Gafisa reduz prejuízo para R$ 31,5 milhões no 1º trimestre – Folha.com

Você pode gostar...

Comments
  • Luiz 9 de maio de 2012 at 16:19

    GAME OVER PRO GOVERNO [email protected]

    Investidores estrangeiros saem do Brasil após queda de juros

    DO estadaO.COM

    O corte de juros no Brasil, ao mesmo tempo que contribui para a depreciação do real, afugenta investidores internacionais e atinge o mercado de ações, conforme indicam dados compilados pela agência Bloomberg.

    O índice MSCI, do banco Morgan Stanley, que reúne ações do Brasil em dólares, caiu para o menor nível desde 2006, uma vez que investidores tiraram US$ 869 milhões de fundos de ações do País desde o início do ano.

    Segundo a Bloomberg, o banco JP Morgan Chase resolveu recomendar seus clientes a venderem ações brasileiras, depois que o governo determinou que os bancos públicos baixassem os juros.

    Outros investidores, no entanto, adotaram uma estratégia diferente. Em vez de retirar dinheiro do País, eles passam a aplicar em títulos públicos que acompanham a inflação, caso da Stone Harbor Investment Partners, citada pela Bloomberg. A aposta deles é de que os juros baixos provocarão aumento de preços no País.

    0
    • xangai 9 de maio de 2012 at 16:43

      Morgan Stanley corta recomendação do Brasil para underweight

      “www.infomoney.com.br/mercados/noticia/2428676-morgan+stanley+corta+recomendacao+brasil+para+underweight

      0
      • Luiz 9 de maio de 2012 at 16:57

        outros estão em dizendo que é hora d eentrar na Bolsa, pq ela vai ficar ainda mais barata que já é?

        Algum especialista pra contestar isso?

        0
        • Rui 9 de maio de 2012 at 19:24

          Mnha opiniao.Nao e hora de entrar na bolsa. So quando bater em volta de 30.000 pontos, fazendo double bottom. Dolar vai acima de 2.50, com possivel spike ate 3.30. Gafisa sera uma puta de compra entre 2.60-2.70.

          0
          • peterson 9 de maio de 2012 at 19:49

            a melhor hora de entrar é quando o ultimo sair, ou seja a oportunidade está surgindo para quem está analisando AGORA A COMPRA…

            quanto ao que foi dito sobre a inflação eu tenho minhas duvidas, pois estou achando que com a queda no ritmo das comprar não haverá margem para aumentos….

            não gosto de ações mas falo isso por conhecimento do mercado…

            0
            • alexny68 9 de maio de 2012 at 23:03

              Peterson , eu trabalho em um banco de investimentos em nova york com dois matematicos que ja trabalharam na nasa e hj trabalham com financas , ganham mais de 1 milhao por ano fora bonus , e eles tem mais humildade que vc quanto fazem afirmacoes sobre mercado financeiro

              te dou uma pequena dica , vc ainda tem muito que aprender

              0
              • peterson 9 de maio de 2012 at 23:57

                realmente humildade não é meu forte, faz o seguinte vamos fazer uma competição entre eu e teus amigos aí, vamos ver quem é bom mesmo, porque até lá eu acho que eles pra mim só estavam no país certo, na hora certa, na empresa certa, com a sorte certa, etc … não sou nenhum genio, mas também sei que “status quo” não quer dizer NADA, absolutamente NADA… tem muito idiota por aí ganhando milhões, mas pensando bem, idiota sou eu que não ganho o que eles ganham…. ah fala pros teus amigos sairem de traz da patente e frequentar este blog, afinal eles são muito humildes e com certeza aceitarão faze-lo assim como eu….

                0
                • alexny68 10 de maio de 2012 at 00:16

                  se pensar assim te faz dormir melhor a noite , q seja

                  0
            • Marcia B. 10 de maio de 2012 at 13:35

              Eu estou de acordo, melhor e investir ( cuidadosamente) em bolsa de valores. O real state em todas as partes do mundo nao e recomendavel.

              Bolsa de valores, diversificar com metais preciosos ( ouro + prata )

              0
          • Flavio RJ 11 de maio de 2012 at 14:17

            Rui se acontecer isso eu nunca mais vou precisar trabalhar na minha vida.

            Ia esquecer esse lance de comprar imovel e ia ficar viajando pelo mundo até enjoar.

            0
  • Charles 9 de maio de 2012 at 16:22

    “Excluindo-se o impacto da despesa de juros da dívida de R$ 90 milhões no primeiro trimestre, teríamos geração de caixa no período”.

    Bela lógica! Se não houvesse necessidade de adquirir dividas ela não teria o porte que tem hoje. Portanto, conclui-se que as dividas foram contraidas com espectativas de que os lucros vindouros fossem superiores a seus custos, trazendo fluxo de caixa positivo após o pagamentos de seus juros.

    Vir a publico dizer que se não fossem o juros a GAFISA teria gerado caixa é, no minimo, uma palhaçada sem tamanho!

    0
    • Anonymous 9 de maio de 2012 at 16:54

      Charles,

      O ponto importante é se esses 90 milhões são somente o serviço da dívida ou não – não está claro na fala do representante da GAFISA. Se for somente o serviço da dívida, então a dívida propriamente ultrapassa BILHÃO de Reais.

      0
      • Piuas 11 de maio de 2012 at 18:03

        mas isso é fato. A alavancagem da gafisa estava superior à 805 quando vi da última vcez, certamente a dívida dela é astronômica e 90 milhões é só o custo dela.

        0
    • Luiz 9 de maio de 2012 at 16:55

      porra, pensei q vc tava falando do governo Charles

      como o MRK disse, a divida vale 120% do patrimonio
      Se fechar a loja ainda ficam devendo pro mercado

      Sem falar que o patrimonio esta superavaliado
      Ou seja, pode falir a qualquer momento, se bem que a ação tá quase lá perto de zero mesmo

      0
      • Charles 9 de maio de 2012 at 18:26

        Eu sabia que o valor da divida da GAFISA é de 120% do seu patrimonio, só nao mencionei isso acima por não me lembrar da fonte.

        Esses 90 milhoes de gasto com juros no primeiro trimestre é equivalente a 30 milhoes/mes somente em relação ao juros da divida.

        Eu acho que essa construtora está com problemas! hehe

        0
        • Luiz 9 de maio de 2012 at 19:18

          hehehe, será que a Inês morreu?

          isso uma empresa com equipes preparadas, imagina o que o povão não fez entrando na lábia dos corretores?

          0
    • Igor Eduardo 10 de maio de 2012 at 01:04

      Isso é a teoria dos ciclos econômicos na pratica… Contraíram empréstimos no inicio do ciclo, onde parecia que a fartura nao teria mais fim, para financiar projetos que hoje se mostram nao rentáveis, agora sobra o ônus dos juros em decorrência dos maus investimentos…

      0
    • Tomaz 9 de maio de 2012 at 17:09

      e bota esfarrapada nisso!

      0
    • Charles 9 de maio de 2012 at 17:16

      Se colar, colou!

      0
      • Luiz 9 de maio de 2012 at 17:43

        Mesmo com cortes agressivos, BB e Caixa não têm os menores juros
        Numa das linhas divulgadas por pesquisa do BC, a de conta garantida, o BB aparece como dono da trigésima melhor taxa, num ranking com 38 instituições

        09 de maio de 2012 | 14h 38

        http: economia.estadao.com.br/noticias/economia,mesmo-com-cortes-agressivos-bb-e-caixa-nao-tem-os-menores-juros,111765,0.htm

        0
  • Francisco Quiumento 9 de maio de 2012 at 16:48

    “Bela lógica! Se não houvesse necessidade de adquirir dividas ela não teria o porte que tem hoje. Portanto, conclui-se que as dividas foram contraidas com espectativas de que os lucros vindouros fossem superiores a seus custos, trazendo fluxo de caixa positivo após o pagamentos de seus juros.”

    Para todo negócio que fracassou da maneira mais desastrosa, há uma planilha de cálculo que apontava que seus resultados seriam uma maravilha.

    😀

    0
  • Paulo 9 de maio de 2012 at 17:05

    a gafisa será sacrificada, salva ou fundida a outras empresas? façam as apostas!

    0
    • peterson 9 de maio de 2012 at 19:51

      não vai falir….

      0
      • RosinhA 9 de maio de 2012 at 20:14

        Porque tem tanta certeza Peterson, o cenário atual não indica uma saída tão firme e lógica como a sua, sei que não gosta de revelar seus segredos, mas não aguento ficar sem saber os dos outros tb.

        0
        • peterson 9 de maio de 2012 at 22:04

          n tenho noticia privilegiada nenhuma se é isso que vc quer saber… hehehe

          sou somente um torcedor como vocês, só que eu torço que não vai falir e vocês torçem que vai falir… ainda não entrei comprando mas vou comprar em certo momento…

          RosinhA já me dei muito bem nestas minhas projeções de ação, não sou desse mercado mas quando faço uma análise bacana como da Gafisa acompanhando todo o processo de queda eu consigo magnificos resultados. Não vou dar detalhes porque nao faço filantropia…

          0
          • Marcus 10 de maio de 2012 at 08:50

            Peterson,

            Pelas suas postagens anteriores presumo que vc trabalhe com forex, correto ? … a sua avaliação para entrar na ponta compradora da Gafisa é apenas grafica ? … acho salutar dar uma olhadinha nos fundamentos da empresa …

            0
            • peterson 10 de maio de 2012 at 14:37

              sou do FX sim, então eu analisei também os balanços, mas nem sei se vou entrar ok, vai depender de um indicador de negociação, esse indicador é o seguinte, assina-se um RSS com tag (PT e EN) obrigatoria GAFISA opcional COMPRA + AQUISIÇÃO + FUSÃO + NEGOCIAÇÃO filtrado em recente 30 com plot grafico, se este indice passar de 500 feeds em 30 dias é favoravel, se subir mais 100 em 1 semana é favoravel, qualquer outra opção é desfavorável, ou seja, percebe-se que eu não espero que a Gafisa se salve sozinha (o que já é uma dica valiozissima)… mas ja digo que não to perdendo muito tempo com isso não….

              0
              • RosinhA 10 de maio de 2012 at 17:19

                Boa Peterson, se arrumar sua namorada japonesa com certeza ficará mais vulnerável. 🙂

                0
                • peterson 10 de maio de 2012 at 22:17

                  RosinhA se vc conhecer uma que queira relacionamento sério, pode passar minhas referencias hahaha

                  0
  • Etmso 9 de maio de 2012 at 17:11

    Estava fazendo contas.

    O custo do m2 hoje não saí por menos de 2000 reais em SP capital;

    E o lote, 600 reais o m2 em um bairro bom da zona sul de SP (Vila Mariana, Pinheiros, Perdizes – Longe 1 ou 2 quadras de avenidas comerciais);

    Ex. um imovel, de 100m2, contando todas suas áreas comuns (1,9x a area do imovel), mais o lote para que seja erguida uma torre com 82 aptos.

    Custo de um imóvel com a fração 382.000
    Terreno rateado pelo número de unidades (2900m2) 30.000

    Total do custo: 412.000

    Riscos a serem imbutidos:
    Financeiros, Fluxo de Caixa, Demolição, Canteiro, Vendas, Riscos Trabalhistas, Marketing;

    Em resumo por menos de 550-600k esqueça um imóvel nestes bairros, novos, não é viavel nem se fizermos uma associação para construir.

    0
    • Etmso 9 de maio de 2012 at 17:42

      Esta casa tem um lote de 8m de frente por 20m no máximo, 160m2 vamos supor numa negociação o preço caia para 300k, custo do m2 sem demolição, 1.875 reais o m2; O 600/m2 reais que estimei, para acontecer deverá ser em um lugar onde ache galpões, fábricas abandonadas para diluir o custo.

      Para erguer uma torre de 100 aptos, de 100m2, o terreno pelo plano diretor deve ser de uns 3.000m2, pelo plano diretor.

      Este negócio de comprar casas para levantar empreendimentos, é uma coisa bem custosa. Não vejo como abaixarem o preço nestas regiões com este perfil, agora regiões onde existem Galpões, Fábricas, Lotes, o preço fica mais viável.

      Trabalho com desapriações, mesmo com o DUP (decreto de utilidade pública) o preço negociado é o de mercado.

      http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Casa-Padrao-2-quartos-venda-SAO-PAULO-VL-MARIANA-/ID-2473910

      http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Casa-Padrao-2-quartos-venda-SAO-PAULO-VL-MARIANA-RUA-PROF-MIGUEL-MILANO/ID-2995934

      0
      • Luiz 9 de maio de 2012 at 18:12

        Imagina que o custo é 2000 mil reais

        Qual a fonte dessa sandice, pq segundo o CUB sinduscom o custo é metade disto.

        A rosinha consegue fazer por 600 reais o m2, conheço outros construtores que fazem pr 800 reais o m2 no maximo, obra pequena incluindo adminsitração, burocracia, projeto e gerenciamento.

        Esse custo de 2 mil reais só se a fonte for a GAfisa falida.
        Alias quem veio aqui dizer que o terreno custava 1.500 reais o m2 no interior?

        Olha senhores corretores, vcs cansam a gente com tanta desinformação.

        0
        • Charles 9 de maio de 2012 at 18:23

          Em Taubaté, terreno em condominio de altissimo padrão com casas variando entre 800 mil a 2 milhoes, o metro quadrado custa 1 mil reais, e está caro, não vende. Terrenos de 360 metros com preço de 350 mil e nao vende.

          Onde esse rapaz achou terrenos a este preço? No interior nao é!

          0
          • Etmso 9 de maio de 2012 at 18:42

            Charles,

            Em SP existe preconceito em morar em casa padrão, existem casas em bairros como Vila Mariana, Morumbi, por 400k, 500k, em lotes de de 200m2. E existem galpões, fábricas antigas, que se demolidas atigem um valor por m2 bem baixo, 600/m2.

            Olhe no ZAP, o preço das casas em SP, bairro nobres como planalto paulista, saúde, vila mariana, morumbi, possuem casas em lotes grandes por 600k. A questão de segurança desvalorizou muito as casas, que são assaltadas com frequencia, por tanto, as casas só são interessantes para que uma construtora compre várias delas e suba um prédio. Diferente de condominios fechados e do interior onde a casa ainda é uma preferência.

            0
            • Luiz 10 de maio de 2012 at 10:59

              50% de SP ccapital ainda mora em preconceitos então
              Se for RMSP: 60%

              0
        • Etmso 9 de maio de 2012 at 18:24

          Luiz,

          O CUB médio, não é o CUB de imóvel em lote de Pinheiro/Vila Mariana, nestes bairros o elevador, parte elétrica, janelas, tudo é melhor em relação a um imóvel construido em regiões mais periféricas. Um CUB usando um piso de 15 reais o m2 é diferente de um porcelanato de 40 reais o m2. (jogando preço de custo), parte elétrica varia demais, hidraúlica, você tem itens que variam 300% de acordo com a qualidade; Uma construtora de ponta, Odebretch por exemplo só coloca coisa de primeira, visitei prédios deles, só coisa fina, olhei aos miúdos. Gafisa, Even, são medianas, Tecnisa constrói bem também.

          O salário médio da construção é de 1400 reais (sem encargos) o que dá 2,3 x o salário. Um engenheiro pleno civil hoje não saí de casa por menos de 10.000 reais de salário, um bom mestre de obra, 3.500 reais, mais os encargos. Isto para SP, onde a fiscalização para o uso dos EPIs, alojamento, vale transporte, alimentação é constante.

          Fui em duas audiências trabalhistas ontem e hoje, é batata, os caras entram e ganham, o Juíz sempre dá causa favoravel ao trabalhador;

          2 mil reais o m2, construido é um preço apertado para uma construtora trabalhar hoje visto todos os riscos;

          Agora 600 reais o m2 do lote, só se arrumar um Galpão, se for na base de comprar casinhas, ferrou, o preço vai nas alturas.

          0
          • Luiz 9 de maio de 2012 at 19:49

            imagina engenherio civil a 10 mil reais

            entra nesse sites de RH e vc vai ver as propostas pra gerente de obras.

            Não passa de 7.500 reias e chove candidato, diria uma media boa 5 mil reais

            Pedreiro a 1.400 reais é sonho, acho que só em obra publica, e empresa grandechega nisso, 90% das obras o cara é registrado como servente, a 900 reais

            600 reais o metro é pra obra grande, a empresa ganha na economia de escala, deve ter muita empresa porái que ainda consegue esse valor, é um valor razoávle para habitação popular. Até o CDHU do governo com todos os problemas de eficiencia e competencia consegue fazer 60 m2 a bem menos de 120 mil reais

            0
            • Etmso 9 de maio de 2012 at 22:00

              Luiz,

              Na prática, um prédio de 100 unidades:

              São 500 funcionários, carteira assinada, trababalhando a 20 metros de altura e gerenciar 30.000 itens com horário para o caminhão chegar e descarregar, na madrugada. Azulejar 200 banheiros, fazer instalação elétrica e hidraúlica de 100 unidades, tudo isto com prazo, custo, qualidade.

              Só Trabalhando com funcionários especializados, azulejistas, gesseiros, mestres de obra, bons engenheiros, uma empresa de 1a. linha. não paga salários de mercado, salário de mercado são para funcionários medianos.

              Existe um contigente da obra que fica anos com a construtora, experientes, que ganham salários que vocês nem imaginem, pois retornam em dobro o que ganham. Um inspetor de solda ganha 15 mil reais. Você acha que só quem fala 3 linguas e tem um discurso prolixo ganha bem, ledo engano, existe funções da construção civil extremamente bem pagas, principalmente com relação a construção industrial.

              Uma Odebretch, Queiroz Galvão, Techint, possui folhas saláriais com salários médios de engenheiros acima de 10k, inicial 5,5k. Com o boom da construção, industrial e residencial, houve uma corrida-disputa pelos bons profissionais.

              Um gerente de contrato, responsável da obra, de uma obra de 500 milhões, chega a ganhar 1 a 2 milhões/ano.

              Não é atoa que o 2o. curso mais concorrido da Fuvest é Eng. Civil, isto só ilustra o aquecimento do setor.

              É preciso aceitar, que não é lendo um bom livro de administração, somente, que se ganha dinheiro.

              0
              • Luiz 10 de maio de 2012 at 10:27

                Vc quer nos convencer da médiua pela exceção Odebrecht, camargo correa trabalha com obra publica, aí sim justicia um pleno valer 15 mil. É gente ultra especializada, operador de guindaste precisa 10 anso de estudo e especialização.

                Mas vc insiste me justificar a exceção como sendo a média.
                Gerente de contrato de obras que custam de bilhão pra cima é que o gerente recebe 1 milhaõ por ano, até 2 milhão, contando o bonuis e se deu tudo certo

                Obra de apartamento popular não tem mistério, e os valores são muito abaixo disto. Vc põe de exemplo exceções esdruxulas pra justificar a regra.

                Esses engenheiros de 15k estuda pra caralho, experiencia no exterior fornecedores em pelo menso 3 linguas. Vc sabe essas coisas todas de orelhada, não sabe mesmo a fundo, parece que toh conversando com os peão que fala de ouvir falar, e repete sem o menor filtro

                0
        • RosinhA 9 de maio de 2012 at 18:53

          Luiz colocando os pingos nos iiiis, pois aqui se sabe como é, construção limpa, desperdício quase zero, mão de obra super especializada, blocos estruturais, lajes comuns e acabamentos comprados em promoções diversas por 0,6km2, ano passado hoje acho que não sai por menos de 740/760 m2, mais a sandice de 2k m2 para construtora, pode revelar para onde é que vai o prejuízo, ET quantos caminhões engaiolados saem em 3000m2, o dinheiro do ar fica com quem se é que me entende.

          0
          • Luiz 9 de maio de 2012 at 19:15

            ele faz a famosa engenharia reversa
            primeiro ele sabe o resultado, depois inventa uma conta pra chegar lá

            0
            • Etmso 9 de maio de 2012 at 19:27

              Luiz,

              Não é fácil e barato construir como você pensa. É uma trolha muito grande, mais fácil é ganhar dinheiro com estes papiros aí da bolsa.

              0
              • Luiz 10 de maio de 2012 at 10:22

                eu não penso Etmos eu tenho experinecia desde obra pequena até obra grande.

                Facil não é, mas tbm não cuista essa loucura
                Edificio residencial em 99% dos casos n cheg anem perto disto que vc coloca, talvez os comerciais com autmoação, pedireito triplo e tudo mais, mas isos é 1% das obras

                0
          • Etmso 9 de maio de 2012 at 19:18

            Rosinha,

            Se um peão chegar bêbado segunda feira, soltar do cinto e pular da décima laje, o Juiz vai dar a causa favoravel a ele. Se ele cortar o dedo na serra pq o Corinthians foi desclassificado da libertadores, quem vai pagar a indenização?

            Todos estes riscos são imbutidos, riscos trabalhistas, riscos de desequilibrios economico-financeiros. Parece que as construtoras são vilãs, mas elas e todo empresariado por assumir risco deve ter sua recompensa, chamado lucro. Agora nós, trabalhando em nossos empregos, muitos aqui concursados, não assumimos os riscos que estes caras assumem.

            Por menos de 2 mil o m2, na atual conjuntura, nenhuma construtora digna pega para fazer sua obra. Compre um lote em Barueri, e peça para fazer uma casa num padrão legal, sem você se preocupar com nada, padrão de 1a., casa de 200m2, o preço é 400k no minimo. Se for uma gata safada (giria para uma construtora pequena) ela vai fazer por 320k.

            0
            • RosinhA 9 de maio de 2012 at 19:36

              ET primeiro para acidente já foi inventado seguro, segundo acho que você que está com medo do corinthians ser eliminado e está delirando, o cimento de barueri é diferente do usado em outros lugares, ou tem a mesma base de preço? Não sei se constrói, ou se já construiu, talvez você ainda não percebeu que posso jogar 100m3 de cimento num buraco de uma fundação onde cabiam apenas 35m3, entendeu, você pode fazer a conta que quiser eu tb posso fazer a minha e dar um resultado sempre satisfatório, entenda construção é a melhor maneira de se sumir com dinheiro, se quiser que dê prejuízo ela dá, se quiser que dê lucro ela tb dá, simples assim não generalize, pois consigo rebater tudo a meu gosto, e nunca entraremos em um acordo, você coloca posições interessantes as vezes, mas nada melhor de como saber como funcionam as coisas para analisar friamente, pense bem o predeiro do NE, não conheçe nada quando chega em SP, para ele a cidade não tem fronteiras e seu preço tb não.

              0
            • Luiz 9 de maio de 2012 at 19:39

              então vc admite que 2 mil é o maximo que se pode chegar?

              agora me conta quantos % tem casa de 200 m2 em barueri com acabamento de primeira

              99% das obras não passa de 1k o m2 conforme o CUB sinduscom que é a fonte oficial acieta por 100% de engenheiros,a rquitetos, construtores, avaliadores.

              Vcs corretores precisavam conhecer o principal indice de sua área de trabalho pra não passar vergonha.

              0
              • Luiz 9 de maio de 2012 at 19:53

                Custo Unitário Básico da Construção Civil = CUB

                0
                • Anonymous 9 de maio de 2012 at 21:00

                  A picaretagem é tranqüila de rebater. Há dois anos atrás se conseguia fazer a obra e vender o imóvel pela metade do preço. O INCC não deu o mesmo que a valorização do imóvel, certo? Então querer dizer que o custo justifica os valores atuais é uma piada… Antes as construtoras faziam mágica? Ou o INCC não demonstra com fidelidade a variação dos custos? Será que está errado em uns 1000%?

                  0
                  • Etmso 9 de maio de 2012 at 23:06

                    Anonymous,

                    O custo não subiu 100%, subiu o INCC, mas o LOTE triplicou, e as áreas para aquisição até totalizar uma área de 2, 3 mil m2 estão cada vez mais rara.

                    Construir um padrão de 1a. por menos de 2 mil reais o m2 é piada, pagando todos encargos, impostos, dentro da lei na cidade de São Paulo. Pergunte a qualquer engenheiro civil formado em universidade de 1a. linha.

                    0
                • Etmso 9 de maio de 2012 at 22:15

                  Luiz,

                  Eu não sou corretor. Aliás acho eles despreziveis, não sabem de nada, são anemonas das construtoras/incorporadoras.

                  O que você disse é verdade, muitas obras não são feitas com acabamento de 1a., mas existe o MEMORIAL DESCRITIVO, se você comprar um imóvel novo, neste consta uma descrição minunciosa do que será usado na obra, em termos de acabamento e materiais usados.

                  O CUB é muito genérico, são milhares de itens que podem custar de X a 3X, tirando a parte que a qualidade importa menos, mais comoditie (areia, pedra, ferragem…etc) o resto dos itens tem uma amplitude muito grande de preço.

                  Por isto que eu repito, uma obra séria, com acabamento de 1a. exemplo Side River na beira da marginal, feita pela Odebretch que eu pessoalmente visitei, não tem como custar menos de 2000, 2500 mil reais o m2.

                  Agora a MRV dá pra fazer com 700 reais o m2, para começar pela faixada, halls, elevador.

                  Eu quero expor que existem padrões de construção muito distintos, nestes bairros mais caros, é muito dificil a construtora imprimir um padrão baixo, num lote que custou milhões.

                  Outra dica, é muito mais vantajoso pra construtora fazer comercial, pq o custo é mais baixo, menos paredes internas.

                  Odebretch, Galvão = Bmw;
                  Tecnisa = Toyota;
                  Even, Gafisa = Fiat;
                  MRV = Jac Motors;

                  0
                  • Sol de Sampa 10 de maio de 2012 at 00:26

                    Etmso, só uma coisinha…. construtoras costumam usar linha branca para metais sanitarios e azulejos…

                    só para vc ter uma idéia elas não compram na Telha Norte e C&C … fazem compra direta, e quem compra ainda recebe uns trocos em cima do que foi pago….

                    o que existe é muito intermediario… ah isso tem mesmo, que embolsa muita coisa e embute nos preços…

                    E tenho um amigo que é Engº Civil na Cyrela que está responsável por um emprendimento classe média alta … me informou que o custo por m2 está em R$ 1320,00 …. não é média é o custo da obra… ou seja, engloba tudo, desde a folha de pagto até o material… Ele ainda colocou que 15% a mais do custo é usado para propaganda… o restante para chegar a R$ 7.500 a
                    R$ 8.500 o m2 vai saber pra onde vai….

                    Eu construi e reformei na minha vida, usei desde construtora, empreiteiro e até pedreiro mesmo e sempre o CUB foi suficiente para o padrão da obra (usei padrão médio e padrão alto)… inclusive construi antes do plano real em épocas que o cimento impactava muito e consegui fazer a previsão de custos e não sair dela.. Então, eu que não sou engenheira consigo, por que construtoras não conseguem?? A desculpa de que não existe mão de obra é pura sacanagem, pois vc pode empregar muitas pessoas e ensinar …. fazendo um contrato com segurança de cumprimento de um periodo de trabalho … Somente dizer que a mão de obra está cara é falta de comprometimento, pois sempre existiu aprendizes… e não falta canteiro de obra pra eles …. é falta d querer investir… pois aí acaba-se com a desculpa…

                    0
                    • Luiz 10 de maio de 2012 at 10:31

                      Em quem eu vo confiar?
                      No CUB do sinduscom, não
                      no IBGE, não

                      vou confiar nume stranho que passa o dia no blog desinformando.

                      O CUB é referência, assim como a revista cosntrução, os indices do IBGE e eles são todos coerentes entre si.

                      Será que eles estão todos errados?
                      Será que mues conhecidos estão emntindo rpa mim?
                      A rosinha, o sol, todos mentirosos.

                      A verdade é que construir um apê popular custa mesmo 300 mil?
                      Nem F O D E N D O

                      0
                    • Etmso 10 de maio de 2012 at 10:33

                      Amigo no CUB médio, leva-se em conta alvenaria estrutural, nada contra
                      este tipo de construção e leva em contao padrão de A-Z;

                      Tudo numa construção pode variar e não é 10, 15% é 200%, 300%;

                      Se ele construir um padrão de 1a. a 1320,00/m2, Parabéns.

                      Um padrão de 1a. inclui:

                      Elevador Atlas, GE, Otis:
                      Janelas Sasazaki 1a. linha aluminio anodizado;
                      Parte Elétrica Pial, Siemens;
                      Parte Hidaúlica e de Incendio Deca, Hydra;
                      Pisos Porcelanato nas áreas comuns;
                      Piscina pastilhada;
                      Ferragem Gerdau;
                      Molduras dos elevadores em marmore;
                      Fechaduras Fame, Pado;
                      Azulejos Portobelo;

                      Um prédio de 16 pavimentos com este item com orçamento menor que 2 mil reais/m2, o construtor vai trocar cebola por tomate.

                      0
                    • Luiz 10 de maio de 2012 at 11:27

                      toh acompanhando uma obra que vaidar 800 reais o m2 com granito e elevador

                      0
        • Engenheiro-SJC 10 de maio de 2012 at 10:57

          Luiz,

          Aqui em São José dos Campos, os terrenos nos condomínios do Urbanova variam entre $400/m2 a $1000/m2, dependendo do tamanho do terreno.

          Os preços totais variam entre $200K a $400K. E há uma abundância de oferta e as vendas capengas!

          Já nos condomínios onde os terrenos estão escassos, como Residencial Aquarius, Colinas, etc… o preço chega a passar os $1500/m2 , preços acima de 650K… nem precisa dizer que não vende, né?

          0
      • xangai 9 de maio de 2012 at 18:22

        bertz/etmso … vc desistiu de pesquisar o site do ibge !? ::

        tem ai custos para suas casas ( em socorro ) e predios ate 18 andares …:::

        http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/const/default.asp?z=t&o=14&i=

        0
        • Luiz 9 de maio de 2012 at 20:05

          Custo médio do metro quadrado – Brasil
          Variáveis nov 2011 dez 2011 jan 2012 fev 2012 mar 2012 abr 2012
          Custo médio – moeda corrente (Reais) 808,65 809,65 814,43 816,96 819,53 824,81

          os dados batem com o que os constutores que eu conheço me falam

          0
          • Etmso 9 de maio de 2012 at 23:45

            Aí entra na conta, 1.000 prédios da MRV que custam 600 reais o m2 e 100 da Gafisa que custam 1800 o m2 e 10 da Odebretch que custam 2500 o m2, aí na média o CUB fica isto mesmo. Certinho.

            Vocês querem os custos de um prédio da MRV no padrão da Tecnisa, construído num lote com o custo de m2 de Itaquera, só que com a localização de Moema.

            Tá fácil.

            0
            • Luiz 10 de maio de 2012 at 11:24

              Já vi que se enrola na média pnderada, mas deixa pra lá
              99% dos imoveis residencias custa 600 reais o metro quadrado
              E nem esses o povo tá conseguindo pagar.

              0
      • Leandro 9 de maio de 2012 at 20:02

        Vamos utilizar os seus próprios custos, utilizado o terreno a seguir:

        http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Terreno-Padrao-venda-SAO-PAULO-STA-CECILIA-/ID-2916436

        Terreno 4.800.000,00
        m² construido 2.000,00
        metragem ap 100
        Qtde de AP 100
        Construção AP 200.000,00
        Construção total 20.000.000,00
        Construção+Terreno 24.800.000,00
        Custo Unitário 248.000,00
        Custo m² 2.480,00
        Valores pedidos atualmente 8.000,00

        Já esta demostrando uma margem altíssima, com o valor de R$ 2 mil o m² construído, nenhum pesquisa indica m² construído em apartamentos padrão acima de R$ 1 mil, o custo real giraria em torno de R$ 148 mil.
        Isso sem contar que nenhuma incorporadora pagaria em cash se o valor não for uma pechincha, caso o dono terreno queira o valor de mercado a incorporadora oferta um numero de unidade, por volta de 10%, ou a mesma proposta em VGV. Nesse caso o dono do terreno enxerga que receberá 10 AP, de 100m², venderá por R$ 8 mil o m². Assim caindo ainda mais o custo da incorporadora.
        Outra simulação com esses valores:

        Terreno Não há custo
        m² 1.000,00 Valor real atual
        metragem ap 100,00
        Qtde de AP 90,00 Dez Ap irão para o dono do terreno.
        Construção AP 100.000,00
        Construção total 10.000.000,00
        Construção+Terreno 10.000.000,00
        Custo Unitario 111.111,11 Total gasto dividido por 90
        Custo m² 1.111,11
        Valores pedidos atualmente 8.000,00

        0
        • Etmso 10 de maio de 2012 at 00:29

          100 aptos de 100m2 = 10.000m2 x áreas comuns (halls, garagens, circulação, elevador, portaria, etc) (1,9) = 19.000m2 de área total.

          19.000 m2 x 2.000/m2 = 38.000.000 / 100 unidades = 380.000 por unidade.

          Lote 4.800.000 / 100 unidades = 48.000 custo do lote por unidade

          Total = 428.000 por um apto de 100m2 util de custo num padrão A.

          0
          • Luiz 10 de maio de 2012 at 11:22

            concordo,
            Agora me epxlica pq estão vendendo apê tipo A de 100 m2 por 1 milhão, 1,5 milhão, 1,7 milhão, e nem toh falando de área nobre, classse média-baixa mesmo (renda em 5k/mes).

            0
            • Etmso 10 de maio de 2012 at 13:44

              Luiz,

              Existe gordura. não estou duvidando.

              Mas com o lote num bairro bom de São Paulo, comprando casas, construindo com construtora boa. Não conseguimos algo muito menor que 4.000/m2, fazendo uma associação. Comprando os lotes e subcontratando a demolição, o projeto e a construção e montagem.

              E vamos supor o custo de 3500/m2 (lote + apto), nesta associação todos pagariam o valor total em 36 meses, duração da obra, você acha que podemos contabilizar o preço de custo, ou que temos que contigenciar, pois são 100 imóveis na mão de 100 credores? Se 7% não cumprir com as obrigações os outros 93 tem que honrrar. Outro aspecto o fluxo de caixa da obra seria descasado com o dos pagamentos, então é preciso ir a um banco pedir dinheiro a juros, etc, existe “n” aspectos para você não quebrar.

              Você me entende porque um imóvel novo em Pinheiros não pode ser menos que 4.000/m2 hoje? Se você ver um empreendimento novo a este preço num bairro bom, não compre, pois você não irá receber o que comprou da maneira que gostaria.

              O preço do lote está bolhudo, você compra 5 casas, a 6a. e a 7a. enrrosca, aí você tem que pagar mais, ou criar alternativas para que a área minima seja atendida comprando lotes descasados e fazendo passagens entre eles.

              A cadeia está ganhando (especulador, incorporadora, corretores) por isto o preço pedido é 10 mil/m2.

              0
      • Marcia B. 10 de maio de 2012 at 14:18

        Estao LOUCOS??? ESSA ESPELUNCA custa mais caro que uma casa de 3 quartos e 2 banheiros em um bairro bom aqui em Miami????

        0
    • Etmso 9 de maio de 2012 at 17:59

      Se entregarmos um lote limpo para uma construtora, por menos e mais inresponsável que ela seja, oferecendo 350 mil a unidade de 100m2 em SP capital, mais a metragem comum, que é 1,9x a útil, num padrão A de acabamento (3 elevadores atlas, piso porcelanato nas áreas comuns, pial, deca, tudo de primeira, portas, janelas, etc), por mais inconsequente que ela seja ela não pega, e se pegar em pouco tempo tem aditivo, pleito, etc.

      Fora que um lote de 3000m2, em um bairro bom que estou vendo, teremos que desapropriar 20 casas que ocupem um lote de 150m2; Cada casinha desta não saí por menos de 500k, se tiver muito detonada saí por 400k, ou seja, 10 MM, dando sorte de haver um sinergia entre os moradores para que todos vendam, pois sempre tem um ou outro que não vende e vira cinzeiro do prédio.

      Ou seja custo para nós, 450k, por muito baixo, se arriscando muito para ficar no 0x0. Se houver algum eng. civil, por favor, se pronuncie.

      0
      • Ane 9 de maio de 2012 at 18:37

        Ap de 100 m em bairro bom de grande cidade por esse preço que vc diz seria muito barato em comparação com a atualidade. Ainda mais novo.
        Só n sei se esses bairros são bons.

        0
      • RosinhA 9 de maio de 2012 at 18:43

        Et qual construtora você trabalha?

        0
        • RosinhA 9 de maio de 2012 at 18:48

          10mm aonde? qual bairro? e pra que terreno de 2000m2? se não tá confundindo altíssimo padrão com 90% das construções que normalmente ocorrem?

          0
          • Etmso 9 de maio de 2012 at 19:07

            Pelo plano diretor, uma torre de 82 unidades, precisa de um lote destas dimensões, não é alto padrão não. O padrão é associado ao acabamento.

            Hoje em dia você não vê prédios sendo construídos alá Copacabana, grudados, Tem que existir uma metragem minima do lote de acordo com a metragem construída.

            Se não seria o mais completo caos, então a prefeitura fiscaliza a aprovação dos projetos, para que não haja uma alta concentração demografica incompativel com o número de vias, coleta de esgoto, fornecimento de água, etc, etc.

            0
          • Luiz 9 de maio de 2012 at 19:14

            Rosinha duvido que o ET trabalha numa construtora, esses dados estão claramente chutados, qualquer um que trabalha com obra vê que não é assim.

            Casa pré-fabircada pronta custa 1k o m2 com frete gratis pra todo estado, entrega pronta em 2 meses, imagina 2 mil o m2 obra bruta sem piso, sem janela, sem box, sem azulejo, portas e fehcaduras vagabundas

            Nem em alphaville condominio alto padrão está nesse valor, somente terrenos mutio bem localizados no centro de grandes cidades pdoe chegar perto disto, 99% das obras residenciais está looonge disto

            0
        • Etmso 9 de maio de 2012 at 19:00

          Não trabalho em construtora

          Prédio construído em Itaquera usa este interruptor genérico;

          http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-230143937-kit-interruptor-1-tecla-simples-1-tomada-10a-padro-novo-_JM

          Prédio construído na alameda santos, jardins, usa interruptor PIAL;

          http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-231698630-interruptor-intermediario-pial-plus-_JM

          Se me perguntar, dá pra constuir com 500 reais o m2, dá, com tudo genérico, fichando só metade da equipe, pegando o engenheiro júnior fomado a noite, o mestre de obra recém promovido.

          Mas com:

          Elevador Atlas, GE;
          Porcelanato nas áreas comuns;
          Hidraúlica Deca, Hydra;
          Elétrica Pial, Simens;

          Só com 2 mil para cima, colocando o porcelanato inicial, de 40 reais o m2, pq existem porcelanatos de 280 reais o m2;

          Existe ainda a alvernaria estrutural e o concreto armado, a alvernaria estrutural não tem colunas e vigas, até que se for num prédio de alvenaria estrutural dá pra conseguir um preço por m2 de 1500 reais colocando um acabamento de primeira;

          O preço da construção subiu demais, hoje as pessoas não querem mais vir do NE para trabalhar aqui, pois lá tem emprego agora. A mão de obra é o item mais impactante em termos de custo.

          E assim, vai para todos os itens, quando um prédio é feito em uma área nobre o CUB é mais alto, resta o comprador pegar o memorial descritivo e comparar, então este papo de CUB médio é para quem for comprar um imóvel em um bairro médio, tipo o Brás (nada contra);

          0
          • Luiz 9 de maio de 2012 at 19:34

            nem f*dendo, conheço quem constroe a 800 o m2 com granito, telhado com acabamento em forro de madeira de lei, elevador e tudo do melhor.

            2 mil o metro nem com torneiras folheadas a ouro

            sem falar que 90% da sobras residenciais não vem com espelho de interruptor nenhum, nem lampada nem arandela nem nada

            algumas reclamações contam que vieram até sem a fiação eletrica, dá um trabalho desgraçado passar fio onde não tem.

            0
            • Marcio 9 de maio de 2012 at 21:07

              Rapaz, esse construtor que faz R$800/m2 de alto padrao deve ser magico nas horas vagas.

              0
              • Etmso 9 de maio de 2012 at 22:30

                (Risos)

                É a mesma mágina que faz um pessoa que ganha 4 mil morar em Botafogo.

                Estão falando em casas pré fábricada, é brincadeira.

                Não é querendo dar uma “carteirada” tenho MBA em Engenharia de Custos, faço estimativas não é para obras de 50 milhões, e para obras de 5 bilhões, e não é lendo artigos do IG, que se faz uma boa estimativa, isto eu posso garantir, e conhecendo de obra, conhecendo os riscos, gerenciando e contigênciando o que pode dar errado.

                Uma obra de 500 funcionários, historicamente sempre tem 2, 3 ações trabalhistas.

                A construtora que me falar que faz um padrão de 1a. por menos 2 mil reais o m2 na cidade de São Paulo, eu não aceito, pois:

                1) A obra não será entregue;
                2) Haverá aditivos;
                3) Obra não será entregue com qualidade;
                4) A construtora irá a falência;

                0
                • Luiz 10 de maio de 2012 at 10:38

                  POR ESSES valores que vc afirma é obra publica ou empreendimento comercial bem localizado

                  Apartamento ppular, não chega a 600 reais o m2, e isso aí é 90% do mercado residencial no BR, e o custo total não chega no bilhão, a não ser que sejam muitos prédios.

                  1 mil reais o m2 paga terreno e lucro da construtora na grande maioria dos casos.
                  Agora engraçado vc dizer que estudar não importa pra ganahr dinheiro, que falar 3 linguas n importa e agora vc me vem com essa de MBA. Uma mba seria exige 3 linguas fluentes pra fazer inscrição.

                  Continua falando que vc vai se contradizendo, é nos detalhes que vc se enrola

                  0
                  • Etmso 10 de maio de 2012 at 14:10

                    Calma Luiz…

                    0
      • Anonymous 9 de maio de 2012 at 19:14

        Não entendi a lógica… Ainda que o metro quadrado do imóvel a ser demolido seja R$4.000,00, temos 4000 X 3000 metros quadrados = R$ 12milhões. Dividido por 100 apartamentos (pelo que entendi, 3.000 metros dá pra fazer 100 apartamentos, certo?), temos R$120.000,00 por apartamento para a aquisição do imóvel.
        Pegando um apartamento de 100 metros quadrados ao custo de construção de R$1.000 o metro, temos R$100mil.
        Ou seja, custo final: R$220.000,00. Se o custo por metro quadrado (construção) for R$2.000, ainda assim o custo vai ser de 200mil + 120mil do terreno = R$ 320.000,00. Ou seja, na Lapa, 100% de lucro (nenhum apartamento novo, com essa metragem, sai por menos de 700mil). Não sei, a conta não fecha.
        Isso sem levar em consideração que o próprio custo do imóvel a ser demolido já está inflado também…

        0
        • Luiz 9 de maio de 2012 at 19:27

          poisé, nem assim, nem chutando o balde a conta fecha

          0
        • Etmso 9 de maio de 2012 at 19:34

          Perfeito!

          Coloca em cima 30% de lucro e riscos das contrutoras, 450k-500k vendido por 700k;

          200k na mão da cadeia, incorporadores, corretores e especuladores.

          O imóvel comprado para demolir está com gordura sim, olha no ZAP, casinhas michurucas por menos de 400k, dificil.

          Agora na Lapa, Mooca, rola muito Galpão, Fábrica desativada, estes tem o preço do m2 muito mais baixo, agora em regiões como Saúde, Ipiranga, Pinheiros, Perdizes, é so na base das casinhas, aí complica.

          0
          • Luiz 10 de maio de 2012 at 10:43

            isso sim é quase verdade, qualquer casinha podre em bairro nobre tá 300k pra cima. Mas normalmente o acordo é fechado em bem menos que isso, ou mediante troca por 1 ou 2 apartamento do próprio edificio.

            É um grand eesquema de fingimento.
            Vcs fingem que o apê vale 600k, troca pela casa, que finge que vale 600k.
            Trouxa é quem acredita nesse teatro e tira 600k do bolso pra ser vizinho do cara da casa michuruca

            0
    • ZLSP 9 de maio de 2012 at 22:45

      600,00 0 m2? Vc esta falando da Zona sul de qual cidade? 600 o m2 nem em area de invasão, em cima de linha de trem…

      0
    • Ricardo Eng 10 de maio de 2012 at 14:36

      Cara, essa foi a conta mais ignorante e ao mesmo tempo desonesta que eu já vi ser postada em local público.

      0
  • Mineiro BH 9 de maio de 2012 at 17:19

    Vejam essa…

    ———————————–

    Mais um pibinho?

    8 de maio de 2012 | 20h00

    Celso Ming

    O crescimento dos estoques de veículos, para os níveis mais altos em três anos e meio, e a derrubada das vendas em abril, de 14,2% sobre as de março, indicam que algo não se comporta como pretende o governo Dilma – que planeja avanço do PIB superior a 4,5% neste ano.

    Há mais indicações de mudanças importantes nesse mercado. O volume de financiamentos novos de veículos tende a cair e o nível da inadimplência está aumentando.

    Em parte, esse fraco desempenho é consequência de situação artificial anterior. Entre janeiro de 2009 e março de 2010 o governo incentivou as compras com a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Esse fator antecipou compras pelo consumidor. E o mercado financeiro contribuiu com a saturação do segmento, quando disputou o consumidor com financiamentos para compra de automóveis de até 90 meses sem entrada.

    A queda dos preços dos carros usados vem sendo forte. Em dois anos, o veículo perde mais de um terço do seu valor de mercado – como mostrou matéria de Cleyde Silva, no Estado de 12 de fevereiro. Nessas condições, a garantia dada ao banco por ocasião do financiamento perde qualidade.

    Embora a reserva de domínio continue sendo considerada um dos melhores fatores de segurança para a instituição financeira e principal razão da prática de juros mais baixos no crédito, a forte queda dos preços dos carros usados tirou sua importância. Neste prazo (dois anos), o saldo da dívida contraída no financiamento se mantém mais alto do que o valor da garantia, que é o preço do automóvel no mercado. Nem o proprietário obtém bom preço para dar de entrada num veículo novo, nem o banco consegue recuperar com a revenda do veículo o saldo do financiamento. São razões fortes demais que atuam para desacelerar o crédito.

    As exportações também não ajudam. Caíram 4,9% sobre igual período do ano passado. A crise global vem contendo as encomendas. Além disso, o made in Brazil padece da doença crônica já conhecida, que o impede de acessar os mercados: é caro demais, porque enfrenta o insuportável custo Brasil, que trava o resto da indústria.

    Esse quadro indica que, mesmo avançando mais rapidamente do que o PIB; e mesmo se baseando na expansão do emprego e da renda; o crescimento acelerado do consumo total no País (e não só o de carros) começa a esbarrar em limitações naturais. A rápida elevação do endividamento familiar é uma delas. Diante do aumento da inadimplência, a falta de apetite dos bancos pela expansão dos financiamentos é outra. Não haverá o que os force a perder dinheiro.

    Como já enunciado, esse é um quadro geral que torna mais difícil o cumprimento do projeto do governo de obter, neste ano, crescimento do PIB entre 4,0% e 4,5%. Provavelmente nem as projeções mais conservadoras do Banco Central (crescimento do PIB de 3,5%) terão condições de acontecer.

    A mera redução dos juros, destinada a estimular ainda mais a economia brasileira, não parece suficiente para evitar mais um pibinho.

    0
    • Luiz 9 de maio de 2012 at 17:35

      “primeiro serão os carros, depois as casas” evangelho de Luiz capitulo primeiro versiculo I.

      ps: O Ming é craque

      0
    • RosinhA 9 de maio de 2012 at 19:09

      Lógico a anta brasileira usa carro como status, compra caminhonete de 7m de comprimento e viaja só uma vez por ano com a família, faz prestações de 60X, quando vai pagar a trigésima percebe que sua dívida é de 1,3X do valor de um veículo novo, afoga todo trânsito de qualquer cidade até que pequena hoje, andando sozinho em um veículo que polui e muito, onde andando a pé seria mais rápido, paga até mais 100k em um carro pois sua propaganda é: ” A nova maravilha tecnológica”, com imóveis é a mesma coisa consomem sem saber o porque e o pior sem discodar ou concordar com algum tipo de qualidade oferecida.

      Discordo do apóstolo Luiz, primeiro carros, depois cartões, depois escola particular, depois plano de saúde, depois kit status(óculos escuros, roupas etc), depois alimentação, depois pasta de dentes, sabonete, papel higiênico ai sim viriam os IMOVEIS.

      0
      • Luiz 9 de maio de 2012 at 19:26

        credo rosinha, esse evangelho é o do apocalipse

        “Quando verdes investitrouxas cagados, fedendo, halito de corretor, chorando as pitangas, o fim se dará” (Rosinha a Aguia de patmos e do ABC)

        0
      • Igor Eduardo 10 de maio de 2012 at 01:27

        Como diria um amigo: A pessoa compra o que nao precisa, com o dinheiro que nao tem, pra mostrar pra quem ela nao gosta!

        0
      • Engenheiro-SJC 10 de maio de 2012 at 12:32

        Olá Rosinha,

        Sinceramente, acredito que o que vai fazer com que todos esses “depois” que você elencou sejam antecipados e ocorram em “paralelo” é um fator só: DESEMPREGO. E aí sim vamos ouvir de novo a temida palavra “recessão” na boca do povo…

        A julgar pelas medidas desse governo e o descaso com a indústria, isso não está longe de acontecer.

        O três principais índices que medem os comportamentos dos preços, no Brasil só subiram. IPC,subiu para 0,55%, na primeira prévia de maio. O IPCA, estava em abril em 0,64%, contra uma variação de 0,21%, em março. INCC subiu 0,64% em abril, contra 0,31% março.

        Indústria patinando, inflação aumentando, inadimplência aumentando… os pacotinhos da Dilma só tem tido efeitos políticos e não econômicos…

        Reduzir juros, desonerar, ajudar este ou aquele setor específico já não dão o mesmo resultado que no governo do Lula.

        Se o resto do mundo não se recuperar da crise (e isso tá difícil) antes que o Brasil entre na sua, o desemprego vai vir a cavalo!

        Será que a Dilma segura pelo menos até às eleições municipais? mais 5 meses?? Dá-lhe CPI da corrupção e Carolina Dieckmann pelada pra desviar a atenção do povo…

        0
        • RosinhA 10 de maio de 2012 at 12:46

          Engenheiro sjc, as pessoas geralmente assalariadas não enxergam (A CRISE), trabalham, tiram férias, voltam para casa em horários de pico, vão aos shoppings geralmente em finais de semana, e por tudo que veem ao seu redor, passa-se a impressão que o país está ótimo, e não está, meu marido chegou chocado agora para relatar um caso de um cliente muito rico, está totalmente quebrado com uma indústria de máquinas pela invasão chinesa, e que sua secretária do lar havia lhe emprestado uma folha de cheque para ele poder adiar o pagamento para o mês seguinte, pois ele mesmo não tem nada nem cheque mais, e foge dos GB´s da vida.

          Você disse tudo até agora tudo parece estar bem, quando pipocarem as primeiras notícias no JN a população ficará estarrecida, pois é o único jornal que o brasileiro assiste pois antecede a novela, programa cultural preferido da nação, o criador de caráter.

          0
  • Luiz 9 de maio de 2012 at 17:40

    MERCADO DE ALUGUEL ENTRA NO DESESPERO

    estão alugando imoveis recem construídos sem piso, sem box, sem armário, e estão pedindo preços super inflados, mas não tem dinheiro pra tornar a habitação moravel.

    O mercado de aluguel está abarrotado de oferta deste tipo aqui em SP
    Os edificios demorarm meses depois de entregues pra entrar no mercado de aluguel, isso amplia a elasticidade, adia o estouro

    0
    • Ricardo 9 de maio de 2012 at 18:34

      Sei não,

      essa bolha do aluguel tá demorando muito.
      Os proprietários tão pedindo revisões de valores. Aquela história, o vizinho da tia de um amiga falou que os aluguéis aumentaram 50%……..

      Espero que estoure logo……. Aí será a vez dos inquilinos, pois agora os proprietários estão ditando as regras.

      Ricardo – o original (primeiro) – Favor da Bolha

      0
      • Jack Imóveis 9 de maio de 2012 at 18:52

        Caro Ricardo,

        Já havia dito isso em algum post do passado. O sujeito compra o imóvel ou sala comercial. Quando o imóvel ficar pronto ele não o deixa habitável e ainda por cima estipula o preço do alguel com a seguinte fórmula mágica:

        prestação do financiamento + lucro desejado

        Pode procurar no ZAP, está cheio de casos assim.

        Precisa ser um trouxa plus para se tornar inquilino de um desses.

        Abraços

        Jack – Relembrando

        0
        • Ricardo 10 de maio de 2012 at 10:15

          Jack,
          esses imóveis bolhudos acabam influenciando os outros que não eram bolhudos.

          Os proprietários estão pedindo revisões, para cima, dos aluguéis.
          Infelizmente, o mercado está mais favoráveis aos proprietários.

          Que venha a Bolha………………..

          0
      • Rodrigo 10 de maio de 2012 at 10:02

        ahah aquela história que é uma tela em branco!!! Essa é muito boa!!!

        0
    • Marcio 9 de maio de 2012 at 21:09

      Cade os dados que corroboram sua afirmacao?

      0
  • Silas Coul 9 de maio de 2012 at 17:46

    Minha projeção em janeiro era de 1,5%.

    0
    • RosinhA 9 de maio de 2012 at 18:44

      Ninguém responda pf.

      0
  • Fabiano 9 de maio de 2012 at 17:48

    Mesmo com cortes agressivos, BB e Caixa não têm menores juros, diz BC

    Mesmo com a série de cortes agressivos de juros anunciados desde o mês passado, os estatais Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal não têm as menores taxas do mercado, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira pelo Banco Central (BC).

    A autoridade monetária apresentou uma tabela com taxas médias praticadas no mercado por instituições financeiras em quatro linhas para pessoas físicas (cheque especial, CDC, compra de veículos e compra de bens) e cinco para empresas (desconto de duplicatas, capital de giro prefixado, conta garantida, compra de bens e capital de giro flutuante).

    O período da pesquisa foi de 19 a 25 de abril, após o início da primeira rodada de redução de juros de Caixa e BB, em meio aos esforços do governo para tentar forçar a queda dos spreads, a diferença entre o preço que os bancos pagam para captar recursos e o que cobram de clientes.

    Numa das linhas divulgadas pelo BC, a de conta garantida, o BB aparece como dono da trigésima melhor taxa, num ranking com 38 instituições. No cheque especial para pessoas físicas, a melhor taxa mensal colhida pelo BC foi a do Banco Prosper, de 2,11% ao mês. A pior, do trigésimo primeiro, foi a do Santander Brasil, em 10,34% ao mês.

    A melhor taxa do crédito pessoal, segundo o BC, foi do Banco BVA, com 0,73% ao mês. Caixa e BB apareceram com a décima terceira e trigésima segunda melhores taxas, respectivamente, de um total de 91 instituições consultadas, nesse caso.

    Bancos de montadoras ofereceram as cinco melhores taxas para financiar a compra de veículos, à frente do BB. Nessa linha, a Caixa teve a vigésima terceira taxa mais atrativa, atrás de Itaú Unibanco, Bradesco e Santander Brasil.

    A Caixa ofereceu apenas a trigésima primeira melhor taxa, de um total de 38, para aquisição de bens. Ambos os bancos públicos têm sustentado que as taxas menores que têm oferecido são dirigidas a clientes com os quais têm maior relacionamento. Em várias das linhas, os juros mais baixos exigem como contrapartida que os clientes tenham conta corrente no banco. O argumento é que esse modelo permite ao banco manter maior controle sobre a inadimplência.

    SERA QUE O POVÃO VAI PEDIR FINANCIAMENTO PARA A CAMILA PITANGA AGORA RS RS ????????

    0
    • Luiz 9 de maio de 2012 at 18:08

      era tudo teatro, com atrizes da novela das 8
      o governo nunca de fato peitou os bancos
      o jogo de cena dos [email protected] tem um objetivo
      criar fumaça no confisco do dinheiro da poupança da população

      0
    • RosinhA 9 de maio de 2012 at 19:12

      Fabiano vão e chorar as Pitangas. 🙂

      0
    • GB 9 de maio de 2012 at 20:56

      Todo mundo sabia que era teatrinho e faz-de-conta.

      0
  • Miguel Jacó 9 de maio de 2012 at 18:00

    Dólar fecha a R$ 1,962…

    0
    • Charles 9 de maio de 2012 at 18:06

      Caracas…1,96?

      Será que o governo largou de lado tentar conter o cambio jogando dinheiro na nossa economia com juros de 9% ao ano, comprando moeda estrangeira e aplicando a juros 0%?

      Cá entre nós, negocio da china heim!!!

      0
    • D9 9 de maio de 2012 at 18:07

      Será que o Dolar chega a que patamar nessa primeira arrancada ?
      uns R$ 3,50 ??

      0
      • Eskeleto 9 de maio de 2012 at 18:43

        3,50 é sonho, mas acredito que pode chega até 2,50 lógico que quando ultrapassar 2 pila o BC vai começar a intervir.

        0
        • Revoltado 9 de maio de 2012 at 22:20

          Eu acredito que é exatamente isso que o governo quer.
          Desvalorizar o Real torna as exportações mais competitivas, além de atrair o capital estrangeiro de investimento e também os turistas.
          Não se engane que toda essa maravilha que Brasil e o restante do mundo experimentam em termos de consumo (hoje todos podem ter acesso aos mais diversos bens e serviços) só é possivel devido a China. Lá as coisas são produzidas a preços baixissimos. Basta vc usar o google que vc ve. Quando estava nos EUA pude observar que quase tudo era “made in China”, aqui no Brasil a situação esta se tornando semelhante, porém tem o custo Brasil embutido.
          Quando estava na faculdade li um trabalho sobre a falencia de uma fabrica de guarda-chuvas. Este objeto era produzido nessa fábrica a 5 reais a unidade. O chines era importado a 1 real a unidade.

          0
          • alexny68 9 de maio de 2012 at 23:12

            tdo eh fabricado na china mas as tecnologias sao todas criadas nos USA

            o lucro volta pra ca , o que nao eh o caso do brasil

            0
    • GB 9 de maio de 2012 at 20:54

      Os estrangeiros estão retirando seus dólares, o aumento é esperado.

      0
      • Rico 9 de maio de 2012 at 21:49

        Vou dar uma de Miguel Jacó. O dolar estaciona a R$ 2,25. Até o BC vai deixar rolar solto.

        Porque 2,25? Espanta o capital especulativo, estimula a exportação e não onera em demasia os insumos ou produtos importados, como trigo da argentina, por exemplo.

        Dou o prazo para o começo de Junho. Passando desse valor o BC começa a intervir.

        0
        • alexny68 9 de maio de 2012 at 23:37

          VCs estao dando muito credito para o governo/BC brasileiro , ja vi pais com muito mais bala tantar controlar o cambio contra mercado e perder feio

          o real esta claramente supervalorizado +- 40%, e foi mantido assim por muito tempo , a queda vai ser feia

          0
  • Charles 9 de maio de 2012 at 18:13

    Matéria de hoje do TRADING CAFÉ:

    LISBOA NO ALMOÇO E LONDRES NO JANTAR – VERDADES E MENTIRAS

    Estive em Portugal de passagem esta manha e a coisa esta feia com querem que esteja. Nos jornais locais, manchetes catastróficas, uma em cada 5 grandes empresas estão atrasadas em seus pagamentos em mais de 90 dias. Entre as MPE’s mais de uma em cada 4, estão com suas contas em atraso no mercado. Feio, parece que vai piorar antes de melhorar. Porém, conversando com os portugueses no aeroporto, eles garantem que a vida real esta bem melhor do que os jornais e o governo diz. Conversei com pessoas que viajavam e com pessoas que trabalham no aeroporto e a resposta foi a mesma, não esta tão ruim como dizem. Os imóveis por aqui estão com seus preços caindo e parecem de graça se
    comparados com o Brasil. Cheguei agora a noite (aqui…) em Londres. A cidade esta em festa, se preparando para as olimpíadas. As ruas estão decoradas com bandeiras do Reino Unido, lotado de gente nas ruas e nas lojas. Encontrei um café com internete para poder postar um oi inical, amanha és evo mais. Esta frio e nublado… Afinal de contas não podia ser diferente, isso e Londres. Os mercados estão em queda, com as bolsas caindo e o Real disparando para buscar o próximo nível de resistencia em 1,96. beirando assim, o nível psicológico de 2 reais por um dólar e deixando o governo feliz, pois assegura a alegria dos exportadores e não precisa mexer com os problemas estruturais do Brasil, e seus impostos astronômicos, sem nada em troca para a população. Amanha escrevo mais, se alguém quiser saber alguma coisa específica sobre estas bandas do Atlântico norte, basta mandar uma mensagem!

    Olha ai a confirmação do que falei no outro post sobre a falacia de querer controlar o cambio e dar de ombros para as reformas estruturais que necessitamos.

    0
    • Mineiro BH 9 de maio de 2012 at 19:07

      Prezado,

      Passa pra nós alguma referência de preço de imóvel / aluguel aí…

      0
    • Eskeleto 9 de maio de 2012 at 20:51

      Chega a ser ridícula essa matéria, perguntar no aeroporto para pessoas empregas e para pessoas que viajam só pode estar de brincadeira né, porque não vai perguntar para o povo desempregado se está tudo bem? Olha nem tudo oque fazem de matéria pode se levar em consideração, pois a mídia mostra alguma coisa, mas encobre a maioria com outras mentiras.

      0
      • charles 9 de maio de 2012 at 23:02

        Eskeleto

        Essa postagem é de um cara que mantém um blog sobre economia muito acessado pelos participantes do bolha. Ele está viajando pela Europa e relatou o que está vendo por lá e aproveitou e fez um comentario sobre a alta do dolar no Brasil.

        0
  • Republicando 9 de maio de 2012 at 18:32

    , notícia da folha de hoje

    Preço corrigido somente pela inflação é cenário possível

    DANIEL PITELLI DE BRITTO
    ESPECIAL PARA A FOLHA
    Os números sobre lançamentos de imóveis residenciais na cidade de São Paulo recuaram no início deste ano. A discussão sobre o futuro do mercado imobiliário nas grandes capitais -e, no caso, na cidade de São Paulo- remonta ao estupendo crescimento desse setor registrado desde 2005.

    Vários foram os fatores que detonaram o boom dos lançamentos imobiliários, o que teve reflexos imediatos no preço. Entre 2005 e 2007, por exemplo, mais de 15 empresas do setor abriram capital na Bolsa, causando um aumento repentino na possibilidade de incorporações.

    Qual foi a estratégia adotada pelas empresas? Comprar terreno para reserva de mercado. Muitas empresas com capital, poucos terrenos à disposição, aumento nos preços.

    Mas, se não houvesse quem pagasse, as construtoras absorveriam esse aumento ou não lançariam, certo? A resposta é “sim”, mas aí é que o governo entra em ação.

    Com programas para fomentar o crédito imobiliário, como o Minha Casa, Minha Vida, a população brasileira teve acesso a recursos para adquirir a casa própria.

    Outro fator que sustentou o boom: crescimento econômico. Desde 2009, houve aumento na renda da classe média, como mostram os dados divulgados pelo IBGE. O aumento nos preços é, em suma, resultado de renda crescente, poder de compra e financiamento à disposição.

    A reflexão sobre os dados recém-divulgados se faz na pergunta: o que vai acontecer com os preços agora?

    Entre os cenários possíveis, está descartada -até pelo mais otimista dos investidores- uma repetição do recente boom de preços.

    Um dos cenários futuros mais traçados pelos especialistas da área, apoiado no argumento de que “gostamos” de investir em tijolos, é um crescimento de preços baseado na inflação e no crescimento do PIB. Nesse caso, a questão é saber a partir de qual patamar isso ocorrerá.

    Exemplo: um imóvel novo na Pompeia, zona oeste, em 2007 era comercializado na faixa de R$ 2.800 o metro quadrado de área útil. Em 2012, o preço está em R$ 7.500, aumento nominal de 167% ante cerca de 30% de inflação pelo IPCA.

    Outra questão nesse cenário: será que o aumento “PIB+inflação” já ocorrerá em 2012 ou a partir de 2013 ou 2014, o que significaria na prática queda de preços para acomodação e depois retomada de crescimento?

    Outro cenário possível é um aumento apenas pela inflação; ou seja, a partir do patamar atual, o investidor imobiliário só vai repor o poder de compra, podendo gerar renda a partir de aluguel. Nesse caso, não é hora de comprar -os aluguéis devem baixar, pois a oferta vai subir.

    DANIEL PITELLI DE BRITTO, professor da FIA, é especialista em mercado imobiliário

    0
    • Adriano 9 de maio de 2012 at 19:40

      Li a matéria tb, e sinceramente choveu no molhado das baboseiras usuais. A mensagem que quer passar é que não vai haver perda de capital. E o pior, não se compromete, apenas dizendo que é possível. Nossa, quanta sabedoria!!! Um dito especialista, entrevista pela folha, não balisa suas opiniões com nenhum número real. Sequer confronta os próprios dados apresentados (crescimento econômico x aumento vlr dos imóveis). Mais do mesmo. Mais matéria comprometida. Patético o desespero.

      0
    • Pablo 9 de maio de 2012 at 19:55

      Se o cara que é ESPECIALISTA está cheio de dúvidas, o que resta para nós reles mortais.

      Enquanto isso na Bolsa, 5 das 10 piores quedas de hoje foram ações de construtoras, logo ou voçe compra uma ação da Gafisa, Rossi ou PDG ou uma caixa de BIS
      Existe uma opção melhor, comprar uma lata de cerveja, após tomá-la voçe pode vender o aluminio para reciclagem, logo logo vai valer mais do que uma ação da Falisa.

      Top Losers % Change

      Rossi Residencial SA -6.74%

      Gol Linhas Aereas In… -5.33%

      B2W Cia Global Do Va… -5.26%

      Cyrela Brazil Realty… -5.03%

      MRV Engenharia e Par… -4.96%

      BM&FBovespa SA -3.96%

      Brookfield Incorpora… -3.34%

      BR Malls Participaco… -2.94%

      Souza Cruz SA -2.90%

      PDG Realty SA Empree… -2.90%

      0
      • RosinhA 9 de maio de 2012 at 20:01

        Estranho Shoppings caírem não acham.

        0
        • Bolhado 9 de maio de 2012 at 23:12

          Não é, com a retração do consumo um dos maiores afetados são os shoppings.

          0
          • RosinhA 10 de maio de 2012 at 12:35

            Tem todo sentido, o comércio começou a decarrota mesmo.

            0
    • Luiz 9 de maio de 2012 at 19:59

      dia 09, caiu de novo e muito

      GFSA3 3.80 0.5%
      RSID3 7.20 -6.7%
      CYRE3 15.20 -4.4%
      BRML3 22.80 -3.0%
      MRVE3 11.83 -5.3%
      EZTC3 20.80 -3.3%
      PDGR3 5.02 0.0%
      EVEN3 7.65 -0.7%
      HBOR3 8.62 -2.6%
      BRPR3 23.21 -2.7%
      IMOB 840 -2.6%

      0
    • GB 9 de maio de 2012 at 20:51

      Outro cenário posível é PLOC !!!!

      0
    • Sol de Sampa 10 de maio de 2012 at 01:51

      Acho que o resumo da ópera foi bem colocado… temos só 2 camihos:

      – os preços se realinham com base em antes de 2008 – ou seja ploc

      – ou não há ploc, mas há desvalorização forte quanto maior a inflação….
      então em vez de ploc vai ser plic….

      Mas de qq forma, subir preços … nem s especialistas apostam mais nisso… ou seja, o mercado já está se alinhando para responder Às altas inconsequentes do período 2008 – 2011.

      é tudo que eu queria…

      0
  • joka 9 de maio de 2012 at 20:00

    Postei um emal que um corretor me mandou para fazer curso de corretor, mas acho que o bolha vetou pq dava minucias de valor e contato.
    Nao sei como a empresa achou meu contato, pq minha profissao nao tem nada ahver como isso. Agora nao estou so recebendo email de curso de corretor, mas tambem mensagens no celular anunciando apto em BH.
    Se nao e desespero, nao sei o que e…
    Como diria o filosifo:
    E fria

    0
    • joka 9 de maio de 2012 at 20:19

      Duas coisas: Primeiro acho absurdo eles ficarem enviando para qualquer um.
      Segundo pela duracao do programa pode-se deduzia a qualifcacao deles para serem chamados de especialista e analistas

      S&T CURSOS E EVENTOS

      Prezado(a) Senhor(a),
      Em razão do sucesso da turma anterior e visando atender a todos os interessados, estão abertas as inscrições para nova turma do curso INCORPORAÇÃO IMOBILIÁRIA E CONDOMÍNIO EDILÍCIO que será realizado em Belo Horizonte nos dias 01,02 e 03 de xdxxx 2012.
      CARGA HORÁRIA
      25 horas-aula.

      OBJETIVO
      Capacitar o participante a criar, aprovar, implementar e fiscalizar projetos de Incorporação Imobiliária e Condomínio Edilício
      VALOR – POR PARTICIPANTE
      1 participante: R$200,00 na inscrição + 3 parcelas de R$350,00;

      Olha quanto o cara tem que pagar para virar ” especialista”

      0
      • GB 9 de maio de 2012 at 20:46

        Especialista em “avaliação” baseada em boatos de quanto os vizinhos do bairro estão pedindo + 20% ?

        0
    • Ademir 9 de maio de 2012 at 21:45

      Tb sou de BH e frequentemente tenho recebido essas mensagens, sempre de números que eu desconheço, ofertando a “última coca-cola do deserto” no mercado imobiliário da capital mineira. E essa semana também recebi uma mensagem no cel ofertando curso de corretor!

      Desespero tomando conta…

      E pra finalizar: Edital do jornal Estrago de Minas no caderno de veículos do último domingo –> “Segmento Imobiliário em alta” o link não está funcionando atualmente (será pq ein…), mas quem quiser tentar depois, o site é: http://www.lugarcerto.com.br – seção MG. A notícia é do dia 06/05/2012.

      Dou uma ação da GAFEisa pra quem adivinhar qual setor o cidadão autor do artigo representa.

      abs,
      Ademir

      0
  • joka 9 de maio de 2012 at 22:19

    Qual o significado disso?
    Contra informacao? ficou acima/abaixo do esperado?

    7/05/2012
    Feirão da Caixa movimenta R$ 4,6 bi

    O 8º Feirão Caixa da Casa Própria, realizado em cinco cidades brasileiras no último final de semana, movimentou R$ 4,63 bilhões, de acordo com informações divulgadas pela Caixa nesta segunda-feira. Durante os três dias do evento, 200.743 pessoas passaram pelo feirão em Brasília, Belo Horizonte, Recife, Salvador e no Rio de Janeiro. Foram assinados e encaminhados 30.925 contratos.
    Segundo a Caixa, o financiamento imobiliário continua nas agências do banco com as mesmas condições do Feirão. Os interessados podem conseguir informações por meio do site http://www.feirao.caixa.gov.br
    De 18 a 20 de maio, as cidades de Curitiba, Fortaleza e São Paulo vão receber o evento. De 25 a 27 de maio, será a vez de Uberlândia, Campinas e Porto Alegre. Por fim, de 8 a 10 de junho, o feirão está programado para Belém e Florianópolis. No total, o Feirão Caixa da Casa Própria, em sua oitava edição, oferece mais de 430 mil imóveis.

    Fonte: Terra

    http://www.obraatrasada.com.br/noticia.php?id=36

    0
  • Guilherme Eduardo 9 de maio de 2012 at 22:25

    Saiu uma notícia aqui em Sao Paulo – SP que os preços caíram:
    ————————
    JORNAL AGORA

    ‘http://www.agora.uol.com.br/grana/ult10105u1087590.shtml

    Caem preços dos imóveis de dois quartos

    Nicole Briones e Cristiane Gercina
    do Agora

    O preço médio do metro quadrado cobrado nos lançamentos com dois dormitórios em São Paulo registrou queda de R$ 440 no primeiro trimestre deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado.

    Segundo Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP (Sindicato de Habitação do Estado de São Paulo), esses são os menores valores “dos últimos tempos”.

    Petrucci não soube precisar há quantos anos a capital não vê uma queda do tipo.

    Para ele, os dados representam equilíbrio entre a lei da oferta e da procura.

    “O que registramos é um ajuste de mercado. Menos lançamentos e mais vendas, além da estabilização dos preços.

    (Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora nesta quarta, 9 de maio, nas bancas)
    —————————————
    Eu comprei o jornal na hora que vi o título. Tem vários parágrafos tentando contornar a queda, falando em estabilização, ajuste, etc, que o preço no geral aumentou, mas o título é bem chocante para que acha que imóvel nunca cai “Caem preços dos imóveis de dois quartos”.

    0
    • Guilherme Eduardo 9 de maio de 2012 at 22:27

      Eu tentei postar pela manhã, mas no serviço o acesso a blogs é bloqueado….

      FAlando em serviço, alguns dos meus colegas já comentaram como os preços (em SP capital) estão caros demais, muitos acima do que o público-alvo consegue pagar.

      0
    • Carlos_ 10 de maio de 2012 at 13:18

      Isso é matéria de capa, senhor Bolha. O ‘impossível’ aconteceu.

      0
  • Pimp 9 de maio de 2012 at 22:54

    Pessoal desculpem o off-topic.

    Estou no RJ e hj passando pela av Atlantica olhei de relance aqueles minipostos com etanol a R$ 2.49!!!

    Estava no taxi na ‘contramao’ e vi de relance, até agora estou pasmo…Alguem poderia confirmar isso? Tenho certeza que nao li gasolina…

    0
    • AF 9 de maio de 2012 at 23:39

      Aqui em PoA a gasolna aumentou junto com o dollar, está R$ 2,799 o litro.

      0
    • SF 10 de maio de 2012 at 10:39

      é isso mesmo vc viu certo…..rs…. na ZS do RJ os preços são mais caros mesmo, tanto o Etanol quanto a própria gasolina, em bairros da ZN esse valor caí bastante, o Etanol a R$ 1,69/litro, onde eu abasteço na Tijuca tô pagando na gasolina R$ 2,69/litro.

      RJ é um dos lugares mais caros para se morar, ainda mais com esse oba-oba de Copa e Olimpíadas.

      0
      • Carlos_ 10 de maio de 2012 at 13:17

        O problema é que na ZS os postos de gasolina simplesmente estão acabando. Falta muito pouco para não ter mais posto nenhum. Nos poucos lugares que os postos não podem virar prédios, no entrepistas da orla e lagoa, eles estão para serem proibidos por questões de segurança ambiental.

        0
        • SF 10 de maio de 2012 at 13:53

          Você está certíssimo Carlos_, tenho notado mesmo a diminuição de postos na ZS, agora será cômico ter que sair da ZS para abastecer na ZN, ZO.

          0
  • Bolhado 9 de maio de 2012 at 23:09

    Este país é risível, como tem trouxa! Conversando com um corretor, o mesmo me ofereceu uma casa duplex lançamento no valor de 180k e que a entrada seria de 60k, intrigado perguntei porque teria que ser exatamente esse valor, afinal a negociação de financiamento é com o banco, daí ele me disse na maior cara de pau que a Caixa tinha avaliado em 120k e só financiava como se esse valor, na hora pensei, e ainda tem MANÉ que vai comprar?

    0
    • GB 10 de maio de 2012 at 07:05

      Então na verdade o cara vai ter que dar “2 entradas”: esse ágio de R$ 60k e vai ter que dar a entrada de 20% exigida pela CAIXA também.

      É por esse tipo de ágio que consórcio hoje é um negócio complicado, tipo você é sorteado, o consórcio avalia abaixo do que querem (esses R$ 120k)e vc só recebe esse valor da avaliação, esses R$ 60k do pagio (especulação) é vc quem tem que se virar para conseguir.

      Parece que os bancos estão acordando e se recusando a pagar o preço bolhudo, sinal dos tempos.

      0
    • GB 10 de maio de 2012 at 07:43

      Os bancos também ajudaram nessa valorização criminosa dos imóveis, fechando os olhos para o preço real e financiando pelo valor que o especulador quer ele se arrisca a ter um imóvel indo a leilão valendo o preço justo.

      Isso é uma boa para nós, se além de encrencar e torcer o nariz para a renda da pessoa, o banco vai começar a encrencar com os valores bolhudos pedidos pelos especuladores, aí não vão finanicar absolutamente nada, a pessoa vai ter que dar o ágio por fora.

      Mas está certo, por que o banco vai “comprar” por R$ 180k se está arriscando a depois ter um imóvel de R$ 120k em leilão ? Não faz o menor sentido isso.

      0
    • RosinhA 10 de maio de 2012 at 12:59

      Bolhado e isso não vem de agora ano passado pastei para vender um mico pelo lugar, por 250k a casa era ótima o lugar horrível, a caixa só pagava 170k, bb 178k e ela conseguiu financiar com taxa absurda pelo Santander por 235 preço da venda,e ainda depois de muita briga, eles estão barrando aí, a pessoa pode até ter a renda compatível mais o avaliador barra, ordens de cima lógico, ou os bancos não sabem a situação do país?

      0
  • Ze Bom Dirolo 9 de maio de 2012 at 23:59

    Esse cenário econômico está virando a Tonga da Mironga do Kabulete…

    0
  • GSP 10 de maio de 2012 at 00:00

    Olhem que interessante:
    http://noticias.terra.com.br/ciencia/rio20/noticias/0,,OI5761329-EI19851,00-Parlamento+Europeu+cancela+ida+a+Rio+e+critica+Brasil.html

    ————–

    Parlamento Europeu cancela ida à Rio+20 e critica Brasil

    08 de maio de 2012 • 13h37• atualizado às 14h24

    O Parlamento Europeu decidiu nesta terça-feira cancelar a ida da delegação de eurodeputados que iria participar da Conferência da ONU sobre o Desenvolvimento Sustentável Rio+20, que será realizada no Rio de Janeiro entre os dias 20 e 22 de junho, devido ao elevado custo da viagem.

    A medida foi tomada pelos coordenadores da Comissão do Meio Ambiente da instituição, que constataram que os gastos seriam muito elevados e injustificáveis num período de crise, afirmaram à agência EFE fontes comunitárias.

    “O Parlamento cancelou sua delegação na Rio+20 pelos custos excessivos. O Brasil deveria realmente controlar os custos para evitar um grande fracasso”, afirmou hoje pelo Twitter o deputado holandês Gerben-Jan Gerbrandy.

    Gerbrandy se mostrou “decepcionado” pelos abusos do setor hoteleiro da cidade, que pedia até 600 euros por noite, e considerou que o governo brasileiro deveria intervir nesta situação, sobretudo levando em conta a realização da Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

    Num debate realizado na Comissão do Meio Ambiente em 26 de abril, o eurodeputado alemão Matthias Groote explicou que o preço estimado da hospedagem da delegação teria aumentado de 10 mil euros previstos inicialmente para 100 mil euros.

    Na ocasião, os coordenadores decidiram enviar apenas um eurodeputado para a conferência, mas hoje cancelaram totalmente a missão. Onze eurodeputados viriam inicialmente para a Rio+20. “Os organizadores mudam as condições constantemente, pedem que as reservas sejam feitas por uma semana completa, apesar de não precisarmos deste tempo”, lamentou Groote durante o debate.

    A organização também não teria oferecido aos deputados europeus uma sala de reuniões, segundo o socialista alemão. “É uma pena que os organizadores, e não só eles, nos tenham levado a isto. Quando se quer convidar o mundo inteiro é preciso tratar os convidados de outra maneira”, criticou.

    ——

    Atenção pra essa parte: “Gerbrandy se mostrou “decepcionado” pelos abusos do setor hoteleiro da cidade, que pedia até 600 euros por noite, e considerou que o governo brasileiro deveria intervir nesta situação, sobretudo levando em conta a realização da Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016″

    Hahhaha ploc ?!

    0
  • Ze Bom Dirolo 10 de maio de 2012 at 00:11

    Compra de carro agora exige 20% de entrada, diz jornal
    07 de maio de 2012 • 08h00 • atualizado às 09h19

    Com a alta inadimplência no setor de veículos, as financiadoras estão exigindo uma entrada mínima de 20% para quem quer comprar um carro, embora os planos de 60 vezes sem entrada ainda apareçam nos anúncios e catálogos, de acordo com informações do jornal Folha de S.Paulo publicadas nesta segunda-feira. Com a entrada mínima, o banco evitaria um constrangimento do cliente diante de uma reprovação da proposta de financiamento, completa a publicação.

    Segundo a reportagem, as análises de financiamento estão sendo mais criteriosas e apenas três a cada cinco consultas são aprovadas. A mudança nas análises ocorre por medo de que a inadimplência suba ainda mais, provocando uma “bolha” no setor, completa o jornal. Por outro lado, clientes com capacidade de dar uma entrada maior estão se beneficiando com os juros mais baixos, completa a publicação.

    A tonga da mironga?

    0
    • Ze Bom Dirolo 10 de maio de 2012 at 00:12

      terra.com

      0
    • Virginia 10 de maio de 2012 at 00:18

      Do cabuletê….

      0
    • GB 10 de maio de 2012 at 07:07

      Normal, banco quer emprestar para quem tem renda, a chance de ter processo na Justiça depois é menor.

      0
    • Charles 10 de maio de 2012 at 11:14

      “A mudança nas análises ocorre por medo de que a inadimplência suba ainda mais, provocando uma “bolha” no setor, completa o jornal.”

      A bolha no setor já existe. O perigo é dela estourar….

      Ah, esses analistas….hehe

      0
      • RosinhA 10 de maio de 2012 at 13:04

        Charles o pior que o sindicato do ABC vai pedir para o Manteiga para que voltem os prazos de 80 meses para financiamento, aí sim resolvido o problema, fôlego para mais 12 meses e implosão total da economia.

        0
        • xangai 10 de maio de 2012 at 13:19

          RosinhA … e colegas do ABC….

          Taxa de desemprego cresce pelo terceiro mês consecutivo na Região do ABC
          Qua, 25 de Abril de 2012..
          —————————————————————————————————————-
          “www.seade.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1110&Itemid=48
          …..
          ……Outros Setores – basicamente Construção Civil e Serviços Domésticos (-10,1%, ou eliminação de 14 mil postos de trabalho) ….
          —————————————————————————————————————-

          Esses numeros do ABC sao superiores a “regiao metropolitana” que por sua vez eh maior do que “a cidade de sao paulo.
          Graficamente ::
          “www.seade.gov.br/index.php?option=com_content&view=frontpage&Itemid=1

          Claro , essa eh pesquisa do DIEESE , talvez, pelo IBGE ( criterio novo ) seja menos da metade disso ou “pleno emprego” !!!!!

          Isso nao vai acabar bem mesmo ..

          0
          • RosinhA 10 de maio de 2012 at 16:59

            Xangai tem toda razão, não gosto de citar nomes de lojas, mais muitas de renome passam por situação grave, moda, perfumes, acessórios serão as primeiras com certeza, acho que a briga vai vir nos impostos das montadoras, era a deixa que elas estão esperando para cair fora do ABC.

            0
  • Ze Bom Dirolo 10 de maio de 2012 at 00:21

    Já pedindo desculpa, mas como saiu novamente, vou postá-lo outra vez

    Corretor de imóveis: alguns mitos e mentiras que te impedem de vender mais
    Corretor de imóveis, faça uma análise do seu trabalho e procure listar seus pontos fortes e fracos procure melhorá-los, pois muitas vezes um pequeno detalhe esta atrapalhando seu desempenho
    Você esta tendo dificuldade de vender? Acha que o mercado imobiliário esta uma droga? Talvez esse problema não esteja no mercado e sim dentro de sua cabeça.

    Corretor de imóveis, faça uma análise do seu trabalho e procure listar seus pontos fortes e fracos procure melhorá-los, pois muitas vezes um pequeno detalhe esta atrapalhando seu desempenho.

    O numero de corretores de imóveis tem aumentado muito nos últimos tempos e o mercado tende a selecionar os melhores profissionais. E naturalmente os corretores bem preparados vendem mais.

    Acredite o mercado imobiliário não esta ruim. São algumas mentiras em que acreditamos que nos impede de crescer. Veja alguns mitos e mentiras que você precisa destruir para se tornar naquele campeão de vendas que você merece.

    Um bom vendedor já nasce vendedor

    Não, se fosse assim as empresas teriam um departamento de RH nas maternidades, um bom vendedor na maioria das vezes se forma através do conhecimento do produto e das necessidades do cliente.

    Um produto barato é fácil de vender

    Tente vender um punhado de areia na praia por um centavo. Acredito que será difícil vender.

    O preço nem sempre é o fator determinante na venda pois o cliente não compra o produto e sim o beneficio que ele ira lhe proporcionar, então foque sua negociação no beneficio e você percebera que o preço não ira atrapalhar a venda.

    Um bom vendedor sabe satisfazer as necessidades do cliente

    Não é mais assim, o bom vendedor é aquele que encanta seus clientes

    É um erro elogiar seus concorrentes

    Errado quando o cliente fala sobre seu concorrente você deve elogiá-lo “tecnicamente” e mostrar os diferenciais competitivos e os benefícios da sua empresa .

    As objeções tem que ser vencidas e totalmente refutadas.

    Nunca. As objeções tem que ser encorajadas, faça o cliente falar, colocá-las para fora, pois se o cliente não jogar pra fora suas reais objeções você vai vender o que.

    A internet vai acabar com o vendedor

    Essa mentira eu escuto desde o tempo em que eu vendia Enciclopédia Barsa no sistema de porta em porta. E para minha surpresa ainda vendem Barsa da mesma forma.

    A internet facilita e muito o trabalho do vendedor. É difícil encontrar uma imobiliária ou corretor de imóveis que não tenha um site ou no mínimo um e-mail. Um vendedor de sucesso deve se atualizar as novas tecnologias e agregá-las a sua forma de fazer negócios.

    Um bom vendedor nunca perde uma venda

    Muito errado. Todo vendedor perde vendas mas que diferencia o vendedor de sucesso é que após perder uma venda ele faz um auto-diagnóstico. Pois não vergonhoso perder uma venda. Vergonhoso é não saber o por que e não fazer uma autocrítica.

    Um bom vendedor é aquele que acredita em seu conhecimento e seu grande potencial de superação.

    Nem sempre, nunca diga que basta a si mesmo e que você sabe tudo e que a única chave para seu sucesso esta em seu poderoso interior.

    Um bom vendedor é aquele que acredita em Deus. Em si mesmo. No seu mercado. Em seu pais. Em sua empresa. No produto que vende. O bom vendedor tem por meta transformar seus clientes em pessoas felizes e satisfeitas através de uma negociação segura
    Compartilhe esse texto com seus amigos.

    Boas Venda

    ww.administradores.com.br/informe-se/artigos/corretor-de-imoveis-alguns-mitos-e-mentiras-que-te-impedem-de-vender-mais/63361/

    0
    • GB 10 de maio de 2012 at 07:15

      Acho que precisam dar uma atualizada na parte que diz que o preço não influencia, naquele outro texto eles diziam que influencia até 80% se não me engano e é verdade, eles nem colocam mais os preços nos anúncios para não passar vergonha, diga o que os especuladores estão cobrando e o negócio “mia”.

      “Preço” hoje é fundamental.

      E tem gente que ainda compra BARSA ? Mas nessas “caixas de fósforo” que eles estão vendendo não tem espaço nem para colocar isso na “sala”.

      0
    • D9 10 de maio de 2012 at 10:14

      Para finalizar com chave de ouro:
      “BoaS venda” …

      Próxima cartilha: “Como animar a piscina”

      0
  • Virginia 10 de maio de 2012 at 07:17

    Bom dia, ploc buddies!! Mais um dia de queda na bolsa, com ctza…

    0
    • GB 10 de maio de 2012 at 07:33

      Êêêêêêêêêêê, para desespero do Frajola e suas sardinhas comestíveis.

      Fechamento de ontem: IMOB -2,63%

      Ativo Últ. R$ Var.Dia% Volume Negócios
      GFSA3 3,79 0,26 37.631.639 6.267
      LPSB3 36,03 0,06 8.707.070 975
      PDGR3 5,02 0 159.664.045 23.175
      JHSF3 5,96 -0,33 5.958.475 1.430
      EVEN3 7,63 -0,91 18.515.518 5.571
      ALSC3 18,69 -1,63 11.913.547 814
      GSHP3 10,77 -2,09 2.330.197 173
      BRPR3 23,3 -2,31 26.773.751 3.629
      HBOR3 8,62 -2,6 4.087.001 1.442
      TCSA3 8,34 -2,68 6.146.990 1.734
      MULT3 44,22 -2,81 21.269.286 1.230
      BRML3 22,81 -2,94 55.540.690 9.791
      IGTA3 40,3 -3,13 7.881.894 1.060
      EZTC3 20,79 -3,3 37.494.596 3.113
      BISA3 4,92 -3,34 19.482.443 7.658
      BBRK3 6,5 -4,27 6.609.450 2.298
      MRVE3 11,87 -4,96 63.246.780 11.861
      CYRE3 15,1 -5,03 70.354.074 9.389
      RSID3 7,2 -6,74 81.750.040 21.085

      Análise dos especialistas da GB Financial Consulting Services Traders & Associates inc:
      GAFeISA em 1º lugar ontem enquanto outras grandes despencaram feio, os sardinhas fizeram um bom trabalho gastando suas economias para manter o valor dela, vamos ver se conseguem isso hoje.
      Projeção para o fim-de-semana: R$ 1,99.

      0
  • GB 10 de maio de 2012 at 07:23

    Isso aconteceu em dezembro/2011, imagino quantos demitiram de lá para cá:

    “Em reseestruturação, GAFISA demite 200 funcionários, o equivalente a 10% do seu pessoal.”

    “http://www.infoclipping.com.br/jhsf/2011_12/5/artigo30.htm

    0
  • GB 10 de maio de 2012 at 07:46

    Os bancos também ajudaram nessa valorização criminosa dos imóveis, seus “avaliadores” fecham os olhos para o preço justo e acabam financiando pelo valor que o especulador quer, aí ele se arrisca a ter um imóvel indo a leilão valendo menos.

    Isso é uma boa para nós, se além de encrencar e torcer o nariz para a renda da pessoa, o banco vai começar a encrencar com os valores bolhudos pedidos pelos especuladores, aí não vão finanicar absolutamente nada, ou a pessoa vai ter que dar o ágio por fora.

    Mas está correto e já era esperado, por que o banco vai “comprar” pelo preço bolhudo de R$ 180k se está arriscando a depois ter um imóvel em de preço justo de R$ 120k em leilão ? Não faz o menor sentido isso.

    0
  • Money Addicted 10 de maio de 2012 at 08:36

    enqto o meu fgts em abril “rendeu” 0,002693 :@

    0
  • ICF 10 de maio de 2012 at 09:07

    Que tormento!!
    Ontem à noite recebi um telefonema de um tio, o qual não me dava notícias há muito tempo, para me dar alguns conselhos. Pois ele havia conversado com um gerente da Caixa e este tinha aconselhado que “ESTA É A HORA DE COMPRAR UM APARTAMENTO POIS OS JUROS BAIXARAM E ESTA CONDIÇÃO NÃO DEMORARÁ MUITO TEMPO”. Como ele soube que eu “ainda pago aluguel” (0,26% do “valor” do imóvel), ligou-me para eu parar de jogar dinheiro fora. Encheu-me o saco durante muito tempo insistindo que eu vá hoje ao banco e contraia um empréstimo. Tive que ter muita paciência.

    0
    • GB 10 de maio de 2012 at 09:29

      Na frente das agências da CAIXA aqui da região eles estão colocando cartazes grandes falando do Feirão aqui de Jundiaí (que, diga-se de passagem, nem constava do cronograma inicial), já viram que não estão conseguindo fechar contratos de verdade e estão dando tiro pra todo lado, puro desespero, vai ser no Shopping da cidade, para onde o pessoal naturalmente se dirige “Corre negadis, que é friis, vai tomar no furévis.”.

      Isso aí é só “pão e circo” pra “nova Classe Cê” ter o que fazer nos fins-de-semana.

      Três das 10 maiores mentiras:
      – gerente de banco: “Nossas taxas são as mais baixas do mercado”.
      – corretor de imóveis: “é um excelente investimento, imóvel nunca cai de preço”.
      – enfermeiro: “a injeção vai doer mais em mim que em você”.

      0
    • Riodetudo 10 de maio de 2012 at 10:22

      Engraçado que ele não usou nenhum argumento usando números que comprovem. É só bla bla bla, que nem corretor. Leia os postos anteriores deste blog e os argumentos contrários a compra de imóvel no momento tem relação de 100 pra 1. Essa conversa de pais e tios é quem nem quando diziam que “você deve arrumar um emprego no Banco do Brasil, é o melhor que pode fazer bla bla bla…”

      0
  • Engenheiro-SJC 10 de maio de 2012 at 09:25

    Gafisa ainda não sabe como vai quitar dívida com AlphaVille.

    h t tp://exame.abril.com.br/negocios/empresas/servicos/noticias/gafisa-ainda-nao-sabe-como-vai-quitar-divida-com-alphaville

    0
    • Engenheiro-SJC 10 de maio de 2012 at 10:31

      Engraçado… pensava que a Gafisa tinha resolvido esta questão do Alphaville quando emprestaram $230Mio no final do ano passado, a juros bem acima do mercado.

      Agora, eles ainda falam que ainda não decidiram como vão pagar esta conta???

      Lembram da notícia abaixo?

      h t tp://exame.abril.com.br/revista-exame/edicoes/1007/noticias/a-tenda-dos-horrores-da-gafisa?page=2&slug_name=a-tenda-dos-horrores-da-gafisa

      “… Com dificuldade para obter crédito de longo prazo, a Gafisa recorreu recentemente ao financiamento mais caro do mercado de dívida corporativa, a nota promissória.

      É como um cheque especial: fácil de usar, mas com um custo alto. No início de dezembro, a incorporadora fechou a captação de 230 milhões de reais, para ser pagos em um ano, com taxas de juro que variaram de 125% a 126% do CDI, ou algo como 14% ao ano — a média do setor, para financiamentos de prazos até mais longos, fica em torno de 115% do CDI.

      “A taxa é muito alta”, diz Guilherme Rocha, analista do Credit Suisse. Foi a primeira vez que a Gafisa emitiu uma promissória— e a companhia foi a segunda empresa do setor que usou esse instrumento em 2011, de acordo com a Anbima, associação que elabora estatísticas sobre o mercado de capitais.

      “Precisávamos levantar dinheiro rapidamente para colocar em curso uma decisão estratégica, mas ainda não posso dar detalhes do que é”, afirmou Duilio. Executivos do setor dizem que os recursos podem ser usados para pagar a última parcela da compra da empresa de loteamentos Alphaville, que vence no começo de 2012 (a aquisição da Alphaville foi feita em 2006).

      Normalmente, esse tipo de pagamento é feito via troca de ações, para não haver desembolso de caixa, mas, como os papéis da Gafisa caíram mais de 50% ao longo do último ano, a alternativa ficou inviá¬vel, já que a diluição dos atuais acionistas seria elevadíssima.”

      0
    • Charles 10 de maio de 2012 at 11:24

      ótimo voce ter tocado nesse assunto.

      Uma colega de trabalho foi ao lançamento do Alphavile SJC e contou que ficou assustada com tanta voracidade dos compradores. Era gente fechando a compra de 5, 10 lotes a preços carissimos para investimento.

      Ela, apesar de ser uma pessoa inteligentissima, não acompanha as noticias da bolha nem tampouco do mercado financeiro e politica economica. Quando desenhei as possiveis consequencias dessa irresponsabilidade e mostrei qual o pensamento dos especuladores ao comprar dessa maneira ela ficou surpresa. Disse que nunca tinha parado pra olhar a coisa por esse angulo.

      No final, teve que concordar, há algo muito errado nisso tudo!

      0
    • Engenheiro-SJC 10 de maio de 2012 at 11:59

      Charles,

      Esse AlphavilleSJC foi uma sandice enorme… terrenos financiados acima de $500K e corrigidos pelo IGPM!!!

      Detalhe: Previsão de entrega só para 2015!

      E, ainda assim, venderam 900 lotes em 6 horas…. bem, com tão pouco tempo pro povo pensar deve ser por isso que agora não para de pipocar repasse desses terrenos (leia-se: Toma essa encrenca pelamordedeus!) no jornal local…

      0
      • Seu Madruga 10 de maio de 2012 at 12:09

        Vai virar Alphavela!

        0
      • LB 10 de maio de 2012 at 13:18

        No de Brasília (que na verdade fica no estado de Goiás) aconteceu o mesmo. Quase tudo esgotado no lançamento.
        E hoje dezenas de otários tentando repassar pelo mesmo preço que pagaram dois anos atrás.

        0
      • Engenheiro-SJC 10 de maio de 2012 at 14:20

        Alguns amigos aqui do trabalho me disseram que o Alphaville de Ribeirão Preto “faliu”, mas não consegui verificar tal informação… alguém sabe se isso procede???

        Alguém aqui do blog é da região de Ribeirão Preto?

        Pelo que pesquisei os que compraram (propriOtários) levaram gato por lebre pois a Prefeitura , por fim, não autorizou o fechamento por muros e guaritas… ou seja, pagaram “condomínio de luxo” e ficaram com “mico de otário”. E teve gente que pagou até $800K por lote! Lembrei do comercial dos tubos e conexõess Tigre….kkkk!

        h t tp://www.estadao.com.br/noticias/impresso,alphaville-de-ribeirao-nao-sera-cercado-por-muros,555800,0.htm?reload=y

        0
  • SPSPJULIANO 10 de maio de 2012 at 09:59

    Da folha de São Paulo de Hoje

    10/05/2012 – 07h23
    Merkel chama de ‘precário’ crescimento impulsionado por dívida

    DA FRANCE PRESSE, EM BERLIM

    A chefe do governo alemão, Angela Merkel, reiterou nesta quinta-feira sua rejeição a um crescimento impulsionado pelo endividamento e considerou que esta política “nos levaria novamente ao início da crise”, em um discurso perante o Parlamento alemão.

    “Um crescimento através de reformas estruturais é importante e necessário (…). Um crescimento de modo precário nos levaria novamente ao início da crise. Não queremos isso, não faremos isso”, declarou a chanceler, aplaudida pelo Bundestag.

    Em seu discurso perante a câmara baixa do Parlamento, expôs a postura da Alemanha antes da cúpula do G8 nos Estados Unidos nos dias 18 e 19 de maio e ressaltou que a crise na zona do euro ocupará um lugar importante.

    Considerou que a cúpula analisará “as próximas medidas” para a consolidação das finanças públicas, assim como “medidas de crescimento” atualmente examinadas na Europa. São estes “os dois pilares de nossa estratégia” de luta contra a crise, insistiu.

    A chanceler considerou essencial que todos aceitem a ideia de que “a saída para a crise será um longo processo” e que é preciso atacar os problemas essenciais de alguns países europeus, “um endividamento catastrófico” e “uma falta de competitividade”, segundo ela.

    Solucionar estes problemas “não será feito de um dia para o outro”, disse.

    0
  • SPSPJULIANO 10 de maio de 2012 at 10:04

    Também da Folha de São Paulo

    Os ativos tóxicos voltam a assustar
     10/05/12 – 08:24
    POR Luisa Belchior
    Luisa Belchior é correspondente-colaboradora em Madri
    Os ativos tóxicos dos bancos da Espanha eram um assunto um pouco esquecido por aqui. Não porque não existissem mais, mas pela fila de temas como cortes de gastos, desconfiança de mercado, mudança de governo e afins acumulados nos noticiários espanhóis desde a crise.

    Na semana passada, por acaso, um amigo advogado espanhol contava casos do escritório de gestão dos tais ativos tóxicos no qual trabalha. Dizia como está sendo cada vez mais difícil se livrar desses ativos, acumulados no estouro da bolha imobiliária que se acumulou na Espanha alguns anos antes da crise.

    Ele, como muitos analistas, acha que o crédito imobiliário ainda está no cerne desta crise e pode voltar a trazer problemas para o país. Segundo o jornal “El País”, os bancos espanhóis acumularam em 2011 180 bilhões de euros (cerca de R$ 430 bilhões) em ativos tóxicos.

    Dias depois, na segunda-feira, Rodrigo Rato, ex-FMI, ex-vice da Espanha e até então presidente do Bankia, a terceira maior entidade financeira da Espanha, se demitia por causa de uma crise na gestão desses ativos que vem se acumulado desde 2010. E ontem, para salvar o banco e as contas de 10 milhões de clientes dele, o governo anunciava sua estatização.

    Na “sexta-feira negra” –como vem sendo chamado esse dia da semana por conta de cortes que o governo anuncia toda semana–, o premiê Mariano Rajoy vai detalhar o plano de resgate do banco e ainda anunciar um pacote de reformas do sistema bancário.

    Uma das medidas vai facilitar a venda de imóveis e tentar limpar esses ativos imobiliários, algo que os mercados e bancos de investimento vêm pedindo desde 2010.

    Mas há muita gente por aqui que não vê solução. Isso porque os imóveis já estão muito mais baratos que antes da crise e, mesmo assim, os ativos continuam empacados. No escritório do meu amigo, os casos que passam pelas suas mãos são inacreditáveis. Casas que foram compradas a 300 mil euros são renegociadas hoje por não mais de 60 mil euros.

    Como tudo é uma questão de perspectiva, a notícia é boa para quem quer comprar imóveis por aqui…

    0
    • Luiz 10 de maio de 2012 at 10:46

      Destaco: de 300k por 60k depois do estouro

      Quem tiver paciencia vai fazer o mesmo no BR, vai morar de frente p mar a preço de liquidação, ou não?

      0
      • SF 10 de maio de 2012 at 11:26

        É isso aí Luiz, por isso tô juntando meus caraminguás.

        Não tenho pretensão de morar de frente pro mar. Só não quero morar nessas “gayolas” de 45m² e 200k, um absurdo esse valor!!!

        0
      • Rodrigo 10 de maio de 2012 at 11:31

        Luiz,

        mas será que após o estouro alguém terá R$ 60K para comprar, digo isso porque nunca li nada a respeito de alguém que se “se deu bem” e comprou o imóvel dos sonhos em plena crise, seja nos EUA, Espanha…

        0
        • SF 10 de maio de 2012 at 11:43

          Rodrigo, se o “sargentão” da Dilma não meter a mão na poupança do povo, então a resposta é sim, conheço várias pessoas além de mim que não optaram comprar um imóvel por acharmos os preços bolhudos e continuamos a guardar nossos tão suados “caraminguás”.
          Pessoas sem dívidas, sem carros em 72x, etc. e com uma boa grana guardada vão se dar bem sim!!!

          0
          • Rodrigo 10 de maio de 2012 at 11:53

            O problema é esse insegurança no Governo! Não é muito dificil imaginar nesse exemplo com o estouro da bolha essa pessoa que juntou dinheiro a vida todo ficar sem nada!

            0
            • SF 10 de maio de 2012 at 12:09

              Pois é Rodrigo, confesso que também estou com esse medo!!!

              0
          • alexny68 10 de maio de 2012 at 14:54

            Eu me dei bem com a bolha dos USA, comprei uma casa linda por metade do preco , pequeno detalhe ,com lugar para estacionar o meu barco , antes da bolha explodir , soh em sonho

            e te dico , nao eh que paguei parato , paguei o preco real

            0
        • Luiz 10 de maio de 2012 at 11:47

          ô se tem

          tenho um amigo que ganha “”salario minimo”” morando de aluguel numa cobertura no centro de Madrid (area nobre mesmo, quase vizinho do REI), mobiliada, ar condicionado e calefação.

          um conhecido do meu banco comprou a casa dos sonhos em Miami, segundo ele de cair o queixo. Aqui no BR ele anda de carro koreano (classe média)

          0
        • Charles 10 de maio de 2012 at 11:48

          Colega

          Você tem toda razão. Uma parcela muito pequena da sociedade terá, ou poderá dispor de tal valor, para comprar imovel. Está justamente ai a razão dos preços dispencarem e se enquadrarem a nova realidade de mercado.

          O problema é que essa parcela de potenciais compradores não pode sustentar o mercado, nem tampouco a vida financeira das construtoras, investidores e especuladores, por isso vai haver quebradeira.

          Digo isso desde 2009 e o cenario está ficando mais claro agora: “Os bancos precisam emprestar dinheiro para compor seus lucros. Num cenario de alto desemprego e inadimplencia, selecionarão a dedo a quem vão conceder crédito. E os felizardos que até agora foram tratados com desdém serão os “FUNCIONARIOS PÚBLICOS”!

          Atualmente estamos atravessando o momento de estagnação de um modelo economico baseado em crédito. Uma coisa é certa: Melhor do que está não vai ficar! Conforme o modelo vai estagnando, correções precisam ser feitas para lhe dar sobrevida e não mais resolver o problema, e é exatamente isso que estamos presenciando: Apenas correções pontuais!

          Estou aguardando o melhor momento de preços e condições bancarias para adquirir meu imovel proprio. Enquanto isso vou me capitalizando!

          0
          • Carlos rj 10 de maio de 2012 at 15:43

            Num cenário desse os primeiros a serem arrochados pelos governos são os funcionários públicos… E tem mais o banco cobrar 1,8% ao mês para um empréstimo consignado é um um absurdo pq o banco tem a certeza que vai receber este dinheiro. E os outros créditos destinados ao funcionalismo público também não são tão baixos pois eles tem a certeza q o cliente tocador do empréstimo vai pagar

            0
            • Charles 10 de maio de 2012 at 17:20

              “Num cenário desse os primeiros a serem arrochados pelos governos são os funcionários públicos”

              Arrochados como? Ficar sem reajustes? Isso o máximo que o governo pode fazer para arrochar a categoria, uma vez que os salarios são irredutiveis.

              Ja comentei isso aqui: O motivo do governo não estar concedendo aumento aos FPs é justamente esse, mesmo com recorde de arrecadação a cada ano, o futuro que se desenha é sombrio e uma vez concedidos aumentos expressivos, num cenario de crise, os vencimentos serão irredutiveis e podem destoar da nova realidade que o país se encontrará.

              O governo já vislumbra um futuro de privações ha alguns anos e dá todos os sinais disso, mas a euforia presente é tanta que cegou as pessoas de enxergar o óbvio.

              0
          • Oliveira 10 de maio de 2012 at 15:46

            Pessoal, venho aqui semanalmente para me alimentar de forças em resistir ao mercado e esperar o momento adequado de comprar.

            Mas ando olhando e percebi algo… a maioria aqui são funcionários públicos, como eu?!

            Não é ironia pessoal, mas… será que ficamos para trás e estamos choramingando? Será que a renda da galera que não é alto escalão, mas não ganha tão mal assim, lá no setor privado subiu mesmo, inflacionou o mercado e agora nós estamos tristes porque perdemos a nossa “preponderância tácita”?

            Acho que precisamos refletir a respeito…

            Por favor, sem respostas raivosas, não adianta me tachar de corretor pq isso não vai me transformar em corretor, ok?

            []s

            0
            • SF 10 de maio de 2012 at 16:08

              Oliveira,

              não sou funcionário público, trabalho no setor privado e na área de TI, e por incrível que pareça e também por mais que falem que o pessoal da área de TI ganha bem e eu até concordo, confesso que no últimos meses os salários foram reduzidos. Hoje almocei com uma colega da área q ficou fora do mercado uns 6 meses e ela voltou a trabalhar ontem. No emprego anterior ela tinha um salário de 5,5k + beneficios, e nesse novo emprego um salário de 4k + beneficios.

              E tenho vários amigos reclamando disso, que o mercado de TI voltou a pagar mal.

              Veja que isso não é só um privilégio do funcionalismo público, a coisa tá feia pra todos os lados e vai piorar muito mais.

              “Corre negadis”

              0
            • Charles 10 de maio de 2012 at 17:17

              Oliveira

              Essa é uma percepção que todos tem: Achamos que ficamos pra tras e todos ficaram ricos, menos nós!

              Esse é o efeito que o aumento de volume monetario circulante na economia causa, mas na verdade, todos nós ficamos mais pobres pois o aumento da renda não acompanhou a escalada de preços.

              A maioria aqui é funcionario publico sim e Não estamos choramingando. É pensamento coletivo do blog que merecemos comprar um imovel proprio condizente com a energia que será gasta para paga-lo em 30 anos. Somos, em grande maioria, poupadores e ganhamos acima da média da população em geral, afinal somos chamados de marajás pela grande massa, coisa que acho absurdo, pois estranha-me nos chamar de marajás num ambiente de pleno emprego onde o lula se encarregou de aumentar a renda da população em geral e ganhar premios honoris causa mundo a fora.

              Vivemos hoje numa grande ilha da fantasia onde o governo gasta mais com propaganda do que com saude. Afinal, manter a ilusão de que vivemos num país virtual lindo e maravilhoso traz popularidade recorde a presidentes. Enquanto isso, não vemos o correspondente no dia a dia. Por isso a percepção de que perdemos o bonde, mas a revolta maior é viver sendo enganados.

              0
              • Oliveira 10 de maio de 2012 at 17:29

                Obrigado pelas respostas, colegas, continuo forte… :))

                Acabei de mudar para… outro aluguel. Sigo aguardando.

                12 DE JUNHO TÁ LOGO ALI!!!!

                0
  • Riodetudo 10 de maio de 2012 at 10:55

    CADERNO DE ECONOMIA DO JORNAL “O GLOBO” DE HOJE:

    “IMÓVEIS PERDEM FORÇA”

    http:// img9.imageshack.us/img9/3299/imoveisfraquinhos.jpg

    Atenção à desculpa esfarrapada do Carnaval, fala sériooooooo!!!!!

    0
    • Pensativo 10 de maio de 2012 at 13:35

      O problema é sempre o Carnaval. Temos que abolir este feriado no calendário nacional.

      🙂

      0
  • Etmso 10 de maio de 2012 at 10:55

    1) Padrão A, custo 2000/m2 a 2500/m2:

    http://www.odebrechtonline.com.br/imagens/banco/03801-03900/3824.jpg

    Padrão A normalmente feito com concreto armado, materiais de 1a. linha, janelas, portas:

    http://imoveis.culturamix.com/blog/wp-content/uploads/2012/04/concreto-armado-15.jpg

    2) Padrão C, custo 700/m2 – 800/m2:

    http://www.gil-imoveis.com/fotos/mrv01.jpg

    Alvernaria estrutural, materiais de 2, 3a. linha, com espessuras mais finas, menor durabilidade, janelas de vidro;

    http://www.construtoramodulo.com.br/blog/wp-content/uploads/2011/03/DSCF0299.jpg

    Qualquer construção de qualquer bem material pode se usar uma gama grande material, na construção isto é absurdo.

    Uma janela de aluminio 3mm, que só tenha vidro, custa 120 reais comprado direto da fábrica, agora uma janela, de aluminio, branca, com persinana imbutida custa 900 reais, isto comprando ambos aos milhares. Aí você me vêem falar de CUB médio. Em um lote de 10, 15 milhões, não irão construir um prédio MRV.

    Existe algumas construtoras muito boas, Ezetec por exemplo, dúvido que eles se metam a fazer um padrão 1a. linha a menos de 2000/m2.

    0
    • Luiz 10 de maio de 2012 at 11:08

      qunata insistencia hein, tudo isso já foi explicado lá em cima

      Eztec fez a Faria Lima aqui em SP, a maioria não é residencial.
      Faria Lima é o metro quadrado comercail mais caro do mundo, é onde fica o shopping Iguatemi, com as 10 grifes e joalherias mais caras e famosas do mundo. Lá uma bolsa simples pode custar 15 mil reais, aí sim o custo pode chegar 2k/m2

      Isso nada tem a ver com apartamento de 99% da população brasileira

      0
    • SF 10 de maio de 2012 at 11:24

      karaleo…tu quer convencer a todos de qualquer maneira.

      a foto que você mostrou da construção oderbrech parece um prédio comercial, com faixada em granito e outros confetes mais, aí sim o valor do m² saí mais caro.

      Mas um ap de 100 m² e o preço de custo sair a 2k ou 2,5k, o encamento tem q ser de cobre, torneiras foleadas a ouro, e outros confetes mais.

      Tive q entrar com Luiz nessa discussão, pq tu tá demais, tá igual a corretor querendo nos convencer a qualquer custo….se liga!!!

      0
      • Luiz 10 de maio de 2012 at 11:31

        ja toh pensando em sugerir o bloqueio desse cidadão

        0
        • Leno 10 de maio de 2012 at 11:48

          Não faça isso Luiz!

          é importante ter a democracia no blog, até mesmo para manter a credibilidade.

          Até agora não visualizei ofensas da parte dele, portanto não cabe partir para esse lado.

          0
        • Bolha Imobiliária 10 de maio de 2012 at 11:51

          Até o momento ele não ofendeu a ninguém, desde o inicio ele está expondo o ponto de vista dele. Só bloqueio quando os ânimos se exaltam, e parte para a baixaria

          0
          • Luiz 10 de maio de 2012 at 12:07

            ele é um MBA – MALA Busines advanced

            0
            • SF 10 de maio de 2012 at 12:18

              Calma Luiz….rs

              0
            • Engenheiro-SJC 10 de maio de 2012 at 12:50

              ehehe Luiz,

              A discussão tá boa, ele tá meio obtuso, mas tá se esforçando…

              Só não deixa a coisa ir pro Argumentum ad hominem.

              Não há dúvida que o CUB – SindusCon é a referência do mercado. E como bom um índice, possui vários padrões, dependendo do tipo de construção que se analisa (R-1,R-8, CAL-8, etc)… não há mistério algum!

              O “mistério” surge quando se tenta justificar um preço de venda alto pelo custo de construção… hmmm

              0
              • Luiz 10 de maio de 2012 at 15:21

                para que todos tenham idéia das classes de cosntrução
                vai um exemplo p/ banheiro:

                padrão popular = concreto cru
                padrão médio = ceramica ou pastilhas
                padrão alto = pedras, granito ou marmore

                ps: padrão top = marmore verde, piso elevado, com aquecimento no chão e nas paredes

                conclusão: tem gente vendendo padrão médio como padrão alto

                0
                • SF 10 de maio de 2012 at 16:11

                  te digo mais, tem gente (MRV) vendendo meio banheiro com padrão alto.

                  meio banheiro, meia cozinha = cerâmica somente na parede q existe hidráulica, o resto é massa corrida e tinta!!!!

                  na meia cozinha, já vi bancada da pia de plástico e tanque de plástico!!!

                  a meu modo de ver, economia porca!!!!!

                  0
          • Etmso 10 de maio de 2012 at 12:13

            Achei que seria útil ao blog saber os diferentes padrões de construção até mesmo para não ser ludibriado, falar em m2 não é tão comoditie assim como parece.

            Os prédios acima são residenciais. O m2 construído de um comercial chega a ser menor para um mesmo padrão.

            E dou outra dica, um prédio antigo pode ser muito melhor, em termos de construtibilidade do que um prédio novo;

            Não vejo válido o caracter de ações, papéis, títulos que muitos tentam imprimir aos imóveis, não é assim que 99,9% dos compradores o vê, então pensar assim é remar contra a maré, tentar entender como a demanda pensa é fundamental. Mas respeito, eu estou aprendendo muito com o blog.

            Encerrado o capítulo, custos.

            0
    • Charles 10 de maio de 2012 at 11:30

      Colega

      Na boa: Você está fora de contesto. Acho que você não tem acompanhado o blog. As discussões aqui já ultrapassaram ha muito o debate de custo de construção. O tema agora é mais complexo, é sobre politica economica e suas consequencias futuras o que levará, inevitavelmente, ao estouro da bolha imobiliaria entre outras de igual intensidade.

      Ficar martelando nesse assunto nao agrega nada. Entre na discussão mas sem causar retrocessos. Por favor!

      0
      • SF 10 de maio de 2012 at 11:45

        “curtir”

        0
      • Curioso 10 de maio de 2012 at 13:09

        Pra começo de conversa o cara leva em conta os custos inflados da atual construção civil… Quando estiverem todos desempregados, materiais de construção encalhados e todos os demais insumos necessários para uma construção em oferta… Todo esse CUSTO será ainda menor…

        0
    • Corvo 10 de maio de 2012 at 13:18

      Apenas fornecendo dados para a discussão.

      Valores ESTIMADOS de custo de contrução de apartamentos para região metropolitana de são paulo (em R$/m², valor do terreno não entra.).

      Padrão Médio:
      sem elevador: 1.120
      com elevador: 1.230

      Padrão Superior:
      sem elevador: 1.345
      com elevador: 1.540

      Padrão Fino: 2.000

      Padrão Luxo: 2.420

      A “conta burra” pro padrão superior (família das varandas gourmet) é de R$1600/m² de área construída. Como a área útil nos empreendimentos mais recentes tende a ser de 0,8 a 0,85 da área construída => 1600*0,85 = 1.360

      0
      • Luiz 10 de maio de 2012 at 15:13

        e padrão popular?

        e a fonte?

        0
        • Corvo 10 de maio de 2012 at 15:39

          Luis, os padrões “populares” são:

          a) Padrão Econômico: 550 (é o mais chulé)

          Padrão Simples: (melhorzim)
          s/ elevador : 850
          c/ elevador: 950

          Os valores são médios e estimados…pode admitir aí uma variação de +/- 10%.

          A fonte sou eu mesmo, eng. civil…..atualmente não trabalho mais com obras, mas não devo estar errando por muito…..

          Espero ter ajudado.

          abs.

          0
  • MrK 10 de maio de 2012 at 11:05

    Bom dia amigos,

    No post anterior eu comentei esse resultado da Gafisa, foi muito ruim mesmo, além do prejuizo a queda de vendas contratadas foi de 77%, houve aumento de estoque, a divida atingiu patamares grotescos (122% do PL) e por aí vai… a empresa respira por aparelhos.

    Quanto a bolsa (se é bom momento de entrar), o segredo é se antecipar a manada, se realmente a manada de gringos for sair do Brasil, a bolsa cai e cai forte ainda, nesse momento não valem os fundamentos das empresas, vale a manada e só.

    Outro dia vi uma cena de um seriado medieval , que gostei muito, o cara perguntou:

    “Se estão numa sala um rei, um bispo , o homem mais rico da cidade e um guerreiro com uma espada, os 3 tentam convencer o guerreiro a matar os outros 2, quem ele vai matar?”

    A resposta é que não existe resposta, pois o poder está onde os homens acreditam que ele está, seja no dinheiro, no status ou na fé… a bolsa hoje está mais ou menos assim, jogaram os fundamentos no lixo, virou uma questão de crença, ninguem ta comprando ação pra ganhar dividendos (longo prazo), estão comprando pra vender mais alto daqui ha alguns meses ou poucos anos, pra ganhar no papel, por isso a analogia…se todos acreditam na bolsa ela vai subir mesmo sem nada de concreto por trás, é estranho mas é esse o game, o segredo é ler a manada, por isso fazem tantas pesquisas de “intencoes” hoje em dia, e tantos gestores dao entrevista nos jornais pra influenciar os papeis que ele quer…

    0
    • xangai 10 de maio de 2012 at 11:11

      otimo como sempre MRK !

      GAME … eh mesmo um GAME … blefes para todo o lado e “poker faces”

      ta na hora de pensar mais em “Nash Equilibrium – Game Theory ” do que apenas racionalizar precos, oferta e demanda.

      0
      • Luiz 10 de maio de 2012 at 11:30

        finalmente catequizei alguem?
        rsrs
        Mises não explica essa loucura, temos que partir pra teoria dos jogos de Nash mesmo
        do jeito que a manada veio a manada vai.

        0
        • xangai 10 de maio de 2012 at 11:39

          opa.. sim … e ja faz tempo !!!!

          0
    • Luiz 10 de maio de 2012 at 11:15

      “curtir”

      a merda toda se deu qdo invetaram que com imovel poderia ser igual, mas isso tem uma diferença GRITANTE:

      Ação não paga iptu, não paga condominio, não paga itbi, corretagem, cartório, azulejista,pintura, reforma do elevador, etc, etc, etc…

      0
  • Luiz 10 de maio de 2012 at 12:29

    OLHA QUE COMÉDIA A DESCULPA ESFARRAPADA

    Inadimplência nas vendas tem alta de 4,45% em abril

    Segundo a CNDL, alta do índice é resultado da melhora do cenário macroeconômico, que favoreceu o consumo

    OU SEJA, TA RUIIM PORQUE TA BOM

    0
    • D9 10 de maio de 2012 at 12:52

      A tendência é cada vez mais, surgirem explicações “mirabolantes” para justificar o injustificável.

      – Maior/Menor quantidade de dias úteis
      – Melhora no cenário macroeconômico (essa é nova e muito boa)
      – Crise na Europa, China, Estados Unidos, …. na lua …
      – Queda/Aumento da SELIC
      – Chuva/Estiagem/Outros Fenômenos Meteorológicos
      – Desastres Naturais
      – Irresponsabilidade de alguma empresa ou setor

      Uma lista infinita de desculpas esfarrapadas.

      Agora a realidade é uma só:
      – Farra do crédito
      – Inadimplência
      – Inflação
      – Estagnação/Colapso de mercados (começando pelos autos)
      – Crise/Recessão generalizada
      – Volta aos anos 80

      Parabéns aos governantes!
      Conseguiram ser ainda piores do que seus antecessores.

      0
      • Eskeleto 10 de maio de 2012 at 13:51

        É um absurdo você falar isso do nosso querido governo, você não tem coração. Poxa vida você não sabe que ninguém nasce sabendo?
        Errar é humano, mais uns 3 governos e eles começam a acertar :).

        0
    • GB 10 de maio de 2012 at 12:55

      Daqui a pouco vão faltar desculpas esfarrapadas aí vçao dizer:

      “Está tudo bem por que minha mãe me mandou diizer que está”.

      0
  • Muca CG Muita Treta 10 de maio de 2012 at 12:49

    Acabei de falar com meu gerente Bradesco e ele me indicou transferir o que tenho na poupança para CDI. Segundo ele, eu poderei resgatar a grana quando precisar, sem burocracia. Diz ele que o rendimento é de cerca de 0.9% ao mês (é verdade isso?). Vocês acham uma boa? Como funciona esse investimento. Gostaria de um help dos bacharéis em economia do blog.

    0
    • BolhaBH 10 de maio de 2012 at 13:17

      Sério? 0,9% G A R A N T I D O ?!!!

      Só com a taxa de administração + IR como fica?

      0
    • Money Addicted 10 de maio de 2012 at 13:19

      acho pouco provavel ser 0.9% (se for me avise q vou procurar o bradesco)….cdi paga um percentual do DI que acompanha a selic que hoje esta em 9% a a q resulta em aprox 0.7 bruto – lembrando q nos primeiros 30 dd tem o IOF regressivo sobre o rendimento, depois disso tem o IR q comeca em 27.5 e chega em 15%, ou seja, 100% do DI daria no max 0.059% (IR de 15%)

      talvez ele tenha oferecido 90% do cdi e nao e nao 0.9% a a

      para aplicacoes em cdb eu sugiro q vc abra uma conta em uma corretora e cobre CDBs diretamente, tem alguns bancos “inquebraveis” q pagam prox de 100% do di

      boa sorte

      0
    • danilo 10 de maio de 2012 at 13:24

      Pergunte a ele o rendimento líquido.

      0
      • Muca CG Muita Treta 10 de maio de 2012 at 13:27

        Ele disse 0.9% ao mês mesmo. Mas achei pouco provável. 0.6% já é algo mais próximo da realidade.

        Mesmo assim, fico em dúvida se mantenho na poupança ou transfiro para CDI ou CDB.

        0
        • Toma-lhe Jhones 10 de maio de 2012 at 13:51

          Muca isso é conversa dele, Em bancos comerciais de grande porte como o Bradesco se você tiver menos de 500k para investir não consegue 100 % do CDI. O CDI hoje está em 8,9% aa ou 0,71% am sem contar o IR que você tem que pagar o IR é no mínino 15% do rendimento se deixar o dinheiro no mínimo 2 anos. 0,9 am seriam 11,35% aa isso antes dos impostos. Não tem CDB de grande porte que pague perto disso isso com SELIC a 9%

          0
        • xyz 10 de maio de 2012 at 13:55

          Se sua poupança é anterior à nova regra, não saque agora em nenhuma hipótese (só se for para abrir poupança nos EUA). Deixe ver como vai ficar a selic. Desconfie desde rendimento de 0,9%.

          0
          • SPSPJULIANO 10 de maio de 2012 at 17:21

            Acho que esse seu gerente está é de má-fé para cima de vc. Esta se aproveitando do fato de que todo mundo tá falando sobre poupança e ninguém está entendendo o que está acontecendo para conseguir a meta dele de cliente (otário) aplicando em CDB.

            Se o dinheiro que vc tem na poupança já estava lá depositado até 03 05 2012 dificilmente vc vai ganhar mais num CDB do banco (de qualquer forma vc tem que confirmar qual o percentual do CDI que eles vão te pagar e fazer as contas.

            Lembre-se que o dinheiro da popupança que já estava aplicada antes de 03 05 2012 travou numa rentabilidade líquida (sem IR, IOF) mínima de 6,17% ao ano.

            Já o CDB;CDI vc tem que fazer incidir um IR de que pode ir de 15% a 22,5% e ver para onde a SELIC vai.

            É tudo uma questão de conta… e de conhecer as regrinhas de incidência de IR.

            Boa Sorte.

            0
    • Charles 10 de maio de 2012 at 13:25

      Sempre que um gerente d banco indicar um investimento, pode acreditar, ele é realmente bom!

      Porém, não necessariamente bom para você!

      Entende?

      0
      • Eskeleto 10 de maio de 2012 at 13:46

        Eles querem que você tire a grana da poupança e invista, depois não vai dar muito e você volta para a poupança só que agora irá acompanhar a selic, se você tirar vai perder o rendimento garantido de 0.6.
        Eu não faria isso.

        0
    • Clapton 10 de maio de 2012 at 13:40

      Muca, muy amigo esse seu gerente hein!

      Os bancos devem estar dando bônus pros gerentes matarem a poupança antiga antes que ela comece a dar prejuízo, se a selic cair ainda mais.

      Só pra vc ter uma ideia, veja a série histórica do CDI dos ultimos 12 meses:
      Mai/11 – 0,99
      0,95
      0,97
      1,07
      0,94
      0,88
      0,86
      0,91
      0,89
      0,74
      0,81
      Abr/12 – 0,70

      Dependendo do valor e do tempo de aplicação, o banco ainda pode te dar um pouco a mais que isso, mas acho que no Bradesco não deve passar dos 101% do CDI (por ex, em abril, 0,707%).

      E isso aí é líquido, ainda tem que descontar o IR quando for feita a retirada, cujo desconto é progressivo dependendo do tempo em que o $ ficar aplicado, vai de 22,5% (até 180 dias) a 15% (mais que 2 anos).

      Então, considerando que vc aplique a 0,70%am e retire em menos de 180 dias, vai render 0,542%am, pouco mais que a poupança. Se retirar após 2 anos melhora um pouco, passando para 0,595%am. Considerando a tendência de queda da selic, daqui a pouco a poupança velha está rendendo mais.

      Mas se a inflação forçar a selic a subir, o CDB tende a ser mais vantajoso.

      Eu no seu lugar deixaria na poupança antiga por enquanto, pois o cenário ainda é de incerteza. Eu aguardaria para ver como a economia vai se comportar diante das medidas recentes do governo.

      Ah, e cuidado que daqui a pouco seu gerente te oferece um título de capitalização, um seguro ou qualquer outra tranqueira pra arrancar seu suado dinheirinho 🙂

      Espero ter ajudado.

      0
      • Clapton 10 de maio de 2012 at 13:43

        Ah, e ainda tem o pagamento do IOF se vc resgatar antes de 30 dias

        0
    • Marcus 10 de maio de 2012 at 13:42

      Muca,

      O CDB rende um percentual do CDI. Esse percentual é negociável com o banco de acordo com o valor que vc possui. Geralmente os grandes bancos fornecem 101%, 102% para quantias acima de 300k/400k.

      Percentuais de 110% do CDI vc vai encontrar em bancos como o Sofisa, que obviamente não tem a segurança de um bradesco ou Itaú. O Fundo garantidor de crédito (FGC) cobre a perda em caso de falência de um banco em até 70k para aplicações no CDB.

      O CDI varia mensalmente, a taxa de abril foi 0,6999 … para vc conseguir um rendimento de 0,9% DESCONTANDO do imposto de renda (15% considerando a líquota mais baixa) vc precisaria que o banco te pagasse 150% do CDI (0,6999).

      Se vc NÃO considerar o imposto de renda ainda sim precisaria de uma taxa de 128% do CDI para conseguir 0,9% a.m.

      “http://www.portalbrasil.net/indices_cdi.htm”

      O rendimento dos últimos 12 meses da cadernete de poupança foi 7,0301% a.a o que equivale a 0,5678% a.m (sem IR)

      O CDI foi de 0,6999, considerando um CDB pagando 100% do CDI vc teria 0,5983% a.m (com alíquota de IR em 15%) … se vc considerar uma alíquota de IR de 22,5% (até 6 meses de aplicação) vc teria um rendimento de 0,5470% a.m …

      Ou seja na atual conjuntura, se vc mexesse no dinheiro antes de 6 meses ele renderia MENOS no CDB do que na poupança … e se vc mexesse no dinheiro APÓS 2 anos (15% IR) vc ganharia mais no CDB.

      Se for algum fundo DI a situação provavelmente será pior … pois a taxa de adm. … antes de qq coisa vc precisa verificar com ele quais as características dessa aplicação.

      0
      • Muca CG Muita Treta 10 de maio de 2012 at 14:29

        Muito obrigado pelas dicas, camaradas.

        0
        • Luiz 10 de maio de 2012 at 15:25

          Muca, eles tentam induzir os investimentos que dão mais lucro pro Banco.
          o que não é o caso da poupança, cuidado, viu.

          já tem CDB pior que a poupança, acho até que é o caso de alguyns cdbs do itaú.

          Faz o seguinte, fala que tem outra conta, aparece com um impresso pra dar credibilidade e pergunta se é melhor deixar no outro banco ou na poupança do seu gerente

          0
          • SF 10 de maio de 2012 at 16:18

            “na poupança do seu gerente”, foi ótima….kkkkkkkkkkkkk

            0
    • KR Baroni 11 de maio de 2012 at 19:42

      Eu fiz exatamente ao contrário. Apostando na queda da selic a curto prazo, no dia anterior a entrada em vigor da nova regra da caderneta de poupança, transferi meu investimento em CDB ( 90,5 do DI) para a poupança. Até porque, hoje, já tem banco oferecendo o CDB a 100% do DI, independente do valor investido.

      0
  • Anonymous 10 de maio de 2012 at 13:25

    Se voce ainda não consultou o manual do Anonymous para abrir uma poupança nos EUA, está esperando o que? O imposto para transferir dinheiro para fora do país está TEMPORARIAMENTE em 0.68% (está assim desde 2008). O valor NORMAL é 25%.

    BB reduz para R$ 1 aplicação mínima em fundo de investimento
    “http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1088310-bb-reduz-para-r-1-aplicacao-minima-em-fundo-de-investimento.shtml”

    Em dois fundos o valor mínimo para investimento cai de R$ 50 mil para R$ 1.

    PS: Tem um Anonymous falso por aqui.

    0
    • peterson 10 de maio de 2012 at 14:43

      corram logo porque eu já enfrento burocracia em remessas (neste caso para UK) que antes eram normais (sempre fiz tudo legalmente)…

      0
      • Marcus 10 de maio de 2012 at 15:19

        Peterson,

        Vc envia dinheiro para corretora (como a Interactive Brokers por ex.) ou banco ?

        Caso seja banco, vc conseguiu intermediar a abertura da conta por aqui ?

        Qual é o meio utilizado por ti para o envio ? (cartão de crédito internacional, paypal, Wire transfer) … qual o custo do envio ? .. deixa em alguma aplicação no banco no UK ? … há custos mensais bancários ?

        Sorry o questionário … prometo compensar avisando se enxergar alguma entrada fundamentalista em um ativo da bovespa … rs

        0
        • peterson 10 de maio de 2012 at 22:42

          então Marcus, eu prefiro Wire transfer porque cartão de credito tem clausulas que impedem uso para investimento e a RFB cria muito caso, fora que é limitado em 10k, paypal é besteira e não recomendo não porque é considerado lavagem de dinheiro se vc declarar o resgate dos lucros (não há como legalmente comprovar origem), meu banco é BB mas antes era mais facil enviar pelo Itaú pois exige poucos documentos (origem do dinheiro principalmente) consegui reverter para o BB porque em uma conversa com a gerencia do BB ele me jogou no BB ESTILO, daí resgato por $0 a $40 e emito por $58 a $140 dependento do $$, a conversão é pelo USD de compra em fechamento da bolsa considerado o USD comercial sem comissão de cambio (spread), o banco na UK é da operadora Fx, tive que abrir a conta pessoalmente lá, foi meio trabalhoso, eles cobram apenas sobre os lucros remetidos em maximo $350, mas nunca paguei mais de $100 pq a conta é bem lucrativa e há vantagens para o broker (suspeito que ele me acompanha). há custos mensais especificos, estou pensando em mudar para o citibank e já sondei com gerentes sobre isso com boas soluções em conversão em contas offshore, eu gosto muito de deixar minhas reservas em CHF (ou seja, nem EUR nem USD e isso nenhum banco brasileiro me permite), eu fico chateado porque fica tudo fora do Brasil, mas é assim mesmo!… ah, se vc quer entrar no mundo FX estude por 1 ano crie uma conta demo treine por 1 ano crie uma conta real MINI (aplique $1000) e treine por mais 1 ano e não desanime se quebrar a conta (eu quebrei 3 vezes), depois de 3 anos os lucros começam a aparecer… não vou colocar as margens pois ninguem vai acreditar e vão me pedir para ser mais humilde rsrsrs espero ter clareado um pouco..

          0
          • Marcus 11 de maio de 2012 at 07:14

            Peterson,

            Grato pelas respostas.

            Não pretendo trabalhar com o forex. Necessita dedicação integral. Sou empresário e meu interesse é ter tb parte das reservas em outra moeda (tb não quero dolar).

            Não procuro corretora, gostaria de manter uma aplicação em banco fora do país … acho que o HSBC faz algo do tipo … vou fazer algumas sondagens.

            Abs

            0
            • peterson 11 de maio de 2012 at 16:34

              o HSBC tem solução sim, mas desconheço porque não fui em nenhuma gerencia verificar ok… como sou investidor não vou muito pelo banco não, pra mim o que vale é o minimo de interferencia do banco nas minhas aplicações, então mudo direto de conta, sempre para que me dá mais vantagens….

              0
  • TS 10 de maio de 2012 at 13:51

    Amigos do blog,

    Sou daquelas pessoas que não gosta de escrever muitas vezes. Só vow procurar escrever quando achar que tenho alguma coisa útil a transmitir.

    Vou fazer uma comparação do senso comum versus a economia.

    A partir emocional é resultado do sentimento de que com o ‘boom’ econômico o Brasil engatou uma quinta marcha e que não precisará em nenhum momento reduzir ou até parar um pouco no acostamento. A variável emocional é composta por aquele orgulho que ficou tanto tempo entalado na garganta do brasileiro enquanto europeus e americanos nadavam em dinheiro e nós sofríamos com planos econômicos desastrosos. O sentimento de riqueza e de avareza é novo para um país escravizado pela hiperinflação e pelo resgate do FMI. Como os espanhóis e gregos hoje pagam um alto preço pela manutenção desse orgulho, não é de se estranhar que queremos olhar para a enfermidade que hoje os assolam com olhos de que essa epidemia não vai nos acometer. Depois de conquistar o lugar ao sol o brasileiro já se adaptou a novos tempos, comer fora, viajar, usar cartão de crédito, comprar carro novo, trocar de casa, fazer compra no shopping e ter convênio médico. Mesmo os agentes do mercado que deveriam propor mudanças não têm usado da devida ousadia para anunciar uma posição relevante. São sempre as mesmas análises chatas e distorcidas que nós vemos se repetir a cada trimestre. Esses mesmos agentes não podem alardear o mercado já que se beneficiam pessoalmente com esse movimento especulativo que se avolumou de uns tempos para cá. Lembramos que eles têm família, precisam de automóvel, comer, beber, manter um status e padrão social e com certeza não querem ser os primeiros a perder. Assistindo ao Globo News fim de semana passada houve um debate entre 2 economistas acerca da nova classe média. Pela primeira vez vi um economista chamando a classe C de pobre e a comparação foi muito boa. Ele disse assim: “a classe média brasileira não é comparável a americana, quando se fala de classe média estamos falando de uma classe onde se situa a maior massa da população brasileira, e não uma classe abastada, bem sucedida e rica como a americana que possui poupança, 2 automóveis, casa própria, previdência privada e boa escolaridade”. O grande problema desse orgulho brasileiro foi criar uma riqueza artificial dando status à classe pobre de classe média como se as condições sociais tivessem evoluindo na mesma proporção: educação, capacitação, saúde, poupança e moradia.

    A variável econômica é a mais rígida e precisa, ela é indiferente a argumentos de políticos ou de agentes do mercado. Ela reflete a realidade matemática da natureza e não perdoa erros. Com dinheiro é aquele negócio: você cuida mal dele hoje e amanhã ele te espanca. O dinheiro têm o poder de atrair mais dinheiro e serve como exemplo a aeronave (ciência aerodinâmica) que usa a diferença entre a força que passa sobre a asa pela força que passa por baixo para subir. Se você gasta mais do que consome nunca vai sair do lugar – essa é a realidade matemática da natureza. Têm que haver uma diferença positiva nessa balança, a fim de gerar movimento e gerar alcance de altitude. No início do governo Lula vi uma mudança de paradigma, lembro do Henrique Meirelles dizendo que o Banco Central tinha que ser independente e que o Brasil tinha que guardar e não emprestar, o Lula que para resgatar a confiança do mercado teve que dançar conforme a música se beneficiou dessa austeridade que foi se perdendo gradativamente no segundo mandato culminando com a demissão do Meirelles. Esse senhor “o Meirelles” fez um ótimo trabalho. Muito do que aconteceu de positivo no Governo Lula se deveu a seu trabalho e sua ousadia em peitar o governo. Lembro-me que a bolsa disparou no dia em que o nome do Meireles foi anunciado para o cargo de presidente do BC. Agora o que ocorre é o contrário, temos um presidente do BC fraco e “político demais”, que faz papel de secretário de um ministro da Fazenda que manda no BC e uma presidente sem uma direção clara de governo. Se a missão da Dilma é exterminar a pobreza deveria começar com o próprio programa de governo que é pobre de objetivos. Entendo que juntando esse grupo político que governa há 10 anos a um modelo econômico em que os preços no Brasil se descolaram dos níveis aceitáveis em todos os segmentos (automóveis, alimentação, equipamentos e imóveis) segue a pergunta, ninguém viu isso? O que alimentou essa diferença que permitiu subir o preço para esses padrões insuportávies? A resposta é simples: o crédito fácil. O combustível do crédito que está secando fará com que a aeronave perca a sustentação não? A Angela Merkel fez um discurso brilhante ontem, onde não abre mão da austeridade. A Alemanha sobreviveu às crises porque não se deixou levar pela farra do crédito e da alta liquidez. A Alemanha é uma lição para nós. Se pudéssemos aplicar um pouquinho da lição alemã garantiríamos uma boa sustentação aerodinâmica por muitos anos. Mas a Dilma insiste na política de esticar pouca manteiga sobre muito pão a fim de garantir um ambiente político azeitado pelo populismo necessário para a próxima eleição.

    Apertem os cintos que vêm turbulência aí!

    0
    • Charles 10 de maio de 2012 at 14:03

      TS

      Seu comentário é perfeito. Você deveria participar mais deste espaço, pois precisamos de pessoas como voce por aqui.

      Obrigado por compartilhar seu ponto de vista conosco.

      0
    • Anonymous 10 de maio de 2012 at 14:17

      Como dizem os adolescentes, mandou bem. Uma síntese necessária para compreender a Banânia de hoje. Gostei da parte esticar a manteiga, lembra um tal de Mantega, cuja formação é Ciências Sociais e mesmo assim é Ministro da Fazenda.

      0
    • Francisco Quiumento 10 de maio de 2012 at 14:19

      BRAVO!

      0
    • SF 10 de maio de 2012 at 14:35

      Muito bom, pessoas como você devem postar mais no blog!!!

      0
    • Eduardo 10 de maio de 2012 at 14:55

      Sábias palavras!!!

      0
    • Curioso 10 de maio de 2012 at 15:17

      TS,

      Se incomoda se eu copiar seu texto para envio a alguns amigos?
      A propósito, farei até uma sugestão: assine-o.
      Sua análise é contemporânea, clara e a analogia que foi feita é muito didática… principalmente por terminar com um “jargão” popularmente conhecido, “apertem os cintos”…

      0
      • SF 10 de maio de 2012 at 16:21

        Curioso,

        ótimo, tb gostaria de enviar para algumas pessoas que conheço.

        TS, aguardando a sua autorização!!!

        0
    • Etmso 10 de maio de 2012 at 16:04

      Muito bom, o voto de um cara deste tinha que ser peso 3.

      Democracia no 3o. mundo é arma na mão de macaco.

      0
    • Leo 10 de maio de 2012 at 20:04

      Fantastico….

      0
    • Virginia 10 de maio de 2012 at 22:13

      Os meninos já te elogiaram, então vou ser breve na minha posição diante de seu texto, como mulher.
      Vc tá disponível?? E aí, rola?! Quer casar? Tô facim, sou concursada e tenho poupança!!
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      bjs

      0
      • Bananildo 10 de maio de 2012 at 22:38

        Jesus, o cara comenta pela 1ª vez e já arruma até proposta de casamento! kkkkk

        0
  • GB 10 de maio de 2012 at 14:10

    Eu ainda vou abrir uma imobiliária, para ter o que fazer na aposentadoria, vai ser tudo muito mais que bem legal..

    0
  • Curioso 10 de maio de 2012 at 15:56

    Gafisa ON (GFSA3) 3.67 (-3.17%)

    0
  • Luiz 11 de maio de 2012 at 11:01

    Vai chover granizo hj
    A GAfisma subiu
    GFSA3 3,67 1,10

    0