os investimentos, não tenho pressa. Não vou morar num ap minúsculo ou me endividar pelo resto da vida.

      0
      • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 22:53

        Essa hitória já foi discutida aqui mas serve para ocasião:

        “http://www.valor.com.br/financas/2547202/casa-propria-ou-alugada

        0
  • alexny68 14 de maio de 2012 at 14:13

    ht tp:/ /www .infomoney .com.br/brookfield/noticia/2433127-acoes+brookfield+despencam+quase+apos+lucro+praticamente+sumir

    Ações da Brookfield despencam quase 10% após o lucro praticamente sumir

    PLOC…

    0
    • Leo 14 de maio de 2012 at 14:18

      Aqui no meu HB ja passou de 10 tem tempo…

      0
    • Luiz 14 de maio de 2012 at 15:32

      alexNy,
      espera só eles contabilzirem os passivos do terreno da Pirelli + advogados.

      um erro daqueles pode acabar com a empresa

      0
  • Carlos_ 14 de maio de 2012 at 14:23

    Eu acho muito ruim, muito ruim mesmo as construtoras estarem tomando ferro pela explosão de custos. Mesmo vendendo por preços absurdos, não conseguem nem pagar a obra. Isso mostra uma crise muito séria no setor habitacional brasileiro.

    Se estivessem nadando em dinheiro ou tomando ferro por devoluções, seria bom para quem quer ver a bolha estourar. Mas qual a margem que elas vão ter para baixar os preços se o problema parece ser o custo?

    O cenário onde elas quebram e outras assumem os terrenos e esqueletos com custos menores é um cenário que não me parece próximo.

    E, é importante observar, não tenho nenhuma simpatia por nenhuma dessas empresas e tenho muita antipatia por todo seus executivos, incompetentes que se acham gênios dos negócios. Quero que todos se explodam , mas em um cenário onde com isso os preços caiam.

    0
    • Leo 14 de maio de 2012 at 14:28

      Existe a desculpa publica e o fato real… duvido que o problema delas seja o custo e/ou margem. Mas isso, só o tempo revelará.

      0
    • Pablo 14 de maio de 2012 at 14:33

      Eles tem gordura para queimar.
      Altos estoques e bancos de terrenos, o dificil é achar para quem.

      0
    • Carlos_ 14 de maio de 2012 at 14:34

      Reparem, nesse momento várias construtoras caindo forte, e a galhinha morta da Gafisa subindo. Entendo isso como o mercado esperando um pacote de resgate para as construtoras. As outras perdendo valor porque o cenário geral vai piorando, a Gafisa ganhando porque ela já tinha isso precificado e estando junto com as outras no mesmo barco furado pode ganahar um colete salva-vidas de brinde.

      Um pacote desses não iria beneficiar em nada a queda de preços.

      0
      • Anonymous 14 de maio de 2012 at 18:02

        Um pacote de salvamento para a GAFISA vai ser a dica para o salve-se quem puder, um evento mais do que suficiente para estourar a bolha imobiliária. A confiança sumiria de um dia para o outro.

        0
    • Glaucio 14 de maio de 2012 at 14:37

      Me preocupa muito mais saber que pessoas estão abandonando a carreira em que se formaram para virar corretores nesse mercado louco. Pode ser uma decisão irreversível.
      Às vezes imagino se não seria uma estratégia das imobiliárias incentivar a “formação” de novos corretores para inundar o mercado de profissionais, e com isso baixar o valor de comissões.

      0
      • augusto 14 de maio de 2012 at 14:56

        Me parece que muitos dos novos corretores de imóveis são aqueles que fracassaram ou não conseguiram arrumar empego em outro setor da economia. Afinal o teste do Creci é muito fácil, e nada exige de diferente

        0
      • Leno 14 de maio de 2012 at 15:01

        Quem partiu para essa area é quem fez faculdade por fazer, quem não gosta de estudar, e principalmente quem nunca estudou. Ou seja, não se daria bem mesmo.

        Duvido muito alguem que fez engenharia por exemplo, largar tudo e virar corretor.

        0
    • KaTsu Nami 14 de maio de 2012 at 14:42

      A explicacao do CEO da brookfield para o trimestre pífio foi justamenta em razao da excessiva desistencia de contratos (devoluções)

      0
      • Carlos_ 14 de maio de 2012 at 14:43

        KaTsu Nami, você poderia me passar o link da fonte?

        0
        • Carlos_ 14 de maio de 2012 at 14:45

          Achei isso:

          “A Brookfield atribui o desempenho a “uma maior quantidade de distratos no trimestre”, quando ocorre a devolução do produto entregue, e à “concentração de lançamentos e vendas” nos dois trimestres anteriores, projetando um aumento de 67% no aumento de unidades entregues neste ano em relação a 2011.”

          Alguem tem os números de devolução? Percentual de devoluções em relação a unidades vendidas?

          0
          • Anonymous 14 de maio de 2012 at 18:06

            É só chamar o consultor DELUBIO SOARES novamente que ele dá um jeito.

            “http://oglobo.globo.com/politica/delubio-soares-fez-negocios-sombra-do-governo-petista-diz-epoca-2789693”

            O ex-secretário de Finanças do PT Delúbio Soares, refiliado ao partido e um dos principais envolvidos escândalo do mensalão, conduziu seus negócios como empresário sempre à sombra do governo petista, segundo revela reportagem da revista Época veiculada deste fim de semana. A reportagem mostra que durante o tempo em que ficou afastado do PT desde 2007 Delúbio vem mantendo negócios com a incorporadora Brookfield, que fez negócios com a Previ, bilionário fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, e participa do programa habitacional do governo federal Minha Casa Minha Vida, construindo 1.808 imóveis do maior programa habitacional do governo.

            0
            • RosinhA 14 de maio de 2012 at 18:15

              Boa Anonymous comentei deste tal de Dilúvio no post passado aproveite e veja seu blog, Brookfieldldld+Dilúvio+PT= muito dinheiro no bolso de alguém, e esqueletos de pé, hoje estou parecendo aquela criança que ficou o final de semana inteiro tentando montar um quebra cabeças e não consegui encaixar uma peça, de repente com ajuda de vários só faltam algumas, legal tá quase.

              0
          • Pablo 14 de maio de 2012 at 22:24

            No 1T12 foram 125 distratos e em todo 2011 foram 370 unidades com distrato no total.
            Se compararmos 1T11 com 1T12 houve um aumento de 41,6% saindo de 52 distratos para os 125.
            Os distratos já existiam, “APENAS” dobraram.
            PLOC!

            0
        • KaTsu Nami 14 de maio de 2012 at 14:46

          “A Brookfield atribui o desempenho a “uma maior quantidade de distratos no trimestre”, quando ocorre a devolução do produto entregue, e à “concentração de lançamentos e vendas” nos dois trimestres anteriores, projetando um aumento de 67% no aumento de unidades entregues neste ano em relação a 2011.

          Em comunicado aos investidores, o CEO da empresa, Nicholas Reade, afirmou que a empresa está desapontada com o desempenho no primeiro trimestre. “Entretanto, acreditamos ter tomado as medidas necessárias para melhorar o gerenciamento de custos e da carteira de clientes”, ressaltou Reade.

          ‘http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1090042-brookfield-tem-lucro-94-menor-no-1-trimestre-e-acoes-caem-86.shtml

          0
          • KaTsu Nami 14 de maio de 2012 at 14:47

            Desculpe a repetiçao. Nao vi que vc já tinha achado

            0
      • xangai 14 de maio de 2012 at 15:03

        isso eh um dos reflexo de indicadores como VGV … certo ?!?

        toda mes/trimestre aparecendo centenas de milhoes em VGV …
        esse “V” de vendas engana muita gente.

        deveriam trocar por TGV “tentativa geral de vendas”

        0
      • BELARMINO 14 de maio de 2012 at 19:07

        É porque será né, que tem devoluções?!?!?

        0
    • Curioso 14 de maio de 2012 at 14:50

      Sabe de quem é a culpa??? da ganância dessas construtoras, SIM !!!
      Quero que se ferrem!
      Quando começou o “oba oba” dos preços elas inflaram o mercado dos terrenos e compraram TUDO; fizeram emprestimos milionários; alavancaram todo o mercado imobiliário; jogaram os preços do m2 pra cima; não se preocuparam se haveria sustentabilidade nos preços ou não; construíram com cimento a base de areia e agora a casa RUIU!!!!

      0
    • Etmso 14 de maio de 2012 at 15:38

      Carlos,

      E te falo a pressão em cima do governo/bancos será imensa. Estes executivos tem acesso direto ao planalto por vias licitas e ilicitas. Vão precionar o governo a fazer até o que não pode e a seguir exemplos perigosos já conhecidos mundo afora.

      Realmente não dá para perder o que acontecerá no Brasil no famigerado e cabalístico 2014. Está emocionante.

      0
      • RosinhA 14 de maio de 2012 at 18:40

        Certinho ET, agora os desaparecido estão reencarnando, tb estou louca para que o tempo passe logo para ver no que vai dar.

        0
    • Bolhado 14 de maio de 2012 at 20:03

      Esse assunto já foi discutido aqui, o governo federal através de seus maravilhosos programas populistas, MCMV, PAC, Olimpíadas e Copa (financiadas quase 100% com dinheiro público) inflou os custos de tudo que tivesse haver com cimento, areia, terreno, ferro, dentre outros. Ainda tem muito dinheiro de investidores estrangeiros no setor e também de pessoas que caíram no conto da carochinha dos petistas. Quando esses investidores caírem na realidade que o B dos BRICS é de Banania, os preços vão desabar MUITO sim! A bolha imobiliária brasileira é praticamente um REMAKE da espanhola.

      0
  • Glaucio 14 de maio de 2012 at 14:31

    Se 62% não conseguem comprar um imóvel de US$ 40 mil em 20 anos, a coisa está pior do que eu pensava.

    0
    • Carlos_ 14 de maio de 2012 at 14:36

      Isso na cidade mais rica do Brasil.

      0
      • Glaucio 14 de maio de 2012 at 14:40

        Sem contar que não deve ser tarefa fácil achar em SP um imóvel digno nesse valor.

        0
      • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 15:05

        Como que SP é mais RICA se no Rio “só” 56% não tem condições e o m2 custa R$ 7.687.

        Obs.: São Paulo 62% não tem condições com m2 de R$ 6.215

        Mas que pesquisa é essa!!????????? Brincadeira!?

        0
        • Luiz 14 de maio de 2012 at 16:08

          eu acho que todos devem refletir melhor antes de escrever e criticar as noticias só pq elas são contrarias à opinião pessoal, isso vale pros 2 lados

          ora, se no rio o m2 é mais caro e a renda média é quase igual lógico que no Rio o acesso à casa é mais dificil

          0
          • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 16:44

            O problema é que segundo a pesquisa é mais facil comprar no Rio apesar do m2 ser mais caro.

            0
  • Ploc Monsters 14 de maio de 2012 at 14:32

    Madeiraaa…..

    Brookfield ON NM R$4,39 -10,59%
    Pdg Realt ON ED NM R$4,20 -7,28%
    Rossi Resid ON NM R$6,68 -6,57%
    Marfrig ON NM R$9,36 -5,07%
    Usiminas ON N1 R$15,78 -4,42%

    0
    • Leo 14 de maio de 2012 at 15:01

      Mas que lindo BISA3 -12.4%

      0
      • KaTsu Nami 14 de maio de 2012 at 15:13

        Eu nao sou chegado a agourar (nem torcer) no
        minuto a minuto, mas baixa de 12,03 % já tá de dar medo…

        0
        • KaTsu Nami 14 de maio de 2012 at 15:15

          Digo, – 12,63%…

          0
          • KaTsu Nami 14 de maio de 2012 at 15:19

            Ops. Mínima em – 13,44%…

            0
  • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 14:41

    No meu entender, o problema dessas construtoras se dá justamente pelo preço alto dos imóveis. Na maior parte dos casos eles trabalham com a perspectiva de alcançar fartas margens de lucro e o resultado alcançado acaba sendo baixo (quando não prejuízo) em relação as expectativas frustando os investidores. Têm muito imóvel encalhado, muitos espertos devolvendo seus “investimentos” por não poder arcar com o financiamento dos “80% restantes”, ações na justiça devido a atrasos na entrega das chaves, entre outros motivos. Uma hora elas terão que trabalhar com margens de lucro menores, baixar o preço pra valores mais sustentáveis, ou senão vão continuar enfrentando os mesmos problemas sem vender nada! isso na minha perspectiva, sou apenas um curioso …

    0
    • Carlos_ 14 de maio de 2012 at 14:47

      Outra coisa que não entendo são esses atrasos. Não seria melhor para elas entregarem logo as chaves e cobrarem os 80% restantes? Me parece que atrasam por incompetência mesmo.

      0
      • Etmso 14 de maio de 2012 at 15:29

        Nunca tinha pensando por este lado. Verdade não faz sentido algum atrasar a obra, a construtora posterga o recebimento de milhões em financiamento imobiliário.

        A construtora hoje tem que pensar como um BANCO, agir como tal, para não quebrar desde verificando a sua carteira de clientes, renda, número de especuladores, perfil, etc.

        0
        • Leno 14 de maio de 2012 at 15:41

          Mas para terminar a obra é preciso ter caixa. Como ha muitas devoluções em obras já prontas, e baixa nas vendas novas, de onde vão tirar $$ para continuar o que já está em andamento?

          0
          • Luiz 14 de maio de 2012 at 16:01

            Leno, pra terminar as obras antigas, eles precisavam desesperadamente vender as obras novas.

            Por isso lançaram obra até em cima do lixão.

            Dona lucinda e Nilo que se cuidem

            0
      • Guilherme SC 14 de maio de 2012 at 22:39

        Isso é modelo pirâmide, um paga o outro.

        0
  • Sérgio 14 de maio de 2012 at 14:53

    Diferentemente so jogo BANCO IMOBILIÁRIO, na vida real NÃO SE PODE VIRAR O TABULEIRO da bolha imobiliária e ir “emburrado” para casa: o buraco é maior e mais embaixo, sem falar que a conta chega.
    .
    Agora, em nossa Banânia, diferentemente dos outros países bolhudos, que eram DESENVOLVIDOS, ainda temos o diferencial te nossa população estar endividada com imoveis, carros e cartões, com um salário de m….. e prestes a perder o emprego, pois, que conseguido em virtude da própria enchurrada de crédito.
    A coisa aqui promete: 11% de QUEDA num único dia?
    Degringola que eu gosto.
    Minha futura casinha por R$100.000,00 quando se tentam (em vão) vendê-la por 280K.
    Só mais um aninho ou dois.

    0
  • Etmso 14 de maio de 2012 at 14:53

    Eu vi uma pesquisa o Brasil já é o 10o. maior emitidor de cartões de crédito do mundo.

    Pelo que estou entendo o mercado desaqueceu por que as pessoas já estão endividadas demais para irem as compras novamente. Estamos em uma “ressaca” em relação a 2009/2010.

    Entretanto, vejam, o que aconteceu com EUA/Espanha, as pessoas captvam a valorização do seu imóvel e retornavam este dinheiro na economia, isto em escalas significativas tanto em relação a volume quanto em % da população fazendo esta transação. Hoje os especuladores, que são o nosso modelo de reinjeção são % pequenos me relação ao montade total da população.

    Vejam onde eu quero chegar.

    No Brasil não temos este mecanismo de reinjeção de crédito, isto faz com que a “nossa bolha” se faça apenas pelo primeiro ciclo de injeção de crédito, o qual o governo esta com o desfibrilador em cima, mas a cada rodada este desfibrilador fica menos pontente, pois as dividas são acumulativas e os crediários são de médio prazo para carro (4-5 anos) então, o governo pode fazer o que for que num horizonte de 4-5 anos em relação a 2009-2010 de nada adiantara suas ações se ele não criar um sistema de reinjeção de crédito de grande volume.

    Este modelo de reinjeção poderia se dar:

    1) Pela devolução da diferença da portabilidade do juros imobiliário.
    Ou seja, em uma captação de juros a 12% de 300k no Itaú é passado para a Caixa a um juros de 7%, havendo uma devolução de 30k o qual voltaria para o mercado… atráves da compra de carros e outros bens de consumo. Assim parte de uns 30bi voltariam a circular da economia, vindos de financiamento imobiliarios de bancos privados.

    Esta seria uma forma de reinjeção efetiva, que levaria a um 2o. cresimento.

    A injeção digamos de “1o. ciclo” a meu ver está saturada.

    0
    • Carlos_ 14 de maio de 2012 at 14:59

      O problema é os bancos quererem refinanciar as dívidas de todo mundo. Os bancos vão fazer fila para terem prejuízo? Para trocarem uma dívida que rende muito para eles por uma que rende pouco?

      0
      • Etmso 14 de maio de 2012 at 15:18

        Mas pense comigo e me corrija.

        A portabilidade é negocio para o banco privado, pois o banco público quita a VPL a divída, acabando com o risco. E a hora que trouxer a dívida para o banco público para cubrir a operação financeira de quitar o banco público faria uma reavaliação do imóvel assegurando que ele de lastro pelo menos o que ele valia + o custo da quitação – o juros, devolvendo apenas a diferença de juros.

        isto pode se dar pelo aumento do prazo e diminuição dos juros.

        Pensa o cara que pegou um financiamento no Bradesco, Itaú, HSBC de 200k a 12%, 30 anos. Ele trás para um juros de 7%, 6% a 40 anos e joga este dinheiro na economia o boom que dá.

        0
        • Luiz 14 de maio de 2012 at 15:42

          ET, conforme eu contei no post anterior.

          O povo tem dinheiro pra parcelar, carro, fogão geladeira, mas não tem pra comprar comida?

          muito estranho isso.

          0
        • Apocalipse now 14 de maio de 2012 at 15:42

          Isso jamais daria certo no Brasil, pois aqui ninguém garante que os juros sempre baixarão, e se de repente o BC resolve subir de novo para segurar a inflação, imagina o estrago que seria, nos países desenvolvidos os juros já são baixos e não tem essa volatilidade que temos aqui.

          0
          • Etmso 14 de maio de 2012 at 16:08

            Também acho.

            Por termos exemplos recentes (Espanha e EUA) de crises no setor, envolvendo bancos, vão ser bem cautelosos.

            Vão ficar só com o desfibrilador no taxa de juros e manobrando recursos do FGTS e poupança, sem grande efetividade.

            0
            • Anônimo 14 de maio de 2012 at 17:43
              0
              • Etmso 14 de maio de 2012 at 18:20

                Entendeu certinho.

                Nos EUA eles devolviam o que o imóvel valorizou, refinanciando a dívida.

                Vamos supor que o cara esteja já no 5o. de 30 anos de pagamento, se ele levar para o outro banco, será que a dívida volta a ter 30 anos com as parcelas menores, pois o juros é menor e o prazo voltou a ser maior. Se a queda de juros for significativa nos próximos anos, 6%, esta portabilidade se assim for, dará folego aos pagadores, que terão mais dinheiro para injetar na economia. Alguém sabe exatamente como funciona?

                A tendência é que isto acabe, e as taxas dos bancos públicos e privados se igualem. Mas existe uns 30 bi aí financiados a juros altos, se o cara for o minimo informado vai trocar a taxa dele para a atual, ainda mais caindo como está.

                O Brasil historicamente já se mostrou um país muito criativo em fazer cagadas conhecidas de modos diferentes.

                0
                • Sol de Sampa 15 de maio de 2012 at 00:40

                  Pessoal, a portabilidade implica num refinanciamento, ou seja o bco que inicialmente financiou recebe toda a divida que é quitada, e o novo banco refinancia… aí ele pode refinanciar somente o vlr da div, ou o vlr maior, com novo prazo e juros…. Só que na prática algumas continhas fora o financiamento devem ser consideradas: como por exemplo – tx de analise do financiamento + averbação no cartório de imoveis (são 2 averbações a que baixa o primeiro financiamento e a do refinanciamento) – fora isso deve se observar que se paga uma nova escritura do novo financiamento e finalmente calcular o quanto o banco exige de reciprocidade e quanto os juros mensais são diminuidos…
                  As vezes é melhor conversar no proprio banco uma adição de tempo de financiamento, normalmente no SFH é possivel, e se melhorar a reeciprocidade não é possível um simples adendo no contrato para diminuir os juros….
                  Cada caso é muito eespecífico, de qualquer forma.

                  0
                  • Luiz 15 de maio de 2012 at 11:43

                    essa cagada foi feita aqui da seguinte forma:

                    o cara deu o imovel velho de entrada a valor bolhudo como parte do pagamento do novo a valor irreal + financiamento a valor irreal.

                    Quando a cadeia se quebrar vai todo mundo pro chão, igual castelo de cartas, vai imovel novo, velho, vai construtora e vai banco.

                    E tenho provas: percebam que quando imob cai, ação de banco cai junto

                    0
    • Bolhado 14 de maio de 2012 at 20:13

      Poisé, o povo já está com a corda no pescoço e começa a querer se capitalizar em cima do seu imóvel! Os famosos ativos pobres e a alavancagem aparecendo.

      Em tempo: Faixa na porta da Caixa Econômica há mais de 3 meses “REFINANCIAMOS SEU IMÓVEL”

      0
  • D9 14 de maio de 2012 at 14:56

    Segunda sinistra em homenagem ao Black Friday (sexta da promoção):

    Vários links que no fim podem ser resumidos em “a casa tá caindo”;

    – Lucro líquido da Brookfield despenca no primeiro trimestre
    http://www.valor.com.br/empresas/2656450/lucro-liquido-da-brookfield-despenca-no-primeiro-trimestre

    – Aluguéis sobem 13%; inadimplência dispara
    http://www.gazetadopovo.com.br/economia/conteudo.phtml?tl=1&id=1253804&tit=Alugueis-sobem-13-inadimplencia-dispara

    – Caixa acelera crédito e precisa de aporte urgente do governo
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1088709-caixa-acelera-credito-e-precisa-de-aporte-urgente-do-governo.shtml

    – Montadoras prometem juro zero para se livrar dos estoques
    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia,montadoras-prometem-juro-zero-para-se-livrar-dos-estoques,112171,0.htm

    – Governo faz ‘apelo’ para que hotéis reduzam preços para o Rio+20
    http://g1.globo.com/natureza/rio20/noticia/2012/05/governo-faz-apelo-para-que-hoteis-reduzam-precos-para-o-rio20.html

    – Trabalhadores pedem reunião para discutir restrição dos bancos a financiamento de veículos
    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2012/05/11/internas_economia,293855/trabalhadores-pedem-reuniao-para-discutir-restricao-dos-bancos-a-financiamento-de-veiculos.shtml

    0
  • Sheik 14 de maio de 2012 at 15:20

    BISA3 congelado.

    0
  • Leo 14 de maio de 2012 at 15:23

    Aeeeeee CIRCUIT BREAK Na Bisa3 !!!

    hahaha

    0
    • Luiz 14 de maio de 2012 at 15:39

      sim ao meu ver se forem verdadeiras aquelas noticias a Bisonha pode mesmo ter que fechar as portas.

      Existem muitas burocacias inuteis no BR

      Mas o estudo da área contaminada não é uma delas não
      Se eles fizeram algo errado podem até pegar cadeia, além das multas e indenizações.

      Maior burrice do mundo, como se pode pensar que poderiam esconder area contaminada.

      0
  • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 15:29

    Kassab diz que vai punir diretor que comprou 106 imóveis

    Diretor de Kassab compra 106 imóveis em 7 anos

    Com renda mensal declarada de R$ 20 mil, entre rendimentos de aluguéis e salário bruto na prefeitura de R$ 9.400 (incluindo uma aposentadoria), o funcionário acumulou, de 2005 até este ano, patrimônio superior a R$ 50 milhões. São pelo men­­­os 118 imóveis incluindo 24 vagas de garagem extras.

    A explosão patrimonial de Aref, como é conhecido, foi identificada pela Folha em levantamento feito nos últimos 45 dias em cartórios da Grande São Paulo, do litoral e parte do interior do Estado.

    Entre seus imóveis há, por exemplo, meia dúzia de apartamentos num prédio com vista para o Parque Ibirapuera. Esses imóveis estão estimados, no total, em R$ 4 milhões.

    “http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1090090-kassab-diz-que-vai-punir-diretor-que-comprou-106-imoveis.shtml

    0
    • Fred 14 de maio de 2012 at 15:36

      O cara vai ser punido: “Seu idiota, da próxima vez faz direito!!!”

      0
      • Luiz 14 de maio de 2012 at 15:51

        kassab é tão ruim que nem os [email protected] queriam ele, quer dizer, metade queria, metade não queria

        0
    • Etmso 14 de maio de 2012 at 16:13

      O Kassab é CORRETOR DE IMÓVEIS.

      Gilberto Kassab (São Paulo, 12 de agosto de 1960) é um economista, engenheiro civil, empresário, corretor de imóveis[1] e político brasileiro. Atualmente, é prefeito da cidade de São Paulo.

      Este cara pode ser um laranja.

      (orange detected)

      0
    • Carlos_ 14 de maio de 2012 at 16:19

      Boa postagem Rodrigo. Ia postar isso aqui hoje. As pessoas SUBESTIMAM MUITO a influência da corrupção no custos das coisas no Brasil. Sempre digo que a roubalheira é tão grande que distorce os mercados internos. Esse exemplo é perfeito e é só um grão de areia do saara de corrupção do brasil.

      Para quem se pergunta sempre quem está pagando esses preços, a resposta está aí.

      0
      • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 16:26

        Conheça os imóveis de políticos brasileiros:

        “h ttp://noticias.uol.com.br/album/110815casaspoliticos_album.htm

        0
    • Leno 14 de maio de 2012 at 16:42

      Está explicado porque alguns lançamentos vendem tudo em apenas 1 dia.

      0
    • RosinhA 14 de maio de 2012 at 17:40

      Hehehehee tá explodindo picaretagem em todas as cidades a próxima com certeza é SBC, O Molusco vai voltar correndo por NE, com medo de ser preso.

      0
    • Bolhas de sabão 14 de maio de 2012 at 18:25

      Depois dessa não há desculpa de demanda que justique o preço e a verticalização desenfreada de alguns bairros de SP. É interesse mesmo. Enfim descobrimos quem está comprando imóveis bolhudos.

      0
  • TS 14 de maio de 2012 at 15:31

    Galera, tô sempre por aqui mas posto pouco…

    Aproveitando para comemorar o trade que fiz em BISA3… vendido em 4,86! Vendido pelo rompimento de suporte! Para quem opera por análise técnica segue uma dica, momentos de turbulência como esse em que estamos operem pela MMA200 ou ainda pelo alinhamento das médias mais comuns 9, 13, 21, 50, 100, 200.

    Notícias publicadas aqui como sempre dando boas indicações da situação que nos encontramos.

    Indiquei o vídeo do espanistão aqui no serviço e muita gente adorou!

    Logo que tiver mais inspiração posto mais alguma coisa relevante.

    0
  • xangai 14 de maio de 2012 at 15:33

    uehh … “renuncia na diretoria executiva da PDG na ultima sexta” !??!

    http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/2433495-radar+acoes+brookfield+pdg+despencam+fibria+registra+prejuizo
    PDG e Brookfield despencam
    Em meio à renúncia de dois diretores na noite da última sexta-feira (11) e pressionadas pelo dia extremamente negativo no mercado, as ações da PDG (PDGR3, R$ 4,19, -7,51%) figuram entre as maiores quedas do Ibovespa. De acordo com o comunicado da PDG, foram anunciadas as renúncias do diretor vice-presidente de relações com investidores, Michel Wurman, e do diretor de investimentos e planejamento gerencial, Frederico da Cunha.

    0
    • RosinhA 14 de maio de 2012 at 17:54

      Estranho né Xangai cair fora apenas por qual causa? Saíram pobres será?

      0
  • RafaelK 14 de maio de 2012 at 15:41

    Ola!! Gostaria de ser um economista q entendesse um pouco de açoes..mas no presente sou apenas um espectador das noticias economicas!!
    Gostaria de pedir a alguem mais inserido no mundo das ações que desse algum detalhe “mais tecnico”.
    As ações da BISA3 caem mais de 13%.. PDGR 7%… RSID3 mais de 5%…
    Ações refletem mt o humor dos daytraders (eu acho)… nao necessariamente e o fim… muitas vezes e manobra de outras empresas para aquisiçoes e etc.
    Mas neste caso claro indica q as coisas para construtoras não andam mt animadas diante do publico em geral…Mas nada impede q elas tenham uma alta amanha.

    Mas ninguem é capaz de sustentar um esquema tao grande, por tanto tempo com bases insólidas.

    As empresas quebram.. os empresários nem sempre!!
    A nova classe média, ou a antiga estavel, nao conseguirá absorver esta conta.

    0
  • Douglas 14 de maio de 2012 at 15:43

    Dolar Acima de R$ 2Real.
    Ouchhhh!!!!!

    0
  • Luiz 14 de maio de 2012 at 15:57

    No info money desemprego que nada há vagas em aberto na diretoria das construtoras

    PDG e Brookfield despencam

    Em meio à renúncia de dois diretores na noite da última sexta-feira (11) e pressionadas pelo dia extremamente negativo no mercado, as ações da PDG (PDGR3, R$ 4,19, -7,51%) figuram entre as maiores quedas do Ibovespa. De acordo com o comunicado da PDG, foram anunciadas as renúncias do diretor vice-presidente de relações com investidores, Michel Wurman, e do diretor de investimentos e planejamento gerencial, Frederico da Cunha.

    Após as renúncias. o conselho da imobiliária elegeu João Miguel Mallet Racy Ferreira para o cargo de diretor de relações com investidores, Pedro Thompson Landeira de Oliveira para o cargo de diretor de investimentos e planejamento gerencial, e Saulo de Tarso Alves de Lara como diretor sem designação especial. O cargo de diretor vice-presidente permanece vago.

    As ações da Brookfield também despencam (BISA3, R$ 4,44, -9,57%). A companhia reportou lucro líquido de R$ 4 milhões no primeiro trimestre do ano, queda de 94% em relação ao mesmo período do ano passado. “Estamos muito despontandos com nossos resultados financeiros”, foi assim que Nicholas Reade, diretor-presidente da Brookfield abriu a telecoferêcia de resultados do primeiro trimestre da companhia, realizada na manhã desta segunda-feira (14).

    Gafisa elegem membros do conselho
    No mesmo setor, os acionistas da Gafisa (GFSA3, R$ 3,75, -0,27%) elegeram os membros dos conselhos fiscal e administrativo em razão de fim de mandato. Conforme comunicado, os acionistas decidiram que o conselho de administração será formado por oito membros independentes, dos quais quatro são membros atuais: Guilherme Affonso Ferreira, José Écio Pereira da Costa Junior, Gerald Dinu Reiss e Henri Phillippe Reichstul.

    0
  • MrK 14 de maio de 2012 at 16:15

    Esse fim de semana andei pelo Rio e me impressionou a quantidade de placas de VENDE-SE nos imóveis, algo que a até 1 ano e meio atrás quase não existia, hoje é um do lado do outro, em todos os bairros e tipos de prédios, não há dúvidas de que a oferta está muito maior que a demanda (algo que corretores já me confirmaram, e o bom senso já sabia)

    Outro dia comentei de um anuncio que vi “Está difícil vender o imovel? fuja pro aluguel!”, vejo muitos imóveis bolhudos vindo pra aluguel a preços bolhudos, como o proprietário está deslumbrado, ele está pedindo absurdos no aluguel, muda a modalidade mas não a mentalidade, só que não importa, pois o aluguel bolhudo também não está saindo, o imóvel segue encalhado…

    tá dificil botar na cabeca das pessoas que os tempos mudaram, mas não adianta nadar contra a corrente, os tempos já mudaram e só vão piorar com as entregas de milhares de imoveis brasil a fora

    0
    • Apocalipse now 14 de maio de 2012 at 16:21

      Aqui em BH tb está assim, placas de vende-se se multiplicam pelos bairros, acompanho um site de venda de imóveis, em novembro do ano passado eram 8900 imóveis a venda hj são mais de 12000, e não pára de aumentar.

      0
      • Ze da Couve 14 de maio de 2012 at 17:08

        Apocalipse? qual site vc usa aqui pra orientar/procurar os precos em bh?
        mudei a pouco pra bh e nao conheco muito da cidade.. estou morando com minha irma, para procurar com calma algum ap com bom cus

        0
    • augusto 14 de maio de 2012 at 17:11

      Povos muito mais instruidos e desenvovlvidos (americanos, espanhois, japoneses, chineses, etc) entraram em bolhas imobiliarias, e por que nosso povinho em garnde maioria partidario da lei de Gerson não entraria? Depois vão se sentir os maiores idiotas,mentecaptos e energúmenos do mundo.

      0
  • Ana 14 de maio de 2012 at 16:19

    Soube que na Barra diversos aptos. e salas comerciais que estão para ser entregues, os compradores estão desesperados pois compraram para revender antes das chaves e não estão conseguindo repassar.
    Coincidentemente, li a reportagem que a Brookfield teve prejuízo decorrente dos distratos.
    Acho que o MRK estava certo.

    0
  • MrK 14 de maio de 2012 at 16:20

    equação perigosa…

    DOLAR SUBINDO = ESTIMULA GRINGO A SAIR
    JUROS EM BAIXA = ESTIMULA GRINGO A SAIR
    INFLACAO EM ALTA = ESTIMULA GRINGO A SAIR
    PIB EM BAIXA = ESTIMULA GRINGO A SAIR
    INADIMPLENCIA EM ALTA = ESTIMULA GRINGO A SAIR

    é.. tá ficando dificil o negócio pro país-sensação… se a Europa ou EUA derem um sopro de recuperação, a grana vai embora correndo, o que nos salva hoje é a situação dificil deles, a gente ganha por eliminação, por WO, se o concorrente levatar f…

    0
    • Luiz 14 de maio de 2012 at 16:25

      podiam sair e levar a Copa junto
      n temos condições de ter copa aqui

      0
      • Ana 14 de maio de 2012 at 16:27

        O mais engraçado é que todos os jornais noticiam essa queda livre das construtoras menos o O Globo.

        0
    • Curioso 14 de maio de 2012 at 16:31

      Enquanto isso: a brasileirada dança: Eu quero Tchu… eu quero Tcha…!!!

      Nunca na história desse país……………… rss!

      0
    • Anonymous 14 de maio de 2012 at 16:42

      Seria uma preocupação GLOBAL com o CONFISCO, pela segunda vez, da caderneta de poupança? Oh, dúvida cruel que me assola.

      Dólar supera R$ 2 com temor global; Mantega nega preocupação

      “http://www1.folha.uol.com.br/poder/1090081-mantega-afirma-que-preco-do-dolar-nao-preocupa-moeda-bate-r-2.shtml”

      O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta tarde de segunda-feira (14) que o aumento do preço do dólar não preocupa o governo. A cotação da moeda chegou a R$ 2,002 e, por volta das 14h45, estava cotado a R$ 1,996, operando em alta de 2,04%.

      0
      • augusto 14 de maio de 2012 at 17:07

        Quem acredita neste ministrozinho que negou até o fim modificações na poupança, mas que ocorreram porque sua chefa queria porque queria. Chefinha queridinha voce é a maxima

        0
    • Revoltado 15 de maio de 2012 at 13:39

      Mas o dolar subindo nao estimularia o Gringo a colocar dinheiro aqui?
      Afinal o dinheiro dele valeria mais.

      0
  • ana 14 de maio de 2012 at 16:24

    Outro dia também vi esse anúncio num ônibus. Os proprietários acabam pedindo um valor bolhudo no aluguel também, só que no caso do aluguel não tem muito como aumentar porque porque está muito mais atrelado à renda do sujeito, ao contrário da compra onde o sujeito pode ter recursos próprios e não depender de um financiamento…

    0
  • Ana 14 de maio de 2012 at 16:24

    Antes era só a Gafisa que estava caindo, mas agora todas estão em queda livre e as justificativas para a queda de lucro estão perigosas.
    Por que deixaram isso ocorrer? Será que não sabiam que os preços dos imóveis estavam acima da renda do consumidor final.
    Acho que esses executivos por estarem ganhando salários altíssimos não têm noção do real poder de compra do seu consumidor…kkkk

    0
  • Eskeleto 14 de maio de 2012 at 16:42

    Que matéria mais besta:
    14/05/2012 16h03 –
    Poupança capta R$ 4 bi no início de maio, valor recorde para o mês
    Captação de recursos foi registrada em cinco dias úteis, informou BC.
    Nova regra, até o momento, não impacta depósitos, mostram números.

    Lógico que não impacta afinal está rendendo a mesma coisa quero ver a hora que os juros baixarem.

    0
    • Carlos_ 14 de maio de 2012 at 16:58

      A captação é recorde porque quem tinha dinheiro parado colocou tudo na “velha” poupança enquanto podia.

      0
  • Luiz 14 de maio de 2012 at 16:43

    Professores da London Business School sobre a bolha imobiliária Versão para impressão Enviar por E-mail

    Escrito por Melao
    Segunda, 14 Maio 2012 16:07

    w w w.saturnov.com/artigos/233-professores-da-london-business-school-sobre-a-bolha-imobiliaria

    0
  • Sérgio 14 de maio de 2012 at 16:51

    h t t p : / / portalinvestsantander.clientes.ananke.com.br/aqui_voce_pode/noticias_do_mercado/tpl_noticia.asp?CDUID=2433495

    PDG e Brookfield despencam
    Em meio à renúncia de dois diretores na noite da última sexta-feira (11) e pressionadas pelo dia extremamente negativo no mercado, as ações da PDG (PDGR3, R$ 4,19, -7,51%) figuram entre as maiores quedas do Ibovespa. De acordo com o comunicado da PDG, foram anunciadas as renúncias do diretor vice-presidente de relações com investidores, Michel Wurman, e do diretor de investimentos e planejamento gerencial, Frederico da Cunha.

    Após as renúncias. o conselho da imobiliária elegeu João Miguel Mallet Racy Ferreira para o cargo de diretor de relações com investidores, Pedro Thompson Landeira de Oliveira para o cargo de diretor de investimentos e planejamento gerencial, e Saulo de Tarso Alves de Lara como diretor sem designação especial. O cargo de diretor vice-presidente permanece vago.

    As ações da Brookfield também despencam (BISA3, R$ 4,44, -9,57%). A companhia reportou lucro líquido de R$ 4 milhões no primeiro trimestre do ano, queda de 94% em relação ao mesmo período do ano passado. “Estamos muito despontandos com nossos resultados financeiros”, foi assim que Nicholas Reade, diretor-presidente da Brookfield abriu a telecoferêcia de resultados do primeiro trimestre da companhia, realizada na manhã desta segunda-feira (14).

    0
    • RosinhA 14 de maio de 2012 at 17:36

      Sérgio leia meu link abaixo e saiba que minha cidade iria ficar com quase 35% dos investimentos desta empresa, lucro era dividido em partes por diversas pessoas.

      0
  • Paulo Rocha 14 de maio de 2012 at 17:09

    Olá a todos, hoje eu tenho uma pergunta relacionada ao dolar. Provavelmente o anonymous seja a melhor pessoa a responder. Realmente o Brasil é uma piada. É o único país que eu conheco que tem 3 cotacões para o dólar (comercial, turismo e paralelo).

    Bom, voltando ao assunto. A minha noiva foi tentar transferir parte da poupanca dela para mim aqui na Noruega, já que vamos nós casar em agosto e morar aqui. No Banco do Brasil o pessoal é muito imcopetente e não sabem de nada sobre transferencia internacional. Eu forneci todos os dados necessarios para a transferencia (BIC, SWIFT, endereco, etc). A minha noiva só tomou um chá de cadeira hoje. A minha pergunta é como é que o cambio é determinado? No BB falaram que o cambio do dolar seria R$2,20 (10% acima do cambio atual) Acho um absurdo! Será que é algum funcionario safado querendo roubar?

    De acordo com o proprio BB o cambio deveria ser:
    US$ Comercial (Compra) 1,986 14/05/12
    US$ Comercial (Venda) 1,988 14/05/12
    fonte: “http://www.bb.com.br/portalbb/page106,116,2137,1,1,1,1.bb?codigoNoticia=1363&codigoMenu=1092&codigoNoticia=1363&codigoMenu=1092

    Banco Central
    compra: 1,986, venda: 1,9866
    fonte: http://www4.bcb.gov.br/pec/taxas/batch/taxas.asp?id=txdolar

    UOL
    Dólar comercial (em R$) Compra: 1,9889 Venda: 1,9899
    Dólar turismo (em R$) Compra: 1,9200 Venda: 2,0600
    http://economia.uol.com.br/cotacoes/cambio.jhtm

    Eu falei para ela declarar que era uma doacao, mas ficaram encrencando perguntando se era para algum parente. Existe alguma restricao para que se pode enviar “doar” dinheiro? Não somos casados ainda mais em uma questão de 2 meses seremos.

    0
    • Bolhado 14 de maio de 2012 at 20:29

      No BB ninguém sabe fazer nada! É funcionário com manual, receita de bolo e pendurado no telefone para fazer qualquer operação simples. A melhor opção é fazer pelo Internet Banking! Com relação ao dolar superfaturado, é porque o banco coloca os impostos e uma taxa gordinha pela operação!

      0
      • jibs 15 de maio de 2012 at 11:09

        voce esta ferrado. com seus tres tipos de cambio este pais demosntra a pouca seriedade e a voragine arrecadatoria de seu corrupto governo.

        O dolar comercial se aplica em transcçaoes comerciais: se uma empresa brasileira compra um contenedor de bacalhaus norueguese se aplica o dolar comercial (mais o fee do banco)

        O dolar turismo é uma invençao muito brasileira, pela qual as pessoas fisicas nao podem usar o dolar comercial: se voce quiser fazer turismo na noruega voce troca euros ou as despesas de seu caqrtado pelo comercial (aprox`+5% sobre o comercial) se sua noiva recebe uma transferencia desde a noruega somente pode usar o turismo na outra ponte, mais ou menos -5% do comercial

        Se voce quer ir a uma porta traseira de uma loja de tudo a um real ou ligara um cambista de um hotel e trocar 100 notas ,diretamente se te aplica o paralelo.

        Conclusao, voce esta ferrado.

        * exemplo inverso , é mais barato para um turista estrangeiro no brasil usar o cartao de credito e pagar a comissao do banco sobre o dolar comercial, que trazer reais e trocar-os numa casa de cambio.

        0
  • FQ 14 de maio de 2012 at 17:09

    Os 38% que sobraram já tem casa própria!

    Como disseram: Demanda é diferente de carência!

    0
    • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 17:49

      A pesquisa diz que serão necessárias 10milhoes de moradias só em SP, até 2025.

      0
      • FQ 14 de maio de 2012 at 18:18

        Também serão necessários milhões de toneladas de feijão para atender as necessidades da população nos próximos 10 anos.

        Mas, nem por isso eu vou conseguir vender feijão por 100 reais o quilo, pois não há demanda neste valor, embora haja necessidade hipotética ou até desejo!

        0
        • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 19:02

          Essa foi a pesquisa.

          0
  • Paulo Rocha 14 de maio de 2012 at 17:11

    Desculpem-me, esqueci de comentários com links são moderados, então envio mais uma vez.

    Olá a todos, hoje eu tenho uma pergunta relacionada ao dolar. Provavelmente o anonymous seja a melhor pessoa a responder. Realmente o Brasil é uma piada. É o único país que eu conheco que tem 3 cotacões para o dólar (comercial, turismo e paralelo).

    Bom, voltando ao assunto. A minha noiva foi tentar transferir parte da poupanca dela para mim aqui na Noruega, já que vamos nós casar em agosto e morar aqui. No Banco do Brasil o pessoal é muito imcopetente e não sabem de nada sobre transferencia internacional. Eu forneci todos os dados necessarios para a transferencia (BIC, SWIFT, endereco, etc). A minha noiva só tomou um chá de cadeira hoje. A minha pergunta é como é que o cambio é determinado? No BB falaram que o cambio do dolar seria R$2,20 (10% acima do cambio atual) Acho um absurdo! Será que é algum funcionario safado querendo roubar?

    De acordo com o proprio BB o cambio deveria ser:
    US$ Comercial (Compra) 1,986 14/05/12
    US$ Comercial (Venda) 1,988 14/05/12
    fonte: “http://www.bb.com.br/portalbb/page106,116,2137,1,1,1,1.bb?codigoNoticia=1363&codigoMenu=1092&codigoNoticia=1363&codigoMenu=1092

    Banco Central
    compra: 1,986, venda: 1,9866
    fonte: “http://www4.bcb.gov.br/pec/taxas/batch/taxas.asp?id=txdolar

    UOL
    Dólar comercial (em R$) Compra: 1,9889 Venda: 1,9899
    Dólar turismo (em R$) Compra: 1,9200 Venda: 2,0600
    “http://economia.uol.com.br/cotacoes/cambio.jhtm

    Eu falei para ela declarar que era uma doacao, mas ficaram encrencando perguntando se era para algum parente. Existe alguma restricao para que se pode enviar “doar” dinheiro? Não somos casados ainda mais em uma questão de 2 meses seremos.

    0
    • Anonymous 14 de maio de 2012 at 17:24

      Cara,

      Voce me lembrou da ocasião quando comprei o dolar turismo pela primeira vez. Na época os bananenses só podiam comprar dolar no paralelo. Uma amiga ficou tão entusiasmada que foi até a minha casa somente para VER como era o dolar TURISMO, pois até então ela só havia visto o dolar PARALELO. Ela acreditava que podia ser um dolar “diferente”.

      0
    • alexNY68 14 de maio de 2012 at 17:32

      Fala pra ela abrir uma conta no itau , foi o melhor banco para este tipo de transacao ateh hj que ja vi no brasil

      De qualquer forma vai depender do valor , para o banco central nao ficar cheretando nas suas vidas

      vai mandando aos poucos, pra tbm nao ter problemas no seu pais atual com imposto de renda mais tarde

      0
      • Eskeleto 14 de maio de 2012 at 17:35

        Para doação irá pagar 4% no IR

        0
    • Carlos_ 14 de maio de 2012 at 17:33

      A maioria dos bancários não entende nada de câmbio. Já sofri com muita informação errada. Mas que um bancário me disse que o que eu queria fazer era impossível, que o banco não fazia, sendo que quando encontrei a pessoa com a informação certa fiz sem problema nenhum.

      Você precisa ir em uma agência que tenha uma gerência especializada em câmbio. Se for no Rio, vá no BB da Senador Dantas e vá para o subsolo, onde tem uma equipe que só trata disso.

      0
    • Anonymous 14 de maio de 2012 at 17:34

      É importante perceber que a cotação do dolar varia ao longo do dia. Os bancos podem ou não trabalhar com um valor ligeiramente ACIMA da cotação oficial DO MOMENTO, mas nunca algo como 10%. O melhor banco que encontrei foi o Itau Personalite para fazer remessa para o exterior. O custo é 0.68% do valor mais um valor fixo pelo contrato de câmbio (eles cobram para fazer o contrato), geralmente da ordem de $ 100 USD. O mais importante é provar para o gerente do banco que o dinheiro que está sendo enviado ao exterior é legítimo e está declarado no IR. Voce pode também enviar 3 mil USD por mes sem explicar coisa alguma, a título de MANUTENÇÃO DE RESIDENTE NO EXTERIOR, o que pode servir no seu caso.

      0
    • Anonymous 14 de maio de 2012 at 17:38

      Se for enviado como doação vai encarecer, pois haverá imposto de 4% do valor a ser pago à Receita Federal e isso já vai ser retido pelo banco. O melhor é procurar um gerente alfabetizado (que saiba ler, escrever e principlamente comprrender o texto escrito), eu sei que é difícil encontrar, mas vai simplificar muito o seu trabalho.

      0
    • RGD 14 de maio de 2012 at 17:41

      Paulo Rocha, já fiz esse tipo de transação internacional várias vezes no Banco do Brasil e em vários bancos nos EUA. Com certeza, o Banco do Brasil é disparado o mais incompetente nesse área. Nos EUA, fazer essa transação é super fácil, qualquer atendente de caixa lá faz a transação super rápido. A taxa é geralmente é $30 a $40 por transação, ou até de graça dependendo da conta que você tem.

      No Banco do Brasil, é outra estória. Você tem que ir geralmente em uma agência especializada em câmbio. Da última vez que fui lá, paguei um 1% do valor da transação, limitado a $100. A cotação é uma merda, acho que geralmente eles pegam a maior (ou menor) cotação do dia de tal forma a sempre favorecer o banco. Se for comprar dólar, usam a cotação máxima do Dólar Turismo. Se for vender dólar, usam a cotação mínima do Dólar Turismo. No final, você sempre perde. Quanto mais volátil o dólar no dia, pior a cotação que você terá.

      No meu caso, sempre fazia a transferência para mim mesmo. Nesse caso, é considerado transferência de patrimônio e você não paga Imposto de Renda. Você tem que assinar uns papéis declarando isso e também lembrar de declarar os valores transferidos no seu Imposto de Renda.

      No seu caso, é bom consultar um especialista principalmente se o valor for alto (acima de 10K).

      0
    • Paulo Rocha 14 de maio de 2012 at 17:54

      Obrigado por todos os comentários. Eles tem sido bem informativos. Quanto a questão de imposto de renda não creio que haja nenhum problema já que ela estara tirando direto da conta dele e se a receita federal quizer verificar não encontraram nada de especial lá. Eu pensava que declarando como doacao nao teria impostos. Ela mora em joinville entao nao sei se fica facil encontrar um Itau personalite. Vou passar a informacao a ela. Obrigado a todos!

      0
      • Rodrigo08 14 de maio de 2012 at 19:27

        Colega, doação é hipótese de incidência de um imposto estadual, o ITCMD – Imposto sobre transmissão Causa Mortis e Doação. Por se tratar de imposto estadual, a sua aplicabilidade varia conforme o Estado. Normalmente há uma faixa de isenção, em SP, por exemplo, no atual exercício, é de R$ 46.100. Caso o valor transmitido seja elevado, aconselho que sua noiva procure a Secretaria da Fazenda do seu Estado para maiores informações. Boa sorte!

        0
      • Cambio 15 de maio de 2012 at 21:48

        Meu caro, é díficil alguem querer, mas se sua noiva conseguir alguma pessoa que tenha uma conta para emprestar você pode fechar um câmbio a título de pgto de cursos e treinamentos e tranferir a grana a dolar comercial sem pagar impostos. Sua justificativa perante a SRF é totalmente legal so precisa de uma Comercial Invoice que é moleza arrumar.
        Não é tão simples, mas se tiver um pouco de conhecimento dá pra fazer na manha!

        0
    • Paulo Rocha 14 de maio de 2012 at 21:59

      Voltando um pouco ao assunto da taxa de cambio do real, o que vocês acham que vai acontecer com a quotacao, até que ponto pode baixar? Sei que é difícil de acertar, mas sera que a situacao fica pior do que 1 usd = 2,50 brl? Os juros estão baixando, a inflacão rolando e com a economia travando a tendencia é que a moeda caia mais ainda. Seria interessante saber até que ponto chegaremos. Mas essa pergunta talvez só o miguel jacó para responder.

      0
      • Anonymous 14 de maio de 2012 at 22:44

        A cotação pelo índice Big- Mac deveria ser 1 USD = 2.34 Reais. Note que para fazer um Big-Mac entra trabalho desqualificado (a banânia tem de sobra) e comida (a Banânia tem 10 meses de Sol por ano). Se não conseguirmos nem mesmo competir em sandwiche, vamos tirar petróleo de 5 km de profundidade, é?

        0
  • MrK 14 de maio de 2012 at 17:19

    As construtoras estão vivendo a ressaca da loucura que plantaram

    para quem não entende de contabilidade, existe uma norma chamada “regime de competencia”, por essa norma as construtoras (e empresas em geral) contabilizam a receita quando o negócio é fechado e não quando ele é pago, em outras palavras, quando alguém compra na planta, a empresa reconhece essa receita e leva pro resultado.

    Acontece que muito do que foi reconhecido em 2009 e 2010, está sendo entregue e devolvido, em função da incapacidade do comprador de obter financiamento bancário (por isso a Dilma está atuando de forma desesperada nessa linha, através da caixa e BB)

    Cada vez que um negocio desse é aberto, aquele lucro que JÁ foi reconhecido, precisa virar um PREJUIZO para zerar a conta, isso deu origem aos R$1bilhao da Gafisa. Como a venda “euforica” pra quem não pode pagar não foi exclusividade da Gafisa e sim GERAL de todas construtoras, esse mesmo prejuizo (em valores diferentes) vai permear TODOS os balancos de construtoras, podendo sim levar até a uma quebra.

    Na minha opiniao, as maiores sofredoras serão Gafisa e MRV

    abracos

    0
    • Luiz 14 de maio de 2012 at 17:45

      Mrk, no primeiro momento as populares mostrão os piores resultados, por causa da fragilidade economica da classe C

      Num segundo momento serão as residencias classe AB, devido ao maior descolamento, renda X preços

      Num terceiro momento, se a crise continuar, serão as do ramo comercial, por causa da velocidade de reação, crise, desmpergeo, queda de consumo.

      0
    • RosinhA 14 de maio de 2012 at 17:50

      MrK estou começando a enxergar outro panorama, veja a quantidade de notícias que pipocaram estes últimos meses, devido a apadrinhamentos, o negócio é mais embaixo, sugaram tudo o que podiam pois já sabiam que não poderiam arcar com suas responsabilidades, este $$$$, em minha opinião já foi dividido e nunca mais aparecerá, acho que os reporteres da Veja já estão preparando as matérias e pelo jeito vão sair logo, veja só esta semana caso com KKKKassab e em Santo Andre mais outros, é corja suja, dinheiro de gente honesta vai pro lixo e a Encol está parecendo fichinha perto do que vem por aí.

      0
      • Luiz 14 de maio de 2012 at 18:01

        falou tudo rosinha,
        Encol é fichinha perto disto

        E pensar que o FHC por honestidade tacanha deixou ela quebrar, devia ter estatizado.

        0
      • lrp 14 de maio de 2012 at 18:15

        Hoje as construtoras reconhecem a receita ao longo da construção. O que deve estar ocorrendo é que devem estar com as obras atrasadas e não terem feito os ajustes necessários para aumentar suas receitas, e muito imovel sendo devolvido tb.

        0
        • FRK 14 de maio de 2012 at 21:51

          Explica isso ae Irp, por favor.. como é que é esse negócio de ir reconhecendo a receita ao longo da construção?

          abs

          0
          • Revoltado 15 de maio de 2012 at 14:06

            Em palavras simples:
            Se vc vende algo por 100k em 10 parcelas de 10k.
            Vc apropria como receita 10k no balanço de cada mês,
            e não 100k no 1o mês da venda.

            0
    • lrp 14 de maio de 2012 at 18:09

      Com a convergencia das normas contabeis ao padrao internacional ainda está sendo discutida como ficará o reconhecimento da receita desses imoveis vendidos na planta, enquanto a maioria do mercado entende que o reconhecimento da receita se dá no momento da venda de imóvel na planta, outra parcela compreende que a receita deve ser lançada apenas no ato da transferência dos riscos e benefícios, ou seja na entrega das chaves. Até final de 2012, o IASB anunciará a definição sobre a maneira certa do lançamento no balanço.

      0
      • Luiz 14 de maio de 2012 at 18:12

        ainda tem mais essa, cada um faz de um jeito, quando convem, e como melhor lhe convem

        0
    • Etmso 14 de maio de 2012 at 18:31

      Mrk,

      Os “imóveis” tomados lançados a prejuízo, que estão na posse da construtora, são lançados onde no balanço?

      0
      • Leonardo 14 de maio de 2012 at 21:58

        Acho que nao são lançados como prejuízo. Voltam pro estoque.

        0
    • augusto 14 de maio de 2012 at 19:17

      ótima explicação sobre lucros e prejuizos de balanços, e agora como ficam as informações do Secovi e seus experts sobre aumento nas vendas de imóveis novos lançados?
      De tanto falarem já estava até acreditando que os preços dos imóveis sempre sobem, KKKKKKKKKKK

      0
  • jch 14 de maio de 2012 at 17:22

    Alguem tem o telefone do comentarista de economia da CBN, Mauro Halfeld, que mesmo apos os balancos da Gafisa, ainda continuou pregando que imoveis e’ um bom investimento?

    0
  • RosinhA 14 de maio de 2012 at 17:33

    Tem mais um terreno e, SA, iniciarão as vendas ainda neste ano antiga indústria química do lado do shopping Plaza ABC, vamos ver se aconteçe algo agora, já disse algumas vezes 90% do que sei não posso escrever, só falo aquilo que saiu na mídia, ((((((((( NUNCA COMPREM NADA NA PLANTA E SEM TER O CONHECIMENTO DO QUE ERA ALI ANTES)))))))).

    vai um link atualizado: Procurem condomínio Ventura em SA e vejam o tipo de construção que estou falando.

    “http://www.capitalsocial.com.br/base.asp?id=1111&secao=Sociedade”

    Para complementar tem uma área que era garagem de ônibus no Parque das Nações, milhões de anos jogando limpa baú, e óleo na terra, o Sonda comprou e ainda está enrolado, iriam construir grande mercado para competir com Carrefour, pareçe que os franceses foram mais fortes;

    Aidan tá meio complicado, a cidade veio de herança maldita e continua “herrando”.

    0
  • Sir Income 14 de maio de 2012 at 17:37

    Hoje o IMOB caiu 4% voltando a pontuação de janeiro de 2012.

    0
    • Luiz 14 de maio de 2012 at 17:41

      fim da bull trap

      0
  • Bolhista 14 de maio de 2012 at 17:40

    Seria factível o governo intervir no mercado imobiliário aumentando o IPTU de imóveis vazios para ajudar reduzir os preços, ou pelo menos acelerar um processo inevitável???

    0
    • Anônimo 14 de maio de 2012 at 17:49
      0
    • Ze Bom Dirolo 14 de maio de 2012 at 18:04

      Iptu progressivo de acordo com a quantidade de imóveis?
      É uma alternativa….

      0
      • Luiz 14 de maio de 2012 at 18:27

        em diversos países o ITBI é progressivo
        começa em zero pra estimular quem ainda não temc asa própria

        0
        • Ze Bom Dirolo 14 de maio de 2012 at 18:57

          Interessante….

          0
        • Bolhado 14 de maio de 2012 at 20:37

          ITBI ZERO = Perda de arrecadação

          Dilma: essa não, manda outra ideia!

          0
        • Paulo 15 de maio de 2012 at 11:49

          Pela nossa legislação o ITBI não pode ser progressivo (há essa vedação expressa)… mas o IPTU pode (e normalmente é)…. mas não contra especulação e sim pra forçar o uso e a conservação… então se a pessoa deixa um apto parado, não há nada que a prefeitura possa fazer….

          0
    • FQ 14 de maio de 2012 at 18:07

      O melhor que o governo poderia fazer é proibir financiamentos com mais de 12 meses de duração!

      Essa praga chamada prestação distorceu a percepção de preço da população despreparada, além de mergulhar toda a sociedade na escravidão com os bancos! Pagamento tem que ser em recursos reais da economia e do bolso do cidadão e não vendendo a alma.

      Aconteceu com os automóveis e agora com as residências! Prestão e financiamento são uma praga!

      0
      • Benjamin 14 de maio de 2012 at 18:27

        Concordo, FQ, se não houvesse essa facilidade toda de financiamento eu já teria comprado o meu imóvel há muito tempo. Agora é foda como o minha casa minha dívida serve de piso pra fazer imóveis péssimos. Qualquer imóvel de R$ 150 mil nas capitais é de péssima qualidade. Distantes, com um tamanho médio de 50 metros quadrados e com um acabamento q sai debaixo (literalmente). Se houvesse alguma segurança jurídica em nosso país eu já teria desistido de comprar imóvel pra todo o sempre, mas e o medo da Dilmona botar a mão na minha poupança?! ÔOOUAAAA!!!

        CHARGE DO DIA DO EL PAIS SOBRE A CRISE IMOBILIÁRIA:
        http :// elpais.com/elpais/2012/05/13/vinetas/1336923299_347738.html

        0
    • Ze Bom Dirolo 14 de maio de 2012 at 18:07

      É o ‘boom imobiliário’, diz advogado de servidor de SP que multiplicou patrimônio
      Saab teria comprado 106 imóveis desde 2005, quando assumiu cargo; assessoria de Kassab diz que ele foi ‘compelido a pedir exoneração’

      0
    • Rodrigo08 14 de maio de 2012 at 20:47

      Só lembrando que o IPTU é um imposto municipal. Todavia, há sim previsão constitucional do IPTU ter alíquotas diferentes de acordo com a localização e o uso do imóvel. Abraço

      0
    • BeatoSalu 14 de maio de 2012 at 21:00

      Aki em SP já existe.
      “http://legiscenter.jusbrasil.com.br/noticias/2260145/sp-iptu-progressivo-e-aprovado-em-sp

      0
  • Ane 14 de maio de 2012 at 17:41

    Endividamento fez consumidor comprar menos neste Dia das Mães

    Levantamento da Serasa Experian mostra que vendas cresceram 7,3% no país

    Comentar0
    Corrigir
    Imprimir

    Diminuir fonteAumentar fonte

    A semana do Dia das Mães, de 7 a 13 de maio, teve aumento de 7,3% nas vendas em todo o país na comparação com a semana equivalente de 2011, segundo o Serasa Experian. No final de semana da data (11 a 13 de maio), as vendas também apresentaram elevação. Houve um avanço de 5,3%, quando comparado com o final de semana de 06 a 08 de maio de 2011.

    Segundo os economistas da Serasa Experian, este Dia das Mães registrou evolução das vendas inferior ao de 2011, confirmando os resultados da última Pesquisa Serasa Experian de Expectativa Empresarial. O maior endividamento do consumidor foi determinante para tal desempenho, que, mesmo com as promoções, não superou igual data do ano passado.

    A boa notícia está no fato de o Dia das Mães 2012 ter apresentado um crescimento das vendas superior ao da Páscoa, o que evidencia uma melhoria gradual na atividade econômica, deixando agora as expectativas para o Dia dos Namorados

    0
  • EspeculadorBolhudo 14 de maio de 2012 at 18:03

    O portal da globo fala sobre fechamento negativo da bolsa , mas nem toca
    em nome de construtoras, porque será?

    http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2012/05/bovespa-fecha-em-queda-e-alcanca-o-menor-patamar-do-ano.html

    0
    • Zoom 14 de maio de 2012 at 21:08

      E quando sobe um pouco da média, todos eles noticiam.

      0
  • FQ 14 de maio de 2012 at 18:15

    O melhor que o governo pode fazer para o país e para a economia produtiva é proibir a pratica irrestrita de financiamentos com mais de 12 meses. A economia tem que ser capaz de sobreviver com preços e negócios baseado na sua capacidade de gerar riqueza e que comportem os recursos que um cidadão pode dispor com o seu trabalho e empenho sem ter que ajoelhar-se para prestações eternas e juros abusivos.

    O uso do financiamento e prestações distorcem a percepção dos preços em uma população despreparada, permitindo uma alta abusiva e absurda desde que mantida a falsa ilusão da prestação mensal aceitável. Mergulhando toda a sociedade na escravidão de toda uma vida com os bancos, e não raro, pagam, pagam, e ainda perdem seus imóveis por inadimplência.

    Os Pagamentos e as atividades de mercado devem ser realizadas com a riqueza real gerada pela sociedade e sob a cobertura de recursos existentes bolso do cidadão e fruto de seus trabalhos.

    Aconteceu com os automóveis e agora com as residências!

    0
    • augusto 14 de maio de 2012 at 19:08

      Seria então o fim da nova crasse (com r em vez de L) média, que na realidade nunca existiu na realidade mas só no marketing sujo

      0
  • Luiz 14 de maio de 2012 at 18:17

    nas olimpiadas do infomoney

    BISA3 4,18 -14,86
    PDGR3 4,07 -10,15
    RSID3 6,47 -9,51

    Ouro, prata e broonze pras nossas amigas Imobs

    0
    • Zoom 14 de maio de 2012 at 21:11

      No site da ADVFN.
      -15.7%
      -11.3%
      -9.5%
      Respectivos.

      0
      • Revoltado 15 de maio de 2012 at 14:12

        Vamos abrir um bolão?
        Quem chega primeiro a 3,50?
        A – GafesSA
        B – BrokenFELDS
        C – PrejuDG

        minha aposta vai pra C – PrejuDG

        0
  • Paty 14 de maio de 2012 at 18:39

    http:/ /blogs.estadao.com.br/celso-ming/2012/05/12/inflacao-como-solucao-2/
    Inflação como solução
    12 de maio de 2012 | 16h30

    Celso Ming

    Cresce entre economistas influentes a ideia de que a saída da crise global exigirá boa dose de inflação. Paul Krugman, prêmio Nobel de Economia em 2008, é desses que cobram mais ação do Federal Reserve (banco central dos Estados Unidos) e do Banco Central Europeu – o que, na prática, significa aumentar emissões de moeda.

    A proposta faz algum sentido, mas cria problemas. Mais emissões de moeda e, logo, inflação, traria a vantagem de diluir dívidas. Traria certo alívio tanto para países com altos rombos fiscais – sobretudo Estados Unidos e a maior parte do euro – como para famílias excessivamente endividadas.

    Como os impostos são, na sua grande maioria, cobrados sobre preços, mais inflação (ou seja, preços mais altos) também elevaria a arrecadação. Assim, contribuiria para a melhora das finanças públicas, à medida que governos pagariam os mesmos salários para funcionários públicos, os mesmos benefícios para aposentados e os mesmos seguros-desemprego para a legião dos sem-trabalho.

    E aí entramos em outra vantagem que seria assegurada pelo aumento da inflação. A alta de preços poderia executar a tarefa que o câmbio desvalorizado não é mais capaz de executar na zona do euro, onde não há moedas nacionais a desvalorizar. Trata-se de reduzir renda em termos reais para baixar os custos de produção.

    Cabe aqui explicação. Quando os custos disparam e o setor produtivo perde competitividade, o sistema se ajusta pela queda de salários e pelo aumento do desemprego. O instrumento de política econômica mais adequado para isso não é o achatamento de salários e de preços; é a desvalorização cambial. Trata-se de subir em moeda local o preço da moeda estrangeira. Como isso só funciona em economias dotadas de moeda própria, o único modo de derrubar renda, salários e aposentadoria na área do euro é impor sacrifícios e colocar em marcha reformas dolorosas. Uma inflação mais alentada do que a atual, de 1% a 2% ao ano, também geraria efeito parecido, por achatar o poder de compra do consumidor.

    Outro efeito pretendido: ao provocar juros negativos e reduzir o retorno das aplicações financeiras, a inflação também estimularia o consumo e, assim, a retomada da atividade produtiva.

    Mas seria jogo de alto risco. Um processo inflacionário induzido por opção de política econômica poderia esvaziar a poupança privada, como ficou dito, e, posteriormente, prejudicar o investimento.

    Os juros negativos também levariam à deterioração do patrimônio de fundos de pensão e das reservas técnicas das seguradoras. Depois, os fundos de pensão poderiam não ter condições técnicas de pagar as aposentadorias esperadas. E as seguradoras poderiam não cobrir eventuais sinistros garantidos nas apólices.

    E, finalmente, um processo inflacionário é relativamente fácil de ser iniciado. Difícil é impedir que o ribeirão se torne um rio e que o rio vire mar de moeda. A história da economia está cheia de casos de hiperinflação, todos eles dolorosos e de sérios desdobramentos políticos.

    0
  • Bolha Imobiliária 14 de maio de 2012 at 19:18

    A patroa assistindo a novela, dai uma guria falando no telefone:

    – Quanto que o proprietário quer no imóvel ??…

    – O quê ??…O imóvel não vale nem a metade disto !!!

    E ela bateu o telefone…

    0
    • Ed_Bolha 14 de maio de 2012 at 19:23

      Eu vi… hilario… na plim plim hein…

      0
      • Bolha Imobiliária 14 de maio de 2012 at 19:26

        E olha que odeio novelas…Vi pq estava ligado a TV, e eu estava aguardando o Telejornal local…

        0
        • Ze Bom Dirolo 14 de maio de 2012 at 20:17

          Mensagem subliminares?

          0
          • Guilherme Eduardo 14 de maio de 2012 at 20:23

            Não dizem que a arte imita a vida? hehehe

            0
    • Carlos rj 14 de maio de 2012 at 19:33

      A arte imita a vida…

      0
    • Guilherme Eduardo 14 de maio de 2012 at 20:13

      A minha namorada me ligou hoje no serviço: “amor, nós somos pobres…” Moramos em Osasco, região metropolitana de SP, e estamos procurando um apto. Ela já percebeu que os preços subiram muito mais que nossas rendas, e que não ganhamos muito mal (Eu servidor concursado R$ 3.400, ela trabalho para empresa privada, R$ 2.100 – valores bruto), mas ainda não acredita numa queda. Ela já percebe que tem alguma coisa estranha (o que foi discutido aqui 01 ano atrás), mas ainda não juntou todas as peças. OBS.: ela não gosta muito de ficar acopanhando notícias, principalmente de economia rsrsrs.

      0
  • Bolhado 14 de maio de 2012 at 19:38

    Setor da construção derrete na bolsa! O inferno é o limite!

    0
  • Sérgio 14 de maio de 2012 at 20:00

    Hoje foi um desbunde só: é estrangeiro dando linha do perigo brasileiro. Quanto maior o risco, maior a fuga e maior a queda.

    0
    • Sérgio 14 de maio de 2012 at 20:02

      Se continuar assim, daqui um ou dois anos vai ter o BOLSA Corretor.
      80 MIL só em São Paulo. É gente que não acaba mais entrando no programa do PT

      0
  • GB 14 de maio de 2012 at 20:04

    Gente, o que aconteceu hoje na bolsa ? Acordaram pra vida graças a esse artigo (de um Órgão internacional, diga-se de passagem) dizendo que ninguém consegue comprar por causa do preço ? kkkkkkkkkkkk, conta uma novidade

    IMOB -4,02%

    ALSC3 18,69 0,21
    JHSF3 5,95 -0,83
    BBRK3 6,8 -0,87
    BRPR3 23,41 -1,01
    IGTA3 40,72 -1,73
    MULT3 45,64 -1,87
    BRML3 22,5 -2,17
    LPSB3 36 -2,17
    EZTC3 20,35 -2,39
    GFSA3 3,67 -2,39
    HBOR3 8,67 -2,58
    CYRE3 14,32 -4,14
    GSHP3 10,3 -4,98
    EVEN3 7,09 -5,46
    TCSA3 7,73 -5,5
    MRVE3 11,1 -5,53
    RSID3 6,47 -9,51
    PDGR3 4,07 -10,15
    BISA3 4,18 -14,86

    Logo GafeS/A e PDG vão empatar lá embaixo, muito cruel isso.

    0
    • GB 14 de maio de 2012 at 20:08

      Teve mesmo CIRCUIT BREAK hoje ?

      Essa semana vai ser cruel para as Construtoras, mas demorou, elas merecem.

      Os preços têm que voltar a patamares aceitáveis, especulador tem que perder $$$$ pra caramba pra nunca mais especular com imóvel, assim como aprenderam a fazer com telefone fixo, carro, bois e avestruzes.

      GB: (very happy mode ON)

      0
    • Rico 14 de maio de 2012 at 22:00

      Foi o derretimento da grécia. Há a possiblidade dela sair da zona do euro, por isso a tensão nos mercados.

      0
      • charles 14 de maio de 2012 at 22:40

        A saida da grécia da zona do euro já é liquida e certa desde o inicio da crise. O que acontece por lá é exatamente o que acontece por aqui, a midia inventando desculpas e trabalhando para os grandes conglomerados financeiros. Afinal o mercado é movido por boatos.

        A questão é que agora a crise esta chegando num patamar insustentavel e a saida da grécia não tem como ser negada, ela é vista como unica e possivel solução.

        Acontece que com a sua saida, espanha, portugal, italia caem juntos.

        Já aqui, a Dilmanta já tem os bodes espiatorios, como disse a Patricia Poeta no JN de hj: Tudo culpa da grécia…

        0
        • Leno 14 de maio de 2012 at 23:45

          Alem da saída do EURO, ainda tem o calote da Grecia, que ao meu ver é apenas questão de tempo.

          0
      • Anonymous 14 de maio de 2012 at 23:04

        A Grecia, se tiver influência na Banânia, é muito pouco. Essa estória é tentativa de tapar Sol com peneira. O que está pegando é CONFIANÇA na Banânia.

        0
        • Revoltado 15 de maio de 2012 at 14:27

          Na verdade a realção é complicada.
          A grécia assumindo o calote, vai gerar uma reação negativa no mercado e como vc bem disse desconfiança.
          Assim buscando se proteger os países vão cortar despesas superfluas e tirar capital investido no exterior buscando o tesouro americano. Cenário que certamente prejudicaria muito o Brasil, grande vendedor de…………………………………………………………………………………..Comodities

          0
  • MG 14 de maio de 2012 at 20:08

    MRV tem lucro menor e abaixo do previsto no 1o tri
    Reuters

    SÃO PAULO, 14 Mai (Reuters) – A construtora e incorporadora MRV Engenharia teve queda de 23,9 por cento no lucro líquido do primeiro trimestre na comparação anual, abaixo das expectativas do mercado.

    A empresa reportou nesta segunda-feira que teve lucro de 116 milhões de reais de janeiro a março, contra 153 milhões de reais um ano antes e expectativa média de analistas consultados pela Reuters de ganho de 186,9 milhões de reais.

    “O primeiro trimestre de 2012 foi um período de muitos desafios e resultados financeiros inferiores ao padrão e expectativas de nossa companhia”, disse a administração da MRV.

    Ao mesmo tempo, a MRV reafirmou a meta de margem Ebitda -sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação- entre 24 e 28 por cento em 2012, depois dos 19 por cento vistos nos primeiro trimestre.

    “Acreditamos que nossa operação balanceada, nossos controles e cultura de custos nos colocarão de volta aos patamares de rentabilidade anteriores no devido tempo”, segundo a companhia.

    No trimestre, a MRV reconheceu custos adicionais referentes a contrapartidas a prefeituras e autoridades.

    As provisões para manutenção de imóveis alcançaram 163 milhões de reais no fim de março, “proporcionalmente acima da média da indústria”, segundo a construtora.

    Por outro lado, a companhia reduziu seu consumo de caixa, manteve o ritmo de crescimento da produção e terminou março com o maior banco de terrenos de sua história.

    A queima de caixa no primeiro trimestre na operação de imóveis residenciais ficou em 109 milhões de reais, abaixo da média trimestral de 141 milhões de reais em 2011. Quando considerado o dispêndio por unidade produzida, o valor caiu para 11 mil reais de janeiro a março, praticamente metade dos 21 mil reais observados em 2010.

    A receita líquida da MRV nos três meses até março foi de 1 bilhão de reais, alta de 25,5 por cento sobre igual período do ano anterior. Mas o custo dos imóveis vendidos cresceu em ritmo mais acelerado, com expansão de 34,7 por cento, para 737 milhões de reais, na mesma base de comparação.

    O Ebitda totalizou 191 milhões de reais de janeiro a março, abaixo dos 201 milhões de reais um ano antes.

    A MRV já havia divulgado, em 17 de abril, queda nas vendas e nos lançamentos no primeiro trimestre.

    As vendas contratadas de janeiro a março, de 815 milhões de reais, equivalem a 16,3 por cento do ponto médio da meta traçada pela MRV para 2012, de 4,5 bilhões a 5,5 bilhões de reais -projeção reafirmada na divulgação do balanço.

    Para a MRV, “o mercado imobiliário continua aquecido no segmento econômico, com oferta inferior à demanda e disponibilidade de crédito de qualidade para os nossos clientes”. Na visão da empresa, os fundamentos “possibilitam a elevação de preços”.

    O banco de terrenos da empresa estava em 18,3 bilhões de reais no encerramento de março, contra 17 bilhões de reais em dezembro último.

    (Por Cesar Bianconi)

    0
    • MG 14 de maio de 2012 at 20:13

      Atentem para os trechos:

      As vendas contratadas de janeiro a março, de 815 milhões de reais, equivalem a 16,3 por cento do ponto médio da meta traçada pela MRV”

      Na visão da empresa, os fundamentos “possibilitam a elevação de preços”.

      Até o repórter colocou o último trecho em aspas… rs rs rs

      0
    • ray 14 de maio de 2012 at 21:53

      A MRV é a pior de todas… com o q pedem, me surpreende ter vendido algo…

      0
      • Revoltado 15 de maio de 2012 at 14:29

        eu diria mais: com o que oferecem, me supreende que ainda consigam vender algo.

        0
  • Guilherme Eduardo 14 de maio de 2012 at 20:20

    Pessoal que acredita na queda dos preços (ou mesmo estabilização) ou que apenas já percebeu que os preços estão muito acima da realidade, VAMOS AOS FEIRÕES DA CAIXA, mas para levar nossa idéia. Estapem camisetas, imprimam folhetos. Coloquem coisa como “PAGO O JUSTO PARA NÃO PAGAR O PATO”, “ABAIXEM OS PREÇOS QUE EU COMPRO”, algumas das últimas notícias monstrando as quedas nas vendas, a notícia deste post, “CORRI NEGADIS” e tudo mais que foi falado aqui. Precisamos mostrar que nem todo mundo é alienado às notícias, que nosso dinheiro não nasce em árvore (até que seria bom =D).
    .
    QUEREMOS COMPRAR, MAS OS PREÇOS ALTOS SÃO PROIBITIVOS.

    0
  • Felipe 14 de maio de 2012 at 20:21

    Eu quero Tchu, eu quero tcha! Explodem más notícias!
    Acho que o nosso amigo, profeta da bolha, Miguel Jacó vai acertar mais uma!

    0
  • luis jubileu 14 de maio de 2012 at 20:44

    “o ano do Jubileu é o ano de perdao de todas as dívidas. no velho testamento Deus entao chamado Javé determinou a moises que o jubileu deveria ocorrer a cada 7 vezes sete anos ou seja, 49. Independente de a regra ter sido escrita por moises ou pelo proprio deus e independente de deus moises ou jesus serem personagens miticos ou historicos a sabedoria dos que escreveram a biblia é algo consagrado pelo tempo. Deriva da psicologia humana uma tendencia a irresponsabilidade monetaria cuja engenharia reversa nao me atrevo a detalhar por terem os sabios escritores de mitos gregos advertido em seus escritos sobre édipo que a ordem social não resiste a uma uma liberdade de pensamemento demasiado ampla. Mas o fato é que o remedio a ser ministrado para nossa tendencia coletiva a transformar a administracao economica em um sistema ponzi é uma zeragem de posicoes a cada no maximo meio seculo. é um remedio amargo mas evita-lo significa deixar que a mesma coisa ocorra de forma mais grave e descontrolada em no maximo 80 anos. O ultimo jubileu involuntario na parte desenvolvida começou em 1929 e as dividas terminaram com a literal queima da maioria dos titulos de credito junto com seus proprietarios em bombardeios de artilharia durante a segunda guerra. depois de 1945 deveriamos ter contado meio seculo e zerado as dividas em 1995 processo esse que teria se dado de forma totalmente ordenada e com o minimo de danos se as datas estivessem previamente marcadas para 1995, 2045, 2095… em 1985 os financiamento para o que quer que seja teriam se limitado a 10 anos e em 1994 os bancos somente te emprestariam para doze meses. Mas nao, resolvemos simplesmente ignorar o que os sabios escreveram e que funcionou por mais de 2000 anos e agora vamos brincar de apendizes de feiticeiros durante mais no máximo 3 anos porque ha graficos bastante claros mostrando que o efeito do estimulo kenesiano que empurra o problema para frente atingira custo infinito em 2015. essa data somente poderia ser adiada com a descoberta da fusao nuclear ou de pocos de petroleo grandes o suficiente para deixar os sauditas de boca aberta. mesmo assim apenas se conseguiria adiar mais alguns anos. tudo o mais constante politica economica e impressao de moeda segurariam o armagedom por mais tres anos porem o seres humanos mais preparados conseguem ler os sinais com alguma antecedencia e assim que um numero suficiente deles resolve se proteger de perdas maiores o inevitavel é antecipado de forma drastica e imedita. estou apostanto uma cerveja com quem quiser que o sistema americano europeu de moeda tera entrado em colapso daqui a 3 anos mas nao aposto nem uma bala que o colapso esperara 2 anos ou 1 ou mesmo 6 meses. O processo de mudança de expectativas pode se tornar tao rapido quanto uma reação em cadeia e na verdade é tanto mais explosivo em rapidez e profundidade das consequencias quanto mais foi adiado. uma dica pratica para os colegas do forum os administradores da pdg pagaram a si remuneraçoes nos ultimos 3 anos em comissoes por resultados (por mais que estes sejam ficcao contabil ou faude) que so ficaram abaixo das recebidas pelos administradores da valle que é uma empresa umas cem vezes maior. A honestidade dos administradores da pdg para com os acionistas que sao os verdadeiros donos da empresa faz com que o preço atual de 4 reais seja um otimo preço para se desfazer dos papeis o quanto antes. Na verdade parte da administracao da pdg se demitiu hoje e o subprime brasileiro que sao os imoveis na planta vai explodir de forma espetacular nas proximas semanas. Nem sera necessario esperar o lucro nas chaves chegar a ser zero pq a percepcao do risco de quebra da administradora da construcao tornara a continuacao do investimento em imovel na planta desinteressante assim que a primeira gigante quebrar. “

    0
    • Ace One 15 de maio de 2012 at 11:05

      Tá explicado entao porque muitos crentes sao mal pagadores.

      0
    • FQ 15 de maio de 2012 at 11:54

      De onde saiu este texto?

      0
      • luis jubileu 15 de maio de 2012 at 18:25

        modéstia a parte esse texto saiu da leitura do velho testamento que fiz mes passado, da mitologia grega que li os 3 ultimos anos das minha leituras de feud (que comenta magistralmente ambos os assuntos) alem das leituras das teorias economicas da escola austrieca e das leituras de atualidades macroeconomicas que faço no site rcesar.net. quem leu meu texto ontem e seguiu a dica que dei na conclusao deixou de perder muito dinheiro porque a pdg despencou uns dez por cento hoje. suponho que a pergunta seja um elogio…

        0
  • Pedro 14 de maio de 2012 at 20:51

    Engraçado que a Patrícia Poeta acabou de colocar a culpa da queda da Bovespa na Grécia, Ahhhh… se Zeus existisse.. rsrsrsrs

    0
    • Leno 14 de maio de 2012 at 21:43

      kkkkkk boa..

      0
    • Rico 14 de maio de 2012 at 22:02

      Mas foi a grécia. As bolsas do mundo inteiro caíram.

      A grécia comprou apartamento bolhudo e tá sem pagar a fatura do cartão. Deu nisso.

      0
      • Sol de Sampa 15 de maio de 2012 at 00:49

        Rico, as principais bolsas que cairam foram da zona do euro… a dos EUA foi muito pequena a queda…
        isso implica realmente que os “investidores” que temos no Brasil são de lá, e eles prefiriram migrar por USD….

        0
        • Rico 15 de maio de 2012 at 06:59

          Com certeza, você faria o que?

          0
          • Sol de Sampa 15 de maio de 2012 at 15:07

            the same

            0
  • RosinhA 14 de maio de 2012 at 20:53

    Só aqui a Brocafielda perdeu 5 milhas imaginem no nacional, os amigos do Kiko prefeito de SP, entre outros.

    A CPI da Câmara de Santo André que investiga o suposto esquema de pagamento de propina no Semasa vai convocar a Brookfield a enviar representante para prestar depoimento. A empresa foi citada pelo advogado Calixto Antônio Junior como uma das participantes do esquema ilegal de liberação de licenças ambientais.

    O nome do depoente será definido pela própria empresa. O depoimento deve acontecer na próxima quarta-feira (18/04). “A Brookfield foi chamada porque o Calixto mencionou que a empresa deu R$ 5 milhões para obter licenciamento ambiental”, explica o vereador José Montoro Filho (PT), o Montorinho, único parlamentar da oposição que integra a Comissão Parlamentar de Inquérito.

    Nesta quarta-feira (11/04) a Comissão ouviu Luciana Yuri, que foi funcionária do Semasa por 12 anos e ocupou o cargo de assistente técnica de Licenciamento Ambiental. Ela foi citada no depoimento de Roberto Tokuzumi como integrante do suposto esquema de propina.

    “Perguntamos a ela se ela teria sofrido algum tipo de pressão para fornecer facilidades. Disse que não participou, que não viu ninguém reclamando”, afirma o presidente da CPI do Semasa, Donizeti Pereira (PV).

    A oposição avalia que o depoimento da ex-funcionária do Semasa comprometeu o superintendente da autarquia. “Ela confirmou que o Calixto era sempre visto no Semasa, no 6º andar, e o Pavin diz que não o conhece”, afirma o vereador Montorinho.

    O vereador Marcelo Chehade (PSDB), também integrante da CPI, acredita que o depoimento acrescentou pouco às investigações. “A ex-funcionária foi evasiva nas respostas, foi um depoimento fraco”, acredita.

    0
    • RosinhA 14 de maio de 2012 at 20:56

      A incorporadora Brookfield decidiu paralisar o projeto Atrium Shopping Santo André, cujas obras foram iniciadas há 40 dias no Espaço Pirelli. O anúncio ocorre três dias após o diretor da companhia José de Albuquerque negar à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) que a empresa tenha sofrido extorsão para conseguir a liberação de licença ambiental junto à autarquia.

      Na quinta-feira, porém, agentes do Semasa tentaram embargar a obra, alegando que a terra retirada do local e levada para aterro privado na Avenida dos Estados estaria contaminada. Na intervenção, um caminhão terceirizado da incorporadora teve seus documentos confiscados por funcionários da autarquia. A Polícia Militar chegou a aportar no aterro, e, após analisar o local, concluiu que não havia indícios de crime ambiental.

      Com o respaldo do Código de Obras, a Brookfield alega apenas que, “em respeito às autoridades locais”, abdica “momentaneamente”da continuidade de realizar as intervenções no terreno a fim de erguer o Atrium. No comunicado a empresa também reafirma a confiança no trabalho das instituições de Santo André, “em especial na análise do Semasa”.

      Previsto para ser inaugurado dentro de um ano, o empreendimento de 133 mil metros quadrados consagraria a cidade com o terceiro complexo de compras.

      Semasa, Brookfield e Prefeitura de Santo André foram procuradas para esclarecer as tratativas que levaram à paralisação do projeto, contudo não retornaram aos contatos da equipe do Diário.

      Denúncia – O advogado Calixto Antônio Júnior – que não tinha cargo no Semasa, mas dava expediente diário no sexto andar – citou a Brookfield como uma das empresas extorquidas pela autarquia no suposto esquema de venda de licenças ambientais. Calixto disse à CPI que a liberação teria custado R$ 5 milhões à incorporadora. A acusação rendeu promessa da Brookfield de retaliação na Justiça.

      Albuquerque, por sua vez, frisou não ter pago para que a concessão do documento fosse agilizada. O pedido de liberação da licença ambiental da Brookfield segue nas últimas etapas de análises do Semasa

      “http://www.dgabc.com.br/News/5953648/brookfield-para-obras-de-shopping-em-santo-andre.aspx”

      0
  • charles 14 de maio de 2012 at 20:58

    Só marcando territorio.

    0
  • Guilherme Eduardo 14 de maio de 2012 at 21:12

    Dando uma olhada no site da Folha encontrei uma notícia na qual as montadoras estão querendo que o governo pressione os bancos para liberarem crédito mais fácil. O interessante é observar os comentários. A grande maioria questiona com indignação o por que de não reduzirem os preços.

    Logo será a vez dos imóveis….

    0
  • AJW 14 de maio de 2012 at 21:56

    “Cresce inadimplência em financiamento de veículos” Gazeta do Povo

    A inadimplência das operações de Crédito Direto ao Consumidor (CDC) de veículos, ou seja, das dívidas sem pagamento por mais de 90 dias, chegou a 5,7% em março – uma alta de 0,2 ponto porcentual em comparação com fevereiro e quase o dobro da inadimplência de 3% registrada em março de 2011, segundo a Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef).

    Apesar de ser um jornal afiliado da Globo, estou adorando a Gazeta do Povo…

    0
  • Silas Jr. 14 de maio de 2012 at 21:57

    Gente, tem alguma coisa muito estranha aí, em outros países como EUA, Espanha e Japão antes do estouro da bolha as construtoras eram empresas extremamente lucrativas.

    O que estamos vendo aqui é totalmente o contrário, os altos custos e inpostos estão ruindo as margens líquidas, ou seja, estão neio que avalizando os novos preços.

    Como as empresas vão reduzir os valores se já estão trabalhando com margens ridículas?! Na boa, não tem como e, se os preços dos novos se mantém, os preços dos usados também tendem a se manter.

    E na pior das hipóteses, se houver realmente uma quebradeira geral das grandes construtoras, aí mesmo que os preços demorarão para cair, com valorização expressiva dos usados ou novos já prontos.

    0
    • Sol de Sampa 14 de maio de 2012 at 22:14

      Aí, alinhando com sua lógica, com quebradeeira, quem sabe os preços de construção e impostos e lógico… propinas, volte pra realidade do que o povo pode aguentar né!!!!!!

      0
    • Cicero Silva 14 de maio de 2012 at 22:23

      Em ocorrendo o “efeito manada”, é uma questão de escolher os dedos ou os anéis.

      A despeito de qualquer custo, em ocorrendo tal hipótese, os preços caem. Independentemente dos custos.

      É mera opinião.

      0
    • GB 14 de maio de 2012 at 22:48

      Uma quebradeira iria fazer com que os estoques de novos fossem vendidos a preço de banana para pagar custas trabalhistas dos funcionários, impostos do governo e credores privilegiados.

      Quanto aos imóveis usados é só o pessoal começar a precisar de $$$$ que eles caem, se parte deles perder o emprego nessa quebradeira, isso já é meio caminho andado.

      0
      • Revoltado 15 de maio de 2012 at 14:33

        se o preço do novo cair o usado acompanha

        0
    • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 23:21

      Só um comparativo do que acontece com os carros:

      “http://carplace.virgula.uol.com.br/honda-city-brasileiro-e-lancado-no-mexico-com-preco-inicial-de-r-25-800-como-e-possivel/

      aqui tem a conta:

      “http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1127753&page=190

      0
    • Leno 14 de maio de 2012 at 23:40

      Vc acha mesmo que as margens das construtoras são ridiculas ?

      0
  • Guto 14 de maio de 2012 at 21:57

    Este é o meu 1 comentário no site, moro no interior do RS, passo fundo, cidade com 200 mil hab., estou pensando em comprar um terreno para construir em um loteamento com toda infra já pronta; os terrenos mais populares giram em torno de R$ 70.000,00 os de 300 m. Gostaria da sugestão dos amigos pois os preços das residencias estão bem fora da realidade, compra direto com a construtora, 30% a vista e o restante em 24 x corrigidos pelo incc. Para se ter uma idéia não exite terreno na cidade por menos do que este valo. O site da construtora dos terrenos é cidadenovapf.com.br para quem tiver interesse em pesquisar.
    obrigado.
    Guto.

    0
    • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 23:03

      CUIDADO!!!!!!!

      Ter que ter LUZ, ÁGUA, ESGOTO… na frente do seu terreno!!! Lá na estrada não vale.

      0
      • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 23:07

        Tem que ter…

        0
    • Leno 14 de maio de 2012 at 23:37

      Desculpem a ignorancia, mas existe correção pelo INCC tambem para compra de terreno ?

      0
      • Sol de Sampa 14 de maio de 2012 at 23:50

        Só se vc construir, o indice que pode cobrar (talvez é o INPC) os advogados de plantão que corrjam please.

        0
  • alexNY68 14 de maio de 2012 at 22:13

    Parabens para o melhor presidente que o brasil ja teve

    http://www.loc.gov/loc/kluge/prize/winners.html

    0
  • DanielBG 14 de maio de 2012 at 22:16

    Aos simpatizantes da idéia do Anonymous, para quem ganha salário acima de 6 mil reais, há possibilidade abrir uma conta no HSBC Premier e, depois de movimentação, solicitar abertura de conta corrente nos EUA. Lá eles têm uma central de atendimento em português e é possível fazer tudo por aqui, além de poder desfrutar de movimentação da conta lá sem IOF e cartão de crédito com juros baixíssimos. Não há pagamento de tarifa da conta no exterior.

    0
    • Anonymous 14 de maio de 2012 at 23:21

      Isso, se estiver ocorrendo é ilegal do ponto de vista dos EUA. Para que isso tivesse um mínimo de credibilidade, um funcionário de uma agência dos EUA (não vale um funcionário de uma agência na Banânia) teria que examinar o PASSAPORTE da pessoa e verificar se a FOTO corresponde à pessoa. A única maneira de fazer isso é PESSOALMENTE. É possível que o banco desloque um funcionário até a Banânia para clientes muito especiais – aqueles que vão depositar um ‘minimo de 500 mil USD. Se isso estiver ocorrendo, logo veremos nos jornais algumas prisões. Veja a última para do texto seguinte.

      O Patriot Act:

      A. The institution must verify the identity of any person seeking to open an account by obtaining customer identification that includes:

      1. Name
      2. Date of birth
      3. Address
      4. Identification number — a taxpayer identification number for American citizens or a government-issued document for noncitizens.

      B. The institution must maintain records of the information used to verify the person’s identity.

      C. Determine whether the person appears on any lists of known or suspected terrorists or terrorist organizations provided to the financial institution by any government agency.

      If an institution does suspect suspicious activity, don’t expect to be told of an investigation. The law states that “the financial institution, director, officer, employee, or agent many not notify any person involved in the transaction that the transaction has been reported.”

      0
      • RGD 15 de maio de 2012 at 03:01

        Anonymous, não acredito que isso seja ilegal do ponto de vista dos EUA. Já abri mais de 10 contas nos EUA dos mais diversos tipos (conta-corrente, poupança, investimento, aposentadoria, cartões de crédito) nos últimos 10 anos, todas online, e nunca tive que mostrar a minha identidade. Geralmente o nome, data de nascimento, endereço e o número do “Social Security” são suficientes para abrir qualquer conta online.

        Nesse caso, a instituição precisa verificar a identidade da pessoa, mas isso não quer dizer que precisa fazer essa verificação nos EUA. Americanos são muito diretos, se isso fosse necessário, estaria escrito no “Patriot Act”. Outra coisa, eles também não falam que a verificação tem que ser feita pessoalmente. E se, por acaso, eles precisarem de algum documento, eles pediriam para você enviar pelo correio.

        0
        • Anonymous 15 de maio de 2012 at 06:36

          Está tudo escrito no Patriot Act. A parte ilegal é um ESTRANGEIRO (portanto não tem o SSN) abrir uma conta nos EUA sem que um funcionário de um banco dos EUA faça a verificação de sua identidade. O funcionário tem que trabalhar nos EUA, não importa que o HSBC tenha bancos nos 2 países. O banco na Banânia segue as regras da Banânia. Um banco nos EUA segue a regra dos EUA. Não tem importância alguma que esse banco tenha o mesmo nome nos dois países e as mesmas pessoas sejam os proprietários. Não acredito que o HSBC esteja fazendo isso porque, repito, é ILEGAL. Entretanto, uma banco que já INVESTIU com o Madoff voce pode esperar muita burrice, inclusive desconhecimento da Lei dos EUA.

          0
          • DanielBG 15 de maio de 2012 at 10:42

            Se fosse ilegal o HSBC teria sido podado há tempos…

            0
          • RGD 15 de maio de 2012 at 15:41

            Anonymous, mas eu sou ESTRANGEIRO e consegui abrir todas aquelas contas que mencionei. Não acredito que uma pessoa precisa estar fisicamente presente nos EUA para abrir uma conta lá. Além disso, acho que um estrangeiro nem precisa ter um visto válido. Não sei se a sua interpretação do Patriot Act está correta.

            0
            • Anonymous 16 de maio de 2012 at 00:52

              Voce é estrangeiro, mas pelo que escreveu tem o SSN. Isso faz TODA a diferença.

              0
      • DanielBG 15 de maio de 2012 at 06:29

        Não vejo de que forma há violação legal, afinal a agência brasileira age como “longa manus” da agência exterior.

        0
        • DanielBG 15 de maio de 2012 at 06:37

          Sem falar que há todo um contato realizado pela agência exterior com o novo correntista brasileiro.

          0
        • Anonymous 16 de maio de 2012 at 03:47

          “http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=243&t=2670″

          Achei este seu espaço muito util e penso que talvez possa me ajudar.
          Apos abertura de conta Premier aqui no HSBC, em agosto/10 a agencia daqui abriu a conta em Bufalo nas mesmas condicoes e tudo parecia perfeito. Como vamos sempre aos EUA, faziamos transferencia normalmente, mantinhamos investimentos aqui e la, mas na semana passada a conta de la simplesmente foi encerrada. Recebemos uma correspondencia dizendo que seria enviado um cheque com o saldo para o endereço cadastrado. Ligamos para o numero de telefone indicado para o atendimento a AM, e a gerente nao sabe explicar o que aconteceu, disse apenas que estavam com auditoria interna e que varias contas de estrangeiros tinham sido encerradas. Estamos buscando informacoes sobre o ocorrido e tambem se poderemos reabrir a conta. Agradeço informar se sabe algo a respeito.

          0
    • DanielBG 15 de maio de 2012 at 11:03

      Dúvidas sobre abertura de conta no exterior eu costumo pesquisar por aqui: http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=243&t=2670

      0
      • Anonymous 16 de maio de 2012 at 03:48

        Esqueceu de ler isso?

        “http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=243&t=2670″

        Apos abertura de conta Premier aqui no HSBC, em agosto/10 a agencia daqui abriu a conta em Bufalo nas mesmas condicoes e tudo parecia perfeito. Como vamos sempre aos EUA, faziamos transferencia normalmente, mantinhamos investimentos aqui e la, mas na semana passada a conta de la simplesmente foi encerrada. Recebemos uma correspondencia dizendo que seria enviado um cheque com o saldo para o endereço cadastrado. Ligamos para o numero de telefone indicado para o atendimento a AM, e a gerente nao sabe explicar o que aconteceu, disse apenas que estavam com auditoria interna e que varias contas de estrangeiros tinham sido encerradas. Estamos buscando informacoes sobre o ocorrido e tambem se poderemos reabrir a conta. Agradeço informar se sabe algo a respeito.

        0
  • alexNY68 14 de maio de 2012 at 22:17

    Parabens FHC, o brasil tem me dado muita vegonha nos ultimos 10 anos , finalmente um motivo para se ter orgulho

    www. loc. gov/loc/kluge/prize/winners.html

    0
    • xyz 14 de maio de 2012 at 22:58

      Muito me envergonha as diversas vezes que votei no PT e no Lula.

      Gostaria de ter oportunidade de pedir desculpas ao FHC.

      A corrupção é um mal crônico do brasil, que o FHC soube com muita competência combater (não acabar, mas combater com competência).

      Primeiro diminuiu bastante a máquina da corrupção, acabando com dezenas de órgãos que tinham como único propósito desviar dinheiro público. Òrgãos esses que foram (alguns) recriados pelo PT.

      Segundo privatizou dezenas de empresas que eram usadas e abusadas pelos corruptos. Empresas que foram reestatizadas (parcialmente) através do BNDES.

      Terceiro aprovou, a duras penas, leis muito importantes como lei de licitações, lei do colarinho branco, lei de responsabilidade fiscal etc. Leis essas que foram “flaxibilizadas” pelo PT.

      0
  • Miguel Jacó 14 de maio de 2012 at 22:33

    Leiam mais o que o Anonymous tem a escrever.

    90% das coisas que ele escreve são geniais, 10% é insanidade. Portanto, não precisa ser um bom catador para catar coisas boas em seus textos.

    0
    • Silas Jr. 14 de maio de 2012 at 23:27

      Participo a pouco tempo e li somente alguns comentários do Anonymous, mas na minha opnião só compensa mesmo investir mesmo na abertura de uma conta offahore se você possur no mínimo USD 100.000 para depósito inicial, fora isso se acredita mesmo em uma desvalorização do real, invista em um fundo cambial mesmo.

      0
      • Anonymous 15 de maio de 2012 at 06:44

        Nunca falei em offshore, aliás desaconselho. Sempre falei em abrir poupança comum nos EUA como estrangeiro não residente. Não tem relação alguma com o valor, alías pode ser tão baixo quanto 300 USD. O ponto que tenho enfatizado é colocar o seu dinheiro fora do alcançe do governo Bananense e isso voce não consegue com um fundo cambial, que além disso não garante depósitos até 500 mil Reais.

        0
        • Paulo 15 de maio de 2012 at 12:01

          Só não entendo qual é a maravilha de investir em uma poupança nos EUA…?
          receber muito menos rendimento?
          garantia de se o banco quebrar ficar garantido?

          se for a primeira acho que o mundo tá louco, se for o segundo acho que é paranóia de achar que vão começar a quebrar vários bancos…. invista em um banco mais sólico (tal qual o HSBC)….

          0
          • Anonymous 16 de maio de 2012 at 03:52

            Paulo,

            Nos últimos 12 meses, o dolar subiu 25% em relação ao Real. O que voce tem para aplicar na Banânia que rende isso livre de taxas ou impostos e com garantia até 500 mil Reais? NADA, ABSOLUTAMENTE NADA.

            0
    • Anonymous 15 de maio de 2012 at 08:50

      Vindo do profeta do BLOG, até mesmo a parte da insanidade é um elogio 😉

      0
      • Miguel Jacó 16 de maio de 2012 at 17:33

        A parte da insanidade foi só para descontrair mesmo.

        0
  • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 22:46

    Explicação da bolha do Rio+20

    ahaha não deu certo!!!!! Agora vão ter que reduzir 30%!!!!!!!

    Representantes de hotéis fixam em pelo menos 30% a redução nas diárias durante a Rio+20

    “http://cbn.globoradio.globo.com/grandescoberturas/rio20/2012/05/14/REPRESENTANTES-DE-HOTEIS-FIXAM-EM-PELO-MENOS-30-A-REDUCAO-NAS-DIARIAS-DURANTE-A-RIO2.htm

    0
    • alexNY68 14 de maio de 2012 at 22:52

      No brasil eh muito comico , super caro pra se ficar em um hotel e nas propagandas sempre se ve , em 10X no cartao

      acho que o maior mal do brasil eh esse , esta mania de parcelar tudo e povo aceitar o preco contanto que a prestacao caiba n salario

      0
    • Fred 15 de maio de 2012 at 07:58

      É vergonhoso…

      0
      • Fred 15 de maio de 2012 at 08:09

        *http://blogdojuca.uol.com.br/2012/05/o-relatorio-da-fifa-sobre-a-copa-no-brasil/

        0
      • Fred 15 de maio de 2012 at 08:42

        A farra do boi parece mesmo estar perdendo força:

        http : //blogdojuca.uol.com.br/2012/05/o-relatorio-da-fifa-sobre-a-copa-no-brasil/

        0
        • Carlos rj 15 de maio de 2012 at 09:32

          Ahhh eu pensava q era o único a achar a o Maracanã pode não ficar pronto para a copa das confederações…

          0
  • Seu Madruga 14 de maio de 2012 at 23:19

    Putz, hoje um corretor apareceu com uma nova expressão: “REFÉM DO MERCADO”. Ela é empregada para justificar o preço bolhudo, quando o propriotário precisa vender o apartamento antigo para pagar o novo também bolhudo: “- O proprietário não aceita abaixar muito o valor porque ele está refém do mercado”
    Ora, o propriotário que vá queimar a rosca dele na churrasqueira da varanda gourmet, eu é que não vou gastar o meu dinheiro a vista para salvar o rabo dele, nem vou prejudicar o futuro dos meus filhos, entrando em um financiamento de 30 anos, para salvar a educação dos filhos dele.
    Isso lá é argumento?

    0
    • GB 14 de maio de 2012 at 23:50

      Uma coisa que acontece muito hoje em dia é o cara querer mudar para um imóvel melhor num bairro melhor e pedir exatamente no que ele está vendendo o que o cara quer na nova.

      A explicação é simples: se eu vender por menos eu não compro o outro que eu quero e como ninguém mais sabe quanto valem os imóveis . . .

      Sinto mas não vou cair num financiamento de longo prazo para ele melhorar de vida, fala sério, não tenho filho nessa idade.

      0
    • Carlos rj 14 de maio de 2012 at 23:51

      Ué o financiamento imobiliário brasileiro não é superseguro, a pessoa no máx só compromete 30% da sua renda… Pq precisa vender o apartamento…faz um financiamentozinho de 360 meses…ou não pode…pq na hora de compra na planta a construtora não viu que o comprador não tinha condições de financiar o ap!!! Refém do mercado?? Refém do mercado sou eu q quero comprar num preço honesto e um monte de gente fez esse negócio da China de que investir em imóvel nunca dá prejuízo…. Agora chora… Vai vender seu ap mais barato pra ter dinheiro para chegar no teto do seu financiamento e ficar 30 anos pagando prestação…Ou devolve pra construtora e ajude a pulverizar o lucro dela nos balaços…

      0
  • Rodrigo 14 de maio de 2012 at 23:36

    Estava pensando, quem comprou em 1970 na Barra da Tijuca ou Recreio nos anos 70 e permaneceu lá até hoje lucrou ou não????

    “http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=832160

    0
  • simone 14 de maio de 2012 at 23:41

    Banrisul faz lucro líquido medíocre no primeiro trimestre. Valor cresceu apenas 1,5%
    Cresceu apenas 1,5% o lucro líquido do Banrisul no primeiro trimestre, fechando em R$ 214 milhões.

    . Trata-se de um avanço medíocre e que será cobrado pelos acionistas espalhados ao redor do mundo.

    – O banco não soube explicar como é que o valor foi tão modesto, se a carteira de crédito avançou 18,7%, totalizando R$ 21,3 bilhões, mas avisou que isto pode ter a ver com os novos mecanismos de portabilidade bancária. Se isto for correto, o Banrisul está perdendo a disputa com a concorrência. O Banrisul também piorou seus índices de inadimplência, que subiram de 2,76% opara 3,02% do último trimestre de 2011 para o primeiro trimestre de 2012.

    0
  • GB 14 de maio de 2012 at 23:54

    Lula e José Dirceu no restaurante

    Lula e José Dirceu foram jantar em um restaurante muito luxuoso, no qual até os talheres eram de ouro. De repente, Lula vê o Zé Dirceu pegar duas colheres de ouro e esconder no bolso. Ficou chateado da vida porque não teve a idéia primeiro e, para mostrar que ele sempre era o CHEFE de tudo, decidiu que também ia roubar duas colheres.
    Todavia, ficou nervoso (pois os companheiros sempre roubaram para ele e ele “nunca sabia de nada”) e as colheres acabaram batendo uma contra a outra.
    O garçom ouviu o barulho e perguntou ao Lula se ele queria alguma coisa. Lula ficou sem jeito, pois tinha sido pego com a boca na botija e falou que não tinha ouvido nada, não sabia de nada e não queria nada.
    Em seguida, Lula tentou de novo, mas uma das colheres caiu no chão. O garçom ouviu outra vez o barulho, aproximou-se de Lula e perguntou, outra vez, se queria algo.
    Lula pensou um pouco e, como exímio enganador, dissimulado e oportunista, perguntou ao garçom:
    – Você quer ver eu fazer uma mágica?
    – Sim seu Lula.
    – Bom, pega essas duas colheres de ouro e põe elas no meu bolso.
    O garçom pegou as colheres e as colocou no bolso de Lula.
    – OK senhor, e agora?
    – Agora conta 1, 2, 3 e tire elas do bolso do Zé Dirceu!
    Todos aplaudiram e, ao ir embora, Lula deixou um “graninha” pra todos os garçons e saiu rindo!!!…

    Moral da história:

    O sujeito viu a oportunidade, roubou, ninguém o viu roubando e ainda saiu aplaudido e considerado “o bom”, “o bacana” e “o benfeitor”.

    0
    • Ze Bom Dirolo 15 de maio de 2012 at 00:34

      KKKKKKK

      0
      • Rafael 15 de maio de 2012 at 09:36

        Otima

        0
    • Charles 15 de maio de 2012 at 11:30

      Esse é o Lula, sem tirar nem por!

      0
    • RosinhA 15 de maio de 2012 at 11:34

      E ainda conseguiu ganhar indenização por perder alguma coisa, sempre será no máximo nota 9.

      0
  • veigalex 15 de maio de 2012 at 00:01

    Quer rir?

    Vai no forum advfn e veja as discussões de contrutoras.. recomento PDG e GFSA.. é comico…

    0
    • GB 15 de maio de 2012 at 00:04

      Eu recomendo investir agora mesmo em telefone fixo, é ganho na certa, todo mundo vai precisar deles na Copa.

      GB: (ironic mode ON)

      0
      • Charles 15 de maio de 2012 at 11:32

        Eu estou investindo numa nova tecnologia que vai revolucionar o mercado. Por enquanto nao posso dar maiores detalhes, mas, com certeza, é melhor que imoveis. Vou apenas revelar o nome do produto:

        Maquinas de escrever.

        0
    • GB 15 de maio de 2012 at 00:14

      Mas é divertido ver a frustração e desespero deles, se a bolsa cair mais uns 2 dias seguidos como caiu hoje o pessoal se mata por lá.

      Estão chamando as construtoras de “destruidoras” de imóveis, kkkkkk

      0
  • GB 15 de maio de 2012 at 00:03

    Nossa, fiquei muito feliz com essa matéria, só um Órgão internacional teria coragem de expor a situação desta maneira, nenhuma mídia comprada e parcial aqui do páis teria coragem de fazer isso.

    As coisas estão andando muito mais rápido do que imaginávamos, as noticias não são boas e até mesmo as notícias compradas que tentam mostrar alguma normalidade trazem dentro delas um tom pessimista e sinistro.

    Logo os proprietários/especuladores vão precisar mesmo de $$$$ e vão querer vender de verdade.

    Eu mesmo estou cada vez mais exigente, não tiro o meu tão facilmente da aplicação, o negócio tem que ser muito bom.

    GB: (very happy mode ON)

    0
    • Curioso 15 de maio de 2012 at 11:49

      É triste mas ao mesmo tempo inevitável ter ficado extremamente FELIZ com as notícias de ontem…

      0
  • alexNY68 15 de maio de 2012 at 00:08

    http ://oglobo. globo.com/pais/noblat/posts/2012/05/14/servidor-de-sao-paulo-compra-106-imoveis-em-7-anos-444953.asp

    a bolha imobiliaria no brasil eh muito peculiar , esta sendo movida nao soh por credito irresponsavel mas muito pelo numero enorme de corruptos q o brasil tem

    acho que se esta lei pega de fazer virar ilegal ficar rico sem poder prover de onde vem , a bolha explode na hora

    0
    • GB 15 de maio de 2012 at 06:59

      Na verdade ele não comprou esses imóveis, ele ganhou todos em troca das liberações de autorizações para as obras.

      0
      • Anonymous 15 de maio de 2012 at 07:39

        GB,

        Fui ler um texto de um tal de “Vladimir Safatle” na folha, pois o título é sobre imóveis como “bem social”. É claro que esperava bobagem, mas o sujeito me surpreendeu. Ele acredita que o alto funcionário da prefeitura aproveitou-se da situação para ESPECULAR!!!

        “http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/42890-imovel-como-bem-social.shtml”

        No mesmo dia, descobrimos que um alto funcionário da prefeitura, responsável pela liberação de empreendimentos imobiliários, aproveitou-se da situação para demonstrar seus dotes de especulador imobiliário e comprar, em sete anos, a bagatela de 106 imóveis.

        Imaginei que o sujeito seria muito burro ou do PT, ou como é o caso mais frequente ambos. Então procurei no Google e descobri que é professor da USP, na mesma faculdade onde o Mantega (Ministro da Fazenda) obteve o título de DOUTOR em Ciências Sociais.

        Está ficando impossível sub-estimar a Banânia. É sempre pior do que voce imagina.

        0
        • Alvaro Queiros 15 de maio de 2012 at 11:15

          Vocês são tão irônicos e não perceberam a ironia no artigo do colunista? Não sendo falta de atenção devido a uma leitura rápida é má-fé mesmo.

          0
    • Carlos_ 15 de maio de 2012 at 10:34

      Perfeito alexNY68, chuto que 50%, NO MÍNIMO, do mercado de luxo no Brasil, incluindo imóveis, é sustentado com dinheiro roubado.

      Olhem, por exemplo, a casa de luxo que o Cachoeira comprou para o governador de Goiás.

      0
  • TS 15 de maio de 2012 at 03:22

    Bom dia galera,

    Aproveitando para dar um pitaco por aqui. Ontem o dia foi incrível. Os lucros desse mês com uma operação invertida em BISA3 foram sensacionais. Pois bem, apesar de ganhar um pouquinho (pois também sou fiho de Deus) fico aborrecido com o cenário que se desenha. É péssima a perspectiva das construtoras, a maioria dos papéis hoje com 50% a 70% de queda nos últimos 5 anos e sem evidência alguma de melhora. Que situação não?

    Mas vamos lá, vejo muitos aqui reclamarem que o Brasil é um país ruím de se viver. O que não é verdade. Com dinheiro no bolso e fechando os olhos para os problemas estamos muito bem obrigado. O Brasil é um país maravilhoso, tudo o que planta aqui se dá, é um país abençoado por um excelente clima e abundante de recursos naturais. Há no Brasil uma imensidão de terra, de talentos, de recursos naturais e potencial para sermos bem sucedidos no futuro. O que tanto nos empaca?

    Na faculdade que estudava tínhamos aula com um professor formado em Engenharia da Computação pela USP que sempre reclamava do projeto BRASIL. Como pesquisador se queixava do pouco incentivo federal aos projetos acadêmicos e também do baixo interesse do consumidor brasileiro (empresas e pessoas) em investir num produto brasileiro. É muito mais fácil importar determinada tecnologia do que incentivar o mercado brasileiro a criar do zero a tecnologia mesmo que esse incentivo fosse recompensado no futuro. Somos um país imediatista por natureza, herdamos isso dos indígenas que davam ouro em troca de espelhos para os portugueses, e dos portugueses que por sua vez trocavam esse ouro por manufaturados ingleses a ponto de chegar uma hora e a coroa portuguesa quebrar (no final os dois eram colonizados pelos ingleses kkkkkkk). Diz um sujeito que o país que conhece sua história não repete os erros dela – o que não é o caso do Brasil pois há 500 anos repetimos orgulhosamente os erros do passado.

    Voltando ao meu professor, ele sempre reclamava sempre do fato que mesmo tendo conhecimento, recursos, talentos e potência o Brasil sempre foi um país pouco criador de valor acadêmico, isso em todas as áreas do conhecimento. Os poucos que conseguiram sucesso tiveram que deixar as terras tupiniquim rumo a países que se importam com a educação e com o conhecimento. Um paradoxo é que a formação universitária pública é de qualidade mas falta um plano concreto que aproveitasse esses talentos para produzir valor no país.
    Os cientistas e engenheiros cuja formação o estado paternalista banca seguem para trabalhar no mercado financeiro/especulativo ou ainda em empresas multinacionais sem devolver ao país o investimento realizado neles.

    Pois bem, para não alongar muito o discurso, vivenciamos um momento especialmente ruim onde a nudez do rei está posta na rua. Com o esfriamento econômico e as commodities em baixa a única maneira do país se manter no auge é através de um alcance de produtividade digno, reformas estruturais, contenção de gastos, poupança, blá, blá, blá…

    Mas o que se vê com tristeza é um redesenho do passado, indústria sem competitividade, baixa escolaridade, financiamento público da corrupção, desperdício, inadimplência… em outras palavra um recolonialismo.

    0
    • Anonymous 15 de maio de 2012 at 06:56

      Faz muitos anos que o New York Times resumiu o que voce descreveu no título de um editorial, que já traduzido é o seguinte: O Brasil é o país do futuro … e sempre será.

      0
    • Gabriel 15 de maio de 2012 at 08:44

      A sim, é o que todos querem nesse mundinho acadêmico. Incentivo do governo. Isto é, dinheiro tirado a força da sociedade indo para as mãos de poucos “iluminados”.

      Já que tem todo o conhecimento e educação, monta um projeto e apresenta a ideia para uma empresa privada. Se o projeto for bom, pode ter certeza que vai ter empresa bancando toda a pesquisa.

      Mas é claro que para isso tem que ter trabalho, esforço, suor. Não é só sentar numa mesa e dar aula pra 30 alunos.

      0
    • Revoltado 15 de maio de 2012 at 15:47

      Perfeito!
      Nada mudou, antes eramos roubados pelos portugueses, agora somos roubados pelos proprios brasileiros.

      0
  • GB 15 de maio de 2012 at 07:06

    PDG = “Pôbrema” Da Grécia

    0
  • Apocalipse now 15 de maio de 2012 at 07:45

    Patrícia Poeta ontem colocou a culpa pela queda da bovespa na Grécia, que agora virou bode expiatório para tudo.
    Nem tocou no assunto da crise nas construtoras como os altos níveis de devolução de imóveis.
    Mas é mais fácil colocar a culpa em um país sem notoriedade internacional do que assumir os erros internos.

    Mas um dia o povão descobre a verdade.

    0
    • GB 15 de maio de 2012 at 07:56

      Eu li nesta semana um comentarista falando que o povo Grego quer continuar na Zona do Euro, desde que os países vizinhos continuem bancando seus luxos. kkkkkkkkkkkkkk

      0
      • GB 15 de maio de 2012 at 09:09

        E tem gente que diz que brasileiro é que é esperto. kkkkkkkk

        0
  • Jaln 15 de maio de 2012 at 08:22
  • Even 15 de maio de 2012 at 08:29

    Veja que a Inadimplencia pegou também Mag Luiza..

    14/05/2012 | Internet | Brasil Econômico

    Magazine Luiza tem prejuízo de R$ 40,7 mi no trimestre

    A Magazine Luiza teve prejuízo de R$ 40,7 milhões no primeiro trimestre deste ano, contra lucro líquido de R$ 12,3 milhões verificado um ano antes.

    O resultado foi influenciado pelos “custos e despesas extraordinárias, bem como pelos créditos fiscais não aproveitados”, apontou a empresa em seu demonstrativo financeiro.

    Os custos e despesas extraordinárias totalizaram R$ 33,5 milhões entre janeiro e março deste ano.

    Por sua vez, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) atingiu R$ 9,3 milhões, queda de 88,9% em relação aos três primeiros meses de 2011.

    Além dos fatores já citados, o desempenho também foi pressionado pelo aumento nas provisões para perdas em crédito de liquidação duvidosa, que passaram de R$ 51 milhões no primeiro trimestre de 2011 para R$ 80,2 milhões no mesmo período deste ano.

    A receita líquida, no entanto, aumentou 27,5% na base anual, para R$ 1,805 bilhão.

    No conceito mesmas lojas (unidades abertas há mais de um ano), a Magazine Luiza cresceu 15,9% no primeiro trimestre.

    Em março, a companhia possuía 730 lojas, sendo 623 lojas convencionais, 106 lojas virtuais e o site,
    totalizando um aumento de 126 lojas, quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

    Somente nos três primeiros meses deste ano, a Magazine Luiza inaugurou sete lojas, sendo quatro convencionais no Nordeste e três virtuais no Paraná, e fechou outras cinco convencionais das recém adquiridas lojas do Baú.

    0
    • Socorro!! 15 de maio de 2012 at 10:19

      Trabalho numa empresa de Varejo de grande porte ( faturamento acima de 1 bilhão) …e posso falar de cadeira que hoje empatar a venda com o ano anterior ja ta bom demais…a economia nao esta aquecida como a 2 anos atras….

      Vendo varios produtos no mesmo preço do inicio do ano passado ( as vezes ate mais baixo) …..

      Infelizmente imoveis nao seguiram este caminho…

      0
      • Revoltado 15 de maio de 2012 at 15:49

        ainda não, ficaria melhor

        0
  • Davi 15 de maio de 2012 at 09:13

    Jornal da TV CULTURA ontem discutiu a questão levantada nesta materia ao parece, alé de discutir os impactos sobre a economia brasileira decorrente da crise na europa.

    Surigo procurar no site o link com a repostagem, e se conseguir capturar a mesma e divulgar no YT seria melhor ainda.

    Meu acesso é bloqueado, mas tavez esteja neste link abaixo:

    h t t p://tvcultura.cmais.com.br/jornaldacultura

    0
    • RosinhA 15 de maio de 2012 at 11:30

      Davi e foi muito bom, um dos comentaristas é a favor de cotas para compra de imóvel, até ele está de saco cheio, mas a idéia é realmente interessante já pensou: Você pode ter 10.000 mil imóveis desde que seja 1 em cada prédio, acabaria com a farra dos especuladores pois estariam bringando entre si em todos os empreendimentos, leilão de aps seria muito bom.

      É o único jornal onde os comentaristas dizem ao vivo o que pensam sendo mal ou bom, pelo menos podem falar até quando veremos pois se trata da cultura, outra tem um link para deixar opiniões de matérias, deixei 20 e-mails com a intenção de matéria sobre especulação imobiliária, se outros puderem ajudar quem sabe não sai alguma coisa mais relevante. O link é esse acima do jornal.

      0
      • Luiz 15 de maio de 2012 at 12:03

        o Saflate fez um excelente diagnostico mas a solução é um perfeito absurdo, como é tipico de comunistas.

        Imagina se o governo começa a poder dizer o que vc pode ou não pode ter.
        Ia dar a mesma merda que deu na Alemanha oriental

        0
        • RosinhA 15 de maio de 2012 at 15:57

          Todos andando de Lada 🙂 também com imóveis da CDHU, todos do mesmo tamanho, mesma cor e formato 🙂 , pelo menos não iria ter inveja 😉

          0
  • xangai 15 de maio de 2012 at 10:21

    Mais do mesmo ::

    “Lucro da construtora Rossi cai para R$ 44 milhões no 1º tri ”
    w w w 1.folha.uol.com.br/mercado/1090519-lucro-da-construtora-rossi-cai-para-r-44-milhoes-no-1-tri.shtml

    Vendeu Terreno ( nao exatamente construcoes ..
    “… realizou a venda de terrenos no valor de R$ 149 milhões, o que resultou em lucro líquido de R$ 32 milhões.”

    Logicamente mais distratos , mas como uma floreada na descricao ::
    “No período, a companhia também rescindiu contratos de clientes não elegíveis a repasse das unidades entregues, …..”

    0
    • Anonymous 15 de maio de 2012 at 10:44

      … No período, a companhia também rescindiu contratos de clientes não elegíveis a repasse das unidades …

      Parece que um ou outro integrante do BLOG já havia levantado essa possibilidade 😉

      0
      • Sérgio 15 de maio de 2012 at 11:29

        Eusinho, aqui!!
        .
        Foi há umas semanas atrás.
        A venda de terreno pelas construtoras é um consectário da situação em que se encontram: entre 2006 e 2008, num primeiro momento pelas grandes, e após esse período pelas pequenas (ou recém criadas) construtoras e especuladores, ocorreram grandes aquisições te terrenos e áreas em várias cidades brasileiras. Foi o primeiro ato material da bolha; ou seja, primeiro os terrenos encareceram em virtude da grande “demanda” que as construtoras provocaram no mercado.
        Como toda indústria precisa de matéria prima, a construção civil tem no terreno a sua peça fundamental. Fizeram uma arruaça nas compras, adquirindo tudo o que podia e o que não podia, principalmente as que foram capitalizadas através das IPOs.
        .
        O que acontece agora é uma questão lógica em economia: como é mais fácil vender um terreno com desvalorização, pois, que compraram a preço de banana, qualquer 100% de desconto que derem sobre esses – na venda – ainda assim não sairiam no prejuízo.
        Diferentemente nos imóveis já prontos, que possuem muito valor agregado, sem contar a inflação que eles mesmos provocaram nos materiais de construção e na mão-de-obra.
        .
        Será coisa comum, pelos próximos meses, a venda de grandes áreas de terrenos em várias cidades brasileiras. Deem uma simples olhadela nos jornais de suas cidades.

        0
        • Luiz 15 de maio de 2012 at 12:00

          construtora vender terreno equivale a montadora de carro vender chapa de aço. Fizeram bem

          é a perfeita prova de que nem mais eles que são do ramo acreditam no que fazem e preferem vender o seu prncipal isnumo pelo “preço de mercado”

          0
        • Keyser(CE) 15 de maio de 2012 at 13:57

          Sérgio,

          Só para esclarecer, 100% de desconto é dar de graça, com certeza elas teriam prejuízo com isso. Você deve querer dizer 50% de desconto (cortando uma margem de 100% de valorização), vendendo pelo mesmo que compraram ou um pouco acima disso.

          Valorização pode ser infinita, desvalorização é no máximo 100% (110% o cara tá te pagando pra você ficar com o produto). Só para esclarecer mesmo.

          Se os acionistas forem espertos perceberão que vender terreno equivale a diminuir os lançamentos, que equivale a diminuir as vendas futuras, afinal, o que pensar de uma empresa que começa a vender sua matéria prima (será que está pensando em aumentar a produção????).

          Pra não deixar de falar em preços, hoje fui ver um AP para alugar (terceiro andar, 3/4 1s, 65m), 1250 (Aluguel 950 + cond 300). O prédio é novo, mas dá pra ver como é mal construído, a varanda não cabe uma pessoa de lado, pior posição do prédio (ventilação 0).

          Ao sair peguei uma das placas de vende e liguei só para comparar os preços. Imóvel no primeiro andar, pior posição do prédio (embaixo do que eu vi) 245000, o que facilmente leva o preço do terceiro a uns 260000, ou seja, aluguel a 0,36% do valor do imóvel. E como não bastasse, 5 min depois de falar com a corretora ela já me ligou oferecendo outros 2 imóveis.

          PS: quando fui pegar a chave na imobiliária, eu era a única alma viva lá sendo atendido por 4 funcionárias (chagava ser engraçado a divisão das atividades, uma olhava uma folha e dizia pra outra, que olhava no computador, que falava pra outra ir lá dentro pegar a chave, que pedia pra outra preparar a papelada para retirar a chave).

          0
  • veigalex 15 de maio de 2012 at 10:24

    é Sangue.. é Sangue..

    0
  • Fred 15 de maio de 2012 at 10:36

    O f… é pensar que safados como esse andam por aí aos montes falando grosso.

    “O então diretor da Prefeitura de São Paulo Hussain Aref Saab comprou, em 2008, por R$ 242 mil, um apartamento que três anos antes havia sido comprado por R$ 1,2 milhão. O imóvel é um dos 106 adquiridos pelo ex-diretor no período em que dirigiu o setor de aprovação de prédios, conforme o TV Folha revelou. […]
    O imóvel comprado por R$ 242 mil era do empresário David Carlos Antonio, que na época tinha um processo de anistia encalhado na prefeitura havia cinco anos. Quatro meses depois da negociação, o processo, parado desde 2003, passou a tramitar e, um ano depois, o alvará foi concedido pelo departamento chefiado por Aref.”

    http : //www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1090492-diretor-da-prefeitura-de-sp-pagou-r-242-mil-por-imovel-de-r-12-mi.shtml

    0
    • Anonymous 15 de maio de 2012 at 10:46

      Coincidência pura – esse povo ve maldade em tudo.

      0
      • Fred 15 de maio de 2012 at 10:47

        🙂

        0
      • Manuela 15 de maio de 2012 at 11:40

        Esse tal de Aref é ferA em fazer negócios 🙂

        0
    • RosinhA 15 de maio de 2012 at 11:24

      Está só começando, são iguais as crianças, não vai demorar muito, e um tá entregando o outro, vai ser um dominó, acho que aí que o bicho vai pegar, e o pessoal que assiste novela perceberá que comprou e pagou muuuuuuuuuuuito caro.

      0
  • Riodetudo 15 de maio de 2012 at 10:41

    É a segunda notícia que sai no caderno de Economia do Globo informando sobre problemas no setor imobiliário nos últimos sete dias:

    http://img140.imageshack.us/img140/6746/despenca.jpg
    “AÇÃO DE CONSTRUTORA DESPENCA”

    Pode não estar saindo no Jornal Nacional mas no caderno de Economia do Globo tem saído com frequência notícias assim!

    0
  • Riodetudo 15 de maio de 2012 at 10:45

    É a segunda notícia que sai no caderno de Economia do Globo informando sobre problemas no setor imobiliário nos últimos sete dias:

    http:// img140.imageshack.us/img140/6746/despenca.jpg
    “AÇÃO DE CONSTRUTORA DESPENCA”

    Pode não estar saindo no Jornal Nacional mas no caderno de Economia do Globo tem saído com frequência notícias assim!

    0
  • Evandro 15 de maio de 2012 at 11:09

    Tive o trabalho de fazer os cálculos do aumento do aluguel e vi que diminuiram 0.5% e não aumentaram 0.1% como dito pelo secovi.
    Isso de março pra abril.
    Vou continuar fazendo as contas nos próximos meses mas se continuar abaixando os aluguéis, os preços dos imóveis vão ficar ainda mais distantes da realidade.

    0
    • Luiz 15 de maio de 2012 at 11:58

      evandro, mostra como vc fez esses calculos

      0
      • Evandro 15 de maio de 2012 at 13:06

        É só ir no site do secovi e baixar o pdf:
        http://www.secovi.com.br/pesquisas-e-indices/pesquisa-de-locacao/

        Na parte de aluguel médio pro zonas, vc vê quanto de aumentou de 1 mes pro outro em cada seção(ex. 2 dormitórios, regular).

        Dai eles fazem uma média simples deste valores.
        Detalhe que eles não fazem por média ponderada, o que seria o certo, mas blz, vamos partir do que temos pelo menos.

        abs

        0
  • JUÍZO FINAL 15 de maio de 2012 at 11:13

    Lucro da PDG cai 79% e atinge R$ 49,8 milhões no primeiro trimestre
    15 de maio de 2012 • 10h05
    Por: Marcel Teixeira
    http://www.infomoney.com.br/pdgrealty/noticia/2434518-lucro+pdg+cai+atinge+milhoes+primeiro+trimestre

    SÃO Paulo – A PDG Realty (PDGR3) anunciou um lucro líquido ajustado de R$ 49,8 milhões no primeiro trimestre de 2012, configurando uma forte queda de 79% frente ao mesmo período do ano anterior, quando a companhia atingiu R$ 239,1 milhões.

    A receita líquida foi de R$ 1,476 bilhão no acumulado entre janeiro a março deste ano, valor 2% menor do que o R$ 1,513 bilhão anunciado no primeiro trimestre de 2011. Já o Ebitda (geração de caixa operacional) ajustado no período foi de R$ 221,6 milhões, um recuo de 38% na mesma base comparativa.

    Com uma forte queda na geração operacional de caixa e com as receitas estáveis, a margem Ebitda (Ebitda/Receita Líquida) ajustada foi de 15%, 8,8 pontos percentuais inferior em relação ao primeiro trimestre do ano anterior.

    Destaques operacionais
    Os lançamentos Pro Rata da PDG alcançaram R$ 1,115 bilhão no primeiro trimestre de 2012, atingindo 14% do guidance da companhia para este ano, entre R$ 8 bilhões e R$ 9 bilhões, e representando recuo de 36,6% frente ao apontado no mesmo período de 2011.

    Já as vendas contratadas líquidas pro rata foram de R$ 1,794 bilhão, um aumento de 5,3% na passagem anual. O VSO (vendas sobre ofertas), por sua vez, caiu de 29% para 27% na mesma base comparativa.

    0
  • Silas Jr. 15 de maio de 2012 at 11:19

    Desculpem minha possível falta de informação, mas Anonymous, qual seria a diferença prática entre uma conta offshore e uma saving account nos EUA?

    No meu entendimento, uma conta offshore é qualquer conta que um indivíduo mantenha fora do país em que ele é tributariamente residente -onshore – sendo ela corrente ou poupança.

    Além disso, para fins de declaração, se não me engano, deve-se informar da mesma maneira a receita federal a remessa de quantias maiores para o exterior.

    0
    • Anonymous 15 de maio de 2012 at 11:48

      Uma offshore é uma empresa e além disso é geralmente localizada em paraiso fiscal. Vair dar trabalho e vai ter que pagar advogado. Uma conta poupanança nos EUA pode ser aberta por uma pessoa sem problema algum.

      0
      • Hévin 15 de maio de 2012 at 12:39

        Não necessesariamente uma offshore é uma empresa, no mercado financeiro o termo offshore está ligado a qualquer braço internacional, seja ele uma conta ou até mesmo uma empresa e não necessariamente em um paraíso fiscal.

        Na prática uma conta poupança nos EUA é sim uma conta offshore.

        0
  • rsmrsm 15 de maio de 2012 at 11:37

    O mais interessante é que eles não divulgam quando a empresa está despencando na bolsa.

    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1090511-lucro-da-cyrela-cresce-quase-60-no-primeiro-trimestre-de-2012.shtml

    0
  • Marcio 15 de maio de 2012 at 11:45

    Nesse país quem de dá bem são os muito ricos ou os pobres, a classe média só se ferra. Antigamente era possível ainda comprar imóveis em bairros decentes como Brooklin, Moema, Campo Belo…agora tentam empurrar a classe média para as periferias. Odeio por exemplo ver um anúncio que diz “imóvel no Morumbi” e na realidade é perto das favelas do Campo Limpo. Não moro em favela e nem em periferia. Prefiro pagar aluguel em um local decente do que me submeter a isso.
    Esse lance de redução de valores é MENTIRA. Isso nunca mais vai abaixar, com ou sem procura.

    0
    • Pablo Gallardo 15 de maio de 2012 at 12:35

      Você está frustrado e é compreensível.
      Mas a queda de preços é algo inevitável na medida em que o valor cobrado atualmente é impossível de ser pago pela maior parte da população.

      0
    • Luiz 15 de maio de 2012 at 12:44

      Marcio, acreditar na queda não é questão de otimismo.
      É fato que irá ocorrer necessariamente

      Sou dos que pensam que vai demora rmuito pro fundo do poço, talvez só depois de 2015, mas sem duvida que o ajuste precisa vir 1 dia.

      0
  • Luiz 15 de maio de 2012 at 11:49

    OLIMPIADAS DO INFOMONEY – meio dia

    MRVE3 10,29 -7,30
    PDGR3 3,92 -3,69
    EIKE 12,57 -3,68
    RSID3 6,27 -3,09

    0
  • Leo 15 de maio de 2012 at 11:55

    Hj é o dia da MRV -7.5%

    0
    • Bolha Imobiliária 15 de maio de 2012 at 11:58

      E a PDG, está apanhando de volta…Tá quase chegando no valor da Gafisa…

      0
      • Leo 15 de maio de 2012 at 13:06

        Sera que da p/ colocar uma enquete no site ? Quem chega primeiro a casa dos 2 reais ? Gafisa , PDG ou BrookField ? Ou sera que a MRV vai passar geral na corrida e ganhar o grande premio dos 2 reais ? 🙂 ta bonito de assistir… mrv ta em -10

        0
        • Anônimo 15 de maio de 2012 at 14:43
          0
    • Leo 15 de maio de 2012 at 14:06

      MRVE3 bateu -12… jesus…

      0
  • Marcelo Arruda 15 de maio de 2012 at 12:20

    Em teleconferência, MRV tenta explicar desempenho ruim do 1º trimestre

    Fonte: Infomoney

    15 de maio de 2012 • 11h34 Por: Graziele Oliveira

    SÃO PAULO – Em uma teleconferência marcada por explicações e algum tom de cobrança por parte dos analistas de mercado, a MRV (MRVE3) detalhou seu balanço do primeiro trimestre de 2012, que registrou um lucro líquido de R$ 116 milhões, 23,9% a menor do que no mesmo período do ano anterior.

    “Nossos indicadores no período ficaram aquém do nosso padrão usual”, disse, na largada do call, Rubens Menin, diretor presidente da companhia. No entanto, o executivo procurou tranquilizar os investidores que buscavam entender a forma como os fatores sazonais impactaram tão fortemente neste resultado, diferente do 1T11.

    “Não tivemos tempo de colocar essas vendas para dentro. Os lançamentos não serão problemas no segundo trimestre”, disse Menin sobre as vendas acumuldas no último mês do trimestre, que não foram totalmente contabilizadas no balanço, além do fraco desempenho dos dois primeiros meses do ano. Nb>Janeiro e fevereiro, segundo a MRV, foram marcados por efeitos sazonais como com o menor número de dias úteis, férias de verão, carnaval e período de chuvas.

    Além disso, o diretor presidente da empresa mineira explicou que os distratos (rescisão ou anulação de contrato) não são problema, mesmo fazendo crescer os estoques e o preço dos imóveis. “Eles eles existem, mas tendem a ser abaixo de 10%”. Deste modo, o guidance da companhia está mantido. “O guidance ficou mais difícil, mas é possivel. Não tem nada que me tira a tranquilidade. Estou muito otimista em relação ao ano de 2012”, afirmou Menin ao longo da teleconferência.

    —-

    As mesmas desculpas de sempre kkkkk

    0
    • Riodetudo 15 de maio de 2012 at 12:29

      “…dias úteis, férias de verão, carnaval e período de chuva…”
      Sempre o carnaval!!! Vamos acabar com essa festa do povo, que atraso de vida, fala sérioooo!!

      0
    • John 15 de maio de 2012 at 13:30

      “Não tivemos tempo de colocar essas vendas para dentro. ”
      Até parece.

      0
      • Igor Eduardo 15 de maio de 2012 at 15:04

        “Não tivemos tempo de colocar essas vendas para dentro.”

        Se isso realmente aconteceu, somente uma palavra para resumir: Fraude!

        0
  • RVJ 15 de maio de 2012 at 12:21

    Mais uma vez a porteira foi aberta…

    Feirão da Caixa vai oferecer 218 mil imóveis em São Paulo

    ht tp:// ww w1. folha.uol.com.br/mercado/1090537-feirao-da-caixa-vai-oferecer-218-mil-imoveis-em-sao-paulo.sht ml

    0
  • Luiz 15 de maio de 2012 at 12:42

    Esses [email protected] são muito cara-de-pau

    Após o governo do Estado de SP construir 17 linhas ou 400 kms de metro e cptm, finalmente os [email protected] se mechem e dizem que vai ajudar na cosntrução da Linha 18 – Bronze, com apenas alguns milhoes que não dá rpa nada.

    E as 17 linhas anteriores senhores [email protected], onde vcs estavam?

    0
    • Pablo Gallardo 15 de maio de 2012 at 19:39

      Calma la. Não sou fã do PT, mas também não sou fã do PSDB e por isso não caio nesse tipo de papo. Um dos grandes truques nas ultimas campanhas do PSDB foi pegar a kilometragem das ferrovias da CPTM (que sempre existiu) e contabilizar como se fossem “novas construções de Metrô. Dessa forma, 70km viraram 300km do dia pra noite. Mas a verdade não é essa.
      O METRO tem aproximadamente 75km de extensão e 5 linhas, sendo que duas delas ainda não estão completas (Amarela e Lilás). Há uma série de linhas que estão no papel, e isso já ha alguns anos, mas o que está no papel não deve entrar na conta por motivos óbvios (especialmente a demora caracteristica para que essas obras andem). A CPTM tem cerca de 260km em 6 linhas, que de fato receberam bastante investimento nos últimos anos (apesar de eu ainda julgar esses investimentos aquem da demanda, o que fica visível nos colapsos constantes do sistema nos ultimos meses por motivos como “falta de energia”.
      Somados, Metrô e CPTM tem portanto cerca de 335km, o que é deveras insuficiente, ainda mais se considerarmos que parte da kilometragem da CPTM está na Grande São Paulo, não na capital em si. A verdade é que o sistema precisa de muitos investimentos e de ampliação constante. Não importa se eles vem do municipio, do Estado ou da união.

      0
      • Luiz 16 de maio de 2012 at 11:12

        Pablo pel,o contrario, o governo do Estado nunc acontou cptm como metrô e hj elas tem praticamente o mesmo nivel de qualidade em 60% das linhas

        Agora refaça as suas contas, não são 365km, são 400 km e um mundo de novas estações, logo vai chega em 1.000 (mil) estações, a maioria construida nos ultimos anos. A frota de trem se multipliocu ocmo nunc anates na historia do país

        O problema de energia ocorre por causa do fornecedor, e advinha quem fiscaliza isso: o governo federal [email protected] que não cansa de sabotar as realizações do Estado de SP, independente de partido.

        0
        • Pablo Gallardo 16 de maio de 2012 at 11:21

          Você está tirando os seus dados da onde exatamente? De nenhuma fonte oficial.
          São 5 linhas de Metro e 6 da CPTM, o que totaliza 11 linhas (não 17). Para obter a km total, basta somar a km dessas linhas.
          A CPTM não tem a qualidade do Metro. A qualidade da CPTM melhorou muito nos ultimos anos e isso é inegável (novos trens, intervalos menores) mas os intervalos ainda não chegam nem perto dos do Metrô. Como eu disse acima, a melhora da CPTM foi usada, com fins eleitorais, e comparada a um “padrão Metrô”, sendo que algumas dessas propagandas inclusive chegaram a contabilizar as duas km juntas e o Governador (não me lembro agora se Alckmin ou Serra na ocasião) chegou a dizer no debate que “antes o Metro que tinha 60km agora tem 280”. Enfim, é preciso tomar cuidado pra não acreditar em historinha.
          17 linhas de Metro? Quem dera. Espero que sim, eu adoraria deixar o carro em casa. Mas infelizmente pela velocidade que os projetos andam em São Paulo, pode esperar no mínimo até 2040.

          0
          • Luiz 16 de maio de 2012 at 12:24

            O POVO DE SP toma partido da verdade, não nos meça pela sua regua, a gente não usa trabalho com fins eleitorais, trabalho é um fim em si.

            São DEZOITO LINHAS DE METRO+CPTM em operação (12), construção (4) ou projeto (2)

            Sem contar as linhas de trens regionais e expressos a malha chegará a milhares de quilometros

            use o google
            digite linha 19 bronze
            ou mapa do metro sp

            ou

            slideshare .net/chicomacena/transporte-e-mobilidade-plano-de-investimentos-da-cptm-para-so-paulo

            As informações são publicas, vc não as sabe pq o povo de SP trabalha muito e não tem tempo d efazer propaganda

            0
            • Pablo Gallardo 16 de maio de 2012 at 12:59

              Trabalha e não tem tempo de fazer propaganda? Você deve estar desempregado então, porque tudo o que você tem feito desde o seu primeiro post é propaganda. Tenha dó né meu amigo. Projeto todo mundo sabe que existe, mas infelizmente eles andam devagar, bem devagar, e você sabe disso, é só verificar o tempo médio para uma linha de Metrô ficar pronta. O que é triste. Como eu disse, o que importa é que as obras sejam efetivamente realizadas e funcionem, de preferência sem que estejam saturadas já quando forem inauguradas. Não importa se é partido X ou Y. O que me entristece é ver que todo o tipo de discussão se torna partidária. Isso na verdade enfraquece o debate, e muito. Não se discutem os problemas, se discutem posições ideológicas. Se maximizam os acertos e se ocultam os erros.

              0
              • Luiz 16 de maio de 2012 at 13:16

                nunca felei em partido,
                meu partido é o povo de SP
                minha propaganda é a verdade e a informaçao

                em todos os paíes do mundo a capital tem dinehiro federal investido em metro todos, exceto SP, capital financeira do BR.

                o govenro [email protected] só acordou com a linha 18-bronze, 17 linhas e 10 anos depois, acordou só pra receber os louros, oferecendo migalhas

                vc tem razão, o metro de sobral no interior do caera vai a passos largos com o noss dinheiro

                0
  • Luiz 15 de maio de 2012 at 13:17

    Vou contar uma historia do emrcado imobiliario para os novatos doblog entenderem como funciona

    Em 2002 construiram um condominio de casas prontas e venderam todas por 65k, mas sem os cabamentos, sem piso, sem azulejo sem armarios, pelada.

    Em 2008 uma dessas mesmas casas peladons erá ofertado por 220 mil
    Em 2010 por 250 mil
    Em 2011 por 280 mil

    Mas ela continua pelada sem piso, sem azulejo sem nada

    Chegamos em 2012 e ela está sendo ofertada por 320k ou 1.500 de aluguel
    10 anos se passaram, o preço de venda subiu 5 vezes
    E ela continua sem morador, sem piso, sem azulejo, sem nada

    0
    • Roberto 15 de maio de 2012 at 15:54

      Este comentário me lembrou da canção:

      Era uma casa muito egraçada não tinha teto não tinha nada…..

      0
  • veigalex 15 de maio de 2012 at 13:55

    MRVÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊ

    0
  • Mateus B. 15 de maio de 2012 at 13:59

    Que beleza:

    MRVE3 -9,91%
    PDGR3 -6,63%
    BTOW3 -4,95%
    BISA3 -4,07%
    RSID3 -3,86%

    Imaginem após balanço do 2T.

    0
    • Eskeleto 15 de maio de 2012 at 14:53

      Pode ser que suba devido aos feirões, que muitos acreditam que é o negócio do ano, mas quando ver a queda dos juros novamente irão ver que fizeram um mal negócio e começará as devoluções.

      0
  • Marcelo Arruda 15 de maio de 2012 at 15:03

    Consumidores de todas as faixas de renda reduzem busca por crédito

    Fonte: Infomoney

    15 de maio de 2012 • 09h36 Por: Gladys Ferraz Magalhães

    SÃO PAULO – Os consumidores de todas as faixas de renda tiveram redução na busca por crédito em abril deste ano, de acordo com o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, divulgado nesta terça-feira (15).

    Os consumidores que ganham de R$ 5 mil a R$ 10 mil por mês, foram os que mostraram a maior variação negativa na comparação mensal, de 12,5%.

    Ainda na análise mensal, os consumidores que ganham até R$ 500 por mês apresentaram queda de 9,1% na demanda por crédito. Entre os que ganham de R$ 500 a R$ 1 mil, de R$ 1 mil a R$ 2 mil, de R$ 2 mil a R$ 5 mil e mais de R$ 10 mil as quedas mensais respectivas foram de 10,7%, 11,8%, 12,3% e 11,8%.

    Outros comparativos
    Na comparação anual, ou seja, confrontando a demanda registrada em abril deste ano com a de igual mês do ano passado, a demanda por crédito, no geral, recuou 7,6%.

    Ainda de acordo com a pesquisa, no período, quatro das cinco faixas de renda avaliadas apresentaram redução na procura por crédito. A exceção foi verificada entre aqueles que ganham até R$ 500 mensais, alta de 0,8%.

    ——

    É não tem praonde fugir rsrs

    0
  • Socorro!! 15 de maio de 2012 at 15:15

    …estava vendo uns imoveis no ZAP….2 daqueles que eu gostei tinham foto de Arvores de Natal na sala ….sera que o Natal agora é no mes de Maio ?? Acho que estão micados mesmos

    0